PDDU/ SÃO BENEDITO LEGISLAÇÃO

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PDDU/ SÃO BENEDITO LEGISLAÇÃO"

Transcrição

1 1

2 TASSO RIBEIRO JEREISSATI GOVERNADOR DO ESTADO DO CEARÁ FRANCISCO DE QUEIROZ MAIA JÚNIOR SECRETÁRIO DA INFRAESTRUTURA DO ESTADO DO CEARÁ JOSÉ MARDÔNIO DA COSTA PREFEITO MUNICIPAL DE SÃO BENEDITO LANA AGUIAR ARAÚJO COORDENADORA DO PROJETO DE DESENVOLVIMENTO URBANO E GESTÃO DOS RECURSOS HÍDRICOS DO ESTADO DO CEARÁ PROURB-CE SECRETARIA DE INFRAESTRU TURA SEINFRA 2

3 PROJETO DA LEI DE ORGANIZAÇÃO TERRITORIAL DE SÃO BENEDITO 3

4 ÍNDICE 4

5 ÍNDICE...4 CA PÍTULO I...6 DISPOSIÇÕES GERA IS...6 CA PÍTULO II...6 DA ORGA NIZAÇÃO TERRITORIAL...6 CA PÍTULO III...10 DISPOSIÇÕES FINAIS...10 ANEXO 01 DESCRIÇÃO DO PERÍMETRO URBANO DE SÃO BENEDITO...12 ANEXO 02 MAPAS DO PERÍMETRO URBANO E DAS UNIDADES DE PLANEJAMENTO..14 ANEXO 03 MAPA DOS ESTÁGIOS DE URBANIZAÇÃO

6 Lei n..., de... de... de... Determina a organização espacial do município de São Benedito, delimitando o perímetro urbano e a Unidades de Planejamento e dá outras providências. O PREFEITO MUNICIPAL DE SÃO BENEDITO, ESTADO DO CEARÁ: Faço saber que a Câmara Municipal aprovou e eu sanciono a seguinte Lei: CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS Art. 1º Esta Lei delimita o perímetro da zona urbana de São Benedito, demarca a territorialização das Unidades Territoriais de Planejamento (UTPs) e das Unidades de Planejamento (UPs), e dá outra providências, tendo em vista as expectativas de assentamento urbano para os próximos 20 (vinte) anos. CAPÍTULO II DA ORGANIZAÇÃO TERRITORIAL Art. 2º A organização territorial tem como objetivo: I - II - III - IV - V - assegurar melhores condições de habitabilidade e conforto para a população; otimizar e economizar os serviços públicos de infra-estrutura urbana; propiciar crescimento urbano racional; preservar o meio ambiente e os bens culturais; aumentar as taxas de área verde; 6

7 VI - ocupar adequadamente o solo urbano. PDDU/ SÃO BENEDITO Art. 3º O Perímetro Urbano do Município de São Benedito é delimitado pelos seguintes segmentos: I - Segmento P1/P2: Tem início no ponto P1, situado na interseção das vias SDO 45 e SDO 40, de onde parte em sentido leste, cortando perpendicularmente a Rodovia da Confiança até encontrar o ponto P2, em uma extensão total de 700 metros; II - III - IV - V - VI - VII - Segmento P2/P3: Tem início no ponto P2, situado a uma distancia tomada perpendicularmente à Rodovia da Confiança de 300 metros, seguindo de modo paralelo à via rumo norte, até encontrar o ponto P3, em uma extensão total de 1700 metros; Segmento P3/P4: Tem início no ponto P3, situado na intercessão de uma linha paralela à 150 metros da rua Indio Jacó, lado sul e do segmento P2/P3, coincidindo com a Via paisagística projetada, até interceptar o Rio Arabê no ponto P4; Segmento P4/P5: Tem início no ponto P4, situado na interseção do Rio Arabê e uma linha paralela à 400 metros leste da rua Franscisco sabino, seguindo rumo norte até o ponto P5; Segmento P5/P6 Tem início no ponto P5, situado na interseção da Via paisagística projetada com o prolongamento da rua SDO 5, a uma distância de 500 metros sentido leste, contornando até coincidir com a Estrada para Sítio Recanto, até o ponto P6; Segmento P6/P7 Tem início no ponto P6, situado na interseção da Via Francisco Júlio Filizola com a Av. José Deucrino de Souza, seguindo por essa via em sentido oeste e seu prolongamento até o ponto P7; Segmento P7/P8 Tem início no ponto P7, situado na interseção da Av. José Deucrino de Souza, com a rua SDO25, indo em direção sul até o ponto P8, com uma extensão de 850 metros; 7

8 VIII - Segmento P8/P9 Tem início no ponto P8, situado na interseção da VAP III com a Rua SDO 24, indo em direção sul coincidindo com a Av. Olavo Ottoni Bastos (Via de Contorno Oeste), até o ponto P9; IX - X - XI - Segmento P9/P10 - Tem início no ponto P9, situado na interseção da Av. Olavo Ottoni Bastos com a Rua Irene Pinto da Silveira, sendo constituído por um arco formado por um raio de 300,00m cujo centro encontra-se situado na Rua Irineu Pinto da Silveira. O ponto P10 está situado na linha paralela a 300,00m ao sul da Rua Irineu Pinto da Silveira no ponto de tangência com o arco, ficando o ponto P09 na extremidade oeste da Rua Irineu Pinto da Silveira; Segmento P10/P11 Tem início no ponto P10 situado a 300,0m ao sul da Rua Irineu Pinto da Silveira, seguindo paralelamente a esta, sentido leste, até encontrar o ponto P11; Segmento P11/P01 Tem início no ponto P11, situado paralemente a 400 metros oeste da Rodovia da Confiança, seguindo em direção sul, até encontrar o ponto P01. Parágrafo Único Os segmentos do perímetro que correspondem a via paisagística projetada - Via de Contorno Leste, e Via de Contorno Oeste, serão submetidos a adequação que o projeto executivo e os estudos topográficos indicarem como melhor localização da via. Art. 4º A área do município de São Benedito ficará dividida em áreas urbanas consolidadas, áreas urbanizáveis, área de expansão urbana e área rural. 1º - Área urbanizada consolidada é aquela que dispõe de infra-estrutura urbana, tais como: meio-fio, calçamento, canalização de águas pluviais, abastecimento d água, rede de iluminação pública, sistema de esgotos sanitários, escola primária ou postos de saúde. Corresponde aos bairros consolidados inseridos no tecido urbano; 2º - Áreas urbanizáveis são as áreas ocupadas, que estão contidas dentro do perímetro urbano, mas que são carentes de infra-estrutura. 8

9 3º - Áreas de expansão urbana ou transição urbana são as reservadas ou destinadas ao crescimento da cidade, sem características urbanas. 4º - Área rural é a que se destina a exploração agrícola, pastoril ou extrativa e que se situam fora do perímetro urbano. Art. 5º Para efeito de planejamento, o Município de São Benedito fica dividido em: 4 (quatro) Unidades Territoriais de Planejamento (UTP) e 8 (oito) Unidades de Planejamento (UP). Art. 6º As Unidades Territoriais de Planejamento (UTP) são subdivisões do espaço urbano que possuem características comuns quanto à estrutura viária, e aspectos ambientais, e são instrumentos para a ordenação do uso e ocupação do espaço urbano. de acordo com o Anexo I e II desta Lei: I - II - III - UTP.01 Zona Sul; UTP.02 Zona de Conservação Ambiental; UTP.03 Centro; UTP.04 Zona Norte. Art. 7º As Unidades Territoriais de Planejamento dividem-se em micro-unidades de planejamento ou Unidades de Planejamento - UPs, cujos limites coincidem com acidentes geográficos, com vias existentes ou projetadas e limites do perímetro urbano: XII - XIII - UP 01 - Unidade de Planejamento Extremo Sudeste - Corresponde à área formada pelo quadrante à leste da rodovia CE-175, tendo como limite ao norte a área de proteção ambiental do Rio Arabê, a leste e ao sul os limites do perímetro urbano e a oeste a rodovia; UP 02 - Unidade de Planejamento Castelo - Situada ao sul do rio Arabê, tendo como limite ao norte a faixa de proteção deste recurso hídrico, ao sul e a oeste o perímetro urbano e a leste o prolongamento da CE-175 e a Rua Salmito Ferreira Feitosa; 9

10 XIV - UP 03 - Unidade de Planejamento Rio Arabê - Corresponde a área de proteção ambiental do Rio Arabê dentro do perímetro urbano; XV - UP 04 - Unidade de Planejamento Riacho Flexeiras - Corresponde a área de proteção ambiental do Riacho Flexeiras dentro do perímetro urbano; XVI - UP 05 - Unidade de Planejamento Centro - Corresponde a área central delimitada pelas faixas de proteção ambiental dos rios Arabê e Flexeiras e tendo como limite leste a via de contorno paisagística projetada; XVII - UP 06 - Unidade de Planejamento Extremo Nordeste - Esta Unidade tem como limites ao sul, a área de proteção ambiental do Riacho Flexeiras, a leste e ao norte a via paisagística projetada e limítrofe ao perímetro urbano; e a oeste a Av. Tabajaras; XVIII - UP 07 - Unidade de Planejamento Tabajara, Corrente e Padre Otacílio - Esta Unidade tem como limite sul a área de proteção ambiental do Riacho Flexeiras, a leste a Av. Tabajaras, ao norte partes das vias de contorno regional e paisagística projetadas como limites do perímetro urbano e a oeste a via de contorno regional até encontrar a rua SDO 05 se prolongando por esta e pela rua projeta 17 do loteamento Tabajara. XIX - UP 08 - Unidade de Planejamento Micro Distrito Industrial - Esta unidade no extremo noroeste da área urbana é limitada pelas via de contorno regional projetada a oeste e ao norte, pela via SDO 05 ao sul, pela via projetada 17 do loteamento Tabajara a leste. CAPÍTULO III DISPOSIÇÕES F INAIS Art. 8º São documentos integrantes desta Lei, como parte complementar do seu texto, os seguintes anexos: I - II - III - anexo I Descrição dos Perímetro Urbano; anexo II Mapa: Perímetro Urbano; anexo III Mapa: Estágios de Urbanização e Unidades de Planejamento. 10

11 Art. 9º As denominações, a delimitação dos seus perímetros e a criação de novas Unidades de Planejamento (UP), contidas nesta Lei, só poderão ser alterados pela Câmara Municipal, com o mesmo quorum que a Lei Orgânica Municipal exige para aprovação do Plano Diretor de Desenvolvimento Urbano. Art. 10 Esta Lei entrará em vigor na data de sua publicação, revogando-se as disposições em contrário. Prefeitura Municipal de São Benedito,... de... de... José Mardônio da Costa Prefeito de São Benedito 11

12 ANEXO 01 DESCRIÇÃO DO PERÍMETRO URBANO DE SÃO BENEDITO 12

13 O perímetro urbano da cidade de São Benedito, para efeito desta Lei, é dividido em 11 (onze) segmentos: (VER A NEXO I) I - II - III - IV - SEGMENTO 01 - Tem início no cruzamento da Rodovia da Confiança Norte com a Estrada para o Sítio Recanto (Via paisagística projetada) ( P01) e segue a 65,118 leste até o encontro com a via José Deucrino de Souza (P02); SEGMENTO 02 Tem início no final do segmento anterior ( P02) e segue a 88,50 sul por 600 metros, até o encontro com a Rua SDO 24 ( P03); SEGMENTO 03 Tem início no final do segmento anterior ( P03) e segue pela rua SDO 24, prolongando-se na direção sul por mais 500 metros até o ponto P04; SEGMENTO 04 - Tem início no final do segmento anterior ( P04) e segue a 97,68 oeste por 950 metros até o ponto P05; V - SEGMENTO 05 - Tem início no final do segmento anterior (P05) e segue distante 300 metros da Rodovia da Confiança Sul (104 sul), até o ponto P06; VI - VII - SEGMENTO 06 - Tem início no final do segmento anterior ( P06) e segue a 85,14 oeste por 600 metros até o P07; SEGMENTO 07 - Tem início no final do segmento anterior ( P07) e segue a 96,63 norte, a 300 metros da Rodovia da Confiança Sul, por metros até o ponto P08; VIII - SEGMENTO 08 - Tem início no final do segmento anter ior ( P08) e segue a 117,60 noroeste, pela via paisagística projetada, por 500 metros até o ponto P09; IX - SEGMENTO 09 - Tem início no final do segmento anterior (P09) e segue a 125,120 norte, por metros até o ponto P10; X - SEGMENTO 10 - Tem início no final do segmento anter ior ( P10) e segue a 144,85 nordeste, por 300 metros, até o encontro com a Estrada para o Sítio Recanto P11; XI - SEGMENTO 11 - Tem início no final do segmento anterior ( P11) e segue pela Estrada para o Sítio Recanto até o ponto P01. As demais áreas do Munic ípio, não contidas anteriormente são consideradas áreas rurais. 13

14 ANEXO 02 MAPA DO PERÍMETRO URBANO 14

15 15

16 ANEXO 03 MAPA DOS ESTÁGIOS DE URBANIZAÇÃO E UNIDADES DE PLANEJAMENTO 16

17 17

18 18

PREFEITURA MUNICIPAL DE QUIXADÁ PLANO DIRETOR DE DESENVOLVIMENTO URBANO PDDU LEI DO SISTEMA VIÁRIO

PREFEITURA MUNICIPAL DE QUIXADÁ PLANO DIRETOR DE DESENVOLVIMENTO URBANO PDDU LEI DO SISTEMA VIÁRIO PREFEITURA MUNICIPAL DE QUIXADÁ KL Serviços e Engenharia S/C PLANO DIRETOR DE DESENVOLVIMENTO URBANO PDDU LEI DO SISTEMA VIÁRIO LEI Nº Dispõe sobre o sistema Viário do Município de Quixadá e dá outras

Leia mais

PROJETO DE LEI DE ORGANIZAÇÃO TERRITORIAL DO MUNICÍPIO DE GUAIÚBA

PROJETO DE LEI DE ORGANIZAÇÃO TERRITORIAL DO MUNICÍPIO DE GUAIÚBA PROJETO DE LEI DE ORGANIZAÇÃO TERRITORIAL DO MUNICÍPIO DE GUAIÚBA DE GUAIÚBA Na elaboração do Plano Diretor de Desenvolvimento Urbano de Guaiúba, após estudos, ficou definido adotar a divisão territorial

Leia mais

Dispõe sobre o Sistema Viário Básico do Município de Nova Mutum e dá outras providências.

Dispõe sobre o Sistema Viário Básico do Município de Nova Mutum e dá outras providências. LEI COMPLENTAR Nº 136, DE 15 DE JULHO DE 2015 Dispõe sobre o Sistema Viário Básico do Município de Nova Mutum e dá outras providências. O Sr. Adriano Xavier Pivetta, Prefeito Municipal de Nova Mutum, Estado

Leia mais

ÍNDICE. Capítulo I...5. Do Sub-Sistema Viário Estrutural...5. Capítulo II...5. Do Sub-Sistema de Apoio...5 DISPOSIÇÕES FINAIS...6

ÍNDICE. Capítulo I...5. Do Sub-Sistema Viário Estrutural...5. Capítulo II...5. Do Sub-Sistema de Apoio...5 DISPOSIÇÕES FINAIS...6 ÍNDICE Capítulo I...5 Do Sub-Sistema Viário Estrutural...5 Capítulo II...5 Do Sub-Sistema de Apoio...5 DISPOSIÇÕES FINAIS...6 1 PREFEITURA MUNICIPAL DE CRATEÚS PLANO DIRETOR DE DESENVOLVIMENTO URBANO PDDU

Leia mais

Prefeitura Municipal de Registro

Prefeitura Municipal de Registro Prefeitura Municipal de Registro Departamento Municipal de Administração Rua José Antônio de Campos, nº 250 Centro CEP: 11.900-000 Registro SP Fone: (13) 3828-1000 Fax: (13) 3821-2565 e-mail prefeitura@registro.sp.gov.br

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE BREJO SANTO PLANO DIRETOR DE DESENVOLVIMENTO URBANO PDDU LEI DE ORGANIZAÇÃO TERRITORIAL

PREFEITURA MUNICIPAL DE BREJO SANTO PLANO DIRETOR DE DESENVOLVIMENTO URBANO PDDU LEI DE ORGANIZAÇÃO TERRITORIAL PREFEITURA MUNICIPAL DE BREJO SANTO PLANO DIRETOR DE DESENOLIMENTO URBANO PDDU LEI DE ORGANIZAÇÃO TERRITORIAL B APRESENTAÇÃO 2 APRESENTAÇÃO B A análise das experiências em planificação no Brasil deste

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE MACAPÁ

PREFEITURA MUNICIPAL DE MACAPÁ PREFEITURA MUNICIPAL DE MACAPÁ João Henrique Rodrigues Pimentel Prefeito Gilson Ubiratan Rocha Vice-Prefeito Sec. Mun. de Planejamento e Coord. Geral Procurador Geral do Município Secretário do Gabinete

Leia mais

LEI Nº 370, DE 13 DE DEZEMBRO DE 2011 A CÂMARA MUNICIPAL DE CAFEARA APROVA E EU, PREFEITO DO MUNICÍPIO, SANCIONO A SEGUINTE LEI:

LEI Nº 370, DE 13 DE DEZEMBRO DE 2011 A CÂMARA MUNICIPAL DE CAFEARA APROVA E EU, PREFEITO DO MUNICÍPIO, SANCIONO A SEGUINTE LEI: LEI Nº 370, DE 13 DE DEZEMBRO DE 2011 Institui a Lei do Sistema Viário do Município de Cafeara, e dá outras providências. A CÂMARA MUNICIPAL DE CAFEARA APROVA E EU, PREFEITO DO MUNICÍPIO, SANCIONO A SEGUINTE

Leia mais

CAMARA MUNICIPAL DE BRUMADINHO Praça da Paz Carmem de Oliveira Gonçalves, s/nº - São Conrado Brumadinho/MG CEP 35.460-000

CAMARA MUNICIPAL DE BRUMADINHO Praça da Paz Carmem de Oliveira Gonçalves, s/nº - São Conrado Brumadinho/MG CEP 35.460-000 PROPOSIÇAO DE LEI Nº 30/2004 O Presidente da Câmara Municipal de Brumadinho, no uso de suas atribuições e no termos do disposto nos 1º e 8º do Art. 89 da Lei Orgânica Municipal do município de Brumadinho,

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE TIMON Gabinete do Prefeito Secretaria Municipal de Governo

PREFEITURA MUNICIPAL DE TIMON Gabinete do Prefeito Secretaria Municipal de Governo LEI MUNICIPAL Nº 1940, DE 05 DE DEZEMBRO DE 2014. Denomina e delimita os bairros do município de Timon-MA. O PREFEITO MUNICIPAL DE TIMON, ESTADO DO MARANHÃO: Faço saber que a Câmara Municipal de Timon

Leia mais

TRANSFERÊNCIA DO POTENCIAL CONSTRUTIVO

TRANSFERÊNCIA DO POTENCIAL CONSTRUTIVO ESTADO DA PARAÍBA PREFEITURA MUNICIPAL DE JOÃO PESSOA Assessoria Técnica SEPLAM Sobre a Lei nº. 12.145 de 08 de Setembro de 2011, que regulamentou o Instrumento: TRANSFERÊNCIA DO POTENCIAL CONSTRUTIVO

Leia mais

Atribuições do órgão conforme a Lei nº 3.063, de 29 de maio de 2013: TÍTULO II DAS COMPETÊNCIAS DOS ÓRGÃOS DA ADMINISTRAÇÃO DIRETA

Atribuições do órgão conforme a Lei nº 3.063, de 29 de maio de 2013: TÍTULO II DAS COMPETÊNCIAS DOS ÓRGÃOS DA ADMINISTRAÇÃO DIRETA SECRETARIA MUNICIPAL DE INFRAESTRUTURA E OBRAS End: Travessa Anchieta, S-55 Centro Fone: (14) 3283-9570 ramal 9587 Email: engenharia@pederneiras.sp.gov.br Responsável: Fábio Chaves Sgavioli Atribuições

Leia mais

LEI Nº 873/82 DE 01 DE OUTUBRO DE 1982.

LEI Nº 873/82 DE 01 DE OUTUBRO DE 1982. Estabelece nova delimitação dos Bairros de Aracaju e dá outras providências correlatas. O PREFEITO MUNICIPAL DE ARACAJU: Faço saber que a Câmara de Vereadores aprovou e eu sanciono a seguinte Lei: Art.

Leia mais

LEI COMPLEMENTAR Nº 052, DE 09 DE DEZEMBRO DE 2002.

LEI COMPLEMENTAR Nº 052, DE 09 DE DEZEMBRO DE 2002. 1 LEI COMPLEMENTAR Nº 052, DE 09 DE DEZEMBRO DE 2002. DISPÕE SOBRE A DEMARCAÇÃO TERRITORIAL DOS DISTRITOS QUE COMPÕE O MUNICÍPIO DE DOURADOS O PREFEITO MUNICIPAL DE DOURADOS, Estado do Mato Grosso do Sul,

Leia mais

TEXTO PROPOSTO - PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SÃO LUÍS (Lei n.º 4.669/06)

TEXTO PROPOSTO - PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SÃO LUÍS (Lei n.º 4.669/06) TEXTO PROPOSTO - PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE SÃO LUÍS (Lei n.º 4.669/06) Título IV DO USO DO SOLO URBANO E RURAL... CAPÍTULO III Do Macrozoneamento... Seção II Do Macrozoneamento Ambiental Art. 26. (Antigo

Leia mais

DECRETO Nº 1.752, DE 06 DE MAIO DE 1996.. O GOVERNADOR DO ESTADO DO PARANÁ, no uso de suas atribuições legais e

DECRETO Nº 1.752, DE 06 DE MAIO DE 1996.. O GOVERNADOR DO ESTADO DO PARANÁ, no uso de suas atribuições legais e DECRETO Nº 1.752, DE 06 DE MAIO DE 1996. Súmula: Instituída a Área de Proteção Ambiental na área de manancial da bacia hidrográfica do rio Pequeno, denominada APA Estadual do Pequeno.. O GOVERNADOR DO

Leia mais

Prefeitura Municipal de Venda Nova do Imigrante

Prefeitura Municipal de Venda Nova do Imigrante INTRODUÇÃO II - DO OBJETO E DESCRIÇÃO DOS PRODUTOS III - DOTAÇÃO ORÇAMENTÁRIA IV - DAS CONDIÇÕES DE PARTICIPAÇÃO V - DO RECEBIMENTO DA DOCUMENTAÇÃO E DA PROPOST VI - ABERTURA DOS ENVELOPES VII - DA DOCUMENTAÇÃO

Leia mais

AUDIÊNCIA PÚBLICA. FICHA DE INSCRIÇÃO PARA QUESTIONAMENTOS (preencha de forma clara, legível e objetiva os campos abaixo)

AUDIÊNCIA PÚBLICA. FICHA DE INSCRIÇÃO PARA QUESTIONAMENTOS (preencha de forma clara, legível e objetiva os campos abaixo) NOME: RENATO SILVA JUNIOR ÓRGÃO/ENTIDADE/EMPRESA: PREFEITURA SANTA LUZIA DO ITANHY Como no trecho do Rio Piaui que liga a zona urbana a zona rural do Município de Estância, logo há um grande fluxo de veiculo

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE URUAÇU ESTADO DE GOIÁS PODER EXECUTIVO SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO CNPJ 01.219.807/0001-82

PREFEITURA MUNICIPAL DE URUAÇU ESTADO DE GOIÁS PODER EXECUTIVO SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO CNPJ 01.219.807/0001-82 Lei n.º 1.482/2009 Uruaçu-Go., 31 de agosto de 2009. Dispõe sobre a criação da Secretaria Municipal de Transporte e Serviços Urbanos altera a lei 1.313/2005 e dá outras O PREFEITO MUNICIPAL DE URUAÇU,

Leia mais

PLANO DIRETOR DE DESENVOLVIMENTO URBANO

PLANO DIRETOR DE DESENVOLVIMENTO URBANO PLANO DIRETOR DE DESENVOLVIMENTO URBANO PROJETO DE LEI DO SISTEMA VIÁRIO BATURITÉ 1 TASSO RIBEIRO JEREISSATI GOVERNADOR DO ESTADO DO CEARÁ FRANCISCO DE QUEIROZ MAIA JÚNIOR SECRETÁRIO DE INFRA-ESTRUTURA

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ LABORATÓRIO DE ARQUITETURA E URBANISMO LAURB GRUPO DE PESQUISA CIDADE, MEIO AMBIENTE E POLÍTICAS PÚBLICAS

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ LABORATÓRIO DE ARQUITETURA E URBANISMO LAURB GRUPO DE PESQUISA CIDADE, MEIO AMBIENTE E POLÍTICAS PÚBLICAS 1 UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ LABORATÓRIO DE ARQUITETURA E URBANISMO GRUPO DE PESQUISA CIDADE, MEIO AMBIENTE E POLÍTICAS PÚBLICAS Série Textos de reconhecimento do objeto de pesquisa 1 Título: CARACTERIZAÇÃO

Leia mais

MINUTA DE PROJETO DE LEI

MINUTA DE PROJETO DE LEI MINUTA DE PROJETO DE LEI DISPÕE SOBRE A POLÍTICA MUNICIPAL DE SANEAMENTO AMBIENTAL E O PLANO MUNICIPAL DE SANEAMENTO AMBIENTAL DE PENÁPOLIS O PREFEITO DO MUNICÍPIO DE PENÁPOLIS, no uso de suas atribuições

Leia mais

CAPÍTULO 30 O PROCESSO DE URBANIZAÇÃO NO BRASIL. Disciplina - Geografia 3 a Série Ensino Médio Professor: Gelson Alves Pereira

CAPÍTULO 30 O PROCESSO DE URBANIZAÇÃO NO BRASIL. Disciplina - Geografia 3 a Série Ensino Médio Professor: Gelson Alves Pereira CAPÍTULO 30 O PROCESSO DE URBANIZAÇÃO NO BRASIL Disciplina - Geografia 3 a Série Ensino Médio Professor: Gelson Alves Pereira 1- URBANIZAÇÃO BRASILEIRA NO SÉCULO XX Primeiros centros urbanos Século XVI

Leia mais

PORTARIA Nº 68, DE 15 DE FEVEREIRO DE 2012

PORTARIA Nº 68, DE 15 DE FEVEREIRO DE 2012 Ministério da Cultura Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional Gabinete da Presidência PORTARIA Nº 68, DE 15 DE FEVEREIRO DE 2012 Dispõe sobre a delimitação e diretrizes para a área de entorno

Leia mais

SENADO FEDERAL PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 408, DE 2012

SENADO FEDERAL PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 408, DE 2012 SENADO FEDERAL PROJETO DE LEI DO SENADO Nº 408, DE 2012 Altera a Lei nº 6.766, de 19 de dezembro de 1979, que dispõe sobre o parcelamento do solo urbano e dá outras providências, para alargar a faixa não

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE PALMAS SECRETARIA MUNICIPAL DE GOVERNO

PREFEITURA MUNICIPAL DE PALMAS SECRETARIA MUNICIPAL DE GOVERNO LEI COMPLEME TAR º 203, DE 17 DE MARÇO DE 2010 Regulamenta os usos admitidos e índices urbanísticos da Área de Urbanização de Interesse Turístico - AUIT do município de Palmas seguinte Lei: O PREFEITO

Leia mais

cüxyx àâüt `âç v ÑtÄ wx Tvtâû c\

cüxyx àâüt `âç v ÑtÄ wx Tvtâû c\ ATO DE SANÇÃO N.º 003/2010. O PREFEITO DO MUNICÍPIO DE ACAUÃ, ESTADO DO PIAUÍ, no uso de suas atribuições legais, sanciona por meio do presente, o Projeto de Lei do Executivo de N.º 002/2010, Ementa: Dispõe

Leia mais

CAPÍTULO I DA NATUREZA, FINALIDADE, CONSTITUIÇÃO E COMPOSIÇÃO DO CONSELHO

CAPÍTULO I DA NATUREZA, FINALIDADE, CONSTITUIÇÃO E COMPOSIÇÃO DO CONSELHO LEI Nº 3890 REGULAMENTA A PARTICIPAÇÃO POPULAR NAS AÇÕES SOCIAIS DE PROTEÇÃO, DEFESA E ATENDIMENTO DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE, NOS TERMOS DO INCISO II DO ARTIGO 88 DA LEI FEDERAL Nº 8.069,

Leia mais

LEI COMPLEMENTAR Nº126, DE 18 DE ABRIL DE 2008

LEI COMPLEMENTAR Nº126, DE 18 DE ABRIL DE 2008 LEI COMPLEMENTAR Nº126, DE 18 DE ABRIL DE 2008 Acrescenta dispositivos à Lei nº 1041, 11 de julho de 1979, que regula o loteamento de terrenos urbanos no Município de Dourados, e dá outras providências

Leia mais

O Prefeito Municipal de Macuco, no uso de suas atribuições legais, faz saber que a Câmara Municipal de Macuco aprovou e ele sanciona a seguinte,

O Prefeito Municipal de Macuco, no uso de suas atribuições legais, faz saber que a Câmara Municipal de Macuco aprovou e ele sanciona a seguinte, LEI Nº 399/07 DISPÕE SOBRE O PARCELAMENTO E A OCUPAÇÃO DO SOLO URBANO DO MUNICÍPIO DE MACUCO E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. O Prefeito Municipal de Macuco, no uso de suas atribuições legais, faz saber que a

Leia mais

DECRETO Nº 32.488, DE 17 DE OUTUBRO DE 2008

DECRETO Nº 32.488, DE 17 DE OUTUBRO DE 2008 DECRETO Nº 32.488, DE 17 DE OUTUBRO DE 2008 Declara como Área de Proteção Ambiental APA a região que compreende os Municípios de Itamaracá e Itapissuma e parte do Município de Goiana, e dá outras providências.

Leia mais

ANEXO I PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMPO FLORIDO MINAS GERAIS CÓDIGO TRIBUTÁRIO DO MUNICÍPIO DE CAMPO FLORIDO LEI Nº 710/98

ANEXO I PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMPO FLORIDO MINAS GERAIS CÓDIGO TRIBUTÁRIO DO MUNICÍPIO DE CAMPO FLORIDO LEI Nº 710/98 ANEXO I PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMPO FLORIDO MINAS GERAIS CÓDIGO TRIBUTÁRIO DO MUNICÍPIO DE CAMPO FLORIDO LEI Nº 710/98 PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMPO FLORIDO MINAS GERAIS LEI Nº 710/1998 INSTITUI O SISTEMA

Leia mais

PROJETO DE LEI COMPLEMENTAR Nº 006/2010

PROJETO DE LEI COMPLEMENTAR Nº 006/2010 PROJETO DE LEI COMPLEMENTAR Nº 006/2010 INSTITUI A PLANTA GENÉRICA DE VALORES DO MUNICÍPIO DEFINE CRITÉRIOS PARA LANÇAMENTO DO IMPOSTO PREDIAL E TERRITORIAL URBANO, E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. O Prefeito

Leia mais

Lei n 2.889 de 17 de maio de 1999.

Lei n 2.889 de 17 de maio de 1999. Lei n 2.889 de 17 de maio de 1999. Estabelece a nova divisão geográfica dos Bairros nos limites urbanos no Município. O PREFEITO MUNICIPAL DE URUGUAIANA: Faço saber, em cumprimento ao disposto no Art.

Leia mais

ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE GAROPABA

ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE GAROPABA LEI COMPLEMENTAR N.º 1.466, DE 29 DE OUTUBRO DE 2010. DISPÕE SOBRE A CIRCULAÇÃO, TRANSPORTE E MOBILIDADE MUNICIPAL E URBANA, BEM COMO DA HIERARQUIZAÇÃO DO SISTEMA VIÁRIO E DIMENSIONAMENTO DAS VIAS PÚBLICAS

Leia mais

ESTADO DA PARAÍBA PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTO ANDRE

ESTADO DA PARAÍBA PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTO ANDRE LEI Nº 354/2014 Dispõe sobre a Política Municipal de Saneamento Básico, cria o Conselho Municipal de Saneamento Básico e o Fundo Municipal de Saneamento de Básico, e dá outras providências. A Prefeita

Leia mais

REPUBLICAÇÃO LEI COMPLEMENTAR Nº 775, DE 23 DE OUTUBRO DE 2015.

REPUBLICAÇÃO LEI COMPLEMENTAR Nº 775, DE 23 DE OUTUBRO DE 2015. REPUBLICAÇÃO LEI COMPLEMENTAR Nº 775, DE 23 DE OUTUBRO DE 2015. Institui a Zona Rural no Município de Porto Alegre e cria o Sistema de Gestão da Política de Desenvolvimento Rural. O PREFEITO MUNICIPAL

Leia mais

LEI Nº 562/93 - DE, 22 DE NOVEMBRO 1.993. MÁRCIO CASSIANO DA SILVA, Prefeito Municipal de Jaciara, no uso de suas atribuições legais,

LEI Nº 562/93 - DE, 22 DE NOVEMBRO 1.993. MÁRCIO CASSIANO DA SILVA, Prefeito Municipal de Jaciara, no uso de suas atribuições legais, LEI Nº 562/93 - DE, 22 DE NOVEMBRO 1.993. DISPÕE SOBRE A CONSTITUIÇÃO DO CONSELHO MUNICIPAL DO BEM ESTAR SOCIAL E CRIAÇÃO DO FUNDO MUNICIPAL A ELE VINCULADO E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. MÁRCIO CASSIANO DA

Leia mais

LEI N 1.351-03/2011 I - DAS ATIVIDADES PASSÍVEIS DE DECLARAÇÃO DE ISENÇÃO DE

LEI N 1.351-03/2011 I - DAS ATIVIDADES PASSÍVEIS DE DECLARAÇÃO DE ISENÇÃO DE LEI N 1.351-03/2011 CONSOLIDA AS TAXAS DE ISENÇÃO DE LICENCIAMENTO AMBIENTAL, DE ATPF E DE LICENCIAMENTO AMBIENTAL DO MUNICÍPIO DE COLINAS PARA O EXERCÍCIO DE 2012, e dá outras providências. GILBERTO ANTÔNIO

Leia mais

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE INDAIATUBA

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE INDAIATUBA SECRETARIA GERAL DO MUNICi LEI COMPLEMENTAR N 20 DE 19 DE JULHO DE 2013. t. N b 1/ P.L- N Publ.: :6/3--?- /1 '; "Dá nova redação ao 1, do art. 11, e a dispositivo do anexo II, da Lei Complementar n 09,

Leia mais

PREFEITURA DE PALMAS SECRETARIA MUNICIPAL DE ASSUNTOS JURÍDICOS

PREFEITURA DE PALMAS SECRETARIA MUNICIPAL DE ASSUNTOS JURÍDICOS LEI COMPLEMENTAR Nº 292, DE 3 DE FEVEREIRO DE 2014. Dispõe sobre a criação da Zona Especial de Interesse Social ZEIS Palmas Sul, estabelece normas para a implantação de Empreendimento Habitacional de Interesse

Leia mais

ESTADODESERGIPE PREFEITURAMUNICIPALDEARACAJU Secretaria Municipal de Governo LEI N'. 4.024 DE 15 DEABRILDE2011

ESTADODESERGIPE PREFEITURAMUNICIPALDEARACAJU Secretaria Municipal de Governo LEI N'. 4.024 DE 15 DEABRILDE2011 ESTADODESERGIPE LEI N'. 4.024 DE 15 DEABRILDE2011 Cria no Municipio de Aracaju o Bairro 17 de Março, com área desmembrada do imóvel constituído por Terreno Nacional Interior, localizado no Bairro Santa

Leia mais

PROJETO DE LEI COMPLEMENTAR

PROJETO DE LEI COMPLEMENTAR PROJETO DE LEI COMPLEMENTAR Fixa normas para a cooperação entre a União, os Estados, o Distrito Federal e os Municípios, nas ações administrativas decorrentes do exercício da competência comum relativas

Leia mais

BAIRROS BELO HORIZONTE SÃO FRANCISCO BELA VISTA ALVORADA OURO VERDE

BAIRROS BELO HORIZONTE SÃO FRANCISCO BELA VISTA ALVORADA OURO VERDE BAIRROS OURO VERDE BAIRROS OURO VERDE REGIÃO 6 BAIRROS ABRANGIDOS AMBIENTE NATURAL Ocupações irregulares nas margens de arroios. Conflito entre a área de expansão projetada e o curso natural de arroios.

Leia mais

PLANO DIRETOR PARTICIPATIVO DE USO E OCUPAÇÃO DO CÂMPUS ITAJAÍ

PLANO DIRETOR PARTICIPATIVO DE USO E OCUPAÇÃO DO CÂMPUS ITAJAÍ PLANO DIRETOR PARTICIPATIVO DE USO E OCUPAÇÃO DO CÂMPUS ITAJAÍ Agosto/2014 1 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA

Leia mais

Praça João Ribeiro, 01 - Centro - CEP 88600-000 São Joaquim - Santa Catarina Cx. Postal 11 - Fone/Fax (49) J233-0411 - www.saojoaquim.sc.gov.

Praça João Ribeiro, 01 - Centro - CEP 88600-000 São Joaquim - Santa Catarina Cx. Postal 11 - Fone/Fax (49) J233-0411 - www.saojoaquim.sc.gov. Eu, HUMBERTO LUIZ BRIGHENTI, Prefeito Municipal de São Joaquim - SC, faço saber a todos os habitantes deste Município que a Câmara Municipal de Vereadores APROVOU" e eu sanciono e promulgo a seguinte Lei:

Leia mais

DOS FATOS E DA CONSULTA

DOS FATOS E DA CONSULTA Consulente: José Augusto Silveira Santos Assunto: Lançamento do IPTU de glebas rurais em desacordo com a legislação. DOS FATOS E DA CONSULTA O consulente é proprietário de glebas rurais situadas no Município

Leia mais

LEI Nº 5138 DE 28 DE DEZEMBRO DE 1992

LEI Nº 5138 DE 28 DE DEZEMBRO DE 1992 LEI Nº 5138 DE 28 DE DEZEMBRO DE 1992 DR. ANTONIO FIGUEIREDO DE OLIVEIRA, Prefeito Municipal de São José do Rio Preto, Estado de São Paulo, usando das atribuições que me são conferidas por lei. FAÇO SABER

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE MORRINHOS Estado de Goiás LEI N. 1.233, DE 28 DE DEZEMBRO DE 1.993. O PREFEITO MUNICIPAL DE MORRINHOS,

PREFEITURA MUNICIPAL DE MORRINHOS Estado de Goiás LEI N. 1.233, DE 28 DE DEZEMBRO DE 1.993. O PREFEITO MUNICIPAL DE MORRINHOS, LEI N. 1.233, DE 28 DE DEZEMBRO DE 1.993. Institui o Fundo Municipal de Saúde e da outras providencias.. O PREFEITO MUNICIPAL DE MORRINHOS, Faço saber que a Câmara Municipal aprovou e eu, Prefeito Municipal,

Leia mais

LEI Nº 310/2009, DE 15 DE JUNHO DE 2009.

LEI Nº 310/2009, DE 15 DE JUNHO DE 2009. LEI Nº 310/2009, DE 15 DE JUNHO DE 2009. DISPÕE SOBRE A REESTRUTURAÇÃO DO DEPARTAMENTO MUNICIPAL DE SAÚDE, CRIAÇÃO DO DEPARTAMENTO DE ASSISTÊNCIA E DESENVOLVIMENTO SOCIAL, DA DIVISÃO DE MEIO-AMBIENTE E

Leia mais

PUBLICADO DOC 10/01/2012, p. 1 c. todas

PUBLICADO DOC 10/01/2012, p. 1 c. todas PUBLICADO DOC 10/01/2012, p. 1 c. todas LEI Nº 15.525, DE 9 DE JANEIRO DE 2012 (Projeto de Lei nº 470/11, do Executivo, aprovado na forma de Substitutivo do Legislativo) Institui o Projeto Estratégico

Leia mais

ESTRUTURA ADMINISTRATIVA DO MUNICÍPIO DE BETÂNIA ASSESSORIA JURÍDICA. III elaborar projetos de lei, decretos e demais atos normativos;

ESTRUTURA ADMINISTRATIVA DO MUNICÍPIO DE BETÂNIA ASSESSORIA JURÍDICA. III elaborar projetos de lei, decretos e demais atos normativos; ESTRUTURA ADMINISTRATIVA DO MUNICÍPIO DE BETÂNIA Integram-se a estrutura administrativa da Prefeitura Municipal de Betânia, os seguintes órgãos: DR. EDILSON XAVIER DE OLIVEIRA ASSESSORIA JURÍDICA I representar

Leia mais

Lei Complementar Estadual do Maranhão nº 89, de 17 de novembro de 2005. Cria a Região Metropolitana do Sudoeste Maranhense, e dá outras providências.

Lei Complementar Estadual do Maranhão nº 89, de 17 de novembro de 2005. Cria a Região Metropolitana do Sudoeste Maranhense, e dá outras providências. Lei Complementar Estadual do Maranhão nº 89, de 17 de novembro de 2005 Cria a Região Metropolitana do Sudoeste Maranhense, e dá outras providências. O GOVERNADOR DO ESTADO DO MARANHÃO, Faço saber a todos

Leia mais

CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL 1988...

CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL 1988... CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL 1988 TÍTULO VII DA ORDEM SOCIAL CAPÍTULO VIII DOS ÍNDIOS Art. 231. São reconhecidos aos índios sua organização social, costumes, línguas, crenças e tradições,

Leia mais

PROJETO DE LEI. A ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO ESTADO DO PARÁ estatui e eu sanciono a seguinte CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS

PROJETO DE LEI. A ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO ESTADO DO PARÁ estatui e eu sanciono a seguinte CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS PROJETO DE LEI Dispõe sobre a regulamentação e o funcionamento do Sistema de Organização Modular de Ensino SOME, no âmbito da Secretaria de Estado de Educação - SEDUC, e dá outras Providências. Lei: A

Leia mais

Prefeitura Municipal de Itapemirim GABINETE DA PREFEITA

Prefeitura Municipal de Itapemirim GABINETE DA PREFEITA DECRETO N. 5109, DE 05 JULHO DE 2011. Regulamenta as Leis Municipal nrs. 2.067/2007 e 2.425/2011 as quais dispõe sobre o Programa de Atendimento ao Produtor Rural, Pró-Rural, e dá outras providências.

Leia mais

DECRETO Nº 37784 DE 10 DE OUTUBRO DE 2013. O PREFEITO DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO, no uso de suas atribuições legais e,

DECRETO Nº 37784 DE 10 DE OUTUBRO DE 2013. O PREFEITO DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO, no uso de suas atribuições legais e, DECRETO Nº 37784 DE 10 DE OUTUBRO DE 2013 Dispõe sobre horário de circulação de veículos de carga e operação de carga e descarga na forma que menciona, e dá outras providências. O PREFEITO DA CIDADE DO

Leia mais

AGÊNCIA REGULADORA DE SERVIÇOS DE SANEAMENTO BÁSICO DO MUNICÍPIO DE NATAL

AGÊNCIA REGULADORA DE SERVIÇOS DE SANEAMENTO BÁSICO DO MUNICÍPIO DE NATAL AGÊNCIA REGULADORA DE SERVIÇOS DE SANEAMENTO BÁSICO DO MUNICÍPIO DE NATAL RESOLUÇÃO Nº 002/2011, de 25 de maio de 2011. Dispõe sobre determinações a serem cumpridas pela CAERN, no âmbito do Município do

Leia mais

Relatório de Inventário & Cadastro Patrimonial

Relatório de Inventário & Cadastro Patrimonial Relatório de Inventário & Cadastro Patrimonial Exercício 2 0 1 3 Uma adequada gestão do património municipal é o ponto de partida para que de forma clara se providencie e planeie, sustentadamente, as atividades

Leia mais

LEI MUNICIPAL Nº 1983/07, DE 14 DE JUNHO DE 2007.

LEI MUNICIPAL Nº 1983/07, DE 14 DE JUNHO DE 2007. LEI MUNICIPAL Nº 1983/07, DE 14 DE JUNHO DE 2007. Cria o Conselho Municipal de Defesa do Meio Ambiente COMDEMA e dá outras providências. INÍDIO PEDRO MUNARI, Vice-Prefeito em exercício no cargo de Prefeito

Leia mais

RESPONSÁVEL TÉCNICO: Claudio Marcos Piotrowski Engenheiro Civil CREA 0601452877

RESPONSÁVEL TÉCNICO: Claudio Marcos Piotrowski Engenheiro Civil CREA 0601452877 INSTRUMENTO PARTICULAR DE INCORPORAÇÃO Condomínio Horizontal Fechado RESIDENCIAL VILLAVERDE (Identificado no Cartório de Registro Civil do Distrito de Monte Verde Camanducaia Livro 05-B 1º Traslado Fls

Leia mais

JUSTIFICAÇÃO PARA A NÃO SUJEIÇÃO DO PLANO DE PORMENOR DE REABILITAÇÃO URBANA DE SANTA CATARINA A AVALIAÇÃO AMBIENTAL ESTRATÉGICA

JUSTIFICAÇÃO PARA A NÃO SUJEIÇÃO DO PLANO DE PORMENOR DE REABILITAÇÃO URBANA DE SANTA CATARINA A AVALIAÇÃO AMBIENTAL ESTRATÉGICA JUSTIFICAÇÃO PARA A NÃO SUJEIÇÃO DO PLANO DE PORMENOR DE REABILITAÇÃO URBANA DE SANTA CATARINA A AVALIAÇÃO AMBIENTAL ESTRATÉGICA CÂMARA MUNICIPAL DE SINES DEPARTAMENTO DE GESTÃO TERRITORIAL DIVISÃO DE

Leia mais

NORTE: Com o Loteamento Veneza (Antiga Chácara 55) LESTE: Com a quadra 148 (Aeroporto); SUL: Com a Chácara 53; OESTE: Com a Rua Renascença.

NORTE: Com o Loteamento Veneza (Antiga Chácara 55) LESTE: Com a quadra 148 (Aeroporto); SUL: Com a Chácara 53; OESTE: Com a Rua Renascença. DECRETO N o 1487/2006 DATA: 27 de janeiro de 2006. SÚMULA: Aprova, com ressalvas, o Loteamento denominado LOTEAMENTO ALPHAVILLE. MARINO JOSE FRANZ, Prefeito Municipal de Lucas do Rio Verde, Estado de Mato

Leia mais

VALDINEY GOMES PAULINO

VALDINEY GOMES PAULINO AUTOR: VEREADOR VALDINEY GOMES PAULINO PROJETO DE LEI N 001/2010 Institui o Programa de Incentivo a Industrialização de Denise PIID, o Conselho Municipal de Desenvolvimento Industrial CMDI e o Fundo de

Leia mais

ESTADO DO RIO DE JANEIRO PREFEITURA DA CIDADE DE NOVA IGUAÇU GABINETE DO PREFEITO PROJETO DE LEI COMPLEMENTAR Nº, DE 12 DE MAIO DE 2008.

ESTADO DO RIO DE JANEIRO PREFEITURA DA CIDADE DE NOVA IGUAÇU GABINETE DO PREFEITO PROJETO DE LEI COMPLEMENTAR Nº, DE 12 DE MAIO DE 2008. PROJETO DE LEI COMPLEMENTAR Nº, DE 12 DE MAIO DE 2008. INSTITUI O PLANO DIRETOR PARTICIPATIVO E O SISTEMA DE GESTÃO INTEGRADA E PARTICIPATIVA DA CIDADE DE NOVA IGUAÇU, NOS TERMOS DO ARTIGO 182 DA CONSTITUIÇÃO

Leia mais

LEI Nº 2.396, DE 22 DE FEVEREIRO DE 2008. Atualizado até a Edição da Lei nº 2.647, de 20 de maio de 2010

LEI Nº 2.396, DE 22 DE FEVEREIRO DE 2008. Atualizado até a Edição da Lei nº 2.647, de 20 de maio de 2010 CERTIDÃO LEI Nº 2.396, DE 22 DE FEVEREIRO DE 2008. Certifico e dou fé que esta Lei foi publicada no placard do Município no dia / / JANE APARECIDA FERREIRA =Responsável pelo placard= Institui o Plano Diretor

Leia mais

A Câmara Municipal de Capim Branco, Estado de Minas Gerais, por seus Vereadores, aprovou e eu, Prefeito Municipal, sanciono a seguinte Lei:

A Câmara Municipal de Capim Branco, Estado de Minas Gerais, por seus Vereadores, aprovou e eu, Prefeito Municipal, sanciono a seguinte Lei: LEI Nº 1.242 / 2012 ALTERA AS LEIS N 1078/2006, QUE DISPÕE SOBRE O PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DE CAPIM BRANCO/MG, E NELA INCLUI DISPOSIÇÕES RELATIVOS A ZONEAMENTO URBANO E PARCELAMENTO DO SOLO. A Câmara

Leia mais

NASCENTE MUNICIPAL MODELO DE SOROCABA

NASCENTE MUNICIPAL MODELO DE SOROCABA NASCENTE MUNICIPAL MODELO DE SOROCABA Por meio do Projeto de Georreferenciamento e Diagnóstico das Nascentes de Sorocaba, a equipe da Secretaria Municipal do Meio Ambiente (SEMA) selecionou a Nascente

Leia mais

BALANÇO GERAL - 2014 ANEXO II / 4.320

BALANÇO GERAL - 2014 ANEXO II / 4.320 Aquis./ BALANÇO GERAL - 214 ANEXO II / 4.32 Exercício de 1991 2 - Constr. de meio fios em div. ruas e aven.,2,2 Constr. Pont. cor. sec. loc. Faz. Campo Seco,1,1 Constr. de meio fios div. ruas e av.,1,1

Leia mais

ANEXO XI: INTERVENÇÕES PRIORITÁRIAS NO SISTEMA VIÁRIO MUNICIPAL

ANEXO XI: INTERVENÇÕES PRIORITÁRIAS NO SISTEMA VIÁRIO MUNICIPAL LEI N. ANEXO XI: INTERVENÇÕES PRIORITÁRIAS NO SISTEMA VIÁRIO MUNICIPAL PLANO DIRETOR DO MUNICÍPIO DO IPOJUCA VIAS ARTERIAIS VIA PE-060 PE-038 PE-009 I - Requalificação com sua duplicação em todo o trecho

Leia mais

PROJETO DE LEI Nº,de 2012 (Dos Sr. José de Filippi Júnior e Carlos Zarattini)

PROJETO DE LEI Nº,de 2012 (Dos Sr. José de Filippi Júnior e Carlos Zarattini) PROJETO DE LEI Nº,de 2012 (Dos Sr. José de Filippi Júnior e Carlos Zarattini) Institui as diretrizes da Política Metropolitana de Mobilidade Urbana (PMMU), cria o Pacto Metropolitano da Mobilidade Urbana

Leia mais

PAUTA DA 42ª SESSÃO ORDINÁRIA Terça-feira, 07 de julho de 2015. L E I T U R A

PAUTA DA 42ª SESSÃO ORDINÁRIA Terça-feira, 07 de julho de 2015. L E I T U R A 1 CORRESPONDÊNCIAS: PAUTA DA 42ª SESSÃO ORDINÁRIA Terça-feira, 07 de julho de 2015. L E I T U R A Of. S/N Sindicato dos Empregados no Comércio e Serviços de Sobral - 07/07/2015 Assunto: Expressa agradecimentos

Leia mais

PREFEITURA DE GOIÂNIA

PREFEITURA DE GOIÂNIA 1 GABINETE DO PREFEITO LEI Nº 8760, DE 19 DE JANEIRO DE 2009. Regulamenta o art. 119, da Lei Complementar n.º 171, de 29 de maio de 2007 e Lei Complementar n.º 181, de 1º de outubro de 2008, que dispõe

Leia mais

18º Encontro Nacional da ANAMMA

18º Encontro Nacional da ANAMMA 18º Encontro Nacional da ANAMMA Os efeitos do PL de parcelamento do solo no meio ambiente e a gestão de APPs urbanas Cynthia Cardoso Goiânia, agosto/2008 Planejamento? Na perspectiva de planejamento qual

Leia mais

Agora é só com você. Geografia - 131

Agora é só com você. Geografia - 131 Geografia - 131 3 Complete: O espaço da sala de aula é um domínio delimitado por um(a)..., que é sua fronteira. Ainda em grupo faça o seguinte: usando objetos como lápis, palitos, folhas e outros, delimite

Leia mais

CÓDIGO FLORESTAL e ÁREAS URBANAS

CÓDIGO FLORESTAL e ÁREAS URBANAS CÓDIGO FLORESTAL e ÁREAS URBANAS Brasília 30 de agosto de 2011 Celso Santos Carvalho Diretor de Assuntos Fundiários Urbanos O processo de urbanização brasileiro não considerou a necessidade de prover habitação

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL BRASIL PREFEITURA DE ESTRELA Rua Julio de Castilhos, 380 Centro Estrela/RS Fone: 39811000

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL BRASIL PREFEITURA DE ESTRELA Rua Julio de Castilhos, 380 Centro Estrela/RS Fone: 39811000 PROJETO DE LEI Nº 044-02/2014 Acrescenta dispositivos à Lei Municipal nº 1.621, de 28 de dezembro de 1979, que dispõe sobre os loteamentos e dá outras providências. Art. 1º Além dos dispositivos constantes

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO MUNICÍPIO DE CASCAVEL - PR ANEXO IV DO EDITAL N.º 151/2014 DESCRIÇÃO DA ÁREA DE ATUAÇÃO DO AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE

CONCURSO PÚBLICO MUNICÍPIO DE CASCAVEL - PR ANEXO IV DO EDITAL N.º 151/2014 DESCRIÇÃO DA ÁREA DE ATUAÇÃO DO AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE CONCURSO PÚBLICO MUNICÍPIO DE CASCAVEL - PR ANEXO IV DO EDITAL N.º 151/2014 DESCRIÇÃO DA ÁREA DE ATUAÇÃO DO AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE 1. Ficam definidas as seguintes delimitações para as áreas de atuação

Leia mais

PLANO DIRETOR DE TRANSPORTE E MOBILIDADE DE BAURU - PLANMOB

PLANO DIRETOR DE TRANSPORTE E MOBILIDADE DE BAURU - PLANMOB PLANO DIRETOR DE TRANSPORTE E MOBILIDADE DE BAURU - PLANMOB O QUE É O Plano Diretor de Transporte e da Mobilidade é um instrumento da política de desenvolvimento urbano, integrado ao Plano Diretor do município,

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE VENTANIA Estado do Paraná

PREFEITURA MUNICIPAL DE VENTANIA Estado do Paraná LEI Nº 591, DE 02 DE OUTUBRO DE 2012 AUTORIZA A DESAFETAÇÃO E A ALIENAÇÃO DE IMÓVEIS PARA FINS DE IMPLANTAÇÃO DE PARQUE INDUSTRIAL A EMPRESAS DEVIDAMENTE CONSTITUÍDAS NO MUNICÍPIO E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS.

Leia mais

PROJETO DE LEI DE DIRETRIZES DO PLANO DIRETOR DE DESENVOLVIMENTO URBANO

PROJETO DE LEI DE DIRETRIZES DO PLANO DIRETOR DE DESENVOLVIMENTO URBANO PROJETO DE LEI DE DIRETRIZES DO PLANO DIRETOR DE DESENVOLVIMENTO URBANO SUMÁRIO TÍTULO I DAS DIRETRIZES GERAIS... 8 CAPÍTULO I DA POLÍTICA DE DESENVOLVIMENTO URBANO... 8 CAPÍTULO II DOS PRINCÍPIOS, OBJETIVOS

Leia mais

O GOVERNADOR DO ESTADO DO ACRE TÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

O GOVERNADOR DO ESTADO DO ACRE TÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES LEI N. 1.022, DE 21 DE JANEIRO DE 1992 "Institui o Sistema Estadual de Meio Ambiente, Ciência e Tecnologia e o Conselho Estadual de Meio Ambiente, Ciência e Tecnologia e dá outras providências." O GOVERNADOR

Leia mais

RESOLUÇÃO N. 012/2015.

RESOLUÇÃO N. 012/2015. RESOLUÇÃO N. 012/2015. Dispõe sobre a aprovação do Programa MINHA CASA MINHA VIDA no âmbito do Município de Paulo Afonso. O Plenário do (CMD), no uso das suas competências, especialmente as previstas no

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE POUSO REDONDO CNPJ 83.102.681/0001-26 Rua Antonio Carlos Thiesen, 74 89.172-000 Pouso Redondo Santa Catarina

PREFEITURA MUNICIPAL DE POUSO REDONDO CNPJ 83.102.681/0001-26 Rua Antonio Carlos Thiesen, 74 89.172-000 Pouso Redondo Santa Catarina PREFEITURA MUNICIPAL DE POUSO REDONDO CNPJ 83.102.681/0001-26 Rua Antonio Carlos Thiesen, 74 89.172-000 Pouso Redondo Santa Catarina LEI N. 1925/06 de 25.07.2006. Dispõe sobre a criação do Conselho Municipal

Leia mais

ASSOCIAÇÃO CULTURAL E EDUCACIONAL DE ITAPEVA FACULDADE DE CIÊNCIAS SOCIAIS E AGRÁRIAS DE ITAPEVA - FAIT

ASSOCIAÇÃO CULTURAL E EDUCACIONAL DE ITAPEVA FACULDADE DE CIÊNCIAS SOCIAIS E AGRÁRIAS DE ITAPEVA - FAIT REGULAMENTO N. 001 /2001 REGULAMENTO GERAL DO NÚCLEO DE EXTENSÃO E AÇÃO COMUNITÁRIA DA FACULDADE DE CIÊNCIAS SOCIAIS E AGRÁRIAS DE ITAPEVA Dr. Germano Alonso Shimizu, Diretor da FACULDADE DE CIÊNCIAS SOCIAIS

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE TEIXEIRAS Estado de Minas Gerais Rua Antônio Moreira Barros, nº 101

PREFEITURA MUNICIPAL DE TEIXEIRAS Estado de Minas Gerais Rua Antônio Moreira Barros, nº 101 LEI MUNICIPAL N.º 1.163/2002, DE 30 DE DEZEMBRO DE 2002. Estabelece o preço público para o uso e/ou a ocupação, como forma de remuneração do espaço territorial das zonas urbana e rural das vias públicas

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE VENTANIA Estado do Paraná

PREFEITURA MUNICIPAL DE VENTANIA Estado do Paraná LEI N 166, DE 13 DE JULHO DE 1999 DISPÕE SOBRE AS DIRETRIZES ORÇAMENTARIAS PARA O ANO DE 2000 E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. Faço saber que a Câmara Municipal de Ventania,, aprovou, e eu, Prefeito Municipal,

Leia mais

TERESINA - PERFIL DOS BAIRROS - REGIONAL SDU SUDESTE BAIRRO GURUPI

TERESINA - PERFIL DOS BAIRROS - REGIONAL SDU SUDESTE BAIRRO GURUPI TERESINA - PERFIL DOS BAIRROS - REGIONAL SDU SUDESTE BAIRRO GURUPI Teresina (PI), Agosto/2014 GURUPI 0 Agosto/2014 EXPEDIENTE PREFEITURA MUNICIPAL DE TERESINA PREFEITO MUNICIPAL DE TERESINA Firmino da

Leia mais

IMÓVEL CULTIVADO EM ZONA URBANA. IPTU, ITR OU INCENTIVO FISCAL? 1 Introdução

IMÓVEL CULTIVADO EM ZONA URBANA. IPTU, ITR OU INCENTIVO FISCAL? 1 Introdução IMÓVEL CULTIVADO EM ZONA URBANA. IPTU, ITR OU INCENTIVO FISCAL? Kiyoshi Harada* Sumário: Introdução. 2 O IPTU e o seu fato gerador. 3 Conflito entre o IPTU e o ITR. 4 Problemas de ordem prática. 5 Conclusões.

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE JUINA E S T A D O D E M A T O G R O S S O P O D E R E X E C U T I V O

PREFEITURA MUNICIPAL DE JUINA E S T A D O D E M A T O G R O S S O P O D E R E X E C U T I V O LEI N.º 1.453/2013. SÚMULA: Autoriza o Poder Executivo Municipal a promover a Concessão de Direto Real de Uso em favor da Colônia Z-20 de Pescadores de Juína, da área urbana que menciona, e dá outras Providências.

Leia mais

ESTADO DO ACRE PREFEITURA DE MÂNCIO LIMA GABINETE DO PREFEITO LEI Nº 308/2013 MÂNCIO LIMA-ACRE, 15 DE MARÇO DE 2013.

ESTADO DO ACRE PREFEITURA DE MÂNCIO LIMA GABINETE DO PREFEITO LEI Nº 308/2013 MÂNCIO LIMA-ACRE, 15 DE MARÇO DE 2013. LEI Nº 308/2013 MÂNCIO LIMA-ACRE, 15 DE MARÇO DE 2013. ALTERA A LEI Nº 306/012 DE 17 DE DEZEMBRO DE 2012, QUE DISPÕE SOBRE A ESTRUTURA ORGANIZACIONAL DA PREFEITURA MUNICIPAL DE MÂNCIO LIMA- ACRE, E DÁ

Leia mais

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE INDAIATUBA

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE INDAIATUBA Aut. N Ei P.L. N LI u /; LEI N2 5.924 DE 20 DE SETEMBRO DE 2011. Publ.: "Dispõe sobre a criação da Política Municipal para a População em Situação de Rua e autoriza o Poder Executivo a criar o Programa

Leia mais

LEI ORGÂNICA. Dispõe sobre a Lei Orgânica do Município de Sorocaba - SP. ... TÍTULO V DA ORDEM ECONÔMICA E SOCIAL CAPÍTULO I DA SAÚDE

LEI ORGÂNICA. Dispõe sobre a Lei Orgânica do Município de Sorocaba - SP. ... TÍTULO V DA ORDEM ECONÔMICA E SOCIAL CAPÍTULO I DA SAÚDE LEI ORGÂNICA Dispõe sobre a Lei Orgânica do Município de Sorocaba - SP. TÍTULO V DA ORDEM ECONÔMICA E SOCIAL CAPÍTULO I DA SAÚDE Art. 129 - A saúde é direito de todos os munícipes e dever do Poder Público,

Leia mais

Aula 16 PLANIMETRIA:OS ELEMENTOS DE REPRESENTAÇÃO TERRESTRE. Antônio Carlos Campos

Aula 16 PLANIMETRIA:OS ELEMENTOS DE REPRESENTAÇÃO TERRESTRE. Antônio Carlos Campos Aula 16 PLANIMETRIA:OS ELEMENTOS DE REPRESENTAÇÃO TERRESTRE META Apresentar os principais elementos que podem figurar nas cartas topográficas. OBJETIVOS Ao final desta aula, o aluno deverá: identificar

Leia mais

E S T A T U T O D O C L U B E D E R E G A T A S B R A S I L

E S T A T U T O D O C L U B E D E R E G A T A S B R A S I L E S T A T U T O D O C L U B E D E R E G A T A S B R A S I L H I N O O F I C I A L J a y m e d e A l t a v i l a I A o r e m o! Po i s n o s s o n o r t e D e g l ó r i a s t r a ç a d o e s t á. F a ç

Leia mais

Lei nº 10200 DE 08/01/2015

Lei nº 10200 DE 08/01/2015 Lei nº 10200 DE 08/01/2015 Norma Estadual - Maranhão Publicado no DOE em 12 jan 2015 Dispõe sobre a Política Estadual de Gestão e Manejo Integrado de Águas Urbanas e dá outras providências. O Governador

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO MEMORIAL DESCRITIVO LOTEAMENTO FECHADO BOSQUES DE ATLÂNTIDA

MEMORIAL DESCRITIVO MEMORIAL DESCRITIVO LOTEAMENTO FECHADO BOSQUES DE ATLÂNTIDA LOTEAMENTO FECHADO BOSQUES DE ATLÂNTIDA 1. GENERALIDADES A gleba destinada ao condomínio horizontal de lotes possui superfície de 446.750,54 m², em Atlântida município de Xangrilá-RS, conforme plantas

Leia mais

RECOMENDAÇÃO GT/HIS Nº 02, de 26 de novembro de 2014

RECOMENDAÇÃO GT/HIS Nº 02, de 26 de novembro de 2014 RECOMENDAÇÃO GT/HIS Nº 02, de 26 de novembro de 2014 Inquérito Civil Público nº 1.22.000.002106/2010-13 O MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL, por intermédio do Grupo de Trabalho Intercameral Habitação de Interesse,

Leia mais

ANEXO I MEMORIAL DESCRITIVO DA LINHA PERIMÉTRICA DA ÁREA DE EXPANSÃO URBANA DA SEDE DO MUNICÍPIO DE CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM - ES

ANEXO I MEMORIAL DESCRITIVO DA LINHA PERIMÉTRICA DA ÁREA DE EXPANSÃO URBANA DA SEDE DO MUNICÍPIO DE CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM - ES ANEXO I MEMORIAL DESCRITIVO DA LINHA PERIMÉTRICA DA ÁREA DE EXPANSÃO URBANA DA SEDE DO MUNICÍPIO DE CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM - ES P 01 Ponto situado na foz do Córrego Poço D' Anta, no Rio Itapemirim. De

Leia mais