CRM-4L. Modelo SKYMSEN Julho/2003 LINHA DIRETA

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CRM-4L. Modelo SKYMSEN. 21288.1 - Julho/2003 LINHA DIRETA"

Transcrição

1 PRODUTOS METALÚRGICA SIEMSEN LTDA. Rua Anita Garibaldi, nº 262 Bairr: S Luiz CEP: Brusque Santa Catarina Brasil Fne: Fax: LINHA DIRETA SKYMSEN Ramais ALÉM DESTAS MÁQUINAS, FABRICAMOS UMA LINHA COMPLETA DE EQUIPAMENTOS. CONSULTE SEU REVENDEDOR. - ESTE PRODUTO CONTA COM ASSISTÊNCIA TÉCNICA, REPRESENTANTES E REVENDEDORES EM TODO TERRITÓRIO NACIONAL. DEVIDO À CONSTANTE EVOLUÇÃO DOS NOSSOS PRODUTOS, AS INFORMAÇÕES AQUI CONTIDAS PODEM SER MODIFICADAS SEM AVISO PRÉVIO. Mdel Julh/2003 CRM-4L

2

3 SUMÁRIO 1. Intrduçã Segurança Principais Cmpnentes Características Técnicas Discs Dispníveis 4 2. Instalaçã e Pré-Operaçã 2.1 Instalaçã 2.2 Pré-Operaçã 2.3 Seleçã de Discs 3. Operaçã 3.1 Acinament 3.2 Clcaçã ds Discs 3.3 Prcediment para Alimentaçã 3.4 Limpeza Nções de Segurança - Genéricas 4.1 Práticas Básicas de Operaçã 4.2 Cuidads e Observações Antes de Ligar a Máquina 4.3 Inspeçã de Rtina 4.4 Operaçã 4.5 Após Terminar Trabalh 4.6 Operaçã de Manutençã 4.7 Aviss Análise e Resluçã de Prblemas 5.1 Prblemas, Causas e Sluções Ajuste e Substituiçã de Cmpnentes Esquema Elétric Md. CRM-4L Cmpnentes de Repsisã CRM-4L Desenh em Explsã Md. CRM-4L 15 01

4 1. Intrduçã 5.5 Desenh em Explsã Md. CRM-4L 1.1 Segurança Quand usad INCORRETAMENTE, Cutter Mixer Md. CRM-4L máquinas ptencialmente PERIGOSAS. Manutençã, limpeza u qualquer utr serviç, smente deverã ser feits pr pessas devidamente treinadas e cm a máquina descnectada da rede elétrica. As instruções abaix deverã ser seguidas para evitar acidentes: Descnecte a máquina da rede elétrica quand desejar retirar quaisquer das partes móveis, para fazer limpeza, manutençã u qualquer utr tip de serviç Nunca utilize instruments que nã fazem parte da máquina para auxiliar na peraçã da mesma Antes de ligar a máquina, verifique se tdas as partes estã firmes em suas psições Nunca utilize jats d'água diretamente sbre a máquina Nunca utilize rupas cm mangas largas, principalmente ns punhs, durante a peraçã Nunca intrduza s deds u qualquer utr bjet, que nã seja squete N 01 (Fig.01), na abertura de alimentaçã da máquina Nunca retire a Tampa ds disc N 02 (Fig.01) sem ter certeza da cmpleta parada d disc N 01 (Fig.03) Nunca ligue a máquina cm mãs, sapats u rupas mlhadas A instalar a máquina, nã esqueça de ligar fi de aterrament. 1.2 Principais Cmpnentes Tds s cmpnentes que incrpram a máquina sã cnstruíds cm materiais criterisamente selecinads para cada funçã, dentr ds padrões de testes e da experiência SIEMSEN

5 5.4 Cmpnentes de Repsiçã Md. PA-7S 14 CODIGO DESCRICAO DO COMPONENTE UM PFS SEX UNC1/4"x3/4" RTZB CE REBITE PRESSAO AD-423-S MI LOGOTIPO SKYMSEN PQ.ADES. DE PASSADOR FIO MOLDE PC CHAVE EL A1B1E3G PC TERM. PRE-ISOL.EF-4228 MI CHAVE HH-201 SF1G3FS1Q PC ETIQ.ON/OFF P/CH.ALAV.MET DE PE DE BOR.C/PARAF.M6x17mm PC PCA M6 DIN 934 ZB CE CB.3x1,0mm2C/PG90 2PR1FTF PC FIO LIGACAO CHAVE 110/220 PC ETIQUETA ATENCAO CE SOQUETE BOCA-10 PC PINO TRAVA DO DISCO PC PFS M3x5 DIN 963 INOX CE BASE DOS DISCOS C/BUCHA PC CHAPA DISCO RALADOR PAIE PC TUBO TERMO ENCOL.1/4x20mm PC BASE DISCO DESF.Q.H3 C/BU PC LAMINA DESF.QUADR.H3 PC ETIQ.IDENTIF.MOTOR/RESIST PC LAMINA FATIADORA H3/H7 PC PFS M3x10 DIN 963 INOX CE MOTOR COMPL. 0,5CV 60Hz PC LAMINA DESF.QUADR.H7 PC BASE DISCO DESF.Q.H7 C/BU PC PFS M6x8 DIN 84 INOX CE MOTOR 0,5CV 60Hz PC TAMPA DE BORRACHA PC TERM.POSITIV LOCK 0,5A1,5 MI CAPA P/TERMINAL FEMEA MI PCA M6 DIN 1587 LATAO NIQ CE TAMPA INF. DO GABINETE PC CS COPO PC CS TAMPA PC LAMINA MONTADA PC LAMINA P/CUTTER PC CS GABINETE PC PCA SEX UNC 3/16" INOX CE TAMPA TRANSPARENTE PC TAMPA COMPLETA CR-4S/L PC SUPORTE DAS LAMINAS PC LAMINA FATIADORA S1 a S10 PC PFS FRD UNC3/16x1.1/4RTIn CE DISCO DESFIADOR Q.H3 * PC DISCO RALADOR V * PC BASE DISCO DESF.Q.EH3 C/B PC BASE DISCO DESF.Q.EH7 C/B PC LAMINA LISA EH3/EH7 PC ANEL ADAPT. DUPLO 3,96mm PC CS TAMPA KIT PROCESSADOR PC PROLONGADOR PC CS SACADOR PC PROLONGADOR COMPLETO PC DISCO DESFIADOR Q.H7 * PC DISCO FAT.DENTADO EH3 * PC Figura - 01 Figura Figura Squete 02 - Tampa 03 - Camara ds Discs 04 - Gabinete 05 - Chave Liga/Desliga 06 - Chave 110/220 Vlts 07 - Discs 08 - prlngadr 09 - Sacadr 03

6 1.3 Características Técnicas Tabela - 01 Características Unidade CRM-4L Prduçã Média [kg/h] 250 Tensã [V] 110/220 Freqüência [Hz] 50 u 60 (*) Ptência [CV] 0,5 Cnsum [kw/h] 0,18 Altura [mm] 595 Largura [mm] 380 Prfundidade [mm] 445 Pes Líquid [kg] 22 Pes Brut [kg] 24 (*) A freqüência será única, de acrd cm mtr que a máquina estiver equipada. 5.3 Esquema Elétric Md. CRM-4L 1.4 Discs Dispníveis Chave Liga/Desliga O Cutter Mixer e uma máquina de bancada capaz de realizar diverss tips de crtes, tais cm: rdelas fatiadas, desfiads, ralads, pdend prcessar praticamente quase tds s tips de vegetais, cnservand suas prpriedades nutritivas, cr e sucs, além de evitar desperdíci. Na tabela - 02 estã descrits s discs dispníveis, bem cm as dimensões de crte e códig ds mesms. Tabela - 02 Denminaçã Dimensã d Crte Aprximada Códig Disc Desfiadr 7 Diâmetr de 7mm Disc Desfiadr 3 Diâmetr de 3mm Disc Fatiadr Dentad Espessura de 7mm Disc Fatiadr Dentad Espessura de 3mm Disc Raladr x-x-x-x-x-x Chave Seletra de Tensã 2. Instalaçã e Pré-Operaçã 2.1 Instalaçã Para um bm desempenh da máquina, Cutter Mixer deve ser clcad sbre uma superfície estável cm, preferencialmente, 850 mm de altura. Verifique a tensã da rede elétrica a qual será cnectad plug da maquina se é 110 u 220 Vlts. Em seguida, ajuste a tensã da máquina à tensã encntrada na rede elétrica, para tant, na parte inferir da máquina, existe uma chave seletra de tensã, mvimente a chave seletra para a tensã desejada

7 Prblemas Causas Sluções * Cheir de queimad e/u fumaça. * A máquina liga, mas demra para cmeçar a girar disc. * Prblema n mtr elétric, u utras partes elétricas. * Capacitr de partida d mtr defeitus. * Chame a Assistência * Chame a Assistência Técnica Autrizada. O cab de alimentaçã pssui dis pins rednds e um fi de aterrament - fi terra. É brigatóri que s três pnts estejam devidamente ligads antes de acinar equipament. Nã clcar FIO-TERRA ni pin neutr d Plug. 2.2 Pré-Operaçã Antes de clcar a Tampa, verifique se Disc está bem encaixad, evitand assim dans à mesma. * Ruíds estranhs. * Rlament defeituss. * Tampa mal encaizada. * Retire a Camara ds Discs e psicine mesm crretamente. * Chame a Assistência * Verifique encaixe da Inicialmente, verifique se Cutter Mixer está firme na sua psiçã. Antes de usá-l, deve-se lavar cm água e sabã, as partes que entram em cntat cm prdut a ser prcessad. 3. Operaçã 3.1 Acinament Desligue a máquina sempre que desejar trcar s discs. Espere a cmpleta parada d disc, antes de retirar a Tampa. 5.2 Ajustes e Substituições de Cmpnentes Observaçã Para a sua mair segurança,leia tds s adesivs afixads na máquina Afiaçã das Lâminas. As lâminas sã remvíveis e, prtant, pdem ser facilmente afiadas, prém deve-se ter especial atençã para manter ângul de crte. As lâminas devem ser afiadas usand uma lixa fina u uma pedra de amlar. Utilize uma chave de fenda para a remçã das mesmas. 12 Tenha certeza de que a Tampa esteja devidamente travada. O acinament da máquina é feit cm btã vermelh Liga/Desliga N 05(Fig.01), lcalizad na parte frntal da máquina. 05

8 3.2 Clcaçã ds Discs Cm a máquina desligada e disc parad, remva squete N 01 (Fig.01) e retire a Tampa N 02 (Fig.01). Para tant use Sacadr N 08 (Fig.03) para retirar Eix e Disc Tenha cuidad cm as lâminas d disc selecinad. Encaixe- n eix N 07 (Fig.02) girand- ligeiramente n sentid anti-hrári, para bter seu perfeit travament Encaixe a Tampa ds Discs N 02 certificand-se de que a mesma encntra-se perfeitamente travada. 3.3 Prcediment para Alimentaçã Sbre nenhuma circunstância utilize instruments para empurrar prdut a ser prcessad para interir da Câmara ds Discs, muit mens as mãs, utilize sempre s squetes N 06 e N 01 (Fig.01) para fazer a referida peraçã. Utilize Squete cnfrme figura abaix. Nã frce demasiadamente Squete para empurrar prdut n interir da máquina. Utilize prduts resfriads para melhr desempenh Aviss Md INCORRETO A manutençã elétrica e/u mecânica, deve ser feita pr pessas qualificadas para realizar trabalh. A pessa encarregada pela manutençã deve certificar-se de que a máquina trabalha sb cndições TOTAIS DE SEGURANÇA. 4.7 Aviss As manutenções elétricas e/u mecânicas devem ser feitas pr pessas qualificadas para realizarem trabalh. A pessa encarregada pela manutençã deve certificar-se de que a máquina trabalha sb cndições TOTAIS DE SEGURANÇA. 5. Análise e Resluçã de Prblemas 5.1 Prblemas, Causas e Sluções Os Prcessadres de Aliments fram prjetads para necessitarem mínim de manutençã. Entretant, pdem crrer algumas irregularidades n seu funcinament, devid a desgaste natural causad pel us d equipament. Cas haja algum prblema cm seu Prcessadr de Aliments, verifique a Tabela-04 a seguir, nde estã descritas algumas pssíveis sluções recmendadas. Além diss, a Empresa clca a dispsiçã tda à sua rede de Assistentes Técnics Autrizads, que terã máxim prazer em atendê-l (Vide Relaçã de Assistentes Técnics Autrizads SIEMSEN ). Tabela - 04 Prblemas Causas Sluções Md CORRETO * Crte Irregular. * Lâminas ds discs sem crte. * Faça a afiaçã das mesmas cnfrme item (Afiaçã das Os prcessadres de aliments, sã máquinas que trabalham em alta velcidade e para tant necessitam que a alimentaçã seja igualmente rápida. Para alimentá-ls, retire squete N 01 (Fig.01) clque prdut a ser prcessad dentr d bcal e empurre-s para baix usand sempre squete. 06 * O disc para durante a peraçã. * Falta de Energia elétrica na máquina. * Prblema n circuit elétric intern u extern da máquina. * Verifique se plug está cnectad a tmada, e se há energia na rede * Chame a Assistência Técnica Autrizada. 11

9 4.3.2 Cuidads Verifique (s) mtr(es) a(s) crreia(s) a(s) crrente(s) a(s) engrenagem(ns) e as partes deslizantes e girantes da máquina, quand há ruíds anrmais. Verifique a tensã da(s) crreia(s) / crrente(s) e substitua cnjunt, cas alguma crreia / crrente / engrenagem apresente desgaste. A verificar a tensã da(s) crreia(s) / crrente(s), NÃO clque s deds entre a crreia(s) e as plia(s) e nem entre as crrente(s) e a(s) engrenagem(ns). Verifique as prteções e s dispsitivs de segurança para que sempre funcinem adequadamente. Nã frce demasiadamente s Squetes para empurrar prdut n interir da máquina. Utilize prduts resfriads para melhr desempenh. Md CORRETO Md INCORRETO 4.4 Operaçã Aviss Nã trabalhe cm cabels cmprids que pssam tcar qualquer parte da máquina, pis s mesms pderã causar séris acidentes. Amarre-s para cima e para trás, u cubra-s cm um lenç. Smente usuáris treinads e qualificads pdem perar a máquina. JAMAIS pere a máquina sem alguns de seus acessóris de segurança. 4.5 Após Terminar Trabalh Cuidads Mantenha a máquina sempre limpa. Para tant DESLIGUE-A DA TOMADA. Nunca limpe a máquina antes de sua PARADA COMPLETA. Reclque tds s cmpnentes da máquina em seus lugares, antes de ligá-la nvamente. A verificar a tensã da(s) crreia(s) / crrente(s), NÃO clque s deds entre a crreia(s) e nem entre a(s) crrente(s) e a(s) engrenagem(ns). 3.4 Limpeza Nunca faça limpeza cm a máquina ligada a rede elétrica, para tant retire plug da tmada. Antes de retirar a câmara ds discs, certifique -se da cmpleta parada d disc. Tdas as partes móveis devem ser remvidas e limpas. A seguir descreverems prcediment a ser seguid para a remçã das partes móveis: elétrica Desligue a máquina e em seguida descnecte plug da rede Retire squete N 01(Fig.01), e Tampa ds Discs N 02 (Fig. 01) Para remver Disc e Eix utilize Sacadr Nº08 (Fig.03) Cuidad cm as lâminas de crte. Retire a Camara Nº03 (Fig.01), rtacinand a mesma n sentid Anti_Hrari Lave tdas as partes cm água quente e sabã neutr, bem cm cm um pan umedecid pela mesma sluçã, limpe Gabinete. 4.6 Operaçã de Manutençã Perigs Cm a máquina ligada, qualquer peraçã de manutençã é perigsa. DESLIGUE-A DA REDE ELÉTRICA, DURANTE TODA A OPERAÇÃO DE MANUTENÇÃO. 10 A lavar s discs tme cuidad cm as suas lâminas. Nã bata cm bjets rígids ns mesms, evitand assim amassament. 07

10 4. Nções de Segurança - Genéricas As nções de segurança fram elabradas para rientar e instruir adequadamente s usuáris das máquinas e àqueles que serã respnsáveis pela sua manutençã. A máquina só deve ser entregue a usuári em bas cndições de us, send que este deve ser rientad quant a us e a segurança da máquina pel Revendedr. O usuári smente deve utilizar a máquina após cnheciment cmplet ds cuidads que devem ser tmads, LENDO ATENTAMENTE TODO ESTE MANUAL. NÃO ALTERE as características riginais da máquina. NÃO SUJE, RASGUE OU RETIRE QUALQUER ETIQUETA DE SEGURANÇA OU IDENTIFICAÇÃO. Cas alguma esteja ilegível u extraviada, slicite utra etiqueta a Assistente Técnic mais próxim. 4.2 Cuidads e Observações Antes de Ligar a Máquina Leia atenta e cuidadsamente as INSTRUÇÕES cntidas neste manual antes de ligar a máquina. Certifique-se de que entendeu crretamente tdas as infrmações. Em cas de dúvida(s), cnsulte seu superir e/u Revendedr. 4.1 Práticas Básicas de Operaçã Perigs Algumas partes ds acinaments elétrics apresentam pnts u terminais cm presença de tensões elevadas. Estes, quand tcads, pdem casinar graves chques elétrics u até mesm MORTE d usuári. Nunca mexa em um cmand manual (btã, teclas, chaves elétricas, etc.) cm as mãs, sapats u rupas mlhadas. A nã bservância dessa recmendaçã também pderá prvcar chque elétric u até a MORTE d usuári Advertências A lcalizaçã da chave Liga/Desliga deve ser bem cnhecida, para que pssa ser acinada a qualquer mment. Antes de qualquer tip de manutençã, desligue a máquina da rede elétrica. Prprcine espaç de trabalh suficiente para evitar quedas perigsas. Água u óle pderã trnar pis escrregadi e perigs. Para evitar acidentes, pis deve estar sec e limp. Nunca tque u acine em um cmand manual (btã, teclas, chaves elétricas, alavancas, etc.) pr acas. Se um trabalh tiver que ser feit pr duas u mais pessas, sinais de crdenaçã devem ser dads a cada etapa da peraçã. A etapa seguinte nã deve ser iniciada a mens que um sinal seja dad e respndid Aviss N cas de falta de energia elétrica, desligue imediatamente a chave Liga/Desliga. Use óles lubrificantes e graxas recmendadas u equivalentes. Evite chques mecânics, uma vez que pderã causar falhas u mau funcinament. Evite que a água, sujeira u pó entrem ns cmpnentes mecânics e elétrics da máquina Perig Cab u fi elétric cuja islaçã esteja danificada, pde prduzir fuga de crrente elétrica e prvcar chques elétrics. Antes de usá-ls verifique suas cndições Aviss Certifique-se que as INSTRUÇÕES cntidas neste manual estejam cmpletamente entendidas. Cada funçã u prcediment de peraçã e manutençã deve estar inteiramente clar. O acinament de um cmand manual (btã, teclas, chave elétrica, alavanca, etc.) deve ser feit sempre que se tenha a certeza, de que se trata d cmand crret Cuidads O cab de energia elétrica, respnsável pela alimentaçã da máquina, deve ter secçã suficiente para suprtar a ptência elétrica cnsumida. Os cabs elétrics que ficarem n sl u junt à máquina, precisam ser prtegids para evitar curt-circuit. 4.3 Inspeçã de Rtina Avis A verificar a tensã da(s) crreia(s) / crrente(s), NÃO clque s deds entre a(s) crreia(s) a(s) crrente(s) e nem na(s) engrenagem(ns). 09

Extrator de Sucos Modelo

Extrator de Sucos Modelo O PREÇO ALIADO À QUALIDADE METALÚRGICA SIEMSEN LTDA. Rua: Anita Garibaldi, nº 22 - Bairr: Sã Luiz - CEP: 8851-10 Brusque - Santa Catarina - Brasil Fne: +55 (0 )7 211 000 / 255 2000 Fax: +55 (0 )7 211 020

Leia mais

LAR - 04/06/08/10. Manual do Usuário. Liquidificador Industrial de ALTO RENDIMENTO. Modelos: SKYMSEN. 13241.1 Dezembro/2008 SE É SKYMSEN, PODE

LAR - 04/06/08/10. Manual do Usuário. Liquidificador Industrial de ALTO RENDIMENTO. Modelos: SKYMSEN. 13241.1 Dezembro/2008 SE É SKYMSEN, PODE PRODUTOS SE É SKYMSEN, PODE CONFIAR. Manual d Usuári PRODUTOS METAL RGICA SIEMSEN LTDA. Rua Anita Garibaldi, nº 262 Bairr: S Luiz CEP: 88351-410 Brusque Santa Catarina Brasil Fne: +55 47 3211 6000 / 3255

Leia mais

Manual do Usuário. Fritadeiras Elétricas só Óleo. FSB-1600 / FSM-2300 / FSD-2300 - (220 Volts) Modelos: FSD-2300 SKYMSEN LINHA DIRETA

Manual do Usuário. Fritadeiras Elétricas só Óleo. FSB-1600 / FSM-2300 / FSD-2300 - (220 Volts) Modelos: FSD-2300 SKYMSEN LINHA DIRETA FSB-1600 FSM-2300 FSD-2300 PRODUTOS METALÚRGICA SIEMSEN LTDA. Rua Anita Garibaldi, nº 262 Bairr: S Luiz CEP: 88351-410 Brusque Santa Catarina Brasil Fne: +55 47 255 2000 Fax: +55 47 255 2020 www.siemsen.cm.br

Leia mais

Manual de Instruções. Liquidificador Industrial de ALTO RENDIMENTO. Modelos: LS - 06MB O PREÇO ALIADO À QUALIDADE POLI. 40926.

Manual de Instruções. Liquidificador Industrial de ALTO RENDIMENTO. Modelos: LS - 06MB O PREÇO ALIADO À QUALIDADE POLI. 40926. O PREÇO ALIADO À QUALIDADE O PREÇO ALIADO À QUALIDADE Manual de Instruções Liquidificadr Industrial de ALTO RENDIMENTO O PREÇO ALIADO À QUALIDADE METALÚRGICA SIEMSEN LTDA. Rua Anita Garibaldi, nº 262 Bairr:

Leia mais

LAR - 04/06/08/10. Manual de Instruções. Liquidificador Industrial de ALTO RENDIMENTO. Modelos: SKYMSEN. 13241.1- Outubro/2010

LAR - 04/06/08/10. Manual de Instruções. Liquidificador Industrial de ALTO RENDIMENTO. Modelos: SKYMSEN. 13241.1- Outubro/2010 METALÚRGICA SIEMSEN LTDA. Manual de Instruções Liquidificadr Industrial de ALTO RENDIMENTO METALÚRGICA SIEMSEN LTDA. METAL RGICA SIEMSEN LTDA. Rua Anita Garibaldi, nº 262 Bairr: S Luiz CEP: 88351-410 Brusque

Leia mais

Manual de Instruções. Kit Estrogonofe ABN-AB-ABK-ABL SKYMSEN LINHA DIRETA

Manual de Instruções. Kit Estrogonofe ABN-AB-ABK-ABL SKYMSEN LINHA DIRETA METALÚRGICA SIEMSEN LTDA. Manual de Instruções Kit Estrgnfe ABN-AB-ABK-ABL METALÚRGICA SIEMSEN LTDA. METALÚRGICA SIEMSEN LTDA. Rua Anita Garibaldi, nº 262 Bairr: S Luiz CEP: 88351-410 Brusque Santa Catarina

Leia mais

ABN-HD. Manual de Instruções. Kit Estrogonofe SKYMSEN LINHA DIRETA

ABN-HD. Manual de Instruções. Kit Estrogonofe SKYMSEN LINHA DIRETA METALÚRGICA SIEMSEN LTDA. Manual de Instruções METALÚRGICA SIEMSEN LTDA. METALÚRGICA SIEMSEN LTDA. Rua Anita Garibaldi, nº 262 Bairr: S Luiz CEP: 8835-40 Brusque Santa Catarina Brasil Fne: (47) 32-6000

Leia mais

Manual de Instruções. PCP-98M(Monofásico) PCP-98T(Trifásico) POLI O PREÇO ALIADO A QUALIDADE. 28088.7 - Novembro/2010 LINHA DIRETA

Manual de Instruções. PCP-98M(Monofásico) PCP-98T(Trifásico) POLI O PREÇO ALIADO A QUALIDADE. 28088.7 - Novembro/2010 LINHA DIRETA O PREÇO ALIADO A QUALIDADE. Manual de Instruções METALÚRGICA SIEMSEN LTDA. Rua Anita Garibaldi, nº 262 Bairr: S Luiz CEP: 88351-10 Brusque Santa Catarina Brasil Fne: +55 7 3255 2000 Fax: +55 7 3255 2020

Leia mais

ABN-HD. Manual de Instruções Amaciador de Carnes SKYMSEN METALÚRGICA SIEMSEN LTDA. 28320.7 - Outubro/2010 LINHA DIRETA

ABN-HD. Manual de Instruções Amaciador de Carnes SKYMSEN METALÚRGICA SIEMSEN LTDA. 28320.7 - Outubro/2010 LINHA DIRETA METALÚRGICA SIEMSEN LTDA. METALÚRGICA SIEMSEN LTDA. METAL RGICA SIEMSEN LTDA. Rua Anita Garibaldi, nº 6 Bairr: S Luiz CEP: 8835-40 Brusque Santa Catarina Brasil Fne: +55 47 355 000 Fax: +55 47 355 00 www.siemsen.cm.br

Leia mais

FOGÃO ELÉTRICO. Manual de Instruções SIEMSEN. (0xx) 47 255 2000 LINHA DIRETA

FOGÃO ELÉTRICO. Manual de Instruções SIEMSEN. (0xx) 47 255 2000 LINHA DIRETA Manual de Instruções METALÚRGICA SIEMSEN LTDA. Fone: +55 (0 )47 255 2000 - Fax: +55 (0 )47 255 2020 Rua: Anita Garibaldi, nº 262 - Bairro: São Luiz - CP: 52 CEP: 88351-410 - Brusque - Santa Catarina -

Leia mais

Manual de Instruções SKYMSEN METALÚRGICA SIEMSEN LTDA. LINHA DIRETA

Manual de Instruções SKYMSEN METALÚRGICA SIEMSEN LTDA. LINHA DIRETA METALÚRGICA SIEMSEN LTDA. Manual de Instruções METALÚRGICA SIEMSEN LTDA. METAL RGICA SIEMSEN LTDA. Rua Anita Garibaldi, nº 262 Bairr: S Luiz CEP: 88351-410 Brusque Santa Catarina Brasil Fne: +55 47 3255

Leia mais

CFGL/CFAG. Cortadores de Frios Modelos SKYMSEN LINHA DIRETA. Mod. CFAG

CFGL/CFAG. Cortadores de Frios Modelos SKYMSEN LINHA DIRETA. Mod. CFAG SE É SKYMSEN, PODE CONFIAR. Mod. CFAG PRODUTOS METALÚRGICA SIEMSEN LTDA. Rua Anita Garibaldi, nº 262 Bairro: S o Luiz CEP: 8831-410 Brusque Santa Catarina Brasil Fone: + 47 32 2000 Fax: + 47 32 2020 www.siemsen.com.br

Leia mais

SKYMSEN LINHA DIRETA. Ramais 2011 2012 2013. E-mail: at@siemsen.com.br

SKYMSEN LINHA DIRETA. Ramais 2011 2012 2013. E-mail: at@siemsen.com.br PRODUTOS METALÚRGICA SIEMSEN LTDA. Rua Anita Garibaldi, nº 262 Bairro: S o Luiz CEP: 88351-410 Brusque Santa Catarina Brasil Fone: +55 47 255 2000 Fax: +55 47 255 2020 www.siemsen.com.br - comercial@siemsen.com.br

Leia mais

Manual de Instruções para Aparelhos Auditivos

Manual de Instruções para Aparelhos Auditivos Manual de Instruções para Aparelhs Auditivs Índice Aparelhs Auditivs persnalizads Cnhecend seu aparelh auditiv Clcand a bateria Clcand e retirand aparelh intracanal/intra-auricular Clcand e retirand aparelh

Leia mais

Manual de Instruções. Serra-Fita para Ossos SPA-218/218L. POLI Ramais 2011 2012 2013 O PREÇO ALIADO À QUALIDADE LINHA DIRETA

Manual de Instruções. Serra-Fita para Ossos SPA-218/218L. POLI Ramais 2011 2012 2013 O PREÇO ALIADO À QUALIDADE LINHA DIRETA O PREÇO ALIADO À QUALIDADE Manual de Instruções O PREÇO ALIADO À QUALIDADE METALÚRGICA SIEMSEN LTDA. Rua Anita Garibaldi, nº 262 Bairro: S o Luiz CEP: 88351-410 Brusque Santa Catarina Brasil Fone: +55

Leia mais

CR-4L. Manual de Instruções CUTTER SKYMSEN METALÚRGICA SIEMSEN LTDA. 19276.7 - Outubro/2010 LINHA DIRETA

CR-4L. Manual de Instruções CUTTER SKYMSEN METALÚRGICA SIEMSEN LTDA. 19276.7 - Outubro/2010 LINHA DIRETA METALÚRGICA SIEMSEN LTDA. Manual de Instruções CUTTER METALÚRGICA SIEMSEN LTDA. METAL RGICA SIEMSEN LTDA. Rua Anita Garibaldi, nº 262 Bairro: S o Luiz CEP: 88351-410 Brusque Santa Catarina Brasil Fone:

Leia mais

Manual de Instruções. Nº de série NR12. Serras Fitas Modelos BSFP-2820/1 e BSFM-1780/1. www.braesi.com.br BSFP-2820/1 BSFM-1780/1

Manual de Instruções. Nº de série NR12. Serras Fitas Modelos BSFP-2820/1 e BSFM-1780/1. www.braesi.com.br BSFP-2820/1 BSFM-1780/1 Manual de Instruções EQUIPAMENTOS NR12 Nº de série Braesi Equipamentos para Alimentação Ltda. Av. Eustáquio Mascarello, 512 - Desvio Rizzo Caxias do Sul - RS - Brasil Fone: 0800.979.6222 www.braesi.com.br

Leia mais

Manual de Instruções e Certificado de Garantia PROCESSADORES DE ALIMENTOS. 200 e 300 MM

Manual de Instruções e Certificado de Garantia PROCESSADORES DE ALIMENTOS. 200 e 300 MM Manual de Instruções e Certificado de Garantia PROCESSADORES DE ALIMENTOS 200 e 300 MM Sumário 1 - Introdução 1.1 - Segurança 1.2 - Principais Componentes 1.3 - Características Técnicas 2 - Instalação

Leia mais

SPA-282S SPA-282LS. Manual de Instruções. Serra-Fitas para Ossos - Modelos. 42532.0 - Outubro/2010 LINHA DIRETA POLI

SPA-282S SPA-282LS. Manual de Instruções. Serra-Fitas para Ossos - Modelos. 42532.0 - Outubro/2010 LINHA DIRETA POLI Manual de Instruções Serra-Fitas para Ossos - Modelos METALÚRGICA SIEMSEN LTDA. Rua Anita Garibaldi, nº 262 Bairro: S o Luiz CEP: 8831-4 Brusque Santa Catarina Brasil Fone: + 47 2 2000 Fax: + 47 2 2020

Leia mais

Manual de Instruções. Nº de série. Despolpadeira Modelo DES-60/1. www.braesi.com.br

Manual de Instruções. Nº de série. Despolpadeira Modelo DES-60/1. www.braesi.com.br Manual de Instruções Nº de série Braesi Equipamentos para Alimentação Ltda. Av. Eustáquio Mascarello, 512 - Desvio Rizzo Caxias do Sul - RS - Brasil Fone: 0800.979.6222 www.braesi.com.br - e-mail: braesi@braesi.com.br

Leia mais

BATEDOR DE MILK SHAKE

BATEDOR DE MILK SHAKE METALÚRGICA SIEMSEN LTDA. METAL RGICA SIEMSEN LTDA. Rua Anita Garibaldi, nº 262 Bairro: S o Luiz CEP: 88351-410 Brusque Santa Catarina Brasil Fone: +55 47 3255 2000 Fax: +55 47 3255 20 www.siemsen.com.br

Leia mais

Manual de Instruções, Lista de Peças de Reposição e Certificado de Garantia. FRITADOR FB1B / FB2B 4,5 LITROS

Manual de Instruções, Lista de Peças de Reposição e Certificado de Garantia. FRITADOR FB1B / FB2B 4,5 LITROS Manual de Instruções, Lista de Peças de Reposição e Certificado de Garantia. FRITADOR FB1B / FB2B 4,5 LITROS Sumário 1- Introdução 1.1- Segurança 1.2- Principais Componentes 1.3- Características Técnicas

Leia mais

Manual de Instruções. Serra-Fita para Ossos. Modelo SI-315HD-N 44574.6 - Setembro / 2014 SKYMSEN LINHA DIRETA

Manual de Instruções. Serra-Fita para Ossos. Modelo SI-315HD-N 44574.6 - Setembro / 2014 SKYMSEN LINHA DIRETA METALÚRGICA SIEMSEN LTDA. Manual de Instruções Serra-Fita para Ossos METALÚRGICA SIEMSEN LTDA. METALÚRGICA SIEMSEN LTDA. CNPJ:82.983.032/0001-19 Rua Anita Garibaldi, nº 262 Bairro: S o Luiz CEP: 88351-410

Leia mais

GUIA DO USUÁRIO. Termômetros Portáteis. Termômetro Modelo TM20 com sonda padrão Termômetro Modelo TM25 com sonda de penetração

GUIA DO USUÁRIO. Termômetros Portáteis. Termômetro Modelo TM20 com sonda padrão Termômetro Modelo TM25 com sonda de penetração GUIA DO USUÁRIO Termômetrs Prtáteis Termômetr Mdel TM20 cm snda padrã Termômetr Mdel TM25 cm snda de penetraçã 1 TM20-TM25-EU-PT-br V1.6 4/13 Intrduçã Obrigad pr esclher este Termômetr Prtátil Extech para

Leia mais

Diretor Conselheiro Técnico Consultores de serviços. Responsável pela Qualidade Gerente de Vendas Garantista

Diretor Conselheiro Técnico Consultores de serviços. Responsável pela Qualidade Gerente de Vendas Garantista Sã Paul, 06 de Julh de 2009. Nº. 341 Divulgar esta infrmaçã para: Diretr Cnselheir Técnic Cnsultres de serviçs Gerente de Serviçs Gerente de Peças Chefe de Oficina Respnsável pela Qualidade Gerente de

Leia mais

BATEDOR DE MILK SHAKE, COPO INOX, 3 HASTES MODELO BMS-3R-N

BATEDOR DE MILK SHAKE, COPO INOX, 3 HASTES MODELO BMS-3R-N Data de Correção: 07/03/2012 - ALÉM DESTAS MÁQUINAS, FABRICAMOS UMA LINHA COMPLETA DE EQUIPAMENTOS. CONSULTE SEU REVENDEDOR. - ESTE PRODUTO CONTA COM ASSISTÊNCIA TÉCNICA, REPRESENTANTES E REVENDEDORES

Leia mais

ABN-HD-N AMACIADOR DE CARNE INOX, HEAVY DUTY MODELO

ABN-HD-N AMACIADOR DE CARNE INOX, HEAVY DUTY MODELO METALÚRGICA SIEMSEN LTDA. CNPJ: 82.983.032/0001-19 Rodovia Ivo Silveira - km 12, nº 9525, Galpão 1 - Bairro: Bateas - CEP: 88355-202 Brusque - Santa Catarina - Brasil Fone: +55 47 3211 6000 - Fax: +55

Leia mais

Sistema FlexNEC SS. Componentes e acessórios modulares para soluções em sistemas industriais de movimentação.

Sistema FlexNEC SS. Componentes e acessórios modulares para soluções em sistemas industriais de movimentação. Sistema FlexNEC SS Cmpnentes e acessóris mdulares para sluções em sistemas industriais de mvimentaçã. 11/2012 Esquema de mntagem Sistema FlexNEC SS Cmpnentes e acessóris para esteiras transprtadras Imagem

Leia mais

MANUAL dos LABORATÓRIOS De INFORMÁTICA

MANUAL dos LABORATÓRIOS De INFORMÁTICA MANUAL ds LABORATÓRIOS De INFORMÁTICA Objetiv 1. Oferecer as aluns a infra-estrutura e suprte necessári à execuçã de tarefas práticas, slicitadas pels prfessres, bservand s prazs estabelecids. 2. Oferecer

Leia mais

SMART CONTROLE DO ESTOQUE DE GONDOLA

SMART CONTROLE DO ESTOQUE DE GONDOLA SMART CONTROLE DO ESTOQUE DE GONDOLA O prcess de cntrle de estque de gôndla fi desenvlvid cm uma prcess de auxili a cliente que deseja cntrlar a quantidade de cada item deve estar dispnível para venda

Leia mais

WWW.SIEMSEN.COM.BR MANUAL DE INSTRUÇÕES WWW.ECCELMETALURGICA.COM.BR 220 / 282 / 325

WWW.SIEMSEN.COM.BR MANUAL DE INSTRUÇÕES WWW.ECCELMETALURGICA.COM.BR 220 / 282 / 325 ECCEL METALÚRGICA LTDA. CNPJ: 03.742.070/0001-03 Rua Domingos Polli, nº 1155F - Bairro: Azambuja - CEP: 88353-468 Brusque - Santa Catarina - Brasil Fone: +55 47 3351 4456 www.eccelmetalurgica.com.br met_eccel@hotmail.com.br

Leia mais

GROHE Brasil. Janeiro 2011

GROHE Brasil. Janeiro 2011 GROHE Brasil Janeir 2011 PRESSÃO DE FUNCIONAMENTO: De acrd cm as nrmas brasileiras, s prduts devem pssuir uma vazã mínima, a uma pressã dinâmica de 1,5 m.c.a. Tds s prduts Grhe estã de acrd e superam s

Leia mais

SPA-218L-N. SERRA-FITA PARA OSSOS INOX, COM EMPURRADOR, MESA MÓVEL, REGULADOR DE CORTE, LÂMINA 2.180 mm MODELO

SPA-218L-N. SERRA-FITA PARA OSSOS INOX, COM EMPURRADOR, MESA MÓVEL, REGULADOR DE CORTE, LÂMINA 2.180 mm MODELO METALÚRGICA SIEMSEN LTDA. CNPJ: 82.983.032/0001-19 Rodovia Ivo Silveira - km 12, nº 9525, Galpão 1 - Bairro: Bateas - CEP: 88355-202 Brusque - Santa Catarina - Brasil Fone: +55 47 3211 6000 - Fax: +55

Leia mais

MMA-350M-N MODELADORA MASSAS DE MESA MODELO

MMA-350M-N MODELADORA MASSAS DE MESA MODELO METALÚRGICA SIEMSEN LTDA. CNPJ: 82.983.032/00-19 Rodovia Ivo Silveira - km 12, nº 9525, Galpão 1 - Bairro: Bateas - CEP: 88355-2 Brusque - Santa Catarina - Brasil Fone: +55 47 3211 6000 - Fax: +55 47 3211

Leia mais

MPL-N. MINI SERRA-FITA PARA OSSOS, DE MESA, COM EMPURRADOR, MESA MÓVEL, REGULADOR DE CORTE, LÂMINA 1.740 mm MODELO

MPL-N. MINI SERRA-FITA PARA OSSOS, DE MESA, COM EMPURRADOR, MESA MÓVEL, REGULADOR DE CORTE, LÂMINA 1.740 mm MODELO METALÚRGICA SIEMSEN LTDA. CNPJ: 82.983.032/0001-19 Rodovia Ivo Silveira - km 12, nº 9525, Galpão 1 - Bairro: Bateas - CEP: 88355-202 Brusque - Santa Catarina - Brasil Fone: +55 47 3211 6000 - Fax: +55

Leia mais

Novo Sistema Almoxarifado

Novo Sistema Almoxarifado Nv Sistema Almxarifad Instruções Iniciais 1. Ícnes padrões Existem ícnes espalhads pr td sistema, cada um ferece uma açã. Dentre eles sã dis s mais imprtantes: Realiza uma pesquisa para preencher s camps

Leia mais

Manual de Instruções BM 86NR. Parabéns você acaba de adquirir um produto de excelente qualidade. Processador de alimentos. Modelo

Manual de Instruções BM 86NR. Parabéns você acaba de adquirir um produto de excelente qualidade. Processador de alimentos. Modelo Manual de Instruções Processador de alimentos TERMO DE GARANTIA TODOS OS PRODUTOS BERMAR TÊM A GARANTIA TOTAL DURANTE 6 MESES DATA DA VENDA / / NOTA FISCAL Nº APARELHO Nº Modelo BM 86NR OS APARELHOS PERDERÃO

Leia mais

BMS-N BATEDOR DE MILK SHAKE, COPO INOX, 1 HASTE MODELO

BMS-N BATEDOR DE MILK SHAKE, COPO INOX, 1 HASTE MODELO METALÚRGICA SIEMSEN LTDA. CNPJ: 82.983.032/0001-19 Rodovia Ivo Silveira - km 12, nº 9525, Galpão 1 - Bairro: Bateas - CEP: 88355-202 Brusque - Santa Catarina - Brasil Fone: +55 47 3211 6000 - Fax: +55

Leia mais

WWW.SIEMSEN.COM.BR MANUAL DE INSTRUÇÕES. SERRA-FITA PARA OSSOS INOX, COM EMPURRADOR, MESA MÓVEL, REGULADOR DE CORTE, LÂMINA 2.

WWW.SIEMSEN.COM.BR MANUAL DE INSTRUÇÕES. SERRA-FITA PARA OSSOS INOX, COM EMPURRADOR, MESA MÓVEL, REGULADOR DE CORTE, LÂMINA 2. METALÚRGICA SIEMSEN LTDA. CNPJ: 82.983.032/00-19 Rodovia Ivo Silveira - km 12, nº 9525, Galpão 1 - Bairro: Bateas - CEP: 88355-202 Brusque - Santa Catarina - Brasil Fone: +55 47 3211 6000 - Fax: +55 47

Leia mais

Guia Sphinx: Instalação, Reposição e Renovação

Guia Sphinx: Instalação, Reposição e Renovação Guia Sphinx: Instalaçã, Repsiçã e Renvaçã V 5.1.0.8 Instalaçã Antes de instalar Sphinx Se vcê pssuir uma versã anterir d Sphinx (versões 1.x, 2.x, 3.x, 4.x, 5.0, 5.1.0.X) u entã a versã de Demnstraçã d

Leia mais

Desempenadeiras DPC-4 / DPC-5 MANUAL BÁSICO DO OPERADOR

Desempenadeiras DPC-4 / DPC-5 MANUAL BÁSICO DO OPERADOR Desempenadeiras DPC-4 / DPC-5 MANUAL BÁSICO DO OPERADOR Baldan Máquinas e Equipamentos Ltda Fone: (6) 325-4 - Fax: 325-658 "INFORMAÇÕES TÉCNICAS" Mesas em ferro fundido frezadas muito precisas, com sistema

Leia mais

WWW.SIEMSEN.COM.BR MANUAL DE INSTRUÇÕES MODELADORA MASSAS COM CAVALETE MODELO MMA-350C-N

WWW.SIEMSEN.COM.BR MANUAL DE INSTRUÇÕES MODELADORA MASSAS COM CAVALETE MODELO MMA-350C-N METALÚRGICA SIEMSEN LTDA. CNPJ: 82.983.032/00-19 Rodovia Ivo Silveira - km 12, nº 9525, Galpão 1 - Bairro: Bateas - CEP: 88355-202 Brusque - Santa Catarina - Brasil Fone: +55 47 3211 6000 - Fax: +55 47

Leia mais

Transformadores. Transformadores 1.1- INTRODUÇÃO 1.2- PRINCÍPIO DE FUNCIONAMENTO

Transformadores. Transformadores 1.1- INTRODUÇÃO 1.2- PRINCÍPIO DE FUNCIONAMENTO Transfrmadres 1.1- INTRODUÇÃO N estud da crrente alternada bservams algumas vantagens da CA em relaçã a CC. A mair vantagem da CA está relacinada cm a facilidade de se elevar u abaixar a tensã em um circuit,

Leia mais

Manual de Instalação e Configuração

Manual de Instalação e Configuração Manual de Instalaçã e Cnfiguraçã Prdut:n-ReleaserEmbedded fr Lexmark Versã 1.2.1 Versã d Dc.:1.0 Autr: Lucas Machad Santini Data: 14/04/2011 Dcument destinad a: Clientes e Revendas Alterad pr: Release

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA Manual de Us (Para Detentres de Bens) Infrmações adicinais n Prtal da Crdenaçã de Patrimôni: www.cpa.unir.br 2013 Cnteúd O que papel Detentr de Bem pde fazer?... 2 Objetiv...

Leia mais

MANUAL DE OPERAÇÃO PARA MOEDOR DE CARNE

MANUAL DE OPERAÇÃO PARA MOEDOR DE CARNE MANUAL DE OPERAÇÃO PARA MOEDOR DE CARNE 1-8 1 INTRODUÇÃO Neste manual de operação, você encontrará todas as informações necessárias sobre o equipamento para usá-lo corretamente. Ao adquirir um dos modelos

Leia mais

KIT MULTIUSO STANG PRODUTO EXCLUSIVO PARA USO DOMÉSTICO

KIT MULTIUSO STANG PRODUTO EXCLUSIVO PARA USO DOMÉSTICO MANUAL DE INSTRUÇÃO E TERMO DE GARANTIA versão 01 - agosto 2013 KIT MULTIUSO STANG PRODUTO EXCLUSIVO PARA USO DOMÉSTICO Indústria de Utilidades Rua Filippo Brustolin, 131 Bairro São Leopoldo - CEP 95080-090

Leia mais

MTUR Sistema FISCON. Manual do Usuário

MTUR Sistema FISCON. Manual do Usuário MTUR Sistema FISCON Manual d Usuári Índice 1. INTRODUÇÃO... 3 2. DESCRIÇÃO DO SISTEMA... 3 3. ACESSAR O SISTEMA... 4 4. UTILIZANDO O SISTEMA... 5 4.1. CADASTRAR CONVENENTE... 5 4.2. INSERIR FOTOGRAFIAS/IMAGENS

Leia mais

Matemática / 1ª série / ICC Prof. Eduardo. Unidade 1: Fundamentos. 1 - Introdução ao Computador

Matemática / 1ª série / ICC Prof. Eduardo. Unidade 1: Fundamentos. 1 - Introdução ao Computador Unidade 1: Fundaments 1 - Intrduçã a Cmputadr Cnceits básics e Terminlgias O cmputadr é uma máquina eletrônica capaz de realizar uma grande variedade de tarefas cm alta velcidade e precisã, desde que receba

Leia mais

Manual de Instruções e Certificado de Garantia PICADORES DE CARNE PB 09L - PB 09 - PB 10 - PB 22 - PB 98

Manual de Instruções e Certificado de Garantia PICADORES DE CARNE PB 09L - PB 09 - PB 10 - PB 22 - PB 98 Manual de Instruções e Certificado de Garantia PICADORES DE CARNE PB 09L - PB 09 - PB 10 - PB 22 - PB 98 Sumário 1 - Introdução 1.1 - Segurança 1.2 - Principais Componentes 1.3 - Características Técnicas

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES CR-4L-N CUTTER, INOX, 4 LITROS MODELO

MANUAL DE INSTRUÇÕES CR-4L-N CUTTER, INOX, 4 LITROS MODELO MANUAL DE INSTRUÇÕES CUTTER, INOX, 4 LITROS MODELO CR-4L-N 2 SUMÁRIO 1. Introdução... 3 1.1 Segurança... 3 1.2 Principais Componentes... 5 1.3 Características Técnicas... 6 1.4 Etiquetas... 6 2. Instalação

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES

MANUAL DE INSTRUÇÕES MANUAL DE INSTRUÇÕES ASPIRADOR DE PÓ 800 W COM CABO TELESCÓPICO Equipamento somente para uso doméstico. Obrigado por escolher um produto com a marca Tramontina. Por favor, leia o Manual de Instruções por

Leia mais

PROCEDIMENTO ESPECÍFICO OPERAÇÕES DE DESMATAÇÃO, DESARBORIZAÇÃO E APLICAÇÃO DE FITOFARMACÊUTICOS

PROCEDIMENTO ESPECÍFICO OPERAÇÕES DE DESMATAÇÃO, DESARBORIZAÇÃO E APLICAÇÃO DE FITOFARMACÊUTICOS Página 1 de 9 0 CONTROLO DE REVISÕES... 2 1 OBJECTIVO E CAMPO DE APLICAÇÃO... 2 2 REFERÊNCIAS... 2 3 DEFINIÇÕES... 2 4 ABREVIATURAS... 3 5 PROCEDIMENTO... 3 5.1 NECESSIDADE DE DESARBORIZAÇÃO OU DESMATAÇÃO...

Leia mais

LIQUIDIFICADOR PROFISSIONAL

LIQUIDIFICADOR PROFISSIONAL METALÚRGICA SIEMSEN LTDA. Manual de Instruções METALÚRGICA SIEMSEN LTDA. METALÚRGICA SIEMSEN LTDA. CNPJ:82.983.032/0001-19 Rua Anita Garibaldi, nº 262 Bairro: S o Luiz CEP: 88351-410 Brusque Santa Catarina

Leia mais

MTUR Sistema FISCON. Manual do Usuário

MTUR Sistema FISCON. Manual do Usuário MTUR Sistema FISCON Manual d Usuári Índice 1. INTRODUÇÃO... 3 2. DESCRIÇÃO DO SISTEMA... 3 3. ACESSAR O SISTEMA... 4 4. UTILIZANDO O SISTEMA... 5 4.1. CADASTRAR CONVENENTE... 5 4.2. INSERIR FOTOS DOS CONVÊNIOS...

Leia mais

PROGRAMA REGIONAL DE PROVAS PARA BENJAMINS B 2011/2012

PROGRAMA REGIONAL DE PROVAS PARA BENJAMINS B 2011/2012 COMPETIÇÕES PARA O ESCALÃO DE BENJAMINS B (10-11 ANOS) A respnsabilidade de rganizaçã das actividades para este escalã etári pderá caber as clubes, esclas u à AARAM. As prvas aqui designadas devem ser

Leia mais

Segurança em ambientes agressivos

Segurança em ambientes agressivos Segurança em ambientes agressivs Chaves Fim de Curs Baix cust cm manutençã A linha de chaves fim de curs pesada da ACE Schmersal é a sluçã ideal para serviçs pesads. Sua carcaça, resistente a chques mecânics,

Leia mais

LEV-30. Manual do produto. Laminador Elétrico

LEV-30. Manual do produto. Laminador Elétrico Manual do produto Antes de utilizar o seu produto Arke, leia atentamente este manual. Temos certeza que lhe será bastante útil. Laminador Elétrico LEV-30 PARABÉNS POR SUA ESCOLHA! Você adquiriu um produto

Leia mais

MÁQUINA PARA COSTURAR BOCA DE SACO

MÁQUINA PARA COSTURAR BOCA DE SACO MANUAL DE INSTRUÇÃO MÁQUINA PARA COSTURAR BOCA DE SACO MODELO: SS-26-1W - 1 - MÁQUINA PARA COSTURAR BOCA DE SACO Leia atentamente as instruções antes de iniciar o uso: a) Verificar se a voltagem está correta

Leia mais

www.zoje.com.br Manual ZJ8700 Montagem e Operacional

www.zoje.com.br Manual ZJ8700 Montagem e Operacional Manual ZJ8700 Montagem e Operacional MANUAL DE INSTRUÇÕES Para obter o máximo das muitas funções desta máquina e operá-la com segurança, é necessário usá-la corretamente. Leia este Manual de Instruções

Leia mais

LIQUIDIFICADOR PROFISSIONAL

LIQUIDIFICADOR PROFISSIONAL Manual de Instruções METALÚRGICA SIEMSEN LTDA. Fone: +55 (0 )47 255 2000 - Fax: +55 (0 )47 255 2020 Rua: Anita Garibaldi, nº 262 - Bairro: São Luiz - CP: 52 CEP: 88351-410 - Brusque - Santa Catarina -

Leia mais

Manual de Instruções. Modelos PRP-482 G4 e PRP-242 G4. Nº de série. Forno Industrial Multiuso Giratório. www.progas.com.br

Manual de Instruções. Modelos PRP-482 G4 e PRP-242 G4. Nº de série. Forno Industrial Multiuso Giratório. www.progas.com.br Manual de Instruções Nº de série Progás Indústria Metalúrgica Ltda. Av. Eustáquio Mascarello, 512 - Desvio Rizzo Caxias do Sul - RS - Brasil Fone: 0800.979.6222 www.progas.com.br - e-mail: progas@progas.com.br

Leia mais

Manual de Instruções e Lista de Peças. Máquina de Corte Circular de Tecido 950C

Manual de Instruções e Lista de Peças. Máquina de Corte Circular de Tecido 950C Manual de Instruções e Lista de Peças Máquina de Corte Circular de Tecido 950C 104A 104B Singer é uma marca registrada da The Singer Company Limited ou suas afiliadas. 2009 Copyright The Singer Company

Leia mais

INTRODUÇÃO CARACTERÍSTICAS. MODELO FE 45 CAPACIDADE DE PERFURAÇÃO Ø 45 mm PROFUNDIDADE DE CORTE TIPO DE ENCAIXE CM 2 MEDIDAS DE SEGURANÇA

INTRODUÇÃO CARACTERÍSTICAS. MODELO FE 45 CAPACIDADE DE PERFURAÇÃO Ø 45 mm PROFUNDIDADE DE CORTE TIPO DE ENCAIXE CM 2 MEDIDAS DE SEGURANÇA 1 INTRODUÇÃO As Furadeiras de Base Magnética Merax caracterizam-se por serem robustas, porém leves e de fácil transporte. Utilizam qualquer tipo de broca, preferencialmente as brocas anulares. Trabalham

Leia mais

Fundamentos de Informática 1ºSemestre

Fundamentos de Informática 1ºSemestre Fundaments de Infrmática 1ºSemestre Aula 4 Prf. Nataniel Vieira nataniel.vieira@gmail.cm SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC PELOTAS Descrevend Sistemas de um Cmputadr

Leia mais

MANUAL DE OPERAÇÃO PARA PROCESSADOR DE ALIMENTOS U MF1 300

MANUAL DE OPERAÇÃO PARA PROCESSADOR DE ALIMENTOS U MF1 300 MANUAL DE OPERAÇÃO PARA PROCESSADOR DE ALIMENTOS U MF1 300 1. INFORMAÇÕES DE SEGURANÇA Precauções MANUAL OPERAÇÃO PARA PROCESSADOR DE ALIMENTOS U MF1 300 - O processador de alimentos deve ser manipulado

Leia mais

Perguntas frequentes sobre o Programa Banda Larga nas Escolas

Perguntas frequentes sobre o Programa Banda Larga nas Escolas Perguntas frequentes sbre Prgrama Banda Larga nas Esclas 1. Qual bjetiv d Prgrama Banda Larga nas Esclas? O Prgrama Banda Larga nas Esclas tem cm bjetiv cnectar tdas as esclas públicas à internet, rede

Leia mais

LAR-25LMB-N LIQUIDIFICADOR COMERCIAL BASCULANTE CAVALETE E COPO MONOBLOCO INOX, 25 LITROS MODELO

LAR-25LMB-N LIQUIDIFICADOR COMERCIAL BASCULANTE CAVALETE E COPO MONOBLOCO INOX, 25 LITROS MODELO METALÚRGICA SIEMSEN LTDA. CNPJ: 82.983.032/0001-19 Rodovia Ivo Silveira - km 12, nº 9525, Galpão 1 - Bairro: Bateas - CEP: 88355-202 Brusque - Santa Catarina - Brasil Fone: +55 47 3211 6000 - Fax: +55

Leia mais

Agenda. A interface de Agendamento é encontrada no Modulo Salão de Vendas Agendamento Controle de Agendamento, e será apresentada conforme figura 01.

Agenda. A interface de Agendamento é encontrada no Modulo Salão de Vendas Agendamento Controle de Agendamento, e será apresentada conforme figura 01. Agenda Intrduçã Diariamente cada um ds trabalhadres de uma empresa executam diversas atividades, muitas vezes estas atividades tem praz para serem executadas e devem ser planejadas juntamente cm utras

Leia mais

Manual de Instruções FURADEIRA PARAFUSADEIRA ELÉTRICA PE 735

Manual de Instruções FURADEIRA PARAFUSADEIRA ELÉTRICA PE 735 Manual de Instruções FURADEIRA PARAFUSADEIRA ELÉTRICA PE 735 ADVERTÊNCIA: Leia atentamente este manual antes de usar o produto. ÍNDICE SEÇÃO PÁGINA Introdução 3 Normas gerais de segurança 3 Uso e cuidados

Leia mais

Gestão de SHST e Ambiente. Regras de Qualidade, Ambiente e Segurança aplicáveis às entidades externas

Gestão de SHST e Ambiente. Regras de Qualidade, Ambiente e Segurança aplicáveis às entidades externas 1 / 7 I. OBJETIVO E ÂMBITO Este dcument estabelece as regras de Segurança n Trabalh e Ambiente aplicáveis a entidades que venham a desenvlver actividades dentr da RESIESTRELA, em regime de cntrat, prestaçã

Leia mais

Questão 46. Questão 47. Questão 48. alternativa D. alternativa B. Dados: calor específico do gelo (água no estado sólido)...

Questão 46. Questão 47. Questão 48. alternativa D. alternativa B. Dados: calor específico do gelo (água no estado sólido)... Questã 46 A partir de um bjet real de altura H, dispst verticalmente diante de um instrument óptic, um artista plástic necessita bter uma imagemcnjugadadealturaigualah.nesse cas, dependend das cndições

Leia mais

Manual de Instruções FURADEIRA COM IMPACTO FI 713/1

Manual de Instruções FURADEIRA COM IMPACTO FI 713/1 Manual de Instruções FURADEIRA COM IMPACTO FI 713/1 ADVERTÊNCIA: Leia atentamente este manual antes de usar o produto. ÍNDICE SEÇÃO PÁGINA Introdução 3 Normas gerais de segurança 3 Normas específicas de

Leia mais

Manual de Instruções RETÍFICA RETA 1/4 AR 1214

Manual de Instruções RETÍFICA RETA 1/4 AR 1214 Manual de Instruções RETÍFICA RETA 1/4 AR 1214 ADVERTÊNCIA: Leia atentamente este manual antes de usar o produto. ÍNDICE SEÇÃO PÁGINA Introdução 3 Normas gerais de segurança 3 Normas especificas de segurança

Leia mais

2º Passo Criar a conexão via ODBC (Object DataBase Conection)

2º Passo Criar a conexão via ODBC (Object DataBase Conection) Prjet de Sexta-feira: Prfessra Lucélia 1º Pass Criar banc de dads u selecinar banc de dads. Ntas: Camps nas tabelas nã pdem cnter caracteres acentuads, especiais e exclusivs de línguas latinas. Nã há necessidade

Leia mais

FICHAS DE PROCEDIMENTO PREVENÇÃO DE RISCOS

FICHAS DE PROCEDIMENTO PREVENÇÃO DE RISCOS PP. 1/6 FICHAS DE PROCEDIMENTO PREVENÇÃO DE RISCOS 1 TAREFA ABATE E DESRAME DE ÁRVORES 2 DESCRIÇÃO As tarefas de abate e desrame de árvres estã habitualmente relacinadas cm s seguintes trabalhs Levantaments

Leia mais

Operação Metalose orientações básicas à população

Operação Metalose orientações básicas à população Operaçã Metalse rientações básicas à ppulaçã 1. Quem é respnsável pel reclhiment de prduts adulterads? As empresas fabricantes e distribuidras. O Sistema Nacinal de Vigilância Sanitária (Anvisa e Vigilâncias

Leia mais

III.3. SISTEMAS HÍBRIDOS FIBRA/COAXIAL (HFC)

III.3. SISTEMAS HÍBRIDOS FIBRA/COAXIAL (HFC) 1 III.3. SISTEMAS HÍBRIDOS FIBRA/COAXIAL (HFC) III.3.1. DEFINIÇÃO A tecnlgia HFC refere-se a qualquer cnfiguraçã de fibra ótica e cab caxial que é usada para distribuiçã lcal de serviçs de cmunicaçã faixa

Leia mais

Manual de Instruções Tupias TPA-740; TPA-890

Manual de Instruções Tupias TPA-740; TPA-890 Manual de Instruções Tupias TPA-740; TPA-890 Figura 1: VISTA DA TUPIAS (IMAGEM MERAMENTE ILUSTRATIVA) Advertência: Não execute nenhuma operação com o equipamento antes de ler atentamente este manual. Este

Leia mais

Manual do Novo Pátio. Revenda. Versão 2.0

Manual do Novo Pátio. Revenda. Versão 2.0 Manual d Nv Páti Revenda Versã 2.0 1 Cnteúd INTRODUÇÃO... 3 1.LOGIN... 4 2.ANUNCIANTE... 4 2.1 Listar Usuáris... 4 2.2 Criar Usuári... 5 2.2.1 Permissões:... 6 3.SERVIÇOS... 7 3.1 Serviçs... 7 3.2 Feirã...

Leia mais

Boletim Comercial. Tema: BC003 Plano de Disponibilidade Ilimitada de Recursos UV. Introdução

Boletim Comercial. Tema: BC003 Plano de Disponibilidade Ilimitada de Recursos UV. Introdução Bletim Cmercial Tema: BC003 Plan de Dispnibilidade Ilimitada de Recurss UV Intrduçã Sistemas de cura UV sã cada vez mais presentes em indústrias que imprimem grandes vlumes de materiais, independente d

Leia mais

CURSO NOVA NBR 5419 Proteção contra Descargas Atmosféricas

CURSO NOVA NBR 5419 Proteção contra Descargas Atmosféricas CURSO NOVA NBR 5419 Prteçã cntra Descargas Atmsféricas Públic alv: Engenheirs eletricistas e eletrônics, técnics em eletricidade, prje6stas de sistemas elétrics, eletrônics, de telecmunicações e de cntrle

Leia mais

Manual do usuário e peças de reposição. Guia prático de manutenção passo-a-passo

Manual do usuário e peças de reposição. Guia prático de manutenção passo-a-passo Manual do usuário e peças de reposição Guia prático de manutenção passo-a-passo Revisão Novembro/2009 1 PLATAFORMA TECNOLOGIA EM CONSERVAÇÃO DE PISOS LTDA. Av. Deputado Emílio Carlos, 2499-02721.200 -

Leia mais

MANUAL DE PROCEDIMENTOS PARA REGISTO DE. Técnicos de Instalação e Manutenção de Edifícios e Sistemas. (TIMs)

MANUAL DE PROCEDIMENTOS PARA REGISTO DE. Técnicos de Instalação e Manutenção de Edifícios e Sistemas. (TIMs) MANUAL DE PROCEDIMENTOS PARA REGISTO DE Técnics de Instalaçã e Manutençã de Edifícis e Sistemas (TIMs) NO SISTEMA INFORMÁTICO DO SISTEMA NACIONAL DE CERTIFICAÇÃO ENERGÉTICA NOS EDIFÍCIOS (SCE) 17/07/2014

Leia mais

Manual de Instruções e Certificado de Garantia SERRA DE FITA SF 1,30 - SF 1,74 - SF 2,55 - SF 2,82 SF 2,82 S - SF 3,15 S

Manual de Instruções e Certificado de Garantia SERRA DE FITA SF 1,30 - SF 1,74 - SF 2,55 - SF 2,82 SF 2,82 S - SF 3,15 S Manual de Instruções e Certificado de Garantia SERRA DE FITA SF 1,30 - SF 1,74 - SF 2,55 - SF 2,82 SF 2,82 S - SF 3,15 S Sumário 1 - Introdução 1.1 - Segurança 1.2 - Principais Componentes 1.3 - Características

Leia mais

Manual de Instruções. Parabéns você acaba de adquirir um produto de excelente qualidade. Serra Fita de Bancada Lâmina - 1,74m.

Manual de Instruções. Parabéns você acaba de adquirir um produto de excelente qualidade. Serra Fita de Bancada Lâmina - 1,74m. Manual de Instruções Serra Fita de Bancada Lâmina - 1,74m Modelos BM 24NR BM 25NR TERMO DE GARANTIA TODOS OS PRODUTOS BERMAR TÊM A GARANTIA TOTAL DURANTE 6 MESES DATA DA VENDA / / NOTA FISCAL Nº APARELHO

Leia mais

Controle de Atendimento de Cobrança

Controle de Atendimento de Cobrança Cntrle de Atendiment de Cbrança Intrduçã Visand criar um gerenciament n prcess d cntrle de atendiment de cbrança d sistema TCar, fi aprimrad pela Tecinc Infrmática prcess de atendiment, incluind s títuls

Leia mais

Sumário Serra Fita FAM

Sumário Serra Fita FAM Sumário Serra Fita FAM 1 Componentes... 1 Painel de controle... 1 Sensores de segurança... 2 Especificações... 2 Instalação... 3 Condições Gerais do Local... 3 Rede Elétrica... 3 Instalação da Tomada...

Leia mais

Vensis PCP. Rua Américo Vespúcio, 71 Porto Alegre / RS (51) 3012-4444 comercial@vensis.com.br www.vensis.com.br

Vensis PCP. Rua Américo Vespúcio, 71 Porto Alegre / RS (51) 3012-4444 comercial@vensis.com.br www.vensis.com.br Vensis PCP Vensis PCP O PCP é módul de planejament e cntrle de prduçã da Vensis. Utilizad n segment industrial, módul PCP funcina de frma ttalmente integrada a Vensis ERP e permite às indústrias elabrar

Leia mais

HARDWARE e SOFTWARE. O Computador é composto por duas partes: uma parte física (hardware) e outra parte lógica (software).

HARDWARE e SOFTWARE. O Computador é composto por duas partes: uma parte física (hardware) e outra parte lógica (software). HARDWARE e SOFTWARE O Cmputadr é cmpst pr duas partes: uma parte física (hardware) e utra parte lógica (sftware). Vcê sabe qual é a diferença entre "Hardware" e "Sftware"? Hardware: é nme dad a cnjunt

Leia mais

3. TIPOS DE MANUTENÇÃO:

3. TIPOS DE MANUTENÇÃO: 3. TIPOS DE MANUTENÇÃO: 3.1 MANUTENÇÃO CORRETIVA A manutençã crretiva é a frma mais óbvia e mais primária de manutençã; pde sintetizar-se pel cicl "quebra-repara", u seja, repar ds equipaments após a avaria.

Leia mais

TF-830 MOTOCICLETA. Leia cuidadosamente antes do uso

TF-830 MOTOCICLETA. Leia cuidadosamente antes do uso TF-830 MOTOCICLETA Leia cuidadosamente antes do uso Leia este manual cuidadosamente antes de usar este produto. O manual o informará como operar e montar o produto de uma forma correta para que nenhuma

Leia mais

H. Problemas/outras situações na ligação com a Segurança Social;

H. Problemas/outras situações na ligação com a Segurança Social; Mdel de Cmunicaçã Certificads de Incapacidade Temprária Âmbit d Dcument O presente dcument traduz mdel de cmunicaçã entre Centr de Suprte da SPMS e clientes n âmbit ds CIT Certificads de Incapacidade Temprária.

Leia mais

Manual. Autorizador da UNIMED

Manual. Autorizador da UNIMED Manual Prtal Autrizadr da UNIMED Pass a Pass para um jeit simples de trabalhar cm Nv Prtal Unimed 1. Períd de Atualizaçã Prezads Cperads e Rede Credenciada, A Unimed Sul Capixaba irá atualizar seu sistema

Leia mais

Motocicleta Elétrica para Crianças TF-840

Motocicleta Elétrica para Crianças TF-840 Motocicleta Elétrica para Crianças TF-840 Manual para Instalação e Operação Design de simulação de motocicleta Funções para frente e para trás Função de reprodução de música na parte frontal O produto

Leia mais

^i * aesíqn e=> ~omunícc3ç:c30

^i * aesíqn e=> ~omunícc3ç:c30 ^i * aesíqn e=> ~munícc3ç:c30 CONTRATO DE LICENÇA DE USO DO SISTEMA - SUBMIT CMS Web Site da Prefeitura de Frei Martinh - Paraíba 1. IDENTIFICAÇÃO DAS PARTES CONTRATANTE Prefeitura Municipal de Frei Martinh

Leia mais

Manual de Instruções. Aquecedor de Ambiente Halógeno. Modelo: MA - 012 H. Versão 191212. www.martau.com.br SAC: 0800 51 7546. ATENÇÃO: Não Cobrir

Manual de Instruções. Aquecedor de Ambiente Halógeno. Modelo: MA - 012 H. Versão 191212. www.martau.com.br SAC: 0800 51 7546. ATENÇÃO: Não Cobrir ATENÇÃO: Não Cobrir www.martau.com.br SAC: 0800 5 7546 Versão 922 Aquecedor de Ambiente Halógeno Modelo: MA - 02 H Anotações Índice - Introdução...4 2 - Recomendações de segurança...5 2. - Símbolos e

Leia mais

Anexo 03 Recomendação nº 3: estatuto padrão, estatuto fundamental e contrato social

Anexo 03 Recomendação nº 3: estatuto padrão, estatuto fundamental e contrato social Anex 03 Recmendaçã nº 3: estatut padrã, estatut fundamental e cntrat scial 1. Resum 01 Atualmente, Estatut da Crpraçã da Internet para a atribuiçã de nmes e númers (ICANN) tem um mecanism únic para alterações.

Leia mais