A multimídia para ambiente Windows foi desenvolvida a poucos anos atrás e hoje é lugar comum, nesta seção discutimos alguns itens genéricos.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "A multimídia para ambiente Windows foi desenvolvida a poucos anos atrás e hoje é lugar comum, nesta seção discutimos alguns itens genéricos."

Transcrição

1 MULTIMÍDIA Capítulo 8 Neste capítulo apresentaremos alguns elementos de multimídia, tais como: sons e vídeos e também como utilizar os recursos usando o controle de multimídia do ambiente Delphi. O Delphi encapsula uma grande parte da funcionalidade do Media Control Interface (MCI) do Windows, facilitando assim o uso de elementos multimídia na aplicações. EXPLORANDO A MULTIMÍDIA A multimídia para ambiente Windows foi desenvolvida a poucos anos atrás e hoje é lugar comum, nesta seção discutimos alguns itens genéricos. Multimídia é um termo genérico que se refere a quase toda animação, som ou vídeo no computador. Os principais recursos envolvidos são: Exibição de filmes via Microsoft Video for Windows, que utiliza arquivos.avi. Execução de musicas via MIDI ou arquivos.wav. Os arquivos MIDI são produzidos através do Musical Instruments Digital Interface (MIDI) e os arquivos.wav armazenam sons criados através da tecnologia WAVE da Microsoft. O COMPONENTE TMEDIAPLAYER O componente TMediaPlayer permite que uma aplicação tenha controle sobre dispositivos tais como: CD Player, Vídeo, Áudio e Sequenciadores MIDI. CRIANDO UM MEDIAPLAYER TRIVIAL 1 - Crie um novo Projeto 2 - Adicione ao form principal os componentes TMediaPlayer, TOpenDialog e 2 TBitButton, de acordo com a figura a seguir: Delphi Pag. 115

2 3 - Codifique o evento OnClick do botão OK de acordo com o código abaixo: Procedure TForm1.BitBtn1Click(Sender: TObject); If OpenDialog1.Execute then With MediaPlayer1 do FileName := OpenDialog1.FileName; Open; Este evento abrirá uma caixa de diálogo, uma vez escolhido o arquivo(através da propriedade FileName) ele será executado pelo MediaPlayer. O método Open de TMediaPlayer executa o arquivo multimídia. 4 - Para escolher o tipo de arquivo que será exibido na janela OpenDialog. Deve-se selecionar a propriedade Filters, clicar no botão reticências à direita da propriedade. Será exibido o Filter Editor, preencha os campos de acordo com afigura abaixo: Delphi Pag. 116

3 5 - Salve seu projeto e execute-o. USANDO ARQUIVOS.WAV NOS PROGRAMAS Os arquivos WAV tornaram-se um padrão de arquivos de áudio no ambiente Windows. Os arquivos WAV armazenam o sob forma binária que lembram uma função de onda O componente TMediaPlayer permite que integrem sons facilmente aos programas. Porém, se desejar apenas executar um arquivo WAV no programa não é necessário utilizar o componente TMediaPlayer, deve-se usa a API sndplaysound( ) que está declarada na unit MMSystem, veja o código abaixo: Function sndplaysound(lpzsoundname: Pchar; uflags: Word): Bool; A função sndpaysound( ) é capaz de executar um som a partir de um arquivo, memória ou qualquer outro recurso associado ao programa sndplaysound( ). Esta função possui dois parâmetros, o primeiro lpzsoundname é uma variável tipo PChar que representa um arquivo, ou item de seção [sounds] do arquivo WIN.INI ou ainda um ponteiro para um arquivo WAV localizado em memória. O segundo parâmetro uflags contém flags que descrevem como o som será executado. O valor de um flag pode ser: Flag Descrição Snd_Async Executa um som a.ssincronamente, usado para sons de background Snd_Loop Executa um som repetidas vezes. Snd_Assync deve ser especificado para usar esta flag. Snd_Memory Executa um WAV que está lovcalizado na memória, o arquivo é apontado pelo primeiro parâmetro de sndplaysound. Snd_NoDefault Se o arquivo não for encontrado, sndplaysound( ) não retorna nenhum som,mesmo que exista um som default o arquivo WIN.INI Snd_NoStop Executa umsom somente se ele não esta em execução. sndplaysound( ) retorna true se o som foi executado e false em caso contrário. Snd_Sync Executa som sincronamente, o controle só retorna a função após o término da execução do arquivo sonoro. Delphi Pag. 117

4 NOTA Para finalizar a execução de um som assíncrono, deve-se chamar sndplaysound() e passar o Nil como valor de lpzsoundname. EXECUÇÃO DE VÍDEOS AVI (Audio-Video Interleave) é um formato usado para armazenar som e imagem simultaneamente. Para exibir um vídeo deve-se rodar o programa do exercício anterior e selecionar um arquivo.avi. EXECUÇÃO DE FRAMES Pode-se exibir o primeiro frame de um arquivo AVI numa janela antes de executar o arquivo. Para fazê-lo logo após a abertura de TMediaPlayer, deve-se configurar a propriedade Frames com o valor 1 e depois, fazer uma chamada ao método Step( ). A propriedade Frames informa ao componente TMediaPlayer o número de frames que serão movimentados quando os métodos Step( ) ou Back( ) forem chamados. Veja um exemplo no código abaixo: Procedure TForm1.BitBtn1Click(Sender: TObject); If OpenDialog1.Execute then With MediaPlayer1 do FileName := OpenDialog1.FileName; Open; Frames := 1; Notify := True; EXERCÍCIO A PROPRIEDADE DISPLAY É possível atribuir um valor a propriedade Display de TMediaPlayer, Assim um AVI pode ser executado numa janela específica, ao invés de criar sus própria janela. 1 Abra o projeto do exercício anterior. 2 Selecione a propriedade Display do componente TMediaPlayer1, observe que todos os componentes deste projeto aparecem na ListBox, por fim, selecione o componente Panel1. 3 Salve seu novo projeto Delphi Pag. 118

5 4 Execute seu programa. Observe que ao executar o programa e selecionar o arquivo.avi, a saída de AVI se dará apenas no painel e não em toda a janela. A PROPRIEDADE DISPLAYRECT A propriedade DisplayRect é do tipo TRect e determina o tamanho da janela onde o AVI será exibido. Usa-se esta propriedade para aumentar ou reduzir esta área, por exemplo, para o AVI ocupar toda a área do Painel: MediaPlayer1.DisplayRect :=Rect(0,0,Panel1.Width,Panel1.Height); 6 Altere o evento OnClick de acordo com o código abaixo: Procedure TForm1.BitBtn1Click(Sender: TObject); If OpenDialog1.Execute then With MediaPlayer1 do FileName := OpenDialog1.FileName; Open; DisplayRect :=Rect(0,0,Panel1.Width,Panel1.Height); EVENTOS DE TMEDIAPLAYER TMediaPlayer possui dois eventos: OnPostClick OnNotify O evento OnPostClick é idêntico ao evento OnClick, exceto por uma pequena característica: OnClick ocorre assim que o componente é clicado. O evento OnPostClick só é executado após o acontecimento de uma ação causado por um click. Por exemplo, ao clicar o botão play de um TMediaPlayer em runtime, o evento OnClick é gerado, enquanto que o OnPostClick ocorre após o dispositivo ser desativado. O evento OnNotify só executado quando um método de controle de dispositivo TMediaPlayer é finalizado, como por exemplo: Back, Close, Eject, Next, Open, Pause, Resume, Rewind, Stop. A propriedade Notify de TMediaPlayer deve esta como o valor True. 7 - Para exemplificar o funcionamento de OnNotify, crie o código abaixo para evento OnNotify do seu projeto. Procedure TForm1.MediaPlayer1Sender: TObject); Delphi Pag. 119

6 MessageDlg('Método executado!', mtinformation,[mbok],0); Não esqueça de configurar a propriedade Notify para True no evento OnClick do BitButton1. Veja o código abaixo: Procedure TForm1.BitBtn1Click(Sender: TObject); If OpenDialog1.Execute then With MediaPlayer1 do FileName := OpenDialog1.FileName; Open; DisplayRect :=Rect(0,0,Panel1.Width,Panel1.Height); Notify := True; 8 Salve seu projeto, execute-o. 9 Fim do exercício. SPLASH SCREENS Observe que ao carregar alguns programas, como por exemplo, Delphi. Excel, Word, etc. Uma tela é exibida durante o processo de carga, esta tela é chamada Splash Screen. Ela é amplamente utilizada em programa que usam amplos recursos do ambiente, por este processo ser lento este intervalo de tempo pode causar desconforto ao usuário (principalmente o inexperiente). Para evitar este transtorno, deve-se criar uma Splash Screen para o aplicativo, que será exibida durante sua carga. A primeira etapa na criação de uma Splash Screen é criar um form, geralmente o form contém um painel, alguns labels e uma Imagem. Agora vamos criar uma Splash Screen 10 - Crie um novo Form de acordo com a figura abaixo; Delphi Pag. 120

7 Configure as propriedade do Form de acordo com a tabela abaixo; Componente Propriedade Valor Form Name SplasScreen Form BorderStyle bsnone Image Picture Use um.bmp qualquer Image Transparent True Label1 Caption Multimidia Player Label2 Caption Versão 1.0 Label1 e 2 Transparent True 11 - Codifique o projeto splash de acordo com o código abaixo: SplashScreen := TSplashScreen.Create(Application); SplashScreen.Show; SplashScreen.BorderStyle := bsnone; Try //O arquivo de som está no disco do instrutor SndPlaySound('e isso ai.wav',snd_async); except Delay(3000); SplashScreen.Update; SplashScreen.Close; End. PS. Não esqueça de declarar procedure Delay na implementation de acordo com o código abaixo: procedure delay (ms : longint); var TheTime : LongInt; TheTime := GetTickCount + ms; while GetTickCount < TheTime do Application.ProcessMessages; 12- Codifique o evento OnActive para o form de Splash de acordo com o código abaixo. procedure TSplashScreen.FormActivate(Sender: TObject); SplashScreen.brush.Style := bsclear; 13 Inclua a unit MMSystem na cláusula uses de sua unit. 14 Salve o projeto 15 - Execute seu programa Delphi Pag. 121

8 NOTA A Splash Screen deve ser criada e exibida na seção Initialization da Unit. Lembre-se, a seção Initialization das units são executadas antes do bloco do programa principal do arquivo.dpr. Delphi Pag. 122

ETEC DR. EMÍLIO HENRNANDEZ AGUILAR PROGRAMAÇÃO DE COMPUTADORES I PROFESSOR RAFAEL BARRETO

ETEC DR. EMÍLIO HENRNANDEZ AGUILAR PROGRAMAÇÃO DE COMPUTADORES I PROFESSOR RAFAEL BARRETO ETEC DR. EMÍLIO HENRNANDEZ AGUILAR PROGRAMAÇÃO DE COMPUTADORES I PROFESSOR RAFAEL BARRETO DELPHI - UTILIZANDO OPENDIALOG PARA ARMAZENAR IMAGENS EM BANCO DE DADOS Criaremos uma solução simples para criar

Leia mais

Usando o evento OnFilterRecord para filtrar ClientDataSets

Usando o evento OnFilterRecord para filtrar ClientDataSets Usando o evento OnFilterRecord para filtrar ClientDataSets O objetivo mais importante no desenvolvimento de um programa é fornecer ao cliente maior liberdade para usar as interfaces e ao mesmo tempo tornar

Leia mais

AMBIENTE. FORMULÁRIO: é a janela do aplicativo apresentada ao usuário. Considere o formulário como a sua prancheta de trabalho.

AMBIENTE. FORMULÁRIO: é a janela do aplicativo apresentada ao usuário. Considere o formulário como a sua prancheta de trabalho. DELPHI BÁSICO VANTAGENS Ambiente de desenvolvimento fácil de usar; 1. Grande Biblioteca de Componentes Visuais (VCL - Visual Component Library), que são botões, campos, gráficos, caixas de diálogo e acesso

Leia mais

Display de 7. PdP. Autor: Tiago Lone Nível: Básico Criação: 16/12/2005 Última versão: 18/12/2006. Pesquisa e Desenvolvimento de Produtos

Display de 7. PdP. Autor: Tiago Lone Nível: Básico Criação: 16/12/2005 Última versão: 18/12/2006. Pesquisa e Desenvolvimento de Produtos TUTORIAL Display de 7 Segmentos Autor: Tiago Lone Nível: Básico Criação: 16/12/2005 Última versão: 18/12/2006 PdP Pesquisa e Desenvolvimento de Produtos http://www.maxwellbohr.com.br contato@maxwellbohr.com.br

Leia mais

Tutorial de Computação Introdução a Programação Gráfica em Lazarus Para MEC 1100 v2010.10

Tutorial de Computação Introdução a Programação Gráfica em Lazarus Para MEC 1100 v2010.10 Tutorial de Computação Introdução a Programação Gráfica em Lazarus Para MEC 1100 v2010.10 Linha de Equipamentos MEC Desenvolvidos por: Maxwell Bohr Instrumentação Eletrônica Ltda. Rua Porto Alegre, 212

Leia mais

Universidade Federal de Santa Maria UFSM Centro de Tecnologia CT. Power Point. Básico

Universidade Federal de Santa Maria UFSM Centro de Tecnologia CT. Power Point. Básico Universidade Federal de Santa Maria UFSM Centro de Tecnologia CT Power Point Básico Santa Maria, julho de 2006 O Power Point é um aplicativo do Microsoft Office direcionado à criação de apresentações.

Leia mais

Índice. Tutorial para Desenvolvimento de Conduits em Delphi

Índice. Tutorial para Desenvolvimento de Conduits em Delphi Índice Índice...1 Desenvolvendo Conduits...2 (Passo a Passo)...2 Criando um Arquivo.mdb... 2 Arquivos...6 Instalando os componentes... 7 Recompilando os Comonentes do Delphi...13 Configurando a Conexão

Leia mais

Ela funciona de um jeito parecido com as mídia de RSS próprio: o sistema acessa o feed do twitter e exibe, na tela, os últimos tweets.

Ela funciona de um jeito parecido com as mídia de RSS próprio: o sistema acessa o feed do twitter e exibe, na tela, os últimos tweets. Mídia do Twitter Esta mídia serve para mostrar os últimos tweets de uma conta específica. É útil para estabelecimentos que usam com frequência o twitter e que desejam que seus clientes acompanhem isso

Leia mais

Tutorial de Computação Robô Bípede Programa de Controle em Delphi v2010.10

Tutorial de Computação Robô Bípede Programa de Controle em Delphi v2010.10 Tutorial de Computação Robô Bípede Programa de Controle em Delphi v2010.10 Linha de Equipamentos MEC Desenvolvidos por: Maxwell Bohr Instrumentação Eletrônica Ltda. Rua Porto Alegre, 212 Londrina PR Brasil

Leia mais

Entradas Digitais. PdP. Autores: Luís Fernando Patsko e Tiago Lone Nível: Intermediário Criação: 27/12/2005 Última versão: 18/12/2006

Entradas Digitais. PdP. Autores: Luís Fernando Patsko e Tiago Lone Nível: Intermediário Criação: 27/12/2005 Última versão: 18/12/2006 TUTORIAL Entradas Digitais Autores: Luís Fernando Patsko e Tiago Lone Nível: Intermediário Criação: 27/12/2005 Última versão: 18/12/2006 PdP Pesquisa e Desenvolvimento de Produtos http://www.maxwellbohr.com.br

Leia mais

Neste capítulo discutiremos o que é uma DLL, seus aspectos e tipos e ainda, porquê é tão importante para as aplicações Windows

Neste capítulo discutiremos o que é uma DLL, seus aspectos e tipos e ainda, porquê é tão importante para as aplicações Windows DINAMIC LINK LIBRARIES Capítulo 7 Neste capítulo discutiremos o que é uma DLL, seus aspectos e tipos e ainda, porquê é tão importante para as aplicações Windows O QUE É UMA DLL? Dinamic Link Libraries

Leia mais

4 Criação de macros e introdução à linguagem VBA

4 Criação de macros e introdução à linguagem VBA 4 Criação de macros e introdução à linguagem VBA Vinicius A. de Souza va.vinicius@gmail.com São José dos Campos, 2011. 1 Sumário Tópicos em Microsoft Excel 2007 Introdução à criação de macros...3 Gravação

Leia mais

Informática Aplicada. Aula 2 Windows Vista. Professora: Cintia Caetano

Informática Aplicada. Aula 2 Windows Vista. Professora: Cintia Caetano Informática Aplicada Aula 2 Windows Vista Professora: Cintia Caetano AMBIENTE WINDOWS O Microsoft Windows é um sistema operacional que possui aparência e apresentação aperfeiçoadas para que o trabalho

Leia mais

Tutorial de Computação PWM v2010.08

Tutorial de Computação PWM v2010.08 Tutorial de Computação PWM v2010.08 Linha de Equipamentos MEC Desenvolvidos por: Maxwell Bohr Instrumentação Eletrônica Ltda. Rua Porto Alegre, 212 Londrina PR Brasil http://www.maxwellbohr.com.br 1 Introdução

Leia mais

Projeto Supermercado - Produtos

Projeto Supermercado - Produtos OBJETIVO: Este projeto possibilitará fazer a manutenção dos dados da tabela de Produtos. Didaticamente, ele permite ao programador iniciante ter os primeiros contatos com os objetos de visualização individual

Leia mais

Arq = Freefile Open C:\Pasta\Arquivo.dat For Binary As #arq Abrir o arquivo binario. X = Seek(arq) Mostra a posição que está sendo lida no arquivo

Arq = Freefile Open C:\Pasta\Arquivo.dat For Binary As #arq Abrir o arquivo binario. X = Seek(arq) Mostra a posição que está sendo lida no arquivo 6.3 Arquivos Binários Para ler arquivos binários é utilizado o seguinte comando. Arq = Freefile Open C:\Pasta\Arquivo.dat For Binary As #arq Abrir o arquivo binario Get #arq, 1, CabArquivo Lê o arquivo

Leia mais

ETEC DR. EMÍLIO HENRNANDEZ AGUILAR PROGRAMAÇÃO DE COMPUTADORES II PROFESSOR RAFAEL BARRETO DELPHI FORMULÁRIO COM ABAS E BUSCAS DE REGISTROS

ETEC DR. EMÍLIO HENRNANDEZ AGUILAR PROGRAMAÇÃO DE COMPUTADORES II PROFESSOR RAFAEL BARRETO DELPHI FORMULÁRIO COM ABAS E BUSCAS DE REGISTROS ETEC DR. EMÍLIO HENRNANDEZ AGUILAR PROGRAMAÇÃO DE COMPUTADORES II PROFESSOR RAFAEL BARRETO DELPHI FORMULÁRIO COM ABAS E BUSCAS DE REGISTROS FORMULÁRIOS COM ABAS Trabalhar com abas (ou guias) é um recurso

Leia mais

QUESTÕES SOBRE WINDOWS 7

QUESTÕES SOBRE WINDOWS 7 Informática Windows 7 QUESTÕES SOBRE WINDOWS 7 1) Considerando a figura exibida acima, ao repousar o ponteiro do mouse sobre o ícone doword, aparecerão três miniaturas, representando arquivos desse programa

Leia mais

ETEC DR. EMÍLIO HENRNANDEZ AGUILAR PROGRAMAÇÃO DE COMPUTADORES II PROFESSOR RAFAEL BARRETO

ETEC DR. EMÍLIO HENRNANDEZ AGUILAR PROGRAMAÇÃO DE COMPUTADORES II PROFESSOR RAFAEL BARRETO ETEC DR. EMÍLIO HENRNANDEZ AGUILAR PROGRAMAÇÃO DE COMPUTADORES II PROFESSOR RAFAEL BARRETO DELPHI CRIANDO UMA AUTENTICAÇÃO DE USUÁRIO UTILIZANDO O COMPONENTE QUERY A autenticação de usuários serve para

Leia mais

O que é VBScript? (VBS)

O que é VBScript? (VBS) O que é VBScript? (VBS) O vbscript é uma versão "light" do Visual Basic destinada à Internet, possui várias limitações para que não seja criados problemas com segurança, através dele não é possível salvar

Leia mais

CADERNO DE QUESTÕES WINDOWS 8

CADERNO DE QUESTÕES WINDOWS 8 CADERNO DE QUESTÕES WINDOWS 8 1) No sistema operacional Microsoft Windows 8, uma forma rápida de acessar o botão liga/desliga é através do atalho: a) Windows + A. b) ALT + C. c) Windows + I. d) CTRL +

Leia mais

Framework InterLattes Construção de Módulos. Marcelo Domingos

Framework InterLattes Construção de Módulos. Marcelo Domingos Construção de Módulos Marcelo Domingos Sumário 1 INTRODUÇÃO... 3 2 PRÉ-REQUISITOS... 5 2.1 Perfil da equipe... 5 2.2 Infra-estrutura... 5 3 TECNOLOGIA... 6 4 AÇÕES E EVENTOS INTERLATTES... 12 4.1 Eventos

Leia mais

Índice: Nitgen do Brasil www.nitgen.com.br

Índice: Nitgen do Brasil www.nitgen.com.br Índice: CAPÍTULO 3. PROGRAMAÇÃO EM DELPHI...2 3.1 INICIALIZANDO E FECHANDO O MÓDULO...2 3.1.1 Inicializando o módulo...2 3.1.2 Fechar o módulo após o uso...2 3.2 RELACIONANDO OS SENSORES NA PROGRAMAÇÃO...2

Leia mais

Manual de Instalação do GRAVADOR DE DVD USB2.0

Manual de Instalação do GRAVADOR DE DVD USB2.0 Manual de Instalação do GRAVADOR DE DVD USB2.0 Conteúdo Versão2.1 Capítulo1 : Instalação do GRAVADOR DE 2 1.1 Conteúdo da Embalagem...2 1.2 Exigências do Sistema...2 1.3 Instalação do Hardware...2 Capítulo

Leia mais

Podemos agora ver no IDE do Morfik os objetos que já incorporamos ao nosso projeto :

Podemos agora ver no IDE do Morfik os objetos que já incorporamos ao nosso projeto : Podemos agora ver no IDE do Morfik os objetos que já incorporamos ao nosso projeto : O form Index A tabela Fotos A query Q_seleção_de_fotos Vide figura 46. Figura 46 O próximo passo é criar um form que

Leia mais

Primeiramente lemos a seguinte citação, copiada de Excel-Ajuda:

Primeiramente lemos a seguinte citação, copiada de Excel-Ajuda: 33 Capítulo 3 Procedimentos (macros) Primeiramente lemos a seguinte citação, copiada de Excel-Ajuda: O objetivo de uma macro é automatizar as tarefas usadas com mais freqüência. Embora algumas macros sejam

Leia mais

Informática - Básico. Paulo Serrano GTTEC/CCUEC-Unicamp

Informática - Básico. Paulo Serrano GTTEC/CCUEC-Unicamp Informática - Básico Paulo Serrano GTTEC/CCUEC-Unicamp Índice Apresentação...06 Quais são as características do Windows?...07 Instalando o Windows...08 Aspectos Básicos...09 O que há na tela do Windows...10

Leia mais

Banco de Dados Microsoft Access: Criar tabelas. Vitor Valerio de Souza Campos

Banco de Dados Microsoft Access: Criar tabelas. Vitor Valerio de Souza Campos Banco de Dados Microsoft Access: Criar tabelas Vitor Valerio de Souza Campos Objetivos do curso 1. Criar uma tabela no modo de exibição Folha de Dados. 2. Definir tipos de dados para os campos na tabela.

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO DOS PROGRAMAS NOVA GIA DECLARAÇÃO DO SIMPLES PARA WINDOWS VISTA

MANUAL DE INSTALAÇÃO DOS PROGRAMAS NOVA GIA DECLARAÇÃO DO SIMPLES PARA WINDOWS VISTA MANUAL DE INSTALAÇÃO DOS PROGRAMAS NOVA GIA E DECLARAÇÃO DO SIMPLES PARA WINDOWS VISTA Equipe Nova GIA Janeiro/2008 1 O Funcionamento do sistema operacional Windows Vista apresenta algumas diferenças com

Leia mais

Aula 2 Introdução ao Software Livre

Aula 2 Introdução ao Software Livre Aula 2 Introdução ao Software Livre Aprender a manipular o Painel de Controle no Linux e mostrar alguns softwares aplicativos. Ligando e desligando o computador através do sistema operacional Não é aconselhável

Leia mais

Listando itens em ComboBox e gravando os dados no Banco de Dados MySQL.

Listando itens em ComboBox e gravando os dados no Banco de Dados MySQL. Listando itens em ComboBox e gravando os dados no Banco de Dados MySQL. Prof. Vitor H. Migoto de Gouvêa Colégio IDESA 2012 Edição 7 Listando e Gravando Listando itens em ComboBox e gravando os dados no

Leia mais

END OF FILE: Tutorial Chat Em Delphi

END OF FILE: Tutorial Chat Em Delphi END OF FILE: Tutorial Chat Em Delphi fórum: http://offile.umforum.net site: http://fts315.xp3.biz autor: kõdo no kami (www.facebook.com/hacker.fts315) - skype: hackefts315 greetz: mmxm, sir.rafiki, suspeit0@virtual,

Leia mais

COMO DIGITALIZAR E FINALIZAR SEUS PROGRAMAS DE RÁDIO EM CD 1 Mariana Moura e Marcelo Berg

COMO DIGITALIZAR E FINALIZAR SEUS PROGRAMAS DE RÁDIO EM CD 1 Mariana Moura e Marcelo Berg COMO DIGITALIZAR E FINALIZAR SEUS PROGRAMAS DE RÁDIO EM CD 1 Mariana Moura e Marcelo Berg Para que possamos digitalizar nossos programas de rádio gravados em fita cassete, utilizaremos: - o próprio gravador

Leia mais

Memória Flash. PdP. Autor: Tiago Lone Nível: Básico Criação: 11/12/2005 Última versão: 18/12/2006. Pesquisa e Desenvolvimento de Produtos

Memória Flash. PdP. Autor: Tiago Lone Nível: Básico Criação: 11/12/2005 Última versão: 18/12/2006. Pesquisa e Desenvolvimento de Produtos TUTORIAL Memória Flash Autor: Tiago Lone Nível: Básico Criação: 11/12/2005 Última versão: 18/12/2006 PdP Pesquisa e Desenvolvimento de Produtos http://www.maxwellbohr.com.br contato@maxwellbohr.com.br

Leia mais

Acesso Remoto Intelbras Internet Explorer

Acesso Remoto Intelbras Internet Explorer Acesso Remoto Intelbras Internet Explorer 1. Abra o navegador de Internet e insira o endereço do DVR na linha Endereço. Por exemplo, se o IP do seu DVR for 10.10.10.1 e a porta HTTP for 8080, digite http://10.10.10.1:8080

Leia mais

SENAI São Lourenço do Oeste. Introdução à Informática. Adinan Southier Soares

SENAI São Lourenço do Oeste. Introdução à Informática. Adinan Southier Soares SENAI São Lourenço do Oeste Introdução à Informática Adinan Southier Soares Informações Gerais Objetivos: Introduzir os conceitos básicos da Informática e instruir os alunos com ferramentas computacionais

Leia mais

Table of Contents. PowerPoint XP

Table of Contents. PowerPoint XP Table of Contents Finalizando a apresentação...1 Usando anotações...1 Desfazer e repetir...1 Localizar e substituir...2 Substituir...2 Efeitos de transição...3 Esquema de animação...6 Controlando os tempos

Leia mais

Capítulo 14. ARQUIVOS DE SAÍDA, DE ENTRADA E INTERNOS

Capítulo 14. ARQUIVOS DE SAÍDA, DE ENTRADA E INTERNOS Capítulo 14. ARQUIVOS DE SAÍDA, DE ENTRADA E INTERNOS OBJETIVOS DO CAPÍTULO Conceitos de: arquivo de entrada, arquivo interno, arquivo texto, arquivo binário, dispositivo e nome de arquivo genéricos Comandos

Leia mais

Autor: Tiago Lone Nível: Básico Criação: 19/12/2005 Última versão: 18/12/2006. PdP. Pesquisa e Desenvolvimento de Produtos

Autor: Tiago Lone Nível: Básico Criação: 19/12/2005 Última versão: 18/12/2006. PdP. Pesquisa e Desenvolvimento de Produtos TUTORIAL Barra de LEDs Autor: Tiago Lone Nível: Básico Criação: 19/12/2005 Última versão: 18/12/2006 PdP Pesquisa e Desenvolvimento de Produtos http://www.maxwellbohr.com.br contato@maxwellbohr.com.br

Leia mais

AULA 02 2. USO DE FERRAMENTAS DE SUPORTE DO SISTEMA

AULA 02 2. USO DE FERRAMENTAS DE SUPORTE DO SISTEMA AULA 02 2. USO DE FERRAMENTAS DE SUPORTE DO SISTEMA 2.1 Desfragmentador de Disco (DFRG.MSC): Examina unidades de disco para efetuar a desfragmentação. Quando uma unidade está fragmentada, arquivos grandes

Leia mais

Português do Brasil. Mensagens de alerta WEEE DECLARAÇÃO FCC. Observação: Símbolo para Coleta Separada em Países Europeus

Português do Brasil. Mensagens de alerta WEEE DECLARAÇÃO FCC. Observação: Símbolo para Coleta Separada em Países Europeus Mensagens de alerta WEEE Símbolo para Coleta Separada em Países Europeus Este símbolo indica que este produto deve ser coletado separadamente. Os seguintes se aplicam apenas a usuários em países europeus:

Leia mais

Curso de Delphi Projeto de Sistema. SISLFV Sistema de Locação de Fitas de Vídeo

Curso de Delphi Projeto de Sistema. SISLFV Sistema de Locação de Fitas de Vídeo Curso de Delphi Projeto de Sistema SISLFV Sistema de Locação de Fitas de Vídeo Jackson Pires de Oliveira Santos Júnior 2002 - 1 - Curso de Delphi Projeto de Sistema - 1º Passo (Iniciando o Projeto) - 1)

Leia mais

Manual IPT 160. Telefone USB Stracta

Manual IPT 160. Telefone USB Stracta IPT 160 Telefone USB Stracta CAPÍTULO 1 Bem-vindo ao Internet Fone 1.1 Sumário 1.2 Características 1.3 Requerimentos do Sistema 1.4 Conteúdo da Embalagem CAPÍTULO 2 Usando Internet Fone 2.1 2.2 Conectando

Leia mais

Continuação. 32. Inserir uma imagem da GALERIA CLIP-ART

Continuação. 32. Inserir uma imagem da GALERIA CLIP-ART Continuação 32. Inserir uma imagem da GALERIA CLIP-ART a) Vá para o primeiro slide da apresentação salva no item 31. b) Na guia PÁGINA INICIAL, clique no botão LAYOUT e selecione (clique) na opção TÍTULO

Leia mais

Banco de Dados Microsoft Access: Criar tabelas

Banco de Dados Microsoft Access: Criar tabelas Banco de Dados Microsoft Access: Criar s Vitor Valerio de Souza Campos Objetivos do curso 1. Criar uma no modo de exibição Folha de Dados. 2. Definir tipos de dados para os campos na. 3. Criar uma no modo

Leia mais

Trabalhando com arquivos de som. Prof. César Bastos Fevereiro 2008

Trabalhando com arquivos de som. Prof. César Bastos Fevereiro 2008 Trabalhando com arquivos de som Prof. César Bastos Fevereiro 2008 Usando a mídia de som Vamos considerar os programas gratuitos como base de nossas ferramentas nesse curso, assim todos poderão usufruir

Leia mais

Professor: Macêdo Firmino Introdução ao Windows 7

Professor: Macêdo Firmino Introdução ao Windows 7 Professor: Macêdo Firmino Introdução ao Windows 7 O hardware não consegue executar qualquer ação sem receber instrução. Essas instruções são chamadas de software ou programas de computador. O software

Leia mais

Manual do Usuário. Copyright 2006 BroadNeeds 20061010-1600 Página 1 de 16

Manual do Usuário. Copyright 2006 BroadNeeds 20061010-1600 Página 1 de 16 Manual do Usuário Copyright 2006 BroadNeeds 20061010-1600 Página 1 de 16 Índice INTRODUÇÃO E UTILIZAÇÕES GERAIS Funcionalidades...03 Introdução...04 Requisitos Necessários...04 Instalando o xconference...05-07

Leia mais

BARRA DE PROGRESSO EM VBA

BARRA DE PROGRESSO EM VBA BARRA DE PROGRESSO EM VBA Quando elaboramos uma programação em VBA e não sabemos o tempo de execução podemos utilizar uma alternativa para a visualização do progresso da tarefa, uma barra de progressão

Leia mais

Microsoft Excel 2003

Microsoft Excel 2003 Associação Educacional Dom Bosco Faculdades de Engenharia de Resende Microsoft Excel 2003 Módulo II Macros e Tabelas Dinâmicas Professores: Eduardo Arbex Mônica Mara Tathiana da Silva Resende 2010 Macro

Leia mais

Delphi 7 Aula 01 Área do Triângulo

Delphi 7 Aula 01 Área do Triângulo Delphi 7 Aula 01 Área do Triângulo Prof. Gilbert Azevedo da Silva I. Objetivos Conhecer o Ambiente Integrado de Desenvolvimento (IDE) do Delphi 7, Desenvolver a primeira aplicação no Delphi 7, Aprender

Leia mais

Escolhendo recursos de Ajuda

Escolhendo recursos de Ajuda Você pode dar um toque profissional ao aplicativo adicionando um arquivo de Ajuda gráfica. A Ajuda gráfica pode incluir gráficos e texto formatado; a Ajuda no estilo.dbf limita-se a uma única fonte sem

Leia mais

Analisando e comparando as funções do DBNavegator

Analisando e comparando as funções do DBNavegator Prof or : Gilberto Braga e Renato Candini Nome Número: Série DELPHI PARA PROGRAMAÇÃO DE COMPUTADORES II AULA 2 Competências: Integrar sistemas; Habilidades: Utilizar modelos, pseudocódigos e ferramentas

Leia mais

Uma vez no form, dê um clique duplo sobre o objeto e insira a tela conforme abaixo. Não esqueça do & e das teclas de atalho.

Uma vez no form, dê um clique duplo sobre o objeto e insira a tela conforme abaixo. Não esqueça do & e das teclas de atalho. Exercício 03 Construir um programa em Delphi com um menu, cadastrando informações de clientes de um banco, conforme tela abaixo. Para tal, inserir, na paleta Standard clicar em menu. Uma vez no form, dê

Leia mais

Informática básica: Sistema operacional Microsoft Windows XP

Informática básica: Sistema operacional Microsoft Windows XP Informática básica: Sistema operacional Microsoft Windows XP...1 Informática básica: Sistema operacional Microsoft Windows XP...1 Iniciando o Windows XP...2 Desligar o computador...3 Área de trabalho...3

Leia mais

Controle remoto HP Media (somente em determinados modelos) Guia do Usuário

Controle remoto HP Media (somente em determinados modelos) Guia do Usuário Controle remoto HP Media (somente em determinados modelos) Guia do Usuário Copyright 2008 Hewlett-Packard Development Company, L.P. Windows e Windows Vista são marcas comerciais ou registradas da Microsoft

Leia mais

Sistema Click Principais Comandos

Sistema Click Principais Comandos Sistema Click Principais Comandos Sumário Sumário... 1 1. Principais Funções:... 2 2. Inserção de Registro (F6):... 3 3. Pesquisar Registro (F7):... 4 3.1 Pesquisa por letras:... 5 3.2 Pesquisa por números:...

Leia mais

Microsoft Excel Macro V. Índice 16-) Formulários... 42 17-) Gerando código para o Formulário... 49

Microsoft Excel Macro V. Índice 16-) Formulários... 42 17-) Gerando código para o Formulário... 49 Microsoft Excel Macro V Índice 16-) Formulários... 42 17-) Gerando código para o Formulário... 49 16-) Formulários A forma mais comum de comunicação de um sistema com o usuário é por meio de caixas de

Leia mais

0DQLSXODQGR9tGHRVHP&ODULRQXVDQGRR:LQGRZV 0HGLD3OD\HU

0DQLSXODQGR9tGHRVHP&ODULRQXVDQGRR:LQGRZV 0HGLD3OD\HU 0DQLSXODQGR9tGHRVHP&ODULRQXVDQGRR:LQGRZV 0HGLD3OD\HU Quando o instalador do Windows instala este Sistema Operacional na nossa máquina, ou mesmo quando uma atualização do Windows é realizada, o Windows

Leia mais

C D. C) Coleções: é usada para organizar o conteúdo de áudio, vídeo e imagens em pastas, buscando facilitar a montagem do storyboard.

C D. C) Coleções: é usada para organizar o conteúdo de áudio, vídeo e imagens em pastas, buscando facilitar a montagem do storyboard. 1 Windows Movie Maker XP O Windows Movie Maker é um software de edição de vídeos que permite criar e editar filmes caseiros, inserindo efeitos, músicas, legendas e transições. O vídeo pode ser criado a

Leia mais

Editor de Texto Simples TEORIA

Editor de Texto Simples TEORIA Editor de Texto Simples VB.NET Editor de Texto Simples TEORIA Livro: Microsoft Visual Basic 2010 de Michael Halvorson Editora Bookman, 2011. Cap. 04, págs.. 125 147 Cap. 17. págs.. 443 464 1 DESENVOLVIMENTO

Leia mais

Capítulo 10 IMPRESSÃO TPRINTER. Universidade Federal do Rio de Janeiro Núcleo de Computação Eletrônica Divisão de Assistência ao Usuário

Capítulo 10 IMPRESSÃO TPRINTER. Universidade Federal do Rio de Janeiro Núcleo de Computação Eletrônica Divisão de Assistência ao Usuário IMPRESSÃO Capítulo 10 O processo de impressão no ambiente Windows não é tão simples quanto no DOS. O Delphi simplificou esta tarefa, disponibilizando uma grande quantidade de rotinas de impressão. TPRINTER

Leia mais

Manual de Instalação, Configuração e Utilização do MG-Soft Web

Manual de Instalação, Configuração e Utilização do MG-Soft Web Manual de Instalação, Configuração e Utilização do MG-Soft Web V 1.7 www.pinaculo.com.br (51) 3541-0700 Sumário 1. INSTALAÇÃO E CONFIGURAÇÃO MG-SOFT WEB... 3 1.1. INSTALAÇÃO... 3 1.1.1. IIS Express para

Leia mais

O WINDOWS 98 é um sistema operacional gráfico, multitarefa, produzido pela Microsoft.

O WINDOWS 98 é um sistema operacional gráfico, multitarefa, produzido pela Microsoft. WINDOWS O WINDOWS 98 é um sistema operacional gráfico, multitarefa, produzido pela Microsoft. Área de Trabalho Ligada a máquina e concluída a etapa de inicialização, aparecerá uma tela, cujo plano de fundo

Leia mais

Interface para Regras de Negócios em Multi-Banco

Interface para Regras de Negócios em Multi-Banco 1 Interface para Regras de Negócios em Multi-Banco MARCELO JALOTO (marcelo@jaloto.net) é graduado no curso superior Projetos e Gestão de Redes de Computadores e formado no curso Técnico em Processamento

Leia mais

Capítulo 8. O recurso mais utilizado na Internet é sem dúvida o e-mail. Neste capítulo iremos tratar deste assunto com extrema facilidade.

Capítulo 8. O recurso mais utilizado na Internet é sem dúvida o e-mail. Neste capítulo iremos tratar deste assunto com extrema facilidade. Enviando E-mails 111 Capítulo 8 Enviando E-mails O recurso mais utilizado na Internet é sem dúvida o e-mail. Neste capítulo iremos tratar deste assunto com extrema facilidade. O Delphi 7 traz incorporado

Leia mais

INSTALAÇÃO E USO DO ASSINADOR LIVRE. Índice:

INSTALAÇÃO E USO DO ASSINADOR LIVRE. Índice: Proposto por: Marcos Stallone Santos / Karla Ferreira Moreira Analisado por: Aprovado por: Índice: 1 - O Assinador Livre:...2 2 - Pré-requisitos para instalação:...2 3 - Download e Instalação do Assinador

Leia mais

Professor: Macêdo Firmino Disciplina: Redes de Computadores II

Professor: Macêdo Firmino Disciplina: Redes de Computadores II Professor: Macêdo Firmino Disciplina: Redes de Computadores II Em um computador baseado no Windows, você pode compartilhar arquivos entre usuários remotos (outro computador). Os usuários remotos se conectam

Leia mais

Abaixo do Objeto WorkSheet temos a coleção Cells, que representa todas as células de uma planilha.

Abaixo do Objeto WorkSheet temos a coleção Cells, que representa todas as células de uma planilha. Aula 1 O modelo de objetos do Excel APPLICATION É o próprio Excel. Temos diversas propriedades e métodos importantes nesse objeto. Destacamos dois exemplos: Application.DisplayAlerts Se for true, o Excel

Leia mais

Inserindo Dados no Banco de Dados Paradox.

Inserindo Dados no Banco de Dados Paradox. Inserindo Dados no Banco de Dados Paradox. - Construção do Banco de Dados: Para podermos inserir algo em um banco precisaremos de um Banco de Dados, para isto iremos montar um utilizando o Programa Database

Leia mais

Para descarregar o Photo Story 3, aceda a www.microsoft.com/windowsxp/using/digitalphotography/photostory/default.mspx

Para descarregar o Photo Story 3, aceda a www.microsoft.com/windowsxp/using/digitalphotography/photostory/default.mspx Photo Story Passo-a-passo para Professores Construir histórias digitais com o Photo Story 3 Descarregue o Photo Story 3 Para descarregar o Photo Story 3, aceda a www.microsoft.com/windowsxp/using/digitalphotography/photostory/default.mspx

Leia mais

MODEM USB 3G+ WM31. Manual do Usuário

MODEM USB 3G+ WM31. Manual do Usuário MODEM USB 3G+ WM31 Manual do Usuário 2 Conteúdo 1 Introdução... 3 2 Descrição da Interface do Cliente... 5 3 Conexão... 7 4 SMS... 10 5 Contatos... 14 6 Estatística... 18 7 Configurações... 19 8 SIM Tool

Leia mais

Tutorial 1 - Básico do VBA do Excel

Tutorial 1 - Básico do VBA do Excel Tutorial 1 - Básico do VBA do Excel Este tutorial contém a 1ª lição sobre a série Básico do VBA do Excel. Ele cobre tópicos de criação e gerenciamento de matrizes e o entendimento de estruturas de decisão

Leia mais

7.3. WINDOWS MEDIA PLAYER 12

7.3. WINDOWS MEDIA PLAYER 12 7.3. WINDOWS MEDIA PLAYER 12 Este programa permite gerir toda a sua colecção de músicas, vídeos e até mesmo imagens, estando disponível para download no site da Microsoft, o que significa que mesmo quem

Leia mais

Atualização do seu computador com Windows 8 da Philco para o Windows 8.1

Atualização do seu computador com Windows 8 da Philco para o Windows 8.1 Atualização do seu computador com Windows 8 da Philco para o Windows 8.1 O Windows 8.1 foi concebido para ser uma atualização para o sistema operacional Windows 8. O processo de atualização mantém configurações

Leia mais

Criando um formulário no VBA

Criando um formulário no VBA Criando um formulário no VBA No dia-a-dia, não queremos nem ouvir falar em formulários: imediatamente nos vem à mente qualquer idéia relacionada com burocracia... Mas, na hora de criar interfaces de macros,

Leia mais

Interface do DT. Figura 1: Interface do DT. DT Help File v1.3

Interface do DT. Figura 1: Interface do DT. DT Help File v1.3 Interface do DT Esta seção permite que você minimize e/ou feche a Interface do DT e oferece um campo de Pesquisa e uma barra de capacidade de espaço disponível/utilizada. Esta seção é usada para selecionar

Leia mais

Fazer backup de arquivos em um arquivo ou fita

Fazer backup de arquivos em um arquivo ou fita Fazer backup de arquivos em um arquivo ou fita Usando a interface do Windows 1.Abra o Backup. O Assistente de backup ou restauração é iniciado por padrão, a menos que ele esteja desativado. Você pode usar

Leia mais

CONHECENDO O CLASSMATE

CONHECENDO O CLASSMATE PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE MINAS GERAIS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO GRUPO DE PESQUISA TECNOLOGIAS DIGITAIS EM EDUCAÇÃO EQUIPE DE FORMAÇÃO E PESQUISA DO PROJETO UCA EM MINAS GERAIS FORMAÇÃO

Leia mais

13. Dentre os caracteres considerados como curinga, em nome de arquivos, utiliza-se (A) = (B) + (C)? (D) @ (E) ^

13. Dentre os caracteres considerados como curinga, em nome de arquivos, utiliza-se (A) = (B) + (C)? (D) @ (E) ^ 1 PRIMEIRA PARTE: Conceitos de organização de arquivos (pastas/diretórios), utilização do Windows Explorer: copiar, mover arquivos, criar diretórios. Tipos de arquivos. 01. Aplicações de multimídia em

Leia mais

Para resolver as questões abaixo considere o Sistema Operacional Microsoft Windows Vista

Para resolver as questões abaixo considere o Sistema Operacional Microsoft Windows Vista Nome: Gabarito Para resolver as questões abaixo considere o Sistema Operacional Microsoft Windows Vista 1) O Centro das configurações do Windows, onde pode ser acessado cada um dos dispositivos componentes

Leia mais

P-250. Quick Guide. Operação Básica

P-250. Quick Guide. Operação Básica P-250 Quick Guide Operação Básica P-250... 3 OPERAÇÃO BÁSICA... 3 SELECIONANDO SONS (VOICES)... 3 SELECIONANDO SONS XG... 3 MISTURANDO SONS (MODO DUAL)... 4 Selecionando Sons do Mesmo Grupo... 5 TOCANDO

Leia mais

Capítulo 7 O Gerenciador de Arquivos

Capítulo 7 O Gerenciador de Arquivos Capítulo 7 O Gerenciador de Arquivos Neste capítulo nós iremos examinar as características da interface do gerenciador de arquivos Konqueror. Através dele realizaremos as principais operações com arquivos

Leia mais

Ilustração 3 Tela de Acesso ao Sistema - SIG-RHS. Ilustração 4 Tela de Manutenção dos Usuários - Login - SIG-RHS

Ilustração 3 Tela de Acesso ao Sistema - SIG-RHS. Ilustração 4 Tela de Manutenção dos Usuários - Login - SIG-RHS Ilustração 3 Tela de Acesso ao Sistema - SIG-RHS Ilustração 4 Tela de Manutenção dos Usuários - Login - SIG-RHS 32 M A N U A L I N S T R U T I V O D O S S I S T E M A S Q U E C O M P Õ E M O I N F O R

Leia mais

ZIM 8.50 PRIMEIROS PASSOS (WINDOWS E UNIX)

ZIM 8.50 PRIMEIROS PASSOS (WINDOWS E UNIX) ZIM TECHNOLOGIES DO BRASIL ZIM 8.50 PRIMEIROS PASSOS (WINDOWS E UNIX) Próx Antes de Iniciar O objetivo deste documento é apresentar os primeiros passos para utilizar a versão mais recente do Zim 8.50 para

Leia mais

Excel Macros e Programação em VBA

Excel Macros e Programação em VBA são formulários personalizados pelo programador para criar uma interface entre a pasta de trabalho do Excel e o usuário da aplicação. Abra o Editor do VBA; No menu Inserir, escolha UserForm; A figura mostra

Leia mais

SIMULADO Windows 7 Parte V

SIMULADO Windows 7 Parte V SIMULADO Windows 7 Parte V 1. O espaço reservado para a Lixeira do Windows pode ser aumentado ou diminuído clicando: a) Duplamente no ícone lixeira e selecionando Editar propriedades b) Duplamente no ícone

Leia mais

Excel VBA - Parte IV:Inserindo um formulário e seus comandos

Excel VBA - Parte IV:Inserindo um formulário e seus comandos Page 1 of 9 Excel VBA - Parte IV:Inserindo um formulário e seus comandos desenvolvendo VBA através de um exemplo prático Nesta parte do artigo vamos ver como inserir formulários e seus componentes. Conteúdo

Leia mais

CONFIGURADOR DO PAINEL FP1 v 1.3

CONFIGURADOR DO PAINEL FP1 v 1.3 CONFIGURADOR DO PAINEL FP1 v 1.3 1. INTRODUÇÃO Este software permite a configuração dos dispositivos de detecção manuais e ou automáticos do sistema digital de alarme de incêndio FP1. Pode-se, por intermédio

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO. Software de Ferramenta de Backup

MANUAL DO USUÁRIO. Software de Ferramenta de Backup MANUAL DO USUÁRIO Software de Ferramenta de Backup Software Ferramenta de Backup Parabéns, você acaba de adquirir um produto com a qualidade e segurança Intelbras. Este manual serve como referência para

Leia mais

6 - Apresentação do Painel de Controle do software DVR-Viewer. Itens Descrição 1 Lista do DVR: Adiciona/Modifica/Apaga a lista de DVRs conectados.

6 - Apresentação do Painel de Controle do software DVR-Viewer. Itens Descrição 1 Lista do DVR: Adiciona/Modifica/Apaga a lista de DVRs conectados. Instrução de acesso ao DVR da Yoko modelo Pentaplex. Via Software. 1 - Instalar o Software que esta no CD (Yoko H264\setup.exe) ou Fazer o Download do software do através do site abaixo: ( caso o navegador

Leia mais

Introdução a Banco de Dados em Delphi

Introdução a Banco de Dados em Delphi Introdução a Banco de Dados em Delphi Daniela Caio André Gomes Roberto Scalco 2013 3 Sumário CAPÍTULO 1 ELEMENTOS DE UM BANCO DE DADOS... 4 1. O ARQUIVO DADOS... 4 2. CONCEITOS BÁSICOS DE BANCOS DE DADOS...

Leia mais

Curso de Power Point Aula 2 -Multimídia

Curso de Power Point Aula 2 -Multimídia Trabalhando com efeitos de Multimídias Inserindo efeitos de transição e composição Efeito de transição é a forma como o slide acionado no momento da troca das telas. O modo mais fácil de se inserir efeitos

Leia mais

Gravando uma Áudio Conferência

Gravando uma Áudio Conferência Gravando uma Áudio Conferência Para iniciar a gravação da áudio conferência, digite *2. Você ouvirá a seguinte mensagem: Para iniciar a gravação da conferência pressione 1, para cancelar pressione * Ao

Leia mais

SCPIWeb. SCPIWebDespRec Aplicação Web para Consulta de Despesas e Receitas ( Lei Complementar nº 131 de 27 Maio de 2009 )

SCPIWeb. SCPIWebDespRec Aplicação Web para Consulta de Despesas e Receitas ( Lei Complementar nº 131 de 27 Maio de 2009 ) 2010 SCPIWebDespRec Aplicação Web para Consulta de Despesas e Receitas ( Lei Complementar nº 131 de 27 Maio de 2009 ) SCPIWebCotacao Aplicação Web para Cotação de Preços via Internet Resumo de Instruções

Leia mais

Aula 1 - Programação III Programação Visual (Visual Basic)

Aula 1 - Programação III Programação Visual (Visual Basic) Aula 1 - Programação III Programação Visual (Visual Basic) 1. Introdução O objetivo da disciplina Programação III é apresentar uma nova visão de programação chamada de programação visual. A programação

Leia mais

BlackBerry Link para Windows. Versão: 1.1. Guia do usuário

BlackBerry Link para Windows. Versão: 1.1. Guia do usuário BlackBerry Link para Windows Versão: 1.1 Guia do usuário Publicado: 18/04/2013 SWD-20130418120704789 Conteúdo Noções básicas... 5 Sobre BlackBerry Link... 5 Conheça BlackBerry Link... 5 Conectando a BlackBerry

Leia mais

Resumo da Matéria de Linguagem de Programação. Linguagem C

Resumo da Matéria de Linguagem de Programação. Linguagem C Resumo da Matéria de Linguagem de Programação Linguagem C Vitor H. Migoto de Gouvêa 2011 Sumário Como instalar um programa para executar o C...3 Sintaxe inicial da Linguagem de Programação C...4 Variáveis

Leia mais

PdP. Autor: Luís Fernando Patsko e Tiago Lone Nível: Intermediário Criação: 26/12/2005 Última versão: 18/12/2006

PdP. Autor: Luís Fernando Patsko e Tiago Lone Nível: Intermediário Criação: 26/12/2005 Última versão: 18/12/2006 TUTORIAL Servo-motor Autor: Luís Fernando Patsko e Tiago Lone Nível: Intermediário Criação: 26/12/2005 Última versão: 18/12/2006 PdP Pesquisa e Desenvolvimento de Produtos http://www.maxwellbohr.com.br

Leia mais

Registrador de Dados VB300 3-Axis G- Force Versão 1.0 Novembro 2010

Registrador de Dados VB300 3-Axis G- Force Versão 1.0 Novembro 2010 Utilitário de Ajuda do Software Registrador de Dados VB300 3-Axis G- Force Versão 1.0 Novembro 2010 Introdução ao Software O software do registrador de dados é um programa que coleta dados do registrador

Leia mais