Administração de Sistemas de Informações Gerenciais

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Administração de Sistemas de Informações Gerenciais"

Transcrição

1 O computador deve ser encarado como uma ferramenta de auxílio à resolução de problemas que podem ser de natureza cientifica, comercial ou qualquer outra. O hardware é a parte física do computador, ou seja, o conjunto de aparatos eletrônicos, peças e equipamentos que fazem o computador funcionar. Os computadores contemporâneos têm como característica a incapacidade de raciocínio, porém são dotados de uma enorme capacidade de executar instruções com alta velocidade e precisão. Ao conjunto destas instruções, denomina-se programa. Conceito chave Software é classificado como a parte lógica cuja função é fornecer instruções para o hardware. O software é constituído por todos os programas que existem para um referido sistema. Um programa de computador ou software (SW) é composto por uma sequência lógica de instruções, que é interpretada e executada por um processador. Um programa pode ser executado por qualquer dispositivo capaz de interpretar e executar as instruções de que é formado. O dispositivo mais conhecido que dispõe de um processador é o computador. Existem outras máquinas programáveis, como smartphones, máquinas de automação industrial, calculadoras, etc. Um programa é codificado através de uma linguagem de programação, ou instruções do processador. Qualquer computador moderno tem uma variedade de programas que fazem diversas tarefas. O software contém as instruções que são executadas pelo hardware, possibilitando obter uma das peculiaridades dos computadores, sua capacidade de executar diversos tipos diferentes de tarefa, pela substituição do programa em execução. A título de ilustração, usando o mesmo computador um atarefado mestrando pode controlar seu orçamento pessoal, manter a lista do supermercado, solicitar uma pizza e principalmente redigir a dissertação, simplesmente pela substituição do programa que utiliza. Os programas de computadores são desenvolvidos por pessoas com conhecimentos técnicos em programação de computadores, os programadores ou desenvolvedores. 1

2 Eles utilizam as linguagens de programação para criar os programas que serão aplicados para resolver os mais diversos tipos de problemas, daí a utilização do termo aplicativo como sinônimo para programa de computador ou software Sistemas Operacionais Conceito chave O sistema operacional (SO) é o programa principal de um computador, é através dele que ocorre a interação entre o Hardware e o Software. Ele funciona como um Gerente, ou seja, ele indica por onde e como serão gerenciadas as interações entre as duas partes distintas de um computador. Por exemplo, ao clicar no botão imprimir de algum aplicativo o sistema operacional ativa um comando que envia esta solicitação ao processador que por sua vez, envia esta solicitação a impressora. 2

3 MS-DOS Nos primórdios da computação pessoal, os IBM-PCs usavam o sistema MS-DOS, um SO com poucos recursos e difícil de ser usado por leigos, por funcionar na modalidade de linha de comandos. MS-DOS significa MicroSoft Disk Operating System (sistema operacional em disco da Microsoft). É um nome genérico do sistema operacional licenciado pela Microsoft Corporation para uso em vários microcomputadores de diferentes de fabricantes. Em seu papel de intermediário entre a CPU e um programa de aplicação, o MS-DOS executa tarefas importantes. Ele obtém o programa que você deseja executar e coloca-o em na memória RAM, além de ajudar o programa a executar as entradas e saídas. Quando o usuário comunica ao MS-DOS que deseja executar determinado programa, ele encontra o programa no disco, carrega-o em RAM e mostra à CPU o local do início do programa. Interpretadores de comandos são programas de computador responsáveis por tomar as ações efetivas conforme a orientação do usuário através de comunicação textual. Uma aplicação prática de um interpretador de comandos é a console de comandos, também chamado shell. Ela é uma interface textual que interpreta os comandos existentes em um sistema operacional e os envia ao núcleo exibindo posteriormente o resultado do processamento na tela Mac OS Enquanto a MS dominava o cenário dos sistemas operacionais para PCs com o MS-DOS, a Apple decidiu explorar uma nova abordagem: Graphical User Interface (GUI) ou interface gráfica do usuário. Um tipo de interface que permite a interação com dispositivos digitais através de elementos gráficos como ícones e outros indicadores visuais, em contraste a interface de linha de comando. 3

4 O Macintosh Operating System (Mac OS) é a de denominação de um sistema operacional padrão dos computadores Macintosh (Mac), a primeira versão foi lançada em Primeiro sistema gráfico amplamente usado em computadores a usar ícones para representar os itens do computador, como programas, pastas e documentos. Também foi pioneiro na disseminação do conceito de Desktop, uma mesa de trabalho com ícones de documentos, pastas e uma lixeira, em analogia ao ambiente de escritório. Até antes da versão 7.6, era apenas chamado System (ex.: System 4, System 7), da versão 7.6 em diante passou a ser chamado Mac OS. Até a versão 10.7, denominava-se Mac OS X. A partir da versão 10.8, removeu-se o "Mac", utilizando-se apenas OS X. A remoção do "Mac" reflete na tentativa da Apple em aproximar o sistema operacional desktop de seu SO mobile, o ios MS Windows O advento do sistema operacional windows pode ser percebido como efeito de duas grandes influências: a) A introdução da GUI pela Apple; b) A evolução do hardware, notadamente os processadores. Microsoft Windows é uma família de sistemas operacionais criados pela Microsoft. Antes da versão NT, era uma interface gráfica para o sistema operacional MS-DOS. Windows é um software proprietário, com preços diferenciados para cada uma de suas versões. É o sistema operacional mais utilizado em computadores pessoais no mundo. O impacto deste sistema no mundo atual é muito grande devido ao enorme número de cópias instaladas. Conhecimentos mínimos desse sistema, do seu funcionamento, da sua história e do seu contexto são, na visão de muitos, indispensáveis, mesmo para os leigos em informática. 4

5 A atual versão estável do Windows para desktops é o Windows 8.1, lançado em 17 de outubro de Em se tratando de software proprietário, ele é um produto projetado, desenvolvido e mantido por uma empresa, que legalmente detêm os direitos referentes à sua comercialização e tradicionalmente vende licenças de uso, que tipicamente proíbem expressamente a liberdade de copiar, modificar e distribuir cópias deste programa. O proprietário é quem detêm o direito de cópias (copyright). Isto significa que "comprar" um software proprietário é adquirir uma licença de uso, algo que impõe uma série de restrições, como por exemplo, o direito de instalação em um único equipamento. A utilização de software proprietário sem a devida licença de uso configura-se em crime, vulgarmente chamado de pirataria de software. Uma prática muito disseminada, apesar dos diversos riscos envolvidos. A filosofia por traz do software livre é a existência de uma comunidade de desenvolvedores e usuários que compartilham livremente os resultados de seus esforços 5

6 de aprimoramento dos programas cujos códigos fontes modificados deverão ser novamente compartilhados, criando um círculo virtuoso que irá proporcionar mais liberdade e qualidade para todos, conforma advoga a Fundação para o Software Livre (FSF). Os defensores do código aberto (também conhecido como open source em inglês) normalmente argumentam a respeito das virtudes pragmáticas do software livre ao invés das questões morais. A definição de software livre da FSF concentra-se prioritariamente na questão da liberdade do usuário. Colocando de uma forma mais coloquial, em se tratando de software livre, não existe pirataria. Aprofunde conhecimentos seus Linux O nome Linux surgiu da combinação de Linus e Unix. Linus é o nome do criador do Linux, Linus Torvalds. Unix, é o nome de um sistema operacional de grande porte. Em 1991, Linus era um estudante de ciências da computação da universidade de Helsinki, na Filândia e "por diversão", decidiu desenvolver um sistema mais poderoso que o Minix, o S. O. criado por Andrew S. Tanenbaum, um professor e pesquisador extremamente respeitado, até então usado em aulas de sistemas operacionais pela maioria das universidades ao redor do planeta. Linus Torvalds, quando desenvolveu o Linux, não tinha a intenção de ganhar dinheiro e sim fazer um sistema para seu uso pessoal, que atendesse suas necessidades. O estilo de desenvolvimento que foi adotado foi o de ajuda coletiva. Ou seja, ele coordena os esforços coletivos de um grupo para a melhoria do sistema que criou. 6

7 Milhares de pessoas contribuem gratuitamente com o desenvolvimento do Linux, simplesmente pelo prazer de fazer um sistema operacional melhor. Aprofunde conhecimentos seus Provavelmente, a maior contribuição de Linus, foi a disseminação do conceito do software livre, o que tornou o Linux tão relevante. Em oposição ao software proprietário no qual todo o desenvolvimento é centralizado, no software livre, o processo é descentralizado. Como uma das principais implicações desta abordagem é a existência de diversas versões do Linux. Estas versões são chamadas de distribuições ou simplesmente distro. Principais Distros Qualquer grupo de pessoas com interesse e habilidades técnicas, pode, montar e distribuir uma versão do Linux, com características peculiares. Porém, qualquer que seja a configuração, a distro deve ser livre. 7

8 2.2 Sistemas Operacionais Dispositivos Móveis Não há como negar, os telefones celulares, smartphones e dispositivos móveis ocupam cada vez mais tempo e espaço em nossas vidas. Seus processadores estão mais velozes, há mais memória e um salto considerável no que diz respeito ao armazenamento foi dado. Praticamente tudo o que antes era possível apenas pelos computadores de mesa agora pode ser feito em qualquer lugar, a qualquer hora do dia, direto da palma da sua mão. Nesse contexto, alguns sistemas operacionais participam de um jogo voraz: ios O ios é um sistema operacional móvel da Apple. Desenvolvido originalmente para o iphone, também é usado em ipod touch e ipad. A Apple não permite que o ios seja executado em hardware de terceiros. 8

9 Windows Phone Windows Phone é um sistema operacional móvel, desenvolvido pela Microsoft, atualmente na sua versão 8, sucessor da plataforma Windows Mobile (apesar de totalmente incompatível com esta) Android Android é um sistema operacional baseado no núcleo do Linux para dispositivos móveis, desenvolvido pela Open Handset Alliance, liderada pela Google. Segundo a Google, mais de 1 milhão e 500 mil aparelhos com o sistema operacional são ativados todos os dias, sendo utilizado por grandes fabricantes de celulares, como HTC, Samsung, Sony, Motorola e LG. Dois dos recursos fundantes da Tecnologia da Informação (TI) são o software (sw) ou programa de computador, e o hardware (hw). Enquanto estes representam o componente físico (equipamento), aqueles representam a lógica do processo, no qual residem as regras de negócios. 9

10 Entre os programas de computador, existe uma hierarquia: Na base, encontram-se os sistemas operacionais e no topo a aplicação. Neste contexto é que se encontram os sistemas de informações gerenciais, conforma abordados na unidade 1. Vídeo-aula Aprofunde seus conhecimentos https://www.youtube.com/watch?v=jptcakbe8eu Uma das estratégias para gestão deste complexo é o BPM, que é um processo organizacional que visa adequar os recursos de T.I. a gestão da organização Gerenciamento de Processos de Negócios Conceito-chave O Gerenciamento de Processos de Negócio, em inglês Business Process Management (BPM) é um conceito que une gestão de negócios e tecnologia da informação com foco na otimização dos resultados das organizações através da melhoria dos processos de negócio. BPM tem sido referenciado com uma introdução ao gerenciamento holístico para alinhar processos de negócio das organizações com as necessidades dos clientes. Isto promove o negócio com efetividade e eficiência enquanto se esforça para obter inovação, flexibilidade e integração com a tecnologia. O BPM procura obter a melhora dos processos continuamente. Isto pode, no entanto, ser descrito como otimização de processo. É discutido que o BPM permite que organizações sejam mais eficientes, mais efetivas e mais capazes de mudanças do que aquelas com foco funcional, com abordagem de gerenciamento tradicional hierárquico. São utilizados métodos, técnicas e ferramentas para analisar, modelar, publicar, otimizar e controlar processos envolvendo recursos humanos, aplicações, documentos e outras fontes de informação. 10

11 Tecnologia da Informação As ferramentas denominadas sistemas de gestão de processos do negócio (sistemas BPM) monitoram o andamento dos processos de uma forma rápida e barata. Dessa forma, os gestores podem analisar e alterar processos baseados em dados reais e não apenas por intuição. A alta direção da empresa pode enxergar, por exemplo, onde estão os gargalos, quem está atrasando (e o quanto está atrasando) determinada tarefa, com que frequência isso ocorre, o percentual de processos concluídos e em andamento, entre outros. Como consequência, fatores cruciais para o bom desempenho da organização podem ser analisados com extrema facilidade e rapidez o que geralmente não ocorre com outras ferramentas que não o BPM. Além disso, as pessoas participantes do processo também são beneficiadas: com o BPM, elas têm o seu trabalho facilitado uma vez que recebem tarefas e devem simplesmente executá-las sem se preocupar com aspectos como, por exemplo, para onde devem enviálas uma vez que o processo já foi desenhado e todas as possíveis situações de seguimento deste já estão registradas. Adicionalmente, os indivíduos podem enxergar como foi o caminho realizado até a sua atividade e em que status está. Os softwares responsáveis pela automação destas atividades são chamados de Business Process Management Suites (BPMS). Gestão de Negócios Nos anos 80, a gestão da qualidade total (GQT) estava no topo da lista de prioridades das empresas em todo o mundo. Na década de 90, Michael Hammer e James Champy lançaram o artigo Don t automate, obliterate pela Harvard Business Review. Esse artigo foi o marco da chamada onda de Business Process Reengineering (BPR) ou Reengenharia. Em 2006, Howard Smith e Peter Fingar lançaram o livro Business Process Management: The Third Wave com os conceitos de Gerenciamento de Processos de Negócios. 11

12 O BPM se tornou então o assunto mais importante nas empresas. Como especialistas em TI, os autores focaram o BPM como sendo uma automação de processos através de ferramentas de software. É importante ressaltar alguns pontos, em relação ao BPM, para os gestores interessados em implantar o Gerenciamento de Processos de Negócios para alavancar os resultados de suas organizações. 1) O BPM é um enfoque avançado de otimização e transformação de processos que evoluiu a partir das experiências das ondas anteriores. 2) Os BPMS (ferramentas de software) não são o BPM. As ferramentas de software utilizadas para automação dos processos são desejáveis, porém não devem ser o foco. O foco deve ser a melhoria e transformação de processos de negócios para que as organizações possam alcançar os resultados esperados do negócio: aumento de produtividade, redução de burocracia, melhoria na rentabilidade, redução de defeitos e desperdícios, satisfação e fidelização de clientes. Outro ponto de atenção é que implantar o BPM em uma empresa não é simples, não é rápido, envolve mudança de comportamento das pessoas e comprometimento da alta administração. Business Process Management (BPM) tem como objetivo conectar a estratégia ao foco do cliente através de processos melhores. 12

13 O gerenciamento de processos de negócios utiliza as melhores práticas de gestão, tais como: mapeamento de processos, modelagem, definição de nível de maturidade, documentação, plano de comunicação, automação, monitoramento através de indicadores de desempenho e ciclo de melhoria e transformação contínua. O objetivo é a melhoria e transformação contínua dos processos para se atingir os resultados esperados. Essas práticas aplicadas ajudam a maximizar os resultados e o desempenho dos processos, permitindo às organizações melhor rentabilidade, vantagem competitiva, redução de custos, otimização de recursos, aumento da satisfação dos clientes através de produtos e serviços em nível superior de qualidade. O papel das pessoas no BPM Uma das vertentes do BPM é o foco nas pessoas, sendo estas o centro dos processos de negócio. Alguns BPMS vêm seguindo esta corrente buscando oferecer às partes interessadas (usuários, atores de processos, envolvidos) maior facilidade e flexibilidade no uso, o que torna a experiência mais agradável, com ferramentas simples e intuitivas. Automação A automação de processos de negócio é uma prática extremamente eficaz. Quando se automatizam processos, rapidamente é possível obter-se um controle mais rígido e adaptado às necessidades da empresa. É realizada pelos Business Process Management Suites (BPMS) e têm baixo custo. Algumas empresas comercializam os suites por processos, e não pelo pacote completo, o que torna ainda mais acessível. Através da automação, um serviço melhor é oferecido ao cliente, dada a rapidez e organização que a empresa passará a apresentar. Além disso, terá seus custos reduzidos. 13

14 Modelagem A modelagem de processos é feita nos próprios BPMS, alguns dos quais seguem a notação mais usada atualmente, o Business Process Modeling Notation (BPMN), que consiste em uma série de ícones padrões para o desenho de processos, o que facilita o entendimento. Esta é uma etapa importante da automação pois é nela que os processos são descobertos e desenhados e também pode ser feita alguma alteração no percurso do processo visando a sua otimização. Simulação Após o desenho e o estabelecimento dos atores de processos, pode ser feita uma simulação, onde se pode testar se as regras pré-estabelecidas estão de acordo com o objetivo da empresa e se as tarefas estão sendo encaminhadas para as pessoas corretas. Execução A execução do processo ocorre após as etapas anteriores já terem sido realizadas. O BPMS utilizado faz com que as tarefas sejam enviadas para os seus devidos responsáveis, controlando o seu tempo de execução por pessoa e pelo processo em geral. Podem ser utilizadas também regras de negócio (Business Rules) pré-estabelecidas. Controle O controle ideal de BPM é aquele que está presente durante todas as etapas do processo: antes, durante e depois. Desde o início da modelagem até a análise pós-conclusão da execução, o controle deve ser realizado. Um tipo de controle que existe em alguns BPMS são relatórios de fluxos em andamento, onde é fornecido o status do fluxo, com quem está parado, há quanto tempo está parado, etc. Isso é importante para evitar que os erros sejam encontrados somente quando o processo é concluído. Há também relatórios de fluxos concluídos, onde se pode ter uma noção geral de como se desenvolveu o processo. Alguns softwares apresentam gráficos e relatórios com bastantes detalhes dos processos. 14

15 Otimização A otimização tem crucial importância quando se trata de BPM. É essencial para que sejam feitas melhorias nos processos de modo a alcançar resultados positivos mais rapidamente, melhorando o serviço aos clientes e, possivelmente, com menores custos. Depende, obviamente, das etapas anteriores, principalmente do controle, onde deve haver uma busca pela perfeição. Tecnologia BPM Alguns definem como Sistemas BPM, Business Process Management System ((BPMS) ou Suite como "o todo do BPM". Outros relatam a importância do conceito da movimentação da informação entre pacotes de software corporativos e imediatamente pensam na Arquitetura Orientada a Serviços (SOA). Outros ainda limitam a definição a "modelagem". Conclusão Essa unidade abordou a temática software ou programas de computador. Baseados no hardware, eles representam a lógica do processo, no qual residem as regras de negócios. Existe uma hierarquia: Na base, encontram-se os sistemas operacionais e no topo os aplicativos. O BPM é um processo organizacional que visa adequar os recursos de T.I. a gestão da organização. 15

16 Glossário Holístico Holístico ou holista é um adjetivo que classifica alguma coisa relacionada com o holismo, ou seja, que procura compreender os fenômenos na sua totalidade e globalidade. A palavra holístico foi criada a partir do termo holos, que em grego significa "todo" ou "inteiro". Stakeholders Entidades significativas na existência da empresa e também da excelência organizacional da empresa. 16

06/06/2013. O que é Software de Sistema? Sistema Operacional (SO) Tipos de Software de Sistema. Fatia de Mercado :: SO Desktop

06/06/2013. O que é Software de Sistema? Sistema Operacional (SO) Tipos de Software de Sistema. Fatia de Mercado :: SO Desktop 2 O que é Software de Sistema? SOFTWARES DE SISTEMA Introdução à Microinformática Softwares base para utilização do computador Podem ter as seguintes funções: Operar e controlar hardware Prover plataforma

Leia mais

Sistemas Operacionais

Sistemas Operacionais Sistemas Operacionais Tipos de Sistemas Operacionais Com o avanço dos computadores foram surgindo alguns tipos de sistemas operacionais que contribuíram para o desenvolvimento do software. Os tipos de

Leia mais

Conceitos sobre Sistemas Operacionais. Técnico de Informática 2º. Módulo Profa. Madalena Pereira da Silva madalena.silva@ifsc.edu.

Conceitos sobre Sistemas Operacionais. Técnico de Informática 2º. Módulo Profa. Madalena Pereira da Silva madalena.silva@ifsc.edu. Conceitos sobre Sistemas Operacionais Técnico de Informática 2º. Módulo Profa. Madalena Pereira da Silva madalena.silva@ifsc.edu.br Agenda Retrospectiva da aula anterior Processo de Boot do SO Diversidade

Leia mais

Curso Técnico de Nível Médio

Curso Técnico de Nível Médio Curso Técnico de Nível Médio Disciplina: Informática Básica 3. Software Prof. Ronaldo Software Formado por um conjunto de instruções (algoritmos) e suas representações para o

Leia mais

Professor: Roberto Franciscatto. Curso: Engenharia de Alimentos 01/2010 Aula 3 Sistemas Operacionais

Professor: Roberto Franciscatto. Curso: Engenharia de Alimentos 01/2010 Aula 3 Sistemas Operacionais Professor: Roberto Franciscatto Curso: Engenharia de Alimentos 01/2010 Aula 3 Sistemas Operacionais Um conjunto de programas que se situa entre os softwares aplicativos e o hardware: Gerencia os recursos

Leia mais

Interface gráfica. Figura 1: MS DOS

Interface gráfica. Figura 1: MS DOS Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sergipe IFS Campus Glória Professora: Jamille Madureira Informática Básica Sistemas Operacionais Sistema operacional é um programa que gerencia o hardware

Leia mais

Universidade Federal de Goiás. Alexandre Ferreira de Melo CERCOMP / UFG

Universidade Federal de Goiás. Alexandre Ferreira de Melo CERCOMP / UFG Universidade Federal de Goiás Ubuntu Desktop Alexandre Ferreira de Melo CERCOMP / UFG Conpeex / 2010 Agenda Introdução Conceitos Categorias de Software História do Linux Arquitetura do Linux Ubuntu Projeto

Leia mais

Sistemas Operacionais. (Capítulo 3) INTRODUÇÃO À ENGENHARIA DA COMPUTAÇÃO. Professor: Rosalvo Ferreira de Oliveira Neto

Sistemas Operacionais. (Capítulo 3) INTRODUÇÃO À ENGENHARIA DA COMPUTAÇÃO. Professor: Rosalvo Ferreira de Oliveira Neto Sistemas Operacionais (Capítulo 3) INTRODUÇÃO À ENGENHARIA DA COMPUTAÇÃO Professor: Rosalvo Ferreira de Oliveira Neto Estrutura 1. Definições 2. Classificações 3. CPU 4. Memória 5. Utilitários O que se

Leia mais

Princípios de TI - Computadores. Sistema Operacional. CECOMP Colegiado de Engenharia da Computação. Prof. Fábio Nelson. Slide 1

Princípios de TI - Computadores. Sistema Operacional. CECOMP Colegiado de Engenharia da Computação. Prof. Fábio Nelson. Slide 1 Sistema Operacional Slide 1 Sistema Operacional Um conjunto de programas que se situa entre os softwares aplicativos e o hardware: Gerencia os recursos do computador (CPU, dispositivos periféricos). Estabelece

Leia mais

01/04/2012. Voltar. Voltar

01/04/2012. Voltar. Voltar Introdução à Informática Capítulo 3 Sistemas Operacionais: Software em Segundo Plano Objetivos Descrever as funções de um sistema operacional. Explicar os fundamentos do sistema operacional de um computador.

Leia mais

Universidade Federal da Fronteira Sul Campus Chapecó Sistema Operacional

Universidade Federal da Fronteira Sul Campus Chapecó Sistema Operacional Universidade Federal da Fronteira Sul Campus Chapecó Sistema Operacional Elaboração: Prof. Éverton Loreto everton@uffs.edu.br 2010 Objetivo Conhecer as características e recursos do Sistema Operacional

Leia mais

Introdução à Informática. Aula 04. Sistemas Operacionais Aplicativos e Utilitários Transmissão e meios de transmissão de dados. Prof.

Introdução à Informática. Aula 04. Sistemas Operacionais Aplicativos e Utilitários Transmissão e meios de transmissão de dados. Prof. Aula 04 Sistemas Operacionais Aplicativos e Utilitários Transmissão e meios de transmissão de dados Sistema Operacional Um conjunto de programas que se situa entre os softwares aplicativos e o hardware:

Leia mais

Softwares de Sistemas e de Aplicação

Softwares de Sistemas e de Aplicação Fundamentos dos Sistemas de Informação Softwares de Sistemas e de Aplicação Profª. Esp. Milena Resende - milenaresende@fimes.edu.br Visão Geral de Software O que é um software? Qual a função do software?

Leia mais

Introdução a Computação

Introdução a Computação Sistemas Operacionais: Software Oculto Introdução a Computação Sistemas Operacionais Serve como um intermediário entre o hardware e os softwares aplicativos. Sistema Operacional Software de sistemas Kernel

Leia mais

I N F O R M Á T I C A. Sistemas Operacionais Prof. Dr. Rogério Vargas Campus Itaqui-RS

I N F O R M Á T I C A. Sistemas Operacionais Prof. Dr. Rogério Vargas Campus Itaqui-RS I N F O R M Á T I C A Sistemas Operacionais Campus Itaqui-RS Sistemas Operacionais É o software que gerencia o computador! Entre suas funções temos: inicializa o hardware do computador fornece rotinas

Leia mais

Informática I. Aula 19. http://www.ic.uff.br/~bianca/informatica1/ Aula 19-20/11/06 1

Informática I. Aula 19. http://www.ic.uff.br/~bianca/informatica1/ Aula 19-20/11/06 1 Informática I Aula 19 http://www.ic.uff.br/~bianca/informatica1/ Aula 19-20/11/06 1 Ementa Histórico dos Computadores Noções de Hardware e Software Microprocessadores Sistemas Numéricos e Representação

Leia mais

Software de sistema Software aplicativo

Software de sistema Software aplicativo SOFTWARE O que é Software? Software, logicial ou programa de computador é uma sequência de instruções a serem seguidas e/ou executadas, na manipulação, redireccionamento ou modificação de um dado/informação

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA PRÓ REITORIA DE EXTENSÃO E ASSUNTOS COMUNITÁRIOS

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA PRÓ REITORIA DE EXTENSÃO E ASSUNTOS COMUNITÁRIOS UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA PRÓ REITORIA DE EXTENSÃO E ASSUNTOS COMUNITÁRIOS INCUBADORA DE EMPREENDIMENTOS SOLIDÁRIOS PROJETO TELECENTROS COMUNITÁRIOS APPEL MICROSOFT LINUX GOOGLE É um controlador

Leia mais

Tecnologia e Informática

Tecnologia e Informática Tecnologia e Informática Centro Para Juventude - 2014 Capitulo 1 O que define um computador? O computador será sempre definido pelo modelo de sua CPU, sendo que cada CPU terá um desempenho diferente. Para

Leia mais

16/09/2012. Agenda. Introdução. Introdução. Tipos de Software (Básico) Tipos de Software. Curso Conexão Noções de Informática

16/09/2012. Agenda. Introdução. Introdução. Tipos de Software (Básico) Tipos de Software. Curso Conexão Noções de Informática Curso Conexão Noções de Informática Aula 2 Arquitetura de Computadores (Software) Agenda Introdução; Tipos de Software; Básico; Aplicativo; Livre; Proprietário. Pirataria de Software; Demos, Freewares

Leia mais

Informática Software. Prof. Marcos André Pisching, M.Sc.

Informática Software. Prof. Marcos André Pisching, M.Sc. Informática Software Prof. Marcos André Pisching, M.Sc. Objetivos Definir e classificar os principais tipos de softwares Básico Aplicativos Software Categorias Principais de Software Básico Chamado de

Leia mais

O que é o Virto ERP? Onde sua empresa quer chegar? Apresentação. Modelo de funcionamento

O que é o Virto ERP? Onde sua empresa quer chegar? Apresentação. Modelo de funcionamento HOME O QUE É TOUR MÓDULOS POR QUE SOMOS DIFERENTES METODOLOGIA CLIENTES DÚVIDAS PREÇOS FALE CONOSCO Suporte Sou Cliente Onde sua empresa quer chegar? Sistemas de gestão precisam ajudar sua empresa a atingir

Leia mais

Informática. Jamille Silva Madureira

Informática. Jamille Silva Madureira Informática Jamille Silva Madureira Conceitos de sistemas operacionais Sistemas Operacionais Atuais Desktop: Windows 7 e 8; Linux; Mac OS. Dispositivos Móveis: Windows Mobile; Android; iphone OS. Desktop

Leia mais

INFORMÁTICA APLICADA AULA 03 CONCEITOS DE SOFTWARE

INFORMÁTICA APLICADA AULA 03 CONCEITOS DE SOFTWARE UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO CURSO: Bacharelado em Ciências e Tecnologia INFORMÁTICA APLICADA AULA 03 CONCEITOS DE SOFTWARE Profª Danielle Casillo SUMÁRIO O que é software? Software x Hardware

Leia mais

Para existência de um sistema de informação, fazem-se necessários três componentes, são eles:

Para existência de um sistema de informação, fazem-se necessários três componentes, são eles: RESUMO Um sistema de informação é composto de três componentes, Hardware, Software e Peopleware. Para quantificar a memória do equipamento é utilizado um sistema de medida, ou seja, o byte, que significa

Leia mais

Prof. Daniel Gondim danielgondimm@gmail.com. Informática

Prof. Daniel Gondim danielgondimm@gmail.com. Informática Prof. Daniel Gondim danielgondimm@gmail.com Informática Componentes de um SC Softwares O que é Software? Conjunto de instruções/funções/tarefas que definem o que o computador deve executar para chegar

Leia mais

Sistemas Operacionais Aula 03: Estruturas dos SOs. Ezequiel R. Zorzal ezorzal@unifesp.br www.ezequielzorzal.com

Sistemas Operacionais Aula 03: Estruturas dos SOs. Ezequiel R. Zorzal ezorzal@unifesp.br www.ezequielzorzal.com Sistemas Operacionais Aula 03: Estruturas dos SOs Ezequiel R. Zorzal ezorzal@unifesp.br www.ezequielzorzal.com OBJETIVOS Descrever os serviços que um sistema operacional oferece aos usuários e outros sistemas

Leia mais

Principais Sistemas Operacionais. Prof. Fernando Nakayama de Queiroz

Principais Sistemas Operacionais. Prof. Fernando Nakayama de Queiroz Principais Sistemas Operacionais Prof. Fernando Nakayama de Queiroz Principais S.O. Unix Linux Windows Mac OS Microsoft Windows Criado por Bill Gates e Paul Allen em 1985. Sistema proprietário (pago).

Leia mais

Informática. Prof. Macêdo Firmino. O Mundo dos Softwares e Introdução aos Sistemas Operacionais

Informática. Prof. Macêdo Firmino. O Mundo dos Softwares e Introdução aos Sistemas Operacionais Informática Prof. Macêdo Firmino O Mundo dos Softwares e Introdução aos Sistemas Operacionais Macêdo Firmino (IFRN) Informática Março de 2012 1 / 26 Software O Hardware não consegue executar qualquer ação

Leia mais

CONCEITOS BÁSICOS DE SISTEMAS OPERACIONAIS. Disciplina: INFORMÁTICA 1º Semestre Prof. AFONSO MADEIRA

CONCEITOS BÁSICOS DE SISTEMAS OPERACIONAIS. Disciplina: INFORMÁTICA 1º Semestre Prof. AFONSO MADEIRA CONCEITOS BÁSICOS DE SISTEMAS OPERACIONAIS Disciplina: INFORMÁTICA 1º Semestre Prof. AFONSO MADEIRA Basicamente, são formados por: Programas de controle (de equipamentos e de trabalhos). Programas utilitários.

Leia mais

A Evolução dos Sistemas Operacionais

A Evolução dos Sistemas Operacionais Capítulo 3 A Evolução dos Sistemas Operacionais Neste capítulo, continuaremos a tratar dos conceitos básicos com a intensão de construirmos, agora em um nível mais elevado de abstração, o entendimento

Leia mais

Escola Adalgisa de Barros

Escola Adalgisa de Barros Escola Adalgisa de Barros Sistemas Operacionais Ensino Médio Técnico 1º Ano 1 Software Hardware O Sistema Operacional (SO) é um software que gerencia os recursos do computador, controla o fluxo de informações

Leia mais

Programação de Computadores

Programação de Computadores Programação de Computadores Aula 04: Sistema Operacional Material Didático do Livro: Introdução à Informática Capron,, H. L. e Johnson, J. A Pearson Education Sistemas Operacionais: Software Oculto Serve

Leia mais

4 Estrutura do Sistema Operacional. 4.1 - Kernel

4 Estrutura do Sistema Operacional. 4.1 - Kernel 1 4 Estrutura do Sistema Operacional 4.1 - Kernel O kernel é o núcleo do sistema operacional, sendo responsável direto por controlar tudo ao seu redor. Desde os dispositivos usuais, como unidades de disco,

Leia mais

Introdução a programação de dispositivos móveis. Prof. Me. Hélio Esperidião

Introdução a programação de dispositivos móveis. Prof. Me. Hélio Esperidião Introdução a programação de dispositivos móveis. Prof. Me. Hélio Esperidião Windows Mobile O Windows Mobile é um sistema operacional compacto, desenvolvido para rodar em dispositivos móveis como Pocket

Leia mais

4. Conceitos Básicos de Computação: Sistemas Operacionais

4. Conceitos Básicos de Computação: Sistemas Operacionais Introdução à Computação 5910157 4. Conceitos Básicos de Computação: Sistemas Operacionais Prof. Renato Tinós Local: Depto. de Física e Matemática (FFCLRP/USP) 1 Principais Tópicos 4.1. Introdução aos Sistemas

Leia mais

Curso de Linux Básico com o Linux Educacional

Curso de Linux Básico com o Linux Educacional Curso de Linux Básico com o Felipe Buarque de Queiroz felipe.buarque@gmail.com Unidade Gestora de Tecnologia da Informação - UGTI Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado de Alagoas - FAPEAL Maio de 2009

Leia mais

NAVITA SGM SERVIÇOS GERENCIADOS DE MOBILIDADE

NAVITA SGM SERVIÇOS GERENCIADOS DE MOBILIDADE White Paper NAVITA SGM SERVIÇOS GERENCIADOS DE MOBILIDADE A cada dia, o mundo da mobilidade se torna mais crítico e complexo. Por esta natureza, usuários de mobilidade necessitam cada vez mais de agilidade

Leia mais

11/3/2009. Software. Sistemas de Informação. Software. Software. A Construção de um programa de computador. A Construção de um programa de computador

11/3/2009. Software. Sistemas de Informação. Software. Software. A Construção de um programa de computador. A Construção de um programa de computador Sistemas de Informação Prof. Anderson D. Moura Um programa de computador é composto por uma seqüência de instruções, que é interpretada e executada por um processador ou por uma máquina virtual. Em um

Leia mais

16:21:50. Introdução à Informática com Software Livre

16:21:50. Introdução à Informática com Software Livre 16:21:50 Introdução à Informática com Software Livre 1 16:21:50 Hardware & Software 2 16:21:50 Hardware Hardware é a parte física de um computador, é formado pelos componentes eletrônicos, como por exemplo,

Leia mais

Aula 02 Software e Operações Básicas. Prof. Bruno Gomes bruno.gomes@ifrn.edu.br http://www.profbrunogomes.com.br/

Aula 02 Software e Operações Básicas. Prof. Bruno Gomes bruno.gomes@ifrn.edu.br http://www.profbrunogomes.com.br/ Aula 02 Software e Operações Básicas Prof. Bruno Gomes bruno.gomes@ifrn.edu.br http://www.profbrunogomes.com.br/ Revisando Como um computador funciona: Entrada (Dados) Processamento (Análise dos Dados)

Leia mais

TI Aplicada. Aula 02 Áreas e Profissionais de TI. Prof. MSc. Edilberto Silva prof.edilberto.silva@gmail.com http://www.edilms.eti.

TI Aplicada. Aula 02 Áreas e Profissionais de TI. Prof. MSc. Edilberto Silva prof.edilberto.silva@gmail.com http://www.edilms.eti. TI Aplicada Aula 02 Áreas e Profissionais de TI Prof. MSc. Edilberto Silva prof.edilberto.silva@gmail.com http:// Papéis... Um papel é uma definição abstrata de um conjunto de atividades executadas e dos

Leia mais

Executando o Modo Windows XP com Windows Virtual PC

Executando o Modo Windows XP com Windows Virtual PC Executando o Modo Windows XP com Windows Virtual PC Um guia para pequenas empresas Conteúdo Seção 1: Introdução ao Modo Windows XP para Windows 7 2 Seção 2: Introdução ao Modo Windows XP 4 Seção 3: Usando

Leia mais

Fundamentos da Computação Móvel

Fundamentos da Computação Móvel Fundamentos da Computação Móvel (Plataformas Sistemas Operacionais e Desenvolvimento) Programação de Dispositivos Móveis Mauro Lopes Carvalho Silva Professor EBTT DAI Departamento de Informática Campus

Leia mais

LINUX. Lapro I Profa. Fernanda Denardin Walker. - Aula 2 - Material adaptado de: Isabel Mansour, Marcia Moraes e Silvia Moraes SISTEMA OPERACIONAL

LINUX. Lapro I Profa. Fernanda Denardin Walker. - Aula 2 - Material adaptado de: Isabel Mansour, Marcia Moraes e Silvia Moraes SISTEMA OPERACIONAL LINUX Lapro I Profa. Fernanda Denardin Walker - Aula 2 - Material adaptado de: Isabel Mansour, Marcia Moraes e Silvia Moraes SISTEMA OPERACIONAL Para que o computador funcione e possibilite a execução

Leia mais

Hardware e Software. Exemplos de software:

Hardware e Software. Exemplos de software: Hardware e Software O hardware é a parte física do computador, ou seja, é o conjunto de componentes eletrônicos, circuitos integrados e placas, que se comunicam através de barramentos. Em complemento ao

Leia mais

Computação Instrumental

Computação Instrumental Computação Instrumental Sistemas Operacionais Redes de Computadores Engenharia Ambiental 2º Semestre de 2013 1 Software Hardware O Sistema Operacional (SO) é um software que gerencia os recursos do computador,

Leia mais

Classificação de SO (Sistemas Operacionais) Técnico de Informática 2º. Módulo Profa. Madalena Pereira da Silva madalena.silva@ifsc.edu.

Classificação de SO (Sistemas Operacionais) Técnico de Informática 2º. Módulo Profa. Madalena Pereira da Silva madalena.silva@ifsc.edu. Classificação de SO (Sistemas Operacionais) Técnico de Informática 2º. Módulo Profa. Madalena Pereira da Silva madalena.silva@ifsc.edu.br Agenda Classificação de SO quanto a: Interface Processamento Tarefas

Leia mais

Framework de comunicação para Webservices 2P2

Framework de comunicação para Webservices 2P2 Universidade Federal de Ouro Preto - UFOP Instituto de Ciências Exatas e Biológicas - ICEB Departamento de Computação - DECOM Framework de comunicação para Webservices 2P2 Aluno: Brayan Vilela Alves Neves

Leia mais

FACULDADE PITÁGORAS DISCIPLINA: ARQUITETURA DE COMPUTADORES

FACULDADE PITÁGORAS DISCIPLINA: ARQUITETURA DE COMPUTADORES FACULDADE PITÁGORAS DISCIPLINA: ARQUITETURA DE COMPUTADORES Prof. Ms. Carlos José Giudice dos Santos cpgcarlos@yahoo.com.br www.oficinadapesquisa.com.br Conceito de Computador Um computador digital é

Leia mais

INOVANDO UM PROCESSO DE SERVIÇOS DE TI COM AS BOAS PRÁTICAS DO ITIL E USO DE BPMS

INOVANDO UM PROCESSO DE SERVIÇOS DE TI COM AS BOAS PRÁTICAS DO ITIL E USO DE BPMS INOVANDO UM PROCESSO DE SERVIÇOS DE TI COM AS BOAS PRÁTICAS DO ITIL E USO DE BPMS Cilene Loisa Assmann (UNISC) cilenea@unisc.br Este estudo de caso tem como objetivo trazer a experiência de implantação

Leia mais

Sistema Operacional LINUX

Sistema Operacional LINUX SISTEMA OPERACIONAL Sistema Operacional LINUX Para que o computador funcione e possibilite a execução de programas é necessária a existência de um sistema operacional. O sistema operacional é uma camada

Leia mais

A história dos sistemas operacionais

A história dos sistemas operacionais A história dos sistemas operacionais Atualmente, os sistemas operacionais (SO) estão cada vez mais fáceis de usar, possuindo interfaces muito simples e bonitas. Contudo, todas estas funcionalidades não

Leia mais

SOFTWARE LIVRE. Distribuições Live CD. Kernel. Distribuição Linux

SOFTWARE LIVRE. Distribuições Live CD. Kernel. Distribuição Linux SOFTWARE LIVRE A liberdade de executar o programa, para qualquer propósito. A liberdade de estudar como o programa funciona, e adaptá-lo para as suas necessidades. Acesso ao código-fonte é um pré-requisito

Leia mais

A R P O BPMN++ MODELER KLUG PROCESSO PARA DOWNLOAD E INSTALAÇÃO VERSÃO FREEWARE. Verificar requisitos para instalação. Testar instalação do software

A R P O BPMN++ MODELER KLUG PROCESSO PARA DOWNLOAD E INSTALAÇÃO VERSÃO FREEWARE. Verificar requisitos para instalação. Testar instalação do software A R P O KLUG BPMN++ MODELER PROCESSO PARA DOWNLOAD E INSTALAÇÃO VERSÃO FREEWARE Verificar requisitos para instalação Iniciar procedimento de instalação Executar procedimento de instalação Efetuar primeiro

Leia mais

Fundamentos da Informática. História dos Computadores Prof. Hélder Almeida www.helderalmeida.com.br

Fundamentos da Informática. História dos Computadores Prof. Hélder Almeida www.helderalmeida.com.br Fundamentos da Informática História dos Computadores Prof. Hélder Almeida www.helderalmeida.com.br História da Computação Hoje em dia, os computadores estão presentes em nossa vida de uma forma nunca vista

Leia mais

Introdução a Computação

Introdução a Computação Introdução a Computação Aula 03 Profissões de TI Prof. MSc. Edilberto Silva edilms@yahoo.com http:// Papéis... Um papel é uma definição abstrata de um conjunto de atividades executadas e dos respectivos

Leia mais

No mercado atual, podemos encontrar vários tipos de sistemas operacionais que fazem parte das seguintes classes:

No mercado atual, podemos encontrar vários tipos de sistemas operacionais que fazem parte das seguintes classes: Módulo 4 Sistema Operacional Sistemas Operacionais Neste módulo falaremos sobre alguns sistemas operacionais existentes no mercado, suas características, e conheceremos o básico das redes de computadores.

Leia mais

Administration Kit. Parte de Kaspersky Business Space Security Kaspersky Enterprise Space Security Kaspersky Total Space Security

Administration Kit. Parte de Kaspersky Business Space Security Kaspersky Enterprise Space Security Kaspersky Total Space Security Administration Kit Parte de Kaspersky Business Space Security Kaspersky Enterprise Space Security Kaspersky Total Space Security O Kaspersky Administration Kit é uma ferramenta de administração centralizada

Leia mais

Sistemas Operacionais: Aplicativos. Prof. Rafael J. Sandim

Sistemas Operacionais: Aplicativos. Prof. Rafael J. Sandim Sistemas Operacionais: Aplicativos Prof. Rafael J. Sandim Aplicativos Programa de computador que desempenha uma tarefa específica; Em geral ligada ao processamento de dados; Podem ser divididos em duas

Leia mais

FAT32 ou NTFS, qual o melhor?

FAT32 ou NTFS, qual o melhor? FAT32 ou NTFS, qual o melhor? Entenda quais as principais diferenças entre eles e qual a melhor escolha O que é um sistema de arquivos? O conceito mais importante sobre este assunto, sem sombra de dúvidas,

Leia mais

São programas de computador com a função de interagir a maquina com o usuário. Licenciados Livres - Gratuitos ou uso limitados 18/10/2010 1

São programas de computador com a função de interagir a maquina com o usuário. Licenciados Livres - Gratuitos ou uso limitados 18/10/2010 1 Softwares São programas de computador com a função de interagir a maquina com o usuário Tipos : Licenciados Livres - Gratuitos ou uso limitados 18/10/2010 1 Licenciados São software autorizados, cedidos

Leia mais

Introdução a Computação Móvel

Introdução a Computação Móvel Introdução a Computação Móvel Computação Móvel Prof. Me. Adauto Mendes adauto.inatel@gmail.com Histórico Em 1947 alguns engenheiros resolveram mudar o rumo da história da telefonia. Pensando em uma maneira

Leia mais

Windows. Introdução. Introdução Sistema Operacional. Introdução Sistema Operacional. Introdução Sistema Operacional. Introdução Sistema Operacional

Windows. Introdução. Introdução Sistema Operacional. Introdução Sistema Operacional. Introdução Sistema Operacional. Introdução Sistema Operacional Windows Prof. Leandro Tonietto Cursos de Informática Unisinos Março-2008 O que é Sistema operacional? O que é Windows? Interface gráfica: Comunicação entre usuário e computador de forma mais eficiente

Leia mais

FTIN Formação Técnica em Informática Módulo Sistema Proprietário Windows AULA 01. Prof. André Lucio

FTIN Formação Técnica em Informática Módulo Sistema Proprietário Windows AULA 01. Prof. André Lucio FTIN Formação Técnica em Informática Módulo Sistema Proprietário Windows AULA 01 Prof. André Lucio Competências do modulo Introdução ao sistema operacional Windows Instalação e configuração do sistema

Leia mais

Linux, Windows, Antivírus, Teclado e Email.

Linux, Windows, Antivírus, Teclado e Email. Linux, Windows, Antivírus, Teclado e Email. Criador do Linux Linux foi, originalmente, escrito por Linus Torvalds do Departamento de Ciência da Computação da Universidade de Helsinki, Finlândia, com a

Leia mais

ISHIFT: Informação em Movimento

ISHIFT: Informação em Movimento ISHIFT: Informação em Movimento Contato: www.ishift.com.br +55 51 32798159 contato@ishift.com.br Somos uma empresa completa de produtos e serviços ligados à tecnologia, que procura apresentar soluções

Leia mais

PROCESSOS DE NEGÓCIOS: UMA VISÃO GERAL

PROCESSOS DE NEGÓCIOS: UMA VISÃO GERAL Universidade Federal de Santa Maria Sistemas de Informação ELC1093 Modelagem de Processos de Negócio PROCESSOS DE NEGÓCIOS: UMA VISÃO GERAL Profa. Lisandra Manzoni Fontoura Objetivos da Aula: Processos

Leia mais

IBM WebSphere Business Monitor

IBM WebSphere Business Monitor Obtenha visibilidade em tempo real do desempenho dos processos de negócios IBM WebSphere Business Monitor Fornece aos usuários de negócios uma visão abrangente e em tempo real do desempenho dos processos

Leia mais

Sistema Operacional. História Sistema Operacional 1. QI Escolas e Faculdades Apostila de Linux

Sistema Operacional. História Sistema Operacional 1. QI Escolas e Faculdades Apostila de Linux 4 Capítulo 1 Sistema Operacional É uma coleção de programas que inicializa hardwares, fornece rotinas básicas para controle de dispositivos, mantém a integridade de um sistema. Um sistema operacional de

Leia mais

SISTEMAS OPERACIONAIS

SISTEMAS OPERACIONAIS SISTEMAS OPERACIONAIS Conceitos Básicos Sistema Operacional: Um Sistema Operacional é um programa que atua como intermediário entre o usuário e o hardware de um computador. O Propósito do SO é fornecer

Leia mais

Soluções de Gerenciamento de Clientes e de Impressão Universal

Soluções de Gerenciamento de Clientes e de Impressão Universal Soluções de Gerenciamento de Clientes e de Impressão Universal Guia do Usuário Copyright 2007 Hewlett-Packard Development Company, L.P. Windows é uma marca registrada nos Estados Unidos da Microsoft Corporation.

Leia mais

O Inicio TODAS AS VERSÕES DO WINDOWS. O que era o MS-DOS? Como funcionava o MS-DOS? 26/09/2015

O Inicio TODAS AS VERSÕES DO WINDOWS. O que era o MS-DOS? Como funcionava o MS-DOS? 26/09/2015 O Inicio TODAS AS VERSÕES DO WINDOWS Prof. André Aparecido da Silva Disponível em: http://www.oxnar.com.br Também temos ciência de que as primeiras versões do Windows não passavam de uma interface gráfica

Leia mais

MSF- MICROSOFT SOLUTIONS FRAMEWORK. Cesar Eduardo Freitas Italo Alves

MSF- MICROSOFT SOLUTIONS FRAMEWORK. Cesar Eduardo Freitas Italo Alves MSF- MICROSOFT SOLUTIONS FRAMEWORK Cesar Eduardo Freitas Italo Alves A ORIGEM DO MSF (MICROSOFT SOLUTIONS FRAMEWORK) Baseado na experiência da empresa na construção de softwares como Office e Windows e

Leia mais

Aula 2. Objetivo: Saber qual a funcionalidade de um sistema operacional de rede.

Aula 2. Objetivo: Saber qual a funcionalidade de um sistema operacional de rede. Aula 2 Objetivo: Saber qual a funcionalidade de um sistema operacional de rede. Sistema Operacional de Rede Definição: Conjunto de módulos que ampliam as tarefas dos sistemas operacionais locais, complementando-os

Leia mais

Informática Aplicada. Aula 2 Windows Vista. Professora: Cintia Caetano

Informática Aplicada. Aula 2 Windows Vista. Professora: Cintia Caetano Informática Aplicada Aula 2 Windows Vista Professora: Cintia Caetano AMBIENTE WINDOWS O Microsoft Windows é um sistema operacional que possui aparência e apresentação aperfeiçoadas para que o trabalho

Leia mais

OneDrive: saiba como usar a nuvem da Microsoft

OneDrive: saiba como usar a nuvem da Microsoft OneDrive: saiba como usar a nuvem da Microsoft O OneDrive é um serviço de armazenamento na nuvem da Microsoft que oferece a opção de guardar até 7 GB de arquivos grátis na rede. Ou seja, o usuário pode

Leia mais

FTIN Formação Técnica em Informática. Sistema Operacional Proprietário Windows Prof. Walter Travassos

FTIN Formação Técnica em Informática. Sistema Operacional Proprietário Windows Prof. Walter Travassos FTIN Formação Técnica em Informática Sistema Operacional Proprietário Windows Prof. Walter Travassos Aula 01 SISTEMA OPERACIONAL PROPRIETÁRIO WINDOWS Competências do Módulo Instalação e configuração do

Leia mais

Manual do Usuário Android Neocontrol

Manual do Usuário Android Neocontrol Manual do Usuário Android Neocontrol Sumário 1.Licença e Direitos Autorais...3 2.Sobre o produto...4 3. Instalando, Atualizando e executando o Android Neocontrol em seu aparelho...5 3.1. Instalando o aplicativo...5

Leia mais

Hardware e Software. Professor: Felipe Schneider Costa. felipe.costa@ifsc.edu.br

Hardware e Software. Professor: Felipe Schneider Costa. felipe.costa@ifsc.edu.br Hardware e Software Professor: Felipe Schneider Costa felipe.costa@ifsc.edu.br Agenda Hardware Definição Tipos Arquitetura Exercícios Software Definição Tipos Distribuição Exercícios 2 Componentesde um

Leia mais

Informática básica Telecentro/Infocentro Acessa-SP

Informática básica Telecentro/Infocentro Acessa-SP Informática básica Telecentro/Infocentro Acessa-SP Aula de hoje: Periférico de entrada/saída, memória, vírus, Windows, barra tarefas. Prof: Lucas Aureo Guidastre Memória A memória RAM é um componente essencial

Leia mais

TEMA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO -Tipos de SI e Recursos de Software parte2. AULA DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO PROFa. ROSA MOTTA

TEMA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO -Tipos de SI e Recursos de Software parte2. AULA DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO PROFa. ROSA MOTTA TEMA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO -Tipos de SI e Recursos de Software parte2 AULA DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO PROFa. ROSA MOTTA CONTEÚDO DA AULA Tipos de Software Serviços Web Tendências 2 OBJETIVOS ESPECÍFICOS

Leia mais

Sistemas Operacionais

Sistemas Operacionais 7 Sistemas Operacionais 7.1 Fundamentos da ciência da computação Cengage Learning Objetivos 7.2 Compreender o papel do sistema operacional. Compreender o processo de inicialização para carregar o sistema

Leia mais

Introdução à Informática

Introdução à Informática Introdução à Informática Aula 6 http://www.ic.uff.br/~bianca/introinfo/ Aula 6-21/09/2007 1 Ementa Conceitos Básicos de Computação (Hardware, Software e Internet) Softwares Aplicativos Tutorial: Word Tutorial:

Leia mais

TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E

TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E Unidade II TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO EM EDUCAÇÃO Prof. Me. Eduardo Fernando Mendes Fundamentos da tecnologia da informação Os conteúdos abordados neste módulo são: Componentes da Tecnologia

Leia mais

Liderança em idéias, métodos e resultados em BPM no Brasil. Automação de Processos. Jones Madruga

Liderança em idéias, métodos e resultados em BPM no Brasil. Automação de Processos. Jones Madruga Liderança em idéias, métodos e resultados em BPM no Brasil Automação de Processos Jones Madruga Promover melhorias e inovações que efetivamente criam valor não é simples... Apresentação Ø Organização PRIVADA

Leia mais

Informática Instrumental

Informática Instrumental 1º PERÍODO.: GRADUAÇÃO EM REDES DE COMPUTADORES :. Madson Santos madsonsantos@gmail.com 2 Unidade I Unidade I Software 3 Software o é uma sentença escrita em uma linguagem de computador, para a qual existe

Leia mais

Professor. Thiago Miranda Material: www.thiagomiranda.net. Email: mirandathiago@gmail.com

Professor. Thiago Miranda Material: www.thiagomiranda.net. Email: mirandathiago@gmail.com Microsoft Windows 1 Professor Thiago Miranda Material: www.thiagomiranda.net Email: mirandathiago@gmail.com Conceitos básicos de SO O que é um sistema operacional? É um programa ou conjunto de programas

Leia mais

Apresentação da disciplina. Sistemas Operacionais I N. A disciplina. O Professor. Áreas de atuação na pesquisa. Referências bibliográficas básicas

Apresentação da disciplina. Sistemas Operacionais I N. A disciplina. O Professor. Áreas de atuação na pesquisa. Referências bibliográficas básicas 1 Apresentação da disciplina Sistemas Operacionais I N Prof. Marcelo Johann 2009/2 O professor A disciplina Bibliografia Cronograma Avaliação Trabalhos Regras do jogo Introdução: Sistemas Operacionais

Leia mais

Introdução. Hardware X Software. Corpo Humano Parte Física. Capacidade de utilizar o corpo em atividades especificas explorando seus componentes

Introdução. Hardware X Software. Corpo Humano Parte Física. Capacidade de utilizar o corpo em atividades especificas explorando seus componentes Introdução Hardware X Software Corpo Humano Parte Física Componentes 18 Capacidade de utilizar o corpo em atividades especificas explorando seus componentes Hardware Introdução Parte física: placas, periféricos,

Leia mais

Noções de Software. André Aziz (andreaziz.ufrpe@gmail.com) Francielle Santos (francielle.ufrpe@gmail.com)

Noções de Software. André Aziz (andreaziz.ufrpe@gmail.com) Francielle Santos (francielle.ufrpe@gmail.com) Noções de Software André Aziz (andreaziz.ufrpe@gmail.com) Francielle Santos (francielle.ufrpe@gmail.com) Noções de Software; Sistemas Operacionais: Evolução; Conceitos Básicos; Tipos; Exemplos. DEINFO/UFRPE

Leia mais

PROCESSO DE DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE. Modelos de Processo de Desenvolvimento de Software

PROCESSO DE DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE. Modelos de Processo de Desenvolvimento de Software PROCESSO DE DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE Introdução Modelos de Processo de Desenvolvimento de Software Os modelos de processos de desenvolvimento de software surgiram pela necessidade de dar resposta às

Leia mais

Quais os principais pacotes de softwares aplicativos para automação de escritório, quais os seus mantenedores e qual a sua participação no mercado?

Quais os principais pacotes de softwares aplicativos para automação de escritório, quais os seus mantenedores e qual a sua participação no mercado? Quais os principais pacotes de softwares aplicativos para automação de escritório, quais os seus mantenedores e qual a sua participação no mercado? Professor: Luciano Matéria: Informática Trabalho apresentado

Leia mais

Fundamentos de Sistemas de Informações: Exercício 1

Fundamentos de Sistemas de Informações: Exercício 1 Fundamentos de Sistemas de Informações: Exercício 1 Fundação Getúlio Vargas Estudantes na Escola de Administração da FGV utilizam seu laboratório de informática, onde os microcomputadores estão em rede

Leia mais

PROCESSOS DE CRIAÇÃO DE APLICATIVOS

PROCESSOS DE CRIAÇÃO DE APLICATIVOS PROCESSOS DE CRIAÇÃO DE APLICATIVOS Joaldo de Carvalho Wesley Oliveira Irlei Rodrigo Ferraciolli da Silva Rodrigo Clemente Thom de Souza INTRODUÇÃO O mundo está dominado pelos dispositivos móveis. A cada

Leia mais

PROJETO INFORMÁTICA NA ESCOLA

PROJETO INFORMÁTICA NA ESCOLA EE Odilon Leite Ferraz PROJETO INFORMÁTICA NA ESCOLA AULA 1 APRESENTAÇÃO E INICIAÇÃO COM WINDOWS VISTA APRESENTAÇÃO E INICIAÇÃO COM WINDOWS VISTA Apresentação dos Estagiários Apresentação do Programa Acessa

Leia mais

Como é o desenvolvimento de Software?

Como é o desenvolvimento de Software? Como é o desenvolvimento de Software? Fases do Desenvolvimento Modelo Cascata Define atividades seqüenciais Outras abordagens são baseadas nesta idéia Especificação de Requisitos Projeto Implementação

Leia mais

LICENCIATURA EM COMPUTAÇÃO PROCESSADOR TEGRA 2

LICENCIATURA EM COMPUTAÇÃO PROCESSADOR TEGRA 2 LICENCIATURA EM COMPUTAÇÃO PROCESSADOR TEGRA 2 SANTO AMARO 2011 ANGELO RAMOS JACKELINE BARBOSA JEANDERVAL SANTOS PROCESSADOR TEGRA 2 Trabalho apresentado ao Instituto Federal de Ciências e Tecnologia da

Leia mais

CADERNO DE QUESTÕES WINDOWS 8

CADERNO DE QUESTÕES WINDOWS 8 CADERNO DE QUESTÕES WINDOWS 8 1) No sistema operacional Microsoft Windows 8, uma forma rápida de acessar o botão liga/desliga é através do atalho: a) Windows + A. b) ALT + C. c) Windows + I. d) CTRL +

Leia mais

Otimização do Gerenciamento de Datacenters com o Microsoft System Center

Otimização do Gerenciamento de Datacenters com o Microsoft System Center Otimização do Gerenciamento de Datacenters com o Microsoft System Center Aviso de Isenção de Responsabilidade e Direitos Autorais As informações contidas neste documento representam a visão atual da Microsoft

Leia mais