RESUMOS APROVADOS PARA APRESENTAÇÃO

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "RESUMOS APROVADOS PARA APRESENTAÇÃO"

Transcrição

1 UNIVERSIDADE SEVERINO SOMBRA XIII ENCONTRO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA (XIII ENIC) III Encontro de Pós-Graduação Lato e Stricto Sensu IV Encontro de Iniciação Tecnológica (IV ENIT) IV Encontro de Iniciação Científica, Tecnológica e Inovação Júnior (ENICT-JR) RESUMOS APROVADOS PARA APRESENTAÇÃO 1. Título do Trabalho 2. A BIOLOGIZAÇÃO DA APRENDIZAGEM: A MEDICALIZAÇÃO NA INFÂNCIA 3. A CEBOLA (ALLIUM CEPA) COMO BIOINDICADOR PARA A TOXICIDADE DO GLIFOSATO EM ÁGUAS 4. A CLÍNICA PSICANALÍTICA A PARTIR DA ATUAÇÃO DE ESTAGIÁRIOS DE PSICOLOGIA NO 10º BATALHÃO DE POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO 5. A CONSTRUÇÃO DA MODERNIDADE NO BRASIL IMPERIAL. PARTE 1 UMA LUTA DE SENTIDOS NO PERÍODO REGENCIAL 6. A EFICIÊNCIA DO APARELHO QHADRIHÉLCE NA CORREÇÃO DA MORDIDA CRUZADA POSTERIOR 7. A ENFERMAGEM FRENTE À EVASÃO DAS MULHERES AO EXAME PAPANICOLAU 8. A ESCOLA DOENTE 9. A EXPERIÊNCIA DOS ACADÊMICOS DE ENFERMAGEM NA VISITA DOMICILIAR 10. A IMPORTÂNCIA DA CRONOANÁLISE NA MONTAGEM DE PAINÉIS ELÉTRICOS 11. A IMPORTÂNCIA DE O ENFERMEIRO UTILIZAR O LÚDICO EM PEDIATRIA 12. A MÁQUINA INFERNAL: ORDEM E CIVILIZAÇÃO NO CONTEXTO DA DIREÇÃO SAQUAREMA 13.A PAISAGEM DA DOMINAÇÃO: UM ESTUDO SOBRE A FORMAÇÃO DO NÚCLEO URBANO DE VASSOURAS ( ) 14. A PRODUÇÃO CIENTÍFICA SOBRE AS SOLUÇÕES DE LIMPEZA HOSPITALAR: UMA REVISÃO INTEGRATIVA 15.A PROFISSÃO DOCENTE E A SÍNDROME DE BURNOUT 16. A UTILIZAÇÃO DE FERRAMENTAS COMPUTACIONAIS NO APOIO AO APRENDIZADO DE TÉCNICAS DE TELECOMUNICAÇÃO 17. A VILA DE VASSOURAS NO CONTEXTO DA ORDEM:

2 18. ABUNDÂNCIA DE MACROINVERTEBRADOS DOS COSTÕES ROCHOSOS DE DUAS ILHAS DE PARATY, RJ 19. AÇÕES DE EDUCAÇÃO EM SAÚDE NO PROJETO IPIRANGA 20.AÇÕES DE VIGILÂNCIA E CONTROLE DE LEISHMANIOSE TEGUMENTAR AMERICANA E LEISHMANIOSE VISCERAL EM SERES HUMANOS DE ÁREAS DE RISCO NO MUNICÍPIO DE VASSOURAS - RJ BRASIL 21.AÇÕES EM SAÚDE AMBIENTAL NA ESCOLA CUIDADOS COM O DESCARTE DO LIXO 22. AMBIENTE DE COMUNICAÇÃO DISTRIBUIDO PARA ROBÔS MÓVEIS AUTÔNOMOS 23. ANÁLISE DA ROTULAGEM DO LEITE UHT (ULTRA HIGH TEMPERATURE) 24.ANÁLISE DA VIABILIDADE DE IMPLANTAÇÃO DE UM PARQUE EÓLICO NO CAMPUS UGB - BARRA DO PIRAÍ 25.ANÁLISE DE ROTULAGEM DE DOCES DE LEITE COMERCIALIZADOS NOS MUNICÍPIOS DE VASSOURAS E MENDES, RJ, BRASIL 26.ANÁLISE DO COMPORTAMENTO DO CONSUMIDOR COMO FERRAMENTA ESTRATÉGICA DE MARKETING E VENDAS EM PEQUENAS EMPRESAS 27. ANÁLISE DO COMPORTAMENTO E CARACTERÍSTICAS DOS SISTEMAS DE ANCORAGEM CONVENCIONAL E TAUT-LEG EM FUNÇÃO DOS TIPOS DE ÂNCORAS APLICADAS 28. ANÁLISE MICROBIOLÓGICA DA CARNE DE FRANGO 29. ANÁLISE MICROBIOLÓGICA EM SERPENTES DO MILHARAL Elaphe guttata 30.ANFÍPODAS (CRUSTACEA) MAIS ABUNDANTES DAS PRAIAS ARENOSAS DE DUAS ILHAS DA ESEC TAMOIOS, RJ. 31. APLICAÇÃO DE RESÍDUO DE INDÚSTRIA DE PAPEL COMO SORVENTE DE ÍONS COBRE: ESTUDOS DE EQUILÍBRIO 32. AS DIFICULDADES DO PEQUENO AGRICULTOR E DA AGRICULTURA FAMILIAR EM PATY DO ALFERES 33. AVALIAÇÃO DA ATIVIDADE DE ALCALOIDE PIRROLIZIDÍNICO SOBRE Oncopeltus fasciatus D. 34. AVALIAÇÃO DA CAPACIDADE DE SUPORTE DO CAPIM BRACHIÁRIA DECUMBENS SOB ADUBAÇÃO EM SISTEMA DE PASTAGEM 35. AVALIAÇÃO DA DISPOSIÇÃO DOS RESÍDUOS SÓLIDOS NO ATERRO SANITÁRIO DE VASSOURAS-RJ UM RELATO DE CASO 36. AVALIAÇÃO DA EVASÃO DAS CRIANÇAS MENORES DE 5 ANOS DO PROGRAMA MUNICIPAL DE VACINAÇÃO, DA UNIDADE ATENÇÃO PRIMÁRIA DE UM MUNICÍPIO DA REGIÃO DO VALE DO PARAÍBA - RJ 37.AVALIAÇÃO DA QUALIDADE DE VIDA DOS ESTUDANTES DE MEDICINA DA UNIVERSIDADE SEVERINO SOMBRA,VASSOURAS,RJ. 38.AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA: ANÁLISE EM UMA INSTITUIÇÃO PÚBLICA

3 MUNICIPAL DA REGIÃO SUL FLUMINENSE 39. AVALIAÇÃO DE FORMIGAS COM POTENCIAL BIOINDICADOR (HYMENOPTERA, FORMICIDAE) NO MUNICÍPIO DE VASSOURAS-RJ 40. AVALIAÇÃO DE INSUMOS EM PRODUÇÃO ORGÂNICA DAS HORTALIÇAS COUVE CHINESA (Brassica pekinensis Lou.) E JILÓ (Solanum gilo) CULTIVADAS EM SISTEMA CONSORCIADO NO MUNICIPIO DE VASSOURAS, RJ. 41. AVALIAÇÃO DO EFEITO DE LEGUMINOSAS (Fabaceae) NO ACÚMULO DE CARBONO ORGÂNICO, NITROGÊNIO TOTAL E FERTILIDADE DO SOLO 42.AVALIAÇÃO DO IMPACTO DA IMPLANTAÇÃO DA ESTRATÉGIA SAÚDE DA FAMÍLIA EM RELAÇÃO À MORTALIDADE POR DOENÇAS CARDIOVASCULARES NA CIDADE DE VASSOURAS-RJ. 43.AVALIAÇÃO DOS FATORES DE RISCO PARA DOENÇAS CARDIOVASCULARES NOS ACADÊMICOS DO 2º PERÍODO DO CURSO DE MEDICINA DA UNIVERSIDADE SEVERINO SOMBRA 44. BALANÇA INTERATIVA UM JOGO EDUCATIVO 3D EM REALIDADE AUMENTADA COM PROCESSAMENTO DE IMAGENS PARA O SISTEMA OPERACIONAL ANDROID 45. BALANCEAMENTO DO PROCESSO DE PRODUÇÃO DE PEÇAS AUTOMOTIVAS COM O AUXÍLIO DO SOFTWARE DE SIMULAÇÃO ARENA 46. BICHO DAS QUATRO CABEÇAS 47. BIOHANDPRO - (Biomechanical Hand Prosthesis) 48. DESENVOLVIMENTO DE UMA PRÓTESE DE MÃO BIOMECÂNICA COM CARACTERÍSTICA ROBÓTICA E DE BAIXA REJEIÇÃO 49. CAIXAS DE RESPOSTAS PARA PESQUISA EXPERIMENTAL 50. CARACTERIZAÇÃO PARCIAL DE MICRO-ORGANISMOS CELULOLÍTICOS ISOLADOS DO SOLO 51. CARTILHA ALEITAMENTO MATERNO: UM PRODUTO TÉCNICO-EDUCATIVO 52. CLIMA ORGANIZACIONAL ACADÊMICO: IMPACTOS DE UMA GESTÃO EFICAZ 53.COMO DEFINIR O QUE É JUVENTUDE? 54.COMPARAÇÃO DO ÍNDICE DE GESTAÇÕES EM ÉGUAS RECEPTORAS DA RAÇA MANGALARGA MARCHADOR UTILIZANDO DOIS MEIOS COMERCIAIS DE MANUTENÇÃO PARA EMBRIÕES EQUINOS 55.COMPARAÇÃO ENTRE O SISTEMA DE PRODUÇÃO DE LEITE TRADICIONAL COM O SISTEMA DE GERENCIAMENTO NAS PROPRIEDADES LEITEIRAS 56. CONSEQUÊNCIAS PSICOLÓGICAS DO CÂNCER DE MAMA EM MULHERES 57.CONTEXTO ESCOLAR BRASILEIRO E MEDICALIZAÇÃO: UMA EXPERIÊNCIA EM UMA ESCOLA MUNICIPAL DE VASSOURAS/RJ 58.CONTROLE E PREVENÇÃO DO CÂNCER DE COLO DE ÚTERO 59. CRECHE: UMA REFLEXÃO ACERCA DA FUNÇÃO ASSISTENCIALISTA E PEDAGÓGICA

4 60.DE UM LADO A OUTRO: A ESTRADA DA POLÍCIA, A TRAVESSIA DO RIO PARAÍBA E O DESENHO URBANO DE VASSOURAS (1820/1890) 61. DÉFICIT DE CONHECIMENTO, COMO REMEDIÁ-LO. 62. DESAFIOS DO PROFISSIONAL DA SAÚDE COLETIVA SOBRE AS QUESTÕES AMBIENTAIS NA ATENÇÃO BÁSICA 63.DESENVOLVIMENTO DE MÉTODO ADAPTADO DE BAIXO CUSTO PARA AVALIAÇÃO DO LIMIAR NOCICEPTIVO EM EQUINOS 64.DETECCAO DA RESISTENCIA ANTIMICROBIANA EM BACTERIAS PROVENIENTES DE MASTITE BOVINA NA REGIÃO SUL FLUMINENSE 65.DETECÇÃO DE COLIFORMES E SALMONELLA EM QUEIJO TIPO MINAS FRESCAL PRODUZIDO ARTESANALMENTE EM CIDADES DA REGIÃO SUL FLUMINENSE RJ 66.DETERMINAÇÃO DE PARÂMETROS MORFOLÓGICOS DO TRATO REPRODUTIVO DO MACHO DO GÊNERO CALLITHRIX 67.DETERMINANTES AMBIENTAIS DO PROCESSO DE ADOECIMENTO DA COMUNIDADE DO BAIRRO IPIRANGA, EM VASSOURAS/RJ 68.DIÁLOGOS ENTRE LITERATURA E CULTURA NOS SÉCULOS XX E XXI - UMA OBRA QUE SE PINTA EM CLARO- ESCURO PESADELO : A NARRATIVA CURTA DE RAUL BRANDÃO E A PINTURA EXPRESSIONISTA 69. DIDÁTICA DA MATEMÁTICA, PRODUZIDA PELA CADES: UM EXEMPLO DE OBRA DISPONÍVEL NO LAPHEM 70.DISCUTINDO A EDUCAÇÃO AMBIENTAL NA EDUCAÇÃO INFANTIL NUMA ESCOLA DA REDE MUNICIPAL DE ENSINO DO MUNICÍPIO DE MARICÁ/RJ 71. DROGA: REFÚGIO OU CRIME? 72. EDUCAÇÃO EM ENFERMAGEM UMA AVALIAÇÃO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO DE ENFERMAGEM NA ATENÇÃO BÁSICA 73.EDUCAÇÃO EM SAÚDE AMBIENTAL PARA CONTROLE DE SAGUIS (MICO ESTRELA) NO MUNICÍPIO DE VASSOURAS-RJ 74.EFEITOS DA CLONIDINA E DA RILMENIDINA SOBRE A FREQUÊNCIA CARDÍACA E PRESSÃO ARTERIAL DE EQUINOS 75. EFEITOS DO PRÓ-SAÚDE SOBRE OS CURSOS CONTEMPLADOS-UMA AVALIAÇÃO TRANSVERSAL 76. ENDOCARDITE INFECCIOSA TRATAMENTO CIRÚRGICO DAS DOENÇAS VALVARES NO HOSPITAL UNIVERSITÁRIO SUL FLUMINENSE 77.ENFERMAGEM: NA INTERATIVIDADE DA TROCA DE SABERES NA PREVENÇÃO DAS DOENÇAS CRÔNICAS DEGENERATIVAS 78. ENTOMOFAUNA COMO POTENCIAL BIOINDICADOR DE QUALIDADE AMBIENTAL EM UM FRAGMENTO DE FLORESTA PLUVIAL ATLÂNTICA NO MUNICÍPIO DE ENGENHEIRO PAULO DE FRONTIN 79. EPIDEMIOLOGIA DE ENDOCARDITE INFECCIOSA NO HOSPITAL UNIVERSITÁRIO SUL FLUMINENSE (HUSF) E AS CONDUTAS TERAPÊUTICAS EMPREGADAS.

5 80. ESTIMATIVA DA REDUÇÃO DE METANO RUMINAL POR LITRO DE LEITE EM PROPRIEDADE NO MUNICÍPIO DE SAQUAREMA, RJ. 81. ESTRATÉGIAS DE CONTROLE DO CARAMUJO GIGANTE AFRICANO 82.ESTRATÉGIAS DE ENSINO E APRENDIZAGEM MAIS QUE UMA AÇÃO: UM DESAFIO PARA A ARTE DE CUIDAR EM ENFERMAGEM 83. ESTRATIFICAÇÃO DE SOLO PARA ATERRAMENTO ELÉTRICO PROVENIENTE DE SPDA 84.ESTRATIFICAÇÃO VERTICAL DA POSTURA DE OVOS DE Aedes aegypti E Aedes albopictus QUANTO A OFERTA DOS RECIPIENTES DE ÁGUA 85. ESTUDO COMPARATIVO DA EFICÁCIA DE AURITOP E AURIGEN NO TRATAMENTO DE OTITES EXTERNAS EM CÃES. 86. ESTUDO DA VIABILIDADE DO EMPREGO DA RADIAÇÃO IONIZANTE ATRAVÉS DA TÉCNICA DO INSETO ESTÉRIL TIE, NO CONTROLE DA MOSCA-DAS-FRUTAS (Ceratitis capitata WIED.) (DÍPTERA: TEPHRITIDAE) 87. ESTUDO DE TUMORES EM PACIENTES ATENDIDOS NO HOSPITAL DE FORÇA AÉREA GALEÃO 88.ESTUDO INVESTIGATIVO DOS EFEITOS SEDATIVO E ANTINOCICEPTIVO DA CLONIDINA E DA RILMENIDINA POR VIA ORAL EM EQUINOS 89. ESTUDO QUÍMICO DA ESPÉCIE VEGETAL CAESALPINIA FERREA 90. EXPERIÊNCIA LABORATORIAL COM SINAIS ELÉTRICOS DE AMPLITUDE MODULADA 91. EXPERIMENTOS DE ROBÓTICA DE BAIXO CUSTO COM GARAGINO 92. EXPOSIÇÃO CORPORAL OU FALTA DE PRIVACIDADE NA UTI? UM RELATO DE EXPERIÊNCIA 93.FAMÍLIA E RELIGIOSIDADE - A ENTRADA DE NOVOS MEMBROS E A FESTA DA PADROEIRA DA IRMANDADE DE NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO DE VASSOURAS NO SÉCULO XIX 94. FATORES DE RISCO NO AMBIENTE DE TRABALHO DO ENFERMEIRO QUE ATUA EM UNIDADE DE EMERGÊNCIA 95. FERRAMENTA COMPUTACIONAL PARA PARAMETRIZAÇÃO DE EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO EM REDES DE DISTRIBUIÇÃO 96. FERRAMENTA PARA TOMADA DE DECISÃO NO SETOR PÚBLICO: A CONTABILIDADE DE CUSTO 97.FORMAÇÃO DE REDES DE SABERES ENTRE UNIVERSIDADES, BOLSISTAS, JOVENS TALENTOS E COMUNIDADES COSTEIRAS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO 98.FREQUÊNCIA DE AFECÇÕES EM SISTEMAS FISIOLÓGICOS DE CÃES E GATOS DIAGNOSTICADAS POR ULTRASSONOGRAFIA 99.FUNGOS E BACTÉRIAS COMO FATOR DE RISCO À SAÚDE DO TRABALHADOR DE ENFERMAGEM DA ESTRATÉGIA SAÚDE DA FAMÍLIA 100. GEOTRANSFORM3D - UM SOFTWARE EM REALIDADE AUMENTADA PARA O ENSINO DE GEOMETRIA PLANA E ESPACIAL E TRANSFORMAÇÕES GEOMÉTRICAS 101. HEMANGIOSSARCOMA CANINO

6 102. HEPATOPATIA NA GESTANTE: RELATO DE CASO 103. HISTÓRIA DE VIDA DE PROFESSORES DE MARICÁ 104. IDENTIFICAÇÃO DAS PRINCIPAIS INTERAÇÕES MEDICAMENTOSAS NO HOSPITAL MUNICIPAL SÃO SEBASTIÃO EM VARRE-SAI/RJ IMPORTÂNCIA DA EQUIPE MULTIPROFISSIONAL PARA O ACOMPANHAMENTO DE ALUNOS PORTADORES DE TDAH EM UMA ESCOLA PÚBLICAS DO MUNICÍPIO DE VASSOURAS -RJ 106. INFLUÊNCIA DA CRIOTERAPIA NO PROCESSO DE ESTRESSE OXIDATIVO NO MODELO EXPERIMENTAL DE LESÃO MUSCULAR 107. INQUÉRITO SOROLÓGICO PARA LEISHMANIOSE VISCERAL CANINA NA CIDADE DE VASSOURAS/RJ, UTILIZANDO O TESTE RÁPIDO TR-DPP 108. INTERSETORIALIDADE NAS ATIVIDADES DE EXTENSÃO NA COMUNIDADE 109. INVESTIGAÇÃO DA ATIVIDADE ANTIMICROBIANA DE NANOPARTÍCULAS DE PRATA SOBRE A BACTERIA PSEUDOMONAS AERUGINOSA ISOLAMENTO DE BACTÉRIAS AMIDOLÍTICAS DO SOLO, OBSERVAÇÃO DA ATIVIDADE ANTIBIÓTICA E CARACTERIZAÇÃO PARCIAL DOS ISOLADOS 111. JMCV - AMBIENTE DE PROGRAMAÇÃO PARA JOGOS 3D COM PROCESSAMENTO DE IMAGENS 112. LEVANTAMENTO DE CASOS DE DENGUE NO MUNICÍPIO DE VASSOURAS 113. MAIS SAÚDE PARA ELE! COMBATE AO CÂNCER DE PRÓSTATA 114. MELHORIA NA QUALIDADE DO LEITE ASSOCIADA À ADOÇÃO DE BOAS PRÁTICAS DE PRODUÇÃO E HIGIENE ADOTADAS EM FAZENDAS LEITEIRAS DO MUNICÍPIO DE VASSOURAS-RJ 115. MENOPAUSA: SUAS REPERCUSSÕES NA SÍNDROME METABÓLICA 116. MICROBIOTA BACTERIANA COM POTENCIAL PATOGÊNICO EM APARELHOS CELULARES E POSSIVEIS TIPOS DE DESINFECÇÃO 117. MODELAGEM E CONSTRUÇÃO DE UM VEÍCULO DO TIPO 118. OFF-ROAD (MINI BAJA) DO CENTRO UNIVERSITÁRIO GERALDO DI BIASE CAMPUS BARRA DO PIRAI RIO DE JANEIRO MONITORAMENTO DE Liriomyza sativae e Bemisia tabaci EM LAVOURAS DE TOMATE ESTAQUEADAS E SUAS PREFERÊNCIAS DE ATAQUE NOS MUNICIPIOS DE VASSOURAS E PATY DO ALFERES, RJ MÚSICA COMO CONSTRUTO CULTURAL NÃO SÓ OUÇO COMO ESCUTO: O ESTATUTO DA ESCUTA NA CLÍNICA PSICANALÍTICA 122. O ABUSO AO CORPO FEMININO DURANTE A DITADURA 123. O CONSELHO ULTRAMARINO E A ABERTURAS DE CAMINHOS NA CAPITANIA FLUMINENSE, NA PASSAGEM DO SÉCULO XVIII PARA O XIX 124. O DISCURSO DOS LIVROS DIDÁTICOS DA EDUCAÇÃO MORAL E CÍVICA DURANTE O REGIME MILITAR ( )

7 125. O ENFERMEIRO E A CLASSIFICAÇÃO DE RISCO 126. O ENSINO PRIMÁRIO NO RIO DE JANEIRO: ANÁLISE DE ALGUNS PERIÓDICOS DE 1880 A O LAZER E A QUALIDADE DE VIDA NA VELHICE: RESULTADO POR GÊNERO - HOMENS 128. O LAZER E A QUALIDADE DE VIDA NA VELHICE: RESULTADO POR GÊNERO - MULHERES 129. O PAPEL DO ENFERMEIRO FRENTE AO PACIENTE OSTOMIZADO NA MELHORA DE SEUS INCÔMODOS 130. O PROCESSO DE MEDICALIZAÇÃO DA SURDEZ E A SUA RELAÇÃO COM O ORALISMO 131. O PROFISSIONAL DE ENFERMAGEM FRENTE AO CENÁRIO DO NOVO MODELO DE ATENÇÃO OBSTÉTRICA - A REDE CEGONHA O QUE O ENFERMEIRO DEVE POSSUIR PARA UM BOM GERENCIAMENTO NA UTI 133. O RECRUTAMENTO E SELEÇÃO POR COMPETÊNCIA COMO FERRAMENTA EFICAZ NOS RESULTADOS DA EMPRESA CONSTRUTORA VIEIRA GUIMARÃES LTDA O USO DE SILAGEM DE CAPIM NAPIER COM CEVADA NA REGIÃO CENTRO-SUL FLUMINENSE 135. OCORRÊNCIA DE COCCIDIOSES INTESTINAIS EM FELINOS DOMÉSTICOS DE DIFERENTES LOCALIDADES DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO 136. OS MOTIVOS QUE LEVARAM AS PUÉRPERAS AO DESMAME PRECOCE:UMA REVISÃO BIBLIOGRÁFICA 137. OS VIAJANTES E OS CAMINHOS ANTIGOS: CARL FRIEDRICH PHILIPP VON MARTIUS E JOHANN BAPTISTE VON SPIX 138. OS VIAJANTES E OS CAMINHOS ANTIGOS: JEAN-BAPTISTE DEBRET 139. OS VIAJANTES E OS CAMINHOS ANTIGOS: JOHANN MORITZ RUGENDAS 140. OUVINDO COM SEUS OLHOS: O EFEITO McGURK 141. PADRONIZAÇÃO DA REAÇÃO EM CADEIA DA POLIMERASE QUANTITATIVA EM TEMPO REAL NA DETECÇÃO DO DNA DE LEISHMANIA PARASITOSES INTESTINAIS: O ENSINO COMO FERRAMENTA PRINCIPAL NA MINIMIZAÇÃO DESTAS PATOLOGIAS 143. PERFIL EPIDEMIOLÓGICO DE Staphylococcus aureus ISOLADO NO HUSF 144. PERFIL EPIDEMIOLÓGICO DO ACINETOBACTER SSP. ISOLADOS NO HOSPITAL UNIVERSITÁRIO SUL FLUMINENCE (HUSF) 145. PERFORMANCES DE RAÇA EM FOTOGRAFIAS ETNOGRÁFICAS 146. PESQUISA DE BACTÉRIAS DO GÊNERO STAPHYLOCOCCUS ASSOCIADOS A CASOS DE MASTITE SUBCLÍNICA NO MUNICÍPIO DE VALENÇA/RJ PESTE SUÍNA CLÁSSICA NO BRASIL: LEVANTAMENTO SOBRE A SITUAÇÃO DOS ESTADOS BRASILEIROS.

8 148. POLÍTICAS MUNICIPAIS EM SAÚDE MENTAL 149. POLÍTICAS PÚBLICAS PARA A JUVENTUDE: ONTEM E HOJE 150. POLÍTICAS PÚBLICAS PARA EDUCAÇÃO AMBIENTAL : CONTRIBUIÇÕES PARA AS ESCOLAS DE EDUCAÇÃO BÁSICA NO MUNICÍPIO DE VASSOURAS/RJ 151. POR UMA MODERNIZAÇÃO CONSERVADORA: OS TEIXEIRA LEITE ( ) 152. PÓS-MODERNIDADE: O CORPO E O COMPORTAMENTO DA MULHER CONTEMPORÊNEA 153. POTENCIALIDADES DO SIMCITY 4 DELUXE PARA A ANÁLISE DE IMPACTOS VIÁRIOS 154. PRÁTICAS DE EDUCAÇÃO EM SAÚDE NAS ESCOLAS 155. PREVALÊNCIA DE TDAH EM ADOLESCENTES DE ESCOLAS PÚBLICAS DO MUNICÍPIO DE VASSOURAS -RJ (FASE III) 156. PROJETO CASCO (CENTRO DE APOIO SOCIAL AO CAVALO OPERÁRIO) SEROPÉDICA, PARACAMBI E CAMPOS DOS GOYTACAZES 157. PROJETO DE MODERNIZAÇÃO DOS ACIONAMENTOS DOS ROLOS SUBMERSOS DA LEE DA CSN 158. PROJETO DE UM SEMÁFORO COMANDADO POR MICROCONTROLADOR 159. PROJETO TEEN EMPREENDEDOR: A ESCOLA PÚBLICA X EMPREENDEDORISMO 160. PROJETO TRAJETÓRIAS SOCIAIS, SABERES E PRÁTICAS DOCENTES 161. PROJOVEM: QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL DESTINADA AO JOVEM? 162. PROJOVEM: UMA MODALIDADE DA EJA? 163. PROMOVENDO AÇÕES NO ÂMBITO DA REGULAÇÃO EM SAÚDE 164. QUALIDADE E INFORMAÇÕES DA ATENÇÃO FARMACÊUTICA NA REDE PÚBLICA DE SAÚDE EM SÃO JOÃO DA PONTA/PA E VARRE-SAI/RJ 165. QUESTÕES ACERCA DA IDENTIFICAÇÃO E DO ADOECIMENTO PSÍQUICO EM UMA INSTITUIÇÃO MILITAR 166. RELAÇÕES DE PODER NO ESPAÇO URBANO: A CONFIGURAÇÃO SÓCIO-ESPACIAL DA VILA DE VASSOURAS ( ) 167. RELATO DE CASO: ENUCLEAÇÃO COMO CORREÇÃO DE PROPTOSE PÓS-TRAUMÁTICA EM Cerdocyon thous ((LINNAEUS, 1766) 168. RELATO DE EXPERIÊNCIA ACADÊMICO: PROCESSO DO ACOLHER COMO INSTRUMENTO DA ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM 169. RESÍDUOS DE MEDICAMENTOS NA COMUNIDADE 170. REVISÃO INTEGRATIVA DA LITERATURA SOBRE ENDOMETRIOSE: SUBSÍDIOS PARA AÇÕES DA ENFERMAGEM 171. ROUND DIÁRIO NA UTI E INFORMAÇÕES QUE CHEGAM DA MICROBIOLOGIA - QUAL O IMPACTO NO

9 DESFECHO DOS PACIENTES? 172. SATISFAÇÃO DO USUÁRIO GERADA POR SISTEMA DE INFORMAÇÃO: UM ESTUDO COM EMPREGO DE MODELAGEM DE EQUAÇÕES ESTRUTURAIS 173. SAÚDE DA FAMÍLIA: A PRÁTICA DE CUIDADOS DA ENFERMEIRA NA ATENÇÃO PRIMÁRIA À SAÚDE SAÚDE MENTAL NA ATENÇÃO BÁSICA: O ENFERMEIRO COMO PROTAGONISTA 175. SEXUALIDADE DE JOVENS E ADULTOS DA ESCOLA PARA JOVENS E ADULTOS 176. SEXUALIDADE NA TERCEIRA IDADE 177. SOFTWARES EDUCATIVOS PARA O ENSINO DA MATEMÁTICA 178. SUBSTÂNCIAS ESTEROIDAIS SOBRE Aedes aegypti 179. TACROLIMUS TÓPICO 0.1% PARA TRATAMENTO DE LÚPUS ERITREMATOSO DISCÓIDE EM CÃO RELATO DE CASO 180. TERAPÊUTICA PÓS-OPERATÓRIA DE Cerdocyon thous (LINNAEUS, 1766) SUBMETIDO À ENUCLEAÇÃO DO GLOBO OCULAR ESQUERDO E DIAGNOSTICADO COM SINDROME VESTIBULAR PERIFÉRICA PÓS TRAUMÁTICA CAUSADA POR ATROPELAMENTO 181. TRAUMATISMO DURANTE A DENTIÇÃO DECÍDUA COM CONSEQUÊNCIA NA ERUPÇÃO DENTÁRIA RELATO DE CASO 182. TROCANDO EM MIÚDOS: RESISTÊNCIA 183. UM OLHAR PARA A VIOLÊNCIA NAS ESCOLAS E A SUA RELAÇÃO COM O USO DE DROGAS E EVASÃO ESCOLAR 184. UMA ANÁLISE DA ABORDAGEM PEDAGÓGICA ACERCA DA SISTEMATIZAÇÃO DA ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM NAS DISCIPLINAS DE GRADUAÇÃO: UMA REVISÃO BIBLIOGRÁFICA INTEGRATIVA 185. UMA ANÁLISE REFLEXIVA DA BRINQUEDOTECA: DO BRINCAR AO APRENDER 186. UMA ATIVIDADE LÚDICA SOBRE ÁREA PARA O QUARTO ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL: " CONHECENDO A ÁREA E O PERÍMETRO " UMA ATIVIDADE LÚDICA SOBRE FORMAS GEOMÉTRICAS PARA O PRIMEIRO ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL:"FORMAS GEOMÉTRICAS" UMA ATIVIDADE LÚDICA SOBRE FRAÇÕES PARA O QUINTO ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL: "NOSSA PIZZA" UMA ATIVIDADE LÚDICA SOBRE GRANDEZAS E MEDIDAS PARA A EDUCAÇÃO INFANTIL:"PROCURANDO DIFERENÇAS: MAIOR OU MENOR?" UMA FAMÍLIA NO VALE OITOCENTISTA: OS TEIXEIRA LEITE E A SOCIEDADE VASSOURENSE 191. USINA DE TRIAGEM E COMPOSTAGEM DE RESÍDUOS SÓLIDOS URBANOS NO MUNICÍPIO DE RIO DAS FLORES (RJ) UM ESTUDO DE CASO

10 192. UTILIZAÇÃO DA ENTOMOFAUNA COMO INDICADORA DE PERTUBAÇÃO AMBIENTAL NO SÍTIO RIBEIRÃO ALEGRE EM ALIANÇA DESTRITO DE VASSOURAS, RJ 193. UTILIZAÇÃO DE AGROTÓXICOS, MANEJO CULTURAL E SEGURANÇA, VISANDO À SUSTENTABILIDADE AGRÍCOLA NOS MUNICÍPIOS DE PATY DO ALFERES E VASSOURAS, RJ 194. UTILIZAÇÃO DO RESÍDUO DO PROCESSAMENTO DE AZEITONAS PARA CLARIFICAÇÃO DE EFLUENTE 195. VERIFICAÇÃO DA OCORRÊNCIA DE SÍNDROME DE ANSIEDADE POR SEPARAÇÃO EM ANIMAIS (SASA) EM CÃES ATENDIDOS EM CLÍNICAS VETERINÁRIAS PARTICULARES DOS MUNICÍPIOS DE VASSOURAS, PATY DO ALFERES E MIGUEL PEREIRA VIOLÊNCIA DOMÉSTICA: POSSÍVEIS CONSEQUÊNCIAS NO APRENDIZADO INFANTIL 197. VIVÊNCIA COMPARTILHADA DA EDUCAÇÃO HORIZONTAL EM PROJETOS DE MEIO AMBIENTE

RESULTADO DAS AVALIAÇÕES DA REUNIÃO PLENÁRIA DO CEP-CESUMAR DO DIA 05/06/09

RESULTADO DAS AVALIAÇÕES DA REUNIÃO PLENÁRIA DO CEP-CESUMAR DO DIA 05/06/09 RESULTADO DAS AVALIAÇÕES DA REUNIÃO PLENÁRIA DO CEP-CESUMAR DO DIA 05/06/09 CAAE TÍTULO SITUAÇÃO 0046.0.299.000-09 Perfil nutricional de idosos internados em um hospital público da região norte Aprovado

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO CENTRO BIOMÉDICO FACULDADE DE ENFERMAGEM PRÓ-SAUDE

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO CENTRO BIOMÉDICO FACULDADE DE ENFERMAGEM PRÓ-SAUDE 1º período Saúde, Trabalho e Meio- Ambiente I 150 10 UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO CENTRO BIOMÉDICO FACULDADE DE ENFERMAGEM PRÓ-SAUDE Identificação da relação entre os modos de viver e o processo

Leia mais

Análise de risco em alimentos, com foco na área de resistência microbiana

Análise de risco em alimentos, com foco na área de resistência microbiana IV CONGRESSO BRASILEIRO DE QUALIDADE DO LEITE Análise de risco em alimentos, com foco na área de resistência microbiana Perigo (hazard): agente biológico, químico ou físico, ou propriedade do alimento

Leia mais

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EDUCAÇÃO INCLUSIVA 400h. Estrutura Curricular do Curso Disciplinas

CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EDUCAÇÃO INCLUSIVA 400h. Estrutura Curricular do Curso Disciplinas CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EDUCAÇÃO INCLUSIVA 400h Ética profissional na Educação Fundamentos históricos, conceitos, sociais e legais na Educação Inclusiva Legislação Aplicável na Educação Inclusiva Fundamentos

Leia mais

Manual de Competências do Estágio dos Acadêmicos de Enfermagem-Projeto de Extensão

Manual de Competências do Estágio dos Acadêmicos de Enfermagem-Projeto de Extensão Hospital Universitário Walter Cantídio Diretoria de Ensino e Pesquisa Serviço de Desenvolvimento de Recursos Humanos Manual de Competências do Estágio dos Acadêmicos de Enfermagem-Projeto de Extensão HOSPITAL

Leia mais

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO ÁREA DE CONCENTRAÇÃO: MARKETING Políticas de supply chain management e logística reversa Planejamento estratégico de marketing Marketing de serviço Pesquisa de marketing Marketing

Leia mais

Edital n 37/2011 Concurso Público para Provimento de Cargos de Professor de Ensino Básico, Técnico e Tecnológico. Anexo I Cargos e Vagas

Edital n 37/2011 Concurso Público para Provimento de Cargos de Professor de Ensino Básico, Técnico e Tecnológico. Anexo I Cargos e Vagas MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO MÉDIA E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO DE JANEIRO Edital n 37/2011 Concurso Público para Provimento de Cargos de Professor

Leia mais

ANEXO. CONTEÚDO PROGRAMÁTICO Para candidatos que desejam entrar na 4ª etapa do curso

ANEXO. CONTEÚDO PROGRAMÁTICO Para candidatos que desejam entrar na 4ª etapa do curso ANEXO CONTEÚDO PROGRAMÁTICO Para candidatos que desejam entrar na 4ª etapa do curso Células e Tecidos do Sistema Imune Anatomia do sistema linfático Inflamação aguda e crônica Mecanismos de agressão por

Leia mais

ANEXO II ATRIBUIÇÕES DOS INTEGRANTES DO PROGRAMA DE SAÚDE DA FAMÍLIA

ANEXO II ATRIBUIÇÕES DOS INTEGRANTES DO PROGRAMA DE SAÚDE DA FAMÍLIA ANEXO II ATRIBUIÇÕES DOS INTEGRANTES DO PROGRAMA DE SAÚDE DA FAMÍLIA ATRIBUIÇÕES DO MÉDICO I- Realizar consultas clínicas aos usuários de sua área adstrita; II- Participar das atividades de grupos de controle

Leia mais

Com carga horária de 480 horas o curso Enfermagem do Trabalho é desenvolvido em sistema modular, com 01 encontro por bimestre (total de encontros no

Com carga horária de 480 horas o curso Enfermagem do Trabalho é desenvolvido em sistema modular, com 01 encontro por bimestre (total de encontros no Com carga horária de 480 horas o curso Enfermagem do Trabalho é desenvolvido em sistema modular, com 01 encontro por bimestre (total de encontros no curso: 04) para avaliação nos diversos pólos, atividades

Leia mais

ANEXO I- (Quadro de Vagas com as respectivas codificações)

ANEXO I- (Quadro de Vagas com as respectivas codificações) ANEXO I- (Quadro de Vagas com as respectivas codificações) P1 Auxiliar Administrativo, Auxiliar de Recursos Humanos, Auxiliar Financeiro. Fundamentos da administração, Recursos humanos e departamento de

Leia mais

HORÁRIO DE PROVAS 3º BIMESTRE

HORÁRIO DE PROVAS 3º BIMESTRE CURSO DE PEDAGOGIA Gestão Escolar e Organização do Trabalho Pedagógico I 23.09.13 19horas Fundamentos da Língua Portuguesa: Leitura e Produção de 23.09.13 21horas Textos Psicologia da Educação I 24.09.13

Leia mais

10 projetos de pesquisa aprovados no edital BICT/FUNCAP 12/2014

10 projetos de pesquisa aprovados no edital BICT/FUNCAP 12/2014 Projetos de pesquisa no Saúde Instituto de Ciências da 10 projetos de pesquisa aprovados no edital BICT/FUNCAP 12/2014 Título: Avaliação da autoeficácia materna para prevenir diarreia infantil em Redenção-CE

Leia mais

CURSO: ENFERMAGEM. Objetivos Específicos 1- Estudar a evolução histórica do cuidado e a inserção da Enfermagem quanto às

CURSO: ENFERMAGEM. Objetivos Específicos 1- Estudar a evolução histórica do cuidado e a inserção da Enfermagem quanto às CURSO: ENFERMAGEM Missão Formar para atuar em Enfermeiros qualificados todos os níveis de complexidade da assistência ao ser humano em sua integralidade, no contexto do Sistema Único de Saúde e do sistema

Leia mais

BANNER EDUCATIVO 6. PAPILOMAVÍRUS HUMANO (HPV) X CÂNCER DE COLO DE ÚTERO 7. INFORMATIVO SOBRE RECALL DO MEDICAMENTO TYLENOL PARACETAMOL

BANNER EDUCATIVO 6. PAPILOMAVÍRUS HUMANO (HPV) X CÂNCER DE COLO DE ÚTERO 7. INFORMATIVO SOBRE RECALL DO MEDICAMENTO TYLENOL PARACETAMOL TRABALHOS CLASSIFICADOS PARA APRESENTAÇÃO NA III JORNADA 1. FRISBEE BANNER EDUCATIVO 2. PRIMEIROS SOCORROS: MANOBRA DE HEIMLICH 3. ORDENHA MANUAL DO LEITE MATERNO 4. GESTANTES EM PARADA CARDÍACA 5. DIABETES

Leia mais

TRABALHOS CIENTÍFICOS CONEXÃO FAMETRO 2015: SOCIEDADE EM REDES CRONOGRAMA DE APRESENTAÇÕES

TRABALHOS CIENTÍFICOS CONEXÃO FAMETRO 2015: SOCIEDADE EM REDES CRONOGRAMA DE APRESENTAÇÕES TRABALHOS CIENTÍFICOS CONEXÃO FAMETRO 2015: SOCIEDADE EM REDES CRONOGRAMA DE APRESENTAÇÕES SESSÃO TEMÁTICA DATA E HORÁRIO TRABALHO PROCESSO DE CUIDAR I ANÁLISE CINESIOLÓGICA DA GINGA DA CAPOEIRA A RECREAÇÃO

Leia mais

RETIFICAÇÃO Nº 01 AO EDITAL DE CONCURSO PÚBLICO N 001/2007

RETIFICAÇÃO Nº 01 AO EDITAL DE CONCURSO PÚBLICO N 001/2007 Estado de Santa Catarina PREFEITURA MUNICIPAL DE HERVAL D OESTE RETIFICAÇÃO Nº 01 AO EDITAL DE CONCURSO PÚBLICO N 001/2007 CONCURSO PÚBLICO DE PROVAS E/OU PROVAS E TÍTULOS, PARA PROVIMENTO DE VAGAS NO

Leia mais

Pais, avós, parentes, adultos, professores, enfim, educadores de forma geral.

Pais, avós, parentes, adultos, professores, enfim, educadores de forma geral. Entre os dias 30 de agosto e 6 de setembro de 2014, a PUC Minas no São Gabriel realiza a VI Semana de Ciência, Arte e Política, com a temática Cidades Aqui tem gente? Dentro da programação, a SCAP Lá e

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL VALE DO ACARAÚ - UVA CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE CCS CURSO DE ENFERMAGEM. Relatório Pró-Saúde Enfermagem UVA

UNIVERSIDADE ESTADUAL VALE DO ACARAÚ - UVA CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE CCS CURSO DE ENFERMAGEM. Relatório Pró-Saúde Enfermagem UVA UNIVERSIDADE ESTADUAL VALE DO ACARAÚ - UVA CENTRO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE CCS CURSO DE ENFERMAGEM Relatório Pró-Saúde Enfermagem UVA Sobral - 2007 Resumo do projeto: Dentre os principais trabalhos referentes

Leia mais

LISTAGEM DAS UNIDADES DE ENSINO OFERTADAS PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO EM 2015/1 * EM REGIME DE DEPENDÊNCIA/ADAPTAÇÃO

LISTAGEM DAS UNIDADES DE ENSINO OFERTADAS PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO EM 2015/1 * EM REGIME DE DEPENDÊNCIA/ADAPTAÇÃO Administração da Enfermagem na Atenção Primária a Saúde Enfermagem Administração de Produção Administração Administração de Produção II Administração Administração de Sistemas de Informação Administração/

Leia mais

SISTEMAS DE INFORMAÇÃO ingressantes 2008 Semestre 1 Semestre 2

SISTEMAS DE INFORMAÇÃO ingressantes 2008 Semestre 1 Semestre 2 SISTEMAS DE INFORMAÇÃO ingressantes 2008 Cálculo I 40 Cálculo II 40 Princípios Desenvolvimento de Algoritmos I 80 Princípios Desenvolvimento de Algoritmos II 80 Matemática 40 Lógica Matemática 40 Probabilidade

Leia mais

ESPECIALIZAÇÃO EM CIÊNCIAS DA ATIVIDADE FÍSICA E SAÚDE

ESPECIALIZAÇÃO EM CIÊNCIAS DA ATIVIDADE FÍSICA E SAÚDE ESPECIALIZAÇÃO EM CIÊNCIAS DA ATIVIDADE FÍSICA E SAÚDE Objetiva ampliar os estudos científicos acerca da Atividade Física e do Exercício Físico, da Saúde Pública e da Saúde Coletiva, instrumentalizando

Leia mais

EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE ENFERMAGEM (Currículo iniciado em 2010)

EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE ENFERMAGEM (Currículo iniciado em 2010) EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE ENFERMAGEM (Currículo iniciado em 2010) ANATOMIA HUMANA CH 102 (2372) Estudo morfológico dos órgãos e sistemas que constituem o organismo humano, com ênfase para os

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR CURRÍCULO PLENO

MATRIZ CURRICULAR CURRÍCULO PLENO MATRIZ CURRICULAR Curso: Graduação: Habilitação: Regime: Duração: PEDAGOGIA LICENCIATURA FORMAÇÃO PARA O MAGISTÉRIO EM EDUCAÇÃO INFANTIL SERIADO ANUAL - NOTURNO 4 (QUATRO) ANOS LETIVOS Integralização:

Leia mais

Impactos do Programa de Qualidade de Vida na Gestão de Pessoas

Impactos do Programa de Qualidade de Vida na Gestão de Pessoas Hospital do Coração Impactos do Programa de Qualidade de Vida na Gestão de Pessoas Rosa Bosquetti Coordenadora de Enfermagem Unidade Coronariana O Hospital O Hospital O Hospital HCor: missão, visão e valores

Leia mais

CENTRO DE ESTUDO DE PÓS-GRADUAÇÃO PROPOSTA DE CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU

CENTRO DE ESTUDO DE PÓS-GRADUAÇÃO PROPOSTA DE CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU CENTRO DE ESTUDO DE PÓS-GRADUAÇÃO PROPOSTA DE CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU 2013 INTRODUÇÃO: O presente trabalho apresenta a relação de Cursos de Pós-Graduação Lato Sensu a serem reorganizados no

Leia mais

EDITAL Nº 001/2014 DED/PROEN/IFAM ANEXO I QUADRO GERAL DE DISTRIBUIÇÃO DE VAGAS POR DISCIPLINAS E CURSOS LICENCIATURA EM FÍSICA.

EDITAL Nº 001/2014 DED/PROEN/IFAM ANEXO I QUADRO GERAL DE DISTRIBUIÇÃO DE VAGAS POR DISCIPLINAS E CURSOS LICENCIATURA EM FÍSICA. EDITAL Nº 00/204 DED/PROEN/IFAM ANEXO I QUADRO GERAL DE DISTRIBUIÇÃO DE VAGAS POR DISCIPLINAS E CURSOS LICENCIATURA EM FÍSICA Módulo I Educação a Distância e Ambiente Virtual de Aprendizagem História e

Leia mais

Saúdee Trabalho. Raphael Mendonça Guimarães, Ph.D

Saúdee Trabalho. Raphael Mendonça Guimarães, Ph.D Saúdee Trabalho Raphael Mendonça Guimarães, Ph.D TRABALHADORES X POPULAÇÃO GERAL Saúde do Trabalhador Medicina do Trabalho; Saúde Ocupacional; Saúde do Trabalhador. Exposição ambiental X Exposição ocupacional

Leia mais

ANEXO I - EDITAL Nº 15/2015 QUADRO GERAL DE DISTRIBUIÇÃO DE VAGAS POR DISCIPLINA E CURSOS LICENCIATURA EM FÍSICA

ANEXO I - EDITAL Nº 15/2015 QUADRO GERAL DE DISTRIBUIÇÃO DE VAGAS POR DISCIPLINA E CURSOS LICENCIATURA EM FÍSICA INSTITUTO FEDERAL DO AMAZONAS PRÓ-REITORIA DE ENSINO PROCESSO SELETIVO DO 2º SEMESTRE 205 ANEXO I - EDITAL Nº 5/205 QUADRO GERAL DE DISTRIBUIÇÃO DE VAGAS POR DISCIPLINA E CURSOS LICENCIATURA EM FÍSICA

Leia mais

ANEXO. CONTEÚDO PROGRAMÁTICO Para candidatos que desejam entrar na 2ª etapa do curso

ANEXO. CONTEÚDO PROGRAMÁTICO Para candidatos que desejam entrar na 2ª etapa do curso ANEXO Para candidatos que desejam entrar na 2ª etapa do Metabolismo (anabolismo x catabolismo) Metabolismo de Carboidratos Metabolismo de Lipídeos Motilidade no trato gastrointestinal Introdução ao Metabolismo

Leia mais

PROGRAMAÇÃO DAS AÇÕES DE VIGILÂNCIA EM SAÚDE - 2008/2009

PROGRAMAÇÃO DAS AÇÕES DE VIGILÂNCIA EM SAÚDE - 2008/2009 PROGRAMAÇÃO DAS AÇÕES DE VIGILÂNCIA EM SAÚDE - 2008/2009 1.Notificação AÇÃO 1.1 Realizar notificação dos casos de sífilis em gestante 48.950 casos de sífilis em gestantes notificados. 1.2 Definir Unidades

Leia mais

Agente Comunitário em Saúde

Agente Comunitário em Saúde Agente Comunitário em Saúde Introdução a Informática Ações de Promoção do ambiente saudável A sociedade em que vivemos Construção de Redes Comunitárias e Promoção à Saúde Introdução à Profissão de Agente

Leia mais

DIRETORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO, PESQUISA E EXTENSÃO CURSOS DE EXTENSÃO. Meses: JANEIRO a DEZEMBRO / 2008

DIRETORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO, PESQUISA E EXTENSÃO CURSOS DE EXTENSÃO. Meses: JANEIRO a DEZEMBRO / 2008 DIRETORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO, PESQUISA E EXTENSÃO CURSOS DE EXTENSÃO Meses: JANEIRO a DEZEMBRO / 2008 Título e Mês da recepção do Projeto pela CPGPE Despacho Final da Presidência CPGPE ou Curso de Graduação

Leia mais

ATIVIDADES TÍPICAS DOS CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR

ATIVIDADES TÍPICAS DOS CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR ATIVIDADES TÍPICAS DOS CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR DENOMINAÇÃO DO CARGO: ANALISTA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Desenvolver e implantar sistemas informatizados, dimensionando requisitos e funcionalidades do

Leia mais

VIGILÂNCIA E PROMOÇÃO À SAÚDE

VIGILÂNCIA E PROMOÇÃO À SAÚDE VIGILÂNCIA E PROMOÇÃO À SAÚDE Um modelo de assistência descentralizado que busca a integralidade, com a participação da sociedade, e que pretende dar conta da prevenção, promoção e atenção à saúde da população

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico Etec Etec: PAULINO BOTELHO Código: 091 Município: SÃO CARLOS Eixo Tecnológico: Ambiente e Saúde Habilitação Profissional: Técnico em Enfermagem Qualificação:

Leia mais

Trabalhos Aprovados: Eixo: Educação Infantil Manhã (8:30 às 12:00hrs.) Sala 26

Trabalhos Aprovados: Eixo: Educação Infantil Manhã (8:30 às 12:00hrs.) Sala 26 AS APRESENTAÇÕES ACONTECERÃO DIA 20/05 (QUARTA-FEIRA), NO PERÍODO DA MANHÃ E DA TARDE! Trabalhos Aprovados: Eixo: Educação Infantil Manhã (8:30 às 12:00hrs.) Sala 26 s: Práticas na leitura e escrita na

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE MEDICINA VETERINÁRIA INSTITUTO FEDERAL DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO AMAZONAS - Campus Zona Leste

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE MEDICINA VETERINÁRIA INSTITUTO FEDERAL DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO AMAZONAS - Campus Zona Leste INSTITUTO FEDERAL DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO AMAZONAS - Campus Zona Leste CICLO DE FUNDAMENTAÇÃO 1º. Semestre Semestre 442 h/ semanal 26 h EIXO TEMÁTICO Eixo DISCIPLINAS disciplinas Tipo INTRODUÇÃO A ATIVIDADE

Leia mais

UNIDADES DE ENSINO DE NITERÓI CLASSE A: ADJUNTO A - REGIME: 40H DE 1 - Escola de Arquitetura e Urbanismo Departamento de Arquitetura Área de

UNIDADES DE ENSINO DE NITERÓI CLASSE A: ADJUNTO A - REGIME: 40H DE 1 - Escola de Arquitetura e Urbanismo Departamento de Arquitetura Área de UNIDADES DE ENSINO DE NITERÓI CLASSE A: ADJUNTO A - REGIME: 40H DE 1 - Escola de Arquitetura e Urbanismo Departamento de Arquitetura Área de Conhecimento: PROJETO DE HABITAÇÃO SOCIAL (uma vaga). Provas

Leia mais

PROJETOS DE EXTENSÃO 2011 CURSO RESPONSÁVEL PELO PROJETO

PROJETOS DE EXTENSÃO 2011 CURSO RESPONSÁVEL PELO PROJETO ATENÇÃO À CRIANÇA (S) DE EXECUÇÃO E FREQUÊNCIA Projeto Sorriso Visa proporcionar às crianças internas e usuárias do PSF do Crianças da Casa de Passagem e do PSF Santa Rita bairro Santa Rita o conhecimento

Leia mais

RESOLUÇÃO. Artigo 2º - O Currículo, ora alterado, será implantado no 2º semestre letivo de 2001 para os alunos matriculados no 4º semestre.

RESOLUÇÃO. Artigo 2º - O Currículo, ora alterado, será implantado no 2º semestre letivo de 2001 para os alunos matriculados no 4º semestre. RESOLUÇÃO CONSEPE 38/2001 ALTERA O CURRÍCULO DO CURSO DE ENFERMAGEM, REGIME SERIADO SEMESTRAL, DO CÂMPUS DE BRAGANÇA PAULISTA. O Presidente do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão - CONSEPE, no uso

Leia mais

Portfolio FORMAÇÃO CONTÍNUA

Portfolio FORMAÇÃO CONTÍNUA Portfolio FORMAÇÃO CONTÍNUA Elaboramos soluções de formação customizadas de acordo com as necessidades específicas dos clientes. Os nossos clientes são as empresas, organizações e instituições que pretendem

Leia mais

ESTRATÉGIA DE SAÚDE DA FAMÍLIA E A PROMOÇÃO DA SAÚDE NO TERRITÓRIO A SAÚDE ATUAÇÃO DO AGENTE COMUNITÁRIO

ESTRATÉGIA DE SAÚDE DA FAMÍLIA E A PROMOÇÃO DA SAÚDE NO TERRITÓRIO A SAÚDE ATUAÇÃO DO AGENTE COMUNITÁRIO ESTRATÉGIA DE SAÚDE DA FAMÍLIA E A PROMOÇÃO DA SAÚDE NO TERRITÓRIO A SAÚDE ATUAÇÃO DO AGENTE COMUNITÁRIO Marlúcio Alves UFU Bolsista programa CAPES/FCT Jul/dez 2011 A ESTRATÉGIA DE SAÚDE DA FAMÍLIA - ESF

Leia mais

NOTIFICAÇÕES COMPULSÓRIAS DOS CASOS SUSPEITOS OU CONFIRMADOS DE VIOLÊNCIAS PRATICADAS CONTRA CRIANÇA E ADOLESCENTE

NOTIFICAÇÕES COMPULSÓRIAS DOS CASOS SUSPEITOS OU CONFIRMADOS DE VIOLÊNCIAS PRATICADAS CONTRA CRIANÇA E ADOLESCENTE NOTIFICAÇÕES COMPULSÓRIAS DOS CASOS SUSPEITOS OU CONFIRMADOS DE VIOLÊNCIAS PRATICADAS CONTRA CRIANÇA E ADOLESCENTE Márcia Regina Ribeiro Teixeira Promotora de Justiça de Salvador Agosto de 2014 VIOLÊNCIA:

Leia mais

LISTAGEM DAS UNIDADES DE ENSINO OFERTADAS POR CURSO EM 2010/1 EM REGIME DE DEPENDÊNCIA/ADAPTAÇÃO BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO

LISTAGEM DAS UNIDADES DE ENSINO OFERTADAS POR CURSO EM 2010/1 EM REGIME DE DEPENDÊNCIA/ADAPTAÇÃO BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO Administração de Recursos Humanos II Administração de Sistemas de Informações Contabilidade Básica I Contabilidade Básica II Contabilidade Geral Economia Brasileira e Contemporânea

Leia mais

RESOLUÇÃO. Bragança Paulista, 30 de maio de 2005. Prof. Milton Mayer Presidente

RESOLUÇÃO. Bragança Paulista, 30 de maio de 2005. Prof. Milton Mayer Presidente RESOLUÇÃO CONSEAcc-BP 9/2005 ALTERA AS EMENTAS DO CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA, DA UNIVERSIDADE SÃO FRANCISCO, DO CÂMPUS DE BRAGANÇA PAULISTA. O Presidente do Conselho Acadêmico por Câmpus, do câmpus de Bragança

Leia mais

ANEXO I DAS ÁREAS, DA QUANTIDADE DE VAGAS, DOS PERFIS PARA INVESTIDURA NO CARGO, DO REGIME DE TRABALHO E DAS LOCALIDADES DAS VAGAS

ANEXO I DAS ÁREAS, DA QUANTIDADE DE VAGAS, DOS PERFIS PARA INVESTIDURA NO CARGO, DO REGIME DE TRABALHO E DAS LOCALIDADES DAS VAGAS ANEXO I DAS ÁREAS, DA QUANTIDADE DE VAGAS, DOS PERFIS PARA INVESTIDURA NO CARGO, DO REGIME DE TRABALHO E DAS LOCALIDADES DAS VAGAS CAMPUS UNIVERSITÁRIO DE CRUZEIRO DO SUL CENTRO DE EDUCAÇÃO E LETRAS CEL

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA - UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE

ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA - UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA - UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE Ciências Sociais Graduação em Ciência Política, Sociologia, Filosofia ou Antropologia. Seminários Graduação em Administração Pública, Administração

Leia mais

CURSO DE MEDICINA - MATRIZ CURRICULAR 2013

CURSO DE MEDICINA - MATRIZ CURRICULAR 2013 CURSO DE MEDICINA - MATRIZ CURRICULAR 2013 Eixos longitudinais, conteúdos e objetivos cognitivos psicomotores Eixos transversais, objetivos Per. 1º Ano eixo integrador: O CORPO HUMANO CH INT. COMUM. HAB.

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR CURRÍCULO PLENO/2014 1.ª SÉRIE 2.ª SÉRIE

MATRIZ CURRICULAR CURRÍCULO PLENO/2014 1.ª SÉRIE 2.ª SÉRIE MATRIZ CURRICULAR Curso: Graduação: Regime: Duração: ENFERMAGEM BACHARELADO SERIADO ANUAL - NOTURNO 5 (CINCO) ANOS LETIVOS Integralização: A) TEMPO TOTAL - MÍNIMO = 05 (CINCO) ANOS LETIVOS - MÁXIMO = 08

Leia mais

Universidade Anhanguera Uniderp Centro de Educação a Distância Alteração de data de realização de provas Graduação a Distância Polos Parceiros

Universidade Anhanguera Uniderp Centro de Educação a Distância Alteração de data de realização de provas Graduação a Distância Polos Parceiros Administração 5º Pesquisa Operacional; Estatística Aplicada a Administração Administração 1º Terça e Quinta Empreendedorismo; Administração 1º Sexta e Sábado Empreendedorismo; Administração 3º Segunda

Leia mais

COMPREENDENDO A POLÍTICA NACIONAL DE ATENÇÃO INTEGRAL À SAÚDE DA MULHER: UMA REFLEXÃO ACADÊMICA 1

COMPREENDENDO A POLÍTICA NACIONAL DE ATENÇÃO INTEGRAL À SAÚDE DA MULHER: UMA REFLEXÃO ACADÊMICA 1 COMPREENDENDO A POLÍTICA NACIONAL DE ATENÇÃO INTEGRAL À SAÚDE DA MULHER: UMA REFLEXÃO ACADÊMICA 1 BISOGNIN, Patrícia 2 ; SIQUEIRA, Alessandro 2 ; BÖELTER, Débora Cardoso 2 ; FONSECA, Mariana 2 ; PRUNZEL

Leia mais

DISTRIBUIÇÃO DE VAGAS PARA PROFESSOR E FORMAÇÃO NECESSÁRIA

DISTRIBUIÇÃO DE VAGAS PARA PROFESSOR E FORMAÇÃO NECESSÁRIA 06/ 05/ INSTITUTO FEDERAL DO AMAZONAS PRÓ-REITORIA DE ENSINO PROCESSO SELETIVO DO º SEMESTRE 05 ANEXO II EDITAL Nº 8/05 DISTRIBUIÇÃO DE VAGAS PARA PROFESSOR E FORMAÇÃO NECESSÁRIA Técnico em Redes de Computadores

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS

EMENTAS DAS DISCIPLINAS EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO DE GRADUAÇÃO DE PSICOLOGIA Ementário/abordagem temática/bibliografia básica (3) e complementar (5) Morfofisiologia e Comportamento Humano Ementa: Estudo anátomo funcional

Leia mais

UPE Campus Petrolina PROGRAMA DA DISCIPLINA

UPE Campus Petrolina PROGRAMA DA DISCIPLINA UPE Campus Petrolina PROGRAMA DA DISCIPLINA Curso: Enfermagem Disciplina: Cuidar de Enfermagem em Saúde Mental Carga Horária: 90 h Teórica: 60h Prática: 30h Semestre: 2013.1 Professor: Cilene Duarte da

Leia mais

LISTAGEM DAS UNIDADES DE ENSINO OFERTADAS PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO EM 2015/2 * EM REGIME DE DEPENDÊNCIA/ADAPTAÇÃO

LISTAGEM DAS UNIDADES DE ENSINO OFERTADAS PARA OS CURSOS DE GRADUAÇÃO EM 2015/2 * EM REGIME DE DEPENDÊNCIA/ADAPTAÇÃO Administração de Adm. em Serviços de Enfermagem Hospitalar Enfermagem Administração Mercadológica I / Marketing / Administração Mercadológica II Algoritmos e Técnicas de Programação Análise Ambiental Biomedicina

Leia mais

CURSO DE PÓS GRADUAÇÃO LATO SENSU EM PSICOPEDAGOGIA PROJETO PEDAGÓGICO

CURSO DE PÓS GRADUAÇÃO LATO SENSU EM PSICOPEDAGOGIA PROJETO PEDAGÓGICO CURSO DE PÓS GRADUAÇÃO LATO SENSU EM PSICOPEDAGOGIA PROJETO PEDAGÓGICO Campo Limpo Paulista 2012 1 CURSO DE PÓS GRADUAÇÃO LATO SENSU EM PSICOPEDAGOGIA Marcos Legais Resolução CNE CES 1 2002 Resolução CNE

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico Etec: PAULINO BOTELHO Código: 091 Município: São Carlos Eixo tecnológico: Ambiente e Saúde Habilitação Profissional: Técnico em Enfermagem Qualificação: Auxiliar

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS

EMENTAS DAS DISCIPLINAS EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO DE GRADUAÇÃO DE ENFERMAGEM Atividades Complementares Compreende atividades extracurriculares desenvolvidas conforme opção do aluno, correlacionadas com os objetivos gerais

Leia mais

FESURV-UNIVERSIDADE DE RIO VERDE CONCURSO PÚBLICO PARA CARGOS DE PROFESSOR (NÍVEL ADJUNTO I) - EDITAL N. 001/2014

FESURV-UNIVERSIDADE DE RIO VERDE CONCURSO PÚBLICO PARA CARGOS DE PROFESSOR (NÍVEL ADJUNTO I) - EDITAL N. 001/2014 FESURV-UNIVERSIDADE DE RIO VERDE CONCURSO PÚBLICO PARA CARGOS DE PROFESSOR (NÍVEL ADJUNTO I) - EDITAL N. 0/24 ANEXO I QUADRO GERAL DE S E 1. Faculdade de Administração 1.1 Administração Administração ou

Leia mais

Educação. Saúde & Bem Estar. Administração & Empreendedorismo. Governança Doméstica. Informática e Línguas

Educação. Saúde & Bem Estar. Administração & Empreendedorismo. Governança Doméstica. Informática e Línguas 3 Editorial Sumário Apresentamos o nosso Ambiente Virtual de Aprendizagem, ferramenta inovadora nos projetos do Instituto Mundo Melhor nas áreas de Educação, Saúde e Qualificação Profissional. Neste portfólio

Leia mais

Semestre: 1 Quantidade de Módulos:9 Unidade de Ensino:Núcleo de Saúde

Semestre: 1 Quantidade de Módulos:9 Unidade de Ensino:Núcleo de Saúde 212 Módulo: 9º período e Mês Início do Módulo:216/1 Numero da Página: 1 Impresso em:14/12/215 16:4:29 da Disciplina Variação TEO PRA LAB TEO PRA LAB Quantidade de Disciplinas neste Módulo: Total CH H/A:

Leia mais

Projetos Sociais da Faculdade Campo Real CIDADANIA REAL 1. O que é o projeto? 2. Em que consistem as atividades do projeto?

Projetos Sociais da Faculdade Campo Real CIDADANIA REAL 1. O que é o projeto? 2. Em que consistem as atividades do projeto? Projetos Sociais da Faculdade Campo Real A promoção da cidadania é qualidade de toda instituição de ensino consciente de sua relevância e capacidade de atuação social. Considerando a importância da Faculdade

Leia mais

Programas Sociais Federais de. transferência de renda. Programas Sociais Municipais de. transferência de renda. Geração de emprego e renda

Programas Sociais Federais de. transferência de renda. Programas Sociais Municipais de. transferência de renda. Geração de emprego e renda Programas Sociais Federais de transferência de renda Programa Bolsa Família: 2.994 beneficiários; Programa Projovem Adolescente: 125 beneficiários; PETI: 650 beneficiários; Programa Seguro-Safra: 1.221

Leia mais

COMISSÃO DE ASSUNTOS SOCIAIS DO SENADO FEDERAL. Brasília maio 2010

COMISSÃO DE ASSUNTOS SOCIAIS DO SENADO FEDERAL. Brasília maio 2010 COMISSÃO DE ASSUNTOS SOCIAIS DO SENADO FEDERAL Brasília maio 2010 Audiência Pública: o avanço e o risco do consumo de crack no Brasil Francisco Cordeiro Coordenação de Saúde Mental, Álcool e outras Drogas

Leia mais

GERED - ARARANGUÁ DISCIPLINA PARA INSCRIÇÃO PROVA HABILITAÇÃO MÍNIMA EXIGIDA

GERED - ARARANGUÁ DISCIPLINA PARA INSCRIÇÃO PROVA HABILITAÇÃO MÍNIMA EXIGIDA GERED - ARARANGUÁ PROVA DISCIPLINA PARA INSCRIÇÃO CÓDIGO CONTABILIDADE CONTABILIDADE 433 DIREITO DIREITO E LEGISLAÇÃO 453 AGRONEGÓCIO ASSOCIATIVISMO E COOPERATIVISMO SISTEMAS AGROALIMENTARES GESTAO III-

Leia mais

ANEXO III. Domínios e áreas científicas

ANEXO III. Domínios e áreas científicas ANEXO III Domínios e áreas científicas Ciências da Vida e da Saúde Neurociências - Molecular e Celular Neurociências, Envelhecimento e Doenças Degenerativas Imunologia e Infeção Diagnóstico, Terapêutica

Leia mais

Portaria Inep nº 249, de 02 de junho de 2014. Publicada no Diário Oficial da União em 04 de junho de 2014.

Portaria Inep nº 249, de 02 de junho de 2014. Publicada no Diário Oficial da União em 04 de junho de 2014. Portaria Inep nº 249, de 02 de junho de 2014. Publicada no Diário Oficial da União em 04 de junho de 2014. O Presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep),

Leia mais

Relatório de Gestão da CCIH

Relatório de Gestão da CCIH Relatório de Gestão da CCIH 1 - Apresentação A Comissão de Controle de Infecção Hospitalar CCIH é formada por membros executores -01 enfermeira, 01 farmacêutica e 01 infectologista e consultoresrepresentantes

Leia mais

PROGRAMA DE INTERCÂMBIO INTERNACIONAL PARA PÓS-GRADUAÇÃO AUGM PMEP ANEXO II DA OFERTA UNIVERSIDAD NACIONAL DE CÓRDOBA (ARGENTINA)

PROGRAMA DE INTERCÂMBIO INTERNACIONAL PARA PÓS-GRADUAÇÃO AUGM PMEP ANEXO II DA OFERTA UNIVERSIDAD NACIONAL DE CÓRDOBA (ARGENTINA) PROGRAMA DE INTERCÂMBIO INTERNACIONAL PARA PÓS-GRADUAÇÃO AUGM PMEP ANEXO II DA OFERTA UNIVERSIDAD NACIONAL DE CÓRDOBA (ARGENTINA) Análise e Processamento de Imagens Antropologia Ciência e Tecnologia dos

Leia mais

UM OLHAR PARA O HOMEM IDOSO. Fabio Garani 17 Regional de Saude

UM OLHAR PARA O HOMEM IDOSO. Fabio Garani 17 Regional de Saude UM OLHAR PARA O HOMEM IDOSO Fabio Garani 17 Regional de Saude 1 ESPERANÇA DE VIDA AO NASCER : 7,4anos

Leia mais

Profª Márcia Rendeiro

Profª Márcia Rendeiro Profª Márcia Rendeiro CONHECIMENTO CIENTÍFICO TECNOLOGIAS PRÁTICA ODONTOLÓGICA AMBIENTES INSTRUMENTOS MATERIAIS RECURSOS HUMANOS O PROCESSO DE TRABALHO ODONTOLÓGICO VEM SOFRENDO TRANSFORMAÇÕES AO LONGO

Leia mais

RESULTADO FINAL DO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE APOIO A PROJETOS DE EXTENSÃO DO IFSC

RESULTADO FINAL DO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE APOIO A PROJETOS DE EXTENSÃO DO IFSC Projetos classificados e contemplados com recursos do Edital: Rua: 14 de julho, 150 Coqueiros /SC CEP: 88.075-010 RESULTADO FINAL DO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE APOIO A PROJETOS DE EXTENSÃO DO IFSC Edital

Leia mais

Disciplina: FISIOLOGIA CELULAR CONTROLE DA HOMEOSTASE, COMUNICAÇÃO E INTEGRAÇÃO DO CORPO HUMANO (10h)

Disciplina: FISIOLOGIA CELULAR CONTROLE DA HOMEOSTASE, COMUNICAÇÃO E INTEGRAÇÃO DO CORPO HUMANO (10h) Ementário: Disciplina: FISIOLOGIA CELULAR CONTROLE DA HOMEOSTASE, COMUNICAÇÃO E INTEGRAÇÃO DO CORPO HUMANO (10h) Ementa: Organização Celular. Funcionamento. Homeostasia. Diferenciação celular. Fisiologia

Leia mais

INFORMAÇÕES REFERENTES À EXPOSIÇÃO DOS PÔSTERES APROVADOS NO XXVII COBREM

INFORMAÇÕES REFERENTES À EXPOSIÇÃO DOS PÔSTERES APROVADOS NO XXVII COBREM INFORMAÇÕES REFERENTES À EXPOSIÇÃO DOS PÔSTERES APROVADOS NO XXVII COBREM Os estudantes que tiveram seus resumos de trabalhos aprovados no XXVII COBREM, deverão afixar seus pôsteres no pátio da Escola

Leia mais

5.1 Nome da iniciativa ou Projeto. Academia Popular da Pessoa idosa. 5.2 Caracterização da Situação Anterior

5.1 Nome da iniciativa ou Projeto. Academia Popular da Pessoa idosa. 5.2 Caracterização da Situação Anterior 5.1 Nome da iniciativa ou Projeto Academia Popular da Pessoa idosa 5.2 Caracterização da Situação Anterior O envelhecimento é uma realidade da maioria das sociedades. No Brasil, estima-se que exista, atualmente,

Leia mais

ATUAÇÃO DA ANVISA NO CONTROLE SANITÁRIO DE ALIMENTOS Previsões 2014

ATUAÇÃO DA ANVISA NO CONTROLE SANITÁRIO DE ALIMENTOS Previsões 2014 Reunião ILSI São Paulo, 5 de dezembro de 2013 ATUAÇÃO DA ANVISA NO CONTROLE SANITÁRIO DE ALIMENTOS Previsões 2014 William Cesar Latorre Gerente de Inspeção e Controle de Riscos em Alimentos Gerência Geral

Leia mais

Agosto, 2012 VI Seminário Internacional de Atenção Básica Universalização com Qualidade

Agosto, 2012 VI Seminário Internacional de Atenção Básica Universalização com Qualidade PREFEITURA DO RECIFE SECRETARIA DE SAÚDE DIRETORIA GERAL DE REGULAÇÃO DO SISTEMA GERÊNCIA DE ATENÇÃO BÁSICA Recife em Defesa da Vida Agosto, 2012 VI Seminário Internacional de Atenção Básica Universalização

Leia mais

PROGRAMAÇÃO OUTUBRO ROSA ATIVIDADES DESENVOLVIDAS AOS SÁBADOS UNIDADE DE SAÚDE DATA HORÁRIO ATIVIDADES. 8 às 13 horas. 7 às 13 horas.

PROGRAMAÇÃO OUTUBRO ROSA ATIVIDADES DESENVOLVIDAS AOS SÁBADOS UNIDADE DE SAÚDE DATA HORÁRIO ATIVIDADES. 8 às 13 horas. 7 às 13 horas. PROGRAMAÇÃO OUTUBRO ROSA ATIVIDADES DESENVOLVIDAS AOS SÁBADOS UNIDADE DE SAÚDE DATA HORÁRIO ATIVIDADES MARUÍPE GRANDE VITÓRIA 11/10/2014 8 às 13 horas 7 às 13 horas Proporcionar ações de promoção e prevenção

Leia mais

Universidade Estadual do Centro-Oeste Reconhecida pelo Decreto Estadual nº 3.444, de 8 de agosto de 1997

Universidade Estadual do Centro-Oeste Reconhecida pelo Decreto Estadual nº 3.444, de 8 de agosto de 1997 RESOLUÇÃO Nº 93-CEPE/UNICENTRO, DE 26 DE NOVEMBRO DE 2009. Aprova o Curso de Especialização em Saúde Pública com Ênfase em Doenças Infecciosas e Parasitárias, modalidade regular, a ser ministrado no Campus

Leia mais

b. Completar a implantação da Rede com a construção de hospitais regionais para atendimentos de alta complexidade.

b. Completar a implantação da Rede com a construção de hospitais regionais para atendimentos de alta complexidade. No programa de governo do senador Roberto Requião, candidato ao governo do estado pela coligação Paraná Com Governo (PMDB/PV/PPL), consta um capítulo destinado apenas à universalização do acesso à Saúde.

Leia mais

Núcleo de Atenção Integral à Saúde Unimed São José dos Campos

Núcleo de Atenção Integral à Saúde Unimed São José dos Campos Núcleo de Atenção Integral à Saúde Unimed São José dos Campos Núcleo de Atenção Integral à Saúde da Unimed SJC O Núcleo de Ação Integral à Saúde (NAIS) é o setor responsável pela promoção da saúde e prevenção

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO DE JANEIRO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO DE JANEIRO Edital Nº 7/205 ANEXO II QUADRO DE VAGAS CAMPUS SIGLA ÁREA PERFIL TOTAL ARRAIAL DO CABO CAC Geografia Licenciatura em Geografia. Análise Instrumental Química Industrial ou Engenharia Química ou Farmácia

Leia mais

ENFERMAGEM DO TRABALHO - TURMA VII

ENFERMAGEM DO TRABALHO - TURMA VII Rua Rio Branco, 216, Centro, CEP 650-490, São Luís /MA - Fone: (98) 3878.21 Credenciado pela Portaria Ministerial nº 1764/06, D.O.U. 211 de 03.11.06, Seção 01, Folha14 ENFERMAGEM DO TRABALHO - TURMA VII

Leia mais

PROJETO: DE ONDE VEM? PARA ONDE VAI? Sustentabilidade e Consumismo EMEI GUIA LOPES DRE FO

PROJETO: DE ONDE VEM? PARA ONDE VAI? Sustentabilidade e Consumismo EMEI GUIA LOPES DRE FO PROJETO: DE ONDE VEM? PARA ONDE VAI? Sustentabilidade e Consumismo EMEI GUIA LOPES DRE FO Como tudo começou A EMEI Guia Lopes possui uma área verde privilegiada e a criação de uma horta era uma vontade

Leia mais

PORTFÓLIO: UMA PROPOSTA DE AVALIAÇÃO NA EDUCAÇÃO INFANTIL 4 28

PORTFÓLIO: UMA PROPOSTA DE AVALIAÇÃO NA EDUCAÇÃO INFANTIL 4 28 PORTFÓLIO: UMA PROPOSTA DE AVALIAÇÃO NA EDUCAÇÃO INFANTIL 4 28 ORIENTAÇÃO SOBRE PREPARAÇÃO DE ALIMENTOS 4 17 AS LINGUAGENS DA CRIANÇA E O SABER FAZER NA EDUCAÇÃO INFANTIL: CONTRIBUIÇÕES TEÓRICO-METODOLÓGICAS

Leia mais

MESTRADO E DOUTORADO EM FISIOTERAPIA

MESTRADO E DOUTORADO EM FISIOTERAPIA MESTRADO E DOUTORADO EM FISIOTERAPIA A UNASUR UNIVERSIDAD AUTÓNOMA DEL SUR em parceria com a Master Assessoria Educacional criou o Curso de Mestrado em Fisioterapia, o qual procura enfatizar a Intervenção

Leia mais

VAGAS NO CAMPUS MARCO ZERO, EM MACAPÁ-AP

VAGAS NO CAMPUS MARCO ZERO, EM MACAPÁ-AP UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ GABINETE DA REITORIA EDITAL Nº 13/2013 CONCURSO PÚBLICO PARA PROFESSOR EFETIVO ANEXO I VAGAS POR ÁREA DE CONHECIMENTO VAGAS NO CAMPUS MARCO ZERO, EM MACAPÁ-AP 135-Área de

Leia mais

ATRIBUIÇÕES DA EQUIPE MULTIPROFISSIONAL

ATRIBUIÇÕES DA EQUIPE MULTIPROFISSIONAL ATRIBUIÇÕES DA EQUIPE MULTIPROFISSIONAL Das Atribuições dos Profissionais dos Recursos Humanos Atribuições comuns a todos os profissionais que integram a equipe: Conhecer a realidade das famílias pelas

Leia mais

Programa de Apoio a Pacientes Oncológicos e

Programa de Apoio a Pacientes Oncológicos e Programa de Apoio a Pacientes Oncológicos e Família Secretaria Municipal de Saúde CASC - Centro de Atenção a Saúde Coletiva Administração Municipal Horizontina RS Noroeste do Estado Distante 520 Km da

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico Etec Etec: Paulino Botelho Código: 091 Município: São Carlos Eixo Tecnológico: Ambiente e Saúde Habilitação Profissional: TÉCNICO EM ENFERMAGEM Qualificação:

Leia mais

DOCENTES DO CURSO DE BACHARELADO EM ENFERMAGEM CAMPUS AMÍLCAR FERREIRA SOBRAL

DOCENTES DO CURSO DE BACHARELADO EM ENFERMAGEM CAMPUS AMÍLCAR FERREIRA SOBRAL DOCENTES DO CURSO DE BACHARELADO EM ENFERMAGEM CAMPUS AMÍLCAR FERREIRA SOBRAL CHEFE DO CURSO DE ENFERMAGEM Profa. MSc. Izabel Cristina Falcão Juvenal Barbosa Possui graduação em Terapia Ocupacional pela

Leia mais

Sistema Nacional de Vigilância Ambiental em Saúde. Ministério da Saúde Fundação Nacional de Saúde

Sistema Nacional de Vigilância Ambiental em Saúde. Ministério da Saúde Fundação Nacional de Saúde Sistema Nacional de Vigilância Ambiental em Saúde Ministério da Saúde Fundação Nacional de Saúde 1 FLUXO DA VIGILÂNCIA SISTEMAS SETORIAIS RELACIONADOS COM SAÚDE E AMBIENTE (Saúde, Educação, Des. Urbano,

Leia mais

PRINCÍPIOS Prevenção e o controle das doenças, especialmente as crônico-degenerativas estimulam desejo

PRINCÍPIOS Prevenção e o controle das doenças, especialmente as crônico-degenerativas estimulam desejo PRINCÍPIOS Prevenção e o controle das doenças, especialmente as crônico-degenerativas estimulam o desejo de participação social direciona as ações para a estruturação de um processo construtivo para melhoria

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO E CIÊNCIAS CONTÁBEIS

ADMINISTRAÇÃO E CIÊNCIAS CONTÁBEIS DATA DA APLICAÇÃO: 12.12.2015 GABARITOS MULTIDISCIPLINAR 2015.2 HUMANAS E EXATAS ADMINISTRAÇÃO E CIÊNCIAS CONTÁBEIS ADMINISTRAÇÃO DA PRODUÇÃO A E D D E C A E A B ADMINISTRAÇÃO DE CUSTOS E PREÇOS ADMINISTRAÇÃO

Leia mais