Entidade de Acolhimento: Actividades de educação ambiental e de gestão energética / Pág. 5

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Entidade de Acolhimento: Actividades de educação ambiental e de gestão energética / Pág. 5"

Transcrição

1 CENTRO DE INFORMAÇÃO EUROPE DIRECT DO BAIXO ALENTEJO Associação de Defesa do Património de Mértola Largo Vasco da Gama MÉRTOLA Telefone: Fax: BOLETIM INFORMATIVO Nº 18 OUTUBRO/ NOVEMBRO/ DEZEMBRO 08 Produzido por: Centro de Informação E u r o p e DESTAQUE D i r e c t do Baixo Alentejo Entidade de Acolhimento: Actividades de educação ambiental e de gestão energética / Pág. 5 Associação de Defesa do Património de Mértola Tiragem: 150 exemplares REDE EUROPE DIRECT Número verde: Acções de Informação: Cidadania Europeia O Tratado de Lisboa / Pág. 5 SUMÁRIO: Notícias 2 Os jovens e a Europa 4 Destaque 5 Oportunidades na UE 6 ADPM - Entidade de acolhimento 7 Cidadania Europeia 8 PRÓXIMA EDIÇÃO: JANEIRO DE 2009 Informação detalhada na rubrica Destaque.

2 NOTÍCIAS 2 Agricultura: Exame de saúde da PAC ajudará os agricultores a fazerem face aos novos desafios A Comissão Europeia congratula-se com o acordo político alcançado pelos ministros da Agricultura da UE, no respeitante ao exame de saúde da Política Agrícola Comum. O exame de saúde modernizará, simplificará e racionalizará a PAC e eliminará os condicionalismos que recaem sobre os agricultores, ajudando-os a responderem aos sinais de mercado e a fazerem face a novos desafios. O acordo elimina a retirada das terras aráveis, aumenta gradualmente as quotas leiteiras até à respectiva abolição em 2015 e converte a intervenção de mercado numa autêntica rede de segurança. Os ministros concordaram igualmente em aumentar a modulação, segundo a qual os pagamentos directos aos agricultores serão reduzidos e o dinheiro transferido para o Fundo de Desenvolvimento Rural, o que permitirá uma melhor resposta aos novos desafios e oportunidades com que se depara a agricultura europeia, incluindo as alterações climáticas, a necessidade de melhor gestão das águas, a protecção da biodiversidade e a produção de energia verde. Os Estados-Membros poderão também ajudar os produtores de lacticínios nas regiões sensíveis a adaptarem-se à nova situação de mercado. Comissão regozija-se com acordo político sobre o programa de distribuição de fruta nas escolas no valor de 90 milhões de euros anuais A Comissão Europeia regozijou-se com o acordo político alcançado no âmbito do Conselho «Agricultura» sobre a sua proposta de programa, à escala da União Europeia, de distribuição de frutas e legumes às crianças em idade escolar. Um financiamento europeu no valor de 90 milhões de euros anuais permitirá garantir a compra e distribuição de frutas e legumes frescos nas escolas. Esta verba será completada por financiamentos nacionais e privados nos Estados-Membros que optarem por participar no programa. O programa de distribuição de fruta nas escolas destinase a promover junto dos jovens hábitos alimentares saudáveis que, de acordo com os estudos realizados, têm tendência a manter-se ao longo da vida. Para além de permitir distribuir frutas e legumes a um grupo específico de alunos, o programa exigirá por parte dos Estados-Membros participantes a elaboração de estratégias, que incluam iniciativas educativas e de sensibilização e a partilha das melhores práticas. Cerca de 22 milhões crianças da UE têm excesso de peso, mais de 5 milhões das quais são obesas, sendo que este valor regista um aumento de por ano. A melhoria da alimentação pode desempenhar um papel importante na luta contra este problema de saúde pública. O programa será lançado no início do ano lectivo 2009/2010. Ambiente: A Comissão propõe melhorar a aplicação da legislação ambiental A Comissão pretende melhorar a aplicação de aproximadamente 200 actos legislativos da União Europeia em matéria de protecção do ambiente. Esta decisão insere-se no âmbito de uma estratégia mais vasta da Comissão para melhorar a aplicação do direito comunitário e coincide com a publicação do relatório anual da Comissão sobre o controlo da aplicação do direito comunitário em geral. A comunicação insiste na necessidade de uma estreita colaboração com os Estados-Membros a fim de garantir que as normas de execução nacionais são as mais adequadas.

3 NOTÍCIAS 3 Comenius Régio: Novas Oportunidades de Cooperação Regional no Ensino A nova acção Comenius Regio, do Programa de Aprendizagem ao Longo da Vida, foi lançada pela Comissão Europeia numa conferência no Comité das Regiões. Com um orçamento anual de 16 milhões de euros, as parcerias Comenius Regio apoiarão a cooperação entre autoridades locais e regionais, estabelecimentos de ensino e outras entidades educativas na Europa. As parcerias Comenius Regio financiam a cooperação regional na educação escolar, e promovem o intercâmbio de experiências e boas práticas entre regiões e municípios na Europa. O objectivo é ajudar as autoridades regionais ou locais com responsabilidades educativas de melhorar as oportunidades das crianças em idade escolar. Nestes projectos de cooperação bilaterais as duas regiões participantes são livres de escolher qualquer tema que considerem pertinente e interessante. Por exemplo, os projectos podem tratar questões como as da gestão escolar, integração de alunos provenientes de famílias migrantes, educação para o empreendedorismo ou redução das taxas de abandono escolar. As escolas e outros parceiros pertinentes existentes na região ou no município, como clubes de jovens, bibliotecas ou museus, devem participar nas actividades dos projectos. A cooperação, transfronteiriça ou entre regiões afastadas, é sempre bem-vinda. As parcerias Comenius Regio podem incluir uma vasta gama de acções, como intercâmbios entre pessoal escolar, acções de formação conjuntas para professores, aprendizagem interpares ou visitas de estudo. Podem igualmente incluir várias outras actividades nas regiões envolvidas, por exemplo, avaliações, experiências com novas abordagens educativas ou campanhas de sensibilização. O prazo para se candidatar aos subsídios é 20 de Fevereiro de As candidaturas devem ser apresentadas pelas autoridades escolares locais ou regionais. Os candidatos bem sucedidos serão seleccionados no Verão de 2009 e as acções podem começar a partir de Agosto de Os subsídios apoiarão as parcerias durante dois anos. O financiamento contribuirá para os custos das deslocações entre as regiões parceiras e das actividades dos projectos. A Comissão espera financiar cerca de 500 regiões através da acção Comenius Regio. A gestão é da responsabilidade das agências nacionais Comenius dos países que participam no programa de formação contínua. Mais informações em UE 2009: 30 ANOS DE ELEIÇÕES EUROPEIAS Dia 7 de Junho de 2009 ELEIÇÕES PARA O PARLAMENTO EUROPEU O SEU VOTO CONTA!

4 OS JOVENS E A EUROPA 4 Comissão Europeia lança Farmland: Uma forma divertida para aprender mais sobre o bem-estar animal Com o objectivo de sensibilizar as crianças para a importância de se tratar os animais de criação com respeito e humanidade, a Comissão Europeia lançou hoje o novo sítio web infantil dedicado à saúde e ao bem-estar dos animais. O Farmland é um jogo online interactivo e informativo dirigido às crianças dos 9 aos 12 anos, que tem também por objectivo ajudar os consumidores de amanhã a efectuarem escolhas mais informadas sobre os alimentos que consomem. A Comissão está igualmente a desenvolver um kit online, destinado aos professores, com exercícios que podem ser utilizados nas aulas para ajudar as crianças a compreender melhor a importância do bem-estar dos animais. Vários Estados-Membros manifestaram já o seu interesse neste projecto. Energia Láctea: Como posso ganhar uma Nintendo WII Como é que podes transformar leite numa Nintendo Wii? Basta pegares na tua máquina e tirares algumas fotografias que expressem o quanto tu, a tua familia ou amigos gostam de leite. Deixa a tua criatividade sobressair e pensa em todas as maneiras que as pessoas com que contactas se banqueteiam com leite, iogurtes, manteiga ou outros produtos lácteos como parte de uma dieta equilibrada. Quando terminar o prazo de entrega, colocaremos uma galeria fotográfica com as melhores fotografias e depois tu e os teus amigos podem votar nas vossas preferidas! Além das fotografias mais votadas terem a oportunidade de serem publicadas no nosso sítio Web e em materiais impressos para serem apreciadas por toda a Europa, os três fotógrafos mais votados também ganharão uma Nintendo Wii. Portanto, pega na tua máquina! O prazo para entrar no concurso é 28 de Fevereiro de Para participares e obteres mais informações visita o site:

5 DESTAQUE 5 Biblioteca Municipal de Beja Antena de Informação Europeia Em Outubro de 2007, a Biblioteca Municipal de Beja passou a integrar a rede de antenas de informação Europeia do Centro de Informação Europe Direct do Baixo Alentejo. Para este efeito foi estabelecido um protocolo de cooperação, entre as duas entidades, que permitiu criar um espaço dentro da biblioteca municipal, com brochuras, livros e outros materiais informativos, para que os/as cidadãos/ãs de todas as idades, estejam informados sobre as actividades da UE e assim possam usufruir de todas as oportunidades e direitos que a UE lhes confere. Actualmente, são seis as Antenas de Informação existentes e que cobrem a região do Baixo Alentejo: Ideia Alentejo (Beja), ADC Moura (Moura); Associação Rota do Guadiana (Serpa), Associação TAIPA (Odemira) e a Associação Barranquenha para o Desenvolvimento (Barrancos). Actividade de Educação Ambiental e de Gestão Energética Nos dias 25 e 26 de Outubro de 2008, realizaram-se actividades de educação ambiental e de gestão energética, para crianças, jovens e população em geral, nas quais participaram mais de uma centena de pessoas. Estas actividades foram organizadas no âmbito da feira de agricultura biológica em Beja e foram dinamizadas pelo Centro de Informação Europe Direct do Baixo Alentejo e pela Associação de Defesa do Património de Mértola. Todos os participantes tiveram a oportunidade de aprender pequenas acções que podem ser realizadas por cada um de nós no dia-a-dia e contribuir assim para um melhor ambiente e melhor eficiência energética. As actividades realizadas foram: Workshops "Reduzir, Reciclar e Reutilizar", workshop "Construção de fornos solares", Actividade educacional "A minha hortinha", espaço de animação com jogos e construção de materiais e utensílios através da reutilização de materiais. Acções de Informação: Cidadania Europeia O Tratado de Lisboa O Tratado de Lisboa é uma das prioridades de comunicação da Comissão Europeia, devido à grande importância que este assume na construção do futuro da UE e no seu funcionamento. Neste sentido, o Centro de Informação Europe Direct do Baixo Alentejo realizou 7 acções de informação sobre a Cidadania Europeia O Tratado de Lisboa. As acções foram realizadas nos concelhos de Beja, Mértola e Odemira e tiveram como público-alvo estudantes do ensino secundário e formandos/as de cursos de Educação e Formação de Adultos. Os cerca de 91 participantes ficaram a conhecer o que é o Tratado de Lisboa, porquê do surgimento deste tratado, o que muda nos direitos dos cidadãos, o que muda na UE com o tratado, entre outras informações úteis. Durante a realização de todas as acções de informação foram distribuídos exemplares do Bloco de Notas "Tratado de Lisboa", publicação produzida, em 2008, pelo Centro de Informação Europe Direct do Baixo Alentejo para complementar o processo de informação sobre o Tratado de Lisboa.

6 OPORTUNIDADES NA UE 6 Convites à apresentação de candidaturas Título: Programa «Aprendizagem ao Longo da Vida» Convite à apresentação de candidaturas 2009 Datas Limites: Comenius, Grundtvig: Formação em serviço: primeiro prazo 16 de Janeiro de 2009; prazos seguintes 30 de Abril de 2009 e 15 de Setembro de 2009 Contratos de assistente Comenius: 30 de Janeiro de 2009 Leonardo da Vinci: Mobilidade (incluindo o certificado de mobilidade Leonardo da Vinci) e Erasmus: Cursos Intensivos de Línguas Erasmus (CILE): 6 de Fevereiro de 2009 Programa Jean Monnet: 13 de Fevereiro de 2009 Comenius, Leonardo da Vinci, Grundtvig: Parcerias; Comenius: Parcerias Comenius Regio e Grundtvig: Grupos de trabalho: 20 de Fevereiro de 2009 Comenius, Erasmus, Leonardo da Vinci, Grundtvig: Projectos multilaterais, Redes e medidas de acompanhamento: 27 de Fevereiro de 2009 Leonardo da Vinci: Projectos multilaterais de transferência de inovação: 27 de Fevereiro de 2009 Erasmus: Programas Intensivos (PI), Mobilidade de estudantes para períodos de estudo e estágios (incluindo certificados de estágio de consórcio Erasmus) e Mobilidade de pessoal (colocações de professores e formação do pessoal): 13 de Março de 2009 Grundtvig: Contratos de assistente, Projectos de voluntariado sénior: 31 de Março de 2009 Programa transversal: 31 de Março de 2009 Programa transversal: Actividade principal 1 Visitas de estudo: 9 de Abril de 2009 Informações complementares: Título: Convite à apresentação de candidaturas para a "Reconversão de Povoamentos com Fins Ambientais", Medida 2.3. "Gestão do Espaço Florestal e Agro-Florestal", do PRODER. Prazo de candidatura: 28 de Fevereiro de 2009 Informações complementares: ou através do call center do PRODER Título: Convite à apresentação de candidaturas para a "Melhoria Produtiva dos Povoamentos Ambientais", medida 1.3. "Promoção da Competitividade Florestal" do eixo 1, do PRODER. Prazo de candidatura: 10 de Fevereiro de 2009 Informações complementares: ou através do call center do PRODER Título: Convites à apresentação de propostas no âmbito dos Programas de Trabalho de 2008 e 2009 do 7º Programa-Quadro CE de actividades em matéria de investigação, desenvolvimento tecnológico e demonstração e no âmbito do Programa de Trabalho de 2009 do 7.o Programa-Quadro Euratom de actividades de investigação e formação em matéria nuclear Informações complementares:

7 ADPM ENTIDADE DE ACOLHIMENTO 7 Centro de Informação Europe Direct do Baixo Alentejo A Associação de Defesa do Património de Mértola, no período compreendido entre 2009 e 2012, será mais uma vez a entidade hospedeira do Centro de Informação Europe Direct do Baixo Alentejo. Esta estrutura e a sua actividade será co-financiada pela Direcção Geral de Imprensa e Comunicação da Comissão Europeia e presta um serviço destinado ao púbico em geral, o qual permite, a nível local e regional, que os/as cidadãos/ãs e entidades tenham acesso a informações e orientações em todos os domínios de actividade da UE, contribuindo para o fortalecimento da cidadania europeia activa. Especificamente, o centro terá como objectivos: - Informar os cidadãos/ãs e as entidades sobre todos os domínios de actividade da UE, com principal destaque para aqueles que afectam a sua vida quotidiana; - Apoiar os cidadãos/ãs e as entidades na obtenção de informações, orientação, assistência e respostas a questões sobre a legislação, políticas, programas e oportunidades de financiamento na UE; - Proporcionar a reflexão, o debate e a troca de experiências entre os cidadãos/ãs, as entidades e a UE em todos os sentidos e domínios de actividade; - Promover uma maior visibilidade do Centro e da UE através de acções de publicidade e informação nos meios de comunicação; - Dar visibilidade às prioridades da comissão a nível local; - Sensibilizar e promover um maior envolvimento da população local e das entidades nas actividades propostas pela UE. Com a missão de promover uma cidadania europeia activa e informada, os objectivos do Centro de Informação Europe Direct do Baixo Alentejo serão operacionalizados através de: um plano de actividades, nomeadamente: Dinamização de página na internet; Edição mensal de Boletim Informativo Electrónico; Divulgação do Centro de Informação Europe Direct em diferentes eventos; Concepção de mini-guia "Cidadania Europeia"; Concepção de Mini- Calendário "Ser Europeu"; Semana Regional Europeia "Comemorações do dia da Europa"; Seminário "Energia Sustentáveis e Alterações Climáticas"; Acções de Esclarecimento "Eleições ao Parlamento Europeu Votas pela primeira vez? Sabe o que está em causa?"; Oficina de "Criatividade, Inovação e Empreendedorismo"; Programa de Rádio "Euro-Notícias"; Espaço Informativo em Jornal Regional e Concurso para jornalistas "Descobrir a Europa". Na Rota do Conhecimento Projecto de Cooperação para o Desenvolvimento em Cabo Verde A Associação de Defesa do Património de Mértola, ao longo do ano de 2009, irá desenvolver em Cabo Verde, no município de Porto Novo Ilha de Santo Antão, o projecto "Na Rota do Conhecimento", o qual tem como objectivo geral permitir à população o acesso à informação e ao conhecimento, de forma a promover uma cidadania activa e um maior desenvolvimento pessoal e social. Este projecto será co-finaciado pelo IPAD, pela ADPM, pelo Município de Porto Novo e pela Atelier Mar e as actividades a desenvolver são: Criação de um Centro de Recursos Multifuncional, com espaço de biblioteca e equipado com diferentes equipamentos informáticos, multimédia e pedagógicos; Criação de um espaço ATL para crianças; realização de ateliers para aquisição de competências básicas e realização de acções públicas de sensibilização e prevenção.

8 CIDADANIA EUROPEIA 8 Proposta de Leitura Um Futuro Sustentável nas Nossas Mãos Está preocupado com as alterações climáticas? Sobre como vai pagar a sua pensão de reforma? Com a poluição atmosférica? Será que o seu filho vai encontrar um bom emprego? A União Europeia está a tentar resolver estas e outras questões que nos afectam diariamente, trabalhando para melhorar a nossa qualidade de vida e para tornar o futuro dos nossos filhos mais seguro. A Estratégia de EU para o Desenvolvimento Sustentável abrange, praticamente, todos os aspectos, desde a maneira como cortamos as nossas árvores até à forma como tratamos os nossos idosos. O futuro da Europa depende da sua capacidade para atingir o objectivo triplo de criação, coesão social e protecção do ambiente. Dica para exercer uma Cidadania Europeia Activa "A vossa Europa" Fornece aos cidadãos informações práticas pormenorizadas sobre os seus direitos e oportunidades na UE e no Mercado Interno, além de aconselhamento sobre a forma de exercer esses direitos na prática. Por exemplo, pode saber mais sobre o que é viver, trabalhar ou estudar noutro Estado-Membro da UE. Consulte o website: Para saber mais sobre a União Europeia, contacte o nosso Centro local ou a REDE EUROPE DIRECT Número verde

CICLO DE CONFERÊNCIAS "25 ANOS DE PORTUGAL NA UE"

CICLO DE CONFERÊNCIAS 25 ANOS DE PORTUGAL NA UE Boletim Informativo n.º 19 Abril 2011 CICLO DE CONFERÊNCIAS "25 ANOS DE PORTUGAL NA UE" A Câmara Municipal de Lamego no âmbito de atuação do Centro de Informação Europe Direct de Lamego está a promover

Leia mais

Queres ir Estudar para outro Estado-Membro da União Europeia? Quais as Oportunidades? Quais os teus Direitos?

Queres ir Estudar para outro Estado-Membro da União Europeia? Quais as Oportunidades? Quais os teus Direitos? Queres ir Estudar para outro Estado-Membro da União Europeia? Quais as Oportunidades? Quais os teus Direitos? ESTUDAR noutro país da UE ESTUDAR noutro país da UE ESTUDAR noutro país da UE I. DIREITO DE

Leia mais

Fundos Comunitários. geridos pela Comissão Europeia. M. Patrão Neves. www.mpatraoneves.pt. www.mpatraoneves.pt. www.mpatraoneves.

Fundos Comunitários. geridos pela Comissão Europeia. M. Patrão Neves. www.mpatraoneves.pt. www.mpatraoneves.pt. www.mpatraoneves. Fundos Comunitários geridos pela Comissão Europeia M. Patrão Neves Fundos comunitários: no passado Dependemos, de forma vital, dos fundos comunitários, sobretudo porque somos um dos países da coesão (e

Leia mais

Cidadãos do Amanhã Empreendedorismo Jovem. Seminário EUROACE «Cooperação e desenvolvimento rural. Experiências e perspectivas para 2014-2020»

Cidadãos do Amanhã Empreendedorismo Jovem. Seminário EUROACE «Cooperação e desenvolvimento rural. Experiências e perspectivas para 2014-2020» Seminário EUROACE «Cooperação e desenvolvimento rural. Experiências e perspectivas para 2014-2020» 29.Abril.2014 Idanha-a-Nova DUECEIRA GAL/ELOZ. Entre serra da LOusã e Zêzere Histórico > projecto cooperação

Leia mais

Juventude em Movimento: apoio da Europa aos jovens

Juventude em Movimento: apoio da Europa aos jovens Juventude em Movimento: apoio da Europa aos jovens ESTUDAR FORMAR-SE TRABALHAR PARTICIPAR OS TEUS DIREITOS APRENDER VIAJAR VOLUNTÁRIO CRIAR na EUROPA Nem a Comissão Europeia nem qualquer pessoa que atue

Leia mais

ESPECIAL PMEs. Volume III Fundos europeus 2ª parte. um Guia de O Portal de Negócios. www.oportaldenegocios.com. Março / Abril de 2011

ESPECIAL PMEs. Volume III Fundos europeus 2ª parte. um Guia de O Portal de Negócios. www.oportaldenegocios.com. Março / Abril de 2011 ESPECIAL PMEs Volume III Fundos europeus 2ª parte O Portal de Negócios Rua Campos Júnior, 11 A 1070-138 Lisboa Tel. 213 822 110 Fax.213 822 218 geral@oportaldenegocios.com Copyright O Portal de Negócios,

Leia mais

UMA BOA IDEIA PARA A SUSTENTABILIDADE

UMA BOA IDEIA PARA A SUSTENTABILIDADE UMA BOA IDEIA PARA A SUSTENTABILIDADE REGULAMENTO DO CONCURSO DE IDEIAS (Aberto a todos os Cidadãos) 1. O QUE É: O concurso Uma Boa Ideia para a Sustentabilidade é uma iniciativa da Câmara Municipal de

Leia mais

Tópicos de Agenda a reter:

Tópicos de Agenda a reter: Tópicos de Agenda a reter: Educação Não Formal Intercâmbios Serviço Voluntário Europeu Participação Democrática Cidadania Ativa Diálogo Estruturado O QUE SERÁ O ERASMUS+ 2014-2020? Educação Formal Educação

Leia mais

1) Breve apresentação do AEV 2011

1) Breve apresentação do AEV 2011 1) Breve apresentação do AEV 2011 O Ano Europeu do Voluntariado 2011 constitui, ao mesmo tempo, uma celebração e um desafio: É uma celebração do compromisso de 94 milhões de voluntários europeus que, nos

Leia mais

AVISO. Admissão de Pessoal. (m/f)

AVISO. Admissão de Pessoal. (m/f) AVISO Admissão de Pessoal (m/f) A AJITER Associação Juvenil da Ilha Terceira pretende admitir jovens recém-licenciados à procura do primeiro emprego, para estágio no seu serviço, ao abrigo do Programa

Leia mais

22.1.2010 Jornal Oficial da União Europeia L 17/43

22.1.2010 Jornal Oficial da União Europeia L 17/43 22.1.2010 Jornal Oficial da União Europeia L 17/43 IV (Actos adoptados, antes de 1 de Dezembro de 2009, em aplicação do Tratado CE, do Tratado da UE e do Tratado Euratom) DECISÃO DO CONSELHO de 27 de Novembro

Leia mais

Instituições europeias

Instituições europeias Envelhecer com Prazer Rua Mariana Coelho, nº 7, 1º E 2900-486 Setúbal Portugal Tel: +351 265 548 128 Tlm: 96 938 3068 E-mail: envelhecimentos@gmail.com www.envelhecer.org Instituições europeias Inês Luz

Leia mais

3. PRINCIPAIS TEMÁTICAS E CARACTERÍSTICAS DE ORGANIZAÇÃO DOS OPEN DAYS 2008

3. PRINCIPAIS TEMÁTICAS E CARACTERÍSTICAS DE ORGANIZAÇÃO DOS OPEN DAYS 2008 1. INTRODUÇÃO Em apenas 5 anos os OPEN DAYS Semana Europeia das Regiões e Cidades tornaram-se um evento de grande importância para a demonstração da capacidade das regiões e das cidades na promoção do

Leia mais

COMISSÃO EUROPEIA. o reforço de capacidades das organizações de acolhimento e a assistência técnica às organizações de envio,

COMISSÃO EUROPEIA. o reforço de capacidades das organizações de acolhimento e a assistência técnica às organizações de envio, C 249/8 PT Jornal Oficial da União Europeia 30.7.2015 COMISSÃO EUROPEIA CONVITE À APRESENTAÇÃO DE PROPOSTAS EACEA 25/15 Iniciativa Voluntários para a Ajuda da UE: Destacamento de Voluntários para a Ajuda

Leia mais

(2006/C 297/02) considerando o seguinte: constatando que:

(2006/C 297/02) considerando o seguinte: constatando que: C 297/6 Resolução do Conselho e dos Representantes Governos dos Estados-Membros, reunidos no Conselho, relativa à realização dos objectivos comuns em matéria de participação e informação dos jovens para

Leia mais

Levantamento dos Temas Prioritários 2006 nos Programas de Trabalho dos Centros Europe Direct

Levantamento dos Temas Prioritários 2006 nos Programas de Trabalho dos Centros Europe Direct Levantamento dos Temas Prioritários 2006 nos Programas de Trabalho dos Centros Europe Direct CENTROS Europe Direct 9 de Maio 20 anos de adesão Primavera da Europa Estratégia de Lisboa (Crescimento & Emprego)

Leia mais

Pensar o futuro da educação. Aprender e inovar com a tecnologia multimedia. Comissão Europeia

Pensar o futuro da educação. Aprender e inovar com a tecnologia multimedia. Comissão Europeia Pensar o futuro da educação Aprender e inovar com a tecnologia multimedia Comissão Europeia O impacto da tecnologia da informação e da comunicação está a provocar alterações graduais mas muitas vezes radicais

Leia mais

Relatório da. Avaliação intercalar da execução do Plano de Acção da UE para as Florestas Contrato de Serviço N.º 30-CE-0227729/00-59.

Relatório da. Avaliação intercalar da execução do Plano de Acção da UE para as Florestas Contrato de Serviço N.º 30-CE-0227729/00-59. Relatório da Avaliação intercalar da execução do Plano de Acção da UE para as Florestas Contrato de Serviço N.º 30-CE-0227729/00-59 Resumo Novembro de 2009 Avaliação intercalar da execução do Plano de

Leia mais

Universidade de Coimbra. Grupo de Missão. para o. Espaço Europeu do Ensino Superior. Glossário

Universidade de Coimbra. Grupo de Missão. para o. Espaço Europeu do Ensino Superior. Glossário Universidade de Coimbra Grupo de Missão para o Espaço Europeu do Ensino Superior Glossário ACÇÃO CENTRALIZADA Procedimentos de candidatura em que a selecção e contratação são geridas pela Comissão. Regra

Leia mais

O REGIME DA FRUTA ESCOLAR EM PORTUGAL Uma Estratégia Europeia de promoção do consumo de frutos e Hortícolas

O REGIME DA FRUTA ESCOLAR EM PORTUGAL Uma Estratégia Europeia de promoção do consumo de frutos e Hortícolas O REGIME DA FRUTA ESCOLAR EM PORTUGAL Uma Estratégia Europeia de promoção do consumo de frutos e Hortícolas De forma simples, o que é o RFE? Meio de distribuição gratuita de hortofrutícolas a todos os

Leia mais

SAÚDE DURANTE AS FÉRIAS. Já tem o seu Cartão Europeu de Seguro de Doença?

SAÚDE DURANTE AS FÉRIAS. Já tem o seu Cartão Europeu de Seguro de Doença? SAÚDE DURANTE AS FÉRIAS Boletim Informativo nº 10 Julho 2010 Já tem o seu Cartão Europeu de Seguro de Doença? Se estiver num outro Estado-Membro, em viagem de negócios, de férias ou a estudar, o Cartão

Leia mais

Número 7/junho 2013 O PROGRAMA URBACT II

Número 7/junho 2013 O PROGRAMA URBACT II Número 7/junho 2013 O PROGRAMA URBACT II PARTILHA DE EXPERIÊNCIAS E APRENDIZAGEM SOBRE O DESENVOLVIMENTO URBANO SUSTENTÁVEL O URBACT permite que as cidades europeias trabalhem em conjunto e desenvolvam

Leia mais

A União Europeia e o apoio às Empresas. Margarida Marques, Chefe da Representação da Comissão Europeia em Portugal

A União Europeia e o apoio às Empresas. Margarida Marques, Chefe da Representação da Comissão Europeia em Portugal A União Europeia e o apoio às Empresas Margarida Marques, Chefe da Representação da Comissão Europeia em Portugal Abril 2010 Programa-Quadro para a Competitividade e a Inovação (CIP) Programa-Quadro para

Leia mais

PLANO DE ACÇÃO E ORÇAMENTO PARA 2008

PLANO DE ACÇÃO E ORÇAMENTO PARA 2008 PLANO DE ACÇÃO E ORÇAMENTO PARA 2008 O ano de 2008 é marcado, em termos internacionais, pela comemoração dos vinte anos do Movimento Internacional de Cidades Saudáveis. Esta efeméride terá lugar em Zagreb,

Leia mais

Desenvolvimento Local nos Territórios Rurais: desafios para 2014-2020

Desenvolvimento Local nos Territórios Rurais: desafios para 2014-2020 Desenvolvimento Local nos Territórios Rurais: desafios para 2014-2020 Seminário Turismo Sustentável no Espaço Rural: Experiências de Sucesso em Portugal e na Europa Castro Verde - 06 de Março 2013 Joaquim

Leia mais

CARTA EUROPEIA DAS PEQUENAS EMPRESAS

CARTA EUROPEIA DAS PEQUENAS EMPRESAS CARTA EUROPEIA DAS PEQUENAS EMPRESAS As pequenas empresas são a espinha dorsal da economia europeia, constituindo uma fonte significativa de emprego e um terreno fértil para o surgimento de ideias empreendedoras.

Leia mais

EIXO PRIORITÁRIO VI ASSISTÊNCIA TÉCNICA. Convite Público à Apresentação de Candidatura no Domínio da Assistência Técnica aos Órgãos de Gestão

EIXO PRIORITÁRIO VI ASSISTÊNCIA TÉCNICA. Convite Público à Apresentação de Candidatura no Domínio da Assistência Técnica aos Órgãos de Gestão EIXO PRIORITÁRIO VI ASSISTÊNCIA TÉCNICA Convite Público à Apresentação de Candidatura no EIXO PRIORITÁRIO VI ASSISTÊNCIA TÉCNICA Convite Público à Apresentação de Candidatura no Domínio da Assistência

Leia mais

AÇÃO 2 COOPERAÇÃO PARA A INOVAÇÃO E O INTERCÂMBIO DE BOAS PRÁTICAS

AÇÃO 2 COOPERAÇÃO PARA A INOVAÇÃO E O INTERCÂMBIO DE BOAS PRÁTICAS AÇÃO 2 COOPERAÇÃO PARA A INOVAÇÃO E O INTERCÂMBIO DE BOAS PRÁTICAS Acção 1 1 AÇÃO 2 COOPERAÇÃO PARA A INOVAÇÃO E O INTERCÂMBIO DE BOAS PRÁTICAS A B Parcerias Estratégicas na área da Educação, Formação

Leia mais

CENTRO DE INFORMAÇÃO EUROPE DIRECT DE SANTARÉM

CENTRO DE INFORMAÇÃO EUROPE DIRECT DE SANTARÉM CENTRO DE INFORMAÇÃO EUROPE DIRECT DE SANTARÉM Assembleia de Parceiros 17 de Janeiro 2014 Prioridades de Comunicação 2014 Eleições para o Parlamento Europeu 2014 Recuperação económica e financeira - Estratégia

Leia mais

Cooperação Territorial Transnacional: Irlanda - Espanha - França - Portugal - Reino Unido

Cooperação Territorial Transnacional: Irlanda - Espanha - França - Portugal - Reino Unido MEMO/08/79 Bruxelas, 8 de Fevereiro de 2008 Cooperação Territorial Transnacional: Irlanda - Espanha - França - Portugal - Reino Unido 1. O Programa Operacional de Cooperação Transnacional Espaço Atlântico

Leia mais

Oportunidades para a PME No 7º PQ de IDT da União Europeia. Virginia Corrêa

Oportunidades para a PME No 7º PQ de IDT da União Europeia. Virginia Corrêa Seventh Research Framework Programme (2007-2013) Oportunidades para a PME No 7º PQ de IDT da União Europeia Virginia Corrêa Gabinete de Promoção do 7º Programa-Quadro de IDT 1 Gabinete de Promoção do 7º

Leia mais

MAIS PRÓXIMO DA COMUNIDADE

MAIS PRÓXIMO DA COMUNIDADE MAIS PRÓXIMO DA COMUNIDADE RESPONSABILIDADE SOCIAL Com vista a promover uma cultura de responsabilidade social, o Millennium bcp tem procurado desenvolver um conjunto de acções junto dos vários grupos

Leia mais

EUROPA. Uma Grande. Família

EUROPA. Uma Grande. Família EUROPA Uma Grande Família Europa - Uma grande família Porque viver na Europa é sinónimo de união, oportunidades, pertença e harmonia, esta publicação apresenta os cidadãos europeus como elementos de uma

Leia mais

Plano de Atividades 2015

Plano de Atividades 2015 Plano de Atividades 2015 ÍNDICE Introdução 1. Princípios orientadores do Plano Plurianual. Desempenho e qualidade da Educação. Aprendizagens, equidade e coesão social. Conhecimento, inovação e cultura

Leia mais

Eixo Prioritário 2 Protecção e Qualificação Ambiental. Acções de Valorização e Qualificação Ambiental. Aviso - ALG-31-2010-02

Eixo Prioritário 2 Protecção e Qualificação Ambiental. Acções de Valorização e Qualificação Ambiental. Aviso - ALG-31-2010-02 Eixo Prioritário 2 Protecção e Qualificação Ambiental Acções de Valorização e Qualificação Ambiental Aviso - ALG-31-2010-02 AVISO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS ACÇÕES DE VALORIZAÇÃO E QUALIFICAÇÃO

Leia mais

A MOBILIDADE EM CIDADES MÉDIAS ABORDAGEM NA PERSPECTIVA DA POLÍTICA DE CIDADES POLIS XXI

A MOBILIDADE EM CIDADES MÉDIAS ABORDAGEM NA PERSPECTIVA DA POLÍTICA DE CIDADES POLIS XXI Mobilidade em Cidades Médias e Áreas Rurais Castelo Branco, 23-24 Abril 2009 A MOBILIDADE EM CIDADES MÉDIAS ABORDAGEM NA PERSPECTIVA DA POLÍTICA DE CIDADES POLIS XXI A POLÍTICA DE CIDADES POLIS XXI Compromisso

Leia mais

UNIÃO EUROPEIA Fundo Social Europeu

UNIÃO EUROPEIA Fundo Social Europeu UNIÃO EUROPEIA Fundo Social Europeu Rede Social de Aljezur Plano de Acção (2009) Equipa de Elaboração do Plano de Acção de 2009 / Parceiros do Núcleo Executivo do CLAS/Aljezur Ana Pinela Centro Distrital

Leia mais

ROJECTO PEDAGÓGICO E DE ANIMAÇÃO

ROJECTO PEDAGÓGICO E DE ANIMAÇÃO O Capítulo 36 da Agenda 21 decorrente da Conferência das Nações Unidas sobre o Meio Ambiente e Desenvolvimento, realizada em 1992, declara que a educação possui um papel fundamental na promoção do desenvolvimento

Leia mais

Regulamento do Concurso para Pontos de Contacto Nacionais do 7º Programa-Quadro de Investigação e Desenvolvimento Tecnológico da União Europeia

Regulamento do Concurso para Pontos de Contacto Nacionais do 7º Programa-Quadro de Investigação e Desenvolvimento Tecnológico da União Europeia Regulamento do Concurso para Pontos de Contacto Nacionais do 7º Programa-Quadro de Investigação e Desenvolvimento Tecnológico da União Europeia O Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (MCTES)

Leia mais

Sistema de Informação e Comunicação da Rede Social de Alcochete. Sistema de Informação e Comunicação - REDE SOCIAL DE ALCOCHETE

Sistema de Informação e Comunicação da Rede Social de Alcochete. Sistema de Informação e Comunicação - REDE SOCIAL DE ALCOCHETE . Sistema de Informação e Comunicação da Rede Social de Alcochete . Objectivos e Princípios Orientadores O Sistema de Informação e Comunicação (SIC) da Rede Social de Alcochete tem como objectivo geral

Leia mais

Ficha de Caracterização de Projecto

Ficha de Caracterização de Projecto Ficha de Caracterização de Projecto Projecto +Skillz E5G Programa Escolhas Promotor: Associação Mais Cidadania 2 A. IDENTIFICAÇÃO GERAL DA ENTIDADE Projecto Projecto +Skillz E5G Promotor: Associação Mais

Leia mais

PLANO DE COMUNICAÇÃO PRODERAM 2020

PLANO DE COMUNICAÇÃO PRODERAM 2020 PLANO DE COMUNICAÇÃO DO PRODERAM 2020 Aprovado na 1.ª Reunião do Comité de Acompanhamento do PRODERAM 2020, de 3 de dezembro de 2015 ÍNDICE I. II. III. IV. V. VI. VII. INTRODUÇÃO... 3 OBJETIVOS... 5 GRUPOS-ALVO...

Leia mais

Novas tecnologias. Novas tecnologias. Oportunidades de financiamento na UE destinadas a empresas e jovens empresários

Novas tecnologias. Novas tecnologias. Oportunidades de financiamento na UE destinadas a empresas e jovens empresários Novas tecnologias Oportunidades de financiamento na UE destinadas a empresas e jovens empresários 1 O QUE ABORDAMOS HOJE? Oportunidades de financiamento no seio da UE destinadas a jovens empresários e

Leia mais

PROGRAMA DE ACÇÃO COMUNITÁRIO RELATIVO À VIGILÂNCIA DA SAÚDE PROJECTO DE PROGRAMA DE TRABALHO 1998-1999 (Art. 5.2.b da Decisão Nº 1400/97/CE)

PROGRAMA DE ACÇÃO COMUNITÁRIO RELATIVO À VIGILÂNCIA DA SAÚDE PROJECTO DE PROGRAMA DE TRABALHO 1998-1999 (Art. 5.2.b da Decisão Nº 1400/97/CE) PROGRAMA DE ACÇÃO COMUNITÁRIO RELATIVO À VIGILÂNCIA DA SAÚDE PROJECTO DE PROGRAMA DE TRABALHO 1998-1999 (Art. 5.2.b da Decisão Nº 1400/97/CE) 1. INTRODUÇÃO As actividades da União Europeia no domínio da

Leia mais

A nossa população alvo são crianças e jovens com problemas comportamentais que condicionam as aprendizagens formais e não formais, assim como uma

A nossa população alvo são crianças e jovens com problemas comportamentais que condicionam as aprendizagens formais e não formais, assim como uma Apresentação A nossa população alvo são crianças e jovens com problemas comportamentais que condicionam as aprendizagens formais e não formais, assim como uma plena integração social e profissional; Crianças

Leia mais

Associação para o Desenvolvimento do Baixo Guadiana

Associação para o Desenvolvimento do Baixo Guadiana Associação para o Desenvolvimento do Baixo Guadiana A Associação Odiana Esta Associação, sem fins lucrativos, fundada pelos municípios de Alcoutim, Castro Marim e Vila Real de Santo António em Dezembro

Leia mais

Estratégia Nacional de Educação para o Desenvolvimento. (2010-2015) ENED Plano de Acção

Estratégia Nacional de Educação para o Desenvolvimento. (2010-2015) ENED Plano de Acção Estratégia Nacional de Educação para o Desenvolvimento (2010-2015) ENED Plano de Acção Estratégia Nacional de Educação para o Desenvolvimento (2010-2015) ENED Plano de Acção 02 Estratégia Nacional de

Leia mais

EIXO PRIORITÁRIO VI ASSISTÊNCIA TÉCNICA

EIXO PRIORITÁRIO VI ASSISTÊNCIA TÉCNICA EIXO PRIORITÁRIO VI ASSISTÊNCIA TÉCNICA Convite Público à Apresentação de Candidatura no Domínio da Assistência Técnica aos Organismos Intermédios Eixo Prioritário VI - Assistência Técnica Convite para

Leia mais

Projecto de Voluntariado do Concelho de Lagoa. Banco de Voluntariado LagoaSocial

Projecto de Voluntariado do Concelho de Lagoa. Banco de Voluntariado LagoaSocial Projecto de Voluntariado do Concelho de Lagoa Banco de Voluntariado LagoaSocial Projecto de Voluntariado Social de Lagoa O Banco de Voluntariado LagoaSocial será enquadrado num conjunto de medidas e acções

Leia mais

Conclusões do Conselho sobre o critério de referência da mobilidade para a aprendizagem (2011/C 372/08)

Conclusões do Conselho sobre o critério de referência da mobilidade para a aprendizagem (2011/C 372/08) 20.12.2011 Jornal Oficial da União Europeia C 372/31 Conclusões do Conselho sobre o critério de referência da mobilidade para a aprendizagem (2011/C 372/08) O CONSELHO DA UNIÃO EUROPEIA, TENDO EM CONTA

Leia mais

Programa Operacional Regional Alentejo 2014/2020

Programa Operacional Regional Alentejo 2014/2020 Programa Operacional Regional Alentejo 2014/2020 Universidade de Évora, 10 de março de 2015 Identidade, Competitividade, Responsabilidade Lezíria do Tejo Alto Alentejo Alentejo Central Alentejo Litoral

Leia mais

Introdução 02. CRER Metodologia Integrada de Apoio ao Empreendedor 04. Passos para criação do CRER Centro de Recursos e Experimentação 05

Introdução 02. CRER Metodologia Integrada de Apoio ao Empreendedor 04. Passos para criação do CRER Centro de Recursos e Experimentação 05 criação de empresas em espaço rural guia metodológico para criação e apropriação 0 Introdução 02 O que é o CRER 03 CRER Centro de Recursos e Experimentação 03 CRER Metodologia Integrada de Apoio ao Empreendedor

Leia mais

OBJECTIVOS DA ACÇÃO cidadania europeia ideal e dos valores essenciais da UE

OBJECTIVOS DA ACÇÃO cidadania europeia ideal e dos valores essenciais da UE 1. OBJECTIVOS DA ACÇÃO 1 a) Descrever os objectivos do Centro para 2010 e explicar de que modo contribuirão para realizar a missão global dos centros de informação EUROPE DIRECT. O desenvolvimento e o

Leia mais

Programas Europeus. 09 de Julho de 2010 Salão Nobre. Eurodeputada Parlamento Europeu

Programas Europeus. 09 de Julho de 2010 Salão Nobre. Eurodeputada Parlamento Europeu Programas Europeus de Ciência e Inovação 09 de Julho de 2010 Nobre do Instituto Superior Técnico, Lisboa Salão Nobre Maria da Graça Carvalho Eurodeputada Parlamento Europeu ESTRATÉGIA EU2020 CIÊNCIA E

Leia mais

«Erasmus+» - Perguntas mais frequentes

«Erasmus+» - Perguntas mais frequentes COMISSÃO EUROPEIA NOTA INFORMATIVA Estrasburgo/Bruxelas, 19 de novembro de 2013 «Erasmus+» - Perguntas mais frequentes (ver também IP/13/1110) O que é o «Erasmus+»? O «Erasmus+» é o novo programa da União

Leia mais

DECISÃO 2006/1720/CE DO PARLAMENTO EUROPEU E DO CONSELHO. de 15 de Novembro de 2006

DECISÃO 2006/1720/CE DO PARLAMENTO EUROPEU E DO CONSELHO. de 15 de Novembro de 2006 24.11.2006 PT Jornal Oficial da União Europeia L 327/45 DECISÃO 2006/1720/CE DO PARLAMENTO EUROPEU E DO CONSELHO de 15 de Novembro de 2006 que estabelece um programa de acção no domínio da aprendizagem

Leia mais

COMBATE AO TRABALHO INFANTIL Nota de Imprensa

COMBATE AO TRABALHO INFANTIL Nota de Imprensa COMBATE AO TRABALHO INFANTIL Nota de Imprensa No próximo dia 12 de Junho, comemora-se o Dia Mundial de Combate ao Trabalho Infantil. O PETI e o Escritório da OIT Organização Internacional do Trabalho em

Leia mais

7º PROGRAMA-QUADRO de I&DT. Oportunidades para Cooperação Empresas Sistema Científico. Virgínia Corrêa. www.gppq.mctes.pt

7º PROGRAMA-QUADRO de I&DT. Oportunidades para Cooperação Empresas Sistema Científico. Virgínia Corrêa. www.gppq.mctes.pt 7º PROGRAMA-QUADRO de I&DT Oportunidades para Cooperação Empresas Sistema Científico Virgínia Corrêa Gabinete de Promoção do 7º Programa-Quadro de IDT www.gppq.mctes.pt Estratégia de Lisboa Conselho Europeu

Leia mais

CONTRATO LOCAL DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL (CLDS) ESPINHO VIVO

CONTRATO LOCAL DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL (CLDS) ESPINHO VIVO CONTRATO LOCAL DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL (CLDS) ESPINHO VIVO EIXO 1 EMPREGO, FORMAÇÃO, QUALIFICAÇÃO E EMPREENDEDORISMO 01 - BALCÃO DE EMPREGABILIDADE; O Balcão de Empregabilidade pretende apoiar os desempregados

Leia mais

SISTEMA DE APOIOS À MODERNIZAÇÃO ADMINISTRATIVA (SAMA)

SISTEMA DE APOIOS À MODERNIZAÇÃO ADMINISTRATIVA (SAMA) AVISO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS N.º 1 / SAMA/ 2009 SISTEMA DE APOIOS À MODERNIZAÇÃO ADMINISTRATIVA (SAMA) PROJECTOS-PILOTO SUSTENTADOS EM REDES DE NOVA GERAÇÃO OPERAÇÕES INDIVIDUAIS E OPERAÇÕES

Leia mais

TERMOS DE REFERÊNCIA

TERMOS DE REFERÊNCIA Nô Pintcha Pa Dizinvolvimentu UE-PAANE - Programa de Apoio aos Actores Não Estatais TERMOS DE REFERÊNCIA CONTRATO DE ASSISTÊNCIA TÉCNICA PARA FORMADOR EM CONTABILIDADE, GESTÃO ADMINISTRATIVA E FINANCEIRA

Leia mais

CTCV. seminários. Programas de apoio no novo Quadro Portugal 2020. Seminário ISO 9001 e ISO 14001 Enquadramento e alterações nos referenciais de 2015

CTCV. seminários. Programas de apoio no novo Quadro Portugal 2020. Seminário ISO 9001 e ISO 14001 Enquadramento e alterações nos referenciais de 2015 23 10 2014 Programas de apoio no novo Quadro Portugal 2020 Seminário ISO 9001 e ISO 14001 Enquadramento e alterações nos referenciais de 2015 Victor Francisco Gestão e Promoção da Inovação 21 de outubro

Leia mais

DECISÃO DE EXECUÇÃO DA COMISSÃO. de 12.12.2014

DECISÃO DE EXECUÇÃO DA COMISSÃO. de 12.12.2014 COMISSÃO EUROPEIA Bruxelas, 2.2.204 C(204) 9788 final DECISÃO DE EXECUÇÃO DA COMISSÃO de 2.2.204 que aprova determinados elementos do programa operacional "Capital Humano" do apoio do Fundo Social Europeu

Leia mais

II ENCONTRO DA CPCJ SERPA

II ENCONTRO DA CPCJ SERPA II ENCONTRO DA CPCJ SERPA Ninguém nasce ensinado!? A família, a Escola e a Comunidade no Desenvolvimento da criança Workshop: Treino de Competências com famílias um exemplo de intervenção e de instrumentos

Leia mais

Mais e Melhor no Desenvolvimento Comunitário

Mais e Melhor no Desenvolvimento Comunitário Mais e Melhor no Desenvolvimento Comunitário Responsabilidade Social Como estratégia de Sustentabilidade a Responsabilidade Social das Organizações, tornou-se de vital importância para o Terceiro Sector,

Leia mais

Projecto Mil Escolas e Portal www.aguaonline.net Feira do Ambiente de Paços de Ferreira 10 a 13 Setembro de 2009

Projecto Mil Escolas e Portal www.aguaonline.net Feira do Ambiente de Paços de Ferreira 10 a 13 Setembro de 2009 www.aguaonline.net Projecto Mil Escolas e Portal www.aguaonline.net Feira do Ambiente de Paços de Ferreira 10 a 13 Setembro de 2009 Administrador da Águas do Douro e Paiva, Prof. Arménio Pereira, em visita

Leia mais

para um novo ano lectivo

para um novo ano lectivo Ano Lectivo 2008/09 20 medidas de política para um novo ano lectivo Este documento apresenta algumas medidas para 2008/09: Apoios para as famílias e para os alunos Modernização das escolas Plano Tecnológico

Leia mais

Newsletter. Enventos Notícias Voluntariado Convite à apresentação de candidaturas

Newsletter. Enventos Notícias Voluntariado Convite à apresentação de candidaturas Newsletter Europe Direct Baixo Alentejo Outubro de 2011 O Voluntariado é: O conjunto de acções de interesse social e comunitário, realizadas de forma desinteressada por pessoas, no âmbito de projectos,

Leia mais

A Concepção da Ideia

A Concepção da Ideia A Concepção da Ideia Inov@emprego - Fórum do emprego, formação e empreendedorismo do litoral alentejano Tiago Santos Sines, 7 de Novembro de 2008 Sines Tecnopolo O Sines Tecnopolo é uma associação de direito

Leia mais

PARLAMENTO EUROPEU. Documento de sessão 30.11.2007 B6-0000/2007 PROPOSTA DE RESOLUÇÃO

PARLAMENTO EUROPEU. Documento de sessão 30.11.2007 B6-0000/2007 PROPOSTA DE RESOLUÇÃO PARLAMENTO EUROPEU 2004 Documento de sessão 2009 30.11.2007 B6-0000/2007 PROPOSTA DE RESOLUÇÃO apresentada na sequência da pergunta com pedido de resposta oral B6-0000/2007 nos termos do nº 5 do artigo

Leia mais

Semana Europeia da Juventude A Juventude toma posição. A J u v e n t u d e t o m a p o s i ç ã o. SEMANA EUROPEIA DA JUVENTUDE 5-11 de Dezembro 2005

Semana Europeia da Juventude A Juventude toma posição. A J u v e n t u d e t o m a p o s i ç ã o. SEMANA EUROPEIA DA JUVENTUDE 5-11 de Dezembro 2005 CEENNTTRRO DDEE I NNFFORRMAAÇÇ ÃÃO EEUROPPEE DIREECTT DDEE SSAANNTTAARRÉÉM Newsletter nº 3- Dezembro Semana Europeia da Juventude A Juventude toma posição A Juventude é a força motriz da Europa e a segunda

Leia mais

Programa de Desenvolvimento Rural do Continente para 2014-2020

Programa de Desenvolvimento Rural do Continente para 2014-2020 Programa de Desenvolvimento Rural do Continente para 2014-2020 Medida 2 CONHECIMENTO Ação 2.1 CAPACITAÇÃO E DIVULGAÇÃO Enquadramento Regulamentar Regulamento (UE) n.º 1305/2013, do Conselho e do Parlamento

Leia mais

EFIÊNCIA DOS RECURSOS E ESTRATÉGIA ENERGIA E CLIMA

EFIÊNCIA DOS RECURSOS E ESTRATÉGIA ENERGIA E CLIMA INTRODUÇÃO Gostaria de começar por agradecer o amável convite para participar neste debate e felicitar os organizadores pela importância desta iniciativa. Na minha apresentação irei falar brevemente da

Leia mais

Agenda 21 Local de Arganil 3ª Sessão do Fórum Participativo

Agenda 21 Local de Arganil 3ª Sessão do Fórum Participativo Agenda 21 Local de Arganil 3ª Sessão do Fórum Participativo 22 de Fevereiro 2010 Índice Índice PARTE I SÍNTESE DO 2º FÓRUM PARTICIPATIVO (10 minutos) PARTE II SÍNTESE DA ESTRATÉGIA DE SUSTENTABILIDADE

Leia mais

SEGUNDO PILAR DA PAC: A POLÍTICA DE DESENVOLVIMENTO RURAL

SEGUNDO PILAR DA PAC: A POLÍTICA DE DESENVOLVIMENTO RURAL SEGUNDO PILAR DA PAC: A POLÍTICA DE DESENVOLVIMENTO RURAL A última reforma da política agrícola comum (PAC) manteve a estrutura em dois pilares desta política, continuando o desenvolvimento rural a representar

Leia mais

A REFORMA DA PAC E O APOIO À ACTIVIDADE DE RESINAGEM. Francisco Avillez (Prof. Emérito do Isa/UTL e Coordenador Científico da AGROGES)

A REFORMA DA PAC E O APOIO À ACTIVIDADE DE RESINAGEM. Francisco Avillez (Prof. Emérito do Isa/UTL e Coordenador Científico da AGROGES) A REFORMA DA PAC E O APOIO À ACTIVIDADE DE RESINAGEM Francisco Avillez (Prof. Emérito do Isa/UTL e Coordenador Científico da AGROGES) Esquema da apresentação: Objectivos da PAC pós-2013 Orientações propostas

Leia mais

INICIATIVA PARA O INVESTIMENTO E EMPREGO

INICIATIVA PARA O INVESTIMENTO E EMPREGO FISCAL N.º 1/2009 JAN/FEV 2009 INICIATIVA PARA O INVESTIMENTO E EMPREGO Nuno Sampayo Ribeiro No Conselho de Ministros de 13 de Dezembro de 2008 foi aprovado um reforço do investimento público. O qual será

Leia mais

COMISSÃO DAS COMUNIDADES EUROPEIAS

COMISSÃO DAS COMUNIDADES EUROPEIAS PT PT PT COMISSÃO DAS COMUNIDADES EUROPEIAS Bruxelas, 18.2.2009 COM(2009) 64 final COMUNICAÇÃO DA COMISSÃO AO PARLAMENTO EUROPEU, AO CONSELHO, AO COMITÉ ECONÓMICO E SOCIAL EUROPEU E AO COMITÉ DAS REGIÕES

Leia mais

Investir na ação climática. investir no LIFE PANORÂMICA DO NOVO SUBPROGRAMA LIFE AÇÃO CLIMÁTICA 2014-2020. Ação Climática

Investir na ação climática. investir no LIFE PANORÂMICA DO NOVO SUBPROGRAMA LIFE AÇÃO CLIMÁTICA 2014-2020. Ação Climática Investir na ação climática investir no LIFE PANORÂMICA DO NOVO SUBPROGRAMA LIFE AÇÃO CLIMÁTICA 2014-2020 Ação Climática O que é o novo subprograma LIFE Ação Climática? Em fevereiro de 2013, os Chefes de

Leia mais

REGULAMENTO DE CONCURSO Liga-te aos Outros

REGULAMENTO DE CONCURSO Liga-te aos Outros Página1 REGULAMENTO DE CONCURSO Liga-te aos Outros 1. Apresentação O presente concurso é uma iniciativa promovida pela, no âmbito do Ano Europeu das Actividades Voluntárias que promovam uma Cidadania Activa

Leia mais

Medidas específicas para as PME Concessão de verbas na fase exploratória (Etapa 1)

Medidas específicas para as PME Concessão de verbas na fase exploratória (Etapa 1) Comissão Europeia Investigação Comunitária Brochura informativa QUINTO PROGRAMA-QUADRO DE ACÇÕES DA COMUNIDADE EUROPEIA EM MATÉRIA DE INVESTIGAÇÃO, DE DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO E DE DEMONSTRAÇÃO PROPOSTA

Leia mais

a)conteúdos do site e redes sociais Do Something (notícias, artigos, dicas de acção, etc.)

a)conteúdos do site e redes sociais Do Something (notícias, artigos, dicas de acção, etc.) GESTOR (A) DE COMUNICAÇÃO E IT DO PROJECTO DO SOMETHING Responsabilidades do Gestor(a) de comunicação e IT do Do Something: -Produzir, supervisionar e gerir diariamente todos os conteúdos do Do Something,

Leia mais

ESCLARECIMENTO ORDEM DOS ARQUITECTOS, ENCOMENDA PÚBLICA E PARQUE ESCOLAR. UMA CRONOLOGIA 29-03-2010

ESCLARECIMENTO ORDEM DOS ARQUITECTOS, ENCOMENDA PÚBLICA E PARQUE ESCOLAR. UMA CRONOLOGIA 29-03-2010 ESCLARECIMENTO ORDEM DOS ARQUITECTOS, ENCOMENDA PÚBLICA E PARQUE ESCOLAR. UMA CRONOLOGIA 29-03-2010 Por forma a melhor esclarecer os membros da OA quanto à posição e actuação da Ordem, nos últimos dois

Leia mais

Escola Secundária da Baixa da Banheira Departamento de Matemática e Ciências Experimentais CLUBE DA CIÊNCIA ANO LECTIVO 2010/2011

Escola Secundária da Baixa da Banheira Departamento de Matemática e Ciências Experimentais CLUBE DA CIÊNCIA ANO LECTIVO 2010/2011 CLUBE DA CIÊNCIA ANO LECTIVO 2010/2011 Clube da Ciência, Ano Lectivo 2010/2011 1 . Tempo de aplicação do projecto Os trabalhos a desenvolver no âmbito do Clube da Ciência serão realizados ao longo do ano

Leia mais

PROGRAMA OPERACIONAL COMPETITIVIDADE E INTERNACIONALIZAÇÃO

PROGRAMA OPERACIONAL COMPETITIVIDADE E INTERNACIONALIZAÇÃO PROGRAMA OPERACIONAL COMPETITIVIDADE E INTERNACIONALIZAÇÃO Jorge Abegão Secretário-Técnico do COMPETE Coimbra, 28 de janeiro de 2015 Estratégia Europa 2020 ESTRATÉGIA EUROPA 2020 CRESCIMENTO INTELIGENTE

Leia mais

3º Programa de Saúde 2014-2020

3º Programa de Saúde 2014-2020 2014-2020 INFARMED, 25 de junho de 2014 1. Enquadramento estratégico 2. Apresentação 3. Objetivos 4. Prioridades temáticas 5. Ações 6. Beneficiários 7. Tipos de subvenção 8. Regras de financiamento 9.

Leia mais

(Avisos) PROCEDIMENTOS ADMINISTRATIVOS COMISSÃO

(Avisos) PROCEDIMENTOS ADMINISTRATIVOS COMISSÃO 7.6.2008 C 141/27 V (Avisos) PROCEDIMENTOS ADMINISTRATIVOS COMISSÃO Convite à apresentação de propostas de 2008 Programa Cultura (2007-2013) Execução das seguintes acções do programa: projectos plurianuais

Leia mais

Relatório de Atividades 2014 Relatório de Contas 2014 Associação EcoGerminar

Relatório de Atividades 2014 Relatório de Contas 2014 Associação EcoGerminar Relatório de Atividades 2014 Relatório de Contas 2014 Associação EcoGerminar Castelo Branco, 13 de fevereiro de 2015 1 Alguns dados de 2014 2 PROJETOS APOIADOS PELA FUNDAÇÃO CALOUSTE GULBENKIAN 7 PESSOAS

Leia mais

Vale Projecto - Simplificado

Vale Projecto - Simplificado IDIT Instituto de Desenvolvimento e Inovação Tecnológica Vale Projecto - Simplificado VALES Empreendedorismo e Inovação Associados Parceiros / Protocolos IDIT Enquadramento Vale Projecto - Simplificado

Leia mais

AVISO DE ABERTURA DE CANDIDATURAS

AVISO DE ABERTURA DE CANDIDATURAS AVISO DE ABERTURA DE CANDIDATURAS I A Comissão Directiva do POPH informa que decorre entre os dias 30 de Janeiro e 3 de Março de 2008 o período para apresentação de candidaturas ao Programa Operacional

Leia mais

Ano Europeu da Criatividade e Inovação

Ano Europeu da Criatividade e Inovação Ano Europeu da Criatividade e Inovação Imaginar criar inovar Índice A União Europeia O caminho da UE O Ano Europeu Criatividade e Inovação. Porquê? Criatividade e Inovação. Importância Criatividade e Inovação.

Leia mais

Newsletter. Eventos Notícias. Dia Internacional das Pessoas com Deficiência

Newsletter. Eventos Notícias. Dia Internacional das Pessoas com Deficiência Newsletter Europe Direct Baixo Alentejo Dezembro de 2011 Na União Europeia, uma em cada seis pessoas - cerca de 80 milhões tem uma deficiência, com graus variáveis (de ligeira a profunda) e mais de um

Leia mais

2011/2012. CÂMARA MUNICIPAL ALENQUER-Divisão de Ambiente

2011/2012. CÂMARA MUNICIPAL ALENQUER-Divisão de Ambiente PLANO DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL 2011/2012 CÂMARA MUNICIPAL ALENQUER-Divisão de Ambiente 2011/2012 Índice: Introdução Ações de Sensibilização: Ateliers: Datas Comemorativas: Visitas de Estudo: Concursos: Projetos:

Leia mais

SECRETÁRIO REGIONAL DA PRESIDÊNCIA Despacho Normativo n.º 69/2010 de 22 de Outubro de 2010

SECRETÁRIO REGIONAL DA PRESIDÊNCIA Despacho Normativo n.º 69/2010 de 22 de Outubro de 2010 SECRETÁRIO REGIONAL DA PRESIDÊNCIA Despacho Normativo n.º 69/2010 de 22 de Outubro de 2010 Considerando o Regime de enquadramento das políticas de juventude na Região Autónoma dos Açores, plasmado no Decreto

Leia mais

O QUE ABORDAMOS, EM PARTICULAR, NESTE EU REPORT?

O QUE ABORDAMOS, EM PARTICULAR, NESTE EU REPORT? Cosme 1 O QUE ABORDAMOS, EM PARTICULAR, NESTE EU REPORT? Neste EU Report abordamos, em particular, o COSME, o novo programa quadro europeu para a competitividade das Empresas e das PME (pequenas e médias

Leia mais

1 - Publituris.pt, 30-09-2010, Publituris: ExpoQuintas em processo de certificação para "Green Event"

1 - Publituris.pt, 30-09-2010, Publituris: ExpoQuintas em processo de certificação para Green Event Revista de Imprensa 01-10-2010 Cascais Energia 1 - Publituris.pt, 30-09-2010, Publituris: ExpoQuintas em processo de certificação para "Green Event" 2 - Planeta Azul.pt, 27-09-2010, Caça Watts e Eco-famílias

Leia mais

ESPOSENDE PACTO DE AUTARCAS

ESPOSENDE PACTO DE AUTARCAS ESPOSENDE PACTO DE AUTARCAS Novembro de 2010 CÂMARA MUNICIPAL DE ESPOSENDE ESPOSENDE AMBIENTE, EEM OBJECTIVOS DE COMBATE ÀS ALTERAÇÕES CLIMÁTICAS Até ao ano de 2020, Aumentar em 20% a eficiência energética

Leia mais

CEF/0910/28031 Relatório preliminar da CAE (Poli) - Ciclo de estudos em funcionamento

CEF/0910/28031 Relatório preliminar da CAE (Poli) - Ciclo de estudos em funcionamento CEF/0910/28031 Relatório preliminar da CAE (Poli) - Ciclo de estudos em funcionamento Caracterização do ciclo de estudos Perguntas A.1 a A.9 A.1. Instituição de ensino superior / Entidade instituidora:

Leia mais

Complementaridades e coordenação da política de coesão em relação às medidas de desenvolvimento rural

Complementaridades e coordenação da política de coesão em relação às medidas de desenvolvimento rural C 117 E/46 Jornal Oficial da União Europeia 6.5.2010 Intercâmbio de melhores práticas 25. Exorta a Comissão a organizar e a coordenar o intercâmbio de melhores práticas através de uma rede de regiões e

Leia mais

O Desenvolvimento Rural na Região. Carlos Pedro Trindade

O Desenvolvimento Rural na Região. Carlos Pedro Trindade O Desenvolvimento Rural na Região de Lisboa e Vale do Tejo Carlos Pedro Trindade O Desenvolvimento Rural na Região de Lisboa e Vale do Tejo 1. A Agricultura da região de LVT 2. O apoio ao Sector Agrícola

Leia mais