Monitoramento Online de Máquinas e Equipamentos Tel

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Monitoramento Online de Máquinas e Equipamentos www.preditivaonline.com.br marceloterra@preditivaonline.com.br Tel. 15-997741518"

Transcrição

1

2 Principais Conceitos

3 Definição de manutenção : ato ou efeito de manter; cuidar de algum objeto ou bem. Conservação. Podemos entender manutenção como o conjunto de tratativas e cuidados técnicos, indispensáveis ao funcionamento regular e permanente de nossas máquinas, equipamentos, ferramentas e instalações. Esses cuidados envolvem a conservação, a adequação, a restauração, a substituição e a prevenção. Por exemplo: 1- Quando mantemos as engrenagens lubrificadas, estamos conservando-as; 2- Quando estamos trocando um plugue de um cabo elétrico, estaremos substituindo-o por um novo; 3- Quando efetuamos uma reforma em um imóvel, estamos restaurando-o pelo efeito do tempo; 4- Quando estamos isolando uma emenda de um fio, estamos prevenindo-o de um curto-circuito.

4 Histórico da Manutenção

5 Primeira Geração Antecedeu a 2ª guerra mundial : perfil industrial Pouco mecanizada; Equipamentos simples e super dimensionados; Produtividade era prioritária; Manutenção não era sistematizada; Serviços de limpeza, lubrificação e reparos corretivos executados após a quebra; Os serviços eram fundamentados apenas na Manutenção Corretiva.

6 Segunda Geração Após 2ª guerra até anos 60 Pressões do período pós-guerra devido a escassez e a precariedade de recursos; Aumento da demanda por todo tipo de produtos; Mão de obra industrial diminui sensivelmente; Forte apelo ao aumento de mecanização; Aumento da complexidade das instalações industriais.

7 Segunda Geração Após 2ª guerra até anos 60 Maior evidência da disponibilidade e confiabilidade; Aumento da busca por maior produtividade; Maior dependência do bom funcionamento das máquinas; Busca de soluções para evitar as falhas dos equipamentos;

8 Segunda Geração Após 2ª guerra até anos 60 Intervenção nas máquinas passam a ser realizadas em intervalos fixos; custo da manutenção elevado se comparado com outros custos operacionais; aumenta-se o planejamento e controle da manutenção; Os serviços já são focados na redução de custos e produtividade, surge: Manutenção Preventiva.

9 Terceira Geração A partir da década de 70 Acelera-se o processo de mudança nas indústrias; A paralisação da produção - aumenta os custos; Afeta a qualidade dos produtos; Necessidade de visualização instantânea dos fatos.

10 Terceira Geração A partir da década de 70 Sistemas Just in Time ; Pausas na produção - paralisação da fábrica; Crescimento da manutenção e da mecanização indica confiabilidade e disponibilidade; Enfoque dos pontos chaves: Saúde Processamento de dados e telecomunicações Segurança Meio Ambiente Maior automação pode significar falhas mais freqüentes Regulamentações legislativas podem impedir funcionamento de empresas;

11 Terceira Geração A partir da década de 70 As intervenções devem ser reduzidas ao máximo, evitando gastos, tempo, pessoal e desvio da produtividade. Reforça-se o conceito da MANUTENÇÃO PREDITIVA!!!

12 Objetivos da Manutenção De modo geral, a manutenção em uma empresa tem como objetivos: Manter os equipamentos e máquinas em condições de pleno funcionamento, para garantir a produção normal e a qualidade dos nossos produtos (concreto). Prevenir prováveis falhas ou quebras dos elementos das máquinas Gerir de forma ideal os recursos (acessórios) de forma a obter o melhor rendimento dos equipamentos. Otimizar os processo de manutenção, operação e segurança das máquinas e equipamentos (retrofitting). Reduzir as intervenções o menor número possível Reduzir os custos de manutenção Cuidar do ativo da empresa

13 Responsabilidade pela Manutenção Os serviços de manutenção não são de responsabilidade exclusiva do pessoal da manutenção, mas também de todos os operadores, auxiliares, e responsáveis de uma forma direta ou indireta pelas máquinas e equipamentos, e ou pelas instalações. Os serviços periódicos de manutenção consistem de vários procedimentos que visam manter a máquina e equipamentos em perfeito estado de funcionamento. Esses procedimentos envolvem várias operações: monitorar as partes da máquina sujeitas a maiores desgastes; ajustar ou trocar componentes em períodos predeterminados; examinar os componentes antes do término de suas garantias; replanejar, se necessário, o programa de prevenção;

14 Paradigma do Passado O homem da manutenção sente-se bem quando executa um bom reparo.

15 Paradigma Moderno O homem da manutenção sente-se bem quando consegue evitar falhas.

16 Tipos de Manutenção Manutenção Manutenção Planejadas Manutenção Não-Planejada Preventiva Preditiva TPM Corretiva Ocasional Detectiva

17 Manutenção É um processo de MELHORIA CONTÍNUA!

18 Manutenção Preventiva Manutenção preventiva consiste no conjunto de procedimentos e ações antecipadas que visam manter a máquina em funcionamento. Ela obedece a um padrão previamente esquematizado, que estabelece paradas periódicas com a finalidade de permitir a troca de peças gastas por novas, assegurando assim o funcionamento perfeito da máquina por um período predeterminado. O processo preventivo de manutenção é um método aprovado e adotado atualmente em todos os setores industriais, pois abrange desde uma simples revisão com paradas que não obedecem a uma rotina até a utilização de sistemas de alto índice técnico. A manutenção preventiva abrange cronogramas nos quais são tratados planos e revisões periódicas (por tempo ou por um medidor de monitoramento).

19 Manutenção Preventiva As PREVENTIVAS divide-se em: Intervenção de inspeção Visual (cinco sentidos); Detalhada (desmontagem). Sistêmica ou Sistemática Substituição por tempo instalado ou, tempo de uso.

20 Manutenção Preventiva Com o tempo, as industrias foram se conscientizando de que a máquina que funcionava ininterruptamente até quebrar, acarretava vários problemas que poderiam ser evitados com simples paradas preventivas para lubrificação, troca de peças gastas e ajustes de conjuntos e componentes.

21 Manutenção Preventiva Objetivos esperados de um plano de Manutenção Preventiva Redução de custos - sobressalente X compra direta - horas ociosas X horas planejadas - material novo X material recuperado Qualidade do produto - máquinas deficientes X máquinas eficientes - abastecimento deficiente X abastecimento otimizado Aumento de produção - produção atrasada X produção em dia Efeito do Meio-ambiente - poluição X ambiente normal Redução de acidentes do trabalho Aumento da vida útil dos equipamentos

22 Manutenção Preditiva A manutenção preditiva é um tipo de ação preventiva baseada no conhecimento das condições de cada um dos componentes das máquinas e equipamentos. Manutenção preditiva é aquela que indica as condições reais de funcionamento das máquinas com base em dados que informam o seu desgaste ou processo de degradação das mesmas, obtidos através de uma monitoração ou diagnóstico. Trata-se da manutenção que prediz o tempo de vida útil dos componentes das máquinas e equipamentos e as condições para que esse tempo de vida seja bem aproveitado, até mesmo prolongado. Esses dados são obtidos por meio de um acompanhamento do desgaste de peças vitais de conjuntos de máquinas e de equipamentos. Testes periódicos são efetuados para determinar a época adequada para substituições ou reparos de peças.

23 Objetivos esperados de um plano de Manutenção Preditiva Determinar, antecipadamente, a necessidade de serviços de manutenção numa peça específica de um equipamento Eliminar desmontagens desnecessárias para inspeção Aumentar o tempo de disponibilidade dos equipamentos Reduzir o trabalho de emergência não planejado Impedir o aumento dos danos Monitoramento Online de Máquinas e Equipamentos Manutenção Preditiva Aproveitar a vida útil total dos componentes e de um equipamento;

24 Manutenção Preditiva Parâmetros medidos pela manutenção preditiva Vibração Pressão Vazão Temperatura Desempenho ou performance (Cargas Cíclicas) Aceleração Corrente (A) Tensão (V) Resistência (Ω) Defeitos superficiais (trincas, corrosões, fissuras) Analise de lubrificantes

25 Manutenção Preditiva Principais métodos de Análise e diagnóstico Preditivo Analise vibracional Analise de lubrificantes (ferrografia, cromatografia e viscosimetria) Ensaios não-destrutivos (Raios X, Raios σ, ultra-som, partículas magnéticas, líquidos penetrantes, ensaios acústicos) Termográfica Ensaio visual (endoscopia, direto ou indireto) Estanqueidade (leak-test)

26 Manutenção Preditiva Muitas vezes, a prática correta da Manutenção Preditiva também ajuda a reduzir o custo da Manutenção Preventiva.

27 Manutenção Detectiva É a atuação efetuada em sistemas de proteção buscando DETECTAR FALHAS OCULTAS ou NÃO PERSEPTÍVEIS ao pessoal da Operação ou Manutenção. Tarefas executadas para verificar se um sistema de proteção ainda está funcionando representam a Manutenção Detectiva.

28 Manutenção Detectiva Utilização de Computadores Digitais em instrumentos e controles de processo nos diversos tipos de plantas industriais Sistemas Supervisórios sistemas de aquisição de dados; CLP Controlador Lógico Programados; SDCD Sistemas Digitais de Controles Distribuídos; Multi-loops com Computador Supervisório; Sistemas de Check-Lists automáticos em Comandos de Máquinas dotados de Sistemas de Segurança e Comunicação com Operador e Mantenedores.

29 Manutenção Corretiva A manutenção corretiva tem como objetivo a localização e reparação de anomalias, defeitos e/ou quebras propriamente ditas, em equipamentos que operam em regime de trabalho contínuo. Este procedimento tem como alvo principal a correção imediata de um defeito, a fim de retomar o mais rápido possível as atividades produtivas do equipamento qual foi submetido a quebra. Neste caso o principal objetivo é o tempo de retomada das ações ser o mais rápido possível e a correção deste ser feita da melhor forma, afim de evitar uma nova quebra; e ainda com o menor custo de mão-de-obra e material.

30 Manutenção Corretiva Essa correção pode ser dada de forma emergencial ou de forma programada. Corretiva Emergencial: O equipamento parou de funcionar e necessita prontamente de retomar suas atividades. Corretiva Programada: Um acessório de um equipamento quebrou e sua troca será programada para um certa data.

31 Manutenção Corretiva Não confundir manutenção corretiva com quebra-galhos!!! Será que um calço resolve o problema?

32 Manutenção Corretiva Espera-se equipamento apresentar defeito, para então realizar reparo; Pouco eficaz, age somente após quebra inesperada; Reparo não planejado, parada não planejada antecipadamente; Desencadeia perda de produtividade; Disponibilidade imediata de pessoal; Serviços especiais - técnicos experientes e especializados; Imediata disponibilidade de peças; Alto custo do serviço de reparo; Serviços surpresa emergenciais, atrapalham o Cronograma dos Serviços Planejados.

33 Manutenção Corretiva Objetivos esperados de uma Manutenção Corretiva Tempo de execução do serviço o menor possível Qualidade na prestação do serviço corretivo Efeito do meio-ambiente Redução de custos de materiais aplicados Redução de custos de mão-de-obra Estender intervenção para uma manutenção preventiva

34 Manutenção Ocasional A Manutenção Ocasional é a forma mais abrangente e menos expressiva da manutenção não-planejada, pois para efetua-la, não é necessário um controle preciso, nem mesmo uma coleta e manipulação de registro de manutenção. A Manutenção Ocasional é a manutenção efetuada em um determinado equipamento quando estiver em uma parada, entre turnos ou repouso (stand-by) e aproveita-se para efetuar pequenos reparos e ou modificações, sejam elas para melhora de performances e pequenos ajustes. Neste processo devemos encará-lo como uma ação de simples execução e não como uma preventiva

35 Manutenção Ocasional Monitoramento Online de Máquinas e Equipamentos Apesar da similaridade com a preventiva, ela não tem qualquer estudo ou indicação de fabricante, norma ou procedimento.

36

37

38 Elaborado por : Marcelo Terra Bento Técnico de Manutenção Preditiva

Com a globalização da economia, a busca da

Com a globalização da economia, a busca da A U A UL LA Introdução à manutenção Com a globalização da economia, a busca da qualidade total em serviços, produtos e gerenciamento ambiental passou a ser a meta de todas as empresas. O que a manutenção

Leia mais

GESTÃO DA MANUTENÇÃO

GESTÃO DA MANUTENÇÃO GESTÃO DA MANUTENÇÃO EVOLUÇÃO DA MANUTENÇÃO Mudanças sofridas nos últimos 20 anos Nas Organizações Aumento e diversificação das instalações e equipamentos; projetos mais complexos; surgimento de novas

Leia mais

Curso de Sistemas de Informação 8º período Disciplina: Tópicos Especiais Professor: José Maurício S. Pinheiro V. 2009-1

Curso de Sistemas de Informação 8º período Disciplina: Tópicos Especiais Professor: José Maurício S. Pinheiro V. 2009-1 Curso de Sistemas de Informação 8º período Disciplina: Tópicos Especiais Professor: José Maurício S. Pinheiro V. 2009-1 Aula 3 Disponibilidade em Data Center O Data Center é atualmente o centro nervoso

Leia mais

Introdução à Manutenção O QUE VOCÊ ENTENDE POR MANUTENÇÃO?

Introdução à Manutenção O QUE VOCÊ ENTENDE POR MANUTENÇÃO? MANUTENÇÃO Introdução à Manutenção O QUE VOCÊ ENTENDE POR MANUTENÇÃO? Conceito de Manutenção segundo o dicionário Michaelis UOL 1. Ato ou efeito de manter (-se). 2. Sustento. 3. Dispêndio com a conservação

Leia mais

Curso de Engenharia de Produção. Manutenção dos Sistemas de Produção

Curso de Engenharia de Produção. Manutenção dos Sistemas de Produção Curso de Engenharia de Produção Manutenção dos Sistemas de Produção Introdução: Existe uma grande variedade de denominações das formas de atuação da manutenção, isto provoca certa confusão em relação aos

Leia mais

EVOLUÇÃO DA MANUTENÇÃO

EVOLUÇÃO DA MANUTENÇÃO EVOLUÇÃO DA MANUTENÇÃO 1.1. INTRODUÇÃO Nos últimos 20 anos a atividade de manutenção tem passado por mais mudanças do que qualquer outra. Estas alterações são conseqüências de: a) aumento, bastante rápido,

Leia mais

MANUTENÇÃO PREDITIVA 13.12.11

MANUTENÇÃO PREDITIVA 13.12.11 1 MANUTENÇÃO PREDITIVA conceito 2 É aquela que indica as condições reais de funcionamento das máquinas com base em dados que informam o seu desgaste ou processo de degradação. objetivos 3 determinar, antecipadamente,

Leia mais

Manutenção preventiva

Manutenção preventiva A UU L AL A Manutenção preventiva Consideremos o motor de um automóvel. De tempos em tempos o usuário deverá trocar o óleo do cárter. Não realizando essa operação periódica, estaria correndo o risco de

Leia mais

Gestão da Qualidade Políticas. Elementos chaves da Qualidade 19/04/2009

Gestão da Qualidade Políticas. Elementos chaves da Qualidade 19/04/2009 Gestão da Qualidade Políticas Manutenção (corretiva, preventiva, preditiva). Elementos chaves da Qualidade Total satisfação do cliente Priorizar a qualidade Melhoria contínua Participação e comprometimento

Leia mais

Curso de Engenharia de Produção. Manutenção dos Sistemas de Produção

Curso de Engenharia de Produção. Manutenção dos Sistemas de Produção Curso de Engenharia de Produção Manutenção dos Sistemas de Produção Informações sobre a disciplina: Professor: Eng. Carlos Bernardo Gouvêa Pereira Site: www.carlosbernardo.com Email: prof_carlospereira@camporeal.edu.br

Leia mais

MANUTENÇÃO PREDITIVA : BENEFÍCIOS E LUCRATIVIDADE.

MANUTENÇÃO PREDITIVA : BENEFÍCIOS E LUCRATIVIDADE. 1 MANUTENÇÃO PREDITIVA : BENEFÍCIOS E LUCRATIVIDADE. Márcio Tadeu de Almeida. D.Eng. Professor da Escola Federal de Engenharia de Itajubá. Consultor em Monitoramento de Máquinas pela MTA. Itajubá - MG

Leia mais

PRINCÍPIO: PERFEIÇÃO SISTEMA DE PRODUÇÃO VOLKSWAGEN

PRINCÍPIO: PERFEIÇÃO SISTEMA DE PRODUÇÃO VOLKSWAGEN PRINCÍPIO: PERFEIÇÃO SISTEMA DE PRODUÇÃO VOLKSWAGEN 1 SISTEMA DE PRODUÇÃO VOLKSWAGEN PRINCÍPIO: PERFEIÇÃO Manutenção Produtiva Total MANTER CONSERVAR PREVENIR REPARAR SUBSTITUIR ADEQUAR MELHORAR PRODUÇÃO

Leia mais

MANUTENÇÃO PREDITIVA : CONFIABILIDADE E QUALIDADE.

MANUTENÇÃO PREDITIVA : CONFIABILIDADE E QUALIDADE. 1 MANUTENÇÃO PREDITIVA : CONFIABILIDADE E QUALIDADE. INTRODUÇÃO : Nos últimos anos, têm-se discutido amplamente a gerência de manutenção preditiva. Tem-se definido uma variedade de técnicas que variam

Leia mais

MBA em Engenharia e Gestão de Manufatura e Manutenção. Práticas e Procedimentos Básicos de Manutenção Prof. Sérgio Augusto Lucke

MBA em Engenharia e Gestão de Manufatura e Manutenção. Práticas e Procedimentos Básicos de Manutenção Prof. Sérgio Augusto Lucke MBA em Engenharia e Gestão de Manufatura e Manutenção Práticas e Procedimentos Básicos de Manutenção 1 Práticas e Procedimentos Básicos de Manutenção Ementa 1. Manutenção Corretiva: características básicas,

Leia mais

Manutenção DSPTI II. Porque fazer Manutenção. Manutenção. Porque fazer Manutenção. Porque fazer Manutenção

Manutenção DSPTI II. Porque fazer Manutenção. Manutenção. Porque fazer Manutenção. Porque fazer Manutenção Manutenção DSPTI II Manutenção Preventiva e Corretiva Prof. Alexandre Beletti Utilizada em todo tipo de empresa, procurando evitar falhas e quebras em um determinado maquinário Prolongar a vida útil de

Leia mais

Manutenção preditiva

Manutenção preditiva A UU L AL A Manutenção preditiva Uma empresa vinha desenvolvendo de modo satisfatório um programa de manutenção, porém, o relatório final de produção indicava a possibilidade de aperfeiçoamentos no processo.

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ TM 285 MANUTENÇÃO INDUSTRIAL

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ TM 285 MANUTENÇÃO INDUSTRIAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ TM 285 MANUTENÇÃO INDUSTRIAL CURITIBA DEZEMBRO / 2011 1 INTRODUÇÃO 1.1 - Conceitos Do dicionário: Manutenção = Ato de manter Manter = Sustentar, defender Exemplos: manutenção

Leia mais

Instalações Prediais. Manutenção

Instalações Prediais. Manutenção Instalações Prediais Manutenção Legislação Leis nº 10.199/86 e 8382/76 Certificado de manutenção dos sistemas de segurança contra incêndio Lei nº 13.214, de 22 de novembro de 2001. Obrigatoriedade de instalação

Leia mais

Sistema de Gerenciamento da Manutenção SGM Cia. Vale do Rio Doce CVRD

Sistema de Gerenciamento da Manutenção SGM Cia. Vale do Rio Doce CVRD Sistema de Gerenciamento da Manutenção SGM Cia. Vale do Rio Doce CVRD VISÃO DA MANUTENÇÃO DA CVRD Ser considerada referência pelos resultados da gestão de manutenção, reconhecida pela excelência de suas

Leia mais

TPM -Total Productive Maintenance. (Gestão da Manutenção)

TPM -Total Productive Maintenance. (Gestão da Manutenção) TPM -Total Productive Maintenance (Gestão da Manutenção) 1 MANUTENÇÃO À MODA ANTIGA Nada de prevenção! Só se conserta quando quebrar e parar de funcionar. Use até acabar... Manutenção não tem nada em comum

Leia mais

Gestão Laboratorial GESTÃO DE. Prof. Archangelo P. Fernandes

Gestão Laboratorial GESTÃO DE. Prof. Archangelo P. Fernandes Gestão Laboratorial GESTÃO DE EQUIPAMENTOS II Prof. Archangelo P. Fernandes GESTÃO DE EQUIPAMENTOS II Manutenção: conjunto de medidas necessárias, que permitam manter ou restabelecer um sistema no estado

Leia mais

PLANEJAMENTO E CONTROLE DA MANUTENÇÃO (PCM) Parte 2

PLANEJAMENTO E CONTROLE DA MANUTENÇÃO (PCM) Parte 2 PLANEJAMENTO E CONTROLE DA MANUTENÇÃO (PCM) Parte 2 4 - ATRIBUIÇÕES DO PCM Luiz Carlos Dorigo As quatro funções fundamentais do PCM, quais sejam, Planejamento, Programação, Coordenação e Controle devem

Leia mais

Aula 6: Lista de Exercícios Tipos de Manutenções Sistemas Hidráulicos Sistemas Pneumáticos

Aula 6: Lista de Exercícios Tipos de Manutenções Sistemas Hidráulicos Sistemas Pneumáticos Aula 6: Lista de Exercícios Tipos de Manutenções Sistemas Hidráulicos Sistemas Pneumáticos Assinale V para as afirmações verdadeiras e F para as falsas. ( ) Garantir a produção normal e a qualidade dos

Leia mais

Aula 17 Projetos de Melhorias

Aula 17 Projetos de Melhorias Projetos de Melhorias de Equipamentos e Instalações: A competitividade crescente dos últimos anos do desenvolvimento industrial foi marcada pela grande evolução dos processos produtivos das indústrias.

Leia mais

Aumentando a Confiabilidade em Sistemas de Descoqueamento

Aumentando a Confiabilidade em Sistemas de Descoqueamento Aumentando a Confiabilidade em Sistemas de Descoqueamento Guilherme Rodrigues Coking.com Rio August 6, 2009 Desafios impostos aos usuários Orçamento Orçamentos operacionais enxugados Operacional Custos

Leia mais

Cristian Dekkers Kremer (PPGEP - UTFPR) E-mail: cristian_dk@ig.com.br Prof. Dr. João Luiz Kovaleski (PPGEP - UTFPR) E-mail: kovaleski@utfpr.edu.

Cristian Dekkers Kremer (PPGEP - UTFPR) E-mail: cristian_dk@ig.com.br Prof. Dr. João Luiz Kovaleski (PPGEP - UTFPR) E-mail: kovaleski@utfpr.edu. Determinação do momento ótimo para a realização da manutenção preventiva em equipamentos de uma indústria metalúrgica: um estudo voltado para a redução de custos Cristian Dekkers Kremer (PPGEP - UTFPR)

Leia mais

Introdução à Lubrificação Industrial

Introdução à Lubrificação Industrial Introdução à Lubrificação Industrial Prof. Matheus Fontanelle Pereira Curso Técnico em Eletromecânica Departamento de Processos Industriais Campus Lages Objetivos da Unidade Curricular Conhecer os 5 Ws

Leia mais

A importância da Manutenção de Máquina e Equipamentos

A importância da Manutenção de Máquina e Equipamentos INTRODUÇÃO A importância da manutenção em máquinas e equipamentos A manutenção de máquinas e equipamentos é importante para garantir a confiabilidade e segurança dos equipamentos, melhorar a qualidade

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA STR SISTEMA DE TRANSPORTES Nº. 002/2015. Unidade Responsável: Secretaria Municipal do Interior e Transportes CAPÍTULO I

INSTRUÇÃO NORMATIVA STR SISTEMA DE TRANSPORTES Nº. 002/2015. Unidade Responsável: Secretaria Municipal do Interior e Transportes CAPÍTULO I INSTRUÇÃO NORMATIVA STR SISTEMA DE TRANSPORTES Nº. 002/2015 DISPÕE SOBRE AS ROTINAS E PROCEDIMENTOS PARA A REALIZAÇÃO DE MANUTENÇÕES PREVENTIVAS E CORRETIVAS DA FROTA DE VEÍCULOS E NOS EQUIPAMENTOS PESADOS,

Leia mais

Ensaios Não Destrutivos END CONCRETO ARMADO

Ensaios Não Destrutivos END CONCRETO ARMADO Ensaios Não Destrutivos END CONCRETO ARMADO Engenharia de Diagnóstico A engenharia Diagnóstica é a disciplina da ciência que procura a natureza e a causa das anomalias patológicas das construções, com

Leia mais

Monitoramento de Escavadeiras. Zero paradas não programadas através do monitoramento on-line de condição

Monitoramento de Escavadeiras. Zero paradas não programadas através do monitoramento on-line de condição Monitoramento de Escavadeiras Zero paradas não programadas através do monitoramento on-line de condição Uma parada não programada pode ser cara e perigosa A mina é um ambiente potencialmente perigoso.

Leia mais

Capítulo II. Considerações sobre manutenção Aspectos relacionados à manutenção de equipamentos e de instalações. Manutenção de transformadores

Capítulo II. Considerações sobre manutenção Aspectos relacionados à manutenção de equipamentos e de instalações. Manutenção de transformadores 46 Capítulo II Considerações sobre manutenção Aspectos relacionados à manutenção de equipamentos e de instalações Por Marcelo Paulino* No estabelecimento de um sistema de manutenção para um determinado

Leia mais

PROJETO PIMS DO PÁTIO DE MINÉRIOS UMA PODEROSA FERRAMENTA DE APOIO À MANUTENÇÃO RESUMO

PROJETO PIMS DO PÁTIO DE MINÉRIOS UMA PODEROSA FERRAMENTA DE APOIO À MANUTENÇÃO RESUMO PROJETO PIMS DO PÁTIO DE MINÉRIOS UMA PODEROSA FERRAMENTA DE APOIO À MANUTENÇÃO Riberte Dias de Souza riberte.souza@arcelormittal.com ArcelorMittal Tubarão Edílson Jose Machado Correia edilson.correia@arcelormittal.com

Leia mais

Gestão da Manutenção: Um estudo de caso em um laticínio no Centro-Oeste de Minas Gerais

Gestão da Manutenção: Um estudo de caso em um laticínio no Centro-Oeste de Minas Gerais Gestão da Manutenção: Um estudo de caso em um laticínio no Centro-Oeste de Minas Gerais Maria Helena da Silva Miranda 1 ; Marina Ferreira Mendes Bernardes 1 ; Pedro Henrique Silva 1 ; Lucas Pimenta Silva

Leia mais

Curso de Engenharia de Produção. Manutenção dos Sistemas de Produção

Curso de Engenharia de Produção. Manutenção dos Sistemas de Produção Curso de Engenharia de Produção Manutenção dos Sistemas de Produção Introdução: A manutenção preditiva é a primeira grande quebra de paradigma nos tipos de manutenção. No Brasil a aplicação é pequena apenas

Leia mais

materiais ou produtos,sem prejudicar a posterior utilização destes, contribuindo para o incremento da

materiais ou produtos,sem prejudicar a posterior utilização destes, contribuindo para o incremento da Definição De acordo com a Associação Brasileira de Ensaios Não Destrutivos, ABENDE, os Ensaios Não Destrutivos (END) são definidos como: Técnicas utilizadas no controle da qualidade, d de materiais ou

Leia mais

A importância da Manutenção Automotiva. STAB Julho/15. Eng. Bellini Bellmec Consultoria Ltda Julho/15

A importância da Manutenção Automotiva. STAB Julho/15. Eng. Bellini Bellmec Consultoria Ltda Julho/15 A importância da Manutenção Automotiva STAB Julho/15 83% do custo do plantio está na mecanização 94% do custo da colheita é mecanização Do custo total com equipamentos da área agrícola: 18% são custos

Leia mais

Emprego da Termografia na inspeção preditiva

Emprego da Termografia na inspeção preditiva Emprego da Termografia na inspeção preditiva Rafaela de Carvalho Menezes Medeiros* Resumo A prática de manutenção preditiva corresponde hoje a um meio eficaz de antever uma parada do equipamento por motivo

Leia mais

REDUZINDO AS QUEBRAS ATRAVÉS DA MANUTENÇÃO PROFISSIONAL

REDUZINDO AS QUEBRAS ATRAVÉS DA MANUTENÇÃO PROFISSIONAL REDUZINDO AS QUEBRAS ATRAVÉS DA MANUTENÇÃO PROFISSIONAL Luiz Rodrigo Carvalho de Souza (1) RESUMO O alto nível de competitividade exige que as empresas alcancem um nível de excelência na gestão de seus

Leia mais

ANEXO I CONDIÇÕES GERAIS DE CONTRATAÇÃO

ANEXO I CONDIÇÕES GERAIS DE CONTRATAÇÃO 1 PRODUTOS 1.1 Serviço de manutenção preventiva mensal e corretiva, quando necessário, para o elevador da Unidade Operacional da Anatel no Estado de Santa Catarina UO031, situada à Rua Saldanha Marinho,

Leia mais

REVESTIMENTO CERÂMICOS

REVESTIMENTO CERÂMICOS SEMINÁRIOS DE AVALIAÇÕES E PERÍCIAS DE ENGENHARIA REALIZAÇÃO: IBAPE NACIONAL E IBAPE PR Dias 18 e 19 de setembro de 2014 Foz do Iguaçu-PR II Seminário Nacional de Perícias de Engenharia PERÍCIAS EM FACHADAS

Leia mais

Ensaio de Emissão Acústica Aplicado em Cilindros sem Costura para Armazenamento de Gases

Ensaio de Emissão Acústica Aplicado em Cilindros sem Costura para Armazenamento de Gases Ensaio de Emissão Acústica Aplicado em Cilindros sem Costura para Armazenamento de Gases Pedro Feres Filho São Paulo, Brasil e-mail: pedro@pasa.com.br 1- Resumo Este trabalho teve como objetivo apresentar

Leia mais

Cálculo Diferencial e Integral 80hrs Funções de uma variável e seus gráficos; Limites e continuidade; Derivada; Diferencial; Integral.

Cálculo Diferencial e Integral 80hrs Funções de uma variável e seus gráficos; Limites e continuidade; Derivada; Diferencial; Integral. Ementas: Cálculo Diferencial e Integral 80hrs Funções de uma variável e seus gráficos; Limites e continuidade; Derivada; Diferencial; Integral. Desenho Mecânico 80hrs Normalização; Projeções; Perspectivas;

Leia mais

A metodologia proposta pela WEG para realizar este tipo de ação será apresentada a seguir.

A metodologia proposta pela WEG para realizar este tipo de ação será apresentada a seguir. Eficiência Energética Buaiz Alimentos 1 CARACTERÍSTICAS DA EMPRESA Nome fantasia: Buaiz Alimentos Ramo de atividade: Alimentício Localização: Vitória / ES Estrutura tarifária: Horo-sazonal Azul A4 Demanda

Leia mais

Paraná - Rio Grande do Sul

Paraná - Rio Grande do Sul COMPROMETIMENTO E SATISFAÇÃO DO CLIENTE Paraná - Rio Grande do Sul Missão Oferecer as melhores soluções em serviços e produtos, visando se adequar aos altos padrões de satisfação de nossos clientes e parceiros

Leia mais

DIAGNÓSTICO E DEFINIÇÃO DE SOLUÇÕES

DIAGNÓSTICO E DEFINIÇÃO DE SOLUÇÕES Somos uma empresa brasileira, especializada em soluções de automação de máquinas e processos industriais, instalação, comissionamento e segurança de infraestrutura elétrica e de máquinas, microgeração

Leia mais

FACEAMENTO DA SUPERFÍCIE DE ASSENTAMENTO DO CONJUNTO DE FORÇA DO MOTOR DIESEL DE LOCOMOTIVAS GE

FACEAMENTO DA SUPERFÍCIE DE ASSENTAMENTO DO CONJUNTO DE FORÇA DO MOTOR DIESEL DE LOCOMOTIVAS GE FACEAMENTO DA SUPERFÍCIE DE ASSENTAMENTO DO CONJUNTO DE FORÇA DO MOTOR DIESEL DE LOCOMOTIVAS GE 1/7 RESUMO Realização de faceamento de blocos de motores diesel 7FDL, de locomotivas GE, usinando a superfície

Leia mais

Inversores de frequência de média tensão Serviços para gerenciar o ciclo de vida, assegurando confiabilidade, disponibilidade e eficiência

Inversores de frequência de média tensão Serviços para gerenciar o ciclo de vida, assegurando confiabilidade, disponibilidade e eficiência Inversores de frequência de média tensão Serviços para gerenciar o ciclo de vida, assegurando confiabilidade, disponibilidade e eficiência 2 Serviços para gerenciar o ciclo de vida dos inversores de média

Leia mais

PLANEJAMENTO E CONTROLE

PLANEJAMENTO E CONTROLE PLANEJAMENTO E CONTROLE COMPETÊNCIAS Conhecer os conceitos de manutenção corretiva, preventiva e preditiva; Elaborar planejamento, programação e controle de manutenção; Empregar o tipo de manutenção adequada,

Leia mais

Décimo Segundo Encontro Regional Ibero-americano do CIGRÉ Foz do Iguaçu-Pr, Brasil - 20 a 24 de maio de 2007

Décimo Segundo Encontro Regional Ibero-americano do CIGRÉ Foz do Iguaçu-Pr, Brasil - 20 a 24 de maio de 2007 SISTEMA DE CHAVEAMENTO AUTOMÁTICO PARA RÁPIDA ENERGIZAÇÃO DE FASE RESERVA EM BANCOS DE TRANSFORMADORES MONOFÁSICOS Fernando G. A. de Amorim* Nelson P. Ram os** * Treetech Sistem as Digitais Ltda. ** Furnas

Leia mais

ANÉXO PADRÃO TERMO_130607 TERMOG RAFIA -

ANÉXO PADRÃO TERMO_130607 TERMOG RAFIA - ANÉXO PADRÃO TERMO_130607 TERMOG RAFIA - Técnica que estende a visão humana ao espectro infravermelho, sendo a aquisição e análise das informações térmicas feitas a partir de dispositivos de obtenção de

Leia mais

Sistema de Gestão de Segurança e Saúde Ocupacional Identificação: PROSHISET 06

Sistema de Gestão de Segurança e Saúde Ocupacional Identificação: PROSHISET 06 Extintores de Incêndio Portáteis. Revisão: 00 Folha: 1 de 7 1. Objetivo Assegurar que todos os canteiros de obras atendam as exigências para utilização dos extintores de incêndio portáteis de acordo com

Leia mais

Produtos e Serviços para Manutenção de Rolamentos

Produtos e Serviços para Manutenção de Rolamentos Produtos e Serviços para Manutenção de Rolamentos Produtos e Serviços para Manutenção de Rolamentos Principais Causas de Paradas de Máquinas Outros 8% Especificação do Rolamento Incorreta Desbalanceamento

Leia mais

Automação Assistência Técnica. Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas

Automação Assistência Técnica. Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas Automação Assistência Técnica Motores Automação Energia Transmissão & Distribuição Tintas Serviços e Suporte Técnico com a qualidade WEG Estamos constantemente expandindo nosso portfólio de produtos e

Leia mais

TPM no Coração do Lean Autor: Art Smalley. Tradução: Odier Araújo.

TPM no Coração do Lean Autor: Art Smalley. Tradução: Odier Araújo. TPM no Coração do Lean Autor: Art Smalley. Tradução: Odier Araújo. A Manutenção Produtiva Total (TPM) tem sido uma ferramenta muito importante para os setores de manufatura intensivos em equipamentos.

Leia mais

Análise Termográfica Relatório Técnico 0814

Análise Termográfica Relatório Técnico 0814 ANÁLISE TERMOGRÁFICA VALINHOS Valinhos DAEV 1. OBJETIVO Apresentar ao DAEV a Inspeção Termográfica realizada nos equipamentos de suas unidades em Valinhos 2. INSTRUMENTAÇÃO UTILIZADA Termovisor Flir Systems

Leia mais

Reparador de Circuitos Eletrônicos

Reparador de Circuitos Eletrônicos Reparador de Circuitos Eletrônicos O Curso de Reparador de Circuitos Eletrônicos tem por objetivo o desenvolvimento de competências relativas a princípios e leis que regem o funcionamento e a reparação

Leia mais

Capítulo VII. Sistema de manutenção planejada e em motores elétricos. Manutenção elétrica industrial. Características. Conceitos. Organização do SMP

Capítulo VII. Sistema de manutenção planejada e em motores elétricos. Manutenção elétrica industrial. Características. Conceitos. Organização do SMP 50 Capítulo VII Sistema de manutenção planejada e em motores elétricos Por Igor Mateus de Araújo e João Maria Câmara* O Sistema de Manutenção Planejada (SMP) é formado por instruções, listas e detalhamento

Leia mais

AUDITORIA DE INSTALAÇÕES ELÉTRICAS (Subestações de Alta e Extra Alta Tensão )

AUDITORIA DE INSTALAÇÕES ELÉTRICAS (Subestações de Alta e Extra Alta Tensão ) GMI/021 21 a 26 de Outubro de 2001 Campinas - São Paulo - Brasil GRUPO XII GESTÃO DA MANUTENÇÃO AUDITORIA DE INSTALAÇÕES ELÉTRICAS (Subestações de Alta e Extra Alta Tensão ) João Carlos Santos Schneider

Leia mais

Metodologia de manutenção

Metodologia de manutenção Metodologia de manutenção Prof. Manoel Henrique Ementa Elementos de manutenção (definições sobre manutenção, tipos e políticas) Introdução à confiabilidade (conceitos, taxa de falhas, e confiabilidade

Leia mais

Engenharia Diagnóstica

Engenharia Diagnóstica Engenharia Diagnóstica Ensaios Não Destrutivos - END Concreto Armado e Instalações PATOLOGIAS, DANOS E ENSAIOS NÃO DESTRUTIVOS NA CONSTRUÇÃO CIVIL ENG. LEONARDO MEDINA ROSARIO,ESP,MBA Engenharia Diagnóstica

Leia mais

Por que a HEAVYLOAD? GERENCIAMENTO LOCAÇÃO DE EQUIPAMENTOS CERTIFICAÇÃO IÇAMENTO E LANÇAMENTO TESTE DE CARGA MOVIMENTAÇÃO CARGAS CARGA MANUTENÇÃO

Por que a HEAVYLOAD? GERENCIAMENTO LOCAÇÃO DE EQUIPAMENTOS CERTIFICAÇÃO IÇAMENTO E LANÇAMENTO TESTE DE CARGA MOVIMENTAÇÃO CARGAS CARGA MANUTENÇÃO Por que a HEAVYLOAD? Possibilidade garantida de contratar um único fornecedor com foco em: Gerenciamento dos Ativos; Desenvolvimento e implementação de novas tecnologias; Centro de Treinamento Próprio

Leia mais

TPM Total Productive Maintenance. ENG 90017 Manutenção e Confiabilidade Flávio Fogliatto

TPM Total Productive Maintenance. ENG 90017 Manutenção e Confiabilidade Flávio Fogliatto TPM Total Productive Maintenance ENG 90017 Manutenção e Confiabilidade Flávio Fogliatto Histórico e panorâmica da sistemática Surgida no Japão, é considerada evolução natural da manutenção corretiva (reativa)

Leia mais

Serviços Scania. Serviços Scania. Tudo o que o você precisa para cuidar bem do seu Scania, em um só lugar.

Serviços Scania. Serviços Scania. Tudo o que o você precisa para cuidar bem do seu Scania, em um só lugar. Serviços Scania Serviços Scania. Tudo o que o você precisa para cuidar bem do seu Scania, em um só lugar. SERVIÇOS SCANIA Serviços Scania. Máxima disponibilidade do seu veículo para o melhor desempenho

Leia mais

Scania Serviços. Serviços Scania.

Scania Serviços. Serviços Scania. Serviços Scania Scania Serviços. Serviços Scania. Tudo o que o você precisa para cuidar Tudo bem do o que seu o Scania, você precisa em um para só lugar. cuidar bem do seu Scania, em um só lugar. SERVIÇOS

Leia mais

Manutenção Centrada em Confiabilidade MCC

Manutenção Centrada em Confiabilidade MCC ANEXO IV A Manutenção Centrada em Confiabilidade MCC Diante desta nova regulamentação no setor de Transmissão de Energia Elétrica, os agentes de transmissão devem buscar estratégias para evitar as penalizações

Leia mais

MECÂNICA PREVENTIVA E CORRETIVA EM VEÍCULOS PESADOS

MECÂNICA PREVENTIVA E CORRETIVA EM VEÍCULOS PESADOS Seleção Competitiva Interna 2013 MECÂNICA PREVENTIVA E CORRETIVA EM VEÍCULOS PESADOS Fabrício De Souza Alves MANUTENÇÃO PREVENTIVA E CORRETIVA DE VEÍCULOS PESADOS. O que é manutenção preventiva? Trata-se

Leia mais

Capítulo III Manutenção preditiva e detectiva

Capítulo III Manutenção preditiva e detectiva 46 Capítulo III Manutenção preditiva e detectiva Por Igor Mateus de Araújo e João Maria Câmara* Manutenção preditiva Uma empresa vinha desenvolvendo de modo satisfatório um programa de manutenção, porém,

Leia mais

Eficiência Energética Chocolates Garoto

Eficiência Energética Chocolates Garoto Eficiência Energética Chocolates Garoto 1 CARACTERÍSTICAS DA EMPRESA Nome fantasia: Chocolates Garoto Ramo de atividade: Alimentício Localização: Vila Velha / ES Estrutura tarifária: Horo-sazonal Azul

Leia mais

MANUTENÇÃO PRODUTIVA TOTAL (TPM) COMO FERRAMENTA PARA MELHORIA DA EFICIÊNCIA GLOBAL DE EQUIPAMENTO (OEE)

MANUTENÇÃO PRODUTIVA TOTAL (TPM) COMO FERRAMENTA PARA MELHORIA DA EFICIÊNCIA GLOBAL DE EQUIPAMENTO (OEE) MANUTENÇÃO PRODUTIVA TOTAL (TPM) COMO FERRAMENTA PARA MELHORIA DA EFICIÊNCIA GLOBAL DE EQUIPAMENTO (OEE) Layla Duana dos Santos Silva (UFG ) layladuana@hotmail.com Andre Alves de Resende (UFG ) aaresende@gmail.com

Leia mais

12ª Conferência sobre Tecnologia de Equipamentos

12ª Conferência sobre Tecnologia de Equipamentos 12ª Conferência sobre Tecnologia de Equipamentos COTEQ2013-340 DETECÇÃO E CONTROLE DE POLUIÇÃO EM ISOLADORES DE ALTA TENSÃO ATRAVÉS DE TERMOGRAFIA Laerte dos Santos 1, Marcelo O. Morais Filho 2, Rodolfo

Leia mais

A Utilização de Etiquetas de Detecção de Inconveniências na Manutenção Autônoma do TPM

A Utilização de Etiquetas de Detecção de Inconveniências na Manutenção Autônoma do TPM XIII SIMPEP Bauru, SP, Brasil, 6 a 8 de novembro de 6. A Utilização de Etiquetas de Detecção de Inconveniências na Manutenção Autônoma do TPM Marcos Roberto Bormio (UNESP) mbormio@feb.unesp.br Nilson Damaceno

Leia mais

TPM Planejamento, organização, administração

TPM Planejamento, organização, administração TPM Planejamento, organização, administração A UU L AL A Durante muito tempo as indústrias funcionaram com o sistema de manutenção corretiva. Com isso, ocorriam desperdícios, retrabalhos, perda de tempo

Leia mais

FERRAMENTA DE CONFIABILIDADE: METODOLOGIA DE ENSAIOS EM MOTORES ELÉTRICOS NA OFICINA APÓS A MANUTENÇÃO Case ThyssenKrupp CSA

FERRAMENTA DE CONFIABILIDADE: METODOLOGIA DE ENSAIOS EM MOTORES ELÉTRICOS NA OFICINA APÓS A MANUTENÇÃO Case ThyssenKrupp CSA FERRAMENTA DE CONFIABILIDADE: METODOLOGIA DE ENSAIOS EM MOTORES ELÉTRICOS NA OFICINA APÓS A MANUTENÇÃO Case ThyssenKrupp CSA Engenheiro de Manutenção Preditiva Sênior Rounald de Oliveira Santos Engenheiro

Leia mais

Manutenção Corretiva

Manutenção Corretiva UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA JÚLIO DE MESQUITA FILHO Faculdade de Engenharia - Bauru Manutenção Corretiva Manutenção e Lubrificação de Equipamentos Prof. Dr. João Candido Fernandes Caio Italiano Monteiro

Leia mais

ENSAIOS NÃO DESTRUTIVOS - END Ensaios realizados em materiais, acabados ou semi acabados, para verificar a existência ou não de descontinuidades ou defeitos, através de princípios físicos definidos, sem

Leia mais

Atividades da Empresa

Atividades da Empresa Atividades da Empresa A ELsolutions atua no mercado oferecendo soluções de engenharia e montagem em equipamentos de acesso para execução de grandes obras na construção civil e manutenção de fábrica. Temos

Leia mais

A EDP apresenta o serviço Integra, que pretende colocar a nossa experiência em instalações elétricas ao serviço dos nossos clientes

A EDP apresenta o serviço Integra, que pretende colocar a nossa experiência em instalações elétricas ao serviço dos nossos clientes A eletricidade é um elemento fundamental para a atividade da generalidade das empresas. Neste contexto, é essencial para as empresas garantirem de forma simples e sem preocupações: Continuidade de fornecimento

Leia mais

Vasos de Pressão. Ruy Alexandre Generoso

Vasos de Pressão. Ruy Alexandre Generoso Vasos de Pressão Ruy Alexandre Generoso VASOS DE PRESSÃO DEFINIÇÃO: São equipamentos que contêm fluidos sob pressão, cujo produto P x V seja superior a 8. Em que: Pressão (Kpa) Volume (m 3 ) VASOS DE PRESSÃO

Leia mais

Manutenção Preditiva

Manutenção Preditiva Manutenção Preditiva MANUTENÇÃO PREDITIVA: BENEFÍCIOS E LUCRATIVIDADE. INTRODUÇÃO : A manutenção preditiva nã o substitui totalmente os métodos mais tradicionais de gerência de manutenção. Entretanto,

Leia mais

FALCON: Smart Portable Solution. A manutenção condicional nunca foi tão fácil. Brand of ACOEM

FALCON: Smart Portable Solution. A manutenção condicional nunca foi tão fácil. Brand of ACOEM FALCON: Smart Portable Solution A manutenção condicional nunca foi tão fácil Brand of ACOEM Com o FALCON, a ONEPROD propõe uma ferramenta de coleta, análise e balanceamento de desempenho excepcional e

Leia mais

Até agora vimos os conceitos de manutenção

Até agora vimos os conceitos de manutenção A U A UL LA Aplicações da manutenção Até agora vimos os conceitos de manutenção e as aplicações das suas diversas modalidades. Estudamos também os procedimentos de manutenção para vários tipos de elementos

Leia mais

Questionário - Proficiência Clínica

Questionário - Proficiência Clínica Tema Elaboradora Texto Introdutório Questão 1 MANUTENÇÃO PREVENTIVA E CORRETIVA DE EQUIPAMENTOS Shélica Colonhezi Castro. Biomédica do Hospital São Paulo Unifesp e Pós-Graduada em Gestão em Saúde. A manutenção

Leia mais

Soluções para Manutenção Preditiva e Identificação Industrial. Infraestrutura. Leonardo Vaz Melhado 27/10/2015

Soluções para Manutenção Preditiva e Identificação Industrial. Infraestrutura. Leonardo Vaz Melhado 27/10/2015 Soluções para Manutenção Preditiva e Identificação Industrial Infraestrutura Leonardo Vaz Melhado 27/10/2015 Agenda A importância da manutenção. Tipos de manutenção. Manutenção Preditiva. Soluções Ladder

Leia mais

Capítulo V. Planejamento e organização da manutenção Por Igor Mateus de Araújo e João Maria Câmara* Manutenção elétrica industrial

Capítulo V. Planejamento e organização da manutenção Por Igor Mateus de Araújo e João Maria Câmara* Manutenção elétrica industrial 46 Capítulo V Planejamento e organização da manutenção Por Igor Mateus de Araújo e João Maria Câmara* A busca incessante do lucro pelas empresas, focada relegando-a a uma posição secundária ou a ser vista

Leia mais

Palavras-chave: equipamentos; processo; competitividade; plano de manutenção.

Palavras-chave: equipamentos; processo; competitividade; plano de manutenção. Elaboração de um plano de manutenção em uma padaria localizada na região Centro-Oeste de Minas Gerais Valdevan da Silva MORAIS 1 ; Fádua Maria do Amaral SAMPAIO 1 ; Luciana MENDONÇA 1 ; Natália Daniele

Leia mais

Agenda. - Transmissor: de Analógico para Microprocessado - Sensor analítico: de Analógico para Digital. - A tecnologia incorporada ao sensor

Agenda. - Transmissor: de Analógico para Microprocessado - Sensor analítico: de Analógico para Digital. - A tecnologia incorporada ao sensor Gerenciamento Inteligente do Sensor Felipe Salomão Banci Engenheiro de Aplicação Mettler Toledo Brasil - Divisão Processo Agenda A Evolução do Analisador - Transmissor: de Analógico para Microprocessado

Leia mais

Influenciar o desempenho de equipamentos através de métricas de manutenção

Influenciar o desempenho de equipamentos através de métricas de manutenção 2008: issue 3 A publication of Caterpillar Global Mining Influenciar o desempenho de equipamentos através de métricas de manutenção Minas de sucesso usam medidas-chave para melhorar a disponibilidade O

Leia mais

Análise Termográfica RELATÓRIO TÉCNICO 0714

Análise Termográfica RELATÓRIO TÉCNICO 0714 ANÁLISE TERMOGRÁFICA CODEN - Nova Odessa CODEN 1. OBJETIVO Apresentar ao CODEN a Inspeção Termográfica realizada nos equipamentos de suas unidades em Nova Odessa 2. INSTRUMENTAÇÃO UTILIZADA Termovisor

Leia mais

CONEXÃO AUTOMÁTICA. Tudo o que você precisa para fazer uma emenda elétrica rápida e perfeita.

CONEXÃO AUTOMÁTICA. Tudo o que você precisa para fazer uma emenda elétrica rápida e perfeita. CONEXÃO AUTOMÁTICA Tudo o que você precisa para fazer uma emenda elétrica rápida e perfeita. WAGO Tradição em Inovar Inovação é a base de tudo o que a WAGO faz e, há mais de 60 anos, temos nos empenhado

Leia mais

Autores: Mauro Lucio Martins Eduardo Sarto

Autores: Mauro Lucio Martins Eduardo Sarto Aplicação da Preditiva on-line Como Ferramenta para o Aumento da Disponibilidade e Confiabilidade dos Equipamentos Rotativos em uma Empresado Ramo Petrolífero Autores: Mauro Lucio Martins Eduardo Sarto

Leia mais

Instrumentação na Indústria Química. Prof. Gerônimo

Instrumentação na Indústria Química. Prof. Gerônimo Instrumentação na Indústria Química Prof. Gerônimo Ementa 1. Introdução. 2. Histórico. 3. Automação, controle de processo. 4. Instrumentos para controle de processos: - Classificação dos instrumentos -

Leia mais

Serviços e Soluções para Estamparias

Serviços e Soluções para Estamparias Serviços e Soluções para Estamparias 1 BEM VINDO À PRENSAS SCHULER - BRASIL Inovação e Tecnologia Área total: 103,220 m² Área construída: 32,727 m² A Prensas Schuler instalou-se no Brasil em 1965, época

Leia mais

Bomba d Água Amanco MANUAL DE INSTALAÇÃO

Bomba d Água Amanco MANUAL DE INSTALAÇÃO MANUAL DE INSTALAÇÃO Bomba d Água Amanco M a n u a l d e I n s t a l a ç ã o B o m b a d Á g u a A m a n c o Este manual também pode ser visualizado através do site > Produtos > Predial > Reservatórios

Leia mais

Saada Chequer Fernandez

Saada Chequer Fernandez Saada Chequer Fernandez Analista de Gestão em Saúde Coordenação da Qualidade CIQ/Direh/FIOCRUZ Gerenciamento da Qualidade em Laboratório de Anatomia Patológica VI Congresso Regional de Histotecnologia

Leia mais

UM NOME, MUITAS SOLUÇÕES!

UM NOME, MUITAS SOLUÇÕES! UM NOME, MUITAS SOLUÇÕES! Fundado em 2010, o Grupo Vikon, hoje é a mais completa prestadora de serviços de consultoria técnica, inspeção e manutenção do mercado. Nossa equipe especializada e eficientemente

Leia mais

A ESCOLHA CERTA. UM PARCEIRO QUE SE IMPORTA COM VOCÊ. Serviços Inteligentes

A ESCOLHA CERTA. UM PARCEIRO QUE SE IMPORTA COM VOCÊ. Serviços Inteligentes Serviços Inteligentes UM PARCEIRO QUE SE IMPORTA COM VOCÊ. Oferecemos 100 anos de liderança na inovação de imagens e em TI na área de saúde. Nossa equipe de serviços em todo o mundo trabalha junto com

Leia mais

DETEÇÃO DE INFRAESTRUTURAS ENTERRADAS INSPEÇÃO TERMOGRÁFICA POR INFRAVERMELHOS

DETEÇÃO DE INFRAESTRUTURAS ENTERRADAS INSPEÇÃO TERMOGRÁFICA POR INFRAVERMELHOS Geodetect, Lda. DETEÇÃO DE INFRAESTRUTURAS ENTERRADAS INSPEÇÃO TERMOGRÁFICA POR INFRAVERMELHOS Travessa do Governo Civil, Nº4 2ºDrt. Sala 5 3810-118 Aveiro PORTUGAL (+351) 967 085 701 (+351) 963 829 703

Leia mais

UTILIZAÇÃO DA TERMOGRAFIA NA MANUTENÇÃO DE LOCOMOTIVAS E INSPEÇÃO DE VAGÕES.

UTILIZAÇÃO DA TERMOGRAFIA NA MANUTENÇÃO DE LOCOMOTIVAS E INSPEÇÃO DE VAGÕES. UTILIZAÇÃO DA TERMOGRAFIA NA MANUTENÇÃO DE LOCOMOTIVAS E INSPEÇÃO DE VAGÕES. Atualmente no Brasil estão em operação diversos modelos de locomotivas diesel-elétricas, desde locomotivas mais antigas e de

Leia mais