Principais ações coletivas em andamento

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Principais ações coletivas em andamento"

Transcrição

1 Principais ações coletivas em andamento ATUALIZADO EM 12 DE MARÇO DE 2012 Assunto: URV Processo Principal: O Departamento Jurídico do SITRAEMG é responsável pelo acompanhamento de mais de 200 (duzentas) ações plúrimas referentes à incorporação do percentual de 11,98%. Por se tratarem de diversas ações, solicitamos que os filiados interessados, que ainda não saibam em qual processo figuram como parte, entrem em contato com o Departamento Jurídico. A maioria se encontra, em fevereiro de 2012, com recursos na 2ª instância, conclusos para voto, outros acabaram de ser recebidos ou já tiveram os acórdãos publicados. Assunto: Não desconto da Contribuição Social (13º salário, 1/3 de férias, adicional de tempo de serviço, adicional noturno, hora extra e demais parcelas não incorporáveis na aposentadoria) Processo: ou Pedido: Afastamento da cobrança da contribuição social prevista no art. 1º da Lei nº 9.783/99. O SITRAEMG apresentou Recurso Especial que recebeu provimento pelo STJ. Este Tribunal Superior determinou o retorno dos autos ao TRF para que o mesmo se manifeste sobre o mérito do recurso de apelação. O provimento de Apelação foi negado por unanimidade, acórdão de 06/04/2011. O SITRAEMG opôs Embargos de Declaração em 08/04/2011, os quais foram julgados improcedentes em 30/01/2012. Assunto: Incorporação de Quintos Processo: ou Pedido: Pagamento das parcelas retroativas referentes à incorporação e atualização dos quintos. Fase Processual: O pedido foi julgado procedente em 1ª e 2ª instância. União interpôs Recurso Especial contra o acórdão do TRF, que foi inadmitido. Em 16/11/2011 a União interpôs novo recurso, recebido pela Presidência TRF1 em maio de Atualmente o processo encontra-se sobrestado na 2ª instância, por ordem do STF, que decidirá a questão, pela repercussão geral desta. Assunto: Incorporação de quintos para chefes de cartório Processo: ou Pedido: Pagamento das parcelas retroativas referente à incorporação e atualização dos quintos especificamente em benefício dos servidores da Justiça Eleitoral que exerceram função de chefia de cartório nas zonas eleitorais. Fase Processual: O pedido foi julgado procedente em 1ª instância. A União Federal apresentou apelação. O processo encontra-se no TRF 1ª Região, concluso para a Desembargadora Federal

2 Mônica Sifuentes, em seu gabinete, desde a redistribuição automática realizada em fevereiro de Assunto: Não incidência do imposto de renda sobre o auxílio creche Processo: ou Pedido: Reconhecimento da ilegalidade da cobrança de imposto de renda sobre as parcelas denominadas auxílio-creche e/ou auxílio pré-escolar, bem como a restituição dos valores indevidamente recolhidos. Fase Processual: O pedido foi julgado procedente pelo TRF 1ª Região. A União Federal opôs Embargos Declaratórios que foram rejeitados pelo Desembargador Federal Reynaldo Fonseca. Houve a interposição de Recurso Especial pela União. O Recurso Especial foi inadmitido, e contra tal decisão a União interpôs Agravo de Instrumento. Ressalte-se que o recurso pendente não suspende a execução do julgado, a não ser que a este seja conferido efeito suspensivo. Assim, aguarda-se a baixa do processo para o Juízo de 1ª instância para cumprimento da decisão. Recurso Especial está com prazo para contra-razões, feita a carga do SITRAEMG em 03 de fevereiro de Assunto: Corte do Auxílio Transporte Processo: ou Pedido: Restabelecimento do pagamento do auxílio transporte a todos os servidores filiados ao sindicato que fazem uso regular do transporte intermunicipal e interestadual no destino residência-trabalho-residência, bem como o pagamento da dívida decorrente do corte indevido. Fase Processual: A ação foi distribuída na 11ª Vara Federal e julgada improcedente. Apelação interposta pela SITRAEMG, ainda não apreciada pelos desembargadores, ultima redistribuição datada de 31/08/2011, Relator Desembargador Kassio Marques. Assunto: 14,23% (VPI) Processo: ou Pedido: Reconhecimento do direito ao percentual de 14,23% de reajuste sendo que o valor efetivamente recebido pelos servidores foi de apenas R$ 59,87 (cinqüenta e nove reais e oitenta e sete centavos), o que corresponde a percentuais variados sobre a folha de pagamento, caso a caso. Tal direito retroage a , assim, pleitea-se o pagamento das parcelas vencidas e vincendas decorrentes de tal direito Fase Processual: Julgado improcedente pela 19ª Vara Federal de MG, foi interposta Apelação pelo SITRAEMG e os autos remetidos ao TRF1. Atualmente encontra-se concluso para relatório e voto, no gabinete do Desembargador Federal Néviton Guedes, da 1ª Turma do TRF1. Assunto: Descongelamento da VPNI (Quintos) Processo: ou Pedido: Reconhecimento do direito ao reajuste da VPNI por decorrência dos percentuais de reajuste que a Lei nº /2006 aplicou às FC-1 a FC-6 e aos CJ-1 a CJ-4, parcelas vencidas e vincendas. Fase Processual: Ação foi distribuída para 8ª Vara Federal, que sentenciou improcedente. A SITRAEMG interpôs recurso de Apelção ao TRF1. O processo está concluso para relatório e voto desde abril de 2011, no gabinete do Des. Francisco De Assis Betti.

3 Assunto: Não incidência do imposto de renda e do PSS sobre os juros da URV Processo: ou Pedido: Declarar a não incidência do imposto de renda e da contribuição social para o plano da seguridade social do servidor público federal sobre os valores pagos aos servidores substituídos pelo SITRAEMG a título de juros de mora sobre o reajuste de 11,98%(URV), bem como a restituição da quantia indevidamente retida. Fase Processual: Ação foi distribuída para a 22ª Vara Federal. Apresentada contestação, foi deferida tutela antecipada para que a União Federal se abstenha de proceder ao desconto. Foi interposto Agravo de Instrumento pela União Federal (proc. nº ) que está aguardando decisão do Juiz Federal convocado, Dr. Antônio Francisco do Nascimento. O SITRAEMG interpôs Apelação apenas para corrigir o lapso prescricional fixado pelo Juízo. Os autos foram remetidos ao TRF1 e em 26/04/2011 recebidos no gabinete do Des. Federal Luciano Amaral e continuam sem alterações. Assunto: GAE X PSSS Processo: Pedido: Reconhecimento do direito dos substituídos (Oficiais de Justiça Avaliadores Federais optantes pela percepção da Função Comissionada) à devolução dos valores ilegalmente descontados a título de contribuição social sobre o valor equivalente ao da GAE Gratificação de Atividades Externas, que não lhes foi paga. Fase Processual: A ação foi distribuída para 20ª Vara Federal. O pedido de Justiça gratuita foi indeferido. A sentença foi publicada em 03/03/2011 com julgamento procedente em parte, contudo no que tange aos valores descontados a título de contribuição social sobre o valor da GAE foi reconhecida a ilegalidade. O SITRAEMG opôs embargos declaratórios, mas os mesmos não foram acolhidos. Posto isso, em 28/04/2011o SITRAEMG interpôs recurso de apelação. Em 31/05/2011, a União Federal também interpôs recurso de apelação. No entanto, esta teve decisão denegatória no TRF1; a SITRAEMG interpôs sucessivamente: Agravo de Instrumento ( ), Agravo Regimental e Embargos Declaratórios, tendo sido todos negados e a decisão final transitada em julgado em 01/03/11. Tendo em vista a procedência em parte da sentença, no dia 04/05/2011 foi distribuída junto ao TRF da 1ª Região Medida Cautelar Inominada ( ) pleiteando em sede liminar, a suspensão dos efeitos do processo administrativo 2.700/2010 JFMG, suspendendo-se a cobrança do PSSS sobre a função comissionada recebida em substituição à GAE, nos termos do art. 30, 3º da Lei /2006, no período compreendido entre junho de 2006 a dezembro de 2008, determinando que tal decisão seja informada à Diretoria de Pagamento de Pessoal da JFMG. A petição inicial da cautelar foi indeferida sob a alegação teratológica de que o SITRAEMG buscava utilizar a cautelar como sucedâneo recursal. Contra essa decisão foi interposto Agravo Regimental com pedido de reconsideração. O também SITRAEMG procurou solucionar o problema administrativamente, apresentando Requerimento ao Diretor do Foro visando à suspensão da cobrança dos mencionados valores. O pedido foi deferido e foi determinada a suspensão do desconto do PSSS sobre a GAE por 60 dias. Atualmente, o Agravo Regimental da Ação Cautelar recebeu contra-minuta da União, documentos instrutórios de ambas as partes e aguarda movimentação de conclusão para julgamento. ASSUNTO: GAE X PSSS Processo: Pedido: Sustação de quaisquer descontos remuneratórios que visem o desconto do Plano de Seguridade Social (PSSS) sobre Função Comissionada recebida pelos Oficiais de Justiça no valor equivalente à Gratificação de Atividade Externa, no período de junho de 2006 a dezembro de

4 2008, dos servidores ocupantes do cargo de Analista Judiciário especialidade Execução de Mandados (Oficiais de Justiça Avaliadores Federais). Fase Processual: O Juiz da 19ª Vara Federal antecipou os efeitos da tutela no processo, determinando que qualquer quantia já descontada a esse título deveria ser paga pela ré aos servidores em folha suplementar, no prazo máximo de 30 dias. A União contestou em 03/02/2012. Assunto: GAJ integral para aposentados admitidos até 16/12/1998, independentemente da proporcionalidade de suas aposentadorias Processo: Fase Processual: processo extinto sem julgamento do mérito em maio de 2009, transitado em julgado em 26/06/2009. Assunto: Apuração e providências cabíveis face ao Juiz federal de Passos Processo: Corregedoria - protocolo nº ASSUNTO: REENQUADRAMENTO DOS TÉCNICOS DA JUSTIÇA FEDERAL Processo: Pedido: Declaração do direito dos substituídos da Justiça Federal de serem enquadrados na classe e padrão equivalentes aos previstos no Edital do Concurso (Classe B, Padrão 17, da Lei nº 9.421/96), a partir da nomeação, bem como a condenação da União ao pagamento retroativo dos efeitos econômicos, juros e correção monetária, decorrente do direito declarado. Fase processual: A ação foi julgada procedente pela 12ª Vara Federal que antecipou os efeitos da tutela para que a União efetuasse o reenquadramento dos servidores. A União interpôs Apelação ao TRF 1ª Região. A Turma, por unanimidade, julgou extinto o processo com resolução de mérito, prejudicadas a apelação e a remessa oficial, nos termos do voto do Relator. Em 30/09/2011, a União opôs Embargos Declaratórios sobre o acórdão; 03/11/11, data da última movimentação, o processo se encontra no gabinete do Des. Kassio Marques. ASSUNTO: REENQUADRAMENTO DOS TÉCNICOS DO TRT Processo: Pedido: Declaração dos direitos dos substituídos do Tribunal Regional do Trabalho da 3ª Região de serem reenquadrados na classe e padrão equivalentes aos previstos no Edital do Concurso (Classe B, Padrão 17, da Lei 9.421/96 ), a partir da nomeação, bem como a condenação da União ao pagamento retroativo dos efeitos econômicos, juros e correção monetária, decorrente do direito declarado. Fase processual: A ação foi julgada improcedente pela 5ª Vara Federal. O departamento jurídico apelou ao TRF 1ª Região. O processo foi extinto sem resolução de mérito por suposta perda do objeto. Foram opostos embargos de declaração pelo SITRAEMG, e os mesmos foram julgados parcialmente procedentes para alterar-se o dispositivo do voto, para condenar a União ao pagamento dos honorários advocatícios fixados em 10% sobre o valor da condenação. A decisão foi publicada, e novamente foram opostos embargos declaratórios, pela União e pelo SITRAEMG, que foram rejeitados; mas, em 21/10/2011 a turma do TRF1 retificou o acórdão pelo que o SITRAEMG aviou, em 25/01/2012, Recurso Especial, atualmente em juízo de admissibilidade. ASSUNTO: REENQUADRAMENTO DOS ANALISTAS DO TRE-MG Processo: Pedido: Declaração do direito dos substituídos do Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais de serem reenquadrados na classe e padrão equivalentes aos previstos no Edital do Concurso (Classe

5 A, Padrão 24, da Lei nº 9.421/96 ), a partir da nomeação, bem como a condenação da União ao pagamento retroativo dos efeitos econômicos, juros e correção monetária, decorrente do direito declarado. Fase processual: A ação foi julgada improcedente pela 6ª Vara Federal. O departamento jurídico apelou ao TRF 1ª Região. Em 17/08/2011 a turma unânime deu provimento à Apelação. A União e a SITRAEMG opuseram Embargos de Declaração, que aguardam julgamento. REENQUADRAMENTO DOS TÉCNICOS DO TRE-MG Processo: Pedido: Declaração do direito dos substituídos do Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais de serem reenquadrados na classe e padrão equivalentes aos previstos no Edital do Concurso (Classe B, Padrão 17, da lei 9.421/96 ), a partir da nomeação, bem como a condenação da União ao pagamento retroativo dos efeitos econômicos, juros e correção monetária, decorrente de direito declarado. Fase processual: O pedido foi julgado procedente em 1ª instância. A União Federal interpôs recurso de Apelação para o TRF1. Os autos encontram-se no gabinete da Des. Federal Neuza Maria Alves da Silva. Ainda não houve julgamento. ASSUNTO: INCORPORAÇÃO DE QUINTOS PARA SERVIDORES DA JUSTIÇA FEDERAL Processo: Pedido: Pagamento das parcelas retroativas referente à incorporação e atualização dos quintos especificamente em benefício dos servidores da Justiça Federal. Fase Processual: O processo foi extinto sem resolução do mérito pela 10ª Vara Federal. O SITRAEMG interpôs recurso de apelação ao TRF 1ª Região, distribuído por dependência ao Desembargador Federal Francisco de Assis Betti em janeiro de O recurso interposto ainda está pendente de julgamento, redistribuído ao Gab. Desem. Fed. Francisco de Assis Betti em 19/09/2011, não obstante os inúmeros pedidos de celeridade feitos pelo Sindicato. ASSUNTO: AUXILIARES DO TRT Processo: Pedido: Declaração de validade da reestruturação operada pelas Resoluções Administrativas nº 246/1993 e 99/1995 e a conseqüente declaração de inaplicabilidade da decisão contida no Acórdão nº 2.104/2005 do Tribunal de Contas da União. Fase Processual: O pedido foi julgado procedente pela 17ª Vara Federal. Foi interposto recurso de apelação pela União Federal, o qual foi negado provimento pelo TRF 1ª Região. Insistentemente, a União interpôs em janeiro de 2011, Recurso Especial e Extraordinário. O SITRAEMG, em 14/03/2011 apresentou contrarrazões aos referidos recursos. Em 10/06/2011 houve decisão inadmitindo o Recurso Especial e Recurso Extraordinário, interpostos pela União. Em 07/07/2011 a União agravou ambas as decisões denegatórias, tendo a SITRAEMG dado resposta aos agravos, que aguardam julgamento desde setembro de ASSUNTO: ISONOMIA ENTRE CHEFES DE CARTÓRIO DO INTERIOR (FC-1) E DA CAPITAL (FC-4) Processo: ou Pedido: Pagamento dos efeitos financeiros decorrentes da diferença remuneratória verificada entre os

6 Chefes de Cartórios de zonas eleitorais do interior (que recebem a FC-1) e os das capitais (que recebem a FC-4, bem como das parcelas retroativas desde a nomeação dos substituídos para função comissionada de Chefes de Cartório. Fase Processual: Ação foi distribuída à 3ª Vara Federal que indeferiu o pedido de tutela antecipada. Contra tal decisão foi interposto agravo de instrumento pelo SITRAEMG no TRF 1ª Região, ao qual foi negado seguimento. A sentença julgou improcedente o pedido em 03/02/2011 e assim, e contra a referida decisão o SITRAEMG interpôs recurso de apelação em 04/03/2011. Em 30/05/2011, foi publicado despacho, exarado pelo juiz, que recebeu a apelação interposta tempestivamente pelo SITRAEMG nos efeitos suspensivo e devolutivo. Ainda aguarda julgamento. ASSUNTO: DIFERENÇA ENTRE O PERCENTUAL DE REAJUSTE / LEI /2002 Processo: (Seção Judiciária do Distrito Federal) Pedido: Declarar o direito dos substituídos à diferença entre o percentual de reajuste da verba concedido pela Lei /2002 para a classe A, padrão 1, das carreiras de Auxiliar, Técnico e Analista Judiciário. Fase processual: Réplica apresenta pelo SITRAEMG em 22 de fevereiro de Os autos estão conclusos para sentença desde 15/03/2011. ASSUNTO: APOSENTADORIA ESPECIAL PARA OS OFICIAIS DE JUSTIÇA PROCESSO: MI 1655 Pedido: Estabelecimento de critérios diferenciados para a obtenção de aposentadoria especial para os servidores que exercem atividades de risco, conferido pelo artigo 40 da Constituição Federal. O pedido principal foi de que a aposentadoria seja permitida com 15 anos de atividade de risco. Caso não deferido, o mandado pede 20 anos. Foi publicada a procedência do pedido em Em 12/04/2011, o SITRAEMG peticionou requerendo a expedição de certidão de objeto e pé; em 09/12/2011 reiterou o pedido. ASSUNTO: APOSENTADORIA ESPECIAL PARA OS AGENTES DE SEGURANÇA Processo: MI 1654 Pedido: Estabelecimento de critérios diferenciados para a obtenção de aposentadoria especial para os servidores que exercem atividades de risco, conferido pelo artigo 40 da Constituição Federal. O pedido principal foi de que a aposentadoria seja permitida com 15 anos de atividade de risco. Caso não deferido, o mandado pede 20 anos. O mesmo encontra-se concluso para decisão com a relatora (Ministra Cármen Lúcia) desde 04/01/2011. Em 12/04/2011, o SITRAEMG peticionou requerendo a expedição de certidão de objeto e pé; em 09/12/2011 reiterou o pedido. ASSUNTO: APOSENTADORIA ESPECIAL PARA OS SERVIDORES QUE TRABALHAM EM CONDIÇÕES INSALUBRES Processo: MI 1653 Pedido: Aposentadoria especial aos servidores que trabalham em condições insalubres. O mandado se fundamenta na previsão do artigo 40 da Constituição que garante a aposentadoria especial, mas carece de regulamentação para ser aplicada aos servidores públicos. Conforme o agente insalubre, o servidor tem direito a se aposentar com 15, 20 ou 25 anos de atividade, sem necessidade de tempo complementar. Foi publicada a procedência do pedido em 22/09/2010, transitando em julgado em 15/10/2010. Em 12/04/2011, o SITRAEMG peticionou requerendo a expedição de certidão de objeto e pé; em 09/12/2011 reiterou o pedido.

7 ASSUNTO: APOSENTADORIA ESPECIAL PARA OS SERVIDORES PORTADORES DE DEFICIÊNCIAS FÍSICAS Processo: MI 1885 Pedido: Reconhecimento do direito à aposentadoria especial para os servidores deficientes. Por meio de tal ação constitucional, o SITRAEMG pleiteia o direito do servidor deficiente físico, assegurado pela Constituição, à aposentadoria especial, uma vez que este direito encontra-se carente de regulamentação. Ressalte-se que a Procuradoria Geral da República, em parecer, manifestou pela procedência parcial do MI. O mesmo encontra-se concluso para decisão com a relatora (Ministra Cármen Lúcia) desde 09/08/2010. O SITRAEMG, em 12/04/2011 apresentou petição requerendo a expedição de certidão de objeto e pé; em 09/12/2011 reiterou o pedido. ASSUNTO: AVERBAÇÃO DO TEMPO DE SERVIÇO Processo: (Seção Judiciária do Distrito Federal) Pedido: Declaração do direito à averbação e cômputo aos filiados, para todos os efeitos legais, estatutários e previdenciários, do tempo de serviço prestado às empresas públicas e às sociedades de economia mista, independente do ente federativo a que pertençam, bem como em cargos efetivos distritais, estaduais ou municipais, ambos inclusive para contagem do adicional por tempo de serviço, da licença-prêmio e dos efeitos da contagem de carência de 20 (vinte) ou 25 (vinte e cinco) anos de serviço público previsto nas Emendas Constitucionais 41/2003 e 47/2005. Fase processual: Distribuída à 6ª Vara Federal da Seção Judiciária do DF. A AGU apresentou contestação em 31/01/2011. Em 23/02/2011 os autos foram devolvidos com indeferimento da liminar. Concluso para sentença desde 27/01/2012. ASSUNTO: GAS PARA APOSENTADOS Processo: (Seção Judiciária do Distrito Federal) Pedido: Extensão da gratificação de Atividade de Segurança (GAS ) para os seus filiados aposentados, vinculados aos órgãos do Poder Judiciário da União no Estado de Minas Gerais. Com pedido de tutela antecipada. Fase Processual: Distribuída à 1ª Vara Federal da Seção Judiciária do DF. O pedido de tutela antecipada foi indeferido e contra tal decisão o SITRAEMG interpôs Agravo Retido. A União apresentou contestação e em 25/04/2011 o SITRAEMG impugnou a mesma. Os autos estão conclusos para sentença desde 31/05/2011. ASSUNTO: IMPOSTO DE RENDA SOBRE ADICIONAL DE FÉRIAS Processo: (Seção Judiciária do Distrito Federal) Pedido: Afastamento da contribuição previdenciária de 11% que incide sobre o adicional percebido por ocasião das férias. Com pedido de tutela antecipada. Fase processual: Distribuída à 2ª Vara Federal da Seção Judiciária do DF. O pedido de tutela foi indeferido. Em 14/12/2010 foi interposto Agravo de Instrumento. Em 15/06/2011 a União apresentou contestação. Réplica apresentada pela SITRAEMG. Concluso para sentença desde 30/01/2012. ASSUNTO: INTEGRALIDADE E PARIDADE -APOSENTADORIA POR INVALIDEZ Processo: (Seção Judiciária do Distrito Federal) Pedido: Pede-se que o cálculo da aposentadoria por invalidez com proventos integrais não seja efetuado pela média remuneratória, tampouco que não se perca a garantia de paridade com a remuneração dos

8 servidores da ativa. Com pedido de tutela antecipada. Fase processual: Distribuída à 16ª Vara Federal da Seção Judiciária do DF. Em 13/09/2010 foi sentenciado improcedente, sem exame do mérito, por indeferimento da petiçao inicial. Transitado em julgado em 12/11/2010. ASSUNTO: INCORPORAÇÃO DEFINITIVA DOS 11,98% (URV) Processo: (Seção Judiciária do Distrito Federal) Pedido: Incorporação do percentual de 11,98% na remuneração, sem limitação nas Leis /2002 e /2006, relacionado à reposição inflacionária suprimida na conversão das remunerações em URV (Unidade Real de Valor). Fase processual: Distribuída à 4ª Vara Federal da Seção Judiciária do DF. Tutela antecipada deferida. Não obstante o deferimento da tutela antecipada, a União Federal interpôs Agravo de Instrumento requerendo a suspensão da tutela antecipada concedida pelo juízo da 4ª Vara Federal. O pleito do réu foi indeferido e a execução da tutela antecipada foi suspensa. A União apresentou contestação e posteriormente o SITRAEMG a impugnou. Concluso para sentença desde 06/12/2011. ASSUNTO: IMPOSTO DE RENDA SOBRE ABONO DE PERMANÊNCIA Processo: (Seção Judiciária do Distrito Federal) Pedido: Sejam afastados os descontos resultantes da incidência do imposto de renda sobre o Abono de permanência. Com pedido de tutela antecipada. Fase processual: Distribuída à 7ª Vara Federal da Seção Judiciária do Distrito Federal. Pedido julgado improcedente pelo Douto Juízo, sob o argumento de ilegitimidade ativa do sindicato. Foi especificado junto ao Juízo o documento anexado à inicial que atesta a inscrição do Sindicato no MTE. O pedido de antecipação dos efeitos da tutela, formulado pelo SITRAEMG foi deferido em 10/02/2011. A União apresentou contestação em 16/02/2011. O Sindicato replicou em 09/08/2011. Concluso para sentença desde 29/09/2011. ASSUNTO: CONVERSÃO PECÚNIA DA LICENÇA PRÊMIO NÃO GOZADA, NEM CONTADA EM DOBRO PARA FINS DE APOSENTADORIA Processo: Pedido: A ação contempla todos os aposentados do TRT-3 filiados ao sindicato, que fazem jus à conversão em pecúnia da licença prêmio não gozada durante a atividade nem contada em dobro para fins de aposentadoria. O SITRAEMG foi motivado pelos vários indeferimentos de requerimentos administrativos individuais pela administração do TRT-3 alegando prescrição do direito dos servidores requerentes. A tese sustentada pela entidade sindical é a de que, com a regulamentação da matéria no âmbito do TRT da 3ª Região no ano de 2009, por meio do Ato Regulamentar nº 8, de 26/11/2009, houve renúncia da União em relação aos direitos de ação já prescritos e, concomitantemente, houve interrupção da prescrição no caso dos prazos que ainda estavam em curso. A ação baseia-se nos artigos 191 e 202 do Código Civil, além de estar amparada por vários precedentes do STJ. Em síntese, o pedido é para Reconhecer que in casu não há que se falar em prescrição do direito dos substituídos do autor a terem a conversão em pecúnia da licença prêmio não gozada nem contada em dobro para fins de aposentadoria, haja vista que o reconhecimento administrativo do direito importou na renúncia do prazo prescricional para aqueles servidores cujo direito de ação já estava prescrito e na interrupção do prazo prescricional para os demais, iniciando-se, em ambos os casos, nova contagem a partir da publicação do Ato Regulamentar nº 8, de 26/11/2009. Fase processual: A ação foi ajuizada em 14 de março de 2011 na Seção Judiciária de Minas Gerais. Em 01/04/2011 foi publicado despacho, para que o Autor fosse intimado a apresentar uma lista de todos os substituídos que irão compor a ação. Em 25/05/2011 o SITRAEMG procedeu à

9 emenda da inicial, conforme determinado pelo juiz. Em 04/08/2011 a União apresentou contestação; em 23/01/2012 a SITRAEMG replicou. Atualmente aguarda-se a publicação de ato ordinatório do juízo, datado de 08/fevereiro de ASSUNTO: MANDADO DE SEGURANÇA IMPETRADO CONTRA O ATO DO PRESIDENTE DO TRT-3 QUE DETERMINOU O AUMENTO DA JORNADA DOS SERVIDORES Processo: RO Fase processual: O processo foi extinto sem julgamento do mérito no TRT-3, após o que foi interposto recurso ordinário para o Tribunal Superior do Trabalho (TST ). Em 01/06/2011 os autos foram enviados para a Secretaria do Tribunal Pleno, do Órgão Especial e da Seção Especializada em Dissídios Coletivos. DENÚNCIA REALIZADA JUNTO AO TRIBUNAL DE CONTAS DA UNIÃO CONTRA A TERCEIRIZAÇÃO DAS ATIVIDADES DE SEGURANÇA E TRANSPORTE QUE ESTÁ SENDO REALIZADA NO TRT-3. Processo: TC Fase Processual: O processo, de relatoria do Auditor André Luís de Carvalho, em 05 de abril de 2011 foi apreciado em Acórdão 2159/2011-2C que julgou a denúncia improcedente. Em 05/05/2011 a SITRAEMG interpôs recurso de embargos que também foram julgados improcedentes; o processo foi encerrado em 16/09/2011. ASSUNTO: PAGAMENTO RETROATIVO DA GAS REFERENTE AO PERÍODO DE JUNHO DE 2006 A DEZEMBRO DE 2007 AOS AGENTES DE SEGURANÇA DO TRE-MG Processo: ou Pedido: Busca-se, a declaração judicial do direito dos servidores substituídos pelo SITRAEMG à percepção da GAS (Gratificação de Atividade de Segurança) desde 1º de junho de 2006, nos termos da Lei nº /2006, bem como a condenação da União Federal ao pagamento dos valores devidos, acrescidos de correção monetária e juros moratórios desde a data em que deveriam ter sido pagos. Fase processual: A ação foi distribuída junto à Seção Judiciária de Minas Gerais dia 31/05/2011, em 07/07/2011 concluída a análise de prevenção e liberado para distribuição. ASSUNTO: JUROS DE MORA SOBRE REENQUADRAMENTO DO ART. 22 DA LEI /2006 Processo: Pedido: Declaração do direito à incidência dos juros de mora sobre os valores apurados e atualizados em cumprimento ao art. 22 da lei /06 e consequente pagamento de tais valores aos servidores reenquadrados. O SITRAEMG ajuizou a ação em 24/08/2011, e aguarda a citação da União para contestá-la. ASSUNTO: GAS PARA SERVIDORES DA ÁREA DE TRANSPORTE Processo: Pedido: Declaração do direito dos Técnicos Judiciários, da área administrativa, especialidade Transporte, a receber a Gratificação por Atividade de Segurança, com pedido de liminar, para a imediata implantação e pagamento de tal Gratificação, bem como, ao final, pagamento de valores retroativos não pagos pela União. O SITRAEMG ajuizou a ação em 24/08/2011, e aguarda a juntada da contestação enviada pela União.

PRINCIPAIS AÇÕES COLETIVAS EM ANDAMENTO

PRINCIPAIS AÇÕES COLETIVAS EM ANDAMENTO PRINCIPAIS AÇÕES COLETIVAS EM ANDAMENTO Assunto: URV O Departamento Jurídico do SITRAEMG é responsável pelo acompanhamento de mais de 200 (duzentas) ações plúrimas referentes à incorporação do percentual

Leia mais

RELATÓRIO DAS AÇÕES ANPAF

RELATÓRIO DAS AÇÕES ANPAF RELATÓRIO DAS AÇÕES ANPAF Mandado de Segurança Objeto: evitar descontos dos dias não trabalhados em razão de greve Processo nº: MS 2006.34.00.016937-4 Impetrante: ANPAF, ANAJUR E ANAUNI Impetrado: Procurador-Geral

Leia mais

CÓDIGO: 248 IMPOSTO DE RENDA DEVOLUÇÃO DE IR RECOLHIDO NA VENDA DE FÉRIAS, LICENÇA PRÊMIO E ABONO ASSIDUIDADE.

CÓDIGO: 248 IMPOSTO DE RENDA DEVOLUÇÃO DE IR RECOLHIDO NA VENDA DE FÉRIAS, LICENÇA PRÊMIO E ABONO ASSIDUIDADE. CÓDIGO: 248 IMPOSTO DE RENDA DEVOLUÇÃO DE IR RECOLHIDO NA VENDA DE FÉRIAS, LICENÇA PRÊMIO E ABONO ASSIDUIDADE. Pedido: Requer a compensação dos valores indevidamente tributados relativos a conversão em

Leia mais

Inteiro Teor (869390)

Inteiro Teor (869390) : Acórdão Publicado no D.J.U. de 19/10/2005 EMENTA PREVIDENCIÁRIO. REVISÃO DA RMI. IRSM DE FEVEREIRO/94 (39,67%). NÃO RETENÇÃO DE IRRF. JUROS MORATÓRIOS. 1. Os salários de contribuição devem ser reajustados,

Leia mais

Nº DO PROCESSO OBJETO RESULTADOS 1 0018076-53.2004.4.01.3400 Indenização pela não concessão de revisão geral de 1999 a 2001.

Nº DO PROCESSO OBJETO RESULTADOS 1 0018076-53.2004.4.01.3400 Indenização pela não concessão de revisão geral de 1999 a 2001. RELATÓRIO DE AÇÕES JUDICIAIS Atualmente, a Associação Nacional dos Médicos Peritos da Previdência Social ANMP possui diversas ações coletivas com o objetivo de tutelar os direitos e os interesses dos Peritos

Leia mais

EXCELENTÍSSIMO SENHOR PRESIDENTE DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO PARANÁ.

EXCELENTÍSSIMO SENHOR PRESIDENTE DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO PARANÁ. EXCELENTÍSSIMO SENHOR PRESIDENTE DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO PARANÁ. Assunto: Desconto da Contribuição Sindical previsto no artigo 8º da Constituição Federal, um dia de trabalho em março de 2015.

Leia mais

RELATÓRIO DE PROCESSOS SINDGESTOR Outubro/2012 DADOS RELATIVO AO PROCESSO NOME DAS PARTES. Réu: Estado de Goiás

RELATÓRIO DE PROCESSOS SINDGESTOR Outubro/2012 DADOS RELATIVO AO PROCESSO NOME DAS PARTES. Réu: Estado de Goiás RELATÓRIO DE PROCESSOS SINDGESTOR Outubro/2012 I Ação de cobrança data-base 2005 6,13% Processo nº: 200803416878 Vara: 1ª Vara da Fazenda Pública Estadual Natureza: Cominatória Autor: AGGESGO 06/06/2012

Leia mais

VOTO. ACÓRDÃO PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DA PARAI[BA TRIBUNAL DE JUSTIÇA GAB. DES. ROMERO MARCELO DA FONSECA OLIVEIRA

VOTO. ACÓRDÃO PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DA PARAI[BA TRIBUNAL DE JUSTIÇA GAB. DES. ROMERO MARCELO DA FONSECA OLIVEIRA PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DA PARAI[BA TRIBUNAL DE JUSTIÇA GAB. DES. ROMERO MARCELO DA FONSECA OLIVEIRA ACÓRDÃO APELAÇÃO CÍVEL N. 018.2010.000261-9/001 ORIGEM : zr Vara da Comarca de Guarabira. RELATOR

Leia mais

Cliente: Sindicato das Empresas de Asseio e Conservação no Estado de São Paulo SEAC/SP INCRA

Cliente: Sindicato das Empresas de Asseio e Conservação no Estado de São Paulo SEAC/SP INCRA 07/05/2015 Cliente: Sindicato das Empresas de Asseio e Conservação no Estado de São Paulo SEAC/SP Casos Discutidos na Justiça Federal da Seção Judiciária de São Paulo INCRA 01) Processo: 0001078-72.2002.4.03.6100

Leia mais

Relatório dos processos sob os nossos cuidados ABRAPP

Relatório dos processos sob os nossos cuidados ABRAPP Relatório dos processos sob os nossos cuidados ABRAPP 1. Mandado de Segurança nº 427619320014013800 Nº Integração: 184-002 Numeração antiga: 200138000428677 Incidentes: Apelação nº 427619320014013800 com

Leia mais

Desembargador SEBASTIÃO COELHO Acórdão Nº 732.640 E M E N T A

Desembargador SEBASTIÃO COELHO Acórdão Nº 732.640 E M E N T A Poder Judiciário da União Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios Órgão 5ª Turma Cível Processo N. Agravo de Instrumento 20130020148016AGI Agravante(s) SINDICATO DOS ODONTOLOGISTAS DO

Leia mais

LISTAS DE PROCESSOS ASEMPT

LISTAS DE PROCESSOS ASEMPT LISTAS DE PROCESSOS Atualizado em 25.12.13 JUSTIÇA FEDERAL: ASEMPT http://processual.trf1.jus.br/consultaprocessual/parte/listarporcpfcnpj.php 37116498000162 / ASSOCIACAO DOS SERVIDORES DO MINISTERIO PUBLICO

Leia mais

R E L A T Ó R I O A EXMA. SRA. DESEMBARGADORA FEDERAL NILCÉA MARIA BARBOSA MAGGI (RELATORA CONVOCADA): É o relatório.

R E L A T Ó R I O A EXMA. SRA. DESEMBARGADORA FEDERAL NILCÉA MARIA BARBOSA MAGGI (RELATORA CONVOCADA): É o relatório. APELAÇÃO / REEXAME NECESSÁRIO 6263 - PE (20088300010216-6) PROC ORIGINÁRIO : 9ª VARA FEDERAL DE PERNAMBUCO R E L A T Ó R I O A EXMA SRA DESEMBARGADORA FEDERAL NILCÉA MARIA (RELATORA CONVOCADA): Trata-se

Leia mais

EMENTA ACÓRDÃO. LUÍSA HICKEL GAMBA Relatora

EMENTA ACÓRDÃO. LUÍSA HICKEL GAMBA Relatora INCIDENTE DE UNIFORMIZAÇÃO JEF Nº 2005.70.53.001322-8/PR RELATOR : Juiz D.E. Publicado em 20/02/2009 EMENTA ADMINISTRATIVO. SERVIDOR PUBLICO. ADICIONAL POR TEMPO DE SERVIÇO. ANUÊNIOS SUBSTITUÍDOS POR QÜINQÜÊNIOS.

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RECURSO ESPECIAL Nº 781.703 - RS (2005/0152790-8) RELATOR RECORRENTE RECORRIDO ADVOGADO : MINISTRO ARNALDO ESTEVES LIMA : UNIÃO : MARCOS ROBERTO SILVA DE ALMEIDA E OUTROS : WALDEMAR MARQUES E OUTRO EMENTA

Leia mais

TERMO DE CONCLUSÃO SENTENÇA

TERMO DE CONCLUSÃO SENTENÇA fls. 138 Aos 13 de fevereiro de 2015, eu, TERMO DE CONCLUSÃO MM. Juiza de Direito Dr. (a) Maria Gabriella Pavlópoulos Spaolonzi. SENTENÇA, escrevente técnico, faço estes autos conclusos a Processo Digital

Leia mais

SINDICATO NACIONAL DOS PROCURADORES DA FAZENDA NACIONAL - SINPROFAZ AÇÕES JUDICIAIS # MARÇO/2013 #

SINDICATO NACIONAL DOS PROCURADORES DA FAZENDA NACIONAL - SINPROFAZ AÇÕES JUDICIAIS # MARÇO/2013 # SINDICATO NACIONAL DOS PROCURADORES DA FAZENDA NACIONAL - SINPROFAZ AÇÕES JUDICIAIS # MARÇO/2013 # AÇÃO EXIGÊNCIA DE 3 (TRÊS) ANOS PARA CONCURSOS DE PROMOÇÃO. PROCESSO: 2009.34.00.021808-3 6ª Vara Federal

Leia mais

APOSENTADORIA ESPECIAL DO SERVIDOR PÚBLICO

APOSENTADORIA ESPECIAL DO SERVIDOR PÚBLICO Direito Previdenciário APOSENTADORIA ESPECIAL DO SERVIDOR PÚBLICO Rafael Gabarra www.gabarra.adv.br ROTEIRO I. RGPS x RPPS II. Aposentadoria Especial III. Servidor Público - RPPS IV. Omissão MI s Súmula

Leia mais

Processo arquivado. Trasitado em julgado.

Processo arquivado. Trasitado em julgado. 0022731-63.2007.4.01.3400 (ESTÁGIO PROBATÓRIO) 2008.34.00.021680-9 Determinar que seja conferido aos servidores recém ingressos no seu quadro de pessoal o estágio probatório com prazo de 24 meses. Contribuição

Leia mais

QUADRO GERAL DE AÇÕES AJUI ZADAS P ELA ANFI P

QUADRO GERAL DE AÇÕES AJUI ZADAS P ELA ANFI P Para facilitar a busca, escreva no espaço Localizar, acima, os dados do seu processo (como número e ano do processo, por exemplo) e tecle enter. Com isso, o programa fará a busca em todo o documento. ANO

Leia mais

Poder Judiciário JUSTIÇA FEDERAL Seção Judiciária do Paraná 1ª TURMA RECURSAL JUÍZO C

Poder Judiciário JUSTIÇA FEDERAL Seção Judiciária do Paraná 1ª TURMA RECURSAL JUÍZO C JUIZADO ESPECIAL (PROCESSO ELETRÔNICO) Nº200870530002293/PR RELATORA : Juíza Márcia Vogel Vidal de Oliveira RECORRENTE : NILVA SGARBOZA SANCHES RECORRIDO : INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL 200870530002293

Leia mais

Ação Ordinária nº 200.81.00.006

Ação Ordinária nº 200.81.00.006 Ação Ordinária nº 200.81.00.006 Nos autos da Ação Ordinária n 2000.81.00.006046-9, ajuizada por servidores da Justiça Federal no Ceará contra a União Federal, e que tramita na 2ª Vara da Justiça Federal,

Leia mais

ESTADO DO CEARÁ PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA GABINETE DESEMBARGADOR RAIMUNDO NONATO SILVA SANTOS

ESTADO DO CEARÁ PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA GABINETE DESEMBARGADOR RAIMUNDO NONATO SILVA SANTOS fls. 122 Processo: 0135890-46.2012.8.06.0001 - Apelação Apelante: Sindicato dos Guardas Municipais da Região Metrolitana de Fortaleza - SINDIGUARDAS Apelado: Município de Fortaleza Vistos etc. DECISÃO

Leia mais

TURMA REGIONAL DE UNIFORMIZAÇÃO DE JURISPRUDÊNCIA - TRUJ

TURMA REGIONAL DE UNIFORMIZAÇÃO DE JURISPRUDÊNCIA - TRUJ Página 1 de 8 PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL - 5a. REGIÃO Cais do Apolo, s/n - Edifício Ministro Djaci Falcão, 15o. Andar - Bairro do Recife - Recife - PE TURMA REGIONAL DE UNIFORMIZAÇÃO DE

Leia mais

OPERADOR DE TELEMARKETING INTELIGÊNCIA DA SÚMULA 29 DESTE TRIBUNAL REGIONAL

OPERADOR DE TELEMARKETING INTELIGÊNCIA DA SÚMULA 29 DESTE TRIBUNAL REGIONAL Acórdão 9ª Turma OPERADOR DE TELEMARKETING INTELIGÊNCIA DA SÚMULA 29 DESTE TRIBUNAL REGIONAL Reconheço o pedido do autor como operador de telemarketing, afastando o argumento da CONTAX de que o autor era

Leia mais

- A PBPREV é autarquia previdenciária estadual

- A PBPREV é autarquia previdenciária estadual AC no 200.2010.039908-4/001 1 Poder Judiciário do Estado da Paraíba Tribunal de Justiça Gabinete da Desembargadora Maria das Neves do Egito de A. D. Ferreira ACÓRDÃO APELAÇÃO CÍVEL No 200.2 010.039908-4/001

Leia mais

Poder Judiciário Tribunal Regional Federal da 5ª Região Gabinete do Desembargador Federal Rogério Fialho Moreira

Poder Judiciário Tribunal Regional Federal da 5ª Região Gabinete do Desembargador Federal Rogério Fialho Moreira RELATOR: DESEMBARGADOR FEDERAL ROGÉRIO FIALHO MOREIRA RELATÓRIO Trata-se de apelação interposta pelo INSS (fls. 83/90), em face da sentença (fls. 79/80), que julgou procedente o pedido de aposentadoria

Leia mais

Poder Judiciário TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 5ª REGIÃO Gabinete do Desembargador Federal Geraldo Apoliano

Poder Judiciário TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 5ª REGIÃO Gabinete do Desembargador Federal Geraldo Apoliano RELATÓRIO O DESEMBARGADOR FEDERAL GERALDO APOLIANO (RELATOR): À conta de Remessa Oficial, examina-se a sentença proferida pelo MM. Juiz Federal da 2ª Vara da Seção Judiciária do Ceará, que, nos autos da

Leia mais

02/2011/JURÍDICO/CNM. INTERESSADOS:

02/2011/JURÍDICO/CNM. INTERESSADOS: PARECER Nº 02/2011/JURÍDICO/CNM. INTERESSADOS: DIVERSOS MUNICÍPIOS BRASILEIROS. ASSUNTOS: BASE DE CÁLCULO DO ADICIONAL DE INSALUBRIDADE DOS SERVIDORES PÚBLICOS MUNICIPAIS. DA CONSULTA: Trata-se de consulta

Leia mais

VOCABULÁRIO JURÍDICO

VOCABULÁRIO JURÍDICO VOCABULÁRIO JURÍDICO PETIÇÃO INICIAL Primeiro ato processual em que o autor irá pleitear em Juízo o seu pretenso direito. CONTESTAÇÃO Resposta do réu ao pedido elaborado pelo autor na petição inicial.

Leia mais

MICHELÃO, RIBEIRO ADVOGADOS ASSOCIADOS

MICHELÃO, RIBEIRO ADVOGADOS ASSOCIADOS Bauru/SP, 27 de fevereiro de 2.007. Ilmo Sr. WAGNER ALEXANDRE Coordenador Jurídico do Sindicato dos Trabalhadores da Unesp SINTUNESP. Conforme solicitado, segue abaixo a posição atualizada das ações coletivas

Leia mais

XV Exame de Ordem 2ª Fase OAB Civil - ProfessorAoVivo Qual a peça Juquinha? Prof. Darlan Barroso

XV Exame de Ordem 2ª Fase OAB Civil - ProfessorAoVivo Qual a peça Juquinha? Prof. Darlan Barroso XV Exame de Ordem 2ª Fase OAB Civil - ProfessorAoVivo Qual a peça Juquinha? Prof. Darlan Barroso 2ª Fase OAB - Civil Juquinha Junior, representado por sua genitora Ana, propôs ação de investigação de paternidade

Leia mais

RELAÇÃO DOS PROCESSOS JUDICIAIS MOVIDOS PELO SINTEOESTE

RELAÇÃO DOS PROCESSOS JUDICIAIS MOVIDOS PELO SINTEOESTE RELAÇÃO DOS PROCESSOS JUDICIAIS MOVIDOS PELO SINTEOESTE ATENÇÃO: Os processos que estão nas Varas Cíveis ou na Vara da Fazenda Pública de Cascavel ou, ainda, que já estão no Tribunal de Justiça do Estado

Leia mais

Autor Número de processo/assunto Andamento ANDAMENTO ATUAL ADILSON PEREIRA DOS SANTOS e OUTROS x UFOP.

Autor Número de processo/assunto Andamento ANDAMENTO ATUAL ADILSON PEREIRA DOS SANTOS e OUTROS x UFOP. RELATÓRIO ASSUFOP NOMES Atualizado em 21/10/2010. Autor Número de processo/assunto Andamento ANDAMENTO ATUAL ADILSON PEREIRA DOS SANTOS e OUTROS x UFOP. 2001.38.00.007.910-3 ANA LUCIA RISSONI DOS SANTOS

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA PRIMEIRA REGIÃO SEÇÃO JUDICIÁRIA DO DISTRITO FEDERAL

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA PRIMEIRA REGIÃO SEÇÃO JUDICIÁRIA DO DISTRITO FEDERAL PROCESSO N. : 14751-89.2012.4.01.3400 AÇÃO ORDINÁRIA/SERVIÇOS PÚBLICOS CLASSE 1300 AUTOR (A): ASSOCIAÇÃO NACIONAL DOS ESPECIALISTAS EM POLÍTICAS PÚBLICAS E GESTÃO GOVERNAMENTAL RÉ: UNIÃO SENTENÇA TIPO

Leia mais

APELAÇÃO / REEXAME NECESSÁRIO 26472-PB (0001656-68.2011.4.05.8200). RELATÓRIO

APELAÇÃO / REEXAME NECESSÁRIO 26472-PB (0001656-68.2011.4.05.8200). RELATÓRIO APELAÇÃO / REEXAME NECESSÁRIO 26472-PB (0001656-68.2011.4.05.8200). ADV/PROC REPTE APELADO : JOSE MAURO DE SOUZA E OUTROS : FLAVIANO SALES CUNHA MEDEIROS E OUTROS : UFPB - UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA

Leia mais

15 de março de 2013. SIEMESP Sindicato dos Executores de Metrologia do Estado de

15 de março de 2013. SIEMESP Sindicato dos Executores de Metrologia do Estado de Sindicato dos Executores de Metrologia do Estado de São Paulo GAZETA SIEMESP 15 de março de 2013 SIEMESP Sindicato dos Executores de Metrologia do Estado de São Paulo CNPJ: 50.680.719/0001-99 Fundado em

Leia mais

ESTADO DA PARAÍBA. Acorda a Segunda Câmara Cível do Tribunal de Justiça da Paraiba, por unanimidade, DAR PROVIMENTO AO RECURSO

ESTADO DA PARAÍBA. Acorda a Segunda Câmara Cível do Tribunal de Justiça da Paraiba, por unanimidade, DAR PROVIMENTO AO RECURSO r rtl (4:, -,iaáro ESTADO DA PARAÍBA al 4. ' PODER JUDICIARIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA Gabinete do Desembargador 1891 iiriír7v Marcos Cavalcanti J 0-"LT-Irj de Albuquerque ri bile: ACÓRDÃO N 001 2006 028 192-8/002

Leia mais

NOSSA LUTA CONTINUA. Paulo Teixeira Brandão - Conselheiro Deliberativo da Petros Eleito pelos Participantes

NOSSA LUTA CONTINUA. Paulo Teixeira Brandão - Conselheiro Deliberativo da Petros Eleito pelos Participantes NOSSA LUTA CONTINUA Paulo Teixeira Brandão - Conselheiro Deliberativo da Petros Eleito pelos Participantes Prezados participantes da PETROS Apresentamos a relação das ações que se encontram em andamento

Leia mais

INFORMATIVO JURÍDICO

INFORMATIVO JURÍDICO 1 ROSENTHAL E SARFATIS METTA ADVOGADOS INFORMATIVO JURÍDICO NÚMERO 5, ANO 1I MAIO DE 2010 1 LUCRO IMOBILIÁRIO E O IMPOSTO DE RENDA A incidência do Imposto de Renda sobre o ganho de capital na venda de

Leia mais

Nº 108771/2015 ASJCIV/SAJ/PGR

Nº 108771/2015 ASJCIV/SAJ/PGR Nº 108771/2015 ASJCIV/SAJ/PGR Relatora: Ministra Rosa Weber Impetrante: Airton Galvão Impetrados: Presidente da República e outros MANDADO DE INJUNÇÃO. APOSENTADORIA ESPE- CIAL. SERVIDOR PÚBLICO COM DEFICIÊNCIA.

Leia mais

MODELO PARA SERVIDORES EM ATIVIDADE (Pedido de reconhecimento e averbação de atividade especial e pagamento de abono de permanência)

MODELO PARA SERVIDORES EM ATIVIDADE (Pedido de reconhecimento e averbação de atividade especial e pagamento de abono de permanência) MODELO PARA SERVIDORES EM ATIVIDADE (Pedido de reconhecimento e averbação de atividade especial e pagamento de abono de permanência) Ilmo(a) Sr(a) Claudio Paz de Lima Pró-Reitor de Desenvolvimento de Pessoas

Leia mais

Identificação e recuperação de créditos

Identificação e recuperação de créditos www.pwc.com Identificação e recuperação de créditos Outubro/ 2014 Conteúdo Descrição Pág. Posicionamentos nos Tribunais Superiores quanto à não incidência de contribuição previdenciária sobre determinados

Leia mais

Poder Judiciário Conselho da Justiça Federal Turma de Uniformização das decisões das Turmas Recursais dos Juizados Especiais Federais

Poder Judiciário Conselho da Justiça Federal Turma de Uniformização das decisões das Turmas Recursais dos Juizados Especiais Federais R E L A T Ó R I O Trata-se de Pedido de Uniformização de Jurisprudência formulado pelo Autor em face do Acórdão proferido pela Turma Recursal do Juizado Especial do Rio de Janeiro, com base no art. 14,

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DA PARAÍBA GAB. DES. ROMERO MARCELO DA FONSECA OLIVEIRA DECISÃO MONOCRÁTICA.

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DA PARAÍBA GAB. DES. ROMERO MARCELO DA FONSECA OLIVEIRA DECISÃO MONOCRÁTICA. DECISÃO MONOCRÁTICA. TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DA PARAÍBA GAB. DES. ROMERO MARCELO DA FONSECA OLIVEIRA REMESSA OFICIAL N. 200.2010.034-761-21001. ORIGEM : 2.a Vara da Fazenda Pública da Comarca da

Leia mais

Parecer sobre indenização por dispensa de FC na integralização da GAE

Parecer sobre indenização por dispensa de FC na integralização da GAE Parecer sobre indenização por dispensa de FC na integralização da GAE Ementa: Analista Judiciário - área judiciária especialidade de Oficial de Justiça Avaliador Federal. Integralização da GAE. Percepção

Leia mais

Informe Especial Nº 13 Janeiro de 2013

Informe Especial Nº 13 Janeiro de 2013 Informe Especial Nº 13 Janeiro de 2013 Jurídico em ação Luta judicial do Sindicato Acompanhe nesta edição a situação das ações desde 2010 Sem abrir mão da luta por meio da mobilização sindical e mantendo

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO DO RIO GRANDE DO NORTE 10ª VARA CÍVEL DA COMARCA DE NATAL

PODER JUDICIÁRIO DO RIO GRANDE DO NORTE 10ª VARA CÍVEL DA COMARCA DE NATAL \d \w1215 \h1110 FINCLUDEPICTURE "brasoes\\15.bmp" MERGEFORMAT PODER JUDICIÁRIO DO RIO GRANDE DO NORTE 10ª VARA CÍVEL DA COMARCA DE NATAL Processo n. 001.08.020297-8 Ação: Ação Civil Pública Autor: Ministério

Leia mais

Novély Vilanova da Silva Reis. Juiz Federal em Brasília. novely@df.trf1.gov.br

Novély Vilanova da Silva Reis. Juiz Federal em Brasília. novely@df.trf1.gov.br JUROS E CORREÇÃO MONETÁRIA DECORRENTES DE SENTENÇA Novély Vilanova da Silva Reis. Juiz Federal em Brasília. novely@df.trf1.gov.br Qualquer débito decorrente de decisão judicial, incide juros ainda que

Leia mais

Petições Trabalhistas 3.0

Petições Trabalhistas 3.0 Contestações 1. Contestação - ação de cobrança de contribuição sindical 2. Contestação - ação rescisória trabalhista 3. Contestação - adicional de insalubridade - limpeza de banheiro - empresa 4. Contestação

Leia mais

Tribunal de Justiça de Minas Gerais

Tribunal de Justiça de Minas Gerais Número do 1.0313.11.032435-4/001 Númeração 0324354- Relator: Relator do Acordão: Data do Julgamento: Data da Publicação: Des.(a) Eduardo Andrade Des.(a) Eduardo Andrade 28/10/2014 10/11/2014 EMENTA: ADMINISTRATIVO

Leia mais

MED. CAUT. EM AÇÃO CAUTELAR 1.406-9 SÃO PAULO RELATOR

MED. CAUT. EM AÇÃO CAUTELAR 1.406-9 SÃO PAULO RELATOR MED. CAUT. EM AÇÃO CAUTELAR 1.406-9 SÃO PAULO RELATOR : MIN. GILMAR MENDES REQUERENTE(S) : PROCURADOR-GERAL DA REPÚBLICA REQUERIDO(A/S) : UNIÃO ADVOGADO(A/S) : ADVOGADO-GERAL DA UNIÃO REQUERIDO(A/S) :

Leia mais

12. Assinale a opção correta a respeito da composição e do funcionamento das juntas eleitorais.

12. Assinale a opção correta a respeito da composição e do funcionamento das juntas eleitorais. TRE-MT ANALIS. JUD. ADM CESPE 9. Assinale a opção correta com relação aos órgãos da justiça eleitoral. a) A justiça eleitoral é composta pelo Tribunal Superior Eleitoral ( TSE ), pelo TRE, na capital de

Leia mais

PODER JUDICIáRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 5ª REGIÃO

PODER JUDICIáRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 5ª REGIÃO PARTE A ADV/PROC PARTE R REPTE ORIGEM RELATOR : JORGEVALDO ROBINSTON DE MOURA : FÁBIO CORREA RIBEIRO E OUTROS : INSS INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL : PROCURADORIA REPRESENTANTE DA ENTIDADE : JUÍZO

Leia mais

Temas com repercussão geral reconhecida, pendentes de análise do mérito no STF

Temas com repercussão geral reconhecida, pendentes de análise do mérito no STF Temas com repercussão geral reconhecida, pendentes de análise do mérito no STF Número e descrição do tema no STF Paradigma Relator 246 - Responsabilidade subsidiária da Administração Pública por encargos

Leia mais

RELATÓRIO. Poder Judiciário JUSTIÇA FEDERAL

RELATÓRIO. Poder Judiciário JUSTIÇA FEDERAL Poder Judiciário JUSTIÇA FEDERAL Órgão: TURMA REGIONAL DE UNIFORMIZAÇÃO DE JURISPRUDÊNCIA N. Processo: 0500029-74.2008.4.05.8103 Origem: Primeira Turma Recursal do Estado do Ceará Recorrente: João Ferreira

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL MINUTA DE JULGAMENTO FLS. *** SEGUNDA TURMA ***

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL MINUTA DE JULGAMENTO FLS. *** SEGUNDA TURMA *** TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL MINUTA DE JULGAMENTO FLS. *** SEGUNDA TURMA *** ANOTAÇÕES: JUST.GRAT. 95.03.010267-7 233069 AC-SP PAUTA: 13/03/2007 JULGADO: 13/03/2007 NUM. PAUTA: 00050 SANTOS RELATOR: DES.FED.

Leia mais

Corregedoria-Geral da Justiça do Trabalho. Manual de Orientações do 2º Grau

Corregedoria-Geral da Justiça do Trabalho. Manual de Orientações do 2º Grau Corregedoria-Geral da Justiça do Trabalho Manual de Orientações do 2º Grau Versão 3.0 06/06/2011 laboração: Comitê Gestor Nacional do Sistema e-gestão Desembargadora Ana Paula Pellegrina Lockmann TRT 15ª

Leia mais

Desembargador JOSÉ DIVINO DE OLIVEIRA Acórdão Nº 373.518 E M E N T A

Desembargador JOSÉ DIVINO DE OLIVEIRA Acórdão Nº 373.518 E M E N T A Poder Judiciário da União Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios Órgão 6ª Turma Cível Processo N. Agravo de Instrumento 20090020080840AGI Agravante(s) POLIMPORT COMÉRCIO E EXPORTAÇÃO

Leia mais

ACÓRDÃO PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DA PARAÍBA TRIBUNAL DE JUSTIÇA. Apelação Cível ri 026.2006.000553-0/001 Origem : 2 4 Vara da Comarca de naná

ACÓRDÃO PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DA PARAÍBA TRIBUNAL DE JUSTIÇA. Apelação Cível ri 026.2006.000553-0/001 Origem : 2 4 Vara da Comarca de naná ACÓRDÃO PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DA PARAÍBA Apelação Cível ri 026.2006.000553-0/001 Origem : 2 4 Vara da Comarca de naná TRIBUNAL DE JUSTIÇA Relator : Desembargador Frederico Martinho da NObrega Coutinho

Leia mais

APELAÇÃO CÍVEL Ng- 018.2006.002439-7/001 (Oriunda da 4fī Vara da Comarca de Guarabira/PB)

APELAÇÃO CÍVEL Ng- 018.2006.002439-7/001 (Oriunda da 4fī Vara da Comarca de Guarabira/PB) ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA GAB. DES. MANOEL SOARES MONTEIRO DECISÃO APELAÇÃO CÍVEL Ng- 018.2006.002439-7/001 (Oriunda da 4fī Vara da Comarca de Guarabira/PB) RELATOR APELANTE

Leia mais

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL OAB

ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL OAB PADRÃO DE RESPOSTAS PEÇA PROFISSIONAL Contratado pela empresa Clínica das Amendoeiras, em razão de uma reclamação trabalhista proposta em 12.12.2012 pela empregada Jussara Péclis (número 1146-63.2012.5.18.0002,

Leia mais

D E C I S Ã O. Vistos.

D E C I S Ã O. Vistos. D E C I S Ã O Vistos Trata-se de mandado de segurança impetrado pela Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos ECT pretendendo a concessão de liminar nas modalidades initio litis e inaudita altera pars

Leia mais

Poder Judiciário JUSTIÇA FEDERAL Seção Judiciária do Paraná 2ª TURMA RECURSAL JUÍZO C

Poder Judiciário JUSTIÇA FEDERAL Seção Judiciária do Paraná 2ª TURMA RECURSAL JUÍZO C JUIZADO ESPECIAL (PROCESSO ELETRÔNICO) Nº201070510020004/PR RELATORA : Juíza Andréia Castro Dias RECORRENTE : LAURO GOMES GARCIA RECORRIDO : UNIÃO FAZENDA NACIONAL V O T O Dispensado o relatório, nos termos

Leia mais

AÇÕES COLETIVAS PREVIDENCIÁRIAS SINPRO/RS. a) Repetição de Indébito incidência de contribuição previdenciária em verba indenizatória

AÇÕES COLETIVAS PREVIDENCIÁRIAS SINPRO/RS. a) Repetição de Indébito incidência de contribuição previdenciária em verba indenizatória AÇÕES COLETIVAS PREVIDENCIÁRIAS SINPRO/RS a) Repetição de Indébito incidência de contribuição previdenciária em verba indenizatória A contribuição previdenciária só incide sobre o salário (espécie) e não

Leia mais

Brasília, 29 de janeiro de 2014 NOTA JURÍDICA. Assunto: Aposentadoria Especial. Abono de permanência. Orientações Normativas n. 15 e n. 16 do MPOG.

Brasília, 29 de janeiro de 2014 NOTA JURÍDICA. Assunto: Aposentadoria Especial. Abono de permanência. Orientações Normativas n. 15 e n. 16 do MPOG. Brasília, 29 de janeiro de 2014 NOTA JURÍDICA Assunto: Aposentadoria Especial. Abono de permanência. Orientações Normativas n. 15 e n. 16 do MPOG. Com o objetivo de assessorar juridicamente a ASSOCIAÇÃO

Leia mais

Ponto 1. Ponto 2. Ponto 3

Ponto 1. Ponto 2. Ponto 3 DIREITO DO TRABALHO PEÇA PROFISSIONAL Ponto 1 Pedro ingressou com reclamação trabalhista contra o estado de São Paulo para ver reconhecido o vínculo de emprego entre ambos, ainda que não tenha havido prévia

Leia mais

Tribunal de Justiça de Minas Gerais

Tribunal de Justiça de Minas Gerais Número do 1.0024.12.351388-9/001 Númeração 3513889- Relator: Relator do Acordão: Data do Julgamento: Data da Publicação: Des.(a) Rogério Medeiros Des.(a) Rogério Medeiros 05/11/2013 14/11/2013 EMENTA:

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO 9ª REGIÃO

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO 9ª REGIÃO 301 1 Opoente: Opostos: SINDICATO DOS SERVIDORES MUNICIPAIS DE FOZ DO IGUAÇU SINDICATO DOS EMPREGADOS EM ESTABELECIMENTOS DE SERVIÇOS DE SAÚDE DE FOZ DO IGUAÇU E REGIÃO, FUNDAÇÃO MUNICIPAL DE SAÚDE DE

Leia mais

Honorários Periciais Judiciais

Honorários Periciais Judiciais Honorários Periciais Judiciais Atualização monetária Juros legais de mora Impugnação aos Cálculos CAROLINE DA CUNHA DINIZ Máster em Medicina Forense pela Universidade de Valência/Espanha Título de especialista

Leia mais

LEI COMPLEMENTAR Nº 611, DE 20 DE DEZEMBRO DE 2013

LEI COMPLEMENTAR Nº 611, DE 20 DE DEZEMBRO DE 2013 LEI COMPLEMENTAR Nº 611, DE 20 DE DEZEMBRO DE 2013 Procedência: Governamental Natureza: PLC/0046.0/2013 DO: 19.729, de 31/12/2013 Fonte: ALESC/Coord. Documentação Fixa o subsídio mensal dos integrantes

Leia mais

2ª TURMA RECURSAL JUIZADOS ESPECIAIS FEDERAIS SEÇÃO JUDICIÁRIA DO PARANÁ

2ª TURMA RECURSAL JUIZADOS ESPECIAIS FEDERAIS SEÇÃO JUDICIÁRIA DO PARANÁ 2ª TURMA RECURSAL JUIZADOS ESPECIAIS FEDERAIS SEÇÃO JUDICIÁRIA DO PARANÁ Processo nº 2010.70.60.000409-7 Relatora: Juíza Federal Andréia Castro Dias Recorrente: EDENIZE PEREIRA DA SILVA Recorrido: INSTITUTO

Leia mais

Conselho Nacional de Justiça

Conselho Nacional de Justiça Conselho Nacional de Justiça Autos: PEDIDO DE PROVIDÊNCIAS - 0006845-87.2014.2.00.0000 Requerente: ASSOCIAÇÃO DOS MAGISTRADOS BRASILEIROS - AMB Requerido: CONSELHO NACIONAL DE JUSTIÇA - CNJ Ementa: PEDIDO

Leia mais

PARCELAMENTO TRIBUTÁRIO

PARCELAMENTO TRIBUTÁRIO PARCELAMENTO TRIBUTÁRIO Depósitos Judiciais (REsp. 1.251.513/PR) e a conversão do depósito pela Fazenda Pública José Umberto Braccini Bastos umberto.bastos@bvc.com.br CTN ART. 151 o depósito é uma das

Leia mais

37º FONAI Maceió-AL. Atualização Técnica Princípio para assessorar a gestão.

37º FONAI Maceió-AL. Atualização Técnica Princípio para assessorar a gestão. 37º FONAI Maceió-AL Atualização Técnica Princípio para assessorar a gestão. 26 a 30/11/2012 Oficina Técnica Regras de Aposentadoria no Setor Público Pessoal Civil Cleison Faé Aposentadoria no Setor Público

Leia mais

VOTO PROCESSO TC 2257/2013 PROTOCOLO TC 2013/128970

VOTO PROCESSO TC 2257/2013 PROTOCOLO TC 2013/128970 VOTO PROCESSO TC 2257/2013 PROTOCOLO TC 2013/128970 Considerando que a Lei Estadual n 6.417, de 26 de maio de 2008, com vigência retroativa a 1 de maio de 2008, dispõe sobre a revisão geral anual dos servidores

Leia mais

BLACKPOOL INDÚSTRIA E COMÉRCIO LTDA. - EPP DELEGADO DA RECEITA FEDERAL DO BRASIL DE ADMINISTRAÇÃO TRIBUTÁRIA EM SÃO PAULO

BLACKPOOL INDÚSTRIA E COMÉRCIO LTDA. - EPP DELEGADO DA RECEITA FEDERAL DO BRASIL DE ADMINISTRAÇÃO TRIBUTÁRIA EM SÃO PAULO MANDADO DE SEGURANÇA IMPETRANTE: IMPETRADO: BLACKPOOL INDÚSTRIA E COMÉRCIO LTDA. - EPP DELEGADO DA RECEITA FEDERAL DO BRASIL DE ADMINISTRAÇÃO TRIBUTÁRIA EM SÃO PAULO DECISÃO REGISTRADA SOB Nº /2015 A impetrante

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 5ª REGIÃO GABINETE DO DESEMBARGADOR FEDERAL FRANCISCO BARROS DIAS

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 5ª REGIÃO GABINETE DO DESEMBARGADOR FEDERAL FRANCISCO BARROS DIAS PROCESSO: EMBARGOS DE DECLARAÇÃO EM APELAÇÃO CÍVEL Nº 183923/RN (99.05.45463-2) APTE : POTY REFRIGERANTES LTDA ADV/PROC : MANUEL LUÍS DA ROCHA NETO E OUTROS APDO : INSS - INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA FEDERAL

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA FEDERAL TIPO A PODER JUDICIÁRIO 22ª VARA CÍVEL FEDERAL DE SÃO PAULO AÇÃO CIVIL PÚBLICA PROCESSO N.º 0004415-54.2011.403.6100 AUTOR: MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL RÉ: AGÊNCIA NACIONAL DE SÁUDE SUPLEMENTAR - ANS REG.

Leia mais

Tribunal de Justiça de Minas Gerais

Tribunal de Justiça de Minas Gerais Número do 1.0024.11.062985-4/001 Númeração 0629854- Relator: Relator do Acordão: Data do Julgamento: Data da Publicação: Des.(a) Armando Freire Des.(a) Armando Freire 28/10/2014 10/11/2014 EMENTA:

Leia mais

DECISÃO MONOCRÁTICA CONTRATO DE SEGURO DE VIDA E INVALIDEZ PERMANENTE EM GRUPO. PRESCRIÇÃO. INOCORRÊNCIA. SEGURADO COM LESÃO NEUROLÓGICA QUE

DECISÃO MONOCRÁTICA CONTRATO DE SEGURO DE VIDA E INVALIDEZ PERMANENTE EM GRUPO. PRESCRIÇÃO. INOCORRÊNCIA. SEGURADO COM LESÃO NEUROLÓGICA QUE DÉCIMA SEXTA CÂMARA CÍVEL APELAÇÃO N.º 0402603-95.2008.8.19.0001 APELANTE: SULAMÉRICA SEGUROS DE VIDA E PREVIDENCIA APELADO: FRANCISCO DE SOUZA COELHO JUNIOR RELATOR: DES. LINDOLPHO MORAIS MARINHO DECISÃO

Leia mais

CASTAGNA MAIA ADVOGADOS ASSOCIADOS

CASTAGNA MAIA ADVOGADOS ASSOCIADOS CASTAGNA MAIA ADVOGADOS ASSOCIADOS Luis Antônio Castagna Maia Betânia Hoyos Figueira Vieira Cecília Maria Lapetina Chiaratto Andréia Gomes Ceregatto Janaína Barcellos Anna Carolina Pagano Michel Adam Lima

Leia mais

41,14'1 ti. tha. ojlnt. Poder Judiciário do Estado da Paraíba Tribunal de Justiça ACÓRDÃO

41,14'1 ti. tha. ojlnt. Poder Judiciário do Estado da Paraíba Tribunal de Justiça ACÓRDÃO . - - 41,14'1 ti tha ojlnt Poder Judiciário do Estado da Paraíba Tribunal de Justiça ACÓRDÃO APELAÇÃO CÍVEL N 200.2007.792.417-9/001 João Pessoa RELATOR: Miguel de Britto Lyra Filho, Juiz de Direito Convocado

Leia mais

ACÓRDÃO. Salles Rossi RELATOR Assinatura Eletrônica

ACÓRDÃO. Salles Rossi RELATOR Assinatura Eletrônica fls. 1 ACÓRDÃO Registro: 2012.0000382774 Vistos, relatados e discutidos estes autos de Apelação nº 0001561-08.2012.8.26.0562, da Comarca de Santos, em que é apelante PLANO DE SAÚDE ANA COSTA LTDA, é apelado

Leia mais

AGRAVO DE INSTRUMENTO: Conceito: é o recurso adequado para a impugnação das decisões que denegarem seguimento a outro recurso.

AGRAVO DE INSTRUMENTO: Conceito: é o recurso adequado para a impugnação das decisões que denegarem seguimento a outro recurso. AGRAVO DE INSTRUMENTO: Conceito: é o recurso adequado para a impugnação das decisões que denegarem seguimento a outro recurso. Por que se diz instrumento: a razão pela qual o recurso se chama agravo de

Leia mais

Poder Judiciário Justiça do Trabalho Tribunal Regional do Trabalho da 3ª Região

Poder Judiciário Justiça do Trabalho Tribunal Regional do Trabalho da 3ª Região AGRAVANTE(S): AGRAVADO(S): AGROPECUARIA NOVA TRES PONTAS LTDA. UNIAO FEDERAL (FAZENDA NACIONAL) EMENTA: AUTOS DE INFRAÇÃO LAVRADOS POR AUDITOR FISCAL DO TRABALHO. PRESUNÇÃO DE VERACIDADE. Os autos de infração,

Leia mais

Poder Judiciário JUSTIÇA FEDERAL Seção Judiciária do Paraná 2ª TURMA RECURSAL JUÍZO C

Poder Judiciário JUSTIÇA FEDERAL Seção Judiciária do Paraná 2ª TURMA RECURSAL JUÍZO C JUIZADO ESPECIAL (PROCESSO ELETRÔNICO) Nº201070500166981/PR RELATORA : Juíza Ana Carine Busato Daros RECORRENTE : WALDEMAR FIDELIS DE OLIVEIRA RECORRIDA : INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL DECLARAÇÃO

Leia mais

D E C I S Ã O. TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO 4ª CÂMARA CÍVEL Relator: Desembargador SIDNEY HARTUNG

D E C I S Ã O. TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO 4ª CÂMARA CÍVEL Relator: Desembargador SIDNEY HARTUNG TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO 4ª CÂMARA CÍVEL Relator: Desembargador SIDNEY HARTUNG APELAÇÃO CÍVEL Nº 0193026-72.2011.8.19.0001 Apelante (Autor): AMANDA PEIXOTO MARINHO DOS SANTOS Apelado

Leia mais

2ª FASE OAB CIVIL Direito Processual Civil Prof. Renato Montans Aula online. EMBARGOS INFRINGENTES (Art. 530 534 do CPC)

2ª FASE OAB CIVIL Direito Processual Civil Prof. Renato Montans Aula online. EMBARGOS INFRINGENTES (Art. 530 534 do CPC) 2ª FASE OAB CIVIL Direito Processual Civil Prof. Renato Montans Aula online EMBARGOS INFRINGENTES (Art. 530 534 do CPC) Cabe de acórdão não unânime por 2x1 3 modalidades: a) Julgamento da apelação b) Julgamento

Leia mais

NOTA TÉCNICA Nº 6/2010

NOTA TÉCNICA Nº 6/2010 1. INTRODUÇÃO NOTA TÉCNICA Nº 6/2010 Adiantamento Pecuniário devido aos servidores do INSS. Decisão administrativa de supressão em face de decisão do TCU. Processos judiciais abertos visando a manutenção

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO A C Ó R D Ã O 3ª T U R M A PODER JUDICIÁRIO FEDERAL MEMBRO DE CONSELHO CONSULTIVO. ESTABILIDADE. DESCABIMENTO. Não faz jus à estabilidade sindical o empregado eleito pelo órgão consultivo da entidade,

Leia mais

OITAVA CÂMARA CÍVEL DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

OITAVA CÂMARA CÍVEL DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO OITAVA CÂMARA CÍVEL DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO APELAÇÃO CÍVEL Nº 2008.001.56923 APELANTE: BRADESCO SAÚDE S/A APELADA: VÂNIA FERREIRA TAVARES RELATORA: DES. MÔNICA MARIA COSTA APELAÇÃO

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE SÃO PAULO

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE SÃO PAULO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE SÃO PAULO ACÓRDÃO DECISAUW ^ N0 ACÓRDÃO \\ll\w "»"»'" lo3046968* Vistos, relatados e discutidos estes autos de Agravo de Instrumento n 990.10.048613-6, da Comarca de São Paulo, em

Leia mais

PRESSUPOSTOS SUBJETIVOS DE ADMISSIBILIDADE RECURSAL: - Possui legitimidade para recorrer quem for parte na relação jurídica processual.

PRESSUPOSTOS SUBJETIVOS DE ADMISSIBILIDADE RECURSAL: - Possui legitimidade para recorrer quem for parte na relação jurídica processual. PRESSUPOSTOS SUBJETIVOS DE ADMISSIBILIDADE RECURSAL: - Legitimidade - art. 499 CPC: - Possui legitimidade para recorrer quem for parte na relação jurídica processual. Preposto é parte? Pode recorrer? NÃO.

Leia mais

PODER JUDICIáRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 5ª REGIÃO GABINETE DO JUIZ FRANCISCO CAVALCANTI

PODER JUDICIáRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 5ª REGIÃO GABINETE DO JUIZ FRANCISCO CAVALCANTI APELAÇÃO / REEXAME NECESSÁRIO Nº 15708 CE (0007321-11.2010.4.05.8100) APELANTE : MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL APELADO : UFC - UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ REPTE : PROCURADORIA REGIONAL FEDERAL - 5ª REGIÃO

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça EDcl no MANDADO DE SEGURANÇA Nº 13.873 - DF (2008/0219759-2) RELATOR EMBARGANTE ADVOGADA EMBARGADO PROCURADOR : MINISTRO MAURO CAMPBELL MARQUES : INSTITUTO NOSSA SENHORA DO CARMO : PRISCILLA TRUGILLO MONELLO

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO DO TRABALHO PROCURADORIA-GERAL CÂMARA DE COORDENAÇÃO E REVISÃO

MINISTÉRIO PÚBLICO DO TRABALHO PROCURADORIA-GERAL CÂMARA DE COORDENAÇÃO E REVISÃO Origem: Interessado(s) 1: Interessado(s) 2: PRT 15ª Região Ribeirão Preto/SP Josiane Baldo Lucia Helena Lamberte Molinar Gazetti Sandra Regina Barbosa Cuba Cortez Município de Franca Assunto(s): Trabalho

Leia mais

Exposição. 1. Município de Londrina ajuizou execução fiscal em face de Alessandro

Exposição. 1. Município de Londrina ajuizou execução fiscal em face de Alessandro APELAÇÃO CÍVEL N. 638896-9, DA COMARCA DE LONDRINA 2.ª VARA CÍVEL RELATOR : DESEMBARGADOR Francisco Pinto RABELLO FILHO APELANTE : MUNICÍPIO DE LONDRINA APELADO : ALESSANDRO VICTORELLI Execução fiscal

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DA PARAÍBA GABINETE DO DESEMBARGADOR ROMERO MARCELO DA FONSECA OLIVEIRA APELAÇÃO CÍVEL N. 001.2008.

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DA PARAÍBA GABINETE DO DESEMBARGADOR ROMERO MARCELO DA FONSECA OLIVEIRA APELAÇÃO CÍVEL N. 001.2008. Ntátuald, TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DA PARAÍBA GABINETE DO DESEMBARGADOR ROMERO MARCELO DA FONSECA OLIVEIRA - APELAÇÃO CÍVEL N. 001.2008.012051-0/002, ORIGEM :Processo n. 001.2008.012051-0 da 3 a Vara

Leia mais

PODER JUDICIáRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 5ª REGIÃO GABINETE DO DESEMBARGADOR FEDERAL FRANCISCO WILDO

PODER JUDICIáRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 5ª REGIÃO GABINETE DO DESEMBARGADOR FEDERAL FRANCISCO WILDO REMESSA EX OFFICIO EM AÇÃO CÍVEL Nº 526414/CE (2009.81.00.014498-7) PARTE A : BERCHRIS MOURA REQUIÃO NETO ADV/PROC : MARCUS CLAUDIUS SABOIA RATTACASO E OUTROS PARTE R : UNIÃO FEDERAL REMTE : JUÍZO FEDERAL

Leia mais