CONVOCAÇÃO PARA COLETA DE PREÇO 18/2015. Prestação de Serviço Viagens e Hospedagens.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CONVOCAÇÃO PARA COLETA DE PREÇO 18/2015. Prestação de Serviço Viagens e Hospedagens."

Transcrição

1 CONVOCAÇÃO PARA COLETA DE PREÇO 18/2015 Prestação de Serviço Viagens e Hospedagens. 1. PREÂMBULO 1.1. A FIDI - Fundação Instituto de Pesquisa e Estudo de Diagnóstico por Imagem torna pública a realização de Coleta de Preços, pelo critério de menor custo, objetivando fornecimento de prestação de serviços viagens e hospedagens, condições fixadas no presente instrumento convocatório Esclarecimentos relativos a presente Coleta de Preços serão prestados quando solicitados à FIDI pelo colaborador, Leonardo Mendes através do correio eletrônico ou pelo telefone (11) Setor de Suprimentos. 2. OBJETO DA COLETA DE PREÇOS 2.1. A presente Seleção tem por objetivo o fornecimento parcelado de prestação de serviços viagens e hospedagens, para prestação de serviços de diagnósticos por imagem, conforme as ações previstas nos Contratos de Gestão firmados pela FIDI, localidades descritas no anexo II As informações com relação a prestação de serviço de Hospedagem e Viagens especificações estão detalhadas no anexo I deste ato Convocatório, que é parte integrante desta Convocação.

2 3. CONDIÇÕES DE PARTICIPAÇÃO NA COLETA DE PREÇOS 3.1. Poderão participar da presente Seleção, todos os interessados no ramo pertinente ao objeto cotado na presente Coleta de Preços, que apresentarem propostas até a data limite estipulada nesta Convocação Na presente Seleção é vedada a participação de empresas em consórcio A participação na presente seleção implica na aceitação integral e irretratável dos termos desta Convocação Não serão consideradas propostas com a obrigatoriedade de faturamento mínimo. 4. FORMA DE APRESENTAÇÃO DA PROPOSTA 4.1. A proposta deverá ser enviada para o informado acima até o dia DOCUMENTAÇÃO REFERENTE À HABILITAÇÃO 5.1. A documentação de habilitação do fornecedor que apresentar a proposta vencedora deverá ser enviada para o informado do preambulo deste ato convocatório num prazo de até 02 dias úteis, após a divulgação do vencedor, contendo: a) Apresentação de documento Registro Comercial; b) Consulta SERASA da situação econômica e financeira; c) Ato constitutivo, estatuto ou contrato social em vigor, devidamente registrado, acompanhando, se for o caso, dos documentos de eleição de seus administradores; d) Inscrição no Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ); e) Certidão Negativa de Débitos de Tributos Federais; f) Certidão Negativa de Débitos de Tributos Estaduais;

3 g) Certidão Negativa de Débitos de Tributos Municipais; h) Comprovação de regularidade perante a Seguridade Social; i) Cópia do comprovante de registro do funcionário; (Aplicável à prestação de Serviços alocados na Fundação IDI ou nas unidades atendidas pela mesma) j) Comprovação da regularidade perante o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço FGTS (emitido pela Caixa Econômica Federal CEF, no site k) Comprovação da autorização de funcionamento emitida pela ANVISA (original ou cópia autenticada) e cópia autenticada do Alvará Sanitário ou da Licença de funcionamento do fornecedor, expedido pelo Serviço de Vigilância Sanitária, em vigência, conforme Código Sanitário e Leis complementares. Não será aceito protocolo de alvará (ou licença) inicial ou de renovação; (QUANDO APLICÁVEL) l) Declaração original ou autenticada, vigente, com a data de validade expressa no documento, em papel timbrado do fabricante, que comprove que o fornecedor está credenciado pelo fabricante, para comercializar o produto de sua marca cotado. Caso esta autorização não tenha validade por toda a vigência do contrato, apresentar documento complementar de atualização do prazo emitido pelo fabricante dos produtos ofertados; (QUANDO APLICÁVEL) m) Apresentar, quando solicitado, documento comprobatório do registro vigente no Ministério da Saúde (QUANDO APLICÁVEL) (identificando o item em cada registro em sua proposta), através de: a. Publicação do registro no DOU; (QUANDO APLICÁVEL) b. Comprovante de registro emitido pelo Ministério da Saúde demonstrando sua vigência, caso a validade do registro esteja vencido, apresentar também o pedido de revalidação (p1 e p2) datado do semestre anterior ao vencimento do registro, acompanhado do registro vencido. n) Avalição logística de estrutura de armazenamento, transporte, separação de pedido, expedição e embalagem.

4 o) Avaliação de tecnologia quanto à existência de sistema de controle e rastreamento de produtos e sistema integrado. (QUANDO APLICÀVEL) 6. PROCEDIMENTOS E CRITÉRIOS DE JULGAMENTO 6.1. Após o enceramento da tomada pelo site, não será permitida qualquer alteração em seu conteúdo que possa influenciar no julgamento final, nem admitido à Seleção qualquer proponente retardatário As propostas apresentadas serão julgadas e classificadas, sendo verificada sua conformidade com os critérios abaixo: a) Adequação das propostas ao objeto da seleção; b) Qualidade; c) Preço; d) Condições de pagamento; e) Custos de transporte e seguro até o local da entrega, quando for o caso; f) Eventual necessidade de treinamento de pessoal; g) Garantia de manutenção, reposição de peças, assistência técnica e atendimento de urgência, quando for o caso; h) Segurança e durabilidade dos bens adquiridos e dos serviços e obras prestados; i) Atender a política de viagem sem nenhuma alteração. j) Outros critérios previstos na solicitação ou na Convocação; 6.3. Será considerada a melhor proposta a que resultar em menor custo para a Fidi, sendo este calculado pela verificação e comparação do somatório dos critérios estipulados na cláusula 6.2 (acima) deste instrumento Finalizado o procedimento de Coleta de Preços, o Gerente de Suprimentos deverá aprovar a melhor proposta apurada.

5 6.5. Escolhida a proposta vencedora, o interessado será informado via carta, ou fax para que apresente a documentação referida na cláusula 5.1 deste instrumento. 7. RECURSOS 7.1. Caso algum participante se sinta prejudicado em razão do julgamento das propostas, poderá manifestar, sendo-lhe concedido o prazo de 05 (cinco) dias úteis para interpor as razões de recurso A FIDI decidirá quanto aos recursos, no prazo de 15 (quinze) dias úteis A interposição de recurso não suspende o julgamento das propostas. 8. PRAZO E LOCAL PARA ENTREGA DOS MATERIAIS 8.1. A entrega dos materiais será parcelado e deverá ser realizado nos locais indicados no anexo II, no prazo máximo de até 3 dias úteis em horário comercial, a contar da data de solicitação do Setor de Suprimentos da FIDI A FIDI poderá, quando o convocado não assinar o contrato no prazo e condições estabelecidos neste instrumento e encaminhar a documentação exigida na cláusula 5.1, convocar os proponentes remanescentes, na ordem de classificação, ou revogar a Seleção O vencedor da Seleção deverá se responsabilizar: a) pela garantia da qualidade dos itens fornecidos, sendo obrigatória a informação desse período na proposta. b) pela reposição dos materiais danificados ou com especificação diversa do descrito no anexo I.

6 9. CONTRATAÇÃO DO VENCEDOR 9.1 A FIDI solicitará o material cotado neste de acordo com suas necessidades, não se obrigando a adquirir a quantidade total prevista na Coleta de Preços. 9.2 Serão de responsabilidade exclusiva do contratado o recolhimento de todos os tributos incidentes sobre o item cotado. 10. FORO 10.1 Foros designado para julgamento de quaisquer questões judiciais resultantes desta Coleta de Preços será o da Comarca de São Paulo SP. São Paulo,10 de Fevereiro 2015 Gerência de Suprimentos da FIDI

7 ANEXO I Política Corporativa de Viagens 1. REQUISITOS GERAIS 1.1. Objetivo. Todos os colaboradores serão responsáveis por controlar as despesas de viagem e deverão zelar pelo bom senso quanto aos custos que envolvem as viagens Aplicação. Esta política abrange todos os colaboradores da empresa e terceiros que possam estar envolvidos e que estejam autorizados a incorrer em despesas com viagens, como: advogados, representantes, técnicos, engenheiros e prestadores de serviços em geral. Esta política se aplica em todo território brasileiro Autorização. Esta política não autoriza nenhum terceiro a incorrer em nenhuma despesa em nome da FIDI. Todos os colaboradores devem obter autorização antecipadamente da Superintendência responsável antes de incorrer em qualquer despesa de viagem e deverão obter nova autorização em caso de alteração nas despesas após a autorização original Exceções à política. Qualquer exceção a esta política será considerada um desvio e exigirá a aprovação da Superintendência responsável. Não há exceções por violações de trânsito, perda de horários sem justa causa ou por violações dos requisitos alfandegários e de controle de importação.

8 2. VIAGEM AÉREA 2.1. O colaborador deverá aceitar voos com a tarifa lógica mais baixa. A tarifa lógica mais baixa significa que o colaborador não poderá utilizar um voo com preço superior se houver um voo com preço inferior disponível que atenda aos seguintes requisitos: Não altere o horário de partida e chegada em mais de 2 horas. Não aumente o tempo total de voo em um trecho em mais de 2 horas. Não acrescente mais de uma parada adicional a cada trecho. Possa usar companhias aéreas e aeroportos alternativos (ou seja, companhias aéreas regionais de baixo custo ou aeroportos secundários) Classe de viagem. Todos os viajantes deverão voar na classe econômica, a menos que obtenham uma exceção previamente Upgrade não autorizado. O upgrade de passagens aéreas para uma classe de serviço superior sem a aprovação prévia será considerado uma despesa pessoal e não será reembolsada pela FIDI Downgrade não autorizado. O colaborador não poderá fazer downgrade de passagens aéreas para subsidiar viagens pessoais ou subsidiar o acompanhamento de indivíduos. Se a companhia aérea fizer downgrade de uma passagem por qualquer motivo, o reembolso deverá ser feito à FIDI Cancelamento ou alteração de reservas. Se uma passagem for comprada e depois cancelada ou alterada, é responsabilidade do colaborador garantir que os preços originais sejam reembolsados ou documentados e usados para uma viagem futura Programas de fidelidade. O colaborador tem permissão para acumular milhagem e outros benefícios de programas de fidelidade individuais. Entretanto, está proibido de selecionar companhias de viagem com base em afiliação ou benefícios de qualquer programa.

9 3. TRANSPORTE TERRESTRE 3.1. Uso de transporte alternativo. O colaborador deverá usar os meios de transporte terrestre com maior relação custo-benefício quando precisar se deslocar a negócios pela FIDI e deverá avaliar transportes alternativos, como táxis, antes de optar por alugar um carro Definição de carro. Todos os colaboradores deverão alugar carros na modalidade Popular com os acessórios: ar-condicionado e direção mecânica ou elétrica Automóveis particulares. O colaborador tem permissão para usar seu automóvel particular a fim de conduzir negócios da FIDI, onde será reembolsado a quilometragem (R$ 0,60 por Km rodado), pedágios e taxas de estacionamento Transporte da residência ao aeroporto. O colaborador poderá usar serviços de *shuttle para transporte de ida e volta de sua residência para o aeroporto, caso o custo seja inferior ao custo total da quilometragem permitida com a taxa de estacionamento do aeroporto. Se um carro particular for usado para se deslocar até o aeroporto, o viajante deverá usar o estacionamento de período longo. * Suttle: Vans que ligam aeroportos Uso de serviço de táxi. A despesa diária cumulativa para o serviço de táxi não deve exceder o custo do aluguel de um carro. O pagamento será realizado pelo colaborar e reembolsado Violações e multas de trânsito. A FIDI não reembolsará multas de trânsito, de estacionamento ou qualquer outra violação de trânsito. Não há exceções para este requisito. 4. PERNOITE 4.1. Acomodações. O colaborador deverá usar acomodações de quarto privado com preço moderado (US$ 100,00 média). O Departamento de Suprimentos da FIDI será responsável por manter no portfólio tarifas de hotel na maioria das

10 grandes cidades, O colaborador deverá usar essas tarifas, a menos que uma tarifa mais baixa esteja disponível. Se o contratado pagar uma tarifa mais alta do que a aprovada, a FIDI não reembolsará a diferença no preço Cancelamentos. Se quaisquer reservas tiverem que ser canceladas ou alteradas, o colaborador será responsável por assegurar-se de que a reserva seja cancelada ou alterada em tempo oportuno para evitar cobranças de "no show". A FIDI não reembolsará cobranças de "no show" devido ao não cancelamento ou alteração de qualquer reserva inapropriadamente Uso de Flats. Em alguns casos, pode ser conveniente ou necessário utilização de Flats, onde a definição deverá ocorrerá após comparativo com diárias de hotéis e um prazo que justifique está contratação, sendo este prazo não inferior a 6 meses Serviços do Hotel. Para viagens superiores há 10 dias o colaborador terá o direito de utilizar os serviços de lavanderia do Hotel. 5. REFEIÇÕES 5.1. Refeições em viagem. A FIDI reembolsará despesas com refeições quando a pernoite for necessária para a condução de negócios ou quando uma viagem de um dia exigir o deslocamento do colaborador de seu local de trabalho normal. Estão incluídos café-da-manhã, caso o viajante precise sair de casa mais de duas horas mais cedo do que o normal, e jantar, caso o colaborador não possa retornar a casa razoavelmente até duas horas ou mais após o horário de trabalho normal. As despesas com refeições não poderão ser superiores a R$ 30,00 por refeição Refeições de negócios. Todas as despesas com refeição de negócios (além das refeições em viagem descritas acima) deverão ser aprovadas anteriormente pela Superintendência responsável Recibos. Recibos são obrigatórios para qualquer refeição. Se um recibo não for fornecido juntamente com o Relatório de despesas, a FIDI não reembolsará Exclusões. A FIDI não irá reembolsará bebidas alcoólicas.

11 6.1 TELEFONIAS. Recomenda-se a utilização de telefones de hotéis somente em circunstâncias excepcionais devido ao alto custo das tarifas cobradas. Em viagens nacionais, deve-se priorizar a utilização dos celulares corporativos, atentando às melhores práticas tarifárias e com bom senso no seu uso. As ligações particulares deverão ter duração reduzida e preferencialmente no período noturno. O reembolso máximo que será ressarcido pela empresa é de USD 40,00 (vinte dólares) em viagens internacionais. 7. RELATÓRIOS E REEMBOLSO DE DESPESAS 7.1. Recibos originais. Todos os recibos deverão ser impressos com o nome do estabelecimento. A data e o valor da despesa também deverão aparecer. Em caso de perda do recibo original, o demonstrativo do cartão de crédito pode ser usado. A seguinte documentação deve ser fornecida com cada relatório de despesas: Passagens aéreas - a fatura, e-ticket ou a cópia da passagem aérea original, independentemente do valor. Aluguel de automóvel - o recibo original de aluguel, independentemente do valor. Acomodação - o recibo original do hotel, independentemente do valor. Refeições - o recibo original do restaurante para qualquer refeição individual. Outras despesas - para todas as outras despesas, o recibo original deve ser fornecido para qualquer item individual Explicação de exceções. O relatório de despesas deve incluir uma explicação de todas as despesas para as quais não foram fornecidos recibos Despesas não reembolsáveis. A FIDI não reembolsará os seguintes itens em nenhuma circunstância: Seguro de viagem aérea, Multas de trânsito ou estacionamento irregular;

12 Taxas de programas de fidelidade; Custos adicionais de seguro de aluguel de carro ou viagem; Sistemas de navegação (GPS) em carros alugados; Taxas de atraso de cartão corporativo; Taxas de afiliação a "clubs" de companhias aéreas; Filmes pay-per-view em quarto de hotel; Itens pessoais perdidos, roubados ou danificados durante uma viagem; Medicamentos ou itens de farmácia; Transporte, taxas alfandegárias, impostos e outras taxas associadas ao envio de itens de uso pessoal DIÁRIAS DE VIAGENS Serão consideradas diárias de viagem quando o colaborar pernoitar no local de destino. Valores das diárias: Faixas Destinatários Valor da Diária Faixa 1 Assistentes/Analista/Técnicos/Supervisores/Coordenadores R$ 50,00 Faixa 2 Gerentes R$ 100,00 9. PLANEJAMENTO E REALIZAÇÃO Descrição Quando Quem Onde Solicitação de reserva de Hotel Necessidade de viagem com pernoite Colaborador Portal do Fornecedor Solicitação de Passagem aérea Necessidade de viagem Colaborador Portal do Fornecedor Solicitação de Locação de Veículo Necessidade de translado Colaborador Portal do Fornecedor

13 Solicitação de Passagem Rodoviária Necessidade de viagem terrestre Colaborador Portal do Fornecedor Cancelamento de Viagem 72 horas antes do check-in Colaborador Portal do Fornecedor Solicitação de adiantamento de viagem 5 dias antes da viagem Colaborador Portal do Fornecedor

14 ANEXO II Endereços de entrega CNPJ DEPARTAMENTO/ CONTRATO CNPJ nº / Rua dos ingleses, 569 Cep São Paulo - SP Prefeitura de S. Caetano do Sul HSPM IAMSPE CNPJ nº / Rua dos ingleses, 569 Cep São Paulo - SP Prefeitura de Diadema CNPJ nº / Rua dos ingleses, 569 Cep São Paulo - SP SMS - Região Centro Oeste CNPJ nº / Rua dos ingleses, 569 Cep São Paulo - SP SMS - Região Leste CNPJ nº / Rua dos ingleses, 569 Cep São SMS - Região Sudeste

15 Paulo - SP CNPJ nº / Rua dos ingleses, 569 Cep São Paulo - SP SDI I CNPJ nº / Rua dos ingleses, 569 Cep São Paulo - SP SMS - Região Sul CNPJ nº / Rua dos ingleses, 569 Cep São Paulo - SP SES - Sec. Estado Saúde CNPJ nº / Rua dos ingleses, 569 Térreos Cep São Paulo - SP SES Ses Estado Goiânia

CONVOCAÇÃO PARA COLETA DE PREÇO 13/2014. Fornecimento de Notebook

CONVOCAÇÃO PARA COLETA DE PREÇO 13/2014. Fornecimento de Notebook CONVOCAÇÃO PARA COLETA DE PREÇO 13/2014 Fornecimento de Notebook 1. PREÂMBULO 1.1. A FIDI - Fundação Instituto de Pesquisa e Estudo de Diagnóstico por Imagem torna pública a realização de Coleta de Preços,

Leia mais

Versão Vigente a partir de Área gestora Primeira versão 1 1/12/2014 Administrativa 1/12/2014

Versão Vigente a partir de Área gestora Primeira versão 1 1/12/2014 Administrativa 1/12/2014 IDENTIFICAÇÃO Versão Vigente a partir de Área gestora Primeira versão 1 1/12/2014 Administrativa 1/12/2014 Data de efetivação do manual: / / Data da próxima revisão: / / Frequência de revisão: Anual REGISTRO

Leia mais

COLETA DE PREÇOS nº 07/2013

COLETA DE PREÇOS nº 07/2013 COLETA DE PREÇOS nº 07/2013 1. PREÂMBULO 1.1. A ASSOCIAÇÃO MUSEU AFRO BRASIL, torna pública a realização de Seleção de Fornecedores na modalidade Coleta de Preços, pelo critério de menor preço, objetivando

Leia mais

POLÍTICA DE VIAGEM PÁGINA: 1/10. Área a que se aplica: Comporte SBC e SP

POLÍTICA DE VIAGEM PÁGINA: 1/10. Área a que se aplica: Comporte SBC e SP POLÍTICA DE VIAGEM PÁGINA: 1/10 Área a que se aplica: Todas Executado por: Colaboradores que utilizam recursos de viagem Unidade: Comporte SBC e SP Autor: Elidia Ribeiro Secretária Executiva Criação 17/06/2011

Leia mais

COLETA DE PREÇOS nº 06/2013 1. PREÂMBULO

COLETA DE PREÇOS nº 06/2013 1. PREÂMBULO COLETA DE PREÇOS nº 06/2013 1. PREÂMBULO 1.1. A ASSOCIAÇÃO MUSEU AFRO BRASIL, torna pública a realização de Seleção de Fornecedores na modalidade Coleta de Preços, pelo critério menor preço, objetivando

Leia mais

Processo de Solicitação de Viagem GENS S.A. Manual do Colaborador

Processo de Solicitação de Viagem GENS S.A. Manual do Colaborador Processo de Solicitação de Viagem GENS S.A. Manual do Colaborador 1 Apresentação Apresentamos o Processo de Viagens GENS Manual do Colaborador. Este Manual é parte integrante do Processo de Viagens GENS.

Leia mais

Política de Viagens e Procedimentos

Política de Viagens e Procedimentos Política de Viagens e Procedimentos A Maxgen desenvolveu uma política de viagens e procedimentos para permitir que cada funcionário possa fazer uma contribuição substancial para a rentabilidade do seu

Leia mais

TERMO DE CONVOCAÇÃO Nº. 001/14 MODALIDADE: CONVITE

TERMO DE CONVOCAÇÃO Nº. 001/14 MODALIDADE: CONVITE TERMO DE CONVOCAÇÃO Nº. 001/14 MODALIDADE: CONVITE DATA DE ABERTURA: 10/01/2014 15H (HORÁRIO DE BRASÍLIA) SEDE DA CBVD: RUA AFONSO CELSO, 1221 CJ 36 VL. MARIANA CEP: 041.19-061 - SÃO PAULO/SP - BRASIL

Leia mais

PROCEDIMENTO PARA VIAGENS E TREINAMENTO Data - 24/04/2015. Procedimento do Sistema Gestão da Qualidade

PROCEDIMENTO PARA VIAGENS E TREINAMENTO Data - 24/04/2015. Procedimento do Sistema Gestão da Qualidade FL. 01 / 08 1 OBJETIVO Este documento tem como objetivo estabelecer critérios para a emissão de bilhete de passagem aérea, reserva de hotel e locação de veículos para Serviço e/ou Treinamento em âmbito

Leia mais

Processo de Prestação de Contas de Viagem GENS S.A. Manual do Colaborador

Processo de Prestação de Contas de Viagem GENS S.A. Manual do Colaborador Processo de Prestação de Contas de Viagem GENS S.A. Manual do Colaborador 1 OBJETIVO: Esta política tem por objetivo estabelecer as diretrizes para as Prestações de Contas referentes às despesas ocorridas

Leia mais

TERMO DE CONVOCAÇÃO Nº. 007/14 MODALIDADE: CONVITE

TERMO DE CONVOCAÇÃO Nº. 007/14 MODALIDADE: CONVITE TERMO DE CONVOCAÇÃO Nº. 007/14 MODALIDADE: CONVITE DATA DE ABERTURA: 23/07/2014 10H (HORÁRIO DE BRASÍLIA) SEDE DA CBVD: RUA AFONSO CELSO, 1221 CJ 36 VL. MARIANA CEP: 041.19-061 - SÃO PAULO/SP - BRASIL

Leia mais

TERMO DE CONVOCAÇÃO Nº. 001/15 MODALIDADE: CONVITE

TERMO DE CONVOCAÇÃO Nº. 001/15 MODALIDADE: CONVITE TERMO DE CONVOCAÇÃO Nº. 001/15 DATA DE ABERTURA: 22/01/2015 10H (HORÁRIO DE BRASÍLIA) SEDE DA CBVD: RUA AFONSO CELSO, 1221 CJ 36 VL. MARIANA CEP: 041.19-061 - SÃO PAULO/SP - BRASIL A CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA

Leia mais

ADIANTAMENTO E REEMBOLSO DE DESPESAS

ADIANTAMENTO E REEMBOLSO DE DESPESAS ADIANTAMENTO E REEMBOLSO DE DESPESAS NÚMERO CIR.FIN.MAT.0001 Elaborada em: 08/08/2011 Atualizada em: - Quant. Páginas DEPARTAMENTO DE ORIGEM Departamento Finanças 5 1 Objetivo Este documento tem como objetivo

Leia mais

COLETA DE PREÇOS nº 05/2013

COLETA DE PREÇOS nº 05/2013 COLETA DE PREÇOS nº 05/2013 1. PREÂMBULO 1.1. A ASSOCIAÇÃO MUSEU AFRO BRASIL, torna pública a realização de Seleção de Fornecedores na modalidade Coleta de Preços, pelo critério de menor preço, objetivando

Leia mais

NORMAS E PROCEDIMENTOS

NORMAS E PROCEDIMENTOS NORMAS E PROCEDIMENTOS 1. FINALIDADE Estabelecer as diretrizes e procedimentos a serem seguidos para reembolso de despesas, contratação de novos colaboradores e prestação de contas decorrentes de viagens

Leia mais

FUNDAÇÃO THEODOMIRO SANTIAGO TERMO DE REFERÊNCIA COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇO Nº 201150067 TIPO: MENOR PREÇO

FUNDAÇÃO THEODOMIRO SANTIAGO TERMO DE REFERÊNCIA COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇO Nº 201150067 TIPO: MENOR PREÇO TERMO DE REFERÊNCIA COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇO Nº 201150067 TIPO: MENOR PREÇO A FUNDAÇÃO THEODOMIRO SANTIAGO, entidade privada sem fins lucrativos, inscrita no Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica do Ministério

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL CONSELHO REGIONAL DE ENGENHARIA E AGRONOMIA DO ESTADO DE SÃO PAULO CREA-SP

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL CONSELHO REGIONAL DE ENGENHARIA E AGRONOMIA DO ESTADO DE SÃO PAULO CREA-SP Instrução nº 2552 Dispõe sobre o ressarcimento de diárias e transporte aos Senhores Funcionários, quando em viagem a serviço, reuniões, eventos e treinamentos dentro e fora do Estado, formalmente convocados

Leia mais

NORMATIZAÇÃO DE VIAGENS, ESTADIA E ALIMENTAÇÃO - GRUPO EDUCACIONAL UNIS -

NORMATIZAÇÃO DE VIAGENS, ESTADIA E ALIMENTAÇÃO - GRUPO EDUCACIONAL UNIS - NORMATIZAÇÃO DE VIAGENS, ESTADIA E ALIMENTAÇÃO - GRUPO EDUCACIONAL UNIS - OBJETIVO 1ª Revisão em Agosto de 2011. Definir diretrizes gerais para viagens a serviço, dos colaboradores da FEPESMIG e de suas

Leia mais

Norma para pagamento de diária a serviço e solicitação de passagem aérea

Norma para pagamento de diária a serviço e solicitação de passagem aérea Norma para pagamento de diária a serviço e solicitação de passagem aérea Objetivo: A presente norma tem por objetivo formalizar e agilizar os pedidos de diária e passagem a serviço da entidade bem como

Leia mais

1. OBJETIVO 2. APLICAÇÃO 3. ATRIBUIÇÕES E RESPONSABILIDADES 4. DOCUMENTOS DE REFERÊNCIA

1. OBJETIVO 2. APLICAÇÃO 3. ATRIBUIÇÕES E RESPONSABILIDADES 4. DOCUMENTOS DE REFERÊNCIA Aprovado ' Elaborado por Jose Eduardo/BRA/VERITAS em 17/03/2015 Verificado por Fernando Cianci em 17/03/2015 Aprovado por Sandro de Luca/BRA/VERITAS em 17/03/2015 ÁREA DGL Tipo Procedimento Regional Número

Leia mais

3ROtWLFDGH9LDJHQV±06;,%5

3ROtWLFDGH9LDJHQV±06;,%5 3ROtWLFDGH9LDJHQV±06;,%5 Revisão: 04 Data: 05/12/05 Página 1 de 5 ÒOWLPD $OWHUDomR Alterado os itens: transporte aéreo, telefonemas e comprovantes. )LQDOLGDGH Estabelecer e manter procedimentos para orientar

Leia mais

PROCESSO SELETIVO Nº 004/2012

PROCESSO SELETIVO Nº 004/2012 PROCESSO SELETIVO Nº 004/2012 O Instituto de Gestão e Humanização IGH, torna público para conhecimento dos interessados, que fará realizar Processo Seletivo objetivando a contratação de serviços de Coleta,

Leia mais

FUNDAÇÃO THEODOMIRO SANTIAGO TERMO DE REFERÊNCIA COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇO Nº 201150062 TIPO: MENOR PREÇO

FUNDAÇÃO THEODOMIRO SANTIAGO TERMO DE REFERÊNCIA COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇO Nº 201150062 TIPO: MENOR PREÇO TERMO DE REFERÊNCIA COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇO Nº 201150062 TIPO: MENOR PREÇO A FUNDAÇÃO THEODOMIRO SANTIAGO, entidade privada sem fins lucrativos, inscrita no Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica do Ministério

Leia mais

NORMA DE PROCEDIMENTOS Utilização de meios de transporte

NORMA DE PROCEDIMENTOS Utilização de meios de transporte pág.: 1/6 1 Objetivo Estabelecer critérios e procedimentos a serem adotados para a utilização dos meios de transporte na COPASA MG. 2 Referências Para aplicação desta norma, poderá ser necessário consultar:

Leia mais

Manual do Colaborador. FAEL - Sociedade Técnica Educacional da Lapa S/A. Manual do Colaborador

Manual do Colaborador. FAEL - Sociedade Técnica Educacional da Lapa S/A. Manual do Colaborador Manual do Colaborador FAEL - Sociedade Técnica Educacional da Lapa S/A Manual do Colaborador Bem-vindo à Fael! Neste manual, pretendemos elucidar para você todas as informações necessárias para lhe ajudar

Leia mais

CONTRATO DE INTERMEDIAÇÃO DE SERVIÇOS DE TURISMO

CONTRATO DE INTERMEDIAÇÃO DE SERVIÇOS DE TURISMO CONTRATO DE INTERMEDIAÇÃO DE SERVIÇOS DE TURISMO (este contrato deve ser impresso e preenchido de próprio punho e enviado para o endereço de contato em até 5 dias úteis após a confirmação da compra do

Leia mais

B. Norma de Reembolso de Despesas do Governador de Distrito

B. Norma de Reembolso de Despesas do Governador de Distrito Anexo B B. Norma de Reembolso de Despesas do Governador de Distrito Os governadores de distrito podem requisitar reembolso das atividades a seguir. Todas as viagens devem ser feitas da forma mais econômica

Leia mais

PROCESSO SELETIVO Nº 014/2013

PROCESSO SELETIVO Nº 014/2013 PROCESSO SELETIVO Nº 014/2013 O Instituto de Gestão e Humanização IGH, torna público para conhecimento dos interessados, que fará realizar Processo Seletivo objetivando a Contratação de Empresa para a

Leia mais

EDITAL COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇOS Nº 001/2015

EDITAL COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇOS Nº 001/2015 DADOS DO CONVÊNIO: EDITAL COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇOS Nº 001/2015 Órgão concedente: Título do projeto: Ministério do Esporte Proporcionar uma infraestrutura técnica adequada para preparação do atleta de tiro

Leia mais

NORMAS PARA SOLICITAÇÃO, USO E PRESTAÇÃO DE CONTAS DE RECURSOS ORÇAMENTÁRIOS DO FUNDECITRUS

NORMAS PARA SOLICITAÇÃO, USO E PRESTAÇÃO DE CONTAS DE RECURSOS ORÇAMENTÁRIOS DO FUNDECITRUS 1 NORMAS PARA SOLICITAÇÃO, USO E PRESTAÇÃO DE CONTAS DE RECURSOS ORÇAMENTÁRIOS DO FUNDECITRUS Todas as normas devem ser lidas atentamente antes da submissão da proposta de pesquisa, bem como antes da realização

Leia mais

PREFEITURA DE PALMAS SECRETARIA MUNICIPAL EXTRAORDINÁRIA DOS JOGOS INDÍGENAS EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2015/SEJI

PREFEITURA DE PALMAS SECRETARIA MUNICIPAL EXTRAORDINÁRIA DOS JOGOS INDÍGENAS EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2015/SEJI PREFEITURA DE PALMAS SECRETARIA MUNICIPAL EXTRAORDINÁRIA DOS JOGOS INDÍGENAS EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2015/SEJI EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO PARA SELEÇÃO DE INTERESSADOS NA OPERAÇÃO E GESTÃO

Leia mais

Nova York USA - 2015

Nova York USA - 2015 FICHA DE ADESÃO VIAGEM PEDAGÓGICA INTERNACIONAL ARTE E TECNOLOGIA PARA ESCOLAS DO SEC. XXI Nova York USA - 2015 Todas as páginas devem ser preenchidas e rubricadas. Este documento original deve ser enviado

Leia mais

Direito do Consumidor Turista. Seja muito bem-vindo ao Estado do Paraná

Direito do Consumidor Turista. Seja muito bem-vindo ao Estado do Paraná Direito do Consumidor Turista Seja muito bem-vindo ao Estado do Paraná No Brasil os direitos do consumidor são regulamentados pelo Código de Defesa do Consumidor (Lei nº 8078/90). A lei é aplicada quando

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA Prestação de Serviço de Agenciamento de Viagens PO I ESIS

TERMO DE REFERÊNCIA Prestação de Serviço de Agenciamento de Viagens PO I ESIS TERMO DE REFERÊNCIA Prestação de Serviço de Agenciamento de Viagens POIESIS ÍNDICE DO TERMO DE REFERÊNCIA TÉCNICA 1. OBJETIVO GERAL 2. JUSTIFICATIVA 3. DOS SERVIÇOS 4. DOS CRITÉRIOS DE JULGAMENTO 5. OBRIGAÇÕES

Leia mais

FUNDO DE APOIO A CULTURA DA SOJA MANUAL DE PRESTAÇÃO DE CONTAS 2009

FUNDO DE APOIO A CULTURA DA SOJA MANUAL DE PRESTAÇÃO DE CONTAS 2009 INTRODUÇÃO FUNDO DE APOIO A CULTURA DA SOJA 1.1 - Recomenda-se a leitura deste manual antes de utilizar os recursos concedidos pelo FACS. O manual está disponível no site http://www.facsmt.com.br. 1.2

Leia mais

NORMA OPERACIONAL PADRÃO Código: Versão V.1

NORMA OPERACIONAL PADRÃO Código: Versão V.1 27/07/2015 1 SUMÁRIO 1. Objetivo 1.1 Abrangência 2. Definições, terminologia e siglas 3. Norma Operacional Padrão Viagens 3.1 Adiantamento 3.2 Passagens Aéreas 3.3 Hospedagem 3.4 Veículos 3.5 Recibos 3.6

Leia mais

CNPJ: 25.466.087/0001-18 ATO CONVOCATÓRIO EDITAL DE CONCORRÊNCIA ESPECIAL Nº PCGV 2011030011

CNPJ: 25.466.087/0001-18 ATO CONVOCATÓRIO EDITAL DE CONCORRÊNCIA ESPECIAL Nº PCGV 2011030011 ATO CONVOCATÓRIO EDITAL DE CONCORRÊNCIA ESPECIAL Nº PCGV 2011030011 1 PREÂMBULO. O INSTITUTO DE COOPERAÇÃO E EDUCAÇÃO AO DESENVOLVIMENTO (INCED) é instituição qualificada como Organização da Sociedade

Leia mais

CHAMADA PÚBLICA Nº 02/2015. Seleção de Empresas para Participação na Missão Internacional à NRA Show Chicago 2015

CHAMADA PÚBLICA Nº 02/2015. Seleção de Empresas para Participação na Missão Internacional à NRA Show Chicago 2015 CHAMADA PÚBLICA Nº 02/2015 Seleção de Empresas para Participação na Missão Internacional à NRA Show Chicago 2015 Porto Alegre 2015 2 PREÂMBULO SERVIÇO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS DO ESTADO DO

Leia mais

COTAÇÃO PRÉVIA Nº 04/2014 SERVIÇO DE PESSOA JURÍDICA /LOGÍSTICA DE EVENTOS

COTAÇÃO PRÉVIA Nº 04/2014 SERVIÇO DE PESSOA JURÍDICA /LOGÍSTICA DE EVENTOS Rua Francílio Dourado, 11 - Sala 10 Água Fria - Fortaleza, Ceará, Brasil CEP: 60813-660 Telefone: +55 (85) 3114.9658 http://abraca.autismobrasil.org/ COTAÇÃO PRÉVIA Nº 04/2014 SERVIÇO DE PESSOA JURÍDICA

Leia mais

COMPANHIA DE SANEAMENTO DE MINAS GERAIS COPASA MG CNPJ/MF 17.281.106/0001 03 Rua Mar de Espanha, 453 / Sto. Antônio Belo Horizonte (MG)

COMPANHIA DE SANEAMENTO DE MINAS GERAIS COPASA MG CNPJ/MF 17.281.106/0001 03 Rua Mar de Espanha, 453 / Sto. Antônio Belo Horizonte (MG) COMPANHIA DE SANEAMENTO DE MINAS GERAIS COPASA MG CNPJ/MF 17.281.106/0001 03 Rua Mar de Espanha, 453 / Sto. Antônio Belo Horizonte (MG) NORMAS DE CREDENCIAMENTO PARA INSTITUIÇÕES BANCÁRIAS 1. DA FINALIDADE

Leia mais

ANEXO - I PROJETO BÁSICO

ANEXO - I PROJETO BÁSICO ANEXO - I PROJETO BÁSICO 1. OBJETO: Contratação de empresa especializada para a prestação de serviços relativos à emissão de passagens aéreas nacionais e internacionais compreendendo a reserva, emissão,

Leia mais

EDITAL COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇOS Nº 002/2015

EDITAL COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇOS Nº 002/2015 DADOS DO CONVÊNIO: EDITAL COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇOS Nº 002/2015 Órgão concedente: Título do projeto: Ministério do Esporte Proporcionar uma infraestrutura técnica adequada para preparação do atleta de tiro

Leia mais

ATO CONVOCATÓRIO 006/2013 OBJETO: CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE LOCAÇÃO DE VEÍCULOS (CARROS E VANS) COM MOTORISTA

ATO CONVOCATÓRIO 006/2013 OBJETO: CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE LOCAÇÃO DE VEÍCULOS (CARROS E VANS) COM MOTORISTA ATO CONVOCATÓRIO 006/2013 OBJETO: CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE LOCAÇÃO DE VEÍCULOS (CARROS E VANS) COM MOTORISTA O INSTITUTO QUALIDADE MINAS - IQM, pessoa jurídica de Direito privado sem fins lucrativos,

Leia mais

MANUAL DO SEGURADO RCO

MANUAL DO SEGURADO RCO MANUAL DO SEGURADO RCO A ESSOR Seguros preocupa-se em oferecer-lhe serviços exclusivos, visando sua proteção. Consulte em sua apólice se você tem direito a estes benefícios a seguir, conforme serviços

Leia mais

CHAMADA PÚBLICA DE PROJETOS SEBRAE/PR SISTEMA FECOMÉRCIO SESC/SENAC Nº 05/2015

CHAMADA PÚBLICA DE PROJETOS SEBRAE/PR SISTEMA FECOMÉRCIO SESC/SENAC Nº 05/2015 CHAMADA PÚBLICA DE PROJETOS SEBRAE/PR SISTEMA FECOMÉRCIO SESC/SENAC Nº 05/2015 SELEÇÃO DE EMPRESAS PARA PARTICIPAÇÃO NA MISSÃO DO COMÉRCIO 2015 DESTINOS: CURITIBA/PR E SÃO PAULO/SP Curitiba Julho/2015

Leia mais

POLÍTICA INSTITUCIONAL DE VIAGENS

POLÍTICA INSTITUCIONAL DE VIAGENS POLÍTICA INSTITUCIONAL DE VIAGENS 1 INTRODUÇÃO A ANEC Associação Nacional de Educação Católica do Brasil, através de sua estrutura organizacional e de seus colaboradores, tem avançado muito no cumprimento

Leia mais

EDITAL Nº 03/2007 CHAMAMENTO PARA CREDENCIAMENTO DE LABORATÓRIOS DE ANÁLISES CLÍNICAS.

EDITAL Nº 03/2007 CHAMAMENTO PARA CREDENCIAMENTO DE LABORATÓRIOS DE ANÁLISES CLÍNICAS. EDITAL Nº 03/2007 CHAMAMENTO PARA CREDENCIAMENTO DE LABORATÓRIOS DE ANÁLISES CLÍNICAS. O MUNICÍPIO DE PALMAS, no Estado do Tocantins, através da Secretaria Municipal de Saúde, pela COMISSÃO ESPECIAL DE

Leia mais

ATO CONVOCATÓRIO 002 2013. OBJETO: Credenciamento de Consultores

ATO CONVOCATÓRIO 002 2013. OBJETO: Credenciamento de Consultores ATO CONVOCATÓRIO 002 2013 OBJETO: Credenciamento de Consultores O INSTITUTO QUALIDADE MINAS, pessoa jurídica de Direito privado sem fins lucrativos, qualificada como Organização da Sociedade Civil de Interesse

Leia mais

EDITAL COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇOS Nº 002/2015

EDITAL COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇOS Nº 002/2015 EDITAL COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇOS Nº 002/2015 DADOS DO CONVÊNIO: Órgão concedente: Ministério do Esporte Realização de clínicas e treinamentos específicos para a qualificação Título do projeto: e reciclagem

Leia mais

DEPARTAMENTO DE COMPRAS E LICITAÇÕES LICITAÇÃO MODALIDADE TOMADA DE PREÇOS MENOR PREÇO EDITAL Nº 001/2009 TOMADA DE PREÇOS Nº 001/2009

DEPARTAMENTO DE COMPRAS E LICITAÇÕES LICITAÇÃO MODALIDADE TOMADA DE PREÇOS MENOR PREÇO EDITAL Nº 001/2009 TOMADA DE PREÇOS Nº 001/2009 DEPARTAMENTO DE COMPRAS E LICITAÇÕES LICITAÇÃO MODALIDADE TOMADA DE PREÇOS MENOR PREÇO ORIGEM DA TOMADA DE PREÇOS: EDITAL Nº 001/2009 TOMADA DE PREÇOS Nº 001/2009 - PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 2009.40.38.00182

Leia mais

REVISÕES C - PARA CONHECIMENTO D - PARA COTAÇÃO. Rev. TE Descrição Por Ver. Apr. Aut. Data. 0 C Emissão inicial. DD MAC MAC RPT 30/03/12

REVISÕES C - PARA CONHECIMENTO D - PARA COTAÇÃO. Rev. TE Descrição Por Ver. Apr. Aut. Data. 0 C Emissão inicial. DD MAC MAC RPT 30/03/12 1/8 REVISÕES TE: TIPO EMISSÃO A - PRELIMINAR B - PARA APROVAÇÃO C - PARA CONHECIMENTO D - PARA COTAÇÃO E - PARA CONSTRUÇÃO F - CONFORME COMPRADO G - CONFORME CONSTRUÍDO H - CANCELADO Rev. TE Descrição

Leia mais

EXECUTIVO 1425 344 813 191 - - STANDARD 1105 264 637 147 - - LUXO 1157 277 685 159 - - STANDARD 1053 251 645 149 - - SUPER LUXO 1029 245 601 138 - -

EXECUTIVO 1425 344 813 191 - - STANDARD 1105 264 637 147 - - LUXO 1157 277 685 159 - - STANDARD 1053 251 645 149 - - SUPER LUXO 1029 245 601 138 - - HOSPEDAGEM HOTEL DISTÂNCIA DO EVENTO CATEGORIA INDIVIDUAL DUPLO TRIPLO PACOTE DIÁRIA PACOTE DIÁRIA PACOTE DIÁRIA PLAZA SÃO RAFAEL 16 km EXECUTIVO 1425 344 813 191 - - STANDARD 1105 264 637 147 - - SHERATON

Leia mais

1.6 Para participar do Programa de Viagem de Reconhecimento Brilhe 2014, devem ser atendidas e preenchidas as seguintes condições e regras:

1.6 Para participar do Programa de Viagem de Reconhecimento Brilhe 2014, devem ser atendidas e preenchidas as seguintes condições e regras: REGULAMENTO PROGRAMA DE VIAGEM DE RECONHECIMENTO BRILHE 2014 1. COMO PARTICIPAR 1.1 Este Programa de Viagem de Reconhecimento Brilhe 2014 é realizado pela Belcorp do Brasil Distribuidora de Cosméticos

Leia mais

REGULAMENTO ACE ASSISTÊNCIA 24 HORAS VANS, MOTOS, CARROS, CAMINHÕES LIGUE PARA: 0800-601-4055

REGULAMENTO ACE ASSISTÊNCIA 24 HORAS VANS, MOTOS, CARROS, CAMINHÕES LIGUE PARA: 0800-601-4055 REGULAMENTO ACE ASSISTÊNCIA 24 HORAS VANS, MOTOS, CARROS, CAMINHÕES LIGUE PARA: 0800-601-4055 Somente quando estiver com documento do veículo em mãos, para fornecer ao atendente a placa e o chassi do veículo.

Leia mais

PORTARIA Nº 15, DE 08 DE MARÇO DE 2007.

PORTARIA Nº 15, DE 08 DE MARÇO DE 2007. PORTARIA Nº 15, DE 08 DE MARÇO DE 2007. Regulamenta o uso dos veículos da frota oficial e estabelece normas gerais sobre as atividades de transporte de usuários da FHDSS-Unesp. O Diretor da Faculdade de

Leia mais

SOLICITAÇÃO DE COTAÇÃO IICA/NEAD Nº 005/2008 Data: 29/02/2008. EMPRESA CONVIDADA: Telefone: Fax: Endereço: Cidade: Estado:

SOLICITAÇÃO DE COTAÇÃO IICA/NEAD Nº 005/2008 Data: 29/02/2008. EMPRESA CONVIDADA: Telefone: Fax: Endereço: Cidade: Estado: SOLICITAÇÃO DE COTAÇÃO IICA/NEAD Nº 005/2008 Data: 29/02/2008 EMPRESA CONVIDADA: Telefone: Fax: Endereço: Cidade: Estado: Prezado (a) Senhor (a), O Projeto de Cooperação para Apoio às Políticas e à Participação

Leia mais

PLANO DE BENEFÍCIOS CARRO RESERVA 1.0 DO OBJETIVO DO PLANO:

PLANO DE BENEFÍCIOS CARRO RESERVA 1.0 DO OBJETIVO DO PLANO: PLANO DE BENEFÍCIOS CARRO RESERVA 1.0 DO OBJETIVO DO PLANO: 1.1 A destinação deste plano de benefício é disponibilizar, ora contratado, diárias de veículo econômico com ar para as pessoas físicas ou jurídicas

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 001/DIR/2012

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 001/DIR/2012 INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 001/DIR/2012 ESTABELECE AS NORMAS E PROCEDIMENTOS DE CONCESSÃO DE ADIANTAMENTO, PARA COMPENSAR FUTURAS DESPESAS COM HOSPEDAGEM, LOCOMOÇÃO URBANA E ALIMENTAÇÃO, DE ALUNOS, TÉCNICOS,

Leia mais

EDITAL DE LICITAÇÃO CONVITE

EDITAL DE LICITAÇÃO CONVITE EDITAL DE LICITAÇÃO CONVITE CONVITE Nº 006 / 2007 - DFEPAF ENCERRAMENTO E ABERTURA DAS PROPOSTAS: Dia 27 de novembro de 2007 às 10:00 horas. TIPO: Menor preço global 1. OBJETO DO CONVITE Constitui objeto

Leia mais

NORMA DE PROCEDIMENTOS. Cartão de crédito corporativo

NORMA DE PROCEDIMENTOS. Cartão de crédito corporativo pág.: 1/4 1 Objetivo Estabelecer critérios e procedimentos referentes à utilização do cartão de crédito corporativo para pagamento das despesas de viagem e deslocamento dos empregados a serviço da COPASA

Leia mais

POLÍTICA DE VIAGEM FSB

POLÍTICA DE VIAGEM FSB FSB ÍNDICE 1. ABRANGÊNCIA... 2 2. OBJETIVO... 2 3. DEFINIÇÕES GERAIS... 2 3.1. Solicitações de adiantamento, passagens aéreas e reservas de hotéis... 2 3.2. Aquisição, cancelamento e não utilização de

Leia mais

2.1.1 Para caracterizar a inadimplência é preciso que haja um atraso de 5 (cinco) dias de pagamento da fatura.

2.1.1 Para caracterizar a inadimplência é preciso que haja um atraso de 5 (cinco) dias de pagamento da fatura. REGULAMENTO DO PROGRAMA DE RELACIONAMENTO DO CARTÃO PORTO SEGURO VISA PORTOSEG S/A CRÉDITO, FINANCIAMENTO E INVESTIMENTO, com sede na cidade de São Paulo, na Rua Guaianazes n. 1238 Campos Elíseos CEP 01204-000,

Leia mais

CONSIDENRANDO o frequente deslocamento dos gerentes e demais coordenadores entre os dois parques;

CONSIDENRANDO o frequente deslocamento dos gerentes e demais coordenadores entre os dois parques; TERMO DE REFERÊNCIA OBJETIVANDO A CONTRATAÇÃO DE EMPRESA ESPECIALIZADA PARA LOCAÇÃO DE VEÍCULO TIPO PASSEIO PARA OS EQUIPAMENTOS PARQUE SANTANA E PARQUE URBANO DA MACAXEIRA. JUSTIFICATIVA CONSIDENRANDO

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇO

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇO Página 1 de 5 CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇO 1. CONTRATADA: L C DA SILVA AGÊNCIA DE VIAGENS ME Web Viagens, CNPJ/MF 11.692.987/0001-79, Av. Ipiranga, 104, 9 andar, Consolação, CEP 01046-010, São Paulo/SP,

Leia mais

CHAMADA PÚBLICA Nº 04/2015. Seleção de Empresas para Participação na Missão Internacional à NRF 2016

CHAMADA PÚBLICA Nº 04/2015. Seleção de Empresas para Participação na Missão Internacional à NRF 2016 CHAMADA PÚBLICA Nº 04/2015 Seleção de Empresas para Participação na Missão Internacional à NRF 2016 Porto Alegre 2015 2 PREÂMBULO SERVIÇO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS DO ESTADO DO RIO GRANDE DO

Leia mais

FUNDAÇÃO NACIONAL PARA A DEMOCRACIA DIRETRIZES DA PROPOSTA DIRETRIZ ADICIONAL

FUNDAÇÃO NACIONAL PARA A DEMOCRACIA DIRETRIZES DA PROPOSTA DIRETRIZ ADICIONAL Utilize este documento como uma ajuda adicional para escrever um orçamento ou narrativa da proposta. Se tiver outras perguntas, queria enviar um email à equipe regional do NED apropriada ou para proposals@ned.org.

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS TREND RENT A CAR LOCAÇÃO DE CARRO INTERNACIONAL

CONDIÇÕES GERAIS TREND RENT A CAR LOCAÇÃO DE CARRO INTERNACIONAL Prezado Agente de Viagens, Segue abaixo informações importantes sobre suas reservas, as quais deverão ser repassadas ao seu cliente, para que este fique ciente das condições gerais. A emissão da Reserva

Leia mais

Termos e Condições Gerais para as Vendas da Aalborg Industries

Termos e Condições Gerais para as Vendas da Aalborg Industries Termos e Condições Gerais para as Vendas da Aalborg Industries 1) Validade dos Termos e Condições: 1.1) Os pedidos para fornecimento de produtos, materiais, serviços, ferramentas, pessoal, etc. doravante

Leia mais

INSPEÇÃO VEICULAR PARA KIT GNV PREÂMBULO

INSPEÇÃO VEICULAR PARA KIT GNV PREÂMBULO INSPEÇÃO VEICULAR PARA KIT GNV PREÂMBULO Termo de Participação via meio eletrônico, para a seleção da melhor proposta para aquisição por dispensa de licitação, nos termos do Decreto Estadual nº 28.397

Leia mais

CONVITE Nº 14/2010. DATA E HORÁRIO PARA RECEBIMENTO E ABERTURA DOS ENVELOPES Dia 01 / 06 / 2010 às 15 horas

CONVITE Nº 14/2010. DATA E HORÁRIO PARA RECEBIMENTO E ABERTURA DOS ENVELOPES Dia 01 / 06 / 2010 às 15 horas CONVITE Nº 14/2010 DATA E HORÁRIO PARA RECEBIMENTO E ABERTURA DOS ENVELOPES Dia 01 / 06 / 2010 às 15 horas 01. DISPOSIÇÕES INICIAIS 1.1 O Senac Departamento Nacional torna público que, na Seção de Material,

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 21, DE 28 DE MAIO DE 2002(*)

RESOLUÇÃO Nº 21, DE 28 DE MAIO DE 2002(*) Republicação Ministério dos Transportes Agência Nacional de Transportes Terrestres Diretoria-Geral RESOLUÇÃO Nº 21, DE 28 DE MAIO DE 2002(*) A Diretoria da Agência Nacional de Transportes Terrestres -ANTT,

Leia mais

Determinar os critérios e procedimentos relativos a viagens dos empregados, diretores, assessores e funcionários em disposição funcional na CELEPAR.

Determinar os critérios e procedimentos relativos a viagens dos empregados, diretores, assessores e funcionários em disposição funcional na CELEPAR. Páginas 1/17 1. OBJETIVO Determinar os critérios e procedimentos relativos a viagens dos empregados, diretores, assessores e funcionários em disposição funcional na CELEPAR. 2. ÂMBITO DE APLICAÇÃO Todas

Leia mais

PROCESSO Nº. 650081044 EDITAL DE CREDENCIAMENTO Nº. 060/2011 RECEBIMENTO DAS PROPOSTAS DE CREDENCIAMENTO

PROCESSO Nº. 650081044 EDITAL DE CREDENCIAMENTO Nº. 060/2011 RECEBIMENTO DAS PROPOSTAS DE CREDENCIAMENTO PROCESSO Nº. 650081044 EDITAL DE CREDENCIAMENTO Nº. 060/2011 RECEBIMENTO DAS PROPOSTAS DE CREDENCIAMENTO Data: A partir do dia 22/06/2011 Local: FAPEU SETOR DE LICITAÇÃO (Campus Universitário s/nº, Trindade,

Leia mais

Guia resumido de seguros e assistências de viagens.

Guia resumido de seguros e assistências de viagens. agosto 2013 Guia resumido de seguros e assistências de viagens. *AS INFORMAÇÕES CONTIDAS NESTE GUIA SÃO VÁLIDAS EXCLUSIVAMENTE PARA CARTÕES MASTERCARD PLATINUM E VISA PLATINUM. Serviço de concierge Especialistas

Leia mais

TERMOS & CONDIÇÕES GERAIS 2015

TERMOS & CONDIÇÕES GERAIS 2015 TERMOS & CONDIÇÕES GERAIS 2015 TARIFAS DE HOTÉIS/SERVIÇOS Os preços aqui mencionados estão expressos em diferentes moedas, e as reservas serão confirmadas como tal. É possível visualizar o preço em moeda

Leia mais

Organização do Tratado de Cooperação Amazônica - OTCA. Processo de seleção de fornecedores de serviços de viagem. Edital de Licitação

Organização do Tratado de Cooperação Amazônica - OTCA. Processo de seleção de fornecedores de serviços de viagem. Edital de Licitação Organização do Tratado de Cooperação Amazônica - OTCA Processo de seleção de fornecedores de serviços de viagem Edital de Licitação Julho de 2015 1. Instruções Gerais para os Licitantes 1.1. Objetivo da

Leia mais

FETRAF-BRASIL/CUT TERMO DE REFERÊNCIA COTAÇÃO PRÉVIA ELETRÔNICA SICONV N.002/2015 LICITAÇAO/MODALIDADE:

FETRAF-BRASIL/CUT TERMO DE REFERÊNCIA COTAÇÃO PRÉVIA ELETRÔNICA SICONV N.002/2015 LICITAÇAO/MODALIDADE: TERMO DE REFERÊNCIA LICITAÇAO/MODALIDADE: COTAÇÃO PRÉVIA ELETRÔNICA SICONV N.002/2015 REGIME DE EXECUÇÃO: MENOR TAXA DE REMUNERAÇÃO DA AGÊNCIA DE VIAGEM RAV MAIOR PERCENTUAL DE DESCONTO SOBRE A TAXA DO

Leia mais

CHAMADA PÚBLICA Nº 04/2014. Seleção de Empresas para Participação na Feira SIAL Paris

CHAMADA PÚBLICA Nº 04/2014. Seleção de Empresas para Participação na Feira SIAL Paris CHAMADA PÚBLICA Nº 04/2014 Seleção de Empresas para Participação na Feira SIAL Paris Porto Alegre 2014 2 PREÂMBULO SERVIÇO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL SEBRAE/RS,

Leia mais

Despesas de Viagem. Estudo

Despesas de Viagem. Estudo Despesas de Viagem 2014 Estudo SOBRE O ESTUDO A Carreira Muller, empresa especializada em consultoria de gestão de pessoas, desenvolveu o estudo Despesas de Viagens com o objetivo de publicar valores e

Leia mais

POLÍTICA DE VIAGENS. Andressa Lippi

POLÍTICA DE VIAGENS. Andressa Lippi POLÍTICA DE VIAGENS Andressa Lippi 03 de Março de 2016 POLÍTICA DE VIAGENS SUMÁRIO 1. Objetivo... 3 2. Autorizações... 3 3. Diretrizes da Política de Viagens... 3 4. Serviços de Agência de Viagens e utilização

Leia mais

DELIBERAÇÃO PLENÁRIA CAU/GO Nº 16, DE 24/03/2015.

DELIBERAÇÃO PLENÁRIA CAU/GO Nº 16, DE 24/03/2015. DELIBERAÇÃO PLENÁRIA CAU/GO Nº 16, DE 24/03/2015. Dispõe sobre diárias e deslocamentos a serviço, no âmbito do Conselho de Arquitetura e Urbanismo de Goiás (CAU/GO) e dá outras providências. O Conselho

Leia mais

www.proconrj.gov.br milhas.indd 1 26/05/2014 10:59:40

www.proconrj.gov.br milhas.indd 1 26/05/2014 10:59:40 www.proconrj.gov.br milhas.indd 1 26/05/2014 10:59:40 1 - Quem é Consumidor? Consumidor é toda pessoa física ou jurídica que adquire ou utiliza produto ou serviço como destinatário final (Art. 2º do Código

Leia mais

COTAÇÃO PREVIA DE PREÇOS Nº 009/2015. Lote Único - Locação de veículos: tipo: carros de passeio, van e ônibus.

COTAÇÃO PREVIA DE PREÇOS Nº 009/2015. Lote Único - Locação de veículos: tipo: carros de passeio, van e ônibus. COTAÇÃO PREVIA DE PREÇOS Nº 009/2015 Tipo: Menor preço total Lote Único - Locação de veículos: tipo: carros de passeio, van e ônibus. A CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DO DESPORTO UNIVERSITÁRIO - CBDU, entidade

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS SERVIÇOS INTERNACIONAIS (RECEPTIVOS / INGRESSOS / PASSEIOS, ETC)

CONDIÇÕES GERAIS SERVIÇOS INTERNACIONAIS (RECEPTIVOS / INGRESSOS / PASSEIOS, ETC) Prezado Agente de Viagens, Seguem abaixo informações importantes sobre suas reservas, as quais deverão ser repassadas ao seu cliente para que este fique ciente das condições gerais. A emissão da Reserva

Leia mais

ICANN COMUNIDADE AT-LARGE. Corporação da Internet para Atribuição de Nomes e Números POLÍTICA SOBRE VIAGENS DA AT-LARGE

ICANN COMUNIDADE AT-LARGE. Corporação da Internet para Atribuição de Nomes e Números POLÍTICA SOBRE VIAGENS DA AT-LARGE ICANN PT AL/2007/SD/4.Rev1 ORIGINAL: inglês DATA: 6 de junho de 2007 STATUS: FINAL Corporação da Internet para Atribuição de Nomes e Números Série de documentos 2007 - Propostas para a equipe COMUNIDADE

Leia mais

Política de Viagem Quatro Estações

Política de Viagem Quatro Estações 1 Gestão De Viagens Corporativas Construindo Uma Política De Viagens Mais Efetiva O documento em questão visa difundir informações, consolidar as práticas de mercado que nós consideramos importantes na

Leia mais

SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM RURAL ADMINISTRAÇÃO REGIONAL DO ESTADO DE SANTA CATARINA

SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM RURAL ADMINISTRAÇÃO REGIONAL DO ESTADO DE SANTA CATARINA CARTA CONVITE N 005/2015 SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM RURAL - ADMINISTRAÇÃO REGIONAL DE SANTA CATARINA - SENAR-AR/SC Edital de Convite nº. 005/2015 1 - Preâmbulo 1.1 - O Serviço Nacional de Aprendizagem

Leia mais

1º ADITIVO AO CONTRATO DE AFILIAÇÃO AO SISTEMA CIELO. Cláusula 1ª Fica incluído na Cláusula 4ª do CONTRATO o Parágrafo Terceiro abaixo transcrito:

1º ADITIVO AO CONTRATO DE AFILIAÇÃO AO SISTEMA CIELO. Cláusula 1ª Fica incluído na Cláusula 4ª do CONTRATO o Parágrafo Terceiro abaixo transcrito: 1º ADITIVO AO CONTRATO DE AFILIAÇÃO AO SISTEMA CIELO A CIELO S.A., com sede na Alameda Grajaú, 219, Alphaville, na cidade de Barueri, Estado de São Paulo, inscrita no CNPJ/MF sob no. 01.027.058/0001-91,

Leia mais

INSTRUÇÕES AOS PROPONENTES CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE SEGURANÇA E VIGILÂNCIA ARMADA PARA AS INSTALAÇÕES DO ONS EM BRASÍLIA/DF

INSTRUÇÕES AOS PROPONENTES CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE SEGURANÇA E VIGILÂNCIA ARMADA PARA AS INSTALAÇÕES DO ONS EM BRASÍLIA/DF INSTRUÇÕES AOS PROPONENTES CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE SEGURANÇA E VIGILÂNCIA ARMADA PARA AS INSTALAÇÕES DO ONS EM BRASÍLIA/DF Ref: Aviso de Edital ADG nº 003/2014 publicado em 28/10/2014. 1 1. OBJETO A

Leia mais

Programa SEBRAE-SP de Incubadoras de Empresas

Programa SEBRAE-SP de Incubadoras de Empresas SERVIÇO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS DE SÃO PAULO 1 - PREÂMBULO EDITAL DE SELEÇÃO DE PROPOSTAS DE INCUBADORAS PARA APOIO ÀS EMPRESAS ASSISTIDAS 01/2007 2ª CHAMADA PROCESSO 4425/2006 A Comissão

Leia mais

GUIA RESUMIDO DE SEGUROS E ASSISTÊNCIAS DE VIAGENS.

GUIA RESUMIDO DE SEGUROS E ASSISTÊNCIAS DE VIAGENS. SETEMBRO 2013 GUIA RESUMIDO DE SEGUROS E ASSISTÊNCIAS DE VIAGENS. *As informações contidas neste guia são válidas exclusivamente para cartões MasterCard Platinum e Visa Platinum. SERVIÇO DE CONCIERGE Você

Leia mais

Resolução nº 001, de 17 de julho de 2015. Capítulo I - Das Diárias

Resolução nº 001, de 17 de julho de 2015. Capítulo I - Das Diárias Resolução nº 001, de 17 de julho de 2015. Dispõe sobre a concessão e o pagamento de diárias, passagens e locomoção no âmbito da SCPar Porto de Imbituba S.A. e estabelece outras providências. A Diretoria

Leia mais

CONTRATO DE AGENCIAMENTO PARA FORMAÇÃO DE PACOTE DE VIAGENS PARA O FESTIVAL DEFQON1 CHILE - 2015 CONTRATO DFC 002/15

CONTRATO DE AGENCIAMENTO PARA FORMAÇÃO DE PACOTE DE VIAGENS PARA O FESTIVAL DEFQON1 CHILE - 2015 CONTRATO DFC 002/15 CONTRATO DE AGENCIAMENTO PARA FORMAÇÃO DE PACOTE DE VIAGENS PARA O FESTIVAL DEFQON1 CHILE - 2015 CONTRATO DFC 002/15 ESPAÇO DJ BRASIL MARKETING ARTÍSTICO LTDA., pessoa jurídica de direito privado, inscrita

Leia mais

Projeto n 14593/2014 - Escritório Nacional do CATAFORTE - Negócios Sustentáveis em Redes Solidárias COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇOS Nº 06/2015

Projeto n 14593/2014 - Escritório Nacional do CATAFORTE - Negócios Sustentáveis em Redes Solidárias COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇOS Nº 06/2015 Projeto n 14593/2014 - Escritório Nacional do CATAFORTE - Negócios Sustentáveis em Redes Solidárias COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇOS Nº 06/2015 1. PREÂMBULO O CEADEC - Centro de Estudos e Apoio ao Desenvolvimento,

Leia mais

EDITAL COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇOS Nº 002/2015

EDITAL COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇOS Nº 002/2015 DADOS DO CONVÊNIO: EDITAL COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇOS Nº 002/ Órgão concedente: Título do projeto: Ministério do Esporte Proporcionar a participação dos atletas da seleção brasileira nas principais competições

Leia mais

I - LOCAL DE ENTREGA DOS ENVELOPES:

I - LOCAL DE ENTREGA DOS ENVELOPES: EDITAL de LICITAÇÃO MODALIDADE: CARTA CONVITE N.º 17/2013 Data da abertura dos envelopes: Dia: 25/10/2013 Horário: 13:00 horas Data limite para entrega dos envelopes: Dia: 25/10/2013 Horário: 13:00 horas

Leia mais

Exercício 3.9: Estudo de caso - Sistema de reserva de passagens aéreas

Exercício 3.9: Estudo de caso - Sistema de reserva de passagens aéreas Exercício 3.9: Estudo de caso - Sistema de reserva de passagens aéreas O objetivo do trabalho é projetar um sistema de reservas para uma companhia de aviação. O sistema contará com um banco de dados central,

Leia mais

CONTRATO DE MANUTENÇÃO (V3.0) N. «N» Pg.: 1/3

CONTRATO DE MANUTENÇÃO (V3.0) N. «N» Pg.: 1/3 CONTRATO DE MANUTENÇÃO (V3.0) N. «N» Pg.: 1/3 Por este instrumento de contrato, por estarem de acordo com todas as cláusulas e condições que seguem, de um lado, CONTRATADA: ENDEREÇO: Rua Luiz Góes, 1833/1835

Leia mais

RESOLUÇÃO N 47, DE 9 DE MAIO DE 2013

RESOLUÇÃO N 47, DE 9 DE MAIO DE 2013 RESOLUÇÃO N 47, DE 9 DE MAIO DE 2013 Dispõe sobre os deslocamentos a serviço no âmbito do Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil (CAU/BR) e dos Conselhos de Arquitetura e Urbanismo dos Estados e

Leia mais

DECRETO N.º 3.952, DE 02 DE OUTUBRO DE 2013.

DECRETO N.º 3.952, DE 02 DE OUTUBRO DE 2013. DECRETO N.º 3.952, DE 02 DE OUTUBRO DE 2013. Disciplina a liberação, o cancelamento e a baixa de Alvará de Localização e Funcionamento no município de Erechim. O Prefeito Municipal de Erechim, Estado do

Leia mais