Caracterização Agronômica de Genótipos de Capsicum spp. do Programa de Melhoramento da Embrapa Hortaliças.

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Caracterização Agronômica de Genótipos de Capsicum spp. do Programa de Melhoramento da Embrapa Hortaliças."

Transcrição

1 Caracterização Agronômica de Genótipos de Capsicum spp. do Programa de Melhoramento da Embrapa Hortaliças. Ivan da Silva Porto 1 ; Sabrina I.C. Carvalho 2 ; Cláudia Silva da Costa Ribeiro 2 ; Raphael A. de Castro e Melo 1. 1 Faculdade da Terra de Brasília/ Bolsista PIBIC-CNPq - Embrapa Hortaliças. 2 Embrapa Hortaliças, C. Postal 218, Brasília-DF. RESUMO O programa de melhoramento de Capsicum da Embrapa Hortaliças vem desenvolvendo há pelo menos oito anos, cultivares de pimentas adaptadas à região Centro-Oeste, com melhores características agronômicas e industriais, e resistentes a doenças. Este trabalho teve como principal objetivo a caracterização agronômica de populações e seleção de genótipos que venham a se constituir em novas cultivares de pimentas. Foram caracterizados treze genótipos de diferentes tipos de pimenta com base em quinze características de planta e fruto. O experimento foi instalado em campo e em telado (40 plantas em campo e 5 plantas em telado) da Embrapa Hortaliças, de fevereiro a novembro de Dentre os genótipos avaliados, as pimentas dos tipos 'Cayenne', 'Dedo-de-Moça' e 'Jalapeño', foram as mais precoces, com a primeira colheita feita, em média, 4 meses após o transplante. Das pimentas tipo 'Cayenne', CNPH 2768 foi a mais produtiva, tanto em campo (680 g/planta) quanto em telado (980 g/planta). Os genótipos de pimenta 'Malagueta' mais produtivos foram CNPH 3446 (620 g/planta) e CNPH 3667 (450 g/planta) em uma única colheita. Os genótipos CNPH 3642 (pimenta 'Cumari-do-Pará') e CNPH 3653 (pimenta 'Bode vermelha') mostraram um bom rendimento em campo, 500 g/planta e g/planta, respectivamente, em uma única colheita. PALAVRAS-CHAVE: Capsicum spp., pimenta, melhoramento, caracterização, produtividade. ABSTRACT Agronomic characterization of Capsicum spp. genotypes from the breeding program of Embrapa Hortaliças. The breeding program of Capsicum spp. at Embrapa Hortaliças has been developing in the last eight years pepper cultivars suitable for the Brazilian Center West Region. The characteristics being evaluated are agronomic, industrial and resistance to diseases. The main objective of this work is the agronomic characterization for population and genotypes

2 selection towards new pepper cultivars. Thirteen genotypes of different kinds of peppers were characterized based on fifteen characteristics of plants and fruits. A trial was established in field and greenhouse from February to March Among the genotypes evaluated, 'Cayenne', 'Dedo-de-Moça' and 'Jalapeño' were the earliest observed in the first harvest at 4 months after planting. Among the Cayenne s, CNPH 2768 was the most productive, both in the field and under greenhouse. Among the Malagueta s, the most productive were CNPH 3446 (620 g/plant) and CNPH 3667 (450g/plant) in one harvest. The genotypes CNPH 3642 ('Cumari-do-Pará pepper) and CNPH 3653 ('Bode Vermelha pepper) showed very good yield in the field, 500 g/plant and 1.200g/plant respectively in one harvest. KEYWORDS: Capsicum spp., hot pepper, breeding, characterization, yield. O cultivo de pimenta é uma importante atividade agrícola no Brasil, pois é um dos melhores exemplos de agricultura familiar e de integração pequeno agricultor-agroindústria, e ainda responsável pela geração de empregos no meio rural. O Brasil cultiva atualmente cerca de ha de Capsicum spp., com uma produção anual de cerca de 280 mil toneladas ( Reifschneider, 2000). As pimentas e pimentões, além de serem consumidos frescos, podem ser processados em diferentes linhas de produtos pela indústria de alimentos (corantes, molhos, conservas etc.). Pimentas picantes ('Malagueta', 'Dedo-de-Moça', 'Pimenta-de-Cheiro', 'Cumari'), são cultivadas em pequenas unidades familiares e com o manejo adequado produzem cerca de 10 t de frutos/hectare (Epamig, 1999). O programa de melhoramento de Capsicum spp. da Embrapa Hortaliças vem desenvolvendo há pelo menos oito anos, cultivares de pimentas e pimentões adaptadas à região Centro-Oeste, com melhores características agronômicas e industriais e com resistência múltipla a doenças. Este trabalho teve como principal objetivo a caracterização de populações e linhagens de Capsicum spp., apoiando o programa de melhoramento da Embrapa Hortaliças. MATERIAL E MÉTODOS Os experimentos foram conduzidos em telado e campo experimental do Centro Nacional de Pesquisa de Hortaliças (Embrapa Hortaliças), Brasília-DF, no período de fevereiro a novembro de Foram semeados 13 genótipos (populações e linhagens) do programa de melhoramento de Capsicum da Embrapa Hortaliças para caracterização agronômica, e transplantados para

3 campo e telado em abril de As plantas foram caracterizadas em campo (40 plantas) e em telado (5 plantas). Práticas agronômicas convencionais foram utilizadas para a condução da cultura. As plantas mantidas em telado foram caracterizadas com base em 10 descritores do IPGRI (1995), três para a parte vegetativa (altura da planta (cm), diâmetro da copa (cm), hábito de crescimento) e sete para o fruto (cor do fruto maduro, peso, comprimento (cm), largura (cm), espessura da parede (mm), pungência, número de sementes). Características como início da colheita (precocidade), produtividade, peso e tamanho médio de frutos, pungência, foram avaliados em campo. Os dados de caracterização agronômica de populações e linhagens do programa de melhoramento de Capsicum da Embrapa Hortaliças foram lançados em banco de dados computadorizados utilizando-se o programa Access, e estão sendo utilizados pelos melhoristas para o desenvolvimento de novas cultivares de pimentas. RESULTADOS E DISCUSSÃO Foram avaliados agronomicamente, em telado e em campo treze genótipos de Capsicum spp. do programa de melhoramento da Embrapa Hortaliças, divididos em grupos de acordo com o tipo e/ou espécie: 1) pimenta tipo 'Cayenne'/ C. annuum (CNPH 2786, 3668, 2768); 2) pimenta tipo 'Jalapeño'/ C. annuum (CNPH 3597); 3) pimenta 'Malagueta'/ C. frutescens (0063, 3446, 2870, 3667); 4) pimenta tipo 'Dedo-de-Moça'/ C. baccatum (0036, 0052, 3691); e 5) pimentas 'De Cheiro'/ C. chinense (CNPH 'Cumari-do-Pará', 'Bode Vermelha'). As pimentas dos tipos 'Cayenne', 'Dedo-de-Moça' e 'Jalapeño', foram as mais precoces, com a primeira colheita feita, em média, 4 meses após o transplante. Os genótipos CNPH 2786, 2768, 0036, 0052 e 3597, foram os mais precoces, tantos nos experimentos em campo quanto em telado. As pimentas dos tipos 'Malagueta', 'Bode Vermelha' e 'Cumari-do- Pará', mostraram-se mais tardias, com a primeira colheita feita, em média, 6 meses após o transplante. Foram feitas duas colheitas da maioria dos genótipos precoces (tipos 'Cayenne', 'Dedo-de- Moça' e 'Jalapeño'). Nos genótipos dos grupos 'Malagueta' e 'De Cheiro', foi feita apenas uma colheita, em função das plantas serem mais tardias e terem sofrido ataques severos de ácaro (telado) e viroses (campo). Além disso, o início da produção coincidiu com o inverno, cujas temperaturas baixas (inferiores a 20 o C) atrasam o florescimento e frutificação da planta.

4 Das pimentas tipo 'Cayenne' avaliadas, CNPH 2768 foi a mais produtiva, tanto em campo (680 g/planta), quanto em telado (980 g/planta). A pimenta tipo 'Jalapeño' CNPH 3597 mostrou-se altamente produtiva, com uma produção média em telado de g/planta, e g/planta em condição de campo. As pimentas do grupo 'Dedo-de-Moça', foram muito produtivas também, tanto em campo como em telado. CNPH 0036 e 0052, as mais produtivas, produziram em campo g/planta e g/planta, respectivamente. O desempenho dos genótipos de pimenta 'Malagueta' foi melhor em campo do que em telado. Os genótipos mais produtivos foram CNPH 3446 (620 g/planta) e CNPH 3667 (450 g/planta). Deve-se salientar que estes dados de produção foram obtidos de apenas uma colheita e que as pimentas do tipo 'Malagueta' são semi-perenes, e podem produzir comercialmente por dois anos consecutivos. O genótipo CNPH 3642, pimenta 'Cumari-do-Pará', mostrou um bom rendimento em campo, 500 g/planta, em apenas uma colheita. A pimenta 'Bode Vermelha' CNPH 3653 produziu g de frutos/planta (também em uma colheita). A avaliação do conteúdo de capsaicinóides (pungência) dos frutos está sendo conduzida na Embrapa Agroindústria de Alimentos, no Rio de Janeiro. As informações geradas pela caracterização agronômica destes genótipos são imprescindíveis ao bom andamento do programa de melhoramento de Capsicum spp. da Embrapa Hortaliças. LITERATURA CITADA CARVALHO, S. I. C.; BIANCHETTE, L. B.; BUSTAMANTE, P. G.; BARBOSA, D. da S. Catálogo de Germoplasma de pimentas e pimentões (Capsicum spp.) da Embrapa Hortaliças. Brasília: Embrapa Hortaliças, p. (Embrapa Hortaliças, Documento 49). CARVALHO, S. I. C.; BIANCHETTE, L. B.; HENZ, G. P. Germplasm collection of Capsicum spp. maintained by Embrapa Hortaliças. Capsicum and Eggplant Newsletter, Turim, v.22, p.17-20, FERREIRA, C. M. P.; SALGADO, L. T.; LIMA, P. C.; PICANÇO, M.; PAULA, T. J.; MOURA, W. M. BROMMONSCHENKEL, S. H. A Cultura da pimenta (Capsicum spp.). Belo Horizonte: Epamig, p. (Boletim Técnico, 56). IPGRI, AVRDC and CATIE Descriptors for Capsicum (Capsicum spp.) International Plant Genetic Resources Institute, Rome, Italy; the Asian Vegetable Research and Development Center, Taipei, Taiwan, and the Centro Agronómico Tropical de investigación y Enseñanza, Turrialba, Costa Rica. 49p.

5 REIFSCHNEIDER, F.J.B. (org.). Capsicum: Pimentas e Pimentões no Brasil. Brasília: EMBRAPA Comunicação para Transferência de Tecnologia/ EMBRAPA Hortaliças, 2000, 133p.

Pimenta Capsicum sp. Uma das especiarias mais consumidas no mundo.

Pimenta Capsicum sp. Uma das especiarias mais consumidas no mundo. Pimenta Capsicum sp Uma das especiarias mais consumidas no mundo. Eloisa Casadei Fernanda Ascencio Pace Centro de Qualidade em Horticultura da CEAGESP 2005 Família: Solanaceae Introdução Uso: tempero dos

Leia mais

Avaliação da Coleção de Germoplasma de Melancia da Embrapa Hortaliças Para Tolerância à Viroses.

Avaliação da Coleção de Germoplasma de Melancia da Embrapa Hortaliças Para Tolerância à Viroses. Avaliação da Coleção de Germoplasma de Melancia da Embrapa Hortaliças Para Tolerância à Viroses. Jairo V. Vieira 1 ; Antonio C. de Ávila 1 ; Marcelo N. Pinto 2 ; Beatriz M. da Silva 2 ; Cristiane L. Borges

Leia mais

Produção de Híbridos Comercias de Pimentão (Capsicum annuum) em Cultivo Protegido no Estado de Roraima.

Produção de Híbridos Comercias de Pimentão (Capsicum annuum) em Cultivo Protegido no Estado de Roraima. Produção de Híbridos Comercias de Pimentão (Capsicum annuum) em Cultivo Protegido no Estado de Roraima. Kátia de Lima Nechet (1) ; Bernardo de Almeida Halfeld-Vieira (1) ; Paulo Roberto Valle da Silva

Leia mais

Desempenho de cultivares e populações de cenoura em cultivo orgânico no Distrito Federal.

Desempenho de cultivares e populações de cenoura em cultivo orgânico no Distrito Federal. Desempenho de cultivares e populações de cenoura em cultivo orgânico no Distrito Federal. Flávia M. V. Teixeira Clemente, Francisco V. Resende, Jairo V. Vieira Embrapa Hortaliças, C. Postal 218, 70.359-970,

Leia mais

Seleção de genótipos de batata com resistência a viroses e tubérculos adequados à comercialização.

Seleção de genótipos de batata com resistência a viroses e tubérculos adequados à comercialização. Seleção de genótipos de batata com resistência a viroses e tubérculos adequados à comercialização. Sieglinde Brune 1 ; Ailton Reis; Paulo Eduardo de Melo 1 Embrapa Hortaliças, C. Postal 218, 70359-970

Leia mais

Diversidade Genética em Frutos de Pimentão e Pimenta Para Resistência à Mancha Bacteriana.

Diversidade Genética em Frutos de Pimentão e Pimenta Para Resistência à Mancha Bacteriana. Diversidade Genética em Frutos de Pimentão e Pimenta Para Resistência à Mancha Bacteriana. Cláudia Pombo Sudré 1/ ; Rosana Rodrigues; Elaine Manelli Riva; Mina Karasawa; Cíntia dos Santos Bento; Antônio

Leia mais

SSD - Single Seed Descent

SSD - Single Seed Descent SSD - Single Seed Descent Método dos descendentes de uma semente (SSD - Single Seed Descent) Proposta: reduzir o tempo requerido para se atingir uma alta proporção de locos em homozigose Como? Avanço das

Leia mais

PERSPECTIVAS E POTENCIALIDADE DO MERCADO PARA PIMENTAS

PERSPECTIVAS E POTENCIALIDADE DO MERCADO PARA PIMENTAS PERSPECTIVAS E POTENCIALIDADE DO MERCADO PARA PIMENTAS Gilmar P. Henz Embrapa Hortaliças, C. Postal 218, 70359-970 Brasília-DF gilmar@cnph.embrapa.br Introdução Pode-se dizer, sem exagero, que as perspectivas

Leia mais

Evapotranspiração e coeficiente de cultivo da pimenteira em lisímetro de drenagem.

Evapotranspiração e coeficiente de cultivo da pimenteira em lisímetro de drenagem. Evapotranspiração e coeficiente de cultivo da pimenteira em lisímetro de drenagem. Sérgio Weine Paulino Chaves 1 ; Benito Moreira de Azevedo 1 ; Francisco Marcus Lima Bezerra 1 ; Neuzo Batista de Morais

Leia mais

Caracterização de acessos de pimentas do Amazonas

Caracterização de acessos de pimentas do Amazonas horticultura brasileira Pesquisa / Research COSTA LV; BENTES JLS; LOPES MTG; ALVES SRM; VIANA JÚNIOR JM. 2015. Caracterização de acessos de pimentas do Amazonas. Horticultura Brasileira 33: 290-298. DOI:

Leia mais

ENSAIO COMPARATIVO AVANÇADO DE ARROZ DE VÁRZEAS EM MINAS GERAIS: ANO AGRÍCOLA 2004/2005

ENSAIO COMPARATIVO AVANÇADO DE ARROZ DE VÁRZEAS EM MINAS GERAIS: ANO AGRÍCOLA 2004/2005 37 ENSAIO COMPARATIVO AVANÇADO DE ARROZ DE VÁRZEAS EM MINAS GERAIS: ANO AGRÍCOLA 2004/2005 Edilene Valente Alves (1), Joyce Cristina Costa (1), David Carlos Ferreira Baffa (2), Plínio César Soares (3),

Leia mais

Efeito da densidade de plantas no rendimento de bulbos com diferentes cultivares de cebola.

Efeito da densidade de plantas no rendimento de bulbos com diferentes cultivares de cebola. Efeito da densidade de plantas no rendimento de bulbos com diferentes cultivares de cebola. Marie Yamamoto Reghin; Rosana Fernandes Otto; Carlos Felipe Stülp Jacoby; Jean Ricardo Olinik; Rafael Pagano

Leia mais

INFLUÊNCIA DO AMBIENTE A MEIA SOMBRA E A CÉU ABERTO NA PRODUÇÃO E QUALIDADE DE FRUTOS DO TOMATEIRO, CV. VIRADORO

INFLUÊNCIA DO AMBIENTE A MEIA SOMBRA E A CÉU ABERTO NA PRODUÇÃO E QUALIDADE DE FRUTOS DO TOMATEIRO, CV. VIRADORO INFLUÊNCIA DO AMBIENTE A MEIA SOMBRA E A CÉU ABERTO NA PRODUÇÃO E QUALIDADE DE FRUTOS DO TOMATEIRO, CV. VIRADORO Francisco Rodrigues Leal 1 ; Jopson Carlos Borges de Moraes 2. 1 Universidade Federal do

Leia mais

Conservação pós-colheita de pimentas da espécie Capsicum chinense

Conservação pós-colheita de pimentas da espécie Capsicum chinense 159.doc 19/5/yyyy 1 Conservação pós-colheita de pimentas da espécie Capsicum chinense com filme de PVC em duas temperaturas. Otávio Gravina 1 ; Gilmar P. Henz 2, Sabrina I. C. de Carvalho 2 1 UFV, Viçosa-MG;

Leia mais

Biologia Floral do Meloeiro no Ceará: Emissão, Duração e Relação Flores Masculinas / Hermafroditas.

Biologia Floral do Meloeiro no Ceará: Emissão, Duração e Relação Flores Masculinas / Hermafroditas. Biologia Floral do Meloeiro no Ceará: Emissão, Duração e Relação Flores Masculinas / Hermafroditas. João R. Crisóstomo 1 ; Lorna F. Falcão 2 ; Fernando A. S. de Aragão 3 ; Jalmi G. Freitas 4 ; Jefté F.

Leia mais

Herdabilidade de caracteres de raiz utilizando-se diferentes grupos varietais de cenoura cultivados durante a primavera no Brasil Central

Herdabilidade de caracteres de raiz utilizando-se diferentes grupos varietais de cenoura cultivados durante a primavera no Brasil Central Herdabilidade de caracteres de raiz utilizando-se diferentes grupos varietais de cenoura cultivados durante a primavera no Brasil Central Jairo Vidal Vieira 1 ; Giovani Olegário da Silva 1 ; Leonardo S.

Leia mais

Avaliação agronômica em acessos da coleção de batata doce da UFRPE

Avaliação agronômica em acessos da coleção de batata doce da UFRPE Avaliação agronômica em acessos da coleção de batata doce da UFRPE Péricles de Albuquerque Melo Filho 1 ; Roseane Cavalcanti dos Santos 2 ; Rosilene da Silva 1 ; Antônio Fernando de Souza Leão Veiga 1.

Leia mais

Curva de Produção de Mandioquinha-Salsa Sob Manejo Orgânico em Unidade Produtiva do Distrito Federal.

Curva de Produção de Mandioquinha-Salsa Sob Manejo Orgânico em Unidade Produtiva do Distrito Federal. Curva de Produção de Mandioquinha-Salsa Sob Manejo Orgânico em Unidade Produtiva do Distrito Federal. Nuno R. Madeira 1 ; Francisco V. Resende 1 ; Dejoel B. Lima 1 ; Hugo C. Grillo 1 1 Embrapa Hortaliças,

Leia mais

É por isso que o convidamos a conhecer nas próximas páginas nossos lançamentos e produtos que há anos fazem parte do nosso catálogo. Seja bem-vindo!

É por isso que o convidamos a conhecer nas próximas páginas nossos lançamentos e produtos que há anos fazem parte do nosso catálogo. Seja bem-vindo! Não é do dia para a noite que uma empresa se torna referência no seu setor, e com a Agrocinco não foi diferente. Após 15 anos de atuação no mercado brasileiro de sementes de hortaliças de alto rendimento,

Leia mais

13759 - Influência do Ciclo Lunar no Desenvolvimento e Rendimento de Coentro Coriandrum sativum L. Porto Alegre, RS, 2013.

13759 - Influência do Ciclo Lunar no Desenvolvimento e Rendimento de Coentro Coriandrum sativum L. Porto Alegre, RS, 2013. 13759 - Influência do Ciclo Lunar no Desenvolvimento e Rendimento de Coentro Coriandrum sativum L. Porto Alegre, RS, 2013. Influence of the lunar cycle of the moon in the development and yield of coriander

Leia mais

Resumo Expandido Título da Pesquisa Germinação e desenvolvimento de progênies de pimenta cumari Palavras-chave

Resumo Expandido Título da Pesquisa Germinação e desenvolvimento de progênies de pimenta cumari Palavras-chave Resumo Expandido Título da Pesquisa: Germinação e desenvolvimento de progênies de pimenta cumari Palavras-chave: Capsicum spp.,variabilidade genetica, pimenta cumari. Campus: Bambuí Tipo de Bolsa: Pibic

Leia mais

Teores de vitamina C, licopeno e potássio em frutos de diferentes genótipos de tomateiro produzidos em ambiente protegido e no campo

Teores de vitamina C, licopeno e potássio em frutos de diferentes genótipos de tomateiro produzidos em ambiente protegido e no campo Teores de vitamina C, licopeno e potássio em frutos de diferentes genótipos de tomateiro produzidos em ambiente protegido e no campo Fabiano Ricardo Brunele Caliman; Derly José Henriques da Silva 1 ; Camilo

Leia mais

PRODUÇÃO DE MUDAS DE PIMENTÃO AMARELO UTILIZANDO FERTIRRIGAÇÃO POR CAPILARIDADE

PRODUÇÃO DE MUDAS DE PIMENTÃO AMARELO UTILIZANDO FERTIRRIGAÇÃO POR CAPILARIDADE PRODUÇÃO DE MUDAS DE PIMENTÃO AMARELO UTILIZANDO FERTIRRIGAÇÃO POR CAPILARIDADE J. P. B. M. COSTA, 1, R. L. SILVA 1, R. A. A. GUEDES 1, F. M. S. BEZERRA 1, R. C. CUNHA, M. W. L. SOUZA 1, F. A. OLIVEIRA

Leia mais

Avaliação de clones de batata tolerantes ao calor.

Avaliação de clones de batata tolerantes ao calor. Avaliação de clones de batata tolerantes ao calor. Alexsandro L.Teixeira 1 ; César A. Brasil P. Pinto 1; César A. T. Benavente 1 1 Universidade Federal de Lavras Departamento de Biologia (C.P. 3037, CEP

Leia mais

Biomassa Microbiana em Cultivo de Alface sob Diferentes Adubações Orgânicas e Manejo da Adubação Verde

Biomassa Microbiana em Cultivo de Alface sob Diferentes Adubações Orgânicas e Manejo da Adubação Verde Biomassa Microbiana em Cultivo de Alface sob Diferentes Adubações Orgânicas e Manejo da Adubação Verde Microbial Biomass In Lettuce Culture Under Different Organic Fertilizers And Management Of Green Manure

Leia mais

Produção de híbridos comerciais de tomateiro do grupo cereja cultivados no sistema hidropônico e conduzidos com diferentes números de hastes

Produção de híbridos comerciais de tomateiro do grupo cereja cultivados no sistema hidropônico e conduzidos com diferentes números de hastes Produção de híbridos comerciais de tomateiro do grupo cereja cultivados no sistema hidropônico e conduzidos com diferentes números de hastes Guilherme Brunhara Postali 1 ; Ernani Clarete da Silva 1 ; Gabriel

Leia mais

1Caracterização de frutos de diferentes genótipos de maracujazeiro. 2Flávio Flôres Britto 1 ; Cláudio Lúcio Fernandes Amaral 1

1Caracterização de frutos de diferentes genótipos de maracujazeiro. 2Flávio Flôres Britto 1 ; Cláudio Lúcio Fernandes Amaral 1 1Britto, F.F., Amaral, C.L.F. 2015. Caracterização de frutos de diferentes genótipos de maracujazeiro. In: 2 Congresso Brasileiro de Processamento mínimo e Pós-colheita de frutas, flores e hortaliças,

Leia mais

8º Congresso Interinstitucional de Iniciação Científica CIIC 2014 12 a 14 de agosto de 2014 Campinas, São Paulo

8º Congresso Interinstitucional de Iniciação Científica CIIC 2014 12 a 14 de agosto de 2014 Campinas, São Paulo INFORMATIZAÇÃO DO BANCO DE GERMOPLASMA DE FEIJOEIRO DO INSTITUTO AGRONÔMICO (IAC), INCLUINDO O CÓDIGO DE BARRAS Guilherme Ramos Candido¹; Alisson Fernando Chiorato 2 ; Isadora Bosco 3 ; João Guilherme

Leia mais

Avaliação de linhagens de alface tipo americana no município de Bambui-MG

Avaliação de linhagens de alface tipo americana no município de Bambui-MG Avaliação de linhagens de alface tipo americana no município de Bambui-MG Luiz Fernando Ghetti PEREIRA ¹ ; Raul Magalhães FERRAZ¹; Raiy Magalhães FERRAZ²; Luciano Donizete GONÇALVES³ 1 Estudante de Agronomia.

Leia mais

Preparados Homeopáticos na Produção de Tomate em Sistemas Orgânicos. Homeopathic Preparations in the Organic Production System of Tomatoes

Preparados Homeopáticos na Produção de Tomate em Sistemas Orgânicos. Homeopathic Preparations in the Organic Production System of Tomatoes Preparados Homeopáticos na Produção de Tomate em Sistemas Orgânicos Homeopathic Preparations in the Organic Production System of Tomatoes MODOLON,Tatiani Alano.Centro de Ciências Agroveterinárias. Universidade

Leia mais

Distância genética entre acessos de grupos varietais de cenoura obtidos de programas de melhoramento de três continentes

Distância genética entre acessos de grupos varietais de cenoura obtidos de programas de melhoramento de três continentes Distância genética entre acessos de grupos varietais de cenoura obtidos de programas de melhoramento de três continentes Giovani O. da Silva 1 ; Jairo V. Vieira 1 ; Leonardo S. Boiteux 1 ; Philipp W. Simon

Leia mais

DIVERGÊNCIA GENÉTICA ENTRE ACESSOS DE Capsicum chinense Jacq. COLETADOS NO SUDOESTE GOIANO.

DIVERGÊNCIA GENÉTICA ENTRE ACESSOS DE Capsicum chinense Jacq. COLETADOS NO SUDOESTE GOIANO. i UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS CAMPUS JATAÍ PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM AGRONOMIA DIVERGÊNCIA GENÉTICA ENTRE ACESSOS DE Capsicum chinense Jacq. COLETADOS NO SUDOESTE GOIANO. Renata Cristina Alvares Engenheira

Leia mais

Avaliação de clones de batata-doce nas condições de Gurupi-To.

Avaliação de clones de batata-doce nas condições de Gurupi-To. Avaliação de clones de batata-doce nas condições de Gurupi-To. Júlia Ferreira Brito 1 ; Valéria Gomes Momenté 2 ; Márcio A. da Silveira 3 ; Liamar M. dos Anjos Silva 1 ; Justino J. Dias Neto 1 ; Pabblo

Leia mais

Controle Alternativo de Polyphagotarsonemus latus (Banks) (Acari: Tarsonemidae) em Pimenta.

Controle Alternativo de Polyphagotarsonemus latus (Banks) (Acari: Tarsonemidae) em Pimenta. Controle Alternativo de Polyphagotarsonemus latus (Banks) (Acari: Tarsonemidae) em Pimenta. Madelaine Venzon 1 ; Maria da Consolação Rosado 2 ; Cleide Maria Ferreira Pinto 1 ; Vanessa da Silveira Duarte

Leia mais

AVALIAÇÃO DE PROGÊNIES DE MILHO NA PRESENÇA E AUSÊNCIA DE ADUBO

AVALIAÇÃO DE PROGÊNIES DE MILHO NA PRESENÇA E AUSÊNCIA DE ADUBO REVISTA CIENTÍFICA ELETRÔNICA DE AGRONOMIA ISSN 1677-0293 PERIODICIDADE SEMESTRAL ANO III EDIÇÃO NÚMERO 5 JUNHO DE 2004 -------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Leia mais

DESENVOLVIMENTO DE MELOEIRO CANTALOUPE ORGÂNICO SOB DIFERENTES LÂMINAS DE IRRIGAÇÃO

DESENVOLVIMENTO DE MELOEIRO CANTALOUPE ORGÂNICO SOB DIFERENTES LÂMINAS DE IRRIGAÇÃO DESENVOLVIMENTO DE MELOEIRO CANTALOUPE ORGÂNICO SOB DIFERENTES LÂMINAS DE IRRIGAÇÃO J. R. G. de Paiva 1 ; L. F. de Figueredo 2 ; T. H. da Silva 3 ; R. Andrade 4 ; J. G. R. dos Santos 4 RESUMO: O manejo

Leia mais

Caracterização molecular de linhagens de pimenta do tipo Jalapeño amarelo

Caracterização molecular de linhagens de pimenta do tipo Jalapeño amarelo ULHOA AB; PEREIRA TN; SILVA RN; RAGASSI CF; RODRIGUES R; PEREIRA MG; REIFSCHNEIDER FJB. 2014. Caracterização molecular de linhagens de pimenta do tipo Jalapeño amarelo. Horticultura Brasileira 32: 35-40.

Leia mais

Caracterização morfoagronômica de variedades crioulas de fava produzidas na Paraíba

Caracterização morfoagronômica de variedades crioulas de fava produzidas na Paraíba Caracterização morfoagronômica de variedades crioulas de fava produzidas na Paraíba Luciana dos S. Almeida 1, Fillipe Silveira Marini 2, Dácio Jerônimo de Almeida 3 Jefferson Santos A. da Costa 4, Nair

Leia mais

VARIABILIDADE E IMPORTÂNCIA DE CARACTERES DE QUALIDADE DE FRUTOS EM GERAÇÃO SEGREGANTE DE PIMENTEIRAS

VARIABILIDADE E IMPORTÂNCIA DE CARACTERES DE QUALIDADE DE FRUTOS EM GERAÇÃO SEGREGANTE DE PIMENTEIRAS SANTOS RMC; Variabilidade RÊGO ER; BATISTA e importância DS; NASCIMENTO de caracteres NFF; de NASCIMENTO qualidade de frutos MF; ARAÚJO em geração ER; REGO segregante MM. 2009. de pimenteiras Variabilidade

Leia mais

ANEXO I MINISTÉRIO DA AGRICULTURA E DO ABASTECIMENTO SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO RURAL SERVIÇO NACIONAL DE PROTEÇAO DE CULTIVARES

ANEXO I MINISTÉRIO DA AGRICULTURA E DO ABASTECIMENTO SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO RURAL SERVIÇO NACIONAL DE PROTEÇAO DE CULTIVARES ANEXO I MINISTÉRIO DA AGRICULTURA E DO ABASTECIMENTO SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO RURAL SERVIÇO NACIONAL DE PROTEÇAO DE CULTIVARES Requisitos Mínimos para Determinação do Valor de Cultivo e Uso de Algodão(Gossypium

Leia mais

Produção de cultivares de alface em três sistemas de cultivo em Montes Claros-MG

Produção de cultivares de alface em três sistemas de cultivo em Montes Claros-MG Produção de cultivares de alface em três sistemas de cultivo em Montes Claros-MG Cândido Alves da Costa; Sílvio Júnio Ramos; Simone Nassau Zuba; Wagner Fabian. UFMG-Núcleo de Ciências Agrárias, C. Postal

Leia mais

Produtividade de tomate, cv. Débora Pto, em função de adubação organomineral via foliar e gotejamento.

Produtividade de tomate, cv. Débora Pto, em função de adubação organomineral via foliar e gotejamento. CONVÊNIOS CNPq/UFU & FAPEMIG/UFU Universidade Federal de Uberlândia Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação DIRETORIA DE PESQUISA COMISSÃO INSTITUCIONAL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA 2008 UFU 30 anos Produtividade

Leia mais

XVI CONGRESSO DE PÓS-GRADUAÇÃO DA UFLA 22 a 26 de outubro de 2007 DEFICIÊNCIAS NUTRICIONAIS NA CULTURA DA ALFACE CRESPA ROXA

XVI CONGRESSO DE PÓS-GRADUAÇÃO DA UFLA 22 a 26 de outubro de 2007 DEFICIÊNCIAS NUTRICIONAIS NA CULTURA DA ALFACE CRESPA ROXA DEFICIÊNCIAS NUTRICIONAIS NA CULTURA DA ALFACE CRESPA ROXA CLEBER LÁZARO RODAS 1 ; JANICE GUEDES DE CARVALHO 2 ; LAURO LUIS PETRAZZINI 3 ; JONY EISHI YURI 4 ; ROVILSON JOSÉ DE SOUZA 5. RESUMO O presente

Leia mais

COMPORTAMENTO DE NOVAS VARIEDADES DE PIMENTÃO NA REGIÃO DE CAMPINAS ( 1, 2 ) SINOPSE

COMPORTAMENTO DE NOVAS VARIEDADES DE PIMENTÃO NA REGIÃO DE CAMPINAS ( 1, 2 ) SINOPSE COMPORTAMENTO DE NOVAS VARIEDADES DE PIMENTÃO NA REGIÃO DE CAMPINAS ( 1, 2 ) JOSÉ BOTTER BERNARDI, engenheiro-agrônomo, tura, e TOSHIO IGUE, engenheiro-agrônomo, Experimental, Instituto Agronômico Seção

Leia mais

Número Mínimo de Famílias de Meios-Irmãos em População de Cenoura Derivada da Cultivar Alvorada.

Número Mínimo de Famílias de Meios-Irmãos em População de Cenoura Derivada da Cultivar Alvorada. Número Mínimo de Famílias de Meios-Irmãos em População de Cenoura Derivada da Cultivar Alvorada. Jairo Vidal Vieira ; Warley Marcos Nascimento; João Bosco Carvalho e Silva Embrapa Hortaliças, C.Postal

Leia mais

Efeitos do Tipo de Cobertura e Material de Suporte no Crescimento e Produção de Alface em Cultivo Protegido e Hidroponia.

Efeitos do Tipo de Cobertura e Material de Suporte no Crescimento e Produção de Alface em Cultivo Protegido e Hidroponia. Efeitos do Tipo de Cobertura e Material de Suporte no Crescimento e Produção de Alface em Cultivo Protegido e Hidroponia. Francisco José Alves Fernandes Távora 1 ; Pedro Renato Aguiar de Melo 1 Universidade

Leia mais

SECRETARIA DO PRODUTOR RURAL E COOPERATIVISMO SERVIÇO NACIONAL DE PROTEÇÃO DE CULTIVARES. ATO No- 8, DE 17 DE NOVEMBRO DE 2015

SECRETARIA DO PRODUTOR RURAL E COOPERATIVISMO SERVIÇO NACIONAL DE PROTEÇÃO DE CULTIVARES. ATO No- 8, DE 17 DE NOVEMBRO DE 2015 SECRETARIA DO PRODUTOR RURAL E COOPERATIVISMO SERVIÇO NACIONAL DE PROTEÇÃO DE CULTIVARES ATO No- 8, DE 17 DE NOVEMBRO DE 2015 Em cumprimento ao disposto no 2, do art. 4º, da Lei n 9.456, de 25 de abril

Leia mais

PIMENTAS. Capsicum ssp.

PIMENTAS. Capsicum ssp. PIMENTAS Capsicum ssp. P I M E N T A Registros arqueológicos mostram o consumo de pimenta pelos povos indígenas americanos desde 9.000 a.c. Na época do descobrimento, a pimenta era tão importante para

Leia mais

Clique para abrir 0 Artigo Completo/Click to open the paper

Clique para abrir 0 Artigo Completo/Click to open the paper l1-sessao POSTER 01 25/09/2012 17:30-18:30 CAMAROTE A/B Clique para abrir 0 Artigo Completo/Click to open the paper VEGETAL VARIABILIDADE GENETICA PARA 0 FLORESCIMENTO E CARACTERERS RELACIONADOS A ARQUITETURA

Leia mais

Comportamento de genótipos de cebola no Submédio do vale São Francisco.

Comportamento de genótipos de cebola no Submédio do vale São Francisco. Comportamento de genótipos de cebola no Submédio do vale São Francisco. Jean de Oliveira Souza¹; Leilson Costa Grangeiro¹; Gilmara Mabel Santos 2 ; Nivaldo Duarte Costa 2 ; Carlos Antonio Fernandes Santos

Leia mais

Arcenio Sattler 1, Antonio Faganello 1, José Antonio Portella 1

Arcenio Sattler 1, Antonio Faganello 1, José Antonio Portella 1 Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento 159 ISSN 1517-4964 Dezembro, 2005 Passo Fundo, RS Semeadoras para plantio direto de parcelas experimentais Arcenio Sattler 1, Antonio Faganello 1, José

Leia mais

AVALIAÇÃO DE POPULAÇÕES DE SOJA DESTINADAS À ALIMENTAÇÃO HUMANA PARA O ESTADO DE MINAS GERAIS

AVALIAÇÃO DE POPULAÇÕES DE SOJA DESTINADAS À ALIMENTAÇÃO HUMANA PARA O ESTADO DE MINAS GERAIS AVALIAÇÃO DE POPULAÇÕES DE SOJA DESTINADAS À ALIMENTAÇÃO HUMANA PARA O ESTADO DE MINAS GERAIS Paulo Rogério Nascimento Resende (1), Maria Eugênia Lisei de Sá (2), Roberto Kazuhiko Zito (3) (1) Bolsista

Leia mais

ANÁLISE DE TENDÊNCIAS DE TEMPERATURA MÍNIMA DO BRASIL

ANÁLISE DE TENDÊNCIAS DE TEMPERATURA MÍNIMA DO BRASIL ANÁLISE DE TENDÊNCIAS DE TEMPERATURA MÍNIMA DO BRASIL RENATA RIBEIRO DO VALLE GONÇALVES 1 e EDUARDO DELGADO ASSAD 2 1 Engenheira Cartógrafa, doutoranda da Faculdade de Engenharia Agrícola Feagri /Unicamp,

Leia mais

Interferência do controle da ferrugem asiática na produção da soja (Glycinemax(L.) Merr)

Interferência do controle da ferrugem asiática na produção da soja (Glycinemax(L.) Merr) Interferência do controle da ferrugem asiática na produção da soja (Glycinemax(L.) Merr) Janailson Pereira de Figueredo 1, Jaqueline Salla 2, Juliana Pereira da Silva 2, Ricardo de Sousa Nascimento 1,

Leia mais

Armazenamento Sob Atmosfera Modificada de Melão Cantaloupe Cultivado em Solo Arenoso com Diferentes Coberturas e Lâminas de Irrigação.

Armazenamento Sob Atmosfera Modificada de Melão Cantaloupe Cultivado em Solo Arenoso com Diferentes Coberturas e Lâminas de Irrigação. Armazenamento Sob Atmosfera Modificada de Melão Cantaloupe Cultivado em Solo Arenoso com Diferentes Coberturas e Lâminas de Irrigação. Manoella Ingrid de O. Freitas; Maria Zuleide de Negreiros; Josivan

Leia mais

SECA DA MANGUEIRA: VIII. RESISTÊNCIA DE PORTA-ENXERTOS DE MANGUEIRA AO FUNGO CERATOCYSTIS FIMBRIATA ELL. & HALST. ( 1 )

SECA DA MANGUEIRA: VIII. RESISTÊNCIA DE PORTA-ENXERTOS DE MANGUEIRA AO FUNGO CERATOCYSTIS FIMBRIATA ELL. & HALST. ( 1 ) SECA DA MANGUEIRA: VIII. RESISTÊNCIA DE PORTA-ENXERTOS DE MANGUEIRA AO FUNGO CERATOCYSTIS FIMBRIATA ELL. & HALST. ( 1 ) IVAN JOSÉ ANTUNES RIBEIRO ( 2-6 ), CARLOS JORGE ROSSETTO ( 3> 6 ) JOSÉ CARLOS SABINO

Leia mais

WEB VERSION. 1 C. annuum var. annuum 2 C. annuum var. annuum Pimentão americano. 8 C. annuum var. annuum Pimentão índigena

WEB VERSION. 1 C. annuum var. annuum 2 C. annuum var. annuum Pimentão americano. 8 C. annuum var. annuum Pimentão índigena WEB VERSION CAPSICUM (Solanaceae): varieties in Roraima, Brazil 1 1 C. annuum var. annuum 2 C. annuum var. annuum Pimentão americano 3 C. annuum var. annuum Pimentão americano 4 C. annuum var. annuum 5

Leia mais

ESPAÇAMENTO DAS MUDAS DE CAFÉ NA COVA (*)

ESPAÇAMENTO DAS MUDAS DE CAFÉ NA COVA (*) ESPAÇAMENTO DAS MUDAS DE CAFÉ NA COVA (*) HÉLIO JOSÉ SCARANARI Engenheiro-agrônomo, Divisão de Agronomia, Instituto Agronômico RESUMO Quatro distâncias entre as mudas na mesma cova foram estudadas, com

Leia mais

Desempenho de cultivares de alface lisa em casa de vegetação, com e sem cobertura de solo.

Desempenho de cultivares de alface lisa em casa de vegetação, com e sem cobertura de solo. Desempenho de cultivares de alface lisa em casa de vegetação, com e sem cobertura de solo. Hamilton César de Oliveira Charlo 1 ; Renata Castoldi; Leila Trevizan Braz 1 Depto. de Produção Vegetal, Via de

Leia mais

DESENVOLVIMENTO DE UM APLICATIVO COMPUTACIONAL PARA O CONTROLE DO MANEJO DA IRRIGAÇÃO 1

DESENVOLVIMENTO DE UM APLICATIVO COMPUTACIONAL PARA O CONTROLE DO MANEJO DA IRRIGAÇÃO 1 DESENVOLVIMENTO DE UM APLICATIVO COMPUTACIONAL PARA O CONTROLE DO MANEJO DA IRRIGAÇÃO 1 M. G. Silva 2 ; F. D. D. Arraes 3 ; E. R. F. Ledo 4 ; D. H. Nogueira 5 RESUMO: O presente trabalho teve por objetivo

Leia mais

Produção de feijão-fava em resposta ao emprego de doses de esterco bovino e presença e ausência de NPK

Produção de feijão-fava em resposta ao emprego de doses de esterco bovino e presença e ausência de NPK Produção de feijão-fava em resposta ao emprego de doses de esterco bovino e presença e ausência de NPK Adriana U. Alves ; Ademar P. de Oliveira 2 ; Carina S. M. Dornelas ; Anarlete U. Alves 3 ; Edna U.

Leia mais

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária Embrapa Amazônia Oriental Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária Embrapa Amazônia Oriental Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária Embrapa Amazônia Oriental Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento Embrapa Amazônia Oriental Belém, PA 2015 CARACTERIZAÇÃO E AVALIAÇÃO MORFOLÓGICA

Leia mais

AVALIAÇÃO DA QUALIDADE FISIOLÓGICA DE SEMENTES DE MILHO- CRIOULO SOB ESTRESSE CAUSADO POR BAIXO NÍVEL DE NITROGÊNIO

AVALIAÇÃO DA QUALIDADE FISIOLÓGICA DE SEMENTES DE MILHO- CRIOULO SOB ESTRESSE CAUSADO POR BAIXO NÍVEL DE NITROGÊNIO AVALIAÇÃO DA QUALIDADE FISIOLÓGICA DE SEMENTES DE MILHO- CRIOULO SOB RESUMO Tânia Cristina de Oliveira Gondim 1 Valterley Soares Rocha 1 Manoel Mota dos Santos 1 Glauco Vieira Miranda 1 Este trabalho teve

Leia mais

Bayer Sementes FiberMax

Bayer Sementes FiberMax Bayer Sementes FiberMax Coord. Desenvolvimento Técnico Sementes FiberMax Planta Forte Sementes ao Botão Floral Semente: É um chip que carrega as características genéticas. Indutor de Produtividade. Características

Leia mais

PLANTIO CONSORCIADO DE PIMENTA DEDO-DE-MOÇA COM ADUBOS VERDES: PROMOÇÃO DE CRESCIMENTO E OCORRÊNCIA DE PRAGAS PROJETO DE PESQUISA

PLANTIO CONSORCIADO DE PIMENTA DEDO-DE-MOÇA COM ADUBOS VERDES: PROMOÇÃO DE CRESCIMENTO E OCORRÊNCIA DE PRAGAS PROJETO DE PESQUISA PLANTIO CONSORCIADO DE PIMENTA DEDO-DE-MOÇA COM ADUBOS VERDES: PROMOÇÃO DE CRESCIMENTO E OCORRÊNCIA DE PRAGAS PROJETO DE PESQUISA PROFESSOR: MARCELO TAVARES DE CASTRO ALUNO: FABIOLA DOS REIS LIMA CURSO:

Leia mais

Influência de tipos de bandejas e idade de transplantio na produção de mudas de tomate tipo italiano.

Influência de tipos de bandejas e idade de transplantio na produção de mudas de tomate tipo italiano. Influência de tipos de bandejas e idade de transplantio na produção de mudas de tomate tipo italiano. Victoria R. Santacruz Oviedo 1, Paulo César Taveres de Melo 1, Keigo Minami 1 1 ESALQ-USP-Departamento

Leia mais

EVOLUÇÃO DA PRODUÇÃO DE TOMATE DE MESA NO ESTADO DE RONDÔNIA

EVOLUÇÃO DA PRODUÇÃO DE TOMATE DE MESA NO ESTADO DE RONDÔNIA EVOLUÇÃO DA PRODUÇÃO DE TOMATE DE MESA NO ESTADO DE RONDÔNIA ROGÉRIO SIMÃO; TOMÁS DANIEL MENÉNDEZ RODRÍGUEZ; UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA PORTO VELHO - RO - BRASIL tomas@unir.br APRESENTAÇÃO ORAL Evolução

Leia mais

O uso de pó de rocha fosfática para o desenvolvimento da agricultura familiar no Semi-Árido brasileiro.

O uso de pó de rocha fosfática para o desenvolvimento da agricultura familiar no Semi-Árido brasileiro. O uso de pó de rocha fosfática para o desenvolvimento da agricultura familiar no Semi-Árido brasileiro. Maíra Leão da Silveira Bolsista de Iniciação Científica, Geografia, UFRJ Francisco Mariano da Rocha

Leia mais

Produção e eficiência de uso da radiação fotossinteticamente ativa pelo morangueiro em diferentes ambientes de cultivo.

Produção e eficiência de uso da radiação fotossinteticamente ativa pelo morangueiro em diferentes ambientes de cultivo. Produção e eficiência de uso da radiação fotossinteticamente ativa pelo morangueiro em diferentes ambientes de cultivo. Jaime Duarte Filho 1 ; Silvana C. S. Bueno 2 1 Fazenda Experimental de Caldas EPAMIG,

Leia mais

XIX CONGRESSO DE PÓS-GRADUAÇÃO DA UFLA 27 de setembro a 01 de outubro de 2010

XIX CONGRESSO DE PÓS-GRADUAÇÃO DA UFLA 27 de setembro a 01 de outubro de 2010 DIVERGÊNCIA GENÉTICA DE PROGÊNIES DE MEIOS-IRMÃOS DE AÇAIZEIRO COM BASE EM VALORES GENÉTICOS DE CARACTERES AGRONÔMICOS E DE CACHO DAVI HENRIQUE LIMA TEIXEIRA 1, MARIA DO SOCORRO PADILHA DE OLIVEIRA ; FLÁVIA

Leia mais

AVALIAÇÃO DE GENÓTIPOS DE FEIJÃO-CAUPI EM CONDIÇÕES IRRIGADAS PARA O MERCADO DO FEIJÃO-VERDE EM TERESINA-PI

AVALIAÇÃO DE GENÓTIPOS DE FEIJÃO-CAUPI EM CONDIÇÕES IRRIGADAS PARA O MERCADO DO FEIJÃO-VERDE EM TERESINA-PI Área: Genética e Melhoramento AVALIAÇÃO DE GENÓTIPOS DE FEIJÃO-CAUPI EM CONDIÇÕES IRRIGADAS PARA O MERCADO DO FEIJÃO-VERDE EM TERESINA-PI Jaqueline Luz Moura Sousa 1 ; Maurisrael de Moura Rocha 2 ; Raylson

Leia mais

MONITORAMENTO AGROCLIMÁTICO DA SAFRA DE VERÃO NO ANO AGRÍCOLA 2008/2009 NO PARANÁ

MONITORAMENTO AGROCLIMÁTICO DA SAFRA DE VERÃO NO ANO AGRÍCOLA 2008/2009 NO PARANÁ MONITORAMENTO AGROCLIMÁTICO DA SAFRA DE VERÃO NO ANO AGRÍCOLA 2008/2009 NO PARANÁ JONAS GALDINO 1, WILIAN DA S. RICCE 2, DANILO A. B. SILVA 1, PAULO H. CARAMORI 3, ROGÉRIO T. DE FARIA 4 1 Analista de Sistemas,

Leia mais

Implantação de horta comunitária em escola localizado no sertão Paraibano. Community garden deployment in school located in the backlands of Paraiba

Implantação de horta comunitária em escola localizado no sertão Paraibano. Community garden deployment in school located in the backlands of Paraiba RELATÓRIO TÉCNICO http://www.gvaa.com.br/revista/index.php/intesa Implantação de horta comunitária em escola localizado no sertão Paraibano Community garden deployment in school located in the backlands

Leia mais

Seleção de clones de batata para a pequena produção.

Seleção de clones de batata para a pequena produção. Seleção de clones de batata para a pequena produção. Nilceu R.X. de Nazareno 1 ; Arione da S. Pereira 2 ; Odone Bertoncini 3 ; Carlos A. B. Medeiros 2 1 IAPAR, Unidade Regional de Pesquisa Leste Curitiba,

Leia mais

Comparação entre Variáveis Meteorológicas das Cidades de Fortaleza (CE) e Patos (PB)

Comparação entre Variáveis Meteorológicas das Cidades de Fortaleza (CE) e Patos (PB) Comparação entre Variáveis Meteorológicas das Cidades de Fortaleza (CE) e Patos (PB) F. D. A. Lima 1, C. H. C. da Silva 2, J. R. Bezerra³, I. J. M. Moura 4, D. F. dos Santos 4, F. G. M. Pinheiro 5, C.

Leia mais

A mandioca (Manihot esculenta Crantz) é um vegetal rico em amido e amplamente utilizado na

A mandioca (Manihot esculenta Crantz) é um vegetal rico em amido e amplamente utilizado na AVALIAÇÃO DA QUALIDADE DE RAÍZES DE MANDIOCA NA REGIÃO SUDOESTE DA BAHIA Douglas Gonçalves GUIMARÃES 1 ; Welber Freire MUNIZ 2 ; Eduardo de Souza MOREIRA 2 ; Anselmo Eloy Silveira VIANA 3 ; Carlos Estevão

Leia mais

SELEÇÃO E RECOMENDAÇÃO DE VARIEDADES DE MAMOEIRO - AVALIAÇÃO DE LINHAGENS E HÍBRIDOS 1

SELEÇÃO E RECOMENDAÇÃO DE VARIEDADES DE MAMOEIRO - AVALIAÇÃO DE LINHAGENS E HÍBRIDOS 1 617 SELEÇÃO E RECOMENDAÇÃO DE VARIEDADES DE MAMOEIRO - AVALIAÇÃO DE LINHAGENS E HÍBRIDOS 1 JORGE LUIZ LOYOLA DANTAS 2 ; JULIANA FIRMINO DE LIMA 3 RESUMO - O centro de origem do mamoeiro é, muito provavelmente,

Leia mais

Palavras-Chave: Adubação nitrogenada, massa fresca, área foliar. Nitrogen in Cotton

Palavras-Chave: Adubação nitrogenada, massa fresca, área foliar. Nitrogen in Cotton 64 Nitrogênio na cultura do Algodão Helton Aparecido Rosa 1, Reginaldo Ferreira Santos 1, Maycon Daniel Vieira 1, Onóbio Vicente Werner 1, Josefa Moreno Delai 1, Marines Rute de Oliveira 1 1 Universidade

Leia mais

Revista Brasileira de Agroecologia Rev. Bras. de Agroecologia. 9(1): 205-215 (2014) ISSN: 1980-9735

Revista Brasileira de Agroecologia Rev. Bras. de Agroecologia. 9(1): 205-215 (2014) ISSN: 1980-9735 Revista Brasileira de Agroecologia ISSN: 1980-9735 Compatibilidade e desempenho agronômico em sistema orgânico de pimentão enxertado Compatibility and agronomic performance in organic systemof grafted

Leia mais

Avaliação da produtividade de materiais de batata-doce ricos em provitamina A junto a agricultores familiares.

Avaliação da produtividade de materiais de batata-doce ricos em provitamina A junto a agricultores familiares. MELO WF; SILVA JBC da; MOITA AW. Avaliação da produtividade de clones de batata-doce ricos em provitamina Avaliação da produtividade de materiais de batata-doce ricos em provitamina A junto a agricultores

Leia mais

UTILIZAÇÃO DE RESÍDUOS AGROINDUSTRIAIS COMO SUBSTRATO NA PRODUÇÃO DE MUDAS DE TOMATEIRO

UTILIZAÇÃO DE RESÍDUOS AGROINDUSTRIAIS COMO SUBSTRATO NA PRODUÇÃO DE MUDAS DE TOMATEIRO UTILIZAÇÃO DE RESÍDUOS AGROINDUSTRIAIS COMO SUBSTRATO NA PRODUÇÃO DE MUDAS DE TOMATEIRO RESUMO ABSTRACT Juliano Tadeu Vilela de Resende 1 Elisabete Domingues Salvador 1 Marcos Ventura Faria 1 Nicolau Mallmann

Leia mais

Produção de pimenta cumari em relação a incidência solar

Produção de pimenta cumari em relação a incidência solar Produção de pimenta cumari em relação a incidência solar Anderson I. F. Kobayashi, Denis M. Fernandes, Abílio J. Meiato, Gustavo Pedrazzi, Amalia Estela Mozambani Centro Universitário Moura Lacerda, Caixa

Leia mais

Avaliação agronômica de variedades de cana-de-açúcar, cultivadas na região de Bambuí em Minas Gerais

Avaliação agronômica de variedades de cana-de-açúcar, cultivadas na região de Bambuí em Minas Gerais Avaliação agronômica de variedades de cana-de-açúcar, cultivadas na região de Bambuí em Minas Gerais César Ferreira Santos¹; Antônio Augusto Rocha Athayde²; Geann Costa Dias 1 ; Patrícia Fernades Lourenço¹

Leia mais

MÉTODOS DE SUPERAR A DORMÊNCIA DE SEMENTES DE BRACATINGA PARA PLANTIO COM MÁQUINA RESUMO

MÉTODOS DE SUPERAR A DORMÊNCIA DE SEMENTES DE BRACATINGA PARA PLANTIO COM MÁQUINA RESUMO MÉTODOS DE SUPERAR A DORMÊNCIA DE SEMENTES DE BRACATINGA PARA PLANTIO COM MÁQUINA Ayrton Zanon * RESUMO Dentre os métodos pré-germinativos já determinados para superar a dormência de sementes de bracatinga

Leia mais

EFEITO DA ADUBAÇÃO FOSFATADA SOBRE O RENDIMENTO DE FORRAGEM E COMPOSIÇÃO QUÍMICA DE PASPALUM ATRATUM BRA-009610

EFEITO DA ADUBAÇÃO FOSFATADA SOBRE O RENDIMENTO DE FORRAGEM E COMPOSIÇÃO QUÍMICA DE PASPALUM ATRATUM BRA-009610 REVISTA CIENTÍFICA ELETRÔNICA DE AGRONOMIA - ISSN 1677-0293 P UBLICAÇÃO C IENTÍFICA DA F ACULDADE DE A GRONOMIA E E NGENHARIA F LORESTAL DE G ARÇA/FAEF A NO IV, NÚMERO 08, DEZEMBRO DE 2005. PERIODICIDADE:

Leia mais

Congresso Brasileiro de Processamento mínimo e Pós-colheita de frutas, flores e hortaliças

Congresso Brasileiro de Processamento mínimo e Pós-colheita de frutas, flores e hortaliças 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 Avaliação sensorial de macaxeira minimamente processada cultivada em diferentes densidades de plantio Sabrina

Leia mais

NECESSIDADES HÍDRICAS DAS CULTIVARES TERRA MARANHÃO E TERRINHA NA REGIÃO DO RECÔNCAVO BAIANO

NECESSIDADES HÍDRICAS DAS CULTIVARES TERRA MARANHÃO E TERRINHA NA REGIÃO DO RECÔNCAVO BAIANO NECESSIDADES HÍDRICAS DAS CULTIVARES TERRA MARANHÃO E TERRINHA NA REGIÃO DO RECÔNCAVO BAIANO R. C. Oliveira 1 ; E. F. Coelho 2 ; M. S. Amorim 3 ; R. T. M. Araújo 1 ; T. P. Andrade 4 ; D. L. Barros 1 RESUMO:

Leia mais

PIMENTAS: TIPOS, UTILIZAÇÃO NA CULINÁRIA E FUNÇÕES NO ORGANISMO

PIMENTAS: TIPOS, UTILIZAÇÃO NA CULINÁRIA E FUNÇÕES NO ORGANISMO UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA Centro de Excelência em Turismo Pós Graduação Lato Sensu Curso de Especialização em Gastronomia e Saúde PIMENTAS: TIPOS, UTILIZAÇÃO NA CULINÁRIA E FUNÇÕES NO ORGANISMO Raquel Daneliczen

Leia mais

Dionísio Brunetta Manoel Carlos Bassoi Pedro Luiz Scheeren Luís César V. Tavares Claudinei Andreoli Sérgio Roberto Dotto

Dionísio Brunetta Manoel Carlos Bassoi Pedro Luiz Scheeren Luís César V. Tavares Claudinei Andreoli Sérgio Roberto Dotto Desenvolvimento de linhagens e de cultivares de trigo de ciclo precoce e médio, das classes Pão e Melhorador, adaptadas à Região Centro-Sul Subtropical (Paraná, São Paulo e Mato Grosso do Sul) Dionísio

Leia mais

Características físico-químicas de variedades de manga cultivadas em sistema orgânico

Características físico-químicas de variedades de manga cultivadas em sistema orgânico Características físico-químicas de variedades de manga cultivadas em sistema orgânico Physical-chemistries characteristics of mango varieties cultivated in organic system GALLI, Juliana Altafin 1 ; ARRUDA-PALHARINI,

Leia mais

Eficiência da Terra de Diatomácea no Controle do Caruncho do Feijão Acanthoscelides obtectus e o Efeito na Germinação do Feijão

Eficiência da Terra de Diatomácea no Controle do Caruncho do Feijão Acanthoscelides obtectus e o Efeito na Germinação do Feijão Eficiência da Terra de Diatomácea no Controle do Caruncho do Feijão Acanthoscelides obtectus e o Efeito na Germinação do Feijão The Efficiency of Diatomaceous Earth in Control of Bean Weevil Acanthoscelides

Leia mais

MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO SECRETARIA DE APOIO RURAL E COOPERATIVISMO SERVIÇO NACIONAL DE PROTEÇÃO DE CULTIVARES ANEXO VIII

MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO SECRETARIA DE APOIO RURAL E COOPERATIVISMO SERVIÇO NACIONAL DE PROTEÇÃO DE CULTIVARES ANEXO VIII MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO SECRETARIA DE APOIO RURAL E COOPERATIVISMO SERVIÇO NACIONAL DE PROTEÇÃO DE CULTIVARES ANEXO VIII REQUISITOS MÍNIMOS PARA DETERMINAÇÃO DO VALOR DE CULTIVO

Leia mais

Controle de oídio em moranga-híbrida.

Controle de oídio em moranga-híbrida. 1 OLIVEIRA, V.R.; GIANASI, L.; MASCARENHAS, M.H.T.; PIRES, N.M.; FILHO, J.A.A.; VIANA, M.C.M.; LARA, J.F.R. Controle de oídio em moranga híbrida. Horticultura Brasileira, v. 20, n.2, julho,2002. Suplemento2.

Leia mais

EFEITO DO ARRANJO DE PLANTAS NO RENDIMENTO E QUALIDADE DA FIBRA DE NOVAS CULTIVARES DE ALGODOEIRO HERBÁCEO NO AGRESTE DE ALAGOAS

EFEITO DO ARRANJO DE PLANTAS NO RENDIMENTO E QUALIDADE DA FIBRA DE NOVAS CULTIVARES DE ALGODOEIRO HERBÁCEO NO AGRESTE DE ALAGOAS EFEITO DO ARRANJO DE PLANTAS NO RENDIMENTO E QUALIDADE DA FIBRA DE NOVAS CULTIVARES DE ALGODOEIRO HERBÁCEO NO AGRESTE DE ALAGOAS Dacio Rocha Brito 1, Napoleão Esberard de Macêdo Beltrão 2, Jadson de Lira

Leia mais

ATRATIVIDADE DE CULTIVARES DE FEIJÃO-CAUPI PARA ALIMENTAÇÃO DE MOSCA-BRANCA

ATRATIVIDADE DE CULTIVARES DE FEIJÃO-CAUPI PARA ALIMENTAÇÃO DE MOSCA-BRANCA Área: Fitossanidade ATRATIVIDADE DE CULTIVARES DE FEIJÃO-CAUPI PARA ALIMENTAÇÃO DE MOSCA-BRANCA Márcia Patrícia Paula Nascimento 1 ; Laysa Luna de Moura Carvalho 2 ; Paulo Henrique Soares da Silva 3. 1

Leia mais

AVALIAÇÃO DE VARIEDADES DE MANDIOCA MANSA COM AGRICULTORES FAMILIARES DE GUARATINGA, BA 1.

AVALIAÇÃO DE VARIEDADES DE MANDIOCA MANSA COM AGRICULTORES FAMILIARES DE GUARATINGA, BA 1. AVALIAÇÃO DE VARIEDADES DE MANDIOCA MANSA COM AGRICULTORES FAMILIARES DE GUARATINGA, BA 1. Mauto de Souza DINIZ 2 ; Arlene Maria Gomes OLIVEIRA 2 ; Nelson Luz PEREIRA 3 ; Jackson Lopes de OLIVEIRA 4 RESUMO:

Leia mais

Implantação de unidades de observação para avaliação técnica de culturas de clima temperado e tropical no estado do Ceará Resumo

Implantação de unidades de observação para avaliação técnica de culturas de clima temperado e tropical no estado do Ceará Resumo Implantação de unidades de observação para avaliação técnica de culturas de clima temperado e tropical no estado do Ceará Resumo Os polos irrigados do Estado do Ceará são seis, conforme relacionados: Baixo

Leia mais

COMPORTAMENTO DE HÍBRIDOS EXPERIMENTAIS DE MILHO EM CONDIÇÕES DE ESTRESSES DE SECA

COMPORTAMENTO DE HÍBRIDOS EXPERIMENTAIS DE MILHO EM CONDIÇÕES DE ESTRESSES DE SECA COMPORTAMENTO DE HÍBRIDOS EXPERIMENTAIS DE MILHO EM CONDIÇÕES DE ESTRESSES DE SECA Marco Antônio Ferreira Varanda 1 ; Aurélio Vaz de Melo 2 ; Rubens Ribeiro da Silva³ 1 Aluno do Curso de Agronomia; Campus

Leia mais

ECONOMIA E AGRONEGÓCIO: A IMPORTÂNCIA DAS RELAÇÕES INTERNACIONAIS NO SETOR SUCROALCOOLEIRO

ECONOMIA E AGRONEGÓCIO: A IMPORTÂNCIA DAS RELAÇÕES INTERNACIONAIS NO SETOR SUCROALCOOLEIRO ECONOMIA E AGRONEGÓCIO: A IMPORTÂNCIA DAS RELAÇÕES INTERNACIONAIS NO SETOR SUCROALCOOLEIRO 61 Ana Caroline Veiga Universidade do Oeste Paulista, Curso de Administração, Presidente Prudente, SP. Email:

Leia mais