MUNICÍPIO - UBATUBA PLANO PLURIANUAL ANEXO I - Planejamento Orçamentário - PPA: Fontes de Financiamento dos Programas Governamentais

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "MUNICÍPIO - UBATUBA PLANO PLURIANUAL 2014-2017 ANEXO I - Planejamento Orçamentário - PPA: Fontes de Financiamento dos Programas Governamentais"

Transcrição

1 MUNICÍPIO - UBATUBA PLANO PLURIANUAL ANEXO I - Planejamento Orçamentário - PPA: Fontes de Financiamento dos Programas Governamentais Valores em R$ mil % S/ TOTAL TOTAL DIRETA INDIRETA DIRETA INDIRETA DIRETA INDIRETA DIRETA INDIRETA RECCORR , , , , , , , , ,3 92,04 RECTRIBUT ,2 0, ,6 0, ,2 0, ,1 0, ,1 28,86 REC DE CONTRIB RECEITA PATRIM Receitas de Serviços TRANSF CORR OUTRAS CORR DE CAPITAL CORR - INTRA ORÇAMENT DECUÇÕES DA RECCORR TOTAL DAS 2.000, , , , , , , , ,4 2, , , , , , , , , ,4 10,26 3,5 39,0 3,7 39,0 3,9 39,0 4,2 39,0 171,3 0, ,3 2, ,3 2, ,3 2, ,7 2, ,5 46, ,0 380, ,3 401, ,3 424, ,2 447, ,6 4, ,0 0, ,9 0, ,4 0, ,7 0, ,8 9,96 0, ,9 0, ,8 0, ,6 0, , ,7 2, ,3 0, ,1 0, ,6 0, ,2 0, ,1-4, , , , , , , , , ,7 100,00 COMENTÁRIO SOBRE A RECEITA O montante total de recursos previstos no PPA , para o município de Ubatuba foi de R$ 1,17 bilhão. A maior parte da receita está prevista nas receitas de transferências correntes com 42,5% do total. São recursos transferidos pelos governos Federal e do Estado de São Paulo (transferências constitucionais como a cota parte do FPM, cota parte do ICMS, cota parte do IPVA, entre outras). No município haverá, também, significativa participação das receitas próprias (sendo os principais tributos o ISS e o IPTU) que representam 28,9% deste total. Já as Receitas de Capital estão previstas em R$ 113,6 milhões, o que representa 9,96% do total. As demais receitas complementam o montante de R$ 1,17 bilhão previsto. Vale ressaltar que esta previsão está sujeita a alterações (para cima ou para baixo). Tanto a execução da arrecadação como o planejamento indicado na Lei de Diretrizes Orçamentárias deve ser acompanhada. ANEXO V - PROGRAMAS DE GOVERNO PROGRAMAS COM MAIOR PREVISÃO DE RECURSOS

2 PROGRAMAS EDUCAÇÃO - Educação Pública de Qualidade SAÚDE - Saúde Pública de Qualidade ADMINSITRAÇÃO - Transparente - IPMU CIDADE - Cidade segurança - Secr.Obras. OBJETIVO DO PROGRAMA Melhorar as condições educacionais do município por meio de ações que visem: a) mais qualidade nos serviços da rede municipal de educação, b) a integração das Escolas com as comunidades, c) ampliação do acesso à Educação Pública Infantil, d) ampliação do acesso ao Ensino Técnico e Profissionalizante, e) ampliação do acesso ao Ensino Superior, seja público ou privado com bolsa. Promover melhoria nas condições de saúde dos ubatubenses, a partir de ações a) na infraestrutura da rede municipal de saúde, b) na composição plena do quadro de profissionais de saúde prestando serviços no município, c) na organização e racionalização dos fluxos dos diversos serviços públicos de saúde, d) no monitoramento da qualidade dos serviços prestados, e) na gestão e controle eficiente dos recursos destinados à saúde. qualidade na administração pública municipal, privilegiando os princípios urbana de cada bairro, melhorando as condições de: a) dasruas, estradas e praças, b) pintura e sinalização de trânsito e dos espaços públicos, c) mecanismos de saneamento básico, e) iluminação publica, f) gestão dos resíduos sólidos, g) moradia, h) segurança. Órgão Responsável Educação de Saúde. Instituto de Previdência Ubatuba de Obras e Serviços Públicos VALOR NO PERÍODO (R$) % do Programa / Desp. Total , , , ,05 O município de Ubatuba apresentou, em seu planejamento plurianual, 28 (vinte e oito) programas. O montante geral previsto para investimentos e manutenção dos serviços existentes foi de R$ 1,17 bilhão para os anos de 2014 a Os programas que irão consumir a maior parte destes recursos estão na área da Educação,Saúde,Administração e o Programa CIDADE, que engloba limpeza e segurança. Os quatro programas, juntos, serão responsáveis por 73,4% da despesa orçamentária do município. A Educação tem o maior volume individual R$ 338,5 milhões com 28,9% seguida pela área da Saúde R$ 205,3 milhões, com 17,54%, enquanto a área Administrativa R$ 177,3 milhões, irá consumir 15,15%. Já a área de limpeza, saneamento e habitação R$ 141,0 milhões, terá 12,05% dos 1,17 bilhão dos gastos previstos entre OUTROS DESTAQUES PROGRAMAS OBJETIVO DO PROGRAMA Órgão Responsável VALOR NO PERÍODO (R$) % do Programa / Desp.Tota l.

3 DESENVOLVIMENTO - DesenvolvimentoEconô mico, Ambientalmente Sustentável e com Inclusão Social - Meio Ambiente CIDADE - Cidade Eficiente, com limpeza, saneamento, moradia e segurança - Transito CIDADE - Cidade Eficiente, com limpeza, saneamento, moradia e segurança - Defesa Civil. econômico, criando um ambiente favorável à geração de emprego e renda, diversificando os setores forma integrada com a proteção social. b) pintura e sinalização de trânsito e dos espaços públicos, c) mecanismos de mobilidade urbana, d) estrutura de saneamento básico, e) iluminação publica, f) gestão dos resíduos sólidos, g) moradia, h) segurança. b) pintura e sinalização de trânsito e dos espaços públicos, c) mecanismos de mobilidade urbana, d) estrutura de saneamento básico, e) iluminação publica, f) gestão dos resíduos sólidos, g) moradia, h) segurança. de Meio Ambiente. de Segurança Pública e Defesa Social. de Segurança Pública e Defesa Social , , ,28 Dentre os programas destacados, todos com previsão bem abaixo dos citados anteriormente,o programa relacionado ao Desenvolvimento Econômico, terá R$ 65,9 milhões para promover todas as ações destinadas à área. Já os outros dois programas (também inseridos no eixo CIDADE), voltados especificamente ao Trânsito e também à Defesa Civil, terão, respectivamente, 0,82% e 0,28%. Os outros vinte e um programas estão elencados abaixo. DEMAIS PROGRAMAS DO PPA ADMINSITRAÇÃO - Transparente - Secr.Administração Processo Legislativo ADMINSITRAÇÃO - Transparente - Fazenda ADMINSITRAÇÃO - Transparente - Encargos Gerais. Manutenção do Poder Legislativo Municipal Administração Câmara Ubatuba Municipal da Fazenda Encargos Gerais do Município , , , ,43

4 DESENVOLVIMENTO - DesenvolvimentoEconômic o, Ambientalmente Sustentável e com Inclusão Social - Serviço Social CIDADE - Cidade segurança - Guarda Municipal INTEGRAÇÃO - Município integrado, Potenc. Sua diversidade Cultural, Esportiva e Turística - Esporte PARTICIPAÇÃO - Participação e Cidadania Ativa CIDADE - Cidade segurança - F.M. Iluminação INTEGRAÇÃO - Município Integrado, Ponc. Sua Diversidade Cultural, Esportiva e Turística - FUNDART ADMINSITRAÇÃO - Transparente - ATI DESENVOLVIMENTO - Desenvolvimento Econômico, Ambientalmente Sustentável e Inclusão Social - Arquitetura. h) segurança Promover melhorias na capacidade de comunicação e integração das diversas comunidades e bairros que constituem a população ubatubense, desenvolvendo o potencial de valorização da diversidade cultural, esportiva e turística. Implantar mecanismos de participação popular na formulação de políticas públicas municipais além de acompanhamento contínuo da execução das ações desempenhadas pela Prefeitura Municipal h) segurança. Promover melhorias na capacidade de comunicação e integração das diversas comunidades e bairros que constituem a populaçãoubatubense, desenvolvendo o potencial de valorização da diversidade cultural, esportiva e turística. de Cidadania e Desenvolviment o Social. Secr Municipal de Segurança Pública e Defesa Social de Esporte e Lazer. Gabinete do Prefeito Fundo Municipal de Iluminação Pública Fundação de Arte e Cultura de Ubatuba - FUNDART Gabinete do Prefeito de Arquitetura e Planejamento Urbano , , , , , , , ,65

5 ADMINISTRAÇÃO - Transparente - Jurídico DESENVOLVIMENTO - Des. Econ., Ambientalmente sustentável e com inclusão social - FUNDAC CIDADE - Cidade segurança - Seg. Pública DESENVOLVIMENTO - DesenvolvimentoEconômic o, Ambientalmente Sustentável e com Inclusão Social - Agricultura CIDADE - Cidade segurança - Bombeiros Reserva de Contingência INTEGRAÇÃO - Município integrado, Potenc. Sua diversidade Cultural, Esportiva e Turística - Turismo DESENVOLVIMENTO - DesenvolvimentoEconômic o, Ambientalmente Sustentável e com Inclusão Social - F. M. Habitação DESENVOLVIMENTO - Desenvolvimento Econômico, Ambientalmente sustentável e Inclusão Social - F. SOLIDARIEDADE. econômico, criando um ambiente favorável à geração de emprego e renda, diversificando os setores produtivos da economia local. Protegendo os recursos naturais de forma integrada com a proteção social. h) segurança. h) segurança. Operações Especiais Promover melhorias na capacidade de comunicação e integração das diversas comunidades e bairros que constituem a população ubatubense, desenvolvendo o potencial de valorização da diversidade cultural, esportiva e turística. Assuntos Jurídicos Fundação da Criança e do Adolescente de Ubatuba - FUNDAC de Segurança Pública e Defesa Social. de Agricultura, Pesca e Abastecimento de Segurança Pública e Defesa Social. Encargos Gerais do Município de Turismo. de Cidadania e Desenvolviment o Social. Gabinete do Prefeito , , , , , , , , ,01

6 TOTAL GERAL DOS PROGRAMAS ,00

2014 2015 2016 2017 INDIRET INDIRE DIRETA A DIRETA ETA

2014 2015 2016 2017 INDIRET INDIRE DIRETA A DIRETA ETA PERUÍBE - PLANO PLURIANUAL 2014-2017 ANEXO I - FONTES DE FINANCIAMENTO DOS PROGRAMAS GOVERNAMENTAIS 2014 2015 2016 2017 INDIRET INDIR DIRETA DIRETA DIRETA INDIRE DIRETA INDIRET A ETA TA A TOTAL Valores

Leia mais

ESTADO DO AMAZONAS PREFEITURA MUNICIPAL DE MANAUS PODER EXECUTIVO

ESTADO DO AMAZONAS PREFEITURA MUNICIPAL DE MANAUS PODER EXECUTIVO QUADRO I - RECEITA ORÇAMENTÁRIA POR CATEGORIA E FONTE 1. RECEITAS CORRENTES 3.770.007.000 Receita Tributária 976.512.000 Receita de Contribuições 251.081.000 Receita Patrimonial 76.136.000 Receita de Serviços

Leia mais

RECEITAS DE CAPITAL 88.883.221 OPERAÇÕES DE CRÉDITO 59.214..075 TRANSFERÊNCIAS DE CAPITAL 29.669.146 TOTAL 1.136.493.735

RECEITAS DE CAPITAL 88.883.221 OPERAÇÕES DE CRÉDITO 59.214..075 TRANSFERÊNCIAS DE CAPITAL 29.669.146 TOTAL 1.136.493.735 LEI Nº 16.929 DE 15 DE DEZEMBRO DE 2003 ESTIMA A RECEITA E FIXA A DESPESA DA PREFEITURA DO RECIFE PARA O EXERCÍCIO DE 2004. O POVO DA CIDADE DO RECIFE, POR SEUS REPRESENTANTES, DECRETA E EU, EM SEU NOME,

Leia mais

AUDIÊNCIA PÚBLICA...para Demonstrar e Avaliar o Cumprimento das Metas Fiscais referentes ao terceiro quadrimestre do exercício de 2012

AUDIÊNCIA PÚBLICA...para Demonstrar e Avaliar o Cumprimento das Metas Fiscais referentes ao terceiro quadrimestre do exercício de 2012 AUDIÊNCIA PÚBLICA...para Demonstrar e Avaliar o Cumprimento das Metas Fiscais referentes ao terceiro quadrimestre do exercício de 2012 PREFEITURA DE SÃO JOSÉ SECRETARIA DE FINANÇAS EDITAL DE CONVOCAÇÃO

Leia mais

Cidades Metropolitanas: Estrutura Fiscal e Capacidade de Financiamento de Investimentos

Cidades Metropolitanas: Estrutura Fiscal e Capacidade de Financiamento de Investimentos Cidades Metropolitanas: Estrutura Fiscal e Capacidade de Financiamento de Investimentos Planejamento Urbano O orçamento importa! O Planejamento está subordinado ao orçamento? Restrições orçamentárias ou

Leia mais

ANEXO II COMPATIBILIZAÇÃO DE AÇÕES ORÇAMENTÁRIAS COM O PPA E LDO PROGRAMAS GOVERNAMENTAIS DE GESTÃO, MANUTENÇÃO E SERVIÇOS AO ESTADO

ANEXO II COMPATIBILIZAÇÃO DE AÇÕES ORÇAMENTÁRIAS COM O PPA E LDO PROGRAMAS GOVERNAMENTAIS DE GESTÃO, MANUTENÇÃO E SERVIÇOS AO ESTADO Lei de Diretrizes Orçamentárias 204 ANEXO II COMPATIBILIZAÇÃO DE AÇÕES ORÇAMENTÁRIAS COM O PPA E LDO PROGRAMAS GOVERNAMENTAIS DE GESTÃO, MANUTENÇÃO E SERVIÇOS AO ESTADO Código 000 Programa de Gestão, Manutenção

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE PRESIDENTE KUBITSCHEK Estado de Minas Gerais MENSAGEM Nº

PREFEITURA MUNICIPAL DE PRESIDENTE KUBITSCHEK Estado de Minas Gerais MENSAGEM Nº MENSAGEM Nº Senhores membros da Câmara Municipal, Submeto à elevada deliberação de V. Exªs. o texto do projeto de lei que institui o Plano Plurianual para o período de 2002 a 2005. Este projeto foi elaborado

Leia mais

10122 ADMINISTRAÇÃO GERAL 252.311,25 101220001 SUSTENTAÇÃO ADMINISTRATIVA 252.311,25 Total Unidade: 252.311,25

10122 ADMINISTRAÇÃO GERAL 252.311,25 101220001 SUSTENTAÇÃO ADMINISTRATIVA 252.311,25 Total Unidade: 252.311,25 2-0216 - SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE 10 SAÚDE 10122 ADMINISTRAÇÃO GERAL 101220001 SUSTENTAÇÃO ADMINISTRATIVA Total : 04 ADMINISTRAÇÃO 0217 - SECRETARIA MUNICIPAL DE COMUNICAÇÃO SOCIAL 04122 ADMINISTRAÇÃO

Leia mais

ESTADO DE SANTA CATARINA MUNICIPIO DE URUSSANGA - PREFEITURA

ESTADO DE SANTA CATARINA MUNICIPIO DE URUSSANGA - PREFEITURA Página: 1 02 GABINETE DO PREFEITO 02.01 GABINETE DO PREFEITO 235.500,00 13.904,00 47.188,90 188.311,10 13.904,00 47.188,90 0,00 235.500,00 13.904,00 47.188,90 188.311,10 13.904,00 47.188,90 0,00 0201.04

Leia mais

o Povo do.município de Fruta de Leite, por seus representantes

o Povo do.município de Fruta de Leite, por seus representantes Projeto de Lei N.o Çl1- /2015 "Estima a Receita e Fixa a Despesa do Município de Fruta de Leite para o Exercício Financeiro de 2016 e dá outras Providências". o Povo do.município de Fruta de Leite, por

Leia mais

Novos Prefeitos e Prefeitas 2013

Novos Prefeitos e Prefeitas 2013 Novos Prefeitos e Prefeitas 2013 Curso de Prefeitos Eleitos 2013 a 2016 ARDOCE Missão Ser um banco competitivo e rentável, promover o desenvolvimento sustentável do Brasil e cumprir sua função pública

Leia mais

SIOPS. Sistema de Informações sobre Orçamentos Públicos em Saúde. Orçamento e Contabilidade aplicável ao SIOPS

SIOPS. Sistema de Informações sobre Orçamentos Públicos em Saúde. Orçamento e Contabilidade aplicável ao SIOPS SIOPS Sistema de Informações sobre Orçamentos Públicos em Saúde Orçamento e Contabilidade aplicável ao SIOPS Departamento de Economia da Saúde e Desenvolvimento Secretaria Executiva / Ministério da Saúde

Leia mais

Câmara Municipal de Uberaba Sua Confiança. Nosso Trabalho. LEI N.º 9.623

Câmara Municipal de Uberaba Sua Confiança. Nosso Trabalho. LEI N.º 9.623 Sua Confiança. Nosso Trabalho. LEI N.º 9.623 Estima a receita e fixa a despesa do Município de Uberaba para o exercício de 2005, e contém outras disposições. O Povo do Município de Uberaba, Estado de Minas

Leia mais

GESTÃO DO SISTEMA DE ILUMINAÇÃO PÚBLICA ASPECTOS LEGAIS, ADMINISTRATIVOS E CONTÁBEIS

GESTÃO DO SISTEMA DE ILUMINAÇÃO PÚBLICA ASPECTOS LEGAIS, ADMINISTRATIVOS E CONTÁBEIS GESTÃO DO SISTEMA DE ILUMINAÇÃO PÚBLICA ASPECTOS LEGAIS, ADMINISTRATIVOS E CONTÁBEIS ILUMEXPO 2014 3ª Exposição e Fórum de Gestão de Iluminação Pública Luciana Hamada Junho 2014 IBAM, MUNICÍPIO E DESENVOLVIMENTO

Leia mais

LEI Nº 28/2009. 02 PODER EXECUTIVO 001 GABINETE DO PREFEITO 04.122.0002.2.002 Manutenção do Gabinete do Prefeito 3.1.90.13.00 Obrigações Patronais

LEI Nº 28/2009. 02 PODER EXECUTIVO 001 GABINETE DO PREFEITO 04.122.0002.2.002 Manutenção do Gabinete do Prefeito 3.1.90.13.00 Obrigações Patronais LEI Nº 28/2009 SÚMULA: Abre Crédito Adicional Suplementar. A CÂMARA MUNICIPAL DE LUPIONÓPOLIS, ESTADO DO PARANÁ, aprovou e eu PREFEITO MUNICIPAL sanciono a seguinte LEI Artigo 1º- Fica o Prefeito Municipal,

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE CASTELO - ES CONSOLIDADO ESPÍRITO SANTO 27.165

PREFEITURA MUNICIPAL DE CASTELO - ES CONSOLIDADO ESPÍRITO SANTO 27.165 001 - CÂMARA MUNICIPAL DE CASTELO 001 - CÂMARA MUNICIPAL DE CASTELO 01 Legislativa 2.410.000,00 450.000,00 2.860.000,00 01031 Ação Legislativa 2.410.000,00 450.000,00 2.860.000,00 010310001 APOIO ADMINISTRATIVO

Leia mais

A CÂMARA MUNICIPAL DE CAIAPÔNIA, ESTADO DE GOIÁS, APROVA E EU, PREFEITO MUNICIPAL, SANCIONO A SEGUINTE LEI: TÍTULO II DISPOSIÇÕES GERAIS

A CÂMARA MUNICIPAL DE CAIAPÔNIA, ESTADO DE GOIÁS, APROVA E EU, PREFEITO MUNICIPAL, SANCIONO A SEGUINTE LEI: TÍTULO II DISPOSIÇÕES GERAIS LEI N o 1.633 DE 14 DE JANEIRO DE 2013. DEFINE A NOVA ESTRUTURA ADMINISTRATIVA DO MUNICÍPIO DE CAIAPÔNIA E DETERMINA OUTRAS PROVIDÊNCIAS A CÂMARA MUNICIPAL DE CAIAPÔNIA, ESTADO DE GOIÁS, APROVA E EU, PREFEITO

Leia mais

Transição de governo: Desafios Jurídicos e Administrativos e Finanças Públicas

Transição de governo: Desafios Jurídicos e Administrativos e Finanças Públicas Transição de governo: Desafios Jurídicos e Administrativos e Finanças Públicas TEMPO TOTAL : 3 h 180 MIN - Transição: Aspectos Gerais - exposição: 15 min - Desafios Jurídicos e Administrativos: 40 min

Leia mais

ESTADO MATO GROSSO PREFEITURA MUNICIPAL DE VARZEA GRANDE

ESTADO MATO GROSSO PREFEITURA MUNICIPAL DE VARZEA GRANDE PREFEITURA MUNICIPAL DE VARZEA GRANDE 01 Legislativa 805.000,00 9.050.603,94 9.855.603,94 01.031 Ação Legislativa 01.031.0001 Gestão Legislativa 805.000,00 9.050.603,94 9.855.603,94 805.000,00 9.050.603,94

Leia mais

OPERAÇÕES URBANAS CONSORCIADAS Instrumentos de viabilização de projetos urbanos integrados

OPERAÇÕES URBANAS CONSORCIADAS Instrumentos de viabilização de projetos urbanos integrados OPERAÇÕES URBANAS CONSORCIADAS Instrumentos de viabilização de projetos urbanos integrados DEAP/SNAPU/MCIDADES Maio/2015 Contexto brasileiro Necessidade de obras públicas para requalificação e reabilitação

Leia mais

PREFEITURA DE XINGUARA

PREFEITURA DE XINGUARA 50/000-20 Anexo IV - Programas, Metas e Ações - (PPA Inicial) Página de 5 Programa: 000 AÇÃO LEGISLATIVA Manutenção da CMX através do apoio financeiro às atividades legislativas, custeio de despesas administrativas,

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE MANAUS DIRETORIA LEGISLATIVA LEI Nº 577, DE 13 DE DEZEMBRO DE 2000. (D.O.M. 14.12.2000 N... Ano I)

CÂMARA MUNICIPAL DE MANAUS DIRETORIA LEGISLATIVA LEI Nº 577, DE 13 DE DEZEMBRO DE 2000. (D.O.M. 14.12.2000 N... Ano I) LEI Nº 577, DE 13 DE DEZEMBRO DE 2000. (D.O.M. 14.12.2000 N.... Ano I) ESTIMA A RECEITA E FIXA A DESPESA DO MUNICÍPIO DE MANAUS PARA O EXERCÍCIO FINANCEIRO DE 2001. O PREFEITO MUNICIPAL DE MANAUS, no uso

Leia mais

PREFEITURA MUNIC DE URANIA AVENIDA BRASIL Nº

PREFEITURA MUNIC DE URANIA AVENIDA BRASIL Nº PREFEITURA MUNIC DE URANIA AVENIDA BRASIL Nº 390 46611117/0001-02 Montante da Receita Prevista para o Exercício Desdobrada por Classificação Econômica Orçamento Programa Anexo X - Exercício de 2011 Código

Leia mais

ESCOLA DE GOVERNO ORÇAMENTO E FINANÇAS PÚBLICAS

ESCOLA DE GOVERNO ORÇAMENTO E FINANÇAS PÚBLICAS ESCOLA DE GOVERNO ORÇAMENTO E FINANÇAS PÚBLICAS 13/10/2015 Natalina Ribeiro ORÇAMENTO PÚBLICO O Orçamento Público é um dos principais instrumentos de planejamento das políticas de governo. Histórico do

Leia mais

O ORÇAMENTO PÚBLICO MUNICIPAL E OS RECURSOS PARA A INFÂNCIA. Exemplo prático

O ORÇAMENTO PÚBLICO MUNICIPAL E OS RECURSOS PARA A INFÂNCIA. Exemplo prático O ORÇAMENTO PÚBLICO MUNICIPAL E OS RECURSOS PARA A INFÂNCIA Exemplo prático Incluir no PPA as ações do plano Proteção Integral, que envolve programas de interesse da INFÂNCIA Um município quer implantar

Leia mais

Demonstrativo de Funções, Subfunções e Programas por Projetos e Atividades - Anexo VII

Demonstrativo de Funções, Subfunções e Programas por Projetos e Atividades - Anexo VII 01 Legislativa 3.000.000 52.200.000 55.200.000 01031 Ação Legislativa 7.834.000 7.834.000 010310028 ATUAÇÃO LEGISLATIVA DA CÂMARA MUNICIPAL DE 7.834.000 7.834.000 01122 Administração Geral 3.000.000 38.140.000

Leia mais

Demonstrativo por Órgão / Programa

Demonstrativo por Órgão / Programa Demonstrativo por Órgão / Orçamento- do Exercício de Novembro de 2013 Órgão: 002 a 999 0 a 9999 Todas as Administrações Página: 1 Órgão: 002 GABINETE DO PREFEITO 0006 JUVENTUDE 97.969,00-97.969,00 0,00

Leia mais

01. Câmara Municipal. 02. Secretaria Municipal de Governo. 03. Gabinete do Vice-Prefeito. 04. Procuradoria Geral do Município

01. Câmara Municipal. 02. Secretaria Municipal de Governo. 03. Gabinete do Vice-Prefeito. 04. Procuradoria Geral do Município Estrutura Administrativa e Principais 01. Câmara Municipal - Lei Orgânica do Município de Teresina, de 05 de abril de 1991. - Votar o Orçamento Anual e o Plano Plurianual, bem como autorizar abertura de

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE IRACEMA - RR

PREFEITURA MUNICIPAL DE IRACEMA - RR Página: 1 Órgão: 01 - CÂMARA MUNICIPAL DE IRACEMA Unidade: 01 - CÂMARA MUNICIPAL DE IRACEMA 324.000,00 TOTAL UNIDADE 324.000,00 TOTAL ÓRGÃO 324.000,00 Página: 2 Órgão: 02 - GABINETE DO PREFEITO Unidade:

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE CASTELO CONSOLIDADO ESPÍRITO SANTO 27.165

PREFEITURA MUNICIPAL DE CASTELO CONSOLIDADO ESPÍRITO SANTO 27.165 001 - CÂMARA MUNICIPAL DE CASTELO 001 - CÂMARA MUNICIPAL DE CASTELO 01 Legislativa 1.405.502,77 1.405.502,77 01031 Ação Legislativa 1.405.502,77 1.405.502,77 010310001 APOIO ADMINISTRATIVO DA CÂMARA MUNICIPAL

Leia mais

R$ 1,00 2012 2013 2014 2015 Total. VALORES PREVISTOS POR UNIDADE ORÇAMENTÁRIA R$ 1,00 2012 2013 2014 2015 Total Unidades Orçamentárias

R$ 1,00 2012 2013 2014 2015 Total. VALORES PREVISTOS POR UNIDADE ORÇAMENTÁRIA R$ 1,00 2012 2013 2014 2015 Total Unidades Orçamentárias PPA 212-215 PROGRAMA - 546 - Gestão, Manutenção e Serviços ao Estado Valor Global R$ 1, 2.888.542.769 2.993.951.96 3.133.467.663 3.281.47.521 12.297.369.859 ÓRGAO:1 - Assembleia Legislativa VALORES PREVISTOS

Leia mais

SÃO BERNARDO DO CAMPO

SÃO BERNARDO DO CAMPO 1 PPA Participativo 2014-2017 Prestação de Contas O PPA Participativo 2014-2017 em números 21 plenárias 13.471 participantes 200 grupos de trabalho 400 diretrizes 55 programas e ações R$ 18,6 bilhões 3

Leia mais

Assembleia Legislativa do Estado do Ceará. Comissão de Orçamento, Finanças e Tributação

Assembleia Legislativa do Estado do Ceará. Comissão de Orçamento, Finanças e Tributação Assembleia Legislativa do Estado do Ceará Comissão de Orçamento, Finanças e Tributação Plano Plurianual PPA (2016-2019) O Plano Plurianual (PPA) é um instrumento de planejamento de médio prazo que estabelece,

Leia mais

O GOVERNADOR DO ESTADO DO ACRE

O GOVERNADOR DO ESTADO DO ACRE LEI N. 1.522, DE 29 DE DEZEMBRO DE 2003 Estima a Receita, fixa a Despesa do Estado para o exercício financeiro de 2004 e dá outras providências. O GOVERNADOR DO ESTADO DO ACRE seguinte Lei: FAÇO SABER

Leia mais

O ORÇAMENTO PÚBLICO AO ALCANCE DO CIDADÃO

O ORÇAMENTO PÚBLICO AO ALCANCE DO CIDADÃO O ORÇAMENTO PÚBLICO AO ALCANCE DO CIDADÃO Denise Rocha Assessora de Política Fiscal e Orçamentária São Luís - MA 23 a 27 de agosto de 2004 1ª ETAPA - ENTENDENDO O ORÇAMENTO PÚBLICO A importância do orçamento

Leia mais

PLANO PLURIANUAL 2006-2009

PLANO PLURIANUAL 2006-2009 LEI Nº 5.115/ (Altera o Plano Plurianual -2009 e dá outras providências) A CÂMARA MUNICIPAL DE RIO VERDE-GO APROVA: Art. 1º - Altera a Lei 5.079/2005, de 15 de dezembro de, que trata do Plano Plurianual

Leia mais

ANEXO IX - DEMONSTRATIVO VII METAS E PRIORIDADES - COMPATIBILIZAÇÃO DA LEI DE DIRETRIZES ORÇAMENTÁRIAS COM O PLANO PLURIANUAL

ANEXO IX - DEMONSTRATIVO VII METAS E PRIORIDADES - COMPATIBILIZAÇÃO DA LEI DE DIRETRIZES ORÇAMENTÁRIAS COM O PLANO PLURIANUAL METAS E PRIORIDADES - COMPATIBILIZ DA LEI DE DIRETRIZES ORÇAMENTÁRIAS COM O PLANO PLURIANUAL TÍTULO PRODUTO TIPO DE META 2013 2001 Administração Legislativa Serviços Realizados ORÇAMENTÁRIA 95% 0001 GESTÃO

Leia mais

Total... 10.413.694,13

Total... 10.413.694,13 Orcamentos Anuais (Art. 2o, Inciso X) - Despesa Fixada por Unidade Orcamentaria 01.01 CAMARA MUNICIPAL 370.336,14 02.01 GABINETE DO PREFEITO 308.200,00 03.01 SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRACAO 608.400,00

Leia mais

Lei N.º 1215 / 2012. Dispõe Sobre a Autorização para Abertura de Crédito Adicional Suplementar e dá Outras Providências.

Lei N.º 1215 / 2012. Dispõe Sobre a Autorização para Abertura de Crédito Adicional Suplementar e dá Outras Providências. Lei N.º 1215 / 2012 Dispõe Sobre a Autorização para Abertura de Crédito Adicional Suplementar e dá Outras Providências. O Prefeito Municipal de Rubinéia, Aparecido Goulart, no uso das atribuições que lhe

Leia mais

3601 - SECRETARIA DE GESTÃO ESTRATÉGICA E RELAÇÕES INTERNACIONAIS - ADMINISTRAÇÃO DIRETA

3601 - SECRETARIA DE GESTÃO ESTRATÉGICA E RELAÇÕES INTERNACIONAIS - ADMINISTRAÇÃO DIRETA 3601 - SECRETARIA DE GESTÃO ESTRATÉGICA E RELAÇÕES INTERNACIONAIS - ADMINISTRAÇÃO DIRETA Legislação: Lei nº 15.506, de 31 de julho de 1991; Decreto nº 15.813, de 24 de abril de 1992; Lei nº 15.738, de

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE SAO ROQUE DO CANAA CONSOLIDADO - PMSRC E CAMARA ESPÍRITO SANTO 01.612

PREFEITURA MUNICIPAL DE SAO ROQUE DO CANAA CONSOLIDADO - PMSRC E CAMARA ESPÍRITO SANTO 01.612 001 - CÂMARA MUNICIPAL 001 - CÂMARA MUNICIPAL 01 Legislativa 01031 Ação Legislativa 010310001 LEGISLATURA ATUANTE Total Total Página 1 de 15 002 - GABINETE DO PREFEITO 001 - GABINETE DO PREFEITO 04 Administração

Leia mais

MUNICÍPIO DE ANGRA DOS REIS - CONSOLIDADO GERAL. Demonstrativo de Funções, Subfunções e Programas para Projetos e Atividades

MUNICÍPIO DE ANGRA DOS REIS - CONSOLIDADO GERAL. Demonstrativo de Funções, Subfunções e Programas para Projetos e Atividades Exercício de 01 LEGISLATIVA 4.6.00 29.444.00 33.600.00 01 031 AÇÃO LEGISLATIVA 4.6.00 29.444.00 33.600.00 01 031 05 Desenvolvimento Legislativo 4.6.00 29.444.00 33.600.00 ADMINISTRAÇÃO 7.698.00.0.50 1.7.50

Leia mais

Balancete Financeiro - RECEITA

Balancete Financeiro - RECEITA Balancete Financeiro Pagina 1/6 RECEITAS ORÇAMENTÁRIAS 1.0.0.0.00.00.00.00 RECEITAS CORRENTES 5.554.843,81 55.865.864,51 1.1.0.0.00.00.00.00 RECEITA TRIBUTÁRIA 596.903,38 5.277.172,60 1.1.1.0.00.00.00.00

Leia mais

Q.D.D. 2013 Quadro de Detalhamento da Despesa

Q.D.D. 2013 Quadro de Detalhamento da Despesa Q.D.D. 2013 Quadro de Detalhamento da Despesa FRANCISCO BELLO GALINDO FILHO Prefeito Municipal JULIANA MARTINS DA ROCHA Secretaria Municipal de Planejamento e Finanças Diretoria de Planejamento e Orçamento

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE MANAUS

CÂMARA MUNICIPAL DE MANAUS O PREFEITO DE MANAUS LEI DELEGADA N 10, DE 31 DE JULHO DE 2013 (D.O.M. 31.07.2013 N. 3221 Ano XIV) DISPÕE sobre a estrutura organizacional da SECRETARIA MUNICIPAL DE FINANÇAS, TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

Leia mais

Francisco Paulo Pimenta Maria Tereza de Araújo Serra

Francisco Paulo Pimenta Maria Tereza de Araújo Serra TEXTO: FINANCIAMENTO (MECANISMOS E INSTRUMENTOS) Diretrizes Orçamentárias, Plano Integrado e Orçamento Público da União, Estados, Distrito Federal e Municípios: conhecer para exigir, exigir para incluir,

Leia mais

A ESTRELA QUE QUEREMOS. Planejamento Estratégico de Estrela

A ESTRELA QUE QUEREMOS. Planejamento Estratégico de Estrela Planejamento Estratégico de Estrela 2015 2035 O planejamento não é uma tentativa de predizer o que vai acontecer. O planejamento é um instrumento para raciocinar agora, sobre que trabalhos e ações serão

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE MINISTRO ANDREAZZA Estado de Rondônia Exercício:

PREFEITURA MUNICIPAL DE MINISTRO ANDREAZZA Estado de Rondônia Exercício: Função 01 Legislativa 031 Legislativa 0001 APOIO ADMINISTRATIVO DO PODER LEGISLATIVO 2001 MANUTENÇÃO DOS SERVIÇOS ADMINISTRATIVOS DA CAMARA MUNICIPAL 0001 APOIO ADMINISTRATIVO DO PODER LEGISLATIVO 2002

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE SAQUAREMA RUA CORONEL MADUREIRA 77 - CNPJ:32147670/0001-21

PREFEITURA MUNICIPAL DE SAQUAREMA RUA CORONEL MADUREIRA 77 - CNPJ:32147670/0001-21 Página 1 PODER 01 PODER LEGISLATIVO ORGÃO 01 CAMARA MUNICIPAL DE SAQUAREMA UNIDADE 01 CAMARA MUNICIPAL DE SAQUAREMA 01 Legislativa 6.436.730,49 01 031 Ação Legislativa 6.436.730,49 01 031 0079 GESTÃO ADMINISTRATIVA

Leia mais

Município de Cruzeiro do Iguaçu - PPA 2014 / 2017

Município de Cruzeiro do Iguaçu - PPA 2014 / 2017 Página: 1 0 - OPERAÇÕES ESPECIAIS OPERAÇÕES ESPECIAIS 1 Operação Especial ENCARGOS ESPECIAIS Outros Produtos 2 Operação Especial CONTRIBUIÇÃO AO PASEP Outros Produtos 1 - AÇÕES LEGISLATIVAS MANTER AS ATIVIDADES

Leia mais

EDUARDO TADEU SAGGIORATO Gerente de Negócios e Operações NADSON XAVIER SOARES Gerente do Setor Público 21.02.2013

EDUARDO TADEU SAGGIORATO Gerente de Negócios e Operações NADSON XAVIER SOARES Gerente do Setor Público 21.02.2013 EDUARDO TADEU SAGGIORATO Gerente de Negócios e Operações NADSON XAVIER SOARES Gerente do Setor Público 21.02.2013 QUEM SOMOS Legal Instituição Financeira do Estado de São Paulo, vinculada a Secretaria

Leia mais

Natureza Jurídica não encontrada PREFEITURA MUNICIPAL DE MORRINHOS DO SUL. Seleção: DE DIRETRIZES ORÇAMENTÁRIAS 2015

Natureza Jurídica não encontrada PREFEITURA MUNICIPAL DE MORRINHOS DO SUL. Seleção: DE DIRETRIZES ORÇAMENTÁRIAS 2015 Planilha LEI de Identificação dos Projetos, Atividades e Operações Especiais Data: Página: 30/01/2015 1/118 Função: Subfunção: Programa: Legislativa Ação Legislativa 0025 131 Objetivo Justificativa Apreciar

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE MANAUS DIRETORIA LEGISLATIVA

CÂMARA MUNICIPAL DE MANAUS DIRETORIA LEGISLATIVA LEI Nº 2.054, DE 29 DE OUTUBRO DE 2015 (D.O.M. 29.10.2015 N. 3.763 Ano XVI) DISPÕE sobre a estrutura organizacional da Secretaria Municipal de Finanças, Tecnologia da Informação e Controle Interno Semef,

Leia mais

Prefeitura Municipal de AJURICABA LDO - Lei de Diretrizes Orçamentárias - 2016 Anexo V - Meta Fiscal da Despesa - Rol de Programas

Prefeitura Municipal de AJURICABA LDO - Lei de Diretrizes Orçamentárias - 2016 Anexo V - Meta Fiscal da Despesa - Rol de Programas Página: 1 0000 OPERAÇÕES ESPECIAIS 101 Restituição de Recursos 4.000,00 5.000,00 6.000,00 201 Contribuição PASEP 290.000,00 300.000,00 310.000,00 301 Sentenças Judiciais e Precatórios 6.000,00 8.000,00

Leia mais

ANEXO 05 Lei n 509 - PPA

ANEXO 05 Lei n 509 - PPA DIÁRIO OFICIAL DO MUNICÍPIO Instituído pela lei municipal de n 352, de 31 de agosto de 2009. ADMINISTRAÇÃO DO EXMO. SENHOR CICERO MONTEIRO NETO ANO V N 327 - RODOLFO FERNANDE S/RN, Terça - feira, 31 de

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE TEIXEIRA DE FREITAS ESTADO DA BAHIA

PREFEITURA MUNICIPAL DE TEIXEIRA DE FREITAS ESTADO DA BAHIA _ LEI Nº 429/07 Cria a Secretaria Municipal de Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, e dá outras providências. O Prefeito Municipal de Teixeira de Freitas, Estado da Bahia. Faço saber que a Câmara Municipal

Leia mais

Discriminação AÇÃO AÇÃO AÇÃO AÇÃO AÇÃO AÇÃO 79 80 81 82 83 84. Restauração, Intervenção da Praça General Tibúrcio - Fortaleza Histórica

Discriminação AÇÃO AÇÃO AÇÃO AÇÃO AÇÃO AÇÃO 79 80 81 82 83 84. Restauração, Intervenção da Praça General Tibúrcio - Fortaleza Histórica CUSTO PREVISTO DA AÇÃO (R$) - 200.000,00 45.000,00 194.960,00 400.000,00 80.000,00 550.000,00 1. CONDIÇÕES DE ACEITAÇÃO 1.1 Atende aos componentes dos Termos de Referência? 1.2 Escala da ação é compatível

Leia mais

Discriminação AÇÃO AÇÃO AÇÃO AÇÃO AÇÃO AÇÃO 37 38 39 40 41 42

Discriminação AÇÃO AÇÃO AÇÃO AÇÃO AÇÃO AÇÃO 37 38 39 40 41 42 085/230 - Terezinha - CUSTO PREVISTO DA AÇÃO (R$) - 500.000,00 120.000,00 5.200.000,00 693.000,00 2.790.000,00 8.000.000,00 1. CONDIÇÕES DE ACEITAÇÃO 1.1 Atende aos componentes dos Termos de Referência?

Leia mais

Prof. Marcus Tomasi UDESC/ESAG

Prof. Marcus Tomasi UDESC/ESAG Prof. Marcus Tomasi UDESC/ESAG O QUE É... É a síntese do contrato firmado entre o governo e a sociedade, onde as contribuições da sociedade (receitas) são transformadas em ações do governo (despesas) para

Leia mais

Av. Pau-Brasil, 5577, Centro, Ministro Andreazza/RO Fones: (69) 3448-2361/2484

Av. Pau-Brasil, 5577, Centro, Ministro Andreazza/RO Fones: (69) 3448-2361/2484 OFICIO Nº. 289/GAB/PMMA/2.013. Ministro Andreazza/RO., 27 de agosto de 2.013. À Sua Excelência Ver. ROMILSON PEREIRA PRESIDENTE DA CÂMARA DOS VEREADORES Ministro Andreazza-RO. ASSUNTO: PROJETO DE LEI-

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL

PREFEITURA MUNICIPAL ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL LEI No 2.396197 Dispõem sobre a organizaçgo admi nistrativa da Prefeitura Municipal de Soledade e dá outras providên - cias.- HÉLIO ÂNGELO LODI - Prefeito Municipal de Soledade,

Leia mais

LEI PM/Nº. 2.347/2009. De 23 de dezembro de 2009.

LEI PM/Nº. 2.347/2009. De 23 de dezembro de 2009. LEI PM/Nº. 2.347/2009. De 23 de dezembro de 2009. Dispõe sobre o Plano Plurianual de governo do Município, para o quadriênio 2010 a 2013. O PREFEITO DO MUNICÍPIO DE SANTA VITÓRIA-MG, Faço saber que a Câmara

Leia mais

PLANO PLURIANUAL PPA 2014/2017 Revisão 2015

PLANO PLURIANUAL PPA 2014/2017 Revisão 2015 PLANO PLURIANUAL PPA 2014/2017 Revisão 2015 MUNICÍPIO DE OLINDA PE LEI Nº 5.904/2014 REVISA, PARA O EXERCÍCIO DE 2015, O PLANO PLURIANUAL 2014/2017 DO MUNICÍPIO DE OLINDA, APROVADO PELA LEI Nº 5.852, DE

Leia mais

Flávio Ahmed CAU-RJ 15.05.2014

Flávio Ahmed CAU-RJ 15.05.2014 Flávio Ahmed CAU-RJ 15.05.2014 O espaço urbano como bem ambiental. Aspectos ambientais do Estatuto da cidade garantia da qualidade de vida. Meio ambiente natural; Meio ambiente cultural; Meio ambiente

Leia mais

FERRAMENTAS DE GESTÃO

FERRAMENTAS DE GESTÃO GESTÃO PÚBLICA FERRAMENTAS DE GESTÃO PLANO DIRETOR INSTRUMENTO DE PLANEJAMENTO A LONGO PRAZO PERÍODO 20 ANOS INDICADORES MACRO ECONÔMICOS ESTUDOS DE CRESCIMENTO POPULACIONAL RENDA E EMPREGO EXPANSÃO URBANA

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE CUIABÁ SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO E FINANÇAS LOA - LEI ORÇAMENTÁRIA ANUAL - 2014

PREFEITURA MUNICIPAL DE CUIABÁ SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO E FINANÇAS LOA - LEI ORÇAMENTÁRIA ANUAL - 2014 01101 - CÂMARA MUNICIPAL DE CUIABÁ 01 - LEGISLATIVA 031 - Ação Legislativa 0001 - ATUAÇÃO LEGISLATIVA DA CÂMARA MUNICIPAL 2001 - Manutenção e Conservação de Bens Imóveis 37.602.000 37.602.000 37.602.000

Leia mais

ANEXO B Hierarquização dos projetos através da metodologia Delphi

ANEXO B Hierarquização dos projetos através da metodologia Delphi ANEXO B Hierarquização dos projetos através da metodologia Delphi Discriminação AÇÃO AÇÃO AÇÃO AÇÃO AÇÃO AÇÃO s CUSTO PREVISTO DA AÇÃO (R$) - 500.000,00 1.000.000,00 2.850.000,00 170.000,00 30.000,00 1.120.000,00

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE CRUZEIRO DO SUL PPA 2010/2013 CLASSIFICAÇÃO DOS PROGRAMAS E AÇÕES POR FUNÇÃO E SUBFUNÇÃO SUBFUNÇÃO PROGRAMA AÇÃO

PREFEITURA MUNICIPAL DE CRUZEIRO DO SUL PPA 2010/2013 CLASSIFICAÇÃO DOS PROGRAMAS E AÇÕES POR FUNÇÃO E SUBFUNÇÃO SUBFUNÇÃO PROGRAMA AÇÃO FUNÇÃO: 01 - LEGISLATIVA 031 Ação Legislativa 0001 - Execução da Ação Legislativa Manutenção das Atividades Legislativas FUNÇÃO: 02 - JUDICIÁRIA 122 Administração Geral 0006 - Defesa Jurídica do Município

Leia mais

Plano Plurianual DESENVOLVIMENTO, PRODUTIVIDADE E INCLUSÃO SOCIAL ANEXO II

Plano Plurianual DESENVOLVIMENTO, PRODUTIVIDADE E INCLUSÃO SOCIAL ANEXO II Plano Plurianual 216 219 DESENVOLVIMENTO, PRODUTIVIDADE E INCLUSÃO SOCIAL ANEXO II PROGRAMA: 21 - Aprimoramento do Ministério Público Orçamentos Fiscal e da Seguridade Social 82.71 268.863 Despesas Correntes

Leia mais

Metodologia de Elaboração do PPA-Plano. Cuiabá, Março de 2011

Metodologia de Elaboração do PPA-Plano. Cuiabá, Março de 2011 Metodologia de Elaboração do PPA-Plano Plurianual 2012/2015 Cuiabá, Março de 2011 Estratégia e PPA Plano Estratégico de Desenvolvimento MT+ 20 2012/2032 Orientações Estratégicas de Longo Prazo Plano Plurianual

Leia mais

FLORIANÓPOLIS... um dos melhores destinos turísticos... Audiência Pública Apresentação e discussão da LDO de 2013

FLORIANÓPOLIS... um dos melhores destinos turísticos... Audiência Pública Apresentação e discussão da LDO de 2013 FLORIANÓPOLIS... um dos melhores destinos turísticos... Audiência Pública Apresentação e discussão da LDO de 2013 Apresentação e discussão das metas para elaboração das Diretrizes Orçamentárias para o

Leia mais

As principais diretrizes propostas neste Plano Plurianual estão sintetizados em 03 (três) eixos: Inclusão Social, Infra-estrutura e Gestão.

As principais diretrizes propostas neste Plano Plurianual estão sintetizados em 03 (três) eixos: Inclusão Social, Infra-estrutura e Gestão. APRESENTAÇÃO Como uma das principais novidades do marco constitucional, o Plano Plurianual passa a se constituir, na síntese dos esforços de planejamento de toda administração pública, orientação a elaboração

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE CURITIBA INSTITUTO DE PESQUISA E PLANEJAMENTO URBANO DE CURITIBA

PREFEITURA MUNICIPAL DE CURITIBA INSTITUTO DE PESQUISA E PLANEJAMENTO URBANO DE CURITIBA PREFEITURA MUNICIPAL DE CURITIBA INSTITUTO DE PESQUISA E PLANEJAMENTO URBANO DE CURITIBA OFICINA DE CAPACITAÇÃO PARA O PLANO DIRETOR: REGIONAL BOQUEIRÃO 18/03/2014 CURITIBA MARÇO/2014 Realizações no dia

Leia mais

Carta Aberta aos candidatos e candidatas às prefeituras e Câmaras Municipais

Carta Aberta aos candidatos e candidatas às prefeituras e Câmaras Municipais Carta Aberta aos candidatos e candidatas às prefeituras e Câmaras Municipais Estatuto da Criança e do Adolescente: 18 anos, 18 Compromissos A criança e o adolescente no centro da gestão municipal O Estatuto

Leia mais

Exercício: 2013 Data base: 31/12/2013

Exercício: 2013 Data base: 31/12/2013 Prefeitura Municipal de Alvorada Página: 000001 Orgão: 01 CAMARA MUNICIPAL DE VEREADORES 01 LEGISLATIVA 41.087,91 6.600.377,60 0,00 6.641.465,51 01.031 ACAO LEGISLATIVA 41.087,91 5.758.613,76 0,00 5.799.701,67

Leia mais

Aplicações Diretas 3.1.90.00 120.194,00 0,00 120.194,00 OUTRAS DESPESAS CORRENTES

Aplicações Diretas 3.1.90.00 120.194,00 0,00 120.194,00 OUTRAS DESPESAS CORRENTES DE APLIC Unidade Orçamentária DEPARTAMENTO DE SERVIÇOS URBANOS 01 Função URBANISMO 15 Sub-função SERVIÇOS URBANOS 452 Programa SERVIÇOS ESSENCIAIS 0901 Atividade Manutenção dos Serviços Urbanos 2110 090101

Leia mais

LEI N cf2 ~ r/- DE ~ e DE ~~ DE 2.007. Projeto de Lei n.º 048/2007, de autoriadoodefêxecutivo Municipal.

LEI N cf2 ~ r/- DE ~ e DE ~~ DE 2.007. Projeto de Lei n.º 048/2007, de autoriadoodefêxecutivo Municipal. / ESTADO DE MATO GROSSO LEI N cf2 ~ r/- DE ~ e DE ~~ DE 2.007. Projeto de Lei n.º 048/2007, de autoriadoodefêxecutivo Municipal. - "Estima a Receita e fixa as Despesas do Município de Barra do Garças,

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE BETÂNIA Estado de Pernambuco LEI Nº 636 /2012 DE DIRETRIZES ORÇAMENTÁRIAS 2013 Anexo de Prioridades e Metas ( Sintético )

PREFEITURA MUNICIPAL DE BETÂNIA Estado de Pernambuco LEI Nº 636 /2012 DE DIRETRIZES ORÇAMENTÁRIAS 2013 Anexo de Prioridades e Metas ( Sintético ) Anexo de Prioridades e s ( Sintético ) s Processo Legislativo Administração Legislativa Planejamento Governamental Gestão Política Administrativa Suporte Administrativo Garantir o exercício da função legislativa

Leia mais

MUNICÍPIO DE CASTELO CONSOLIDADO ESPÍRITO SANTO 27.165

MUNICÍPIO DE CASTELO CONSOLIDADO ESPÍRITO SANTO 27.165 001 - CÂMARA MUNICIPAL DE CASTELO 001 - CÂMARA MUNICIPAL DE CASTELO 01 Legislativa 1.776.613,21 1.776.613,21 01031 Ação Legislativa 1.776.613,21 1.776.613,21 010310001 APOIO ADMINISTRATIVO DA CÂMARA MUNICIPAL

Leia mais

1.2 - Implantação do programa de habitação rural (construção de casas de qualidade nas propriedades rurais).

1.2 - Implantação do programa de habitação rural (construção de casas de qualidade nas propriedades rurais). PLANO DE GOVERNO - ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA PARTICIPATIVA PARA 2013/2016 COLIGAÇÃO O PRESENTE NOS PERMITE SEGUIR EM FRENTE - CANDIDATO A PREFEITO PEDRINHO DA MATA 11 Ações a serem realizadas por Secretarias:

Leia mais

Unidade Gestora : CONSOLIDADO Codigo Especificacao Projetos Atividades Oper. Especiais Total

Unidade Gestora : CONSOLIDADO Codigo Especificacao Projetos Atividades Oper. Especiais Total 01.000.0000 Legislativa 300.000,00 3.280.900,00 3.580.900,00 01.031.0000 Acao Legislativa 300.000,00 3.280.900,00 3.580.900,00 01.031.0001 Dotar a Camara Municipal com moveis e 300.000,00 275.000,00 575.000,00

Leia mais

MUNICÍPIO DO CABO DE SANTO AGOSTINHO - PE RELAÇÃO DOS PROGRAMAS VIGENTES NO EXERCÍCIO 2015 PLANO PLURIANUAL E ORÇAMENTO 2015

MUNICÍPIO DO CABO DE SANTO AGOSTINHO - PE RELAÇÃO DOS PROGRAMAS VIGENTES NO EXERCÍCIO 2015 PLANO PLURIANUAL E ORÇAMENTO 2015 CódigoDenominação 1001 1002 1003 1004 1005 1006 1007 1008 1009 1011 1012 Objetivo 1013 PROGRAMA DE QUALIFICAÇÃO DOS FUNCIONÁRIOS DA PROCURADORIA GERAL DO MUNICÍPIO Promover o desenvolvimento pessoal e

Leia mais

EIXO 5 GESTÃO DA POLÍTICA NACIONAL DOS DIREITOS HUMANOS DE CRIANÇAS E ADOLESCENTES PROPOSTAS APROVADAS OBTIVERAM ENTRE 80 e 100% DOS VOTOS

EIXO 5 GESTÃO DA POLÍTICA NACIONAL DOS DIREITOS HUMANOS DE CRIANÇAS E ADOLESCENTES PROPOSTAS APROVADAS OBTIVERAM ENTRE 80 e 100% DOS VOTOS EIXO 5 GESTÃO DA POLÍTICA NACIONAL DOS DIREITOS HUMANOS DE CRIANÇAS E ADOLESCENTES PROPOSTAS APROVADAS OBTIVERAM ENTRE 80 e 100% DOS VOTOS Garantir a elaboração e implementação da política e do Plano Decenal

Leia mais

Lei nº 542/09/2009. Do Orçamento do Município. Dos Orçamentos das Unidades Gestoras Prefeitura e Câmara Municipal

Lei nº 542/09/2009. Do Orçamento do Município. Dos Orçamentos das Unidades Gestoras Prefeitura e Câmara Municipal M U N I C Í P I O D E C H I A P E T A Lei nº 542/09/2009 Estima a Receita e fixa a Despesa do Município de CHIAPETA para o Exercício de 2010.. OSMAR KUHN, Prefeito Municipal de CHIAPETA, faz saber a todos

Leia mais

Planejamento Urbano Governança Fundiária

Planejamento Urbano Governança Fundiária Planejamento Urbano Governança Fundiária Instrumentos de Gestão, Conflitos Possibilidades de Inclusão Socioespacial Alexandre Pedrozo agosto. 2014 mobiliza Curitiba...... de antes de ontem...... de ontem......

Leia mais

LEI Nº 310/2009, DE 15 DE JUNHO DE 2009.

LEI Nº 310/2009, DE 15 DE JUNHO DE 2009. LEI Nº 310/2009, DE 15 DE JUNHO DE 2009. DISPÕE SOBRE A REESTRUTURAÇÃO DO DEPARTAMENTO MUNICIPAL DE SAÚDE, CRIAÇÃO DO DEPARTAMENTO DE ASSISTÊNCIA E DESENVOLVIMENTO SOCIAL, DA DIVISÃO DE MEIO-AMBIENTE E

Leia mais

Módulo: Orçamento Público Elaboração, Controle e Monitoramento

Módulo: Orçamento Público Elaboração, Controle e Monitoramento Módulo: Orçamento Público Elaboração, Controle e Monitoramento Agosto de 2007 1. O que é orçamento? O orçamento é uma forma de planejar e executar despesas que tanto os indivíduos quanto as instituições

Leia mais

Prefeitura Municipal de Japeri Estado do Rio de Janeiro

Prefeitura Municipal de Japeri Estado do Rio de Janeiro 01 CÂMARA MUNICIPAL DE JAPERI 01.001 CÂMARA MUNICIPAL DE JAPERI 2.001 MANUTENÇÃO E OPERACIONALIZAÇÃO DA CÂMARA 02 INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA DOS SERVIDORES PÚBLICOS DO MUNICÍPI 02.001 PREVIJAPERI 2.002 MANUTENÇÃO

Leia mais

Ação Produto(Unidade) Metas 2015 Manutenção das Atividades da Câmara Municipal Câmara Mantida(unidade) 1

Ação Produto(Unidade) Metas 2015 Manutenção das Atividades da Câmara Municipal Câmara Mantida(unidade) 1 MUNICÍPIO DE CRUZEIRO DO SUL ACRE GABINETE DO PREFEITO ANEXO I (Lei Municipal n 704, de 07/10/2015) 0001 - EXECUÇÃO DA AÇÃO LEGISLATIVA Apreciar proposição em geral, apurar fatos determinados, exercer

Leia mais

ESTADO DA PARAÍBA PREFEITURA MUNICIPAL DE COREMAS-PB GABINETE DO PREFEITO

ESTADO DA PARAÍBA PREFEITURA MUNICIPAL DE COREMAS-PB GABINETE DO PREFEITO ESTADO DA PARAÍBA PREFEITURA MUNICIPAL DE COREMAS-PB GABINETE DO PREFEITO Lei complementar nº 109/2014 Coremas-PB, 10 de dezembro de 2014. Altera a Lei nº 74/2013, desmembrando a Secretaria de Juventude

Leia mais

1 de 9 ESPELHO DE EMENDAS DE ACRÉSCIMO DE META

1 de 9 ESPELHO DE EMENDAS DE ACRÉSCIMO DE META S AO PLN0002 / 2006 - LDO Página: 2355 de 2392 1 de 9 ESPELHO DE S DE AUTOR DA 27 Valorizar a diversidade das expressões culturais nacionais e regionais 1141 Cultura, Educação e Cidadania 5104 Instalação

Leia mais

Tributação Imobiliária no Brasil Revendo Desafios

Tributação Imobiliária no Brasil Revendo Desafios SEMINÁRIO INTERNACIONAL TRIBUTAÇÃO IMOBILIÁRIA INICIATIVAS PARA O FORTALECIMENTO DA AÇÃO FISCAL DOS MUNICÍPIOS EM TRIBUTAÇÃO IMOBILIÁRIA Escola de Administração Fazendária _ ESAF Lincoln Institute of Land

Leia mais

ESTADO DE GOIAS PREFEITURA MUNICIPAL DE ITAJA

ESTADO DE GOIAS PREFEITURA MUNICIPAL DE ITAJA Página 1 Entidade : Unidade Orçamentária: 01 - GABINETE DO PREFEITO E PROCURADORIA 04 Administração 512.264,08 512.264,08 04.122 Administração Geral 512.264,08 512.264,08 04.122.0003 ASSESSORAMENTO JURIDICO

Leia mais

ESTADO DO PARANÁ PREFEITURA MUNICIPAL DE BARRACAO

ESTADO DO PARANÁ PREFEITURA MUNICIPAL DE BARRACAO Página 1 Órgão: 02 - GOVERNO MUNICIPAL Unidade Orçamentária: 01 - GABINETE DO PREFEITO 04 Administração 47.910,60 47.910,60 04.122 Administração Geral 47.910,60 47.910,60 04.122.0071 Modernização Administrativa

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLEIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLEIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLEIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa LEI Nº 11.620 DE 14 DE MAIO DE 2001. (publicada no DOE nº 91, de 15 de maio de 2001) Institui o Programa de Garantia

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO MATEUS ESTADO DO ESPÍRITO SANTO GABINETE DO PREFEITO

PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO MATEUS ESTADO DO ESPÍRITO SANTO GABINETE DO PREFEITO 1 LEI COMPLEMENTAR Nº. 049/2011 CRIA A COORDENADORIA MUNICIPAL DA CONTADORIA GERAL, INSERE O ARTIGO 164-A, ALTERA O E III, SUPRIME OS INCISOS VI, VIII, XI, XVI, XVII, XX, XXII, XXIII, XXV, XXVII DO ART.

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE OURO PRETO ESTADO DE MINAS GERAIS

PREFEITURA MUNICIPAL DE OURO PRETO ESTADO DE MINAS GERAIS LEI N." 23/98 CRIA o FUNDO MUNICIPAL DE PRESERVAÇÃO CULTURAL DE OURO PRETO - FPC E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. o povo do Município de Ouro Preto, por seus representantes na Câmara Municipal, decreta e eu,

Leia mais

LEI N 1.892/2008 Dá nova redação a Lei nº 1.580/2004

LEI N 1.892/2008 Dá nova redação a Lei nº 1.580/2004 LEI N 1.892/2008 Dá nova redação a Lei nº 1.580/2004 Povo do Município de Viçosa, por seus representantes legais, aprovou e eu, em seu nome, sanciono e promulgo a seguinte Lei: Das disposições Gerais Art.

Leia mais

3801 - SECRETARIA DE DIREITOS HUMANOS E SEGURANÇA CIDADÃ - ADMINISTRAÇÃO DIRETA

3801 - SECRETARIA DE DIREITOS HUMANOS E SEGURANÇA CIDADÃ - ADMINISTRAÇÃO DIRETA 3801 - SECRETARIA DE DIREITOS HUMANOS E SEGURANÇA CIDADÃ - ADMINISTRAÇÃO DIRETA Legislação: Lei nº 17.108, de 27 de julho de 2005. DESCRIÇÃO DO PROGRAMA DE TRABALHO PROGRAMAS ESPECÍFICOS VOLTADOS PARA

Leia mais