InfoReggae - Edição 12 Denúncias de violência contra a comunidade LGBT no estado do Rio de Janeiro 20 de setembro de 2013

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "InfoReggae - Edição 12 Denúncias de violência contra a comunidade LGBT no estado do Rio de Janeiro 20 de setembro de 2013"

Transcrição

1

2 O Grupo Cultural AfroReggae é uma organização que luta pela transformação social e, através da cultura e da arte, desperta potencialidades artísticas que elevam a autoestima de jovens das camadas populares. Tem por missão promover a inclusão e a justiça social, utilizando a arte, a cultura afro-brasileira e a educação como ferramentas para a criação de pontes que unam as diferenças e sirvam como alicerces para a sustentabilidade e o exercício da cidadania. O InfoReggae é uma publicação semanal e faz parte dos conteúdos desenvolvidos pela Editora AfroReggae. Sede Rio de Janeiro Rua da Lapa, nº 180 Centro Rio de Janeiro (RJ) Representação São Paulo Rua João Brícola, nº 24 18º andar Centro São Paulo (SP) InfoReggae - Edição 12 Denúncias de violência contra a comunidade LGBT no estado do Rio de Janeiro 20 de setembro de 2013 Coordenador Executivo José Júnior Gerência de Informação e Monitoramento Danilo Costa Thales Santos Projeto Além do Arco Íris Daiane Paradise Felipe Pasqualotto Coordenação Editorial Marcelo Garcia É permitida a reprodução dos conteúdos desta publicação desde que citada a fonte. Reproduções para fins comerciais são proibidas. Contatos facebook.com/afroreggaeoficial twitter.com/afroreggae 1

3 Apresentação A 11ª edição do InfoReggae apresenta as denúncias ao Disque 100, de violências contra a comunidade LGBT, no estado do Rio de Janeiro. Os dados aqui apresentados podem ser utilizados como um instrumento fundamental para o enfrentamento à violência sofrida por gays, transexuais, travestis e lésbicas. O AfroReggae mantém o projeto Além do Arco-Íris voltado para apoiar a população mais fragilizada e desprotegida desta população. A Edição 01 do InfoReggae tratou deste projeto. O AfroReggae afirma seus princípios pela igualdade e diversidade e repudia todas as formas de violência e sobretudo a homofobia. O AfroReggae defende a criminalização da homofobia, o casamento entre pessoas do mesmo sexo e a construção continuada dos direitos de todos os brasileiros. Para o AfroReggae não existem gays ou não gays. Para o AfroReggae existe gente. Este InfoReggae vem mais uma vez mostrar a nossa sólida defesa da vida e das liberdades individuais e reafirma a defesa da PL122 que criminaliza a homofobia. Não existe liberdade coletiva sem liberdades individuais. Marcelo Garcia Consultor AfroReggae e Coordenador do Conselho Editorial

4 Dados de Atendimento no Estado do Rio de Janeiro Gráfico 1: Comparativo 2011/2012 do número de denúncias no Estado do Rio de Janeiro Rio de Janeiro Brasil Em 2012 foram registradas, do estado Rio de Janeiro, 256 denúncias de violência contra a comunidade LGBT, um aumento de 216% comparado ao ano de Em todo o Brasil, houve um aumento de 140,7%, das denúncias. As estatísticas apresentadas referem-se às violações denunciadas, não correspondendo à totalidade das violências ocorridas. Por se tratar de um assunto delicado e que traz constrangimento às vítimas, muitas vezes as violências contra a população LGBT não são denunciadas. Dessa forma, um maior número de denúncias está associado a um aumento da confiabilidade do público no sistema de denúncias. De acordo com o 2º Relatório Sobre Violência Homofóbica 2012, publicado pela Sub- Secretaria de Direitos Humanos, no estado do Rio de Janeiro foram notificados 12 homicídios de motivação homofóbica entre a população LGBT. 3

5 Gráfico 2: Número de Denúncias por 100 mil habitantes por UF (taxa por 100 mil habitantes) 2012 DF MT PB ES MS RN GO PR RS PI AL RR AM RJ MA CE AC SE MG BA PA TO PE SC SP AP RO 8,9 8,9 8,2 8,2 8,0 7,9 7,8 7,7 7,3 7,3 7,2 6,6 6,4 6,1 6,0 6,0 5,6 5,4 5,4 4,9 4,5 4,4 4,3 3,8 3,8 18,4 41,1 O gráfico acima apresenta o ranking das unidades federadas (UF) em relação às denúncias realizadas ao Disque 100. O estado do Rio de Janeiro ocupa a 14ª posição. Mais uma vez chamamos a atenção para o fato de que nem todos os casos de violências contra a comunidade LGBT são denunciados. Infelizmente, no Brasil, não há uma legislação específica para crimes de motivação homo, lesbo, bi e transfóbica. As denúncias acabam tendo um caráter estatístico, o que desmotiva as vítimas a denunciarem. A luta contra as violências de ódio, baseados na orientação sexual e identidade de gênero, deve ser institucionalizada, por isso a importância da aprovação da PEC 122, que tem por objetivo criminalizar a homofobia no país 4

6 Gráfico 3: Denúncias segundo o Tipo de Violação LGBT Estado do Rio de Janeiro ,9% 36,4% 17,6% 2,9% 3,1% VIOLÊNCIA PSICOLÓGICA DISCRIMINAÇÃO VIOLÊNCIA FÍSICA NEGLIGÊNCIA Outras O gráfico acima nos mostra a proporção das denúncias de acordo com o tipo de violação. Entende-se por violência psicológica os maus tratos em que o agressor tortura psicologicamente a vítima, não provocando dor física em nenhum momento. As consquências podem ser desde estresse, humilhação e angústia até cicatrizes psicológicas permanentes. Já a discriminação é identificada apenas nos casos em que o constrangimento se dá em razão de preconceito racial ou religioso, mas não em razão da orientação sexual. De acordo com os casos registrados pelo Disque 100, entre as denúncias violência física, 85,7% dos casos foram de abuso sexual e 14,3%, casos de estupro. 5

7 Perfil das Vítimas no Estado do Rio de Janeiro Gráfico 4: Denúncias LGBT segundo o Sexo Biológico da Vítima Rio de Janeiro Feminino Masculino Não informado 4,9% 28,3% 66,7% Os dados do Disque 100 também trazem informações acerca das características das vítimas, conforme declarado. Conhecendo esses dados podemos identificar quais são os indivíduos mais vulneráveis à violência contra a comunidade LGBT. O Gráfico 4 nos mostra que a maioria das vítimas é do sexo masculino, 66,7%, ao passo que 28,3%, do sexo feminino. Os indivíduos do sexo biológico masculino estão mais propensos às violências contra a comunidade LGBT, o que pode ser explicado por uma cultura machista na qual se espera do homem, mais que da mulher, uma postura heteronormativa. 6

8 Gráfico 5: Denúncias LGBT segundo a Idade da Vítima Rio de Janeiro a 17 anos 1,2% 18 a 24 anos 33,3% 25 a 30 anos 20,7% 31 a 35 anos 10,3% 36 a 40 anos 14,0% 41 a 45 anos 46 a 50 anos 51 a 55 anos 3,2% 4,7% 4,9% 56 a 60 anos 61 a 65 anos 66 a 70 anos 71 a 75 anos 0,7% 0,5% 0,2% 0,2% Não Informado 5,9% O Gráfico 5 apresenta informações relacionadas à faixa etária das vítimas. O grupo etário com a maior concentração de vítimas são os jovens entre 18 a 24 anos, com 33,3%. Esses dados nos mostram que a maior parte das vítimas está na idade escolar, apresentando assim uma necessidade em se criar políticas públicas dentro das escolas para o acompanhamento desses jovens, bem como para evitar problemas relacionados à educação, como a evasão escolar. 7

9 Perfil dos Suspeitos no estado do Rio de Janeiro Gráfico 6: Denúncias do Suspeito segundo o Sexo Biológico Rio de Janeiro ,1% 53,9% 32,0% Feminino Masculino Não informado Os dados do perfil dos suspeitos são essenciais para auxiliar na focalização de políticas públicas e projetos de prevenção contra a homofobia e crimes à comunidade LGBT. No que se refere às denúncias ao Disque 100, observamos através do Gráfico 6 que a maioria dos suspeitos são homens, em 53,9% das denúncias. Gráfico 7: Denúncias por Idade do Suspeito Rio de Janeiro a 14 anos 15 a 17 anos 18 a 24 anos 25 a 30 anos 31 a 35 anos 36 a 40 anos 41 a 45 anos 46 a 50 anos 51 a 55 anos 56 a 60 anos 61 a 65 anos 66 a 70 anos 71 a 75 anos 76 a 80 anos 81 a 85 anos Não Informado 0,2% 2,9% 5,6% 7,5% 4,9% 5,6% 2,7% 1,7% 0,7% 1,0% 0,5% 0,2% 11,2% 11,9% 11,2% 32,3% O Gráfico 7 nos mostra que os suspeitos se concentram nos grupos de idade entre 18 e 30, isto é, a população jovem. 8

10 Esse dado demonstra a importância de focalização das políticas públicas de prevenção contra violências a comunidade LGBT, em espaços de grande circulação de jovens como, por exemplo, escolas, universidades e espaços esportivos. Gráfico 08: Denúncias segundo a Relação do Suspeito com a Vítima Rio de Janeiro Vizinho (a) Desconhecido(a) 23,9% 25,4% Não se aplica 11,3% Não informado Irmão (ã) Tio (a) Mãe Pai Amigo (a) Cunhado (a) 7,1% 5,4% 4,2% 3,2% 2,7% 2,0% 1,0% *Outras Relações menos recorrentes 13,8 O gráfico acima apresenta as relações entre os suspeitos e as vítimas registradas pelo Disque 100 no Rio de Janeiro em Os números comprovam a existência de uma cultura de ódio contra a população LGBT entre as pessoas sem ligação direta com a vítima. Vizinhos são os mais frequentes, com 25,4%, seguido de desconhecidos com 23,9%. Entre os familiares, destacam se os irmãos, com 5,4% das ocorrências, seguidos pelos tios com 4,2%. Mães e pais representam, 3,93% e 3,24%, respectivamente dos casos. (*) Na categoria outras relações, destacam-se empregadores, ex-companheiros, padastros e professores. 9

11 Gráfico 9: Denúncias segundo Local de Violação LGBT Rio de Janeiro Rua 37,7% Local de trabalho 15,6% Outros 15,6% Casa 13,9% Casa da Vítima 11,5% Escola 3,3% Hospital 0,8% Casa do Suspeito 0,8% *Outros locais menos recorrentes 0,8% Destaca-se que a maior parte das violências ocorreram em locais de grande circulação de pessoas. Vejamos que 37,7% ocorreram na rua e 15,6% no local de trabalho da vítima. Entre as denúncias que ocorreram em locais privados, 11,5% se deram na casa da própria vítima e 13,9% em outras casas. (*) Na categoria outras relações, destacam-se igreja, ônibus e unidade prisional. 10

12 Um Debate a ser Feito O debate sobre a violência contra a comunidade LGBT precisa ser feita com urgência e responsabilidade. Veja estas 3 frases: - Todo negro é burro. - Todo gay deve ser banido da sociedade. - Toda mulher deve apanhar do marido. Sabe qual a diferença entre estas 3 frases? A que fala sobre gays não é crime. Não é mais possível adiarmos a criminalização da homofobia no Brasil. Criminalizar homofobia é de fato fundamental para que se construa o respeito e a diversidade no Brasil. Não podemos mais admitir falarmos em CURA se não existe doença. Não podemos mais admitir que adolescentes sejam humilhados em salas de aula, por causa de sua orientação sexual, em alguns momentos pelos próprios professores. Os brasileiros precisam ter a coragem de garantir, de fato, igualdade e liberdade a todos e não apenas a uma parte da população. A vida diária da comunidade LGBT não pode mais ser marcada pelo medo ou pela violência. Não há dúvida de que só poderemos superar esta dura realidade no momento em que a homofobia for tratada como CRIME. Marcelo Garcia Consultor AfroReggae e Coordenador do Conselho Editorial 11

13 12

InfoReggae - Edição 10 Denúncias de abuso sexial contra crianças e adolescentes no estado do Rio de Janeiro 13 de setembro de 2013

InfoReggae - Edição 10 Denúncias de abuso sexial contra crianças e adolescentes no estado do Rio de Janeiro 13 de setembro de 2013 O Grupo Cultural AfroReggae é uma organização que luta pela transformação social e, através da cultura e da arte, desperta potencialidades artísticas que elevam a autoestima de jovens das camadas populares.

Leia mais

InfoReggae - Edição Especial 23 de outubro de 2013 Como pensa o trabalhador do AfroReggae. Coordenador Executivo José Júnior

InfoReggae - Edição Especial 23 de outubro de 2013 Como pensa o trabalhador do AfroReggae. Coordenador Executivo José Júnior Patrocínio: Patrocínio: O Grupo AfroReggae é uma organização que luta pela transformação social e, através da cultura e da arte, desperta potencialidades artísticas que elevam a autoestima de jovens das

Leia mais

Apoio. Patrocínio Institucional

Apoio. Patrocínio Institucional Patrocínio Institucional Parceria Apoio O Grupo AfroReggae é uma organização que luta pela transformação social e, através da cultura e da arte, desperta potencialidades artísticas que elevam a autoestima

Leia mais

Disque Denúncia Nacional de Abuso e Exploração Sexual contra Crianças e Adolescentes: Disque 100

Disque Denúncia Nacional de Abuso e Exploração Sexual contra Crianças e Adolescentes: Disque 100 Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República Subsecretaria Nacional de Promoção dos Direitos da Criança e do Adolescente Programa Nacional de Enfrentamento da Violência Sexual Contra Crianças

Leia mais

Apoio. Patrocínio Institucional

Apoio. Patrocínio Institucional Patrocínio Institucional Apoio O Grupo AfroReggae é uma organização que luta pela transformação social e, através da cultura e da arte, desperta potencialidades artísticas que elevam a autoestima de jovens

Leia mais

Patrocínio Institucional Parceria Apoio

Patrocínio Institucional Parceria Apoio Patrocínio Institucional Parceria Apoio InfoReggae - Edição 67 Como Pensa o Trabalhador do AfroReggae 2015 09 de janeiro de 2015 O Grupo AfroReggae é uma organização que luta pela transformação social

Leia mais

Patrocínio Institucional Parcerias Apoio

Patrocínio Institucional Parcerias Apoio Patrocínio Institucional Parcerias Apoio O Grupo Cultural AfroReggae é uma organização que luta pela transformação social e, através da cultura e da arte, desperta potencialidades artísticas que elevam

Leia mais

Apoio. Patrocínio Institucional

Apoio. Patrocínio Institucional Patrocínio Institucional Apoio O Grupo AfroReggae é uma organização que luta pela transformação social e, através da cultura e da arte, desperta potencialidades artísticas que elevam a autoestima de jovens

Leia mais

Secretaria Nacional de Promoção e Defesa de Direitos Humanos (SNPDDH)

Secretaria Nacional de Promoção e Defesa de Direitos Humanos (SNPDDH) (SNPDDH) PAULO ROBERTO MARTINS MALDOS Secretário paulo.maldos@sdh.gov.br Brasília, 09 de março de 2015 Principais responsabilidades da SNPDDH políticas de promoção e defesa dos direitos dos idosos e da

Leia mais

ANEXO I BICICLETA ESCOLAR. Modelo de ofício para adesão à ata de registro de preços (GRUPO 1)

ANEXO I BICICLETA ESCOLAR. Modelo de ofício para adesão à ata de registro de preços (GRUPO 1) ANEXO I BICICLETA ESCOLAR Modelo de ofício para adesão à ata de registro de preços (GRUPO 1) Assunto: Adesão à ata de registro de preços nº 70/2010 do pregão eletrônico nº 40/2010. 1 2 BICICLETA 20 - AC,

Leia mais

Mortos e Acidentes por Unidade Federativa

Mortos e Acidentes por Unidade Federativa e Acidentes por Unidade Federativa - 2016 Data: 23/05/2017 FILTROS: Veículos: Todos, Caminhões, Ônibus Valores: Absolutos Estado: Todos BR: Todas Estados com maior número de mortes e acidentes - 2016 Este

Leia mais

Patrocínio Institucional Parceria Apoio

Patrocínio Institucional Parceria Apoio Patrocínio Institucional Parceria Apoio InfoReggae - Edição 68 Territórios Sociais 23 de Janeiro de 2015 O Grupo AfroReggae é uma organização que luta pela transformação social e, através da cultura e

Leia mais

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA Secretaria Especial dos Direitos Humanos Subsecretaria de Promoção dos Direitos da Criança e do Adolescente

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA Secretaria Especial dos Direitos Humanos Subsecretaria de Promoção dos Direitos da Criança e do Adolescente PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA Secretaria Especial dos Direitos Humanos Subsecretaria de Promoção dos Direitos da Criança e do Adolescente Disque Denúncia Nacional de Abuso e Exploração Sexual Contra Crianças

Leia mais

DADOS ESTATÍSTICOS DE PRETENDENTES - BRASIL TOTAL % 1. Total de Pretendentes cadastrados: ,00%

DADOS ESTATÍSTICOS DE PRETENDENTES - BRASIL TOTAL % 1. Total de Pretendentes cadastrados: ,00% DADOS ESTATÍSTICOS DE PRETENDENTES - BRASIL TOTAL % 1. Total de Pretendentes cadastrados: 8346 100,00%. Total de Pretendentes que somente aceitam crianças da Raça Branca: 10834 38,% 3. Total de Pretendentes

Leia mais

Patrocínio Institucional Parceria Apoio

Patrocínio Institucional Parceria Apoio Patrocínio Institucional Parceria Apoio O Grupo AfroReggae é uma organização que luta pela transformação social e, através da cultura e da arte, desperta potencialidades artísticas que elevam a autoestima

Leia mais

Apoio. Patrocínio Institucional

Apoio. Patrocínio Institucional Patrocínio Institucional Apoio O Grupo AfroReggae é uma organização que luta pela transformação social e, através da cultura e da arte, desperta potencialidades artísticas que elevam a autoestima de jovens

Leia mais

coleção Conversas #5 Respostas que podem estar passando para algumas perguntas pela sua cabeça.

coleção Conversas #5 Respostas que podem estar passando para algumas perguntas pela sua cabeça. coleção Conversas #5 Respostas para algumas perguntas que podem estar passando pela sua cabeça. A Coleção CONVERSAS da Editora AfroReggae nasceu com o desejo de facilitar diálogos que muitas vezes podem

Leia mais

Patrocínio Institucional Parceria Apoio

Patrocínio Institucional Parceria Apoio Patrocínio Institucional Parceria Apoio InfoReggae - Edição 71 Reunião da Equipe 27 de fevereiro de 2015 O Grupo AfroReggae é uma organização que luta pela transformação social e, através da cultura e

Leia mais

coleção Conversas #24 Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça.

coleção Conversas #24 Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça. coleção Conversas #24 Eu Posso sou me G ay. curar? Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça. A Coleção CONVERSAS da Editora AfroReggae nasceu com o desejo de facilitar

Leia mais

TERMO DE COOPERAÇÃO TÉCNICA DE COMBATE A HOMOFOBIA AÇÕES DE RESPONSABILIDADE DAS SECRETARIAS DE SEGURANÇA PÚBLICA AÇÕES DE RESPONSABILIDADE DA SDH

TERMO DE COOPERAÇÃO TÉCNICA DE COMBATE A HOMOFOBIA AÇÕES DE RESPONSABILIDADE DAS SECRETARIAS DE SEGURANÇA PÚBLICA AÇÕES DE RESPONSABILIDADE DA SDH TERMO DE COOPERAÇÃO TÉCNICA DE COMBATE A HOMOFOBIA ESTADOS AÇÕES DE RESPONSABILIDADE DAS SECRETARIAS DE SEGURANÇA PÚBLICA AÇÕES DE RESPONSABILIDADE DA SDH AC Não respondeu - instalou Centro de referencia

Leia mais

TABELA I - OPERAÇÕES REALIZADAS PELAS DISTRIBUIDORAS

TABELA I - OPERAÇÕES REALIZADAS PELAS DISTRIBUIDORAS TABELA I - OPERAÇÕES REALIZADAS PELAS DISTRIBUIDORAS UF Gasolina Automotiva e Álcool Anidro Álcool Hidratado Óleo Combustível Gás Natural Veicular Internas Interesta-duais Internas Interestaduais Internas

Leia mais

coleção Conversas #12 - SETEMBRO é no Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça.

coleção Conversas #12 - SETEMBRO é no Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça. a s coleção Conversas #12 - SETEMBRO 2014 - Eu sinto a I tr s ç o ã o por c é no r r m ia a nç a l? s. Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça. A Coleção CONVERSAS da

Leia mais

Nova Pesquisa Nacional de Ataques a Bancos

Nova Pesquisa Nacional de Ataques a Bancos Nova Pesquisa Nacional de Ataques a Bancos (e outras ocorrências envolvendo a atividade bancária) (2017-2018) Elaboração: Contraf-CUT e CONTRASP Fonte: Notícias da imprensa, SSP dos Estados e Sindicatos

Leia mais

Indenizações Pagas Quantidades

Indenizações Pagas Quantidades Natureza da Indenização Jan a Set 2012 % Jan a Set 2013 % Jan a Set 2013 x Jan a Set 2012 Morte 45.769 13% 41.761 9% -9% Invalidez Permanente 238.798 67% 324.387 73% 36% Despesas Médicas (DAMS) 71.080

Leia mais

coleção Conversas ESPECIAL Respostas que podem estar passando para algumas perguntas pela sua cabeça.

coleção Conversas ESPECIAL Respostas que podem estar passando para algumas perguntas pela sua cabeça. coleção Conversas ESPECIAL Eu do não meu suporto marido. mais O apanhar que eu faço Respostas para algumas perguntas que podem estar passando pela sua cabeça. Essa Coleção CONVERSAS Especial é uma homenagem

Leia mais

Boletim Estatístico. Ano 06 - Volume 04 Janeiro a Dezembro de 2016 DPVAT: O SEGURO DO TRÂNSITO

Boletim Estatístico. Ano 06 - Volume 04 Janeiro a Dezembro de 2016 DPVAT: O SEGURO DO TRÂNSITO Boletim Estatístico Ano 06 - Volume 04 Janeiro a Dezembro de 2016 DPVAT: O SEGURO DO TRÂNSITO Indenizações Pagas Natureza da Indenização % % x Morte 33.547 7% 42.501 7% -21% Invalidez Permanente 346.060

Leia mais

Prouni Balanço das inscrições e resultados

Prouni Balanço das inscrições e resultados Prouni Balanço das inscrições e resultados Edição 2016/1 Janeiro/2016 Bolsas concedidas - 2005 a 2015: 1,74 milhão 69% bolsas integrais 86% cursos presenciais 74% turno noturno 52% estudantes negros Inscritos

Leia mais

Evolução das Indenizações Pagas por Natureza

Evolução das Indenizações Pagas por Natureza Natureza da Indenização Jan a Mar 2012 Quantidades % Jan a Mar 2013 % Jan a Mar 2013 x Jan a Mar 2012 Morte 14.462 1 14.349 1 - Invalidez Permanente 64.220 6 85.286 68% 3 Despesas Médicas (DAMS) 18.860

Leia mais

Movimentação das Empresas do Segmento Junho 2010

Movimentação das Empresas do Segmento Junho 2010 Movimentação das Empresas do Segmento Junho 2010 Índice 1. Consolidado Brasil... 03 2. Acumulado Brasil... 05 3. Consolidado por Região... 06 4. Consolidado por Estado... 09 5. Consolidado Brasil Comparativo

Leia mais

Indenizações Pagas. Evolução das Indenizações Pagas por Natureza

Indenizações Pagas. Evolução das Indenizações Pagas por Natureza Ano 04 - Volume 03 Janeiro a Setembro de 2014 Indenizações Pagas Natureza da Indenização Jan a Set 2013 % % Jan a Set 2013 x Morte 41.761 9% 40.198 7% -4% Invalidez Permanente 324.387 73% 430.322 77% 33%

Leia mais

Indenizações Pagas. Evolução das Indenizações Pagas por Natureza

Indenizações Pagas. Evolução das Indenizações Pagas por Natureza Ano 04 - Volume 01 Janeiro a Março de 2014 Indenizações Pagas Natureza da Indenização Jan a Mar 2013 % % Jan a Mar 2013 x Morte 14.349 12% 12.401 8% -14% Invalidez Permanente 85.286 68% 121.706 75% 43%

Leia mais

Indenizações Pagas. Evolução das Indenizações Pagas por Natureza

Indenizações Pagas. Evolução das Indenizações Pagas por Natureza Ano 04 - Volume 02 Janeiro a Junho de 2014 Indenizações Pagas Natureza da Indenização Jan a Jun 2013 % % Jan a Jun 2013 x Morte 29.025 25.181 8% -1 Invalidez Permanente 215.530 72% 259.845 76% 21% Despesas

Leia mais

Programa Nacional de Enfrentamento da Violência Sexual contra Crianças e Adolescentes

Programa Nacional de Enfrentamento da Violência Sexual contra Crianças e Adolescentes Programa Nacional de Enfrentamento da Violência Sexual contra Crianças e Adolescentes Fundamentos do Programa Violência contra crianças e adolescentes como violação de direitos humanos Direitos humanos

Leia mais

Evolução das Ocorrências de Sinistros de Morte no Feriado de Corpus Christi por Tipo de Veículo

Evolução das Ocorrências de Sinistros de Morte no Feriado de Corpus Christi por Tipo de Veículo Estatísticas Corpus Christi Nos últimos anos, as ocorrências de acidentes envolvendo veículos automotores, no período do feriado de Corpus Christi, cujas indenizações foram solicitadas à Seguradora Líder

Leia mais

Patrocínio Institucional Parceria Institucional Apoio

Patrocínio Institucional Parceria Institucional Apoio Patrocínio Institucional Parceria Institucional Apoio O Grupo AfroReggae é uma organização que luta pela transformação social e, através da cultura e da arte, desperta potencialidades artísticas que elevam

Leia mais

BOLETIM ESTATÍSTICO SEGURADORA LÍDER-DPVAT

BOLETIM ESTATÍSTICO SEGURADORA LÍDER-DPVAT BOLETIM ESTATÍSTICO SEGURADORA LÍDER-DPVAT ANO 08 - VOL.04 ABRIL DE 2 INDENIZAÇÕES De Janeiro a Abril de houve uma redução de 8% nas indenizações pagas pelo Seguro DPVAT ante mesmo período de 2017. Os

Leia mais

Boletim Estatístico. Ano 07 - Volume Extra Janeiro a Novembro de 2017 DPVAT: O SEGURO DO TRÂNSITO

Boletim Estatístico. Ano 07 - Volume Extra Janeiro a Novembro de 2017 DPVAT: O SEGURO DO TRÂNSITO Boletim Estatístico Ano 07 - Volume Extra Janeiro a Novembro de 2017 26 1 DPVAT: O SEGURO DO TRÂNSITO Indenizações Pagas Natureza da Indenização % % x Morte 37.492 11% 30.172 7% 24% Invalidez Permanente

Leia mais

Boletim Estatístico. Ano 07 - Janeiro a Outubro de 2017 DPVAT: O SEGURO DO TRÂNSITO

Boletim Estatístico. Ano 07 - Janeiro a Outubro de 2017 DPVAT: O SEGURO DO TRÂNSITO Boletim Estatístico Ano 07 - Janeiro a Outubro de 2017 DPVAT: O SEGURO DO TRÂNSITO Indenizações Pagas Natureza da Indenização % % x Morte 34.105 10% 26.917 7% 27% Invalidez Permanente 242.606 75% 282.545

Leia mais

Boletim Estatístico. Ano 07 - Agosto de 2017 DPVAT: O SEGURO DO TRÂNSITO

Boletim Estatístico. Ano 07 - Agosto de 2017 DPVAT: O SEGURO DO TRÂNSITO Boletim Estatístico Ano 07 - Agosto de 2017 DPVAT: O SEGURO DO TRÂNSITO Indenizações Pagas Natureza da Indenização % % x Morte 4.595 12% 3.236 42% Invalidez Permanente 27.482 73% 27.165 77% Despesas Médicas

Leia mais

MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE VAGAS EM CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR E DE NÍVEL MÉDIO DEMANDA DE CANDIDATOS POR VAGA

MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE VAGAS EM CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR E DE NÍVEL MÉDIO DEMANDA DE CANDIDATOS POR VAGA Nível superior Cargo 1: Contador DF Brasília/Sede da Administração Central 35 1820 52,00 Nível médio Cargo 2: Agente Administrativo AC Rio Branco/Sede da SRTE 2 1496 748,00 Nível médio Cargo 2: Agente

Leia mais

Boletim Estatístico. Ano 07 - Volume 02 Janeiro a Junho de 2017 DPVAT: O SEGURO DO TRÂNSITO

Boletim Estatístico. Ano 07 - Volume 02 Janeiro a Junho de 2017 DPVAT: O SEGURO DO TRÂNSITO Boletim Estatístico Ano 07 - Volume 02 Janeiro a Junho de 2017 DPVAT: O SEGURO DO TRÂNSITO Indenizações Pagas Natureza da Indenização % % x Morte 19.367 10% 15.192 7% 27% Invalidez Permanente 144.950 75%

Leia mais

Boletim Estatístico. Ano 07 - Volume Extra Janeiro a Novembro de 2017 DPVAT: O SEGURO DO TRÂNSITO

Boletim Estatístico. Ano 07 - Volume Extra Janeiro a Novembro de 2017 DPVAT: O SEGURO DO TRÂNSITO Boletim Estatístico Ano 07 - Volume Extra Janeiro a Novembro de 2017 26 1 DPVAT: O SEGURO DO TRÂNSITO Indenizações Pagas Natureza da Indenização % % x Morte 37.492 11% 30.172 7% 24% Invalidez Permanente

Leia mais

Boletim Estatístico. Ano 07 - Volume Extra Julho de 2017 DPVAT: O SEGURO DO TRÂNSITO

Boletim Estatístico. Ano 07 - Volume Extra Julho de 2017 DPVAT: O SEGURO DO TRÂNSITO Boletim Estatístico Ano 07 - Volume Extra Julho de 2017 DPVAT: O SEGURO DO TRÂNSITO Indenizações Pagas Natureza da Indenização % % x Morte 3.620 11% 2.541 8% 42% Invalidez Permanente 24.964 74% 27.460

Leia mais

Movimentação das Empresas do Segmento Julho 2011

Movimentação das Empresas do Segmento Julho 2011 Movimentação das Empresas do Segmento Julho 2011 Índice 1. Consolidado Brasil... 03 2. Acumulado Brasil... 06 3. Consolidado por Região... 08 4. Consolidado por Estado... 14 5. Consolidado Brasil Comparativo

Leia mais

Indenizações Pagas. Evolução das Indenizações Pagas por Natureza

Indenizações Pagas. Evolução das Indenizações Pagas por Natureza Ano 04 - Volume 04 Janeiro a Dezembro de 2014 Indenizações Pagas Natureza da Indenização Jan a Dez 2013 % % Jan a Dez 2013 x Morte 54.767 9% 52.226 7% -5% Invalidez Permanente 444.206 70% 595.693 78% 34%

Leia mais

AGÊNCIA NACIONAL DE TELECOMUNICAÇÕES Acessos Quantidade de Acessos no Brasil Dividido por Tecnologia/Velocidade/UF

AGÊNCIA NACIONAL DE TELECOMUNICAÇÕES Acessos Quantidade de Acessos no Brasil Dividido por Tecnologia/Velocidade/UF AGÊNCIA NACIONAL DE TELECOMUNICAÇÕES Acessos Quantidade de Acessos no Brasil Dividido por Tecnologia/Velocidade/UF UF Tecnologia Velocidade Quantidade de Acessos AC ATM 12 Mbps a 34Mbps 3 AC ATM 34 Mbps

Leia mais

Saúde da Mulher Lésbica e Bissexual no Brasil: Avanços e Desafios

Saúde da Mulher Lésbica e Bissexual no Brasil: Avanços e Desafios Saúde da Mulher Lésbica e Bissexual no Brasil: Avanços e Desafios João Pessoa - PB Novembro, 2015 Regionalização do Estado da Paraíba 16 Regiões de Saúde Resolução CIB n. 203/2011 Rede Cegonha Rede de

Leia mais

Movimentação das Empresas do Segmento Abril 2011

Movimentação das Empresas do Segmento Abril 2011 Movimentação das Empresas do Segmento Abril 2011 Índice 1. Consolidado Brasil... 03 2. Acumulado Brasil... 06 3. Consolidado por Região... 08 4. Consolidado por Estado... 14 5. Consolidado Brasil Comparativo

Leia mais

BOLETIM ESTATÍSTICO SEGURADORA LÍDER-DPVAT

BOLETIM ESTATÍSTICO SEGURADORA LÍDER-DPVAT BOLETIM ESTATÍSTICO SEGURADORA LÍDER-DPVAT ANO 08 - VOL.01 DE 2 INDENIZAÇÕES No mês de Janeiro de as indenizações pagas pelo Seguro DPVAT se mantiveram no mesmo patamar ante mesmo período de 2017. Os casos

Leia mais

BOLETIM ESTATÍSTICO SEGURADORA LÍDER-DPVAT

BOLETIM ESTATÍSTICO SEGURADORA LÍDER-DPVAT BOLETIM ESTATÍSTICO SEGURADORA LÍDER-DPVAT ANO 08 - VOL.03 MARÇO DE 2 INDENIZAÇÕES De Janeiro a Março de, foram pagas 87.508 indenizações pelo Seguro DPVAT, uma redução de 11% em relação ao mesmo período

Leia mais

Indenizações Pagas. Evolução das Indenizações Pagas por Natureza

Indenizações Pagas. Evolução das Indenizações Pagas por Natureza Ano 05 - Volume 03 Janeiro a Setembro de 2015 Indenizações Pagas Natureza da Indenização Jan a Set 2014 % % Jan a Set 2014 x Morte 40.198 7% 33.251 6% -17% Invalidez Permanente 430.322 77% 409.248 79%

Leia mais

BOLETIM ESTATÍSTICO SEGURADORA LÍDER-DPVAT

BOLETIM ESTATÍSTICO SEGURADORA LÍDER-DPVAT BOLETIM ESTATÍSTICO SEGURADORA LÍDER-DPVAT OUTUBRO DE 3 INDENIZAÇÕES De Janeiro a Outubro de foram pagas mais de 268 mil indenizações pelo Seguro DPVAT.Quanto as indenizações solicitadas, de Janeiro a

Leia mais

Central de Atendimento à Mulher - Ligue 180

Central de Atendimento à Mulher - Ligue 180 Central de Atendimento à Mulher - Ligue 180 1 Esta é uma publicação do Ministério dos Direitos Humanos (MDH). Qualquer parte desta publicação pode ser reproduzida, desde que citada a Fonte. Presidente

Leia mais

Comunicado de Imprensa

Comunicado de Imprensa Comunicado de Imprensa s representam quase metade das causas de mortes de jovens de 16 e 17 anos no Brasil. As principais vítimas são adolescentes do sexo masculino, negros e com baixa escolaridade O homicídio

Leia mais

Indenizações Pagas. Evolução das Indenizações Pagas por Natureza

Indenizações Pagas. Evolução das Indenizações Pagas por Natureza Ano 05 - Volume 04 Janeiro a Dezembro de 2015 Indenizações Pagas Natureza da Indenização % % x Morte 42.501 7% 52.226 7% -19% Invalidez Permanente 515.751 79% 595.693 78% -13% Despesas Médicas (DAMS) 94.097

Leia mais

Indenizações Pagas. Evolução das Indenizações Pagas por Natureza

Indenizações Pagas. Evolução das Indenizações Pagas por Natureza Ano 05 - Volume 02 Janeiro a Junho de 2015 Indenizações Pagas Natureza da Indenização Jan a Jun 2014 % % Jan a Jun 2014 x Morte 25.181 7% 22.395 7% -11% Invalidez Permanente 259.845 77% 269.410 78% 4%

Leia mais

Apoio. Patrocínio Institucional

Apoio. Patrocínio Institucional Patrocínio Institucional Apoio O Grupo AfroReggae é uma organização que luta pela transformação social e, através da cultura e da arte, desperta potencialidades artísticas que elevam a autoestima de jovens

Leia mais

Indenizações Pagas. Evolução das Indenizações Pagas por Natureza

Indenizações Pagas. Evolução das Indenizações Pagas por Natureza Ano 05 - Volume 01 Janeiro a Março de 2015 Indenizações Pagas Natureza da Indenização Jan a Mar 2014 % % Jan a Mar 2014 x Morte 12.401 8% 11.760 6% -5% Invalidez Permanente 121.706 75% 145.990 79% 20%

Leia mais

BOLETIM ESTATÍSTICO SEGURADORA LÍDER-DPVAT

BOLETIM ESTATÍSTICO SEGURADORA LÍDER-DPVAT BOLETIM ESTATÍSTICO SEGURADORA LÍDER-DPVAT MAIO DE 2018 3 INDENIZAÇÕES De Janeiro a Maio de 2018 houve redução de 6% nas indenizações pagas pelo Seguro DPVAT ante mesmo período de 2017. Os casos de Invalidez

Leia mais

Tipo de Frete Estado Capital Peso do pedido (até) Frete capital Frete interior 1 AC RIO BRANCO 5,00 57,23 65,81 1 AC RIO BRANCO 10,00 73,49 84,51 1

Tipo de Frete Estado Capital Peso do pedido (até) Frete capital Frete interior 1 AC RIO BRANCO 5,00 57,23 65,81 1 AC RIO BRANCO 10,00 73,49 84,51 1 Tipo de Frete Estado Capital Peso do pedido (até) Frete capital Frete interior 1 AC RIO BRANCO 5,00 57,23 65,81 1 AC RIO BRANCO 10,00 73,49 84,51 1 AC RIO BRANCO 15,00 84,98 97,73 1 AC RIO BRANCO 20,00

Leia mais

BOLETIM ESTATÍSTICO SEGURADORA LÍDER-DPVAT

BOLETIM ESTATÍSTICO SEGURADORA LÍDER-DPVAT BOLETIM ESTATÍSTICO SEGURADORA LÍDER-DPVAT JUNHO DE 2018 3 INDENIZAÇÕES No primeiro semestre de 2018, houve uma redução de 12% nas indenizações pagas pelo Seguro DPVAT ante mesmo período de 2017. Os casos

Leia mais

Evolução das estatísticas de acidentes por Estado

Evolução das estatísticas de acidentes por Estado Evolução das estatísticas de acidentes por Estado Data: 1/8/218 FILTROS: Acidentes: Todos Veículos: Todos Valores: Absolutos Estado: Todos BR: Todas Este material destaca a evolução das estatísticas de

Leia mais

INFORME SARGSUS. Situação da Alimentação do Relatório de Gestão Ano 2013-2014 Informações sobre Plano e Programação Anual de Saúde

INFORME SARGSUS. Situação da Alimentação do Relatório de Gestão Ano 2013-2014 Informações sobre Plano e Programação Anual de Saúde INFORME SARGSUS Situação da Alimentação do Relatório de Gestão Ano 2013-2014 Informações sobre Plano e Programação Anual de Saúde 1 ESFERA MUNICIPAL 1.1 Relatório de Gestão Ano 2013 Até a presente data,

Leia mais

coleção Conversas #21 - ABRIL e t m o se? Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça.

coleção Conversas #21 - ABRIL e t m o se? Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça. Sou bem que ele mais v coleção Conversas #21 - ABRIL 2015 - m o c está l e g i o h a que e l apenas por in e t. er e s se? Será Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça.

Leia mais

Situação dos Mamógrafos no Brasil

Situação dos Mamógrafos no Brasil Estudos Técnicos/Area Técnica da Saúde- Outubro-2015 Situação dos Mamógrafos no Brasil A CNM avaliou a eficácia das ações implementadas pelo Sistema Único de Saúde (SUS) em relação ao avanço das estratégias

Leia mais

Estudo sobre o Empreendedorismo Informal no Brasil 2018

Estudo sobre o Empreendedorismo Informal no Brasil 2018 Relatório especial Estudo sobre o Empreendedorismo Informal no Brasil 2018 Maio 2019 1 Características do estudo Objetivo: Mapear o perfil dos empreendedores informais (sem CNPJ), comparando-o com o perfil

Leia mais

SESI EM NÚMEROS Um retrato do hoje

SESI EM NÚMEROS Um retrato do hoje SESI EM NÚMEROS 218 Um retrato do hoje 53.597 44.679 4.418 3.728 27.78 25.88 23.353 17.74 1.355 5.27 5.251 66 145.45 131.985 24.93 359.63 338.59 312.75 72.39 SESI EM NÚMEROS 218 - EDUCAÇÃO MATRÍCULAS BRASIL

Leia mais

Ligue 180 agora é disque; balanço anual mostra que subiu para 70% percentual de municípios atendidos

Ligue 180 agora é disque; balanço anual mostra que subiu para 70% percentual de municípios atendidos Ligue 180 agora é disque; balanço anual mostra que subiu para 70% percentual de municípios atendidos As denúncias recebidas serão encaminhadas aos sistemas de Segurança Pública e Justiça de cada um dos

Leia mais

Racionamento de água. Abril/2017

Racionamento de água. Abril/2017 Racionamento de água Abril/2017 Objetivo da Pesquisa Metodologia Tópicos da Pesquisa Informações técnicas Levantar informações sobre temas importantes no contexto atual dos Pequenos Negócios. TEMA ANALISADO

Leia mais

Vagas autorizadas. 4.146 vagas* autorizadas em 1.294 municípios e 12 DSEIs *35 vagas nos Distritos Indígenas e 361 vagas de reposição

Vagas autorizadas. 4.146 vagas* autorizadas em 1.294 municípios e 12 DSEIs *35 vagas nos Distritos Indígenas e 361 vagas de reposição Vagas autorizadas 4.146 vagas* autorizadas em 1.294 municípios e 12 DSEIs *35 vagas nos Distritos Indígenas e 361 vagas de reposição Fonte: IBGE e MS. Datum: SIRGAS2000 Elaboração: MS/SGTES/DEPREPS Data:

Leia mais

Nota de Acompanhamento de Beneficiários Edição: Nº Data base: Junho de 2017

Nota de Acompanhamento de Beneficiários Edição: Nº Data base: Junho de 2017 Nota de Acompanhamento de Beneficiários Edição: Nº 13-2017 Data base: Junho de 2017 Sumário Executivo Número de beneficiários de planos médico-hospitalares (jun/17): 47.383.248; Variação do número de beneficiários

Leia mais

Brasília, 15 de abril de 2008.

Brasília, 15 de abril de 2008. Brasília, 15 de abril de 28. Considerações Iniciais Elevado numero de profissionais sem carteiras Tempo de espera de emissão Ações Desenvolvidas Otimização das Centrais de Digitalização Visita aos Crea

Leia mais

Boletim Informativo do PNI Vacinação contra HPV

Boletim Informativo do PNI Vacinação contra HPV COORDEAÇÃO GERAL DO PROGRAMA NACIONAL DE IMUNIZAÇÕES/DEVIT/SVS/MS 17 de dezembro de 2015 Boletim Informativo do PNI - 2015 Vacinação contra HPV Estratégia de vacinação contra HPV O Ministério da Saúde

Leia mais

Presidência da República. Secretaria de Direitos Humanos. Secretaria Nacional de Promoção dos Direitos da Criança e do Adolescente

Presidência da República. Secretaria de Direitos Humanos. Secretaria Nacional de Promoção dos Direitos da Criança e do Adolescente Secretaria Nacional de Promoção dos Direitos da Criança e do Adolescente Programa Nacional de Enfrentamento da Violência Sexual contra Crianças e Adolescentes O papel da SDH: Articulação de políticas sob

Leia mais

Candidatos por Vaga Processo Seletivo Simplificado / 2008: IBGE - INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA - ANALISTA CENSITÁRIO

Candidatos por Vaga Processo Seletivo Simplificado / 2008: IBGE - INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA - ANALISTA CENSITÁRIO Candidatos por Vaga Processo Seletivo Simplificado / 2008: IBGE - INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA - ANALISTA CENSITÁRIO UF MUNICÍPIO CARGO AC RIO BRANCO Análise de Sistemas / Suporte à

Leia mais

InfoReggae - Edição 30 Bloco AfroReggae 28 de fevereiro de Coordenador Executivo. Coordenador do Bloco AfroReggae

InfoReggae - Edição 30 Bloco AfroReggae 28 de fevereiro de Coordenador Executivo. Coordenador do Bloco AfroReggae O Grupo Cultural AfroReggae é uma organização que luta pela transformação social e, através da cultura e da arte, desperta potencialidades artísticas que elevam a autoestima de jovens das camadas populares.

Leia mais

ANEXO 3 COMITÊS ESTADUAIS DE ENFRENTAMENTO À HOMO-LESBO-TRANSFOBIA

ANEXO 3 COMITÊS ESTADUAIS DE ENFRENTAMENTO À HOMO-LESBO-TRANSFOBIA ANEXO 3 COMITÊS ESTADUAIS DE ENFRENTAMENTO À HOMO-LESBO-TRANSFOBIA Os Comitês Estaduais de Enfrentamento à Homo-Lesbo-Transfobia são uma iniciativa conjunta da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência

Leia mais

RESOLUÇÃO CFESS nº 516 /2007 de 28 de dezembro de 2007

RESOLUÇÃO CFESS nº 516 /2007 de 28 de dezembro de 2007 RESOLUÇÃO CFESS nº 516 /2007 de 28 de dezembro de 2007 RESOLVE: Aprova a Proposta Orçamentária do Conselho Federal e Conselhos Regionais de Serviço Social da 1 a., 2 a., 3 a., 4 a., 5 a., 6 a., 7 a., 8

Leia mais

PROGRAMA DE FISCALIZAÇÃO EM ENTES FEDERATIVOS 2º CICLO POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO

PROGRAMA DE FISCALIZAÇÃO EM ENTES FEDERATIVOS 2º CICLO POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO PROGRAMA DE FISCALIZAÇÃO EM ENTES FEDERATIVOS 2º CICLO POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO UF / Ação de Governo Valor a ser Fiscalizado AC R$ 99.891.435,79 Apoio à Alimentação Escolar na Educação Básica (PNAE) R$

Leia mais

BAHIA. Previdenciária. ria PNAD BRASÍLIA, MAIO DE 2011

BAHIA. Previdenciária. ria PNAD BRASÍLIA, MAIO DE 2011 BAHIA Proteção Previdenciária ria - Perfil dos socialmente desprotegidos segundo a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios PNAD 2009 - BRASÍLIA, MAIO DE 2011 1 1. Indicadores de Cobertura Social Cobertura

Leia mais

Grupo Cultural AfroReggae

Grupo Cultural AfroReggae Grupo Cultural AfroReggae AGOSTO / 2013 O Grupo Cultural AfroReggae é uma organização que luta pela transformação social e, através da cultura e da arte, desperta potencialidades artísticas que elevam

Leia mais

III Encontro dos Coordenadores de Saúde do Trabalhador Estratégia e Agenda Renast

III Encontro dos Coordenadores de Saúde do Trabalhador Estratégia e Agenda Renast III Encontro dos Coordenadores de Saúde do Trabalhador Estratégia e Agenda Renast Coordenação Geral de Saúde do Trabalhador Departamento de Vigilância em Saúde Ambiental e Saúde do Trabalhador Secretaria

Leia mais

CAF: CONTAG: CPR: FETRAF: NPT: ONG: PNCF: SAC: SAT: SIB: SIC: SQD: UTE:

CAF: CONTAG: CPR: FETRAF: NPT: ONG: PNCF: SAC: SAT: SIB: SIC: SQD: UTE: Lista de Sigla CAF: CONTAG: CPR: FETRAF: NPT: ONG: PNCF: SAC: SAT: SIB: SIC: SQD: UTE: Boletim Ano VI - Edição nº 2/211 Boletim Ano VI - Edição nº 1 / 211 Painel de Ind Nº 9/215 Técnicos Resp Equipe CGPM

Leia mais

Dados sobre violência e sobre a campanha do desarmamento no Brasil

Dados sobre violência e sobre a campanha do desarmamento no Brasil Dados sobre violência e sobre a campanha do desarmamento no Brasil As armas de fogo mataram cerca de 266 mil brasileiros na década de 90 A taxa média é de 19,4 mortes por arma de fogo em 100 mil habitantes.

Leia mais

Noções Básicas sobre. Análisis de la Fecundidad Experiência Brasileira

Noções Básicas sobre. Análisis de la Fecundidad Experiência Brasileira TALLER REGIONAL SOBRE ANÁLISIS DE COHERENCIA, CALIDAD Y COBERTURA DE LA INFORMACION CENSAL Noções Básicas sobre Análisis de la Fecundidad Experiência Brasileira Santiago, Chile, 1 al 5 agosto de 2011 Data

Leia mais

SETE TRIMESTRES DE PRODUÇÃO DE PETRÓLEO SOBRE OS EFEITOS DA SUSPENSÃO DOS ARTIGOS DA LEI /2012, PELA LIMINAR CONCEDIDA NOS AUTOS DA ADI 4.

SETE TRIMESTRES DE PRODUÇÃO DE PETRÓLEO SOBRE OS EFEITOS DA SUSPENSÃO DOS ARTIGOS DA LEI /2012, PELA LIMINAR CONCEDIDA NOS AUTOS DA ADI 4. 12 SETE TRIMESTRES DE PRODUÇÃO DE PETRÓLEO SOBRE OS EFEITOS DA SUSPENSÃO DOS ARTIGOS DA LEI 12.734/2012, PELA LIMINAR CONCEDIDA NOS AUTOS DA ADI 4.917 O conjunto dos Municípios e dos Estados brasileiros

Leia mais

Sete trimestres de produção de petróleo sobre os efeitos da suspensão dos artigos da Lei de 2012 pela liminar concedida nos autos da ADI 4917

Sete trimestres de produção de petróleo sobre os efeitos da suspensão dos artigos da Lei de 2012 pela liminar concedida nos autos da ADI 4917 1 Estudos Técnicos/CNM Maio de 2015 Sete trimestres de produção de petróleo sobre os efeitos da suspensão dos artigos da Lei 12.734 de 2012 pela liminar concedida nos autos da ADI 4917 O conjunto dos Municípios

Leia mais

SÍNTESE DOS ÍNDICES DE VIOLÊNCIA, TRABALHO ESCRAVO E MORTALIDADE INFANTIL NO BRASIL

SÍNTESE DOS ÍNDICES DE VIOLÊNCIA, TRABALHO ESCRAVO E MORTALIDADE INFANTIL NO BRASIL SÍNTESE DOS ÍNDICES DE VIOLÊNCIA, TRABALHO ESCRAVO E MORTALIDADE INFANTIL NO BRASIL Brasília, 28 de junho de 2017 1 1. INTRODUÇÃO Recentemente alguns documentos de extrema relevância sobre os cenários

Leia mais

Programa Nacional de Controle da Tuberculose CGPNCT / DEVEP Secretaria de Vigilância em Saúde Ministério da Saúde

Programa Nacional de Controle da Tuberculose CGPNCT / DEVEP Secretaria de Vigilância em Saúde Ministério da Saúde Programa Nacional de Controle da Tuberculose CGPNCT / DEVEP Secretaria de Vigilância em Saúde Ministério da Saúde tuberculose@saude.gov.br Julho/ 2016 Tuberculose no Mundo Um terço da população está infectada

Leia mais

DEMANDA DE CANDIDATOS POR CARGO / UF NÍVEL SUPERIOR

DEMANDA DE CANDIDATOS POR CARGO / UF NÍVEL SUPERIOR EM CARGOS DE E DE NÍVEL INTERMEDIÁRIO Administrador AC 1 14 14.00 Administrador AL 1 53 53.00 Administrador AP 1 18 18.00 Administrador BA 1 75 75.00 Administrador DF 17 990 58.24 Administrador MT 1 55

Leia mais

AMQ é um projeto inserido no contexto da institucionalização da avaliação da Atenção Básica

AMQ é um projeto inserido no contexto da institucionalização da avaliação da Atenção Básica O QUE É AVALIAÇÃO PARA MELHORIA DA QUALIDADE? AMQ é um projeto inserido no contexto da institucionalização da avaliação da Atenção Básica Está dirigido ao âmbito municipal e oferece instrumentos para Avaliação

Leia mais

ESCALA BRASIL TRANSPARENTE. Secretaria de Transparência e Prevenção da Corrupção

ESCALA BRASIL TRANSPARENTE. Secretaria de Transparência e Prevenção da Corrupção ESCALA BRASIL TRANSPARENTE Secretaria de Transparência e Prevenção da Corrupção Avaliação de estados e municípios quanto à transparência passiva Período de avaliação: Entes públicos: EBT 1 Janeiro a Abril

Leia mais

Relatório de Dados do Programa de Microcrédito 2º. Trimestre de 2012

Relatório de Dados do Programa de Microcrédito 2º. Trimestre de 2012 Ministério do Trabalho e Emprego Programa Nacional de Microcrédito Produtivo Orientado Relatório de Dados do Programa de Microcrédito 2º. de 2012 1. Resultados do Programa de Microcrédito no 2 de 2012.

Leia mais

Pendências de Envio do Relatório de Gestão Municipal-2013 aos CMS

Pendências de Envio do Relatório de Gestão Municipal-2013 aos CMS INFORME SARGSUS Situação da Alimentação do Relatório de Gestão Ano 2013-2014 Informações sobre Plano e Programação Anual de Saúde 1 ESFERA MUNICIPAL 1.1 Relatório de Gestão Ano 2013 Até a presente data,

Leia mais

III Encontro dos Coordenadores de Saúde do Trabalhador Estratégia e Agenda Renast

III Encontro dos Coordenadores de Saúde do Trabalhador Estratégia e Agenda Renast III Encontro dos Coordenadores de Saúde do Trabalhador Estratégia e Agenda Renast Coordenação Geral de Saúde do Trabalhador/ Departamento de Vigilância em Saúde Ambiental e Saúde do Trabalhador (CGSAT/DSAST)

Leia mais

Censo da Diversidade 2014

Censo da Diversidade 2014 Censo da Diversidade 2014 03.11.2014 Diretoria de Relações Institucionais Metodologia e inovações Metodologia similar à do Censo 2008 Inovações Realização de amostra estatística garantindo tecnicamente

Leia mais

MERCADO BRASILEIRO DE SUPLEMENTOS MINERIAS 2014

MERCADO BRASILEIRO DE SUPLEMENTOS MINERIAS 2014 MERCADO BRASILEIRO DE SUPLEMENTOS MINERIAS 2014 ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DAS INDUSTRIAS DE SUPLEMENTOS MINERAIS RUA AUGUSTA, 2676 13 ANDAR SALA 132 CEP 01412-100 SÃO PAULO SP Telefone: (011) 3061-9077 e-mail:

Leia mais

FONTE DE DADOS. Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde: Dados de todos os estabelecimentos de saúde do Brasil.

FONTE DE DADOS. Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde: Dados de todos os estabelecimentos de saúde do Brasil. CENSO AMIB 2016 OBJETIVO O objetivo desta proposta é prestar serviços de consultoria para a extração e análise de dados do CNES a respeito de leitos de UTI e profissionais da saúde intensivistas, bem como

Leia mais