Redes sem fio Redes Bluetooth. Prof. Dr. Ruy de Oliveira IFMT

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Redes sem fio Redes Bluetooth. Prof. Dr. Ruy de Oliveira IFMT"

Transcrição

1 Redes sem fio Redes Bluetooth Prof. Dr. Ruy de Oliveira IFMT

2 Bluetooth Bluetooth é uma marca registrada de propriedade do grupo denominado SIG O SIG (Special Industry Group) foi criado em 1988 por: Ericsson, IBM, Intel, Nokia e Toshiba Objetivos: Baixo consumo de energia Baixo custo Principalmente um substituto dos cabos 2

3 Bluetooth (cont.) Bluetooth é uma interface de rádio universal para conectividade sem fio entre dispositivos próximos Provê interconexão entre computadores e periféricos, PDAs (Personal Digital Assistant), celulares, etc Projetada para curtas distâncias (10 m) Usa a faixa de freqüência livre: 2.45 Ghz ISM Possibilita transmissão de dados a aproximadamente 1 Mbit/s 3

4 Piconet Cada piconet possui um Mestre e até 7 Escravos simultâneos. Mais de 200 Escravos podem estar estacionados (parked) Grupo de equipamentos conectados sem fio Há um Mestre e vários Escravos Usa a técnica FHSS O Mestre determina o padrão de salto de freqüência (único), com o qual os escravos devem se sincronizar Participação numa piconet sincronismo com o padrão de salto de freqüência 4

5 Formação de uma Piconet O ID de cada dispositivo é único em escala mundial AMA: Active Member Address PMA: Parked Member Address Todos os dispositivos numa piconet pulam de freqüência juntos - sincronizadamente O Mestre fornece o seu clock e identificação (ID) aos Escravos O Padrão de salto de freq. é determinado pelo ID do dispositivo (48 bits ) A fase no padrão de salto de freqüências é determinada pelo clock Endereçamento Endereço de membro ativo (AMA, 3 bits) Endereço de membro estacionado (PMA, 8 bits) 5

6 Scatternet Interconexão de várias piconets por meio do compartilhamento de dispositivos Mestre e Escravo dispositivos podem ser Escravo em uma piconet e Mestre em outra os dispositivos podem comutar de piconets livremente 6

7 A Pilha de Protocolos do Bluetooth 7

8 Estados de um Dispositivo Bluetooth 8

9 Canais de Comunicação Transmissão de pacotes sob controle do Mestre por divisão de tempo duplex (TDD time division duplex) 625 µs de janela de tempo (slots), o Mestre solicita tx aos Escravos SCO (Synchronous Connection Oriented) Voz alocação de janela simples periódica, 64 kbps full duplex, ponto-aponto ACL (Asynchronous ConnectionsLess) - Dados pacotes de tamanho variável (1, 3, 5 janelas), banda assimétricas, ponto-a-multiponto 9

10 Salto de Freqüência no Bluetooth O salto de freqüências no Bluetooth representa uma importante proteção contra captura de pacotes (snooping) No total são 79 canais 1600 saltos (canais) por segundo 625 microsegundos por canal 10

11 Arquitetura do Protocolo Bluetooth possui uma arquitetura de protocolo em camadas Protocolos de núcleo Protocolos de substituição de cabo e de controle de telefonia Protocolos adotados 11

12 Protocolos de Núcleo Radio Baseband Link manager protocol (LMP) Logical link control and adaptation protocol (L2CAP) Service discovery protocol (SDP) 12

13 Protocolos de Subst. de Cabo e Telefonia Protocolo de substituição de cabos RFCOMM Protocolo de controle de telefonia Especificação de controle de telefonia binário (TCS BIN) 13

14 Protocolos Adotados PPP TCP/UDP/IP OBEX WAE/WAP 14

15 O Protocolo L2CAP L2CAP: Logical Link Control and Adaptation Protocol Protocolo simples no topo da camada física (baseband) Orientado a conexão, e a não conexão Multiplexação de protocolo RFCOMM, SDP, controle de telefonia Montagem e desmontagem Até 64 kbyte de dados de usuários, 16 bits CRC Especificação de QoS por canal Segue a RFC 1363, especifica atraso, variação de atraso, rajadas e banda passante Abstração de grupo Cria/fecha grupo, adiciona/remove membro 15

16 Bibliografia Wireless Communications & Networks, 2a edição Willian Stallings, Prentice Hall, (livro texto) Introduction to Wirelees and Mobile Systems, 2a edição, D. Agrawal e Q. Zeng, Redes de Computadores e a Internet Uma Nova Abordagem, 3ª Edição, J. Kurose, Addison Wesleys,

Redes de Computadores sem Fio

Redes de Computadores sem Fio Redes de Computadores sem Fio Prof. Marcelo Gonçalves Rubinstein Programa de Pós-Graduação em Engenharia Eletrônica Faculdade de Engenharia Universidade do Estado do Rio de Janeiro Programa Introdução

Leia mais

Telefonia Móvel Celular

Telefonia Móvel Celular Redes Pessoais Sem Fio Bluetooth Prof. Francisco José da Silva e Silva Prof. Rafael Fernandes Lopes Programa de Pós-Graduação em Ciência da Computação (PPGCC) Universidade Federal do Maranhão (UFMA) Telefonia

Leia mais

Tecnologia Bluetooth e Aspectos de Segurança

Tecnologia Bluetooth e Aspectos de Segurança Tecnologia Bluetooth e Aspectos de Segurança André Ricardo Abed Grégio R.A. 079779 Instituto de Computação Unicamp abedgregio@gmail.com RESUMO Bluetooth é uma tecnologia definida por um padrão especificado

Leia mais

A Tecnologia Bluetooth e aplicações

A Tecnologia Bluetooth e aplicações 1. Introdução A Tecnologia Bluetooth e aplicações Carlos Yassunori Kobayashi (2369461) Computação Móvel BCC - IME USP - 2004 Bluetooth é uma especificação industrial para a comunicação em curta distância

Leia mais

Capítulo 6 Redes sem fio e redes móveis

Capítulo 6 Redes sem fio e redes móveis Capítulo 6 Redes sem fio e redes móveis Todo o material copyright 1996-2009 J. F Kurose e K. W. Ross, Todos os direitos reservados slide 1 2010 2010 Pearson Prentice Hall. Hall. Todos Todos os os direitos

Leia mais

BlueTooth. Teleprocessamento e Redes: Universidade Cató lica do Salvador 2003.1. Professor : Marco Antônio Câmara Aluno : Leandro de Paiva Carmo

BlueTooth. Teleprocessamento e Redes: Universidade Cató lica do Salvador 2003.1. Professor : Marco Antônio Câmara Aluno : Leandro de Paiva Carmo Universidade Cató lica do Salvador 2003.1 Professor : Marco Antônio Câmara Aluno : Leandro de Paiva Carmo Teleprocessamento e Redes: BlueTooth 1. Introduç ão e suas promessas A tecnologia de comunicação

Leia mais

Prof. Samuel Henrique Bucke Brito

Prof. Samuel Henrique Bucke Brito - WPAN: Bluetooth www.labcisco.com.br ::: shbbrito@labcisco.com.br Prof. Samuel Henrique Bucke Brito Bluetooth (IEEE 802.15.1) O Bluetooth é o nome comercial que faz referência ao Padrão IEEE 802.15.1

Leia mais

UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS DEPARTAMENTO DE COMPUTAÇÃO GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO

UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS DEPARTAMENTO DE COMPUTAÇÃO GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS DEPARTAMENTO DE COMPUTAÇÃO GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO ESTUDO DA TECNOLOGIA BLUETOOTH E SUA APLICAÇÃO EM AMBIENTES COORPORATIVOS E DOMÉSTICOS GISELLE NUNES DA SILVA

Leia mais

Redes de Computadores e a Internet

Redes de Computadores e a Internet Redes de Computadores e a Internet Magnos Martinello Universidade Federal do Espírito Santo - UFES Departamento de Informática - DI Laboratório de Pesquisas em Redes Multimidia - LPRM 2010 Introdução Redes

Leia mais

Comunicações Móveis. Porque Bluetooth?

Comunicações Móveis. Porque Bluetooth? Comunicações Móveis Maio de 2003 Manuel João Bacelar Coimbra Mário Jorge Costa Afonso Porque Bluetooth? A Ericsson, o principal mentor deste projecto usou o nome do rei Harald Blatand (910-987*), filho

Leia mais

Trabalho realizado por: Tiago Silva

Trabalho realizado por: Tiago Silva Trabalho realizado por: Tiago Silva INDICE 1. Bluetooth...3 1.1 Redes Bluetooth...4 1.2 Espectro de Frequência...7 1.3 Controlo de acesso ao meio...8 1.4 Estabelecimento de Conexões...9 1.5 Tipos de Links...10

Leia mais

Redes de Computadores e a Internet

Redes de Computadores e a Internet Redes de Computadores e a Internet Magnos Martinello Universidade Federal do Espírito Santo - UFES Departamento de Informática - DI Laboratório de Pesquisas em Redes Multimidia - LPRM Agenda 1.1 O que

Leia mais

(Versão revista e atualizada do tutorial original publicado em 26/07/2009)

(Versão revista e atualizada do tutorial original publicado em 26/07/2009) Bluetooth Este tutorial apresenta os conceitos básicos do Bluetooth. (Versão revista e atualizada do tutorial original publicado em 26/07/2009) Eduardo Tude Engenheiro de Teleco (IME 78) e Mestre em Teleco

Leia mais

Evolução das Redes Sem Fio: Um Estudo Comparativo Entre Bluetooth e ZigBee

Evolução das Redes Sem Fio: Um Estudo Comparativo Entre Bluetooth e ZigBee Evolução das Redes Sem Fio: Um Estudo Comparativo Entre Bluetooth e ZigBee Rafael Antônio Asatiany Costa 1, Luis Augusto Mattos Mendes 1 1 Universidade Presidente Antônio Carlos (UNIPAC) Faculdade Regional

Leia mais

Universidade Católica do Salvador. Disciplina: Teleprocessamento e Redes Prof.: Marco Antônio C. Câmara Aluno: Bruno Guimarães Campos.

Universidade Católica do Salvador. Disciplina: Teleprocessamento e Redes Prof.: Marco Antônio C. Câmara Aluno: Bruno Guimarães Campos. Universidade Católica do Salvador Disciplina: Teleprocessamento e Redes Prof.: Marco Antônio C. Câmara Aluno: Bruno Guimarães Campos Bluetooth Introdução Bluetooth é um sistema de telecomunicações de curto

Leia mais

SSC0748 - Redes Móveis

SSC0748 - Redes Móveis - Redes Móveis Introdução Redes sem fio e redes móveis Prof. Jó Ueyama Agosto/2012 1 Capítulo 6 - Resumo 6.1 Introdução Redes Sem fo 6.2 Enlaces sem fo, características 6.3 IEEE 802.11 LANs sem fo ( wi-f

Leia mais

Subcamada de Controle de Acesso ao Meio. Bruno Silvério Costa

Subcamada de Controle de Acesso ao Meio. Bruno Silvério Costa Subcamada de Controle de Acesso ao Meio Bruno Silvério Costa 1. O Problema de Alocação do Canal Alocação estática de canais em LANs e MANs Alocação dinâmica de canais em LANs e MANs 1.1 Alocação dinâmica

Leia mais

Introdução. Sistemas de Comunicação Wireless. Sumário. Visão Geral de Redes Móveis "#$%%% Percentual da população com telefone celular

Introdução. Sistemas de Comunicação Wireless. Sumário. Visão Geral de Redes Móveis #$%%% Percentual da população com telefone celular Sumário Sistemas de Comunicação Wireless! #$%%% & Visão Geral de Redes Móveis Introdução Percentual da população com telefone celular Brasil 19% 34% 2001 2005 Fonte: Global Mobile, Goldman Sachs, DiamondCluster

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO ESCOLA POLITÉCNICA DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA ELETRÔNICA E DE COMPUTAÇÃO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO ESCOLA POLITÉCNICA DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA ELETRÔNICA E DE COMPUTAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO ESCOLA POLITÉCNICA DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA ELETRÔNICA E DE COMPUTAÇÃO SISTEMA DE CONTROLE EM TEMPO REAL VIA BLUETOOTH Autor: Edson Hiroshi Watanabe Orientador:

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CAMPUS SERRA CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS MAISON MELOTTI

INSTITUTO FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CAMPUS SERRA CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS MAISON MELOTTI INSTITUTO FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CAMPUS SERRA CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS MAISON MELOTTI DESCARTAS: UM JOGO MATEMÁTICO E MULTIJOGADOR NA PLATAFORMA J2ME PARA

Leia mais

CLAUDIO MASSARU NAKAYAMA SISTEMA DE COMUNICAÇÃO BLUETOOTH VOLTADA PARA AUTOMAÇÃO RESIDENCIAL

CLAUDIO MASSARU NAKAYAMA SISTEMA DE COMUNICAÇÃO BLUETOOTH VOLTADA PARA AUTOMAÇÃO RESIDENCIAL CLAUDIO MASSARU NAKAYAMA SISTEMA DE COMUNICAÇÃO BLUETOOTH VOLTADA PARA AUTOMAÇÃO RESIDENCIAL Guaratinguetá 2012 CLAUDIO MASSARU NAKAYAMA SISTEMA DE COMUNICAÇÃO BLUETOOTH VOLTADA PARA AUTOMAÇÃO RESIDENCIAL

Leia mais

Redes de Computadores

Redes de Computadores Redes de Computadores Prof o : Marcelo Mendes. Padrões IEEE Termos importantes a saber: PACOTE Pacote é a estrutura de dados unitária de transmissão em uma rede de computadores. A informação a transmitir

Leia mais

Capítulo1 Redes de computador es e a Internet

Capítulo1 Redes de computador es e a Internet Redes de computadores e a Internet Capítulo Redes de computador es e a Internet O que é a Internet? Milhões de elementos de computação interligados: hospedeiros = sistemas finais Executando aplicações

Leia mais

A quantidade de dispositivos de computação e de telecomunicações está crescendo e, como conseqüência, cresce também o interesse em como

A quantidade de dispositivos de computação e de telecomunicações está crescendo e, como conseqüência, cresce também o interesse em como I STITUTO ACIO AL DE TELECOMU ICAÇÕES I ATEL Introdução ao Bluetooth Autores: Ronaldo Sampei Eduardo Moreira de Freitas Orientador: Eduardo Pina 1 I STITUTO ACIO AL DE TELECOMU ICAÇÕES I ATEL CURSO DE

Leia mais

Capítulo 2: Camada Física. Capítulo 2. A camada física

Capítulo 2: Camada Física. Capítulo 2. A camada física Capítulo 2: Camada Física Capítulo 2 A camada física slide 1 2011 Pearson Prentice Hall. Todos os direitos reservados. Computer Networks, Fifth Edition by Andrew Tanenbaum and David Wetherall, Pearson

Leia mais

Redes WAN. Prof. Walter Cunha

Redes WAN. Prof. Walter Cunha Redes WAN Conceitos Iniciais Prof. Walter Cunha Comutação por Circuito Todos os recursos necessários em todos os subsistemas de telecomunicação que conectam origem e destino, são reservados durante todo

Leia mais

BRUNO MOULIN CRISTIANE SANTOS BLUETOOTH: APLICAÇÕES VIÁVEIS NO COTIDIANO

BRUNO MOULIN CRISTIANE SANTOS BLUETOOTH: APLICAÇÕES VIÁVEIS NO COTIDIANO BRUNO MOULIN CRISTIANE SANTOS BLUETOOTH: APLICAÇÕES VIÁVEIS NO COTIDIANO Trabalho apresentado ao curso de graduação em Bacharelado em Sistemas de Informação da Universidade Católica de Brasília, como requisito

Leia mais

Estrutura de um Rede de Comunicações. Redes e Sistemas Distribuídos. Tarefas realizadas pelo sistema de comunicação. Redes de comunicação de dados

Estrutura de um Rede de Comunicações. Redes e Sistemas Distribuídos. Tarefas realizadas pelo sistema de comunicação. Redes de comunicação de dados Estrutura de um Rede de Comunicações Profa.. Cristina Moreira Nunes Tarefas realizadas pelo sistema de comunicação Utilização do sistema de transmissão Geração de sinal Sincronização Formatação das mensagens

Leia mais

Mecanismos de Escalonamento com Qualidade de Serviço em Redes com Tecnologia Bluetooth

Mecanismos de Escalonamento com Qualidade de Serviço em Redes com Tecnologia Bluetooth Werner Priess Mecanismos de Escalonamento com Qualidade de Serviço em Redes com Tecnologia Bluetooth Instituto de Matemática - Mestrado em Informática Luci Pirmez D.Sc. - COPPE/UFRJ - Brasil - 1996 José

Leia mais

INF-111 Redes Sem Fio Aula 05 Tecnologias para WPAN Prof. João Henrique Kleinschmidt

INF-111 Redes Sem Fio Aula 05 Tecnologias para WPAN Prof. João Henrique Kleinschmidt INF-111 Redes Sem Fio Aula 05 Tecnologias para WPAN Prof. João Henrique Kleinschmidt Santo André, outubro de 2014 Roteiro RFID NFC WPAN Bluetooth ZigBee UWB RFID Motivação - Controle de estoque - Logística

Leia mais

Redes WAN Conceitos Iniciais. Prof. Walter Cunha

Redes WAN Conceitos Iniciais. Prof. Walter Cunha Redes WAN Conceitos Iniciais Prof. Walter Cunha Comutação por Circuito Todos os recursos necessários em todos os subsistemas de telecomunicação que conectam origem e destino, são reservados durante todo

Leia mais

WPAN ZigBee & Bluetooth SDIC Cap6. Redes Sem Fios

WPAN ZigBee & Bluetooth SDIC Cap6. Redes Sem Fios Redes Sem Fios As recomendações do IEEE (Institute of Electrical and Eletronics Engineers), particularmente as recomendações da série IEEE 802.11, são os exemplos mais conhecidos para os padrões de redes

Leia mais

Redes de Dados e Comunicações. Prof.: Fernando Ascani

Redes de Dados e Comunicações. Prof.: Fernando Ascani Redes de Dados e Comunicações Prof.: Fernando Ascani Redes Wireless / Wi-Fi / IEEE 802.11 Em uma rede wireless, os adaptadores de rede em cada computador convertem os dados digitais para sinais de rádio,

Leia mais

Aula 1 Fundamentos. Prof. Dr. S. Motoyama

Aula 1 Fundamentos. Prof. Dr. S. Motoyama Aula 1 Fundamentos Prof. Dr. S. Motoyama 1 O que é uma Rede de Computadores? Vários tipos de redes: Redes Telefônicas Redes de Satélites Redes Celulares Redes de TV a cabo Internet e intranets Rede Privada

Leia mais

Prof. Manuel A Rendón M

Prof. Manuel A Rendón M Prof. Manuel A Rendón M Tanenbaum Redes de Computadores Cap. 1 e 2 5ª. Edição Pearson Padronização de sistemas abertos à comunicação Modelo de Referência para Interconexão de Sistemas Abertos RM OSI Uma

Leia mais

Redes de Dados. Aula 1. Introdução. Eytan Mediano

Redes de Dados. Aula 1. Introdução. Eytan Mediano Redes de Dados Aula 1 Introdução Eytan Mediano 1 6.263: Redes de Dados Aspectos fundamentais do projeto de redes e análise: Arquitetura Camadas Projeto da Topologia Protocolos Pt - a Pt (Pt= Ponto) Acesso

Leia mais

Arquitetura de protocolos

Arquitetura de protocolos Arquitetura de protocolos Segue o modelo híbrido Usada pelos nós sensores e pelo nó sorvedouro Inclui planos de Gerenciamento de energia Como um nó sensor usa a sua energia Pode desligar o receptor após

Leia mais

Infrared Data Association

Infrared Data Association IRDA Infrared Data Association Jorge Pereira DEFINIÇÃO Define-se protocolo como um conjunto de regras que estabelece a forma pela qual os dados fluem entre transmissor e receptor, critérios para verificação

Leia mais

Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul Faculdade de Engenharia Faculdade de Informática Curso de Engenharia de Computação

Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul Faculdade de Engenharia Faculdade de Informática Curso de Engenharia de Computação Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul Faculdade de Engenharia Faculdade de Informática Curso de Engenharia de Computação Braço Robótico Com Controle Remoto Bluetooth Igor Bajerski Vinicius

Leia mais

Bluetooth. Fabio Henrique Nishihara Professor: Alfredo Goldman vel Lejbman. 13 de dezembro de Resumo

Bluetooth. Fabio Henrique Nishihara Professor: Alfredo Goldman vel Lejbman. 13 de dezembro de Resumo Bluetooth Fabio Henrique Nishihara Professor: Alfredo Goldman vel Lejbman 13 de dezembro de 2004 Resumo Bluetooth é o nome dado a uma tecnologia de conexão sem fio (wireless) de curta distância que possibilita

Leia mais

RCO2. Introdução à camada física

RCO2. Introdução à camada física RCO2 Introdução à camada física 1 Transmissão de uma stream de bits por um meio de transmissão 2 Atribuições da camada física: Transmissão de sequências de bits pelo meio físico Modulação (transmissão

Leia mais

Introdução as Redes de Computadores Transparências baseadas no livro Computer Networking: A Top-Down Approach Featuring the Internet James Kurose e Keith Ross Redes de Computadores A. Tanenbaum e Prof.

Leia mais

ZigBee: arquitetura e aplicações

ZigBee: arquitetura e aplicações ZigBee: arquitetura e aplicações Prof. Felipe da Rocha Henriques Abril, 2011 CEFET/RJ UnED Petrópolis UnED Petrópolis Laboratório de Multimídia, Animação, Redes e Comunicações MARC Professores: Dalbert

Leia mais

TECNOLOGIA BLUETOOTH NA COMUNICAÇÃO ENTRE DISPOSITIVOS ATRAVÉS DA LINGUAGEM JAVA

TECNOLOGIA BLUETOOTH NA COMUNICAÇÃO ENTRE DISPOSITIVOS ATRAVÉS DA LINGUAGEM JAVA UNIVERSIDADE ESTADUAL DE PONTA GROSSA DEPARTAMENTO DE INFORMÁTICA TECNOLOGIA BLUETOOTH NA COMUNICAÇÃO ENTRE DISPOSITIVOS ATRAVÉS DA LINGUAGEM JAVA AUTOR: ELIO EDUARDO FERRARI MARCOLINO TRABALHO DE CONCLUSÃO

Leia mais

Segurança em Bluetooth, 802.11 e Wimax

Segurança em Bluetooth, 802.11 e Wimax Segurança em Bluetooth, 802.11 e Wimax Alan Bauer Paulo Moreira Marcos Barbosa Ulysses Costa Universidade do Vale do Rio dos Sinos (UNISINOS) Segurança em redes sem fio Prof.Fernando Karl 06/09/2011 Agenda

Leia mais

Descritivo Técnico AirMux-400

Descritivo Técnico AirMux-400 Multiplexador Wireless Broadband Principais Características Rádio e Multiplexador wireless ponto-a-ponto com interface E1 e Ethernet; Opera na faixa de 2.3 a 2.5 Ghz e de 4.8 a 6 Ghz; Tecnologia do radio:

Leia mais

Transmissão de Voz em Redes de Dados (VoIP)

Transmissão de Voz em Redes de Dados (VoIP) Transmissão de Voz em Redes de Dados (VoIP) Telefonia Tradicional PBX Telefonia Pública PBX Rede telefônica tradicional usa canais TDM (Time Division Multiplexing) para transporte da voz Uma conexão de

Leia mais

Graduação Tecnológica em Redes de Computadores. Redes Sem Fio

Graduação Tecnológica em Redes de Computadores. Redes Sem Fio Graduação Tecnológica em Redes de Computadores Redes Sem Fio Euber Chaia Cotta e Silva euberchaia@yahoo.com.br Além da WLAN WPAN IEEE 802.15 Bluetooth IEEE 802.15.1 Zigbee IEEE 802.15.4 (low rate) UWB

Leia mais

NOVAS TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO

NOVAS TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO NOVAS TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO Profª. Kelly Hannel Novas tecnologias de informação 2 HDTV WiMAX Wi-Fi GPS 3G VoIP Bluetooth 1 HDTV 3 High-definition television (também conhecido por sua abreviação HDTV):

Leia mais

WiMAX. Eduardo Mayer Fagundes e-mail: eduardo@efagundes.com

WiMAX. Eduardo Mayer Fagundes e-mail: eduardo@efagundes.com Eduardo Mayer Fagundes e-mail: eduardo@efagundes.com WiMAX é uma tecnologia padronizada de rede sem fio que permite substituir as tecnologias de acesso de banda larga por cabo e ADSL. O WiMAX permite a

Leia mais

Claudio Koiti Takahasi

Claudio Koiti Takahasi Universidade Federal de Pernambuco UFPE Centro de Informática - CIn Mestrado em Ciência da Computação Claudio Koiti Takahasi Arquitetura de Mobilidade Bluetooth Dissertação apresentada ao Centro de Informática

Leia mais

Proposta de um Sistema Computacional para Verificação do Estado de Funcionamento de Escadas Rolantes à Distância

Proposta de um Sistema Computacional para Verificação do Estado de Funcionamento de Escadas Rolantes à Distância UNIVERSIDADE DE TAUBATÉ Paulo Rogério da Silva Proposta de um Sistema Computacional para Verificação do Estado de Funcionamento de Escadas Rolantes à Distância Taubaté SP 2008 UNIVERSIDADE DE TAUBATÉ Paulo

Leia mais

UMTS. www.teleco.com.br 1

UMTS. www.teleco.com.br 1 UMTS Este tutorial apresenta os conceitos básicos do Universal Mobile Telecommunications System (UMTS) padrão de 3ª Geração de sistemas celulares para evolução de redes GSM. Autor: Eduardo Tude Engenheiro

Leia mais

REDES DE COMPUTADORES II. Ricardo José Cabeça de Souza www.ricardojcsouza.com.br

REDES DE COMPUTADORES II. Ricardo José Cabeça de Souza www.ricardojcsouza.com.br REDES DE COMPUTADORES II Ricardo José Cabeça de Souza www.ricardojcsouza.com.br Surgiu final década de 1980 Tecnologia de comutação em infraestrutura redes RDSI-FL(B-ISDN) Recomendação I.121 da ITU-T(1988)

Leia mais

Tecnologia PCI express. Introdução. Tecnologia PCI Express

Tecnologia PCI express. Introdução. Tecnologia PCI Express Tecnologia PCI express Introdução O desenvolvimento de computadores cada vez mais rápidos e eficientes é uma necessidade constante. No que se refere ao segmento de computadores pessoais, essa necessidade

Leia mais

Cap. 1 Introdução. Redes sem Fio e Sistemas Móveis de Computação. Prof. Eduardo Barrére. Material Base: Marcelo Moreno. eduardo.barrere@ice.ufjf.

Cap. 1 Introdução. Redes sem Fio e Sistemas Móveis de Computação. Prof. Eduardo Barrére. Material Base: Marcelo Moreno. eduardo.barrere@ice.ufjf. Redes sem Fio e Sistemas Móveis de Computação Cap. 1 Introdução Prof. Eduardo Barrére eduardo.barrere@ice.ufjf.br Material Base: Marcelo Moreno Dep. Ciência da Computação 1 Computação Móvel Computação

Leia mais

Administração de Sistemas de Informação I

Administração de Sistemas de Informação I Administração de Sistemas de Informação I Prof. Farinha Aula 03 Telecomunicações Sistemas de Telecomunicações 1 Sistemas de Telecomunicações Consiste de Hardware e Software transmitindo informação (texto,

Leia mais

Microwave Wireless Telecom www.microwavetec.com.br

Microwave Wireless Telecom www.microwavetec.com.br Agenda Discussão sobre os padrões Wi-Fi Mikrotik Wireless Tools Throughput real do padrão Wi-Fi Redes PTP e PTMP Nstreme x CSMA/CA Nstreme2 Wi-Fi 802.11 a,b,g,n Padrões desenvolvidos para redes locais

Leia mais

Protocolo wireless Ethernet

Protocolo wireless Ethernet Protocolo wireless Ethernet Conceituar as variações de redes sem fio (wireless) descrevendo os padrões IEEE 802.11 a, b, g e n. Em meados de 1986, o FCC, organismo norte-americano de regulamentação, autorizou

Leia mais

UM SISTEMA DE COMUNICAÇÃO SEM FIO PARA A AQUISIÇÃO DE DADOS EM AMBIENTE FABRIL. Orlens da Silva Melo

UM SISTEMA DE COMUNICAÇÃO SEM FIO PARA A AQUISIÇÃO DE DADOS EM AMBIENTE FABRIL. Orlens da Silva Melo UM SISTEMA DE COMUNICAÇÃO SEM FIO PARA A AQUISIÇÃO DE DADOS EM AMBIENTE FABRIL Orlens da Silva Melo TESE SUBMETIDA AO CORPO DOCENTE DA COORDENAÇÃO DOS PROGRAMAS DE PÓS-GRADUAÇÃO DE ENGENHARIA DA UNIVERSIDADE

Leia mais

CONCEITOS BÁSICOS DE REDES 2 [COMUTAÇÕES / TAXONOMIA]

CONCEITOS BÁSICOS DE REDES 2 [COMUTAÇÕES / TAXONOMIA] CONCEITOS BÁSICOS DE REDES 2 [COMUTAÇÕES / TAXONOMIA] UC: Redes Docente: Prof. André Moraes Curso técnico em Informática Instituto Federal de Santa Catarina Créditos I Instituto Federal de Santa Catarina

Leia mais

Dispositivos de entrada sem fio 1 INTRODUÇÃO

Dispositivos de entrada sem fio 1 INTRODUÇÃO Dispositivos de entrada sem fio 1 INTRODUÇÃO Nosso seminário vai apresentar uma tecnologia de entrada de dados sem fio, ou seja, os dados de entrada vao ser transmitidos sem a necessidade de meios fisicos

Leia mais

Descritivo Técnico AirMux-200

Descritivo Técnico AirMux-200 Multiplexador Wireless Broadband -Visualização da unidade indoor IDU e unidade outdoor ODU com antena integrada- Principais Características Rádio e multiplexador wireless ponto-a-ponto com interface E1

Leia mais

Redes de Computadores 1

Redes de Computadores 1 Redes de Computadores 1 IF66B Introdução Objetivos dessa aula: Obter contexto, terminologia, conhecimentos gerais de redes Maior profundidade e detalhes serão vistos durante o semestre Abordagem: Usar

Leia mais

Redes de Computadores LFG TI Bruno Guilhen. www.brunoguilhen.com.br 1

Redes de Computadores LFG TI Bruno Guilhen. www.brunoguilhen.com.br 1 MODELO OSI/ISO 01(CESPE STF 2008 Q93) Na arquitetura do modelo OSI da ISO, protocolos de transporte podem ser não-orientados a conexão e localizam-se na terceira camada. As responsabilidades desses protocolos

Leia mais

Bluetooth Características, protocolos e funcionamento

Bluetooth Características, protocolos e funcionamento Bluetooth Características, protocolos e funcionamento Thiago Senador de Siqueira RA 057642 Instituto de Computação Universidade Estadual de Campinas thiagosenador@yahoo.com.br RESUMO Bluetooth é um padrão

Leia mais

Telecomunicações e Teleprocessamento

Telecomunicações e Teleprocessamento Telecomunicações e Teleprocessamento Telecomunicações Telecomunicações podem ser definidas como comunicações por meios eletrônicos, normalmente a grandes distâncias. Como veículos de transmissão podem

Leia mais

INF-111 Redes Sem Fio Aula 02 Modelagem de Canais de Rádio Prof. João Henrique Kleinschmidt

INF-111 Redes Sem Fio Aula 02 Modelagem de Canais de Rádio Prof. João Henrique Kleinschmidt INF-111 Redes Sem Fio Aula 02 Modelagem de Canais de Rádio Prof. João Henrique Kleinschmidt Santo André, outubro de 2014 Roteiro Introdução Fundamentos de Transmissão Digital Unidades de Medida em Telecomunicações

Leia mais

Redes de Computadores

Redes de Computadores Lembrando...desempenho de redes ethernet Instituto de Informátic ca - UFRGS Redes de Computadores Equipamentos de Interconexão de redes Aula 12! Ethernet emprega meio compartilhado para transmitir dados

Leia mais

Introdução a Redes de Computadores. Professor Machado

Introdução a Redes de Computadores. Professor Machado Introdução a Redes de Computadores Professor Machado 1 O que é uma rede de computadores? Uma rede de computadores é um conjunto de computadores autônomos, interconectados, capazes de trocar informações

Leia mais

INFORMÁTICA IINTERNET / INTRANET

INFORMÁTICA IINTERNET / INTRANET INFORMÁTICA IINTERNET / INTRANET Objectivos História da Internet Definição de Internet Definição dos protocolos de comunicação Entender o que é o ISP (Internet Service Providers) Enumerar os equipamentos

Leia mais

Tópicos 1a Parte. Tópicos 2a Parte. IP Móvel. Redes Móveis sem Fio. Rossana Andrade Ph.D, SITE, University of Ottawa, Canadá. Redes de Longa Distância

Tópicos 1a Parte. Tópicos 2a Parte. IP Móvel. Redes Móveis sem Fio. Rossana Andrade Ph.D, SITE, University of Ottawa, Canadá. Redes de Longa Distância Redes Móveis sem Fio Tópicos 1a Parte Rossana Andrade Ph.D, SITE, University of Ottawa, Canadá Profa. Departamento de Computação, Centro de Ciências, Universidade Federal do Ceará rossana@lia.ufc.br http://great.ufc.br

Leia mais

Claudivan C. Lopes claudivan@ifpb.edu.br

Claudivan C. Lopes claudivan@ifpb.edu.br Claudivan C. Lopes claudivan@ifpb.edu.br Motivação Camadas do modelo OSI Exemplos de protocolos IFPB/Patos - Prof. Claudivan 2 Para que dois ou mais computadores possam se comunicar, é necessário que eles

Leia mais

Redes sem Fio WPANs (IEEE ) Wireless Personal Area Networks. Ricardo Kléber. Ricardo Kléber

Redes sem Fio WPANs (IEEE ) Wireless Personal Area Networks. Ricardo Kléber. Ricardo Kléber Redes sem Fio 2016.1 WPANs (IEEE 802.15) Wireless Personal Area Networks Curso Superior de Tecnologia em Sistemas para Internet Turma: TEC.SIS.5M Redes sem Fio Onde Estamos? Sistemas de comunicação wireless

Leia mais

rr-09-r.01 Introdução UC: Redes de Computadores Docente: Prof. André Moraes

rr-09-r.01 Introdução UC: Redes de Computadores Docente: Prof. André Moraes Introdução UC: Redes de Computadores Docente: Prof. André Moraes Créditos I Créditos II Bibliografia Básica Título Autor Edição Local Editora Ano Redes de computadores TANENBAUM, Andrew S. Rio de Janeiro

Leia mais

WDM e suas Tecnologias

WDM e suas Tecnologias Universidade Federal do Rio de Janeiro Escola Politécnica Departamento de Eletrônica e Computação EEL 878 Redes de Computadores I Turma EL1-2004/1 Professor: Otto Carlos Muniz Bandeira Duarte Aluna: Mariangela

Leia mais

III.2. CABLE MODEMS CARACTERÍSTICAS BÁSICAS UNIDADE III SISTEMAS HÍBRIDOS

III.2. CABLE MODEMS CARACTERÍSTICAS BÁSICAS UNIDADE III SISTEMAS HÍBRIDOS 1 III.2. CABLE MODEMS III.2.1. DEFINIÇÃO Cable modems são dispositivos que permitem o acesso em alta velocidade à Internet, através de um cabo de distribuição de sinais de TV, num sistema de TV a cabo.

Leia mais

Redes de Computadores

Redes de Computadores Redes de Computadores Professor: Rodrigo Caetano Filgueira Tecnologias WAN TECNOLOGIAS WAN Quando uma empresa cresce e passa a ter instalações em várias localidades, é necessário interconectar as redes

Leia mais

Redes de Computadores I ENLACE: PPP ATM

Redes de Computadores I ENLACE: PPP ATM Redes de Computadores I ENLACE: PPP ATM Enlace Ponto-a-Ponto Um emissor, um receptor, um enlace: Sem controle de acesso ao meio; Sem necessidade de uso de endereços MAC; X.25, dialup link, ISDN. Protocolos

Leia mais

Organização de Computadores 1

Organização de Computadores 1 Organização de Computadores 1 SISTEMA DE INTERCONEXÃO (BARRAMENTOS) Prof. Luiz Gustavo A. Martins Arquitetura de von Newmann Componentes estruturais: Memória Principal Unidade de Processamento Central

Leia mais

Atualmente dedica-se à Teleco e à prestação de serviços de consultoria em telecomunicações.

Atualmente dedica-se à Teleco e à prestação de serviços de consultoria em telecomunicações. Roteiro de Estudos Redes PAN II O Portal Teleco apresenta periodicamente Roteiros de Estudo sobre os principais temas das Telecomunicações. Os roteiros apresentam uma sugestão de tutoriais publicados para

Leia mais

Redes de Computadores

Redes de Computadores Introdução Instituto de Informátic ca - UFRGS Redes de Computadores Circuitos virtuais, frame relay,tm e MPLS (redes WN) ula 4! Comunicação entre dois dispositivos exige um meio Enlaces ponto-a-ponto ou

Leia mais

Arquitetura de Computadores. Professor: Vilson Heck Junior

Arquitetura de Computadores. Professor: Vilson Heck Junior Arquitetura de Computadores Professor: Vilson Heck Junior Agenda Conceitos Estrutura Funcionamento Arquitetura Tipos Atividades Barramentos Conceitos Como já discutimos, os principais componentes de um

Leia mais

3 INTEFACES E PROTOCOLOS PARA REDES DE SENSORES INTELIGENTES SEM FIOS

3 INTEFACES E PROTOCOLOS PARA REDES DE SENSORES INTELIGENTES SEM FIOS Capítulo 3 Interfaces e Protocolos para Redes de Sensores Inteligentes sem Fios 36 3 INTEFACES E PROTOCOLOS PARA REDES DE SENSORES INTELIGENTES SEM FIOS A tecnologia sem fios vem sendo comumente utilizada

Leia mais

Comunicação de Dados

Comunicação de Dados UNISUL 2013 / 1 Universidade do Sul de Santa Catarina Engenharia Elétrica - Telemática 1 Comunicação de Dados Aula 1 Agenda Apresentação da Disciplina Introdução Tipos de Redes Arquiteturas de Redes Nivelamento

Leia mais

O que é uma rede industrial? Redes Industriais: Princípios de Funcionamento. Padrões. Padrões. Meios físicos de transmissão

O que é uma rede industrial? Redes Industriais: Princípios de Funcionamento. Padrões. Padrões. Meios físicos de transmissão O que é uma rede industrial? Redes Industriais: Princípios de Funcionamento Romeu Reginato Julho de 2007 Rede. Estrutura de comunicação digital que permite a troca de informações entre diferentes componentes/equipamentos

Leia mais

General Packet Radio Service (GPRS) Aluna: Marília Veras

General Packet Radio Service (GPRS) Aluna: Marília Veras General Packet Radio Service (GPRS) Aluna: Marília Veras Tópicos O que é GPSR Arquitetura do Sistema Estados Operacionais do Celular GPRS Classes do Celular GSM/ GPRS Protocolos do GPRS Transmitindo Pacotes

Leia mais

Redes de Computadores

Redes de Computadores edes de Computadores Introdução: Capítulo 1- edes de Computadores e a Internet Prof. Jó Ueyama Março/2012 1 Cap. 1 Objetivos Entender os conceitos básicos de redes de computadores. Maior profundidade e

Leia mais

Curso: Sistemas de Informação Disciplina: Redes de Computadores Prof. Sergio Estrela Martins

Curso: Sistemas de Informação Disciplina: Redes de Computadores Prof. Sergio Estrela Martins Curso: Sistemas de Informação Disciplina: Redes de Computadores Prof. Sergio Estrela Martins Material de apoio 2 Esclarecimentos Esse material é de apoio para as aulas da disciplina e não substitui a leitura

Leia mais

Bibliografia. Termos comuns em VoIp. Termos comuns em VoIp. Programa de Telecomunicações

Bibliografia. Termos comuns em VoIp. Termos comuns em VoIp. Programa de Telecomunicações Introdução a conceitos de hardware e software de computador. Introdução a sistemas operacionais: Microsoft Windows e Linux. Conceitos básicos e utilização de aplicativos para edição de textos, planilhas

Leia mais

Uma pilha de protocolos Bluetooth adaptável à aplicação

Uma pilha de protocolos Bluetooth adaptável à aplicação UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA DEPARTAMENTO DE INFORMÁTICA E ESTATÍSTICA CURSO DE BACHARELADO EM CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO Uma pilha de protocolos Bluetooth adaptável à aplicação Eduardo Afonso Billo

Leia mais

Este tutorial apresenta os conceitos básicos sobre Sistemas Celulares e sua regulamentação no Brasil.

Este tutorial apresenta os conceitos básicos sobre Sistemas Celulares e sua regulamentação no Brasil. Telefonia Celular no Brasil Este tutorial apresenta os conceitos básicos sobre Sistemas Celulares e sua regulamentação no Brasil. (Versão revista e atualizada do tutorial original publicado em 09/12/2002).

Leia mais

INF-111 Redes Sem Fio Aula 01 Introdução Prof. João Henrique Kleinschmidt

INF-111 Redes Sem Fio Aula 01 Introdução Prof. João Henrique Kleinschmidt INF-111 Redes Sem Fio Aula 01 Introdução Prof. João Henrique Kleinschmidt Santo André, setembro de 2014 Roteiro PARTE I Apresentação da Disciplina PARTE II Introdução à Redes Sem Fio Apresentação do Professor

Leia mais

Apostilas de Eletrônica e Informática SDH Hierarquia DigitaL Síncrona

Apostilas de Eletrônica e Informática SDH Hierarquia DigitaL Síncrona SDH A SDH, Hierarquia Digital Síncrona, é um novo sistema de transmissão digital de alta velocidade, cujo objetivo básico é construir um padrão internacional unificado, diferentemente do contexto PDH,

Leia mais

REDES DE COMPUTADORES II. Ricardo José Cabeça de Souza www.ricardojcsouza.com.br

REDES DE COMPUTADORES II. Ricardo José Cabeça de Souza www.ricardojcsouza.com.br REDES DE COMPUTADORES II Ricardo José Cabeça de Souza www.ricardojcsouza.com.br REDE PÚBLICA x REDE PRIVADA Rede Pública Circuitos compartilhados Rede Privada Circuitos dedicados Interligação entre Dispositivos

Leia mais

Capítulo 2 Sistemas Rádio Móveis

Capítulo 2 Sistemas Rádio Móveis Capítulo 2 Sistemas Rádio Móveis 2.1. Histórico e Evolução dos Sistemas Sem Fio A comunicação rádio móvel teve início no final do século XIX [2], quando o cientista alemão H. G. Hertz demonstrou que as

Leia mais