PESQUISANDO JOGOS. Luiz Cláudio Silveira Duarte

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PESQUISANDO JOGOS. Luiz Cláudio Silveira Duarte"

Transcrição

1 PESQUISANDO JOGOS Luiz Cláudio Silveira Duarte Brasília, 21 de abril de 2015

2 MAS ISSO SE ESTUDA? HUIZINGA (1938), Homo ludens. CAILLOIS (1958), Les jeux et les hommes. ABT (1970), Serious Games. ROLLINGS e MORRIS (2012), Game Architecture and Design. SALEN e ZIMMERMAN (2004), Rules of Play. AVEDON e SUTTON-SMITH (1971), The Study of Games. BJÖRK e HOLOPAINEN (2005), Patterns in Game Design. SIMONSEN (1977), Image and System: Graphics and Physical Systems Design. HUNICKE, LEBLANC e ZUBEK (2004), A Formal Approach to Game Design and Game Research. JÄRVINEN (2009), Games Without Frontiers. JUUL (2011), Half-Real. ELIAS, GARFIELD e GUTSCHERA (2012), Characteristics of Games.

3 ESCREVENDO DUARTE (2012), Jogos de Tabuleiro no Design de Jogos Digitais. DUARTE (2013), Narrativa e Simulação em Jogos. DUARTE, BATTAIOLA e SILVA (2014), Distinctive Features in Games.

4 EVOLUÇÃO DO PROJETO Março de 2013: narrativas em jogos, usando a Matéria da Bretanha como foco Maio de 2013: uma metodologia para o design conceitual de jogos de tabuleiro Fevereiro de 2014: recomendações para o design de jogos de tabuleiro

5 O DESAFIO Como definir jogos?

6 MODELO CLÁSSICO DE JOGO JUUL (2003), The game, the player, the world

7 WITTGENSTEIN 66. Considere, por exemplo, as atividades a que chamamos "jogos". Quero dizer jogos de tabuleiro, jogos de cartas, jogos atléticos, e assim por diante. O que é comum a todos eles? [ ] Pois se você olha para eles, você não vê algo que seja comum a todos, e sim similaridades e afinidades --- na verdade, uma grande quantidade delas. WITTGENSTEIN (1953), Philosophical Investigations

8 TRAÇOS DISTINTIVOS Traços Distintivos (TDs) são categorias binárias que representam características de um fenômeno. [+vivo,-humano, +feminino] [-vivo, +humano, +feminino] CHOMSKY e HALLE (1968), The Sound Pattern of English.

9 TRAÇOS DISTINTIVOS EM JOGOS A proposta: usar TDs para representar formalmente algumas características de jogos. [-digital, +tabuleiro,+cartas] [+digital,-tabuleiro,-cartas]

10 DISTINGUINDO JOGOS A distinção nem sempre é clara. O Xadrez é um jogo digital? E o Pôquer?

11 AXIOMA Um traço distintivo aplicável a uma instância particular de um jogo não se aplica necessariamente a todas as instâncias daquele jogo. [-digital, +tabuleiro,-cartas] [+digital,+tabuleiro,-cartas]

12 PRIMEIRA SESSÃO-PILOTO Jogo selecionado: Commands & Colors: Napoleonics

13 SEGUNDA SESSÃO-PILOTO Jogo selecionado: Ardennes

14 TERCEIRA SESSÃO-PILOTO Jogo selecionado: Maharaja

15 QUARTA SESSÃO-PILOTO Jogo selecionado: Das Ende des Triumvirats

16 INVENTÁRIO DE TRAÇOS DISTINTIVOS

17 CURSO DE EXTENSÃO - JOGOS SELECIONADOS

18 QUESTIONÁRIO DE ANÁLISE DE JOGOS

19 O CURSO DE EXTENSÃO

20 AMOSTRA DOS RESULTADOS

21 OS TRAÇOS DISTINTIVOS SEGUNDO OS PARTICIPANTES

22 COMPARAÇÃO DOS RESULTADOS COM VALORES ESPERADOS

23 DINÂMICAS EMERGENTES [Comportamento emergente] ocorre quando as interações entre objetos do mundo do jogo, ou as ações do jogador, resultam em uma segunda ordem de consequências, que não foi planejada e talvez nem prevista pelos criadores do jogo. SWEETSER (2008) Emergence in Games.

24 JOGADORES RACIONAIS? Conan! O que é melhor na vida? Esmagar seus inimigos, vê-los fugir à sua frente, e ouvir os lamentos de suas mulheres.

25 MECÂNICA, DINÂMICA, ESTÉTICA Mecânica descreve os componentes específicos do jogo, no nível da representação de dados e dos algoritmos. Estética descreve as respostas emocionais desejáveis que são provocadas no jogador, quando ele interage com o sistema de jogo. Dinâmica descreve o comportamento da mecânica, em tempo de execução, conforme as ações do jogador e os resultados da interação entre jogador e mecânicas. HUNICKE, LEBLANC e ZUBEK (2004), A Formal Approach to Game Design and Game Research.

26 REPENSANDO O MDA DUARTE (2015), Revisiting the MDA Framework".

27 EM QUE A TEORIA AJUDA? Experiência - uma caixa de ferramentas lúdica Análise de similares Projeto teórico

28 TENTANDO MUDAR ISSO

29 Fim 29

2 Trabalhos relacionados

2 Trabalhos relacionados 2 Trabalhos relacionados Esta seção descreve os principais trabalhos relacionados ao framework aqui produzido. Uma discussão sobre os aspectos gerais de jogos está fora dos objetivos deste dissertação.

Leia mais

FARMÁCIAS EM DISPONIBILIDADE

FARMÁCIAS EM DISPONIBILIDADE Concelho de OLHÃO - Mês de Janeiro de 2014 1/12 Concelho de OLHÃO - Mês de Fevereiro de 2014 2/12 Concelho de OLHÃO - Mês de Março de 2014 3/12 Concelho de OLHÃO - Mês de Abril de 2014 4/12 Concelho de

Leia mais

COMUNICAÇÃO APLICADA MÓDULO 3

COMUNICAÇÃO APLICADA MÓDULO 3 COMUNICAÇÃO APLICADA MÓDULO 3 Índice 1. Semiótica...3 1.1. Conceito... 3 1.2. Objetivos da Semiótica... 4 1.3. Conceitos Básicos... 4 1.3.1. Signo... 4 1.3.2. Índices... 4 1.3.3. Símbolo... 4 1.4. Conceito...

Leia mais

Comunicação em jogo: a relação entre as mudanças organizacionais e as atividades lúdicas

Comunicação em jogo: a relação entre as mudanças organizacionais e as atividades lúdicas Comunicação em jogo: a relação entre as mudanças organizacionais e as atividades lúdicas Tainah Schuindt Ferrari Veras Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Bauru/SP e-mail: tainah.veras@gmail.com

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE SANTO ANTÔNIO DA PLATINA - PR

CÂMARA MUNICIPAL DE SANTO ANTÔNIO DA PLATINA - PR JANEIRO 75 0 75 2 73 1440 0 1440 104 1336 7 0 7 5 2 119 0 119 1 118 293 0 293 11 282 225 0 225 5 220 2 0 2 0 2 116 0 116 4 112 Página 1 de 12 FEVEREIRO 73 0 73 2 71 1336 0 1336 385 951 2 0 2 2 0 118 0

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE SANTO ANTÔNIO DA PLATINA - PR. Planilha Controle de Estoque - Materiais de Limpeza - 2013 ESTOQUE ANTERIOR

CÂMARA MUNICIPAL DE SANTO ANTÔNIO DA PLATINA - PR. Planilha Controle de Estoque - Materiais de Limpeza - 2013 ESTOQUE ANTERIOR JANEIRO 20 0 20 1 19 13 0 13 0 13 0 5 5 0 5 16 0 16 1 15 17 0 17 0 17 5 0 5 2 3 20 0 20 2 18 107 0 107 5 102 59 0 59 1 58 23 0 23 1 22 215 0 215 7 208 60 0 60 1 59 5 0 5 0 5 5 0 5 1 4 Página 1 de 12 FEVEREIRO

Leia mais

Fabiano Naspolini de Oliveira fabiano@fabricadejogos.net www.fabricadejogos.net

Fabiano Naspolini de Oliveira fabiano@fabricadejogos.net www.fabricadejogos.net Fabiano Naspolini de Oliveira fabiano@fabricadejogos.net www.fabricadejogos.net Conceito de Game Design Game Designer e Perfil Diversão e Teoria do Fluxo (Flow) Processo de Produção e o Game Design Técnicas

Leia mais

Prof. Marcelo Henrique dos Santos

Prof. Marcelo Henrique dos Santos POR QUE ESTUDAR COMPUTAÇÃO GRÁFICA? Quem quiser trabalhar em áreas afins: Entretenimento Jogos e filmes Visualização Simulação de fenômenos físicos Arte computadorizada Educação e treinamento Processamento

Leia mais

Inteligência Artificial

Inteligência Artificial Inteligência Artificial Prof. Rafael Stubs Parpinelli DCC / UDESC-Joinville parpinelli@joinville.udesc.br www.joinville.udesc.br/portal/professores/parpinelli www2.joinville.udesc.br/~coca/ Agentes Inteligentes:

Leia mais

O caminho para a conquista do seu futuro aluno

O caminho para a conquista do seu futuro aluno O caminho para a conquista do seu futuro aluno O melhor momento para conquistar o coração de um aluno não é na hora da matrícula, é pelo menos oito meses antes. Essa afirmação vem Publicado Junho 2015

Leia mais

O que é jogo? Ludificador

O que é jogo? Ludificador Ludificador 1. O que é jogo? Já parou para pensar nisso? O que é jogo? Parece fácil em um primeiro momento, mas tente definir de maneira clara, objetiva e em no máximo 140 caracteres do Twitter esta ideia.

Leia mais

Nosso Planeta Mobile: Brasil

Nosso Planeta Mobile: Brasil Nosso Planeta Mobile: Brasil Como entender o usuário de celular Maio de 2012 1 Resumo executivo Os smartphones se tornaram indispensáveis para nosso cotidiano. A difusão dos smartphones atinge 14% da população,

Leia mais

Crie seu mecanismo de envolvimento: parte 3

Crie seu mecanismo de envolvimento: parte 3 ESCRITO POR David Mogensen PUBLICADO EM Dezembr o 2013 Crie seu mecanismo de envolvimento: parte 3 RESUMO Em um período em que os profissionais de marketing acham que seu trabalho mudou mais em dois anos

Leia mais

Nosso Planeta Mobile: Brasil

Nosso Planeta Mobile: Brasil Nosso Planeta Mobile: Brasil Como entender o usuário de celular Maio de 2013 1 Resumo executivo Os smartphones se tornaram indispensáveis para nosso cotidiano. A difusão dos smartphones atinge 26 % da

Leia mais

Jogos (IN)DICA-SUS e Banfisa: formação de profissionais de saúde pelo recriar-se do lúdico

Jogos (IN)DICA-SUS e Banfisa: formação de profissionais de saúde pelo recriar-se do lúdico Jogos (IN)DICA-SUS e Banfisa: formação de profissionais de saúde pelo recriar-se do lúdico Profa. PhD. Maria Raquel Gomes Maia Pires, UnB Profa. PhD. Dirce Güilhem, UnB Profa. Dra. Leila B D Göttems, ESCS-SES-DF

Leia mais

Colégio Casimiro de Abreu Sistema Dom Bosco de ensino

Colégio Casimiro de Abreu Sistema Dom Bosco de ensino Caro(a) Conveniado, O COLÉGIO CASIMIRO DE ABREU, escola dedicada ao Ensino Fundamental I, II e Ensino Médio, tem grande satisfação em oferecer a você, através do convênio com o SEAAC, um benefício que

Leia mais

Estratégias de Pesquisa

Estratégias de Pesquisa Estratégias de Pesquisa Ricardo de Almeida Falbo Metodologia de Pesquisa Departamento de Informática Universidade Federal do Espírito Santo Agenda Survey Design e Criação Estudo de Caso Pesquisa Ação Experimento

Leia mais

Pesquisa Edição ipad Pesquisa Edição ipad

Pesquisa Edição ipad Pesquisa Edição ipad 1 Agenda 1 Sobre a 2 Perfil dos Leitores 3 Acesso àedição 4 Avaliação da Edição 5 Conclusões 2 Agenda 1 Sobre a 2 Perfil dos Leitores 3 Acesso àedição 4 Avaliação da Edição 5 Conclusões 3 Sobre a Objetivo

Leia mais

- Aula 03_2012 - Profa. Ms. Karen Reis

- Aula 03_2012 - Profa. Ms. Karen Reis Protótipos de Jogos Digitais - Aula 03_2012-1 Design de Games Só temos GAMES quando há: contexto interessante, direcionados a um objetivo e limitado por regras. Os games da era pós-digital se apoiam em

Leia mais

Neurodinâmica do Mercado de Ações

Neurodinâmica do Mercado de Ações Neurodinâmica do Mercado de Ações Armando Freitas da Rocha Eina Estudos em Inteligência Natural e Artificial Rua Tenente Ary Aps, 172 13207-110 Jundiaí Fone: (11) 4535-1414 Direitos Reservados: Eina The

Leia mais

Willian Almeida Rodrigues CARD PROJECT PRO

Willian Almeida Rodrigues CARD PROJECT PRO Willian Almeida Rodrigues CARD PROJECT PRO Palmas TO 2013 1 Willian Almeida Rodrigues CARD PROJECT PRO Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) elaborado e apresentado como requisito parcial para obtenção

Leia mais

REFLEXÕES ACERCA DO PAPEL DO DESIGNER DE GAMES

REFLEXÕES ACERCA DO PAPEL DO DESIGNER DE GAMES REFLEXÕES ACERCA DO PAPEL DO DESIGNER DE GAMES Delmar Galisi Domingues Universidade Anhembi Morumbi São Paulo Brasil Resumo Este artigo faz uma reflexão sobre o papel do designer de games a partir da visão

Leia mais

SISTEMAS ABERTOS. Nichollas Rennah

SISTEMAS ABERTOS. Nichollas Rennah SISTEMAS ABERTOS Nichollas Rennah Conceito O Sistema aberto caracteriza-se por um intercâmbio de transações com o ambiente e conserva-se constantemente no mesmo estado(auto-regulação) apesar de a matéria

Leia mais

Brincando com as Letras: Um serious game para o ensino do Alfabeto

Brincando com as Letras: Um serious game para o ensino do Alfabeto Brincando com as Letras: Um serious game para o ensino do Alfabeto Alcides Teixeira Barboza Jr 1, Ismar Frango Silveira 2 1,2 Programa de Pós-Graduação em Engenharia Elétrica e Computação Universidade

Leia mais

Prof. Dr. Guanis de Barros Vilela Junior

Prof. Dr. Guanis de Barros Vilela Junior Prof. Dr. Guanis de Barros Vilela Junior INTRODUÇÃO O que é pesquisa? Pesquisar significa, de forma bem simples, procurar respostas para indagações propostas. INTRODUÇÃO Minayo (1993, p. 23), vendo por

Leia mais

História e ensino da tabela periódica através de jogo educativo

História e ensino da tabela periódica através de jogo educativo História e ensino da tabela periódica através de jogo educativo Caroline Gomes Romano e-mail: carolgromano@hotmail.com Ana Letícia Carvalho e-mail: anale.carvalho03@gmail.com Isabella Domingues Mattano

Leia mais

Tutorial Rápido para Quizlet - em português!

Tutorial Rápido para Quizlet - em português! Tutorial Rápido para Quizlet - em português! Site: Quizlet.com 1. Fazendo login Há duas formas de se fazer login no Quizlet: Login pelo facebook - Se você já tem uma conta no Facebook, não precisa criar

Leia mais

Fábio Henrique de Sousa Coelho. PREVIC Superintendência Nacional de Previdência Complementar

Fábio Henrique de Sousa Coelho. PREVIC Superintendência Nacional de Previdência Complementar Fábio Henrique de Sousa Coelho PREVIC Superintendência Nacional de Previdência Complementar Mantendo o foco na gestão: Analisando a rentabilidade dos planos e entidades Análise de Rentabilidades deve ser

Leia mais

1. Conceitos de sistemas. Conceitos da Teoria de Sistemas. Conceitos de sistemas extraídos do dicionário Aurélio:

1. Conceitos de sistemas. Conceitos da Teoria de Sistemas. Conceitos de sistemas extraídos do dicionário Aurélio: 1. Conceitos de sistemas Conceitos da Teoria de Sistemas OPTNER: É um conjunto de objetos com um determinado conjunto de relações entre seus objetos e seus atributos. TILLES: É um conjunto de partes inter-relacionadas.

Leia mais

Princípios de pesquisa na área de educação: análise de dados.

Princípios de pesquisa na área de educação: análise de dados. www..botanicaonline.com.br Site organizado pela Profa. Dra. Suzana Ursi Depto. de Botânica, Instituto de Biociências, USP Princípios de pesquisa na área de educação: análise de dados. Autor: João Rodrigo

Leia mais

Jogos Digitais: definições, classificações e avaliação. Tópicos em Engenharia de Computação VI. Introdução aos Jogos Digitais

Jogos Digitais: definições, classificações e avaliação. Tópicos em Engenharia de Computação VI. Introdução aos Jogos Digitais Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP Faculdade de Engenharia Elétrica e de Computação - FEEC UNICAMP Jogos Digitais: definições, classificações e avaliação. Tópicos em Engenharia de Computação VI

Leia mais

Jogos Eletrônicos. Aula 01 Jogos Eletrônicos e Game Design. Edirlei Soares de Lima

Jogos Eletrônicos. Aula 01 Jogos Eletrônicos e Game Design. Edirlei Soares de Lima <edirlei.lima@uniriotec.br> Jogos Eletrônicos Aula 01 Jogos Eletrônicos e Game Design Edirlei Soares de Lima Introdução O que é um jogo? Jogar uma bola contra uma parede pode ser considerado um jogo? Introdução

Leia mais

Behavioral Patterns - Command

Behavioral Patterns - Command Encapsula uma requisição como um objeto. Um comando como um objeto. Situação onde é necessário emitir requisição e não se tem conhecimento sobre o que exatamente será feito ou o receptor não desconhece

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA DEPARTAMENTO DE ELETRÔNICA E COMPUTAÇÃO Programa de Pós-Graduação em Informática

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA DEPARTAMENTO DE ELETRÔNICA E COMPUTAÇÃO Programa de Pós-Graduação em Informática UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA DEPARTAMENTO DE ELETRÔNICA E COMPUTAÇÃO Programa de Pós-Graduação em Informática Estudo e aperfeiçoamento da técnica de steering behaviors na simulação física de fluidos

Leia mais

mspeed (modelling and Simulation of Emergency Evacuation Dynamics) Modelo Dinâmico de Simulação Pedonal em Emergências

mspeed (modelling and Simulation of Emergency Evacuation Dynamics) Modelo Dinâmico de Simulação Pedonal em Emergências mspeed (modelling and Simulation of Emergency Evacuation Dynamics) João Emílio Almeida (FEUP) Rosaldo J. F. Rossetti (FEUP) António Leça Coelho (LNEC) 1 Estrutura da apresentação Simulação e simuladores

Leia mais

- Aula 02_2012 - Profa. Ms. Karen Reis

- Aula 02_2012 - Profa. Ms. Karen Reis Protótipos de Jogos Digitais - Aula 02_2012-1 Definição para JOGO DIGITAL (GAME) É uma atividade lúdica composta por uma série de ações e decisões, limitado por regras e pelo universo do GAME, que resultam

Leia mais

MERCADO DE AÇÕES MULHERES

MERCADO DE AÇÕES MULHERES MULHERES NA BOLSA 32 REVISTA RI Março 2011 Está ficando para trás o tempo em que a Bolsa de Valores era um reduto identificado com o gênero masculino. Hoje esse espaço também já é ocupado pelas mulheres

Leia mais

Inteligência Artificial

Inteligência Artificial Inteligência Artificial Licenciatura em Computação Prof. Adriano Avelar Site: www.adrianoavelar.com Email: eam.avelar@gmail.com Agentes Inteligentes Um agente é algo capaz de perceber seu ambiente por

Leia mais

... MERCADO DE GAMES NO BRASIL EM FASE DE CONSTRUÇÃO! MUITOS CAMPOS ABERTOS, PORÉM SEM A ESPECIALIZAÇÃO NECESSÁRIA. Precisa-se de mão de obra para:

... MERCADO DE GAMES NO BRASIL EM FASE DE CONSTRUÇÃO! MUITOS CAMPOS ABERTOS, PORÉM SEM A ESPECIALIZAÇÃO NECESSÁRIA. Precisa-se de mão de obra para: MERCADO DE GAMES NO BRASIL EM FASE DE CONSTRUÇÃO! Precisa-se de mão de obra para: Marketing Vendas Distribuição Finanças Localização Desenvolvimento de novos negócios Programação... MUITOS CAMPOS ABERTOS,

Leia mais

DISPOSITIVOS MÓVEIS NA ESCOLA: POSSIBILIDADES NA SALA DE AULA

DISPOSITIVOS MÓVEIS NA ESCOLA: POSSIBILIDADES NA SALA DE AULA DISPOSITIVOS MÓVEIS NA ESCOLA: POSSIBILIDADES NA SALA DE AULA Jessica Kelly Sousa Ferreira PPGFP-UEPB jessicaferreiraprofe@gmail.com INTRODUÇÃO A presente pesquisa embasa-se nos pressupostos de que o uso

Leia mais

Solução para Central ACTIVE Leucotron. Opere seu ramal usando seu próprio computador!

Solução para Central ACTIVE Leucotron. Opere seu ramal usando seu próprio computador! Solução para Central ACTIVE Leucotron Opere seu ramal usando seu próprio computador! O software Contact Phone é rápido e fácil de usar, reúne todas as facilidades de um terminal KS físico mais os recursos

Leia mais

MB Engine: Game Engine para a Construção de Jogos em HTML 5

MB Engine: Game Engine para a Construção de Jogos em HTML 5 102 MB Engine: Game Engine para a Construção de Jogos em HTML 5 Maik Basso 1, Carine Piovesan Lopes 1, Fábio José Parreira 2, Sidnei Renato Silveira 2 1 Curso de Bacharelado em Sistemas de Informação 2

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA CENTRO DE TECNOLOGIA AULA 06 PROFª BRUNO CALEGARO

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA CENTRO DE TECNOLOGIA AULA 06 PROFª BRUNO CALEGARO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA CENTRO DE TECNOLOGIA AULA 06 PROFª BRUNO CALEGARO Santa Maria, 27 de Setembro de 2013. Revisão aula anterior Desenvolvimento Ágil de Software Desenvolvimento e entrega

Leia mais

TÍTULO: A EXPECTATIVA DOS PROFESSORES COM A IMPLANTAÇÃO DAS LOUSAS DIGITAIS

TÍTULO: A EXPECTATIVA DOS PROFESSORES COM A IMPLANTAÇÃO DAS LOUSAS DIGITAIS TÍTULO: A EXPECTATIVA DOS PROFESSORES COM A IMPLANTAÇÃO DAS LOUSAS DIGITAIS CATEGORIA: EM ANDAMENTO ÁREA: CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS SUBÁREA: PEDAGOGIA INSTITUIÇÃO: UNIVERSIDADE ANHEMBI MORUMBI AUTOR(ES):

Leia mais

DESIGN DE GAMES APRESENTAÇÃO. MARCELO HENRIQUE DOS SANTOS http://www.marcelohsantos.com marcelosantos@outlook.com

DESIGN DE GAMES APRESENTAÇÃO. MARCELO HENRIQUE DOS SANTOS http://www.marcelohsantos.com marcelosantos@outlook.com DESIGN DE GAMES DESIGN DE GAMES APRESENTAÇÃO MARCELO HENRIQUE DOS SANTOS http://www.marcelohsantos.com marcelosantos@outlook.com Bacharel em Sistema de Informação Pós Graduado em Games : Produção e Programação

Leia mais

Módulo de projetos ágeis Scrum Módulo de Projetos Ágeis Scrum

Módulo de projetos ágeis Scrum Módulo de Projetos Ágeis Scrum Módulo de Projetos Ágeis Fevereiro 2015 Versão Módulo de Projetos Ágeis O nome vem de uma jogada ou formação do Rugby, onde 8 jogadores de cada time devem se encaixar para formar uma muralha. É muito importante

Leia mais

APLICAÇÃO DE MAPAS MENTAIS DURANTE O BRAINSTORM DE UM JOGO DIGITAL

APLICAÇÃO DE MAPAS MENTAIS DURANTE O BRAINSTORM DE UM JOGO DIGITAL APLICAÇÃO DE MAPAS MENTAIS DURANTE O BRAINSTORM DE UM JOGO DIGITAL Davi Shinji Mota Kawasaki (PIBIC/Fundação Araucária), José Augusto Fabri (Orientador), e-mail: davishinjik@gmail.com; fabri@utfpr.edu.br.

Leia mais

ESTATÍSTICA E PROBABILIDADE A PARTIR DO JOGO TRAVESSIA DO RIO. Palavras-chave: resolução de problemas; jogo; problematizações.

ESTATÍSTICA E PROBABILIDADE A PARTIR DO JOGO TRAVESSIA DO RIO. Palavras-chave: resolução de problemas; jogo; problematizações. ESTATÍSTICA E PROBABILIDADE A PARTIR DO JOGO TRAVESSIA DO RIO Cidinéia da Costa Luvison SME Bragança Paulista/SP; SEE - Morungaba/SP E-mail: cidineiadacosta.luvison@gmail.com Cleane Aparecida dos Santos

Leia mais

Brasil além da bola - Copa 2014

Brasil além da bola - Copa 2014 Expectativas e percepção dos brasileiros sobre a Copa 2014 no Brasil. Legado, imagem e patrocínios. 10 de Junho de 2014 Avaliações são realizadas cotizando-se promessas, e as expectativas que geram, com

Leia mais

Proposta de Prestação de Serviço de Consultoria Arsenal, O Jogo de Guerra - Liderança e Trabalho em Equipe

Proposta de Prestação de Serviço de Consultoria Arsenal, O Jogo de Guerra - Liderança e Trabalho em Equipe 1. Apresentação Nas duas guerras mundiais do século passado, os líderes militares das principais nações envolvidas utilizavam jogos de guerra para definição de estratégias e táticas de combate. Os jogos

Leia mais

Manual do Usuário 2013

Manual do Usuário 2013 Manual do Usuário 2013 MANUAL DO USUÁRIO 2013 Introdução Um ambiente virtual de aprendizagem é um programa para computador que permite que a sala de aula migre para a Internet. Simula muitos dos recursos

Leia mais

Aula 3 Introdução à Avaliação de Impacto Aula 3

Aula 3 Introdução à Avaliação de Impacto Aula 3 Aula 3 Introdução à Avaliação de Impacto Aula 3 Introdução à Avaliação de Impacto Quando a chuva cai, necessariamente, a rua fica molhada. Se a rua está molhada, pode ter chovido. Mas, não necessariamente!

Leia mais

A mágica do jogo e o potencial do brincar

A mágica do jogo e o potencial do brincar A mágica do jogo e o potencial do brincar Roberta Purper Brandão Maria Inês Garcia de Freitas Bittencourt Junia de Vilhena PUC-RJ, Departamento de Psicologia, Brasil Abstract The article explores the potential

Leia mais

Resenha. Ergodesign e arquitetura da informação: trabalhando com o usuário (Luiz Agner, Rio de Janeiro, Quartet Editora, 2006, 173 p.

Resenha. Ergodesign e arquitetura da informação: trabalhando com o usuário (Luiz Agner, Rio de Janeiro, Quartet Editora, 2006, 173 p. Resenha Ergodesign e arquitetura da informação: trabalhando com o usuário (Luiz Agner, Rio de Janeiro, Quartet Editora, 2006, 173 p.) Thiago de Andrade Marinho 1 Ergodesign e Arquitetura de Informação:

Leia mais

(Modelo de) Relatório: 1-Introdução. 2-Materiais e métodos. 3-Análise descritiva dos dados

(Modelo de) Relatório: 1-Introdução. 2-Materiais e métodos. 3-Análise descritiva dos dados (Modelo de) Relatório: 1-Introdução (Nessa seção faz-se uma apresentação/contextualização do problema e descreve-se como está organizado o relatório) Ex: Neste trabalho temos o objetivo de traçar o perfil

Leia mais

ENG1000 Introdução à Engenharia

ENG1000 Introdução à Engenharia ENG1000 Introdução à Engenharia Aula 02 Introdução ao Game Design Edirlei Soares de Lima Introdução O que é um jogo? Jogar uma bola contra uma parede pode ser considerado um jogo?

Leia mais

INF 1771 Inteligência Artificial

INF 1771 Inteligência Artificial INF 1771 Inteligência Artificial Aula 02 Agentes Inteligentes Edirlei Soares de Lima Agentes Inteligentes Um agente é algo capaz de perceber seu ambiente por meio de sensores e de

Leia mais

Marins & Molnar Business Solutions

Marins & Molnar Business Solutions 1 2 Como Nasceu Um homem com uma idéia nova é um excêntrico... até que a idéia dê certo 3 Qualidade para Secretarias O papel único da secretaria no processo de sistematização da qualidade Seus componentes

Leia mais

3 Metodologia. 3.1. Tipo de pesquisa

3 Metodologia. 3.1. Tipo de pesquisa 3 Metodologia Neste capítulo apresenta-se a pesquisa realizada, abrangendo o tipo de pesquisa, os critérios para a seleção de sujeitos, o processo de coleta de dados e o tratamento de dados. 3.1. Tipo

Leia mais

INF 1771 Inteligência Artificial

INF 1771 Inteligência Artificial Edirlei Soares de Lima INF 1771 Inteligência Artificial Aula 02 Agentes Inteligentes Agentes Inteligentes Um agente é algo capaz de perceber seu ambiente por meio de sensores e de

Leia mais

AULA 13 Dados verbais

AULA 13 Dados verbais 1 AULA 13 Dados verbais Ernesto F. L. Amaral 05 de maio de 2011 Metodologia (DCP 033) Fonte: Flick, Uwe. 2009. Desenho da pesquisa qualitativa. Porto Alegre: Artmed. pp.105-118. OBJETIVO DA AULA 2 Apresentar

Leia mais

Autor: Rabbi Yehuda Ashlag

Autor: Rabbi Yehuda Ashlag Autor: Rabbi Yehuda Ashlag A Kabbalah ensina a correlação entre causa e efeito de nossas fontes espirituais. Estas fontes se interligam de acordo com regras perenes e absolutas objetivando gols maiores

Leia mais

Seleção de Livros sobre Desenvolvimento de Jogos. Por Marcos Romero Dezembro / 2008

Seleção de Livros sobre Desenvolvimento de Jogos. Por Marcos Romero Dezembro / 2008 Seleção de Livros sobre Desenvolvimento de Jogos Por Marcos Romero Dezembro / 2008 Categoria: Essencial Desenvolvimento de jogos 3d e aplicações em tempo real Programação de jogos com C++ e Directx Modelagem

Leia mais

Universidade Federal de Pernambuco

Universidade Federal de Pernambuco Universidade Federal de Pernambuco Graduação em Ciência da Computação Centro de Informática 2016.1 Interface de abstração de algoritmos de geração procedural de terrenos para jogos através da parametrização

Leia mais

Riachuelo Ludum Labs O Game Design em sua Excelência

Riachuelo Ludum Labs O Game Design em sua Excelência Riachuelo Ludum Labs O Game Design em sua Excelência A Riachuelo Games não é só um estúdio de jogos, é uma oficina de idéias e de criação. Desenvolvemos aqui não só jogos, mas conceitos na área de Game

Leia mais

O uso do desenho e da gravura sobre fotografia como práxis poética da memória

O uso do desenho e da gravura sobre fotografia como práxis poética da memória O uso do desenho e da gravura sobre fotografia como práxis poética da memória Vinicius Borges FIGUEIREDO; José César Teatini CLÍMACO Programa de pós-graduação em Arte e Cultura Visual FAV/UFG viniciusfigueiredo.arte@gmail.com

Leia mais

LISTA DE ARTE. Quais são os elementos construídos no quadro, pelo artista em questão, que enfatizam os acontecimentos em destaque?

LISTA DE ARTE. Quais são os elementos construídos no quadro, pelo artista em questão, que enfatizam os acontecimentos em destaque? Ensino Médio Unidade Parque Atheneu Professor (a): Elias Aluno (a): Série: 3ª Data: / / 2015. LISTA DE ARTE 1) Após analisar a obra a seguir, responda o que se pede. Os fuzilamentos de 3 de Maio de 1808.

Leia mais

O USO DE JOGOS COMO FERRAMENTA DE ENSINO DE MATEMÁTICA FINANCEIRA

O USO DE JOGOS COMO FERRAMENTA DE ENSINO DE MATEMÁTICA FINANCEIRA 65 O USO DE JOGOS COMO FERRAMENTA DE ENSINO DE MATEMÁTICA FINANCEIRA THE USE OF GAMES HOW FINANCIAL MATHEMATICS TEACHING TOOL Odair José Pin, Ana Paula Brandão de Melo, Roger Gomes Soares da Silva, Eugenia

Leia mais

Importância da Comunicação Digital para o mercado corporativo

Importância da Comunicação Digital para o mercado corporativo Importância da Comunicação Digital para o mercado corporativo Cláudio Coelho Café da Manhã 22.05.2012 Agenda Evolução da Comunicação Serviços de Comunicação Digital Importância do Planejamento Estratégico

Leia mais

Clique em Suporte, destacado em vermelho, para abrir o novo site de sistema de chamados (tickets). Será redirecionado para a tela de autenticação.

Clique em Suporte, destacado em vermelho, para abrir o novo site de sistema de chamados (tickets). Será redirecionado para a tela de autenticação. A finalidade do sistema é a abertura de chamados (tickets) para assistência/manutenção de todo equipamento da área de informática, computadores, notebooks, impressoras, lousa digital, rede e internet e

Leia mais

ADM041 / EPR806 Sistemas de Informação

ADM041 / EPR806 Sistemas de Informação ADM041 / EPR806 Sistemas de Informação UNIFEI Universidade Federal de Itajubá Prof. Dr. Alexandre Ferreira de Pinho 1 Sistemas de Apoio à Decisão (SAD) Tipos de SAD Orientados por modelos: Criação de diferentes

Leia mais

PROPOSTA DE UMA METODOLOGIA PARA ELABORAR PROJETO DE ENSINO INTEGRANDO RECURSOS TECNOLÓGICOS

PROPOSTA DE UMA METODOLOGIA PARA ELABORAR PROJETO DE ENSINO INTEGRANDO RECURSOS TECNOLÓGICOS PROPOSTA DE UMA METODOLOGIA PARA ELABORAR PROJETO DE ENSINO INTEGRANDO RECURSOS TECNOLÓGICOS Fortaleza Ce Agosto 2009 Liádina Camargo Lima Universidade de Fortaleza liadina@unifor.br Categoria C Métodos

Leia mais

Pesquisa com Professores de Escolas e com Alunos da Graduação em Matemática

Pesquisa com Professores de Escolas e com Alunos da Graduação em Matemática Pesquisa com Professores de Escolas e com Alunos da Graduação em Matemática Rene Baltazar Introdução Serão abordados, neste trabalho, significados e características de Professor Pesquisador e as conseqüências,

Leia mais

No E-book anterior 5 PASSOS PARA MUDAR SUA HISTÓRIA, foi passado. alguns exercícios onde é realizada uma análise da sua situação atual para

No E-book anterior 5 PASSOS PARA MUDAR SUA HISTÓRIA, foi passado. alguns exercícios onde é realizada uma análise da sua situação atual para QUAL NEGÓCIO DEVO COMEÇAR? No E-book anterior 5 PASSOS PARA MUDAR SUA HISTÓRIA, foi passado alguns exercícios onde é realizada uma análise da sua situação atual para então definir seus objetivos e sonhos.

Leia mais

LINGUAGENS ARTÍSTICAS E LÚDICAS NA EDUCAÇÃO INFANTIL.

LINGUAGENS ARTÍSTICAS E LÚDICAS NA EDUCAÇÃO INFANTIL. LINGUAGENS ARTÍSTICAS E LÚDICAS NA EDUCAÇÃO INFANTIL. ANA PAULA CORDEIRO ARTE ARTE? O QUE É? QUAL SUA NECESSIDADE? QUAL SUA FUNÇÃO? ARTE: O QUE É? ARTE Uma forma de criação de linguagens- a linguagem visual,

Leia mais

Fonte: http://revistaescola.abril.com.br/gestao-escolar/coordenador-pedagogico/projeto-formacao-professoresmatematica-623627.shtml

Fonte: http://revistaescola.abril.com.br/gestao-escolar/coordenador-pedagogico/projeto-formacao-professoresmatematica-623627.shtml Fonte: http://revistaescola.abril.com.br/gestao-escolar/coordenador-pedagogico/projeto-formacao-professoresmatematica-623627.shtml Projeto de formação de professores em Matemática Um projeto exclusivo

Leia mais

2. Sistemas Multi-Agentes (Multi-Agent System - MAS)

2. Sistemas Multi-Agentes (Multi-Agent System - MAS) AORML uma linguagem para modelagem de uma aplicação Multiagentes: Uma Aplicação no Sistema Expertcop. Hebert de Aquino Nery, Daniel Gonçalves de Oliveira e Vasco Furtado. Universidade de Fortaleza UNIFOR

Leia mais

NOVAS PRÁTICAS NA EDUCAÇÃO: O USO DE JOGOS DIGITAIS PARA FORTALECER A APRENDIZAGEM 1

NOVAS PRÁTICAS NA EDUCAÇÃO: O USO DE JOGOS DIGITAIS PARA FORTALECER A APRENDIZAGEM 1 NOVAS PRÁTICAS NA EDUCAÇÃO: O USO DE JOGOS DIGITAIS PARA FORTALECER A APRENDIZAGEM 1 Grazielle Santos SILVA (PUC-MG) 2 Lívia Dutra JUSTINO (PUC-MG) 3 Resumo em português Apesar de o senso comum associar

Leia mais

Metodologias de desenvolvimento de jogos

Metodologias de desenvolvimento de jogos Metodologias de desenvolvimento de jogos Truesoft? A Truesoft é um grupo independente de desenvolvedores de jogos digitais. Nossos objetivos: Criar experiências divertidas e criativas em jogos digitais.

Leia mais

JOGOS DIGITAIS JOGOS EM PROCESSO DE TREINAMENTO PREPARATÓRIO PARA AVALIAÇÃO REGIMENTAL

JOGOS DIGITAIS JOGOS EM PROCESSO DE TREINAMENTO PREPARATÓRIO PARA AVALIAÇÃO REGIMENTAL Prezado(a) aluno(a), Segue abaixo, o Preparatório para Avaliação Semestral para o Curso de Jogos Digitais para a disciplina "Jogos em Processo de Treinamento". Este preparatório contêm 52 questões descritivas

Leia mais

O USO DE TECNOLOGIAS NAS AULAS DE MATEMÁTICA E CRENÇAS SOBRE A SUA APRENDIZAGEM

O USO DE TECNOLOGIAS NAS AULAS DE MATEMÁTICA E CRENÇAS SOBRE A SUA APRENDIZAGEM O USO DE TECNOLOGIAS NAS AULAS DE MATEMÁTICA E CRENÇAS SOBRE A SUA APRENDIZAGEM Justificativa ABREU,Tamires de Sá 1 BARRETO, Maria de Fátima Teixeira² Palavras chave: crenças, matemática, softwares, vídeos.

Leia mais

Espaços Culturais como estratégia de comunicação de marca

Espaços Culturais como estratégia de comunicação de marca Espaços Culturais como estratégia de comunicação de marca Casos: Oi, Vivo, Citibank e HSBC Objetivos a. Analisar as estratégias de comunicação das empresas que utilizam os espaços culturais do Rio de Janeiro

Leia mais

AS TICs NA EDUCAÇÃO DO CAMPO

AS TICs NA EDUCAÇÃO DO CAMPO GOVERNO DO ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO SUPERINTENDÊNCIA DE PLANEJAMENTO E APOIO À EDUCAÇÃO COORDENADORIA DE TECNOLOGIAS EDUCACIONAIS ESCOLA ESTADUAL VESPASIANO MARTINS

Leia mais

C O N S U L T O R I A E G E S T Ã O P A R A E S T R A T É G I A D E R E D E S S O C I A I S

C O N S U L T O R I A E G E S T Ã O P A R A E S T R A T É G I A D E R E D E S S O C I A I S C O N S U L T O R I A E G E S T Ã O P A R A E S T R A T É G I A D E R E D E S S O C I A I S A MELHOR OPORTUNIDADE PARA O SEU NEGÓCIO ESTÁ AO SEU ALCANCE NAS REDES SOCIAIS... O MUNDO É FEITO DE REDES SOCIAIS

Leia mais

Sobre o Professor Dr. Sylvio Barbon Junior

Sobre o Professor Dr. Sylvio Barbon Junior 5COP096 Teoria da Computação Aula 1 Apresentação da Disciplina e Revisão de Conceitos Prof. Dr. Sylvio Barbon Junior 1 Sobre o Professor Dr. Sylvio Barbon Junior 5COP096 Teoria da Computação Formação:

Leia mais

COMO AS CRIANÇAS APRENDEM O QUE OS TEÓRICOS DIZEM ESTILOS DE APRENDIZAGEM

COMO AS CRIANÇAS APRENDEM O QUE OS TEÓRICOS DIZEM ESTILOS DE APRENDIZAGEM COMO AS CRIANÇAS APRENDEM O QUE OS TEÓRICOS DIZEM ESTILOS DE APRENDIZAGEM CONCRETO DISPERSO SEQUENCIAL ABSTRATO 1 CONCRETO SEQÜENCIAL Habilidades naturais do Concreto Seqüencial Passo a Passo Planeja Segue

Leia mais

Notas sobre o curso Information Architecture www.webmonkey.com --- 08/98

Notas sobre o curso Information Architecture www.webmonkey.com --- 08/98 Notas sobre o curso Information Architecture www.webmonkey.com --- 08/98 1. Arquitetura da Informação 1_1. Importância da Arquitetura da Informação AI: Arquitetura da Informação / Information Architecture.

Leia mais

Gestão de Desempenho... Promove Sucesso. Um Guia de Visão Geral

Gestão de Desempenho... Promove Sucesso. Um Guia de Visão Geral Gestão de Desempenho... Promove Sucesso. Um Guia de Visão Geral Gestão de Desempenho... Promove Sucesso. Na Watson, reconhecemos que o sucesso global da nossa Empresa é impulsionado pelo compromisso de

Leia mais

TRABALHO BIBLIOTECA MD5

TRABALHO BIBLIOTECA MD5 FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC PELOTAS TRABALHO BIBLIOTECA MD5 Linguagens de Programação Eduardo Orestes Brum Análise e Desenvolvimento de Sistemas - 2013 Sumário 1 Introdução 31 2 Criptografia MD5 4 2.

Leia mais

3 Jogos Sérios e Educação O avanço tecnológico tem transformado e contribuído para a melhoria da prestação de serviço em diversas áreas. No contexto educacional, novos sistemas e equipamentos têm sido

Leia mais

ESTRATÉGIAS PEDAGÓGICAS DO ENSINO DE CIÊNCIAS NO FUNDAMENTAL I: UMA ANÁLISE A PARTIR DE DISSERTAÇÕES

ESTRATÉGIAS PEDAGÓGICAS DO ENSINO DE CIÊNCIAS NO FUNDAMENTAL I: UMA ANÁLISE A PARTIR DE DISSERTAÇÕES ESTRATÉGIAS PEDAGÓGICAS DO ENSINO DE CIÊNCIAS NO FUNDAMENTAL I: UMA ANÁLISE A PARTIR DE DISSERTAÇÕES Tamiris Andrade Nascimento (Mestranda do Programa Educação Cientifica e Formação de Professores da Universidade

Leia mais

Desenvolvendo Jogos em Flash com ActionScript 3.0

Desenvolvendo Jogos em Flash com ActionScript 3.0 Bruno Pinho Campos Desenvolvendo Jogos em Flash com ActionScript 3.0 Aprenda a criar jogos para Web, celulares com FlashPlayer embutido e Desktop. 98 3 Agradecimentos Primeiramente, agradeço a Deus por

Leia mais

REGISTRO DA EMPRESA. Acesse: www.ventrevista.com. Em Login do Cliente, digite login e senha.

REGISTRO DA EMPRESA. Acesse: www.ventrevista.com. Em Login do Cliente, digite login e senha. REGISTRO DA EMPRESA Acesse: www.ventrevista.com Em Login do Cliente, digite login e senha. Insira a logo da sua empresa PAGINA DE INÍCIO Clique neste módulo para criar uma vídeo-entrevista NOME DO PROCESSO

Leia mais

Brasil Conectado Hábitos de Consumo de Mídia

Brasil Conectado Hábitos de Consumo de Mídia Brasil Conectado Hábitos de Consumo de Mídia Objetivos Buscar compreender a audiência online no Brasil, seu envolvimento com a Internet e os diversos tipos de tecnologia (habitos), percepções e atitudes

Leia mais

CAPABILITY MATURITY MODEL INTEGRATION. Prof. Késsia R. C. Marchi

CAPABILITY MATURITY MODEL INTEGRATION. Prof. Késsia R. C. Marchi CAPABILITY MATURITY MODEL INTEGRATION Prof. Késsia R. C. Marchi Modelos de maturidade Um modelo de maturidade é um conjunto estruturado de elementos que descrevem características de processos efetivos.

Leia mais

JOGOS REAIS E VIRTUAIS E AS TEORIAS DE APRENDIZAGEM NO ENSINO DE MATEMÁTICA

JOGOS REAIS E VIRTUAIS E AS TEORIAS DE APRENDIZAGEM NO ENSINO DE MATEMÁTICA JOGOS REAIS E VIRTUAIS E AS TEORIAS DE APRENDIZAGEM NO ENSINO DE MATEMÁTICA Valdir Bezerra dos Santos Júnior valdir.bezerra@gmail.com Ronald de Santana da Silva ronaldss21@gmail.com Jamille Mineo Carvalho

Leia mais

Game Design: Creepy Castle

Game Design: Creepy Castle Game Design: Creepy Castle Flee or Die Todos Direitos Reservados 2013 Allan Elias Ramos Versão #1.0 12/04/2013 Índice 1. INTRODUÇÃO 3 2. VISÃO GERAL DO JOGO 4 QUANTO AO TIPO DE OBJETOS MANIPULADOS 4 QUANTO

Leia mais

"O valor emocional das marcas."

O valor emocional das marcas. DOMINGO, FEVEREIRO 24, 2008 "O valor emocional das marcas." Por Thales Brandão Atualmente as empresas estão buscando cada vez mais gerir suas marcas com conjunto de valores completamente diferentes dos

Leia mais

Extração de Requisitos

Extração de Requisitos Extração de Requisitos Extração de requisitos é o processo de transformação das idéias que estão na mente dos usuários (a entrada) em um documento formal (saída). Pode se entender também como o processo

Leia mais