WebMarketing. Professora: Gaia Moretti Mestrado em Marketing Estratégico Ano Lectivo 2009/2010

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "WebMarketing. Professora: Gaia Moretti Mestrado em Marketing Estratégico Ano Lectivo 2009/2010"

Transcrição

1 WebMarketing Professora: Gaia Moretti Mestrado em Marketing Estratégico Ano Lectivo 2009/2010

2 1. O contexto global

3 As últimas palavras famosas. The Americans have need of the telephone, but we do not. We have plenty of messenger boys (Sir William Preece, Chief Engineer, British Post Office, 1878) I think there is a world market for maybe five computers (Thomas Watson, Chairman, IBM, 1949) There is no reason for any individual to have a computer in his home (Ken Olson, President, Digital Equipment Corporation, 1977)

4 e as seguintes Understanding the new media is the single largest business challenge that marketeers have faced since the creation of TV (James Cantalupo, CEO, McDonald s International, 1995) The Internet is the most important Marketing medium in history. As marketers we really don t know how to use it effectively (Denis Beausejour, Vice Presidente-Advertising Worldwide, Procter & Gamble, July 1998) The mass audience will be transformed into a mass of individual audiences (Sir Michael Perry, Chairman, Unilever, January, 1996)

5 Contextualização Sociedade agrícola Sociedade industrial Sociedade da Informação Sociedade Digital

6 Sociedade agrícola Início Séc. XX até finais dos anos 30 Orientação para o produto Orientação para o processo produtivo Desenvolvimento dos transportes (caminhos de ferro, automóvel, barcos) Criação de mercados Foco na distribuição física e na venda -escoar a produção ao melhor preço

7 Sociedade Industrial Década de 50 Orientação para o mercado / cliente Concorrência Desenvolvimento dos media Criação de mercados Foco na distribuição física e na venda Aparecimento das grandes empresas de Grande Consumo - Procter and Gamble e Unilever

8 Sociedade da Informação Década de 90 Orientação para a conveniência e interactividade Foco na personalização Acesso a mercados globais Alteração do conceito de concorrência Superior nível de informação por parte do cliente Velocidade do mercado elevada

9 Sociedade Digital Hoje Geração dos Nativos Digitais Processos de digitalização: Relações digitais: social networking e mundos virtuais Mercado digital sincrónico User Content Generated

10 A Mudança Sociedade Agrícola: PRODUÇÃO: Volume reduzido, Custo unitário elevado COMERCIAL: Abordagem Personalizada, Acesso a pequenos mercados Sociedade Industrial: PRODUÇÃO: Volume elevado, Custo unitário reduzido COMERCIAL: Abordagem standardizada, Acesso a mercados globais? Sociedade Digital: Net indispensavél para o desenvolvimento social Web como lugar de relações Participação do consumidor na costrução do produto Sociedade da Informação: Produção de produtos personalizados de uma forma massificada Massificação da Personalização

11 Os nativos digitais A tela virou o ponto privilegiado para ingressar a mente dos Nativos Digitais (os screenagers ): eles literalmente se deslocam na Rede, e têm uma diferença neurologica entre quem usa a Internet e quem não. Eles têm, também, maiores potencialidades no trabalho. Os Nativos Digitais são multitasking, quer dizer, podem fazer contemporaneamente um numero de coisas maior. Eles são trans-culturais, globais e virtualmente agregam-se. Para a Italia, uma das decisões a tomar è a de cuidar deles, comprendelos, ajuda-los, abrir o acesso a Internet e não fecha-lo. (Derrick De Kerkhove)

12 O cênario de um dia digital O nativo digital: 1. Utiliza o telemóvel como despertador 2. Vê a televisão ou escuta o rádio pelo smartphone enquanto prepara o pequeno almoço 3. Olha para o telemóvel para ver a agenda do dia 4. Liga o GPS ou o Google Maps para ir para o local de uma reunião 5. Efectua a reunião recorrendo a várias apresentações que estão no PC Portátil 6. Enquanto espera, liga o PC, consulta o e envia uma proposta para um cliente 7. Chega a empresa e, no ecran do seu PC, surge a cotação das acções da empresa e os desvios face aos seus objectivos 8. Vai almoçar as Amoreiras e utiliza a via verde para pagar o parque 9. Na fila do trânsito vê as ultimas novidades no smartphone e atende aos s 10. Voltando em casa faz suas compras através do site do supermercado 11. A noite vê os Gatos Fedorentos no site da RTP, ou o TJ 12. Ao planear o seu fim de semana vai ao Weather.com consultar a previsão meteorológica (no PC ou no smartphone) 13. Antes de ir dormir, vai ao seu banco on-line e efectua o pagamento das contas da casa

13 Digital Age

14 A Mudança Empresarial A Abordagem Tradicional Consumidor médio Consumidor anónimo Produto standard Produção em massa Distribuição em massa Comunicação unidireccional Quota de mercado Conquista de clientes A abordagem interactiva Consumidor individual Perfil do consumidor Oferta à medida do consumidor Personalização da produção Distribuição individualizada Comunicação bidireccional Quota de cliente Manutenção de clientes

15 A abordagem digital Personalização do produto construida pelo consumidor Utilizo das novas tecnologias digitais: Websites interactivos Digitalização do processo de compra/venda Valor digital Consumer Communities

16 A Mudança Comunicacional MEIOS: Multi-direcionais MENSAGEMS: Adaptados à procura de cada cliente FORMA: multimédial/virtual/interactiva CONTEÚDO: Mais valia imediata e impactante APREENSÃO: Ao ritmo do consumidor UTILIZAÇÃO: Reciclagem do conteúdo

17 Digitalização e Virtualidade Representação gráfica do usuário (emoticons, avatares) Relações baseadas em interações gráficas Realidade virtual: representações em 3D

18 O Virtual Virtual e um outro lugar, onde puder chegar e voltar de novo para o Real. (Schlemmer et alii, 2000, 2002, 2004, 2006, 2007, 2008) Virtual e algo de cotidiano (Levy, 1998). As protesis tecnológicas (Levy, 1998) são todos os artefatos (tecnológicos) que permitem o prolongamento das nossas capacidades sensoriais. Através delas e possível o deslocamento/ prolongamento...

19 A interconexão...ou seja, move-se livremente entre um e outro!

20 A mudança Comunicacional Informação Comunicação

21 A mudança empresarial Considerar sempre mais fatores na análise dos clientes e do mercado Trabalhar num contexto global e interconectado Lembrar que o consumidor pensa, age e troca idéias com outros consumidores

22 Factores Críticos de Sucesso Efectuar um targetting correcto Disponibilizar uma experiência satisfatória Simplificar a comunicação com impacto no cliente Fornecer uma abordagem a 360º Permitir a entre-ajuda dos clientes Auxiliar na sua pesquisa de informação Personalizar o serviço Desenvolver um espírito de comunidade

23 2. O contexto tecnológico

24 A tecnologia: evolução telefone TV interactiva IBM PC MS DOS Pentium MMW 200 Mips Extranet TV ENIAC Apollo 13 Nintendo Mainfraime IBM ARPANET LAN 10 MB TCP/IP Comutação DigitaL GSM Intranet INTEL Mips LAN 1000 Mb

25 A tecnologia: evolução 1969: ARPANET (Woodstock e Apollo 11) 1971: Primeiro (Ray Tomlinson) 1972: ARPANET and ALOHANET interconectados 1973: Metcalf/Boggs desenvolvem Ethernet a partir da Alohanet 1974: Cerf/Kahn criam a comunicação TCP/IP 1977: Primeira demonstração TCP/IP ligando: ARPANET, SATNET, Ethernet

26 1979: Criada a USENET (disseminação de BBS) 1981: criada a BITNET, CSNET, Minitel 1983: ARPANET adopta TCP/IP 1986: Criada a NSFNET 1988: A Internet ganha relevância 1990: Termina a ARPANET 1991: Inventada a World Wide Web 1993: O browser Mosaic é apresentado 1995: Surgem o Netscape e o Internet Explorer

27 O browser vira a ferramenta geral para navigar na Internet; Surgem diferentes browsers: Safari Mozilla Firefox Opera Google Chrome A Net desenvolve sempre mais ferramentas para informação e comunicação: Websites Jornais online Social Network E- lojas

28 A Internet É um fenómeno e uma ferramenta extraordinária Tende a eliminar tempo, distancia e hierarquização Promove a informação e contra informação Enfrenta desafios que crescem exponencialmente Disponibiliza oportunidades que crescem exponencialmente Os principais problemas no futuro não são de carácter técnico

29 A Internet É um modelo raro de moderna anarquia funcional Não existe censura, não há donos, não há chefes, não há accionistas Não pertence a ninguém não existe uma empresa Internet Lda. Não existe enquanto entidade jurídica / legal. Oficialmente, não existe Não cobra ao utilizador. Cada entidade que se liga a Internet é responsável pelo seu equipamento e pelo seu acesso à rede.

30 Bit Blindness Informação distinta e em formatos distintos pode ser misturada e enviada por um único canal de comunicação, sem necessidade de um canal diferente para cada tipo de comunicação (voz, fax, imagem, ) A comunicação via Internet é substancialmente mais barata do que a utilização de outros meios de comunicação

31 Geografia e Disponibilidade O custo de utilização da Internet é baixo. É praticamente o mesmo comunicar com alguém em Portugal ou no Japão. É uma nova forma de Aldeia Global A abolição da distância não contempla os fusos horários. O mercado mundial / global funciona 24 horas por dia / 7 dias por semana / 365 dia ano. É necessário contemplar novas formas de funcionamento e de rapidez na resposta a solicitações de clientes.

32 Information overload A facilidade de acesso à Internet existe tanto do ponto de vista da consulta, como de disponibilização. Páginas Pessoais, Páginas Institucionais, Torna-se importante a capacidade de encontrar a informação certa ou o serviço certo no meio de uma imensidão de serviços e informações. Capacidade / Escolha do usuário

33 O utilizador è Rei Com a abolição da distância e a facilidade de acesso surge a verdadeira competitividade. Consumidor mais bem informado e conhecedor de alternativas. Mercados de milhares de pessoas simultaneamente a licitar por um produto. Capacidade de comparação imediata.

34 A Net: Websites Quantidade de Websites no Mundo desde 1995 até 2010 (em milhões)

35 Distribuição nas áreas geográficas

36 Algums Pilares Lei de Moore A capacidade de computação duplica a cada 18 meses Lei de Gilder A capacidade de comunicação duplica a cada 9 meses com a inovação em fibra optica e compressão de informação Lei da Armazenagem A capacidade de armazenamento de informação duplica a cada 12 meses

37 Componentes Host e Server Host (hosting ou housing): serviço disponibilizado por empresas especialistas, que permite de obter espaço Web onde publicar o conteudo do Web Site. O espaço é localizado em hard disk de computadores complexos (server), que permitem também estabilidade e tranquillidade. Internet Services Provider (ISP ou Providers) Empresas que ofereçem a conexão e permitem de navigar na Net; disponibilizam o acesso a Net. Dominios Os endereços da Net

38 O tamanho da Net: os dominios Um dominio è um endereço automaticamente gerado segundo cada combinação alfanumerica possivel No momento em que alguém cadastra-se como dono do dominio, o dominio vira o endereço de alguma coisa ligada com o seu dono O dominio pode ser associado a um espaço Web, ou a um outro dominio que é associado a um espaço Web. As extensões do dominio indicam o tipo de dominio:.it,.co.uk,.pt,.br indicam dominios nacionais.com: dominios comerciais.net: dominios que tem a ver com a Internet, ou computadores.org: organizações

39 HTML 'HyperText Markup Language (HTML) (linguagem de descrição para hyper-textos) è a linguagem utilizada para descrever a estrutura dos documentos iper-textuais dos documentos disponibilizados no WWW. Cada WebSite está escrito em HTML, que é preciso para ser visualizado pelo browser; o browser genéra a página a ser visualizada na tela do computador. O HTML não é uma linguagem de programação, mas sim, uma linguagem de markup: descreve o conteúdo duma página Web A extensão.html ou.htm indica que trata-se de um documento html

40

41 Websites Um Website è um espaço sobre um servidor, onde qualquer pessoa ou organização pode dizer: isto sou eu, o que eu fazo, conheço, vendo, ofereço. O Website é organizado em páginas, cada uma com informações de texto, audio, video etc. Sites estáticos / Dinámicos

42 O funcionamento

43 Comportamentos

44 Comportamentos

45 Comportamentos

46 Comportamentos

47 As ferramentas e as tecnologias

48 Online Information Agencies Jornais online e agências de informação

49 Blogging Web Log: diário em Rede (literalmente: pedra em rede, afirmação da própria personalidade)

50 Instant Messaging Permitem a comunicação sincrónica entre os usuários através texto, imagens, sôm, video etc. Interessante: estas ferramentas sempre mais vão se integrar entre outras

51 Social Network Lugares de encontro com outros usuários e de compartilhamento (de fotos, contos, emoções ) Lugares de relações digitais

52 E-shops - Marketplaces Lugares de compra e venda na Internet

53 MUPIs Interactivos MUPI: Mobiliario Urbáno Publicitario Interactivo Em 2005 a YDreams e a JC Decaux desenvolveram um conceito inovador para o lançamento do novo Nokia N90 O MUPI reage quando o utilizador é detectado, virando-se na direção em que este se posiciona Através de uma câmara estrategicamente colocada, o utilizador é captado em fotografia e colocado instantaneamente no visor do N90

54 Mobile Internet Aplicação das ferramentas da Web sobre os telemovéis. O caso mais de sucesso pode ser representado pelos Blackberry e pelo IPhone

55 Mobile Advertising A McDonalds tem instalado BeamZones em alguns dos seus restaurantes. O utilizador pode receber ring tones, video trailers, jogos e em alguns casos, coupons para ofertas de hambúrgueres ou desconto em produtos (numero de série ou código de barras)

56 Mobile Advertising Na feira mundial automóvel de São Paulo, em 2008, a Volkswagen utilizou pela primeira vez uma solução de mobile advertising. O utilizador podia fazer o download do spot TV do novo Polo, descarregar o jogo Crossfox, o wallpaper, um screen saver, entre outros. O user era convidado a fazer um test drive exclusivo, recebendo o código de acesso através do seu telemóvel.

57 In Game Advertising As grandes marcas estão a ocupar espaço no mercado do Gamming Em 2005, foram gastos 56Milhoes USD na colocação de anuncios em video jogos Em 2004 esse valor era de 34 Milhoes USD Estudos comprovam que in- game advertising aumenta o awareness em 60% para novos produtos e anuncios animados 3D aumentam o recall face a elementos estáticos

58 O caso Toyota

59 O caso British Government

60 Kioske Interactivo

61 Janela Interactiva

62 Interactive Floors

63 Um caso de muro interactivo Bibliotéca do Palazzo Ducale (Urbino)

64 Touch

65 O caso: apresentação do IPad

66 Mundos Virtuais Mundos digitais em 3D, conectados a Internet, onde os usuários são representados por avatares

67 O foco: Second Life Second Life é o mais famoso de todos os Virtual Worlds. Lançado em 2003 pela empresa Linden Research, Inc. Ganhou maior notoriedade no final de 2006 ao lançar o software second life viewer criando um nível avançado de social network service Os residentes podem explorar, conhecer outros residentes, socializar, participar em actividades, criar e negociar produtos e serviços

68 Divertissement

69 Conclusões A Sociedade Digital è caraterizada por um amplo número de novas ferramentas e tecnologias sempre mais interconectadas

70 Neste cênario, é preciso o experto de Web Marketing: - Conhecer as diferentes ferramentas e possibilidades por essas ofereçidas - Ser capaz de utiliza-las, cada um segundo a sua particularidade - Trabalhar sempre mais online - Trabalhar sempre mais em comunidade

Tecnologia da Informação. Prof Odilon Zappe Jr

Tecnologia da Informação. Prof Odilon Zappe Jr Tecnologia da Informação Prof Odilon Zappe Jr Internet Internet Internet é o conglomerado de redes, em escala mundial de milhões de computadores interligados, que permite o acesso a informações e todo

Leia mais

Desenvolvimento em Ambiente Web. Prof. André Y. Kusumoto andrekusumoto.unip@gmail.com

Desenvolvimento em Ambiente Web. Prof. André Y. Kusumoto andrekusumoto.unip@gmail.com Desenvolvimento em Ambiente Web Prof. André Y. Kusumoto andrekusumoto.unip@gmail.com Internet A Internet é um conjunto de redes de computadores de domínio público interligadas pelo mundo inteiro, que tem

Leia mais

Informática. Aula 9. A Internet e seu Uso nas Organizações

Informática. Aula 9. A Internet e seu Uso nas Organizações Informática Aula 9 A Internet e seu Uso nas Organizações Curso de Comunicação Empresarial 2º Ano O Que é a Internet? A Internet permite a comunicação entre milhões de computadores ligados através do mundo

Leia mais

Internet. A Grande Rede Mundial. Givanaldo Rocha givanaldo.rocha@ifrn.edu.br http://docente.ifrn.edu.br/givanaldorocha

Internet. A Grande Rede Mundial. Givanaldo Rocha givanaldo.rocha@ifrn.edu.br http://docente.ifrn.edu.br/givanaldorocha Internet A Grande Rede Mundial Givanaldo Rocha givanaldo.rocha@ifrn.edu.br http://docente.ifrn.edu.br/givanaldorocha O que é a Internet? InterNet International Network A Internet é uma rede mundial de

Leia mais

INTERNET, INTRANET E EXTRANET

INTERNET, INTRANET E EXTRANET INTERNET, INTRANET E EXTRANET 1 Internet Rede de computadores que interliga milhões de usuários em todo o mundo. Não é uma rede única, mas um grupo de redes hierarquizadas. Pessoas e computadores trocando

Leia mais

SISTEMAS DE INFORMAÇÕES GERENCIAIS. Aula 09

SISTEMAS DE INFORMAÇÕES GERENCIAIS. Aula 09 FACULDADE CAMÕES PORTARIA 4.059 PROGRAMA DE ADAPTAÇÃO DE DISCIPLINAS AO AMBIENTE ON-LINE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO GERENCIAL DOCENTE: ANTONIO SIEMSEN MUNHOZ, MSC. ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO: FEVEREIRO DE 2007. Internet,

Leia mais

CONCEITOS INICIAIS. Agenda A diferença entre páginas Web, Home Page e apresentação Web;

CONCEITOS INICIAIS. Agenda A diferença entre páginas Web, Home Page e apresentação Web; CONCEITOS INICIAIS Agenda A diferença entre páginas Web, Home Page e apresentação Web; O que é necessário para se criar páginas para a Web; Navegadores; O que é site, Host, Provedor e Servidor Web; Protocolos.

Leia mais

CONCEITOS BÁSICOS DE INTERNET. Disciplina: INFORMÁTICA 1º Semestre Prof. AFONSO MADEIRA

CONCEITOS BÁSICOS DE INTERNET. Disciplina: INFORMÁTICA 1º Semestre Prof. AFONSO MADEIRA CONCEITOS BÁSICOS DE INTERNET Disciplina: INFORMÁTICA 1º Semestre Prof. AFONSO MADEIRA conceito inicial Amplo sistema de comunicação Conecta muitas redes de computadores Apresenta-se de várias formas Provê

Leia mais

Informática Aplicada. Aula 3 Internet, Browser e E-mail. Professora: Cintia Caetano

Informática Aplicada. Aula 3 Internet, Browser e E-mail. Professora: Cintia Caetano Informática Aplicada Aula 3 Internet, Browser e E-mail Professora: Cintia Caetano SURGIMENTO DA INTERNET A rede mundial de computadores, ou Internet, surgiu em plena Guerra Fria, no final da década de

Leia mais

TECNOLOGIA WEB Aula 1 Evolução da Internet Profa. Rosemary Melo

TECNOLOGIA WEB Aula 1 Evolução da Internet Profa. Rosemary Melo TECNOLOGIA WEB Aula 1 Evolução da Internet Profa. Rosemary Melo Tópicos abordados Surgimento da internet Expansão x Popularização da internet A World Wide Web e a Internet Funcionamento e personagens da

Leia mais

A INTERNET E A NOVA INFRA-ESTRUTURA DA TECNOLOGIA DE INFORMAÇÃO

A INTERNET E A NOVA INFRA-ESTRUTURA DA TECNOLOGIA DE INFORMAÇÃO A INTERNET E A NOVA INFRA-ESTRUTURA DA TECNOLOGIA DE INFORMAÇÃO 1 OBJETIVOS 1. O que é a nova infra-estrutura informação (TI) para empresas? Por que a conectividade é tão importante nessa infra-estrutura

Leia mais

Glossário de Internet

Glossário de Internet Acesso por cabo Tipo de acesso à Internet que apresenta uma largura de banda muito superior à da linha analógica. A ligação é feita com recurso a um modem (de cabo), que se liga à ficha de sinal de TV

Leia mais

MOBILE WEB,! você esta presente?

MOBILE WEB,! você esta presente? MOBILE WEB,! você esta presente? Como e porque é fundamental ter uma presença mobile relevante e acessível para converter em vendas e bom relacionamento. Prof: SAMANTHA CARVALHO Mobile Samantha Carvalho

Leia mais

milenaresende@fimes.edu.br

milenaresende@fimes.edu.br Fundação Integrada Municipal de Ensino Superior Sistemas de Informação A Internet, Intranets e Extranets milenaresende@fimes.edu.br Uso e funcionamento da Internet Os dados da pesquisa de TIC reforçam

Leia mais

Usar o Office 365 no iphone ou ipad

Usar o Office 365 no iphone ou ipad Usar o Office 365 no iphone ou ipad Guia de Início Rápido Verificar o email Configure o seu iphone ou ipad para enviar e receber emails de sua conta do Office 365. Verificar o seu calendário onde quer

Leia mais

É uma rede mundial de computadores ligados entre si. INTERNET

É uma rede mundial de computadores ligados entre si. INTERNET INTERNET O QUE É A INTERNET? O QUE É NECESSÁRIO PARA ACEDER À INTERNET? QUAL A DIFERENÇA ENTRE WEB E INTERNET? HISTÓRIA DA INTERNET SERVIÇOS BÁSICOS DA INTERNET 2 1 INTERCONNECTED NETWORK INTERNET A Internet

Leia mais

*Conceitos básicos *Formas de conexão *Correio Eletrônico *WWW *Principais navegadores para Internet

*Conceitos básicos *Formas de conexão *Correio Eletrônico *WWW *Principais navegadores para Internet Conceitos básicos Formas de conexão Correio Eletrônico WWW Principais navegadores para Internet Para compreender a Internet faz-se necessário o conhecimento de conceitos simples e que muitas vezes causam

Leia mais

CAPÍTULO 2. Este capítulo tratará :

CAPÍTULO 2. Este capítulo tratará : 1ª PARTE CAPÍTULO 2 Este capítulo tratará : 1. O que é necessário para se criar páginas para a Web. 2. A diferença entre páginas Web, Home Page e apresentação Web 3. Navegadores 4. O que é site, Host,

Leia mais

A INTERNET E A NOVA INFRA-ESTRUTURA DA TECNOLOGIA DE INFORMAÇÃO

A INTERNET E A NOVA INFRA-ESTRUTURA DA TECNOLOGIA DE INFORMAÇÃO Capítulo 9 A INTERNET E A NOVA INFRA-ESTRUTURA DA TECNOLOGIA DE INFORMAÇÃO 9.1 2003 by Prentice Hall OBJETIVOS O que é a nova infra-estrutura de tecnologia de informação (IT) para empresas? Por que a conectividade

Leia mais

CLC5 Formador: Vítor Dourado

CLC5 Formador: Vítor Dourado 1 A designação da Internet advém de Interconnected Network, ou seja, rede interligada. A Internet é uma gigantesca teia mundial de redes de computadores, em constante crescimento e evolução, oferecendo

Leia mais

Valor Comercial das Telecomunicações. Telecomunicações nas Empresas. Superar barreiras geográficas. Superar barreiras do tempo

Valor Comercial das Telecomunicações. Telecomunicações nas Empresas. Superar barreiras geográficas. Superar barreiras do tempo Valor Comercial das Telecomunicações Superar barreiras geográficas Atendimento ao cliente/preenchimento de pedidos Superar barreiras do tempo Consultas de crédito (POS) Superar barreiras de custo Videoconferência

Leia mais

Processo Judicial Eletrônico

Processo Judicial Eletrônico Processo Judicial Eletrônico Internet: origem, desenvolvimento e funcionamento Conceitos básicos das novas tecnologias Documento eletrônico Criptografia e métodos de assinatura digital Processo eletrônico

Leia mais

Desenvolvimento de Aplicações Web

Desenvolvimento de Aplicações Web Desenvolvimento de Aplicações Web André Tavares da Silva andre.silva@udesc.br Método de Avaliação Serão realizadas duas provas teóricas e dois trabalhos práticos. MF = 0,1*E + 0,2*P 1 + 0,2*T 1 + 0,2*P

Leia mais

CAPÍTULO 2. Entendendo a Internet

CAPÍTULO 2. Entendendo a Internet CAPÍTULO 2 Entendendo a Internet 2.1 O que é a Internet Internet é a rede mundial pública de computadores interligados, por meio da qual se transmite informações e dados para outros computadores conectados

Leia mais

Laudon & Laudon Essentials of MIS, 5th Edition. Pg. 9.1

Laudon & Laudon Essentials of MIS, 5th Edition. Pg. 9.1 Laudon & Laudon Essentials of MIS, 5th Edition. Pg. 9.1 9 OBJETIVOS OBJETIVOS A INTERNET E A NOVA INFRA-ESTRUTURA DA TECNOLOGIA DE INFORMAÇÃO O que é a nova infra-estrutura de tecnologia de informação

Leia mais

Manual Internet. Professora: Elisa Carvalho elisa_castro@sapo.pt http://elisacarvalho.no.sapo.pt

Manual Internet. Professora: Elisa Carvalho elisa_castro@sapo.pt http://elisacarvalho.no.sapo.pt Manual Internet Professora: Elisa Carvalho elisa_castro@sapo.pt http://elisacarvalho.no.sapo.pt Fevereiro de 2006 Índice Internet... 2 Correio electrónico... 2 Os endereços... 2 Lista de correio... 2 Grupos

Leia mais

A Nova Comunidade EU.IPP Google Apps for Education IGoogle, Google Mail, Talk, Calendar, Docs e Sites

A Nova Comunidade EU.IPP Google Apps for Education IGoogle, Google Mail, Talk, Calendar, Docs e Sites Ciclo de Workshops Departamento de Informática A Nova Comunidade EU.IPP Google Apps for Education IGoogle, Google Mail, Talk, Calendar, Docs e Sites 16 de Dezembro - ESEIG Ricardo Queirós (ESEIG) e Paulo

Leia mais

1. AULA 1 - INTRODUÇÃO À REDES DE COMPUTADORES

1. AULA 1 - INTRODUÇÃO À REDES DE COMPUTADORES 1. AULA 1 - INTRODUÇÃO À REDES DE COMPUTADORES Objetivos da Aula Aprender os conceitos básicos para compreensão das próximas aulas. Na maioria dos casos, os conceitos apresentados serão revistos com maior

Leia mais

Professor: Jorge Cavalcanti Jorge.cavalcanti@univasf.edu.br

Professor: Jorge Cavalcanti Jorge.cavalcanti@univasf.edu.br Internet Professor: Jorge Cavalcanti Jorge.cavalcanti@univasf.edu.br A Internet consiste de centenas de redes conectadas ao redor do mundo. Cada governo, companhia ou organização é responsável por manter

Leia mais

APRESENTAÇÃO. Sua melhor opção em desenvolvimento de sites! Mais de 200 clientes em todo o Brasil. Totalmente compatível com Mobile

APRESENTAÇÃO. Sua melhor opção em desenvolvimento de sites! Mais de 200 clientes em todo o Brasil. Totalmente compatível com Mobile APRESENTAÇÃO Totalmente compatível com Mobile Sua melhor opção em desenvolvimento de sites! Mais de 200 clientes em todo o Brasil APRESENTAÇÃO Muito prazer! Somos uma empresa que presta serviços em soluções

Leia mais

Comparativo entre os meios de comunicação para atingir 50 milhões de usuários

Comparativo entre os meios de comunicação para atingir 50 milhões de usuários Comparativo entre os meios de comunicação para atingir 50 milhões de usuários Fonte: TAKAHASHI, 2000; VEJA ONLINE, 2006 Definições de comércio eletrônico/e-business E - BUSINESS, acrônimo do termo em

Leia mais

NOVAS MÍDIAS DIGITAIS - AULA 01 - APRESENTAÇÃO

NOVAS MÍDIAS DIGITAIS - AULA 01 - APRESENTAÇÃO NOVAS MÍDIAS DIGITAIS - AULA 01 - APRESENTAÇÃO O QUE É MÍDIA DIGITAL? É conjunto de meios de comunicação baseados em tecnologia digital, permitindo a distribuição de informação na forma escrita, sonora

Leia mais

Introdução ao Desenvolvimento e Design de Websites

Introdução ao Desenvolvimento e Design de Websites Introdução ao Desenvolvimento e Design de Websites Prof.: Salustiano Rodrigues de Oliveira Email: saluorodrigues@gmail.com Site: www.profsalu.wordpress.com Introdução ao Desenvolvimento e Design de Websites

Leia mais

Módulo 1 Introdução às Redes

Módulo 1 Introdução às Redes CCNA 1 Conceitos Básicos de Redes Módulo 1 Introdução às Redes Ligação à Internet Ligação à Internet Uma ligação à Internet pode ser dividida em: ligação física; ligação lógica; aplicação. Ligação física

Leia mais

Telecomunicações, Internet e tecnologia sem fio. slide 1

Telecomunicações, Internet e tecnologia sem fio. slide 1 Telecomunicações, Internet e tecnologia sem fio slide 1 Objetivos de estudo Quais os principais componentes das redes de telecomunicações e quais as principais tecnologias de rede? Quais os principais

Leia mais

efagundes com Como funciona a Internet

efagundes com Como funciona a Internet Como funciona a Internet Eduardo Mayer Fagundes 1 Introdução à Internet A Internet é uma rede de computadores mundial que adota um padrão aberto de comunicação, com acesso ilimitado de pessoas, empresas

Leia mais

INFORMÁTICA PARA CONCURSOS

INFORMÁTICA PARA CONCURSOS INFORMÁTICA PARA CONCURSOS Prof. BRUNO GUILHEN Vídeo Aula VESTCON MÓDULO I - INTERNET Aula 01 O processo de Navegação na Internet. A CONEXÃO USUÁRIO PROVEDOR EMPRESA DE TELECOM On-Line A conexão pode ser

Leia mais

INTERNET CONCEITOS. Internet é a "grande rede mundial de computadores"

INTERNET CONCEITOS. Internet é a grande rede mundial de computadores INTERNET CONCEITOS O que é Internet Estamos acostumados a ouvir que Internet é a "grande rede mundial de computadores" Entretanto, essa definição não é muito simplista. Na realidade, Ela é uma coleção

Leia mais

INFORMÁTICA IINTERNET / INTRANET

INFORMÁTICA IINTERNET / INTRANET INFORMÁTICA IINTERNET / INTRANET Objectivos História da Internet Definição de Internet Definição dos protocolos de comunicação Entender o que é o ISP (Internet Service Providers) Enumerar os equipamentos

Leia mais

Administração de Sistemas de Informação I

Administração de Sistemas de Informação I Administração de Sistemas de Informação I Prof. Farinha Aula 03 Telecomunicações Sistemas de Telecomunicações 1 Sistemas de Telecomunicações Consiste de Hardware e Software transmitindo informação (texto,

Leia mais

Construção de um WebSite. Luís Ceia

Construção de um WebSite. Luís Ceia Construção de um WebSite Para a construção de um WebSite convém ter-se uma planificação cuidada. Para tal podemos considerar seis etapas fundamentais: 1. Planeamento 2. Desenvolvimento de Conteúdos 3.

Leia mais

Introdução à Internet

Introdução à Internet Tecnologias de Informação e Comunicação Introdução Internet? Introdução 11-03-2007 TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO 2 Internet Introdução É uma rede global de computadores interligados que comunicam

Leia mais

PROJETO E IMPLANTAÇÃO DE INTRANETS

PROJETO E IMPLANTAÇÃO DE INTRANETS PROJETO E IMPLANTAÇÃO DE INTRANETS Aulas : Terças e Quintas Horário: AB Noite [18:30 20:20hs] PROJETO E IMPLANTAÇÃO DE INTRANETS 1 Conteúdo O que Rede? Conceito; Como Surgiu? Objetivo; Evolução Tipos de

Leia mais

COMÉRCIO ELETRÔNICO UM BREVE HISTÓRICO

COMÉRCIO ELETRÔNICO UM BREVE HISTÓRICO UM BREVE HISTÓRICO COMÉRCIO ELETRÔNICO O comércio sempre existiu desde que surgiram as sociedades. Ele é dito como o processo de comprar, vender e trocar produtos e serviços. Inicialmente praticado pelos

Leia mais

EVOLUÇÃO DOS SIST. DE COMPUTAÇÃO DÉC. DE 50 E 60

EVOLUÇÃO DOS SIST. DE COMPUTAÇÃO DÉC. DE 50 E 60 INTRODUÇÃO REDES EVOLUÇÃO DOS SIST. DE COMPUTAÇÃO DÉC. DE 50 E 60 Computadores eram máquinas grandes e complexas, operadas por pessoas altamente especializadas; Não havia interação direta entre usuários

Leia mais

www.andrix.com.br professor@andrix.com.br Conceitos Básicos

www.andrix.com.br professor@andrix.com.br Conceitos Básicos Desenvolvimento Andrique web Amorim II www.andrix.com.br professor@andrix.com.br Conceitos Básicos Sites e Aplicações Web Normalmente, as pessoas utilizam o termo SITE quando se referem a blogs, sites

Leia mais

APRESENTAÇÃO COMERCIAL. www.docpix.net

APRESENTAÇÃO COMERCIAL. www.docpix.net APRESENTAÇÃO COMERCIAL www.docpix.net QUEM SOMOS Somos uma agência digital full service, especializada em desenvolvimento web, de softwares e marketing online. A Docpix existe desde 2010 e foi criada com

Leia mais

E- Marketing - Estratégia e Plano

E- Marketing - Estratégia e Plano E- Marketing - Estratégia e Plano dossier 2 http://negocios.maiadigital.pt Indíce 1 E-MARKETING ESTRATÉGIA E PLANO 2 VANTAGENS DE UM PLANO DE MARKETING 3 FASES DO PLANO DE E-MARKETING 4 ESTRATÉGIAS DE

Leia mais

LISTA DE EXERCÍCIOS. Mede a capacidade de comunicação de computadores e dispositivos. Operam em diferentes plataformas de hardware

LISTA DE EXERCÍCIOS. Mede a capacidade de comunicação de computadores e dispositivos. Operam em diferentes plataformas de hardware 1. A nova infra-estrutura de tecnologia de informação Conectividade Mede a capacidade de comunicação de computadores e dispositivos Sistemas abertos Sistemas de software Operam em diferentes plataformas

Leia mais

SISTEMAS DE INFORMAÇÃO - SI

SISTEMAS DE INFORMAÇÃO - SI SISTEMAS DE INFORMAÇÃO - SI Elaborado e adaptado por: Prof.Mestra Rosimeire Ayres Sistemas Colaborativos Empresariais (ECS) Os sistemas colaborativos nas empresas nos oferecem ferramentas para nos ajudar

Leia mais

Desenvolva seu projecto

Desenvolva seu projecto Desenvolva seu projecto documento simplificado Este documento é um guia para o desenvolvimento de uma especificação, explorando a maioria dos pontos a ser considerados no contexto de criação de um site

Leia mais

Conteúdo. Como tudo começou Como a internet funciona O que posso fazer com a internet. Cuidados que se deve ter ao usar a internet

Conteúdo. Como tudo começou Como a internet funciona O que posso fazer com a internet. Cuidados que se deve ter ao usar a internet INTERNET Conteúdo Como tudo começou Como a internet funciona O que posso fazer com a internet E-mail Chat Transferência de arquivos Navegação Cuidados que se deve ter ao usar a internet Internet Como tudo

Leia mais

Redes - Internet. Sumário 26-09-2008. Aula 3,4 e 5 9º C 2008 09 24. } Estrutura baseada em camadas. } Endereços IP. } DNS -Domain Name System

Redes - Internet. Sumário 26-09-2008. Aula 3,4 e 5 9º C 2008 09 24. } Estrutura baseada em camadas. } Endereços IP. } DNS -Domain Name System Redes - Internet 9º C 2008 09 24 Sumário } Estrutura baseada em camadas } Endereços IP } DNS -Domain Name System } Serviços, os Servidores e os Clientes } Informação Distribuída } Principais Serviços da

Leia mais

André Aziz (andreaziz.ufrpe@gmail.com) Francielle Santos (francielle.ufrpe@gmail.com) Noções de Internet

André Aziz (andreaziz.ufrpe@gmail.com) Francielle Santos (francielle.ufrpe@gmail.com) Noções de Internet André Aziz (andreaziz.ufrpe@gmail.com) Francielle Santos (francielle.ufrpe@gmail.com) Noções de Internet Noções de Internet: O que é Internet; História da Internet; Recursos da Internet; Serviços não-web.

Leia mais

INTERNET -- NAVEGAÇÃO

INTERNET -- NAVEGAÇÃO Página 1 INTRODUÇÃO Parte 1 O que é a Internet? A Internet é uma rede mundial de computadores, englobando redes menores distribuídas por vários países, estados e cidades. Ao contrário do que muitos pensam,

Leia mais

Nós fazemos fácil o difícil

Nós fazemos fácil o difícil O serviço TrustThisProduct é baseado na ideia de que informação detalhada e de confiança sobre um produto é a forma de chegar às mãos do consumidor. Como resultado, a pessoa ficará mais satisfeita com

Leia mais

Valor Comercial das Telecomunicações

Valor Comercial das Telecomunicações Valor Comercial das Telecomunicações Superar barreiras geográficas Atendimento ao cliente/preenchimento de pedidos Superar barreiras do tempo Consultas de crédito (POS) Superar barreiras de custo Videoconferência

Leia mais

sensitives). Os endereços Internet (E-mail) são comumente escritos em 1 - INTERNET:

sensitives). Os endereços Internet (E-mail) são comumente escritos em 1 - INTERNET: 1 - INTERNET: 1.1 - Conceitos: 1.1.1 - A Internet Uma definição mais formal sobre o que é a Internet pode ser resumida como uma rede de computadores, de abrangência mundial e pública, através da qual estão

Leia mais

Comércio Eletrônico. Aula 01. Os direitos desta obra foram cedidos à Universidade Nove de Julho

Comércio Eletrônico. Aula 01. Os direitos desta obra foram cedidos à Universidade Nove de Julho Comércio Eletrônico Aula 01 Os direitos desta obra foram cedidos à Universidade Nove de Julho Este material é parte integrante da disciplina oferecida pela UNINOVE. O acesso às atividades, conteúdos multimídia

Leia mais

1. INTERNET OU NET. Hardware. Computador. Linha telefónica normal, linha RDIS, ligação por cabo ou ADSL. Modem

1. INTERNET OU NET. Hardware. Computador. Linha telefónica normal, linha RDIS, ligação por cabo ou ADSL. Modem 1. INTERNET OU NET O que é a Internet? A Internet, ou apenas Net, é uma rede mundial de computadores ligados entre si através de linhas telefónicas comuns, linhas de comunicação privadas, satélites e outros

Leia mais

Internet Visão Geral. O que é a Internet? Ong Ação Cidadã

Internet Visão Geral. O que é a Internet? Ong Ação Cidadã Internet Visão Geral Ong Ação Cidadã O que é a Internet? INTERNET é o conjunto de computadores conectados em escala mundial, utilizando o protocolo TCP/IP para comunicar entre si. Nasceu em 1969 com a

Leia mais

Introdução à Internet

Introdução à Internet Internet Introdução à Internet A Internet é a maior rede de computadores do Mundo, abrangendo praticamente todos os países. Uma rede de computadores é um conjunto de dois ou mais computadores interligados,

Leia mais

Introdução. Ciência da Computação DESENVOLVIMENTO DE APLICAÇÕES PARA WEB. Claudinei Dias email: prof.claudinei.dias@gmail.com

Introdução. Ciência da Computação DESENVOLVIMENTO DE APLICAÇÕES PARA WEB. Claudinei Dias email: prof.claudinei.dias@gmail.com Ciência da Computação DESENVOLVIMENTO DE APLICAÇÕES PARA WEB Introdução Prof. Claudinei Dias email: prof.claudinei.dias@gmail.com INTERNET Criada a ARPANET em 1970 com a finalidade de conectar departamentos

Leia mais

Microsoft Internet Explorer. Browser/navegador/paginador

Microsoft Internet Explorer. Browser/navegador/paginador Microsoft Internet Explorer Browser/navegador/paginador Browser (Navegador) É um programa que habilita seus usuários a interagir com documentos HTML hospedados em um servidor web. São programas para navegar.

Leia mais

APOSTILA BÁSICA INFORMÁTICA: 1. PROCESSADOR DE TEXTOS 1.1 Conhecendo o aplicativo Word 2007 2.EDITOR DE PLANILHAS

APOSTILA BÁSICA INFORMÁTICA: 1. PROCESSADOR DE TEXTOS 1.1 Conhecendo o aplicativo Word 2007 2.EDITOR DE PLANILHAS APOSTILA BÁSICA INFORMÁTICA: 1. PROCESSADOR DE TEXTOS 1.1 Conhecendo o aplicativo Word 2007 2.EDITOR DE PLANILHAS 3.INTERNET 3.1. Internet: recursos e pesquisas 3.2. Conhecendo a Web 3.3. O que é um navegador?

Leia mais

Introdução à Internet. Sumário. Internet: Um Pequeno Histórico. O que é Internet? Objetivos. A Comunicação. Márcia V.

Introdução à Internet. Sumário. Internet: Um Pequeno Histórico. O que é Internet? Objetivos. A Comunicação. Márcia V. Objetivos Introdução à Internet Márcia V. Costa Miranda Passar uma visão geral da rede Internet. Resumo do histórico sobre Internet. Explicar a utilização de um browser de navegação navegador. Exibir os

Leia mais

IPTV UMA INOVAÇÃO PARA O VALE DO SÃO LOURENÇO RESUMO

IPTV UMA INOVAÇÃO PARA O VALE DO SÃO LOURENÇO RESUMO IPTV UMA INOVAÇÃO PARA O VALE DO SÃO LOURENÇO AMADIO Renato Arnaut 1 RESUMO A região do Vale do São Lourenço já está inserida na era digital, ela se caracteriza pela economia sustentada na agropecuária,

Leia mais

Lista de Exercício: PARTE 1

Lista de Exercício: PARTE 1 Lista de Exercício: PARTE 1 1. Questão (Cód.:10750) (sem.:2a) de 0,50 O protocolo da camada de aplicação, responsável pelo recebimento de mensagens eletrônicas é: ( ) IP ( ) TCP ( ) POP Cadastrada por:

Leia mais

CARTILHA DO SISTEMA DE CONFERÊNCIA WEB. Núcleo de Tecnologia da Informação da Comunicação

CARTILHA DO SISTEMA DE CONFERÊNCIA WEB. Núcleo de Tecnologia da Informação da Comunicação CARTILHA DO SISTEMA DE CONFERÊNCIA WEB Núcleo de Tecnologia da Informação da Comunicação 2011 UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA UNIPAMPA NÚCLEO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E DA COMUNICAÇÃO NTIC CARTILHA DO

Leia mais

Como Iniciar NSZ-GS7. Network Media Player. As imagens de ecrãs, as operações e as especificações estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.

Como Iniciar NSZ-GS7. Network Media Player. As imagens de ecrãs, as operações e as especificações estão sujeitas a alterações sem aviso prévio. Como Iniciar PT Network Media Player NSZ-GS7 As imagens de ecrãs, as operações e as especificações estão sujeitas a alterações sem aviso prévio. Como Iniciar: LIGAR/EM ESPERA Liga ou desliga o leitor.

Leia mais

SISTEMAS OPERACIONAIS LIVRES SERVICOS DE REDE LOCAL. Professor Carlos Muniz

SISTEMAS OPERACIONAIS LIVRES SERVICOS DE REDE LOCAL. Professor Carlos Muniz SISTEMAS OPERACIONAIS LIVRES SERVICOS DE REDE LOCAL Na internet, cada computador conectado à rede tem um endereço IP. Todos os endereços IPv4 possuem 32 bits. Os endereços IP são atribuídos à interface

Leia mais

APRESENTAÇÃO DO CURSO. Prof. BRUNO GUILHEN www.brunoguilhen.com.br. Prof. BRUNO GUILHEN

APRESENTAÇÃO DO CURSO. Prof. BRUNO GUILHEN www.brunoguilhen.com.br. Prof. BRUNO GUILHEN APRESENTAÇÃO DO CURSO Prof. BRUNO GUILHEN www.brunoguilhen.com.br Prof. BRUNO GUILHEN MÓDULO I - INTERNET Aula 01 O processo de Navegação na Internet. O processo de Navegação na Internet A CONEXÃO USUÁRIO

Leia mais

Estudo de Web Marketing para a Prova NP1 Dia da prova: 07/10/2011

Estudo de Web Marketing para a Prova NP1 Dia da prova: 07/10/2011 Curso de Marketing Disciplina: Web Marketing Professor: Roberto Marcello Estudo de Web Marketing para a Prova NP1 Dia da prova: 07/10/2011 Web Marketing Web Marketing é qualquer esforço promocional realizado

Leia mais

XIV SEMINÁRIO NACIONAL DE DISTRIBUIÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA INFORMATIZAÇÃO DAS NORMAS E PROCEDIMENTOS DE MEDIÇÃO VIA INTRANET E INTERNET

XIV SEMINÁRIO NACIONAL DE DISTRIBUIÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA INFORMATIZAÇÃO DAS NORMAS E PROCEDIMENTOS DE MEDIÇÃO VIA INTRANET E INTERNET XIV SEMINÁRIO NACIONAL DE DISTRIBUIÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA INFORMATIZAÇÃO DAS NORMAS E PROCEDIMENTOS DE MEDIÇÃO VIA INTRANET E INTERNET Autores: OROMAR CÓRDOVA GILBERTO ALVES LOBATO COPEL Companhia Paranaense

Leia mais

Tema 4a Internet e Intranet

Tema 4a Internet e Intranet Tema 4a Internet e Intranet 1 Internet - Introdução História A Internet foi originalmente concebida para proporcionar meios de comunicações em caso de guerra atómica, evitando uma topologia baseada em

Leia mais

A utilização das redes na disseminação das informações

A utilização das redes na disseminação das informações Internet, Internet2, Intranet e Extranet 17/03/15 PSI - Profº Wilker Bueno 1 Internet: A destruição as guerras trazem avanços tecnológicos em velocidade astronômica, foi assim também com nossa internet

Leia mais

Google Apps para o Office 365 para empresas

Google Apps para o Office 365 para empresas Google Apps para o Office 365 para empresas Faça a migração O Office 365 para empresas tem uma aparência diferente do Google Apps, de modo que, ao entrar, você poderá obter esta exibição para começar.

Leia mais

Sistemas de Informação Gerencial

Sistemas de Informação Gerencial Sistemas de Informação Gerencial Aula 06 Prof.ª Bruna Patrícia da Silva Braga Infraestrutura de TI: Redes de Computadores Redes de Computadores Conjunto de computadores e periféricos ligados entre si através

Leia mais

Introdução à Internet

Introdução à Internet Introdução à Internet Paulo Santos v. 2.0-2012 1 Índice 1 Introdução à Internet... 3 1.1 Conceitos base... 3 1.1.1 O que é a internet?... 3 1.1.2 O que é preciso para aceder à internet?... 3 1.1.3 Que

Leia mais

INTERNET, INTRANET E EXTRANET INTERNET

INTERNET, INTRANET E EXTRANET INTERNET INTERNET, INTRANET E EXTRANET 1 INTERNET Rede de computadores que interliga milhões de usuários em todo o mundo. Não é uma rede única, mas um grupo de redes hierarquizadas. Pessoas e computadores trocando

Leia mais

PUBLICIDADE DIGITAL E NEW MEDIA 2009-2010 / 6º SEMESTRE

PUBLICIDADE DIGITAL E NEW MEDIA 2009-2010 / 6º SEMESTRE PUBLICIDADE DIGITAL E NEW MEDIA 2009-2010 / 6º SEMESTRE PRÓXIMA AULA: APRESENTAÇÃO DE PLANO DE COMUNICAÇÃO E O FILME DO YOUTUBE? AULA 12 A. EMAIL MARKETING - Objectivos e problemas - Ideias - Vantagens

Leia mais

O processo de Navegação na Internet APRESENTAÇÃO DO CURSO. Prof. BRUNO GUILHEN. O Internet Explorer INFORMÁTICA BÁSICA

O processo de Navegação na Internet APRESENTAÇÃO DO CURSO. Prof. BRUNO GUILHEN. O Internet Explorer INFORMÁTICA BÁSICA APRESENTAÇÃO DO CURSO Prof. BRUNO GUILHEN O processo de Navegação na Internet INFORMÁTICA BÁSICA A NAVEGAÇÃO Programas de Navegação ou Browser : Internet Explorer; O Internet Explorer Netscape Navigator;

Leia mais

Programação e Designer para WEB

Programação e Designer para WEB Programação e Designer para WEB Introdução Prof. Rodrigo Rocha prof.rodrigorocha@yahoo.com Apresentação Prof. Rodrigo Rocha prof.rodrigorocha@yahoo.com Ementa I t d ã hi t t Introdução a hipertexto. A

Leia mais

O SEU STAND. NA INTERNET.

O SEU STAND. NA INTERNET. O SEU STAND. NA INTERNET. Soluções tecnológicas inovadoras para o sector automóvel www.multivector.com CRM Auto Web Sites Dispositivos móveis Redes Sociais Portais de divulgação Evolução 03 A EVOLUÇÃO

Leia mais

Programação e Designer para WEB

Programação e Designer para WEB Programação e Designer para WEB Introdução Prof. Rodrigo Rocha prof.rodrigorocha@yahoo.com Apresentação Prof. Rodrigo Rocha prof.rodrigorocha@yahoo.com Ementa Introdução a hipertexto. A linguagem HTML.

Leia mais

Telecomunicações. Prof. André Y. Kusumoto andrekusumoto.unip@gmail.com

Telecomunicações. Prof. André Y. Kusumoto andrekusumoto.unip@gmail.com Telecomunicações Prof. André Y. Kusumoto andrekusumoto.unip@gmail.com Internet A Internet é um conjunto de redes de computadores de domínio público interligadas pelo mundo inteiro, que têm em comum um

Leia mais

INTERNET OUTLOOK. 1. Considerando os conceitos e os modos de navegação na Internet, assinale a opção correta.

INTERNET OUTLOOK. 1. Considerando os conceitos e os modos de navegação na Internet, assinale a opção correta. Prof. Júlio César S. Ramos P á g i n a 1 INTERNET OUTLOOK 1. Considerando os conceitos e os modos de navegação na Internet, assinale a opção correta. A O Outlook Express permite criar grupo de pessoas

Leia mais

T ecnologias de I informação de C omunicação

T ecnologias de I informação de C omunicação T ecnologias de I informação de C omunicação 9º ANO Prof. Sandrina Correia TIC Prof. Sandrina Correia 1 Objectivos Aferir sobre a finalidade da Internet Identificar os componentes necessários para aceder

Leia mais

Nós fazemos fácil o difícil

Nós fazemos fácil o difícil TrustThisProduct - Um serviço de marketing on-line internacional para fabricantes do mundo todo. As principais características que o serviço TrustThisProduct fornece aos fabricantes: - Criação e edição

Leia mais

BLENDED MARKETING. Pedro Dionísio Maio 2013

BLENDED MARKETING. Pedro Dionísio Maio 2013 BLENDED MARKETING Pedro Dionísio Maio 2013 Consumidor A.I. 2 Consumidor D.I. Consumidor Blended 3 Fragvergence Fragmentação de suportes Consumidor Blended Convergência de mensagens 4 Um consumidor que

Leia mais

Número de pessoas com acesso à internet passa de 120 milhões

Número de pessoas com acesso à internet passa de 120 milhões MÍDIA KIT INTERNET Número de pessoas com acesso à internet passa de 120 milhões Segundo pesquisa da Nielsen IBOPE, até o 1º trimestre/2014 número 18% maior que o mesmo período de 2013. É a demonstração

Leia mais

Website para dispositivos Móveis. O futuro na palma de sua mão!

Website para dispositivos Móveis. O futuro na palma de sua mão! Website para dispositivos Móveis O futuro na palma de sua mão! Sites Mobile A Internet está sendo cada vez mais acessada através de telefones móveis e, como resultado, sites estão recebendo uma boa quantidade

Leia mais

Web. Professor André Martins

Web. Professor André Martins Web Professor André Martins Internet é agora A internet é a promessa de sermos todos um. Aldeia Global*, não com a Tv, mas com a internet. Teoria do caos (Edward Lorenz)- o bater de asas de uma simples

Leia mais

ATA - Exercícios Informática Carlos Viana. 2012 Copyright. Curso Agora eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor.

ATA - Exercícios Informática Carlos Viana. 2012 Copyright. Curso Agora eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. ATA - Exercícios Informática Carlos Viana 2012 Copyright. Curso Agora eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. ATA EXERCÍCIOS CARLOS VIANA 01 -Existem vários tipos de vírus de computadores, dentre

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA PRÓ REITORIA DE EXTENSÃO E ASSUNTOS COMUNITÁRIOS

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA PRÓ REITORIA DE EXTENSÃO E ASSUNTOS COMUNITÁRIOS UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA PRÓ REITORIA DE EXTENSÃO E ASSUNTOS COMUNITÁRIOS INCUBADORA DE EMPREENDIMENTOS SOLIDÁRIOS PROJETO TELECENTROS COMUNITÁRIOS Hoje a conexão está global Termos Técnicos HTML

Leia mais

Lisboa, Ano Lectivo 2009 2010 Prof. Gaia Moretti LUMSA Italia PROGRAMA DA DISCIPLINA WEBMARKETING CONTEXTO

Lisboa, Ano Lectivo 2009 2010 Prof. Gaia Moretti LUMSA Italia PROGRAMA DA DISCIPLINA WEBMARKETING CONTEXTO CONTEXTO Nos últimos anos, assistiu-se à construção dos alicerces de um novo modelo social, dinâmico, inovador e exigente, que se designa por Sociedade da Informação. Esta evolução assenta sobre alterações

Leia mais

Redes de Computadores

Redes de Computadores Redes de Computadores São dois ou mais computadores ligados entre si através de um meio.a ligação pode ser feita recorrendo a tecnologias com fios ou sem fios. Os computadores devem ter um qualquer dispositivo

Leia mais

Apostila de Internet Alan Cleber Borim -

Apostila de Internet Alan Cleber Borim - Alan Cleber Borim - alan.borim@poli.usp.br http://www.pcs.usp.br/~alan Índice Internet e Conectividade 3 Provedores 4 Backbones 4 Browsers 5 Internet Explorer 5 Netscape 5 Outras tecnologias encontradas

Leia mais