Portais Corporativos. Prof. Eder Cachoeira. (48)

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Portais Corporativos. Prof. Eder Cachoeira. eder.cachoeira@tecmedia.com.br (48) 9994-8513"

Transcrição

1 Portais Corporativos Prof. Eder Cachoeira (48)

2 Portais Corporativos Apresentação Contextualização Panorama da Internet no Brasil Think Infinite with Google Portais Corporativos PC e a comunicação na empresa Justificando a implantação ROI em um PC PC x Redes Sociais Metodologias Soluções existentes Eventos Links Portais Corporativos Cenário atual Conceito Comunicação empresarial Processo Evolutivo Características O dia-a-dia nas empresas Onde o PC entra nessa história? Planejando Tecnologia Conteúdo Colaboração Exercício prático

3 Contextualização

4 Panorama da Internet no Brasil

5 Panorama da Internet no Brasil 78 milhões de usuários de internet 18 a 20% tem Banda Larga Faturamento de R$ 14,8 bilhões em vendas de bens de consumo 23 milhões de e-consumidores que fizeram, ao menos, uma compra online No primeiro semestre de 2011, a estimativa é de um faturamento em torno de R$ 8,8 bilhões Case Carnaval 2011 Youtube (12 horas ao vivo, 12 milhões de pessoas assitiram, 201 países) Egito (We Want Internet)

6 Think Infinite with Google Prometeus

7 Portais Corporativos

8 Cenário nacional para portais corporativos A análise dos cases inscritos no Prêmio Intranet Portal ao longo dos seus três anos um conjunto significativo de mais de 120 iniciativas de todo o país vem revelando o amadurecimento gradual, porém constante, do uso desses ambientes digitais no mercado corporativo brasileiro.

9 Cenário nacional para portais corporativos % dos participantes afirmaram que o ambiente, além de veicular informações e conteúdos, também fornece acesso a outros sistemas corporativos

10 Cenário nacional para portais corporativos % disseram que a alta direção os considera algo muito útil e oferecem seu patrocínio, enquanto 30% responderam que os principais executivos tratam intranets e portais corporativos como algo crítico para os negócios.

11 Cenário nacional para portais corporativos Alguns participantes lançaram a primeira versão de suas intranets em 1995, ano em que se tem como referência o nascimento dessa tecnologia no mundo. Mas ainda constituem uma minoria.

12 Cenário nacional para portais corporativos Um número significativo de participantes implantou a primeira versão de sua intranet apenas a partir de Ainda sobre versões, mais de 70% das empresas já atualizaram o ambiente até três vezes.

13 Cenário nacional para portais corporativos % dos inscritos no Prêmio Intranet Portal fazem planejamento anual dos seus ambientes. Como se sabe esses ambientes são orgânicos e demandam acompanhamento e planejamento regulares para que seja mantido o alinhamento ao negócio.

14 Cenário nacional para portais corporativos Ao mesmo tempo, os casos vencedores constituem soluções realmente avançadas, deixando claro qual o caminho para colocar a gestão da informação e do conhecimento a serviço de organizações mais ágeis, flexíveis e inteligentes e, portanto, mais produtivas e eficazes.

15 Conceito Portal Corporativo é uma aplicação que agrega conteúdo, colaboração, conhecimento e aplicativos transacionais, todos numa interface única. Ele também integra pessoas, informações e conhecimento que estão atrelados a processos organizacionais.

16 Comunicação corporativa tradicional Normalmente, as informações de uma empresa estão distribuídas em diferentes arquivos, diretórios, computadores, softwares, papéis, etc.

17 Comunicação corporativa com um PC Muitas empresas encontram problemas graves com o excesso de informação gerada no seu dia-a-dia, sendo imprescindível a aplicação de um método de controle capaz de organizar todo o conhecimento dentro da instituição.

18 Processo Evolutivo de um PC Só é possível através de uma governança estruturada. Nessa governança, áreaschave definem regras, diretrizes e métricas em consenso. Planejam juntas, avaliam juntas, trabalham juntas.

19 Processo Evolutivo de um PC A operacionalização de uma iniciativa deste tipo requer a realização de esforços conjuntos de várias áreas (publicação de conteúdo, infraestrutura, gerenciamento do sistema)

20 Processo Evolutivo de um PC Esses sistemas são mecanismos que incentivam o compartilhamento das informações e também são capazes de converter conhecimento tácito em conhecimento explícito.

21 Principais características Murray (1999) defende que os portais exclusivamente voltados a conteúdo são inadequados às organizações, e que o ideal é aquele que interliga tudo e todos, proporcionando todas as ferramentas necessárias para o trabalho colaborativo.

22 Principais características Toledo (2002) reforça que o PC não é uma única tecnologia ou sistema, mas um conjunto de tecnologias que, se corretamente integradas, provêem uma única interface ao usuário para acessar qualquer recurso de informação e de processos de negócio.

23 Principais características Portais Corporativos são capazes de fornecer uma complexa infra-estrutura que permite disponibilizar aos usuários sistemas de informação totalmente configurados e personalizados a cada usuário, esteja ele dentro ou fora da organização.

24 O dia-a-dia nas empresas

25 O dia-a-dia nas empresas As empresas continuam utilizando os diversos sistemas disponíveis, não por opção, mas pelas necessidades do trabalho diário.

26 O dia-a-dia nas empresas Nesse cenário temos as informações, matéria prima mais importante para a empresa, "espalhada" através dos diversos sistemas da empresa. Nem mesmo o acesso às aplicações disponíveis é uma tarefa fácil. Primeiro o usuário tem que descobrir se existe um aplicativo que faz o que ele quer, depois ele tem que descobrir quem é o responsável pela instalação e manutenção e, por último, precisa aprender a utilizar o programa.

27 O dia-a-dia nas empresas Além disso o usuário precisa utilizar diferentes aplicativos para acessar as informações necessárias.

28 O dia-a-dia nas empresas Um Emulador de Terminal para acessar os sistemas do Mainframe. Um Navegador para acessar os sistemas baseados em tecnologia Web de n camadas e a Intranet da empresa. Diversos programas baseados na arquitetura Cliente/Servidor, onde cada aplicativo é um programa diferente, instalado no computador do usuário.

29 Onde é que os Portais Corporativos entram nessa história? A idéia do Portal Corporativo é criar um ponto de acesso único, a todas as informações e aplicativos que o usuário precisa para realizar o seu trabalho diário.

30 Onde é que os Portais Corporativos entram nessa história? Além de ter acesso às informações disponíveis, os usuários também devem dispor de ferramentas que permitam o compartilhamento da informação. É comum a criação de comunidades virtuais e comunidades de práticas que funcionam diretamente no Portal Corporativo.

31 Onde é que os Portais Corporativos entram nessa história? Isso é benéfico para toda a empresa, pois informação compartilhada através do portal é informação disponível, diferente de quando a informação está apenas na "cabeça" dos funcionários.

32 Onde é que os Portais Corporativos entram nessa história? "A informação certa, para a pessoa certa no momento certo." Portais bem projetados e focados nas reais necessidades dos usuários, são capazes de vencer o desafio de fornecer as informações corretas, quando necessárias, para quem delas precisar.

33 Planejando um PC Algumas perguntas importantes: O que os usuários precisam saber? Quais as fontes de conhecimento que os usuários utilizam ou poderiam utilizar no futuro? Como os usuários devem procurar por elas? Será que o Portal Corporativo será intuitivo para o usuário? Qual será o impacto do Portal Corporativo no aprendizado e na tomada de decisões?

34 Planejando um PC Onde intranets e portais corporativos agregam valor? O que eles fazem que nenhum outro sistema faz? Onde focar a construção do seu ambiente digital corporativo para tirar o que ele oferece de melhor?

35 Planejando um PC Basicamente os Portais Corporativos servem para 3 coisas: PORTAL = Tecnologia/Integração CONTENT = Conteúdo COLLABORATION = Colaboração

36 Planejando um PC PORTAL = Tecnologia/Integração = integrar e orquestrar sistemas de forma mais racional, para a TI, e amigável, para o tomador de decisão/usuário; CONTENT = Conteúdo = promover a produção, acesso, uso, reuso e guarda dos muitos conteúdos produzidos no ambiente corporativo; COLLABORATION = Colaboração = estabelecer a aproximação, mediada e apoiada pela tecnologia, dos cérebros e talentos da organização.

37 Planejando um PC CONTENT = Gestão de Conteúdo Para começar, é importante lembrar que a expressão Gestão de Conteúdo é usada tanto por webjornalistas (focados quase sempre em processos digitais de comunicação interna) quanto por profissionais de ciência da informação (preocupados com o ciclo de vida de documentos, sua gestão, guarda, etc).

38 Planejando um PC CONTENT = Gestão de Conteúdo Em qualquer dos casos, o que está em jogo é a capacidade de gerar uma base mais estruturada de informações e conhecimentos explícitos, ao mesmo tempo em que se amplia o alcance (tanto do consumo quanto da participação/inserção).

39 Planejando um PC CONTENT = Gestão de Conteúdo Na sua interface com a Tecnologia, temos as ferramentas de Busca, ECM (Enterprise Content Management) e afins, viabilizando essa estruturação e recuperação mais fácil. Na interface com a Colaboração, é o mundo da aprendizagem organizacional, gestão do conhecimento e inteligência coletiva

40 Planejando um PC COLLABORATION = Colaboração No círculo da colaboração, cabem a localização de especialistas, a aproximação de talentos e a troca de conhecimento tácito. Mas o pulo do gato está na fronteira com o círculo da gestão de conteúdo, onde moram a aprendizagem organizacional, a gestão do conhecimento e a inovação.

41 Planejando um PC COLLABORATION = Colaboração Esse é um dos motivos, por exemplo, do sucesso da web 2.0 e Enterprise 2.0): wiki é conteúdo ou colaboração? E blog? São as duas coisas ao mesmo tempo. daí a sua força.

42 Planejando um PC O fato é que, no diagrama, o poder total está mesmo no centro superposto dos três círculos. A grande dica para um projeto de sucesso, portanto, é construí-lo com um olho em ao menos um dos três pilares, numa abordagem evolutiva que tenha como meta maior a integração de todos eles. Pense na estratégia da organização e identifique os processos de negócio que mais podem ganhar com integração a legados, com reuso de conteúdos e/ou com uma estratégia colaborativa.

43 Planejando um PC Resumindo: a meta maior de uma intranet avançada ou de um portal corporativo é tratar os três eixos como se fossem um só, indissociáveis. Afinal, eles reúnem as proposições únicas de valor de um ambiente como este algo que nenhum outro sistema faz pela organização. Seguindo esta trilha, incorporando uma visão de processos, uma modelagem alinhada à estratégia e preocupações com gestão de mudanças, se alcança um ganho sinérgico e sistêmico que faz do ambiente a tão falada plataforma das empresas que aprendem.

44 Exercício Prático

45 Exercício prático A ACME consultoria atua no segmento de prestação de serviços para famílias da classe média alta de vários países do mundo. O volume de informações e quantidade de colaboradores são gigantescos. Os públicos envolvidos no negócio são: Funcionários Representantes Fornecedores Clientes Comunidade

46 Exercício prático O DESAFIO É: Elaborar o planejamento de um Portal Corporativo para a empresa ACME, contemplando Geração e Organização de Conteúdo e Ferramentas de Colaboração. Os departamentos envolvidos no projeto são: Comercial Diretoria Marketing Atendimento

47 Exercício prático O RESULTADO: 1. Trabalhar CONTEÚDO E COLABORAÇÃO 2. Definir as áreas e desenhar o mapa de navegação 3. Definir um plano de divulgação offline 4. Definir estratégias para o sucesso da implantação 5. Definir as ferramentas a serem utilizadas 6. Definir indicadores de sucesso 7. Simular situações Antes e Depois 8. Integrar com os outros departamentos 9. Apresentação 10.Enviar por

48 Exercício prático - Simulação Últimos acontecimentos: (Comercial) Nova parceria que irá agregar 1000 clientes na carteira. (Diretoria) Abertura de capital. (Marketing) Mudança na logomarca da empresa (Atendimento) Terceirização do departamento de SAC.

49 Exercício prático - Simulação Ações: Criar uma notícia para cada acontecimento Publicar na capa do portal

50 Exercício prático Tomada de decisão: (Comercial) Qual a argumentação para justificar e vender a terceirização do departamento de SAC? (Diretoria) Qual a melhor maneira de recompensar e incentivar a conquista dos 1000 novos clientes? (Marketing) Qual a forma mais eficiênte de divulgar a S.A.? (Atendimento) Como os atendentes deverão lidar com a mudança na logomarca da empresa?

51 Exercício prático Apresentação Equipes: Comercial (Fernando, João B., João L., João P., Lucas) Diretoria (Karla, Laura, Tassia, Vanessa, Cintia) Marketing (Daiani, Emanuela, Marcelo, Marcos, Jackson) Atendimento (Antônio, Cristiano, Karen, Luciana)

52 Portais Corporativos e a Comunicação nas Empresas

53 PC e a Comunicação nas Empresas Livro: Webwriting Redação e Informação para a Web é um ambiente de limites bem demarcados, onde, desde o início, já se sabe o número de usuários, seus dados e existe uma boa noção do que este público deseja e qualquer dúvida que surja sobre isso, basta em boa parte das vezes, descer ou subir escadas, adentrar salas adjacentes ou discar um ramal.

54 PC e a Comunicação nas Empresas Livro: Webwriting Escrever para uma intranet é mais simples do que escrever para web, pois você já conhece os usuários que vão ler.

55 PC e a Comunicação nas Empresas Prêmio Intranet Portal Alguns trechos de falas de profissionais da área, que mostram muito bem a relevância da intranet para uma corporação e o papel do profissional na comunicação interna:

56 PC e a Comunicação na Empresa Alinhar portal corporativo com estratégias da empresa e definir o papel de cada área fez o sucesso do portal corporativo da Eletrobrás. Viviane Danin é jornalista atuando em mídias digitais. É sócia da Z Editores, empresa que mantém o Webinsider.

57 PC e a Comunicação nas Empresas Ao discutir os valores da organização está se discutindo como será o portal. Cuidado com o todo mundo tem, quero ter também. Competição não combina com colaboração. Colaborar é fazer construção coletiva. Não existe colaboração sem mediação. É aí que entra o profissional de comunicação. É preciso ser um mediador. Beth Saad é estrategista em meios e comunicação digitais e Professora Titular da Escola de Comunicações e Artes Universidade de São Paulo (ECA-USP).

58 PC e a Comunicação nas Empresas Incentivar a colaboração é o próximo desafio do profissional de comunicação. Os wikis são a bola da vez para comunicação interna. Os profissionais de comunicação precisam dominar isso. [ ] Você vai ganhar um prêmio se conseguir fazer um wiki funcionar bem na sua instituição. Nosso papel, do profissional de comunicação, é facilitar a chegada dessa ferramenta nas empresas. Vicente Tardin é jornalista, criador e editor do Webinsider, um dos principais sites de conteúdo sobre mídia interativa e o ambiente online. É também consultor de conteúdo para empresas e produz blogs corporativos.

59 PC e a Comunicação nas Empresas O que fazer Descentralizar a atualização de conteúdo Foco nas necessidades do usuário Fazer o portal em fases, medindo sempre os resultados a cada uma delas Usar o PDCA e a melhoria contínua (Plan, Do, Check, Act) O que não fazer Centralizar a atualização de conteúdo Foco nas vontades do diretor Tentar fazer o portal perfeito na primeira tentativa gerando falsas expectativas.

60 PC e a Comunicação nas Empresas O profissional de comunicação tem que ser multidisciplinar, ou seja, saber passar as informações que possui corretamente para o seu público-alvo, e com uma linguagem que ele compreenda; ter estratégias para fazer com que todas as áreas passem informações verdadeiras para a intranet; mostrar em números os benefícios que a intranet está proporcionando para a empresa; e promover a colaboração dos profissionais da empresa, fomentando a colaboração não competitiva. Ou seja, muito trabalho!

61 Justificando a Implantação

62 Justificando a Implantação A pergunta poderia ser simplificada: por que implantar um portal corporativo? Neste momento se faz necessário convencer executivos e gestores de que benefícios podem ser atingidos com o uso de portal corporativo. São muitas as possibilidades de convencimento, mas existem direcionamentos que poderão nortear a justificativa de implantação de um portal corporativo. Estes direcionamentos podem ser de duas naturezas bastante distintas: podem ser de natureza de negócios ou tecnológicas.

63 Justificando a Implantação Direcionamento de negócios Informações refinadas e atuais para suportar decisões empresariais? É importante aumento de produtividade? Localização de informações mais rápida? Mais facilidade e menos custo na integração de informações? Necessidade de integração e controle de processos de negócio? Fornecer informação certa para pessoa certa na hora certa? Bases de conhecimento sobre clientes, fornecedores, mercados, concorrentes? Melhorar comunicação empresarial utilizando canais eletrônicos?

64 Justificando a Implantação Direcionamento tecnológico Necessidade de integração de sistemas? Disponibilização de serviços e informações em computação móvel. Conectividade e escalabilidade. Personalização. Single Sign On. Controle de acesso Redução de custo de manutenção de legados Gerenciamento de conteúdo descentralizado

65 Justificando a Implantação Identificação de retorno em iniciativas de portal corporativo. Definir objetivos empresarias a serem atingidos com o portal Classificar tipo de portal e listar funcionalidades Definir indicadores a serem monitorados para cada objetivo Realizar medição dos indicadores antes da implantação Definir período de implantação, adoção e aculturamento Realizar medição dos indicadores após a implantação

66 Justificando a Implantação Objetivos de negócio É preciso identificar quais são os direcionamentos e requisitos que a ferramenta deverá ter. Dentre estes objetivos podem estar: Melhorar comunicação empresarial Integrar pessoas que estão geograficamente distribuídas Melhorar processo de tomada de decisão Criar ambiente único de acesso a informações Criar bases de conhecimento Melhorar a gestão do relacionamento com clientes Coletar e manter informações sobre concorrentes e novos entrantes Melhorar o processo de capacitação dos colaboradores através de elearning

67 ROI em Portais Corporativos

68 ROI Em seu artigo no Webinsider, Daniella Morier, Sócia-diretora da Avantare Consultoria Interativa, comenta sobre uma pesquisa realizada na Prescient (EUA) e formas para mensurar os resultados positivos ao utilizar uma intranet:

69 ROI Gerentes gastam em média mais de 2h/dia procurando informações. 57% dos participantes disseram que recorrer a muitas fontes para compilar informações é um aspecto difícil para gerenciar informações. Mais de 50% das informações que os gerentes obtém não têm valor para eles. 42% usaram uma informação errada pelo menos uma vez por semana. 53% disseram que menos da metade das informações recebidas são aproveitáveis.

70 ROI Os portais corporativos têm um papel fundamental na otimização do tempo e na eficiência dos colaboradores. A conta tradicional do ROI é realizada pela conta simples de (Economia total gerada) - (Valor Investido). Se pega este número e divide-se pelo (Valor Investido). Este será o percentual de ROI.

71 ROI - Métricas Custos físicos - Refletem a redução de custos de bens tangíveis: Diminuição de impressões Redução de circulação de materiais Taxa de envio

72 ROI - Métricas Produtividade Pode haver ganho de produtividade devido a: Processos automatizados Agilidade no encontro de informações

73 ROI - Métricas Comunicação A intranet pode promover maior: Integração entre pessoas e departamentos Redução das barreiras geográficas ao possibilitar a formação de grupos interdisciplinares Promover redução de custos de viagem ou de telefonia se tiver recursos de colaboração.

74 ROI - Métricas Competitividade A empresa ganha ao melhorar o acesso sobre: Informações Dados competitivos Compartilhar objetivos Incentivar a inovação e Permitir um fluxo livre de ideias

75 ROI - Métricas Redução ou eliminação de erros em processos A empresa pode acabar com: Problemas gerados por processos manuais Ganha controle do seu estágio Além de informações gerenciais

76 ROI - Métricas Recursos humanos A área de recursos humanos pode: Beneficiar através do aumento das taxas de retenção de funcionários Ampliação da satisfação dos colaboradores Redução da perda de conhecimento Redução de custos de treinamentos, no caso de ações de elearning

77 ROI - Métricas Infraestrutura Redução de custos de operação por haver compartilhamento da infraestrutura. Em relação aos sistemas tradicionais, tem mais facilidade de uso, sem necessidade de treinamentos.

78 Metodologias E3

79 SIM

80 Navita

81 Trabalho Final Tarefas as serem executadas no Portal: Implementar as informações definidas no exercício prático em uma ferramenta de portal OpenSource. Simular situações. Apresentar os resultados.

82 Ferramentas OpenSource Liferay Visão geral do portal Liferay O Liferay é uma plataforma web corporativa que apresenta resultados imediatos e duradouros. Obtenha aplicativos nativos e um framework de desenvolvimento de aplicações em uma única solução. URL:

83 Ferramentas OpenSource Pluto Pluto é a implementação de referência da especificação Java Portlet. A versão atual (2.0) desta especificação é conhecida como a JSR-286. A versão de especificação anterior, JSR-168, cobre a versão 1.0 da especificação. Pluto implementa e é totalmente compatível tanto com o 1.0 e 2.0. URL:

84 Ferramentas OpenSource Metadot Portal Server Metadot é uma open source de portal. Sua facilidade de uso permite que pessoas não técnicas para criar poderosos sites e portais muito apenas com o clique de um mouse. Sua arquitetura faz com que seja extremamente fácil de personalizar e implementar. URL:

85 Ferramentas OpenSource MindTouch A plataforma open source do MindTouch combina o fácil uso do wiki com escalabilidade, segurança e capacidade de integração de um portal corporativo, conectando os sistemas da empresa, bancos de dados, serviços web, e aplicativos web 2.0 para criar redes colaborativas. URL:

86 Ferramentas OpenSource TeamLab TeamLab é uma plataforma para gerenciamento de projetos e colaboração empresarial desenvolvido por Ascensio System. TeamLab combina um conjunto de ferramentas de produtividade que facilita a comunicação interna da empresa e disponível em 6 idiomas. URL:

87 Fontes pesquisadas src=related_normal&rel=

88 Obrigado! Prof. Eder Cachoeira

10 TÉCNICAS PARA GESTÃO COMERCIAL

10 TÉCNICAS PARA GESTÃO COMERCIAL 10 TÉCNICAS PARA GESTÃO COMERCIAL Os meses de dezembro e janeiro na maioria das empresas são marcados invariavelmente por atividades de planejamentos, orçamentos e metas para o ano novo. Para o próximo

Leia mais

Intranets e Capital Intelectual

Intranets e Capital Intelectual Intranets e Capital Intelectual Intranets e Capital Intelectual As mídias sociais ultrapassaram os limites da vida privada. Os profissionais são 2.0 antes, durante e depois do expediente. É possível estabelecer

Leia mais

Mídias sociais nas empresas O relacionamento online com o mercado

Mídias sociais nas empresas O relacionamento online com o mercado Mídias sociais nas empresas O relacionamento online com o mercado Maio de 2010 Conteúdo Introdução...4 Principais conclusões...5 Dados adicionais da pesquisa...14 Nossas ofertas de serviços em mídias sociais...21

Leia mais

1- Objetivo: Avaliar os conhecimentos adquiridos durante o auto treinamento de Governança de TI com as práticas da ITIL e Cobit.

1- Objetivo: Avaliar os conhecimentos adquiridos durante o auto treinamento de Governança de TI com as práticas da ITIL e Cobit. 1- Objetivo: Avaliar os conhecimentos adquiridos durante o auto treinamento de Governança de TI com as práticas da ITIL e Cobit. 2 Regras e Instruções: Antes de começar a fazer a avaliação leia as instruções

Leia mais

criar colaborar comunicar Tecnologia para Crescer

criar colaborar comunicar Tecnologia para Crescer Tecnologia para Crescer Com o crescimento da banda larga e smartphones/ tablets, conteúdos têm sido criados e consumidos em uma taxa alarmante. Atualmente, a definição de conteúdo mudou e não se trata

Leia mais

ERP. Planejamento de recursos empresariais

ERP. Planejamento de recursos empresariais ERP Enterprise Resource Planning Planejamento de recursos empresariais ERP Enterprise Resource Planning -Sistema de Gestão Empresarial -Surgimento por volta dos anos 90 -Existência de uma base de dados

Leia mais

Governança de TI. Por que a Governança de TI é vista como fator chave para criação de valor para o Negócio? Conhecimento em Tecnologia da Informação

Governança de TI. Por que a Governança de TI é vista como fator chave para criação de valor para o Negócio? Conhecimento em Tecnologia da Informação Conhecimento em Tecnologia da Informação Governança de TI Por que a Governança de TI é vista como fator chave para criação de valor para o Negócio? 2010 Bridge Consulting Apresentação A Governança de Tecnologia

Leia mais

INTRODUÇÃO A PORTAIS CORPORATIVOS

INTRODUÇÃO A PORTAIS CORPORATIVOS INTRODUÇÃO A PORTAIS CORPORATIVOS Conectt i3 Portais Corporativos Há cinco anos, as empresas vêm apostando em Intranet. Hoje estão na terceira geração, a mais interativa de todas. Souvenir Zalla Revista

Leia mais

7 Passos Para a Criação de Uma Boa Loja Virtual. Índice

7 Passos Para a Criação de Uma Boa Loja Virtual. Índice 2 Índice Introdução... 3 Passo 1 Entender o que é Venda Online e E-commerce... 4 Passo 2 Entender o Mercado de Comércio Eletrônico... 5 Passo 3 Canais de Venda... 6 Passo 4 Como identificar uma Boa Plataforma

Leia mais

ERP. Enterprise Resource Planning. Planejamento de recursos empresariais

ERP. Enterprise Resource Planning. Planejamento de recursos empresariais ERP Enterprise Resource Planning Planejamento de recursos empresariais O que é ERP Os ERPs em termos gerais, são uma plataforma de software desenvolvida para integrar os diversos departamentos de uma empresa,

Leia mais

Mídias Sociais. Fatos e Dicas para 2013. Esteja preparado para um ano digital, social e interativo

Mídias Sociais. Fatos e Dicas para 2013. Esteja preparado para um ano digital, social e interativo Mídias Sociais Fatos e Dicas para 2013 Esteja preparado para um ano digital, social e interativo NESTE E-BOOK VOCÊ VAI ENCONTRAR: 1 - Porque as mídias sociais crescem em tamanho e em importância para o

Leia mais

Índice. 03 A Empresa. 04 Missão Visão Valores 05 Nossos Eventos 23 Corpbusiness - Patrocínio 24 Divulgação 25 Expediente

Índice. 03 A Empresa. 04 Missão Visão Valores 05 Nossos Eventos 23 Corpbusiness - Patrocínio 24 Divulgação 25 Expediente MÍDIA KIT 2014 Índice 03 A Empresa 04 Missão Visão Valores 05 Nossos Eventos 23 Corpbusiness - Patrocínio 24 Divulgação 25 Expediente A empresa Fundada em 2007, a empresa possui uma grade anual com diversos

Leia mais

COLABORE. Um mundo novo de possibilidades

COLABORE. Um mundo novo de possibilidades COLABORE Um mundo novo de possibilidades LUIZ HENRIQUE PROHMANN 24 de Março de 2009 Quem somos nós O Grupo HSBC no mundo A maior empresa do planeta / revista Forbes 2008 A marca mais valiosa do setor bancário

Leia mais

IBM Software IBM Business Process Manager Simples e Poderoso

IBM Software IBM Business Process Manager Simples e Poderoso IBM Software IBM Business Process Manager Simples e Poderoso Uma única plataforma BPM que oferece total visibilidade e gerenciamento de seus processos de negócios 2 IBM Business Process Manager Simples

Leia mais

Solução CA Technologies Garante Entrega de Novo Serviço de Notícias do Jornal Valor Econômico

Solução CA Technologies Garante Entrega de Novo Serviço de Notícias do Jornal Valor Econômico CUSTOMER SUCCESS STORY Abril 2014 Solução CA Technologies Garante Entrega de Novo Serviço de Notícias do Jornal Valor Econômico PERFIL DO CLIENTE Indústria: Mídia Companhia: Valor Econômico Funcionários:

Leia mais

2.1. COMPETINDO COM TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

2.1. COMPETINDO COM TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO 1 2.1. COMPETINDO COM TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Fundamentos da Vantagem Estratégica ou competitiva Os sistemas de informação devem ser vistos como algo mais do que um conjunto de tecnologias que apoiam

Leia mais

E-Business global e colaboração

E-Business global e colaboração E-Business global e colaboração slide 1 2011 Pearson Prentice Hall. Todos os direitos reservados. 2.1 Copyright 2011 Pearson Education, Inc. publishing as Prentice Hall Objetivos de estudo Quais as principais

Leia mais

As novas tecnologias podem finalmente - viabilizar o RH Estratégico? Thais Silva I Janeiro 2012

As novas tecnologias podem finalmente - viabilizar o RH Estratégico? Thais Silva I Janeiro 2012 As novas tecnologias podem finalmente - viabilizar o RH Estratégico? Thais Silva I Janeiro 2012 Universo TOTVS Fundada em 1983 6ª maior empresa de software (ERP) do mundo Líder em Software no Brasil e

Leia mais

As 6 Práticas Essenciais de Marketing para Clínicas de Exames

As 6 Práticas Essenciais de Marketing para Clínicas de Exames As 6 Práticas Essenciais de Marketing para Clínicas de Exames Introdução Fique atento aos padrões do CFM ÍNDICE As 6 práticas essenciais de marketing para clínicas de exames Aposte em uma consultoria de

Leia mais

ITIL na Prática. Quais são os fatores críticos de sucesso para obter valor a partir de um Service Desk? Conhecimento em Tecnologia da Informação

ITIL na Prática. Quais são os fatores críticos de sucesso para obter valor a partir de um Service Desk? Conhecimento em Tecnologia da Informação Conhecimento em Tecnologia da Informação ITIL na Prática Quais são os fatores críticos de sucesso para obter valor a partir de um Service Desk? Conhecimento em Tecnologia da Informação 2010 Bridge Consulting

Leia mais

INFORMAÇÃO EXTREMA PREPARE-SE PARA A ERA DA. 08 e 09 de Outubro de 2013 FECOMÉRCIO São Paulo SP. Confira Descontos Especiais e Condições para Grupos

INFORMAÇÃO EXTREMA PREPARE-SE PARA A ERA DA. 08 e 09 de Outubro de 2013 FECOMÉRCIO São Paulo SP. Confira Descontos Especiais e Condições para Grupos SP conteúdo comunidade negócios PREPARE-SE PARA A ERA DA INFORMAÇÃO EXTREMA Principais Tópicos Informação como Valor Estratégico A Internet das Coisas e a Gestão da Informação Conteúdo na Mobilidade e

Leia mais

Como a automação de marketing pode aumentar suas vendas

Como a automação de marketing pode aumentar suas vendas edição 04 Guia do inbound marketing Como a automação de marketing pode aumentar suas vendas Como a automação de marketing pode aumentar suas vendas Há um tempo atrás o departamento de marketing era conhecido

Leia mais

Prezado Futuro Cliente

Prezado Futuro Cliente Prezado Futuro Cliente É com grade satisfação que encaminhamos nossa apresentação institucional e certos de estabelecermos uma parceria de sucesso e duradoura. Ela foi desenvolvida com objetivo de mostrar

Leia mais

marketing de conteúdo como atrair novos alunos usando estratégias de conteúdo produzido por

marketing de conteúdo como atrair novos alunos usando estratégias de conteúdo produzido por marketing de conteúdo para EAD como atrair novos alunos usando estratégias de conteúdo produzido por índice 03 introdução 06 como fazer: passo a passo 06 1. mapear personas 08 12 2. Organizando o conteúdo

Leia mais

Diretrizes Complementares para Aplicação da Análise de Pontos de Função no PAD

Diretrizes Complementares para Aplicação da Análise de Pontos de Função no PAD Diretrizes Complementares para Aplicação da Análise de Pontos de Função no PAD Ricardo Gaspar (21) 2172-8078 ricardo.gaspar@bndes.gov.br 10 de Junho de 2013 Agenda Contextualização Diretrizes de Contagem

Leia mais

Resultados da Pesquisa

Resultados da Pesquisa Resultados da Pesquisa 1. Estratégia de Mensuração 01 As organizações devem ter uma estratégia de mensuração formal e garantir que a mesma esteja alinhada com os objetivos da empresa. Assim, as iniciativas

Leia mais

RETORNO EM EDUCAÇÃO CORPORATIVA DEVE SER MENSURADO

RETORNO EM EDUCAÇÃO CORPORATIVA DEVE SER MENSURADO RETORNO EM EDUCAÇÃO CORPORATIVA DEVE SER MENSURADO Apesar de as empresas brasileiras estarem despertando para o valor das ações de educação corporativa em prol dos seus negócios, muitos gestores ainda

Leia mais

Modelo de Questões para Planejamento Digital Interativo

Modelo de Questões para Planejamento Digital Interativo Modelo de Questões para Planejamento Digital Interativo Algumas questões importantes sobre um projeto digital. Dependendo do cliente não é necessário levantar uma grande quantidade de dados. Utilize este

Leia mais

CURSO: Superior de Tecnologia em Gestão Comercial Disciplina: Sistemas de Informação no Varejo Período Letivo: 3º Semestre Professora: Mariana Alves

CURSO: Superior de Tecnologia em Gestão Comercial Disciplina: Sistemas de Informação no Varejo Período Letivo: 3º Semestre Professora: Mariana Alves TI CURSO: Superior de Tecnologia em Gestão Comercial Disciplina: Sistemas de Informação no Varejo Período Letivo: 3º Semestre Professora: Mariana Alves Fuini Pergunta 3: o que a TI abrange e como ela é

Leia mais

Competindo com Tecnologia da Informação. Objetivos do Capítulo

Competindo com Tecnologia da Informação. Objetivos do Capítulo Objetivos do Capítulo Identificar as diversas estratégias competitivas básicas e explicar como elas podem utilizar a tecnologia da informação para fazer frente às forças competitivas que as empresas enfrentam.

Leia mais

Diretrizes Propostas para Aplicação da APF em Programa Envolvendo Tecnologias Recentes Tais como Barramento, BPMS e Portal

Diretrizes Propostas para Aplicação da APF em Programa Envolvendo Tecnologias Recentes Tais como Barramento, BPMS e Portal Diretrizes Propostas para Aplicação da APF em Programa Envolvendo Tecnologias Recentes Tais como Barramento, BPMS e Portal Ricardo Gaspar, CFPS (21) 2172-8078 ricardo.gaspar@bndes.gov.br 29 de Novembro

Leia mais

A confluência dos vídeos e a Internet

A confluência dos vídeos e a Internet WHITEPAPER A confluência dos vídeos e a Internet Por que sua empresa deveria investir em vídeos em 2013 e como a Construção Civil pode utilizar os vídeos como diferencial competitivo. 1 Saiba como os vídeos

Leia mais

gestão de conteúdo empresarial

gestão de conteúdo empresarial Nuvem & Etc. B.M.I. W.C.M. A.V.A. WEB 2.0 BPMview gestão de conteúdo empresarial G.e.N.T.e.* B.P.M. EDIÇÃO transmídia DOC.DIG. GESTÃO DO CONTEÚDO EMPRESARIAL Transformar o conhecimento de nossos clientes

Leia mais

O QUE FAZEMOS MISSÃO VISÃO QUEM SOMOS

O QUE FAZEMOS MISSÃO VISÃO QUEM SOMOS O QUE FAZEMOS Provemos consultoria nas áreas de comunicação online, especializados em sites focados na gestão de conteúdo, sincronização de documentos, planilhas e contatos online, sempre integrados com

Leia mais

INTEGRADOR WEB INTEGRADOR

INTEGRADOR WEB INTEGRADOR O produto e seus processos. - Automatização das operações repetitivas. - Formatação de estilos de entrada e de saída para as várias mídias. Acesso remoto via Web. Diagrama Base INTEGRADOR WEB INTEGRADOR

Leia mais

O Papel Estratégico da Gestão de Pessoas para a Competitividade das Organizações

O Papel Estratégico da Gestão de Pessoas para a Competitividade das Organizações Projeto Saber Contábil O Papel Estratégico da Gestão de Pessoas para a Competitividade das Organizações Alessandra Mercante Programa Apresentar a relação da Gestão de pessoas com as estratégias organizacionais,

Leia mais

Intranet Embrapa. Princípios e conceitos

Intranet Embrapa. Princípios e conceitos Intranet Embrapa Princípios e conceitos Brasília, 9 de setembro de 2014 2 1. Apresentação O projeto de uma Nova Intranet para a Embrapa teve início em julho de 2012, com o diagnóstico das Intranets das

Leia mais

INTEGRE Diversas fontes de informações em uma interface intuitiva que exibe exatamente o que você precisa

INTEGRE Diversas fontes de informações em uma interface intuitiva que exibe exatamente o que você precisa INTEGRE Diversas fontes de informações em uma interface intuitiva que exibe exatamente o que você precisa ACESSE Informações corporativas a partir de qualquer ponto de Internet baseado na configuração

Leia mais

CobiT 4.01 OBJETIVOS DE CONTROLE PARA INFORMAÇÃO E TECNOLOGIAS RELACIONADAS

CobiT 4.01 OBJETIVOS DE CONTROLE PARA INFORMAÇÃO E TECNOLOGIAS RELACIONADAS CobiT 4.01 OBJETIVOS DE CONTROLE PARA INFORMAÇÃO E TECNOLOGIAS RELACIONADAS METODOLOGIA DE AUDITORIA PARA AVALIAÇÃO DE CONTROLES E CUMPRIMENTO DE PROCESSOS DE TI NARDON, NASI AUDITORES E CONSULTORES CobiT

Leia mais

BPM E SOA MODELO PARA O DESENVOLVIMENTO CORPORATIVO

BPM E SOA MODELO PARA O DESENVOLVIMENTO CORPORATIVO BPM E SOA MODELO PARA O DESENVOLVIMENTO CORPORATIVO João Felipe D Assenção Faria Arquiteto JEE Especialista SOA/BPM JOÃO FELIPE D ASSENÇÃO FARIA Arquiteto JEE (12 anos) Especialista SOA/BPM (aprox. 4 anos)

Leia mais

1 Fórum de Educação a Distância do Poder Judiciário. Gestão de Projetos de EAD Conceber, Desenvolver e Entregar

1 Fórum de Educação a Distância do Poder Judiciário. Gestão de Projetos de EAD Conceber, Desenvolver e Entregar 1 Fórum de Educação a Distância do Poder Judiciário Gestão de Projetos de EAD Conceber, Desenvolver e Entregar Prof. Dr. Stavros Panagiotis Xanthopoylos stavros@fgv.br Brasília, 27 de novembro de 2009

Leia mais

NUOVA COMUNICAÇÃO. Inteligência em design, conteúdo e tecnologia

NUOVA COMUNICAÇÃO. Inteligência em design, conteúdo e tecnologia NUOVA COMUNICAÇÃO Inteligência em design, conteúdo e tecnologia Não brigue com o problema. Resolva-o. Thomas Marshall sobre a nuova Somos uma agência digital apaixonada por tecnologia, design e comunicação,

Leia mais

AGENDA. Interação entre comunicação interna corporativa e endomarketing. 02 de Julho. Hotel Intercontinental São Paulo/SP 5ª EDIÇÃO.

AGENDA. Interação entre comunicação interna corporativa e endomarketing. 02 de Julho. Hotel Intercontinental São Paulo/SP 5ª EDIÇÃO. AGENDA Interação entre comunicação interna corporativa e endomarketing 5ª EDIÇÃO D 02 de Julho? Hotel Intercontinental São Paulo/SP Realização: www.corpbusiness.com.br Patrocínio Bronze Apoio Realização:

Leia mais

CONTRATE UM PROFISSIONAL

CONTRATE UM PROFISSIONAL SITE INTELIGENTE Muitas empresas que nos procuram sempre falam que buscam um site transacional e não institucional, mas afinal o que isso quer dizer? Na prática o que a maioria das pessoas espera é que

Leia mais

Administração de Sistemas de Informação Gerenciais

Administração de Sistemas de Informação Gerenciais Administração de Sistemas de Informação Gerenciais UNIDADE III: Infraestrutura de Tecnologia da Informação Atualmente, a infraestrutura de TI é composta por cinco elementos principais: hardware, software,

Leia mais

Microsoft Nosso Comprometimento Mais de 9 bilhões em P&D/ano

Microsoft Nosso Comprometimento Mais de 9 bilhões em P&D/ano Microsoft Nosso Comprometimento Mais de 9 bilhões em P&D/ano Windows e Web Dynamics Comunicação e Produtividade Servidores Infraestrutura Empresarial Busca e Anúncios Mobilidade Entretenimento e TV PRODUTIVIDADE

Leia mais

Apresentamos a. A sua Agência de Multissoluções. Olá, muito prazer :)

Apresentamos a. A sua Agência de Multissoluções. Olá, muito prazer :) Apresentamos a A sua Agência de Multissoluções Olá, muito prazer :) Razão de ser e estarmos Apresentamos uma oportunidade real de seu negócio vingar e prosperar na internet, com planejamento, criatividade,

Leia mais

A DOCPIX É UMA AGÊNCIA ESPECIALIZADA EM DESENVOLVIMENTO WEB & MARKETING DIGITAL E SOFTWARES, DESDE 2012.

A DOCPIX É UMA AGÊNCIA ESPECIALIZADA EM DESENVOLVIMENTO WEB & MARKETING DIGITAL E SOFTWARES, DESDE 2012. quem SOMOS A DOCPIX É UMA AGÊNCIA ESPECIALIZADA EM DESENVOLVIMENTO WEB & MARKETING DIGITAL E SOFTWARES, DESDE 2012. Nossa agência surgiu com o conceito de atender as micro, pequenas e médias empresas de

Leia mais

Corporativo. Transformar dados em informações claras e objetivas que. Star Soft. www.starsoft.com.br

Corporativo. Transformar dados em informações claras e objetivas que. Star Soft. www.starsoft.com.br Corporativo Transformar dados em informações claras e objetivas que possibilitem às empresas tomarem decisões em direção ao sucesso. Com essa filosofia a Star Soft Indústria de Software e Soluções vem

Leia mais

Apresentação 2014 HISTÓRICO SERVIÇOS CASES CLIENTES CONTATO

Apresentação 2014 HISTÓRICO SERVIÇOS CASES CLIENTES CONTATO Apresentação 2014 HISTÓRICO SERVIÇOS CASES CLIENTES CONTATO Histórico A Cammino é uma empresa especializada há mais de 8 anos no desenvolvimento de projetos web, estratégias, comunicação e outros produtos

Leia mais

Interatividade aliada a Análise de Negócios

Interatividade aliada a Análise de Negócios Interatividade aliada a Análise de Negócios Na era digital, a quase totalidade das organizações necessita da análise de seus negócios de forma ágil e segura - relatórios interativos, análise de gráficos,

Leia mais

Unidade IV ESTRATÉGIA COMPETITIVA. Profa. Lérida Malagueta

Unidade IV ESTRATÉGIA COMPETITIVA. Profa. Lérida Malagueta Unidade IV ESTRATÉGIA COMPETITIVA Profa. Lérida Malagueta Estratégia competitiva Já conhecemos os conceitos sobre a teoria da decisão estratégica e de como competem e cooperam: Os decisores As empresas

Leia mais

INTERNET HOST CONNECTOR

INTERNET HOST CONNECTOR INTERNET HOST CONNECTOR INTERNET HOST CONNECTOR IHC: INTEGRAÇÃO TOTAL COM PRESERVAÇÃO DE INVESTIMENTOS Ao longo das últimas décadas, as organizações investiram milhões de reais em sistemas e aplicativos

Leia mais

QUER TER SUCESSO NOS NEGÓCIOS? CONFIRA NOSSAS DICAS!

QUER TER SUCESSO NOS NEGÓCIOS? CONFIRA NOSSAS DICAS! QUER TER SUCESSO NOS NEGÓCIOS? CONFIRA NOSSAS DICAS! 4 Introdução 5 Conheça seu público 5 Crie uma identidade para sua empresa 6 Construa um site responsivo 6 Seja direto, mas personalize o máximo possível

Leia mais

A profissionalização. Para se ter uma idéia da importância que a área de comunicação tem na Tintas Coral, somente em 2005 foram

A profissionalização. Para se ter uma idéia da importância que a área de comunicação tem na Tintas Coral, somente em 2005 foram estudo de caso - Tintas Coral :: 47 A profissionalização das cores na web Para se ter uma idéia da importância que a área de comunicação tem na Tintas Coral, somente em 2005 foram destinados R$ 8 milhões

Leia mais

A Comunicação no Modelo de Excelência da Gestão (MEG) 1

A Comunicação no Modelo de Excelência da Gestão (MEG) 1 A Comunicação no Modelo de Excelência da Gestão (MEG) 1 Narjara Bárbara Xavier Silva 2 Patrícia Morais da Silva 3 Resumo O presente trabalho é resultado do Projeto de Extensão da Universidade Federal da

Leia mais

SISTEMÁTICA WEBMARKETING

SISTEMÁTICA WEBMARKETING SISTEMÁTICA WEBMARKETING Breve descrição de algumas ferramentas Sobre o Webmarketing Web Marketing é uma ferramenta de Marketing com foco na internet, que envolve pesquisa, análise, planejamento estratégico,

Leia mais

Sobre 4YouSee. Já imaginou seu conteúdo digital publicado em 1 minuto? Digital Signage, uma tendência. Versatilidade

Sobre 4YouSee. Já imaginou seu conteúdo digital publicado em 1 minuto? Digital Signage, uma tendência. Versatilidade Sobre 4YouSee Conhecendo os recursos de mídia, bem como as necessidades do mercado publicitário, a F6 Sistemas desenvolveu 4YouSee, um software capaz de reunir rentabilidade, eficiência e rapidez no gerenciamento

Leia mais

Estratégia De Diferenciação Competitiva Através Do Marketing De Relacionamento. Profa. Dra. Maria Isabel Franco Barretto

Estratégia De Diferenciação Competitiva Através Do Marketing De Relacionamento. Profa. Dra. Maria Isabel Franco Barretto Estratégia De Diferenciação Competitiva Através Do Marketing De Relacionamento Profa. Dra. Maria Isabel Franco Barretto CURRÍCULO DO PROFESSOR Administradora com mestrado e doutorado em engenharia de produção

Leia mais

Você está fornecendo valor a seus clientes para ajudálos a superar a Paralisação virtual e acelerar a maturidade virtual?

Você está fornecendo valor a seus clientes para ajudálos a superar a Paralisação virtual e acelerar a maturidade virtual? RESUMO DO PARCEIRO: CA VIRTUAL FOUNDATION SUITE Você está fornecendo valor a seus clientes para ajudálos a superar a Paralisação virtual e acelerar a maturidade virtual? O CA Virtual Foundation Suite permite

Leia mais

A evolução da tecnologia da informação nos últimos 45 anos

A evolução da tecnologia da informação nos últimos 45 anos A evolução da tecnologia da informação nos últimos 45 anos Denis Alcides Rezende Do processamento de dados a TI Na década de 1960, o tema tecnológico que rondava as organizações era o processamento de

Leia mais

Atividade Capitulo 6 - GABARITO

Atividade Capitulo 6 - GABARITO Atividade Capitulo 6 - GABARITO 1. A Internet é uma força motriz subjacente aos progressos em telecomunicações, redes e outras tecnologias da informação. Você concorda ou discorda? Por quê? Por todos os

Leia mais

Gestão do Conhecimento Case Documentar

Gestão do Conhecimento Case Documentar Gestão do Conhecimento Case Documentar GESTÃO DO CONHECIMENTO CASE DOCUMENTAR Empresa: Documentar Tecnologia e Informação Localização: R. Barão de Macaúbas 460 20º Andar Santo Antônio BH/MG Segmento: Tecnologia,

Leia mais

Curso Wikis Corporativos: ambientes estratégicos de colaboração e comunicação para empresas 2.0

Curso Wikis Corporativos: ambientes estratégicos de colaboração e comunicação para empresas 2.0 Curso Wikis Corporativos: ambientes estratégicos de colaboração e comunicação para empresas 2.0 Esta cada vez mais comum na web ambientes wikis. É um dos fatores principais no que vem sendo denominado

Leia mais

Processo de Desenvolvimento de Software

Processo de Desenvolvimento de Software Coordenadoria de Tecnologia da Informação Documentos Formais Processo de Desenvolvimento de Software Sumário 1 Introdução... 03 2 Políticas do Documento de Processo de Desenvolvimento de Software... 04

Leia mais

Negócios inovadores, experiências e Insights no e-commerce. Inovações e Insights e-commerce

Negócios inovadores, experiências e Insights no e-commerce. Inovações e Insights e-commerce Negócios inovadores, experiências e Insights no e-commerce. Apresentação @JoaoKepler O Vendedor Na Era Digital Todos nós vendemos alguma coisa. Principalmente Imagem. Processo de Vendas O processo de vendas,

Leia mais

Importância da Comunicação Digital para o mercado corporativo

Importância da Comunicação Digital para o mercado corporativo Importância da Comunicação Digital para o mercado corporativo Cláudio Coelho Café da Manhã 22.05.2012 Agenda Evolução da Comunicação Serviços de Comunicação Digital Importância do Planejamento Estratégico

Leia mais

Capital Intelectual. O Grande Desafio das Organizações. José Renato Sátiro Santiago Jr. José Renato Sátiro Santiago. Novatec

Capital Intelectual. O Grande Desafio das Organizações. José Renato Sátiro Santiago Jr. José Renato Sátiro Santiago. Novatec Capital Intelectual O Grande Desafio das Organizações José Renato Sátiro Santiago Jr. José Renato Sátiro Santiago Novatec 1 Tudo começa com o conhecimento A gestão do conhecimento é um assunto multidisciplinar

Leia mais

Universidade de Brasília Departamento de Ciência da Informação e Documentação Profa.:Lillian Alvares

Universidade de Brasília Departamento de Ciência da Informação e Documentação Profa.:Lillian Alvares Universidade de Brasília Departamento de Ciência da Informação e Documentação Profa.:Lillian Alvares Comunidades de Prática Grupos informais e interdisciplinares de pessoas unidas em torno de um interesse

Leia mais

Guia definitivo de ferramentas de Planejamento para Micro Empreendedores Individuais

Guia definitivo de ferramentas de Planejamento para Micro Empreendedores Individuais Guia definitivo de ferramentas de Planejamento para Micro Empreendedores Individuais Introdução O Brasil já tem 4,7 milhões de microempreendedores individuais, segundo dados de janeiro de 2015 da Receita

Leia mais

Gestão do Conhecimento. Ana Cláudia Freire Gerente de Gestão do Conhecimento

Gestão do Conhecimento. Ana Cláudia Freire Gerente de Gestão do Conhecimento Gestão do Conhecimento Ana Cláudia Freire Gerente de Gestão do Conhecimento Objetivos da Apresentação Analisar as interfaces críticas da CVRD/Cadeia de Valor e a relação com KM; Apresentar os capitais

Leia mais

Big Data: Uma revolução a favor dos negócios

Big Data: Uma revolução a favor dos negócios Big Data: Uma revolução a favor dos negócios QUEM SOMOS Empresa especializada em Big Data e Analytics. Profissionais com larga experiência na gestão de bureaus de crédito, analytics e uso inteligente da

Leia mais

AUTORAS ROSANGELA SOUZA

AUTORAS ROSANGELA SOUZA AUTORAS ROSANGELA SOUZA Especialista em Gestão Empresarial com MBA pela FGV e Professora de Estratégia na Pós-Graduação da FGV. Desenvolveu projetos acadêmicos sobre segmento de idiomas, planejamento estratégico

Leia mais

Universidade de Brasília. Departamento de Ciência da Informação e Documentação. Prof a.:lillian Alvares

Universidade de Brasília. Departamento de Ciência da Informação e Documentação. Prof a.:lillian Alvares Universidade de Brasília Departamento de Ciência da Informação e Documentação Prof a.:lillian Alvares Fóruns óu s/ Listas de discussão Espaços para discutir, homogeneizar e compartilhar informações, idéias

Leia mais

INFORMAÇÕES CONECTADAS

INFORMAÇÕES CONECTADAS INFORMAÇÕES CONECTADAS Soluções de Negócios para o Setor de Serviços Públicos Primavera Project Portfolio Management Solutions ORACLE É A EMPRESA Alcance excelência operacional com fortes soluções de gerenciamento

Leia mais

Uma nova forma de pensar a gestão de capital humano Fevereiro 2014

Uma nova forma de pensar a gestão de capital humano Fevereiro 2014 10Minutos Gestão de pessoas HR Analytics Uma nova forma de pensar a gestão de capital humano Fevereiro 2014 Destaques Menos de 30% dos CEOs recebem relatórios completos e confiáveis sobre sua força de

Leia mais

Solução completa de gerenciamento online de embalagens

Solução completa de gerenciamento online de embalagens Solução completa de gerenciamento online de embalagens WebCenter O WebCenter é uma poderosa plataforma baseada na web para gerenciamento de embalagens que administra seu processo de negócios e aprova ciclos

Leia mais

Slice Management. Controlando o que você não vê. Direto ao assunto

Slice Management. Controlando o que você não vê. Direto ao assunto Slice Management Controlando o que você não vê Direto ao assunto O Slice Management (SM) é uma prática de gerenciamento que consiste em colocar um sistema de inteligência em todas as áreas da empresa.

Leia mais

Marketing. Conrado Adolpho Vaz. O Guia Definitivo de Marketing Digital. Novatec

Marketing. Conrado Adolpho Vaz. O Guia Definitivo de Marketing Digital. Novatec Google Marketing O Guia Definitivo de Marketing Digital Conrado Adolpho Vaz Novatec Sumário Prefácio à 1ª edição... 21 Prefácio à 2ª. edição... 23 Prefácio à 3ª edição... 25 Introdução... 27 Parte I O

Leia mais

Sociedade e Tecnologia

Sociedade e Tecnologia Unidade de Aprendizagem 15 Empresas em Rede Ao final desta aula você será capaz de inovações influenciam na competitividade das organizações, assim como compreender o papel da Inteligência Competitiva

Leia mais

Aula 1: Introdução à Disciplina Fonte: Plano de Aula Oficial da Disciplina

Aula 1: Introdução à Disciplina Fonte: Plano de Aula Oficial da Disciplina Programação para Internet Rica 1 Aula 1: Introdução à Disciplina Fonte: Plano de Aula Oficial da Disciplina Objetivo: Identificar os princípios que se destacam como características da Web 2.0. INTRODUÇÃO

Leia mais

#10 PRODUZIR CONTEÚDO SUPER DICAS ATRATIVO DE PARA COMEÇAR A

#10 PRODUZIR CONTEÚDO SUPER DICAS ATRATIVO DE PARA COMEÇAR A #10 SUPER DICAS PARA COMEÇAR A Pantone 715 C 100% Black 80% Black C: 0 M: 55 Y: 95 K: 0 C: 0 M: 0 Y: 0 K: 100 C: 0 M: 0 Y: 0 K: 80 PRODUZIR CONTEÚDO ATRATIVO DE Confira estas super dicas para você produzir

Leia mais

COMO ENGAJAR UM FUNCIONÁRIO NO PRIMEIRO DIA DE TRABALHO?

COMO ENGAJAR UM FUNCIONÁRIO NO PRIMEIRO DIA DE TRABALHO? COMO ENGAJAR UM FUNCIONÁRIO NO PRIMEIRO DIA DE TRABALHO? COMO ENGAJAR UM FUNCIONÁRIO NO PRIMEIRO DIA DE TRABALHO? Engajar funcionários é conseguir envolver as pessoas em um mesmo propósito que a empresa

Leia mais

Curso Marketing Político Digital Por Leandro Rehem Módulo III MULTICANAL. O que é Marketing Multicanal?

Curso Marketing Político Digital Por Leandro Rehem Módulo III MULTICANAL. O que é Marketing Multicanal? Curso Marketing Político Digital Por Leandro Rehem Módulo III MULTICANAL O que é Marketing Multicanal? Uma campanha MultiCanal integra email, SMS, torpedo de voz, sms, fax, chat online, formulários, por

Leia mais

Bleez Agência Digital... 3. Quem sou eu... 4. Introdução... 5. Quanto o ecommerce cresceu no Brasil... 7. Quem está comprando no ecommerce...

Bleez Agência Digital... 3. Quem sou eu... 4. Introdução... 5. Quanto o ecommerce cresceu no Brasil... 7. Quem está comprando no ecommerce... Sumário Bleez Agência Digital... 3 Quem sou eu... 4 Introdução... 5 Quanto o ecommerce cresceu no Brasil... 7 Quem está comprando no ecommerce... 10 Por que os brasileiros estão comprando mais... 12 O

Leia mais

DCC133 Introdução à Sistemas de Informação. E-business global e colaboração

DCC133 Introdução à Sistemas de Informação. E-business global e colaboração Curso de Bacharelado em Sistemas de Informação DCC133 Introdução à Sistemas de Informação TÓPICO 2 E-business global e colaboração Prof. Tarcísio de Souza Lima OBJETIVOS DE ESTUDO Identificar e descrever

Leia mais

Integrando pessoas ao negócio através de um portal colaborativo. ROGÉRIO INOMATA inomata@br.ibm.com Portal Sales Leader, IBM América Latina

Integrando pessoas ao negócio através de um portal colaborativo. ROGÉRIO INOMATA inomata@br.ibm.com Portal Sales Leader, IBM América Latina Integrando pessoas ao negócio através de um portal colaborativo ROGÉRIO INOMATA inomata@br.ibm.com Portal Sales Leader, IBM América Latina Por quê? INOVAÇÃO Então O que é um portal mesmo? Serviços de Apresentação

Leia mais

Engenharia de Software

Engenharia de Software Engenharia de Software O que é a engenharia de software É um conjunto integrado de métodos e ferramentas utilizadas para especificar, projetar, implementar e manter um sistema. Método É uma prescrição

Leia mais

Prof. Cláudio Conceitos e-commerce PRINCÍPIOS DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

Prof. Cláudio Conceitos e-commerce PRINCÍPIOS DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Prof. Cláudio Conceitos e-commerce PRINCÍPIOS DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Intranet e Extranet Rede privada baseada na mesma tecnologia utilizada na internet, sendo sua única diferença o objetivo por trás

Leia mais

1. Apresentação. 1.1. Conexão Digital para o Desenvolvimento Social. 1.2. Engajamento na Iniciativa

1. Apresentação. 1.1. Conexão Digital para o Desenvolvimento Social. 1.2. Engajamento na Iniciativa 1. Apresentação 1.1. Conexão Digital para o Desenvolvimento Social A conexão Digital para o Desenvolvimento Social é uma iniciativa que abrange uma série de atividades desenvolvidas por ONGs em colaboração

Leia mais

PROPOSTA DE DESENVOLVIMENTO DE CAMPANHA EM MARKETING DIGITAL

PROPOSTA DE DESENVOLVIMENTO DE CAMPANHA EM MARKETING DIGITAL PROPOSTA DE DESENVOLVIMENTO DE CAMPANHA EM MARKETING DIGITAL O QUE É? Marketing digital é o conjunto de ações de comunicação no ambiente digital. Seu propósito é divulgar, conquistar e melhorar a rede

Leia mais

VANTAGEM ESTRATÉGICA. Assunto: Administração do Conhecimento

VANTAGEM ESTRATÉGICA. Assunto: Administração do Conhecimento 1 VANTAGEM ESTRATÉGICA Assunto: Administração do Conhecimento Objetivos do capítulo: 1. Explicar como os sistemas de administração do conhecimento podem ajudar na iniciativa de construir uma empresa geradora

Leia mais

fornecendo valor com inovações de serviços de negócios

fornecendo valor com inovações de serviços de negócios fornecendo valor com inovações de serviços de negócios A TI é grande. Tantos bits no universo digital quanto estrelas em nosso universo físico. é arriscada. Dois terços dos projetos de TI estão em risco,

Leia mais

Unidade II GERENCIAMENTO DE SISTEMAS. Prof. Roberto Marcello

Unidade II GERENCIAMENTO DE SISTEMAS. Prof. Roberto Marcello Unidade II GERENCIAMENTO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Prof. Roberto Marcello SI Sistemas de gestão A Gestão dos Sistemas Integrados é uma forma organizada e sistemática de buscar a melhoria de resultados.

Leia mais

SPEKTRUM SOLUÇÕES DE GRANDE PORTE PARA PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS SPEKTRUM SAP Partner 1

SPEKTRUM SOLUÇÕES DE GRANDE PORTE PARA PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS SPEKTRUM SAP Partner 1 SPEKTRUM SOLUÇÕES DE GRANDE PORTE PARA PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS SPEKTRUM SAP Partner 1 PROSPERE NA NOVA ECONOMIA A SPEKTRUM SUPORTA A EXECUÇÃO DA SUA ESTRATÉGIA Para as empresas que buscam crescimento

Leia mais

Especial ANATEL Como se adequar à nova legislação para empresas de telefonia

Especial ANATEL Como se adequar à nova legislação para empresas de telefonia Especial ANATEL Como se adequar à nova legislação para empresas de telefonia Introdução A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) aprovou em 20 de fevereiro de 2014 novas regras para provedores de

Leia mais

AUTOR(ES): MAITHÊ CORSI DA SILVA, FERNANDO TEIXEIRA CARVALHO, RENAN GUSTAVO MOLINA

AUTOR(ES): MAITHÊ CORSI DA SILVA, FERNANDO TEIXEIRA CARVALHO, RENAN GUSTAVO MOLINA TÍTULO: A IMPORTÂNCIA DO E-COMMERCE NAS PEQUENAS EMPRESAS CATEGORIA: EM ANDAMENTO ÁREA: CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS SUBÁREA: ADMINISTRAÇÃO INSTITUIÇÃO: FACULDADE DE JAGUARIÚNA AUTOR(ES): MAITHÊ CORSI DA

Leia mais