Riley Rodrigues, MSc

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Riley Rodrigues, MSc"

Transcrição

1 Riley Rodrigues, MSc

2 Doenças cardiovasculares Existem fatores predisponentes, como a idade. As doenças são mais frequentes após os anos. Já outros fatores são adquiridos ou podem ser controlados: Fumo: o tabagismo é um fator muito importante na gênese da aterosclerose, além de ter uma relação com a hipertensão arterial Obesidade: pode também ser alterado, com um programa de dieta e exercícios físicos A urbanização acelerada, em especial na segunda metade do século XX, trouxe consigo alguns problemas: Menor atividade física Alteração nos hábitos alimentares com um maior consumo de gorduras Tabagismo Estresse A doença cardiovascular é dividida em doenças do coração ou cardíacas, e doenças da circulação ou vasculares. Entre as doenças do coração destacam-se: infarto agudo do miocárdio, insuficiência cardíaca, hipertensão arterial e arritmias cardíacas

3 Doenças cardiovasculares Insuficiência coronariana: ocorre quando os vasos sanguíneos que levam o oxigênio para o coração - as artérias coronárias - vão se estreitando (estenose), e diminuem até ficarem totalmente obstruídos. Quando a obstrução se torna grave (40% de oclusão do vaso), pode causar angina (dor no peito) ou ataque cardíaco (infarto do miocárdio). Infarto do miocárdio: Ocorre quando o suprimento de sangue a uma parte do músculo cardíaco é reduzido ou cortado totalmente. Isso acontece quando uma artéria coronária está contraída ou obstruída, parcial ou totalmente, o que pode causar a morte das fibras musculares Aterosclerose: É uma doença crônico-degenerativa que leva à obstrução das artérias pelo acúmulo de lípides (principalmente colesterol) em suas paredes. Usualmente, não produz qualquer tipo de sintoma até que um estreitamento acentuado ou obstrução de uma ou mais artérias ocorra. A medida que a aterosclerose estreita a artéria, o órgão afetado pode deixar de receber sangue suficiente para oxigenar os seus tecidos.

4 Doenças cardiovasculares CORAÇÃO SAUDÁVEL CORAÇÃO DOENTE

5 VOCÊS ESTÃO SE PERGUNTANDO QUAL A RELAÇÃO ENTRE O QUE EU ESTOU DIZENDO E O TEMA DESTE EVENTO

6 A CIDADE É UM ORGANISMO VIVO, CUJO SANGUE FLUI POR SUAS VEIAS (INFRAESTRUTURAS DE TRANSPORTE) E QUE VEM SE COMPORTANDO MUITO MAL, CAUSANDO GRANDES DANOS À PRÓPRIA SAÚDE E AOS ORGANISMOS QUE A COHABITAM.

7 ARTÉRIA SAUDÁVEL ARTÉRIA ATEROSCLERÓTICA CIDADE SAUDÁVEL CIDADE ATEROSCLERÓTICA

8 SMARTCITIES tecnologias para enfrentar o desafio da mobilidade nas grandes cidades Riley Rodrigues Sistema FIRJAN Diretoria de Desenvolvimento Econômico Gerência de Ambiente de Negócios e Infraestrutura

9 QUAL SERÁ NOSSA REALIDADE EM 2050? CIDADE CONECTADA CIDADE ENGARRAFADA

10 QUAL SERÁ NOSSA REALIDADE EM 2050? CIDADE INTEGRADA CIDADE PARTIDA

11 Antes de falarmos em cidades inteligentes e mobilidade inteligente, precisamos enxergar objetivamente o caminho que estamos tomando para podermos, sem ideologias, mas com pragmatismo, ajustar a direção. Por que as cidades, em especial nos países em desenvolvimento, têm o perfil atual? O que faz as favelas existirem de forma não vigorosa e se tornarem paisagem natural das cidades? O que faz milhões de pessoas se deslocarem dezenas de quilômetros diariamente, em viagens que chegam a quatro horas em um trânsito cada vez mais engarrafado? A BUSCA POR TRABALHO, EDUCAÇÃO, SAÚDE, SERVIÇOS E LAZER!

12 A RMRJ registra um acelerado processo de expansão desde a década de Em média, a área de ocupação urbana vem aumentando 60 km²/ano. 21 Municípios 7,1 mil/km² 12,9 milhões de habitantes PIB de R$ 354 bilhões 7,3% do PIB nacional em 2013*). 2010

13 A cidade do Rio de Janeiro concentra 62% dos estabelecimentos formais da RMRJ, 72% dos empregos formais e apenas 53% da população. Município População 2015 População 2015 (%) RMRJ Estabeleci mentos formais Estabelecimentos formais (%) RMRJ Perfil do emprego na RMRJ População Ocupada Empregos formais Empregos formais (%) RMRJ População Ocupada com emprego formal no município (%) População Ocupada sem emprego formal no município ou trabalhando em outro município (%) Japeri ,8% 934 0,2% ,1% 11,1% 88,9% Belford Roxo ,9% ,4% ,9% 13,3% 86,7% Guapimirim ,5% ,3% ,1% 14,9% 85,1% Magé ,9% ,1% ,6% 19,0% 81,0% Maricá ,2% ,8% ,4% 19,3% 80,7% Mesquita ,4% ,5% ,5% 19,7% 80,3% São Gonçalo ,4% ,1% ,7% 24,0% 76,0% Paracambi ,4% ,3% ,2% 25,9% 74,1% Nilópolis ,3% ,8% ,6% 28,0% 72,0% Nova Iguaçu ,6% ,3% ,0% 28,1% 71,9% Queimados ,2% ,5% ,5% 28,5% 71,5% Cachoeiras de Macacu ,5% ,4% ,2% 29,2% 70,8% Seropédica ,7% ,3% ,3% 29,3% 70,7% Tanguá ,3% 655 0,1% ,1% 30,8% 69,2% São João de Meriti ,8% ,9% ,1% 31,9% 68,1% Itaboraí ,9% ,0% ,3% 39,0% 61,0% Duque de Caxias ,2% ,4% ,5% 45,8% 54,2% Itaguaí ,0% ,7% ,9% 56,6% 43,4% Rio de Janeiro ,8% ,2% ,3% 73,5% 26,5% Niterói ,1% ,6% ,0% 76,2% 23,8% Rio Bonito ,5% ,2% ,7% 78,4% 21,6% RMRJ % % % 55,7% 44,3% Fonte: IBGE (estimativas da População TCU), Ministério do Trabalho e Emprego (perfil dos municípios, jan./2015)

14 NENHUM SISTEMA INTELIGENTE DE TRÂNSITO VAI FUNCIONAR SE O COMPORTAMENTO URBANO NÃO FOR ALTERADO! O tráfego vai continuar engarrafado enquanto mantivermos a grande massa da população se deslocando ao mesmo tempo, na mesma direção, utilizando as mesmas vias troncais, que se sobrepõem. Nenhum sistema inteligente de trânsito vai funcionar bem enquanto todas as opções que puder oferecer a quem se desloca forem vias congestionadas. Antes de mobilidade inteligente, de cidades inteligentes, resilientes, sobreviventes, é preciso dar o primeiro passo, que é o planejamento inteligente. Nenhum sistema inteligente será eficaz se estiver atrelado a um planejamento desinteligente, que não distribui adequadamente as funções urbanas pelo território em busca de reduzir a concentração de destinos e horários e a distância das viagens pendulares.

15 PLANEJAMENTO INTELIGENTE É A BASE DE AÇÕES INTEGRADAS E INTEGRADORAS QUE NOS PERMITIRÃO CRIAR UMA CIDADE INTELIGENTE, UMA MOBILIDADE INTELIGENTE E UMA SOCIEDADE INTELIGENTE!

16 O PLANEJAMENTO INTELIGENTE CONSIDERA TODOS OS PERFIS URBANOS POSSÍVEIS A PARTIR DOS FATORES INTEGRADOS

17 Governança inteligente Economia inteligente Mobilidade inteligente Meio ambiente inteligente Habitação inteligente Ocupação humana inteligente USO MASSIVO E RACIONAL DAS TICs É O ELEMENTO INTEGRADOR DA SOCIEDADE INTELIGENTE Fonte: Adaptado de EIBURS PROGRAM.

18 Fonte: Adaptado de EIBURS PROGRAM. Economia Mobilidade Meio ambiente Habitação Tráfego Transporte público Infraestrutura de TICs Logística

19 Fonte: Adaptado de EIBURS PROGRAM.

20

21

22 NENHUM SISTEMA INTELIGENTE DE TRÂNSITO VAI FUNCIONAR SE O COMPORTAMENTO URBANO NÃO FOR ALTERADO! O tráfego vai continuar engarrafado enquanto mantivermos a grande massa da população se deslocando ao mesmo tempo, na mesma direção, utilizando as mesmas vias troncais, que se sobrepõem. Nenhum sistema inteligente de trânsito vai funcionar bem enquanto todas as opções que puder oferecer a quem se desloca forem vias congestionadas. Antes de mobilidade inteligente, de cidades inteligentes, resilientes, sobreviventes, é preciso dar o primeiro passo, que é o planejamento inteligente. Nenhum sistema inteligente será eficaz se estiver atrelado a um planejamento desinteligente, que não distribui adequadamente as funções urbanas pelo território em busca de reduzir a concentração de destinos e horários e a distância das viagens pendulares.

23 SMARTCITIES tecnologias para enfrentar o desafio da mobilidade nas grandes cidades Riley Rodrigues

Estudo Estratégico n o 6. Mobilidade urbana e mercado de trabalho na Região Metropolitana do Rio de Janeiro Danielle Carusi Machado e Vitor Mihessen

Estudo Estratégico n o 6. Mobilidade urbana e mercado de trabalho na Região Metropolitana do Rio de Janeiro Danielle Carusi Machado e Vitor Mihessen Estudo Estratégico n o 6 Mobilidade urbana e mercado de trabalho na Região Metropolitana do Rio de Janeiro Danielle Carusi Machado e Vitor Mihessen PANORAMA GERAL Processo de urbanização: expansão territorial

Leia mais

HOSPITAL DAS CLÍNICAS DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS (SERVIÇO DE CARDIOLOGIA E CIRURGIA CARDIOVASCULAR)

HOSPITAL DAS CLÍNICAS DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS (SERVIÇO DE CARDIOLOGIA E CIRURGIA CARDIOVASCULAR) HOSPITAL DAS CLÍNICAS DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS (SERVIÇO DE CARDIOLOGIA E CIRURGIA CARDIOVASCULAR) REVISÃO DE DOENÇA DE ARTÉRIA CORONÁRIA Seu coração é uma bomba muscular poderosa. Ele é

Leia mais

Colesterol O que é Isso? Trabalhamos pela vida

Colesterol O que é Isso? Trabalhamos pela vida Colesterol O que é Isso? X O que é o Colesterol? Colesterol é uma gordura encontrada apenas nos animais Importante para a vida: Estrutura do corpo humano (células) Crescimento Reprodução Produção de vit

Leia mais

Os custos da (i)mobilidade nas regiões metropolitanas do Rio de Janeiro e São Paulo

Os custos da (i)mobilidade nas regiões metropolitanas do Rio de Janeiro e São Paulo Gerência de Competitividade Industrial e Investimentos Nº 3 Os custos da (i)mobilidade nas regiões metropolitanas do Rio de Janeiro e São Paulo As Regiões Metropolitanas do Rio de Janeiro 1 e de São Paulo

Leia mais

Colesterol 3. Que tipos de colesterol existem? 3. Que factores afectam os níveis de colesterol? 4. Quando está o colesterol demasiado elevado?

Colesterol 3. Que tipos de colesterol existem? 3. Que factores afectam os níveis de colesterol? 4. Quando está o colesterol demasiado elevado? Colesterol Colesterol 3 Que tipos de colesterol existem? 3 Que factores afectam os níveis de colesterol? 4 Quando está o colesterol demasiado elevado? 4 Como reduzir o colesterol e o risco de doença cardiovascular?

Leia mais

PLANO DIRETOR DE TRANSPORTE DA REGIÃO METROPOLITANA DO RIO DE JANEIRO - PDTU AGOSTO - 2014

PLANO DIRETOR DE TRANSPORTE DA REGIÃO METROPOLITANA DO RIO DE JANEIRO - PDTU AGOSTO - 2014 PLANO DIRETOR DE TRANSPORTE DA REGIÃO METROPOLITANA DO RIO DE JANEIRO - PDTU AGOSTO - 2014 NO PAÍS, OS INCIPIENTES SISTEMAS PÚBLICOS DE PLANEJAMENTO FORAM DESMOBILIZADOS, SEUS QUADROS FUNCIONAIS SÃO MÍNIMOS.

Leia mais

SISTEMA CARDIOVASCULAR

SISTEMA CARDIOVASCULAR SISTEMA CARDIOVASCULAR Professora: Edilene biologolena@yahoo.com.br Sistema Cardiovascular Sistema Cardiovascular Composto pelo coração, pelos vasos sanguíneos e pelo sangue; Tem por função fazer o sangue

Leia mais

ARCO METROPOLITANO DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA DE OBRAS

ARCO METROPOLITANO DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA DE OBRAS DO RIO DE JANEIRO HISTÓRICO 1974 - passou a integrar o Plano Rodoviário Estadual (PRE) como RJ-109, rodovia planejada do trecho entre a BR 040 e a BR 101 (Sul) 1977 e 1984 - O Estado contratou projeto

Leia mais

Situação de estados e municípios em relação à meta nacional

Situação de estados e municípios em relação à meta nacional Construindo as Metas Situação de estados e municípios em relação à meta nacional Região: Sudeste; UF: Mesorregião: Município: Angra dos Reis; Aperibé; Araruama; Areal; Armação dos Búzios; Arraial do Cabo;

Leia mais

Roberto Craveiro Rodrigues

Roberto Craveiro Rodrigues Roberto Craveiro Rodrigues Analista de Tecnologia da Informação da DATAPREV (empresa de TI da Previdência Social), cedido ao Ministério das Cidades para atuar como Coordenador-Geral de Informatização e

Leia mais

SOBRE IMPLANTAÇÃO DO PROGRAMA MINHA CASA MINHA VIDA NA ZONA OESTE DO RIO DE JANEIRO: LEVANTANDO ALGUMAS QUESTÕES

SOBRE IMPLANTAÇÃO DO PROGRAMA MINHA CASA MINHA VIDA NA ZONA OESTE DO RIO DE JANEIRO: LEVANTANDO ALGUMAS QUESTÕES COLÓQUIO PARA ALÉM DA UNIDADE HABITACIONAL: SOCIEDADE, ARQUITETURA E CIDADE Laboratório Cidade, Habitação e Educação Programa de Pós Graduação em Urbanismo (FAU/UFRJ) SOBRE IMPLANTAÇÃO DO PROGRAMA MINHA

Leia mais

Unidade I Energia: Conservação e transformação. Aula 5.1 Conteúdo: Sistema cardiovascular.

Unidade I Energia: Conservação e transformação. Aula 5.1 Conteúdo: Sistema cardiovascular. CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA Unidade I Energia: Conservação e transformação. Aula 5.1 Conteúdo: Sistema cardiovascular. 2 CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO

Leia mais

O TAMANHO DO PROBLEMA

O TAMANHO DO PROBLEMA FÍSICA MÉDICA O TAMANHO DO PROBLEMA Quantos hipertensos existem no Brasil? Estimativa de Prevalência de Hipertensão Arterial (1998) 13 milhões se considerar cifras de PA > 160 e/ou 95 mmhg 30 milhões

Leia mais

Bilhete Único. Informações úteis para profissionais do transporte de passageiros por ônibus

Bilhete Único. Informações úteis para profissionais do transporte de passageiros por ônibus Bilhete Único Informações úteis para profissionais do transporte de passageiros por ônibus Nós, da Universidade Corporativa do Transporte (UCT), juntamente com a RioCard, trabalhamos nesta cartilha para

Leia mais

Hipert r en e são ã A rteri r a i l

Hipert r en e são ã A rteri r a i l Hipertensão Arterial O que é a Pressão Arterial? Coração Bombeia sangue Orgãos do corpo O sangue é levado pelas artérias Fornece oxigénio e nutrientes Quando o sangue é bombeado gera uma pressão nas paredes

Leia mais

INTERATIVIDADE FINAL EDUCAÇÃO FÍSICA CONTEÚDO E HABILIDADES DINÂMICA LOCAL INTERATIVA AULA. Conteúdo: Sistema cardiovascular no exercício físico

INTERATIVIDADE FINAL EDUCAÇÃO FÍSICA CONTEÚDO E HABILIDADES DINÂMICA LOCAL INTERATIVA AULA. Conteúdo: Sistema cardiovascular no exercício físico Conteúdo: Sistema cardiovascular no exercício físico Habilidades: Entender o sistema cardiovascular com a prática de atividades físicas. REVISÃO A Importância do sistema Muscular e a relação do mesmo com

Leia mais

Desdobrável de informação ao paciente

Desdobrável de informação ao paciente Desdobrável de informação ao paciente Doença cardíaca coronária Secções para este tópico: Introdução Sintomas Causas Diagnóstico Tratamento Prevenção Hiperligações seleccionadas Introdução Para que funcione,

Leia mais

Seminário Rio Metrópole Mobilidade, Conectividade, Custos e Logística. Paulo Fernando Fleury Presidente Instituto Ilos

Seminário Rio Metrópole Mobilidade, Conectividade, Custos e Logística. Paulo Fernando Fleury Presidente Instituto Ilos Realização Seminário Rio Metrópole Mobilidade, Conectividade, Custos e Logística Paulo Fernando Fleury Presidente Instituto Ilos O Paradoxo da Logística A logística é ao mesmo tempo uma das atividades

Leia mais

- CAPÍTULO 3 - O SISTEMA CARDIOVASCULAR. 3) ANATOMIA DO CORAÇÃO HUMANO - O coração é um órgão oco localizado no meio do peito, na cavidade torácica;

- CAPÍTULO 3 - O SISTEMA CARDIOVASCULAR. 3) ANATOMIA DO CORAÇÃO HUMANO - O coração é um órgão oco localizado no meio do peito, na cavidade torácica; - CAPÍTULO 3 - O SISTEMA CARDIOVASCULAR 1) FUNÇÕES DO SISTEMA CARDIOVASCULAR - Propulsão do sangue por todo o organismo; - Transporte de substâncias como o oxigênio (O 2 ), dióxido de carbono ou gás carbônico

Leia mais

Professor: João Paulo ALGUNS PROBLEMAS CARDIOVASCULARES. Prof: João Paulo

Professor: João Paulo ALGUNS PROBLEMAS CARDIOVASCULARES. Prof: João Paulo ALGUNS PROBLEMAS CARDIOVASCULARES Prof: João Paulo SOPRO NO CORAÇÃO É uma alteração no fluxo do sangue dentro do coração, provocada por problemas em uma ou mais válvulas cardíacas ou por lesões nas paredes

Leia mais

EXERCÍCIO E DIABETES

EXERCÍCIO E DIABETES EXERCÍCIO E DIABETES Todos os dias ouvimos falar dos benefícios que os exercícios físicos proporcionam, de um modo geral, à nossa saúde. Pois bem, aproveitando a oportunidade, hoje falaremos sobre a Diabetes,

Leia mais

Participar em estudos de investigação científica é contribuir para o conhecimento e melhoria dos serviços de saúde em Portugal

Participar em estudos de investigação científica é contribuir para o conhecimento e melhoria dos serviços de saúde em Portugal FO L H E TO F EC H A D O : FO R M ATO D L ( 2 2 0 x 1 1 0 m m ) FO L H E TO : C A PA Departamento de Epidemiologia Clínica, Medicina Preditiva e Saúde Pública Faculdade de Medicina da Universidade do Porto

Leia mais

O estado do Rio de Janeiro no Censo 2010

O estado do Rio de Janeiro no Censo 2010 O estado do Rio de Janeiro no Censo 2010 Documento preliminar Coordenação: Luiz Cesar Ribeiro Responsável: Érica Tavares da Silva Colaboração: Juciano Rodrigues e Arthur Molina 1 P á g i n a Introdução

Leia mais

O desafio de deixar de fumar

O desafio de deixar de fumar O desafio de deixar de fumar O uso do cigarro tem como objetivo a busca por efeitos prazerosos desencadeados pela nicotina, melhora ime - diata do raciocínio e do humor, diminuição da ansiedade e ajuda

Leia mais

Sistema circulatório

Sistema circulatório Sistema circulatório O que é: também conhecido como sistema cardiovascular é formado pelo coração e vasos sanguíneos. Tal sistema é responsável pelo transporte de nutrientes, gases, hormônios, excreções

Leia mais

hipertensão arterial

hipertensão arterial hipertensão arterial Quem tem mais risco de ficar hipertenso? Quais são as consequências da Hipertensão Arterial? quem tem familiares Se a HTA» hipertensos não for controlada, causa lesões em diferentes

Leia mais

Índice. Como evitar um AVC e um Infarte do miocardio

Índice. Como evitar um AVC e um Infarte do miocardio Como evitar um AVC e um Infarte do miocardio 2 Índice Como evitar um AVC e um Infarte do miocardio... 3 Quantas mortes são causadas por AVC?... 3 Como dimininuir o risco de AVC?... 3 Quais as pessoas com

Leia mais

EXERCÍCIOS ON LINE DE CIÊNCIAS 8 AN0

EXERCÍCIOS ON LINE DE CIÊNCIAS 8 AN0 EXERCÍCIOS ON LINE DE CIÊNCIAS 8 AN0 1- Que órgão do sistema nervoso central controla nosso ritmo respiratório? Bulbo 2- Os alvéolos são formados por uma única camada de células muito finas. Explique como

Leia mais

SISTEMA CIRCULATÓRIO

SISTEMA CIRCULATÓRIO SISTEMA CIRCULATÓRIO FUNÇÕES DO SISTEMA CIRCULATÓRIO: Transporte de substâncias : * Nutrientes para as células. * Resíduos vindos das células. *Gases respiratórios. * Hormônios. OBS: O sangue também pode

Leia mais

CONVENÇÕES COLETIVAS EMPREGADOS EM CONDOMÍNIOS. Sindicato Profissional Base Territorial PISO CCT PISO REGIONAL 1. Sind. Empreg. Edifícios Teresópolis

CONVENÇÕES COLETIVAS EMPREGADOS EM CONDOMÍNIOS. Sindicato Profissional Base Territorial PISO CCT PISO REGIONAL 1. Sind. Empreg. Edifícios Teresópolis CONVENÇÕES COLETIVAS EMPREGADOS EM CONDOMÍNIOS Sindicato Profissional Base Territorial PISO CCT PISO REGIONAL 1. Sind. Empreg. Edifícios Teresópolis Teresópolis a) R$ 500,00 (quinhentos reais): Porteiro,

Leia mais

Cinco setores industriais mais importantes nos municípios que compõem o Fórum da Baixada

Cinco setores industriais mais importantes nos municípios que compõem o Fórum da Baixada Cinco setores industriais mais importantes nos municípios que compõem o Fórum da Baixada # Divisão de Atividade Econômica, segundo classificação CNAE - versão 2.0 Fórum da Baixada - Total de Atividades

Leia mais

DOENÇAS CARDÍACAS NA INSUFICIÊNCIA RENAL

DOENÇAS CARDÍACAS NA INSUFICIÊNCIA RENAL DOENÇAS CARDÍACAS NA INSUFICIÊNCIA RENAL As doenças do coração são muito freqüentes em pacientes com insuficiência renal. Assim, um cuidado especial deve ser tomado, principalmente, na prevenção e no controle

Leia mais

Determinação de Mercados Relevantes no Setor de Saúde Suplementar. 25 de junho de 2008

Determinação de Mercados Relevantes no Setor de Saúde Suplementar. 25 de junho de 2008 Determinação de Mercados Relevantes no Setor de Saúde Suplementar 25 de junho de 2008 Estrutura da Apresentação I Objetivo do Trabalho; II Metodologia; e III Estudos de Caso. I Objetivo do Trabalho O objetivo

Leia mais

azul NOVEMBRO azul Saúde também é coisa de homem. Doenças Cardiovasculares (DCV)

azul NOVEMBRO azul Saúde também é coisa de homem. Doenças Cardiovasculares (DCV) Doenças Cardiovasculares (DCV) O que são as Doenças Cardiovasculares? De um modo geral, são o conjunto de doenças que afetam o aparelho cardiovascular, designadamente o coração e os vasos sanguíneos. Quais

Leia mais

Resultado da Pesquisa Origem/Destino

Resultado da Pesquisa Origem/Destino GOVERNO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA DE ESTADO DE TRANSPORTES COMPANHIA ESTADUAL DE ENGENHARIA DE TRANSPORTE E LOGÍSTICA Plano Diretor de Transporte Urbano da Região Metropolitana do Estado do

Leia mais

DOENÇAS CORONARIANAS CARDIOPATIAS

DOENÇAS CORONARIANAS CARDIOPATIAS DOENÇAS CORONARIANAS CARDIOPATIAS DOENÇAS CORONARIANAS Podemos definir a cardiopatia como qualquer doença que atinja o coração e sistema sanguíneo (artérias, veias e vasos capilares). Dentre elas, as mais

Leia mais

Dissecação de um coração de mamífero

Dissecação de um coração de mamífero Índice Introdução... 3 / 4 Material... 5 Material Biológico... 5 Procedimento... 5 Desenho... 6 Discussão... 7 Conclusão... 7 Bibliografia... 8 Anexos... Ilustrações... 9 / 10 Doenças Cardiovasculares...

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO CONTINUADA, ALFABETIZAÇÃO E DIVERSIDADE PROGRAMA ESCOLA ABERTA

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO CONTINUADA, ALFABETIZAÇÃO E DIVERSIDADE PROGRAMA ESCOLA ABERTA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO CONTINUADA, ALFABETIZAÇÃO E DIVERSIDADE PROGRAMA ESCOLA ABERTA 1. Princípios orientadores Fruto de um acordo de cooperação técnica entre o Ministério da Educação e a Unesco, o programa

Leia mais

Programa Qualidade de Vida no Trabalho (QVT) Campanha de Prevenção e Controle de Hipertensão e Diabetes

Programa Qualidade de Vida no Trabalho (QVT) Campanha de Prevenção e Controle de Hipertensão e Diabetes Programa Qualidade de Vida no Trabalho (QVT) Campanha de Prevenção e Controle de Hipertensão e Diabetes Objetivos: - Desenvolver uma visão biopsicossocial integrada ao ambiente de trabalho, considerando

Leia mais

Sindicato das Misericórdias e Entidades Filantrópicas e Beneficentes do Estado do Rio de Janeiro.

Sindicato das Misericórdias e Entidades Filantrópicas e Beneficentes do Estado do Rio de Janeiro. Circular 16/2015 Rio de Janeiro, 16 de abril de 2015. Ref: Orientações para o Recolhimento da Contribuição Sindical Ilmo Provedor / Presidente / Diretor A contribuição sindical está prevista nos artigos

Leia mais

PROGRAMA DE ACELERAÇÃO DO CRESCIMENTO PAC - RIO

PROGRAMA DE ACELERAÇÃO DO CRESCIMENTO PAC - RIO PROGRAMA DE ACELERAÇÃO DO CRESCIMENTO PAC - RIO ARCO METROPOLITANO TRAÇADO GERAL E SEGMENTAÇÃO Ligação entre a BR 101/NORTE em Manilha/Itaboraí a BR-101/SUL (Rod. Rio-Santos) em Itaguaí Extensão de 145

Leia mais

Alimentos para limpar as artérias e prevenir a aterosclerose

Alimentos para limpar as artérias e prevenir a aterosclerose Alimentos para limpar as artérias e prevenir a aterosclerose Fonte:http://melhorcomsaude.com/10-alimentos-limpar-as-arterias-prevenir-aterosclerose/ A aterosclerose é uma doença de nome complicado, mas

Leia mais

Ataque cardíaco. Os homens têm uma probabilidade três vezes maior de sofrerem um ataque cardíaco do que as mulheres.

Ataque cardíaco. Os homens têm uma probabilidade três vezes maior de sofrerem um ataque cardíaco do que as mulheres. Ataque cardíaco Introdução Um ataque cardíaco, também conhecido como enfarte do miocárdio, ou trombose coronária, ocorre quando parte do músculo cardíaco morre por falta de oxigénio. O ataque cardíaco

Leia mais

Coração saudável. Dr. Carlos Manoel de Castro Monteiro MD,PhD

Coração saudável. Dr. Carlos Manoel de Castro Monteiro MD,PhD Coração saudável Dr. Carlos Manoel de Castro Monteiro MD,PhD Qual a importância da doença cardiovascular? Milhões de Mortes* Mortalidade por doenças cardiovasculares em 1990 e 2020 Países desenvolvidos

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE NITERÓI SECRETARIA MUNICIPAL DE CULTURA FUNDAÇÃO DE ARTE DE NITERÓI

PREFEITURA MUNICIPAL DE NITERÓI SECRETARIA MUNICIPAL DE CULTURA FUNDAÇÃO DE ARTE DE NITERÓI PREFEITURA MUNICIPAL DE NITERÓI SECRETARIA MUNICIPAL DE CULTURA FUNDAÇÃO DE ARTE DE NITERÓI CHAMADA PÚBLICA PARA PARTICIPAÇÃO NO 1º ENCONTRO NACIONAL DE ARTE E CULTURA LGBT NA CONDIÇÃO DE PARTICIPANTE-CONVIDADO(A)

Leia mais

Doenças do Sistema Circulatório

Doenças do Sistema Circulatório Doenças do Sistema Circulatório Dados Mundiais: Mortes por grupos de causas - 2000 Total de Mortes: 55.694.000 Causas Externas ( 9.1%) Doenças Não Transmissíveis (59.0%) Doenças transmissíveis, mortalidade

Leia mais

TERAPÊUTICA DA HIPERTENSÃO ARTERIAL SISTÊMICA

TERAPÊUTICA DA HIPERTENSÃO ARTERIAL SISTÊMICA Disciplina: Farmacologia Curso: Enfermagem TERAPÊUTICA DA HIPERTENSÃO ARTERIAL SISTÊMICA Professora: Ms. Fernanda Cristina Ferrari Controle da Pressão Arterial Sistêmica Controle Neural estimulação dos

Leia mais

SENADO FEDERAL PRESSÃO CONTROLADA SENADOR CLÉSIO ANDRADE

SENADO FEDERAL PRESSÃO CONTROLADA SENADOR CLÉSIO ANDRADE SENADO FEDERAL PRESSÃO CONTROLADA SENADOR CLÉSIO ANDRADE 2 Pressão controlada apresentação Chamada popularmente de pressão alta, a hipertensão é grave por dois motivos: não apresenta sintomas, ou seja,

Leia mais

Educação Infantil - Ensino Fundamental - Ensino Médio MEXA-SE Vamos pedalar A integração entre famílias Combate estresse e depressão Emagrece

Educação Infantil - Ensino Fundamental - Ensino Médio MEXA-SE Vamos pedalar A integração entre famílias Combate estresse e depressão Emagrece Educação Infantil - Ensino Fundamental - Ensino Médio Rua Caraíbas, 882 Cep. 05020-000 (Administração) Fone: (11) 3202.8500 Fax: (11) 3202.8541 Vila Pompeia São Paulo/SP www.colegiosagrado.com.br / www.redesagrado.com

Leia mais

MELHORE A SUA VIDA CUIDE DO SEU CORAÇÃO!

MELHORE A SUA VIDA CUIDE DO SEU CORAÇÃO! MAIO, MÊS DO CORAÇÃO MELHORE A SUA VIDA CUIDE DO SEU CORAÇÃO! 12 A 31 DE MAIO DE 2008 EXPOSIÇÃO ELABORADA PELA EQUIPA DO SERVIÇO DE CARDIOLOGIA, COORDENADA PELA ENFERMEIRA MARIA JOÃO PINHEIRO. B A R R

Leia mais

3 Plano Diretor de Transporte Urbano da Região Metropolitana do Rio de Janeiro (PDTU-RMRJ) e sua Atualização

3 Plano Diretor de Transporte Urbano da Região Metropolitana do Rio de Janeiro (PDTU-RMRJ) e sua Atualização 26 3 Plano Diretor de Transporte Urbano da Região Metropolitana do Rio de Janeiro (PDTU-RMRJ) e sua Atualização Os municípios da RMRJ vêm crescendo ano após ano na parte econômica e social, com tudo isso,

Leia mais

Saiba mais sobre. Hipertensão

Saiba mais sobre. Hipertensão Saiba mais sobre Hipertensão Saiba mais sobre Hipertensão Dr. Marcus Vinícius Bolívar Malachias CRM-MG 16.454 Doutor em Cardiologia pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, SP. Diretor

Leia mais

O que é O que é. colesterol?

O que é O que é. colesterol? O que é O que é colesterol? 1. O que é colesterol alto e por que ele é ruim? Apesar de a dislipidemia (colesterol alto) ser considerada uma doença extremamente prevalente no Brasil e no mundo, não existem

Leia mais

CORAÇÃO. Na Saúde combata...os inimigos silenciosos! Trabalho Elaborado por: Ana Cristina Pinheiro Mário Quintaneiro

CORAÇÃO. Na Saúde combata...os inimigos silenciosos! Trabalho Elaborado por: Ana Cristina Pinheiro Mário Quintaneiro Trabalho Elaborado por: Na Saúde combata...os inimigos silenciosos! Ana Cristina Pinheiro Mário Quintaneiro CORAÇÃO Olá! Eu sou o seu coração, trabalho dia e noite sem parar, sem descanso semanal ou férias.

Leia mais

Gestão pela Excelência

Gestão pela Excelência OLIMPÍADA DA BAIXADA Gestão pela Excelência Triplo E Excelente Experiência Esportiva PROF. MS LUCIO MACEDO Academia Olímpica Brasileira Gestão pela Excelência 13 Municípios Participantes Belford Roxo

Leia mais

Colunagem Standard e Tablóide (Pág. Standard: 6 col x 52 cm - Pág. Tabloide: 5 col x 29cm)

Colunagem Standard e Tablóide (Pág. Standard: 6 col x 52 cm - Pág. Tabloide: 5 col x 29cm) Colunagem e Tablóide (Pág. : 6 col x 52 cm Pág. Tabloide: 5 col x 29cm) Primeiro Caderno, Segundo Caderno, Prosa e Verso, Morar Bem, Carro Etc., Boa Chance e Ela Primeiro Caderno Vida Ganha Tablóide Jogo

Leia mais

Políticas de saúde: o Programa de Saúde da Família na Baixada Fluminense *

Políticas de saúde: o Programa de Saúde da Família na Baixada Fluminense * Políticas de saúde: o Programa de Saúde da Família na Baixada Fluminense * ALINE DE MOURA SOUZA 1 SUZANA MARTA CAVENAGHI 2 Introdução Este trabalho tem por objetivo apresentar informações referentes à

Leia mais

O QUE É COLESTEROL? TIPOS

O QUE É COLESTEROL? TIPOS O QUE É COLESTEROL? O colesterol pode ser considerado um tipo de lipídio (gordura) produzido em nosso organismo. Ele está presente em alimentos de origem animal (carne, leite integral, ovos etc.). Em nosso

Leia mais

HIPERTENSÃO ARTERIAL Que conseqüências a pressão alta pode trazer? O que é hipertensão arterial ou pressão alta?

HIPERTENSÃO ARTERIAL Que conseqüências a pressão alta pode trazer? O que é hipertensão arterial ou pressão alta? HIPERTENSÃO ARTERIAL O que é hipertensão arterial ou pressão alta? A hipertensão arterial ou pressão alta é quando a pressão que o sangue exerce nas paredes das artérias para se movimentar é muito forte,

Leia mais

HIPERTENSÃO ARTERIAL

HIPERTENSÃO ARTERIAL HIPERTENSÃO ARTERIAL O que é hipertensão arterial ou pressão alta? A hipertensão arterial ou pressão alta é quando a pressão que o sangue exerce nas paredes das artérias para se movimentar é muito forte,

Leia mais

47 Por que preciso de insulina?

47 Por que preciso de insulina? A U A UL LA Por que preciso de insulina? A Medicina e a Biologia conseguiram decifrar muitos dos processos químicos dos seres vivos. As descobertas que se referem ao corpo humano chamam mais a atenção

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA O PROFESSOR PRESENCIAL

ORIENTAÇÕES PARA O PROFESSOR PRESENCIAL ORIENTAÇÕES PARA O PROFESSOR PRESENCIAL Componente Curriculares Educação Física Professores Ministrantes: Kim Raone e Marcus Marins Série/ Ano letivo: 2º ano/ 2014 Data: 26/03/2014 AULA 5.1 Conteúdo: Doenças

Leia mais

Quais são os principais sintomas e como se pode diagnosticar um enfarte agudo do miocárdio?

Quais são os principais sintomas e como se pode diagnosticar um enfarte agudo do miocárdio? PERGUNTAS FREQUENTES Quais são os principais sintomas e como se pode diagnosticar um enfarte agudo do miocárdio? Alguns enfartes agudos do miocárdio determinam sintomas súbitos e muito intensos, que não

Leia mais

Capítulo 1 Introdução 12

Capítulo 1 Introdução 12 1 Introdução Esta dissertação busca implementar e analisar uma metodologia, baseada em procedimentos quantitativos, para auxiliar o diagnóstico de indivíduos com doença cardíaca, através da investigação

Leia mais

2. HIPERTENSÃO ARTERIAL

2. HIPERTENSÃO ARTERIAL TESTE ERGOMETRICO O teste ergométrico serve para a avaliação ampla do funcionamento cardiovascular, quando submetido a esforço físico gradualmente crescente, em esteira rolante. São observados os sintomas,

Leia mais

Sistema circulatório

Sistema circulatório Texto de apoio ao professor T3 Nesta aula irá estudar-de o ciclo cardíaco (diástole, sístole, pressão sanguínea e arterial) e os meios utilizados para o diagnóstico e prevenção de anomalias que possam

Leia mais

Um possível panorama Concessões de transporte público no Brasil

Um possível panorama Concessões de transporte público no Brasil Romulo Orrico Coppe/UFRJ Seminário Modelos de concessão do transporte urbano por ônibus: práticas e tendências São Paulo, agosto 2014 Um possível panorama Concessões de transporte público no Brasil Tipos

Leia mais

Desafios do Rio de Janeiro para a Copa do Mundo de 2014 e os Jogos Olímpicos de 2016: transporte

Desafios do Rio de Janeiro para a Copa do Mundo de 2014 e os Jogos Olímpicos de 2016: transporte Nº 1 de 2014 e os Jogos Olímpicos de 2016: transporte A escolha do Rio de Janeiro para ser a sede dos Jogos Olímpicos coroou o bom momento vivido pela cidade e pelo estado, que irá receber investimentos

Leia mais

Projeto Qualidade de Vida: Cuide-se, se Informe e Viva Melhor.

Projeto Qualidade de Vida: Cuide-se, se Informe e Viva Melhor. Projeto Qualidade de Vida: Cuide-se, se Informe e Viva Melhor. Apresentação O projeto cuide se, informe se e viva melhor é uma iniciativa da professora Adriana Pereira Santos Silva, juntamente com os alunos

Leia mais

DECRETO N 41.122 DE 09 DE JANEIRO DE 2008. (DO ESTADO 10/01/2008)

DECRETO N 41.122 DE 09 DE JANEIRO DE 2008. (DO ESTADO 10/01/2008) DECRETO N 41.122 DE 09 DE JANEIRO DE 2008. (DO ESTADO 10/01/2008) INSTITUI O PLANO DIRETOR DE GESTÃO DE RESIDUOS SÓLIDOS DA REGIÃO METROPOLITANA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO. O GOVERNADOR DO ESTADO DO RIO

Leia mais

1/14. Polícia Civil Principais Ocorrências Vítimas Estado RJ por DPs 2010 Números Absolutos

1/14. Polícia Civil Principais Ocorrências Vítimas Estado RJ por DPs 2010 Números Absolutos 1/14 1a. DP 4a. DP 5a. DP 6a. DP 7a. DP 9a. DP 10a. DP 12a. DP 13a. DP Totais Praça Mauá Praça da República Mem de Sá Cidade Nova Santa Teresa Catete Botafogo Copacabana Ipanema Homicídio doloso (total)

Leia mais

Entendendo seus resultados sanguíneos. Avitum

Entendendo seus resultados sanguíneos. Avitum Entendendo seus resultados sanguíneos Avitum Por que você precisa verificar meu sangue tantas vezes? Todos os meses tiramos uma série de amostras de sangue para verificar se você está dialisando bem, e

Leia mais

Easy PDF Creator is professional software to create PDF. If you wish to remove this line, buy it now.

Easy PDF Creator is professional software to create PDF. If you wish to remove this line, buy it now. PORTARIA DETRO/PRES. N O 983 DE 14 DE JANEIRO DE 2010 (publicada em 15 de janeiro de 2010) DISPÕE SOBRE A UTILIZAÇÃO DE VEÍCULOS DO TIPO PISO BAIXO NO SISTEMA INTERMUNICIPAL DE TRANSPORTE RODOVIÁRIO DE

Leia mais

Padrão Microbiológico de Potabilidade da Água para consumo humano de acordo com a Portaria do Ministério da Saúde Nº 2914/11

Padrão Microbiológico de Potabilidade da Água para consumo humano de acordo com a Portaria do Ministério da Saúde Nº 2914/11 Padrão Microbiológico de Potabilidade da Água para consumo humano de acordo com a Portaria do Ministério da Saúde Nº 2914/11 QUANTIDADE DE AMOSTRAS PARA ANÁLISES DE COLIFORMES PERCENTUAL DE AMOSTRAS Abasteciment

Leia mais

O QUE É COLESTEROL? Sinônimos: colesterol hdl, colesterol ldl

O QUE É COLESTEROL? Sinônimos: colesterol hdl, colesterol ldl O QUE É COLESTEROL? Sinônimos: colesterol hdl, colesterol ldl O colesterol pode ser considerado um tipo de lipídio (gordura) produzido em nosso organismo. Ele está presente em alimentos de origem animal

Leia mais

TÁ RUIM MAS TÁ BOM : SOBRE O PROGRAMA MINHA CASA MINHA NA REGIÃO METROPOLITANA DO RIO DE JANEIRO

TÁ RUIM MAS TÁ BOM : SOBRE O PROGRAMA MINHA CASA MINHA NA REGIÃO METROPOLITANA DO RIO DE JANEIRO SEMINÁRIO LEUS 2013 Laboratório de Estudos Urbanos e Socioambientais Departamento de Serviço Social PUC-Rio TÁ RUIM MAS TÁ BOM : SOBRE O PROGRAMA MINHA CASA MINHA NA REGIÃO METROPOLITANA DO RIO DE JANEIRO

Leia mais

Enfarte Agudo do Miocárdio

Enfarte Agudo do Miocárdio Enfarte Agudo do Miocárdio Elaboração: Patrícia Vanessa Freitas Pita (Enfermeira) Colaboração, revisão e validação: António João Prado Almada Cardoso (Médico Especialista em Cardiologista) Luís Miguel

Leia mais

Acesse apresentações e vídeos do evento em: www.amp.uerj.br

Acesse apresentações e vídeos do evento em: www.amp.uerj.br Acesse apresentações e vídeos do evento em: www.amp.uerj.br Instituto Pereira Passos Painel - Região Metropolitana, um Geolaboratório 29 de maio de 2014 2014 Histórico RIOPLAN IPLANRIO INSTITUTO PEREIRA

Leia mais

SECRETARIA DE TRANSPORTES

SECRETARIA DE TRANSPORTES SECRETARIA DE TRANSPORTES Minuta do Relatório 4 Planejamento e Execução das Pesquisas: Parte 2 PLANO DIRETOR DE TRANSPORTE URBANO DA REGIÃO METROPOLITANA DO RIO DE JANEIRO 09 de Junho de 2014 Minuta do

Leia mais

www.supervia.com.br 1

www.supervia.com.br 1 www.supervia.com.br 1 Trens Urbanos no Rio de Janeiro Histórico Antes da privatização, sob condições de transporte inadequadas, o número de passageiros caiu consistentemente Média de passageiros dias úteis

Leia mais

Fisiologia Geral. Biofísica da Circulação: artérias

Fisiologia Geral. Biofísica da Circulação: artérias Fisiologia Geral Biofísica da Circulação: O ciclo cardíaco; Interconversão de energias nas artérias SISTEMA CARDIOVASCULAR Sistema de ductos fechados com uma bomba hidráulica: O coração. Artérias: vasos

Leia mais

DECRETO N 42.262 DE 26 DE JANEIRO DE 2010

DECRETO N 42.262 DE 26 DE JANEIRO DE 2010 DECRETO N 42.262 DE 26 DE JANEIRO DE 2010 REGULAMENTA A LEI ESTADUAL Nº 5.628/09, QUE INSTITUIU O BILHETE ÚNICO NOS SERVIÇOS DE TRANSPORTE COLETIVO INTERMUNICIPAL DE PASSAGEIROS NA REGIÃO METROPOLITANA

Leia mais

RELATÓRIO FINAL DE ATIVIDADES

RELATÓRIO FINAL DE ATIVIDADES Movimento Movimento Nacional de Proteção à de Proteção à Vida Vida MMA / PNEA MMA / IBAMA /Est. RJ / Prefeituras RELATÓRIO FINAL DE ATIVIDADES Agosto/2000 a Agosto/2001 APRESENTAÇÃO O Projeto de Educação

Leia mais

cateter de Swan-Ganz

cateter de Swan-Ganz cateter de Swan-Ganz Dr. William Ganz Dr. Jeremy Swan A introdução, por Swan e Ganz, de um cateter que permitia o registro de parâmetros hemodinâmicos na artéria pulmonar a partir de 1970 revolucionou

Leia mais

Municípios em Dados. SUBSECRETÁRIA DE PLANEJAMENTO Cláudia Uchôa Cavalcanti

Municípios em Dados. SUBSECRETÁRIA DE PLANEJAMENTO Cláudia Uchôa Cavalcanti Municípios em Dados SUBSECRETÁRIA DE PLANEJAMENTO Cláudia Uchôa Cavalcanti Equipe da Dimensão Territorial do Planejamento: Haidine da Silva Barros Duarte Francisco Filomeno Abreu Neto Paulo Cesar Figueredo

Leia mais

EXERCÍCIO FÍSICO: ESTRATÉGIA PRIORITÁRIA NA PROMOÇÃO DA SAÚDE E DA QUALIDADE DE VIDA.

EXERCÍCIO FÍSICO: ESTRATÉGIA PRIORITÁRIA NA PROMOÇÃO DA SAÚDE E DA QUALIDADE DE VIDA. 1 EXERCÍCIO FÍSICO: ESTRATÉGIA PRIORITÁRIA NA PROMOÇÃO DA SAÚDE E DA QUALIDADE DE VIDA. Tales de Carvalho, MD, PhD. tales@cardiol.br Médico Especialista em Cardiologia e Medicina do Esporte; Doutor em

Leia mais

Resolução Normativa RN 259

Resolução Normativa RN 259 Resolução Normativa RN 259 (Publicada em 17/06/11, alterada pela RN 268 de 20/10/11 e complementada pela IN/DIPRO nº n 37 de 07/12/11) Gerência de Regulação 27 de janeiro de 2012 Apresentação da Norma

Leia mais

ARTÉRIAS E VEIAS. Liga Acadêmica de Anatomia Clínica. Hugo Bastos. Aula III

ARTÉRIAS E VEIAS. Liga Acadêmica de Anatomia Clínica. Hugo Bastos. Aula III ARTÉRIAS E VEIAS Aula III Liga Acadêmica de Anatomia Clínica Hugo Bastos Salvador BA 23 de Agosto de 2011 Sistema circulatório Responsável pelo transporte de líquidos (sangue ou linfa) por todo o corpo.

Leia mais

Unidade 4 Funções da nutrição

Unidade 4 Funções da nutrição Sugestões de atividades Unidade 4 Funções da nutrição 8 CIÊNCIAS Nutrição. As proteínas, encontradas em alimentos como leite, ovos, carne, soja e feijão, são fundamentais para nossa saúde. Justifique essa

Leia mais

Sistema circulatório. Componentes: - Vasos sanguíneos. - Sangue (elementos figurados e plasma) - Coração

Sistema circulatório. Componentes: - Vasos sanguíneos. - Sangue (elementos figurados e plasma) - Coração Fisiologia Humana Sistema circulatório Componentes: - Sangue (elementos figurados e plasma) - Vasos sanguíneos - Coração Vasos sanguíneos Artérias Vasos com paredes espessas e elásticas por onde circula

Leia mais

Planificação anual de Saúde- 10ºano

Planificação anual de Saúde- 10ºano CURSO PROFISSIONAL DE TÉCNICO AUXILIAR DE SAÚDE Turmas: 10ºI Professora: Ana Margarida Vargues Planificação anual de Saúde- 10ºano 1 - Estrutura e Finalidades da disciplina A disciplina de Saúde do Curso

Leia mais

PROGRAMA DE BOLSA AUXÍLIO ESPECIAL PARA ALUNOS DE FORA DO GRANDE RIO

PROGRAMA DE BOLSA AUXÍLIO ESPECIAL PARA ALUNOS DE FORA DO GRANDE RIO PROGRAMA DE BOLSA AUXÍLIO ESPECIAL PARA ALUNOS DE FORA DO GRANDE RIO O Conselho de Administração do Instituto Infnet, no uso de suas atribuições e demais legislações correlatas, considerando necessário

Leia mais

DICIONÁRIO DE TERMOS DA HEMODINÂMICA

DICIONÁRIO DE TERMOS DA HEMODINÂMICA DICIONÁRIO DE TERMOS DA HEMODINÂMICA Aneurisma: dilatação e protusão localizada da parede de um vaso (principalmente artéria) ou do coração, decorrente de uma fragilidade estrutural local. Angina: também

Leia mais

Coração Saudável! melhor dele?

Coração Saudável! melhor dele? As doenças cardiovasculares (DCV s) - incluem as doenças coronarianas e o acidente vascular cerebral (AVC) também conhecido como derrame afetam pessoas de todas as idades, até mesmo mulheres e crianças.

Leia mais

SEJA COMPETITIVO, PROMOVENDO A QUALIDADE DE VIDA NO TRABALHO ACÇÕES DE SENSIBILIZAÇÃO

SEJA COMPETITIVO, PROMOVENDO A QUALIDADE DE VIDA NO TRABALHO ACÇÕES DE SENSIBILIZAÇÃO www.medialcare.pt SEJA COMPETITIVO, PROMOVENDO A QUALIDADE DE VIDA NO TRABALHO ACÇÕES DE SENSIBILIZAÇÃO 1 ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL Com a colaboração de uma especialista em Nutrição, propomos apresentar a temática

Leia mais

A hipertensão arterial é comum?

A hipertensão arterial é comum? Introdução A hipertensão arterial é comum? Se tem mais de 30 anos e não se lembra da última vez em que verificou a sua tensão arterial, pode pertencer aos dois milhões de pessoas neste país com hipertensão

Leia mais

ENFARTE AGUDO DO MIOCÁRDIO

ENFARTE AGUDO DO MIOCÁRDIO ENFARTE AGUDO DO MIOCÁRDIO Cristina Gavina* Teresa Pinho** IV. TRATAMENTO DO ENFARTE AGUDO DO MIOCÁRDIO Como já foi referido, o enfarte miocárdico ocorre quando uma artéria coronária fica ocluída, geralmente

Leia mais