ATA DA 142ª REUNIÃO ORDINÁRIA DO CONSELHO DE CONSUMIDORES DA AMPLA

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ATA DA 142ª REUNIÃO ORDINÁRIA DO CONSELHO DE CONSUMIDORES DA AMPLA"

Transcrição

1 ATA DA 142ª REUNIÃO ORDINÁRIA DO CONSELHO DE CONSUMIDORES DA AMPLA Local: Avenida Dom Pedro II, nº 1.150, Centro - Porto Real RJ - CEP: Auditório da Câmara Municipal de Porto Real. Data: 12/08/2015 PRESENTES: Manoel Teixeira de Mesquita Neto - Presidente Representante da Classe Poder Público Titular Associação Estadual dos Municípios do Estado do Rio de Janeiro - AEMERJ Fabiano Silveira da Silva Vice-presidente Representante da Classe Residencial Titular Federação das Associações de Moradores de Niterói - FAMNIT Jorge Luiz Moreira Representante da Classe Residencial Suplente Federação das Associações dos Moradores Estado do Rio de Janeiro - FAMERJ Ezaquiel Siqueira da Conceição Representante da Classe Rural Titular Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado do Rio de Janeiro - FETAG Daniele de Oliveira Barbosa Martins Secretária Administrativa Conselho de Consumidores da Ampla Paulo Cesar Gomes Secretário Executivo Conselho de Consumidores da Ampla CONVIDADOS: Assessora de Imprensa do Conselho de Consumidores Geiza Mesquita FIRJAN - Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro Sérgio Kunio Yamagata FAMERJ Presidente da Federação das Associações de Moradores do Estado do Rio de Janeiro Marcia Vera de Vasconcellos

2 Ampla Energia e Serviços Marcio Guilherme Gualberto Moisés Ávila de Oliveira Marcos Faria Câmara Municipal de Porto Real Camila Costa Rosa Adriana Maria Vianna Isabel Cristina dos Reis Beatriz Carvalho Silvia Graciani Marassi Élida Villa Verde Ernani Marassi Roberta dos Santos Rosário (Vereadora) Paulo Roberto Peres Ruy Sabino Pacheco Janio Dionisio Corradi Emerson Silva Anizio Silva Luis Paulo da Silva Elias Vargas de Oliveira (Vereador) Rudnei Heleno Alves MAN Latin América Alex Carvalho Nogueira Aldo Roderlei Mendes Cluster Nissan do Brasil Leonardo Paiva Santos Prefeitura Municipal de Porto Real Secretário de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Renda Eduardo Augusto Linhares Associação de Moradores Village José Ademir Bitencourt 1. Abertura O Senhor Eduardo Linhares, Secretário de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Renda do município de Porto Real, convidou para compor a mesa a Vereadora Roberta dos Santos Rosário, o Presidente do Conselho de Consumidores Manoel Teixeira de Mesquita Neto e o Presidente da Câmara Municipal de Porto Real, Gilberto de Souza Caldas. Eduardo Linhares falou da importância dessa reunião, oportunidade para que os consumidores da região possam expor suas reivindicações, e que entre a concessionária e os clientes possa haver um entendimento quanto à solução de suas demandas. Agradeceu a presença de todos e salientou que a Câmara e Prefeitura Municipal estarão sempre à disposição. Manoel Neto saudou a todos da mesa e agradeceu ao Presidente da Câmara por ceder o espaço para a

3 reunião do Conselho de Consumidores. Informou que o Conselho de Consumidores foi criado através da Lei nº 8.631, de 04 de março de 1993, e que é regulamentado pela Agência Nacional de Energia Elétrica - ANEEL em suas ações. Destacou que o Conselho é formado por cinco classes de consumidores, sendo eles: residencial, industrial, comercial, poder público e rural, podendo também ter como representação os órgãos de defesa do consumidor que, no caso da Ampla é o PROCON. Explicou que os conselheiros exercem suas atividades de modo voluntário, ou seja, não recebe qualquer tipo de remuneração, e não estão subordinados à concessionária em suas decisões, e apenas utilizam o espaço que precisa ser cedido pela empresa conforme determina a Resolução Normativa nº 451 de 27/09/2011. Ressaltou que o Conselho atua de modo consultivo, ouvindo as reivindicações dos consumidores para que essas sejam enviadas à Concessionária e, quando necessário à Agência Reguladora. Falou que por uma decisão em comum do Conselho de Consumidores da Ampla, no mínimo três reuniões ao ano são realizadas fora do município de Niterói, com o objetivo de ouvir os clientes de outras regiões da área de concessão da Ampla. Ressaltou a importância desse encontro para os consumidores da região, pois disse que é morador de Resende, e tem recebido muitas reclamações sobre interrupção constante do fornecimento de energia, principalmente dos clientes industriais. O Presidente da Câmara Municipal, Gilberto Caldas, ressaltou a importância da reunião para que o diálogo entre clientes e concessionária ocorra, de modo a trazer soluções para as reivindicações que serão apresentadas. Manoel Neto passou a palavra ao Fabiano Silveira, Vice-Presidente do Conselho e representante titular da classe residencial pela FAMNIT que, através de apresentação, discorreu sobre os principais direitos e deveres do consumidor de energia elétrica, com base nas informações emanadas da ANEEL. Em seguida, fez a apresentação dos membros do Conselho presentes à reunião: Jorge Luiz Moreira, suplente da classe residencial pela FAMERJ, Ezaquiel Siqueira da Conceição, titular da classe rural pela FETAG. Destacou que o Conselho de Consumidores participa de reuniões com a Agência Reguladora com o objetivo de levar sugestões e contribuições. Falou também que o Conselho reconhece a necessidade de ir até os municípios para que as reivindicações não fiquem concentradas apenas no município de Niterói, até mesmo porque o Conselho representa o todo e não apenas uma parcela de clientes. Convidou o representante da Ampla para trazer esclarecimentos sobre os investimentos e melhorias no serviço de energia elétrica na região. Marcos Faria, responsável pelas operações técnicas e comercias da Regional Sul, salientou sobre a importância do diálogo entre o cliente e a empresa, de modo que vê nessa reunião a oportunidade de registrar e analisar as solicitações que forem apresentadas, e dessas surgir os resultados esperados pelos clientes, com a implementação das melhorias nos processos internos para cada vez mais oferecer um serviço com qualidade aos clientes. Trouxe detalhes sobre os seguintes temas: divisão dos conjuntos elétricos (Base Resende), qualidade do fornecimento (resultados poda de árvores e correção de defeitos dos conjuntos Retiro Saudoso, Porto Real e Itatiaia), histórico de desarme dos alimentadores, condições climáticas que impactaram na prestação de serviço em Resende, Porto Real e Itatiaia. Explicou as ações de melhorias para o atendimento de emergência, apresentou um comparativo do tempo médio de atendimento dos últimos cinco anos, quantidade de atendimentos de emergência acima de 24 horas (abril a julho de 2015 com zero atendimento), quantidade de atendimento improcedentes (cliente ausente, fornecimento normal, defeito interno, suspensão do fornecimento), produtividade na quantidade de atendimentos, treinamentos aplicados para a melhoria do atendimento de emergência, implantação de tecnologias (utilização do navegador e câmera de monitoramento 24h), monitoramento permanente das condições climáticas, sistema de monitoramento em tempo real. Foi demonstrado, também, o número de equipe que compõe a estrutura operacional na Regional Sul: 10 equipes de manutenção,

4 14, para o serviço de poda, 14 para emergência e 26 equipes de apoio. Falou sobre o plano de inspeção anual, reuniões periódicas para acompanhamento das inspeções, manutenções executadas em 2015, serviços de poda de árvore, parceria e reuniões com a Secretaria de Meio Ambiente de Porto Real. Moisés Ávila, representante da Diretoria de Planejamento e Engenharia da Ampla, explicou que a área atua nas obras de investimentos quando identificado que apenas com a manutenção não é possível solucionar os problemas que surgem no processo da prestação de serviço. Citou o investimento de cinco milhões na construção de uma nova subestação em Porto Real, no ano de 2011, com potência de 15 MVA e três alimentadores. Entre os anos de 2014 e 2015 foi feito o recondutoramento da rede de baixa tensão convencional nos bairros Jardim Brasília I e II, com investimento de 120 mil reais, novas interligações entre os alimentadores, necessárias para a flexibilização da operação do sistema. Ampliação da subestação de liberdade e recondutoramento da rede e novas interligações do circuito LIB01, investimento de 300 mil reais, recondutoramento e novas interligações do circuito LIB01, instalação de banco de reguladores de tensão no circuito BAR 03, investimento de 100 mil reais, recondutoramento de rede média tensão no circuito RSD 06, investimento de 237 mil reais, e recondutoramento de rede baixa tensão, investimento de 38 mil reais. Previstos próximos recondutoramentos da rede baixa tensão e normalização de níveis de tensão 2015/ mil reais, com instalação de equipamentos automatizados (religadores e chaves) na rede média tensão, investimentos na rede de telecomunicação entre subestações e equipamentos telecomandados. Investimentos para 2016: subestação barra - instalação de quatro reguladores de tensão, um na saída de cada um dos quatro circuitos 475 mil reais, subestação liberdade: instalação de três reguladores de tensão, um na saída de cada um dos três circuitos, investimento na ordem de 360 mil reais. Manoel Neto agradeceu ao Marcos Faria e ao Moisés Ávila pela apresentação e os esclarecimentos prestados e, em seguida, abriu o espaço para as perguntas dos consumidores. Eduardo Linhares, Secretário de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Renda do município de Porto Real, citou que no ano de 2014 participou de uma reunião na Federação das Indústrias do Rio de Janeiro FIRJAN, em que alguns dos presentes eram o presidente da Peugeot Brasil, presidente da Nissan, diretoria da Volkswagen e o Governador Luiz Fernando Pezão, e um dos temas abordados foi a carga instalada para atender a demanda das indústrias automotivas. Perguntou quais os projetos da concessionária para atender essa demanda. Marcos Faria explicou que as linhas de transmissão de Funil a Saudade e Saudade a Funil não são de propriedade da concessionária, destacou que todas as demais linhas que são de propriedade da Ampla estão sendo recapacitadas para atendimento às demandas, cujo projeto está em andamento. Manoel Neto falou que há um projeto da linha de transmissão de 500 kv, onde o trâmite ocorre entre a concessionária e FURNAS. Aproveitando a fala do Manoel Neto, Leonardo Paiva Santos, representante da Nissan Brasil, perguntou sobre o andamento do projeto para interligação e da linha de transmissão de 500 kv, pois a promessa de conclusão dos dois projetos é 2018 e Marcos Faria explicou que não será a Ampla a responsável pela analise da viabilidade desta interligação e ressaltou que a empresa já fez essa solicitação a EPE Empresa de Pesquisa Energética, para estudar essa viabilidade e está reiterando esta solicitação visando cumprir a expectativa de cronograma de execução. Márcia Vera Vasconcellos, Presidente da Federação das Associações de Moradores do Estado do Rio de Janeiro, parabenizou a Ampla pela abertura ao diálogo com o consumidor, destacando a importância dessa postura para que as melhorias sejam constantes. Perguntou como funciona o processo de desconto da tarifa social baixa renda na Ampla, perguntou também, se projetos sociais como a troca de materiais recicláveis por desconto na conta de energia são praticados pela empresa, e se há investimentos no âmbito social. Paulo Cesar Gomes, Secretário do Conselho e Ouvidor da

5 Ampla, esclareceu que para o cliente receber o benefício da tarifa social, é necessário que esteja cadastrado e possua o número de inscrição social NIS. Informou que os clientes ainda não cadastrados poderão procurar o Centro de Referência de Assistência Social - CRAS de seu município para providenciar o cadastramento, e estando cadastrado deverá manter contato com a concessionária para que o enquadramento ocorra conforme determina a Agência Nacional de Energia Elétrica. Com relação aos projetos de reciclagem, Paulo Cesar informou que a Ampla possui o projeto Eco Ampla que consiste na troca de resíduos recicláveis por descontos na conta de energia elétrica. Destacou que a empresa possui diversos programas sociais, como o Desenvolver, Troca de Geladeiras e outros. Marcos Faria sugeriu que seja encaminhada a agenda de projetos sociais para os conselheiros. Fabiano Silveira informou que todos os conselheiros recebem essas informações. Roberta dos Santos Rosário, vereadora do município de Porto Real, perguntou se o aumento na demanda de energia no bairro de Bulhões, devido à inauguração do presídio, está previsto nos projetos de investimentos apresentados. Explicou que é uma região rural, com muitas fazendas de produção de leite e derivados, que por vezes tem reclamações de interrupção do fornecimento. Marcos Faria explicou que os planos de investimentos para a região foram feitos com base nas unidades consumidoras atuais. Quanto à construção do presídio, sendo a solicitação de fornecimento de energia feita formalmente à empresa, os projetos serão revisados considerando o aumento dessa demanda. Roberta informou que alguns moradores reclamam que na unidade consumidora não chega a carga contratada, dando exemplo de uma carga contratada de 220 Volts, mas que só chega 170 Volts. Marcos Faria explicou que a empresa investe em equipamentos para a regulação de tensão, de modo a evitar esse problema, mas se mesmo assim, o cliente identificar esse a baixa tensão é necessário registrar a reclamação pelos canais de atendimento da Ampla para que uma equipe vá ao local e atue especificamente. Roberta citou que há um bairro próximo à fábrica da Coca-Cola que quando falta energia demora mais de 24 horas para o reestabelecimento da energia, e perguntou se há medidas por parte da empresa para melhorar o tempo de atendimento. Marcos Faria esclareceu que, conforme demonstrou na apresentação as medidas para redução do tempo médio de atendimento foram adotadas e os resultados alcançados foram excelentes. Solicitou informações detalhadas sobre o local para verificação e adoção das providências específicas em relação à na região. Fabiano Silveira ressaltou que durante a apresentação foi informado que nos últimos seis meses não foram registrados atendimentos de emergência acima de 24 horas. Marcos Faria explicou que os casos apresentados pela vereadora Roberta podem não ter ocorrido no último semestre, por isso não aparecem no gráfico apresentado ou há situações em que o cliente não consegue manter o contato, por isso, não é possível contabilizar. Manoel Neto citou que no município de Resende, principalmente no bairro de Campos Elísios, tem ocorrido muitas interrupções do fornecimento, com destaque para o mês de junho/15 em que ocorreram várias em diferentes horários. Marcos Faria explicou que muitas dessas quedas de energia que ocorrem durante a noite são manobras feitas na rede elétrica para ações de investimentos, e outras de fato, são falhas na rede provocadas por objetos estranhos, vegetação e outros. Moisés Ávila acrescentou que as manobras realizadas durante a noite são para isolar e remanejar a carga do trecho da rede que será trabalhada na manhã seguinte, e o fato de ocorrerem principalmente durante a noite ou de madrugada, é para que o impacto na rotina do cliente seja menor. Jorge Luiz Moreira informou que no municio de Saquarema há um posto da Ampla para coleta de resíduos, sendo que fez uma proposta de parceria com as Associações de Moradores da Região. Roberta dos Santos perguntou ainda o motivo de a loja de atendimento da Ampla funcionar até o meio dia. Marcos Faria esclareceu que a Resolução Normativa nº 414/2010 permite essa possibilidade a concessionária. Paulo Cesar Gomes

6 complementou que Agência Reguladora, por meio da Resolução Normativa, estabelece a forma de atendimento das lojas, permitindo que em determinadas situações a concessionária possa atender em meio expediente. Ressaltou que atualmente a empresa disponibiliza de vários canais de atendimento, como site, aplicativos, redes sociais, 0800, de modo a facilitar o contato do cliente com a concessionária. E se ainda não for atendido em sua solicitação nos canais de primeiro nível, o cliente ainda pode entrar em contato com o 0800 da Ouvidoria da empresa. Informou que irá verificar os motivos pelos quais houve a mudança de horário na loja e dará retorno. Elida Villa Verde, moradora de Porto Real, falou da dificuldade no atendimento na loja, principalmente pelo expediente reduzido e o sistema que nunca funciona. Manoel Neto solicitou que o caso seja registrado e verificado junto à área responsável para a melhoria do atendimento. Elida solicitou que a empresa verifique a possibilidade de pelo menos atender alguns dias da semana até às 14 horas, por exemplo, para que o horário de almoço seja aproveitado. José Ademir Bitencourt, Presidente da Associação de Moradores Village, informou que também encontra dificuldades para se atendido na loja, e sugeriu que o horário seja mudado para 09h às 13h ou até às 14h, de modo a atender os clientes que aproveitam o período de almoço para fazer suas solicitações. Pediu que fosse verificado pela empresa a possibilidade de colocar mais um computador e mais um funcionário para atender aos consumidores. Manoel Neto informou que as sugestões e solicitações foram registradas e serão levadas a empresa para que haja uma solução. O vereador Elias Vargas de Oliveira, falou que tem encontrado a mesma dificuldade para ser atendido na loja da Ampla no município, pois foi informado que em Porto Real é apenas um anexo, e que os problemas são resolvidos na loja de Resende. Marcos Faria informou que as reivindicações serão levadas a área responsável para que a resposta seja dada ao Conselho de Consumidores e também a vereadora Roberta, que irá multiplicar aos demais clientes. Colocou-se à disposição para acompanhar casos pontuais relacionados à interrupção do fornecimento de energia elétrica. Sérgio Yamagata falou sobre a importância de a concessionária acompanhar de perto e fiscalizar de forma rigorosa o trabalho realizado pelas empresas terceirizadas que atuam em campo, pois a qualidade do serviço prestado está diretamente ligada a esse tema. Marcos Faria falou das mudanças que ocorridas na organização para que a linha de pensamento seja a mesma, desde o presidente até a parte operacional, com o objetivo de as empresas parceiras atenderem com a qualidade. Moisés Ávila acrescentou que a empresa está preocupada em fazer esse controle, não somente para manter a qualidade do serviço, mas também prezando pela segurança de todos que estão envolvidos no processo de trabalho. Informou que a empresa utiliza bafômetros, e que os responsáveis pela segurança do trabalho fazem essa inspeção permanente, e citou um caso em que foi detectada a utilização de bebida alcoólica por um colaborador, que foi desligado. Explicou ainda que, com relação à qualidade dos serviços que são realizados pelas equipes, há um gestor Ampla que acompanha a execução da obra e um fiscal da empresa que ao término da obra fiscaliza todo o serviço realizado e, se houver não conformidades, a empresa parceira é notificada para pagamento de multa e a Ampla só efetua o pagamento pela contratação do seu serviço após as correções serem feitas. Manoel Neto ressaltou que as demandas serão respondidas e ele. Enfatizou que, por ser morador de Resende, virá a Porto Real para verificar o atendimento da loja da Ampla. Encerrando a reunião, informou o do Conselho de Consumidores e agradeceu ao público presente, aos Vereadores, Presidente da Câmara e ao Secretário de Desenvolvimento pela disponibilidade em atender à solicitação do Conselho, e também a toda equipe da Ampla pela disponibilidade. Aproveitou para solicitar à Ampla que verifique a viabilidade de instalar um posto de coleta do Eco Ampla, no município de Porto Real. Ao término da reunião, apenas com os conselheiros, foi aprovada a ata da reunião de 08/07/2015, e também o cronograma financeiro atualizado até

7 11/08/2015, demonstrando o saldo atual de R$14.172,78. Justificativas de ausência por motivo de trabalho: Marta Menezes, Alessandra Seródio e Sérgio Bousquet. 2. Contribuições Recebidas: 2.1 Sugestão para implantação de um posto do Eco Ampla no município de Porto Real. (Manoel Neto) 2.2 Adequação do horário de atendimento na loja da Ampla em Porto Real, de modo que possa atender as necessidades dos moradores da região. (José Ademir Bitencourt - Presidente da Associação de Moradores Village, em Porto Real, Roberta dos Santos Rosário Vereadora e Elias Vargas de Oliveira Vereador e outros clientes presentes). 3. Encerramento Nada mais havendo a tratar, o Presidente encerrou a reunião, agradecendo a presença dos Conselheiros. Manoel Teixeira de Mesquita Neto Presidente Paulo Cesar Gomes Secretário Executivo

ATA DA 141ª REUNIÃO ORDINÁRIA DO CONSELHO DE CONSUMIDORES DA AMPLA

ATA DA 141ª REUNIÃO ORDINÁRIA DO CONSELHO DE CONSUMIDORES DA AMPLA ATA DA 141ª REUNIÃO ORDINÁRIA DO CONSELHO DE CONSUMIDORES DA AMPLA Local: Sala do Conselho de Consumidores da Ampla, Edifício Sede da Ampla, Praça Leoni Ramos nº 1 bl. 02/4º andar - São Domingos Niterói,

Leia mais

ATA DA 134ª REUNIÃO ORDINÁRIA DO CONSELHO DE CONSUMIDORES da AMPLA

ATA DA 134ª REUNIÃO ORDINÁRIA DO CONSELHO DE CONSUMIDORES da AMPLA ATA DA 134ª REUNIÃO ORDINÁRIA DO CONSELHO DE CONSUMIDORES da AMPLA Local: Sala de Reunião do Conselho de Consumidores, Edifício Sede da Ampla, Praça Leoni Ramos nº 1 bl. 02/4º andar - São Domingos Niterói,

Leia mais

ATA DA 117ª REUNIÃO ORDINÁRIA DESCENTRALIZADA DO CONSELHO DE CONSUMIDORES da AMPLA CAMPOS DOS GOYTACAZES

ATA DA 117ª REUNIÃO ORDINÁRIA DESCENTRALIZADA DO CONSELHO DE CONSUMIDORES da AMPLA CAMPOS DOS GOYTACAZES ATA DA 117ª REUNIÃO ORDINÁRIA DESCENTRALIZADA DO CONSELHO DE CONSUMIDORES da AMPLA CAMPOS DOS GOYTACAZES Local: FIRJAN - RR Norte Fluminense -- Rua Bruno de Azevedo, 37 Jardim Mariz Queiroz - Campos dos

Leia mais

ATA DA 130ª REUNIÃO ORDINÁRIA DO CONSELHO DE CONSUMIDORES da AMPLA

ATA DA 130ª REUNIÃO ORDINÁRIA DO CONSELHO DE CONSUMIDORES da AMPLA ATA DA 130ª REUNIÃO ORDINÁRIA DO CONSELHO DE CONSUMIDORES da AMPLA Local: Sala de Reunião do Conselho de Consumidores, Edifício Sede da Ampla, Praça Leoni Ramos nº 1 bl. 02/4º andar - São Domingos Niterói,

Leia mais

CONSELHO DE CONSUMIDORES Criado pela Lei nº 8.631, de 4 de março de 1993

CONSELHO DE CONSUMIDORES Criado pela Lei nº 8.631, de 4 de março de 1993 ATA DA 73ª REUNIÃO ORDINÁRIA DO CONSELHO DE CONSUMIDORES DA AMPLA Local: Sala de reuniões da Diretoria Comercial, Edifício Sede da Ampla, Praça Leoni Ramos nº 1 bl. 02 / 4º andar - São Domingos Niterói,

Leia mais

ATA DA 128ª REUNIÃO ORDINÁRIA DO CONSELHO DE CONSUMIDORES da AMPLA

ATA DA 128ª REUNIÃO ORDINÁRIA DO CONSELHO DE CONSUMIDORES da AMPLA ATA DA 128ª REUNIÃO ORDINÁRIA DO CONSELHO DE CONSUMIDORES da AMPLA Local: OAB Ordem dos Advogados do Brasil Cabo Frio, no seguinte endereço: Rua Ministro Gama Filho, 23, Qd. 42 Braga, Cabo Frio/ RJ. Data:

Leia mais

ATA DA 1ª AUDIÊNCIA PÚBLICA RESOLUÇÃO NORMATIVA ANEEL Nº. 451, DE 27 DE SETEMBRO DE 2011

ATA DA 1ª AUDIÊNCIA PÚBLICA RESOLUÇÃO NORMATIVA ANEEL Nº. 451, DE 27 DE SETEMBRO DE 2011 ATA DA 1ª AUDIÊNCIA PÚBLICA RESOLUÇÃO NORMATIVA ANEEL Nº. 451, DE 27 DE SETEMBRO DE 2011 Aos 20 (vinte) dias do mês de junho de 2012, às 13:00h, com a presença de 55 participantes que assinaram a folha

Leia mais

ATA DA 2ª AUDIÊNCIA PÚBLICA RESOLUÇÃO NORMATIVA ANEEL Nº. 451, DE 27 DE SETEMBRO DE 2011

ATA DA 2ª AUDIÊNCIA PÚBLICA RESOLUÇÃO NORMATIVA ANEEL Nº. 451, DE 27 DE SETEMBRO DE 2011 ATA DA 2ª AUDIÊNCIA PÚBLICA RESOLUÇÃO NORMATIVA ANEEL Nº. 451, DE 27 DE SETEMBRO DE 2011 Aos 04 (quatro) dias do mês de junho de 2014, às 14h, com a presença de 31 participantes que assinaram a folha de

Leia mais

CONSELHO DE CONSUMIDORES Criado pela Lei nº 8.631, de 4 de março de 1993

CONSELHO DE CONSUMIDORES Criado pela Lei nº 8.631, de 4 de março de 1993 ATA DA 55ª REUNIÃO ORDINÁRIA DO CONSELHO DE CONSUMIDORES DA AMPLA Local: Petrópolis - DATA: 17/08/06 1. PRESENTES: Paulo César de Carvalho Moreira Leite - Presidente Representante da Classe Comercial -

Leia mais

Agência Virtual Canal Prefeituras Procedimento Operacional Cadastro de Serviços

Agência Virtual Canal Prefeituras Procedimento Operacional Cadastro de Serviços Procedimento Operacional Prefeituras Documento Público Agência Virtual Canal Prefeituras Procedimento Operacional Cadastro de Serviços Gerência de Relacionamento Comercial com Clientes Especiais do Poder

Leia mais

ATA DA AUDIÊNCIA PÚBLICA 001/99, REALIZADA EM 14 DE MAIO DE 1999.

ATA DA AUDIÊNCIA PÚBLICA 001/99, REALIZADA EM 14 DE MAIO DE 1999. ATA DA AUDIÊNCIA PÚBLICA 001/99, REALIZADA EM 14 DE MAIO DE 1999. Aos quatorze dias do mês de maio de mil novecentos e noventa e nove, às quatorze horas e trinta minutos, no Auditório da Agência Nacional

Leia mais

CONSELHO DE CONSUMIDORES Criado pela Lei nº 8.631, de 4 de março de 1993

CONSELHO DE CONSUMIDORES Criado pela Lei nº 8.631, de 4 de março de 1993 ATA DA 29ª REUNIÃO ORDINÁRIA DO CONSELHO DE CONSUMIDORES DA CERJ DATA: 17/04/02 PRESENTES 1.1. Dr. Assis de Oliveira Bastos Presidente Representante da Classe Industrial - Titular Federação das Indústrias

Leia mais

AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA ANEEL

AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA ANEEL GE Distributed Power Jose Renato Bruzadin Sales Manager Brazil T +55 11 2504-8829 M+55 11 99196-4809 Jose.bruzadini@ge.com São Paulo, 11 de Julho de 2014 NOME DA INSTITUIÇÃO: GE Distributed Power AGÊNCIA

Leia mais

Conforme solicitação dos Conselheiros, a reunião teve a seguinte estrutura:

Conforme solicitação dos Conselheiros, a reunião teve a seguinte estrutura: Ata da 1 Reunião Extraordinária do Conselho de Usuários STFC da Companhia de Telecomunicações do Brasil Central - CTBC da cidade de Franca estado de São Paulo no dia 03 de dezembro de 2008 às 09h02min.

Leia mais

FAQ (FREQUENTLY ASKED QUESTIONS)

FAQ (FREQUENTLY ASKED QUESTIONS) FAQ (FREQUENTLY ASKED QUESTIONS) PRIMEIRA CHAMADA PÚBLICA DE PROJETOS PARA O A Light publicou no dia 31/07/2014 seu Edital para a 1ª Chamada Pública de Projetos de Eficiência Energética que promove o uso

Leia mais

CONTRIBUIÇÕES REFERENTE À CONSULTA PÚBLICA Nº 15/2013

CONTRIBUIÇÕES REFERENTE À CONSULTA PÚBLICA Nº 15/2013 CONTRIBUIÇÕES REFERENTE À CONSULTA PÚBLICA Nº 15/2013 NOME DA INSTITUIÇÃO: COPEL DISTRIBUIÇÃO S.A. AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA ANEEL ATO REGULATÓRIO: CONSULTA PÚBLICA Nº 15/2013 EMENTA (Caso exista):

Leia mais

ATA DA 48ª REUNIÃO ORDINÁRIA DO CONSELHO DE PREVIDÊNCIA SOCIAL. DA GERÊNCIA EXECUTIVA DO INSS NO DISTRITO FEDERAL.

ATA DA 48ª REUNIÃO ORDINÁRIA DO CONSELHO DE PREVIDÊNCIA SOCIAL. DA GERÊNCIA EXECUTIVA DO INSS NO DISTRITO FEDERAL. ATA DA 48ª REUNIÃO ORDINÁRIA DO DA GERÊNCIA EXECUTIVA DO INSS NO DISTRITO FEDERAL. Aos vinte e nove dias do mês de janeiro de dois mil e quatorze, as dez horas e trinta minutos deu-se a última chamada

Leia mais

Conselho dos Consumidores da AES Sul

Conselho dos Consumidores da AES Sul Aos 30 dias do mês de junho de 2014, na cidade de Santa Cruz do Sul RS, sito à Rua Sete de Setembro, n. 266, na Sala Sepé Tiaraju, Centro de Evento do Hotel Charrua, foi realizada a Audiência Pública (AP),

Leia mais

REGIMENTO INTERNO 1. OBJETIVO

REGIMENTO INTERNO 1. OBJETIVO Instituído pela Diretoria da AMPLA, em conformidade com a Lei nº 8.631 de 04/03/1993, regulamentado pelo Decreto nº 774, de 18/03/00 e reformulado pela Resolução ANEEL nº 451, de 27/09/2011, o CONSELHO

Leia mais

EDITAL DE COMPOSIÇÃO DO COMITÊ GESTOR DO PROGRAMA MUNICIPAL DE PAGAMENTO POR SERVIÇOS AMBIENTAIS

EDITAL DE COMPOSIÇÃO DO COMITÊ GESTOR DO PROGRAMA MUNICIPAL DE PAGAMENTO POR SERVIÇOS AMBIENTAIS EDITAL DE COMPOSIÇÃO DO COMITÊ GESTOR DO PROGRAMA MUNICIPAL DE PAGAMENTO POR SERVIÇOS AMBIENTAIS A Secretaria Municipal de Agricultura, Desenvolvimento Rural e Meio Ambiente convida os Órgãos Públicos

Leia mais

Shopping Iguatemi Campinas Reciclagem

Shopping Iguatemi Campinas Reciclagem Shopping Iguatemi Campinas Reciclagem 1) COMO FUNCIONA? O PROBLEMA OU SITUAÇÃO ANTERIOR Anteriormente, todos os resíduos recicláveis ou não (com exceção do papelão), ou seja, papel, plásticos, vidros,

Leia mais

O PAINEL OUVIDORIA COMO PRÁTICA DE GESTÃO DAS RECLAMAÇÕES NA CAIXA

O PAINEL OUVIDORIA COMO PRÁTICA DE GESTÃO DAS RECLAMAÇÕES NA CAIXA PRÁTICA 1) TÍTULO O PAINEL OUVIDORIA COMO PRÁTICA DE GESTÃO DAS RECLAMAÇÕES NA CAIXA 2) DESCRIÇÃO DA PRÁTICA - limite de 8 (oito) páginas: A Ouvidoria da Caixa, responsável pelo atendimento, registro,

Leia mais

Governo do Estado do Rio de Janeiro Secretaria de Estado da Casa Civil Agência Reguladora de Energia e Saneamento Básico do Estado do Rio de Janeiro

Governo do Estado do Rio de Janeiro Secretaria de Estado da Casa Civil Agência Reguladora de Energia e Saneamento Básico do Estado do Rio de Janeiro Processo nº.: Governo do Estado do Rio de Janeiro E-12/003/141/2014 Data de Autuação: 14/02/2014 Concessionária: Assunto: Águas de Juturnaíba Sessão Regulatória: 16 de setembro de 2014 Ocorrências registradas

Leia mais

Diretrizes do Fundo Solar: Apoio a microgeração fotovoltaica. Promovido por

Diretrizes do Fundo Solar: Apoio a microgeração fotovoltaica. Promovido por Diretrizes do Fundo Solar: Apoio a microgeração fotovoltaica Promovido por Texto atualizado em 22 de Maio de 2013 Índice 1. Contextualização... 3 2. Objetivo... 3 3. Público-Alvo... 3 4. Entidades promotoras...

Leia mais

Conselho da Previdência Social da Gerência Executiva em Ponta Grossa Rua Marquês do Paraná 799 Ronda Ponta Grossa/PR ATA

Conselho da Previdência Social da Gerência Executiva em Ponta Grossa Rua Marquês do Paraná 799 Ronda Ponta Grossa/PR ATA ATA 47ª Reunião Ordinária do Conselho da Previdência Social - CPS Ponta Grossa, 10 de Dezembro de 2013. ATA DA QUADRAGÉSIMA SÉTIMA REUNIÃO ORDINÁRIA DO CONSELHO DE PREVI- DÊNCIA SOCIAL DA GERÊNCIA-EXECUTIVA

Leia mais

MODELO PARA ENVIO DE CONTRIBUIÇÕES REFERENTE À AUDIÊNCIA PÚBLICA Nº /200X

MODELO PARA ENVIO DE CONTRIBUIÇÕES REFERENTE À AUDIÊNCIA PÚBLICA Nº /200X MODELO PARA ENVIO DE CONTRIBUIÇÕES REFERENTE À AUDIÊNCIA PÚBLICA Nº /200X NOME DA INSTITUIÇÃO: CELESC DISTRIBUIÇÃO S/A AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA ANEEL ATO REGULATÓRIO: CONSULTA PÚBLICA Nº 019/2014

Leia mais

ORIENTAÇÕES AOS MUNICIPIOS TRANSFERÊNCIA DE ATIVOS DE I. P. APLICAÇÃO DA NOVA RESOLUÇÃO DA ANEEL

ORIENTAÇÕES AOS MUNICIPIOS TRANSFERÊNCIA DE ATIVOS DE I. P. APLICAÇÃO DA NOVA RESOLUÇÃO DA ANEEL ORIENTAÇÕES AOS MUNICIPIOS TRANSFERÊNCIA DE ATIVOS DE I. P. APLICAÇÃO DA NOVA RESOLUÇÃO DA ANEEL 17/12/2013 É preciso se atentar que a nova resolução aprovada pela ANEEL não apenas prorrogou o prazo limite

Leia mais

GUIA DO CLIENTE SEU CÓDIGO. Seja bem-vindo!

GUIA DO CLIENTE SEU CÓDIGO. Seja bem-vindo! GUIA DO CLIENTE Seja bem-vindo! É uma satisfação tê-lo como cliente. Aqui você encontrará informações importantes sobre os canais de atendimento, como usar a energia de forma adequada e segura, seus principais

Leia mais

Sm S a m r a t r t Gr G i r d Bruno Erik Cabral

Sm S a m r a t r t Gr G i r d Bruno Erik Cabral Bruno Erik Cabral Smart Grid Agenda Introdução Definição Características Confiabilidade Flexibilidade Eficiência Sustentabilidade Medidores Inteligentes Controle avançado Cenário Internacional Cenária

Leia mais

DECRETO LEGISLATIVO Nº 002/09 DE 03 DE AGOSTO DE 2.009. Institui o Programa Câmara Itinerante no Município de Santa Rita do Passa Quatro - SP.

DECRETO LEGISLATIVO Nº 002/09 DE 03 DE AGOSTO DE 2.009. Institui o Programa Câmara Itinerante no Município de Santa Rita do Passa Quatro - SP. DECRETO LEGISLATIVO Nº 002/09 DE 03 DE AGOSTO DE 2.009 Institui o Programa Câmara Itinerante no Município de Santa Rita do Passa Quatro - SP. Ver. MARCELO SIMÃO, Presidente da Câmara Municipal da Estância

Leia mais

MANUAL GERENCIAMENTO DE RISCO DE MERCADO

MANUAL GERENCIAMENTO DE RISCO DE MERCADO 1 - INTRODUÇÃO Define-se como risco de mercado a possibilidade de ocorrência de perdas resultantes da flutuação nos valores de mercado de posições detidas pela Cooperativa, o que inclui os riscos das operações

Leia mais

Contribuição Eletropaulo Metropolitana S/A Expositor Antoninho Borghi

Contribuição Eletropaulo Metropolitana S/A Expositor Antoninho Borghi Audiência Pública ANEEL 027/2003 Estabelece as condições de atendimento por meio de Central de Teleatendimento (CTA) das concessionárias ou permissionárias, critérios de classificação de serviços e metas

Leia mais

CONTRIBUIÇÕES REFERENTE À AUDIÊNCIA PÚBLICA Nº 010/2009.

CONTRIBUIÇÕES REFERENTE À AUDIÊNCIA PÚBLICA Nº 010/2009. CONTRIBUIÇÕES REFERENTE À AUDIÊNCIA PÚBLICA Nº 010/2009. NOME DA INSTITUIÇÃO: COPEL DISTRIBUIÇÃO S.A. AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA ANEEL AUDIÊNCIA PÚBLICA Nº 010/2009 : Contribuições de 12/03/2009

Leia mais

NORMA. Estabelecer diretrizes referente à concessão do benefício da tarifa social de energia elétrica.

NORMA. Estabelecer diretrizes referente à concessão do benefício da tarifa social de energia elétrica. 1. OBJETIVO Estabelecer diretrizes referente à concessão do benefício da tarifa social de energia elétrica. 2. ABRANGÊNCIA Esta norma se aplica ao Departamento de Atendimento ao Consumidor da Diretoria

Leia mais

COMUNICADO TÉCNICO CT - 59. CRITÉRIOS PARA ATENDIMENTO DE CLIENTES COM CARGA INSTALADA ACIMA DE 75 kw. Página 1 de 11. Diretoria de Engenharia

COMUNICADO TÉCNICO CT - 59. CRITÉRIOS PARA ATENDIMENTO DE CLIENTES COM CARGA INSTALADA ACIMA DE 75 kw. Página 1 de 11. Diretoria de Engenharia Página 1 de 11 COMUNICADO TÉCNICO CT - 59 CRITÉRIOS PARA ATENDIMENTO DE CLIENTES COM CARGA INSTALADA ACIMA DE 75 kw Diretoria de Engenharia Diretoria de Operações e Planejamento Diretoria Comercial Gerência

Leia mais

INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL

INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL ATA DA 16ª REUNIÃO ORDINÁRIA DO CONSELHO DE PREVIDÊNCIA SOCIAL DA GERÊNCIA-EXECUTIVA DO INSS EM VARGINHA/MG. Data: 28/02/2007 Horário:14:30hs Local: Gerência Executiva

Leia mais

Seja um Profissional em Energia Solar

Seja um Profissional em Energia Solar Seja um Profissional em Energia Solar Nós, da Blue Sol, acreditamos no empoderamento de todos os consumidores de energia elétrica no Brasil através da possibilidade de geração própria da energia consumida.

Leia mais

ANEXO I. Ref.: Convite nº. 002/2011 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS

ANEXO I. Ref.: Convite nº. 002/2011 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS ANEXO I Ref.: ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS 1. OBJETO DE CONTRATAÇÃO A presente especificação tem por objeto a contratação de empresa Especializada para Consultoria para implantação da NBR ISO 10.002 com base

Leia mais

AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA ANEEL

AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA ANEEL AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA ANEEL RESOLUÇÃO N o 615, DE 6 NOVEMBRO DE 2002 (*) Vide alterações e inclusões no final do texto. Aprova o modelo do Contrato de Prestação de Serviço Público de Energia

Leia mais

São Paulo, 30 de abril de 2015. ABR.029/15 SIN.006/15

São Paulo, 30 de abril de 2015. ABR.029/15 SIN.006/15 São Paulo, 30 de abril de 2015. ABR.029/15 SIN.006/15 Ao Sr. Rafael Pedreira Vinhas Gerente-Geral de Estrutura e Operação dos Produtos GGEOP Diretoria de Normas e Habilitação dos Produtos DIPRO Agência

Leia mais

AGENDA - A Ouvidoria nas Empresas - Sistema de controle Exceller Ouvidoria - Resolução Bacen 3.477 - Principais pontos

AGENDA - A Ouvidoria nas Empresas - Sistema de controle Exceller Ouvidoria - Resolução Bacen 3.477 - Principais pontos AGENDA - A Ouvidoria nas Empresas - Sistema de controle Exceller Ouvidoria - Resolução Bacen 3.477 - Principais pontos mediação, ouvidoria e gestão de relacionamentos A Ouvidoria nas Empresas Ferramenta

Leia mais

05) Um mesmo assinante poderá ter em casa o acesso normal do STFC e o AICE? - O assinante poderá ter somente um AICE e poderá ter outro plano.

05) Um mesmo assinante poderá ter em casa o acesso normal do STFC e o AICE? - O assinante poderá ter somente um AICE e poderá ter outro plano. 01) O que é AICE? Significa Acesso Individual Classe Especial. É um Plano básico e com regulamentação própria (Regulamentado pela Resolução Nº 586, da ANATEL, de 05 de abril de 2012). Modalidade de telefonia

Leia mais

CONSELHO ADMINISTRATIVO

CONSELHO ADMINISTRATIVO 1 CONSELHO ADMINISTRATIVO ATA DA TERCEIRA REUNIÃO ORDINÁRIA ANO 2013 Felixlândia, 09 de abril de 2013. Horário:14h00min. Local:Sala do Ipremfel Conselheiros Presentes: José Messias Mariz, Marcos Benedito

Leia mais

SEDIRLEI GODINHO Vereador - PMDB

SEDIRLEI GODINHO Vereador - PMDB Os Vereadores que esta subscrevem vêm mui respeitosamente, solicitar que após os trâmites regimentais, seja enviada ao Poder Executivo Municipal a seguinte Indicação n 004/2014 Para que o Executivo Municipal

Leia mais

AGÊNCIA NACIONAL DE TELECOMUNICAÇÕES

AGÊNCIA NACIONAL DE TELECOMUNICAÇÕES AGÊNCIA NACIONAL DE TELECOMUNICAÇÕES 1. APRESENTAÇÃO Este relatório é uma síntese da 2ª Reunião Gerencial relativa à avaliação de desempenho das Concessionárias do Serviço Telefônico Fixo Comutado, destinado

Leia mais

11º Seminário de Tecnologia de Sistemas Prediais. 20 de maio

11º Seminário de Tecnologia de Sistemas Prediais. 20 de maio 11º Seminário de Tecnologia de Sistemas Prediais 20 de maio 1 Agenda O Grupo AES no Brasil Organograma As associações participantes e evolução no relacionamento Fluxo Ligação Nova Demanda por projetos

Leia mais

Instruções para o Encaminhamento do Planejamento do Atendimento aos Sistemas Isolados e Apresentação de Projetos de Referência

Instruções para o Encaminhamento do Planejamento do Atendimento aos Sistemas Isolados e Apresentação de Projetos de Referência Relatório do Consultor: Instruções para o Encaminhamento do Planejamento do Atendimento aos Sistemas Isolados e Apresentação de Projetos de Referência Elaborado por: Danilo de Brito Lima Para: Agência

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE PASSOS

CÂMARA MUNICIPAL DE PASSOS PR/OI/1-HNJXVY/2014 CÂMARA MUNICIPAL DE PASSOS Pregão Presencial N.º 001/2014 LOTE Contratação de empresa especializada para prestação de serviços de telecomunicação de acesso dedicado à internet. Abertura:

Leia mais

Nesta oportunidade, confirmo que estes projetos estão fundamentados em Estudos, Estatísticas e Opiniões de Cidadãos domiciliados no bairro.

Nesta oportunidade, confirmo que estes projetos estão fundamentados em Estudos, Estatísticas e Opiniões de Cidadãos domiciliados no bairro. Barueri, 21 de Setembro de 2009. Ilustríssimo Senhor Rubens Furlan PREFEITO DE BARUERI Ref: Projetos do 1 Conselho Gestor de Segurança da Aldeia de Barueri Venho à presença de Vossa Excelência apresentar

Leia mais

Descrição dos Cargos, Atribuições e Responsabilidades

Descrição dos Cargos, Atribuições e Responsabilidades Descrição dos Cargos, Atribuições e Responsabilidades 1. DESCRIÇÕES DO CARGO - ESPECIALISTA EM DESENVOLVIMENTO DE TECNOLOGIA NUCLEAR E DEFESA a) Descrição Sumária Geral Desenvolver, projetar, fabricar,

Leia mais

PPP PARCERIA PÚBLICO PRIVADA

PPP PARCERIA PÚBLICO PRIVADA PPP PARCERIA PÚBLICO PRIVADA Autores: Eng Sérgio Piccinelli Eng Carlos Henrique Machado Edição: José Carlos Lada Outubro / 2014 Formas de Contratação pela Administração 1) Contratação Direta (Formas de

Leia mais

Melhoria na confiabilidade da aplicação dos reles digitais através do monitor MDP

Melhoria na confiabilidade da aplicação dos reles digitais através do monitor MDP Melhoria na confiabilidade da aplicação dos reles digitais através do monitor MDP Eng. Fernando Azevedo COPEL Distribuição Eng. Henrique Florido Filho - Pextron 1 A Copel Companhia Paranaense de Energia,

Leia mais

CAPÍTULO I OBJETIVO E FINALIDADE

CAPÍTULO I OBJETIVO E FINALIDADE CAPÍTULO I OBJETIVO E FINALIDADE O Conselho de Usuários da Embratel, constituído pela assembléia dos usuários do serviço telefônico fixo comutado (STFC) da Região III do Plano Geral de Outorgas, realizada

Leia mais

RELATÓRIO DE OUVIDORIA 2012

RELATÓRIO DE OUVIDORIA 2012 RELATÓRIO DE OUVIDORIA 2012 SumáriO MENSAGEM DO OUVIDOr 3 ESTRUTURA DE GOVERNANÇA 4 DIRETORIA EXECUTIVA E OUVIDORIA 5 COMPOSIÇÃO DOS CONSELHOS 6 OCORRÊNCIAS 7 CONTATO DOS PARTICIPANTES POR PRODUTO 7 CANAIS

Leia mais

1 MINUTA DO PLANO DE COMUNICAÇÃO E PARTICIPAÇÃO SOCIAL

1 MINUTA DO PLANO DE COMUNICAÇÃO E PARTICIPAÇÃO SOCIAL 1 MINUTA DO PLANO DE COMUNICAÇÃO E PARTICIPAÇÃO SOCIAL 1.1 APRESENTAÇÃO O Plano de Comunicação e Participação Social subsidiará a elaboração do Plano Diretor de Mobilidade Urbana, criando as bases para

Leia mais

CTA/DR/ N 016/2014 Rio Branco - AC; 6 de fevereiro de 2014

CTA/DR/ N 016/2014 Rio Branco - AC; 6 de fevereiro de 2014 U i U U l l. i GB s D ii b.iii ç s d ) A c r e Diretoria de Assuntos Regulatórios e Projetos Especiais Rua Valério Magalhães, 226, Bosque 69909-710 - Rio Branco - AC Telefone: (68) 3212-5721 Fax: (68)

Leia mais

ARSAM Agência Reguladora dos Serviços Públicos Concedidos do Estado do Amazonas

ARSAM Agência Reguladora dos Serviços Públicos Concedidos do Estado do Amazonas ATA DA DECIMA QUINTA REUNIÃO ORDINÁRIA ADMINISTRATIVA REGULATÓRIA DO CONSELHO ESTADUAL DE REGULAÇÃO E CONTROLE DOS SERVIÇOS PÚBLICOS CONCEDIDOS DO ESTADO DO AMAZONAS CERCON. Aos dezoito dias do mês de

Leia mais

CONSELHO DE ARQUITETURA E URBANISMO DO RIO DE JANEIRO - CAU/RJ

CONSELHO DE ARQUITETURA E URBANISMO DO RIO DE JANEIRO - CAU/RJ 1 2 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 ATA DA REUNIÃO PLENÁRIA ORDINÁRIA Nº 004/2012 DO CONSELHO DE ARQUITETURA E URBANISMO DO RIO DE JANEIRO- CAU/RJ, REALIZADA

Leia mais

CRA Departamento de Comunicação e Marketing Ata de Reunião 23.10.2008

CRA Departamento de Comunicação e Marketing Ata de Reunião 23.10.2008 CRA Departamento de Comunicação e Marketing Ata de Reunião 23.10.2008 I. Chamada de Ordem Adm. Glaucia Pascoaleto Araujo Conselho Regional dos Administradores de São Paulo. Reunião com Coordenadores dos

Leia mais

MANUAL DA QUALIDADE DA CONSTRUTORA COPEMA

MANUAL DA QUALIDADE DA CONSTRUTORA COPEMA 1/10 INFORMAÇÕES SOBRE A EMPRESA... 2 ABRANGÊNCIA DO SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE... 3 1. SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE:... 4 - MANUAL DA QUALIDADE... 4 Escopo do SGQ e definição dos clientes... 4 Política

Leia mais

INCUBADORA TECNOLÓGICA DE SANTO ANDRÉ

INCUBADORA TECNOLÓGICA DE SANTO ANDRÉ INCUBADORA TECNOLÓGICA DE SANTO ANDRÉ TERMO DE REFERÊNCIA SERVIÇOS DE GERENCIAMENTO DE PROJETO E ACOMPANHAMENTO DE EMPRESAS Contatos Vladimir de Souza Alves (Assessor Jurídico) Sheila Ribeiro Marques (Comitê

Leia mais

Elaboração dos documentos

Elaboração dos documentos Estudo de Caso Área de conhecimento Gerência de Escopo Projeto Correspondência Eletrônica nos Correios S.A. A Presidência dos Correios vislumbrou a possibilidade da Empresa apresentar aos seus clientes

Leia mais

CRUZ VERMELHA BRASILEIRA FILIAL NO MARANHÃO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO: CRIAÇÃO E FUNCIONAMENTO

CRUZ VERMELHA BRASILEIRA FILIAL NO MARANHÃO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO: CRIAÇÃO E FUNCIONAMENTO CRUZ VERMELHA BRASILEIRA FILIAL NO MARANHÃO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO: CRIAÇÃO E FUNCIONAMENTO CRUZ VERMELHA BRASILEIRA FILIAL NO MARANHÃO Presidente Carmen Maria Teixeira Moreira Serra Secretário

Leia mais

NOTA TÉCNICA 6.008. Página 1 de 24. Diretoria de Planejamento e Engenharia. Gerência de Planejamento do Sistema. Gerência da Distribuição

NOTA TÉCNICA 6.008. Página 1 de 24. Diretoria de Planejamento e Engenharia. Gerência de Planejamento do Sistema. Gerência da Distribuição Página 1 de 4 NOTA TÉCNICA 6.008 REQUISITOS MÍNIMOS PARA INTERLIGAÇÃO DE GERADOR PARTICULAR COM A REDE DE DISTRIBUIÇÃO DA AES ELETROPAULO UTILIZANDO SISTEMA DE TRANSFERÊNCIA AUTOMÁTICA COM INTERRUPÇÃO

Leia mais

REDE PETRO - BACIA DE CAMPOS REGIMENTO INTERNO

REDE PETRO - BACIA DE CAMPOS REGIMENTO INTERNO REDE PETRO - BACIA DE CAMPOS REGIMENTO INTERNO CAPITULO I DA ORGANIZAÇÃO ADMINISTRATIVA Art. 1º - A Organização Administrativa corresponde à estrutura da REDE PETRO-BC que tem como finalidade garantir

Leia mais

CONEXÃO DE GERAÇÃO AO SISTEMA CELESC

CONEXÃO DE GERAÇÃO AO SISTEMA CELESC CONEXÃO DE GERAÇÃO AO SISTEMA CELESC FINALIDADE Reunir informações sintetizadas do Processo de Acesso ao Sistema Elétrico da Celesc com o objetivo de orientar os Acessantes, como proceder na condução do

Leia mais

Sistema de Gestão de SMS

Sistema de Gestão de SMS DESCRIÇÃO DA EMPRESA Nome SMART EXPRESS TRANSPORTES LTDA EPP CNPJ 12.103.225/0001-52 Insc.Est. 79.477.680 Atividade: transporte rodoviário de carga em geral Código: 206-2 Nº de funcionários (inclusive

Leia mais

Direitos e Deveres dos Consumidores Residenciais de Energia Elétrica

Direitos e Deveres dos Consumidores Residenciais de Energia Elétrica Encontro do Conselho de Consumidores da AES Eletropaulo (Conselpa) e Conselho Coordenador das Associações Amigos de Bairros, Vilas e Cidades de SP (Consabesp). Direitos e Deveres dos Consumidores Residenciais

Leia mais

Normalização do sistema de bloqueio conforme a NR 10

Normalização do sistema de bloqueio conforme a NR 10 Normalização do sistema de bloqueio conforme a NR 10 Robson Guilherme Ferreira (II) Jackson Duarte Coelho (III) Julio César Agrícola Costa da Silveira (I) Resumo O trabalho a ser apresentado tem como objetivo

Leia mais

Reunião para discussão de Currículo 2007 - Segunda sessão Ata de reunião

Reunião para discussão de Currículo 2007 - Segunda sessão Ata de reunião Reunião para discussão de Currículo 2007 - Segunda sessão Ata de reunião Data: 07 de julho de 2006. Horário: 14:00-15:55. Docentes presentes: Anderson, Flávio (Coordenador de Graduação), Paulo Ivo, Vertamatti

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO Coordenadoria do Campus de Ribeirão Preto Seção Técnica de Informática. Política de Informática CCRP

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO Coordenadoria do Campus de Ribeirão Preto Seção Técnica de Informática. Política de Informática CCRP Política de Informática CCRP Índice 1. DISPOSIÇÕES GERAIS... 2 2. ESPECIFICAÇÃO E AQUISIÇÃO DE NOVOS EQUIPAMENTOS... 2 3. INSTALAÇÃO DE SOFTWARES... 2 4. DESENVOLVIMENTO, MANUTENÇÃO E BACKUP DE SISTEMAS

Leia mais

PRODAM - Empresa de Tecnologia da Informação e Comunicação do Mun. SP DIT- Diretoria de Infraestrutura e Tecnologia CPI - Comissão de Planejamento e

PRODAM - Empresa de Tecnologia da Informação e Comunicação do Mun. SP DIT- Diretoria de Infraestrutura e Tecnologia CPI - Comissão de Planejamento e PRODAM - Empresa de Tecnologia da Informação e Comunicação do Mun. SP DIT- Diretoria de Infraestrutura e Tecnologia CPI - Comissão de Planejamento e Implantação 1. Objetivo Esta cartilha tem o objetivo

Leia mais

MOC 10. CRONOGRAMA DE EXECUÇÃO DE ATIVIDADES - COMUNIDADE NOSSA SENHORA APARECIDA

MOC 10. CRONOGRAMA DE EXECUÇÃO DE ATIVIDADES - COMUNIDADE NOSSA SENHORA APARECIDA 10. CRONOGRAMA DE EXECUÇÃO DE ATIVIDADES - COMUNIDADE NOSSA SENHORA APARECIDA EIXO Macroação ATIVIDADES Compor a equipe técnica com experiências no trabalho de desenvolvimento de comunidade. Identificar

Leia mais

GERENCIAMENTO DE INCIDENTES DE SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO

GERENCIAMENTO DE INCIDENTES DE SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO FL. 2 Tribunal Regional do Trabalho da 18ª Região Comitê de Segurança da Informação Secretaria de Tecnologia da Informação e Comunicações Núcleo de Segurança da Informação Código: NO06 Revisão: 0.0 Vigência:

Leia mais

Estudo de Caso. Projeto Correspondência Eletrônica nos Correios S.A.

Estudo de Caso. Projeto Correspondência Eletrônica nos Correios S.A. Estudo de Caso Projeto Correspondência Eletrônica nos Correios S.A. A Presidência dos Correios vislumbrou a possibilidade da Empresa apresentar aos seus clientes um novo serviço, que foi denominado de

Leia mais

Submódulo 12.3. Manutenção do sistema de medição para faturamento

Submódulo 12.3. Manutenção do sistema de medição para faturamento Submódulo 12.3 Manutenção do sistema de medição para faturamento Rev. Nº. 0 1 Motivo da revisão Este documento foi motivado pela criação do Operador Nacional do Sistema Elétrico. Atendimento à Resolução

Leia mais

LEI MUNICIPAL Nº 3.486/2005

LEI MUNICIPAL Nº 3.486/2005 LEI MUNICIPAL Nº 3.486/2005 Institui o COMITÊ DE CONTROLE SOCIAL DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA (PBF), e dá outras providências. CLÁUDIO KAISER, Prefeito Municipal de Taquara, Estado do Rio Grande do Sul, FAÇO

Leia mais

Regulamento de Estágio Supervisionado do Curso de Engenharia Elétrica

Regulamento de Estágio Supervisionado do Curso de Engenharia Elétrica Regulamento de Estágio Supervisionado do Curso de Engenharia Elétrica 1. APRESENTAÇÃO O Estágio Curricular Supervisionado Obrigatório no curso de Engenharia Elétrica é uma atividade curricular obrigatória

Leia mais

INFORMATIVO. Você já reparou que o mundo mudou, mas a forma como produzimos e consumimos energia continua praticamente igual há 50 anos?

INFORMATIVO. Você já reparou que o mundo mudou, mas a forma como produzimos e consumimos energia continua praticamente igual há 50 anos? INFORMATIVO Você já reparou que o mundo mudou, mas a forma como produzimos e consumimos energia continua praticamente igual há 50 anos? Ainda dependemos de grandes usinas que produzem energia a quilômetros

Leia mais

RELATÓRIO DE GERENCIAMENTO DO RISCO OPERACIONAL NO BANCO BMG POSIÇAO EM 31 DE DEZEMBRO DE 2008

RELATÓRIO DE GERENCIAMENTO DO RISCO OPERACIONAL NO BANCO BMG POSIÇAO EM 31 DE DEZEMBRO DE 2008 SUPERINTENDÊNCIA DE CONTROLE GERÊNCIA DE CONTROLE DE TESOURARIA ANÁLISE DE RISCO OPERACIONAL RELATÓRIO DE GERENCIAMENTO DO RISCO OPERACIONAL NO BANCO BMG POSIÇAO EM 31 DE DEZEMBRO DE 2008 Belo Horizonte

Leia mais

Câmara Municipal de Barueri. Conheça a Norma SA8000. Você faz parte!

Câmara Municipal de Barueri. Conheça a Norma SA8000. Você faz parte! Câmara Municipal de Barueri Conheça a Norma SA8000 Você faz parte! O que é a Norma SA 8000? A SA 8000 é uma norma internacional que visa aprimorar as condições do ambiente de trabalho e das relações da

Leia mais

PROPOSTA DE FISCALIZAÇÃO E CONTROLE Nº DE 2014 (Do Sr. Luiz Fernando Machado)

PROPOSTA DE FISCALIZAÇÃO E CONTROLE Nº DE 2014 (Do Sr. Luiz Fernando Machado) PROPOSTA DE FISCALIZAÇÃO E CONTROLE Nº DE 2014 (Do Sr. Luiz Fernando Machado) Propõe que a Comissão de Fiscalização Financeira e Controle com o auxílio do Tribunal de Contas da União e do Ministério Público

Leia mais

MANUAL DO SISTEMA DE GESTÃO INTEGRADA

MANUAL DO SISTEMA DE GESTÃO INTEGRADA Páginas: 1 de 13 APROVAÇÃO Este Manual de Gestão está aprovado e representa o Sistema de Gestão Integrada implementado na FOX Comércio de Aparas Ltda. Ricardo Militelli Diretor FOX Páginas: 2 de 13 1.

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE MATO GROSSO. Assunto Ação Responsável Prazo

GOVERNO DO ESTADO DE MATO GROSSO. Assunto Ação Responsável Prazo MISSÃO: Implementar um novo modelo de gestão do Estado de Mato Grosso, comprometido com a inclusão social, o desenvolvimento econômico sustentável e a superação das desigualdades sociais e regionais. GOVERNO

Leia mais

CONTRIBUIÇÕES REFERENTES À AUDIÊNCIA PÚBLICA Nº 086/2013 NOME DA INSTITUIÇÃO:

CONTRIBUIÇÕES REFERENTES À AUDIÊNCIA PÚBLICA Nº 086/2013 NOME DA INSTITUIÇÃO: CONTRIBUIÇÕES REFERENTES À AUDIÊNCIA PÚBLICA Nº 086/2013 NOME DA INSTITUIÇÃO: Associação Brasileira de Grandes Consumidores Industriais de Energia e de Consumidores Livres - ABRACE AGÊNCIA NACIONAL DE

Leia mais

Diretoria de Operações Gerência de Operações. Novas Tecnologias

Diretoria de Operações Gerência de Operações. Novas Tecnologias Diretoria de Operações Gerência de Operações Novas Tecnologias Novembro de 2013 AES Sul Histórico de Indicadores Sistemas de Informação Despacho Centralizado Automatização de Sistemas Sistema Elétrico

Leia mais

Associação de Reguladores de Energia dos Países de Língua Oficial Portuguesa

Associação de Reguladores de Energia dos Países de Língua Oficial Portuguesa II Conferência RELOP Associação de Reguladores de Energia dos Países de Língua Oficial Portuguesa AES SUL - Concessionária de Distribuição de Energia Elétrica da Região Sul do Brasil Estratégias Empresariais:

Leia mais

Com o objetivo de manter um alto nível de qualidade, nossos colaboradores são rigorosamente selecionados e treinados.

Com o objetivo de manter um alto nível de qualidade, nossos colaboradores são rigorosamente selecionados e treinados. A MBS SERVIÇOS possui o conhecimento necessário e indispensável para oferecer qualidade e agilidade nas realizações dos serviços prestados. Possuímos sede própria com toda infraestrutura necessária para

Leia mais

MOSTRA DE PROJETOS 2015. Iniciativas Sociais que contribuem para o desenvolvimento local. REGULAMENTO Anexos I e II

MOSTRA DE PROJETOS 2015. Iniciativas Sociais que contribuem para o desenvolvimento local. REGULAMENTO Anexos I e II MOSTRA DE PROJETOS 2015 Iniciativas Sociais que contribuem para o desenvolvimento local REGULAMENTO Anexos I e II O Sesi Paraná, por meio do programa Sesi Indústria e Sociedade e do Movimento Nós Podemos

Leia mais

2 Desenvolvimento Humano

2 Desenvolvimento Humano 2 Desenvolvimento Humano A área de Desenvolvimento Humano realiza: recrutamento e seleção interna, ações de treinamento e desenvolvimento dos empregados, gestão do Pano de Cargos e Salários, programas

Leia mais

Ata n. 25 da Sessão Ordinária da Câmara Municipal de Medeiros Neto BA.

Ata n. 25 da Sessão Ordinária da Câmara Municipal de Medeiros Neto BA. Ata n. 25 da Sessão Ordinária da Câmara Municipal de Medeiros Neto BA. Aos quatro (04) dias do Mês de Março (03) do ano de Dois Mil e Treze (2013), às 17:35 horas, com a presença de nove (09) vereadores,

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE PASSOS

CÂMARA MUNICIPAL DE PASSOS PR/OI/1-HNJXVY/2014 CÂMARA MUNICIPAL DE PASSOS Pregão Presencial N.º 001/2014 LOTE Contratação de empresa especializada para prestação de serviços de telecomunicação de acesso dedicado à internet. Abertura:

Leia mais

Declaração de Escopo

Declaração de Escopo 1/9 Elaborado por: Adriano Marra, Bruno Mota, Bruno Leite, Janaina Versão: 1.4 Lima, Joao Augusto, Paulo Takagi, Ricardo Reis. Aprovado por: Porfírio Carlos Roberto Junior 24/08/2010 Time da Equipe de

Leia mais

Estratégias para a implantação do T&V

Estratégias para a implantação do T&V 64 Embrapa Soja, Documentos, 288 Estratégias para a implantação do T&V Lineu Alberto Domit 1 A estratégia de ação proposta está baseada na experiência acumulada na implantação do sistema T&V no estado

Leia mais

PROGRAMA EMERGENCIAL DE RECUPERAÇÃO DO SISTEMA DE SUBTRANSMISSÃO (CRESCE MINAS)

PROGRAMA EMERGENCIAL DE RECUPERAÇÃO DO SISTEMA DE SUBTRANSMISSÃO (CRESCE MINAS) 02.111-OM/EO-159 Superintendência de Engenharia e Coordenação da Operação e Manutenção da Distribuição - OM PROGRAMA EMERGENCIAL DE RECUPERAÇÃO DO SISTEMA DE SUBTRANSMISSÃO (CRESCE MINAS) REQUISITOS OPERACIONAIS

Leia mais

Manual do Sistema de Gestão Ambiental - Instant Solutions. Manual do Sistema de Gestão Ambiental da empresa

Manual do Sistema de Gestão Ambiental - Instant Solutions. Manual do Sistema de Gestão Ambiental da empresa Manual do Sistema de Gestão Ambiental da empresa Data da Criação: 09/11/2012 Dara de revisão: 18/12/2012 1 - Sumário - 1. A Instant Solutions... 3 1.1. Perfil da empresa... 3 1.2. Responsabilidade ambiental...

Leia mais

INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL

INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL ATA DA 28ª REUNIÃO ORDINÁRIA DO CONSELHO DE PREVIDÊNCIA SOCIAL DA GERÊNCIA-EXECUTIVA DO INSS EM PELOTAS Data: 27/08/2013 Horário: 14 horas Local: Gerencia Executiva

Leia mais

SETE BRASIL PARTICIPAÇÕES S.A.

SETE BRASIL PARTICIPAÇÕES S.A. SETE BRASIL PARTICIPAÇÕES S.A. CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO REGIMENTO INTERNO DOS COMITÊS COMITÊ DE FINANÇAS E ORÇAMENTO APROVADO PELO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO EM 24 DE SETEMBRO DE 2014 SUMÁRIO I INTRODUÇÃO

Leia mais

Agenda Regulatória ANEEL 2014/2015 - Destaques

Agenda Regulatória ANEEL 2014/2015 - Destaques Agenda Regulatória ANEEL 2014/2015 - Destaques Carlos Alberto Mattar Superintendente - SRD 13 de março de 2014 Rio de Janeiro - RJ Sumário I. Balanço 2013 II. Pautas para GTDC - 2014 III. Principais audiências

Leia mais