Vitaminas. Natália A. Paludetto

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Vitaminas. Natália A. Paludetto"

Transcrição

1 Vitaminas Natália A. Paludetto

2 Vitaminas, o que são? Compostos orgânicos não produzidos por nós, devendo ser ingeridos; São produzidas por plantas e alguns unicelulares. Necessárias em pequenas quantidades; Atuam como coenzimas nas reações do metabolismo.

3 Obtenção Suas principais fontes são frutas, verduras e legumes, e também na carne, no leite, nos ovos e cereais. Provitaminas = substâncias ainda não ativas, precurssoras das vitaminas. Ex.: Provitaminas D2, D3, A

4 Classificação Lipossolúveis: A, D, E e K; Cadê o? Hidrossolúveis: complexo B e vitamina C, Complexo B = B1, B2, B3, B6, B9 e B12.

5 Complexo B Hidrossolúveis Conjunto de vitaminas quimicamente diversas; Com atuações semelhantes e provenientes praticamente das mesmas fontes. B1, B2, B3 (PP), B6, B12, H e P. + ácido fólico, ácido pantotênico (B5), colina e inositol Avitaminoses do complexo B também se relacionam com anemias.

6 Ác. Fólico e pantotênico previnem e tratam alguns tipos de anemias. Colina e inositol atuam como fatores reguladores no metabolismo de gorduras na fígado e músculos.

7 Vitamina B1 - Tiamina Relacionada com integridade do sistema nervoso, musculatura e batimentos cardíacos. Avitaminose: Beribéri (progressiva degeneração do sistema nervoso) - pode ser reversível, caracterizada por cãibras, fraqueza, formigamento e adormecimento dos membros, pressão baixa, palpitação, anemia, falta de ar e insuficiência cardíaca.

8 Vitamina B2 - Riboflavina Relacionada com metabolismo de gorduras, açucares e proteínas (energia FAD só é produzido em presença de B2). Previne contra neurites Avitaminose: Lesões na mucosa bucal, rachaduras nos cantos dos lábios (queilose), língua grossa (glossite).

9 Vitamina B3 Niacina, nicotinamida ou PP (preventiva da pelagra) Relacionada com produção de NAD (transportar de H) e NADP (fotossíntese) metabolismo energético. Avitaminose: Pelagra (inflamação de epitélios distúrbio que provoca diarréia, dermatite e lesões nervosas no SNC demência).

10 Vitamina B5 Ácido Pantotênico Envolvida na aquisição de energia, produção de hormônios supra-renais e anticorpos. Avitaminose: Fadiga, cãibras musculares, cólicas abdominais, insônia e queda de cabelo.

11 Vitamina B6 Piridoxina Envolvida na respiração celular e metabolismos de proteínas. Avitaminose: Incomum (quando há problema para assimilação intestinal ou posterior metabolismo). Perda de apetite, inflamação na pele e mucosas, perturbações musculares e convulsões. Acrodinia (neurite de extremidades).

12 Vitamina B8 Biotina ou H Envolvida na integridade de epitélios (pele e mucosa) e fornecimento de energia Avitaminose: Inflamação e sensibilidade na pele, perda de apetite, dores musculares, problemas mentais, altos níveis de colesterol no sangue e redução de hemoglobina (anemia) e queda de cabelo.

13 Vitamina B9 Ácido fólico Envolvida na formação do tubo neural espinha e medula, também auxilia na obtenção de energia. Avitaminose: Não ocorre fechamento adequado espinha bífida, problemas para absorção de nutrientes durante a digestão (anemia).

14 Vitamina B12 Cobalamina Duas variedades: hidroxicobalamina (antineurítica) e cianocobalamina (antianêmica). Envolvida na formação das hemácias Avitaminose: Anemia e Anemia perniciosa (redução dos glóbulos vermelhos congenita), alterações neurológicas.

15 Vitamina P Rutina ou Bioflavonóide Importante para absorção da vitamina C, fortalece a parede dos vasos sanguíneos (evitando equimoses). Evita destruição da vitamina C por oxidação. Avitaminose: sangramento da gengiva, fragilidade capilar, propensão à infecções e equimoses.

16 Vitamina C Ácido Ascórbico Auxilia na produção de proteínas que promovem a adesão celular (responsável pela integridade do epitélio) Estimulante da produção de anticorpos. Avitaminose: Debilidade, apatia, dores nos ossos e nas articulações, inflamação das gengivas e queda de dentes, má cicatrização Escorbuto que causa hemorragias (fragilidade dos vasos e epitélio). e maior vulnerabilidade às infecções.

17 Vitamina A - Retinol Lipossolúveis Envolvida na síntese dos pigmentos da retina (bastonetes), exerce funções na diferenciação e manutenção epitelial, na reprodução e desenvolvimento embrionário. Não existe nos vegetais provitamina A ou caroteno. Avitaminose: cegueira noturna, e xeroftalmia; aumento de doenças infecciosas, e distúrbios cutâneos e alterações no desenvolvimento fetal.

18 Vitamina D - Calciferol Lipossolúveis + Provitaminas D2 e D3 Envolvida no metabolismo do cálcio muito relacionado aos ossos através da absorção de Ca e F no intestino e regulação da sua fixação nos dentes e ossos. Provitaminas: D2 provém do calciferol (ergosterol) e D3 provém do 7-deidrocolesterol. Avitaminose: Raquitismo e osteomalacia.

19 Vitamina E - Tocoferol Lipossolúveis Relacionada à gametogênese e a integridade de tecidos musculares e circulação sanguínea (formação de células sanguíneas), antioxidante. Avitaminose: esterilidade, anemia, debilidade muscular e edemas.

20 Vitamina K - Filoquinona Lipossolúveis Modificação pós-traducional de proteínas (cofator enzimático), auxilia na coagulação sanguínea (produção da protrombina, fator VII e IX). Avitaminose: Pode causar problemas de coagulação (mas é raro), hemorragias. Pois a vitamina K também é produzida por bactérias intestinais.

21 Hipervitaminoses Hipervitaminose A: Esquimós e grávidas, nestas pode originar intoxicações nos fetos com risco de deformações ósseas e perturbações hepáticas. Também pele ressecada, áspera e descamativa, fissuras labiais, ceratose folicular, dores ósseas e nas articulações, cefaléia, tonturas, náuseas, queda dos cabelos, lesões no fígado e parada do crescimento. Pode haver também falta de apetite, adema, cansaço, irritabilidade e sangramentos. Também pode ocorrer esplenomegalia e hepatomegalia, com alterações de enzimas hepáticas.

22 Hipervitaminoses Hipervitaminose B: Excesso de suplementos perda de apetite, náuseas e vômitos, aumento da urina, sede intensa, ardor cutâneo, fraqueza e irritabilidade. B12: reações alérgicas e alterações esplênicas; B1: vasodilatação periférica, queda na frequência respiratória, convulsões, podendo levar à óbito devido paralisia do centro respiratório.

23 Hipervitaminoses Hipervitaminose D: Excesso de suplementos graves danos aos ossos, e fragilidade dos tecidos e dos rins, provoca aumento no cálcio sanguíneo (que é carreado à tecidos moles, podendo formar litíases renais, pois o corpo tenta excretar o Ca em excesso pelos rins, podendo acarretar também em escleros dos vasos sanguíneos).

24 Hipervitaminoses Hipervitaminose K: As vitaminas C e K não são tóxicas em alta dosagem, porém hipervitaminose K pode causar um forte efeito laxativo.

Na aula de hoje continuaremos a estudar as vitaminas. Acompanhe!

Na aula de hoje continuaremos a estudar as vitaminas. Acompanhe! Aula: 32 Temática: Vitaminas parte II Na aula de hoje continuaremos a estudar as vitaminas. Acompanhe! Vitaminas lipossolúveis As vitaminas solúveis em gorduras são absorvidas no intestino humano com a

Leia mais

VITAMINAS DEFNIÇÃO: IMPORTÂNCIA:

VITAMINAS DEFNIÇÃO: IMPORTÂNCIA: VITAMINAS VITAMINAS DEFNIÇÃO: são compostos orgânicos de natureza e composição variada, necessárias em pequenas quantidades, porém, essenciais para o metabolismo dos organismos vivos. IMPORTÂNCIA: coenzimas

Leia mais

Vitaminas. A maioria das vitaminas não conseguem ser sintetizadas pelo organismo, pelo que têm de ser fornecidas pela dieta alimentar.

Vitaminas. A maioria das vitaminas não conseguem ser sintetizadas pelo organismo, pelo que têm de ser fornecidas pela dieta alimentar. Vitaminas A maioria das vitaminas não conseguem ser sintetizadas pelo organismo, pelo que têm de ser fornecidas pela dieta alimentar. Excepção: A vitamina D que pode ser obtida pela acção no sol na pele.

Leia mais

Profº André Montillo www.montillo.com.br

Profº André Montillo www.montillo.com.br Profº André Montillo www.montillo.com.br Definição: São compostos orgânicos essenciais para o funcionamento normal do metabolismo dos seres vivos. vita (vida) e aminas (grupo funcional amina): aminas da

Leia mais

VITAMINAS. IMPORTÂNCIA: algumas atuam como coenzimas de muitas enzimas. Outras delas são precursores de hormônios.

VITAMINAS. IMPORTÂNCIA: algumas atuam como coenzimas de muitas enzimas. Outras delas são precursores de hormônios. VITAMINAS VITAMINAS DEFNIÇÃO: são compostos orgânicos de natureza e composição variada, necessárias em pequenas quantidades, porém, essenciais para o metabolismo dos organismos vivos. IMPORTÂNCIA: algumas

Leia mais

NUTRIÇÃO ANIMAL. Adquirindo substâncias Quitéria Paravidino

NUTRIÇÃO ANIMAL. Adquirindo substâncias Quitéria Paravidino NUTRIÇÃO ANIMAL Adquirindo substâncias Quitéria Paravidino Introdução A nutrição é um conjunto de processos em que substâncias nutrientes, presentes no alimento, são assimiladas pelas células. Os nutrientes

Leia mais

NUTRIENTES. Profª. Marilia Varela

NUTRIENTES. Profª. Marilia Varela NUTRIENTES Profª. Marilia Varela LIPÍDIOS GRUPO DE COMPOSTOS QUÍMICOS ORGÂNICOS QUE COMPREENDEM OS TRIGLICERÍDEOS, FOSFOLIPÍDIOS E ESTERÓIDES SÃO ESTERES DE ÁCIDOS GRAXOS. SÃO SUBSTÂNCIAS QUE NÃO SE MISTURAM

Leia mais

Nestas últimas aulas irei abordar acerca das vitaminas. Acompanhe!

Nestas últimas aulas irei abordar acerca das vitaminas. Acompanhe! Aula: 31 Temática: Vitaminas parte I Nestas últimas aulas irei abordar acerca das vitaminas. Acompanhe! Introdução O termo vitamina refere-se a um fator dietético essencial requerido por um organismo em

Leia mais

MICRONUTRIENTES: Vitaminas e Minerais

MICRONUTRIENTES: Vitaminas e Minerais Projeto de Extensão Saúde da Família e o Papel da Escola MICRONUTRIENTES: Vitaminas e Minerais Danielle Mayumi Tamazato Maiara Jaloretto Barreiro O que são vitaminas? Vitaminas são micronutrientes essenciais

Leia mais

Função orgânica nossa de cada dia. Profa. Kátia Aquino

Função orgânica nossa de cada dia. Profa. Kátia Aquino Função orgânica nossa de cada dia Profa. Kátia Aquino Vamos analisar! Funções Carboidratros (ou Glicídios) Energética: eles são os maiores fornecedores de energia para os seres vivos, principalmente a

Leia mais

Deficiência de nutrientes e seus sinais clínicos

Deficiência de nutrientes e seus sinais clínicos 16/11/2010 Faculdades Integradas Metropolitanas de Campinas METROCAMP Curso de Nutrição Introdução Deficiência de nutrientes e seus sinais clínicos Macronutrientes (Proteínas) Vitaminas Minerais MÁ NUTRIÇÃO

Leia mais

A ARTE DE PROMOVER A VIDA.

A ARTE DE PROMOVER A VIDA. A ARTE DE PROMOVER A VIDA. LINHA DE PRODUTOS CENTROZINCO INFORMAÇÃO NUTRICIONAL CENTROZINCO INFORMAÇÃO AO CONSUMIDOR: Centrozinco é um Suplemento de Vitaminas e Minerais que apresenta em sua fórmula

Leia mais

ALIMENTOS, NUTRIENTES E SAÚDE. Profª MSc Monyke Lucena

ALIMENTOS, NUTRIENTES E SAÚDE. Profª MSc Monyke Lucena ALIMENTOS, NUTRIENTES E SAÚDE Profª MSc Monyke Lucena Para podermos praticar esportes, estudar ou realizar qualquer outra atividade, devemos ter energia no nosso organismo; Essa energia é fornecida pelos

Leia mais

Dr. Marcos Sandoval Medeiros de Freitas VITAMINAS

Dr. Marcos Sandoval Medeiros de Freitas VITAMINAS X VITAMINAS Vitaminas são substâncias químicas orgânicas complexas, naturalmente encontradas nos alimentos, e que sempre fizeram parte da nossa dieta primordial e natural. São essenciais para o equilíbrio

Leia mais

VITAMINAS. Plantão Biologia Curso do Edilson. www.cursodoedilson.com.br. delas são lipossolúveis e somente são absorvidas se dissolvidas em lipídios.

VITAMINAS. Plantão Biologia Curso do Edilson. www.cursodoedilson.com.br. delas são lipossolúveis e somente são absorvidas se dissolvidas em lipídios. VITAMINAS delas são lipossolúveis e somente são absorvidas se dissolvidas em lipídios. 1. (Uel 2011) Nos supermercados, encontramos diversos alimentos, enriquecidos com vitaminas e sais minerais. Esses

Leia mais

Vitaminas Introdução Composta de carbono, hidrogênio e o oxigênio, possuem estrutura variada e de acordo com sua solubilidade se dividem Lipossolúveis e Hidrossolúveis. Lipossolúveis são: A (Retinol),

Leia mais

Vitaminas lipossolúveis Vitaminas hidrossolúveis

Vitaminas lipossolúveis Vitaminas hidrossolúveis Vitaminas A palavra vitamina foi registada em 1911 por Casimir Funk. Este bioquímico conseguiu isolar uma substância que prevenia a inflamação dos nervos (neurite) em galinhas criadas com uma dieta deficiente

Leia mais

Enfermidades Nutricionais. M.V. Patrick Westphal Mestrando em Ciências Veterinárias UFPR

Enfermidades Nutricionais. M.V. Patrick Westphal Mestrando em Ciências Veterinárias UFPR Enfermidades Nutricionais M.V. Patrick Westphal Mestrando em Ciências Veterinárias UFPR 2011 INTRODUÇÃO Doenças não infecciosas que afetam as aves; Erros na Formulação; Necessidade de conhecimento para

Leia mais

A RODA DOS ALIMENTOS E OS NOVOS VALORES NUTRICIONAIS Mafra, 14 de Março de 2008. Ana Leonor DataPerdigão Nutricionista

A RODA DOS ALIMENTOS E OS NOVOS VALORES NUTRICIONAIS Mafra, 14 de Março de 2008. Ana Leonor DataPerdigão Nutricionista A RODA DOS ALIMENTOS E OS NOVOS VALORES NUTRICIONAIS Mafra, 14 de Março de 2008 Ana Leonor DataPerdigão Nutricionista A ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL É Completa Fornece energia e todos os nutrientes essenciais

Leia mais

23/03/2015. Moléculas orgânicas - Carboidratos

23/03/2015. Moléculas orgânicas - Carboidratos Moléculas orgânicas - Carboidratos São formados por C, H, O. São Conhecidos como: Hidratos de Carbono Glucídios Glicídios Açúcares Sacarídeos Funções: Energética (glicose); Glicogênio : reserva energética

Leia mais

Importância Alimentar das Vitaminas

Importância Alimentar das Vitaminas Importância Alimentar das Vitaminas por Ricardo Pereira A função biológica das vitaminas é muito importante. Existem diversos suplementos vitamínicos no mercado, muitas vezes vendidos e usados sobre o

Leia mais

Lição N o 5. Vitaminas. Objectivos de Aprendizagem. introdução. No final desta lição, você será capaz de:

Lição N o 5. Vitaminas. Objectivos de Aprendizagem. introdução. No final desta lição, você será capaz de: Lição N o 5 Vitaminas Objectivos de Aprendizagem No final desta lição, você será capaz de: Mencionar algumas vitaminas, as suas propriedades, respectivas fontes e funções. Identificar algumas doenças causadas

Leia mais

e) Doença do Sono ou Tripanossomíase Africana:

e) Doença do Sono ou Tripanossomíase Africana: a) Disenteria ou Amebíase: Doenças causadas por Protozoários Parasita Entamoeba histolytica Sintomas Dores abdominais, diarréia, náuseas, etc. Transmissão Água e alimentos contaminados b) Tricomoníase:

Leia mais

polivitamínico, polimineral e lisina Leia sempre a bula. Ela traz informações importantes e atualizadas sobre o seu medicamento.

polivitamínico, polimineral e lisina Leia sempre a bula. Ela traz informações importantes e atualizadas sobre o seu medicamento. CLUSIVOL COMPOSTO POLIVITAMÍNICO, POLIMINERAL E LISINA WYETH INDÚSTRIA FARMACÊUTICA LTDA XAROPE 240ML IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO Clusivol Composto polivitamínico, polimineral e lisina APRESENTAÇÃO Xarope

Leia mais

Profº André Montillo www.montillo.com.br

Profº André Montillo www.montillo.com.br Profº André Montillo www.montillo.com.br Definição: É um polímero, ou seja, uma longa cadeia de nucleotídeos. Estrutura Molecular dos Nucleotídeos: Os nucleotídeos são constituídos por 3 unidades: Bases

Leia mais

AMINOÁCIDOS: CREATINA: Mecanismos de ação

AMINOÁCIDOS: CREATINA: Mecanismos de ação AMINOÁCIDOS: Os aminoácidos são as unidades fundamentais das proteínas. Eles são estruturalmente formados por um grupo carboxil e um grupo amino ligados a um mesmo átomo de carbono (carbono α). Eles diferem

Leia mais

TAENIA SOLIUM O AMARELÃO ANCILOSTOMOSE OU NECATUROSE. Larvas no intestino delgado. Adultos alimentam-se de sangue

TAENIA SOLIUM O AMARELÃO ANCILOSTOMOSE OU NECATUROSE. Larvas no intestino delgado. Adultos alimentam-se de sangue TAENIA SOLIUM O adulto causa a teníase e possui, além das ventosas, ganchos no escólex. Possui mais de um metro e meio de comprimento, podendo atingir de cinco a seis metros. Há eliminação de proglotes

Leia mais

REGISTRO: Isento de Registro no M.S. conforme Resolução RDC n 27/10. CÓDIGO DE BARRAS N : 7898171287947(Frutas vermelhas) 7898171287954(Abacaxi)

REGISTRO: Isento de Registro no M.S. conforme Resolução RDC n 27/10. CÓDIGO DE BARRAS N : 7898171287947(Frutas vermelhas) 7898171287954(Abacaxi) Ficha técnica CHÁ VERDE COM CÓLAGENO, VITAMINA C E POLIDEXTROSE Pó para Preparo de Bebida a Base de Chá Verde, com Colágeno hidrolisado, vitamina C e polidextrose Sabor Abacaxi e frutas vermelhas REGISTRO:

Leia mais

Importância Alimentar das Vitaminas

Importância Alimentar das Vitaminas Importância Alimentar das Vitaminas As vitaminas no organismo O uso correcto dos suplementos vitamínicos pode trazer benefícios consideráveis ao criador, melhorando de modo significativo o desempenho reprodutivo

Leia mais

Suco de uva Conheça mais de 30 benefícios

Suco de uva Conheça mais de 30 benefícios Suco de uva Conheça mais de 30 benefícios O suco de uva contém mais calorias que o leite, uma certa analogia que pode ser levada mais longe; a composição do suco de uva mostra surpreendentes semelhanças

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SANTA CRUZ DO SUL - UNISC DEPARTAMENTO DE BIOLOGIA DISCIPLINA DE BIOQUÍMICA II

UNIVERSIDADE DE SANTA CRUZ DO SUL - UNISC DEPARTAMENTO DE BIOLOGIA DISCIPLINA DE BIOQUÍMICA II UNIVERSIDADE DE SANTA CRUZ DO SUL - UNISC DEPARTAMENTO DE BIOLOGIA DISCIPLINA DE BIOQUÍMICA II VITAMINA B6 Márcio Ribeiro Friederich Carlos Renato Boelter Wilson Junior Weschenfelder Santa Cruz do Sul,

Leia mais

Tensulan palmitato de retinol + cloridrato de piridoxina + acetato de tocoferol Sistema Vitamínico-mineral. Cada cápsula de Tensulan contém: (%)

Tensulan palmitato de retinol + cloridrato de piridoxina + acetato de tocoferol Sistema Vitamínico-mineral. Cada cápsula de Tensulan contém: (%) Tensulan palmitato de retinol + cloridrato de piridoxina + acetato de tocoferol Sistema Vitamínico-mineral Forma farmacêutica e Apresentação Cápsulas - caixa com 30 cápsulas. USO ADULTO / VIA ORAL Composição

Leia mais

Valores diários recomendados de nutrientes, vitaminas e minerais.

Valores diários recomendados de nutrientes, vitaminas e minerais. Conteúdo Valores diários recomendados de nutrientes, vitaminas e minerais.... 2 Como ler os rótulos dos alimentos... 5 Dose de produto... 7 Calorias... 7 Quantidade de nutrientes... 8 Explicação da quantificação

Leia mais

47 Por que preciso de insulina?

47 Por que preciso de insulina? A U A UL LA Por que preciso de insulina? A Medicina e a Biologia conseguiram decifrar muitos dos processos químicos dos seres vivos. As descobertas que se referem ao corpo humano chamam mais a atenção

Leia mais

1. Substâncias Inorgânicas: Água e Sais Minerais. 2. Substâncias Orgânicas: Lipídeos, Carboidratos, Proteínas, Vitaminas e Ácidos Nucléicos.

1. Substâncias Inorgânicas: Água e Sais Minerais. 2. Substâncias Orgânicas: Lipídeos, Carboidratos, Proteínas, Vitaminas e Ácidos Nucléicos. A QUÍMICA DA CÉLULA: C 1. Substâncias Inorgânicas: Água e Sais Minerais. 2. Substâncias Orgânicas: Lipídeos, Carboidratos, Proteínas, Vitaminas e Ácidos Nucléicos. Água(H2O): Substância polar; Substância

Leia mais

OS ALIMENTOS COMO VEÍCULO DE NUTRIENTES

OS ALIMENTOS COMO VEÍCULO DE NUTRIENTES Página1 OS ALIMENTOS COMO VEÍCULO DE NUTRIENTES Importância dos alimentos Todos os animais, incluindo o homem, precisam de se alimentar para sobreviver. Porque são tão importantes os alimentos? Os alimentos

Leia mais

Escrito por Ademir Dom, 10 de Janeiro de 2010 16:16 - Última atualização Dom, 10 de Janeiro de 2010 16:20

Escrito por Ademir Dom, 10 de Janeiro de 2010 16:16 - Última atualização Dom, 10 de Janeiro de 2010 16:20 Tabela de Vitaminas Vitaminas são micronutrientes essenciais a diversas reações metabólicas do organismo. Estes elementos não são, em sua maioria, sintetizados pelas células humanas, e neste caso têm que

Leia mais

Agrotóxicos. O que são? Como são classificados? Quais os sintomas de cada grupo químico?

Agrotóxicos. O que são? Como são classificados? Quais os sintomas de cada grupo químico? Dica de Bolso Agrotóxicos O que são? Como são classificados? Quais os sintomas de cada grupo químico? 12 1 O QUE SÃO AGROTÓXICOS? Agrotóxicos, também chamados de pesticidas, praguicidas, biocidas, fitossanitários,

Leia mais

Eliane Petean Arena Nutricionista - CRN 3257. Rua Conselheiro Antônio Prado 9-29 Higienópolis Bauru - SP Telefone : (14) 3243-7840

Eliane Petean Arena Nutricionista - CRN 3257. Rua Conselheiro Antônio Prado 9-29 Higienópolis Bauru - SP Telefone : (14) 3243-7840 Músculos Ok Eliane Petean Arena Nutricionista - CRN 3257 Rua Conselheiro Antônio Prado 9-29 Higienópolis Bauru - SP Telefone : (14) 3243-7840 Conhecendo seu corpo e seus músculos Proteínas e o ganho de

Leia mais

Frutovitam Polivitamínicos sem minerais. Cristália Produtos Químicos Farmacêuticos Ltda. Solução Injetável MODELO DE BULA PARA O PACIENTE

Frutovitam Polivitamínicos sem minerais. Cristália Produtos Químicos Farmacêuticos Ltda. Solução Injetável MODELO DE BULA PARA O PACIENTE Frutovitam Polivitamínicos sem minerais Cristália Produtos Químicos Farmacêuticos Ltda. Solução Injetável MODELO DE BULA PARA O PACIENTE I - IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO: FRUTOVITAM polivitamínicos sem

Leia mais

DO PACIENTE RENAL Tratamento conservador

DO PACIENTE RENAL Tratamento conservador aminidicionário DO PACIENTE RENAL Tratamento conservador Ao paciente e seus familiares, este pequeno dicionário tem a intenção de ajudar no entendimento da doença que passou a fazer parte das suas vidas.

Leia mais

Trabalho Online. 3ª SÉRIE TURMA: 3101 2º Bimestre Nota: DATA: / /

Trabalho Online. 3ª SÉRIE TURMA: 3101 2º Bimestre Nota: DATA: / / Trabalho Online NOME: Nº.: DISCIPLINA: BIOLOGIA I PROFESSOR(A): LEANDRO 3ª SÉRIE TURMA: 3101 2º Bimestre Nota: DATA: / / 1. A seguir estão representados três modelos de biomembranas: a) A que constituintes

Leia mais

Biomassa de Banana Verde Integral- BBVI

Biomassa de Banana Verde Integral- BBVI Biomassa de Banana Verde Integral- BBVI INFORMAÇÕES NUTRICIONAIS Porção de 100g (1/2 copo) Quantidade por porção g %VD(*) Valor Energético (kcal) 64 3,20 Carboidratos 14,20 4,73 Proteínas 1,30 1,73 Gorduras

Leia mais

( ) Falta de vitamina D. Dificuldades em absorver o cálcio, provocando problemas para a calcificação dos ossos.

( ) Falta de vitamina D. Dificuldades em absorver o cálcio, provocando problemas para a calcificação dos ossos. NOME: ANO: 8º ENSINO: FUNDAMENTAL I TURMA: DATA: / / PROF(ª).:Sandra Medeiros ATIVIDADE DIAGNÓSTICA DE CIÊNCIAS 1. Questão Estabeleça relação entre as colunas. (a) Beribéri ( ) Falta de vitamina D. Dificuldades

Leia mais

Stresstabs 600 Zinco polivitamínico e polimineral. Leia sempre a bula. Ela traz informações importantes e atualizadas sobre este medicamento.

Stresstabs 600 Zinco polivitamínico e polimineral. Leia sempre a bula. Ela traz informações importantes e atualizadas sobre este medicamento. IDENTIFICAÇÃO DO MEDICAMENTO Nome comercial: Stresstabs 600 Zinco Nome genérico: polivitamínico e polimineral APRESENTAÇÃO Frascos com 30 comprimidos revestidos Concentração descrita na tabela de composição

Leia mais

Vitaminas liposoluveis (solúveis em gorduras) Interacção negativa com:

Vitaminas liposoluveis (solúveis em gorduras) Interacção negativa com: Vitaminas liposoluveis (solúveis em gorduras) Nome Função no organismo Dose diária Sinergético (com os Sintomas de carência Fontes recomendada quais se associam) Interacção negativa com: Vitamina A (Retinol

Leia mais

07/05/2015 VITAMINAS HISTÓRICO VITAMINAS - O QUE SÃO? HISTÓRICO VITAMINAS VITAMINAS. Plano de Aula. Profª Juliana Schmidt.

07/05/2015 VITAMINAS HISTÓRICO VITAMINAS - O QUE SÃO? HISTÓRICO VITAMINAS VITAMINAS. Plano de Aula. Profª Juliana Schmidt. VITAMINAS VITAMINAS Plano de Aula -Características gerais das vitaminas -Nomenclatura e classificação -Características específicas, funções e fontes nutricionais das principais vitaminas -Causas e consequências

Leia mais

Stresstabs 600 com zinco polivitamínico e polimineral

Stresstabs 600 com zinco polivitamínico e polimineral Stresstabs 600 com zinco polivitamínico e polimineral Nome comercial: Stresstabs 600 com zinco Nome genérico: polivitamínico e polimineral Forma farmacêutica e apresentação referente a esta bula: Stresstabs

Leia mais

NUTRIÇÃO. Prof. Marta E. Malavassi

NUTRIÇÃO. Prof. Marta E. Malavassi Prof. Marta E. Malavassi Conceito: processo orgânico que envolve ingestão, digestão, absorção, transporte e eliminação das substâncias alimentares para a manutenção de funções, a formação e regeneração

Leia mais

Deficiência de Vit. B1, B2 e B3, alimentos ricos nestes nutrientes

Deficiência de Vit. B1, B2 e B3, alimentos ricos nestes nutrientes Deficiência de Vit. B1, B2 e B3, alimentos ricos nestes nutrientes 13/06/2005 José de Felippe Junior Vamos mostrar os sinais e sintomas das deficiências das principais vitaminas e sais minerais. Estes

Leia mais

VITAMINAS. COMPOSTOS ORGÂNICOS, NECESSÁRIOS EM QUANTIDADES PEQUENAS -mg, µg/ DIA;

VITAMINAS. COMPOSTOS ORGÂNICOS, NECESSÁRIOS EM QUANTIDADES PEQUENAS -mg, µg/ DIA; VITAMINAS COMPOSTOS ORGÂNICOS, NECESSÁRIOS EM QUANTIDADES PEQUENAS -mg, µg/ DIA; ESSENCIAIS PARA A MANUTENÇÃO DA SAÚDE, CRESCIMENTO NORMAL E REPRODUÇÃO. DEFICIÊNCIA VITAMÍNICA em 1987: NPT = MORTE VITAMINAS

Leia mais

DO PACIENTE RENAL Terapia de substituição renal

DO PACIENTE RENAL Terapia de substituição renal aminidicionário DO PACIENTE RENAL Terapia de substituição renal Ao paciente e seus familiares, este pequeno dicionário tem a intenção de ajudar no entendimento da doença que passou a fazer parte das suas

Leia mais

CONCEITO: Principais tipos de anemia:

CONCEITO: Principais tipos de anemia: CONCEITO: Diminuição do número de HEMOGLOBINA contida nos glóbulos vermelhos como resultado da falta de um ou mais nutrientes essenciais à manutenção do organismo ou defeitos anatômicos das hemácias A

Leia mais

PROGRAMA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL

PROGRAMA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL PROGRAMA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL Último Encontro: Vila Velha 1 Escolha dos temas a serem trabalhados. Tema de hoje: Oficina sobre alimentação saudável 1) Alimentos Alimentos construtores: fornecem proteínas

Leia mais

O guia alimentar recomenda um mínimo de 3 porções diárias desse grupo de alimentos. A ingestão deve ser equilibrada e variada ao longo da semana.

O guia alimentar recomenda um mínimo de 3 porções diárias desse grupo de alimentos. A ingestão deve ser equilibrada e variada ao longo da semana. E SEUS BENEFÍCIOS As frutas, verduras e legumes devem estar presentes todos os dias nas refeições. A combinação de fibras, minerais e vitaminas desses alimentos auxilia na manutenção do peso adequado além

Leia mais

Níveis de organização do corpo humano - TECIDOS. HISTOLOGIA = estudo dos tecidos

Níveis de organização do corpo humano - TECIDOS. HISTOLOGIA = estudo dos tecidos Níveis de organização do corpo humano - TECIDOS HISTOLOGIA = estudo dos tecidos TECIDOS Grupos de células especializadas, semelhantes ou diferentes entre si, e que desempenham funções específicas. Num

Leia mais

RETIFICAÇÕES DIVERSAS

RETIFICAÇÕES DIVERSAS Circular 340/2014 São Paulo, 10 de Junho de 2014. PROVEDOR(A) ADMINISTRADOR(A) RETIFICAÇÕES DIVERSAS Diário Oficial da União Nº 109, Seção 1, terça-feira, 10 de junho de 2014 Prezados Senhores, Segue para

Leia mais

Menos calorias com alimentação termogenica

Menos calorias com alimentação termogenica Menos calorias com alimentação termogenica Eliane Petean Arena Nutricionista CRN Rua : Conselheiro Antonio Prado N: 9-29 Higienópolis Bauru - SP Telefone : (14) 3243-7840 ALIMENTOS TERMOGENICOS Todo alimento

Leia mais

VITAMINA B2. Riboflavina. Informações Técnicas. INCI NAME: Riboflavin ou Lactoflavin CAS NUMBER: 83-88-5

VITAMINA B2. Riboflavina. Informações Técnicas. INCI NAME: Riboflavin ou Lactoflavin CAS NUMBER: 83-88-5 Informações Técnicas VITAMINA B2 Riboflavina INCI NAME: Riboflavin ou Lactoflavin CAS NUMBER: 83-88-5 INTRODUÇÃO A vitamina B2 faz parte de vários sistemas enzimáticos (oxidases e desidrogenases); participa

Leia mais

Luz Solar. 1. Cite duas doenças que podem ser prevenidas com a luz solar? 3. Cite alguns benefícios da luz solar para os seres humanos.

Luz Solar. 1. Cite duas doenças que podem ser prevenidas com a luz solar? 3. Cite alguns benefícios da luz solar para os seres humanos. Luz Solar 1. Cite duas doenças que podem ser prevenidas com a luz solar? Raquitismo e Osteoporose 2. Em qual dia da criação, Deus criou a luz? 1 dia 3. Cite alguns benefícios da luz solar para os seres

Leia mais

VITAMINAS. ESCOLA TÉCNICA ESTADUAL FREDERICO GUILHERME SCHMIDT Escola Técnica Industrial. Disciplina de Biologia Primeiro Ano

VITAMINAS. ESCOLA TÉCNICA ESTADUAL FREDERICO GUILHERME SCHMIDT Escola Técnica Industrial. Disciplina de Biologia Primeiro Ano ESCOLA TÉCNICA ESTADUAL FREDERICO GUILHERME SCHMIDT Escola Técnica Industrial Disciplina de Biologia Primeiro Ano VITAMINAS Prof. Diogo Schott diogo.schott@yahoo.com VITAMINAS Substâncias orgânicas Coenzimas

Leia mais

NATALINS COM FLÚOR Polivitamínico e Polimineral Comprimidos revestidos USO ORAL

NATALINS COM FLÚOR Polivitamínico e Polimineral Comprimidos revestidos USO ORAL NATALINS COM FLÚOR Polivitamínico e Polimineral Comprimidos revestidos USO ORAL FORMA FARMACÊUTICA E APRESENTAÇÃO: Comprimidos revestidos. NATALINS COM FLÚOR é apresentado em embalagens com 30 comprimidos

Leia mais

Aumentar o Consumo dos Hortofrutícolas

Aumentar o Consumo dos Hortofrutícolas Aumentar o Consumo dos Hortofrutícolas As doenças crónicas não transmissíveis são responsáveis por 63% das causas de morte no mundo Fonte: WHO; Global status report on noncommunicable diseases, 2010 O

Leia mais

caixas com 25 ampolas de 1 ml

caixas com 25 ampolas de 1 ml AROVIT Palmitato de retinol (gotas e ampolas) Acetato de retinol (drágeas) VITAMINA A IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO - AROVIT Nomes genéricos Palmitato de retinol (gotas e ampolas) Acetato de retinol (drágeas)

Leia mais

VALOR NUTRITIVO DA CARNE

VALOR NUTRITIVO DA CARNE VALOR NUTRITIVO DA CARNE Os alimentos são consumidos não só por saciarem a fome e proporcionarem momentos agradáveis à mesa de refeição mas, sobretudo, por fornecerem os nutrientes necessários à manutenção

Leia mais

TESTE DO PEZINHO. Informações sobre as doenças pesquisadas no teste do pezinho:

TESTE DO PEZINHO. Informações sobre as doenças pesquisadas no teste do pezinho: TESTE DO PEZINHO Informações sobre as doenças pesquisadas no teste do pezinho: 1) FENILCETONÚRIA Doença causada por falta de uma substância (enzima) que transforma a fenilalanina (aminoácido) em tirosina.

Leia mais

05/10/2013 SISTEMA CIRCULATÓRIO. Evolução do sistema circulatório. Fisiologia do Sistema Circulatório ou Cardiovascular

05/10/2013 SISTEMA CIRCULATÓRIO. Evolução do sistema circulatório. Fisiologia do Sistema Circulatório ou Cardiovascular SISTEMA CIRCULATÓRIO Prof.Msc.MoisésMendes professormoises300@hotmail.com www.moisesmendes.com Fisiologia do Sistema Circulatório ou Cardiovascular Esse sistema é constituído por um fluido circulante (o

Leia mais

A Importância dos Alimentos. Prof.: Andrey Oliveira Colégio Sete de Setembro Disciplina: Educação Física

A Importância dos Alimentos. Prof.: Andrey Oliveira Colégio Sete de Setembro Disciplina: Educação Física A Importância dos Alimentos Prof.: Andrey Oliveira Colégio Sete de Setembro Disciplina: Educação Física saciar a fome Para que serve o alimento? combustível para viver, proporcionando o bem-estar e a

Leia mais

Dra. Kátia R. P. de Araújo Sgrillo. sgrillo.ita@ftc.br

Dra. Kátia R. P. de Araújo Sgrillo. sgrillo.ita@ftc.br Dra. Kátia R. P. de Araújo Sgrillo sgrillo.ita@ftc.br O metabolismo de carboidratos em humanos pode ser dividido nas seguintes categorias: 1. Glicólise 2. Ciclo de Krebs 3. Glicogênese 4. Glicogenólise

Leia mais

Definição Funções Deficiência Toxicidade Fontes Alimentares

Definição Funções Deficiência Toxicidade Fontes Alimentares Vitamina Lipossolúvel A (OLHOS) D (OSSOS) E (Antioxidante) K (Coagulante) Definição Funções Deficiência Toxicidade Fontes Alimentares Álcool retinol Retinal ou retinaldeido Ácido retinóico Carotenóides

Leia mais

TRABALHO DE RECUPERAÇÃO FINAL DE CIÊNCIAS 8º ANO

TRABALHO DE RECUPERAÇÃO FINAL DE CIÊNCIAS 8º ANO Aluno(a): NOTA: Professor(a): Denise Data: 06/01/15 Valor: 20,0 TRABALHO PARA RECUPERAÇÃO FINAL: Para fazer este trabalho você deverá consultar as apostilas 3 e 4 que são, respectivamente, do terceiro

Leia mais

Diana Pais (Estagiária de Dietética) Centro Hospitalar de Tondela - Viseu

Diana Pais (Estagiária de Dietética) Centro Hospitalar de Tondela - Viseu 1 Diana Pais (Estagiária de Dietética) Estilo de Vida Saudável Ter uma alimentação saudável; 2 Tomar sempre o pequeno-almoço; Praticar exercício físico, pelo menos, 30 minutos por dia; Dormir, pelo menos,

Leia mais

Unidade I Conceitos na área de nutrição. Energia e nutrientes NUTRIÇÃO APLICADA À ENFERMAGEM. Profa Dra Milena Baptista Bueno

Unidade I Conceitos na área de nutrição. Energia e nutrientes NUTRIÇÃO APLICADA À ENFERMAGEM. Profa Dra Milena Baptista Bueno Unidade I Conceitos na área de nutrição. Energia e nutrientes NUTRIÇÃO APLICADA À ENFERMAGEM Profa Dra Milena Baptista Bueno Conceitos Nutrição Estudo dos alimentos e dos mecanismo através dos quais são

Leia mais

DOENÇAS DO SISTEMA MUSCULAR ESQUELÉTICO. Claudia de Lima Witzel

DOENÇAS DO SISTEMA MUSCULAR ESQUELÉTICO. Claudia de Lima Witzel DOENÇAS DO SISTEMA MUSCULAR ESQUELÉTICO Claudia de Lima Witzel SISTEMA MUSCULAR O tecido muscular é de origem mesodérmica (camada média, das três camadas germinativas primárias do embrião, da qual derivam

Leia mais

SISTEMA CIRCULATÓRIO

SISTEMA CIRCULATÓRIO SISTEMA CIRCULATÓRIO FUNÇÕES DO SISTEMA CIRCULATÓRIO: Transporte de substâncias : * Nutrientes para as células. * Resíduos vindos das células. *Gases respiratórios. * Hormônios. OBS: O sangue também pode

Leia mais

Fazendo a digestão. A voz do professor. A voz do professor. De onde provém a energia necessária para o movimento dos automóveis?...

Fazendo a digestão. A voz do professor. A voz do professor. De onde provém a energia necessária para o movimento dos automóveis?... A U A UL LA Fazendo a digestão Atenção De onde provém a energia necessária para o movimento dos automóveis? Nosso corpo é semelhante a um carro. Como você acha que conseguimos energia para viver? Um corpo

Leia mais

Pontifícia Universidade Católica de Goiás Departamento de Biologia. Vitaminas. Prof. Macks Wendhell Gonçalves, Msc.

Pontifícia Universidade Católica de Goiás Departamento de Biologia. Vitaminas. Prof. Macks Wendhell Gonçalves, Msc. Pontifícia Universidade Católica de Goiás Departamento de Biologia Vitaminas Prof. Macks Wendhell Gonçalves, Msc mackswendhell@gmail.com Conceito As vitaminas são compostos orgânicos presentes nos alimentos,

Leia mais

Tome uma injeção de informação. Diabetes

Tome uma injeção de informação. Diabetes Tome uma injeção de informação. Diabetes DIABETES O diabetes é uma doença crônica, em que o pâncreas não produz insulina em quantidade suficiente, ou o organismo não a utiliza da forma adequada. Tipos

Leia mais

Recuperação. Células tecidos órgãos sistemas. - As células são as menores unidades vivas e são formadas por três regiões:

Recuperação. Células tecidos órgãos sistemas. - As células são as menores unidades vivas e são formadas por três regiões: Recuperação Capítulo 01 - Níveis de organização Células tecidos órgãos sistemas - As células são as menores unidades vivas e são formadas por três regiões: A- Membrana Plasmática - Revestimento da célula;

Leia mais

CENTRUM Materna, apresenta-se em embalagens de 30 comprimidos revestidos e fáceis de engolir.

CENTRUM Materna, apresenta-se em embalagens de 30 comprimidos revestidos e fáceis de engolir. CENTRUM Materna é um suplemento alimentar composto por vitaminas, minerais, e oligoelementos, numa fórmula equilibrada. A fórmula de CENTRUM Materna foi cientificamente desenvolvida de modo a ajudar a

Leia mais

ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL

ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL ESTÁ FUNDAMENTADA NAS INFORMAÇÕES CONTIDAS NA COMPOSIÇÃO DE ALGUMAS SUBSTÂNCIAS BIOLOGICAMENTE ATIVAS, QUE AO SER INCLUÍDA NUMA DIETA USUAL, MODULA PROCESSOS FISIOLÓGICOS E METABÓLICOS,

Leia mais

Para que serve o alimento?

Para que serve o alimento? Alimentação e Saúde saciar a fome Para que serve o alimento? combustível para viver, proporcionando o bem-estar e a disposição para realizar todas as atividades. demonstrar afeto, carinho e aceitação Uma

Leia mais

Aula 4: Sistema digestório

Aula 4: Sistema digestório Aula 4: Sistema digestório Sistema digestório As proteínas, lípideos e a maioria dos carboidratos contidos nos alimentos são formados por moléculas grandes demais para passar pela membrana plasmática e

Leia mais

ARTREN diclofenaco sódico Merck S/A Cápsulas 100 mg

ARTREN diclofenaco sódico Merck S/A Cápsulas 100 mg ARTREN diclofenaco sódico Merck S/A Cápsulas 100 mg Artren diclofenaco sódico APRESENTAÇÕES Embalagens contendo 10 cápsulas. USO ORAL - USO ADULTO COMPOSIÇÃO Cada cápsula contém: diclofenaco sódico...100

Leia mais

9/30/2014. Por que engenheiros biomédicos precisam estudar anatomia e fisiologia? Introdução. Fisiologia. Anatomia

9/30/2014. Por que engenheiros biomédicos precisam estudar anatomia e fisiologia? Introdução. Fisiologia. Anatomia Por que engenheiros biomédicos precisam estudar anatomia e fisiologia? Introdução à Anatomia e Fisiologia EN2319-Bases Biológicas para Engenharia I Reginaldo K Fukuchi Universidade Federal do ABC Por que

Leia mais

1. INDICAÇÕES Este medicamento é destinado à suplementação vitamínica e/ou mineral em dietas restritivas e inadequadas.

1. INDICAÇÕES Este medicamento é destinado à suplementação vitamínica e/ou mineral em dietas restritivas e inadequadas. Tensulan palmitato de retinol + cloridrato de piridoxina + acetato de racealfatocoferol APRESENTAÇÃO Cápsulas gelatinosas moles em embalagem com 10 e 30 cápsulas. VIA ORAL USO ADULTO ACIMA DE 14 ANOS COMPOSIÇÃO

Leia mais

ADEFORTE. palmitato de retinol colecalciferol acetato de racealfatocoferol

ADEFORTE. palmitato de retinol colecalciferol acetato de racealfatocoferol ADEFORTE palmitato de retinol colecalciferol acetato de racealfatocoferol Forma farmacêutica e apresentações Solução oleosa oral. Caixa com 1, 3, 25 e 50 ampolas com 3 ml. Solução oral. Frasco com 15 ml.

Leia mais

Esta bula é continuamente atualizada. Favor proceder a sua leitura antes de utilizar o medicamento. ADEROGIL Gotas acetato de retinol colecalciferol

Esta bula é continuamente atualizada. Favor proceder a sua leitura antes de utilizar o medicamento. ADEROGIL Gotas acetato de retinol colecalciferol MODELO DE BULA Esta bula é continuamente atualizada. Favor proceder a sua leitura antes de utilizar o medicamento. ADEROGIL Gotas acetato de retinol colecalciferol APRESENTAÇÃO Solução oral: frasco conta-gotas

Leia mais