Tecnologia EM na Vida Cotidiana. Os Microorganismos Benéficos podem fazer muito mais do s, eles também podem ajudar você no seu dia a dia.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Tecnologia EM na Vida Cotidiana. Os Microorganismos Benéficos podem fazer muito mais do s, eles também podem ajudar você no seu dia a dia."

Transcrição

1 Tecnologia EM na Vida Cotidiana Os Microorganismos Benéficos podem fazer muito mais do que bons vinhos e queijos, s, eles também podem ajudar você no seu dia a dia.

2 O EM 1 tem uma ampla gama de aplicações cotidianas que vai desde a compostagem dos restos de comida ao tratamento do mau cheiro de um canil. O uso da Tecnologia EM é simples e totalmente adaptável às condições existentes em sua casa. Veja a seguir como usar o EM 1 e os benefícios que lhe pode brindar. ATIVE O EM 1 ANTES DE USAR. O EM 1 é concentrado e os microorganismos contidos estão em estado de dormência, e é preciso diluir e ativar antes do uso. Na ativação, se dilui o produto, e com 1 litro de EM 1 se faz 20 litros de EM 1-ATIVADO,, o qual será usado nas aplicações. Todas as recomendações são em base ao EM 1-Ativado. Por favor, consulte o rótulo do EM 1 Para as regiões onde as condições climáticas de inverno são bem definidas, recomendamos que entre os meses de Maio a Julho, a ativação do EM 1 seja feita em local mais abrigado, onde se possa manter uma temperatura entre 25 e 40ºC para uma perfeita fermentação do produto. 2

3 USO DO EM 1 NO TRATAMENTO DE RESÍDUOS SÓLIDOS ORGÂNICOS PROVENIENTES DA COZINHA OU JARDIM. Os resíduos orgânicos provenientes da cozinha ou do jardim, podem ser transformados em um fértil composto (Bokashi) em um curto espaço de tempo (2 a 3 semanas). DOSAGEM: 50 ml de EM 1-Ativado por cada Kg ou balde de material (total da mistura de todos os resíduos). Se possível, agregar à mistura, cal virgem ou gesso, na proporção de 100g por Kg, para ajudar na compostagem. ORIENTAÇÕES DE USO: Geralmente 150 ml de água são suficiente para pulverizar 1 Kg de material a ser fermentado. Apenas Dilua 50 ml de EM 1-Ativado em 150 ml de água. Se as partículas dos resíduos são muito grandes, triture ou pique o material. Isso acelerará o processo de fermentação. Enquanto mistura o material, pulverize o EM 1-Ativado sobre todo o material para que possa entrar em contato com todas as partículas. Pulverize apenas uma vez. Forme montículos no jardim ou em outra área com altura entre 1 a 1,5 m, para facilitar o manuseio do material. Se preferir, rir, use um tambor ou outro recipiente. Para uma melhor fermentação, mantenha uma umidade de 40% (40% de umidade é quando ao pressionar o material com a mão, não escorrerá água entre os dedos), e se possível cubra o material com uma lona plástica. Se possível, realize o controle de temperatura, evitando que a mesma ultrapasse 60ºC. Se a temperatura ultrapassar este limite, realize novamente a mistura do material para baixar a temperatura. Em 2 a 3 semanas, o composto estará pronto para ser utilizado na própria empresa ou mesmo comercializado. Use o Composto Bokashi na dose de 1kg por cada m 2 de jardim ou horta caseira. BENEFÍCIOS DO EM 1 NO APROVEITAMENTO DE RESÍDUOS 3

4 Acelera o processo de fermentação dos resíduos orgânicos, apenas 2 a 3 semanas. Aumenta a disponibilidade dos nutrientes contidos nos resíduos orgânicos, principalmente Nitrogênio e Fósforo. Enriquece o composto com microorganismos benéficos. O processo é inodoro e sem presença de insetos. Ajuda a evitar a contaminação ambiental pois os resíduos orgânicos já não vão mais para os aterros sanitários. USO DO EM 1 NO TRATAMENTO DE CAIXAS DE GORDURA E FOSSAS SÉPTICAS Uma das maneiras mais simples e barata de realizar o tratamento de caixas de gordura e fossas sépticas é com a Tecnologia EM. Os microorganismos do EM são capazes de acelerar o processo de decomposição de gorduras e azeites, realizando efetivamente a limpeza da caixa, dos tubos e das pias, evitando a limpeza periódica dos mesmos. O EM ainda ajuda a eliminar o mau cheiro das caixas e consequentemente, a presença de insetos e roedores. DOSAGEM E MODO DE USAR: 1 L de EM 1-Ativado por cada 50 L de capacidade do coletor ou fossa. Antes de realizar a primeira aplicação, é recomendável efetuar uma limpeza no coletor ou caixa para remover o excesso (crosta) que se deposita nas laterais. No primeiro mês, realize 4 aplicações, distribuindo uniformemente na caixa coletora. Logo, faça a manutenção semanal aplicando através das pias da cozinha, 1 L para cada L de água utilizada izada durante a semana. A manutenção também pode ser iniciada no primeiro mês. USO DO EM 1 NA LIMPEZA GERAL DA RESIDÊNCIA (PISOS, PAREDES, VIDROS, SANITÁRIOS, ETC) O EM 1 poderá ser usado para realizar a limpeza geral da residência, ajudando a suprimir maus odores e a reduzir custos, principalmente com o uso de produtos químicos. Na limpeza geral, o EM 1 pode ser usado de 4 maneiras: DOSAGEM E MODO DE USAR: 1. APLICAÇÃO DIRETA EM TODOS OS SANITÁRIOS, URINAIS, PIAS E RALOS Dosagem do EM 1-Ativado: 100 ml por cada vaso sanitário, urinal, pia e ralo. Aplicar diariamente nos primeiros 3 meses, e 1 vez por semana após o 3º mês. Forma de aplicação: após a limpeza de rotina, aplicar O EM 1 é um produto 100% natural, não tóxico, não corrosivo, não radioativado, não volátil, não inflamável, e não tem período de carência diretamente dentro dos vasos, urinais, pias e ralos. Se necessário, se pode agregar gar essência natural desodorizante, neste caso, a essência deverá ser agregada ao EM 1-Ativado antes de usar-lo. 2. PULVERIZADO EM TODAS AS SUPERFÍCIES Dosagem do EM 1-Ativado: preparar uma solução com 1 L para 19 L de água limpa sem cloro e agregar essência natural desodorizante, ou seja, uma solução com 5% de EM 1-Ativado e essência desodorizante. Rendimento: 20 L da solução para 300 m2 de superfície. Freqüência de aplicação: diariamente Forma de aplicação: após a limpeza de rotina, pulverizar a solução preparada em todas as superfícies do sanitário, paredes, pisos, muretas, sobre pias, incluindo interiores dos vasos sanitários, pias, urinais, cestos de lixo, etc. 3. NA ÁGUA DE LIMPEZA DA CASA Dosagem do EM 1-Ativado: 1 L / 50 L de água limpa sem cloro. Freqüência de uso: diariamente Forma de aplicação: apenas dilua o EM 1-Ativado na dose indicada na água que será usada na limpeza. 4. NA ÁGUA DE LIMPEZA DE ÁREAS EXTERNAS Dosagem do EM 1-Ativado: 1 L / 100 L de água limpa sem cloro. Freqüência de uso: diariamente Forma de aplicação: apenas dilua o EM 1-Ativado na dose indicada na água que será usada na limpeza da garagem, calçamento, vias cimentadas, passeios, etc. *** Esta mesma diluição, pode ser usada na água de irrigação do jardim e áreas verdes. 4

5 USO DO EM 1 NO O TRATAMENTO DAS INSTALAÇÕES DOS MASCOTES O EM 1 atua como um excelente eliminador de maus odores, e seu uso é totalmente seguro à saúde dos mascotes, pois está composto de microorganismos bem conhecidos como as leveduras e Lactobacillus que muitas vezes são usados como probióticos em rações e suplementos. 1 também poderá ser usado como probiótico, principalmente em cães e Em realidade, o EM 1 gatos. DOSAGEM E MODO DE USAR 1. PARA A LIMPEZA DAS INSTALAÇÕES DOS MASCOTES Dosagem do EM 1 EM 1-Ativado: preparar uma solução com 1 L para 19 L de água limpa sem cloro e agregar essência natural desodorizante, ou seja, uma solução com 5% de EM 1-Ativado Ativado e essência desodorizante. Aplique todos os dias durante 1 semana, e posteriormente, passe a aplicar de 2 a 3 vezes por semana. Pulverizar a solução preparada em todas as superfícies, parede paredes, pisos, muretas, grades, e principalmente sobre as excretas. 2. DILUIDO NA ÁGUA FORNECIDA AOS MASCOTES Para colocar na água que os mascotes bebem, apenas dilua na água na proporção de 0,05%, ou seja, 0,5 a 1mL por litro de água. E o mau cheiro das fezes e da urina desaparecem e ajuda a recompor a flora intestinal. Para a implantação do uso da Tecnologia EM em sua residência, por favor, consulte consulte-nos para obter maiores informações e uma assistência técnica personalizada. Atenciosamente, Equipe Técnica Tel: +55 (71) /

6 EM 1 Faça o Eco de seus Negócios...e de sua Vida valer a pena! Use Microorganismos Eficazes em sua Casa. Ambiem Ltda. Est. Maracaiúbas, N 52, Cajazeiras de Abrantes Vila de Abrantes, Camaçarí-BA, (71)

Tecnologia EM no Meio Ambiente

Tecnologia EM no Meio Ambiente Tecnologia EM no Meio Ambiente Os Microorganismos Benéficos podem fazer muito mais do que bons vinhos e queijos, eles também podem ajudar a amenizar impactos ambientais. O EM 1 tem uma ampla gama de aplicações

Leia mais

Tecnologia EM na Pecuária Bovina

Tecnologia EM na Pecuária Bovina Tecnologia EM na Pecuária Bovina Os Microorganismos Benéficos podem fazer muito mais do que bons vinhos e queijos, eles também podem ajudar na Pecuária Bovina. O EM 1 tem uma ampla gama de aplicações na

Leia mais

Tecnologia EM no Tratamento de Águas e Efluentes

Tecnologia EM no Tratamento de Águas e Efluentes Tecnologia EM no Tratamento de Águas e Efluentes Os Microorganismos Benéficos podem fazer muito mais do que bons vinhos e queijos, eles também podem ajudar no tratamento de corpos de água e efluentes O

Leia mais

Com este pequeno guia pode, finalmente, tirar partido do seu lixo... e sentir-se bem por isso!

Com este pequeno guia pode, finalmente, tirar partido do seu lixo... e sentir-se bem por isso! Com este pequeno guia pode, finalmente, tirar partido do seu lixo... e sentir-se bem por isso! Os restos de comida, as folhas do jardim ou as plantas secas do quintal ganham vida nova através de um processo

Leia mais

Tratamento. para Caixa de Gordura e Esgoto. Soluções em recuperação, e preservação do meio ambiente. Aplicações em: Casas. Hotéis Pousadas Flats

Tratamento. para Caixa de Gordura e Esgoto. Soluções em recuperação, e preservação do meio ambiente. Aplicações em: Casas. Hotéis Pousadas Flats Tratamento ECOENZIBRASIL para Caixa de Gordura e Esgoto Soluções em recuperação, e preservação do meio ambiente Aplicações em: Casas Apartamentos Condomínios Hotéis Pousadas Flats ECOENZIBRASIL Não tóxico,

Leia mais

Compostagem doméstica: como fazer?

Compostagem doméstica: como fazer? Compostagem, o que é? É um processo dereciclagem de resíduos orgânicos (de cozinha, da horta, do jardim...) realizado através de microrganismos que transformam os resíduos biodegradáveis num fertilizante

Leia mais

Compostagem doméstica

Compostagem doméstica Compostagem doméstica Na Natureza tudo se transforma 1 2 3 Este guia vai ser-lhe útil! Com este pequeno guia pode, finalmente, tirar partido do seu lixo e sentir-se bem por isso! Os restos de comida, as

Leia mais

Aula 23.2 Conteúdo Compostagem, reciclagem.

Aula 23.2 Conteúdo Compostagem, reciclagem. Aula 23.2 Conteúdo Compostagem, reciclagem. Habilidades Verificar a importância do correto descarte através do reaproveitamento, reciclagem e reutilização de bens de consumo. 1 Reaproveitamento do Lixo

Leia mais

Reciclagem 40 - A Fossa Alterna. da fossa com terra. adicional da adição de terra e, especialmente. possa ser aproveitado. também a homogeneizar

Reciclagem 40 - A Fossa Alterna. da fossa com terra. adicional da adição de terra e, especialmente. possa ser aproveitado. também a homogeneizar Reciclagem 40 - A Fossa Alterna 105 40 A Fossa Alterna A fossa alterna é um sistema de instalação sanitária simples especificamente construído para produzir fertilizante valioso para jardins e terrenos.

Leia mais

COMPOSTAGEM DOMÉSTICA, O QUE É?

COMPOSTAGEM DOMÉSTICA, O QUE É? ECO-ESCOLA PROJETO: Na Natureza tudo se transforma COMPOSTAGEM DOMÉSTICA, O QUE É? É um processo de reciclagem de matéria orgânica (de cozinha, da horta, do jardim ) realizado através de microrganismos

Leia mais

MANUAL DA PRÁTICA DA COMPOSTAGEM DOMÉSTICA

MANUAL DA PRÁTICA DA COMPOSTAGEM DOMÉSTICA MANUAL DA PRÁTICA DA COMPOSTAGEM DOMÉSTICA Maria Inês de Sousa Carmo i Índice 1. Introdução... 2 2. O que é a Compostagem?... 3 2.1. Porquê fazer a compostagem?... 3 2.2. Quais as suas vantagens?... 4

Leia mais

INFORMAÇÃO COMPLEMENTAR LAT ENZIM PROCESSO DE TRANSFORMAÇÃO DE GORDURAS

INFORMAÇÃO COMPLEMENTAR LAT ENZIM PROCESSO DE TRANSFORMAÇÃO DE GORDURAS INFORMAÇÃO COMPLEMENTAR LAT ENZIM PROCESSO DE TRANSFORMAÇÃO DE GORDURAS LAT - ENZIM é o produto indicado para o tratamento de todos os entupimentos de gordura orgânica em canalizações de esgoto e grelhas

Leia mais

RELATÓRIO TÉCNICO. Hidróxido de Sódio 98,48% Carbonato de Sódio 1,50%

RELATÓRIO TÉCNICO. Hidróxido de Sódio 98,48% Carbonato de Sódio 1,50% RELATÓRIO TÉCNICO 1 - Produto: MADESODA 2 - Forma física: Sólido (Escamas) 3 - Categoria: Desincrustante alcalino - Venda Livre ao Consumidor 4 - Formulação: Componentes Concentração (p/p) Hidróxido de

Leia mais

AULA 10 : Produção de Compostos Orgânicos e Biofertilizantes

AULA 10 : Produção de Compostos Orgânicos e Biofertilizantes AULA 10 : Produção de Compostos Orgânicos e Biofertilizantes NESTA LIÇÃO SERÁ ESTUDADO O que é a compostagem Como produzir compostos orgânicose biofertilizantes com resíduos Preparo do Bokashi Como aplicar

Leia mais

Responsabilidade e Sustentabilidade em Foco! Caio Gonzales Elaine Ascêncio Maria Angélica Faria Manuela Claro Thacilla Wemoto

Responsabilidade e Sustentabilidade em Foco! Caio Gonzales Elaine Ascêncio Maria Angélica Faria Manuela Claro Thacilla Wemoto Responsabilidade e Sustentabilidade em Foco! Caio Gonzales Elaine Ascêncio Maria Angélica Faria Manuela Claro Thacilla Wemoto Organograma Empresarial Diretoria de COMPRAS Diretoria FINANCEIRA Diretoria

Leia mais

Como funciona seu produto. Refrigerador CRA30. 1 - Porta do Congelador 2 - Congelador 3

Como funciona seu produto. Refrigerador CRA30. 1 - Porta do Congelador 2 - Congelador 3 Como funciona seu produto Comece por aqui. Se você quer tirar o máximo proveito da tecnologia contida neste produto, leia o Guia Rápido por completo. Refrigerador CRA30 1 Características Gerais 1 1 - Porta

Leia mais

SISTEMAS DE PISO EPOXI

SISTEMAS DE PISO EPOXI SISTEMAS DE PISO EPOXI PRODUTO DESCRIÇÃO VEC-601 TUBOFLOOR TEE-556 AUTONIVELANTE Selador epóxi de dois componentes de baixa viscosidade. Revestimento epóxi com adição de sílica para regularização de pisos.

Leia mais

SUSTENTABILIDADE? COMO ASSIM?

SUSTENTABILIDADE? COMO ASSIM? SUSTENTABILIDADE? COMO ASSIM? 1. Matéria Bruta Representa a vontade de melhorar o 6. Reciclagem mundo e construir um futuro mais próspero. É o equilíbrio econômico, social e ambiental que garante a qualidade

Leia mais

Veja a vantagem de ser um Empresário Amway. Entenda o quanto você vai economizar nas suas compras do supermercado.

Veja a vantagem de ser um Empresário Amway. Entenda o quanto você vai economizar nas suas compras do supermercado. Veja a vantagem de ser um Empresário Amway. Entenda o quanto você vai economizar nas suas compras do supermercado. LOC Limpador Multiuso 1 litro R$22,96 de R$ 54,00 Multiuso Limpeza Pesada 500 ml 20 x

Leia mais

CENÁRIO BRASILEIRO. Latas de alumínio e plásticos vão para a indústria de reciclagem.

CENÁRIO BRASILEIRO. Latas de alumínio e plásticos vão para a indústria de reciclagem. CENÁRIO BRASILEIRO O Brasil gera aproximadamente 250 mil toneladas de lixo por dia. Assim, imagine duas filas de caminhões de 5 toneladas de capacidade, ocupando uma distância equivalente a 10 pontes Rio-Niterói.

Leia mais

Inseticidas aliados contra a dengue

Inseticidas aliados contra a dengue Inseticidas aliados contra a dengue Alguns dos produtos testados deixaram a desejar na eliminação de baratas e moscas. A boa notícia é que todos eles tiveram ótimo desempenho contra o mosquito Aedes aegypti.

Leia mais

3 segurança AlimentAr CHRistianne de VasConCelos affonso Jaqueline girnos sonati 19

3 segurança AlimentAr CHRistianne de VasConCelos affonso Jaqueline girnos sonati 19 3 Segurança Al i m e n ta r Christianne de Vasconcelos Affonso Jaqueline Girnos Sonati 19 Segurança Alimentar Atualmente temos muitas informações disponíveis sobre a importância da alimentação e suas conseqüências

Leia mais

COMPOSTAGEM COMO ESTRATÉGIA DE GESTÃO DE RESÍDUOS VERDES E ORGÂNICOS

COMPOSTAGEM COMO ESTRATÉGIA DE GESTÃO DE RESÍDUOS VERDES E ORGÂNICOS COMPOSTAGEM COMO ESTRATÉGIA DE GESTÃO DE RESÍDUOS VERDES E ORGÂNICOS ÍNDICE 03 07 12 16 A compostagem como estratégia de gestão de resíduos verdes e orgânicos O que é a compostagem? O que é a vermicompostagem?

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO SUSTENTÁVEL POR NATUREZA

MANUAL DE INSTALAÇÃO SUSTENTÁVEL POR NATUREZA MANUAL DE INSTALAÇÃO SUSTENTÁVEL POR NATUREZA APRESENTAÇÃO SISTEMA ECOFOSSA A Ecofossa é um sistema biológico autônomo de tratamento de esgoto que não utiliza energia elétrica ou qualquer produto químico

Leia mais

Gerador de Ozonio e Ions negativos

Gerador de Ozonio e Ions negativos MANUAL DE OPERAÇÃO DO OZONIC HOME Parabéns, você adquiriu nosso Gerador de Ozônio e Ionizador OZONIC HOME. Antes de começar a operá-lo, por favor, verifique a voltagem correta do equipamento e leia este

Leia mais

PRODUTOS ELABORADOS MADEIRA PLÁSTICA

PRODUTOS ELABORADOS MADEIRA PLÁSTICA MADEIRA PLÁSTICA A Madeira Plástica é uma opção sustentável para quem se preocupa com a causa ambiental. O grande diferencial deste produto é que sua fabricação dá-se a partir da reciclagem de toneladas

Leia mais

Práticas Verdes Para Condomínios

Práticas Verdes Para Condomínios Guia de Práticas Verdes Para Condomínios A economia que faz bem para o seu bolso e para o meio ambiente Com o objetivo de incentivar e disseminar práticas sustentáveis em condomínios, o Secovi Rio criou

Leia mais

ISSN 1678-1953 Março, 2008. Produção de Húmus de Minhoca com Resíduos Orgânicos Domiciliares

ISSN 1678-1953 Março, 2008. Produção de Húmus de Minhoca com Resíduos Orgânicos Domiciliares ISSN 1678-1953 Março, 2008 126 Produção de Húmus de Minhoca com Resíduos Orgânicos Domiciliares ISSN 1678-1953 Março, 2008 Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária Centro de Pesquisa Agropecuária dos

Leia mais

L R ECOLÓGICO. Conheça os produtos AMWAY HOME e faça parte de um Lar Ecológico.

L R ECOLÓGICO. Conheça os produtos AMWAY HOME e faça parte de um Lar Ecológico. Conheça os produtos AMWAY HOME e faça parte de um Lar Ecológico. Eles lhe permitirão cuidar da sua família e do meio ambiente, já que contêm Bioquest Formula, que é biodegradável, concentrada, dermatologicamente

Leia mais

Este guia pertence a:

Este guia pertence a: Nota Introdutória A Câmara Municipal de Condeixa-a-Nova pretende com a elaboração deste manual prático de compostagem, sensibilizar a população para a importância que a compostagem doméstica pode ter na

Leia mais

MANUAL DE HIGIENIZAÇÃO

MANUAL DE HIGIENIZAÇÃO MANUAL DE HIGIENIZAÇÃO Como fazer a ordenha correta Para fazer a ordenha mecânica, você deve seguir os mesmos passos da ordenha manual. Siga as etapas abaixo indicadas: 1 Providencie um ambiente para a

Leia mais

5. Limitações: A argamassa Matrix Assentamento Estrutural não deve ser utilizada para assentamento de blocos silicocalcário;

5. Limitações: A argamassa Matrix Assentamento Estrutural não deve ser utilizada para assentamento de blocos silicocalcário; A argamassa Matrix Assentamento Estrutural é uma mistura homogênea de cimento Portland, agregados minerais com granulometria controlada e aditivos químicos. 3. Indicação: Excelente para assentamento de

Leia mais

HORTICULTURA EM MODO BIOLÓGICO

HORTICULTURA EM MODO BIOLÓGICO HORTICULTURA EM MODO BIOLÓGICO A COMPOSTAGEM O composto é uma substância semelhante ao solo, resultante da decomposição de matérias orgânicas. A compostagem é uma maneira natural de reciclar as plantas,

Leia mais

cisternas para os convênios municipais Cartilha do programa

cisternas para os convênios municipais Cartilha do programa cisternas para os convênios municipais Cartilha do programa 1 Prefácio Esta cartilha se propõe a ser uma companheira útil e simples. É voltada, principalmente, para as comunidades do semi-árido brasileiro

Leia mais

Prefeitura de Cachoeirinha

Prefeitura de Cachoeirinha REDUZIR o consumo, REUTILIZAR as embalagens, RECICLAR os resíduos e as ideias e FAZER COMPOSTEIRA Prefeitura de Cachoeirinha Introdução A passagem do homem tem deixado tanto pegadas positivas, como negativas,

Leia mais

Informações básicas para fazer compostagem 1.

Informações básicas para fazer compostagem 1. Educação Ambiental Desenvolvimento Sustentável. www.ecophysis.com.br Informações básicas para fazer compostagem 1. COMPOSTAR para reduzir a quantidade de resíduos orgânicos 2. REUSAR os resíduos compostados

Leia mais

E 200. linha floor care. limpeza e manutenção de pisos. Limpador Alcalino de Uso Geral. cleanup

E 200. linha floor care. limpeza e manutenção de pisos. Limpador Alcalino de Uso Geral. cleanup cleanup linha floor care limpeza e manutenção de pisos E 200 Limpador Alcalino de Uso Geral Desenvolvido para limpeza leve e pesada em todos os tipos de superfícies laváveis (bancadas, paredes, máquinas

Leia mais

Como formar seu Gramado

Como formar seu Gramado Como formar seu Gramado Nada menos que mil pés de grama convivem em cada metro quadrado de um gramado. E, ao contrário de uma horta ou canteiro, onde o solo pode ser revolvido, corrigido e enriquecido

Leia mais

Município de Reguengos de Monsaraz MANUAL DE BOAS PRÁTICAS AGRÍCOLAS NAS HORTAS URBANAS

Município de Reguengos de Monsaraz MANUAL DE BOAS PRÁTICAS AGRÍCOLAS NAS HORTAS URBANAS Município de Reguengos de Monsaraz MANUAL DE BOAS PRÁTICAS AGRÍCOLAS NAS HORTAS URBANAS 0 1. O que são as Boas Práticas Agrícolas? Os consumidores estão cada vez mais preocupados em obter alimentos saudáveis,

Leia mais

Objectivos pedagógicos

Objectivos pedagógicos Programa de Ciências da Natureza 6º Ano Tema: Ambiente de Vida Capítulo II- Agressões do meio e integridade do organismo 1) Os Micróbios O capítulo 1.2, Micróbios Inofensivos, chama a atenção para o facto

Leia mais

:: Sabão Líquido :: Em um balde ou recipiente bem grande, despejar a soda e 1 litro de água, mexendo por ceca de 5 minutos;

:: Sabão Líquido :: Em um balde ou recipiente bem grande, despejar a soda e 1 litro de água, mexendo por ceca de 5 minutos; :: Sabão Líquido :: Para fazer 30 litros Ingredientes: 1,5 litros de azeite (morno) ½ quilo de soda cáustica 1,5 litros de álcool líquido 1 litro de água (1ª etapa) 27 litros de água (2ª etapa) 2 colheres

Leia mais

ESGOTO. Doméstico e Não Doméstico (COMO OBTER A LIGAÇÃO) ATENÇÃO: LEIA AS INSTRUÇÕES DESTE FOLHETO, ANTES DE CONSTRUIR O RAMAL INTERNO DE SEU IMÓVEL.

ESGOTO. Doméstico e Não Doméstico (COMO OBTER A LIGAÇÃO) ATENÇÃO: LEIA AS INSTRUÇÕES DESTE FOLHETO, ANTES DE CONSTRUIR O RAMAL INTERNO DE SEU IMÓVEL. ESGOTO Doméstico e Não Doméstico (COMO OBTER A LIGAÇÃO) ATENÇÃO: LEIA AS INSTRUÇÕES DESTE FOLHETO, ANTES DE CONSTRUIR O RAMAL INTERNO DE SEU IMÓVEL. ESGOTO DOMÉSTICO Definição: esgoto gerado nas residências

Leia mais

Químicos. Food Service. 3M Soluções Comerciais Núcleo Limpeza Profissional

Químicos. Food Service. 3M Soluções Comerciais Núcleo Limpeza Profissional 3M Soluções Comerciais Núcleo Profissional Químicos Food Service Os Químicos Food Service são especialmente formulados para a higienização de e equipamentos em ambientes de manipulação de alimentos. São

Leia mais

Apresenta: PAPEL METAL LIXO ORGÂNICO VIDRO PLÁSTICO. no luga

Apresenta: PAPEL METAL LIXO ORGÂNICO VIDRO PLÁSTICO. no luga Apresenta: Coloqu e o lixo no luga r, na hor a e no d certo. ia ORGÂNICO CAPItao VAREJO em: coleta seletiva Enquanto isso, na sala secreta de reuniões... Olá, Capitão Varejo! Grande Gênio, bom dia! Espero

Leia mais

BIODIGESTOR. Guia de Instalação 600 L 1.300 L 3.000 L. Importante: Ler atentamente todo o manual para a instalação e uso correto deste produto.

BIODIGESTOR. Guia de Instalação 600 L 1.300 L 3.000 L. Importante: Ler atentamente todo o manual para a instalação e uso correto deste produto. BIODIGESTOR 600 L 1.300 L 3.000 L Guia de Instalação Importante: Ler atentamente todo o manual para a instalação e uso correto deste produto. 1. Apresentação O Biodigestor é uma miniestação de tratamento

Leia mais

Preparo de Alimentos Seguros

Preparo de Alimentos Seguros Preparo de Alimentos Seguros O que você precisa saber para preparar um alimento próprio para consumo? Alimento Seguro são aqueles que não oferecem riscos à saúde de quem o está consumindo, ou seja, o alimento

Leia mais

FICHA DE INFORMAÇÕES DE SEGURANÇA DE PRODUTOS QUÍMICOS FISPQ. Nome do produto: Botatop HD 150 FISPQ nº: 721 Data da última revisão: 02/04/2007

FICHA DE INFORMAÇÕES DE SEGURANÇA DE PRODUTOS QUÍMICOS FISPQ. Nome do produto: Botatop HD 150 FISPQ nº: 721 Data da última revisão: 02/04/2007 Página 1 de 5 1. Identificação do produto e da empresa - Nome do produto: Botatop HD 150 - Código interno do produto: 721 - Nome da empresa: MC-Bauchemie Brasil Indústria e Comércio Ltda - Endereço: Av.

Leia mais

O QUE É A COMPOSTAGEM DOMÉSTICA?

O QUE É A COMPOSTAGEM DOMÉSTICA? O QUE É A COMPOSTAGEM DOMÉSTICA? É um processo natural de transformação dos resíduos provenientes do jardim e da cozinha (resíduos orgânicos) numa substância rica em matéria orgânica, chamada composto,

Leia mais

O SEU GUIA DA COMPOSTAGEM

O SEU GUIA DA COMPOSTAGEM O SEU GUIA DA COMPOSTAGEM O SEU GUIA DA COMPOSTAGEM Ficha Técnica Título Projecto Compostagem no Seixal O Seu Guia da Compostagem Concepção Gráfica e Revisão Sector de Apoio Gráfico e Edições Edição Câmara

Leia mais

Limpando a Caixa D'água

Limpando a Caixa D'água Limpando a Caixa D'água É muito importante que se faça a limpeza no mínimo 2 (duas) vezes ao ano. Caixas mal fechadas/tampadas permitem a entrada de pequenos animais e insetos que propiciam sua contaminação.

Leia mais

Limpeza e Sustentabilidade. Osmar Viviani Consultor Técnico 1

Limpeza e Sustentabilidade. Osmar Viviani Consultor Técnico 1 Limpeza e Sustentabilidade Osmar Viviani Consultor Técnico 1 ANTIGAMENTE > conceito primário de aproveitamento Trapos (sobras), sabão caseiro, balde, vassoura, rodo, escovão... Era só o que se usava na

Leia mais

FISPQ FICHA DE INFORMAÇÃO DE SEGURANÇA DE PRODUTO QUÍMICO NBR 14725

FISPQ FICHA DE INFORMAÇÃO DE SEGURANÇA DE PRODUTO QUÍMICO NBR 14725 FISPQ NRº. 005 1/7 1. IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO E DA EMPRESA: Nome do Produto: Bicarbonato de Sódio Nome Comercial : Estabilizador de ph Sinônimo: Bicarbonato Ácido de Sódio N CAS: 144-55-8 Nome da Empresa:

Leia mais

H A R V A R D U N I V E R S I T Y EH&S Awarenss Training SEGURANÇA ELÉTRICA

H A R V A R D U N I V E R S I T Y EH&S Awarenss Training SEGURANÇA ELÉTRICA EH&S Awarenss Training SEGURANÇA ELÉTRICA As informações de segurança a seguir podem ajudá-lo a evitar perigos e choques elétricos. Mantenha sua área de trabalho limpa e seca. Nunca trabalhe ao redor de

Leia mais

Dicas Consumo Sustentável 2.fev.2015

Dicas Consumo Sustentável 2.fev.2015 Dicas Consumo Sustentável 2.fev.2015 Nas compras: Se gosta de produtos mais exóticos que não se encontram no comércio local, então poderá optar pelo comércio justo. Existem já algumas lojas no nosso país

Leia mais

Manual básico para oficina de compostagem

Manual básico para oficina de compostagem Manual básico para oficina de compostagem Adaptação do Manual Básico de Compostagem USP RECICLA Henrique Cerqueira Souza MSc Engenheiro Agronomia Agricultor Agroflorestal Nelson Araujo Filho Técnico Ambiental

Leia mais

«Solução em produtos de limpeza e higienização» CATÁLOGO DE PRODUTOS

«Solução em produtos de limpeza e higienização» CATÁLOGO DE PRODUTOS «Solução em produtos de limpeza e higienização» CATÁLOGO DE PRODUTOS Apresentamos a seguir, nossa linha de produtos, desenvolvidos para atender suas necessidades e proporcionando à sua empresa economia

Leia mais

DELTA DO JACUÍ ILHAS DA PINTADA, GRANDE DOS MARINHEIROS, FLORES E PAVÃO: Estudo Preliminar de Viabilidade para Tratamento de Esgoto

DELTA DO JACUÍ ILHAS DA PINTADA, GRANDE DOS MARINHEIROS, FLORES E PAVÃO: Estudo Preliminar de Viabilidade para Tratamento de Esgoto DELTA DO JACUÍ ILHAS DA PINTADA, GRANDE DOS MARINHEIROS, FLORES E PAVÃO: Estudo Preliminar de Viabilidade para Tratamento de Esgoto Área temática: Saúde Pública/Vigilância Sanitária e Ambiental Trabalho

Leia mais

Crescimento, Renovação Celular e Reprodução: da teoria à prática. Coimbra, 2012/2014. Sandra Gamboa Andreia Quaresma Fernando Delgado

Crescimento, Renovação Celular e Reprodução: da teoria à prática. Coimbra, 2012/2014. Sandra Gamboa Andreia Quaresma Fernando Delgado Crescimento, Renovação Celular e Reprodução: da teoria à prática Sandra Gamboa Andreia Quaresma Fernando Delgado Coimbra, 2012/2014 Escolher Ciência PEC282 ESCOLA SUPERIOR AGRÁRIA DE COIMBRA O que é um

Leia mais

NORMA TÉCNICA PARA ESTABELECIMENTOS DE OVOS E DERIVADOS

NORMA TÉCNICA PARA ESTABELECIMENTOS DE OVOS E DERIVADOS NORMA TÉCNICA PARA ESTABELECIMENTOS DE OVOS E DERIVADOS. GRANJA AVÍCOLA. INDÚSTRIA. ENTREPOSTO I - Os estabelecimentos de ovos e derivados devem estar instalados: 1- distantes de criações (estábulos, pocilgas,

Leia mais

FISPQ FICHA DE INFORMAÇÃO DE SEGURANÇA DE PRODUTO QUÍMICO NBR 14725

FISPQ FICHA DE INFORMAÇÃO DE SEGURANÇA DE PRODUTO QUÍMICO NBR 14725 1/7 FISPQ NRº. 004 1- IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO E DA EMPRESA: Nome da Empresa: Hidroazul Indústria e Comércio Ltda Endereço: Rua João Dias Neto, 18 D Cataguases MG CEP: 36770-902. Telefone da Empresa: (32)

Leia mais

Tratamento de cama de aves para sua reutilização

Tratamento de cama de aves para sua reutilização Tratamento de cama de aves para sua reutilização Valéria M. N. Abreu Cuiabá, 04 de maio 2010 Introdução evitar o contato direto das aves com o piso; servir de substrato para a absorção da umidade do ambiente;

Leia mais

INSTRUÇÕES DE COMO FLOCULAR A ÁGUA TURVA DE SUA PISCINA:

INSTRUÇÕES DE COMO FLOCULAR A ÁGUA TURVA DE SUA PISCINA: COMO MANTER A SUA PISCINA!! TROCA DA ÁGUA A água de sua piscina é permanente, ou seja, sendo bem cuidada jamais haverá necessidade de troca. Mesmo que por eventual descuido ela esteja bastante irregular.

Leia mais

Boas práticas na manipulação do pescado

Boas práticas na manipulação do pescado Boas práticas na manipulação do pescado O Brasil tem uma grande variedade de pescados e todas as condições para a produção deste alimento saudável e saboroso. Para que o pescado continue essa fonte rica

Leia mais

FICHA DE DADOS DE SEGURANÇA

FICHA DE DADOS DE SEGURANÇA FICHA DE DADOS DE SEGURANÇA PROMI FERTIL Especial Hortícolas 18-8-6 1. IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO E DA EMPRESA Data de emissão: 13 / 03 / 08 Nome do produto: Promi-Fertil Especial Hortícolas 18-8-6 Uso do

Leia mais

Profa. Ana Luiza Veltri

Profa. Ana Luiza Veltri Profa. Ana Luiza Veltri EJA Educação de Jovens e Adultos Água de beber Como está distribuída a água no mundo? A Terra, assim como o corpo humano, é constituída por dois terços de água; Apenas 1% da quantidade

Leia mais

2101 ARGAMASSA MATRIX REVESTIMENTO INTERNO Argamassa para Revestimento Interno de alvenaria

2101 ARGAMASSA MATRIX REVESTIMENTO INTERNO Argamassa para Revestimento Interno de alvenaria FICHA TÉCNICA DE PRODUTO 1. Descrição: A argamassa 2101 MATRIX Revestimento Interno, é uma argamassa indicada para o revestimento de paredes em áreas internas, possui tempo de manuseio de até 2 horas,

Leia mais

PRODUTO: PEROX BECKER Limpador concentrado

PRODUTO: PEROX BECKER Limpador concentrado FICHA TÉCNICA DE PRODUTO PRODUTO: PEROX BECKER Limpador concentrado FT-0316 Folha: 01 Revisão: 00 Emissão: 13/01/2014 1. CARACTERÍSTICAS É um eficiente limpador concentrado com peróxido de hidrogênio e

Leia mais

Compostagem: a arte de transformar o lixo em adubo orgânico. 1 - Compostagem e Composto: definição e benefícios

Compostagem: a arte de transformar o lixo em adubo orgânico. 1 - Compostagem e Composto: definição e benefícios Compostagem: a arte de transformar o lixo em adubo orgânico 1 - Compostagem e Composto: definição e benefícios A compostagem é o processo de transformação de materiais grosseiros, como palhada e estrume,

Leia mais

EXISTIMOS... PARA O SERVIR

EXISTIMOS... PARA O SERVIR Laboratórios Técnicos de Produtos de Manutenção e Segurança, Lda Tel:271747070/78 Fax: 271747079 E-Mail: comercial@latecma.com Zona Industrial Apartado 20 6360 060 Celorico da Beira Ò www.latecma.com 03

Leia mais

NORMAS TÉCNICAS DE INSTALAÇÕES E EQUIPAMENTOS PARA FÁBRICAS DE CONSERVAS DE OVOS

NORMAS TÉCNICAS DE INSTALAÇÕES E EQUIPAMENTOS PARA FÁBRICAS DE CONSERVAS DE OVOS SECRETARIA DA AGRICULTURA E ABASTECIMENTO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL DEPARTAMENTO DE PRODUÇÃO ANIMAL COORDENADORIA DE INSPEÇÃO SANITÁRIA DOS PRODUTOS DE ORIGEM ANIMAL - C I S P O A - NORMAS TÉCNICAS

Leia mais

Anexo I-A: Serviços de reforma no alojamento de menores da P. J. de Samambaia

Anexo I-A: Serviços de reforma no alojamento de menores da P. J. de Samambaia Serviços de reforma no alojamento de menores da P. J. de Samambaia MEMORIAL DESCRITIVO Anexo I-A: Serviços de reforma no alojamento de menores da P. J. de Samambaia Sumário 1.Considerações gerais...1 2.Serviços

Leia mais

MANUAL BÁSICO DE TRATAMENTO QUÍMICO

MANUAL BÁSICO DE TRATAMENTO QUÍMICO MANUAL BÁSICO DE TRATAMENTO QUÍMICO O Tratamento Químico e fundamental para deixar a água da piscina saudável, limpa e cristalina. Você necessita medir, inicialmente, três parâmetros: Alcalinidade Total,

Leia mais

UCRETE WR Revestimento uretânico argamassado de alto desempenho para superficies verticais e rodapé.

UCRETE WR Revestimento uretânico argamassado de alto desempenho para superficies verticais e rodapé. UCRETE WR Revestimento uretânico argamassado de alto desempenho para superficies verticais e rodapé. Descrição do Produto UCRETE WR é uma tecnologia única de revestimento uretânico de alto desempenho para

Leia mais

FISPQ LIMPA PORCELANATO. FICHA DE SEGURANÇA de produtos químicos

FISPQ LIMPA PORCELANATO. FICHA DE SEGURANÇA de produtos químicos LIMPA PORCELANATO CARACTERÍSTICA DO PRODUTO: É um limpador alcalino especialmente formulado para limpeza leve e pesada em pisos tratados com acabamentos acrílicos, pisos não tratados como porcelanato.

Leia mais

f a z e r e revolucionar sua alimentação

f a z e r e revolucionar sua alimentação C o m o f a z e r sua horta em casa e revolucionar sua alimentação MANUAL PRÁTICO POR QUE TER UMA HORTA EM CASA? Sabe-se que a alimentação funciona como um combustível, e o organismo responde de acordo

Leia mais

BOAS PRÁTICAS NO PREPARO DE ALIMENTOS

BOAS PRÁTICAS NO PREPARO DE ALIMENTOS BOAS PRÁTICAS NO PREPARO DE ALIMENTOS SÉRIE: SEGURANÇA ALIMENTAR e NUTRICIONAL Autora: Faustina Maria de Oliveira - Economista Doméstica DETEC Revisão: Dóris Florêncio Ferreira Alvarenga Pedagoga Departamento

Leia mais

Página 1 de 8-01/04/2014-5:59

Página 1 de 8-01/04/2014-5:59 PROFESSOR: EQUIPE DE PORTUGUÊS BANCO DE QUESTÕES - LÍNGUA PORTUGUESA - 4 ANO - ENSINO FUNDAMENTAL ========================================================================== Texto 1 LIXO NO LIXO Dá para

Leia mais

Projecto-Piloto. Doméstica. 25 moradias

Projecto-Piloto. Doméstica. 25 moradias Projecto-Piloto Compostagem Doméstica 25 moradias O que é a compostagem? É um processo biológico em que os microrganismos i transformam a matéria orgânica, como estrume, folhas e restos de comida, num

Leia mais

LOUÇAS E INSTALAÇÕES SANITÁRIAS

LOUÇAS E INSTALAÇÕES SANITÁRIAS Antes de executar qualquer furação nas paredes, consulte a planta de instalações hidráulicas em anexo, para evitar perfurações e danos à rede hidráulica, bem como na impermeabilização. Não jogue quaisquer

Leia mais

Apostila com Receitas de Produtos de Limpeza e Higiene Ecológicos

Apostila com Receitas de Produtos de Limpeza e Higiene Ecológicos Apostila com Receitas de Produtos de Limpeza e Higiene Ecológicos 2 litros de água 1 sabão caseiro ralado 1 colher de Óleo de Rícino 1 colher de Açúcar. SABÃO LÍQUIDO PARA LOUÇA Ferver todos os ingredientes

Leia mais

porcelanato interno ficha técnica do produto

porcelanato interno ficha técnica do produto 01 DESCRIÇÃO: votomassa é uma argamassa leve de excelente trabalhabilidade e aderência, formulada especialmente para aplicação de revestimentos cerâmicos e s em áreas internas. 02 CLASSIFICAÇÃO TÉCNICA:

Leia mais

SULFATO DE ALUMÍNIO ISENTO S20

SULFATO DE ALUMÍNIO ISENTO S20 Produto: SULFATO DE ALUMÍNIO ISENTO S20 Última Revisão: 26/11/2014 Pág.: 1 de 6 01 IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO E DA EMPRESA Nome do Produto: Principais usos recomendados para a substância ou mistura Nome

Leia mais

Eco Dicas - Construir ou Reformar

Eco Dicas - Construir ou Reformar Eco Dicas - Construir ou Reformar São dicas de como preservar e economizar os recursos naturais quando se pensa em obras. Praticando-as, nosso bolso também agradece. É bom saber que: a fabricação de PVC

Leia mais

RESIDUOS ORGÂNICOS E INORGÂNICOS. De modo geral, podemos dizer que os resíduos domiciliares se dividem em orgânicos e inorgânicos.

RESIDUOS ORGÂNICOS E INORGÂNICOS. De modo geral, podemos dizer que os resíduos domiciliares se dividem em orgânicos e inorgânicos. RESIDUOS ORGÂNICOS E INORGÂNICOS De modo geral, podemos dizer que os resíduos domiciliares se dividem em orgânicos e inorgânicos. Resíduos orgânicos: São biodegradáveis (se decompõem naturalmente). São

Leia mais

o hectare Nesta edição, você vai descobrir o que é um biodigestor, como ele funciona e também O que é o biodigestor? 1 ha

o hectare Nesta edição, você vai descobrir o que é um biodigestor, como ele funciona e também O que é o biodigestor? 1 ha o hectare Publicação do Ecocentro IPEC Ano 1, nº 3 Pirenópolis GO Nesta edição, você vai descobrir o que é um biodigestor, como ele funciona e também vai conhecer um pouco mais sobre a suinocultura. Na

Leia mais

BACTER PLUS LAVANDA DESINFETANTE BACTERICIDA - CONCENTRADO USO PROFISSIONAL

BACTER PLUS LAVANDA DESINFETANTE BACTERICIDA - CONCENTRADO USO PROFISSIONAL BACTER PLUS LAVANDA DESINFETANTE BACTERICIDA - CONCENTRADO USO PROFISSIONAL BACTER PLUS LAVANDA é um desinfetante bactericida concentrado de uso geral com formulação balanceada de ph Neutro, proporcionando

Leia mais

O que é compostagem?

O que é compostagem? O que é compostagem? Consideraremos compostagem como um processo de decomposição da matéria orgânica encontrada no lixo, em adubo orgânico. Como se fosse uma espécie de reciclagem do lixo orgânico, pois

Leia mais

Engº. Gandhi Giordano

Engº. Gandhi Giordano Processos físico-químicos e biológicos associados para tratamento de chorume Engº. Gandhi Giordano Professor Adjunto do Departamento de Engª Sanitária e Meio Ambiente da UERJ Diretor Técnico da TECMA Tecnologia

Leia mais

MILLE PRODUTOS DE LIMPEZA E HIGIENE LTDA. FICHA DE INFORMAÇÕES DE SEGURANÇA DE PRODUTOS QUÍMICOS

MILLE PRODUTOS DE LIMPEZA E HIGIENE LTDA. FICHA DE INFORMAÇÕES DE SEGURANÇA DE PRODUTOS QUÍMICOS MILLE PRODUTOS DE LIMPEZA E HIGIENE LTDA. FICHA DE INFORMAÇÕES DE SEGURANÇA DE PRODUTOS QUÍMICOS Produto: Álcool Etílico Hidratado Industrial 1-IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO E DA EMPRESA Nome Comercial: Álcool

Leia mais

Minifúndio de varanda

Minifúndio de varanda Início Composteira Este canteiro Minhocas Pássaros Minifúndio de varanda para quem planta alface em vaso abril 19, 2009 Minhocário e compostagem em apartamento Posted by administrador under Minhocas Tags:

Leia mais

Adesivo Stop Pregos. Adesivo MS Ultra Express. Excelente aderência em diversos tipos de material base.

Adesivo Stop Pregos. Adesivo MS Ultra Express. Excelente aderência em diversos tipos de material base. Produtos Químicos Líder de mercado na maioria dos países europeus; O mais alto nível de atendimento ao cliente do segmento industrial; Excelente imagem da marca: 92% dos engenheiros de estruturas e arquitetos

Leia mais

Grill. Detergente desincrustante alcalino para remoção de gordura carbonizada.

Grill. Detergente desincrustante alcalino para remoção de gordura carbonizada. Grill Detergente desincrustante alcalino para remoção de gordura carbonizada. Alto poder de limpeza A composição de Suma Grill confere-lhe a propriedade de remover com eficiência sujidades provenientes

Leia mais

linha acabamentos VIDROMAX - LIMPA VIDROS

linha acabamentos VIDROMAX - LIMPA VIDROS ÍNDICE 03. linha acabamento 06. linha automotiva 10. linha doméstica 16. linha especial 18. linha industrial 20. linha tratamento de pisos 22. linha lavagem automática 2 3 linha acabamentos CERA AUTOMOTIVA

Leia mais

Gerenciamento de Resíduo de Serviço de Saúde. Luciene Paiva Enfermeira do Trabalho Especialista em CCIH

Gerenciamento de Resíduo de Serviço de Saúde. Luciene Paiva Enfermeira do Trabalho Especialista em CCIH Gerenciamento de Resíduo de Serviço de Saúde Luciene Paiva Enfermeira do Trabalho Especialista em CCIH Resíduos O ser humano sempre gerou resíduos, desde a Pré-História até os dias atuais. A diferença

Leia mais

Programa Compromisso com o Ambiente

Programa Compromisso com o Ambiente Programa Compromisso com o Ambiente Objetivo geral: Cuidar e preservar o nosso ambiente através de um processo organizado de sensibilização e racionalização no uso de elementos no âmbito da empresa e sua

Leia mais

Reciclagem de Lixo. 38 Introdução a Reciclagem. Saneamento ecológico. Reciclagem 38 - Introdução a Reciclagem

Reciclagem de Lixo. 38 Introdução a Reciclagem. Saneamento ecológico. Reciclagem 38 - Introdução a Reciclagem Reciclagem 38 - Introdução a Reciclagem 99 5 Reciclagem de Lixo 38 Introdução a Reciclagem Neste capítulo vamos tratar dois tipos de reciclagem: a reciclagem de nutrientes através de saneamento ecológico,

Leia mais

Nome do produto: BIOAGLOPAR PET

Nome do produto: BIOAGLOPAR PET Data da última revisão: 17/04/2014 Pagina 1/5 1. Identificação do produto e da empresa Nome do produto: Bioaglopar PET NCM: 3209.10.20 - Código interno de identificação do produto: 1.3.2.004 - Nome da

Leia mais

MACTRACOL. Adesivo para chapiscos, argamassas e gesso. Data da última revisão: 01/2010 DEFINIÇÃO

MACTRACOL. Adesivo para chapiscos, argamassas e gesso. Data da última revisão: 01/2010 DEFINIÇÃO Data da última revisão: 01/2010 DEFINIÇÃO MACTRACOL é um adesivo especial à base de resina sintética compatível com cimento, cal, gesso e isopor (EPS). MACTRACOL proporciona às argamassas alto poder de

Leia mais

A Grande Viagem do Lixo

A Grande Viagem do Lixo Olá! Eu sou a Clarinha a mascote da Lipor. Sempre que me vires, é sinal que alguém está a cuidar do ambiente e a aprender como viver num mundo mais limpo, mais verde. E tu? sabias que... Há 4 R s nossos

Leia mais