TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DE SÃO PAULO. Caderno de Prova J10, Tipo 001

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DE SÃO PAULO. Caderno de Prova J10, Tipo 001"

Transcrição

1 TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DE SÃO PAULO Março/2012 Concurso Público para provimento de cargos de Técnico Judiciário - Área Apoio Especializado Especialidade Programação de Sistemas Nome do Candidato o N de Inscrição MODELO o N do Caderno MODELO1 o N do Documento ASSINATURA DO CANDIDATO PROVA Conhecimentos Básicos Conhecimentos Específicos INSTRUÇÕES - Verifique se este caderno: - corresponde a sua opção de cargo. - contém 80 questões, numeradas de 1 a 80. Caso contrário, reclame ao fiscal da sala um outro caderno. Não serão aceitas reclamações posteriores. - Para cada questão existe apenas UMA resposta certa. - Você deve ler cuidadosamente cada uma das questões e escolher a resposta certa. - Essa resposta deve ser marcada na FOLHA DE RESPOSTAS que você recebeu. VOCÊ DEVE - Procurar, na FOLHA DE RESPOSTAS, o número da questão que você está respondendo. - Verificar no caderno de prova qual a letra (A,B,C,D,E) da resposta que você escolheu. - Marcar essa letra na FOLHA DE RESPOSTAS, conforme o exemplo: A C D E ATENÇÃO - Marque as respostas primeiro a lápis e depois cubra com caneta esferográfica de tinta preta. - Marque apenas uma letra para cada questão, mais de uma letra assinalada implicará anulação dessa questão. - Responda a todas as questões. - Não será permitida qualquer espécie de consulta, nem o uso de máquina calculadora. - Você terá 4 horas para responder a todas as questões e preencher a Folha de Respostas. - Ao término da prova, chame o fiscal da sala para devolver o Caderno de Questões e a sua Folha de Respostas. - Proibida a divulgação ou impressão parcial ou total da presente prova. Direitos Reservados.

2 CONHECIMENTOS BÁSICOS Português Atenção: As questões de números 1 a 10 referem-se ao texto abaixo. Se nunca foi fácil traçar a linha divisória entre arte erudita e arte popular, agora é mais difícil levar a cabo essa tarefa ociosa. Indiferente à palha seca da controvérsia, a arte segue o seu caminho. A vertente é uma só e é nela que se dá o encontro das águas. Pouco importam as fontes de onde procedem. Purificadoras e purificadas, seu caráter lustral as universaliza. Caetano Veloso, por exemplo. Quem ousaria classificá-lo? Em princípio, a arte deveria permanecer ao relento. Maldito, o poeta não era aceito. Na escala de valores, popular, mais que um adjetivo, era um estigma. Daí o escândalo do sarau de d. Nair de Tefé. Primeira-dama, ela própria artista, afrontou a conspícua Velha República. Em pleno palácio do Catete, ouviu-se por sua iniciativa o "Corta-jaca", de Chiquinha Gonzaga. Delirante sucesso na rua, a música era aplaudida em cena aberta e assobiada em botequins. Viajou a Portugal e lá arrebatou a plateia. Mas no Catete só podia ser insânia. A maturidade de Caetano Veloso coincide com o amadurecimento cultural que lhe proporciona o reconhecimento nacional. Caducas as classificações, sua arte aniquila toda e qualquer discriminação. Exaltada aqui dentro, repercute lá fora. A música lhe dá dimensão internacional. O que ele é, porém, é universal. A poesia de fato nunca esteve divorciada da expressão popular. Manuel Bandeira tirava o chapéu, respeitoso, para Sinhô, Pixinguinha, Noel. Dos poetas, foi dos mais musicais, Manuel. E musicado. Arranhava o seu violão. Saiu extasiado da casa em que ouviu João Gilberto e sua recente batida bossa-novista. Fui testemunha ocular e auditiva. Tudo isso vem a propósito da fusão que Caetano Veloso hoje encarna. Metabolizada, a grande arte canta nesse legítimo poeta do Brasil. (Adaptado de Otto Lara Resende. "Poeta do encontro". Bom dia para nascer. São Paulo, Cia. das Letras, 2011, p ) 2. De acordo com o contexto, a fusão que Caetano Veloso encarna ocorre entre a arte erudita e a expressão popular. Sinhô, Pixinguinha e Noel. a bossa nova e o samba. a arte comercial e a arte folclórica. o samba e a poesia de Manuel Bandeira. 3. A substituição do termo grifado por um pronome, com as necessárias alterações, foi efetuada de modo correto em: traçar a linha divisória = traçar-lhe arrebatou a plateia = lhe arrebatou levar a cabo essa tarefa ociosa = levá-la a cabo segue o seu caminho = segue-no Arranhava o seu violão = lhe arranhava 4. Pouco importam as fontes de onde procedem. Mantendo-se a correção e a lógica, sem que nenhuma outra alteração seja feita, o verbo grifado na frase acima pode ser substituído APENAS por: produzem. derivam. efetuam. imergem. originam. 5. Caducas as classificações, sua arte aniquila toda e qualquer discriminação. Transpondo-se a frase acima para a voz passiva, a forma verbal resultante será: aniquilou-se. são aniquiladas. aniquilam-se. foi aniquilada. é aniquilada. 6. Tudo isso vem a propósito da fusão que Caetano Veloso hoje encarna. 1. Atente para as afirmações abaixo. I. O autor constata que a distinção entre arte erudita e arte popular é infrutífera, pois certas obras possuem elementos tanto de uma vertente como da outra. II. Caetano Veloso, apesar de escrever canções populares de alta qualidade estética, não pode, segundo o autor, ser classificado como poeta lírico, pois o lirismo é próprio da arte erudita. III. O escândalo do sarau realizado no Palácio do Catete, em que se ouviu Chiquinha Gonzaga, foi causado por preconceito em relação à arte dita "popular". Está correto o que se afirma APENAS em I. I e II. II e III. I e III. III. O verbo que exige o mesmo tipo de complemento que o grifado acima está empregado em: Exaltada aqui dentro, repercute lá fora. A vertente é uma só... Pouco importam as fontes de onde procedem.... seu caráter lustral as universaliza. Viajou a Portugal Manuel Bandeira tirava o chapéu, respeitoso, para Sinhô, Pixinguinha, Noel. O verbo conjugado nos mesmos tempo e modo em que se encontra o grifado acima está em:... mais que um adjetivo, era um estigma. Dos poetas, foi dos mais musicais. Em princípio, a arte deveria permanecer ao relento.... que lhe proporciona o reconhecimento nacional. Quem ousaria classificá-lo? 2 TRESP-Conhecimentos Básicos 5

3 8. Na escala de valores, popular, mais que um adjetivo, era um estigma. Daí o escândalo do sarau de d. Nair de Tefé. Primeira-dama, ela própria artista, afrontou a conspícua Velha República. Mantendo-se, em linhas gerais, o sentido original, uma redação alternativa para as frases acima, em que se respeitam as regras de pontuação, é: Popular, era na escala de valores mais que um adjetivo, um estigma. Daí o escândalo do sarau da primeira-dama, d. Nair de Tefé, ela própria artista, que, afrontou a conspícua Velha República. Popular era, na escala de valores, mais que um adjetivo, um estigma. Daí o escândalo do sarau da primeira-dama, d. Nair de Tefé, ela própria artista, que afrontou a conspícua Velha República. Popular, era na escala de valores mais que um adjetivo: um estigma. Daí o escândalo do sarau da primeira-dama, d. Nair de Tefé ela própria artista, que afrontou a conspícua, Velha República. Popular era, na escala de valores, mais que um adjetivo, um estigma, daí o escândalo do sarau da primeira-dama d. Nair de Tefé ela própria, artista que afrontou a conspícua Velha República. Popular era, na escala de valores, mais que um adjetivo um estigma; daí o escândalo do sarau, da primeira-dama d. Nair de Tefé, ela própria, artista que afrontou, a conspícua Velha República. 9. A frase em que as regras de concordância estão plenamente respeitadas é: Contam-se que o poeta Manuel Bandeira ficou extasiado e impressionado ao ouvirem as novas batidas do violão de João Gilberto. As canções de Caetano Veloso, cuja letra costumam despertar discussões acaloradas, são considerados por muitos grandes poemas da literatura nacional. Já se passou vários anos do surgimento da bossa nova, mas Chega de saudade, de João Gilberto, continua a encantar os ouvidos ao redor do mundo. Além de uma canção de João Gilberto, Chega de saudade é o título do livro de Ruy Castro em que o autor relembra os protagonistas da bossa nova. Imagina-se que, embora pouco estudados, deve existir motivos sociais para a indiferença com que as camadas superiores durante muito tempo via o samba. 10. O segmento cujo sentido está corretamente expresso em outras palavras é: afrontou a conspícua = desacatou a sereníssima seu caráter lustral = sua má índole aniquila toda e qualquer discriminação = assoma todas as classificações negativas mais que um adjetivo, era um estigma = além de qualidade, era um rótulo arrebatou a plateia = entusiasmou os espectadores Atenção: As questões de números 11 a 17 baseiam-se no texto abaixo. Desde o século XIV, quando a peste negra varreu populações inteiras do continente europeu, o número de pessoas no planeta só cresceu. Se a humanidade levou milhares de anos para chegar ao seu primeiro bilhão, em 1800, dos anos 60 em diante vem adicionando essa multidão de gente a cada década. A velocidade só agora começa a diminuir, em razão da acentuada queda nos índices de fecundidade. A população mundial, no entanto, somente começará a encolher por volta de 2100, ano em que, segundo as projeções da ONU, a Terra terá completado seu décimo bilhão de habitantes. Esse tipo de previsão sempre suscitou visões catastrofistas acerca do futuro da humanidade. O mais notório dos pessimistas, o economista inglês Thomas Malthus, apregoava no século XIX que, quanto mais gente houvesse no mundo, mais fome, miséria, epidemias e guerras se propagariam. Graças aos avanços na medicina e na agricultura, as previsões funestas de Malthus não se confirmaram, assim como falharam as de seus seguidores. O tom alarmista acerca do crescimento populacional arrefeceu. A humanidade terá de colocar toda sua inventividade à prova para dar conta de demandas crescentes sem depredar o ambiente ou viver sob escassez. Existe um consenso de que também o padrão de consumo dos recursos naturais terá de ser revisto, desafio que o florescer de uma nova classe média só torna mais complicado. Mantendo-se o ritmo atual, se de fato atingirmos a marca de 10 bilhões de habitantes, teremos um planeta à beira do colapso. A expansão desse estrato intermediário de renda não significa apenas a vitória gradual do homem sobre a pobreza. Vencido o estágio mais básico da sobrevivência, esse grupo passa a se preocupar com o futuro e a abraçar políticas que lhe permitam seguir avançando, como aquelas que enfatizam o direito de propriedade, a segurança jurídica e as liberdades individuais. É ainda um contingente com mais estudo e capacidade para buscar soluções que deem conta dos gigantescos desafios do mundo de 7 bilhões de habitantes. (Monica Weinberg e Renata Betti. Veja, 2 de novembro de 2011, p. 125 a 129, com adaptações) 11. Fica evidente no texto a constatação TRESP-Conhecimentos Básicos 5 3 de que, mesmo com a acentuada queda no número de habitantes do planeta permanece o risco de escassez de alimentos prevista por economistas. do aumento de consumo decorrente do crescimento populacional e da expansão da classe média, o que exige conscientização a respeito do necessário equilíbrio entre consumo e preservação dos recursos naturais do planeta. do acerto de antigas previsões a respeito da impossibilidade de convivência pacífica entre os povos devido à escassez de recursos, principalmente a de produtos para alimentar a imensa população mundial. da atual melhoria das condições de sobrevivência da população no planeta, como resultado das facilidades de acesso a uma educação de qualidade. de que a redução da pobreza, já evidente no mundo todo, não é o bastante para permitir qualidade de vida à população, pois o planeta não mais oferece recursos para atender às exigências das novas camadas sociais.

4 12. Graças aos avanços na medicina e na agricultura, as previsões funestas de Malthus não se confirmaram... O segmento grifado exprime, em relação à afirmativa seguinte, noção de condição. tempo. proporção. causa. finalidade. 13. A expansão desse estrato intermediário de renda não significa apenas a vitória gradual do homem sobre a pobreza. (4 o parágrafo) O segmento grifado acima tem o mesmo sentido, considerando-se o contexto, de: essa multidão de gente a cada década. quanto mais gente houvesse no mundo. uma nova classe média. A explosão do número de habitantes no planeta,... o estágio mais básico da sobrevivência. contam alguns cientistas, parece estar atualmente um contingente com mais estudo. sob certo controle. Atenção: As questões de números 18 a 21 baseiam-se no 14. O verbo que se mantém corretamente no singular, mesmo com as alterações propostas entre parênteses para o segmento grifado, está em: texto abaixo. quando a peste negra varreu populações inteiras (as epidemias) quanto mais gente houvesse no mundo (mais habitantes) O tom alarmista acerca do crescimento populacional arrefeceu (As profecias) A humanidade terá de colocar toda sua inventividade à prova (Os homens) Existe um consenso (hipóteses diversas) 15. Vencido o estágio mais básico da sobrevivência, esse grupo passa a se preocupar com o futuro... (último parágrafo) Iniciando-se o período acima por Esse grupo passa a se preocupar com o futuro, o elemento grifado pode ser corretamente alterado para: para vencer enquanto vencia à medida que vencia conquanto vencesse depois de vencer 16. A expansão desse estrato intermediário de renda não significa apenas a vitória gradual do homem sobre a pobreza. O sentido do segmento grifado acima está respeitado em linhas gerais, com outras palavras e de modo correto, em: assinala tão-somente que o homem se saiu progressivamente vitorioso sobre a pobreza. não se refere tão-só à supremacia do homem sobre a pobreza, que é a sua vitória progressiva. indica mais que a gradativa superação, pelo homem, das condições de pobreza. não mostra somente uma vitória do homem que ultrapassa a pobreza gradativa. reproduz, além da vitória progressiva, as condições do homem sobre a pobreza por volta de 2100, ano em que, segundo as projeções da ONU, a Terra terá completado seu décimo bilhão de habitantes. O segmento grifado acima preenche corretamente a lacuna da frase: 4 TRESP-Conhecimentos Básicos 5 Os dados... se baseavam os cientistas para prever a escassez de alimentos ainda não estavam inteiramente catalogados. Será necessário investir cada vez mais na agricultura,... a oferta de alimentos atinja toda a população do planeta. O aumento de habitantes exige uma produção de alimentos mais ampla e variada,... sejam oferecidos a toda essa população. O desafio de aumentar a oferta de alimentos,... se necessita atualmente, justifica os múltiplos investimentos na produção agrícola. O teatro de mamulengos, como a maioria das artes de bonecos, chegou ao Brasil, com os portugueses, sob a forma de presépio. Esse tipo de apresentação já era realizado na Europa desde a Idade Média, com o objetivo de difusão religiosa, característica que faz com que religião e teatro de bonecos se misturem desde a origem. Muita coisa mudou na arte do mamulengo, a começar pela duração dos espetáculos. Histórias e linguagem também variam bastante de um grupo para outro. Histórias são passadas de geração para geração, enquanto outras são criadas. Esse teatro tem como principal característica o improviso, e os espectadores participam dele o tempo todo, por isso o roteiro e o enredo não são fixos. Com o tempo se desenvolveram dentro da modalidade dois tipos de mamulengos. O rural é o mais tradicional, que conserva figuras alegóricas bíblicas, como a alma e o diabo, e cujo universo social reproduz os hábitos cotidianos, os valores culturais, os conflitos entre os humildes e as autoridades nas fazendas e povoados. Já o mamulengo urbano adota novas personagens e circunstâncias relacionadas à dinâmica das cidades e do tempo e mantém um enredo, embora não abra mão do improviso. (Conhecimento Prático Língua Portuguesa. São Paulo: escala educacional, n o 21, p , com adaptações) 18. Fica evidente no texto que os roteiros do teatro de bonecos se mantêm tradicionalmente os mesmos, em razão da necessária participação do público em momentos específicos. o teatro de mamulengos, voltado para as histórias de um mundo rural, dificilmente consegue criar personagens e cenas citadinas. as situações bastante antigas de convívio social com base em aspectos religiosos, que caracterizavam os mamulengos, se alteraram em razão da urbanização. o elemento mais importante da arte dos mamulengos é a improvisação, marca de suas apresentações a um público participante. o teatro de mamulengos está deixando de despertar interesse devido à mudança de hábitos e de gosto de seu público tradicional.

5 19. Já o mamulengo urbano adota novas personagens e circunstâncias relacionadas à dinâmica das cidades e do tempo e mantém um enredo, embora não abra mão do improviso. (último parágrafo) As palavras grifadas acima denotam, considerando-se o contexto em que se apresentam, respectivamente, noção de consequência da afirmativa anterior e conformidade com o fato expresso no mesmo segmento. comparação com a declaração anterior e conclusão coerente para o que está sendo afirmado. causa que justifica a declaração anterior e sua consequência imediata. temporalidade e oposição ao que vem sendo expresso no parágrafo. oposição ao que foi expresso na afirmativa anterior e ressalva que não invalida a declaração feita. 20. Na arte dos mamulengos, tornaram-se célebres alguns artistas,.... Preenche corretamente a lacuna da frase acima: do nome deles que todos lembram de cujo nome todos se lembram cujo o nome todos lembram deles todos lembram os nomes do qual os nomes se lembram de todos 21. A chegada do teatro de mamulengos ao Brasil data da época colonial. Durante o período colonial esse teatro de bonecos se expandiu. O teatro de mamulengos é bastante popular ainda hoje no Brasil. As frases acima estão reunidas em um único período, com clareza e correção, sem as repetições desnecessárias, em: A chegada do teatro de mamulengos ao Brasil data da época colonial, de que esse teatro de bonecos se expandiu no período, onde é bastante popular ainda hoje no Brasil. Na época colonial o teatro de bonecos se expandiu, com a chegada durante esse período, onde é bastante popular ainda hoje no Brasil. Na época colonial esse teatro de bonecos se expandiu durante esse período, após ter sido chegado, e é teatro bastante popular ainda hoje no Brasil. A chegada do teatro de mamulengos ao Brasil data da época colonial, período em que esse teatro de bonecos se expandiu, e é bastante popular ainda hoje no país. Sendo bastante popular ainda hoje no Brasil, o teatro de mamulengos data da época colonial a sua chegada no país, período de que se expandiu. Atenção: As questões de números 22 a 25 baseiam-se no texto abaixo. Pela primeira vez, um estudo pretende demonstrar como as plantações de citros favorecem, ou não, a fauna de uma região. Pesquisa da Universidade Federal de São Carlos (Ufscar), campus de Sorocaba, mostra que pelo menos 50% das aves mais comuns na região vivem e se reproduzem em fragmentos de mata naturais, e não em áreas agrícolas e pomares. De acordo com o estudo, a possível redução das reservas previstas na proposta do novo Código Florestal pode levar ao desaparecimento de diversas espécies. O trabalho de campo para a pesquisa foi realizado na zona rural de Pilar do Sul, próxima a Sorocaba. A área é tomada por plantações de tangerinas, além de pastos e campos de produção de grãos. O objetivo da pesquisa era verificar se as espécies avaliadas poderiam usar as plantações de tangerina, que são culturas permanentes, como acréscimo ao seu hábitat natural ou até substituí-lo. Segundo o estudo, das 122 espécies da amostra, 60 foram detectadas nas plantações e nos fragmentos florestais (áreas com vegetação nativa), e as demais somente nesses fragmentos, ou seja, 62 espécies não ocorrem nos pomares. "A mata nativa quase não existe mais e, por causa disso, muitas espécies desapareceram ou estão ameaçadas", lamenta o pesquisador Marcelo Gonçalves Campolin. A pesquisa também chama a atenção para o novo Código Florestal, que prevê a redução de algumas áreas hoje legalmente protegidas, como matas ciliares e topos de morros, para serem utilizadas para a agropecuária. "Ficamos receosos de que as mudanças nas áreas protegidas possam ser terríveis para as aves e para outros animais, que vão perder ambientes naturais. E aquelas que não conseguem sobreviver nas plantações tendem a se tornar raras ou até mesmo a desaparecer", prevê o professor. (José Maria Tomazela. O Estado de S. Paulo, Vida, A15, 26 de junho de 2011, com adaptações) 22. A afirmativa correta é: TRESP-Conhecimentos Básicos 5 5 Alterações do Código Florestal podem colocar espécies de aves e outros animais em risco de extinção devido à redução de seu ambiente natural. Estudo pioneiro tem por objetivo classificar espécies de aves que sobrevivem em plantações de frutos cítricos no interior de São Paulo. As propostas para o novo Código Florestal levam em conta as pesquisas pioneiras sobre o hábitat natural de algumas espécies de aves. O trabalho de campo que embasa as hipóteses previstas pelos pesquisadores comprova o valor econômico do cultivo de frutas cítricas. Plantações de frutas cítricas devem favorecer a sobrevivência de espécies de aves e de outros animais nessas áreas de cultivo.

6 23. Considerando-se o desenvolvimento textual, afirma-se corretamente que no 2 o parágrafo apresentam-se as razões que levaram à escolha do tipo de frutas no estudo proposto pelo pesquisador. o levantamento, no 3 o parágrafo, das áreas nativas e das áreas cultivadas não apresenta relação com o número de espécies estudadas em cada uma dessas áreas. 27. O cientista..., com base em dados que lhe haviam sido..., que a pesquisa... resultados importantes para a fauna da região. previu - entregues - traria previu - entregados - trazeria preveu - entregues - trazeria preveu - entregados - traria o 1 o parágrafo apresenta, em resumo, o assunto que vai ser exposto nos demais, com conclusão expressa nas falas do responsável pela pesquisa. o texto é repetitivo, nada havendo de acréscimo às informações constantes do 1 o parágrafo, que são retomadas nos seguintes. previu - entregues - trazeria tomar medidas que... a sobrevivência de algumas espécies de aves na região. Eram necessários - garantissem as conclusões apresentadas no final do texto mostram certa incoerência por não ter sido determinado com precisão o objetivo do estudo. 24. hoje legalmente protegidas, como matas ciliares e topos de morros O segmento isolado pelos travessões, no último parágrafo, constitui repetição desnecessária de uma mesma informação. Eram necessárias - garantissem Era necessário - garantisse Eram necessárias - garantisse Era necessário - garantissem 29. A pesquisa, feita em terras destinadas... agricultura, teve por objetivo estudar... áreas que permitissem condições favoráveis de sobrevivência... aves. introdução de um novo assunto no texto. transcrição exata das palavras do pesquisador. determinação de uma área a ser explorada. à - às - as à - as - as à - as - às informação com exemplos esclarecedores se as espécies avaliadas poderiam usar as plantações de tangerina... (2 o parágrafo) O emprego da forma verbal grifada acima indica, no contexto, certeza. situação passada. hipótese. fato habitual. ação presente. Instruções para responder às questões de números 26 a 29. Para cada uma dessas questões, assinale, na folha de respostas, a alternativa que preenche corretamente, na ordem, as lacunas da frase apresentada. 26. Os... para a conclusão da pesquisa estavam próximos e exigiam... na... dos dados já obtidos. prazos - rapidês - análize prazos - rapidez - análise prazos - rapidez - análize prasos - rapidez - análise prasos - rapidês - análise a - as - as a - às - às 30. O trecho redigido de acordo com as qualidades exigidas em um documento oficial, principalmente clareza e correção, é: 6 TRESP-Conhecimentos Básicos 5 Em obediência às normas deste Departamento, encaminhamos este relatório, que tem por objetivo informar a V. Sa. o andamento de nossos serviços durante o bimestre, em que as metas foram integralmente cumpridas. Enquanto Chefe deste Departamento, devo dirigirme à V. Sa. para que sabeis dos nossos procedimentos durante o bimestre, com a meta a ser atingida por nossos serviços, já determinada antes. Devemos encaminhar a V. Sa. este relatório de que, na qualidade de Chefe do Departamento, damos conta dos nossos serviços no bimestre, feitos com toda a boa vontade de atender bem nosso público. Me dirijo a V. Sa., como o Chefe deste Departamento, para informar-vos que estamos atingindo a meta prevista de realização no bimestre, em que atuamos de acordo com as regras estabelecidas. Cumprimos nosso dever, como o Chefe do Departamento, para informar V. Sa. que o andamento dos nossos serviços se saiu de acordo com o que já estava sendo previsto desde o início, meta que conseguimos, felizmente, atingir.

7 Normas Aplicáveis aos Servidores Públicos Federais Instruções: Para responder às questões de números 31 a 38, considere a Lei n o 8.112/ Tiago ocupa cargo de direção em Tribunal Regional Eleitoral, estando atualmente em gozo de férias. Para tanto, seus substitutos devem ser indicados por deliberação do Plenário, ou na falta desta, previamente designados pela Corregedoria do Tribunal. no anexo da lei que dispõe sobre as carreiras dos servidores do Poder Judiciário da União ou designados pela diretoria competente. em ato do Presidente do Tribunal ou, em caso de omissão, assumirão como substitutos os servidores mais antigos do órgão. no regimento interno ou, no caso de omissão, previamente designados pelo Presidente do Tribunal. em ato do Diretor-Geral, e, na falta deste, será observada a substituição automática regulamentar. 32. Celso, servidor público federal em São Paulo, foi designado para prestar serviço no Rio de Janeiro, com afastamento em caráter eventual. No caso, o servidor terá despesas extraordinárias, entre outras, com pousada. Esse deslocamento ocorre por força de alteração de lotação. Assim, essas despesas serão ressarcidas com a concessão de diárias. auxílio-moradia. ajuda de custo. indenização de transporte. gratificação por serviços extraordinários. 33. Gilmar, não ocupante de cargo efetivo, exerce cargo em comissão na Administração Pública Federal. Tendo praticado infração disciplinar, Gilmar foi exonerado a juízo da autoridade competente. Porém, constatou-se que a referida infração estava sujeita à penalidade de suspensão. Nesse caso, a exoneração de Gilmar ficará mantida por ter ocorrido sua consumação administrativa. será convertida em destituição de cargo em comissão. será convertida em pena de demissão, a bem do serviço público. tornar-se-á insubsistente para que, previamente, cumpra a pena de suspensão. o impedirá de prestar serviços na Administração Pública pelo prazo de 1(um) ano. 34. Beatriz é servidora pública federal aposentada e requereu a reversão. Há interesse da Administração no seu retorno à atividade. Nesse caso, NÃO é requisito para ocorrer a reversão que haja cargo vago. a aposentadoria tenha sido voluntária. a servidora tenha domicílio na mesma sede. a servidora tenha sido estável quando na atividade. a aposentadoria tenha ocorrido nos cinco anos anteriores à solicitação. 35. Vanda, analista judiciário (área judiciária), ocupando cargo de direção, praticou grave infração administrativa. Instaurado o processo administrativo disciplinar e para que a servidora não influa na apuração da irregularidade, a autoridade instauradora desse processo, dentre outras providências, TRESP-Conhecimentos Básicos 5 7 determinará o afastamento da servidora do exercício do cargo pelo prazo de 30 (trinta) dias, prorrogável por mais10 (dez), com prejuízo da remuneração. ficará impedida de afastar, preventivamente, do cargo a servidora, em face da natureza da função de direção no órgão. representará ao dirigente do órgão para que a servidora seja afastada preventivamente até o final do processo administrativo. poderá determinar seu afastamento do exercício do cargo, pelo prazo de até 60 (sessenta) dias, sem prejuízo da remuneração. colocará a servidora em disponibilidade remunerada, redistribuindo seu cargo no âmbito do mesmo quadro, pelo prazo de 90 (noventa) dias. 36. Rogério, na qualidade de servidor público federal, tem alguns problemas pessoais a serem resolvidos com urgência e outros a médio prazo. Diante disso, Rogério ingressou com um pedido de licença para tratar de assuntos particulares. Nesse caso, a Administração poderá conceder a referida licença, desde que observe, dentre outros requisitos, ser o servidor ocupante de cargo efetivo. ser o servidor ocupante de cargo em comissão há pelo menos 3 (três) anos. que a licença não poderá ser interrompida em qualquer hipótese. que a licença terá o prazo de até 3 (três) meses consecutivos. ter o servidor direito à remuneração no primeiro mês da licença, cessando em relação aos demais. 37. Vitória exerce o cargo de técnico judiciário (área de apoio especializado) e reside em Município vizinho ao local onde exerce suas funções para o Tribunal Regional Eleitoral. Em razão de um acidente climático que comprometeu a execução de alguns serviços públicos e o trânsito em rodovias, faltou ao serviço durante três dias. Nesse caso, é certo que essas faltas, que foram justificadas por serem decorrentes de força maior, não estão sujeitas a compensação e nem se consideram como se efetivo exercício. força maior, devem ser compensadas pela Diretoria- Geral, mas não serão consideradas como de efetivo exercício. caso fortuito, não podem ser compensadas, mas serão consideradas como de efetivo exercício. caso fortuito ou de força maior, serão obrigatoriamente compensadas, e serão consideradas como de efetivo exercício. caso fortuito ou de força maior, poderão ser compensadas a critério da chefia imediata, sendo assim consideradas como de efetivo exercício.

8 38. Gabriela, Guilherme e Gilda, todos servidores públicos do Tribunal Regional Eleitoral, necessitam ausentar-se do serviço, sendo a primeira por motivo de casamento, o segundo para doação de sangue e a terceira para se alistar como eleitora. Nesses casos, os referidos servidores poderão ausentar-se do serviço, sem qualquer prejuízo, respectivamente, por 8 (oito) dias; 2 (dois) dias e 2(dois) dias. 8 (oito) dias; 1(um) dia e 2 (dois) dias. 6 (seis) dias; 1(um) dia e 1(um) dia. 8 (oito) dias; 2 (dois) dias e 1 (um) dia. 6 (seis) dias; 1(um) dia e 2 (dois) dias. Instruções: Para responder às questões de números 39 e 40, considere a Lei n o / Marcelo, técnico judiciário (área de apoio especializado) do Tribunal Regional Eleitoral, foi movimentado de um padrão para o seguinte, dentro de uma mesma classe, observado o interstício de um ano, conforme os critérios regulamentares aplicáveis e de acordo com a avaliação formal de desempenho. A situação posta caracteriza, legalmente, a redistribuição. a promoção. o aproveitamento. ao que couber desempenhar o cargo de Presidente o acesso. do Tribunal, desde que venha desempenhar tal função no primeiro ano e possua mais de dez anos na a progressão funcional. magistratura. 40. Milton é ocupante do cargo de analista (área administrativa), tendo como atribuições funções de segurança. Marlene é ocupante do cargo de analista (área judiciária), tendo como atribuições a execução de mandados. Nesses casos, ambos tem direito, respectivamente, à Gratificação de Atividade e Segurança GAS e à Gratificação de Atividade Externa GAE no valor de 35% (trinta e cinco por cento) do vencimento básico do servidor. 25% (vinte e cinco por cento) do vencimento básico do servidor. o funcionamento e a composição do referido Tribunal, apenas. a composição, a competência e o funcionamento do referido Tribunal. 42. O Juiz Demóstenes foi acusado da prática de ilícito eleitoral, competindo ao TRE-SP a apreciação da justa causa para dispensa da função eleitoral antes do transcurso do 8 TRESP-Conhecimentos Básicos 5 primeiro biênio. segundo biênio. terceiro biênio. quarto biênio. quinto biênio. 43. Matias e Tibúrcio são juizes de igual classe do TRE-SP. Considerando que ambos tomaram posse na mesma data, considerar-se-á mais antigo, para efeitos regimentais, sucessivamente, ao que couber desempenhar os cargos de Presidente do Tribunal e Corregedor e o Juiz integrante do Tribunal Regional Federal da 1 a Região. o juiz que, dentre eles, for o mais idoso. o que tiver servido, por mais tempo, como substituto, independentemente dos cargos que tenha ocupado ou venha ocupar. sucessivamente, ao que couber desempenhar os cargos de Presidente e Vice-Presidente do Tribunal e o Juiz integrante do Tribunal Regional Federal da 3 a Região. 44. Sócrates, Tibério e Magnus são juizes do TRE-SP. Todos estão enfrentando problemas de saúde. Sócrátes necessita de uma licença médica de quinze dias para tratamento de varizes. Tibério necessita de uma licença médica de vinte dias para tratamento de artrite. E Magnus precisará de uma licença médica de quarenta dias para tratamento de doença estomacal. Segundo o Regimento Interno do TRE-SP, bastará atestado médico, a critério do Tribunal Regional Eleitoral, independentemente de exame ou inspeção, para as licenças médicas de Tibério e Magnus, apenas. as licenças médicas de Sócrates, Tibério e Magnus. 30% (trinta por cento) do vencimento básico do servidor. 40% (quarenta por cento) dos vencimentos do servidor. as licenças médicas de Sócrates e Tibério, apenas. as licenças médicas de Sócrates e Magnus, apenas. a licença médica de Sócrates, apenas. 25% (vinte por cento) dos vencimentos do servidor. 45. Considere que João é Presidente do Conselho Nacional de Justiça, Alfredo é Diretor Geral de Secretaria do Regimento Interno do TRE-SP TRE-SP, Alexandre é Presidente do TRE-SP, Caio é Presidente do Tribunal Regional Federal da 2 a Região e José 41. Sobre o Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo, Lucio, ao estudar, aprendeu que o Regimento Interno estabelece é Presidente do Superior Tribunal de Justiça. Segundo o Regimento Interno, junto à Presidência do TRE-SP oficiará Herculano, Juiz Assessor, designado pelo Tribunal de o funcionamento do referido Tribunal, apenas. Justiça, que terá atribuições, além das exclusivas do cargo, as que lhe forem delegadas por a composição do referido Tribunal, apenas. a competência do referido Tribunal, apenas. Alexandre. Alfredo. Caio. José. João.

9 46. Antonio é Vice-Presidente do TRE-SP e exerce as suas funções cumulativamente com as de Membro do Tribunal, apenas. Corregedor Regional Eleitoral, apenas. Diretor-Geral da Secretaria do TRE-SP, apenas. Corregedor Regional Eleitoral e de Membro do Tribunal. integrante da Comissão de Magistratura Orçamentária e da Comissão de Ética. 47. É INCORRETO afirmar que, no desempenho de suas atribuições, Anésio, Corregedor do TRE-SP, se locomoverá para as Zonas Eleitorais, sempre que entender necessário. por determinação do Tribunal Superior ou deliberação do Tribunal Regional. a pedido dos Juízes Eleitorais. a requerimento de partido político, deferido pelo Tribunal. para divulgar o resultado de votação, no prazo de vinte e quatro horas após encerrado o turno de votação. 48. Considerando que Gilberto é Presidente do TRE-SP, Pedro é Diretor-Geral da Secretaria do TRE-SP, Julio é Chefe de Gabinete da Presidência do TRE-SP e Ricardo é Corregedor Regional do TRE-SP, a elaboração do Regimento Interno da Corregedoria compete a Gilberto, apenas. Ricardo, apenas. Julio e Pedro, em conjunto. Pedro e Gilberto, em conjunto. Gilberto e Ricardo, em conjunto. 49. Messias, Desembargador do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, foi eleito juiz do TRE-SP. Neste caso, Messias servirá obrigatoriamente, por cinco anos. facultativamente, por um biênio improrrogável. obrigatoriamente, por dois anos e facultativamente por mais um biênio. facultativamente, por cinco anos. obrigatoriamente, por um ano e facultativamente por mais um ano. 50. No tocante ao TRE-SP, considere: I. Não podem fazer parte do Tribunal cônjuges, companheiros ou parentes consanguíneos ou afins, em linha reta ou colateral, até o quarto grau, excluindo-se, neste caso, o que tiver sido escolhido por último. II. O Tribunal possui na sua composição um Juiz escolhido pelo Tribunal Regional Federal da 3 a Região. III. Inclui-se na competência do Tribunal julgar os recursos interpostos dos atos e decisões do Presidente, do Corregedor Regional e dos Relatores. IV. Compete ao Tribunal processar e julgar originariamente as ações de impugnação de mandato eletivo estadual e federal, inclusive referentes ao cargo de Presidente da República. Está correto o que consta APENAS em I, II e IV. I, II e III. III e IV. II e III. I e II. TRESP-Conhecimentos Básicos 5 9

10 CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS 51. Analise o texto: É uma ferramenta de desenvolvimento de software baseada em conhecimento, da empresa Artech. Com ela o desenvolvedor especifica suas aplicações em alto nível (majoritariamente de forma declarativa), a partir do qual se gera código para múltiplos ambientes permitindo gerar e manter de forma automática aplicações em múltiplas linguagens e para diferentes plataformas. Nessa ferramenta podem-se criar modelos que se preservam ao longo do tempo (bancos de conhecimento) e que são utilizados para gerar e manter as aplicações. Permite projetar, criar e manter o banco de dados (estrutura e conteúdo) e os programas de forma automática. Cada protótipo pode ser uma aplicação que equivale à aplicação de produção. Proporciona independência de plataforma e arquitetura. A ferramenta descrita no texto é JCompany. GeneXus. unipaas. ibolt. ERWin. 52. Analise o algoritmo a seguir: Algoritmo Cálculo var n, r, cont: inteiro início r 0 cont 1 enquanto (cont<=5) faça leia(n) r r * n cont cont + 1 fim_enquanto imprima (r) fim Se forem lidos os valores 2, 5, 7, 3 e 4, a saída será 840. haverá um erro, pois o resultado de um cálculo envolvendo a variável r não pode ser armazenado na própria variável r. a saída será 210. haverá um erro, pois o valor gerado será maior do que uma variável do tipo inteiro pode suportar. a saída será Analise o texto: O Scrum enfatiza o uso de um conjunto de padrões de processos de software que provaram ser eficazes para projetos com prazo de entrega apertados, requisitos mutáveis e críticos de negócio. Cada um desses padrões de processos define um conjunto de ações de desenvolvimento. Uma dessas ações consiste em manter uma lista com prioridades dos requisitos ou funcionalidades do projeto que fornecem valor comercial ao cliente. Os itens podem ser adicionados a esse registro em qualquer momento. O gerente de produto avalia o registro e atualiza as prioridades conforme requisitado. A lista citada no texto é conhecida como urgências scrum. registro ágil de requisitos. alterações scrum. registro pendente de trabalhos (Backlog). registro iterativo de desenvolvimento (sprint). 10 TRESP-Téc. Jud-Prog. Sistemas-J10

11 54. Com relação à linguagem SQL é correto afirmar: Diferentemente de outras linguagens, considera os valores nulo, zero ou um espaço vazio em branco a mesma coisa. Considerando a existência de uma tabela chamada EMPLOYEE com um campo chave primária chamado ID, a instrução DELETE * FROM EMPLOYEE WHERE ID = 125 está correta. A DML permite criar a estrutura (os metadados) de um banco de dados. Já a DDL permite manipular os dados contidos no banco de dados. São instruções DDL: CREATE DATABASE, CREATE TABLE, ALTER TABLE, CREATE INDEX, UPDATE, DROP INDEX e DROP TABLE. Constraints são definidas para evitar que valores incorretos ou inválidos sejam inseridos. Algumas das principais constraints são: NOT NULL, PRIMARY KEY e CHECK. 55. Analise o texto: A Web é, fundamentalmente, projetada para funcionar para todas as pessoas, independentemente do hardware, software, língua, cultura, localização, ou capacidade física ou mental do usuário. Quando a Web atende a esse objetivo, é acessível a pessoas com deficiência auditiva, de movimento, visão etc. A W3C publica um documento padrão destinado, entre outros, a desenvolvedores Web, que explica como tornar o conteúdo Web mais acessível à pessoas com deficiência. A versão 2.0 desse documento tem 12 diretrizes que estão organizadas em quatro princípios: perceivable, operable, understandable e robust. O documento citado no texto é o Web Accessibility Initiative (WAI). Accessible Rich Internet Applications (WAI-ARIA). Web Content Accessibility Guidelines (WCAG). Authoring Tool Accessibility Guidelines (ATAG). User Agent Accessibility Guidelines (UAAG). 56. Numa rede com topologia estrela, esse equipamento repete para todas as suas portas os bits que chegam, de forma semelhante ao que ocorre na topologia linear. Isso significa que se um computador enviar um pacote para outro, todas as demais estações conectadas nesse equipamento receberão esse mesmo pacote e perderão tempo para descartá-lo. O equipamento citado é o hub. switch. modem. roteador estático. roteador dinâmico. 57. No modelo de referência TCP/IP, a camada responsável por converter as tensões elétricas recebidas pela placa de rede em bits 0 ou 1 é a camada física. de rede. de enlace. inter-redes. de link de dados. 58. As tags utilizadas em uma página JSP para importar classes de um pacote, habilitar o uso de bibliotecas de classes (por exemplo, JSTL) e incluir arquivos (por exemplo, JSP Fragments) são conhecidas como tags diretivas. de scriptlet. de declaração. de expressão. standard action. TRESP-Téc. Jud-Prog. Sistemas-J10 11

12 59. A linguagem HTML5 permite a utilização de uma série de APIs que ajudam na criação de aplicações Web. Estas APIs podem ser acessadas por meio de KK I e usadas em conjunto com alguns elementos HTML. A API KK II permite desenhar na tela do navegador utilizando o elemento KK III e KK IV. As lacunas I, II, III e IV são preenchidas correta e respectivamente por: tags XML, Canvas, <svg>, XML. linguagens dinâmicas, Scalable Vector Graphics (SVG), <canvas>, XML. scripts JavaScript, Canvas, <canvas>, JavaScript. tags Scalable Vector Graphics (SVG), SVG, <canvas>, JavaScript. taglibs Java, Canvas, <canvas>, XML. 60. Hoje é um efeito comum em páginas Web os links serem sublinhados apenas quando o internauta posicionar o ponteiro do mouse sobre eles. A propriedade CSS que permite retirar ou colocar o sublinhado nos links é link-style. underline. link-style-type. text-decoration. text-outline. 61. Muitas vezes quando um campo perde o foco é necessário verificar alguma validação em seu conteúdo por meio de scripts JavaScript. O atributo de uma tag <input> que permite chamar um script JavaScript que será executado quando o campo perder o foco é o onblur. onkeyup. onchange. onlostfocus. onmouseout. 62. Na orientação a objetos, em uma relação de herança entre classes, a subclasse herda da superclasse apenas as variáveis públicas de instância. apenas os métodos e variáveis de instância públicos. todas as variáveis de instância e apenas os métodos estáticos. todas as variáveis e métodos, exceto os públicos e os que foram sobrescritos. todas as variáveis de instância e os métodos, entretanto, podem explicitamente sobrescrever alguns destes componentes. 63. Nos conceitos de ciência da computação, um processo é um módulo executável que pode conter threads. Um conceito importante sobre threads que estão contidas no mesmo processo é que podem compartilhar a memória do processo. evitam que processos concorrentes acessem recursos do processo principal. acessam a memória estática ao contrário de processos convencionais. controlam o acesso da memória dinâmica (heap) dos processos externos. possuem proteção contra problemas comuns de processos, como vazamento e acessos inválidos da memória. 12 TRESP-Téc. Jud-Prog. Sistemas-J10

13 64. O Microsoft Visual Studio é um conjunto completo de ferramentas para construir aplicativos, incluindo aplicações para Web. Nesta ferramenta várias linguagens compartilham o mesmo ambiente de desenvolvimento integrado (IDE). Este ambiente possuí um analisador de código que pode oferecer, enquanto o código é digitado, sugestões ao programador, como por exemplo tipos de dados e membros de classes e estruturas. Esse analisador é chamado TextMate. Lexical Analyzer. IntelliSense. Active Directory. ActiveSync. 65. Sobre desenvolvimento baseado em testes, considere: I. Este processo requer que desenvolvedores criem unidades de testes para definir os requisitos que um determinado código deve conter. Estes testes devem ser criados assim que uma pequena parte funcional do código esteja disponível. II. Frequentemente são utilizados frameworks de teste pelos desenvolvedores como o xunit ou junit para a criação de casos de teste automatizados. III. É importante que o código escrito seja apenas projetado para passar o teste específico. Nenhuma outra funcionalidade deve ser prevista ou permitida fora do escopo do teste em nenhum estágio do processo. Está correto o que consta em I, apenas. II, apenas. I e III, apenas. II e III, apenas. I, II e III. 66. Durante a criação de uma aplicação utilizando Ruby on Rails, vários diretórios e arquivos são criados automaticamente. O diretório que contém o esquema básico da aplicação para o MVC (models, views e controllers) é nomeado mvc. app. bin. public. lib. 67. Após a correta instalação de uma aplicação Ruby on Rails, ao ser executada essa aplicação será criado um servidor Web local para sua exibição. Por padrão, a porta TCP/IP utilizada para a visualização dessa aplicação em um navegador Web é Na linguagem PHP é possível utilizar o protocolo SOAP por meio de classes desenvolvidas especificamente para esse protocolo. A classe que fornece acesso cliente aos servidores SOAP é chamada de PHPAccess. WSDLClient. SoapConnect. SoapClient. SoapAccess. TRESP-Téc. Jud-Prog. Sistemas-J10 13

14 69. A linguagem PHP permite a instalação de extensões que podem aumentar sua gama de funcionalidades. Uma das funcionalidades extras que podem ser adicionadas se refere a manipulação de arquivos XML. A extensão que possui várias classes que podem ser instanciadas para a leitura e gravação de arquivos XML é chamada DOM. XML-RPC. Ctype. SCA. YAZ. 70. O formato XML utilizado para descrever os serviços de Web services, especificando como acessá-los, e quais as operações ou métodos que estão disponíveis, é chamado de XML-RPC. XHTML. SOAP. HTTP. WSDL. 71. Sobre as novas funcionalidades do Apache 2.2, considere: I. O mod_filter introduz configuração dinâmica para o filtro de saída de dados permitindo que os filtros sejam condicionalmente inseridos, baseando-se nos cabeçalhos Request ou Response ou em variáveis do ambiente. Ele soluciona os problemas de dependências e pedidos da arquitetura 2.0. II. III. O módulo mod_new_ldap é uma migração do mod_auth_ldap, da versão 2.0 para a estrutura 2.2 de Authn/Authz. As novas funcionalidades incluem o uso de atributos LDAP e filtros de procura complexos na diretriz Require. O módulo mod_proxy_balancer fornece serviços de carregamento de balanceamento para o módulo mod_proxy. Está correto o que consta em II, apenas. I e III, apenas. I e II, apenas. II e III, apenas. I, II e III. 72. Analise o seguinte shell script em Linux: #!/bin/bash function fnc() { let x=$1+$2 let y=0 } fnc echo $? for i in $* do let y=$y+$i done #[ $x ] && return 0 let r=$y+$x return $r Na execução deste script, o valor que será impresso pelo comando echo será TRESP-Téc. Jud-Prog. Sistemas-J10

15 73. Em relação ao modelo entidade-relacionamento, considere: I. Dá-se o nome de chave estrangeira ao atributo integrante de uma entidade que se torna chave primária em outra entidade. II. O relacionamento um-para-um, não requer chave estrangeira. III. No relacionamento um-para-muitos, a chave estrangeira situa-se na entidade de cardinalidade muitos. IV. No relacionamento muitos-para-muitos a chave estrangeira de ambas as entidades tem que estar em uma tabela extra que implementa o relacionamento. Está correto o que consta APENAS em I e II. III e IV. I, II e IV. I, III e IV. II, III e IV. 74. NÃO é uma característica do desenvolvimento orientado a comportamento: Combinar a linguagem ubíqua, usada no processo de desenvolvimento de software com a linguagem nativa usado pelo desenvolvedor. Utilizar Desenvolvimento de Fora para Dentro, envolvendo as partes interessadas. Desenvolver os testes com foco nos detalhes técnicos para entender a causa de uma falha. Exemplificar os requisitos de uma aplicação quebrando-os em cenários, para ilustrar um aspecto específico de comportamento da aplicação. Os fragmentos do cenário, ou seja, as entradas, eventos e saídas, devem ser suficientemente detalhados para serem representados diretamente no código. 75. Em SGBDs, os metadados resultam da conversão de comandos DDL pelo compilador da DDL. mapeamentos, restrições de integridade, mensagens de comunicação e restrições de segurança são recursos contidos no dicionário de dados. o arquivo de dados é o componente que cuida da alocação do espaço na armazenagem no disco e das estruturas de dados usadas para representar a informação armazenada. a estrutura de armazenagem e os métodos de acesso são especificados por um conjunto de definições em um tipo especial de DML. a abstração dos níveis físico, conceitual e de visão aplica-se, exclusivamente, à definição e estrutura de dados. 76. Considere o procedimento PL/SQL abaixo: DBMS_REPCAT.ADD_GROUPED_COLUMN ( sname IN VARCHAR2, oname IN VARCHAR2, column_group IN VARCHAR2, list_of_column_names IN VARCHAR2 DBMS_REPCAT.VARCHAR2s); Em relação ao parâmetro list_of_column_names é INCORRETO afirmar que list_of_column_names pode conter uma lista delimitada por vírgula ou um índice de tabela PL/SQL de nomes de coluna. é possível especificar objetos de coluna, bem como, os atributos de objetos da coluna. se a tabela é um objeto, então é possível especificar $ SYS_NC_OID para adicionar a coluna identificadora de objeto no grupo de coluna. em se tratando de uma tabela aninhada, é possível especificar NESTED_TABLE_ID para adicionar a coluna que acompanha o identificador para cada linha da tabela aninhada. o índice de tabela PL/SQL de nomes de coluna deve ser do tipo DBMS_REPCAT.VARCHAR2. TRESP-Téc. Jud-Prog. Sistemas-J10 15

16 77. Na comunicação de dados: Somente sinais digitais podem ser utilizados para transportar o conteúdo de informação. A largura de banda é uma propriedade física do meio de transmissão. Apenas sinais analógicos são constituídos por diferentes frequências. Sinais digitais não sofrem os efeitos prejudiciais que conduzem à atenuação do sinal. Apenas sinais analógicos podem ser utilizados para transportar o conteúdo de informação. 78. É um meio de transmissão no qual os repetidores somente são necessários a cada 50 quilômetros de distância em linhas longas; não desperdiça luz e dificilmente é interceptada. Trata-se de fibra ótica. cabo coaxial. rádio. par trançado, categoria 7. par trançado, categoria Numa área ocupada por uma corporação, a rede que utiliza a faixa de frequência de 2.4 GHz é configurada com estações base estrategicamente posicionadas e conectadas à fiação de cobre ou fibra ótica. A potência de transmissão das estações base e das demais estações é ajustada para alcance não superior à 5 metros, tornando cada sala uma única célula, cujo canal cobre toda a largura de banda disponível (11 a 54 Mbps) e todas as estações em sua célula. A rede em questão é uma WLAN, padrão IEEE a b g n ac 80. Em relação a protocolos e serviços de redes de comunicação, considere: I. Um serviço é um conjunto de primitivas que uma camada oferece à camada situada acima dela. II. III. As entidades têm a liberdade de trocar seus protocolos, desde que não alterem o serviço visível para seus usuários. Num cenário em que um cliente HTTP deseje obter um documento Web em um dado URL, mas desconhece o endereço IP do servidor, são utilizados, tipicamente, os protocolos DNS e HTTP, da camada de aplicação e, UDP e TCP, da camada de transporte. Está correto o que consta em I, apenas. II, apenas. III, apenas. I e II, apenas. I, II e III. 16 TRESP-Téc. Jud-Prog. Sistemas-J10

C A D E R N O D E P R O V A S

C A D E R N O D E P R O V A S CONCURSO PÚBLICO ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO ESTADO DE MINAS GERAIS C A D E R N O D E P R O V A S CADERNO 3 ESPECIALIDADE: ANALISTA DE SISTEMAS/ÁREA III (SUPORTE TÉCNICO) PROVA: CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

Leia mais

INSTRUÇÕES NÃO SERÃO ACEITAS RECLAMAÇÕES FORMULADAS APÓS O INÍCIO DA PROVA. NÃO ESQUEÇA de assinar a LISTA DE PRESENÇA.

INSTRUÇÕES NÃO SERÃO ACEITAS RECLAMAÇÕES FORMULADAS APÓS O INÍCIO DA PROVA. NÃO ESQUEÇA de assinar a LISTA DE PRESENÇA. INSTRUÇÕES Verifique, com muita atenção, este Caderno de QUESTÕES que deve conter 14 (quatorze) questões, sendo 03 (três) de Língua Portuguesa e 10 (dez) de Conhecimentos Específicos e 1 (uma) questão

Leia mais

OAB. Direito Administrativo. Prof. Rodrigo Canda LEI 8.112/90

OAB. Direito Administrativo. Prof. Rodrigo Canda LEI 8.112/90 LEI 8.112/90 Art. 5o São requisitos básicos para investidura em cargo público: I - a nacionalidade brasileira; II - o gozo dos direitos políticos; III - a quitação com as obrigações militares e eleitorais;

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO SECRETARIA DE GESTÃO E RECURSOS HUMANOS - SEGER MANUAL DE AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO INDIVIDUAL

GOVERNO DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO SECRETARIA DE GESTÃO E RECURSOS HUMANOS - SEGER MANUAL DE AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO INDIVIDUAL GOVERNO DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO SECRETARIA DE GESTÃO E RECURSOS HUMANOS - SEGER MANUAL DE AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO INDIVIDUAL 2013 PARTE I 1. OBJETIVOS DO MANUAL Este manual tem como propósito orientar

Leia mais

linguagem técnica de informática; Perceber os sinais de pontuação e identificar sua função no texto; Ler siglas e identificar seus significados;

linguagem técnica de informática; Perceber os sinais de pontuação e identificar sua função no texto; Ler siglas e identificar seus significados; PLANO DE CURSO Disciplina Competências Habilidades Bases Tecnológicas INGLÊS TÉCNICO Aumentar e consolidar o seu vocabulário ativo e passivo, através da fixação de novas palavras e expressões contidas

Leia mais

ATO Nº 20/2011. O PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 7ª REGIÃO, no uso de suas atribuições legais e regimentais,

ATO Nº 20/2011. O PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 7ª REGIÃO, no uso de suas atribuições legais e regimentais, ATO Nº 20/2011 Disciplina a concessão de licenças-médicas aos servidores em exercício neste Regional e dá outras providências. O PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 7ª REGIÃO, no uso de suas

Leia mais

Edital 012/PROAD/SGP/2012

Edital 012/PROAD/SGP/2012 Edital 012/PROAD/SGP/2012 Nome do Candidato Número de Inscrição - Assinatura do Candidato Secretaria de Articulação e Relações Institucionais Gerência de Exames e Concursos I N S T R U Ç Õ E S LEIA COM

Leia mais

ESTADO DE MATO GROSSO PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO JOSÉ DO POVO

ESTADO DE MATO GROSSO PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO JOSÉ DO POVO LEI Nº516/2012- DE 09 DE ABRIL DE 2012 Altera a Lei Municipal nº 280, de 30 de março de 2004, que dispõe sobre o Estatuto Geral do Servidores Públicos do Município de São José do Povo. JOÃO BATISTA DE

Leia mais

ATO Nº 56/2012. O PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 7ª REGIÃO, no uso de suas atribuições legais e regimentais,

ATO Nº 56/2012. O PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 7ª REGIÃO, no uso de suas atribuições legais e regimentais, ATO Nº 56/2012 Dispõe sobre a concessão da gratificação natalina aos magistrados e servidores do Tribunal Regional do Trabalho da 7ª Região. O PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 7ª REGIÃO,

Leia mais

O PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 7ª REGIÃO

O PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 7ª REGIÃO ATO Nº 20/2005 (Revogado pelo Ato nº 56/2012) Dispõe sobre a concessão da gratificação natalina aos servidores do Tribunal Regional do Trabalho da 7ª Região. O PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO

Leia mais

Considerando-se a especificação de requisitos de um software, é INCORRETO afirmar que esse documento

Considerando-se a especificação de requisitos de um software, é INCORRETO afirmar que esse documento QUESTÕES DE TI QUESTÃO 16 Considerando-se o número de pontos de função para a estimativa do tamanho de um software, é INCORRETO afirmar que, na contagem de pontos, leva-se em consideração A) as compilações

Leia mais

Tabela de Prazos da Lei 8112/90 - Regime Jurídico dos Servidores Públicos Civis da União

Tabela de Prazos da Lei 8112/90 - Regime Jurídico dos Servidores Públicos Civis da União Tabela de Prazos da Lei 8112/90 - Regime Jurídico dos Servidores Públicos Civis da União Dispositivo Prazo Referência Art. 12 Art. 13 1º Até 2 anos Validade do concurso público - podendo ser prorrogado

Leia mais

Publicação web. Será ativado um assistente de publicação que lhe guiará em todas as etapas a seguir apresentadas.

Publicação web. Será ativado um assistente de publicação que lhe guiará em todas as etapas a seguir apresentadas. Publicação web Pré requisitos: Lista de questões Formulário multimídia Este tutorial tem como objetivo, demonstrar de maneira ilustrativa, todos os passos e opções que devem ser seguidos para publicar

Leia mais

Curso de Aprendizado Industrial Desenvolvedor WEB

Curso de Aprendizado Industrial Desenvolvedor WEB Curso de Aprendizado Industrial Desenvolvedor WEB Disciplina: Programação Orientada a Objetos II Professor: Cheli dos S. Mendes da Costa Modelo Cliente- Servidor Modelo de Aplicação Cliente-servidor Os

Leia mais

CAPÍTULO I DO AFASTAMENTO DE SERVIDORES DOCENTES E TÉCNICO-ADMINISTRATIVOS

CAPÍTULO I DO AFASTAMENTO DE SERVIDORES DOCENTES E TÉCNICO-ADMINISTRATIVOS RESOLUÇÃO Nº. 27 - CONSUP/IFAM, de 06 de outubro de 2011. Dispõe sobre a Proposta que Regulamenta o Afastamento dos Servidores Docentes e Técnico-Administrativos do IFAM, para cursos de curta duração,

Leia mais

MANUAL DO REQUERIMENTO ELETRÔNICO DE GRATIFICAÇÃO DE SUBSTITUIÇÃO NA JUSTIÇA DE PRIMEIRO GRAU

MANUAL DO REQUERIMENTO ELETRÔNICO DE GRATIFICAÇÃO DE SUBSTITUIÇÃO NA JUSTIÇA DE PRIMEIRO GRAU MANUAL DO REQUERIMENTO ELETRÔNICO DE GRATIFICAÇÃO DE SUBSTITUIÇÃO NA JUSTIÇA DE PRIMEIRO GRAU Apresentação... 3 Cargos e funções substituíveis e padrão de gratificação... 4 Funções gratificadas... 4 Cargos

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 8, DE 6 DE JULHO DE 1993 I - DAS REGRAS GERAIS SOBRE A CONTAGEM DO TEMPO DE SERVIÇO

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 8, DE 6 DE JULHO DE 1993 I - DAS REGRAS GERAIS SOBRE A CONTAGEM DO TEMPO DE SERVIÇO INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 8, DE 6 DE JULHO DE 1993 O MINISTRO DE ESTADO CHEFE DA SECRETARIA DA ADMINISTRAÇÃO FEDERAL DA PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA, no uso das atribuições que lhe conferem a Lei nº 8.490, de

Leia mais

INSTRUÇÕES NÃO SERÃO ACEITAS RECLAMAÇÕES FORMULADAS APÓS O INÍCIO DA PROVA. NÃO ESQUEÇA de assinar a LISTA DE PRESENÇA.

INSTRUÇÕES NÃO SERÃO ACEITAS RECLAMAÇÕES FORMULADAS APÓS O INÍCIO DA PROVA. NÃO ESQUEÇA de assinar a LISTA DE PRESENÇA. INSTRUÇÕES Verifique, com muita atenção, este Caderno de QUESTÕES que deve conter 14 (quatorze) questões, sendo 03 (três) de Língua Portuguesa e 10 (dez) de Conhecimentos Específicos e 1 (uma) questão

Leia mais

Concurso Público. Prova Prática. Tecnólogo em Redes. Técnico Administrativo em Educação 2014. NÃO escreva seu nome ou assine em nenhuma folha da prova

Concurso Público. Prova Prática. Tecnólogo em Redes. Técnico Administrativo em Educação 2014. NÃO escreva seu nome ou assine em nenhuma folha da prova Concurso Público Técnico Administrativo em Educação 2014 Prova Prática Tecnólogo em Redes NÃO escreva seu nome ou assine em nenhuma folha da prova INSTRUÇÕES 1. A duração da prova é de 03 (três) horas.

Leia mais

ERRATA SEPLAG/ SEDF PROFESSOR DE EDUCAÇÃO BÁSICA E ORIENTADOR EDUCACIONAL NOÇÕES DE DIREITO ADMINISTRATIVO AUTOR: IVAN LUCAS

ERRATA SEPLAG/ SEDF PROFESSOR DE EDUCAÇÃO BÁSICA E ORIENTADOR EDUCACIONAL NOÇÕES DE DIREITO ADMINISTRATIVO AUTOR: IVAN LUCAS ERRATA SEPLAG/ SEDF PROFESSOR DE EDUCAÇÃO BÁSICA E ORIENTADOR EDUCACIONAL NOÇÕES DE DIREITO ADMINISTRATIVO AUTOR: IVAN LUCAS Na página 115, onde se lê: 31. Pelo menos cinquenta por cento dos cargos em

Leia mais

Principais diferenças entre CARGO EFETIVO, CARGO EM COMISSÃO e FUNÇÃO DE CONFIANÇA:

Principais diferenças entre CARGO EFETIVO, CARGO EM COMISSÃO e FUNÇÃO DE CONFIANÇA: Prof.: Clayton Furtado LEI 8.112/90 clayton_furtado@yahoo.com.br 1ª AULA 1 - Introdução: a. Histórico: Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA

Leia mais

Cartilha Ponto Biométrico

Cartilha Ponto Biométrico Cartilha Ponto Biométrico Secretaria Municipal de Administração, Orçamento e Informação 2 CONTROLE E APURAÇÃO DA FREQUÊNCIA DOS SERVIDORES PÚBLICOS DA ADMINISTRAÇÃO DIRETA DO MUNICÍPIO DE DIVINÓPOLIS Prezado

Leia mais

DECRETO JUDICIÁRIO Nº 135/2009

DECRETO JUDICIÁRIO Nº 135/2009 DECRETO JUDICIÁRIO Nº 135/2009 Dispõe sobre o registro e controle da freqüência dos servidores do Poder Judiciário. PUBLICADO NO DIÁRIO DO PODER JUDICIÁRIO NO DIA 24 DE AGOSTO DE 2009. A PRESIDENTE DO

Leia mais

Desenvolvendo Aplicações Web com NetBeans

Desenvolvendo Aplicações Web com NetBeans Desenvolvendo Aplicações Web com NetBeans Aula 3 Cap. 4 Trabalhando com Banco de Dados Prof.: Marcelo Ferreira Ortega Introdução O trabalho com banco de dados utilizando o NetBeans se desenvolveu ao longo

Leia mais

Redes de Computadores. Prof. Dr. Rogério Galante Negri

Redes de Computadores. Prof. Dr. Rogério Galante Negri Redes de Computadores Prof. Dr. Rogério Galante Negri Rede É uma combinação de hardware e software Envia dados de um local para outro Hardware: transporta sinais Software: instruções que regem os serviços

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 01, DE 07 DE MARÇO DE 2014

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 01, DE 07 DE MARÇO DE 2014 INSTITUTO CHICO MENDES DE CONSERVAÇÃO DA BIODIVERSIDADE INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 01, DE 07 DE MARÇO DE 2014 Institui a Política de Remoção dos servidores detentores de cargo efetivo no âmbito do Instituto

Leia mais

ESTADO DE MATO GROSSO PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA PROVIMENTO N. 6/2013/CM

ESTADO DE MATO GROSSO PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA PROVIMENTO N. 6/2013/CM PROVIMENTO N. 6/2013/CM Revoga o Provimento n. 017/2011/CM e estabelece critérios para a remoção e movimentação interna dos servidores do Poder Judiciário do Estado de Mato Grosso. O EGRÉGIO CONSELHO DA

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 19ª REGIÃO SECRETARIA DO TRIBUNAL PLENO TRIBUNAL PLENO

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 19ª REGIÃO SECRETARIA DO TRIBUNAL PLENO TRIBUNAL PLENO PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 19ª REGIÃO SECRETARIA DO TRIBUNAL PLENO TRIBUNAL PLENO RESOLUÇÃO ADMINISTRATIVA Nº 27/2012 O PLENO DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO

Leia mais

AGENTE DE FISCALIZAÇÃO - ESPECIALIDADE - TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Prova Discursiva

AGENTE DE FISCALIZAÇÃO - ESPECIALIDADE - TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Prova Discursiva Tribunal de Contas do Município de São Paulo 71 Concurso Público 2015 TARDE Nível Superior AGENTE DE FISCALIZAÇÃO - ESPECIALIDADE - TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Prova Discursiva Além deste caderno de prova,

Leia mais

DISPÕE SOBRE A AVALIAÇÃO DE ESTÁGIO PROBATÓRIO, E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS.

DISPÕE SOBRE A AVALIAÇÃO DE ESTÁGIO PROBATÓRIO, E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. LEI Nº 2001/2006 DISPÕE SOBRE A AVALIAÇÃO DE ESTÁGIO PROBATÓRIO, E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. IRANI CHIES, Prefeito Municipal de Carlos Barbosa, Estado do Rio Grande do Sul, no uso de suas atribuições legais,

Leia mais

RESOLUÇÃO N. 131/2013/TCE-RO

RESOLUÇÃO N. 131/2013/TCE-RO RESOLUÇÃO N. 131/2013/TCE-RO Dispõe sobre a concessão de férias aos servidores do Tribunal de Contas do Estado de Rondônia. O PRESIDENTE DO TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE RONDÔNIA, no uso das atribuições

Leia mais

INDICE 3.APLICAÇÕES QUE PODEM SER DESENVOLVIDAS COM O USO DO SAXES

INDICE 3.APLICAÇÕES QUE PODEM SER DESENVOLVIDAS COM O USO DO SAXES w w w. i d e a l o g i c. c o m. b r INDICE 1.APRESENTAÇÃO 2.ESPECIFICAÇÃO DOS RECURSOS DO SOFTWARE SAXES 2.1. Funcionalidades comuns a outras ferramentas similares 2.2. Funcionalidades próprias do software

Leia mais

O PRESIDENTE DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE GOIÁS, usando das atribuições legais e regimentais,

O PRESIDENTE DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE GOIÁS, usando das atribuições legais e regimentais, DECRETO JUDICIÁRIO Nº 1543/2013. Dispõe sobre a Regulamentação da concessão de Bolsa de Graduação e Pós-Graduação no âmbito do Poder Judiciário do Estado de Goiás. O PRESIDENTE DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO

Leia mais

Faço saber que a Câmara Municipal de Mangueirinha, Estado do Paraná aprovou e eu, ALBARI GUIMORVAM FONSECA DOS SANTOS, sanciono a seguinte lei:

Faço saber que a Câmara Municipal de Mangueirinha, Estado do Paraná aprovou e eu, ALBARI GUIMORVAM FONSECA DOS SANTOS, sanciono a seguinte lei: LEI Nº 1580/2010 Dá nova nomenclatura a Conferência, ao Conselho e ao Fundo Municipal de Assistência ao Idoso criado pela Lei nº 1269/2004 e dá outras providencias. Faço saber que a Câmara Municipal de

Leia mais

RESOLUÇÃO N. 128/2013/TCE-RO

RESOLUÇÃO N. 128/2013/TCE-RO RESOLUÇÃO N. 128/2013/TCE-RO Dispõe sobre a concessão de folgas compensatórias e o gozo de Licença-Prêmio por Assiduidade dos servidores do Tribunal de Contas do Estado de Rondônia. O PRESIDENTE DO TRIBUNAL

Leia mais

Módulo e-rede OpenCart v1.0. Manual de. Instalação do Módulo. estamos todos ligados

Módulo e-rede OpenCart v1.0. Manual de. Instalação do Módulo. estamos todos ligados Módulo e-rede OpenCart v1.0 Manual de Instalação do Módulo estamos todos ligados ÍNDICE 01 02 03 04 Introdução 3 Versão 3 Requerimentos 3 Manual de instalação 4 05 06 4.1 vqmod 4 4.2 Instalação e ativação

Leia mais

Publicação de uma pesquisa na web

Publicação de uma pesquisa na web Publicação de uma pesquisa na web Pré-requisitos: Lista das questões Formulário multimídia A publicação de pesquisas na web possibilita que pesquisas sejam respondidas de qualquer computador com acesso

Leia mais

Regimento Interno do Conselho Estadual de Cultura

Regimento Interno do Conselho Estadual de Cultura Regimento Interno do Conselho Estadual de Cultura Capítulo I Da Organização Art.1. O Conselho Estadual de Cultura CEC, vinculado à Secretaria de Estado do Turismo, Cultura e Esporte, é o órgão consultivo

Leia mais

Tutorial da Avaliação de Desempenho do Servidor no Estágio Probatório

Tutorial da Avaliação de Desempenho do Servidor no Estágio Probatório SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ PRÓ-REITORIA DE DESENVOLVIMENTO E GESTÃO DE PESSOAL Tutorial da Avaliação de Desempenho do Servidor no Estágio Probatório Belém/ Pará. Junho, 2013.

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE PONTA GROSSA

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE PONTA GROSSA UNIVERSIDADE ESTADUAL DE PONTA GROSSA SECRETARIA MUNICIPAL DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS CONCURSO PÚBLICO PARA ANALISTA DE SUPORTE 08 DE NOVEMBRO DE 2009... (NOME COMPLETO EM LETRA DE FORMA) INSTRUÇÕES

Leia mais

CAMARJ CAIXA DE ASSISTÊNCIA AOS MEMBROS DA ASSISTÊNCIA JUDICIÁRIA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO CONSELHO CONSULTIVO REGIMENTO INTERNO

CAMARJ CAIXA DE ASSISTÊNCIA AOS MEMBROS DA ASSISTÊNCIA JUDICIÁRIA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO CONSELHO CONSULTIVO REGIMENTO INTERNO 1 CAMARJ CAIXA DE ASSISTÊNCIA AOS MEMBROS DA ASSISTÊNCIA JUDICIÁRIA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO CONSELHO CONSULTIVO REGIMENTO INTERNO ARTIGO 1º Este regimento Interno dispõe sobre as atribuições e o funcionamento

Leia mais

SISTEMA DE BANCO DE DADOS. Banco e Modelagem de dados

SISTEMA DE BANCO DE DADOS. Banco e Modelagem de dados SISTEMA DE BANCO DE DADOS Banco e Modelagem de dados Sumário Conceitos/Autores chave... 3 1. Introdução... 4 2. Arquiteturas de um Sistema Gerenciador... 5 3. Componentes de um Sistema... 8 4. Vantagens

Leia mais

Desenvolvimento Web. Saymon Yury C. Silva Analista de Sistemas. http://www.saymonyury.com.br

Desenvolvimento Web. Saymon Yury C. Silva Analista de Sistemas. http://www.saymonyury.com.br Desenvolvimento Web Saymon Yury C. Silva Analista de Sistemas http://www.saymonyury.com.br Vantagens Informação em qualquer hora e lugar; Rápidos resultados; Portabilidade absoluta; Manutenção facilitada

Leia mais

AULA 2 INTERAÇÃO COM O BANCO DE DADOS

AULA 2 INTERAÇÃO COM O BANCO DE DADOS AULA 2 INTERAÇÃO COM O BANCO DE DADOS BANCO DE DADOS POSTGRESQL O PostgreSQL é um sistema gerenciador de banco de dados dos mais robustos e avançados do mundo. Seu código é aberto e é totalmente gratuito,

Leia mais

RESOLVE: TÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS

RESOLVE: TÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS Dispõe sobre os procedimentos internos da Universidade do Estado do Rio de Janeiro - UERJ, referentes ao Estágio Probatório, nos termos do Art. 41 4.º da Constituição da República Federativa do Brasil.

Leia mais

Universidade Federal de Minas Gerais Pró-Reitoria de Recursos Humanos Departamento de Administração de Pessoal SUBSTITUIÇÃO DE CHEFIA

Universidade Federal de Minas Gerais Pró-Reitoria de Recursos Humanos Departamento de Administração de Pessoal SUBSTITUIÇÃO DE CHEFIA SUBSTITUIÇÃO DE CHEFIA Cód.: SCH Nº: 106 Versão: 9 Data: 15/12/2015 DEFINIÇÃO É o período em que o servidor permanece no exercício de cargo ou função de direção ou chefia nos afastamentos, impedimentos

Leia mais

Prova de pré-requisito

Prova de pré-requisito Prova de pré-requisito Curso Python e Django 1. Ao se acessar o site www.google.com qual comando e parâmetros são enviados para o servidor pelo navegador? a. GET / b. GET www.google.com c. PAGE index.html

Leia mais

02/03/2014. Conteúdo deste módulo. Curso de Preparatório para Concursos Públicos. Tecnologia da Informação REDES. Conceitos Iniciais

02/03/2014. Conteúdo deste módulo. Curso de Preparatório para Concursos Públicos. Tecnologia da Informação REDES. Conceitos Iniciais Curso de Preparatório para Concursos Públicos Tecnologia da Informação REDES Conceitos Iniciais; Classificações das Redes; Conteúdo deste módulo Equipamentos usados nas Redes; Modelos de Camadas; Protocolos

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA FEDERAL DE PRIMEIRO GRAU Seção Judiciária do Rio Grande do Norte Rua Dr. Lauro Pinto, nº 245, Lagoa Nova, Natal/RN

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA FEDERAL DE PRIMEIRO GRAU Seção Judiciária do Rio Grande do Norte Rua Dr. Lauro Pinto, nº 245, Lagoa Nova, Natal/RN PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA FEDERAL DE PRIMEIRO GRAU Seção Judiciária do Rio Grande do Norte Rua Dr. Lauro Pinto, nº 245, Lagoa Nova, Natal/RN PROCESSO SELETIVO PARA ESTÁGIO REMUNERADO EM INFORMÁTICA

Leia mais

NÍVEL FUNDAMENTAL Cargo: AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE

NÍVEL FUNDAMENTAL Cargo: AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE ESTADO DO PARÁ MUNICÍPIO DE CURUÁ PREFEITURA MUNICIPAL DE CURUÁ - CONCURSO PÚBLICO - Edital N.º 001/2009 REALIZAÇÃO DA PROVA OBJETIVA: 23 de Agosto de 2009 NÍVEL FUNDAMENTAL Cargo: AGENTE COMUNITÁRIO DE

Leia mais

PROVA ESPECÍFICA Cargo 05

PROVA ESPECÍFICA Cargo 05 10 PROVA ESPECÍFICA Cargo 05 QUESTÃO 21 Durante a leitura de um dado de arquivo, são necessários o endereço da trilha e do setor onde o dado se encontra no disco, além da posição da memória onde o dado

Leia mais

NR5 - Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (205.000-5) DO OBJETIVO 5.1 A Comissão Interna de Prevenção de Acidentes - CIPA - tem como objetivo a prevenção de acidentes e doenças decorrentes do trabalho,

Leia mais

LEI Nº 9.586, DE 14 DE DEZEMBRO DE 2011 AUTORIA: PODER JUDICIÁRIO (PUBLICADO NO DIÁRIO OFICIAL DO ESTADO EM 15 DE DEZEMBRO DE 2011.

LEI Nº 9.586, DE 14 DE DEZEMBRO DE 2011 AUTORIA: PODER JUDICIÁRIO (PUBLICADO NO DIÁRIO OFICIAL DO ESTADO EM 15 DE DEZEMBRO DE 2011. LEI Nº 9.586, DE 14 DE DEZEMBRO DE 2011 AUTORIA: PODER JUDICIÁRIO (PUBLICADO NO DIÁRIO OFICIAL DO ESTADO EM 15 DE DEZEMBRO DE 2011.) Dispõe sobre o plano de cargos e carreira e remuneração dos servidores

Leia mais

Prefeitura Municipal de São Pedra dos Ferros

Prefeitura Municipal de São Pedra dos Ferros CNPJ/MF. nº 19.243.500/0001-82 Código do Município: 847-8 Praça Prefeito Armando Rios, 186-Centro - 35360-000 São Pedra dos Ferros-MG lei no 101, de 08 de maio de 2014. DISPÕE SOBRE A CONSTITUiÇÃO DA COMISSÃO

Leia mais

XDR. Solução para Big Data.

XDR. Solução para Big Data. XDR Solução para Big Data. ObJetivo Principal O volume de informações com os quais as empresas de telecomunicações/internet têm que lidar é muito grande, e está em constante crescimento devido à franca

Leia mais

LEI COMPLEMENTAR N.º 10, DE 11 DE DEZEMBRO DE 2007. PREFEITO MUNICIPAL DE CACHOEIRINHA, Estado do Rio Grande do

LEI COMPLEMENTAR N.º 10, DE 11 DE DEZEMBRO DE 2007. PREFEITO MUNICIPAL DE CACHOEIRINHA, Estado do Rio Grande do LEI COMPLEMENTAR N.º 10, DE 11 DE DEZEMBRO DE 2007. Dispõe sobre o Plano de Carreira dos Servidores Municipais da Educação Infantil. Sul. PREFEITO MUNICIPAL DE CACHOEIRINHA, Estado do Rio Grande do FAÇO

Leia mais

INSTALAÇÃO PRINTERTUX Tutorial

INSTALAÇÃO PRINTERTUX Tutorial INSTALAÇÃO PRINTERTUX Tutorial 2 1. O Sistema PrinterTux O Printertux é um sistema para gerenciamento e controle de impressões. O Produto consiste em uma interface web onde o administrador efetua o cadastro

Leia mais

Em 21 de agosto de 2014, a Reitora da Universidade Federal de São João del- Rei UFSJ, usando de suas atribuições, e considerando:

Em 21 de agosto de 2014, a Reitora da Universidade Federal de São João del- Rei UFSJ, usando de suas atribuições, e considerando: ORDEM DE SERVIÇO N o 062/2014 Em 21 de agosto de 2014, a Reitora da Universidade Federal de São João del- Rei UFSJ, usando de suas atribuições, e considerando: - a Lei n o 8.112 de 11 de dezembro de 1990,

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CONSELHO UNIVERSITÁRIO CÂMARA DE GESTÃO ADMINISTRATIVO-FINANCEIRA

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CONSELHO UNIVERSITÁRIO CÂMARA DE GESTÃO ADMINISTRATIVO-FINANCEIRA SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CONSELHO UNIVERSITÁRIO CÂMARA DE GESTÃO ADMINISTRATIVO-FINANCEIRA RESOLUÇÃO Nº 02/2012 Regulamenta o processo de remoção de Servidores Técnico-Administrativos,

Leia mais

Para efeito desta Lei:

Para efeito desta Lei: LEI ORDINARIA n 39/1993 de 17 de Dezembro de 1993 (Mural 17/12/1993) Estabelece o Plano de carreira do Magistério público do Município, institui o respectivo quadro de cargos e dá outras providências.

Leia mais

Prof. Gustavo Knoplock Estatuto Federal Lei nº 8.112/1990

Prof. Gustavo Knoplock Estatuto Federal Lei nº 8.112/1990 I - PROVIMENTO E VACÂNCIA 01- (CESPE TRF 1ª Região JUIZ FEDERAL/2009) Readaptação é a investidura do servidor em cargo de atribuições e responsabilidades compatíveis com a limitação que tenha sofrido em

Leia mais

Questões Fundamentadas do Regimento Interno do TRT 5ª Região Art. 1º ao 72. Concurso 2013

Questões Fundamentadas do Regimento Interno do TRT 5ª Região Art. 1º ao 72. Concurso 2013 Para adquirir a apostila 160 Questões Fundamentadas Do Regimento Interno do TRT Bahia 5ª Região - Art. 1º ao 72 acesse o site www.odiferencialconcursos.com.br S U M Á R I O Apresentação...3 Questões...4

Leia mais

Processos (Threads,Virtualização e Migração de Código)

Processos (Threads,Virtualização e Migração de Código) Processos (Threads,Virtualização e Migração de Código) Roteiro Processos Threads Virtualização Migração de Código O que é um processo?! Processos são programas em execução. Processo Processo Processo tem

Leia mais

Objetivo das definições: conferir contornos à RFB, definindo o papel do órgão e a sua inserção na Administração Pública Federal.

Objetivo das definições: conferir contornos à RFB, definindo o papel do órgão e a sua inserção na Administração Pública Federal. LEI ORGÂNICA DA RFB Definição: Trata-se de projeto de lei com a finalidade de regulamentar o disposto no art. 50 da Lei nº 11.457, que criou a Receita Federal do Brasil, englobando as atividades da extinta

Leia mais

Programação WEB Introdução

Programação WEB Introdução Programação WEB Introdução Rafael Vieira Coelho IFRS Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul Campus Farroupilha rafael.coelho@farroupilha.ifrs.edu.br Roteiro 1) Conceitos

Leia mais

Documento de Requisitos de Rede (DRP)

Documento de Requisitos de Rede (DRP) Documento de Requisitos de Rede (DRP) Versão 1.2 SysTrack - Grupo 1 1 Histórico de revisões do modelo Versão Data Autor Descrição 1.0 30/04/2011 João Ricardo Versão inicial 1.1 1/05/2011 André Ricardo

Leia mais

Conteúdo Programático de PHP

Conteúdo Programático de PHP Conteúdo Programático de PHP 1 Por que PHP? No mercado atual existem diversas tecnologias especializadas na integração de banco de dados com a WEB, sendo o PHP a linguagem que mais se desenvolve, tendo

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO

GOVERNO DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO (Este texto não substitui o publicado no Diário Oficial de 03/11/2011) DECRETO Nº 2888-R, DE 01 DE NOVEMBRO DE 2011 Regulamenta o Art. 57, III, da Lei Complementar nº 46, de 31 de janeiro de 1994. O GOVERNADOR

Leia mais

Sistemas de Informação James A. O Brien Editora Saraiva Capítulo 5

Sistemas de Informação James A. O Brien Editora Saraiva Capítulo 5 Para entender bancos de dados, é útil ter em mente que os elementos de dados que os compõem são divididos em níveis hierárquicos. Esses elementos de dados lógicos constituem os conceitos de dados básicos

Leia mais

PROCESSO DE ESCOLHA DOS NOVOS MEMBROS DO CONSELHO TUTELAR PALMEIRA/SC

PROCESSO DE ESCOLHA DOS NOVOS MEMBROS DO CONSELHO TUTELAR PALMEIRA/SC PROCESSO DE ESCOLHA DOS NOVOS MEMBROS DO CONSELHO TUTELAR PALMEIRA/SC 26/07/2015 Nome do Candidato: CADERNO DE PROVA INSTRUÇÕES GERAIS: Caro (a) Candidato (a): Leia com o máximo de atenção e siga as seguintes

Leia mais

Prof.: Clayton Maciel Costa clayton.maciel@ifrn.edu.br

Prof.: Clayton Maciel Costa clayton.maciel@ifrn.edu.br Programação com acesso a BD Prof.: Clayton Maciel Costa clayton.maciel@ifrn.edu.br 1 Modelos de Dados, Esquemas e Instâncias 2 Modelos de Dados, Esquemas e Instâncias Modelo de dados: Conjunto de conceitos

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 19ª REGIÃO SECRETARIA DO TRIBUNAL PLENO TRIBUNAL PLENO

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 19ª REGIÃO SECRETARIA DO TRIBUNAL PLENO TRIBUNAL PLENO PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 19ª REGIÃO SECRETARIA DO TRIBUNAL PLENO TRIBUNAL PLENO RESOLUÇÃO ADMINISTRATIVA N.08 /2014 O PLENO DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 248/2009

RESOLUÇÃO Nº 248/2009 RESOLUÇÃO Nº 248/2009 PROCESSO Nº 07588/2009-000-07-00-0 TIPO: Processo Administrativo PARTE 1: PROPOSIÇÃO DO PRESIDENTE DO TRT 7ª REGIÃO PARTE 2: TRIBUNAL PLENO Vistos, relatados e discutidos os presentes

Leia mais

Universidade da Beira Interior

Universidade da Beira Interior Universidade da Beira Interior Relatório Apresentação Java Server Pages Adolfo Peixinho nº4067 Nuno Reis nº 3955 Índice O que é uma aplicação Web?... 3 Tecnologia Java EE... 4 Ciclo de Vida de uma Aplicação

Leia mais

Excel 2010 Modulo II

Excel 2010 Modulo II Excel 2010 Modulo II Sumário Nomeando intervalos de células... 1 Classificação e filtro de dados... 3 Subtotais... 6 Validação e auditoria de dados... 8 Validação e auditoria de dados... 9 Cenários...

Leia mais

D E C R E T O Nº 6.393 de 24 de fevereiro de 2011

D E C R E T O Nº 6.393 de 24 de fevereiro de 2011 1 Proc. Nº 7.030/89 D E C R E T O Nº 6.393 de 24 de fevereiro de 2011 Regulamenta a avaliação de desempenho para fins do estágio probatório, previsto na Lei Complementar nº 582, de 19 de dezembro de 2008,

Leia mais

SUMÁRIO SIGLAS E ABREVIAÇÕES UTILIZADAS NESTA OBRA...13 PARTE I A JUSTIÇA FEDERAL E SEUS JUÍZES

SUMÁRIO SIGLAS E ABREVIAÇÕES UTILIZADAS NESTA OBRA...13 PARTE I A JUSTIÇA FEDERAL E SEUS JUÍZES SUMÁRIO APRESENTAÇÃO DA COLEÇÃO...11 SIGLAS E ABREVIAÇÕES UTILIZADAS NESTA OBRA...13 PARTE I A JUSTIÇA FEDERAL E SEUS JUÍZES CAPÍTULO I - BREVE RECONSTRUÇÃO HISTÓRICA DA JUSTIÇA FEDERAL NO BRASIL...17

Leia mais

NORMA DE PROCEDIMENTOS. Férias

NORMA DE PROCEDIMENTOS. Férias pág.: 1/6 1 Objetivo Estabelecer critérios e procedimentos para programação, concessão e pagamento de férias aos empregados da COPASA MG. 2 Referências Para aplicação desta norma poderá ser necessário

Leia mais

MANUAL PARA PREENCHIMENTO DE REQUERIMENTOS ON-LINE

MANUAL PARA PREENCHIMENTO DE REQUERIMENTOS ON-LINE SECRETARIA MUNICIPAL DE GESTÃO PÚBLICA DEPARTAMENTO DE RECURSOS EM TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO MANUAL PARA PREENCHIMENTO DE REQUERIMENTOS ON-LINE Mogi das Cruzes, 2010. Sumário 1. Requerimentos Disponíveis...

Leia mais

Sebastião Rildo Fernandes Diniz Presidente do Conselho Diretor

Sebastião Rildo Fernandes Diniz Presidente do Conselho Diretor SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO RESOLUÇÃO Nº 13 DO CONSELHO DIRETOR DE 05 DE OUTUBRO DE 2005. O Presidente do Conselho Diretor do Centro Federal de Educação Tecnológica de Petrolina, no

Leia mais

Programa de Capacitação e Aperfeiçoamento do DAP

Programa de Capacitação e Aperfeiçoamento do DAP Programa de Capacitação e Aperfeiçoamento do DAP LEGISLAÇÃO DE PESSOAL COMO INSTRUMENTO DE GESTÃO Regime Jurídico dos Servidores Públicos Federais Lei nº. 8.112/90 Plano de Carreira dos Cargos Técnico-Administrativos

Leia mais

PROCESSO SELETIVO PARA CONTRATAÇÃO DE TÉCNICO DE INFORMÁTICA POR PRAZO DETERMINADO

PROCESSO SELETIVO PARA CONTRATAÇÃO DE TÉCNICO DE INFORMÁTICA POR PRAZO DETERMINADO UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA CENTRAL DE INFORMÁTICA PROCESSO SELETIVO PARA CONTRATAÇÃO DE TÉCNICO DE INFORMÁTICA POR PRAZO DETERMINADO INFORMAÇÕES A) A prova consta de 20 questões de múltipla escolha,

Leia mais

Da contratação e estabilidade: Estabilidade Após 3 anos de efetivo exercício. (CF 1988, Art. 41)

Da contratação e estabilidade: Estabilidade Após 3 anos de efetivo exercício. (CF 1988, Art. 41) SERVIÇO DE PESSOAL Lista dos benefícios / direitos / deveres dos servidores Legislação trabalhista: ESU http://www.usp.br/drh/novo/esu/esuorig1.html CLT http://www.planalto.gov.br/ccivil/decreto-lei/del5452.htm

Leia mais

PROGRAMA TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL

PROGRAMA TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL LÍNGUA PORTUGUESA Compreensão e interpretação de textos Tipologia textual Ortografia oficial Acentuação gráfica Emprego das classes de palavras Emprego do sinal indicativo de crase Sintaxe da oração e

Leia mais

Parecer sobre indenização por dispensa de FC na integralização da GAE

Parecer sobre indenização por dispensa de FC na integralização da GAE Parecer sobre indenização por dispensa de FC na integralização da GAE Ementa: Analista Judiciário - área judiciária especialidade de Oficial de Justiça Avaliador Federal. Integralização da GAE. Percepção

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA - TCU Nº 63, DE 1º DE SETEMBRO DE 2010

INSTRUÇÃO NORMATIVA - TCU Nº 63, DE 1º DE SETEMBRO DE 2010 INSTRUÇÃO NORMATIVA - TCU Nº 63, DE 1º DE SETEMBRO DE 2010 Estabelece normas de organização e de apresentação dos relatórios de gestão e das peças complementares que constituirão os processos de contas

Leia mais

CURSO DESENVOLVEDOR JAVA Edição 2009

CURSO DESENVOLVEDOR JAVA Edição 2009 CURSO DESENVOLVEDOR JAVA Edição 2009 O curso foi especialmente planejado para os profissionais que desejam trabalhar com desenvolvimento de sistemas seguindo o paradigma Orientado a Objetos e com o uso

Leia mais

CONTROLADOR CENTRAL P25 FASE 1 CAPACIDADE MÍNIMA PARA CONTROLAR 5 SITES

CONTROLADOR CENTRAL P25 FASE 1 CAPACIDADE MÍNIMA PARA CONTROLAR 5 SITES CONTROLADOR CENTRAL P25 FASE 1 CAPACIDADE MÍNIMA PARA CONTROLAR 5 SITES O sistema digital de radiocomunicação será constituído pelo Sítio Central, Centro de Despacho (COPOM) e Sítios de Repetição interligados

Leia mais

MINUTA DECRETO Nº, DE DE DE 20.

MINUTA DECRETO Nº, DE DE DE 20. MINUTA DECRETO Nº, DE DE DE 20. Regulamenta os artigos 60 e 61 da Lei Nº 9.860, de 01 de julho de 2013, que dispõe sobre o processo de eleição direta para a função de Gestão Escolar das Unidades de Ensino

Leia mais

TÍTULO I DA GESTÃO DEMOCRÁTICA DO ENSINO PÚBLICO

TÍTULO I DA GESTÃO DEMOCRÁTICA DO ENSINO PÚBLICO QUARTA VERSÃO 07/07/06. Dispõe sobre a gestão democrática e normatiza o processo de escolha de Diretor e Assessor(es) de Direção que integram a equipe gestora das unidades escolares da Rede Pública Estadual

Leia mais

AFASTAMENTO PARA ESTUDO OU MISSÃO NO EXTERIOR

AFASTAMENTO PARA ESTUDO OU MISSÃO NO EXTERIOR AFASTAMENTO PARA ESTUDO OU MISSÃO NO EXTERIOR DEFINIÇÃO DOCUMENTAÇÃO INFORMAÇÕES GERAIS INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES FUNDAMENTAÇÃO LEGAL PERGUNTAS FREQUENTES DEFINIÇÃO Afastamento do servidor de suas atividades

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO EDITAL N o 135/2011 FUNÇÃO: ANALISTA DE INFORMÁTICA ÁREA DE DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS (NOME COMPLETO EM LETRA DE FORMA) INSTRUÇÕES

CONCURSO PÚBLICO EDITAL N o 135/2011 FUNÇÃO: ANALISTA DE INFORMÁTICA ÁREA DE DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS (NOME COMPLETO EM LETRA DE FORMA) INSTRUÇÕES UNIVERSIDADE ESTADUAL DE PONTA GROSSA COMISSÃO PERMANENTE DE SELEÇÃO CONCURSO PÚBLICO EDITAL N o 135/2011 FUNÇÃO: ANALISTA DE INFORMÁTICA ÁREA DE DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS (NOME COMPLETO EM LETRA DE

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE QUELUZ

PREFEITURA MUNICIPAL DE QUELUZ PREFEITURA MUNICIPAL DE QUELUZ Ladeira Laurindo José da Silva, 40 Queluz/SP CEP: 12.800-000 Tel.: (12) 3147.1405 / 3147.1396 Processo Seletivo Simplificado Edital nº 02/2013 Processo seletivo para preenchimento,

Leia mais

PROJETO DE LEI. TÍTULO I Das Disposições Preliminares

PROJETO DE LEI. TÍTULO I Das Disposições Preliminares TEXTO DOCUMENTO PROJETO DE LEI Consolida o Plano de Carreira e Cargo de Professor Federal e dispõe sobre a reestruturação e unificação das carreiras e cargos do magistério da União, incluídas suas autarquias

Leia mais

Edital - Processo Seletivo 2015 Verão FACULDADE DE ENGENHARIA E INOVAÇÃO TÉCNICO PROFISSIONAL EDITAL Nº 007 DE 10 DE SETEMBRO DE 2014

Edital - Processo Seletivo 2015 Verão FACULDADE DE ENGENHARIA E INOVAÇÃO TÉCNICO PROFISSIONAL EDITAL Nº 007 DE 10 DE SETEMBRO DE 2014 EDITAL PROCESSO SELETIVO VESTIBULAR VERÃO 2015 1 Edital - Processo Seletivo 2015 Verão FACULDADE DE ENGENHARIA E INOVAÇÃO TÉCNICO PROFISSIONAL EDITAL Nº 007 DE 10 DE SETEMBRO DE 2014 PROCESSO SELETIVO/VESTIBULAR

Leia mais

Manual usuario sipon. Índice. Introdução. Características do Sistema. De Wiki Intranet. 1 Introdução 1.1 Características do Sistema

Manual usuario sipon. Índice. Introdução. Características do Sistema. De Wiki Intranet. 1 Introdução 1.1 Características do Sistema Manual usuario sipon De Wiki Intranet Índice 1 Introdução 1.1 Características do Sistema 1.2 Regras Gerais (Tipos de Jornada, Prazos, Tolerância, Justificativas, Limites do Banco de Horas etc) 1.2.1 Tipos

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CONCURSO PÚBLICO

UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CONCURSO PÚBLICO UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CONCURSO PÚBLICO HOSPITAL UNIVERSITÁRIO ALCIDES CARNEIRO DIA - 20/12/2009 CARGO: AUXILIAR ADMINISTRATIVO C O N C U R S O P Ú B L I C O - H U A C / 2 0 0 9 HUAC CONHECIMENTOS

Leia mais

LEIA COM ATENÇÃO AS INSTRUÇÕES ABAIXO

LEIA COM ATENÇÃO AS INSTRUÇÕES ABAIXO MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PROCESSO SELETIVO PARA ESTAGIÁRIO DE INFORMÁTICA CI/ESTAGIO/01/2013 LEIA COM ATENÇÃO AS INSTRUÇÕES ABAIXO 1. Ao receber o caderno de provas e as folhas de respostas, preencha

Leia mais

SISTEMA DE GESTÃO DE PESSOAS SEBRAE/TO UNIDADE: GESTÃO ESTRATÉGICA PROCESSO: TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

SISTEMA DE GESTÃO DE PESSOAS SEBRAE/TO UNIDADE: GESTÃO ESTRATÉGICA PROCESSO: TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO SISTEMA DE GESTÃO DE PESSOAS SEBRAE/TO UNIDADE: GESTÃO ESTRATÉGICA PROCESSO: TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Competências Analista 1. Administração de recursos de infra-estrutura de tecnologia da informação 2.

Leia mais