REDA - Rede Estadual de Direitos Animais Pesquisa com as Prefeituras Relatório resumido

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "REDA - Rede Estadual de Direitos Animais Pesquisa com as Prefeituras Relatório resumido"

Transcrição

1 REDA - Rede Estadual de Direitos Animais Pesquisa com as Prefeituras Relatório resumido 2014

2 Em 1º de abril de 2014 foi sancionado o Decreto nº , que cria a Rede Estadual de Direitos Animais REDA. Dentre as determinações do referido Decreto estão a elaboração, implantação e acompanhamento da Política Estadual de Direitos Animais. A SEMA, responsável pela coordenação da REDA, elaborou um questionário com as Prefeituras, ao longo dos meses agosto e setembro de 2014, com o intuito de se fazer um levantamento da situação atual e das potencialidades dos municípios nas diversas regiões do Estado, bem como servir de subsídio para que se possam planejar ações no futuro com mais efetividade. A realização da pesquisa foi divulgada em matéria elaborada pela SEMA e encaminhado ofício a todas as Prefeituras apresentando o link do formulário on line a ser respondido. Além disso, o link foi também encaminhado por . A Coordenação da REDA recebeu retorno de 125 Prefeituras. Seguem, abaixo, os dados do formulário e um relatório resumido das respostas obtidas, com gráficos gerados pelo google docs. O google docs foi escolhido, inicialmente, como a ferramenta mais adequada para esse trabalho, pela facilidade de publicação de formulário online e recebimento automático das respostas. No entanto, a ferramenta depende de informações inseridas corretamente para que possa gerar gráficos mais completos. O que aconteceu é que muitos municípios responderam o questionário de forma incompleta e algumas vezes equivocada. Apesar disso, os gráficos gerados nos dão um panorama da situação atual dos municípios e de suas potencialidades. Nome do Município Região do Município Baseado na Unidade Hidrográfica que se localiza Litorânea Alto Iguaçu Itararé Alto Tibagi Baixo Tibagi Pirapó Alto Ivaí Baixo Ivaí Piquiri Paraná 3 Afluentes do Médio Iguaçu Afluentes do Baixo Iguaçu

3 Nome do Prefeito Existe no município uma Política Pública para os animais? Sim Não Sim Se a resposta anterior for "Sim", descreva os programas, projetos e ações correspondentes. Que órgão ou secretaria do município é responsável pela Política? Existe levantamento (censo) das populações de animais no município? Não Se a resposta anterior for "Sim", informe quando o censo foi realizado, os resultados e as espécies envolvidas. Sim Existe estatísticas de acidentes de trânsito envolvendo animais? Não Se a resposta anterior for "Sim", informe quando o censo foi realizado, os resultados e as espécies envolvidas. Sim Não Existe alguma legislação municipal relacionada ao tema? Se a resposta anterior for "Sim", quais são. Sim O município possui Organizações da Sociedade voltadas para os direitos animais?(ong's, Grupos independentes, etc.) Não Quantas ações foram realizadas nos últimos 2 anos voltadas para os animais? Nenhuma ou Mais Baseado na resposta anterior descreva as ações realizadas

4 Quantos municípios responderam de cada Unidade Hidrográfica Obs: Pode haver pequena alteração de município por Unidade Hidrográfica, por menção equivocada de quem respondeu o questionário. * Ver anexo I ao final do documento (lista de municípios por Unidade Hidrográfica). Respostas afirmativas, com descrição dos programas, projetos e ações correspondentes, daqueles municípios que descreveram suas ações: Alto Paraná Programa de inseminação artificial para bovinos de leite. Lei complementar 05/ dispõe sobre o Código de Posturas. Balsa Nova Projeto (ainda não implantado) para incluir educação em guarda responsável nas escolas, esterilização de cães e gatos, incentivo a adoção e a formação de um comitê para elaborar políticas públicas em relação a proteção animal.

5 Campo Mourão Programa "É O BICHO" (Guarda Responsável nas escolas); Programa de Castração Cirúrgica (Conveniado com Associação Protetora São Francisco de Assis). Curitiba Criação de Coordenadoria de Defesa e Proteção dos animais, junto à Secretaria Municipal do Meio Ambiente, a qual viabilizará os projetos contendo o censo animal, cadastro informatizado (SIA- Sistema de Identificação dos Animais), esterilização ética, chipagem, feiras de doação e projetos de conscientização de posse responsável, convênios com instituições. Criação do COMUPA - Conselho Municipal de Proteção Animal. Projeto educacional de sensibilização nas Escolas Municipais ( Projeto Veterinário Mirim). Engenheiro Beltrão Centro de Zoonose sendo construído para a proteção de animais abandonados. Pessoas que fazem um trabalho de proteção de animais abandonados, bem como mutirão para aplicação de injeção para evitar o cio das cadelas que estão nas ruas. Goioerê - Lei Municipal Complementar 004/ novo Código de Posturas do Município - SEÇÃO VI Das Medidas Referentes aos Animais. Ipiranga Conselho Municipal de Sanidade Animal; Controle da raiva; Controle da Aftosa; Controle da Brucelose; Controle da zoonose. Ivaiporã Existe apenas abrigo para animais domésticos; em elaboração projeto de lei criando uma política para os animais. Jaguariaiva Controle populacional de cães; Controle da Brucelose através de vacinação. Lapa Projeto Veterinário Mirim - Projeto educativo referente ao bem estar animal e guarda responsável. Atendimento a denúncias de maus- tratos. Londrina Atividades de atendimento às reclamações de maus tratos a animais, políticas de educação sanitária e guarda responsável e o controle ético populacional dos cães e gatos do município, como: Projeto de Castração: esterilização cirúrgica, vacinação, vermifugação e identificação eletrônica de cães e gatos pertencentes a famílias que são contemplados com o Programa Bolsa Família. - Feiras de Doação: participação e incentivo na adoção de animais de rua ou que possuem a guarda provisória de ONGs. - Fiscalização de canis e Pet Shops. O canil foi desativado devido a pressão da sociedade protetora dos animais. Matinhos Campanha de vacinação anti-rábica de cães e gatos. Programa de atendimento veterinário e castrações para cães e gatos de rua e de famílias de baixa renda e campanha de doação de cães de rua. Programa em prática de chipagem dos animais atendidos. Projeto de atendimento e cadastramento de eqüinos em conjunto com a vigilância sanitária.

6 Nova Prata do Iguaçú Conselho de Sanidade Agropecuária. Ortigueira Projeto de controle populacional de cães e gatos por meio de esterilização cirúrgica sendo os procedimentos custeados em sua totalidade pelo município, e os mesmos rateados entre as secretarias municipais de saúde, agricultura e meio ambiente. Os procedimentos são realizados pelos profissionais da secretaria de saúde e agricultura sendo em 04 (quatro) profissionais, médicos veterinários, uma vez por semana, onde em média são esterilizados 08 (oito ) a 10 (dez ) animais. O município já possui autorização junto ao Conselho de Medicina Veterinária, assim como os equipamentos necessários, porém utiliza atualmente um local para a realização dos procedimentos, sendo que o mesmo não é de propriedade do município. Pinhais As ações se desenvolvem em três ramos: Educação Ambiental, Controle Populacional e Bem Estar Animal. Nestes eixos são realizadas as seguintes atividades: Veterinário Mirim: concurso com o objetivo de incentivar a guarda responsável de animais nas crianças das escolas municipais de Pinhais. Dia do Carroceiro: Os proprietários de equinos do município levam seus animais, que recebem atendimento completo, incluindo exames físicos, laboratório, vermífugo, vacinas e microchip. Castração: Projeto gratuito de castração de cães e gatos, em convênio com a UFPR. Os interessados são cadastrados e participam de palestra, sobre o projeto e a respeito da guarda responsável. Feiras de adoção: São realizadas em parcerias com as ONGs do município. Nas feiras os munícipes podem levar seus animais para doação. Os adotantes assinam um termo de responsabilidade e são esclarecidos quanto aos cuidados com os animais. Verificação de denúncias recebidas relativas a maus tratos de animais. Ponta Grossa Coleta de cães de rua e levados ao Canil Municipal, onde aguardam por 03 dias o resgate por seus donos. Após a coleta dos mesmos, eles são avaliados pelos veterinários. Não ocorrendo o resgate, os cães são direcionados para as Clínicas Veterinárias para a esterilização. Eutanásia de animais atropelados e gravemente feridos: a equipe da Gerência de Controle de Zoonoses se desloca até o local onde ocorreu o acidente e realiza a eutanásia do animal ou coleta o mesmo para uma melhor avaliação no Canil Municipal. - Controle de natalidade de cães: baseado na esterilização de machos e fêmeas de cães de rua, através de Clínicas Veterinárias credenciadas com a Prefeitura. Todos os animais esterilizados recebem um microchip de identificação e são vacinados contra a raiva. Após a esterilização os cães retornam ao Canil Municipal no outro dia, ficando de 7 a 10 dias (período pósoperatório). Após a retirada dos pontos os cães são devolvidos no local onde foram coletados, obedecendo à legislação municipal. No caso de coletas tuteladas, ou seja, cães que possuem donos carentes (que apresentem isenção de IPTU ou participem de algum programa do Governo Federal), estes são devolvidos no dia subsequente a esterilização aos seus proprietários com as orientações de como proceder no período pós-operatório. Lembrando que o município fornece antibiótico para a prevenção de infecções após esterilização dos cães para os proprietários. Também são entregues folders explicativos sobre a Guarda Responsável. Palestras educativas e teatro de fantoches sobre Guarda Responsável: uma equipe de educação ministra palestras e apresenta o teatro de fantoches em escolas, empresas, associações. Também são entregues folders sobre Guarda Responsável e desenhos para pintar de ações de um proprietário responsável. Existe um projeto para incluir educação em guarda responsável nas escolas, esterilização de cães e gatos, incentivo a adoção e a formação de um comitê para elaborar políticas públicas em relação a proteção animal, porém ainda é um projeto. Porecatu Castração e recolhimento de animais.

7 Planalto Projeto para atenção à população de cães de rua. Em 2014: Orientações as populações. Em 2015: Castração e em 2006 elaboração de Canil Intermunicipal. Quatro Barras O município tem um projeto do Cão comunitário que no momento está sendo analisado pelo setor jurídico para depois ser mandado para câmara municipal para aprovação. Este projeto tem como objetivo castrar, vacinar e medicar contra ectoparasitas os cães de rua, sendo que após o objetivo é arrumar um dono, caso isso não ocorra será arrumado "padrinhos" que possam cuidar desses animais na rua. A prefeitura no momento tem um convênio com uma clinica veterinária do município para atender cães de rua com casos emergentes e urgentes. A prefeitura está responsável por um canil onde existe aproximadamente 90 cães, sendo que esses animais estão tendo acompanhamento veterinário constante (consultas, vacinações e tratamentos quando necessário) e passando pelo processo de castração. Todos esses animais serão doados vacinados e castrados. É realizada constantemente feiras de doação de animais (cães e gatos). Quatro Pontes Existem alguns itens no plano do diretor. Santa Cecília do Pavão Projeto de Lei nº. 026/2014- Seção 05- Das medidas referentes aos animais. Plano diretor do Município aprovado em 09/06/2014. Castração de Animais; Recolhimento de animais abandonados. Terra Boa A vigilância sanitária e ambiental do município executa um plano de controle de populações animais por meio de esterilização especialmente das fêmeas de rua a partir da terceirização de uma clinica particular. A clínica fica responsável pelo transporte, medicação pré e pós-cirúrgica e pela implantação de um microchip para o controle. Como o programa visa a diminuição da incidência de animais soltos nas ruas no sentido do controle de zoonoses a VISA municipal fica responsável pelo controle do programa, cadastrando os interessados em castrar animais particulares e se responsabilizar por animais soltos nas ruas. O Programa teve inicio em agosto de 2013 e, até o momento foram esterilizados 56 animais sendo a maior parte animais de rua que, após a esterilização, foram adotados. A prefeitura não se responsabiliza pelo agenciamento das adoções o que é um mérito da própria sociedade civil na figura daquelas que acolhem e auxiliam animais de rua. Tupãssi Atendimento (clínico) veterinário gratuito aos animais de rua; Projeto de castração para cães errantes podendo ser estendido à população carente a ser votado na Câmara e que estimula a posse responsável; Apoio ao Grupo de Proteção dos Animais que atua no município. Umuarama Parceria com a SAAU (Sociedade de Amparo aos Animais de Umuarama), através da Secretaria de Saúde, com Unipar (Universidade Paranaense) e UEM (Universidade Estadual de Maringá) através do Curso de Medicina Veterinária. Projeto Veterinário Mirim-Projeto educativo referente ao bem estar animal e guarda responsável. Atendimento a denúncias de maus- tratos. Programa de Inseminação Artificial para Bovinos de Leite.

8 Informações sobre o censo realizado, os resultados e as espécies envolvidas: Alto Paraná Foi declarado pelo produtor rural na ultima campanha de vacinação contra febre aftosa em maio de Bom Jesus do Sul CENSO Espécies envolvidas: Bovinos, suínos, bubalinos, equinos, caprinos, ovinos, aves, ovinos e coelhos. Cândido de Abreu Foi realizado no ano de 2013, somente no Perímetro urbano, sendo: Cães; Gatos e 48 de outras Espécies Cruzeiro do Iguaçú Esta sendo levantado agora, com o novo sistema de informatização da Secretaria Municipal de Saúde. Curitiba Encaminhou um artigo de pesquisa da UFPR que não responde ao solicitado. Ipiranga Caprinos: 983; Equinos: 735; Bovinos: (sendo 604 búfalos) Iporã Censo da população canina do ano de 2011: mais de 3569 Cães Iretama Censo total não realizado, somente senso de animais soltos na rua, sendo aproximadamente 250 animais sendo gatos e animais. Jaguariaiva 05/ Bovina quando da vacina de febre aftosa= bovina: , bubalinos: 558, equina: 2097, ovino: Lapa O Censo foi realizado em 2012, com proporção de 1 cão para cada 2 habitantes e 1 gato para cada 22 habitantes.

9 Leópolis Censo realizado pela Vigilância Sanitária - Agente de Endemias: Cães aproximadamente 3.000; Felinos aproximadamente Londrina O censo de animais foi realizado no ano de 2013, envolvendo cães e gatos, ainda sem resultado. Matinhos Estimativa de 6000 cães e 200 cavalos. Nova Prata do Iguaçú Bovino, Suino, Equinos, Ovinos, Caprinos (Campanha de Aftosa maio/novembro de cada ano). Novo Itacolomi Censo realizado em 2013 para cães. Alto índice. Paula Freitas Estimado pela Vigilância Sanitária para as campanhas de vacinações em um total de 800 (cães e gatos). Pérola D Oeste Censo realizado em Cães: Gatos: 344. Todos vacinados em Pinhais Censo de cães realizado em 2011, em apenas um bairro da cidade (Alto Tarumã), mostrou 2300 moradores e 650 cães. Ponta Grossa O censo foi finalizado em 2014, envolvendo as espécies canina e felina. Tendo como resultados: cães ( machos e fêmeas) e gatos (2.674 machos e fêmeas). Planalto Censo realizado em 2013 ao tempo da vacinação anti-rábica. Número de animais: cães e gatos. Mas a estimativa da VISA municipal é de animais. Quatro Barras O último censo canino foi realizado em 2006, onde resultados mostraram que em Quatro Barras estima-se 1 cão para cada 3,4 habitantes. Roncador Ainda não foi feito Censo. Há intenção em se realizar em parceria com a APASLA - Associação de Proteção aos Animais São Lázaro, envolvendo os Agentes Comunitários de Saúde. Santa Cecília do Pavão Ainda não foi realizado, embora há projeto aprovado recentemente a respeito. Terra Boa A população canina doméstica do município foi estimada por avistamento atingiu o número de Trabalho realizado pelo Controle de Endemias, durante o ano de Toledo Não realizado.

10 São Jerônimo da Serra A SEAB possui levantamentos atualizados de bovinos, búfalos, caprinos e ovinos em razão das vacinas obrigatórias. Cianorte Silvestres 2013: 1- Ouriço; 1- Gambá; 5- Quatis; 2- Macacos;1- Tatu; 1- Gato Maracajá; 1- Coruja Orelhuda; 2- Cachorros do mato; 1- Tamanduá mirim. Domésticos 2013: entre cães e gatos: 350 Curitiba Encaminhou um artigo de pesquisa que não responde ao solicitado. Ponta Grossa Desde o dia 05 de maio de 2013 até o dia 04 de agosto de 2014, foram registrados 13 acidentes envolvendo animais, sendo 7 envolvendo cavalos, 5 envolvendo cachorros, e 1 animal não informado. Dos que envolveram equinos foram: 2 cujo veículo acidentado foi motocicleta, 4 automóveis e 1 caminhão. Dos que envolveram caninos foram: 1 cujo veículo acidentado foi motocicleta e 4 automóveis. O animal que não foi informado no Boletim de Ocorrência envolveu-se em acidente com automóvel. Roncador Há relatos de diversos acidentes com animais no município como cães, gatos e até cavalos. Principalmente de motoqueiros que são atacados por cães de rua abandonados ou que tem donos, mas estão nas ruas. Mas não há uma estatística.

11 Alto Paraná Lei Complementar nº Dispõe sobre Código de Posturas. Altônia Lei Complementar nº. 008/ Capítulo VI, Das Medidas Referentes aos Animais - artigos 154, 155, 156, 157, 158, 159 e 160. Campo largo Em fase de estudos para elaboração. Campo Mourão Lei Municipal n 1410 de 04 de dezembro de 2001 Goioerê Lei Municipal Complementar 004/ SEÇÃO VI. Das Medidas Referentes aos Animais Iporã Código de Posturas do Município - Lei complementar 004/2011 Ivaiporã Lei 1523/2005 que trata das medidas referentes aos animais domésticos - seção V artigos 55, 56, 57 e 58. Jaguariaiva Código de Posturas do Município. Lapa Lei 1986 de 17/10/ controle populacional Lei 2258 de 15/12/ condução responsável de cães (Código de Posturas) Loanda Lei Complementar nº 011/2007 Marumbi Lei 395/ Código de Posturas Municipal Matinhos Lei contra maus tratos e abandono de animais, com multa. Medianeira Lei n 331/14 - Disciplina a Reprodução, a Criação, o Comércio, a Doação e a Permuta de Animais de Estimação no âmbito do Município de Medianeira. Lei n 185/12 - Autoriza o Poder Executivo Municipal de Medianeira-PR., a firmar convenio visando a Transferência de recursos para manutenção das atividades da ONG MAPA- Movimento de Amparo e Proteção dos Animais-SOS Focinho. Mirador Lei n 193/ Código de Posturas. Nova Aurora Existe Lei de 2011, que prevê a castração, microchipagem e convênio com ONGS, porém não regulamentada Nova Prata do Iguaçu Resolução N 5, de 04 de Fevereiro de 2011 (ADAPAR do Estado).

12 Ortigueira Código de Posturas. Paiçandu No Código Ambiental e no Código de Posturas do município existem artigos que dizem respeito aos direitos e habitat dos animais. Piên Código de Posturas - Lei 907/2006 Capitulo V. Pinhais Lei Municipal nº 1356/2012 e Lei Municipal nº 1374/2012 Ponta Grossa Lei municipal nº 9019 de 03 de outubro de 2007, que consolida, atualiza e altera a legislação que dispõe sobre o controle de populações animais, bem como sobre prevenção e controle de zoonoses no Município de Ponta Grossa, e dá outras providências. Porecatu Lei n 1292/2008 Planalto Código de Posturas. Quatro Pontes Plano Diretor. Santa Cecília do Pavão Projeto de Lei nº. 026/2014- Seção 05- Das medidas referentes aos animais. Santa Terezinha de Itaipu Código de Posturas - Lei Municipal Nº 106/ Seção VII - Art. 137 a 142. Terra Boa Código de Posturas - Lei 0007/2011, atualizado em Toledo Existe a Lei de Esterilização e as demais leis estão em fase de construção. Tunas do Paraná Código de Posturas. Tupãssi Código de Posturas - Lei 1133/08, Capítulo V. Umuarama Lei complementar 129/ Código de Posturas - Art. 80. Trata do recolhimento dos animais.

13 Relação dos 40 municípios que responderam "sim" à pergunta: Andirá, Assis Chateaubriand, Balsa Nova, Campo Largo, Campo Mourão, Cândido de Abreu, Cruz Machado, Curitiba, Engenheiro Beltrão, Francisco Beltrão, Goioerê, Goioxim, Guamiranga, Ipiranga, Iretama, Ivaiporã, Jaguariaiva, Lapa, Londrina, Mamborê, Mandaguaçú, Matinhos, Medianeira, Nova Aurora, Nova Londrina, Palmas, Pinhais, Ponta Grossa, Porecatu, Quatiguá, Quatro Barras, Quitandinha, Roncador, Santo Antonio da Platina, Tamarana, Terra Boa, Toledo, Tupãssi, Umuarama, Uraí Campo Mourão Programa "É O BICHO" (Guarda Responsável nas escolas); Programa de Castração Cirúrgica (Conveniado com Associação Protetora São Francisco de Assis) Candido de Abreu Foi realizada uma Cãominhada com objetivo de conscientização da proteção aos animais; castração; cuidados com a saúde dos animais de rua (tratamento sarna e outros tipos de doenças). OBS.: No Município de Cândido de Abreu existe a Associação de Proteção aos Animais de Cândido de Abreu, CNPJ Nº / , desde sua fundação no ano de 2013, vem realizando trabalhos voluntários no atendimento aos animais de rua deste município. A Associação ora citada conta com o apoio do Ministério Público e Prefeitura Municipal. As ações de castrações e atendimentos com medicamentos foram realizadas com recursos voluntários/doações.

14 Cianorte Feira de doações de animais; licitação de empresas para administrar o canil municipal e doações de rações. Cruzeiro do Iguaçú Vacinação Antirrábica Engenheiro Beltrão Foi realizado através do projeto escolar "animal não é brinquedo, sente fome, frio e medo" vacinação para controlar o cio em cerca de 150 cadelas abandonadas. Pessoas recolhem animais abandonados nas ruas diariamente, para que seja, adotados. Curitiba Foram realizadas mais de ações nos últimos 20 meses, dentro dos quatro pilares de: 1. educação em guarda responsável (veterinário mirim em 38 escolas em 2013, 63 escolas em 2014), mais de 600mil visitantes no Zoológico e 60mil ao Museu de História Natural em 2013 com acesso ao Centro de Educação Ambiental, mais de alunos no Acantonamento em finais de semana e ainda eventos em parceria com ONGs de proteção animal em todas as regionais; 2. castração de mais de 3mil cães (de 6mil) e 20 gatos (de 500) no período através do primeiro programa municipal de castração de cães e gatos; 3. criação da guarda municipal de proteção animal e combate ao abandono e canis ilegais (25 vistorias diárias de maus tratos, 6 canis fechados), totalizando mais de 3mil vistorias e mais de 100 vistorias de canis ilegais, mais de 200 cães apreendidos e colocados imediatamente para adoção; 4. adoção de cães e gatos (mais de 500 cães adotados e 3mil microchipados) em eventos regulares da prefeitura de Curitiba. Além disso, há programas em acumuladores de animais, com cerca de 200 monitorados, cães comunitários nos 22 terminais de ônibus de Curitiba, ambos com financiamento de pesquisa da Fundação Araucária do Paraná. Parceria com a Faculdade Evangélica do Paraná para atendimento e castração de gatos, e ainda com a UFPR para várias áreas afins, ambas parcerias, convênios e contratos já encaminhados e em atividade. Treinamento de residentes da UFPR nos programas da prefeitura de Curitiba, com ações diárias de proteção animal nos mais diversos campos da Medicina Veterinária do Coletivo. Ações relacionadas a raiva, envolvendo cães, gatos e morcegos. O município tem um projeto do Cão comunitário que no momento está sendo analisado pelo setor jurídico para depois ser mandado para câmara municipal para aprovação. Este projeto tem como objetivo castrar, vacinar e medicar contra ectoparasitas os cães de rua, sendo que após o objetivo é arrumar um dono, caso isso não ocorra será arrumado "padrinhos" que possam cuidar desses animais na rua. A prefeitura no momento tem um convênio com uma clinica veterinária do município para atender cães de rua com casos emergentes e urgentes. A prefeitura está responsável por um canil onde existe aproximadamente 90 cães, sendo que esses animais estão tendo acompanhamento veterinário constante (consultas, vacinações e tratamentos quando necessário) e passando pelo processo de castração. Todos esses animais serão doados vacinados e castrados. É realizada constantemente feiras de doação de animais (cães e gatos) Goioerê Todas as atividades no município relativas aos animais são realizadas pela AMAA Associação dos Melhores Amigos dos Animais. Guamiranga Aprovação de utilidade publica de uma ong de proteção de animais. ( entidade filantrópica, assistencial de proteção aos animais e, sem fins lucrativos) Ipiranga Campanha de vacinação contra febre aftosa; Campanha de vacinação contra brucelose; Campanha de vacinação contra raiva; Vistoria Semestral nas Cavernas e Esconderijos de morcegos.

15 Iretama Todas as atividades no município relativas aos animais são realizadas pela Associação Pai Francisco (Associação dos Protetores de Animais de Iretama). Ivaiporã Apenas abrigo para animais domésticos. Resgate a animais das ruas, alimentação, atenção à saúde procedimentos curativos, Jacarezinho Castrações, recolhimento de animais soltos na rua e recolhimento de animais que sofrem maus tratos. Londrina O Município de Londrina possui como Política Pública para animais atividades de atendimento às reclamações de maus tratos, políticas de educação sanitária e guarda responsável e o controle ético populacional dos cães e gatos do município, como: - Projeto de Castração: esterilização cirúrgica, vacinação, vermifugação e identificação eletrônica de cães e gatos pertencentes a famílias que são contemplados com o Programa Bolsa Família. - Feiras de Doação: participação e incentivo na adoção de animais de rua ou que possuem a guarda provisória de ONGs. - Fiscalização de canis e Pet Shops. Matinhos Programa de atendimento veterinário e castrações para cães e gatos de família de baixa renda e campanha de doação de cães de rua. Há um veterinário na secretaria para acompanhar e autorizar os procedimentos encaminhando à clínica veterinária contratada em licitação. Programa em prática de microchipagem dos animais atendidos pela prefeitura. Projeto de atendimento e cadastramento de equinos em conjunto com a vigilância sanitária, inclusive microchipando cada cavalo atendido. Missal Foram realizadas recuperações de florestas nativas em torno de rios do Município, incentivando a recuperação ambiental de florestas dentro das propriedades rurais, para possibilitar o desenvolvimento da fauna. Nova Prata do Iguaçú CSA (Conselho de Sanidade Agropecuaria); Programa de vacinação contra Brucelose Bovina; Programa de Inseminação Artificial; Programa Máquina na Propriedade; Acompanhamento veterinário para os animais; Acompanhamento técnico nas propriedades; Cursos Técnicos para produção de Leite. Paula Freitas A vigilância Municipal realiza campanhas de posse responsável em escolas e também realiza anualmente a campanha de vacinação contra a raiva em cães e gatos. Pinhais As ações se desenvolvem em três ramos: Educação Ambiental, Controle Populacional e Bem Estar Animal. Nestes eixos são realizadas as seguintes atividades: Veterinário Mirim: concurso com o objetivo de incentivar a guarda responsável de animais nas crianças das escolas municipais de pinhais. Dia do Carroceiro: Os proprietários de equinos do município levam seus animais, que recebem atendimento completo, incluindo exames físicos, laboratório, vermífugo, vacinas e microchip. Castração: Projeto gratuito de castração de cães e gatos, em convênio com a UFPR. Os interessados são cadastrados e participam de palestra, sobre o projeto e a respeito da guarda responsável. Feiras de adoção: São realizadas em parcerias com as ONGs do município. Nas feiras os munícipes podem levar seus animais para doação. Os adotantes assinam um termo de responsabilidade e são esclarecidos quanto aos cuidados com os animais. Verificação de denúncias recebidas relativas a maus tratos de animais: Os proprietários são esclarecidos quanto ao bem estar dos animais orientados a regularizar a situação. Palestras e eventos relacionados à guarda responsável de animais, orientação de proprietários quanto aos cuidados com os animais, distribuição de material gráfico, como folders e cartilhas.

16 Ponta Grossa As ações decorrem durante o ano todo, nos últimos dois anos foram castrados e identificados com microchips mais de 800 cães. As palestras e o teatro de fantoches sobre Guarda Responsável são intensificados durante o mês de agosto, aproveitando a crendice popular que esse mês é o mês de cachorro louco. Roncador Todas as atividades no município relativas aos animais são realizadas pela OSCIP - APASLA - Associação de Proteção aos Animais São Lázaro. Umuarama Parceria com a SAAU (Sociedade de Amparo aos Animais de Umuarama), através da Secretaria de Saúde, com Unipar (Universidade Paranaense) e UEM (Universidade Estadual de Maringá) através do Curso de Medicina Veterinária. Legenda: Em amarelo os que responderam Anexo I (lista de municípios por Unidade Hidrográfica) AFLUENTES DO BAIXO IGUAÇU Ampére, Barracão, Bela Vista da, Boa Esperança do Iguaçu, Boa Vista da Aparecida, Bom Jesus do Sul, Bom Sucesso do Sul,, Capanema, Capitão Leônidas Marques, Catanduvas, Chopinzinho, Clevelândi, Coronel Domingos Soares, Coronel Vivida Guarapuava, Cruzeiro do Iguaçu, Dois Vizinhos, Enéas Marques,, Espigão Alto do Iguaçu, Flor da Serra do Sul, Francisco Beltrão, Honório Serpa, Ibema, Itapejara D'Oeste, Lindoeste, Manfrinópolis, Mangueirinha, Mariópolis, Marmeleiro, Nova Esperança do Sudoeste, Nova Prata do Iguaçu, Palmas, Pato Branco, Planalto, Pérola d'oeste, Pinhal de São Bento, Pranchita,Quedas do Iguaçu, Realeza, Renascença, Salgado Filho, Salto do Lontra, Santa Izabel do Oeste, Santa Lúcia, Santo Antônio do Sudoeste, São João, São Jorge D'Oeste, Saudade do Iguaçu, Sulina, Três Barras do Paraná, Verê, Vitorino AFLUENTES DO MÉDIO IGUAÇU Bituruna, Candói, Cantagalo, Cruz Machado,Foz do Jordão Guarapuava, General Carneiro, Guarapuava, Inácio Martins, Laranjeiras do Sul, Mallet, Paula Freitas, Paulo Frontin, Pinhão, Porto Barreiro, Porto Vitória, Rebouças, Reserva do Iguaçu, Rio Azul, Rio Bonito do Iguaçu, União da Vitória, Virmond, ALTO IGUAÇU Adrianópolis, Agudos do Sul, Almirante Tamandaré, Antônio, Bocaiúva do Sul, Campina Grande do Sul Olinto, Araucária, Balsa Nova, Campina Grande do Sul, Campo do Tenente, Campo Largo, Campo Magro, Cerro Azul, Colombo, Contenda, Curitiba, Doutor Ulysses, Fazenda Rio Grande, Itaperuçu, Lapa, Mandirituba, Piên, Pinhais, Piraquara, Porto Amazonas, Quatro Barras, Quitandinha, Rio Branco do Sul, Rio Negro, São João do Triunfo, São José dos Pinhais, São Mateus do Sul, Tijucas do Sul, Tunas do Paraná, ALTO IVAI Arapuã, Ariranha do Ivaí, Barbosa Ferraz, Boa Ventura de São Roque, Bom Sucesso, Borrazópolis, Cândido de Abreu, Corumbataí do Sul, Cruzmaltina, Faxinal, Fênix, Godoy Moreira, Grandes Rios, Guamiranga, Iretama, Itambé, Ivaí, Ivaiporã, Jardim Alegre, Kaloré, Lidianópolis, Lunardelli, Manoel Ribas, Marilândia do Sul, Marumbi, Mauá da Serra, Nova Tebas, Novo Itacolomi, Pitanga, Prudentópolis, Rio Bom, Rio Branco do Ivaí, Rosário do Ivaí, São João do Ivaí, São Pedro do Ivaí, Turvo

Total de homens Total de mulheres

Total de homens Total de mulheres Nome do população população 4100103 Abatiá 8.259 3.911 3.842 5.721 2.032 7.753 4100202 Adrianópolis 7.007 3.296 3.078 2.060 4.314 6.374 4100301 Agudos do Sul 7.221 4.306 3.964 2.822 5.448 8.270 4100400

Leia mais

CÓDIGOS DO PARANÁ. Fonte: Anexo da resolução 263 de 08/06/2001

CÓDIGOS DO PARANÁ. Fonte: Anexo da resolução 263 de 08/06/2001 CÓDIGOS DO PARANÁ Fonte: Anexo da resolução 263 de 08/06/2001 UF MUNICÍPIO CÓDIGO DE ÁREA PR ABATIÁ 43 PR ADRIANÓPOLIS 41 PR AGUDOS DO SUL 41 PR ALMIRANTE TAMANDARÉ 41 PR ALTAMIRA DO PARANÁ 42 PR ALTO

Leia mais

Curitiba - Matrícula na Educação Básica

Curitiba - Matrícula na Educação Básica Alunos Matriculados por Município na Educação Básica do Paraná - Série Temporal 2007-2013 O presente estudo, baseado nas informações do Censo Escolar do MEC/Inep, incluindo os dados de 2013 recém divulgados,

Leia mais

ÍNDICE DE DESENVOLVIMENTO HUMANO MUNICIPAL SEGUNDO OS MUNICÍPIOS DO PARANÁ - 1991/2000 continua 1991 2000 MUNICÍPIO. Ranking no estado.

ÍNDICE DE DESENVOLVIMENTO HUMANO MUNICIPAL SEGUNDO OS MUNICÍPIOS DO PARANÁ - 1991/2000 continua 1991 2000 MUNICÍPIO. Ranking no estado. www.ipardes.gov.br ÍNDICE DE DESENVOLVIMENTO HUMANO MUNICIPAL SEGUNDO OS S DO PARANÁ - 1991/2000 PARANÁ 0,711 0,678 0,778 0,678 (1) 7 0,787 0,747 0,879 0,736 (1) 6 Abatiá 0,651 0,717 0,664 0,571 235 0,710

Leia mais

TABELA DE MUNICÍPIOS COM PARTICIPAÇÃO NO ÍNDICE AMBIENTAL VALORES REPASSADOS NO EXERCÍCIO DE 2000

TABELA DE MUNICÍPIOS COM PARTICIPAÇÃO NO ÍNDICE AMBIENTAL VALORES REPASSADOS NO EXERCÍCIO DE 2000 VALORES REPASSADOS NO EXERCÍCIO DE 2000 Esta tabela identifica os Municípios com participação no Índice Ambiental relativo às informações do ano base de 1998, que compôs o cálculo do Índice de Participação

Leia mais

Frota Total de Veículos 2012-2014

Frota Total de Veículos 2012-2014 Evolução da frota de veículos existentes na cidade. Tipos de veículos: automóvel, bonde, caminhão, caminhão trator, caminhonete, camioneta, chassi plataforma, ciclomotor, micro-ônibus, motocicleta, motoneta,

Leia mais

PERCENTUAL DE FAMÍLIAS TOTALMENTE ACOMPANHADAS NAS CONDICIONALIDADES DE SAÚDE BOLSA FAMÍLIA 2012-2014

PERCENTUAL DE FAMÍLIAS TOTALMENTE ACOMPANHADAS NAS CONDICIONALIDADES DE SAÚDE BOLSA FAMÍLIA 2012-2014 Fonte: Ministério de Desenvolvimento Social e Combate à Fome MDS. Nota: Verde Melhor em relação à média do Estado / Vermelho Pior em relação à média do Estado. Abatiá 100,00 97,03 97,33 Adrianópolis 98,44

Leia mais

PARANÁ ABATIA ADRIANOPOLIS AGUDOS DO SUL ALTAMIRA DO PARANA VILA ALTA ALTO PARANA ALTO PIQUIRI ALTONIA AMAPORA AMPERE ANAHY ANDIRA ANGULO ANTONINA

PARANÁ ABATIA ADRIANOPOLIS AGUDOS DO SUL ALTAMIRA DO PARANA VILA ALTA ALTO PARANA ALTO PIQUIRI ALTONIA AMAPORA AMPERE ANAHY ANDIRA ANGULO ANTONINA PARANÁ ABATIA ADRIANOPOLIS AGUDOS DO SUL ALTAMIRA DO PARANA VILA ALTA ALTO PARANA ALTO PIQUIRI ALTONIA AMAPORA AMPERE ANAHY ANDIRA ANGULO ANTONINA ANTONIO OLINTO APUCARANA ARAPONGAS ARAPOTI ARARUNA ARAUCARIA

Leia mais

01 - MESORREGIÃO GEOGRÁFICA NOROESTE PARANAENSE

01 - MESORREGIÃO GEOGRÁFICA NOROESTE PARANAENSE www.ipardes.gov.br 01 - MESORREGIÃO GEOGRÁFICA NOROESTE PARANAENSE 01 - Microrregião Geográfica Paranavaí Alto Paraná Amaporã Cruzeiro do Sul Diamante do Norte Guairaçá Inajá Itaúna do Sul Jardim Olinda

Leia mais

01 - REGIÃO GEOGRÁFICA NOROESTE PARANAENSE

01 - REGIÃO GEOGRÁFICA NOROESTE PARANAENSE www.ipardes.gov.br 01 - REGIÃO GEOGRÁFICA NOROESTE PARANAENSE Alto Paraíso (1) Alto Paraná Alto Piquiri Altônia Amaporã Brasilândia do Sul Cafezal do Sul Cianorte Cidade Gaúcha Cruzeiro do Oeste Cruzeiro

Leia mais

Situação dos FMDCA Fundos Municipais dos Direitos da Criança e do Adolescente no Estado do Paraná

Situação dos FMDCA Fundos Municipais dos Direitos da Criança e do Adolescente no Estado do Paraná Situação dos FMDCA Fundos Municipais dos Direitos da Criança e do Adolescente no Estado do Paraná Documento elaborado pelo CAOPCAE/MPPR a partir de arquivos disponibilizados na internet pela Secretaria

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO - SEED

SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO - SEED ETAPA 19 - EDUCAÇÃO DO CAMPO EDITAL N.º 90/2011 DG/SEED Cargo de Professor do Ensino Fundamental - Séries Finais do Ensino Fundamental e Médio para atuação nas/nos Escolas/Colégios do Campo da Rede Estadual

Leia mais

CIA DE CIMENTO ITAMBE DIRETORIA COMERCIAL DEPARTAMENTO DE LOGÍSTICA

CIA DE CIMENTO ITAMBE DIRETORIA COMERCIAL DEPARTAMENTO DE LOGÍSTICA CIA DE CIMENTO ITAMBE DIRETORIA COMERCIAL DEPARTAMENTO DE LOGÍSTICA REGIÕES - PARANÁ Ensacado Região Cidade Truck - 14,5t Carreta - 32t Granel 1 CURITIBA 2 2 2 ITAPERUÇU 3 3 3 2 CAMPO MAGRO 3 3 3 RIO BRANCO

Leia mais

FROTA DE VEÍCULOS LICENCIADOS NO ESTADO DO PARANÁ POR MUNICÍPIO NO ANO DE 2013

FROTA DE VEÍCULOS LICENCIADOS NO ESTADO DO PARANÁ POR MUNICÍPIO NO ANO DE 2013 FROTA DE VEÍCULOS LICENCIADOS NO ESTADO DO PARANÁ POR MUNICÍPIO NO ANO DE 2013 MUNICÍPIO ABATIA 1.980 ADRIANOPOLIS 1.255 AGUDOS DO SUL 2.376 ALMIRANTE TAMANDARE 27.168 ALTAMIRA DO PARANA 783 ALTO PARAISO

Leia mais

População Analfabeta Residente com 15 anos e mais

População Analfabeta Residente com 15 anos e mais SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO SUPERINTENDÊNCIA DE EDUCAÇÃO DEPARTAMENTO DA DIVERSIDADE COORDENAÇÃO DE ALFABETIZAÇÃO DE JOVENS, ADULTOS E IDOSOS PROGRAMA PARANÁ ALFABETIZADO ÍNDICES DE ANALFABETISMOS

Leia mais

Situação do Relatório Anual de Gestão/2013 - SARGSUS

Situação do Relatório Anual de Gestão/2013 - SARGSUS Estado: PARANA Região : 1ª RS Paranaguá ANTONINA GUARAQUECABA GUARATUBA MATINHOS MORRETES PARANAGUA PONTAL DO PARANA PMS - 2014 PAS - 2014 Relatorio Gerencial Relatório Anual de Gestão Municipal - 2012/2013

Leia mais

ANEXO TABELAS, QUADROS E MAPAS

ANEXO TABELAS, QUADROS E MAPAS ANEXO TABELAS, QUADROS E MAPAS 72 TABELA A.1.1 - DISTRIBUIÇÃO DOS OCUPADOS DE 10 A 13 ANOS POR SETORES E RELAÇÃO DE SUA ATIVIDADE COM A DO PAI OU RESPONSÁVEL, SEGUNDO SETOR - 2000 ATIVIDADE IGUAL À DO

Leia mais

FACULDADE ESTADUAL DE FILOSOFIA, CIÊNCIAS E LETRAS DE UNIÃO DA VITÓRIA FAFI (09 PROJETOS APROVADOS)

FACULDADE ESTADUAL DE FILOSOFIA, CIÊNCIAS E LETRAS DE UNIÃO DA VITÓRIA FAFI (09 PROJETOS APROVADOS) Municípios onde acontecem as atividades do Programa de Extensão Universidade Sem Fronteiras, relacionados às respectivas Instituições proponentes dos projetos aprovados FACULDADE ESTADUAL DE FILOSOFIA,

Leia mais

O SECRETARIO DE ESTADO DA SAUDE

O SECRETARIO DE ESTADO DA SAUDE RESOLUÇÃO SESA Nº 177/2015 (Publicada no Diário Oficial do Estado nº 9452, de 15/05/15) Autoriza o repasse do Fundo Estadual de Saúde para os Fundos Municipais de Saúde, destinado ao Incentivo Financeiro

Leia mais

ELABORAÇÃO ASSESSORIA DE PLANEJAMENTO ANTONIO CARLOS CORDEIRO DA SILVA EQUIPE TÉCNICA ARIETE DE FREITAS ROSA MARIA BRUNETTI APOIO TÉCNICO

ELABORAÇÃO ASSESSORIA DE PLANEJAMENTO ANTONIO CARLOS CORDEIRO DA SILVA EQUIPE TÉCNICA ARIETE DE FREITAS ROSA MARIA BRUNETTI APOIO TÉCNICO ELABORAÇÃO ASSESSORIA DE PLANEJAMENTO ANTONIO CARLOS CORDEIRO DA SILVA EQUIPE TÉCNICA ARIETE DE FREITAS ROSA MARIA BRUNETTI APOIO TÉCNICO ANDRÉIA PUSTILNICK LIDIA RIBEIRO DO NASCIMENTO REPROGRAFIA SERGIO

Leia mais

PROJEÇÃO DA POPULAÇÃO TOTAL DOS MUNICÍPIOS DO PARANÁ PARA O PERÍODO 2016-2030 - ALGUNS RESULTADOS 1

PROJEÇÃO DA POPULAÇÃO TOTAL DOS MUNICÍPIOS DO PARANÁ PARA O PERÍODO 2016-2030 - ALGUNS RESULTADOS 1 PROJEÇÃO DA POPULAÇÃO TOTAL DOS S DO PARANÁ PARA O PERÍODO 2016-2030 - ALGUNS RESULTADOS 1 A projeção da população dos municípios do Paraná disponibilizada pelo IPARDES em sua base de dados (BDEweb) 2

Leia mais

Ofício Circular nº 015/2013-CGMP Curitiba, 29 de maio de 2013.

Ofício Circular nº 015/2013-CGMP Curitiba, 29 de maio de 2013. Ofício Circular nº 015/2013-CGMP Curitiba, 29 de maio de 2013. Senhor(a) Procurador(a) de Justiça Senhor(a) Promotor(a) de Justiça Senhor (a) Servidor (a) Tem o presente a finalidade de apresentar-lhe,

Leia mais

1. 1. DISTRIBUIÇÃO GOGRÁFICA DOS IMÓVIS Almirante Tamandaré 6/6/2006 25493/04 2. Altônia 22/1/2014 7785/12 3. Alto Paraná 22/7/2013 837/2012 4. Alto Piquiri 30/1/2016 8515/2013 5. Andirá 11/12/2010 675/2010

Leia mais

UNIVERSIDADE TUIUTI DO PARANÁ Faculdade de Ciências Biológicas e da Saúde Curso de Medicina Veterinária Rafael Bernardon

UNIVERSIDADE TUIUTI DO PARANÁ Faculdade de Ciências Biológicas e da Saúde Curso de Medicina Veterinária Rafael Bernardon UNIVERSIDADE TUIUTI DO PARANÁ Faculdade de Ciências Biológicas e da Saúde Curso de Medicina Veterinária Rafael Bernardon TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (T.C.C.) CURITIBA 2007 APRESENTAÇÃO Este Trabalho

Leia mais

Paraná é o Estado com o maior número de salas de situação da dengue

Paraná é o Estado com o maior número de salas de situação da dengue Governo do Estado do Paraná Secretaria de Estado da Saúde (SESA) Superintendência de Vigilância em Saúde Sala de Situação em Saúde SITUAÇÃO DA DENGUE, CHIKUNGUNYA e ZIKA VÍRUS NO PARANÁ 2015/2016 Informe

Leia mais

CARLOS ALBERTO RICHA CASA CIVIL EDUARDO FRANCISCO SCIARRA DEPARTAMENTO DE TRÂNSITO MARCOS ELIAS TRAAD DA SILVA

CARLOS ALBERTO RICHA CASA CIVIL EDUARDO FRANCISCO SCIARRA DEPARTAMENTO DE TRÂNSITO MARCOS ELIAS TRAAD DA SILVA CARLOS ALBERTO RICHA GOVERNADOR CASA CIVIL EDUARDO FRANCISCO SCIARRA SECRETÁRIO CHEFE CASA CIVIL DEPARTAMENTO DE TRÂNSITO MARCOS ELIAS TRAAD DA SILVA DIRETOR GERAL ELABORAÇÃO ASSESSORIA DE PLANEJAMENTO

Leia mais

AVISO DE RETIFICAÇÃO I

AVISO DE RETIFICAÇÃO I AVISO DE RETIFICAÇÃO I EDITAL DE CREDENCIAMENTO Nº. 487/2013 O SESI-PR, através de sua Comissão de Licitação, torna pública RETIFICAÇÃO referente ao edital de licitação acima relacionado, conforme segue:

Leia mais

A INSUFICIÊNCIA DE RENDA NOS DOMICÍLIOS PARANAENSES

A INSUFICIÊNCIA DE RENDA NOS DOMICÍLIOS PARANAENSES Nº 11 - MAIO 2011 GOVERNO DO ESTADO DO PARANÁ Carlos Alberto Richa Governador SECRETARIA DO PLANEJAMENTO E COORDENAÇÃO GERAL Cassio Taniguchi Secretário INSTITUTO PARANAENSE DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO

Leia mais

INSTRUÇÕES DE PREENCHIMENTO DAS DECLARAÇÕES DFC e GI

INSTRUÇÕES DE PREENCHIMENTO DAS DECLARAÇÕES DFC e GI INSTRUÇÕES DE PREENCHIMENTO DAS DECLARAÇÕES DFC e GI A finalidade das instruções é orientar o correto preenchimento da DFC - Declaração Fisco Contábil e da GI - Guia de Informação das Operações e Prestações

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO PARANÁ SECRETARIA DO ESPORTE - PARANÁ ESPORTE - JUSTIÇA DESPORTIVA 54º JOGOS ABERTOS DO PARANÁ FASE FINAL - TOLEDO

GOVERNO DO ESTADO DO PARANÁ SECRETARIA DO ESPORTE - PARANÁ ESPORTE - JUSTIÇA DESPORTIVA 54º JOGOS ABERTOS DO PARANÁ FASE FINAL - TOLEDO GOVERNO DO ESTADO DO PARANÁ SECRETARIA DO ESPORTE - PARANÁ ESPORTE - JUSTIÇA DESPORTIVA 54º JOGOS ABERTOS DO PARANÁ FASE FINAL - TOLEDO TERMO DE DECISÃO O TRIBUNAL ESPECIAL DE JUSTIÇA DESPORTIVA, por ocasião

Leia mais

IMPACTO DO CENSO DE 2010 NO FPM DOS MUNICÍPIOS DO PARANÁ EM 2011

IMPACTO DO CENSO DE 2010 NO FPM DOS MUNICÍPIOS DO PARANÁ EM 2011 ESTUDO IMPACTO DO CENSO DE NO DOS MUNICÍPIOS DO PARANÁ EM Marcos Tadeu Napoleão de Souza Consultor Legislativo da Área IV Finanças Públicas ESTUDO AGOSTO/ Câmara dos Deputados Praça 3 Poderes Consultoria

Leia mais

1.2 UNIDADE TERRITORIAL

1.2 UNIDADE TERRITORIAL 1.2 UNIDADE TERRITORIAL O Estado do Paraná localiza-se na parte ocidental, à esquerda do Meridiano de Greenwich e abaixo da Linha do Equador, no hemisfério sul. É cortado pelo Trópico de Capricórnio, o

Leia mais

SITUAÇÃO DA DENGUE NO PARANÁ 2014/2015 Informe técnico 09 Período 2014/2015 Semana 31/2014 a 07/2015 Atualizado em 23/02/2015 às 17h

SITUAÇÃO DA DENGUE NO PARANÁ 2014/2015 Informe técnico 09 Período 2014/2015 Semana 31/2014 a 07/2015 Atualizado em 23/02/2015 às 17h Governo do Estado do Paraná Secretaria de Estado da Saúde (SESA) Superintendência de Vigilância em Saúde Sala de Situação em Saúde SITUAÇÃO DA DENGUE NO PARANÁ 2014/2015 Informe técnico 09 Período 2014/2015

Leia mais

CIDADE SEDE Piraí do Sul* Telêmaco Borba* Candói. Guarapuava Irati Paulo Frontin* Porto Barreiro. Porto Vitória. Rio Azul* União da Vitória

CIDADE SEDE Piraí do Sul* Telêmaco Borba* Candói. Guarapuava Irati Paulo Frontin* Porto Barreiro. Porto Vitória. Rio Azul* União da Vitória PROPOSTAS DAS CONFERÊNCIAS MUNICIPAIS E INTERMUNICIPAIS DE CULTURA EIXO 1: Implementação do Sistema Nacional de Cultura Sub-eixo: Marcos Legais, Participação e Controle Social e Funcionamento dos Sistemas

Leia mais

ESTADO DO PARANÁ Secretaria de Estado da Administração e da Previdência Departamento de Recursos Humanos

ESTADO DO PARANÁ Secretaria de Estado da Administração e da Previdência Departamento de Recursos Humanos ANEXO I PARTE INTEGRANTE DO EDITAL Nº 128/2006 DISTRIBUIÇÃO DAS VAGAS POR NRE - NÚCLEO REGIONAL DE EDUCAÇÃO T.V. Total de Vagas A.D. Afro-descendentes V.U. Vagas Universais P.D. Pessoas com Deficiência

Leia mais

COMPANHIA DE SANEAMENTO DO PARANÁ CONCURSO PÚBLICO SANEPAR Relação Candidato/Vaga

COMPANHIA DE SANEAMENTO DO PARANÁ CONCURSO PÚBLICO SANEPAR Relação Candidato/Vaga INSITOS ANALISTA - ADMINISTRADOR / ECONOMISTA / CONTADOR ANALISTA - ADVOGADO ANALISTA - ADVOGADO ANALISTA - ADVOGADO ANALISTA - ADVOGADO ANALISTA - ADVOGADO ANALISTA - ADVOGADO ANALISTA - ADVOGADO ANALISTA

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DA JUSTIÇA, CIDADANIA E DIREITOS HUMANOS GABINETE DA SECRETÁRIA RESOLUÇÃO Nº 436/2014 - GS/SEJU

SECRETARIA DE ESTADO DA JUSTIÇA, CIDADANIA E DIREITOS HUMANOS GABINETE DA SECRETÁRIA RESOLUÇÃO Nº 436/2014 - GS/SEJU RESOLUÇÃO Nº 436/2014 - GS/SEJU A SECRETÁRIA DE ESTADO DA JUSTIÇA, CIDADANIA E DIREITOS HUMANOS, no uso das atribuições que lhe conferem o artigo 45, inciso XIV da Lei nº 8.485, de 03 de junho de 1987

Leia mais

TERMO ADITIVO Á CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2006 / 2008 PROTOCOLO Nº 46212.002775/2006-29

TERMO ADITIVO Á CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2006 / 2008 PROTOCOLO Nº 46212.002775/2006-29 CATEGORIA ECONÔMICA TERMO ADITIVO Á CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2006 / 2008 PROTOCOLO Nº 46212.002775/2006-29 SINDICATO DAS INDÚSTRIAS DE APARELHOS ELÉTRICOS, ELETRÔNICOS E SIMILARES, DE APARELHOS DE

Leia mais

PROPOSTAS DAS CONFERÊNCIAS MUNICIPAIS E INTERMUNICIPAIS DE CULTURA EIXO 1: Implementação do Sistema Nacional de Cultura

PROPOSTAS DAS CONFERÊNCIAS MUNICIPAIS E INTERMUNICIPAIS DE CULTURA EIXO 1: Implementação do Sistema Nacional de Cultura PROPOSTAS DAS CONFERÊNCIAS MUNICIPAIS E INTERMUNICIPAIS DE CULTURA EIXO 1: Implementação do Sistema Nacional de Cultura Sub-eixo: Fortalecimento e Operacionalização dos Sistemas de Financiamento Píblico

Leia mais

RELATÓRIO DA SITUAÇÃO DA DISPOSIÇÃO FINAL DE RESÍDUOS SÓLIDOS URBANOS NO ESTADO DO PARANÁ 2012

RELATÓRIO DA SITUAÇÃO DA DISPOSIÇÃO FINAL DE RESÍDUOS SÓLIDOS URBANOS NO ESTADO DO PARANÁ 2012 RELATÓRIO DA SITUAÇÃO DA DISPOSIÇÃO FINAL DE RESÍDUOS SÓLIDOS URBANOS NO ESTADO DO PARANÁ 2012 DIRETORIA DE CONTROLE DOS RECURSOS AMBIENTAIS DEPARTAMENTO DE LICENCIAMENTO DE ATIVIDADES POLUIDORAS FEVEREIRO/2013

Leia mais

PARANÁ. Tipo de Serviço. Dias de Funcionamento

PARANÁ. Tipo de Serviço. Dias de Funcionamento PR CORREIOS AC ABATIA RUA ELOI PEREIRA, 118 CENTRO ABATIA ABATIA OI Fixo, OI Móvel Segunda a Sexta 09:00-12:00 / 13:30-16:30 PR CORREIOS AC ADRIANÓPOLIS RUA FRANCA MARTINS, 09 CENTRO ADRIANÓPOLIS ADRIANOPOLIS

Leia mais

RECOLHIMENTO DE VALORES AO FUNDO ESPECIAL DO MINISTÉRIO PÚBLICO MANUAL DE ORIENTAÇÃO

RECOLHIMENTO DE VALORES AO FUNDO ESPECIAL DO MINISTÉRIO PÚBLICO MANUAL DE ORIENTAÇÃO RECOLHIMENTO DE VALORES AO FUNDO ESPECIAL DO MINISTÉRIO PÚBLICO MANUAL DE ORIENTAÇÃO Manual de Orientação ÍNDICE INTRODUÇÃO...3 FINALIDADE DO FUNDO...3 RECEITAS...4 PROCEDIMENTOS...6 CUSTAS PELA INTERVENÇÃO

Leia mais

2009-2012 MEIOS DE HOSPEDAGEM. SETU/Dados e Estudos Turísticos - Meios de Hospedagem do Paraná 1

2009-2012 MEIOS DE HOSPEDAGEM. SETU/Dados e Estudos Turísticos - Meios de Hospedagem do Paraná 1 2009-2012 MEIOS DE HOSPEDAGEM SETU/Dados e Estudos Turísticos - Meios de Hospedagem do Paraná 1 Governador do Estado Carlos Alberto Richa Secretário de Estado do Turismo Jackson Pitombo Diretora Presidente

Leia mais

SITUAÇÃO DA GRIPE A (H1N1) NO PARANÁ - 2012 BOLETIM INFORMATIVO - 03/2012 Atualizado em 02/07/2012 às 18h

SITUAÇÃO DA GRIPE A (H1N1) NO PARANÁ - 2012 BOLETIM INFORMATIVO - 03/2012 Atualizado em 02/07/2012 às 18h Governo do Estado do Paraná (SESA) Sala de Situação em Saúde SITUAÇÃO DA GRIPE A (H1N1) NO PARANÁ - 2012 BOLETIM INFORMATIVO - 03/2012 Atualizado em 02/07/2012 às 18h A informa que o Paraná teve 381 casos

Leia mais

2009-2011 MEIOS DE HOSPEDAGEM

2009-2011 MEIOS DE HOSPEDAGEM 2009-2011 MEIOS DE HOSPEDAGEM Governador do Estado Carlos Alberto Richa Secretário de Estado do Turismo Faisal Saleh Diretor Presidente da Paraná Turismo Marcos Venício Alves Meyer Aeroporto Afondo Pena

Leia mais

CIDADE SEDE. Piraí do Sul* Bituruna* Candói. Guarapuava Irati Paulo Frontin* Porto Barreiro. Porto Vitória. Rio Azul* União da Vitória.

CIDADE SEDE. Piraí do Sul* Bituruna* Candói. Guarapuava Irati Paulo Frontin* Porto Barreiro. Porto Vitória. Rio Azul* União da Vitória. PROPOSTAS DAS CONFERÊNCIAS MUNICIPAIS E INTERMUNICIPAIS DE CULTURA EIXO 3: Cidadania e Direitos Culturais Sub-eixo: Valorização e Fomento das Iniciativas Culturais Locais e Articulação em Rede PROPOSTAS

Leia mais

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2014 2015

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2014 2015 CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2014 2015 Por este instrumento particular de Convenção Coletiva de Trabalho, celebrado com fundamento no Art. 611 da CLT, o SINDICATO DOS FARMACÊUTICOS NO ESTADO DO PARANÁ,

Leia mais

SITUAÇÃO DA GRIPE NO PARANÁ - 2013 BOLETIM INFORMATIVO - 04/2013 Atualizado em 28/06/2013

SITUAÇÃO DA GRIPE NO PARANÁ - 2013 BOLETIM INFORMATIVO - 04/2013 Atualizado em 28/06/2013 Governo do Estado do Paraná (SESA) Sala de Situação em Saúde SITUAÇÃO DA GRIPE NO PARANÁ - 2013 BOLETIM INFORMATIVO - 04/2013 Atualizado em 28/06/2013 Mortes por gripe estão ligadas a doenças crônicas

Leia mais

PROJETO NOVA INDÚSTRIA PARANÁ FIEP SESI GERAR. Participação. Curitiba, setembro de 2006.

PROJETO NOVA INDÚSTRIA PARANÁ FIEP SESI GERAR. Participação. Curitiba, setembro de 2006. PROJETO NOVA INDÚSTRIA PARANÁ FIEP SESI GERAR Participação Curitiba, setembro de 2006. 2 1. APRESENTAÇÃO O Sistema FIEP - Federação das Indústrias do Estado do Paraná e o SESI Serviço Social da Indústria,

Leia mais

PROPOSTAS DAS CONFERÊNCIAS MUNICIPAIS E INTERMUNICIPAIS DE CULTURA EIXO

PROPOSTAS DAS CONFERÊNCIAS MUNICIPAIS E INTERMUNICIPAIS DE CULTURA EIXO PROPOSTAS DAS CONFERÊNCIAS MUNICIPAIS E INTERMUNICIPAIS DE CULTURA EIXO 4: Cultura e Desenvolvimento Sub-eixo: Fomento à Criação / Produção, Difusão / Distribuição / Comercialização e Consumo / Fruição

Leia mais

Aperfeiçoamento Metodológico do Sistema de Previsão de Safras no Brasil (GeoSafras. Projeto GeoSafras (CONAB/PNUD)

Aperfeiçoamento Metodológico do Sistema de Previsão de Safras no Brasil (GeoSafras. Projeto GeoSafras (CONAB/PNUD) Aperfeiçoamento Metodológico do Sistema de Previsão de Safras no Brasil (GeoSafras (GeoSafras)) Projeto GeoSafras (CONAB/PNUD) Caracterização da Evolução de Plantios no Estado do Paraná Safra de Verão

Leia mais

Eficiência Energética em Entidades Assistenciais

Eficiência Energética em Entidades Assistenciais Eficiência Energética em Entidades Assistenciais Jamilton W. Lobo, Valério J. Novak e Gustavo Klinguelfus Resumo O projeto Eficiência Energética em Entidades Assistenciais foi desenvolvido dentro do Programa

Leia mais

ANEL DE INTEGRAÇÃO PEDÁGIOS DO PARANÁ

ANEL DE INTEGRAÇÃO PEDÁGIOS DO PARANÁ ANEL DE INTEGRAÇÃO PEDÁGIOS DO PARANÁ ANEL DE INTEGRAÇÃO PEDÁGIOS DO PARANÁ 2 ANEL DE INTEGRAÇÃO PEDÁGIOS DO PARANÁ O papel da FAEP é defender ações que promovam o desenvolvimento do agronegócio, dentro

Leia mais

Territórios rurais do Paraná Rafael Fuentes Llanillo 1 Tiago Pellini 2 Moacyr Doretto 3

Territórios rurais do Paraná Rafael Fuentes Llanillo 1 Tiago Pellini 2 Moacyr Doretto 3 Territórios rurais do Paraná Rafael Fuentes Llanillo 1 Tiago Pellini 2 Moacyr Doretto 3 Resumo Este artigo descreve trabalho de identificação de agrupamentos de municípios que constituem, de facto ou potencialmente,

Leia mais

Federação Paranaense de Ciclismo

Federação Paranaense de Ciclismo Plano de Gestão - Ciclismo no Estado do Paraná 2013 a 2016 12/2/2013 Chapa Ciclismo no Estado do Paraná Prof. Adir Romeo PLANO DE GESTÃO 2013 a 2016 1. Apresentação 2. Qual Ciclismo? 3. Disciplinas do

Leia mais

Planilha1 MUNICÍPIO SECRETARIA DECRETO CONFERENCIA TELEFONE CONTATO E-MAIL

Planilha1 MUNICÍPIO SECRETARIA DECRETO CONFERENCIA TELEFONE CONTATO E-MAIL MUNICÍPIO SECRETARIA DECRETO CONFERENCIA TELEFONE CONTATO E-MAIL ABATIÁ educação nº 040. 22/07/11 26/08/11 AGUDOS DO SUL educação nº 54, 27/06/11 19/08/11 41 36241334 elange edubatia@yahoo.com negrelli01@hotmail.com

Leia mais

CONSELHO DE ARQUITETURA E URBANISMO DO PARANÁ CÂMARA TÉCNICA DE PLANEJAMENTO URBANO E REGIONAL O ESTATUTO DA METRÓPOLE

CONSELHO DE ARQUITETURA E URBANISMO DO PARANÁ CÂMARA TÉCNICA DE PLANEJAMENTO URBANO E REGIONAL O ESTATUTO DA METRÓPOLE CONSELHO DE ARQUITETURA E URBANISMO DO PARANÁ CÂMARA TÉCNICA DE PLANEJAMENTO URBANO E REGIONAL O ESTATUTO DA METRÓPOLE Juntar forças para implantar o Estatuto da Metrópole Jeferson Dantas Navolar O ano

Leia mais

AVISO DE LEILÃO DE PRÊMIO EQUALIZADOR PAGO AO PRODUTOR RURAL DE TRIGO EM GRÃOS E/OU SUA COOPERATIVA PEPRO Nº 483/11

AVISO DE LEILÃO DE PRÊMIO EQUALIZADOR PAGO AO PRODUTOR RURAL DE TRIGO EM GRÃOS E/OU SUA COOPERATIVA PEPRO Nº 483/11 MINISTÉRIO DA AGRICULTURA PECUÁRIA E ABASTECIMENTO MAPA COMPANHIA NACIONAL DE ABASTECIMENTO Conab DIRETORIA DE OPERAÇÕES E ABASTECIMENTO Dirab SUPERINTENDÊNCIA DE OPERAÇÕES COMERCIAIS Suope GERÊNCIA DE

Leia mais

Versão Nº 9. Limites e Possibilidades de Uso das Informações do Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal

Versão Nº 9. Limites e Possibilidades de Uso das Informações do Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal ISSN 1808-5091 PRIMEIRA Versão Nº 9 Limites e Possibilidades de Uso das Informações do Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal Maria Luiza M. S. Marques Dias Curitiba Novembro 2009 GOVERNO

Leia mais

Estatuto da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação Undime-PR

Estatuto da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação Undime-PR Estatuto da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação Undime-PR Capítulo I Da denominação, sede, foro e fins Art 1º - A União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação do Paraná Undime-PR,

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL DO PARANÁ DIRETORIA DE EDUCAÇÃO A DISTANCIA

INSTITUTO FEDERAL DO PARANÁ DIRETORIA DE EDUCAÇÃO A DISTANCIA INSTITUTO FEDERAL DO PARANÁ DIRETORIA DE EDUCAÇÃO A DISTANCIA EDITAL 015/2014 REFERENTE À RETIFICAÇÃO DO PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO DE ALUNOS PARA OS CURSOS TÉCNICOS EM AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE

Leia mais

CIDADE SEDE Piraí do Sul* Bituruna* Candói. Guarapuava. Irati. Porto Barreiro. Porto Vitória. Rio Azul* União da Vitória. Guaraqueçaba.

CIDADE SEDE Piraí do Sul* Bituruna* Candói. Guarapuava. Irati. Porto Barreiro. Porto Vitória. Rio Azul* União da Vitória. Guaraqueçaba. PROPOSTAS DAS CONFERÊNCIAS MUNICIPAIS E INTERMUNICIPAIS DE CULTURA EIXO 2: Produção Simbólica e Diversidade Cultural Sub-eixo: Democratização da Comunicação e Cultura Digital PROPOSTAS Intercâmbio de apresentações

Leia mais

LEILÃO Nº 005/2015 1 - LOCAL E HORÁRIO

LEILÃO Nº 005/2015 1 - LOCAL E HORÁRIO LEILÃO Nº 005/2015 O Departamento de Trânsito do Paraná - DETRAN/PR, pessoa jurídica de direito público, com sede à Av. Victor Ferreira do Amaral, nº 2940, Capão da Imbuía, Curitiba, com fundamento na

Leia mais

ESTADO DO PARANÁ CASA MILITAR COORDENADORIA ESTADUAL DE DEFESA CIVIL

ESTADO DO PARANÁ CASA MILITAR COORDENADORIA ESTADUAL DE DEFESA CIVIL 1 ESTADO DO PARANÁ CASA MILITAR COORDENADORIA ESTADUAL DE DEFESA CIVIL LOCAIS DE DESTINAÇÃO DE DOAÇÃO NAS PREFEITURAS DOS MUNICÍPIOS AFETADOS E NOS CORPOS DE BOMBEIROS LOCAIS E REGIONAIS Com o objetivo

Leia mais

PAULO AFONSO RODRIGUES

PAULO AFONSO RODRIGUES PAULO AFONSO RODRIGUES Brasileiro, casado, Advogado OAB/PR n.º 67.445, OAB/SP 341.697, Contador, com registro no Conselho Regional de Contabilidade do Estado do Paraná sob n.º PR-020.713/O-0, bem como

Leia mais

PROPOSTAS DAS CONFERÊNCIAS MUNICIPAIS E INTERMUNICIPAIS DE CULTURA EIXO

PROPOSTAS DAS CONFERÊNCIAS MUNICIPAIS E INTERMUNICIPAIS DE CULTURA EIXO PROPOSTAS DAS CONFERÊNCIAS MUNICIPAIS E INTERMUNICIPAIS DE CULTURA EIXO 4: Cultura e Desenvolvimento Sub-eixo: Institucionalização de Territórios Criativos e Valorização do Patrimônio Cultural em Destinos

Leia mais

Núcleo Regional de Toledo

Núcleo Regional de Toledo Núcleo Regional de Toledo Municípios participantes Anahy Assis Chateaubriand Boa Vista da Apar. Braganey Cafelândia Campo Bonito Cap. Leônidas Marques Cascavel Catanduvas Céu Azul Corbélia Diamante do

Leia mais

R E S O L U Ç Ã O Nº 096/2000-CEPE/UNICENTRO

R E S O L U Ç Ã O Nº 096/2000-CEPE/UNICENTRO R E S O L U Ç Ã O Nº 096/2000-CEPE/UNICENTRO Aprova o Projeto de Qualificação para o desenvolvimento do Associativismo e Cooperativismo e ficam convalidadas as etapas já realizadas. O REITOR DA UNIVERSIDADE

Leia mais

CIDADE ENDEREÇO OFICINAS DATA HORÁRIO SEI CONTROLAR MEU DINHEIRO SEI CONTROLAR MEU DINHEIRO

CIDADE ENDEREÇO OFICINAS DATA HORÁRIO SEI CONTROLAR MEU DINHEIRO SEI CONTROLAR MEU DINHEIRO ALTÔNIA AV. SETE DE SETEMBRO, Nº 717 - PREFEITURA Telefone: (44) 3659-8150 SEI PLANEJAR 13/04/2015 19h30 às 22h30 CULTURAL DE AL- VORADA DO SUL - PÇ. PREF. ALVORADA DO SUL ANTONIO DE SOUZA LEMOS Telefone:

Leia mais

VEJA COMO USAR SEU CARTÃO DE DESCONTOS Você poderá usar o seu Cartão de Descontos quantas vezes precisar desde que o mesmo esteja dentro da validade,

VEJA COMO USAR SEU CARTÃO DE DESCONTOS Você poderá usar o seu Cartão de Descontos quantas vezes precisar desde que o mesmo esteja dentro da validade, VEJA COMO USAR SEU CARTÃO DE DESCONTOS Você poderá usar o seu Cartão de Descontos quantas vezes precisar desde que o mesmo esteja dentro da validade, cartões com datas vencidas não são aceitos e ficam

Leia mais

SERVIÇO SOCIAL AUTÔNOMO PARANACIDADE. RELATÓRIO DE GESTÃO.

SERVIÇO SOCIAL AUTÔNOMO PARANACIDADE. RELATÓRIO DE GESTÃO. SERVIÇO SOCIAL AUTÔNOMO PARANACIDADE. RELATÓRIO DE GESTÃO. 1996. CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO I - Membro Honorário: Secretário de Estado de Desenvolvimento Urbano - SEDU. LUBOMIR ANTONIO FICINSKI DUNIN. II

Leia mais

SERVIÇO DE SAÚDE: MUNICÍPIO: REGIONAL DE SAÚDE HOSPITAL REGIONAL DO LITORAL HOSPITAL MUNICIPAL DE ARAUCÁRIA

SERVIÇO DE SAÚDE: MUNICÍPIO: REGIONAL DE SAÚDE HOSPITAL REGIONAL DO LITORAL HOSPITAL MUNICIPAL DE ARAUCÁRIA RELAÇÃO DOS SERVIÇOS DE SAÚDE QUE NOTIFICARAM DADOS DE INFECÇÃO RELACIONADA À ASSISTÊNCIA DE SAÚDE (IRAS) NO SISTEMA ONLINE DE NOTIFICAÇÃO (SONIH) COM REGULARIDADE NOS PRIMEIROS SEIS MESES DE 2012 (JANEIRO

Leia mais

ESTADO DO PARANÁ Secretaria de Estado da Administração e da Previdência Departamento de Recursos Humanos EDITAL Nº 69/2005

ESTADO DO PARANÁ Secretaria de Estado da Administração e da Previdência Departamento de Recursos Humanos EDITAL Nº 69/2005 EDITAL Nº 69/2005 A DIRETORA DO DEPARTAMENTO DE RECURSOS HUMANOS DA SECRETARIA DE ESTADO DA ADMINISTRAÇÃO E DA PREVIDÊNCIA - SEAP, no uso de suas atribuições legais, bem como atendendo aos termos do Decreto

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE DO PARANÁ DIRETORIA DE VIGILÂNCIA EM SAÚDE E PESQUISA CENTRO DE INFORMAÇÃO E DIAGNÓSTICO EM SAÚDE

SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE DO PARANÁ DIRETORIA DE VIGILÂNCIA EM SAÚDE E PESQUISA CENTRO DE INFORMAÇÃO E DIAGNÓSTICO EM SAÚDE SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE DO PARANÁ DIRETORIA DE VIGILÂNCIA EM SAÚDE E PESQUISA CENTRO DE INFORMAÇÃO E DIAGNÓSTICO EM SAÚDE Secretaria de Estado da Saúde do Paraná Diretoria de Vigilância em Saúde

Leia mais

CURITIBA E REGIÃO SUPERMERCADISTAS. Colombo SUPERMERCADO ZONTA SUP. OVERSUPER 1. 1 Paranaguá SUP. SIÃO LTDA 1. Matinhos PIEGEL PÃES E CONVENIENCIAS

CURITIBA E REGIÃO SUPERMERCADISTAS. Colombo SUPERMERCADO ZONTA SUP. OVERSUPER 1. 1 Paranaguá SUP. SIÃO LTDA 1. Matinhos PIEGEL PÃES E CONVENIENCIAS CAMPANHA DE OLHO NA VALIDADE CURITIBA E REGIÃO SUPERMERCADISTAS LOJAS CIDADES SUP. CONDOR Campo Largo Lapa SUP. TISSI 3 SUP. OVERSUPER Colombo SUPERMERCADO ZONTA MINI MERCADO CIVIS (Sup. Compre Bem) Almirante

Leia mais

REGIMENTO INTERNO CAPÍTULO I - NORMAS QUE ABRANGEM ESTE REGIMENTO

REGIMENTO INTERNO CAPÍTULO I - NORMAS QUE ABRANGEM ESTE REGIMENTO REGIMENTO INTERNO CAPÍTULO I - NORMAS QUE ABRANGEM ESTE REGIMENTO Art. 1º. O Conselho Superior, através de seus membros aprovam este Regimento que complementa o Estatuto Social da Noroeste Garantias, para

Leia mais

ÍNDICE DE. Anotações sobre o desempenho do Paraná INSTITUTO PARANAENSE DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E SOCIAL

ÍNDICE DE. Anotações sobre o desempenho do Paraná INSTITUTO PARANAENSE DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E SOCIAL ÍNDICE DE DESENVOLVIMENTO HUMANO MUNICIPAL IDH-M 2000 Anotações sobre o desempenho do Paraná INSTITUTO PARANAENSE DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E SOCIAL ÍNDICE DE DESENVOLVIMENTO HUMANO MUNICIPAL - IDHM

Leia mais

ATIVIDADES REALIZADAS PELO PROCON-PR E PELOS PROCONS INTEGRADOS AO SISTEMA ESTADUAL EM 2012

ATIVIDADES REALIZADAS PELO PROCON-PR E PELOS PROCONS INTEGRADOS AO SISTEMA ESTADUAL EM 2012 ATIVIDADES REALIZADAS PELO PROCON-PR E PELOS PROCONS INTEGRADOS AO SISTEMA ESTADUAL EM 2012 Com o objetivo de implementar e executar a política estadual de proteção, orientação, defesa e educação do consumidor,

Leia mais

Campanha de Vendas SuperAção Cresol 2014

Campanha de Vendas SuperAção Cresol 2014 Campanha de Vendas SuperAção Cresol 2014 1. PERÍODO A campanha SuperAção Cresol 2014 será realizada no período de 01/03/2014 a 31/12/2014. 2. OBJETIVO DA CAMPANHA Esta campanha busca aumentar o volume

Leia mais

ANÁLISE DOS MOVIMENTOS PENDULARES NOS MUNICÍPIOS DA REGIÃO METROPOLITANA DE CURITIBA

ANÁLISE DOS MOVIMENTOS PENDULARES NOS MUNICÍPIOS DA REGIÃO METROPOLITANA DE CURITIBA ANÁLISE DOS MOVIMENTOS PENDULARES NOS MUNICÍPIOS DA REGIÃO METROPOLITANA DE CURITIBA Marley Deschamps Anael Cintra** O presente artigo tem referência em estudo divulgado na série Primeira Versão do IPARDES

Leia mais

CIDADE SEDE. Piraí do Sul* Bituruna* Guarapuava. Irati. Paulo Frontin* Pitanga* Porto Barreiro. Porto Vitória. União da Vitória.

CIDADE SEDE. Piraí do Sul* Bituruna* Guarapuava. Irati. Paulo Frontin* Pitanga* Porto Barreiro. Porto Vitória. União da Vitória. PROPOSTAS DAS CONFERÊNCIAS MUNICIPAIS E INTERMUNICIPAIS DE CULTURA EIXO 2: Produção Simbólica e Diversidade Cultural Sub-eixo: Criação, Produção, Preservação, Intecâmbio e Circulação de Bens Artísticos

Leia mais

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO - 2014/2015 ÍNDICE

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO - 2014/2015 ÍNDICE CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO - 2014/2015 PARTES CONVENENTES: SINPACEL - SINDICATO DAS INDÚSTRIAS DE PAPEL, CELULOSE E PASTA DE MADEIRA PARA PAPEL, PAPELÃO E DE ARTEFATOS DE PAPEL E PAPELÃO DO ESTADO

Leia mais

PARTICIPAÇÃO (%) DO FPM NAS RECEITAS CORRENTES DO MUNICÍPIO. Prefeitura Municipal de Curitiba - PR 3,66% 3,65% 17,33% 18,28%

PARTICIPAÇÃO (%) DO FPM NAS RECEITAS CORRENTES DO MUNICÍPIO. Prefeitura Municipal de Curitiba - PR 3,66% 3,65% 17,33% 18,28% PARTICIPAÇÃO (%) DO FPM NAS RECEITAS CORRENTES Prefeitura Municipal de Curitiba - PR 3,66% 3,65% 17,33% 18,28% Prefeitura Municipal de Londrina - PR 4,77% 4,29% 16,76% 17,69% Prefeitura Municipal de Maringá

Leia mais

RESUMO DOS CONCURSOS PÚBLICOS REALIZADOS

RESUMO DOS CONCURSOS PÚBLICOS REALIZADOS RESUMO DOS CONCURSOS PÚBLICOS REALIZADOS Advogado CARGO ÓRGÃO DATA INSCRITOS CLASSIFICADOS Câmara Municipal de Ponta Grossa Abril/95 43 10 Advogado Prefeitura Municipal Ponta Grossa Maio/92 29 10 Agente

Leia mais

PLANO DIRETOR DE REGIONALIZAÇÃO: HIERARQUIZAÇÃO E REGIONALIZAÇÃO DA ASSISTÊNCIA À SAÚDE, NO ESTADO DO PARANÁ.

PLANO DIRETOR DE REGIONALIZAÇÃO: HIERARQUIZAÇÃO E REGIONALIZAÇÃO DA ASSISTÊNCIA À SAÚDE, NO ESTADO DO PARANÁ. PLANO DIRETOR DE REGIONALIZAÇÃO: HIERARQUIZAÇÃO E REGIONALIZAÇÃO DA ASSISTÊNCIA À SAÚDE, NO ESTADO DO PARANÁ. 2009 SUMÁRIO 1. IDENTIFICAÇÃO 4 2. INTRODUÇÃO 5 3. OBJETIVOS 9 4. METODOLOGIA 10 5. MAPA POLÍTICO

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO DO TRABALHO PROCURADORIA REGIONAL DO TRABALHO DA 9 a REGIÃO SUBSEDE MARINGÁ

MINISTÉRIO PÚBLICO DO TRABALHO PROCURADORIA REGIONAL DO TRABALHO DA 9 a REGIÃO SUBSEDE MARINGÁ Ofício n 174/2004 Maringá, 09 de junho de 2004. Senhor Presidente, Cumprimentando-o, comunico a abertura do Procedimento Investigatório n 122/04, tendo em vista denúncia apresentada por esta i. Federação.

Leia mais

IDH M - Relação por entrância e por ordem alfabética SUBPLAN - março 2012

IDH M - Relação por entrância e por ordem alfabética SUBPLAN - março 2012 IDH M - Relação por entrância e por ordem alfabética SUBPLAN - março 2012 S DE ENTRÂNCIA FINAL S POPULAÇÃO 1 CASCAVEL 301.898 3 0,810 Oeste 2 FOZ DO IGUAÇU 276.929 2 0,788 Oeste 3 GUARAPUAVA 205.618 5

Leia mais

Mostra de Projetos 2011. Programa Municipal de Controle Ético da População Canina e Felina

Mostra de Projetos 2011. Programa Municipal de Controle Ético da População Canina e Felina Mostra de Projetos 2011 Programa Municipal de Controle Ético da População Canina e Felina Mostra Local de: São José dos Pinhais Categoria do projeto: I - Projetos em implantação, com resultados parciais

Leia mais

Resolução nº 2776/2011 (com a alteração introduzida pela Resolução nº 3014, de 21 de outubro de 2011)

Resolução nº 2776/2011 (com a alteração introduzida pela Resolução nº 3014, de 21 de outubro de 2011) Resolução nº 2776/2011 (com a alteração introduzida pela Resolução nº 3014, de 21 de outubro de 2011) Dispõe sobre a concessão e o pagamento de diárias no âmbito do Ministério Público do Estado do Paraná

Leia mais

ESTABELECIMENTOS HOSPITALARES

ESTABELECIMENTOS HOSPITALARES ESTABELECIMENTOS HOSPITALARES UF MUNICIPIO CNES NOME APUCARANA 2439263 HNSG HOSPITAL OVIDENCIA MATERNO INFANTIL APUCARANA 2439360 HNSG HOSPITAL DA OVIDENCIA ARAPONGAS 2576198 IRMANDADE SANTA CASA DE ARAPONGAS

Leia mais

Sumário. Presidência da República. Ano CXLIV N o - 35 Brasília - DF, quarta-feira, 21 de fevereiro de 2007 ISSN 1677-7042 ADVOCACIA-GERAL DA UNIÃO

Sumário. Presidência da República. Ano CXLIV N o - 35 Brasília - DF, quarta-feira, 21 de fevereiro de 2007 ISSN 1677-7042 ADVOCACIA-GERAL DA UNIÃO ISSN 677-7042 Ano CXLIV 35 Brasília - DF, quarta-feira, 2 de fevereiro de 2007.. Sumário PÁGINA Presidência da República... Ministério da Agricultura, Pecuária e

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL DO PARANÁ DIRETORIA DE EDUCAÇÃO A DISTANCIA

INSTITUTO FEDERAL DO PARANÁ DIRETORIA DE EDUCAÇÃO A DISTANCIA INSTITUTO FEDERAL DO PARANÁ DIRETORIA DE EDUCAÇÃO A DISTANCIA EDITAL 14/2014 PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO DE ALUNOS PARA OS CURSOS TÉCNICOS EM AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE E TRANSAÇÕES IMOBILIÁRIAS, DE

Leia mais

Ofício Circular nº 11/2013-CGMP Curitiba, 11 de abril de 2013. Senhor(a) Promotor(a), Senhor (a) Servidor(a):

Ofício Circular nº 11/2013-CGMP Curitiba, 11 de abril de 2013. Senhor(a) Promotor(a), Senhor (a) Servidor(a): Ofício Circular nº 11/2013-CGMP Curitiba, 11 de abril de 2013. Senhor(a) Promotor(a), Senhor (a) Servidor(a): Já próximo da data limite, mesmo considerada a ampliação de prazo determinada pela Comissão

Leia mais

PLANO MULTIESCOLHA (Plano Nº 047/PÓS/SMP)

PLANO MULTIESCOLHA (Plano Nº 047/PÓS/SMP) PLANO MULTIESCOLHA (Plano Nº 047/PÓS/SMP) TARIFAÇÃO ITEM VALOR Habilitação R$ 50,00 Assinatura mensal R$ 50,00 Tráfego Mensal VC-IR Contratado - 75 minutos R$ 15,00 Tráfego Mensal VC-IR Contratado - 105

Leia mais

EDITAL Nº 002/2010 - Retificação do Edital 001/2010 INSTITUTO FEDERAL DO PARANÁ IFPR CAMPUS CURITIBA/EAD

EDITAL Nº 002/2010 - Retificação do Edital 001/2010 INSTITUTO FEDERAL DO PARANÁ IFPR CAMPUS CURITIBA/EAD EDITAL Nº 002/2010 - Retificação do Edital 001/2010 IFPR CAMPUS CURITIBA/EAD O Instituto Federal do Paraná -IFPR Campus Curitiba/EAD por delegação de competência do Magnífico Reitor do Instituto Federal

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO - SEED

SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO - SEED EDITAL N.º 166/2012-GS/SEED O Diretor-Geral da Secretaria de Estado da Educação, no uso das atribuições que lhe confere a Resolução n.º 334/2011 SEED/GS, de 14/02/2011, resolve TORNAR PÚBLICO o presente

Leia mais

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2002/2003

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2002/2003 Atenção! O texto a seguir, está disponível para fins de consulta, não substituindo a convenção coletiva de trabalho, homologada e registrada no Ministério do Trabalho e Emprego (DRT/PR). Informações pessoais

Leia mais

SITUAÇÃO DA GRIPE NO PARANÁ - 2013 BOLETIM INFORMATIVO - 02/2013 Atualizado em 06/06/2014

SITUAÇÃO DA GRIPE NO PARANÁ - 2013 BOLETIM INFORMATIVO - 02/2013 Atualizado em 06/06/2014 Governo do Estado do Paraná (SESA) Sala de Situação em Saúde SITUAÇÃO DA GRIPE NO PARANÁ - 2013 BOLETIM INFORMATIVO - 02/2013 Atualizado em 06/06/2014 No boletim quinzenal da gripe divulgado nesta sexta-feira

Leia mais

Índice Firjan de Gestão Fiscal

Índice Firjan de Gestão Fiscal Índice Firjan de Gestão Fiscal O IFGF Geral é composto por cinco índices: Receita Própria, Gastos com Pessoal, Investimentos, Liquidez e Custo da Dívida. Os quatro primeiros têm peso de 22,5% para a construção

Leia mais

MANUAL DE REGULARIZAÇÃO DE OBRAS

MANUAL DE REGULARIZAÇÃO DE OBRAS APRESENTAÇÃO O Manual de Regularização de Obras, editado pelo Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia do Estado do Paraná (CREA-PR), tem como meta principal promover a cidadania com a

Leia mais