Gerência de Configuração de Software. Msc. Ernani Sales Implementador Oficial MPS.BR

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Gerência de Configuração de Software. Msc. Ernani Sales Implementador Oficial MPS.BR ernani@webapsee.com"

Transcrição

1 Gerência de Configuração de Software Msc. Ernani Sales Implementador Oficial MPS.BR

2 Introdução O que é GCS? Terminologia Agenda Modelos, Padrões e Normas Processo de GCS Padrão IEEE 828 Problemas X Benefícios Considerações Finais

3 Introdução

4 Histórico 1950: Indústria Aero-Espacial Mudanças de Engenharia Não-Documentadas 1960: Mainframes Correction Cards 1970 e 1980: Indústria de Software Ferramentas, Algoritmos, Modelos, : Empresas de Desenvolvimento Artefatos de Software

5 Cenário Atual (1) Projetos cada vez mais complexos em relação ao tamanho, sofisticação e tecnologias envolvidas Grandes equipes geograficamente dispersas Requisitos de execução do sistema em diferentes plataformas de hardware e software Suporte a diferentes línguas e culturas Demandas específicas para equacionar custo/benefício (eg.: Desktop, Standard, Professional e Enterprise)

6 Cenário Atual (2) Crescente velocidade da comunicação entre clientes sobre a ocorrência de defeitos Diminuição dos tempos de desenvolvimento e de correção de defeitos Lidar com o caos relacionado à atividade criativa, buscando métodos e ferramentas para maximizar a produtividade e minimizar os erros.

7 O que é GCS?

8 Contra-definição GC não é (somente) controle de versões! GC não é configuração de conteúdo/dados (ver PDM)! GC não é backup! GC não é simples! GC não é impossível! GC não é modismo! GC não é opcional! GC não é uma panacéia! GC não evita que ocorram modificações! GC não termina nela mesma! GC não é somente para sistemas grandes e complexos! GC não é somente para grandes equipes geograficamente distribuídas!

9 Definição(1) Segundo a definição epistemológica, Configuração deriva do latim: Configurare dar forma Também significa arranjo relativo de partes de elementos

10 Definição(2) Gerência de Configuração (GC) disciplina responsável pela gerência das modificações ocorridas em sistemas complexos e de grande porte (Tichy,1988) Objetivo: gerenciar e controlar as numerosas correções, extensões e adaptações que são aplicadas a um sistema durante o seu ciclo de vida

11 Definição(3) Gerência de Configuração de Software: gerência de configuração aplicada especificamente ao software (Estublier, 2005) Objetivo: garantir um sistemático e rastreado processo de desenvolvimento de software em que todas as mudanças são precisamente gerenciadas para que o software esteja sempre estável

12 Terminologia

13 Item de Configuração (IC) Itens de hardware e/ou software vistos como uma entidade única Sujeito a mudanças obedecendo políticas estabelecidas É estabelecido para cada pedaço de software que pode ser projetado, implementado e testado de forma independente

14 Versões(1) Instâncias de um mesmo IC que diferem entre si em algo (sinônimo: revisões) Possui funcionalidade diferente, melhora de performance ou erros reparados Se equivalentes funcionalmente, podem ser projetadas para configurações de hardware e/ou software diferentes (variantes)

15 Versões(2) IC 1.0 IC 1.1 IC 1.2 IC 1.3 IC 2.0 IC 1.4 IC 2.1 IC IC A1 A2 A3 A4 A4 (Pressman 2005) ICs, Versões e Variantes

16 Repositório Local onde os ICs são armazenados Armazena o histórico do projeto Controle na entrada e saída de ICs Utiliza diferentes mecanismos de armazenamento Versionamento completo Versionamento de diferenças (delta) Utiliza diferentes mecanismos de controle de concorrência Pessimista Otimista

17 Junção (Merge) Espaço de Trabalho Configuração do Usuário Check-out Check-in Configuração Original Configuração Atual Repositório outros check-ins Junção Configuração Final

18 Conflitos Situação onde não é possível executar a junção de forma automática O suporte atual concentra no nível físico! Exemplos de conflitos físicos Alterações em paralelo de uma mesma linha Remoção e alteração em paralelo de uma mesma linha Adições de linhas em paralelo na mesma região do arquivo

19 Espaço de Trabalho (workspace) Local onde o usuário pode fazer seu trabalho de forma isolada Armazena um momento específico do projeto Controle sobre quando sincronizar com o repositório Sinônimo: caixa de areia (sandbox)

20 Configuração Um conjunto de versões de ICs Uma configuração pode ser vista como um IC composto de outros ICs Exemplos Configuração do sistema Configuração do processo Configuração do módulo X Configuração dos requisitos do sistema Configuração do código fonte

21 Rótulo Mecanismo usado para identificar uma configuração As diversas versões de ICs marcadas com um rótulo constituem uma configuração do sistema Permite identificar níveis de qualidade dos ICs Sinônimo: etiqueta (tag) Rótulos AloMundo.java BemVindo.java build.xml Usuario.java RECUSADA ACEITA

22 Linha Base (baseline) (1) Um item aprovado e colocado em armazenamento em uma biblioteca controlada Coleção de itens entregues para uso Um item de configuração, ligado a um milestone específico no projeto

23 Linha Base (baseline) (2) IC composto IC primitivo 1 IC primitivo 2 IC primitivo 3 L.B.1 V.1 V.1 V.1 L.B.2 V.2 V.2 V.2 V.3 V.3 L.B.3 V.4

24 Liberação (release) É uma versão disponibilizada para um fim específico Importante Toda liberação é uma configuração Nem toda configuração é uma liberação Em alguns casos liberações podem ser desenvolvidas em paralelo (time to market) Exemplos Liberação para testes de sistema Liberação para homologação Liberação para entrega ao cliente

25 Ramo (branch) Versões que não seguem a linha principal de desenvolvimento Fornecem isolamento para o processo de desenvolvimento Ramos usualmente são migrados à linha principal de desenvolvimento A migração pode ser complicada no caso de isolamento longo

26 Exemplo de Ramo Rótulo AloMundo.java BemVindo.java build.xml Usuario.java sistemax_ Ramo remendos_rel_

27 Modelos, Padrões e Normas

28 IEEE Std 828 IEEE Standard for Software Configuration Management Plans Publicado em 1998 e atualizado em 2005 Contém requisitos mínimos para a implementação do processo de GCS para: Desenvolvimento de softwares críticos Desenvolvimento de softwares não-críticos Software já construídos (Em manutenção) Aplicado a qualquer tipo, classe ou forma de software

29 ISO 10007:2003 Quality management systems - Guidelines for configuration management Publicado em 1995 e atualizado em 2003 Orienta o uso de GC em uma organização Aplicado ao desenvolvimento de produtos Defini responsabilidades, autoridades e o processo de GC: planejamento da gerência da configuração identificação da configuração o controle da mudança a contabilidade do status da configuração auditoria da configuração

30 CMMI, MPS.BR,... Modelos de Maturidade / Qualidade de (Processos de) Software CMMI (SEI), MPS.BR (SOFTEX) Classifica as empresas de desenvolvimento de software em níveis de maturidade Ambos definem resultados esperados para Gerência de Configuração

31 CMMI

32 MPS.BR

33 Processo de GCS Padrão IEEE 828

34 Padrão IEEE 828 Divide o Processo de GCS em cinco funções: Identificação da configuração Controle da configuração Contabilização da situação da configuração Avaliação e revisão da configuração e Gerenciamento de liberação e entrega.

35 Identificação da configuração (1) (2) V0 Repositórios V1 de ICs V2 A A Seleção dos ICs Esquema de Versões e Variantes ICs passíveis de GCS (3) Especificação de Requisitos Formato:.doc... Descrição dos ICs (Física e Funcional)

36 Controle da Configuração (1) Solicitação de Modificação (3) Análise de Impacto Classificação da Modificação (2) (4) Avaliação da Modificação Baseline Atualização da Linha Base (7) Verificação da Modificação (6) Implementação da Modificação (5) CCC

37 Contabilização da situação da configuração Atividades: armazenar as informações geradas pelas demais funções permitir que essas informações possam ser acessadas em função de necessidades específicas Exemplo de necessidades: Uso de medições para a melhoria do processo, a estimativa de custos futuros e a geração de relatórios gerenciais.

38 Avaliação e revisão da configuração Ocorre quando a linha base, gerada na função de controle da configuração, é selecionada para ser liberada para o cliente Atividades: Auditoria Física planos, dados, metodologia e resultados dos testes Auditoria Funcional cláusulas contratuais e consistência de informações

39 Gerenciamento de liberação Atividades: e entrega Construção, produzindo ICs derivados a partir de ICs fonte Liberação, identificando as versões particulares de cada IC que serão disponibilizadas, e Entrega, implantando os produtos de software no ambiente final de execução

40 Problemas X Benefícios

41 Falta de GCS implica... Perda de código-fonte Bibliotecas inesperadamente não funcionam mais Impossibilidade de determinar o que aconteceu com um programa, ou parte dele Impossibilidade de determinar quem, porque e quando foram efetuadas modificações

42 Falta de GCS implica... Requisitos já documentados desaparecem Requisitos implementados desaparecem do código O programa em execução e o seu código fonte estão em diferentes versões

43 GCS traz... Aumento da Memória Organizacional da empresa Desenvolvimento dependente do processo, e não de pessoas Controle sobre o desenvolvimento Rastreabilidade entre os diferentes níveis de abstração de um mesmo item requisito, análise, projeto, código, programa, executável Documentação sobre a evolução do sistema

44 Considerações Finais

45 Foco de Atuação Controle sobre a evolução de produtos de trabalho Produtos de trabalho do projeto Produtos de trabalho dos processos Fonte de informações para outros processos Ex. 1: dados históricos para medição e análise Ex. 2: laudo de defeitos para análise de causa Garantia de que foi feito o que deveria ter sido feito

46 Perspectivas

47 GCS no Processo de Software O processo de gestão de configuração normalmente acontece paralelamente ao processo de software Durante a fase de definição do projeto, é criado o plano de gerência de configuração e anexado ao plano do projeto Gerência de configuração apóia todas as fases do processo de desenvolvimento As ferramentas atuais fornecem maior suporte para as fases de codificação e manutenção

48 Referências Bibliográficas

49 Referências(1) Estublier, Jacky. Software Configuration Management: A Roadmap. Future of Software Engineering, Limerick, Ireland, ACM Press, Estublier, Jacky; D. Leblang, et al. Impact of Software Engineering Research on the Practice of Software Configuration Management. ACM Transactions on Software Engineering and Methodology Dart, Susan. Concepts in configuration management systems. In Proceedings of the 3rd international Workshop on Software Configuration Management (Trondheim, Norway, June 12-14, 1991). P. H. Feiler, Ed. ACM Press, New York, NY, 1-18., 1991.

50 Referências(2) IEEE, 2005, Std IEEE Standard for Software Configuration Management Plans, Institute of Electrical and Electronics Engineers. Pressman, Roger S Software Engineering: a practioner s approach. McGrawHill, 6th edition. SEI CMMI Web Site. Disponível em: SOFTEX Mps.Br Melhoria de Processos de Software Brasileiro. Disponível em:

51 Gerência de Configuração de Software Msc. Ernani Sales Obrigado!

Gerência de Configuração. Profº Rômulo César

Gerência de Configuração. Profº Rômulo César Gerência de Configuração Profº Rômulo César Gerência de Configuração Cenário Atual Projetos cada vez mais complexos em relação ao tamanho, sofisticação e tecnologias envolvidas Grandes equipes geograficamente

Leia mais

Introdução ao Controle de Versões. Leonardo Murta (leomurta@ic.uff.br)

Introdução ao Controle de Versões. Leonardo Murta (leomurta@ic.uff.br) Introdução ao Controle de Versões Leonardo Murta (leomurta@ic.uff.br) Introdução A Engenharia de Software... Abordagem disciplinada para o desenvolvimento de software Grande diversidade de metodologias

Leia mais

GERÊNCIA DE CONFIGURAÇÃO. Isac Aguiar isacaguiar.com.br isacaguiar@gmail.com

GERÊNCIA DE CONFIGURAÇÃO. Isac Aguiar isacaguiar.com.br isacaguiar@gmail.com GERÊNCIA DE CONFIGURAÇÃO Isac Aguiar isacaguiar.com.br isacaguiar@gmail.com Objetivo Apresentar a GC (Gerencia de Configuração) no contexto da Engenharia de Software Mostrar a importância da GC no controle

Leia mais

Gerência de Configuração de Software Introdução

Gerência de Configuração de Software Introdução Universidade Estadual de Maringá Departamento de Informática Ciência da Computação Processo de Engenharia de Software II Gerência de Configuração de Software Introdução Rafael Leonardo Vivian {rlvivian.uem

Leia mais

Gerência de Configuração. Professor: Dr. Eduardo Santana de Almeida Universidade Federal da Bahia esa@dcc.ufba.br

Gerência de Configuração. Professor: Dr. Eduardo Santana de Almeida Universidade Federal da Bahia esa@dcc.ufba.br Gerência de Configuração Professor: Dr. Eduardo Santana de Almeida Universidade Federal da Bahia esa@dcc.ufba.br Introdução Mudanças durante o desenvolvimento de software são inevitáveis: os interesses

Leia mais

Instruções do Jogo INSTRUÇÕES DO JOGO

Instruções do Jogo INSTRUÇÕES DO JOGO INSTRUÇÕES DO JOGO Introdução Objetivo do jogo: concluir um projeto de software Número de jogadores (primeira versão): recomenda-se de 2 a 3 jogadores, mas poderia ser jogado individualmente. Composição

Leia mais

ISO/IEC 12207: Gerência de Configuração

ISO/IEC 12207: Gerência de Configuração ISO/IEC 12207: Gerência de Configuração Durante o processo de desenvolvimento de um software, é produzida uma grande quantidade de itens de informação que podem ser alterados durante o processo Para que

Leia mais

Mini-Curso Gerência de Configuração Visão prática

Mini-Curso Gerência de Configuração Visão prática www.asrconsultoria.com.br Mini-Curso Gerência de Configuração Visão prática Copyright ASR Consultoria e Assessoria em Qualidade 1 Direitos de Uso do Material Material desenvolvido pela ASR Consultoria

Leia mais

Gerência de Configuração de Software Funções

Gerência de Configuração de Software Funções Universidade Estadual de Maringá Departamento de Informática Ciência da Computação Processo de Engenharia de Software II Gerência de Configuração de Software Funções Rafael Leonardo Vivian {rlvivian.uem

Leia mais

Gerência de Configuração de Software

Gerência de Configuração de Software Gerência de Configuração de Software Desenvolvendo software de forma eficiente e disciplinada O Cristine Dantas É bacharel em Informática pela UFRJ e mestre em Engenharia de Sistemas e Computação pela

Leia mais

Conteúdo. Disciplina: INF 02810 Engenharia de Software. Monalessa Perini Barcellos

Conteúdo. Disciplina: INF 02810 Engenharia de Software. Monalessa Perini Barcellos Universidade Federal do Espírito Santo Centro Tecnológico Departamento de Informática Disciplina: INF 02810 Prof.: (monalessa@inf.ufes.br) Conteúdo 1. Introdução 2. Processo de Software 3. Gerência de

Leia mais

Agenda. Gerência de Configuração de Software. Atividade Sala. Quais os problemas? P1) Duplicidade de Trabalho. P2) Trabalhos Sobrepostos

Agenda. Gerência de Configuração de Software. Atividade Sala. Quais os problemas? P1) Duplicidade de Trabalho. P2) Trabalhos Sobrepostos Agenda Gerência de Configuração de Software Vamos entender o Problema? Quais os problemas? Gerência de Configuração Marcos Dósea dosea@ufs.br Entender os problemas... Quais os problemas? Problema 1) Duplicidade

Leia mais

Atividades da Engenharia de Software GERENCIAMENTO DA CONFIGURAÇÃO DE SOFTWARE. Atividades da Engenharia de Software. Processo de Desenvolvimento de

Atividades da Engenharia de Software GERENCIAMENTO DA CONFIGURAÇÃO DE SOFTWARE. Atividades da Engenharia de Software. Processo de Desenvolvimento de SCE186-ENGENHARIA DE SOFTWARE Módulo 1 Atividades da Engenharia de GERENCIAMENTO DA CONFIGURAÇÃO DE SOFTWARE Profª Rosely Sanches rsanches@icmc.usp.br 2003 DEFINIÇÃO CONSTRUÇÃO SOFTWARE PRODUTO MANUTENÇÃO

Leia mais

Gerência de Configuração. Técnicas e Práticas no Desenvolvimento do Software

Gerência de Configuração. Técnicas e Práticas no Desenvolvimento do Software Gerência de Configuração Técnicas e Práticas no Desenvolvimento do Software Sumário Introdução... 19 Parte 1 - Visão Geral... 23 1 Entendendo a Necessidade de Gerência de Configuração... 25 1.1 Visão Geral

Leia mais

ES06 Especialização em Engenharia de Software Prof.: Misael Santos (misael@gmail.com) Ago/2010

ES06 Especialização em Engenharia de Software Prof.: Misael Santos (misael@gmail.com) Ago/2010 Gestão de Configuração de Software - Conceitos Principais - ES06 Especialização em Engenharia de Software Prof.: Misael Santos (misael@gmail.com) Ago/2010 Agenda Configuração Itens de Configuração Versionamento

Leia mais

Engenharia de Software I

Engenharia de Software I Engenharia de Software I Rogério Eduardo Garcia (rogerio@fct.unesp.br) Bacharelado em Ciência da Computação Aula 03 In a calm sea every man is a pilot. Engenharia de Software I Aula 3 Gerenciamento de

Leia mais

Requisitos de Ferramentas de Gerenciamento de Configuração

Requisitos de Ferramentas de Gerenciamento de Configuração Requisitos de Ferramentas de Gerenciamento de Configuração Viviane Nogueira Pinto de Oliveira 1 1Departamento de Ciência da Computação Universidade Federal de Minas Gerais Av. Antônio Carlos, 6627 CEP

Leia mais

Políticas de Controle de Concorrência no Desenvolvimento Distribuído de Software

Políticas de Controle de Concorrência no Desenvolvimento Distribuído de Software Políticas de Controle de Concorrência no Desenvolvimento Distribuído de Software João Gustavo Prudêncio, Leonardo Murta, Cláudia Werner PESC/COPPE Universidade Federal do Rio de Janeiro Caixa Postal 68.511

Leia mais

Requisitos de Ferramentas de Gerenciamento de Configuração

Requisitos de Ferramentas de Gerenciamento de Configuração Requisitos de Ferramentas de Gerenciamento de Configuração Viviane Nogueira Pinto de Oliveira 1 1Departamento de Ciência da Computação Universidade Federal de Minas Gerais Av. Antônio Carlos, 6627 CEP

Leia mais

Gerenciamento de Configuração de Software

Gerenciamento de Configuração de Software Gerenciamento de Configuração de Software Prof. Ricardo Argenton Ramos [Baseado na apresentação do prof. Masiero ICMC-USP] Contexto para Gerência de Configuração 2 Problema dos Dados Compartilhados Desenvolvedor

Leia mais

GARANTIA DA QUALIDADE DE SOFTWARE

GARANTIA DA QUALIDADE DE SOFTWARE GARANTIA DA QUALIDADE DE SOFTWARE Fonte: http://www.testexpert.com.br/?q=node/669 1 GARANTIA DA QUALIDADE DE SOFTWARE Segundo a NBR ISO 9000:2005, qualidade é o grau no qual um conjunto de características

Leia mais

Requisitos de Ferramentas Especializadas de Gestão de Configuração de Software

Requisitos de Ferramentas Especializadas de Gestão de Configuração de Software Requisitos de Ferramentas Especializadas de Gestão de Configuração de Software Ricardo Terra 1 1 Departamento de Ciência da Computação Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) Campus da Pampulha 31.270-010

Leia mais

Gerência de Configuração: Introdução. Leonardo Gresta Paulino Murta

Gerência de Configuração: Introdução. Leonardo Gresta Paulino Murta Gerência de Configuração: Introdução Leonardo Gresta Paulino Murta leomurta@ic.uff.br Histórico Anos 50 GC para produção de aviões de guerra e naves espaciais Anos 60 e 70 Surgimento de GCS (S = Software)

Leia mais

Prof. Júlio Valente Agosto/2015. CV Resumido

Prof. Júlio Valente Agosto/2015. CV Resumido Gerenciamento de Configuração e Aquisição de Software Prof. Júlio Valente Agosto/2015 CV Resumido Autor do livro Prática de Análise e Projeto de Sistemas. Gerente do projeto de Totalização e Divulgação

Leia mais

Gerenciamento de Configuração de Software

Gerenciamento de Configuração de Software FACULDADE MAURÍCIO DE NASSAU Jessé de Souza da Silva, José Arnaldo de Oliveira Almeida, Gabriel Pereira da Silva Gerenciamento de Configuração de Software Uma Abordagem Conceitual João Pessoa 2015 FACULDADE

Leia mais

Ferramenta de apoio a gerência de configuração de software. Aluno: Rodrigo Furlaneto Orientador: Everaldo Artur Grahl

Ferramenta de apoio a gerência de configuração de software. Aluno: Rodrigo Furlaneto Orientador: Everaldo Artur Grahl Ferramenta de apoio a gerência de configuração de software Aluno: Rodrigo Furlaneto Orientador: Everaldo Artur Grahl Roteiro de apresentação Introdução Objetivos Fundamentação Teórica Gerência de Configuração

Leia mais

ITIL V3 (aula 2) AGENDA: GERENCIAMENTO DE MUDANÇA GERENCIAMENTO DE LIBERAÇÃO GERENCIAMENTO DE CONFIGURAÇÃO

ITIL V3 (aula 2) AGENDA: GERENCIAMENTO DE MUDANÇA GERENCIAMENTO DE LIBERAÇÃO GERENCIAMENTO DE CONFIGURAÇÃO ITIL V3 (aula 2) AGENDA: GERENCIAMENTO DE MUDANÇA GERENCIAMENTO DE LIBERAÇÃO GERENCIAMENTO DE CONFIGURAÇÃO Gerência de Mudanças as Objetivos Minimizar o impacto de incidentes relacionados a mudanças sobre

Leia mais

Gerência de Configuração. Leonardo Gresta Paulino Murta leomurta@ic.uff.br

Gerência de Configuração. Leonardo Gresta Paulino Murta leomurta@ic.uff.br Gerência de Configuração Leonardo Gresta Paulino Murta leomurta@ic.uff.br Introdução A Engenharia de SoBware... Abordagem disciplinada para o desenvolvimento de sobware Grande diversidade de metodologias

Leia mais

Repositórios de Componentes nas perspectivas de Gerência de Configuração de Software e Reutilização de Software

Repositórios de Componentes nas perspectivas de Gerência de Configuração de Software e Reutilização de Software Repositórios de Componentes nas perspectivas de Gerência de Configuração de Software e Reutilização de Software Leonardo Gresta Paulino Murta leomurta@ic.uff.br Introdução Agenda Repositório na perspectiva

Leia mais

Gerenciamento de configuração. Gerenciamento de Configuração. Gerenciamento de configuração. Gerenciamento de configuração. Famílias de sistemas

Gerenciamento de configuração. Gerenciamento de Configuração. Gerenciamento de configuração. Gerenciamento de configuração. Famílias de sistemas Gerenciamento de Gerenciamento de Configuração Novas versões de sistemas de software são criadas quando eles: Mudam para máquinas/os diferentes; Oferecem funcionalidade diferente; São configurados para

Leia mais

Análise de Pontos por Função

Análise de Pontos por Função Análise de Pontos por Função Uma Aplicação na Gerência de Subcontratação de Software Claudia Hazan, MSc. Certified Function Point Specialist Agenda! Introdução à Gerência de Subcontratação! Melhores Práticas:!

Leia mais

Universidade Paulista

Universidade Paulista Universidade Paulista Ciência da Computação Sistemas de Informação Gestão da Qualidade Principais pontos da NBR ISO/IEC 12207 - Tecnologia da Informação Processos de ciclo de vida de software Sergio Petersen

Leia mais

Gestão da Tecnologia da Informação

Gestão da Tecnologia da Informação TLCne-051027-P0 Gestão da Tecnologia da Informação Disciplina: Governança de TI São Paulo, Outubro de 2012 0 Sumário TLCne-051027-P1 Conteúdo desta Aula Abordar o domínio Adquirir e Implementar e todos

Leia mais

Capítulo 25. Gerenciamento de Configuração. Engenharia de Software Prof. Flávio de Oliveira Silva, Ph.D.

Capítulo 25. Gerenciamento de Configuração. Engenharia de Software Prof. Flávio de Oliveira Silva, Ph.D. Capítulo 25 Gerenciamento de Configuração slide 624 2011 Pearson Prentice Hall. Todos os direitos reservados. Tópicos abordados Gerenciamento de mudanças Gerenciamento de versões Construção de sistemas

Leia mais

FORMULÁRIO PARA CRIAÇÃO DE DISCIPLINA

FORMULÁRIO PARA CRIAÇÃO DE DISCIPLINA Universidade Federal do Ceará Pró-Reitoria de Graduação Coordenadoria de Projetos e Acompanhamento Curricular Divisão de Pesquisa e Desenvolvimento Curricular FORMULÁRIO PARA CRIAÇÃO DE DISCIPLINA 1. Unidade

Leia mais

MOD9 Processos de Transição de Serviços

MOD9 Processos de Transição de Serviços Curso ITIL Foundation MOD9 Processos de Transição de Serviços Service Transiction Professor: Fernando Palma fernando.palma@gmail.com http://gsti.blogspot.com 1 Curso ITIL Foundation Transição significa

Leia mais

Metodologia de Desenvolvimento de Sistemas

Metodologia de Desenvolvimento de Sistemas Metodologia de Desenvolvimento de Sistemas Aula 1 Ementa Fases do Ciclo de Vida do Desenvolvimento de Software, apresentando como os métodos, ferramentas e procedimentos da engenharia de software, podem

Leia mais

Plano de Gerência de Configuração

Plano de Gerência de Configuração Plano de Gerência de Configuração Objetivo do Documento Introdução A aplicação deste plano garante a integridade de códigos-fonte e demais produtos dos sistemas do, permitindo o acompanhamento destes itens

Leia mais

Reutilização no MPS.BR e no projeto Cooperativa MPS.BR SOFTSUL. Porto Alegre, Agosto de 2008. Sumário

Reutilização no MPS.BR e no projeto Cooperativa MPS.BR SOFTSUL. Porto Alegre, Agosto de 2008. Sumário Reutilização no MPS.BR e no projeto Cooperativa MPS.BR SOFTSUL Porto Alegre, Agosto de 2008. Sumário Apresentação Programa MPS.BR Reutilização no MPS.BR Gerência de reutilização Desenvolvimento para reutilização

Leia mais

Qualidade de Processo de Software Normas ISO 12207 e 15504

Qualidade de Processo de Software Normas ISO 12207 e 15504 Especialização em Gerência de Projetos de Software Qualidade de Processo de Software Normas ISO 12207 e 15504 Prof. Dr. Sandro Ronaldo Bezerra Oliveira srbo@ufpa.br Qualidade de Software 2009 Instituto

Leia mais

Qualidade de Software. Profa. Cátia dos Reis Machado catia@ifc-camboriu.edu.br

Qualidade de Software. Profa. Cátia dos Reis Machado catia@ifc-camboriu.edu.br Qualidade de Software Profa. Cátia dos Reis Machado catia@ifc-camboriu.edu.br Verificação x validação Verificação prova que o produto vai ao encontro dos requerimentos especificados no desenvolvimento

Leia mais

Controle de Versão. Prof. Msc. Bruno Urbano Rodrigues. bruno@urbano.eti.br

Controle de Versão. Prof. Msc. Bruno Urbano Rodrigues. bruno@urbano.eti.br Controle de Versão Prof. Msc. Bruno Urbano Rodrigues bruno@urbano.eti.br Apresentação - Docente Mestre em Ciência da Computação na Universidade Federal de Goiás. Especialista em Gestão de Software pela

Leia mais

Apoio à Gerência de Configuração de Artefatos de Software integrado a Execução de Processos de Software

Apoio à Gerência de Configuração de Artefatos de Software integrado a Execução de Processos de Software Apoio à Gerência de Configuração de Artefatos de Software integrado a Execução de Processos de Software Ernani Sales, Carla Lima Reis, Rodrigo Quites Reis Programa de Pós-Graduação em Ciência da Computação

Leia mais

ESTUDO E IMPLEMENTAÇÃO DE UM SISTEMA PARA CONTROLE DE VERSÕES

ESTUDO E IMPLEMENTAÇÃO DE UM SISTEMA PARA CONTROLE DE VERSÕES ISBN 978-85-61091-05-7 Encontro Internacional de Produção Científica Cesumar 27 a 30 de outubro de 2009 ESTUDO E IMPLEMENTAÇÃO DE UM SISTEMA PARA CONTROLE DE VERSÕES Vilson Raphael Vello de Andrade 1 ;

Leia mais

Grupo de Estudos ITIL. Gerenciamento de Serviços de TI - ITSM. Gerenciamento de Release

Grupo de Estudos ITIL. Gerenciamento de Serviços de TI - ITSM. Gerenciamento de Release Grupo de Estudos ITIL Gerenciamento de Serviços de TI - ITSM Gerenciamento de Release Agenda Missão Descrição Conceitos básicos Principais Atividades Entradas / Saídas Diagrama do Processo Principais Benefícios

Leia mais

UM CASE DE IMPLANTAÇÃO DA GERÊNCIA DE CONFIGURAÇÃO E MUDANÇA (NÍVEL F) DO MPS.BR UTILIZANDO PADRÕES ABERTO PARA O DESENVOLVIMENTO CORPORATIVO

UM CASE DE IMPLANTAÇÃO DA GERÊNCIA DE CONFIGURAÇÃO E MUDANÇA (NÍVEL F) DO MPS.BR UTILIZANDO PADRÕES ABERTO PARA O DESENVOLVIMENTO CORPORATIVO Nome do Pesquisador(Aluno): Thiago Magalhães Zampieri Nome do Orientador: Simone Tanaka Titulação do Orientador: Especialista Instituição: null Curso para apresentação: SISTEMAS DE INFORMAÇÃO / CIÊNCIA

Leia mais

Disciplina: Administração de Departamento de TI. Professor: Aldo Rocha. Aula XI - 15/09/2011

Disciplina: Administração de Departamento de TI. Professor: Aldo Rocha. Aula XI - 15/09/2011 Disciplina: Administração de Departamento de TI Professor: Aldo Rocha Aula XI - 15/09/2011 4 Gerenciamento de Liberação 4.1 Motivadores; 4.2 Relacionamentos Chave; 4.3 Objetivos; 4.4 Conceitos; 4.5 Processo;

Leia mais

Gerência de Projetos e Manutenção de Software Aula 9 Gerência de Configuração e Mudanças Andréa Magalhães Magdaleno andrea@ic.uff.

Gerência de Projetos e Manutenção de Software Aula 9 Gerência de Configuração e Mudanças Andréa Magalhães Magdaleno andrea@ic.uff. Gerência de Projetos e Manutenção de Software Aula 9 Gerência de Configuração e Mudanças Andréa Magalhães Magdaleno andrea@ic.uff.br Agenda Rebobinando... Análise de Valor Agregado Gerência de Configuração

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO DE ATIVOS DE TI GERENCIAMENTO DE CONFIGURAÇÃO

ADMINISTRAÇÃO DE ATIVOS DE TI GERENCIAMENTO DE CONFIGURAÇÃO 1 ADMINISTRAÇÃO DE ATIVOS DE TI GERENCIAMENTO DE CONFIGURAÇÃO 2 INFRAESTRUTURA DE TI Para garantir o atendimento às necessidades do negócio, a área de TI passou a investir na infraestrutura do setor, ampliando-a,

Leia mais

Referências internas são os artefatos usados para ajudar na elaboração do PT tais como:

Referências internas são os artefatos usados para ajudar na elaboração do PT tais como: Plano de Teste (resumo do documento) I Introdução Identificador do Plano de Teste Esse campo deve especificar um identificador único para reconhecimento do Plano de Teste. Pode ser inclusive um código

Leia mais

ARCO - Associação Recreativa dos Correios. Sistema para Gerenciamento de Associações Recreativas Plano de Desenvolvimento de Software Versão <1.

ARCO - Associação Recreativa dos Correios. Sistema para Gerenciamento de Associações Recreativas Plano de Desenvolvimento de Software Versão <1. ARCO - Associação Recreativa dos Correios Sistema para Gerenciamento de Associações Recreativas Versão Histórico da Revisão Data Versão Descrição Autor Página

Leia mais

Universidade Federal de Goiás Instituto de Informática Engenharia de Software Código da Matriz Curricular: 105P1NB

Universidade Federal de Goiás Instituto de Informática Engenharia de Software Código da Matriz Curricular: 105P1NB Universidade Federal de Goiás Instituto de Informática Engenharia de Software Código da Matriz Curricular: 105P1NB Plano de Disciplina Ano Letivo: 2013-1 º Semestre Dados da Disciplina Código Disc. Nome

Leia mais

PDS - DATASUS. Processo de Desenvolvimento de Software do DATASUS

PDS - DATASUS. Processo de Desenvolvimento de Software do DATASUS PDS - DATASUS Processo de Desenvolvimento de Software do DATASUS Coordenação Geral de Arquitetura e Engenharia Tecnológica Coordenação de Padronização e Qualidade de Software Gerência de Padrões e Software

Leia mais

Melhoria de Processo de Software baseado no Modelo MPS.BR nível G - Um Estudo de Caso

Melhoria de Processo de Software baseado no Modelo MPS.BR nível G - Um Estudo de Caso Programa Brasileiro da Qualidade e Produtividade em Software PBQP SW Melhoria de Processo de Software baseado no Modelo MPS.BR nível G - Um Estudo de Caso Categoria 2.36: Métodos de Gestão Soltin - Soluções

Leia mais

José Benedito Lopes Junior ¹, Marcello Erick Bonfim 2

José Benedito Lopes Junior ¹, Marcello Erick Bonfim 2 ISBN 978-85-61091-05-7 Encontro Internacional de Produção Científica Cesumar 27 a 30 de outubro de 2009 Definição de uma tecnologia de implementação e do repositório de dados para a criação da ferramenta

Leia mais

Introdução à Gerência de Configuração. Leonardo Gresta Paulino Murta leomurta@ic.uff.br

Introdução à Gerência de Configuração. Leonardo Gresta Paulino Murta leomurta@ic.uff.br Introdução à Gerência de Configuração Leonardo Gresta Paulino Murta leomurta@ic.uff.br Introdução A Engenharia de Software... Abordagem disciplinada para o desenvolvimento de software Grande diversidade

Leia mais

Leonardo Gresta Paulino Murta leomurta@ic.uff.br

Leonardo Gresta Paulino Murta leomurta@ic.uff.br Leonardo Gresta Paulino Murta leomurta@ic.uff.br Cenário atual 90% do custo total [Erlikh 2000] 60% do esforço total [Pressman 1997] 250 bilhões de linhas de código em manutenção [Sommerville 2000] 70 bilhões

Leia mais

Julio Cezar Fialho Freire de Carvalho 1, Aline Maria Malachini Miotto Amaral 2 1 INTRODUÇÃO

Julio Cezar Fialho Freire de Carvalho 1, Aline Maria Malachini Miotto Amaral 2 1 INTRODUÇÃO 26 a 29 de outubro de 2010 ISBN 978-85-61091-69-9 ESTUDO E DEFINIÇÃO DA APLICAÇÃO PARA CONTROLE DE VERSÕES DOS ARTEFATOS GERENCIADOS PELA FERRAMENTA S.A.Do.M (SOFTWARE ARTIFACTS DOCUMENTATION AND MANAGEMENT)

Leia mais

APLICATIVO PARA ATUALIZAÇÃO EMPRESARIAL

APLICATIVO PARA ATUALIZAÇÃO EMPRESARIAL APLICATIVO PARA ATUALIZAÇÃO AUTOMÁTICA DE UM SISTEMA DE GESTÃO EMPRESARIAL Marlon Gracietti de Amorim Orientador: Prof. Cláudio Ratke Roteiro de apresentação 1.Introdução 2. Objetivos 3. Fundamentação

Leia mais

MUDANÇAS NA ISO 9001: A VERSÃO 2015

MUDANÇAS NA ISO 9001: A VERSÃO 2015 MUDANÇAS NA ISO 9001: A VERSÃO 2015 Está em andamento o processo de revisão da Norma ISO 9001: 2015, que ao ser concluído resultará na mudança mais significativa já efetuada. A chamada família ISO 9000

Leia mais

Modelo de avaliação do processo de gerência de configuração de software

Modelo de avaliação do processo de gerência de configuração de software i SERVIÇO DE PÓS-GRADUAÇÃO DO ICMC-USP Data de Depósito: 24.02.2006 Assinatura: Modelo de avaliação do processo de gerência de configuração de software Thaís Miranda Cia Orientadora: Profa. Dra. Rosely

Leia mais

Qualidade de Software

Qualidade de Software Rafael D. Ribeiro, M.Sc. rafaeldiasribeiro@gmail.com http://www.rafaeldiasribeiro.com.br A expressão ISO 9000 (International Organization for Standardization) designa um grupo de normas técnicas que estabelecem

Leia mais

PLATAFORMA DE DESENVOLVIMENTO PINHÃO PARANÁ MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO CVS NO ECLIPSE

PLATAFORMA DE DESENVOLVIMENTO PINHÃO PARANÁ MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO CVS NO ECLIPSE PLATAFORMA DE DESENVOLVIMENTO PINHÃO PARANÁ MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO CVS NO ECLIPSE Agosto 2007 Sumário de Informações do Documento Tipo do Documento: Manual Título do Documento: MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO

Leia mais

Fábrica de Software Fatores motivadores, restrições e tendências

Fábrica de Software Fatores motivadores, restrições e tendências Fábrica de Software Fatores motivadores, restrições e tendências Aguinaldo Aragon Fernandes Agenda Revisitando o conceito e escopo da fábrica de software Implicações do uso do conceito de Fábrica de Software

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO UNISEB TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO BACHARELADO EM CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO

CENTRO UNIVERSITÁRIO UNISEB TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO BACHARELADO EM CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO CENTRO UNIVERSITÁRIO UNISEB TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO BACHARELADO EM CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO GERÊNCIA DE CONFIGURAÇÃO DE SOFTWARE EM UMA EQUIPE DE DESENVOLVIMENTO Christian Canalli Orientador Prof.

Leia mais

Gerência de Configuração: Terminologia. Leonardo Gresta Paulino Murta

Gerência de Configuração: Terminologia. Leonardo Gresta Paulino Murta Gerência de Configuração: Terminologia Leonardo Gresta Paulino Murta leomurta@ic.uff.br Item de configuração Agregação de hardware e/ou software que será passível de gerência de configuração e tratado

Leia mais

Engenharia de Requisitos

Engenharia de Requisitos Engenharia de Requisitos Introdução a Engenharia de Requisitos Professor: Ricardo Argenton Ramos Aula 08 Slide 1 Objetivos Introduzir a noção de requisitos do sistema e o processo da engenharia de requisitos.

Leia mais

Fundamentos de Gestão de TI

Fundamentos de Gestão de TI Fundamentos de Gestão de TI Tópico V Transição de Serviço (ITIL V3) José Teixeira de Carvalho Neto transição de serviço transição de serviço Objetivo: orientar e coordenar o desenvolvimento e a implantação

Leia mais

Engenharia de Software Introdução. Ricardo Argenton Ramos UNIVASF Engenharia de Software I - Aula 1

Engenharia de Software Introdução. Ricardo Argenton Ramos UNIVASF Engenharia de Software I - Aula 1 Engenharia de Software Introdução Ricardo Argenton Ramos UNIVASF Engenharia de Software I - Aula 1 Tópicos Apresentação da Disciplina A importância do Software Software Aplicações de Software Paradigmas

Leia mais

Integrando a Gestão de Configuração do CMMI com o Gerenciamento de Liberação do ITIL

Integrando a Gestão de Configuração do CMMI com o Gerenciamento de Liberação do ITIL 16 Integrando a Gestão de Configuração do CMMI com o Gerenciamento de Liberação do ITIL Marlon Gracietti de Amorim, Cláudio Ratke Departamento de Sistemas e Computação Universidade Regional de Blumenal

Leia mais

SISTEMA DE GESTÃO DE PROJETOS DE SOFTWARE - SGPS

SISTEMA DE GESTÃO DE PROJETOS DE SOFTWARE - SGPS SISTEMA DE GESTÃO DE PROJETOS DE SOFTWARE - SGPS Lilian R. M. Paiva, Luciene C. Oliveira, Mariana D. Justino, Mateus S. Silva, Mylene L. Rodrigues Engenharia de Computação - Universidade de Uberaba (UNIUBE)

Leia mais

Agenda. Introdução Etapas genéricas Atividades de apoio Ferramentas de apoio Modelos genéricos Modelos de mercado Modelos de melhoria

Agenda. Introdução Etapas genéricas Atividades de apoio Ferramentas de apoio Modelos genéricos Modelos de mercado Modelos de melhoria Agenda Introdução Etapas genéricas Atividades de apoio Ferramentas de apoio Modelos genéricos Modelos de mercado Modelos de melhoria Introdução Processo de software é o conjunto de ferramentas, métodos

Leia mais

Introdução ao Modelo de Referência para melhoria do processo de software (MR mps) Projeto: mps Br melhoria de processo do software Brasileiro

Introdução ao Modelo de Referência para melhoria do processo de software (MR mps) Projeto: mps Br melhoria de processo do software Brasileiro Introdução ao Modelo de Referência para melhoria do processo de software (MR mps) Realidade das Empresas Brasileiras ISO/IEC 12207 ISO/IEC 15504 CMMI Softex Governo Universidades Modelo de Referência para

Leia mais

Engenharia de Software Introdução. Ricardo Argenton Ramos UNIVASF Engenharia de Software I - Aula 1

Engenharia de Software Introdução. Ricardo Argenton Ramos UNIVASF Engenharia de Software I - Aula 1 Engenharia de Software Introdução Ricardo Argenton Ramos UNIVASF Engenharia de Software I - Aula 1 Tópicos Apresentação da Disciplina A importância do Software Software Aplicações de Software Paradigmas

Leia mais

Glossário Apresenta a definição dos termos, siglas e abreviações utilizadas no contexto do projeto Citsmart.

Glossário Apresenta a definição dos termos, siglas e abreviações utilizadas no contexto do projeto Citsmart. Apresenta a definição dos termos, siglas e abreviações utilizadas no contexto do projeto Citsmart. Versão 1.6 15/08/2013 Visão Resumida Data Criação 15/08/2013 Versão Documento 1.6 Projeto Responsáveis

Leia mais

Universidade Federal de Goiás Instituto de Informática Sistemas de Informação Código da Matriz Curricular: 109P1NB

Universidade Federal de Goiás Instituto de Informática Sistemas de Informação Código da Matriz Curricular: 109P1NB Universidade Federal de Goiás Instituto de Informática Sistemas de Informação Código da Matriz Curricular: 109P1NB Plano de Disciplina Ano Letivo: 2013-1 º Semestre Dados da Disciplina Código Disc. Nome

Leia mais

A visão do modelo MPS.BR para Gerência de Projeto - Nível G. por Adriana Silveira de Souza

A visão do modelo MPS.BR para Gerência de Projeto - Nível G. por Adriana Silveira de Souza A visão do modelo MPS.BR para Gerência de Projeto - Nível G por Adriana Silveira de Souza Agenda Visão Geral do MPS.BR Processos e Capacidade de Processo Níveis de Maturidade Atributos de Processo Processo

Leia mais

Políticas de Qualidade em TI

Políticas de Qualidade em TI Políticas de Qualidade em TI Prof. www.edilms.eti.br edilms@yahoo.com Aula 03 CMMI Capability Maturity Model Integration Parte II Agenda sumária dos Processos em suas categorias e níveis de maturidade

Leia mais

Engenharia de Software

Engenharia de Software Engenharia de Software Introdução à Melhoria de Processos de Software baseado no MPS.BR Prof. Maxwell Anderson www.maxwellanderson.com.br Agenda Introdução MPS.BR MR-MPS Detalhando o MPS.BR nível G Introdução

Leia mais

Rede Paraense de Pesquisa e Inovação em Tecnologia da Informação e Comunicação. Laboratório de Tecnologia de Software LTS

Rede Paraense de Pesquisa e Inovação em Tecnologia da Informação e Comunicação. Laboratório de Tecnologia de Software LTS Rede Paraense de Pesquisa e Inovação em Tecnologia da Informação e Comunicação Laboratório de Tecnologia de Software LTS Qualidade de Produto Cláudio Martins claudiomartins2000@gmail.com www.ufpa.br/redetic

Leia mais

Introdução à Qualidade de Software. Profº Aldo Rocha

Introdução à Qualidade de Software. Profº Aldo Rocha Introdução à Qualidade de Software Profº Aldo Rocha Agenda O que é Qualidade? O que é Qualidade de Software? Qualidade do Produto e do Processo Normas e Organismos Normativos Qualidade de Software e Processos

Leia mais

Qualidade, Qualidade de Software e Garantia da Qualidade de Software São as Mesmas Coisas?

Qualidade, Qualidade de Software e Garantia da Qualidade de Software São as Mesmas Coisas? Qualidade, Qualidade de Software e Garantia da Qualidade de Software São as Mesmas Coisas? Fábio Martinho. obtido [on-line] na URL http://www.testexpert.com.br/?q=node/669, em 11/03/2008. Segundo a NBR

Leia mais

A Disciplina Gerência de Projetos

A Disciplina Gerência de Projetos A Disciplina Gerência de Projetos Atividades, Artefatos e Responsabilidades hermano@cin.ufpe.br Objetivos Apresentar atividades da disciplina Gerência de Projetos Discutir os artefatos e responsáveis envolvidos

Leia mais

Política Gestão de Configuração e Mudança

Política Gestão de Configuração e Mudança Política Gestão de Configuração Histórico de Alteração Data Versão Descrição Autor 20/08/2011 1 Versão Inicial Danilo Costa Versão 1 Pág. 2 de 7 Índice 1. POLÍTICA 4 1.1 Aplicabilidade 4 2. CONCEITUAÇÃO

Leia mais

A Biblioteca: Gerenciamento de Serviços de TI. Instrutor : Cláudio Magalhães E-mail: cacmagalhaes@io2.com.br

A Biblioteca: Gerenciamento de Serviços de TI. Instrutor : Cláudio Magalhães E-mail: cacmagalhaes@io2.com.br A Biblioteca: Gerenciamento de Serviços de TI Instrutor : Cláudio Magalhães E-mail: cacmagalhaes@io2.com.br 2 A Biblioteca ITIL: Information Technology Infrastructure Library v2 Fornece um conjunto amplo,

Leia mais

Introdução Fatores de Qualidade Garantia de Qualidade Rivisões de Software Conclusão. Qualidade. Plácido A. S. Neto 1

Introdução Fatores de Qualidade Garantia de Qualidade Rivisões de Software Conclusão. Qualidade. Plácido A. S. Neto 1 Qualidade Plácido A. S. Neto 1 1 Gerência Educacional de Tecnologia da Informação Centro Federal de Educação Tecnologia do Rio Grande do Norte 2006.1 - Planejamento e Gerência de Projetos Agenda Introdução

Leia mais

Gestão de Modificações. Fabrício de Sousa

Gestão de Modificações. Fabrício de Sousa Gestão de Modificações Fabrício de Sousa Introdução Inevitáveis quando o software é construído Confusão As modificações não são analisadas antes de serem feitas Não são registradas antes de serem feitas

Leia mais

CMMI. B) descrições das atividades consideradas importantes para o atendimento de suas respectivas metas específicas. Governo do ES (CESPE 2009)

CMMI. B) descrições das atividades consideradas importantes para o atendimento de suas respectivas metas específicas. Governo do ES (CESPE 2009) CMMI Governo do ES (CESPE 2009) Na versão 1.2 do CMMI, 111 os níveis de capacidade são definidos na abordagem de estágios. 112 os níveis de maturidade são definidos na abordagem contínua. 113 existem seis

Leia mais

Capítulo 1 - Introdução 14

Capítulo 1 - Introdução 14 1 Introdução Em seu livro Pressman [22] define processo de software como um arcabouço para as tarefas que são necessárias para construir software de alta qualidade. Assim, é-se levado a inferir que o sucesso

Leia mais

Implantação de um Processo de Medições de Software

Implantação de um Processo de Medições de Software Departamento de Informática BFPUG Brazilian Function Point Users Group Implantação de um Processo de Medições de Software Claudia Hazan, MSc., CFPS claudinhah@yahoo.com Agenda Introdução Processo de Medições

Leia mais

Verificação é um processo para se determinar se os produtos, (executáveis ou

Verificação é um processo para se determinar se os produtos, (executáveis ou ATIVIDADES VV&T E A NORMA IEEE 1012 A qualidade do software está diretamente relacionada à satisfação do cliente, sendo assim, as empresas estão percebendo a importância em produzir software com qualidade.

Leia mais

Implantação dos Processos Gerência de Projeto e Medição com Auxílio de Ferramenta Baseada em Planilhas Carlos Simões Claudia Lasmar Gleison Santos

Implantação dos Processos Gerência de Projeto e Medição com Auxílio de Ferramenta Baseada em Planilhas Carlos Simões Claudia Lasmar Gleison Santos Implantação dos Processos Gerência de Projeto e Medição com Auxílio de Ferramenta Baseada em Planilhas Carlos Simões Claudia Lasmar Gleison Santos Agenda: Carlos Simões cs@synapsisbrasil.com.br carlossimoes@cos.ufrj.br

Leia mais

Metodologias de Desenvolvimento de Sistemas. Analise de Sistemas I UNIPAC Rodrigo Videschi

Metodologias de Desenvolvimento de Sistemas. Analise de Sistemas I UNIPAC Rodrigo Videschi Metodologias de Desenvolvimento de Sistemas Analise de Sistemas I UNIPAC Rodrigo Videschi Histórico Uso de Metodologias Histórico Uso de Metodologias Era da Pré-Metodologia 1960-1970 Era da Metodologia

Leia mais

Contextualizando ISO 12207: Estrutura. Informações do Processo de Software. Processo de Desenvolvimento de Software

Contextualizando ISO 12207: Estrutura. Informações do Processo de Software. Processo de Desenvolvimento de Software Contextualizando ISO 12207: Estrutura 2 Gerenciamento de de Software P ro ces so s Fundam entais A qu isiç ã o Fo rn ec im en to O p eraç ão P ro ces so s de Apoio D oc um e ntaç ão G a ra ntia de Qualidade

Leia mais

Gerenciamento de Serviços de TI com base na ITIL

Gerenciamento de Serviços de TI com base na ITIL Gerenciamento de Serviços de TI com base na ITIL Information Technology Infrastructure Library ou Biblioteca de Infraestrutura da Tecnologia da Informação A TI de antes (ou simplesmente informática ),

Leia mais

Empresa de Informática Infinity LTDA. Gerenciamento de Configuração. Sistema de Gerenciamento de Plano Corporativo de Celulares

Empresa de Informática Infinity LTDA. Gerenciamento de Configuração. Sistema de Gerenciamento de Plano Corporativo de Celulares Empresa de Informática Infinity LTDA Gerenciamento de Configuração Sistema de Gerenciamento de Plano Corporativo de Celulares 22/05/2012 Índice Analítico 1. Introdução 1.1 Finalidade 1.2 Escopo 1.3 Definições,

Leia mais

Engenharia de Software

Engenharia de Software Universidade São Judas Tadeu Profª Dra. Ana Paula Gonçalves Serra Engenharia de O Processo Uma Visão Genérica Capítulo 2 (até item 2.2. inclusive) Engenharia de - Roger Pressman 6ª edição McGrawHill Capítulo

Leia mais

Requisitos de Software

Requisitos de Software Requisitos de Software Prof. José Honorato F.N. Prof. José Honorato F.N. honoratonunes@gmail.com Requisitos de Software Software é o conjunto dos programas e dos meios não materiais que possibilitam o

Leia mais

Política Organizacional para Desenvolvimento de Software no CTIC

Política Organizacional para Desenvolvimento de Software no CTIC Política Organizacional para Desenvolvimento de Software no CTIC O CTIC/UFPA Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação da Universidade Federal do Pará define neste documento sua Política Organizacional

Leia mais

MDMS-ANAC. Metodologia de Desenvolvimento e Manutenção de Sistemas da ANAC. Superintendência de Tecnologia da Informação - STI

MDMS-ANAC. Metodologia de Desenvolvimento e Manutenção de Sistemas da ANAC. Superintendência de Tecnologia da Informação - STI MDMS-ANAC Metodologia de Desenvolvimento e Manutenção de Sistemas da ANAC Superintendência de Tecnologia da Informação - STI Histórico de Alterações Versão Data Responsável Descrição 1.0 23/08/2010 Rodrigo

Leia mais