Índice. 1. Visão Geral Telemar Visão Geral do Mercado de Telecom Telemar Principais Desafios 24.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Índice. 1. Visão Geral Telemar Visão Geral do Mercado de Telecom Telemar Principais Desafios 24."

Transcrição

1 APIMEC 2005

2 Índice 1. Visão Geral Telar 2 2. Visão Geral do Mercado Telecom 4 3. Telar Principais Desafios 24 1

3 Visão Geral Telar Foco no Mercado mil linhas serviço mil clientes 641 mil clientes 750 mil usuários gratuitos 50 mil banda larga Foco Financeiro Crescimento Receita e EBITDA Eficiência Operacional Redução do Endividamento Distribuição Divindos / JCP Recompra Ações Estratégia Crescimento Convergência serviços Retenção clientes / redução churn Blindag segmento banda larga Expansão Oi linha com o mercado Estrutura operacional por segmento clientes 2

4 Índice 1. Visão Geral Telar 2 2. Mercado Telecom 4 3. Telar Principais Desafios 24 3

5 Market Share dos Principais Grupos Telecom Jun/05 Telar GRUPO TELEMAR Grupo Brasil Telecom Grupo TIM Oi (GSM) Brasil Telecom Opportunity/CVC & BRT TIM (TDMA/GSM) Região I Região II 38% 11% 24% 8%* 22% Grupo Telefonica Grupo Telmex / AMEX Telefônica Vivo (CDMA) Embratel (LD) Claro (TDMA/GSM) Market Share Nacional (nº acessos*) Região IV 32% Região III 38% 21% * Inclui outros grupos / presas 4

6 Market Share Telefonia Móvel Região 1 Dez/02 Dez/03 Dez/04 Mar/05 Vivo 31% TIM 21% Vivo 27% TIM 21% Vivo 24% TIM 22% Vivo 24% TIM 23% Claro 21% Outros^ 18% Oi 9% Claro 18% Outros^ 16% Oi 18% Claro 16% Outros^ 14% Oi 24% Claro 15% Outros^ 14% Oi 24% Brasil Dez/02 Dez/03 Dez/04 Mar/05 Vivo 48% Claro 15% TIM 15% Oi 4% Outros^ 18% Vivo 45% Claro 21% TIM 18% Outros^ 8% Oi 8% Vivo 41% Claro 21% TIM 21% Oi 10% Outros^ 7% Vivo 40% Claro 21% TIM 21% Oi 11% Outros^ 7% ^Inclui outros grupos: Opportunity, BRT, Nextel, CTBC e Sercomtel. 5

7 Evolução dos Acessos Serviço e Penetração Brasil Telefonia Fixa Linhas Serviço (milhões) Telefonia Móvel Base Clientes (milhões) Taxa Penetração Brasil (%) jun/ Brasil Região I Taxa Penetração Brasil (%) jun/05 Brasil Região I Das 39 milhões LES, cerca 70% são resinciais. Das 39 milhões LES, cerca 70% são resinciais. Penetração Resincial: Brasil ± 56% Penetração Resincial: Brasil ± 56% Região I ± 52% Região I ± 52% Pré Pago 81% e Pós Pago 19% Jun/05. Pré Pago 81% e Pós Pago 19% Jun/05. Expansão 43% 2004 e 13% no 1º sestre Expansão 43% 2004 e 13% no 1º sestre

8 Evolução do Mix Clientes Telefonia Móvel no Brasil Pós Pago x Pré Pago 100% 90% 80% 70% 60% 50% 19% 40% 30% 70% 81% 60% 40% 30% 20% 10% 0% jun/05 Fonte: Anatel 7

9 Penetração (%) Telefonia Móvel por Estado Junho/05 Brasil 41,1% 113 Região II 52,7% (CentroSul) Região I 33,7% (NorteLeste) Região III 47,0% (São Paulo) Fonte: Anatel RJ MG ES AM RR PA AP PE RN SE AL CE PB BA PI MA SP DF MS MT GO PR SC RS RO AC TO 8

10 Evolução da Receita Líquida no Setor Telecom Brasil 2002 R$ 51 bilhões 2003 R$ 60 bilhões Fixa 70% Móvel 30% Fixa 66% Móvel 34% 2004 R$ 70 bilhões 1T05 R$ 18 bilhões Fixa 62% Móvel 38% Fixa 62% Móvel 38% 9

11 Mercado Banda Larga no Brasil Principais Grupos A A penetração penetração banda banda larga larga no no Brasil Brasil ainda ainda é é relativamente relativamente baixa (± baixa 2,7 (± 2,7 milhões milhões acessos acessos jun/05); jun/05); ADSL ADSL é é a a tecnologia tecnologia dominante dominante (~85% (~85% market market share); share); cabo cabo t t ~10% ~10% market market share; share; * NET Tel ar BRT Telefonica Dez/02 Dez/03 Dez/04 Jun/05 Penetração Penetração ve ve alcançar alcançar 30% 30% do do total total acessos acessos à à internet internet 2008* 2008* (contra (contra 12% 12% 2004**); 2004**); Metas Metas Telar: Telar: Elevar Elevar a a penetração penetração banda banda larga larga para para ~5% ~5% das das linhas linhas fixas fixas serviço serviço (4,3% (4,3% jun/05 jun/05 e e 3,3% 3,3% z/04). z/04). * Mar/05 ** Estimativas Pyramid Research e Teleco. 10

12 Índice 1. Visão Geral Telar 2 2. Visão Geral do Mercado Telecom 4 3. Telar Principais Desafios 24 11

13 Visão Geral Telar Brasil: Autorização para prestação serviços longa distância nacional e internacional e serviço dados. Região I: Concessão Telefonia Fixa Licença para Móvel (GSM) Objetivo: Objetivo: Consolidar Consolidar a a Posição Posição Maior Maior Operadora Operadora Integrada Integrada Serviços Serviços Telecomunicações Telecomunicações Lír Lír da da Região Região I I nos nos serviços: serviços: local local longa longa distância distância regional regional móvel móvel banda banda larga larga Forte Forte Competidor Competidor nos nos serviços serviços corporativos corporativos e e dados dados (cobertura (cobertura nacional) nacional) Mercado Mercado Acionário Acionário # # 1 1 na na Bovespa Bovespa (TNLP4): (TNLP4): US$ US$ 40MM/dia 40MM/dia (70%) (70%) Alta Alta liquiz liquiz na na NYSE NYSE (TNE): (TNE): US$ US$ 22MM/dia 22MM/dia (30%) (30%) Free Free Float: Float: 81,4% 81,4% do do total total ações ações 12

14 Crescimento da Base Clientes Milhões Clientes 7,8 CAGR (9804) 16,4% 9,7 11,8 14,8 16,5 1,4 15,1 19,3 0,2 3,9 15,1 22,6 0,5 6,9 15,2 23,7 0,6 8,1 15,0 Razões Razões do do Crescimento: Crescimento: Habilida Habilida antecipar antecipar o o potencial potencial crescimento crescimento do do mercado mercado telefonia telefonia móvel, móvel, mantendo mantendo a a expansão expansão da da base base clientes; clientes; Capacida Capacida manter manter e e aumentar aumentar market market share share um um mercado mercado contínua contínua mudança mudança tecnológica; tecnológica; Crescente Crescente oferta oferta serviços serviços combinados combinados (fixomóvel). (fixomóvel) jun/05 Fixa M óvel Velox 13

15 Crescimento da Receita Líquida R$ milhões % Fatores Fatores Crescimento: Crescimento: Dados Dados Serviços Serviços telefonia telefonia móvel móvel Reajuste Reajuste tarifas tarifas S04 1S05 Mudanças no Mix da Receita Bruta R$ milhões FM (V C ) 20% LD 10% 2002 = = M óvel 3% Dados 6% Re 9% O u tr o s 8% FM (V C ) 16% LD 13% M óvel 10% Dados 7% Re 5% O u tr o s 8% Crescimento Crescimento real real lirado lirado pelos pelos segmentos segmentos mais mais competitivos, competitivos, como como móvel, móvel, longa longa distância distância e e dados. dados. Local 44% Local 41% 14

16 Custos e Despesas Operacionais R$ milhões Depois da gran expansão da planta Depois da gran expansão da planta telefonia fixa e instalação da re GSM, a telefonia fixa e instalação da re GSM, a expansão dos custos e spesas estão expansão dos custos e spesas estão associados à expansão da Oi. associados à expansão da Oi S04 1S05 * * ExContax Principais itens (% dos custos e spesas totais) Terceiros 25% Outros 12% 2002 Interconexão 36% Pessoal 12% PDD 9% Aparelhos 6% Terceiros 26% 2004 Outros 19% Interconexão 27% Pessoal 12% PDD 6% Aparelhos 10% Custos e spesas associados à operação Custos e spesas associados à operação móvel (aparelhos, comissões vendas) móvel (aparelhos, comissões vendas) aumentaram sua participação no total, ao aumentaram sua participação no total, ao contrário dos custos interconexão (posição contrário dos custos interconexão (posição relativa reduzida 36 % para 27%). relativa reduzida 36 % para 27%). 15

17 Evolução Quadro Pessoal Jul Jun 05 Fixa + Móvel Contact center 16

18 EBITDA R$ milhões 35% 45% 44% 41% Marg EBITDA % Aumento Aumento consistente consistente do do EBITDA EBITDA s s 2001, 2001, apesar apesar focado focado serviços serviços menores menores margens; margens; Impacto Impacto no no 2T05 2T05 causado causado pelas pelas vendas vendas aparelhos aparelhos celulares celulares no no Dia Dia das das Mães Mães e e dos dos Namorados; Namorados; S04 1S05 * * ExContax 17

19 Investimentos R$ milhões 10,1 Móvel 2,8 2,5 2,2 Fixo 2,2 7,9 2,0 1,7 0,9 0,6 2,0 1,1 1,1 1,3 0,6 0, S05 0,7 1,0 R$ R$ bilhões bilhões (~US$ (~US$ bilhões) bilhões) investimentos investimentos s s 1998; 1998; Expectativa Expectativa 2005: 2005: R$2,5 R$2,5 bilhões bilhões Expansão Expansão da da capacida capacida transmissão transmissão da da Oi Oi Metas Metas Universalização Universalização Expansão Expansão da da base base Velox Velox (banda (banda larga) larga) Os Os investimentos investimentos representaram representaram 11,9% 11,9% da da receita receita líquida líquida no no 1S05 1S05 (7,1% (7,1% no no 1S04). 1S04). Metas Universalização e Licença da Oi (R$1,1 bilhão) 18

20 Lucro Líquido R$ milhões % 397 Prejuízo Prejuízo principalmente principalmente função função maiores maiores spesas spesas financeiras financeiras vido vido aos aos elevados elevados investimentos investimentos 2001; 2001; Aumento Aumento no no lucro lucro líquido líquido mais mais 250% 250% 2004; 2004; S04 1S05 Aumento Aumento do do lucro lucro base base anual anual mantido mantido durante durante o o 1S05. 1S05. 19

21 Fluxo Caixa Livre* R$ bilhões Forte Forte geração geração caixa caixa nos nos últimos últimos anos; anos; 2,3 4, 0 4, 0 2,3 30% 1,6 Menor Menor fluxo fluxo caixa caixa no no 1S05 1S05 comparado comparado ao ao 1S04 1S04 vido: vido: maiores maiores investimentos investimentos maior maior necessida necessida capital capital giro giro maior maior pagamento pagamento impostos impostos 5, S04 1S05 Prioridas: Prioridas: redução redução da da dívida dívida pagamento pagamento divindos divindos recompra recompra ações ações (*) Depois CAPEX 20

22 Dívida Dívida Líquida R$ milhões Cronograma Amortização R$ milhões Dívida Total Jun/05 = R$ milhões Caixa = 93% da dívida CP C A I X A jun/04 jun/05 jun/

23 Distribuição Divindos / JCP R$ milhões 6,5% Divind Yield 4,9% 4,6% ,6% 2,3% TNL TMAR 22

24 Índice 1. Visão Geral Telar 2 2. Visão Geral do Mercado Telecom 4 3. Telar Principais Desafios 24 23

25 Principais Desafios Principais Questões Regulatórias Contrato Contrato Concessão Concessão! Conversão Conversão PulsoMinuto PulsoMinuto! Índice Índice do do Setor Setor Telecom! Fator Fator Produtivida Produtivida " Acesso Acesso Individual Individual para para Classe Classe Especial Especial (AICE) (AICE) Assinatura Assinatura Básica Básica Serviço Serviço Fixo Fixo Móvel Móvel x x Interconexão Interconexão Móvel Móvel 24

26 Principais Desafios Avançar Estratégia Convergência e Integração dos Serviços Oi Fale s Limtes + Fixo 2003 e 2004 Novos Serviços Oi 2005 Produtos Integrados 2002 Lançamento Oi, Velox, LDN e LDI 1999 Lançamento 31 LD Regional Velox + Oi Internet Banda Larga Cartão Oi Total Telefone Telar Inteligente 1998 Telefonia Fixa

27 Principais Desafios Aspectos Financeiros Fortalecimento Fortalecimento Financeiro Financeiro da da Empresa Empresa Política Política Hedge Hedge Redução Redução do do Endividamento Endividamento Moeda Moeda Estrangeira Estrangeira Gestão Gestão da da Dívida: Dívida: redução redução custo custo e e aumento aumento prazos prazos Buscar Buscar Melhoria Melhoria das das Margens Margens dos dos Serviços Serviços Política Política Contenção Contenção Custos Custos e e Despesas Despesas 26

28 Principais Desafios Mercado Lirança Lirança nos nos Principais Principais Serviços Serviços Região Região I I Crescimento Crescimento da da Base Base Clientes Clientes Gestão Gestão Eficaz Eficaz dos dos Recebíveis Recebíveis (PDD) (PDD) Novos Novos Desafios Desafios Tecnológicos Tecnológicos 27

29 Visite o nosso site: OBRIGADO 28

30 Aviso Importante As informações aqui disponíveis foram reunidas maneira criteriosa ntro da atual conjuntura, baseada trabalhos andamento e respectivas estimativas. O uso termos como projeta, estima, antecipa, prevê, planeja, espera, entre outros, objetiva sinalizar possíveis tendências que, evintente, envolv incertezas e riscos, cujo resultados futuros pom diferir das expectativas atuais. A Telar não se responsabiliza por operações ou cisões investimento tomadas com base nas mesmas. Relações com Investidores Rua Humberto Campos, 425 / 8º andar Leblon Rio Janeiro RJ Visite nosso website: 29

Índice. 1. Visão Geral Telemar Visão Geral do Mercado de Telecom Telemar Principais Desafios 24.

Índice. 1. Visão Geral Telemar Visão Geral do Mercado de Telecom Telemar Principais Desafios 24. APIMEC 2005 Índice 1. Visão Geral Telar 2 2. Visão Geral do Mercado Telecom 4 3. Telar 12 7 4. Principais Desafios 24 1 Visão Geral Telar Foco Mercado 14.966 mil linhas serviço 8.112 mil clientes 641 mil

Leia mais

Dezembro/2003. Apresentação Corporativa

Dezembro/2003. Apresentação Corporativa Dezembro/2003 Apresentação Corporativa Visão Geral 1 Destaques Operadora integrada 15,1 milhões de linhas fixas em serviço (dez/03) 4,0 milhões de linhas móveis (jan/04) Região I Área de Concessão (Região

Leia mais

Relações com Investidores 4T ÁUDIO CONFERÊNCIA. Fevereiro 2013

Relações com Investidores 4T ÁUDIO CONFERÊNCIA. Fevereiro 2013 Relações com Investidores ÁUDIO CONFERÊNCIA Fevereiro 2013 4T12 2012 EstratégiA RESIDENCIAL MOBILIDADE PESSOAL EMPRESARIAL CORPORATIVO Convergência de serviços com crescimento de Banda Larga e TV Paga

Leia mais

Oi: Visão Geral Dezembro 2006

Oi: Visão Geral Dezembro 2006 Março / 2007 1 Oi: Visão Geral Dezembro 2006 Empresa líder na oferta convergente de serviços de telecomunicações no Brasil: telefonia fixa, móvel, banda larga, transmissão de dados, longa distância, internet

Leia mais

AGÊNCIA NACIONAL DE TELECOMUNICAÇÕES ATO Nº 1.522, DE 4 DE MARÇO DE 2013

AGÊNCIA NACIONAL DE TELECOMUNICAÇÕES ATO Nº 1.522, DE 4 DE MARÇO DE 2013 AGÊNCIA NACIONAL DE TELECOMUNICAÇÕES ATO Nº 1.522, DE 4 DE MARÇO DE 2013 O CONSELHO DIRETOR DA AGÊNCIA NACIONAL DE TELECOMUNICAÇÕES, no uso das atribuições que lhe foram conferidas pelo art. 22 da Lei

Leia mais

ÁUDIO CONFERÊNCIA2T11

ÁUDIO CONFERÊNCIA2T11 ÁUDIO CONFERÊNCIA2T11 AGOSTO 2011 Ofertas por segmento Desempenho operacional Desempenho financeiro 2 Ofertas por segmento Desempenho operacional Desempenho financeiro 3 Ofertas por Segmento DESTAQUES

Leia mais

AP, GO, MS, PR, TO VALORES PRATICADOS HORÁRIO HORÁRIO DEGRAU TARIFÁRIO

AP, GO, MS, PR, TO VALORES PRATICADOS HORÁRIO HORÁRIO DEGRAU TARIFÁRIO A Claro S.A., em atendimento ao determinado no Ato nº 1525, de 31/05/2016 (publicado no Diário Oficial da União de 01/06/2016), comunica aos seus clientes que reduziu em 10,43% os valores máximos homologados

Leia mais

ÁUDIO CONFERÊNCIA 4T11

ÁUDIO CONFERÊNCIA 4T11 ÁUDIO CONFERÊNCIA 4T11 MARÇO 2012 Resultado 2011 da Oi S.A. Com a aprovação da reestruturação societária, em 27/02/2012, tanto TNL, quanto Coari e os acionistas de TMAR foram incorporados pela Oi S.A.,

Leia mais

Oi at a Glance March 2007

Oi at a Glance March 2007 Maio, 2007 1 Oi at a Glance March 2007 Empresa líder na oferta convergente de serviços de telecomunicações no Brasil: telefonia fixa, móvel, banda larga, transmissão de dados, longa distância, internet

Leia mais

www.telemar.com.br/ri Maio - 2004

www.telemar.com.br/ri Maio - 2004 Apresentação Corporativa Maio - 2004 Apresentação Telemar - Agenda 1. Destaques 2003/2004 1 2. Estratégia de Crescimento 3 3. Revisão do Resultado Operacional 12 4. Resultados Financeiros 20 1 Destaques

Leia mais

Novembro 2006. www.telemar.com.br/ri

Novembro 2006. www.telemar.com.br/ri Novembro 2006 www.telemar.com.br/ri Índice Visão Geral Telemar Mercado de Telecom no Brasil Telemar: Destaques Operacionais e Financeiros Anexos 2 Telemar: Visão Geral Empresa líder em serviços integrados

Leia mais

Reunião APIMEC - CE. Rio de Janeiro, 15 de Dezembro de 2004

Reunião APIMEC - CE. Rio de Janeiro, 15 de Dezembro de 2004 Reunião APIMEC - CE Rio de Janeiro, 15 de Dezembro de 2004 Índice Mercado de Telecomunicações Visão Geral 2 Telemar Visão Geral 13 Estratégia de Crescimento 22 Desempenho Financeiro 28 Estimativas 38 www.telemar.com.br/ri

Leia mais

PESQUISA DE SATISFAÇÃO E QUALIDADE PERCEBIDA 2017

PESQUISA DE SATISFAÇÃO E QUALIDADE PERCEBIDA 2017 Agência Nacional de Telecomunicações Superintendência de Relações com Consumidores PESQUISA DE SATISFAÇÃO E QUALIDADE PERCEBIDA 2017 Brasília, 13 de março de 2018 1 Como a pesquisa é realizada (Resolução

Leia mais

ANEXO I BICICLETA ESCOLAR. Modelo de ofício para adesão à ata de registro de preços (GRUPO 1)

ANEXO I BICICLETA ESCOLAR. Modelo de ofício para adesão à ata de registro de preços (GRUPO 1) ANEXO I BICICLETA ESCOLAR Modelo de ofício para adesão à ata de registro de preços (GRUPO 1) Assunto: Adesão à ata de registro de preços nº 70/2010 do pregão eletrônico nº 40/2010. 1 2 BICICLETA 20 - AC,

Leia mais

P r a c r er e i r a i Es E tra r t a ég é ic i a com m a Portugal Telecom Janeiro de 2011

P r a c r er e i r a i Es E tra r t a ég é ic i a com m a Portugal Telecom Janeiro de 2011 Parceria Estratégica com a Portugal Telecom Janeiro de 2011 SEÇÃO 1 Racional da Transação Crescimento da Classe C traz oportunidades relevantes para o setor de Telecom no Brasil Área Terrestre 8,5 Milhões

Leia mais

Essa apresentação pode incluir declarações que representem expectativas sobre eventos ou resultados futuros de acordo com a regulamentação de valores

Essa apresentação pode incluir declarações que representem expectativas sobre eventos ou resultados futuros de acordo com a regulamentação de valores Essa apresentação pode incluir declarações que representem expectativas sobre eventos ou resultados futuros de acordo com a regulamentação de valores mobiliários brasileira e internacional. Essas declarações

Leia mais

Apresentação APIMEC. Dezembro 2010. Investor Relations. Investor Relations

Apresentação APIMEC. Dezembro 2010. Investor Relations. Investor Relations Apresentação APIMEC Dezembro 2010 AGENDA 03. Mercado Brasileiro de Telecom 06. Oi: Perfil e Estratégia 13. Resultados Operacionais e Financeiros 19. Aliança com a Portugal Telecom Mercado Brasileiro de

Leia mais

Apresentação de Resultados do 4T16 e de março de p. 1

Apresentação de Resultados do 4T16 e de março de p. 1 Apresentação de Resultados do 4T16 e 2016 23 de março de 2017 p. 1 Destaques 2016 2ª maior locadora do Brasil Crescimento de 56% na receita líquida consolidada Crescimento de 55% em RAC Aumento de 21%

Leia mais

Perguntas e Respostas Conference Call 1T02. P - Gostaria de saber se a Companhia continuará não informando o tráfego do período, ou

Perguntas e Respostas Conference Call 1T02. P - Gostaria de saber se a Companhia continuará não informando o tráfego do período, ou Perguntas e Respostas Conference Call 1T02 Esta divulgação contém projeções e/ou estimativas de futuros eventos. As projeções aqui disponíveis foram reunidas de maneira criteriosa dentro da atual conjuntura,

Leia mais

WEBSITE APIMEC AGOSTO DE Relações com Investidores

WEBSITE APIMEC AGOSTO DE Relações com Investidores WEBSITE APIMEC AGOSTO DE 2009 Relações com Investidores AGENDA O Mercado de Telecomunicações no Brasil Perfil e Integração com BrT Resultados e Diretrizes Futuras Atuação no Terceiro Setor 3 7 12 21 2

Leia mais

Ali l a i n a ç n a Ind n us u tri r a i l a l com m a a Portugal Telecom 28 de julho de 2010

Ali l a i n a ç n a Ind n us u tri r a i l a l com m a a Portugal Telecom 28 de julho de 2010 Aliança Industrial com a Portugal Telecom 28 de julho de 2010 SEÇÃO 1 Racional da Transação Grupo Oi: Operador de Telecomunicações Líder no Brasil Grupo Oi é o Líder no mercado Brasileiro de Telecomunicações,

Leia mais

Relações com Investidores. Áudio Conferência 1T12. Maio 2012

Relações com Investidores. Áudio Conferência 1T12. Maio 2012 Relações com Investidores Áudio Conferência Maio 2012 1T12 Performance EBITDA Pro-forma 1T11 1T12 4T11 1T12 2.012 29,6% 2.012 29,6% 1.985 28,6% 1.838 26,4% EBITDA e Margem EBITDA apresentam crescimento

Leia mais

ÁUDIO CONFERÊNCIA3T11

ÁUDIO CONFERÊNCIA3T11 ÁUDIO CONFERÊNCIA3T11 OUTUBRO 2011 Ofertas por segmento Desempenho operacional Desempenho financeiro 2 Ofertas por segmento Desempenho operacional Desempenho financeiro 3 Ofertas por Segmento DESTAQUES

Leia mais

PLANOS DE LONGA DISTÂNCIA - VC2 E VC3 NOVOS VALORES VIGENTES NOVOS VALORES MÁXIMOS NOVOS VALORES PROMOCIONAIS (1) REGIÃO DO PGO

PLANOS DE LONGA DISTÂNCIA - VC2 E VC3 NOVOS VALORES VIGENTES NOVOS VALORES MÁXIMOS NOVOS VALORES PROMOCIONAIS (1) REGIÃO DO PGO EMBRATEL PREÇOS E TARIFAS DE CHAMADAS ENVOLVENDO TERMINAIS MÓVEIS TABELA REFERENTE AO COMUNICADO PUBLICADO NO JORNAL DO COMMERCIO, EM 31/03/2014 PLANOS ALTERNATIVOS DE SERVIÇOS ENVOLVENDO ACESSOS DO SMP

Leia mais

Integração da Infra-estrutura de Telecomunicações às Políticas de Governo

Integração da Infra-estrutura de Telecomunicações às Políticas de Governo Integração da Infra-estrutura de Telecomunicações às Políticas de Governo 46 o Painel Telebrasil Florianópolis, 30 de maio de 2003 Este documento é classificado como confidencial. Os direitos de reprodução

Leia mais

Estratégia de Sucesso Resultados refletem portfólio de negócios equilibrado. Agosto, 2010

Estratégia de Sucesso Resultados refletem portfólio de negócios equilibrado. Agosto, 2010 Estratégia de Sucesso Resultados refletem portfólio de negócios equilibrado Agosto, 2010 Termo de Renúncia Algumas declarações constantes nesta apresentação são projeções contidas no conceito da Lei de

Leia mais

Estratégia de Sucesso Resultados refletem portfólio de negócios equilibrado. Outubro, 2012

Estratégia de Sucesso Resultados refletem portfólio de negócios equilibrado. Outubro, 2012 Estratégia de Sucesso Resultados refletem portfólio de negócios equilibrado Outubro, 2012 Termo de Renúncia Algumas declarações e estimativas contidas neste material podem representar expectativas sobre

Leia mais

Tendências do Setor de Telecomunicações A PARTIR DE 2017, A ECONOMIA BRASILEIRA DEVE APRESENTAR CRESCIMENTO DO PIB, COM AUMENTO CONTÍNUO DO MERCADO

Tendências do Setor de Telecomunicações A PARTIR DE 2017, A ECONOMIA BRASILEIRA DEVE APRESENTAR CRESCIMENTO DO PIB, COM AUMENTO CONTÍNUO DO MERCADO Tendências do Setor de Telecomunicações A PARTIR DE 2017, A ECONOMIA BRASILEIRA DEVE APRESENTAR CRESCIMENTO DO PIB, COM AUMENTO CONTÍNUO DO MERCADO 2.66 2.34 A Taxa de câmbio (R$/US$) 3.26 3.90 3.45 3.50

Leia mais

2005 CDMA Latin America Regional Conference

2005 CDMA Latin America Regional Conference Agencia Nacional de Telecomunicações 2005 CDMA Latin America Regional Conference JARBAS JOSÉ VALENTE Superintendente de Serviços Privados Conteúdo Situação Atual do SMP Previsão da Evolução do SMP Espectro

Leia mais

Teleconferência de Resultados

Teleconferência de Resultados Teleconferência de Resultados Terceiro Trimestre 2009 Em português com tradução simultânea para inglês Horário: 14h (Brasil) / 12h (US-ET) Acesso em português: +55 (11) 4688 6361 Replay em português: +55

Leia mais

Essa apresentação pode incluir declarações que representem expectativas sobre eventos ou resultados futuros de acordo com a regulamentação de valores

Essa apresentação pode incluir declarações que representem expectativas sobre eventos ou resultados futuros de acordo com a regulamentação de valores Essa apresentação pode incluir declarações que representem expectativas sobre eventos ou resultados futuros de acordo com a regulamentação de valores mobiliários brasileira e internacional. Essas declarações

Leia mais

Gestão da Qualidade da Banda Larga

Gestão da Qualidade da Banda Larga Gestão da Qualidade da Banda Larga Agência Nacional de Telecomunicações Brasília, 17 de maio de 2013 METODOLOGIA DE MEDIÇÃO INDICADORES DE BANDA LARGA FIXA Avaliações realizadas através de medidores instalados

Leia mais

Estratégia de Sucesso Resultados refletem portfólio de negócios equilibrado

Estratégia de Sucesso Resultados refletem portfólio de negócios equilibrado Estratégia de Sucesso Resultados refletem portfólio de negócios equilibrado Termo de Renúncia Algumas declarações e estimativas contidas neste material podem representar expectativas sobre eventos ou resultados

Leia mais

TIM Participações S.A. Resultados do 3T de Novembro de 2006

TIM Participações S.A. Resultados do 3T de Novembro de 2006 TIM Participações S.A. Resultados do 06 de Novembro de 2006 1 1 Destaques Desempenho do Mercado Estratégia Comercial Desempenho Financeiro 2 2 Destaques Forte crescimento e melhoria da qualidade da base

Leia mais

SERVIÇOS DE TELECOMUNICAÇÕES

SERVIÇOS DE TELECOMUNICAÇÕES SERVIÇOS DE TELECOMUNICAÇÕES AUDIÊNCIA PÚBLICA CÂMARA DOS DEPUTADOS COMISSÃO DE DEFESA DO CONSUMIDOR ALEXANDER CASTRO BRASÍLIA, 13 DE NOVEMBRO DE 2013 crescimento do setor de telecomunicações está acelerado

Leia mais

Teleconferência Resultados 2T2008

Teleconferência Resultados 2T2008 Teleconferência Resultados 2T2008 Teleconferência em Português Quinta-feira, 14 de agosto de 2008 Horário: 11h (Brasil) / 10h (US-ET) Telefone: (11) 2188 0188 ou 0800 726 5606 Replay: +55 (11) 2188 0188

Leia mais

Sexta-feira, 9 de novembro de 2007

Sexta-feira, 9 de novembro de 2007 Teleconferência dos Resultados do 3T2007 Sexta-feira, 9 de novembro de 2007 Horário: 11h (Brasil) / 8h (US-ET) Telefone: (11) 2101 4848 ou 0800 722 0011 Replay: (11) 2101 4848 ou 0800 722 0011 Código:

Leia mais

51º Encontro Tele Síntese

51º Encontro Tele Síntese 51º Encontro Tele Síntese Critérios para a precificação dos ônus das concessões de telefonia fixa. O que considerar. 21 de novembro de 2017 Setor precisa de modernização regulatória Modelo antigo O modelo

Leia mais

Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações A POLÍTICA DE BANDA LARGA DO GOVERNO FEDERAL

Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações A POLÍTICA DE BANDA LARGA DO GOVERNO FEDERAL Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações A POLÍTICA DE BANDA LARGA DO GOVERNO FEDERAL Panorama mundial Sem plano: 35 (18%) Planejando: 4 (2%) Com plano: 156 (80%) Países com plano ou

Leia mais

Telemig Celular Participações S.A. Tele Norte Celular Participações S.A. ABAMEC-SP

Telemig Celular Participações S.A. Tele Norte Celular Participações S.A. ABAMEC-SP Telemig Celular Participações S.A. Tele Norte Celular Participações S.A. ABAMEC-SP Maio, 2000 Sumário Situação Atual e Tendências do Setor Participação de Mercado Desempenho Financeiro/Operacional Principais

Leia mais

3 O setor de telecomunicações 3.1. A privatização do setor

3 O setor de telecomunicações 3.1. A privatização do setor 3 O setor de telecomunicações 3.1. A privatização do setor O setor de telecomunicações sofreu profundas transformações, principalmente na última década, considerando que era um monopólio estatal. Até o

Leia mais

Companhia Paranaense de Energia COPEL. Setembro de 2012

Companhia Paranaense de Energia COPEL. Setembro de 2012 Companhia Paranaense de Energia COPEL Setembro de 2012 Brasil Informações Geográficas Área: 8.515 mil km 2 População: 192,4 milhões Estados: 26 + Distrito Federal Dados Econômicos PIB 2011: R$ 4,1 trilhões

Leia mais

Teleconferência de Resultados Exercício 2009 e 4T09

Teleconferência de Resultados Exercício 2009 e 4T09 Teleconferência de Resultados Exercício 2009 e 4T09 Em português com tradução simultânea para inglês Horário: 13h (Brasil) / 11h (US-ET) Acesso em português: +55 (11) 4688 6361 Replay em português: +55

Leia mais

Simples Assim. Apresentação APIMEC. Novembro de 2007

Simples Assim. Apresentação APIMEC. Novembro de 2007 Simples Assim Apresentação APIMEC Novembro de 2007 1 Aviso Importante aos Acionistas da TNLP e TMAR Instrução CVM nº358, art. 12: Os acionistas controladores, diretos ou indiretos, e os acionistas que

Leia mais

Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações A POLÍTICA DE BANDA LARGA DO GOVERNO FEDERAL

Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações A POLÍTICA DE BANDA LARGA DO GOVERNO FEDERAL Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações A POLÍTICA DE BANDA LARGA DO GOVERNO FEDERAL Consulta pública sobre o decreto de políticas de telecomunicações Quando: de 18/10/2017 a 17/11/2017.

Leia mais

Estratégia de Sucesso

Estratégia de Sucesso Maio 2009 Estratégia de Sucesso Portfólio de Negócios Assegura Resultados Sergio Barroso Presidente do Conselho de Administração Disclaimer Termo de Renúncia Algumas declarações constantes nesta apresentação

Leia mais

Descrição do PAS Nº 039 Vip Phone

Descrição do PAS Nº 039 Vip Phone 1 EMPRESA CLARO S/A., incorporadora da Embratel S.A. 2 NOME DO PLANO Plano PAS - 039 LD 3 MODALIDADE DO STFC Longa Distância Nacional 4 DESCRIÇÃO RESUMIDA É um Plano Alternativo de Serviço para clientes

Leia mais

1. Destaques. Índice: Rio de Janeiro, RJ, Brasil, 28 de abril de 2009.

1. Destaques. Índice: Rio de Janeiro, RJ, Brasil, 28 de abril de 2009. Rio de Janeiro, RJ, Brasil, 28 de abril de 2009. Embratel Participações S.A. (Embratel Participações ou Embrapar ) (BOVESPA: EBTP4, EBTP3) detém 99,2 porcento da Empresa Brasileira de Telecomunicações

Leia mais

MERCADO DE CAPITALIZAÇÃO

MERCADO DE CAPITALIZAÇÃO MERCADO DE CAPITALIZAÇÃO EXERCÍCIO JAN A DEZ 2015 Números SUSEP 01/02/2016 1 1- O Mercado: A SUSEP divulgou hoje 01/02/2016 -o fechamento do Mercado de Capitalização do Exercício de 2015. Evidentemente

Leia mais

Incubadoras em Implantação. Distribuição regional NORTE AM 01 AP 02 PA 03 RO 01 TO 01 TOTAL 08

Incubadoras em Implantação. Distribuição regional NORTE AM 01 AP 02 PA 03 RO 01 TO 01 TOTAL 08 Incubadoras em Implantação Distribuição regional NORTE AM 01 AP 02 PA 03 RO 01 TO 01 TOTAL 08 CENTRO-OESTE DF 03 GO 02 MT 03 TOTAL 08 Total no Brasil - 74 Incubadoras SUL RS 02 TOTAL 02 NORDESTE AL 02

Leia mais

Valor Máximo dos Planos Alternativos Oi Móvel. Longa Distância (VC-2)² R$/minuto. Longa Distância (VC-3)² R$/minuto

Valor Máximo dos Planos Alternativos Oi Móvel. Longa Distância (VC-2)² R$/minuto. Longa Distância (VC-3)² R$/minuto SUMÁRIO Oferta Bônus Diário da Oi: Oferta para clientes pré-pagos, que concede bônus diário no valor referente ao quíntuplo dos créditos Oi Multiuso ativados e acumulados dentro do mês corrente. 1. VALORES

Leia mais

Apresentação dos Resultados do 1T10. Teleconferência de Resultados

Apresentação dos Resultados do 1T10. Teleconferência de Resultados Apresentação dos Resultados do 1T10 Teleconferência de Resultados Visão Geral do 1T10 2 Destaques A Companhia Alcançou Resultados Operacionais Positivos e Concluiu Plano de Capitalização Plano de Capitalização

Leia mais

MERCADO BRASILEIRO DE CAPITALIZAÇÃO JAN A DEZEMBRO DE 2014 SUSEP SES

MERCADO BRASILEIRO DE CAPITALIZAÇÃO JAN A DEZEMBRO DE 2014 SUSEP SES MERCADO BRASILEIRO DE CAPITALIZAÇÃO JAN A DEZEMBRO DE 2014 SUSEP SES lcastiglione@uol.com.br - 011-99283-6616 Página 1 1- RESULTADOS: O Mercado Brasileiro de Capitalização encerrou o período com um Lucro

Leia mais

TABELA I - OPERAÇÕES REALIZADAS PELAS DISTRIBUIDORAS

TABELA I - OPERAÇÕES REALIZADAS PELAS DISTRIBUIDORAS TABELA I - OPERAÇÕES REALIZADAS PELAS DISTRIBUIDORAS UF Gasolina Automotiva e Álcool Anidro Álcool Hidratado Óleo Combustível Gás Natural Veicular Internas Interesta-duais Internas Interestaduais Internas

Leia mais

Explorando as Oportunidades dos Serviços de Dados. Expo Money Brasília

Explorando as Oportunidades dos Serviços de Dados. Expo Money Brasília Explorando as Oportunidades dos Serviços de Dados Expo Money Brasília Conhecendo a TIM Aniversário de 15 anos de Listagem TIM: Uma Gigante Brasileira Crescimento Orgânico Receita Bruta (R$ Bi) 27,8 Base

Leia mais

1. Destaques. Índice: Rio de Janeiro, RJ, Brasil, 24 de julho de 2009.

1. Destaques. Índice: Rio de Janeiro, RJ, Brasil, 24 de julho de 2009. Rio de Janeiro, RJ, Brasil, 24 de julho de 2009. Embratel Participações S.A. ( Embrapar ) (BOVESPA: EBTP4, EBTP3) detém 99,2 porcento da Empresa Brasileira de Telecomunicações S.A. ( Embratel ), 100,0

Leia mais

Teleconferência de Resultados 2T10

Teleconferência de Resultados 2T10 Teleconferência de Resultados 2T10 Em português com tradução simultânea para inglês Horário: 13h (Brasil) / 12h (US-ET) Acesso em português: +55 (11) 4688 6361 Acesso em inglês: +1 (786) 924 6977 Replay

Leia mais

1. Destaques. Índice: Rio de Janeiro, RJ, Brasil, 27 de outubro de 2009.

1. Destaques. Índice: Rio de Janeiro, RJ, Brasil, 27 de outubro de 2009. Rio de Janeiro, RJ, Brasil, 27 de outubro de 2009. Embratel Participações S.A. ( Embrapar ) (BOVESPA: EBTP4, EBTP3) detém 99,2 porcento da Empresa Brasileira de Telecomunicações S.A. ( Embratel ), 100,0

Leia mais

Resultados 3T11. Telefônica Brasil S.A. São Paulo, 10 de Novembro de Relações com Investidores Telefónica do Brasil

Resultados 3T11. Telefônica Brasil S.A. São Paulo, 10 de Novembro de Relações com Investidores Telefónica do Brasil Resultados 3T11 Telefônica Brasil S.A. São Paulo, 10 de Novembro de 2011. Disclaimer Para fins de comparabilidade, os números do 3T10, acumulado 2011 e 2010 foram elaborados de forma combinada. Desta forma,

Leia mais

Resultados 4T14_. Relações com Investidores Telefônica Brasil S.A. Fevereiro, 2015.

Resultados 4T14_. Relações com Investidores Telefônica Brasil S.A. Fevereiro, 2015. Resultados 4T14_ Fevereiro, 2015. Disclaimer Esta apresentação pode conter declarações baseadas em estimativas a respeito dos prospectos e objetivos futuros de crescimento da base de assinantes, um detalhamento

Leia mais

NDICE GERAL SUM RIO EXECUTIVO... 15 1. APRESENTAÇ O... 24 PARTE 1 RESULTADOS DO SETOR... 25

NDICE GERAL SUM RIO EXECUTIVO... 15 1. APRESENTAÇ O... 24 PARTE 1 RESULTADOS DO SETOR... 25 NDICE GERAL SUM RIO EXECUTIVO... 15 1. APRESENTAÇ O... 24 PARTE 1 RESULTADOS DO SETOR... 25 2. ORGANIZAÇ O... 26 2.1 Formação das Operadoras de Celular do Brasil... 26 2.2 Bandas de Frequências... 30 3.

Leia mais

R$ milhões Consolidado Consolidado Combinado 1T12 4T11 % 1T11 % Receita Líquida Móvel 5.105, ,4 (2,9) 4.671,1 9,3

R$ milhões Consolidado Consolidado Combinado 1T12 4T11 % 1T11 % Receita Líquida Móvel 5.105, ,4 (2,9) 4.671,1 9,3 RECEITA OPERACIONAL LÍQUIDA Receita Líquida Móvel 5.105,6 5.260,4 (2,9) 4.671,1 9,3 Receita de serviço móvel 4.924,2 5.097,4 (3,4) 4.367,2 12,8 Franquia e utilização 2.599,8 2.660,5 (2,3) 2.322,6 11,9

Leia mais

Estratégia de Sucesso Resultados refletem portfólio de negócios equilibrado. Outubro, 2010

Estratégia de Sucesso Resultados refletem portfólio de negócios equilibrado. Outubro, 2010 Estratégia de Sucesso Resultados refletem portfólio de negócios equilibrado Outubro, 2010 Termo de Renúncia Algumas declarações e estimativas contidas neste material podem representar expectativas sobre

Leia mais

Evolução para um Operador Integrado Ronaldo Iabrudi

Evolução para um Operador Integrado Ronaldo Iabrudi Evolução para um Operador Integrado Ronaldo Iabrudi Costa do Sauípe, 25 de junho de 2005 JULHO / 1998: UM CONJUNTO DE 16 OPERADORAS PULVERIZADAS Mercado com altíssima demanda reprimida 16 16 (( 15 15 +

Leia mais

EMBRATEL OBTÉM RECEITA LÍQUIDA DE R$ 1,9 BILHÃO NO SEGUNDO TRIMESTRE DE

EMBRATEL OBTÉM RECEITA LÍQUIDA DE R$ 1,9 BILHÃO NO SEGUNDO TRIMESTRE DE INFORMATIVO Silvia M.R. Pereira Relações com Investidores tel: (55 21) 2519-9662 fax: (55 21) 2519-6388 email: invest@embratel.com.br Contato: Wallace Borges Grecco Relações com a Imprensa tel: (55 21)

Leia mais

TELEFONIA FIXA E MÓVEL

TELEFONIA FIXA E MÓVEL DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos TELEFONIA FIXA E MÓVEL NOVEMBRO DE 2015 PRODUTOS PLANTA DE TELEFONIA NO BRASIL 2011 Acessos fixos 14,4% Acessos móveis 85,6% FONTE: ANATEL dez/10 PLANTA

Leia mais

RESOLUÇÃO CFESS nº 516 /2007 de 28 de dezembro de 2007

RESOLUÇÃO CFESS nº 516 /2007 de 28 de dezembro de 2007 RESOLUÇÃO CFESS nº 516 /2007 de 28 de dezembro de 2007 RESOLVE: Aprova a Proposta Orçamentária do Conselho Federal e Conselhos Regionais de Serviço Social da 1 a., 2 a., 3 a., 4 a., 5 a., 6 a., 7 a., 8

Leia mais

Slide 1. Resultados 3T04

Slide 1. Resultados 3T04 Slide 1 Resultados 3T04 27 de outubro de 2004 Slide 2 Agenda Conclusão da Reestruturação Posicionamento Competitivo Resultados Financeiros Slide 3 Conclusão da Reestruturação A nova TSU: Com o dobro de

Leia mais

Descrição do PAS Nº 124 Vip Especial

Descrição do PAS Nº 124 Vip Especial 1 EMPRESA CLARO S/A., incorporadora da Embratel S.A. 2 NOME DO PLANO Plano PAS - 124 LD - 3 MODALIDADE DO STFC Longa Distância Nacional 4 MODALIDADE DO STFC Serviço de Longa Distância Nacional 5 DESCRIÇÃO

Leia mais

TELEFONIA FIXA E MÓVEL

TELEFONIA FIXA E MÓVEL DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos TELEFONIA FIXA E MÓVEL JUNHO DE 2017 O DEPEC BRADESCO não se responsabiliza por quaisquer atos/decisões tomadas com base nas informações disponibilizadas

Leia mais

O Ambiente Regulatório. Nelson Mitsuo Takayanagi

O Ambiente Regulatório. Nelson Mitsuo Takayanagi O Ambiente Regulatório Nelson Mitsuo Takayanagi Rio de Janeiro, 15/16 de abril de 2008 Regiões do e STFC RGIÃO I RJ, S, MG, AM, RR, AP, PA, MA, BA, S, PI, C, RN, PB, P, A RGIÃO II PR, SC, RS, GO, TO, MS,

Leia mais

CASTIGLIONE MERCADO BRASILEIRO DE CAPITALIZAÇÃO JAN A NOV DE 2015 SUSEP SES 11/01/2016

CASTIGLIONE MERCADO BRASILEIRO DE CAPITALIZAÇÃO JAN A NOV DE 2015 SUSEP SES 11/01/2016 MERCADO BRASILEIRO DE CAPITALIZAÇÃO JAN A NOV DE 2015 SUSEP SES 11/01/2016 1 1- RESULTADOS: O Mercado Brasileiro de Capitalização encerrou o período com um Lucro Líquido de R$ 1,6 bilhão contra R$ 1,7

Leia mais

Net Serviços de Comunicação S.A Reunião Pública com Investidores Resultados de 2006

Net Serviços de Comunicação S.A Reunião Pública com Investidores Resultados de 2006 Net Serviços de Comunicação S.A Reunião Pública com Investidores Resultados de 2006 A Companhia Destaques do trimestre Início dos investimentos para aumentar a bi-direcionalidade da rede; Expansão da oferta

Leia mais

Resultados Financeiros e Operacionais. 1º Trimestre de 2003

Resultados Financeiros e Operacionais. 1º Trimestre de 2003 Resultados Financeiros e Operacionais 1º Trimestre de 2003 Abril - 2003 Agenda Tendências Desafios Consórcio Brasil Celular Programa de Relacionamento Resultados Financeiros e Operacionais Amazônia Celular

Leia mais

Receita Líquida das Vendas de Mercadorias

Receita Líquida das Vendas de Mercadorias Teleconferência Resultados T2008 Quarta-feira, 30 de abril de 2008 Horário: h (Brasil) / 0h (US-ET) Telefone: () 20 4848 ou 0800 722 00 Replay: +55 () 20 4848 ou 0800 722 00 Código: Renner Aviso Legal

Leia mais

SETOR DE TELECOMUNICAÇÕES

SETOR DE TELECOMUNICAÇÕES SETOR DE TELECOMUNICAÇÕES NO BRASIL Audiência Pública no Senado Federal EDUARDO LEVY BRASÍLIA, 14 DE OUTUBRO DE 2015 A demanda por conectividade e mobilidade da sociedade está crescendo exponencialmente

Leia mais

Descrição do PAS Nº 179 Vip Único LDN 2600

Descrição do PAS Nº 179 Vip Único LDN 2600 1. EMPRESA CLARO S/A., incorporadora da Embratel S.A. 2. NOME DO PLANO Plano Vip Único Nacional PAS - 179 LD Vip Único 2600 3. MODALIDADE DO STFC Longa Distância Nacional 4. DESCRIÇÃO RESUMIDA O Plano

Leia mais

Explorando as Oportunidades dos Serviços de Dados. Expo Money Belo Horizonte

Explorando as Oportunidades dos Serviços de Dados. Expo Money Belo Horizonte Explorando as Oportunidades dos Serviços de Dados Expo Money Belo Horizonte Conhecendo a TIM 15 anos de Listagem na Bolsa TIM: Uma Gigante Brasileira Crescimento Receita Bruta (R$ Bi) 27,8 Base de Clientes

Leia mais

Apresentação Resultados 2T07

Apresentação Resultados 2T07 Apresentação Resultados 2T07 São Paulo, 15 de agosto de 2007 Contatos: Flávio Rocha Vice-Presidente e Diretor de RI Tulio Queiroz Gerente de RI ri@riachuelo.com.br Esta apresentação contém considerações

Leia mais

Brasil Telecom Celular

Brasil Telecom Celular Brasil Telecom Celular 1 Estratégia Como agregar telefonia móvel ao portfolio da Brasil Telecom? Serviço Local Dados & Corporativo Longa Distância Telefonia Móvel Evolução tecnológica através da telefonia

Leia mais

Gestão da Qualidade da Banda Larga

Gestão da Qualidade da Banda Larga Gestão da Qualidade da Banda Larga Agência Nacional de Telecomunicações Brasília, 21 de maio de 2013 METODOLOGIA DE MEDIÇÃO INDICADORES DE BANDA LARGA FIXA Avaliações realizadas através de medidores instalados

Leia mais

Resultados 2T12 e 1S12

Resultados 2T12 e 1S12 Resultados 2T12 e 1S12 Parque Flamboyant 56 Goiânia GO 15/08/2012 > Relações com Investidores Aviso Importante Nós fazemos declarações sobre eventos futuros que estão sujeitas a riscos e incertezas. Tais

Leia mais

RESULTADO DO 3º TRIMESTRE DE 2014

RESULTADO DO 3º TRIMESTRE DE 2014 RESULTADO DO 3º TRIMESTRE DE 2014 Receita bruta cresce Receita bruta atinge Margem EBITDA atinge 11,7% R$800,7 MM 17,7% Dickson Esteves Tangerino Presidente Octávio Fernandes Vice-Presidente de Operações

Leia mais

BRASIL TELECOM. Maio de Relações com Investidores

BRASIL TELECOM. Maio de Relações com Investidores BRASIL TELECOM Maio de 2010 Relações com Investidores A aquisição de Brasil Telecom era estratégica Backbone Nacional e Internacional * O Setor de Telecomunicações é um negócio de escala (rápidas mudanças

Leia mais

A receita de uso de rede diminuiu 6,1% em relação ao 3T11 e apenas 0,6% em relação ao 2T12, principalmente em função da redução da VU-M.

A receita de uso de rede diminuiu 6,1% em relação ao 3T11 e apenas 0,6% em relação ao 2T12, principalmente em função da redução da VU-M. RECEITA OPERACIONAL LÍQUIDA Receita Líquida Móvel 5.340,9 5.128,2 4,1 4.923,2 8,5 15.574,6 14.326,7 8,7 Receita de serviço móvel 5.078,2 4.959,7 2,4 4.697,9 8,1 14.962,1 13.535,4 10,5 Franquia e utilização

Leia mais

Tipo de Frete Estado Capital Peso do pedido (até) Frete capital Frete interior 1 AC RIO BRANCO 5,00 57,23 65,81 1 AC RIO BRANCO 10,00 73,49 84,51 1

Tipo de Frete Estado Capital Peso do pedido (até) Frete capital Frete interior 1 AC RIO BRANCO 5,00 57,23 65,81 1 AC RIO BRANCO 10,00 73,49 84,51 1 Tipo de Frete Estado Capital Peso do pedido (até) Frete capital Frete interior 1 AC RIO BRANCO 5,00 57,23 65,81 1 AC RIO BRANCO 10,00 73,49 84,51 1 AC RIO BRANCO 15,00 84,98 97,73 1 AC RIO BRANCO 20,00

Leia mais

TIM Participações S.A. Resultados do 2T de julho de 2006

TIM Participações S.A. Resultados do 2T de julho de 2006 TIM Participações S.A. Resultados do 2T06 24 de julho de 2006 1 Principais Realizações Desempenho do Mercado Desempenho Financeiro Ambiente Regulatório 2 Principais realizações Crescimento contínuo e com

Leia mais

Descrição do PAS Nº 271 Vip Multi Franquias

Descrição do PAS Nº 271 Vip Multi Franquias 1. EMPRESA CLARO S/A., incorporadora da Embratel S.A. 2. NOME DO PLANO Plano Vip Multi Franquias PAS 271 LD 3. MODALIDADE DO STFC Longa Distância Nacional 4. DESCRIÇÃO RESUMIDA O Plano Vip - Multi Franquias

Leia mais

Atualização do Plano Estratégico

Atualização do Plano Estratégico Londres, 03 de dezembro de 2008 Atualização do Plano Estratégico 2009-2011 TIM Participações TIM Brasil: Ações de Recuperação 2008 Ações TIM 1. Melhorando o processo de caring para clientes de alto valor

Leia mais

Apresentação Corporativa

Apresentação Corporativa Relações com Investidores Apresentação Corporativa Novembro/2012 Mercado Brasileiro de Telecomunicações Oi: Perfil, Cobertura e Estratégia Resultados Operacionais e Financeiros Anexos 1 VISÃO RESUMIDA

Leia mais

Mortos e Acidentes por Unidade Federativa

Mortos e Acidentes por Unidade Federativa e Acidentes por Unidade Federativa - 2016 Data: 23/05/2017 FILTROS: Veículos: Todos, Caminhões, Ônibus Valores: Absolutos Estado: Todos BR: Todas Estados com maior número de mortes e acidentes - 2016 Este

Leia mais

Teleconferência de Resultados 4T11 e Exercício 2011

Teleconferência de Resultados 4T11 e Exercício 2011 Teleconferência de Resultados 4T e Exercício 20 Horário: 4h (Brasil) / h (US-ET) Acesso em português: +55 () 327 497 Replay em português : +55 () 327 4999 / Senha: 787440 Acesso em inglês: + (56) 300 066

Leia mais

Aviso Legal. Todos os dados do exercício de 2004, apresentados neste material, referem-se à Controladora, enquanto que 2005 e 2006 são Consolidados.

Aviso Legal. Todos os dados do exercício de 2004, apresentados neste material, referem-se à Controladora, enquanto que 2005 e 2006 são Consolidados. Resultados 2006 Quinta-feira, 15 de fevereiro de 2007 Horário: 11h (Brasil) / 8h (US-ET) Tel: 0800 722 0011 ou (11) 2101 4848 Replay: (11) 2101 4848 Código: Lojas Renner 1 Aviso Legal Eventuais declarações

Leia mais

Resultados. Telefônica Brasil S.A

Resultados. Telefônica Brasil S.A Resultados 4T11 e 2011 16.02.2012 Disclaimer Para fins de comparabilidade, os números do 4T10, acumulado 2011 e 2010 foram elaborados de forma combinada. Desta forma, as variações trimestrais e anuais

Leia mais

Descrição do PAS Nº 149 VBL 800

Descrição do PAS Nº 149 VBL 800 1. EMPRESA CLARO S/A., incorporadora da Embratel S.A. 2. NOME DO PLANO Plano PAS 149 LD 3. MODALIDADE DO STFC Serviço de Longa Distância Nacional 4. DESCRIÇÃO RESUMIDA Este plano foi planejado para atender

Leia mais

Descrição do PAS Nº 177 Vip Único LDN 1000

Descrição do PAS Nº 177 Vip Único LDN 1000 1. EMPRESA CLARO S/A., incorporadora da Embratel S.A. 2. NOME DO PLANO Plano Vip Único Nacional PAS - 177 LD 3. MODALIDADE DO STFC Longa Distância Nacional 4. DESCRIÇÃO RESUMIDA O Plano Vip Único Nacional

Leia mais

Relatório de Dados do Programa de Microcrédito 2º. Trimestre de 2012

Relatório de Dados do Programa de Microcrédito 2º. Trimestre de 2012 Ministério do Trabalho e Emprego Programa Nacional de Microcrédito Produtivo Orientado Relatório de Dados do Programa de Microcrédito 2º. de 2012 1. Resultados do Programa de Microcrédito no 2 de 2012.

Leia mais

Divulgação dos Resultados 3T17

Divulgação dos Resultados 3T17 Divulgação dos Resultados 1 Aviso legal O material divulgado pela Companhia reflete as expectativas dos administradores e poderá conter estimativas sobre eventos futuros. Quaisquer informações, dados em

Leia mais

MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE VAGAS EM CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR E DE NÍVEL MÉDIO DEMANDA DE CANDIDATOS POR VAGA

MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE VAGAS EM CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR E DE NÍVEL MÉDIO DEMANDA DE CANDIDATOS POR VAGA Nível superior Cargo 1: Contador DF Brasília/Sede da Administração Central 35 1820 52,00 Nível médio Cargo 2: Agente Administrativo AC Rio Branco/Sede da SRTE 2 1496 748,00 Nível médio Cargo 2: Agente

Leia mais