Resultados de Pesquisa sobre utilização empresarial de Plataformas Móveis

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Resultados de Pesquisa sobre utilização empresarial de Plataformas Móveis"

Transcrição

1 Resultados de Pesquisa sobre utilização empresarial de Plataformas Móveis

2 Apresentação Esta pesquisa sobre a utilização empresarial de Plataformas Móveis, teve como público-alvo profissionais de TI e executivos da área que atuam em grandes e médias empresas usuárias de TI e/ou em empresas do próprio setor de Tecnologia da Informação, todos atuando no Brasil. A análise a seguir apresenta os dados consolidados a partir das respostas de 122 participantes desta edição da pesquisa (pertencentes a 114 empresas diferentes), cujo levantamento de respostas se deu na última semana de setembro de Esta temática está sendo avaliada pela primeira vez, razão pela qual não há comparações com edições anteriores da pesquisa. 2

3 Conclusões Os resultados desta pesquisa permitem concluir que o mercado de aplicativos móveis está passando por uma primeira onda de substituição de dispositivos e aplicativos mais antigos, por outros mais modernos. A grande diferença entre as preferências pessoais dos profissionais e as fatias de mercado atual dos vários concorrentes revela que há espaço para variações significativas nas fatias de mercado ocupadas por cada uma das plataformas, no futuro próximo. As demandas de construção de aplicativos corporativos são atendidas principalmente pelo desenvolvimento a medida (interno ou terceirizado). As empresas do setor de TI estão apenas acordando para o desenvolvimento de soluções específicas para dispositivos móveis. Finalmente, a demanda por profissionais com conhecimento especializado tende a ser atendida mais por meio de treinamento de profissionais que já pertencem aos quadros das empresas, do que pela contratação de novos profissionais, que já possuam esse conhecimento especializado. A seguir, apresentamos os resultados da pesquisa de forma detalhada. 3

4 Google Android Apple iphone/ipad Windows Mobile/Phone Blackberry Java MicroEdition O aplicativo é mais importante que a plataforma Symbian Outras (webos, Palm, etc.) Não creio em aplicativos móveis 3,3% 1,6% 0,8% 12,3% 9,0% 24,6% 36,1% 63,9% 63,1% Resultados Preferência Pessoal por Plataformas A primeira opinião solicitada aos entrevistados disse respeito à sua preferência pessoal entre as várias plataformas móveis disponíveis no mercado, independentemente delas estarem sendo utilizadas ou não. A estruturação do questionário permitiu que cada entrevistado citasse até três plataformas de sua preferência. O número médio de respostas por entrevistado ficou próximo a dois e meio. Observamos que as plataformas do Google e da Apple lideram as preferências pessoais, de forma quase igual. Entretanto, todas as demais plataformas somadas ainda superam qualquer um dos líderes, revelando tratar-se de um mercado ainda bastante fragmentado. A plataforma da Microsoft segue imediatamente aos líderes. Um número bastante reduzido de entrevistados (9%) optou por dar mais importância à escolha dos aplicativos do que à plataforma. Dado que a maioria das plataformas ainda não possui aplicativos corporativos em abundância, este número pode ser interpretado como mais um sinal de certa imaturidade do mercado em relação ao tema. 4

5 Aplicativos corporativos em operação Na sequencia, perguntamos sobre as plataformas que estão efetivamente em operação nas empresas onde os entrevistados trabalham. Contrapondo os resultados com a questão anterior fica evidente, em primeiro lugar, que a participação de mercado de todas as plataformas é muito menor do que as preferências pessoais. 39,3% Apple iphone/ipad Windows Mobile/Phone 36,9% Blackberry 32,8% Google Android 23,0% Outras (webos, Palm, etc) 9,8% Java MicroEdition Symbian 3,3% 5,7% A plataforma da Apple, primeira colocada em uso efetivo (embora seguida de perto pela Microsoft) atinge cerca de 40% do mercado, enquanto a preferência pessoal por ela é superior a 60%. A maior diferença entre a participação efetiva e a preferência pessoal se aplica ao Google Android, cujo índice de preferência é quase três vezes maior do que a participação efetiva. Este fato nos faz supor que esta plataforma deve crescer sua participação efetiva no mercado. Na direção contrária, observamos que a plataforma Blackberry (da canadense RIM) atinge apenas 25% das preferências, mas está em uso em quase um terço das empresas: um sinal de que ela deve perder participação ao longo do tempo. Tempo de Utilização de Aplicativos Corporativos O aspecto seguinte analisado diz respeito ao lapso de tempo no qual as empresas já estão se utilizando de plataformas móveis. Desde os antigos PDAs, passando pelos smartphones e chegando nos recentes tablets, as tentativas de utilização de aplicativos em ambientes móveis pelas empresas, podem remontar a um passado bastante distante. 5

6 Temos planos de médio/longo prazo para isso 8,2% Faremos isso nos próximos doze meses 8,2% Decidimos não utilizar este tipo de software 2,5% Há mais de dez anos 5,7% Entre cinco e dez anos atrás 19,7% Somente no último ano 23,8% Entre três e cinco anos atrás 14,8% Entre um e três anos atrás 17,2% De fato, cerca de 6% das respostas indicam que o uso destas plataformas remonta a prazo superior a dez anos. Entretanto, o período compreendido pelo último ano contém, sozinho, a maior fatia do mercado, confirmando a recente aceleração no uso deste tipo de soluções. A fatia, relativamente menor, para o período de três a cinco anos atrás, revela que houve um hiato entre os 25% pioneiros na adoção das plataformas móveis (usam há cinco anos ou mais), e aqueles que as adotaram nos últimos três anos (40%). A soma dos que pretendem adotar plataformas móveis no futuro, próximo ou distante, com aqueles que declararam ter decidido não adotá-las, revela que o espaço disponível para o crescimento é inferior a 20% do mercado. Assim, devemos concluir que, cada vez mais, os novos projetos de adoção de soluções móveis, consistirão na substituição de aplicativos e/ou plataformas já em uso. Tempo de Uso por Plataforma Para complementar a análise, cruzamos a informação sobre o tempo de uso das plataformas com as respostas fornecidas para as plataformas efetivamente em uso. A participação de 50% da plataforma Symbian (da Nokia, já descontinuada) entre aqueles que usam plataformas móveis há mais de dez anos, confirma a tendência à substituição identificada acima. Nem Apple nem Android existem há mais de dez anos, de forma que as fatias de mercado que ocupam entre os usuários pioneiros indicam que alguns destes já passaram ao menos por uma segunda implementação de suas soluções. 6

7 0% 10% 20% 30% 40% 50% 60% 70% 80% 90% 100% Java MicroEdition Apple iphone/ipad Symbian Blackberry Google Android Windows Mobile/Phone Outras (webos, Palm, etc) Há mais de dez anos Entre cinco e dez anos atrás Entre três e cinco anos atrás Entre um e três anos atrás Somente no último ano Faremos isso nos próximos doze meses Temos planos de médio/longo prazo Decidimos não utilizar este tipo de software Na figura acima, as fatias referentes aos usuários que adotaram cada uma das plataformas nos últimos doze meses, na cor lilás, entre as várias opções disponíveis no mercado variam desde cerca de 30% no caso da plataforma Apple até um mínimo de 16% no caso da plataforma Microsoft. Ficam de fora da análise a opção Outras, por englobar diversas plataformas, e, curiosamente, a plataforma Java, indicando que esta estacionou no mercado de aplicativos móveis. Empecilhos ao uso maior de Plataformas Móveis Quando questionamos a respeito dos problemas ou dificuldades que os profissionais enfrentam para que o uso das plataformas móveis seja maior dentro das suas empresas, a resposta mais frequente diz respeito a decisões políticas internas das suas empresas. Em outras palavras, é bastante provável que vejamos um crescimento forte deste tipo de solução, já que basta uma decisão nas empresas para eliminar essa dificuldade em quase 40% das empresas. 7

8 Decisões políticas internas da empresa 36,9% Falta ou alto custo de mão-de-obra especializada Ausência de aplicativos que sua empresa precisa Altos custos de desenvolvimento 26,2% 24,6% 28,7% Falta ou alto custo de prestadores de serviço especializados e confiáveis Essas plataformas ainda não são 100% confiáveis Outro motivo não relacionado 11,5% 18,9% 18,0% Na sequencia foram citadas dificuldades comuns a qualquer tipo de plataforma relativamente nova no mercado: a falta de profissionais especializados, a ausência de aplicativos e os custos elevados do desenvolvimento sob encomenda. Usuários com acesso a dispositivos móveis O uso das aplicações obviamente depende também do fato dos usuários das empresas terem acesso a dispositivos móveis. Por essa razão, perguntamos na sequencia sobre o percentual aproximado dos usuários que já dispõem, dentro das empresas, dos dispositivos em questão, independentemente de se a compra destes se deu por parte das empresas, ou se se trata de dispositivos de propriedade pessoal dos funcionários da empresa. 8

9 De 50 a 75% 6,6% De 90 a 95% 1,6% De 75 a 90% 5,7% Mais de 95% 11,5% Ninguém 2,5% Menos de 5% 25,4% De 25 a 50% 12,3% De 11 a 25% 13,9% De 6 a 10% 20,5% Os resultados indicam que há um grupo de cerca de 12% das empresas onde os dispositivos estão ao alcande de 90% ou mais de todos os usuários. Este fato contrasta com os quase 50% das empresas onde no máximo dez por cento dos usuários possuem acesso aos dispositivos necessários o que indica ainda uma grande oportunidade de vendas dos dispositivos móveis! Usuários com acesso a aplicativos corporativos Por outra parte, usuários que tenham acesso aos dispositivos móveis, embora necessário, não garantem o uso de aplicativos de interesse das empresas. Usuários que adquiriram eles mesmos seus dispositivos, tipicamente os utilizam para fins pessoais, mesmo em horário de trabalho. Por isso questionamos separadamente qual o percentual dos usuários das empresas que acessam aplicativos corporativos através dos dispositivos móveis. Comparando os resultados a esta questão com a anterior, é possível concluir que: 9

10 De 75 a 90% 0,8% De 50 a 75% 5,7% Mais de 95% 4,1% Ninguém 8,2% De 25 a 50% 10,7% De 11 a 25% 11,5% Menos de 5% 40,2% De 6 a 10% 18,9% O percentual de empresas com mais de 90% dos usuários acessando aplicações de forma móvel é de apenas 4%, número que representa um terço dos usuários que dispõem dos dispositivos. Ou seja, mesmo onde os dispositivos já estão largamente disponíveis, há ainda um longo trabalho de implementação de aplicativos corporativos. No outro extremo, este fato é confirmado: 59% das respostas indicam o uso de aplicativos corporativos por 10% ou menos da base de usuários, número maior que os 50% de empresas onde no máximo 10% dos usuários tem acesso aos dispositivos. Origem dos aplicativos móveis Outro aspecto avaliado diz respeito à origem dos aplicativos móveis em uso. 10

11 Desenvolvido por um fornecedor de aplicativos tradicionais da sua empresa Desenvolvido por 11,5% encomenda pela minha empresa 15,6% Desenvolvido como produto complementar (download) p/ fornecedores especializados 10,7% Desenvolvidos pelos criadores da plataforma 13,9% Desenvolvido por uma equipe interna da minha empresa 26,2% Não dispomos de nenhum aplicativo móvel 12,3% Não sei dizer 9,8% A resposta mais frequente, dada por 26% dos entrevistados, diz que as próprias empresas desenvolveram seus aplicativos internamente. Outros 16% encomendaram desenvlvimento sob encomenda, totalizando então mais de 40% das empresas que se viram obrigadas a investir na criação de soluções próprias. Este aspecto é outro sinal do baixo grau de maturidade do mercado, onde os fornecedores especializados e os próprios criadores das plataformas não conseguem, em conjunto, atender mais que 24% do mercado com suas soluções. Formação dos Profissionais Especializados Outra temática relacionada a qualquer plataforma tecnológica inovadora, diz respeito aos recursos humanos necessários nas empresas, para poder tirar proveito delas. 11

12 Superior 66,1% Técnico 24,0% Pós-graduado 9,9% Nesse sentido avaliamos o grau de formação dos profissionais especializados em plataformas móveis. A distribuição entre técnicos, graduados e pós-graduados é praticamente a mesma que encontramos quando avaliamos os profissionais de Tecnologia da Informação como um todo. Isto se constitui num sinal de que estas plataformas móveis não exigem um conjunto de habilidades básicas diferentes daquelas exigidas pela computação digamos mais tradicional. Remuneração dos Profissionais Especializados Outro aspecto considerado diz respeito à remuneração dos profissionais especializados em plataformas móveis. De forma geral, quando uma determinada especialização é rara no mercado, ou seja os profissionais com esse conhecimento especializado são escassos, a remuneração média desses profissionais tende a ser superior à média de mercado. 12

13 Mais de 30% superior aos demais 9,3% Entre 10 e 30% superior aos demais 11,6% Mais de 30% inferior aos demais 7,0% Entre 10 e 30% inferior aos demais 4,7% Praticamente equivale aos demais 67,4% Quando avaliamos este fato em relação às plataformas móveis, identificamos que em dois terços das empresas não há diferença significativa na remuneração dos profissionais especialistas. 12% afirmaram que a remuneração é menor, enquanto 21% afirmaram que a remuneração é maior: ou seja, embora haja uma certa inflação de demanda, ela não é tão significativa quanto poderiamos supor a priori. Tamanho das Equipes de TI Como forma de complementar a análise da disponibilidade de recursos humanos nas empresas, solicitamos informação sobre o tamanho total das equipes da área de TI. Os resultados, ilustrados na figura a seguir, revelam que 56% das empresas possuem no máximo vinte profissionais de TI, enquanto os 22% no extremo superior possuem equipes compostas por cem ou mais profissionais. 13

14 De 1000 a ,8% 2500 ou mais 8,3% De 500 a 999 4,1% De 201 a 499 4,1% De 101 a 200 5,0% De 1 a 5 28,1% De 51 a ,7% de 21 a 50 11,6% De 6 a 20 27,3% A faixa intermediária, de 20 a 100 profissionais, atinge percentual semelhante. Perfil das Equipes de TI Como a base de entrevistados inclui tanto profissionais de empresas de TI quanto de empresas usuárias de tecnologia, perguntamos sobre o principal papel das equipes de TI. A equipe se destina a atender usuários internos da empresa (grupo empresarial) 72,1% Não há equipe, trabalho sozinho como consultor, autônomo ou assemelhado 4,9% A empresa é prestadora de serviços de TI 23,0% 14

15 Quase três quartos das equipes se destinam a atender usuários internos das próprias empresas (ou grupos empresariais), enquanto que as empresas do setor de TI atingem quase um quarto da amostra. Os poucos pontos percentuais restantes são os que correspondem aos profissionais autônomos que participaram da pesquisa. Perfil vs Preferências Pessoais Quando cruzamos este perfil das equipes com as preferências pessoais dos profissionais em relação às plataformas, reveladas no início do questionário, verificamos que apenas a plataforma da Apple tem distribuição semelhante ao dos perfis acima identificados. As demais plataformas possuem uma participação menor de empresas de TI do que o total da amostra, revelando que as empresas de TI não seguem as preferências das empresas usuárias! Apple iphone/ipad Google Android Java MicroEdition Symbian Windows Mobile/Phone Blackberry Outras (webos, Palm, etc_) A empresa é prestadora de serviços de TI A equipe se destina a atender usuários internos da empresa (grupo empresarial) Não há equipe, trabalho sozinho como consultor, autônomo ou assemelhado Também chama a atenção a inversão de posições entre as preferências pela plataforma Java e a plataforma Microsoft. Parece que esta última conquistou uma preferência muito maior entre as corporações, mas não soube ainda despertar seu ecosistema de parceiros para acompanhar essa demanda. Sua preferência, entre as empresas de TI, praticamente se iguala ao Blackberry, que, como já comentado, é uma plataforma que tende a perder mercado. Contratações nos próximos doze meses Para avaliar a evolução do mercado de trabalho específico em plataformas móveis, questionamos sobre o número de contratações de profissionais especializados que as empresas farão nos próximos doze meses. 15

16 De 1 a 5 41,0% Nenhum 47,5% De 201 a 400 1,6% De 101 a 200 0,8% De 21 a 50 3,3% De 51 a 100 1,6% De 6 a 20 4,1% Os resultados revelam que quase 90% das empresas irão contratar no máximo cinco profissionais especializados (sendo que metade delas afirmaram que não contratarão ninguém). Contratações por perfil da equipe Para avaliar essas novas vagas, cruzamos essas respostas com os perfis das equipes: 0% 10% 20% 30% 40% 50% 60% 70% 80% 90% 100% Não há equipe, trabalho sozinho como consultor, autônomo ou assemelhado A equipe se destina a atender usuários internos da empresa A empresa é prestadora de serviços de TI Nenhum De 1 a 5 De 6 a 20 De 21 a 50 De 51 a 100 De 101 a 200 De 201 a

17 O resultado, ilustrado no gráfico acima, revela que a maioria das novas oportunidades de trabalho especializado se concentra nas empresas prestadoras de serviços de TI: um primeiro sinal (enfim!) de que ao menos uma parte delas estão acordando para esta oportunidade de mercado. Treinamento nos próximos doze meses Analogamente, questionamos sobre o volume de profissionais que as empresas pretendem treinar em plataformas móveis nos próximos doze meses. De 1 a 5 51,6% Nenhum 31,1% De 201 a 400 2,5% De 101 a 200 0,8% De 6 a 20 8,2% De 21 a 50 4,9% De 51 a 100 0,8% Na comparação com as intenções de contratação, chama a atenção que o percentual de respostas nenhum cai de 48 para 31%, e o número de empresas que pretendem treinar 20 ou mais profissionais chega a 18%, enquanto as intenções de contratação desse volume de profissionais foi declarada por apenas 8% das empresas. Podemos concluir portanto, que há um número maior de profissionais que já estão nas empresas sendo migrados/treinados para trabalhar com plataformas móveis, do que o número de vagas que esta tecnologia está gerando. Treinamento por perfil da equipe Quando cruzamos as intenções de treinamento com o perfil das equipes, os resultados confirmam a tendência já encontrada na contratação. 17

18 0% 10% 20% 30% 40% 50% 60% 70% 80% 90% 100% Não há equipe, trabalho sozinho como consultor, autônomo ou assemelhado A equipe se destina a atender usuários internos da empresa A empresa é prestadora de serviços de TI Nenhum De 1 a 5 De 6 a 20 De 21 a 50 De 51 a 100 De 101 a 200 De 201 a 400 A maior demanda por treinamento, assim como no caso da contratação, está nas empresas prestadoras de serviços de TI. Quase 80% delas pretendem treinar pelo menos alguns dos seus profissionais na questão das plataformas móveis nos próximos doze meses. Já no caso das corporações, esse índice ainda é de respeitáveis 68%. Fatores na Contratação de Especialistas Para finalizar o questionário, solicitamos que os profissionais avaliassem a importância dada a diversos fatores levados em conta na hora da contratação de novos profissionais nas empresas, usando para tanto notas de 0 a 10. O gráfico a seguir revela as notas médias obtidas por cada um dos fatores. 18

19 Entrevista pessoal 8,07 Iindicação de outro profissional de confiança Curso superior em informática Testes de conhecimento técnico Experiência em curriculum Indicação de agência Certificação 7,47 7,36 7,12 6,75 6,43 6,19 A liderança é ocupada por fatores como a entrevista pessoal e a indicação (aval) de colegas de confiança, indicando que o relacionamento humano pesa mais que o conhecimento técnico na contratação de profissionais especializados em plataformas móveis. Certamente se trata de um reflexo da pouca experiência dos profissionais de recursos humanos com este tipo de profissionais especializados. O conhecimento técnico, a experiência comprovada e as certificações ainda são parte do grupo de fatores com menor peso na contratação. 19

2009/04 - Pesquisa sobre Metodologias de Desenvolvimento de Sistemas

2009/04 - Pesquisa sobre Metodologias de Desenvolvimento de Sistemas 2009/04 - Pesquisa sobre Metodologias de Desenvolvimento de Sistemas Pesquisa realiada pelo site http://www.mbi.com.br/ Esta pesquisa foi focada em grandes e médias empresas que possuem equipes de desenvolvimento

Leia mais

APRESENTAÇÃO. a. Governança na área de TI. b. Uso da metodologia ITIL. c. Uso da metodologia COBIT. d. Uso de Business Inteligence

APRESENTAÇÃO. a. Governança na área de TI. b. Uso da metodologia ITIL. c. Uso da metodologia COBIT. d. Uso de Business Inteligence APRESENTAÇÃO As questões avaliadas na pesquisa diziam respeito à infra-estrutura que essas empresas dispõem na área de TI, tais como servidores, sistemas operacionais e de gerenciamento de banco de dados

Leia mais

Soluções em Mobilidade

Soluções em Mobilidade Soluções em Mobilidade Soluções em Mobilidade Desafios das empresas no que se refere a mobilidade em TI Acesso aos dados e recursos de TI da empresa estando fora do escritório, em qualquer lugar conectado

Leia mais

O papel dominante da mobilidade no mercado de trabalho

O papel dominante da mobilidade no mercado de trabalho Um perfil personalizado de adoção da tecnologia comissionado pela Cisco Systems Fevereiro de 2012 Dinâmica de ganhos com as iniciativas de mobilidade corporativa Os trabalhadores estão cada vez mais remotos,

Leia mais

Gerencie a força de trabalho móvel, sem a complexidade e o custo de uma instalação on-premise

Gerencie a força de trabalho móvel, sem a complexidade e o custo de uma instalação on-premise de Soluções SAP SAP Afaria, edição para nuvem Objetivos Gerencie a força de trabalho móvel, sem a complexidade e o custo de uma instalação on-premise 2013 SAP AG ou empresa afiliada da SAP. Investimentos

Leia mais

SAM GERENCIAMENTO DE ATIVOS DE SOFTWARE

SAM GERENCIAMENTO DE ATIVOS DE SOFTWARE SAM GERENCIAMENTO DE ATIVOS DE SOFTWARE Modelo de Otimização de SAM Controle, otimize, cresça Em um mercado internacional em constante mudança, as empresas buscam oportunidades de ganhar vantagem competitiva

Leia mais

PROJETO RUMOS DA INDÚSTRIA PAULISTA

PROJETO RUMOS DA INDÚSTRIA PAULISTA PROJETO RUMOS DA INDÚSTRIA PAULISTA SEGURANÇA CIBERNÉTICA Fevereiro/2015 SOBRE A PESQUISA Esta pesquisa tem como objetivo entender o nível de maturidade em que as indústrias paulistas se encontram em relação

Leia mais

Horizons. O impacto financeiro da consumerização de TI As 10 principais percepções do Cisco IBSG Horizons Study. Introdução

Horizons. O impacto financeiro da consumerização de TI As 10 principais percepções do Cisco IBSG Horizons Study. Introdução O impacto financeiro da consumerização de TI As 10 principais percepções do Study Jeff Loucks/Richard Medcalf Lauren Buckalew/Fabio Faria O número de dispositivos de consumerização de TI nos seis países

Leia mais

USO DE REDES SOCIAIS EM AMBIENTES CORPORATIVOS. www.gentispanel.com.br

USO DE REDES SOCIAIS EM AMBIENTES CORPORATIVOS. www.gentispanel.com.br USO DE REDES SOCIAIS EM AMBIENTES CORPORATIVOS www.gentispanel.com.br Só quem tem uma base de 6,5 milhões de pessoas pode resolver suas pesquisas de mercado em poucos dias. Pesquisas ad-hoc Consumidores

Leia mais

Você dispõe da base necessária para desenvolver a confiança dos funcionários? Terceirização de RH e o líder empresarial SUMÁRIO EXECUTIVO

Você dispõe da base necessária para desenvolver a confiança dos funcionários? Terceirização de RH e o líder empresarial SUMÁRIO EXECUTIVO Terceirização de RH e o líder empresarial SUMÁRIO EXECUTIVO Você dispõe da base necessária para desenvolver a confiança dos funcionários? EM ASSOCIAÇÃO COM Empresas com funcionários envolvidos superam

Leia mais

Mudanças no mercado de TI com a popularização da internet GUSTAVO FREITAS

Mudanças no mercado de TI com a popularização da internet GUSTAVO FREITAS Mudanças no mercado de TI com a popularização da internet GUSTAVO FREITAS Formação Acadêmica Bacharel em Sistemas de Informação Pós graduado em Docência do Ensino Superior Experiência profissional Fui

Leia mais

Solução CA Technologies Garante Entrega de Novo Serviço de Notícias do Jornal Valor Econômico

Solução CA Technologies Garante Entrega de Novo Serviço de Notícias do Jornal Valor Econômico CUSTOMER SUCCESS STORY Abril 2014 Solução CA Technologies Garante Entrega de Novo Serviço de Notícias do Jornal Valor Econômico PERFIL DO CLIENTE Indústria: Mídia Companhia: Valor Econômico Funcionários:

Leia mais

Consultoria em TI End.: Telefones:

Consultoria em TI End.: Telefones: Consultoria em TI Apresentação Consultoria em TI Atualmente, o setor de TI tem ganhado cada vez mais importância dentro de uma organização, devido representatividade dos recursos de TI na realização das

Leia mais

Resumo da solução SAP SAP Technology SAP Afaria. Gestão da mobilidade empresarial como vantagem competitiva

Resumo da solução SAP SAP Technology SAP Afaria. Gestão da mobilidade empresarial como vantagem competitiva da solução SAP SAP Technology SAP Afaria Objetivos Gestão da mobilidade empresarial como vantagem competitiva Simplifique a gestão de dispositivos e aplicativos Simplifique a gestão de dispositivos e aplicativos

Leia mais

Investimento para Mulheres

Investimento para Mulheres Investimento para Mulheres Sophia Mind A Sophia Mind Pesquisa e Inteligência de Mercado é a empresa do grupo de comunicação feminina Bolsa de Mulher voltada para pesquisa e inteligência de mercado. Cem

Leia mais

Aumente sua velocidade e flexibilidade com a implantação da nuvem gerenciada de software da SAP

Aumente sua velocidade e flexibilidade com a implantação da nuvem gerenciada de software da SAP Parceiros de serviços em nuvem gerenciada Aumente sua velocidade e flexibilidade com a implantação da nuvem gerenciada de software da SAP Implemente a versão mais recente do software da SAP de classe mundial,

Leia mais

Trabalho sobre Social Media Como implementar Social Media na empresa

Trabalho sobre Social Media Como implementar Social Media na empresa Como implementar Social Media na empresa 1 As razões: Empresas ainda desconhecem benefícios do uso de redes sociais Das 2,1 mil empresas ouvidas em estudo do SAS Institute e da Harvard Business Review,

Leia mais

PESQUISA O USO DO E-MAIL MARKETING NAS CORPORAÇÕES BRASILEIRAS 4ª EDIÇÃO - 2009

PESQUISA O USO DO E-MAIL MARKETING NAS CORPORAÇÕES BRASILEIRAS 4ª EDIÇÃO - 2009 PESQUISA O USO DO E-MAIL MARKETING NAS CORPORAÇÕES BRASILEIRAS 4ª EDIÇÃO - 2009 REALIZAÇÃO TABULAÇÃO Quem Somos A WBI BRASIL é uma empresa especializada em planejamento de marketing digital, que presta

Leia mais

EMBRATEL ENTREVISTA: Pietro Delai IDC Brasil DATA CENTER VIRTUAL - DCV

EMBRATEL ENTREVISTA: Pietro Delai IDC Brasil DATA CENTER VIRTUAL - DCV EMBRATEL ENTREVISTA: Pietro Delai IDC Brasil DATA CENTER VIRTUAL - DCV DATA CENTER VIRTUAL - DCV Em entrevista, Pietro Delai, Gerente de Pesquisa e Consultoria da IDC Brasil relata os principais avanços

Leia mais

As Novas Profissões em Computação. Integrantes Eder Leão Leonardo Jorente Rafael Stéfano Vinícius Akihiro Kuwabara

As Novas Profissões em Computação. Integrantes Eder Leão Leonardo Jorente Rafael Stéfano Vinícius Akihiro Kuwabara As Novas Profissões em Integrantes Eder Leão Leonardo Jorente Rafael Stéfano Vinícius Akihiro Kuwabara Tópicos Contextualização Novas Profissões Impacto Conclusões Referências Contextualização (Histórico

Leia mais

UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ. Campus Ponta Grossa ANDRÉ LUIS CORDEIRO DE FARIA RELATÓRIO DE ESTÁGIO

UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ. Campus Ponta Grossa ANDRÉ LUIS CORDEIRO DE FARIA RELATÓRIO DE ESTÁGIO UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ Campus Ponta Grossa ANDRÉ LUIS CORDEIRO DE FARIA RELATÓRIO DE ESTÁGIO Ponta Grossa 2012 ANDRÉ LUIS CORDEIRO DE FARIA RELATÓRIO DE ESTÁGIO Trabalho elaborado pelo

Leia mais

Por dentro do mercado de médio porte: Uma perspectiva para 2011

Por dentro do mercado de médio porte: Uma perspectiva para 2011 Janeiro 2011 Exclusivamente para empresas de médio porte Por dentro do mercado de médio porte: Uma perspectiva para 2011 Relatório para o Brasil Panorama global: Pesquisa com 2.112 líderes do mercado de

Leia mais

Superando desafios em Centros de Distribuição com Voice Picking. Rodrigo Bacelar ID Logistics Paula Saldanha Vocollect

Superando desafios em Centros de Distribuição com Voice Picking. Rodrigo Bacelar ID Logistics Paula Saldanha Vocollect Superando desafios em Centros de Distribuição com Voice Picking Rodrigo Bacelar ID Logistics Paula Saldanha Vocollect Prêmio ABRALOG Índice Informações Gerais... 3 Dificuldades Encontradas...............

Leia mais

DUAS RODAS DESENVOLVE PORTAL COLABORATIVO E ELIMINA PROCESSOS EM PAPEL. Case de Sucesso

DUAS RODAS DESENVOLVE PORTAL COLABORATIVO E ELIMINA PROCESSOS EM PAPEL. Case de Sucesso DUAS RODAS DESENVOLVE PORTAL COLABORATIVO E ELIMINA PROCESSOS EM PAPEL PERFIL Em 1925, surgiu a primeira fábrica de óleos essenciais do Brasil, em Jaraguá do Sul - SC. A autenticidade, a qualidade de seus

Leia mais

Consultoria! O que é e como usar?

Consultoria! O que é e como usar? Consultoria! O que é e como usar? Luciano Terra Afinal, o que é consultoria? Percebe-se que, para muitos, o termo Consultoria, assim como Marketing, Rightsizing, Merchandising, Downsizing e tantos outros,

Leia mais

Guaiaquil tira proveito da IoE para oferecer à população os benefícios da telemedicina e do governo eletrônico

Guaiaquil tira proveito da IoE para oferecer à população os benefícios da telemedicina e do governo eletrônico Guaiaquil tira proveito da IoE para oferecer à população os benefícios da telemedicina e do governo eletrônico RESUMO EXECUTIVO Objetivo Melhorar a vida dos moradores e ajudálos a serem bem-sucedidos na

Leia mais

AT&S Ganha Eficiência e Agilidade de Negócio com Melhor Gestão de TI

AT&S Ganha Eficiência e Agilidade de Negócio com Melhor Gestão de TI CUSTOMER SUCCESS STORY Março 2014 AT&S Ganha Eficiência e Agilidade de Negócio com Melhor Gestão de TI PERFIL DO CLIENTE Indústria: Manufatura Empresa: AT&S Funcionários: 7.500 Faturamento: 542 milhões

Leia mais

Liderança e tecnologia: uma comparação do custo total de propriedade de Comunicações unificadas e Colaboração

Liderança e tecnologia: uma comparação do custo total de propriedade de Comunicações unificadas e Colaboração WHITE PAPER Liderança e tecnologia: uma comparação do custo total de propriedade de Comunicações unificadas e Colaboração Patrocinado pela Cisco Systems, Inc setembro de 2013 Resumo executivo As empresas

Leia mais

Escolhendo a melhor opção para sua empresa

Escolhendo a melhor opção para sua empresa www.pwc.com.br Escolhendo a melhor opção para sua empresa Auditoria Interna Auditoria Interna - Co-sourcing atende/supera as expectativas da alta administração? A função de Auditoria Interna compreende

Leia mais

PÚBLICA, PRIVADA OU HÍBRIDA: QUAL É A MELHOR NUVEM PARA SEUS APLICATIVOS?

PÚBLICA, PRIVADA OU HÍBRIDA: QUAL É A MELHOR NUVEM PARA SEUS APLICATIVOS? PÚBLICA, PRIVADA OU HÍBRIDA: QUAL É A MELHOR NUVEM PARA SEUS APLICATIVOS? As ofertas de nuvem pública proliferaram, e a nuvem privada se popularizou. Agora, é uma questão de como aproveitar o potencial

Leia mais

PÚBLICA, PRIVADA OU HÍBRIDA: QUAL É A MELHOR CLOUD PARA AS SUAS APLICAÇÕES?

PÚBLICA, PRIVADA OU HÍBRIDA: QUAL É A MELHOR CLOUD PARA AS SUAS APLICAÇÕES? PÚBLICA, PRIVADA OU HÍBRIDA: QUAL É A MELHOR CLOUD PARA AS SUAS APLICAÇÕES? As ofertas de cloud pública proliferaram e a cloud privada popularizou-se. Agora, é uma questão de como aproveitar o potencial

Leia mais

A sociedade conectada: smartphone e tablet banking

A sociedade conectada: smartphone e tablet banking Perspectivas, impactos e desafios Nilton Omura (nilton.omura@br.ey.com) Abril, 2012 As condições estruturais para viabilizar a massificação de smartphones e tablets no Brasil estão criadas, e irão transformar

Leia mais

Pesquisa TERCEIRIZAÇÃO DA MANUTENÇÃO NO BRASIL

Pesquisa TERCEIRIZAÇÃO DA MANUTENÇÃO NO BRASIL Pesquisa TERCEIRIZAÇÃO DA MANUTENÇÃO NO BRASIL Data da Pesquisa: Junho 2009 Realização: Pesquisa realizada através do Site www.indicadoresdemanutencao.com.br Divulgação e Colaboração: Divulgação e colaboração

Leia mais

Adapte. Envolva. Capacite.

Adapte. Envolva. Capacite. Adapte. Envolva. Capacite. Ganhe produtividade em um Ambiente de trabalho digital #DigitalMeetsWork Os benefícios de um ambiente de trabalho digital têm impacto na competitividade do negócio. Empresas

Leia mais

Educação além dos limites da sala de aula

Educação além dos limites da sala de aula Educação além dos limites da sala de aula Como a Brightspace passou a fazer parte da vida de 20.000 alunos da Universidade Tiradentes Visão Geral Com mais de 50 anos de tradição e reconhecido pioneirismo

Leia mais

Guia do usuário do PrintMe Mobile 3.0

Guia do usuário do PrintMe Mobile 3.0 Guia do usuário do PrintMe Mobile 3.0 Visão geral do conteúdo Sobre o PrintMe Mobile Requisitos do sistema Impressão Solução de problemas Sobre o PrintMe Mobile O PrintMe Mobile é uma solução empresarial

Leia mais

CA Protection Suites Proteção Total de Dados

CA Protection Suites Proteção Total de Dados CA Protection Suites Proteção Total de Dados CA. Líder mundial em software para Gestão Integrada de TI. CA Protection Suites Antivírus Anti-spyware Backup Migração de dados Os CA Protection Suites oferecem

Leia mais

.Desenvolvimento de Sistemas

.Desenvolvimento de Sistemas .Quem Somos A BS é uma empresa brasileira e referência em soluções inovadoras, flexíveis e customizadas em tecnologia da informação, consultoria e outsourcing. A BS oferece soluções inteligentes proporcionando

Leia mais

ACOMPANHAMENTO GERENCIAL SANKHYA

ACOMPANHAMENTO GERENCIAL SANKHYA MANUAL DE VISITA DE ACOMPANHAMENTO GERENCIAL SANKHYA Material exclusivo para uso interno. O QUE LEVA UMA EMPRESA OU GERENTE A INVESTIR EM UM ERP? Implantar um ERP exige tempo, dinheiro e envolve diversos

Leia mais

GESTÃO DE SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO

GESTÃO DE SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO GESTÃO DE SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO SOLUÇÕES DE SEGURANÇA EM AMBIENTES HETEROGÊNEOS Pós-Graduação Lato Sensu O Perigo nas Mãos Resenha Patrick Tracanelli Prof. Ricardo Leocádio Universidade FUMEC 2009 Pós-Graduação

Leia mais

Pesquisa: Monitoramento de Mercado sobre o uso de recursos de Tecnologia da Informação em Escritórios de Contabilidade

Pesquisa: Monitoramento de Mercado sobre o uso de recursos de Tecnologia da Informação em Escritórios de Contabilidade Pesquisa: Monitoramento de Mercado sobre o uso de recursos de Tecnologia da Informação em Escritórios de Contabilidade Belo Horizonte, Junho de 2009 Sumário Introdução 03 A pesquisa 04 Caracterização do

Leia mais

Pesquisa realizada com os participantes do 16º Seminário Nacional de Gestão de Projetos APRESENTAÇÃO

Pesquisa realizada com os participantes do 16º Seminário Nacional de Gestão de Projetos APRESENTAÇÃO Pesquisa realizada com os participantes do de APRESENTAÇÃO O perfil do profissional de projetos Pesquisa realizada durante o 16 Seminário Nacional de, ocorrido em Belo Horizonte em Junho de, apresenta

Leia mais

S E M A N A D O COACHING

S E M A N A D O COACHING Para que você perceba todas as possibilidades que o mercado oferece, precisa conhecer as 3 leis fundamentais para o sucesso no mercado de coaching: 1 É muito mais fácil vender para empresas do que pra

Leia mais

Marketing Digital 2013

Marketing Digital 2013 Marketing de Relacionamento Informação Consciência da Marca Geração de Leads Marketing Digital 2013 O papel das agências e consultorias Marketing Digital 2013 O papel das agências e consultorias 1 Sumário

Leia mais

Estudo de Viabilidade

Estudo de Viabilidade Estudo de Viabilidade PGE: Plastic Gestor Empresarial Especificação de Requisitos e Validação de Sistemas Recife, janeiro de 2013 Sumário 1. Motivação... 1 2. Introdução: O Problema Indentificado... 2

Leia mais

Como sua empresa pode

Como sua empresa pode Como sua empresa pode [ O guia de segmentação por IP ] Tecnologia de Inteligência de IP e de geolocalização O método de encontrar a localização física e geográfica de um usuário com base unicamente em

Leia mais

5 Conclusões 5.1. Conclusões e implicações

5 Conclusões 5.1. Conclusões e implicações 5 Conclusões 5.1. Conclusões e implicações O presente trabalho tem caráter descritivo-exploratório e portanto não tem o intuito de se chegar a conclusões definitivas, sendo sua principal contribuição a

Leia mais

Pesquisa realizada com os participantes do 12º Seminário Nacional de Gestão de Projetos. Apresentação

Pesquisa realizada com os participantes do 12º Seminário Nacional de Gestão de Projetos. Apresentação Pesquisa realizada com os participantes do de Apresentação O perfil do profissional de Projetos Pesquisa realizada durante o 12 Seminário Nacional de, ocorrido em 2009, traça um importante perfil do profissional

Leia mais

Pesquisa sobre o Perfil dos Empreendedores e das Empresas Sul Mineiras

Pesquisa sobre o Perfil dos Empreendedores e das Empresas Sul Mineiras Pesquisa sobre o Perfil dos Empreendedores e das Empresas Sul Mineiras 2012 2 Sumário Apresentação... 3 A Pesquisa Perfil dos Empreendedores Sul Mineiros Sexo. 4 Estado Civil.. 5 Faixa Etária.. 6 Perfil

Leia mais

Aula 1 Introdução ao Word 2013

Aula 1 Introdução ao Word 2013 O que é o curso? Nove em cada dez empresas utilizam o Microsoft Word para diversas funções, seja para digitarmos simples documentos, ou para digitarmos grandes contratos empresariais. É fundamental o aprendizado

Leia mais

Microsoft Lync Manual de Instalação e Uso

Microsoft Lync Manual de Instalação e Uso Microsoft Lync Manual de Instalação e Uso Sumário Introdução_... 3 Detalhamento_... 5 Importação_... 8 Funcionalidades na Intranet_... 13 Geração de nova senha... 14 Lembrete de expiração da senha... 15

Leia mais

PLATAFORMAS EAD SOB MEDIDA

PLATAFORMAS EAD SOB MEDIDA PLATAFORMAS EAD SOB MEDIDA Soluções e-learning para a sua empresa, com foco real nos resultados A GPEC FORMA, sediada em São Paulo, atua há mais de sete anos no segmento EAD, e possui uma equipe de profissionais

Leia mais

TIC Domicílios 2007 Habilidades com o Computador e a Internet

TIC Domicílios 2007 Habilidades com o Computador e a Internet TIC Domicílios 007 Habilidades com o Computador e a Internet DESTAQUES 007 O estudo sobre Habilidades com o Computador e a Internet da TIC Domicílios 007 apontou que: Praticamente metade da população brasileira

Leia mais

RELATÓRIO DE UTILIZAÇÃO DE METODOLOGIAS DE DESENVOLVIMENTO ÁGEIS

RELATÓRIO DE UTILIZAÇÃO DE METODOLOGIAS DE DESENVOLVIMENTO ÁGEIS RELATÓRIO DE UTILIZAÇÃO DE METODOLOGIAS DE DESENVOLVIMENTO ÁGEIS 2012 Versão 1.0 SUMÁRIO EXECUTIVO Segundo Peter F. Ducker, presidente honorário da Drucker Foundation e professor da Claremont Graduate

Leia mais

Grupo Seres Adota CA Nimsoft Service Desk para Automatizar e Gerenciar Chamados de Service Desk

Grupo Seres Adota CA Nimsoft Service Desk para Automatizar e Gerenciar Chamados de Service Desk CUSTOMER SUCCESS STORY Abril 2014 Grupo Seres Adota CA Nimsoft Service Desk para Automatizar e Gerenciar Chamados de Service Desk PERFIL DO CLIENTE Indústria: Consultoria Empresa: Grupo Seres Colaboradores:

Leia mais

Tabela 32 Empresas de Serviços que Utilizaram Instrumentos Gerenciais, segundo Tipos de Instrumentos Estado de São Paulo 2001

Tabela 32 Empresas de Serviços que Utilizaram Instrumentos Gerenciais, segundo Tipos de Instrumentos Estado de São Paulo 2001 Estratégias de Gestão Os resultados da Paer mostram que a maioria das empresas pesquisadas preocupava-se com a informatização, sobretudo das atividades administrativas (72,93%), mas também das atividades

Leia mais

Grupo Seres Adota CA Cloud Service Management para Automatizar e Gerenciar Chamados de Service Desk

Grupo Seres Adota CA Cloud Service Management para Automatizar e Gerenciar Chamados de Service Desk CUSTOMER SUCCESS STORY Abril 2014 Grupo Seres Adota CA Cloud Service Management para Automatizar e Gerenciar Chamados de Service Desk PERFIL DO CLIENTE Indústria: Consultoria Empresa: Grupo Seres Colaboradores:

Leia mais

Organização e a Terceirização da área de TI. Profa. Reane Franco Goulart

Organização e a Terceirização da área de TI. Profa. Reane Franco Goulart Organização e a Terceirização da área de TI Profa. Reane Franco Goulart Como surgiu? A terceirização é uma ideia consolidada logo após a Segunda Guerra Mundial, com as indústrias bélicas americanas, as

Leia mais

Comunicação por meio de dispositivos móveis ainda tem muito para crescer no país

Comunicação por meio de dispositivos móveis ainda tem muito para crescer no país Comunicação por meio de dispositivos móveis ainda tem muito para crescer no país Atualmente, não dá para falar em mídias digitais sem considerar o mobile. Se por um lado os acessos móveis ganham força,

Leia mais

Consumerização de TI. Paula Nobre. Presented by. Copyright 2011 OSIsoft, LLC

Consumerização de TI. Paula Nobre. Presented by. Copyright 2011 OSIsoft, LLC Consumerização de TI Presented by Paula Nobre Copyright 2011 OSIsoft, LLC ANTES AGORA NO ESCRITÓRIO EM QUALQUER LUGAR DURANTE AS HORAS DE TRABALHO A QUALQUER HORA COMPUTADOR ATRIBUÍDO DISPOSITIVOS E MEU

Leia mais

CASE PRÊMIO ANSP 2005

CASE PRÊMIO ANSP 2005 CASE PRÊMIO ANSP 2005 1 BVP HAND: Mobilidade para fazer cotações através de dispositivos portáteis. Índice...2 Resumo Executivo...3 Clientes no Brasil...4 1. Sinopse...5 2. Problema...6 3. Solução...7

Leia mais

É viável terceirizar o ambiente de backup de dados?

É viável terceirizar o ambiente de backup de dados? É viável terceirizar o ambiente de backup de dados? Na era da informação, o próprio nome sugere que o ativo mais valioso da organização são os dados que geram as informações. Em alguns casos esses dados

Leia mais

O futuro da produtividade

O futuro da produtividade O futuro da produtividade Ambiente cada vez mais exigente CONSUMO DO PRODUTO 11% de profissionais da informação visitam sites de rede social para o trabalho FORÇA DE TRABALHO MULTIGERAÇÃO 4milhões de jovens

Leia mais

Redes Sociais nas Empresas Brasileiras 2015

Redes Sociais nas Empresas Brasileiras 2015 Redes Sociais nas Empresas Brasileiras 2015 André Rosa e Cassio Poli0 Jun/2015 Introdução Dois anos atrás, lançamos uma pesquisa buscando entender como os departamentos e agências de comunicação do Brasil

Leia mais

METODOLOGIA PARA DESENVOLVIMENTO DE ESTUDOS DE CASOS

METODOLOGIA PARA DESENVOLVIMENTO DE ESTUDOS DE CASOS METODOLOGIA PARA DESENVOLVIMENTO DE ESTUDOS DE CASOS 1 O Método do Caso e o Ensino em Administração O uso do Método do Caso nas escolas de administração no Brasil é relativamente recente, embora não haja

Leia mais

cada fator e seus componentes.

cada fator e seus componentes. 5 CONCLUSÃO Conforme mencionado nas seções anteriores, o objetivo deste trabalho foi o de identificar quais são os fatores críticos de sucesso na gestão de um hospital privado e propor um modelo de gestão

Leia mais

Apresentamos o KASPERSKY ENDPOINT SECURITY FOR BUSINESS

Apresentamos o KASPERSKY ENDPOINT SECURITY FOR BUSINESS Apresentamos o KASPERSKY ENDPOINT SECURITY FOR BUSINESS 1 Impulsionadores empresariais e respectivo impacto em TI AGILIDADE EFICIÊNCIA PRODUTIVIDADE Seja rápido, ágil e flexível Cortar custos Consolidar

Leia mais

Universo Online S.A 1

Universo Online S.A 1 Universo Online S.A 1 1. Sobre o UOL HOST O UOL HOST é uma empresa de hospedagem e serviços web do Grupo UOL e conta com a experiência de mais de 15 anos da marca sinônimo de internet no Brasil. Criado

Leia mais

UTILIZAÇÃO DE SERVIÇOS TERCEIRIZADOS PELA INDÚSTRIA TOCANTINENSE

UTILIZAÇÃO DE SERVIÇOS TERCEIRIZADOS PELA INDÚSTRIA TOCANTINENSE Edição Especial Terceirização ondagem O termômetro da indústria tocantinense Palmas, Tocantins junho de 2014 UTILIZAÇÃO DE SERVIÇOS TERCEIRIZADOS PELA INDÚSTRIA TOCANTINENSE 72% das empresas industriais

Leia mais

Aplicações Móveis e sua aplicação na saúde: micd, exemplo prático

Aplicações Móveis e sua aplicação na saúde: micd, exemplo prático Aplicações Móveis e sua aplicação na saúde: micd, exemplo prático Leonel Machava Email: leonelmachava@gmail.com MOZAMBICAN OPEN ARCHITECTURES STANDARDS AND INFORMATION SYSTEMS Conteúdo Definição de aplicação

Leia mais

SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

SISTEMAS DE INFORMAÇÃO SISTEMAS DE INFORMAÇÃO SOBRE O CURSO A tecnologia ocupa papel de destaque no atual cenário socioeconômico mundial, presente em todos os setores e atividades econômicas. Essa revolução transformou o mundo

Leia mais

ERP SISTEMA DE GESTÃO EMPRESARIAL. Guia Prático de Compra O QUE SABER E COMO FAZER PARA ADQUIRIR CERTO. Edição de julho.2014

ERP SISTEMA DE GESTÃO EMPRESARIAL. Guia Prático de Compra O QUE SABER E COMO FAZER PARA ADQUIRIR CERTO. Edição de julho.2014 ERP SISTEMA DE GESTÃO EMPRESARIAL Guia Prático de Compra Edição de julho.2014 O QUE SABER E COMO FAZER PARA ADQUIRIR CERTO Í n d i c e 6 perguntas antes de adquirir um sistema 4 6 dúvidas de quem vai adquirir

Leia mais

Proposta de Avaliação de Empresas para o uso do SAAS

Proposta de Avaliação de Empresas para o uso do SAAS 1 INSTITUTO DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA PÓS-GRADUAÇÃO Gestão e Tecnologia da Informação/ IFTI 1402 Turma 25 09 de abril de 2015 Proposta de Avaliação de Empresas para o uso do SAAS Raphael Henrique Duarte

Leia mais

o desenvolvimento, o crescimento e a disseminação moral, honestidade e cooperação real transparência, alta qualidade e preços justos

o desenvolvimento, o crescimento e a disseminação moral, honestidade e cooperação real transparência, alta qualidade e preços justos Desde Junho do ano 2000, trabalhamos muito e buscamos crescer, em nossa sede e em capital. Mas todo nosso crescimento só foi e é possível porque nunca deixamos de lado o desenvolvimento, o crescimento

Leia mais

Desde que entrou no mercado de smartphones, em 2007, esse é o trunfo da Apple perante a concorrência.

Desde que entrou no mercado de smartphones, em 2007, esse é o trunfo da Apple perante a concorrência. 20/12/2011-07h51 Casamento entre sistema e aparelhos é o trunfo da Apple LEONARDO MARTINS COLABORAÇÃO PARA A FOLHA Apesar da importância cada vez maior do software, o bom casamento entre o sistema operacional

Leia mais

revista c i c l i s m o p o r c i c l i s t a s Publicidade Site e Revista sugestões orientações

revista c i c l i s m o p o r c i c l i s t a s Publicidade Site e Revista sugestões orientações revista c i c l i s m o p o r c i c l i s t a s Site e Revista sugestões orientações Sugestões Orientações Veja nas próximas páginas a descrição dos principais recursos que utilizamos. Todos eles podem

Leia mais

Módulo I - Introdução. Faculdade Christus Sistemas de Informação 17/09/2010. Carlos Eugênio Torres Engenheiro de Informática http://cetorres.

Módulo I - Introdução. Faculdade Christus Sistemas de Informação 17/09/2010. Carlos Eugênio Torres Engenheiro de Informática http://cetorres. Módulo I - Introdução Aula 2 Carlos Eugênio Torres Engenheiro de Informática http://cetorres.com Faculdade Christus Sistemas de Informação 17/09/2010 Graduado em Ciência da Computação pela UFC, Brasil

Leia mais

TIC Domicílios 2007 Comércio Eletrônico

TIC Domicílios 2007 Comércio Eletrônico TIC Domicílios 2007 Comércio Eletrônico DESTAQUES 2007 O Estudo sobre Comércio Eletrônico da TIC Domicílios 2007 apontou que: Quase a metade das pessoas que já utilizaram a internet declarou ter realizado

Leia mais

Plano de Negócios. Bruno Menegola Gustavo Führ Jonas Hartmann Rosália Schneider William Gonçalves

Plano de Negócios. Bruno Menegola Gustavo Führ Jonas Hartmann Rosália Schneider William Gonçalves Plano de Negócios Bruno Menegola Gustavo Führ Jonas Hartmann Rosália Schneider William Gonçalves 1 Instituto de Informática Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) Caixa Postal 15.064 91.501-970

Leia mais

Plataformas de BI Qual é a mais adequada para o meu negócio?

Plataformas de BI Qual é a mais adequada para o meu negócio? Plataformas de BI Qual é a mais adequada para o meu negócio? Comparativo prático para escolher a ferramenta perfeita para a sua empresa Faça nosso Quiz e veja as opções que combinam com o seu perfil ÍNDICE

Leia mais

FACULDADE FAMA ALEXSANDRA SOARES DA SILVA

FACULDADE FAMA ALEXSANDRA SOARES DA SILVA FACULDADE FAMA ALEXSANDRA SOARES DA SILVA A NECESSIDADE DE CONSULTORIA NAS EMPRESAS RECIFE DEZ/2014 ALEXSANDRA SOARES DA SILVA A NECESSIDADE DE CONSULTORIA NAS EMPRESAS Artigo científico apresentado em

Leia mais

Texto para Coluna do NRE-POLI na Revista Construção e Mercado Pini Novembro 2014

Texto para Coluna do NRE-POLI na Revista Construção e Mercado Pini Novembro 2014 Texto para Coluna do NRE-POLI na Revista Construção e Mercado Pini Novembro 2014 PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO EM EMPRESAS DE CONSTRUÇÃO CIVIL DE MÉDIO PORTE NO BRASIL. Elisabete Maria de Freitas Arquiteta

Leia mais

2.3. ORGANIZAÇÕES E GESTÃO DOS SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

2.3. ORGANIZAÇÕES E GESTÃO DOS SISTEMAS DE INFORMAÇÃO 2.3. ORGANIZAÇÕES E GESTÃO DOS SISTEMAS DE INFORMAÇÃO As Empresas e os Sistemas Problemas locais - impacto no sistema total. Empresas como subsistemas de um sistema maior. Uma empresa excede a soma de

Leia mais

Segurança + Conformidade. Dentro do Prazo e Orçamento Previsto Sob Demanda

Segurança + Conformidade. Dentro do Prazo e Orçamento Previsto Sob Demanda Segurança + Conformidade Dentro do Prazo e Orçamento Previsto Sob Demanda Segurança e Conformidade via Software-as-a-Service (SaaS) Hoje em dia, é essencial para as empresas administrarem riscos de segurança

Leia mais

SETOR DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO: estabelecimentos e empregos formais no Rio de Janeiro

SETOR DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO: estabelecimentos e empregos formais no Rio de Janeiro NOTA CONJUNTURAL SETOR DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO: estabelecimentos e empregos formais no Rio de Janeiro OBSERVATÓRIO DAS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO, NOVEMBRO DE 2012 17 2012

Leia mais

... MERCADO DE GAMES NO BRASIL EM FASE DE CONSTRUÇÃO! MUITOS CAMPOS ABERTOS, PORÉM SEM A ESPECIALIZAÇÃO NECESSÁRIA. Precisa-se de mão de obra para:

... MERCADO DE GAMES NO BRASIL EM FASE DE CONSTRUÇÃO! MUITOS CAMPOS ABERTOS, PORÉM SEM A ESPECIALIZAÇÃO NECESSÁRIA. Precisa-se de mão de obra para: MERCADO DE GAMES NO BRASIL EM FASE DE CONSTRUÇÃO! Precisa-se de mão de obra para: Marketing Vendas Distribuição Finanças Localização Desenvolvimento de novos negócios Programação... MUITOS CAMPOS ABERTOS,

Leia mais

Soluções Oracle. Serviços Oracle

Soluções Oracle. Serviços Oracle Soluções Oracle Nossa aliança combina a força das aplicações e tecnologias da Oracle com o conhecimento da Cloware em Consultoria, Integração de Sistemas e Serviços Gerenciados. Por ser a provedora de

Leia mais

FÓRUM GESTÃO DE TALENTOS 2013 ASSESSMENT

FÓRUM GESTÃO DE TALENTOS 2013 ASSESSMENT FÓRUM GESTÃO DE TALENTOS 2013 ASSESSMENT Aplicações do Assessment Composição de um programa de Assessment Resultados do Assessment Etapas de Carreira Diferentes Etapas de Carreira Novas responsabilidades

Leia mais

Pesquisa Semesp. A Força do Ensino Superior no Mercado de Trabalho

Pesquisa Semesp. A Força do Ensino Superior no Mercado de Trabalho Pesquisa Semesp A Força do Ensino Superior no Mercado de Trabalho 2008 Ensino superior é um forte alavancador da carreira profissional A terceira Pesquisa Semesp sobre a formação acadêmica dos profissionais

Leia mais

CST em Gestão Financeira 2ª Série Estatística Aplicada

CST em Gestão Financeira 2ª Série Estatística Aplicada CST em Gestão Financeira 2ª Série Estatística Aplicada A Atividade Prática Supervisionada (ATPS) é um procedimento metodológico de ensinoaprendizagem desenvolvido por meio de etapas, acompanhadas pelo

Leia mais

Gestão do Conhecimento A Chave para o Sucesso Empresarial. José Renato Sátiro Santiago Jr.

Gestão do Conhecimento A Chave para o Sucesso Empresarial. José Renato Sátiro Santiago Jr. A Chave para o Sucesso Empresarial José Renato Sátiro Santiago Jr. Capítulo 1 O Novo Cenário Corporativo O cenário organizacional, sem dúvida alguma, sofreu muitas alterações nos últimos anos. Estas mudanças

Leia mais

Informação: o principal ativo de um negócio

Informação: o principal ativo de um negócio WHITE PAPER Informação: o principal ativo de um negócio Gestão de dados se tornou ponto crucial para sobrevivência das instituições, mas poucas ainda mantêm programa de treinamento em segurança. Fiscalização

Leia mais

11/3/2009. Software. Sistemas de Informação. Software. Software. A Construção de um programa de computador. A Construção de um programa de computador

11/3/2009. Software. Sistemas de Informação. Software. Software. A Construção de um programa de computador. A Construção de um programa de computador Sistemas de Informação Prof. Anderson D. Moura Um programa de computador é composto por uma seqüência de instruções, que é interpretada e executada por um processador ou por uma máquina virtual. Em um

Leia mais

Pesquisa FGV-EAESP de Comércio Eletrônico no Mercado Brasileiro 16 a Edição 2014

Pesquisa FGV-EAESP de Comércio Eletrônico no Mercado Brasileiro 16 a Edição 2014 Resumo Introdução O Comércio Eletrônico é um dos aspectos relevantes no ambiente empresarial atual e tem recebido atenção especial das empresas nos últimos anos, primeiro por ser considerado como uma grande

Leia mais

Barómetro Anual Travelstore American Express 2012 Um estudo cujas respostas das empresas que participaram gerou uma doação à

Barómetro Anual Travelstore American Express 2012 Um estudo cujas respostas das empresas que participaram gerou uma doação à Barómetro Anual Travelstore American Express 2012 Um estudo cujas respostas das empresas que participaram gerou uma doação à 1. Amostra 2. Caracterização das viagens profissionais 3. Política de viagens

Leia mais

gerenciando o desempenho de serviços em uma empresa conectada na nuvem CA Business Service Insight Julho de 2011

gerenciando o desempenho de serviços em uma empresa conectada na nuvem CA Business Service Insight Julho de 2011 gerenciando o desempenho de serviços em uma empresa conectada na nuvem CA Business Service Insight Julho de 2011 a computação na nuvem está presente em todos os lugares e está crescendo 72% das empresas

Leia mais

Como identificar, vender e comercializar com os prospectos de pequenas empresas Parte 3/3

Como identificar, vender e comercializar com os prospectos de pequenas empresas Parte 3/3 Como identificar, vender e comercializar com os prospectos de pequenas empresas Parte 3/3 A pequena empresa é um mercado massivo em importante crescimento, que alcançou uma maturidade em termos de oportunidade

Leia mais

Pesquisa Profissionais de Ecommerce

Pesquisa Profissionais de Ecommerce Pesquisa Profissionais de Ecommerce Agosto de 2011 http://www.ecommerceschool.com.br Introdução O crescimento do comércio eletrônico brasileiro é feito com tecnologia e pessoas. Por trás desse crescimento

Leia mais

Porto Seguro Guia Mobile

Porto Seguro Guia Mobile O Porto Seguro é o primeiro e único aplicativo mobile criado para divulgar as atrações, estabelecimentos e serviços da nossa cidade. O aplicativo oferece informações variadas sobre passeios, hospedagem,

Leia mais