LIVROS E AUTORES 2014

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "LIVROS E AUTORES 2014"

Transcrição

1 LIVROS E AUTORES º semestre Rio de Janeiro Av. Delfim Moreira / 102 Cep Rio de Janeiro, RJ, Brasil Tel: Nova York 30 Wall Street, 8th loor Nova York, Nova York Atlanta 3630 Peachtree Road, Suite 1025 Atlanta, Georgia Tel: (212) ax: (815) Skype: vbmliteraryagency

2 CO-AGENTES Ella Sher Agency Portugal, Espanha, Itália e Israel 2 Seas Agency Holanda e Escandinávia L Autre Agence rança Tassy Barham Agency todos os territórios exclusivamente para Edney Silvestre

3 QUE MISTÉRIOS TEM CLARICE Sergio ABRANCHES Clarice é uma autora de relativo sucesso, que ensina literatura e criação literária na universidade. eliz, aberta, mãe divorciada de um jovem casal, ambos profissionalmente bem situados. Quando seu médico lhe diz que ela tem um câncer terminal, Clarice escreve para seu filho, Jorge, e sua filha, Marina, e começa a preparar sua partida como se fosse para uma longa viagem. Lê seus livros preferidos, ouve música, passa tempo com os filhos, quietamente, sem queixas, mas sua memória trai sua calma. Ela começa a lembrar de uma criança que esquecera, uma estranha que invade sua mente e revolve pecados e segredos que deveriam permanecer enterrados. Agora ela tem que lidar com eles pela última vez, mas decide não revelá-los aos filhos. Depois de sua morte, é a vez de Marina e Jorge procurarem esses segredos, e eles descobrem mais do que gostariam de saber sobre o papel da mãe na história recente do país e por que ela sempre insistira na relatividade da verdade. Status/Publicação: A ser publicado pela Biblioteca Azul/Globo em O PELO NEGRO DO MEDO Sergio ABRANCHES Um romance sobre os medos e as paixões de um casal. Ele é escritor, ela, compositora. Passam um fim de semana na cidade colonial de Paraty, Brasil, na década de 80. Enquanto caminham pelas ruas seculares, recordam seus medos e suas paixões: suas relações fracassadas, suas vidas familiares tumultuadas. O tempo curto de um final de semana se expande e se torna uma expedição ao passado à medida que ambos são tomados pelas memórias de histórias que viveram ou ouviram contar, mergulhando em suas vidas, suas relações familiares e suas raízes ancestrais. A narrativa cobre décadas da história brasileira: de país rural a nação urbana; das esperanças da década de 50 à repressão da ditadura militar; das mulheres que negavam o amor e o sexo a mulheres que aprenderam a livremente saborear um e outro. Eles caminham, fazem amor, conversam. Trocam impressões sobre literatura, música, amor, perdas e felicidade. O medo, porém, está sempre a assombrá-los a cada esquina, revelando lados escuros e desconcertantes de si mesmos e de um ao outro. Status/Publicação: Publicado pela Record em O AUTOR Cientista político com PhD pela Universidade de Cornell, Sérgio Abranches é comentarista diário da rede de rádio CBN sobre Ecopolítica. Ele é cofundador de O Eco, uma agência de notícias ambientais dedicada a treinar jovens jornalistas na cobertura de temas do meio-ambiente e a facilitar o diálogo entre cientistas e jornalistas, com apoio da Avina e da Hewlett oundation. Em 2010, publicou Copenhagen: antes e depois, sua cobertura da conferência de cúpula sobre a mudança climática e a política global para o meio-ambiente. Sua reportagem sobre os muriquis (macaco-aranha), em coautoria com Miriam Leitão, recebeu o Prêmio SOS Mata Atlântica de jornalismo ambiental.

4 ENIGMAS DA PRIMAVERA João ALMINO O romance narra uma bela e bem construída história, passada entre 2011 e 2013, na qual sobressaem a qualidade da linguagem, a destreza dos diálogos, o frescor da voz de um jovem brasileiro de 20 anos em sua viagem de Brasília a Madri e Granada, confrontado com os dilemas e tensões do mundo contemporâneo, o papel das realidades virtuais, a desorientação identitária, a solidão e a fragilidade das relações sociais. Num misto de ficção e realidade, memória e imaginação, a história enfoca as crises do Oriente Médio, o Islã em suas várias facetas e os temas da tolerância e intolerância, ao mesmo tempo em que revê uma história mais antiga, a do reino árabe de Granada. No centro de tudo estão as várias revoltas dos jovens, entre as quais a árabe, a dos indignados e a dos brasileiros. Status/Publicação: Inédito no Brasil. Vendido para a Dalkey Archive Press (EUA) em CIDADE LIVRE João ALMINO Seis meses após a morte do pai, o narrador, João, reconta a conversa que teve com ele, durante sete noites, entre quatro paredes sujas (que ao final do livro o leitor entenderá serem a cela de uma prisão). A narrativa é uma tentativa de realizar um projeto fracassado do pai: recontar a fundação e construção de uma cidade, Brasília, entre 1956 e À medida que conta sua conversa com o pai, o narrador narra também suas memórias de infância na Cidade Livre, o vilarejo construído para receber os trabalhadores, engenheiros, empresários e aventureiros, além de seitas místicas, durante as obras para erguer a capital do Brasil. João tenta entender os crimes na vida do pai que o levaram à prisão e o que sucedeu ao projeto utópico de Brasília. Cidade livre conquistou o Prêmio Literário Zaffari & Bourbon de Melhor Romance publicado no Brasil entre maio de 2009 e maio de 2011 e foi finalista das premiações Jabuti e Portugal-Telecom. Status/Publicação: Publicado por Editora Record, 2010; Métailié (rança) com o título de Hotel Brasília em 2012; Dalkey Archive Press (EUA), O LIVRO DAS EMOÇÕES João ALMINO Em um Brasil do futuro, um fotógrafo cego reflete sobre a sequências de suas velhas fotografias. Isolando em sua memória os momentos nos quais foram feitas, tenta analisá-las como se usasse uma lente. Mas, desprovido da visão, o fotógrafo deve agora reconstruir suas experiências como uma série de instantâneos afetivos. O resultado é não só a descrição de uma imagem recordada, mas também a memória emocional que a imagem evoca. João Almino oferece aqui um retrato incisivo de um artista tentando fechar o vácuo entre visão objetiva e memória sentimental, folheando um catálogo de suas realizações e fracassos numa cidade universal, artificial, violenta, e tentando compor o quebra-cabeças que foi sua vida.

5 Uma resenha da Publishers Weekly afirmou: Almino consegue capturar a essência dessas fotografias solidão e desejo através da linguagem, e os leitores irão se solidarizar com o artista que nunca recebe o amor ou o respeito que procura e merece. O Bookorum disse que, sendo um existencialista à maneira de Clarice Lispector, Almino escreve dos confins da consciência do narrador numa prosa sem enfeites. Status/Publicação: Publicado por Editora Record; Dalkey Archive Press (EUA). AS CINCO ESTAÇÕES DO AMOR João ALMINO A crítica americana Marjorie Perloff define esse romance como brilhante e instigante. Para cumprir um pacto da juventude, Ana Kauffman, 55 anos, planeja uma festa para celebrar o novo milênio. À medida que velhos amigos reaparecem e a contagem regressiva se aproxima, o passado de Ana atravessa inúmeras, inesperadas revisões, a começar pela chegada de Berta, a nova persona de um antigo namorado, Norberto. Ambientada no caos da Brasília contemporânea onde mesmo as mais básicas coisas humanas, como amor, amizade, sexo e trabalho, tomam estranhas formas, a história de Ana é simultaneamente moderna e eterna. O livro cobre um período de três décadas. Prêmio Casa de Las Américas de João Almino produziu um quadro múltiplo, detalhado e historicamente ressonante. Michael Palmer, poeta americano. Status/Publicação: Publicado por Editora Record, 2003; Host Publications (EUA); Alfaguara (México); Corregidor (Argentina); Il Sirento (Itália) O AUTOR João Almino, cujos romances são altamente elogiados pela crítica brasileira, já conquistou alguns dos mais importantes prêmios literários. Está publicado internacionalmente e foi descrito pela olha de S. Paulo como um dos mais brilhantes autores de sua geração. Desde seu primeiro romance, os críticos reconheceram a qualidade e a originalidade de sua linguagem. Nas palavras do escritor mexicano Alberto Ruy Sanchez, ele é um autor único, que sabe chegar a profundas ideias sem sugar fora a vida de suas histórias. João Almino é também diplomata.

6 TANGO COM VIOLINO Eduardo ALVES DA COSTA Este magnífico romance descreve o dia-a-dia de Abeliano, professor aposentado de História da Arte que vive em um pequeno hotel num bairro decadente. Abeliano tem o hábito de pegar ônibus aleatoriamente com a esperança de que a jornada o revele algo de novo. O ônibus é o mundo, a realidade de cada dia, um navio de tolos, onde Abeliano passa grande parte do tempo ouvindo, observando, conversando. Trata-se de uma visão da terceira idade que foge ao tradicional padrão de hospitais, cadeiras de rodas, dor, depressão, desilusão. Abeliano e seus amigos são idosos que não envelheceram ainda, que continuam intensos e vibrantes apesar da morte que os espreita. Esta acompanha Abeliano aonde ele vai, conversa com ele sob vários disfarces, até a última cena, em que dançam tango no corredor de um ônibus parado em seu ponto final. Uma dança amigável e afetuosa, que não indica o fim da vida de Abeliano mas um novo começo para o qual ele se mostra cheio de energia. Status/Publicação: Publicado pela Editora Tordesilhas em março de P BALADA PARA OS ÚLTIMOS DIAS Eduardo ALVES DA COSTA Este poema de aproximadamente versos tem como tema a destruição da Terra pela degradação do meio ambiente. Com humor e ironia, o autor nos apresenta a ignorância, a cegueira e a arrogância humanas, desde a morte de Deus, proclamada por Nietzsche mas ocorrida muito antes, até os dias de hoje. De Adão e Eva aos dias atuais, seres humanos continuam destruindo o trabalho divino para satisfazer seus prazeres. Numa previsão tragicômica, assistimos a Veneza, Nova York, Amsterdã e outras cidades serem invadidas pela água, os níveis dos oceanos elevadíssimos devido ao aquecimento global. No fim, um chamado às tribos indígenas e aos espíritos do povo negro, que sempre souberam como assegurar a sobrevivência das espécies em diálogo com a natureza, apelo que se estende a toda humanidade, a fim de que se cumpra essa missão. Status/Publicação: Vendido à Geração Editorial, para ser publicado no segundo semestre de O AUTOR Poeta, escritor e pintor, Eduardo Alves da Costa nasceu em Niterói, no Estado do Rio, em ormado em Direito pela Universidade Presbiteriana Mackenzie (SP), trabalhou no Tribunal do Trabalho, o que o levou a concluir que Kafka não inventou nada, apenas observou atentamente a realidade. Seus poemas estão em várias antologias, entre elas Os 100 melhores poetas brasileiros do século (Geração Editorial). Eduardo já teve suas pinturas expostas em Paris, Haia, Amsterdã, Berlim, Bremen, Antuérpia, além da Pinacoteca de São Paulo e do Museu Nacional de Belas Artes. Em 2010, passou nove meses em Paris trabalhando num estúdio como convidado da Cité Internationale des Arts. Atualmente, vive em Picinguaba, pequena vila de pescadores no litoral norte de São Paulo.

7 N ANATOMIA DA EXPRESSÃO Maria Pia ANDREONI Este livro apresenta uma visão revolucionária sobre a corporeidade e oferece ferramentas preciosas para utilizar o corpo de maneira mais sábia. É um guia incomparável para compreender a organização muscular da expressão, em que cada sentimento tem seu lugar preciso na carne e ativa um determinado músculo responsável pela sua expressão. Desta forma, podemos mapear os afetos no corpo e aprender a contatá-los pela via física por meio da respiração e de movimentos. A consciência da expressão muscular é a chave para integrar a forma física aos conteúdos internos, ampliando o poder de comunicação. Na prática existe um oceano de distância entre o que pensamos e sentimos e o que expressamos. Entretanto, julgamos e somos julgados somente pelo que mostramos. A construção de uma imagem harmoniosa proporciona resultados concretos e rápidos no desempenho de qualquer campo de atividade, tornando a pessoa mais próspera e carismática. Quando reaprendemos a expressar pela via física, libertamos a pulsão do movimento e voltamos a ser bailarinos da expressão. Status/Publicação: Inédito. A AUTORA Maria Pia é terapeuta corporal, coach de atores e escritora. Ao longo de sua trajetória ela integrou sua vivência com a dança e artes cênicas aos estudos de metafísica, anatomia e movimento, combinados com a prática da meditação para elaborar um método que trabalha a expressão de forma holística. A técnica de Organização Muscular da Expressão baseia-se na interrelação entre os músculos e as emoções para criar uma imagem harmoniosa. Durante o processo de trabalho, os sentimentos, os movimentos, o gestual e a voz são elaborados em uma expressão única que interliga constantemente a carne e a psique. Maria Pia mora no Rio de Janeiro, e dirige a Usina de Expressão, lecionando seu método para artistas, empresários, terapeutas, público em geral e ministrando workshops no Brasil e no exterior.

8 ESTRANHOS NO AQUÁRIO Adriana ARMONY Às vésperas da virada do milênio, o jovem Benjamin contempla, através de um retângulo de vidro, as águas ondulantes de uma piscina onde corpos inconscientes do seu olhar se atravessam, lentos como o sono que o invade, até que algo penetra inesperadamente o vidro azulado. Tudo acontece tão rápido quanto a mudança que o atingirá em seguida: ao sair precipitadamente da pousada onde se hospeda com amigos, sofre um acidente de carro que o deixa com sequelas de locomoção e memória. Na luta para recuperá-lo, seus pais esbarram nas lacunas de uma memória ilhada num eterno presente, mas à medida que a narrativa recua no passado, mesclando lembranças e atualidade, percebe-se que o estado de Benjamin é consequência de um outro acidente, que envolve histórias e paixões mais antigas e profundas. Amor, traição, culpa e esperança se misturam e surpreendem em um romance emocionante sobre identidade e redenção. Status/Publicação: Publicado pela Editora Record em JUDITE NO PAÍS DO UTURO Adriana ARMONY O romance acompanha a trajetória de Judite, que emigra da Palestina para o Brasil após a Primeira Guerra Mundial. Com delicadeza literária, mas também rigor histórico, Adriana Armony apresenta três passagens da vida da personagem primeiro, Judite na Palestina, ainda moça; nos anos 40, em Além Paraíba, em Minas Gerais, onde se divide entre os filhos, o marido e uma paixão proibida; e, anos mais tarde, velha e viúva, no Rio de Janeiro, em Judite no país do futuro fala da capacidade do ser humano de sobreviver e se adaptar a novas realidades. Status/Publicação: Publicado pela Editora Record em A OME DE NELSON Adriana ARMONY Neste romance, a autora reinventa um episódio biográfico da juventude de Nelson Rodrigues, quando, rejeitado por sua amada Eros Volúsia e tuberculoso, passa uma temporada no Sanatório de Campos de Jordão entre moribundos da carne e da alma. Um suspeito narrador dostoievskiano conta como nessa Casa dos mortos Nelson escreve sua primeira peça, sublimando a doença em arte e formando, com surpreendente compaixão, a galeria de personagens tragicômicos que o tornou tão famoso e amado. Status/Publicação: Publicado pela Editora Record em 2005.

9 A AUTORA Adriana Armony nasceu no Rio de Janeiro, em É escritora, professora do Colégio Pedro II e doutora em Literatura Comparada pela URJ, com a tese Nelson Rodrigues, leitor de Dostoievsky. Além dos romances que publicou, Adriana organizou, com Tatiana Salem Levy, a coletânea Primos: histórias da herança árabe e judaica (2010), da qual também participa com um conto. O romance Estranhos no aquário foi premiado com a Bolsa de Criação Literária da Petrobras.

10 DOCE GABITO rancisco AZEVEDO Doce Gabito conta a história de Gabriela Garcia Marques, nascida em 1967, em meio à guerrilha rural do Araguaia. Depois da morte de seus pais pelos militares, ela se muda para o Rio de Janeiro com seu avô, Gregório, para viver semiclandestinamente na favela. Durante uma tempestade, um senhor simpático de grandes bigodes aparece em um sonho para convencê-la a deixar o barraco, que cai e mata Gregório. A partir desse episódio, a tortuosa vida de Gabriela envolve as dificuldades de ser criada pela tia, proprietária de um bordel; os sofrimentos da adolescência; a paixão por José Aureliano, um homem casado que a trata como prostituta; e a perda de lorentino, seu único verdadeiro amor, quando ela decide escrever suas memórias. Ao fundo, a fantástica história do Brasil na segunda metade do século XX e a presença constante de Gabriel García Márquez, apelidado Gabito, que aparece em sonhos para Gabriela sempre com conselhos preciosos. Status/Publicação: Publicado pela Editora Record em O ARROZ DE PALMA rancisco AZEVEDO Primeiro romance a lidar com a grande imigração portuguesa para o Brasil no século XX, O arroz de Palma narra a saga de uma família em busca de um futuro melhor. Durante os cem anos em que o leitor acompanha suas vidas, irmãos e irmãs brigam e fazem as pazes. Alguns casam bem, outros se separam. ilhos são motivo de preocupação e de felicidade. Ao longo da história, sempre lá, está o arroz jogado sobre o patriarca e a matriarca da família, José Custódio e Maria Romana, em seu casamento, em O arroz é o fio que liga a história, como uma trilha de farelos pelos labirintos da memória. Estreia literária do roteirista e dramaturgo rancisco Azevedo, O arroz de Palma é um romance delicado, com um quê de Isabel Allende, um entrecho sentimental que revela a nostalgia de um tempo em que as famílias eram sempre o porto seguro. No Brasil, um grande sucesso para a Record; já vendido para mais de uma dezena de editoras internacionais. Status/Publicação: Publicado pela Editora Record em Publicado pela DTV (Alemanha), La Columna (Catalunha), Espasa Calpa (Espanha), Autrement (rança), Mondadori (Itália), Cappelen Dam (Noruega), Porto Editora (Portugal), Carobna Knjiga (Sérvia) e Norstedts (Suécia). A sair pela Átria/Simon & Schuster (EUA) e Signatuur (Holanda), em maio e julho de 2014.

11 O AUTOR Dramaturgo, roteirista, poeta, romancista, ex-diplomata, rancisco José Alonso Vellozo Azevedo nasceu no Rio de Janeiro, em Suas peças Unha e carne e A casa de Anais Nin foram sucesso de público e crítica, produzidas no Brasil e no exterior. Seu primeiro romance, O arroz de Palma, encantou dezenas de milhares de leitores brasileiros, que se tornaram seus ardorosos divulgadores. Seu segundo romance, Doce Gabito, voltou a apaixonar seu leitores, reiterando sua carreira literária. O autor está agora mergulhado na escrita de seu terceiro romance, Os retalhos de Petra, que terminará de compor em 2014.

12 A CASA CAI Marcelo BACKES Um homem, que fugiu da vida a vida inteira, de repente perde o pai, com quem nunca se entendeu, e recebe uma herança vultosa, mas pantanosa, com a qual é obrigado a lidar, e que conta a história imobiliária do bairro do Leblon, um dos mais caros do mundo, e da cidade do Rio de Janeiro. Ao mesmo tempo, esse homem constrói uma casa para sua mulher, a mulher que também herdou do pai. E o faz, por humildade, justamente no pior lugar do pântano deixado pelo pai, a Selva de Pedra, construída sobre os escombros daquilo que um dia foi a Praia do Pinto, uma das favelas horizontais da Zona Sul do Rio, aniquilada como as outras para dar espaço à especulação imobiliária. Enquanto reforma seu ninho em meio aos dejetos do passado e do presente, desvenda seu passado, o passado terrível de seu pai e o passado da cidade e do país, o homem é obrigado a perceber que a verdadeira construção nada tem a ver com concreto armado, mas sim se dá por dentro, e que mesmo a arquitetura de um bairro só começa a ser armada de verdade quando tocada pelo afeto humano. Status/Publicação: A ser publicado pela Companhia das Letras em O ÚLTIMO MINUTo Marcelo BACKES Um treinador de futebol faz uma confissão, desnudando sua alma à medida que tenta compreender por que cometeu um crime terrível. Ele não ama seu filho, que não tem talento como jogador, mas por sentimento de culpa o seleciona para compor sua equipe, deixando no banco um competente centro-avante. Numa decisão de campeonato, pela primeira vez o treinador faz a escolha justa imediatamente antes de deixar o sangue correr. É um tolo que de repente quer mudar sua vida e percebe que o futebol toda sua vida só lhe trouxe desilusão e infortúnio. Nas idas e voltas de sua fuga da Justiça, ele descobre muito sobre o Brasil e suas mudanças recentes, percebe que o futebol é uma grande metáfora da vida e compreende um pouco da complexidade do mundo contemporâneo. À maneira de um Riobaldo, o narrador de Grande Sertão: Veredas, João, ao contar a sua história a outro, tenta dar-lhe um sentido. Mesmo se, em meio à narração, desconfie frequentemente de que a trajetória de uma pessoa possa de fato possuir essa coisa pomposa que chamamos de significado. Luiz Zanin Oricchio, O Estado de S. Paulo O último minuto não deixa de ser um baita romance, com o charme adicional de incorporar ousadamente fatos muito recentes da nossa história. Alfredo Monte, olha de S. Paulo Status/Publicação: Publicado pela Companhia das Letras em Vendido para a Del Vecchio Editore (Itália).

13 O AUTOR Nascido em 1973 em Campina das Missões, no sul do Brasil, Marcelo Backes completou seu doutorado em Estudos Românicos e Germânicos na Universidade de reiburg, depois de se formar em Jornalismo e Literatura Brasileira. É autor, tradutor e palestrante, tendo editado mais de vinte autores clássicos e contemporâneos internacionais, sempre no contexto de edições anotadas, incluindo Goethe, Schiller, Heine, Nietzsche, Kafka e Arthur Schnitzler. Em 2010, Backes ganhou uma bolsa de escritor da Academia de Artes de Berlim, onde escreveu O último minuto. Como autor, suas obras publicadas incluem dois romances; uma coleção de aforismos, epigramas e fragmentos narrativos; um livro de história da literatura alemã e sua tese de doutorado sobre Heine.

14 N ENTRE A CRUZ E O ARCO-ÍRIS Marília de CAMARGO CÉSAR Esta contundente e abrangente reportagem trata da relação entre os cristãos, sobretudo os evangélicos, e a homossexualidade. Por meio de pesquisas sólidas em fontes históricas, a autora procura a origem do pensamento de exclusão social e religiosa dos homossexuais pelos cristãos. Além disso, o livro expõe sentimentos e opiniões sobre o tema através de inúmeras entrevistas com religiosos, pastores, gays, familiares, historiadores, psicólogos, entre muitos outros, e o resultado é um mosaico de histórias profundamente humanas que mostram, além de argumentos e discussões em torno de questões polêmicas, muitos conflitos e atitudes causadoras de sofrimento. Status/Publicação: Publicado pela Gutenberg em N MARINA A VIDA POR UMA CAUSA Marília de CAMARGO CÉSAR Uma biografia de Marina Silva, ambientalista brasileira, ex-senadora e ex-ministra do Meio Ambiente, que foi nomeada pelo jornal The Guardian uma das 50 pessoas que poderiam salvar o planeta e definida por muitos brasileiros como a síntese de uma nova era. Com mais de 20 milhões de votos na eleição presidencial de 2010 na condição de candidata pelo Partido Verde, Marina Silva transformou sua vida em uma história inspiradora de fé e superação de adversidades. Nascida na selva amazônica, no Estado do Acre, era analfabeta até os 16 anos e logo em seguida conquistou um diploma em História depois de lutar contra graves doenças e preconceitos. O livro apresenta a sua infância pobre nos campos de borracha da Amazônia, sua juventude e luta pela sobrevivência, além do desejo de ser freira e seu posterior envolvimento com as comunidades eclesiais de base e os líderes seringueiros, como Chico Mendes, um de seus principais mentores. Sua comovente trajetória de vida retrata o trabalho e o idealismo de uma das mais inspiradoras líderes ambientais do mundo, alguém que nunca comprometeu sua visão alternativa de vida. Status/Publicação: Publicado pela Editora Mundo Cristão em A AUTORA Marília de Camargo César é jornalista e escritora. É autora também de eridos em nome de Deus (2009). Trabalhou na TV Globo, na Gazeta Mercantil, no Il Sole-24 Ore, principal jornal de economia e negócios da Itália, e faz parte da primeira equipe de jornalistas do Valor Econômico, maior jornal de economia da América Latina. Paulistana, é casada com André, tem duas filhas, Marina e Luiza, e vive atualmente em São Paulo.

15 EU NÃO SEI TER Marcelo CÂNDIDO Dois grandes amigos de infância, Justiano e Gregório, após um longo período de afastamento, reencontram-se numa situação terrível: em coma devido a um brutal acidente, Gregório vê sua vida nas mãos de Justo, que se encontra dividido entre defendê-lo ou processá-lo pelo acidente. A dúvida é alimentada ainda pelo ciúme de Justo quanto ao envolvimento neurótico e exaustivo de Cândida, grande amor de sua juventude, com Gregório. Este romance está sendo adaptado para o teatro. O terreno literário em que campeiam nomes como Roth e McEwan é quase inexplorado pela literatura brasileira de hoje. E o editor Marcelo Candido o faz com rara eficácia. olha de S. Paulo Status/Publicação: Publicado por Virgilae em O AUTOR Em mais de dez anos como editor, Marcelo Cândido teve a oportunidade de amadurecer seu talento literário nos processos editoriais com seus autores. Nascido em São Paulo, em 1965, passou mais de 15 anos em Itapeva, pequena cidade do interior. Trabalhou como CEO de várias companhias e como empresário, mas desde a infância teve os livros como sua grande paixão. Marcelo decidiu escrever seu primeiro romance com estilo contundente e muito humor, sempre questionando a incoerência da espécie humana. Atualmente, está trabalhando em seu segundo romance.

16 CRÔNICA DA CASA ASSASSINADA Lúcio CARDOSO A obra, cânone da literatura brasileira, narra a decadência dos Menezes, tradicional família de fazendeiros de Minas Gerais. Movidos por fortes sentimentos de inveja, incesto, desamor e ambição, os Menezes devoram-se uns aos outros até a mais completa desintegração financeira e moral da família. O fulcro da ação se dá no relacionamento amoroso entre Nina, mulher de um dos irmãos proprietários da fazenda, e o suposto filho deles, André. Com uma variedade de instrumentos literários como cartas, diários, memórias, depoimentos, confissões e relatos, o autor tece uma história complexa e extremamente envolvente, com um estilo de prosa único na literatura brasileira. Status/Publicação: Originalmente publicado em 1959, este clássico brasileiro está em sua 13a reedição pela Civilização Brasileira (braço do Grupo Record). Publicado em francês pela Métailié. Vendido para a Open Letter Books (EUA). O AUTOR Lúcio Cardoso ( ) é um dos principais escritores brasileiros do período entre 1930 e Além de escrever inúmeros romances e contos, atuou também como dramaturgo, poeta, jornalista, cineasta e pintor. Dentro da história da literatura brasileira, suas obras fazem uma análise subjetiva do eu moderno, trazendo à tona os dilemas e dramas pessoais que permeiam a percepção da existência coletiva. Lúcio Cardoso teve uma criação fortemente católica, e seus diários (republicados em 2012) relatam suas dúvidas e culpas decorrentes de sua homossexualidade. Como escritor, ele se afastou do realismo social, moda literária na década de 1930 no Brasil, e abriu as portas da literatura brasileira às obras introspectivas, como as de Clarice Lispector sua maior seguidora e admiradora. Cardoso também foi uma grande força para a renovação do teatro brasileiro na década de 1940, autor da primeira peça encenada pelo grupo Teatro Experimental do Negro, criado por Abdias do Nascimento. Apaixonado por cinema, escreveu Porto das Caixas, primeira produção do Cinema Novo brasileiro, filmada por Paulo Cesar Saraceni. Parcialmente paralisado por um derrame, em 1962, Lúcio Cardoso foi forçado a parar de escrever e a pintura foi o escape encontrado. Nas palavras de austo Wolff, ele começou a expressar em imagens o que já não podia dizer com palavras. Em 1966, Lúcio Cardoso foi agraciado com o Prêmio Machado de Assis, da Academia Brasileira de Letras, pelo conjunto de sua obra. Morreu dois anos depois, com 56 anos, em virtude de um segundo derrame.

17 O REMANESCENTE Rafael CARDOSO História e ficção se misturam na trajetória de Hugo Simon, banqueiro judeu, influente colecionador de arte, político socialista e uma figura de destaque na República de Weimar, declarado inimigo do Estado alemão em 1933, depois da ascensão de Hitler ao poder. ugindo inicialmente para Paris, Simon viu-se obrigado a procurar refúgio na América do Sul, depois da queda da rança para os nazistas em A história não contada de seu exílio no Brasil, onde sua estrada se cruza com a de outros exilados notáveis como Stefan Zweig e Georges Bernanos, oferece uma perspectiva única sobre os acontecimentos da Segunda Guerra Mundial. As experiências de Simon e sua família são o cerne da narrativa, que tem como pano de fundo o Brasil em rápida mutação. Do regime autoritário de Vargas nos anos 40 à ditadura militar da década de 60, o espectro do fascismo assombra na distância enquanto Simon, sua mulher Gertrude, suas duas filhas, seu genro artista e aventureiro, e seu neto todos eles enfrentam o desafio de construir uma nova vida a partir das ruínas daquela deixada para trás. Escrito pelo bisneto de Simon, este romance será uma verdadeira saga familiar de quatro gerações, iluminando um dos grandes temas do século XX: a luta do indivíduo para manter sua identidade diante das adversidades da História. Status/Publicação: Vendido para Companhia das Letras e para a ischer (Alemanha). ENTRE AS MULHERES Rafael CARDOSO Dezesseis histórias cada uma jogando o foco sobre um personagem feminino e um bairro do Rio de Janeiro compõem a tapeçaria da vida de uma grande cidade, observada dos múltiplos pontos de vista de suas habitantes. Os personagens vão de Maria, 93, forçada a lidar com mais um assalto à mão armada em sua casa, a Jade, seis anos de idade, deixada um dia aos cuidados do último namorado da mãe. Os bairros cobrem a gama dos extremos sociais do Rio, dos prédios de luxo de Ipanema e da Barra da Tijuca às favelas da periferia. Cada história captura um momento de virada na vida dessas mulheres: Renata, 34, recepcionista em um consultório de dentista que decide se vingar das infidelidades do marido; Helena, 16, que tem de escolher entre a excitação de um romance à Romeu e Julieta com um traficante e a existência de alta classe média de sua família; Jamilly, 25, lutando para se livrar da condição de prostituta; Rosana, 50, que tem o desafio de se livrar de um cadáver na véspera do casamento da filha; ou Mariellen, 24, filosofando sobre as dificuldades de ser jovem, gay e pobre. Seguindo esses fios, um personagem masculino misterioso, o DJ-cum-Casanova Rafael, é o toque final do quadro, entrando e saindo da vida dessas mulheres, em geral provocando o caos em seu caminho. Status/Publicação: Publicado pela Record em 2007, pela ischer (Alemanha) em 2013, e pela Siruela (Espanha), também em 2013.

18 O AUTOR Rafael Cardoso é escritor e historiador da arte, baseado no Rio de Janeiro. PhD em História da Arte pela Universidade de Londres, atua também como curador independente. Contribui amplamente para catálogos e periódicos no Brasil e no exterior e é autor, co-autor ou editor de dez livros: três títulos de ficção e sete de não ficção. Criado nos Estados Unidos, Rafael é bilíngue em inglês-português. Atualmente mora em Berlim, onde está vertendo O remanescente, originalmente escrito em inglês, para o português.

19 UMA LADEIRA PARA LUGAR NENHUM Marco CARVALHO Uma história de amor e desamor entre um padre branco e uma mulata casada, que flerta com o candomblé e com a superstição, tem lugar durante a demolição do Morro do Castelo, um símbolo da cidade do Rio de Janeiro. Neste romance, as nuances dessa relação amorosa fadada ao fracasso são narradas com leveza até o final insólito, mas poético e libertador, no qual o padre voa. Em paralelo, a crítica à prepotência com que as reformas urbanas foram impostas à população da cidade no início do século passado, culminando com o desmonte do morro onde se ergueram as primeiras construções oficiais do Rio, para marcar a reconquista pelos portugueses, em 1865, do território ocupado pelos franceses. Os cenários do Morro do Castelo com seus misteriosos subterrâneos, na parte central da cidade, nas primeiras décadas do século XX, descritos com requinte, e os percalços de duas pessoas com tantas limitações para viver o amor. Status/Publicação: A ser publicado pela Record em EIJOADA NO PARAÍSO A SAGA DE BESOURO, O CAPOEIRA Marco CARVALHO Este é o livro que deu origem a Besouro, um dos filmes brasileiros mais aguardados de 2009, cujo trailer foi visto por mais de pessoas no Youtube. Ícone da cultura popular baiana, o herói capoeirista Besouro ganha voz neste romance, contando os casos e histórias que o tornaram famoso. Ao misturar lenda, fantasia e realidade, Marco Carvalho mostra como um homem comum se transformou em personagem mítico. Status/Publicação: Publicado pela Record em I A LUA PARA PRINCIPIANTES Marco CARVALHO O livro, por meio de uma visão bem humorada e poética, conta histórias da lua: mostra suas fases Nova, Crescente, Cheia, Minguante, explica como é o movimento de rotação, eclipse e até o porquê de a lua ter crateras! Um livro singelo e de uma simplicidade que agrada principalmente aos novos leitores. Status/Publicação: Publicado pela Editora Compor em I ERA UMA VEZ UM OVO Marco CARVALHO Aqui é contada a história de uma pintinha que sai da casca e vai ganhar o mundo até virar galinha e por um ovo, e o ciclo da vida iniciar novamente. Brincando com a sonoridade das palavras, o cartunista e romancista Marco criou esse livro para crianças pequenas, mas a história também diverte e encanta adultos de todas as idades. Pela estrutura simples, o livro se mostra apropriado para a criança em fase de aprendizagem da leitura. Status/Publicação: Publicado pela Zit Editora em 2006.

20 THE AUTOR Marco Carvalho é carioca, cartunista da geração Pasquim e escritor. Iniciou sua carreira como desenhista publicitário, atuando em diversas agências do Rio de Janeiro. Publicou seus desenhos e charges em jornais como Jornal do Brasil e O Dia e colabora até hoje em diversos veículos de comunicação. Atualmente desenvolve projetos como redator e programador visual em seu estúdio, onde faz também criação e direção de arte.

É verdade que só começo um livro quando descubro uma pluma branca. Isso é um ritual que me impus apesar se só escrever uma vez cada dois anos.

É verdade que só começo um livro quando descubro uma pluma branca. Isso é um ritual que me impus apesar se só escrever uma vez cada dois anos. 1) Como está sendo a expectativa do escritor no lançamento do livro Ser como um rio que flui? Ele foi lançado em 2006 mas ainda não tinha sido publicado na língua portuguesa, a espera do livro pelos fãs

Leia mais

Xixi na Cama. Cara Professora, Caro Professor,

Xixi na Cama. Cara Professora, Caro Professor, Xixi na Cama Cara Professora, Caro Professor, Estamos oferecendo a você e a seus alunos mais um livro da coleção Revoluções: Xixi na Cama, do autor mineiro Drummond Amorim. Junto com a obra, estamos também

Leia mais

2007 Para Francisco livro em 2008 cinemas em 2015 Hoje Vou Assim 2013, lançou o livro Moda Intuitiva

2007 Para Francisco livro em 2008 cinemas em 2015 Hoje Vou Assim 2013, lançou o livro Moda Intuitiva CR I S G U E R R A p u b l i c i tá r i a, e s c r i to r a e pa l e s t r a N t e PERFIL Começou sua trajetória na internet em 2007, escrevendo o blog Para Francisco, que virou livro em 2008 e irá para

Leia mais

QUESTÃO 04 QUESTÃO 05

QUESTÃO 04 QUESTÃO 05 QUESTÃO 01 Arte abstrata é uma arte: a) que tem a intenção de representar figuras geométricas. b) que não pretende representar figuras ou objetos como realmente são. c) sequencial, como, por exemplo, a

Leia mais

apaixonados um pelo outro. Fábio é homossexual e tem em torno de 45 anos. Madalena também tem mais ou menos a mesma idade, e é heterossexual.

apaixonados um pelo outro. Fábio é homossexual e tem em torno de 45 anos. Madalena também tem mais ou menos a mesma idade, e é heterossexual. Apresentação Este projeto é simples e pretende levar para o público algo de elevado conteúdo artístico. O orçamento da pré-produção e da produção é pequeno, já que a peça será encenada por dois atores

Leia mais

Arcoverde: Páginas que Ninguém Leu 1. Aline de Souza Silva SIQUEIRA 2 Adriana Xavier Dória MATOS 3 Universidade Católica de Pernambuco, Recife, PE

Arcoverde: Páginas que Ninguém Leu 1. Aline de Souza Silva SIQUEIRA 2 Adriana Xavier Dória MATOS 3 Universidade Católica de Pernambuco, Recife, PE Arcoverde: Páginas que Ninguém Leu 1 Aline de Souza Silva SIQUEIRA 2 Adriana avier Dória MATOS 3 Universidade Católica de Pernambuco, Recife, PE RESUMO Este trabalho se propõe uma jornada Arcoverde adentro

Leia mais

Cara Professora, Caro Professor,

Cara Professora, Caro Professor, A olhinhos menina de rasgados Cara Professora, Caro Professor, Estamos oferecendo a você e a seus alunos um belo livro de narrativa A menina de olhinhos rasgados, do premiado autor mineiro Vanderlei Timóteo.

Leia mais

Por Daniel Favero (*) - 02 Nov 2011

Por Daniel Favero (*) - 02 Nov 2011 Por Daniel Favero (*) - 02 Nov 2011 Diferentemente do que se imagina, Dilma Rousseff não participou do maior roubo praticado por organizações de esquerda para financiar a luta armada contra a ditadura

Leia mais

OS DOZE TRABALHOS DE HÉRCULES

OS DOZE TRABALHOS DE HÉRCULES OS DOZE TRABALHOS DE HÉRCULES Introdução ao tema A importância da mitologia grega para a civilização ocidental é tão grande que, mesmo depois de séculos, ela continua presente no nosso imaginário. Muitas

Leia mais

2ª Etapa: Propor a redação de um conto de mistério utilizando os recursos identificados na primeira etapa da atividade.

2ª Etapa: Propor a redação de um conto de mistério utilizando os recursos identificados na primeira etapa da atividade. DRÁCULA Introdução ao tema Certamente, muitas das histórias que atraem a atenção dos jovens leitores são as narrativas de terror e mistério. Monstros, fantasmas e outras criaturas sobrenaturais sempre

Leia mais

Um grupo de alunos e uma professora. que decidiram escrever um livro...

Um grupo de alunos e uma professora. que decidiram escrever um livro... Um grupo de alunos e uma professora que decidiram escrever um livro... Tudo começou com um garoto chamado Luan que, num belo dia, resolveu compartilhar sua história... Luan Cardoso era um menino de apenas

Leia mais

Para pensar o. livro de imagens. Para pensar o Livro de imagens

Para pensar o. livro de imagens. Para pensar o Livro de imagens Para pensar o livro de imagens ROTEIROS PARA LEITURA LITERÁRIA Ligia Cademartori Para pensar o Livro de imagens 1 1 Texto visual Há livros compostos predominantemente por imagens que, postas em relação,

Leia mais

Tipo de atividade: Passeio/visita e redação. Objetivo: Conhecer alguns centros e templos religiosos existentes no bairro/cidade e desenvolver

Tipo de atividade: Passeio/visita e redação. Objetivo: Conhecer alguns centros e templos religiosos existentes no bairro/cidade e desenvolver A série Sagrado é composta por programas que, através de um recorte históricocultural, destacam diferentes pontos de vista das tradições religiosas. Dez representantes religiosos respondem aos questionamentos

Leia mais

JANELA SOBRE O SONHO

JANELA SOBRE O SONHO JANELA SOBRE O SONHO um roteiro de Rodrigo Robleño Copyright by Rodrigo Robleño Todos os direitos reservados E-mail: rodrigo@robleno.eu PERSONAGENS (Por ordem de aparição) Alice (já idosa). Alice menina(com

Leia mais

LECTIO DIVINA JESUS CHAMA SEUS DISCI PULOS

LECTIO DIVINA JESUS CHAMA SEUS DISCI PULOS LECTIO DIVINA JESUS CHAMA SEUS DISCI PULOS 1 TEXTO BÍBLICO - Lucas 6,12-19 (Fazer uma Oração ao Espírito Santo, ler o texto bíblico, fazer um momento de meditação, refletindo sobre os três verbos do texto

Leia mais

Projetos. Outubro 2012

Projetos. Outubro 2012 Projetos Outubro 2012 Assunto de gente grande para gente pequena. No mês de outubro os brasileiros foram às urnas para eleger prefeitos e vereadores e a Turma da Lagoa não poderia ficar fora deste grande

Leia mais

Edição: Rodrigo Amorim DESENHOS: Lavínya Vieira CORDEL: 1º ANO A 02

Edição: Rodrigo Amorim DESENHOS: Lavínya Vieira CORDEL: 1º ANO A 02 O Cordel, Paixão e Poesia: Castro Alves o poeta da Bahia foi feito pelos alunos do 1º ano A (IF Baiano campus Itapetinga). O cordel é uma grande homenagem ao grande poeta baiano Castro Alves, conhecido

Leia mais

Anexo 1: Integração da comunidade na República da Irlanda: um estudo de caso

Anexo 1: Integração da comunidade na República da Irlanda: um estudo de caso Integração da Comunidade 263 Anexo 1: Integração da comunidade na República da Irlanda: um estudo de caso Por haver uma grande diversidade, em termos do que pode ser feito em diferentes países e lugares,

Leia mais

Jussara Braga. Suplemento do professor Elaborado por Camila Tardelli da Silva. Ilustrações de Rogério Borges

Jussara Braga. Suplemento do professor Elaborado por Camila Tardelli da Silva. Ilustrações de Rogério Borges Jussara Braga Suplemento do professor Elaborado por Camila Tardelli da Silva Ilustrações de Rogério Borges 1 O desejo das águas é um livro poético escrito em prosa, mas cheio de poesia e lirismo. Por isso,

Leia mais

A Bíblia seja colocada em lugar de destaque, ao lado de uma vela acesa.

A Bíblia seja colocada em lugar de destaque, ao lado de uma vela acesa. Encontro com a Palavra Agosto/2011 Mês de setembro, mês da Bíblia 1 encontro Nosso Deus se revela Leitura Bíblica: Gn. 12, 1-4 A Bíblia seja colocada em lugar de destaque, ao lado de uma vela acesa. Boas

Leia mais

Projeto ESCOLA SEM DROGAS. Interpretando o texto Por trás das letras. Nome: Escola: Série: Título: Autor:

Projeto ESCOLA SEM DROGAS. Interpretando o texto Por trás das letras. Nome: Escola: Série: Título: Autor: Projeto ESCOLA SEM DROGAS Interpretando o texto Por trás das letras Nome: Escola: Série: Título: Autor: O que a capa do livro expressa para você? Capitulo 1 - Floresta Amazônia Por que a autora faz uma

Leia mais

"Palavra poética tem de chegar ao grau de brinquedo para ser séria."

Palavra poética tem de chegar ao grau de brinquedo para ser séria. "Palavra poética tem de chegar ao grau de brinquedo para ser séria." Manoel de Barros Cara Professora, Caro Professor, Primeiramente, queremos dar-lhe nossos parabéns por você ter sugerido ou estar pensando

Leia mais

A Bandeira Brasileira e Augusto Comte

A Bandeira Brasileira e Augusto Comte A Bandeira Brasileira e Augusto Comte Resumo Este documentário tem como ponto de partida um problema curioso: por que a frase Ordem e Progresso, de autoria de um filósofo francês, foi escolhida para constar

Leia mais

Formação. Edição 234 Agosto 2010 Título original: Nunca é tarde para gostar de ler

Formação. Edição 234 Agosto 2010 Título original: Nunca é tarde para gostar de ler Page 1 of 5 Formação Formação continuada Professores Prática Edição 234 Agosto 2010 Título original: Nunca é tarde para gostar de ler Muitos professores brasileiros não tiveram a chance de construir uma

Leia mais

Autor (a): Januária Alves

Autor (a): Januária Alves Nome do livro: Crescer não é perigoso Editora: Gaivota Autor (a): Januária Alves Ilustrações: Nireuda Maria Joana COMEÇO DO LIVRO Sempre no fim da tarde ela ouvia no volume máximo uma musica, pois queria

Leia mais

A criança preocupada. Claudia Mascarenhas Fernandes

A criança preocupada. Claudia Mascarenhas Fernandes A criança preocupada Claudia Mascarenhas Fernandes Em sua época Freud se perguntou o que queria uma mulher, devido ao enigma que essa posição subjetiva suscitava. Outras perguntas sempre fizeram da psicanálise

Leia mais

QUEM É ALICE CAYMMI? >> www.alicecaymmi.com.br

QUEM É ALICE CAYMMI? >> www.alicecaymmi.com.br QUEM É ALICE CAYMMI? A cantora e compositora carioca Alice Caymmi nasceu no dia 17 de março de 1990, na cidade do Rio de Janeiro. Neta de Dorival Caymmi, a musicista compõe desde os dez anos e começou

Leia mais

Contação de Histórias PEF

Contação de Histórias PEF Contação de Histórias PEF Qual a importância da narração oral? -Exerce influência tanto sobre aspectos intelectuais quanto emocionais da criança. -Tem a capacidade de estimular a imaginação, a criatividade

Leia mais

Caê é o remador carioca que vai. cruzar o Atlântico (Foto: Reprodução/Facebook) Por Gabriel Fricke. Rio de Janeiro

Caê é o remador carioca que vai. cruzar o Atlântico (Foto: Reprodução/Facebook) Por Gabriel Fricke. Rio de Janeiro Advogado larga emprego e vai cruzar Atlântico para financiar cura de câncer Inspirado em Amyr Klink e remando com mais sete estrangeiros, Caê Penna, que possui mestrado por Harvard, teve um amigo vitimado

Leia mais

Meditação Crianças de 10 a 11 anos NOME: DATA: 17/03/2013 A QUEDA. Versículos para Decorar (Estamos usando a Bíblia na Nova Versão Internacional NVI)

Meditação Crianças de 10 a 11 anos NOME: DATA: 17/03/2013 A QUEDA. Versículos para Decorar (Estamos usando a Bíblia na Nova Versão Internacional NVI) Meditação Crianças de 10 a 11 anos NOME: DATA: 17/03/2013 A QUEDA Versículos para Decorar (Estamos usando a Bíblia na Nova Versão Internacional NVI) 1 - Sei que sou pecador desde que nasci, sim, desde

Leia mais

ROMANTISMO PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS LITERÁRIAS

ROMANTISMO PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS LITERÁRIAS ROMANTISMO O Romantismo foi uma estética artística surgida no início do século XVIII, que provocou uma verdadeira revolução na produção literária da época. Retratando a força dos sentimentos, ela propôs

Leia mais

APOCALIP-SE. Marcelo Ferrari. 1 f i c i n a. 2ª edição - 1 de agosto de 2015. w w w. 1 f i c i n a. c o m. b r

APOCALIP-SE. Marcelo Ferrari. 1 f i c i n a. 2ª edição - 1 de agosto de 2015. w w w. 1 f i c i n a. c o m. b r APOCALIP-SE Marcelo Ferrari 1 f i c i n a 2ª edição - 1 de agosto de 2015 w w w. 1 f i c i n a. c o m. b r APOCALIP-SE Ser humano não é ser uma pessoa, ser humano é ser um aluno. Aluno de que e de quem?

Leia mais

1. A TRADIÇÃO REALISTA

1. A TRADIÇÃO REALISTA 1. A TRADIÇÃO REALISTA Se você alguma vez passou os olhos por um livro chamado Raízes do Brasil (1936)*, talvez tenha lido uma passagem famosa, que refere uma característica portuguesa que Sérgio Buarque

Leia mais

A soma será feita da seguinte forma:

A soma será feita da seguinte forma: TESTE VOCACIONAL Teste sua vocação Testes vocacionais não fazem milagres, não têm poder de apontar uma única profissão a ser seguida, mas são um bom norte acerca de aptidões e interesses. O questionário

Leia mais

LENDA DA COBRA GRANDE. Um roteiro de IVI SIBELI ROCHA DE BARROS DAIANE MONTEIRO POLIANA AGUIAR FERREIRA MARIA LUZIA RODRIGUES DA SILVA

LENDA DA COBRA GRANDE. Um roteiro de IVI SIBELI ROCHA DE BARROS DAIANE MONTEIRO POLIANA AGUIAR FERREIRA MARIA LUZIA RODRIGUES DA SILVA LENDA DA COBRA GRANDE Um roteiro de IVI SIBELI ROCHA DE BARROS DAIANE MONTEIRO POLIANA AGUIAR FERREIRA MARIA LUZIA RODRIGUES DA SILVA CRUZEIRO DO SUL, ACRE, 30 DE ABRIL DE 2012. OUTLINE Cena 1 Externa;

Leia mais

Menu. Comidas típicas. Contribuições para o Brasil e Ijuí. Significado da bandeira Árabe. Costumes

Menu. Comidas típicas. Contribuições para o Brasil e Ijuí. Significado da bandeira Árabe. Costumes Árabes Componentes: Sabrina, Lucille,Giovana, M, Lucas C, João Vitor Z, Samuel. Disciplina: Estudos Sociais, Informática Educativa, Língua Portuguesa. Professores: Uiliam Michael, Cristiane Keller, Daniele

Leia mais

Blecaute. EU SOU HEATHCLIFF Por Alexandre Laurence

Blecaute. EU SOU HEATHCLIFF Por Alexandre Laurence Ensaio EU SOU HEATHCLIFF Por Alexandre Laurence O desconcertante O Morro dos ventos uivantes, Wuthering heights em inglês original, escrito pela romancista inglesa Emily Brontë, até hoje assusta e comove

Leia mais

1. O feminino e a publicidade: em busca de sentido

1. O feminino e a publicidade: em busca de sentido 1. O feminino e a publicidade: em busca de sentido No estudo da Comunicação, a publicidade deve figurar como um dos campos de maior interesse para pesquisadores e críticos das Ciências Sociais e Humanas.

Leia mais

Tempos Antigos. Barroco e o Rococó

Tempos Antigos. Barroco e o Rococó Estes textos são produzidos sob patrocínio do Departamento Cultural da Clínica Naturale.Direitos são reservados. A publicação e redistribuição de qualquer conteúdo é proibida sem prévio consentimento.

Leia mais

ANÁLISE DO CONTO DE FADAS ENCANTADA

ANÁLISE DO CONTO DE FADAS ENCANTADA ANÁLISE DO CONTO DE FADAS ENCANTADA Andréa Nunes Ribeiro Marília Felix de Oliveira Lopes RESUMO: Este trabalho científico tem como objetivo analisar os contos de fadas e a conversão do in Magic para o

Leia mais

Um na Estrada Caio Riter

Um na Estrada Caio Riter Um na Estrada Caio Riter PROJETO DE LEITURA 1 O autor Caio Riter nasceu em 24 de dezembro, em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul. É bacharel em Comunicação Social, com habilitação em Jornalismo, pela Pontifícia

Leia mais

GENTE EDUCADA, CIDADE BONITA. Modelo de Projeto para Leopoldina Minas Gerais. Projeto de Atividades. 1º Edição

GENTE EDUCADA, CIDADE BONITA. Modelo de Projeto para Leopoldina Minas Gerais. Projeto de Atividades. 1º Edição GENTE EDUCADA, CIDADE BONITA Projeto de Atividades 1º Edição Modelo de Projeto para Leopoldina Minas Gerais 1. INTRODUÇÃO A educação atualmente não pode se restringir apenas ao ambiente escolar, o estudante

Leia mais

Um grande abraço! Equipe Central de Produção Na Passagem

Um grande abraço! Equipe Central de Produção Na Passagem É com muito prazer que apresentamos o Catálogo Brincante, uma iniciativa do Polo Criativo Na Passagem. Reunimos trabalhos de artistas que mergulham na essência da infância para construir propostas de trabalhos

Leia mais

Evolução Filmes e Processo Multiartes Grafo Audiovisual, Par ou Ímpar e Off Beat apresentam

Evolução Filmes e Processo Multiartes Grafo Audiovisual, Par ou Ímpar e Off Beat apresentam Evolução Filmes e Processo Multiartes Grafo Audiovisual, Par ou Ímpar e Off Beat apresentam direção_adriano Esturilho e Fábio Allon Longa-metragem digital de ficção contemplado pelo Prêmio Estadual de

Leia mais

Aprenda nesta quinta aula a montar um roteiro para não perder os momentos importantes com os noivos no altar

Aprenda nesta quinta aula a montar um roteiro para não perder os momentos importantes com os noivos no altar Técnica&Prática Fotografia Social O fotógrafo de casamento deve estar preparado para captar todos os tipos de emoções e explorar os mais diversos ângulos da cerimônia religiosa As dicas para fotografar

Leia mais

A EDUCAÇÃO E A BUSCA PELA PAZ ENTREVISTA COM PROFESSOR PIERRE WEIL

A EDUCAÇÃO E A BUSCA PELA PAZ ENTREVISTA COM PROFESSOR PIERRE WEIL A EDUCAÇÃO E A BUSCA PELA PAZ ENTREVISTA COM PROFESSOR PIERRE WEIL Por: Daniela Borges Lima de Souza1 e Bruno Mourão Paiva2 Francês, nascido em 1924, o professor Pierre Weil é escritor, educador e psicólogo

Leia mais

Veio Gente. Símbolo Veio Gente Detalhamento. - Concepção.

Veio Gente. Símbolo Veio Gente Detalhamento. - Concepção. Símbolo Veio Gente Detalhamento - Concepção. A concepção do símbolo do projeto Veio Gente nasceu das explicações da idéia e do conceito do evento durante conversas que tive com a Cris, principalmente a

Leia mais

Fotografias de Raquel Porto

Fotografias de Raquel Porto Fotografias de Raquel Porto A RAPARIGA QUE SABIA ANTES Não se lembra da primeira vez que aconteceu. Foi talvez na infância, não se lembra ao certo. Para ela sempre foi assim. Vê as coisas acontecerem antes

Leia mais

Os encontros de Jesus. sede de Deus

Os encontros de Jesus. sede de Deus Os encontros de Jesus 1 Jo 4 sede de Deus 5 Ele chegou a uma cidade da Samaria, chamada Sicar, que ficava perto das terras que Jacó tinha dado ao seu filho José. 6 Ali ficava o poço de Jacó. Era mais ou

Leia mais

EDUCAÇÃO RELIGIOSA 7º ANO 17B, C

EDUCAÇÃO RELIGIOSA 7º ANO 17B, C EDUCAÇÃO RELIGIOSA 7º ANO 17B, C CONTEÚDOS DO EXAME Líderes religiosos, Motivação e Liderança Convivência com o grupo; Amizade e sentido de grupo Os projetos Solidários; O que é um projeto? Olhares sobre

Leia mais

PROPOSTA PEDAGÓGICA. Elaborada por Ana Carolina Carvalho

PROPOSTA PEDAGÓGICA. Elaborada por Ana Carolina Carvalho PROPOSTA PEDAGÓGICA Elaborada por Ana Carolina Carvalho PROPOSTA PEDAGÓGICA Crianças do Brasil Suas histórias, seus brinquedos, seus sonhos elaborada por ANA CAROLINA CARVALHO livro de JOSÉ SANTOS ilustrações

Leia mais

LUÍS REIS TORGAL. SUB Hamburg A/522454 ESTADO NOVO. Ensaios de História Política e Cultural [ 2. IMPRENSA DA UNIVERSIDADE DE COIMBRA

LUÍS REIS TORGAL. SUB Hamburg A/522454 ESTADO NOVO. Ensaios de História Política e Cultural [ 2. IMPRENSA DA UNIVERSIDADE DE COIMBRA LUÍS REIS TORGAL SUB Hamburg A/522454 ESTADOS NOVOS ESTADO NOVO Ensaios de História Política e Cultural [ 2. a E D I Ç Ã O R E V I S T A ] I u IMPRENSA DA UNIVERSIDADE DE COIMBRA 2 0 0 9 ' C O I M B R

Leia mais

1. Porque eu te amo nunca será suficiente 2. Porque a cada dia você me conquista mais e de um jeito novo 3. Porque a ciência não tem como explicar

1. Porque eu te amo nunca será suficiente 2. Porque a cada dia você me conquista mais e de um jeito novo 3. Porque a ciência não tem como explicar 1. Porque eu te amo nunca será suficiente 2. Porque a cada dia você me conquista mais e de um jeito novo 3. Porque a ciência não tem como explicar nosso amor 4. Porque a gente discute nossos problemas

Leia mais

102º Fórum do Comitê da Cultura de Paz parceria UNESCO Palas Athena. Janusz Korczak. Uma vida que se renova nos direitos de cada criança

102º Fórum do Comitê da Cultura de Paz parceria UNESCO Palas Athena. Janusz Korczak. Uma vida que se renova nos direitos de cada criança 102º Fórum do Comitê da Cultura de Paz parceria UNESCO Palas Athena Janusz Korczak Uma vida que se renova nos direitos de cada criança Henryk Goldszmit nasceu em Varsóvia, em 1877 De família judaica liberal,

Leia mais

Jaime Wright por Dom Paulo Evaristo Arns

Jaime Wright por Dom Paulo Evaristo Arns Jaime Wright por Dom Paulo Evaristo Arns "Éramos dois contratados de Deus" JOSÉ MARIA MAYRINK (Jornal do Brasil - 13/6/99) SÃO PAULO - Campeão da defesa dos direitos humanos durante os anos da ditadura

Leia mais

Sumário. Prefácio...3. 1. As evidências da ressurreição de Cristo...5. 2. Se Jesus está vivo, onde posso encontrá-lo?...15

Sumário. Prefácio...3. 1. As evidências da ressurreição de Cristo...5. 2. Se Jesus está vivo, onde posso encontrá-lo?...15 1 Sumário Prefácio...3 1. As evidências da ressurreição de Cristo...5 2. Se Jesus está vivo, onde posso encontrá-lo?...15 Comunidade Presbiteriana Chácara Primavera Ministério de Grupos Pequenos Março

Leia mais

MISSÃO NA CIDADE UM NOVO OLHAR. Por que você deve dar este estudo

MISSÃO NA CIDADE UM NOVO OLHAR. Por que você deve dar este estudo 31 4 MISSÃO NA CIDADE UM NOVO OLHAR Por que você deve dar este estudo Chegamos ao último estudo de nossa série de 11 anos. Ao longo desses encontros, conversamos sob a luz do texto de Mateus 28.19-20a,

Leia mais

"Maria!"! !!!!!!!! Carta!de!Pentecostes!2015! Abade!Geral!OCist!

Maria!! !!!!!!!! Carta!de!Pentecostes!2015! Abade!Geral!OCist! CartadePentecostes2015 AbadeGeralOCist "Maria" Carissimos, vos escrevo repensando na Semana Santa que passei em Jerusalém, na Basílica do Santo Sepulcro, hóspede dos Franciscanos. Colhi esta ocasião para

Leia mais

Os Setes CélebresC. Sete Dias da Semana. Cores do Arco-Íris.

Os Setes CélebresC. Sete Dias da Semana. Cores do Arco-Íris. Ciclo dos Sete Anos O Número N Sete Esse número n é venerado háh mais de 3.000 anos por razões sacerdotais, desde os tempos da antiga Babilônia. Em todos os livros sagrados, de todas as religiões, o número

Leia mais

A CENA SE FEZ OVO E HABITOU ENTRE NÓS

A CENA SE FEZ OVO E HABITOU ENTRE NÓS A CENA SE FEZ OVO E HABITOU ENTRE NÓS Ismael Scheffler Universidade Tecnológica Federal do Paraná UTFPR Processo de criação, dramaturgia, pesquisa sonora e corporal. Introdução Em março de 2006, estreou

Leia mais

ROMANTISMO NO BRASIL - PROSA

ROMANTISMO NO BRASIL - PROSA AULA 12 LITERATURA PROFª Edna Prado ROMANTISMO NO BRASIL - PROSA Na aula passada nós estudamos as principais características da poesia romântica no Brasil.Vimos o fenômeno das três gerações românticas:

Leia mais

CMCJ/DF e Circuito da Criança curtem o Cirque du Soleil

CMCJ/DF e Circuito da Criança curtem o Cirque du Soleil Brasília, 22 de agosto de 2013 CMCJ/DF e Circuito da Criança curtem o Cirque du Soleil No dia 9 de agosto, as crianças e adolescentes do Centro Marista Circuito Jovem e Centro Marista Circuito da Criança

Leia mais

Manual de Respostas do Álbum Líturgico- catequético No Caminho de Jesus [Ano B 2015]

Manual de Respostas do Álbum Líturgico- catequético No Caminho de Jesus [Ano B 2015] 1 Manual de Respostas do Álbum Líturgico- catequético No Caminho de Jesus [Ano B 2015] Página 9 Na ilustração, Jesus está sob a árvore. Página 10 Rezar/orar. Página 11 Amizade, humildade, fé, solidariedade,

Leia mais

SANTA TERESA DE JESUS, UMA APROXIMAÇÃO PEDAGÓGICO-PASTORAL Por ocasião do V Centenário do Nascimento de Santa Teresa de Jesus, o Colégio Teresiano

SANTA TERESA DE JESUS, UMA APROXIMAÇÃO PEDAGÓGICO-PASTORAL Por ocasião do V Centenário do Nascimento de Santa Teresa de Jesus, o Colégio Teresiano 1 SANTA TERESA DE JESUS, UMA APROXIMAÇÃO PEDAGÓGICO-PASTORAL Por ocasião do V Centenário do Nascimento de Santa Teresa de Jesus, o Colégio Teresiano assumiu o compromisso de fazer memória da vida singular

Leia mais

UMA POÉTICA DOS ESPELHOS: UM ESTUDO COMPARATIVO ENTRE OS CONTOS O ESPELHO, DE MACHADO DE ASSIS E GUIMARÃES ROSA

UMA POÉTICA DOS ESPELHOS: UM ESTUDO COMPARATIVO ENTRE OS CONTOS O ESPELHO, DE MACHADO DE ASSIS E GUIMARÃES ROSA UMA POÉTICA DOS ESPELHOS: UM ESTUDO COMPARATIVO ENTRE OS CONTOS O ESPELHO, DE MACHADO DE ASSIS E GUIMARÃES ROSA Glenda Duarte 1 glenda_idilios@hotmail.com O principal objetivo deste ensaio é a realização

Leia mais

YUME : NARRATIVAS MÍTICAS DE KUROSAWA

YUME : NARRATIVAS MÍTICAS DE KUROSAWA YUME : NARRATIVAS MÍTICAS DE KUROSAWA CAVALHEIRO, Kaline (UNIOESTE G/Pibic - CNPq) DIAS, Acir (UNIOESTE Orientador) RESUMO: O presente trabalho tem como objeto o estudo da cultura, mitos e imagens presentes

Leia mais

VIVER ALÉM DA RELIGIOSIDADE

VIVER ALÉM DA RELIGIOSIDADE VIVER ALÉM DA RELIGIOSIDADE É Preciso saber Viver Interpretando A vida na perspectiva da Espiritualidade Cristã Quem espera que a vida seja feita de ilusão Pode até ficar maluco ou morrer na solidão É

Leia mais

Teatro O Santo e a Porca ( 1957)

Teatro O Santo e a Porca ( 1957) Modernismo Teatro O Santo e a Porca ( 1957) Biografia Ariano Suassuna (1927-2014) foi um escritor brasileiro. "O Auto da Compadecida", sua obra prima, foi adaptada para a televisão e para o cinema. Sua

Leia mais

De volta para casa. Game Design Document. Versão: 2.0. Alessandra RA 1385789. Aline RA 1382286. Allan RA 1385006. Fabio RA 1385806.

De volta para casa. Game Design Document. Versão: 2.0. Alessandra RA 1385789. Aline RA 1382286. Allan RA 1385006. Fabio RA 1385806. De volta para casa Game Design Document Versão: 2.0 Professor Orientador: Esp. Marcelo Henrique dos Santos Autores: Alessandra RA 1385789 Aline RA 1382286 Allan RA 1385006 Fabio RA 1385806 Iris RA 1383599

Leia mais

Poética & Filosofia Cultural - Chico Xavier & Dalai Lama

Poética & Filosofia Cultural - Chico Xavier & Dalai Lama Page 1 of 6 Tudo Bem! Universidade Federal do Amapá Pró-Reitoria de Ensino de Graduação Curso de Licenciatura Plena em Pedagogia Disciplina: Filosofia Cultural Educador: João Nascimento Borges Filho Poética

Leia mais

Dalcídio Jurandir inspira projeto teatral Por Luciana Medeiros, colaboradora do Guiart

Dalcídio Jurandir inspira projeto teatral Por Luciana Medeiros, colaboradora do Guiart Dalcídio Jurandir inspira projeto teatral Por Luciana Medeiros, colaboradora do Guiart Ponta de Pedras, ilha do Marajó, Pará, 10 de janeiro de 1909. Nasce ali e naquela data uma das maiores expressões

Leia mais

DATAS COMEMORATIVAS. FESTAS JUNINAS 12 de junho Santo Antônio 24 de junho São João 29 de junho São Pedro

DATAS COMEMORATIVAS. FESTAS JUNINAS 12 de junho Santo Antônio 24 de junho São João 29 de junho São Pedro FESTAS JUNINAS 12 de junho Santo Antônio 24 de junho São João 29 de junho São Pedro As festas juninas fazem parte da tradição católica, mas em muitos lugares essas festas perderam essa característica.

Leia mais

tartarugas marinhas a viagem

tartarugas marinhas a viagem musical infantil tartarugas marinhas a viagem Era uma vez uma tartaruga marinha que era famosa pelas suas migrações de milhares de quilómetros. A magnífica história da sua vida era pouco conhecida e muito

Leia mais

1º. Pregação: Tema: Desde o pecado de Adão e Eva somos curados por Deus

1º. Pregação: Tema: Desde o pecado de Adão e Eva somos curados por Deus SEMINÁRIO DE VIDA NO ESPÍRITO Tema geral: Cura Interior Autor: Pe. Fernando PREGAÇÃO: Tema: Curados para Amar Senhor se queres podes me curar Mt. 8, 1-4 1º. Pregação: Tema: Desde o pecado de Adão e Eva

Leia mais

Charles é um ser totalmente atrasado em relação à sociedade em que vive. Veio do interior e fica admirado com a imensidão da cidade grande.

Charles é um ser totalmente atrasado em relação à sociedade em que vive. Veio do interior e fica admirado com a imensidão da cidade grande. TEMPOS MODERNOS UM FILME DE Jeander Cristian, baseado na obra original de Charlie Chaplin. Pessoas apressadas andam pela cidade grande Tempo é dinheiro! Pessoas acessam informações em tempo recorde na

Leia mais

Roteiro para ser feliz no amor

Roteiro para ser feliz no amor Flavio Gikovate Roteiro para ser feliz no amor 1.O amor é um sentimento que faz parte da "felicidade democrática", aquela que é acessível a todos nós. É democrática a felicidade que deriva de nos sentirmos

Leia mais

2014 Agosto Ed. 15 1

2014 Agosto Ed. 15 1 2014 Agosto Ed. 15 1 2 2014 Agosto Ed. 15 Editorial Caros assinantes, Como sinalizamos na edição de julho, esta edição fala sobre Felicidade. Começar a construir uma edição abordando um tema tão profundo

Leia mais

Carta pela Paz no Mundo

Carta pela Paz no Mundo Carta pela Paz no Mundo Marcus De Mario Esta carta é ao mesmo tempo um apelo à razão e à emoção, procurando falar às mentes e aos corações de todos os homens e mulheres da humanidade, da criança ao idoso,

Leia mais

SEMANA DO SERVIDOR PÚBLICO sugestão de palestrantes. Otimize seu orçamento e mantenha um bom nível de palestrantes.

SEMANA DO SERVIDOR PÚBLICO sugestão de palestrantes. Otimize seu orçamento e mantenha um bom nível de palestrantes. SEMANA DO SERVIDOR PÚBLICO sugestão de palestrantes Otimize seu orçamento e mantenha um bom nível de palestrantes. resultados positivos para os servidores? qualidade de vida fernando rocha wesley schunk

Leia mais

Escolha PNBE 2005 Catálogo acervo 15

Escolha PNBE 2005 Catálogo acervo 15 101317 O toque de ouro Nathaniel Hawthorne Editora 34 O rei Midas acreditava que a maior felicidade da vida seria deixar para sua filha um reino repleto de ouro. Com essa idéia na cabeça faz um pedido

Leia mais

REVENDO A VISÃO E A NOSSA ESTRUTURA

REVENDO A VISÃO E A NOSSA ESTRUTURA AS CINCO FUNÇÕES ESSENCIAIS DA CÉLULA REVENDO A VISÃO E A NOSSA ESTRUTURA A célula tem muitas funções na igreja local, mas queremos ver o que na nossa opinião seriam as funções mais essenciais e indispensáveis.

Leia mais

Amor o fruto da maturidade

Amor o fruto da maturidade Amor o fruto da maturidade TEXTO BÍBLICO BÁSICO I Coríntios 13.1-10 1 - Ainda que eu falasse as línguas dos homens e dos anjos, e não tivesse amor, seria como o metal que soa ou como o sino que tine. 2

Leia mais

O Pequeno Mundo de Maria Lúcia

O Pequeno Mundo de Maria Lúcia Eric Ponty O Pequeno Mundo de Maria Lúcia Pinturas de Fernando Campos [2005] Virtual Book s Numa noite de outubro a pequena Maria Lúcia viu o azul do céu escuro da tarde um homem andando de bicicleta.

Leia mais

Entrevistada por Maria Augusta Silva [EM 1999, NA OCASIÃO DO LANÇAMENTO DO LIVRO ROSAS DA CHINA ]

Entrevistada por Maria Augusta Silva [EM 1999, NA OCASIÃO DO LANÇAMENTO DO LIVRO ROSAS DA CHINA ] ANA MAFALDA LEITE Entrevistada por Maria Augusta Silva [EM 1999, NA OCASIÃO DO LANÇAMENTO DO LIVRO ROSAS DA CHINA ] Um dizer poético pleno. Professora e poeta luso-moçambicana encantada por Florbela Espanca,

Leia mais

coleção Conversas #10 - junho 2014 - Respostas que podem estar sendo feitas para algumas perguntas Garoto de Programa por um.

coleção Conversas #10 - junho 2014 - Respostas que podem estar sendo feitas para algumas perguntas Garoto de Programa por um. coleção Conversas #10 - junho 2014 - Eu sou Estou garoto num de programa. caminho errado? Respostas para algumas perguntas que podem estar sendo feitas Garoto de Programa por um. A Coleção CONVERSAS da

Leia mais

ESCOLA E SONHO E VAN GOGH E VIDA... OU, POR QUE AINDA VALE A PENA SONHAR COM A EDUCAÇÃO?

ESCOLA E SONHO E VAN GOGH E VIDA... OU, POR QUE AINDA VALE A PENA SONHAR COM A EDUCAÇÃO? ESCOLA E SONHO E VAN GOGH E VIDA... OU, POR QUE AINDA VALE A PENA SONHAR COM A EDUCAÇÃO? Carlos Eduardo Ferraço Marco Antonio Oliva Gomes DIALOGANDO COM UM SONHO DE KUROSAWA Escolhemos o sonho Corvos de

Leia mais

Apresentação É com muita alegria que apresento a vocês, amados leitores, esta nova edição revisada e atualizada de meu primeiro livro-filho sobre o tema da evolução humana que trata das novas gerações,

Leia mais

Encontrando uma tábua de salvação, 13 O exercício do luto, 17 A folha de bordo cor de prata: uma pequena história, 19

Encontrando uma tábua de salvação, 13 O exercício do luto, 17 A folha de bordo cor de prata: uma pequena história, 19 Sumário Introdução, 11 Encontrando uma tábua de salvação, 13 O exercício do luto, 17 A folha de bordo cor de prata: uma pequena história, 19 Vencendo os obstáculos, 27 Pau e pedra, 31 Fortalecendo os laços,

Leia mais

LEITURA ORANTE DA BÍBLIA. Um encontro com Deus vivo

LEITURA ORANTE DA BÍBLIA. Um encontro com Deus vivo LEITURA ORANTE DA BÍBLIA Um encontro com Deus vivo A quem nós iremos, Senhor? Tu tens palavras de vida eterna. (Jo 6,68) Recordando a história... A leitura orante da Palavra é uma tentativa de responder

Leia mais

A Bíblia. J. Gresham Machen

A Bíblia. J. Gresham Machen 1 A Bíblia J. Gresham Machen Já observamos que o liberalismo moderno perdeu de vista os dois grandes pressupostos da mensagem cristã o Deus vivo e o fato do pecado. Tanto a doutrina liberal de Deus quanto

Leia mais

ESCOLA ESTADUAL AUGUSTO AIRES DA MATA MACHADO. MATÉRIA: LÍNGUA PORTUGUESA. PROF.: MARCÉLIA ALVES RANULFO ASSUNTO: PRODUÇÃO DE TEXTO.

ESCOLA ESTADUAL AUGUSTO AIRES DA MATA MACHADO. MATÉRIA: LÍNGUA PORTUGUESA. PROF.: MARCÉLIA ALVES RANULFO ASSUNTO: PRODUÇÃO DE TEXTO. PROF.: MARCÉLIA ALVES RANULFO ALUNO: Victor Maykon Oliveira Silva TURMA: 6º ANO A ÁGUA A água é muito importante para nossa vida. Não devemos desperdiçar. Se você soubesse como ela é boa! Mata a sede de

Leia mais

IDENTIDADE E AUTORRETRATO

IDENTIDADE E AUTORRETRATO IDENTIDADE E AUTORRETRATO Greice Silveira Monica Neves Rodrigues Justificativa O desenho é de grande importância na construção da identidade da criança, colocando-a presente no mundo, criando relações

Leia mais

Porque Galeano escreve, eu sonho, porque sonho, eu não sou...

Porque Galeano escreve, eu sonho, porque sonho, eu não sou... Léolo, o personagem do belíssimo filme de Jean-Claude Lauzon, cercado pela loucura e pelo horror, repetia: Porque eu sonho, não estou louco, porque eu sonho, eu não sou... Galeano compartilha conosco um

Leia mais

Seis mulheres e o único desejo: um futuro diferente Entrevistadas denunciam desigualdade velada

Seis mulheres e o único desejo: um futuro diferente Entrevistadas denunciam desigualdade velada Terça-feira, 11 de março de 2014 Seis mulheres e o único desejo: um futuro diferente Entrevistadas denunciam desigualdade velada Nádia Junqueira Goiânia - Dalila tem 15 anos, estuda o 2º ano no Colégio

Leia mais

Bernardo Carvalho, madeira de lei

Bernardo Carvalho, madeira de lei Bernardo Carvalho, madeira de lei por Moisés Neto O escritor Bernardo Carvalho nasceu no Rio de Janeiro, vive em São Paulo, mas para ele é fundamental o sentimento de não pertencer a um lugar, um certo

Leia mais

A palavra APOCALIPSE vem do grego e significa REVELAÇÃO. O livro não revela o fim do mundo, mas trata-se de um livro sobre as revelações de Jesus

A palavra APOCALIPSE vem do grego e significa REVELAÇÃO. O livro não revela o fim do mundo, mas trata-se de um livro sobre as revelações de Jesus - Oi, dona Jurema, como vai? - Tudo bem, e o senhor? - Dona Jurema, a senhora que lê a Bíblia, do que mais gosta? - Ah! Gosto do Apocalipse. O meu entendimento é fraco, mas, esse livro me traz conforto

Leia mais

A Cobronça, a Princesa e a Surpresa

A Cobronça, a Princesa e a Surpresa elaboração: PROF. DR. JOSÉ NICOLAU GREGORIN FILHO A Cobronça, a Princesa e a Surpresa escrito por & ilustrado por Celso Linck Fê Os Projetos de Leitura: concepção Buscando o oferecimento de subsídios práticos

Leia mais

5º Ano O amor é paciente. (I Coríntios 13:4 a)

5º Ano O amor é paciente. (I Coríntios 13:4 a) 5º Ano Roteiro Semanal de Atividades de Casa (13 a 17 de Maio 2013) NA TEIA DA ARANHA Resolva as operações, pinte a trilha que o resultado seja 67 e descubra o inseto que caiu na teia da aranha. O inseto

Leia mais

Teatro para Crianças Teatro Marista - 14 horas

Teatro para Crianças Teatro Marista - 14 horas 06/11 (quinta-feira) 14h Espetáculo: UM, DOIS, TRÊS: ALICE Autor: Max Reinert Direção: Max Reinert Grupo: Tépis Cia. de Teatro Cidade: Itajaí SC Duração: 45 minutos Classificação: Crianças de 06 a 12 anos

Leia mais

Lições de Disney para o Memorial do Ferro

Lições de Disney para o Memorial do Ferro Lições de Disney para o Memorial do Ferro Cláudio de Moura Castro Faz uns cinco anos, o grupo Disney contratou três figuras do mundo acadêmico para uma tarefa bastante curiosa. Receberam um contrato para

Leia mais