Catálogo da Formação 1/15

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Catálogo da Formação 1/15"

Transcrição

1 2014 Catálogo da Formação BioConnection-Consultoria e Formação, Lda. Edifício CiDEB-Escola Superior de Biotecnologia Rua Dr. António Bernardino de Almeida Porto Contactos: / M: /15

2 A EMPRESA A BioConnection - Consultoria e Formação, Lda, criada em agosto de 2011, é uma empresa especializada na prestação de serviços de consultoria técnica e formação, vocacionada para o sector agroalimentar, tendo como áreas específicas de atuação a Qualidade, Segurança Alimentar, Sistemas de Gestão, Saúde e Nutrição. A BioConnection tem como missão promover a eficiência e a produtividade das empresas do sector agroalimentar nacional, tendo por base serviços de excelência, dotando as empresas de ferramentas que as tornem mais competitivas num mercado global cada vez mais exigente, promovendo o seu crescimento sustentável. A formação constitui uma das componentes fundamentais na gestão e qualificação dos colaboradores das organizações, de forma a assegurar o desenvolvimento das competências adequadas ao exercício das suas funções. Desta forma, a BioConnection disponibiliza uma diversificada oferta formativa tendo por objetivo estratégico o desenvolvimento e consolidação da sua intervenção no mercado como entidade formadora de referência nas suas áreas de atuação. SERVIÇOS RELACIONADOS No âmbito da formação, desenvolvemos ainda os seguintes serviços de apoio às empresas: Apoio no processo de certificação junto da DGERT; Apoio na elaboração de candidaturas a financiamento Diagnóstico de necessidades de formação; Elaboração do plano de formação; Execução da formação; Acompanhamento e avaliação da formação. Avaliação da eficácia da formação em contexto de trabalho AS INSTALAÇÕES A BioConnection está localizada no Edifício CiDEB da Escola Superior de Biotecnologia da Universidade Católica Portuguesa, no campus da Asprela, no Porto. Dispõe de amplas salas de formação, com excelentes condições ambientais e equipamento adequado, inseridas num edifício recente e moderno e que oferece todas as condições ideais à sua atividade formativa. MODALIDADES DE FORMAÇÃO FORMAÇÃO NA ORGANIZAÇÃO (FORMAÇÃO À MEDIDA) Todos os cursos programados neste catálogo podem realizar-se na sua Empresa. Planeamos e desenvolvemos formação à medida das necessidades da sua Organização. Assim, a BioConnection planeia as ações de formação nos dias e horários de sua conveniência, ajudando a definir os conteúdos mais adequados às características da sua empresa e equipas. FORMAÇÃO INTEREMPRESA Ações de formação calendarizados no Plano Formação de acordo com os cursos apresentados neste Catálogo e decorrem nas Instalações da BioConnention. 2/19

3 ÍNDICE SEGURANÇA ALIMENTAR 4 SAÚDE E NUTRIÇÃO 13 SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO 14 AMBIENTE 15 CRIATIVIDADE E INOVAÇÃO 16 INSCRIÇÕES E CONDIÇÕES DE PAGAMENTO 17 BOLSA DE FORMADORES /19

4 SEGURANÇA ALIMENTAR SA01-O SISTEMA HACCP (HAZARD ANALYSIS AND CRITICAL CONTROL POINTS) Reconhecer os princípios da metodologia HACCP como um sistema preventivo no processamento de alimentos seguros; Implementar o sistema HACCP de acordo com a legislação em vigor em matéria de higiene dos produtos alimentares; Fazer a integração de um sistema HACCP noutros sistemas de gestão da segurança alimentar. Quadros superiores e intermédios do sector agroalimentar, com responsabilidades na área da Qualidade e Segurança Alimentar, auditores e consultores. Segurança alimentar-definições, conceitos, evolução e situação atual do setor alimentar Enquadramento legal Perigos e fontes de contaminação Pré-requisitos: o Manutenção de infraestruturas e equipamentos o Controlo de pragas o Controlo da qualidade da água o Limpeza e desinfeção o Saúde e Higiene de pessoal o Gestão de resíduos o Armazenamento e transporte o Rastreabilidade e recolha do produto Gestão de alergénios e OGM s A metodologia do sistema HACCP: Os 7 Princípios e fases de Implementação Integração do sistema HACCP no sistema de gestão da qualidade-iso 9001 Referenciais de certificação: Sistemas de Gestão de Segurança Alimentar (ISO 22000; BRC, IFS) Casos práticos Duração: 2 dias/14 h Horário: 9:30-13:00 h; 14:00-17:30 h Inscrição: 200 +IVA 4/19

5 SA02- AUDITORIAS AO SISTEMA HACCP No final da ação de formação o participante será capaz de: Elaborar planos de auditoria e realizar auditorias a sistemas HACCP; Elaborar relatórios de auditorias a sistemas HACCP. Profissionais do setor alimentar com responsabilidades na segurança alimentar, auditores e consultores. Outros profissionais com interesse no desenvolvimento de competências específicas nesta área. A metodologia HACCP; O papel do Auditor requisitos, responsabilidades e atitudes; Metodologia de auditorias HACCP. Caso prático Duração: 2dias/14 h Horário: 9:30-13:00 h; 14:00-17:30 h Inscrição: 200 +IVA SA03- LEGISLAÇÃO ALIMENTAR 2ª Edição Reconhecer os princípios orientadores da legislação alimentar e sua evolução; Pesquisar, compreender e utilizar das normas jurídicas aplicáveis ao sector alimentar. Quadros das empresas agroalimentares com responsabilidade na área da Qualidade e Segurança Alimentar, consultores e auditores. Outros profissionais com interesse no desenvolvimento de competências específicas nesta área. Legislação alimentar: princípios, âmbito, definição e destinatários Estrutura da legislação europeia Estrutura da legislação portuguesa Principais etapas da evolução da legislação alimentar na UE: Do prado ao prato. Análise de legislação Acesso à legislação Definição de norma. Objetivos da normalização. Normas internacionais gerais, Internacionais sectoriais, Europeias, Nacionais. Relações CEN/ISO Realização de trabalho prático de análise de legislação Duração: 1 dias/7 h Horário: 9:30-13:00 h; 14:00-17:30 h Inscrição: 120 +IVA 5/19

6 SA04- ROTULAGEM DE GÉNEROS ALIMENTÍCIOS E INFORMAÇÃO AO CONSUMIDOR Reconhecer os requisitos legais em termos de rotulagem alimentar; Aplicar a regulamentação específica à rotulagem de géneros alimentícios. 3ª Edição Quadros superiores e intermédios das empresas agroalimentares com responsabilidade na área da Qualidade e Segurança Alimentar, auditores e consultores. Introdução o Rotulagem dos géneros alimentícios e informação ao consumidor-enquadramento legal o Evolução da legislação mais relevante O Regulamento (UE) nº 1169/2011 do Parlamento Europeu, relativo à prestação de informação aos consumidores sobre os géneros alimentícios e atos de execução. o Considerações o Capitulo I:Disposições gerais o Capitulo II: Princípios gerais de informação sobre os géneros alimentícios o Capitulo III: Requisitos gerais relativos à informação sobre os géneros alimentícios e responsabilidades dos operadores das empresas do sector alimentar o Capitulo IV: Informação obrigatória sobre géneros alimentícios Rotulagem de alergénicos Declaração nutricional Menção de país de origem o Capitulo V: Informações voluntárias sobre géneros alimentícios o Capitulo VI: Medidas nacionais Leite e produtos lácteos Bebidas alcoólicas Géneros alimentícios não pré-embalados o Capitulo VII: Disposições de execução, alteração e finais Casos práticos Duração: 1 dia/7 h Horário: 9:30-13:00 h; 14:00-17:30 h Inscrição: 100 +IVA 6/19

7 SA05-HIGIENIZAÇÃO INDUSTRIAL No final da formação o participante é capaz de: Reconhecer a cinética dos processos de higienização; Reconhecer os fatores que condicionam a sua eficácia; Implementar e controlar as operações de higienização em diferentes contextos industriais. 3ª Edição Profissionais das empresas agroalimentares com responsabilidade na higienização das instalações e equipamentos. Enquadramento o Requisitos legais e normativos o Programa de Pré-requisitos (Códigos de Boas Práticas Higiene) o Higienização na indústria alimentar e alguns referenciais de Gestão de Segurança Alimentar (ISO 22000, IFS e BRC) Tipos e fontes de contaminação O processo de Higienização: Objetivos e etapas o Limpeza o Lavagem o Desinfeção Fatores que condicionam a eficácia dos processos de limpeza e desinfeção; Considerações prévias à higienização: o Tipo de sujidade; o Tipos de superfícies; o Qualidade da água o Tipo de equipamentos Limpeza o Tipos de detergentes e suas propriedades o Principais fatores de atuação dos detergentes o A escolha do detergente Desinfeção o Tipos de desinfeção o Os desinfetantes o Principais fatores na atuação dos desinfetantes o A escolha do desinfetante Métodos de Higienização Avaliação da eficácia da higienização Duração: 1 dia/7 h Horário: 9:30-13:00 h; 14:00-17:30 h Inscrição: 100 +IVA 7/19

8 SA06-GESTÃO DA SEGURANÇA ALIMENTAR IFS FOOD ISSUE 6 3ª edição Reconhecer os requisitos exigidos pelo sistema de gestão da segurança alimentar baseado na norma IFS-Food, Issue 6; Adquirir conhecimentos necessários para a implementação dos requisitos da IFS-Food numa empresa do setor alimentar. Quadros superiores e intermédios das empresas agroalimentares com responsabilidade na área da Qualidade e Segurança Alimentar, auditores e consultores. : International Featured Standards e a IFS Food Issue 6 o Enquadramento e evolução o Objectivos do referencial o Âmbito de aplicação o Requisitos gerais o Avaliação dos requisitos e sistema de pontuação O Sistema de Gestão da Qualidade e Segurança Alimentar Os requisitos do referencial IFS Food Issue 6 o Capitulo 1: Responsabilidade da Gestão de Topo o Capitulo 2: Gestão da Qualidade e Segurança Alimentar o Capitulo 3: Gestão de Recursos o Capitulo 4: Planeamento do processo de produção o Capitulo 5: Medições, análises, melhorias o Capitulo 6: Food Defense e inspeções externas Principais alterações entre a versão 5 e versão 6 da IFS-Food Casos práticos Duração: 2 dias/14 h Horário: 9:30-13:00h; 14:00-17:30 h Inscrição: 200 +IVA 8/19

9 SA07-GESTÃO DA SEGURANÇA ALIMENTAR BRC FOOD SAFETY ISSUE 6 4ª Edição Reconhecer os requisitos exigidos pelo sistema de gestão da segurança alimentar baseado na norma BRC Food Safety V6 Adquirir conhecimentos necessários para a implementação dos requisitos da BRC Food numa empresa do setor alimentar. Quadros superiores e intermédios das empresas agroalimentares com responsabilidade na área da Qualidade e Segurança Alimentar, consultores e auditores. Introdução ao referencial BRC Food Safety o Princípios o Vantagens o Âmbito de aplicação Esquema de certificação Análise dos requisitos do referencial : o Comprometimento da Gestão de Topo o Plano de Segurança Alimentar HACCP o Sistema de Gestão da Qualidade e Segurança Alimentar o Requisitos das Instalações o Controlo do Produto o Controlo do Processo o Pessoal Casos práticos. Duração: 2 dias/14 h Horário: 9:30-13:00 h; 14:00-17:30 h Inscrição: IVA 9/19

10 SA08-GESTÃO DA SEGURANÇA ALIMENTAR - ISO 22000:2005 Compreender e interpretar os requisitos do referencial NP EN ISO 22000:2005; Implementar um sistema de Gestão da Segurança Alimentar, baseado na norma NP EN ISO 22000:2005 Quadros superiores e intermédios das empresas agro-alimentares com responsabilidade na área da Qualidade e Segurança Alimentar, auditores e consultores. Introdução à Segurança Alimentar o Definições e conceitos o Enquadramento legal Os requisitos da Norma NP EN ISO Sistema de Gestão da Segurança Alimentar - Objectivos da implementação dos requisitos da NP EN ISO Os 4 elementos chave: - A comunicação - A implementação de um Programa de Pré-requisitos Códigos de Boas Práticas de Higiene Fabrico - Controlo de Perigos (HACCP) - Requisitos do Sistema de Gestão Princípios do HACCP e correspondência à Norma NP EN ISO Integração do referencial noutros Sistemas de Gestão da Qualidade e Segurança Alimentar Casos Práticos Duração: 2 dias/14 h Horário: 9:30-13:00 h; 14:00-17:30 h Inscrição: IVA 10/19

11 SA09- AS METODOLOGIAS DE AUDITORIA ISO Interpretar a NP EN ISO 19011:2012; Gerir um programa de auditorias, planear e conduzir as atividades de auditorias internas a Sistemas de Gestão Quadros superiores e intermédios de empresas com responsabilidade ao nível da Gestão da Qualidade e realização de auditorias internas, consultores e auditores. Introdução: o Etapas, objetivos e tipos de auditorias. o A Norma NP EN ISO 19011:2012 o Requisitos, responsabilidades e funções dos auditores e dos auditados As fases de auditoria: o Preparação o Execução o Elaboração do relatório e apresentação de resultados Vertente Comportamental: o A relação auditor/auditado: A assertividade e o feedback. o O planeamento e a gestão do tempo. o A expressão escrita no relatório de auditoria: objetividade e organização Caso prático: realização de uma auditoria em contexto real de trabalho Duração: 3 dias/24 h Horário: 9:00-13:00 h; 14:00-18:00 h Inscrição: IVA SA10-QUALIFICAÇÃO DE AUDITORES INTERNOS EM SISTEMAS DE GESTÃO DE QUALIDADE E SEGURANÇA ALIMENTAR Este curso de Qualificação de Auditores Internos é constituído por 3 módulos que correspondem à frequência dos seguintes cursos: Módulo I- Gestão da Segurança Alimentar ISO 22000:2005 e/ou IFS Food e/ou BRC Food Safety-14 h Módulo II-As Metodologias de Auditoria (ISO 19011) -24 h Módulo III- Avaliação de conhecimentos-2 h A frequência com aproveitamento dos três módulos confere a Qualificação de Auditor Interno em Sistemas de Gestão da Segurança Alimentar. Duração Global : 40 h Inscrição: 500 +IVA (frequência dos 3 módulos) 11/19

12 SA11- GESTÃO DE ALERGÉNIOS No final da formação, o participante é capaz de: Identificar os ingredientes potencialmente alergénicos Conhecer a legislação aplicável aos alergénios. Compreender a gestão das contaminações cruzadas Quadros superiores e intermédios de empresas agroalimentares, com responsabilidades nas áreas da produção, I &D, qualidade e segurança alimentar, auditores e consultores. Introdução o Os alergénios e intolerâncias alimentares o Enquadramento legal Reações adversas aos alimentos: Definições e tipo de reações e sintomas. Controlo de ingredientes alergénios na industria alimentar Processo, rastreabilidade e ferramentas para a gestão do risco de alergénios Contaminação química: Implementação do Sistema HACCP e BPHF Exigências regulamentares Exigências dos referenciais (ISO 22000, BRC, IFS) Métodos de controlo analítico Duração: 1 dia/ 7 h Horário: 9:30-13:00 h; 14:00-17:30 h Inscrição: IVA 12/19

13 SAÚDE E NUTRIÇÃO SN01-ALIMENTAÇÃO E NUTRIÇÃO Reconhecer a importância da prática de uma alimentação saudável; Reconhecer as principais patologias derivadas de uma má alimentação; Reconhecer os diferentes nutrientes e suas funcionalidades no organismo e interpretar a Roda dos Alimentos; Elaborar ementas saudáveis, promotoras de uma alimentação equilibrada. Profissionais do sector agroalimentar, incluindo a Restauração, responsáveis por estabelecimentos de ensino, lares de idosos, Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS), com responsabilidade na elaboração de ementas e profissionais de outras áreas que queiram aprofundar os conhecimento na área da nutrição. Os benefícios de uma alimentação saudável Principais patologias associadas à alimentação Diferentes nutrientes e suas funcionalidades A Roda dos Alimentos Necessidades alimentares ao longo da vida Regras básicas de preparação de refeições saudáveis Adequabilidade de capitações Capitações em função do público-alvo (idade, sexo, atividade física, hábitos alimentares, cultura, etc) Duração: 1 dia/7 h Horário: 9:30-13:00 h; 14:00-17:30 h Inscrição: IVA 13/19

14 SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO ST01- IMPLEMENTAÇÃO DO SISTEMA DE GESTÃO DA SEGURANÇA E SAÚDE NO TABALHO DE ACORDO COM A OSHAS 18001:2007 E NP 4397:2008 Interpretar as normas OHSAS 18001:2007 e NP 4397:2008 de forma a aplicar em situações concretas; Implementar e gerir eficazmente um Sistema de Gestão da Segurança no Trabalho, evidenciando o cumprimento dos requisitos da norma OHSAS 18001:2007 e NP 4397:2008. Quadros superiores e intermédios de empresas com responsabilidades na área da segurança e saúde no trabalho, técnicos de SST, consultores e auditores. Sistema de Gestão da Segurança e Saúde no Trabalho Identificação da legislação aplicável Análise e interpretação dos requisitos normativos OHSAS 18001:2007 e NP 4397:2008 Aplicação dos requisitos normativos Monitorização e medição do desempenho do sistema. Preparação para Emergências. Duração: 3 dias/24 h Horário: 9-13 h; h Inscrição: IVA ST02-SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO Coordenar tecnicamente as atividades de Segurança e Saúde do Trabalho, colaborando na definição da política geral da empresa relativa à SST e Desenvolvendo processos de avaliação de riscos profissionais. Quadros superiores e intermédios de empresas com responsabilidades na área da segurança e saúde no trabalho, técnicos de SST, consultores e auditores. Conceitos básicos sobre Segurança e Saúde do Trabalho Enquadramento legislativo Organização dos Serviços SST Higiene do Trabalho: Riscos Químicos, Físicos e Biológicos. Ergonomia Metodologias de identificação de perigos e avaliação e controlo dos riscos Estabelecer as ações e o controlo operacional necessários para a eliminação ou redução do risco Organização da empresa para a emergência. Duração: 3 dias/24 h Horário: 9-13 h; h Inscrição: IVA 14/19

15 AMBIENTE AM01-SISTEMA DE GESTÃO AMBIENTAL -NP EN ISO14001:2012 Reconhecer os conceitos fundamentais do sistema de gestão ambiental Compreender os objetivos e requisitos do referencial NP EN ISO 14001:2012 Implementar um sistema de gestão ambiental baseado no referencial NP EN ISO 14001:2012 Quadros superiores, técnicos e responsáveis pela gestão de sistemas de gestão ambiental, auditores, consultores. AM02- AUDITORIAS A SISTEMAS DE GESTÃO AMBIENTAL Norma NP EN ISO 14001:2012- Conceitos gerais Análise e interpretação dos requisitos da norma: o Política ambiental Definição e objetivos Requisitos de implementação e comunicação o Planeamento o Implementação e operação o Verificação o Revisão pela Gestão Casos práticos. Duração: 2 dias/14 h Horário: 9:30-13 h; 14-17:30 h Inscrição: IVA Planear e conduzir as atividades de auditorias ambientais Reconhecer as técnicas e metodologias que se devem seguir em auditorias ao sistema de gestão ambiental, bem como os requisitos de qualificação da equipa auditora. Reconhecer as funções, responsabilidades e atitudes comportamentais do auditor Identificar, classificar e redigir as constatações decorrentes da auditoria. Quadros superiores, diretores de produção, técnicos e responsáveis pela realização de auditorias a sistemas de gestão ambiental. Auditores e consultores. Definição, objetivo s e tipos de auditoria Normas aplicáveis a auditorias ambientais Enquadramento legal Metodologia de auditorias NP EN ISO 19011:2012 o Planeamento da auditoria o Realização da auditoria o Conclusões da auditoria o Elaboração do relatório final o Seguimento da auditoria Casos práticos baseados em simulações de auditoria ambiental: revisão documental, preparação, procura de evidencias e realização da auditoria. Nota: A realização do curso AM01 e AM02 com a realização de avaliação de conhecimentos (2 h), com aprovação, confere a Qualificação de auditores internos a Sistema de Gestão Ambiental. Duração: 3 dias/24 h Horário: 9-13 h; h Inscrição: IVA 15/19

16 CRIATIVIDADE E INOVAÇÃO CI01- SISTEMA DE GESTÃO DA INVESTIGAÇÃO, DESENVOLVIMENTO E INOVAÇÃO (IDI) - NP 4457:2007 Quadros superiores e intermédios das empresas do sector agroalimentar com responsabilidades ao nível da Inovação e Desenvolvimento, consultores e auditores. PERFIL DE COMPETÊNCIAS: Compreender, interpretar e implementar um Sistema de Gestão da Investigação, Desenvolvimento e Inovação baseado no referencial NP 4457:2007. CI02-AUDITORIAS A SISTEMAS DE GESTÃO DA INVESTIGAÇÃO DESENVOLVIMENTO E INOVAÇÃO (IDI) Quadros superiores e intermédios das empresas do sector agroalimentar com responsabilidades ao nível da Inovação, consultores e auditores. PERFIL DE COMPETÊNCIAS: Ser capaz de conduzir e realizar auditorias internas a sistemas de Gestão da IDI, segundo o referencial NP 4457:2007. Conceitos gerais sobre Inovação e Investigação e Desenvolvimento A Criatividade e a Geração de Ideias Autodiagnóstico de capacidades e desempenho em Inovação Normas de Inovação A Norma NP 4457: Sistema de Gestão da Investigação, Desenvolvimento e Inovação o o o o o o Casos práticos Requisitos Gerais Responsabilidade da Gestão Planeamento das Atividades de IDI Implementação e Operação Avaliação de Resultados e Melhoria Compatibilidade com outros Sistemas de Gestão Duração: 2 dias/ 16 h Horário: 9:00-13:00 h; 14:00-18:00h Inscrição: 260 +IVA Introdução ao processo de Auditoria o Definição e Conceito de Auditoria o Intervenientes no processo de auditoria o A Norma de referência: NP EN ISO 19011:2012 o Tipos de auditorias Atividades da Auditoria o Planeamento Definição de objetivos, âmbito e o o critérios da auditoria Nomeação do auditor coordenador/ Seleção da Equipa auditora Contacto com o auditado Análise de documentos Preparação do Plano da auditoria Preparação dos documentos de trabalho (checklist) Execução Condução da reunião de abertura Recolha e verificação da informação Fontes de informações Elaboração e distribuição do relatório o Conclusões e seguimento da auditoria Programa de Auditorias Competências e avaliação de auditores Casos práticos Duração: 3 dias/24 h Horário: 9-13 h; h Inscrição: 360 +IVA 16/19

17 INSCRIÇÕES E CONDIÇÕES DE PAGAMENTO A pré-inscrição deve ser formalizada através do preenchimento da Ficha de Inscrição ( disponível no site e seu envio para o ou para o Fax: O preço por participante encontra-se no Plano de Formação, com a respetiva calendarização dos cursos disponíveis. Nota: A todos os valores apresentados acresce o IVA à taxa aplicável em vigor. O valor não inclui: Documentação em papel e as refeições. O valor inclui: Documentação em suporte digital disponibilizada até 24 h de antecedência do início do curso. Descontos: Concedemos 20% de desconto a particulares; Formação para empresas (vários participantes na mesma edição do curso) 2 participantes 10% de desconto no valor da 2ª inscrição 3 participantes 20% de desconto no valor da 3ª inscrição 4 participantes 30% de desconto no valor da 4ª inscrição 5 participantes 50% de desconto no valor da 5ª inscrição (os descontos não são acumuláveis entre si) Confirmação da Inscrição: A inscrição é considerada efetiva após o seu pagamento na totalidade. O pagamento pode ser efetuado por cheque ou transferência bancária com 5 dias de antecedência ao início do curso, para a conta do Banco Caixa Geral de Depósitos, NIB Cancelamento/alteração de cursos Os cursos constantes em plano de formação, podem sofrer alterações de programa, duração, datas e preços. Aconselhamos que antes de se inscrever contacte a BioConnection. A realização dos cursos é condicionada a um número mínimo de inscrições, pelo que a BioConnection reserva-se o direito de cancelar ou adiar a realização das ações de formação, caso o número de participantes inscritos seja insuficiente para a sua realização. CERTIFICADOS No final de cada ação de formação, a BioConnection emite e entrega a cada formando o respetivo Certificado de Formação. A emissão do Certificado de Formação está condicionada à frequência do curso, não excedendo o limite de faltas e obtenção de aproveitamento na avaliação da aprendizagem (quando aplicável), de acordo com o Regulamento da Formação. No caso das ações de formação em que não exista avaliação da aprendizagem e o formando não exceda o limite de faltas previsto no Regulamento da Formação, no final da ação tem direito a receber o Certificado de Frequência da Formação. No caso do formando exceder o limite de faltas e/ou não obter aproveitamento após processo avaliativo não tem direito a qualquer certificado. 17/19

18 BOLSA DE FORMADORES A BioConnection dispõe de uma equipa de formadores para o desenvolvimento e implementação das diferentes ações de formação que promove. Esta equipa é composta por formadores certificados pelo IEFP e com uma vasta experiência e especialização em cada uma das diferentes áreas de formação, como a seguir se indica: ANA LUÍSA PAIVA Formação Académica: Licenciatura em Engenharia Química (FEUP); Doutoramento em Ciência e Engenharia Alimentar (ESB/UCP); Pós Graduação em Gestão da Qualidade (FEUP/IEP) e Pós Graduação em Sistemas de Gestão de Segurança e Saúde no Trabalho (SGS Portugal). Resumo Profissional: Auditor Coordenador da Bolsa de Auditores da SGS ICS desde 2000 (ISO 9001, ISO 22000, Codex Alimentarius, BRC, NP 4457) e Auditor Coordenador Certificado pelo IRCA no âmbito da ISO 22000:2005 e Vice- Presidente da DRN da APQ entre 2003 e Resumo Profissional: Auditora da APCER segundo o referencial NP 4457 (IDI). Auditora do IPAC e Interna segundo o referencial NP EN ISO/IEC Formadora NP 4457 e NP 4458, NP EN ISO/IEC e Segurança Alimentar. Consultora na área da Segurança Alimentar, Gestão de Inovação, Acreditação de Laboratórios e Ferramentas da Qualidade. Experiência de 15 anos em Gestão da Qualidade em Laboratórios, complementada com 4 anos nas áreas de Segurança Alimentar e Gestão de Inovação. CRISTINA BARROS COELHO ANA PAULA PINTO Formação Académica: Licenciatura em Engenharia Química pelo ISEP; Pós Graduação em Segurança Alimentar pela ESB-UCP e Pós Graduação em Engenharia da Qualidade pela CEQUAL. Auditora de 3ª parte na APCER (ISO 9001, ISO 17025, ISO 22000, BRC ), vasta experiencia em consultoria e auditorias internas no setor agroalimentar no âmbito dos Sistemas de Gestão da Qualidade e Segurança Alimentar. Docente em várias instituições do ensino superior no âmbito da Segurança Alimentar. Formação Académica: Engenheira Alimentar (ESB/UCP); Pós graduada em Higiene, Saúde, e Segurança no Trabalho. Resumo profissional: Formadora certificada pelo IEFP, com larga experiência em consultoria e auditoria de sistemas de Higiene e Segurança Alimentar (Implementação do sistema HACCP) GABRIELA PINHEIRO Formação Académica: Engenheira Alimentar (ESB/UCP) e Pós-graduada em Engenharia da Qualidade (IEP/FEUP). MBA em Gestão (UCP). CRISTINA CAIADO ROCHA Formação Académica: Engenheira Alimentar (ESB/UCP) e Pós-graduada em Engenharia da Qualidade (IEP/FEUP). Mestranda em Engenharia Alimentar (ESB/UCP) - área de Gestão de Investigação, Desenvolvimento e Inovação (IDI), conclusão prevista em Resumo Profissional: Auditora da APCER segundo os referenciais NP EN ISO 9001, NP EN ISO 22000, NP EN ISO 14001, OHSAS 18001, NP 4457 (IDI), BRC Food. Formadora NP EN ISO 22000, BRC Food e NP Consultora na área da Segurança Alimentar e da IDI. 18/19

19 JORGE RAMÔA Formação Académica: Licenciatura em Engenharia Biológica pela Universidade do Minho, Pós Graduação em Engenharia da Qualidade-IEP/FEUP. Resumo Profissional: Desde Auditor Coordenador da SGS ICS nas áreas de Gestão da Qualidade (ISO 9001); HACCP (Codex Alimentarius) ; Gestão da Segurança Alimentar (ISO 22000; FSSC 22000;BRC); Gestão da IDI (NP 4457); GTP; Certificação de Produto; Certificação de Serviços. Consultor nas áreas da Gestão da Qualidade, Gestão de Segurança Alimentar; Gestão Ambiental e Sistema de Gestão de Investigação, Desenvolvimento e Inovação Mª DE FÁTIMA FRANCO Formação Académica: Licenciatura em Engenharia Alimentar; Pós Graduação em Segurança Alimentar (ESB/UCP) e Curso Geral de Gestão na Católica Porto Business School. Resumo Profissional: Diretora Geral da BioConnection, Lda; Consultora e auditora interna na área da Qualidade e Segurança Alimentar desde Formadora certificada pela IEFP. Experiência de 12 anos na Coordenação/Gestão de Formação dos Cursos de Especialização Tecnológica (ensino pós secundário) na Escola de Tecnologia e Gestão Industrial da AESBUC da Universidade Católica Portuguesa; coordenação pedagógica do curso de Especialização em Qualidade Alimentar (CET), coordenação e avaliação de estágios curriculares em empresas nacionais e estrangeiras no âmbito da Segurança Alimentar. SIMÃO MONTEIRO Formação Académica: Licenciatura em Ciências da Nutrição pela Faculdade de Ciências da Nutrição e Alimentação da Universidade do Porto e Mestrado em Viticultura e Enologia pela Faculdade de Ciências da Universidade do Porto e pelo Instituto Superior de Agronomia da Universidade Técnica de Lisboa. Pós-Graduação em Química e Qualidade dos Alimentos pela Universidade de Aveiro e Pós-Graduação em Engenharia da Qualidade pelo Instituto de Soldadura e Qualidade. Resumo Profissional: Desde Formador certificado pelo Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP). Desde Consultor, auditor e formador externo em Segurança Alimentar da SGS Portugal. Auditor Certificado BRC pelo British Retail Consortium. Auditor da Bolsa de Auditores da APCER para os referenciais NP EN ISO 22000, NP EN ISO 9001 e Codex Alimentarius. SUSANA FERREIRA Formação Académica: Licenciatura em Ciências da Nutrição (FCNAUP); Pós Graduação em Administração e Gestão de Instituições de ensino (ESE Frassineti). Mestranda em Alimentação Coletiva (FCNAUP). Resumo Profissional: Nutricionista e secretária geral na ODPS; Diretora executiva no CCNSB; Larga experiência em formação nas áreas de higiene e segurança alimentar, educação alimentar. PAULA GRAÇA Formação Académica: Licenciatura em Engenharia Alimentar (ESB/UCP) e Pós Graduação em Gestão da Qualidade (Universidade Moderna). Resumo Profissional: Experiencia de mais de 17 anos em consultoria, auditoria e formação em Sistemas de Gestão da Qualidade e Segurança Alimentar. 19/19

PÓS-GRADUAÇÃO / ESPECIALIZAÇÃO SISTEMAS DE GESTÃO DA SEGURANÇA ALIMENTAR

PÓS-GRADUAÇÃO / ESPECIALIZAÇÃO SISTEMAS DE GESTÃO DA SEGURANÇA ALIMENTAR PÓS-GRADUAÇÃO / ESPECIALIZAÇÃO SISTEMAS DE GESTÃO DA SEGURANÇA ALIMENTAR FORMAÇÃO SGS ACADEMY LOCAL: LISBOA, PORTO E FUNCHAL GRUPO SGS PORTUGAL O Grupo SGS Société Générale de Surveillance S.A é a maior

Leia mais

AEP/APCER FORMAÇÃO 2º SEMESTRE 2004

AEP/APCER FORMAÇÃO 2º SEMESTRE 2004 Ed. de Serviços da Exponor, 2º Av. Dr. António Macedo 4450 617 Leça da Palmeira t: 22 999 36 00 f: 22 999 36 01 e-mail: info@apcer.pt www.apcer.pt Formação Empresa 4450-617 Leça da Palmeira t: 22 998 1753

Leia mais

18,19, 25 e 29 de Maio de Ação de Formação: Qualificação de Auditores Internos do Sistema HACCP (2ª edição)

18,19, 25 e 29 de Maio de Ação de Formação: Qualificação de Auditores Internos do Sistema HACCP (2ª edição) Ação de Formação: Qualificação de Auditores Internos do Sistema HACCP (2ª edição) 18,19, 25 e 29 de Maio de 2015 Rua Direita, nº 351 4450-652 Matosinhos www.bioconnection.pt ENQUADRAMENTO A segurança alimentar

Leia mais

FORMAÇÃO: QUALIFICAÇÃO DE AUDITORES INTERNOS EM SISTEMAS DE GESTÃO DE SEGURANÇA ALIMENTAR

FORMAÇÃO: QUALIFICAÇÃO DE AUDITORES INTERNOS EM SISTEMAS DE GESTÃO DE SEGURANÇA ALIMENTAR FORMAÇÃO: QUALIFICAÇÃO DE AUDITORES INTERNOS EM SISTEMAS DE GESTÃO DE SEGURANÇA ALIMENTAR MATOSINHOS Novembro de 2017 geral@bioconnection.pt www.bioconnection.pt 1. OBJETIVOS GERAIS: No final da ação de

Leia mais

SISTEMAS INTEGRADOS DE GESTÃO

SISTEMAS INTEGRADOS DE GESTÃO PÓS-GRADUAÇÃO/ESPECIALIZAÇÃO EM SISTEMAS INTEGRADOS DE GESTÃO QUALIDADE, AMBIENTE, SEGURANÇA E RESPONSABILIDADE SOCIAL FORMAÇÃO SGS ACADEMY PORQUÊ A SGS ACADEMY? Criada, em 2003, como área de negócio da

Leia mais

Catálogo da Formação 1/15

Catálogo da Formação 1/15 2015 Catálogo da Formação BioConnection-Consultoria e Formação, Lda. Edifício CELP-Centro de Escritórios de Leça da Palmeira, Rua Direita, 351-4450-652 Leça da Palmeira Contactos: geral@bioconnection.pt

Leia mais

Indústria Agroalimentar. Cursos de Formação. Primeiro Semestre 2016

Indústria Agroalimentar. Cursos de Formação. Primeiro Semestre 2016 Indústria Agroalimentar Cursos de Formação Primeiro Semestre 2016 Assista aos nossos cursos e atualize os seus conhecimentos sobre os requisitos inerentes à Indústria Agroalimentar. Introdução Localização

Leia mais

CURSO CERTIFICAÇÃO/QUALIFICAÇÃO DE AUDITORES INTERNOS DO AMBIENTE ISO 14001:2004

CURSO CERTIFICAÇÃO/QUALIFICAÇÃO DE AUDITORES INTERNOS DO AMBIENTE ISO 14001:2004 CURSO CERTIFICAÇÃO/QUALIFICAÇÃO DE AUDITORES INTERNOS DO AMBIENTE ISO 14001:2004 O curso de Certificação/Qualificação de Auditores Internos é constituído por 2 módulos com avaliação escrita: 1. Interpretação

Leia mais

Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa do Instituto Politécnico de Lisboa Curso de Pós-Graduação em Qualidade na Saúde 3.

Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa do Instituto Politécnico de Lisboa Curso de Pós-Graduação em Qualidade na Saúde 3. Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa do Instituto Politécnico de Lisboa Curso de Pós-Graduação em Qualidade na Saúde 3.ª Edição 2014/2015 EDITAL A Escola Superior de Tecnologia da Saúde de

Leia mais

CURSO CERTIFICAÇÃO/QUALIFICAÇÃO DE AUDITORES INTERNOS DA QUALIDADE ISO 9001:2008

CURSO CERTIFICAÇÃO/QUALIFICAÇÃO DE AUDITORES INTERNOS DA QUALIDADE ISO 9001:2008 CURSO CERTIFICAÇÃO/QUALIFICAÇÃO DE AUDITORES INTERNOS DA QUALIDADE ISO 9001:2008 O curso de Certificação/Qualificação de Auditores Internos é constituído por 2 módulos com avaliação escrita: 1. Interpretação

Leia mais

Plano de Formação - 2011. Form + Lab. 2 Semestre

Plano de Formação - 2011. Form + Lab. 2 Semestre Plano de Formação - 2011 Form + Lab 2 Semestre Form + Lab O que é? O Form + Lab é um serviço de formação criado para apoiar os laboratórios na valorização e formação dos seus colaboradores dando resposta

Leia mais

Lean Management na Indústria Alimentar

Lean Management na Indústria Alimentar Lean Management na Indústria Alimentar de 1.) Introdução O atual desafio colocado às empresas para a sua sobrevivência, demonstra que só aquelas que são ágeis e magras são competitivas nos mercados exigentes

Leia mais

ERS 3002 - Qualidade e Segurança Alimentar na Restauração. www.apcer.pt

ERS 3002 - Qualidade e Segurança Alimentar na Restauração. www.apcer.pt ERS 3002 - Qualidade e Segurança Alimentar na Restauração www.apcer.pt AGENDA Apresentação APCER Desenvolvimento ERS3002 Conteúdo da ERS3002 Metodologias de auditorias Associação constituída em Abril 1996

Leia mais

Catálogo Serviços Auditorias - Consultadoria

Catálogo Serviços Auditorias - Consultadoria Catálogo Serviços Auditorias - Consultadoria Contactos: www.silliker.pt info@silliker.pt Tel: 227 150 820 Fax: 227 129 812 Auditorias Consultadoria A Silliker Portugal desenvolve soluções de consultadoria

Leia mais

Treinamento: FSSC 22000 / Versão 3 Formação de auditores internos

Treinamento: FSSC 22000 / Versão 3 Formação de auditores internos Treinamento: FSSC 22000 / Versão 3 Formação de auditores internos 1. Interpretar os requisitos das normas ISO 22000:2005; ISO TS 22002-1:2012 e requisitos adicionais da FSSC 22000. Fornecer diretrizes

Leia mais

Cérebro Centro de Formação, Lda.

Cérebro Centro de Formação, Lda. Catálogo de Formação Cérebro Centro de Formação, Lda. Desde 1990 a apostar no Futuro com Qualidade e Formação! Sede: Av. José Afonso, nº. 92, cv Cavaquinhas, Arrentela, 2840-735 Seixal Tel./Fax: 212 225

Leia mais

Catálogo de Formação Inter-Empresas

Catálogo de Formação Inter-Empresas Catálogo de Formação Inter-Empresas QTEL 2015 Índice Quem Somos...Pág. 3 6 Razões para Escolher a QTEL...Pág. 5 Formação em Ambiente.Pág. 6 Formação em Inovação..Pág. 9 Formação em Qualidade Pág. 13 Formação

Leia mais

Coordenador da área - Engº Pedro Marques

Coordenador da área - Engº Pedro Marques Requisitos e implementação da ISO 9001 gestão da qualidade, ISO 14001 gestão ambiental e OHSAS 18001 gestão de segurança e saúde no trabalho Coordenador da área - Engº Pedro Marques Índice Duração Total...

Leia mais

Catálogo de Formação Inter-Empresas

Catálogo de Formação Inter-Empresas Catálogo de Formação Inter-Empresas QTEL 2016 Índice Quem Somos...Pág. 3 6 Razões para Escolher a QTEL...Pág. 5 Formação em Ambiente.Pág. 6 Formação em Inovação..Pág. 11 Formação em Qualidade Pág. 15 Formação

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO EM SISTEMA DE GESTÃO AMBIENTAL

PÓS-GRADUAÇÃO EM SISTEMA DE GESTÃO AMBIENTAL PÓS-GRADUAÇÃO EM SISTEMA DE GESTÃO AMBIENTAL ENTIDADES PARCEIRAS GRUPO SGS PORTUGAL (www.pt.sgs.com) O Grupo SGS Société Générale de Surveillance S.A é a maior organização mundial no domínio da inspecção,

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO QUALIDADE NA SAÚDE FORMAÇÃO SGS ACADEMY POSSIBILIDADE DE FREQUÊNCIA À DISTÂNCIA

PÓS-GRADUAÇÃO QUALIDADE NA SAÚDE FORMAÇÃO SGS ACADEMY POSSIBILIDADE DE FREQUÊNCIA À DISTÂNCIA PÓS-GRADUAÇÃO QUALIDADE NA SAÚDE FORMAÇÃO SGS ACADEMY POSSIBILIDADE DE FREQUÊNCIA À DISTÂNCIA TESTEMUNHOS A Pós-Graduação Qualidade na Saúde permitiu-me adquirir e consolidar conhecimentos nesta área.

Leia mais

APLICAÇÃO DA ISO 22000 BENEFÍCIOS E POTENCIAIS CONSTRANGIMENTOS HIGIENE DOS ALIMENTOS PAPEL DAS EMPRESAS DO SECTOR

APLICAÇÃO DA ISO 22000 BENEFÍCIOS E POTENCIAIS CONSTRANGIMENTOS HIGIENE DOS ALIMENTOS PAPEL DAS EMPRESAS DO SECTOR APLICAÇÃO DA ISO 22000 BENEFÍCIOS E POTENCIAIS CONSTRANGIMENTOS SEMANA TEMÁTICA DE ENGENHARIA ALIMENTAR 09, 10 e 11 de Outubro 2006 Cecília Gaspar A livre circulação de géneros alimentícios seguros e sãos

Leia mais

Edital de abertura de concurso. Curso de Especialização Tecnológica (Nível IV) Gestão da Qualidade e Ambiente

Edital de abertura de concurso. Curso de Especialização Tecnológica (Nível IV) Gestão da Qualidade e Ambiente 1. Perfil Profissional Edital de abertura de concurso Curso de Especialização Tecnológica (Nível IV) Gestão da Qualidade e Ambiente O/A Técnico/a Especialista em Gestão da Qualidade e do Ambiente é o/a

Leia mais

DESTINATÁRIOS Engenheiros e técnicos com interesse e/ou responsabilidades profissionais na área da gestão ambiental e/ou desenvolvimento de produtos.

DESTINATÁRIOS Engenheiros e técnicos com interesse e/ou responsabilidades profissionais na área da gestão ambiental e/ou desenvolvimento de produtos. Curso: Introdução à Avaliação do Ciclo de Vida (ACV) como ferramenta de Gestão Ambiental e de Ecodesign 15 Outubro 26 Novembro 2011 (sábados de manhã) Organização: Escola Superior de Biotecnologia - Universidade

Leia mais

APCER. Associação Portuguesa de Certificação. www.apcer.pt

APCER. Associação Portuguesa de Certificação. www.apcer.pt APCER Associação Portuguesa de Certificação www.apcer.pt CERTIFICAÇÃO UM PASSO PARA A EXCELÊNCIA VANTAGENS: Cultura Organizacional; Confiança; Reconhecimento; Valor Acrescentado. QUEM SOMOS Constituída

Leia mais

ISO 22000 SISTEMAS DE GESTÃO DA SEGURANÇA ALIMENTAR

ISO 22000 SISTEMAS DE GESTÃO DA SEGURANÇA ALIMENTAR ISO 22000 SISTEMAS DE GESTÃO DA SEGURANÇA ALIMENTAR INTRODUÇÃO Os sistemas de segurança alimentar devem ser desenhados de forma a controlar o processo de produção e basearem-se em princípios e conceitos

Leia mais

ÍNDICE [Resumido] 2.Implementação do Sistema de Gestão Ambiental Introdução

ÍNDICE [Resumido] 2.Implementação do Sistema de Gestão Ambiental Introdução CONTEÚDOS Este livro escrito em parceria por 9 co-autores, de entre académicos e profissionais de engenharia, fornece uma ajuda preciosa na aquisição de conhecimentos e de competências, tidas como necessárias

Leia mais

GESTÃO DA QUALIDADE, AMBIENTE, SHST E RESPONSABILIDADE SOCIAL

GESTÃO DA QUALIDADE, AMBIENTE, SHST E RESPONSABILIDADE SOCIAL DOS MÓDULOS GESTÃO DA QUALIDADE, AMBIENTE, SHST E RESPONSABILIDADE SOCIAL Criar competências que possibilitem a utilização da Gestão da Qualidade, Ambiente, Segurança e Responsabilidade Social como uma

Leia mais

Gestão de Equipas. Lisboa, 11 e 18 de abril de 2013. www.pwc.pt/academy. Academia da PwC

Gestão de Equipas. Lisboa, 11 e 18 de abril de 2013. www.pwc.pt/academy. Academia da PwC www.pwc.pt/academy Gestão de Equipas Lisboa, 11 e 18 de abril de 2013 Academia da PwC O sucesso das organizações depende cada vez mais de equipas de alto desempenho. Venha conhecer connosco as melhores

Leia mais

Gestão da Qualidade, Ambiente e Segurança

Gestão da Qualidade, Ambiente e Segurança 1. Denominação do curso de especialização tecnológica: Gestão da Qualidade, Ambiente e Segurança 2. Perfil profissional que visa preparar: Técnico (a) Especialista em Gestão da Qualidade, Ambiente e Segurança

Leia mais

Workshop: Controlo Metrológico de Produtos Pré-embalados (4 horas)

Workshop: Controlo Metrológico de Produtos Pré-embalados (4 horas) Workshop: Controlo Metrológico de Produtos Pré-embalados (4 horas) Edifício Nerlei - Associação Empresarial da Região de Leiria 14 Março 2014 14H 18H Formadora: Cristina Barros ESTE WORKSHOP DESTINA-SE

Leia mais

GESTÃO E CAPACITAÇÃO MÓDULO NO 3º SETOR FORMAÇÃO ESPECIALIZADA NA ÁREA FORMADOR/DATA SOCIAL CENTRO DE FORMAÇÃO. a nossa missão é a sua formação

GESTÃO E CAPACITAÇÃO MÓDULO NO 3º SETOR FORMAÇÃO ESPECIALIZADA NA ÁREA FORMADOR/DATA SOCIAL CENTRO DE FORMAÇÃO. a nossa missão é a sua formação GESTÃO E CAPACITAÇÃO AÇÃO ORGANIZACIONAL MÓDULO NO 3º SETOR FORMAÇÃO ESPECIALIZADA NA ÁREA FORMADOR/DATA SOCIAL a nossa missão é a sua formação CENTRO DE FORMAÇÃO COIMBRA BISSAYA BARRETO 17-06-2015 DURAÇÃO

Leia mais

A Certificação como Passaporte para a Internacionalização. Lisboa, 21 de junho de 2012

A Certificação como Passaporte para a Internacionalização. Lisboa, 21 de junho de 2012 A Certificação como Passaporte para a Internacionalização 1) Introdução As organizações do sector agroalimentar têm vindo a evoluir de uma forma notável para dar resposta às necessidades de clientes ou

Leia mais

Training Manager. Certificação PwC. 7, 14 e 21 de março. www.pwc.pt/academy. Academia da PwC

Training Manager. Certificação PwC. 7, 14 e 21 de março. www.pwc.pt/academy. Academia da PwC www.pwc.pt/academy Training Manager Certificação PwC 7, 14 e 21 de março Academia da PwC As empresas líderes analisam quais as competências necessárias para o desempenho dos seus colaboradores, implementam

Leia mais

PLANO DE FORMAÇÃO EXTERNA 2015. Qualidade

PLANO DE FORMAÇÃO EXTERNA 2015. Qualidade (Isento IVA) Qualidade Norma ISO 9001 Qualidade (nova versão ) Gestores da Qualidade 7 outubro Formar acerca do conteúdo da Norma de referência ISO 9001 Sistemas de gestão da qualidade: requisitos Conhecer

Leia mais

Controlo de Gestão. 2ª Edição. Lisboa, 8 e 15 de Maio de 2013. www.pwc.pt/academia. Academia da PwC. 2ª edição

Controlo de Gestão. 2ª Edição. Lisboa, 8 e 15 de Maio de 2013. www.pwc.pt/academia. Academia da PwC. 2ª edição www.pwc.pt/academia Controlo de Gestão 2ª Edição Lisboa, 8 e 15 de Maio de 2013 Academia da PwC 2ª edição Este curso permite-lhe compreender melhor os princípios do controlo de gestão, com especial enfoque

Leia mais

CATÁLOGO DE SERVIÇO. Formação. Contactos: www.silliker.pt info@silliker.pt Tel: 227 150 820 Fax: 227 129 812

CATÁLOGO DE SERVIÇO. Formação. Contactos: www.silliker.pt info@silliker.pt Tel: 227 150 820 Fax: 227 129 812 CATÁLOGO DE SERVIÇO Formação Contactos: www.silliker.pt info@silliker.pt Tel: 227 150 820 Fax: 227 129 812 FORMAÇÃO FORMAÇÃO, UM INVESTIMENTO NO CENTRO DA POLITICA DA QUALIDADE. A melhor forma de prevenir

Leia mais

CURSO COMO FAZER UM BUSINESS PLAN?

CURSO COMO FAZER UM BUSINESS PLAN? CURSO COMO FAZER UM BUSINESS PLAN? ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO 03 2. DESENVOLVIMENTO A. Proposta pedagógica B. Investimento C. Condições de participação 03 03 04 04 3. FICHA DE INSCRIÇÃO 05 02 Moneris Academy

Leia mais

Liderança e Gestão de Equipas

Liderança e Gestão de Equipas Liderança e Gestão de Equipas de 1.) Introdução O líder, no contexto atual, assume um papel ativo e determinante para o sucesso da equipa, por isso esta formação está orientada para a partir da perceção

Leia mais

Controlo Metrológico de Pré-embalados

Controlo Metrológico de Pré-embalados (4 horas) 18 de julho de 2014 09:00-13:00 Instalações Castro, Pinto & Costa, Lda. - Maia Destinada a quem? Tem dúvidas sobre a legislação que suporta o controlo metrológico da quantidade préembalada. Tem

Leia mais

CERTIFICAÇÃO DE SISTEMAS DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS

CERTIFICAÇÃO DE SISTEMAS DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS CERTIFICAÇÃO DE SISTEMAS DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS Helena Ferreira (helena.ferreira@apcer.pt) Gestora de Desenvolvimento da APCER I. APRESENTAÇÃO DA APCER www.apcer.pt 1. Quem Somos Início de actividade

Leia mais

MASTER GESTOR ESTRATÉGICO DE PRODUTO ALIMENTAR

MASTER GESTOR ESTRATÉGICO DE PRODUTO ALIMENTAR MASTER GESTOR ESTRATÉGICO DE PRODUTO ALIMENTAR MASTER ENQUADRAMENTO O master Gestor Estratégico de Produto Alimentar, da SGS Academy, visa proporcionar aos seus formandos conhecimentos específicos sobre

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO QUALIDADE NA SAÚDE FORMAÇÃO SGS ACADEMY

PÓS-GRADUAÇÃO QUALIDADE NA SAÚDE FORMAÇÃO SGS ACADEMY PÓS-GRADUAÇÃO QUALIDADE NA SAÚDE FORMAÇÃO SGS ACADEMY A Pós-Graduação Qualidade na Saúde permitiu-me adquirir e consolidar conhecimentos nesta área. Constitui uma mais-valia para os profissionais de saúde,

Leia mais

OFERTA. Diretores ou Responsáveis da Qualidade, Quadros Médios e Superiores; Responsáveis pela implementação de Sistemas de Gestão da Qualidade.

OFERTA. Diretores ou Responsáveis da Qualidade, Quadros Médios e Superiores; Responsáveis pela implementação de Sistemas de Gestão da Qualidade. QUALIDADE Transição para a NP ISO 9001:2015 Diretores ou Responsáveis da Qualidade, Quadros Médios e Superiores; Responsáveis pela implementação de Sistemas de Gestão da Qualidade. Dar a conhecer as alterações

Leia mais

Certificação de Sistemas de Gestão da Qualidade na Administração Pública. www.apcer.pt

Certificação de Sistemas de Gestão da Qualidade na Administração Pública. www.apcer.pt Certificação de Sistemas de Gestão da Qualidade na Administração Pública www.apcer.pt Hélder Estradas 4 de Novembro de 2005 QUEM SOMOS Constituída em Abril de 1996 (IPQ, AIPortuguesa AIPortuense, actual

Leia mais

Assumir funções para gerir com excelência Investir

Assumir funções para gerir com excelência Investir Assumir funções para gerir com excelência Investir de 1.) Introdução Conseguir que o Executivo domine os seus pontos fracos e reforce os seus pontos fortes / trunfos no desenvolvimento da Empresa proporcionando

Leia mais

Documento de Divulgação Externa. Certificação de Técnicos de. Segurança Alimentar. DDE-CER-011 Ed.: 04 Data: 2011-10-10. Mod.CER.

Documento de Divulgação Externa. Certificação de Técnicos de. Segurança Alimentar. DDE-CER-011 Ed.: 04 Data: 2011-10-10. Mod.CER. Documento de Divulgação Externa Certificação de Técnicos de Segurança Alimentar Mod.CER.009-04 ÍNDICE 1 INTRODUÇÃO... 3 2 CARACTERIZAÇÃO DA CATEGORIA... 3 3 REQUISITOS DE QUALIFICAÇÃO... 3 3.1 Formação...

Leia mais

Consultoria e Formação, em Entidades Públicas e Privadas, de Sistemas de Gestão de:

Consultoria e Formação, em Entidades Públicas e Privadas, de Sistemas de Gestão de: Consultoria e Formação, em Entidades Públicas e Privadas, de Sistemas de Gestão de: Qualidade e IT Service Management Investigação, Desenvolvimento e Inovação (IDI) Ambiente Higiene e Segurança no Trabalho

Leia mais

KEY Centro de Formação, Lda. Regulamento de Funcionamento da Formação

KEY Centro de Formação, Lda. Regulamento de Funcionamento da Formação Regulamento de Funcionamento da Formação KEY Centro de Formação, Lda. Regulamento de Funcionamento da Formação Página 2 de 12 ÍNDICE 1. ENQUADRAMENTO... 3 2. REQUISITOS DE ACESSO E FORMAS DE INSCRIÇÃO...

Leia mais

Segurança Alimentar. Pós-Graduação. 45 ECTS // www.esb.ucp.pt

Segurança Alimentar. Pós-Graduação. 45 ECTS // www.esb.ucp.pt Pós-Graduação Segurança Alimentar 45 ECTS // www.esb.ucp.pt Nesta pós-graduação estudam-se os perigos, riscos, metodologias e legislação com que a segurança alimentar é confrontada na atualidade, numa

Leia mais

GUIA DE APOIO. Documento aprovado em sede do Conselho Diretivo Nacional da Ordem dos Engenheiros em 17 de setembro de 2013

GUIA DE APOIO. Documento aprovado em sede do Conselho Diretivo Nacional da Ordem dos Engenheiros em 17 de setembro de 2013 GUIA DE APOIO Documento aprovado em sede do Conselho Diretivo Nacional da Ordem dos Engenheiros em 17 de setembro de 2013 Gabinete de Qualificação Avenida António Augusto de Aguiar, 3D 1069-030 Lisboa

Leia mais

A Distribuição Moderna no Sec. XXI 28 Março 2011. Certificação da Qualidade Aplicada ao Sistema de Gestão da Marca Própria

A Distribuição Moderna no Sec. XXI 28 Março 2011. Certificação da Qualidade Aplicada ao Sistema de Gestão da Marca Própria Certificação da Qualidade Aplicada ao Sistema de Gestão da Marca Própria PROGRAMA Qualidade Produto Marca Própria - Distribuição Princípios da Qualidade/ ISO 9001 Certificação/Processo de Certificação

Leia mais

Formação. Datas. Inscrições. Custo IMPLEMENTAÇÃO/GESTÃO DE SISTEMAS DE GESTÃO DA INOVAÇÃO. 180 Euros

Formação. Datas. Inscrições. Custo IMPLEMENTAÇÃO/GESTÃO DE SISTEMAS DE GESTÃO DA INOVAÇÃO. 180 Euros SISTEMAS DE GESTÃO DA INOVAÇÃO Esta ação visa desenvolver nos participantes um conjunto de conhecimentos, competências e atitudes interdisciplinares para a conceção, implementação e gestão de Sistemas

Leia mais

CURSO RH SELECIONAR COM SUCESSO

CURSO RH SELECIONAR COM SUCESSO CURSO RH SELECIONAR COM SUCESSO ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO 03 2. DESENVOLVIMENTO A. Proposta pedagógica B. Investimento C. Condições de participação 03 03 04 04 3. FICHA DE INSCRIÇÃO 05 02 Moneris Academy RH

Leia mais

Curso Integrado AUDITOR. Cadeia de Responsabilidade PEFC FSC. Cadeia de Custódia. Lisboa Porto

Curso Integrado AUDITOR. Cadeia de Responsabilidade PEFC FSC. Cadeia de Custódia. Lisboa Porto Curso Integrado AUDITOR Cadeia de Responsabilidade PEFC e FSC Cadeia de Custódia EDIÇÕES 2012 Lisboa Porto AUDITOR Cadeia de Responsabilidade PEFC e Cadeia de Custódia FSC CURSOS Auditor Cadeia de Responsabilidade

Leia mais

Treinamento: FSSC 22000 / Versão 3 Interpretação

Treinamento: FSSC 22000 / Versão 3 Interpretação Treinamento: FSSC 22000 / Versão 3 Interpretação 1. Objetivos Interpretar os requisitos das normas ISO 22000:2005; ISO TS 22002-1:2012 e requisitos adicionais da FSSC 22000. Desenvolver habilidades para

Leia mais

HISTÓRICO DE REVISÕES REVISÃO DATA SÍNTESE DA REVISÃO

HISTÓRICO DE REVISÕES REVISÃO DATA SÍNTESE DA REVISÃO HISTÓRICO DE REVISÕES REVISÃO DATA SÍNTESE DA REVISÃO ELABORAÇÃO ASSINATURA APROVAÇÃO ASSINATURA ÍNDICE CAPÍTULO 1. POLÍTICA E ESTRATÉGIA/ÂMBITO... 3 1.1 POLÍTICA E ESTRATÉGIA DA ENTIDADE... 3 1.2 OBJECTIVO

Leia mais

No final do curso os formandos deverão realizar a gestão de uma IPSS, promovendo a sustentabilidade da instituição.

No final do curso os formandos deverão realizar a gestão de uma IPSS, promovendo a sustentabilidade da instituição. 1. OBJETIVOS GERAIS No final do curso os formandos deverão realizar a gestão de uma IPSS, promovendo a sustentabilidade da instituição. 2. OBJETIVOS ESPECÍFICOS Descrever a orgânica das Instituições Sociais;

Leia mais

Procifisc Engenharia e Consultadoria, Lda.

Procifisc Engenharia e Consultadoria, Lda. 01. APRESENTAÇÃO DA EMPRESA 2 01. Apresentação da empresa, com sede em Castelo Branco, é uma empresa criada em 2007 que atua nos domínios da engenharia civil e da arquitetura. Atualmente, é uma empresa

Leia mais

Apreenda como os Auditores Externos das diferentes Normas analisam e auditam processos Coordenador Eng.º Pedro Marques

Apreenda como os Auditores Externos das diferentes Normas analisam e auditam processos Coordenador Eng.º Pedro Marques Apreenda como os Auditores Externos das diferentes Normas analisam e auditam processos Coordenador Eng.º Pedro Marques Índice Duração Total... 2 Destinatários... 2 Perfil de saída... 2 Pré-Requisitos...

Leia mais

Mestrado em Sistemas Integrados de Gestão (Qualidade, Ambiente e Segurança)

Mestrado em Sistemas Integrados de Gestão (Qualidade, Ambiente e Segurança) Mestrado em Sistemas Integrados de Gestão (Qualidade, Ambiente e Segurança) 1 - Apresentação Grau Académico: Mestre Duração do curso: : 2 anos lectivos/ 4 semestres Número de créditos, segundo o Sistema

Leia mais

Certificação das Entidades de Acção Social. Soluções e Desafios. rita.porto@apcer.pt Lisboa, 11 de Dezembro. Orador: www.apcer.pt.

Certificação das Entidades de Acção Social. Soluções e Desafios. rita.porto@apcer.pt Lisboa, 11 de Dezembro. Orador: www.apcer.pt. Certificação das Entidades de Acção Social Soluções e Desafios rita.porto@apcer.pt Lisboa, 11 de Dezembro www.apcer.pt AGENDA 0. Apresentação da actividade da APCER 1. Actuais exigências e necessidades

Leia mais

Os novos desafios do secretariado profissional

Os novos desafios do secretariado profissional www.pwc.pt/academy Os novos desafios do secretariado profissional Lisboa, 19 e 26 de fevereiro de 2013 Academia da PwC Um programa que mobiliza competências de eficiência pessoal e profissional apoiando

Leia mais

Benefícios da Certificação para a Administração Pública

Benefícios da Certificação para a Administração Pública Benefícios da Certificação para a Administração Pública Hélder Estradas, 7 de Maio de 2008 Agenda 1 - Resumo Histórico da Certificação em Portugal; 2 - Vantagens da Certificação; 3 - Processo de Certificação.

Leia mais

CHECKLIST DA RDC 16/2013

CHECKLIST DA RDC 16/2013 CHECKLIST DA RDC 16/2013 Checklist para a RDC 16 de 2013 Página 2 de 10 Checklist 1. 2.1 Disposições gerais Existe um manual da qualidade na empresa? 2. Existe uma política da qualidade na empresa? 3.

Leia mais

OFERTA IVA INTRACOMUNITÁRIO (RITI) E OPERAÇÕES COM N/RESIDENTES

OFERTA IVA INTRACOMUNITÁRIO (RITI) E OPERAÇÕES COM N/RESIDENTES FINANCEIRA IVA INTRACOMUNITÁRIO (RITI) E OPERAÇÕES COM N/RESIDENTES Colaboradores dos serviços de contabilidade implicados na contabilização do IVA que desejem melhorar os seus conhecimentos nestas matérias.

Leia mais

Como delegar eficazmente?

Como delegar eficazmente? www.pwc.pt/academy Como delegar eficazmente? How to improve your skills? 21 e 22 de maio de 2013 Academia da PwC Delegar é um conceito aparentemente claro, mas que na prática, nem todos aplicam. A base

Leia mais

Pós-Graduação Gestão Hoteleira

Pós-Graduação Gestão Hoteleira Coordenação: Mestre Filipe Ferrão Pós-Graduação Gestão Hoteleira O Curso de Pós-Graduação em Gestão de Hotelaria visa proporcionar uma especializada, que alie o conhecimento das técnicas de gestão fundamentais

Leia mais

Referenciais GFSI para as atividades de Logística, Armazenagem e Transporte

Referenciais GFSI para as atividades de Logística, Armazenagem e Transporte Referenciais GFSI para as atividades de Logística, Armazenagem e Transporte AGRO&FOOD é a área de serviços da APCER que se dedica exclusivamente ao sector alimentar: do campo à mesa A alta especificidade

Leia mais

Regulamento do Núcleo de Formação

Regulamento do Núcleo de Formação Regulamento do Núcleo de Formação 2013 1.Nota Introdutória Qualquer processo de formação com qualidade exige medidas e instrumentos de normalização e controlo, que permitam garantir desempenhos de excelência

Leia mais

ISAL INSTITUTO SUPERIOR DE ADMINISTRAÇÃO E LÍNGUAS PLANO DE ATIVIDADES

ISAL INSTITUTO SUPERIOR DE ADMINISTRAÇÃO E LÍNGUAS PLANO DE ATIVIDADES ISAL INSTITUTO SUPERIOR DE ADMINISTRAÇÃO E LÍNGUAS PLANO DE ATIVIDADES 2015 2 Formar gestores e quadros técnicos superiores, preparados científica e tecnicamente para o exercício de funções na empresa

Leia mais

Instituto de Educação

Instituto de Educação Instituto de Educação Universidade de Lisboa Oferta Formativa Pós-Graduada Mestrado em Educação Especialização: Administração Educacional Edição Instituto de Educação da Universidade de Lisboa julho de

Leia mais

HR Scorecard Linking Strategy, People and Performance

HR Scorecard Linking Strategy, People and Performance www.pwc.pt/academy Linking Strategy, People and Performance Lisboa, 8 e 9 de abril de 2013 Academia da PwC Um curso onde irá conhecer as tendências e melhores práticas de alinhamento da estratégia com

Leia mais

CERTIFICAÇÃO DE PESSOAS REGULAMENTO GERAL

CERTIFICAÇÃO DE PESSOAS REGULAMENTO GERAL CERTIFICAÇÃO DE PESSOAS REGULAMENTO GERAL 1. INTRODUÇÃO Este regulamento: Descreve os requisitos referentes à Certificação de Pessoas da SGS ICS; Complementa o documento PTD6850 - Processo de Certificação

Leia mais

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO F O R M A Ç Ã O A V A N Ç A D A CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO FORMAÇÃO ESPECÍFICA PARA MEMBROS DA ORDEM DOS ENGENHEIROS ENQUADRAMENTO O CEGE/ISEG é um centro de investigação e projectos do ISEG Instituto

Leia mais

Auditorias a Sistemas de Gestão da Qualidade ISO 9001 : 2008

Auditorias a Sistemas de Gestão da Qualidade ISO 9001 : 2008 Auditorias a Sistemas de Gestão da Qualidade ISO 9001 : 2008 DATAS A definir (assim que seja atingido o número mínimo de inscrições) HORÁRIO Pós-Laboral, à 2ª, 3ª e 5ª, das 19h00 às 23h00 ou Sábado, das

Leia mais

REGULAMENTO DE FUNCIONAMENTO DA ATIVIDADE FORMATIVA - Formação Interempresa (formação externa) -

REGULAMENTO DE FUNCIONAMENTO DA ATIVIDADE FORMATIVA - Formação Interempresa (formação externa) - REGULAMENTO DE FUNCIONAMENTO DA ATIVIDADE FORMATIVA - Formação Interempresa (formação externa) - CAPÍTULO I ENQUADRAMENTO 1. O presente Regulamento é aplicável às Acções de Formação promovidas pela SIPRP

Leia mais

Gestão de Crises na Indústria Alimentar

Gestão de Crises na Indústria Alimentar Gestão de Crises na Indústria Alimentar de 1.) Introdução Crise significa lidar com uma situação, muitas vezes, inesperada que pode representar uma ameaça não só para o negócio como para os colaboradores

Leia mais

Manual do Sistema de Gestão Integrado MSGI-01

Manual do Sistema de Gestão Integrado MSGI-01 Manual de Acolhimento LogicPulse Technologies, Lda. Índice PROMULGAÇÃO... 3 1. INTRODUÇÃO... 4 2. OBJETIVOS DO MANUAL... 4 3. APRESENTAÇÃO DA LOGICPULSE TECHNOLOGIES... 5 4. ORGANOGRAMA ORGANIZACIONAL...

Leia mais

A literacia em Saúde e Alimentação e a Comunicação de Marketing

A literacia em Saúde e Alimentação e a Comunicação de Marketing A literacia em Saúde e Alimentação e a Comunicação de Marketing de 1.) Introdução Na sociedade atual toda a envolvente de comunicação de marketing inerente a um produto alimentar tem um papel determinante

Leia mais

PÓS GRADUAÇÃO EM SISTEMAS INTEGRADOS DE GESTÃO E SUSTENTABILIDADE EMPRESARIAL 1ª Edição

PÓS GRADUAÇÃO EM SISTEMAS INTEGRADOS DE GESTÃO E SUSTENTABILIDADE EMPRESARIAL 1ª Edição PÓS GRADUAÇÃO EM SISTEMAS INTEGRADOS DE GESTÃO E SUSTENTABILIDADE EMPRESARIAL 1ª Edição O ISAG Instituto Superior de Administração e Gestão é um estabelecimento de ensino superior privado, fundado em 1979,

Leia mais

MASTER INNOVATION MANAGEMENT SYSTEMS SGS. Duração 112 Horas / 3 meses. Edição 1ª Edição. Calendário outubro dezembro 2015

MASTER INNOVATION MANAGEMENT SYSTEMS SGS. Duração 112 Horas / 3 meses. Edição 1ª Edição. Calendário outubro dezembro 2015 Edição 1ª Edição Calendário outubro dezembro 2015 Duração 112 Horas / 3 meses Regime Pós-laboral e ao sábado MASTER INNOVATION MANAGEMENT SYSTEMS Em parceria com: SGS ENQUADRAMENTO E OBJETIVOS COORDENAÇÃO

Leia mais

S ão as pessoas, não as empresas, que fazem a qualidade do serviço.

S ão as pessoas, não as empresas, que fazem a qualidade do serviço. S ão as pessoas, não as empresas, que fazem a qualidade do serviço. Qualidade Ambiente Segurança A Quambis é uma empresa do Grupo Sondar, que tem como principal finalidade prestar um serviço integrado

Leia mais

PROMOTOR. Parceria Científica com a UNIVERSIDADE FERNANDO PESSOA

PROMOTOR. Parceria Científica com a UNIVERSIDADE FERNANDO PESSOA PROMOTOR Parceria Científica com a UNIVERSIDADE FERNANDO PESSOA Apresentação O objetivo deste curso é proporcionar uma formação avançada, bem como a aquisição de competências e conhecimentos, de forma

Leia mais

Executive Revolution Programs Competitive intelligence e inovação

Executive Revolution Programs Competitive intelligence e inovação Executive Revolution Programs Competitive intelligence e inovação Neste curso serão abordadas as melhores práticas que permitem gerir estrategicamente a informação, tendo em vista a criação de valor para

Leia mais

Apresentação Corporativa

Apresentação Corporativa CONSULTORIA E ESTUDOS TÉCNICOS DE AMBIENTE E SEGURANÇA, S.A. Apresentação Corporativa Dezembro 2011 Propriedade da Enviprime 12/2011. Proibida a Cópia Sem Autorização Prévia SOBRE A ENVIPRIME, S.A. é uma

Leia mais

Mestrado em Conservação e Reabilitação do Edificado uma resposta à crise vivida no sector da Construção em Portugal

Mestrado em Conservação e Reabilitação do Edificado uma resposta à crise vivida no sector da Construção em Portugal INSCRIÇÕES ABERTAS NOS SERVIÇOS ACADÉMICOS!!! Mestrado em Conservação e Reabilitação do Edificado uma resposta à crise vivida no sector da Construção em Portugal Reabilitação Urbana e do Património Edificado

Leia mais

Comunicação e Feedback

Comunicação e Feedback www.pwc.pt/academy Comunicação e Feedback How to communicate with impact? Lisboa, 5 e 12 de novembro Academia da PwC Participe nesta formação, saiba qual a sua forma de comunicar e dar feedback e melhore

Leia mais

reason why FORMAR UM PROFISSIONAL DE CERTIFICAÇÃO COM O LÍDER DO MERCADO.

reason why FORMAR UM PROFISSIONAL DE CERTIFICAÇÃO COM O LÍDER DO MERCADO. PLANO DE FORMAÇÃO reason why FORMAR UM PROFISSIONAL DE CERTIFICAÇÃO COM O LÍDER DO MERCADO. PREFÁCIO A formação, inicial ou contínua, é assumida pela APCER como vital para o desenvolvimento dos profissionais

Leia mais

Os Modelos de Gestão da Qualidade das Respostas Sociais - Novos desafios

Os Modelos de Gestão da Qualidade das Respostas Sociais - Novos desafios Qualidade e Sustentabilidade das Organizações Sociais Os Modelos de Gestão da Qualidade das Respostas Sociais - Novos desafios Instituto da Segurança Social, I.P. Gabinete de Qualidade e Auditoria 17 de

Leia mais

Pós-Graduação em Sistemas Integrados de Gestão - QUALIDADE, AMBIENTE, ENERGIA E SEGURANÇA

Pós-Graduação em Sistemas Integrados de Gestão - QUALIDADE, AMBIENTE, ENERGIA E SEGURANÇA Escola Superior de Tecnologia e Gestão Pós-Graduação em Sistemas Integrados de Gestão - QUALIDADE, AMBIENTE, ENERGIA E SEGURANÇA Instituto Politécnico de Leiria Proposta de: Irene Ferreira Carlos Vieira

Leia mais

CURSO PLANEAMENTO FISCAL

CURSO PLANEAMENTO FISCAL CURSO PLANEAMENTO FISCAL ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO 03 2. DESENVOLVIMENTO A. Proposta pedagógica B. Investimento C. Condições de participação 03 03 04 04 3. FICHA DE INSCRIÇÃO 05 02 Moneris Academy Planeamento

Leia mais

Regulamento de Funcionamento da Formação

Regulamento de Funcionamento da Formação Regulamento de Funcionamento da Formação Índice 1. Caracterização e Identificação da Entidade... 3 2. Certificação entidade formadora... 3 3. Acreditação Entidade Formadora... 3 4. Certificação ISO 9001...

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS FERNANDO PESSOA

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS FERNANDO PESSOA AGRUPAMENTO DE ESCOLAS FERNANDO PESSOA Regulamento do Curso Vocacional Artes e Multimédia Ensino Básico 3º ciclo Artigo 1.º Âmbito e Enquadramento O presente regulamento estabelece as diretrizes essenciais

Leia mais

HR Strategic Delivery Model HR as a strategic partner

HR Strategic Delivery Model HR as a strategic partner www.pwc.pt/academy HR Strategic Delivery Model HR as a strategic partner Lisboa, 21 e 22 de março de 2013 Academia da PwC Um curso onde irá conhecer os desafios da função de RH e como se posicionar como

Leia mais

ÍNDICE ESCOLA SUPERIOR DE SAÚDE DE SANTARÉM 1. ÍNDICE 2. PROMULGAÇÃO 3. DESCRIÇÃO DA ESCOLA. 3.1 História. 3.2 Objetivo e Domínio da Certificação

ÍNDICE ESCOLA SUPERIOR DE SAÚDE DE SANTARÉM 1. ÍNDICE 2. PROMULGAÇÃO 3. DESCRIÇÃO DA ESCOLA. 3.1 História. 3.2 Objetivo e Domínio da Certificação ÍNDICE 1. ÍNDICE 2. PROMULGAÇÃO 3. DESCRIÇÃO DA ESCOLA 3.1 História 3.2 Objetivo e Domínio da Certificação 4. SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE 4.1 Processos 4.2 Requisitos da Documentação 4.3 Controlo dos

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO QUALIDADE NA SAÚDE

PÓS-GRADUAÇÃO QUALIDADE NA SAÚDE PÓS-GRADUAÇÃO QUALIDADE NA SAÚDE A Pós-Graduação em Qualidade na Saúde pretende responder à evolução do setor da Saúde em Portugal, o qual tem vindo a impor crescentes exigências às entidades prestadoras

Leia mais

MICROSOFT EXCEL AVANÇADO

MICROSOFT EXCEL AVANÇADO CURSO MICROSOFT EXCEL AVANÇADO MACROS ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO 03 2. DESENVOLVIMENTO A. Proposta pedagógica B. Investimento C. Condições de participação 03 03 04 04 3. FICHA DE INSCRIÇÃO 05 02 Moneris Academy

Leia mais

CEF/0910/28031 Relatório preliminar da CAE (Poli) - Ciclo de estudos em funcionamento

CEF/0910/28031 Relatório preliminar da CAE (Poli) - Ciclo de estudos em funcionamento CEF/0910/28031 Relatório preliminar da CAE (Poli) - Ciclo de estudos em funcionamento Caracterização do ciclo de estudos Perguntas A.1 a A.9 A.1. Instituição de ensino superior / Entidade instituidora:

Leia mais

Apuramento do resultado fiscal em SNC

Apuramento do resultado fiscal em SNC www.pwcacademy.pt Apuramento do resultado fiscal em SNC Lisboa, 23 e 29 de Novembro Academia da PwC Lisboa, 7ª edição Esta formação reúne conteúdos para a atribuição de créditos, nos termos previstos no

Leia mais