Análise comparativa da posse de bola do F.C Barcelona x São Paulo FC x SC Internacional e as ações ofensivas geradas.

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Análise comparativa da posse de bola do F.C Barcelona x São Paulo FC x SC Internacional e as ações ofensivas geradas."

Transcrição

1 Análise comparativa da posse de bola do F.C Barcelona x São Paulo FC x SC Internacional e as ações ofensivas geradas. Comparação entre as principais escolas do futebol mundial mostra que a diferenças estão além do campo, nos números também. Gabriel Bonavena de Oliveira Introdução Atualmente grandes diferenças são vistas entre as duas grandes escolas de futebol no mundo, a sul-americana e a europeia, inclusive diferenças que fogem muito de suas origens, o elemento do jogo de grande importância e que é objeto do presente estudo é a posse de bola e suas variáveis, observadas através de grandes forças de cada continente A posse de bola, possui um indicador com o objetivo de assegurar a vantagem no campo de jogo, através de suas características de domínio (GARGANTA, 2008). Por conseguinte, a capacidade de reter a bola durante a partida, faz com que uma equipe obtenha o controle das ações do jogo naquele exato momento, possibilitando a marcação do gol e evitando ao seu adversário a mesma oportunidade (JAMES; JONES; MELLALIEU, 2004; LAGO, 2007). Desta forma, destaca-se a posse de bola perante a literatura, com alguns questionamentos em sua relação ao sucesso de uma equipe. Algumas das variáveis quem têm sido apontadas como preditivas para o sucesso no futebol são o tempo de posse de bola e a circulação de bola. (LEMOINE; JULLIEN, 2008; LAGO-PEÑAS; LAGOBALLESTEROS; REY, 2011) A circulação da bola é entendida como uma sucessão de passes e conduções da bola tendo em vista a conservação da posse da bola e a progressão da equipe à área adversária (GARGANTA, 1997; LEMOINE; JULLIEN; GENOLINI, 2007). Não há possibilidade de abordar o aspecto da posse de bola sem associar ao F.C Barcelona, equipe de grandes jogadas, alto índice de posse de bola, controle de ações do jogo e que tem um modelo de jogo admirado por todos amantes do futebol, comissões técnicas de diferentes clubes, países e cultura, a grande referência europeia e representante europeu no presente estudo. Do outro lado os representantes sulamericanos, o SC Internacional, grande equipe do futebol brasileiro e que tem conquistado o maior numero de títulos internacionais do futebol sulamericano nos últimos anos, e que em sua escola busca um futebol ofensivo e o São Paulo FC, equipe brasileira com maior participações na taça libertadores da américa e que apresenta maior média de posse bola no cenário atual. O presente estudo analisou as estatísticas dos principais torneios de cada continente, de um lado a Liga dos Campeões da Uefa, torneio que reúne os principais campeões de cada pais do continente europeu, conta com as equipes de maior potencial financeiro do mundo e consequentemente com os grandes astros do futebol mundial, além de reunir representantes de todos os campeões de copa do mundo do continente. Do outro lado a Taça Libertadores da América, principal torneio do continente americano, conta com grandes clubes do futebol mundial e o principal exportador de jogadores para o futebol europeu e que também conta com representantes dos países campeões da Copa do Mundo do continente.

2 Analisando as estatísticas de ambas as equipes e compararando média geral da posse de bola as equipes se assemelham, mas será que essa semelhanças geraram as mesmas ações ofensivas durante as competições disputadas (passes tentados, finalizações, gols marcados, participação dos principais jogadores) ter a bola é o suficiente??. Materiais e Métodos No presente estudo foram analisadas as equipes do FC Barcelona, equipe espanhola, e o E.C Internacional e São Paulo FC equipes brasileiras através das estatísticas posse de bola, passe, finalizações, gols marcados, a participação de seus três principais jogadores. FC Barcelona realizou um total de 12 jogos, 6 na primeira fase dentro do grupo em jogos de ida e volta e 2 nas fase de oitavas de final(2), quartas de final(2), semi final(2). SC Internacional realizou um total de 10 jogos, 6 na primeira dentro do grupo em jogos de ida e volta, 2 na fase de oitavas de final(2), 2 na fase de quartas de final(2). São Paulo FC realizou um total de 8 jogos, 6 na primeira fase dentro do grupo em jogos de ida e volta, 2 na fase de oitavas de final(2). A tabela e as estatísticas do FC Barcelona foram extraídos do site da UEFA e os do SC Internacional, São Paulo FC do site de estatísticas footstats.com e do portal r7 Resultados Quadro 1 Média de Posse de bola Equipe Jogos Média de Posse de bola FC Barcelona 12 59,5% São Paulo FC 8 58,5% Internacional 10 47% Quadro 2 Passes Equipe Jogos Total de Passes Certos Errados Média passes/jogo FC Barcelona São Paulo FC Internacional

3 Quadro 3 Finalizações Equipe Jogos Finalizações Média FC Barcelona ,7 São Paulo FC Internacional ,5 Quadro 4 Gols Marcados Equipe Jogos Gols marcados Média FC Barcelona ,33 São Paulo FC ,3 Internacional ,0 Quadro 5 Participação dos principais jogadores Equipe Jogador Participações Finalizações Média de Participações Média de Finalizações FC Messi ,5 Barcelona Iniesta ,5 Neymar ,81 Equipe Jogador Participações Finalizações Média de Participações Média de Finalizações São Paulo P.H Ganso ,5 FC Michel B ,87 Pato ,5 Equipe Jogador Participações Finalizações Média de Participações Média de finalizações Inter D`Alesandro ,6 1,6 Aranguiz ,1 0 E. Sasha ,9 Quadro 6 Jogador com maior participação Equipe Jogador Passes Média FC Barcelona Messi São Paulo FC Denilson Internacional Aranguiz

4 Imagem 1 Zona de calor (Heat Zone) Messi Imagem 2 Zona de calor(heat Zone) Denilson

5 Imagem 3 Zona de Calor(Heat Zone) Aranguiz Discussão De acordo com as estatísticas de posse de bola, observamos que o Barcelona e o São Paulo tem uma média praticamente iguais, já o Internacional tem números consideravelmente menores em relação aos outros clubes do referente estudo. No fundamento passe, observamos o FC Barcelona com números muito superiores as equipes sul-americanas, com média de 654 passes por jogo, esta bem a frente do São Paulo FC que troca aproximadamente 471 passes por jogo e vale ressaltar que os clubes tem números semelhantes na posse de bola, muito abaixo vem SC Internacional com média de 270 passes por jogo. No fundamento de finalização o FC Barcelona tem uma média de 14, 7 finalizações por jogo, o São Paulo FC tem média de 10 finalizações por jogo seguido do SC Internacional com média de 8 finalizações por jogo, a equipe representante do futebol europeu tem uma média superior as equipes sul-americanas pesquisadas no estudo. Nos gols marcados observamos o FC Barcelona com uma média de 2,33 gols marcados por jogo, seguido do SC Internacional com média de 2 gols marcados e que nesse quesito supera o São Paulo FC que tem média de 1,3 gols marcados por jogo. No número de participações de seus principais jogadores, foram coletados os números dos jogadores do setor de ataque que tem grande responsabilidade na criação de ações ofensivas de suas equipes. No FC Barcelona observamos que Messi tem uma média de 62 participações por jogo e 4,5 finalizações por jogo. Andrés Iniesta tem média de 55 participações por jogo e 0,5 finalizações por jogo, Neymar tem média de 41 participações por jogo e 2,8 finalizações por jogo. No São Paulo FC observamos que P.H Ganso tem uma média de 53 participações por jogo e 0,5 finalizações por jogo, Michel Bastos tem média de 37 participações

6 por jogo e 1,87 finalizações por jogo, Alexandre Pato tem média de 15 participações e 1,5 finalizações por jogo. No SC Internacional D`Alessandro tem média de 29,6 participações e finaliza 1,6 por jogo, Eduardo Sasha tem média de 16 participações por jogo e finaliza 0,9 por jogo, Valdivia tem média de 14 participações por jogo e finaliza 1,3 por jogo. Observamos uma participação muito maior durante o jogo dos jogadores do FC Barcelona em relação as equipes do São Paulo FC e do SC Internacional que tem números individuais bem abaixo da equipe europeia. Dos três clubes pesquisados no presente estudo, Messi é o jogador que mais participa do jogo na equipe do FC Barcelona, já no São Paulo FC, o jogador que mais participa do jogo é Denilson que não está entre os principais jogadores que foram pesquisados, no Internacional o jogador que mais participa é Aranguiz, que também não está entre os principais jogadores pesquisados da equipe. Além disso observamos as figuras de zona de calor, Denilson e Aranguiz atuam na mesma posição e de acordo com a zona de calor ocupam a mesma região. Conclusão Com referência no presente estudo, podemos concluir que o fato de ter a posse de bola não significa o domínio do jogo através de ações ofensivas, observamos que o São Paulo FC tem uma média de posse de bola praticamente igual ao FC Barcelona, porém é inferior em todos os outros elementos do jogo que foram estudados, alguns com uma diferença muito grande, assim como o SC Internacional que apesar de estar atrás em quase todos os critérios, ainda é superior ao São Paulo FC em média de gols marcados. O que podemos observar também através das figuras de zona de calor é que tanto São Paulo FC quanto SC Internacional tem como jogador mais acionado um volante que atua na mesma região do campo (Denilson São Paulo FC e Aranguiz Internacional), em áreas distantes do gol adversário na grande maioria do jogo e ambos não tem um jogador que atua no setor ofensivo como o mais acionado da equipe. No FC Barcelona o jogador mais acionado é Messi, que como pode ser visto na figura da zon de calor atua em uma área próxima do gol adversário. Assim conclui se que o FC Barcelona além de ter superioridade em todos os elementos analisados tem uma posse de bola atuando no campo adversário, tendo como referência que seu jogador mais acionado atua em uma área muito próximo ao gol adversário. Já São Paulo FC e SC Internacional tem uma posse de bola distante do gol adversário onde é menos pressionado pelo adversário, assim facilitando a troca de passes, porém dificultando suas ações ofensivas, isto pode explicar a proximidade da média de posse de bola entre FC Barcelona e São Paulo FC. Poucas equipes conseguem transformar posse de bola em ações ofensivas e objetivas e consequentemente fazer os números de posse de bola transformar se em domínio real da partida, tal como o FC Barcelona.

7 BIBLIOGRAFIA GARGANTA, J. Modelação táctica do jogo de Futebol: estudo da organização da fase ofensiva em equipas de alto rendimento p. Tese (Doutorado) - Faculdade de Desporto, Universidade do Porto, Porto, 1997 Garganta, J. New trends of performance analysis in team sports bringing the gap betwen research, training and competition in: Conference presented to the satellite symposia of the European College Sports Sciences: SPORTS GAMES COACHING AND PERFORMANCE. Faculty of Sports University of Porto, JAMES, N; JONES, P.D; MELLALIEU, S.D. (2004). Possession as a Performance Indicator in Soccer. International Journal of Performance Analysis in Sport, 4, 1, LAGO-PEÑAS, C.; LAGO-BALLESTEROS, J.; REY, E. Differences in performance indicators between winning and losing teams in the UEFA Champions League. Journal of Human Kinetics, v.27, p LEMOINE, A.; JULLIEN, H.; GENOLINI, C. Origine et déroulement du jeu en déviation en football. Analyse des mouvements collectifs offensifs au cours de l Euro Staps, v.3, n.77, agosto, p LEMOINE, A.; JULLIEN, H. Etude de la production d Information dans le cadre de la transmission instantanée du ballon en football. ejrieps, n.6, p Jeu en déviation et configurations du jeu en football. ejrieps, julho 2008, p pt.uefa.com

Palavras-chave: Futebol; Performance; Posse de bola; Seleção espanhola.

Palavras-chave: Futebol; Performance; Posse de bola; Seleção espanhola. ANÁLISE DA POSSE DE BOLA DA SELEÇÃO ESPANHOLA NA COPA DO MUNDO DE FUTEBOL FIFA - ÁFRICA DO SUL/2010: ESTUDO COMPARATIVO ENTRE AS FASES CLASSIFICATÓRIA E ELIMINATÓRIA. Andrade, M.O.C a ; Padilha, M. a.b

Leia mais

COMPARAÇÃO DA CIRCULAÇÃO DE BOLA ENTRE EQUIPES BRASILEIRAS EM UMA COMPETIÇÃO REGIONAL

COMPARAÇÃO DA CIRCULAÇÃO DE BOLA ENTRE EQUIPES BRASILEIRAS EM UMA COMPETIÇÃO REGIONAL 708 ROLHFS, I. C. P. M; et al. A escala de humor de Brunel (Brums): instrumetno para detecção precoce da síndrome do excesso de treinamento. Rev Bras Med Esporte. v. 14, n. 3, mar/jun, p. 176-181, 2008.

Leia mais

EXEMPLO: QUANTIFICAÇÃO DAS AÇÕES OFENSIVAS DO GOALBALL NOS JOGOS PARALÍMPICOS DE LONDRES

EXEMPLO: QUANTIFICAÇÃO DAS AÇÕES OFENSIVAS DO GOALBALL NOS JOGOS PARALÍMPICOS DE LONDRES EXEMPLO: QUANTIFICAÇÃO DAS AÇÕES OFENSIVAS DO GOALBALL NOS JOGOS PARALÍMPICOS DE LONDRES 2012 Thiago Magalhães / UNICAMP Otávio Luis Piva da Cunha Furtado / UNICAMP Márcio Pereira Morato / USP Diego Henrique

Leia mais

Justificativa Elevamos nossa avaliação para o valor de mercado de Neymar, do Barcelona, em 22,6%, de 55 milhões para 67,4 milhões.

Justificativa Elevamos nossa avaliação para o valor de mercado de Neymar, do Barcelona, em 22,6%, de 55 milhões para 67,4 milhões. Análise do Valor de Mercado Neymar - Barcelona PLURI Consultoria - O Esporte levado a Sério www.pluriconsultoria.com.br DISCLOSURE: Esta é uma avaliação estritamente técnica e baseada em modelo metodológico

Leia mais

Influência do desempenho tático sobre o resultado final em jogo reduzido de futebol 1

Influência do desempenho tático sobre o resultado final em jogo reduzido de futebol 1 DOI: 10.4025/reveducfis.v24.3.18902 Influência do desempenho tático sobre o resultado final em jogo reduzido de futebol 1 Influence of tactical performance over the final score of small-sided soccer matches

Leia mais

Renê Drezner INTRODUÇÃO

Renê Drezner INTRODUÇÃO A Posição dos blocos continentais no mercado internacional do futebol através da análise da situação dos jogadores que disputaram a Copa do Mundo de 2014 Renê Drezner INTRODUÇÃO Os jogos de futebol representam

Leia mais

Cristiano Ronaldo O futebolista mais valioso do mundo. Janeiro 2015

Cristiano Ronaldo O futebolista mais valioso do mundo. Janeiro 2015 Cristiano Ronaldo O futebolista mais valioso do mundo Janeiro 2015 Índice Contexto 02 Objectivos 03 Metodologia 04 Imagem 05 Sports Reputation Index by IPAM 07 Determinação do valor potencial 12 Conclusões

Leia mais

JOGANDO NA PRÉ-TEMPORADA. Do mesmo modo, custa-me entender a evolução de um jogador à margem da evolução da equipa.

JOGANDO NA PRÉ-TEMPORADA. Do mesmo modo, custa-me entender a evolução de um jogador à margem da evolução da equipa. JOGANDO NA PRÉ-TEMPORADA Do mesmo modo, custa-me entender a evolução de um jogador à margem da evolução da equipa. Mourinho em Oliveira et alii (2006, pg. 153) Muito se fala da necessidade de um maior

Leia mais

COMUNICADO OFICIAL N.: 5 DATA: 2012.07. 07.10 ALTERAÇÕES ÀS LEIS DO JOGO DE FUTEBOL ONZE 2012/13

COMUNICADO OFICIAL N.: 5 DATA: 2012.07. 07.10 ALTERAÇÕES ÀS LEIS DO JOGO DE FUTEBOL ONZE 2012/13 ALTERAÇÕES ÀS LEIS DO JOGO DE FUTEBOL ONZE 2012/13 Para conhecimento geral, informa-se que a FIFA, através da sua Circular Nº 1302 de 31.05.2012, divulgou as alterações às leis do jogo 2012/13, que se

Leia mais

Cristiano Ronaldo O futebolista mais valioso do mundo. Janeiro 2014

Cristiano Ronaldo O futebolista mais valioso do mundo. Janeiro 2014 Cristiano Ronaldo O futebolista mais valioso do mundo Janeiro 2014 Índice Contexto 02 Objectivos 03 Metodologia 04 Imagem 05 Sports Reputation Index by IPAM 07 Determinação do valor potencial 12 Prevendo

Leia mais

Como acontece em vários esportes, há divergências no que se refere à história de origem do futsal. Alguns acreditam que o mesmo tenha se originado na

Como acontece em vários esportes, há divergências no que se refere à história de origem do futsal. Alguns acreditam que o mesmo tenha se originado na FUTSAL O futebol de salão conhecido apenas como futsal é uma prática adaptada do futebol. Em uma quadra esportiva são formados times de cinco jogadores e assim como no futebol, o principal objetivo é colocar

Leia mais

PLURI VIEW O Apagão Tático do Futebol Brasileiro

PLURI VIEW O Apagão Tático do Futebol Brasileiro PLURI VIEW O Apagão Tático do Futebol Brasileiro Autor Economista, Especialista em Gestão e Marketing do Esporte, e Pesquisa de Mercado. Twitter: @fernandopluri PLURI Consultoria Economia, Sport Business

Leia mais

DADOS IMPORTANTES DE WILLIAN

DADOS IMPORTANTES DE WILLIAN Press Release WILLIAN Nome: Willian Borges da Silva Data de nascimento: 09/08/1988 Local: Ribeirão Pires (SP) Altura: 1,75 m Peso: 75 kg Posição: Meia Clubes: SC Corinthians P (2005 a 2007), FC Shakhtar

Leia mais

Princípios de Jogo Formação - Infantis 2013-2014

Princípios de Jogo Formação - Infantis 2013-2014 O futebol é um jogo de oposição entre os jogadores de duas equipas e, simultaneamente, um jogo de cooperação entre os elementos da mesma equipa que procuram, a todo o momento, a adopção de comportamentos

Leia mais

Pró-Reitoria de Graduação Educação Física

Pró-Reitoria de Graduação Educação Física Pró-Reitoria de Graduação Educação Física Trabalho LUCA de LAMEIRA Conclusão ANTUNES de Curso ANÁLISE DOS GOLS QUE SE ORIGINARAM DE BOLAS PARADAS DO CAMPEONATO BRASILEIRO DE FUTEBOL DE CAMPO DE 2011 Artigo

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL ESCOLA DE EDUCAÇÃO FÍSICA. Daniel Elias Brunetto Perin

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL ESCOLA DE EDUCAÇÃO FÍSICA. Daniel Elias Brunetto Perin UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL ESCOLA DE EDUCAÇÃO FÍSICA Daniel Elias Brunetto Perin ANÁLISE DAS FINALIZAÇÕES E POSSE DE BOLA EM RELAÇÃO AO RESULTADO DO JOGO DE FUTEBOL Porto Alegre 2012 Daniel

Leia mais

Análise multivariada aplicada em dados de futebol Campeonato Brasileiro de 2011

Análise multivariada aplicada em dados de futebol Campeonato Brasileiro de 2011 Análise multivariada aplicada em dados de futebol Campeonato Brasileiro de 2011 Juliane Jussara Affonso 1 Vilma Mayumi Tachibana 1 1 Introdução O aumento da competitividade no futebol durante os últimos

Leia mais

Análise do Scout individual da Equipe Profissional de Futebol do Londrina Esporte Clube no Campeonato Paranaense de 2003

Análise do Scout individual da Equipe Profissional de Futebol do Londrina Esporte Clube no Campeonato Paranaense de 2003 62 Luiz Antonio de Oliveira Ramos Filho; Daniel Medeiros Alves Revista Treinamento Desportivo / 2006 Volume 7 Número 1 Página 62 a 67 Análise do Scout individual da Equipe Profissional de Futebol do Londrina

Leia mais

O Rugby na Escola. Acção de Formação Maia Saudável Junho 2009. Francisco Carvalho - "Maia Saudável" - 2009

O Rugby na Escola. Acção de Formação Maia Saudável Junho 2009. Francisco Carvalho - Maia Saudável - 2009 O Rugby na Escola Acção de Formação Maia Saudável Junho 2009 História do Jogo O rugby teve origem em Inglaterra quando um estudante, Web Wellis do Colégio de Rugby, durante um jogo de futebol, segurou

Leia mais

Revista Andaluza de Medicina del Deporte. Rev Andal Med Deporte. 2014;7(1):13-20. www.elsevier.es/ramd

Revista Andaluza de Medicina del Deporte. Rev Andal Med Deporte. 2014;7(1):13-20. www.elsevier.es/ramd C E N T R O A N D A L U Z D E M E D I C I N A D E L D E P O R T E Volumen. 7 Número. 1 Marzo 214 Incluida en: Thermographic profile of soccer players lower limbs Influence of cryotherapy on muscle damage

Leia mais

&RUUHODomRHQWUHYLWyULDVH SDVVHVHUUDGRVQRIXWHERO SURILVVLRQDO

&RUUHODomRHQWUHYLWyULDVH SDVVHVHUUDGRVQRIXWHERO SURILVVLRQDO &RUUHODomRHQWUHYLWyULDVH SDVVHVHUUDGRVQRIXWHERO SURILVVLRQDO Mestrado em Ciências do Movimento, Universidade Guarulhos (UnG) Fabio Aires da Cunha fabiocunha@hotmail.com (Brasil) http://www.efdeportes.com/

Leia mais

2ª Copa Sul-Americana de Futebol Amizade Jóia Adamantina / Lucélia - SP 05 a 11 de Julho de 2014 TABELA DE DOMINGO - 06/07/2014

2ª Copa Sul-Americana de Futebol Amizade Jóia Adamantina / Lucélia - SP 05 a 11 de Julho de 2014 TABELA DE DOMINGO - 06/07/2014 2ª Copa Sul-Americana de Futebol Amizade Jóia Adamantina / Lucélia - SP 05 a 11 de Julho de 2014 Prefeitura Municipal Sec. de Esporte e Lazer de Adamantina e Lucélia Organização: WM Show de Bola Site oficial:

Leia mais

Nome: Alessandro Rosa Vieira. Apelido: Falcão. Posição: Ala. Camisa: 12. Natural de: São Paulo (SP) Nascimento: 08/06/1977. Altura: 1,77m.

Nome: Alessandro Rosa Vieira. Apelido: Falcão. Posição: Ala. Camisa: 12. Natural de: São Paulo (SP) Nascimento: 08/06/1977. Altura: 1,77m. Alessandro Rosa Vieira, ou simplesmente Falcão, iniciou sua carreira defendendo o AACC Guapira (SP) em 1991 e sua incrível habilidade logo chamou a atenção do Corinthians (SP), equipe que defendeu de 1992

Leia mais

Abordagens Matemáticas e Estatísticas para o Futebol

Abordagens Matemáticas e Estatísticas para o Futebol Universidade Estadual de Campinas UNICAMP Abordagens Matemáticas e Estatísticas para o Futebol Aluna: Juliana Mayumi Aoki Orientador: Laércio Luis Vendite Identificação do trabalho Título Abordagens Matemáticas

Leia mais

COPA DOS CAMPEÕES UNILIGAS 2015 REGULAMENTO

COPA DOS CAMPEÕES UNILIGAS 2015 REGULAMENTO COPA DOS CAMPEÕES UNILIGAS 2015 REGULAMENTO DA DENOMINAÇÃO E PARTICIPAÇÃO Art. 1º Á COPA DOS CAMPEÕES UNILIGAS 2015, será disputada pelas 7 (sete) equipes Campeãs e as 7(sete) equipes Vice Campeãs das

Leia mais

MUNDIAL DE CLUBES DA FIFA

MUNDIAL DE CLUBES DA FIFA MUNDIAL DE CLUBES DA FIFA MUNDIAL DE CLUBES DA FIFA Após os Campeonatos Paulista e Carioca, Copa do Brasil, Copa Sul-Americana, Campeonato Brasileiro, Liga dos Campeões da UEFA e as Copas do Mundo FIFA,

Leia mais

A Band traz para seus telespectadores e seus parceiros o melhor futebol do mundo em 2013.

A Band traz para seus telespectadores e seus parceiros o melhor futebol do mundo em 2013. COPA DAS CONFEDERAÇÕES 2013 APRESENTAÇÃO A Band traz para seus telespectadores e seus parceiros o melhor futebol do mundo em 2013. Além da transmissão dos principais campeonatos de clubes do Brasil e da

Leia mais

ANÁLISE QUANTITATIVA DOS JOGOS DE UMA EQUIPE PROFISSIONAL DA ELITE DO FUTEBOL MINEIRO

ANÁLISE QUANTITATIVA DOS JOGOS DE UMA EQUIPE PROFISSIONAL DA ELITE DO FUTEBOL MINEIRO DOI: 10.4025/reveducfis.v20i1.5840 ANÁLISE QUANTITATIVA DOS JOGOS DE UMA EQUIPE PROFISSIONAL DA ELITE DO FUTEBOL MINEIRO QUANTITATIVE GAME ANALYSIS OF A PROFESSIONAL ELITE SOCCER TEAM FROM MINAS GERAIS

Leia mais

Velocidade no Futebol - Capacidade é complexa e precisa ser analisada de forma global

Velocidade no Futebol - Capacidade é complexa e precisa ser analisada de forma global Velocidade no Futebol - Capacidade é complexa e precisa ser analisada de forma global Marcio Faria CORREA Quando falamos em velocidade, uma capacidade neuro-motora tão importante para a maioria dos esportes,

Leia mais

COMPARAÇÃO DA ORGANIZAÇÃO TÁTICA OFENSIVA DAS SELEÇÕES DA HOLANDA E INGLATERRA NA 1ª FASE DA COPA DO MUNDO DE 2010.

COMPARAÇÃO DA ORGANIZAÇÃO TÁTICA OFENSIVA DAS SELEÇÕES DA HOLANDA E INGLATERRA NA 1ª FASE DA COPA DO MUNDO DE 2010. COMPARAÇÃO DA ORGANIZAÇÃO TÁTICA OFENSIVA DAS SELEÇÕES DA HOLANDA E INGLATERRA NA 1ª FASE DA COPA DO MUNDO DE 2010. Bruno Vinicius de Freitas Silva Renato Henrique dos Santos Maurício Teodoro de Souza

Leia mais

ANTF. Acção de Actualização para Treinadores de Futebol de Jovens. Simplificação da Estrutura Complexa do Jogo. Fases do Jogo

ANTF. Acção de Actualização para Treinadores de Futebol de Jovens. Simplificação da Estrutura Complexa do Jogo. Fases do Jogo ANTF Acção de Actualização para Treinadores de Futebol de Jovens Simplificação da Estrutura Complexa do Jogo Fases do Jogo VÍTOR URBANO FASES DO JOGO No Futebol Moderno, todos os jogadores da equipa, sem

Leia mais

UM ESTUDO SOBRE O MOMENTO DE INCIDÊNCIA DE GOLS E A COMPARAÇÃO ENTRE A EQUIPE MANDANTE E A VISITANTE NO CAMPEONATO PAULISTA DE 2009

UM ESTUDO SOBRE O MOMENTO DE INCIDÊNCIA DE GOLS E A COMPARAÇÃO ENTRE A EQUIPE MANDANTE E A VISITANTE NO CAMPEONATO PAULISTA DE 2009 Recebido em: 1/3/211 Emitido parece em: 23/3/211 Artigo inédito UM ESTUDO SOBRE O MOMENTO DE INCIDÊNCIA DE GOLS E A COMPARAÇÃO ENTRE A EQUIPE MANDANTE E A VISITANTE NO CAMPEONATO PAULISTA DE 29 Leandro

Leia mais

Marcelo Vilhena Silva CURRICULUM VITAE

Marcelo Vilhena Silva CURRICULUM VITAE Marcelo Vilhena Silva CURRICULUM VITAE Curitiba 2014 1- DADOS PESSOAIS Nome: Marcelo Vilhena Silva Filiação: Fernando Antônio da Silva e Ivana Vilhena Silva Nascimento: 12/07/1975, Belo Horizonte/MG Brasil.

Leia mais

Copa do Mundo aquece venda de camarotes em arenas do país

Copa do Mundo aquece venda de camarotes em arenas do país B O L E T I M OFERECIMENTO SEGUNDA-FEIRA, 18 DE MAIO DE 2015 NÚMERO DO DIA US$ 200 mil o Boca Juniors pagará de multa pelo ocorrido na Libertadores; o time foi eliminado do torneio EDIÇÃO 256 Copa do Mundo

Leia mais

REGULAMENTO DO CAMPEONATO CARIOCA DE FUTEBOL 7. DA SÉRIE A - 2014 e 2015

REGULAMENTO DO CAMPEONATO CARIOCA DE FUTEBOL 7. DA SÉRIE A - 2014 e 2015 REGULAMENTO DO CAMPEONATO CARIOCA DE FUTEBOL 7 DA SÉRIE A - 2014 e 2015 I - DISPOSIÇÕES PRELIMINARES DO PERÍODO DE REALIZAÇÃO Artigo 1º - O Campeonato Carioca 2014 - Série A, competição de organização

Leia mais

ELES SABEM JOGAR: O LEGADO DO BRASIL PARA O FUTEBOL EUROPEU

ELES SABEM JOGAR: O LEGADO DO BRASIL PARA O FUTEBOL EUROPEU ELES SABEM JOGAR: O LEGADO DO BRASIL PARA O FUTEBOL EUROPEU BRAZIL S LEGACY TO EUROPEAN FOOTBALL Eles sabem jogar foi o comentário breve, mas profundo de Sir Alf Ramsey sobre a famosa equipe brasileira

Leia mais

APRENDER A APRENDER EDUCAÇÃO FÍSICA DINÂMICA LOCAL INTERATIVA CONTEÚDO E HABILIDADES HOJE EU APRENDI. AULA: 11.2 Conteúdo: Formas de praticar futebol

APRENDER A APRENDER EDUCAÇÃO FÍSICA DINÂMICA LOCAL INTERATIVA CONTEÚDO E HABILIDADES HOJE EU APRENDI. AULA: 11.2 Conteúdo: Formas de praticar futebol AULA: 11.2 Conteúdo: Formas de praticar futebol AULA: 11.2 Habilidades: Compreender as diferenças entre os esportes: educacional, de rendimento e de participação As dimensões sociais do esporte: Forma

Leia mais

REGULAMENTO DANONE COPA DAS NAÇÕES

REGULAMENTO DANONE COPA DAS NAÇÕES REGULAMENTO DANONE COPA DAS NAÇÕES Capítulo 1 Da Finalidade Artigo 1º - A DANONE COPA DAS NAÇÕES tem como objetivo incentivar a prática esportiva no meio estudantil e comunitário e promover o intercâmbio,

Leia mais

Cid de Paula França Neto

Cid de Paula França Neto Cid de Paula França Neto ANÁLISE DE SCOUT NO FUTEBOL: Fundamentos técnicos individuais da equipe profissional de futebol do Cruzeiro Esporte Clube no primeiro turno do Campeonato Brasileiro 2010 UNIVERSIDADE

Leia mais

SISTEMA 4-3-3. Brasil (1962). Origem no 4-2-4. Brasil (1970)

SISTEMA 4-3-3. Brasil (1962). Origem no 4-2-4. Brasil (1970) SISTEMA 4-3-3 HISTÓRICO/EVOLUÇÃO O sistema 4-3-3 tem sua origem no 4-2-4. O Brasil tinha como base o sistema 4-2-4 na Copa do Mundo de 1962. Zagallo era o ponta esquerda, com o seu recuo para auxiliar

Leia mais

COMUNICADO OFICIAL N.: 15 DATA: 2012.07.17 ALTERAÇÕES, EMENDAS E CORREÇÕES LEIS DO JOGO DE FUTSAL 2012/13 + DECISÕES IFAB A TODOS OS MEMBROS DA FIFA

COMUNICADO OFICIAL N.: 15 DATA: 2012.07.17 ALTERAÇÕES, EMENDAS E CORREÇÕES LEIS DO JOGO DE FUTSAL 2012/13 + DECISÕES IFAB A TODOS OS MEMBROS DA FIFA ALTERAÇÕES, EMENDAS E CORREÇÕES LEIS DO JOGO DE FUTSAL 2012/13 + DECISÕES IFAB A TODOS OS MEMBROS DA FIFA Zurique, 2 de julho de 2012 Em colaboração com a subcomissão do International Football Association

Leia mais

UNIVERSO - Disciplina: Futebol e Futsal Prof. Sandro de Souza

UNIVERSO - Disciplina: Futebol e Futsal Prof. Sandro de Souza SISTEMAS OFENSIVOS E DEFENSIVOS DO FUTSAL Sistema é o posicionamento organizado dos jogadores de uma equipe na quadra. Para que o professor posicione a equipe na quadra de forma organizada, inteligente,

Leia mais

FATORES RELACIONADOS COM O NÍVEL DE ANSIEDADE EM ATLETAS DE FUTEBOL FEMININO

FATORES RELACIONADOS COM O NÍVEL DE ANSIEDADE EM ATLETAS DE FUTEBOL FEMININO FATORES RELACIONADOS COM O NÍVEL DE ANSIEDADE EM ATLETAS DE FUTEBOL FEMININO (FACTORS RELATED TO THE ANXIETY LEVEL IN FOOTBALL FEMALE ATHLETES) Marcos Vinicius Dias Munhóz 1 ; Claudia Teixeira-Arroyo 1,2

Leia mais

Clubes Europeus avançam sobre Torcedores Brasileiros

Clubes Europeus avançam sobre Torcedores Brasileiros PLURI View Clubes Europeus avançam sobre Torcedores Brasileiros PLURI Consultoria Pesquisa, Valuation, Gestão e marketing Esportivo. Curitiba-PR Twitter: @pluriconsult www.facebook/pluriconsultoria Fernando

Leia mais

INFORMAÇÕES PESSOAIS. 2.011 Campeão Sub-11 da 2ª Copa de Futebol de Base Wagner Ribeiro E.F. Poços de Caldas F.C.

INFORMAÇÕES PESSOAIS. 2.011 Campeão Sub-11 da 2ª Copa de Futebol de Base Wagner Ribeiro E.F. Poços de Caldas F.C. EQUIPES E ESCOLINHAS DE FUTEBOL QUE TRABALHOU INFORMAÇÕES PESSOAIS NOME: Marcelo Albino DATA DE NASCIMENTO: 15/03/1.980 IDADE: 32 anos NATURALIDADE: Poços de Caldas M.G. NACIONALIDADE: Brasil FORMAÇÃO:

Leia mais

Jornadas Técnico-Pedagógica Hóquei em Patins

Jornadas Técnico-Pedagógica Hóquei em Patins Federação Portuguesa de Patinagem Jornadas Técnico-Pedagógica Hóquei em Patins Associação de Patinagem de Lisboa GrupoDesportivode Patinagem Cascais, 23 de Abril de 2005 Federação Portuguesa de Patinagem

Leia mais

SITUAÇÕES TÁTICAS DO DESARME COM RECUPERAÇÃO DA BOLA NOS JOGOS DE FUTEBOL

SITUAÇÕES TÁTICAS DO DESARME COM RECUPERAÇÃO DA BOLA NOS JOGOS DE FUTEBOL SITUAÇÕES TÁTICAS DO DESARME COM RECUPERAÇÃO DA BOLA NOS JOGOS DE FUTEBOL Laércio Ferreira de Oliveira 1 ; Antonio Coppi Navarro 1 1 PPGLS-UGF/Especialização em Metodologia da Aprendizagem e Treinamento

Leia mais

ANÁLISE DOS PADRÕES DE RECUPERAÇÃO DA POSSE DE BOLA DA SELEÇÃO BRASILEIRA DE FUTEBOL NA COPA DO MUNDO FIFA 2014

ANÁLISE DOS PADRÕES DE RECUPERAÇÃO DA POSSE DE BOLA DA SELEÇÃO BRASILEIRA DE FUTEBOL NA COPA DO MUNDO FIFA 2014 ANÁLISE DOS PADRÕES DE RECUPERAÇÃO DA POSSE DE BOLA DA SELEÇÃO BRASILEIRA DE FUTEBOL NA COPA DO MUNDO FIFA 2014 Fernando Silva / NUPEF UFV Henrique Américo / NUPEF UFV Rodrigo Santos / NUPEF UFV Israel

Leia mais

nosso futebol no topo do mundo Copa do Mundo de 2014 modernas arenas craques estrelas fará de nossos clubes potências de alcance mundial Barcelona

nosso futebol no topo do mundo Copa do Mundo de 2014 modernas arenas craques estrelas fará de nossos clubes potências de alcance mundial Barcelona FUTEBOL ESTATÍSTICA Após o crescimento desenfreado que tomou de golpe o futebol brasileiro e o Brasil como um todo em 2012, os dirigentes, jogadores e as mídias que exploram nossa paixão nacional como

Leia mais

Nome: Carlos Renato Frederico. Nascimento: Morungaba/SP. Data: 21-02-1957.

Nome: Carlos Renato Frederico. Nascimento: Morungaba/SP. Data: 21-02-1957. Nome: Carlos Renato Frederico. Nascimento: Morungaba/SP. Data: 21-02-1957. Clubes: Guarani, São Paulo, Botafogo-RJ, Atlético-MG, Yokohama e Kashiwa Reysol (ambos do Japão), Ponte Preta e Taubaté Títulos:

Leia mais

Revista Brasileira de Futsal e Futebol ISSN 1984-4956 versão eletrônica

Revista Brasileira de Futsal e Futebol ISSN 1984-4956 versão eletrônica 37 O ÍNDICE DE APROVEITAMENTO DOS CONTRA-ATAQUES É SUPERIOR AOS DAS JOGADAS OFENSIVAS DE POSSE DE BOLA Fábio Figuerôa dos Santos 1 RESUMO Este estudo teve o objetivo de analisar o índice de aproveitamento

Leia mais

INFORMAÇÕES PESSOAIS. 2.010 Vice-campeão Sub-11 da 2ª Copa Vargem Grande do Sul de Futebol

INFORMAÇÕES PESSOAIS. 2.010 Vice-campeão Sub-11 da 2ª Copa Vargem Grande do Sul de Futebol INFORMAÇÕES PESSOAIS NOME: Marcelo Albino DATA DE NASCIMENTO: 15/03/1.980 IDADE: 32 anos NATURALIDADE: Poços de Caldas M.G. NACIONALIDADE: Brasil FORMAÇÃO: Formando em Educação Física na UNIFAE em Bacharelado

Leia mais

O BRASIL É A BOLA DA VEZ!

O BRASIL É A BOLA DA VEZ! O BRASIL É A BOLA DA VEZ! Em outros tempos o próprio brasileiro não confiava no país... Hoje o mundo inteiro enxerga o Brasil com outros olhos. O constante crescimento econômico e eventos como a Copa do

Leia mais

ANÁLISE DA RELAÇÃO ENTRE A CIRCULAÇÃO E O TEMPO DE POSSE DE BOLA DA SELEÇÃO ESPANHOLA DE FUTEBOL NA COPA DO MUNDO FIFA 2010

ANÁLISE DA RELAÇÃO ENTRE A CIRCULAÇÃO E O TEMPO DE POSSE DE BOLA DA SELEÇÃO ESPANHOLA DE FUTEBOL NA COPA DO MUNDO FIFA 2010 ANÁLISE DA RELAÇÃO ENTRE A CIRCULAÇÃO E O TEMPO DE POSSE DE BOLA DA SELEÇÃO ESPANHOLA DE FUTEBOL NA COPA DO MUNDO FIFA 2010 1, 2, 3 Rodrigo de Miranda Monteiro Santos Marcelo Odilon Cabral de Andrade 1,2,

Leia mais

AS REGRAS DO BASQUETEBOL

AS REGRAS DO BASQUETEBOL AS REGRAS DO BASQUETEBOL A BOLA A bola é esférica, de cabedal, borracha ou material sintéctico. O peso situa-se entre 600 g e 650g e a circunferência deve estar compreendida entre 75 cm e 78 cm. CESTOS

Leia mais

FUTEBOL NÃO DEIXE O JOGO TOMAR CONTA DE SI. POR FAVOR, JOGUE COM RESPONSABILIDADE.

FUTEBOL NÃO DEIXE O JOGO TOMAR CONTA DE SI. POR FAVOR, JOGUE COM RESPONSABILIDADE. FUTEBOL As pessoas que apostam responsavelmente certificam-se que conhecem todas as particularidades do evento em que irão apostar. Elas decidem com antecedência quanto tempo e dinheiro querem gastar.

Leia mais

WebFoot : Um Jogo de Simulação de Gerenciamento de Equipe de Futebol

WebFoot : Um Jogo de Simulação de Gerenciamento de Equipe de Futebol WebFoot : Um Jogo de Simulação de Gerenciamento de Equipe de Futebol Diego Lucena Machado, Rodrigo Prestes Machado Curso de Análise e Desenvolvimento de Sistemas Faculdade de Tecnologia SENAC RS (FATEC/RS)

Leia mais

DESCRIÇÃO DA PERCEPÇÃO DE ESFORÇO FRENTE ÀS MODIFICAÇÕES DE REGRAS EM JOGOS-TREINO NO BASQUETEBOL.

DESCRIÇÃO DA PERCEPÇÃO DE ESFORÇO FRENTE ÀS MODIFICAÇÕES DE REGRAS EM JOGOS-TREINO NO BASQUETEBOL. Revista Hórus, volume 7, número 1 (Jan-Mar), 2013. 24 DESCRIÇÃO DA PERCEPÇÃO DE ESFORÇO FRENTE ÀS MODIFICAÇÕES DE REGRAS EM JOGOS-TREINO NO BASQUETEBOL. Murilo José de Oliveira Bueno¹ e Felipe Arruda Moura

Leia mais

UEFA CHAMPIONS LEAGUE - ÉPOCA 2015/16 DOSSIERS DE IMPRENSA

UEFA CHAMPIONS LEAGUE - ÉPOCA 2015/16 DOSSIERS DE IMPRENSA UEFA CHAMPIONS LEAGUE - ÉPOCA 2015/16 DOSSIERS DE IMPRENSA SL Benfica Estádio do Sport Lisboa e Benfica - Lisboa Terça-feira, 3 de Novembro de 2015 20.45CET (19.45 Hora local) Grupo C - Jornada 4 Galatasaray

Leia mais

ANEXO I. Bolsa Atleta-IF. Requerimento

ANEXO I. Bolsa Atleta-IF. Requerimento INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SUDESTE DE MINAS GERAIS CÂMPUS SÃO JOÃO DEL-REI ANEXO I Bolsa Atleta-IF Requerimento COLAR FOTO Eu, aluno (a) do curso,, matrícula, venho, através

Leia mais

Monografia do projeto do Curso de Introdução ao Escalonamento Geração de tabelas de futebol. Rodrigo L. M. Flores #USP 5127470

Monografia do projeto do Curso de Introdução ao Escalonamento Geração de tabelas de futebol. Rodrigo L. M. Flores #USP 5127470 Monografia do projeto do Curso de Introdução ao Escalonamento Geração de tabelas de futebol Rodrigo L. M. Flores #USP 5127470 13 de dezembro de 2009 1 Introdução Torneios de futebol há muito tempo deixaram

Leia mais

SUPER RANKING MUNDIAL DE CLUBES DE FUTEBOL ( SRM) MELHORAMENTOS ANUAIS 2012

SUPER RANKING MUNDIAL DE CLUBES DE FUTEBOL ( SRM) MELHORAMENTOS ANUAIS 2012 SUPER RANKING MUNDIAL DE CLUBES DE ( SRM) MELHORAMENTOS ANUAIS 2012 Dezembro 2011 1- Introdução A metodologia do SRM estabelece que o modelo seja revisto no final de cada ano. As alterações resultantes

Leia mais

TÁTICAS BÁSICAS DO VOLEIBOL TÁTICAS BÁSICAS DO VOLEIBOL SISTEMAS TÁTICOS

TÁTICAS BÁSICAS DO VOLEIBOL TÁTICAS BÁSICAS DO VOLEIBOL SISTEMAS TÁTICOS TÁTICAS BÁSICAS DO VOLEIBOL TÁTICAS BÁSICAS DO VOLEIBOL SISTEMAS TÁTICOS Para o melhor entendimento técnico e tático das definições sobre os sistemas de jogo adotados no voleibol, é necessário, em primeiro

Leia mais

Unidade didática de Futebol Objetivos gerais do Futebol

Unidade didática de Futebol Objetivos gerais do Futebol 102 Recursos do Professor Unidade didática de Futebol Objetivos gerais do Futebol Cooperar com os companheiros para o alcance do objetivo do Futebol, desempenhando com oportunidade e correção as ações

Leia mais

As diferentes funções que o modelo de jogo da equipe desencadeia ao goleiro uma comparação entre Brasil e Alemanha

As diferentes funções que o modelo de jogo da equipe desencadeia ao goleiro uma comparação entre Brasil e Alemanha As diferentes funções que o modelo de jogo da equipe desencadeia ao goleiro uma comparação entre Brasil e Alemanha As funções que o modelo de jogo da equipe desencadeia ao goleiro FERNANDO PAIVA CORRÊA

Leia mais

APOSTILA DE RUGBY O RUGBY BRASILEIRO

APOSTILA DE RUGBY O RUGBY BRASILEIRO APOSTILA DE RUGBY O RUGBY BRASILEIRO História do Rugby no Brasil -O RUGBY chegou ao BRASIL no século retrasado. -Charles Miller teria organizado em 1895 o primeiro time de rugby brasileiro, em São Paulo.

Leia mais

COURSE OF GRADUATION Full Degree in Physical Education and Sports - Faculty Gama Filho - RJ (1976 to 1980)

COURSE OF GRADUATION Full Degree in Physical Education and Sports - Faculty Gama Filho - RJ (1976 to 1980) CURRICULUM VITAE PERSONAL DATA Name: João Carlos da Silva Costa Date of Birth: January 15, 1956 Place of birth: Rio de Janeiro Nationality: Brazilian Marital status: Married Spouse's name: Sylvia Regina

Leia mais

ANÁLISE DA RELAÇÃO ENTRE A CIRCULAÇÃO E O TEMPO DE POSSE DE BOLA DA SELEÇÃO ESPANHOLA DE FUTEBOL NA COPA DO MUNDO FIFA 2010

ANÁLISE DA RELAÇÃO ENTRE A CIRCULAÇÃO E O TEMPO DE POSSE DE BOLA DA SELEÇÃO ESPANHOLA DE FUTEBOL NA COPA DO MUNDO FIFA 2010 ANÁLISE DA RELAÇÃO ENTRE A CIRCULAÇÃO E O TEMPO DE POSSE DE BOLA DA SELEÇÃO ESPANHOLA DE FUTEBOL NA COPA DO MUNDO FIFA 2010 Rodrigo de Miranda Monteiro Santos Marcelo Odilon Cabral de Andrade Israel Teoldo

Leia mais

1ºTorneio Bancário Society de Clubes Paulista REGULAMENTO 2015

1ºTorneio Bancário Society de Clubes Paulista REGULAMENTO 2015 REGULAMENTO 2015 1º Torneio Bancário Society de Clubes Paulista 2015, é uma promoção da Secretaria de Esporte do Sindicato dos Bancários, e tem por finalidade efetuar o congraçamento entre os bancários

Leia mais

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina Campus Sombrio Curso Técnico em Agropecuária Integrado ao Ensino Médio

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina Campus Sombrio Curso Técnico em Agropecuária Integrado ao Ensino Médio 1 Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina Campus Sombrio Curso Técnico em Agropecuária Integrado ao Ensino Médio DISCIPLINA: Educação Física CARGA HORÁRIA: 40hs PROFESSOR(A):

Leia mais

Espanholização do futebol brasileiro.

Espanholização do futebol brasileiro. Espanholização do futebol brasileiro. Corremos esse risco? Abril de 2013 Reflexão sobre o ambiente de negócios atual do futebol brasileiro. Marketing e Gestão Esportiva 1 O que ocorreu na Espanha O futebol

Leia mais

07/05/2013. VOLEIBOL 9ºAno. Profª SHEILA - Prof. DANIEL. Voleibol. Origem : William Morgan 1895 ACM s. Tênis Minonette

07/05/2013. VOLEIBOL 9ºAno. Profª SHEILA - Prof. DANIEL. Voleibol. Origem : William Morgan 1895 ACM s. Tênis Minonette VOLEIBOL 9ºAno Profª SHEILA - Prof. DANIEL Origem : William Morgan 1895 ACM s Tênis Minonette GRECO, 1998 1 Caracterização: O voleibol é um jogo coletivo desportivo, composto por duas equipes, cada uma

Leia mais

Desempenho tático de jovens jogadores de futebol: comparação entre equipes vencedoras e perdedoras em jogo reduzido

Desempenho tático de jovens jogadores de futebol: comparação entre equipes vencedoras e perdedoras em jogo reduzido Artigo Original Desempenho tático de jovens jogadores de futebol: comparação entre equipes vencedoras e perdedoras em jogo reduzido Tactical performance of youth soccer players: comparison between winners

Leia mais

Links CAMPEONATOS. Nacionais Seleções. Copa São Paulo de Juniores 2008 Eliminatórias 2010 - América do Sul

Links CAMPEONATOS. Nacionais Seleções. Copa São Paulo de Juniores 2008 Eliminatórias 2010 - América do Sul Links CAMPEONATOS Nacionais Seleções Copa São Paulo de Juniores 2008 Eliminatórias 2010 - América do Sul Copa do Brasil 2008 Eliminatórias 2010 - Oceania Regionais Eliminatórias 2010 - Africa Baiano 2008

Leia mais

Ano Lectivo 2009 / 2010. Projecto Nestum Rugby nas Escolas Introdução ao Rugby XV e aos Seven s

Ano Lectivo 2009 / 2010. Projecto Nestum Rugby nas Escolas Introdução ao Rugby XV e aos Seven s Ano Lectivo 2009 / 2010 Projecto Nestum Rugby nas Escolas Introdução ao Rugby XV e aos História do Rugby no Mundo De acordo com a lenda da criação do rugby, a modalidade teve início por William Webb Ellis,

Leia mais

UEFA CHAMPIONS LEAGUE - ÉPOCA 2015/16 DOSSIERS DE IMPRENSA

UEFA CHAMPIONS LEAGUE - ÉPOCA 2015/16 DOSSIERS DE IMPRENSA UEFA CHAMPIONS LEAGUE - ÉPOCA 2015/16 DOSSIERS DE IMPRENSA AS Roma Stadio Olimpico - Roma Quarta-feira, 16 de Setembro de 2015 20.45CET (20.45 Hora local) Grupo E - Jornada 1 FC Barcelona Última actualização

Leia mais

JOGOS DESPORTIVOS COLETIVOS

JOGOS DESPORTIVOS COLETIVOS JOGOS DESPORTIVOS COLETIVOS Prof. Ms. Daniel Querido danielquerido@gmail.com Ocupam lugar importante na cultura esportiva contemporânea Riqueza de situações: - constituem um meio formativo; - prática orientada

Leia mais

REGULAMENTO ESPECÍFICO CAMPEONATO ESTADUAL DE FUTEBOL DA PRIMEIRA DIVISÃO DE PROFISSIONAIS DO RIO GRANDE DO NORTE - 2014

REGULAMENTO ESPECÍFICO CAMPEONATO ESTADUAL DE FUTEBOL DA PRIMEIRA DIVISÃO DE PROFISSIONAIS DO RIO GRANDE DO NORTE - 2014 REGULAMENTO ESPECÍFICO CAMPEONATO ESTADUAL DE FUTEBOL DA PRIMEIRA DIVISÃO DE PROFISSIONAIS DO RIO GRANDE DO NORTE - 2014 DOS PARTICIPANTES Art. 1º - Integrarão o Campeonato Estadual de Futebol da Primeira

Leia mais

Futebol: paixão & negócios. 4 KPMG Business Magazine

Futebol: paixão & negócios. 4 KPMG Business Magazine Futebol: paixão & negócios 4 KPMG Business Magazine Gestão eficiente de estádios, com o uso comercial das estruturas, pode render receitas milionárias para os clubes Receitas do São Paulo com o Morumbi,

Leia mais

E Nas extremidades da rede existem duas antenas que delimitam o espaço aéreo de jogo.

E Nas extremidades da rede existem duas antenas que delimitam o espaço aéreo de jogo. V O L E I B O L A quadra de jogo A quadra de voleibol mede 18 x 9 metros e é demarcada por linhas de 5 centímetros de espessura. Possui uma linha central que divide a quadra em duas áreas com 9 x 9 metros.

Leia mais

Confederação Brasileira de Futsal

Confederação Brasileira de Futsal Emendas e correções às Regras do Futsal para os jogos a partir de 01/01/2015 Prezados Desportistas, Em colaboração com a International Football Association Board ( IFAB) e o Departamento de Arbitragem

Leia mais

IV JOGOS MUNICIPAIS DA TERCEIRA IDADE DE PORTO ALEGRE 1, 2 e 3 de julho de 2005 - Ginásio Tesourinha REGULAMENTO ESPECÍFICO. Módulo Competitivo

IV JOGOS MUNICIPAIS DA TERCEIRA IDADE DE PORTO ALEGRE 1, 2 e 3 de julho de 2005 - Ginásio Tesourinha REGULAMENTO ESPECÍFICO. Módulo Competitivo PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO ALEGRE SECRETARIA MUNICIPAL DE ESPORTES, RECREAÇÃO E LAZER IV JOGOS MUNICIPAIS DA TERCEIRA IDADE DE PORTO ALEGRE 1, 2 e 3 de julho de 2005 - Ginásio Tesourinha REGULAMENTO

Leia mais

ESTÁDIO DO SPORT LISBOA E BENFICA

ESTÁDIO DO SPORT LISBOA E BENFICA 2 ESTÁDIO DO SPORT LISBOA E BENFICA PISO 2. CAMAROTES 2 500 lugares Camarotes de Empresa Camarotes de Sócios Corporate Club Jazzy Health Club MUSEUM - restaurante panorâmico PISO 3 33 600 lugares 15 bares

Leia mais

REGULAMENTO ESPECÍFICO CAMPEONATO ESTADUAL DE FUTEBOL DA PRIMEIRA DIVISÃO DE PROFISSIONAIS DO RIO GRANDE DO NORTE 2016

REGULAMENTO ESPECÍFICO CAMPEONATO ESTADUAL DE FUTEBOL DA PRIMEIRA DIVISÃO DE PROFISSIONAIS DO RIO GRANDE DO NORTE 2016 REGULAMENTO ESPECÍFICO CAMPEONATO ESTADUAL DE FUTEBOL DA PRIMEIRA DIVISÃO DE PROFISSIONAIS DO RIO GRANDE DO NORTE 2016 DOS PARTICIPANTES Art. 1º - Integrarão o Campeonato Estadual de Futebol da Primeira

Leia mais

PROJECTO DE COMUNICAÇÃO

PROJECTO DE COMUNICAÇÃO PROJECTO DE COMUNICAÇÃO VITÓRIA SPORT CLUBE Visão O objectivo e desafio do Departamento de Comunicação visa ajudar a congregar os actos comunicativos de todos aqueles que fazem parte do Clube e transmitir

Leia mais

Análise do Valor de Mercado de Hernán Barcos, Palmeiras

Análise do Valor de Mercado de Hernán Barcos, Palmeiras nálise do Valor de Mercado de Hernán Barcos, Palmeiras lerta de lta: Elevamos nossa avaliação de valor de mercado de Hernán Barcos, de 3,4 milhões para 6,2 milhões. PLURI Consultoria - O Esporte levado

Leia mais

A INFLUÊNCIA DO JOGO E DO MODELO DE JOGO NA PERFORMANCE DOS ATLETAS

A INFLUÊNCIA DO JOGO E DO MODELO DE JOGO NA PERFORMANCE DOS ATLETAS A INFLUÊNCIA DO JOGO E DO MODELO DE JOGO NA PERFORMANCE DOS ATLETAS A preparação física como norte do processo ou subordinada às variáveis da partida? Uma análise sob a ótica sistêmica. Por Cyro Bueno*

Leia mais

CALENDÁRIO DAS PROVAS NACIONAIS DE FUTEBOL SENIOR MASCULINO ÉPOCA 2015/2016

CALENDÁRIO DAS PROVAS NACIONAIS DE FUTEBOL SENIOR MASCULINO ÉPOCA 2015/2016 JULHO 1 4ª FEIRA LIGA CAMPEÕES - RONDA 1 " 2 5ª FEIRA LIGA EUROPA - RONDA 1 " 3 6ª FEIRA " 4 SÁBADO " 5 DOMINGO " 6 2ª FEIRA " 7 3ª FEIRA LIGA CAMPEÕES - RONDA 1 " 8 4ª FEIRA LIGA CAMPEÕES - RONDA 1 "

Leia mais

a) Regulamento Específico da Competição (REC) o qual trata do sistema de disputa e outros assuntos específicos da Copa.

a) Regulamento Específico da Competição (REC) o qual trata do sistema de disputa e outros assuntos específicos da Copa. COPA DO BRASIL SUB 20 DE 2013 REC REGULAMENTO ESPECÍFICO DA COMPETIÇÃO CAPÍTULO I Da Denominação e Participação Art. 1º A Copa do Brasil Sub 20, edição de 2013, doravante denominada simplesmente Copa,

Leia mais

COPA TI RIO REGULAMENTO GERAL - 7ª EDIÇÃO - ANO 2015

COPA TI RIO REGULAMENTO GERAL - 7ª EDIÇÃO - ANO 2015 COPA TI RIO REGULAMENTO GERAL - 7ª EDIÇÃO - ANO 2015 I DAS FINALIDADES Artigo 1º - A COPA TI RIO tem por finalidade congregar e promover ações motivacionais nas empresas através da prática sadia do esporte,

Leia mais

REGULAMENTO ESPECÍFICO CAMPEONATO ESTADUAL DE FUTEBOL DA PRIMEIRA DIVISÃO DE PROFISSIONAIS DO RIO GRANDE DO NORTE - 2013

REGULAMENTO ESPECÍFICO CAMPEONATO ESTADUAL DE FUTEBOL DA PRIMEIRA DIVISÃO DE PROFISSIONAIS DO RIO GRANDE DO NORTE - 2013 REGULAMENTO ESPECÍFICO CAMPEONATO ESTADUAL DE FUTEBOL DA PRIMEIRA DIVISÃO DE PROFISSIONAIS DO RIO GRANDE DO NORTE - 2013 DOS PARTICIPANTES Art. 1º - Integrarão o Campeonato Estadual de Futebol da Primeira

Leia mais

Estudo comparativo do comportamento táctico na variante 'GR3x3GR' utilizando

Estudo comparativo do comportamento táctico na variante 'GR3x3GR' utilizando Estudo comparativo do comportamento táctico na variante 'GR3x3GR' utilizando balizas de futsal e de futebol de sete Estudio comparativo del comportamiento táctico en la variante 'GR3x3GR' utilizando arcos

Leia mais

PLURI Sportmetric Os 20 jogadores mais Valiosos das Seleções Classificadas para a Copa 2014

PLURI Sportmetric Os 20 jogadores mais Valiosos das Seleções Classificadas para a Copa 2014 PLURI Sportmetric Os 20 jogadores mais Valiosos das Seleções Classificadas para a Copa 2014 PLURI Consultoria Pesquisa, Valuation, Gestão e marketing Esportivo. Twitter: @pluriconsult www.facebook/pluriconsultoria

Leia mais

Curso de Árbitros inicia a 13 de fevereiro

Curso de Árbitros inicia a 13 de fevereiro Newsletter da Associação de Futebol de Leiria Ano VI n.º73 10-02-2016 Curso de Árbitros inicia a 13 de fevereiro pág.6 pág.2 Site da A.F. Leiria com nova imagem A.F. Leiria já disponibiliza os resultados

Leia mais

Taxa de ocupação dos estádios Brasileiros foi de 26% em 2013

Taxa de ocupação dos estádios Brasileiros foi de 26% em 2013 Taxa de ocupação dos estádios Brasileiros foi de 26% em 2013 PLURI Consultoria Pesquisa, Valuation, Gestão e marketing Esportivo. São Paulo - Brasil Twitter: @pluriconsult www.facebook/pluriconsultoria

Leia mais

Esportes de Rebatida. Aula 4. Badminton e goalball Rio 2016 Versão 1.0

Esportes de Rebatida. Aula 4. Badminton e goalball Rio 2016 Versão 1.0 Esportes de Rebatida Aula 4 Badminton e Rio 2016 Versão 1.0 Objetivos 1 Apresentar dois esportes da categoria de REBATIDA e suas principais regras. 2 Conhecer a história do surgimento desses esportes e

Leia mais

Scout No Futebol: Uma Ferramenta Para a Imprensa Esportiva 1

Scout No Futebol: Uma Ferramenta Para a Imprensa Esportiva 1 Scout No Futebol: Uma Ferramenta Para a Imprensa Esportiva 1 Caroline Colucio Vendite 2, Laércio Luis Vendite 3 e Antonio Carlos de Moraes 4 Faculdade de Educação Física e Instituto de Matemática, Estatística

Leia mais

Centro Educacional Brasil Central QNE 24 Lotes 06/10 Avenida SAMDU Norte - Taguatinga/DF Fones: 3354-0046/3354-0048

Centro Educacional Brasil Central QNE 24 Lotes 06/10 Avenida SAMDU Norte - Taguatinga/DF Fones: 3354-0046/3354-0048 Disciplina: Artes Módulo I - Tema: CONCEITO DE ARTE? Módulo II - Tema: RENASCIMENTO Módulo III - Tema: IMPRESSIONISMO Módulo IV - Tema: CUBISMO Disciplina: Ciências Módulo I - Tema: O PLANETA TERRA - O

Leia mais

Esportes de Invasão. Aula 3. Rugby, rugby em cadeira de rodas e polo aquático. Rio 2016 Versão 1.0

Esportes de Invasão. Aula 3. Rugby, rugby em cadeira de rodas e polo aquático. Rio 2016 Versão 1.0 Esportes de Invasão Aula 3 Rugby, rugby em cadeira de rodas e polo Rio 2016 Versão 1.0 Objetivos 1 Apresentar mais três esportes da categoria INVASÃO. 2 Conhecer a história desses esportes e a sua entrada

Leia mais

PROJETO DE LEI Nº, DE 2015

PROJETO DE LEI Nº, DE 2015 PROJETO DE LEI Nº, DE 2015 (Do Sr. Betinho Gomes) Acrescenta dispositivos ao artigo 42 da Lei nº 9.615, de 24 de março de 1998, para dispor sobre a distribuição dos recursos oriundos da comercialização

Leia mais