21 a 23. X Seminário Internacional de Gerenciamento de Riscos e Seguros e Expo Riscos ABGR. Local: São Paulo

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "21 a 23. X Seminário Internacional de Gerenciamento de Riscos e Seguros e Expo Riscos ABGR. Local: São Paulo"

Transcrição

1 Aon Risk Solutions Editorial Nesta edição Óleo & Gás: Seguro de Riscos de Petróleo Oprimeiro semestre de 2013 mostrou novamente a força que o mercado de seguros brasileiro vem demonstrando, independentemente do fato de que os índices econômicos aparentam se fixar, neste ano, em níveis abaixo da expectativa. O mercado apresentou crescimento de 19% em relação ao mesmo período do ano anterior. Os principais destaques foram o Seguro Rural, Seguros Financeiros, Seguro Habitacional e Seguro Automóvel, e o principal agrupamento de riscos no mercado, o Seguro de Pessoas. O crescimento observado nesses ramos dá a dimensão da importância de determinados segmentos na economia brasileira. Por exemplo, o segmento do agronegócio tem sido o motor de nosso PIB, demonstrando a força de nosso campo e de nossa agricultura e pecuária. O mercado de seguros cresce mais no ramo Rural, mas ainda há um enorme potencial de expansão. Os segmentos de seguros Habitacional e Automóvel também continuam crescendo, em razão da forte expansão do crédito e do aumento da demanda decorrente da atividade verificada no consumo de automóveis e residências. Mas ainda há espaço para crescimento por meio de outras variáveis. O índice de relação do mercado de seguros versus o PIB, que mede a penetração desse mercado na economia, demonstra que o Brasil tem um longo caminho pela frente. Enquanto países como EUA, Reino Unido e França possuem índices de aproximadamente 8%, 12% e 9%, respectivamente, o Brasil está na faixa de 3% aproximadamente. Nota-se ainda uma movimentação maior, na qual a Aon está absolutamente inserida, em trazer novos produtos para o mercado brasileiro, o que certamente significará, em médio prazo, uma tendência verificada em outros países, qual seja, a de oferecer maior gama de soluções de seguros para as empresas e para as pessoas. Marcelo Homburger Vice-Presidente-Executivo & Chief Broking Officer Aon Risk Solutions Brasil Transportes: Conhecimento Eletrônico de Transporte Cobertura adicional de greves pode minimizar prejuízos das empresas de transporte Eventos & Entretenimento: Seguro oferece proteção e segurança em todos os aspectos relacionados a eventos Produtos Financeiros: Seguro Garantia Judicial cresce no Brasil e volume de prêmios chega a R$ 350 milhões Risco Patrimonial: Aon lança seguro para recall de produtos contaminados Riscos Marítimos: Custo de remoção do Costa Concordia pode chegar a US$ 2 bilhões AGRC Consultoria em Gestão de Riscos: Estudo da Aon revela relação entre maturidade na gestão de riscos e bom desempenho financeiro das empresas AGCN Rede Global de Atendimento: Global Risk Insight Platform GRIP Unidades Regionais: Filial da Aon em Porto Alegre alcança sucesso em mercado em grande expansão Eventos Aon: Aon apresenta resultados da Pesquisa Global de Gerenciamento de Riscos Global Survey 2013 Agenda Outubro 10 D&O e Responsabilidade Civil Geral Apresentação de noticias, cases e tendências do mercado. Local: Hotel JP 14 a Gerenciamento do Custo Total de Riscos TCOR Abordagem sobre metodologia e ferramenta utilizada pela Aon na redução de custos e gestão dos riscos seguráveis. Locais: São Paulo, Porto Alegre, Curitiba e Belo Horizonte 21 a 23 X Seminário Internacional de Gerenciamento de Riscos e Seguros e Expo Riscos ABGR Local: São Paulo Aon Up Abordagem sobre temas e produtos relevantes sobre seguros e gestão de riscos Local: Rio de Janeiro Novembro 25 Jantar de Gala Instituto Aon Evento beneficente, cuja verba arrecadada será revertida para instituições apoiadas pelo Instituto. Local: São Paulo

2 Óleo & Gás por Paulo Niemeyer Seguro de Riscos de Petróleo Crescimento da indústria petrolífera e atualização das normas vigentes devem impulsionar mercado de seguros e resseguros no país. As novas rodadas de licitações da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) e a complexidade das operações do pré-sal devem aumentar a demanda por seguros de Riscos de Petróleo. Com o aumento das atividades de exploração e produção, as empresas buscarão alternativas para o gerenciamento e mitigação de seus riscos operacionais e financeiros, transferindo grande parte deles para o mercado segurador. Quanto mais remoto e desafiador o projeto, maiores os investimentos e os riscos envolvidos. A exploração nos poços do pré-sal, por exemplo, envolve um grande desafio logístico, que torna a operação mais complexa e aumenta os riscos em caso de acidentes e danos ao meio ambiente. É dentro desse novo cenário que os especialistas no mercado de Óleo & Gás da Aon estão atuando. Uma das formas encontradas pela Aon para tornar o risco mais atrativo para as seguradoras e resseguradoras e, consequentemente, aumentar o poder de negociação para obter condições mais competitivas é estruturar uma única apólice com diferentes seções de coberturas para cobrir todos os riscos associados às atividades de E&P, como riscos patrimoniais, responsabilidade civil (incluindo poluição), controle de poço em caso de blow-out, construção, perda de receita. A Aon possui uma estrutura dedicada ao segmento de O&G, sediada no Rio de Janeiro e com bases em outros centros desse setor, tais como Macaé, Santos, Salvador e Vitória. Uma informação importante para a indústria petrolífera refere-se à Circular da Susep 470, publicada em 28 de junho/2013, que atualizou as normas do ramo de Seguro de Riscos de Petróleo, definindo regras mais claras para as coberturas oferecidas pelas seguradoras. As coberturas agora devem indenizar prejuízos decorrentes de toda a cadeia da atividade, incluindo riscos de petróleo e gás natural, equipamentos e instalações diretamente relacionados à produção, prospecção e perfuração e suas respectivas unidades, além das áreas de armazenamento no campo de produção em terra (onshore), marítimas e dutos (offshore). O seguro também deve cobrir a manutenção, conservação e construção de unidades de exploração, produção e armazenamento e outras estruturas submarinas, incluindo dutos offshore, ligadas à produção ou exploração de óleo ou gás. As seguradoras têm até o dia 1º de janeiro de 2014 para se adequar às novas exigências. Essas medidas não afetam as apólices emitidas antes de julho de 2013.

3 Transportes por Ricardo Guirao Conhecimento Eletrônico de Transporte Cronograma de implementação do CT-e (Conhecimento Eletrônico de Transporte) será finalizado em dezembro deste ano. Ogoverno federal implementou o CT-e em substituição aos documentos fiscais de transporte de carga em papel. Com isso, desde 1º de agosto de 2013, as transportadoras rodoviárias não optantes pelo Simples Nacional estão obrigadas a aderir ao novo modelo de documento fiscal eletrônico. Em dezembro, o CT-e também será obrigatório para os contribuintes do segmento rodoviário optantes pelo regime do Simples Nacional. Com a modernização, todas as operações passam a ser acompanhadas pelo fisco em tempo real. O CT-e é um documento de existência exclusivamente digital com validade jurídica e deve substituir diversos documentos fiscais relacionados à prestação de serviços de transporte. Para os clientes das transportadoras rodoviárias de carga, o novo modelo facilitará o armazenamento de dados e a escrituração dos impostos, ajudando assim a cumprir as regras do contrato de seguro, que estabelece a comunicação do embarque antes do início do risco/viagem. Já para as seguradoras, a implementação do CT-E está possibilitando o desenvolvimento de sistemas para a coleta das informações de seguro de forma automática. Cobertura adicional de greves pode minimizar prejuízos das empresas de transporte As manifestações populares em diversas cidades do território brasileiro aumentaram consideravelmente os riscos no transporte de mercadorias. O prejuízo tem sido grande para as empresas de transporte, já que as manifestações aumentam os custos das operações de logística e ainda reduzem a produtividade. Por outro lado, as seguradoras ainda não sentiram impacto em indenizações, porque tumultos e greves (riscos em que se enquadram as manifestações populares) figuram como risco excluído de cobertura nas apólices de automóvel. Em razão da paralisação e de possíveis perdas e danos às mercadorias transportadas, os especialistas da Aon recomendam aos embarcadores avaliar a possibilidade de contratar a cobertura adicional de greves no Seguro de Transporte Nacional. Vale lembrar que essa cobertura, se contratada pelo embarcador em seu Seguro de Transporte, visa garantir somente as perdas e danos à mercadoria transportada quando causados por: Grevistas, lock-out, pessoas A participantes em distúrbios trabalhistas, ou B tumultos ou comoções civis; Greve, lock-out, distúrbios trabalhistas, tumultos ou comoções civis.

4 Eventos & Entretenimento por Bruno Amorim Seguro oferece proteção e segurança em todos os aspectos relacionados a eventos Com o grande aumento de eventos nacionais e internacionais realizados no Brasil nos últimos anos (competições esportivas, encontros mundiais, congressos, concertos e festivais de música, exposições artísticas, desfiles de moda e, até mesmo, produções cinematográficas), o mercado segurador vem experimentando um significativo crescimento da demanda relativa a produtos voltados para as necessidades das empresas responsáveis pela organização de eventos. Nesse cenário, o Seguro de Eventos aparece como uma solução completa para os mais variados tipos de imprevistos. Esse produto dispõe de coberturas para diferentes aspectos da atuação de uma produtora de eventos. Uma das cláusulas principais é a proteção ao segurado caso venha a ser civilmente responsabilizado por indenizações a terceiros, devido a danos involuntários de ordem material e/ou corporal. O seguro pode amparar também os valores investidos (receitas, despesas e lucro) no evento, minimizando as perdas no caso de ocorrências que impeçam ou adiem sua realização. A realização de um evento implica o trabalho de uma série de partes envolvidas e corresponsáveis, desde o planejamento até a execução final. O seguro pode ser contratado pela produtora do evento, tendo cada unidade responsável seu respectivo seguro, específico para a atividade que realiza. A Aon presta consultoria para a contratação das coberturas adequadas, independentemente do porte ou da natureza do projeto. Para poder realizar esse trabalho, o Seguro de Eventos possui mais de 30 tipos de coberturas específicas, o que proporciona à produtora a possibilidade de contratar diversas combinações diferentes, a fim de assegurar os tipos mais variados de eventos. Dentre as principais coberturas, destacam-se Responsabilidade Civil; Cancelamento, Adiamento e Interrupção; Acidentes Pessoais; Seguro Viagem; e Erros e Omissões.

5 Produtos Financeiros por Daniela Durán Seguro Garantia Judicial cresce no Brasil e volume de prêmios chega a R$ 350 milhões Com limite operacional bancário restrito, seguradoras procuram suprir demanda de mais de R$ 1 tri em processos. Tradicionalmente, empresas de todos os portes e setores utilizam as cartas de fiança bancária para garantir processos judiciais. No entanto, com taxas mais atrativas e vantagens operacionais, o Seguro Garantia Judicial vem ganhando cada vez mais espaço, sendo usado por grandes organizações nacionais e multinacionais. Um levantamento feito pela Aon, que compara o volume de emissões do produto entre os anos 2010 e 2012, demonstra que o montante de prêmios cresceu 200% e chegou a R$ 350 milhões em Atualmente, o Brasil tem mais de R$ 1 tri em processos inscritos em dívida ativa apenas na esfera federal, sem considerar as esferas municipal e estadual. São mais de R$ 58 bilhões provisionados em balanço, somente nas 20 maiores empresas de capital aberto no Brasil. Além de taxas mais baixas, outras vantagens em relação à carta de fiança bancária são a maior facilidade de contratação e o fato de o Seguro Garantia Judicial não comprometer as linhas de crédito, permitindo assim que as empresas prossigam com seus planos de investimento. Essas são algumas das razões que explicam o crescimento acelerado dessa modalidade no país. Acompanhando essa tendência do mercado, a Divisão de Produtos Financeiros da Aon conta com uma equipe especializada em estruturar programas de Seguro Garantia Judicial de acordo com as necessidades de cada empresa, garantindo excelência na entrega dos melhores produtos disponíveis no mercado.

6 Cenário brasileiro Risco Patrimonial por Alexandre Jardim Aon lança seguro para recall de produtos contaminados O novo seguro é uma apólice independente, que tem contratação local, mas com âmbito de cobertura mundial. Empresas dos segmentos de alimentos, bebidas, tabaco, cosméticos e produtos farmacêuticos são suscetíveis a eventos em que possa haver a contaminação de seus produtos. Esse tipo de situação pode acarretar grandes prejuízos financeiros e a quebra da confiança por parte dos consumidores, comprometendo a imagem e reputação da marca. Com o objetivo de auxiliar as empresas a lidar com um momento tão delicado, a Aon tem trabalhado com sucesso no mercado brasileiro o Seguro para Produtos Contaminados. A cobertura oferece indenização por interrupção dos negócios e é voltada para o recall, substituição dos produtos e redistribuição de mercadorias, seja por contaminação acidental ou dolosa, sendo que os prejuízos cobertos na apólice são os da própria empresa segurada. Os limites de indenização podem chegar a US$ 15 milhões para contaminação acidental e a US$ 50 milhões para alteração dolosa. Um dos principais diferenciais do Seguro para Produtos Contaminados é que o segurado recebe a consultoria de empresas especializadas em gerenciamento de crise e comunicação, que vão orientá-lo a estabelecer os planos de ação, verificando se a mercadoria deve ser retirada e em que quantidade, além de controlar os efeitos dessa medida no mercado consumidor. É importante perceber que, caso sejam mal controlados ou gerenciados, eventos dessa natureza podem acarretar a retirada de todos os produtos sem necessidade, ocasionar elevadas perdas financeiras, provocar grande confusão gerencial e perda de controle e eliminar a confiança que os consumidores têm na empresa e na marca. O seguro oferece coberturas para Custos de Retirada dos Produtos, Custos de Substituição dos Produtos, Custos de Redistribuição dos Produtos, Custos de Interrupção dos Negócios, Despesas Extras e Gastos de Recuperação.

7 Riscos Marítimos por Maria Helena Carbone Custo de remoção do Costa Concordia pode chegar a US$ 2 bilhões Omundo assistiu em 16 de setembro de 2013 a uma das mais espetaculares operações de resgate de uma grande embarcação naufragada. A ação de salvamento envolveu o navio de cruzeiros Costa Concordia, que adernou completamente em janeiro de 2012, na costa da ilha de Giglio, na Itália, após chocar-se contra uma rocha. O impacto abriu um enorme buraco no casco, provocando a inundação que levou o barco a virar. A operação de resgate do Costa Concordia foi uma das mais caras da história. O custo de remoção dos destroços já alcançou cerca de US$ 1,17 bilhão somente de P&I (Protection & Indemnity). O alto custo da operação se justifica por uma série de razões, entre as quais o grande número de empresas e profissionais especializados envolvidos no resgate: cerca de 500 pessoas trabalharam no projeto elaborado por empresas de 29 países. As alternativas clássicas para a realização da operação de salvamento do Costa Concordia eram o uso de explosivos ou o corte do casco no local com a utilização de correntes/amarras e sua posterior remoção em pedaços. Ambas as opções, no entanto, poderiam facilmente devastar o meio ambiente e a indústria turística. Por essa razão, o governo italiano exigiu um processo de duas etapas, que nunca havia sido feito nessa proporção: parbuckling e reflutuação. No parbuckling, a embarcação é virada sobre um fundo falso, que atua como uma plataforma estabilizadora para o navio até que ele esteja pronto para reflutuar e ser rebocado ao destino definido. Em relação à participação das seguradoras nesse processo, as líderes no dano material são XL Group, Generali e RSA Insurance Group plc. Entretanto, a maioria das apólices marítimas é subscrita por várias seguradoras, de forma que a exposição ao risco seja relativamente fragmentada. No P&I, o risco estava dividido 50/50 entre Standard Club e Steamship Mutual (SSM). As seguradoras de danos materiais, após a indenização da perda total, deixaram de ter participação nesse processo. Apenas os clubes de P&I, responsáveis pela remoção de destroços, continuam suportando financeiramente a operação. Várias seguradoras e resseguradoras consideram os custos envolvidos excessivos e acham que o processo tradicional de cortar o navio em partes para sua remoção teria sido mais rápido, menos oneroso e não prejudicial ao meio ambiente, uma vez que o combustível já tinha sido removido. É esperado, por conta do incremento de custo ao longo do ano 2013, que o custo do resseguro no P&I volte a ter impacto nas renovações de A repercussão do episódio na indústria de seguros foi tão grande que o Lloyds elaborou um relatório denominado Os desafios e as implicações da remoção de destroços de navios no século 21. O documento esclarece em detalhes como o Costa Concordia demonstrou, na prática, que vários fatores relevantes podem aumentar severamente os custos de uma remoção de destroços. Afinal, era um navio de grande porte, adernado em um local difícil, com solo rochoso, próximo a águas muito profundas. Após essa tragédia, a Organização Marítima Internacional estabeleceu regras mais rigorosas para a segurança dos navios de passageiros. Exercícios de segurança antes ou imediatamente após a saída tornaram-se obrigatórios em navios de cruzeiro.

8 AGRC Consultoria em Gestão de Riscos por Alexandre Botelho Estudo da Aon revela relação entre maturidade na gestão de riscos e bom desempenho financeiro das empresas Uma pesquisa com mais de 500 empresas de todo o mundo revelou que o desempenho financeiro das companhias de capital aberto está diretamente ligado a sua maturidade na gestão de riscos. O que se observou é que, em média, as organizações classificadas no topo da escala apresentam uma volatilidade até 50% inferior no valor dos papéis em comparação com as classificadas no outro extremo. O estudo foi realizado pela Aon em conjunto com a Universidade Wharton, da Pensilvânia, Estados Unidos. Uma comparação entre o período que antecedeu e o que sucedeu a crise econômica mundial revelou que uma melhor classificação no índice estava associada a maiores retornos sobre o preço das ações em épocas de incerteza e em mercados voláteis. Entre 2010 e 2011, os mercados em geral tiveram bom desempenho e quase todas as organizações conseguiram retorno positivo depois. Mesmo aquelas que adotaram práticas de gestão de riscos mais fracas obtiveram resultados comparáveis aos de empresas mais bem estruturadas e desenvolvidas. No entanto, quando o desempenho dos mercados piorou, a diferença na maturidade das companhias tornou-se evidente nos resultados financeiros. Em 2011 e 2012, por sua vez, com as economias dos países mais voláteis, as organizações com práticas mais sofisticadas tiveram desempenho significativamente melhor. O levantamento classificou as empresas numa escala de 1,0 a 5,0 e demonstrou que, atualmente, a média global de organizações de todos os portes e setores está entre 2,5 e 3,0. Assim, segundo a pesquisa, somente as companhias que se classificaram nos dois níveis mais elevados (4,5 e 5,0) tiveram retorno positivo. As organizações com os três níveis mais baixos de classificação fecharam o período com um prejuízo de 17% a 30%. O estudo mostrou, ainda, que empresas que não são de capital aberto também devem estar atentas a esses resultados, pois, apesar de não medirem seu desempenho com base no preço das ações, elas operam sob as mesmas expectativas que as companhias listadas na Bolsa. Principais obstáculos à implementação de gestão de riscos O estudo detalhou também os principais obstáculos à implementação de práticas de gestão de riscos por região. Os desafios culturais e de capital humano foram os mais citados pelas empresas e pelo menos um deles foi destacado como ponto importante em todas as localidades. Ásia/ Pacífico Cultural Logística/ Distância Geográfica Austrália/ Nova Zelândia Logística/ Distância Geográfica Capital Humano América Central/ Caribe Capital Cultural Cultural Cultural Econômico Cultural Humano Capital Humano Europa Oriental Jurídico/ Regulatório Europa Ocidental Econômico Oriente Médio/ Norte da África Logística/ Distância Geográfica América do Norte Capital Humano América do Sul Jurídico/ Regulatório

9 AGCN Rede Global de Atendimento por Debora Melitto Global Risk Insight Platform GRIP Tecnologia de ponta em favor dos clientes Aon Na condição de líder mundial no mercado de gerenciamento de riscos, a Aon dispõe de ferramentas com tecnologia de ponta para apresentar as melhores soluções a seus clientes, sempre em linha com suas necessidades e expectativas. Uma das principais, e de propriedade exclusiva da Aon, é o Global Risk Insight Platform (GRIP). Trata-se de uma plataforma eletrônica que registra em tempo real todas as colocações realizadas no mercado segurador internacional, inovação que agrega valor aos negócios dos clientes dos mais variados segmentos. Outro benefício proporcionado pelo GRIP é que a plataforma está totalmente alinhada com o Aon Client Promise, a metodologia global de relacionamento da Aon. Por meio de suas diretrizes, a Aon assegura aos clientes a melhor prestação de serviços em consultoria de riscos e de corretagem de seguros e de resseguros, sempre customizados de acordo com suas necessidades e prioridades. O GRIP é a maior base de dados do mundo em termos de colocações de seguros. Por meio dele, a Aon realiza uma série de análises comparativas que servem como referência de preço e de cobertura para a escolha da seguradora mais adequada para atender às necessidades específicas de cada cliente, independentemente do tamanho do risco ou de sua localização geográfica. GRIP em números 1,7 milhão de cotações 900 mil colocações realizadas 85 mil clientes A Aon já utiliza essa plataforma em 20 países, inclusive no Brasil. O GRIP permite aos consultores da empresa antecipar alterações do mercado e desenvolver estratégias de comercialização mais competitivas, auxiliando e orientando os clientes a tomar decisões totalmente fundamentadas em fatos. 52 linhas de negócios 1 mil indústrias de clientes

10 Unidades Regionais por Roberto Xavier Filial da Aon em Porto Alegre alcança sucesso em mercado em grande expansão Recentemente uma pesquisa da revista Exame apontou no cenário das maiores empresas no Brasil que 75 delas possuem seu centro de decisão no Rio Grande do Sul. I sso vem ao encontro da decisão da Aon de estabelecer uma operação em Porto Alegre em 2002, com o objetivo de estar mais próxima de seus clientes e aumentar a participação nesse importante mercado. Nos últimos três anos, aumentamos consideravelmente a base de nossos clientes, graças a nossa presença e ao conhecimento técnico em produtos que tiveram grande destaque, como, por exemplo, transportes, riscos de engenharia, responsabilidade civil e seguro patrimonial, segundo Roberto Xavier, diretor da filial Porto Alegre. Além disso, a filial tem se movimentado para disseminar conhecimento e práticas de gestão de riscos e seguros na região com a realização de seminários e palestras sobre diversos temas. Continuaremos investindo no mercado do Rio Grande do Sul. A combinação da presença local, conhecimento da cultura local e nossa operação apoiada por nossos diversos especialistas nos coloca em destaque na oferta de soluções customizadas para nossos clientes, afirma Roberto Xavier. Principais segmentos Siderurgia/Mineração Agronegócio Logística O Rio Grande do Sul deve encerrar 2013 com uma produção de prêmios da ordem de R$ 10 bilhões, colocando o estado como 4º maior em volume de prêmios no Brasil.

11 Eventos Aon Aon apresenta resultados da Pesquisa Global de Gerenciamento de Riscos Global Survey 2013 Para manter seus clientes atualizados sobre as principais tendências de negócios, a Aon desenvolve uma série de estudos com alcance global. Um deles é a Pesquisa Global de Gerenciamento de Riscos, que é feita a cada dois anos e tem como objetivo auxiliar os empresários a compreender os riscos e tomar decisões bem estruturadas que garantam a continuidade e o sucesso de seus negócios. Os resultados da edição 2013 da pesquisa foram apresentados em dois eventos, realizados em São Paulo e Rio de Janeiro, que contaram com a presença de jornalistas e executivos de grandes companhias. Em relação à edição anterior, a pesquisa teve um aumento significativo no número de participantes, passando de 960 para empresas de mais de 70 países. O estudo elenca as dez maiores dificuldades apontadas por executivos de diversos segmentos. Na média global, a preocupação mais citada pelos executivos ainda é a de desaceleração e recuperação lenta da economia, seguida por alterações regulatórias e legislativas e aumento da concorrência. Os 10 Riscos mais Importantes Desaceleração econômica/ recuperação lenta Alterações regulatórias/ legislativas Concorrência crescente Danos à reputação/ marca Insucesso em atrair ou reter grandes talentos Insucesso em inovar/atender necessidades do cliente Interrupção de negócios Risco do preço de mercadorias Risco de fluxo de caixa/liquidez Riscos políticos/ incertezas A edição 2013 da pesquisa teve ampla participação de empresas da América Latina, com mais de 10% da amostragem sendo dessa região. O levantamento revelou que a percepção das companhias quanto aos maiores riscos para os negócios varia de acordo com a região, e a América Latina encara os desafios de mercado de maneira muito diferente da Europa e da América do Norte. A forte interferência do Estado na economia em países como Brasil, Venezuela, Argentina, Bolívia, Equador e México faz com que as alterações regulatórias e legislativas sejam o principal risco apontado pelos executivos. Além disso, perdas associadas a riscos políticos e incertezas que no panorama mundial só aparecem na décima posição estão no terceiro lugar no ranking da América Latina.

Boletim Aon. Nesta edição. Agenda. 30 Março. 01 Abril. 10 Abril. 15 Abril. 27 Abril

Boletim Aon. Nesta edição. Agenda. 30 Março. 01 Abril. 10 Abril. 15 Abril. 27 Abril Aon Risk Solutions Boletim Aon Ano 3 nº 5 Março 2015 Nesta edição 01 02 03 04 05 06 07 Conheça as curiosidades do seguro de transportes Demanda por seguro de riscos ambientais deve aumentar 100% em 2015

Leia mais

Boletim Aon. Editorial. Nesta edição. Agenda. 27 Agosto. 29 Outubro. 26 Setembro. 24 Novembro. Financial Lines Day. Aon Golf CUP.

Boletim Aon. Editorial. Nesta edição. Agenda. 27 Agosto. 29 Outubro. 26 Setembro. 24 Novembro. Financial Lines Day. Aon Golf CUP. Aon Risk Solutions Boletim Aon Ano 2 nº 4 Agosto 2014 Nesta edição 01 Gerenciamento de Riscos em Transporte 02 Estudo da Aon avalia risco de se investir em 163 países 03 Empresas multilatinas investem

Leia mais

Aon Risk Solutions. Gestão de Riscos e Corretagem de Seguros

Aon Risk Solutions. Gestão de Riscos e Corretagem de Seguros Aon Risk Solutions Gestão de Riscos e Corretagem de Seguros Uma marca que reflete a paixão, a energia e o compromisso de cada um de nossos colaboradores Líder Mundial em Gestão de Riscos, Corretagem de

Leia mais

etta Corretora de Seguros AGILIDADE INOVAÇÃO TRANSPARÊNCIA CONFIANÇA

etta Corretora de Seguros AGILIDADE INOVAÇÃO TRANSPARÊNCIA CONFIANÇA A Jetta Corretora de Seguros foi criada a partir da identificação de uma demanda do mercado por serviços especializados em seguros, atuamos nas áreas de consultoria, assessoria e corretagem de seguros

Leia mais

História 1882 Thomas Chubb Nova York The Chubb Corporation Argos Fluminense 33 países 130 escritórios

História 1882 Thomas Chubb Nova York The Chubb Corporation Argos Fluminense 33 países 130 escritórios História Em 1882, Thomas Chubb estabeleceu uma companhia de seguros marítimos na área portuária da cidade de Nova York. Nascia, naquele momento, o que hoje é a holding The Chubb Corporation, uma das maiores

Leia mais

Willis Latin American Energy Conference

Willis Latin American Energy Conference Willis Latin American Energy Conference Planejamento Financeiro e Gestão de Riscos outubro 2012 Cátia Diniz Gerente Setorial de Seguros Internacionais Estas apresentações podem conter previsões acerca

Leia mais

Boletim Aon. Nesta edição. Seguro para eventos: retorno garantido e segurança para quem promove e para quem participa

Boletim Aon. Nesta edição. Seguro para eventos: retorno garantido e segurança para quem promove e para quem participa Aon Risk Solutions Boletim Aon Janeiro 2016 Nesta edição 02 03 04 Seguro para eventos: retorno garantido e segurança para quem promove e para quem participa O Seguro de Transportes e a proteção em caso

Leia mais

40 MIL VEÍCULOS E 200 MIL VIDAS. seguradas por todo o Brasil. 150 MILHÕES. em prêmios de seguros anuais.

40 MIL VEÍCULOS E 200 MIL VIDAS. seguradas por todo o Brasil. 150 MILHÕES. em prêmios de seguros anuais. 40 MIL VEÍCULOS E 200 MIL VIDAS seguradas por todo o Brasil. 150 MILHÕES em prêmios de seguros anuais. SÃO MAIS DE 100 COLABORADORES FORMANDO UMA EQUIPE PREPARADA E EFICIENTE Investimos o máximo possível

Leia mais

MODALIDADE: SEGURO DE RESPONSABILIDADE CIVIL EVENTOS RESUMO DAS COBERTURAS E CONDIÇÕES

MODALIDADE: SEGURO DE RESPONSABILIDADE CIVIL EVENTOS RESUMO DAS COBERTURAS E CONDIÇÕES MODALIDADE: SEGURO DE RESPONSABILIDADE CIVIL EVENTOS RESUMO DAS COBERTURAS E CONDIÇÕES SEGURADO: Pessoa Jurídica organizadora, participante ou patrocinadora de um evento, feira ou exposição. LIMITE: São

Leia mais

Boletim Aon. Editorial. Nesta edição. Aon Risk Solutions

Boletim Aon. Editorial. Nesta edição. Aon Risk Solutions Aon Risk Solutions Editorial Nesta edição Riscos Marítimos: Oano de 2013 demonstrou novamente como o mercado de seguros brasileiro se mostra pujante e descolado da trajetória de crescimento econômico.

Leia mais

Aon Corporation. Países em que atua 120 Escritórios no Mundo 500 Funcionários 40.000. Matriz da Aon Chicago EUA. Dados: Dezembro/2009

Aon Corporation. Países em que atua 120 Escritórios no Mundo 500 Funcionários 40.000. Matriz da Aon Chicago EUA. Dados: Dezembro/2009 Aon Corporation Líder Mundial em Consultoria de Riscos, Benefícios, Seguros e Resseguros; Detentora do maior volume de prêmios emitidos do mercado mundial; 8ª empresa na categoria Diversidade Financeira

Leia mais

SEMINÁRIO NOVA LEI GERAL DE SEGUROS

SEMINÁRIO NOVA LEI GERAL DE SEGUROS SEMINÁRIO NOVA LEI GERAL DE SEGUROS Marco Antonio Rossi Presidente da Fenaprevi Presidente da Bradesco Seguros Agenda Mercado Segurador Nacional Os direitos dos Segurados e Participantes Legislação O Brasil

Leia mais

Seguro de Responsabilidade Civil D&O (Directors and Officers)

Seguro de Responsabilidade Civil D&O (Directors and Officers) Seguro de Responsabilidade Civil D&O (Directors and Officers) O ônus de liderar.... Construí um patrimônio sólido depois de muitos anos de trabalho. Infelizmente não posso usufruir de nada com tranquilidade...

Leia mais

Brasil não pode emperrar pré-sal, diz presidente do World Petroleum Council Qua, 19 de Setembro de 2012 08:08

Brasil não pode emperrar pré-sal, diz presidente do World Petroleum Council Qua, 19 de Setembro de 2012 08:08 Dirigindo uma das principais entidades de petróleo do mundo, o World Petroleum Council, mas também presidente da brasileira Barra Energia, Renato Bertani acha que o Brasil não pode se dar ao luxo, como

Leia mais

JARDINE LLOYD THOMPSON. JLT Re Palestra sobre Seguro Garantia

JARDINE LLOYD THOMPSON. JLT Re Palestra sobre Seguro Garantia JARDINE LLOYD THOMPSON JLT Re Palestra sobre Seguro Garantia Seguro Garantia - Definição O Seguro Garantia é um ramo de seguro destinado a garantir o cumprimento de uma obrigação contratual, seja ele de

Leia mais

ACE SEGURADORA SEGURO DE RESPONSABILIDADE CIVIL PROFISSIONAL

ACE SEGURADORA SEGURO DE RESPONSABILIDADE CIVIL PROFISSIONAL ACE SEGURADORA SEGURO DE RESPONSABILIDADE CIVIL PROFISSIONAL São Paulo, 2008 1 Seguro de Responsabilidade Civil de Empresas de Tecnologia E&O Luiz Antonio Oliveira ACE Seguradora S.A. GRUPO ACE Criada

Leia mais

Isaias Quaresma Masetti. Gerente Geral de Desenvolvimento e Inovação Tecnológica masetti@petrobras.com.br

Isaias Quaresma Masetti. Gerente Geral de Desenvolvimento e Inovação Tecnológica masetti@petrobras.com.br Inovação Tecnológica Frente aos Desafios da Indústria Naval Brasileira Isaias Quaresma Masetti Gerente Geral de Desenvolvimento e Inovação Tecnológica masetti@petrobras.com.br ... O maior obstáculo à indústria

Leia mais

Gerenciamento de Riscos em Transportes

Gerenciamento de Riscos em Transportes Aon Risk Solutions Gerenciamento de Riscos em Transportes Agregando inteligência ao negócio Risk. Reinsurance. Human Resources. Gerenciamento de Riscos em Transportes Agregando inteligência ao negócio

Leia mais

AIG Seguros Brasil Apresentação Institucional

AIG Seguros Brasil Apresentação Institucional AIG Seguros Brasil Apresentação Institucional Reconhecimento mundial Com um dos mais completos portfólios de produtos e serviços do mercado e atuação global, a AIG é referência no mercado de seguros. A

Leia mais

Infraestrutura no Brasil

Infraestrutura no Brasil www.pwc.com.br Infraestrutura no Brasil Como agregar valor e gerenciar a complexidade de ativos de capital, programas ou portfólios de médio a grande porte (greenfield ou brownfield). O contexto de infraestrutura

Leia mais

DESTAQUES DESTA EDIÇÃO

DESTAQUES DESTA EDIÇÃO revistacobertura123.p65 1 DESTAQUES DESTA EDIÇÃO ENTREVISTA Exposição a riscos de inundações pode atingir 43 milhões de pessoas no Brasil em 2030 Utilização de resseguro abre oportunidade para que seguradoras

Leia mais

Especialistas apontam obstáculos e soluções para o Brasil avançar

Especialistas apontam obstáculos e soluções para o Brasil avançar AGENDA BAHIA Especialistas apontam obstáculos e soluções para o Brasil avançar Além das reformas tributária e trabalhista, país precisa investir em infraestrutura eficaz, na redução do custo da energia

Leia mais

RETROATIVIDADE DO SEGURO: O Protector possibilita a contratação de cobertura retroativa para fatos desconhecidos de até 5 anos.

RETROATIVIDADE DO SEGURO: O Protector possibilita a contratação de cobertura retroativa para fatos desconhecidos de até 5 anos. SEGURADO: Corretores de seguros (pessoa física) e/ou Corretoras de Seguros (pessoa jurídica) Limite: São 6 opções entre R$ 100.000 e R$ 500.000. O limite do seguro poderá ser utilizado para um ou uma série

Leia mais

RETROATIVIDADE DO SEGURO: O Protector possibilita a contratação de cobertura retroativa para fatos desconhecidos de até 5 anos.

RETROATIVIDADE DO SEGURO: O Protector possibilita a contratação de cobertura retroativa para fatos desconhecidos de até 5 anos. SEGURADO: Sócio Administrador (Pessoa Física) Limite: São 6 opções entre R$ 100.000 e R$ 500.000. O limite do seguro poderá ser utilizado para um ou uma série de sinistros indenizados durante a vigência

Leia mais

Mercado brasileiro conta com coberturas novas e ampliadas skweb - SP - NOTÍCIAS - 28/11/2011 REVISTA COBERTURA

Mercado brasileiro conta com coberturas novas e ampliadas skweb - SP - NOTÍCIAS - 28/11/2011 REVISTA COBERTURA Mercado brasileiro conta com coberturas novas e ampliadas skweb - SP - NOTÍCIAS - 28/11/2011 REVISTA COBERTURA Conectado com o que há de mais sofisticado em soluções ao redor do globo, País tem novas opções

Leia mais

Transporte Terrestre X Aluguel de Veículos:

Transporte Terrestre X Aluguel de Veículos: Transporte Terrestre X Aluguel de Veículos: Serviços Diferentes para Clientes Diferentes? Moderador: Tomás Ramos 04/02/2009 Considerando-se o tráfego e os problemas de segurança nas grandes cidades da

Leia mais

RETROATIVIDADE DO SEGURO: O Protector possibilita a contratação de cobertura retroativa para fatos desconhecidos de até 3 anos.

RETROATIVIDADE DO SEGURO: O Protector possibilita a contratação de cobertura retroativa para fatos desconhecidos de até 3 anos. SEGURADO: Advogados (pessoa física) e/ou Escritórios de Advocacia (pessoa jurídica) Limite: São 6 opções entre R$ 100.000 e R$ 500.000. O limite do seguro poderá ser utilizado para um ou uma série de sinistros

Leia mais

RETROATIVIDADE DO SEGURO: O Protector possibilita a contratação de cobertura retroativa para fatos desconhecidos de até 5 anos.

RETROATIVIDADE DO SEGURO: O Protector possibilita a contratação de cobertura retroativa para fatos desconhecidos de até 5 anos. SEGURADO: Diretor, Conselheiro, CEO, CFO ou cargo Equivalente (pessoa física) Limite: São 6 opções entre R$ 100.000 e R$ 500.000. O limite do seguro poderá ser utilizado para um ou uma série de sinistros

Leia mais

Seguros, Previdência e Capitalização

Seguros, Previdência e Capitalização Seguros, Previdência e Capitalização Análise das contas Patrimoniais e do Resultado Ajustado do Grupo Bradesco de Seguros, Previdência e Capitalização: Balanço Patrimonial Mar10 Dez09 Mar09 Ativo Circulante

Leia mais

20 de agosto de 2013. Xisto muda geopolítica da energia

20 de agosto de 2013. Xisto muda geopolítica da energia 20 de agosto de 2013 Xisto muda geopolítica da energia A "revolução do xisto" em curso nos Estados Unidos, que já despertou investimento de US$ 100 bilhões na indústria americana, vai resultar em uma nova

Leia mais

Perspectivas & Oportunidades do Mercado Segurador frente aos Novos Consumidores. Marco Antonio Rossi Presidente

Perspectivas & Oportunidades do Mercado Segurador frente aos Novos Consumidores. Marco Antonio Rossi Presidente Perspectivas & Oportunidades do Mercado Segurador frente aos Novos Consumidores Marco Antonio Rossi Presidente AGENDA I O Universo dos Novos Consumidores 2 O Mundo do Seguros 3- Perspectivas e Oportunidades

Leia mais

Resolução CNSP Nº 315 DE 26/09/2014 Publicado no DO em 29 set 2014

Resolução CNSP Nº 315 DE 26/09/2014 Publicado no DO em 29 set 2014 Resolução CNSP Nº 315 DE 26/09/2014 Publicado no DO em 29 set 2014 Dispõe sobre as regras e os critérios para operação do seguro viagem. A Superintendência de Seguros Privados - SUSEP, no uso da atribuição

Leia mais

Nota à imprensa. Novo estudo sigma da Swiss Re, O seguro no mundo em 2010 revela aumento do volume global de prêmios e do capital

Nota à imprensa. Novo estudo sigma da Swiss Re, O seguro no mundo em 2010 revela aumento do volume global de prêmios e do capital Nota à imprensa ab Novo estudo sigma da Swiss Re, O seguro no mundo em 2010 revela aumento do volume global de prêmios e do capital Contatos: Daniel Staib, Zurique Telefone +41 43 285 8136 Thomas Holzheu,

Leia mais

cargas tributárias para empresas no mundou

cargas tributárias para empresas no mundou Cliente: UHY Moreira Data: 04/10/2011 Veículo: Site Sped Contábil - Porto Alegre Seção/ Pág. : Impostos e Tributos HUhttp://spedcontabilspedfiscal.com.br/impostos-tributacao-arrecadacao/carga-tributaria-brasil-temuma-das-maiores-cargas-tributarias-para-empresas-no-mundo/U

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DO SEGURO DE RESPONSABILIDADE CIVIL PROFISIONAL. TECNOLOGIA EM SEGUROS

A IMPORTÂNCIA DO SEGURO DE RESPONSABILIDADE CIVIL PROFISIONAL. TECNOLOGIA EM SEGUROS A IMPORTÂNCIA DO SEGURO DE RESPONSABILIDADE CIVIL PROFISIONAL. A RESPONSABILIDADE CIVIL A responsabilidade civil é caracterizada pela falta de intenção de prejudicar o outro. Ou seja, possibilidade existente

Leia mais

Seguro Garantia Judicial. Aon Risk Solutions

Seguro Garantia Judicial. Aon Risk Solutions Seguro Garantia Judicial Aon Risk Solutions Produtos Financeiros 2013 Seguro Garantia Mercado de Garantias Evolução Mercado Garantia Prêmio 900.000.000 800.000.000 PAC 700.000.000 600.000.000 500.000.000

Leia mais

EMBRAER ANUNCIA PERSPECTIVAS DE LONGO PRAZO PARA AVIAÇÃO Estimativas de demanda mundial abrangem os mercados de jatos comerciais e executivos

EMBRAER ANUNCIA PERSPECTIVAS DE LONGO PRAZO PARA AVIAÇÃO Estimativas de demanda mundial abrangem os mercados de jatos comerciais e executivos EMBRAER ANUNCIA PERSPECTIVAS DE LONGO PRAZO PARA AVIAÇÃO Estimativas de demanda mundial abrangem os mercados de jatos comerciais e executivos São José dos Campos, 7 de novembro de 2008 A Embraer (BOVESPA:

Leia mais

Veículo: Valor Online Data: 29/04/09

Veículo: Valor Online Data: 29/04/09 Veículo: Valor Online Data: 29/04/09 Cresce procura por gestores de risco Em tempos de crise, os gestores de risco estão sendo garimpados pelas empresas como pedras raras. Segundo a consultoria Michael

Leia mais

Categoria: Case: PAMTAX

Categoria: Case: PAMTAX PRÊMIO ANSP 2005 Categoria: Empresas de Prestação de Serviços Case: PAMTAX 2 Í N D I C E SINOPSE Pág. 4 PROBLEMA Pág. 5 A situação das seguradoras Pág. 6 A situação das transportadoras Pág. 8 SOLUÇÃO Pág.

Leia mais

A Aon Global Risk Consulting (AGRC), líder mundial em consultoria de gestão de riscos, está presente em mais de 120 países. São mais de 2.

A Aon Global Risk Consulting (AGRC), líder mundial em consultoria de gestão de riscos, está presente em mais de 120 países. São mais de 2. A Aon Global Risk Consulting (AGRC), líder mundial em consultoria de gestão de riscos, está presente em mais de 120 países. São mais de 2.000 consultores que se dedicam de forma integral à gestão de riscos

Leia mais

sobre as transações no setor de saúde

sobre as transações no setor de saúde 10 Minutos sobre as transações no setor de saúde Valor global de fusões e aquisições cresce e reverte tendência Destaques O valor total das transações no setor de saúde aumentou 4% em relação à segunda

Leia mais

Vida Segura Empresarial Bradesco:

Vida Segura Empresarial Bradesco: PRÊMIO ANSP 2005 Vida Segura Empresarial Bradesco: A democratização do acesso ao Seguro de Vida chega às Micro e Pequenas Empresas. 1 SUMÁRIO 1. Sinopse 3 2. Introdução 4 3. O desafio de ser o pioneiro

Leia mais

Aon Risk Solutions. Outubro/2014 FINANCIAL LINES

Aon Risk Solutions. Outubro/2014 FINANCIAL LINES Aon Risk Solutions Outubro/2014 Aon Risk Solutions Aon Corporation Líder mundial em consultoria de seguros, gerenciamento de riscos e benefícios para funcionários e executivos; Maior corretora mundial

Leia mais

Apresentação Comercial. Generali Brasil Seguros

Apresentação Comercial. Generali Brasil Seguros Apresentação Comercial Generali Brasil Seguros O GRUPO GENERALI Liderança, a, solidez e presença a global Assicurazioni Generali SPA., fundada em 1831 em Trieste Itália. 85.000 funcionários no mundo e

Leia mais

Choques Desequilibram a Economia Global

Choques Desequilibram a Economia Global Choques Desequilibram a Economia Global Uma série de choques reduziu o ritmo da recuperação econômica global em 2011. As economias emergentes como um todo se saíram bem melhor do que as economias avançadas,

Leia mais

Receita do Network PwC cresce 6% e atinge US$ 34 bilhões no ano fiscal encerrado em junho

Receita do Network PwC cresce 6% e atinge US$ 34 bilhões no ano fiscal encerrado em junho Press release Data Contato EMBARGO 00h01min (horário Brasília) Terça-feira, 7 de outubro de 2014 Márcia Avruch Tel: +55 11 3674 3760 Email: marcia.avruch@br.pwc.com Pages 4 Receita do Network PwC cresce

Leia mais

Regulamento Geral Clube de Vendas MAPFRE

Regulamento Geral Clube de Vendas MAPFRE Regulamento Geral Clube de Vendas MAPFRE O Clube de Vendas MAPFRE é um programa de incentivo criado, desenvolvido e administrado pela MAPFRE Seguros Gerais S/A, inscrito no CNPJ/MF sob nº 61.074.175/0001-38,

Leia mais

Panorama e Perspectivas 2011/2012. Mercado de Seguros, Previdência Complementar Aberta e Capitalização

Panorama e Perspectivas 2011/2012. Mercado de Seguros, Previdência Complementar Aberta e Capitalização Panorama e Perspectivas / Mercado de Seguros, Previdência Complementar Aberta e Capitalização 1. Sumário Executivo... 2 2. Seguradoras do grupo de seguros gerais... 2 2.1 Ramos do grupo de seguros gerais...

Leia mais

Aula 1a: Introdução à Administração do agronegócio. Agronegócio Brasileiro: História, Cenário atual e perspectivas futuras

Aula 1a: Introdução à Administração do agronegócio. Agronegócio Brasileiro: História, Cenário atual e perspectivas futuras Aula 1a: Introdução à Administração do agronegócio Agronegócio Brasileiro: História, Cenário atual e perspectivas futuras Prospecção do conhecimento Defina agronegócio Cite, conforme seu conhecimento e

Leia mais

AGRONEGÓCIO PANORAMA ATUAL

AGRONEGÓCIO PANORAMA ATUAL AGRONEGÓCIO PANORAMA ATUAL IMPORTÂNCIA ECONOMICA 1- Exportações em 2014: Mais de US$ 100 bilhões de dólares; 2- Contribui com aproximadamente 23% do PIB brasileiro; 3- São mais de 1 trilhão de Reais e

Leia mais

ASSISTÊNCIA EMERGENCIAL PARA CRUZEIROS MARÍTIMOS ROYAL CARIBBEAN BRASIL

ASSISTÊNCIA EMERGENCIAL PARA CRUZEIROS MARÍTIMOS ROYAL CARIBBEAN BRASIL ASSISTÊNCIA EMERGENCIAL PARA CRUZEIROS MARÍTIMOS ROYAL CARIBBEAN BRASIL é a melhor maneira de você e sua família se prevenirem de imprevistos que podem ocorrer durante a viagem. A assistência emergencial

Leia mais

MENSAGEM DA ADMINISTRAÇÃO A QGEP Participações iniciou o ano de 2011 com uma sólida posição financeira. Concluímos com sucesso a nossa oferta pública inicial de ações em fevereiro, com uma captação líquida

Leia mais

OS MAIORES RISCOS DA INTERNACIONALIZAÇÃO

OS MAIORES RISCOS DA INTERNACIONALIZAÇÃO OS RISCOS DA INTERNACIONALIZAÇÃO CRESCIMENTO GLOBAL DO NEGÓCIO Com a crescente globalização e o crescimento acelerado das economias emergentes, as empresas, independentemente da sua dimensão, estão em

Leia mais

Como navegar no ciclo das Commodities de Petróleo. 10 Ações Estratégicas para Companhias Nacionais de Petróleo

Como navegar no ciclo das Commodities de Petróleo. 10 Ações Estratégicas para Companhias Nacionais de Petróleo Como navegar no ciclo das Commodities de Petróleo 10 Ações Estratégicas para Companhias Nacionais de Petróleo 10 Ações para Companhias Nacionais de Petróleo As Companhias Nacionais de Petróleo (NOCs) têm

Leia mais

ACE BUSINESS CLASS PLUS SEGURO DE VIAGEM CORPORATE INTERNACIONAL

ACE BUSINESS CLASS PLUS SEGURO DE VIAGEM CORPORATE INTERNACIONAL ACE BUSINESS CLASS PLUS SEGURO DE VIAGEM CORPORATE INTERNACIONAL Apesar das sequelas da crise financeira global e da ressaca de uma recessão em vários países, os analistas esperam que a procura de viagens

Leia mais

Brasil avança, mas é quarto país mais desigual da América Latina, diz ONU

Brasil avança, mas é quarto país mais desigual da América Latina, diz ONU Brasil avança, mas é quarto país mais desigual da América Latina, diz ONU Estudo faz balanço de serviços urbanos básicos, como a gestão dos resíduos sólidos. (Foto: Reprodução) Apesar do crescimento econômico,

Leia mais

(MLRV) SEGURO RISCOS DE ENGENHARIA JAN A MAIO DE 2015 SUSEP SES. lcastiglione@uol.com.br - 011-99283-6616 Página 1

(MLRV) SEGURO RISCOS DE ENGENHARIA JAN A MAIO DE 2015 SUSEP SES. lcastiglione@uol.com.br - 011-99283-6616 Página 1 SEGURO RISCOS DE ENGENHARIA JAN A MAIO DE 2015 SUSEP SES lcastiglione@uol.com.br - 011-99283-6616 Página 1 1- INTRODUÇÃO: As coberturas oferecidas pelo mercado podem ser básicas, especiais e adicionais.

Leia mais

MANUAL DO SERVIÇO PARA ASSISTÊNCIA AUTOMÓVEL SERVCAR

MANUAL DO SERVIÇO PARA ASSISTÊNCIA AUTOMÓVEL SERVCAR MANUAL DO SERVIÇO PARA ASSISTÊNCIA AUTOMÓVEL SERVCAR 1. OBJETIVO Este manual contém informações acerca dos procedimentos que deverão ser tomados na ocorrência de qualquer fato que acarrete na utilização

Leia mais

A costa da África pode ser um foco da indústria no futuro próximo;

A costa da África pode ser um foco da indústria no futuro próximo; Fleury Pissaia * Entre 2011 e 2015, investimento previsto no setor industrial é de R$ 600 bilhões. Desse montante, indústria do petróleo representa 62%. No mesmo período, R$ 750 bilhões serão alocados

Leia mais

Esta é a XL Catlin Cinco maneiras pelas quais vamos turbinar seu negócio.

Esta é a XL Catlin Cinco maneiras pelas quais vamos turbinar seu negócio. Esta é a XL Catlin Cinco maneiras pelas quais vamos turbinar seu negócio. Separadas, XL e Catlin eram duas empresas fortes e inovadoras. Juntas, somos ainda mais fortes. Conteúdo Conheça a XL Catlin Pessoas

Leia mais

Edição 44 (Abril/2014)

Edição 44 (Abril/2014) Edição 44 (Abril/2014) Cenário Econômico: Prévia da inflação tem maior alta desde janeiro de 2013 O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo-15 (IPCA-15), considerado a prévia da inflação oficial,

Leia mais

o mapa da mina de crédito Figura 1 - Passos para decisão de tomada de crédito

o mapa da mina de crédito Figura 1 - Passos para decisão de tomada de crédito crédito rural: o mapa da mina Por: Felipe Prince Silva, Ms. Desenvolvimento Econômico, Espaço e Meio Ambiente UNICAMP. Economista Agrosecurity Gestão de Agro-Ativos LTDA e Agrometrika Informática e Serviços

Leia mais

FIESP Sustentabilidade Financiamentos para PME

FIESP Sustentabilidade Financiamentos para PME FIESP Sustentabilidade Financiamentos para PME Junho/2013 Diretoria de Sustentabilidade Linda Murasawa Brasil SANTANDER NO MUNDO 102 milhões DE CLIENTES 14.392 AGÊNCIAS 186.763 FUNCIONÁRIOS Dezembro de

Leia mais

Tendências do Petróleo e Gás na América Latina: Desafios. Waldyr Martins Barroso Diretor

Tendências do Petróleo e Gás na América Latina: Desafios. Waldyr Martins Barroso Diretor Tendências do Petróleo e Gás na América Latina: Desafios Waldyr Martins Barroso Diretor Rio de Janeiro, 12 de novembro de 2015 Sumário Alterações nas Variáveis da Indústria de Petróleo e Gás América Latina

Leia mais

Empresas aéreas continuam a melhorar a rentabilidade Margem de lucro líquida de 5,1% para 2016

Empresas aéreas continuam a melhorar a rentabilidade Margem de lucro líquida de 5,1% para 2016 COMUNICADO No: 58 Empresas aéreas continuam a melhorar a rentabilidade Margem de lucro líquida de 5,1% para 2016 10 de dezembro de 2015 (Genebra) - A International Air Transport Association (IATA) anunciou

Leia mais

RETROATIVIDADE DO SEGURO: O Protector possibilita a contratação de cobertura retroativa para fatos desconhecidos de até 5 anos.

RETROATIVIDADE DO SEGURO: O Protector possibilita a contratação de cobertura retroativa para fatos desconhecidos de até 5 anos. SEGURADO: Médicos (pessoa física) ou Clinicas e Consultórios (pessoa jurídica) Limite: São 6 opções entre R$ 100.000 e R$ 500.000. O limite do seguro poderá ser utilizado para um ou uma série de sinistros

Leia mais

Menores, mas com potencial de gigantes

Menores, mas com potencial de gigantes Menores, mas com potencial de gigantes 12 KPMG Business Magazine Empresas do mercado empreendedor ganham força com a expansão do consumo nos países emergentes O ano de 2008 foi um marco na história econômica

Leia mais

Interdependência da Produção Globalizada. Aon Global Risk Consulting - AGRC Alexandre Botelho Outubro 2013

Interdependência da Produção Globalizada. Aon Global Risk Consulting - AGRC Alexandre Botelho Outubro 2013 Interdependência da Produção Globalizada Aon Global Risk Consulting - AGRC Alexandre Botelho Outubro 2013 Cenário atual Mundo globalizado Altíssima velocidade de difusão da informação Grande integração

Leia mais

O Mercado de Seguros no Brasil no Século XXI

O Mercado de Seguros no Brasil no Século XXI 18º Congresso Brasileiro dos Corretores de Seguros O Mercado de Seguros no Brasil no Século XXI Cenário econômico atual e perspectivas para nosso país Henrique Meirelles 16 de Outubro, 2013 1 Agenda Introdução

Leia mais

Entrevista Inovação em dose dupla

Entrevista Inovação em dose dupla Entrevista Inovação em dose dupla Por Juçara Pivaro Foto: L. R.Delphim Uma importante aquisição no setor de empresas fornecedoras de ingredientes ocorreu em 2012, unindo duas grandes forças desse mercado,

Leia mais

POLÍTICA DE INOVAÇÃO TECNOLÓGICA

POLÍTICA DE INOVAÇÃO TECNOLÓGICA POLÍTICA DE INOVAÇÃO TECNOLÓGICA ESTEVÃO FREIRE estevao@eq.ufrj.br DEPARTAMENTO DE PROCESSOS ORGÂNICOS ESCOLA DE QUÍMICA - UFRJ Tópicos: Ciência, tecnologia e inovação; Transferência de tecnologia; Sistemas

Leia mais

Mecanismos de Gestão, Mitigação e Transferência do Risco. Lisboa, 4 de Março de 2015

Mecanismos de Gestão, Mitigação e Transferência do Risco. Lisboa, 4 de Março de 2015 Mecanismos de Gestão, Mitigação e Transferência do Risco Lisboa, 4 de Março de 2015 Itinerário do Risco 2 Caminho a percorrer 3 Exposição ao Risco 4 Concetualização do Risco FASE I GÉNESE Online Offline

Leia mais

Divulgação de Resultados do 2T10. 4 de agosto de 2010

Divulgação de Resultados do 2T10. 4 de agosto de 2010 Divulgação de Resultados do 4 de agosto de 2010 Aviso Importante Esse material pode conter previsões de eventos futuros.tais previsões refletem apenas expectativas dos administradores da Companhia, e envolve

Leia mais

Perspectivas para o setor de TI. BM&F Bovespa. 26 de junho de 2013 BRASSCOM

Perspectivas para o setor de TI. BM&F Bovespa. 26 de junho de 2013 BRASSCOM Perspectivas para o setor de TI BM&F Bovespa 26 de junho de 2013 BRASSCOM Associados BRASSCOM 1 Mercado Mundial de TI Crescimento Mercado TI BRASIL (2012/2011) 10,8% Crescimento Mercado TI Mundo (2012/2011)

Leia mais

Metodologia. Pesquisa Quantitativa Coleta de dados: Público Alvo: Amostra: 500 entrevistas realizadas. Campo: 16 a 29 de Setembro de 2010

Metodologia. Pesquisa Quantitativa Coleta de dados: Público Alvo: Amostra: 500 entrevistas realizadas. Campo: 16 a 29 de Setembro de 2010 Metodologia Pesquisa Quantitativa Coleta de dados: Através de e-survey - via web Público Alvo: Executivos de empresas associadas e não associadas à AMCHAM Amostra: 500 entrevistas realizadas Campo: 16

Leia mais

ENGENHARIA CONSULTIVA FOMENTAR O PARQUE CONSULTIVO NACIONAL

ENGENHARIA CONSULTIVA FOMENTAR O PARQUE CONSULTIVO NACIONAL ENGENHARIA CONSULTIVA FOMENTAR O PARQUE CONSULTIVO NACIONAL A Engenharia Consultiva Nacional e a Construção da Infraestrutura Um breve diagnóstico O setor de infraestrutura apresenta aspectos distintos

Leia mais

ALTERAÇÕES CLIMÁTICAS

ALTERAÇÕES CLIMÁTICAS A CULPA É DO TEMPO? Porque o clima já não é o que era e os desastres naturais se sucedem com maior frequência e severidade, muitos deles agravados pela mão humana, a indústria de seguros e resseguros debate-se

Leia mais

Fórum e Exposição Energias Renováveis e Alternativas no Cone Sul- ERACS

Fórum e Exposição Energias Renováveis e Alternativas no Cone Sul- ERACS Fórum e Exposição Energias Renováveis e Alternativas no Cone Sul- ERACS Apresentação O Fórum e Exposição Energias Renováveis e Alternativas no Cone Sul- ERACS ocorrerá nos dias 13, 14 e 15 de outubro de

Leia mais

20 de dezembro de 2010. Perguntas e Respostas

20 de dezembro de 2010. Perguntas e Respostas Perguntas e Respostas Índice 1. Qual é a participação de mercado da ALL no mercado de contêineres? Quantos contêineres ela transporta por ano?... 4 2. Transportar por ferrovia não é mais barato do que

Leia mais

Destaques do Período. Crescimento de dois dígitos em Reservas Confirmadas e Embarcadas, EBITDA e Lucro Líquido Ajustado no 2T15

Destaques do Período. Crescimento de dois dígitos em Reservas Confirmadas e Embarcadas, EBITDA e Lucro Líquido Ajustado no 2T15 Santo André, 05 de Agosto de 2015: CVC Brasil Operadora e Agência de Viagens S.A. (BM&FBOVESPA: CVCB3), maior operadora de turismo das Américas, informa aos seus acionistas e demais participantes do mercado

Leia mais

Julho Agosto Setembro. 06 Aon Golf Cup Local: Indaiatuba SP Local: Salvador BA. Local: Belo Horizonte MG

Julho Agosto Setembro. 06 Aon Golf Cup Local: Indaiatuba SP Local: Salvador BA. Local: Belo Horizonte MG Aon Risk Solutions Editorial Nesta edição Marcelo Homburger Vice-Presidente Executivo & Chief Broking Officer Aon Risk Solutions Brasil mercado de seguros no Brasil vem continuamente dando sinais de pujança

Leia mais

SEMINÁRIO EXPORTAR, EXPORTAR, EXPORTAR. Viana do Castelo, 11de Fevereiro

SEMINÁRIO EXPORTAR, EXPORTAR, EXPORTAR. Viana do Castelo, 11de Fevereiro SEMINÁRIO EXPORTAR, EXPORTAR, EXPORTAR Viana do Castelo, 11de Fevereiro www.cosec.pt COSEC Companhia de Seguro de Créditos, S.A. 2014 Índice Sobre a COSEC Seguro de Créditos Soluções à medida em resumo

Leia mais

2013 Inventta Todos os direitos reservados.

2013 Inventta Todos os direitos reservados. Agenda Quem Somos Gerindo a Inovação nas Empresas Estímulos Governamentais à Inovação Resultados da pesquisa FDC/Inventta Conclusões O GRUPO A Inventta é uma consultoria especializada em gestão da inovação,

Leia mais

Apoio CONSEQUÊNCIAS DOS EFEITOS CLIMÁTICOS NAS OPERAÇÕES DE SEGUROS E RESSEGUROS

Apoio CONSEQUÊNCIAS DOS EFEITOS CLIMÁTICOS NAS OPERAÇÕES DE SEGUROS E RESSEGUROS CONSEQUÊNCIAS DOS EFEITOS CLIMÁTICOS NAS OPERAÇÕES DE SEGUROS E RESSEGUROS 1 O quê vamos ver? 2 PRIMEIRA PARTE ALGUNS DADOS SOBRE O MERCADO DE SEGUROS NO BRASIL E NO MUNDO MERCADO DE SEGUROS MUNDIAL 2008-2009

Leia mais

MARCA BRADESCO RECURSOS HUMANOS

MARCA BRADESCO RECURSOS HUMANOS ATIVOS INTANGÍVEIS Embora a Organização não registre seus ativos intangíveis, há evidências da percepção de sua magnitude pelos investidores e que pode ser encontrada na expressiva diferença entre o Valor

Leia mais

Soluções Integradas em Petróleo, Gás e Energia BRASIL

Soluções Integradas em Petróleo, Gás e Energia BRASIL BRASIL O Brasil possui uma economia sólida, construída nos últimos anos, após a crise de confiança que o país sofreu em 2002, a inflação é controlada, as exportações sobem e a economia cresce em ritmo

Leia mais

Digitalização pode impulsionar competitividade brasileira, segundo estudo feito pela Siemens e pela Fundação Dom Cabral

Digitalização pode impulsionar competitividade brasileira, segundo estudo feito pela Siemens e pela Fundação Dom Cabral Imprensa São Paulo, 16 de junho de 2015 Digitalização pode impulsionar competitividade brasileira, segundo estudo feito pela Siemens e pela Fundação Dom Cabral O estudo foi baseado em uma pesquisa realizada

Leia mais

PRODUTOS PARA VOCÊ TRADIÇÃO E QUALIDADE EM SERVIÇOS!

PRODUTOS PARA VOCÊ TRADIÇÃO E QUALIDADE EM SERVIÇOS! PRODUTOS PARA VOCÊ TRADIÇÃO E QUALIDADE EM SERVIÇOS! sdfgdfhfdgfsgfdgfsdg sdfgsdgsfdgfd PRODUTOS PARA VOCÊ PRODUTOS PARA VOCÊ Simples e econômico: com apenas uma apólice, toda sua frota fica segurada.

Leia mais

Como a JETRO poderá apoiar os exportadores brasileiros

Como a JETRO poderá apoiar os exportadores brasileiros Como a JETRO poderá apoiar os exportadores brasileiros Teiji Sakurai Realização :, SÃO PAULO O que é a JETRO? Órgão oficial de comércio exterior do Japão 1951 Osaka Oficialmente JETRO em 1958 76 escritórios

Leia mais

Seguros Empresariais. Alexandre Vilardi

Seguros Empresariais. Alexandre Vilardi Seguros Empresariais Alexandre Vilardi Segmentação das Empresas no Brasil Introdução O mercado brasileiro é composto por mais de 5 milhões de empresas classificadas em Grandes, Médias, Pequenas e Micros,

Leia mais

Proteção de riscos: O ponto de vista do mercado segurador no Brasil. José Carlos de Lacerda Souza Gerente de Property & Casualty Brasil IRB Brasil RE

Proteção de riscos: O ponto de vista do mercado segurador no Brasil. José Carlos de Lacerda Souza Gerente de Property & Casualty Brasil IRB Brasil RE Proteção de riscos: O ponto de vista do mercado segurador no Brasil José Carlos de Lacerda Souza Gerente de Property & Casualty Brasil IRB Brasil RE Agenda: 1. Introdução ao mercado de seguros 2. Números

Leia mais

Investimentos Florestais: A Alternativa Natural

Investimentos Florestais: A Alternativa Natural Investimentos Florestais: A Alternativa Natural Investimentos Florestais: A Alternativa Natural Atualmente, o mercado financeiro é caracterizado por altos níveis de volatilidade e incerteza- o que não

Leia mais

Emilio Botín: O objetivo é nos tornarmos o banco privado número um do Brasil

Emilio Botín: O objetivo é nos tornarmos o banco privado número um do Brasil Nota de Imprensa Emilio Botín: O objetivo é nos tornarmos o banco privado número um do Brasil Presidente mundial do Banco Santander apresenta em São Paulo o Plano Estratégico 2008-2010 para o A integração

Leia mais

Desenvolvimento de Competências Alinhadas com as Estratégias Empresariais: O caso Petrobras

Desenvolvimento de Competências Alinhadas com as Estratégias Empresariais: O caso Petrobras Desenvolvimento de Competências Alinhadas com as Estratégias Empresariais: O caso Petrobras Sumário A Petrobras Os Desafios O Alinhamento Estratégico - Gestão por Competências - A Concepção da Universidade

Leia mais

31º ENCONTRO NACIONAL DE COMÉRCIO EXTERIOR - ENAEX EXPORTAÇÃO DE SERVIÇOS DE ENGENHARIA: MITOS E VERDADES

31º ENCONTRO NACIONAL DE COMÉRCIO EXTERIOR - ENAEX EXPORTAÇÃO DE SERVIÇOS DE ENGENHARIA: MITOS E VERDADES 31º ENCONTRO NACIONAL DE COMÉRCIO EXTERIOR - ENAEX PALESTRA EXPORTAÇÃO DE SERVIÇOS DE ENGENHARIA: MITOS E VERDADES JOSÉ AUGUSTO DE CASTRO Rio de Janeiro, 27 de Setembro de 2012 2 DEFINIÇÃO DE SERVIÇOS

Leia mais

Gestores mundiais mais confiantes na recuperação económica

Gestores mundiais mais confiantes na recuperação económica 27 de Janeiro, 2010 13ª edição Anual do CEO Survey da PricewaterhouseCoopers em Davos Gestores mundiais mais confiantes na recuperação económica Cerca de 40% dos CEOs prevê aumentar o número de colaboradores

Leia mais

Plano Estratégico Petrobras 2030 e Plano de Negócios e Gestão 2014 2018

Plano Estratégico Petrobras 2030 e Plano de Negócios e Gestão 2014 2018 Plano Estratégico Petrobras 2030 e Plano de Negócios e Gestão 2014 2018 A Petrobras comunica que seu Conselho de Administração aprovou o Plano Estratégico Petrobras 2030 (PE 2030) e o Plano de Negócios

Leia mais

SEGURO PARA RISCOS AMBIENTAIS NO BRASIL 10 ANOS RETROSPECTIVA E DESAFIOS FUNENSEG E SMA-SP

SEGURO PARA RISCOS AMBIENTAIS NO BRASIL 10 ANOS RETROSPECTIVA E DESAFIOS FUNENSEG E SMA-SP SEGURO PARA RISCOS AMBIENTAIS NO BRASIL 10 ANOS RETROSPECTIVA E DESAFIOS FUNENSEG E SMA-SP 16/11/2015 Welcome to ACE in BRAZIL 1 AGENDA Origem e Retrospectiva Legislação Ambiental Pontos Importantes Desafios

Leia mais

Investindo em um gigante em expansão

Investindo em um gigante em expansão Investindo em um gigante em expansão Revolução econômica transforma a China no grande motor do crescimento mundial Marienne Shiota Coutinho, sócia da KPMG no Brasil na área de International Corporate Tax

Leia mais

Imagem Corporativa Marta Telles marta.telles@imagemcorporativa.com.br Tel: (11) 3526-4508. Márcia Avruch marcia.avruch@br.pwc.com Tel.

Imagem Corporativa Marta Telles marta.telles@imagemcorporativa.com.br Tel: (11) 3526-4508. Márcia Avruch marcia.avruch@br.pwc.com Tel. Press Release Date 1º de outubro de 2013 Contato Imagem Corporativa Marta Telles marta.telles@imagemcorporativa.com.br Tel: (11) 3526-4508 Márcia Avruch marcia.avruch@br.pwc.com Tel. (11) 3674-3760 Pages

Leia mais