Carga ou Função Imediata sobre Implantes O início Tratamento Implante

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "www.periodonto.net www.periodonto.net Carga ou Função Imediata sobre Implantes www.periodonto.net www.periodonto.net O início Tratamento Implante"

Transcrição

1 Carga ou Função Imediata sobre Implantes Perda do elemento dental Coágulo O início Degradação ação da cortical alveolar periodontal Regeneração óssea Tratamento Prótese fixa convencional => sem estímulo ósseo Prótese mucossuportada => submete a mucosa e osso a pressão Implante => carga mastigatória intra-óssea Implante Estímulo ao tecido ósseo Tranferência de força para o tecido ósseo Remodelação tecidual

2 Implante/Ossoso O implante é altamente biocompatível devido fundamentalmente à sua camada superficial de óxido de titânio que atraem os osteoblastos Dependendo do tratamento ament de superfície pode aumentar ar a camada de óxido Quanto menor o trauma cirúrgico maior a concentração ntraç de BMP e Osteoblastostos Osseointegração Aposição direta de tecido ósseo sobre a superfície do implante (constituídade de óxido de titânio), sem a interposição de tecido mole (Branemark, 1977). Osseointegração Branemark demonstrou desde 1969 (primeiro artigo publicado) e após a divulgação dos resultados em 1981 alto índice de sucesso com tratamentos realizados em dois tempos cirúrgicos. Adell et al maxilares edêntulos (4.636 implantes) de 1 de julho 1965 a 30 de junho de 1985 Maxila - 95% em 10 anos e 92% em 15 anos Mandíbula - 99% em 15 anos 1 tempo cirúrgico Ericsson et al Perda de 1mm ao redor dos implantes após 1 ano Becker et al implantes em 63 pacientes com 95,5% sucesso Collaert et al implantes em 85 pacientes com 97,6% sucesso

3 Carga ou Função Imediata É definida como o carregamento do implante logo após a cirurgia Carga ou Função Imediata Schnitman et al. (1990) e (1997) - Primeiro trabalho de carga imediata 63 implantes em 10 pacientes 28 implantes submetidos à carga imediata 35 implantes mantidos submersos 4 implantes que receberam carga imediata foram perdidos em 4 pacientes Carga ou Função Imediata Balshi & Wolfinger (1997) 10 pacientes com mandíbula edêntula ou exodontia indicada 10 implantes por paciente 4 implantes foram carregados imediatamente Prótese em acrílico, substituída em 6 semanas Após 3 meses todos os implantes eram utilizados Sucesso: Carga imediata 80% e Carga tardia 96% Carga ou Função Imediata Piatelli et al. (1998) Demonstrou em macacos que implantes submetidos à carga imediata após 9 meses tinham uma porcentagem de contato entre osso o e implante de 73,2% na mandíbula e 67,3% na maxila contra 55,8% e 54,5% respectivamente no grupo controle.

4 Carga ou Função Imediata Branemark et al. (1999) - publicação de artigo do Sistema Novum 50 pacientes com mandíbula edêntula 3 implantes instalados entre os forames mentuais Aplicando carga imediata Sucesso de 98% Implante Intra-ósseo - tecido esponjoso Cargas mastigatórias fisiológicas Comprimem e deformam elasticamente as trabéculas ósseas Remodelação óssea => +/- 4 meses CORTICAL ÓSSEA PERIIMPLANTAR Bechelli, 2006 Superfície do implante Quantidade e Localização Discussão Período para a instalação da Prótese Instalação de implantes em áreas de exodontia Prótese sem/com reforço metálico Orientação aos pacientes Estabilidade primária Superfície do Implante Buser et al. (1999) utilizaram 3 tipos diferentes de superfície em suínos demonstrando que a superfície tratada auxilia na ancoragem do implante, aumentando a superfície de contato. Misch et al. (2004) 04) afirmaram que além da superfície tratada o implante deve e ter um desenho tal qual as roscas fiquem mais próximas, aumentando a quantidade de roscas e ampliando a superfície de contato

5 Quantidade e localização Schnitman et al. (1997), Ganeles et al. (2001), Grunder et al. (2001), Balshi et al. (1997) utilizavam maior quantidade de implantes, instalados entre os forames mentuais e distais a estes - com maior perda de implantes principalmente os instalados na região posterior da mandíbula. Becker et al. (2003), Malo et al. (2003), Branemark (2001), Branemark ark et al. (1999), Hatano et al. (2003) utilizaram de 3 a 5 implantes instalados entre os forames mentuais obtendo uma alta taxa a de sucesso. Conclui-se que não há necessidade de instalação de implantes distais aos forames e que 3 implantes são suficientes para suportar uma carga imediata em mandíbula edêntula. Qual o tempo para instalação da prótese? Mich CE et al. (2003) realizaram um trabalho com 31 arcos, sendo 16 submetidos à carga imediata no dia da cirurgia e 15 carregados em 10 a 14 dias => 100% sucessoso Testori et al. (2004) realizaram um estudo com 19 pacientes, 11 destes receberam a prótese alguns dias após a cirurgia e 8 receberam no dia da cirurgia => taxa de sucesso de 96,9% e 98,1%, respectivamenteectivam

6 Implantes em áreas de exodontia Cooper et al. (2002) trataram am 10 pacientes com implantes instalados imediatamente após as exodontias com taxa de sucesso igual ao protocolo com dois estágios cirúrgicos. Malo et al. (2003) 03) trataram 44 pacientes com 176 implantes sendo 45 destes instalados em regiões de alvéolo pós-exodontia com uma taxa de sucesso de 95,6%. Prótese com/sem reforço metálico Galluci et al. (2004), Cooper et al. (2002), Becker et al. (2003) utilizam uma prótese total aliviada, reembasada e modificada, removidas as flanges. Grunder (2001), 01), Hatano et al. (2003) e Malo et al. (2003) utilizam próteses com reforço metálico. Prótese com/sem reforço rço metálico Ganeles et al. (2001) realizaram um estudo com 16 próteses confeccionadas no laboratório com reforço metálico e 11 próteses confeccionadas no consultório sem reforço metálico, não havendo diferença no tipo de prótese desde que estas se apresentassem rígidas. ESTABILIDADE PRIMÁRIA

7 ESTABILIDADE PRIMÁRIA Colomina (2001) - superior a 25 Ncm Becker et al. (2003) - superior a 30Ncm Malo et al. (2003) - superior a 40 Ncm Testori et al. (2004) - superior a 32Ncm Misch CM (2004) - superior a 30Ncm > 35Ncm PLANEJAMENTO História clínica Exame clínico extra e intra-oral Perspectiva e motivação do paciente Modelos de estudo Solicitação de exames radiográficos - rotina Montagem articulador semi-ajustável Enceramento de diagnóstico Montagem Articulador Semi-ajustável od

8 Guia Radiográfico Guia Radiográfico od Exames Radiográficos Complementares Radiografia Panorâmica Tomografia Linear Tomografia Computadorizada Axial Helicoidal Tomografia Computadorizada por aquisição volumétrica w periodonto Radiografia Panorâmica

9 Tomografia Linear Tomografia Computadorizada Helicoidal Tomografia Computadorizada Volumétrica riodon Protesista + Implantodontista PLANEJAMENTO

10 Sexo: Feminino Idade: 68 anos Prótese total superior Paciente A.C. Prótese parcial removível inferior Protesista: Dr. Umberto Paz Júnior Cirurgião: Dr. Marcelo da Rocha Radiografia panorâmica inicial donto donto.ne Condição inicial e montagem no articulador semi-ajustável Montagem dos dentes em cera e confecção do guia cirúrgico

11 Incisão e exodontia dos dentes remanescentes Nivelamento ósseo sseo odo Guia cirúrgico em posição para verificar a localização dos implantes Implantes instalados com torque superior a 45 Ncm

12 Implantes instalados Instalação dos componentes protéticos Mini pilar cônico Angulado (17 graus) ne et Mini pilar cônico Transfers Prova do guia multifuncional, não pode ter interferência do guia pelos transfers Sutura e prova do guia

13 e União dos tranfers com resina acrílica e prova do guia Conferência da Dimensão Vertical e união dos transfers ao guia multifuncional e Guia unido aos tranfers com resina acrílica Registro de mordida

14 w Registro de mordida Guia multifuncional pronto para moldagem de transferência d Injeção do material de moldagem Remoção do conjunto

15 onto.net Prova da barra e dos dentes montados em cera Prótese acrilizada eri Instalação da prótese Ajustes

16 Idade: 55 anos Sexo: Masculino Paciente: L.U.C.C Protesista: Dr. Umberto Paz Júnior Cirurgião: Dr. Marcelo da Rocha Radiografia panorâmica inicial donto.net Enceramento de diagnóstico Situação inicial Guia multifuncional

17 Registro da dimensão vertical Dentes remanescentes após remoção da prótese provisória od Incisão Deslocamento total do retalho Exodontias Incisão relaxante

18 Broca inicial, com angulação para desviar do seio maxilar Regularização da crista óssea Broca escalonada don Instalação do implante Torque no implante superior a 45Ncm Guia cirúrgico em posição

19 o o Preparo para instalação dos implantes Instalação do implante Preparo para instalação dos implantes Implantes distais Implantes anteriores d 4 Implantes instalados Guia em posição e oclusão

20 Mini pilar cônico angulado (17 graus)do Mini pilar cônicodo Componente protético Componente protético Pinos guias confirmando o paralelismo Torque de 20Ncm nos componentes protéticos Pinos guias com guia cirúrgico em posição

21 Instalação dos transfers de moldagem ww Transfers em posição e sutura Tranfers com parafuso curto para não interferir na oclusão do paciente União dos transfers ao guia multifuncional Injeção do material de moldagem (leve) Registro de mordida complemento com material pesado

22 odo Remoção do conjunto Cilindros de proteção instalados Moldagem de transferência Modelo de trabalho od on Selção de cor Prova da barra metálica e dos dentes montados em cera Conferência da dimensão vertical

23 od o o et ww.periodonto. Prótese acrilizada Prótese instalada Ajuste oclusal Prótese instalada

24 d Radiografia panorâmica final Caso clínico Protocolo inferior Carga mediata Implantes temporários Protesista: Dr. Roberto Ramos Garanhani Cirurgião: Dr. Marcelo da Rocha Situação inicial od

25 Forame mentual Forame mentual Localização do forames mentuais (mentonianos) Nivelamento ósseo od od Perfuração Guia em posição Pinos de paralelismos

26 Instalação dos implantes rio Implantes instalados - Obs.: O implante distal do lado direito não teve torque suficiente para suportar uma carga imediata, realizamos a instalação de implantes temporários para suportar uma prótese removível durante o período de osseointegração r Implante temporário Instalação dos implantes temporários

27 Implantes temporários após a sutura Ativação dos implantes temporários através da captura do nylon cap Obs. foi realizada a captura após a remoção da sutura por opção da paciente, isso pode ser feito imediatamente após a instalação dos implantes iod Preparo da prótese removível pra captura do nylon cap Prova das próteses removíveis

28 riodonto.net riodo Captura do nylon cap com resina acrílica Captura do nylon cap com resina acrílica ww et Orientação da paciente sobre instalação e remoção da prótese provisória Próteses provisórias para aguardar período de osseointegração

29

Aluna: Lucy Shiratori. Dissertação apresentada à Faculdade de. obtenção do título de Mestre, pelo Programa de Pós-

Aluna: Lucy Shiratori. Dissertação apresentada à Faculdade de. obtenção do título de Mestre, pelo Programa de Pós- FOUSP Avaliação da precisão da tomografia computadorizada por feixe cônico (cone beam) como método de medição do volume ósseo vestibular em implantes dentários Dissertação apresentada à Faculdade de Odontologia

Leia mais

PLANEJAMENTO VIRTUAL, CIRURGIA SEM RETALHO E FUNÇÃO IMEDIATA: UMA NOVA REALIDADE NA IMPLANTODONTIA

PLANEJAMENTO VIRTUAL, CIRURGIA SEM RETALHO E FUNÇÃO IMEDIATA: UMA NOVA REALIDADE NA IMPLANTODONTIA PLANEJAMENTO VIRTUAL, CIRURGIA SEM RETALHO E FUNÇÃO IMEDIATA: UMA NOVA REALIDADE NA IMPLANTODONTIA José Cícero Dinato Doutor em Implantodontia Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Mestre em Prótese

Leia mais

O QUE É A TÃO FALADA CARGA IMEDIATA?

O QUE É A TÃO FALADA CARGA IMEDIATA? 1 O QUE É A TÃO FALADA CARGA IMEDIATA? A descoberta da Osseointegração pelo professor Brånemark, na década de 50, revolucionou a reabilitação dos pacientes com ausências dentárias, com a utilização dos

Leia mais

Prótese Parcial Removível

Prótese Parcial Removível Prótese Parcial Removível Objetivo: Reabilitar arcos parcialmente desdentados, devolvendo as funções estética, fonética e mastigatória, podendo ser removida tanto pelo profissional como pelo paciente,

Leia mais

Carga imediata de arco oclusal pleno com implantes Seven e Mistral

Carga imediata de arco oclusal pleno com implantes Seven e Mistral Maio/Junho 2010 Caso Clínico Carga imediata de arco oclusal pleno com implantes Seven e Mistral Di Alberti L, Donnini F, Camerino M, Di Alberti C, Rossi G, Perfetti G, Dolci M, Trisi P do Department of

Leia mais

IMPLANTE OSSOINTEGRÁVEL DE CARGA IMEDIATA: RELATO DE CASO CLÍNICO

IMPLANTE OSSOINTEGRÁVEL DE CARGA IMEDIATA: RELATO DE CASO CLÍNICO IMPLANTE OSSOINTEGRÁVEL DE CARGA IMEDIATA: RELATO DE CASO CLÍNICO * - Graduando em odontologia na Universidade Cidade de São Paulo ** - Graduando em odontologia na Universidade Cidade de São Paulo ***

Leia mais

O uso do substituto ósseo xenogênico em bloco OrthoGen em procedimento de enxertia intraoral. Avaliação clínica e histológica.

O uso do substituto ósseo xenogênico em bloco OrthoGen em procedimento de enxertia intraoral. Avaliação clínica e histológica. O uso do substituto ósseo xenogênico em bloco OrthoGen em procedimento de enxertia intraoral. Avaliação clínica e histológica. Fábio Gonçalves 1 Resumo O objetivo deste estudo é apresentar um caso clínico

Leia mais

Catálogo de Produtos

Catálogo de Produtos Catálogo de Produtos O Sistema INP é uma empresa consolidada no Brasil desde 1993, sendo uma das pioneiras na área da Implantodontia, evoluindo nos últimos anos para oferecer soluções em biomateriais e

Leia mais

Carga imediata pós extracção com implantes cónicos Alvim tipo Cone Morse nas reabilitações da maxila

Carga imediata pós extracção com implantes cónicos Alvim tipo Cone Morse nas reabilitações da maxila Implantologia Carga imediata pós extracção com implantes cónicos Alvim tipo Cone Morse nas reabilitações da maxila A reabilitação total da arcada superior dentária constitui um desafio à escala das possibilidades

Leia mais

REABILITAÇÃO ATRAVÉS DE HÍBRIDA APARAFUSADA.

REABILITAÇÃO ATRAVÉS DE HÍBRIDA APARAFUSADA. LABORATÓRIO Joaquín Madrueño Arranz Direção Técnica em laboratório de prótese dental próprio Formação e Peritagem em próteses dentais (Fotografias clínicas cedidas pelo Dr. Villar) REABILITAÇÃO ATRAVÉS

Leia mais

One Step Hybrid A SOLUÇÃO DEFINITIVA COM CARGA IMEDIATA

One Step Hybrid A SOLUÇÃO DEFINITIVA COM CARGA IMEDIATA One Step Hybrid A SOLUÇÃO DEFINITIVA COM CARGA IMEDIATA 1 5 im d One Step Hybrid A solução definitiva com carga imediata A minha auto-estima melhorou, os meus amigos dizem que sou outra pessoa depois da

Leia mais

Catálogo de. Produtos

Catálogo de. Produtos Catálogo de Produtos Índice Introdução 5 Implantes Auto-Rosqueável Inserção Direta ID Auto-Rosqueável Standard STD Auto-Rosqueável Cônico HI Expansor Ósseo Wedge Mini-Implante Ortodôntico Ancodent Provisório

Leia mais

LAÉRCIO W. VASCONCELOS

LAÉRCIO W. VASCONCELOS LAÉRCIO W. VASCONCELOS Avaliação clínica e da freqüência de ressonância, de implantes instalados por meio de técnica cirúrgica modificada na maxila e submetidos à função imediata Araçatuba 2005 LAÉRCIO

Leia mais

MANUAL DE ACIONAMENTO DO SISTEMA CONE MORSE FRICCIONAL BATE CONEXÃO

MANUAL DE ACIONAMENTO DO SISTEMA CONE MORSE FRICCIONAL BATE CONEXÃO MANUAL DE ACIONAMENTO DO SISTEMA CONE MORSE FRICCIONAL BATE CONEXÃO O SISTEMA CONE MORSE FRICCIONAL Cursos Gratui tos Sistema Friccio de Implante nal Bio lógico - Cone Morse -L ocking 41 336 Taper - 3

Leia mais

Há mais de 30 anos semeando sorrisos no Brasil e, agora, no mundo todo.

Há mais de 30 anos semeando sorrisos no Brasil e, agora, no mundo todo. Há mais de 30 anos semeando sorrisos no Brasil e, agora, no mundo todo. A Dentoflex vai ainda mais longe A Dentoflex está no mercado odontológico há mais de 30 anos e não para de se reiventar. Para ser

Leia mais

CARGA IMEDIATA SOBRE IMPLANTES OSSEOINTEGRÁVEIS NA REGIÃO ANTERIOR DA MANDÍBULA

CARGA IMEDIATA SOBRE IMPLANTES OSSEOINTEGRÁVEIS NA REGIÃO ANTERIOR DA MANDÍBULA ANTÔNIO FERNANDO PLÁCIDO CARGA IMEDIATA SOBRE IMPLANTES OSSEOINTEGRÁVEIS NA REGIÃO ANTERIOR DA MANDÍBULA Monografia apresentada ao Centro de Pós- Graduação da Academia de Odontologia do Rio de Janeiro

Leia mais

NATUREZA DO CURSO: Teórico, Prático e Demonstrativo; PÚBLICO ALVO:

NATUREZA DO CURSO: Teórico, Prático e Demonstrativo; PÚBLICO ALVO: NATUREZA DO CURSO: Teórico, Prático e Demonstrativo; PÚBLICO ALVO: Cirurgiões-Dentistas, Clínicos Gerais, Protesistas, Periodontistas e Implantodontistas que desejam o aperfeiçoamento e/ou aprendizado

Leia mais

Planejamento Reverso e Cuidados Transoperatórios em Carga Imediata Inferior com Prótese Protocolo de Bränemark

Planejamento Reverso e Cuidados Transoperatórios em Carga Imediata Inferior com Prótese Protocolo de Bränemark Planejamento Reverso e Cuidados Transoperatórios em Carga Imediata Inferior com Prótese Protocolo de Bränemark AUTORES Prof. Dr. Cláudio Marcantonio Especialista em Implantodontia - SOLAIAT Especialista

Leia mais

Implantes Dentários Osseointegrados - Extensão em Implantodontia -Fase Cirúrgica

Implantes Dentários Osseointegrados - Extensão em Implantodontia -Fase Cirúrgica Implantes Dentários Osseointegrados - Extensão em Implantodontia -Fase Cirúrgica SIEXBRASIL: 17707 Área Temática Principal: Saúde Área Temática Secundária: Atenção à saúde e qualidade de vida das pessoas.

Leia mais

Tomografia Computorizada Dental

Tomografia Computorizada Dental + Universidade do Minho M. I. Engenharia Biomédica Beatriz Gonçalves Sob orientação de: J. Higino Correia Tomografia Computorizada Dental 2011/2012 + Casos Clínicos n Dentes privados do processo de erupção

Leia mais

Capítulo VIII Prótese total fixa tipo protocolo

Capítulo VIII Prótese total fixa tipo protocolo Capítulo VIII Prótese total fixa tipo Daniel Telles Henrique Hollweg Luciano Castellucci Aloísio Borges Coelho Originalmente os implantes foram desenvolvidos para devolver função e conforto a pacientes

Leia mais

CENTRAIS ELÉTRICAS DE RONDÔNIA S/A CERON PROCEDIMENTOS ODONTOLÓGICOS

CENTRAIS ELÉTRICAS DE RONDÔNIA S/A CERON PROCEDIMENTOS ODONTOLÓGICOS PROCEDIMENTOS ODONTOLÓGICOS PORTO VELHO 2003 1 PROCEDIMENTOS ODONTOLÓGICOS COLABORADOR/PROFISSIONAL 1. O Tratamento Odontológico somente poderá ser iniciado após retirada da guia de consulta no Setor Médico

Leia mais

CURSO INTENSIVO CLINICO E LABORATORIAL PARA CIRURGÕES DENTISTAS

CURSO INTENSIVO CLINICO E LABORATORIAL PARA CIRURGÕES DENTISTAS CURSO INTENSIVO CLINICO E LABORATORIAL PARA CIRURGÕES Dr. Dario Adolfi Dr. Gustavo Javier Vernazza Dr. Oswaldo Scopin de Andrade Data: 20 a 24 de setembro de 2010 PROGRAMA DO CURSO PRIMERO DIA Dr. Gustavo

Leia mais

Manipulação de Tecido Mole ao Redor de Implantes na Zona Estética

Manipulação de Tecido Mole ao Redor de Implantes na Zona Estética Manipulação de Tecido Mole ao Redor de Implantes na Zona Estética Figura 9 1A Diagrama de secção transversal mostrando um implante no local do incisivo. A forma côncava do rebordo vestibular é evidenciada.

Leia mais

TABELA DE PROCEDIMENTOS ODONTOLÓGICOS

TABELA DE PROCEDIMENTOS ODONTOLÓGICOS TABELA DE PROCEDIMENTOS ODONTOLÓGICOS Obs. Para encontrar o valor dos serviços prestados pelos dentistas conveniados multiplica-se a quantidade de U.S.O. (Unidade Serviços Odontológicos) pelo valor estabelecido

Leia mais

A UTILIZAÇÃO DA PROTEÍNA MORFOGENÉTICA RECOMBINANTE SINTÉTICA TIPO 2 PARA RECOSNTRUÇÃO DE MAXILA ATRÓFICA. DESCRIÇÃO DA TÉCNICA E RELATO DE UM CASO

A UTILIZAÇÃO DA PROTEÍNA MORFOGENÉTICA RECOMBINANTE SINTÉTICA TIPO 2 PARA RECOSNTRUÇÃO DE MAXILA ATRÓFICA. DESCRIÇÃO DA TÉCNICA E RELATO DE UM CASO A UTILIZAÇÃO DA PROTEÍNA MORFOGENÉTICA RECOMBINANTE SINTÉTICA TIPO 2 PARA RECOSNTRUÇÃO DE MAXILA ATRÓFICA. DESCRIÇÃO DA TÉCNICA E RELATO DE UM CASO AUTORES: André Zétola Rafaela Larson Introdução A procura

Leia mais

CIODONTO. Cristiane Ferreira Pinto Paterline Vivacqua

CIODONTO. Cristiane Ferreira Pinto Paterline Vivacqua 1 CIODONTO Pós Graduação Lato Sensu em Implantodontia Cristiane Ferreira Pinto Paterline Vivacqua CARGA IMEDIATA NA MAXILA SOBRE IMPLANTES OSSEOINTEGRÁVEIS MÚLTIPLOS Rio de Janeiro 2008 2 CIODONTO Pós

Leia mais

UNINGÁ UNIDADE DE ENSINO SUPERIOR INGÁ FACULDADE INGÁ CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM PRÓTESE DENTÁRIA RAFAEL TAGLIARI MORES

UNINGÁ UNIDADE DE ENSINO SUPERIOR INGÁ FACULDADE INGÁ CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM PRÓTESE DENTÁRIA RAFAEL TAGLIARI MORES UNINGÁ UNIDADE DE ENSINO SUPERIOR INGÁ FACULDADE INGÁ CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM PRÓTESE DENTÁRIA RAFAEL TAGLIARI MORES PRÓTESES TOTAIS FIXAS SOBRE IMPLANTE COM CARGA IMEDIATA EM MANDÍBULA PASSO FUNDO

Leia mais

Ponto de Contato. Reabilitação Estética Sobre Implante em Função Imediata. Aesthetic rehabilitation with implants in immediate function

Ponto de Contato. Reabilitação Estética Sobre Implante em Função Imediata. Aesthetic rehabilitation with implants in immediate function Ponto de Contato Reabilitação Estética Sobre Implante em Função Imediata Aesthetic rehabilitation with implants in immediate function José Norberto Garcia Nesello* Manoel Martin Junior** Carlos Marcelo

Leia mais

CRONOGRAMA CURSO IMPLANTE E PERIO

CRONOGRAMA CURSO IMPLANTE E PERIO CRONOGRAMA CURSO IMPLANTE E PERIO Equipe: Coordenador Geral: Prof. Dr. Rafael Pinelli Henriques Doutor pela FOB USP Bauru S.P. Diretor COPH Bauru Coordenadora Específica: Profa. Dra. Gabriela Gennaro Especialista

Leia mais

ROBERTO ADRIAN MARKARIAN

ROBERTO ADRIAN MARKARIAN ROBERTO ADRIAN MARKARIAN AVALIAÇÃO DA TÉCNICA ALL-ON-4 PARA A REABILITAÇÃO DE DESDENTADOS TOTAIS COM CARGA IMEDIATA São Paulo 2008 ROBERTO ADRIAN MARKARIAN AVALIAÇÃO DA TÉCNICA ALL-ON-4 PARA A REABILITAÇÃO

Leia mais

Tabela Simplificare Denti II

Tabela Simplificare Denti II Tabela Simplificare Denti II Em consequência de condições especifícas convencionadas com os prestadores, o valor assumido pela Pessoa Segura poderá, em algumas circunstâncias, ser inferior ao valor máximo

Leia mais

IMPLANTES OSSEOINTEGRADOS MANUAL DE ORIENTAÇÃO DO PACIENTE DR. MARCOLINO ANTONIO PELLICANO DR. BENEDITO UMBERTO BUENO

IMPLANTES OSSEOINTEGRADOS MANUAL DE ORIENTAÇÃO DO PACIENTE DR. MARCOLINO ANTONIO PELLICANO DR. BENEDITO UMBERTO BUENO IMPLANTES OSSEOINTEGRADOS MANUAL DE ORIENTAÇÃO DO PACIENTE DR. MARCOLINO ANTONIO PELLICANO DR. BENEDITO UMBERTO BUENO 1 IMPLANTES OSSEOINTEGRADOS PORQUE PODEM SER COLOCADOS QUANDO PODEM SER COLOCADOS COMO

Leia mais

Tabela de Preços Convencionados para Medicina Dentária e Estomatologia

Tabela de Preços Convencionados para Medicina Dentária e Estomatologia Tabela de Preços Convencionados para Medicina Dentária e Estomatologia Em consequência de condições específicas convencionadas com os prestadores, o valor assumido pela Pessoa Segura poderá, em algumas

Leia mais

PRÓTESE TOTAL INFERIOR IMPLANTO-SUPORTADA COM CARGA IMEDIATA

PRÓTESE TOTAL INFERIOR IMPLANTO-SUPORTADA COM CARGA IMEDIATA PRÓTESE TOTAL INFERIOR IMPLANTO-SUPORTADA COM CARGA IMEDIATA Bruno Feital Fusaro 1 Rodrigo Guerra de Oliveira 2 Bruno Salles Sotto Maior 3 Henrique Furlani Sotto Maior 4 Fabrício de Draper Vieira 5 Resumo

Leia mais

CURSO EXTENSIVO DE ENCERAMENTO E CERÂMICA

CURSO EXTENSIVO DE ENCERAMENTO E CERÂMICA Dr. Dario Adolfi Dr. Ivan Ronald Huanca Duração: 6 meses/módulos de 2 dias. Datas: 11 e 12 de março de 2010 8 e 9 de abril de 2010 13 e 14 de maio de 2010 17 e 18 de junho de 2010 15 e 16 de julho de 2010

Leia mais

2ª. PARTE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS. 21. Quanto ao mecanismo de fratura de um dente, podemos considerar como principal fator determinante:

2ª. PARTE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS. 21. Quanto ao mecanismo de fratura de um dente, podemos considerar como principal fator determinante: 2ª. PARTE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS PRÓTESE DENTÁRIA 21. Quanto ao mecanismo de fratura de um dente, podemos considerar como principal fator determinante: a) Tratamento endodôntico. b) Perda da estrutura

Leia mais

ROBERTO NEWTON MOSCATELLI JUNIOR ANÁLISE COMPARATIVA DOS MÉTODOS CONVENCIONAL E DE CARGA IMEDIATA EM IMPLANTES COLOCADOS EM PRÉ-MAXILA

ROBERTO NEWTON MOSCATELLI JUNIOR ANÁLISE COMPARATIVA DOS MÉTODOS CONVENCIONAL E DE CARGA IMEDIATA EM IMPLANTES COLOCADOS EM PRÉ-MAXILA ROBERTO NEWTON MOSCATELLI JUNIOR ANÁLISE COMPARATIVA DOS MÉTODOS CONVENCIONAL E DE CARGA IMEDIATA EM IMPLANTES COLOCADOS EM PRÉ-MAXILA Dissertação de Mestrado apresentada ao Curso de Pós-graduação em Ciências

Leia mais

2ª. PARTE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS. 21. Segundo Bonachela, os polígonos importantes a serem avaliados na condição de estabilidade da PPR são:

2ª. PARTE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS. 21. Segundo Bonachela, os polígonos importantes a serem avaliados na condição de estabilidade da PPR são: 2ª. PARTE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS PROTESE DENTÁRIA 21. Segundo Bonachela, os polígonos importantes a serem avaliados na condição de estabilidade da PPR são: a) Polígonos de Roy e de Kent. b) Polígono

Leia mais

MEGA IMERSÃO EM RECONSTRUÇÃO TECIDUAL ESTÉTICA PERI-IMPLANTAR SÃO PAULO

MEGA IMERSÃO EM RECONSTRUÇÃO TECIDUAL ESTÉTICA PERI-IMPLANTAR SÃO PAULO MEGA IMERSÃO EM RECONSTRUÇÃO TECIDUAL ESTÉTICA PERI-IMPLANTAR SÃO PAULO Data: 19 a 23 de agosto de 2013. PROFESSORES Prof. Dr. Júlio César Joly Especialista em Periodontia CFO Mestre e Doutor em Clínica

Leia mais

Por: Renato Fabrício de Andrade Waldemarin; Guilherme Brião Camacho e Vinícius Marcel Ferst

Por: Renato Fabrício de Andrade Waldemarin; Guilherme Brião Camacho e Vinícius Marcel Ferst Por: Renato Fabrício de Andrade Waldemarin; Guilherme Brião Camacho e Vinícius Marcel Ferst 1. Anamnese, exame clínico e exames complementares (inclusive radiográfico); 2. Moldagem e Modelagem para estudo

Leia mais

Ufi Gel SC/P Ufi Gel hard/c. Ufi Gel SC / P Ufi Gel hard / C. aplicação

Ufi Gel SC/P Ufi Gel hard/c. Ufi Gel SC / P Ufi Gel hard / C. aplicação Ufi Gel SC/P Ufi Gel hard/c Ufi Gel SC / P Ufi Gel hard / C O sistema reembasador para qualquer aplicação Ufi Gel SC/P Ufi Gel hard/c O sistema reembasador para qualquer aplicação A atrofia do osso alveolar

Leia mais

Anexo II da Resolução nº 146/2003-CEPE UNIVERSIDADE ESTADUAL DO OESTE DO PARANÁ PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO

Anexo II da Resolução nº 146/2003-CEPE UNIVERSIDADE ESTADUAL DO OESTE DO PARANÁ PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO Anexo II da Resolução nº 146/2003-CEPE UNIVERSIDADE ESTADUAL DO OESTE DO PARANÁ PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO PLANO DE ENSINO - PERÍODO LETIVO/ANO: 2008 ANO DO CURSO: 3 Curso: Odontologia Modalidade: Profissionalizante

Leia mais

2. Quando o implante dental é indicado?

2. Quando o implante dental é indicado? Dúvidas sobre implantodontia: 1. O que são implantes? São cilindros metálicos (titânio) com rosca semelhante a um parafuso que são introduzidos no osso da mandíbula (arco inferior) ou da maxila (arco superior),

Leia mais

Centro Av. Frei Pacífico Wagner,653 11660 903 Caraguatatuba SP T F 55 12 3897 2000

Centro Av. Frei Pacífico Wagner,653 11660 903 Caraguatatuba SP T F 55 12 3897 2000 Nome Curso: IMPLANTE. Implantando idéias, um curso diferente. Curso de extensão Universitária Natureza: Teórico prático Data do inicio do curso: 27 de agosto de 2010 Local: Clinica Universitário Módulo

Leia mais

FORMAÇÃO EM IMPLANTOLOGIA E PRÓTESE FIXA

FORMAÇÃO EM IMPLANTOLOGIA E PRÓTESE FIXA 28 Maio - 2 Junho 2012 FORMAÇÃO EM IMPLANTOLOGIA E PRÓTESE FIXA curriculum v vitae curric u Prof. Dr. Fernando Almeida Phd 2006 FMDUP - Faculdade de Medicina Dentária da Universidade do Porto. Administrador

Leia mais

Classificação dos Núcleos

Classificação dos Núcleos OBJETIVO Núcleos Permitir que o dente obtenha características biomecânicas suficientes para ser retentor de uma prótese parcial fixa. Classificação dos Núcleos Núcleos de Preenchimento Núcleos Fundidos

Leia mais

COBERTURAS DO PLANO VIP PLUS

COBERTURAS DO PLANO VIP PLUS COBERTURAS DO PLANO VIP PLUS DESCRIÇÃO DO SERVIÇO 01. DIAGNÓSTICO Exame clínico inicial Consultas com hora marcada Exame clínico final Exame admissional (exame de sanidade dentária) 02. ATENDIMENTO DE

Leia mais

SEBASTIÃO LUIZ DE SOUZA MARTINS INDICAÇÕES CLÍNICAS DE CARGA IMEDIATA SOBRE 2 OU 3 IMPLANTES, PRÓTESES PARCIAIS FIXAS.

SEBASTIÃO LUIZ DE SOUZA MARTINS INDICAÇÕES CLÍNICAS DE CARGA IMEDIATA SOBRE 2 OU 3 IMPLANTES, PRÓTESES PARCIAIS FIXAS. SEBASTIÃO LUIZ DE SOUZA MARTINS INDICAÇÕES CLÍNICAS DE CARGA IMEDIATA SOBRE 2 OU 3 IMPLANTES, PRÓTESES PARCIAIS FIXAS. Monografia apresentada a Universidade do Grande Rio Professor José de Souza Herdy,

Leia mais

INFLUÊNCIA DO COMPRIMENTO DO CANTILEVER EM PRÓTESES TOTAIS FIXAS E SUPORTADAS POR IMPLANTES

INFLUÊNCIA DO COMPRIMENTO DO CANTILEVER EM PRÓTESES TOTAIS FIXAS E SUPORTADAS POR IMPLANTES FACULDADE DE PINDAMONHANGABA Fernanda Cortez INFLUÊNCIA DO COMPRIMENTO DO CANTILEVER EM PRÓTESES TOTAIS FIXAS E SUPORTADAS POR IMPLANTES Pindamonhangaba SP 2012 Fernanda Cortez INFLUÊNCIA DO COMPRIMENTO

Leia mais

Catálogo de Produtos 2009. Implantes Componentes Instrumentais

Catálogo de Produtos 2009. Implantes Componentes Instrumentais Catálogo de Produtos 2009 Componentes Instrumentais Conexão Sistemas de Prótese Ciência e Compromisso Prezado Cliente. A Conexão Sistemas de Prótese é uma empresa 100% brasileira que produz, desenvolve

Leia mais

ACADEMIA DE ODONTOLOGIA DO RIO DE JANEIRO. CLIVO.

ACADEMIA DE ODONTOLOGIA DO RIO DE JANEIRO. CLIVO. ACADEMIA DE ODONTOLOGIA DO RIO DE JANEIRO. CLIVO. CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM IMPLANTODONTIA. A IMPLANTE E PROVISÓRIO IMEDIATO RELATO DE CASO CLÍNICO CORDENADOR: DR. SERGIO MOTTA. ALUNO: DR. FABIO CAMILO.

Leia mais

Manual de Implantes Ankylos

Manual de Implantes Ankylos Manual de Implantes Ankylos 2 INTRODUÇÃO Os implantes dentais osseointegrados têm sido considerados como uma alternativa no tratamento do desdentado total e parcial, o que ajuda a superar as dificuldades

Leia mais

TABELA DE REEMBOLSO. PRATA R$ Consulta Inicial: Exame clínico e plano de tratamento. R$ 11,40 Exame histopatológico R$ 50,00

TABELA DE REEMBOLSO. PRATA R$ Consulta Inicial: Exame clínico e plano de tratamento. R$ 11,40 Exame histopatológico R$ 50,00 TABELA DE REEMBOLSO PRATA R$ Consulta Inicial: Exame clínico e plano de tratamento. R$ 11,40 Exame histopatológico R$ 50,00 Urgência / Emergência Curativo em caso de hemorragia bucal R$ 37,80 Curativo

Leia mais

Porque a Implantodontia tem que ser simples

Porque a Implantodontia tem que ser simples REVISTA Ano 2 - edição 3 Porque a Implantodontia tem que ser simples 16 pag.indd 1 Novo Pilar Temporário Índice Mais versátil do que isso, só esperando o dente nascer de novo. 5-6 9-10 Provisórios de Longa

Leia mais

É a etapa inicial do tratamento do canal, consiste em o dentista atingir a polpa dentária (nervinho do dente).

É a etapa inicial do tratamento do canal, consiste em o dentista atingir a polpa dentária (nervinho do dente). É a etapa inicial do tratamento do canal, consiste em o dentista atingir a polpa dentária (nervinho do dente). Consiste na regularização do alvéolo (local onde está inserido o dente), geralmente após a

Leia mais

CURSO ODONTOLOGIA Autorizado pela Portaria nº 131, de 13/01/11, publicada no DOU no 11, de17/01/11, seção 1, pág.14

CURSO ODONTOLOGIA Autorizado pela Portaria nº 131, de 13/01/11, publicada no DOU no 11, de17/01/11, seção 1, pág.14 CURSO ODONTOLOGIA Autorizado pela Portaria nº 131, de 13/01/11, publicada no DOU no 11, de17/01/11, seção 1, pág.14 Componente Curricular: CLÍNICA ODONTOLÓGICA III Código: ODO-041 Pré-requisito: CLÍNICA

Leia mais

8º Curso de Aperfeiçoamento em Implantologia e Prótese sobre Implantes (2014)

8º Curso de Aperfeiçoamento em Implantologia e Prótese sobre Implantes (2014) 8º Curso de Aperfeiçoamento em Implantologia e Prótese sobre Implantes (2014) ESTA PÓS GRADUAÇÃO DESTINA-SE A TODOS OS MÉDICOS DENTISTAS QUE PRETENDAM INICIAR OU APROFUNDAR CONHECIMENTOS NA ÁREA DE REABILITAÇÃO

Leia mais

TABELA DE Preços Particular

TABELA DE Preços Particular TABELA DE Preços Particular 01 CONSULTA A1.01.01.01 Primeira consulta de medicina dentária 20,00 A1.01.01.05 Consulta de urgência 02 MEDICINA DENTÁRIA PREVENTIVA A2.01.01.01 Selamento de fissuras A2.02.01.DD

Leia mais

MANTENEDORES DE ESPAÇO

MANTENEDORES DE ESPAÇO MANTENEDORES DE ESPAÇO Conceito São aparelhos ortodônticos usados para manter o espaço nas arcadas dentárias, por perda precoce de dentes decíduos. Classificação Quanto ao uso: fixos semifixos removíveis

Leia mais

2011.1 IMPLANTODONTIA - UFPE UFPE

2011.1 IMPLANTODONTIA - UFPE UFPE 2011.1 UFPE IMPLANTODONTIA - UFPE Manual da Disciplina Eletiva de Implantodontia do Departamento de Prótese e Cirurgia Buco Facial da Universidade Federal de Pernambuco UNIDADES PROGRAMÁTICAS DATA CONTEÚDO

Leia mais

CC oliveira+1.qxp 27/6/12 13:13 Página 48. Displasia ectodérmica hipohidrótica: relato de um caso clínico

CC oliveira+1.qxp 27/6/12 13:13 Página 48. Displasia ectodérmica hipohidrótica: relato de um caso clínico CC oliveira+1.qxp 27/6/12 13:13 Página 48 Displasia ectodérmica hipohidrótica: relato de um caso clínico 48 CC oliveira+1.qxp 27/6/12 13:13 Página 49 Introdução A displasia ectodérmica (ED) é um grupo

Leia mais

Tabela Simplificare Denti I

Tabela Simplificare Denti I Tabela Simplificare Denti I Em consequência de condições especifícas convencionadas com os prestadores, o valor assumido pela Pessoa Segura poderá, em algumas circunstâncias, ser inferior ao valor máximo

Leia mais

Instruções de Uso IMPLANTE DENTÁRIO SIGNO VINCES

Instruções de Uso IMPLANTE DENTÁRIO SIGNO VINCES Instruções de Uso IMPLANTE DENTÁRIO SIGNO VINCES Este dispositivo médico implantável requer procedimentos específicos e altamente especializados. Somente deverá ser realizado por cirurgiões dentistas com

Leia mais

MINISTÉRIO DA DEFESA COMANDO DA AERONÁUTICA DEPARTAMENTO DE ENSINO DA AERONÁUTICA

MINISTÉRIO DA DEFESA COMANDO DA AERONÁUTICA DEPARTAMENTO DE ENSINO DA AERONÁUTICA MINISTÉRIO DA DEFESA COMANDO DA AERONÁUTICA DEPARTAMENTO DE ENSINO DA AERONÁUTICA PORTARIA DEPENS Nº 150-T/DE-2, DE 26 DE ABRIL DE 2012. Protocolo COMAER nº 67500.013024/2012-19 Altera dispositivos nas

Leia mais

Instituto Latino Americano de Pesquisa e Ensino Odontológico. Bruno Endler

Instituto Latino Americano de Pesquisa e Ensino Odontológico. Bruno Endler Instituto Latino Americano de Pesquisa e Ensino Odontológico Bruno Endler Uso de implantes inclinados em maxila atrófica, uma alternativa de tratamento a procedimentos de maior complexidade: apresentação

Leia mais

Carga imediata unitária sobre implantes em áreas estéticas - Relato de Caso Clínico

Carga imediata unitária sobre implantes em áreas estéticas - Relato de Caso Clínico INSTITUTO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE FUNORTE / SOEBRÁS Carga imediata unitária sobre implantes em áreas estéticas - Relato de Caso Clínico THALES DE CASTRO A. SANTOS Brasília, 2010. 1 Thales de Castro Andrade

Leia mais

IMPLANTODONTIA E REABILITAÇÃO ORAL

IMPLANTODONTIA E REABILITAÇÃO ORAL Duração: 12 meses aperfeiçoamento e 30 meses especialização Periodicidade: 1 módulo/mês PÚBLICO ALVO: Cirurgiões dentistas que queiram iniciar sua formação em implantodontia e reabilitação oral, como também

Leia mais

TABELA PARA O AGREGADO FAMILIAR. Tabela 2011

TABELA PARA O AGREGADO FAMILIAR. Tabela 2011 Dental Clinic New Generaction www.newgeneraction.com.pt Os sócios, colaboradores e familiares do SIT, poderão usufruir do Plano de Medicina Oral - DentalClinic New Generaction, mediante o pagamento de

Leia mais

Instituto Latino Americano de Pesquisa e Ensino Odontológico. Clemente Augusto Varella de Lacerda

Instituto Latino Americano de Pesquisa e Ensino Odontológico. Clemente Augusto Varella de Lacerda Instituto Latino Americano de Pesquisa e Ensino Odontológico Clemente Augusto Varella de Lacerda Implantes unitários cone morse com carga imediata: Acompanhamento Longitudinal CURITIBA 2010 Clemente Augusto

Leia mais

UNIODONTO BELÉM - COOPERATIVA DE ASSISTÊNCIA À SAÚDE ODONTOLOGICA TABELA DE ATOS NÃO COBERTOS - NOMENCLATURA DOS ATOS - PREVENÇÃO R$ 81000073

UNIODONTO BELÉM - COOPERATIVA DE ASSISTÊNCIA À SAÚDE ODONTOLOGICA TABELA DE ATOS NÃO COBERTOS - NOMENCLATURA DOS ATOS - PREVENÇÃO R$ 81000073 UNIODONTO BELÉM COOPERATIVA DE ASSISTÊNCIA À SAÚDE ODONTOLOGICA TABELA DE ATOS NÃO COBERTOS NOMENCLATURA DOS ATOS PREVENÇÃO R$ 81000073 CONSULTA ODONTOLÓGICA PARA AVALIAÇÃO TÉCNICA DE AUDITORIA 130,00

Leia mais

UNIVERSIDADE CRUZEIRO DO SUL UNICSUL ESPECIALIZAÇÃO EM IMPLANTOLOGIA

UNIVERSIDADE CRUZEIRO DO SUL UNICSUL ESPECIALIZAÇÃO EM IMPLANTOLOGIA UNIVERSIDADE CRUZEIRO DO SUL UNICSUL ESPECIALIZAÇÃO EM IMPLANTOLOGIA GUSTAVO DE ANDRADE BRESSAN REVISÃO DE LITERATURA SOBRE A TÉCNICA DE CARGA IMEDIATA EM IMPLANTODONTIA FLORIANÓPOLIS 2012 2 GUSTAVO DE

Leia mais

EXAMES LABORATORIAIS DIAGNOSTICO ANATOMOPATOLOGICO EM MATERIAL DE BIOPSIA NA REGIAO BUCO-MAXILO- 81000138 FACIAL

EXAMES LABORATORIAIS DIAGNOSTICO ANATOMOPATOLOGICO EM MATERIAL DE BIOPSIA NA REGIAO BUCO-MAXILO- 81000138 FACIAL UNIODONTO PORTO ALEGRE Modalidade pré-pagamento sem coparticipação, ou seja, o contratante pagará apenas o valor da mensalidade e terá a sua disposição todos os beneficios previstos pela ANS. Atendimento

Leia mais

PRÓTESE SOBRE IMPLANTES: Hands on em manequim 1ª Turma 72 horas

PRÓTESE SOBRE IMPLANTES: Hands on em manequim 1ª Turma 72 horas PRÓTS SOBR IMPLANTS: Hands on em manequim 1ª Turma 72 horas QUIP CINTÍFICA COORDNADOR DR. PAULO CSAR TAVARS - CRO-GO 2373 Mestre e specialista em Periodontia / specialista em Prótese 25 anos de xperiência

Leia mais

TÉCNICAS DE REEMBASAMENTO PARA PRÓTESE TOTAL

TÉCNICAS DE REEMBASAMENTO PARA PRÓTESE TOTAL TÉCNICAS DE REEMBASAMENTO PARA PRÓTESE TOTAL TECHIQUES FOR RELINING COMPLETE DENTURE Marcelo Coelho Goiato 1 Daniela Micheline dos Santos 1 Rodrigo Antonio de Medeiros 2 Marcela Borghi Paulini 3 Henrique

Leia mais

TABELA DE REEMBOLSO. diamante R$ Consulta Inicial: Exame clínico e plano de tratamento. R$ 11,40 Exame histopatológico R$ 50,00

TABELA DE REEMBOLSO. diamante R$ Consulta Inicial: Exame clínico e plano de tratamento. R$ 11,40 Exame histopatológico R$ 50,00 TABELA DE REEMBOLSO diamante R$ Consulta Inicial: Exame clínico e plano de tratamento. R$ 11,40 Exame histopatológico R$ 50,00 Urgência / Emergência Curativo em caso de hemorragia bucal R$ 37,80 Curativo

Leia mais

Importância do exame radiográfico

Importância do exame radiográfico Exames e Indicações Importância do exame radiográfico O exame radiográfico de rotina associado ao exame clínico é a maneira mais efetiva de se obter o índice diagnóstico de 100% de cárie (segundo Estevam

Leia mais

Tabela de preços convencionada para medicina dentária e estomatologia

Tabela de preços convencionada para medicina dentária e estomatologia Tabela de preços convencionada para medicina dentária e estomatologia Em consequência de condições específicas convencionadas com os prestadores, o valor assumido pela Pessoa Segura poderá, em algumas

Leia mais

MOZAR MARTINS DE SOUZA

MOZAR MARTINS DE SOUZA SÉRIE: MANUAIS DE PRÓTESE ODONTOLÓGICA MOZAR MARTINS DE SOUZA IMPLANTES DENTÁRIOS INTRODUÇÃO: A implantologia se refere à transferência de um tecido não-vivo ou material para um sistema biológico; a transplantação

Leia mais

Objetivos. Diferenciais. Módulos IMERSÃO EM RECONSTRUÇÃO PERI-IMPLANTAR CURSOS 2016

Objetivos. Diferenciais. Módulos IMERSÃO EM RECONSTRUÇÃO PERI-IMPLANTAR CURSOS 2016 CURSOS 2016 IMERSÃO EM RECONSTRUÇÃO PERI-IMPLANTAR Objetivos Discutir a importância da reconstrução tecidual peri-implantar; Definir protocolos terapêuticos em diferentes etapas do tratamento peri-implantar;

Leia mais

Paciente do sexo masculino,

Paciente do sexo masculino, CASO CLÍNICO Implantologia oral Implante imediato em dente fracturado pela técnica de único estágio cirúrgico utilizando implante de conexão tipo cone morse e plataforma switch Desde a divulgação dos primeiros

Leia mais

DentalRede, Lda Tabela a aplicar ao: Exército Português

DentalRede, Lda Tabela a aplicar ao: Exército Português DentalRede, Lda Tabela a aplicar ao: Exército Português 1 - CONSULTA 10110 Exame clínico/consulta S/Custo 2 - ODONTOLOGIA PREVENTIVA 20630 Destartarização, polimento (Limpeza) S/Custo 20610 Aplicação tópica

Leia mais

2,86 57,20 58,00 49,00 127,00 99,00 27,50 Toxina Botulínica Aplicação no Músculo Masseter Dra. Christiane Salomão Caso Clínico APERTAMENTO E BRUXISMO O apertamento e bruxismo estão associados ao estresse,

Leia mais

APLICAÇÃO CLÍNICA E LABORATORIAL DO SISTEMA CAD/CAM

APLICAÇÃO CLÍNICA E LABORATORIAL DO SISTEMA CAD/CAM APLICAÇÃO CLÍNICA E LABORATORIAL Data: 24 a 27 de novembro de 2015 Atualmente existe uma forte tendência no mercado mundial sobre os Sistemas CAD/CAM. A proposta deste programa é brindar-lhes com toda

Leia mais

Para todos os casos! Implantes-ANKYLOS. Informação ao paciente. Degussa Dental

Para todos os casos! Implantes-ANKYLOS. Informação ao paciente. Degussa Dental Para todos os casos! Implantes-ANKYLOS Informação ao paciente Degussa Dental Fornecido pelo seu cirurgião-dentista: Prezado(a) paciente, Mais cedo ou mais tarde acontece com cada um de nós: os primeiros

Leia mais

Faculdade Independente do Nordeste Credenciada pela Portaria MEC 1.393, de 04/07/2001 publicada no D.O.U. de 09/07/2001.

Faculdade Independente do Nordeste Credenciada pela Portaria MEC 1.393, de 04/07/2001 publicada no D.O.U. de 09/07/2001. CURSO ODONTOLOGIA Autorizado pela Portaria no 131, de 13/01/11, publicada no DOU no 11, de17/01/11, seção 1, pág.14 Componente Curricular: CLÍNICA ODONTOLÓGICA IV Código: ODO-045 Pré-requisito: CLÍNICA

Leia mais

TABELA DE PREÇOS. (Estomatologia)

TABELA DE PREÇOS. (Estomatologia) TABELA E PREÇOS (Estomatologia) (última actualização Janeiro 2012) 01.Consulta VALOR A1.01.01.01 1ª Consulta de medicina dentária (check 0 up+orçamento) A1.01.01.05 Consulta de urgência ( observação+medicação)

Leia mais

REABILITAÇÃO DA MUSCULATURA PERIORAL: GENGIVA ARTIFICIAL REMOVÍVEL

REABILITAÇÃO DA MUSCULATURA PERIORAL: GENGIVA ARTIFICIAL REMOVÍVEL 115 REABILITAÇÃO DA MUSCULATURA PERIORAL: GENGIVA ARTIFICIAL REMOVÍVEL Lydia de Brito Santos* Nélia de Medeiros Sampaio** Atlas Edson Moleros Nakamae*** RESUMO Prótese gengival, epítese gengival ou máscara

Leia mais

TABELA DE VALORES MEDICINA DENTÁRIA SORRISO MAIS Estimado Cliente,

TABELA DE VALORES MEDICINA DENTÁRIA SORRISO MAIS Estimado Cliente, TABELA DE VALORES MEDICINA DENTÁRIA SORRISO MAIS Estimado Cliente, Aconselhamos sempre antes de qualquer ato médico a solicitação de um orçamento. 1 CONSULTA (EXAMES / ATOS MÉDICOS NÃO ÍNCLUIDOS) A1.01.01.01

Leia mais

Palavras-Chave: Osseointegração, Implantes dentários, mini-implantes

Palavras-Chave: Osseointegração, Implantes dentários, mini-implantes MINIIMPLANTES PARA ANCORAGEM ORTODONTICA: REVISÃO DE LITERATURA 1 Blaya, Diego³; Ferreira, Juliana 2 ; Gertz, Andressa 2 ; Grossi, Thiago²; Mota, Humberto²; Rosa, Ronildo²; Souza, Eliezer 2 ; ¹- Trabalho

Leia mais

Clínica de Preparo Bucal: Indispensável para o Tratamento de Pacientes Parcialmente Desdentados

Clínica de Preparo Bucal: Indispensável para o Tratamento de Pacientes Parcialmente Desdentados Clínica de Preparo Bucal: Indispensável para o Tratamento de Pacientes Parcialmente Desdentados Frederico dos Reis Goyatá 1 Universidade Severino Sombra, curso de Odontologia, Professor de Dentística,

Leia mais

Tabela de Copagamentos de Estomatologia

Tabela de Copagamentos de Estomatologia Tabela de de Estomatologia A tabela apresentada reúne os principais atos médicos contratados e respetivos copagamentos. Consulte em www.tranquilidade.pt a tabela com a totalidade dos atos médicos/copagamentos.

Leia mais

REVISÃO SISTEMÁTICA DA PERDA ÓSSEA AO REDOR DE IMPLANTES EM PRÓTESES MÚLTIPLAS E UNITÁRIAS

REVISÃO SISTEMÁTICA DA PERDA ÓSSEA AO REDOR DE IMPLANTES EM PRÓTESES MÚLTIPLAS E UNITÁRIAS REVISÃO SISTEMÁTICA DA PERDA ÓSSEA AO REDOR DE IMPLANTES EM PRÓTESES MÚLTIPLAS E UNITÁRIAS Marcela Melo Dos Santos ¹ Guaracilei Maciel Vidigal Júnior ² Na implantologia oral, as complicações mais comuns

Leia mais

Tabela de Honorários

Tabela de Honorários Tabela de Honorários CONSULTA Código Descrição do Procedimento Quantidade USO Dente/ Área RX Garantia Evento COBERTURA PLANO REGRAS TÉCNICAS 81000065 CONSULTA ODONTOLÓGICA INICIAL 40 - - 6 MESES TODOS

Leia mais

Tabela de Preços/Descontos. Público em geral. Consulta de Medicina Dentária. Dentisteria e Estética. Restauração com Compósito ou Amálgama 50 45

Tabela de Preços/Descontos. Público em geral. Consulta de Medicina Dentária. Dentisteria e Estética. Restauração com Compósito ou Amálgama 50 45 SMILt Tabela de Preços/Descontos Designação Público em geral Comunidade IPLeiria Consulta de Medicina Dentária Consulta de Medicina Dentária 50 45 Consulta de Urgência 50 45 Dentisteria e Estética Restauração

Leia mais

Buco Maxilo Facial. Maxilo Facial GII 1.5 / 2.0 / 2.4

Buco Maxilo Facial. Maxilo Facial GII 1.5 / 2.0 / 2.4 Buco Maxilo Facial Maxilo Facial GII 1.5 / 2.0 / 2.4 Maxilo Facial GII 1.5 / 2.0 / 2.4 Sistema de Buco Maxilo Facial Os princípios biomecânicos da osteossíntese com placas aplicável a mandíbula culminou

Leia mais

Planejamento Cirúrgico

Planejamento Cirúrgico Planejamento Cirúrgico Embora existam aspectos inerentes ao procedimento cirúrgico, a inter-relação entre esta etapa e a confecção da prótese consiste em um fator preponderante para o sucesso da reabilitação.

Leia mais

APLICAÇÃO CLÍNICA E LABORATORIAL DO SISTEMA CAD/CAM

APLICAÇÃO CLÍNICA E LABORATORIAL DO SISTEMA CAD/CAM APLICAÇÃO CLÍNICA E LABORATORIAL DO SISTEMA CAD/CAM DATA à definir Atualmente existe uma forte tendência no mercado mundial sobre os Sistemas CAD/CAM. A proposta deste programa é brindar-lhes com toda

Leia mais

Emergências odontológicas e trauma buco-maxilo-facial em cães e gatos. Etiopatogenia

Emergências odontológicas e trauma buco-maxilo-facial em cães e gatos. Etiopatogenia Emergências odontológicas e trauma buco-maxilo-facial em cães e gatos Etiologia dos traumatismos em cavidade oral Marco Antonio León-Román Doutor pelo do Depto.Cirurgia FMVZ/USP Atendimento de Odontologia

Leia mais

PROVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS Cód. 55

PROVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS Cód. 55 8 PROVA DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS Cód. 55 QUESTÃO 17 A Prótese Dentária é considerada uma especialidade odontológica de rico intercâmbio com as outras especialidades da odontologia. Esse intercâmbio

Leia mais