Mario Santos deixa o ONS e Hermes Chipp assume a Diretoria Geral interinamente. TecnoMídia. Premiação

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Mario Santos deixa o ONS e Hermes Chipp assume a Diretoria Geral interinamente. TecnoMídia. Premiação"

Transcrição

1 86 Ano VIII Novembro 2005 Informativo do Operador Nacional do Sistema Elétrico 4 Mario Santos deixa o ONS e Hermes Chipp assume a Diretoria Geral interinamente TecnoMídia Premiação 3 7

2 EDITORIAL A partida do patriarca Informativo do Operador Nacional do Sistema Elétrico Escritório Central Rua da Quitanda, 196 Centro Rio de Janeiro RJ Telefone (21) Fax (21) Edição Assessoria de Comunicação e Marketing Comissão Editorial Cláudio Carneiro Roberto Gomes Tristão Araripe Fotos Reynaldo Dias e arquivo Coordenação Editorial Expressiva Comunicação e Educação (21) Filiado à Participe Envie sua sugestão de pauta ou proposta de texto de matéria para: Para muitos no ONS, a experiência de trabalhar com Dr. Mario Santos compreende os pouco mais de sete anos da organização. Para os que vieram da área de operação da Eletrobrás, essa convivência se estendeu por mais de quatorze anos. Para seus antigos colegas da Chesf, este tempo pode ser ainda muito maior, pois Dr. Mario lá esteve desde 1962, de estagiário a diretor. Se a cada um desses colaboradores, dos mais próximos àqueles que a hierarquia tornava o contato mais raro, perguntassem como foi trabalhar com ele, as respostas poderiam ser diversas, mas com certeza teriam um traço comum foi uma experiência marcante. Antes de tudo, porque o desafio era constante. As idéias propostas só eram aceitas com seu total convencimento sobre sua adequação; as análises realizadas sempre tinham que contemplar um detalhe a mais; as apresentações só ficavam prontas no último momento, não raro depois de virar uma noite; as cartas e textos só eram aprovados depois de aprimorados em várias versões. Mais ainda, porque o aprendizado era permanente. Aprender a analisar todos os lados de uma questão, a avaliar todas as implicações diretas e indiretas de uma decisão, a entender que aquilo que é claro e óbvio para você pode não ser para o outro, a construir a solução sempre em um processo participativo, a valorizar o trabalho em grupo. Tenista amador, ele atuou muito mais como um jogador de frescobol na vida profissional, batendo na bolinha sempre de modo a viabilizar que o outro jogador também jogasse. Para aqueles que entenderam essa sua característica, esse exercício foi um prazer. Acima disso, trabalhar com Dr. Mario foi um honroso privilégio. Sua capacidade de falar ao coração das pessoas e de transformar uma platéia avessa às suas idéias em aliada foi notável em diversos momentos. Sua disposição em ouvir as opiniões contrárias e de buscar obsessivamente o consenso era incansável. Sua intransigente defesa do valor para o país da operação coordenada e centralizada foi sempre a tônica de seu discurso e, além de ajudar na implantação do Operador, foi em muitos momentos a garantia da permanência da instituição. Ele nos acostumou a enfrentar desafios sempre maiores que nossa capacidade e, talvez por isso, esteja saindo do ONS tranqüilo e confiante de que seremos capazes de superar sua ausência. A nós, indelevelmente marcados por sua passagem em nossas vidas, resta superar mais esse desafio, da saída do líder carismático, do caro amigo, do brasileiro ilustre, do patriarca da operação integrada do SIN. 2 Informativo do Operador Nacional do Sistema Elétrico Ligação 86 Novembro 2005

3 ENDOMARKETING Let s rock! O último show do ano da série Todos os Sons, realizado no Auditório do Escritório Central no dia 17 de novembro, trouxe um desafio para os presentes: conseguir ficar na poltrona. A banda Bootleg, que já havia se apresentado no ONS com o nome Friends, repetiu o sucesso anterior, com um novo repertório e novos arranjos para clássicos do rock-and-roll. Os norte-americanos Richard Hackett (contra-baixo e vocal) e Alan Pratt (teclado, pedal steel guitar, gaita e vocal), junto com os quatro filhos de Alan Eric, Dave, Mike (guitarra) e Brandt (bateria), o único brasileiro da banda, tocaram novas versões para Knockin on Heavens Door e Like a Rollin Stone, de Bob Dylan; Johnny B. Good, de Chuck Berry e Get Back, dos Beatles, entre outras pérolas do rock. Além dos clássicos, apresentaram duas composições do novo CD: One More Time e Could This Be You. Muito simpático, Alan Pratt fez uma média com as mulheres presentes. Dedicou a música Pretty Woman, de Roy Orbison, às brasileiras. Um dos pontos altos do show foi a belíssima versão para Sultans of Swing, do Dire Straits. Entre os presentes, integrantes do Coral do ONS aprovaram o show da banda: Eles são excelentes. Pela primeira vez assisti a um show de rock com norteamericanos. Paulo Diniz, engenheiro pleno e tenor Foi muito bom. Gostei muito dos novos arranjos. Marcio Ramos, engenheiro pleno e violonista ONS no Rio TecnoMídia Como uma ação inserida no seu Programa de Responsabilidade Social, o Operador Nacional patrocinou, por meio de renúncia fiscal, o Rio TecnoMídia A segunda versão do evento, realizada de 5 a 13 de novembro, na Escola Darcy Ribeiro de Cinema e na Casa França Brasil, atraiu mais de dez mil pessoas, entre crianças, jovens e adultos. Com exposições interativas e palestras gratuitas, o Rio TecnoMídia desvendou os bastidores das mídias eletrônicas para o público infanto-juvenil. As diversas atrações reuniram entretenimento, tecnologia e educação, integrando as áreas de animação, jogos, rádio, cinema, internet e televisão. Os participantes puderam, entre outras ações: transformar-se num condutor de eletricidade de uma TV gigante, fazer girar a turbina de uma usina hidrelétrica, visualizar sua própria casa ou qualquer outro lugar do planeta por satélite e produzir seus próprios trailers e rádio-novelas. Quem não pôde visitar a mostra, vale conferir o site do evento A primeira versão do Rio TecnoMídia foi realizada em abril de 2004, paralela à 4ª Cúpula Mundial de Mídia para Crianças e Adolescentes. Novembro 2005 Ligação 86 Informativo do Operador Nacional do Sistema Elétrico 3

4 DIRETORIA GERAL Emoção na despedida Depois de mais de sete anos no comando do Operador Nacional, Mario Santos deixa a Diretoria Geral e leva na bagagem o carinho e admiração da equipe do ONS. A cadeira de diretor geral do ONS é de renúncia, antes de ser de privilégios. É uma cadeira da doação. Quem assumir esse cargo tem que saber integrar, ouvir e, sobretudo, buscar a verdade e o caminho em que a transparência e a neutralidade prevaleçam sobre qualquer sentimento pessoal. O Operador tem por objetivo buscar resultados sinérgicos. Meu maior desejo é que os quatro diretores se mantenham unidos, e cultivem essa mágica que nós criamos. Mario Santos Na despedida dos colaboradores do Escritório Central, Mario Santos recebe a homenagem da equipe da REG A semana de 22 a 25 de novembro foi marcada por várias demonstrações de afeto e amizade a Mario Santos, que sai do ONS para assumir a presidência do Conselho de Administração da Endesa, holding espanhola que controla as distribuidoras Ampla (RJ) e Coelce (CE), a hidrelétrica Cachoeira Dourada (GO), a transmissora Cien e a geradora térmica Endesa Fortaleza. O roteiro das despedidas começou, no dia 22, por Brasília. Na parte da manhã, as equipes dos Centros Nacional de Operações do Sistema (CNOS) e Centro Regional de Operação Norte (COSR-N) receberam o abraço do diretor geral, que se emocionou com o calor humano dos amigos. Na parte da tarde, foi a vez do Recife dizer adeus. As homenagens dos companheiros do Centro Regional de Operação Nordeste (COSR-NE) e do Núcleo Norte Nordeste incluíram o descerramento da placa da Sala de Controle Mario Santos, com os dizeres: Homenagem ao diretor geral do ONS, idealizador da criação deste centro de operação, pela sua brilhante e inestimável atuação na implantação e consolidação do Operador Nacional no Sistema Elétrico Brasileiro. No dia seguinte, Mario Santos seguiu para Florianópolis, onde foi homenageado pelas equipes do Centro Regional de Operação Sul (COSR-S) e do Núcleo Sul. No dia 24, recebeu o carinho dos profissionais do Centro Regional de Operação Sudeste (COSR-SE), no Rio de Janeiro. E, no dia 25, a emoção invadiu o Escritório Central. Após a reunião do Conselho de Administração, realizada pela manhã, Mario Santos foi homenageado pelo conselho em um almoço, com a entrega de uma placa celebrando sua passagem pelo ONS e com discursos fraternos e emocionados dos conselheiros. À tarde, depois de despedir-se dos jornalistas que cobrem o setor elétrico no Rio de Janeiro, percorreu todos os 25 andares do edifício Mário Bhering. O diretor fez questão de cumprimentar cada um dos colaboradores do Operador. Todos do ONS foram muito generosos comigo. É um patrimônio afetivo inestimável. A gratidão e carinho que tenho por todos, nesse momento de entrega à emoção, que é de fragilidade, me fortifica para os novos desafios, declarou Mario Santos. Ao final do dia, recebeu um quadro com uma fotomontagem que sobrepunha várias fotos de profissionais do Operador Nacional a sua fotografia (foto acima). No verso do quadro, todos fizeram questão de assinar a lembrança. A entrega do presente, feita durante o coquetel, foi carregada de emoção. A apresentação improvisada de alguns integrantes do Coral do ONS completou o clima da noite. 4 Informativo do Operador Nacional do Sistema Elétrico Ligação 86 Novembro 2005

5 DIRETORIA GERAL Eu desejo que os quatro diretores continuem unidos, sempre defendendo o ONS. Nós sempre nos dedicamos ao país e procuramos fazer o melhor. Nosso maior objetivo é servir ao Brasil e atingir o ótimo sistêmico. O Operador Nacional foi o coroamento da minha carreira e sempre continuarei fiel aos valores que nós construímos juntos, concluiu Mario Santos. Passagem do bastão No dia 25 de novembro, Mario Santos formalizou seu pedido de renúncia durante a reunião do Conselho de Administração do ONS. Para ocupar o cargo de diretor geral, em caráter interino, os conselheiros aprovaram a nomeação do diretor de Planejamento e Programação da Operação, Hermes Chipp. Como a Diretoria do ONS é integrada por um diretor geral e quatro diretores, eleitos em Assembléia Geral, sendo três membros indicados pelo MME e dois pelos agentes, no dia 20 de dezembro o ONS realizará nova Assembléia, que deverá encaminhar um nome ao ministro de Minas e Energia, Silas Rondeau. A melhor palavra que podemos dizer ao Dr. Mario é obrigado. Obrigado por tudo que fez e por tudo que ainda fará pelo sistema elétrico. Dr. Mario é uma inspiração permanente e me orgulho de ser seu amigo. Se tenho a paixão que tenho pelo setor elétrico, ela é inspirada na mesma paixão que o Dr. Mario sempre demonstrou para todos nós. Wilson Pinto Ferreira Júnior, presidente do Conselho de Administração Os quatro diretores falam ao amigo Trabalhamos por mais de dez anos com o Dr. Mario e ele fez com que aprendêssemos muito. Aprendemos não somente sobre aspectos relativos ao trabalho, mas, além de tudo, como seres humanos, como brasileiros. Mario Santos, além de ser um homem fabuloso e um engenheiro extraordinário, é um brasileiro formidável. O Brasil tem que se orgulhar disso. Luiz Eduardo Barata (Operação do Sistema) Trabalho com o Dr. Mario há 15 anos e, ao longo desse tempo, pude constatar o grande coração que ele tem. Será muito difícil superar sua a ausência. Ele deixou sementes importantes e é a partir disso que vamos trabalhar. Hermes Chipp, (Planejamento e Programação da Operação) Temos o orgulho de possuir pernambucanos ilustres, e acho que hoje o Dr. Mario faz parte desse rol. Trabalhamos juntos na Chesf e para mim é uma satisfação muito grande ter novamente trabalhado com ele no ONS. Roberto Gomes (Administração dos Serviços de Transmissão) Dr. Mario marcou a história da Operação no Brasil. É impossível conviver com ele sem estar cunhado com as suas marcas. Eu tive a oportunidade, como diretor, de ter sido desafiado pelo convívio com Mario Santos, pois ele sempre me fez ir além do que eu achava que era capaz de alcançar. É uma satisfação ter aprendido com ele ao longo desses anos. Luiz Alberto Fortunato (Assuntos Corporativos) É importante destacar que eu assumo a Diretoria Geral interinamente, mas substituir Dr. Mario Santos é impossível. Uma das suas maiores virtudes é saber congregar as pessoas. A Diretoria terá que se manter muito unida para superar a ausência do 'tom' Mario Santos. Desejar sucesso ao amigo é quase um pleonasmo, ele sempre obteve êxito nas empresas onde trabalhou. Dr. Mario, o senhor será o eterno diretor geral do ONS. Hermes Chipp Novembro 2005 Ligação 86 Informativo do Operador Nacional do Sistema Elétrico 5

6 TECNOLOGIA Intranet em gestação De acordo com a nova realidade tecnológica do ONS, a Assessoria de Comunicação e Marketing (ACM), em um esforço conjunto da organização, coordena um projeto que será a base para a reformulação da intranet do Operador Nacional. O diagnóstico para a nova intranet começou com uma apresentação, para todas as áreas, em 28 de novembro, da metodologia Sistêmica, Integrada e Modular (SIM), desenvolvida pela Plena para projetos de portais corporativos. O projeto de diagnóstico, iniciado em outubro, está na sua primeira fase, de conscientização e envolvimento de todos os colaboradores. A Plena Consultores foi a empresa contratada para o levantamento inicial. Em fevereiro, será entregue o Relatório de Diagnóstico Sistêmico, um documento importante que servirá de subsídio para o planejamento estratégico evolutivo e para o início da segunda fase, de implantação da intranet propriamente dita, explica Ricardo Saldanha, diretor executivo da Plena. Para Jamisson Melo, analista de Tecnologia da Informação da Assessoria de Comunicação e Marketing (ACM), a necessidade de mudanças na intranet está balizada com a própria reformulação do site do Operador Nacional e com o advento do Sistema de Informações do ONS (Siga). A expectativa é que a intranet possa se tornar a principal ferramenta de comunicação interna, além de apoiar o processo de gestão do conhecimento e de trabalho dos colaboradores do ONS, destaca Jamisson. O projeto inclui visitas a todas as unidades do ONS fora do Escritório Central, para que os colaboradores ajudem a definir as funcionalidades a serem incluídas na intranet. A intenção da ACM é que a nova intranet entre em produção ainda no primeiro semestre do próximo ano. O ONS investiu em Storage com alta capacidade de armazenamento para o Escritório Central e CNOS, além de novos servidores com cerca de quatro vezes a capacidade de processamento dos que eram utilizados. Este esforço para melhorar o desempenho foi complementado pelo aumento na capacidade de acesso à internet. Orlando Riccieri Jr. Base de Dados ganha mais eficiência A estrutura da Base de Dados do ONS, que concentra as informações técnicas de suporte à transmissão, vem passando por uma fase de aprimoramento. A importância dessa base impõe uma estrutura robusta, com alto desempenho e disponibilidade, com recursos para contingenciamento, explica o engenheiro Orlando Riccieri Jr., supervisor de Administração de Dados (GIT-3). Em função disso, foram adquiridos novos equipamentos que, além de aumentar a capa- cidade da base, propiciam mais segurança no armazenamento e recuperação, bem como um melhor desempenho no acesso aos dados. Temos mais duas iniciativas programadas, de acordo com o previsto no orçamento de : a implantação da replicação da base de dados no Escritório Central, com o objetivo de se criar uma estrutura de contingenciamento permanente a esta base; e a consolidação dos demais servidores de aplicação que suportam os sistemas que utilizam a base de dados, conclui Riccieri. 6 Informativo do Operador Nacional do Sistema Elétrico Ligação 86 Novembro 2005

7 TECNOLOGIA Trabalho premiado Profissionais do ONS brilham no XVIII SNPTEE - Seminário Nacional de Produção e Transmissão de Energia Elétrica, realizado em Curitiba. O artigo Fluxo de Potência Robusto: Formulação Dinâmica Sintética, da engenheira sênior da Gerência da Administração da Transmissão (GAT) Amélia Yukie Takahata, em parceria com o especialista da Gerência de Estudos Especiais (GPE), Jorge Luiz de Araujo Jardim, conquistou o primeiro lugar, entre 28 concorrentes do grupo IV, no XVIII SNPTEE. O seminário, realizado em outubro, foi promovido pelo Cigré-Brasil, sob coordenação da Companhia Paranaense de Energia (COPEL). Minha participação limitou-se à implementação original de Galloway para um sistema reduzido, de cunho acadêmico, explica a doutoranda em Engenharia Elétrica pela Coppe, Amélia Takahata. Jorge Jardim, que apresentou o trabalho, destaca tratar-se de um método para o cálculo de fluxo de potência mais confiável do que os utilizados até então. Mais especificamente, resolve casos em que os outros falham e não oferece risco de produzir soluções errôneas. Esta tecnologia beneficia diretamente as equipes do ONS facilitando o processo de avaliação da segurança do SIN. Além de Jorge e Amélia, outros profissionais do ONS estiveram no seminário. Ao todo, foram 19 autores de artigos, quatro relatores e 15 participantes de todas as diretorias. Foram apresentados 20 trabalhos. Vale destacar ainda o sucesso do estande do ONS na exposição paralela ao seminário, ressalta o coordenador do Comitê de Desenvolvimento Tecnológico do Operador Nacional e assessor da Diretoria de Administração dos Serviços de Transmissão, Roberto Fontoura Filho. Amélia e Jorge com os professores Glauco Taranto (Coppe/UFRJ) e Marcus Schilling (UFF), que colaboraram na edição do artigo O estande fez sucesso: Tivemos a visita de cerca de duas mil pessoas. Disponibilizamos uma conexão wireless (sem fio) à internet, que também despertou o interesse das pessoas. Lilian Rangel, analista de Marketing (ACM) Apresentei o Sistema de Apuração Mensal de Serviços e Encargos da Transmissão (Amse). Importante para demonstrar como o ONS vem cumprindo esse desafio, com atribuições inteiramente inéditas no setor. Marcelo Chaves Maia, engenheiro (GCC-3) Mostrei o Sistema de Administração dos Contratos de Transmissão (Sact), que permite o acesso e a manipulação dos dados associados aos agentes, seus empreendimentos e respectivos contratos de transmissão. João Magalhães Dahl, engenheiro (GCC-1) O comentário mais recorrente sobre o Sistema de Informações Geográficas Cadastrais do SIN (Sindat) era que finalmente estava sendo disponibilizado para o setor e para a sociedade um ambiente onde é possível obter informações de forma simples, atualizada e pública. Márcio Nunes Accioly Lins, engenheiro (GAT) O novo site do ONS foi muito elogiado. Diversas pessoas demonstraram interesse em conhecê-lo. Jamisson Melo, analista de Tecnologia da Informação (ACM) Novembro 2005 Ligação 86 Informativo do Operador Nacional do Sistema Elétrico 7

8 INTERLIGADAS O CAG é uma ferramenta de despacho de carga que tem como objetivos a acomodação da geração à carga, o ajuste da freqüência do sistema elétrico ao valor programado de 60Hz e o ajuste do intercâmbio da área ao valor programado. Geração controlada A partir do dia 12 de setembro, a Usina Hidrelétrica (UHE) Tucuruí, considerada a maior usina nacional, com MW instalados, passou a ter sua geração sob o Controle Automático de Geração (CAG) do Centro Regional de Operação Norte (COSR-N). Com isso, será possível manter, de forma mais eficaz, os intercâmbios de energia entre as regiões Norte/Nordeste e Norte/Sudeste, proporcionando um ganho operativo para essas áreas. O CAG entrou em operação em agosto de 2002, porém atendia apenas a UHE Lajeado, com potência de 900 MW. Sua instalação na UHE Tucuruí contou, além do ONS, com a participação da Eletronorte e incluiu, entre outras etapas, a implantação de um sistema de comunicação entre a usina e o COSR-N e a substituição e ajuste do seu sistema de supervisão e controle conjunto. Como parte das ações para apresentar o CAG ao corpo técnico da Eletronorte, foram ministradas palestras em Belém e Tucuruí. Dentre as instituições de ensino, participaram a Universidade Federal Fluminense (UFF), o Instituito Militar de Engenharia (IME), a Escola Técnica Estadual Henrique Lage (Faetec) e a Escola Técnica do Arsenal da Marinha. ONS faz escola Com o objetivo de apresentar o ONS e os aspectos institucionais do setor elétrico, o Centro Regional de Operação Sudeste (COSR-SE) realizou palestras para sete instituições de ensino do Rio de Janeiro, nos meses de outubro e novembro. As aulas, dedicadas aos diretores, professores e alunos do curso de engenharia elétrica e de cursos técnicos de nível médio, foram uma excelente oportunidade de integração com os futuros profissionais do setor. Festa, alegria e bola na rede Foi realizada, no dia 20 de novembro, uma festa de confraternização entre os colaboradores de Florianópolis e seus familiares, com destaque para o 1º Torneio de Futebol disputado entre os participantes. Das partidas, foram realizados jogos nas categorias infantil, adulto, feminino e masculino (foto). PAR é tema de debate em Florianópolis Com o intuito de apresentar e discutir os resultados do Plano de Ampliações e Reforços (PAR), foi realizada em Florianópolis, no dia 24 de novembro, a Reunião Setorial do PAR O evento, coordenado pelo diretor de Administração dos Serviços da Transmissão do ONS (DAT), Roberto Gomes, teve a participação expressiva de agentes da região Sul e do Mato Grosso do Sul. As apresentações ficaram por conta dos engenheiros Roberto Nogueira Fontoura e Maria José Ximenes Eiras, da Gerência de Administração da Transmissão (GAT-2), e Luiz Gastão Castro Souza e Sérgio Akcelrud, do Núcleo Sul (NSUL). Na ocasião, houve também uma exposição sucinta sobre o Sistema de Informações do ONS (Siga), a cargo da engenheira Claudia Brandão Pereira de Souza, do Núcleo Sul. 8 Informativo do Operador Nacional do Sistema Elétrico Ligação 86 Novembro 2005

OUVIDORIA GERAL RELATÓRIO ANUAL DE ATIVIDADES 2006

OUVIDORIA GERAL RELATÓRIO ANUAL DE ATIVIDADES 2006 OUVIDORIA GERAL RELATÓRIO ANUAL DE ATIVIDADES 2006 Apresentação Nossa história Objetivos, Atribuições e Compromisso Nosso Método de Trabalho Manifestações dos Usuários 1. Quantidade 2. Tipos 3. Percentual

Leia mais

ONS e Copel on-line: acordo operativo assegura otimização do Sistema. Pesquisa. Desempenho. Usina José Richa (Salto Caxias): arquivo Copel

ONS e Copel on-line: acordo operativo assegura otimização do Sistema. Pesquisa. Desempenho. Usina José Richa (Salto Caxias): arquivo Copel 91 Ano VIII Abril 2006 Informativo do Operador Nacional do Sistema Elétrico Usina José Richa (Salto Caxias): arquivo Copel 4 ONS e Copel on-line: acordo operativo assegura otimização do Sistema Pesquisa

Leia mais

Reservatórios: queda nos estoques Aumento das restrições ambientais para UHEs reduz volume de armazenamento para menos de um ano

Reservatórios: queda nos estoques Aumento das restrições ambientais para UHEs reduz volume de armazenamento para menos de um ano Page 1 of 5 Reservatórios: queda nos estoques Aumento das restrições ambientais para UHEs reduz volume de armazenamento para menos de um ano Carolina Medeiros, da Agência CanalEnergia, Reportagem Especial

Leia mais

5ª Edição Salão Bike Show - O Salão de Motos que mais Cresce no Brasil. 29 de Janeiro a 01 de Fevereiro de 2015 Riocentro - Rio de Janeiro - RJ

5ª Edição Salão Bike Show - O Salão de Motos que mais Cresce no Brasil. 29 de Janeiro a 01 de Fevereiro de 2015 Riocentro - Rio de Janeiro - RJ 5ª Edição Salão Bike Show - O Salão de Motos que mais Cresce no Brasil Organização e Promoção Apoio Institucional 29 de Janeiro a 01 de Fevereiro de 2015 Riocentro - Rio de Janeiro - RJ 01 Ficha Técnica

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 17 Discurso após a cerimónia de assinatura

Leia mais

Um brinde especial a você!

Um brinde especial a você! 119 Ano X Agosto 2008 Informativo mensal do ONS Operador Nacional do Sistema Elétrico Um brinde especial a você! Operador comemora dez anos de muito trabalho, dedicação e sucesso. Pág s. 4, 5 e 6 A nova

Leia mais

SNPTEE SEMINÁRIO NACIONAL DE PRODUÇÃO E TRANSMISSÃO DE ENERGIA ELÉTRICA

SNPTEE SEMINÁRIO NACIONAL DE PRODUÇÃO E TRANSMISSÃO DE ENERGIA ELÉTRICA SNPTEE SEMINÁRIO NACIONAL DE PRODUÇÃO E TRANSMISSÃO DE ENERGIA ELÉTRICA GTL 19 14 a 17 Outubro de 2007 Rio de Janeiro - RJ GRUPO XVI GRUPO DE ESTUDO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO E TELECOMUNICAÇÃO PARA SISTEMAS

Leia mais

CONSEQÜÊNCIAS QUE A FALTA DE ENERGIA ELÉTRICA PROVENIENTE DA ARGENTINA PODE TRAZER AO BRASIL

CONSEQÜÊNCIAS QUE A FALTA DE ENERGIA ELÉTRICA PROVENIENTE DA ARGENTINA PODE TRAZER AO BRASIL SNPTEE SEMINÁRIO NACIONAL DE PRODUÇÃO E TRANSMISSÃO DE ENERGIA ELÉTRICA GME - 9 16 a 21 Outubro de 25 Curitiba - Paraná GRUPO VI GRUPO DE ESTUDOS DE MERCADO DE ENERGIA ELÉTRICA GME CONSEQÜÊNCIAS QUE A

Leia mais

DATA: 06/05 AUDITÓRIO: CAPITAL HUMANO TEMA: COMUNICAÇÃO INTERNA PALESTRANTE: MARCELO SILVA

DATA: 06/05 AUDITÓRIO: CAPITAL HUMANO TEMA: COMUNICAÇÃO INTERNA PALESTRANTE: MARCELO SILVA DATA: 06/05 AUDITÓRIO: CAPITAL HUMANO TEMA: COMUNICAÇÃO INTERNA PALESTRANTE: MARCELO SILVA Uma Empresa Brasileira Fundado em 1957, pelo Sr. Pelegrino e Dona Luiza, na cidade de Franca, interior de São

Leia mais

Encontro Nacional Jovem de Futuro 2013: conexões e troca de experiências

Encontro Nacional Jovem de Futuro 2013: conexões e troca de experiências boletim Jovem de Futuro ed. 04-13 de dezembro de 2013 Encontro Nacional Jovem de Futuro 2013: conexões e troca de experiências O Encontro Nacional Jovem de Futuro 2013 aconteceu de 26 a 28 de novembro.

Leia mais

Ano IX Julho 2007 Informativo do Operador Nacional do Sistema Elétrico. Brasil exporta 1.000 MW para a Argentina. Visitantes PDG

Ano IX Julho 2007 Informativo do Operador Nacional do Sistema Elétrico. Brasil exporta 1.000 MW para a Argentina. Visitantes PDG 106 Ano IX Julho 2007 Informativo do Operador Nacional do Sistema Elétrico 4 Brasil exporta 1.000 MW para a Argentina Visitantes PDG 3 6 EDITORIAL Um novo gestor Informativo do Operador Nacional do Sistema

Leia mais

II Encontro Regional de Cultura/ Pontão Rede Fluminense de Cultura / COMCULTURA-RJ Araruama, RJ 1º de julho de 2009. Palestrante: Joana Corrêa

II Encontro Regional de Cultura/ Pontão Rede Fluminense de Cultura / COMCULTURA-RJ Araruama, RJ 1º de julho de 2009. Palestrante: Joana Corrêa Planejamento e Elaboração de Projetos Culturais... II Encontro Regional de Cultura/ Pontão Rede Fluminense de Cultura / COMCULTURA-RJ Araruama, RJ 1º de julho de 2009... Palestrante: Joana Corrêa... Especialista

Leia mais

LEILÃO A-3/2015: TOPOLOGIA, PREMISSAS E CRITÉRIOS PARA O CÁLCULO DA CAPACIDADE DE ESCOAMENTO DE ENERGIA ELÉTRICA PELA REDE BÁSICA, DIT E ICG

LEILÃO A-3/2015: TOPOLOGIA, PREMISSAS E CRITÉRIOS PARA O CÁLCULO DA CAPACIDADE DE ESCOAMENTO DE ENERGIA ELÉTRICA PELA REDE BÁSICA, DIT E ICG LEILÃO A-3/2015: TOPOLOGIA, PREMISSAS E CRITÉRIOS PARA O CÁLCULO DA CAPACIDADE DE ESCOAMENTO DE ENERGIA ELÉTRICA PELA REDE BÁSICA, Empresa de Pesquisa Energética Av. Rio Branco, 001 - Centro 20090-003

Leia mais

Palavra da ABEEólica. Atenciosamente, Elbia Melo

Palavra da ABEEólica. Atenciosamente, Elbia Melo BOLETIM ANUAL DE GERAÇÃO EÓLICA - 2012 Palavra da ABEEólica energia eólica tem experimentado um exponencial e virtuoso crescimento no Brasil. De 2009 a 2012, nos leilões dos quais a fonte eó- A lica participou,

Leia mais

Projeto SAAT/SAGER. Reunião com os Proponentes 18/03/2015

Projeto SAAT/SAGER. Reunião com os Proponentes 18/03/2015 Projeto SAAT/SAGER Reunião com os Proponentes 1 18/03/2015 Agenda Visão Geral dos Sistemas SAGER SAAT Requisitos Contexto Plataforma Tecnológica Plano do Projeto Estrutura de Gestão Atividades de apoio

Leia mais

Relatórios de Geração e Distribuição de Energia Elétrica no Brasil. Sergio Sancovschi (Chemtech)

Relatórios de Geração e Distribuição de Energia Elétrica no Brasil. Sergio Sancovschi (Chemtech) Copyright 2014-15 OSIsoft, LLC. 1 Relatórios de Geração e Distribuição de Energia Elétrica no Brasil Presented by Romeu Bastos (ONS) Sergio Sancovschi (Chemtech) Copyright 2014-15 OSIsoft, LLC. Sistemas

Leia mais

Jornal O Norte - Página 08

Jornal O Norte - Página 08 CLIPPING - 9ªSC 07 de Junho de 2011 Jornal O Norte - Página 08 CLIPPING - 9ªSC 07 de Junho de 2011 Jornal O Norte - Página 11 CLIPPING - 9ªSC 07 de Junho de 2011 Jornal O Norte - Página 09 CLIPPING - 9ªSC

Leia mais

Numa recente e longa entrevista concedida para a rede de emissoras rádio via satélite AMERICAN SAT, o cantor PAULINHO BOCA lembrou dos fatos mais

Numa recente e longa entrevista concedida para a rede de emissoras rádio via satélite AMERICAN SAT, o cantor PAULINHO BOCA lembrou dos fatos mais Numa recente e longa entrevista concedida para a rede de emissoras rádio via satélite AMERICAN SAT, o cantor PAULINHO BOCA lembrou dos fatos mais importantes que marcaram a trajetória da MPB nos últimos

Leia mais

Solidariedade. marca o Natal do ONS. Uma grande vitória para o Brasil

Solidariedade. marca o Natal do ONS. Uma grande vitória para o Brasil 123 Ano XI Dezembro 2008 Informativo mensal do ONS Operador Nacional do Sistema Elétrico Solidariedade marca o Natal do ONS Alegria, diversão e o sentimento de ter feito a coisa certa pontos comuns em

Leia mais

Seminário Crise Energética e Desenvolvimento

Seminário Crise Energética e Desenvolvimento Seminário Crise Energética e Desenvolvimento Painel 2 - Desafios técnicos e socioeconômicos da oferta de energia Flávio Antônio Neiva Presidente da ABRAGE Porto Alegre, 18 de junho de 2015 * Associadas

Leia mais

Neste número: Conexão Florianópolis Privilégio Convergência digital ONS inicia projeto para integrar Tempo bom seu site, a intranet e o portal Siga

Neste número: Conexão Florianópolis Privilégio Convergência digital ONS inicia projeto para integrar Tempo bom seu site, a intranet e o portal Siga 94 Ano VIII Julho 2006 Informativo do Operador Nacional do Sistema Elétrico Neste número: Conexão Florianópolis Convergência digital Privilégio 3 4 ONS inicia projeto para integrar seu site, a intranet

Leia mais

Sociedade Brasileira de Engenharia de Televisão

Sociedade Brasileira de Engenharia de Televisão Sociedade Brasileira de Engenharia de Televisão SET 2014 A SET (Sociedade Brasileira de Engenharia de Televisão) é a principal associação de profissionais que trabalham com tecnologias e sistemas operacionais

Leia mais

MEC coloca Uenf entre as 12 melhores universidades do país

MEC coloca Uenf entre as 12 melhores universidades do país Campos dos Goytacazes (RJ) Terça-feira, 09 de setembro de 2008 MEC coloca Uenf entre as 12 melhores universidades do país A Uenf está entre as 12 melhores universidades brasileiras, segundo o mais novo

Leia mais

A informação como insumo para a Operação do Sistema Interligado Nacional

A informação como insumo para a Operação do Sistema Interligado Nacional A informação como insumo para a Operação do Sistema Interligado Nacional Presented by Juvenor Pereira da Silva Jr O Operador Nacional do Sistema Elétrico - ONS Pessoa jurídica de direito privado, sob a

Leia mais

O Dia D. 12º Prêmio Destaque em Comunicação SINEPE. e a culturalização de um. posicionamento estratégico

O Dia D. 12º Prêmio Destaque em Comunicação SINEPE. e a culturalização de um. posicionamento estratégico O Dia D e a culturalização de um posicionamento estratégico 12º Prêmio Destaque em Comunicação SINEPE Centro Universitário Franciscano uma universidade para suas aspirações Santa Maria é um polo educacional

Leia mais

Sasde realiza visita à fábrica da Brasil Kirin. Homenagem ao General Adhemar e D. Sarah. Pág. 6. 1º Curso de Paraquedismo Civil da SASDE. Pág.

Sasde realiza visita à fábrica da Brasil Kirin. Homenagem ao General Adhemar e D. Sarah. Pág. 6. 1º Curso de Paraquedismo Civil da SASDE. Pág. 1º Curso de Paraquedismo Civil da SASDE Sasdeanos e convidados Pág. são 2 recebidos na Academia Militar das Agulhas Negras, em Resende. Pag. 3 Sasde realiza visita à fábrica da Brasil Kirin Pág. 2 Em tradicional

Leia mais

Título: ESTRATÉGIAS DE AMPLIAÇÃO DA PRESENÇA DO FLEURY MEDICINA E SAÚDE NAS REDES SOCIAIS

Título: ESTRATÉGIAS DE AMPLIAÇÃO DA PRESENÇA DO FLEURY MEDICINA E SAÚDE NAS REDES SOCIAIS Título: ESTRATÉGIAS DE AMPLIAÇÃO DA PRESENÇA DO FLEURY MEDICINA E SAÚDE NAS REDES SOCIAIS Autores: William Malfatti 1 ; Thaís Arruda 2 ; Sergio Auerbach 3 ; Kleber Soares Filho 4 ; Alex Fernandes 5 ; Melina

Leia mais

ÍNDICE. Sumário. Apoios. Media Partners. Dados Gerais. Conferência. Expositores. Visitantes. Campanha de Marketing. Mídia Espontânea.

ÍNDICE. Sumário. Apoios. Media Partners. Dados Gerais. Conferência. Expositores. Visitantes. Campanha de Marketing. Mídia Espontânea. ÍNDICE Sumário Apoios Media Partners Dados Gerais Conferência Expositores Visitantes Campanha de Marketing Mídia Espontânea Imagens 2 Sumário O Evento A 7ª Edição da BRASIL OFFSHORE - Feira e Conferência

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 68 Discurso na cerimónia de inauguração

Leia mais

RELATÓRIO DE ATIVIDADES 2010

RELATÓRIO DE ATIVIDADES 2010 RELATÓRIO DE ATIVIDADES 2010 Palestras informativas Promover ações educativas para a promoção do voluntariado transformador. Mobilizar voluntários. Toda a comunidade de Curitiba e Região Metropolitana

Leia mais

JANTAR DE CONFRATERNIZAÇÃO ANL 2012

JANTAR DE CONFRATERNIZAÇÃO ANL 2012 JANTAR DE CONFRATERNIZAÇÃO ANL 2012 Com a presença de mais de 100 executivos e profissionais do segmento do livro, aconteceu na capital paulista no último dia 04 de dezembro, o Jantar de Confraternização

Leia mais

Robustez do SIN garante fornecimento mesmo com a queda de nove torres no Sul MPB. Determinação

Robustez do SIN garante fornecimento mesmo com a queda de nove torres no Sul MPB. Determinação 81 Ano VII Junho 2005 Informativo do Operador Nacional do Sistema Elétrico 4 Robustez do SIN garante fornecimento mesmo com a queda de nove torres no Sul MPB Determinação 3 6 EDITORIAL Soneto de partida

Leia mais

Controle Automático de Geração (Regulação Secundária)

Controle Automático de Geração (Regulação Secundária) Controle Automático de Geração (Regulação Secundária) Controle Automático de Geração (Regulação Secundária) - I Unidade de Geração Centro de Operação do Sistema Controle Terciário de Tensão ~ água ou vapor

Leia mais

ONS promove mudanças estratégicas no seu time de gestores. Neste número: Conexão Brasília. Novo sistema. Motivação

ONS promove mudanças estratégicas no seu time de gestores. Neste número: Conexão Brasília. Novo sistema. Motivação 90 Ano VIII Março 2006 Informativo do Operador Nacional do Sistema Elétrico Neste número: Conexão Brasília 4 ONS promove mudanças estratégicas no seu time de gestores Novo sistema Motivação 6 7 EDITORIAL

Leia mais

PROJETO TEMÁTICO Campanha de divulgação Do Programa de Responsabilidade Socioambiental do TJDFT VIVER DIREITO

PROJETO TEMÁTICO Campanha de divulgação Do Programa de Responsabilidade Socioambiental do TJDFT VIVER DIREITO PROJETO TEMÁTICO Campanha de divulgação Do Programa de Responsabilidade Socioambiental do TJDFT VIVER DIREITO OBJETIVO A campanha teve por objetivo implantar na Instituição a cultura da responsabilidade

Leia mais

Você já criou sua página na intranet?

Você já criou sua página na intranet? 138 Ano XII Março 2010 Informativo mensal do ONS Operador Nacional do Sistema Elétrico Você já criou sua página na intranet? A intranet do ONS oferece uma série de funcionalidades. Agora, além de usuários,

Leia mais

Pesquisa de Percepção do Viver Direito

Pesquisa de Percepção do Viver Direito Metas lcançadas - Pesquisa de Percepção do Programa de Divulgação Viver Direito A pesquisa é um INDICADOR de efetividade do cumprimento da meta 1 do PRODVD: Atingir 60% do público interno com a campanha

Leia mais

REGULAMENTO CAMPANHA - ESTÁCIO LEVA VOCÊ A HARVARD.

REGULAMENTO CAMPANHA - ESTÁCIO LEVA VOCÊ A HARVARD. REGULAMENTO CAMPANHA - ESTÁCIO LEVA VOCÊ A HARVARD. SOCIEDADE DE ENSINO SUPERIOR ESTÁCIO DE SÁ, inscrita no CNPJ sob o nº 34.075.739/0001-84, com sede na rua do Bispo, nº 83, Rio Comprido, Rio de Janeiro,

Leia mais

Sol, calor e muita energia. Plano Verão garante a segurança elétrica do SIN. Reforço. Tecnologia

Sol, calor e muita energia. Plano Verão garante a segurança elétrica do SIN. Reforço. Tecnologia 88 Ano VIII Janeiro 2006 Informativo do Operador Nacional do Sistema Elétrico Sol, calor e muita energia Reforço 6 4 Plano Verão garante a segurança elétrica do SIN Tecnologia 7 EDITORIAL Imagem e realidade

Leia mais

Programa de capacitação em planejamento de negócios para empresas de energia. Geração de energia elétrica

Programa de capacitação em planejamento de negócios para empresas de energia. Geração de energia elétrica Programa de capacitação em planejamento de negócios para empresas de energia Geração de energia elétrica Rio de Janeiro, 22 de fevereiro de 2010. Programa de Capacitação em Planejamento de Negócios de

Leia mais

Veículo: Jornal Diário do Nordeste Cidade: Fortaleza Editoria: Negócios Data: 28/07/08 Pág. 30 14,6 cm/col.

Veículo: Jornal Diário do Nordeste Cidade: Fortaleza Editoria: Negócios Data: 28/07/08 Pág. 30 14,6 cm/col. Veículo: Jornal Diário do Nordeste Cidade: Fortaleza Editoria: Negócios Data: 28/07/08 Pág. 30 14,6 cm/col. Veículo: Jornal O POVO Cidade: Fortaleza Editoria: Mundo Data: 01/08/08 Pág. 35 14,6 cm/col.

Leia mais

9 anos acreditando na comunidade! 05.05 - RELATÓRIO GERAL DE ATIVIDADES 2012 / 2013

9 anos acreditando na comunidade! 05.05 - RELATÓRIO GERAL DE ATIVIDADES 2012 / 2013 INSTITUTO DE DESENVOLVIMENTO ESPERANÇA BRASIL OSCIP ORGANIZAÇÃO DA SOCIEDADE CIVIL DE INTERESSE PÚBLICO 9 anos acreditando na comunidade! 05.05 - RELATÓRIO GERAL DE ATIVIDADES 2012 / 2013 Janeiro de 2014.

Leia mais

Cliente: Sindicerv Veículo: www.adnews.com.br Data: 22-02-2010 Imagem Corporativa Grupo TV1 conquista conta digital da Ambev O Grupo TV1 ganhou a disputa na concorrência pela presença digital da marca

Leia mais

RELATÓRIO ANUAL SOBRE A APLICAÇÃO DA LEI DE ACESSO À INFORMAÇÃO NO SENADO FEDERAL

RELATÓRIO ANUAL SOBRE A APLICAÇÃO DA LEI DE ACESSO À INFORMAÇÃO NO SENADO FEDERAL RELATÓRIO ANUAL SOBRE A APLICAÇÃO DA LEI DE ACESSO À INFORMAÇÃO NO SENADO FEDERAL Brasília 2013 SUMÁRIO MOTIVAÇÃO DO RELATÓRIO... 3 INTRODUÇÃO... 3 INICIATIVAS DO SENADO FEDERAL PARA ADEQUAÇÃO À LEI DE

Leia mais

Experiência: Gerenciamento da Rede de Supervisão da Eletronorte GerenteSAGE

Experiência: Gerenciamento da Rede de Supervisão da Eletronorte GerenteSAGE Experiência: Gerenciamento da Rede de Supervisão da Eletronorte GerenteSAGE Centrais Elétricas do Norte do Brasil S.A. - Eletronorte Responsável: Uriel de Almeida Papa Equipe: Sérgio de Souza Cruz, Willams

Leia mais

RESOLUÇÃO NORMATIVA (RN)

RESOLUÇÃO NORMATIVA (RN) RESOLUÇÃO NORMATIVA (RN) RN-017/00 EMITENTE Diretorias: Cultural, Social, de Bares e Restaurantes e de Esportes APROVADA PELA DIRETORIA RN-017/00 22/7/2014 ASSUNTO Agendamento de Eventos através do EXTRACAP

Leia mais

TECNOLOGIA PARA UM MUNDO MELHOR

TECNOLOGIA PARA UM MUNDO MELHOR TECNOLOGIA PARA UM MUNDO MELHOR Garantir que todas as pessoas tenham oportunidade de utilizar equipamentos e redes de comunicação digital é uma das principais formas de contribuir para o desenvolvimento

Leia mais

E já surgia vitoriosa! Pois todos os vetos de Goulart foram rejeitados.

E já surgia vitoriosa! Pois todos os vetos de Goulart foram rejeitados. Senhoras e senhores Companheiros da Radiodifusão, É para mim e para todos os meus colegas da ABERT uma enorme alegria e uma honra receber tantos amigos e presenças ilustres nesta noite em que comemoramos

Leia mais

Ministério de Minas e Energia Consultoria Jurídica

Ministério de Minas e Energia Consultoria Jurídica Ministério de Minas e Energia Consultoria Jurídica LEI N o 5.899, DE 5 DE JULHO DE 1973. Dispõe sobre a aquisição dos serviços de eletricidade da ITAIPU e dá outras providências. O PRESIDENTE DA REPÚBLICA,

Leia mais

1. DIRECIONADORES DAS RELAÇÕES E AÇÕES

1. DIRECIONADORES DAS RELAÇÕES E AÇÕES 1 A Endesa Brasil é uma das principais multinacionais privadas do setor elétrico no País com ativos nas áreas de distribuição, geração, transmissão e comercialização de energia elétrica. A companhia está

Leia mais

18 de novembro de 2009 Colóquio Solar NATAL-RN 11 de dezembro de 2009 Conferência Nacional para Energia Solar SÃO PAULO-SP

18 de novembro de 2009 Colóquio Solar NATAL-RN 11 de dezembro de 2009 Conferência Nacional para Energia Solar SÃO PAULO-SP Colóquio e Conferência Nacional Encontro técnico-econômico para desenvolvimento e aplicação de projetos de energia solar na matriz energética brasileira 18 de novembro de 2009 Colóquio Solar NATAL-RN 11

Leia mais

17 a 19 de novembro de 2008 Auditório do Clube de Engenharia Rio de Janeiro RJ

17 a 19 de novembro de 2008 Auditório do Clube de Engenharia Rio de Janeiro RJ APRESENTAÇÃO Paralela à necessidade e a previsão de investimentos do Brasil na geração de energia elétrica, que deverá destinar recursos da ordem de R$ 274,8 bilhões nos próximos quatro anos, através do

Leia mais

Mudanças de posição em Assuntos Corporativos

Mudanças de posição em Assuntos Corporativos 124 Ano XI Janeiro 2009 Informativo mensal do ONS Operador Nacional do Sistema Elétrico Mudanças de posição em Assuntos Corporativos As áreas Financeira e de Informática e Telecomunicações passam por um

Leia mais

12 MESES DE MUITO TRABALHO E REALIZAÇÕES

12 MESES DE MUITO TRABALHO E REALIZAÇÕES PALAVRA DO PRESIDENTE 12 MESES DE MUITO TRABALHO E REALIZAÇÕES RETROSPECTIVA Apesar de ter sido um ano adverso para a economia brasileira, foi estimulante para o nosso trabalho. Mais uma vez, o cooperativismo

Leia mais

Valor Setorial Energia (Valor Econômico) 15/04/2015 Garantia para o sistema

Valor Setorial Energia (Valor Econômico) 15/04/2015 Garantia para o sistema Valor Setorial Energia (Valor Econômico) 15/04/2015 Garantia para o sistema Duas importantes medidas foram anunciadas no fim de março pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) para tornar mais

Leia mais

O Evento. Enquanto o Congresso e Seminário, com sua rica programação reuniram 168 palestrantes, e contou com a participação de 1.060 congressistas.

O Evento. Enquanto o Congresso e Seminário, com sua rica programação reuniram 168 palestrantes, e contou com a participação de 1.060 congressistas. O Evento O principal evento do setor na América Latina - a ExpoAlumínio - superou todas as expectativas em sua Edição de 2012. Realizado simultaneamente ao V Congresso Internacional do Alumínio e o XI

Leia mais

PROPOSTA DE ESTRUTURAÇÃO

PROPOSTA DE ESTRUTURAÇÃO U N I R I O UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO REITORA MALVINA TUTTMAN PROPOSTA DE ESTRUTURAÇÃO COORDENAÇÃO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL (COMSO) Fernanda Soares Coordenadora Gabriel Melo Assistente

Leia mais

A CRIANÇA NA PUBLICIDADE

A CRIANÇA NA PUBLICIDADE A CRIANÇA NA PUBLICIDADE Entrevista com Fábio Basso Montanari Ele estuda na ECA/USP e deu uma entrevista para e seu grupo de colegas para a disciplina Psicologia da Comunicação, sobre sua história de vida

Leia mais

Experiência: Projeto Rede Nacional de Agentes de Comércio Exterior Redeagentes

Experiência: Projeto Rede Nacional de Agentes de Comércio Exterior Redeagentes Experiência: Projeto Rede Nacional de Agentes de Comércio Exterior Redeagentes Ministério do Desenvolvimento Indústria e Comércio Exterior em parceria com o Ministério do Trabalho e Emprego (através do

Leia mais

Antônio Carlos Bento Ribeiro

Antônio Carlos Bento Ribeiro Antônio Carlos Bento Ribeiro Acredito que a Academia pode e deve participar do processo de renovação do Direito do Trabalho no Brasil. Centrada essencialmente nas transformações que têm afetado o mundo

Leia mais

Compromissos de Sustentabilidade. Coelce

Compromissos de Sustentabilidade. Coelce Compromissos de Sustentabilidade Coelce ÍNDICE 5 5 5 6 6 6 7 8 8 9 INTRODUÇÃO 1. DIRECIONADORES DAS RELAÇÕES E AÇÕES 1.1 Valores 1.2 Política de Sustentabilidade 2. COMPROMISSOS INSTITUCIONAIS 2.1 Pacto

Leia mais

Dicas. do professor. Eliseu Gabriel. Como estudar? Incentivar a leitura e o estudo é um ato de amor e respeito ao ser humano

Dicas. do professor. Eliseu Gabriel. Como estudar? Incentivar a leitura e o estudo é um ato de amor e respeito ao ser humano Incentivar a leitura e o estudo é um ato de amor e respeito ao ser humano Eliseu Gabriel O vereador e professor Eliseu Gabriel conseguiu aprovar uma Lei para ajudar a despertar o gosto pelo estudo e a

Leia mais

MANUAL DE ORIENTAÇÕES

MANUAL DE ORIENTAÇÕES MANUAL DE ORIENTAÇÕES Programa Direito e Cidadania Prezados parceiros e colaboradores É com grande satisfação que o (a) convidamos a participar do Programa Direito e Cidadania edição 2014, desenvolvido

Leia mais

Cultura HD segundo lugar de audiência é retorno rápido e garantido

Cultura HD segundo lugar de audiência é retorno rápido e garantido Mídia Kit Cultura HD A Cultura HD faz parte do Grupo Integração, um grupo multimídia composto por quatro emissoras de televisão afiliadas Rede Globo, quatro emissoras de Rádio, um portal de internet, uma

Leia mais

CONSELHO CURADOR EBC RECOMENDAÇÃO Nº 02/2014. Considerando o inciso I do Art. 17 da Lei 11.652 de 2008;

CONSELHO CURADOR EBC RECOMENDAÇÃO Nº 02/2014. Considerando o inciso I do Art. 17 da Lei 11.652 de 2008; CONSELHO CURADOR EBC RECOMENDAÇÃO Nº 02/2014 Dispõe sobre propostas para adequação do Plano de Trabalho 2015 da EBC. Considerando o inciso I do Art. 17 da Lei 11.652 de 2008; Considerando que o Plano de

Leia mais

Inverno 17, 18 e 19 de julho Primavera 03 e 04 de outubro Verão 11, 12 e 13 de dezembro

Inverno 17, 18 e 19 de julho Primavera 03 e 04 de outubro Verão 11, 12 e 13 de dezembro Apresentação Para incentivar e promover o trabalho das mães empreendedoras de Curitiba, a Maternarum realiza a 9ª edição da Feira Maternarum. A novidade este ano é que teremos 20% das vagas destinadas

Leia mais

Projeto Verão Para Todos

Projeto Verão Para Todos Projeto à Projeto Verão Para Todos O Verão Para Todos visa ser o maior torneio de São Paulo de esportes de praia incluindo modalidades de paradesporto. Levaremos ao litoral diversas competições em um mês

Leia mais

Acordo de Acionistas. Corporativa da CPFL Energia S.A. Atual Denominação Social da Draft II Participações S.A.

Acordo de Acionistas. Corporativa da CPFL Energia S.A. Atual Denominação Social da Draft II Participações S.A. Acordo de Acionistas Diretrizes da CPFL de Energia Governança S.A. Corporativa da CPFL Energia S.A. Atual Denominação Social da Draft II Participações S.A. 1 Sumário I Introdução 3 II Estrutura Corporativa

Leia mais

Vilson D. Christofari pág. 1 out//2011

Vilson D. Christofari pág. 1 out//2011 Vilson D. Christofari pág. 1 CURRICULUM VITAE. VILSON DANIEL CHRISTOFARI I. FORMAÇÃO ACADÊMICA GRADUAÇÃO: Engenheiro Eletricista, formado pela Escola de Engenharia da Universidade Federal do Rio Grande

Leia mais

CDA COMUNICAÇÃO INTEGRADA

CDA COMUNICAÇÃO INTEGRADA Central de Cases CDA COMUNICAÇÃO INTEGRADA www.espm.br/centraldecases Central de Cases CDA COMUNICAÇÃO INTEGRADA Preparado pelo Prof. Marcus S. Piaskowy, da ESPM SP. Recomendado para a área de Administração

Leia mais

11 Prêmio Destaque em Comunicação SINEPE NAS INTERNAS. Centro Universitário UNIVATES

11 Prêmio Destaque em Comunicação SINEPE NAS INTERNAS. Centro Universitário UNIVATES 11 Prêmio Destaque em Comunicação SINEPE NAS INTERNAS Centro Universitário UNIVATES Apresentação do Projeto - Apresentação da instituição educacional Com sede no município de Lajeado, a Univates também

Leia mais

LINHAS DE TRANSMISSÃO DE ENERGIA LTE

LINHAS DE TRANSMISSÃO DE ENERGIA LTE LINHAS DE TRANSMISSÃO DE ENERGIA LTE Aula 1 Conhecendo o Setor Elétrico Brasileiro Aula 1: Conhecendo o Setor Elétrico Brasileiro Prof. Fabiano F. Andrade 2011 Tópicos da Aula Histórico do Ambiente Regulatório

Leia mais

Processo nº 7.675-9/2013

Processo nº 7.675-9/2013 Processo nº 7.675-9/2013 Interessado TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE MATO GROSSO Assunto Institui e regulamenta o Comitê Gestor Interno do Programa Nacional de Gestão Pública e Desburocratização - Gespública

Leia mais

Edição Especial I Oficina de Educomunicação

Edição Especial I Oficina de Educomunicação Comunicação Área Social - Província Marista Brasil Centro Norte - PMBCN Expediente Brasília, 10 de outubro de 2011 Volume 1. edição 4 Edição Especial I Oficina de Educomunicação Reportagem e Edição Fernanda

Leia mais

RICHARD OLIVEIRA. Rua Lázaro de Lima, 50 Poços de Caldas, MG (35) 3712 2162 / (11) 98221 1207 rich.oliveira@hotmail.com

RICHARD OLIVEIRA. Rua Lázaro de Lima, 50 Poços de Caldas, MG (35) 3712 2162 / (11) 98221 1207 rich.oliveira@hotmail.com RICHARD OLIVEIRA Rua Lázaro de Lima, 50 Poços de Caldas, MG (35) 3712 2162 / (11) 98221 1207 rich.oliveira@hotmail.com EU Desde 1999, fiz parte da Fraternidade Toca de Assis. Nela atuei como missionário

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO DO ESTADO DO PARÁ CESUPA ÁREA DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE ROTARACT CLUB NÚCLEO INTEGRADO DE EMPREENDEDORES JUNIORES NIEJ

CENTRO UNIVERSITÁRIO DO ESTADO DO PARÁ CESUPA ÁREA DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE ROTARACT CLUB NÚCLEO INTEGRADO DE EMPREENDEDORES JUNIORES NIEJ CESUPA ÁREA DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE ROTARACT CLUB NÚCLEO INTEGRADO DE EMPREENDEDORES JUNIORES NIEJ Belém - PA 2014 PROJETO SÓCRATES SAÚDE 2014 Coordenação e Elaboração: Aírton Oliveira Santos

Leia mais

PROJETO GERAL DA SIGNIS/BRASIL - Triênio 2011/2013

PROJETO GERAL DA SIGNIS/BRASIL - Triênio 2011/2013 PROJETO GERAL DA SIGNIS/BRASIL - Triênio 2011/2013 Signis Brasil Associação católica de comunicação foi criada no Brasil, no dia 2 de dezembro de 2010, em Assembleia, que aprovou seus estatutos e elegeu

Leia mais

Liziane Castilhos de Oliveira Freitas Departamento de Planejamento, Orçamento e Gestão Escritório de Soluções em Comportamento Organizacional

Liziane Castilhos de Oliveira Freitas Departamento de Planejamento, Orçamento e Gestão Escritório de Soluções em Comportamento Organizacional CASO PRÁTICO COMPORTAMENTO ORGANIZACIONAL E GESTÃO DE TALENTOS: COMO A GESTÃO DA CULTURA, DO CLIMA E DAS COMPETÊNCIAS CONTRIBUI PARA UM AMBIENTE PROPÍCIO À RETENÇÃO DE TALENTOS CASO PRÁTICO: COMPORTAMENTO

Leia mais

Agenda Regulatória ANEEL 2014/2015 - Destaques

Agenda Regulatória ANEEL 2014/2015 - Destaques Agenda Regulatória ANEEL 2014/2015 - Destaques Carlos Alberto Mattar Superintendente - SRD 13 de março de 2014 Rio de Janeiro - RJ Sumário I. Balanço 2013 II. Pautas para GTDC - 2014 III. Principais audiências

Leia mais

O QUE SE ESPERA DE UMA GERENTE BARRED S

O QUE SE ESPERA DE UMA GERENTE BARRED S O QUE SE ESPERA DE UMA GERENTE BARRED S Ela lidera a equipe, contrata, acompanha e desenvolve equipes, faz o plano de vendas, cuida do ponto de venda e da vitrine, controla o estoque, monitora e motiva

Leia mais

AÇÕES SOCIAIS, AMBIENTAIS E CULTURAIS

AÇÕES SOCIAIS, AMBIENTAIS E CULTURAIS AÇÕES SOCIAIS, AMBIENTAIS E CULTURAIS Relatório de Atividades 2014 Sumário 1.0 Introdução - Pág 3 2.0 Quem Somos, Estatísticas, Valores - Pág 4 3.0 Projetos 2014 - Pág 5 a 15 3.1 Novo site - Pág 5 a 12

Leia mais

Também organizamos eventos, seminários, palestras e encontros, de acordo com as possibilidades e necessidades dos nossos associados.

Também organizamos eventos, seminários, palestras e encontros, de acordo com as possibilidades e necessidades dos nossos associados. APRESENTAÇÃO O FDJUR - Fórum de Departamentos Jurídicos tem como objetivo disseminar modelos e ferramentas de gestão para o mercado jurídico empresarial e incentivar os associados ao estudo, desenvolvimento,

Leia mais

Colaboradores em novos papéis. Rodízio entre áreas beneficia diversidade e integração. Dia das Mães. Motivação

Colaboradores em novos papéis. Rodízio entre áreas beneficia diversidade e integração. Dia das Mães. Motivação 104 Ano IX Maio 2007 Informativo do Operador Nacional do Sistema Elétrico Colaboradores em novos papéis Dia das Mães 3 4 Rodízio entre áreas beneficia diversidade e integração Motivação 6 EDITORIAL Assumindo

Leia mais

II SEMINÁRIO NACIONAL PEQUENAS CENTRAIS HIDRELÉTRICAS E MICROGERAÇÃO

II SEMINÁRIO NACIONAL PEQUENAS CENTRAIS HIDRELÉTRICAS E MICROGERAÇÃO MINISTÉRIO DE MINAS E ENERGIA II SEMINÁRIO NACIONAL PEQUENAS CENTRAIS HIDRELÉTRICAS E MICROGERAÇÃO Luiz Eduardo Barata Secretário-Executivo CÂMARA DOS DEPUTADOS Brasília, 22 de setembro de 2015 Energia

Leia mais

Prefeito de São Bernardo do Campo: Hoje tem um show no Cedesc, às 18 horas (incompreensível).

Prefeito de São Bernardo do Campo: Hoje tem um show no Cedesc, às 18 horas (incompreensível). , Luiz Inácio Lula da Silva, durante a inauguração da República Terapêutica e do Consultório de Rua para Dependentes Químicos e outras ações relacionadas ao Plano Integrado de Enfrentamento ao Crack São

Leia mais

Carta n o 108/2013-BPCH. Assunto: CONTRIBUIÇÕES PARA A AUDIÊNCIA PÚBLICA 068/2012. Senhor Diretor,

Carta n o 108/2013-BPCH. Assunto: CONTRIBUIÇÕES PARA A AUDIÊNCIA PÚBLICA 068/2012. Senhor Diretor, Carta n o 108/2013-BPCH Rio de Janeiro, 27 de setembro de 2013 Ilmo. Sr. Dr. Romeu Donizete Rufino Diretor AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA - ANEEL 70830-030 Brasília - DF Assunto: CONTRIBUIÇÕES PARA

Leia mais

O Torneio Gol de Letra

O Torneio Gol de Letra O Torneio Gol de Letra Um evento que promove uma disputa amistosa entre empresas comprometidas com a responsabilidade social Todos os recursos revertidos para a Fundação Gol de Letra 20 empresas participantes

Leia mais

ANEEL: 13 anos de atuação no mercado elétrico brasileiro

ANEEL: 13 anos de atuação no mercado elétrico brasileiro Seminário - ABDIB ANEEL: 13 anos de atuação no mercado elétrico brasileiro Romeu Donizete Rufino Diretor da ANEEL 8 de dezembro de 2010 São Paulo - SP 1997 1998 1999 2000 2001 2002 Início das atividades,

Leia mais

Captação através da fidelização: segmentar como oportunidade

Captação através da fidelização: segmentar como oportunidade Captação através da fidelização: segmentar como oportunidade A essência da vida é aproximar as pessoas. Tempo, espaço, tecnologia, números. Nada na vida é tão autossuficiente que não precise de interferência

Leia mais

Informativo Escola do Bosque

Informativo Escola do Bosque Editorial AGOSTO SETEMBRO 2012 Informativo Escola do Bosque Nesta edição: Olimpíada Brasileira de Astronomia Olimpíada Brasileira de Astronomia 1 Dia dos pais 3 Cápsula do tempo 4 Barreado da Primavera

Leia mais

Projeto Futuros Craques São Paulo

Projeto Futuros Craques São Paulo Projeto Futuros Craques São Paulo O Projeto Futuros Craques é considerado o carro chefe da B16 em São Paulo, a sua programação destina-se à oferecer esportes de maneira saudável para crianças da rede pública

Leia mais

PLANO DE COMUNICAÇÃO DA ESTRATÉGIA DA JME/RS

PLANO DE COMUNICAÇÃO DA ESTRATÉGIA DA JME/RS PLANO DE COMUNICAÇÃO DA ESTRATÉGIA DA JME/RS PLANEJAMENTO DE COMUNICAÇÃO DA ESTRATÉGIA DA JME APRESENTAÇÃO Este projeto trata do Planejamento de Comunicação da Estratégia da Justiça Militar do Estado do

Leia mais

Virada Sustentável 2013

Virada Sustentável 2013 Virada Sustentável 2013 A Virada Sustentável Inspirada na Virada Cultural de São Paulo, é provavelmente a maior reunião de atrações culturais e recreativas ligadas aos temas de sustentabilidade já realizada

Leia mais

SHOW DE CIDADANIA Funcionários McDonald s realizam mais de 5300 ações Bom Vizinho na comunidade

SHOW DE CIDADANIA Funcionários McDonald s realizam mais de 5300 ações Bom Vizinho na comunidade Nome da empresa: McDonald s Comércio de Alimentos Ltda Data da Fundação: 1979 Número de funcionários: 34 mil Tempo como Franqueador/ Franqueado: 20 anos Localização: Sede: Barueri/ SP e 120 restaurantes

Leia mais

Gente do bem: proposta de atividades comunicativas em rádio e para abordar ações. sociais em Uberlândia. MG. 1

Gente do bem: proposta de atividades comunicativas em rádio e para abordar ações. sociais em Uberlândia. MG. 1 Gente do bem: proposta de atividades comunicativas em rádio e para abordar ações RESUMO sociais em Uberlândia. MG. 1 Kênia Leal PIMENTA 2 Letícia Daniela Gonçalves MEDEIROS 3 Monique França ROCHA 4 Adriana

Leia mais

1) Eleição 2008 e Alteração de Estatuto

1) Eleição 2008 e Alteração de Estatuto ATA DA REUNIÃO DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO DO IBRI - INSTITUTO BRASILEIRO DE RELAÇÕES COM INVESTIDORES, REALIZADA NO DIA 31 DE OUTUBRO DE 2008, ÀS 12h, VIA TELECONFERÊNCIA Os trabalhos foram abertos e

Leia mais

A Regulação da Conexão ao Sistema

A Regulação da Conexão ao Sistema Painel 2: Aspectos Regulatórios em Pauta para Fontes Alternativas A Regulação da Conexão ao Sistema João Mello - Presidente Fontes Alternativas Conexão A conexão de fontes alternativas possuem características

Leia mais

Boletim Informativo 1

Boletim Informativo 1 Boletim Informativo 1 Ver. 6/2/2015 - 21º Congresso Nacional Escoteiro - 20º Fórum Nacional de Jovens Líderes - 22ª Reunião Ordinária da Assembleia Nacional Escoteira 1. MENSAGEM São Bernardo do Campo

Leia mais