Uso da Tecnologia de Estado Sólido (LEDs) na Iluminação Pública. Autor: João Gabriel Pereira de Almeida Rio de Janeiro 24 de maio de 2005

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Uso da Tecnologia de Estado Sólido (LEDs) na Iluminação Pública. Autor: João Gabriel Pereira de Almeida Rio de Janeiro 24 de maio de 2005"

Transcrição

1 Uso da Tecnologia de Estado Sólido (LEDs) Autor: João Gabriel Pereira de Almeida Rio de Janeiro 24 de maio de 2005

2 O que é o LED (light emitting diode)*? Diodo semicondutor: dispositivo eletrônico que permite que a corrente elétrica flua em uma dada direção; Dois materiais ligeiramente diferentes unidos formando uma junção tipo P (cargas positivas) N (cargas negativas); Quando uma tensão é aplicada sob essa junção as cargas positivas e negativas se recombinam na região ativa liberando energia na forma de luz. *NLPIP Lighting Answers Volume 7 Issue 3 maio / 43

3 O que é o LED (light emitting diode)*? Cápsula em epóxi: lentes em forma de domo, sem pintura, não difusa. Ligação de topo Suporte anódico Chip LED Suporte catódico com taça refletora Armação de chumbo e aço doce, condutores para solda Marca no domo indicando o catodo Terminal catodo, menor que o terminal anodo. *NLPIP Lighting Answers Volume 7 Issue 3 maio / 43

4 4 / 43 Uso da Tecnologia de Estado Sólido (LEDs) História dos LEDs A publicação ao lado apresenta o curioso fenômeno da eletroluminescência descrito pelo Capitão H.J. Round em 1907, na Revista Electrical World.

5 História dos LEDs - inventado, em 1960, pela GE*; - IBM System 360, passa a usar os LEDs como indicadores de estado em 1964**; - em 1972 a Seiko apresenta seus relógios com uso de LEDS**; - em 1976 a HP apresenta sua calculadora com uso de LEDs no display**. * Homepage GELcore.com. **Homepage de E. Fred Schubert. 5 / 43

6 História dos LEDs - fabricado, em 1997, pela Nichia, o primeiro LED azul*; - Conversão teórica de até 100% (hoje está em torno de 60%)**; *Homepage de E. Fred Schubert. **Solid-state lighting: toward superior illumination Proceedings of the IEEE outubro / 43

7 História dos LEDs 7 / 43

8 O que determina a cor de um LED? Basicamente o material utilizado como elemento semicondutor, por exemplo: Fosfato de alumínio, gálio e índio (AlInGaP): vermelho, laranja e amarelo; Nitrato de índio e gálio (InGaN): verde, azul e branco. 8 / 43

9 E o LED branco*? Basicamente existem três maneiras de produção da luz branca em LEDs: A partir de três unidades - RGB; LED Azul + fósforo; UV LED + fósforo (processo similar às lâmpadas fluorescentes). *Crossing the chasm Kevin Dowling LD+A Magazine novembro de / 43

10 Principais Fabricantes (LEDs/lentes/produtos) 10 / 43

11 Ótica Secundária* Lentes encapsulantes (colimadores) que podem capturar até 95% da luz; Diversos ângulos e formatos de saída de luz (por exemplo, 4, 8, 25 e 45 graus); Principais fabricantes: Fraen Optics e Carclo UK. Itália, Polimer *Seminário sobre Aplicações em Iluminação com Luxeon Hotel Club Transatlântico - São Paulo maio de 2006.

12 V E R M E L H O L A R A N J A A Z U L B R A N C O A M A R E L O / V E R D E Uso da Tecnologia de Estado Sólido (LEDs) 12 / 43 Eficiência (lm/w)

13 Evolução: de indicador a iluminador*! Fluxo [lm] Potência [W] Eficiência [lm/w] Data , ** 300 ou 400? *LEDs in the mainstream LEDs Magazine outubro de **Solid-state lighting: toward superior illumination Proceedings of the IEEE outubro / 43

14 Evolução: de indicador a iluminador! Iluminador Indicador 14 / 43

15 Manutenção do fluxo luminoso*: Vida de Iluminação de LEDs Saída de Luz Relativa (%) LED Alta Luminosidade LED Branco de 5 mm Tempo (h) *NLPIP Lighting Answers Volume 7 Issue 3 maio / 43

16 Manutenção do fluxo luminoso*: Dados de Manutenção do Lúmen 120 Fluorescente T5 Saída de Luz Relativa (%) LED Branco de alta luminosidade Fluorescente T8 Fluorescente T12 Vapor Metálico LED Branco 5 mm Incandescente Halógena Horas *NLPIP Lighting Answers Volume 7 Issue 3 maio / 43

17 Casos exemplos Iluminação semafórica: - foram primeiramente introduzidos em 1993; - baixa penetração devido a custos elevados e falta de padronização. 17 / 43

18 Iluminação de escritório: 18 / 43

19 Iluminação de escritório: 19 / 43

20 Iluminação automotiva*: *LEDs in the mainstream LEDs Magazine dezembro de / 43

21 *LEDs in the mainstream LEDs Magazine dezembro de / 43

22 Iluminação automotiva*: *LEDs in the mainstream LEDs Magazine dezembro de / 43

23 Iluminação automotiva*: *LEDs in the mainstream LEDs Magazine dezembro de / 43

24 Iluminação arquitetural: 24 / 43

25 Iluminação arquitetural: Prédio construído em 1821, com 59 janelas e estruturado em mourões e taipa, foi considerado o primeiro arranha-céu de Minas Gerais. Prédio Sobradão Minas Novas - MG 25/23

26 Iluminação pública: 26 / 43

27 Iluminação pública: Iluminação pública 27 / 43

28 Iluminação pública: 28 / 43

29 Iluminação pública*: Primeira instalação aconteceu nos EUA em 2003; Foram instaladas 30 luminárias; Luminária fabricada pela empresa Mooncell e batizada como Econo-Lum possuindo 36 LEDs de 1 W. *Philips takes control of Lumileds Lighting LEDs Magazine outubro de / 43

30 Iluminação pública*: *Philips takes control of Lumileds Lighting LEDs Magazine outubro de 2005.

31 Iluminação pública: 31 / 43

32 Iluminação pública: 32 / 43

33 Iluminação pública*: Em julho de 2005 a Philips faz sua primeira instalação; Luminária com 6 LEDs de 3 W e 12 LEDs de 1 W todos da cor âmbar; *Philips takes control of Lumileds Lighting LEDs Magazine outubro de / 43

34 Iluminação pública*: Em janeiro de 2006 a Indal faz sua primeira instalação. *Revista INDAL Noticias Abril de / 43

35 Iluminação pública: 35 / 43

36 Principais vantagens: Redução dos custos operacionais; Facilidade de controle e de dimerização; Possibilidade de um maior controle sobre a TCC; Permite a mudança radical de conceitos/paradigmas: luminárias na ponta do braço? catenárias? outras soluções? 36 / 43

37 Redução poluição luminosa 37 / 43

38 Utilização de novas tecnologias de redes sem fio! Tecnologia de comunicação sem fio - ZigBee; Mais simples e mais barata que outras como o Bluetooth; As especificações ZigBee 1.0 foram ratificadas em dez/2004; Ótimas para aplicações com baixa taxa de transmissão; Ótimas para aplicações com baixo consumo de energia; Diversas empresas já estão desenvolvendo microcontroladores para LEDs de alta potência com ZigBee. 38 / 43

39 Utilização de novas tecnologias de redes sem fio! Participam da aliança empresas como: 39 / 43

40 Iluminação pública May 30 - June 1, Las Vegas, NV 40 / 43

41 Problemas a serem solucionados: Financiamento para pesquisas: - nos EUA: DOE está investindo US$ 50 Milhões anualmente; - no Brasil: - trabalho Eletrobrás / RELUZ CEFET/MG R$600 mil; - P&D da CEMIG R$1,1 Milhão; - algum outro? 41 / 43

42 Outros problemas a serem solucionados*: Vida útil: Alguns fabricantes falam em valores inferiores a h menor que a de alguns sistemas com lâmpadas fluorescentes/vs; Reciclagem: Toxibilidade: Ainda não foi devidamente estudado as possíveis metodologias para descarte e reciclagem dos LEDs; Alguns produtos fazem uso de materiais como o chumbo; existe ainda a questão da possibilidade de contaminação da água durante o processo de fabricação. *Are LEDs really the future? Jeffrey Boynton LD+A Magazine fevereiro de / 43

43 Agradecimentos! João Gabriel CEMIG (31)

LED - ILUMINAÇÃO DE ESTADO SÓLIDO

LED - ILUMINAÇÃO DE ESTADO SÓLIDO LED - ILUMINAÇÃO DE ESTADO SÓLIDO Marcelle Gusmão Rangel, Paula Barsaglini Silva, José Ricardo Abalde Guede FEAU/UNIVAP, Avenida Shisima Hifumi 2911, São José dos Campos - SP marcellerangel@gmail.com,

Leia mais

AV. Herminio Gimenez RC - RUC: 80061756-8 COR: CIUDAD DEL ESTE-PY TEL: +595 983 613802 contato@options-sa.net - www.options-sa.net

AV. Herminio Gimenez RC - RUC: 80061756-8 COR: CIUDAD DEL ESTE-PY TEL: +595 983 613802 contato@options-sa.net - www.options-sa.net COR: -Instalação rápida e fácil, fixação com resina, ondulação de 2 a 4 mm para passagem dos cabos de energia. - Pode ser instalada em piscinas ou hidromassagens onde não tenha sido previsto sistema de

Leia mais

TOPLEDS Lighting Solutions 1

TOPLEDS Lighting Solutions 1 TOPLEDS Lighting Solutions 1 INOVAÇÃO SUSTENTABILIDADE ECONOMIA LED, sigla em inglês de Diodo Emissor de Luz, é um semicondutor com vida útil extremamente longa, montado em um chip de silício que recebe

Leia mais

FLUORESCENTES INCANDESCENTES HALÓGENAS HID

FLUORESCENTES INCANDESCENTES HALÓGENAS HID FLUORESCENTES INCANDESCENTES HALÓGENAS HID INDICE FLUORESCENTES COMPACTAS..................................................7 Espirais T2 Espirais alta potência Retas 2U e 3U Retas de alta potência Espirais

Leia mais

Circuitos Lógicos. Aulas Práticas

Circuitos Lógicos. Aulas Práticas Circuitos Lógicos Aulas Práticas A Protoboard A Protoboard A Protoboard é um equipamento que permite interconectar dispositivos eletrônicos tais como resistores, diodos, transistores, circuitos integrados

Leia mais

DIODO SEMICONDUTOR. íon negativo. elétron livre. buraco livre. região de depleção. tipo p. diodo

DIODO SEMICONDUTOR. íon negativo. elétron livre. buraco livre. região de depleção. tipo p. diodo DIODO SEMICONDUOR INRODUÇÃO Materiais semicondutores são a base de todos os dispositivos eletrônicos. Um semicondutor pode ter sua condutividade controlada por meio da adição de átomos de outros materiais,

Leia mais

Investigação e Desenvolvimento

Investigação e Desenvolvimento Investigação e Desenvolvimento Título: Lâmpadas LED vs Lâmpadas Normais. Caso de estudo (trabalho de investigação realizado no âmbito da disciplina de proteção ambiental) Autor: SAj António Coelho (Curso

Leia mais

29/01/2010 SEMÁFOROS A LED CONSERVAÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA. Objetivo. Avaliar a viabilidade técnica e. econômica das lâmpadas para focos de

29/01/2010 SEMÁFOROS A LED CONSERVAÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA. Objetivo. Avaliar a viabilidade técnica e. econômica das lâmpadas para focos de UNIVERSIDADE DE MOGI DAS CRUZES CONSERVAÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA SEMÁFOROS A LED Mário Cesar G. Ramos CONSERVAÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA Objetivo Avaliar a viabilidade técnica e econômica das lâmpadas para

Leia mais

ILUMINAÇÃO NA ARQUITETURA. Prof. Arq. Minéia Johann Scherer

ILUMINAÇÃO NA ARQUITETURA. Prof. Arq. Minéia Johann Scherer ILUMINAÇÃO NA ARQUITETURA Prof. Arq. Minéia Johann Scherer LÂMPADAS A VAPOR DE MERCÚRIO São lâmpadas de descarga à alta pressão. Há no interior da lâmpada um tubo de descarga de quartzo que suporta altas

Leia mais

CATÁLOGO DE PRODUTOS

CATÁLOGO DE PRODUTOS CATÁLOGO DE PRODUTOS ILUMINAÇÃO EM LED: TENDÊNCIA MUNDIAL. A utilização da iluminação em LED, além de oferecer produtos com maior durabilidade e segurança, minimizam o custo e o consumo de energia elétrica,

Leia mais

PROJETOR 1 LED O Projetor1LED foi desenvolvido para substituir a iluminação tradicional de projetores em halogêneo e Iodetos metálicos. A redução dos consumos pode chegar a %. Liga diretamente à rede elétrica

Leia mais

Soluções de iluminação LED

Soluções de iluminação LED Soluções de iluminação LED SOLUÇÕES DE ILUMINAÇÃO LED 2 LED SOLUTIONS 3 anos Benefícios das lâmpadas : O que a oferece a você: Economia de energia de até 85% comparando-se com as lâmpadas incandescentes

Leia mais

fig. 1 - símbolo básico do diodo

fig. 1 - símbolo básico do diodo DIODOS São componentes que permitem a passagem da corrente elétrica em apenas um sentido. Produzidos à partir de semicondutores, materiais criados em laboratórios uma vez que não existem na natureza, que

Leia mais

Tecnologia em Sinalização

Tecnologia em Sinalização es s Tecnologia em Sinalização Entendendo o que é um Uma pequena lâmpada, um grande impacto. Um (Light Emitting Diode), algo como diodo emissor de luz, é uma fonte de luz eletrônica. A maioria das pessoas

Leia mais

SOLUÇÕES EM ILUMINAÇÃO

SOLUÇÕES EM ILUMINAÇÃO SOLUÇÕES EM ILUMINAÇÃO SOLUÇÕES EM ILUMINAÇÃO HÁ 27 ANOS A LEMCA OFERECE AO MERCADO SOLUÇÕES INOVADORAS EM SISTEMAS DE ILUMINAÇÃO QUE SOMAM PRODUTOS DE ALTA PERFORMANCE, EFICIÊNCIA ENERGÉTICA, ECONOMIA

Leia mais

KBR - A Solução Definitiva. KBR Eletrônica Ltda.

KBR - A Solução Definitiva. KBR Eletrônica Ltda. KBR Eletrônica Ltda. KBR - A Solução Definitiva Iluminação de emergência Alarme de incêndio Luminária fluorescente para acendimento em tensão contínua (VCC) Inversor para lâmpada fluorescente Reator eletrônico

Leia mais

O futuro da iluminação.

O futuro da iluminação. www.osram.com.br O futuro da iluminação. PORTFÓLIO COMPLETO! LampLEDs para iluminação geral e iluminação de efeito. www.osram.com.br O futuro da iluminação. Para a OSRAM, especialista em iluminação, os

Leia mais

RANDAL KULAIF. Vendas Corporativas

RANDAL KULAIF. Vendas Corporativas Produto Foto Descrição G4 Lampada Led G4 Bipino 1,5 Wa s Para Lustre E Pendentes - BRANCO FRIO - BRANCO QUENTE 110V G9 Lâmpada Led Halopim G9 - Para Lustres E Pendentes - 3w - opção Frio ou Quente - Ângulo

Leia mais

A barra LED RGB pode ser utilizada em diversas aplicações de decoração, das quais destacamos: vitrinas, expositores, móveis de cozinhas, sancas, anfiteatros, etc... Tecnologia LED Barras RGB Vantagens

Leia mais

Universidade Federal Fluminense UFF Escola de Engenharia TCE Curso de Engenharia de Telecomunicações TGT

Universidade Federal Fluminense UFF Escola de Engenharia TCE Curso de Engenharia de Telecomunicações TGT Universidade Federal Fluminense UFF Escola de Engenharia TCE Curso de Engenharia de Telecomunicações TGT Programa de Educação Tutorial PET Grupo PET-Tele Dicas PET-Tele Uma breve introdução à componentes

Leia mais

SPOTS SUPERLED DE EMBUTIR

SPOTS SUPERLED DE EMBUTIR www.alumbra.com.br SAC 0800-193130 SPOTS SUPERLED DE EMBUTIR SOLUÇÕES FEITAS PARA VOCÊ SOLUÇÕES FEITAS PARA VOCÊ VERSATILIDADE AO SEU DISPOR SPOT E SUPERLED AGORA EM UM PRODUTO ÚNICO E DE MUITO BOM GOSTO

Leia mais

ANÁLISE DA VIABILIDADE DE ILUMINAÇÃO À LED S EM RESIDÊNCIAS. Rodrigo Evandro da Mota, Tiago Augusto da Silva, José Ricardo Abalde Guede

ANÁLISE DA VIABILIDADE DE ILUMINAÇÃO À LED S EM RESIDÊNCIAS. Rodrigo Evandro da Mota, Tiago Augusto da Silva, José Ricardo Abalde Guede ANÁLISE DA VIABILIDADE DE ILUMINAÇÃO À LED S EM RESIDÊNCIAS. Rodrigo Evandro da Mota, Tiago Augusto da Silva, José Ricardo Abalde Guede FEAU/UNIVAP, Avenida Shisima Hifumi 2911, São José dos Campos - SP

Leia mais

Lâmpadas MASTER LED. Veja do que a luz é capaz

Lâmpadas MASTER LED. Veja do que a luz é capaz Lâmpadas MASTER LED SPOT - Serviço Philips de Orientação Técnica Fone: 0800 979 19 25 E-mail: luz.spot@philips.com www.philips.com/masterled Veja do que a luz é capaz Especifi cações e informações técnicas

Leia mais

Vejamos alguns dados técnicos É imprescindível a necessidade de adaptação com alguns termos e abreviaturas normalmente usadas.

Vejamos alguns dados técnicos É imprescindível a necessidade de adaptação com alguns termos e abreviaturas normalmente usadas. D IODO LED E D ISPLAY DE SETE SEGMENTOS O Diodo LED, é um diodo com uma finalidade especifica, emitir Luz. Os LEDs assim como os diodos retificadores possuem dois terminais, que são ânodo (A) e cátodo

Leia mais

ILUMINAÇÃO DE EMERGÊNCIA DADOS TÉCNICOS

ILUMINAÇÃO DE EMERGÊNCIA DADOS TÉCNICOS 1 de 7 Sistemas Autônomos: VU-06 Sistema Autônomo Modelo VU-06 com dois faroletes com lâmpadas dicróicas de 20 Watts cada, com sensor de luminosidade, com bateria interna selada tipo gel de 12V-7Ah, autonomia

Leia mais

Desenvolvimento de um sistema sustentável, utilizando uma Luminária a Base de LEDs

Desenvolvimento de um sistema sustentável, utilizando uma Luminária a Base de LEDs 1 Desenvolvimento de um sistema sustentável, utilizando uma Luminária a Base de LEDs N. S. H. Diego, Graduando em Engenharia Elétrica, IFBA, J.A. Diaz-Amado, Membro estudante, IEEE, Ms. Engenharia Elétrica,

Leia mais

Avaliação da conformidade para luminárias LED para IP e lâmpadas LED. Alexandre Paes Leme - Inmetro São Paulo 22/07/2014

Avaliação da conformidade para luminárias LED para IP e lâmpadas LED. Alexandre Paes Leme - Inmetro São Paulo 22/07/2014 Avaliação da conformidade para luminárias LED para IP e lâmpadas LED Alexandre Paes Leme - Inmetro São Paulo 22/07/2014 Breve histórico Requisitos mínimos para luminárias LED Requisitos mínimos de segurança

Leia mais

GE Iluminação. Lâmpadas Eletrônicas. Integradas e Não Integradas. imagination at work

GE Iluminação. Lâmpadas Eletrônicas. Integradas e Não Integradas. imagination at work GE Iluminação Lâmpadas Eletrônicas Integradas e Não Integradas imagination at work Economiza até % de energia* s e s Utilize as lâmpadas da GE para decorar seus ambientes. As lâmpadas Fluorescentes Compactas

Leia mais

limark caraterísticas - projetores vantagens

limark caraterísticas - projetores vantagens limark limark caraterísticas - projetores Estanquicidade: IP 67 (*) Resistência ao choque (PC): IK 09 (**) Resistência a uma carga estática: < 500 kg Tensão nominal (alimentador exterior): 24V DC Classe

Leia mais

Iluminação para Galpões

Iluminação para Galpões Iluminação para Galpões Low Bay 50 Watts Luminária Industrial para pé direito até 4 mts. Iluminação com leds de alta potencia para galpões Luminária Hi-Bay 120 Watts Luminária Industrial para pé direito

Leia mais

Semáforos de LED s. (adaptado de artigo publicado na revista Engenharia 544 do Instituto de Engenharia)

Semáforos de LED s. (adaptado de artigo publicado na revista Engenharia 544 do Instituto de Engenharia) Sun Hsien Ming * Semáforos de LED s (adaptado de artigo publicado na revista Engenharia 544 do Instituto de Engenharia) A geração de luz utilizando a propriedade de emissão de diodos formados por cristais

Leia mais

Viabilizando a troca

Viabilizando a troca LEDs versus Lâmpadas Convencionais Viabilizando a troca Francis Bergmann Bley francis@bley.com.br Pós-graduação em Iluminação e Design de Interiores Resumo O presente artigo tem como principal objetivo

Leia mais

Produtos LED Linha Alta Performance

Produtos LED Linha Alta Performance Produtos LED Linha Alta Performance Fichas Técnicas / Setembro 2014 Rev.2.1 Lâmpada Tubular LED Lâmpada Tubular LED Lâmpada Tubular HO LED Lâmpada Tubular LED Lâmpada Tubular LED Lâmpada Tubular LED Lâmpada

Leia mais

Fontes Artificiais de Luz: Características e Novas Tecnologias

Fontes Artificiais de Luz: Características e Novas Tecnologias 1 Encontro Nacional de Iluminação de Monumentos e Conjuntos Urbanos Protegidos Fonte Schréder Mercado Municipal de São Paulo Projeto: Franco & Fortes Lighting Design Senzi Consultoria Luminotécnica Fontes

Leia mais

Eficiência Energética na Iluminação Pública

Eficiência Energética na Iluminação Pública ISSN 1984-9354 Eficiência Energética na Iluminação Pública Pedro Paulo dos Santos (LATEC/UFF) ppsantos28@hotmail.com Resumo: A iluminação pública tem papel de grande importância em uma sociedade, pois

Leia mais

Eletrônica (Dispositivos optoeletrônicos-introdução) Prof. Manoel Eusebio de Lima

Eletrônica (Dispositivos optoeletrônicos-introdução) Prof. Manoel Eusebio de Lima Eletrônica (Dispositivos optoeletrônicos-introdução) Prof. Manoel Eusebio de Lima Dispositivos optoeletrônicos A optoeletrônica é a tecnologia que combina a ótica com a eletrônica. Exemplos de dispositivos

Leia mais

Iluminação pública. Capítulo VIII. Iluminação pública e urbana. O mundo digital

Iluminação pública. Capítulo VIII. Iluminação pública e urbana. O mundo digital 32 Led pra cá, Led pra lá... muito boa essa discussão, no entanto, o que muitas vezes deixamos de lembrar que o Led sem a eletrônica não é nada. Desde a mais simples aplicação até a mais complexa, a eletrônica

Leia mais

Conceitos Fundamentais de Eletrônica

Conceitos Fundamentais de Eletrônica Conceitos Fundamentais de Eletrônica A eletrônica está fundamentada sobre os conceitos de tensão, corrente e resistência. Podemos entender como tensão a energia potencial armazenada em uma pilha ou bateria

Leia mais

Ministério de Minas e Energia Consultoria Jurídica

Ministério de Minas e Energia Consultoria Jurídica Ministério de Minas e Energia Consultoria Jurídica PORTARIA INTERMINISTERIAL N o 1.007, DE 31 DE DEZEMBRO DE 2010. OS MINISTROS DE ESTADO DE MINAS E ENERGIA, DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA E DO DESENVOLVIMENTO,

Leia mais

Catálogo Comparativo

Catálogo Comparativo Catálogo Comparativo Upgrade nas vendas Com as lâmpadas compactas você sempre ganhou muito. Agora é a vez das lâmpadas de LED. Você ganhando muito mais! www.avantled.com.br facebook.com/avantlighting Catálogo

Leia mais

de Ambientes Automação

de Ambientes Automação Automação de Ambientes Este documento solução é de propriedade da ARTIERE e fica expressamente proibida a reprodução e/ou divulgação, sem a permissão por escrito da Artiere Comercial Ltda. Todos os direitos

Leia mais

CATÁLOGO DE PRODUTOS

CATÁLOGO DE PRODUTOS Uma empresa que tem orgulho de iluminar! CATÁLOGO DE PRODUTOS 1 PROJETORES ESTAMPADOS - LANÇAMENTO A Tec & Luz está com novidades em sua linha de produtos. Conheça a nova linha de Projetores Estampados

Leia mais

MASTER LEDtubes. A escolha de iluminação de alta qualidade

MASTER LEDtubes. A escolha de iluminação de alta qualidade MASTER LEDtubes A escolha de iluminação de alta qualidade Porquê escolher as soluções Philips s Poupança 80% de energia Philips EMP050 Protector Os LEDs estãose a tornar cada vez mais interessantes quando

Leia mais

FIN AR 111 FIN Candle FIN Lumin FIN PAR FIN Spotlight Downlight Globo PL. Linha Home & Office. www.leddy.com.br

FIN AR 111 FIN Candle FIN Lumin FIN PAR FIN Spotlight Downlight Globo PL. Linha Home & Office. www.leddy.com.br FIN AR 111 FIN Candle FIN Lumin FIN PAR FIN Spotlight Downlight Globo PL Linha Home & Office www.leddy.com.br FIN AR 111 praticidade e eficiência Ø110mm Ø95mm Ø111mm 67mm Leddy FIN AR 111 Dotada de base

Leia mais

Elfio Rocha Mendes José Maria Cavalcante Filho

Elfio Rocha Mendes José Maria Cavalcante Filho Elfio Rocha Mendes José Maria Cavalcante Filho Situação atual Aumento da Energia chega até a 85%, em 12 meses O GLOBO 08.05.2015 Aumento de tarifas, como água e luz, mantém em alta inflação de serviços

Leia mais

Avaliação da conformidade para luminárias LED para IP e lâmpadas LED Alexandre Paes Leme - Inmetro São Paulo 10/09/2014

Avaliação da conformidade para luminárias LED para IP e lâmpadas LED Alexandre Paes Leme - Inmetro São Paulo 10/09/2014 Avaliação da conformidade para luminárias LED para IP e lâmpadas LED Alexandre Paes Leme - Inmetro São Paulo 10/09/2014 Requisitos mínimos para luminárias LED Requisitos mínimos de segurança para a luminária

Leia mais

ENSAIOS DE EQUIPAMENTOS DE ILUMINAÇÃO PÚBLICA. Juliana Iwashita

ENSAIOS DE EQUIPAMENTOS DE ILUMINAÇÃO PÚBLICA. Juliana Iwashita ENSAIOS DE EQUIPAMENTOS DE ILUMINAÇÃO PÚBLICA Juliana Iwashita 1 PROJETOS E CONSULTORIAS A EXPER desenvolve projetos e consultorias especializadas nas seguintes áreas: Certificações de produtos de iluminação

Leia mais

ANÁLISE COMPARATIVA DE SISTEMAS DE ILUMINAÇÃO - VIABILIDADE ECONÔMICA DA APLICAÇÃO DE LED

ANÁLISE COMPARATIVA DE SISTEMAS DE ILUMINAÇÃO - VIABILIDADE ECONÔMICA DA APLICAÇÃO DE LED ANÁLISE COMPARATIVA DE SISTEMAS DE ILUMINAÇÃO - VIABILIDADE ECONÔMICA DA APLICAÇÃO DE LED Nadya Kalache (UFMS ) nadyakalache@gmail.com Saulo Gomes Moreira (UFMS ) saulo.moreira@ufms.br RENATA MILANI ARAUJO

Leia mais

EPUSP PCS 2011/2305/2355 Laboratório Digital. Displays

EPUSP PCS 2011/2305/2355 Laboratório Digital. Displays Displays Versão 2015 1. Displays em Circuitos Digitais É inegável a importância de displays, pois são muito utilizados nos mais variados equipamentos de todas as áreas, como por exemplo, de instrumentação

Leia mais

Curso de Projetos de Iluminação Eficiente Professor Tomaz Nunes Cavalcante

Curso de Projetos de Iluminação Eficiente Professor Tomaz Nunes Cavalcante Curso de Projetos de Iluminação Eficiente Professor Tomaz Nunes Cavalcante Conteúdo do Curso Introdução. Conceito de Eficiência Energética. Conceitos de Iluminação. Luminotécnica. Avaliação financeira

Leia mais

TEMPERATURA DE COR - K (Kelvin)

TEMPERATURA DE COR - K (Kelvin) Capítulo 3 - Grandezas Luminotécnicas e Elétricas 3.1 - Grandezas Luminotécnicas Temperatura de Cor TEMPERATURA DE COR - K (Kelvin) 5800 K - luz branca natural Sol em céu aberto ao meio-dia 2000K 2700K

Leia mais

Pontifícia Universidade Católica do Paraná. CCET Centro de Ciências Exatas e Tecnológicas. Engenharia de Computação. Alex Douglas Fukahori

Pontifícia Universidade Católica do Paraná. CCET Centro de Ciências Exatas e Tecnológicas. Engenharia de Computação. Alex Douglas Fukahori Pontifícia Universidade Católica do Paraná CCET Centro de Ciências Exatas e Tecnológicas Engenharia de Computação Alex Douglas Fukahori Arthur Teixeira Brita Felipe Cornehl Hélio Pasko Rompkovski SmartLogger

Leia mais

Semáforo inovador: lente especial distribui e emite efeito luminoso dos LEDs

Semáforo inovador: lente especial distribui e emite efeito luminoso dos LEDs Semáforo inovador: lente especial distribui e emite efeito luminoso dos LEDs > TECNOLOGIA ÓPTICA A revolução dos LEDs Pesquisadores de São Carlos desenvolvem equipamentos com diodos emissores de luz YURI

Leia mais

Luminárias a Led na iluminação pública: características técnicas e viabilidade econômica

Luminárias a Led na iluminação pública: características técnicas e viabilidade econômica 40 Capítulo V Luminárias a Led na iluminação pública: características técnicas e viabilidade econômica Por Roberto Sales* As luminárias a Led para iluminação pública (IP) já estão em uso em muitas cidades

Leia mais

TE067-Laboratório de Engenharia Elétrica V Lâmpadas

TE067-Laboratório de Engenharia Elétrica V Lâmpadas Lâmpadas Ewaldo Luiz de Mattos Mehl Universidade Federal do Paraná Departamento de Engenharia Elétrica mehl@eletrica.ufpr.br Lâmpadas Lâmpadas Incandescentes Lâmpadas para Iluminação Pública e para Grandes

Leia mais

Introdução à Eletrónica II

Introdução à Eletrónica II Introdução à Eletrónica II Nino Pereira Nino Pereira Índice Nino Pereira Um é um circuito electrónico que cria um sinal alternado com uma frequência muito precisa. Um é como um relógio ou metrónomo que

Leia mais

ILUMINADOR A LED PARA SEMÁFORO DE PEDESTRE COM CONTADOR REGRESSIVO. Sumário

ILUMINADOR A LED PARA SEMÁFORO DE PEDESTRE COM CONTADOR REGRESSIVO. Sumário Código: Un pç ILUMINADOR A LED PARA SEMÁFORO DE PEDESTRE COM CONTADOR REGRESSIVO 1 Objetivo 2 Referências Normativas 3 Definições 4 Requisitos Gerais 5 Requisitos Específicos 6 Funcionamento 7 Características

Leia mais

Minicurso de Arduino

Minicurso de Arduino Minicurso de Arduino Gabriel Vasiljević Wanderson Ricardo August 28, 2015 Gabriel Vasiljević Wanderson Ricardo Minicurso de Arduino August 28, 2015 1 / 45 Roteiro do curso O que é o Arduino (especificações,

Leia mais

As lâmpadas LED oferecem as mesmas intensidades luminosas (lúmens [lm]) das lâmpadas tradicionais, porém consumindo menos Watts.

As lâmpadas LED oferecem as mesmas intensidades luminosas (lúmens [lm]) das lâmpadas tradicionais, porém consumindo menos Watts. As lâmpadas LED oferecem as mesmas intensidades luminosas (lúmens [lm]) das lâmpadas tradicionais, porém consumindo menos Watts. Incandescente E27 E14 LED Lúmens 100W 1400 1300 1350lm 16W 1200 1100 1000

Leia mais

LED SMD 3528 TIPO PLCC STD ALTO BRILHO BRANCO FRIO

LED SMD 3528 TIPO PLCC STD ALTO BRILHO BRANCO FRIO LED SMD 3528 TIPO PLCC STD ALTO BRILHO BRANCO FRIO Destaques: - Alta intensidade luminosa e alta eficiência; - Tecnologia InGaN on GaN; AlInGaP; - Largo campo de visualização: 120º; - Excelente performance

Leia mais

Projeto Gráfico. Tiragem. planovisual.com.br. 2.000 unidades

Projeto Gráfico. Tiragem. planovisual.com.br. 2.000 unidades Projeto Gráfico planovisual.com.br Tiragem 2.000 unidades Todas as imagens contidas neste catálogo são meramente ilustrativas. A Kian se reserva no direito de alterar características, substituir ou retirar

Leia mais

Aplicação de Leds e fotometria

Aplicação de Leds e fotometria 40 Capítulo VII Aplicação de Leds e fotometria Por José Gil Oliveira* A iluminação artificial tem sido objeto de evolução tecnológica ao longo dos anos. Atualmente, em face da necessidade do aumento da

Leia mais

Eletrônicos. Convencionais. Manual do do Reator. Partida rápida. Fabricamos produtos com certificação: Descarga OCP 0018.

Eletrônicos. Convencionais. Manual do do Reator. Partida rápida. Fabricamos produtos com certificação: Descarga OCP 0018. Eletrônicos Convencionais Manual do do Partida rápida Fabricamos produtos com certificação: Descarga es BV OCP 0018 Índice Eletrônico de Descarga Índice PIS FPN 10 PIS AFP 10 PIS DICRÓICA 11 PID FPN 11

Leia mais

Lâmpadas Fluorescentes Compactas LEDS Luminárias de Emergência LED Extensões Elétricas e Plugues Adaptadores Escadas Telescópicas

Lâmpadas Fluorescentes Compactas LEDS Luminárias de Emergência LED Extensões Elétricas e Plugues Adaptadores Escadas Telescópicas Catálogo 2015/2016 Produtos Lâmpadas Fluorescentes Compactas LEDS Luminárias de Emergência LED Extensões Elétricas e Plugues Adaptadores Escadas Telescópicas NOSSA EMPRESA A Artek Industrial da Amazônia,

Leia mais

WORSHOP LED NA ILUMINAÇÃO PÚBLICA: EFICIÊNCIA ENERGÉTICA NAS CIDADES O NOVO SISTEMA DE ILUMINAÇÃO PÚBLICA DOS CAMPI DA USP

WORSHOP LED NA ILUMINAÇÃO PÚBLICA: EFICIÊNCIA ENERGÉTICA NAS CIDADES O NOVO SISTEMA DE ILUMINAÇÃO PÚBLICA DOS CAMPI DA USP WORSHOP LED NA ILUMINAÇÃO PÚBLICA: EFICIÊNCIA ENERGÉTICA NAS CIDADES O NOVO SISTEMA DE ILUMINAÇÃO PÚBLICA DOS CAMPI DA USP Paulo Ernesto Strazzi Enea Neri Prefeitura do Campus USP da Capital CUASO 10/09/2014

Leia mais

Prof. Rogério Eletrônica Geral 1

Prof. Rogério Eletrônica Geral 1 Prof. Rogério Eletrônica Geral 1 Apostila 2 Diodos 2 COMPONENTES SEMICONDUTORES 1-Diodos Um diodo semicondutor é uma estrutura P-N que, dentro de seus limites de tensão e de corrente, permite a passagem

Leia mais

EFICIÊNCIA ENERGÉTICA

EFICIÊNCIA ENERGÉTICA Catálogo 2015 2016 EFICIÊNCIA ENERGÉTICA Há muitas formas de perceber uma oportunidade. Muitas tentativas de encontrar a decisão certa para reduzir custos e tornar seu negócio mais lucrativo. Estar preparado

Leia mais

Projectos de Iluminação com LED s A ponte para o Futuro

Projectos de Iluminação com LED s A ponte para o Futuro Projectos de Iluminação com LED s A ponte para o Futuro Um pouco de História: A importância da iluminação na história do Homem vem desde os tempos mais remotos, através da utilização da luz natural. A

Leia mais

Iluminação artificial: Tipos de lâmpada Sistemas de iluminação Exemplos

Iluminação artificial: Tipos de lâmpada Sistemas de iluminação Exemplos Iluminação artificial: Tipos de lâmpada Sistemas de iluminação Exemplos Lâmpadas são fontes elementares de luz elétrica. Podemos proteger, refletir, refratar,filtrar, dimerizar, ou simplesmente expor as

Leia mais

Capacidade do controle remoto de 8 a 10 LEDs. Fio Preto e Laranja Alimentação do Controle Remoto 110/220VAC. SMART LED - 5 watts.

Capacidade do controle remoto de 8 a 10 LEDs. Fio Preto e Laranja Alimentação do Controle Remoto 110/220VAC. SMART LED - 5 watts. 09-c. Especificações do Controle Remoto 09-e. Ligação com uma placa sem controle remoto (Easy Led) Capacidade do controle remoto de 8 a 10 LEDs. Fio Preto e Laranja Alimentação do Controle Remoto 110/220VAC.

Leia mais

PdP. Autor: Luís Fernando Patsko Nível: Intermediário Criação: 22/05/2006 Última versão: 18/12/2006

PdP. Autor: Luís Fernando Patsko Nível: Intermediário Criação: 22/05/2006 Última versão: 18/12/2006 TUTORIAL Montagem da Barra de LEDs Autor: Luís Fernando Patsko Nível: Intermediário Criação: 22/05/2006 Última versão: 18/12/2006 PdP Pesquisa e Desenvolvimento de Produtos http://www.maxwellbohr.com.br

Leia mais

Lâmpadas de Descarga (HID)

Lâmpadas de Descarga (HID) Lâmpadas de Descarga (HID) ARTCOLOUR (MH-T) HPLN (Mercúrio) Lâmpada de Multi-Vapor Metálico coloridas, tipo MH-T, consistem de um tubo de descarga em quartzo, contendo vapor de mercúrio em alta pressão

Leia mais

PEA - Eletrotécnica Geral 1 LÂMPADAS ELÉTRICAS ( FONTES LUMINOSAS )

PEA - Eletrotécnica Geral 1 LÂMPADAS ELÉTRICAS ( FONTES LUMINOSAS ) PEA - Eletrotécnica Geral 1 LÂMPADAS ELÉTRICAS ( FONTES LUMINOSAS ) PEA - Eletrotécnica Geral 2 - OBJETIVOS: 1) CONCEITOS BÁSICOS DE FOTOMETRIA E DA AÇÃO DA LUZ SOBRE O OLHO 2) TIPOS DE LÂMPADAS 2.1) LÂMPADAS

Leia mais

MONTAGEM E CONFIGURAÇÃO DE UMA PISTA/PISO DE LEDS

MONTAGEM E CONFIGURAÇÃO DE UMA PISTA/PISO DE LEDS MONTAGEM E CONFIGURAÇÃO DE UMA PISTA/PISO DE LEDS CONDIÇÕES GERAIS Utilize o texto e vídeo abaixo como referencia se você deseja montar uma pista de LEDs, LEMBRANDO QUE É APENAS UMA SUGESTÃO, VOCÊ PODE

Leia mais

Reatores Eletrônicos para LEDs de Potência

Reatores Eletrônicos para LEDs de Potência Universidade Federal do Ceará PET Engenharia Elétrica Fortaleza CE, Brasil, Abril, 2013 Universidade Federal do Ceará Departamento de Engenharia Elétrica PET Engenharia Elétrica UFC Reatores Eletrônicos

Leia mais

POWER IP66 48-57 - 72. Externa / Integrada NW - CW. 6 a 12. 0 a 15º MIZAR LED IP66 48-72. Integrada NW - CW. Assimétrica. 3 a 6.

POWER IP66 48-57 - 72. Externa / Integrada NW - CW. 6 a 12. 0 a 15º MIZAR LED IP66 48-72. Integrada NW - CW. Assimétrica. 3 a 6. LED Luminárias LED Luminária BALOON POWER HELIOS LED NYX 80 Grau de proteção da luminária IP65 IP66 IP66 IP67 Qtd. de LEDs 48 48-57 - 72 2 x 24 3 Fonte Integrada Externa / Integrada Integrada Integrada

Leia mais

Iluminando com Luz Fria

Iluminando com Luz Fria 1 Fonte: Lumatek Iluminação http://www.luzfria.com.br/web/catalogo/tutorial_iluminando_lf.htm Iluminando com Luz Fria As lâmpadas fluorescentes são uma eficiente fonte de luz, com qualidades que nenhum

Leia mais

ANÁLISE ECONÔMICA DA SUBSTITUIÇÃO DE LÂMPADAS FLUORESCENTES POR TECNOLOGIA LED EM UMA EMPRESA DE MANUTENÇÃO DE MÁQUINAS

ANÁLISE ECONÔMICA DA SUBSTITUIÇÃO DE LÂMPADAS FLUORESCENTES POR TECNOLOGIA LED EM UMA EMPRESA DE MANUTENÇÃO DE MÁQUINAS ANÁLISE ECONÔMICA DA SUBSTITUIÇÃO DE LÂMPADAS FLUORESCENTES POR TECNOLOGIA LED EM UMA EMPRESA DE MANUTENÇÃO DE MÁQUINAS Thiago de Carvalho Sousa (UVV) thiagocs01@hotmail.com Lucca de Carvalho De Biase

Leia mais

Lâmpadas LED GE energy smart

Lâmpadas LED GE energy smart GE Iluminação Lâmpadas imagination at work a iluminação se faz digital Principais aplicações Aplicações de iluminação dirigida e acentuada, em uso doméstico e comercial (hotéis, comércios, etc). ILUMINAÇÃO

Leia mais

LED: UMA NOVA LUZ PARA A AVICULTURA MODERNA

LED: UMA NOVA LUZ PARA A AVICULTURA MODERNA 1 LED: UMA NOVA LUZ PARA A AVICULTURA MODERNA Iluminação de ambientes A tecnologia para a iluminação de ambientes tem apresentado grandes avanços nos últimos anos. Aos poucos, as tradicionais lâmpadas

Leia mais

HIGIENE DO TRABALHO LUMINOTÉCNICA

HIGIENE DO TRABALHO LUMINOTÉCNICA HIGIENE DO TRABALHO LUMINOTÉCNICA ÍNDICE I A iluminação no trabalho I.1 A aplicação norma regulamentadora NR 17 do Ministério do Trabalho I.2 Iluminação de Interiores NBR 5413 da ABNT I.3 Como selecionar

Leia mais

Lâmpadas MASTER LED. Veja do que a luz é capaz

Lâmpadas MASTER LED. Veja do que a luz é capaz Lâmpadas MASTER LE Veja do que a luz é capaz 1 2 onteúdo Por que escolher lâmpadas LE da Philips? 05 MASTER LEspot AR111 G53 imerizável/ Não imerizável 6 GU10 imerizável/ Não imerizável 7 MR16 GU5.3 imerizável/

Leia mais

www.alumbra.com.br SAC 0800-193130 LÂMPADAS SUPERLED SOLUÇÕES FEITAS PARA VOCÊ SOLUÇÕES FEITAS PARA VOCÊ

www.alumbra.com.br SAC 0800-193130 LÂMPADAS SUPERLED SOLUÇÕES FEITAS PARA VOCÊ SOLUÇÕES FEITAS PARA VOCÊ www.alumbra.com.br SAC 0800-193130 LÂMPADAS SUPERLED SOLUÇÕES FEITAS PARA VOCÊ SOLUÇÕES FEITAS PARA VOCÊ www.alumbra.com.br EFICIÊNCIA ENERGÉTICA É O QUE SE BUSCA NOS DIAS DE HOJE E a Alumbra entende a

Leia mais

Estudo da Estrutura do White Light Emitting Diode White LED

Estudo da Estrutura do White Light Emitting Diode White LED Estudo da Estrutura do White Light Emitting Diode White LED Laura Martinez de Novoa, Prof.Dr. Jorge Tomioka Centro de Engenharia, Modelagem e Ciências Sociais Aplicadas, Universidade Federal do ABC Avenida

Leia mais

TECNOLOGIA DO LED DE ILUMINAÇÃO

TECNOLOGIA DO LED DE ILUMINAÇÃO TECNOLOGIA DO LED DE ILUMINAÇÃO ABINEE - Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica Reunião do Grupo de PD & I Thomas Alva Edison Itália (1847) EUA (1931) Abril, 9, 2013, São Paulo, Capital

Leia mais

Exemplo de uma planta de distribuição elétrica utilizando parte da simbologia acima.

Exemplo de uma planta de distribuição elétrica utilizando parte da simbologia acima. TOMADA NO PISO PONTO DE FORÇA 2 3 3w 4w INTERRUPTOR DE 1 SEÇÃO INTERRUPTOR DE 2 SEÇÕES INTERRUPTOR DE 3 SEÇÕES INTERRUPTOR THREE-WAY PARALELO INTERRUPTOR FR-WAY INTERMEDIÁRIO ACIONADOR DE CIGARRA CIGARRA

Leia mais

PROJETO DE TROCA DE LÂMPADAS INCANDESCENTES E FLUORESCENTES COMPACTAS POR LÂMPADAS LED

PROJETO DE TROCA DE LÂMPADAS INCANDESCENTES E FLUORESCENTES COMPACTAS POR LÂMPADAS LED PROJETO DE TROCA DE LÂMPADAS INCANDESCENTES E FLUORESCENTES COMPACTAS POR LÂMPADAS LED PROGRAMA DE EFICIÊNCIA ENERGÉTICA DA CELPE, COELBA E COSERN. ECONOMIZE ENERGIA COM LÂMPADA LED A substituição de lâmpadas

Leia mais

Aula 5_2. Corrente Elétrica Circuitos CC Simples. Física Geral e Experimental III Prof. Cláudio Graça Capítulo 5

Aula 5_2. Corrente Elétrica Circuitos CC Simples. Física Geral e Experimental III Prof. Cláudio Graça Capítulo 5 Aula 5_2 Corrente Elétrica Circuitos CC Simples Física Geral e Experimental III Prof. Cláudio Graça Capítulo 5 Conteúdo Corrente elétrica e energia dissipada Fem real e receptor Potência elétrica Acoplamento

Leia mais

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DE PROJETO ELÉTRICO PARA CONSTRUÇÃO DAS CASAS POPULARES DO LOTEAMENTO DE INTERESSE SOCIAL PRESIDENTE KENNDY ES

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DE PROJETO ELÉTRICO PARA CONSTRUÇÃO DAS CASAS POPULARES DO LOTEAMENTO DE INTERESSE SOCIAL PRESIDENTE KENNDY ES ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DE PROJETO ELÉTRICO PARA CONSTRUÇÃO DAS CASAS POPULARES DO LOTEAMENTO DE INTERESSE SOCIAL PRESIDENTE KENNDY ES MEMORIAL DESCRITIVO Memorial Descritivo Elétrico Projeto: Marcelo

Leia mais

LEDS PARA ILUMINAÇÃO PÚBLICA

LEDS PARA ILUMINAÇÃO PÚBLICA LEDS PARA ILUMINAÇÃO PÚBLICA Jackson Merise Novicki & Rodrigo Martinez Curso de Engenharia Elétrica Universidade Federal do Paraná Curitiba Paraná - Brasil e-mail: jackson_novicki@yahoo.com.br & rodrigodi_di@yahoo.com.br

Leia mais

gl2 plus DESCRIção VANTAGENS

gl2 plus DESCRIção VANTAGENS gl2 PLUS gl2 plus CARACTERÍSTICAS - PROJETOR Estanqueidade: IP 66 (*) Resistência ao impacto (vidro): IK 08 (**) Classe de isolamento elétrico: I (*) Tensão nominal: 127 a 277V, 50-60 Hz Peso: 13.6 kg

Leia mais

www.asbled.com.br EMPRESA ASBLed nasceu para ser uma empresa inovadora e especializada em iluminação utilizando a tecnologia LED.

www.asbled.com.br EMPRESA ASBLed nasceu para ser uma empresa inovadora e especializada em iluminação utilizando a tecnologia LED. EMPRESA ASBLed nasceu para ser uma empresa inovadora e especializada em iluminação utilizando a tecnologia LED. Nossa missão é fornecer soluções em iluminação LED, aliando economia à sustentabilidade.

Leia mais

J. Marcos Alonso Universidad de Oviedo, Espanha. Campus de Viesques, Edificio 3, Sala 3.2.20 33204 Gijón, Asturias Email: marcos@uniovi.

J. Marcos Alonso Universidad de Oviedo, Espanha. Campus de Viesques, Edificio 3, Sala 3.2.20 33204 Gijón, Asturias Email: marcos@uniovi. J. Marcos Alonso Universidad de Oviedo, Espanha Campus de Viesques, Edificio 3, Sala 3.2.20 33204 Gijón, Asturias Email: marcos@uniovi.es Introdução Revisão Tecnologia LED: Características Problemas Térmicos

Leia mais

REATORES ELETROMAGNÉTICOS

REATORES ELETROMAGNÉTICOS REATORES ELETROMAGNÉTICOS Os reatores eletromagnéticos ORION são fabricados com os mais rígidos controles de qualidade conforme normas ABNT - NBR, COPEL (homologados tecnicamente), além de possuírem os

Leia mais

MAF 1292. Eletricidade e Eletrônica

MAF 1292. Eletricidade e Eletrônica PONTIFÍCIA UNIERIDADE CATÓICA DE GOIÁ DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA E FÍICA Professor: Renato Medeiros MAF 1292 Eletricidade e Eletrônica NOTA DE AUA II Goiânia 2014 Diodos Retificadores Aqui trataremos dos

Leia mais

UMA AVALIAÇÃO DA TECNOLOGIA LED NA ILUMINAÇÃO PÚBLICA. Leonardo Barbosa Lopes

UMA AVALIAÇÃO DA TECNOLOGIA LED NA ILUMINAÇÃO PÚBLICA. Leonardo Barbosa Lopes UMA AVALIAÇÃO DA TECNOLOGIA LED NA ILUMINAÇÃO PÚBLICA Leonardo Barbosa Lopes Projeto de Graduação apresentado ao Curso de Engenharia Elétrica da Escola Politécnica, da Universidade Federal do Rio de Janeiro,

Leia mais

Iluminação REGULAMENTO (EC) No 244/2009 de 18 Março 2009 Eco-Design Iluminação / Sector Doméstico Lâmpadas Domésticas não Direccionais Phase-Out

Iluminação REGULAMENTO (EC) No 244/2009 de 18 Março 2009 Eco-Design Iluminação / Sector Doméstico Lâmpadas Domésticas não Direccionais Phase-Out Iluminação REGULAMENTO (EC) No 244/2009 de 18 Março 2009 Eco-Design Iluminação / Sector Doméstico Lâmpadas Domésticas não Direccionais Phase-Out das Lâmpadas Incandescentes REGULAMENTO (EC) No 245/2009

Leia mais

akila high bay A LUZ SUSTENTÁVEL

akila high bay A LUZ SUSTENTÁVEL high bay A LUZ SUSTENTÁVEL W CARACTERÍSTICAS Estanqueidade do bloco óptico: IP 66 LEDSafe (*) Resistência ao choque (vidro): Tensão nominal: IK 08 (**) 1V277V Hz / 2V Hz Classe eléctrica: Peso (total):

Leia mais

Faça você mesmo: Instalação de LEDs nos botões do painel

Faça você mesmo: Instalação de LEDs nos botões do painel Faça você mesmo: Instalação de LEDs nos botões do painel Tutorial gentilmente cedido pelo DJCRD dos Kadetteiros.com Campinas/Grande ABC/Alto Tietê. Pessoal, abaixo o procedimento para substituir as lâmpadas

Leia mais

LED SMD TIPO PLCC 5050 ALTO BRILHO BRANCA FRIA

LED SMD TIPO PLCC 5050 ALTO BRILHO BRANCA FRIA LED SMD TIPO PLCC 5050 ALTO BRILHO BRANCA FRIA Destaques: - Alta intensidade luminosa e alta eficiência; - Tecnologia InGaN on GaN; AlInGaP; - Amplo campo de visualização: 120º; - Excelentes performance

Leia mais