MANUAL TÉCNICO. Sistema de

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "MANUAL TÉCNICO. www.placlux.com.br. Sistema de"

Transcrição

1 R MANUAL TÉCNICO Sistema de R ds

2 ÍNDICE 1. APRESENTAÇÃO - PLACLUX SISTEMA DE PLACA CIMENTÍCIA PROFORT ds 2.1 Componentes do Sistema de Placa Cimentícia ProFort ds Placa Cimentícia ProFort ds Locais indicados para aplicação Locais impróprios e limitações Identificação da espessura Placa ProFort ds - 6 mm Placa ProFort ds - 8 mm Placa ProFort ds - 10 mm Placa ProFort ds - 12mm Armazenagem e manuseio Membrana ProFort House Wrap Cantoneira PVC ProFort Pingadeira PVC ProFort Parafusos ProFort PA 032 / PB Tratamento de superfície ProFort Base Coat System Fita de junta ProFort Base Coat System Tela de fibra de vidro ProFort Base Coat System Massa ProFort Base Coat System EPI s e ferramentas necessárias para aplicação ESTRUTURAS 3.1 Estrutura Light steel frame Estrutura Wood frame Parede - Light Steel Frame Contraventamentos INSTALAÇÃO DO SISTEMA DE PLACA CIMENTÍCIA PROFORT ds 4.1 Instalação da Membrana ProFort House Wrap Aplicação da membrana na estrutura de aço Aplicação da membrana no painel OSB Aplicação da membrana - A berturas de portas e janelas Aplicação da Pingadeira pvc ProFort Instalação da Placa Cimentícia ProFort ds Fixação da Placa ProFort ds Tratamento de superfície ProFort Base Coat system Cuidados necessários antes da aplicação Aplicação do tratamento de superfície ProFort Base Coat System Forro - Light Steel Frame Execução de piso e Laje seca - Light Steel Frame Parede Corta fogo - Light Steel Frame GARANTIA DO SISTEMA DE PLACA CIMENTÍCIA PROFORT ds 5.1 Garantia de Qualidade - O Sistema ProFort é garantido? MANUTENÇÃO PROFORT ds E MEIO AMBIENTE 6.1 Tabela de Manutenção Meio Ambiente R12/15 Manual PROFORT ds - Pg. 03

3 1. APRESENTAÇÃO - PLACLUX A é uma empresa voltada aos sistemas construtivos que utilizam como base a placa cimentícia, fornecendo produtos de primeira linha e alta qualidade. Destacando-se no mercado por fornecer produtos com tecnologia avançada e atendimento personalizado, vai ao encontro das necessidades dos clientes, respeitando as exigências e normas de cada produto. Obras executadas com o Sistema ProFort ds A atua desde 2007 no mercado nacional e tem como seu principal produto a Placa Cimentícia ProFort ds, que possui tecnologia norte-americana, onde o desenvolvimento de produtos para a linha frame é consolidado e referência para o mundo todo. Esta tecnologia foi desenvolvida pensando no aumento da produtividade e qualidade nas construções. 2. SISTEMA DE PLACA CIMENTÍCIA PROFORT ds 2.1 Componentes: Placa Cimentícia ProFort ds; Membrana ProFort House Wrap; Cantoneira PVC ProFort ; Pingadeira PVC ProFort ; Parafusos ProFort PA 032 / PB 032; Tratamento de superfície ProFort Base Coat System. Diferenciais: Menor peso sem perda da resistência; Maior durabilidade; Menor dilatação; Recorte com estilete; Menos sujeira no recorte; Maior facilidade no manuseio; Meio ambiente livre de amianto, formol e amônia; Tratamento de superfície que distribui a carga de movimentação por toda superfície, não concentrando apenas nas juntas, evitando trincas; Maior facilidade e qualidade no acabamento final. Manual PROFORT ds - Pg. 04

4 2. SISTEMA DE PLACA CIMENTÍCIA PROFORT ds 2.2 Placa Cimentícia ProFort ds PRODUTO TESTADO POR I.T.A Instituto Tecnológico de Avaliação. R ds A ProFort ds é uma placa de liga cimentícia, estruturada por malha de fibra de vidro que oferece melhor resultado e maior facilidade na instalação. Possui superfície polida com melhor acabamento e durabilidade. A Placa Cimentícia ProFort ds foi desenvolvida para o aumento da qualidade e produtividade em obra, sendo uma das placas mais leves do mercado nacional, associada a facilidade de parafusar sem precisar escarear a placa e possibilitar o recorte preciso com estilete Locais indicados para Aplicação - Light steel frame / Wood frame; - Fechamentos entre vigas e pilares estruturais (estrutura metálica ou pré-moldado); - Paredes de revestimento; - Divisórias internas e externas; - Forros; - Fachadas; - Oitões e beirais; - Shafts; - Fechamento de vãos de ar condicionado; - Fechamento de tubulações; - Lajes secas; - Paredes corta-fogo. Obs.: Verifique no Item Identificação da espessuras (pág. 06) a aplicação correta de acordo com a espessura de cada placa cimentícia ProFort ds Locais impróprios e limitações para aplicação -Locais mergulhados em água, substâncias aquosas ou oleosas; -Locais expostos a substâncias químicas e corrosivas; -Saunas ou piscinas térmicas; -Revestimentos de churrasqueiras, fornos ou áreas com incidência de altas temperaturas; -Revestimento interno de câmaras frias; -Paredes curvas; -Fachadas ventiladas; -Fechamentos horizontais como telhados e coberturas. Ex.: fechamento superior de marquises, acabamento superior de peitoril e parapeito; -Fechamentos como duto de ar; -Aplicação das placas direto em estrutura de aço soldado; -Aplicação das placas em estrutura de drywall 0,50 mm. Manual PROFORT ds - Pg. 05

5 2. SISTEMA DE PLACA CIMENTÍCIA PROFORT ds 1. É importante lembrar que as placas cimentícias ProFort ds tem o intuito único de revestimento e não se aplicam de forma estrutural. 2. As placas ProFort ds possuem resistência a umidade, porém essa resistência só permanecerá se forem respeitados todos os passos de utilização, aplicação e manuseio do material, além da utilização correta dos componentes do sistema contidos neste manual. 3. Após parafusar as placas na estrutura, as mesmas não deverão ficar expostas à intempéries por um período maior que 15 dias sem aplicação do ProFort Base Coat System e mais de 30 dias sem as etapas de tratamento de pintura ou revestimento cerâmico. 4. Após a instalação, a face interna da chapa (face áspera) não deverá nunca ficar exposta a intempéries. Qualquer exposição desta face deverá ser vedada, a fim de evitar qualquer tipo de contato com sol, vento, chuva e umidade. 5. Todos os passos de instalação devem ser realizados com o material seco. Obs.: Para locais não informados neste item, consulte nosso Departamento Técnico Identificação da espessura As placas cimentícias ProFort ds tem espessuras diferenciadas para cada tipo de aplicação, as indicações de aplicação por espessura são obrigatórias para uma instalação adequada Placa ProFort ds - 6 mm Dados Técnicos: Dimensões (largura x comprimento): 1200 mm x 1800 mm Espessura: 6 mm Superfície: Polida Peso: 5,90 kg/m² Cor: Cinza Composição: Liga cimentícia, fibra de vidro, perlita e componentes. Tipo de aplicação ProFort ds 6 mm: Área interna e externa: Revestimentos colados sobre alvenaria ou bloco de concreto; Divisórias provisórias Placa ProFort ds - 8 mm Tipo de aplicação ProFort ds 8 mm: Somente área interna: Dados Técnicos: Forros; Dimensões (largura x comprimento):1200 mm x 2400 mm Revestimentos; Espessura: 8 mm Superfície: Polida Peso: 9,03 kg/m² Divisórias; Cor: Cinza Composição: Liga cimentícia, fibra de vidro, Fechamentos. perlita e componentes Placa ProFort ds - 10 mm Dados Técnicos: Dimensões (largura x comprimento): 1200 mm x 2400 mm Espessura: 10 mm Superfície: Polida Peso: 11,12 kg/m² Cor: Cinza Composição: Liga cimentícia, fibra de vidro, perlita e componentes. Obs.: Com a utilização do OSB, permite-se fechamentos Placa ProFort ds - 12 mm Dados Técnicos: Dimensões (largura x comprimento):1200 mm x 2400 mm Espessura: 12 mm Superfície: Polida Peso: 13,20 kg/m² Cor: Cinza Composição: Liga cimentícia, fibra de vidro, perlita e componentes. Obs:. Para dúvidas sobre o tipo de aplicação de cada espessura de placa, consulte previamente o Departamento Técnico da. maiores Tipo de aplicação ProFort ds 10 mm: Área interna e externa: Fachadas 1,5m de altura máx.; Platibandas 1,5m de altura máx.; Divisórias internas e externas; Forros internos e externas; Shafts; Beirais. Tipo de aplicação ProFort ds 12 mm: Área interna e externa: Fachadas; Fechamentos entre vãos de vigas e pilares estruturais; Platibandas; Paredes de revestimento externo; Divisórias internas e externas; Forros internos e externos; Beirais. Obs.:Estrutura pode ser contraventada no aço ou com chapa estrutural de madeira - OSB. Manual PROFORT ds - Pg. 06

6 2. SISTEMA DE PLACA CIMENTÍCIA PROFORT ds Armazenagem e Manuseio Verificar no recebimento da carga, a integridade de todo o material antes do descarregamento; Descarregar as placas sempre em 2 pessoas uma de cada lado, na posição vertical; Empilhar as placas em pallets, em pilhas de no máximo 1 metro de altura ou 6 pallets empilhados; O comprimento dos apoios deve ser igual à largura das chapas; Não empilhar placas curtas em conjunto com placas longas ou fora de alinhamento; Não apoiar materiais, sentar, pisar ou colocar materiais em cima das placas armazenadas; Armazenar as placas com a superfície polida para cima, nunca em atrito com a face polida da outra placa; Verificar a resistência da laje e a capacidade da empilhadeira em função do peso das placas; Nos locais potencialmente sujeitos à chuva, sol e umidade as placas deverão ser protegidas com uma lona e em locais cobertos. Obs.: Para garantir o perfeito aproveitamento da qualidade do Sistema de placa cimentícia ProFort ds, todos os componentes necessários para a instalação da placa como parafusos, massa e demais produtos, devem ser estocados e manuseados de forma correta e em local adequado. Se atentar para a validade da Massa ProFort. Manual PROFORT ds - Pg. 07

7 2. SISTEMA DE PLACA CIMENTÍCIA PROFORT ds 2.3 Membrana ProFort House Wrap Membrana hidrófuga de alta resistência composta por polipropileno, utilizada em edificações construídas no sistema frame, tem como objetivo formar uma barreira de água nas paredes e revestimentos, protegendo da umidade externa e permitindo o respiro interno das mesmas, possibilitando a passagem de vapor e ar, além de expelir uma eventual condensação que venha a ocorrer no interior da parede em função da diferença de temperatura entre ambientes. Barreira de água; Evita a passagem de vento e partículas de poeira; Melhora a qualidade do ar, ajudando a reduzir a proliferação de fungos; Fácil instalação. ds HOUSE WRAP R Imagens da Membrana ProFort Wouse Wrap aplicada Confira o passo a passo da aplicação da Membrana ProFort House Wrap no item 4.1, na página 20 deste manual. PRODUTO TESTADO POR I.T.A Instituto Tecnológico de Avaliação. Manual PROFORT ds - Pg. 08

8 2. SISTEMA DE PLACA CIMENTÍCIA PROFORT ds 2.4 Cantoneira PVC ProFort Cantoneira em pvc com perfurações aleatórias de 5mm de diâmetro e tela de fibra de vidro com resistência alcalina utilizada para estruturação e acabamento de cantos/quinas e ângulos de 90º. Características: Dimensões Cantoneira: 21,5mm x 21,5mm x 2500mm; Tela de Fibra de Vidro com resistência alcalina: 10cmx10cm; Imagens da Cantoneira PVC ProFort Imagens da aplicação da Cantoneira PVC ProFort Confira o passo a passo da aplicação da Cantoneira PVC ProFort no item 4.4.2, na página 28 deste manual. PRODUTO TESTADO POR I.T.A Instituto Tecnológico de Avaliação. Manual PROFORT ds - Pg. 09

9 2. SISTEMA DE PLACA CIMENTÍCIA PROFORT ds 2.5 Pingadeira PVC ProFort Pingadeira em pvc com perfurações aleatórias de 5mm de diâmetro e tela de fibra de vidro com resistência alcalina utilizada para a aplicação em rodapés externos. Características: Dimensões Pingadeira:15mm x 60mm x 2500mm; Tela de fibra de vidro com resistência alcalina.: 100mm x 100mm; Peso: 340 gr. Imagens da Pingadeira PVC ProFort Imagens da aplicação da Pingadeira PVC ProFort Especificação Técnica 100 mm 3 cm 60 mm PRODUTO TESTADO POR I.T.A Instituto Tecnológico de Avaliação. 15 mm Manual PROFORT ds - Pg. 10

10 2. SISTEMA DE PLACA CIMENTÍCIA PROFORT ds 2.6 Parafusos ProFort PA 032 / PB 032 A fixação das estruturas deve seguir os padrões internacionais de instalação do sistema Light steel frame e/ou Wood frame. Para a fixação das placas ProFort ds, deve ser utilizado o parafuso especificado para cada tipo de estrutura, conforme abaixo: Parafuso ProFort PA032 Rusper Parafuso com rosca dupla e cabeça auto-escariante, ponta agulha e tratamento Rusper (organometálico). Utilizado para a fixação das placas ProFort ds em painéis OSB no sistema frame. Ponta Agulha 4,2 mm Rosca - Dupla Auto Atarraxante 32 mm Auto - Escariante Cabeça Philips PA mm Obs.: Para a fixação das Placas ProFort ds, utilizar parafusadeira com baixa rotação, regulagem de profundidade e ponta magnética. O uso de ferramentas incorretas pode acarretar em danos no momento da instalação. Parafuso ProFort PB032 Rusper Parafuso com cabeça auto-escariante e ponta broca, tratamento Rusper (organometálico) sem aletas de expansão. Utilizado para a fixação das placas ProFort ds em perfis estruturais de Light steel frame a partir de 0,80 mm de espessura. 4,2 mm Ponta Broca Auto Atarraxante 32 mm Auto - Escariante Cabeça Philips PB mm PRODUTO Instituto Tecnológico de Avaliação. TESTADO POR I.T.A Manual PROFORT ds - Pg. 11

11 2. SISTEMA DE PLACA CIMENTÍCIA PROFORT ds 2.7 Tratamento de Superfície ProFort Base Coat System O tratamento de superfície ProFort Base Coat System possui tecnologia norte-americana desenvolvida para estruturação da superfície sobre as placas cimentícias ProFort ds, composto por fita e tela de fibra de vidro com proteção alcalina, aplicadas juntamente com a massa ProFort Base Coat System em toda a superfície das placas. Diferenciais do tratamento de superfície ProFort Base Coat System: Estruturação da superfície: Com um tratamento de superfície é possível distribuir a carga de movimentação das placas por toda a superfície, não concentrando a movimentação somente nas fitas das juntas, desta forma evitando trincas; Impermeabilização: O tratamento de superfície ProFort Base Coat System não é impermeável, porém auxilia na proteção da superfície das paredes contra umidade, diminuindo a movimentação das placas; Barreira de calor: Devido a utilização da tela e fita de fibra de vidro junto com a massa ProFort Base Coat System, existe uma diminuição de incidência de calor na parede, reduzindo desta forma a movimentação de todo o sistema frame; Melhor acabamento: Mais facilidade de acabamento na superfície, facilitando a pintura e permitindo qualquer tipo de acabamento cerâmico, projetado, pintura lisa, textura, grafiato, entre outros. PRODUTO TESTADO POR I.T.A Instituto Tecnológico de Avaliação. Manual PROFORT ds - Pg. 12

12 2. SISTEMA DE PLACA CIMENTÍCIA PROFORT ds Fita de Junta ProFort Base Coat System Fita de junta em fibra de vidro com resistência alcalina, utilizada no tratamento das juntas, evitando o surgimento de trincas e fissuras, sendo aplicada juntamente com a tela de fibra de vidro e a massa ProFort Base Coat System. Características: Resistência Alcalina. MalhaTrançada 3,2mm x 3,2mm. Densidade: 70g/m². Produto não inflamável e não explosivo. Produto não considerado tóxico, porém evitar contato direto sem EPI s. Embalagem: Rolo de 50m x 10cm Tela de Fibra de Vidro ProFort Base Coat System Imagem da aplicação da Fita de junta ProFort Base Coat System Tela de fibra de vidro com resistência alcalina, utilizada no tratamento e na estruturação da superfície sobre as placas cimentícias ProFort ds, juntamente com os demais componentes do ProFort Base Coat System. Características: Resistência Alcalina. MalhaTrançada 5mm x 5mm. Densidade: 160g/m². Produto não inflamável e não explosivo. Produto não considerado tóxico, porém evitar contato direto sem EPI s. Embalagem: Rolo de 50m x 1m. Imagem da aplicação da Tela ProFort Base Coat System Manual PROFORT ds - Pg. 13

13 2. SISTEMA DE PLACA CIMENTÍCIA PROFORT ds Massa ProFort Base Coat System Imagem da aplicação da Massa ProFort Base Coat System Massa ProFort Base Coat System, utilizada no tratamento de superfície, estruturação e acabamento sobre a placa cimentícia ProFort ds, juntamente com os demais componentes do ProFort Base Coat System. Características: Produto a base de liga cimentícia, agregados minerais com granulometria controlada, aditivos químicos e componentes de impermeabilização. Produto não considerado tóxico, porém evitar contato direto sem EPI s. Embalagem: Embalagem 20kg. Rendimento: Em média 7m² com espessura mínima de 3mm por embalagem de 20kg. Obras executada com o Sistema ProFort ds Sistema de tratamento de superfície ProFort Base Coat System Manual PROFORT ds - Pg. 14

14 2. SISTEMA DE PLACA CIMENTÍCIA PROFORT ds EPI s e Ferramentas necessárias para aplicação (Imagens ilustrativas) Óculos; Estilete profissional; Capacete de segurança; Furadeira profissional; Botinas; Parafusadeira profissional alto torque; Protetor Auricular; Extensão elétrica com tomadas em ambas as pontas; Luvas; Lápis profissional; Linha de bater; Recipiente para bater a massa em pequena quantidade; Espátula metálica (10 cm); Batedor de massa; Desempenadeira metálica ou pvc lisa (40 cm); Desempenadeira metálica ou pvc dentada (40 cm); Trena (minímo 5 metros); Desempenadeira de espuma; Tesoura aviação; Manual PROFORT ds - Pg. 15

15 3. ESTRUTURAS 3.1 Estrutura Light steel frame A instalação da estrutura metálica necessária para receber as placas ProFort ds, baseia-se nas normas e exigências internacionais de instalação do sistema Light steel frame. Todo o cálculo estrutural, instalação, montagem e aplicação deve ser realizado por profissionais especializados no segmento. A espessura da chapa para steel frame deve ser no mínimo 0,80 mm (ZAR275/300); O espaçamento entre os montantes não deve ultrapassar 40 cm; O contraventamento e eventuais reforços devem seguir as especificações e recomendações do projeto estrutural (cinta metálica ou painel OSB). Montante Estrutural LSF - 0,95mm (Espessura do aço) PERFIL MONTANTE 90 PERFIL MONTANTE 140 PERFIL MONTANTE 200 Guia Estrutural LSF - 0,95mm (Espessura do aço) PERFIL GUIA 92 PERFIL GUIA 142 PERFIL GUIA 202 Estruturas de Light Steel Frame Estruturas de Light Steel Frame Manual PROFORT ds - Pg. 16

16 3. ESTRUTURAS 3.2 Estrutura Wood frame A instalação da estrutura de madeira necessária para receber as placas ProFort ds, baseia-se nas normas e exigências internacionais de instalação do sistema Wood frame. Todo o cálculo estrutural, instalação, montagem e aplicação deve ser realizado por profissionais especializados no segmento. Os perfis para Wood frame são perfis leves de madeira de reflorestamento, como por exemplo, o pinus. A madeira a ser utilizada deve ser seca, reta, livre de grandes nós e receber tratamento preservativo ao ataque de insetos xilófagos. Segundo normas internacionais, a retenção mínima de preservativo deve ser de 4 kg de IA/m³ (I.A = Ingrediente Ativo); O espaçamento entre os montantes não deve ultrapassar 40 cm; O contraventamento e reforços eventuais devem seguir as especificações e recomendações do projeto estrutural, sendo obrigatório o uso de painel OSB. Estruturas Wood Frame Manual PROFORT ds - Pg. 17

17 3. ESTRUTURAS 3.3 Parede - Light Steel Frame Estrutura Light Steel Frame Espessura do aço: 0,95 mm Membrana ProFort House Wrap Placa Cimentícia ProFort ds Fita de junta com fibra de vidro ProFort Base Coat System Tela de fibra de vidro ProFort Base Coat System Massa ProFort Base Coat System Obs. 1: Paredes estruturais deverão ser projetadas por engenheiro calculista especializado em Light steel frame. Obs. 2: Para o preenchimento interno são utilizados a lã de vidro/mineral e fechamento interno com placa de drywall. Execução de residência em Light Steel frame Conclusão de residência em Light Steel frame Manual PROFORT ds - Pg. 18

18 3. ESTRUTURAS 3.3 Contraventamentos O contraventamento serve para dar maior estabilidade e resistência aos esforços que a estrutura receberá. O tipo de contraventamento deverá ser definido pelo cálculo estrutural do projetista.os métodos mais utilizados são: cinta metálica, enrijecedores, tensionadores, treliças e o painel OSB. Contraventamento com Cinta Metálica Consiste em utilizar cintas em aço galvanizado horizontalmente e em forma de X fixadas na face do painel, parafusadas em cada canto da parede e em seu centro fixado um tensionador. A cinta metálica, cuja largura, espessura e localização são determinadas pelo projeto estrutural. Contraventamento com cinta metálica Contraventamento com Painel OSB O painel OSB é parafusado nos montantes, com parafusamento a cada 20 cm na vertical, 40 cm na horizontal, com 15 cm no perímetro das bordas e com junta de 3 mm entre eles. O dimensionamento e a espessura da chapa são determinados pelo projeto estrutural, sendo que a espessura mínima do painel OSB deve ser de 11,1 mm. Contraventamento com painel OSB Manual PROFORT ds - Pg. 19

19 4. INSTALAÇÃO DO SISTEMA DE PLACA CIMENTÍCIA PROFORT ds 4.1 Instalação da Membrana ProFort House Wrap Aplicação da membrana na estrutura em aço A Membrana Profort House Wrap é aplicada em paredes externas na face externa da parede e paredes úmidas internas. Após a estrutura montada, aplicar a fita dupla face no sentido horizontal, iniciando a fixação em toda a extensão da guia inferior, posteriormente uma nova linha de fita dupla face entre 1,00 e 1,05 metros de altura a partir da base inferior da guia. Retire a película protetora da fita dupla face e inicie a fixação da Membrana ProFort. Posicione a Membrana ProFort House Wrap devidamente esticada sobre a delimitação da fita dupla face já aplicada e pressione até estar bem fixada e sem apresentar enrugamento ou ondulação. Após a devida fixação da Membrana, poderá iniciar a aplicação da Placa Cimentícia ProFort ds. Obs.: A face de cor azul da membrana deve ser fixada no lado externo da estrutura, onde receberá a aplicação da placa ProFort ds. A fixação da Membrana ProFort House Wrap também poderá ser feita com parafusos somente para esticá-la sobre a parede ou revestimento, podendo retirá-los conforme a aplicação das placas, para evitar ressaltos. Estender a membrana sobre ângulos de 90º no sentido horizontal. Repetir o processo de fixação da membrana na camada superior, sobrepondo 15 cm sobre a camada inferior; Transpassar a membrana sobre portas e janelas, que após fixada, deve ser recortada em forma de X nos vãos, onde os recortes devem ser esticados e dobrados para o lado interno da parede e fixados; Sobre os requadros de portas e janelas, aplicar a fita adesiva asfáltica impermeável em todo o perímetro da abertura do vão, dobrando e colando as abas para o lado externo e interno da parede, estancando o vão por completo. Fixação da Membrana ProFort House Wrap em estrutura Light steel frame Manual PROFORT ds - Pg. 20

20 4. INSTALAÇÃO DO SISTEMA DE PLACA CIMENTÍCIA PROFORT ds Aplicação da membrana no painel OSB Antes de aplicar os painéis OSB, deve-se aplicar a fita dupla face sobre a estrutura de Light steel frame, na altura de 40 cm a partir da base inferior da guia. A Membrana ProFort House Wrap deve ser aplicada com o lado inverso voltado para face externa da parede, em seguida aplicar os painéis de OSB envelopando a parte inferior com a Membrana, conforme imagens. Aplicar a fita dupla face ente 60 e 65 cm de altura sobre o painel OSB a partir de sua base inferior, com a intenção de fixar o restante da Membrana após contornar a borda do painel OSB, envelopando-o; Fixação da Membrana ProFort House Wrap Com grampos metálicos galvanizados fixe as demais áreas da Membrana com espaçamento a cada 40 cm; Fixar a próxima camada de Membrana sobre o painel OSB, na parte superior, sobrepondo no mínimo 15 cm sobre a camada inferior; Obs: A sobreposição de 15 cm deve ser feita em toda a extensão da parede no sentido horizontal e no sentido vertical. Fixação da Membrana ProFort House Wrap na chapa estrutural de madeira - OSB Manual PROFORT ds - Pg. 21

21 4. INSTALAÇÃO DO SISTEMA DE PLACA CIMENTÍCIA PROFORT ds Aplicação da Membrana ProFort House Wrap - Aberturas de portas e janelas Transpassar a membrana sobre portas e janelas, que após fixada, deve ser recortada em forma de X nos vãos de janelas e em forma de y nos vão de portas, onde os recortes devem ser esticados, dobrados para o lado interno da parede e fixados; Sobre os requadros de portas e janelas, aplicar a fita adesiva asfáltica impermeável em todo o perímetro da abertura do vão, dobrando e colando as abas para o lado externo e interno da parede, estancando o vão por completo. Para finalizar, fixe uma faixa de fita adesiva asfáltica impermeável no sentido diagonal sobre as abas dos cantos superiores, por baixo das abas inferiores, reforçando os cantos externos. 1- Corte em forma de X nas aberturas de janelas. 2- Abas de membrana dobradas na parte interna da estrutura 3- Fechamento com fita adesiva asfáltica impermeável. 4- Fita adesiva asfáltica dobrada nos cantos parte inferior. 5- Reforço nas abas inferiores e superiores. 6- Recorte em forma de y em portas. 7- Abas de membrana dobradas na parte interna da estrutura. Manual PROFORT ds - Pg. 22

22 4. INSTALAÇÃO DO SISTEMA DE PLACA CIMENTÍCIA PROFORT ds 4.2 Aplicação da Pingadeira PVC ProFort Nivelar a Pingadeira com sua base de apoio para placa cimentícia com a base inferior (rodapé) da estrutura em aço (Light steel frame) ou do painel OSB. Fixar a Pingadeira pvc com o parafuso ProFort sobre a estrutura em aço ou painel OSB. Verificar se a Pingadeira está bem fixada para então posicionar a placa cimentícia e iniciar sua fixação. Após a fixação das placas cimentícias e do tratamento das juntas, deve-se iniciar o tratamento de superfície ProFort Base Coat System a partir da tela da pingadeira. Para não danificar a aba inferior da pingadeira, aplique uma fita adesiva antes de iniciar o tratamento de superfície, retirando-a após o acabamento final. OBS.: A Pingadeira somente servirá como guia de nivelamento para o início da aplicação da placa cimentícia, ou seja, a placa cimentícia deverá ser fixada na parede sem que seu peso seja transferido para a Pingadeira. Pingadeira aplicada no painel OSB. Pingadeira aplicada na estrutura. Pingadeira aplicada e com a placa. Parafusamento da pingadeira. Manual PROFORT ds - Pg. 23

23 4. INSTALAÇÃO DO SISTEMA DE PLACA CIMENTÍCIA PROFORT ds 4.3 Instalação da Placa Cimentícia ProFort ds Recorte da Placa ProFort ds A) Marcar a linha onde deseja fazer o recorte, com o auxílio de um lápis e uma régua. B) Passar o estilete pressionando sobre um dos lados da Placa ProFort ds, rompendo a malha de estruturação desta face; C) Dobrar no sentido contrário do corte do estilete. D) Passar novamente o estilete na malha de estruturação na face oposta da Placa ProFort ds. Manual PROFORT ds - Pg. 24

24 4. INSTALAÇÃO DO SISTEMA DE PLACA CIMENTÍCIA PROFORT ds Paginação da Placa ProFort ds Ao iniciar a fixação da placa cimentícia ProFort, certifique-se de que o lado liso da placa cimentícia esta voltado para o lado externo da parede; Sempre fixar as placas causando desencontro entre as juntas, conforme figura abaixo: ma de Placa Cimentícia Término da paginação Sistema d Término da paginação ma de Placa Cimentícia Início da paginação Início da paginação Ilustração de forma correta de aplicação Ilustração de forma incorreta de aplicação A instalação das placas deve ser feita em desencontro com o alinhamento de vãos de portas e janelas, conforme a ilustração de paginação. Revestimentos cerâmicos A aplicação de revestimentos como azulejos, porcelanatos, ladrilhos e outros, deve ser feita sempre com argamassa ACIII Flexível para áreas internas e externas. Lembrando que antes da aplicação do revestimento cerâmico externo, deve-se realizar as etapas de aplicação do tratamento de superfície ProFort Base Coat System, conforme instruções na página 28 deste manual. Para revestimentos cerâmicos internos, deve-se primeiramente realizar o tratamento de juntas com os procedimentos convencionais de impermeabilização (borracha líquida, pintura impermeável líquida) utilizando argamassa ACIII flexível para revestimentos cerâmicos. OBS.: Não aplicar o revestimento cerâmico se as placas cimentícias ProFort estiverem úmidas. Juntas de Dilatação Para cada área com 15 m de largura x 4 m de altura (60m² de área) ou 15 metros lineares de Placa Cimentícia ProFort ds aplicada, é necessário deixar uma junta de dilatação de no mínimo 1 cm, utilizando selador industrial PU36/40. Para obras com aplicação de revestimento cerâmico, realizar as juntas de dilatação nas placas conforme especificado acima e respeitar as juntas de dilatação do material especificado pelo fabricante do revestimento. Selante industrial PU36/40 Membrana ProFort House Wrap Tratamento de superfície ProFort B. C. System Cordão de Polietileno Placa cimentícia ProFort 10mm Chapa Estrutural - OSB 11,1 mm Perfil Light Steel Frame 0,95mm Perfil Light Steel Frame 0,95mm Manual PROFORT ds - Pg. 25

25 4. INSTALAÇÃO DO SISTEMA DE PLACA CIMENTÍCIA PROFORT ds Fixação da Placa ProFort ds Utilizar parafusos especificados no item 2.6, página 11 deste manual. O espaçamento entre as placas deve ser de 3 mm como na imagem 01; Imagem 06 Imagem 01 Utilizar parafusos especificados no item 2.6 deste manual, conforme imagens 02 e cm Iniciar a fixação pelo meio da placa seguindo para as bordas como na imagem 06 acima; Deve-se respeitar uma distância de pelo menos 15 mm da borda da placa como na imagem 07; 45º Imagem 07 Imagem 02 Nunca parafusar os cantos da placa em posição de 45º (graus), distância e a posição dos parafusos nos cantos deve ter um espaçamento de pelo menos 50 mm; 20 cm A fixação das placas ProFort ds, deve ser feita em posição contrária a fixação dos painéis de OSB:.Exemplo: (Painel OSB na vertical e Placa ProFort na horizontal); Imagem 03 As placas ProFort ds devem ser fixadas com espaçamento de 1 cm de distância do chão, para que não ocorra absorção de umidade do solo e, é indispensável a utilização da Pingadeira PVC ProFort. Manual PROFORT ds - Pg. 26

26 4. INSTALAÇÃO DO SISTEMA DE PLACA CIMENTÍCIA PROFORT ds Detalhamento da Fixação da Placa ProFort ds 50mm 35mm 50mm 35mm 45 o 50mm 35mm espaçamento de 3mm entre placas desencontro das juntas das placas 20 cm 40cm Detalhe requadro de janela Para execução de requadros de janela, a placa cimentícia deve ser cortada com a metade da largura da pingadeira da janela e parafusada na estrutura. Deve-se seguir corretamente todas as instruções e medidas para a fixação das placas ProFort. Para maiores informações, entrar em contato com o departamento técnico. Manual PROFORT ds - Pg. 27

27 4. INSTALAÇÃO DO SISTEMA DE PLACA CIMENTÍCIA PROFORT ds 4.4 Tratamento de superfície ProFort Base Coat System Cuidados necessários antes da aplicação (IMPORTANTE) Antes de iniciar o tratamento de superfície ProFort Base Coat System, verifique de forma rigorosa se a temperatura das placas ProFort ds estão entre 4ºC e 27ºC (graus Celsius), para garantir que ocorra a cura adequada da massa, sem que a mesma desidrate incorretamente causando prejuízos mecânicos, apresentando patologias como trincas e fissuras. Caso a temperatura esteja superior a 27ºC, deve-se primeiramente aspergir água sobre toda a superfície das placas, de modo que a mesma resfrie permitindo a temperatura ideal para a aplicação e em seguida iniciar o tratamento de superfície ProFort Base Coat System. Quando a temperatura estiver superior a 27ºC, deve-se umedecer o tratamento de superfície ProFort Base Coat System mesmo após a sua secagem, para que não ocorra a perda de resistência devido a desidratação acelerada. A aplicação do tratamento de superfície ProFort Base Coat System deve ser realizada sobre as placas ProFort ds secas ao toque (salvo a situação anterior onde torna-se necessário o resfriamento da placa) e com a coloração original de fábrica (cinza claro). Em períodos chuvosos, as placas ProFort ds podem absorver umidade, fazendo-se necessário aguardar um dia de tempo seco para que elas possam expelir esta umidade. Desta forma assegura-se que as placas não sejam seladas/impermeabilizadas com umidade retida após a cura do ProFort Base Coat System Aplicação do tratamento de superfície ProFort Base Coat System Componentes necessários: Massa ProFort Base Coat System (20kg) Fita de junta ProFort Base Coat System (largura 10cm) Cantoneira PVC ProFort Pingadeira PVC ProFort Tela de fibra de vidro ProFort Base Coat System (largura 100cm) Modo de preparo: Com o auxílio de um balde limpo e um misturador mecânico de baixa rotação, misture uma embalagem de 20kg da Massa ProFort Base Coat System (pó) em 4,2 litros de água limpa. Se necessário adicione mais água aos poucos e repita o processo com o misturador até obter uma massa homogênea e sem grânulos. Imagens do preparo da massa. Manual PROFORT ds - Pg. 28

28 4. INSTALAÇÃO DO SISTEMA DE PLACA CIMENTÍCIA PROFORT ds Início da aplicação do tratamento de superfície ProFort Base Coat System Passo 1 Após a fixação das Placas Cimentícias ProFort ds deixando 3mm de dilatação entre elas, limpar a superfície a ser aplicada, retirando qualquer elemento que prejudique sua aderência (poeira, óleo, graxa, etc.) Passo 2 Com o auxílio de uma espátula, preencha com a Massa ProFort Base Coat System os 3mm entre as placas, deixando as juntas niveladas. Passo 3 Fita de junta ProFort Base Coat System (10 cm) Massa ProFort Base Coat System Aplique sobre as juntas a fita ProFort Base Coat System (10cm de largura) e cubra com a Massa ProFort Base Coat System com o auxílio de uma espátula, alisando-a sem deixar ondulação. Aguarde de 3 a 6 horas até a uniformidade da coloração da massa para iniciar a próxima etapa. Passo 4 Para execução da Cantoneira PVC ProFort em quinas e ângulos de janelas, aplicar a Massa ProFort Base Coat System em excesso com a desempenadeira dentada na superfície; Manual PROFORT ds - Pg. 29

29 4. INSTALAÇÃO DO SISTEMA DE PLACA CIMENTÍCIA PROFORT ds Aplicação do tratamento de superfície ProFort Base Coat System Passo 5 Posicionar a Cantoneira PVC ProFort sobre o canto em ângulo com a massa, comprimindo-a sobre a massa da superfície; Retire o excesso de massa com o auxílio de uma espátula e deixe secar ao toque; Passo 6 Após a secagem, aplicar uma fina camada de massa para cobrir a tela e aprimorar o acabamento final; Ao iniciar o tratamento de superfície que será realizado logo em seguida, deverá ser feita a sobreposição entre a Tela de fibra de vidro ProFort e a tela da Cantoneira em PVC. A tela da superfície não poderá transpassar o ângulo da Cantoneira PVC ProFort. OBS.: O acabamento final da Cantoneira PVC ProFort poderá ser realizado durante a aplicação do tratamento de superfíce ProFort Base Coat System. Passo 7 Inicie o tratamento de superfície aplicando a Massa ProFort Base Coat System em toda a extensão da placa utilizando uma desempenadeira dentada, formando uma camada de aproximadamente 5mm. A massa também pode ser aplicada com projetor de argamassa. Passo 8 Posicione a Tela de fibra de vidro ProFort Base Coat System (100 cm de largura) sobre a superfície onde se aplicou a massa; Com o auxílio de uma desempenadeira lisa espalhe bem a massa de forma que a tela não fique visível. Deixe aproximadamente 3 cm sem aplicação da massa para sobreposição da próxima camada de tela. OBS.: Deixe secar por 48 horas certificando-se da cura total e aderência, para então iniciar os procedimentos de acabamento final (pintura, textura, grafiato, revestimento cerâmico, etc). Manual PROFORT ds - Pg. 30

30 4. INSTALAÇÃO DO SISTEMA DE PLACA CIMENTÍCIA PROFORT ds Aplicação do tratamento de superfície ProFort Base Coat System Recomendações Importantes: Não espalhar a massa por área muito grande, pois poderá secar dificultando o processo de aplicação e regularização. Atentar-se para a devida uniformização da superfície para evitar ondulações. Se necessário aplique uma nova e fina camada de massa, aspergindo água com uma trincha e utilizando uma desempenadeira de espuma para regularização. Logo após o período de cura do tratamento de superfície ProFort Base Coat System é indicado a aplicação de impermeabilizante/selador sobre a superfície, visando a diminuição de intempéries (sol e chuva) sobre a sobre a parede ou revestimento até a execução do acabamento final. Obs.1: O processo de secagem e cura pode variar de acordo com as condições climáticas. Obs.2: Não aplicar a massa em dias chuvosos e com a superfície úmida. Certificar-se de que a placa esteja completamente seca para efetuar a aplicação. Obs.3: Caso a superfície das placas estejam com a temperatura elevada excedendo 27º C, abre-se a exceção de umedecer a superfície para o resfriamento antes da aplicação da massa, conforme orientação no item na página 28 deste manual. Obs.4: Após 48 horas do tratamento de superfície aplicado, caso apresente desidratação acelerada por temperatura elevada ( ex: esfarelamento ou baixa aderência) deve-se umedecer abundantemente toda a superfície para a devida cura. Transporte: Produto não enquadrado como perigoso conforme portaria de transporte. (Resolução ANTT no. 420 de 12/02/2004). Manuseio: Utilizar EPI s adequados conforme o item da página 15 deste manual. Evitar contato com a pele e olhos. O contato prolongado com a pele pode causar dermatites. Não beber, comer ou fumar durante o manuseio. Lavar as mãos depois do trabalho. Fogo: Produto não inflamável e não explosivo. Toxicidade: Produto não considerado tóxico, porém evitar contato direto sem EPI s e manter fora do alcance de crianças. Manual PROFORT ds - Pg. 31

31 4. INSTALAÇÃO DO SISTEMA DE PLACA CIMENTÍCIA PROFORT ds Aplicação do tratamento de superfície ProFort Base Coat System - Requadro de janelas e portas Para finalizar o requadro é necessário aplicar o acabamento conforme informações a seguir: Após realizado o tratamento de superfície ProFort Base Coat System, realizar a fixação do gesso acartonado na parte interna do requadro. Deixando 1 cm entre a placa cimentícia para a aplicação do silicone. É necessário aplicar 1 cm de selante a base de poliuretano 36-44, entre o gesso acartonado e a placa cimentícia ProFort ds para evitar infiltrações de umidade da região externa para o gesso acartonado, aumentando a estanqueidade. Após realizar este processo em todo o perímetro da janela, aplicar as etapas do tratamento de superfície ProFort Base Coat System conforme especificações descritas na página 28 deste manual. Após 48 horas de cura do tratamento de superfície ProFort Base Coat System, indica-se aplicação de impermeabilizante nos acabamentos e em aproximadamente 10cm em todo o perímetro da janela, como nas imagens abaixo. Sequência de acabamento de requadro Manual PROFORT ds - Pg. 32

32 4. INSTALAÇÃO DO SISTEMA DE PLACA CIMENTÍCIA PROFORT ds 4.5 Forro - Light Steel Frame A estrutura é fixada na laje ou estrutura superior por meio de tirantes e suportes niveladores. Nas paredes laterais é fixada por meio de guias ou perfis, conforme as figuras abaixo: Ilustrações de forros em Light steel frame Utilizar perfis Light steel frame, conforme item 3.1 da página 16 deste manual, nas medidas 60/70/80/90 mm de largura; O espaçamento entre os montantes não deve ultrapassar 40 cm; O nivelamento deve ser realizado com o auxílio de tirantes e presilhas de suporte; Os tirantes e presilhas de suporte para os montantes devem ser fixados na laje ou estrutura superior com parafuso, bucha, finca-pinos ou rebites sobre cada linha de perfil, sendo acoplados nos perfis com os espaçamentos de fixação dos tirantes de 120 cm, onde a primeira linha deve ser a 20 cm da parede. Fixação das Placas ProFort ds As placas ProFort ds deverão ser fixadas com parafusos ProFort PB 032, a cada 20 cm entre eles. A fixação deve ser feita de forma intercalada entre linhas de aplicação, deixando 3 mm de espaçamento entre as placas em ambos os sentidos; Ilustração de forro em Light steel frame Após a fixação das placas inicia-se o tratamento de superfície ProFort Base Coat System conforme Item 4.4 Tratamento de superfície ProFort Base Coat System (página 28). Manual PROFORT ds - Pg. 33

33 4. INSTALAÇÃO DO SISTEMA DE PLACA CIMENTÍCIA PROFORT ds 4.6 Execução de piso e laje seca - Light steel frame Para execução de pisos, utilizar perfis de aço 0.95mm com seção definida em projeto, distantes a cada 40cm. Aplicar o painel (OSB) de 18,3mm com encaixe macho-fêmea, executando com 3mm de distância entre as juntas e causando o desencontro das mesmas. Após a aplicação, utilizar lona plástica entre o painel OSB e as placas cimentícias. Em seguida, parafusar as placas cimentícias ProFort ds sobre o painel OSB com parafuso PA 032, não deixando o parafuso acertar a estrutura metálica. Fixar as placas sempre no sentido oposto do painel OSB, causando desencontro das juntas. Indicada somente para áreas internas, com pouca incidência de água/umidade. Para revestimentos cerâmicos, aplicar diretamente sobre a superfície das placas cimentícias, utilizando argamassa ACIII Flexível. Revestimento cerâmico Estrutura Laje Seca ProFort Placa cimentícia ProFort ds 10mm Argamassa ACIII Flexível Lona plástica Chapa estrutural de madeira - OSB 18,3mm Estrutura Light Steel Frame 0,95mm com perfis e montantes 200mm; OSB de 18,3mm com encaixe machofêmea; Lona plástica; Placa cimentícia ProFort 10mm; Resistência: 800kg/m² Perfil Montante LSF 200mm x 0,95mm Para aplicação de pisos vinílicos deve-se realizar o tratamento de superfície ProFort Base Coat System e deixar secar por período mínimo de 48 horas, para nivelamento da superfície. Piso laminado ou vinílico Tratamento de superfície ProFort Base Coat System Placa cimentícia ProFort ds 10mm Lona plástica Chapa estrutural de madeira - OSB 18,3mm Perfil Montante LSF 200mm x 0,95mm Manual PROFORT ds - Pg. 34

34 4. INSTALAÇÃO DO SISTEMA DE PLACA CIMENTÍCIA PROFORT ds 4.7 Parede Corta-fogo - Sistema de placa cimentícia ProFort ds Ensaio realizado em laboratório com aprovação de 120 minutos de resistência ao fogo, utilizando a composição especificada abaixo: 1 2 Face externa 3 4 Interior Face interna Face externa: 1 - Tratamento de superfície ProFort Base Coat System; 2 - Placa Cimentícia ProFort ds - 12 mm; 3 - Membrana ProFort House Wrap; Interior da estrutura/parede: 4 - Perfil Light Steel Frame 0,95 mm; 5 - Lã Mineral 50 mm; Face interna (exposta ao fogo): 6-2 x Placa Cimentícia ProFort ds - 10 mm; 7- Tratamento de superfície ProFort Base Coat System. 12mm Face externa 90mm Interior 10mm 10mm 40mm Face interna 40mm Manual PROFORT ds - Pg. 35

35 5. GARANTIA DO SISTEMA DE PLACA CIMENTÍCIA PROFORT ds 5.1 Garantia de Qualidade - O Sistema ProFort é garantido? Os produtos da são garantidos pelo período de 5 anos, desde que instalados corretamente, conforme Manual Técnico ProFort, bem como se mantidos em condições normais de uso e manutenção. O prazo de garantia é contado a partir da data de aquisição dos produtos, comprovado obrigatoriamente mediante a apresentação da Nota Fiscal de Venda ao cliente e do Termo de Garantia. Responsabilidades - Sistema ProFort ds Após a análise dos problemas relatados pelos técnicos da e uma vez constatada a responsabilidade desta pelos defeitos no produto, a disponibilizará a reposição de novos produtos na mesma quantidade em que foram apresentadas as patologias, assim como fornecerá a assistência técnica necessária para readequação do sistema, sem qualquer ônus para o cliente. Estes produtos novos serão garantidos pelo restante do prazo original de garantia. Todos os produtos substituídos se tornarão propriedade da. A análise dos problemas informados e eventuais atendimentos pós-venda serão iniciados somente após a apresentação do Termo de Garantia devidamente preenchido pelo cliente/solicitante. A reposição de produtos cobertos pela garantia será feita por componentes atualmente comercializados pela, proporcionalmente ao vício apresentado, conforme os requisitos de garantia. A não assume qualquer obrigação ou responsabilidade por acréscimos ou modificações desta garantia, salvo se efetuadas por escrito e em caráter oficial. Itens excluídos desta Garantia - Produtos (a) A Garantia não cobre: Defeitos ou danos resultantes do mau uso, manutenção inadequada e armazenamento impróprio dos produtos pelo cliente; (b) Instalação em desacordo com o Manual Técnico ProFort ds; (c) Defeitos ou danos decorrentes de testes, alteração e modificação de qualquer espécie no sistema, bem como qualquer tipo de reparo realizado por pessoas não autorizadas pela ; (d) (e) (f) (g) Desgaste natural com o uso regular; Fissuras nas placas devido ao descarregamento e manuseio; Variação de espessura igual ou inferior ao permitido em norma técnica; Diferenças de tonalidade entre as placas; (h) Bordas levemente danificadas, arranhões, riscos e pequenos danos que não interfiram na estrutura geral da placa; (i) (j) Padrão de superfície da placa sem interferência em sua estrutura geral; Avarias decorrentes do transporte. Manual PROFORT ds - Pg. 36

36 5. GARANTIA DO SISTEMA DE PLACA CIMENTÍCIA PROFORT ds Itens excluídos desta Garantia - Pós Instalação (a) (b) (c) (d) (e) (f) (g) Custos com mão-de-obra e demais materiais utilizados que não fazem parte do Sistema ProFort ds; Qualidade do acabamento da aplicação dos produtos ProFort ds; Qualidade da pintura ou revestimento cerâmico; Manchas de umidade ocasionadas por aplicação em períodos chuvosos; Ondulações ocasionadas por excesso de massa nas juntas de paredes, revestimentos ou forros; Caso sejam executadas tentativas de correção pelo cliente antes do parecer técnico da ; Deformações ou patologias decorrentes de aplicação com temperaturas além das especificadas; (h) (i) Em períodos climáticos onde possa ocorrer uma forte diferença de temperatura do lado externo da parede para o lado interno, poderá acarretar manchas de umidade devido a eficiência térmica do sistema Light steel frame (mantendo o calor no ambiente por ex.), por motivo do isolamento térmico podendo ocorrer condensação de umidade nas placas; Não são cobertos pela garantia, danos causados por forças naturais, tais como furacões, tormentas, deslizamentos, raios, terremotos, etc. Considerações Gerais Esta garantia substitui todas as outras garantias tácitas ou expressas, incluindo sem limitação, garantias tácitas de comercialização e adequação. Em hipótese alguma a será responsável por indenização superior ao preço de compra do produto constante da nota fiscal correspondente, por qualquer perda de uso ou de tempo, por inconveniência, prejuízo comercial, perda de lucros, danos diretos ou indiretos decorrentes do uso ou impossibilidade de uso do produto. Esta garantia fica automaticamente cancelada na ocorrência de qualquer uma das hipóteses previstas nos Itens excluídos desta Garantia. Esta garantia é valida somente para utilização de todos os materiais que compõem o sistema, salvo na utilização de componentes que possuam a mesma composição, dimensões, especificações técnicas semelhantes às descritas neste Manual e desempenho atestado em ensaios laboratoriais dentro dos parâmetros das normas vigentes. - As informações contidas neste Manual, baseiam-se em ensaios laboratoriais e experimentos realizados com os produtos ProFort, fornecidos pela, que determinam sua eficácia. Salientamos que o desempenho e resultado de aplicação de nossos produtos dependem das condições e preparo da superfície, das condições climáticas, condições de estocagem, preparo e aplicação do produto. O rendimento dos produtos dependem da técnica de aplicação, das condições das ferramentas utilizadas e da superfície a ser aplicado. Não assumimos assim, qualquer responsabilidade relativa ao rendimento, desempenho de qualquer natureza decorrentes ao uso indevido dos produtos e componentes comercializados pela. Para maiores esclarecimentos consultar nosso Departamento Técnico. A reserva-se o direito de alterar as características gerais, técnicas e estéticas, bem como as especificações e informações neste Manual sem aviso prévio. O comprador/usuário dos produtos é responsável pelo cumprimento das leis, especificações e recomendações, bem como das determinações existentes, excluindo-se da Garantia se ocorrer omissão ou não cumprimento das especificações e métodos de aplicação descritos neste Manual. Antes de iniciar a aplicação, consultar o Manual Técnico ProFort ds, disponível para download no site: ou o Departamento Técnico da, através do Manual PROFORT ds - Pg. 37

37 6. MANUTENÇÃO PROFORT ds E MEIO AMBIENTE 6.1 Tabela de Manutenção Etapas de Montagem e Execução Execução / Manutenção Inspeção prevista Descrição Normatização Exposição da placa cimentícia sem tratamento de superfície <15 dias Manual de Instalação ProFort ds Exposição da placa cimentícia com ProFort Base C. System <30 dias Manual de Instalação ProFort ds Tempo de cura do ProFort B. C. System para ínicio de acabamento > 2 dias NBR /13 e NBR 5674/99 Revestimentos de paredes e pisos internos e externos com argamassa ACIII flexível Revestimentos cerâmicos em tetos e paredes Pintura Verificar especificações do fabricante do produto Verificar especificações do fabricante do produto Verificar especificações do fabricante do produto 2 anos 2 a 3 anos 2,5 anos Verificar rejuntes peças soltas e aderência do revestimento Verificar rejuntes peças soltas e aderência do revestimento Repintura NBR /13 e NBR 5674/99 NBR /13 e NBR 5674/99 Verificar especificações do fabricante do produto Impermeabilização Verificar especificações do fabricante do produto 2 anos Verificar estanqueidade em áreas molháveis NBR /13 e NBR 5674/99 Juntas de dilatação com Mastique Verificar especificações do fabricante do produto 1 ano Inspencionar ocorrência de fissuras, bolhas ou trincas e reaplicar mastique NBR /13 e NBR 5674/99 Parede de vedação, divisórias internas e externas Manual de Instalação ProFort ds 2 anos Analisar surgimento de trincas, fissuras que comprometam a segurança e integridade NBR /13 e NBR 5674/99 Direitos e Deveres do cliente segundo a NBR Manutenção de Edificações - Procedimentos: Segundo a NBR 5674, no item 4, a manutenção dos edifícios visa preservar ou recuperar as condições adequadas para o uso da edificação, incluindo todos os serviços realizados para prevenir e evitar a perda do desempenho decorrente do desgaste de seus componentes, não incluindo serviços que alterem o uso inicial da edificação. O proprietário da edificação é responsável pela sua manutenção, devendo observar as diretrizes das normas técnicas vigentes e o manual de operação, uso e manutenção da edificação. O proprietário pode contratar uma empresa ou profissional legalmente habilitado para a execução dos trabalhos de manutenção, devendo o contratado assessorar o proprietário na organização, decisões, supervisão, execução, situações de emergências, projetos, inspeções, orientações quanto ao uso adequado da edificação, observância às normas técnicas e manual de operação e uso, registros e documentações relacionadas à manutenção. Manual PROFORT ds - Pg. 38

MANUAL DE INSTALAÇÃO www.placlux.com.br

MANUAL DE INSTALAÇÃO www.placlux.com.br R MANUAL DE INSTALAÇÃO www..com.br Sistema de R ds ÍNDICE 1. APRESENTAÇÃO - PLACLUX... 04 2.SISTEMA DE PLACA CIMENTÍCIA PROFORT ds 2.1 Componentes do Sistema de Placa Cimentícia ProFort ds... 04 2.2 Placa

Leia mais

PROFORT BASE COAT SYSTEM

PROFORT BASE COAT SYSTEM PROFORT BASE COAT SYSTEM ÍNDICE 1. APRESENTAÇÃO...01 2. VANTAGENS... 01 3. APLICAÇÕES DO MATERIAL... 01 3.1 Locais Indicados para Aplicação... 01 3.2 Locais impróprios para aplicação... 01 4. LIMITAÇÕES

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO. Sistema de. www.placlux.com.br. Sistema de

MANUAL DE INSTALAÇÃO. Sistema de. www.placlux.com.br. Sistema de R MANUAL DE INSTALAÇÃO R Sistema de ds www.placlux.com.br Sistema de R ds ÍNDICE 1. APRESENTAÇÃO - PLACLUX... 03 2.SISTEMA DE PLACA CIMENTÍCIA PROFORT ds 2.1 Componentes do Sistema de Placas Cimentícias

Leia mais

SUPORTE TÉCNICO SOBRE LIGHT STEEL FRAME

SUPORTE TÉCNICO SOBRE LIGHT STEEL FRAME Sistema de ds A SOLUÇÃO INTELIGENTE PARA A SUA OBRA SUPORTE TÉCNICO SOBRE LIGHT STEEL FRAME www.placlux.com.br VOCÊ CONHECE O SISTEMA CONSTRUTIVO LIGHT STEEL FRAME? VANTAGENS LIGHT STEEL FRAME MENOR CARGA

Leia mais

DIMENSÃO MÁXIMA PLACAS CERÂMICAS E PORCELANATOS. 45 x 45 cm. 45 x 45 cm. 60 x 60 cm. 60x 60 cm

DIMENSÃO MÁXIMA PLACAS CERÂMICAS E PORCELANATOS. 45 x 45 cm. 45 x 45 cm. 60 x 60 cm. 60x 60 cm 01 DESCRIÇÃO: Argamassa leve de excelente trabalhabilidade, ideal para assentamento de revestimentos cerâmicos, porcelanatos, pedras rústicas em áreas internas e externas em pisos e paredes; Aplicação

Leia mais

bloco de vidro ficha técnica do produto

bloco de vidro ficha técnica do produto 01 Descrição: votomassa é uma argamassa leve de excelente trabalhabilidade e aderência, formulada especialmente para assentamento e rejuntamento de s. 02 Classificação técnica: ANTES 205 Bloco votomassa

Leia mais

CENTRO UNIVERSITARIO DE BELO HORIZONTE

CENTRO UNIVERSITARIO DE BELO HORIZONTE CENTRO UNIVERSITARIO DE BELO HORIZONTE Estúdio de Arquitetura: Sustentabilidade Steel Framing Aluna: Gabriela Carvalho Ávila Maio de 2014 ÍNDICE 1 Introdução... 4 2 Sistema Ligth Steel Framing... 5 2.1

Leia mais

PROCEDIMENTOS PARA EXECUÇÃO DE REVESTIMENTO INTERNO COM PROGESSO PROJETÁVEL

PROCEDIMENTOS PARA EXECUÇÃO DE REVESTIMENTO INTERNO COM PROGESSO PROJETÁVEL PROCEDIMENTOS PARA EXECUÇÃO DE REVESTIMENTO INTERNO COM PROGESSO PROJETÁVEL DESCRIÇÃO DO MÉTODO DE EXECUÇÃO: 1. Condições para o início dos serviços A alvenaria deve estar concluída e verificada. As superfícies

Leia mais

ANEXO 01. Figura 1 - Planta da área a ser trabalhada. DW indica os locais a serem trabalhados com drywall.

ANEXO 01. Figura 1 - Planta da área a ser trabalhada. DW indica os locais a serem trabalhados com drywall. ANEXO 01 Sala MEV DW DW B B Figura 1 - Planta da área a ser trabalhada. DW indica os locais a serem trabalhados com drywall. 1 Figura 2 Detalhes das portas em drywall. A porta P11, destinada a acesso à

Leia mais

Wood Frame CONCEITO. O Wood-Frame é um sistema composta por perfis de madeira que em conjunto com placas estruturais formam painéis

Wood Frame CONCEITO. O Wood-Frame é um sistema composta por perfis de madeira que em conjunto com placas estruturais formam painéis CONCEITO O Wood-Frame é um sistema composta por perfis de madeira que em conjunto com placas estruturais formam painéis estruturais capazes de resistir às cargas verticais (telhados e pavimentos), perpendiculares

Leia mais

Telha TopSteel. Telhas termoacústicas. Leveza e conforto aliados à eficiência.

Telha TopSteel. Telhas termoacústicas. Leveza e conforto aliados à eficiência. Telha TopSteel Telhas termoacústicas. Leveza e conforto aliados à eficiência. Telha TopSteel Leveza e conforto aliados à eficiência. As novas telhas termoacústicas TopSteel da Brasilit são de fácil transporte

Leia mais

Rev. 01 MANUAL TÉCNICO. Kit Porta Pronto

Rev. 01 MANUAL TÉCNICO. Kit Porta Pronto MANUAL TÉCNICO Kit Porta Pronto Carga e Descarga Os produtos são carregados na empresa e preparados de modo a assegurar sua proteção. Durante o transporte até o cliente é imprescindível que sejam mantidas

Leia mais

Construção de Edícula

Construção de Edícula Guia para Construção de Edícula Guia do montador Mais resistência e conforto para sua vida. As paredes com Placas Cimentícias Impermeabilizadas e Perfis Estruturais de Aço Galvanizado para steel framing

Leia mais

MÉTODO EXECUTIVO ME 33

MÉTODO EXECUTIVO ME 33 Objetivo: FOLHA 1 de 8 O objetivo do MÉTODO EXECUTIVO ME 33 é detalhar o Processo Membrana Acrílica Estruturada Impermeável (MAI), de modo a propiciar o treinamento da mão de obra e por conseqüência garantir

Leia mais

porcelanato interno ficha técnica do produto

porcelanato interno ficha técnica do produto 01 DESCRIÇÃO: votomassa é uma argamassa leve de excelente trabalhabilidade e aderência, formulada especialmente para aplicação de revestimentos cerâmicos e s em áreas internas. 02 CLASSIFICAÇÃO TÉCNICA:

Leia mais

Placa Cimentícia. Impermeabilizada GUIA DO MONTADOR

Placa Cimentícia. Impermeabilizada GUIA DO MONTADOR Placa Cimentícia Impermeabilizada GUIA DO MONTADOR Placa Cimentícia Impermeabilizada RECOMENDAÇÃO INICIAL civil para o dimensionamento de qualquer tipo de reforma ou construção, principalmente aquelas

Leia mais

Assentar pisos e azulejos em áreas internas.

Assentar pisos e azulejos em áreas internas. CAMPO DE APLICAÇÃO Direto sobre alvenaria de blocos bem acabados, contrapiso ou emboço desempenado e seco, isento de graxa, poeira e areia solta, para não comprometer a aderência do produto. Indicado apenas

Leia mais

Excelente para o assentamento e rejuntamento simultâneo de pastilhas de porcelana e vidro;

Excelente para o assentamento e rejuntamento simultâneo de pastilhas de porcelana e vidro; 01 Descrição: NOVO PRODUTO votomassa é uma argamassa que proporciona alta aderência e trabalhabilidade no assentamento de de porcelana e vidro 02 Classificação: votomassa combina cimento Portland, agregados

Leia mais

MANUAL - POLICARBONATO POLICARBONATO CHAPAS E TELHAS TELEVENDAS. SÃO PAULO: +55 11 3871 7888 CAMPINAS: +55 19 3772 7200 www.vick.com.

MANUAL - POLICARBONATO POLICARBONATO CHAPAS E TELHAS TELEVENDAS. SÃO PAULO: +55 11 3871 7888 CAMPINAS: +55 19 3772 7200 www.vick.com. MANUAL POLICARBONATO POLICARBONATO CHAPAS E TELHAS TELEVENDAS SÃO PAULO: +55 11 3871 7888 CAMPINAS: +55 19 3772 7200 wwwvickcombr POLICARBONATO COMPACTO O Policarbonato Compacto é muito semelhante ao vidro

Leia mais

ISOTELHA COLONIAL Rapidez e perfeição juntas.

ISOTELHA COLONIAL Rapidez e perfeição juntas. GUIA DE MONTAGEM Rapidez e perfeição juntas. MONTAGEM - TELHA Espaçamento / Inclinação Vão máximo entre terças 1,75 m Linha do beiral 100% 15% Inclinação mínima ATENÇÃO: Respeitar distância máxima entre

Leia mais

Instruções de Instalação Pisos Vinílicos

Instruções de Instalação Pisos Vinílicos Instruções de Instalação Pisos Vinílicos LinhadePisosLaminadosemPVC 2,3mmeClick Recomendações e Responsabilidades Os serviços de colocação devem ser repassados a profissionais instaladores de pisos com

Leia mais

cerâmica externa ficha técnica do produto

cerâmica externa ficha técnica do produto 01 Descrição: Argamassa leve de excelente trabalhabilidade e aderência, formulada especialmente para aplicação de revestimentos cerâmicos em áreas internas e s. 02 Classificação técnica: ANTES Colante

Leia mais

Steel frame - fechamento (parte 3)

Steel frame - fechamento (parte 3) Página 1 de 6 Steel frame - fechamento (parte 3) Hotel Villa Rossa, fechamento em steel frame No segundo artigo desta série sobre steel frame, abordamos a estrutura da edificação. Nela são aplicadas as

Leia mais

Revestimentos térmicos acoplados a sistemas impermeabilizantes, subcoberturas e isolantes térmicos de alto desempenho. Produtos ideais para tornar

Revestimentos térmicos acoplados a sistemas impermeabilizantes, subcoberturas e isolantes térmicos de alto desempenho. Produtos ideais para tornar Divisão Nota As informações contidas nesta ficha são baseadas em nosso conhecimento para a sua ajuda e orientação. Salientamos que o desempenho dos nossos produtos depende das condições de preparo da superfície,

Leia mais

PERFIL DE JUNÇÃO REHAU VEDAR, UNIR, DESTACAR. Automotiva Indústria

PERFIL DE JUNÇÃO REHAU VEDAR, UNIR, DESTACAR. Automotiva Indústria PERFIL DE JUNÇÃO REHAU VEDAR, UNIR, DESTACAR www.rehau.com.br Construção Automotiva Indústria DESIGN PARA MÓVEIS DA REHAU: SOLUÇÕES INOVADORAS DE SISTEMAS NO MESMO LOCAL A REHAU se estabeleceu como a principal

Leia mais

MAXIJUNTA - 3 EM 1 PRODUTO:

MAXIJUNTA - 3 EM 1 PRODUTO: INDICAÇÕES: Argamassa colante de assentamento e rejuntamento simultâneo flexível de alta adesividade para áreas internas e externas. Assenta e rejunta pastilhas de porcelana e cerâmica até 7,5 x 7,5 cm,

Leia mais

COMPONENTES. Chapa de gesso: 3 tipos

COMPONENTES. Chapa de gesso: 3 tipos Paredes internas Estrutura leve GESSO ACARTONADO Fixado em perfis de chapa de aço galvanizado (esqueleto de guias e montantes) Parede: chapas de gesso em uma ou mais camadas Superfície pronta para o acabamento

Leia mais

São assim denominados pois não utilizam o processo de queima cerâmica que levaria à derrubada de árvores para utilizar a madeira como combustível,

São assim denominados pois não utilizam o processo de queima cerâmica que levaria à derrubada de árvores para utilizar a madeira como combustível, TIJOLOS ECOLÓGICOS Casa construída com tijolos ecológicos Fonte: paoeecologia.wordpress.com TIJOLOS ECOLÓGICOS CARACTERÍSTICAS São assim denominados pois não utilizam o processo de queima cerâmica que

Leia mais

BOLETIM DE INFORMAÇÕES TÉCNICAS Revisão 006 Julho/2011

BOLETIM DE INFORMAÇÕES TÉCNICAS Revisão 006 Julho/2011 1 - PRODUTO: Acrílico Standard mais rendimento Natrielli. 2 - DESCRIÇÃO: É uma tinta acrílica de alto rendimento apresenta um excelente acabamento em superfícies externas e internas de alvenaria, reboco,

Leia mais

VEDAPREN cobre a estrutura com uma membrana impermeável, elástica e de grande durabilidade.

VEDAPREN cobre a estrutura com uma membrana impermeável, elástica e de grande durabilidade. Descrição VEDAPREN cobre a estrutura com uma membrana impermeável, elástica e de grande durabilidade. Aplicação Campos de Aplicação - Impermeabilização de:. lajes de cobertura;. terraços;. calhas de concreto;.

Leia mais

membrana impermeabilizante

membrana impermeabilizante 01 Descrição: votomassa é uma impermeável flexível e antifissura resistente a cargas, que dispensa o uso de telas, para aplicação em diversos substratos. 02 Classificação técnica: ANTES Hydro Ban votomassa

Leia mais

Soluções Recomendadas

Soluções Recomendadas Cement Wood Board Soluções Recomendadas Fachadas Fichas de Aplicação Fachadas Ventiladas Sistema de s Fachadas Aplicação: Exterior Estrutura de suporte: Madeira ou metal Fixação: s de cabeça externa Espessura:

Leia mais

NOVOLAC AR 170 Revestimento de alto desempenho Novolac, resistente a ácido sulfúrico 98%.

NOVOLAC AR 170 Revestimento de alto desempenho Novolac, resistente a ácido sulfúrico 98%. NOVOLAC AR 170 Revestimento de alto desempenho Novolac, resistente a ácido sulfúrico 98%. Descrição do Produto NOVOLAC AR 170 é um sistema novolac, 100% sólidos, com resistência a ácido sulfúrico 98% e

Leia mais

MÉTODO EXECUTIVO ME - 40

MÉTODO EXECUTIVO ME - 40 Objetivo: O método tem como objetivo detalhar o processo de proteção estanque para evitar eflorescência em piscina, utilizando membrana polimérica, de modo a propiciar o treinamento da mão de obra e por

Leia mais

Steel frame - cobertura (última parte)

Steel frame - cobertura (última parte) Página 1 de 8 Steel frame - cobertura (última parte) A cobertura destina-se a proteger as edificações da ação das intempéries. Pode ser vista também como um dos elementos de importância estética do projeto,

Leia mais

Sistema para Tratamento de Juntas Brasilit. Leveza, resistência e rapidez para sua obra.

Sistema para Tratamento de Juntas Brasilit. Leveza, resistência e rapidez para sua obra. Sistema para Tratamento de Juntas Brasilit Leveza, resistência e rapidez para sua obra. Tratamento de Juntas Brasilit Existem vários tipos de tratamento de junta para as Placas Cimentícias. O tipo de tratamento

Leia mais

Conceito AULA 4. Escola Politécnica Universidade Federal da Bahia Tecnologia da Construção Civil

Conceito AULA 4. Escola Politécnica Universidade Federal da Bahia Tecnologia da Construção Civil Escola Politécnica Universidade Federal da Bahia Tecnologia da Construção Civil AULA 4 Gesso Acartonado Prof. Dr. Luiz Sergio Franco Escola Politécnica da USP Dep. de Engenharia de Construção Civil Construção

Leia mais

MAXIJUNTA - PASTILHAS DE PORCELANA

MAXIJUNTA - PASTILHAS DE PORCELANA INDICAÇÕES: Argamassa colante de assentamento e rejuntamento simultâneo flexível, de alta adesividade, para áreas internas e externas. O Maxijunta Pastilhas de Porcelana é indicado principalmente para

Leia mais

Manual de Projeto de Sistemas Drywall paredes, forros e revestimentos

Manual de Projeto de Sistemas Drywall paredes, forros e revestimentos Manual de Projeto de Sistemas Drywall paredes, forros e revestimentos 1 Prefácio Este é o primeiro manual de projeto de sistemas drywall publicado no Brasil um trabalho aguardado por arquitetos, engenheiros,

Leia mais

A segurança de se sentir bem.

A segurança de se sentir bem. Catálogo de Cores Wetroom A segurança de se sentir bem. Crédito Equipotel 2010 - Arquiteta Jorgina Nello Eclipse Aquasafe (cor 036), Aquarelle Wall HFS (cor 025) Recomendado para os segmentos: SAÚDE Hotelaria

Leia mais

BOLETIM TÉCNICO. Primeira linha em impermeabilizante acrílico. Rua Moisés Marx nº. 494 Vila Aricanduva, SP CEP 03507-000 -Fone / Fax : (11) 6191-2442

BOLETIM TÉCNICO. Primeira linha em impermeabilizante acrílico. Rua Moisés Marx nº. 494 Vila Aricanduva, SP CEP 03507-000 -Fone / Fax : (11) 6191-2442 1 SELOFLEX R Primeira linha em impermeabilizante acrílico BOLETIM TÉCNICO Como qualquer tipo de impermeabilização flexível, a estrutura deverá estar seca, mínimo de 7 dias após a regularização, limpa de

Leia mais

VEDAPREN. Densidade: 1,02 g/cm³ Aparência: Preto(a) Composição básica: Emulsão asfáltica modificada com elastômeros. Validade: 24 meses

VEDAPREN. Densidade: 1,02 g/cm³ Aparência: Preto(a) Composição básica: Emulsão asfáltica modificada com elastômeros. Validade: 24 meses Produto VEDAPREN é uma manta líquida, de base asfalto e aplicação a frio, pronta para uso e moldada no local. Cobre a estrutura com uma proteção impermeável. Apresenta ótimas características de elasticidade

Leia mais

EXECUÇÃO DO REVESTIMENTO ARGAMASSA DE FACHADA DE P R O M O Ç Ã O

EXECUÇÃO DO REVESTIMENTO ARGAMASSA DE FACHADA DE P R O M O Ç Ã O EXECUÇÃO DO REVESTIMENTO DE FACHADA DE ARGAMASSA P R O M O Ç Ã O Início dos Serviços Alvenarias concluídas há 30 dias e fixadas internamente há 15 dias Estrutura concluída há 120 dias Contra marcos chumbados

Leia mais

http://www.revistatechne.com.br/engenharia-civil/100/imprime31592.asp

http://www.revistatechne.com.br/engenharia-civil/100/imprime31592.asp 1 de 11 01/11/2010 22:14 Juntas em drywall O termo drywall é aqui adotado para designar genericamente sistemas construtivos de paredes internas não-estruturais constituídas de chapas de gesso acartonado

Leia mais

VARREDEIRA ZE072. Manual de serviço

VARREDEIRA ZE072. Manual de serviço VARREDEIRA ZE072 Manual de serviço A varredeira ZE072 foi desenvolvida para trabalhos na construção civil, de manutenção em estradas, ou locais que necessitem o mesmo sistema de remoção de resíduos. Qualquer

Leia mais

DCC - RESPONDENDO AS DÚVIDAS 06. LAJE

DCC - RESPONDENDO AS DÚVIDAS 06. LAJE DCC - RESPONDENDO AS DÚVIDAS 06. LAJE Av. Torres de Oliveira, 76 - Jaguaré CEP 05347-902 - São Paulo / SP LAJE As lajes são estruturas destinadas a servirem de cobertura, forro ou piso para uma edificação.

Leia mais

ELASTEQ 7000 ARGAMASSA POLIMÉRICA

ELASTEQ 7000 ARGAMASSA POLIMÉRICA ELASTEQ 7000 ARGAMASSA POLIMÉRICA Impermeabilizante à base de resinas termoplásticas e cimentos com aditivos e incorporação de fibras sintéticas (polipropileno). Essa composição resulta em uma membrana

Leia mais

Manual de Instruções. Tanques e Vasos de Polietileno. Atenção Leia antes da aceitação do material

Manual de Instruções. Tanques e Vasos de Polietileno. Atenção Leia antes da aceitação do material Manual de Instruções Apresentação Recebimento Descarga Instalação Segurança e Prevenção de Acidentes Válvulas Respiro Fixação Manutenção Tanques e Vasos de Polietileno Atenção Leia antes da aceitação do

Leia mais

SOLUÇÕES PRÁTICAS E INOVADORAS PARA A SUA OBRA

SOLUÇÕES PRÁTICAS E INOVADORAS PARA A SUA OBRA Soluções para Construção Fortaleza Março - 2015 SOLUÇÕES PRÁTICAS E INOVADORAS PARA A SUA OBRA Assentar e rejuntar Sobrepor Revestir Renovar QUALIDADE, CRIATIVIDADE E INOVAÇÃO sempre foram as forças que

Leia mais

SISTEMA DE ISOLAMENTO TÉRMICO PELO EXTERIOR. O sistema de acabamento leve para isolamento térmico e protecção de paredes

SISTEMA DE ISOLAMENTO TÉRMICO PELO EXTERIOR. O sistema de acabamento leve para isolamento térmico e protecção de paredes SISTEMA DE ISOLAMENTO TÉRMICO PELO EXTERIOR O sistema de acabamento leve para isolamento térmico e protecção de paredes O SISTEMA DE ISOLAMENTO TÉRMICO DA VIERO O sistema de isolamento térmico da VIERO

Leia mais

Nº 170768. www.ipt.br

Nº 170768. www.ipt.br COMUNICAÇÃO TÉCNICA Nº 170768 Patologia de paredes dry-wall: formas de prevenção Claudio Vicente Mitidiéri Filho Trabalho apresentado no Seminário Patologias Precoces de Obras: o Risco do Passivo Técnico

Leia mais

Ecoplac Cimentícia. Decorlit. Manual Técnico. Borda Quadrada Borda Rebaixada. 2BR e 4BR VERSÃO 11/13

Ecoplac Cimentícia. Decorlit. Manual Técnico. Borda Quadrada Borda Rebaixada. 2BR e 4BR VERSÃO 11/13 Placa Cimentícia Prensada e Decorlit Impermeabilizada Manual Técnico Borda Quadrada Borda Rebaixada 2BR e 4BR VERSÃO 11/13 índice Apresentação Dados Técnicos Dados Técnicos Manuseio OSB Principais Vantagens

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ DEPARTAMENTO DE CONSTRUÇÃO CIVIL! Construção Civil II 1 0 Semestre de 2015 Professoras Heloisa Campos e Elaine Souza

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ DEPARTAMENTO DE CONSTRUÇÃO CIVIL! Construção Civil II 1 0 Semestre de 2015 Professoras Heloisa Campos e Elaine Souza UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ DEPARTAMENTO DE CONSTRUÇÃO CIVIL Construção Civil II 1 0 Semestre de 2015 Professoras Heloisa Campos e Elaine Souza EXERCÍCIO IMPERMEABILIZAÇÃO A seguir está modificado um

Leia mais

Tanque vertical. Reservatório vertical em filamento contínuo. Manual de Instalação, Manutenção e Garantia

Tanque vertical. Reservatório vertical em filamento contínuo. Manual de Instalação, Manutenção e Garantia Tanque vertical Reservatório vertical em filamento contínuo Manual de Instalação, Manutenção e Garantia 1 - Descrição do equipamento Tanque vertical fabricado em PRFV (poliéster reforçado com fibra de

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO, ORÇAMENTO E PROJETO DO ACESSO PRINCIPAL E IDENTIFICAÇÃO DA UNIDADE BÁSICA DE SAÚDE FRONTEIRA

MEMORIAL DESCRITIVO, ORÇAMENTO E PROJETO DO ACESSO PRINCIPAL E IDENTIFICAÇÃO DA UNIDADE BÁSICA DE SAÚDE FRONTEIRA MEMORIAL DESCRITIVO, ORÇAMENTO E PROJETO DO ACESSO PRINCIPAL E IDENTIFICAÇÃO DA UNIDADE BÁSICA DE SAÚDE FRONTEIRA Orçamento Unidade Básica de Saúde - Fronteira Estrutura para o acesso e identificação do

Leia mais

5. Limitações: A argamassa Matrix Assentamento Estrutural não deve ser utilizada para assentamento de blocos silicocalcário;

5. Limitações: A argamassa Matrix Assentamento Estrutural não deve ser utilizada para assentamento de blocos silicocalcário; A argamassa Matrix Assentamento Estrutural é uma mistura homogênea de cimento Portland, agregados minerais com granulometria controlada e aditivos químicos. 3. Indicação: Excelente para assentamento de

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES PAT.

MANUAL DE INSTRUÇÕES PAT. MANUAL DE INSTUÇÕES NP do Brasil Este manual tem por definição, orientá-lo na utilização do perfil ALUAPID para manufatura de letras e formatos na área de comunicação visual. O QUE É ALUAPID? Perfil de

Leia mais

PREDIAL AQUATHERM CATÁLOGO TÉCNICO

PREDIAL AQUATHERM CATÁLOGO TÉCNICO PREDIAL AQUATHERM CATÁLOGO TÉCNICO Qualidade Confiança Tradição Inovação Tecnologia ÍNDICE Por que a TIGRE escolheu o Sistema Aquatherm para o Brasil? 05 Características técnicas 06 Instruções de instalação

Leia mais

Parabond Zinco. Produto elástico para todo tipo de metais.

Parabond Zinco. Produto elástico para todo tipo de metais. Parabond Zinco Produto elástico para todo tipo de metais. Produto: Parabond Zinco é um elastómero de alta qualidade, de rápido endurecimento, permanentemente elástico, à base de MS polímero com elevada

Leia mais

MANUAL TÉCNICO PREALL

MANUAL TÉCNICO PREALL MANUAL TÉCNICO PREALL ÍNDICE 1. PRODUTO 2. RECEBIMENTO 3. ARMAZENAMENTO 4. PREPARAÇAO DO LOCAL DE APLICAÇÃO 5.1 DEFINIÇÃO DE JUNTA 5.2 ASSENTAMENTO 6. LIMPEZA 7. PROTEÇÃO 8. GARANTIA 9. PISO ELEVADO 10.

Leia mais

rejuntamento epóxi fácil

rejuntamento epóxi fácil 01 Descrição: votomassa é um à base de epóxi de alta performance que proporciona cores uniformes, durabilidade e resistência a manchas. 02 Classificação técnica: votomassa atende às exigências de desempenho

Leia mais

Produtos Devcon. Guia do Usuário. Kit Devcon para reparo de vazamentos em transformadores a óieo

Produtos Devcon. Guia do Usuário. Kit Devcon para reparo de vazamentos em transformadores a óieo 1 Produtos Devcon Guia do Usuário Kit Devcon para reparo de vazamentos em transformadores a óieo 2 Guia do Usuário Kit Devcon para reparo de vazamentos em transformadores a óieo Prefácio 3 Preparação da

Leia mais

ALVENARIA EXECUÇÃO. Prof. MSc. Eng. Eduardo Henrique da Cunha Engenharia Civil 7º Período Turma A01 Disc. Construção Civil I

ALVENARIA EXECUÇÃO. Prof. MSc. Eng. Eduardo Henrique da Cunha Engenharia Civil 7º Período Turma A01 Disc. Construção Civil I ALVENARIA EXECUÇÃO Prof. MSc. Eng. Eduardo Henrique da Cunha Engenharia Civil 7º Período Turma A01 Disc. Construção Civil I ALVENARIA CONDIÇÕES DE INÍCIO Vigas baldrames impermeabilizadas e niveladas,

Leia mais

O mundo da construção civil está em constante evolução. Nosso compromisso não é apenas acompanhar esse ritmo, mas estar à frente dele, antecipando

O mundo da construção civil está em constante evolução. Nosso compromisso não é apenas acompanhar esse ritmo, mas estar à frente dele, antecipando O mundo da construção civil está em constante evolução. Nosso compromisso não é apenas acompanhar esse ritmo, mas estar à frente dele, antecipando necessidades e soluções. Foi exatamente por pensar assim

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO DOS PISOS VINÍLICOS EM MANTAS FORTHFLEX, FORTHPISO, FORTHVINYL, CARAVAN E PASTILLE FLOOR

MANUAL DE INSTALAÇÃO DOS PISOS VINÍLICOS EM MANTAS FORTHFLEX, FORTHPISO, FORTHVINYL, CARAVAN E PASTILLE FLOOR MANUAL DE INSTALAÇÃO DOS PISOS VINÍLICOS EM MANTAS FORTHFLEX, FORTHPISO, FORTHVINYL, CARAVAN E PASTILLE FLOOR ANTES DA INSTALAÇÃO: Para podermos ter uma excelente apresentação da instalação não dependemos

Leia mais

Fachadas Fichas de Aplicação

Fachadas Fichas de Aplicação Fichas de Aplicação Ventiladas - Sistema de s Ventiladas - Viroclin Ventiladas - Virocnail Ventiladas - Sistema Misto Consulte o Dossier Técnico Viroc disponível em www.viroc.pt, na página de Downloads.

Leia mais

Manual de Operação 1

Manual de Operação 1 Manual de Operação 1 Termo de Garantia A Midea do Brasil, garante este produto contra defeito de fabricação pelo prazo de um ano a contar da data da emissão da nota fiscal de compra para o consumidor final.

Leia mais

Modelo SOLO900 SOLO700 TOPO700. Carga máx. 3000 kg o par 3000 kg o par 3000 kg o par. 726 mm. 702 mm (linha superior) ( 702 mm)

Modelo SOLO900 SOLO700 TOPO700. Carga máx. 3000 kg o par 3000 kg o par 3000 kg o par. 726 mm. 702 mm (linha superior) ( 702 mm) Barras de Pesagem Beckhauser Manual do Usuário Conheça seu equipamento em detalhes e saiba como aproveitar todo seu potencial no manejo. Leia atentamente este Manual antes de utilizar o produto e antes

Leia mais

Transporte e Armazenamento Bem Sucedido de Chapa de Aço Galvanizada

Transporte e Armazenamento Bem Sucedido de Chapa de Aço Galvanizada GalvInfo Center - Um programa do International Zinc Association 6. Uso de Chapa de Aço com Revestimento Metálico GalvInfoNote Transporte e Armazenamento Bem Sucedido de Chapa de Aço Galvanizada 6.1 Introdução

Leia mais

COMO INSTALAR : MATERIAIS: IMPORTANTE. O contra piso deve estar:

COMO INSTALAR : MATERIAIS: IMPORTANTE. O contra piso deve estar: COMO INSTALAR : Importante para uma perfeita instalação, obter o resultado especificado pela Revitech Pisos e esperado pelo cliente, a utilização das ferramentas corretas. Ferramentas como a desempenadeira,

Leia mais

Lareira a lenha Tipo Gota

Lareira a lenha Tipo Gota Lareira a lenha Tipo Gota Manual de instalação, uso e manutenção. ÍNDICE APRESENTAÇÃO CONSIDERAÇÕES INICIAIS EQUIPAMENTO - LAREIRA A LENHA GOTA CUIDADOS INSTALAÇÃO DA LAREIRA DESENHOS TÉCNICOS SISTEMA

Leia mais

Sugestões de Montagem. Perfis para Estrutura de Telhados

Sugestões de Montagem. Perfis para Estrutura de Telhados Sugestões de Montagem Perfis para Estrutura de Telhados 1 Apresentação As sugestões que apresentamos aqui são direcionadas para os profissionais que já possuem experiência com telhados. Nosso objetivo

Leia mais

epotech aqua Ficha técnica Aplicações recomendadas Materiais Suportes Características

epotech aqua Ficha técnica Aplicações recomendadas Materiais Suportes Características Ficha técnica epotech aqua epotech aqua é uma nova linha de massas de base epoxídica para a selagem de juntas em ladrilhos cerâmicos. Massa bicomponente isenta de solventes orgânicos, caracteriza-se pela

Leia mais

Catálogo de Produtos

Catálogo de Produtos Catálogo de Produtos Gesso Convenciona O gesso é um material versátil: ele auxilia nas tarefas de embutir a iluminação, esconder ferragens e disfarçar vigas, além de criar efeitos fantásticos, especialmente

Leia mais

EXAUSTOR MUNTERS MANUAL DE INSTALAÇÃO EXAUSTOR MUNTERS REV.00-11/2012-MI0047P

EXAUSTOR MUNTERS MANUAL DE INSTALAÇÃO EXAUSTOR MUNTERS REV.00-11/2012-MI0047P MANUAL DE INSTALAÇÃO EXAUSTOR MUNTERS REV.00-11/2012-MI0047P 0 SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 2 IMPORTANTE... 3 SEGURANÇA... 3 CUIDADOS AO RECEBER O EQUIPAMENTO... 4 1) Instalação dos exaustores... 5 2) Instalação

Leia mais

Sistema de Paredes Trevo Drywall

Sistema de Paredes Trevo Drywall Nome da Empresa DADOS DO FABRICANTE Trevo Industrial de Acartonados S/A. Endereço Av.Josias Inojosa de Oliveira 5000 - Distrito Industrial do Cariri Juazeiro do Norte - CE - CEP 63045-010 Tel/Fax (88)

Leia mais

Kalheta 49 Brasilit. Só a Brasilit tem uma linha completa de telhas para a sua obra!

Kalheta 49 Brasilit. Só a Brasilit tem uma linha completa de telhas para a sua obra! Kalheta 49 Brasilit Só a Brasilit tem uma linha completa de telhas para a sua obra! TECNOLOGIA CRFS: CIMENTO REFORÇADO COM FIOS SINTÉTICOS. A ALTERNATIVA SEGURA DA BRASILIT PARA A SUBSTITUIÇÃO DEFINITIVA

Leia mais

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS 1. ESTRUTURA E BLINDAGEM DOS MODULOS 1.1 - Estruturas Laterais Externas Deverão ser confeccionadas em chapa de aço SAE1010 #18, com varias dobras formando colunas, sem quinas ou

Leia mais

Mudança. manual de montagem. Estante Divisória. ferramenta chave philips. tempo 1 hora e 30 minutos. tempo 1 hora. montagem 2 pessoas

Mudança. manual de montagem. Estante Divisória. ferramenta chave philips. tempo 1 hora e 30 minutos. tempo 1 hora. montagem 2 pessoas manual de montagem montagem 2 pessoas ferramenta martelo de borracha Mudança Estante Divisória ferramenta chave philips tempo 1 hora e 30 minutos ferramenta parafusadeira tempo 1 hora DICAS DE CONSER VAÇÃO

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO DE BELO HORIZONTE-UNIBH DRYWALL. Miriã Aquino

CENTRO UNIVERSITÁRIO DE BELO HORIZONTE-UNIBH DRYWALL. Miriã Aquino CENTRO UNIVERSITÁRIO DE BELO HORIZONTE-UNIBH DRYWALL Miriã Aquino Belo Horizonte 2014 1 SUMÁRIO: APLICAÇÕES... 3 Paredes:... 3 Separação de Ambientes internos... 4 Isolamento Acústico Superior... 8 Isolamento

Leia mais

Ficha Técnica de Produto Argamassa Biomassa Código: AB001

Ficha Técnica de Produto Argamassa Biomassa Código: AB001 1. Descrição: A é mais uma argamassa inovadora, de alta tecnologia e desempenho, que apresenta vantagens econômicas e sustentáveis para o assentamento de blocos em sistemas de vedação vertical. O principal

Leia mais

Manual do impermeabilizador

Manual do impermeabilizador 1 Manual do impermeabilizador Preparação e aplicação em superfícies cimenticia Índice INTRODUÇÃO PROJETO DE IMPERMEABILIZAÇÃO ESTATÍSTICAS NORMAS TÉCNICAS ELABORAÇÃO DO PROJETO DE IMPERMEABILIZAÇÃO NBR

Leia mais

www.telecelula.com.br MANUAL DE INSTALAÇÃO E UTILIZAÇÃO, TERMO DE GARANTIA E SUPORTE Telecelula Magic LCD

www.telecelula.com.br MANUAL DE INSTALAÇÃO E UTILIZAÇÃO, TERMO DE GARANTIA E SUPORTE Telecelula Magic LCD www.telecelula.com.br MANUAL DE INSTALAÇÃO E UTILIZAÇÃO, TERMO DE GARANTIA E SUPORTE Telecelula Magic LCD INDÍCE MANUAL UTILIZAÇÃO MAGIC LCD 1. INTRODUÇÃO INSTALAÇÃO, GARANTIA... 3 1.1 COMO INSTALAR MAGIC

Leia mais

RESPONSABILIDADE DA CONSTRUTORA E GARANTIA

RESPONSABILIDADE DA CONSTRUTORA E GARANTIA RESPONSABILIDADE DA CONSTRUTORA E GARANTIA A San Juan Empreendimentos Imobiliários Ltda responderá pelo prazo de 05 (cinco) anos a contar término da obra, pela solidez e segurança da edificação. Portanto,

Leia mais

Interface com Outros Subsistemas Dicas e recomendações

Interface com Outros Subsistemas Dicas e recomendações Seminário: Interface com Outros Subsistemas Dicas e recomendações Carlos Chaves LOG Gestão de Obras O Sistema Paredes de concreto moldadas no local Um sistema racionalizado. Racionalização: Simplificação

Leia mais

A cobertura pode ser feita com telhas que podem ser metálicas, de barro ou ainda telhas asfálticas tipo shingle.

A cobertura pode ser feita com telhas que podem ser metálicas, de barro ou ainda telhas asfálticas tipo shingle. CONCEITO Light (LSF estrutura em aço leve) é um sistema construtivo racional e industrial. Seus principais componentes são perfis de aço galvanizado dobrados a frio, utilizados para formar painéis estruturais

Leia mais

Sistema de Forros Trevo Drywall

Sistema de Forros Trevo Drywall Nome da Empresa Endereço Tel/Fax (88) 3571-6019 Site E-mail DADOS DO FABRICANTE Trevo Industrial de Acartonados S/A. Av.Josias Inojosa de Oliveira 5000 - Distrito Industrial do Cariri Juazeiro do Norte

Leia mais

Passo a passo: Impermeabilização em drywall

Passo a passo: Impermeabilização em drywall Passo a passo: Impermeabilização em drywall Banheiros de casa em steel frame são fechados com chapas de gesso específicas para esse fim. Veja como impermeabilizar corretamente esses ambientes Casas em

Leia mais

Complementos para telhas Brasilit

Complementos para telhas Brasilit Complementos para telhas Brasilit A mais completa linha de cumeeiras, rufos, espigões, arestas, cantoneiras, terminais, pingadeiras, tampões, calços, venezianas, claraboias e placas de vedação. TECNOLOGIA

Leia mais

SISTEMA DRY WALL E STEEL FRAME

SISTEMA DRY WALL E STEEL FRAME GESSO SISTEMA DRY WALL E STEEL FRAME Gesso O gesso é uma substância, normalmente vendida na forma de um pó branco, produzida a partir do mineral gipsita, composto basicamente de sulfato de cálcio hidratado.

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO TANQUES CILÍNDRICOS VERTICAIS TERMOPLASTICOS

MANUAL DE INSTALAÇÃO E OPERAÇÃO TANQUES CILÍNDRICOS VERTICAIS TERMOPLASTICOS TECNO PUMP EQUIPAMENTOS INDUSTRIAIS. Rua João Rodrigues Palheta, 227 Jd. Aracati. São Paulo-SP CEP: 04949-050 Fone/fax: (11) 5896-3083 Site: em manutenção - e-mail: vendas.tecnopump@gmail.com MANUAL DE

Leia mais

NOVO VEDAPREN PAREDE

NOVO VEDAPREN PAREDE Produto VEDAPREN PAREDE é uma pintura impermeável e elástica que protege as paredes contra fissuras e batidas de chuva, além de ter alta durabilidade. Características Densidade: 1,23 g/cm³ Aparência: Branco(a),

Leia mais

Sika Manta PS Tipo II 3mm Alumínio. Manta asfáltica com acabamento em alumínio para impermeabilização. 10 metros 1 metro. 3 mm.

Sika Manta PS Tipo II 3mm Alumínio. Manta asfáltica com acabamento em alumínio para impermeabilização. 10 metros 1 metro. 3 mm. Ficha do Produto Edição 16/09/2015 Sika Manta PS Tipo II 3mm Alumínio Manta asfáltica com acabamento em alumínio para impermeabilização. Descrição do Produto Sika Manta PS Tipo II 3mm Alumínio é uma manta

Leia mais

RECOMENDAÇÕES DE USO: Utilizado para pintura de pisos industriais, oficinas, áreas que solicitem sanitização do ambiente. Uso interno e externo.

RECOMENDAÇÕES DE USO: Utilizado para pintura de pisos industriais, oficinas, áreas que solicitem sanitização do ambiente. Uso interno e externo. WEGPOXI ANA 301 DESCRIÇÃO DO PRODUTO: Tinta epoxi poliamina bicomponente, de alto teor de sólidos, com pigmentação especial, de secagem rápida. Revestimento aplicável em uma única demão em alta espessura

Leia mais

Linha P05 Cime. Endurecedor mineral de superfície

Linha P05 Cime. Endurecedor mineral de superfície Linha P05 Cime Endurecedor mineral de superfície 1 Descrição. Composto granulométrico à base de cimento e agregados selecionados de origem mineral e/ou mineral metálica, para aplicações em sistema de aspersão

Leia mais

Capacetes de Segurança H-700

Capacetes de Segurança H-700 Dados Técnicos Página 1 de 8 Capacetes de Segurança H-700 DESCRIÇÃO GERAL: O capacete de segurança H-700 é composto de: Casco ventilado (com ou sem tira refletiva) ou sem ventilação (com ou sem tira refletiva),

Leia mais

ESTADO DE GOIÁS SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO SUPERINTENDÊNCIA DE PLANEJAMENTO E PROGRAMAÇÃO

ESTADO DE GOIÁS SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO SUPERINTENDÊNCIA DE PLANEJAMENTO E PROGRAMAÇÃO OBRA: C.E.P. EM ARTES BASILEU FRANÇA E ESCOLA DE ARTES VEIGA VALLE LOCAL: GOIÂNIA - GO ASSUNTO: REFORMA NA COBERTURA, FORRO, ESQUADRIAS, INSTALAÇÕES ELÉTRICAS, PINTURA E PISO. DATA: 15/04/2005. MEMORIAL

Leia mais

Instruções de Operação. Instruções importantes e avisos de advertência estão retratados na máquina por meio de símbolos:

Instruções de Operação. Instruções importantes e avisos de advertência estão retratados na máquina por meio de símbolos: 1 Instruções de Operação Instruções importantes e avisos de advertência estão retratados na máquina por meio de símbolos: Antes de começar a trabalhar, leia o manual de instruções da máquina. Trabalhe

Leia mais

Pregão 003/2006 Alteração 01 ANEXO I ESPECIFICAÇÃO ESPECIFICAÇÃO DE SISTEMAS DE ARQUIVAMENTO COMPOSTO DE MÓDULOS DE ARQUIVOS DESLIZANTES

Pregão 003/2006 Alteração 01 ANEXO I ESPECIFICAÇÃO ESPECIFICAÇÃO DE SISTEMAS DE ARQUIVAMENTO COMPOSTO DE MÓDULOS DE ARQUIVOS DESLIZANTES Pregão 003/2006 Alteração ESPECIFICAÇÃO DE SISTEMAS DE ARQUIVAMENTO COMPOSTO DE MÓDULOS DE ARQUIVOS DESLIZANTES ITEM O1 Sistema de arquivamento composto de módulos de arquivos deslizantes, com acionamento

Leia mais

NOVO. ENKETOP O sistema de pavimentação monocomponente para varandas e terraços. O sistema de pavimentação monocomponete. para varandas e terraços

NOVO. ENKETOP O sistema de pavimentação monocomponente para varandas e terraços. O sistema de pavimentação monocomponete. para varandas e terraços P Reabilitação com garantia duradoira... porque a qualidade vale a pena! NOVO O sistema de pavimentação monocomponete para varandas e terraços ENKETOP O sistema de pavimentação monocomponente para varandas

Leia mais