GESTÃO DE PESSOAS: A MUDANÇA DA ADMISTRAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS NAS ORGANIZAÇÕES

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "GESTÃO DE PESSOAS: A MUDANÇA DA ADMISTRAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS NAS ORGANIZAÇÕES"

Transcrição

1 GESTÃO DE PESSOAS: A MUDANÇA DA ADMISTRAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS NAS ORGANIZAÇÕES RESUMO Fabiana Gonçalves dos Santos de Oliveira 1 Antônio Carlos Macedo de Oliveira 2 O mundo tem mudado e as empresas estão passando por esse mesmo processo. O mercado cada vez mais competitivo exige mais das organizações e com isso é observável a característica primária de toda corporação: mudança. O que acontece com a gestão de pessoas nas corporações é que ela vem buscando cada vez mais o aperfeiçoamento dos indivíduos que fazem parte dela, procurando valorizá-las dentro da organização. Pois elas não são apenas um instrumento de trabalho braçal, pelo contrário têm inteligência capaz de fazer parte das decisões e estratégias da empresa. Com esse crescimento, as companhias têm investido mais em seu capital intelectual entendendo que sem ele a organização não pode atingir os objetivos pré-estabelecidos. Através de uma metodologia diferenciada, a gestão de pessoas tem participação fundamental para gerir e concretizar seus talentos humanos, retendo e tirando deles o seu melhor, contribuindo tanto para o crescimento próprio desses colaboradores como também para o sucesso da organização. Palavras-chave: Gestão de Pessoas. Talentos Humanos. Recursos Humanos. Capital Intelectual. ABSTRACT The world has changed and companies are going through this same process. The increasingly competitive market requires more organizations and it is observable primary feature of every Corporation: change. What happens to the personnel management in corporations is that she has sought each time improving people who make part of it, looking for values them within the organization where they are not merely an instrument of manual labour, on the contrary has intelligence able to be part of decisions and strategies of the company. With this growth companies have invested more in its intellectual capital understanding that without him the Organization cannot achieve pre-established objectives. Through a differentiated methodology, people management has a fundamental contribution to manage and realise their talents, retaining and taking them at their best, contributing to the growth of these employees as himself also to the success of the organization. Keywords: People Management. Human talent. Human Resources. Intellectual Capital. 1 Tecnóloga em Gestão em Recursos Humanos da Faculdade Shalom de Ensino Superior FASES. 2 Mestre em Filosofia. Professor da Faculdade Shalom de Ensino Superior FASES.

2 INTRODUÇÃO O presente projeto objetiva mostrar o quanto a gestão de pessoas tem evoluído nas empresas e o diferencial que fazem dentro das organizações. Contudo, percebe-se que a gestão de pessoas no contexto empresarial é um fator fundamental no desenvolvimento da corporação e de seus colaboradores. Pode-se verificar que os empregados que são bem geridos nas organizações têm sua durabilidade maior e com isso a organização ganha com a diminuição do turnover 3. O problema das empresas é reconhecer o valor do funcionário. Com isso, a mesma depende de seus colaboradores para sua produtividade e sua sobrevivência no mercado. Chiavenato (2014, p. 309) salienta que: O capital humano das organizações composto de pessoas, que vão desde o mais simples operário ao seu principal executivo passou a ser uma questão vital para o sucesso do negócio. O empregado precisa ser a peça fundamental para o crescimento e expansão de seus projetos, pois são eles que fazem a empresa melhorar seus lucros e obter sucesso. Objetiva-se que para a corporação buscar o crescimento e o diferencial no mercado é preciso quebrar seus paradigmas em relação às pessoas que fazem parte dela, levando a entender que são os funcionários que giram ou que movem uma organização. Assim entendese que a valorização dos empregados é de fundamental importância para a administração e bem-estar de uma empresa. Esse trabalho tem a finalidade de mostrar que as pessoas estão cada vez mais buscando crescimento profissional e que querem oportunidade para mostrar seus talentos e habilidades no que fazem. Elas precisam ser notadas como parte da organização, na qual têm a liberdade de contribuir para seu aperfeiçoamento e o desenvolvimento da empresa. Dutra (2014, p.43) relata, a gestão de pessoas sempre se preocupou com o controle das pessoas, traduzindo no procedimento de captação, remuneração, capacitação, carreira, desempenho, movimentação etc. Percebe-se que a função da gestão de pessoas é captar, desenvolver e descobrir o potencial de cada colaborador levando-o a colocar em prática e com destreza suas atividades e mostrando a sua importância dentro da empresa. A gestão de pessoas nas organizações reconhece e valoriza para o sucesso o talento de seus colaboradores. Gil (2009, p. 23) afirma que as pessoas precisam ser administradas, para obter-se delas o máximo rendimento possível. Deste modo, a gestão de pessoas é parte 3 Turnover: Tem a função de calcular a rotatividade de pessoal em uma empresa.

3 essencial em uma empresa, buscando a excelência e a qualidade como premissa. Com isso, é importante que as instituições desenvolvam suas habilidades existentes. Contudo, ressalta-se que a gestão de pessoas pode desempenhar seu papel e trazer oportunidade de mudanças dentro das organizações, levando as empresas à aptidão necessária em sua atuação. Faz-se necessário buscar oportunidade de melhoria para organização e para seus funcionários. O presente projeto foi realizado com o uso de artigos e livros da área, em que muitos autores fundamentaram a pesquisa, que por sua vez utilizará o método bibliográfico. A pesquisa abordada é a qualitativa que leva à correta compreensão do leitor para o real intuito deste estudo. 1 - DEFINIÇÃO DE GESTÃO DE PESSOAS As pessoas passam a maior parte de suas vidas numa organização, e necessitam desenvolver, produzir, operar e competir. As organizações têm focado seus funcionários como um recurso produtivo, pois se trata de pessoas que contêm habilidades de raciocinar e de ser criativo, conforme a visão de alguns autores sobre o termo Gestão de Pessoas. Para Chiavenato (1999, p. 08) "Gestão de Pessoas ou ARH4 é o conjunto de decisões integradas sobre as relações de emprego que influenciam a eficácia dos funcionários e das organizações". Ainda, segundo Chiavenato (2002, p. 20) "A Gestão de Pessoas se baseia em três aspectos fundamentais: 1. As pessoas como seres humanos; 2. As pessoas são como mero recursos (humanos) organizacionais; 3. As pessoas como parceiras da organização. É notória a preocupação de Chiavenato com as pessoas dentro da organização, contudo muitos têm habilidades e capacidades que muitas vezes não são desenvolvidas nem incentivadas a colocá-las em prática, ficando a mercê de suas atividades rotineiras e por vez não exercitam seus talentos. Conforme Gil (2014, p. 17) "Gestão de Pessoas é a função gerencial que visa à cooperação das pessoas que atuam nas organizações para o alcance dos objetivos tanto organizacionais quanto individuais". Percebe-se que é essencial a gestão de pessoas e como lidar com o comportamento humano e administrar o relacionamento da mesma dentro da empresa, sendo uma tarefa árdua, pois existem muitas dificuldades para gerir essas pessoas. 4 ARH: Administração Recursos Humanos

4 Contudo, é necessário investimento porque são as pessoas que fazem a organização diretamente alcançarem seu sucesso e desenvolvimento. 1.1 O Processo Inicial Da Gestão De Pessoas No processo histórico, as empresas têm avançado no termo de gerenciamento de pessoas que fazem parte do princípio da administração na época da Abordagem Clássica da Administração em meados Pouco depois da Revolução Industrial o modelo base da organização era Taylorista com sistema fechado, onde os funcionários não eram vistos como parte da empresa, seu interesses, sugestões e opiniões não faziam parte das decisões, eram visto como máquinas e sua mão de obra era o que contava, e esses funcionários não tinham exceptivas de crescimento porque seus talentos eram esquecidos, os chefes visavam só a produtividade e lucratividade. Para fundamentar o supracitado, Chiavenato expõe que: Embora a organização seja constituída de pessoas, deu-se pouca atenção ao elemento humano e concebeu-se a organização como um arranjo rígido e estático de peças, ou seja, como uma maquina: assim como construímos uma maquina um conjunto de peças e especificações também construímos uma organização de acordo com o projeto. (CHIAVENATO, 2003, p. 67) Diante do exposto, observou-se que o gerenciamento era rígido e as pessoas eram consideradas como peças da empresa, em que suas tarefas exercidas e o rendimento das suas atividades eram o que visavam e não se preocupavam se os funcionários se sentiam satisfeitos com essa condição. Ademais, as suas ideias, que muitas vezes poderiam mudar essa situação, não eram atendidas. Com a evolução das áreas designadas no passado, como Administração de Pessoal, Relação Industrial e Administração de Recursos Humanos, é apresentada com outra expressão no século XX, tais como Gestão de Talentos, Gestão de Parceiros e Gestão do Capital Humano. Assim é possível perceber que a Gestão de Pessoas vem para substituir a Administração de Recursos Humanos, a qual, ultimamente, tem sido utilizada para mencionar o estilo de lidar com os colaboradores nas organizações, embora a percepção de que os indivíduos que trabalhem numa organização sejam considerados como recursos financeiros e materiais. Gil declara que:

5 Nada é tão vital na agenda das empresas, hoje, como o talento. Porque sem talento o resto capital, estratégia, produtos inovadores e o que mais se queira simplesmente não se consegue. Ou se consegue apenas em doses insuficientes para estes ásperos e perigosos tempos de competição exacerbada. (GIL, 2014, p. 28) Então as visões das empresas em relação aos seus colaboradores a partir dessa época teve uma mudança, em que eram vistos apenas como um recurso passou a ter o seu valor na corporação. Portanto, com o crescimento do mercado e a competição das organizações, as pessoas passaram a fazer parte dos projetos em que seu desempenho era fundamental para fazer a corporação se desenvolver e chegar ao auge de seus objetivos. 2. VISÃO CONTEMPORÂNEA DA GESTÃO DE PESSOAS As organizações atuais, os gestores e os líderes trabalham com a visão de crescimento, contudo não investem na mudança de conceitos pré-formados, em que o objetivo seja progressivo e constante. Diante das várias fundamentações existentes, algumas se sobrepõem de maneira específica ao que era, onde está e onde se pretende chegar com a gestão de pessoas, Chiavenato (2014, p. 02) afirma que o importante é preparar a organização para a gestão do talento humano a partir das transformações das pessoas em verdadeiros talentos dentro da organização. Para melhor explicar o processo de mudança da gestão de pessoas para a gestão de talentos humanos, observe o quadro a seguir: FIGURA 1 - Os saltos gradativos da área de RH ARH GESTÃO DE GESTÃO DE TALENTOS PESSOAS HUMANOS Pessoas como Pessoas como Pessoas como provedoras de recurso produtivo seres humanos competências Tratamento padronizado e uniforme Tratamento individualizado e personalizado Tratamento individualizado e personalizado Busca de atividade física e Busca de atividade física e mental Busca de atividade intelectual

6 intelectual Era industrial Era da informação Era do conhecimento Ênfase operacional Ênfase tática Ênfase estratégica Tipo de trabalho Trabalho mental Trabalho intelectual Manutenção do status quo 5 Criatividade Inovação Trabalho isolado Colaboração Participação ativa e proativa (Fonte: Gestão de Pessoas Chiavenato, p. 02). Mesmo com a mudança do processo de gestão de pessoas, as organizações ainda trabalham com a visão fechada, focadas em recursos e esquecendo-se das pessoas. Desta forma, é preciso que haja uma constante melhora desse aspecto sugerido como inviável no novo modelo de gestão, chamado hoje de Gestão de Talentos Humanos. Hoje, a gestão de pessoa tem uma nova visão de sua administração, pois o mundo está mudando e os processos das empresas também estão em constante mudança e os candidatos têm mais e melhor acesso à informação, conhecimento e novas tecnologias. Com isso, organizações têm mudado seus paradigmas e passam por constante aprendizado que muitas vezes tem que desprender para aprender. O maior desafio da gestão de pessoas está ligado à descentralização do poder e na maioria das vezes estão relacionadas à cultura organizacional, em que o chefe pensa ou determina é o que tem que prevalecer. De acordo com Gil (2014) não é fácil prever que a administração de RH acabe, pois mesmo que seja preciso, antes de tudo é necessário que tenha um fim das áreas vertentes do RH, como recursos materiais e financeiros que são administrados por seus talentos humanos. Entende-se a importância dos colaboradores na organização, não apenas como máquina humana, mas com conhecimento e habilidades e atitude que possam desenvolver sua competência na área que atuam. 5 Status quo: palavra usada para referir-se ao estado atual de algo.

7 Atualmente, a gestão de pessoas tem tido papel de destaque dentro das organizações, pois seu diferencial está nas estratégias para melhor se adequar aos cooperadores que fazem parte dela. Segundo Chiavenato (2014, p.17) é preciso que se Desenvolva as pessoas e elas desenvolverão a organização. Com uma visão contemporânea, estratégica, se esforça em investir no sentido de desenvolver e fortalecer seus colaboradores, parceiros, ou seja, defender o capital intelectual da organização. Com amplo leque de atividades, a gestão de pessoas traz ação relacionada ao desempenho das funções e desenvolvimento do profissional que atua na corporação, com a finalidade de criar condições ambientais e psicológicas satisfatórias para a atuação das pessoas. 3. A TRANSFORMAÇÃO ATUAL NAS EMPRESAS Recentemente as organizações têm mudado sua forma de agir em relação aos seus colaboradores, trazendo modificações em seu ambiente de trabalho possibilitando harmonia entre as pessoas que a integram. É notório que as pessoas têm certas dificuldades de se adaptar com outras pessoas por serem indivíduos diferentes e de comportamentos distintos. Bergamini declara: Uma grande responsável pela eficácia em liderança é a habilidade de lidar com pessoas e para tanto é necessário ser capaz de detectar a diferença individual entre elas. Contudo, as empresas tem percebido que as pessoas têm comportamentos diferentes e que podem ser gerenciadas identificando a individualidade de cada um. (BERGAMINI, 2010, p.9) Os estilos de cada pessoa podem agregar a empresa, pois existe jeito próprio de lidar com situações diferentes ou até mesmo com os desafios, por isso é bom detectar essas altercações para que se possa extrair de cada funcionário o que a mesma precisa e saber gerenciar esses comportamentos para o seu beneficio. Percebe-se que a gestão de pessoas está em busca de amenizar a situação, pois se colocarem as pessoas que fazem parte da empresa como o foco principal, e com suas habilidades e a capacidade de se desenvolver e se forem bem gerenciadas, até os conflitos em relação à convivência em grupos serão suavizados. Com a percepção estratégica de que o trabalho em grupo traz mais eficácia ao seu desenvolvimento corporativo, a organização visa mostrar seus talentos e potenciais tirando de cada um sua excelência ao executar tarefas, alegando desta forma rendimento e aperfeiçoamento de seu trabalho.

8 A estratégia das empresas atualmente é trabalhar as pessoas dentro da organização, pois perceberam que os colaboradores são instrumentos essenciais para elas, em que seu bem estar, suas necessidades e opiniões fazem parte das decisões da corporação. Desta forma, leva a conectar o que a empresa quer para o futuro e o que seus colaboradores querem, para também ganharem com isso. Chiavenato revela que: O principal objetivo da Administração é assegurar o máximo de prosperidade ao patrão e, ao mesmo tempo, o máximo de prosperidade ao empregado. O principio da máxima prosperidade para o empregado deve ser os dois fins principais da Administração. Assim, deve haver uma identidade de interesses entre empregados e empregadores. (CHIAVENATO, 2003, p. 56). As empresas têm o objetivo de ganhar, e com isso seus funcionários têm sido enxergados como parceiros, além de ser parte do desenvolvimento e crescimento da corporação, se tornando um fornecedor dessa ampliação. Gil (2014, p. 51) alega que Precisa tratá-los como parceiros, como pessoas que investem na organização com o capital humano e que têm a legítima expectativa de retorno de seu investimento. As pessoas necessitam ser reconhecidas pelo que desenvolvem dentro de uma corporação, quando seus objetivos metas são alcançadas isso contribui para motivá-los, é como um combustível para buscar mais caminhos para realizá-los e alcançá-los. Em um ambiente dinâmico em que o indivíduo possa prestar sua contribuição com mais desempenho, as organizações se preocupam em mudar sua visão, observando que para o novo conceito de gestão de pessoas, é preciso encaixar cada um em seu setor para que seja possível elaborar suas tarefas com agilidade e aprimoramento sabendo onde cada um executa seu trabalho e se sinta no lugar certo para realizá-lo. Na visão de Chiavenato (1999, p. 107) a seleção se configura como a escolha certa da pessoa certa para o lugar certo. Entretanto, é necessário que as pessoas passem por processos de seleção para que atuem em lugares em que vão se sentir úteis e possam desenvolver seus talentos e contribuir para a extensão dos projetos da empresa e permitir que as mesmas se aprimorem dentro da organização buscando caminhos e formas de se destacar e fazer o diferencial em suas atividades. É preciso trazer mudanças e atuar para que o mercado de trabalho possa se adequar a essas modificações e se amoldar a essa nova visão de Gestão de pessoas em que os seus colaboradores são parte da empresa, além de estimular sua participação nas decisões da corporação e utilizar o máximo dos seus talentos para obter sinergia necessária para seu desenvolvimento.

9 4. O QUE AS EMPRESAS GANHAM EM INVESTIR EM SEU CAPITAL HUMANO? No mundo corporativo, as organizações precisam ter como estratégia a liderança e inovação para se desenvolverem no mercado sem perder o foco nas pessoas, que são consideradas como o capital humano que agrega parte dessa estratégia. O grande patrimônio e o diferencial decisivo de uma organização é o seu estoque de conhecimento que habita nas pessoas, segundo Leme: Apenas a análise dos Conhecimentos, Habilidades e Atitudes não identifica o que os colaboradores efetivamente entregam para a Organização [...] toda empresa tem por seu principal objetivo a perpetuação do capital; portanto, precisa de resultados. (LEME, 2007, p.21). Mesmo que as pessoas dotem de todo capital intelectual, elas precisam se capacitar para exercer seus conhecimentos e habilidades, afim de atitude para executá-las. Contudo, a capacidade de investimento nas pessoas, é de extrema importância para o sucesso de uma empresa. Conforme Chiavenato (2014, p. 47) capital humano é [...] o patrimônio inestimável que uma organização pode reunir para alcançar competitividade e sucesso. Através deste que a corporação vai alavancar os processos de uma organização e o alvo que ela quer alcançar com isso é o fator essencial. Com o mercado cada vez mais competitivo, as empresas têm buscado profissionais qualificados, responsáveis e comprometidos, a fim de alcançar os seus objetivos. Percebe-se que a gestão de pessoas passa por vários processos, investindo com excelência em seus.métodos de recrutamento e seleção, cargos e salários, treinamento, capacitação e avaliação desses candidatos. Através desses processos a empresa consegue buscar o desenvolvimento, as competências e habilidades de seus funcionários, e com isso capacitam profissionais especializados e valorizados, buscando aprendizagem contínua e constantemente. Chiavenato ressalta: As pessoas têm enorme capacidade de aprender novas habilidades, captar informações, adquirir novos conhecimentos, modificar atitudes e comportamentos, bem como desenvolver conceitos e abstrações. As organizações lançam mão de ampla variedade de meios para desenvolver as pessoas, agregar-lhe valor e torna-las cada vez mais capacitadas e habilitadas para o trabalho. (CHIAVENATO, 2009, p. 17)

10 As pessoas têm a capacidade de se desenvolver e de se tornar cada vez mais aptas naquilo que fazem, buscando a capacitação para se aperfeiçoar. Assim, cabe às empresas aproveitarem os talentos e valorizarem o capital intelectual que cada colaborador possui para a abrangência de seus negócios. Ao investir, as empresas ganham em competitividade, qualidade, capacitação das pessoas, aumento da produtividade, lucratividade, redução do desperdício, do retrabalho e favorecem o clima organizacional. Portanto, pessoas satisfeitas, desenvolvem suas atividades e com isso os gastos com contratação e desligamentos são reduzidos, pois, com o tempo isso se torna o diferencial da corporação, em que se preocupa com seus colaboradores e eles, por sua vez, sentem-se com liberdade de exercer seu papel. CONSIDERAÇÕES FINAIS Com o passar do tempo a gestão de pessoas passou por grandes mudanças, e com isso ela vem sendo cada vez mais reconhecida como a função que traz o diferencial dentro das organizações. Verifica-se que a partir daí que as pessoas necessitam de cuidados dentro da empresa e que precisam ser acompanhadas para melhorar seu desempenho. Hoje, as organizações estão com a visão de gerir seus funcionários, e com isso se preocupam em priorizá-los tendo-os como parte fundamental de uma organização. A gestão de pessoas tem buscado meio que levam a essa realidade, gerindo bem o seu capital humano. Assim, retendo o melhor de seu capital humano, as empresas sobrevivem e ganham espaço no mercado. Para que os seus planos e objetivos se realizem, a organizações necessita dos talentos para que isso aconteça, pois são as pessoas que giram o desenvolvimento da empresa. Cada um com seu diferencial agregam para essa objetividade, em que todos têm o mesmo propósito de crescerem e se destacarem. É preciso entender que não só a corporação ganha, mas também o funcionário, investindo em aperfeiçoamento e obtendo conhecimentos e habilidade e desenvolvendo na sua profissão. Entretanto, as corporações têm visto o colaborador como uma parte fundamental para chegarem a seus objetivos tem investido em seu capital intelectual sabendo que seus funcionários têm capacidades que podem mudar situações existentes e levá-las ao sucesso desejado.

11 Esse trabalho teve por objetivo, reforçar a importância das pessoas nas organizações, pois muitas vezes são desperdiçadas. Vale indagar que a mesma temática poderá ter possíveis desdobramentos em futuras pesquisas no âmbito acadêmico. REFERÊNCIAS BERGAMINI, Cecília Whitaker. Psicologia aplicada à administração de empresas: psicologia do comportamento organizacional. 4. ed. São Paulo: Atlas, CHIAVENATO, Idalberto. Administração nos novos tempos. 2. ed. Rio de Janeiro: Campus, Administração de recursos humanos: Fundamentos Básicos. 5. ed. São Paulo: Atlas, Gestão de pessoas: o novo papel dos recursos humanos nas organizações. 4. ed. Barueri - SP: Manole, Recursos Humanos: O capital humano nas organizações. 9. ed. Rio de Janeiro: Elsevier, Treinamento e desenvolvimento de recursos humanos: como incrementar talentos na empresa. 7. ed. Barueri, SP: Manole, DAVIS, Keith; John W. Newstrom. Comportamento Humano no Trabalho: Uma abordagem Psicológica. São Paulo: Cengage Learning, DUTRA, Joel Souza. Gestão de pessoas: modelo, processos, tendência e perspectivas. São Paulo: Atlas, GIL, Antônio Carlos. Gestão de pessoas: enfoque nos papeis profissionais. São Paulo: Atlas, LEMO, Rogerio. Seleção e entrevista por competência com o inventario comportamental: guia prático do processo seletivo para redução da subjetividade e eficácia na seleção. Rio de Janeiro: Qualitymark, OLIVEIRA, Djalma de P. R. Gestão para resultados: atuação, conhecimento, habilidades. São Paulo. Atlas, VERGARA, Sylvia Constant. Gestão de pessoas. São Paulo: Atlas, 2013.

TIPOS DE RECRUTAMENTO E SUA IMPORTÂNCIA PARA UMA GESTÃO ADEQUADA DE PESSOAS APLICADAS A EMPRESAS.

TIPOS DE RECRUTAMENTO E SUA IMPORTÂNCIA PARA UMA GESTÃO ADEQUADA DE PESSOAS APLICADAS A EMPRESAS. TIPOS DE RECRUTAMENTO E SUA IMPORTÂNCIA PARA UMA GESTÃO ADEQUADA DE PESSOAS APLICADAS A EMPRESAS. MICHEL, Murillo Docente da Faculdade de Ciências Jurídicas e Gerencias murillo@faef.br RESUMO O presente

Leia mais

Administração e Gestão de Pessoas

Administração e Gestão de Pessoas Administração e Gestão de Pessoas Aula Gestão de Pessoas Prof.ª Marcia Aires www.marcia aires.com.br mrbaires@gmail.com Percepção x trabalho em equipe GESTÃO DE PESSOAS A Gestão de Pessoas é responsável

Leia mais

Palavra chave: Capital Humano, Gestão de Pessoas, Recursos Humanos, Vantagem Competitiva.

Palavra chave: Capital Humano, Gestão de Pessoas, Recursos Humanos, Vantagem Competitiva. COMPREENDENDO A GESTÃO DE PESSOAS Karina Fernandes de Miranda Helenir Celme Fernandes de Miranda RESUMO: Este artigo apresenta as principais diferenças e semelhanças entre gestão de pessoas e recursos

Leia mais

A MOTIVAÇÃO COMO FORMA DE RETER TALENTOS NAS ORGANIZAÇÕES

A MOTIVAÇÃO COMO FORMA DE RETER TALENTOS NAS ORGANIZAÇÕES A MOTIVAÇÃO COMO FORMA DE RETER TALENTOS NAS ORGANIZAÇÕES Introdução Autor(a): Ana Carolina Marinho Ferreira Coautor(es): Rosana de Fátima Oliveira Pedrosa Email: kcaroll25@yahoo.com.br Indubitavelmente,

Leia mais

O PAPEL DO PSICÓLOGO NA GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS DAS ORGANIZAÇÕES

O PAPEL DO PSICÓLOGO NA GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS DAS ORGANIZAÇÕES O PAPEL DO PSICÓLOGO NA GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS DAS ORGANIZAÇÕES CHAVES, Natália Azenha Discente do Curso de Psicologia da Faculdade de Ciências da Saúde FASU/ACEG GARÇA/SP BRASIL e-mail: natalya_azenha@hotmail.com

Leia mais

Sejam Bem Vindos! Disciplina: Gestão de Pessoas 1 Prof. Patrício Vasconcelos. *Operários (1933) Tarsila do Amaral.

Sejam Bem Vindos! Disciplina: Gestão de Pessoas 1 Prof. Patrício Vasconcelos. *Operários (1933) Tarsila do Amaral. Sejam Bem Vindos! Disciplina: Gestão de Pessoas 1 Prof. Patrício Vasconcelos *Operários (1933) Tarsila do Amaral. A Função Administrativa RH É uma função administrativa compreendida por um conjunto de

Leia mais

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - CETEC. Ensino Técnico

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - CETEC. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2013 Ensino Técnico ETEC Paulino Botelho Código: 091 Município: São Carlos Eixo Tecnológico: Gestão em Negócios Habilitação Profissional: Técnica de Nível Médio de Técnico em

Leia mais

Ilmara de Jesus Oliveira 1, Cleide Ane Barbosa da Cruz 2

Ilmara de Jesus Oliveira 1, Cleide Ane Barbosa da Cruz 2 A IMPORTÂNCIA DA APLICAÇÃO DO TREINAMENTO E DESENVOLVIMENTO NAS ORGANIZAÇÕES Ilmara de Jesus Oliveira 1, Cleide Ane Barbosa da Cruz 2. O presente artigo apresenta os conhecimentos teóricos acerca da importância

Leia mais

Palavras-Chave: Organizações, Colaboradores, Recursos, Gestão de Pessoas

Palavras-Chave: Organizações, Colaboradores, Recursos, Gestão de Pessoas DA ADMINISTRAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS À GESTAO DE PESSOAS Josiane de C. Aparecida Lacerda 1, Renata Valentina Bigolotti 2, Nivaldo Carleto 3 1 Fatec-Taquaritinga. Gestão do Agronegócio. Taquaritinga-SP

Leia mais

XVI SEMINÁRIO DE PESQUISA DO CCSA ISSN 1808-6381

XVI SEMINÁRIO DE PESQUISA DO CCSA ISSN 1808-6381 GESTÃO DE PESSOAS APLICADA ÀS UNIDADES DE INFORMAÇÃO 1 Mailza Paulino de Brito e Silva Souza 2 Sandra Pontual da Silva 3 Sara Sunaria Almeida da Silva Xavier 4 Orientadora: Profª M.Sc. Luciana Moreira

Leia mais

Clima organizacional e o desempenho das empresas

Clima organizacional e o desempenho das empresas Clima organizacional e o desempenho das empresas Juliana Sevilha Gonçalves de Oliveira (UNIP/FÊNIX/UNESP) - jsgo74@uol.com.br Mauro Campello (MC Serviços e Treinamento) - mcampello@yahoo.com Resumo Com

Leia mais

CAPACITAÇÃO E DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS: O TREINAMENTO E DESENVOLVIMENTO PESSOAL DENTRO DAS ORGANIZAÇÕES

CAPACITAÇÃO E DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS: O TREINAMENTO E DESENVOLVIMENTO PESSOAL DENTRO DAS ORGANIZAÇÕES CAPACITAÇÃO E DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS: O TREINAMENTO E DESENVOLVIMENTO PESSOAL DENTRO DAS ORGANIZAÇÕES Aline Martins Mendes Luciano José Vieira Franco Luis Guilherme Esteves Leocádio Sônia Madali Bosêja

Leia mais

Autor(a): Cicera Aparecida da Silva Coautor(es): Rosana de Fátima Oliveira Pedrosa Email: aparecidasilva@pe.senac.br

Autor(a): Cicera Aparecida da Silva Coautor(es): Rosana de Fátima Oliveira Pedrosa Email: aparecidasilva@pe.senac.br BENEFÍCIOS SOCIAIS: um modelo para retenção de talentos Autor(a): Cicera Aparecida da Silva Coautor(es): Rosana de Fátima Oliveira Pedrosa Email: aparecidasilva@pe.senac.br Introdução Este artigo aborda

Leia mais

Professora Débora Dado. Prof.ª Débora Dado

Professora Débora Dado. Prof.ª Débora Dado Professora Débora Dado Prof.ª Débora Dado Planejamento das aulas 7 Encontros 19/05 Contextualizando o Séc. XXI: Equipes e Competências 26/05 Competências e Processo de Comunicação 02/06 Processo de Comunicação

Leia mais

Escola de Engenharia

Escola de Engenharia Unidade Universitária: Curso: Engenharia de Produção Disciplina: Gestão em Recursos Humanos Professor(es): Roberto Pallesi Carga horária: 4hs/aula por semana Escola de Engenharia DRT: 1140127 Código da

Leia mais

A gestão de pessoas como estratégia organizacional. Resumo

A gestão de pessoas como estratégia organizacional. Resumo A gestão de pessoas como estratégia organizacional Profa. Mariana Pessoas Mascarenhas Natália Luize Pereira da Conceição Patrícia da Cunha Oliveira Faria Raquel Aparecida Silva Resende Roberta Ferreira

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DA GESTÃO DE PESSOAS NAS ORGANIZAÇÕES THE IMPORTANCE OF PERSONNEL MANAGEMENTIN ORGANIZATIONS

A IMPORTÂNCIA DA GESTÃO DE PESSOAS NAS ORGANIZAÇÕES THE IMPORTANCE OF PERSONNEL MANAGEMENTIN ORGANIZATIONS A IMPORTÂNCIA DA GESTÃO DE PESSOAS NAS ORGANIZAÇÕES THE IMPORTANCE OF PERSONNEL MANAGEMENTIN ORGANIZATIONS Lidiane Vieira 1 Nerci Maria Rezende Carvalho 2 Resumo Ao falar-se de Gestão de Pessoas nos deparamos

Leia mais

GESTÃO POR COMPETÊNCIAS: BRANDI, Vanessa da Silva Pires¹ NUNES, Ruth Vieira²

GESTÃO POR COMPETÊNCIAS: BRANDI, Vanessa da Silva Pires¹ NUNES, Ruth Vieira² GESTÃO POR COMPETÊNCIAS: UM ESTUDO SOBRE UM MELHOR APROVEITAMENTO DO GESTOR NA ORGANIZAÇÃO BRANDI, Vanessa da Silva Pires¹ NUNES, Ruth Vieira² RESUMO O mundo tem passado por constantes mudanças, que têm

Leia mais

PSICOLOGIA ORGANIZACIONAL: um relato de experiência de dois estagiários de psicologia

PSICOLOGIA ORGANIZACIONAL: um relato de experiência de dois estagiários de psicologia PSICOLOGIA ORGANIZACIONAL: um relato de experiência de dois estagiários de psicologia MESQUITA NETO, Rui 1 DIAS, Vanessa Aparecida 2 NUNES, Ruth Vieira 3 RESUMO A organização depende das pessoas para atingir

Leia mais

Rotinas de DP- Professor: Robson Soares

Rotinas de DP- Professor: Robson Soares Rotinas de DP- Professor: Robson Soares Capítulo 2 Conceitos de Gestão de Pessoas - Conceitos de Gestão de Pessoas e seus objetivos Neste capítulo serão apresentados os conceitos básicos sobre a Gestão

Leia mais

Planejamento de Recursos Humanos

Planejamento de Recursos Humanos UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA Faculdade de Filosofia e Ciências Câmpus de Marília Departamento de Ciência da Informação Planejamento de Recursos Humanos Profa. Marta Valentim Marília 2014 As organizações

Leia mais

Os Sistema de Administração de Gestão de Pessoas

Os Sistema de Administração de Gestão de Pessoas Os Sistema de Administração de Gestão de Pessoas As pessoas devem ser tratadas como parceiros da organização. ( Como é isso?) Reconhecer o mais importante aporte para as organizações: A INTELIGÊNCIA. Pessoas:

Leia mais

FACULDADE ANHANGUERA DE ITAPECERICA DA SERRA

FACULDADE ANHANGUERA DE ITAPECERICA DA SERRA FACULDADE ANHANGUERA DE ITAPECERICA DA SERRA Profº Paulo Barreto Paulo.santosi9@aedu.com www.paulobarretoi9consultoria.com.br 1 Analista da Divisão de Contratos da PRODESP Diretor de Esporte do Prodesp

Leia mais

GESTÃ T O O E P RÁ R TI T C I AS DE R E R CUR U S R OS

GESTÃ T O O E P RÁ R TI T C I AS DE R E R CUR U S R OS Ensinar para administrar. Administrar para ensinar. E crescermos juntos! www.chiavenato.com GESTÃO E PRÁTICAS DE RECURSOS HUMANOS Para Onde Estamos Indo? Idalberto Chiavenato Algumas empresas são movidas

Leia mais

INTRODUÇÃO À GESTÃO DE PESSOAS Comparativo entre idéias

INTRODUÇÃO À GESTÃO DE PESSOAS Comparativo entre idéias FACULDADE GOVERNADOR OZANAM COELHO PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO DE PESSOAS INTRODUÇÃO À GESTÃO DE PESSOAS Comparativo entre idéias ALINE GUIDUCCI UBÁ MINAS GERAIS 2009 ALINE GUIDUCCI INTRODUÇÃO À GESTÃO DE

Leia mais

CAPITAL INTELECTUAL COMO VANTAGEM COMPETITIVA NAS ORGANIZAÇÕES EMPRESARIAIS

CAPITAL INTELECTUAL COMO VANTAGEM COMPETITIVA NAS ORGANIZAÇÕES EMPRESARIAIS CAPITAL INTELECTUAL COMO VANTAGEM COMPETITIVA NAS ORGANIZAÇÕES EMPRESARIAIS Cesar Aparecido Silva 1 Patrícia Santos Fonseca 1 Samira Gama Silva 2 RESUMO O presente artigo trata da importância do capital

Leia mais

O Papel Estratégico da Gestão de Pessoas para a Competitividade das Organizações

O Papel Estratégico da Gestão de Pessoas para a Competitividade das Organizações Projeto Saber Contábil O Papel Estratégico da Gestão de Pessoas para a Competitividade das Organizações Alessandra Mercante Programa Apresentar a relação da Gestão de pessoas com as estratégias organizacionais,

Leia mais

RECRUTAMENTO E SELEÇÃO DE PESSOAL. QUAIS AS VANTAGENS DESTE PROCESSO PARA UMA ORGANIZAÇÃO?

RECRUTAMENTO E SELEÇÃO DE PESSOAL. QUAIS AS VANTAGENS DESTE PROCESSO PARA UMA ORGANIZAÇÃO? Resumo: O texto cita algumas evoluções no processo de recrutamento e seleção realizado pelas empresas. Avalia a importância dos recursos humanos, no contexto organizacional. Palavras-Chave: 1. Incentivo

Leia mais

Ilca Maria Moya de Oliveira

Ilca Maria Moya de Oliveira Plano de Desenvolvimento Relação Ergonomia e Moda e Educação Corporativa Ilca Maria Moya de Oliveira Segundo Dutra (2004), a preparação para o futuro exige investimentos simultâneos: um na modernização

Leia mais

PLANO DE CARREIRA. Rosangela Ferreira Leal Fernandes *

PLANO DE CARREIRA. Rosangela Ferreira Leal Fernandes * PLANO DE CARREIRA Rosangela Ferreira Leal Fernandes * As mudanças no cenário político, econômico, social e ambiental das últimas décadas vêm exigindo uma mudança de postura das organizações e dos profissionais

Leia mais

Recursos Humanos Dentro Da Empresa DeMillus. 1

Recursos Humanos Dentro Da Empresa DeMillus. 1 Recursos Humanos Dentro Da Empresa DeMillus. 1 Carmem Lucia 2 Gabriel Rocha Freitas 3 Janaina Abreu 4 Nara Rúbia 5 Rogério Esteves Simões 6 Viviane Ferreira dos Santos 7 RESUMO A área de Recursos Humanos

Leia mais

RECRUTAMENTO E SELEÇÃO: RECURSOS HUMANOS DESENVOLVENDO O CAPITAL HUMANO CONSCRIPTION AND SELECTION: HUMAN RESOURCES DEVELOPING THE HUMAN CAPITAL

RECRUTAMENTO E SELEÇÃO: RECURSOS HUMANOS DESENVOLVENDO O CAPITAL HUMANO CONSCRIPTION AND SELECTION: HUMAN RESOURCES DEVELOPING THE HUMAN CAPITAL RECRUTAMENTO E SELEÇÃO: RECURSOS HUMANOS DESENVOLVENDO O CAPITAL HUMANO CONSCRIPTION AND SELECTION: HUMAN RESOURCES DEVELOPING THE HUMAN CAPITAL Fabiana Custódio e Silva * Murilo Sérgio Vieira Silva **

Leia mais

Sistema Gestão de Gente

Sistema Gestão de Gente Sistema Gestão de Gente Uma organização moderna requer ferramentas de gestão modernas, que incorpore as melhores práticas de mercado em gestão de recursos humanos, que seja fácil de usar e que permita

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DO TREINAMENTO PARA O DESENVOLVIMENTO DO TRABALHO

A IMPORTÂNCIA DO TREINAMENTO PARA O DESENVOLVIMENTO DO TRABALHO A IMPORTÂNCIA DO TREINAMENTO PARA O DESENVOLVIMENTO DO TRABALHO 2009 Renata Araújo Volpe Estudante do curso de Engenharia de Produção (Brasil) Docente orientadora Carla Bittencourt Lorusso Email: revolpe@pop.com.br

Leia mais

Administração de Pessoas

Administração de Pessoas Administração de Pessoas MÓDULO 16: RESULTADOS RELATIVOS À GESTÃO DE PESSOAS 16.1 Área de RH e sua contribuição O processo de monitoração é o que visa saber como os indivíduos executam as atribuições que

Leia mais

GABARITO OFICIAL(preliminar)

GABARITO OFICIAL(preliminar) QUESTÃO RESPOSTA COMENTÁRIO E(OU) REMISSÃO LEGAL 051 A 052 A 053 A RECURSO Recrutar faz parte do processo de AGREGAR OU SUPRIR PESSOAS e é o ato de atrair candidatos para uma vaga (provisão). Treinar faz

Leia mais

Profa. Lenimar Vendruscolo Mery 2013 APOSTILA DE GESTÃO DE PESSOAS

Profa. Lenimar Vendruscolo Mery 2013 APOSTILA DE GESTÃO DE PESSOAS APOSTILA DE GESTÃO DE PESSOAS SUMÁRIO 1. O QUE SIGNIFICA GESTÃO DE PESSOAS... 3 2. PRINCIPAIS PROCESSOS DE GESTÃO DE PESSOAS... 3 3. O CONTEXTO DA GESTÃO DE PESSOAS... 4 4. EVOLUÇÃO DOS MODELOS DE GESTÃO...

Leia mais

Administração de Recursos Humanos

Administração de Recursos Humanos Administração de Recursos Humanos Profª Ma. Máris de Cássia Ribeiro Vendrame O que é a Administração de Recursos Humanos? Refere-se às práticas e às políticas necessárias para conduzir os aspectos relacionados

Leia mais

Consultoria em Treinamento & Desenvolvimento de Pessoas

Consultoria em Treinamento & Desenvolvimento de Pessoas Consultoria em Treinamento & Desenvolvimento de Pessoas Evolução PMC têm atuação diferenciada na gestão de pessoas e clima organizacional, gerando na equipe mais agilidade para a mudança e maior capacidade

Leia mais

Treinamento. Roteiro da Teleaula. Roteiro da Teleaula. Gestão de RH. Prof: Roberto Huck

Treinamento. Roteiro da Teleaula. Roteiro da Teleaula. Gestão de RH. Prof: Roberto Huck Gestão de RH Prof: Roberto Huck Treinamento Roteiro da Teleaula 1. Cenário atual; 2. Conceito de Treinamento e Desenvolvimento; 3. Desenvolvimento de Pessoas e Desenvolvimento Organizacional; 4. Mútuo

Leia mais

GESTÃO POR COMPETÊNCIAS

GESTÃO POR COMPETÊNCIAS GESTÃO POR COMPETÊNCIAS STM ANALISTA/2010 ( C ) Conforme legislação específica aplicada à administração pública federal, gestão por competência e gestão da capacitação são equivalentes. Lei 5.707/2006

Leia mais

PRÁTICAS ADMINISTRATIVAS DA GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS INTEGRADAS ÀS ESTRATÉGIAS ORGANIZACIONAIS

PRÁTICAS ADMINISTRATIVAS DA GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS INTEGRADAS ÀS ESTRATÉGIAS ORGANIZACIONAIS PRÁTICAS ADMINISTRATIVAS DA GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS INTEGRADAS ÀS ESTRATÉGIAS ORGANIZACIONAIS Marino, Reynaldo Discente do Curso de Psicologia da Faculdade de Ciências da Saúde - FASU/ACEG GARÇA/SP-

Leia mais

abril de 2011 Remuneração Estratégica nas Organizações

abril de 2011 Remuneração Estratégica nas Organizações abril de 2011 Remuneração Estratégica nas Organizações O RH nesses 20 anos Tático, político e de políticas Desdobrador da estratégia Influenciador da estratégia e da operação Consultor e assessor para

Leia mais

Processos de Recursos Humanos

Processos de Recursos Humanos Gestão Integrada RH Recursos Humanos Unida 2 Rosemeri da Silva Paixão Recursos Humanos 28 Gestão Integrada RH Sumário Introdução... 30 Objetivos... 31 Estrutura da Unida... 31 UNIDADE 2: Recursos Humanos

Leia mais

1 Introdução 1.1. Problema de Pesquisa

1 Introdução 1.1. Problema de Pesquisa 1 Introdução 1.1. Problema de Pesquisa A motivação, satisfação e insatisfação no trabalho têm sido alvo de estudos e pesquisas de teóricos das mais variadas correntes ao longo do século XX. Saber o que

Leia mais

ENDOMARKETING UM RECURSO ESTRATÉGICO NA MELHORIA DO RELACIONAMENTO COM O CLIENTE EXTERNO ENDOMARKETING A STRATEGIC RESOURCE IN THE IMPROVEMENT OF THE

ENDOMARKETING UM RECURSO ESTRATÉGICO NA MELHORIA DO RELACIONAMENTO COM O CLIENTE EXTERNO ENDOMARKETING A STRATEGIC RESOURCE IN THE IMPROVEMENT OF THE 1 ENDOMARKETING UM RECURSO ESTRATÉGICO NA MELHORIA DO RELACIONAMENTO COM O CLIENTE EXTERNO ENDOMARKETING A STRATEGIC RESOURCE IN THE IMPROVEMENT OF THE RELATIONSHIP WITH THE EXTERNAL CUSTOMER Marciana

Leia mais

Treinamento e desenvolvimento: Uma visão do tema nas empresas de recrutamento e seleção. juliomaria@ifsp.gov.br. kanaanhe@gmail.

Treinamento e desenvolvimento: Uma visão do tema nas empresas de recrutamento e seleção. juliomaria@ifsp.gov.br. kanaanhe@gmail. Sistemas Produtivos e Desenvolvimento Profissional: Desafios e Perspectivas Treinamento e desenvolvimento: Uma visão do tema nas empresas de recrutamento e seleção. Júlio Maria de Souza Centro Paula Souza

Leia mais

O PEDAGOGO NAS ORGANIZAÇÕES

O PEDAGOGO NAS ORGANIZAÇÕES O PEDAGOGO NAS ORGANIZAÇÕES KOWALCZUK, Lidiane Mendes Ferreira - PUCPR lidianemendesf@gmail.com VIEIRA, Alboni Marisa Dudeque Pianovski - PUCPR alboni@alboni.com Eixo Temático: Formação de Professores

Leia mais

O PROCESSO NO GERENCIAMENTO DE EQUIPES NA EMPRESA RS CALDEIRARIA

O PROCESSO NO GERENCIAMENTO DE EQUIPES NA EMPRESA RS CALDEIRARIA O PROCESSO NO GERENCIAMENTO DE EQUIPES NA EMPRESA RS CALDEIRARIA Ana Priscila da Silva Vieira 1 Elizabete Rodrigues de Oliveira 2 Tatiana Nogueira Dias 3 Élcio Aloisio Fragoso 4 Edson Leite Gimenez 5 RESUMO

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO PARTICIPATIVA (GESTÃO PARTICIPATIVA)

ADMINISTRAÇÃO PARTICIPATIVA (GESTÃO PARTICIPATIVA) ADMINISTRAÇÃO PARTICIPATIVA (GESTÃO PARTICIPATIVA) A administração participativa é uma filosofia ou política de administração de pessoas, que valoriza sua capacidade de tomar decisões e resolver problemas,

Leia mais

CRA-SP Centro do Conhecimento O Administrador Premium e Soluções Lucrativas Exigem Falling Walls in Management

CRA-SP Centro do Conhecimento O Administrador Premium e Soluções Lucrativas Exigem Falling Walls in Management CRA-SP Centro do Conhecimento O Administrador Premium e Soluções Lucrativas Exigem Falling Walls in Management Profº Walter Lerner lernerwl@terra.com.br Filme 7 CONTEXTUALIZAÇÃO da ADM e do Administrador

Leia mais

Formar LÍDERES e equipes. Atrair e reter TALENTOS. www.grupovalure.com.br

Formar LÍDERES e equipes. Atrair e reter TALENTOS. www.grupovalure.com.br Formar LÍDERES e equipes. Atrair e reter TALENTOS. www.grupovalure.com.br www.grupovalure.com.br Estes são alguns dos grandes desafios da atualidade no mundo profissional e o nosso objetivo é contribuir

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2015 Etec Ensino Técnico ETEC Paulino Botelho Descentralizada E.E. Arlindo Bittencourt Código: 091-2 Município: São Carlos Eixo Tecnológico: Gestão em Negócios Habilitação Profissional:

Leia mais

GESTÃO POR COMPETÊNCIAS

GESTÃO POR COMPETÊNCIAS Universidade Federal do Ceará Faculdade de Economia, Administração, Atuária, Contabilidade e Secretariado Curso de Administração de Empresas GESTÃO POR COMPETÊNCIAS MAURICIO FREITAS DANILO FREITAS Disciplina

Leia mais

IV Encontro Nacional de Escolas de Servidores e Gestores de Pessoas do Poder Judiciário Rio de Janeiro set/2012

IV Encontro Nacional de Escolas de Servidores e Gestores de Pessoas do Poder Judiciário Rio de Janeiro set/2012 IV Encontro Nacional de Escolas de Servidores e Gestores de Pessoas do Poder Judiciário Rio de Janeiro set/2012 Rosely Vieira Consultora Organizacional Mestranda em Adm. Pública Presidente do FECJUS Educação

Leia mais

A influência das Equipes Auto Gerenciáveis na autonomia e na motivação: um estudo de caso na empresa PepsiCo

A influência das Equipes Auto Gerenciáveis na autonomia e na motivação: um estudo de caso na empresa PepsiCo A influência das Equipes Auto Gerenciáveis na autonomia e na motivação: um estudo de caso na empresa PepsiCo Adilson dos Santos Pereira adilson.pereira01@terra.com.br 1 Alexandre Dutra Pereira alexandre.dutra@pepsico.com

Leia mais

Lider coach: Uma nova abordagem para a gestão de pessoas. Orlando Rodrigues.

Lider coach: Uma nova abordagem para a gestão de pessoas. Orlando Rodrigues. Lider coach: Uma nova abordagem para a gestão de pessoas. Orlando Rodrigues. Ao longo da historia da Administração, desde seus primórdios, a partir dos trabalhos de Taylor e Fayol, muito se pensou em termos

Leia mais

ABORDANDO OS PROCEDIMENTOS NECESSÁRIOS PARA TREINAMENTO LABORAL

ABORDANDO OS PROCEDIMENTOS NECESSÁRIOS PARA TREINAMENTO LABORAL ABORDANDO OS PROCEDIMENTOS NECESSÁRIOS PARA TREINAMENTO LABORAL Antonia Maria Gimenes 1, Renato Nogueira Perez Avila 2 Cleiton Riz Aleixo 3, Jakeline da Silva 4 Thayane C. Anjos Afonso 5 RESUMO Este estudo

Leia mais

Gestão por Competências

Gestão por Competências Gestão por Competências 2 Professora: Zeila Susan Keli Silva 2º semestre 2012 1 Contexto Economia globalizada; Mudanças contextuais; Alto nível de complexidade do ambiente; Descoberta da ineficiência dos

Leia mais

A importância do treinamento em grandes corporações: Um estudo de caso na empresa Schincariol

A importância do treinamento em grandes corporações: Um estudo de caso na empresa Schincariol 1 A importância do treinamento em grandes corporações: Um estudo de caso na empresa Schincariol RESUMO Bruna Aparecida Pereira RAYMUNDO 1 Cristiane Aparecida RABELO 2 Emerson Pallotta RIBEIRO 3 Humberto

Leia mais

EVOLUÇÃO DO PENSAMENTO ADMINISTRATIVO

EVOLUÇÃO DO PENSAMENTO ADMINISTRATIVO EVOLUÇÃO DO PENSAMENTO ADMINISTRATIVO MÓDULO 3 - A organização O conceito fundamental para a administração é o de ORGANIZAÇÃO, uma vez que toda a aplicação administrativa vai ocorrer numa organização e

Leia mais

MOTIVAÇÃO: A MOLA PROPULSORA DA GESTÃO DE PESSOAS RESUMO

MOTIVAÇÃO: A MOLA PROPULSORA DA GESTÃO DE PESSOAS RESUMO MOTIVAÇÃO: A MOLA PROPULSORA DA GESTÃO DE PESSOAS RESUMO Considerando que o ser humano é formado por características de personalidade únicas e complexas, o seu comportamento no trabalho e em outros lugares,

Leia mais

EMPREENDEDORISMO. Outubro de 2014

EMPREENDEDORISMO. Outubro de 2014 #5 EMPREENDEDORISMO Outubro de 2014 ÍNDICE 1. Apresentação 2. Definição 3. Empreendedorismo: necessidade ou oportunidade? 4. Características do comportamento empreendedor 5. Cenário brasileiro para o empreendedorismo

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico Etec Etec Paulino Botelho Extensão E.E. Arlindo BIttencourtt Código: 091-02 Município: São Carlos Eixo Tecnológico: Gestão e Negócios Habilitação Profissional:

Leia mais

LEVANTAMENTO DAS NECESSIDADES DE TREINAMENTO: UM ESTUDO DE CASO NUMA EMPRESA DO RAMO DE MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO

LEVANTAMENTO DAS NECESSIDADES DE TREINAMENTO: UM ESTUDO DE CASO NUMA EMPRESA DO RAMO DE MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO XXVIENANGRAD LEVANTAMENTO DAS NECESSIDADES DE TREINAMENTO: UM ESTUDO DE CASO NUMA EMPRESA DO RAMO DE MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO Simarly Maria Soares Silvania Soares Santos Brandão Késia Karolline Ferreira

Leia mais

SISTEMAS DE NEGÓCIOS B) INFORMAÇÃO GERENCIAL

SISTEMAS DE NEGÓCIOS B) INFORMAÇÃO GERENCIAL 1 SISTEMAS DE NEGÓCIOS B) INFORMAÇÃO GERENCIAL 1. SISTEMAS DE INFORMAÇÃO GERENCIAL (SIG) Conjunto integrado de pessoas, procedimentos, banco de dados e dispositivos que suprem os gerentes e os tomadores

Leia mais

A OTIMIZAÇÃO DAS EMPRESAS E SUAS TÉCNICAS PARA UMA MELHOR GESTÃO APLICADA NO SETOR DE AUTOMOBILISMO NA CIDADE DE MARÍLIA SP

A OTIMIZAÇÃO DAS EMPRESAS E SUAS TÉCNICAS PARA UMA MELHOR GESTÃO APLICADA NO SETOR DE AUTOMOBILISMO NA CIDADE DE MARÍLIA SP A OTIMIZAÇÃO DAS EMPRESAS E SUAS TÉCNICAS PARA UMA MELHOR GESTÃO APLICADA NO SETOR DE AUTOMOBILISMO NA CIDADE DE MARÍLIA SP GOES, JULIANA. Discente da Faculdade de Ciências Jurídicas e Gerenciais/ACEG.

Leia mais

PORTIFÓLIO DE CONSULTORIA E ASSESSORIA

PORTIFÓLIO DE CONSULTORIA E ASSESSORIA PORTIFÓLIO DE CONSULTORIA E ASSESSORIA SUMÁRIO DE PROJETOS WORKFLOW... 03 ALINHAMENTO ESTRATÉGICO... 04 IDENTIDADE CORPORATIVA... 04 GESTÃO DE COMPETÊNCIAS... 05 TREINAMENTO E DESENVOLVIMENTO... 05 REMUNERAÇÃO...

Leia mais

SEMIPRESENCIAL 2013.1

SEMIPRESENCIAL 2013.1 SEMIPRESENCIAL 2013.1 MATERIAL COMPLEMENTAR II DISCIPLINA: GESTÃO DE CARREIRA PROFESSORA: MONICA ROCHA LIDERANÇA E MOTIVAÇÃO Liderança e Motivação são fundamentais para qualquer empresa que deseja vencer

Leia mais

Autorizado pela Portaria nº 1.150 de 25/08/10 DOU Nº 165 de 27/08/10 PLANO DE CURSO

Autorizado pela Portaria nº 1.150 de 25/08/10 DOU Nº 165 de 27/08/10 PLANO DE CURSO C U R S O D E E N G E N H A R I A D E P R O D U Ç Ã O Autorizado pela Portaria nº 1.150 de 25/08/10 DOU Nº 165 de 27/08/10 Componente Curricular: Gestão de Pessoas Código: ENGP - 599 Pré-requisito: -----

Leia mais

GESTÃO EMPRESARIAL E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

GESTÃO EMPRESARIAL E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO GESTÃO EMPRESARIAL E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO * César Raeder Este artigo é uma revisão de literatura que aborda questões relativas ao papel do administrador frente à tecnologia da informação (TI) e sua

Leia mais

As Organizações e o Processo de Inclusão

As Organizações e o Processo de Inclusão As Organizações e o Processo de Inclusão Introdução Não há nada permanente, exceto a mudança. Heráclito, filósofo grego (544-483 a.c.). Mudança é o processo no qual o futuro invade nossas vidas. Alvin

Leia mais

Estruturando o modelo de RH: da criação da estratégia de RH ao diagnóstico de sua efetividade

Estruturando o modelo de RH: da criação da estratégia de RH ao diagnóstico de sua efetividade Estruturando o modelo de RH: da criação da estratégia de RH ao diagnóstico de sua efetividade As empresas têm passado por grandes transformações, com isso, o RH também precisa inovar para suportar os negócios

Leia mais

A RELAÇÃO ENTRE A MOTIVAÇÃO E A ROTATIVIDADE DE FUNCIONÁRIOS EM UMA EMPRESA

A RELAÇÃO ENTRE A MOTIVAÇÃO E A ROTATIVIDADE DE FUNCIONÁRIOS EM UMA EMPRESA A RELAÇÃO ENTRE A MOTIVAÇÃO E A ROTATIVIDADE DE FUNCIONÁRIOS EM UMA EMPRESA Elaine Schweitzer Graduanda do Curso de Hotelaria Faculdades Integradas ASSESC RESUMO Em tempos de globalização, a troca de informações

Leia mais

CRESCIMENTO PROFISSONAL Um Estudo de Caso na Cobra Metais Decorativo

CRESCIMENTO PROFISSONAL Um Estudo de Caso na Cobra Metais Decorativo CRESCIMENTO PROFISSONAL Um Estudo de Caso na Cobra Metais Decorativo ANDRÉ LUIS ZUCCULIN CAMILA APARECIDA SOARES DA SILVA EDMAR CAVALCANTE DA SILVA PAULO HENRIQUE RODRIGUES EDSON LEITE LOPES GIMENEZ RESUMO

Leia mais

As cinco disciplinas

As cinco disciplinas As cinco disciplinas por Peter Senge HSM Management julho - agosto 1998 O especialista Peter Senge diz em entrevista exclusiva que os programas de aprendizado podem ser a única fonte sustentável de vantagem

Leia mais

COACHING: ESTUDO DOS BENEFÍCIOS QUE A TÉCNICA PODE OFERECER A UMA REDE DE IMOBILIÁRIAS E A SEUS PARCEIROS

COACHING: ESTUDO DOS BENEFÍCIOS QUE A TÉCNICA PODE OFERECER A UMA REDE DE IMOBILIÁRIAS E A SEUS PARCEIROS COACHING: ESTUDO DOS BENEFÍCIOS QUE A TÉCNICA PODE OFERECER A UMA REDE DE IMOBILIÁRIAS E A SEUS PARCEIROS RESUMO Priscila Alves Moreira Robésio Teixeira Gomes Partindo do pressuposto de que o coaching

Leia mais

GESTÃO ESTRATÉGICA DE PESSOAS FATOR CHAVE DE SUCESSO PARA AS ORGANIZAÇÕES.

GESTÃO ESTRATÉGICA DE PESSOAS FATOR CHAVE DE SUCESSO PARA AS ORGANIZAÇÕES. 1 GESTÃO ESTRATÉGICA DE PESSOAS FATOR CHAVE DE SUCESSO PARA AS ORGANIZAÇÕES. Alessandra Cristina Rubio¹ Regina Aparecida de Alcântara Gonzaga 1 Thiago Silva Guimarães³ RESUMO É notória e cada vez mais

Leia mais

A importância do líder para os projetos e para as organizações.

A importância do líder para os projetos e para as organizações. Instituto de Educação Tecnológica Pós-Graduação Gestão de Projetos - Turma nº150 21 de Agosto e 2015 A importância do líder para os projetos e para as organizações. Dêmille Cristine da Silva Taciano Analista

Leia mais

Faculdade Internacional de Curitiba MBA em Planejamento e Gestão Estratégica Mapas Estratégicos Prof. Adriano Stadler

Faculdade Internacional de Curitiba MBA em Planejamento e Gestão Estratégica Mapas Estratégicos Prof. Adriano Stadler Faculdade Internacional de Curitiba MBA em Planejamento e Gestão Estratégica Mapas Estratégicos Prof. Adriano Stadler AULA 5 - PERSPECTIVA DE APRENDIZADO E CRESCIMENTO Abertura da Aula Uma empresa é formada

Leia mais

Estratégias em Tecnologia da Informação. Planejamento Estratégico Planejamento de TI

Estratégias em Tecnologia da Informação. Planejamento Estratégico Planejamento de TI Estratégias em Tecnologia da Informação Capítulo 7 Planejamento Estratégico Planejamento de TI Material de apoio 2 Esclarecimentos Esse material é de apoio para as aulas da disciplina e não substitui a

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2014. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2014 Ensino Técnico ETECPAULINO BOTELHO Código: 091 Município: São Carlos Eixo Tecnológico: Gestão e Negócios Habilitação Profissional: Técnica de Nível Médio de Auxiliar Administrativo

Leia mais

Capital Intelectual. O Grande Desafio das Organizações. José Renato Sátiro Santiago Jr. José Renato Sátiro Santiago. Novatec

Capital Intelectual. O Grande Desafio das Organizações. José Renato Sátiro Santiago Jr. José Renato Sátiro Santiago. Novatec Capital Intelectual O Grande Desafio das Organizações José Renato Sátiro Santiago Jr. José Renato Sátiro Santiago Novatec 1 Tudo começa com o conhecimento A gestão do conhecimento é um assunto multidisciplinar

Leia mais

A importância da comunicação dos setores com o RH para um processo de Recrutamento e Seleção eficaz.

A importância da comunicação dos setores com o RH para um processo de Recrutamento e Seleção eficaz. A importância da comunicação dos setores com o RH para um processo de Recrutamento e Seleção eficaz. Resumo Juliana MERNICK ¹ Adriana STRAUBE ² Recrutamento e Seleção são fatores de extrema importância

Leia mais

LIDERANÇA & GESTÃO DE PESSOAS 12 DESAFIOS, 3 FERRAMENTAS E UMA DECISÃO

LIDERANÇA & GESTÃO DE PESSOAS 12 DESAFIOS, 3 FERRAMENTAS E UMA DECISÃO LIDERANÇA & GESTÃO DE PESSOAS 12 DESAFIOS, 3 FERRAMENTAS E UMA DECISÃO INTRODUÇÃO O setor de RH deve ser extinto. Ram Charan em artigo na Harvard Business Review Você concorda? OBJETIVOS DESTE WORKSHOP

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS Válida para os acadêmicos ingressantes a partir de 2010/1

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS Válida para os acadêmicos ingressantes a partir de 2010/1 Matriz Curricular aprovada pela Resolução nº 18/09-CONSUNI, de 1º de dezembro de 2009. MATRIZ CURRICULAR DO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS Válida para os acadêmicos ingressantes

Leia mais

MBA em Gestão de Pessoas e Comportamento Organizacional -Matutino e Noturno

MBA em Gestão de Pessoas e Comportamento Organizacional -Matutino e Noturno MBA em Gestão de Pessoas e Comportamento Organizacional -Matutino e Noturno Apresentação CAMPUS STIEP Inscrições Abertas Turma 12 (Noturno) -->Últimas Vagas até o dia 27/05/2013 CAMPUS IGUATEMI Turma 13

Leia mais

RECRUTAMENTO E SELEÇÃO DE PESSOAL: PERSPECTIVAS E DESAFIOS PARA A GESTÃO ESTRATÉGICA DE PESSOAS

RECRUTAMENTO E SELEÇÃO DE PESSOAL: PERSPECTIVAS E DESAFIOS PARA A GESTÃO ESTRATÉGICA DE PESSOAS RECRUTAMENTO E SELEÇÃO DE PESSOAL: PERSPECTIVAS E DESAFIOS PARA A GESTÃO ESTRATÉGICA DE PESSOAS 2012 Graduando em Psicologia na Universidade Federal do Ceará (UFC), Brasil adauto_montenegro@hotmail.com

Leia mais

FACULDADE REDENTOR NUCLEO DE APOIO EMPRESARIAL CURSO DE ADMINISTRAÇÃO

FACULDADE REDENTOR NUCLEO DE APOIO EMPRESARIAL CURSO DE ADMINISTRAÇÃO FACULDADE REDENTOR NUCLEO DE APOIO EMPRESARIAL CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Justificativa: As transformações ocorridas nos últimos anos têm obrigado as organizações a se modificarem constantemente e de forma

Leia mais

A ATUAÇÃO DE LÍDERES NA MOTIVAÇÃO DE COLABORADORES, MANTENDO A UNIÃO DA EQUIPE

A ATUAÇÃO DE LÍDERES NA MOTIVAÇÃO DE COLABORADORES, MANTENDO A UNIÃO DA EQUIPE A ATUAÇÃO DE LÍDERES NA MOTIVAÇÃO DE COLABORADORES, MANTENDO A UNIÃO DA EQUIPE Augusto César de Aguiar CUÉLLAR 1 Victor Dutra MARTINS 2 Roberta Gomes CAVALCANTE 3 RESUMO: As empresas atualmente têm sofrido

Leia mais

Função do órgão GP NEAF. Contexto da GP. Objetivos da GP. Gestão de Pessoas:

Função do órgão GP NEAF. Contexto da GP. Objetivos da GP. Gestão de Pessoas: Gestão de Pessoas: Conceitos, importância, relação com os outros sistemas de organização. Fundamentos, teorias, escolas da administração e o seu impacto na gestão de pessoas. Função do órgão de recursos

Leia mais

Escolha os melhores caminhos para sua empresa

Escolha os melhores caminhos para sua empresa Escolha os melhores caminhos para sua empresa O SEBRAE E O QUE ELE PODE FAZER PELO SEU NEGÓCIO Competitividade Perenidade Sobrevivência Evolução Orienta na implantação e no desenvolvimento de seu negócio

Leia mais

Captação, Seleção. e Acompanhamento PROCESSO DE COMPARAÇÃO, DECISÃO E ESCOLHA O CONTEXTO DE SELEÇÃO DE PESSOAS E MAIS...

Captação, Seleção. e Acompanhamento PROCESSO DE COMPARAÇÃO, DECISÃO E ESCOLHA O CONTEXTO DE SELEÇÃO DE PESSOAS E MAIS... Captação, Seleção e Acompanhamento O CONTEXTO DE SELEÇÃO DE PESSOAS PROCESSO DE COMPARAÇÃO, DECISÃO E ESCOLHA E MAIS... O PROCESSO DE SELEÇÃO DE PESSOAS NAS ORGANIZAÇÕES Prof. Victor Andrey Barcala Peixoto

Leia mais

INSTITUTO BRASILEIRO DO MEIO AMBIENTE E DOS RECURSOS NATURAIS RENOVÁVEIS. Políticas de Gestão de Pessoas do Ibama COMISSÃO PORTARIA Nº 248/07 P

INSTITUTO BRASILEIRO DO MEIO AMBIENTE E DOS RECURSOS NATURAIS RENOVÁVEIS. Políticas de Gestão de Pessoas do Ibama COMISSÃO PORTARIA Nº 248/07 P INSTITUTO BRASILEIRO DO MEIO AMBIENTE E DOS RECURSOS NATURAIS RENOVÁVEIS Políticas de Gestão de Pessoas do Ibama COMISSÃO PORTARIA Nº 248/07 P Deliberações Resumo 1ª reunião: papéis, procedimentos gerais

Leia mais

SISTEMAS DE REMUNERAÇÃO

SISTEMAS DE REMUNERAÇÃO SISTEMAS DE REMUNERAÇÃO ESTRATÉGIAS DE REMUNERAÇÃO REMUNERAÇÃO ESTRATÉGICA É O USO INTELIGENTE DAS VÁRIAS FORMAS DE REMUNERAÇÃO, CUJO CONJUNTO ESTABELECE UM FORTE VÍNCULO COM A NOVA REALIDADE DAS ORGANIZAÇÕES

Leia mais

Motivos Causadores de Falhas de Comunicação dentro das Empresas

Motivos Causadores de Falhas de Comunicação dentro das Empresas Motivos Causadores de Falhas de Comunicação dentro das Empresas Franci Daniele Prochnow (CEFET-PR) francidaniele@yahoo.com Dr. Magda Lauri Gomes Leite (CEFET-PR) magda@pg.cefetpr.br Dr. Luiz Alberto Pilatti

Leia mais

FOZ$DO$IGUAÇU,$2015$!

FOZ$DO$IGUAÇU,$2015$! FOZDOIGUAÇU,2015 XXVIENANGRAD A CONTRIBUIÇÃO DOS FATORES MOTIVACIONAIS PARA O SUCESSO DAS ORGANIZAÇÕES ANDREA FERREIRA DA COSTA rafaela modolo de pinho EDINALVA DELL ARMI MAROTTO ACONTRIBUIÇÃODOSFATORESMOTIVACIONAISPARAOSUCESSODASORGANIZAÇÕES

Leia mais

Os cinco subsistemas de Gestão de Pessoas

Os cinco subsistemas de Gestão de Pessoas Faculdade de Tecnologia Senac Goiás Os cinco subsistemas de Gestão de Pessoas Trabalho de Gestão de Pessoas Alunos: Nilce Faleiro Machado Goiânia,4 de dezembro de 2015 1 Sumário Capa...1 Sumário...2 Introdução...3

Leia mais

LIDERANÇA NO CONTEXTO CONTEMPORÂNEO Prof. Joel Dutra

LIDERANÇA NO CONTEXTO CONTEMPORÂNEO Prof. Joel Dutra LIDERANÇA NO CONTEXTO CONTEMPORÂNEO Prof. Joel Dutra INTRODUÇÃO As organizações vivem em um ambiente em constante transformação que exige respostas rápidas e efetivas, respostas dadas em função das especificidades

Leia mais

CRM Uma ferramenta tecnológica inovadora

CRM Uma ferramenta tecnológica inovadora CRM Uma ferramenta tecnológica inovadora Nelson Malta Callegari (UTFPR) nelson.estudo@gmail.com Prof Dr. João Luiz Kovaleski (UTFPR) kovaleski@pg.cefet.br Prof Dr. Antonio Carlos de Francisco (UTFPR) acfrancisco@pg.cefetpr.br

Leia mais