GS1 Contributo para uma Classificação Global

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "GS1 Contributo para uma Classificação Global"

Transcrição

1 GS1 Contributo para uma Classificação Global GS1 Portugal e o Sistema GS1 1ª Reunião da Rede Portuguesa sobre Composição dos Alimentos Projecto PortFIR 16 Dezembro 2008

2 Agenda Quem somos Sistema GS1

3 Quem Somos Associação Portuguesa de Identificação de Codificação de Produtos Fundada em 1985 Entidade privada, sem fins lucrativos Constituída por empresas da área da produção, distribuição e serviços Representante em Portugal da GS1

4 Quem Somos

5 Quem Somos

6 Quem Somos GS1 É uma organização global com mais de 30 anos de experiência na Normalização para a eficiência da cadeias de valor multi-sectorias Formada por 104 Organizações Membro Nacionais Representando mais de um milhão de organizações que operam em mais de 140 países Gestora do Sistema GS1

7 Quem Somos Visão Ser promotora por excelência de relações eficazes e eficientes entre todos os agentes económicos. Missão Liderar a implementação de um sistema global de comunicação e identificação de produtos, serviços e localizações, baseado em normas internacionalmente aceites. Objecto Gestão do Sistema GS1, bem como o acompanhamento, investigação, estudo, formação, implementação e desenvolvimento de outros sistemas que conduzam à normalização e simplificação de procedimentos no âmbito da Indústria, Comércio e Serviços.

8 Competências Normalização Actividades > Identificação/Codificação para a Captura Automática de Dados > Comunicações Electrónicas (EDIFACT/EANCOM e XML) Promover e divulgar a implementação do Sistema GS1 Estabelecer Normas que, em sintonia com a GS1, respondam às necessidades nacionais Fomentar a logística integrada entre a indústria, comércio e serviços Coordenar grupos de trabalho inter-sectoriais, em busca de soluções comuns Cooperar com Associações e outras Entidades, visando o estabelecimento de sinergias Respeitar os interesses dos consumidores através da informação, formação e assessoria técnica às empresas associadas Quem Somos GESTÃO DO SISTEMA GS1 EM PORTUGAL

9 The Global Language of Business Sistema GS1 The Global Language of Business

10 Sistema Integrado de Normas Globais O Sistema GS1 é um conjunto de Normas integradas abertas e globais, reconhecidas internacionalmente, para a gestão eficiente das cadeias de valor multi-sectoriais, baseado numa identificação única e inequívoca de produtos, unidades de expedição, activos, localizações, pessoas e serviços que agiliza todos os processos negociais, incluindo o comércio electrónico e a rastreabilidade. Entre estas inserem-se as Normas GS1 BarCodes, GS1 ecom, GS1 GDSN e GS1 EPCglobal Cobre 90% da economia mundial = 1 milhão de utilizadores

11 Tem impactos directos: Custos Eficiência Produtividade Rentabilidade Satisfação do Cliente

12 DADOS PRIMÁRIOS GTIN Global Trade Item Number (Número Global de Item Comercial) GTIN 13 GTIN 8 GTIN 14

13 DADOS PRIMÁRIOS GLN Global Location Number Código de Localização SSCC Serial Shipping Container Code Código de Série de Unidade de Expedição GRAI Global Returnable Asset Identifier Identificador Global de Activo Retornáveis GIAI Global Individual Asset Identifier Identificador Global de Activo Individual EPC TM Electronic Product Code Código Electrónico de Produto

14 DADOS ADICIONAIS Os Dados Adicionais são aqueles que interagem nos processos de produção, armazenagem e distribuição dos produtos, nomeadamente, números de lote, datas de validade, números de série, localizações, entre muitos outros, cuja chave de acesso é dada pelos Identificadores de Aplicação (AIs) GS1.

15 Normas Globais para a Identificação Automática Servem para identificar fisicamente o Item, Activo, Localização ou Serviço, pela codificação dos Identificadores-Chave GS1. EAN 13 EAN 8 ITF x C C

16 GS1 DataBar GS1 DataMatrix GS1-128

17 Normas Globais para a Identificação baseada na RFID Os Identificadores-Chave GS1 e o EPC -Electronic Product Code combinados com a tecnologia RFID Radio Frequency IDentification numa infra-estrutura de rede comunicacional, permitem identificar e localizar de forma imediata e automática o objecto ao longo da cadeia de valor

18 Normas Globais para as Mensagens Electrónicas Comerciais Permitem uma rápida, eficiente e inequívoca troca electrónica automática de dados comerciais entre os parceiros de negócio GS1 EANCOM GS1 XML É uma ferramenta global normalizada que permite uma sincronização e distribuição de dados dos fornecedores e clientes segura, contínua e em tempo real, através de uma rede de Data Pools.

O Sistema GS1 Normas para os T&L

O Sistema GS1 Normas para os T&L O Sistema GS1 Normas para os T&L MARCA Optimize as suas Operações Workshop Movimente Normas GS1 Eficiência nos T&L 29 Novembro, Hotel Villa Rica - Lisboa O QUE É A GS1? Sem Fins Lucrativos Neutra em relação

Leia mais

Sistema EAN UCC para a Rastreabilidade

Sistema EAN UCC para a Rastreabilidade Sistema EAN UCC para a Rastreabilidade Marcos Gaspar Carreira Técnico de CAD Um Mundo Um Sistema The Global Language of Business A Linguagem Global dos Negócios GS1 Início de actividade em 1977; Com sede

Leia mais

Norma Global para a Rastreabilidade: A base para a visibilidade, qualidade e segurança na cadeia de valor

Norma Global para a Rastreabilidade: A base para a visibilidade, qualidade e segurança na cadeia de valor Norma Global para a Rastreabilidade: A base para a visibilidade, qualidade e segurança na cadeia de valor Introdução O Sistema GS1, devido à sua capacidade de fornecer uma identificação única e global

Leia mais

ÍNDICE. Identificadores-Chave & Dados Adicionais. Normas Globais para Identificação Automática. Normas Globais para Mensagens Electrónicas Comerciais

ÍNDICE. Identificadores-Chave & Dados Adicionais. Normas Globais para Identificação Automática. Normas Globais para Mensagens Electrónicas Comerciais SISTEMA DE NORMAS DA GS1 A Linguagem Global dos Negócios ÍNDICE ÁREA CORPORATIVA: A Organização Internacional A Arquitectura do Sistema de Normas Globais GS1 A Arquitectura do Sistema GS1 em Portugal GS1

Leia mais

Ask the local Barcoding Expert. Silvério Paixão, GS1 Portugal 23 Outubro, 2012

Ask the local Barcoding Expert. Silvério Paixão, GS1 Portugal 23 Outubro, 2012 Ask the local Barcoding Expert Silvério Paixão, GS1 Portugal 23 Outubro, 2012 9 7 8 8 5 7 1 6 4 4 9 5 3 Se podes olhar, vê. Se podes ver, repara. ENSAIO SOBRE A CEGUEIRA José Saramago Agenda Quem Somos

Leia mais

Experiência de implementação de soluções RFID e RTLS em função do Inventário e de controlo de stock tanto em armazéns como em lojas

Experiência de implementação de soluções RFID e RTLS em função do Inventário e de controlo de stock tanto em armazéns como em lojas Experiência de implementação de soluções RFID e RTLS em função do Inventário e de controlo de stock tanto em armazéns como em lojas Silvério Paixão l Director de Inovação & Standars l GS1 Portugal 17 e

Leia mais

TABELA DE PREÇOS E CONDIÇÕES COMERCIAIS GS1 Portugal entrada em vigor 01/01/2014

TABELA DE PREÇOS E CONDIÇÕES COMERCIAIS GS1 Portugal entrada em vigor 01/01/2014 TABELA DE PREÇOS E CONDIÇÕES COMERCIAIS entrada em vigor 01/01/2014 ÍNDICE TABELA DE PREÇOS E CONDIÇÕES COMERCIAIS 01 ADMISSÃO À GS1 PORTUGAL JÓia Quota Anual Condições Comerciais 02 PRODUTOS GS1 PORTUGAL

Leia mais

ROADSHOW PORTO RFID aplicado à Gestão Logística 26 de Maio 2011 Luis Peixoto

ROADSHOW PORTO RFID aplicado à Gestão Logística 26 de Maio 2011 Luis Peixoto ROADSHOW PORTO RFID aplicado à Gestão Logística 26 de Maio 2011 Luis Peixoto The global language of business GS1 EPCglobal/RFID Uma ferramenta logística RASTREABILIDADE INFORMAÇÃO EM TEMPO REAL GS1 EPC

Leia mais

Seminário GS1 Portugal FIPA

Seminário GS1 Portugal FIPA GS1 - The Global Language of Business Seminário GS1 Portugal FIPA Nuno Miranda 14.06.2012 2 EDI = Electronic Data Interchange - Transferência Electrónica de Documentos EDI é a transferência de MENSAGENS

Leia mais

Varejo e Tecnologia:

Varejo e Tecnologia: Seminário GVcev Varejo e Tecnologia: Presente e Perspectivas Iniciativas de Colaboração Sergio Ribinik CEO da GS1 BRASIL MEMBRO DO ADVISORY COUNCIL DA GS1 MEMBRO DO BOARD DO EPC GLOBAL Agenda Tecnologia

Leia mais

FILIAÇÃO À GS1 PORTUGAL

FILIAÇÃO À GS1 PORTUGAL FILIAÇÃO À GS1 PORTUGAL Jóia Admissão à Associação (Direitos e Deveres Estatutários) 150,00 Quota Anual Permanência como Associado e Acesso e Licença de Utilização dos Produtos/Serviços GS1 Volume de negócios

Leia mais

GS1 EPCglobal: O que necessita saber...

GS1 EPCglobal: O que necessita saber... GS1 EPCglobal: O que necessita saber... GS1 EPCglobal Em 1999, um grupo de produtores e distribuidores identificou o potencial da RFID - Radio Frequency IDentification (Identificação por Rádio Frequência)

Leia mais

GS1025-13 Miolo Wellcome Kit GS1.indd 2

GS1025-13 Miolo Wellcome Kit GS1.indd 2 Quem é a GS1 Como gerar seu Código de Barras Produtos e Soluções GS1 GS1025-13 Miolo Wellcome Kit GS1.indd 1 GS1025-13 Miolo Wellcome Kit GS1.indd 2 Quem é a GS1 GS1 Brasil A GS1 Brasil Associação Brasileira

Leia mais

Conhecendo o GLN. Número Global de Localização. Volume 2

Conhecendo o GLN. Número Global de Localização. Volume 2 Conhecendo o GLN Número Global de Localização Volume 2 Conhecendo o GLN O material Conhecendo o GLN tem como objetivo integrar a sua empresa, de forma ainda mais eficiente, à cadeia de suprimentos. Além

Leia mais

Distinga-se pelo conhecimento

Distinga-se pelo conhecimento 2012 Distinga-se pelo conhecimento Índice Clique na Informação que deseja consultar Calendário de Formação GS1 Porquê Formação no Sistema GS1? Modelos de Formação Competências Informação Práticas 02 03

Leia mais

O Sistema GS1 na eficiência dos negócios

O Sistema GS1 na eficiência dos negócios O Sistema GS1 na eficiência dos negócios Do código de barras às soluções tecnológicas de gestão e partilha de informação Silvério Paixão Aveiro, 4 de Junho de 2015 Agenda Eficiência dos Negócios (Muito)

Leia mais

Rotulagem nutricional Intercâmbio de informação entre Sync PT, GS1 Portugal e PortFIR/SGRIA, INSA

Rotulagem nutricional Intercâmbio de informação entre Sync PT, GS1 Portugal e PortFIR/SGRIA, INSA Rotulagem nutricional Intercâmbio de informação entre Sync PT, GS1 Portugal e PortFIR/SGRIA, INSA 6ª Reunião Anual PORTFIR 31 Outubro 2013 Silvério Paixão O Mundo está a mudar Sabia que? Os Consumidores

Leia mais

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE AU TOMAÇÃO. UMA QUESTÃO DE SEGURANÇA Padrões GS1: Tranquilidade para você e seu cliente. Volume 7

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE AU TOMAÇÃO. UMA QUESTÃO DE SEGURANÇA Padrões GS1: Tranquilidade para você e seu cliente. Volume 7 ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE AU TOMAÇÃO UMA QUESTÃO DE SEGURANÇA Padrões GS1: Tranquilidade para você e seu cliente. Volume 7 Padrões do Sistema GS1 Habilitando a visibilidade da cadeia de valor. Identificação

Leia mais

Fonte: http://www.mckinsey.com

Fonte: http://www.mckinsey.com 30000000 70000000 Fonte: http://www.mckinsey.com 700000 1400000 Fonte: http://www.mckinsey.com 22000 43000 Fonte: http://www.mckinsey.com Fonte: http://www.mckinsey.com Disponível em: http://www.gs1.org/healthcare/mckinsey

Leia mais

Prof. Daniel J. Melo Brasil

Prof. Daniel J. Melo Brasil CÓDIGO DE BARRAS Objetivos Entender a tecnologia do código de barras Entender os padrões existentes e quais as suas adoções Entender os passos necessários para adoção da tecnologia de código de barras

Leia mais

Alinhamento de dados com Sync PT Data Pool. Lisboa 2014-03-06

Alinhamento de dados com Sync PT Data Pool. Lisboa 2014-03-06 Alinhamento de dados com Sync PT Data Pool Lisboa 2014-03-06 3 O Alinhamento de dados com a plataforma SYNC PT Data Pool O PROJETO IMPLEMENTAÇÃO O PROCESSO 4 O Alinhamento de dados com a plataforma SYNC

Leia mais

NORMALIZAÇÃO Normas Globais para a Codificação de Produtos 14 de Dezembro 2010 Silvério Paixão

NORMALIZAÇÃO Normas Globais para a Codificação de Produtos 14 de Dezembro 2010 Silvério Paixão NORMALIZAÇÃO Normas Globais para a Codificação de Produtos 14 de Dezembro 2010 Silvério Paixão The global language of business Construindo pontes entre diversos parceiros da cadeia de distribuição Qual

Leia mais

O Contributo Internacional da GS1 no Contexto da Sincronização de Bases de Dados

O Contributo Internacional da GS1 no Contexto da Sincronização de Bases de Dados O Contributo Internacional da GS1 no Contexto da Sincronização de Bases de Dados Lançamento da Plataforma G.R.I.A. 20-04-2009 The global language of business O que é a sincronização de dados? 2009 GS1

Leia mais

GS1. Um sistema de padrões que gera valor. 30 de Novembro 2012 10h00. Wilson José da Cruz Silva wilson.cruz@gs1br.

GS1. Um sistema de padrões que gera valor. 30 de Novembro 2012 10h00. Wilson José da Cruz Silva wilson.cruz@gs1br. GS1 Um sistema de padrões que gera valor 30 de Novembro 2012 10h00 Wilson José da Cruz Silva wilson.cruz@gs1br.org (11) 3068-6249 2 3 O conceito EPC Necessidade básica: Identificar 4 EPC como meio de identificação

Leia mais

Guia de Codificação para Livros

Guia de Codificação para Livros Guia de Codificação para Livros 1. Introdução A GS1 e as Agências Internacionais do ISBN e ISSN elaboraram diretrizes para ajudar os editores na compreensão das funcionalidades do Sistema GS1 para o setor

Leia mais

Rastreabilidade e Eficiência dos Negócios na Agro-indústria

Rastreabilidade e Eficiência dos Negócios na Agro-indústria A origem e a qualidade dos alimentos estão na mira do Consumidor. Cada vez mais conscientes e exigentes, os Consumidores têm em conta uma série de atributos na hora de decidir o que vai para o carrinho

Leia mais

Normas GS1 nos Transportes e Logística

Normas GS1 nos Transportes e Logística scss CAPA Normas GS1 nos Transportes e Logística GS1 Portugal - 2 A GS1 conduz uma abordagem integrada para as empresas de T&L Há mais de 30 anos que a GS1 se tem dedicado à concepção e implementação de

Leia mais

Classificação de Produtos (GPC)

Classificação de Produtos (GPC) Classificação de Produtos (GPC) Leonor Vale Roadshow GS1 Portugal AIMinho Braga 25.Nov.2010 The global language of business Definição da GS1 GPC GS1 GPC Global Product Classification Classificação Global

Leia mais

Rastreabilidade a Prática. Amanda Prado - Itaueira Flávia Ponte - GS1 Brasil

Rastreabilidade a Prática. Amanda Prado - Itaueira Flávia Ponte - GS1 Brasil 1 Rastreabilidade a Prática Amanda Prado - Itaueira Flávia Ponte - GS1 Brasil O que é Rastreabilidade? É a capacidade de recuperação do histórico, da aplicação ou da localização de uma entidade (ou item)

Leia mais

ecommerce RoadShow GS1 Portugal Porto 26 de Maio 2011 The global language of business

ecommerce RoadShow GS1 Portugal Porto 26 de Maio 2011 The global language of business ecommerce RoadShow GS1 Portugal Porto 26 de Maio 2011 The global language of business GS1 Portugal GTIN Global Trade Item Number GLN Global Location Number 2 GS1 Portugal Standards globais para identificação

Leia mais

ROADSHOW BRAGA Códigos de Barras (EAN, GS1-128, GS1 DataBar e GS1 DataMatrix) 25 de Novembro 2010 Marcos Gaspar Carreira

ROADSHOW BRAGA Códigos de Barras (EAN, GS1-128, GS1 DataBar e GS1 DataMatrix) 25 de Novembro 2010 Marcos Gaspar Carreira ROADSHOW BRAGA Códigos de Barras (EAN, GS1-128, GS1 DataBar e GS1 DataMatrix) 25 de Novembro 2010 Marcos Gaspar Carreira The global language of business Standards Globais Desempenham um importante papel

Leia mais

Controle e visibilidade: Internet das Coisas Roberto Matsubayashi*

Controle e visibilidade: Internet das Coisas Roberto Matsubayashi* Controle e visibilidade: Internet das Coisas Roberto Matsubayashi* Existem diversas atividades fundamentais desempenhadas pelas empresas no cumprimento de sua missão, sempre com o objetivo de agregar de

Leia mais

Eficiência, traceabilidade e segurança na cadeia de valor com standards da GS1

Eficiência, traceabilidade e segurança na cadeia de valor com standards da GS1 Eficiência, traceabilidade e segurança na cadeia de valor com standards da GS1 4º Congresso Internacional dos Hospitais Silvério Paixão, GS1 Portugal APDH, 7 Novembro 2012 Agenda Quem Somos Quem Somos

Leia mais

Agenda. Simpósio Internacional EPC e GDSN 2005. A Importância da Padronização Para a Cadeia de Suprimentos

Agenda. Simpósio Internacional EPC e GDSN 2005. A Importância da Padronização Para a Cadeia de Suprimentos Simpósio Internacional EPC e GDSN 2005 A Importância da Padronização Para a Cadeia de Suprimentos Sergio Ribinik CEO GS1 BRASIL MEMBRO DO ADVISORY COUNCIL DA GS1 E DO BOARD OF GOVERNORS DO EPC GLOBAL Agenda

Leia mais

A CURA GLOBAL PARA A SAÚDE PÚBLICA

A CURA GLOBAL PARA A SAÚDE PÚBLICA A CURA GLOBAL PARA A SAÚDE PÚBLICA Um relatório novo e independente divulgado pela McKinsey&Company estimou os benefícios em vidas e valor da implementação de um único padrão global para a saúde pública.

Leia mais

GS1 Brasil Associação Brasileira de Automação. 2011 GS1 Brasil

GS1 Brasil Associação Brasileira de Automação. 2011 GS1 Brasil GS1 Brasil Associação Brasileira de Automação O que são padrões? São acordos que estruturam qualquer atividade ou setor da economia. São regras ou guias que todos aplicam. Ou uma forma de medição, descrição,

Leia mais

Preços e Condições Comerciais 2016

Preços e Condições Comerciais 2016 A Linguagem Global dos Negócios Preços e Condições Comerciais 2016 Produtos GS1 Portugal ANOS Trusted Adviser ÍNDEX Adesão à GS1 Portugal Jóia Quota Anual Condições para transferência de Códigos entre

Leia mais

Lançamento do GDSN Global Data Synchronization Network Cadastro Nacional de Produtos

Lançamento do GDSN Global Data Synchronization Network Cadastro Nacional de Produtos Lançamento do GDSN Global Data Synchronization Network Cadastro Nacional de Produtos Agenda GS1 e a Automação dos Processos de Supply Chain Conceito GDSN Benefícios Case Carrefour Como começar? GS1 e a

Leia mais

Rastreabilidade. Sistema EAN UCC 128

Rastreabilidade. Sistema EAN UCC 128 Rastreabilidade Sistema EAN UCC 128 Enquadramento Legal Caracterização Objectivos Rastreabilidade Procedimentos - Etiquetagem Enquadramento legal Regulamento (CE) nº 178/2002, do Parlamento Europeu e do

Leia mais

O Valor e os Benefícios do Sistema de Padrões GS1

O Valor e os Benefícios do Sistema de Padrões GS1 O Valor e os Benefícios do Sistema de Padrões GS1 O GS1 projeta e gerencia um sistema global de padrões de cadeia de suprimentos. Nos últimos trinta anos, a GS1 dedicou-se ao projeto e implementação de

Leia mais

Centro de Operações Logísticas do Futuro

Centro de Operações Logísticas do Futuro Centro de Operações Logísticas do Futuro Luís Simões Logística Integrada Workshop Normas GS1 nos T&L 29 de Novembro de 2012 - Villa Rica - Lisboa Agenda Apresentação Luís Simões Projeto COL do Futuro -

Leia mais

PROJECTO-PILOTO RASTREABILIDADE DISPOSITIVOS MÉDICOS (DMS) EM AMBIENTE HOSPITALAR. Nuno Loureiro Silvério Paixão

PROJECTO-PILOTO RASTREABILIDADE DISPOSITIVOS MÉDICOS (DMS) EM AMBIENTE HOSPITALAR. Nuno Loureiro Silvério Paixão PROJECTO-PILOTO RASTREABILIDADE DISPOSITIVOS MÉDICOS (DMS) EM AMBIENTE HOSPITALAR Nuno Loureiro Silvério Paixão Junho 2015 ÂMBITO Em ambiente hospitalar do SNS* Universo de Dispositivos Médicos (DM s)

Leia mais

Brasil EPC. Código Eletrônico de Produto. Volume 3

Brasil EPC. Código Eletrônico de Produto. Volume 3 Brasil EPC Código Eletrônico de Produto Volume 3 A implementação do código eletrônico de produto (EPC) e da tecnologia de identificação por radiofrequência (RFID), promete importantes benefícios aos consumidores

Leia mais

Webinar Pergunte ao especialista.

Webinar Pergunte ao especialista. Webinar Pergunte ao especialista. Código de Barras: Entenda, crie e gerencie a identificação do seu produto. Edson Matos 26/02/2015 Padrões GS1 que serão abordados Webinar Para fazer perguntas coloque:

Leia mais

Estudo de Mercado Fiabilidade de Leitura em Loja

Estudo de Mercado Fiabilidade de Leitura em Loja Estudo de Mercado Fiabilidade de Leitura em Loja Decorreu no primeiro trimestre 2009, um estudo de avaliação de implementação e desempenho dos códigos de barras comerciais, no âmbito do espaço nacional.

Leia mais

Manual do Utilizador EAN UCC CODIPOR 72006. 1 www.gs1pt.org

Manual do Utilizador EAN UCC CODIPOR 72006. 1 www.gs1pt.org 1 www.gs1pt.org índice 1. INTRODUÇÃO... 4 2. FUNDAMENTOS E PRINCÍPIOS DO SISTEMA EAN UCC... 6 2.1 ÁREAS DE APLICAÇÃO... 6 2.2 IDENTIFICAÇÃO NUMÉRICA EAN UCC... 6 GTIN NÚMERO GLOBAL DE ITEM COMERCIAL...

Leia mais

ROADSHOW BRAGA Sistema de Rastreabilidade de montante a jusante 25 de Novembro 2010 Silvério Paixão

ROADSHOW BRAGA Sistema de Rastreabilidade de montante a jusante 25 de Novembro 2010 Silvério Paixão ROADSHOW BRAGA Sistema de Rastreabilidade de montante a jusante 25 de Novembro 2010 Silvério Paixão The global language of business Rastreabilidade Definição Rastreabilidade, a capacidade de detectar a

Leia mais

STILL (Standard International Logistic Label)

STILL (Standard International Logistic Label) STILL (Standard International Logistic Label) MARCA Optimize as suas Operações Workshop Movimente Normas GS1 Eficiência nos T&L 29 Novembro, Hotel Villa Rica - Lisboa Agenda Estudo LAUN STILL (Standard

Leia mais

Padrões Globais para Rastreabilidade de Medicamentos. Patrícia Amaral

Padrões Globais para Rastreabilidade de Medicamentos. Patrícia Amaral Padrões Globais para Rastreabilidade de Medicamentos Patrícia Amaral Cadeias de Suprimentos de Saúde São seguras? São eficientes? São transparentes? Como estamos? Elevando a Segurança do Paciente O IOM*

Leia mais

1.2 Projecto Housekeeping

1.2 Projecto Housekeeping 1.2 Projecto Housekeeping Redesenhar a GS1 Portugal O projecto Housekeeping foi lançado com o objectivo de introduzir na um modelo integrado de excelência operacional virado para o Utilizador, decorrente

Leia mais

Prof. Fernando Augusto Silva Marins www.feg.unesp.br/~fmarins fmarins@feg.unesp.br Este material foi adaptado de apresentação de Marco Aurelio Meda

Prof. Fernando Augusto Silva Marins www.feg.unesp.br/~fmarins fmarins@feg.unesp.br Este material foi adaptado de apresentação de Marco Aurelio Meda Tecnologia da Informação Aplicada à Logística Prof. Fernando Augusto Silva Marins www.feg.unesp.br/~fmarins fmarins@feg.unesp.br Este material foi adaptado de apresentação de Marco Aurelio Meda Como garantir

Leia mais

SISTEMA DE RASTREABILIDADE BOVINA

SISTEMA DE RASTREABILIDADE BOVINA SISTEMA DE RASTREABILIDADE BOVINA Ricardo Toshio Yugue EAN BRASIL Grupo de Trabalho para Automação, Rastreabilidade e Padronização Comercial da Carne Bovina 24 SUMÁRIO presente projeto tem por objetivo

Leia mais

Rastreabilidade e Autenticidade de Medicamentos

Rastreabilidade e Autenticidade de Medicamentos GS1 Brasil Rio Janeiro Rastreabilida e Autenticida Medicamentos XV ENCONTRO TÉCNICO E XI ENCONTRO EMPRESARIAL Wilson Cruz - 2010 GS1: trabalhando em colaboração com as empresas GS1 trabalha em colaboração

Leia mais

Eficiência de Padrões na Cadeia Produtiva do Vinho. Ana Paula Vendramini Maniero

Eficiência de Padrões na Cadeia Produtiva do Vinho. Ana Paula Vendramini Maniero Eficiência de Padrões na Cadeia Produtiva do Vinho Ana Paula Vendramini Maniero A importância de padrões Calçados e tomadas são apenas dois exemplos simples Sem padrões, processos de negócios seriam muito

Leia mais

Novas REGRAS DE VENDA ONLINE DE PRODUTOS ALIMENTARES

Novas REGRAS DE VENDA ONLINE DE PRODUTOS ALIMENTARES .01 Regulamento Europeu de Informação Alimentar 1169/2011: GS1 Portugal, APED e FIPA realizam sessão informativa SOBRE Novas REGRAS DE VENDA ONLINE DE PRODUTOS ALIMENTARES A GS1 Portugal, a Associação

Leia mais

R evolução no ponto-de-venda Mais dados menos espaço

R evolução no ponto-de-venda Mais dados menos espaço R evolução no ponto-de-venda Mais dados menos espaço 1 Como varejistas, estamos sempre a procura de formas para melhorar a experiência de compra dos clientes. Tendo como base os últimos 25 anos do Sistema

Leia mais

5 passos para. implementação. do código de barras IDENTIFIQUE CAPTURE COMPARTILHE

5 passos para. implementação. do código de barras IDENTIFIQUE CAPTURE COMPARTILHE 5 passos para implementação do código de barras IDENTIFIQUE CAPTURE COMPARTILHE O que é o código de Barras? Os números de identificação de um produto podem ser representados por meio de um código, possibilitando

Leia mais

GS1 Portugal CODIPOR homenageada pelos seus 25 anos de actividade. Roadshow GS1 Portugal passou por Matosinhos em parceria com AEP

GS1 Portugal CODIPOR homenageada pelos seus 25 anos de actividade. Roadshow GS1 Portugal passou por Matosinhos em parceria com AEP GS1 Portugal CODIPOR homenageada pelos seus 25 anos de actividade Paulo Gomes e João de Castro Guimarães, respectivamente Presidente e Director Executivo da GS1 Portugal CODIPOR, foram agraciados com a

Leia mais

Identificação na gestão logística dos dispositivos médicos

Identificação na gestão logística dos dispositivos médicos Identificação na gestão logística dos dispositivos médicos rastreabilidade de instrumentos cirúrgicos Patrícia Ruivo Lisboa, 25 Junho 2015 Identificação individual de instrumentos Cirúrgicos Patrícia Ruivo

Leia mais

Conhecendo o Código de Barras Volume 1

Conhecendo o Código de Barras Volume 1 Conhecendo o Código de Barras Volume 1 Conhecendo o Código de Barras O material Conhecendo o Código de Barras tem como objetivo integrar a sua empresa, de forma ainda mais eficiente, à cadeia de suprimentos.

Leia mais

Portugal CODIPOR. Rastreabilidade da Carne de Bovino Case Study Santacarnes

Portugal CODIPOR. Rastreabilidade da Carne de Bovino Case Study Santacarnes Portugal CODIPOR Rastreabilidade da Carne de Bovino Case Study Santacarnes ENQUADRAMENTO A Montebravo é a última empresa e a face mais visível, de uma organização composta por um circuito totalmente integrado

Leia mais

Commercial & Marketing. Estudos de Remuneração 2012

Commercial & Marketing. Estudos de Remuneração 2012 Commercial & Marketing Estudos de Remuneração 2012 Estudos de Remuneração Commercial & Marketing 2012 2 Nota preliminar pág. 3 Funções de Marketing Funções Comerciais Assistente de Marketing pág. 12 Supervisor

Leia mais

RFID Versus Código de Barras

RFID Versus Código de Barras Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto RFID Versus Código de Barras da Produção à Grande Distribuição Jorge Rei VERSÃO PROVISÓRIA Dissertação realizada no âmbito do Mestrado Integrado em Engenharia

Leia mais

Padrões Globais para o Setor da Saúde

Padrões Globais para o Setor da Saúde Padrões Globais para o Setor da Saúde Panorama do Setor da Saúde Pharma World (including Europe) coding & serialisation requirements Cyprus 2010 Product Code USA 2010 FDA SNI guidance Denmark 2011 Product

Leia mais

apresentação corporativa

apresentação corporativa apresentação corporativa 2 Índice 1. Apresentação da BBS a) A empresa b) Evolução c) Valores d) Missão e Visão 2. Áreas de Negócio a) Estrutura de Serviços b) Accounting/Tax/Reporting c) Management & Consulting

Leia mais

Alternativas de Financiamento às empresas: O Caso do BNI. Tomás Matola Administrador Executivo

Alternativas de Financiamento às empresas: O Caso do BNI. Tomás Matola Administrador Executivo Alternativas de Financiamento às empresas: O Caso do BNI Tomás Matola Administrador Executivo Perfil da Apresentação O BNI, Visão, Missão, Valores, Objectivos e Capital Fontes de Financiamento do BNI BNI

Leia mais

O Futuro dos Padrões no Setor Varejista e de Bens de Consumo. Roberto Masubayashi Innovation and Strategic Alliances Director

O Futuro dos Padrões no Setor Varejista e de Bens de Consumo. Roberto Masubayashi Innovation and Strategic Alliances Director O Futuro dos Padrões no Setor Varejista e de Bens de Consumo Roberto Masubayashi Innovation and Strategic Alliances Director O começo... Invenção Código de Barras 1949 Código de Barras é inventado por

Leia mais

Abr_2012. e.newsletter GS1 PORTUGAL INTERVÉM JUNTO DO MINISTRO DA SAÚDE

Abr_2012. e.newsletter GS1 PORTUGAL INTERVÉM JUNTO DO MINISTRO DA SAÚDE .01 GS1 PORTUGAL INTERVÉM JUNTO DO MINISTRO DA SAÚDE.agenda 02 Mar Lançamento do GS1 HUG PT (Healthcare User Group) 07 Mar Workshop APCMC (Associação Portuguesa dos Comerciantes de Materiais de Construção)

Leia mais

As Normas GS1 na Cadeia de Valor da Saúde: Melhorando a segurança do paciente

As Normas GS1 na Cadeia de Valor da Saúde: Melhorando a segurança do paciente As Normas GS1 na Cadeia de Valor da Saúde: Melhorando a segurança do paciente A logística na indústria do sector da saúde Em todas as cadeias de valor a gestão logística optimiza a circulação dos produtos

Leia mais

O Futuro dos Padrões no Setor Varejista de Bens de Consumo

O Futuro dos Padrões no Setor Varejista de Bens de Consumo Tema: Apresentador: O Futuro dos Padrões no Setor Varejista de Bens de Consumo Roberto Matsubayashi Diretor de Inovação e Alianças Estratégicas GS1 BRASIL e-mail: roberto.matsubayashi@gs1br.org Impacto

Leia mais

Directrizes EAN UCC para a Rastreabilidade dos Produtos Hortofrutícolas

Directrizes EAN UCC para a Rastreabilidade dos Produtos Hortofrutícolas Directrizes EAN UCC para a Rastreabilidade dos Produtos Hortofrutícolas Índice SUMÁRIO...3 Limitações das Directrizes...3 Renúncia...3 AGRADECIMENTOS...4 1. Introdução...5 1.1 Sistema EAN UCC...5 1.2 Projecto

Leia mais

PHC dteamcontrol Externo

PHC dteamcontrol Externo PHC dteamcontrol Externo A gestão remota de projectos e de informação A solução via Internet que permite aos seus Clientes participarem nos projectos em que estão envolvidos, interagindo na optimização

Leia mais

Roadshow GS1 PORTUGAL AVEIRO

Roadshow GS1 PORTUGAL AVEIRO Roadshow GS1 PORTUGAL AVEIRO # Café-temático: Qualidade dos dados na Gestão da Informação Susana Gaspar Técnica de Qualidade dos dados GS1 4 de junho 2015 Agenda 1. Qualidade dos dados da informação 2.

Leia mais

PHC dintranet. A gestão eficiente dos colaboradores da empresa

PHC dintranet. A gestão eficiente dos colaboradores da empresa PHC dintranet A gestão eficiente dos colaboradores da empresa A solução ideal para a empresa do futuro, que necessita de comunicar de modo eficaz com os seus colaboradores, por forma a aumentar a sua produtividade.

Leia mais

Conceito. As empresas como ecossistemas de relações dinâmicas

Conceito. As empresas como ecossistemas de relações dinâmicas Conceito As empresas como ecossistemas de relações dinâmicas PÁG 02 Actualmente, face à crescente necessidade de integração dos processos de negócio, as empresas enfrentam o desafio de inovar e expandir

Leia mais

IBM WebSphere Product Center

IBM WebSphere Product Center Soluções de gerenciamento de informação de produto para dar suporte aos seus objetivos de negócios IBM WebSphere Product Center Oferece uma solução abrangente de gerenciamento de informação de produto

Leia mais

Volume 8 ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE AU TOMAÇÃO

Volume 8 ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE AU TOMAÇÃO Volume 8 ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE AU TOMAÇÃO Esta edição do Caderno Eficiência descreve as principais funcionalidades, benefícios e características do CADASTRO NACIONAL DE PRODUTOS, nova ferramenta on-line

Leia mais

NOTIFICAÇÃO DE NEGÓCIO

NOTIFICAÇÃO DE NEGÓCIO NOTIFICAÇÃO DE NEGÓCIO O Microsoft Business Solutions for Supply Chain Management Navision Business Notification ajudao a gerir a sua empresa mais facilmente e eficazmente. Pode identificar qualquer problema

Leia mais

Os Serviços Partilhados do SUCH

Os Serviços Partilhados do SUCH Os Serviços Partilhados do SUCH ONI e-powered: 1ª Conferência sobre Soluções Integradas para o Sector Público 8 de Abril de 2008 Serviço de Utilização Comum dos Hospitais 7 áreas de negócio Todas operando

Leia mais

FACTURA ELECTRÓNICA Impactos nas organizações

FACTURA ELECTRÓNICA Impactos nas organizações 2º SEMINÁRIO EUROPAPER DIGITAL Impactos da Adopção da Factura Electrónica: Económicos, Sociais e Organizacionais Alexandre Nilo Fonseca Presidente Aliança Digital FACTURA ELECTRÓNICA Impactos nas organizações

Leia mais

Como vender na Internet

Como vender na Internet Como vender na Internet Ideias-base para uma iniciação à venda via Internet Gonçalo Carvalhinhos Secretário-Geral Associação do Comércio Electrónico em Portugal goncalo.carvalhinhos@portugalacep.org ACEP

Leia mais

Vantagem Garantida PHC

Vantagem Garantida PHC Vantagem Garantida PHC O Vantagem Garantida PHC é um aliado para tirar maior partido das aplicações PHC A solução que permite à empresa rentabilizar o seu investimento, obtendo software actualizado, formação

Leia mais

PHC dteamcontrol Interno

PHC dteamcontrol Interno PHC dteamcontrol Interno A gestão remota de projectos em aberto A solução via Internet que permite acompanhar os projectos em aberto em que o utilizador se encontra envolvido, gerir eficazmente o seu tempo

Leia mais

ROADSHOW PORTO Sistema GS1 26 de Maio 2011 Luís Peixoto

ROADSHOW PORTO Sistema GS1 26 de Maio 2011 Luís Peixoto ROADSHOW PORTO Sistema GS1 26 de Maio 2011 Luís Peixoto The global language of business SOP 2010 Agenda 1. Normas Globais para Identificação Automática 2. A Base do Sistema GS1: os Identificadores Chave

Leia mais

Rastreabilidade e Autenticidade de. Ricardo Yugue

Rastreabilidade e Autenticidade de. Ricardo Yugue Rastreabilidade e Autenticidade de Medicamentos Ricardo Yugue O Conceito de Rastreabilidade Rastreabilidade éa capacidade de recuperação do histórico, da aplicação ou da localização de uma entidade (ou

Leia mais

Standard Internacional para a Etiqueta Logística (STILL)

Standard Internacional para a Etiqueta Logística (STILL) Standard Internacional para a Etiqueta Logística (STILL) Sumário de Documento Document Item Título do documento Valor corrente Standard Internacional para a Etiqueta Logística (STILL) Data última modificação

Leia mais

Organização. Usuários -transporte. -obtenção -desenvolvimento de. Fluxo de materiais e informações do fornecedor até o cliente

Organização. Usuários -transporte. -obtenção -desenvolvimento de. Fluxo de materiais e informações do fornecedor até o cliente Fornecedores Organização Usuários -transporte -processamento de pedidos -manutenção de estoque -processamento de pedidos -produção -distribuição física -obtenção -desenvolvimento de -embalagem protetora

Leia mais

GESTÃO DE STOCKS. E INVENTÁRIOS Rentabilize a Sua Organização Melhorando os Procedimentos 3ª EDIÇÃO CURSO

GESTÃO DE STOCKS. E INVENTÁRIOS Rentabilize a Sua Organização Melhorando os Procedimentos 3ª EDIÇÃO CURSO 3ª EDIÇÃO CURSO Técnicas e Métodos Para Racionalizar os Custos GESTÃO DE STOCKS E INVENTÁRIOS Rentabilize a Sua Organização Melhorando os Procedimentos LUANDA 7 e 8 de JULHO de 2014 Saiba porque necessitamos

Leia mais

Prof. Jean Cavaleiro. Unidade I LOGÍSTICA INTEGRADA:

Prof. Jean Cavaleiro. Unidade I LOGÍSTICA INTEGRADA: Prof. Jean Cavaleiro Unidade I LOGÍSTICA INTEGRADA: PRODUÇÃO E COMÉRCIO Introdução Entender a integração logística. A relação produção e demanda. Distribuição e demanda. Desenvolver visão sistêmica para

Leia mais

ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DAS EMPRESAS DE BETÃO PRONTO

ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DAS EMPRESAS DE BETÃO PRONTO ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DAS EMPRESAS DE BETÃO PRONTO CATÁLOGO DE SERVIÇOS... um parceiro fiável. INTRODUÇÃO 2 A APEB Associação Portuguesa das Empresas de Betão Pronto, é uma associação empresarial sem fins

Leia mais

Julho_2012. e.newsletter AGÊNCIA GMDN ESTEVE EM PORTUGAL PARA FALAR DE NOMENCLATURA DOS DISPOSITIVOS MÉDICOS

Julho_2012. e.newsletter AGÊNCIA GMDN ESTEVE EM PORTUGAL PARA FALAR DE NOMENCLATURA DOS DISPOSITIVOS MÉDICOS .01 AGÊNCIA GMDN ESTEVE EM PORTUGAL PARA FALAR DE NOMENCLATURA DOS DISPOSITIVOS MÉDICOS.agenda 3-5 Jun 53º Encontro Anual da European Association of Pharmaceutical Wholesalers (GIRP), em Sintra 13 Jun

Leia mais

Grupo MedLog. 35 anos de experiência e inovação em exclusivo na logística da saúde. Susana Quelhas Coimbra, 14 de Outubro 2010

Grupo MedLog. 35 anos de experiência e inovação em exclusivo na logística da saúde. Susana Quelhas Coimbra, 14 de Outubro 2010 Grupo MedLog 35 anos de experiência e inovação em exclusivo na logística da saúde Susana Quelhas Coimbra, 14 de Outubro 2010 MedLog - As Empresas MedLog Passado e Presente Distribuição de medicamentos

Leia mais

Fábio Costa e Miguel Varela

Fábio Costa e Miguel Varela Sistema de Informação e Gestão dos Laboratórios do Departamento de Eng.ª Electrotécnica com Tecnologia RFID Projecto Final de Licenciatura em Eng. Electrotécnica e de Computadores Ramo de Electrónica e

Leia mais

Partilhar dados na Saúde

Partilhar dados na Saúde Partilhar dados na Saúde Uma perspetiva Internacional Seminário internacional de Saúde 2015.06.25 Data synchronization is not just about technology it is about people and processes working together to

Leia mais

Em início de nova fase, forumb2b.com alarga a oferta

Em início de nova fase, forumb2b.com alarga a oferta Em início de nova fase, alarga a oferta Com o objectivo de ajudar as empresas a controlar e reduzir custos relacionados com transacções de bens e serviços, o adicionou à sua oferta um conjunto de aplicações

Leia mais

Smart Cities Portugal

Smart Cities Portugal Smart Cities Portugal A rede Smart Cities Portugal tem por objetivo promover o trabalho em rede numa lógica inter-cluster, para o desenvolvimento e produção de soluções urbanas inovadoras para smart cities,

Leia mais

GUIA RÁPIDO LEITURA DE CÓDIGO DE BARRA PADRÃO GS1

GUIA RÁPIDO LEITURA DE CÓDIGO DE BARRA PADRÃO GS1 GUIA RÁPIDO LEITURA DE CÓDIGO DE BARRA PADRÃO GS1 RMS Software S.A. - Uma Empresa TOTVS Todos os direitos reservados. A RMS Software é a maior fornecedora nacional de software de gestão corporativa para

Leia mais

PONTNews Solução Comercial de e-marketing

PONTNews Solução Comercial de e-marketing PONTNews Solução Comercial de e-marketing Dossier de Produto DP010.03 02/01/2009 A Pontual A Pontual é uma empresa de capitais 100% nacionais, cuja principal actividade é implementação de Sistemas de Informação

Leia mais

O Padrão Global de Rastreabilidade

O Padrão Global de Rastreabilidade A Linguagem Global dos Negócios O Padrão Global de Rastreabilidade Global Traceability Standard (GTS) Possibilitando Visibilidade, Qualidade e Segurança na Cadeia de Suprimentos. Sumário 1. A GS1 Brasil

Leia mais