I PARTE (SERVIÇOS DIÁRIOS) II PARTE (ENSINO E INSTRUÇÃO) III PARTE (ASSUNTOS GERAIS E ADMINISTRATIVOS)

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "I PARTE (SERVIÇOS DIÁRIOS) II PARTE (ENSINO E INSTRUÇÃO) III PARTE (ASSUNTOS GERAIS E ADMINISTRATIVOS)"

Transcrição

1 GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ SECRETARIA DE ESTADO DE SEGURANÇA PÚBLICA E DEFESA SOCIAL POLÍCIA MILITAR DO PARÁ AJUDÂNCIA GERAL ADITAMENTO AO BG Nº DE OUTUBRO DE 2014 Para conhecimento dos Órgãos subordinados e execução, publico o seguinte: SEM REGISTRO I PARTE (SERVIÇOS DIÁRIOS) II PARTE (ENSINO E INSTRUÇÃO) SEM REGISTRO III PARTE (ASSUNTOS GERAIS E ADMINISTRATIVOS) 1 - ASSUNTOS GERAIS A) ALTERAÇÕES DE OFICIAIS SEM REGISTRO B) ALTERAÇÕES DE PRAÇAS ESPECIAIS SEM REGISTRO C) ALTERAÇÕES DE PRAÇAS SEM REGISTRO D) ALTERAÇÕES DE INATIVOS SEM REGISTRO PMPA/AJG Pág. 1

2 2 - ASSUNTOS ADMINISTRATIVOS SEM REGISTRO IV PARTE (JUSTIÇA E DISCIPLINA) CORREGEDORIA GERAL DA PMPA COMISSÃO PERMANENTEDE CORREGEDORIA GERAL DECISÃO ADMINISTRATIVA Nº 018/ CORREIÇÃO GERAL O CORREGEDOR GERAL DA POLÍCIA MILITAR DO PARÁ, usando de suas atribuições que lhe são conferidas pelo Art. 11, inciso III da Lei Complementar Estadual nº 053, de 07 de fevereiro de 2006 c/c o Art. 145 da Lei Estadual nº 6.833, de 13 de fevereiro de 2006, face ao Recurso Hierárquico interposto tempestivamente pelo CB PM RG MÁRCIO CLEBER QUEMEL RIBEIRO, passa a relatar a espécie para ao final decidir. O recorrente foi submetido a Processo Administrativo Disciplinar de portaria nº 004/2012-CorCPR I, a qual veicula o fato segundo o qual no dia 15 de agosto de 2010, por volta de 21:00h, no município de Santarém-PA, após um acidente de trânsito em que foi vítima o recorrente, este retornou à residência do Sr. IVANILSON HORÁCIO, adentrado em suas dependências (garagem), danificando partes do veículo Gol de placa JTB 3068, e ainda provocado lesões corporais na senhora RISONETE PEREIRA, e em face das provas produzidas durante a fase de instrução, ao final tal acusação foi julgada procedente implicando a consequente punição disciplinar de 11 (onze) dias de DETENÇÃO publicada no Aditamento ao Boletim Geral de nº 107 de 13 de junho de Em seguida o acusado interpôs Recurso de Reconsideração de Ato, o qual foi conhecido e desprovido, mantendo-se a decisão. Irresignado com a decisão administrativa em grau de recurso, o recorrente interpôs Recurso Hierárquico tempestivamente, suscitando nas razões recursais exaradas às fls. 295/302, em síntese os seguintes argumentos: a) os fatos narrados na portaria que deu origem ao presente PADS não ocorreram, em virtude dos depoimentos das testemunhas inquiridas nos autos; b) a prova oral colhida nos autos não confere segurança nas declarações, bem como ensejam contradições incapazes de imputar a existência de conduta violadora do Código de Ética e Disciplina da PMPA; c) a decisão administrativa desfavorável ao recorrente somente levou em consideração os depoimentos dos ofendidos, não apreciando as demais provas produzidas nos autos; d) o termo de qualificação e interrogatório do acusado encontra apoio nas declarações das testemunhas FABRICIO SENA SOARES e do CB PM R. AUGUSTO, portanto, não há nenhum depoimento confirmando os fatos narrados na portaria; e) o conjunto probatório não deixa clara a individualização da conduta do acusado, dúvida esta que deve favorecer ao recorrente, porquanto, há de ser PMPA/AJG Pág. 2

3 observado o princípio do in dubio pro reo. Ao final o recorrente formula pedido, pugnando pela improcedência da acusação. Assim, passa-se ao exame de mérito do recurso. No que tange à prova oral colhida durante a fase de instrução do Processo Disciplinar, assiste razão a defesa no que pertine a sua precariedade e/ou insuficiência para um juízo de valor desfavorável ao recorrente. Ocorre que, há no bojo do processo outros elementos de convicção, a saber, o laudo de exame de corpo de delito (lesão corporal) acostado às fls. 015; o depoimento da testemunha prestado na Sindicância Disciplinar pela senhora Maria Raimunda Lages (fls. 23/24); a prova documental no que tange a solicitação de viatura ao CIOP pelo recorrente (fls. 34/35); a prova documental no que tange as imagens do veículo Gol de placa JTB 3068 avariado (fls. 22/25); além dos depoimentos dos ofendidos prestados na Corregedoria do CPR I e durante o curso dos procedimentos instaurados, Sindicância e Processo Disciplinar, constituindo assim uma compatibilidade razoável entre os fatos aduzidos pelo denunciante com a prova indiciária e documental presente no autos. Assim, com essas breves considerações, tendo em conta o sistema processual brasileiro de livre convencimento motivado dos elementos informativos já esposados (Art. 155 do Código de Processo Penal), e sem prejuízo do rigor técnico que deve permear a motivação dos atos administrativos, sobretudo, aqueles que acarretam gravame aos interessados, 1. CONHECER do Recurso de Hierárquico interposto pelo CB PM RG MARCIO CLEBER QUEMEL RIBEIRO, do 3 BPM, por restarem preenchidos os pressupostos de admissibilidade previstos no Art. 142 da Lei nº 6.833/06; 2. NÃO DAR PROVIMENTO ao Recurso Hierárquico, e consequentemente ratificar a Decisão Administrativa em grau de recurso, do Processo Administrativo Disciplinar Simplificado nº 004/2012-PADS/CorCPR I, de 17 de agosto de 2012, publicada no aditamento ao Boletim Geral nº 131 de 18 JUL 13, a qual manteve a reprimenda disciplinar de 11 (ONZE) DIAS DE DETENÇÃO ao recorrente. 4. O Comandante do 3º BPM deverá adotar as providências necessárias no sentido de dar ciência formalizada ao policial militar quanto ao conteúdo da presente decisão administrativa, e após, executar a punição disciplinar de 11 (ONZE) DIAS DE DETENÇÃO imposta ao recorrente CB PM RG MÁRCIO CLEBER QUEMEL RIBEIRO, porquanto, esgotada a fase recursal. Ao Comando do 3º BPM providenciar; 5. Publicar a presente Decisão Administrativa em Boletim Geral da Corporação. À CorGeral providenciar; 6. Juntar a presente Decisão Administrativa aos autos do Processo Administrativo Disciplinar Simplificado nº 004/2012-PADS/CorCPR I, e arquivá-lo no Cartório da CorCPR l. À CorGeral providenciar. Publique-se, registre-se e cumpra-se. Belém-PA, 21 de outubro de JOSÉ VICENTE BRAGA DA SILVA CEL QOPM CORREGEDOR GERAL DA PMPA PMPA/AJG Pág. 3

4 SOLUÇÃO DE SINDICÂNCIA DISCIPLINAR DE PORTARIA N.º 003/2012/CORGERAL A Sindicância Disciplinar em epígrafe foi instaurada face ao conteúdo do Mem. nº 113/12-CorCPR IX e seu anexo (Ofício nº 067/12/MP/3ªPJB com BOPM nº 00035/ ), os quais apontam, em tese, a prática de exploração sexual de adolescentes prevista no art. 244-A do ECA, sendo certo que a instrução foi delegada nos termos do que preceitua o art. 96 da lei nº 6833/06 ao TEN CEL PM FERNANDO CARLOS GIBSON DE CARVALHO, e diante dos elementos de informação coligidos aos autos; RESOLVO: 1 Concordar com a conclusão a que chegou o Sindicante em seu relatório complementar (fls. 103/104) de que a presente investigação não trouxe os elementos informativos necessários à corroborar com as alegações da denunciante a nacional Patrícia Alessandra Farias Monteiro no sentido de que policiais militares estariam envolvidos com a prática de exploração sexual de adolescentes, resultando, pois, em uma voz isolada nos autos da Sindicância Disciplinar e por via de consequência concluir que não há indícios de crime e/ou transgressão da disciplina policial militar atribuíveis a quaisquer dos militares indicados pela denunciante, conforme os documentos acostados às folhas 28/31, os quais guardam compatibilidade com o depoimento prestado pela nacional Elisangela Felipe de Oliveira às fls. 27 dos autos; 2 Há indícios da prática de infração penal, com previsão no art. 47 da Lei das Contravenções Penais atribuível ao nacional João Batista Felipe, em virtude da informação corporificada no OF. CRO/PA nº 692/2013 oriunda do Conselho Regional de Odontologia do Pará acostado às fls. 91 dos autos, 3 Publicar a presente Solução no Aditamento ao BG. À CorGeral providenciar; 4 Encaminhar a 2ª Via dos autos da Sindicância Disciplinar à Justiça Militar do Estado. À CorGeral providenciar; 5 Extrair cópia integral da Sindicância Disciplinar e encaminhar à Promotoria de Justiça do município de Barcarena-PA. À CorGeral providenciar; 6 Arquivar a 1ª Via dos autos da Sindicância Disciplinar no Cartório da Corregedoria Geral. Ao Chefe do Cartório providenciar. Belém-PA, 29 de outubro de JOSÉ VICENTE BRAGA DA SILVA CEL QOPM Corregedor Geral da PMPA COMISSÃO DE CORREGEDORIA DO CPC RESENHA DE PORTARIA Nº 029/14/CD CorCPC MEMBROS: MAJ QOPM RG GETÚLIO CÂNDIDO ROCHA JUNIOR, da Corregedoria, como Presidente do Conselho de Disciplina, o MAJ QOPM RG EDIMAR MARCELO COELHO COSTA, da Corregedoria, como Interrogante e Relator e o 1º TEN QOPM RG ÊNIO FÉLIX DE OLIVEIRA, do CFAP, como Escrivão. PMPA/AJG Pág. 4

5 ACUSADOS: CB PM RG SILVANO PEREIRA AMORIM, do CB PM RG MARCOS VINÍCIUS LEITE RODRIGUES e do CB PM RG ROMERO GUEDES LIMA, todos do 1º BPM. FATO: Apurar a capacidade de permanência nas fileiras da Polícia Militar do Pará do CB PM RG SILVANO PEREIRA AMORIM, do CB PM RG MARCOS VINÍCIUS LEITE RODRIGUES e do CB PM RG ROMERO GUEDES LIMA, todos do 1º BPM, por terem, em tese, praticado a conduta prevista no art. 159 do Código Penal Brasileiro (extorsão mediante sequestro) em desfavor da Srª Carla Alves Moura no dia 05 FEV 2014, por volta das 16h30min, tendo esta entregado o valor de R$ 4.000,00 aos militares. PRAZO: 30 (Trinta) dias, prorrogáveis por mais 20 (vinte). Registre-se, publique-se e cumpra-se. Belém-PA, 14 de outubro de JOSÉ VICENTE BRAGA DA SILVA CEL QOPM Corregedor Geral da PMPA RESENHA DE PORTARIA Nº 030/14/CD CorCPC MEMBROS: MAJ QOPM RG ARLINDO DE ASSIS FÉLIX JÚNIOR, do 1º BPM, como Presidente do Conselho de Disciplina, o CAP QOPM RG MÁRCIO VALÉRIO DE SOUZA, do 20º BPM, como Interrogante e Relator e o 2º TEN QOPM RG CHARLLENY DIONNELLY PINHEIRO LOBO, do 20º BPM, como Escrivão. ACUSADOS: CB PM RG CARLOS RENATO SILVA DE OLIVEIRA, CB PM RG RAJA ANDRÉ MELO DE SOUZA e CB PM RG JOSÉ AIRES DE SOUZA. FATO: Apurar a capacidade de permanência, nas fileiras da Polícia Militar do Pará, dos CB PM RG CARLOS RENATO SILVA DE OLIVEIRA, CB PM RG RAJA ANDRÉ MELO DE SOUZA e CB PM RG JOSÉ AIRES DE SOUZA, por terem sido autuados em flagrante delito, no dia 20 de setembro de 2011, pelo cometimento dos crimes previstos nos art. 305 e 244 do. PRAZO: 30 (Trinta) dias, prorrogáveis por mais 20 (vinte). Registre-se, publique-se e cumpra-se. Belém-PA, 28 de outubro de JOSÉ VICENTE BRAGA DA SILVA CEL QOPM Corregedor Geral da PMPA RESENHA DE PORTARIA Nº 031/14/PADS CorCPC. PRESIDENTE: MAJ QOPM RG JORGE AUGUSTO LARANJEIRA MELO, da Corregedoria; ACUSADO: SD PM RG NATANAEL DIAS LOBATO, do 24º BPM. FATO: Apurar o cometimento transgressão da disciplina Policial Militar pelo SD PM RG NATANAEL DIAS LOBATO, do 24º BPM, em virtude dos fatos narrados no requerimento realizado pela Sra Walena Mendes Macieira, no qual a mesma relata que o referido militar exercia atividade remunerada estranha à policial militar e no horário que, em PMPA/AJG Pág. 5

6 tese, deveria estar atuando como agente de segurança pública. O policial militar, inclusive, interpôs ação trabalhista contra a empresa para a qual prestou serviço (JC NOGUEIRA e MONTE CARLO COMÉRCIO E INDÚSTRIA DE PRÉ-MOLDADOS LTDA ME) no período de 01 JUN 2009 a 16 ABR 2014 requerendo o reconhecimento de vínculo empregatício com a referida empresa. PRAZO: 15 (quinze) dias úteis, prorrogáveis por mais 07 (sete). Registre-se, publique-se e cumpra-se. Belém-PA, 23 de outubro de JOSÉ VICENTE BRAGA DA SILVA CEL QOPM Corregedor Geral da PMPA RESENHA DE PORTARIA Nº 032/14/PADS CorCPC. PRESIDENTE: 1º TEN QOPM RG LUIZ AUGUSTO HENRIQUES RODRIGUES, do 2º BPM; ACUSADO: SD PM RG MARCONI LUCAS ALMEIDA, do 20º BPM. FATO: Apurar o cometimento de transgressão da disciplina Policial Militar pelo SD PM RG MARCONI LUCAS ALMEIDA, do 20º BPM, por ter sido, no dia 1º OUT 2014, por volta das 15h30min, abordado, no interior do Parque Ambiental do Utinga, por policiais militares do BPA sob suspeita de uso de entorpecente. Quando da realização de busca no interior do veículo do militar foi encontrada uma arma de fogo tipo revólver, calibre 38, marca Fuster, fabricação argentina, com 06 (seis) munições, tendo o miliciano assumido a propriedade do armamento, motivo pelo qual foi autuado em flagrante delito pela prática da conduta prevista no art. 14 da Lei /03 (Estatuto do Desarmamento). PRAZO: 15 (quinze) dias úteis, prorrogáveis por mais 07 (sete). Registre-se, publique-se e cumpra-se. Belém-PA, 28 de outubro de JOSÉ VICENTE BRAGA DA SILVA CEL QOPM Corregedor Geral da PMPA PORTARIA DE SUBSTITUIÇÃO DO INTERROGANTE E RELATOR E SOBRESTAMENTO DO CONSELHO DE DISCIPLINA DE PORTARIA Nº 020/14/CD CORCPC O Corregedor Geral da PMPA no uso das atribuições que lhe são conferidas pelo art. 11 da Lei Complementar Estadual nº 053/06 c/c Portaria nº 001/2008 Corregedoria Geral, e considerando o contido no OF. Nº 003/2014 CD e no OF Nº 1194 JME, de 29 SET 2014; Art. 1º Nomear o CAP QOPM RG RODRIGO PATRÍCIO RIBEIRO, do 10º BPM, como Interrogante e Relator do Conselho de Disciplina de Portaria nº 020/14/CD- CorCPC, em substituição ao CAP QOPM RG ANDRÉ LOPES MOUGO, do CFAP, delegando-vos para esse fim as atribuições Policiais Militares que me competem; PMPA/AJG Pág. 6

7 Art. 2º - Sobrestar o Conselho de Disciplina de Portaria Nº 020/14-CorCPC, até o dia 05 NOV 2014; Art. 3º - Publicar a presente Portaria em Aditamento ao Boletim Geral da PMPA. Providencie a AJG; Art. 4º - Esta Portaria entrará em vigor na data de sua Publicação. Registre-se, publique-se e cumpra-se. Belém (PA), 28 de julho de JOSÉ VICENTE BRAGA DA SILVA CEL QOPM Corregedor Geral da PMPA DESIGNAÇÃO DE ESCRIVÃO FORAM DESIGNADOS COMO ESCRIVÃO PARA OS PROCESSOS E PROCEDIMENTOS, CONFORME PORTARIAS ABAIXO REFERENCIADAS: Ref.: PORTARIA N 182/2013/IPM - CorCPC: 3º SGT PM RG JOÃO PAULO FERREIRA NEVES; Ref.: PORTARIA N 056/2014/IPM - CorCPC: 1 SGT PM RG DILSON GONÇALVES DE SOUZA (NOTA PARA BOLETIM GERAL Nº 013/14 CorCPC). CÉSAR LUIZ VIEIRA TEN CEL QOPM Presidente da Comissão Permanente de Corregedoria do CPC COMISSÃO DE CORREGEDORIA DO CPE RESENHA DA PORTARIA DE IPM Nº 061/2014 CorCPE PROCEDIMENTO: INQUÉRITO POLICIAL MILITAR; ENCARREGADO: CAP PM RG PAULO ADONIS CONCEIÇÃO MENDES do BPOP; ESCRIVÃO: Providenciar nos termos do art. 11 do CPPM a designação de escrivão; FATO: Investigar o extravio pistola Taurus, calibre.40, modelo 940, número STK 93830, patrimônio nº 0961, pertencente a Policia Militar do Pará, que estava cautelada para o CB PM RG MANOEL DO SOCORRO ROSÁRIO DE ASSIS, do BPOP PRAZO: Previsto no art. 20 do CPPM. Esta portaria entrará em vigor na data da publicação em BG. Registre-se, publique-se e cumpra-se. Belém - PA, 21 de outubro de JOSÉ VICENTE BRAGA DA SILVA CEL QOPM Corregedor Geral da PMPA RESENHA DA PORTARIA DE IPM Nº 062/2014 CorCPE PROCEDIMENTO: INQUÉRITO POLICIAL MILITAR; ENCARREGADO: TEN CEL PM RG SIDNEY PROFETA DA SILVA, do BPRv; ESCRIVÃO: Providenciar nos termos do art. 11 do CPPM a designação de escrivão; PMPA/AJG Pág. 7

8 FATO: Denúncia anônima encaminhada ao MPM que relata a existência de ações trabalhistas ajuizadas por policias militares; PRAZO: Previsto no art. 20 do CPPM. Esta portaria entrará em vigor na data da publicação em BG. Registre-se, publique-se e cumpra-se. Belém - PA, 22 de outubro de JOSÉ VICENTE BRAGA DA SILVA CEL QOPM Corregedor Geral da PMPA RESENHA DA PORTARIA DE IPM Nº 063/2014 CorCPE PROCEDIMENTO: INQUÉRITO POLICIAL MILITAR; ENCARREGADO: MAJ PM RG ANDRÉA KEYLA LEAL ROCHA, do CPE ESCRIVÃO: Providenciar nos termos do art. 11 do CPPM a designação de escrivão; FATO: Denuncia de possíveis agressões físicas e verbais praticadas pelo CB PM RG MAURO CÉZAR CHAGAS SANTOS contra um custodiado e uma assistente social do Centro de Reclusão do Coqueiro- CRC; PRAZO: Previsto no art. 20 do CPPM. Esta portaria entrará em vigor na data da publicação em BG. Registre-se, publique-se e cumpra-se. Belém - PA, 22 de outubro de JOSÉ VICENTE BRAGA DA SILVA CEL QOPM Corregedor Geral da PMPA PT DE SUBSTITUIÇÃO DE ENCARREGADO DE IPM Nº 057/14 CORCPE O Corregedor Geral da PMPA, no uso de suas atribuições legais, que lhe são conferidas pelo Art. 8º pelo Decreto-Lei nº 1.002, de 21 de Outubro de 1969 Código de Processo Penal Militar (CPPM) c/c Art. 11, inciso III, da Lei Complementar nº 053, de 07 de Fevereiro de 2006, e em face à parte s/nº firmada pelo CAP PM RG AUGUSTO CÉZAR SILVA GUIMARÃES; Art. 1º Substituir o CAP PM RG AUGUSTO CÉZAR SILVA GUIMARÃES, da Corregedoria, pelo MAJ PM RG ALEX GABRIEL GONÇALVES DA SILVA, da Corregedoria, para exercer a função de encarregado do referido IPM, delegando-vos para esse fim as atribuições policiais militares que me competem; Art. 2º Publicar a presente Portaria em Aditamento ao Boletim Geral da PMPA. Providencie a AJG; Art. 3º Esta Portaria entra em vigor na data da publicação; Registre-se, publique-se e cumpra-se. Belém-PA, 21 de outubro de 2014 JOSÉ VICENTE BRAGA DA SILVA CEL QOPM Corredor geral da PMPA PMPA/AJG Pág. 8

9 NOTA PARA BG Nº 024/2014-CorCPE O Presidente da Comissão Permanente de Corregedoria do Comando de Policiamento Especializado (CorCPE), no uso de suas atribuições legais que lhe são conferidas pelo Art. 13, inciso VI, da Lei Complementar nº 053, de 07 de fevereiro de 2006; PRORROGAR O PRAZO do seguinte processo e procedimento: PORTARIA DE PADS Nº 048/14-CorCPE. Ref. Of.nº 008/2014-PADS/CorCPE; INFORMAÇÃO DESIGNAÇÃO DE ESCRIVÃO O TEN CEL QOPM RG JANDERSON MONTEIRO RODRIGUES VIANA informou que designou o 3º SGT PM RG ROBSON AFONSO AMARAL CHAVES, do BPOP, para servir de escrivão no IPM de PT nº 053/14-CorCPE. Ref. Of nº 001/2014-IPM. Belém-PA, 22 de outubro de MARCOS VALÉRIO VALENTE DOS SANTOS TEN CEL QOPM Respondendo pela CorCPE DECISÃO ADMINISTRATIVA DO PADS DE PORTARIA Nº 003/2014 PADS/CorCPE PROCEDIMENTO: Processo Administrativo Disciplinar Simplificado-PADS, de Portaria nº 003/2014-PADS CorCPE, de 13 de março de PRESIDENTE: SUB TEN PM RG MARIA ALCINÉIA FERREIRA LIMA, da CIPOE. ACUSADOS: CB PM RG DARLYNSON WILLIAM DOS SANTOS SOUZA e CB PM RG LUÍS ANDRÉ COSTA NASCIMENTO, ambos da CIEPAS. DEFENSORES: GISELLE WANZELLER DE AZEVEDO OAB/PA Nº e JAIME CARNEIRO COSTA OAB/PA Nº ASSUNTO: Homologação do PADS. O Corregedor Geral da PMPA, usando das suas atribuições que lhe são conferidas pelo art. 11, incisos II e III, da Lei Complementar Estadual nº 053, de 07 de fevereiro de 2006; publicada no DOE nº de 09 de fevereiro de 2006, c/c art. 155 da Lei nº 6.833/2006, e atendendo aos preceitos constitucionais do art. 5º, incisos LIV e LV da CF/88, e em face ao disposto no Mem. nº 130/2014-CorCPE e anexos; 1 CONCORDAR com a conclusão a que chegou a encarregada do Processo Administrativo Disciplinar Simplificado esposado às fls. 173 de que houve indícios de transgressão da disciplina atribuída ao CB PM RG DARLYNSON WILLIAM DOS SANTOS SOUZA e ao CB PM RG LUÍS ANDRÉ COSTA NASCIMENTO, ambos da CIEPAS, uma vez que ficou comprovado que os milicianos não tomaram providências legais sobre a ocorrência envolvendo a colisão entre o veículo da vítima SrªClaúdia Maria Portela sarmento e um quadriciclo no dia 30 de dezembro de 2012 por volta das 18h40min na rua principal da praia do Atalaia no município de Salinopólis, permitindo que o condutor do quadriciclo se evadisse do local e ainda apresentaram na Delegacia de Polícia do município de Salinopólis a referida vítima sob alegação de cometimento de crime de desacato sem PMPA/AJG Pág. 9

10 qualquer prova testemunhal e pericial que pudessem corroborar a alegação dos militares junto a Autoridade Policial local. Os policiais militares cometeram assim transgressão da disciplina e infringiram os incisos VIII, XI, XX, XXXIV, XXXVI e XXXVII do art. 18, além de estar incurso nos incisos II, III, IV, VII e X do art. 37, todos da Lei Ordinária nº 6.833/06 (CEDPMPA), sujeitos às penalidades previstas no art. 39 dessa mesma lei; 2 Em relação ao CB PM RG DARLYSON WILLIAM DOS SANTOS SOUZA e com fulcro no Art. 50, inciso I, alínea c da Lei Ordinária nº 6.833, de 13 de fevereiro de 2006, tal conduta constitui-se em transgressão disciplinar de natureza GRAVE, haja vista os fatos narrados na portaria inaugural constituírem atos que por suas consequências resultaram em grandes prejuízos e transtornos ao serviço policial militar e à instituição PM. Com efeito, preliminarmente ao julgamento da transgressão, e após detalhada análise com base no art. 32 do CEDPM, verificou-se que os antecedentes do transgressor lhes são desfavoráveis, já que não consta registro de punição e 09 (nove) elogios individuais nos seus assentamentos; as causas que determinaram a transgressão lhes são desfavoráveis, posto que os fatos atentaram contra a instituição; a natureza dos fatos e atos que a envolveram lhes são desfavoráveis, pois o referido militar não tomou providências juntamente com o CB PM ANDRÉ em relação ao acidente de trânsito, deixando de encaminhar as partes para a Delegacia local para que a autoridade policial adotasse as medidas, no entanto, ainda encaminhou somente uma das partes até a DP local e apresentou a vítima pelo crime de dasacato; as conseqüências que dela possam advir lhes são desfavoráveis, pois a prática da referida transgressão poderá ensejar condutas negativas no seio da tropa, expondo o nome da Corporação e conseqüentemente fragilizando a disciplina. 3 - Em relação ao CB PM RG LUÍS ANDRÉ COSTA NASCIMENTO e com fulcro no Art. 50, inciso I, alínea c da Lei Ordinária nº 6.833, de 13 de fevereiro de 2006, tal conduta constitui-se em transgressão disciplinar de natureza GRAVE, haja vista os fatos narrados na portaria inaugural constituírem atos que por suas consequências resultaram em grandes prejuízos e transtornos ao serviço policial militar e à instituição PM. Com efeito, preliminarmente ao julgamento da transgressão, e após detalhada análise com base no art. 32 do CEDPM, verificou-se que os antecedentes do transgressor lhes são desfavoráveis, já que consta 01 (um) registro de punição e 12 (doze) elogios nos seus assentamentos; as causas que determinaram a transgressão lhes são desfavoráveis, posto que os fatos atentaram contra a instituição; a natureza dos fatos e atos que a envolveram lhes são desfavoráveis, pois o referido militar juntamente com o CB PM WILLIAM não tomou providências em relação ao acidente de trânsito, deixando de encaminhar as partes para a Delegacia local para que a autoridade policial adotasse as medidas, no entanto, ainda encaminhou somente uma das partes até a DP local e apresentou a vítima pelo crime de dasacato; as conseqüências que dela possam advir lhes são desfavoráveis, pois a prática da referida transgressão poderá ensejar condutas negativas no seio da tropa, expondo o nome da Corporação e conseqüentemente fragilizando a disciplina. 4 PUNIR o CB PM RG DARLYNSON WILLIAM DOS SANTOS SOUZA da CIEPAS, por ter incorrido nas sanções punitivas dos incisos VIII, XI, XX, XXXIV, XXXVI e PMPA/AJG Pág. 10

11 XXXVII do art. 18, além de estar incurso nos incisos II, III, IV, VII e X do art. 37, todos da Lei Ordinária nº 6.833/06 (CEDPMPA); com circunstância atenuante prevista no inciso I e II, do art. 35 e circunstâncias agravantes previstas nos incisos II, V, VII e X do art. 36; tudo da Lei 6.833/06(CEDPM). Fica PRESO por 15 (QUINZE) dias. Providencie o Comandante da CIEPAS, devendo cientificá-lo da publicação em Boletim Geral da presente Decisão Administrativa, que será o termo inicial para a contagem do prazo recursal, preconizado no art. 48, 4º e 5º do CEDPM; bem como, informar à Corregedoria-Geral o local e o período de cumprimento da reprimenda disciplinar. Caso não haja local adequado, poderá aplicar o que dispõe o 2º do art. 42 c/c art. 43, remetendo a este Órgão Correicional cópia do documento de ciência desta publicação pelo Disciplinado; 5 PUNIR o CB PM RG LUÍS ANDRÉ COSTA NASCIMENTO, da CIEPAS, por ter incorrido nas sanções punitivas dos incisos VIII, XI, XX, XXXIV, XXXVI e XXXVII do art. 18, além de estar incurso nos incisos II, III, IV, VII e X do art. 37, todos da Lei Ordinária nº 6.833/06 (CEDPMPA); com circunstância atenuante prevista no inciso I e II, do art. 35 e circunstâncias agravantes previstas nos incisos II, V, VII e X do art. 36; tudo da Lei 6.833/06(CEDPM). Fica PRESO por 15 (QUINZE) dias. Providencie o Comandante da CIEPAS, devendo cientificá-lo da publicação em Boletim Geral da presente Decisão Administrativa, que será o termo inicial para a contagem do prazo recursal, preconizado no art. 48, 4º e 5º do CEDPM; bem como, informar à Corregedoria-Geral o local e o período de cumprimento da reprimenda disciplinar. Caso não haja local adequado, poderá aplicar o que dispõe o 2º do art. 42 c/c art. 43, remetendo a este Órgão Correicional cópia do documento de ciência desta publicação pelo Disciplinado; 6 SOLICITAR à AJG da PMPA a publicação desta Decisão em Boletim Geral da Corporação. Providencie a CorCPE; 7 - ARQUIVAR cópia da presente Decisão Administrativa, após publicação, nos autos do referido PADS. Providencie a CorCPE; 8- ARQUIVAR a 1ª e a 2ª via dos autos no Cartório da Corregedoria Geral. Providencie a CorCPE/Cartório. Publique-se, registre-se, intime-se e cumpra-se. Belém-PA, 28 de outubro de JOSÉ VICENTE BRAGA DA SILVA CEL PM CORREGEDOR GERAL DA PMPA DECISÃO ADMINISTRATIVA DO PADS DE PORTARIA Nº 004/2013 PADS/CorCPE PROCEDIMENTO: Processo Administrativo Disciplinar Simplificado-PADS, de Portaria nº 004/2013-PADS CorCPE, de 04 de março de PRESIDENTE: 1º TEN QOPM RG KELY PATRÍCIA ALVES MONTEIRO, do BPA. ACUSADO: CB PM RG MANUEL ARLINDO DE OLIVEIRA, da CIPOE. DEFENSOR: JAIME CARNEIRO COSTA OAB/PA Nº 7562 ASSUNTO: Homologação do PADS. PMPA/AJG Pág. 11

12 O Corregedor Geral da PMPA, usando das suas atribuições que lhe são conferidas pelo art. 11, incisos II e III, da Lei Complementar Estadual nº 053, de 07 de fevereiro de 2006; publicada no DOE nº de 09 de fevereiro de 2006, c/c art. 155 da Lei nº 6.833/2006, e atendendo aos preceitos constitucionais do art. 5º, incisos LIV e LV da CF/88, e em face ao disposto na solução da Sindicância de Portaria nº 046/2013-CorCPE; 1 DISCORDAR da conclusão a que chegou o encarregado do Processo Administrativo Disciplinar Simplificado esposado às fls. 290 de que não houve cometimento da transgressão da disciplina, e concluir com base no conjunto probatório que o CB PM RG MANUEL ARLINDO DE OLIVEIRA, da CIPOE, cometeu transgressão da disciplina, no dia 10 de outubro de 2010, por volta das 22h30min, na passagem Otília, bairro da pedreira, ocasião em que segurou a Srª ELIANA TAVARES DE OLIVEIRA, para que a irmã do miliciano, Srª LEONICE CRISTINA OLIVEIRA, agredisse a mesma com socos, e quando o marido da Srª ELIANA TAVARES chegou no local, foi impedido de socorrê-la pelo acusado, tendo ainda efetuado vários disparos de arma de fogo a esmo, para que o mesmo não se aproximasse da confusão, fato esse que inclusive gerou processo criminal na 3ª Vara do Juizado Especial Criminal de Belém, aonde o militar em epígrafe juntamente com a sua irmão consta como os autores da práticas delitivas contra a Srª ELIANA. Infringiu os incisos XCII, XCIII, CXLVII e CXLVIII do art. 37, além de ter infringido também os preceitos éticos constantes nos incisos III, IV, VII, XVIII, XXIII, XXIV, XXXIV, XXXVI e XXXIX do art.18, tudo da Lei Ordinária nº 6.833/06 (CEDPMPA); 2 Com fulcro no Art. 50, inciso I, alínea c da Lei Ordinária nº 6.833, de 13 de fevereiro de 2006, tal conduta constitui-se em transgressão disciplinar de natureza GRAVE, haja vista os fatos narrados na portaria inaugural constituírem atos que por suas consequências resultaram em grandes prejuízos e transtornos ao serviço policial militar e à instituição PM. Com efeito, preliminarmente ao julgamento da transgressão, e após detalhada análise com base no art. 32 do CEDPM, verificou-se que os antecedentes do transgressor lhes são desfavoráveis, já que não constam nenhum registro de punição e elogio individual nos seus assentamentos; as causas que determinaram a transgressão lhes são desfavoráveis, posto que os fatos atentaram contra a instituição; a natureza dos fatos e atos que a envolveram lhes são desfavoráveis, pois o referido militar deu causa no momento em que não teve o devido equilíbrio ao se envolver de maneira pessoal na briga entre a sua irmã e a Srª ELIANA TAVARES OLIVEIRA; as conseqüências que dela possam advir lhes são desfavoráveis, pois a prática da referida transgressão poderá ensejar condutas negativas no seio da tropa, expondo o nome da Corporação e conseqüentemente fragilizando a disciplina. 3 PUNIR o CB PM RG MANUEL ARLINDO DE OLIVEIRA, da CIPOE, com 30 (TRINTA) dias de PRISÃO, por ter incorrido nas sanções punitivas dos incisos XCII, XCIII, CXLVII e CXLVIII do art. 37, além de ter infringido também os preceitos éticos constantes nos incisos III, IV, VII, XVIII, XXIII, XXIV, XXXIV, XXXVI e XXXIX do art.18, tudo da Lei Ordinária nº 6.833/06 (CEDPMPA); com circunstância atenuante prevista no inciso I, do art. 35 e circunstâncias agravantes previstas nos incisos VII e X do art. 36; tudo da Lei 6.833/06 PMPA/AJG Pág. 12

13 (CEDPM). Fica PRESO por 30 (TRINTA) dias. Providencie o Comandante da CIPOE, devendo cientificá-lo da publicação em Boletim Geral da presente Decisão Administrativa, que será o termo inicial para a contagem do prazo recursal, preconizado no art. 48, 4º e 5º do CEDPM; bem como, informar à Corregedoria-Geral o local e o período de cumprimento da reprimenda disciplinar. Caso não haja local adequado, poderá aplicar o que dispõe o 2º do art. 42 c/c art. 43, remetendo a este Órgão Correicional cópia do documento de ciência desta publicação pelo disciplinado; 4 SOLICITAR à AJG da PMPA a publicação desta Decisão em Boletim Geral da Corporação. Providencie a CorCPE; 5 - ARQUIVAR cópia da presente Decisão Administrativa, após publicação, nos autos do referido PADS. Providencie a CorCPE; 6- ARQUIVAR a 1ª e a 2ª via dos autos no Cartório da Corregedoria Geral. Providencie a CorCPE/Cartório. Publique-se, registre-se, intime-se e cumpra-se. Belém-PA, 23 de outubro de JOSÉ VICENTE BRAGA DA SILVA CEL PM CORREGEDOR GERAL DA PMPA DECISÃO ADMINISTRATIVA DO PADS DE PORTARIA Nº 007/PADS-2013 CorCPE Das averiguações Policiais Militares mandadas proceder pela Comissão Correicional do CPE, através da Portaria nº 007/2013 CorCPE, de 02 de abril de 2013, tendo como autoridade delegada 1º TEN QOPM RG RAFAELLY DO NASCIMENTO GENTIL, da CIPOE, com escopo de apurar os indícios de transgressão da disciplina policial militar atribuída ao CB PM RG JOSÉ CLAUDIO BRANDÃO DE SOUZA do efetivo da CIPOE. RESOLVO: 1- DISCORDAR da conclusão a qual chegou à encarregada do Processo Administrativo Disciplinar Simplificado às fls.62 de que o PADS restou prejudicado e concluir pela fragilidade das provas carreadas que não houve indícios de crime de qualquer natureza e nem transgressão disciplinar policial militar por parte do acusado, visto que não há provas nos autos que possam materializar as possíveis transgressões imputadas em desfavor do CB PM JOSÉ CLÁUDIO BRANDÃO DE SOUZA; uma vez que o militar interviu na detenção do adolescente THÁSSIO ROMÃO DOS REIS SANTOS, de 16 anos, após ter sido acionado pelo vigilante Rosenildo dos Santos em que foi ameaçado de morte pelo referido adolescente e ao verificar que seria detido pelo CB PM BRANDÃO, o adolescente correu, no entanto, foi detido na praça do Marex na posse de um revólver calibre 32 em plena via pública(fls.99); que em ato contínuo o miliciano fez a detenção do adolescente e acionou via Ciop(190)emergência, uma viatura da área onde compareceu uma GU PM e conduziram o mesmo até a Divisão de Atendimento ao Adolescente-DATA, aonde foi apresentado à autoridade policial e posteriormente sido lavrado o competente procedimento o qual gerou o processo nº no Juizado da Infância e Juventude, originário do BOP feito na DATA sob o nº 00005/ , fls. 66. É mister ressaltar que todas as testemunhas ouvidas no PMPA/AJG Pág. 13

14 processo são parentes do adolescente, portanto, fragilizaram o indicativo de transgressão por parte do militar em epígrafe. 2- PUBLICAR a presente decisão administrativa em Aditamento ao Boletim Geral da PMPA. Providencie a CorCPE; 3- ARQUIVAR a 1ª e 2ª vias no Cartório da Corregedoria Geral da PMPA. Providencie a CorCPE. Belém-PA, 24 de outubro de JOSÉ VICENTE BRAGA DA SILVA- CEL QOPM CORREGEDOR GERAL DA PM/PA DECISÃO ADMINISTRATIVA DO PADS DE PORTARIA Nº 012/2014 PADS/CorCPE PROCEDIMENTO: Processo Administrativo Disciplinar Simplificado-PADS, de Portaria nº 012/2014-PADS CorCPE, de 10 de abril de PRESIDENTE: SUB TEN PM RG JOSÉ NASCIMENTO OLIVEIRA CARVALHO, do BPGDA. ACUSADO: SUB TEN PM RG LAUDEMIR SARMENTO MARTINS, do BPGDA. DEFENSOR: NELSON FERNANDO DAMASCENO e SILVA LEÃO OAB/PA Nº ASSUNTO: Homologação do PADS. O Corregedor Geral da PMPA, usando das suas atribuições que lhe são conferidas pelo art. 11, incisos II e III, da Lei Complementar Estadual nº 053, de 07 de fevereiro de 2006; publicada no DOE nº de 09 de fevereiro de 2006, c/c art. 155 da Lei nº 6.833/2006, e atendendo aos preceitos constitucionais do art. 5º, incisos LIV e LV da CF/88, e em face ao disposto na solução da Sindicância de Portaria nº 046/2013-CorCPE; 1 DISCORDAR da conclusão a que chegou o encarregado do Processo Administrativo Disciplinar Simplificado esposado às fls. 73/74 de que restou prejudicado o procedimento, e concluir com base no conjunto probatório que há transgressão da disciplina, atribuída ao SUB TEN PM RG LAUDEMIR SARMENTO MARTINS do BPGDA, uma vez que financiou o veículo marca Fiat/Palio Fire Flex pela BV Financeira e que estava em nome do Sr. José Bonifácio da Silva, sendo que o veículo ficou alienado à financiadora, no entanto, o militar ficou de providenciar a transferência para o seu nome, retirando o ônus em relação ao Sr. José Bonifácio, o que não fez, causando sérios transtornos à vítima quando ainda atrasou os licenciamentos do veículo citado por 03 (três) anos. O policial militar cometeu assim transgressão da disciplina e infringiu o inciso CXLII do art 37, todos da Lei Ordinária nº 6.833/06 (CEDPMPA), sujeito à penalidade prevista no art. 39 dessa mesma lei; 2 Com fulcro no Art. 50, inciso I, alínea c da Lei Ordinária nº 6.833, de 13 de fevereiro de 2006, tal conduta constitui-se em transgressão disciplinar de natureza GRAVE, haja vista os fatos narrados na portaria inaugural constituírem atos que por suas consequências resultaram em grandes prejuízos e transtornos ao serviço policial militar e à instituição PM. Com efeito, preliminarmente ao julgamento da transgressão, e após detalhada análise com base no art. 32 do CEDPM, verificou-se que os antecedentes do transgressor lhes são desfavoráveis, já que constam 02 (dois) registros de punições e 12 (doze) elogios PMPA/AJG Pág. 14

15 individuais nos seus assentamentos; as causas que determinaram a transgressão lhes são desfavoráveis, posto que os fatos atentaram contra a instituição; a natureza dos fatos e atos que a envolveram lhes são desfavoráveis, pois o referido militar deu causa no momento em que não passou o veículo para o seu nome, e ainda atrasou os licenciamentos do veículo por 03 (três) anos; as conseqüências que dela possam advir lhes são desfavoráveis, pois a prática da referida transgressão poderá ensejar condutas negativas no seio da tropa, expondo o nome da Corporação e conseqüentemente fragilizando a disciplina. 3 PUNIR o SUB TEN PM RG LAUDEMIR SARMENTO MARTINS, do BPGDA, por ter incorrido nas sanções punitivas do inciso CXLII do art. 37, todos da Lei Ordinária nº 6.833/06 (CEDPMPA); com circunstâncias atenuantes previstas nos incisos I e II, do art. 35 e circunstância agravante prevista no inciso VII do art. 36; tudo da Lei 6.833/06(CEDPM). Fica PRESO por 22 (VINTE E DOIS) dias. Providencie o Comandante do BPGDA, devendo cientificá-lo da publicação em Boletim Geral da presente Decisão Administrativa, que será o termo inicial para a contagem do prazo recursal, preconizado no art. 48, 4º e 5º do CEDPM; bem como, informar à Corregedoria-Geral o local e o período de cumprimento da reprimenda disciplinar. Caso não haja local adequado, poderá aplicar o que dispõe o 2º do art. 42 c/c art. 43, remetendo a este Órgão Correicional cópia do documento de ciência desta publicação pelo Disciplinado; 4 SOLICITAR à AJG da PMPA a publicação desta Decisão em Boletim Geral da Corporação. Providencie a CorCPE; 5 - ARQUIVAR cópia da presente Decisão Administrativa, após publicação, nos autos do referido PADS. Providencie a CorCPE; 6- ARQUIVAR a 1ª e a 2ª via dos autos no Cartório da Corregedoria Geral. Providencie a CorCPE/Cartório. Publique-se, registre-se, intime-se e cumpra-se. Belém-PA, 21 de outubro de JOSÉ VICENTE BRAGA DA SILVA CEL PM CORREGEDOR GERAL DA PMPA DECISÃO ADMINISTRATIVA DO PADS DE PORTARIA Nº 025/2014 PADS/CorCPE PROCEDIMENTO: Processo Administrativo Disciplinar Simplificado-PADS, de Portaria nº 025/2014-PADS CorCPE, de 22 de maio de PRESIDENTE: 1º SGT PM RG GUILHERME VIEGAS DE GOES, da CIPOE. ACUSADO: CB PM RG FRANCINEY MACIEL DA SILVA, do BPOP. DEFENSOR AD HOC: 1º TEN PM RAFAELLY DO NASCIMENTO GENTIL ASSUNTO: Homologação do PADS. O Corregedor Geral da PMPA, usando das suas atribuições que lhe são conferidas pelo art. 11, incisos II e III, da Lei Complementar Estadual nº 053, de 07 de fevereiro de 2006; publicada no DOE nº de 09 de fevereiro de 2006, c/c art. 155 da Lei nº 6.833/2006, e PMPA/AJG Pág. 15

16 atendendo aos preceitos constitucionais do art. 5º, incisos LIV e LV da CF/88, e em face ao disposto no Mem. nº 130/2014-CorCPE e anexos; 1 CONCORDAR com conclusão a que chegou o encarregado do Processo Administrativo Disciplinar Simplificado esposado às fls. 69 de que houve indícios de transgressão da disciplina atribuído ao CB PM RG FRANCINEY MACIEL DA SILVA, do BPOP, por ter no dia 21/08/2012,por volta das 19h30min, na suíte A, do navio Bom Jesus V, quando empenhado na escolta de um preso de justiça que seria ouvido na comarca de Breves-Pa, ao se desarmar do armamento tipo fuzil FAL cal de nº EB da carga do Batalhão Penitenciário e que portava no momento, na tentativa de retirar o carregador, a peça teria travado e o acusado não teria observado que uma munição teria seguido para a câmara, ocasionando um disparo acidental, tendo o projétil perfurado a chapa de ferro do assoalho da suíte e estilhaçado sobre a tampa do porão, e os estilhaços teriam perfurado algumas redes que estavam atadas e lesionado um policial militar que serve no município de Anajás e que se encontrava no navio. O policial militar cometeu assim transgressão da disciplina e infringiu os incisos IIII, VII, VIII, XXVIII e XXXVI do art. 18, além de estar incurso nos incisos XXIV, CXLVII e CXLVIII e 1º do Art. 37(art. 324 do Dec. Lei nº 1.001/69-CPM), todos da Lei Ordinária nº 6.833/06 (CEDPMPA); constituindo-se em transgressão da disciplina de natureza GRAVE; 2 Com fulcro no Art. 50, inciso I, alínea c da Lei Ordinária nº 6.833, de 13 de fevereiro de 2006, tal conduta constitui-se em transgressão disciplinar de natureza GRAVE, haja vista os fatos narrados na portaria inaugural constituírem atos que por suas consequências resultaram em grandes prejuízos e transtornos ao serviço policial militar e à instituição PM. Com efeito, preliminarmente ao julgamento da transgressão, e após detalhada análise com base no art. 32 do CEDPM, verificou-se que os antecedentes do transgressor lhes são desfavoráveis, já que consta 01 (um) registro de prisão disciplinar e 04 (quatro) elogios individuais nos seus assentamentos; as causas que determinaram a transgressão lhes são desfavoráveis, posto que os fatos atentaram contra a instituição; a natureza dos fatos e atos que a envolveram lhes são desfavoráveis, pois o referido militar deu causa ao disparar acidentalmente o armamento tipo Fuzil FAL cal que portava durante a escolta de um preso de justiça; as conseqüências que dela possam advir lhes são desfavoráveis, pois a prática da referida transgressão poderá ensejar condutas negativas no seio da tropa, expondo o nome da Corporação e conseqüentemente fragilizando a disciplina. 3 REFERENDAR a punição aplicada pelo Comando do BPOP ao CB PM RG FRANCINEY MACIEL DA SILVA, do BPOP, por ter incorrido nas sanções punitivas dos incisos IIII, VII, VIII, XXVIII e XXXVI do art. 18, além de estar incurso nos incisos XXIV, CXLVII e CXLVIII e 1º do Art. 37(art. 324 do Dec. Lei nº 1.001/69-CPM), todos da Lei Ordinária nº 6.833/06 (CEDPMPA); com circunstâncias atenuantes previstas nos incisos I e II do art. 35 e circunstâncias agravantes previstas nos incisos V do art. 36; tudo da Lei 6.833/06(CEDPM). Manter a punição de 13 (TREZE) dias de PRISÃO infligida pelo PMPA/AJG Pág. 16

17 Comando do BPOP, punição essa que o disciplinado inclusive, já cumpriu conforme Decisão administrativa do PADS de PT nº 030/12/2ª Seção-BPOP. 4 SOLICITAR à AJG da PMPA a publicação desta Decisão em Boletim Geral da Corporação. Providencie a CorCPE; 5 - ARQUIVAR cópia da presente Decisão Administrativa, após publicação, nos autos do referido PADS. Providencie a CorCPE; 6- ARQUIVAR a 1ª e a 2ª via dos autos no Cartório da Corregedoria Geral. Providencie a CorCPE/Cartório. Publique-se, registre-se, intime-se e cumpra-se. Belém-PA, 22 de outubro de JOSÉ VICENTE BRAGA DA SILVA CEL PM CORREGEDOR GERAL DA PMPA DECISÃO ADMINISTRATIVA DO PADS DE PORTARIA Nº 041/2014 PADS/CorCPE PROCEDIMENTO: Processo Administrativo Disciplinar Simplificado-PADS, de Portaria nº 041/2014-PADS CorCPE, de 08 de setembro de PRESIDENTE: 2º SGT PM RG EDSON MORAES CASTRO, do BPOP. ACUSADO: CB PM RG NEWTON NERY PINHEIRO, do BPOP. DEFENSOR: NELSON FERNANDO D e S LEÃO OAB/PA Nº ASSUNTO: Homologação do PADS. O Corregedor Geral da PMPA, usando das suas atribuições que lhe são conferidas pelo art. 11, incisos II e III, da Lei Complementar Estadual nº 053, de 07 de fevereiro de 2006; publicada no DOE nº de 09 de fevereiro de 2006, c/c art. 155 da Lei nº 6.833/2006, e atendendo aos preceitos constitucionais do art. 5º, incisos LIV e LV da CF/88, e em face ao disposto no Mem. nº 130/2014-CorCPE e anexos; 1 DISCORDAR da conclusão a que chegou o encarregado do Processo Administrativo Disciplinar Simplificado esposado às fls. 73 de que não houve indícios de transgressão da disciplina e concluir com base nas provas, que em relação aos fatos apurados, ficou comprovado que houve transgressão da disciplina policial militar, atribuída ao CB PM RG NEWTON NERY PINHEIRO, uma vez que conduziu o seu veiculo automotor, FIAT PALIO, de placa JVZ-0337, com a capacidade psicomotora alterada em razão de influência de álcool, fato esse testemunhado pelos militares que atenderam a ocorrência às fls. 42/46/48 causando colisão com a motocicleta HONDA BROS, OFS-3902, conduzida pelo Sr. CLEDSON CARLOS DA SILVA HENRIQUES, bem como discutiu com a vítima em plena via pública, mesmo sendo o causador do acidente de trânsito; Aduz os autos que ameaçou a vítima de desferir-lhe soco; e quando o oficial, CAP FÁBIO SOUZA CAMPOS, que atendeu a ocorrência chegou no local, asseverou ainda que viu o acusado portando uma pistola taurus cal.40 no momento em que discutia com a vítima e populares, o que culminou com sua autuação em flagrante delito pela Delegacia de Crimes Funcionais-DCRIF, pelo tipo do art. 306, da Lei nº 9.503/1997 e art. 147 do CPB. O policial militar cometeu assim PMPA/AJG Pág. 17

18 transgressão da disciplina e infringiu os incisos IIII, XI, XXXIII, XXXVI e XXXIX do art. 18, além de estar incurso nos incisos CXLV, CXLVI, CXLVIII e 1º do art 37, todos da Lei Ordinária nº 6.833/06 (CEDPMPA) c/c art. 306, da Lei nº 9.503/1997 (conduzir veículo automotor, na via pública sob a influência de álcool) e art. 147 do Código Penal Brasileiro(crime de ameaça), sujeitos às penalidades previstas no art. 39 dessa mesma lei; 2 Com fulcro no Art. 50, inciso I, alínea c da Lei Ordinária nº 6.833, de 13 de fevereiro de 2006, tal conduta constitui-se em transgressão disciplinar de natureza GRAVE, haja vista os fatos narrados na portaria inaugural constituírem atos que por suas consequências resultaram em grandes prejuízos e transtornos ao serviço policial militar e à instituição PM. Com efeito, preliminarmente ao julgamento da transgressão, e após detalhada análise com base no art. 32 do CEDPM, verificou-se que os antecedentes do transgressor lhes são desfavoráveis, já que constam 09 (nove) registros de punições e 07 (sete) elogios individuais nos seus assentamentos; as causas que determinaram a transgressão lhes são desfavoráveis, posto que os fatos atentaram contra a instituição; a natureza dos fatos e atos que a envolveram lhes são desfavoráveis, pois o referido militar deu causa ao acidente de trânsito sob efeito de álcool conforme asseveraram as testemunhas militares que atenderam a ocorrência; as conseqüências que dela possam advir lhes são desfavoráveis, pois a prática da referida transgressão poderá ensejar condutas negativas no seio da tropa, expondo o nome da Corporação e conseqüentemente fragilizando a disciplina. 3 PUNIR o CB PM RG NEWTON NERY PINHEIRO, do BPOP, por ter incorrido nas sanções punitivas dos incisos IIII, XI, XXXIII, XXXVI e XXXIX do art. 18, além de estar incurso nos incisos CXLV, CXLVI, CXLVIII e 1º do art 37, todos da Lei Ordinária nº 6.833/06 (CEDPMPA) c/c art. 306, da Lei nº 9.503/1997(conduzir veículo automotor, na via pública sob a influência de álcool) e art. 147 do Código Penal Brasileiro(crime de ameaça); com circunstância atenuante prevista no inciso I, do art. 35 e circunstâncias agravantes previstas nos incisos II e VII do art. 36; tudo da Lei 6.833/06 (CEDPM). Fica PRESO por 30 (TRINTA) dias. Providencie o Comandante do BPOP, devendo cientificá-lo da publicação em Boletim Geral da presente Decisão Administrativa, que será o termo inicial para a contagem do prazo recursal, preconizado no art. 48, 4º e 5º do CEDPM; bem como, informar à Corregedoria-Geral o local e o período de cumprimento da reprimenda disciplinar. Caso não haja local adequado, poderá aplicar o que dispõe o 2º do art. 42 c/c art. 43, remetendo a este Órgão Correicional cópia do documento de ciência desta publicação pelo Disciplinado; 4 SOLICITAR à AJG da PMPA a publicação desta Decisão em Boletim Geral da Corporação. Providencie a CorCPE; 5 RECOMENDAR ao Comando do BPOP a observância quanto ao porte de arma de fogo pelo militar disciplinado e recomendada às fls. 18 dos autos pelo juiz da 1ª Vara de Penal de Inquéritos Policiais e Medidas Cautelares, Dr. Flávio Sanches Leão. Providencie a CorCPE; 6 - ARQUIVAR cópia da presente Decisão Administrativa, após publicação, nos autos do referido PADS. Providencie a CorCPE; PMPA/AJG Pág. 18

19 7- ARQUIVAR a 1ª e a 2ª via dos autos no Cartório da Corregedoria Geral. Providencie a CorCPE/Cartório. Publique-se, registre-se, intime-se e cumpra-se. Belém-PA, 21 de outubro de JOSÉ VICENTE BRAGA DA SILVA CEL PM CORREGEDOR GERAL DA PMPA DECISÃO ADMINISTRATIVA DO PADS DE PORTARIA Nº 051/2014 PADS/CorCPE PROCEDIMENTO: Processo Administrativo Disciplinar Simplificado-PADS, de Portaria nº 051/2014-PADS CorCPE, de 29 de setembro de PRESIDENTE: 1º SGT PM RG GUILHERME VIÉGAS DE GÓES, da CIPOE. ACUSADO: CB PM RG NALDO CARDOSO DE OLIVEIRA, do BPOP. DEFENSOR: PAULO ANDRÉ CORDOVIL PANTOJA OAB/PA Nº 9087 ASSUNTO: Homologação do PADS. O Corregedor Geral da PMPA, usando das suas atribuições que lhe são conferidas pelo art. 11, incisos II e III, da Lei Complementar Estadual nº 053, de 07 de fevereiro de 2006; publicada no DOE nº de 09 de fevereiro de 2006, c/c art. 155 da Lei nº 6.833/2006, e atendendo aos preceitos constitucionais do art. 5º, incisos LIV e LV da CF/88, e em face ao disposto no Relatório de Operação Correicional, datado de 06/03/2014 e Auto de Apresentação Espontânea; 1 CONCORDAR parcialmente da conclusão a que chegou o encarregado do Processo Administrativo Disciplinar Simplificado esposado às fls. 40 de que não houve indícios de transgressão da disciplina e concluir que em relação aos fatos apurados, ficou comprovado que houve transgressão da disciplina policial militar, atribuída ao CB PM RG NALDO CARDOSO DE OLIVEIRA, uma vez que o militar efetuou um disparo com a pistola cal. 40, carga da PMPA, no gramado do campo de futebol durante uma festa carnavalesca que estava ocorrendo no município de Vigia de Nazaré-Pa no dia 04/03/2014, por volta das 04h, com o intuito de conter uma briga generalizada em que várias pessoas se arremessavam mutuamente latinhas de cerveja naquele local, em seguida houve uma grande correria, e que segundo o acusado viriam na sua direção e de seus familiares, contrariando as normas de segurança do uso de armamento da PMPA no momento em que deu tiro em local aberto com várias pessoas aglomeradas, assumindo o risco de ter lesionado pessoas naquele local durante a festa carnavalesca. O policial militar cometeu assim transgressão da disciplina e infringiu os incisos IIII, XX, XXIII, XXXV e XXXVI do art. 18, além de estar incurso nos incisos LVIII, CXXII, CXLVI, CXLVII, CXLVIII e parágrafo 1º do art. 37, todos da Lei Ordinária nº 6.833/06 (CEDPMPA); 2 Com fulcro no Art. 50, inciso I, alínea a da Lei Ordinária nº 6.833, de 13 de fevereiro de 2006, tal conduta foi descaracterizada em transgressão disciplinar de natureza LEVE, haja vista as razões de direito arguidas pela defesa em relação aos bons antecedentes e a relevância dos serviços prestados pelo acusado, bem como o disciplinado PMPA/AJG Pág. 19

20 encontrar-se no comportamento EXCEPCIONAL.Com efeito, preliminarmente ao julgamento da transgressão, e após detalhada análise com base no art. 32 do CEDPM, verificou-se que os antecedentes do transgressor lhes são favoráveis, já que constam 09 (nove) registros de elogios e nenhuma punição registrada nos seus assentamentos; as causas que determinaram a transgressão lhes são desfavoráveis, posto que os fatos se deram em lugar aberto e com aglomeração de pessoas durante uma festa carnavalesca; a natureza dos fatos e atos que a envolveram lhes são desfavoráveis, pois o referido militar deu tiro a esmo para conter uma multidão, não tendo desta maneira o devido equilíbrio ao se envolver em ocorrência; as conseqüências que dela possam advir lhes são desfavoráveis, pois a prática da referida transgressão poderá ensejar condutas negativas no seio da tropa, expondo o nome da Corporação e conseqüentemente fragilizando a disciplina. 3 PUNIR o CB PM RG NALDO CARDOSO DE OLIVEIRA, do BPOP, com sanção de REPREENSÃO, por ter incorrido nas sanções punitivas dos incisos IIII, XX, XXIII, XXXV e XXXVI do art. 18, além de estar incurso nos incisos LVIII, CXXII, CXLVI, CXLVII, CXLVIII e parágrafo 1º do art 37, todos da Lei Ordinária nº 6.833/06 (CEDPMPA); com circunstância atenuante prevista nos incisos I e II do art. 35 e circunstância agravante prevista no inciso X do art. 36; tudo da Lei 6.833/06(CEDPM). Fica REPREENDIDO. Providencie o Comandante do BPOP, devendo cientificá-lo da publicação em Boletim Geral da presente Decisão Administrativa, que será o termo inicial para a contagem do prazo recursal, preconizado no art. 48, 4º e 5º do CEDPM; remetendo a este Órgão Correicional cópia do documento de ciência desta publicação pelo Disciplinado; 4 SOLICITAR à AJG da PMPA a publicação desta Decisão em Boletim Geral da Corporação. Providencie a CorCPE; 5 - ARQUIVAR cópia da presente Decisão Administrativa, após publicação, nos autos do referido PADS. Providencie a CorCPE; 6- ARQUIVAR a 1ª e a 2ª via dos autos no Cartório da Corregedoria Geral. Providencie a CorCPE/Cartório. Publique-se, registre-se, intime-se e cumpra-se. Belém-PA, 24 de outubro de JOSÉ VICENTE BRAGA DA SILVA CEL PM CORREGEDOR GERAL DA PMPA DECISÃO ADMINISTRATIVA DA SINDICÂNCIA DE PORTARIA N.º 013/12/SINDICÂNCIA-CorCPE PROCEDIMENTO: Sindicância de Portaria nº 013/2012 SINDICÂNCIA-CorCPE, de 11/04/2012. ENCARREGADO: MAJ PM RG LUIZ ANDRÉ CORDEIRO ABSOLÃO, do CG/DP. FATO: Investigar os fatos constantes no Processo nº , oriundo da Justiça do trabalho da 8ª Região. ASSUNTO: Análise dos autos de Sindicância. O Presidente da Comissão Permanente de Corregedoria do CPE, usando das suas atribuições que lhe são conferidas pelo art. 13, incisos V, VI e VII, da Lei Complementar Estadual nº 053, de 07 de fevereiro de 2006, PMPA/AJG Pág. 20

BOLETIM INTERNO Nº. 046 Natal/RN, 22 de Novembro de 2013. (Sexta-feira)

BOLETIM INTERNO Nº. 046 Natal/RN, 22 de Novembro de 2013. (Sexta-feira) BI Nº. 046 CIPGD 22 DE NOVEMBRO DE 2013 247 RIO GRANDE DO NORTE SECRETARIA DE ESTADO DA SEGURANÇA PÚBLICA E DA DEFESA SOCIAL POLÍCIA MILITAR COMANDO DE POLICIAMENTO METROPOLITANO COMPANHIA INDEPENDENTE

Leia mais

DIREITO PENAL E DIREITO PROCESSUAL PENAL

DIREITO PENAL E DIREITO PROCESSUAL PENAL DIREITO PENAL E DIREITO PROCESSUAL PENAL PEÇA PROFISSIONAL Mariano Pereira, brasileiro, solteiro, nascido em 20/1/1987, foi denunciado pela prática de infração prevista no art. 157, 2.º, incisos I e II,

Leia mais

Vistos. Consta, ainda, que no período compreendido entre as 13h15min do dia 13 de outubro até as 18h00min do dia 17 de outubro de 2008, na Rua Oito,

Vistos. Consta, ainda, que no período compreendido entre as 13h15min do dia 13 de outubro até as 18h00min do dia 17 de outubro de 2008, na Rua Oito, Vistos. LINDEMBERG ALVES FERNANDES, qualificado nos autos, foi denunciado como incurso no artigo 121, parágrafo 2º, incisos I e IV (vítima Eloá); artigo 121, parágrafo 2º, incisos I e IV c.c. artigo 14,

Leia mais

CONSELHO NACIONAL DO MINISTÉRIO PÚBLICO

CONSELHO NACIONAL DO MINISTÉRIO PÚBLICO RESOLUÇÃO N.º 13, DE 02 DE OUTUBRO DE 2006. (Alterada pela Res. 111/2014) Regulamenta o art. 8º da Lei Complementar 75/93 e o art. 26 da Lei n.º 8.625/93, disciplinando, no âmbito do Ministério Público,

Leia mais

UNESC Faculdades Integradas de Cacoal Mantidas pela Associação Educacional de Rondônia E-mail: unesc@unescnet.br - Internet: www.unescnet.

UNESC Faculdades Integradas de Cacoal Mantidas pela Associação Educacional de Rondônia E-mail: unesc@unescnet.br - Internet: www.unescnet. NÚCLEO DE PRÁTICA JURÍDICA (NPJ) ANEXO VI (Edital n. 02/2014-2) CRONOGRAMA SEMESTRAL 9.º PERÍODO DEPENDÊNCIA N. DATAS ATIVIDADES EQUIVALÊNCIA Disponibilização do Cronograma Semestral de atividades no átrio

Leia mais

EXCELENTÍSSIMO SENHOR JUIZ DE DIREITO DA VARA CRIMINAL DA COMARCA DE GOIÂNIA - GO

EXCELENTÍSSIMO SENHOR JUIZ DE DIREITO DA VARA CRIMINAL DA COMARCA DE GOIÂNIA - GO EXCELENTÍSSIMO SENHOR JUIZ DE DIREITO DA VARA CRIMINAL DA COMARCA DE GOIÂNIA - GO Inquérito Policial n.º: 234/2005 Vítima: Administração Pública Réu: Honestino Guimarães Rosa O MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO

Leia mais

ESTADO CONDENADO POR PRISÃO E PROCESSO ILEGAL CONTRA VIGILANTE E PROPRIETÁRIO DA EMPRESA, POR PORTE DE ARMA

ESTADO CONDENADO POR PRISÃO E PROCESSO ILEGAL CONTRA VIGILANTE E PROPRIETÁRIO DA EMPRESA, POR PORTE DE ARMA ESTADO CONDENADO POR PRISÃO E PROCESSO ILEGAL CONTRA VIGILANTE E PROPRIETÁRIO DA EMPRESA, POR PORTE DE ARMA Desembargador diz que obrigação de delegado e promotor é conhecer a lei Segue abaixo, com partes

Leia mais

APELAÇÃO CRIMINAL Nº 599295-2 DO FORO CENTRAL DA COMARCA DA REGIÃO METROPOLITANA DE CURITIBA 11ª VARA CRIMINAL APELANTE 1: APELANTE

APELAÇÃO CRIMINAL Nº 599295-2 DO FORO CENTRAL DA COMARCA DA REGIÃO METROPOLITANA DE CURITIBA 11ª VARA CRIMINAL APELANTE 1: APELANTE APELAÇÃO CRIMINAL Nº 599295-2 DO FORO CENTRAL DA COMARCA DA REGIÃO METROPOLITANA DE CURITIBA 11ª VARA CRIMINAL APELANTE 1: CLEBER ALVES APELANTE 2: MARCELO FABRÍCIO PRESTES AMÉRICO APELADO: MINISTÉRIO

Leia mais

Quartel em Mossoró/RN, 13 de novembro de 2014 BOLETIM INTERNO Nº 209. Para o conhecimento desta Unidade e devida execução, publico o seguinte:

Quartel em Mossoró/RN, 13 de novembro de 2014 BOLETIM INTERNO Nº 209. Para o conhecimento desta Unidade e devida execução, publico o seguinte: ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE SECRETARIA DE ESTADO DA SEGURANÇA PÚBLICA E DA DEFESA SOCIAL POLÍCIA MILITAR COMANDO DE POLICIAMENTO DO INTERIOR COMANDO DE POLICIAMENTO REGIONAL 2º BATALHÃO DE POLÍCIA MILITAR

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DA PARAÍBA GABINETE DO DESEMBARGADOR LUIZ SILVIO RAMALHO JÚNIOR

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DA PARAÍBA GABINETE DO DESEMBARGADOR LUIZ SILVIO RAMALHO JÚNIOR PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DA PARAÍBA GABINETE DO DESEMBARGADOR LUIZ SILVIO RAMALHO JÚNIOR ACÓRDÃO APELAÇÃO CRIMINAL (Processo n 001.2008.024234-8/001) RELATOR: Desembargador Luiz Silvio

Leia mais

RECOMENDAÇÃO MINISTERIAL Nº 002/2015

RECOMENDAÇÃO MINISTERIAL Nº 002/2015 Procedimento administrativo nº 201400036940 RECOMENDAÇÃO MINISTERIAL Nº 002/2015 Objeto: Dispõe sobre o dever de atuação de diversas autoridades públicas, durante a Romaria Nossa Senhora d'abadia do Muquém

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO. PORTARIA Nº CF-POR-2012/00116 de 11 de maio de 2012

PODER JUDICIÁRIO. PORTARIA Nº CF-POR-2012/00116 de 11 de maio de 2012 PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA FEDERAL CONSELHO DA JUSTIÇA FEDERAL PORTARIA Nº CF-POR-2012/00116 de 11 de maio de 2012 Dispõe sobre a composição, o funcionamento e as atribuições dos Comitês Gestores do Código

Leia mais

PROCESSO SELETIVO Nº 001/2015-DP/4

PROCESSO SELETIVO Nº 001/2015-DP/4 ESTADO DO MARANHÃO SECRETARIA DE ESTADO DA SEGURANÇA PÚBLICA POLÍCIA MILITAR DO MARANHÃO DIRETORIA DE PESSOAL Av. Jerônimo de Albuquerque, s/n, Calhau, CEP.: 65.074-220, Fone: (98) 3227-4088 PROCESSO SELETIVO

Leia mais

Dispõe sobre a recepção, pelos Oficiais de Registro Civil das Pessoas Naturais, de indicações

Dispõe sobre a recepção, pelos Oficiais de Registro Civil das Pessoas Naturais, de indicações PROVIMENTO N.º 16 Dispõe sobre a recepção, pelos Oficiais de Registro Civil das Pessoas Naturais, de indicações de supostos pais de pessoas que já se acharem registradas sem paternidade estabelecida, bem

Leia mais

Ministério Público Federal Procuradoria da República em Pernambuco

Ministério Público Federal Procuradoria da República em Pernambuco Inquérito Civil Público n. º 1.26.000.002238/2010-98 Promoção de Arquivamento nº 599-2013/MPF/PRPE/AT PROMOÇÃO Cuida-se de inquérito civil público instaurado nesta Procuradoria da República, com o intuito

Leia mais

Espelho Penal Peça. Endereçamento correto da interposição 1ª Vara Criminal do Município X 0 / 0,25

Espelho Penal Peça. Endereçamento correto da interposição 1ª Vara Criminal do Município X 0 / 0,25 Espelho Penal Peça O examinando deve redigir uma apelação, com fundamento no artigo 593, I, do Código de Processo Penal. A petição de interposição deve ser endereçada ao juiz de direito da 1ª vara criminal

Leia mais

I PARTE (SERVIÇOS DIÁRIOS) II PARTE (ENSINO E INSTRUÇÃO) III PARTE (ASSUNTOS GERAIS E ADMINISTRATIVOS)

I PARTE (SERVIÇOS DIÁRIOS) II PARTE (ENSINO E INSTRUÇÃO) III PARTE (ASSUNTOS GERAIS E ADMINISTRATIVOS) GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ SECRETARIA DE ESTADO DE SEGURANÇA PÚBLICA E DEFESA SOCIAL POLÍCIA MILITAR DO PARÁ AJUDÂNCIA GERAL ADITAMENTO AO BG Nº 025 05 FEV 2013 Para conhecimento dos Órgãos subordinados

Leia mais

I PARTE (SERVIÇOS DIÁRIOS) II PARTE (INSTRUÇÃO) III PARTE (ASSUNTOS GERAIS E ADMINISTRATIVOS)

I PARTE (SERVIÇOS DIÁRIOS) II PARTE (INSTRUÇÃO) III PARTE (ASSUNTOS GERAIS E ADMINISTRATIVOS) , GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ SECRETARIA DE ESTADO DE SEGURANÇA PÚBLICA POLÍCIA MILITAR DO PARÁ AJUDÂNCIA GERAL ADIT. AO BOLETIM GERAL Nº 213 12 NOV 2009 Para conhecimento dos Órgãos subordinados e execução,

Leia mais

I PARTE (SERVIÇOS DIÁRIOS) II PARTE (ENSINO E INSTRUÇÃO) III PARTE (ASSUNTOS GERAIS E ADMINISTRATIVOS)

I PARTE (SERVIÇOS DIÁRIOS) II PARTE (ENSINO E INSTRUÇÃO) III PARTE (ASSUNTOS GERAIS E ADMINISTRATIVOS) GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ SECRETARIA DE ESTADO DE SEGURANÇA PÚBLICA E DEFESA SOCIAL POLÍCIA MILITAR DO PARÁ AJUDÂNCIA GERAL ADITAMENTO AO BG Nº 222 05 DE DEZEMBRO DE 2013 Para conhecimento dos Órgãos subordinados

Leia mais

Quartel em Mossoró/RN, 18 de junho de 2015 BOLETIM INTERNO Nº 107. Para o conhecimento desta Unidade e devida execução, publico o seguinte:

Quartel em Mossoró/RN, 18 de junho de 2015 BOLETIM INTERNO Nº 107. Para o conhecimento desta Unidade e devida execução, publico o seguinte: ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE SECRETARIA DE ESTADO DA SEGURANÇA PÚBLICA E DA DEFESA SOCIAL POLÍCIA MILITAR COMANDO DE POLICIAMENTO DO INTERIOR COMANDO DE POLICIAMENTO REGIONAL 2º BATALHÃO DE POLÍCIA MILITAR

Leia mais

PROCEDIMENTO DA DILIGÊNCIAS INVESTIGATÓRIAS ART. 6º E 7º

PROCEDIMENTO DA DILIGÊNCIAS INVESTIGATÓRIAS ART. 6º E 7º PROCEDIMENTO DA AUTORIDADE POLICIAL DILIGÊNCIAS INVESTIGATÓRIAS ART. 6º E 7º DILIGÊNCIAS INVESTIGATÓRIAS CONHECIMENTO DA NOTITIA CRIMINIS delegado deve agir de acordo comoart.6º e 7º do CPP, (não exaustivo

Leia mais

JOSE BRAULIO BRITO MAIA MINISTERIO PUBLICO A C Ó R D Ã O

JOSE BRAULIO BRITO MAIA MINISTERIO PUBLICO A C Ó R D Ã O APELAÇÃO CRIMINAL. CRIME CONTRA O PATRIMÔNIO. ESTELIONATO. RECONHECIMENTO DA PRESCRIÇÃO DA PRETENSÃO PUNITIVA DO ESTADO PELA PENA EM CONCRETO. RECURSO DEFENSIVO PREJUDICADO. Transcorridos mais de 04 (quatro)

Leia mais

REGIMENTO INTERNO CAPÍTULO I. Da Finalidade

REGIMENTO INTERNO CAPÍTULO I. Da Finalidade REGIMENTO INTERNO CAPÍTULO I Da Finalidade Art. 1ª Fica instituído o Regimento Interno da da Universidade Federal do Vale do São Francisco - UNIVASF, em conformidade com o Decreto nº. 6.029 de 1º de fevereiro

Leia mais

ESTADO DE MATO GROSSO PODER JUDICIÁRIO COMARCA DE BARRA DO GARÇAS GABINETE DA SEGUNDA VARA CRIMINAL S E N T E N Ç A

ESTADO DE MATO GROSSO PODER JUDICIÁRIO COMARCA DE BARRA DO GARÇAS GABINETE DA SEGUNDA VARA CRIMINAL S E N T E N Ç A Código: 170741 Autor: Ministério Público Estadual Réu: Eldo Barbosa S E N T E N Ç A 1. Relatório O Ministério Público estadual ofereceu denúncia, fls. 05/08, contra Eldo Barbosa, por supostamente ter infringido

Leia mais

Origem : 01920050029000 Machadinho do Oeste/RO (1ª Vara Criminal)

Origem : 01920050029000 Machadinho do Oeste/RO (1ª Vara Criminal) TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE RONDÔNIA Câmara Criminal Data de distribuição :31/07/2007 Data de julgamento :25/09/2008 100.019.2005.002900-0 Apelação Criminal Origem : 01920050029000 Machadinho do Oeste/RO (1ª

Leia mais

Tribunal de Justiça do Distrito Federal

Tribunal de Justiça do Distrito Federal Tribunal de Justiça do Distrito Federal Circunscrição :4 - GAMA Processo :2011.04.1.003085-4 Vara : 11 - TRIBUNAL DO JÚRI E VARA DOS DELITOS DE TRÂNSITO DO GAMA Autos nº: 2011.04.1.003085-4 AUTORA: JUSTIÇA

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo Registro: 2015.0000927737 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos do Apelação nº 0009206-77.2014.8.26.0477, da Comarca de Praia Grande, em que é apelante MARCEL BARBOSA LOPES, é apelado MINISTÉRIO

Leia mais

A C Ó R D Ã O Nº 70067495689 (Nº CNJ: 0434946-98.2015.8.21.7000) COMARCA DE PORTO ALEGRE AGRAVANTE LUIS FERNANDO MARTINS OLIVEIRA

A C Ó R D Ã O Nº 70067495689 (Nº CNJ: 0434946-98.2015.8.21.7000) COMARCA DE PORTO ALEGRE AGRAVANTE LUIS FERNANDO MARTINS OLIVEIRA AGRAVO DE INSTRUMENTO. MANDADO DE SEGURANÇA. SERVIDOR PÚBLICO. DELEGADO DE POLÍCIA. AFASTAMENTO PREVENTIVO DO CARGO. REQUISITOS PARA A MEDIDA LIMINAR. 1. A concessão de medida liminar em mandado de segurança

Leia mais

PROVIMENTO Nº 09/2012/CGJUS/TO. A CORREGEDORA-GERAL DA JUSTIÇA DO ESTADO DO TOCANTINS, no uso de suas atribuições legais e regimentais,

PROVIMENTO Nº 09/2012/CGJUS/TO. A CORREGEDORA-GERAL DA JUSTIÇA DO ESTADO DO TOCANTINS, no uso de suas atribuições legais e regimentais, PROVIMENTO Nº 09/2012/CGJUS/TO Dispõe sobre a recepção, pelos Oficiais de Registro Civil das Pessoas Naturais, de indicações de supostos pais de pessoas registradas sem paternidade estabelecida, bem como

Leia mais

ADITAMENTO BOLETIM GERAL

ADITAMENTO BOLETIM GERAL Polícia Militar do Pará Comando Geral Ajudância Geral ADITAMENTO BOLETIM GERAL Belém Pará 19 ABR 2002 Adit. ao BG Nº 073 Para conhecimento dos Órgãos subordinados e execução, publico o seguinte: I PARTE

Leia mais

I miii mil mu mu mu um um mu mi nu *D?7fi3RR9*

I miii mil mu mu mu um um mu mi nu *D?7fi3RR9* TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE SÃO PAULO ACÓRDÃO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE SÃO PAULO ACÓRDÃO/DECISÃO MONOCRÁTICA REGISTRADO(A) SOB N I miii mil mu mu mu um um mu mi nu *D?7fi3RR9* Vistos, relatados e discutidos estes

Leia mais

I PARTE (SERVIÇOS DIÁRIOS) II PARTE (ENSINO E INSTRUÇÃO) III PARTE (ASSUNTOS GERAIS E ADMINISTRATIVOS)

I PARTE (SERVIÇOS DIÁRIOS) II PARTE (ENSINO E INSTRUÇÃO) III PARTE (ASSUNTOS GERAIS E ADMINISTRATIVOS) GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ SECRETARIA DE ESTADO DE SEGURANÇA PÚBLICA E DEFESA SOCIAL POLÍCIA MILITAR DO PARÁ AJUDÂNCIA GERAL ADITAMENTO AO BG Nº 064 03 ABR 2012 Para conhecimento dos Órgãos subordinados

Leia mais

Vistos. É o relatório. Decido.

Vistos. É o relatório. Decido. Vistos O membro do Ministério Público Estadual apresentou exordial acusatória em face de WANDERSON BRITO PINTO, devidamente qualificado nos autos epigrafados, em razão dos fatos descritos na peça inicial,

Leia mais

RECURSO EXTRAORDINÁRIO Nº 270.379-6 MATO GROSSO DO SUL

RECURSO EXTRAORDINÁRIO Nº 270.379-6 MATO GROSSO DO SUL RELATOR: MIN. MAURÍCIO CORRÊA RECORRENTES: EDINA DA SILVA SOUZA OU EDNA DA SILVA SOUZA E OUTRO ADVOGADOS: LUZ EDUARDO GREENHALGH E OUTROS RECORRIDO: LIBERO MONTEIRO DE LIMA ADVOGADO: RENÊ SIUFI RECORRIDA:

Leia mais

BOLETIM INTERNO Nº. 078 Nova Cruz/RN, 28 de abril de 2014. (segunda-feira)

BOLETIM INTERNO Nº. 078 Nova Cruz/RN, 28 de abril de 2014. (segunda-feira) Confere ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE 001 SECRETARIA DE ESTADO DA DEFESA SOCIAL POLÍCIA MILITAR QUARTEL DO 8º BPM BOLETIM INTERNO Nº. 078 Nova Cruz/RN, 28 de abril de 2014. (segunda-feira) COMANDANTE DO

Leia mais

BOLETIM INTERNO Nº. 102 Nova Cruz/RN, 01 de junho de 2015 (segunda-feira)

BOLETIM INTERNO Nº. 102 Nova Cruz/RN, 01 de junho de 2015 (segunda-feira) ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE SECRETARIA DE ESTADO DA DEFESA SOCIAL POLÍCIA MILITAR COMANDO DO POLICIAMENTO DO INTERIOR QUARTEL DO 8º BPM BOLETIM INTERNO Nº. 102 Nova Cruz/RN, 01 de junho de 2015 (segunda-feira)

Leia mais

Ação Institucional. Atividades associadas a criança/adolescente. Fluxo. Fatos concretos. Referência legal. Decisão

Ação Institucional. Atividades associadas a criança/adolescente. Fluxo. Fatos concretos. Referência legal. Decisão Ação Institucional Atividades associadas a criança/adolescente Fluxo Fatos concretos Referência legal Decisão Ações junto as famílias e comunidade Observações Indicação externa Alerta para guia (Curto-circuito)

Leia mais

PROCURADORIA-GERAL DO TRABALHO CÂMARA DE COORDENAÇÃO E REVISÃO

PROCURADORIA-GERAL DO TRABALHO CÂMARA DE COORDENAÇÃO E REVISÃO ORIGEM: PRT 12ª Região ORGÃO OFICIANTE: Cristiane Kraemer Gehlen Caravieri INTERESSADO 1: 1ª Vara do Trabalho de Florianópolis INTERESSADO 2: ACS S/A Eletrônica e Comunicações e outros ASSUNTO: 3.2.3.

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo Número de Ordem Pauta Não informado Registro: 2011.0000029051 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos do Apelação nº 0010102-10.2007.8.26.0302, da Comarca de Jaú, em que é apelante ROMILDO SEGUNDO

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE PERNAMBUCO Conselho da Magistratura PROVIMENTO N 01/2007 (DOE 18/05/07)

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE PERNAMBUCO Conselho da Magistratura PROVIMENTO N 01/2007 (DOE 18/05/07) PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE PERNAMBUCO Conselho da Magistratura PROVIMENTO N 01/2007 (DOE 18/05/07) EMENTA: Orienta os juízes sobre a competência do Juizado de Violência Doméstica

Leia mais

P-1 BOLETIM INTERNO N.º 112. Mossoró/RN, em 18 de Junho de 2015. (Quinta-feira)

P-1 BOLETIM INTERNO N.º 112. Mossoró/RN, em 18 de Junho de 2015. (Quinta-feira) RIO GRANDE DO NORTE SECRETARIA DE ESTADO DA SEGURANÇA PÚBLICA E DA DEFESA SOCIAL POLÍCIA MILITAR QUARTEL DO COMANDO GERAL 12º BATALHÃO DE POLÍCIA MILITAR 01 P-1 BOLETIM INTERNO N.º 112 Mossoró/RN, em 18

Leia mais

Supremo Tribunal Federal

Supremo Tribunal Federal AÇÃO CÍVEL ORIGINÁRIA 2.479 RIO DE JANEIRO RELATOR AUTOR(A/S)(ES) PROC.(A/S)(ES) RÉU(É)(S) PROC.(A/S)(ES) : MIN. ROBERTO BARROSO :MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL :PROCURADOR-GERAL DA REPÚBLICA :MINISTÉRIO PÚBLICO

Leia mais

CONSELHO NACIONAL DO MINISTÉRIO PÚBLICO. (Alterada pelas Resoluções nº 65/2011 e 98/2013) RESOLUÇÃO Nº 20, DE 28 DE MAIO DE 2007.

CONSELHO NACIONAL DO MINISTÉRIO PÚBLICO. (Alterada pelas Resoluções nº 65/2011 e 98/2013) RESOLUÇÃO Nº 20, DE 28 DE MAIO DE 2007. CONSELHO NACIONAL DO MINISTÉRIO PÚBLICO (Alterada pelas Resoluções nº 65/2011 e 98/2013) RESOLUÇÃO Nº 20, DE 28 DE MAIO DE 2007. Regulamenta o art. 9º da Lei Complementar nº 75, de 20 de maio de 1993 e

Leia mais

1ª PARTE: SERVIÇOS DIÁRIOS SERVIÇOS PARA O DIA 21NOV2006 (TERÇA-FEIRA) 2ª PARTE INSTRUÇÃO SEM ALTERAÇÃO

1ª PARTE: SERVIÇOS DIÁRIOS SERVIÇOS PARA O DIA 21NOV2006 (TERÇA-FEIRA) 2ª PARTE INSTRUÇÃO SEM ALTERAÇÃO - GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ SECRETARIA ESPECIAL DE DEFESA SOCIAL CORPO DE BOMBEIROS MILITAR AJUDÂNCIA GERAL BELÉM-PARÁ 20 DE NOVEMBRO DE 2006. BOLETIM GERAL Nº 203 Para conhecimento dos órgãos subordinados

Leia mais

RESOLUÇÃO N ^ /2006 Ia CÂMARA SESSÃO DE 17/07/2006

RESOLUÇÃO N ^ /2006 Ia CÂMARA SESSÃO DE 17/07/2006 PROC: 1/004193/2004 \ AL: 1/200410475 ESTADO DO CEARA SECRETARIA DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS TRIBUTÁRIOS RESOLUÇÃO N ^ /2006 Ia CÂMARA SESSÃO DE 17/07/2006 PROCESSO DE RECURSO N 1/004193/2004 AUTO

Leia mais

ESTADO DO CEARÁ SECRETARIA DA FAZENDA Contencioso Administrativo Tributário Conselho de RecursosTributários 1a Câmara de Julgamento

ESTADO DO CEARÁ SECRETARIA DA FAZENDA Contencioso Administrativo Tributário Conselho de RecursosTributários 1a Câmara de Julgamento / I PROCESSO: 1/1115/2006 ESTADO DO CEARÁ SECRETARIA DA FAZENDA Contencioso Administrativo Tributário Conselho de RecursosTributários 1a Câmara de Julgamento ReSOlução N0. 15f'/2007 Sessão: 34a Sessão

Leia mais

Nota informativa CÓDIGO DE PROCESSO PENAL - alterações

Nota informativa CÓDIGO DE PROCESSO PENAL - alterações Nota informativa CÓDIGO DE PROCESSO PENAL - alterações DGAJ/DSAJ/DF - 2013 Direção-Geral da Administração da Justiça CÓDIGO DE PROCESSO PENAL - alterações LEI N.º 20/2013, DE 21 DE FEVEREIRO Entram em

Leia mais

PROCURADORIA-GERAL DO TRABALHO CÂMARA DE COORDENAÇÃO E REVISÃO

PROCURADORIA-GERAL DO TRABALHO CÂMARA DE COORDENAÇÃO E REVISÃO ORIGEM: PRT da 08ª Região ORGÃO OFICIANTE: Dra. Rejane de Barros Meireles Alves INTERESSADO 1: Superintendência Regional do Trabalho e Emprego/PA. INTERESSADO 2: Raimundo Teixeira Maia ASSUNTOS: EXPLORAÇÃO

Leia mais

TRIBUNAL CRIMINAL DA COMARCA DE LISBOA 1º JUÍZO-2ª SECÇÃO

TRIBUNAL CRIMINAL DA COMARCA DE LISBOA 1º JUÍZO-2ª SECÇÃO 1 - RELATÓRIO Nos presentes autos de processo comum, com intervenção do Tribunal Singular, o Ministério Público deduziu acusação contra Maria Silva, nascida a 11 de Setembro de 1969, natural de Coimbra,

Leia mais

I PARTE (SERVIÇOS DIÁRIOS) II PARTE (ENSINO E INSTRUÇÃO) III PARTE (ASSUNTOS GERAIS E ADMINISTRATIVOS)

I PARTE (SERVIÇOS DIÁRIOS) II PARTE (ENSINO E INSTRUÇÃO) III PARTE (ASSUNTOS GERAIS E ADMINISTRATIVOS) GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ SECRETARIA DE ESTADO DE SEGURANÇA PÚBLICA E DEFESA SOCIAL POLÍCIA MILITAR DO PARÁ AJUDÂNCIA GERAL ADITAMENTO AO BG Nº 037 24 FEV 2012 Para conhecimento dos Órgãos subordinados

Leia mais

P-1 BOLETIM INTERNO N.º 042. Mossoró/RN, em 05 de março de 2015. (Quarta-feira)

P-1 BOLETIM INTERNO N.º 042. Mossoró/RN, em 05 de março de 2015. (Quarta-feira) RIO GRANDE DO NORTE SECRETARIA DE ESTADO DA SEGURANÇA PÚBLICA E DA DEFESA SOCIAL POLÍCIA MILITAR QUARTEL DO COMANDO GERAL 12º BATALHÃO DE POLÍCIA MILITAR 01 P-1 BOLETIM INTERNO N.º 042 Mossoró/RN, em 05

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO ELEITORAL PROCURADORIA REGIONAL ELEITORAL NO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE

MINISTÉRIO PÚBLICO ELEITORAL PROCURADORIA REGIONAL ELEITORAL NO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE EXCELENTÍSSIMO(A) SENHOR(A) RELATOR(A): Inquérito policial n. 27-65.2013.6.20.0000 (IP 011/2013). Relator: Desembargador Amílcar Maia. Autor: MINISTÉRIO PÚBLICO ELEITORAL. Denunciados: Lucicleide Ferreira

Leia mais

Conselho Nacional de Justiça Corregedoria PROVIMENTO Nº 12

Conselho Nacional de Justiça Corregedoria PROVIMENTO Nº 12 Conselho Nacional de Justiça Corregedoria PROVIMENTO Nº 12 O Corregedor Nacional de Justiça, Ministro Gilson Dipp, no uso de suas atribuições legais e regimentais, CONSIDERANDO que durante as inspeções

Leia mais

I PARTE (SERVIÇOS DIÁRIOS) II PARTE (INSTRUÇÃO) III PARTE (ASSUNTOS GERAIS E ADMINISTRATIVOS)

I PARTE (SERVIÇOS DIÁRIOS) II PARTE (INSTRUÇÃO) III PARTE (ASSUNTOS GERAIS E ADMINISTRATIVOS) GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ SECRETARIA DE ESTADO DE SEGURANÇA PÚBLICA POLÍCIA MILITAR DO PARÁ AJUDÂNCIA GERAL ADIT. AO BOLETIM GERAL Nº 018 26 JAN 2011 Para conhecimento dos Órgãos subordinados e execução,

Leia mais

EMENTA PENAL. DIREÇÃO DE VEÍCULO AUTOMOTOR SEM HABILITAÇÃO. MANOBRAS IRREGULARES. POTENCIALIDADE DE DANO. RESULTADO NATURALÍSTICO INEXIGÍVEL.

EMENTA PENAL. DIREÇÃO DE VEÍCULO AUTOMOTOR SEM HABILITAÇÃO. MANOBRAS IRREGULARES. POTENCIALIDADE DE DANO. RESULTADO NATURALÍSTICO INEXIGÍVEL. Órgão : 1ª Turma Recursal dos Juizados Especiais Cíveis e Criminais Classe : APJ Apelação Criminal no Juizado Especial Nº Processo: 2007.09.1.007157-3 Apelante : MARTINHO DE JESUS FONSECA Apelante : MINISTÉRIO

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO - 4ª REGIÃO RIO GRANDE DO SUL Fl. 1. 4ª Vara do Trabalho de Novo Hamburgo

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO - 4ª REGIÃO RIO GRANDE DO SUL Fl. 1. 4ª Vara do Trabalho de Novo Hamburgo Fl. 1 Processo: 0000928-90.2011.5.04.0304 Natureza: Reclamatória-Ordinário Origem: Reclamante: Alissandro da Soller Reclamada: Fundação de Saúde Pública de Novo Hamburgo- FSNH VISTOS, ETC. Alissandro da

Leia mais

Ato Normativo nº. 473-CPJ, de 27 de julho de 2006. (pt. nº. 3.556/06)

Ato Normativo nº. 473-CPJ, de 27 de julho de 2006. (pt. nº. 3.556/06) Ato Normativo nº. 473-CPJ, de 27 de julho de 2006 (pt. nº. 3.556/06) Constitui, na comarca da Capital, o Grupo de Atuação Especial de Inclusão Social, e dá providências correlatas. O Colégio de Procuradores

Leia mais

INDICE 1 APURAÇÃO DE IRREGULARIDADES...2

INDICE 1 APURAÇÃO DE IRREGULARIDADES...2 INDICE 1 APURAÇÃO DE IRREGULARIDADES...2 1-1 DO PROCESSO ADMINISTRATIVO...2 1-2 - DO PROCESSO ADMINISTRATIVO DISCIPLINAR RITO SUMÁRIO...2 1-3 INSTRUÇÃO DOS PROCESSOS...3 1-4 - DA PRORROGAÇÃO DO PRAZO...4

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 5.ª REGIãO Gabinete do Desembargador Federal Marcelo Navarro

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 5.ª REGIãO Gabinete do Desembargador Federal Marcelo Navarro APELAÇÃO CRIMINAL (ACR) Nº 12020/ (2007.84.00.002040-8) RELATÓRIO O Senhor DESEMBARGADOR FEDERAL MARCELO NAVARRO: Cuida-se de apelação criminal interposta pelo Ministério Público Federal contra sentença

Leia mais

I PARTE (SERVIÇOS DIÁRIOS) II PARTE (ENSINO E INSTRUÇÃO) III PARTE (ASSUNTOS GERAIS E ADMINISTRATIVOS)

I PARTE (SERVIÇOS DIÁRIOS) II PARTE (ENSINO E INSTRUÇÃO) III PARTE (ASSUNTOS GERAIS E ADMINISTRATIVOS) GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ SECRETARIA DE ESTADO DE SEGURANÇA PÚBLICA E DEFESA SOCIAL POLÍCIA MILITAR DO PARÁ AJUDÂNCIA GERAL ADITAMENTO AO BG Nº 104 05 DE JUNHO DE 2014 Para conhecimento dos Órgãos subordinados

Leia mais

RIO GRANDE DO NORTE SECRETARIA DA TRIBUTAÇÃO CONSELHO DE RECURSOS FISCAIS

RIO GRANDE DO NORTE SECRETARIA DA TRIBUTAÇÃO CONSELHO DE RECURSOS FISCAIS RIO GRANDE DO NORTE SECRETARIA DA TRIBUTAÇÃO CONSELHO DE RECURSOS FISCAIS PROCESSO Nº : 0213/2013-CRF PAT Nº : 0535/2013-6ªURT RECURSO : EX OFFICIO RECORRENTE : SECRETARIA DE ESTADO DA TRIBUTAÇÃO/RN RECORRIDO

Leia mais

TRIBUNAL MARÍTIMO PROCESSO Nº 17.994/98 ACÓRDÃO

TRIBUNAL MARÍTIMO PROCESSO Nº 17.994/98 ACÓRDÃO TRIBUNAL MARÍTIMO PROCESSO Nº 17.994/98 ACÓRDÃO N/M BETELGEUSE. Não configurada a ocorrência de acidente e/ou fato da navegação elencados na Lei nº 2.180/54. Infração ao artigo 378 do RTM. Arquivamento.

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL. Justiça do Trabalho - 2ª Região 04ª VARA DO TRABALHO DE OSASCO. Processo nº 0000080-14.2011.5.02.0384

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL. Justiça do Trabalho - 2ª Região 04ª VARA DO TRABALHO DE OSASCO. Processo nº 0000080-14.2011.5.02.0384 Aos 09 dias do mês de agosto de 2013, às 09:00 horas, na sala de audiências desta Vara do Trabalho, sob a minha presença, Dr. Leonardo Grizagoridis da Silva, Juiz do Trabalho Substituto, foram apregoados

Leia mais

PROVIMENTO N 001/2003 CGJ

PROVIMENTO N 001/2003 CGJ PROVIMENTO N 001/2003 CGJ Estabelece normas de serviço acerca dos Procedimentos de Registro de Nascimento, Casamento e Óbito de Brasileiros ocorridos em País Estrangeiro, bem como o traslado das certidões

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO 1ª Central de Inquéritos Policiais 23ª Promotoria de Investigação Penal DENÚNCIA

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO 1ª Central de Inquéritos Policiais 23ª Promotoria de Investigação Penal DENÚNCIA EXMO. SR. DR. JUIZ DE DIREITO DA 35ª VARA CRIMINAL DO FORO DA COMARCA DA CAPITAL - RIO DE JANEIRO. Processo n.º 0271912-17.2013.8.19.0001 Inquérito Policial nº.: 015/027/2013. Origem: Divisão de Homicídios

Leia mais

PODER J II DlCIARIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO. Corregedoria Gerai da Justiça Processo n 2573/2000 - pág. no 1

PODER J II DlCIARIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO. Corregedoria Gerai da Justiça Processo n 2573/2000 - pág. no 1 PODER J II DlCIARIO Corregedoria Gerai da Justiça Processo n 2573/2000 - pág. no 1 PROVIMENTO N CG 32/2000 o Desembargador Luís de Macedo, Corregedor Geral da Justiça do Estado de São Paulo, no uso de

Leia mais

AUTOS N. 2008.61.81.002808-6

AUTOS N. 2008.61.81.002808-6 EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ FEDERAL DA 6ªVARA CRIMINAL FEDERAL DA 1ª SUBSEÇÃO JUDICIÁRIA DE SÃO PAULO AUTOS N. 2008.61.81.002808-6 O MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL, por sua Procuradora da República que

Leia mais

ATO DO DIRETOR-GERAL Nº 1516, DE 2005

ATO DO DIRETOR-GERAL Nº 1516, DE 2005 ATO DO DIRETOR-GERAL Nº 1516, DE 2005 Estabelece as competências da Secretaria de Segurança Legislativa do Senado Federal e das Subsecretarias e Serviços a ela subordinados. O DIRETOR-GERAL DO SENADO FEDERAL,

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PROCURADORIA-GERAL DO ESTADO PROCURADORIA DISCIPLINAR E DE PROBIDADE ADMINISTRATIVA

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PROCURADORIA-GERAL DO ESTADO PROCURADORIA DISCIPLINAR E DE PROBIDADE ADMINISTRATIVA PARECER Nº 14.999 PROCESSO ADMINISTRATIVO- DISCIPLINAR. PROFESSORA. FALTA DISCIPLINAR CAPITULADA NAS DISPOSIÇÕES DO ARTIGO 177, INCISOS I, III E V, ARTIGO 178, INCISO XXIV, E ARTIGO 191, INCISOS I, III,

Leia mais

Vistos, relatados e discutidos os autos deste Processo, etc...

Vistos, relatados e discutidos os autos deste Processo, etc... Processo nº 0126452009-3 Acórdão nº 059/2012 Recurso HIE/VOL/CRF-427/2010 1ª RECORRENTE: GERÊNCIA EXECUTIVA DE JULGAMENTO DE PROCESSOS FISCAIS GEJUP 1ª RECORRIDA: LOJAS PRIMAVERA COMÉRCIO DE MÓVEIS LTDA.

Leia mais

Tropa de Elite - Polícia Militar Legislação da Polícia Militar Parte 05 Wagner Gomes

Tropa de Elite - Polícia Militar Legislação da Polícia Militar Parte 05 Wagner Gomes Tropa de Elite - Polícia Militar Legislação da Polícia Militar Parte 05 Wagner Gomes 2012 Copyright. Curso Agora eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. PROMOÇÃO CONCEITO: O acesso na hierarquia

Leia mais

Ministério Público do Estado de Mato Grosso 15ª Promotoria Criminal Especializada no Combate à Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher

Ministério Público do Estado de Mato Grosso 15ª Promotoria Criminal Especializada no Combate à Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher A história da mulher é a história da pior tirania que o mundo conheceu: a tirania do mais forte sobre o mais fraco. 1 EXCELENTÍSSIMA JUÍZA DE DIREITO DA 1ª VARA ESPECIALIZADA DE VIOLÊNCIA DOMÉSTICA E FAMILIAR

Leia mais

1. PETIÇÃO INICIAL RECLAMAÇÃO TRABALHISTA.

1. PETIÇÃO INICIAL RECLAMAÇÃO TRABALHISTA. 1. PETIÇÃO INICIAL RECLAMAÇÃO TRABALHISTA. Fundamento legal: Art. 840 CLT Subsidiariamente: 282 do CPC. Partes: Reclamante (autor), Reclamada (ré). Excelentíssimo Senhor Doutor Juiz do Trabalho da ª Vara

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO DO TRABALHO PROCURADORIA GERAL CÂMARA DE COORDENAÇÃO E REVISÃO

MINISTÉRIO PÚBLICO DO TRABALHO PROCURADORIA GERAL CÂMARA DE COORDENAÇÃO E REVISÃO PROCESSO CCR/PP/249/2013 MINISTÉRIO PÚBLICO DO TRABALHO ORIGEM: PTM DE SANTARÉM/PA PRT DA 8ª REGIÃO PROCURADOR OFICIANTE: DR. VITOR BAUER FERREIRA DE SOUZA INTERESSADO 1: ALFA SUPERMERCADO LTDA INTERESSADO

Leia mais

GoVERNO DO EsTADO DO CEARÁ Secretaria da Fazenda, CONTENCIOSO ADMINISTRATIVO TRIBUTARIO CONSELHO DE RECURSOS TRIBUTÁRIOS

GoVERNO DO EsTADO DO CEARÁ Secretaria da Fazenda, CONTENCIOSO ADMINISTRATIVO TRIBUTARIO CONSELHO DE RECURSOS TRIBUTÁRIOS "'.- GoVERNO DO EsTADO DO CEARÁ Secretaria da Fazenda, CONTENCIOSO ADMINISTRATIVO TRIBUTARIO CONSELHO DE RECURSOS TRIBUTÁRIOS Resolução N ~1168 Sessão: 211 a Ordinária de 12 de Novembro de 2007. Processo

Leia mais

P-1 BOLETIM INTERNO N.º 179. Mossoró/RN, em 22 de Setembro de 2015. (Terça-feira)

P-1 BOLETIM INTERNO N.º 179. Mossoró/RN, em 22 de Setembro de 2015. (Terça-feira) RIO GRANDE DO NORTE SECRETARIA DE ESTADO DA SEGURANÇA PÚBLICA E DA DEFESA SOCIAL POLÍCIA MILITAR QUARTEL DO COMANDO GERAL 12º BATALHÃO DE POLÍCIA MILITAR 01 P-1 BOLETIM INTERNO N.º 179 Mossoró/RN, em 22

Leia mais

MINISTÉRIO DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS, DE PREVIDÊNCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAÇÃO RELATÓRIO

MINISTÉRIO DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS, DE PREVIDÊNCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAÇÃO RELATÓRIO MINISTÉRIO DA FAZENDA CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS, DE PREVIDÊNCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAÇÃO Recurso n2 5.550 - CRSNSP Processo n2 15414.005009/2005-35- SUSEP Recorrente

Leia mais

Tribunal de Justiça do Estado de Goiás

Tribunal de Justiça do Estado de Goiás 1 APELAÇÃO CRIMINAL Nº 512212-28.2009.8.09.0107(200995122121) COMARCA DE MORRINHOS APELANTE : VIBRAIR MACHADO DE MORAES APELADO : MINISTÉRIO PÚBLICO RELATOR : Des. LUIZ CLÁUDIO VEIGA BRAGA RELATÓRIO O

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 5.ª REGIÃO Gabinete da Desembargadora Federal Margarida Cantarelli

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 5.ª REGIÃO Gabinete da Desembargadora Federal Margarida Cantarelli R E L A T Ó R I O A Exmª Des. Federal MARGARIDA CANTARELLI (Relatora): Cuida-se de mandado de segurança impetrado pelo MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL contra decisão do Juízo da 8ª Vara Federal do Rio Grande

Leia mais

11175,1;.-.' - ESTADJDA-PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO GABINETE DO DES. NILO LUIS RAMALHO VIEIRA

11175,1;.-.' - ESTADJDA-PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO GABINETE DO DES. NILO LUIS RAMALHO VIEIRA ' -rr r * 11175,1;.-.' - ESTADJDA-PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO GABINETE DO DES. NILO LUIS RAMALHO VIEIRA ACÓRDÃO HABEAS CORPUS N 001.2006.001615-9/001 RELATOR: Des. Nilo Luis Ramalho vieira IMPETRANTE: Francisco

Leia mais

CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS, DE PREVIDÊNCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAÇÃO.

CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS, DE PREVIDÊNCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAÇÃO. CONSELHO DE RECURSOS DO SISTEMA NACIONAL DE SEGUROS PRIVADOS, DE PREVIDÊNCIA PRIVADA ABERTA E DE CAPITALIZAÇÃO. Processo SUSEP n 10.006508/0 1-48 Recurso ao CRSNSP n 5745 Recorrente: Nelson Gregory Giaretta

Leia mais

Monitoramento de mídia digital Tribunal de Justiça de Pernambuco. Assunto: Veículo: Jornal do Commercio Data: 27/11/2012

Monitoramento de mídia digital Tribunal de Justiça de Pernambuco. Assunto: Veículo: Jornal do Commercio Data: 27/11/2012 Assunto: Veículo: Jornal do Commercio Data: 27/11/2012 Editoria: Caderno C Dia a Dia Assunto: TJPE nomeia novos servidores Veículo: diariodepernambuco.com.br Data: 08/01/2013 Editoria: TJPE nomeia novos

Leia mais

DIREITO PROCESSUAL PENAL IV

DIREITO PROCESSUAL PENAL IV AULA DIA 25/05/2015 Docente: TIAGO CLEMENTE SOUZA E-mail: tiago_csouza@hotmail.com DIREITO PROCESSUAL PENAL IV Procedimento Sumaríssimo (Lei 9.099/95) - Estabelece a possibilidade de conciliação civil,

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DA COMISSÃO DE ÉTICA

REGIMENTO INTERNO DA COMISSÃO DE ÉTICA REGIMENTO INTERNO DA COMISSÃO DE ÉTICA Artigo 1º A Comissão de Ética, pretende de maneira independente, imparcial, sigilosa e soberana, assegurar a apuração das representações, apresentadas pelos associados

Leia mais

=BOLETIM INTERNO N 101/13 - BPTran= PARA CONHECIMENTO DO BPTRAN E DEVIDA EXECUÇÃO, PUBLIQUE-SE O SEGUINTE:

=BOLETIM INTERNO N 101/13 - BPTran= PARA CONHECIMENTO DO BPTRAN E DEVIDA EXECUÇÃO, PUBLIQUE-SE O SEGUINTE: ESTADO DO AMAPÁ POLÍCIA MILITAR BATALHÃO DE POLICIAMENTO DE TRÂNSITO - BPTran QUARTEL EM MACAPÁ-AP 07 DE JUNHO DE 2013 6ª FEIRA =BOLETIM INTERNO N 101/13 - BPTran= PARA CONHECIMENTO DO BPTRAN E DEVIDA

Leia mais

P-1 BOLETIM INTERNO N.º 049. Mossoró/RN, em 16 de março de 2015. (Segunda-feira)

P-1 BOLETIM INTERNO N.º 049. Mossoró/RN, em 16 de março de 2015. (Segunda-feira) RIO GRANDE DO NORTE SECRETARIA DE ESTADO DA SEGURANÇA PÚBLICA E DA DEFESA SOCIAL POLÍCIA MILITAR QUARTEL DO COMANDO GERAL 12º BATALHÃO DE POLÍCIA MILITAR 01 P-1 BOLETIM INTERNO N.º 049 Mossoró/RN, em 16

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA. Boa Vista-RR, 24 de Junho de 2006 ANO IX - EDIÇÃO 3393 R$ 1,50 SECRETARIA DO TRIBUNAL PLENO. Assim, denego o pedido liminar.

TRIBUNAL DE JUSTIÇA. Boa Vista-RR, 24 de Junho de 2006 ANO IX - EDIÇÃO 3393 R$ 1,50 SECRETARIA DO TRIBUNAL PLENO. Assim, denego o pedido liminar. Boa Vista-RR, 24 de Junho de 2006 ANO IX - EDIÇÃO 3393 R$ 1,50 TRIBUNAL DE JUSTIÇA SECRETARIA DO TRIBUNAL PLENO Bel. ITAMAR LAMOUNIER Secretário do Tribunal Pleno PUBLICAÇÃO DE PAUTA PARA JULGAMENTO O

Leia mais

SINDICÂNCIA PATRIMONIAL

SINDICÂNCIA PATRIMONIAL SINDICÂNCIA PATRIMONIAL A sindicância patrimonial, assim como os demais procedimentos investigativos, conforma um procedimento inquisitorial, sigiloso, não contraditório e não punitivo, que visa colher

Leia mais

EMENTA EMENTA EMENTA. Representado: F. J. S. B.: RETENÇÃO DE AUTOS. comprovado que o representado foi intimado pessoalmente a devolver os autos,

EMENTA EMENTA EMENTA. Representado: F. J. S. B.: RETENÇÃO DE AUTOS. comprovado que o representado foi intimado pessoalmente a devolver os autos, Representada: R. R. T.: RETER ABUSIVAMENTE autos com vista, por advogado devidamente notificada, é infração passível de suspensão do exercício profissional. Infração prevista no artigo 34, inciso XXII,

Leia mais

ESTADO DO TOCANTINS PODER JUDICIÁRIO COMARCA DE PALMAS 3ª VARA CRIMINAL SENTENÇA I - RELATÓRIO

ESTADO DO TOCANTINS PODER JUDICIÁRIO COMARCA DE PALMAS 3ª VARA CRIMINAL SENTENÇA I - RELATÓRIO ESTADO DO TOCANTINS PODER JUDICIÁRIO COMARCA DE PALMAS 3ª VARA CRIMINAL PROCESSO Nº 5029091-33.2013.827.2729 SENTENÇA I - RELATÓRIO O Ministério Público denunciou João Batista Marques, brasileiro, casado,

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 5ª REGIÃO GABINETE DO DESEMBARGADOR FEDERAL PAULO MACHADO CORDEIRO

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 5ª REGIÃO GABINETE DO DESEMBARGADOR FEDERAL PAULO MACHADO CORDEIRO ACR 12760 AL (0007902-40.2007.4.05.8000) APTE : JOSEVAL REIS LIMA REPTE : DEFENSORIA PÚBLICA DA UNIÃO APDO : MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL ORIGEM : JUÍZO FEDERAL DA 4ª VARA AL (SENTENCIANTE: DR. SÉRGIO DE

Leia mais

GOL TRANSPORTES AÉREOS S.A

GOL TRANSPORTES AÉREOS S.A DECISÃO Agência Nacional de Aviação Civil - Brasil RELATÓRIO Trata-se de recurso interposto pela GOL TRANSPORTES AÉREOS S.A face à decisão proferida em primeira instância desta Agência, nos autos do processo

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO fls. 200 Registro: 2014.0000390320 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos de Agravo de Instrumento nº 2044896-12.2014.8.26.0000, da Comarca de Franca, em que é agravante MINISTÉRIO PÚBLICO

Leia mais

PERÍCIA AMBIENTAL CONCEITOS

PERÍCIA AMBIENTAL CONCEITOS PERÍCIA AMBIENTAL CONCEITOS PERÍCIA Exame realizado por técnico, ou pessoa de comprovada aptidão e idoneidade profissional, para verificar e esclarecer um fato, ou estado ou a estimação da coisa que é

Leia mais

IV - APELACAO CIVEL 374161 2000.50.01.011194-0

IV - APELACAO CIVEL 374161 2000.50.01.011194-0 RELATOR : DESEMBARGADOR FEDERAL GUILHERME COUTO DE CASTRO APELANTE : UNIAO FEDERAL APELADO : JOSÉ RODRIGUES PINHEIRO ADVOGADO : SONIA REGINA DALCOMO PINHEIRO ORIGEM : QUARTA VARA FEDERAL DE VITÓRIA (200050010111940)

Leia mais

COMISSÃO DE TRABALHO, DE ADMINISTRAÇÃO E SERVIÇO PÚBLICO - CTASP PROJETO DE LEI Nº 7920, DE 2014.

COMISSÃO DE TRABALHO, DE ADMINISTRAÇÃO E SERVIÇO PÚBLICO - CTASP PROJETO DE LEI Nº 7920, DE 2014. COMISSÃO DE TRABALHO, DE ADMINISTRAÇÃO E SERVIÇO PÚBLICO - CTASP PROJETO DE LEI Nº 7920, DE 2014. (Do Supremo Tribunal Federal) Acrescenta o inciso I ao 1º do artigo 4º da Lei nº 11.416, de 15 de dezembro

Leia mais

BOLETIM INTERNO Nº. 011 Natal/RN, 14 de Março de 2014. (Sexta-feira)

BOLETIM INTERNO Nº. 011 Natal/RN, 14 de Março de 2014. (Sexta-feira) BI Nº. 011 CIPGd 14 DE MARÇO DE 2014 56 RIO GRANDE DO NORTE SECRETARIA DE ESTADO DA SEGURANÇA PÚBLICA E DA DEFESA SOCIAL POLÍCIA MILITAR COMANDO DE POLICIAMENTO METROPOLITANO COMPANHIA INDEPENDENTE DE

Leia mais

DIREITO PENAL. Exame de Ordem 2009.2 Prova Prático-Profissional 1 PEÇA PROFISSIONAL

DIREITO PENAL. Exame de Ordem 2009.2 Prova Prático-Profissional 1 PEÇA PROFISSIONAL DIREITO PENAL PEÇA PROFISSIONAL José de Tal, brasileiro, divorciado, primário e portador de bons antecedentes, ajudante de pedreiro, nascido em Juazeiro BA, em 7/9/1938, residente e domiciliado em Planaltina

Leia mais

ADITAMENTO AO BOLETIM GERAL BELÉM PARÁ 03 MAI 2007 ADIT. AO BG Nº 082 Para conhecimento dos Órgãos subordinados e execução, publico o seguinte:

ADITAMENTO AO BOLETIM GERAL BELÉM PARÁ 03 MAI 2007 ADIT. AO BG Nº 082 Para conhecimento dos Órgãos subordinados e execução, publico o seguinte: Governo do Estado do Pará Secretaria Especial de Defesa Social ADITAMENTO AO BOLETIM GERAL BELÉM PARÁ 03 MAI 2007 ADIT. AO BG Nº 082 Para conhecimento dos Órgãos subordinados e execução, publico o seguinte:

Leia mais

Nas fls. 63/66; 68/69; 72; 78/79, foram ouvidas as denunciantes e as

Nas fls. 63/66; 68/69; 72; 78/79, foram ouvidas as denunciantes e as PARECER N.º 14.062 ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PROCESSO ADMINISTRATIVO-DISCIPLINAR. FUNCIONÁRIO PÚBLICO AUXILIAR PREVIDENCIÁRIA ACUSADA DE SOLICITAR EMPRÉSTIMO À PENSIONISTA, BEM COMO RECEBER EM SUA CONTA

Leia mais