DIÁRIO DA ASSEMBLEIA

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "DIÁRIO DA ASSEMBLEIA"

Transcrição

1 ESTADO DO MARANHÃO ASSEMBLEIA LEGISLATIVA PALÁCIO MANUEL BECKMAN TERÇA-FEIRA, 23 DE JUNHO DE ANO XLII - Nº SÃO LUÍS, TERÇA-FEIRA, 23 DE JUNHO DE EDIÇÃO DE HOJE: 28 PÁGINAS 180º ANIVERSÁRIO DE INSTALAÇÃO DA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO ESTADO DO MARANHÃO 72ª SESSÃO ORDINÁRIA DA 1.ª SESSÃO LEGISLATIVA DA 18.ª LEGISLATURA RELAÇÃO DE ORADORES...03 ORDEM DO DIA...03 PAUTA...03 SESSÃO ORDINÁRIA...03 MENSAGEM...04 PROJETO DE LEI COMPLEMENTAR Deputado Cabo Campos (PP) 02. Deputado Carlinhos Florêncio (PHS) 03. Deputado Dr. Levi Pontes (SD) 04. Deputado Edson Araújo (PSL) 05. Deputado Eduardo Braide (PMN) 06. Deputado Edivaldo Holanda (PTC) 07. Deputado Fábio Braga (PT do B) 08. Deputado Fábio Macedo (PDT) 09. Deputada Francisca Primo (PT) 10. Deputado Fernando Furtado (PC do B) 11. Deputada Graça Paz (PSL) SUMÁRIO PROJETO DE LEI...06 REQUERIMENTO...07 INDICAÇÃO...07 RESUMO DA ATA...25 EMENDA CONSTITUCIONAL...26 RESOLUÇÃO ADMINISTRATIVA...26 MEDIDA PROVISÓRIA...04 OFÍCIO...27 MESA DIRETORA Deputado Humberto Coutinho (PDT) Presidente 1. Vice-Presidente: Deputado Othelino Neto (PC do B) 1. Secretário: Deputado Edilázio Júnior (PV) 2. Vice-Presidente: Deputado Glalbert Cutrim (PRB) 2. Secretário: Deputado Carlinhos Florêncio (PHS) 3. Vice-Presidente: Deputada Valéria Macedo (PDT) 3. Secretário: Deputado César Pires (DEM) 4. Vice-Presidente: Deputada Graça Paz (PSL) 4. Secretário: Deputada Francisca Primo (PT) BLOCO PARLAMENTAR UNIDOS PELO MARANHÃO 12. Deputado Humberto Coutinho (PDT) 13. Deputado Othelino Neto (PC do B) 14. Deputado Paulo Neto (PSDC) 15. Deputado Professor Marco Aurélio (PC do B) 16. Deputado Rafael Leitoa (PDT) 17. Deputado Raimundo Cutrim (PC do B) 18. Deputado Sergio Frota (PSDB) 19. Deputado Stênio Resende (PRTB) 20. Deputada Valéria Macedo (PDT) 21. Deputado Welligton do Curso (PPS) 22. Deputado Zé Inácio (PT) 01. Deputado Antônio Pereira (DEM) 02. Deputado César Pires (DEM) 01. Deputada Ana do Gás (PRB) 02. Deputado Glalbert Cutrim (PRB) 03. Deputado Josimar de Maranhãozinho (PR) BLOCO PARLAMENTAR DEMOCRÁTICO 03. Deputado Léo Cunha (PSC) 04. Deputado Rogério Cafeteira (PSC) BLOCO UNIÃO PARLAMENTAR 04. Deputado Júnior Verde (PRB) 05. Deputado Ricardo Rios (PEN) 06. Deputado Vinicius Louro (PR) PMDB 01. Deputada Andréa Murad (PMDB) 02. Deputado Max Barros (PMDB) 03. Deputada Nina Melo (PMDB) 04. Deputado Roberto Costa (PMDB) PV 01. Deputado Adriano Sarney (PV) 02. Deputado Edilázio Júnior (PV) 03. Deputado Hemetério Weba (PV) 04. Deputado Rigo Teles (PV) LÍDER DO GOVERNO Deputado Rogério Cafeteira (PSC) PTN 01. Deputado Alexandre Almeida (PTN) 02. Deputado Sousa Neto (PTN) LICENCIADOS Deputado Bira do Pindaré (PSB) Deputado Neto Evangelista (PSDB)

2 2 TERÇA-FEIRA, 23 DE JUNHO DE 2015 COMISSÕES PERMANENTES DA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA (de acordo com o art. 30 da Resolução Legislativa n.º 599/2010) Titulares Deputado Prof. Marco Aurélio Deputado Eduardo Braide Deputado Paulo Neto Deputado Fábio Macedo Deputado Alexandre Almeida Deputado Rogério Cafeteira Deputado Ricardo Rios I - Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania Titulares Deputado Wellington do Curso Deputado Sérgio Frota Deputado Prof. Marco Aurélio Deputado Roberto Costa Deputado Ricardo Rios Deputado Sousa Neto Deputado Rogério Cafeteira Suplentes Deputado Stênio Rezende Deputado Fábio Braga Deputado Rafael Leitoa Deputado Fernando Furtado Deputado Antônio Pereira Deputado Léo Cunha Deputada Ana do Gás Suplentes Deputado Fernando Furtado Deputado Paulo Neto Deputado Fábio Braga Deputada Nina Melo Deputado Josimar de Maranhãozinho Deputado Adriano Sarney Deputado Alexandre Almeida REUNIÕES: Terças-Feiras 08:30h SECRETÁRIA Glacimar Melo / Vera Teixeira III - Comissão de Educação, Cultura, Desporto, Ciência e Tecnologia Titulares Deputado Stênio Rezende Deputado Dr. Levi Pontes Deputada Andréa Murad Deputado Fábio Braga Deputado Antônio Pereira Deputado Léo Cunha Deputado Josimar Maranhãozinho V - Comissão de Saúde Suplentes Deputado Prof. Marco Aurélio Deputado Cabo Campos Deputada Nina Melo Deputado Edivaldo Holanda Deputado Hemetério Weba Deputado Rogério Cafeteira Deputada Ana do Gás PRESIDENTE Prof. Marco Aurélio VICE-PRESIDENTE Eduardo Braide PRESIDENTE Roberto Costa VICE-PRESIDENTE Wellington do Curso REUNIÕES: SECRETÁRIA PRESIDENTE Stênio Rezende VICE-PRESIDENTE Antônio Pereira REUNIÕES: 08:30h Terças-Feiras SECRETÁRIA Antônia Andrade VII - Comissão de Defesa dos Direitos Humanos e das Minorias II - Comissão de Orçamento, Finanças, Fiscalização e Controle PRESIDENTE Rigo Teles VICE-PRESIDENTE Sérgio Frota REUNIÕES: 08:30h Quartas-Feiras SECRETÁRIA Regina de Paula PRESIDENTE Léo Cunha VICE-PRESIDENTE Fernando Furtado REUNIÕES: SECRETÁRIA Lucimar Ribeiro Titulares Deputado Sérgio Frota Deputado Fábio Braga Deputado Raimundo Cutrim Deputado Edivaldo Holanda Deputado Rigo Teles Deputado Antônio Pereira Deputado Vinicius Louro Titulares Deputado Fábio Macedo Deputado Fernando Furtado Deputado Edivaldo Holanda Deputada Andrea Murad Deputado Josimar de Maranhãozinho Deputado Hemetério Weba Deputado Rogério Cafeteira Suplentes Deputado Rafael Leitoa Deputado Edson Araújo Deputado Stênio Rezende Deputado Dr. Levi Pontes Deputado Alexandre Almeida Deputado Rogério Cafeteira Deputado Ricardo Rios IV - Comissão de Administração Pública, Seguridade Social e Relações de Trabalho Titulares Deputado Paulo Neto Deputado Sérgio Frota Deputado Stênio Rezende Deputado Fábio Braga Deputado Hemetério Weba Deputado Rigo Teles Deputado Ricardo Rios Suplentes Deputado Paulo Neto Deputado Wellington do Curso Deputado Edson Araújo Deputado Max Barros Deputado Júnior Verde Deputado Rigo Teles Deputado Leo Cunha VI - Comissão de Assuntos Municipais e de Desenvolvimento Regional PRESIDENTE Fábio Braga VICE-PRESIDENTE Ricardo Rios REUNIÕES: SECRETÁRIA Elizabeth Rocha Suplentes Deputado Sérgio Frota Deputado Fábio Macedo Deputado Eduardo Braide Deputado Raimundo Cutrim Deputado Adriano Sarney Deputado Léo Cunha Deputado Júnior Verde VIII - Comissão de Obras e Serviços Públicos Titulares Deputado Wellington do Curso Deputado Zé Inácio Deputado Eduardo Braide Deputada Nina Melo Deputado Júnior Verde Deputado Alexandre Almeida Deputado Rogério Cafeteira Suplentes Deputado Sérgio Frota Deputado Prof. Marco Aurélio Deputado Paulo Neto Deputado Roberto Costa Deputado Ricardo Rios Deputado Antônio Pereira Deputada Sousa Neto PRESIDENTE Zé Inácio VICE-PRESIDENTE Wellington do Curso REUNIÕES: 08:30h Quintas-Feiras SECRETÁRIA Silvana Almeida PRESIDENTE Vinicius Louro VICE-PRESIDENTE Rafael Leitoa REUNIÕES: 08:30h Quintas-Feiras SECRETÁRIA Dulcimar Cutrim Titulares Deputado Rafael Leitoa Deputado Dr. Levi Pontes Deputado Cabo Campos Deputado Roberto Costa Deputado Vinicius Louro Deputado Hemetério Weba Deputado Léo Cunha Suplentes. Deputado Eduardo Braide Deputado Fábio Braga Deputada Andrea Murad Deputado Júnior Verde Deputado Antônio Pereira Deputado Rigo Teles IX - Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável Titulares Deputado Edson Araújo Deputado Fernando Furtado Deputado Wellington do Curso Deputado Rafael Leitoa Deputado Léo Cunha Deputado Adriano Sarney Deputada Ana do Gás Suplentes Deputado Sérgio Frota Deputado Zé Inácio Deputado Fábio Macedo Deputado Cabo Campos Deputado Sousa Neto Deputado Rigo Teles Deputado Ricardo Rios XI - Comissão de Assuntos Econômicos PRESIDENTE Ana do Gás VICE-PRESIDENTE Léo Cunha REUNIÕES: 08:30h Terças-Feiras SECRETÁRIA Eunes Borges Valdenise Fernandes PRESIDENTE Fábio Macedo VICE-PRESIDENTE Hemetério Weba REUNIÕES: 08:30h SECRETÁRIA Célia Pimentel X - Comissão de Ética Titulares Deputado Prof. Marco Aurélio Deputado Fábio Macedo Deputado Paulo Neto Deputado Max Barros Deputada Ana do Gás Deputado Hemetério Weba Deputado Léo Cunha XII - Comissão de Segurança Pública Suplentes Deputado Edson Araújo Deputado Sérgio Frota Deputado Cabo Campos Deputado Roberto Costa Deputado Vinicius Louro Deputado Antônio Pereira Deputado Alexandre Almeida Titulares Deputado Edson Araújo Deputado Zé Inácio Deputado Cabo Campos Deputado Rafael Leitoa Deputado Adriano Sarney Deputado Antônio Pereira Deputado Júnior Verde Suplentes Deputado Eduardo Braide Deputado Edivaldo Holanda Deputado Dr. Levi Pontes Deputado Wellington do Curso Deputado Léo Cunha Deputado Alexandre Almeida Deputado Vinicius Louro PRESIDENTE Adriano Sarney VICE-PRESIDENTE Edson Araújo REUNIÕES: 08:30h Quartas-Feiras SECRETÁRIA Lúcia Furtado PRESIDENTE Cabo Campos VICE- PRESIDENTE Júnior Verde REUNIÕES: 08:30h Quartas-Feiras SECRETÁRIA Iranise Lemos Titulares Deputado Cabo Campos Deputado Raimundo Cutrim Deputado Dr. Levi Pontes Deputado Roberto Costa Deputado Júnior Verde Deputado Sousa Neto Deputado Rigo Teles Suplentes Deputado Wellington do Curso Deputado Edivaldo Holanda Deputado Fernando Furtado Deputado Max Barros Deputado Josimar Maranhãozinho Deputado Alexandre Almeida Deputado Hemetério Weba

3 TERÇA-FEIRA, 23 DE JUNHO DE SESSÃO ORDINÁRIA DO DIA 23/06/2015 3ª FEIRA GRANDE EXPEDIENTE: TEMPO DOS PARTIDOS E BLOCOS PARLAMENTARES 1. BLOCO PARL. UNIDOS PELO MARANHÃO...31 MINUTOS 2. BLOCO UNIÃO PARLAMENTAR...09 MINUTOS 3. PMDB...06 MINUTOS 4. BLOCO PARLAMENTAR DEMOCRÁTICO...06 MINUTOS 5. PARTIDO VERDE...06 MINUTOS PARTIDO RESERVA (ART. 87 DO R.I.) 6. PARTIDO TRABALHISTA NACIONAL...05 MINUTOS ORDEM DO DIA SESSÃO ORDINÁRIA DO DIA 23/06/2015 TERÇA-FEIRA I PARECER EM REDAÇÃO FINAL EM DISCUSSÃO E VOTAÇÃO - ÚNICO TURNO 1. PARECER Nº 162/2015, ORIUNDO DA COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO, JUSTIÇA E CIDADANIA, EM REDAÇÃO FINAL AO PROJETO DE LEI Nº 096/2015, DE AUTORIA DA DEPUTADA GRAÇA PAZ, QUE DISPÕE SOBRE A INSTITUIÇÃO DO DIA ESTADUAL DA DOENÇA DE ALZHEIMER, NO ESTADO DO MARANHÃO, E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS, APROVADO COM EMENDA. - RELATOR DEPUTADO EDUARDO BRAIDE. II PROJETO DE LEI EM DISCUSSÃO E VOTAÇÃO EM 1º E 2º TURNOS REGIME DE URGÊNCIA (REQ. Nº 303/15) 2. PROJETO DE LEI Nº 097/2015, DE AUTORIA DO DEPUTADO JÚNIOR VERDE, QUE ACRESCENTA O 4º NO ARTIGO 14 DA LEI DE 15 DE JUNHO DE DEPENDE DE PARECERES DAS COMISSÕES DE CONSTITUIÇÃO, JUSTIÇA E CIDADANIA; E COMISSÃO DE ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA, SEGURIDADE SOCIAL E RELAÇÕES DO TRABALHO. III REQUERIMENTO A DELIBERAÇÃO DO PLENÁRIO 3. REQUERIMENTO Nº 307/2015, DE AUTORIA DA DEPUTADA ANA DO GÁS, QUE REQUER DEPOIS DE OUVIDO O PLENÁRIO, SEJA REGISTRADO NOS ANAIS DA CASA VOTOS DE CONGRATULAÇÕES À POPULAÇÃO DO MUNICÍPIO DE GOVERNADOR LUIS ROCHA, PELA PASSAGEM DO SEU 18º(DÉCIMO OITAVO) ANIVERSÁRIO, QUE OCORRERÁ DIA 19/ 06/15, REQUER AINDA QUE DÊ CIÊNCIA AO PREFEITO E AO PRESIDENTE DA CÂMARA DE VEREADORES DAQUELE MUNICÍPIO.TRANSFERIDA A DISCUSSÃO E VOTAÇÃO DA ORDEM DO DIA DA SESSÃO ORDINÁRIA ANTERIOR, EM VIRTUDE DA AUSÊNCIA DA AUTORA EM PLENÁRIO. (1ª SESSÃO). PAUTA DE PROPOSTA PARA RECEBIMENTO DE EMENDA DATA: 23/06/2015 TERÇA-FEIRA PRIORIDADE 1ª SESSÃO: 1. PROJETO DE LEI COMPLEMENTAR Nº 005/15, enviado através da Mensagem Governamental nº 072/15, que altera a redação do 2º e acrescenta o º 3º do artigo 59 da Lei Complementar nº 073, de 4 de fevereiro de PROJETO DE LEI Nº 128/15, enviado através da mensagem Governamental nº 075/15, que revoga a Lei nº , de 17 de junho de 2014, que institui o Fundo Estadual de Apoio ao Desenvolvimento dos Municípios do Maranhão FUDEMA. 3. PROJETO DE LEI Nº 129/15, enviado através da Mensagem Governamental nº 076/15, que dispõe sobre a criação do Programa de Estímulo à Cidadania Tributária do Estado do Maranhão ( NOTA LEGAL ). ORDINÁRIA 2ª SESSÃO: 1. PROJETO DE LEI Nº 126/15, de autoria do Senhor Deputado Max Barros, que dispõe sobre atendimento presencial das empresas prestadoras de serviços na área de internet, de telefonia e televisão por assinatura no Estado do Maranhão. 2. PROJETO DE LEI Nº 127/15, de autoria da Senhora Deputada Francisca Primo, que considera de Utilidade Pública, o Movimento Ensinando e Aprendendo-MEA, com sede e foro em São Luis-MA ORDINÁRIA 3ª SESSÃO: 1. PROJETO DE LEI Nº 124/15, de autoria do Senhor Deputado Fábio Braga, que dispõe sobre as Atualizações Cartográficas das Divisas Intermunicipais do Estado do Maranhão, e dá outras providências. 2. PROJETO DE LEI Nº 125/15, de autoria da Senhora Deputada Nina Melo, que dispõe sobre a gratuidade, na rede pública de saúde e de educação do Estado do Maranhão, da realização de exames, avaliação, identificação e rastreamento para diagnóstico precoce do autismo e dá outras providências. 3. MOÇÃO Nº 007/15, de autoria do Senhor Deputado Wellington do Curso, de apêlo, manifestando todo apoio e solidariedade à luta dos quilombolas, indígenas e camponeses acampados na sede do INCRA, em São Luis-MA. 4. MOÇÃO Nº 008/15, de autoria do Senhor Deputado Sérgio Frota, seja encaminhada moção de pesar aos familiares do Sr. Herbert Fontenele Filho, O comentarista do povão, pelo seu irrepavável falecimento. ORDINÁRIA 4ª E ULTIMA SESSÃO: 1. PROJETO DE RESOLUÇÃO LEGISLATIVA Nº 018/15, de autoria do Senhor Deputado Roberto Costa, que concede o Título de Cidadão Maranhense a Dom Armando Martin Gutiérrez, bispo da Diocese de Bacabal. 2. PROJETO DE RESOLUÇÃO LEGISLATIVA Nº 019/15, de autoria do Senhor Deputado Roberto Costa, que institui a Frente Parlamentar de prevenção e combate ao uso de drogas no Estado do Maranhão e dá outras aprovidências. 3. PROJETO DE RESOLUÇÃO LEGISLATIVA Nº 020/15, de autoria do Senhor Deputado César Pires, que dá nova redação aos incisos VII e XI, do art. 30 da Resolução Legislativa nº 449, de 24 de junho de 2004(Regimento Interno). DIRETORIA GERAL DA MESA DIRETORA DO PALÁCIO MANOEL BEQUIMÃO, em 22/06/15. Sessão Ordinária da Primeira Sessão Legislativa da Décima Oitava Legislatura da Assembleia Legislativa do Estado do Maranhão, realizada no dia vinte e dois de junho do ano de dois mil e quinze. Presidente, Senhor Deputado Humberto Coutinho. Primeiro Secretário, Senhor Deputado Edilázio Júnior. Segundo Secretário em exercício, Senhor Deputado Paulo Neto. Às dezesseis horas, presentes os Senhores Deputados: Adriano Sarney, Andrea Murad, Antônio Pereira, Cabo Campos, César Pires, Doutor Levi Pontes, Edilázio Júnior, Edivaldo Holanda, Edson Araújo, Eduardo Braide, Fábio Braga, Fábio Macêdo, Fernando Furtado, Francisca Primo, Glalbert Cutrim, Humberto Coutinho, Júnior Verde, Max Barros, Nina Melo, Othelino Neto, Paulo Neto, Professor Marco Aurélio, Rafael Leitoa, Raimundo Cutrim, Rigo Teles, Roberto Costa, Rogério Cafeteira, Sérgio Frota, Sousa Neto, Stênio Rezende, Vinícius Louro, Wellington do Curso e Zé Inácio. Ausentes os Senhores Deputados: Alexandre Almeida, Ana do Gás, Carlinhos Florêncio, Graça Paz, Hemetério Weba, Josimar de Maranhãozinho, Léo Cunha, Ricardo Rios e Valéria Macêdo.

4 4 TERÇA-FEIRA, 23 DE JUNHO DE 2015 I ABERTURA. COUTINHO - Em nome do povo e invocando a proteção de Deus, iniciamos os nossos trabalhos. COUTINHO - Com a palavra, o Senhor Segundo Secretário para fazer a leitura do Texto Bíblico e da Ata da Sessão anterior. O SENHOR SEGUNDO SECRETÁRIO EM EXERCÍCIO DEPUTADO PAULO NETO (lê Texto Bíblico e Ata) Ata lida, Senhor Presidente. COUTINHO Ata lida e considerada aprovada. COUTINHO Com a palavra, o Senhor Primeiro Secretário para fazer a leitura do Expediente. O SENHOR PRIMEIRO SECRETÁRIO DEPUTADO EDILÁZIO JÚNIOR (Lê Expediente). II EXPEDIENTE.

5 TERÇA-FEIRA, 23 DE JUNHO DE

6 6 TERÇA-FEIRA, 23 DE JUNHO DE 2015

7 TERÇA-FEIRA, 23 DE JUNHO DE Senhor Presidente, REQUERIMENTO Nº 309 / 15 Na forma regimental requeiro a Vossa Excelência que, depois de ouvido o Plenário, seja encaminhada mensagem de congratulações à população do Município de Bequimão, pela comemoração dos seus 80 anos de emancipação, comemorado no dia 19 de junho, extensiva também ao prefeito municipal Zé Martins e à Câmara de vereadores. PLENÁRIO DEPUTADO NAGIB HAICKEL, PALÁCIO MANUEL BECKMAN, 19 de junho de ADRIANO SARNEY - Deputado Estadual - PV ANEXADO AO REQ. N 304/15, DO DEP. ZÉ INÁCIO, NOS TERMOS DO ART. 170, DO R.I. EM: 22/06/2015. Senhor Presidente, INDICAÇÃO Nº 515 / 15 Na forma regimental, requeiro a V. Exa. que depois de ouvida a Mesa, seja encaminhado ofício ao Exmo. Sr. Senhor Neto Evangelista, Secretário de Desenvolvimento Social do Maranhão e ao Exmo. Sr. Flávio Dino, Governador do Estado do Maranhão, solicitando a execução de obras de construção de 800 (oitocentas) casas populares do Programa Nacional de Habitação Rural Mais Moradia do Governo do Estado, a serem distribuídas nos seguintes povoados: Ave Maria, Boa União, Paraíso, Juçara, Pirinã, Boa Lembrança, Santa Vitória, Nova Ponta Branca, Santo Antônio dos Carvalhos, Urucuzal, Santa Sofia, Montes Claros, Mais Perto, Buriti e Campo Novo. No município de Pinheiro, existe um grande déficit de moradias na zona rural, prejudicando um número significativo de famílias. Além disso, muitas famílias que têm onde morar, vivem em ambientes sem qualquer conforto, saneamento básico e infraestrura. Essa situação viola violentamente os direitos constitucionais dessas famílias, por isso requer a atenção especial do Poder Público. SALA DAS SESSÕES DA ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA DO ESTADO DO MARANHÃO, 18 de junho de Othelino Neto - Deputado Estadual NA FORMA DO ART. 146 DO REGIMENTO INTERNO, O SR. PRESIDENTE DETERMINOU O ENCAMINHAMENTO DA PRESENTE INDICAÇÃO. Senhor Presidente, INDICACÃO N 517 / 15 Na conformidade regimental, requeiro a Vossa Excelência que, depois de ouvida a Mesa Diretora, encaminhe ao Excelentíssimo Senhor Governador do Estado, Flavio Dino, e a Excelentíssima Senhora Secretária da Secretaria de Estado das Cidades e Desenvolvimento Urbano SECID, Flávia Alexandrina Coelho Almeida Moreira, a presente Indicação solicitando a estes que adotem as medidas legais e administrativas necessárias, no sentido de viabilizar a Implantação de um sistema simplificado de abastecimento de água (poço artesiano) no Povoado Canto Grande no Município de Carolina, neste Estado.

8 8 TERÇA-FEIRA, 23 DE JUNHO DE 2015 Trata-se de uma comunidade rural com cerca de 50 famílias, aproximadamente, localizada a 12 Km da sede do município referido, não possuindo nenhum sistema de abastecimento de água potável para consumo e higiene pelos moradores. Em vista disso, aquela comunidade é obrigada a utilizar água de rios, açudes e cacimbas, sem o tratamento adequado necessário, colocando a saúde daquelas pessoas em constante risco. Desta forma, a implantação de um poço artesiano é de considerável importância para aquela localidade, o que virá a contribuir para uma relevante melhora das condições de vida e saúde dos seus habitantes bem como viabilizar a produção de horticulturas e agricultura familiar, base da economia daqueles moradores. São Luís (MA), 18 de junho de VALÉRIA MACEDO - Deputada Estadual PDT NA FORMA DO ART. 146 DO REGIMENTO INTERNO, O SR. PRESIDENTE DETERMINOU O ENCAMINHAMENTO DA PRESENTE INDICAÇÃO. Senhor Presidente, INDICACÃO N 518 / 15 Na conformidade regimental, requeiro a Vossa Excelência que, depois de ouvida a Mesa Diretora, seja encaminhada ao Excelentíssimo Senhor Governador do Estado, Flávio Dino, e ao Excelentíssimo Senhor Secretário de Estado de Infraestrutura, Cleyton Noleto, a adoção de providências no sentido de que sejam executados Serviços de Construção de 03 (Três) Pontes de Concreto na Zona Rural do Município de Carolina, neste Estado. A realização dessa obra será de grande importância para viabilizar com segurança o fluxo de pessoas e bens na zona rural daquele município, na região denominada de Bacuri do Laje. A construção das pontes em referência sobre o Rio Lajes, sobre o Córrego Marajá e sobre o Rio Grota Vermelha (todas na mesma estrada vicinal que sai da Sede do município àquela região), viabilizará a circulação de pessoas e o escoamento da produção agropecuária que se dá, atualmente, sobre precárias pontes de madeira, colocando em risco permanente a vida e a segurança daquela população, com a possibilidade de acidentes graves (e já com a ocorrência de acidentes com óbitos, inclusive), tanto às pessoas que residem quanto às que circulam naquela localidade. A precariedade das pontes também impossibilita a circulação do escoamento da produção agropecuária em geral causando, ainda, sérios prejuízos ao comércio da região. Desta forma, a construção das pontes em referência estará beneficiando uma população estimada em 400 habitantes da Região do Bacuri do Lage, moradores das Localidades Canto das Flores, Cantinho do Laje, Canto da Lagoa, Ponta da Serra, Fazenda Grande, Deserto e muitas outras, proporcionando melhores condições de vida e segurança a todos e um fortalecimento da agropecuária e do comércio, o que contribuirá para um relevante desenvolvimento daquela região. São Luís (MA), 15 de junho de VALÉRIA MACEDO - Deputada Estadual PDT NA FORMA DO ART. 146 DO REGIMENTO INTERNO, O SR. PRESIDENTE DETERMINOU O ENCAMINHAMENTO DA PRESENTE INDICAÇÃO. Senhor Presidente, INDICACÃO N 519 / 15 Na conformidade regimental, requeiro a Vossa Excelência que, depois de ouvida a Mesa Diretora, encaminhe ao Excelentíssimo Senhor Governador do Estado, Flavio Dino, e a Excelentíssima Senhora Secretária da Secretaria de Estado das Cidades e Desenvolvimento Urbano SECID, Flávia Alexandrina Coelho Almeida Moreira, a presente Indicação solicitando a estes que adotem as medidas legais e administrativas necessárias, no sentido de viabilizar a Implantação de um sistema simplificado de abastecimento de água (poço artesiano) no Povoado São José dos Pereiras no Município de Carolina, neste Estado. Trata-se de uma comunidade rural com cerca de 90 famílias, aproximadamente, localizada a 45 Km da sede do município referido, não possuindo nenhum sistema de abastecimento de água potável para consumo e higiene pelos moradores. Em vista disso, aquela comunidade é obrigada a utilizar água de rios, açudes e cacimbas, sem o tratamento adequado necessário, colocando a saúde daquelas pessoas em constante risco. Desta forma, a implantação de um poço artesiano é de considerável importância para aquela localidade, o que virá a contribuir para uma relevante melhora das condições de vida e saúde dos seus habitantes bem como viabilizar a produção de horticulturas e agricultura familiar, base da economia daqueles moradores. São Luís (MA), 18 de junho de VALÉRIA MACEDO - Deputada Estadual PDT NA FORMA DO ART. 146 DO REGIMENTO INTERNO, O SR. PRESIDENTE DETERMINOU O ENCAMINHAMENTO DA PRESENTE INDICAÇÃO. Senhor Presidente, INDICACÃO N 520 / 15 Na forma regimental, requeiro a Vossa Excelência que, depois de ouvida a Mesa Diretora, encaminhe ao Excelentíssimo Senhor Governador do Estado do Maranhão, Flávio Dino, e ao Excelentíssimo Senhor Secretário de Estado de Saúde, Marcos Pachêco, a presente Indicação solicitando a estes que adotem as medidas legais e administrativas necessárias, com a maior brevidade possível, para Viabilizar a Aquisição de uma Máquina de Mamografia para o Hospital Municipal de Carolina, neste Estado. Sabe-se que o câncer de mama é uma das doenças mais incidentes nas mulheres do Brasil e do mundo, ficando atrás apenas do câncer de pele não melanoma. Entretanto, a principal arma contra o câncer de mama é seu diagnóstico precoce vez que se a doença for detectada em estágio inicial, a chance de cura chega a 90% e, para isso, a mamografia tornou-se a forma mais eficaz de acompanhar esse risco. A capacidade de identificar lesões de tamanho mínimo é uma das vantagens do uso da mamografia na detecção de um câncer de mama, antes de ser palpável e de se manifestar clinicamente. Este diagnóstico, feito numa fase muito precoce da doença, é geralmente associado a um melhor prognóstico para a cura e a necessidade de um tratamento menos agressivo para o controle do câncer em alguns casos. Desta forma, tornou-se imprescindível a aquisição de uma máquina de mamografia para o Hospital Municipal de Carolina para que seja dispensado esse tipo de tratamento também às mulheres daquele município uma vez que, para conseguirem tal tratamento, precisam se deslocar para outros centros (com todas as dificuldades advindas desse deslocamento), uma vez que é crescente a demanda por esse tipo de assistência de saúde da população feminina naquela cidade. Assim, a fim de atender a essa grande demanda por saúde naquele hospital, é necessário e urgente a alocação de recursos para a aquisição do aparelho respectivo, para que seja oferecido atendimento médico hospitalar digno àquelas mulheres, evitando perdas de vidas e proporcionando melhor qualidade de vida e saúde garantindo, desta forma, o direito elementar de todo cidadão brasileiro, consagrado no artigo 196 da Constituição Federal, qual seja, o direito à saúde. São Luís (MA), 10 de junho de VALÉRIA MACEDO - Deputada Estadual NA FORMA DO ART. 146 DO REGIMENTO INTERNO, O SR. PRESIDENTE DETERMINOU O ENCAMINHAMENTO DA PRESENTE INDICAÇÃO. Senhor Presidente, INDICAÇÃO Nº 521 / 15 Na forma regimental, requeiro a Vossa Excelência que, após ouvido a Mesa, seja encaminhado expediente ao Excelentíssimo Senhor Governador do Maranhão, FLÁVIO DINO e ao Secretário de Infraestrutura, SR. CLAYTON NOLETO, solicitando que adote

9 TERÇA-FEIRA, 23 DE JUNHO DE providências no sentido de incluir no programa Mais Asfalto as VIAS DA VILA PARATI, MUNICÍPIO DE IMPERATRIZ. A comunidade da Vila Parati, bairro residencial na região da grande Vila Nova em Imperatriz, localiza-se à margem direita da Avenida Pedro Neiva de Santana. Com um grande número de residências, galpões comerciais, oficinas, depósitos de empresas, fábrica de concreto e outros estabelecimentos, a Vila mostra-se em desenvolvimento. Apesar de tal ascensão social e econômica, a Vila Parati ainda tem a infraestrutura das ruas como desafio a ser superado. Segundo relatos de moradores, apenas uma rua, de toda a Vila, possui o recapeamento asfáltico. As demais ruas, no entanto, sequer receberam o serviço de piçarramento do município. O disparate no tocante à infraestrutura vai além, limitando à Vila Parati apenas os serviços de iluminação pública e de coleta do lixo, que ocorre duas vezes por semana. Em contraposição à perspectiva de avanço, a estrutura das ruas da Vila Parati ainda são as mesmas de quando o bairro foi criado há 21 anos, por iniciativa do proprietário da área Valdeci Garimpeiro, que abriu as ruas para vender o loteamento na época. Com a possibilidade da ordem de serviço para o asfaltamento de 17,5 km de asfalto pelo programa Mais Asfalto do governo do Estado nas principais vias do município, torna-se pertinente assim a solicitação, a fim de que se possa garantir a intervenção no sentido de se enfatizar as melhorias das vias urbanas, vindo a proporcionar maior mobilidade. Mediante o exposto, corroborando um dos compromissos desta Casa para com o cidadão maranhense, requeiro a Vossa Excelência que, após ouvido a Mesa, seja encaminhado expediente ao Excelentíssimo Senhor Governador do Maranhão, FLÁVIO DINO e ao Secretário de Infraestrutura, SR. CLAYTON NOLETO, solicitando que adote providências no sentido de incluir no programa Mais Asfalto as VIAS DA VILA PARATI, MUNICÍPIO DE IMPERATRIZ. Assembleia Legislativa do Maranhão, em 22 de junho de Wellington do Curso - Deputado Estadual NA FORMA DO ART. 146 DO REGIMENTO INTERNO, O SR. PRESIDENTE DETERMINOU O ENCAMINHAMENTO DA PRESENTE INDICAÇÃO. Senhor Presidente, INDICAÇÃO Nº 522 / 15 Na forma regimental (Art. 152) requeiro a Vossa Excelência que após ouvido a Mesa, seja encaminhado expediente ao Senhor Governador do Maranhão, FLÁVIO DINO e ao Presidente da CAEMA, SR. DAVI TELLES, solicitando que adote providências no sentido de incluir no programa ÁGUA PARA TODOS A VILA PARATI, DO MUNICÍPIO DE IMPERATRIZ. É inegável que sem água não há vida na terra, dada a essencialidade desse elemento. No entanto, por muito tempo se questionou o caráter fundamental do direito à água potável, já que, admiravelmente, nenhum documento oficial o reconhecia como tal expressamente. Recentemente, a sua intima ligação com o direito à vida e com a dignidade da pessoa humana acabou o elevando a tal status. Apesar do caráter fundamental de ter acesso á água, ainda há municípios que têm a falta d água como realidade. A exemplo disso, tem-se a comunidade da Vila Parati, bairro residencial na região da grande Vila Nova em Imperatriz, localizada à margem direita da Avenida Pedro Neiva de Santana. Com um grande número de residências, galpões comerciais, oficinas, depósitos de empresas, fábrica de concreto e outros estabelecimentos, a Vila mostra-se em desenvolvimento. Apesar de tal ascensão social e econômica, a Vila Parati ainda não possui sequer uma rede de distribuição de água, o que levou a comunidade a improvisar uma rede doméstica. Tal improviso já translada os quinze anos e até hoje se faz presente, tendo por conseguinte a diária falta d água. Relatos de moradores ressaltam que, para que se obtenha água, os cidadãos precisam madrugar para poder capitar alguns baldes de água, fato este eventual, uma vez que não é sempre que a água chega as torneiras das casas dos moradores da Vila Parati. Mediante o exposto, corroborando um dos compromissos desta Casa para com o cidadão maranhense, requeiro a Vossa Excelência que, após ouvido a Mesa, seja encaminhado expediente ao Senhor Governador do Maranhão, FLÁVIO DINO e ao Presidente da CAEMA, SR. DAVI TELLES, solicitando que adote providências no sentido de incluir no programa ÁGUA PARA TODOS A VILA PARATI, DO MUNICÍPIO DE IMPERATRIZ. Assembleia Legislativa do Maranhão, em 22 de junho de Wellington do Curso - Deputado Estadual NA FORMA DO ART. 146 DO REGIMENTO INTERNO, O SR. PRESIDENTE DETERMINOU O ENCAMINHAMENTO DA PRESENTE INDICAÇÃO. Senhor Presidente, INDICAÇÃO N 523 / 15 Na forma do que dispõe o Regimento Interno desta casa, em seu Art. 152, requeiro a V. Exª. que, após ouvida a Mesa, seja encaminhado ofício ao Exmo. Senhor Governador do Estado do Maranhão, Sr. Flávio Dino, com encaminhamento para a Sra. Secretária de Estado das Cidades e Desenvolvimento Urbano, Flávia Alexandrina Coelho Almeida Moreira, para que, em caráter de urgência, proceda com a construção de 25 casas para os pescadores residentes na Praia do Pucal, Vila de Pescadores, localizada no município de Raposa/MA. Na referida localidade residem cerca de 25 famílias que tiveram seus imóveis destruídos por fortes inundações decorrentes da maré. Trata-se de uma comunidade habitada predominantemente por pescadores, que têm na pesca sua principal fonte de renda. A maioria não possui condições dignas de moradia, uma vez que sua renda é suficiente para sua própria subsistência. Destarte, a construção das casas para os pescadores já foi objeto de processo administrativo na Secretaria de Estado das Cidades e Desenvolvimento Urbano (SECID), possuindo ordem de serviço para construção das aludidas casas, bem como cessão de uso para os moradores da localidade por parte da Superintendência de Patrimônio da União (SPU), tendo em vista ser área de interesse da União. Contudo, até o presente momento, o processo encontra-se parado na SECID, fato que gera danos para os moradores da região, que precisam se deslocar diariamente para o município de Raposa, causando transtornos e prejuízos para os mesmos. Ademais, por tratar-se de local cercado por praia, a especulação imobiliária e o interesse por empresários e turistas é crescente na região, situação que gera insegurança para os pescadores. Pelo exposto, justifica-se a necessidade da construção das casas para os pescadores da praia do Pucal, a fim de oferecer melhores condições de moradia, bem como mais tranquilidade, segurança e estabilidade para as famílias da região. Plenário DEPUTADO NAGIB HAICKEL do Palácio Manuel Beckman. São Luís, 18 de junho de 2015 JUNIOR VERDE Deputado Estadual PRB. NA FORMA DO ART. 146 DO REGIMENTO INTERNO, O SR. PRESIDENTE DETERMINOU O ENCAMINHAMENTO DA PRESENTE INDICAÇÃO. Senhor Presidente, INDICAÇÃO Nº 524 / 15 Nos termos do art.152 do Regimento Interno da Assembleia Legislativa do Maranhão, solicitamos que a presente Indicação seja encaminhada ao Prefeito Municipal de São Luís, Sr. Edivaldo Holanda

10 10 TERÇA-FEIRA, 23 DE JUNHO DE 2015 Junior, solicitando a Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos, Sr. Antônio Araújo, a revitalização do asfaltamento, bem como, a construção de sarjetas e meio fio e a drenagem de águas pluviais das Ruas: Nossa Senhora da Guia, Rua da União e Travessa da Alegria no Bairro do Bom Jesus na área do Coroadinho. Há muito tempo que a comunidade do Bairro do Bom Jesus vem solicitando das autoridades uma solução para estas vias. Ocorre que, com o período chuvoso formam-se imensos buracos tornando-as intransitáveis, além de ocorrer um grande acúmulo de água em quase toda sua extensão, ocasionando o aparecimento de inúmeras patologias, inclusive Dengue. Já no período da estiagem, há grande incidência de patologias pulmonares, causados pela poeira, o que justifica a presente solicitação. Tal solicitação já foi feita mas até o momento nada foi feito e a cada momento prejudica os moradores daquela área. Plenário Deputado Nagib Haickel, do Palácio Manoel Bequimão, São Luís MA, em 18 de maio de Sergio Frota - Deputado Estadual NA FORMA DO ART. 146 DO REGIMENTO INTERNO, O SR. PRESIDENTE DETERMINOU O ENCAMINHAMENTO DA PRESENTE INDICAÇÃO. Senhor Presidente, INDICAÇÃO Nº 525 / 15 Na forma regimental, requeiro a Vossa Excelência, que depois de ouvida a Mesa, seja encaminhada a presente Indicação ao Excelentíssimo Senhor Governador Dr. Flávio Dino de Castro e Costa, requerendo providências junto a Secretária Estadual de Educação, senhora Áurea Prazeres no sentido de que seja viabilizada a implantação de Centro de Acesso à Tecnologia para a Inclusão Social de Adolescentes e jovens, filhos de pescadores, pertencentes à Colônia de Pescadores Z 83 no município de Turilândia-MA. A Colônia de Pescadores instalada no âmbito do município, no esforço de um trabalho desenvolvido na busca da sustentabilidade de ações de capacitação técnica e prática de informática continuada, para o grande potencial jovem no município dotou o espaço físico da Colônia com 10 (dez) equipamentos de informática em perfeito funcionamento, para viabilizar o desenvolvimento de habilidades computacionais e assim, promover a inclusão digital através do acesso à informação e recurso disponível na internet. O potencial de jovens no município, oriundos de famílias de baixa renda, expressa significativa demanda reprimida de acesso aos serviços de inclusão digital, de acesso à pesquisa ao conhecimento, requerendo espaço para a realização de cursos na área de informática, ao que se justifica a necessidade de potencializar as ações de capacitação numa relação de parceria com a Secretaria Estadual de Educação, tendo em vista, que a Colônia já dispõe de uma infraestrutura em condições de funcionamento, um dos meios necessários para facilitar a utilização dos recursos tecnológicos, necessitando, portanto, de instrutores para ministrar o curso. Proporcionar espaço para realização e aperfeiçoamento profissional através da inclusão digital aos adolescentes e jovens, filhos de pescadores da região é incentivar o desenvolvimento pessoal e profissional, além de se constituir, uma medida de inteira justiça e inclusão social de grande alcance, ao expressivo e crescente contingente populacional de crianças, adolescentes e jovens em idade escolar do município. Assembleia Legislativa do Maranhão, em 12 de junho de EDSON ARAÚJO - Deputado Estadual - PSL NA FORMA DO ART. 146 DO REGIMENTO INTERNO, O SR. PRESIDENTE DETERMINOU O ENCAMINHAMENTO DA PRESENTE INDICAÇÃO. Senhor Presidente, INDICAÇÃO Nº 526 / 15 Na forma do que dispõe o Regimento Interno desta Casa, em seu art. 152, requeiro a Vossa Excelência que, após ouvida a Mesa, seja encaminhado ofício ao Exmo. Senhor Secretário de Estado de Desenvolvimento Social, Neto Evangelista, para que proceda à construção de um Sistema de Abastecimento de Água nos povoados de São Félix, Vila Santa Maria e São Silvestre, localizados na zona rural do município de Afonso Cunha. O município de Afonso Cunha fica localizado na Região do Leste Maranhense, cuja população de mais de seis mil e quinhentos habitantes sofre, há anos, com dificuldades severas, e com constantes situações de risco à saúde, relativamente à falta de água potável. Em face disso, torna-se iminente a necessidade de realização da referida obra, fato que irá contribuir para uma melhora significativa nas condições de vida e de bem estar das famílias que lá residem. Plenário NAGIB HAICKEL do Palácio MANUEL BECKMAN. São Luís, de junho de 2015 FÁBIO BRAGA Deputado Estadual PT do B NA FORMA DO ART. 146 DO REGIMENTO INTERNO, O SR. PRESIDENTE DETERMINOU O ENCAMINHAMENTO DA PRESENTE INDICAÇÃO. Senhor Presidente, INDICAÇÃO Nº 527 / 15 Na forma regimental, requeiro a Vossa Excelência que, depois de ouvida a Mesa, seja encaminhado ofício ao Excelentíssimo Senhor Prefeito Municipal de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior, solicitando, em caráter de urgência, a construção de mais unidades do Centro de Atendimento Psicossocial Álcool e Drogas (Caps-AD) na cidade de São Luís. A adoção da providência acima tem como finalidade controlar o número de cracolândias pela cidade, que tem se expandido devido à falta de centros especializados no tratamento de dependentes. Essa escassez de Caps-AD, que não vem acompanhando a grande demanda da população, está limitando o combate ao consumo de crack em São Luís. De acordo com pesquisas realizadas, o ideal é que exista um Caps-AD para cada 200 mil habitantes. A dependência química é um problema grave que afeta a saúde pública e gera como consequência o cometimento de vários tipos de crimes, devendo, por todas essas razões, ser elevado à categoria de prioridade. PLENÁRIO DEPUTADO NAGIB HAICKEL, DO PALÁCIO MANOEL BEQUIMÃO, EM 23 DE JUNHO DE EDUARDO BRAIDE - Deputado Estadual NA FORMA DO ART. 146 DO REGIMENTO INTERNO, O SR. PRESIDENTE DETERMINOU O ENCAMINHAMENTO DA PRESENTE INDICAÇÃO. O SENHOR PRIMEIRO SECRETÁRIO DEPUTADO EDILÁZIO JÚNIOR Expediente lido, Senhor Presidente. COUTINHO Expediente lido à publicação. III PEQUENO EXPEDIENTE. COUTINHO Com a palavra, o Senhor Deputado Stênio Rezende. Deputada Francisca Primo. A SENHORA DEPUTADA FRANCISCA PRIMO (sem revisão da oradora) - Senhor Presidente, Senhoras Deputadas, Senhores

11 TERÇA-FEIRA, 23 DE JUNHO DE Deputados, imprensa, galeria, todos que nos assistem, através da TV Assembleia, Senhor Presidente, estive presente na reinauguração do IFMA, em Buriticupu. Na ocasião, houve a entrega das novas instalações do Câmpus e a reforma do prédio principal. A modernização do Complexo Esportivo com a quadra, piscina, vestuário e campo de futebol, a inauguração do bloco 2 com dez novas salas de aula, Senhor Presidente, para os cursos do ensino superior. O evento de reinauguração contou com a presença do reitor Francisco Roberto Brandão e outras autoridades do município onde fomos recebidos pelo diretor geral do Câmpus de Buriticupu, Ronald Ribeiro. Buriticupu recebeu o IFIMA, ainda em 2007, deputado Marco Aurélio, na gestão do então prefeito Primo com a ajuda do ex-deputado federal, Gastão Vieira e foi inaugurado pelo ex-ministro da Educação, Fernando Haddad. Quando começou a funcionar, teve início numa escola do município até a conclusão da obra da sede própria. Inicialmente, era uma escola técnica e hoje podemos dizer que é um Câmpus Universitário. Quando começou em Buriticupu, esse Câmpus, com apenas 120 alunos, hoje a unidade atende mais de dois mil alunos, entre os cursos técnicos e superiores. Com a chegada do Câmpus em Buriticupu, houve um avanço na educação e abriu oportunidade para qualificação do ensino médio, melhorando, assim, os índices do IDEB. Hoje o Maranhão conta apenas com 26 Câmpus do IFMA e o Câmpus de Buriticupu está entre os seis Câmpus mais bem estruturados do estado, servindo sempre de referência para outros Câmpus. Além do que, já existia a biblioteca, laboratórios e auditórios. Então, senhor Presidente, a família Buriticupu está de parabéns por essa reinauguração e pela inauguração dessas novas salas dos Câmpus em Buriticupu. Muito obrigada. COUTINHO Deputado Welington do curso. O SENHOR DEPUTADO WELLINGTON DO CURSO (sem revisão do orador) Deus seja louvado. Senhor Presidente, demais Membros da Mesa, deputados estaduais, galeria, imprensa, internautas, telespectadores que nos assistem através da TV Assembleia. Senhor Presidente, hoje fizemos duas indicações nesta Casa, uma solicitação da Região Tocantina, do povo de Imperatriz com relação às atividades que já vêm sendo desenvolvidas pelo Governador do Estado naquela região, mas que pudesse dar uma atenção maior à Vila Parati. Então, com isso, nós fizemos duas indicações hoje, solicitando ao Governador do Estado e ao presidente da CAEMA que adotem providência no sentido de incluir no Programa Água Para Todos a Vila Parati no município de Imperatriz e solicitar também ao senhor Clayton Noleto, secretário de Infraestrutura, que adote providências no sentido de incluir o Programa Mais Asfalto, nas vias da Vila Parati, município de Imperatriz. A Comunidade de Vila Parati, bairro da região da Vila Nova, em Imperatriz, localiza-se à margem direita da Avenida Pedro Neiva de Santana no sentido de quem vai para João Lisboa. O deputado Marco Aurélio tem feito grandes defesas da Região Tocantina e aproveito também a oportunidade para uma solicitação para somar a minha voz também na Região Tocantina, eu tive uma votação significativa na Região Tocantina, tenho apreço, carinho e respeito por todos de Imperatriz e daquela região, onde fiz, durante a campanha, o primeiro jantar com a imprensa da Região Tocantina e os municípios próximos da região de Imperatriz. Então, solicito hoje ao governador do Estado, através da CAEMA e da Secretaria de Infraestrutura ações para a Vila Parati, no município de Imperatriz. Ontem, domingo, eu estive presente na cidade de São Bento, onde estive realizando o Curso de Formação em Políticas Públicas e Partidárias com o Tema Fazendo Política para Todos. A oportunidade em que tive de conversar com os populares, com presidente de associação, com pescadores, com agricultores e com alguns relatos e das necessidades da cidade de São Bento. Então, no decorrer desta semana, faremos algumas proposições, algumas reivindicações e manifestar o meu respeito e ressaltar também o nosso apoio à cidade de São Bento e que voltaremos nossos olhares para a cidade de São Bento e, nos próximos dias, estaremos fazendo, apresentando algumas Indicações. Então, nosso fraterno abraço também ao Ademias, ao Joãozinho, de João do Sangue, à dona Aurélia, ao Inaldo, que é policial militar, ao Júlio, ao Ideraldo, que nos receberam na cidade de São Bento, oportunidade em que fizemos uma palestra no curso de Formação em Políticas Públicas e Partidárias naquela cidade. Muito obrigado, senhor Presidente. E que todos tenhamos uma ótima semana. COUTINHO Deputado Marco Aurélio. O SENHOR DEPUTADO PROFESSOR MARCO AURÉLIO (sem revisão do orador) - Senhor Presidente, deputados, deputadas, imprensa, galeria. Quero saudar de modo especial o vereador de São Francisco do Brejão, o grande amigo, companheiro de jornadas, Francisco do Robertão, e sua esposa Cristiana, que estão hoje aqui na galeria. Senhor Presidente, eu quero dizer com grande satisfação de uma audiência que tivemos na última sexta-feira com o presidente da CAEMA, o Davi Teles, e com o Secretário Estadual de Infraestrutura, Clayton Noleto. Eu digo com grande alegria pela efetivação das políticas de saneamento na nossa grande Imperatriz. A CAEMA, nesta nova gestão, começa a pagar uma dívida histórica com a cidade de Imperatriz. Divida esta que não permitia que o investimento chegasse à cidade. Dívida esta que apenas tirava arrecadação da cidade. Cidade que é importantíssima para manter outras cidades que não têm arrecadação, mas que não devolviam investimentos para a nossa grande Imperatriz. E esta indignação fez com que a população ficasse cada vez mais desacreditada da CAEMA. E desde que a gestão iniciou, investimentos têm chegado. E comprovamos na prática a efetividade dessas ações com a presença do Governo e com a ação, a vontade política. A gente sempre fala em vontade política, e a vontade desprovida da ação não consegue resolver. E três semanas, três semanas apenas foram suficientes para garantir o investimento importantíssimo para a grande Imperatriz em saneamento básico. Exatamente três sábados atrás, o Secretário Cleyton Noleto e o Presidente Davi Teles estavam em Imperatriz, e eu os convidei para irmos juntos ao bairro Bacuri, o bairro em que eu moro há muitos anos, o bairro que me deu uma votação, ao qual eu sou muito grato. E o grande Bacuri tem uma necessidade que eu já pautei nesta tribuna, a questão de esgoto a céu aberto que não se resolve, uma dificuldade que nunca se viu uma solução. E nesta reunião, no meio da rua, ali na rua Osvaldo Cruz com a rua Leôncio Pires Dourado, ali próximo, bem no meio da comunidade do Bacuri, numa reunião num sábado à tarde, com dezenas de pessoas e as pessoas reclamando, dizendo que até tinham perdido a esperança de ver aquele problema ser resolvido. E a efetividade das ações desse Governo, o Secretário Davi e o Cleyton Noleto se comprometeram em elaborar um projeto e apresentar ao governador. E apenas três semanas foram suficientes. O projeto foi feito e o governador Flávio Dino já autorizou. Estivemos na ultima sexta-feira, na CAEMA, em reunião com o presidente Davi Teles e Clayton Noleto, um investimento será feito de cerca de sete mil metros de rede de esgoto no Bacuri, que irá garantir ligações de cerca de mil residências, mais de mil residências serão interligadas a rede de esgoto. E digo isso porque a grande Imperatriz só tem cerca de 10 mil residências interligadas à rede de esgoto e terá aí um acréscimo de 10% ou mais de 10% a ligação de rede de esgoto. Algo que é importantíssimo, porque investir em saneamento básico é, acima de tudo, investir na saúde pública, é evitar que os problemas de doenças ocasionados pelo esgoto a céu aberto, que esses problemas sejam solucionados definitivamente nesta parte do grande Bacuri. Isso um investimento de cerca de R$ 3 milhões, deputado Eduardo Braide, em uma ação concreta em que se observou o problema e se buscou a solução. Em três semanas, já está garantido esse investimento, e digo isto porque, nos próximos dias, já sairá o edital de licitação e, a partir da licitação, virão os próximos passos e a obra, dentro de poucos meses, já irá se iniciar. Eu quero, nesta oportunidade, agradecer em nome da nossa grande Imperatriz ao governador Flávio Dino, agradecer ao secretario de Infraestrutura, Clayton Noleto, que será parceiro também nesta execução junto a CAEMA e agradecer ao

12 12 TERÇA-FEIRA, 23 DE JUNHO DE 2015 presidente da CAEMA, Davi Teles, juntamente com toda sua equipe pela rapidez, pela efetividade e pelo respeito com o povo de Imperatriz. E reitero, a CAEMA começa a pagar uma dívida histórica com o povo de Imperatriz garantindo assim investimentos a esse povo que, há muito tempo, ajudou a CAEMA a se manter em todo Estado. Muito obrigado. COUTINHO Com a palavra, a deputada Andréa Murad. A SENHORA DEPUTADA ANDRÉA MURAD (sem revisão da oradora) - Senhor Presidente, senhoras e senhores deputados, galeria, imprensa. Eu, primeiro, vou me pronunciar sobre as aeronaves, deputado Vinicius, que eu pensei que, pela primeira vez, tivesse batido, deputado Edilázio, uma luz na consciência do governador para tentar rever uma imoralidade como essa, uma indignidade como essa. E só para efeito de comparação muito rapidamente sobre essas aeronaves, os jornais estão falando muito, os blogs estão falando demais, mas o Governador, que tanto criticou primeiramente os usos de aeronaves, agora quer fazer contratos superfaturados. Ele quer aumentar os gastos com o uso de aeronaves, deputado Edilázio, 88% mais caros. E nós achando que o governador tivesse com vergonha do povo e tivesse dado uma luz nele: Não, eu vou rever essa imoralidade e vou rever esse edital de licitação. Mas não. Ele alterou, fez algumas alterações no edital, mas, deputado Edilázio, nós já descobrimos que foi para beneficiar determinada empresa. Nós vamos deixar passar, esperar a licitação e depois vou fazer uma ação para anular essa indignidade, porque isso é uma indignidade, isso é uma imoralidade. As pessoas não estão mais para isso tipo de coisa. Só para vocês terem noção, o exgovernador falou tanto, e aí eu já vou falar agora da Secretaria de Saúde. Ele falou tanto do modelo king da SES, e o valor por hora da gestão passada, deputado Edilázio, era de R$ 6 milhões e 300 mil, agora R$ 11 milhões e 860 mil. Eu quero saber como é que os deputados governistas agora têm coragem de falar alguma coisa sobre alugueis de aeronaves? Eu quero saber como é que as pessoas agora têm coragem de falar alguma coisa. Não conseguem defender. Deputado Edivaldo, 88% mais caro. Um governador que disse que ia gastar mais com saúde, educação e que ia andar de avião comercial. É um governador que realmente continua sem palavra e que não condiz, ou seja, ele foi para o governo, mas o que ele realmente... ele mudou o pensamento, porque realmente quando ele vai para o Governo ele realmente viu que as coisas são diferentes. Mas ele está muito pior do que todos os antecessores que ele dizia ser ruim e que muitos deputados governistas aqui, hoje governistas, não achavam nada demais na gestão passada, ou então achavam nos bastidores. E agora eu quero saber como é que tem coragem de subir a uma tribuna como essa e não achar nada demais de uma imoralidade. Ou seja, se o contrato da SES de R$ 6 milhões e 300 mil do modelo King era caro, o que se diz de R$ 11 milhões e 860 mil para o Governador, é ou não é caro? São sobre essas incoerências que o povo quer respostas. As pessoas procuram respostas, porque o Governador da mudança, o Governador que clama tanto por mudança realmente ele tem que cumprir aquilo que ele diz. Agora vamos para outra esfera. O Governador Flávio Dino simplesmente age sem pensar nas consequências. Ele está alugando prédios, deputado Edilázio, para a administração pública e ele está pensando que o povo é bobo, essa é que é a verdade. Agora, o mais novo prédio e aí eu quero destacar, vou falar bem do Felipe Camarão, o secretário Felipe Camarão, um dos únicos secretários, deputado Othelino, que, realmente, nós pedimos uma informação e ele dá, realmente é uma peça importante no governo Flávio Dino e com ele não tem esse tipo de problema, nós pedimos uma informação, ele realmente dá a informação que nós solicitamos, diferentemente do resto do governo. Só que no aluguel do Corpo de Bombeiros, ainda não tive oportunidade depois de conversar com o Felipe Camarão, deputado Adriano, o prédio que eles alugaram agora para o Corpo de Bombeiros, eles alugaram por R$ 20 mil, na Avenida Litorânea. Aí eu lembro que foi o deputado Othelino, Rubens Júnior, Bira lá para frente do prédio do senador Edinho Lobão fazer aquele auê, mas ninguém faz auê naquele prédio de cento e trinta e cinco mil, nem nesta casa, de um pavimento por vinte mil reais. Aí eu fiz a cotação, sete mil reais, deputado Adriano, uma casa de dois pavimentos muito próxima da que ele alugou com oito dormitórios, enorme a casa, R$ 8 mil e a que ele alugou foi vinte, ou seja, o governo está com tanto dinheiro assim, para estar brincando com as caras das pessoas, deputado Edilázio? Porque eu fico muito impressionada com isso e aí depois acham que eu sou dura. Presidente Humberto, eu vou voltar, daqui a pouco, eu vou voltar com fotos, desculpe. Obrigada. COUTINHO Deputado Rogério Cafeteira. O SENHOR DEPUTADO ROGÉRIO CAFETEIRA (sem revisão do orador) Senhor Presidente, Senhoras e Senhores Deputados, imprensa, galeria, estava ouvindo aqui atentamente o pronunciamento da deputada Andréa Murad que me antecedeu. E a deputada aqui fala sobre a licitação, primeiramente, eu gostaria de esclarecer sobre o certame que contratará as aeronaves para o Estado. Diferente do que se tentou demonstrar, o certame não será cancelado, apenas o pregoeiro, devido a questionamentos dos prováveis concorrentes, achou por bem responder a todos antes de se abrir as propostas, antes de dar início efetivamente a licitação, apenas isso, não existe da nossa parte nenhuma dúvida sobre a correção e mais, diferente do que alguns querem colocar, superfaturamento. Aqui eu poderia discorrer sobre esse assunto bem mais, mas vou dar exemplos disso aqui que eu acho que serão bastante esclarecedores. Primeira questão, questionam sobre o contrato de um jato, que um ex-deputado diz nas redes sociais: era R$ 25 o quilômetro e agora é R$ 30,93. E aí faz uma matemática e diz que vai ser muito mais, vai gastar mais do que o dobro. Primeiramente, aquele valor é estimativa e existe uma diferença, senhores deputados, fundamental em relação ao contrato anterior. No contrato anterior, em todos, principalmente nos celebrados pela SES, em todos existe um piso. O que quer dizer isso? Quando é feito o contrato, por exemplo, o contrato do jato, esse jato tinha garantido vinte mil quilômetros por mês, voando ou no não. Se ele voasse, pagava-se; se ele ficasse parado, pagava-se igual, deputado Marco Aurélio. Esse avião custava quinhentos mil reais por mês ao estado do Maranhão. E aqui é importante a gente fazer e eu peguei apenas dois meses rapidamente para a gente ter como parâmetro. O mês de outubro de 2014 e o mês de novembro, deputado Marco Aurélio. No mês de outubro, veja bem, ele tem garantido vinte mil quilômetros, senhor Presidente, vinte mil voando ou não. Em outubro, ele voou, e aqui vou citar os voos que ele fez: São Luís/ Jundiaí; Jundiaí/São Luís; São Luís/Rio de Janeiro. Do Rio de Janeiro estranhamente eu acho que é uma questão que deve se olhar com mais atenção, esse avião some; ele não volta para lugar nenhum. O único registro que tem lá é São Luís/Rio, depois ele deve ter vindo de Caminhão para cá. Depois temos São Luís/Brasília. Também, eu não sei, eu tenho impressão que o avião vai voando, mas volta de carreta, porque também não tem registro depois desse voo. E depois temos um voo São Luís/ Imperatriz, Imperatriz/ São Luís. Isso totalizou, deputado Othelino, 9.324, de um total de 20 mil quilômetros. Resumindo, se a gente fizer um cálculo, o valor cobrado, o valor pago efetivamente pelo Estado não foi de R$ 25,00, como reza o contrato, deputado Braide; mas sim de R$ 53,62, isso em outubro. Mas rendeu à empresa PMR R$ 500 mil. No mês de novembro, a situação foi um pouco ainda mais desfavorável ao Estado do Maranhão, aqui ele fez um voo São Luís/ Floriano; Floriano/São Luís; São Luís/Teresina; Teresina/São Luís; São Luís/Guarulhos; Guarulhos/São Luís. Isso totalizou quilômetros, deputado Marco Aurélio, de uma franquia de 20 mil. Aqui, se a gente for fazer análise do custo voado, R$ 80,07. Só isso justificaria a contratação nos moldes em que o Governo está propondo, onde só se paga, deputado Marco Aurélio, o que é voado, efetivamente utilizado. Teria também um exemplo, e aqui eu vou falar, porque se fala muito do King Air. Eu acho que a gente tem que respeitar a questão de superfaturamento de quem conhece. Fala-se de R$ 6.300, deputado Braide, o quilometro. Mas no mês de novembro de 2011, a SES

13 TERÇA-FEIRA, 23 DE JUNHO DE conseguiu, eu acredito que seja o recorde mundial, acredito que seja a hora de King Air mais cara do mundo, R$ 56 mil, deputados, foram pagos por uma hora de avião. R$ 56 mil foram pagos por uma hora de King Air. E por que isso? Porque novamente os contratos feitos pela Secretaria de Saúde garantiam o mínimo voado e esse King Air de 2011, desse contrato de 2011, ele tinha garantido R$ 252 mil/mês; R$ 40 mil de voos, voando ou não. Só que no mês de Novembro de 2011, e vejam bem, hoje se fala de superfaturamento no valor de R$ 6.300, mais ou menos o mesmo valor de quatro anos atrás. Será que agora é que está superfaturado? Quatro anos depois? Só para vocês terem ideia, o principal componente do custo do voo é o combustível, ele quase dobrou; o outro da aviação é o dólar, naquela época era R$ 1.98, deputado Adriano, e hoje está R$ 3,15. Mas será que agora é que está superfaturado? Mas eu queria só esclarecer os R$ 56 mil, deputado Adriano, veja só. Como a SES garantia, senhores deputados, R$ 252 mil reais/mês para o avião, voando ou parado, esse avião fez os seguintes voos no mês de novembro de 2011: São Luís-Pinheiro, Pinheiro-São Luís, São Luís-Pinheiro, Pinheiro- São Luis, São Luís-Grajaú, Grajaú- São Luís. Somou 4 horas e 30 e devia-se R$ 252 mil por 4 horas e 30, chega-se a fabulosa soma de R$ 56 mil numa hora de voo, talvez seja o preço daquela hora, deputado Braide, daquela espaçonave que faz passeio com a gente no espaço? Deve ser. Porque R$ 56 mil em uma hora de King Air, é o maior absurdo que se pode imaginar. Até refazemos os cálculos lá, conferimos de tão absurdo que parecia, mas, pasmem senhores deputados, vocês podem estar achando que viria uma compensação. Não, deputado Cafeteira, não se usou as 40 horas nesse mês e usou só 10, nós pagamos efetivamente os R$ 252 mil, mas nós temos um crédito de 30 horas para o mês seguinte, infelizmente não, ou você usava nos 30 dias ou perdia. Então, senhores deputados, eu acho que com esses exemplos e teria outros, mas acho que só esses exemplos são bastante esclarecedores, mas se persistirem no debate estamos abertos para mais esclarecimentos e mais exemplos de quando realmente houve superfaturamento, e não foi agora e nem será. Era o que eu tinha a dizer, Senhor Presidente. COUTINHO - Deputado Júnior Verde. O SENHOR DEPUTADO JÚNIOR VERDE (sem revisão do orador) - Excelentíssimo Senhor Presidente, excelentíssimos senhores e senhoras deputadas, imprensa, servidores desta Casa, telespectadores da TV Assembleia, galeria. A todos o meu cordial boa tarde, que Deus abençoe a todos. Quero fazer um registro importante que semana passada, na terça-feira, dia 16 de junho, nós tivemos para nossa grata satisfação, satisfação dos trabalhadores do transporte alternativo do Estado do Maranhão, a sanção da Lei nº de 12 de junho de A lei que alterou a Lei nº de 25 de abril de A Lei que nós votamos nesta Casa, Senhor Presidente, que, certamente, vai contribuir com fortalecimento do sistema de transporte alternativo no Estado do Maranhão, ou seja, o nosso Excelentíssimo Senhor Governador sancionou essa importante lei que realmente vai ser um divisor de águas para o Estado do Maranhão, a partir do momento em que nós dimensionalizamos os conceitos necessários para fortalecer o setor e assim definir até competências, como também aquelas que são de âmbito municipais que hoje estão definidas na lei e que, com certeza, com a regulamentação, com a aprovação da lei, com a sanção por parte do Governador, nós temos hoje uma lei efetiva no Estado do Maranhão, que pode certamente dar contribuição, principalmente na renovação da frota, na renovação dos nossos micro-ônibus, das vans que trafegam por todo estado do Maranhão e que, às vezes, infelizmente, não conseguem, os microempresários ou empresários no setor não conseguem financiamentos. Hoje está regulamentada uma lei que vai dar o início realmente para o fortalecimento dessa atividade, ou seja, nós vamos ter a compreensão clara e definida das competências tanto do Estado, enquanto detentor da fiscalização, porque hoje está regulamentado na lei. E o Estado, através, inclusive, da agencia de Mobilidade Urbana, da MOB, hoje vai certamente desenvolver uma atividade no sentindo de que nós vamos disciplinar o transporte alternativo no estado do Maranhão. Então, foi uma grande conquista para o Maranhão. Quero compartilhar com todos nobres colegas que nós tivemos essa vitória, uma grande vitória. Esta Casa teve uma grande vitória porque essa aprovação, essa sanção vem ao atendimento do anseio coletivo de todos aqueles que aprovaram, até por unanimidade. Esta Casa aprovou por unanimidade essa importante lei que regulamenta o esporte alternativo. Mas também fazer uma referência aqui, senhor Presidente, da Indicação nº 502, que nós falávamos sobre segurança pública, e quando nós falamos também no aspecto do transporte alternativo, nele também versa a condição da segurança que nós queremos dar aos usuários do transporte alternativo do Maranhão. Saber realmente aqueles que vão estar aptos a exercer atividades. E dentro desse parâmetro da segurança pública, fizemos a indicação nº 502 e com vários aspectos em defesa, inclusive, da condição das comunidades, que são a base, o alicerce, para onde o Estado deve voltar o seu olhar realmente para o combate da criminalidade. E nós fizemos uma audiência pública, envolvendo, inclusive, o comando da Polícia Militar Comunitária, nós tivemos a oportunidade de ouvir todos os conselhos do Estado do Maranhão e saímos com esses indicativos. E foi publicada a Indicação nº 502, foi publicada no diário oficial desta Casa, no dia 18 de junho de E nós damos aqui a nossa contribuição. Entre elas, eu posso destacar o aspecto importante, que é o combate às drogas, que é uma mazela social, que é uma questão de saúde pública. Nós temos realmente que voltar o nosso olhar para o combate principalmente aos traficantes. E durante essa audiência, essa reunião que nós tivemos com os conselhos comunitários, nós pudemos perceber que é um clamor público. É preciso que nós possamos, com o serviço de inteligência, avançar no combate à criminalidade pontualmente, indo de encontro a este aspecto, que é fundamental no combate às drogas no estado do Maranhão. Por exemplo, falávamos aqui dentre as proposições na questão da entrada e saída de São Luís, é preciso resguardar as nossas fronteiras, os nossos limites. É preciso que nós possamos intensificar o trabalho. E eu falava hoje, na Secretaria de Segurança, numa audiência que tive com o Secretario Adjunto, sobre esse aspecto fundamental de nós podermos realizar as blitz permanentes. É um embate que deve acontecer de forma plena realmente no aspecto de que nós precisamos de forma pontual, de forma realmente até estratégica colocar a polícia para esse enfrentamento, através das blitz nas ocupações, como aconteceu no Coroadinho. Só para concluir, senhor Presidente. Entre os aspectos que foram citados na Indicação 502, nós não contemplamos a questão da carceragem, a questão carcerária, a questão prisional no estado do Maranhão. Mas nós tivemos uma reunião com a comissão de Segurança semana passada, e nessa reunião nós pudemos também dar a nossa contribuição, que é preciso que nós possamos fortalecer a luta do Congresso Nacional para mudar a Constituição deste país. É preciso que os presos possam trabalhar, é preciso que nós possamos realmente ter um sistema carcerário que ressocialize. E para isso é importante fazer as parcerias necessárias com o poder público, com a iniciativa privada. Que possamos levar projetos de iniciativas que possam de fato fazer com que os presos ali possam pagar; pagar não só na forma realmente da punição, mas, acima de tudo, pagar pelo que consomem, porque não adianta, infelizmente, nós pagamos duas vezes o preço, pagamos para manter o preso e pagamos pelo crime que ele cometeu na sociedade, que atentou contra a sociedade. Então é preciso rever a condição também da criminalidade nesse aspecto, dando a necessidade de fato e de direito de nós ressocializarmos e para isso é preciso repensar nosso sistema carcerário, muito obrigado a todos. COUTINHO Deputado Eduardo Braide. O SENHOR DEPUTADO EDUARDO BRAIDE (sem revisão do orador) - Senhor Presidente, Senhores Deputados, Senhoras Deputadas, galeria, imprensa, telespectadores da TV Assembleia. Senhor Presidente, eu vim hoje a esta tribuna parabenizar o Jornal Pequeno, que em seu caderno 2 da edição de ontem, domingo, dia 21 de

14 14 TERÇA-FEIRA, 23 DE JUNHO DE 2015 junho, fez uma excelente matéria no que diz respeito ao combate ao crack em nossa capital, deputada Nina Melo, V. Ex.ª, que é médica e eu tenho certeza de que tem a preocupação com esse tema também. E em entrevista com o doutor Marcelo Costa, que é do CAPSAD do Estado, no caso Centro de Assistência Psicossocial para Álcool e Drogas, foi feito um levantamento em termos da necessidade, deputado doutor Levi, e chegou-se a conclusão de que a nossa capital precisa de, no mínimo, mais seis CAPS desse para que possa realmente receber esses usuários de drogas. E esse trabalho que é feito com esses usuários, onde se costuma chamar cracolândia, deputado Levi, é feito em parceria com a Polícia Civil e no caso com os Centros de Assistência Social. E o delegado encarregado por essa parte, que é do combate a esse tipo de situação doutor Rodson Almeida, explica e diz uma frase que é sintomática: o recolhimento no caso dessas pessoas não faz sentido se não temos para onde encaminhar os usuários. A Prefeitura de São Luís já possui, na verdade, três CAPS que cuidam desse tipo de situação, que segundo informação da Secretaria Municipal de Saúde é o CAPS- AD do Filipinho, o CAPS II no Olho D água e o CAPS I, no Turu, mas há um levantamento por parte da Organização Mundial de Saúde que, a cada 200 mil habitantes, precisa-se especificamente de um CAPS desses, doutor Edson Araújo e a informação é que a solicitação de verbas para a construção de CAPS é feita pelas cidades, diretamente ao Ministério da Saúde que a faz liberação das verbas para a construção. Então, em função disso, atendendo e acreditando na sensibilidade do prefeito da capital, Excelentíssimo Senhor Edivaldo Holanda Júnior, nós estamos apresentando uma Indicação, fruto inclusive do pleito feito pelo doutor Marcelo, que é do CAPS-AD do Estado, para que a Prefeitura Municipal de São Luís, possa apresentar os projetos necessários e que a nossa capital venha a ganhar e receber, doutor Fernando Furtado, exatamente esses CAPS-AD, para que a gente possa ajudar a cuidar dessa pessoas que são usuários de drogas. Muita das vezes, os usuários de drogas são tratados simplesmente com a força policial, mas, na verdade, é um problema que, antes de ser policial, é um problema de saúde pública e aí eu quero acreditar que é uma boa causa, para que o Governo do Estado e a Prefeitura Municipal de São Luís, a exemplo do que já vem acontecendo em outras parcerias, possam dar as mãos no sentido partir para o enfrentamento dessas situações dos usuários de droga. Eu acho que essa é uma boa alternativa. Portanto, protocolarei agora a Indicação ao Exmo. Senhor Prefeito de São Luís para que ele possa reivindicar ao Ministério de Saúde a construção de novos CAPS-AD e que também o Governo do Estado possa reforçar a sua rede de atendimento aos usuários de drogas para que a gente possa ver essa situação se não finalizada, mas, pelo menos, diminuída e melhorada porque eu tenho certeza de que além de contribuir para a retirada dessas pessoas que, muitas das vezes, foram abandonadas pelas suas famílias ao voltarem para suas famílias servirá também para contribuir, de forma efetiva, para a diminuição dos casos de violência em nossa capital. Era o que tinha a relatar, Senhor Presidente. COUTINHO - Concedo a palavra ao deputado Edilázio Júnior. O SENHOR DEPUTADO EDILÁZIO JÚNIOR (sem revisão do orador) - Boa tarde! Senhor Presidente, senhores deputados, senhoras deputadas, galeria, imprensa, telespectadores da TV Assembleia. Senhor Presidente, há um mês e meio, dois meses atrás, deputado Othelino, eu havia feito um requerimento à Mesa desta Casa pedindo informações ao Tribunal de Contas do Estado a respeito da BR Construções e o município de Fernando Falcão, município este que atestava a idoneidade da empresa e informava ao DETRAN que a mesma havia prestado serviço ao município de Fernando Falcão no ano de 2014, ano que ela foi criada, ela foi criada em outubro de 2014, mas lá o município de Fernando Falcão atestava a lisura, a idoneidade da empresa. Pois bem, deputado Edivaldo Holanda, eu apresentei o Requerimento à Mesa, foi rejeitado, porque infelizmente existe uma blindagem com relação ao Executivo, que nós, deputada Andréa, que deveríamos aqui estar fiscalizando o governo do Estado, muitas das vezes, os deputados aqui fecham os olhos para as ilegalidades que esse governo vem cometendo. E talvez nunca tenha tido, deputado Rogério Cafeteira, uma oposição tão coerente, tão responsável como essa que está tendo agora, apesar de poucos, mas tudo que nós fazemos aqui é baseado em dados e tanto foi assim, que tivemos uma vitória com relação à Comissão de Licitação do Estado, o Tribunal de Contas foi lá e disse que estava errado, enquanto isso os governistas vinham para cá dizer que era balela o que nós estávamos falando, tanto foi assim no caso da BR Construções também esse contrato fajuto que foi feito lá no DETRAN, contrato este que o Ministério Público já está apurando. Mas, pois bem, a Mesa desta Casa indeferiu meu Requerimento pedindo informações ao Tribunal de Contas do Estado por pura subserviência ao governo do Estado, pois é algo público e eu como parlamentar fiz um Requerimento ao presidente do Tribunal de Contas do Estado e vou ler para V. Ex.ª, deputado Rogério Cafeteira. Assunto, isso aqui é do Tribunal de Contas do Estado. Resposta ao ofício nº 02/2015, do gabinete do Deputado Edilázio Junior. Senhor Deputado, em resposta ao ofício nº 002/2015, e atendendo o despacho do Excelentíssimo Senhor Conselheiro João Jorge Jinkings Pavão, constante no processo nº 5526/2015, do TCE-MA. Informa a V. Ex.ª que não foram identificados os processos de licitação ou dispensa, contratos ou possíveis pagamentos de serviços prestados pela BR Construções Comércio e Serviço LTDA, CNPJ / nos documentos enviados pelos gestores do Município de Fernando Falcão, nas prestações de contas do exercício de Processo nº 1851/2015, 1852/2015, 1853/ 2015, 1854/2015, conforme informações abaixo. Bruno Ferreira Barros de Almeida, Secretário de Controle Externo do TCE-MA. Então, está aqui, deputada Andréa Murad, em nossas mãos, a prova da forma fraudulenta como o Diretor do Detran contratou a BR Construções, a forma como foi forjada essa licitação, e agora vamos juntar esse ofício do Tribunal de Contas, vamos juntar ao processo que já está sendo apurado pelo Ministério Público, para que com isso enriqueça ainda mais o processo do Parquet e não tenho dúvida, que o diretor do Detran, juntamente com a BR Construções, vão ter que se explicar à Justiça. Isso mostra como nós estamos trabalhando de forma responsável e eu queria aqui ouvir a defesa do governo. O que o governador Flávio Dino tem a falar a respeito da resposta do Tribunal de Contas do Estado do Maranhão. Dizendo que o município de Fernando Falcão nunca mencionou licitação ou dispensa de licitação contrato ou que quer que seja com a BR Construções, repito, a BR Construções é uma empresa que foi feita única e, exclusivamente, para trabalhar para o DETRAN na gestão do governador Flávio Dino e aguardo a resposta dos governistas. O meu muito obrigado, Senhor Presidente. COUTINHO - Encerrado o Pequeno Expediente, deputado Edivaldo Holanda fica inscrito para amanhã. Suspendo a Sessão, para que possamos parabenizar o deputado Adriano Sarney pela passagem do seu aniversário ocorrido no dia 20 de junho. COUTINHO - Sessão reaberta. IV ORDEM DO DIA. COUTINHO - Projeto de Lei º 062/2015, de autoria do deputado Sergio frota. Segundo turno. Em discussão. Em votação. Os deputados e deputadas que aprovam, permaneçam como estão. Aprovado. À Sanção. Requerimento nº 303/2015, de autoria do deputado Júnior Verde, para encaminhar a votação, o autor deputado Júnior Verde por cinco minutos, sem apartes. Para encaminhar a votação. O SENHOR DEPUTADO JÚNIOR VERDE (sem revisão do orador) - Senhor Presidente, se o senhor me permite daqui mesmo dessa bancada, encaminhar a votação, o requerimento. Só para esclarecer

15 TERÇA-FEIRA, 23 DE JUNHO DE aos nobres colegas que se trata do requerimento de urgência que solicita, na verdade, que nós precisamos aprovar uma lei que é muito importante para o Maranhão, que é referente à outorga d água, por que é importante? Porque o processo de licenciamento ambiental, infelizmente ele é moroso, e é o principalmente entrave realmente para forma de desenvolvimento, principalmente no setor aquícola no Estado Maranhão. Então, eu quero esclarecer aos nobres colegas que o requerimento nº 303 visa realmente que nós possamos aprovar a Lei 97 que vai alterar, e aqui eu faço este registro vai alterar a Lei de 15 de junho de 2015 em apenas uma proposição senhor Presidente, que é no Artigo 14 paragrafo 7º, acrescentando o paragrafo 7º dessa lei, que as acumulações de origem pluvial, em açudes ou viveiros situados em propriedades independentes do volume acumulado, ficam isentas de outorga. Então só para frisar bem, vão ficar isentos de outorga, facultando-se ao empreendedor uma declaração de inelegibilidade de outorga, isso significa dizer o que? Que para ter o licenciamento ambiental, imaginem, captação da água da chuva. Eu faço esse registro aos nobres colegas, para que, que precisa de outorga d água? Porque pedir outorga d água e captação da água da chuva? Se não vai mexer em lençol freático, não vai alterar o lençol freático, não vai alterar, por exemplo, a captação não é da água do rio, não é da água do riacho ou do lago, não vai interferir no meio ambiente, pelo o contrário, vai ser benéfico ao meio ambiente porque a captação, quando se capta a água da chuva, nós estamos falando de acúmulos de água, ou seja, é mais água acumulada que o meio ambiente agradece pelo processo até de evaporação, que realmente é favorável à questão climática, enfim, é fundamental a questão ambiental. Então eu quero fazer esse esclarecimento, que este requerimento ele visa nós podermos implementar uma política de apoio realmente aos aquicultores dando a legitimidade na forma de facilitar o processo de licenciamento ambiental. Então não teríamos mais a exigência da outorga para o processo de acumulação das águas das chuvas, eu faço esse apelo aos nobres pares que possamos votar este requerimento, inclusive vou percorrer e conversando com cada um, individualmente para mostrar essa proposição, mas que já faço aqui esse esclarecimento, trata-se apenas do acréscimo de um paragrafo a essa lei, que vai ajudar no processo de facilitação desse processo ambiental, que como já disse, hoje infelizmente prejudica os nossos piscicultores, prejudica aqueles que querem investir na piscicultura e fortalecer o setor produtivo do Estado do Maranhão. Então é essencial, eu diria para o processo realmente inclusive de desenvolvimento, porque os bancos quando eles vão realizar os financiamentos, eles solicitam entre as prerrogativas de documentos, eles solicitam a questão do licenciamento ambiental. E muito dos aquicultores não tem o licenciamento ambiental, não tem porque o processo do licenciamento ele vem junto com o processo de outorga, o que prejudica, o que dá a condição de morosidade e assim inviabiliza esses empreendimentos aquícolas no Estado do Maranhão. Precisamos fortalecer ainda mais, senhor presidente, o processo da aquicultura no estado do Maranhão. Já começamos a avançar, mas eu acredito nesse fortalecimento. Inclusive quando eu estive em Brasília conversando com o Ministro Elder Barbalho, ele me posicionou sobre a continuidade do processo, por exemplo, de investimentos do Governo Federal quando nós colocamos o Plano Safra da aquicultura. Então imaginem os senhores e as senhoras, nós precisamos sair na frente, dar o processo de facilitação para que esses proprietários, hoje empreendedores do ramo da aquicultura possam fortalecer seus empreendimentos e para isso o registro é fundamental, Senhor Presidente. Então faço esse apelo pra votarmos favoravelmente o Requerimento, obrigado pelo apoio. COUTINHO Em discussão. Em votação. Os deputados que aprovam permaneçam como estão. Aprovado. Fica incluído na Ordem do Dia de amanhã o Requerimento nº 304/2015 de autoria do Deputado Zé Inácio. Em discussão. O SENHOR DEPUTADO ADRIANO SARNEY (questão de ordem) Senhor presidente, eu queria subscrever com autorização do deputado Zé Inácio. COUTINHO Deputado Zé Inácio autoriza? Está subscrito. Em discussão. Em votação... O SENHOR DEPUTADO WELLINGTON DO CURSO (questão de ordem) Senhor Presidente, solicitar também ao deputado Zé Inácio para subscrever. COUTINHO Esta subscrito. Os deputados que aprovam permaneçam como estão. Aprovado. Requerimento de nº 305/2015 de autoria deputado Othelino Neto. Para encaminhar para discutir 10 minutos, deputada Andréa Murad. Com direito a apartes. A SENHORA DEPUTADA ANDRÉA MURAD (sem revisão da oradora) Senhores deputados, sobre o requerimento do deputado Othelino, nós já vemos aí, deputada Nina, a perseguição política do governo Flávio Dino, porque nós sabemos que a intenção do deputado Othelino, quando da entrada em um requerimento como esse é atingir o ex-presidente Sarney, como ele mesmo exemplificou falando da ponte José Sarney, que chamam de Ponte São Francisco, eu acho que nós temos que ter coerência. Eu acho que nós temos que olhar daqui para frente. Nós temos que olhar para depois que a lei foi aprovada. Agora, uma ponte que desde 1970 tem o nome de um ex-presidente da República, realmente há de se pensar o que o Governo então não vai fazer com o Estado? Ou seja, eu acho que tem tanto trabalho para os deputados fazerem, para na hora se criar comissão para ver todos os locais que têm. Então vai tirar nome de município de Edison Lobão, José Sarney e aí vai virar esse negócio. Eu acho que nós pudemos sim olhar o futuro, realmente a partir de agora não pode mais, não pode mais ter nomes de pessoas vivas em prédios públicos. Muito certo e acertado. Mas essa atitude, e com todo respeito, deputado Othelino, que sabe que lhe tenho, isso é uma maneira que V. Ex.ª e o Governo encontraram de desomenagear o ex-presidente Sarney, não foi por outra coisa. V. Ex.ª jamais iria tomar uma atitude dessa se a ponte do São Francisco não tivesse o nome do ex-presidente Sarney. E nós temos que ter plena consciência do papel do ex-presidente Sarney no Brasil, deputada Nina. Quando o deputado Edilázio quis homenagear agora o Herberth Fontenele com o Castelão, ele não quis tirar o nome Castelão do Ginásio. Ele quis incluir o nome do Herberth Fontenele de maneira justa no Castelão. Então, eu acho que tanto trabalho se tem para os deputados desta Casa, ao invés de fazerem comissões para agora averiguar o que tem de nomes e municípios, praças, órgãos públicos, simplesmente como modo de perseguição aos governos anteriores, às pessoas que são contra esse governo. Eu acho que está na hora da gente repensar, porque isso eu estou ficando já realmente, deputada Nina, muito preocupada com esse tipo de sentimento que está acontecendo no Maranhão. É uma coisa que realmente nós temos que pensar, porque isso não está muito normal, esse tipo de sentimento. O Governo é passageiro, o Governador é passageiro. O que é isso? Desde 1970, a ponte do São Francisco tem o nome do ex-presidente Sarney e agora, porque a ponte do São Francisco tem o nome do ex-presidente Sarney, se quer mudar o nome da ponte, deputado Levi. E aí, deputado Humberto, eu duvido se V. Ex.ª concorda com uma incoerência dessas. É uma coisa que nós não podemos... Eu fiquei... aí eu ouvi o pronunciamento dele naquele dia. Eu entendo. Entendo mais ou menos. Mas o Governo é tão incoerente, deputado Vinícius, que há duas semanas ele inaugurou a Praça Nauro Machado. Como que ele inaugurou a Praça Nauro Machado? Então, deputado Othelino, eu queria que V. Ex.ª pudesse rever esse seu posicionamento. Eu acho sinceramente que nós temos que tirar esse tipo de sentimento de dentro de nós. Eu acho que nós podemos fazer sim um papel, nós podemos ser Governistas, Oposição, mas sem esse tipo de sentimento. Não tem

16 16 TERÇA-FEIRA, 23 DE JUNHO DE 2015 por quê. O ex-presidente Sarney, eu quero saber quem foi que fez alguma coisa maior pelo Maranhão do que o ex-presidente Sarney. Aí vai de cada um: podia ter feito mais, podia ter não feito. Aí vai de cada um. Mas o nome do Maranhão foi realmente muito longe. Daqui a pouco, o deputado Othelino vai subir aqui a esta tribuna para dizer que realmente o IDH é isso, o IDH é aquilo. Aquela cantoria que todos nós já sabemos qual é. Mas o fato é que eu acho que até o próprio deputado Othelino tem uma admiração pelo presidente Sarney, porque em todo pronunciamento dele ele fala no presidente Sarney com uma paixão, com um sentimento negativo, mas no fundo uma paixão. E eu acho sinceramente que nós temos que rever. Eu acho que esse não é o melhor caminho. Eu acho que essa Assembleia não pode ficar se deixando conduzir por esse tipo de sentimento negativo. Nós temos, eu acho, que outras coisas mais importantes para fazer. Eu, inclusive, já solicitei várias vezes que essa Assembleia fosse comigo visitar UPAs, hospitais que estão ficando sucateados, que estão isso, ninguém se movimenta para ir, mas num instante, deputada Nina, todo mundo vai se movimentar para isso que o deputado Othelino está querendo que seja aprovado aqui nesta Casa. Infelizmente, é um pouco lamentável. Mas espero que essa Casa tenha um pouco de coerência e que respeite não o ex-presidente Sarney, mas que nós enxerguemos daqui para a frente. A lei foi aprovada. Ele foi homenageado em 1970, e vamos olhar daqui para a frente, e não para trás. Obrigada a todos. COUTINHO - Deputado Othelino para discutir 10 minutos com direito a aparte. O SENHOR DEPUTADO OTHELINO NETO (sem revisão do orador) - Senhor Presidente, senhores deputados, senhoras deputadas, colegas jornalistas, telespectadores que nos acompanham pela TV Assembleia. Eu sinceramente pensei que eu nem precisaria vir a esta tribuna para explicar o óbvio, que este requerimento de minha autoria visa tão somente cumprir o que determina a Constituição Federal do Brasil. Então, por que discutir o óbvio? Mas como esta Casa realmente é uma Casa plural e não se deve jamais se negar a discutir nos parlamentos, é preciso dizer aqui, o que muitos já sabem e certamente a deputada Andréa também já sabe. Está previsto na Constituição, no Artigo 37, a proibição de colocar nomes de pessoas vivas em órgãos públicos, fere o princípio da impessoalidade. Princípio constitucional, deputada Andréa. Fere a Lei Federal de Não bastando isso, tem jurisprudência dos Tribunais Superiores do Brasil, considerando ilegais a colocação de qualquer nome de pessoa viva em órgão público, independente de cor partidária, independente de ser político ou não ser político. O Governador Flávio Dino recebeu inclusive recomendação do Ministério Público Federal, que nós sabemos que o Ministério Público não trabalha a favor ou contra um partido, ou um político, ou outro partido, tem por finalidade, por prerrogativa defender os interesses da sociedade. Mas tem uma recomendação do Ministério Público para que retire todos os nomes de pessoas vivas dos órgãos públicos do Estado do Maranhão. O Ministério Público Federal cita inclusive, pede que o governo do Estado elenque as escolas estaduais que têm nomes de pessoas vivas. Este Requerimento não é para perseguir A, B ou C, porque não tem só, deputada Andréa, o nome do ex-senador Sarney em órgãos públicos. Aqui, o meu querido deputado Edilázio Júnior fez uma indicação ao Governador Flávio Dino solicitando a substituição do nome do ex-governador Castelo pelo nome do radialista Herbert Fontenele, eu fui o primeiro a concordar, embora o ex-governador Castelo hoje deputado federal seja do nosso campo político e nós vamos encontrar outros nomes de pessoas, de políticos aliados. O objetivo deste Requerimento é para que esta Assembleia mostre para sociedade que ela cumpre o seu papel nos mais diversos campos, seja legislando e essa legislatura o faz com muita competência, aprecia os projetos que vêm para cá e ao mesmo tempo legisla por iniciativa própria, aqui os projetos importantes para o Estado não tem parado ou ficado trancado em salas ou em gavetas, tem sido apreciados e votados, seja pelas discussões que nós fazemos aqui por vezes a acaloradas, mas discutindo o Maranhão. Em alguns momentos alguns querendo esquecer o passado e eu sempre dizendo que nós não podemos olhar para o futuro sem conhecer as origens que nós fizeram chegar a situação de hoje. Eu confesso que pensei que não precisaria essa discussão, mas se é preciso, vamos discutir, vamos discutir porque não há que se duvidar e não tem como discordar de que manter nome de pessoas vivas, sejam elas quem forem, políticos, cantores, poetas, é proibido por lei, é uma ilegalidade e nós teremos que corrigir. Nós faremos aqui, se esta Casa assim aprovar, um Requerimento, um levantamento, um inventário, faremos juntos, sete deputados com a representatividade dos blocos e a partir daí, desses levantamentos faremos sugestões para que adequemos à legislação. Finalizo a defesa do Requerimento, dizendo que homenagear pessoas vivas, Deputado Fernando, é arriscado, porque nós somos falíveis, nós podemos errar, se naquele momento histórico tinha uma razão para se prestar uma homenagem colocando nome de alguém vivo, essa pessoa ainda em vida pode cometer um erro e para alguns ela pode não ser mais digna daquela homenagem. Isso vale para todos, então é preciso que tenhamos humildade, simplicidade, o que eu esperava do exsenador, o que eu poderia esperar do ex-senador Sarney, era que, por iniciativa própria, ele pedisse que essas homenagens não fossem feitas enquanto ele estivesse vivo, por quê? Para que ele possa ser julgado pela história e só se pode fazer um julgamento definitivo, quando essa história está encerrada e quando nós estamos vivos nós estamos acertando e estamos errando. É por isso que homenagear pessoas vivas em órgãos públicos, além de proibido, é imoral. O SENHOR DEPUTADO SOUSA NETO Deputado, por gentileza, mais tarde me conceda um aparte. O SENHOR DEPUTADO OTHELINO NETO Concedo agora, deputado Sousa Neto. O SENHOR DEPUTADO SOUSA NETO (aparte) Tudo bem, eu até parabenizar V. Exa. pelo pronunciamento, mas, se eu não me engano, o próprio governador, semana passada, reinaugurou a praça Nauro Machado, em São Luís, se eu não me engano, com toda pompa, com todos os assessores e ele estava presente. Então, se é uma coisa imoral, ele não pode dar o exemplo, é só isso que eu queria finalizar. O SENHOR DEPUTADO OTHELINO NETO O seu aparte é pertinente, deputado Sousa Neto, nós vamos avaliar todos os casos. O Nauro Machado é talvez um dos maiores poetas vivos da história do mundo, o que não descredencia o seu questionamento. Eu nem vou agora me permitir fazer, dar uma opinião sobre as virtudes ou a falta de virtudes dos políticos já e não políticos homenageados com nomes em órgãos públicos... O SENHOR DEPUTADO ADRIANO SARNEY - Um aparte, deputado? O SENHOR DEPUTADO OTHELINO NETO Só um minuto, deputado Adriano, mas seja quem for, é preciso que nós façamos esse levantamento dentro daquilo que é competência da Assembleia Legislativa, depois que o deputado Edilázio apresentou a Indicação que eu concordei e apresentei uma parecida, em nenhum momento eu disse que o deputado Edilázio estava com revanchismo político com o ex-governador Castelo, até porque conheço o deputado Edilázio, sei que não é revanchista. Mas, várias pessoas me provocaram nas redes sociais. Deputado Othelino; a praça no município tal, a praça Sarney no município de Pinheiro. Eu disse; praças, ruas, escolas municipais são competência dos prefeitos e das Câmaras Municipais, nós vamos se essa Assembleia aprovar nos ater aos órgãos públicos estaduais. Deputado Adriano. O SENHOR DEPUTADO ADRIANO SARNEY (aparte) Deputado Othelino eu acho persistente o seu requerimento. Mas,

17 TERÇA-FEIRA, 23 DE JUNHO DE nesta discussão eu queria saber alguns detalhes, por exemplo, quais serão os critérios? Por que, há pouco, eu fiz há alguns dias atrás, eu fiz um requerimento parecido para criar uma Comissão Especial para tratar das leis, do histórico de leis aqui no Estado do Maranhão. Existe critérios, ou seja, existe uma codificação das leis e tudo. Eu gostaria de saber os critérios específicos que V. Exa. e esta Comissão vai levar em conta, é o que? Poeta, por exemplo, a pessoa tem que ser poeta de renome internacional, poeta aqui. Enfim, então esses critérios que eu acho que não estão claros no esboço do vosso requerimento. Muito obrigado. O SENHOR DEPUTADO OTHELINO NETO - Nós faremos o levantamento, isso está claro no requerimento, de todas as pessoas vivas, políticos ou não políticos. Porque o princípio Constitucional estabelece que pessoas vivas não podem dar nome a órgãos públicos, agora o desenrolar do trabalho a Comissão será formada por sete membros, uma comissão plural que visa e finalizo, Senhor Presidente, apenas mostrar que esta Assembleia pode e deve ajudar não só a formular leis, mas evitar que leis continuem sendo descumpridas na nossa frente sem que tomemos as devidas providências. O SENHOR DEPUTADO ROGÉRIO CAFETEIRA Deputado, V. Ex.ª me permite um aparte? O SENHOR DEPUTADO OTHELINO NETO Pois não, deputado Rogério. O SENHOR DEPUTADO ROGÉRIO CAFETEIRA (aparte) Eu não poderia deixar passar, deputado Othelino, esta oportunidade sem me pronunciar, até porque existem obras, existem praças, existem monumentos que levam o nome do meu tio senador Cafeteira, exgovernador. E aqui queria registrar que acham e vou votar a favor do Requerimento, porque é uma questão, deputado Othelino, não é de revanchismo, é de legalidade, eu acho que é apenas, V. Ex.ª está dando uma contribuição para que essa lei seja efetivada. Então, eu acho aqui e respeito a posição, a defesa da deputada Andréa, aqui conversando com o deputado Edilázio, na argumentação, mas acho que seria e tenho certeza de que V. Ex.ª não ia se apequenar para fazer um requerimento dessa maneira para tirar o nome do ex-presidente Sarney de uma ponte. Eu acho que é um raciocínio muito pequeno, eu acho que é uma mesquinharia, uma mesquinhez, eu tenho certeza de que V. Ex.ª está muito acima disso, muito obrigado. O SENHOR DEPUTADO OTHELINO NETO Agradeço todos os apartes, acho que foram apartes oportunos e peço a este Plenário que aprovemos o Requerimento, como uma simples prova de que nós queremos fazer cumprir as leis, afinal de contas, seria uma incoerência a Assembleia Legislativa, que tem por finalidade formular leis, desaprovar uma iniciativa que visa tão somente o cumprimento da legalidade. E finalizo pedindo inclusive ao meu querido deputado Edilázio, advogado, inteligente que é, que neste caso, ao invés de votar motivado por sentimentos, mas pessoais, vote com a responsabilidade que sempre vota e vote também favorável ao requerimento. COUTINHO - Para discutir, concedo a palavra ao deputado Edilázio, por dez minutos, com direito a apartes. O SENHOR DEPUTADO EDILÁZIO JÚNIOR (sem revisão do orador) - Boa tarde, Senhor Presidente, senhores deputados, senhoras deputadas, galeria, imprensa, telespectadores da TV Assembleia. Na verdade, Senhor Presidente, quando quis homenagear, e isso talvez tenha sido o estopim do deputado Othelino, o jornalista Herbert Fontenele, fui bem claro aqui desta tribuna, deputado Antônio Pereira, que o Estádio Castelão jamais ia perder o nome de Castelão, o popular jamais vai deixar de chamar o estádio de Castelão. Porém, poderíamos fazer uma homenagem ao jornalista Herbert Fontenele, e colocar o nome do Estádio de Herbert Fontenele, como é o caso do Maracanã que o nome é Estádio Mário Filho, porém ninguém fala, eu nunca ouvi alguém falar: vamos hoje assistir ao jogo do Vasco e Flamengo, lá no Mário Filho, eu nunca ouvi falar, todo mundo fala Maracanã. A mesma coisa o Engenhão, que o nome é Estádio João Havelange nunca vi ninguém dizer: e aí, tu vais hoje lá no João Havelange, eu nunca ouvi ninguém falar, sempre ouço falar Estádio Engenhão. Pois bem, o que houve aqui é uma inversão que o deputado Othelino quer fazer. Eu nunca ouvi ninguém falar tu vais pela Ponte José Sarney ou pela Ponte São Francisco? Eu só ouço falar Ponte São Francisco. Então, aqui há uma inversão, o que eu quis fazer foi uma homenagem, o que o deputado Othelino quer fazer é uma desomenagem, é bem claro e nítido. O deputado Othelino talvez seja um dos melhores quadros do governo hoje, mas deixa as digitais de perseguição quando ele de cara já faz uma Indicação da ponte do São Francisco. Por que ele não aguardou criar comissão? Olha, eu vou criar uma comissão para nós vermos as obras existentes no Estado, depois disso vamos discutir, mas não, bota logo a digital, para que é essa comissão? É para perseguir tirar o nome mesmo da família Sarney, vamos lá, aí já botou, agora vamos criar uma comissão. Então, aí, a meu ver, já deixou uma digital e o que veda o nome de pessoas vivas em logradouros públicos foi a Constituição de 88. O sempre demagogo Governador Flávio Dino, assim como foi com as aeronaves, ex-juiz federal, tenho certeza de que é muito melhor jurista que governador e político sabe e sabia no dia primeiro de janeiro do seu mandato, ele baixa uma Medida Provisória, Medida Provisória esta, Senhor Presidente, que veda nomes de pessoas vivas em logradouro público. Ora, inócua! Se a Constituição Estadual veda, se a Constituição Federal veda, para que ele precisa fazer uma Medida Provisória? Alguém pode me justificar? Me convencer porque que ele precisaria dessa medida provisória? A não ser que fosse pra jogar para a mídia nacional, para os jornais porque totalmente, porque é totalmente inócua. Então, se o objetivo é de desomenagear, vamos repensar a situação. Sou favorável sim que tenham estudos, que nós possamos ver. Agora, se a Constituição de 88 vedou, a ponte é de 1969, 70, salvo engano, se a ponte é desse período, a lei não pode retroagir para prejudicar, vamos fazer de 88 para cá, o que for de 88 para cá a gente vai fazer o estudo e vai mudar, concordo, vamos cumprir a lei, agora, o que é de 88 para trás, para mim já fica um pouco mais complicada essa discussão. O SENHOR DEPUTADO OTHELINO NETO Deputado Edilázio, me conceda um aparte? O SENHOR DEPUTADO EDILÁZIO JÚNIOR Pois não, Deputado Othelino. O SENHOR DEPUTADO OTHELINO NETO (aparte) Deputado Edilázio, não só a jurisprudência, como a Lei de 77, ela estabelecia que os nomes que já estivessem dados, colocados em órgãos públicos, deveriam ser retirados, mas bem rapidamente o aparte, só para lhe dizer o seguinte, se fosse no sentido de desomenagear, e a homenagear ou desomenagear o Senador Sarney, é algo muito da convicção politica ideológica de cada um. V. Ex.ª tem as suas razoes para elogiar, eu tenho as minhas de sobra para criticar, mas se eu quisesse perseguir, eu poderia ter feito um projeto de lei, mas fiz, aliás, com o cuidado ensinado por V. Ex.ª, apenas uma indicação até para que fosse suscitada a discussão, e não para que já partíssemos para tomar uma decisão. O SENHOR DEPUTADO EDILÁZIO JÚNIOR O que eu falei, Deputado Othelino, com relação as digitais de perseguição, é porque a gente está votando aqui agora, o que? A criação de uma comissão para analisar nomes de logradouros públicos com nomes de pessoas vivas, não é isso? V. Ex.ª se antecipou e já tirou o nome da ponte do São Francisco. E eu não sabia que V. Ex.ª ia apresentar esse requerimento. Eu não tenho bola de cristal e V. Ex.ª perdeu a originalidade porque só foi apresentar depois que eu apresentei a indicação com relação ao Herbert Fontenele. Mas, ao meu ver, a gente vai pegar, tem

18 18 TERÇA-FEIRA, 23 DE JUNHO DE 2015 a maternidade Marly Sarney, e qual é o critério? Tira Marly Sarney e bota o nome da avó de Flávio Dino. Eu acho que o Governo se apequena, eu acho V. Ex.ª muito maior como deputado, e o próprio Governador Flávio Dino, do que se apequenar. Ele tem que procurar trabalhar, mostrar as obras. Hoje o Governo do Estado, eu não ouço nas ruas nenhum programa de Governo que encha os olhos dos eleitores, que encham os olhos dos maranhenses, zero, nada. Tudo piorou, tudo piorou. O que o Governo vende é só: vai prender, vai perseguir, vai investigar, agora vai tirar nome de Sarney. Esse é o Governo do comunismo? Esse é o Governo da mudança? Se o Governo da mudança é mudar nome, eu realmente sinto vergonha dos eleitores que falaram que esse é o Governo da mudança, mas é mudança dos nomes, deputada Andréa Murad. A SENHORA DEPUTADA ANDRÉA MURAD (aparte) - Deputado Edilázio, parabéns pelo pronunciamento. Eu anotei aqui algumas coisas que o deputado Othelino falou. E ele disse que a pessoa homenageada ainda em vida, pode cometer um erro que a deixe de ser digna da homenagem. No meu ponto de vista, deputado Othelino, isso é um absurdo porque quer dizer que agora temos que entender o critério e nós vamos fazer o critério do que é digno e do que não é digno, quando a lei diz isso? Eu acho que a partir do momento que existe a lei, ok, e eu concordo com V. Ex.ª. Mas do que tinha antes da lei causa um prejuízo imenso para população e isso nós temos que também ver. Eu acho que nós temos prioridades e aí eu sugiro que essa comissão amplie os serviços dela para fiscalizar as leis que não são cumpridas no Estado, porque para mim esse tipo de coisa como perseguição política, está estritamente notório, é perseguição política, tanto que já de cara V. Exa. já disse da Ponte José Sarney. E aí eu acho que nós temos prioridades e aí nós temos que ampliar esse trabalho, já que vai escalar 7 deputados para ficar vendo, agora fazer esse levantamento, vamos fazer um levantamento então mais profundo, porque eu acho que mais proveitoso para o povo do Maranhão. O SENHOR DEPUTADO EDILÁZIO JÚNIOR- Eu acho até que os 7 deputados têm que seguir como exemplo a nossa Comissão de Constituição e Justiça, não tem oposição, ser só governista, para sair da forma como o governador Flávio Dino quer que seja feito. Muito obrigado. COUTINHO Em votação. Os deputados que aprovam permaneçam como estão. Aprovado. Registrando os votos contra da deputada Andrea Murad, Edilázio Junior, Roberto Costa, Nina Melo, Adriano Sarney e Sousa Neto. Aprovado. Requerimento à deliberação da Mesa. Deputado está ausente. Fica transferido para próxima sessão. V GRANDE EXPEDIENTE. COUTINHO Com a palavra, o deputado Othelino Neto, por 30 minutos, com direito a apartes. O SENHOR DEPUTADO OTHELINO NETO (sem revisão do orador) - Senhor Presidente, senhores deputados, senhoras deputadas volto no Grande Expediente porque eu acho que esse tema merece ser mais discutido, embora o requerimento tenha sido aprovado, mas, por exemplo, respeito, reforço meu argumento quanto a possibilidade das pessoas errarem, vamos trazer o assunto por nosso campo, campo da política. Deputada Andrea, o pai de V. Ex.ª foi um deputado eloquente, vibrante e em determinado momento ele fez oposição à governadora Roseana e fez como uma virulência ímpar. Mais forte, mais dura, e mais cruel do que a oposição que nós fazemos aqui, que nós fizemos aqui no passado. Naquele momento certamente ele diria com relação à escola estadual Roseana Sarney Murad, ele diria isto é uma indecência, isto é imoral, e diria com eloquência poucos têm, porque muito embora sendo crítico da atuação política e da condução da secretaria, admito que o deputado Ricardo Murad, o ex-deputado Ricardo Murad é um homem de oratória muito boa. Então, posso até imaginá-lo na tribuna fazendo um discurso forte, duro, dizendo da imoralidade que era colocar o nome de uma Escola Estadual Roseana Sarney Murad, porque eu já ouvi discursos muito duros, extrapolando a política, mas o tempo passou, a questão familiar se resolveu, e é bom que se resolva porque não é interessante uma família ter brigas internas, que separem e atrapalhem as relações pessoais e familiares, e certamente hoje ele consideraria essa homenagem justa, fiz esse parêntese só para mostrar como é tênue essa linha, como em especial em algumas atividades o que as vezes para alguém é muito bom, no outro dia pode ser nem tão bom, porque infelizmente a atividade política ela é assim, as vezes ela extrapola a politica e estraga até amizades. Então não resta duvida que as pessoas vivas, elas estão sujeitas a cometer erros, que para alguns esses erros seriam suficientes para que aquela homenagem deixe de ser justas. Mas, deputado Adriano, eu cito V. Exa. para enfatizar que nada tem de pessoal, o debate que esta sendo feito aqui, este assunto acabou ganhando, graças não a notoriedade do deputado, mas a notoriedade do senador Sarney, ganhando paginas nacionais, e um repórter do Estado de São Paulo teria perguntado ao senador Sarney quanto a esta homenagem, e o ex-senador teria dito ao repórter que não foi ele quem fez, foi o então governador Antônio Jorge Dino que o sucedeu quando governador do Estado, José Sarney renunciou ao governo para disputar o Senado e Antônio Jorge Dino o sucedeu no governo. E aí começou a se travar um debate, mas Antônio Jorge Dino, qual a semelhança dele com Sarney? O que os juntou à época? E aí me relembrou que nós no passado há cerca de mais ou menos nove anos, chegamos a tratar desse assunto no Jornal Pequeno na coluna que era assinada pelo meu pai jornalista Othelino Filho e por um período ficou assinada por nós dois. E aí é preciso contar um pouco dessa história, porque Antônio Jorge Dino, um médico renomado, um homem de muito respeito, ele quando foi sondado pra ser vice-governador do então jovem vibrante deputado federal, candidato a governador, que tinha como bandeira derrotar a oligarquia de Vitorino Freire, naquela época, juntaram-se políticos como Clodomir Millet, como La Rocque para formar uma grande frente e derrotar o vitorinismo. Cogitaram o nome do exgovernador Antônio Jorge Dino, e aí nos contou uma pessoa muito próxima do ex-governador falecido, e isso não foi de ouvir dizer ou de ler, isso nos foi contado pessoalmente que Antônio Dino na hora que foi convidado pra ser vice de cara, declinou do convite, por ter divergências com aquele jovem político promissor, à época deputado federal José Sarney, mas dada a importância histórica do momento, pessoas, políticos como Lar Rocque, Clodomir Millet, que gozavam de relação pessoal próxima com Antônio Dino, o convenceram e Antônio Jorge Dino fez algumas exigências, primeira que não iria andar pelo Maranhão fazendo campanha, porque não tinha mais saúde para tanto, depois, deputado Fernando, ele não iria gastar dinheiro na campanha porque não dispunha e terceiro ele queria acompanhar, queria um gabinete vizinho ao do governador, caso fosse eleito, para que ele pudesse acompanhar, de perto, a administração quando o então deputado federal fosse eleito e assumisse o governo do Estado, por quê? Porque não tinham convivência, era uma relação que estava começando e ainda tinha uma razoável desconfiança. Assim foi feito, acabou que Antônio Dino aceitou o convite e isso provocou grande euforia, inclusive no ex-senador José Sarney, que, naquele momento, compreendia que a sua juventude, que era quem puxava ali o charme daquela candidatura, era acrescida pela experiência, pela reconhecida idoneidade de Antônio Jorge Dino. Mas aí tem dois momentos interessantes. Pouco tempo depois, o então vice-governador Antônio Jorge Dino recebeu a visita de dois generais. Aí é importante ver como se comportam os homens que tem dignidade e que respeitam a sua palavra. E ao visitar, um deles era Clóvis Nova da Costa, ludovicense, muito amigo de Antônio Dino. Chegaram à casa de Antônio Dino e disseram: vamos daqui para o Palácio dos Leões, que você hoje será empossado governador, o governador Sarney será cassado. E Antônio Jorge Dino fez uma coisa que poucos são capazes de fazer, disse aos dois generais que tinha uma certa intimidade com ele: vocês até parecem

19 TERÇA-FEIRA, 23 DE JUNHO DE que não me conhecem, ainda que vocês não tivesse vindo a minha casa me buscar para ir depor o governador eleito, se vocês o fizessem por conta própria eu também não assumiria, porque ele é que foi eleito, não eu. Olhem o gesto de grandeza de Antônio Jorge Dino, se recusou a ser governador, enquanto isso, olhem o que fizeram com o Dr. Jackson Lago. Cabo Campos AI - 5 Ato Institucional nº 5 covardia, radicalização da ditadura. José Sarney havia recebido com festa Juscelino Kubistchek, que era cotado para ser candidato a Presidência da República na próxima eleição presidencial. Por conta disso começou uma certa inquietação no regime militar. José Sarney foi á Brasília, deixou Antônio Dino assumindo o governo, quando voltou Antônio Jorge Dino estava numa reunião com o secretariado e foi chamado para uma reunião às pressas, recebeu a Carta Renúncia do Governo do Estado. Recebeu a carta do governador a época renunciando o mandato de governador. Ao receber o que fez? Disse: Governador se eu pegar esta carta e for ao gabinete ali do lado, a partir desse momento, serei Governador do Estado, mas não admito que V. Exa. faça isso, porque o governador eleito pelo povo foi o senhor não foi eu. Se você - disse Antônio Dino - renunciar, eu renuncio junto. O que fez Antônio Dino? Rasgou a carta renúncia e disse a José Sarney, quando José Sarney disse que estava sendo ameaçado de ser preso e deposto do Governo, Antônio Dino retrocou e disse: faça como Miguel Arraes, que quando foi deposto, quando do Golpe Militar foi aconselhado a sair pelas portas dos fundos, para não ser visto algemado. E ele respondeu a quem o aconselhou: eu entrei pela porta da frente do Palácio do Governo de Pernambuco e pela porta da frente sairei, ainda que algemado. Assim agem os estadistas. Passado o tempo, dada duas demonstrações concretas de desprendimento e respeito à vontade popular, José Sarney renuncia o Governo para concorrer ao senado, e aí tem o episódio, deputado Rogério Cafeteira, que quero lhe chamar atenção, porque envolve familiar seu. A única televisão há época era TV Difusora. E aí o exsenador Cafeteira, com a sua capacidade ímpar de envolver as pessoas nos discursos, uma inteligência rara no sentido de falar de assuntos sérios e ao mesmo tempo levar uma carga de humor inteligente, por isso virou um grande líder popular, fez um discurso e conseguiu judicialmente que a sua fala, enquanto candidato, fosse posterior à fala da chapa da Arena e fez um discurso muito duro, ao vivo na TV Difusora. José Sarney marcou um comício, colega jornalista Garrone, em frente à TV Difusora, e fez também um comício muito duro, muito forte, também eloquente. Ao sair da televisão, Cafeteira estava acompanhado de Hilton Rodrigues, avô de V. Ex.ª, que foi agredido verbalmente por Roberto Macieira, e acabou que aquilo se transformou numa briga de mãos, trocaram sopapos, e o Hilton Rodrigues acabou saindo na vantagem. Por que eu estou contando essa história? Por que nesse momento houve uma determinação do então candidato José Sarney para que prendesse Epitácio Cafeteira, ligou para Antônio Jorge Dino e prendam Cafeteira, porque ele agrediu Roberto Macieira. Antônio Jorge Dino, amigo do então candidato a Senador, adversário de Cafeteira, mas homem sensato, homem de bem, ele disse: não, não posso fazer isso, não posso mandar prender o Cafeteira, nem o Hilton Rodrigues, porque eles não fizeram nada que justifique. Além do mais a informação que eu tenho é de que a confusão não foi provocada por Hilton Rodrigues. Bem ali começou e se estabeleceu, Deputado Fernando, um rompimento que jamais esta relação voltou a ser como era antes. Então, ali para o Maranhão saber, como Antônio Jorge Dino foi um vice-governador decente, um homem autêntico, que soube respeitar as diferenças. Já estava naquela ocasião um representante da polícia militar pronto para prender Hilton Rodrigues. Não o fez por determinação expressa do Governador. Então, esse pronunciamento hoje aqui é para que nós possamos estabelecer algumas verdades sobre a nossa história que ficava escondida debaixo dos tapetes dos palácios e fora dos palácios; para que separemos os bons políticos dos maus políticos. E na verdade essa briga famosa só não terminou num ato de violência maior, depois que a briga dos dois acabou quase se transformando numa briga generalizada, porque algumas pessoas intervieram no sentido de acalmar a confusão. Finalizo esse pronunciamento dizendo que farei outros desses, não para perseguir, não para querer rasgar a história, mas para que nós possamos discuti-la, porque esta Assembleia Legislativa também tem que discutir a história do Maranhão. Se nós nos negarmos a discutir, a conhecer e a tirar a história, uma parte da história que estava trancada e que estava debaixo dos tapetes, que estava escondida, nós não vamos permitir que os nossos filhos e que a juventude saiba a origem da nossa política, saiba valorizar os nossos políticos. E essa crítica que é feita hoje é necessária. Tem grandes homens da política do Maranhão, como La Roque, como Lago Burnett, que estão esquecidos em uma parte do passado. O SENHOR DEPUTADO CABO CAMPOS - Me dê um aparte, deputado Othelino, por favor. O SENHOR DEPUTADO OTHELINO NETO - Deputado Cabo Campos. O SENHOR DEPUTADO CABO CAMPOS - No terceiro dia do nosso mandato. O primeiro dia, todos bem sabem que foi a eleição, posse do nosso Presidente, no segundo dia a visita do nosso governador, no terceiro dia eu fiz uma indicação aqui nesta Casa. A indicação que eu fazia, que eu fiz melhor dizendo, é de trocar o nome do Tribunal de Contas Governadora Roseana Sarney, para o Governador Jackson Lago. Eu entendo que nós estamos em uma Casa Legislativa, onde uma das nossas funções é fiscalizarmos as leis e fazermos com eles sejam respeitadas e que elas venham, na sua totalidade, efetivadas. Por isso, parabenizo V. Exa., sem nenhum clima de revanchismo, porque eu sei que isso não está com V. Exa. e nem está com o companheiro Edilázio, quando ele pede para tirar o nome do Governador Castelo do Castelão. Da mesma forma que o companheiro Edilázio, ele diz que o Castelão jamais deixará de ser chamado de Castelão, se a ponte que leva o nome do ex-presidente da República tiver a mesma notoriedade, também não deixará, mas que nós tenhamos esse compromisso de fazermos aquilo que a Constituição Federal, que inclusive a filha do ex-presidente era uma parlamentar constitucionalista, passou pelas mãos dela a efetivação da lei, que é desde de Portanto, senhores, parabéns a V. Exa. pela indicação. Isso não é uma caça às bruxas, não é uma perseguição, mas que nós devemos de fato efetivar tudo isso, nós temos aqui, inclusive até sambistas que tem nome de viadutos, no VIVA e que nós precisamos verificar toda situação, muito obrigado. O SENHOR DEPUTADO OTHELINO NETO Agradeço O aparte, deputado Cabo Campos. Deputado Edilázio. O SENHOR DEPUTADO EDILÁZIO JÚNIOR (aparte) Fico feliz, quando V. Ex.ª cita Miguel Arraes como grande estadista que diz que sairia pela porta da frente do palácio da sede do governo de Pernambuco nem que fosse algemado. Da mesma forma, V. Ex.ª enaltece o presidente Sarney quando também foi aconselhado, à época, não sair pela porta do Palácio do Planalto, uma vez pela rejeição que enfrentava naquele momento e o grande herói que venha chegando primeiro presidente eleito, que foi o presidente Fernando Collor, chegava, naquele momento, como jovem, o caçador de marajá e um herói para toda nação e o presidente Sarney enfrentou todo aquele povo que estava ali para posse do presidente Collor, saiu pela porta frente, puxou um lenço branco e, naquele momento, não houve nenhuma hostilidade. E para falar para V. Ex.ª também que aqui a governadora Roseana, à época, vinha dado nome da Avenida IV Centenário, e aqui a deputada Valéria Macedo apresentou um requerimento, um projeto de lei colocando o nome de Avenida Jackson Lago, e assim eu votei sem nenhum problema com relação a isso. Então, o que externei aí da tribuna que a intenção minha é homenagear, a intenção de V. Ex.ª foi desomenagear. Era isso, deputado Othelino. O SENHOR DEPUTADO OTHELINO NETO Deputado Edilázio, agradeço o respeitoso aparte, mas preciso partir para finalizar este pronunciamento dizendo o seguinte: a gente por muitas vezes diz

20 20 TERÇA-FEIRA, 23 DE JUNHO DE 2015 que o senador Sarney serviu a ditadura, e agora posso estar sendo contraditório quando eu falo em dois momentos que a ditadura queria retira-lo do poder, após essa recusa do então vice-governador Antônio Dino de assumir o governo começou um processo de aproximação acelerada, com o então governador Sarney com o regime militar, esta aproximação deputado Edilázio, ela culminou no dia da renuncia para a desincompatibilização com o seguinte comunicado enviado ao Presidente Garrastazu Médici: Vim comunicar, estou lendo, ipsis litteris, Vim comunicar ao Excelentíssimo senhor Presidente da Republica, o meu afastamento do Governo do Maranhão no próximo dia 14 para ficar em condições institucionais de disputar uma cadeira no Senado, atendendo a um apelo que não posso recusar, e agradecer a sua Exa. o apoio do Governo Federal e a Revolução a grande ajuda que foi dada ao Estado do Maranhão durante o exercício do meu mandato, a minha vocação política me impõe essa decisão para ser coerente com a orientação de renovação que a revolução implantou no meu Estado, a questão sucessória é da absoluta alçada do Excelentíssimo senhor Presidente, e o meu desejo é que S. Exa. indique um nome que possa dar ao Maranhão um dinamismo bem maior do que pude dar. Deixo o governo feliz pelo que pude fazer, prestigiado sempre pelo Governo Federal. Acho que por ora é só e voltaremos a essa discussão respeitosa, mas historicamente importante em outros momentos. O SENHOR PRESIDENTE EM EXERCÍCIO DEPUTADO GLAUBERT CUTRIM - Tempo dos Partidos ou Blocos. Bloco União Parlamentar, PMDB, Roberto Costa, Deputada Andréa, seis minutos com direito a apartes. A SENHORA DEPUTADA ANDRÉA MURAD (sem revisão da oradora) - Senhores deputados, como falei no Pequeno Expediente, vim falar sobre o aluguel da sede do Corpo de Bombeiros, a nova sede do Corpo de Bombeiros, de propriedade do Alexandre Brandão, localizada na Avenida Litorânea pelo valor de vinte mil reais, uma casa, criticaram tanto o aluguel de um prédio de trinta mil na Avenida de São Luís Rei de França, um prédio, e agora uma casa de um pavimento onde em uma cotação, deputado Othelino, carta proposta, nós fizemos uma cotação em uma imobiliária, sala em três ambientes, oito suítes, cozinha, área de serviço, vaga para oito carros, valor mensal do imóvel R$ 7 mil, por mês, R$ 84 mil por ano. Aí, deputado Levi, agora alugaram a sede para o Corpo de Bombeiros, por R$ 20 mil mensais, eu quero saber até quando e até onde vai essa imoralidade do Governo do Estado. Já alugaram um prédio na Avenida dos Holandeses por R$ 135 mil, ninguém acha nada demais. Acontece esse tipo de coisa e ninguém faz nada, ninguém acha nada demais. Eu não sei como as pessoas não sentem vergonha disso. Só que o mais impressionante disso, é que essa casa da Avenida Litorânea, é de propriedade do Alexandre Brandão, marido de Mariana Sá Vale, dona do escritório de advocacia recém-criado, criado em outubro de 2014 e contratado pela Caema, através de dispensa de licitação. A empresa de Mariana, como eu disse, foi criada em 14 de outubro do ano passado, a contratação por dispensa fez o escritório faturar por três meses R$ 414 mil e agora aluga essa casa aqui por R$ 20 mil, mensais, sendo que nós temos outra proposta de uma casa muito maior do que a do Alexandre Brandão, por R$ 7 mil. O governo realmente está ajudando os seus, é um negócio impressionante isso que está acontecendo com o governo. Aí está aqui o contrato com o Alexandre Brandão, 24 meses a contar a partir do 01/05 e estão aqui os valores todos que depois vou entregar para a imprensa e está aqui também a dispensa de licitação do escritório da Mariana, na Caema. A Mariana que dessa empresa também é laranja e depois eu vou subir aqui na tribuna para dizer maiores detalhes de quem que ela é laranja nessa empresa para o Detran. Então, o Governo, ele peca justamente nessas coisas, fala tanto da gestão passada, criticava, eu tenho aqui deputado Othelino, cadê deputado Othelino? Já foi. Fotos está aqui, deputado Othelino, Bira, Marcelo Tavares na frente do prédio do Edinho Lobão, fazendo cena, achando tudo um absurdo e eu não vi ninguém aqui nesta Assembleia, deputado Levi, achando um absurdo aquela imoralidade lá na Avenida dos Holandeses, a R$ 135 mil, que não iam alugar nunca nenhum prédio ali por R$ 135 mil, na Avenida Litorânea, alugar uma casa de um pavimento por R$ 20 mil, a não ser para o Governo do Estado. Realmente as aqui as pessoas cada hora tem um pensamento, e o governo cada vez mais inconsequente. O governo tem dado mostras da sua inconsequência, o governo, e vou ter que agora falar, não posso deixar isso passar hoje, acusou o IDAC de irregularidades na gestão da Secretaria de Saúde, disse que super faturava, disse que havia roubo, falcatruas, o IDAC não prestava, a ICN também não, a ICN já tinha ganho algumas licitações. Mas agora, pasmem senhores, todas as áreas, todas as unidades onde não houve ganhador da licitação, como por exemplo, Tarquinio Lopes Filho, Unidade Avançada de Matões do Norte, Regional Adélia Matos Fonseca, Hospital Geral de Morros, Hospital Presidente Vargas, Unidade do Maiobão, a ICN pegou o contrato, a ICN que já era acusada de irregularidades, mas que também ganhou a licitação, até aí ok. Mas o IDAC acusado de falcatruas, de roubos, de que superfaturava na secretaria de Saúde por dispensa de licitação, agora o IDAC pegou o Hospital Geral de Barreirinhas, o Hospital Aquiles Lisboa, o Hospital Regional de Carutapera, o hospital de Paulino Neves, AME Barra do Corda, AME Imperatriz... O SENHOR PRESIDENTE EM EXERCÍCIO DEPUTADO GLALBERT CUTRIM Deputada Andréa, por favor, o tempo já se esgotou. A SENHORA DEPUTADA ANDRÉA MURAD Aí nós nos perguntamos: R$ 38 milhões agora, para o ICN, R$ 18 milhões para o ladrão do IDAC, que dizia que o IDAC não era correto. O que é que tem a dizer sobre isso? O que é que o Governo tem a dizer? Sabe o que é, deputado Levi, o Governo viu que não existia falcatruas, o Governo viu que não tem capacidade de gerir as unidades e está correndo atrás, está se desesperando, porque está tudo se desmantelando e o povo está começando a cobrar e ele está vendo o que faz. Ele está se desesperando, se desesperando e correndo atrás para ver se as empresas antigas dão uma solução. Só que não cabe às empresas gerir, o Governador não consegue ser gestor, o Secretário de Saúde, menos ainda. A equipe não tem um comandante. Então, enquanto o Governador do Estado não colocar um comandante na Secretaria de Saúde, ele pode contratar todas as empresas iguais as que estavam, mas nada vai dar jeito e a saúde vai continuar o caos que está. Obrigada a todos. O SENHOR PRESIDENTE EM EXERCÍCIO DEPUTADO GLALBERT CUTRIM Quero registrar a presença em plenário, a pedido do Deputado Zé Inácio, da liderança Gardinho, do PT de Penalva. Bloco Parlamentar Democrático. Deputado Rogério, seis minutos com direito a apartes. O SENHOR DEPUTADO ROGÉRIO CAFETEIRA (sem revisão do orador) - Senhor presidente, senhoras e senhores deputados, imprensa, galeria. Eu venho nesse tempo aqui, senhor Presidente, para falar de um assunto que foi divulgado ontem que foi a pesquisa Data M, que é o instituto que mais tem acertado nas últimas eleições aqui no nosso Estado, e que veio com números de 74% de aprovação do Governo Flávio Dino. E aqui, senhor Presidente, queria ressaltar que isso é um reconhecimento da população, diferente do que alguns deputados de Oposição tem tentado passar. Um reconhecimento sobre o trabalho que tem sido feito dentro desse pouco tempo e em condições bastante adversas, deputado Levi. O Governador Flávio Dino assumiu trazendo um débito do Governo anterior gigantesco, gigantesco, e teve que pagar. E são determinados débitos que, apesar de não estarem legalmente inscritos em restos a pagar, até porque algumas pastas extrapolaram tanto o limite orçamentário quanto financeiro, e por serem essenciais o Governo teve que arcar com essas despesas e teve que fazer esses pagamentos. No momento difícil, no momento de economia complicada no país, em que as arrecadações têm baixado, os repasses de fundo de participação do Estado têm baixado consideravelmente, mesmo assim, o Governo Flávio Dino tem conseguido implantar

DIÁRIO DA ASSEMBLEIA

DIÁRIO DA ASSEMBLEIA ESTADO DO MARANHÃO ASSEMBLEIA LEGISLATIVA SEXTA-FEIRA, 29 DE MAIO DE 2015 1 ANO XLII - Nº 083 - SÃO LUÍS, SEXTA-FEIRA, 29 DE MAIO DE 2015. EDIÇÃO DE HOJE: 04 PÁGINAS 180º ANIVERSÁRIO DE INSTALAÇÃO DA ASSEMBLEIA

Leia mais

DIÁRIO DA ASSEMBLEIA

DIÁRIO DA ASSEMBLEIA ESTADO DO MARANHÃO ASSEMBLEIA LEGISLATIVA PALÁCIO MANUEL BECKMAN QUINTA-FEIRA, 25 DE JUNHO DE 2015 1 ANO XLII - Nº 098 - SÃO LUÍS, QUINTA-FEIRA, 25 DE JUNHO DE 2015. EDIÇÃO DE HOJE: 16 PÁGINAS 180º ANIVERSÁRIO

Leia mais

DIÁRIO DA ASSEMBLEIA

DIÁRIO DA ASSEMBLEIA ESTADO DO MARANHÃO ASSEMBLEIA LEGISLATIVA PALÁCIO MANUEL BECKMAN SEGUNDA-FEIRA, 06 DE ABRIL DE 2015 1 ANO XLII - Nº 052 - SÃO LUÍS, SEGUNDA-FEIRA, 06 DE ABRIL DE 2015. EDIÇÃO DE HOJE: 08 PÁGINAS 180º ANIVERSÁRIO

Leia mais

DIÁRIO DA ASSEMBLEIA

DIÁRIO DA ASSEMBLEIA ESTADO DO MARANHÃO ASSEMBLEIA LEGISLATIVA PALÁCIO MANUEL BECKMAN SEGUNDA-FEIRA, 06 DE JULHO DE 2015 1 ANO XLII - Nº 103 - SÃO LUÍS, SEGUNDA-FEIRA, 06 DE JULHO DE 2015. EDIÇÃO DE HOJE: 24 PÁGINAS 180º ANIVERSÁRIO

Leia mais

DIÁRIO DA ASSEMBLEIA

DIÁRIO DA ASSEMBLEIA ESTADO DO MARANHÃO ASSEMBLEIA LEGISLATIVA PALÁCIO MANUEL BECKMAN QUARTA-FEIRA, 08 DE ABRIL DE 2015 1 ANO XLII - Nº 054 - SÃO LUÍS, QUARTA-FEIRA, 08 DE ABRIL DE 2015. EDIÇÃO DE HOJE: 32 PÁGINAS 180º ANIVERSÁRIO

Leia mais

DIÁRIO DA ASSEMBLEIA

DIÁRIO DA ASSEMBLEIA ESTADO DO MARANHÃO ASSEMBLEIA LEGISLATIVA QUARTA-FEIRA, 19 DE FEVEREIRO DE 2014 1 ANO XLI - Nº 019 - SÃO LUÍS, QUARTA-FEIRA, 19 DE FEVEREIRO DE 2014. EDIÇÃO DE HOJE: 04 PÁGINAS 179º ANIVERSÁRIO DE INSTALAÇÃO

Leia mais

DIÁRIO DA ASSEMBLEIA

DIÁRIO DA ASSEMBLEIA ESTADO DO MARANHÃO ASSEMBLEIA LEGISLATIVA PALÁCIO MANUEL BECKMAN TERÇA-FEIRA, 16 DE JUNHO DE 2015 1 ANO XLII - Nº 092 - SÃO LUÍS, TERÇA-FEIRA, 16 DE JUNHO DE 2015. EDIÇÃO DE HOJE: 20 PÁGINAS 180º ANIVERSÁRIO

Leia mais

DIÁRIO DA ASSEMBLEIA

DIÁRIO DA ASSEMBLEIA ESTADO DO MARANHÃO ASSEMBLEIA LEGISLATIVA PALÁCIO MANUEL BECKMAN SEGUNDA-FEIRA, 16 DE NOVEMBRO DE 2015 1 ANO XLII - Nº 170 - SÃO LUÍS, SEGUNDA-FEIRA, 16 DE NOVEMBRO DE 2015. EDIÇÃO DE HOJE: 20 PÁGINAS

Leia mais

DIÁRIO DA ASSEMBLEIA

DIÁRIO DA ASSEMBLEIA ESTADO DO MARANHÃO ASSEMBLEIA LEGISLATIVA PALÁCIO MANUEL BECKMAN SEGUNDA-FEIRA, 21 DE SETEMBRO DE 2015 1 ANO XLII - Nº 141 - SÃO LUÍS, SEGUNDA-FEIRA, 21 DE SETEMBRO DE 2015. EDIÇÃO DE HOJE: 24 PÁGINAS

Leia mais

DIÁRIO DA ASSEMBLEIA

DIÁRIO DA ASSEMBLEIA ESTADO DO MARANHÃO ASSEMBLEIA LEGISLATIVA PALÁCIO MANUEL BECKMAN QUARTA-FEIRA, 09 DE SETEMBRO DE 2015 1 ANO XLII - Nº 135 - SÃO LUÍS, QUARTA-FEIRA, 09 DE SETEMBRO DE 2015. EDIÇÃO DE HOJE: 24 PÁGINAS 180º

Leia mais

DIÁRIO DA ASSEMBLEIA

DIÁRIO DA ASSEMBLEIA ESTADO DO MARANHÃO ASSEMBLEIA LEGISLATIVA PALÁCIO MANUEL BECKMAN TERÇA-FEIRA, 30 DE JUNHO DE 2015 1 ANO XLII - Nº 100 - SÃO LUÍS, TERÇA-FEIRA, 30 DE JUNHO DE 2015. EDIÇÃO DE HOJE: 20 PÁGINAS 180º ANIVERSÁRIO

Leia mais

DIÁRIO DA ASSEMBLEIA

DIÁRIO DA ASSEMBLEIA ESTADO DO MARANHÃO ASSEMBLEIA LEGISLATIVA PALÁCIO MANUEL BECKMAN TERÇA-FEIRA, 18 DE AGOSTO DE 2015 1 ANO XLII - Nº 124 - SÃO LUÍS, TERÇA-FEIRA, 18 DE AGOSTO DE 2015. EDIÇÃO DE HOJE: 24 PÁGINAS 180º ANIVERSÁRIO

Leia mais

DIÁRIO DA ASSEMBLEIA

DIÁRIO DA ASSEMBLEIA ESTADO DO MARANHÃO ASSEMBLEIA LEGISLATIVA PALÁCIO MANUEL BECKMAN TERÇA-FEIRA, 15 DE SETEMBRO DE 2015 1 ANO XLII - Nº 138 - SÃO LUÍS, TERÇA-FEIRA, 15 DE SETEMBRO DE 2015. EDIÇÃO DE HOJE: 20 PÁGINAS 180º

Leia mais

DIÁRIO DA ASSEMBLEIA

DIÁRIO DA ASSEMBLEIA ESTADO DO MARANHÃO ASSEMBLEIA LEGISLATIVA PALÁCIO MANUEL BECKMAN SEGUNDA-FEIRA, 03 DE AGOSTO DE 2015 1 ANO XLII - Nº 114 - SÃO LUÍS, SEGUNDA-FEIRA, 03 DE AGOSTO DE 2015. EDIÇÃO DE HOJE: 20 PÁGINAS 180º

Leia mais

DIÁRIO DA ASSEMBLEIA

DIÁRIO DA ASSEMBLEIA ESTADO DO MARANHÃO ASSEMBLEIA LEGISLATIVA PALÁCIO MANUEL BECKMAN QUINTA-FEIRA, 06 DE AGOSTO DE 2015 1 ANO XLII - Nº 117 - SÃO LUÍS, QUINTA-FEIRA, 06 DE AGOSTO DE 2015. EDIÇÃO DE HOJE: 20 PÁGINAS 180º ANIVERSÁRIO

Leia mais

DIÁRIO DA ASSEMBLEIA

DIÁRIO DA ASSEMBLEIA ESTADO DO MARANHÃO ASSEMBLEIA LEGISLATIVA PALÁCIO MANUEL BECKMAN QUARTA-FEIRA, 11 DE NOVEMBRO DE 2015 1 ANO XLII - Nº 168 - SÃO LUÍS, QUARTA-FEIRA, 11 DE NOVEMBRO DE 2015. EDIÇÃO DE HOJE: 28 PÁGINAS 180º

Leia mais

DIÁRIO DA ASSEMBLEIA

DIÁRIO DA ASSEMBLEIA ESTADO DO MARANHÃO ASSEMBLEIA LEGISLATIVA PALÁCIO MANUEL BECKMAN SEGUNDA-FEIRA, 22 DE FEVEREIRO DE 2016 1 ANO XLIII - Nº 020 - SÃO LUÍS, SEGUNDA-FEIRA, 22 DE FEVEREIRO DE 2016. EDIÇÃO DE HOJE: 16 PÁGINAS

Leia mais

DIÁRIO DA ASSEMBLEIA

DIÁRIO DA ASSEMBLEIA ESTADO DO MARANHÃO ASSEMBLEIA LEGISLATIVA PALÁCIO MANUEL BECKMAN QUINTA-FEIRA, 16 DE JULHO DE 2015 1 ANO XLII - Nº 111 - SÃO LUÍS, QUINTA-FEIRA, 16 DE JULHO DE 2015. EDIÇÃO DE HOJE: 36 PÁGINAS 180º ANIVERSÁRIO

Leia mais

DIÁRIO DA ASSEMBLEIA

DIÁRIO DA ASSEMBLEIA ESTADO DO MARANHÃO ASSEMBLEIA LEGISLATIVA PALÁCIO MANUEL BECKMAN SEGUNDA-FEIRA, 22 DE DEZEMBRO DE 2014 1 ANO XLI - Nº 187 - SÃO LUÍS, SEGUNDA-FEIRA, 22 DE DEZEMBRO DE 2014. EDIÇÃO DE HOJE: 28 PÁGINAS 179º

Leia mais

COMISSÕES PERMANENTES DA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA (de acordo com o art. 30 da Resolução Legislativa n.º 599/2010)

COMISSÕES PERMANENTES DA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA (de acordo com o art. 30 da Resolução Legislativa n.º 599/2010) ESTADO DO MARANHÃO ASSEMBLEIA LEGISLATIVA PALÁCIO MANUEL BECKMAN QUINTA-FEIRA, 27 DE JUNHO DE 2013 1 ANO XL - Nº 094 - SÃO LUÍS, QUINTA-FEIRA, 27 DE JUNHO DE 2013. EDIÇÃO DE HOJE: 20 PÁGINAS 178º ANIVERSÁRIO

Leia mais

DIÁRIO DA ASSEMBLEIA

DIÁRIO DA ASSEMBLEIA ESTADO DO MARANHÃO ASSEMBLEIA LEGISLATIVA PALÁCIO MANUEL BECKMAN QUARTA-FEIRA, 05 DE AGOSTO DE 2015 1 ANO XLII - Nº 116 - SÃO LUÍS, QUARTA-FEIRA, 05 DE AGOSTO DE 2015. EDIÇÃO DE HOJE: 36 PÁGINAS 180º ANIVERSÁRIO

Leia mais

DIÁRIO DA ASSEMBLEIA

DIÁRIO DA ASSEMBLEIA ESTADO DO MARANHÃO ASSEMBLEIA LEGISLATIVA PALÁCIO MANUEL BECKMAN SEGUNDA-FEIRA, 05 DE OUTUBRO DE 2015 1 ANO XLII - Nº 149 - SÃO LUÍS, SEGUNDA-FEIRA, 05 DE OUTUBRO DE 2015. EDIÇÃO DE HOJE: 20 PÁGINAS 180º

Leia mais

DIÁRIO DA ASSEMBLEIA

DIÁRIO DA ASSEMBLEIA 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123

Leia mais

DIÁRIO DA ASSEMBLEIA

DIÁRIO DA ASSEMBLEIA ESTADO DO MARANHÃO ASSEMBLEIA LEGISLATIVA PALÁCIO MANOEL BEQUIMÃO QUINTA-FEIRA, 14 DE JUNHO DE 2012 1 ANO XXXIX - Nº 075 - SÃO LUÍS, QUINTA-FEIRA, 14 DE JUNHO DE 2012. EDIÇÃO DE HOJE: 20 PÁGINAS 177º ANIVERSÁRIO

Leia mais

DIÁRIO DA ASSEMBLEIA

DIÁRIO DA ASSEMBLEIA SEGUNDA-FEIRA, 05 DE SETEMBRO DE 2011 1 PALÁCIO MANOEL BEQUIMÃO ANO XXXVIII - Nº 126 - SÃO LUÍS, SEGUNDA-FEIRA, 05 DE SETEMBRO DE 2011. EDIÇÃO DE HOJE: 24 PÁGINAS 102.ª SESSÃO ORDINÁRIA DA 1.ª SESSÃO LEGISLATIVA

Leia mais

DIÁRIO DA ASSEMBLEIA

DIÁRIO DA ASSEMBLEIA QUARTA-FEIRA, 29 DE DEZEMBRO DE 2010 1 ESTADO DO MARANHÃO ASSEMBLEIA LEGISLATIVA PALÁCIO MANOEL BEQUIMÃO ANO XXXVII - Nº 178 - SÃO LUÍS, QUARTA-FEIRA, 29 DE DEZEMBRO DE 2010. EDIÇÃO DE HOJE: 08 PÁGINAS

Leia mais

DIÁRIO DA ASSEMBLEIA

DIÁRIO DA ASSEMBLEIA SEGUNDA-FEIRA, 07 DE FEVEREIRO DE 2011 1 ESTADO DO MARANHÃO ASSEMBLEIA LEGISLATIVA PALÁCIO MANOEL BEQUIMÃO ANO XXXVIII - Nº 013 - SÃO LUÍS, SEGUNDA-FEIRA, 07 DE FEVEREIRO DE 2011. EDIÇÃO DE HOJE: 12 PÁGINAS

Leia mais

DIÁRIO DA ASSEMBLEIA

DIÁRIO DA ASSEMBLEIA 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123

Leia mais

DIÁRIO DA ASSEMBLEIA

DIÁRIO DA ASSEMBLEIA SEGUNDA-FEIRA, 26 DE SETEMBRO DE 2011 1 PALÁCIO MANOEL BEQUIMÃO ANO XXXVIII - Nº 136 - SÃO LUÍS, SEGUNDA-FEIRA, 26 DE SETEMBRO DE 2011. EDIÇÃO DE HOJE: 32 PÁGINAS 111.ª SESSÃO ORDINÁRIA DA 1.ª SESSÃO LEGISLATIVA

Leia mais

DIÁRIO DA ASSEMBLEIA

DIÁRIO DA ASSEMBLEIA 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123

Leia mais

ESTADO DE RONDÔNIA PODER LEGISLATIVO CÂMARA MUNICIPAL DE ROLIM DE MOURA

ESTADO DE RONDÔNIA PODER LEGISLATIVO CÂMARA MUNICIPAL DE ROLIM DE MOURA ESTADO DE RONDÔNIA PODER LEGISLATIVO CÂMARA MUNICIPAL DE ROLIM DE MOURA Gabinete da Presidência/Técnica Legislativa Avenida João Pessoa, 4463 Centro Fone: (69) 3 442-1629 Rolim de Moura Rondônia. CÓPIA

Leia mais

DIÁRIO DA ASSEMBLEIA

DIÁRIO DA ASSEMBLEIA TERÇA-FEIRA, 18 DE SETEMBRO DE 2012 ESTADO DO MARANHÃO 1 ASSEMBLEIA LEGISLATIVA PALÁCIO MANUEL BECKMAN ANO XXXIX - Nº 124 - SÃO LUÍS, TERÇA-FEIRA, 18 DE SETEMBRO DE 2012. EDIÇÃO DE HOJE: 12 PÁGINAS 177º

Leia mais

DIÁRIO DA ASSEMBLEIA

DIÁRIO DA ASSEMBLEIA ESTADO DO MARANHÃO ASSEMBLEIA LEGISLATIVA PALÁCIO MANOEL BEQUIMÃO QUINTA-FEIRA, 29 DE MARÇO DE 2012 1 ANO XXXIX - Nº 035 - SÃO LUÍS, QUINTA-FEIRA, 29 DE MARÇO DE 2012. EDIÇÃO DE HOJE: 20 PÁGINAS 177º ANIVERSÁRIO

Leia mais

Câmara Municipal de Carnaubal

Câmara Municipal de Carnaubal Câmara Municipal de Carnaubal ATA DA 2º ( SEGUNDDA) SESSÃO ORDINÁRIA DO 1º PRIMEIRO PERÍODO LEGISLATIVO ANO 2015 Ata da Sessão Ordinária da Câmara Municipal de Carnaubal CE; realizada no dia 24 ( VINTE

Leia mais

DIÁRIO DA ASSEMBLEIA

DIÁRIO DA ASSEMBLEIA ESTADO DO MARANHÃO ASSEMBLEIA LEGISLATIVA PALÁCIO MANUEL BECKMAN SEGUNDA-FEIRA, 09 DE JUNHO DE 2014 1 ANO XLI - Nº 077 - SÃO LUÍS, SEGUNDA-FEIRA, 09 DE JUNHO DE 2014. EDIÇÃO DE HOJE: 24 PÁGINAS 179º ANIVERSÁRIO

Leia mais

Câmara Municipal de Tijucas do Sul

Câmara Municipal de Tijucas do Sul ATA DA 9 a SESSÃO ORDINÁRIA DO PRIMEIRO PERÍODO ORDINÁRIO DA PRIMEIRA SESSÃO LEGISLATIVA DA 15 a LEGISLATURA EM 07/04/2014. Aos sete dias do mês de abril do ano de dois mil e quatorze, nesta cidade de

Leia mais

DIÁRIO DA ASSEMBLEIA

DIÁRIO DA ASSEMBLEIA SEGUNDA-FEIRA, 21 DE FEVEREIRO DE 2011 1 ESTADO DO MARANHÃO ASSEMBLEIA LEGISLATIVA PALÁCIO MANOEL BEQUIMÃO ANO XXXVIII - Nº 022 - SÃO LUÍS, SEGUNDA-FEIRA, 21 DE FEVEREIRO DE 2011. EDIÇÃO DE HOJE: 44 PÁGINAS

Leia mais

DIÁRIO DA ASSEMBLEIA

DIÁRIO DA ASSEMBLEIA TERÇA-FEIRA, 11 DE DEZEMBRO DE 2012 ESTADO DO MARANHÃO 1 ASSEMBLEIA LEGISLATIVA PALÁCIO MANUEL BECKMAN ANO XXXIX - Nº 171 - SÃO LUÍS, TERÇA-FEIRA, 11 DE DEZEMBRO DE 2012. EDIÇÃO DE HOJE: 16 PÁGINAS 177º

Leia mais

DIÁRIO DA ASSEMBLEIA

DIÁRIO DA ASSEMBLEIA 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123

Leia mais

DIÁRIO DA ASSEMBLEIA

DIÁRIO DA ASSEMBLEIA QUINTA-FEIRA, 14 DE JULHO DE 2011 1 PALÁCIO MANOEL BEQUIMÃO ANO XXXVIII - Nº 101 - SÃO LUÍS, QUINTA-FEIRA, 14 DE JULHO DE 2011. EDIÇÃO DE HOJE: 48 PÁGINAS 81.ª SESSÃO ORDINÁRIA DA 1.ª SESSÃO LEGISLATIVA

Leia mais

Ata n. 25 da Sessão Ordinária da Câmara Municipal de Medeiros Neto BA.

Ata n. 25 da Sessão Ordinária da Câmara Municipal de Medeiros Neto BA. Ata n. 25 da Sessão Ordinária da Câmara Municipal de Medeiros Neto BA. Aos quatro (04) dias do Mês de Março (03) do ano de Dois Mil e Treze (2013), às 17:35 horas, com a presença de nove (09) vereadores,

Leia mais

DIÁRIO DA ASSEMBLEIA

DIÁRIO DA ASSEMBLEIA ESTADO DO MARANHÃO ASSEMBLEIA LEGISLATIVA PALÁCIO MANUEL BECKMAN TERÇA-FEIRA, 18 DE FEVEREIRO DE 2014 1 ANO XLI - Nº 018 - SÃO LUÍS, TERÇA-FEIRA, 18 DE FEVEREIRO DE 2014. EDIÇÃO DE HOJE: 36 PÁGINAS 179º

Leia mais

Ata da terceira sessão extraordinária. Aos doze dias do mês de abril do ano de dois mil e treze, às dez horas, no Plenário Rui Afonso de Almeida da

Ata da terceira sessão extraordinária. Aos doze dias do mês de abril do ano de dois mil e treze, às dez horas, no Plenário Rui Afonso de Almeida da Ata da terceira sessão extraordinária. Aos doze dias do mês de abril do ano de dois mil e treze, às dez horas, no Plenário Rui Afonso de Almeida da Câmara Municipal de Perdizes, Estado de Minas Gerais

Leia mais

A MESA DIRETORA Deputado RICARDO MOTTA PRESIDENTE

A MESA DIRETORA Deputado RICARDO MOTTA PRESIDENTE A MESA DIRETORA Deputado RICARDO MOTTA PRESIDENTE Deputado GUSTAVO CARVALHO 1 VICE-PRESIDENTE Deputado LEONARDO NOGUEIRA 2 VICE-PRESIDENTE Deputado GUSTAVO FERNANDES 1 SECRETÁRIO Deputado RAIMUNDO FERNANDES

Leia mais

REQUERIMENTO nº, de 2015. (Do Sr. Carlos Melles)

REQUERIMENTO nº, de 2015. (Do Sr. Carlos Melles) REQUERIMENTO nº, de 2015 (Do Sr. Carlos Melles) Requer a Convocação de Sessão Solene em 2016, em Homenagem ao vigésimo aniversário da Lei que criou o SIMPLES no Brasil. Senhor Presidente, Representando

Leia mais

DIÁRIO DA ASSEMBLÉIA

DIÁRIO DA ASSEMBLÉIA TERÇA-FEIRA, 10 DE AGOSTO DE 2004 1 ESTADO DO MARANHÃO ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA PALÁCIO MANOEL BEQUIMÃO Compromisso com omaranhão ANO XXXII Nº 079 SÃO LUÍS, TERÇA-FEIRA, 10 DE AGOSTO DE 2004 EDIÇÃO DE HOJE:

Leia mais

DIÁRIO DA ASSEMBLEIA

DIÁRIO DA ASSEMBLEIA ESTADO DO MARANHÃO ASSEMBLEIA LEGISLATIVA PALÁCIO MANOEL BEQUIMÃO QUINTA-FEIRA, 08 DE MARÇO DE 2012 1 ANO XXXIX - Nº 023 - SÃO LUÍS, QUINTA-FEIRA, 08 DE MARÇO DE 2012. EDIÇÃO DE HOJE: 24 PÁGINAS 177º ANIVERSÁRIO

Leia mais

DIÁRIO DA ASSEMBLEIA

DIÁRIO DA ASSEMBLEIA ESTADO DO MARANHÃO ASSEMBLEIA LEGISLATIVA PALÁCIO MANUEL BECKMAN SEGUNDA-FEIRA, 09 DE SETEMBRO DE 2013 1 ANO XL - Nº 133 - SÃO LUÍS, SEGUNDA-FEIRA, 09 DE SETEMBRO DE 2013. EDIÇÃO DE HOJE: 24 PÁGINAS 178º

Leia mais

PAUTA DO DIA SESSÃO ORDINÁRIA 15 DE OUTUBRO 2014 MESA DIRETORA: BIÊNIO 2013/2014

PAUTA DO DIA SESSÃO ORDINÁRIA 15 DE OUTUBRO 2014 MESA DIRETORA: BIÊNIO 2013/2014 PAUTA DO DIA SESSÃO ORDINÁRIA 15 DE OUTUBRO 2014 MESA DIRETORA: BIÊNIO 2013/2014 PRESIDENTE: FERNANDO VASCONCELOS 1º VICE-PRESIDENTE: HERMÍNIO OLIVEIRA 2º VICE-PRESIDENTE: LUCIANO GOMES 1ª SECRETÁRIA:

Leia mais

DIÁRIO DA ASSEMBLEIA

DIÁRIO DA ASSEMBLEIA ESTADO DO MARANHÃO ASSEMBLEIA LEGISLATIVA PALÁCIO MANUEL BECKMAN QUINTA-FEIRA, 20 DE FEVEREIRO DE 2014 1 ANO XLI - Nº 020 - SÃO LUÍS, QUINTA-FEIRA, 20 DE FEVEREIRO DE 2014. EDIÇÃO DE HOJE: 24 PÁGINAS 179º

Leia mais

H CONSELHO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL

H CONSELHO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL H CONSELHO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL (Criado pela Lei nº 8.389, de 30 de dezembro de 1991) (Regimento Interno aprovado nos termos do Ato da Mesa nº 1, de 2013) H.1 - COMPOSIÇÃO INICIAL DO CONSELHO DE COMUNICAÇÃO

Leia mais

http://blog.jornalpequeno.com.br/johncutrim

http://blog.jornalpequeno.com.br/johncutrim Pinheiro: Leonardo Sá vai se filiar ao PCdoB para disputar prefeitura http://blog.jornalpequeno.com.br/johncutrim Pinheiro: Leonardo Sá vai se filiar ao PCdoB para disputar prefeitura O pré-candidato a

Leia mais

DIÁRIO DA ASSEMBLEIA

DIÁRIO DA ASSEMBLEIA QUARTA-FEIRA, 08 DE JUNHO DE 2011 1 PALÁCIO MANOEL BEQUIMÃO ANO XXXVIII - Nº 082 - SÃO LUÍS, QUARTA-FEIRA, 08 DE JUNHO DE 2011. EDIÇÃO DE HOJE: 36 PÁGINAS 63.ª SESSÃO ORDINÁRIA DA 1.ª SESSÃO LEGISLATIVA

Leia mais

http://blog.jornalpequeno.com.br/johncutrim

http://blog.jornalpequeno.com.br/johncutrim ASSUNTO: SITE: EDITORIA: Incerteza ronda a CPI da Saúde http://blog.jornalpequeno.com.br/johncutrim POLÍTICA DATA: 29/07/2015 Incerteza ronda a CPI da Saúde Othelino Neto, Rogério e Levi Pontes estão otimistas

Leia mais

Programa Mínimo de Governo de João Pavinato

Programa Mínimo de Governo de João Pavinato Programa Mínimo de Governo de João Pavinato João Pavinato e Cidinha Pascueto, candidatos a prefeito e vice-prefeita, respectivamente, da coligação A Vitória do Povo, formada pela união dos partidos PSDB,

Leia mais

DIÁRIO DA ASSEMBLÉIA

DIÁRIO DA ASSEMBLÉIA 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123

Leia mais

ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE SECRETARIA LEGISLATIVA NATAL, 25.03.2008 BOLETIM OFICIAL 2423 ANO XIX TERÇA-FEIRA

ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE SECRETARIA LEGISLATIVA NATAL, 25.03.2008 BOLETIM OFICIAL 2423 ANO XIX TERÇA-FEIRA A MESA DIRETORA Deputado ROBINSON FARIA PRESIDENTE Deputada MÁRCIA MAIA 1 VICE-PRESIDENTE Deputado RICARDO MOTTA 1 SECRETÁRIO Deputado LUIZ ALMIR 3 SECRETÁRIO Deputado EZEQUIEL FERREIRA 2 VICE-PRESIDENTE

Leia mais

CÂMARA DOS DEPUTADOS

CÂMARA DOS DEPUTADOS CÂMARA DOS DEPUTADOS Em 06 de março de 2013 (Quarta-feira) SESSÃO ORDINÁRIA (Às 14 horas) (DELIBERATIVA) PEQUENO EXPEDIENTE (Das 14 às 15 horas) GRANDE EXPEDIENTE (Às 15 horas) Oradores: 15h Arolde de

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE CÉU AZUL

CÂMARA MUNICIPAL DE CÉU AZUL O R D E M D O D I A 15ª Sessão Ordinária, no Primeiro Período Legislativo, da Segunda Sessão Legislativa, da Décima Legislatura, a ser realizada no dia 01 de junho de 2010, às 17 horas e trinta minutos,

Leia mais

DIÁRIO DA ASSEMBLEIA

DIÁRIO DA ASSEMBLEIA 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123

Leia mais

DIÁRIO DA ASSEMBLÉIA

DIÁRIO DA ASSEMBLÉIA 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123

Leia mais

DIÁRIO DA ASSEMBLEIA

DIÁRIO DA ASSEMBLEIA QUINTA-FEIRA, 29 DE ABRIL DE 2010 1 ESTADO DO MARANHÃO ASSEMBLEIA LEGISLATIVA PALÁCIO MANOEL BEQUIMÃO ANO XXXVII - Nº 054 - SÃO LUÍS, QUINTA-FEIRA, 29 DE ABRIL DE 2010. EDIÇÃO DE HOJE: 20 PÁGINAS 43.ª

Leia mais

I - Comissão de Constituição, Justiça e Redação Final

I - Comissão de Constituição, Justiça e Redação Final 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123

Leia mais

DIÁRIO DA ASSEMBLEIA

DIÁRIO DA ASSEMBLEIA 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123

Leia mais

DIÁRIO DA ASSEMBLEIA

DIÁRIO DA ASSEMBLEIA ESTADO DO MARANHÃO ASSEMBLEIA LEGISLATIVA PALÁCIO MANUEL BECKMAN QUARTA-FEIRA, 13 DE AGOSTO DE 2014 1 ANO XLI - Nº 109 - SÃO LUÍS, QUARTA-FEIRA, 13 DE AGOSTO DE 2014. EDIÇÃO DE HOJE: 20 PÁGINAS 179º ANIVERSÁRIO

Leia mais

DIÁRIO DA ASSEMBLÉIA

DIÁRIO DA ASSEMBLÉIA 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123

Leia mais

DIÁRIO DA ASSEMBLÉIA

DIÁRIO DA ASSEMBLÉIA QUINTA-FEIRA, 05 DE JUNHO DE 2008 1 ESTADO DO MARANHÃO ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA PALÁCIO MANOEL BEQUIMÃO ANO XXXVI - Nº 062 - SÃO LUÍS, QUINTA-FEIRA, 05 DE JUNHO DE 2008. EDIÇÃO DE HOJE: 24 PÁGINAS 51.ª SESSÃO

Leia mais

http://www.jeisael.com/ Cabo Campos elogia troca de comando na Polícia Militar

http://www.jeisael.com/ Cabo Campos elogia troca de comando na Polícia Militar ASSUNTO: SITE: EDITORIA: Cabo Campos elogia troca de comando na Polícia Militar http://www.jeisael.com/ POLÍTICA DATA: 18/01/2016 Cabo Campos elogia troca de comando na Polícia Militar O deputado estadual

Leia mais

MENSAGEM Nº, de 2008.

MENSAGEM Nº, de 2008. MENSAGEM Nº, de 2008. = Tenho a honra de submeter à elevada consideração de Vossas Excelências o projeto de Lei anexo, que objetiva criar o Conselho Municipal Antidrogas COMAD. Um dos mais graves problemas

Leia mais

DIÁRIO DA ASSEMBLEIA

DIÁRIO DA ASSEMBLEIA TERÇA-FEIRA, 15 DE MARÇO DE 2011 1 ESTADO DO MARANHÃO ASSEMBLEIA LEGISLATIVA PALÁCIO MANOEL BEQUIMÃO ANO XXXVIII - Nº 032 - SÃO LUÍS, TERÇA-FEIRA, 15 DE MARÇO DE 2011. EDIÇÃO DE HOJE: 20 PÁGINAS 20.ª SESSÃO

Leia mais

ESCUTEC - PESQUISAS DE OPINIÃO SÃO LUÍS -MA - JUNHO DE 2013. 1. Se as eleições fossem hoje, em quem o Sr.(a) votaria para Presidente?

ESCUTEC - PESQUISAS DE OPINIÃO SÃO LUÍS -MA - JUNHO DE 2013. 1. Se as eleições fossem hoje, em quem o Sr.(a) votaria para Presidente? 1. Se as eleições fossem hoje, em quem o Sr.(a) votaria para Presidente? (espontânea) Dilma Rousseff 45,2 Lula 10,6 Marina Silva Aécio Neves 4,8 4,3 Eliziane Gama Eduardo Campos Geraldo Alkmin Outros Ninguém

Leia mais

Câmara Municipal de Cubatão

Câmara Municipal de Cubatão 2 ATA DA 1ª SESSÃO EXTRAORDINÁRIA DO 2º ANO LEGISLATIVO DA 16ª LEGISLATURA REALIZADA EM 27 DE MAIO DE 2014 PRESIDÊNCIA - Sr. César da Silva Nascimento. SECRETARIAS - Sr. Fábio Alves Moreira e Sr. Ricardo

Leia mais

ORDEM DO DIA PROJETO DE LEI Nº 031/2005, conforme emendado VEREADOR MARCO ANTÔNIO GRILLO

ORDEM DO DIA PROJETO DE LEI Nº 031/2005, conforme emendado VEREADOR MARCO ANTÔNIO GRILLO ATA DA QUADRAGÉSIMA SÉTIMA SESSÃO, EXTRAORDINÁRIA, DA 1ª SESSÃO LEGISLATIVA, DA 5ª LEGISLATURA DA CÂMARA MUNICIPAL DE VENDA NOVA DO IMIGRANTE, ESTADO DO ESPÍRITO SANTO... Aos vinte e sete dias do mês de

Leia mais

DEPARTAMENTO DE TAQUIGRAFIA, REVISÃO E REDAÇÃO

DEPARTAMENTO DE TAQUIGRAFIA, REVISÃO E REDAÇÃO DEPARTAMENTO DE TAQUIGRAFIA, REVISÃO E REDAÇÃO SESSÃO: 237.2.54.O DATA: 04/09/12 TURNO: Noturno TIPO DA SESSÃO: Extraordinária - CD LOCAL: Plenário Principal - CD INÍCIO: 21h11min TÉRMINO: 21h21min DISCURSOS

Leia mais

Trabalho Interdisciplinar: Desafios e possibilidades para uma vida melhor. Bairro São Geraldo

Trabalho Interdisciplinar: Desafios e possibilidades para uma vida melhor. Bairro São Geraldo CAMPANHA NACIONAL DE ESCOLAS DA COMUNIDADE COLEGIO CENECISTA NOSSA SENHORA DOS ANJOS GRAVATAÍ - RS Trabalho Interdisciplinar: Desafios e possibilidades para uma vida melhor Bairro São Geraldo Nomes: Ana,

Leia mais

COMISSÕES PERMANENTES DA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA (de acordo com o art. 30 da Resolução Legislativa n.º 599/2010)

COMISSÕES PERMANENTES DA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA (de acordo com o art. 30 da Resolução Legislativa n.º 599/2010) SEGUNDA-FEIRA, 06 DE JUNHO DE 2011 1 PALÁCIO MANOEL BEQUIMÃO ANO XXXVIII - Nº 080 - SÃO LUÍS, SEGUNDA-FEIRA, 06 DE JUNHO DE 2011. EDIÇÃO DE HOJE: 16 PÁGINAS 61.ª SESSÃO ORDINÁRIA DA 1.ª SESSÃO LEGISLATIVA

Leia mais

DIÁRIO DA ASSEMBLEIA

DIÁRIO DA ASSEMBLEIA QUINTA-FEIRA, 02 DE JUNHO DE 2011 1 ESTADO DO MARANHÃO ASSEMBLEIA LEGISLATIVA PALÁCIO MANOEL BEQUIMÃO ANO XXXVIII - Nº 079 - SÃO LUÍS, QUINTA-FEIRA, 02 DE JUNHO DE 2011. EDIÇÃO DE HOJE: 28 PÁGINAS 60.ª

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE TAPURAH

CÂMARA MUNICIPAL DE TAPURAH ATA DA SESSÃO ORDINÁRIA DO DIA 01 DE FEVEREIRO DE 2.012 Ao primeiro dia do mês de fevereiro de dois mil e doze, na Sede da Câmara Municipal, situada à Avenida Paraná, 1.725, às dezenove e trinta horas

Leia mais

DO-e-ALE/RO. DO-e -ALE/RO Nº 073 8ª LEGISLATURA Nº 073 PORTO VELHO-RO, SEGUNDA-FEIRA, 20 DE MAIO DE 2013

DO-e-ALE/RO. DO-e -ALE/RO Nº 073 8ª LEGISLATURA Nº 073 PORTO VELHO-RO, SEGUNDA-FEIRA, 20 DE MAIO DE 2013 Pág. 1200 DO-e-ALE/RO Nº 073 PORTO VELHO-RO, SEGUNDA-FEIRA, ANO II SUMÁRIO TAQUIGRAFIA... Capa SUP. DE COMPRAS E LICITAÇÕES... 1203 SUP. DE RECURSOS HUMANOS... 1204 TAQUIGR UIGRAFIA ATA DA 17ª SESSÃO EXTRAORDINÁRIA

Leia mais

Press Release Nº 121 ANO I Santarém - Pará, 23 de Setembro de 2015.

Press Release Nº 121 ANO I Santarém - Pará, 23 de Setembro de 2015. Press Release Nº 121 ANO I Santarém - Pará, 23 de Setembro de 2015. Reunião de trabalho discute custos da energia elétrica O vereador Luiz Alberto (PP), em sua fala na tribuna da câmara, sessão desta quarta-feira,

Leia mais

DIÁRIO DA ASSEMBLEIA

DIÁRIO DA ASSEMBLEIA ESTADO DO MARANHÃO ASSEMBLEIA LEGISLATIVA PALÁCIO MANUEL BECKMAN SEGUNDA-FEIRA, 20 DE MAIO DE 2013 1 ANO XL - Nº 071 - SÃO LUÍS, SEGUNDA-FEIRA, 20 DE MAIO DE 2013. EDIÇÃO DE HOJE: 20 PÁGINAS 178º ANIVERSÁRIO

Leia mais

2013/2016, REALIZADA NA CÂMARA MUNICIPAL DE MURIAÉ, EDIFÍCIO MANUEL CORRÊA DO PRADO, SITUADA À PRAÇA CORONEL PACHECO DE MEDEIROS, S

2013/2016, REALIZADA NA CÂMARA MUNICIPAL DE MURIAÉ, EDIFÍCIO MANUEL CORRÊA DO PRADO, SITUADA À PRAÇA CORONEL PACHECO DE MEDEIROS, S ATA DA 9 a REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA DA 2ª SESSÃO LEGISLATIVA DA 33 a LEGISLATURA, 2013/2016, REALIZADA NA CÂMARA MUNICIPAL DE MURIAÉ, EDIFÍCIO MANUEL CORRÊA DO PRADO, SITUADA À PRAÇA CORONEL PACHECO DE MEDEIROS,

Leia mais

DIÁRIO DA ASSEMBLEIA

DIÁRIO DA ASSEMBLEIA QUARTA-FEIRA, 22 DE ABRIL DE 2009 1 ESTADO DO MARANHÃO ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA PALÁCIO MANOEL BEQUIMÃO ANO XXXVII - Nº 050 - SÃO LUÍS, QUARTA-FEIRA, 22 DE ABRIL DE 2009. EDIÇÃO DE HOJE: 12 PÁGINAS 37.ª

Leia mais

Câmara Municipal de Tijucas do Sul

Câmara Municipal de Tijucas do Sul ATA DA 16 a SESSÃO ORDINÁRIA DO PRIMEIRO PERÍODO ORDINÁRIO DA PRIMEIRA SESSÃO LEGISLATIVA DA 15 a LEGISLATURA EM 26/05/2014. Aos vinte e seis dias do mês de maio do ano de dois mil e quatorze, nesta cidade

Leia mais

CÂMARA LEGISLATIVA DO DISTRITO FEDERAL ATA SUCINTA DA 12ª (DÉCIMA SEGUNDA) SESSÃO ORDINÁRIA,

CÂMARA LEGISLATIVA DO DISTRITO FEDERAL ATA SUCINTA DA 12ª (DÉCIMA SEGUNDA) SESSÃO ORDINÁRIA, 1 TERCEIRA SECRETARIA DIRETORIA LEGISLATIVA DIVISÃO DE TAQUIGRAFIA E APOIO AO PLENÁRIO SETOR DE TRAMITAÇÃO, ATA E SÚMULA 2ª SESSÃO LEGISLATIVA DA 6ª LEGISLATURA ATA SUCINTA DA 12ª (DÉCIMA SEGUNDA) SESSÃO

Leia mais

agradeceu ordem sobre a Proposta de Emenda à Constituição nº. 333/04, urbano que Vereador

agradeceu ordem sobre a Proposta de Emenda à Constituição nº. 333/04, urbano que Vereador Presidência: ATA DA 144ª. Luiz 14.ª Fernando SESSÃO Legislatura Machado, ORDINÁRIA, José 4.ª Galvão Sessão EM Braga 3 Legislativa DE Campos, JUNHO Júlio César DE 2008 2.ª 1.ª Secretaria: Oliveira, Marcelo

Leia mais

DEPARTAMENTO DE TAQUIGRAFIA, REVISÃO E REDAÇÃO NÚCLEO DE REVISÃO DE COMISSÕES TEXTO COM REDAÇÃO FINAL

DEPARTAMENTO DE TAQUIGRAFIA, REVISÃO E REDAÇÃO NÚCLEO DE REVISÃO DE COMISSÕES TEXTO COM REDAÇÃO FINAL CÂMARA DOS DEPUTADOS DEPARTAMENTO DE TAQUIGRAFIA, REVISÃO E REDAÇÃO NÚCLEO DE REVISÃO DE COMISSÕES TEXTO COMISSÃO ESPECIAL - PL 203/91 - POLÍTICA NACIONAL DE RESÍDUOS EVENTO: Reunião Ordinária N : 000638/01

Leia mais

DIÁRIO DA ASSEMBLEIA

DIÁRIO DA ASSEMBLEIA 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123

Leia mais

2.037/GS/2013 - DA SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE - Enviando a este Poder, resposta ao ofício nº 2.723/2013-DCO, o qual encaminhou pleito desta Casa.

2.037/GS/2013 - DA SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE - Enviando a este Poder, resposta ao ofício nº 2.723/2013-DCO, o qual encaminhou pleito desta Casa. ESTADO DA PARAÍBA ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA CASA DE EPITÁCIO PESSOA 17ª Legislatura 3ª Sessão Legislativa 64ª SESSÃO ORDINÁRIA E X P E D I E N T E (28.08.2013) MEMORANDO Nº: 51/2013 - DO GABINETE DA DEPUTADA

Leia mais

Gestão Por Resultados

Gestão Por Resultados Governo do Estado do Maranhão PROJETO DE LEI DA REVISÃO DO PPA 2012-2015 Orientações Estratégicas Estratégicas DIRETRIZES DIRETRIZES Indicadores Programas Programas de de Governo Governo OBJETIVOS OBJETIVOS

Leia mais

DIÁRIO DA ASSEMBLÉIA

DIÁRIO DA ASSEMBLÉIA QUINTA-FEIRA, 11 DE OUTUBRO DE 2007 1 ESTADO DO MARANHÃO ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA PALÁCIO MANOEL BEQUIMÃO ANO XXXV - Nº 128 - SÃO LUÍS, QUINTA-FEIRA, 11 DE OUTUBRO DE 2007. EDIÇÃO DE HOJE: 20 PÁGINAS 120.ª

Leia mais

Sessão Ordinária 33/2015-02/07/2015

Sessão Ordinária 33/2015-02/07/2015 CÂMARA MUNICIPAL DE CAPÃO DO LEÃO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL Sessão Ordinária 33/2015-02/07/2015 Um pedido de informação (protocolo 265) de autoria do vereador Fernando Enfermeiro. Um requerimento (protocolo

Leia mais

PAUTA DA 42ª SESSÃO ORDINÁRIA Terça-feira, 07 de julho de 2015. L E I T U R A

PAUTA DA 42ª SESSÃO ORDINÁRIA Terça-feira, 07 de julho de 2015. L E I T U R A 1 CORRESPONDÊNCIAS: PAUTA DA 42ª SESSÃO ORDINÁRIA Terça-feira, 07 de julho de 2015. L E I T U R A Of. S/N Sindicato dos Empregados no Comércio e Serviços de Sobral - 07/07/2015 Assunto: Expressa agradecimentos

Leia mais

Câmara Municipal de Tijucas do Sul

Câmara Municipal de Tijucas do Sul ATA DA 32 a SESSÃO ORDINÁRIA DO PRIMEIRO PERÍODO ORDINÁRIO DA PRIMEIRA SESSÃO LEGISLATIVA DA 15 a LEGISLATURA EM 30/09/2013 Aos trinta dias do mês de setembro do ano de dois mil e treze, nesta cidade de

Leia mais

DIÁRIO DA ASSEMBLEIA

DIÁRIO DA ASSEMBLEIA QUINTA-FEIRA, 28 DE OUTUBRO DE 2010 1 ESTADO DO MARANHÃO ASSEMBLEIA LEGISLATIVA PALÁCIO MANOEL BEQUIMÃO ANO XXXVII - Nº 149 - SÃO LUÍS, QUINTA-FEIRA, 28 DE OUTUBRO DE 2010. EDIÇÃO DE HOJE: 20 PÁGINAS 107.ª

Leia mais

http://blog.jornalpequeno.com.br/johncutrim

http://blog.jornalpequeno.com.br/johncutrim Barracão de lona e palha custou R$ 30 mil aos cofres do Estado http://blog.jornalpequeno.com.br/johncutrim Barracão de lona e palha custou R$ 30 mil aos cofres do Estado Ricardo Murad pagou mais de R$

Leia mais

DIÁRIO DA ASSEMBLEIA

DIÁRIO DA ASSEMBLEIA QUARTA-FEIRA, 21 DE SETEMBRO DE 2011 1 PALÁCIO MANOEL BEQUIMÃO ANO XXXVIII - Nº 134 - SÃO LUÍS, QUARTA-FEIRA, 21 DE SETEMBRO DE 2011. EDIÇÃO DE HOJE: 20 PÁGINAS 109.ª SESSÃO ORDINÁRIA DA 1.ª SESSÃO LEGISLATIVA

Leia mais

DIÁRIO DA ASSEMBLEIA

DIÁRIO DA ASSEMBLEIA 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123 1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123

Leia mais

MONITORAMENTO DE POLÍTICAS PÚBLICAS 2013

MONITORAMENTO DE POLÍTICAS PÚBLICAS 2013 A PARTICIPAÇÃO DO CIDADÃO NA CONSTRUÇÃO E NO MONITORAMENTO DE POLÍTICAS PÚBLICAS AGENDA CICLO ORÇAMENTÁRIO 2013 MONITORAMENTO DE POLÍTICAS PÚBLICAS 2013 MESA DA ASSEMBLEIA Deputado Dinis Pinheiro Presidente

Leia mais

XXVI PALMAS, QUARTA-FEIRA, 29 DE JUNHO DE 2016 Nº 2344

XXVI PALMAS, QUARTA-FEIRA, 29 DE JUNHO DE 2016 Nº 2344 8ª LEGISLATURA 2ª SESSÃO LEGISLATIVA DIÁRIO DA ASSEMBLEIA ANO XXVI PALMAS, QUARTA-FEIRA, 29 DE JUNHO DE 2016 Nº 2344 2253 MESA DIRETORA Presidente: Dep. Osires Damaso (PSC) 1º Vice-Presidente: (PDT) 2º

Leia mais