Sistema de log do Apache

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Sistema de log do Apache"

Transcrição

1 Sistema de log do Apache O apache é bem flexível na especificação do que será registrado em seus arquivos de log, possibilitando utilizar um arquivo de log único, diversos arquivos de logs registrando cada evento ocorrido no sistema (conexão, navegador, bloqueio de acesso, erros, etc) incluindo os campos que deseja em cada arquivo e a ordem dos campos em cada um deles. Enfim qualquer coisa pode ser especificada de forma que atenda as suas necessidades particulares de logging. AgentLog AgentLog arquivo/pipe: Indica o nome do arquivo que registrará o nome do navegador que está acessando a página (conteúdo do cabeçalho User-Agent). É possível usar o pipe " " para direcionar os erros para um programa de formatação ou processamento. ATENÇÃO: Se um programa for usado como pipe, ele será executado sob o usuário que iniciou o apache. Revise o código fonte do programa para ter certeza que não contém falhas que possam comprometer a segurança de seu sistema. Exemplo: AgentLog /var/log/apache/agent.log ErrorLog ErrorLog arquivo/pipe - Especifica o arquivo que registrará as mensagens de erro do servidor Apache. É possível usar o pipe " " para direcionar os erros para um programa de formatação ou processamento. Exemplo: ErrorLog /var/log/apache2/error.log CustomLog Permite especificar onde os logs serão gravados para os arquivos de logs personalizados. Esta diretiva também aceita apelidos definidos pela diretiva LogFormat. CustomLog [arquivo/pipe] [formato/nome] Onde: arquivo/pipe Arquivo de log personalizado ou pipe. formato/nome Especifica o formato do arquivo de log (da mesma forma que o especificado na opção LogFormat). Deverá ser especificado entre "aspas" caso tiver espaços. Veja [#ss-apache-log-logformat LogFormat, Seção ] para detalhes. Ao invés de especificar o formato, também é possível usar um apelido definido pela opção LogFormat ([#s-s-apache-log-logformat LogFormat, Seção ]), neste caso os

2 parâmetros definidos pelo LogFormat para "nome" serão atribuídos a diretiva CustomLog. Exemplos: CustomLog /var/log/apache/common.log "%h %l %u %t \"%r\" %>s %b" CustomLog /var/log/apache/common.log common RefererLog RefererLog [arquivo/pipe]: Indica que arquivo/pipe registrará os campos Referer do cabeçalho HTTP. Esta diretiva é mantida por compatibilidade com o servidor web NCSA 1.4. A configuração padrão do Apache usa uma diretiva alternativa para a especificação do referer que é a seguinte: LogFormat "%{Referer}i -> %U" referer CustomLog /var/log/apache/referer.log referer Exemplo: RefererLog /var/log/apache/referer.log RewriteLog RewriteLog: [arquivo/pipe]: Indica o arquivo/pipe que registrará qualquer regravação de URL feita pelo Apache. OBS: Não é recomendável direcionar o nome de arquivo para /dev/null como forma de desativar este log, porque o módulo de regravação não cria a saída para um arquivo de log, ele cria a saída de log internamente. Isto somente deixará o servidor lento. Para desativar este registro, simplesmente remova/comente a diretiva RewriteLog ou use a opção RewriteLogLevel 0. Exemplo: RewriteLog "/usr/local/var/apache/logs/rewrite.log RewriteLogLevel RewriteLogLevel [num]: Especifica os detalhes que serão incluídos no registro da opção RewriteLog, os valores permitidos estão entre 0 e 9. Se for usado 0, o registro do RewriteLog é totalmente desativado (esta é a padrão).obs: Qualquer valor acima de 2 deixa o servidor Web cada vez mais lento devido ao processamento e a quantidade de detalhes registrados no arquivo especificado por RewriteLog. ScriptLog ScriptLog [arquivo]: Especifica o nome do arquivo de log que receberá as mensagens de erros gerados por scripts CGI executados no servidor. Esta opção é controlada pelo módulos mod_cgi. Os arquivos de log serão abertos por um sub-processo rodando com as

3 permissões do usuário especificado na diretiva "user". OBS: Esta opção somente é recomendada como depuradora de scripts CGI, não para uso contínuo em servidores ativos. Exemplo: ScriptLog /var/log/apache/cgiscripts.log ScriptLogBuffer ScriptLogBuffer: Especifica o tamanho do cabeçalho PUT ou POST gravado no arquivo especificado por ScriptLog. O valor padrão é 1024 bytes. Esta opção é controlada pelo módulos mod_cgi Exemplo: ScriptLogBuffer 512 ScriptLogLength ScriptLogLength: [tamanho]: Especifica o tamanho máximo do arquivo de log gerado pela opção ScriptLog. O valor padrão é bytes (10.3MB). Esta opção é controlada pelo módulos mod_cgi ScriptLogBuffer: Especifica o tamanho do cabeçalho PUT ou POST gravado no arquivo especificado por ScriptLog. O valor padrão é 1024 bytes. Esta opção é controlada pelo módulos mod_cgi Exemplo: ScriptLogBuffer 512 ScriptLogLength: [tamanho]: Especifica o tamanho máximo do arquivo de log gerado pela opção ScriptLog. O valor padrão é bytes (10.3MB). Esta opção é controlada pelo módulos Exemplo: ScriptLogLength LogFormat LogFormat: Define os campos padrões do arquivo gerado pela opção TransferLog. O seu formato é o seguinte: LogFormat [formato] [nome] Quando o formato não é especificado, assume o valor padrão %h %l %u %t \"%r\" %s %b. A especificação do [nome] permite que você utilize o formato especificado em uma opção CustomLog ou outra diretiva LogFormat, facilitando a especificação do formato do log. Os seguintes formatos são válidos: %b - Bytes enviados, excluindo cabeçalhos HTTP. %f - Nome do arquivo. %{FOOBAR}e - O conteúdo da variável de ambiente FOOBAR. %h - Máquina cliente. %a - Endereço IP da máquina cliente. %A - Endereço IP local. Muito útil em virtual hostings. %{Foobar}i - O conteúdo de Foobar: linhas de cabeçalho na requisição enviada ao servidor. %l - O nome de login remoto enviado pelo identd (se fornecido). %{Foobar}n - O conteúdo de "FooBar" de outro módulo.

4 %{Foobar}o: - O conteúdo de Foobar: linhas de cabeçalho na resposta. %p - A porta do servidor servindo a requisição. %P - A identificação do processo filho que serviu a requisição. %r - A primeira linha da requisição. %s - Status. Para requisições que foram redirecionadas. internamente. Este é o status de uma requisição *original*. Use %s para a última. %t - Hora, no formato do arquivo de log (formato inglês padrão). %{format}t - Hora, no formato definido por strftime. %T - O tempo necessário para servir a requisição, em segundos. %u - Usuário remoto (através do auth, pode ser falso se o status de retorno (%s) for 401). %U - O caminho da URL requisitada. %v - O nome canônico definido por ServerName que serviu a requisição. %V - O nome do servidor de acordo com a configuração de UseCanonicalName. Exemplos: LogFormat "%h %l %u %t \"%r\" %>s %b \"%{Referer}i\" \"%{User-Agent}i\" %T %v" full LogFormat "%h %l %u %t \"%r\" %>s %b \"%{Referer}i\" \"%{User-Agent}i\" %P %T" debug LogFormat "%h %l %u %t \"%r\" %>s %b \"%{Referer}i\" \"%{User-Agent}i\"" combined LogFormat "%h %l %u %t \"%r\" %>s %b" common LogFormat "%{Referer}i -> %U" referer LogFormat "%{User-agent}i" agente TransferLog TransferLog [arquivo/pipe]: Indica o arquivo que armazenará as transferências entre o servidor http e o cliente. Ela cria o arquivo de log com o formato definido pela opção LogFormat mais recente (sem a especificação do nome associado a diretiva) ou o formato padrão CLF do log do Apache. Se omitido, o arquivo não será gerado Exemplo: TransferLog /var/log/apache/transferências.log OBS: Se esta não é uma opção muito utilizada na administração de seus sistemas, é recomendável o uso da diretiva CustomLog (veja [#s-sapache-log-customlog CustomLog, Seção ]) para evitar confusões futuras.

5 LogLevel Define o nível de alerta das mensagens que serão gravadas no arquivo especificado pela diretiva ErrorLog. Quando não é especificado, assume o nível "error" como padrão. Abaixo os parâmetros aceitos em sua respectiva ordem de importância: emerg - O sistema está inutilizável. alert - A ação deve ser tomada imediatamente. crit - Condições críticas. error - Condições de erro. warn - Condições de alerta. notice - Condição normal mas significante. info - Mensagens informativas. debug - Mensagens do nível de depuração. Note que os níveis são os mesmos usados pelo syslog. Quando um nível particular é especificado, as mensagens de todos os níveis de maior importância também serão registrados. Por exemplo, se o nível "info" for especificado, as mensagens com os níveis de "notice" e "warn" também serão registradas. É recomendado o uso de um nível de no mínimo crit. Anonymous_Log Se estiver como "on" a senha digitada será registrada no arquivo especificado por ErrorLog. Esta diretiva é ativada por padrão. Exemplo: Anonymous_Log off CookieLog Especifica o arquivo que será usado para registrar os cookies OBS1: Caso o caminho do arquivo não for especificado nas diretivas, será assumido DocumentRoot como diretório padrão. OBS2: Caso esteja usando o pipe, o dono do processo será o mesmo que iniciou o servidor WEB Apache. Tenha certeza do funcionamento do programa para não comprometer o seu sistema, e cuide para que ele não possa ser modificado indevidamente por outros usuários. Exemplo: CookieLog /var/log/apache/cookies.log Relatório gráfico de acesso ao sistema O programa webalizer poderá ser instalado para gerar um relatório gráfico com a estatísticas de visitas por ano/mes/dia/hora usando os dados do access.log. Outra interessante característica são as estatísticas de códigos http (veja [#s-s-apache-httpcodes Códigos HTTP, Seção 12.15]), onde é possível saber a quantidade de links quebrados existentes em nosso servidor (estes poderão ser detectados usando o pacote de análise de sites linbot ).

6 O webalizer também é compatível com os formatos de log do squid e proftpd. Na distribuição Debian ele pode ser instalado a partir do pacote webalizer e gera um relatório geral quando é executado sem opções. Instalando o servidor web Apache Apache é um servidor web grátis e de código aberto que roda em mais de 50% dos servidores mundiais. Para instalar o apache, abra o terminal e digite o seguinte comando: sudo yum install httpd O procedimento de instalação irá te fazer algumas perguntas, mas basta responder Y (sim). Uma vez instalado você pode iniciar a execução do Apache no seu servidor digitando o comando: sudo service httpd start Pronto! Agora você já está com o Apache rodando em seu servidor, mas caso queira conferir se ele está rodando mesmo abra seu navegador e digite o endereço IP do seu servidor, por exemplo: Você deve ver uma página como na imagem abaixo:

7 Apache - Criando Virtual Hosts Virtual Hosts no Apache são extremamente úteis! Deste modo, podemos aproveitar o nosso Servidor WEB para hospedar vários projetos no mesmo. Para isso, acesse o arquivo /etc/httpd/conf/httpd.conf, dentro dele, coloque a porta que deseja que o Apache funcione: Listen 80 Depois disso, devemos habilitar a opção 'NameVirtualHost', como na linha abaixo: NameVirtualHost *:80 Com estas configurações, já podemos criar nosso Virtual Host: <VirtualHost *:80> ServerAdmin DocumentRoot /var/www/html/anakin ServerName anakin.jedi.com.br ErrorLog logs/anakin.jedi.com.br-error_log CustomLog logs/anakin.jedi.com.br-access_log common - Explicando: <VirtualHost *:80> Nosso Virtual Host irá funcionar na porta 80 ServerAdmin do nosso Virtual Host DocumentRoot /var/www/html/anakin Nosso diretório que estará o projeto. ServerName anakin.jedi.com.br O nome do servidor (se digitado como está no navegador, cairá diretamente no 'DocumentRoot') ErrorLog logs/anakin.jedi.com.br-error_log Local que será gerado o Log de erro CustomLog logs/anakin.jedi.com.br-access_log common Local que será gerado o Log de acesso

8 Criado o Virtual Host, podemos agora reiniciar o Apache: # service httpd restart Pronto! Você já pode acessar o navegador com o ServerName configurado. P.S.: É necessário que o seu Servidor de DNS, tenha uma entrada do tipo A para o Virtual Host criado. Exemplo: anakin A ip_do_servidor Desta forma, o navegador pesquisará dentro do Servidor por um Virtual Host chamado: anakin a configuração de todos os virtual hosts é adicionada na seção final do arquivo "/etc/httpd/conf/httpd.conf", depois do "# Section 3: Virtual Hosts". Procure pela seção "Virtual Hosts", perto do final do arquivo, e descomente a linha: NameVirtualHost *:80 A partir daí, você pode adicionar cada um dos sites hospedados no servidor usando a mesma configuração que vimos anteriormente, como em: <VirtualHost *:80> ServerName ServerAlias joao.com.br DocumentRoot /var/www/joao <VirtualHost *:80> ServerName ServerAlias maria.com.br DocumentRoot /var/www/maria A principal diferença nesse caso é que para desativar um determinado site você precisa abrir novamente o arquivo de configuração e remover (ou comentar) a seção referente a ele, em vez de utilizar o "a2dissite", como no Debian. Depois de fazer alterações no arquivo, é necessário recarregar a configuração para que elas entrem em vigor: # service httpd reload Fazendo dessa forma, os logs de acessos serão misturados no log principal do Apache, o "/var/log/apache2/access.log". Isso não é problema se você está utilizando o Google Analytics ou outra ferramenta externa para auditar os acessos dos sites (ou se simplesmente você não está preocupado em medir os acessos), mas é um grande obstáculo se você pretende usar o webalizer para gerar os relatórios de acesso. Para que cada site tenha seus logs separados, você deve adicionar duas linhas adicionais, na configuração de cada virtual host, especificando a localização do arquivo que será usado. Você com certeza não gostaria que os logs ficassem disponíveis ao público, por isso é importante usar diretórios diferentes para os arquivos do site e para os logs, como em: <VirtualHost *:80> ServerAdmin ServerName ServerAlias joao.com.br DocumentRoot /var/www/joao/html

9 ErrorLog /var/www/joao/logs/error.log CustomLog /var/www/joao/logs/access.log combined Você pode também salvar os logs na pasta de logs padrão do Apache, de forma a se beneficiar do rotacionamento automático de logs oferecido pelo logrotate. Nesse caso, você precisa apenas especificar um arquivo de log diferente para cada site, todos salvos dentro da pasta padrão, como em: <VirtualHost *:80> ServerAdmin ServerName ServerAlias joao.com.br DocumentRoot /var/www/joao/html ErrorLog /var/log/apache2/joao.error.log CustomLog /var/log/apache2/joao.access.log combined Note que, como todos os sites ficam hospedados no mesmo servidor, a única forma de chegar ao site desejado é fazendo o acesso através do domínio. Se você tentar acessar diretamente o IP do servidor, vai cair no site padrão (configurado através do arquivo "/etc/apache2/sitesavailable/default"), que, por padrão, usa o raiz da pasta "/var/www". Esta página default pode ser usada para mostrar alguma publicidade da empresa responsável pelo servidor, ou uma lista dos sites hospedados, por exemplo. Concluindo, caso queira ativar o suporte a SSL para algum dos virtual hosts, adicione a sessão referente ao SSL dentro da configuração de cada site, indicando corretamente a pasta do site e os arquivos de log. O SSL pode ser tanto ativado para o raiz do site, permitindo que os visitantes visualizem qualquer parte do site usando o "https://", ou utilizar uma pasta separada, onde está a parte de comércio eletrônico do site, por exemplo, como em: <VirtualHost *:443> ServerName DocumentRoot /var/www/joao/ssl SSLEngine on SSLCertificateFile /etc/apache2/ssl/apache.pem Neste caso, ao acessar o "http://www.joao.com.br", o visitante visualizará o conteúdo da pasta "/var/www/joao/html", enquanto ao acessar o "https://www.joao.com.br", visualizará a "/var/www/joao/ssl". Como vimos no tópico anterior, certificados SSL são válidos apenas para um domínio específico. Se você deseja oferecer suporte a SSL para vários subdomínios hospedados no servidor, a melhor opção é adquirir um certificado wildcard, que é valido para qualquer subdomínio dentro do domínio principal da sua empresa. Isso permite que você crie diversos virtual hosts, como "loja1.minhaempresa.com" e "loja2.minhaempresa.com", utilizando o mesmo certificado. Essa configuração manual funciona para pequenos servidores, que hospedam algumas dezenas ou centenas de páginas. Grandes serviços de hospedagem geralmente acabam desenvolvendo algum tipo de sistema para automatizar a tarefa. Nos serviços de hospedagem gratuita, por exemplo, onde o número de clientes é assustadoramente grande, as alterações são feitas de forma automática quando o visitante faz seu cadastro, geralmente através de um sistema escrito em PHP ou Java.

10 referencias:

SISTEMA LOGS May 20 11:37:47 felipe-virtualbox sudo: pam_unix(sudo:session): session opened for user root by felipe(uid=0)

SISTEMA LOGS May 20 11:37:47 felipe-virtualbox sudo: pam_unix(sudo:session): session opened for user root by felipe(uid=0) Faculdade de Tecnologia Senac Goiás Projeto Integrador GTI 2 Matutino Alunos: Diego Guimarães Vaz, Geovane Alves, Lucas Magalhães, Gabriel Napolis Mascarenhas. SISTEMA LOGS Um arquivo de log armazena mensagens

Leia mais

Atividade Proposta da Disciplina: Laboratório de Rede de Computadores

Atividade Proposta da Disciplina: Laboratório de Rede de Computadores Atividade Proposta da Disciplina: Laboratório de Rede de Computadores Tratamento dos dados gerados pelo Servidor de Web a partir do arquivo de logs. Configuração do Servidor Web para armazenar em um arquivo

Leia mais

SISTEMAS DE LOG NO SERVIDOR APACHE

SISTEMAS DE LOG NO SERVIDOR APACHE FACULDADE SENAC GOIÂNIA-GO SISTEMAS DE LOG NO SERVIDOR APACHE Alunos: Romero Henrique Matheus Santos Douglas Gonçalves 08 de Dezembro de 2014 Introdução Um servidor web é um programa responsável por disponibilizar

Leia mais

Instalação Apache + MySQL + PHPMyAdmin CentOS

Instalação Apache + MySQL + PHPMyAdmin CentOS Segue descrição das atividades: Tratamento dos dados gerados pelo Servidor de Web a partir do arquivo de logs. Configuração do Servidor Web para armazenar em um arquivo texto os logs de acesso, conforme

Leia mais

SERVIDOR WEB + LOG DE ACESSO LABORATÓRIO DE REDES DE COMPUTADORES Responsável: Ana Luíza Cruvinel

SERVIDOR WEB + LOG DE ACESSO LABORATÓRIO DE REDES DE COMPUTADORES Responsável: Ana Luíza Cruvinel Versão 2.0 1. INTRODUÇÃO SERVIDOR WEB + LOG DE ACESSO LABORATÓRIO DE REDES DE COMPUTADORES Responsável: Ana Luíza Cruvinel Data: 02/12/2014 Logs são muito importantes para a administração segura de sistemas,

Leia mais

FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC GESTÃO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO LABORATORIO DE REDE

FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC GESTÃO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO LABORATORIO DE REDE FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC GESTÃO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO LABORATORIO DE REDE PROFESSOR: Dinailton Laboratorio De Rede DISCENTES: Helton Klinthon Douglas Silva Dyonathan Rodrigues Laboratório de

Leia mais

ServerAdmin servermaster@projetointegrador.com - Se o sistema detectar algo de anômalo, um mail será enviado a bazar@projeointegador.

ServerAdmin servermaster@projetointegrador.com - Se o sistema detectar algo de anômalo, um mail será enviado a bazar@projeointegador. Fundamentos de Serviços IP Gestão da Tecnologia da Informação Módulo III - Noturno Alunos: Douglas Ferreira João Victor Alves Erik Souza Raphael Beghelli Introdução Neste trabalho acadêmico será apresentando

Leia mais

Virtual Hosts. João Medeiros (joao.fatern@gmail.com) 1 / 12

Virtual Hosts. João Medeiros (joao.fatern@gmail.com) 1 / 12 Virtual Hosts João Medeiros (joao.fatern@gmail.com) 1 / 12 Uma pessoa pode ser conhecida por muitos nomes Um servidor WEB também No Apache, cada identidade é identificada pela diretiva Dependendo

Leia mais

Sistemas Operacionais Livres. Servidor Web Apache

Sistemas Operacionais Livres. Servidor Web Apache Sistemas Operacionais Livres Servidor Web Apache Apache Implementação do protocolo HTTP(80) e HTTPS(443) Arquitetura Client / Server Proviemento de páginas WEB Open Source Servidor Web mais utilizado no

Leia mais

Instalando servidor Apache

Instalando servidor Apache Instalando servidor Apache Apache é um software livre de código aberto que corre mais de 50% dos servidores web do mundo. Para instalar o apache, abra um terminal e digite o comando: 1- # yum install httpd

Leia mais

Laboratório de Redes de Computadores INSTALANDO SERVIDOR APACHE NOS CENTOS 6.5

Laboratório de Redes de Computadores INSTALANDO SERVIDOR APACHE NOS CENTOS 6.5 Laboratório de Redes de Computadores Professor Responsável: Dinailton José da Silva Tratamento dos dados gerados pelo Servidor de Web a partir do arquivo de logs. Configuração do Servidor Web para armazenar

Leia mais

5/7/2010. Apresentação. Introdução. Ponto de vista do usuário. Curso Tecnologia em Telemática. Disciplina Administração de Sistemas Linux

5/7/2010. Apresentação. Introdução. Ponto de vista do usuário. Curso Tecnologia em Telemática. Disciplina Administração de Sistemas Linux Apresentação Servidor Web Administração de Sistemas Curso Tecnologia em Telemática Disciplina Administração de Sistemas Linux Professor: Anderson Costa anderson@ifpb.edu.br Assunto da aula Servidor Web

Leia mais

Linux Network Servers

Linux Network Servers Apache Parte 2 Criptografia simétrica Os algoritmos de chave-simétrica (também chamados de Sistemas de Chaves Simétricas, criptografia de chave única, ou criptografia de chave secreta) são uma classe de

Leia mais

Instalação e Configuração do Servidor HTTPD Apache

Instalação e Configuração do Servidor HTTPD Apache Instalação e Configuração do Servidor HTTPD Apache Aqui iremos utilizar uma distribuição Linux no caso o CentOS, após a instalação do CentOS, iremos para a parte de instalação e configuração do Servidor

Leia mais

Faculdade de Tecnologia Senac Goiás. Goiânia, 28 de novembro de 2014.

Faculdade de Tecnologia Senac Goiás. Goiânia, 28 de novembro de 2014. Faculdade de Tecnologia Senac Goiás. Goiânia, 28 de novembro de 2014. Nomes: Luis Henrique Oliveira Luciana Carvalho Thiago Pereira Santos Vitor Massaki Y. Yakushiji Profº: Dinailton LABORATORIO DE REDES

Leia mais

Prof. Samuel Henrique Bucke Brito

Prof. Samuel Henrique Bucke Brito Sistema Operacional Linux > Servidor Web (Apache) www.labcisco.com.br ::: shbbrito@labcisco.com.br Prof. Samuel Henrique Bucke Brito Introdução O Apache é o serviço web (http) mais popular do mundo, sendo

Leia mais

# openssl genrsa 2048 -config /opt/treinamento/openssl.cnf > spkey.key

# openssl genrsa 2048 -config /opt/treinamento/openssl.cnf > spkey.key Roteiro de atividades Gerência de Provedores de Serviços Sessão de Aprendizagem 6: Configuração do Shibboleth Service Provider 2.2 no Linux Tópicos e conceitos Competências técnicas desenvolvidas Tempo

Leia mais

Você pode testar se está tudo OK, abrindo um navegador no Debian Linux e acessando qualquer site.

Você pode testar se está tudo OK, abrindo um navegador no Debian Linux e acessando qualquer site. Você pode testar se está tudo OK, abrindo um navegador no Debian Linux e acessando qualquer site. Foi necessário configurar esse segundo adaptador, porque talvez seja necessário fazer o download de alguma

Leia mais

Programação para Internet I. 1. Servidores web. Nuno Miguel Gil Fonseca nuno.fonseca@estgoh.ipc.pt

Programação para Internet I. 1. Servidores web. Nuno Miguel Gil Fonseca nuno.fonseca@estgoh.ipc.pt Programação para Internet I 1. Servidores web Nuno Miguel Gil Fonseca nuno.fonseca@estgoh.ipc.pt Quando pretendemos aceder a uma página web, utilizamos um browser, independentemente da plataforma de hardware/software,

Leia mais

SERVIDOR WEB - APACHE SERVIDOR WEB - APACHE SERVIDOR WEB - APACHE 27/02/2012

SERVIDOR WEB - APACHE SERVIDOR WEB - APACHE SERVIDOR WEB - APACHE 27/02/2012 O servidor Apache é o mais bem sucedido servidor web livre. Foi criado em 1995 por Rob McCool, então funcionário do NCSA (National Center for Supercomputing Applications). Em maio de 2010, o Apache serviu

Leia mais

Omega Tecnologia Manual Omega Hosting

Omega Tecnologia Manual Omega Hosting Omega Tecnologia Manual Omega Hosting 1 2 Índice Sobre o Omega Hosting... 3 1 Primeiro Acesso... 4 2 Tela Inicial...5 2.1 Área de menu... 5 2.2 Área de navegação... 7 3 Itens do painel de Controle... 8

Leia mais

Aula 14 Serviços Internet (Servidor Web Apache)

Aula 14 Serviços Internet (Servidor Web Apache) CST Redes de Computadores Disciplina: Serviços de Rede Professor: Jéferson Mendonça de Limas Aula 14 Serviços Internet (Servidor Web Apache) Roteiro de Aula Conceitos Básicos Funcionamento de Servidores

Leia mais

Configurando o IIS no Server 2003

Configurando o IIS no Server 2003 2003 Ser ver Enterprise Objetivo Ao término, você será capaz de: 1. Instalar e configurar um site usando o IIS 6.0 Configurando o IIS no Server 2003 Instalando e configurando o IIS 6.0 O IIS 6 é o aplicativo

Leia mais

Guia de instalação para ambiente de Desenvolvimento LINUX

Guia de instalação para ambiente de Desenvolvimento LINUX Guia de instalação para ambiente de Desenvolvimento LINUX Conteúdo deste manual Introdução O guia de instalação... 3 Capítulo 1 Instalando o servidor Web Apache... 4 Teste de instalação do Apache... 9

Leia mais

Utilizaremos a última versão estável do Joomla (Versão 2.5.4), lançada em

Utilizaremos a última versão estável do Joomla (Versão 2.5.4), lançada em 5 O Joomla: O Joomla (pronuncia-se djumla ) é um Sistema de gestão de conteúdos (Content Management System - CMS) desenvolvido a partir do CMS Mambo. É desenvolvido em PHP e pode ser executado no servidor

Leia mais

Manual do Usuário. Instalação via Terminal. SIGA-ADM versão 12.06

Manual do Usuário. Instalação via Terminal. SIGA-ADM versão 12.06 Manual do Usuário Instalação via Terminal SIGA-ADM versão 12.06 Projeto SIGA-EPT Manual do Usuário Instalação via Terminal Introdução Este manual objetiva explicitar os procedimentos e ferramentas necessárias

Leia mais

PRÁTICA APACHE. Prof. Claudio Silva

PRÁTICA APACHE. Prof. Claudio Silva 1) Instalação do Apache yum install httpd chkconfig --level 35 httpd on apachectl start 2)Instalação navegador de linha de comando: yum install elinks elinks 127.0.0.1 3)Pastas de configurações do Apache:

Leia mais

Escondendo a versão do Apache www.renatofilizola.com

Escondendo a versão do Apache www.renatofilizola.com Escondendo a versão do Apache www.renatofilizola.com Se você instala seu httpd através dos fontes, você pode alterar seu src/include e editar o httpd.h Localize as linhas: SERVER_BASEPRODUCT SERVER_ BASEREVISION

Leia mais

5 O Joomla: Web Apache Banco de Dados MySQL http://www.joomla.org/ - 55 -

5 O Joomla: Web Apache Banco de Dados MySQL http://www.joomla.org/ - 55 - 5 O Joomla: O Joomla (pronuncia-se djumla ) é um Sistema de Gestão de Conteúdos (Content Management System - CMS) desenvolvido a partir do CMS Mambo. É desenvolvido em PHP e pode ser executado no servidor

Leia mais

Linux - Servidor de Redes

Linux - Servidor de Redes Linux - Servidor de Redes Servidor Web Apache Prof. Roberto Amaral WWW Breve histórico Início 1989 CERN (Centro Europeu de Pesquisas Nucleares) precisava de um meio de viabilizar o trabalho cooperativo

Leia mais

CET GRSI@estgf.ipp.pt

CET GRSI@estgf.ipp.pt CET GRSI@estgf.ipp.pt 1 Julho 2011 António Paulo Santos aps@estgf.ipp.pt grsi.estgf.ipp.pt 29-07-2011 Conceito de Servidor WWW Disponibilizador de informação numa rede Permite acesso simplificado através

Leia mais

9.2 MySQL A instalação do MySQL trata-se de um procedimento relativamente fácil, já que iremos realizá-lo utilizando so repositórios do Linux.

9.2 MySQL A instalação do MySQL trata-se de um procedimento relativamente fácil, já que iremos realizá-lo utilizando so repositórios do Linux. 1 Aula 09 Servidor LAMP Linux-Apache-MySQL-PHP 9.1 Definição LAMP consiste no quarteto: Linux (Sistema Operacional); Apache (Servidor Web); MySQL (Servidor de Banco de Dados); e PHP (Ferramenta de Programação

Leia mais

Para o processo de instalação do servidor Apache, deve se executar o seguinte comando, como root.

Para o processo de instalação do servidor Apache, deve se executar o seguinte comando, como root. Apresentação A servidor Web Apache é um dos mais utilizados na atualidade, além de ser um servidor Open Source, é também um dos mais fáceis de se configurar e possui uma extrema eficácia em relação a segurança

Leia mais

COORDENAÇÃO DE TECNOLOGIA (COTEC) MARÇO/2012

COORDENAÇÃO DE TECNOLOGIA (COTEC) MARÇO/2012 PROCEDIMENTOS BÁSICOS DE CONFIGURAÇÃO DO SERVIÇO APACHE NO SERVIDOR LINUX - DEBIAN COORDENAÇÃO DE TECNOLOGIA (COTEC) MARÇO/2012 Rua do Rouxinol, N 115 / Salvador Bahia CEP: 41.720-052 Telefone: (71) 3186-0001.

Leia mais

STK (Start Kit DARUMA) Extensão PHP para DarumaFrameWork

STK (Start Kit DARUMA) Extensão PHP para DarumaFrameWork STK (Start Kit DARUMA) Extensão PHP para DarumaFrameWork A DarumaFramework está com suas funções nativas ao programador PHP devido a extensão de aplicativo php_darumaframework. Para usar esta extensão,

Leia mais

Documentação - Software Público Brasileiro (SPB)

Documentação - Software Público Brasileiro (SPB) Documentação - Software Público Brasileiro (SPB) Versão 2.0 Universidade de Brasília 09/11/2014 Sumário 1 Introdução 1 2 Conteúdos 3 2.1 Instalação................................................. 3 2.2

Leia mais

SIMEC Sistema Integrado de Planejamento, Orçamento e Finanças

SIMEC Sistema Integrado de Planejamento, Orçamento e Finanças SIMEC Sistema Integrado de Planejamento, Orçamento e Finanças Versão 1.0 Sumário Introdução... 3 1. Estrutura da aplicação... 4 1.1 Diretórios e arquivos... 4 2. Configuração do ambiente...

Leia mais

Instalação rápida do Expresso

Instalação rápida do Expresso Instalação rápida do Expresso 1. Considerações 2. Requisitos básicos para instalação 3. Instalação 4. Configurando o Setup do Expresso 5. Cadastrando usuários 6. Primeiro Acesso no Expresso 7. Desinstalação

Leia mais

Manual de Utilização

Manual de Utilização Se ainda tiver dúvidas entre em contato com a equipe de atendimento: Por telefone: 0800 642 3090 Por e-mail atendimento@oisolucoespraempresas.com.br Introdução... 3 1. O que é o programa Oi Backup Empresarial?...

Leia mais

Maker Planet www.makerplanet.com Manual do Usuário

Maker Planet www.makerplanet.com Manual do Usuário Maker Planet www.makerplanet.com Manual do Usuário Atenção: Este é o rascunho inicial deste documento, visite o Maker Planet.COM (HTTP://www.makerplanet.com/) para obter as atualizações deste documento.

Leia mais

Configurando opções do servidor de páginas e do servidor ftp.

Configurando opções do servidor de páginas e do servidor ftp. Configurando opções do servidor de páginas e do servidor ftp. Após ter criado um diretório virtual, quer seja de http ou de ftp, você pode configurar uma série de opções para este diretório. As configurações

Leia mais

ALUNOS: EDER, HANANNY, ALEXANDRE

ALUNOS: EDER, HANANNY, ALEXANDRE ALUNOS: EDER, HANANNY, ALEXANDRE Servidor Web Descrição O Projeto Apache HTTP Server é um esforço para desenvolver e manter um servidor HTTP de código aberto para os sistemas operacionais modernos, incluindo

Leia mais

Nesse artigo abordaremos os principais aspectos de instalação e uso do NTOP no Fedora Core 4.

Nesse artigo abordaremos os principais aspectos de instalação e uso do NTOP no Fedora Core 4. Diego M. Rodrigues (diego@drsolutions.com.br) O NTOP é um programa muito simples de ser instalado e não requer quase nenhuma configuração. Ele é capaz de gerar excelentes gráficos de monitoramento das

Leia mais

Manual do Usuário Cyber Square

Manual do Usuário Cyber Square Manual do Usuário Cyber Square Criado dia 27 de março de 2015 as 12:14 Página 1 de 48 Bem-vindo ao Cyber Square Parabéns! Você está utilizando o Cyber Square, o mais avançado sistema para gerenciamento

Leia mais

Proxy. Krishna Tateneni Tradução: Lisiane Sztoltz Tradução: Marcus Gama

Proxy. Krishna Tateneni Tradução: Lisiane Sztoltz Tradução: Marcus Gama Krishna Tateneni Tradução: Lisiane Sztoltz Tradução: Marcus Gama 2 Conteúdo 1 Proxies 4 1.1 Introdução.......................................... 4 1.2 Uso..............................................

Leia mais

Instalando o IIS 7 no Windows Server 2008

Instalando o IIS 7 no Windows Server 2008 Goiânia, 16/09/2013 Aluno: Rafael Vitor Prof. Kelly Instalando o IIS 7 no Windows Server 2008 Objetivo Esse tutorial tem como objetivo demonstrar como instalar e configurar o IIS 7.0 no Windows Server

Leia mais

Instalando o IIS 7 no Windows Server 2008

Instalando o IIS 7 no Windows Server 2008 Goiânia, 16/09/2013 Aluno: Rafael Vitor Prof. Kelly Instalando o IIS 7 no Windows Server 2008 Objetivo Esse tutorial tem como objetivo demonstrar como instalar e configurar o IIS 7.0 no Windows Server

Leia mais

Montagem e Configuração de Redes de Computadores

Montagem e Configuração de Redes de Computadores Montagem e Configuração de Redes de Computadores Servidores http, ftp e dhcp Prof. Rodrigo Rocha http://www.bolinhabolinha.com Windows 2003 WebServer (IIS) Iniciar ferramentas administrativas gerenciar

Leia mais

WampServer. O ícone do mesmo aparecerá no rodapé do monitor, próximo ao. Language => portuguese.

WampServer. O ícone do mesmo aparecerá no rodapé do monitor, próximo ao. Language => portuguese. 5 O Joomla: O Joomla (pronuncia-se djumla ) é um Sistema de Gestão de Conteúdos (Content Management System - CMS) desenvolvido a partir do CMS Mambo. É desenvolvido em PHP e pode ser executado no servidor

Leia mais

Produto VI: ATU SAAP. How To (Como fazer)

Produto VI: ATU SAAP. How To (Como fazer) Produto VI: ATU SAAP How To (Como fazer) Pablo Nogueira Oliveira Termo de Referência nº 129275 Contrato Número 2008/000988 Brasília, 30 de outubro de 2008 1 Sumário 1) Introdução...3 2) How To (Como fazer)...3

Leia mais

GNU/Linux Debian Servidor DNS

GNU/Linux Debian Servidor DNS GNU/Linux Debian Servidor DNS Neste tutorial, será apresentado a configuração do serviço de rede DNS (Domain Name System) utilizando o sistema operacional GNU/Linux, distribuição Debian 7.5. Antes de começamos

Leia mais

Documento de Instalação e Configuração do InfoGrid

Documento de Instalação e Configuração do InfoGrid Documento de Instalação e Configuração do InfoGrid Tecgraf/PUC Rio infogrid@tecgraf.puc rio.br 1.Introdução O objetivo deste documento é podermos registrar em um único local todas as informações necessárias

Leia mais

TUTORIAL: MANTENDO O BANCO DE DADOS DE SEU SITE DENTRO DO DOMÍNIO DA USP USANDO O SSH!

TUTORIAL: MANTENDO O BANCO DE DADOS DE SEU SITE DENTRO DO DOMÍNIO DA USP USANDO O SSH! UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO (USP) ESCOLA DE ARTES, CIÊNCIAS E HUMANIDADES (EACH) TUTORIAL: MANTENDO O BANCO DE DADOS DE SEU SITE DENTRO DO DOMÍNIO DA USP USANDO O SSH! Autoria e revisão por: PET Sistemas

Leia mais

http://divulgafacil.terra.com.br/novahospedagem_4/configuracoes.html

http://divulgafacil.terra.com.br/novahospedagem_4/configuracoes.html Page 1 of 9 Veja abaixo como proceder para alterar as configurações de hospedagem do seu site: Na nova plataforma de hospedagem, a estrutura de diretórios FTP vai mudar um pouco. Ou seja, em caso de atualização

Leia mais

Configurando um servidor LAMP

Configurando um servidor LAMP Configurando um servidor LAMP Introdução (Linux + Apache + MySQL + PHP) Os servidores web são a espinha dorsal da Internet, são eles que hospedam todas as páginas, incluindo os mecanismos de busca e servem

Leia mais

Servidor IIS. Sorayachristiane.blogspot.com

Servidor IIS. Sorayachristiane.blogspot.com Servidor IIS Servidor IIS IIS Serviço de informação de Internet; É um servidor que permite hospedar um ou vários sites web no mesmo computador e cria uma distribuição de arquivos utilizando o protocolo

Leia mais

MANUAL PARA USO DO SISTEMA GCO Gerenciador Clínico Odontológico

MANUAL PARA USO DO SISTEMA GCO Gerenciador Clínico Odontológico MANUAL PARA USO DO SISTEMA GCO Gerenciador Clínico Odontológico O GCO é um sistema de controle de clínicas odontológicas, onde dentistas terão acesso a agendas, fichas de pacientes, controle de estoque,

Leia mais

Instalar Apache+PHP+MySQL no Windows 7/Vista/XP/Server 2003/2008

Instalar Apache+PHP+MySQL no Windows 7/Vista/XP/Server 2003/2008 Goiânia, 11/11/2013 Aluno: Rafael Vitor Prof. Kelly Instalar Apache+PHP+MySQL no Windows 7/Vista/XP/Server 2003/2008 O Apache é o servidor mais popular da web, foi criado em Abril de 1996 com o intuito

Leia mais

Redes de Computadores II

Redes de Computadores II Redes de Computadores II Prof. Celio Trois portal.redes.ufsm.br/~trois/redes2 Fonte: http://focalinux.cipsga.org.br/guia/avancado/ch-s-apache.htm Servidor HTTP O servidor web é um programa responsável

Leia mais

CA Nimsoft Monitor. Guia do Probe Monitoramento de resposta do ponto de extremidade do URL. url_response série 4.1

CA Nimsoft Monitor. Guia do Probe Monitoramento de resposta do ponto de extremidade do URL. url_response série 4.1 CA Nimsoft Monitor Guia do Probe Monitoramento de resposta do ponto de extremidade do URL url_response série 4.1 Aviso de copyright do CA Nimsoft Monitor Este sistema de ajuda online (o Sistema ) destina-se

Leia mais

Décima segunda aula da preparação LPIC-2 LPI nível 2: Aula 12

Décima segunda aula da preparação LPIC-2 LPI nível 2: Aula 12 Décima segunda aula da preparação LPIC-2 LPI nível 2: Aula 12 TUTORIAL O servidor Apache. Utilização de um certificado de segurança. Conhecimento básico de proxy. por Luciano Siqueira Piotr Lewandowski

Leia mais

Estável. Rápida. Simples. Poderosa. Bem documentada. Multi- plataforma. Extensivel.

Estável. Rápida. Simples. Poderosa. Bem documentada. Multi- plataforma. Extensivel. Conteúdo: Porque PHP? Porque cuidar da segurança é tão importante? Cuidados com diretivas e funções. Register_globals. Utilizando php_flag e php_value. Logs e exibição de erros. Programando com segurança.

Leia mais

Java e JavaScript. Krishna Tateneni Tradução: Lisiane Sztoltz

Java e JavaScript. Krishna Tateneni Tradução: Lisiane Sztoltz Krishna Tateneni Tradução: Lisiane Sztoltz 2 Conteúdo 1 Java e JavaScript 4 1.1 Java............................................. 4 1.2 JavaScript.......................................... 4 3 1 Java e

Leia mais

Faculdade de Tecnologia Senac (Pelotas) Análise e desenvolvimento de Sistemas Sistemas de Informação

Faculdade de Tecnologia Senac (Pelotas) Análise e desenvolvimento de Sistemas Sistemas de Informação Faculdade de Tecnologia Senac (Pelotas) Análise e desenvolvimento de Sistemas Sistemas de Informação Investigando Sistemas de Informação PHP-Nuke Maxwell Rodrigues Laner Sumário 1. Introdução...3 2. 1

Leia mais

Guia de Prática. Windows 7 Ubuntu 12.04

Guia de Prática. Windows 7 Ubuntu 12.04 Guia de Prática Windows 7 Ubuntu 12.04 Virtual Box e suas interfaces de rede Temos 04 interfaces de rede Cada interface pode operar nos modos: NÃO CONECTADO, que representa o cabo de rede desconectado.

Leia mais

PRIMEIROS PASSOS NO CRACKIT MEDIUM VERSION

PRIMEIROS PASSOS NO CRACKIT MEDIUM VERSION PRIMEIROS PASSOS NO CRACKIT MEDIUM VERSION Parabéns por instalar o CRACKIT MV! Agora chegou a hora de configurá-lo e administrá-lo. Todo o ambiente de administração do CRACKIT MV é web, ou seja via Browser

Leia mais

Senha Admin. Nessa tela, você poderá trocar a senha do administrador para obter acesso ao NSControl. Inicialização

Senha Admin. Nessa tela, você poderá trocar a senha do administrador para obter acesso ao NSControl. Inicialização Manual do Nscontrol Principal Senha Admin Nessa tela, você poderá trocar a senha do administrador para obter acesso ao NSControl. Inicialização Aqui, você poderá selecionar quais programas você quer que

Leia mais

PAINEL MANDIC CLOUD. Mandic. Somos Especialistas em Cloud. Manual do Usuário

PAINEL MANDIC CLOUD. Mandic. Somos Especialistas em Cloud. Manual do Usuário Mandic. Somos Especialistas em Cloud. PAINEL MANDIC CLOUD Manual do Usuário 1 BEM-VINDO AO SEU PAINEL DE CONTROLE ESTE MANUAL É DESTINADO AO USO DOS CLIENTES DA MANDIC CLOUD SOLUTIONS COM A CONTRATAÇÃO

Leia mais

Prof. Roberto Franciscatto 4º Semestre - TSI - CAFW. Free Powerpoint Templates Page 1

Prof. Roberto Franciscatto 4º Semestre - TSI - CAFW. Free Powerpoint Templates Page 1 Segurança na Web Cap. 3: Visão Geral das Tecnologias de Segurança Prof. Roberto Franciscatto 4º Semestre - TSI - CAFW Page 1 Tradução do Endereço de Rede (NAT) Network Address Translation Recurso que permite

Leia mais

Curso de extensão em Administração de redes com GNU/Linux

Curso de extensão em Administração de redes com GNU/Linux Curso de extensão em - italo@dcc.ufba.br Gestores da Rede Acadêmica de Computação Departamento de Ciência da Computação Universidade Federal da Bahia Nota: Parte deste conteúdo foi inspirado nos slides

Leia mais

Estatísticas --------------------------------------------------------------------------------------------------------------- Manual do cliente

Estatísticas --------------------------------------------------------------------------------------------------------------- Manual do cliente Estatísticas --------------------------------------------------------------------------------------------------------------- Manual do cliente www.plugin.com.br 1 ÍNDICE O que é o PlugStats:...4 Acessando

Leia mais

Sistema Operacional Unidade 13 Servidor Samba. QI ESCOLAS E FACULDADES Curso Técnico em Informática

Sistema Operacional Unidade 13 Servidor Samba. QI ESCOLAS E FACULDADES Curso Técnico em Informática Sistema Operacional Unidade 13 Servidor Samba Curso Técnico em Informática SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 3 INSTALANDO O SAMBA... 3 Verificando a versão... 3 Criando uma cópia do servidor samba original... 3 COMPARTILHAMENTOS

Leia mais

Módulo e-rede VirtueMart v1.0. Manual de. Instalação do Módulo. estamos todos ligados

Módulo e-rede VirtueMart v1.0. Manual de. Instalação do Módulo. estamos todos ligados Módulo e-rede VirtueMart v1.0 Manual de Instalação do Módulo estamos todos ligados ÍNDICE 01 02 03 04 Introdução 3 Versão 3 Requerimentos 3 Manual de instalação 4 05 06 4.1 Permissões 4 4.2 Instalação

Leia mais

WEBDESIGN. Professor: Paulo Trentin paulo@paulotrentin.com.br http://www.paulotrentin.com.br Escola CDI de Videira

WEBDESIGN. Professor: Paulo Trentin paulo@paulotrentin.com.br http://www.paulotrentin.com.br Escola CDI de Videira WEBDESIGN Professor: Paulo Trentin paulo@paulotrentin.com.br http://www.paulotrentin.com.br Escola CDI de Videira 1 CDI - Curso de Webdesign - Prof. Paulo Trentin Objetivos para esta aula Debater sobre

Leia mais

Tutorial AwStats Indice

Tutorial AwStats Indice Tutorial AwStats Indice Introdução...2 Funcionamento:...3 Pré-Requisitos:...3 Instalação:...4 Configurações:...7 Utilização:...11 Sobre o Autor:...11 Introdução AwStats Como saber se seu site é um sucesso

Leia mais

gerência de serviços:

<div align=center> <h2>gerência de serviços:</h2> <table border=3 cellspacing=0 cellpadding=3 bordercolor=#0e750c bgcolor=#d5ffd4> Projeto Gerência de Sites Prof. Fernando Tsukahara. GTI-2 Noturno Grupo: Anderson Alves da Mota Cristiano Gaspar de Souza, Nathan Souza Barros, Misael Bezerra dos Santos. 1 Gerência de Serviços Código

Leia mais

Controlando o tráfego de saída no firewall Netdeep

Controlando o tráfego de saída no firewall Netdeep Controlando o tráfego de saída no firewall Netdeep 1. Introdução Firewall é um quesito de segurança com cada vez mais importância no mundo da computação. À medida que o uso de informações e sistemas é

Leia mais

CA Nimsoft Monitor Snap

CA Nimsoft Monitor Snap CA Nimsoft Monitor Snap Guia de Configuração do Monitoramento de resposta do ponto de extremidade do URL url_response série 4.1 Avisos legais Copyright 2013, CA. Todos os direitos reservados. Garantia

Leia mais

EN3611 Segurança de Redes Prof. João Henrique Kleinschmidt Prática Wireshark Sniffer de rede

EN3611 Segurança de Redes Prof. João Henrique Kleinschmidt Prática Wireshark Sniffer de rede EN3611 Segurança de Redes Prof. João Henrique Kleinschmidt Prática Wireshark Sniffer de rede Entregar um relatório contendo introdução, desenvolvimento e conclusão. A seção desenvolvimento pode conter

Leia mais

Instalação do IBM SPSS Modeler Server Adapter

Instalação do IBM SPSS Modeler Server Adapter Instalação do IBM SPSS Modeler Server Adapter Índice Instalação do IBM SPSS Modeler Server Adapter............... 1 Sobre a Instalação do IBM SPSS Modeler Server Adapter................ 1 Requisitos de

Leia mais

Copyright 2015 Mandic Cloud Solutions - Somos Especialistas em Cloud. www.mandic.com.br

Copyright 2015 Mandic Cloud Solutions - Somos Especialistas em Cloud. www.mandic.com.br Sumário 1. Boas vindas... 4 2. Dashboard... 4 3. Cloud... 5 3.1 Servidores... 5 o Contratar Novo Servidor... 5 o Detalhes do Servidor... 9 3.2 Cloud Backup... 13 o Alteração de quota... 13 o Senha do agente...

Leia mais

Projeto Integrador Programação para Internet

Projeto Integrador Programação para Internet FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC GOIÁS SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO Projeto Integrador Programação para Internet AYLSON SANTOS EDFRANCIS MARQUES HEVERTHON LUIZ THIAGO SHITINOE AYLSON SANTOS EDFRANCIS MARQUES HEVERTHON

Leia mais

Para funcionamento do Netz, alguns programas devem ser instalados e alguns procedimentos devem ser seguidos. São eles:

Para funcionamento do Netz, alguns programas devem ser instalados e alguns procedimentos devem ser seguidos. São eles: Instalação do Netz Para funcionamento do Netz, alguns programas devem ser instalados e alguns procedimentos devem ser seguidos. São eles: Instalação do Java SE 6, que pode ser instalado através da JDK.

Leia mais

Conecta S_Line. 2.2 Downloads Para instalar o Conecta S_Line, basta acessar www.sline.com.br/downloads.aspx

Conecta S_Line. 2.2 Downloads Para instalar o Conecta S_Line, basta acessar www.sline.com.br/downloads.aspx 1 Introdução O Conecta S_Line permite que o laboratório envie à Central S_Line os resultados de exames gerados pelo Sistema de Informação Laboratorial (LIS) em forma de arquivos digitais. Todo o processo

Leia mais

GLADIADOR INTERNET CONTROLADA v.1.2.3.9

GLADIADOR INTERNET CONTROLADA v.1.2.3.9 GLADIADOR INTERNET CONTROLADA v.1.2.3.9 Pela grande necessidade de controlar a internet de diversos clientes, a NSC Soluções em Informática desenvolveu um novo produto capaz de gerenciar todos os recursos

Leia mais

Servidor proxy - Squid PROFESSOR : RENATO WILLIAM

Servidor proxy - Squid PROFESSOR : RENATO WILLIAM Servidor proxy - Squid PROFESSOR : RENATO WILLIAM Revisando Instalação do Squid - # apt-get install squid Toda a configuração do Squid é feita em um único arquivo, o "/etc/squid/squid.conf". Funcionamento

Leia mais

Data: 22 de junho de 2004. E-mail: ana@lzt.com.br

Data: 22 de junho de 2004. E-mail: ana@lzt.com.br Data: 22 de junho de 2004. E-mail: ana@lzt.com.br Manual do Suporte LZT LZT Soluções em Informática Sumário VPN...3 O que é VPN...3 Configurando a VPN...3 Conectando a VPN... 14 Possíveis erros...16 Desconectando

Leia mais

1 REQUISITOS BÁSICOS PARA INSTALAR O SMS PC REMOTO

1 REQUISITOS BÁSICOS PARA INSTALAR O SMS PC REMOTO 1 ÍNDICE 1 REQUISITOS BÁSICOS PARA INSTALAR O SMS PC REMOTO... 3 1.1 REQUISITOS BASICOS DE SOFTWARE... 3 1.2 REQUISITOS BASICOS DE HARDWARE... 3 2 EXECUTANDO O INSTALADOR... 3 2.1 PASSO 01... 3 2.2 PASSO

Leia mais

Administração de redes Servidor FTP

Administração de redes Servidor FTP Administração de redes Servidor FTP FTP (File Transfer Protocol - Protocolo de transferência de arquivos) é um tipo de protocolo utilizado para a transferência de arquivos entre computadores em rede. Para

Leia mais

TUTORIAIS COMO ABRIR UM DNS. Prof. Celso Masotti

TUTORIAIS COMO ABRIR UM DNS. Prof. Celso Masotti TUTORIAIS COMO ABRIR UM DNS Prof. Celso Masotti São Paulo - 2009 A estrutura completa de um nome para navegação é: www.dns.dpn.cctld Não entendeu? E se eu colocar dessa forma? www.parafusos.com.br I -

Leia mais

Projeto Amadeus. Guia de Instalação 00.95.00 Linux

Projeto Amadeus. Guia de Instalação 00.95.00 Linux Projeto Amadeus Guia de Instalação 00.95.00 Linux Agosto 2010 Sumário 1. Introdução...3 2. Pré-Requisitos...4 2.1 Máquina Virtual Java...4 2.1.1 Instalando JDK via apt-get...4 2.1.2 Instalando JDK a partir

Leia mais

Construindo Aplicações Web com. PHPe MySQL. André Milani. Novatec

Construindo Aplicações Web com. PHPe MySQL. André Milani. Novatec Construindo Aplicações Web com PHPe MySQL André Milani Novatec Capítulo 1 Bem-vindo ao PHP Seja bem-vindo ao PHP! O primeiro capítulo deste livro aborda como obter, instalar e configurar corretamente o

Leia mais

Configure seu Linux pela Web! Instalação à partir de um.tar.gz. Autor: Carlos Eduardo Ribeiro de Melo Data: 05/10/2004

Configure seu Linux pela Web! Instalação à partir de um.tar.gz. Autor: Carlos Eduardo Ribeiro de Melo <eduardo at unisulma.edu.br> Data: 05/10/2004 1 de 6 27/3/2007 10:03 Configure seu Linux pela Web! Autor: Carlos Eduardo Ribeiro de Melo Data: 05/10/2004 Introdução O Webmin é um software de configuração de servidores

Leia mais

SiGE - Sistema de Gerência de Eventos

SiGE - Sistema de Gerência de Eventos SiGE - Sistema de Gerência de Eventos Equipe COMSOLiD February 22, 2013 Instalação Programas necessários: PostgreSQL; Apache HTTP Server; php5; Zend Framework; subversion (opcional); Base de dados Schema

Leia mais

Inscrições em Eventos

Inscrições em Eventos Inscrições em Eventos Manual de Instalação Configuração Módulo de certificados Videira(SC), 05/01/2016 Sumário 1Tecnologias Utilizadas...3 1.1Sistema Operacional...3 1.2Servidor Web...3 1.3Linguagem de

Leia mais

Programação Orientada a Objetos com PHP & MySQL Cookies e Sessões. Prof. MSc. Hugo Souza

Programação Orientada a Objetos com PHP & MySQL Cookies e Sessões. Prof. MSc. Hugo Souza Programação Orientada a Objetos com PHP & MySQL Cookies e Sessões Prof. MSc. Hugo Souza Se você precisar manter informações sobre seus usuários enquanto eles navegam pelo seu site, ou até quando eles saem

Leia mais

Curso de extensão em Administração de Serviços GNU/Linux

Curso de extensão em Administração de Serviços GNU/Linux Curso de extensão em Administração de Serviços GNU/Linux Italo Valcy - italo@dcc.ufba.br Gestores da Rede Acadêmica de Computação Departamento de Ciência da Computação Universidade Federal da Bahia Administração

Leia mais