Planejar: estratégia para redução da carga tributária

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Planejar: estratégia para redução da carga tributária"

Transcrição

1

2 Especial 02 Planejar: estratégia para redução da carga tributária Com uma carga tributária ainda pesada para o setor produtivo do País, a realização de um planejamento tornase uma alternativa para a diminuição no pagamento de tributos. Saiba como sua empresa pode utilizar essa ferramenta na entrevista com o contador Ernani, especialista em auditoria do escritório da HLB Audilink de Recife, Fortaleza. HLB Audilink No que consiste realizar o planejamento tributário de uma empresa? Ernani É a identificação da estratégia a ser utilizada pela empresa para reduzir ou eliminar a carga tributária sobre suas operações. Com a tributação brasileira beirando a casa dos 38% do Produto Interno Bruto (PIB), não resta outra alternativa às empresas a não ser o planejamento. Para se ter uma idéia mais precisa dessa necessidade, basta ver que a tributação no País passou de 28% para 38% do PIB nos últimos dez anos. A avaliação do melhor planejamento tributário está ligada diretamente à atividade, sazonalidade, etc. Assim, o trabalho feito para uma empresa ligada ao sistema financeiro difere, naturalmente, do planejamento tributário desenvolvido para uma empresa agrícola; que, por sua vez, é diferente do planejamento desenvolvido para uma empresa do segmento industrial, do comércio ou serviços. Há de se considerar ainda que, quando falamos em carga tributária, a redução deve abranger não só tributos federais, mas também estaduais e municipais. HLB Audilink Qual o melhor momento para efetuar o planejamento tributário? Ernani Na maioria dos casos, ele ocorre no final de um exercício social, cujo histórico quase sempre serve de base para as projeções do exercício seguinte, principalmente quando tratamos de tributos federais. Para tanto, podemos reduzir a carga tributária por diversos métodos, desde a simples mudança do regime tributário até formas mais complexas de reestruturação societária. Na reestruturação societária, apesar de complexa, os resultados são mais duradouros e às vezes até definitivos. Neste aspecto, devemos estar atentos ao entendimento que tem sido manifestado pelo fisco. A fiscalização do Imposto de Renda tem confundido elisão com evasão fiscal, utilizando, propositadamente ou não, uma interpretação errônea da chamada lei de antielisão, prevista na Lei Complementar nº 104/2001. O planejamento tributário com a estrita observância da legislação deve ser feito com bastante critério, sem simulação. O administrador que contrata um trabalho dessa natureza deve se preocupar em escolher uma empresa ou profissional com capacidade e experiência comprovadas no assunto. Um mau planejamento pode comprometer definitivamente o patrimônio de uma empresa, além de causar vários transtornos aos administradores e acionistas, como pessoas físicas, perante a Justiça. HLB Audilink De quanto pode ser a economia de uma empresa ao planejar o seu ano tributário? Ernani A economia tributária não apresenta um padrão. Cada trabalho tem características próprias e resultados diferentes, até porque os valores envolvidos, mesmo nos trabalhos de natureza idêntica, são distintas. Tenho forte preferência por trabalhos que requeiram um tratamento personalizado, fora dos produtos enlatados vendidos no mercado, em que o mesmo planejamento, ou vantagem, pode ser vendido a várias empresas. São trabalhos comercialmente rentáveis, na maioria dos casos, com resultados concretos, mas sem colorido. O que é uma cópia das práticas de mercado. Descobre-se uma falha na lei e pronto: vamos reduzir a carga tributária, compensar tributos e/ou pedir ressarcimento dos valores recolhidos indevidamente. Planejamento, para mim, é criação, é a satisfação do criador em ver sua criatura. Perfeita. HLB Audilink Qual é o trabalho desenvolvido pela HLB Audilink? Ernani A procura pelo planejamento tributário tem se intensificado nos últimos exercícios. A cada ano, a preocupação das empresas aumenta na mesma proporção da sanha arrecadatória sem precedentes demonstrada pelos governantes. Nossos políticos têm acenado com a reforma tributária, emperrada nos interesses das partes envolvidas. Todo mundo (governantes) quer aumento direto de tributos. Enquanto isso, o empresário mantém este indesejável sócio que é o governo, que só participa da parte boa da maçã. A HLB Audilink tem desenvolvido diversos trabalhos de planejamento Continuação da matéria na página 03

3 tributário. Os mais complexos envolvem reestruturação societária, formas. Para o diagnóstico, um valor fixo. Para o benefício levantado, incluindo fusões, incorporações (inclusive incorporações às avessas), um percentual variável; ou seja, honorários de sucesso. A segunda cisões, compra e venda de ativos, etc. Nesse sentido, tem finalidade é evitar problemas nas informações ao fisco. apoiado empresas e pessoas físicas visando à redução da carga O procedimento de informações eletrônicas da Receita Federal está tributária nas operações de transferência e/ou aquisição de controle bem mais eficiente. Eventuais incorreções nas informações prestadas acionário, inclusive para grupos pelas empresas têm gerado a necessidade estrangeiros que estão investindo de explicações complementares, com maciçamente no Brasil. Recentemente, resultados nem sempre imediatos. Apenas com o Imposto de Renda apoiamos dois grandes grupos A pendência resulta na dificuldade em se (IR) e com a Contribuição Social portugueses na área de Turismo, com obterem certidões negativas, dificultando sobre o Lucro das empresas resultados surpreendentes. Também são o dia-a-dia das empresas. (CSLL), as empresas brasileiras realizados planejamentos mais simples, podem comprometer 51,5% do incluindo diagnóstico da área tributária HLB Audilink Quanto uma lucro líquido apurado. das empresas, outro produto de grande empresa compromete do faturamento procura. no pagamento de tri- butos? HLB Audilink E como é o formato de trabalho da HLB Audilink? Ernani Esse é um dado também preocupante. Para se ter uma Ernani Os trabalhos na área tributária atingem dupla finalidade. idéia, os tributos representaram em 2003, em média, 34% do A primeira é a preventiva. A legislação tributária é extremamente faturamento das empresas. Individualmente destacam-se as empresas dinâmica. Como conseqüência, as empresas que não têm uma de energia elétrica (38,6%), comunicações (36,9%) e indústrias (35,4%). estrutura tributária adequada apresentam dificuldade em acompanhar Dos R$ 478,1 bilhões arrecadados em 2002, esse valor passou a as mudanças que ocorrem sistematicamente. Para com- R$ 540,5 bilhões em 2003, ou seja, é muito tributo. Desse jeito, provar esta afirmação, basta ver a legislação do Pis/Cofins, que nos enquanto a Reforma Tributária não vem e considerando que as últimos dois anos sofreu 56 alterações (sete leis, três Medidas empresas devem trabalhar no sentido de reduzir seus custos/ Provisórias, dez Decretos, 17 Instruções Normativas e 19 Normas- despesas (principalmente a tributária), já que o aumento dos Atos Declaratórios e Normas de Execução, segundo o jornal Valor preços de venda não tem sido acolhido pelo mercado na velocidade Econômico). Durma-se com um barulho desses. desejada, o remédio imediato é o planejamento tributário ou o No diagnóstico, a HLB Audilink estabelece os honorários de duas apoio dos auditores/consultores no exame da área tributária. 03 Novos clientes da HLB Audilink Balancim Participações Ltda. Rio de Janeiro RJ Bhara Participações Ltda. Rio de Janeiro RJ Brama Participações Ltda. Rio de Janeiro RJ Centro de Defesa da Criança e do Adolescente do Ceará Fortaleza CE Clínica de Ressonância e Multi-Imagem Ltda. Rio de Janeiro RJ Coesão Participações Ltda. Rio de Janeiro - RJ Companhia Imobiliária de Brasília Terracap Brasília DF Eastco do Brasil Comércio de Alimentos Ltda. São Paulo SP Guy Dupire Consultoria Empresarial Ltda. São Paulo SP Instituto Metodista Centenário Santa Maria RS Opportrans Concessão Metroviária S.A. Rio de Janeiro - RJ Paranaprevidência Curitiba PR Plaint Telecomunicações Ltda. Bauru SP Promo Centro Internacional de Negócios da Bahia Salvador BA Tel Telecomunicações Ltda. Bauru SP Universidade Federal da Bahia Salvador BA

4 Artigo 04 Balanço social fortalece a credibilidade da empresa O aumento expressivo do número de organizações que, junto com seus balanços econômico-financeiros, passaram a elaborar e divulgar seus balanços sociais é um forte sinal de como a responsabilidade social está sendo incorporada aos negócios da empresa. Amplia-se o reconhecimento do balanço social como um dos principais instrumentos de avaliação dos riscos, prestação de contas, diálogo e transparência das empresas. É um documento de construção de pontes entre a empresa e os diversos públicos com os quais ela se relaciona. A elaboração e a publicação do O grande potencial balanço social representam uma de utilização do das mais importantes formas de balanço social demonstrar a qualidade das decorre do fato de relações da empresa com seus que ele não é um diversos públicos e de expressar simples demonstrativo das inicia- o seu comprometimento com o impacto de suas atividades tivas sociais da empresa. É uma ferramenta estratégica, que permite planejar, avaliar e aperfeiçoar a gestão do ponto de vista da responsabilidade social. Ele dá transparência às ações e mostra a qualidade das relações da empresa com os vários públicos impactados por suas atividades. Dessa maneira, pode ser uma excelente referência da sustentabilidade dos negócios da empresa. Por suas características, o balanço social tem se mostrado capaz de agregar credibilidade e proporcionar ganhos de imagem para a empresa, mas não deve ser confundido com uma peça de marketing. Seu papel é bem mais amplo. Como avaliação e diagnóstico anual, deve expor as metas que haviam sido planejadas para o período e as dificuldades encontradas para sua realização, discriminando aquelas que foram superadas e as que se mantêm. Vale salientar que a elaboração do balanço social representa uma das mais importantes formas de demonstrar a qualidade das relações da empresa com seus públicos e de expressar o comprometimento com o impacto de suas atividades. Fatores que são indispensáveis para gerar e manter a confiança de todos na empresa. E num cenário altamente competitivo, em que as empresas buscam desenvolver diferenciais que as coloquem em condição de conquistar mercados, a confiança tornou-se um valor primordial diante das expectativas e incertezas do mundo em que vivemos. Paulo Itacarambi Diretor-executivo do Instituto Ethos de Empresas e Responsabilidade Social Notas Trabalho da HLB Audilink é reconhecido internacionalmente A HLB Audilink teve seu registro aprovado pelo Public relatórios. Com o reconhecimento, a HLB Audilink está Company Accounting Oversight Board (PCAOB), o Conselho preparada para auditar seus clientes internacionais. A lei de Fiscalização de Auditoria de Companhias Abertas. O PCAOB Sarbanes-Oxley foi definida para restabelecer a confiança do é um órgão de fiscalização norte-americano, criado pela lei investidor após os escândalos contábeis ocorridos nos Sarbanes-Oxley de 2002, responsável por propiciar a Estados Unidos. Além disso, ela estabelece que as empresas qualidade e transparência dos relatórios financeiros e de auditoria precisam estar registradas no PCAOB para poder auditorias independentes, com o objetivo de proteger os auditar balanços de companhias com ações negociadas no interesses de investidores e público na preparação desses mercado norte-americano.

5 04 Clientes 05 De olho no crescimento sustentável Nos últimos anos, os governos têm se conscientizado de que o apoio às micro, pequenas e médias empresas é imprescindível para que o Brasil cresça equilibradamente. Segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), dos dois milhões de empregos gerados nos últimos sete anos, mais de 1,96 milhão são criados por pequenos empreendedores. Entretanto, sete em cada dez micro e pequenas empresas quebram em até cinco anos no País. Cada vez mais, consolida-se o entendimento de que as políticas macroeconômicas de desenvolvimento dificilmente interferem nas realidades econômicas regionais e locais. Para isso, é preciso conhecer os problemas específicos de cada área. Dentro desse contexto nasceu, em setembro de 2001, a Agência de Fomento da Bahia Desenbahia, ligada à Secretaria Estadual da Fazenda. Embora atenta aos grandes projetos que possam fortalecer e diversificar a matriz econômica do Estado, seu foco é o financiamento das micro, pequenas e médias empresas e o microcrédito. A Desenbahia contribui para a inclusão sócioeconômica através do crédito, ressalta Vladson Menezes, presidente da Desenbahia. Em mais de três anos de atuação, a Desenbahia implementou importantes projetos, que já começam a dar frutos. Entre eles estão o Credifácil, linha de capital de giro com condições especiais para micro e pequenos empresários; o CrediBahia, microcrédito produtivo operado; e o CrediAPL, de financiamento a Arranjos Produtivos Locais com linhas que contemplam do investimento fixo e giro a capacitação, promoção comercial, desenvolvimento de mercados e adequação às normas ambientais. A Agência também reformulou o programa Pró-Táxi. Em dez anos, o projeto possibilitou a renovação de mais de 40% da frota de táxi de Salvador, destaca Menezes. Além disso, participa de programas de crédito à agricultura familiar e tornou-se a agência de fomento pioneira no apoio a um fundo mútuo de investimentos em empresas emergentes (o Rio Bravo Nordeste I), com o objetivo de atrair recursos para o Estado. Cerca de 60% das micro e pequenas empresas fecham antes de completar cinco anos no Brasil, segundo pesquisa realizada pelo Sebrae em agosto deste ano. Gerando mais empregos Esses programas contribuíram para a geração ou manutenção de postos de trabalho nos primeiros sete meses deste ano 60% a mais que no mesmo período do ano passado, número que tende a crescer, assinala Menezes. Para incrementar ainda mais a sua atuação, a Desenbahia contratou neste ano a HLB Audilink, que fez uma consultoria tributária à Agência. Conforme o gerente de audi- Com sede em Salvador, a Desenbahia financia micro e pequenas empresas. A Agência é cliente da HLB Audilink. toria do escritório de Salvador, Antonio Vargas Vieira, foram revistos os impostos pagos nos últimos cinco anos. Procuramos, com isso, proporcionar uma redução da carga tributária à Desenbahia, explica Antonio. De acordo com o gerente financeiro da Agência, Paulo Noronha, houve uma parceria muito grande com a equipe da HLB Audilink. Nesse trabalho, buscamos uma melhoria dos nossos controles e maior consistência dos procedimentos. Recebemos também da HLB Audilink sugestões de aperfeiçoamentos em vários quesitos. Estamos muito satisfeitos com os resultados, conclui Noronha.

6 No Brasil 06 Brasília Telefone: (61) Fax: (61) Curitiba Telefone: (41) Fax: (41) Fortaleza Telefone/Fax: (85) Porto Alegre Telefone/Fax: (51) Recife Telefone: (81) Fax: (81) Rio de Janeiro Telefone: (21) Fax: (21) Salvador Telefone/Fax: (71) São Paulo Telefone/Fax: (11) Informações Saiba onde obter mais informações sobre a HLB Audilink Na Internet No endereço você encontra dados sobre a HLB Audilink e seus serviços. Além de conferir as últimas novidades, é possível ativar links para os sites de diversos órgãos do governo, como, por exemplo, o Banco Central, Ministério do Trabalho, Secretaria da Receita Federal e Banco Nacional de Desenvolvimento, entre outros. Informe HLB Audilink O HLB Audilink Informe é a publicação da HLB Audilink voltada à constante atualização de seus clientes. O objetivo deste veículo consiste em manter os seus leitores informados sobre os serviços da empresa e o cenário legislativo e tributário do País, assim como divulgar notícias e artigos referentes à área de auditoria. Newsletters Para profissionais que precisam estar por dentro de todas as mudanças na legislação e não têm tempo de ler todos os veículos de comunicação, a HLB Audilink envia, semanalmente, s com notícias atualizadas em primeira mão e lembretes sobre assuntos técnicos e tributários. Entre em contato com o escritório mais próximo para receber, gratuitamente, o Newsletter da HLB Audilink. Projeto editorial e execução: Giornale Comunicação Empresarial - (51)

HLB Audilink e as telecomunicações

HLB Audilink e as telecomunicações Especial 02 HLB Audilink e as telecomunicações A HLB Audilink foi contratada pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) para fazer dois relatórios que envolvem a análise econômicofinanceira das

Leia mais

A importância da informática nas auditorias

A importância da informática nas auditorias Tendência 02 A importância da informática nas auditorias HLB Audilink investe em ferramentas para otimizar processos Preocupada com a constante evolução mundial e em consonância sistemas dos clientes.

Leia mais

Due diligence nas empresas

Due diligence nas empresas Especial 02 Due diligence nas empresas Fusões e compras de empresas necessitam de muita segurança e garantia tanto ao comprador como ao proprietário. A HLB Audilink tem a melhor solução para esses casos:

Leia mais

Informações. Trabalho diferenciado

Informações. Trabalho diferenciado informe_abril.p65 1 6/5/2005, 14:18 Especial 02 IRPJ: em dia com o Leão A declaração do Imposto de Renda (IR) é decorrência de um trabalho realizado no ano inteiro. Trata-se de uma sinopse da contabilidade

Leia mais

Especial 02. dos itens relevantes. ditoria também coloca a empresa em conformidade. para a empresa, com des-

Especial 02. dos itens relevantes. ditoria também coloca a empresa em conformidade. para a empresa, com des- informe_junho_alta.p65 1 Especial 02 Auditoria Ambiental: um novo serviço da HLB Audilink A preocupação com o meio ambiente tem sido uma bandeira defendida por um número cada vez maior de empresas, que

Leia mais

Serpro em dia com seus procedimentos tributários

Serpro em dia com seus procedimentos tributários 20799_Giornale_HLB.p65 1 23/8/2005, 21:27 Especial 02 Serpro em dia com seus procedimentos tributários HLB Audilink presta serviço de assessoria para a maior empresa pública de prestação de serviços em

Leia mais

Entre as maiores. Informações com qualidade. Garantindo o futuro. Destaque 02. ParanaPrevidência em números (agosto): 23 mil pensionistas.

Entre as maiores. Informações com qualidade. Garantindo o futuro. Destaque 02. ParanaPrevidência em números (agosto): 23 mil pensionistas. Destaque 02 Entre as maiores A ParanaPrevidência é destaque entre as companhias e grupos do Paraná e da região Sul do País, segundo a revista Amanhã. A empresa, criada pelo governo do Paraná para garantir

Leia mais

Olanir Grazziotin Diretor Financeiro da Grazziotin S/A Edmíssio Lima Diretor Contábil da Drogarias Pacheco S/A

Olanir Grazziotin Diretor Financeiro da Grazziotin S/A Edmíssio Lima Diretor Contábil da Drogarias Pacheco S/A CLIENTE 05 NO BRASIL 06 Engenharia com versatilidade BRASÍLIA Telefone: (61) 3321-5481 Fax: (61) 3321-4274 brasilia@audilink.com.br n 156 A world organization of accounting firms and business advisers

Leia mais

DESENVOLVIMENTO DAS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS, GERAÇÃO DE EMPREGO E INCLUSÃO SOCIAL. XII Seminario del CILEA Bolívia 23 a 25/06/2006

DESENVOLVIMENTO DAS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS, GERAÇÃO DE EMPREGO E INCLUSÃO SOCIAL. XII Seminario del CILEA Bolívia 23 a 25/06/2006 DESENVOLVIMENTO DAS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS, GERAÇÃO DE EMPREGO E INCLUSÃO SOCIAL. XII Seminario del CILEA Bolívia 23 a 25/06/2006 Conteúdo 1. O Sistema SEBRAE; 2. Brasil Caracterização da MPE; 3. MPE

Leia mais

experiência Uma excelente alternativa em serviços de auditoria

experiência Uma excelente alternativa em serviços de auditoria experiência Uma excelente alternativa em serviços de auditoria A Íntegra é uma empresa de auditoria e consultoria, com 25 anos de experiência no mercado brasileiro. Cada serviço prestado nos diferentes

Leia mais

FOMENTO AO DESENVOLVIMENTO

FOMENTO AO DESENVOLVIMENTO Bahia que Faz: Densificação da Base Econômica e Geração de Emprego e Renda 233 FOMENTO AO DESENVOLVIMENTO No desempenho do seu papel de indutor do desenvolvimento, o Governo do Estado promove ações específicas

Leia mais

Sanções pecuniárias sobre obrigações acessórias. A world organization of accounting firms and business advisers Abril/ Maio 2008. n 154.

Sanções pecuniárias sobre obrigações acessórias. A world organization of accounting firms and business advisers Abril/ Maio 2008. n 154. A world organization of accounting firms and business advisers Abril/ Maio 2008 n 154 Sanções pecuniárias sobre obrigações acessórias PÁG. 02 Cliente: Fuja destes Grupo Amazonas encargos PÁG. 03 especial

Leia mais

Empresas no Desenvolvimento do Mercado Nacional PROF. LÍVIO GIOSA

Empresas no Desenvolvimento do Mercado Nacional PROF. LÍVIO GIOSA O papel das Micro e Pequenas Empresas no Desenvolvimento do Mercado Nacional PROF. LÍVIO GIOSA PROF. LÍVIO GIOSA Especialista em modelos de Gestão Empresarial Presidente do CENAM: Centro Nacional de Modernização

Leia mais

Nossa atuação no setor financeiro

Nossa atuação no setor financeiro Nossa atuação no setor financeiro No mundo No Brasil O porte da equipe de Global Financial Services Industry (GFSI) da Deloitte A força da equipe do GFSI da Deloitte no Brasil 9.300 profissionais;.850

Leia mais

Feliz ano velho, feliz ano novo!

Feliz ano velho, feliz ano novo! Especial 02 Feliz ano velho, feliz ano novo! Ao longo de 2006, uma série de acontecimentos e feitos importantes marcaram a trajetória da HLB Audilink. Os trabalhos nas empresas Furnas e Eletronuclear são

Leia mais

n 170 Conhecimento que gera valor Dezembro 10/Janeiro 11 CLIENTE: CONHEÇA A TEL TELECOMUNICAÇÕES e CONSULTORIA CONTÁBIL É PÁG. 03 PÁG.

n 170 Conhecimento que gera valor Dezembro 10/Janeiro 11 CLIENTE: CONHEÇA A TEL TELECOMUNICAÇÕES e CONSULTORIA CONTÁBIL É PÁG. 03 PÁG. n 170 Conhecimento que gera valor Dezembro 10/Janeiro 11 SUA empresa de AUDITORIA e CONSULTORIA CONTÁBIL É confiável? PÁG. 02 CLIENTE: CONHEÇA A TEL TELECOMUNICAÇÕES PÁG. 03 capa 02 a escolha certa Escolha

Leia mais

XII Seminário Internacional de Países Latinos Europa América.

XII Seminário Internacional de Países Latinos Europa América. XII Seminário Internacional de Países Latinos Europa América. La Gestión Contable, Administrativa y Tributaria en las PYMES e Integración Europa-América 23 24 de junio 2006 Santa Cruz de la Sierra (Bolívia)

Leia mais

Sede Sebrae Nacional

Sede Sebrae Nacional Sede Sebrae Nacional Somos o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresa, uma entidade privada sem fins lucrativos, e a nossa missão é promover a competitividade e o desenvolvimento sustentável

Leia mais

MANTENEDOR E CONTADOR

MANTENEDOR E CONTADOR MANTENEDOR E CONTADOR No ano de 2000, Darci de Paula, Contador formado pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, em Ciências Contábeis e Pós graduado em MBA IFRS(Normas Internacionais de Contabilidade),

Leia mais

PROPOSTA PARA O AVANÇO DO MODELO DE GESTÃO DA SABESP

PROPOSTA PARA O AVANÇO DO MODELO DE GESTÃO DA SABESP ASSOCIAÇÃO DOS PROFISSIONAIS UNIVERSITÁRIOS DA SABESP PROPOSTA PARA O AVANÇO DO MODELO DE GESTÃO DA SABESP OUTUBRO, 2002 ASSOCIAÇÃO DOS PROFISSIONAIS UNIVERSITÁRIOS DA SABESP - APU INTRODUÇÃO A Associação

Leia mais

IDÉIAS DE NEGÓCIO ESCRITÓRIO DE CONTABILIDADE

IDÉIAS DE NEGÓCIO ESCRITÓRIO DE CONTABILIDADE (Fonte: SEBRAE/MS SEBRAE/SC) APRESENTAÇÃO DE NEGÓCIOS Contabilidade é um trabalho minucioso que atua nas áreas fiscal, tributária e trabalhista; exigindo muita análise e tempo. Por isso, a maioria das

Leia mais

CARTILHA DA LEI GERAL DA MICROEMPRESA E DA EMPRESA DE PEQUENO PORTE DO MUNICÍPIO DE CURITIBA

CARTILHA DA LEI GERAL DA MICROEMPRESA E DA EMPRESA DE PEQUENO PORTE DO MUNICÍPIO DE CURITIBA CARTILHA DA LEI GERAL DA MICROEMPRESA E DA EMPRESA DE PEQUENO PORTE DO MUNICÍPIO DE CURITIBA Curitiba tem se mostrado uma cidade dinâmica e de grandes oportunidades para os trabalhadores e empreendedores.

Leia mais

também é chamada de e tem como objetivo principal analisar se todas as obrigações tributárias estão sendo seguidas corretamente em uma empresa.

também é chamada de e tem como objetivo principal analisar se todas as obrigações tributárias estão sendo seguidas corretamente em uma empresa. A também é chamada de e tem como objetivo principal analisar se todas as obrigações tributárias estão sendo seguidas corretamente em uma empresa. É responsável pelo controle e bom andamento dos procedimentos

Leia mais

Introdução. Um caso real que acontece todos os dias no Brasil...

Introdução. Um caso real que acontece todos os dias no Brasil... I a n C u n h a Introdução Um caso real que acontece todos os dias no Brasil... I a n C u n h a Os Conceitos Básicos do Projeto Missão: Fomento a atividade empreendedora tornando

Leia mais

C O N S U L T O R I A. T r i b u t á r i a & F i n a n c e i r a. Serviços

C O N S U L T O R I A. T r i b u t á r i a & F i n a n c e i r a. Serviços C O N S U L T O R I A Consultoria Tributária Serviços Os serviços de consultoria tributária oferecidos pela GT Consultoria são extremamente abrangentes e com perfis diferenciados para cada demanda. Entre

Leia mais

Parceria de sucesso para sua empresa

Parceria de sucesso para sua empresa Parceria de sucesso para sua empresa A Empresa O Grupo Espaço Solução atua no mercado de assessoria e consultoria empresarial há 14 anos, sempre realizando trabalhos extremamente profissionais, pautados

Leia mais

As MPE s como eixo central de cadeias produtivas

As MPE s como eixo central de cadeias produtivas As MPE s como eixo central de cadeias produtivas Guilherme Lacerda Diretor de Infraestrutura Social, Meio Ambiente, Agropecuária e Inclusão Social Madrid Outubro 2012 MPEs Importância, Desafios e Contribuições

Leia mais

Prefeitura Municipal de Farias Brito GOVERNO MUNICIPAL CNPJ n 07.595.572/0001-00

Prefeitura Municipal de Farias Brito GOVERNO MUNICIPAL CNPJ n 07.595.572/0001-00 ANEXO I PREGÃO Nº 2012.12.12.1 TERMO DE REFERÊNCIA Com a especificação dos serviços de assessoria, consultoria, execução contábil, justificativas, defesas e recursos de processos administrativos junto

Leia mais

Quem somos? Nossa Missão:

Quem somos? Nossa Missão: Bem Vindos! Quem somos? A GEPC Consultoria Tributária é uma empresa especializada em consultoria para Farmácias e Drogarias com mais de 6 anos de mercado neste seguimento. Apoiando e atualizando nossos

Leia mais

Terceiro Setor, Cultura e Responsabilidade Social. Mattos Filho, Veiga Filho, Marrey Jr. e Quiroga Advogados. Todos os direitos reservados.

Terceiro Setor, Cultura e Responsabilidade Social. Mattos Filho, Veiga Filho, Marrey Jr. e Quiroga Advogados. Todos os direitos reservados. Terceiro Setor, Cultura e Responsabilidade Social Mattos Filho, Veiga Filho, Marrey Jr. e Quiroga Advogados. Todos os direitos reservados. Nossos serviços Nossa equipe atende empresas que investem em responsabilidade

Leia mais

BOLETIM. Taxa de desemprego anual na RMSP é a menor em 20 anos

BOLETIM. Taxa de desemprego anual na RMSP é a menor em 20 anos A taxa média anual de desemprego, na Região Metropolitana de São Paulo RMSP, diminuiu de 11,9% para 10,5%, entre 2010 e 2011, atingindo seu menor valor nos últimos 20 anos. Essa é uma das informações divulgadas

Leia mais

Portfólio de serviços - 1

Portfólio de serviços - 1 Portfólio de serviços - 1 www.valortributario.com.br { C om experiência de quem há mais de 12 anos oferece soluções empresariais para os mais diversos segmentos, a VALOR TRIBUTÁRIO destaca-se como uma

Leia mais

CONSULTORIA MUDAR NEM SEMPRE É FÁCIL, MAS AS VEZES É NECESSÁRIO

CONSULTORIA MUDAR NEM SEMPRE É FÁCIL, MAS AS VEZES É NECESSÁRIO MUDAR NEM SEMPRE É FÁCIL, MAS AS VEZES É NECESSÁRIO CONTEÚDO 1 APRESENTAÇÃO 2 PÁGINA 4 3 4 PÁGINA 9 PÁGINA 5 PÁGINA 3 APRESENTAÇÃO 1 O cenário de inovação e incertezas do século 21 posiciona o trabalho

Leia mais

Áreas de Atuação Societário

Áreas de Atuação Societário SC Advogados Apresentação A Salomão Cateb Advogados foi fundada em 1963 na cidade de Belo Horizonte por Salomão de Araújo Cateb. Os mais de 40 anos de atividade conferiram à empresa o reconhecimento e

Leia mais

Palavras-chave: Planejamento Tributário. Micro e Pequenas Empresas. Área da Saúde. INTRODUÇÃO

Palavras-chave: Planejamento Tributário. Micro e Pequenas Empresas. Área da Saúde. INTRODUÇÃO DESENVOLVIMENTO DE UMA FERRAMENTA EM EXCEL DE PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO PARA AS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS PRESTADORAS DE SERVIÇO NA ÁREA DA SAÚDE DEVELOPMENT OF A TAX PLANNING TOOL IN EXCEL FOR MICRO AND

Leia mais

Finanças dos clubes de futebol do Brasil em 2011

Finanças dos clubes de futebol do Brasil em 2011 Finanças dos clubes de futebol do Brasil em 2011 Maio 2012 A BDO é a quinta maior empresa de auditoria e consultoria do Brasil, e realiza estudos e análises sobre a Indústria do Esporte, por meio de sua

Leia mais

Propostas de Políticas OS PEQUENOS NEGÓCIOS COMO FORÇA INDUTORA PARA O DESENVOLVIMENTO LOCAL

Propostas de Políticas OS PEQUENOS NEGÓCIOS COMO FORÇA INDUTORA PARA O DESENVOLVIMENTO LOCAL Propostas de Políticas OS PEQUENOS NEGÓCIOS COMO FORÇA INDUTORA PARA O DESENVOLVIMENTO LOCAL CANDIDATOS A PREFEITOS E PREFEITAS MUNICIPAIS Pleito Eleitoral 2012 PROPOSTAS DE POLÍTICAS PÚBLICAS PARA A PROMOÇÃO

Leia mais

APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL

APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL APRESENTAÇÃO INSTITUCIONAL Somos um escritório jurídico que reúne especialistas nos mais diversos ramos do direito empresarial. Priorizamos a ética nas relações com os clientes e nos dedicamos muito ao

Leia mais

A POLÍTICA DE DESENVOLVIMENTO PRODUTIVO DO GOVERNO FEDERAL E A MACROMETA DE

A POLÍTICA DE DESENVOLVIMENTO PRODUTIVO DO GOVERNO FEDERAL E A MACROMETA DE A POLÍTICA DE DESENVOLVIMENTO PRODUTIVO DO GOVERNO FEDERAL E A MACROMETA DE AUMENTAR O INVESTIMENTO PRIVADO EM P&D ------------------------------------------------------- 3 1. O QUE É A PDP? ----------------------------------------------------------------------------------------

Leia mais

Simples Nacional e o Planejamento Tributário RESUMO

Simples Nacional e o Planejamento Tributário RESUMO 1 Simples Nacional e o Planejamento Tributário Marcos A. Nazário De Oliveira marcosadinavi@gmail.com Egresso do curso de Ciências Contábeis Rafael Antônio Andrade rfaandrade@msn.com Egresso do curso de

Leia mais

Avaliação do Plano de Desenvolvimento Produtivo Departamento de Competitividade DECOMTEC / FIESP

Avaliação do Plano de Desenvolvimento Produtivo Departamento de Competitividade DECOMTEC / FIESP PROPOSTA DE DESONERAÇÃO DA FOLHA DE PAGAMENTOS NA INDÚSTRIA DE TRANSFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE COMPETITIVIDADE E TECNOLOGIA DECOMTEC Avaliação do Plano de Desenvolvimento Produtivo MAIO Departamento de Competitividade

Leia mais

Prioridades e Recomendações (2011-2014) INOVAÇÃO E PRODUTIVIDADE NA INDÚSTRIA

Prioridades e Recomendações (2011-2014) INOVAÇÃO E PRODUTIVIDADE NA INDÚSTRIA Prioridades e Recomendações (2011-2014) INOVAÇÃO E PRODUTIVIDADE NA INDÚSTRIA Documento de Trabalho SESSÃO TEMÁTICA INOVAÇÃO E PRODUTIVIDADE NA INDÚSTRIA Indicador de importância das prioridades (Resultado

Leia mais

www.avantassessoria.com.br

www.avantassessoria.com.br www.avantassessoria.com.br Nossa Empresa A AVANT Assessoria Contábil e Tributária é uma empresa de contabilidade especializada em consultoria e assessoria de empresas e profissionais liberais, oferecendo

Leia mais

Apresentação. - Palestrante Quem é? - Sebrae O que é? - Atendimento à Indústria? - Carteira de Alimentos? Sorvetes?

Apresentação. - Palestrante Quem é? - Sebrae O que é? - Atendimento à Indústria? - Carteira de Alimentos? Sorvetes? Apresentação - Palestrante Quem é? - Sebrae O que é? - Atendimento à Indústria? - Carteira de Alimentos? Sorvetes? 2 Importância dos Pequenos Negócios 52% dos empregos formais 40% da massa salarial 62%

Leia mais

TER RAZÃO OU SER FELIZ... COMO SOBREVIVER NUM MUNDO COMPETITIVO COM IMPOSTOS ELEVADOS

TER RAZÃO OU SER FELIZ... COMO SOBREVIVER NUM MUNDO COMPETITIVO COM IMPOSTOS ELEVADOS BOLETIM TÉCNICO JULHO/2012 TER RAZÃO OU SER FELIZ... COMO SOBREVIVER NUM MUNDO COMPETITIVO COM IMPOSTOS ELEVADOS "Um grande marco no desenvolvimento de um homem é quando ele compreende que outros homens

Leia mais

aa Opportune é uma empresa que trabalha em diversas áreas da gestão organizacional, com uma visão contemporânea da prestação de serviços de

aa Opportune é uma empresa que trabalha em diversas áreas da gestão organizacional, com uma visão contemporânea da prestação de serviços de aa Opportune é uma empresa que trabalha em diversas áreas da gestão organizacional, com uma visão contemporânea da prestação de serviços de auditoria, assessoria e consultoria, oferecendo completo portifólio

Leia mais

CEMEPE INVESTIMENTOS S/A

CEMEPE INVESTIMENTOS S/A CEMEPE INVESTIMENTOS S/A RELATÓRIO DA ADMINISTRAÇÃO Senhores Acionistas, Em cumprimento às disposições legais e estatutárias, submetemos à apreciação de V.Sas. as demonstrações contábeis do exercício encerrado

Leia mais

Gestão das organizações contábeis

Gestão das organizações contábeis Gestão das organizações contábeis Análise dos resultados da pesquisa Dezembro/2014 por Roberto Dias Duarte Sobre a pesquisa O Sistema Público de Escrituração Digital e seus vários subprojetos têm sido

Leia mais

FINANÇAS DOS CLUBES BRASILEIROS E VALOR DAS MARCAS DOS 17 CLUBES MAIS VALIOSOS DO BRASIL

FINANÇAS DOS CLUBES BRASILEIROS E VALOR DAS MARCAS DOS 17 CLUBES MAIS VALIOSOS DO BRASIL FINANÇAS DOS CLUBES BRASILEIROS E VALOR DAS MARCAS DOS 17 CLUBES MAIS VALIOSOS DO BRASIL edição 2012 Sumário Prefácio 5 Finanças dos clubes brasileiros 6 Receita total e 7 receita sem transferências de

Leia mais

SERVIÇO DE APOIO AO INVESTIDOR

SERVIÇO DE APOIO AO INVESTIDOR SERVIÇO DE APOIO AO INVESTIDOR GUIA PROCEDIMENTOS ADMINISTRATIVOS DO ESTADO DO PARANÁ Brazil4Business GUIA PROCEDIMENTOS ADMINISTRATIVOS 2 PROCEDIMENTOS ADMINISTRATIVOS PARANÁ 1 SERVIÇO DE APOIO AO INVESTIDOR

Leia mais

Sublimites estaduais de enquadramento para. Nacional 2012/2013. Vamos acabar com essa ideia

Sublimites estaduais de enquadramento para. Nacional 2012/2013. Vamos acabar com essa ideia Sublimites estaduais de enquadramento para o ICMS no Simples Nacional 2012/2013 Vamos acabar com essa ideia 4 CNI APRESENTAÇÃO Os benefícios do Simples Nacional precisam alcançar todas as micro e pequenas

Leia mais

Projetos Culturais, Esportivos e Sociais: como aproveitar melhor os incentivos fiscais

Projetos Culturais, Esportivos e Sociais: como aproveitar melhor os incentivos fiscais A B B C Projetos Culturais, Esportivos e Sociais: como aproveitar melhor os incentivos fiscais MARCELO DE AGUIAR COIMBRA Graduado e Mestre em Direito pela USP/Doutorando pela Universidade de Colônia, Alemanha.

Leia mais

Um olhar especial para dentro de sua empresa

Um olhar especial para dentro de sua empresa Entrevista 02 Um olhar especial para dentro de sua empresa Dar um passo para trás para andar mais dois à frente. Assim Marcelo Luiz Gomes, do escritório da HLB Audilink de São Paulo, define a análise econômico-financeira

Leia mais

PORTFÓLIO INSTITUCIONAL GRUPO ASSETS - 2013 2014. Apresentação

PORTFÓLIO INSTITUCIONAL GRUPO ASSETS - 2013 2014. Apresentação 2013 2014 PORTFÓLIO INSTITUCIONAL GRUPO ASSETS - 2013 2014 Apresentação Assets Contadores e Consultores Associados, fundada ano 2000, é uma empresa jovem e totalmente dinâmica, que busca sempre o melhor

Leia mais

Consultoria Fiscal e Tributária

Consultoria Fiscal e Tributária Consultoria Fiscal e Tributária A precária legislação fiscal para o segmento logístico e o complexo sistema tributário nacional para os demais segmentos, faz da consultoria especializada uma ferramenta

Leia mais

B O R N 2 A D V I S E ADVANCED CONSULTING

B O R N 2 A D V I S E ADVANCED CONSULTING B O R N 2 A D V I S E ADVANCED CONSULTING A B2A A Born to Advise, Lda. surge como player privilegiado, pela equipa que incorpora, na área da prestação de serviços de assessoria financeira, contabilística

Leia mais

O QUE FAZEMOS? Mais do que financiar empresas ajudamos a transformar grandes ideias em negócios ainda mais rentáveis, oferecendo crédito sustentável.

O QUE FAZEMOS? Mais do que financiar empresas ajudamos a transformar grandes ideias em negócios ainda mais rentáveis, oferecendo crédito sustentável. INOVAR PARA CRESCER O QUE FAZEMOS? Mais do que financiar empresas ajudamos a transformar grandes ideias em negócios ainda mais rentáveis, oferecendo crédito sustentável. Além disso, damos todo suporte

Leia mais

1 - Por que a empresa precisa organizar e manter sua contabilidade?

1 - Por que a empresa precisa organizar e manter sua contabilidade? Nas atividades empresariais, a área financeira assume, a cada dia, funções mais amplas de coordenação entre o operacional e as expectativas dos acionistas na busca de resultados com os menores riscos.

Leia mais

Anteprojeto de Lei Geral das Micro e Pequenas Empresas

Anteprojeto de Lei Geral das Micro e Pequenas Empresas Avanços e Pontos para Reflexão Renato da Fonseca Secretário-Executivo do Conselho da Micro e Pequena Empresa da Confederação Nacional da Indústria Pontos para reflexão Por que devemos criar um regime especial

Leia mais

Assistência Jurídica para a Construção de um Mundo dos Negócios Novo e Sustentável

Assistência Jurídica para a Construção de um Mundo dos Negócios Novo e Sustentável Assistência Jurídica para a Construção de um Mundo dos Negócios Novo e Sustentável Quem Somos Somos uma sociedade de advogados dedicada à assistência e orientação jurídica as empresas nacionais e estrangeiras.

Leia mais

COMPRA. certa. Treinamento para o profissional de compras. Tributação e seus impactos na rentabilidade. www.contento.com.br

COMPRA. certa. Treinamento para o profissional de compras. Tributação e seus impactos na rentabilidade. www.contento.com.br COMPRA certa Treinamento para o profissional de compras www.contento.com.br 503117 Tributação e seus impactos na rentabilidade editorial Calculando a rentabilidade Gerir uma farmácia requer conhecimentos

Leia mais

ASPECTOS IMPORTANTES SOBRE OS IMPOSTOS NA ELABORAÇÃO DE UM PROJETO

ASPECTOS IMPORTANTES SOBRE OS IMPOSTOS NA ELABORAÇÃO DE UM PROJETO ASPECTOS IMPORTANTES SOBRE OS IMPOSTOS NA! O que é Lucro Real?! O que é Lucro Presumido?! Como é calculada a tributação pelo SIMPLES?! Qual o regime tributável mais vantajoso para a elaboração de um projeto?!

Leia mais

Apresentação. Quem Somos

Apresentação. Quem Somos Apresentação Quem Somos A UAI Tecnologia e Comunicação, nome fantasia da UAI Software LTDA., (que significa "Unidade de Apoio à Informação do Software") foi fundada em 19 de Março de 2004, por Luiz Gustavo

Leia mais

I - O Escritório... 3. II - Áreas de Atuação... 4. III - Valores Básicos... 4. 3.1. Missão... 4. 3.2. Política de Qualidade... 5

I - O Escritório... 3. II - Áreas de Atuação... 4. III - Valores Básicos... 4. 3.1. Missão... 4. 3.2. Política de Qualidade... 5 PORTIFÓLIO Av. Graça Aranha, n.º 226, Grupo 1.206/1207, Centro, Rio de Janeiro, RJ. CEP 20.030-001 Tel/Fax: (55 21) 3529-3040 www.msprj.adv.br E-mail: simor@msprj.adv.br CNPJ nº 14.665.126/0001-90 Inscrição

Leia mais

Plano de negócio. Conceitos, Importância e estrutura Aula 6

Plano de negócio. Conceitos, Importância e estrutura Aula 6 Plano de negócio Conceitos, Importância e estrutura Aula 6 Estrutura do plano de negócio Capa Sumário 1. Sumário executivo 2. Analise estratégica 3. Descrição da empresa 4. Produtos e serviços 5. Plano

Leia mais

MBA EM GESTÃO FINANCEIRA: CONTROLADORIA E AUDITORIA Curso de Especialização Pós-Graduação lato sensu

MBA EM GESTÃO FINANCEIRA: CONTROLADORIA E AUDITORIA Curso de Especialização Pós-Graduação lato sensu MBA EM GESTÃO FINANCEIRA: CONTROLADORIA E AUDITORIA Curso de Especialização Pós-Graduação lato sensu Coordenação Acadêmica: Prof. José Carlos Abreu, Dr. 1 OBJETIVO: Objetivos Gerais: Atualizar e aprofundar

Leia mais

Banco Santander (Brasil) S.A.

Banco Santander (Brasil) S.A. Banco Santander (Brasil) S.A. Resultados em BR GAAP 4T14 3 de Fevereiro de 2015 INFORMAÇÃO 2 Esta apresentação pode conter certas declarações prospectivas e informações relativas ao Banco Santander (Brasil)

Leia mais

Incentivos fiscais para a manutenção. da competitividade das indústrias mineiras

Incentivos fiscais para a manutenção. da competitividade das indústrias mineiras Incentivos fiscais para a manutenção da competitividade das indústrias mineiras Histórico do APL Eletroeletrônico de Santa Rita do Sapucaí A pequena cidade de Santa Rita do Sapucaí, no sul de Minas Gerais,

Leia mais

GR SOLUÇÕES EMPRESARIAIS IMPULSIONANDO A COMPETITIVIDADE DE SUA EMPRESA

GR SOLUÇÕES EMPRESARIAIS IMPULSIONANDO A COMPETITIVIDADE DE SUA EMPRESA Quem Somos: A GR Soluções Empresarias é uma empresa provedora de soluções corporativas e serviços personalizados em Advocacia, Contabilidade e Tecnologia da Informação, orientada pelos interesses das empresas

Leia mais

Reforma Tributária Contribuições de um Contador, Objetivando Melhoria de Prestação de Contas

Reforma Tributária Contribuições de um Contador, Objetivando Melhoria de Prestação de Contas Reforma Tributária Contribuições de um Contador, Objetivando Melhoria de Prestação de Contas Autor: Charles B. Holland, Contador, Conselheiro do CRC-SP, Sócio Diretor da Holland Consulting, Coordenador

Leia mais

Cultura: sempre um bom investimento

Cultura: sempre um bom investimento Especial 02 Cultura: sempre um bom investimento A Lei Rouanet instituiu o Programa Nacional de Apoio à Cultura - Pronac, cuja finalidade é a captação e canalização de recursos para os projetos culturais.

Leia mais

Guia para Pré-Proposta FUMDEC Macaé

Guia para Pré-Proposta FUMDEC Macaé Guia para Pré-Proposta FUMDEC Macaé 1. Objetivo O presente guia tem como objetivo orientar o empreendedor a como preencher o Formulário de Pré-proposta para financiamento, item fundamental para início

Leia mais

Uma agenda tributária para o Brasil. Fóruns Estadão Brasil Competitivo Bernard Appy Maio de 2014

Uma agenda tributária para o Brasil. Fóruns Estadão Brasil Competitivo Bernard Appy Maio de 2014 Uma agenda tributária para o Brasil Fóruns Estadão Brasil Competitivo Bernard Appy Maio de 2014 Sumário Introdução Problemas do sistema tributário brasileiro Sugestões de aperfeiçoamento 2 Sumário Introdução

Leia mais

Mazars: Apresentação Institucional

Mazars: Apresentação Institucional Mazars: Apresentação Institucional Mazars, no Mundo Integrada, Independente, Internacional. A MAZARS é uma organização integrada, independente e internacional, especializada em auditoria, terceirização

Leia mais

Abril Maio 2012 N 177. Petrobras, novo cliente da AUDILINK especial. O que diz. a MP 563/2012 economia fiscal

Abril Maio 2012 N 177. Petrobras, novo cliente da AUDILINK especial. O que diz. a MP 563/2012 economia fiscal Abril Maio 2012 N 177 Petrobras, novo cliente da AUDILINK especial O que diz a MP 563/2012 economia fiscal 6 Institucional Alcance Mundial para atendimento local Brasília TEL.: (61) 3321.5481 brasilia@audilink.com.br

Leia mais

MARGEM DE CONTRIBUIÇÃO: QUANTO SOBRA PARA SUA EMPRESA?

MARGEM DE CONTRIBUIÇÃO: QUANTO SOBRA PARA SUA EMPRESA? MARGEM DE CONTRIBUIÇÃO: QUANTO SOBRA PARA SUA EMPRESA? Que nome estranho! O que é isso? Essa expressão, Margem de Contribuição, pode soar estranha aos ouvidos, mas entender o que significa ajudará muito

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO GESTÃO ESTRATÉGICA DE FINANÇAS 1 JUSTIFICATIVA

PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO GESTÃO ESTRATÉGICA DE FINANÇAS 1 JUSTIFICATIVA PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO GESTÃO ESTRATÉGICA DE FINANÇAS 1 JUSTIFICATIVA A atividade empresarial requer a utilização de recursos financeiros, os quais são obtidos na forma de crédito e de

Leia mais

MICRO E PEQUENAS EMPRESAS SEGMENTOS DE ASSOCIADOS

MICRO E PEQUENAS EMPRESAS SEGMENTOS DE ASSOCIADOS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS SEGMENTOS DE ASSOCIADOS Joel Queiroz 1 COOPERATIVAS DE CRÉDITO INSTRUMENTO DE ORGANIZAÇÃO ECONÔMICA Associação voluntária de pessoas para satisfação de necessidades econômicas,

Leia mais

PESQUISA DE PREÇOS E SERVIÇOS PRATICADOS PELAS ORGANIZAÇÕES CONTÁBEIS DO ESTADO DE SÃO PAULO JULHO 2010

PESQUISA DE PREÇOS E SERVIÇOS PRATICADOS PELAS ORGANIZAÇÕES CONTÁBEIS DO ESTADO DE SÃO PAULO JULHO 2010 PESQUISA DE PREÇOS E SERVIÇOS PRATICADOS PELAS ORGANIZAÇÕES CONTÁBEIS DO ESTADO DE SÃO PAULO JULHO 2010 Pesquisa de Preços e Serviços praticados pelas Organizações Contábeis do Estado de São Paulo A B

Leia mais

Banco Público Federal com Departamento Especializado em Microcrédito

Banco Público Federal com Departamento Especializado em Microcrédito Banco Público Federal com Departamento Especializado em Microcrédito CREDIAMIGO - A experiência de Microfinanças do Banco do Nordeste II Encontro Internacional sobre regulação e supervisão em Microfinanças

Leia mais

PROGRAMA BOM NEGÓCIO PARANÁ- APOIO AO EMPREENDEDORISMO AVALIAÇÃO DO NÚCLEO MARINGÁ

PROGRAMA BOM NEGÓCIO PARANÁ- APOIO AO EMPREENDEDORISMO AVALIAÇÃO DO NÚCLEO MARINGÁ PROGRAMA BOM NEGÓCIO PARANÁ- APOIO AO EMPREENDEDORISMO AVALIAÇÃO DO NÚCLEO MARINGÁ AREA TEMÁTICA: TRABALHO LAIS SILVA SANTOS 1 CARLOS VINICIUS RODRIGUES 2 MARCELO FARID PEREIRA 3 NEUZA CORTE DE OLIVEIRA

Leia mais

ANEXO I FICHA DE INSCRIÇÃO

ANEXO I FICHA DE INSCRIÇÃO ANEXO I FICHA DE INSCRIÇÃO CATEGORIAS TÉCNICO TECNÓLOGO TEMAS LIVRE INCLUSÃO SOCIAL COOPERATIVISMO 1. DADOS DA INSTITUIÇÃO 1.1 Nome da Instituição 1.2 Nome do Reitor(a)/Diretor(a)-Geral/Diretor(a) 1.3

Leia mais

A D V O G A D O S. Apresentação

A D V O G A D O S. Apresentação Apresentação O Escritório de Advocacia Gomes e Mello Frota Advogados destaca-se no meio jurídico como uma forte referência em função da equipe que o compõe, e da respeitabilidade que a mesma possui. Este

Leia mais

GOVERNANÇA CORPORATIVA CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO CONSELHO CONSULTIVO

GOVERNANÇA CORPORATIVA CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO CONSELHO CONSULTIVO GOVERNANÇA CORPORATIVA CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO CONSELHO CONSULTIVO O QUE É GOVERNANÇA CORPORATIVA? Conselho de Família GOVERNANÇA SÓCIOS Auditoria Independente Conselho de Administração Conselho Fiscal

Leia mais

AGENDA SEBRAE OFICINAS CURSOS PALESTRAS JUNHO A DEZEMBRO - 2015 GOIÂNIA. Especialistas em pequenos negócios. / 0800 570 0800 / sebraego.com.

AGENDA SEBRAE OFICINAS CURSOS PALESTRAS JUNHO A DEZEMBRO - 2015 GOIÂNIA. Especialistas em pequenos negócios. / 0800 570 0800 / sebraego.com. AGENDA SEBRAE OFICINAS CURSOS PALESTRAS JUNHO A DEZEMBRO - 2015 GOIÂNIA Especialistas em pequenos negócios. / 0800 570 0800 / sebraego.com.br COM O SEBRAE, O SEU NEGÓCIO VAI! O Sebrae Goiás preparou diversas

Leia mais

PLANO DE NEGÓCIOS CASTELO BRANCO CONSULTORIA E ASSESSORIA CONTÁBIL LTDA

PLANO DE NEGÓCIOS CASTELO BRANCO CONSULTORIA E ASSESSORIA CONTÁBIL LTDA Felipe Pedroso Castelo Branco Cassemiro Martins PLANO DE NEGÓCIOS CASTELO BRANCO CONSULTORIA E ASSESSORIA CONTÁBIL LTDA Belo Horizonte 2011 Felipe Pedroso Castelo Branco Cassemiro Martins PLANO DE NEGÓCIOS

Leia mais

Por que abrir o capital?

Por que abrir o capital? Por que abrir capital? Por que abrir o capital? Vantagens e desafios de abrir o capital Roberto Faldini Fortaleza - Agosto de 2015 - PERFIL ABRASCA Associação Brasileira de Companhias Abertas associação

Leia mais

FACULDADE CIDADE VERDE CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM CONTABILIDADE E CONTROLADORIA TURMA 2009

FACULDADE CIDADE VERDE CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM CONTABILIDADE E CONTROLADORIA TURMA 2009 FACULDADE CIDADE VERDE CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM CONTABILIDADE E CONTROLADORIA TURMA 2009 RELATÓRIO DE PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO: UM ESTUDO DE CASO EM EMPRESA QUE ATUA NO RAMO DE SITUADA NO MUNICÍPIO DE

Leia mais

ARQUITETURA TRIBUTÁRIA DA LOGÍSTICA NO BRASIL DESAFIOS E OPORTUNIDADES. Alessandro Dessimoni

ARQUITETURA TRIBUTÁRIA DA LOGÍSTICA NO BRASIL DESAFIOS E OPORTUNIDADES. Alessandro Dessimoni ARQUITETURA TRIBUTÁRIA DA LOGÍSTICA NO BRASIL DESAFIOS E OPORTUNIDADES Alessandro Dessimoni Temas abordados 1. CENÁRIO ATUAL DA TRIBUTAÇÃO NO BRASIL; 2. ENTRAVES E PROBLEMAS DO SISTEMA TRIBUTÁRIO RELACIONADOS

Leia mais

Amortização de ágio ou deságio somente influenciará o resultado quando da alienação do investimento

Amortização de ágio ou deságio somente influenciará o resultado quando da alienação do investimento Conheça o tratamento fiscal aplicável ao ágio e ao deságio apurados na aquisição dos investimentos avaliados pelo Método de Equivalência Patrimonial - MEP AVALIAÇÃO DE INVESTIMENTOS - Ágio ou Deságio na

Leia mais

Terceirização e plano Brasil Maior são destaques em palestras na Câmara 18/08/2011

Terceirização e plano Brasil Maior são destaques em palestras na Câmara 18/08/2011 Terceirização e plano Brasil Maior são destaques em palestras na Câmara 18/08/2011 A oitava reunião mensal do ano da Comissão Trabalhista e de Gestão Empresarial superou as expectativas. 50 representantes

Leia mais

A evolução do uso dos incentivos fiscais à inovação tecnológica

A evolução do uso dos incentivos fiscais à inovação tecnológica Radar Inovação - Março de 2010 A evolução do uso dos incentivos fiscais à inovação tecnológica Bruna Soly, Carina Leão, Manuela Soares e Pollyana Souza A EVOLUÇÃO DO USO DOS INCENTIVOS FISCAIS À INOVAÇÃO

Leia mais

A Sombra do Imposto. Propostas para um sistema de impostos mais simples e justo Simplifica Já

A Sombra do Imposto. Propostas para um sistema de impostos mais simples e justo Simplifica Já A Sombra do Imposto Propostas para um sistema de impostos mais simples e justo Simplifica Já Expediente A Sombra do Imposto Cartilha produzida pelo Sistema Fiep (Federação das Indústrias do Estado do Paraná).

Leia mais

Recife (PE) Maio 2014

Recife (PE) Maio 2014 Recife (PE) Maio 2014 ASPECTOS CONSTITUCIONAIS Art. 170 A ordem econômica... tem por fim... existência digna, conforme os ditames da justiça social... observados os seguintes princípios:... VII - redução

Leia mais

Os fatos atropelam os prognósticos. O difícil ano de 2015. Reunião CIC FIEMG Econ. Ieda Vasconcelos Fevereiro/2015

Os fatos atropelam os prognósticos. O difícil ano de 2015. Reunião CIC FIEMG Econ. Ieda Vasconcelos Fevereiro/2015 Os fatos atropelam os prognósticos. O difícil ano de 2015 Reunião CIC FIEMG Econ. Ieda Vasconcelos Fevereiro/2015 O cenário econômico nacional em 2014 A inflação foi superior ao centro da meta pelo quinto

Leia mais

Escritório Modelo da Faculdade de Diadema

Escritório Modelo da Faculdade de Diadema Escritório Modelo da Faculdade de Diadema Profª. Vânia Amaro Gomes Coordenação de Curso DIADEMA, 2015 Introdução Atualmente há uma grande dificuldade dos alunos egressos das Faculdades em obter emprego

Leia mais

O ECONOMISTA Fundamental em qualquer empresa por quê?

O ECONOMISTA Fundamental em qualquer empresa por quê? O profissional mais estratégico que a empresa precisa ter: O ECONOMISTA Fundamental em qualquer empresa por quê? Diagnostica. Avalia. Cria. Planeja. Resolve. O Economista é um profissional imprescindível

Leia mais

EM PAUTA O QUE É PRECISO FAZER PARA VIABILIZAR O ACESSO DE PEQUENAS & MÉDIAS EMPRESAS AO MERCADO DE CAPITAIS NO BRASIL?

EM PAUTA O QUE É PRECISO FAZER PARA VIABILIZAR O ACESSO DE PEQUENAS & MÉDIAS EMPRESAS AO MERCADO DE CAPITAIS NO BRASIL? O QUE É PRECISO FAZER PARA VIABILIZAR O ACESSO DE PEQUENAS & MÉDIAS EMPRESAS AO MERCADO DE CAPITAIS NO BRASIL? 8 REVISTA RI Setembro 2013 É o mercado de capitais brasileiro que precisa das pequenas e médias

Leia mais

Forma de coleta e período. Apresentação dos dados. Realização FSB Pesquisa.

Forma de coleta e período. Apresentação dos dados. Realização FSB Pesquisa. Forma de coleta e período Nesta pesquisa exploratória, as entrevistas foram pessoais e telefônicas, tendo sido realizadas entre 25 de novembro de 2014 e 10 de abril de 2015. As entrevistas com os líderes

Leia mais

Entendendo custos, despesas e preço de venda

Entendendo custos, despesas e preço de venda Demonstrativo de Resultados O empresário e gestor da pequena empresa, mais do que nunca, precisa dedicar-se ao uso de técnicas e instrumentos adequados de gestão financeira, para mapear a situação do empreendimento

Leia mais