holec System T-60 Sistema de barramento a l t a s e g u r a n ç a n a b a i x a t e n s ã o

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "holec System T-60 Sistema de barramento a l t a s e g u r a n ç a n a b a i x a t e n s ã o"

Transcrição

1 a l t a s e g u r a n ç a n a b a i x a t e n s ã o 1

2 Suporte de barramento tripolar T A Suporte de barramento para barra de Neutro T 611 Características técnicas O foi projetado para permitir a fixação e conexão direta de dispositivos elétricos ao barramento em rede tripolar ou tetrapolar. Referências das barras 5 mm 30 mm O se identifica pela distância entre centro de barras de 60 mm com uso de barras de 5 ou 10 mm de espessura, 20 a 30 mm de largura, em perfil atendendo a valores de correntes de 450 A, 630 A, 1250 A, 1600 A e 2500 A. As barras em suas diferentes formas de seção no são instaladas em suportes apropriados. 450 A 630 A 10 mm 30 mm Os dispositivos elétricos são preparados ou instalados em suportes específicos para serem aplicados no. As conexões dos condutores, na forma de cabo ou barra, no, são executadas sem a necessidade de furar a barra, através de derivadores desenvolvidos especificamente para este fim A 10 mm 10 mm 30 mm Capas protetoras garantem a prova de toque acidental nas múltiplas opções de utilização do, incluindo os dispositivos elétricos, conexões dos condutores e espaços vazios A 30 mm 10 mm 30 mm 2500 A 2

3 Suporte de barramento monobloco tripolar T A e 1600 A Suporte de barramento para barra de Neutro T 711 Suporte de barramento tripolar 1) De 450 A / 630 A, para barras de até 30 x 10 mm T 610 De 1250 A / 1600 A, para barras de 500 mm 2 / 720 mm 2 T 710 Monobloco 2), de 1250 A / 1600 A, para barras de 500 mm 2 / 720 mm 2 T 715 De 2500 A, para barras de 1140 mm 2 T 810 Suporte de barramento para barra de Neutro De 450 A / 630 A, para barras de até 30 x 10 mm T 611 De 1250 A / 1600 A, para barras de 500 mm 2 / 720 mm 2 T 711 Barra de cobre ( comprimento de 2,4 mm ) 20 x 5 mm para 320 A nu BC 320 estanhado BC x 5 mm para 380 A nu BC 380 estanhado BC x 5 mm para 450 A nu BC 450 estanhado BC x 10 mm para 580 A nu BC 580 estanhado BC x 10 mm para 630 A nu BC 630 estanhado BC mm 2 para 1250 A nu BT 1250 estanhado BT mm 2 para 1600 A nu BH 1600 estanhado BH mm 2 para 2500 A nu HH ) A distância entre suportes é dependente das dimensões e perfil da barra e da corrente suportável nominal de crista (Ipk). Consultar gráfico em página a seguir. 2) É construído em peça única com passagem para barra em perfil. estanhado HH

4 Seccionadora-fusível tripolar SN para conexão direta ao barramento Base tripolar NH protegida para conexão direta ao barramento Dispositivos elétricos para fixação e conexão direta ao barramento Seccionadora-fusível tripolar SN 1) Seccionadora - fusível Corrente nominal 100 A NH-000 SN A NH-000 / NH-00 SN A NH-1 SN 250 2) 400 A NH-2 SN 400 2) 630 A NH-3 SN 630 3) Base tripolar NH protegida Base tripolar Corrente nominal 160 A NH-00 T A NH-1 T A NH-2 T 562 Base tripolar Diazed e Neozed protegida Base tripolar Neozed Corrente nominal 63 A T 160 Diazed Corrente nominal 25 A T A T 360 Chave seccionadora tripolar S 40 e Acessórios Chave seccionadora - Corrente nominal 160 A Adaptador Dispositivo de travamento Com indicador luminoso S /30 Sem indicador luminoso S /31 Para conexão de saída por cima T 125 por baixo T 126 Trava na posição desligada G 40 1) Estão disponíveis acessórios, tais como, capa protetora, prensa-cabo e bloco de contatos auxiliares. Vide Catálogo 1 Chaves Seccionadoras. 2) Para fixação e conexão em barra de 5 mm de espessura, deve ser utilizado o calço código CL ) Somente para fixação e conexão em barra de 10 mm de espessura, em perfil. 4

5 Adaptadores para dispositivos elétricos para conexão direta ao barramento Conexão trifásica para conexão direta ao barramento Adaptadores, conexão trifásica e conexão individual para fixação e conexão direta ao barramento Adaptadores para dispositivos elétricos Para dispositivo com fixação ajustável em trilho DIN 35 x 7,5 mm Adaptador para 32 A com condutores de 6 mm 2 e comprimento de 110 mm 1) Largura do adaptador 54 mm T mm T mm T mm T 328 Adaptador para 63 A com condutores de 10 mm 2 e comprimento de 110 mm 1) Largura do adaptador 54 mm T mm T mm T mm T 638 Adaptador para 80 A com terminais para condutor de até 16 mm 2 Largura do adaptador 81 mm T 808 Para dispositivos quaisquer de In até 250 A Adaptador Conexão de entrada por cima ou por baixo Para In até 200 A Largura do adaptador 108 mm T 660 Para In até 250 A Largura do adaptador 110 mm T 666 Somente para fixação ajustável de dispositivo em trilho DIN 35 x 7,5 mm Adaptador base sem conexões elétricas Largura do adaptador 54 mm T mm T mm T 805 Conexão trifásica e conexão individual Conexão trifásica com capa protetora 1) Para condutores de outros comprimentos, consulte-nos. 2) Veja proteção em página a seguir. Para cabo de 6 a 50 mm 2 T a 120 mm 2 T a 300 mm 2 T 910 Para barra flexível 32 x 10 mm T 920 Conexão individual 2) composta por três unidades Para cabo de 120 a 300 mm 2 T 930 Para barra flexível 32 x 10 mm T 940 5

6 CK 570 CK 112 CK 188 CK 158 CK 188 DM 185 DM 300 DM 032 Derivador Click Derivador Mandíbula Derivador conexão direta ao barramento sem necessidade de furar Derivador Click Derivação de cabo Derivação de cabo com terminal ou barra flexível Cabo de 1,5 a 16 mm 2 CK a 35 mm 2 CK a 70 mm 2 CK a 120 mm 2 CK 512 Cabo com terminal de 50 mm 2 ou Barra flexível de 20 x 10 mm ( até 250 A ) Cabo com terminal de 150 mm 2 ou Barra flexível de 30 x 10 mm ( até 400 A ) Cabo com terminal de 240 mm 2 ou Barra flexível de 40 x 10 mm ( até 630 A ) CK 558 CK 588 CK 511 Derivação de cabo Cabo de 1,5 a 16 mm 2 CK a 35 mm 2 CK a 70 mm 2 CK a 120 mm 2 CK 112 Derivação cabo com terminal ou barra flexível Cabo com terminal de 50 mm 2 ou Barra flexível de 20 x 10 mm ( até 250 A ) Cabo com terminal de 150 mm 2 ou Barra flexível de 30 x 10 mm ( até 400 A ) Cabo com terminal de 240 mm 2 ou Barra flexível de 40 x 10 mm ( até 630 A ) CK 158 CK 188 CK 111 Derivador Mandíbula 1) Derivação de cabo ou barra flexível Cabo de 95 a 185 mm 2 DM a 300 mm 2 DM 300 1) Veja capa protetora em página a seguir. Barra flexível 32 x 10 mm DM 032 6

7 DJ 732 DJ 752 DJ 642 DJ 942 DJ 242 Derivador Janela Derivador conexão direta ao barramento sem necessidade de furar Derivador Janela 1) Barra em perfil Descrição Código Derivação de cabo ou barra flexível Barra flexível 32 x 10 mm ( até 1000 A ) DJ x 10 mm ( até 1400 A ) DJ 752 ( 2x ) 32 x 10 mm ( até 1800 A ) DJ 832 Derivação de barra flexível ou rígida Barra 32 x 10 mm ( até 1000 A ) DJ x 10 mm ( até 1180 A ) DJ x 10 mm ( até 1400 A 2) ) DJ x 10 mm ( até 1600 A 2) ) DJ x 10 mm ( até 1800 A 3) ) DJ x 10 mm ( até 2000 A 3) ) DJ 602 ( 2x ) 32 x 10 mm ( até 1800 A ) DJ 932 ( 2x ) 40 x 10 mm ( até 2000 A ) DJ 942 ( 2x ) 50 x 10 mm ( até 2400 A 3) ) DJ 952 ( 2x ) 60 x 10 mm ( até 2700 A 3) ) DJ 962 ( 2x ) 80 x 10 mm ( até 2900 A 3) ) DJ 982 ( 2x ) 100 x 10 mm ( até 3200 A 3) ) DJ 902 Derivação de barra flexível ou rígida Barra (2x) 32 x 10 mm ( até 1800 A ) DJ 232 (2x) 40 x 10 mm ( até 2000 A ) DJ 242 (2x) 50 x 10 mm ( até 2400 A ) DJ 252 (2x) 60 x 10 mm ( até 2700 A ) DJ 262 (2x) 80 x 10 mm ( até 2900 A ) DJ 282 (2x) 100 x 10 mm ( até 3200 A ) DJ 202 1) Veja capa protetora em página a seguir. 2) Conexão central na barra perfil. 3) Conexão central. 7

8 Invólucro protetor de barramento Blindagem coletiva Proteção total do sistema de barramento Proteção para o sistema de barramento Invólucro protetor de barramento ( comprimento de 1 m ) Para sistema de barramento 5 mm de espessura 450 A T 392 Para sistema de barramento 10 mm de espessura 630 A T 393 Para sistema de barramento 1250 A / 1600 A T 394 Para sistema de barramento 2500 A T 395 Capa protetora de derivadores Derivador Mandíbula ( todos os códigos ) T 396 Derivador Janela DJ 632 / DJ 932 / DJ 232 T 032 DJ 642 / DJ 942 / DJ 242 T 042 DJ 652 / DJ 952 / DJ 252 T 052 DJ 662 / DJ 962 / DJ 262 T 062 DJ 682 / DJ 982 / DJ 282 T 082 DJ 602 / DJ 902 / DJ 202 T 102 Blindagem coletiva ( para conexões individuais ou derivadores ) Kit de proteção superior composto de: proteção frontal ( 1 m ), proteção lateral ( 2 m ) e 2 tampas laterais Fonecimento em partes BL 100 Proteção frontal ( 1 m ) BL 101 Proteção lateral ( 1 m ) BL 102 Tampa laterais ( um par de peças ) BL 103 Kit de proteção composto de: proteção frontal, apoio de cobertura, proteção traseira e proteção lateral Para sistema de barramento tripolar 450 A / 630 A BL 600 1) Para sistema de barramento tripolar 1250 A / 1600 A BL 700 Para sistema de barramento tripolar 2500 A BL 800 Para sistema de barramento tetrapolar 450 A / 630 A BL 400 1) É fornecido adicionalmente suporte de proteção lateral. 8

9 Proteção frontal Proteção lateral Proteção traseira Proteção para o sistema de barramento Proteção frontal Cobertura ( 1 m ) para sistema de barramento BL 149 Apoio da cobertura para sistema de barramento BL 148 Proteção lateral ( comprimento de 1 m ) Para sistema de barramento 450 A / 630 A BL 243 Para sistema de barramento 1250 A / 1600 A BL 244 Para sistema de barramento 2500 A BL 245 Para sistema de barramento 630 A BL 246 1) Proteção traseira ( comprimento de 1 m ) Para sistema de barramento tripolar BL 247 Para sistema de barramento tetrapolar BL 248 Para sistema de barramento pentapolar BL 249 Suporte para proteção lateral com tampa final Para proteção das extremidades do sistema de barramento tripolar de 450 A / 630 A ( código T 610 ) BL 140 Tampa final Proteção das extremidades das barras Para sistema de barramento de 450 A / 630 A ( código T 610 ) T 612 Para sistema de barramento de 1250 e 1600 A Suporte tripolar ( código T 710 ) T 812 Suporte monobloco tripolar ( código T 715 ) T 712 Para sistema de barramento de 2500 A ( código T 810 ) T 812 1) Em forma abaulada, protege um barramento tetrapolar ou oferece espaço para passagem de cabos. 9

10 alimentação central 630 a 2500 A Suporte de barramento em placa de alumínio de 6 mm de espessura Características técnicas Arranjo das barras em escada garante elevada suportabilidade de curto-circuito. Conexão da alimentação central e derivações do barramento sem necessidade de furar através de derivadores apropriados tripolar em painéis de 600 e 800 mm de profundidade ( é fornecido com 1 placa de alumínio e 3 suportes ) tetrapolar em painéis de 800 mm de profundidade ( é fornecido com 1 placa de alumínio e 4 suportes ) Acessórios CH 003 CH 004 Travessa para painéis de 600 mm de profundidade LP 600 Travessa para painéis de 800 mm de profundidade LP 800 Suporte individual para barra NI 700 Placa de proteção para painéis de largura 600 mm PF 600 Placa de proteção para painéis de largura 800 mm PF 800 Suporte de barramento em placa de alumínio de 6 mm de espessura Suporte de barramento para disposição múltipla Características técnicas Pode ser utilizado com suporte intermediário. Permite a disposição em escada para alimentação central e derivações com conexão direta ao barramento sem necessidade de furar como o uso de derivadores apropriados. Em disposição plana, dispositivos elétricos podem ser conectados diretamente ao barramento. Com uso de cantoneiras o suporte do barramento pode ser fixado no plano vertical ou horizontal. Suporte para disposição múltipla para barramento 1) ( é fornecido com cantoneiras de aço e pontos de fixação para placa de proteção ) T 714 Suporte de barramento para disposição múltipla Barra de cobre Para painéis de 600 mm de largura ( comprimento útil 460 mm ) Barra para 1250 A nu BN 612 estanhado BE 613 Barra para 1600 A nu BN 616 estanhado BE 617 Barra para 2500 A nu BN 625 estanhado BE 626 Para painéis de 800 mm de largura ( comprimento útil 660 mm ) Barra para 1250 A nu BN 812 estanhado BE 813 Barra para 1600 A nu BN 816 estanhado BE 817 Barra para 2500 A nu BN 825 estanhado BE 826 Interligação de barras Interligação de barras Parra barra Descrição Através de derivadores janela, consulte-nos 1) Suporte para barras em perfil, consulte-nos. 10

11 com proteção total com proteção total O pode ser totalmente protegido contra toques acidentais. Os dispositivos elétricos possuem sua própria proteção estando dimensionada de tal forma que se alinha com o resto da instalação, proporcionado uma proteção conjugada. Gráfico Especificação de suportes de barramento em base a alimentação, perfil da barra e a corrente suportável nominal de crista ( Ipk ) Corretne suportável nominal de crista Ipk ( ka ) Barras 30 x 10 mm 30 x 5 mm 25 x 10 mm 25 x 5 mm Corretne suportável nominal de crista Ipk ( ka ) Barras Distância entre suportes ( mm ) Suporte T Distância entre suportes ( mm ) Suportes T 710, T 715 e T 810 holec indústrias elétricas ltda. Alameda Itapecuru, Alphaville Barueri SP Tel.: (0xx11) Fax: (0xx11) Site: Desenvolvimento de projetos exclusivos e personalizados para atender às necessidades específicas, consulte-nos 11 Alterações serão comunicadas à parte. Em caso de dúvidas, consulte-nos Catálogo CT 3001

www.siemens.com.br/3nj4 Sentron 3NJ4 e 3NJ5 Seccionadores Fusíveis Verticais Maior segurança em soluções compactas

www.siemens.com.br/3nj4 Sentron 3NJ4 e 3NJ5 Seccionadores Fusíveis Verticais Maior segurança em soluções compactas www.siemens.com.br/3nj4 Sentron 3NJ4 e 3NJ5 Seccionadores Fusíveis Verticais Maior segurança em soluções compactas Verticais SENTRON Maior segurança em soluções compactas SENTRON: Dispositivos para distribuição

Leia mais

Sivacon S4. Segurança na sua forma mais elegante: O painel de distribuição de energia para baixa tensão que determina novos padrões.

Sivacon S4. Segurança na sua forma mais elegante: O painel de distribuição de energia para baixa tensão que determina novos padrões. Segurança na sua forma mais elegante: O painel de distribuição de energia para baixa tensão que determina novos padrões. Sivacon S4 Tudo perfeito devido à distribuição de energia de baixa tensão da Siemens.

Leia mais

Equipamentos de manobra. Chaves Seccionadoras e Comutadoras Answers for industry.

Equipamentos de manobra. Chaves Seccionadoras e Comutadoras Answers for industry. Equipamentos de manobra Chaves Seccionadoras e Comutadoras Answers for industry. s A Índice Seccionadores S31 - tetrapolares... 2 Seccionadores S32, Ergon - tripolares e tetrapolares... 3 Seccionadores

Leia mais

CCM. Centro de Controle de Motores Conjunto de manobra e controle de baixa tensão. Painéis metálicos fabricados em aço carbono.

CCM. Centro de Controle de Motores Conjunto de manobra e controle de baixa tensão. Painéis metálicos fabricados em aço carbono. Centro de Controle de Motores Conjunto de manobra e controle de baixa tensão Painéis metálicos fabricados em aço carbono. Definição ( montado): é uma combinação de dispositivos e equipamentos de manobra,

Leia mais

holec Chaves Comutadoras a l t a s e g u r a n ç a n a b a i x a t e n s ã o

holec Chaves Comutadoras a l t a s e g u r a n ç a n a b a i x a t e n s ã o s s a l t a s e g u r a n ç a n a b a i x a t e n s ã o 1 BB 32 BB 32-1250/4 Tripolar /3 BB 32-250/3 BB 32-400/3 BB 32-630/3 BB 32-1000/3 BB 32-1250/3 0/3 Tetrapolar /4 BB 32-250/4 BB 32-400/4 BB 32-630/4

Leia mais

Prisma Plus Sistema G

Prisma Plus Sistema G Distribuição elétrica baixa tensão Prisma Plus Sistema G Quadros e armários para montagem na parede ou no piso, até 630 A Prisma Plus: uma oferta pensada para maior profissionalismo Quadros e armários

Leia mais

XL 3 4000. Painéis de distribuição CATÁLOGO DE PRODUTOS

XL 3 4000. Painéis de distribuição CATÁLOGO DE PRODUTOS XL 3 4000 Painéis de distribuição Com uma gama completa, a oferta da Legrand une ao seu padrão de qualidade e garante real liberdade e simplicidade de instalação juntamente com sua reconhecida confiança.

Leia mais

Blocos de aferição. Os Blocos de Aferição

Blocos de aferição. Os Blocos de Aferição Blocos de aferição Os Blocos de Aferição São indicados em circuitos onde se requer a inserção de instrumentos do tipo amperímetro, voltímetro, etc., como também operações de seccionamento elétrico, além

Leia mais

DRX caixa moldada Uma linha compacta, versátil e de alto desempenho

DRX caixa moldada Uma linha compacta, versátil e de alto desempenho [ PROTEÇÃO E COMANDO ] Produtos e sistemas DRX caixa moldada Uma linha compacta, versátil e de alto desempenho 1 VANTAGENS Permite a montagem frontal de acessórios elétricos por encaixe simples Fácil conexão

Leia mais

Sumário ORIENTAÇÃO TÉCNICA - DISTRIBUIÇÃO OTD 035.02.04 REDE CONVENCIONAL TRANSFORMADORES

Sumário ORIENTAÇÃO TÉCNICA - DISTRIBUIÇÃO OTD 035.02.04 REDE CONVENCIONAL TRANSFORMADORES Sumário 1. Objetivo 2. Âmbito de Aplicação 3. Documentos de Referência 4. Requisitos Ambientais 5. Condições Gerais 6. Estruturas Trifásicas com Transformadores 6.1. Estrutura M1 com Transformador 6.2.

Leia mais

Caixas de junção de poliéster reforçado com fibra de vidro vazias, pré-furadas e não furadas Série NJBEP Segurança Aumentada.

Caixas de junção de poliéster reforçado com fibra de vidro vazias, pré-furadas e não furadas Série NJBEP Segurança Aumentada. não furadas Série NJEP Segurança umentada. Para customização NR IEC: plicações Projetadas para áreas de Zona 1 ou 2, onde gases ou vapores in amáveis estão presentes de forma contínua, frequente ou acidental,

Leia mais

painéis, gabinetes e sistemas de barramentos

painéis, gabinetes e sistemas de barramentos 20/2013 alta segurança na baixa tensão Normas Desde o início de suas atividades no Brasil, o compromisso com a qualidade de seus produtos e a conformidade dos mesmos com as normas internacionais, tem

Leia mais

Shaping a lighter future. Manual de Montagem e Instalação

Shaping a lighter future. Manual de Montagem e Instalação Shaping a lighter future Manual de Montagem e Instalação Índice Geral Características Componentes Montagem 4 7 10 Características Perfis extrudados de alumínio Parafusos, porcas, arruelas e rebites Comprimento

Leia mais

5 CONDIÇÕES ESPECÍFICAS 5.1 Material: A armação da caixa deve ser feita com cantoneiras de aço-carbono, ABNT 1010 a 1020, laminado.

5 CONDIÇÕES ESPECÍFICAS 5.1 Material: A armação da caixa deve ser feita com cantoneiras de aço-carbono, ABNT 1010 a 1020, laminado. CAIXA DE MEDIÇÃO EM 34, kv 1 OBJETIVO Esta Norma padroniza as dimensões e estabelece as condições gerais e específicas da caixa de medição a ser utilizada para alojar TCs e TPs empregados na medição de

Leia mais

Quadros de distribuição de energia elétrica

Quadros de distribuição de energia elétrica Catálogo Técnico Quadros de distribuição de energia elétrica de embutir de sobrepor 206-01/2009-0 Quadros de distribuição de energia elétrica Linha Luxury ÍNDICE Características técnicas...2 Acessórios...4

Leia mais

Prisma Plus Sistema P

Prisma Plus Sistema P Distribuição elétrica baixa tensão Prisma Plus Sistema P Painéis até 4000 A Prisma Plus: uma oferta pensada para maior profissionalismo Painéis Prisma Plus Sistema P: painéis evolutivos adaptados a todas

Leia mais

PAINEL DE ACESSO FRONTAL CATEGORIA 5 ENHANCED

PAINEL DE ACESSO FRONTAL CATEGORIA 5 ENHANCED PAINEL DE ACESSO FRONTAL CATEGORIA 5 ENHANCED Aplicações imagens, segundo requisitos da norma ANSI/TIA/EIA-568A, uso interno, para cabeamento horizontal ou secundário, em salas de telecomunicações (cross-connect)

Leia mais

A solução ideal para instalações residenciais e terciárias

A solução ideal para instalações residenciais e terciárias NOVOS Disjuntores RX 3 A solução ideal para instalações residenciais e terciárias Ambiente Residencial - área úmida Ambiente Residencial Soho - Pequeno Escritório ou Home Office Ambiente Residencial -

Leia mais

Proteção Diferencial

Proteção Diferencial GE Consumer & Industrial GE Energy Management Industrial Solutions Proteção Diferencial DR - Interruptor Diferencial Residual DDR - Disjuntor com Proteção Diferencial DOC (Diff-o-Click) - Blocos Diferenciais

Leia mais

LINHA Bt200. Conjunto de Manobra e Controle de Baixa Tensão. Bt200

LINHA Bt200. Conjunto de Manobra e Controle de Baixa Tensão. Bt200 LINHA LINHA CARACTERÍSTICAS CONSTRUTIVAS Dimensões Altura: 2400mm., Largura: 600/700/800mm., Profundidade: 600/800mm. Outras configurações conforme consulta; Estrutura fabricada em chapa de 2,65mm. (12MSG),

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO ALEGRE DIP/SMOV ANEXO X - MODELO DE ORÇAMENTO PARQUE FARROUPILHA - SUBESTAÇÃO SE 2 ADMINISTRAÇÃO

PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO ALEGRE DIP/SMOV ANEXO X - MODELO DE ORÇAMENTO PARQUE FARROUPILHA - SUBESTAÇÃO SE 2 ADMINISTRAÇÃO PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO ALEGRE DIP/SMOV ANEXO X - MODELO DE ORÇAMENTO PARQUE FARROUPILHA - SUBESTAÇÃO SE 2 ADMINISTRAÇÃO MATERIAL CÂMARA TRANSFORMADORA Unid. Quant. V. unit.r$ V. TotalR$ Placa de

Leia mais

Produtos de Automação. Disjuntor em caixa moldada Baixa tensão Linha Formula

Produtos de Automação. Disjuntor em caixa moldada Baixa tensão Linha Formula Produtos de Automação Disjuntor em caixa moldada Baixa tensão Linha Formula Simplicidade e qualidade A linha de disjuntores em caixa moldada FORMULA é o resultado da longa experiência da ABB ao longo de

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO INSTALAÇÕES ELÉTRICAS

MEMORIAL DESCRITIVO INSTALAÇÕES ELÉTRICAS SITE: www.amm.org.br- E-mail: engenharia@amm.org.br AV. RUBENS DE MENDONÇA, N 3.920 CEP 78000-070 CUIABÁ MT FONE: (65) 2123-1200 FAX: (65) 2123-1251 MEMORIAL DESCRITIVO ELÉTRICO MEMORIAL DESCRITIVO INSTALAÇÕES

Leia mais

Bornes - Linha BTW. Tipo parafuso BTWP de 2,5mm² a 240mm² Tipo mola BTWM de 2,5mm² a 10mm² Ampla linha de acessórios

Bornes - Linha BTW. Tipo parafuso BTWP de 2,5mm² a 240mm² Tipo mola BTWM de 2,5mm² a 10mm² Ampla linha de acessórios Bornes - Linha BTW Tipo parafuso BTWP de 2,5mm² a 240mm² Tipo mola BTWM de 2,5mm² a 10mm² Ampla linha de acessórios ÍNDICE - Linha BTWP Bornes terminais com conexão tipo parafuso BTWP 2,5 BTWP 4 BTWP 6

Leia mais

Adaptam-se a todas as necessidades.

Adaptam-se a todas as necessidades. Knauf Folheto Técnico 03/2014 Tampas de Inspeção Knauf Adaptam-se a todas as necessidades. As Tampas de Inspeção Knauf são de simples manuseio, facilitando o acesso à instalações internas de paredes, tetos

Leia mais

MANUAL DO PRODUTO 2015 2015 TO ODU PR DO AL U AN M

MANUAL DO PRODUTO 2015 2015 TO ODU PR DO AL U AN M MANUAL DO PRODUTO 2015 VISITE-NOS TAMBÉM ONLINE EM WWW.WOEHNER.COM Entre outras coisas encontram-se lá estas detalhadasinformações técnicas: Dados sobre o produto 185Power, sistema para técnica de barramentos

Leia mais

SIMBOX XF. Design Segurança Fácil instalação. Quadros de distribuição de energia. A melhor opção em quadros de distribuição de energia.

SIMBOX XF. Design Segurança Fácil instalação. Quadros de distribuição de energia. A melhor opção em quadros de distribuição de energia. Fabricado no Brasil SIMBOX XF Quadros de distribuição de energia A melhor opção em quadros de distribuição de energia. Design Segurança Fácil instalação www.siemens.com.br/simboxxf SIMBOX XF Por fora muito

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO DO ITEM R$

ESPECIFICAÇÃO DO ITEM R$ ANEXO 2 Planilha Orçamentária Estimativa de Quantitativos e Preços Máximos Global e Unitários LOTE ÚNICO ESPECIFICAÇÃO DO ITEM Qtde. Unitário R$ Total R$ 01 02 03 04 05 CHAVE NIVEL TIPO BOIA,ATUACAO: ALARME

Leia mais

TAF Indústria de Plásticos Linha de produtos 2013

TAF Indústria de Plásticos Linha de produtos 2013 TAF Indústria de Plásticos Linha de produtos 2013 A TAF Indústria de Plásticos surgiu com a privatização das concessionárias elétricas brasileiras e com objetivo oferecer ao mercado soluções na área de

Leia mais

Manual técnico do sistema Ri4Power

Manual técnico do sistema Ri4Power Manual técnico do sistema Ri4Power Forma 1-4 Ri4Power Forma 1-4 um sistema personalizado, destinado a estruturar instalações de distribuição elétrica de baixa tensão, com tipo testado e subdivisão das

Leia mais

Proteção Diferencial. GE Energy Services Industrial Solutions. imagination at work

Proteção Diferencial. GE Energy Services Industrial Solutions. imagination at work GE Consumer & Industrial GE Energy Services Industrial Solutions Proteção Diferencial DR - Interruptor Diferencial Residual DDR - Disjuntor com Proteção Diferencial DOC (Diff-o-Click) - Blocos Diferenciais

Leia mais

Características Técnicas Série Quasar

Características Técnicas Série Quasar Descrição do Produto A Série Quasar é uma linha de painéis tipo CCMi (centro de controle de motores inteligente) para baixa tensão e correntes até 3150 A, ensaiados conforme a norma NBR/IEC 60439-1 - TTA

Leia mais

PADRÃO DE ENTRADA DA UNIDADE CONSUMIDORA COM CAIXA MODULAR DE POLICARBONATO INDIVIDUAL E COLETIVO

PADRÃO DE ENTRADA DA UNIDADE CONSUMIDORA COM CAIXA MODULAR DE POLICARBONATO INDIVIDUAL E COLETIVO CSUMIDORA COM CAIXA MODULAR DE POLICARBATO INDIVIDUAL E COLETIVO 1. OBJETIVO Padronizar entrada da unidade consumidora com a caixa tipo modular, fabricado em policarbonato e tampa transparente, para medição

Leia mais

Barramento Elétrico Blindado KSL70

Barramento Elétrico Blindado KSL70 Barramento Elétrico Blindado KSL70 PG: 2 / 19 ÍNDICE PÁG. 1.0 DADOS TÉCNICOS 03 2.0 - MÓDULO 04 3.0 SUSPENSÃO DESLIZANTE 05 4.0 TRAVESSA DE SUSTENTAÇÃO 06 5.0 EMENDA DOS CONDUTORES E DOS MÓDULOS 07 6.0

Leia mais

Ganzglasgeländer. Guardas em vidro sem prumos. Sistema de perfis para montagem frontal e superior

Ganzglasgeländer. Guardas em vidro sem prumos. Sistema de perfis para montagem frontal e superior Ganzglasgeländer Guardas em vidro sem prumos Sistema de perfis para montagem frontal e superior Índice Conjuntos, aplicações, ajudas de montagem 1402... 08 1400... 12 1404... 16 Componentes Perfis... 21

Leia mais

Critérios Construtivos do Padrão de Entrada

Critérios Construtivos do Padrão de Entrada Notas: Critérios Construtivos do Padrão de Entrada A fiação do ramal de saída deve ser a mesma fiação do ramal de entrada. O padrão de entrada na zona rural deverá ficar no mínimo de 10 metros e no máximo

Leia mais

CRITÉRIO DE PROJETO CP 015 DISTRIBUIÇÃO AÉREA ECONÔMICA - DAE

CRITÉRIO DE PROJETO CP 015 DISTRIBUIÇÃO AÉREA ECONÔMICA - DAE CRITÉRIO DE PROJETO CP 015 DISTRIBUIÇÃO AÉREA ECONÔMICA - DAE DOCUMENTO NORMATIVO CRITÉRIO DE PROJETO DISTRIBUIÇÃO AÉREA ECONÔMICA - DAE Código Página Revisão Emissão CP 015 I 1 JAN/2004 APRESENTAÇÃO A

Leia mais

Modula Plus. GE Energy Management Industrial Solutions. GE imagination at work. Painéis de distribuição elétrica de baixa tensão até 4000A

Modula Plus. GE Energy Management Industrial Solutions. GE imagination at work. Painéis de distribuição elétrica de baixa tensão até 4000A GE Energy Management Industrial Solutions Modula Plus Painéis de distribuição elétrica de baixa tensão até 00A Catálogo Completo GE imagination at work 2 Modula Plus Painéis de distribuição de baixa tensão

Leia mais

Siemens AG 2009 SIRIUS SENTRON SIVACON. Catálogo LV 90 2009. Baixa Tensão Corte, protecção e comando. Answers for industry.

Siemens AG 2009 SIRIUS SENTRON SIVACON. Catálogo LV 90 2009. Baixa Tensão Corte, protecção e comando. Answers for industry. SIRIUS SENTRON SIVACON Catálogo LV 90 2009 Baixa Tensão Corte, protecção e comando Answers for industry. Interruptores de corte em carga, sistemas de barramentos SENTRON 8US Introdução Tipo 3NP 1 3K 3NJ4

Leia mais

Manual de Instalação de Sistemas Fotovoltaicos em Telhados - PHB

Manual de Instalação de Sistemas Fotovoltaicos em Telhados - PHB Manual de Instalação de Sistemas Fotovoltaicos em Telhados - PHB Índice Capítulo Título Página 1 Informações Gerais 3 2 Segurança 4 3 Especificações Técnicas 5 4 Ferramentas, Instrumentos e Materiais 6

Leia mais

CANALETA EM ALUMÍNIO APARENTE LINHA PREMIUM

CANALETA EM ALUMÍNIO APARENTE LINHA PREMIUM CANALETA EM ALUMÍNIO APARENTE LINHA PREMIUM CANALETA 156/3 (150 X 60 mm) - 3 seções 0% BRASILEIRA Características das canaletas de alumínio Blindagem eletromagnética devido à liga 6060 - T5, eliminando

Leia mais

PERFORT SISTEMAS DE BANDEJAMENTO

PERFORT SISTEMAS DE BANDEJAMENTO PERFORT 1 SISTEMAS DE BANDEJAMENTO Sistemas para piso elevado A Mopa desenvolveu diversos modelos de caixas para acomodação dos pontos de ligação dos aparelhos (tomadas). Estas caixas tem características

Leia mais

Sistema X. Sistema DLP. Canaleta Rodapé. 80 x 20. 120 x 20

Sistema X. Sistema DLP. Canaleta Rodapé. 80 x 20. 120 x 20 Sistema X 6750 00 6750 60 6750 62 Sistema de instalação elétrica aparente composto por canaletas, interruptores, tomadas e acessórios de acabamento - Design discreto; - Quatro opções de canaletas para

Leia mais

Estantes para picking

Estantes para picking M7 Estantes para picking Sistema de armazenagem de produtos para picking manual que segue o princípio homem a produto. Principais vantagens: - Possibilidade de armazenar produtos de carga média e grande.

Leia mais

CADASTRO TÉCNICO DE FORNECEDORES SISTEMA NORMATIVO CORPORATIVO MATERIAIS PADRONIZADOS APLICADOS EM CÂMARA DE TRANSFORMAÇÃO 15KV - ATENDIMENTO COLETIVO

CADASTRO TÉCNICO DE FORNECEDORES SISTEMA NORMATIVO CORPORATIVO MATERIAIS PADRONIZADOS APLICADOS EM CÂMARA DE TRANSFORMAÇÃO 15KV - ATENDIMENTO COLETIVO SISTEMA NORMATIVO CORPORATIVO CADASTRO TÉCNICO CÓDIGO TÍTULO VERSÃO CD.DT.PDN.03.14.001 03 APROVADO POR MARCELO POLTRONIERI ENGENHARIA E CADASTRO (DEEE) SUMÁRIO 1. OBJETIVO... 3 2. HISTÓRICO DAS REVISÕES...

Leia mais

PROJETO DE INSTALAÇÕES ELÉTRICAS MEMORIAL DESCRITIVO

PROJETO DE INSTALAÇÕES ELÉTRICAS MEMORIAL DESCRITIVO PROJETO DE INSTALAÇÕES ELÉTRICAS MEMORIAL DESCRITIVO Instalação Nobreak 60 KVA - 380 V PROPRIETÁRIO: Procuradoria Geral de Justiça. 1 MEMORIAL DESCRITIVO 1. IDENTIFICAÇÃO DO PROJETO DADOS DO PROPRIETÁRIO

Leia mais

Automação Centros de Controle de Motores de Baixa Tensão. Motores Automação Energia Tintas

Automação Centros de Controle de Motores de Baixa Tensão. Motores Automação Energia Tintas Automação Centros de Controle de Motores de Baixa Tensão Motores Automação Energia Tintas CCMs BT WEG Os CCMs BT WEG foram desenvolvidos para atender aos mais diversos segmentos de mercado, atendendo a

Leia mais

Aplicações. Certificações de Conformidade Brasileiras - NBR IEC

Aplicações. Certificações de Conformidade Brasileiras - NBR IEC Aplicações As caixas de junção para instrumentação são usadas para executar processos ou informações remotas para a sala de comandos. Projetadas para áreas de Zona 1 ou 2, onde gases ou vapores in amáveis

Leia mais

PV-2200 MANUAL DE INSTRUÇÃO

PV-2200 MANUAL DE INSTRUÇÃO Pág.:1 MÁQUINA: MODELO: NÚMERO DE SÉRIE: ANO DE FABRICAÇÃO: O presente manual contém instruções para instalação e operação. Todas as instruções nele contidas devem ser rigorosamente seguidas do que dependem

Leia mais

CARROS DE APOIO À INDUSTRIA

CARROS DE APOIO À INDUSTRIA Carros de Mão Carros Ligeiros com Carros para Cargas Médias/Elevadas Carros Armário com e sem Prateleiras Carros com Banca de Trabalho Carros de Apoio à Industria Carros de Reboque Carros para Escritóio

Leia mais

Aula 4b Elementos da Infraestrutura

Aula 4b Elementos da Infraestrutura Aula 4b Elementos da Infraestrutura Prof. José Maurício S. Pinheiro 2010 1 Elementos de Infra-estrutura São utilizados em projetos de sistemas de cabeamento para estabelecer o tráfego de voz, dados e imagens,

Leia mais

C HAVE FUSÍVEL T IPO MZ PARA DISTRIBUIÇÃO

C HAVE FUSÍVEL T IPO MZ PARA DISTRIBUIÇÃO C HAVE FUSÍVEL T IPO MZ PARA DISTRIBUIÇÃO A Chave fusível tipo MZ foi desenvolvida para operar em redes de distribuição com tensões de 15, 27 e 38 kv. Especialmente projetada para proteger transformadores,

Leia mais

PADRONIZAÇÃO DE DISTRIBUIÇÃO Título ESTRUTURAS PARA MONTAGEM DE REDES AÉREAS DE DISTRIBUIÇÃO URBANA SECUNDÁRIA COM CABOS MULTIPLEXADOS APRESENTAÇÃO

PADRONIZAÇÃO DE DISTRIBUIÇÃO Título ESTRUTURAS PARA MONTAGEM DE REDES AÉREAS DE DISTRIBUIÇÃO URBANA SECUNDÁRIA COM CABOS MULTIPLEXADOS APRESENTAÇÃO APRESENTAÇÃO 1-1 SUMÁRIO SEÇÃO 1 Apresentação SEÇÃO 2 Engastamento de postes SEÇÃO 3 Afastamentos mínimos SEÇÃO 4 Instalações básicas SEÇÃO 5 Cruzamentos SEÇÃO 6 Rabichos SEÇÃO 7 Aterramento 1 OBJETIVO

Leia mais

CATÁLOGO Network, Datacom e Telecom

CATÁLOGO Network, Datacom e Telecom CATÁLOGO Network, Datacom e Telecom 20 GABINETES Linha EF São diversas opções de gabinetes tanto para ambientes limpos quanto para o chão de fábrica, que comportam de a 1.000 de equipamentos. GABINETES

Leia mais

CONECTORES PARA CABOS FLEXÍVEIS RAMAIS DE LIGAÇÃO E MEDIDORES

CONECTORES PARA CABOS FLEXÍVEIS RAMAIS DE LIGAÇÃO E MEDIDORES TÍTULO ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA DA DISTRIBUIÇÃO CONECTORES PARA CABOS FLEXÍVEIS RAMAIS DE LIGAÇÃO E MEDIDORES CÓDIGO ESP-I-GPC-01/13 VERSÃO Nº APROVAÇÃO DATA DATA DA VIGÊNCIA R0 20/05/2013 CONTROLE DE REVISÃO

Leia mais

Painéis de Distribuição ALPHA 160 e 400 A. Total segurança para a sua instalação. www.siemens.com.br/alpha

Painéis de Distribuição ALPHA 160 e 400 A. Total segurança para a sua instalação. www.siemens.com.br/alpha Painéis de Distribuição ALPHA 160 e 400 A Total segurança para a sua instalação www.siemens.com.br/alpha Painéis de Distribuição ALPHA Alta tecnologia para cada necessidade. Preparados para enfrentar qualquer

Leia mais

NORMA DE DISTRIBUIÇÃO UNIFICADA NDU-005 INSTALAÇÕES BÁSICAS PARA CONSTRUÇÃO DE REDES DE DISTRIBUIÇÃO RURAL

NORMA DE DISTRIBUIÇÃO UNIFICADA NDU-005 INSTALAÇÕES BÁSICAS PARA CONSTRUÇÃO DE REDES DE DISTRIBUIÇÃO RURAL NORMA DE DISTRIBUIÇÃO UNIFICADA NDU-005 INSTALAÇÕES BÁSICAS PARA CONSTRUÇÃO DE REDES DE DISTRIBUIÇÃO RURAL SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO... 2 2. ASPECTOS GERAIS... 2 3. EXCEÇÕES... 2 4. TENSÕES DE FORNECIMENTO...

Leia mais

CONVITE Nº 016/2012. ANEXO I MODELO DE CARTA DE APRESENTAÇÃO DA PROPOSTA COMERCIAL COM BASE NA DESCRIÇÃO DE ITENS CONSTANTES NESTE ANEXO.

CONVITE Nº 016/2012. ANEXO I MODELO DE CARTA DE APRESENTAÇÃO DA PROPOSTA COMERCIAL COM BASE NA DESCRIÇÃO DE ITENS CONSTANTES NESTE ANEXO. CONVITE Nº 016/2012. ANEXO I MODELO DE CARTA DE APRESENTAÇÃO DA PROPOSTA COMERCIAL COM BASE NA DESCRIÇÃO DE ITENS CONSTANTES NESTE ANEXO. Ao Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial Senac - Administração

Leia mais

Painel com disjuntores

Painel com disjuntores Painel com disjuntores AR63 A prova de tempo e jatos potentes d água Características Construtivas Painel de distribuição, alimentação, proteção, etc. montado em invólucros fabricados em liga de alumínio

Leia mais

A entrada de energia elétrica será executada através de:

A entrada de energia elétrica será executada através de: Florianópolis, 25 de março de 2013. 1. CONSIDERAÇÕES INICIAIS O presente memorial tem como principal objetivo complementar as instalações apresentadas nos desenhos/plantas, descrevendo-os nas suas partes

Leia mais

ESPECIFICAÇÕES DE MATERIAIS 06.09.000 SISTEMA DE CABEAMENTO ESTRUTURADO 06.09.001 - EQUIPAMENTOS ATIVOS

ESPECIFICAÇÕES DE MATERIAIS 06.09.000 SISTEMA DE CABEAMENTO ESTRUTURADO 06.09.001 - EQUIPAMENTOS ATIVOS ESPECIFICAÇÕES DE MATERIAIS 06.09.000 SISTEMA DE CABEAMENTO ESTRUTURADO 06.09.001 - EQUIPAMENTOS ATIVOS Tipo: Gabinete Rack do tipo bastidor com porta e ventilação forçada 24U x 19"x 670mm, com porta de

Leia mais

COMPONENTES. Chave sem carga para o tipo de Título Instalação fixa SW

COMPONENTES. Chave sem carga para o tipo de Título Instalação fixa SW COMPONENTES Chave sem carga para o tipo de Título Instalação fixa SW Informações gerais A chave SW sem carga é uma gama completa projetada para cobrir todas as aplicações a serem cumpridas em subestações

Leia mais

CENTRO DE EDUCAÇÃO E ESPORTES GERAÇÃO FUTURA

CENTRO DE EDUCAÇÃO E ESPORTES GERAÇÃO FUTURA MEMORIAL DESCRITIVO E JUSTIFICATIVO DE CÁLCULO PROJETO DE INSTALAÇÕES ELÉTRICAS EM MÉDIA TENSÃO 13.8KV CENTRO DE EDUCAÇÃO E ESPORTES GERAÇÃO FUTURA RUA OSVALDO PRIMO CAXILÉ, S/N ITAPIPOCA - CE 1. INTRODUÇÃO

Leia mais

Siemens AG 2009 SIRIUS SENTRON SIVACON. Catálogo LV 90 2009. Baixa Tensão Corte, protecção e comando. Answers for industry.

Siemens AG 2009 SIRIUS SENTRON SIVACON. Catálogo LV 90 2009. Baixa Tensão Corte, protecção e comando. Answers for industry. SIRIUS SENTRON SIVACON Catálogo LV 90 2009 Baixa Tensão Corte, protecção e comando Answers for industry. Interruptores de corte em carga, sistemas de barramentos SENTRON 8US Introdução Apresentação geral

Leia mais

Descrição Geral...4 Especificações Técnicas...5 2.1 Características Funcionais...5 2.2 Características Ambientais...5 3 Instalação...6 3.

Descrição Geral...4 Especificações Técnicas...5 2.1 Características Funcionais...5 2.2 Características Ambientais...5 3 Instalação...6 3. Manual do Equipamento ME-035_Rev02-AS-0001 AS-0001 Conversor de sinais FO TTL SUMÁRIO 1 2 Descrição Geral...4 Especificações Técnicas...5 2.1 Características Funcionais...5 2.2 Características Ambientais...5

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO 1. CABEAMENTO VERTICAL 1.1 INTRODUÇÃO

MEMORIAL DESCRITIVO 1. CABEAMENTO VERTICAL 1.1 INTRODUÇÃO MEMORIAL DESCRITIVO 1. CABEAMENTO VERTICAL 1.1 INTRODUÇÃO O cabeamento vertical, ou cabeamento de backbone integra todas as conexões entre o backbone do centro administrativo e os racks departamentais,

Leia mais

Série Quasar. Quadro Geral de Baixa Tensão Quadro de Distribuição Centro de Controle de Motores Inteligente. www.altus.com.br

Série Quasar. Quadro Geral de Baixa Tensão Quadro de Distribuição Centro de Controle de Motores Inteligente. www.altus.com.br Série Quasar Quadro Geral de Baixa Tensão Quadro de Distribuição Centro de Controle de Motores Inteligente www.altus.com.br Na medida exata para seu negócio Modular: ampla variedade de configurações para

Leia mais

Dispositivos de proteção

Dispositivos de proteção Dispositivos de proteção Introdução Panorama da linha Tipo 3RV10 3RV11 3RV13 3RV14 3RV16 3RV16 3RV17 Disjuntor 3RV1 até 100 A Aplicações Proteção de instalações 1) 1) Proteção de motores Proteção de motores

Leia mais

Rack piso standard. Rack piso Server

Rack piso standard. Rack piso Server Rack piso standard Desenvolvido para atender diversos tamanhos e tipos de redes Monobloco: Estrutura em chapa de aço 1,2 mm Porta frontal em chapa de aço 1,2 mm, visor em acrílico fume e fechadura cilíndrica

Leia mais

DCC - RESPONDENDO AS DÚVIDAS 13. TELHADO

DCC - RESPONDENDO AS DÚVIDAS 13. TELHADO DCC - RESPONDENDO AS DÚVIDAS 13. TELHADO Av. Torres de Oliveira, 76 - Jaguaré CEP 05347-902 - São Paulo / SP TELHADO A cobertura de uma casa constitui-se de um telhado ou de uma laje. Neste capítulo, mostraremos

Leia mais

MANUAL DE PROCEDIMENTOS DE

MANUAL DE PROCEDIMENTOS DE MPN-DP-01/MN-3 TÍTULO: INSTALAÇÕES BÁSICAS DE BT ISOLADA Página 1 MPN-DP-01/MN-3 TÍTULO: INSTALAÇÕES BÁSICAS DE BT ISOLADA ÍNDICE CAPÍTULO Página 1. OBJETIVO 4 2. APLICAÇÃO 4 3. AFASTAMENTOS MÍNIMOS 5

Leia mais

Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas. Relés de Sobrecarga Térmico Linha RW

Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas. Relés de Sobrecarga Térmico Linha RW Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas Relés de Sobrecarga Térmico Linha RW Relés de Sobrecarga Térmico RW Informações Gerais - Local para identificação - Tecla Reset + Multifunção

Leia mais

MATERIAIS BÁSICOS PARA INSTALAÇÕES ELÉTRICAS

MATERIAIS BÁSICOS PARA INSTALAÇÕES ELÉTRICAS IFSC- JOINVILLE SANTA CATARINA DISCIPLINA DESENHO TÉCNICO CURSO ELETRO-ELETRÔNICA MATERIAIS BÁSICOS PARA INSTALAÇÕES ELÉTRICAS 2011.2 Prof. Roberto Sales. MATERIAIS BÁSICOS PARA INSTALAÇÕES ELÉTRICAS A

Leia mais

NOVIDADES 2013 ZEMBE E+S

NOVIDADES 2013 ZEMBE E+S fo.z em be.in NOVIDADES 2013 NOVIDADES 2013 CAIXA PORTINHOLA P100 S/ EQUIPAMENTO +32450 CX PORTINHOLA P100 VZ N/Q INT 250x375x200 Portinhola P100 vazia e não qualificada. CAIXA PORTINHOLA 2xP100 +32522

Leia mais

1/5. be-16. Bancada laboratório 2 CUBAS 50x40x25cm (L=180cm) eco. Componentes. Código de listagem. Atenção. Revisão Data Página 1 04/04/14

1/5. be-16. Bancada laboratório 2 CUBAS 50x40x25cm (L=180cm) eco. Componentes. Código de listagem. Atenção. Revisão Data Página 1 04/04/14 /5 2/5 3/5 4/5 DESCRIÇÃO Constituintes Tampo de granito polido (L=65cm, e=2cm), cinza andorinha ou cinza corumbá, com moldura perimetral (3,5x2cm) e frontão (7x2cm), conforme detalhe. Alvenaria de apoio

Leia mais

PEDIDO DE COTAÇÃO - ANEXO I

PEDIDO DE COTAÇÃO - ANEXO I Folha: 0001 Objeto: Aquisição de Material de e Permanente (Equipamentos e Suprimentos de Informática), para 001 081266-9 CABO UTP CAT5E FLEXíVEL, CAIXA COM 300MT Lote 1- Destino: Uinfor CX 30 002 113294-5

Leia mais

SAN.T.IN.NT 31. Os barramentos instalados em subestações e/ou cubículos deverão ser pintados em toda sua extensão, exceto nos pontos de conexão.

SAN.T.IN.NT 31. Os barramentos instalados em subestações e/ou cubículos deverão ser pintados em toda sua extensão, exceto nos pontos de conexão. 1 / 7 SUMÁRIO: 1. FINALIDADE 2. ÂMBITO DE APLICAÇÃO 3. CONCEITOS BÁSICOS 4. PROCEDIMENTOS 5. REFERÊNCIAS 6. ANEXOS 1. FINALIDADE Esta norma tem como finalidade regulamentar os princípios básicos e procedimentos

Leia mais

DTGHV_20130524. Características e especificações técnicas sujeitas a alterações sem prévio aviso./ Fotos meramente ilustrativas. pág.

DTGHV_20130524. Características e especificações técnicas sujeitas a alterações sem prévio aviso./ Fotos meramente ilustrativas. pág. DT_20130524 GUILHOTINA HIDRÁULICA DE ÂNGULO VARIÁVEL MARCA NEWTON LINHA Características e especificações técnicas sujeitas a alterações sem prévio aviso./ Fotos meramente ilustrativas. pág. 1/5 DT_20130524

Leia mais

NORMA DE DISTRIBUIÇÃO UNIFICADA NDU-004 INSTALAÇÕES BÁSICAS PARA CONSTRUÇÃO DE REDES DE DISTRIBUIÇÃO URBANA

NORMA DE DISTRIBUIÇÃO UNIFICADA NDU-004 INSTALAÇÕES BÁSICAS PARA CONSTRUÇÃO DE REDES DE DISTRIBUIÇÃO URBANA NORMA DE DISTRIBUIÇÃO UNIFICADA NDU-004 INSTALAÇÕES BÁSICAS PARA CONSTRUÇÃO DE REDES DE DISTRIBUIÇÃO URBANA SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO... 1 2. ASPECTOS GERAIS... 1 3. EXCEÇÕES... 1 4. TENSÕES DE FORNECIMENTO...

Leia mais

Catálogo Técnico 2013

Catálogo Técnico 2013 Catálogo Técnico 203 Tudo o que se espera em material elétrico Identificação Esquema de ligação Interruptor imples - 0A/250V~ 2 FAE Permite comandar uma o u m a i s l â m p a d a s exclusivamente de um

Leia mais

Produtos de Baixa Tensão. Quadros de distribuição de energia elétrica Linha Europa

Produtos de Baixa Tensão. Quadros de distribuição de energia elétrica Linha Europa Produtos de Baixa Tensão Quadros de distribuição de energia elétrica Linha Europa Quadros de distribuição de energia elétrica Soluções residenciais 8 6 3 2 1 5 4 7 5 1 3 2 1 Proteção contra curtocircuitos

Leia mais

Instalações Elétricas Prediais A

Instalações Elétricas Prediais A Instalações Elétricas Prediais A ENG04482 Prof. Luiz Fernando Gonçalves AULA 9 Divisão da Instalação em Circuitos Porto Alegre - 2012 Tópicos Quadros de distribuição Disjuntores Divisão da instalação elétrica

Leia mais

www.hepso.com.br Transformando metais em soluções

www.hepso.com.br Transformando metais em soluções www.hepso.com.br Transformando metais em soluções Rack Fechado Fotos: SP Imagens 19 Rack Fechado Rack fechado composto por estrutura monobloco soldada, placas laterais e traseira removíveis por fecho rápido

Leia mais

SOLUÇÕES PARA ARMÁRIOS SUSPENSOS ARTICULADORES

SOLUÇÕES PARA ARMÁRIOS SUSPENSOS ARTICULADORES www.hafele.com.br SOLUÇÕES PARA ARMÁRIOS SUSPENSOS ARTICULADORES IDEIAS EM MOVIMENTO ARTICULADORES DESENVOLVIDOS PELA HÄFELE A Häfele, por meio da linha Lift + Turn, oferece ao mercado uma completa gama

Leia mais

FICHA TÉCNICA ELEVADOR DE CARGA VERTCARGO

FICHA TÉCNICA ELEVADOR DE CARGA VERTCARGO Rua Rishin Matsuda, 562 Vila Santa Catarina CEP 04371-000 São Paulo SP Tel. 11 5563-6477 Fax 11 5563-3107 www.elevadoreszenit.com.br FICHA TÉCNICA ELEVADOR DE CARGA VERTCARGO ORIENTAÇÃO ELEVADORES CARGAS

Leia mais

Aplicação de Condutores de Alumínio em Medição de Consumidor em BT

Aplicação de Condutores de Alumínio em Medição de Consumidor em BT Aplicação de Condutores de Alumínio em Medição de Consumidor em BT 1 Escopo Esta ITA Ampla, tem por objetivo estabelecer os procedimentos a serem adotados para aplicação de condutores de alumínio em substituição

Leia mais

Painéis de Comando e Sistemas Suspensos

Painéis de Comando e Sistemas Suspensos Painéis de Comando e Sistemas Suspensos Safe solutions for your industry Índice Painéis de Comando e Sistemas Suspensos Página 4 Painel de Comando Commander 1 Página 5 Sistema Suspenso GT 48/2 Página

Leia mais

Manual Técnico. Transformadores de potência. Revisão 5 ÍNDICE

Manual Técnico. Transformadores de potência. Revisão 5 ÍNDICE Página 1 de 10 Manual Técnico Transformadores de potência Revisão 5 ÍNDICE 1 INTRODUÇÃO...2 2 RECEBIMENTO...2 3 INSTALAÇÃO...3 3.1 Local de instalação...3 3.2 Ligações...3 3.3 Proteções...7 4 MANUTENÇÃO...9

Leia mais

5. Instalações de chegada

5. Instalações de chegada 5. Instalações de chegada As instalações de chegada, adiante designadas também por ramais ou simplesmente chegadas, correspondem ao troço de rede eletrifica entre a rede de distribuição de BT e o sistema

Leia mais

Interruptores Seccionadores SDW Correntes Nominais de 40 a 70 A Versões bipolar, tripolar e tetrapolar

Interruptores Seccionadores SDW Correntes Nominais de 40 a 70 A Versões bipolar, tripolar e tetrapolar Minidisjuntores MBW Correntes nominais de 2 a 70 A Curvas de disparo B e C Versões monopolar, bipolar, tripolar e tetrapolar Interruptores Diferenciais Residuais DRs RBW Sensibilidade de ou 0mA Correntes

Leia mais

Manual Técnico - OHRA E GAV. PLANO -

Manual Técnico - OHRA E GAV. PLANO - Manual Técnico - OHRA E GAV. PLANO - Material elaborado pelo departamento técnico da OfficeBrasil Desenvolvimento de Projetos e Produtos Última atualização: Março de 2013 Belo Horizonte, MG Linha Ohra

Leia mais

MISTURADOR SUBMERSO RÁPIDO MSR

MISTURADOR SUBMERSO RÁPIDO MSR Indústria e Comércio de Bombas D Água Beto Ltda Manual de Instruções MISTURADOR SUBMERSO RÁPIDO MSR Parabéns! Nossos produtos são desenvolvidos com a mais alta tecnologia Bombas Beto. Este manual traz

Leia mais

quadro plus Armário de distribuição principal IP 55

quadro plus Armário de distribuição principal IP 55 Armário de distribuição principal quadro plus Para uma maior flexibilidade até 600 A A oferta quadro plus da Hager é a solução ideal para realizar armários de distribuição principal para edifícios terciários

Leia mais

INTRODUÇÃO CARACTERÍSTICAS. MODELO FE 45 CAPACIDADE DE PERFURAÇÃO Ø 45 mm PROFUNDIDADE DE CORTE TIPO DE ENCAIXE CM 2 MEDIDAS DE SEGURANÇA

INTRODUÇÃO CARACTERÍSTICAS. MODELO FE 45 CAPACIDADE DE PERFURAÇÃO Ø 45 mm PROFUNDIDADE DE CORTE TIPO DE ENCAIXE CM 2 MEDIDAS DE SEGURANÇA 1 INTRODUÇÃO As Furadeiras de Base Magnética Merax caracterizam-se por serem robustas, porém leves e de fácil transporte. Utilizam qualquer tipo de broca, preferencialmente as brocas anulares. Trabalham

Leia mais

Contatores e Relés de Sobrecarga SIRIUS. Answers for Industry.

Contatores e Relés de Sobrecarga SIRIUS. Answers for Industry. Contatores e Relés de Sobrecarga SIRIUS Answers for Industry. s 3RT10 Acessórios Descrição Execução S00 c b d a a Contatores 3RT10 15 / 3RT10 16 / 3RT10 17 b Bloco de contato auxiliar ( entrada de condutores

Leia mais

DIMENSIONAMENTO OS SEIS CRITÉRIOS TÉCNICOS DE DIMENSIONAMENTO DE CONDUTORES ELÉTRICOS:

DIMENSIONAMENTO OS SEIS CRITÉRIOS TÉCNICOS DE DIMENSIONAMENTO DE CONDUTORES ELÉTRICOS: DIMENSIONAMENTO OS SEIS CRITÉRIOS TÉCNICOS DE DIMENSIONAMENTO DE CONDUTORES ELÉTRICOS: Chamamos de dimensionamento técnico de um circuito à aplicação dos diversos itens da NBR 5410 relativos à escolha

Leia mais

O SPDA Estrutural é uma solução tecnológica aperfeiçoada pela Termotécnica Para-raios, com o intuito de oferecer além de segurança, ganho estético

O SPDA Estrutural é uma solução tecnológica aperfeiçoada pela Termotécnica Para-raios, com o intuito de oferecer além de segurança, ganho estético O SPDA Estrutural é uma solução tecnológica aperfeiçoada pela Termotécnica Para-raios, com o intuito de oferecer além de segurança, ganho estético para as fachadas das edificações e redução de custos,

Leia mais

Bastidores para fibra óptica

Bastidores para fibra óptica Apresentação A gama de armários para fibra óptica Olirack foi concebida para a instalação, protecção e isolamento de terminadores e repartidores ópticos. A fibra óptica é um filamento feito de vidro ou

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO E DE ESPECIFICAÇÕES

MEMORIAL DESCRITIVO E DE ESPECIFICAÇÕES MEMORIAL DESCRITIVO E DE ESPECIFICAÇÕES SISTEMA DE CABEAMENTO ESTRUTURADO OBRA: ESCOLA DE ENSINO PROFISSIONALIZANTE PROJETO PADRÃO PROPRIETÁRIO: MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO - MEC FUNDO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO

Leia mais

Caixas de Embutir para Alvernaria 4 x 4 e 4 x 2

Caixas de Embutir para Alvernaria 4 x 4 e 4 x 2 Caixas de Embutir para Alvernaria 4 x 4 e 4 x 2 Disjuntores UNIC Novas caixas de embutir Pial Legrand fabricadas com características técnicas exclusivas para melhorar a qualidade da instalação: Alta resistência

Leia mais