UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA GRADUAÇÃO EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE INFORMÁTICA E ESTATÍSTICA DATA MINING EM REDES SOCIAIS

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA GRADUAÇÃO EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE INFORMÁTICA E ESTATÍSTICA DATA MINING EM REDES SOCIAIS"

Transcrição

1 UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA GRADUAÇÃO EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE INFORMÁTICA E ESTATÍSTICA DATA MINING EM REDES SOCIAIS FELIPE GONÇALVES BOTELHO PEDRO HENRIQUE ROCHA UGIONI FLORIANÓPOLIS 2012

2 Sumário 1. Introdução 2. Data Mining 3. Redes Sociais 4 Utilizações das informações 5. Mineração de dados nas Redes Sociais 6. Privacidade 7. Conclusão 8. Referencias

3 1. INTRODUÇÃO Hoje em dia um dos pontos mais fundamentais para o sucesso de uma organização é saber como é seu publico alvo. Fato se deve porque conhecendo o cliente é possível direcionar campanhas de marketing específicas e adaptar os serviços prestados à vontade do mesmo. No entanto, avaliar a vontade e opinião dos clientes em relação aos produtos e serviços oferecidos pela empresa não é tarefa simples. Uma das formas utilizadas pelas empresas para coletar tais informações é a distribuição de questionários e realização de pesquisas de opinião, que visam possibilitar uma análise da aceitação do produto oferecido bem como possíveis questões a serem mudadas. Contudo o uso de questionários em pesquisas é, muitas vezes, ineficiente. Isso porque esta forma de coleta de dados possui um alcance relativamente reduzido, o que acaba prejudicando a precisão dos dados coletados. Outro motivo é que tais técnicas possuem um custo consideravelmente alto de aplicação. Esse custo ainda é maior quando tais questionários e pesquisas não são automatizados, isto é,quando são necessárias pessoas para suas aplicações e tabulação. Já nas redes sociais, os dados são dispostos pelos usuários por vontade própria. Além de garantir um amplo alcance, evita problemas como influência nas respostas por parte de aplicadores, como o que acontece com questionários. No entanto, apesar dos dados serem distribuídos livremente em redes sociais, a captura e análise automática destes é complicada. Isso porque existem várias dificuldades envolvidas na extração de opinião de textos livres, já que a tarefa de quantificar opiniões contidas em textos, muitas vezes subjetivos, utilizando computadores é bastante complexa. Tendo este cenário em mente surge a necessidade de uma forma alternativa de coleta de dados, que não necessita da procura do cliente e nem de seu tempo dedicado. Uma das alternativas que vem sendo estudadas atualmente é o uso dos dados coletados a partir de redes sociais para geração de informações a respeito de opiniões das pessoas. As redes sociais estão inseridas no cotidiano das pessoas, alcançando um grande número de possíveis clientes. Por tudo isso, propõe-se com este trabalho a coleta de dados de uma rede social em especial e o uso destes para obtenção de informações, através da utilização de técnicas de mineração de dados.

4 2. DATA MINING Também é conhecido como mineração de dados tem como principal utilidade a varredura de grande quantidade de dados a procura de padrões e detecção de relacionamentos entre informações gerando novos subgrupos de dados. A formação de subgrupos de dados é feito pelo Data Mining através da execução de algoritmos capazes de conhecer e aprender mediante a varredura dessas informações. Baseado em sistemas de redes neurais, esses dados são examinados e pensados, gerando uma nova informação associativa com outros dados. A formação de estatísticas também é uma de suas funções gerando resultados comparativos e levando a uma tomada de decisão inteligente. Esse processamento traz resultados incríveis como por exemplo a formação de hipóteses e principalmente regras de dados a serem apresentados ao usuário Que dados o Data Mining avalia? Sem um bom sistema de gestão é difícil que grandes corporações sobrevivem, isso é notado pelo fato de que hoje em dia milhares de informações são processadas diariamente. Esses sistemas de gestão armazenam em seus bancos de dados informações corriqueiras como por exemplo: estoques, pedidos, compras, orçamentos, contábil, financeiro, jurídico, pós-venda, relacionamento com cliente, vendas entre outros. Diversos departamentos geram essas informações independentes e a função principal de um Business Intelligence é trabalhar com todo esse histórico que é inseridos diariamente e garantir que no final das contas todos os dados sejam visualizados como um todo, trazendo informações concretas, consistentes e decisivas, basicamente através da ação do Data Mining.

5 3. REDES SOCIAIS Uma rede social é uma estrutura composta por pessoas que estão conectadas por um ou vários tipos de relações, de amizade, familiares, comerciais, entre outros, ou que partilham crenças, conhecimento ou prestígio. As mídias sociais não se tratam de uma tecnologia em sí, mas sim de uma mudança de comportamento das pessoas nela contida, pois nelas não há a presença do controle editorial tratando assim de uma produção de conteúdo de forma descentralizada. Essa nova forma de comunicação, vem na contramão do que as organizações geralmente adotam, de cima para baixo, ou seja, comunicações sem nenhum diálogo ou interação com o público. Os meios de comunicação social tem transformado o modelo atual criando um sistema de comunicação descentralizado e democratizados. Wikis, twitter, fóruns, blogs, entre outros, são ferramentas que fazem parte dessa nova tendência nesse novo processo de criação do conhecimento. A grandes quantidades de informação que são geradas nessas ferramentas podem ser usadas em várias áreas, como comércio e educação. Pesquisas apontam que o número de blogs vem aumentando nos últimos anos, também foi constatado que a maioria das pessoas que publicam nesses blogs possuem um nível de formação acadêmica relevante, há muitos trabalhadores que publicam textos e fazem muitos comentários. Para o comércio este tipo de mídia é importante em dois cenários, o externo e o interno. O primeiro prove uma excelente análise de mercado, reputações de negócios e opiniões estão sendo definidas por meio destes novos canais de comunicação. 4. UTILIZAÇÃO DAS INFORMAÇÕES Dado amplo uso das rede sociais e a grande diversidade de seus usuários, surge uma série de oportunidades a serem exploradas. Um dos pontos mais interessantes e com maior potencial neste tipo de serviço é a possibilidade de apresentação de anúncios de marketing e campanhas publicitárias para os usuários. Contudo, mesmo que campanhas publicitárias genéricas possuam bons retornos e sejam amplamente utilizadas, a possibilidade de oferecer campanhas personalizadas sobre produtos específicos para determinados usuários é algo que aumentaria as chances de sucesso desta campanha. Não faz sentido oferecer produtos relacionados a esportes para alguém que fala mal ou não gosta dessa atividade. Também não seria interessante oferecer produtos para a prática de mergulho para um usuário que tem como atividade o tênis. Tendo isto em vista, fica claro que a escolha do produto a ser oferecido tem influência direta nas chances de atrair a atenção de um possível cliente. Mas como saber o que oferecer a cada usuário? Como saber os interesses de milhões de usuários de lugares diferentes? Isso, não é uma tarefa manual e exige um tratamento mais cuidadoso. Uma alternativa para solucionar este problema é o uso de técnicas de mineração de dados e descoberta de opinião, que se encaixam em um campo em grande crescimento nos últimos anos. Assim, fazendo-se uso das informações geradas pela rede e de técnicas de mineração de texto e descoberta de opinião, pretende-se obter informações que possibilitem: classificação de usuários dentro de grupos de interesses, análise de opiniões e aceitação de certos assuntos.

6 5. MINERAÇÃO DE DADOS NAS REDES SOCIAIS Hoje em dia podemos utilizar de uma abordagem que é tradicional para coletar informações, como nas redes sociais. Seria perguntando a cada membro de um grupo especifico como são as relacoes entre eles. Porém é uma maneira que possui um gasto enorme de tempo e está sujeito a uma certa quantidade de abstenções. Além do mais que diversos estudos mostram que os dados coletados por meio de questinários se diferem do que realmente é observado, quando se referimos a relatos individuais sobre interações sociais. Isso porque os entrevistados podem mentir, esquecer ou interpretar de maneira errada as interações e relações criada com os membros de seu grupo.. Devido a este fato, os pesquisadores da área estão focados em métodos automáticos para coletar esses dados dentro das redes sociais. O método mais utilizado é baseado na procura de informações de quem fala com quem. Com base nos registros das interações, esse método conta o número de mensagens trocadas entre os integrantes.esse número de interações representa a intensidade do laço entre os indivídos. Na última década as técnicas de mineração de texto tem evoluido. Esta técnica pode ser usada para a descoberta automatica de redes sociais a partir de dados textuais: documentos publicados na Internet e/ou em ferramentas textuais de comunicação online, entre outros. Os seguintes passos são necessários para descobrir redes sociais a partir de documentos de texto: Descoberta dos nós, quando todas as referências a pessoas (nomes, s,..) são identificadas. Detecção de coreferências e resolução de pseudônimos, que resolve as ambiguidades entre as pessoas. Diferenciando pessoas que tem o mesmo nome e criando uma única identidade para pessoas que tem vários pseudônimos. Descoberta de conexões, a qual determina quando existe ou não conexões sociais entre as pessoas identificadas pelos algoritmos anteriores. As seções subsequentes descrevem com mais detalhes cada um desses passos. 5.1 Descoberta dos nós A descoberta de nós a partir do texto é geralmente feita por meio da descoberta de nomes pessoais e outras referências às pessoas. Ela faz parte da chamada Reconhecimento de Nomes de Entidades (RNE). RNE é um conjunto de técnicas de mineração de texto criadas para descobrir nomes de entidades, conexões e tipos de relações entre eles Em RNE uma

7 entidade tem um conceito bem amplo, podendo ser por exemplo uma pessoa, uma organização ou uma localização geográfica. A grande maioria dos trabalhos de pesquisa na área se dedicam principalmente à descoberta de nomes pessoais, visto que encontrar pronomes e endereços eletrônicos é relativamente fácil. Os pronomes podem ser encontrados comparando cada palavra do texto com a lista de pronomes possíveis, e o endereços eletrônicos pode ser encontrados procurando padrões do tipo 5.2 Detecção de coreferências e resoluções de pseudônimos Uma vez que os nomes e outras palavras que referenciam os indivíduos foram encontrados, o próximo passo é a detecção de coreferências e resolução pseudônimos. Esse passo possui um objetivo duplo: identificar todas as diferentes referências para a mesma pessoa (ex.: você, João, Sr. Carlos e ), e ao mesmo tempo, diferenciar duas ou mais pessoas que possuem o mesmo nome. De maneira similar ao passo anterior, a Linguística Computacional (LC) utiliza um abordagem mais geral baseada em técnicas de Aprendizagem de Máquina (AM) que tentam relacionar não somente os nomes, mas também os sintagmas nominais encontrados nas sentenças e nos documentos. Os sintagmas nominais são importantes pois os mesmos podem referenciar pessoas, organização e objetos. Neste caso, a linguística computacional utiliza técnicas de aprendizagem de máquina para determinar a probabilidade condicional de um conjunto de sintagmas nominais em relação a uma mesma entidade. O cálculo da semelhança baseados em características únicas tais como distância entre os sintagmas nominais no texto, semelhanças lexicais, frequência mútua nas frases, concordância em gênero e significado semântico, etc. A segunda parte desse passo, tanto faz parte do processo de reconhecimento de nomes e entidades quanto pode ser conduzido como um processo separado. Isso é mostrado pelas pesquisas realizadas na área de resolução de pseudônimos, e na sua utilização em aplicações como a verificação de autoria, análise de citações, detecção de spam, desambiguação de autores em bibliotecas digitais, entre outras. O objetivo de várias abordagens para a resolução de pseudônimos consiste em diferenciar duas ou mais pessoas por meio da identificação de uma assinatura única que é associada à cada pessoa. Essas abordagens baseiam-se em características linguísticas que são próprias da escrita da pessoa (ex.: estilo de escrita, sinais de pontuação, tamanho médio das sentenças, palavras-chave específicas, etc.) ou em padrões de interação baseados na rede (ex.: remetentes e destinatários comuns). Quando a extração de redes sociais é feita a partir de páginas Web, a resolução de pseudônimos é frequentemente realizada por meio da atribuição automática de um conjunto de palavras-chaves específicas ou resumos de várias sentenças contextuais para cada nome no texto. A hipótese para este caso é que duas pessoas diferentes (mesmo que possuam o mesmo nome) são usualmente mencionadas em diferentes contextos ou partes do

8 texto. Assim, a tarefa é reduzida para encontrar um conjunto de palavras discriminantes e/ou características semânticas para descrever de forma exclusiva uma pessoa em particular. 5.3 Descoberta de Conexões Depois que todos os nós da rede são identificados e agrupados de modo a representarem uma única pessoa, o próximo passo é o de descobrir como estes nós estão interligados. Existem na literatura, dois métodos principais para a descoberta automática de conexões que toma como base informação textual: o primeiro deles é baseado na similaridade dos perfis do usuário o a segundo inclui uma medida de similaridade semântica entre as palavras extraídas dos perfis. Um perfil pode ser criado manualmente pela própria pessoa (ex.: perfil do Facebook) ou construído de forma automática usando as informações disponíveis na Internet (ex.: página pessoal, s ou textos escritos por terceiros sobre a pessoa em questão). Uma maneira trivial de medir a similaridade entre dois perfis é simplesmente contar a quantidade e elementos comuns. Quanto ao segundo método, duas pessoas estão conectadas quando o valor da similaridade semântica entre os seus perfis é superior a um limiar predefinido. Em outras palavras, as pessoas são consideradas ligadas quando há uma sobreposição considerável de palavras e frases encontradas em seus perfis.

9 6. PRIVACIDADE Por um lado a mineração de dados sobre nossos perfis e gostos pode nos trazer comodidades no dia a dia, as empresas sabem o que você quer, por exemplo, mas as informações podem ser usadas incorretamente, ocasionando na invasão de privacidade. O artigo 21 do Código Civil fala que A vida privada de uma pessoa natural é de natureza inviolável, e o juiz, a requerimento do interessado, adotará as providências necessárias para impedir ou fazer cessar o ato contrário a esta norma. Um exemplo prático e atual está ocorrendo na mineração de dados do Facebook, que já está sendo questionada por grupos de privacidade. Apenas alguns dias depois da empresa declarar que está oferecendo melhores análises em campanhas de publicidade para os comerciantes, dois grupos de privacidade eletrônica pediram à Comissão Federal de Comércio de olhar se a prática viola, ou não, as concessões recentes feitas pela empresa em sua política de privacidade. O Facebook está resgatando o que o usuário compra, a fim de ajudar os comerciantes a determinar se as suas campanhas de publicidade no site estão pagando. Eles estão trabalhando com uma empresa de mineração de dados chamado Datalogix para ver se os usuários estão comprando os produtos e serviços anunciados. Datalogix compila uma base de dados gigantesca de dados de compra dos consumidores, incluindo endereços de e outras informações do usuário. Eles fazem isso principalmente seguindo o que os consumidores compram em cartões de recompensas varejista. Quando os dados são combinados com dados do Facebook sobre IDs de usuário e impressões de anúncios, os comerciantes podem ver uma imagem clara se a impressão diretamente resultou em uma compra. Essa forma de análise é comentada em uma seção inteira em sua Central de Ajuda. No entanto o acordo com o Electronic Privacy Information Center (EPIC) e do Centro para a Democracia Digital (CDD), o empreendimento de mineração de dados pode constituir uma violação dos termos estabelecidos. Basicamente, se o Facebook quer compartilhar as informações privadas do usuário com terceiros e além de suas configurações de privacidade, o Facebook tem que deixar bem claro a sua intenção de fazê-lo.

10 8. CONCLUSÃO Redes sociais online se tornaram extremamente populares e parte do nosso dia a dia, causando o surgimento de uma nova onda de aplicações disponíveis na Web. A cada dia, grandes quantidades de conteúdo são compartilhadas, e milhões de usuários interagem através de elos sociais de maneira espontanea. Apesar de tanta popularidade, o estudo de redes sociais ainda está em sua infância, já que estes ambientes estão ainda experimentando novas tendências e enfrentando diversos novos problemas e desafios. Com a mineração da dados nas redes sociais, surge uma série de oportunidades a serem exploradas, onde podemos identificar e prever comportamentos de grupos de pessoas.

11 9. REFERÊNCIAS Saiba o que é Data Mining - Alvo Conhecimento Facebook s Retail Data Mining Already Being Questioned by Privacy Groups A tendência é integrar a mineração de dados com as redes sociais - Época Negocios A+TENDENCIA+E+INTEGRAR+A+MINERACAO+DE+DADOS+COM+AS+REDES+SOCIAIS.h tml Mineração de dados e análise de opinião em redes sociais Um estudo de caso sobre as Olimpíadas 2012 utilizando o Twitter Conceitos e Aplicações de Data Mining Mineração de Dados na Web Social Mineração de texto em redes sociais aplicadas à educação a distância Coleta e Análise de Grandes Bases de Dados de Redes Sociais Online The Realities of Social Media Data Mining

Data Mining em Redes Sociais. Felipe Botelho e Pedro Ugioni

Data Mining em Redes Sociais. Felipe Botelho e Pedro Ugioni Data Mining em Redes Sociais Felipe Botelho e Pedro Ugioni Mineração de Dados Processo de explorar grandes quantidades de dados, Procura de padrões consistentes, Regras de associação ou sequências temporais,

Leia mais

Laboratório de Mídias Sociais

Laboratório de Mídias Sociais Laboratório de Mídias Sociais Aula 02 Análise Textual de Mídias Sociais parte I Prof. Dalton Martins dmartins@gmail.com Gestão da Informação Universidade Federal de Goiás O que é Análise Textual? Análise

Leia mais

COMO ATRAIR VISITANTES PARA SEU WEBSITE

COMO ATRAIR VISITANTES PARA SEU WEBSITE GUIA Inbound Marketing COMO ATRAIR VISITANTES PARA SEU WEBSITE E-BOOK GRÁTIS WWW.FABIODONASCIMENTO.ME Tabela de Conteúdos Introdução... 3 Capítulo 1: Formas de obter Tráfego... 4 Capítulo 2: Como aumentar

Leia mais

Mineração de Opinião / Análise de Sentimentos

Mineração de Opinião / Análise de Sentimentos Mineração de Opinião / Análise de Sentimentos Carlos Augusto S. Rodrigues Leonardo Lino Vieira Leonardo Malagoli Níkolas Timmermann Introdução É evidente o crescimento da quantidade de informação disponível

Leia mais

Questão em foco: Colaboração de produto 2.0. Uso de técnicas de computação social para criar redes sociais corporativas

Questão em foco: Colaboração de produto 2.0. Uso de técnicas de computação social para criar redes sociais corporativas Questão em foco: Colaboração de produto 2.0 Uso de técnicas de computação social para criar redes sociais corporativas Tech-Clarity, Inc. 2009 Sumário Sumário... 2 Introdução à questão... 3 O futuro da

Leia mais

BUSINESS INTELLIGENCE, O ELEMENTO CHAVE PARA O SUCESSO DAS ORGANIZAÇÕES.

BUSINESS INTELLIGENCE, O ELEMENTO CHAVE PARA O SUCESSO DAS ORGANIZAÇÕES. Encontro de Ensino, Pesquisa e Extensão, Presidente Prudente, 22 a 25 de outubro, 2012 88 BUSINESS INTELLIGENCE, O ELEMENTO CHAVE PARA O SUCESSO DAS ORGANIZAÇÕES. Andrios Robert Silva Pereira, Renato Zanutto

Leia mais

SEMINÁRIO ABMES BASES DO MARKETING DIGITAL. Expositor. Júlio César de Castro Ferreira julio.ferreira@produtoranebadon.com.

SEMINÁRIO ABMES BASES DO MARKETING DIGITAL. Expositor. Júlio César de Castro Ferreira julio.ferreira@produtoranebadon.com. SEMINÁRIO ABMES BASES DO MARKETING DIGITAL Expositor Júlio César de Castro Ferreira julio.ferreira@produtoranebadon.com.br (61) 9613-6635 5 PILARES DO MARKETING DIGITAL 1 2 3 4 5 Presença digital: Ações

Leia mais

Thaísa Fortuni. 15 dicas de Mídias Sociais para Moda. Copyright 2015 - Todos os direitos reservados

Thaísa Fortuni. 15 dicas de Mídias Sociais para Moda. Copyright 2015 - Todos os direitos reservados Thaísa Fortuni Thaísa Fortuni 15 dicas de Mídias Sociais para Moda Copyright 2015 - Todos os direitos reservados Sobre Thaísa Fortuni Publicitária por formação, escritora e empreendora digital. Trabalha

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA GRADUAÇÃO EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE INFORMÁTICA E ESTATÍSTICA DATA MINING EM VÍDEOS

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA GRADUAÇÃO EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE INFORMÁTICA E ESTATÍSTICA DATA MINING EM VÍDEOS UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA GRADUAÇÃO EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE INFORMÁTICA E ESTATÍSTICA DATA MINING EM VÍDEOS VINICIUS DA SILVEIRA SEGALIN FLORIANÓPOLIS OUTUBRO/2013 Sumário

Leia mais

Social Media. Criação Personalização Gerenciamento.

Social Media. Criação Personalização Gerenciamento. Criação Personalização Gerenciamento. A Cafuné Design trabalha com as principais mídias e plataformas digitais do momento: Facebook, Twiiter, Instagram, Youtube e LinkedIn. Novas ferramentas de mídia social

Leia mais

Email marketing: os 10 erros mais comuns

Email marketing: os 10 erros mais comuns Email marketing: os 10 erros mais comuns Publicado em: 18/02/2008 Não ter permissão dos contatos para enviar mensagens Um dos princípios fundamentais do email marketing é trabalhar apenas com contatos

Leia mais

1 Introdução. 1.1 A Nova Era Digital

1 Introdução. 1.1 A Nova Era Digital 11 1 Introdução Com o advento da nova era da internet, conhecida com web 2.0, e o avanço das tecnologias digitais, o consumidor passa a ter maior acesso à informação bem como à facilidade de expressar

Leia mais

Gerenciamento de Marketing Corporativo

Gerenciamento de Marketing Corporativo IBM Software White Paper de Liderança de Ideias Gerenciamento de Marketing Corporativo Gerenciamento de Marketing Corporativo (EMM) Os clientes de hoje, com cada vez mais poder, põem o marketing à prova

Leia mais

Introdução ao GetResponse

Introdução ao GetResponse Guia rápido sobre... Introdução ao GetResponse Neste guia... Aprenda a construir sua lista, a criar envolventes e-mails e a converter contatos em clientes em GetResponse, com acesso aos melhores recursos

Leia mais

Número de pessoas com acesso à internet passa de 120 milhões

Número de pessoas com acesso à internet passa de 120 milhões MÍDIA KIT INTERNET Número de pessoas com acesso à internet passa de 120 milhões Segundo pesquisa da Nielsen IBOPE, até o 1º trimestre/2014 número 18% maior que o mesmo período de 2013. É a demonstração

Leia mais

Prof. Msc. Paulo Muniz de Ávila

Prof. Msc. Paulo Muniz de Ávila Prof. Msc. Paulo Muniz de Ávila O que é Data Mining? Mineração de dados (descoberta de conhecimento em bases de dados): Extração de informação interessante (não-trivial, implícita, previamente desconhecida

Leia mais

10 Coisas Simples Que Você Pode. Fazer Agora Para Gerar Tráfego e Leads Gratuitamente

10 Coisas Simples Que Você Pode. Fazer Agora Para Gerar Tráfego e Leads Gratuitamente 10 Coisas Simples Que Você Pode Fazer Agora Para Gerar Tráfego e Leads Gratuitamente Geração de tráfego e converter os leads resultantes em vendas é o último desafio para qualquer comerciante ou empreendedor,

Leia mais

UNIMEP MBA em Gestão e Negócios

UNIMEP MBA em Gestão e Negócios UNIMEP MBA em Gestão e Negócios Módulo: Sistemas de Informações Gerenciais Aula 4 TI com foco nos Negócios: Áreas envolvidas (Parte II) Flávio I. Callegari www.flaviocallegari.pro.br O perfil do profissional

Leia mais

Marketing digital NARCISO SANTAELLA

Marketing digital NARCISO SANTAELLA Marketing digital 1 Introdução As agências de publicidade recorrem ao marketing digital para conquistar o público que hoje tem na web uma das principais fontes de informação. Utilizar todos os recursos

Leia mais

Como a automação de marketing pode aumentar suas vendas

Como a automação de marketing pode aumentar suas vendas edição 04 Guia do inbound marketing Como a automação de marketing pode aumentar suas vendas Como a automação de marketing pode aumentar suas vendas Há um tempo atrás o departamento de marketing era conhecido

Leia mais

Big Data. Como utilizar melhor e mais rápido seus dados e informações utilizando metodologias e tecnologias GED/ECM

Big Data. Como utilizar melhor e mais rápido seus dados e informações utilizando metodologias e tecnologias GED/ECM Big Data Como utilizar melhor e mais rápido seus dados e informações utilizando metodologias e tecnologias GED/ECM Irineu Granato, CDIA+ CBPP, AIIM (ECMp, ECMs, IOAp, BPMs, ERMs) AIIM Professional Member

Leia mais

Integração com a Mídia Social

Integração com a Mídia Social Guia rápido sobre... Integração com a Mídia Social Neste guia... Vamos mostrar como integrar seu marketing com as mídias sociais para você tirar o maior proveito de todo esse burburinho online! Nós ajudamos

Leia mais

O novo desafio das marcas: uma visão global dos hábitos dos clientes em dispositivos móveis e redes sociais

O novo desafio das marcas: uma visão global dos hábitos dos clientes em dispositivos móveis e redes sociais O novo desafio das marcas: uma visão global dos hábitos dos clientes em dispositivos móveis e redes sociais SDL Campaign Management & Analytics Introdução Prezado profissional de marketing, A ideia de

Leia mais

E as Mídias e Redes Sociais? Preciso delas? DÁ#PRA#CONCEITUAR#O#QUE#É#MÍDIA# SOCIAL? Disciplina Informática Básica

E as Mídias e Redes Sociais? Preciso delas? DÁ#PRA#CONCEITUAR#O#QUE#É#MÍDIA# SOCIAL? Disciplina Informática Básica Curso de Administração DÁ#PRA#CONCEITUAR#O#QUE#É#MÍDIA# SOCIAL? Disciplina Informática Básica! [...]% um% grupo% de% aplicações% para% Internet% construídas% com% base% nos% fundamentos% ideológicos% e%

Leia mais

Como cultivar leads do Comitê de TI

Como cultivar leads do Comitê de TI BRASIL Como cultivar leads do Comitê de TI O marketing está ajudando ou atrapalhando? Confiança + Credibilidade devem ser CONQUISTADAS O profissional de marketing moderno conhece a importância de cultivar

Leia mais

Resultados da Pesquisa

Resultados da Pesquisa Resultados da Pesquisa 1. Estratégia de Mensuração 01 As organizações devem ter uma estratégia de mensuração formal e garantir que a mesma esteja alinhada com os objetivos da empresa. Assim, as iniciativas

Leia mais

7 dicas rápidas de marketing digital para você sair na frente! MARKETING DIGITAL

7 dicas rápidas de marketing digital para você sair na frente! MARKETING DIGITAL DICAS PARA DIVULGAR SUA EMPRESA E AUMENTAR AS VENDAS NO FIM DE ANO 7 dicas rápidas de marketing digital para você sair na frente! MARKETING DIGITAL Sumário Apresentação Capítulo 1 - Crie conteúdo de alta

Leia mais

POLÍTICA DE PRIVACIDADE AMBIENTAL MERCANTIL

POLÍTICA DE PRIVACIDADE AMBIENTAL MERCANTIL POLÍTICA DE PRIVACIDADE AMBIENTAL MERCANTIL Leia com atenção a nossa Política de Privacidade. Esta Política de Privacidade aplica-se à todos os usuários cadastrados no site, e integram os Termos e Condições

Leia mais

3 As Mídias Sociais como Ferramentas de Marketing

3 As Mídias Sociais como Ferramentas de Marketing 26 3 As Mídias Sociais como Ferramentas de Marketing O surgimento das mídias sociais está intimamente ligado ao fenômeno da geração de conteúdo pelo usuário e ao crescimento das redes sociais virtuais

Leia mais

VOCÊ SABE O QUE É E-MAIL MARKETING? [[ ][ Aprenda como funciona e quais resultados você pode obter

VOCÊ SABE O QUE É E-MAIL MARKETING? [[ ][ Aprenda como funciona e quais resultados você pode obter VOCÊ SABE O QUE É E-MAIL MARKETING? [[ ][ Aprenda como funciona e quais resultados você pode obter Vivemos a era do conteúdo na Internet. Um e-mail com o conteúdo certo, distribuído às pessoas certas é

Leia mais

E-books. Marketing no Facebook. Sebrae

E-books. Marketing no Facebook. Sebrae E-books Sebrae Marketing e Vendas Marketing no Facebook Marketing de conteúdo e engajamento na rede Marketing de conteúdo no Facebook Tipos de conteúdo Edge Rank e os fatores de engajamento Facebook Ads

Leia mais

Informática Básica. Internet Intranet Extranet

Informática Básica. Internet Intranet Extranet Informática Básica Internet Intranet Extranet Para começar... O que é Internet? Como a Internet nasceu? Como funciona a Internet? Serviços da Internet Considerações finais O que é Internet? Ah, essa eu

Leia mais

FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC GOIÁS GESTÃO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO ANTÔNIO TAVARES PEREIRA ROMILSON BARSANULFO DA SILVA

FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC GOIÁS GESTÃO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO ANTÔNIO TAVARES PEREIRA ROMILSON BARSANULFO DA SILVA FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAC GOIÁS GESTÃO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO ANTÔNIO TAVARES PEREIRA ROMILSON BARSANULFO DA SILVA A IMPORTÂNCIA DAS REDES SOCIAIS PARA A COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL

Leia mais

SISTEMÁTICA WEBMARKETING

SISTEMÁTICA WEBMARKETING SISTEMÁTICA WEBMARKETING Breve descrição de algumas ferramentas Sobre o Webmarketing Web Marketing é uma ferramenta de Marketing com foco na internet, que envolve pesquisa, análise, planejamento estratégico,

Leia mais

Segmentação Inteligente: como utilizá-la

Segmentação Inteligente: como utilizá-la Segmentação Inteligente: como utilizá-la SEGMENTAÇÃO INTELIGENTE: COMO UTILIZÁ-LA O que você acha de chegar a uma loja e ter todos os produtos que mais deseja separados exclusivamente para você, com todas

Leia mais

Uso estratégico do Facebook Como sua empresa pode explorar a rede social ao máximo

Uso estratégico do Facebook Como sua empresa pode explorar a rede social ao máximo Uso estratégico do Facebook Como sua empresa pode explorar a rede social ao máximo www.talk2.com.br 03 Introdução 3 05 06 07 10 10 12 20 CONSTRUÇÃO DE ESTRATÉGIAS 2.1Facebook e a predileção pelas marcas

Leia mais

Professor: Disciplina:

Professor: Disciplina: Professor: Curso: Esp. Marcos Morais de Sousa marcosmoraisdesousa@gmail.com Sistemas de informação Disciplina: Introdução a SI Noções de sistemas de informação Turma: 01º semestre Prof. Esp. Marcos Morais

Leia mais

MARKETING NAS REDES SOCIAIS. Carlos Henrique Cangussu (Discente do 2º ano do curso de Administração das Faculdades Integradas de Três Lagoas AEMS)

MARKETING NAS REDES SOCIAIS. Carlos Henrique Cangussu (Discente do 2º ano do curso de Administração das Faculdades Integradas de Três Lagoas AEMS) 1 MARKETING NAS REDES SOCIAIS Angela de Souza Brasil (Docente Esp. Faculdades Integradas de Três Carlos Henrique Cangussu Daniel Barbosa Maia Elisandra Inês Peirot Schneider Marcelo Da Silva Sivestre Tiago

Leia mais

Facebook Analytics: Como mensurar e otimizar a presença da sua empresa no Facebook

Facebook Analytics: Como mensurar e otimizar a presença da sua empresa no Facebook Marketing Digital de resultado para Médias e Pequenas Empresas Facebook Analytics: Como mensurar e otimizar a presença da sua empresa no Facebook Ferramentas e experimentos para conseguir melhores resultados

Leia mais

PARANÁ GOVERNO DO ESTADO

PARANÁ GOVERNO DO ESTADO PARANÁ GOVERNO DO ESTADO COLÉGIO ESTADUAL DE PARANAVAÍ ENSINO FUNDAMENTAL, MÉDIO, NORMAL E PROFISSIONAL CURSO TÉCNICO EM INFORMÁTICA DISCIPLINA: INTERNET E PROGRAMAÇÃO WEB 1º MÓDULO SUBSEQUENTE MECANISMOS

Leia mais

10 regras para o sucesso dos seus concursos no Facebook

10 regras para o sucesso dos seus concursos no Facebook Livro branco 10 regras para o sucesso dos seus concursos no Facebook 07/ 2014 www.kontestapp.com Introdução Facebook se tornou incontestavelmente a rede social mais popular do mundo. Com 1 bilhão de usuários

Leia mais

E-books. Introdução às Mídias Sociais. Sebrae

E-books. Introdução às Mídias Sociais. Sebrae E-books Sebrae Marketing e Vendas Introdução às Mídias Sociais O que fazer com as mídias sociais Tipos de ações As principais mídias sociais Dicas e considerações finais Autor Felipe Orsoli 1 SUMÁRIO 1

Leia mais

15 dicas. para tornar o seu E-mail Marketing bem-sucedido

15 dicas. para tornar o seu E-mail Marketing bem-sucedido 15 dicas para tornar o seu E-mail Marketing bem-sucedido 1 Índice PÁG 04 - Dica 1: Analise o mercado e segmente os consumidores PÁG 05 - Dica 2: Tenha uma lista Opt-In PÁG 05 - Dica 3: Insira um link para

Leia mais

Quem é Ana Luiza Cunha?

Quem é Ana Luiza Cunha? Apresentação WSI Quem é a WSI? Fundada em 1995 Nascimento da Internet 1.100 Consultores de Marketing Digital 81 países 12 grandes Centros de Produção Receita estimada da rede: acima de US$160 milhões Parceiros:

Leia mais

Todo o Potencial do WiFi Social para Clientes

Todo o Potencial do WiFi Social para Clientes Todo o Potencial do WiFi Social para Clientes # Cenário A Importância das Redes Sociais & Dispositivos Móveis para o Marketing e o Negócio Os dispositivos móveis seguirão de forma crescente, adquirindo

Leia mais

ATÓRIO OBSERV. mcf*(penso) julho/agosto 2013

ATÓRIO OBSERV. mcf*(penso) julho/agosto 2013 OBSERV ATÓRIO Outro dia, por mais uma vez, decidi que freqüentaria a uma academia. Como acabei de me mudar de casa, busquei no Google maps do meu celular por Academia e de imediato diversos pontinhos vermelhos

Leia mais

O QUE É AUTOMAÇÃO DE MARKETING?

O QUE É AUTOMAÇÃO DE MARKETING? O QUE É AUTOMAÇÃO DE MARKETING? AUTOMAÇÃO DE MARKETING AJUDA A Fechar mais negócios Atrair mais potenciais clientes Entregue mais clientes já qualificados para a equipe de vendas e feche mais negócios

Leia mais

Publicidade. Monitoramento: Percepções sobre Publicidade. Relatório de Monitoramento de Marcas e Conversações

Publicidade. Monitoramento: Percepções sobre Publicidade. Relatório de Monitoramento de Marcas e Conversações Crédito da imagem: ronnestam.com Anúncio Upex Publicidade Relatório de Monitoramento de Marcas e Conversações Introdução Foram realizadas buscas na mídia social Twitter, através de ferramenta de monitoramento

Leia mais

Como gerar Relacionamentos MÍDIAS SOCIAIS

Como gerar Relacionamentos MÍDIAS SOCIAIS Como gerar Relacionamentos MÍDIAS SOCIAIS REVOLUÇÃO TECNOLÓGICA 50 milhões de usuários IDADE MÍDIA 90 milhões de brasileiros na WEB, 70 milhões na rede social Facebook e mais de 30 milhões no Twitter ADEUS

Leia mais

*Todos os direitos reservados.

*Todos os direitos reservados. *Todos os direitos reservados. A cada ano, as grandes empresas de tecnologia criam novas ferramentas Para o novo mundo digital. Sempre temos que nos renovar para novas tecnologias, a Karmake está preparada.

Leia mais

Segurança + Conformidade. Dentro do Prazo e Orçamento Previsto Sob Demanda

Segurança + Conformidade. Dentro do Prazo e Orçamento Previsto Sob Demanda Segurança + Conformidade Dentro do Prazo e Orçamento Previsto Sob Demanda Segurança e Conformidade via Software-as-a-Service (SaaS) Hoje em dia, é essencial para as empresas administrarem riscos de segurança

Leia mais

MONITORAMENTO E GOOGLE PLUS. Leonardo Alvez Letícia Chibior Patrick Miguel Ruth Derevecki Samara Bark / / 4MA

MONITORAMENTO E GOOGLE PLUS. Leonardo Alvez Letícia Chibior Patrick Miguel Ruth Derevecki Samara Bark / / 4MA MONITORAMENTO E GOOGLE PLUS Leonardo Alvez Letícia Chibior Patrick Miguel Ruth Derevecki Samara Bark / / 4MA MONITORAMENTO As empresas sabem que o planejamento digital, gestão de conteúdo, anúncios, campanhas

Leia mais

MIDIA KIT 2015 www.naporteiracast.com.br

MIDIA KIT 2015 www.naporteiracast.com.br MIDIA KIT 15 www.naporteiracast.com.br O QUE É PODCAST? O termo podcast é a junção das palavras ipod (dispositivo de reprodução de arquivos digitais fabricado pela Apple) e broadcast (transmissão, em inglês).

Leia mais

Plano de Ação para Mídias Sociais: ebook para agências de turismo. Copyright 2015. Agente no Turismo Strategia Consultoria Turística Ltda.

Plano de Ação para Mídias Sociais: ebook para agências de turismo. Copyright 2015. Agente no Turismo Strategia Consultoria Turística Ltda. Plano de Ação para Mídias Sociais: ebook para agências de turismo Copyright 2015 Agente no Turismo Strategia Consultoria Turística Ltda. Todos os direitos reservados. Pode ser compartilhado com conteúdo,

Leia mais

Mídias Sociais. Fatos e Dicas para 2013. Esteja preparado para um ano digital, social e interativo

Mídias Sociais. Fatos e Dicas para 2013. Esteja preparado para um ano digital, social e interativo Mídias Sociais Fatos e Dicas para 2013 Esteja preparado para um ano digital, social e interativo NESTE E-BOOK VOCÊ VAI ENCONTRAR: 1 - Porque as mídias sociais crescem em tamanho e em importância para o

Leia mais

Guia completo para o sucesso de sua loja de veículos: dicas de como ter sucesso e manter uma alta lucratividade neste segmento

Guia completo para o sucesso de sua loja de veículos: dicas de como ter sucesso e manter uma alta lucratividade neste segmento Guia completo para o sucesso de sua loja de veículos: dicas de como ter sucesso e manter uma alta lucratividade neste segmento Introdução Planejamento Divulgando sua loja Como fechar as vendas Nota Fiscal

Leia mais

Estudo de Web Marketing para a Prova NP1 Dia da prova: 07/10/2011

Estudo de Web Marketing para a Prova NP1 Dia da prova: 07/10/2011 Curso de Marketing Disciplina: Web Marketing Professor: Roberto Marcello Estudo de Web Marketing para a Prova NP1 Dia da prova: 07/10/2011 Web Marketing Web Marketing é qualquer esforço promocional realizado

Leia mais

Um produto para jogar um conteúdo matemático e estudar um jogo social

Um produto para jogar um conteúdo matemático e estudar um jogo social Um produto para jogar um conteúdo matemático e estudar um jogo social 1 2 SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO... 3 2 OBJETIVOS... 4 3 DESENVOLVIMENTO... 5 4 CONCLUSÃO... 11 5 REFERÊNCIA... 11 TABELA DE FIGURAS Figura

Leia mais

PROJETO DE REDES www.projetoderedes.com.br

PROJETO DE REDES www.projetoderedes.com.br PROJETO DE REDES www.projetoderedes.com.br Centro Universitário de Volta Redonda - UniFOA Curso Tecnológico de Redes de Computadores 5º período Disciplina: Tecnologia WEB Professor: José Maurício S. Pinheiro

Leia mais

Facebook Analytics: Como mensurar e otimizar a presença da sua empresa no Facebook

Facebook Analytics: Como mensurar e otimizar a presença da sua empresa no Facebook Marketing Digital de resultado para Médias e Pequenas Empresas Facebook Analytics: Como mensurar e otimizar a presença da sua empresa no Facebook Ferramentas e experimentos para conseguir melhores resultados

Leia mais

Criando Campanhas de E-mail Marketing com o Apoio do Opinion Mining

Criando Campanhas de E-mail Marketing com o Apoio do Opinion Mining Criando Campanhas de E-mail Marketing com o Apoio do Opinion Mining Marcelo Drudi Miranda mdrudi@gmail.com UNINOVE Renato José Sassi sassi@uninove.br UNINOVE Resumo:Empresas de vários ramos de negócio,

Leia mais

Mídias sociais nas empresas O relacionamento online com o mercado

Mídias sociais nas empresas O relacionamento online com o mercado Mídias sociais nas empresas O relacionamento online com o mercado Maio de 2010 Conteúdo Introdução...4 Principais conclusões...5 Dados adicionais da pesquisa...14 Nossas ofertas de serviços em mídias sociais...21

Leia mais

Sistema. Atividades. Sistema de informações. Tipos de sistemas de informação. Everson Santos Araujo everson@everson.com.br

Sistema. Atividades. Sistema de informações. Tipos de sistemas de informação. Everson Santos Araujo everson@everson.com.br Sistema Tipos de sistemas de informação Everson Santos Araujo everson@everson.com.br Um sistema pode ser definido como um complexo de elementos em interação (Ludwig Von Bertalanffy) sistema é um conjunto

Leia mais

2 Conceitos Gerais de Classificação de Documentos na Web

2 Conceitos Gerais de Classificação de Documentos na Web Conceitos Gerais de Classificação de Documentos na Web 13 2 Conceitos Gerais de Classificação de Documentos na Web 2.1. Páginas, Sites e Outras Terminologias É importante distinguir uma página de um site.

Leia mais

Monitoramento de Redes Sociais

Monitoramento de Redes Sociais Monitoramento de Redes Sociais O QlikBrand é uma ferramenta profissional para monitoramento de mídias sociais e o primeiro "Social Mídia Discovery" com Qlikview. Localiza menções nas mídias sociais, interage

Leia mais

Tentar entender como usar melhor os diferentes canais.

Tentar entender como usar melhor os diferentes canais. The New Conversation: Taking Social Media from Talk to Action A Nova Conversação: Levando a Mídia Social da Conversa para a Ação By: Harvard Business Review A sabedoria convencional do marketing por muito

Leia mais

Marketing Digital. Prof. Rodrigo Mocellin. AV. Presidente Getúlio Vargas, 902 Rebouças - Curitiba, Paraná - 80230-030

Marketing Digital. Prof. Rodrigo Mocellin. AV. Presidente Getúlio Vargas, 902 Rebouças - Curitiba, Paraná - 80230-030 Marketing Digital Prof. Rodrigo Mocellin Pesquisa O objetivo maior do marketing é a identificação e satisfação das necessidades e desejos do cliente (KOTLER, 2000). Para identificar essas necessidades

Leia mais

IMPLEMENTAÇÃO DE UM ALGORITMO DE PADRÕES DE SEQUÊNCIA PARA DESCOBERTA DE ASSOCIAÇÕES ENTRE PRODUTOS DE UMA BASE DE DADOS REAL

IMPLEMENTAÇÃO DE UM ALGORITMO DE PADRÕES DE SEQUÊNCIA PARA DESCOBERTA DE ASSOCIAÇÕES ENTRE PRODUTOS DE UMA BASE DE DADOS REAL Universidade Federal de Ouro Preto - UFOP Instituto de Ciências Exatas e Biológicas - ICEB Departamento de Computação - DECOM IMPLEMENTAÇÃO DE UM ALGORITMO DE PADRÕES DE SEQUÊNCIA PARA DESCOBERTA DE ASSOCIAÇÕES

Leia mais

PUBLICIDADE ONLINE uma visão geral. João Luiz Serpa Seraine Webdesigner 11/05/2007

PUBLICIDADE ONLINE uma visão geral. João Luiz Serpa Seraine Webdesigner 11/05/2007 PUBLICIDADE ONLINE uma visão geral João Luiz Serpa Seraine Webdesigner 11/05/2007 Nova Economia A nova economia está diretamente ligada à velocidade de informações, comunicação, conhecimento, tecnologia.

Leia mais

Aula 1: Introdução à Disciplina Fonte: Plano de Aula Oficial da Disciplina

Aula 1: Introdução à Disciplina Fonte: Plano de Aula Oficial da Disciplina Programação para Internet Rica 1 Aula 1: Introdução à Disciplina Fonte: Plano de Aula Oficial da Disciplina Objetivo: Identificar os princípios que se destacam como características da Web 2.0. INTRODUÇÃO

Leia mais

Marketing Digital de resultado para PMEs. Monitoramento na Internet A arma competitiva das pequenas e médias empresas

Marketing Digital de resultado para PMEs. Monitoramento na Internet A arma competitiva das pequenas e médias empresas Monitoramento na Internet A arma competitiva das pequenas e médias empresas 1 Sumário I II V Porque monitorar? O que monitorar? Onde monitorar? Como engajar? 2 Por que Monitorar? 3 I II V Nas mídias sociais

Leia mais

ESTRATÉGIA DIGITAL. Prof. Luli Radfahrer

ESTRATÉGIA DIGITAL. Prof. Luli Radfahrer ESTRATÉGIA DIGITAL Prof. Luli Radfahrer - Conforme estipulado no Termo de Uso, todo o conteúdo ora disponibilizado é de titularidade exclusiva do IAB ou de terceiros parceiros e é protegido pela legislação

Leia mais

Mídias sociais como apoio aos negócios B2C

Mídias sociais como apoio aos negócios B2C Mídias sociais como apoio aos negócios B2C A tecnologia e a informação caminham paralelas à globalização. No mercado atual é simples interagir, aproximar pessoas, expandir e aperfeiçoar os negócios dentro

Leia mais

Como monitorar o que estão falando da minha empresa

Como monitorar o que estão falando da minha empresa http://www.tecnocratadigital.com.br/wp-content/uploads/2010/11/social-media-optimization.jpg Como monitorar o que estão falando da minha empresa nas Mídias Sociais de forma simples e direta. Paulo Milreu

Leia mais

RECUPERANDO INFORMAÇÃO SOBRE TEXTOS PUBLICADOS NO TWITTER

RECUPERANDO INFORMAÇÃO SOBRE TEXTOS PUBLICADOS NO TWITTER RECUPERANDO INFORMAÇÃO SOBRE TEXTOS PUBLICADOS NO TWITTER Autores: Miguel Airton FRANTZ 1 ;; Angelo Augusto FROZZA 2, Reginaldo Rubens da SILVA 2. Identificação autores: 1 Bolsista de Iniciação Científica

Leia mais

marketing de conteudo para vendas Um guia de como usar conteúdo de maneira estratégica para cada etapa do seu funil de vendas

marketing de conteudo para vendas Um guia de como usar conteúdo de maneira estratégica para cada etapa do seu funil de vendas marketing de conteudo para vendas Um guia de como usar conteúdo de maneira estratégica para cada etapa do seu funil de vendas A Rock Content é a empresa líder em marketing de conteúdo no mercado brasileiro.

Leia mais

Ambientação ao Moodle. João Vicente Cegato Bertomeu

Ambientação ao Moodle. João Vicente Cegato Bertomeu Ambientação ao Moodle João Vicente Cegato Bertomeu AMBIENTAÇÃO A O MOODLE E S P E C I A L I Z A Ç Ã O E M SAUDE da FAMILIA Sumário Ambientação ao Moodle 21 1. Introdução 25 2. Histórico da EaD 25 3. Utilizando

Leia mais

APLICAÇÃO DE MINERAÇÃO DE DADOS PARA O LEVANTAMENTO DE PERFIS: ESTUDO DE CASO EM UMA INSTITUIÇÃO DE ENSINO SUPERIOR PRIVADA

APLICAÇÃO DE MINERAÇÃO DE DADOS PARA O LEVANTAMENTO DE PERFIS: ESTUDO DE CASO EM UMA INSTITUIÇÃO DE ENSINO SUPERIOR PRIVADA APLICAÇÃO DE MINERAÇÃO DE DADOS PARA O LEVANTAMENTO DE PERFIS: ESTUDO DE CASO EM UMA INSTITUIÇÃO DE ENSINO SUPERIOR PRIVADA Lizianne Priscila Marques SOUTO 1 1 Faculdade de Ciências Sociais e Aplicadas

Leia mais

PROPOPOSTA COMERCIAL Google Adwords

PROPOPOSTA COMERCIAL Google Adwords PROPOPOSTA COMERCIAL Google Adwords Sumário Sobre a Tribusweb 3 Soluções e Proposta 6 Condições Comerciais 9 Condições gerais 10 2 Sobre a Tribusweb A Tribusweb é uma agência de marketing digital que atua

Leia mais

Sphinx Scanner Informações gerais V 5.1.0.8

Sphinx Scanner Informações gerais V 5.1.0.8 Sphinx Scanner Informações gerais V 5.1.0.8 Pré-requisitos: Possuir modalidade scanner no software Sphinx A SPHINX Brasil propõe uma solução de leitura automática de questionários por scanner. O Sphinx

Leia mais

Outros Elementos que fazem parte dos ambientes sociais digitais

Outros Elementos que fazem parte dos ambientes sociais digitais Outros Elementos que fazem parte dos ambientes sociais digitais Interatividade em várias interfaces e formatos Compartilhamento ilimitado Mobilidade: tuitamos e até blogamos em qualquer lugar Conteúdo

Leia mais

http://www.publicare.com.br/site/5,1,26,5480.asp

http://www.publicare.com.br/site/5,1,26,5480.asp Página 1 de 7 Terça-feira, 26 de Agosto de 2008 ok Home Direto da redação Última edição Edições anteriores Vitrine Cross-Docking Assine a Tecnologística Anuncie Cadastre-se Agenda Cursos de logística Dicionário

Leia mais

5 Coisas que você deve saber sobre a ExactTarget Marketing Cloud

5 Coisas que você deve saber sobre a ExactTarget Marketing Cloud 5 Coisas que você deve saber sobre a ExactTarget Marketing Cloud Aprimore a jornada de seus clientes com a plataforma de marketing digital 1:1 líder de mercado 5 Coisas que você deve saber sobre a ExactTarget

Leia mais

10 regras para o sucesso dos seus concursos no Facebook

10 regras para o sucesso dos seus concursos no Facebook 10 regras para o sucesso dos seus concursos no Facebook www.kontestapp.com 11/2012 Introdução Facebook se tornou incontestavelmente a rede social mais popular do mundo. Com 1 bilhão de usuários dos quais

Leia mais

Criar Newsletters. Guia rápido sobre...

Criar Newsletters. Guia rápido sobre... Guia rápido sobre... Criar Newsletters Neste guia... Saiba como criar atrativas newsletters em texto simples ou HTML para captar a atenção de seus contatos e ir ao encontro de seus interesses e expectativas.

Leia mais

Relatório de Consumo de Conteúdo Profissional 2014

Relatório de Consumo de Conteúdo Profissional 2014 Relatório de Consumo de Conteúdo Profissional 2014 A ascensão dos Revolucionários de Conteúdo: uma análise minuciosa sobre os principais usuários que consomem conteúdo no LinkedIn e como os profissionais

Leia mais

C O N S U L T O R I A E G E S T Ã O P A R A E S T R A T É G I A D E R E D E S S O C I A I S

C O N S U L T O R I A E G E S T Ã O P A R A E S T R A T É G I A D E R E D E S S O C I A I S C O N S U L T O R I A E G E S T Ã O P A R A E S T R A T É G I A D E R E D E S S O C I A I S A MELHOR OPORTUNIDADE PARA O SEU NEGÓCIO ESTÁ AO SEU ALCANCE NAS REDES SOCIAIS... O MUNDO É FEITO DE REDES SOCIAIS

Leia mais

Fases para um Projeto de Data Warehouse. Fases para um Projeto de Data Warehouse. Fases para um Projeto de Data Warehouse

Fases para um Projeto de Data Warehouse. Fases para um Projeto de Data Warehouse. Fases para um Projeto de Data Warehouse Definição escopo do projeto (departamental, empresarial) Grau de redundância dos dados(ods, data staging) Tipo de usuário alvo (executivos, unidades) Definição do ambiente (relatórios e consultas préestruturadas

Leia mais

Como Levar o Seu Blog Para o Próximo Nível

Como Levar o Seu Blog Para o Próximo Nível Como Levar o Seu Blog Para o Próximo Nível Trazido Até Você Por http://virtualmarketingpro.com/blog/joaofilho/ Como Levar o Seu Blog Ao Próximo Nível Termos e Condições Aviso Legal O escritor esforçou-se

Leia mais

Programa EAD-EJEF. Manual do Estudante

Programa EAD-EJEF. Manual do Estudante Tribunal de Justiça do Estado de Minas Gerais - TJMG Escola Judicial Desembargador Edésio Fernandes - EJEF Programa de Educação a Distância do TJMG EAD-EJEF Programa EAD-EJEF Manual do Estudante Versão

Leia mais

Criando presença com as páginas do Facebook

Criando presença com as páginas do Facebook Páginas do 1 Criando presença com as páginas do Sua Página Todos os dias, milhões de pessoas em todo o mundo acessam o para se conectar com amigos e compartilhar coisas que gostam. Este guia foi desenvolvido

Leia mais

POLÍTICA DE PRIVACIDADE DA INTEREP REPRESENTAÇÕES VIAGENS E TURISMO LTDA

POLÍTICA DE PRIVACIDADE DA INTEREP REPRESENTAÇÕES VIAGENS E TURISMO LTDA POLÍTICA DE PRIVACIDADE DA INTEREP REPRESENTAÇÕES VIAGENS E TURISMO LTDA Ao desenvolvermos o site Interep.com.br tivemos duas premissas como objetivos principais: tecnologia e segurança. Investimos em

Leia mais

Análise de Redes Sociais aplicadas ao Mercado. Msc. Ícaro Oliveira de Oliveira Especialista em Ciência dos Dados

Análise de Redes Sociais aplicadas ao Mercado. Msc. Ícaro Oliveira de Oliveira Especialista em Ciência dos Dados Análise de Redes Sociais aplicadas ao Mercado Msc. Ícaro Oliveira de Oliveira Especialista em Ciência dos Dados 30/07/2015 A Análise de Redes Sociais se aplica a diferentes áreas da computação, dentre

Leia mais

Check list. Plano estratégico de marketing no agronegócio Criando um plano de marketing

Check list. Plano estratégico de marketing no agronegócio Criando um plano de marketing Check list Plano estratégico de marketing no agronegócio Criando um plano de marketing Check list Plano estratégico de marketing no agronegócio Criando um plano de marketing Você ficaria surpreso se soubesse

Leia mais

Curso Completo de Marketing Multinível MARKETING DE ATRAÇÃO

Curso Completo de Marketing Multinível MARKETING DE ATRAÇÃO Curso Completo de Marketing Multinível MARKETING DE ATRAÇÃO MARKETING DE ATRAÇÃO Uma das estratégias mais poderosas que você pode usar para trabalhar com contatos frios é o marketing de atração. Esse é

Leia mais

ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO: 1 de outubro de 2015. Política de Privacidade do Site

ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO: 1 de outubro de 2015. Política de Privacidade do Site ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO: 1 de outubro de 2015 Política de Privacidade do Site Esta Política de Privacidade do Site destina-se a informá-lo sobre o modo como utilizamos e divulgamos informações coletadas em

Leia mais

Ferramentas de informações e comunicações e as interações possíveis Tecnologias populares para uma Educação à Distância mais Popular.

Ferramentas de informações e comunicações e as interações possíveis Tecnologias populares para uma Educação à Distância mais Popular. Trabalha de Conclusão do Curso Educação a Distância : Um Novo Olhar Para a Educação - Formação de Professores/Tutores em EaD pelo Portal Somática Educar Ferramentas de informações e comunicações e as interações

Leia mais

SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

SISTEMAS DE INFORMAÇÃO SISTEMAS DE INFORMAÇÃO 1.1 2003 by Prentice Hall Sistemas de Informação José Celso Freire Junior Engenheiro Eletricista (UFRJ) Mestre em Sistemas Digitais (USP) Doutor em Engenharia de Software (Universit(

Leia mais

UM NEGÓCIO PRODUTIVO NO

UM NEGÓCIO PRODUTIVO NO UM NEGÓCIO PRODUTIVO NO Objetivos do treinamento Conhecer o potencial que as Redes Sociais tem no mundo e a aplicabilidade no seu Negócio Amway. Aprender como criar e administrar uma conta no FACEBOOK.

Leia mais