O EMPREITEIRO. Copatrocínio

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "O EMPREITEIRO. Copatrocínio"

Transcrição

1 KH T M W TÃ G A N F NAL UC Lp D CA -A 1200 ÁT X A JT - / A ã D m 26 A A ç p 27 MW c áb fz h C J F g c h Lb 290/ y 2 w h çã f pc G pc m D x f L ª 4 G c M A Jg q A b é C gh H V V g ã M ç hpp mp M A ; C N Aq V M MT g m hpp ; Ag Cpcí

2 Jph Yh (b) 9:00 9:05 AGNDA LMNA 1º DA - 26/05/ U Héc M cp pc pj gh. g g Cóc j M 9:05-9:20 g 9:20-9:30 2. mpçã V A Jg ímpc ímpc 2016 h Tjc J. Míc Cz Lpz g h mpm mbá q fz p cmpx à mpí 2016 J. É m b pj vv p cóc fm p mp Cvh Hk bch. 09:30-09:45 g 09:45 09:55 3. Cçã fábc MW pcçã mg cc (cçã x) z m J Tm b m Aq C vv pcíp fx pçã mp cc cc px z f. Míc ch Cmg Ccm m pçõ v gh 09:55-10:10 g 10:10-10:20 Cff k 10:20-10:35 4.Fm z p ccgm j m hppg m Vó Cq A. fm z pc chm j g mõ p mgm c ch. Apó ccgm fm é px p m cb cp m z b fx p pz 2 h máxm. F Cvh v gh H páv p mpm 10:35 10:50 g 10:50-11:00 5. G 90 Cmp 90 p Cmp j Cçõ mp Cá cm m 15 mc. F Ghm g cmc Nv T 11:00 11:15 g : 11:15 11:25 6. f f Cçã. cm cg x vçã c Cçã. fmçõ cm gcm c c pv p c fmçõ qp mçõ ím pp cm pch vím p póxm gçã cm c qq g qq mm p pv móv z m g gç c b. Acmph q m pj p f cm c á mz fc m gã b pí p póxm 5.. Gv gm cmc Mg m 11:25-11:55 g : 11:55-12:05 Amç 12:05 13:05 7. Uzçã M cçã C N hppg çõ pc b. F C c gh 13:15 13:30 g 13:30 13:40 8. U c mác çã v cc cm cmpm 50 m cv p pm vz c c ã cm fçõ m fíc c vv p cp WZz Tcm C. Lc v A écc V D Cçã Cv G 13:40 13:55 g 13:55 14:05

3 9. Uzçã M pj C L A F g c cpv y 14: 05 14:20 g 14:20-14: m Tm gêc pc b gh. C : b ch L. ck b Gçv Cmp. 14:30 14:45 g : 14:45 15:00 Cff k 15:00-15: c M z gh cm m cmpy fc vvm pj pcífc b pc mpçã. Mc G Cv/ Cbm 15:20-15:35 g 15:35 15: Fxb Ag C D Móv Nm D-40 L Cvc C 15:45 16:00 g 16:00 16:10 ANL C pfm 67 b pj xc p mp CC. M 3D çõ cmpv pfm cógc D/2 m bfíc gh pv. Ah A D/2 16:10 16:25 g 16:25 16: Uzçã gcg p mpm mm vç b g m Tp b. c: Fv T. Gv Jé Cgf mp Tpc 16:35 16:45 g 16:45 16: Cmpv M ppá pm pc c pv ú cçã pcp fç cmp pc cvc p q g q vg v g cçã. C Mv gh páv p pj m v vá m Kh H. Jú Ck gh Nmchck 16:55 17:10 g 17:10 17:20 Jph Yh (b) 9:00 9:05 AGNDA LMNA 2º DA - 27/05/ A çõ gh fm pç fíc ív m 700 m g p 30 km b pcçã -116 Cfz v ég c. zz ccá A ég c 9:05 9:20 g 9:20 9: Mg cm zçã M cçã pj á cíc qfcçã gçã f cp vv cçã vé m 3D z m v mpm Lbc gh. Dq: GL Gh. C Aq j Lbc 9:30 9:45 g 9:45 09: C b z á V Agg. c g pjm C b J 09:55 10h10 g 10:10 10:20

4 Cff k 10:20 10: C pác pcçã mg M m pj b. C M cçã cmpbzçã pj hppg M V N cm m m² Jyc D c úc M Mé gh. 10:45 11:00 g 11:00 11: b q fx F Wy ch m chm v 290/ km 0 km 96 q v gã mp Ag. Thg V p ccá Tf Ccp 11:10 11:25 g 11:25 11: pc M pc Hp Ág C Ag C í. Ghm Nv MHA gh 11:35 11:50 g 11:50 12:00 Amç 12:00 13: Hy H Fm c bch mbá J q c c m hác éc HVAC N. Hmb F N. 13:40 13:55 g 13:55 14: mpçã pc gã m bc gçã cmp gh g. C m fábc bb m pé mv m C Dbçã. Mc c Mc gh 14:05 14:20 g 14:20-14:30 24.Gcm b q pé m m g c ( cfm) 14:30 14:45 g 14:45 14: mz vg cçã mác ( cfm) 14:55 15:10 g 15:10-15:20 ANL çõ UAU Gbc Cb - mp cm 46 mc D F cm kw hw cpçã b cmc c m vá b. C c Mh Mz Ág C cm á cí m² Mc Xv v C Gbc 15:20 15:35 g 15:35 15: b M Chck vé fw gh q cb vv cçã b pm z m g h m M fcçã. Apçã c c c ã. Dv v gh CAD Tchgy q p b fw 15:45 16:00 g 16:00 16: Gã f qpm móv ( cfm) 16:10 16:25 g 16:25 16:35 Cff k 16:35 17:00 Cpcí

5 NCÇÕ: cv- g vg m. - C/j/Mgm - C púbc pv (m fíc c fch cçã) $ (cá c CNJ mp m + CA páv) - $ (c cçã) Lc: pç AA m 2015 ã / X A Lp - T: fmçõ c v - T: m: FCHA D NCÇÃ ch v p: D p ccm (bgó pchm cmp) Nm: mp: CNJ: Cg: CA G: ç: C: : C: Tf: ( ) -m: : Nm páv: CA: D p mã b bcá C p mã b jm f q cm cm fv fm v -m. Cpcí Ap

Cleber Giorgetti Assessoria e Consultoria. Business & Strategy Marketing & Sales Products & Services Technology & Innovation

Cleber Giorgetti Assessoria e Consultoria. Business & Strategy Marketing & Sales Products & Services Technology & Innovation Cb Gg A C B & Sgy Mkg & S P & Sv Thgy & v Qm Sm N m 2002, mp v x mp çm bjv gó, m m f óg, pb-h m mpv. Apçã hm é gó q vé xpê 20 f, q xm pçõ gã m pçõ m: G Tg, Avy, L Thg, B Lb, AT&T, SD T,. R m p m gó g,

Leia mais

LEITURA NA EJA: ENFOQUE NOS GÊNEROS TEXTUAIS RESUMO

LEITURA NA EJA: ENFOQUE NOS GÊNEROS TEXTUAIS RESUMO LEITURA NA EJA: ENFOQUE NOS GÊNEROS TEXTUAIS T K Dí Mz 1 (UFAL) mz.p@hm.m V C B 2 (UFAL) v2@yh.m.b M Lm Qz F 3 (UFAL) 12@hm.m RESUMO N g pm p á bvçõ z m m m pó-fbzçã jv, m m púb. O f vgçã - fmçã p zçã

Leia mais

Visão Geral Métodos construtivos Métodos construtivos O Mercado Visão de Negócios Alguns números Principais diferenciais

Visão Geral Métodos construtivos Métodos construtivos O Mercado Visão de Negócios Alguns números Principais diferenciais Shw C TÓPICOS Vã Gl Mé cv Mé cv O Mc Vã Ngóc Alg ú Pcp fc Rl N vç Pc Q fz Vã Gl A ESTRUTURA ECOLÓGICA CONSTRUTORA, g c l é c cçã à v pcpçã q lz écc clógc. Sb p v é pf pívl v, p g cl c fã. N çã ppc c, c

Leia mais

"Oswego": Um Surto Epidêmico de Gastroenterite

Oswego: Um Surto Epidêmico de Gastroenterite "Owg": Um Eêmc Excíc E Tçã: A: F: E Av Wm Ogzçã P-Amc ú Uv ã P (Pó-R çã Pó-çã) C D C Pv OWEO : UM URTO EPIDÊMICO DE ATROETERITE * OJETIVO Aó ém xcíc á cz : m m; b m cv êmc; cc cm x q c ív víc mã; m vgçã

Leia mais

ba l h e m. sab e r se h a. foy, ti m Soa. s re. e m. h oss. e a. a d. tra

ba l h e m. sab e r se h a. foy, ti m Soa. s re. e m. h oss. e a. a d. tra 96 R: VS A ( ) () b C O M b q fy q S y q P v C ç z q ff q q 24 V C ç B z q q q q q í q ã f O q M ã b ::; q z R q ã q y b q fz q P R v f F N S P z (P b M 30 q G Sz çõ Pá v v Ab qq ff ã v Cô q f z z A B

Leia mais

Sazonais da Floresta ENQUADRAMENTO GERAL. Sazonais da Floresta

Sazonais da Floresta ENQUADRAMENTO GERAL. Sazonais da Floresta ub ub ENQUADRAMENTO GERAL A f é um m u cm múp pu, qu ó é pív pv m m épc fc p um vgm qu pb m u p u u mm m p- pv m qu um cu f fm m cv g. Ex um g v u qu ó xm m m épc. T- pv m v pu f, qu mu v ã já u m m vu

Leia mais

PROJETOHORTAEMCASA. Manualdo. Apoio. Realização CDHU PREFEITUR A DE SÃO PAULO VERDE E MEIO AMBIENTE. Instituto GEA

PROJETOHORTAEMCASA. Manualdo. Apoio. Realização CDHU PREFEITUR A DE SÃO PAULO VERDE E MEIO AMBIENTE. Instituto GEA M RJETHRTAEMCAA CM LANTAR E CLHER ALIMENT EM CAA 201 A Rzçã Ch Dvv Hb Ub CDHU I GEA é b REFEITUR A DE Ã AUL VERDE E MEI AMBIENTE FhTé Ebçã Tx Agô Jé Lz Ch T Nh Rh Rvã A M Dg Lz Egá j Nh Rh Rq L R Rf Tv

Leia mais

um outro mundo é possível e é pra já sociedade civil rumo à rio+20 GRAP GRUPO DE REFLEXÃO E APOIO AO PROCESSO FÓRUM SOCIAL MUNDIAL www.grap.org.

um outro mundo é possível e é pra já sociedade civil rumo à rio+20 GRAP GRUPO DE REFLEXÃO E APOIO AO PROCESSO FÓRUM SOCIAL MUNDIAL www.grap.org. é pív é p já GRAP GRUPO DE REFLEXÃO E APOIO AO PROCESSO FÓRUM SOCIAL MUNDIAL c cv à +20 wwwgpgb bçã Pj gáfc gçã: Vcê v cé g, f pcfc p cc Mó Ofc I ã-cc Içõ: Vcê ã p z b c f cc P S A f p f ã A íg f, c fçõ

Leia mais

PLR Por quê? d L i i q u e z b l d d R t i i e n a a e b d E i t a d d d P t i i ro u v a e é l l d B F t i R t u s c a e r n c a e p o e su a o

PLR Por quê? d L i i q u e z b l d d R t i i e n a a e b d E i t a d d d P t i i ro u v a e é l l d B F t i R t u s c a e r n c a e p o e su a o .. u p v g c C C O ) F h C I ( É, - p c c ç u u g w w p g c u F C I ã ) A U E ( C D h W k N f N h C F. z c v p ç p g u ) k M U ( E ã A M ) P S ( M P S E k M G p v h F C O ã b S Apc gc Agc Ag c R z O v

Leia mais

Os Milagres do Evangelho

Os Milagres do Evangelho Ct Epít Jã Btt O Mlg Evglh Mê Epít - 2016 24 jlh Cl C. Ct www.ccct.c A fé O bt, tz, ã é lt g - ql q c ç - ó ã vít, O bt é ó. S pçã ó é jg ló. É pívl clv tt,, q ç fz pt ctt v; p cá-l c pf." pg.99 O Méc

Leia mais

DESDOBRAMENTO DA FUNÇÃO QUALIDADE - QFD UM MODELO CONCEITUAL APLICADO EM TREINAMENTO

DESDOBRAMENTO DA FUNÇÃO QUALIDADE - QFD UM MODELO CONCEITUAL APLICADO EM TREINAMENTO G 996 DDBM D FUÇÃ QUDD QFD UM MD U D M M h v, M M h h, hd Jã B, M F gh jbá F / D çã D v. B,.0 hh jbá MG 700000 b: h h f g h f y, w, h k f g, whh h h. h Qy F Dy ( QFD ) hq g b f g h h w. Fy, QFD y hw g

Leia mais

Controle de Servomecanismo de Disco Rígido

Controle de Servomecanismo de Disco Rígido PEE 67 Sv C Sv D Rí Pf. Pqu Lu Pz Duy 956 Iuçã O í h k v - HDD ã u p z p pu. N HDD, qu á çã é b p u f é vçã. O v ã j íu ê h. O ã v u vé bç u/vçã, qu ã f u u ã f fu. Abx u uu â íp u í: S Thy A u pp fuçõ

Leia mais

Minha vida está mudando.

Minha vida está mudando. U jt v vv. Mh v tá. Q á, z, t Q. 11 h t M é Alc b h l t g, c FLR DA IDAD. t ql. c l, ã, q é pcólg c z. l íc f tã é ã cêc Sb, t l t c é É, t, t b. h c M. g c p lh! t q h c Pq t, tbé c t j, q é, bc, á c.

Leia mais

PROJETO FIC IFES PRONATEC

PROJETO FIC IFES PRONATEC MNT A AÇÃ NTTT FAL PÍT ANT AMP NVA VNA Mg y 799 Lz 29830-000 N Vé 27 3752-4300 PJT F F PNAT NTFAÇÃ - p p N Vé N Vé - 30/06/204 29/0/204 2 - p N Vâ Mq N 02/05/988 PF 23983487-09 AP 9362 q@fb g A Açã Lçã

Leia mais

A ESTRADA E A PAISAGEM: COMO A ANTROPIZAÇÃO ATUA SOBRE O RELEVO (UM ENSAIO DE GEOMORFOLOGIA AMBIENTAL)

A ESTRADA E A PAISAGEM: COMO A ANTROPIZAÇÃO ATUA SOBRE O RELEVO (UM ENSAIO DE GEOMORFOLOGIA AMBIENTAL) A ESTRADA E A PAISAGEM: COMO A ANTROPIZAÇÃO ATUA SOBRE O RELEVO (UM ENSAIO DE GEOMORFOLOGIA AMBIENTAL) Aô C Rb Aúj Jú Pgm Eã T Gg UFPA AGB-Bém j_bz@hm.m Eêvã Jé Sv Bb Pq vbb@yh.m.b 1 - INTRODUÇÃO O ém

Leia mais

(A Themistocles Machado)

(A Themistocles Machado) (A Th Mh) BRAZL á 58 Hh Dg Bh fô gv g Bz v F Hh Pg ê h F f 598 A 585 gv L B A< Pb F Bb v v ãó f z v Phyb vz vzg f fz N v x h P Ch S; Aç h b fv T ffê fz á J? 4 REVSTA bb hb g j çõ fz v h b z ç gv g Dg Bh

Leia mais

PROPESP DIVULGA A REABERTURA DE RECONHECIMENTO DE TÍTULOS OBTIDOS NO EXTERIOR

PROPESP DIVULGA A REABERTURA DE RECONHECIMENTO DE TÍTULOS OBTIDOS NO EXTERIOR Níc PROPESP DIVULGA A REABERTURA DE RECONHECIMENTO DE TÍTULOS OBTIDOS NO EXTERIOR A Pó-R Pq Pó-Gçã PROPESP, públc p chc, REABERTURA cb pc Rchc Dpl c b x c b P N.º 0746/2016-GR/UFAM. PROPESP vlg çõ p c

Leia mais

Nota10 ESCOLAS DA DIVERSIDADE

Nota10 ESCOLAS DA DIVERSIDADE A fl Clg, Al Glbg: l g q PÁGINA 8 N10 A 13 ú 48 bl//jh 2013 Pblçã l Fçã AlMl Bl ESCOLAS DA DIVERSIDADE Pj Fçã AlMl Bl úbl b blh lã ç fê l l l PÁGINAS 4 E 5 ARUIVO FUNDAÇÃO ARCELORMITTAL BRASIL O l Jé f

Leia mais

AÇÕES AFIRMATIVAS E INSERÇÃO DE PESSOAS COM NECESSIDADES ESPECIAIS NO MERCADO DE TRABALHO.

AÇÕES AFIRMATIVAS E INSERÇÃO DE PESSOAS COM NECESSIDADES ESPECIAIS NO MERCADO DE TRABALHO. AÇÕES AFIRMATIVAS E INSERÇÃO DE PESSOAS COM NECESSIDADES ESPECIAIS NO MERCADO DE TRABALHO. AFFIRMATIVE ACTIONS AND INSERTION OF HANDICAPPED PEOPLE IN THE LABOUR MARKET. E jh 2005 JORGE CAVALCANTI BOUCINHAS

Leia mais

Universidade. Você na

Universidade. Você na Jl Gâ zb 2015 N. 1 Vcê Uv Alé fl M 50% públc v E Mé c f v cl. Fl cçõ fc p fl é p chg à v. Pc l b q lé f pf v l cíc ccí pp p v. 2 Vcê Uv EXPEDIENTE Jl Vcê Uv Rçã Gclly D Eçã Gclly D Fgf Gclly D T f Gclly

Leia mais

GUIA DE EMPREENDEDORISMO NA FLORESTA

GUIA DE EMPREENDEDORISMO NA FLORESTA h Té Ifçã: UIA MPRNORIMO NA LORTA Cçã: b : A v f P vv Pj ub âb Iv Cuá QUAL. Pj -f : Mb P vv: u: & x, L. (Chv) AIACT - Açã vv Ig A Cg Tâg (V R) gu - çã Açõ Ag T (V R) - Açã Pug (V R) ICNB -Pqu N P-ê (PNP)

Leia mais

Off. almanaque 21 ANOS. Sina. Off. almanaque. [circo teatro de rua] 21 ANOS. Sina. [circo teatro de rua]

Off. almanaque 21 ANOS. Sina. Off. almanaque. [circo teatro de rua] 21 ANOS. Sina. [circo teatro de rua] q q Off S Off S 21 ANOS 21 ANOS [ ] [ ] ÍNDICE Içã 3 P 4 Ráv Púb 5 Açã 6 1. A A Cçã 9 2. T R E C-T 17 3. Dg Phç 33 4. C-T R 41 Lh T 51 C Az - R B T R 52 Cçã E Ab Lí Tx Ab Lí L M Rh Rg Ch E A Vv C Eí Sv

Leia mais

NPQV Variável Educação Prof. Responsáv el : Ra ph a el B i c u d o

NPQV Variável Educação Prof. Responsáv el : Ra ph a el B i c u d o NPQV Variável Educação Prof. Responsáv v el :: Ra ph aa el BB ii cc uu dd o ATIVIDADES DESENVOLVIDAS NA ÁREA DE EDUCAÇÃO 2º Semestre de 2003 ATIVIDADES DESENVOLVIDAS NA ÁREA DE EDUCAÇÃO As atividades realizadas

Leia mais

Diretor Executivo Márcio Augusto Magalhães. Diretor Departamento de Administração Márcio Wamilton Magalhães. Diretor de Operações Adriano de Magalhães

Diretor Executivo Márcio Augusto Magalhães. Diretor Departamento de Administração Márcio Wamilton Magalhães. Diretor de Operações Adriano de Magalhães Diretor Executivo Márcio Augusto Magalhães Diretor Departamento de Administração Márcio Wamilton Magalhães Diretor de Operações Adriano de Magalhães Manual de Abastecimento de Água pág. 2 !"!#$$ %"&'()*%+,%-%+,%./&01

Leia mais

GLOSSÁRIO PREV PEPSICO

GLOSSÁRIO PREV PEPSICO GLOSSÁRIO PREV PEPSICO A T A A ABRAPP Aã Aã I Aí I R ANAPAR A A M A A A Lí Aá S C é ç í ê çõ 13ª í ã. Açã B E F Pê P. Cí ê, ã ê. V Cê Aã P ( á). N í, - I R P Fí (IRPF), S R F, à í á, ( 11.053 2004), çã.

Leia mais

Contatores e Relés de Sobrecarga SIRIUS. Answers for Industry.

Contatores e Relés de Sobrecarga SIRIUS. Answers for Industry. Contatores e Relés de Sobrecarga SIRIUS Answers for Industry. s 3RT10 Acessórios Descrição Execução S00 c b d a a Contatores 3RT10 15 / 3RT10 16 / 3RT10 17 b Bloco de contato auxiliar ( entrada de condutores

Leia mais

COMPANHIA DOCAS DE IMBITUBA Administração do Porto de Imbituba

COMPANHIA DOCAS DE IMBITUBA Administração do Porto de Imbituba COMPAHIA DOCAS DE IMBITUBA Administração do Porto de Imbituba!" #$ %& ' ( ) ESCLARECIMETOS IICIAIS. A Audiência Pública é um instrumento de participação popular, aberta a qualquer interessado, tendo por

Leia mais

Ministério da Cultura Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional Departamento de Planejamento e Administração Coordenação-Geral de

Ministério da Cultura Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional Departamento de Planejamento e Administração Coordenação-Geral de Ministério da Cultura Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional Departamento de Planejamento e Administração Coordenação-Geral de Tecnologia da Informação!" !" $%& '( ) %) * +, - +./0/1/+10,++$.(2

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO ESTADO DA BAHIA PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO EDITAL SEC / SUDEPE Nº 001/2015

SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO ESTADO DA BAHIA PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO EDITAL SEC / SUDEPE Nº 001/2015 D D D DUÇÃ D D BH V FD D UD º 0012015 Á D DUÇÃ D D D BH, bõ g,, úb z f, Fõ f B; f f g,, g D D, b X,. 37, F, f. 252 255 º 6.677 26 b 1994, g D 11.571 03 jh 2009, º 12.209 20 b 2011 g D º 15.805 30 zb 2014

Leia mais

TEOREMA DE CEVA E MENELAUS. Teorema 1 (Teorema de Ceva). Sejam AD, BE e CF três cevianas do triângulo ABC, conforme a figura abaixo.

TEOREMA DE CEVA E MENELAUS. Teorema 1 (Teorema de Ceva). Sejam AD, BE e CF três cevianas do triângulo ABC, conforme a figura abaixo. TEOREMA DE CEVA E MENELAUS Definição 1. A ceviana de um triângulo é qualquer segmento de reta que une um dos vértices do triângulo a um ponto pertencente à reta suporte do lado oposto a este vértice. Teorema

Leia mais

'" (!! !" #$ %!& '! & & ! & ( )* + +, + - -' $ -#-%#!!"&&-. %) /0120 * 34 * 5 : +9 ; 7 < 7 <;6==> * + 9 ; 7 < !"!!

' (!! ! #$ %!& '! & & ! & ( )* + +, + - -' $ -#-%#!!&&-. %) /0120 * 34 * 5 : +9 ; 7 < 7 <;6==> * + 9 ; 7 < !!! !"#$! %"&!" #$ %!& '! & &! & ( '" (!! * + +, + -! * +./*! -+, -' $ -#-%#!!"&&-. % /0120 * 34 * 5 67 8 ( 9 : +9 ; 7 < 7 * +9>77< + 9 ; 7 < + 0 0!!* * *- + 1 2! 2 *! * - * *!** +

Leia mais

ES. 61 ES. 62 ES. 63 ES. 64 ES. 65 ES. 70 ES. 71 ES. 72 ES. 73 ES. 80 ES. 81 ES. 82 ES. 83 ES. 84 ES. 106 ES. 105 PS. 55 PS. 54

ES. 61 ES. 62 ES. 63 ES. 64 ES. 65 ES. 70 ES. 71 ES. 72 ES. 73 ES. 80 ES. 81 ES. 82 ES. 83 ES. 84 ES. 106 ES. 105 PS. 55 PS. 54 2013 ES. 61 ES. 62 ES. 63 ES. 64 ES. 65 ES. 70 ES. 71 ES. 72 ES. 73 ES. 80 ES. 81 ES. 82 ES. 83 ES. 84 ES. 106 ES. 105 PS. 55 PS. 54 PS. 75 PS. 74 PS. 76 ES. 78 ES. 79 ES. 40 ES. 41 ES. 44 ES. 42 ES. 43

Leia mais

7 * ": ) : : I* 5 6 7 < : # G I9 9 4 M N O* P " 7 "! M * : : # M

7 * : ) : : I* 5 6 7 < : # G I9 9 4 M N O* P  7 ! M * : : # M 7 ": ) : : I 5 6 7 < : # G I9 9 4 M N O P " 7 "! M : : # M # Q 7 97 8 ! # # I ) H3"K # : R : : 9 M ) # 9# Q ; : 9 : IM Q ; 9M O H8 7B3B K : 9 ) 4 4; 9 < : ) 9 # : M :!# ; : N : " 3 S T! S U # I T S # H3"K

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE FEIRA DE SANTANA

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE FEIRA DE SANTANA UNIVERSIDADE ESTADUAL DE FEIRA DE SANTANA DEPARTAMENTO DE SAÚDE LICENCIATURA EM EDUCAÇÃO FÍSICA REABILITAÇÃO NEUROMUSCULAR DE LESÕES NO JOELHO: UMA PRÁTICA DOMICILIAR DESENVOLVIDA PELO PROFISSIONAL DE

Leia mais

ÍNDICE EPI. Por departamento / Seção. Botas e Calçados Luvas Óculos Segurança e Proteção e e 197.

ÍNDICE EPI. Por departamento / Seção. Botas e Calçados Luvas Óculos Segurança e Proteção e e 197. Ferramentas Elétricas Ferramentas Ferragem EPI Agronegócio Hidráulica Elétrica Químicos e Impermeabilzantes Pintura ÍNDICE Por departamento / Seção EPI Botas e Calçados Luvas Óculos Segurança e Proteção

Leia mais

Bem-vindo! Depois de percorrer

Bem-vindo! Depois de percorrer B-! D çã O ê B, ê ê á! A, í ó, á,,,, ç. P é, á ê á. N ó á, ê á çã. D-! Tâ T ê. V ó ê. Há? - >>> >>> >>> >>> - >>> ìì - >>> >>> >>> 2 3 + TRÂNSTO DE PALAVRAS Há á õ ê. V. FRASES CÉLEBRES A ã í? Fç ê. O

Leia mais

KV-29FS150. Manual de instruções. Conexión de equipo adicional 3-210-910-51(2) 2007 Sony Corporation Impresso no Brasil

KV-29FS150. Manual de instruções. Conexión de equipo adicional 3-210-910-51(2) 2007 Sony Corporation Impresso no Brasil xó q 3-2-9-5(2 õ K-29F5 L h 27 y B Ê ÇÕ v í hq é, xh v à hv z hq é, z x q j ÇÃ HQ LÉ Ã B ÇÃ v hq é: Ã B v, é q y í ó á õ,, q hq é í ó á q à õ (v õ q h h v ( v óx í ê ÇÃ Ç h v -22 5/6 Hz HQ LÉ, X L L LÉ

Leia mais

Módulo III. Processadores de texto

Módulo III. Processadores de texto Módul F d O Pd d x Flh d Clul F d duvdd @2006 Módul v 1 Pd d x Uldd í djv Wwd d d x Ed u du Sl x Tblh u du Fç d g Fçõ gé Fçõ d x A lz l lu ú @2006 Módul v 2 Pd d x F d dh Tbl M uç Plzç d l dl Cç d lzd

Leia mais

Messinki PUSERRUSLIITIN EM 10 MM PUSERRUSLIITIN EM 12 MM PUSERRUSLIITIN EM 15 MM PUSERRUSLIITIN EM 18 MM PUSERRUSLIITIN EM 22 MM

Messinki PUSERRUSLIITIN EM 10 MM PUSERRUSLIITIN EM 12 MM PUSERRUSLIITIN EM 15 MM PUSERRUSLIITIN EM 18 MM PUSERRUSLIITIN EM 22 MM Messinki Tuote LVI-numero Pikakoodi PUSERRUSLIITIN EM 1551002 XV87 PUSERRUSLIITIN EM PUSERRUSLIITIN EM PUSERRUSLIITIN EM PUSERRUSLIITIN EM PUSERRUSLIITIN EM PUSERRUSLIITIN EM PUSERRUSLIITIN EM 35 MM 10X

Leia mais

Manobra e Proteção de Motores. sirius. Métodos de Partida

Manobra e Proteção de Motores. sirius. Métodos de Partida anobra e Proteção de otores sirius étodos de Partida étodos de partida Índice Páginas Partida direta coordenada com fusível... e Partida direta com reversão coordenada com fúsivel... 5 e 6 Partida estrela-triângulo

Leia mais

Look at me PLAYLIST. julho agosto Esquece-te de tudo, menos dos teus óculos de sol. Os OqueStrada querem ver-te pular

Look at me PLAYLIST. julho agosto Esquece-te de tudo, menos dos teus óculos de sol. Os OqueStrada querem ver-te pular jh g 2013 º17 M Dbçã g Nã p v Lk Eq-, ó PLAYLIST O OqS q v- p Pbé, já é! Ag, b-v à pb, vg pçõ p 18 pv. PUB PUB Iv f Ap íg g j p. C p 2 >T ív >Eh 7 Líg 40 >EF Ppçã p Ex >EF Ppçã p Uv Eg >EF Pg Eág OFERTA

Leia mais

Maio 2013. Look at me

Maio 2013. Look at me M 2013 º15 M Dbçã g Nã p v M p Q F, q á çõ é é! Há bf p ívg, p à fé é çõ p hb... Ní A p q x MUSE b b Lk Nã j N, h vá p pçã E f O SOS E á- b g Pb Pb ÍNDICE pp Fh Té Ppá/E: Yg D M, L A M Sp Epy ê p f 5 vjg

Leia mais

ano Literatura, Leitura e Reflexão m e s t re De quem e a vez? José Ricardo Moreira

ano Literatura, Leitura e Reflexão m e s t re De quem e a vez? José Ricardo Moreira S 1- Litt, Lit Rflxã 3- t D q vz? Jé Rid Mi Cpítl 1 P gt Td é di pfit p l: U liv lgl, d lid. E t d di fz d! P Hê: U di vô lá íti, vid hitói d tp q l id gt. P Hit: Ah, di d ihd, it l, it ág, it hi! P L:

Leia mais

ATUALIZAÇÃO DAS ATIVIDADES DE PERFURAÇÃO. Rio de Janeiro Outubro 2012

ATUALIZAÇÃO DAS ATIVIDADES DE PERFURAÇÃO. Rio de Janeiro Outubro 2012 ATUALIZAÇÃO DAS ATIVIDADES DE PERFURAÇÃO Rio de Janeiro Outubro 2012 ATIVIDADES EM ANDAMENTO Poço Bloco Prospecto Sonda Distância da Costa Lâmina d água Status Net Pay CY TBMT-1D/2HP BM-C-39 Tubarão Martelo

Leia mais

* +,,- 5%67. 5%5%8 # ! " #$ %& ' %( ) .

* +,,- 5%67.  5%5%8 # !  #$ %& ' %( ) . http://indicadores.ethos.org.br/relatorioexternodiagnostico.aspx?id=1,2,,4,&ano=2007&questionari... Página 1 de 2 " # & ' "# * +,,-. * ' * //0 /1 2 &* '4/*5 / * / 1& &'56 ' &* 4/ &'*5 * 4 /*1 4' '4' &

Leia mais

Messinki PUSERRUSLIITIN EM 10 MM PUSERRUSLIITIN EM 12 MM PUSERRUSLIITIN EM 15 MM PUSERRUSLIITIN EM 18 MM PUSERRUSLIITIN EM 22 MM

Messinki PUSERRUSLIITIN EM 10 MM PUSERRUSLIITIN EM 12 MM PUSERRUSLIITIN EM 15 MM PUSERRUSLIITIN EM 18 MM PUSERRUSLIITIN EM 22 MM Messinki Tuote LVI-numero Pikakoodi PUSERRUSLIITIN EM 1551002 XV87 PUSERRUSLIITIN EM PUSERRUSLIITIN EM PUSERRUSLIITIN EM PUSERRUSLIITIN EM PUSERRUSLIITIN EM PUSERRUSLIITIN EM 2 PUSERRUSLIITIN EM 35 MM

Leia mais

ALPHA FIX Conectores catalogo conectores ALPHA FIX.in1 1 catalogo conectores ALPHA FIX.in1 1 4/19/07 5:11:56 PM 4/19/07 5:11:56 PM

ALPHA FIX Conectores catalogo conectores ALPHA FIX.in1 1 catalogo conectores ALPHA FIX.in1 1 4/19/07 5:11:56 PM 4/19/07 5:11:56 PM ALPHA FIX Conectores FAMÍLIA ALPHA FIX A família de conectores ALPHA FIX permite uma perfeita conexão para cada aplicação, proporcionando flexibilidade, facilidade e rapidez nas montagens. Os conectores

Leia mais

PROJETO FIC IFES PRONATEC

PROJETO FIC IFES PRONATEC NTTT FAL PÍT ANT AMP NVA VNA Mg y 799 Lz 29830-000 N Vé 27 3752-4300 PJT F F PNAT NTFAÇÃ - Ax A p N Vé N Vé - 30/06/204 04//203 2 - N Tí g Ag N 20/05/987 PF 7265577-40 M p 788725 - @fb g A Açã Lçã Ap p

Leia mais

RELÉS 24V CA / CC 24 240V CA/CC 3RR21 41-1AA30 3RR21 41-1AW30 3RR21 42-1AA30 3RR21 42-1AW30

RELÉS 24V CA / CC 24 240V CA/CC 3RR21 41-1AA30 3RR21 41-1AW30 3RR21 42-1AA30 3RR21 42-1AW30 Reles de Monitoramento de Corrente SIRIUS Os reles de monitoramento de corrente supervisionam não apenas os motores ou outras cargas, mas adicionam facilidades para o monitoramento da corrente ideal do

Leia mais

PRIMEIRA IGREJA BATISTA EM GRAÇA ARANHA-MA

PRIMEIRA IGREJA BATISTA EM GRAÇA ARANHA-MA "Abre os meus olhos para que eu contemple as maravilhas da tua Lei". Sl.119.18 PLANO DE LEITURA BÍBLICA ANUAL - JANEIRO 01 Gn 1-3 Sl 1 02 Gn 4-7 Sl 2 03 Gn 8-10 Sl 3 04 Gn 11-13 Sl 4 05 Gn 14-17 Sl 5 06

Leia mais

IMPORTAÇÃO DO CADASTRO DE PESSOAS

IMPORTAÇÃO DO CADASTRO DE PESSOAS IMPORTAÇÃO DO CADASTRO DE PESSOAS 1. Objetivo: 1. Esta rotina permite importar para o banco de dados do ibisoft Empresa o cadastro de pessoas gerado por outro aplicativo. 2. O cadastro de pessoas pode

Leia mais

REVIS TA CONTATO LEITOR GALERIA COLUNAS EDIÇÕES ANTIGAS ASSINATURA. 30/7/2014 Salão de Gramado encerra nesta quinta-feira.

REVIS TA CONTATO LEITOR GALERIA COLUNAS EDIÇÕES ANTIGAS ASSINATURA. 30/7/2014 Salão de Gramado encerra nesta quinta-feira. Q u a, 3 0 d e J u l h o d e 2 0 1 4 search... REVIS TA CONTATO LEITOR GALERIA COLUNAS EDIÇÕES Selecione a Edição ANTIGAS C l i q u e n o l i n k a b a i xo p a r a a c e s s a r a s e d i ç õ e s a n

Leia mais

Gazeta de Coimbra , 1º trimestre Publicado por: J. R. A. URL persistente:

Gazeta de Coimbra , 1º trimestre Publicado por: J. R. A. URL persistente: Gz b - 7 º b : J L : :h://bb/b/b-gh-6/h; :h://hh/06/87 : 6-J-07 8:4:05 çã Bb b õ çã çõ Bb h:///-/ f x f çõ q ç zçã z ) ) ç çã ç z q ) ) ) f zçã b q b ó x çã ó q fz- h b! Jã b b b b L _ L! L h fh b- ç q

Leia mais

#$ -.,./0*$/1 2 3,*45 $. 6 /768/. $ 2.95,* :;< 6$ $ -.,./0 *$/1 +=. $6 >.=7 2 3.=45.$ $ 1,? " 2= $.9.5!!< 2 #$45 6-= $,? <" 2= $>A 9. $ = = 5.

#$ -.,./0*$/1 2 3,*45 $. 6 /768/. $ 2.95,* :;< 6$ $ -.,./0 *$/1 +=. $6 >.=7 2 3.=45.$ $ 1,?  2= $.9.5!!< 2 #$45 6-= $,? < 2= $>A 9. $ = = 5. !"!"#$ %&!$'#(%)"&!'&*)+),#)&!-+.$#)/ %&! #$% $ &' 0123 ()**+,+,*& #$ -.,./0*$/1 2 3,*45 $. 6 /768/. $ 2.95,* :;< 6$ $ -.,./0 *$/1 +=. $6 >.=7 2 3.=45.$ $ 1,? " 2= $.9.5!!< 2 3@ #$45 6-= $,?

Leia mais

-789P $%#$#; 68QQ-789PLM $"0368QQ 9G $=(" #$ % $":+ L84889QM+ $/K % &# $$ " P+ % #")$ $#$

-789P $%#$#; 68QQ-789PLM $0368QQ 9G $=( #$ % $:+ L84889QM+ $/K % &# $$  P+ % #)$ $#$ 036O-789P -789P $#@2#$H"#@ $%#$#; $"0368QQ 68QQ-789PLM -789PLM 7P-8Q-789P! -789P! 9PA88R A88R 9G $=(" #@" #$ % $":+ L84889QM+ $/K % $#@#$ %# @"% &# $$ "3 954-789P+ % #")$ $#$ #$%#$#$%$=("#@"#$%$":G-+$"&

Leia mais

Telecomunicações Básico

Telecomunicações Básico Telecomunicações Básico Prof. MSc. Eng. ! "!"!"#$ %!"# #% # $ &# #!% '($ ) ) *+, ) $-!.) / 0 1#() 0!2) $% & '() * %# ') % &# /) *%+,,%-, 334-3564.7 &3897.%& / /% 0 0% 1 0 :'( : : $00'( :'(;< : 4.*6 :4.*6

Leia mais

Boletim de Análise de Conjuntura em Relações Internacionais S # $ % R ' (

Boletim de Análise de Conjuntura em Relações Internacionais S # $ % R ' ( Boletim de Análise de Conjuntura em Relações Internacionais S # $ % R ' ( 2 " 8 10 1& 2 )*+,-. /,. 01023*. /, 45-6*,5708-90/, : +,;, P03;,@,. 1*60. /, 7A. B,;-C-08,@

Leia mais

PLANEAMENTO E PROGRAMAÇÃO DO TREINO DE ATLETAS DE ½ FUNDO E FUNDO

PLANEAMENTO E PROGRAMAÇÃO DO TREINO DE ATLETAS DE ½ FUNDO E FUNDO PLM PGMÇÃ LS ½ F F SPÊS BLÓGS S SÂS ½ F F 800M 1500M 3000M SÂS 5000M 10000M ½ M. M. L L FQÊ.Í L Z ÍVL B B LÁ SV B XSV 22 LÁ SV 14 B XSV FQ.. MX. 8 MS SV 6 B XSV FQ.. MX. -15 4 3 B B ÓB GLL. B B LPLÍ 2

Leia mais

ano Literatura, Leitura e Reflexão m e s t re O dia do benquerer José Ricardo Moreira

ano Literatura, Leitura e Reflexão m e s t re O dia do benquerer José Ricardo Moreira S 1- Litt, Lit Rflxã 2- t O i bq Jé Ri Mi 1 Cpítl D pi q gt t, l té q é b lgl. Algé h q ã? Etã p: ã f l, é q vê ii h tt iç vz? E ã vl fl ft ivái, pi iç lá pi q bl b. Até vê, q tbé t q vlt p. T p big, é

Leia mais

Resenhas. VIII Inverno HARDCORE. August BURNS Red Leveler (2011) SURVIVE TRINO. Evora (2009) Destroy And Revolutionize (2011)

Resenhas. VIII Inverno HARDCORE. August BURNS Red Leveler (2011) SURVIVE TRINO. Evora (2009) Destroy And Revolutionize (2011) l E f fl. v g. g g vg l á bé çõ v gg l x. à O v. f à l h çõ ç B E g j f q q é fz D N v D v ç l. D h. G lg v z C g í lv fé f l f P à l R l. g j l fl Já - g. S gé g ç v -l fz fé ví g gg. L. v D. A bl g z

Leia mais

b a c v g g g t a n m p o i a a a m i o t f m p b a m p e l x m x o a a i o r a r n r c h a a s l u u u v m u c a a s n u g r l l i a a e l

b a c v g g g t a n m p o i a a a m i o t f m p b a m p e l x m x o a a i o r a r n r c h a a s l u u u v m u c a a s n u g r l l i a a e l x x x z f f h h q h f z X x x x z f f h h q h f z Pó C S C Cí Nzó Lüí Aí Aó G Oá Xé Ró Lóz Bó X Mqé V Mí Lz Méz Fáz Gz Nz B Có E P C, S. L. D R Hz C ISBN13 978-84-694-1518-4 DL C 634-2011 X : TOP X : TOP

Leia mais

LUDMILA SANTOS DE ANDRADE

LUDMILA SANTOS DE ANDRADE UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA FACULDADE DE ARQUITETURA E URBANISMO PROGRAMA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO MESTRADO EM ARQUITETURA E URBANISMO ÁREA DE CONCENTRAÇÃO: TECNOLOGIA A CONTRIBUIÇÃO DOS SISTEMAS BIM PARA

Leia mais

Lista de Ferragens e Acessórios PARAFUSO CABEÇA PANELA 3,5x19mm

Lista de Ferragens e Acessórios PARAFUSO CABEÇA PANELA 3,5x19mm Produto ÁI I 0 PT etalhamento - xterno - Peças etalhamento - Interno - Peças 9 0 0 0 0 0 4 5 0 0 0 0 0 0 0 0 09 0 0 0 09 0 7 8 5 06 6 mensões do Produto ltura: 800mm argura: 56mm Profunddade Útl: 46mm

Leia mais

Compreendendo placas de interface de voz do escritório de câmbio internacional (FXO)

Compreendendo placas de interface de voz do escritório de câmbio internacional (FXO) Cm lc ifc z ciói câmbi icil FO I cm: Aliz m: g 6 fêci PF Imimi Fbck P Rlci Plc ifc z Cic Cic 6 Si liic Plfm Íic Iç Péqii Rqii Cm Uiliz Cç úm Rc Cfigç S à lfm Ifmç Rlci Cic lci i ic cmi Iç A ifc Fig Exchg

Leia mais

Catalogo de Aplicação Palhetas Slim

Catalogo de Aplicação Palhetas Slim Catalogo de plicação Palhetas lim ssim como praticamente tudo ao nosso redor, com o passar do tempo, as palhetas automotivas evoluiram para melhor atender as suas funções. stamparia Paulista buscando sempre

Leia mais

Contatores de Potência 3RT10, 3TF6

Contatores de Potência 3RT10, 3TF6 3RT10 26 3RT10 36 3RT10 65 3TF69 Contatores de otência 3RT10, 3TF6 Motores trifásicos Contator 1) otências s AC-2 / AC-3, 60 z em 220 V 380 V 440 V AC-1 (Dimensões em mm) (cv / kw) (cv / kw) (cv / kw)

Leia mais

A Páscoa vem aí! Saiba como aproveitar esta época tão saborosa.

A Páscoa vem aí! Saiba como aproveitar esta época tão saborosa. Rv Bl A Rlã 4 - º 15 M/Ab - 2012 www.l..b A Pá v í! Sb v é ã b. 2 El Pz L P ç, l b í: Ilbl é í O A Rlã já lj í Pá. A Il l,, F R ló, v. A z Sb. N çã, b b ó bl lj. A Pá x Rv Rlã z ABC Pl, v bé l b çõ çã

Leia mais

Correção da fuvest ª fase - Matemática feita pelo Intergraus

Correção da fuvest ª fase - Matemática feita pelo Intergraus da fuvest 009 ª fase - Matemática 08.0.009 MATEMÁTIA Q.0 Na figura ao lado, a reta r tem equação y x no plano cartesiano Oxy. Além dis so, os pontos 0,,, estão na reta r, sendo 0 = (0,). Os pontos A 0,

Leia mais

PRODUÇÃO AUDIOVISUAL EM EAD: AUTORIA ENQUANTO SUBSÍDIO PARA A FORMAÇÃO E ATUAÇÃO DOCENTE

PRODUÇÃO AUDIOVISUAL EM EAD: AUTORIA ENQUANTO SUBSÍDIO PARA A FORMAÇÃO E ATUAÇÃO DOCENTE PROUÇÃO AUIOVISUAL EM EA: AUTORIA ENQUANTO SUBSÍIO PARA A FORMAÇÃO E ATUAÇÃO OCENTE 2 PROUÇÃO AUIOVISUAL EM EA: AUTORIA ENQUANTO SUBSÍIO gpara A FORMAÇÃO E ATUAÇÃO OCENTE Slv BA Abl 2013 g -NTE/IAT/SEC/BA-7@gl.

Leia mais

CONTROLE AVES DE VENDA EXPOSIÇÃO 2014 ORLANDO NASCIMENTO- 21 98825-5609/96739-8619

CONTROLE AVES DE VENDA EXPOSIÇÃO 2014 ORLANDO NASCIMENTO- 21 98825-5609/96739-8619 CONTROLE AVES DE VENDA EXPOSIÇÃO 2014 CRIADOR TELEFONE GAIOLA ANEL SEXO NOMENCLATURA VALOR OBS ORLANDO NASCIMENTO- 21 98825-5609/96739-8619 1 IB-105-40-13 FM CN OP AM MF IN 100,00 BANCO: 2 BB-3992-44-11

Leia mais

!"#$$%&'(&')*+, %-./0# ! 7-8 *&' &9()'..::- -8:;;< -6 Physique des dispositifs semiconducteurs, J. GRISOLIA, INSA DGP 2004

!#$$%&'(&')*+, %-./0# ! 7-8 *&' &9()'..::- -8:;;< -6 Physique des dispositifs semiconducteurs, J. GRISOLIA, INSA DGP 2004 !"#$$%&'(&')*+, %-./0#1-2--32-456-! 7-8 *&' &9()'..::- -8:;;< -6 1 !" #$ " #$!"%&'$ $ (" ') $(*!%'!"$'+ # %','" (%"$%%" -$ #. "'$ $ /%!"% % #$ '%$ /%!"% #&'$ #.% ($" $%!%"!" $') (" ') 0%" $ " #$!"%&'$,,

Leia mais

M/46000, M/46100, M/46200 Cilindros Sem Haste LINTRA

M/46000, M/46100, M/46200 Cilindros Sem Haste LINTRA M/46000, M/46100, M/46200 Cilindros Sem Haste LINTRA Êmbolo Magnético e Não Magnético Dupla Ação 16 a 80 mm Novo desenho do extrudado, leve e com canais para montagem dos sensores Capaz de suportar grandes

Leia mais

! " #! $! %! " & ' ( )!! " * + " *, %

!  #! $! %!  & ' ( )!!  * +  *, % ! " #! $! % "! &' ( )!! " * + " *, % ! " # $ %!"#$%#&'()%#*&+ *', #%!-").%",')/&%001 #2% '.32"!'.)%#%2'%%4"'&)'#.)* *.'*#' 2)%#&"'&)' *'!&%5'/65*#'& &*#78% 2*5#%#2)'29:* #;!')*

Leia mais

Município de Gondomar. Resumo. 97.037,18 97.037,18 6737 401 04 99D Outras construções Anfiteatro junto à Igreja de Medas

Município de Gondomar. Resumo. 97.037,18 97.037,18 6737 401 04 99D Outras construções Anfiteatro junto à Igreja de Medas 3196 31 4 4D Equipamentos não integrados nos Deposito de aguas das oliveiras 29-6-2 19.75,81 151,716.257,33 637 41 4 5D Cemitérios (construções, vedações e Cemiterio de Melres - novo 31-12-29 25.887,49

Leia mais

Tabela de Vinculação de pagamento Manteve o mesmo nome DDM SIAFI-TABELA-VINCULA-PAGAMENTO

Tabela de Vinculação de pagamento Manteve o mesmo nome DDM SIAFI-TABELA-VINCULA-PAGAMENTO Segue abaixo dados das DDMs que mudaram para o PCASP, tanto as que mudaram de nome como as que mantiveram o mesmo nome. Para estas, os campos que serão excluídos (em 2015) estão em vermelho e os campos

Leia mais

mhtml:file://c:\documents and Settings\cbeirao\Ambiente de trabalho\nova pasta\oprim...

mhtml:file://c:\documents and Settings\cbeirao\Ambiente de trabalho\nova pasta\oprim... Page 1 of 21 9:! " #$"%&'&"$( &)$) '$)& '&)&*&"("" ' $(($)+"&)) "$)$* $*,( )*-)' "&'./.-&)) $ ")#$0$' 1 2$$$".,&)$)'"3 #)) &"$' )$*, )+"/&)!*&45-'"3&.' " $*/'&$ 5&("&" './ ")&)&)'$' )+" ;

Leia mais

EVOLUÇÃO DA INSEMINAÇÃO ARTIFICIAL NO BRASIL Nacional e Importado - Período de 1984-2004

EVOLUÇÃO DA INSEMINAÇÃO ARTIFICIAL NO BRASIL Nacional e Importado - Período de 1984-2004 EVOLUÇÃO DA INSEMINAÇÃO ARTIFICIAL NO BRASIL Nacional e Importado - Período de 1984-24 IMPORTADO Ano VENDAS PART % EVOL % VENDAS PART % EVOL % VENDAS EVOL % 1984 1.377.446 89,84% 34,51% 155.749 1,16% 3,24%

Leia mais

p e, p c p v v e, v c v v f w R 1e R 1c R 1v r 1 τ τ τ k ce, k ec, k cv, k vc r V n v r C P d v e = p e f w v c = p c f w +(1- f w ) v v = p v f w p e + p c + p v =1 v e + v c + v v =1. f w k ce = τ 1

Leia mais

Como Perder Barriga em Casa Abdômen Trincando

Como Perder Barriga em Casa Abdômen Trincando Cm P Bg m C Abôm Tc Cm P Bg m C m ávl? Exm 3 xcíc fíc p vcê qm á m bc Cm P Bg m C. Sã mpl fz z b l. Dfcl p p bg?( A clp ã é! ) Th l m 8 m m, m mé m cg, f m c! Cm P Bg m C, cm fz xcíc Agchm Af p, pc bç

Leia mais

SEGURO FATURAMENTO AGRÍCOLA. Condições Gerais

SEGURO FATURAMENTO AGRÍCOLA. Condições Gerais SEGURO FATURAMENTO AGRÍCOLA Condições Gerais VERSÃO 1.3 CNPJ 28.196.889/0001-43 Processo SUSEP nº 15414.001668/2011-41 Condições Gerais Seguro Faturamento Agrícola versão 1.3 / Processo SUSEP nº 15414.001668/2011-41

Leia mais

EVOLUÇÃO DA INSEMINAÇÃO ARTIFICIAL NO BRASIL Nacional e Importado - Período de 1983-2003

EVOLUÇÃO DA INSEMINAÇÃO ARTIFICIAL NO BRASIL Nacional e Importado - Período de 1983-2003 EVOLUÇÃO DA INSEMINAÇÃO ARTIFICIAL NO BRASIL Nacional e Importado - Período de 1983-23 IMPORTADO Ano VENDAS PART % EVOL % VENDAS PART % EVOL % VENDAS EVOL % 1983 1.24.25 87,16% -9,62% 15.858 12,84% 5,28%

Leia mais

INTrOdUÇÃO. alplan comércio de alumínio ltda

INTrOdUÇÃO. alplan comércio de alumínio ltda ao conceber este catálogo, procuramos sintetizar as linhas de perfis de acordo com a procura, o que não significa que não estejamos abertos a discutir e fornecer os itens de sua necessidade. o objetivo

Leia mais

Boletim de Notícias. Boletim de Notícias. Regras de roteamento de mensagens Dra. Charity C. Jinya na sua capacidade

Boletim de Notícias. Boletim de Notícias. Regras de roteamento de mensagens Dra. Charity C. Jinya na sua capacidade B Ní Eçã Nº 10 Ag 2016 B Ní Pág1 A qu Tk4M Aç Pág6 Pg Fçã Pg M Kj Açã B SADC Pág2 O Ch Açã Açã Pág7 A SIRESS W Bá SADC á -v à Rg g D. Ch C. J u A ág w Sw P Pág8 SIRESS-O? Pág3 O SIRESS g u C PSMB CONTENTS

Leia mais

Ainda há Tempo, Volta

Ainda há Tempo, Volta Ainda há empo, Volta Letra e Música: Diogo Marques oprano ontralto Intro Envolvente (q = 60) enor aixo Piano Ó Œ. R.. F m7 2 A b 2 E b.. 2 Ó Œ É 2 Ó Œ F m7 2.. 2 2 A b 2 2 Ainda há empo, Volta Estrofe

Leia mais

! &! $ '()*+,-./01234435 #78!99

! &! $ '()*+,-./01234435 #78!99 1 ! ""#$ %! &! $ '()*+,-./01234435 634432 #78!99 #:;&9 2 !" # " $!" %" # $ &'()*+(,$$#% -.*/0(1)2)3425 3 Marcelo O. Coutinho de Lima 4 )*+, 9 82 "! 9!2 $ $ $?$@; *7 A> =" " ); B$" 9 $

Leia mais

INFORMAÇÕES TÉCNICAS SOBRE VÁLVULAS E RESPECTIVOS DIAGRAMAS

INFORMAÇÕES TÉCNICAS SOBRE VÁLVULAS E RESPECTIVOS DIAGRAMAS Museu Virtual da Válvula Eletrónica Espólio de João G. F. Porto INFORMAÇÕES TÉCNICAS SOBRE VÁLVULAS Válvula Base E RESPECTIVOS DIAGRAMAS Fil. Volts Placa Volts 117Z6 7Q 117 V 235 V Tipo Retificadora, duplicadora

Leia mais

Gazeta de Coimbra , Outubro Publicado por: J. R. A. URL persistente:

Gazeta de Coimbra , Outubro Publicado por: J. R. A. URL persistente: Gz - 90 P : J UL : U::///2/UB-GH-69/; U::///062/22825 : -N-207 2:55:7 çã B D U D U P U õ çã T çõ U B D :///-/ T çõ U q ç á zçã z () () ç P çã ç z é q () () () zçã N q U D ó D D çã á ó q é á z- à ^ $

Leia mais

UFS - DComp Adaptados a partir do material da Profa. Kenia Kodel Cox

UFS - DComp Adaptados a partir do material da Profa. Kenia Kodel Cox UFS - DCmp Aps p m Pf. Kn K Cx Busc m Tx Busc m x, u psqus g, u csmn põs, u csmn cs, cnss n psqus um susquênc síms num squênc ss (síms). Busc m Tx P cm jv ncn s s cêncs, u smn pm, um susquênc num squênc;

Leia mais

! &" #$& "% '()) '()' 4 )* * +, ' -./ )* 0' ( ' 1% +, 2 ' 3 -./ $ * + *,-. / #. 0! " 1 $ 2 3 # $ $ % & ' 4 " *.! " * 5 5+ * 6 7 # - 7 # ( $ % & '

! & #$& % '()) '()' 4 )* * +, ' -./ )* 0' ( ' 1% +, 2 ' 3 -./ $ * + *,-. / #. 0!  1 $ 2 3 # $ $ % & ' 4  *.!  * 5 5+ * 6 7 # - 7 # ( $ % & ' ! " # $ % ! &" #$& "% '()) * + *,-. / #. 0! " 1 $ 2 3 # $ $ % & ' '()' 4 " *.! " * 5 5+ * 6 7 # - 7 # ( $ % & ' 4 )* * +, ' -./ )* 0' ( ' 1% +, 2 ' 3 -./ $ 3 4 SUMÁRIO MATERIAL DE ATUAÇÃO PRÁTICA PARA

Leia mais

25-506 3,90 25-507 3,70 25-508 4,50 25-514 2,80 25-540 3,40 4,30 25-542 25-548 1,70 8,00 25-701 AL-05 2,80 35 AL-06 1,80 36 AL-10 1,30 35

25-506 3,90 25-507 3,70 25-508 4,50 25-514 2,80 25-540 3,40 4,30 25-542 25-548 1,70 8,00 25-701 AL-05 2,80 35 AL-06 1,80 36 AL-10 1,30 35 ÍNDICE LINHA Tubo Quadrado Tubo Redondo Perfil U Abas Iguais Barra Chata Cantoneira Perfil U Abas Desiguais Tubo Retangular Basculante Linha 16 Basculante Linha Linha Gradil Funcional Gradil Panorama Box

Leia mais

Módulo de Áreas de Figuras Planas. Áreas de Figuras Planas: Mais alguns Resultados. Nono Ano

Módulo de Áreas de Figuras Planas. Áreas de Figuras Planas: Mais alguns Resultados. Nono Ano Módulo de Áreas de Figuras Planas Áreas de Figuras Planas: Mais alguns Resultados Nono Ano Áreas de Figuras Planas: Mais alguns Resultados 1 Exercícios Introdutórios Exercício 1. No desenho abaixo, as

Leia mais

!"!#""" MESTRADO EM TEOLOGIA. Área de Concentração: Religião e Educação ()*+,-#""./

!!# MESTRADO EM TEOLOGIA. Área de Concentração: Religião e Educação ()*+,-#./ !"!#""" $%&&' MESTRADO EM TEOLOGIA Área de Concentração: Religião e Educação ()*+,-#""./ 0!"!#""" 1223445, 26,),7)2 8 9:;28 87767 26,;2

Leia mais

EVOLUÇÃO DA INSEMINAÇÃO ARTIFICIAL NO BRASIL Nacional e Importado - Período de 1985-2005

EVOLUÇÃO DA INSEMINAÇÃO ARTIFICIAL NO BRASIL Nacional e Importado - Período de 1985-2005 EVOLUÇÃO DA INSEMINAÇÃO ARTIFICIAL NO BRASIL Nacional e Importado - Período de 1985-25 NACIONAL IMPORTADO Ano VENDAS PART % EVOL % VENDAS PART % EVOL % VENDAS EVOL % 1985 1.359.54 89,62% -1,3% 157.476

Leia mais

UNIBR - FACULDADE SÃO SEBASTIÃO HORÁRIO - 1º SEMESTRE 2013 CURSO: EDUCAÇÃO FÍSICA, LICENCIATURA BIOQUÍMICOS APLICADOS A EDUCAÇÃO FÍSICA

UNIBR - FACULDADE SÃO SEBASTIÃO HORÁRIO - 1º SEMESTRE 2013 CURSO: EDUCAÇÃO FÍSICA, LICENCIATURA BIOQUÍMICOS APLICADOS A EDUCAÇÃO FÍSICA B F B HÁ 203 : Ç FÍ, (*) s tividades omplementares realizarseão aos sábados de acordo com o alendário etivo 3/03/204 F Í B H B F B HÁ /204 Ç FÍ, /BH Ç FÍ HÁ ias da emana 2ª F 3ª F 4ª F 5ª F 6ª F ducação

Leia mais

INCLUSO. consulte RELÓGIO DIGITAL. Vinhedo Tel: 55 (19) 3886-3003 Daniela - (19) 3515-5673

INCLUSO. consulte RELÓGIO DIGITAL. Vinhedo Tel: 55 (19) 3886-3003 Daniela - (19) 3515-5673 ML E 9.9.235.582 O V - º37 - BL/MO/JUHO/2013 V E O O HOW-OOM EEL E M E OM.04 07 quím E LO.01 lu MELHO EÇO MEO OVE!!! M u MEO E EEU.02.08 MEE f EE ul l B Ep p qu m: m Vál 01 /m 3013 /julh 2013 LUO ul ELO

Leia mais

!"#$%&'#$()&*+*$ $"#,+$-*!#+)!& &'-&.*$#!.!/&0,+ $)",+

!#$%&'#$()&*+*$ $#,+$-*!#+)!& &'-&.*$#!.!/&0,+ $),+ !"#$%&'#$()&*+*$ $"#,+$-*!#+)!& &'-&.*$#!.!/&0,+ $)",+ )!1-'&.*$+'#&"*+"-'!234!+"*+"#&*+*&&5!& &#&*&&#-&.!/&0,+6*$1)!.*$ APRESENTAÇÃO...6 I - PROCEDIMENTOS INICIAIS...6 II - PROCEDIMENTOS DE UTILIZAÇÃO...7

Leia mais

INFORMAÇÃO NÃO CERTIFICADA

INFORMAÇÃO NÃO CERTIFICADA URBANO SITUADO EM: Santo Amaro Rua Dr. José Joaquim de Almeida, nº2 ÁREA TOTAL: 5550 M2 ÁREA COBERTA: 2200 M2 ÁREA DESCOBERTA: 3350 M2 COMPOSIÇÃO E CONFRONTAÇÕES: Informação Predial Simplificada Código

Leia mais

Engenharia do Produto. Engenharia do Produto. Engenharia do Produto. Engenharia do Produto. Engenharia do Produto. Engenharia do Produto

Engenharia do Produto. Engenharia do Produto. Engenharia do Produto. Engenharia do Produto. Engenharia do Produto. Engenharia do Produto Cu A f ê glblz fçã pu u f hv u p. v ég p pl, vé pç fl pu, qul pp vçã uz. O Hj Tp P v é á v v pê âb gh lg pu u fz ppçã qu. P v u f é á lz p u l up à ê, u p p. Só é pívl l lv u v vlv pê ful à gh pu. Qul

Leia mais

Entidades autorizadas a exercer a atividade de transporte de doentes e respetivos veículos

Entidades autorizadas a exercer a atividade de transporte de doentes e respetivos veículos Tipo de entidade Rótulos de Linha 3101 Cruz Vermelha Portuguesa - Delegação De Aldreu 96-46-HD 37-36-XP 66-NX-49 75-IS-24 78-32-MM 3102 Cruz Vermelha Portuguesa - Delegação De Amares 25-98-LI 03-88-QU

Leia mais

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DE PERNAMBUCO. Relatório Turma/Horário

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DE PERNAMBUCO. Relatório Turma/Horário AT 40 CCMP0077 - ADMINISTRAÇAO DA TEC DA INFORMAÇAO E COMUNICAÇAO JURANY FREITAS MELRO TRAVASSOS* 30 QUI A03 10:30-11:20 11:20-12:10 AD 45 CCMP0088 - AMBIENTE DE DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE JOABE BEZERRA

Leia mais