remuneração para ADVOGADOS advocobrasil Uma forma mais simples e estruturada na hora de remunerar Advogados porque a mudança é essencial

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "remuneração para ADVOGADOS advocobrasil Uma forma mais simples e estruturada na hora de remunerar Advogados porque a mudança é essencial"

Transcrição

1 remuneração para ADVOGADOS Uma forma mais simples e estruturada na hora de remunerar Advogados advocobrasil

2 Não ter uma política de remuneração é péssimo, ter uma "mais ou menos" é pior ainda. Uma das principais causas de perdas de bons profissionais está relacionada a falta de visão de futuro e crescimento financeiro. TODO ESCRITÓRIO DEVERIA TER UMA BOA POLÍTICA DE REMUNERAÇÃO É NISTO QUE A ADVOCO ACREDITA.

3 O ADVOGADO simplesmente não sabe nem onde pode chegar, nem quando. Quanto mais, como será seu futuro financeiro. E quando um escritório concorrente demonstra alguma vantagem em relação a estas incertezas, então ele vai embora. É comum o profissional trocar de emprego por uma questão meramente financeira. advocobrasil

4 Como definir uma política de remuneração Uma política de remuneração adequada não é apenas montar uma tabelinha e dizer que os critérios ficam atrelados à avaliações, ou ao passar dos anos. É enquadrar os profissionais levando-se em consideração sua experiência, sua carga de trabalho, os papéis e responsabilidades vis-a-vis o mercado e o orçamento do escritório. Há alguns anos, nós aqui da advocobrasil criamos uma metodologia capaz de sintetizar isto em uma fórmula chamada ExPam. Equilíbrio com o mercado Avaliar se o escritório terá orçamento advocobrasil

5 Como definir uma política de remuneração ExPam é um acróstico e significa basicamente: Ex = Experiência como advogado: Avalia há quanto tempo o advogado exerce a função P = Papéis e responsabilidades: Avalia se o advogado alcança todos os parâmetros definidos nos papéis e responsabilidades (veja mais abaixo um modelo) A = Nível de atividade (carga de trabalho e eficiência) M = Mercado: Avalia se o escritório está remunerando de forma equilibrada em comparação com o mercado Estes parâmetros aparentemente básicos dão um norte para enquadramento e remuneração. Apesar de que, ter um bom documento que expresse os papéis e responsabilidades de forma adequada e que estejam conectados com os valores e com os objetivos estratégicos do escritório, é um grande desafio. Principalmente, porque muitos advogados, mesmo juniores, têm uma carga de trabalho superior e atuam com um bom nível de compromisso e lidam muito bem com desafios. Por motivos como estes é preciso reconhecer o desempenho na hora de remunerar. Temos visto em alguns escritórios avaliações muito subjetivas e que criam um nível de incerteza, por não terem independência e transparência na hora de enquadrar o profissional num patamar financeiro, ou em promover uma discussão aberta e honesta sobre o futuro. Nós recomendamos que, todo e qualquer enquadramento de remuneração, esteja atrelado a uma avaliação capaz de medir experiência, performance, resultados e atitudes.

6 Vamos ao modelo prático - Passo 1 PASSO 1: Desenvolver o que entra na avaliação de Papéis e Responsabilidades. O que recomendamos são os itens abaixo: 1.Qualificações acadêmicas e técnicas 2.Atribuições da Função (que alinha as expectativas em relação ao cargo) 3.Experiência como advogado 4.Habilidades interpessoais 5.Missão 6.Desafio Cada um dos itens acima têm uma peculiaridade de acordo com a função exercida pelo profissional. Por exemplo, abaixo há um resumo do que é esperado em termos de Papéis e Responsabilidade de um advogado pleno. O escritório deve desenvolver um documento similar a este com todas as funções que existem hoje e as que ele quer no futuro. Esta é a chave para que os advogados tenham uma visão de onde poderão chegar. Veja agora as explicações para cada um dos itens de avaliação: Item a ser avaliado Qualificações acadêmicas e técnicas Atribuições da Função (que alinha as expectativas em relação ao cargo) Experiência como advogado Habilidades interpessoais Missão Desafio Porque isto é importante São baseadas no mercado. Em geral não mudam muito de escritório para escritório. Mas, podem ser adaptadas de acordo com as expectativas e necessidades atuais e futuras do negócio Estes itens são os pontos mais relevantes de toda a avaliação, pois medem exatamente como a atuação do advogado no dia-a-dia contribuirá para a eficiência do escritório. Estes itens devem ser avaliados um a um. Obviamente que podem e devem ser adaptados à realidade do escritório. Também são baseadas no mercado. Um advogado com apenas 4 anos de experiência não pode ser considerado Sênior, o mercado dita as regras neste caso. Estes itens são os mais subjetivos, mas devem ser avaliados igualmente. A missão da função deixa extremamente claro o que é esperado do advogado. Isto também deve ser avaliado. O Advogado deve ser estimulado a viver esta missão todos os dias. Este item trata da visão do escritório em termos de desafios que o advogado terá. É um alinhamento básico do que será esperado na atuação do advogado no escritório.

7 Este é um exemplo de Papéis e Responsabilidades de um advogado pleno. O escritório deve desenvolver um documento similar a este para cada função, tanto as atuais, quanto as futuras.

8 Vamos ao modelo prático - Passo 1 Estas informações equivalem ao que é esperado de um advogado pleno para um determinado escritório. Com exceção da experiência, que é um parâmetro do mercado, todo o mais é feito sob medida. Bom ao final há que fazer uma avaliação baseada nos critérios acima, a fim de esclarecer as expectativas do que é realmente esperado para esta função e também do ponto de vista de remuneração. O resultado da avaliação deve ser algo parecido com o exemplo da tabela abaixo: Este escritório decidiu adotar como política fazer a atualização da remuneração apenas quando a avaliação for superior a 65%. Ou seja, só muda de cargo ou recebe aumento se atingir este patamar de avaliação. advocobrasil

9 Vamos ao modelo prático - Passo 2 PASSO 2: Avaliar como o mercado remunera a partir de uma pesquisa para cada função e área. O exemplo abaixo refere-se a remuneração de um advogado trabalhista. Equilíbrio com o mercado Esta pesquisa é essencial para que o escritório e o advogado tenham uma visão de como mercado remunera. Além disto, pode demonstrar qual é a visão de futuro para as remunerações. No exemplo acima, o escritório decidiu remunerar um pouco a mais do que a média de mercado, como uma política básica de retenção de pessoas. Em outras palavras, o escritório decidiu que não iria mais perder bons profissionais por causa de dinheiro. advocobrasil

10 Vamos ao modelo prático - Passo 3 PASSO 3: Fazer o enquadramento de acordo com o Mercado e de acordo com a avaliação do Sócio (baseada nos critérios de Papéis e Responsabilidades). No exemplo abaixo podemos ver o enquadramento e o impacto no orçamento do escritório. Impacto anual no orçamento de R$ advocobrasil

11 Uma reflexão complementar Nossa maior intenção com este material é trazer uma visão prática para adotar elementos mais simples e baseadas em boas práticas de mercado. Obviamente que fazer um programa de remuneração por si só não representa a forma mais adequada ou a única para fazer a gestão de pessoas. Há outros elementos importantes que devemos levar em consideração. Nós chamamos isto de gerenciamento de performance. O gerenciamento de performance é parte integrante da função de todos. Para cada um de nós, esse gerenciamento envolve entendimento do que o escritório quer efetivamente e o que precisa para atingir os objetivos e como atingi-los. Isto não é algo que pode ser alcançado separadamente. A maneira como o escritorio interage com os demais é extremamente importante, para garantir o sucesso não apenas como indivíduos, mas também como uma equipe e como uma organização. Em outros materiais já observamos a necessidade de desenvolver um manifesto, por exemplo. O MANIFESTO é o coração do gerenciamento de performance, e o apoio de cada um a cada dia-a-dia fará com que isto seja realmente real. advocobrasil

12 Como desenvolver um Manifesto Este é um exemplo real de Manifesto de um escritório full service, e foi desenvolvido pela própria equipe de advogados. O que é interessante neste caso é a compreensão de que todos compartilham de certos valores, ou seja, do jeitão de ser do escritório, e a isto denominamos CULTURA. Que de alguma forma foi traduzida neste manifesto e ajuda na conduta no dia-a-dia. Portanto, se você como sócio de escritório, quiser avançar de fato em gestão de pessoas, adote as práticas abaixo.

13 Como definir valores essenciais Definir valores essenciais não tem nada a ver com o que vemos por aí. Frases penduradas nas paredes dos escritórios ou estampadas em sites. É muito comum vermos frases do tipo: Somos éticos, comprometimento, eficiência, transparência, confidencialidade, lealdade, inovação, etc. No final, uma porção de palavras que não são efetivamente vividas no dia-a-dia. Em geral quando perguntamos para os advogados: Quais são os valores do escritorio? Ninguém sabe direito e quando falam, falam de forma decorada. Os valores devem estar intimamente conectados com o que o escritório é. Acima de tudo descreve as ações que são importantes para todos, de modo que se possa trabalhar em conjunto para criar um escritório bem sucedido e que todos se orgulhem. Nas palavras de uma dos mais renomados advogados do Brasil: Os valores devem expressar uma definição honesta de quem somos, o que fazemos e como fazemos. Contudo, devemos viver nossos valores e traduzi-los por meio da demonstração diária dos nossos comportamentos e habilidades. Veja um exemplo de Valores definidos pelos sócios deste escritório: Nos comunicamos de forma ágil e transparente. Escutamos, entendemos e resolvemos. Isto está no cerne de cada ação de nossos advogados. Somos comprometidos com a eficiência, a ética e a confidencialidade. Estamos constantemente atualizados e buscamos a inovação continuamente. Em resumo, definir valores não deve ser algo mecânico, da boca pra fora ou bonito. Se não for genuíno, é melhor nem ter.

14 Como avaliar outros elementos comportamentais É fundamental que sejam observados e desenvolvidos um grupo de habilidades e comportamentos mais amplos, que devem ser adotados no dia-a-dia e que são aplicáveis a todas as funções, desde estagiário ao sócio do escritório e que se resume da seguinte forma: RESPONSABILIDADE Cada profissional assume responsabilidade pessoal pelo próprio trabalho. Toma decisões oportunas e se compromete a definir os cursos de ação. Aceita quando as coisas podem ter sido feitas melhor e não culpa outros fatores. PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE QUALIDADE Cada profissional monitora e sustenta serviços e produtos de alta qualidade para os clientes e comunidade jurídica. Gerencia o tempo, planeja e organiza as tarefas, monitora o progresso e cumpre prazos. Gerencia múltiplas prioridades. AUTO-MOTIVAÇAO E FLEXIBILIDADE Cada profissional sustenta um alto nível de motivação, demonstra entusiasmo e atitude positiva quando lida com as pressões do trabalho. Trabalha duro para atender às demandas e demonstra flexibilidade diante dos desafios e obstáculos. FEEDBACK E APRENDIZADO Cada profissional aprende continuamente por meio de experiências. Busca feedback e oportunidades de desenvolvimento. Cria consciência das forças e das necessidades de desenvolvimento. Compartilha conhecimento e experiências com os demais. CONSTRUINDO RELACIONAMENTOS Cada profissional trabalha de maneira cooperativa e respeitosa com os colegas, clientes e a comunidade. Equilibra um enfoque em tarefas com consideração às pessoas. Incentiva o trabalho em equipe e promove o respeito e o entendimento por diferentes históricos, opiniões dos demais e questões de equilíbrio entre a vida pessoal e profissional. RESOLUÇAO DE PROBLEMAS Cada profissional analisa os problemas, identifica principais questões, investiga, avalia e integra a informação. Gera soluções adequadas para resolução de problemas e a cima de tudo, busca a causa-raiz. CAUSAR IMPACTO Cada profissional comunica com impacto, de maneira aberta, honesta, consistente e clara. Transmite com segurança mensagens de maneira convincente e persuasiva. Obtém acordo por meio da promoção e negociação de uma posição para beneficiar ambas as partes. PROFISSIONALISMO Cada profissional cria a reputação do escritório por meio da qualidade do próprio trabalho, conhecimento e experiência. Protege a reputação profissional do escritório, comportando-se com integridade e responsabilidade diante da equipe, dos clientes, da comunidade jurídica e demais membros da sociedade. Cada um destes itens devem ser elementos de avaliação para cada uma das funções no escritório. É uma visão mais ampla de como deve ser a conduta das pessoas. Muito além de questões técnicas ou apenas comportamentais, trata de conduta, de expectativas e aprofunda o relacionamento do Escritório com todos seus membros.

15 Conclusão CONCLUSÃO 1. O primeiro enquadramento pode trazer um certo impacto no orçamento total do escritório, neste aspecto, há que avaliar se há espaço para assumir este aumento na despesa de pessoal de uma única vez. O escritório pode fazer uma espécie de parcelamento a partir de um acordo com os advogados. 2. Uma definição bem feita dos papéis e responsabilidades é fundamental para que a avaliação seja baseada em elementos factíveis e totalmente integrados com os objetivos e estratégias do escritório. 3. Estabelecer um modelo de remuneração transparente e focado nas pessoas colocará o escritório em um patamar de gestão mais profissional e com isto terá pessoas mais dedicadas ao negócio. 4. É recomendável que o escritório inclua uma gestão mais ampla para lidar com sua gente, assim como expressamos nos outros tópicos deste documento. Em outras palavras, um programa de remuneração deve representar uma maneira de desenvolver uma equipe de alto desempenho, primeiramente orientando para engajar, construir vínculos duradouros, criar o desejo de fazer parte, avaliar responsabilidades e confiança, criar oportunidades e por fim recompensar. advocobrasil

16 advocobrasil Em que acreditamos Quando um Escritório conhece sua identidade e valores e torna-se competente e competitivo no seu negócio, reforça seu valor para clientes e sociedade e, sobretudo, possibilita dar um sentido mais profundo ao trabalho de sua equipe e aos resultados que produz. Facebook LinkedIn site

Quais são os objetivos dessa Política?

Quais são os objetivos dessa Política? A Conab possui uma Política de Gestão de Desempenho que define procedimentos e regulamenta a prática de avaliação de desempenho dos seus empregados, baseada num Sistema de Gestão de Competências. Esse

Leia mais

4. Tendências em Gestão de Pessoas

4. Tendências em Gestão de Pessoas 4. Tendências em Gestão de Pessoas Em 2012, Gerenciar Talentos continuará sendo uma das prioridades da maioria das empresas. Mudanças nas estratégias, necessidades de novas competências, pressões nos custos

Leia mais

NET SERVIÇOS DE COMUNICAÇÃO S.A. CÓDIGO DE CONDUTA

NET SERVIÇOS DE COMUNICAÇÃO S.A. CÓDIGO DE CONDUTA NET SERVIÇOS DE COMUNICAÇÃO S.A. CÓDIGO DE CONDUTA APRESENTAÇÃO Este é o Código de Conduta da Net Serviços de Comunicação S.A. e de suas controladas ( NET ). A NET instituiu este Código de Conduta norteado

Leia mais

Perfil e Competências do Coach

Perfil e Competências do Coach Perfil e Competências do Coach CÉLULA DE TRABALHO Adriana Levy Isabel Cristina de Aquino Folli José Pascoal Muniz - Líder da Célula Marcia Madureira Ricardino Wilson Gonzales Gambirazi 1. Formação Acadêmica

Leia mais

Relatório de: Empresa ABC. Gerentes. Preparado por: Consultor Caliper 05/08/14

Relatório de: Empresa ABC. Gerentes. Preparado por: Consultor Caliper 05/08/14 Relatório de: Gerentes Preparado por: Consultor Caliper 05/08/14 Rua Eça de Queiroz, 1272 Ahu - Curitiba - PR - Cep: 80.540-140 Telefone: 41-3075-3400 Sobre o relatório O relatório Caliper Perfil de Equipe,

Leia mais

LIDERANÇA NO CONTEXTO CONTEMPORÂNEO Prof. Joel Dutra

LIDERANÇA NO CONTEXTO CONTEMPORÂNEO Prof. Joel Dutra LIDERANÇA NO CONTEXTO CONTEMPORÂNEO Prof. Joel Dutra INTRODUÇÃO As organizações vivem em um ambiente em constante transformação que exige respostas rápidas e efetivas, respostas dadas em função das especificidades

Leia mais

4 pilares da liderança. 4 pilares da liderança. Copyright 2014 Portway Ltda. www.portway.com.br

4 pilares da liderança. 4 pilares da liderança. Copyright 2014 Portway Ltda. www.portway.com.br 4 pilares da liderança E m maio de 2014, um executivo de um Cliente me procurou para conversar sobre seu desenvolvimento pessoal. Ele é responsável direto por 800 pessoas, todas com nível superior e em

Leia mais

Módulo IV. Delegação e Liderança

Módulo IV. Delegação e Liderança Módulo IV Delegação e Liderança "As pessoas perguntam qual é a diferença entre um líder e um chefe. O líder trabalha a descoberto, o chefe trabalha encapotado. O líder lidera, o chefe guia. Franklin Roosevelt

Leia mais

COMO CONTRATAR OS MELHORES REPRESENTANTES DE ATENDIMENTO AO CLIENTE

COMO CONTRATAR OS MELHORES REPRESENTANTES DE ATENDIMENTO AO CLIENTE COMO CONTRATAR OS MELHORES REPRESENTANTES DE ATENDIMENTO AO CLIENTE Por que se importar 3 O melhor representante de atendimento 4 SUMÁRIO Escrevendo um anúncio de vaga de emprego Carta de apresentação

Leia mais

O Valor estratégico da sustentabilidade: resultados do Relatório Global da McKinsey

O Valor estratégico da sustentabilidade: resultados do Relatório Global da McKinsey O Valor estratégico da sustentabilidade: resultados do Relatório Global da McKinsey Executivos em todos os níveis consideram que a sustentabilidade tem um papel comercial importante. Porém, quando se trata

Leia mais

Perfil Caliper de Especialistas The Inner Potential Report

Perfil Caliper de Especialistas The Inner Potential Report Perfil Caliper de Especialistas The Inner Potential Report Avaliação de: Sr. Antônio Modelo Preparada por: Consultor Caliper exemplo@caliper.com.br Data: Página 1 Perfil Caliper de Especialistas The Inner

Leia mais

NOSSOS PRINCÍPIOS ORIENTADORES

NOSSOS PRINCÍPIOS ORIENTADORES NOSSOS PRINCÍPIOS ORIENTADORES Por cerca de 50 anos, a série Boletim Verde descreve como a John Deere conduz os negócios e coloca seus valores em prática. Os boletins eram guias para os julgamentos e as

Leia mais

Código de Princípios de Negócios e Ética BTG Pactual

Código de Princípios de Negócios e Ética BTG Pactual Código de Princípios de Negócios e Ética BTG Pactual Nossa Visão e Nossos Valores Compartilhar uma única ambição é a chave para a história de sucesso do BTG Pactual. Ela só poderá ser atingida através

Leia mais

POLÍTICA EMRPESARIAL DA INT.4

POLÍTICA EMRPESARIAL DA INT.4 POLÍTICA EMRPESARIAL DA INT.4 INTRODUÇÃO Desde que foi fundada em 2001, a ética, a transparência nos processos, a honestidade a imparcialidade e o respeito às pessoas são itens adotados pela interação

Leia mais

GESTÃO PÉ NO CHÃO. Resultados da pesquisa online realizada com mais de 100 escritórios de advocacia

GESTÃO PÉ NO CHÃO. Resultados da pesquisa online realizada com mais de 100 escritórios de advocacia GESTÃO PÉ NO CHÃO Resultados da pesquisa online realizada com mais de 100 escritórios de advocacia Consultoria especializada no desenvolvimento integral de escritórios de advocacia Nos últimos meses publicamos

Leia mais

O FATOR HUMANO EM PROJETOS DE TI

O FATOR HUMANO EM PROJETOS DE TI 1 O FATOR HUMANO EM PROJETOS DE TI 2 INTRODUÇÃO O FATOR HUMANO E OS FATORES QUE IMPACTAM PROCESSOS EM PROJETOS DE TI Mudança de paradigma: humano é o ponto central fator humano Processos Normas Normas

Leia mais

Normas e Procedimentos Éticos do Grupo Atlas Atlas Comércio Exterior Ltda ATL Cargo Ltda.

Normas e Procedimentos Éticos do Grupo Atlas Atlas Comércio Exterior Ltda ATL Cargo Ltda. Normas e Procedimentos Éticos do Grupo Atlas Atlas Comércio Exterior Ltda ATL Cargo Ltda. 1 Palavra da Diretoria Desde a sua criação, o Grupo Atlas tem exercido suas atividades fundamentado em quatro pilares:

Leia mais

NOSSO OBJETIVO. GESTÃO DO DESEMPENHO: uma possibilidade de ampliar o negócio da Organização

NOSSO OBJETIVO. GESTÃO DO DESEMPENHO: uma possibilidade de ampliar o negócio da Organização NOSSO OBJETIVO GESTÃO DO DESEMPENHO: uma possibilidade de ampliar o negócio da Organização RHUMO CONSULTORIA EMPRESARIAL Oferecer soluções viáveis em tempo hábil e com qualidade. Essa é a receita que a

Leia mais

CÓDIGO DE CONDUTA ÉTICA CAPANEMA DUARTE ADVOGADOS

CÓDIGO DE CONDUTA ÉTICA CAPANEMA DUARTE ADVOGADOS CÓDIGO DE CONDUTA ÉTICA CAPANEMA DUARTE ADVOGADOS I. Preâmbulo 1.1 Temos como objetivo ser um escritório de advocacia altamente conceituado e referência em nossa área de atuação, o que requer, além de

Leia mais

Inteligência. Emocional

Inteligência. Emocional Inteligência Emocional Inteligência Emocional O que querem os empregadores?? Atualmente, as habilitações técnicas específicas são menos importantes do que a capacidade implícita de aprender no trabalho

Leia mais

COMPETÊNCIAS FUNCIONAIS RECURSOS HUMANOS

COMPETÊNCIAS FUNCIONAIS RECURSOS HUMANOS COMPETÊNCIAS FUNCIONAIS RECURSOS HUMANOS DESCRIÇÕES DOS NÍVEIS APRENDIZ Aprende para adquirir conhecimento básico. É capaz de pôr este conhecimento em prática sob circunstâncias normais, buscando assistência

Leia mais

Criando uma equipe vencedora

Criando uma equipe vencedora Criando uma equipe vencedora Como montar uma equipe vencedora? Hoje em dia, empresas de todos os tamanhos têm um objetivo em comum: fazer mais com menos. Desde a crise financeira global, alcançar novos

Leia mais

POLÍTICA DE COMUNICAÇÃO E ENGAJAMENTO COM PÚBLICOS DE INTERESSE DAS EMPRESAS ELETROBRAS

POLÍTICA DE COMUNICAÇÃO E ENGAJAMENTO COM PÚBLICOS DE INTERESSE DAS EMPRESAS ELETROBRAS POLÍTICA DE COMUNICAÇÃO E ENGAJAMENTO COM PÚBLICOS DE INTERESSE DAS Versão 2.0 09/02/2015 Sumário 1 Objetivo... 3 1.1 Objetivos Específicos... 3 2 Conceitos... 4 3 Princípios... 5 4 Diretrizes... 5 4.1

Leia mais

Martina Rillo Otero A importância do processo de avaliação. Existem muitas definições para avaliação, não existe uma única.

Martina Rillo Otero A importância do processo de avaliação. Existem muitas definições para avaliação, não existe uma única. Grupo de Estudos de Voluntariado Empresarial Avaliação, Monitoramento e Impacto no Programa de Voluntariado Empresarial: Teoria e Prática 25/11/14 Martina Rillo Otero A importância do processo de avaliação

Leia mais

Vivendo de acordo com nossos valores...

Vivendo de acordo com nossos valores... Vivendo de acordo com nossos valores... o jeito Kinross Nossa empresa, Kinross, é uma empresa internacional de mineração de ouro sediada no Canadá, com operações nos Estados Unidos da América, Rússia,

Leia mais

O RH dos sonhos dos CEOs

O RH dos sonhos dos CEOs O RH dos sonhos dos CEOs Expectativas e estratégias da liderança para os Recursos Humanos Presidentes de empresas de todos os portes falaram sobre a importância dos Recursos Humanos para as suas empresas

Leia mais

Não existe sucesso ou felicidade sem o exercício pleno da cidadania e da ética global.

Não existe sucesso ou felicidade sem o exercício pleno da cidadania e da ética global. Código de Ética C 2 O conteúdo deste documento é destinado apenas a visualização, sendo expressamente proibido o uso não autorizado, reprodução, cópia, distribuição, publicação ou modificação por terceiros

Leia mais

Política de Recursos Humanos do Grupo Schindler

Política de Recursos Humanos do Grupo Schindler Política de Recursos Humanos do Grupo Schindler 2 Introdução A política corporativa de RH da Schindler define as estratégias relacionadas às ações para com seus colaboradores; baseia-se na Missão e nos

Leia mais

Sumário Executivo. Objetivos

Sumário Executivo. Objetivos Brasil Sumário Executivo As mídias sociais estão se tornando uma parte central de como os consumidores descobrem e avaliam informações. Quando os Mass Affluent se relacionam com instituições financeiras

Leia mais

Por que ouvir a sua voz é tão importante?

Por que ouvir a sua voz é tão importante? RESULTADOS Por que ouvir a sua voz é tão importante? Visão Tokio Marine Ser escolhida pelos Corretores e Assessorias como a melhor Seguradora pela transparência, simplicidade e excelência em oferecer soluções,

Leia mais

Motivando sua Empresa para o Sucesso

Motivando sua Empresa para o Sucesso Motivando sua Empresa para o Sucesso rev. 06/06 Trabalhando com um time de sucesso Engº JULIO TADEU ALENCAR e-mail: jtalencar@sebraesp.com.br 1 O SEBRAE E O QUE ELE PODE FAZER PELO SEU NEGÓCIO EVOLUÇÃO

Leia mais

Planejando a melhoria de desempenho

Planejando a melhoria de desempenho 10Minutos Auditoria Interna Estudo sobre a situação da profissão de auditoria interna Planejando a melhoria de desempenho Setembro 2014 Destaques A auditoria interna deve estar alinhada com as expectativas

Leia mais

A FUNÇÃO CONTROLE. Orientação do controle

A FUNÇÃO CONTROLE. Orientação do controle A FUNÇÃO CONTROLE O controle é a ultima função da administração a ser analisadas e diz respeito aos esforços exercidos para gerar e usar informações relativas a execução das atividades nas organizações

Leia mais

A importância da Educação para competitividade da Indústria

A importância da Educação para competitividade da Indústria A importância da Educação para competitividade da Indústria Educação para o trabalho não tem sido tradicionalmente colocado na pauta da sociedade brasileira, mas hoje é essencial; Ênfase no Direito à Educação

Leia mais

Código de Ética e de Conduta

Código de Ética e de Conduta visa dar a conhecer de forma inequívoca aos colaboradores, clientes, entidades públicas, fornecedores e, de uma forma geral, a toda a comunidade os valores preconizados, vividos e exigidos pela empresa,

Leia mais

A importância do RH na empresa

A importância do RH na empresa A importância do RH na empresa O modo pelo qual seus funcionários se sentem é o modo pelo qual os seus clientes irão se sentir." Karl Albrecht Infelizmente, muitas empresas ainda simplificam o RH à função

Leia mais

Versão Compacta dos Indicadores de Sustentabilidade da Abap

Versão Compacta dos Indicadores de Sustentabilidade da Abap Versão Compacta dos Indicadores de Sustentabilidade da Abap 1 2 Versão Compacta dos Indicadores ABAP de Sustentabilidade. Ficou muito mais simples e rápido preencher o formulário. Contamos com a sua colaboração.

Leia mais

A estrutura do gerenciamento de projetos

A estrutura do gerenciamento de projetos A estrutura do gerenciamento de projetos Introdução O Guia do Conhecimento em Gerenciamento de Projetos (Guia PMBOK ) é uma norma reconhecida para a profissão de gerenciamento de projetos. Um padrão é

Leia mais

Pesquisa de Clima tornou-se uma ação estratégica de Gestão de Pessoas

Pesquisa de Clima tornou-se uma ação estratégica de Gestão de Pessoas Pesquisa de Clima tornou-se uma ação estratégica de Gestão de Pessoas Boas propostas são essenciais para que uma gestão tenha êxito, mas para que isso ocorra é fundamental que os dirigentes organizacionais

Leia mais

www.dalecarnegie.com.br Como Impulsionar o Engajamento de Colaboradores em PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS Dale Carnegie Training White Paper

www.dalecarnegie.com.br Como Impulsionar o Engajamento de Colaboradores em PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS Dale Carnegie Training White Paper Como Impulsionar o Engajamento de Colaboradores em PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS Dale Carnegie Training White Paper www.dalecarnegie.com.br Copyright 2014 Dale Carnegie & Associates, Inc. All rights reserved.

Leia mais

34º Café da Gestão. Resultados. Ana Paula Alcantara 06/12/2013

34º Café da Gestão. Resultados. Ana Paula Alcantara 06/12/2013 34º Café da Gestão Atitudes para Resultados Ana Paula Alcantara 06/12/2013 Fim de Ano Momento de Reflexão Rever Planos e Atitudes Senado Federal Fazendo Diferença Ficar Imóvel Como Evitar? Criar Alianças

Leia mais

Missão, Visão e Valores da Techint Engenharia e Construção. Código: FR-MA-MNG-001-01 R02

Missão, Visão e Valores da Techint Engenharia e Construção. Código: FR-MA-MNG-001-01 R02 da Techint Engenharia e Construção Código: FR-MA-MNG-001-01 R02 15 de Julho de 2008 Missão Nossa missão é agregar valor aos nossos acionistas e clientes através da prestação de serviços de Engenharia,

Leia mais

Perfil Caliper Gerencial e Vendas The Inner Leader and Seller Report

Perfil Caliper Gerencial e Vendas The Inner Leader and Seller Report Perfil Caliper Gerencial e Vendas The Inner Leader and Seller Report Avaliação de: Sr. José Exemplo Preparada por: Consultor Caliper exemplo@caliper.com.br Data: 11/06/2014 Perfil Caliper Gerencial e Vendas

Leia mais

PROGRAMA DE MENTOR DO LIONS

PROGRAMA DE MENTOR DO LIONS PROGRAMA DE MENTOR DO LIONS Guia Básico de Mentoreamento ÍNDICE Introdução Para o mentoreado 3 Para o mentor 4 Programa de Mentor do Lions Programa Básico de Mentor 5 Programa Avançado de Mentor 5 Sobre

Leia mais

Negociação Estratégica e Gestão de Conflitos Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração Educação Executiva

Negociação Estratégica e Gestão de Conflitos Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração Educação Executiva 1 Porque Educação Executiva Insper A dinâmica do mundo corporativo exige profissionais multidisciplinares, capazes de interagir e formar conexões com diferentes áreas da empresa e entender e se adaptar

Leia mais

Por Eliseu Barreira Junior MÍDIAS SOCIAIS PARA EMPRESAS. Business-to-Business

Por Eliseu Barreira Junior MÍDIAS SOCIAIS PARA EMPRESAS. Business-to-Business Por Eliseu Barreira Junior MÍDIAS SOCIAIS PARA EMPRESAS Business-to-Business À primeira vista, a conexão entre mídias sociais e empresas que fazem negócios com outras empresas (Business-to-Business) não

Leia mais

O Grupo Gerdau incentiva o trabalho em equipe e o uso de ferramentas de gestão pela qualidade na busca de soluções para os problemas do dia-a-dia.

O Grupo Gerdau incentiva o trabalho em equipe e o uso de ferramentas de gestão pela qualidade na busca de soluções para os problemas do dia-a-dia. O Grupo Gerdau incentiva o trabalho em equipe e o uso de ferramentas de gestão pela qualidade na busca de soluções para os problemas do dia-a-dia. Rio Grande do Sul Brasil PESSOAS E EQUIPES Equipes que

Leia mais

um RH estratégico para hoje e para o futuro Construindo

um RH estratégico para hoje e para o futuro Construindo Construindo um RH estratégico para hoje e para o futuro ado o crescente foco executivo no capital humano, o RH tem uma oportunidade sem precedentes de se posicionar como um verdadeiro parceiro estratégico

Leia mais

Ano: 2012 MATRIZ DE COMPETÊNCIAS COMPORTAMENTAIS. Realiza Consultoria Empresarial Ltda. www.consultoriarealiza.com.br www.flaviopimentel.com.

Ano: 2012 MATRIZ DE COMPETÊNCIAS COMPORTAMENTAIS. Realiza Consultoria Empresarial Ltda. www.consultoriarealiza.com.br www.flaviopimentel.com. Ano: 2012 MATRIZ DE COMPETÊNCIAS COMPORTAMENTAIS Realiza Consultoria Empresarial Ltda. www.consultoriarealiza.com.br www.flaviopimentel.com.br MATRIZ DE COMPETÊNCIAS COMPORTAMENTAIS Alinhadas às Diretrizes

Leia mais

Perfil Caliper de Liderança The Inner Leader Report

Perfil Caliper de Liderança The Inner Leader Report Perfil Caliper de Liderança The Inner Leader Report Avaliação de: Sr. Mario Exemplo Preparada por: Consultor Caliper exemplo@caliper.com.br Data: Página 1 Perfil Caliper de Liderança The Inner Leader Report

Leia mais

Competências avaliadas pela ICF

Competências avaliadas pela ICF Competências avaliadas pela ICF ð Estabelecendo a Base: 1. Atendendo as Orientações Éticas e aos Padrões Profissionais Compreensão da ética e dos padrões do Coaching e capacidade de aplicá- los adequadamente

Leia mais

COMUNICAÇÃO E INFORMAÇÕES GERENCIAIS UM ESTUDO DE CASO

COMUNICAÇÃO E INFORMAÇÕES GERENCIAIS UM ESTUDO DE CASO COMUNICAÇÃO E INFORMAÇÕES GERENCIAIS UM ESTUDO DE CASO Fábio William da Silva Granado 1 Marluci Silva Botelho 2 William Rodrigues da Silva 3 Prof Ms. Edson Leite Lopes Gimenez 4 RESUMO O presente trabalho

Leia mais

AB Volvo, 405 08 Gotemburgo, Suécia. Ref No 953810014, de agosto de 2009. The Volvo Way

AB Volvo, 405 08 Gotemburgo, Suécia. Ref No 953810014, de agosto de 2009. The Volvo Way AB Volvo, 405 08 Gotemburgo, Suécia Ref No 953810014, de agosto de 2009 The Volvo Way Índice Prefácio Nossa missão Os clientes em primeiro lugar Foco no cliente Objetivos claros Qualidade, segurança e

Leia mais

Planejamento Estratégico PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO. Histórico de elaboração Julho 2014

Planejamento Estratégico PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO. Histórico de elaboração Julho 2014 Planejamento Estratégico PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO Histórico de elaboração Julho 2014 Motivações Boa prática de gestão Orientação para objetivos da Direção Executiva Adaptação à mudança de cenários na sociedade

Leia mais

PROCEDIMENTOS E CONTROLES INTERNOS

PROCEDIMENTOS E CONTROLES INTERNOS AGI.01 1ª 1 / 7 ÍNDICE 1. OBJETIVO... 2 2. INTRODUÇÃO... 2 3. ABRANGÊNCIA E APLICABILIDADE... 2 4. PRINCÍPIOS GERAIS... 2 5. COLABORADORES... 3 A Conduta Pessoal e Profissional... 3 B Condutas não Aceitáveis...

Leia mais

Painel Um caminho para o modelo brasileiro realizações desde a fundação do GEC em 2007

Painel Um caminho para o modelo brasileiro realizações desde a fundação do GEC em 2007 Painel Um caminho para o modelo brasileiro realizações desde a fundação do GEC em 2007 Projetos Perfil e Competências do Coach Entidades Formadoras e Certificadoras Perfil e Competências do Coach Adriana

Leia mais

Qual o seu plano para dar vida à sua estratégia?

Qual o seu plano para dar vida à sua estratégia? www.pwc.com.br Qual o seu plano para dar vida à sua estratégia? Alinhamento de Performance Alinhamento do desempenho organizacional Conectando a estratégia à execução A necessidade de alinhar pessoas,

Leia mais

ThyssenKrupp Code of Conduct

ThyssenKrupp Code of Conduct ThyssenKrupp Desenvolvendo o futuro. Prefácio Caros colegas, a nossa missão descreve os valores que desejamos compartilhar e como queremos cooperar hoje e no futuro. Ela define um objetivo claro, que temos

Leia mais

Engajamento: desafio central da gestão e da liderança. ABRH-BA/ 03 de junho de 2013 Isabel Armani

Engajamento: desafio central da gestão e da liderança. ABRH-BA/ 03 de junho de 2013 Isabel Armani Engajamento: desafio central da gestão e da liderança ABRH-BA/ 03 de junho de 2013 Isabel Armani Build everithing VIMEO LEGO Benodigheden 2 3 Aon Hewitt SATISFAÇÃO Contentamento, prazer que resulta da

Leia mais

O Administrador e a Magnitude de sua Contribuição para a Sociedade. O Administrador na Gestão de Pessoas

O Administrador e a Magnitude de sua Contribuição para a Sociedade. O Administrador na Gestão de Pessoas O Administrador e a Magnitude de sua Contribuição para a Sociedade Eficácia e Liderança de Performance O Administrador na Gestão de Pessoas Grupo de Estudos em Administração de Pessoas - GEAPE 27 de novembro

Leia mais

MBA MARKETING: ENFASE EM VENDAS. Negociação Aplicada a Vendas Prof. Dr. Cleverson Renan da Cunha

MBA MARKETING: ENFASE EM VENDAS. Negociação Aplicada a Vendas Prof. Dr. Cleverson Renan da Cunha MBA MARKETING: ENFASE EM VENDAS Negociação Aplicada a Vendas Prof. Dr. Cleverson Renan da Cunha Negociação e Vendas Marketing e vendas Quais são as relações entre marketing e vendas casos e causos de negociação

Leia mais

LIDERAR PESSOAS A BASE DA CONSTRUÇÃO DE UMA EQUIPE DE SUCESSO. Prof. Paulo Henrique Ribeiro paulo@topassessoria.com

LIDERAR PESSOAS A BASE DA CONSTRUÇÃO DE UMA EQUIPE DE SUCESSO. Prof. Paulo Henrique Ribeiro paulo@topassessoria.com LIDERAR PESSOAS A BASE DA CONSTRUÇÃO DE UMA EQUIPE DE SUCESSO Prof. Paulo Henrique Ribeiro paulo@topassessoria.com LI ESTAMOS PASSANDO PELA MAIOR TRANSFORMAÇÃO NA HISTÓRIA DA HUMANIDADE. VALORIZAR PESSOAS

Leia mais

Gestão de Departamentos Jurídicos Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração

Gestão de Departamentos Jurídicos Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração 1 Porque Educação Executiva Insper A dinâmica do mundo corporativo atual exige profissionais multidisciplinares, capazes de interagir e formar conexões com diferentes áreas da empresa e entender e se adaptar

Leia mais

ADM 250 capítulo 3 - Slack, Chambers e Johnston

ADM 250 capítulo 3 - Slack, Chambers e Johnston ADM 250 capítulo 3 - Slack, Chambers e Johnston 1 Perguntas que se esperam respondidas ao final do capítulo 3 O que é estratégia? Estratégia da produção Qual a diferença entre as visões de cima para baixo

Leia mais

Coaching Executivo: Coaching como instrumento fundamental do Líder

Coaching Executivo: Coaching como instrumento fundamental do Líder Coaching Executivo: Coaching como instrumento fundamental do Líder I Simpósio Coaching - Arte e Ciência CRA-SP 28 de maio de 2013 1 COACH Sentido original da palavra: veículo para transporte de pessoas.

Leia mais

O Pitch (Quase) Perfeito

O Pitch (Quase) Perfeito (Mais) Um Guia Prático de Como Conquistar Investidores e Clientes para seu Negócio Por Versão 0.1 (Beta) 2012 Copyright & Distribuição Este texto tem seus direitos autorais reservados, sendo autorizada

Leia mais

2010 Great Place to Work. Todos os direitos reservados. 1

2010 Great Place to Work. Todos os direitos reservados. 1 1 As Melhores Empresas para Trabalhar geram maior qualidade no Desenvolvimento de Software Ruy Shiozawa CEO - Great Place to Work 30.Out.2010 2 Great Place to Work - Missão Construir uma sociedade melhor,

Leia mais

CÓDIGO DE ÉTICA POLÍTICA DE INVESTIMENTOS PESSOAIS PROCEDIMENTOS CONHEÇA SEU CLIENTE ( KYC )

CÓDIGO DE ÉTICA POLÍTICA DE INVESTIMENTOS PESSOAIS PROCEDIMENTOS CONHEÇA SEU CLIENTE ( KYC ) CÓDIGO DE ÉTICA POLÍTICA DE INVESTIMENTOS PESSOAIS PROCEDIMENTOS CONHEÇA SEU CLIENTE ( KYC ) RIO DE JANEIRO FEVEREIRO 2010 A PRISMAINVEST GESTÃO DE RECURSOS LTDA. ( PRISMAINVEST ) redigiu este documento

Leia mais

A Integração de Remuneração, Reconhecimento e Recompensa. Luiz Edmundo Rosa São Paulo, 26.03.09

A Integração de Remuneração, Reconhecimento e Recompensa. Luiz Edmundo Rosa São Paulo, 26.03.09 A Integração de Remuneração, Reconhecimento e Recompensa Luiz Edmundo Rosa São Paulo, 26.03.09 AGENDA 1. Posicionando a Remuneração e Reconhecimento 2. Tendências e impactos na Gestão 3. Melhores Práticas:

Leia mais

Índice. Missão, Visão, Valores e Princípios Objetivo Aplicabilidade Organização Interna Relacionamento Externo

Índice. Missão, Visão, Valores e Princípios Objetivo Aplicabilidade Organização Interna Relacionamento Externo Código de Conduta Índice Missão, Visão, Valores e Princípios Objetivo Aplicabilidade Organização Interna Relacionamento Externo 3 4 5 6 9 Missão, Visão, Valores e Princípios Missão Visão Princípios Valores

Leia mais

CÓDIGO DE ÉTICA PI.001.00000000 A - 04 de Junho de 2014

CÓDIGO DE ÉTICA PI.001.00000000 A - 04 de Junho de 2014 CÓDIGO DE ÉTICA PI.001.00000000 A - 04 de Junho de 2014 PALAVRA DA DIRETORIA Apresentamos, com muito prazer, o do Grupo Galvão, que foi elaborado de maneira participativa com representantes dos colaboradores

Leia mais

Responsabilidade Social

Responsabilidade Social Responsabilidade Social Profa. Felicia Alejandrina Urbina Ponce A questão principal é debater: o que torna uma empresa socialmente responsável? É o fato de ela ser ética? Ou fi lantrópica? Ou porque ela

Leia mais

liderança conceito Sumário Liderança para potenciais e novos gestores

liderança conceito Sumário Liderança para potenciais e novos gestores Sumário Liderança para potenciais e novos gestores conceito Conceito de Liderança Competências do Líder Estilos de Liderança Habilidades Básicas Equipe de alta performance Habilidade com Pessoas Autoestima

Leia mais

Mídias sociais nas empresas O relacionamento online com o mercado

Mídias sociais nas empresas O relacionamento online com o mercado Mídias sociais nas empresas O relacionamento online com o mercado Maio de 2010 Conteúdo Introdução...4 Principais conclusões...5 Dados adicionais da pesquisa...14 Nossas ofertas de serviços em mídias sociais...21

Leia mais

Desafios no. Desenvolvimento da Liderança reinventando o processo de formação

Desafios no. Desenvolvimento da Liderança reinventando o processo de formação Desafios no Desenvolvimento da Liderança reinventando o processo de formação Julho 2015 Apoio: O termo crise de liderança é cada vez mais usado em diversos setores sociais: políticos, executivos e até

Leia mais

COMO LIDAR COM FEEDBACKS NEGATIVOS E TRANSFORMÁ-LOS EM VENDAS! TOP MITOS E VERDADES

COMO LIDAR COM FEEDBACKS NEGATIVOS E TRANSFORMÁ-LOS EM VENDAS! TOP MITOS E VERDADES COMO LIDAR COM FEEDBACKS NEGATIVOS E TRANSFORMÁ-LOS EM VENDAS TOP MITOS E VERDADES Você está empolgado com a ideia de ter opiniões e avaliações em sua loja virtual. Sabe que é o mais acertado a fazer e

Leia mais

Mensagem do presidente

Mensagem do presidente Mensagem do presidente A giroflex-forma está em um novo momento. Renovada, focada em resultados e nas pessoas, ágil e mais competitiva no mercado de assentos e de mobiliário corporativo. Representando

Leia mais

Estratégia Empresarial. Capítulo 4 Missão e Objectivos. João Pedro Couto

Estratégia Empresarial. Capítulo 4 Missão e Objectivos. João Pedro Couto Estratégia Empresarial Capítulo 4 Missão e Objectivos João Pedro Couto ESTRATÉGIA EMPRESARIAL Pensamento Estratégico Análise do Meio Envolvente Análise da Empresa Análise Estratégica Missão, Objectivos

Leia mais

A Abordagem Lean na Integração da TI com o negócio, parte quatro: O Líder Lean Aprendiz

A Abordagem Lean na Integração da TI com o negócio, parte quatro: O Líder Lean Aprendiz A Abordagem Lean na Integração da TI com o negócio, parte quatro: O Líder Lean Aprendiz Steve Bell Enquanto me preparava para escrever o quarto artigo desta série, cheguei a um importante marco. Semana

Leia mais

Avaliação de Empresas Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração

Avaliação de Empresas Porque Educação Executiva Insper Cursos de Curta e Média Duração 1 Porque Educação Executiva Insper A dinâmica do mundo corporativo atual exige profissionais multidisciplinares, capazes de interagir e formar conexões com diferentes áreas da empresa e entender e se adaptar

Leia mais

10 Minutos sobre o desempenho da função financeira

10 Minutos sobre o desempenho da função financeira 10Minutos Conquistando vantagem competitiva 10 Minutos sobre o desempenho da função financeira Fevereiro 2013 O segredo está em investir mais em pessoas, sistemas e estruturas, não em gastar menos O papel

Leia mais

O FUTURO DA COMUNICAÇÃO E DAS AGÊNCIAS DE PROPAGANDA

O FUTURO DA COMUNICAÇÃO E DAS AGÊNCIAS DE PROPAGANDA O FUTURO DA COMUNICAÇÃO E DAS AGÊNCIAS DE PROPAGANDA ABRIL 2010 O que tem sido dito... KEVIN ROBERTS CEO DA S&S - 2008 Não somos mais uma agência de publicidade. Somos uma empresa de ideias Ideias = moeda

Leia mais

ATENDIMENTO A CLIENTES

ATENDIMENTO A CLIENTES Introdução ATENDIMENTO A CLIENTES Nos dias de hoje o mercado é bastante competitivo, e as empresas precisam ser muito criativas para ter a preferência dos clientes. Um dos aspectos mais importantes, principalmente

Leia mais

Os Princípios Éticos e o Código de Conduta compõem o Código de Ética do IRB-Brasil Re.

Os Princípios Éticos e o Código de Conduta compõem o Código de Ética do IRB-Brasil Re. 1. Código de Ética 1.1. Introdução Os Princípios Éticos e o Código de Conduta compõem o Código de Ética do IRB-Brasil Re. O IRB-Brasil Re valoriza a reflexão ética como forma de aprimorar comportamentos

Leia mais

Evento técnico mensal

Evento técnico mensal Evento técnico mensal GERENCIAMENTO DE CARREIRA PARA O SUCESSO DO GESTOR DE PROJETOS Fernanda Schröder Gonçalves Organização Apoio 1 de xx APRESENTAÇÃO Fernanda Schröder Gonçalves Coordenadora do Ibmec

Leia mais

Expectativas e desafios do jovem no mercado de trabalho:

Expectativas e desafios do jovem no mercado de trabalho: ASSUNTO em pauta Expectativas e desafios do jovem no mercado de trabalho: comunicação entre jovem e empresa Velychko 30 REVISTA DA ESPM maio/junho de 2011 O jovem quer seu espaço no mercado de trabalho.

Leia mais

Como entendemos a Gestão por Processos?

Como entendemos a Gestão por Processos? RIO DE JANEIRO SÃO PAULO BRASÍLIA BELO HORIZONTE Como entendemos a Gestão por Processos? Mobilizando pessoas para promover melhorias e inovações a partir de processos André Macieira & Leandro Jesus Alguns

Leia mais

E SE VOCÊ PUDESSE EXTRAIR INTELIGÊNCIA DO CONTEÚDO PRODUZIDO SOBRE SUA MARCA OU PRODUTO NAS MÍDIAS SOCIAIS?

E SE VOCÊ PUDESSE EXTRAIR INTELIGÊNCIA DO CONTEÚDO PRODUZIDO SOBRE SUA MARCA OU PRODUTO NAS MÍDIAS SOCIAIS? E SE VOCÊ PUDESSE EXTRAIR INTELIGÊNCIA DO CONTEÚDO PRODUZIDO SOBRE SUA MARCA OU PRODUTO NAS MÍDIAS SOCIAIS? COM SOCIAL MEDIA RESEARCH VOCÊ PODE UMA NOVA METODOLOGIA QUE PARTE DO CRUZAMENTO ENTRE AS MELHORES

Leia mais

O PROCESSO DE AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO NA CONSTRUÇÃO DE UM NOVO PARADIGMA PARA A EFICIÊNCIA E EFICÁCIA NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA.

O PROCESSO DE AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO NA CONSTRUÇÃO DE UM NOVO PARADIGMA PARA A EFICIÊNCIA E EFICÁCIA NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA. O PROCESSO DE AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO NA CONSTRUÇÃO DE UM NOVO PARADIGMA PARA A EFICIÊNCIA E EFICÁCIA NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA. INTRODUÇÃO A democratização da economia, as frequentes mudanças que se processam

Leia mais

Ministério da Educação. Primavera 2014. Atualização do Redesenho do Currículo

Ministério da Educação. Primavera 2014. Atualização do Redesenho do Currículo Ministério da Educação Primavera 2014 Atualização do Redesenho do Currículo Em 2010, o Ministério da Educação começou a transformar o sistema educacional de British Columbia, Canadá, Ensino Infantil Médio

Leia mais

Já pesquisou alguma coisa sobre a Geração Y? Pois então corra, pois eles já vasculharam tudo para você.

Já pesquisou alguma coisa sobre a Geração Y? Pois então corra, pois eles já vasculharam tudo para você. Já pesquisou alguma coisa sobre a Geração Y? Pois então corra, pois eles já vasculharam tudo para você. A HR Academy e a NextView realizaram uma pesquisa focada em geração y, com executivos de RH das principais

Leia mais

Introdução ao OpenUP (Open Unified Process)

Introdução ao OpenUP (Open Unified Process) Introdução ao OpenUP (Open Unified Process) Diferentes projetos têm diferentes necessidades de processos. Fatores típicos ditam as necessidades de um processo mais formal ou ágil, como o tamanho da equipe

Leia mais

GESTOR DE SEGURANÇA. CBO 2526-05 - Gestor em segurança

GESTOR DE SEGURANÇA. CBO 2526-05 - Gestor em segurança GESTOR DE SEGURANÇA CBO 2526-05 - Gestor em segurança mirianbazote@portseg.com.br Mirian Bazote Graduada em Administração de Empresas Graduada em Direito Pós Graduada em Direito do Trabalho e Previdência

Leia mais

Colégio Estadual Juracy Rachel Saldanha Rocha Técnico em Administração Comportamento Organizacional Aílson José Senra Página 1

Colégio Estadual Juracy Rachel Saldanha Rocha Técnico em Administração Comportamento Organizacional Aílson José Senra Página 1 Página 1 COMPORTAMENTO ORGANIZACIONAL As pessoas que supervisionam as atividades das outras e que são responsáveis pelo alcance dos objetivos nessas organizações são os administradores. Eles tomam decisões,

Leia mais

09/07/2013. Apresenta

09/07/2013. Apresenta Apresenta 1 por Diana Santos 2 Muitos estudos sobre políticas de gestão de pessoas com vistas a melhorar o desempenho dos colaboradores; Durante toda existência humana, as equipes constituíram a forma

Leia mais

Sustentabilidade nos Negócios

Sustentabilidade nos Negócios Sustentabilidade nos Negócios Apresentação O programa Gestão Estratégica para a Sustentabilidade foi oferecido pelo Uniethos por nove anos. Neste período os temas ligados à sustentabilidade começam a provocar

Leia mais

GESTÃO DE PESSOAS E PRODUTIVIDADE

GESTÃO DE PESSOAS E PRODUTIVIDADE GESTÃO DE PESSOAS E PRODUTIVIDADE 2 Download da Apresentação www.gptw.com.br publicações e eventos palestras Great Place to Work - Missão 3 Construindo um Excelente Ambiente de Trabalho 4 1 2 3 4 O que

Leia mais

Planejamento Estratégico PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO. Formação dos grupos de trabalho e Detalhamento das estratégias do Plano de Ação Julho 2014

Planejamento Estratégico PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO. Formação dos grupos de trabalho e Detalhamento das estratégias do Plano de Ação Julho 2014 Planejamento Estratégico PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO Formação dos grupos de trabalho e Detalhamento das estratégias do Plano de Ação Julho 2014 Grupos de trabalho: formação Objetivo: elaborar atividades e

Leia mais

CÓDIGO DE ÉTICA DA GSIME TECNOLOGIA E INFORMÁTICA LTDA Nome Fantasia: GTI Solution

CÓDIGO DE ÉTICA DA GSIME TECNOLOGIA E INFORMÁTICA LTDA Nome Fantasia: GTI Solution CÓDIGO DE ÉTICA DA GSIME TECNOLOGIA E INFORMÁTICA LTDA Nome Fantasia: GTI Solution GTI Solution Código de Ética: GSIME TECNOLOGIA E INFORMÁTICA LTDA 1. INTRODUÇÃO A GSIME TECNOLOGIA E INFORMÁTICA LTDA

Leia mais

7.1 Introdução. Monitoramento e Avaliação 427

7.1 Introdução. Monitoramento e Avaliação 427 7.1 Introdução O processo de monitoramento e avaliação constitui um instrumento para assegurar a interação entre o planejamento e a execução, possibilitando a correção de desvios e a retroalimentação permanente

Leia mais