Prática 6 ActionScript

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Prática 6 ActionScript"

Transcrição

1 Prática 6 ActionScript 1. Objetivos Se familiarizar com o ActionScript. Usar comandos e funções básicas. 2. Recursos Necessários Computador com o programa Macromedia Flash MX ou superior. 3. Conceitos Gerais e Procedimentos 3.1. O que é ActionScript? ActionScript é a língua de programação do FlashMx. Ela permite que você tenha mais do que uma animação linear na linha de tempo. Com ActionScript seu filme pode reagir a eventos, como escolhas do usuário ou efeitos randômicos. O ActionScript no Flash Mx é derivado de duas fontes. A primeira é o conjunto de macro comandos que existem em todas as versões anteriores, onde uma linguagem de programação similar, mas bem básica, é usada. A outra influencia no flash Mx é o JavaScript. Para ser mais fácil de desenvolvedores Web aprenderem ActionScript, muitos dos novos comandos, funções e outras sintaxes foram feitas para parecerem como JavaScript. Os programas ActionScripts são listas de instruções para o Flash Mx seguir. Eles podem ser colocados em vários lugares no filme Flash. Saber onde colocar um script já é um grande passo. Vamos olhar em alguns lugares onde os scripts podem ser colocados e quando o Flash usa estes scripts Frame Scripts Você pode colocar scripts nas keyframes na linha de tempo principal do seu filme. Para isto, slecione a keyframe no filme principal e digite F9. O painel de ações (Actions Panel) aparece junto com Actions-Frame na barra de títulos, no topo do painel. Scripts para frames podem conter dois elementos de scripts diferentes. O primeiro é uma lista do comandos que são executados assim que as keyframes são alcançadas quando o filme está passando. Estes comandos são seguidos, um depois do outro, até que o script seja completado. O segundo tipo de elemento de script que pode ser incluído num quadro é chamado função. Funções são pedaços reusáveis de código que podem ser usados por comandos no quadro ou no filme Button Scripts Você pode anexar scripts à botões que aparecem no palco. Primeiro, você tem que criar o botão como um elemento da biblioteca. Então, arrastá-lo para o palco. Com o botão selecionado no palco, digite F9 para chamar o painel de ações, caso ele não esteja ativo. 1

2 O painel de ações é agora intitulado Actions-Button. Você deve falar ao botão como ele deve reagir à diferentes eventos de botão, como ser pressionado, ter o mouse sobre ele e etc. O código que lida com eventos é chamado handler. Scripts de botões são séries de um ou mais handlers Movie clip Scripts Você também pode anexar um script a um movie clip. Para fazer isto, primeiro você deve criar um movie clip de modo que ele apareça na biblioteca. Então, arraste-o para o palco e abra o Action Panel com o movie clip selecionado. O Actions Panel é intitulado Actions Movie Clip. Os comandos devem ser colocados dentro dos handlers que reagem a eventos que ocorrem a movie clips. Os movie clips reagem a uma série de eventos diferentes dos botões e frames Atividade 1 - Usando o Actions Panel O primeiro comando que você deve aprender é chamado trace. O comando trace escreve algumas informações à janela do Flash Output, uma pequena janela de texto que pode aparecer quando você pré-visualiza seu filme em Flash. É tipicamente usada para enviar mensagens de eliminação de erros enquanto você desenvolve seu programa. Embora este exemplo pode não ser algo que você vá usar num filme real, é o modo mais rápido de mostrar que você pode escrever ActionScript que pode verdadeiramente fazer o Flash fazer alguma coisa. a) Para criar este exemplo, abra um novo filme. A linha de tempo automaticamente contém uma única camada com uma única keyframe. Selecione este quadro chave e digite F9 para abrir o Actions Panel. Então troque o Actions Panel para o modo expert através do pop-up menu que aparece no canto superior direito da janela. b) Agora você pode clicar na área em branco e digitar: trace( Oi Mundo!"); Note que uma vírgula é usada no fim de cada comando completo, que aparece numa única linha. O comando trace é uma função pré-programada do Flash. Funções usam parênteses para conter parâmetros. Parâmetros são bits de informação dados à funções para que elas possam completar sua tarefa. O comando trace requer só um parâmetro: o texto que deve aparecer na janela Output. Algumas funções requerem mais que um parâmetro, enquanto outras não requerem nenhuma. Seu Actions Panel deve se parecer como a figura seguinte: 2

3 c) Agora rode este filme, escolha Control> Test Movie. O Flash vai criar o arquivo.swf e então abre o arquivo na janela de pré-visualização. Esta janela permanece em branco porque não tem gráficos no filme. Entretanto, a janela Output também abre, mostrando as palavras Oi Mundo!. d) Salve o filme como p6_ativ1_seunome.fla Atividade 2 Controlando o filme a) Crie um novo filme com 550px de largura e 400 de altura. Desta vez, você vai adicionar vários keyframes nele. Cria uma série de quatro keyframes, cada um ocupando 10 frames. Clique em cada um dos keyframes e nomeie-os de parte1, parte2, parte3, parte4. b) Em cada uma destes keyframes acrescente um texto estático para que os usuários possam saber que parte está sendo vista na tela. Ex: selecione o frame parte1, clique no palco de edição, selecione a ferramenta texto, no painel de propriedades confira se está com a opção 3

4 static text e escreva Parte 1. Faça o mesmo para as outras partes, de modo que no frame parte2 esteja com o texto Parte 2 e assim por diante. c) Abra o Actions Panel e selecione o segundo keyframe. Digite na janela do Actions Panel: gotoandplay( parte4 ); O comando gotoandplay significa uma ordem para ir à um frame e continuar. Note que depois que você adicionou um ActionScript à um keyframe, ele contém a letra a na linha de tempo. d) Este é o único ActionScript no filme. Teste o filme. Quando você testa este filme, aqui está o que deve acontecer: o filme inicia no keyframe parte1, então ele mostra o texto Parte 1. Então ele avança até atingir o segundo keyframe parte2, que é o lugar aonde está o nosso ActionScript. Então, o Flash segue o comando e pula para o keyframe parte4. Ele faz isto antes mesmo de exibir o texto Parte 2. Então o filme está agora no parte4 e o texto Parte 4 é exibido. O filme então continua a se mover até o fim da linha de tempo. Chegando no fim, o filme recomeça e o texto Parte 1 reaparece. Todo o processo se repete indefinidamente. e) Salve o arquivo como p6_ativ2_seunome.fla. 4

5 3.4. Atividade 3 Criando botões para dar controle ao usuário No exemplo anterior, o ActionScript controlou o filme sem nenhuma interação com o usuário. Vamos adicionar alguns botões que vão permitir que o usuário diga ao filme para onde ir. O primeiro passo para dar ao usuário algum controle sobre o filme é intervindo no padrão do Flash. O Flash quer animar. Ele começa com o primeiro quadro e vai em frente para o próximo quadro. Você pode dizer ao Flash para parar com isto, pelo uso do comando stop(). a) Abra o arquivo anterior, salve-o com o nome p6_ativ3_seunome.fla. b) No primeiro frame, acrescente um ActionScript: stop(); Isto vai fazer com que o filme pare no primeiro frame e nunca mais vá para frente. c) Agora que o filme parou, é hora de dar ao usuário algum controle. Crie quatro botões simples, só para testar o filme, como o círculo que está de exemplo. d) No filme principal, acrescente uma nova camada. Chame-a de botões. Selecione o primeiro frame desta camada e arraste os botões que você criou para o palco. e) No frame parte2 troque o script gotoandplay( parte4 ); por: stop(); f) Acrescente o comando stop(); para os frames parte3 e parte4. g) Selecione o primeiro botão e, na janela do Actions Panel, escreva o script: On (press) { gotoandstop ( parte1 ); } 5

6 Este é um script comum para botões. Ele usa handlers par definir o que deve ser feito durante diferentes ações de botões. Neste caso, a ação é pressionar (press). A sintaxe on é usada para definir o começo de um handler como este. Então os símbolos das chaves { e } são usadas para conter os comandos que dever ser executados quando os eventos ocorrem. Neste caso, um comando gotoandstop é usado para ir à um frame e parar ao invés de continuar o filme. h) Anexe scripts similares aos outros botões. A única diferença deve ser que os outros botões pulem para os frames parte2, parte3 e parte4. i) Salve o arquivo como e publique-o como.swf. 6

7 3.5. Atividade 4 Animando com ActionScript Agora você precisa saber como mover como mover os itens no palco com ActionScript. Para fazer isto, você vai colocar um script no movie clip no mesmo jeito que você colocou no botão. a) Comece criando um novo filme. Você pode fazer algo simples como um círculo. b) Arraste o filme que você acabou de fazer da biblioteca para o palco. Neste ponto, você deverá ter somente um filme com uma única camada e um único frame. c) Clique em seu movie clip e, no Actions Panel escreva o script: onclipevent(enterframe) { this._x--; } Ao invés de usar on para definir o handler, você precisa usar onclipevent para definir eventos que afetam movie clips. No caso queremos usar o evento enterframe, que é um evento que acontece automaticamente, muitas vezes por segundo. Se o filme está preparado para rodar à 12fps, então o evento de enterframe deve ser enviado 12 vezes por segundo. Assim como com o handler on(press) no script do botão, o onclipevent(enterframe) usa chaves { e } para conter os comandos que serão executados quando o evento ocorrer. Só tem um comando aqui, que move o movie clip 1 pixel para a esquerda. Em this._x--, o this é usado quando o código num movie clip é usado para referenciar a si mesmo. Depois dele tem um ponto, que é usado depois de um objeto significa que você quer acessar uma propriedade do objeto. A propriedade neste caso é _x, a qual se refere a posição horizontal do movie clip. O -- é um comando diminutivo. Ele pega o valor do que está antes dele e reduz por exatamente 1. Comando this._x-- pega a posição horizontal do filme e subtrai 1, movendo o movie clip para a esquerda. Se você quisesse mover o movie clip para a direita você poderia usar ++, chamado comando aumentativo. Entretanto, se você quisesse mover o movie clip vários pixels de uma vez, você poderia usar += ou -+, como abaixo: onclipevent(enterframe) { this._x-=5; } O código acima move o movie clip 5 píxels de uma vez para a esquerda. d) Salve o arquivo como p6_ativ4_seunome.fla. Publique o arquivo como.swf. Atenção: Faça uma cópia de todos os arquivos desta aula para no diretório escolhido pelo professor para correção. Boa semana! 7

Prática 12 Visibilidade do estado do sistema

Prática 12 Visibilidade do estado do sistema Prática 12 Visibilidade do estado do sistema 1. Objetivos Desenvolver um carregador (loader) Desenvolver um carregador avançado Entender os tipos de carregadores. 2. Recursos Necessários Computador com

Leia mais

Prática 3 Princípios da Animação

Prática 3 Princípios da Animação Prática 3 Princípios da Animação As animações em um site são bem discutidas quanto ao seu uso, pois, qualquer coisa que se movimenta na visão periférica ocupa lugar na consciência. Isso faz com que o usuário

Leia mais

c) Insira uma nova camada, acima daquela que contém o texto. Nomeie-a de máscara. Clique com o botão direito nesta camada e marque a opção Mask.

c) Insira uma nova camada, acima daquela que contém o texto. Nomeie-a de máscara. Clique com o botão direito nesta camada e marque a opção Mask. Prática 5 Efeitos 1. Objetivos Desenvolver animações usando máscaras Fazer metamorfose pelo uso do Break apart 2. Recursos Necessários Computador com o programa Macromedia Flash MX ou superior. 3. Conceitos

Leia mais

Introdução... 3. O que irá mudar?... 3. Por onde começar?... 3. Para que serve cada camada (layer)?... 4. Inserindo a ClickTag...

Introdução... 3. O que irá mudar?... 3. Por onde começar?... 3. Para que serve cada camada (layer)?... 4. Inserindo a ClickTag... Open AdStream Guia para implementação de Banners Multilink Novembro 2009 Índice Introdução... 3 O que irá mudar?... 3 Por onde começar?... 3 Para que serve cada camada (layer)?... 4 Inserindo a ClickTag...

Leia mais

Banner Flutuante. Dreamweaver

Banner Flutuante. Dreamweaver Banner Flutuante Dreamweaver Começamos com um arquivo em branco no Dreamweaver MX. Para que o banner apareça sobre a página, precisamos inserir uma camada a mais no arquivo HTML. Selecione o menu Inserir

Leia mais

Permissão de Usuários

Permissão de Usuários Permissão de Usuários 1 Conteúdo 1. Propósito 3 2. Permissão de Usuários PrefGest 4 3. Permissão de Usuário para PrefCad 10 2 1. Propósito Este documento destina-se a explicar a ação para liberar permissões

Leia mais

De seguida vamos importar a imagem da lupa File > Import e abrir a imagem Lupa.png que está no Cd-rom.

De seguida vamos importar a imagem da lupa File > Import e abrir a imagem Lupa.png que está no Cd-rom. LUPA Introdução A base que está por detrás deste tutorial são duas imagens, uma com 50% do tamanho original colocada numa layer e outra imagem com o tamanho original colocada numa Mask layer dentro de

Leia mais

Prática 19 e 20 Características de um bom jogo

Prática 19 e 20 Características de um bom jogo Prática 19 e 20 Características de um bom jogo 1. Objetivos Estudar os elementos essenciais no desenvolvimento de jogos Desenvolver um jogo em Flash 2. Recursos Necessários Computador com o programa Macromedia

Leia mais

Apostila de Windows Movie Maker

Apostila de Windows Movie Maker Apostila de Windows Movie Maker Autor: João Paulo da Silva Apostila de Windows Movie Maker Autor: João Paulo da Silva 2 Índice Introdução ao Windows Movie Maker...03 O que é o Windows Movie Maker?...03

Leia mais

MANUAL DO ANIMAIL 1.0.0.1142 Terti Software

MANUAL DO ANIMAIL 1.0.0.1142 Terti Software O Animail é um software para criar campanhas de envio de email (email Marketing). Você pode criar diversas campanhas para públicos diferenciados. Tela Principal do sistema Para melhor apresentar o sistema,

Leia mais

Prática 2 Características do Flash

Prática 2 Características do Flash Prática 2 Características do Flash 1. Objetivos Se familiarizar com os Painéis, Frames e Timelines. Desenvolver uma animação simples. 2. Recursos Necessários Computador com o programa Macromedia Flash

Leia mais

Ferramenta para design de web site Macromedia Flash Fábio Fernandes

Ferramenta para design de web site Macromedia Flash Fábio Fernandes Ferramenta para design de web site Macromedia Flash Fábio Fernandes O Flash entrou no mercado de web design introduzindo o que até então ainda não havia sido alcançado: a criação de animações e interatividade

Leia mais

Continuação. 32. Inserir uma imagem da GALERIA CLIP-ART

Continuação. 32. Inserir uma imagem da GALERIA CLIP-ART Continuação 32. Inserir uma imagem da GALERIA CLIP-ART a) Vá para o primeiro slide da apresentação salva no item 31. b) Na guia PÁGINA INICIAL, clique no botão LAYOUT e selecione (clique) na opção TÍTULO

Leia mais

C D. C) Coleções: é usada para organizar o conteúdo de áudio, vídeo e imagens em pastas, buscando facilitar a montagem do storyboard.

C D. C) Coleções: é usada para organizar o conteúdo de áudio, vídeo e imagens em pastas, buscando facilitar a montagem do storyboard. 1 Windows Movie Maker XP O Windows Movie Maker é um software de edição de vídeos que permite criar e editar filmes caseiros, inserindo efeitos, músicas, legendas e transições. O vídeo pode ser criado a

Leia mais

Guia de Início Rápido

Guia de Início Rápido Guia de Início Rápido O Microsoft Word 2013 parece diferente das versões anteriores, por isso criamos este guia para ajudar você a minimizar a curva de aprendizado. Barra de Ferramentas de Acesso Rápido

Leia mais

CRIAÇÃO DE UM SITE COMPLETO EM FLASH

CRIAÇÃO DE UM SITE COMPLETO EM FLASH CRIAÇÃO DE UM SITE COMPLETO EM FLASH Introdução A criação de sites completamente em Flash é uma boa indicadora do grau de experiência que alguém pode ter com este software. Escusado será dizer que a criação

Leia mais

Barra de ferramentas padrão. Barra de formatação. Barra de desenho Painel de Tarefas

Barra de ferramentas padrão. Barra de formatação. Barra de desenho Painel de Tarefas Microsoft Power Point 2003 No Microsoft PowerPoint 2003, você cria sua apresentação usando apenas um arquivo, ele contém tudo o que você precisa uma estrutura para sua apresentação, os slides, o material

Leia mais

Introdução... 3. O que irá mudar?... 3. Por onde começar... 3. Para que serve cada camada (layer)?... 4. Inserindo a Clicktag... 5

Introdução... 3. O que irá mudar?... 3. Por onde começar... 3. Para que serve cada camada (layer)?... 4. Inserindo a Clicktag... 5 Open AdStream 5.7.0.1 Guideline/ Banners em Flash 6 Adobe Security Update Junho 2008 Índice Introdução... 3 O que irá mudar?... 3 Por onde começar... 3 Para que serve cada camada (layer)?... 4 Inserindo

Leia mais

Table of Contents. PowerPoint XP

Table of Contents. PowerPoint XP Table of Contents Finalizando a apresentação...1 Usando anotações...1 Desfazer e repetir...1 Localizar e substituir...2 Substituir...2 Efeitos de transição...3 Esquema de animação...6 Controlando os tempos

Leia mais

Tutorial de Blender, Animação básica do tipo keyframe

Tutorial de Blender, Animação básica do tipo keyframe Tutorial de Blender, Animação básica do tipo keyframe Enfim, o momento por muitos esperado! ;-) Agora que você já está mais familiarizado com o blender, com o básico sobre edição mesh e sobre renderização,

Leia mais

Unidade 1: O Painel de Controle do Excel *

Unidade 1: O Painel de Controle do Excel * Unidade 1: O Painel de Controle do Excel * material do 2010* 1.0 Introdução O Excel nos ajuda a compreender melhor os dados graças à sua organização em células (organizadas em linhas e colunas) e ao uso

Leia mais

Fluxo de trabalho do Capture Pro Software: Indexação de OCR e separação de documentos de código de correção

Fluxo de trabalho do Capture Pro Software: Indexação de OCR e separação de documentos de código de correção Este procedimento corresponde ao fluxo de trabalho de Indexação de OCR com separação de código de correção no programa de treinamento do Capture Pro Software. As etapas do procedimento encontram-se na

Leia mais

Nome: n.º 3º AT, BT, CT WEB Barueri, 18 / 08 / 2009 2ª Postagem Disciplina: PRMD

Nome: n.º 3º AT, BT, CT WEB Barueri, 18 / 08 / 2009 2ª Postagem Disciplina: PRMD Nome: n.º 3º AT, BT, CT WEB Barueri, 18 / 08 / 2009 2ª Postagem Disciplina: PRMD AULA 02 MANIPULAÇÃO DE CLIPES DE FILME E CONTROLE DE NAVEGAÇÃO Aluno(a), Este segundo material on-line é dedicado a novos

Leia mais

A Estação da Evolução

A Estação da Evolução Microsoft Excel 2010, o que é isto? Micorsoft Excel é um programa do tipo planilha eletrônica. As planilhas eletrônicas são utilizadas pelas empresas pra a construção e controle onde a função principal

Leia mais

Como renomear/mudar de local arquivos sem perder referencias na montagem. Renomear Arquivos

Como renomear/mudar de local arquivos sem perder referencias na montagem. Renomear Arquivos Como renomear/mudar de local arquivos sem perder referencias na montagem. Quando utilizamos o SolidWorks nem sempre o nome que inicialmente inserimos em um determinado componente será o mesmo ao término

Leia mais

96 cartuchos simultâneos ou não. Copiar e Colar Cartucho: O usuário poderá copiar e colar os cartuchos, e até mesmo colar o cartucho selecionado em um outro perfil. Além de ter o recurso para mudar a cor

Leia mais

Informática básica: Sistema operacional Microsoft Windows XP

Informática básica: Sistema operacional Microsoft Windows XP Informática básica: Sistema operacional Microsoft Windows XP...1 Informática básica: Sistema operacional Microsoft Windows XP...1 Iniciando o Windows XP...2 Desligar o computador...3 Área de trabalho...3

Leia mais

NÚCLEO DE TECNOLOGIA E EDUCAÇÃO CURSO: WINDOWS MOVIE MAKER TUTORIAL

NÚCLEO DE TECNOLOGIA E EDUCAÇÃO CURSO: WINDOWS MOVIE MAKER TUTORIAL NÚCLEO DE TECNOLOGIA E EDUCAÇÃO CURSO: WINDOWS MOVIE MAKER TUTORIAL O que é o Windows Movie Maker? É um programa que permite criar nossos próprios filmes com som, músicas, transição e efeito de vídeo.

Leia mais

Aula 03 PowerPoint 2007

Aula 03 PowerPoint 2007 Aula 03 PowerPoint 2007 Professor: Bruno Gomes Disciplina: Informática Básica Curso: Gestão de Turismo Sumário da aula: 1. Abrindo o PowerPoint; 2. Conhecendo a Tela do PowerPoint; 3. Criando uma Nova

Leia mais

CRIAR UMA ANIMAÇÃO BÁSICA NO FLASH MX

CRIAR UMA ANIMAÇÃO BÁSICA NO FLASH MX CRIAR UMA ANIMAÇÃO BÁSICA NO FLASH MX Introdução Este tutorial vai-te ajudar a compreender os princípios básicos do Flash MX - tal como layers, tweens, cores, texto, linhas e formas. No final deste tutorial

Leia mais

Office 365 Manual Outlook 365 Web Application

Office 365 Manual Outlook 365 Web Application Office 365 Manual Outlook 365 Web Application Requisitos para usar o Office 365: Ter instalado pelo menos a versão 7 do Internet Explorer, Mozilla Firefox 15, Google Chrome 21 ou Safari no Mac. O que é

Leia mais

ALBUM DE FOTOGRAFIAS NO POWER POINT

ALBUM DE FOTOGRAFIAS NO POWER POINT ALBUM DE FOTOGRAFIAS NO POWER POINT O PowerPoint é uma poderosa ferramenta que faz parte do pacote Office da Microsoft. O principal uso desse programa é a criação de apresentação de slides, para mostrar

Leia mais

VPT 7 Primeiros passos

VPT 7 Primeiros passos VPT 7 Primeiros passos Manual preliminar para o VPT 7 Escrito por HC Gilje 28/04/13 Traduzido por VJ pixel Revisado por Paloma Oliveira A pasta VPT Na pasta do VPT você vai encontrar a pasta do projeto

Leia mais

LGTi Tecnologia. Manual - Outlook Web App. Soluções Inteligentes. Siner Engenharia

LGTi Tecnologia. Manual - Outlook Web App. Soluções Inteligentes. Siner Engenharia LGTi Tecnologia Soluções Inteligentes Manual - Outlook Web App Siner Engenharia Sumário Acessando o Outlook Web App (Webmail)... 3 Email no Outlook Web App... 5 Criar uma nova mensagem... 6 Trabalhando

Leia mais

Montar planilhas de uma forma organizada e clara.

Montar planilhas de uma forma organizada e clara. 1 Treinamento do Office 2007 EXCEL Objetivos Após concluir este curso você poderá: Montar planilhas de uma forma organizada e clara. Layout da planilha Inserir gráficos Realizar operações matemáticas 2

Leia mais

IMPORTAR OU EXPORTAR CERTIFICADOS E CHAVES PRIVADAS

IMPORTAR OU EXPORTAR CERTIFICADOS E CHAVES PRIVADAS IMPORTAR OU EXPORTAR CERTIFICADOS E CHAVES PRIVADAS Você deve estar com logon de administrador para realizar essas etapas. Você pode importar um certificado para usá-lo no seu computador, ou pode exportá-lo

Leia mais

1º PASSO: CRIE NO SEU COMPUTADOR UMA PASTA PARA O SEU PROJETO 2º PASSO: CONHEÇA O MOVIE MAKER

1º PASSO: CRIE NO SEU COMPUTADOR UMA PASTA PARA O SEU PROJETO 2º PASSO: CONHEÇA O MOVIE MAKER 1º PASSO: CRIE NO SEU COMPUTADOR UMA PASTA PARA O SEU PROJETO Vá até a pasta MEUS VÍDEOS; Clique com o botão direito e escolha a opção NOVO / PASTA; Escreva como nome da pasta o nome do seu Projeto; Abra

Leia mais

INTRODUÇÃO AO ACTIONSCRIPT

INTRODUÇÃO AO ACTIONSCRIPT 6 INTRODUÇÃO AO ACTIONSCRIPT No capítulo anterior, aprendemos a criar animações lineares que são inseridas na timeline. Ao longo deste capítulo, iremos abordar a linguagem de programação ActionScript para

Leia mais

Microsoft Access XP Módulo Um

Microsoft Access XP Módulo Um Microsoft Access XP Módulo Um Neste primeiro módulo de aula do curso completo de Access XP vamos nos dedicar ao estudo de alguns termos relacionados com banco de dados e as principais novidades do novo

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA PRÓ-REITORIA ACADÊMICA NÚCLEO DE EDUCAÇÃO EM AMBIENTES DIGITAIS NEAD

CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA PRÓ-REITORIA ACADÊMICA NÚCLEO DE EDUCAÇÃO EM AMBIENTES DIGITAIS NEAD 0 CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA PRÓ-REITORIA ACADÊMICA NÚCLEO DE EDUCAÇÃO EM AMBIENTES DIGITAIS NEAD ORIENTAÇÕES SOBRE USO DO AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM (MOODLE) PARA DISPONIBILIZAÇÃO

Leia mais

LIÇÃO 1 - USANDO O GRAVADOR DE MACROS

LIÇÃO 1 - USANDO O GRAVADOR DE MACROS 1_15 - ADS - PRO MICRO (ILM 001) - Estudo dirigido Macros Gravadas Word 1/35 LIÇÃO 1 - USANDO O GRAVADOR DE MACROS No Microsoft Office Word 2007 é possível automatizar tarefas usadas frequentemente criando

Leia mais

Recursos do Outlook Web Access

Recursos do Outlook Web Access Recursos do Outlook Web Access Este material foi criado pela Secretaria de Tecnologia de Informação e Comunicação (SETIC) do Tribunal Regional do Trabalho da 17ª Região. Seu intuito é apresentar algumas

Leia mais

1 UNIT Universidade do Trabalhador Dr. Abel dos Santos Nunes

1 UNIT Universidade do Trabalhador Dr. Abel dos Santos Nunes 1 UNIT Universidade do Trabalhador Dr. Abel dos Santos Nunes Janelas são estruturas do software que guardam todo o conteúdo exibido de um programa, cada vez que um aplicativo é solicitado à janela do sistema

Leia mais

Crie um novo documento de mais ou menos 300x300Selecione a ferramenta Elipse tool (elipse U)

Crie um novo documento de mais ou menos 300x300Selecione a ferramenta Elipse tool (elipse U) Animação Crie um novo documento de mais ou menos 300x300Selecione a ferramenta Elipse tool (elipse U) Crie uma bola segurando a tecla SHIFT com uma cor qualquer Duplique essa bola através do menu Editar

Leia mais

Logo abaixo temos a Barra de Menus que é onde podemos acessar todos os recursos do PHP Editor.

Logo abaixo temos a Barra de Menus que é onde podemos acessar todos os recursos do PHP Editor. Nessa aula iremos estudar: A anatomia da janela do PHP Editor Iniciando o servidor Web O primeiro exemplo de PHP Anatomia da janela do PHP Editor Barra de Títulos: É a barra azul que se encontra na parte

Leia mais

Universidade Federal de Santa Maria UFSM Centro de Tecnologia CT. Power Point. Básico

Universidade Federal de Santa Maria UFSM Centro de Tecnologia CT. Power Point. Básico Universidade Federal de Santa Maria UFSM Centro de Tecnologia CT Power Point Básico Santa Maria, julho de 2006 O Power Point é um aplicativo do Microsoft Office direcionado à criação de apresentações.

Leia mais

Apostila para o 7º ano Profª Yandra

Apostila para o 7º ano Profª Yandra Apostila para o 7º ano Profª Yandra INTRODUÇÃO Scratch é uma linguagem de programação desenvolvida por uma conceituada universidade norte-americana (MIT). Através de um sistema inovador que introduz noções

Leia mais

Aula Au 3 la 7 Windows-Internet

Aula Au 3 la 7 Windows-Internet Aula 37 Aula Ferramenta de Captura 2 Você pode usar a Ferramenta de Captura para obter um recorte de qualquer objeto na tela e, em seguida, anotar, salvar ou compartilhar a imagem. 3 Vamos fazer o seguinte:

Leia mais

Apostilas OBJETIVA Escrevente Técnico Judiciário TJ Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo - Concurso Público 2015. Caderno 1.

Apostilas OBJETIVA Escrevente Técnico Judiciário TJ Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo - Concurso Público 2015. Caderno 1. Caderno 1 Índice MS-Windows 7: conceito de pastas, diretórios, arquivos e atalhos, área de trabalho, área de transferência, manipulação de arquivos e pastas, uso dos menus, programas e aplicativos, interação

Leia mais

Manual de Operações Básicas. Thiago Passamani

Manual de Operações Básicas. Thiago Passamani Manual de Operações Básicas Thiago Passamani 1 - Entrando e saindo do sistema O Zimbra Suíte de Colaboração é um software de correio eletrônico open source com suporte para e-mail, contatos, calendário

Leia mais

Iniciação à Informática

Iniciação à Informática Meu computador e Windows Explorer Justificativa Toda informação ou dado trabalhado no computador, quando armazenado em uma unidade de disco, transforma-se em um arquivo. Saber manipular os arquivos através

Leia mais

Mozart de Melo Alves Júnior

Mozart de Melo Alves Júnior Mozart de Melo Alves Júnior WORD 2000 INTRODUÇÃO: O Word é um processador de texto com recursos de acentuação, formatação de parágrafo, estilo de letras diferentes, criação de tabelas, corretor ortográfico,

Leia mais

Sumário INTRODUÇÃO... 3. 1. Acesso ao Ambiente do Aluno... 4. 2. Ferramentas e Configurações... 5. 2.1 Ver Perfil... 5. 2.2 Modificar Perfil...

Sumário INTRODUÇÃO... 3. 1. Acesso ao Ambiente do Aluno... 4. 2. Ferramentas e Configurações... 5. 2.1 Ver Perfil... 5. 2.2 Modificar Perfil... Sumário INTRODUÇÃO... 3 1. Acesso ao Ambiente do Aluno... 4 2. Ferramentas e Configurações... 5 2.1 Ver Perfil... 5 2.2 Modificar Perfil... 6 2.3 Alterar Senha... 11 2.4 Mensagens... 11 2.4.1 Mandando

Leia mais

Dicas para usar melhor o Word 2007

Dicas para usar melhor o Word 2007 Dicas para usar melhor o Word 2007 Quem está acostumado (ou não) a trabalhar com o Word, não costuma ter todo o tempo do mundo disponível para descobrir as funcionalidades de versões recentemente lançadas.

Leia mais

Power Point. Autor: Paula Pedone

Power Point. Autor: Paula Pedone Power Point Autor: Paula Pedone INTRODUÇÃO O POWER POINT é um editor de apresentações, pertencente ao Pacote Office da Microsoft. Suas principais características são: criação de apresentações através da

Leia mais

DICAS PARA SE APERFEIÇOAR NO WINDOWS 7

DICAS PARA SE APERFEIÇOAR NO WINDOWS 7 DICAS PARA SE APERFEIÇOAR NO WINDOWS 7 1. MOVIMENTAÇÃO ENTRE PASTAS Todo o funcionamento do Windows Explorer gira em torno da sua capacidade de transitar entre as pastas salvas no disco de armazenamento.

Leia mais

Informática básica Telecentro/Infocentro Acessa-SP

Informática básica Telecentro/Infocentro Acessa-SP Informática básica Telecentro/Infocentro Acessa-SP Aula de hoje: Verificando data e hora, desligando o computador, janelas, copiar colar, excluindo um arquivo. Prof: Lucas Aureo Guidastre Verificando data

Leia mais

Usando áudio no Flash

Usando áudio no Flash Usando áudio no Flash Por que usar som? O diferencial de um trabalho na web, muitas vezes pode estar relacionada à diversidade de elementos mul?mídia que o site ou a aplicação pode apresentar. O Flash

Leia mais

Manual PAINT.NET de imagens

Manual PAINT.NET de imagens Manual PAINT.NET de imagens 1. Instalação 1.1 - Para instalar o programa paint.net, o primeiro passo é baixá-lo do endereço a seguir e salvá-lo em seu computador. http://ww2.prefeitura.sp.gov.br/paint_net/paint.net.3.36.exe

Leia mais

Ajuda do Usuário do Websense Secure Messaging

Ajuda do Usuário do Websense Secure Messaging Ajuda do Usuário do Websense Secure Messaging Bem-vindo ao Websense Secure Messaging, uma ferramenta que fornece um portal seguro para transmissão e exibição de dados confidenciais e pessoais em email.

Leia mais

Windowns Live Movie Maker

Windowns Live Movie Maker Windowns Live Movie Maker PROGRAMA CONECTIVIDADE AMBIENTE VIRTUAL PARA APRENDIZAGEM COLABORATIVA CURSO DE TECNOLOGIAS EM EDUCAÇÃO Diretoria de Educação Assessoria de Tecnologias Educacionais Gerência de

Leia mais

TUTORIAL COMO CRIAR E EDITAR UM VÍDEO NO WINDOWS MOVIE MAKER*

TUTORIAL COMO CRIAR E EDITAR UM VÍDEO NO WINDOWS MOVIE MAKER* TUTORIAL COMO CRIAR E EDITAR UM VÍDEO NO WINDOWS MOVIE MAKER* * Microsoft Windows MovieMakeré um programa da Microsoft Corporation. A versão utilizada é a 5.1 que já vem instalada no Microsoft Windows

Leia mais

Bem vindo! Esta é a tela inicial do Webmail da Universidade federal de Juiz de Fora. O link de acesso é: http://correio.ufjf.edu.

Bem vindo! Esta é a tela inicial do Webmail da Universidade federal de Juiz de Fora. O link de acesso é: http://correio.ufjf.edu. Manual WebMail 1. Tela inicial... pág. 2 2. Caixa de Entrada... pág. 2 3. A pasta Lidas... pág. 3 4. Criando sua assinatura... pág. 3 5. Enviar Mensagens... pág. 3 6. Anexando arquivos... pág. 4 7. Adicionando

Leia mais

Bem vindo ao ajuda do software QUICKFISH para criação de sites.

Bem vindo ao ajuda do software QUICKFISH para criação de sites. Bem vindo ao ajuda do software QUICKFISH para criação de sites. SUMÁRIO 1 Exemplo de site criado no software QUICKFISH...02 2 Salvando Seu Site...03 3 Publicando Seu Site...03 4 Visão inicial do Software

Leia mais

Delphi 7 Aula 01 Área do Triângulo

Delphi 7 Aula 01 Área do Triângulo Delphi 7 Aula 01 Área do Triângulo Prof. Gilbert Azevedo da Silva I. Objetivos Conhecer o Ambiente Integrado de Desenvolvimento (IDE) do Delphi 7, Desenvolver a primeira aplicação no Delphi 7, Aprender

Leia mais

W o r d p r e s s 1- TELA DE LOGIN

W o r d p r e s s 1- TELA DE LOGIN S U M Á R I O 1Tela de Login...2 2 Painel......3 3 Post...4 4 Ferramentas de Post...10 5 Páginas...14 6 Ferramentas de páginas...21 7 Mídias...25 8 Links......30 1 1- TELA DE LOGIN Para ter acesso ao wordpress

Leia mais

Portal Contador Parceiro

Portal Contador Parceiro Portal Contador Parceiro Manual do Usuário Produzido por: Informática Educativa 1. Portal Contador Parceiro... 03 2. Acesso ao Portal... 04 3. Profissionais...11 4. Restrito...16 4.1 Perfil... 18 4.2 Artigos...

Leia mais

Manual de utilização do Zimbra

Manual de utilização do Zimbra Manual de utilização do Zimbra Compatível com os principais navegadores web ( Firefox, Chrome e Internet Explorer ) o Zimbra Webmail é uma suíte completa de ferramentas para gerir e-mails, calendário,

Leia mais

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA Manual de Utilização Google Grupos Sumário (Clique sobre a opção desejada para ir direto à página correspondente) Utilização do Google Grupos Introdução... 3 Página

Leia mais

Janelas e seus elementos

Janelas e seus elementos Janelas e seus elementos As janelas são quadros que são exibidos na tela do monitor. Todos os aplicativos estudados nesse curso serão exibidos dentro de janelas. Nelas você poderá abrir, salvar e fechar

Leia mais

Manual do Usuário. Minha Biblioteca

Manual do Usuário. Minha Biblioteca Manual do Usuário Minha Biblioteca Sumário Acesso a Minha Biblioteca... 3 Tela Principal... 3 Para que serve o ícone Minha Biblioteca?... 3 O que você encontra no campo Pesquisar?... 4 Quando utilizar

Leia mais

Você acessa seu DISCO Virtual do mesmo modo como faz para seu HD, através de:

Você acessa seu DISCO Virtual do mesmo modo como faz para seu HD, através de: Manual DISCO VIRTUAL Gemelo Backup Online DESKTOP É um Disco que se encontra em seu PC junto às unidades de discos locais. A informação aqui existente é a mesma que você efetuou backup com sua Agenda ou

Leia mais

Configurando um Grupo Doméstico e Compartilhando arquivos no Windows 7

Configurando um Grupo Doméstico e Compartilhando arquivos no Windows 7 Configurando um Grupo Doméstico e Compartilhando arquivos no Windows 7 Para criar um grupo doméstico e compartilhar arquivos é necessário que tenhamos pelo menos dois computadores ligados entre si (em

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA/3 DE BARCELINHOS (403787)

ESCOLA SECUNDÁRIA/3 DE BARCELINHOS (403787) ESCOLA SECUNDÁRIA/3 DE BARCELINHOS (403787) CURSO PROFISSIONAL DE ANIMADOR SOCIOCULTURAL DISCIPLINA TIC ANO LECTIVO 2010/2011 GUIA DE APRENDIZAGEM MÓDULO N.º 3 ADOBE FLASH FORMADOR: NUNO CUNHA Data: 14

Leia mais

Manual de Uso Wordpress

Manual de Uso Wordpress Manual de Uso Wordpress Olá! Seja bem vindo ao igual. Agora você pode transmitir todas as notícias importantes da sua comunidade de forma mais simples e eficiente. Mas para que isso aconteça, primeiro

Leia mais

Vinte dicas para o Word 2007

Vinte dicas para o Word 2007 Vinte dicas para o Word 2007 Introdução O Microsoft Word é um dos editores de textos mais utilizados do mundo. Trata-se de uma ferramenta repleta de recursos e funcionalidades, o que a torna apta à elaboração

Leia mais

CARTILHA OFFICE 365. Secretaria de Estado de Educação do Rio de Janeiro. Subsecretaria de Infraestrutura e Tecnologia da Informação

CARTILHA OFFICE 365. Secretaria de Estado de Educação do Rio de Janeiro. Subsecretaria de Infraestrutura e Tecnologia da Informação CARTILHA OFFICE 365 Secretaria de Estado de Educação do Rio de Janeiro Subsecretaria de Infraestrutura e Tecnologia da Informação Superintendência de Tecnologia da Informação 1 ÍNDICE Índice... 2 Introdução

Leia mais

Manual do KNotes. Fabian Dal Santo Greg M. Holmes Revisão: Lauri Watts Tradução: Marcus Gama

Manual do KNotes. Fabian Dal Santo Greg M. Holmes Revisão: Lauri Watts Tradução: Marcus Gama Fabian Dal Santo Greg M. Holmes Revisão: Lauri Watts Tradução: Marcus Gama 2 Conteúdo 1 Introdução 5 2 Usando o KNotes 6 3 Configuração 9 3.1 Configurando as Opções Padrão do KNotes.......................

Leia mais

Ave: Manual do usuário

Ave: Manual do usuário As iniciais no canto superior esquerdo indicam a atual lista de espécies em uso. Clique neste campo para abrir uma grade com todas Ave: Manual do usuário Introdução A Janela Inicial O botão Listas Sobre

Leia mais

2. ENTRADA DE DADOS 2.1. TEXTOS

2. ENTRADA DE DADOS 2.1. TEXTOS 2. ENTRADA DE DADOS Os dados digitados em uma célula são divididos em duas categorias principais: constantes ou fórmulas. Um valor constante é um dado digitado diretamente na célula e que não é alterado.

Leia mais

Sumário INTRODUÇÃO 3 DICAS PARA CRIAR UM BOM SITE 4

Sumário INTRODUÇÃO 3 DICAS PARA CRIAR UM BOM SITE 4 Sumário Todos os direitos reservados e protegidos pela Lei 5.988 de 14/12/73. Nenhuma parte deste livro, sem prévia autorização por escrito de Celta Informática, poderá ser reproduzida total ou parcialmente,

Leia mais

ROBERTO OLIVEIRA CUNHA

ROBERTO OLIVEIRA CUNHA LEIAME APRESENTAÇÃO Nenhuma informação do TUTORIAL DO MICRO- SOFT OFFICE WORD 2003 poderá ser copiada, movida ou modificada sem autorização prévia e escrita do Programador Roberto Oliveira Cunha. Programador:

Leia mais

Webmail UFMA Tutorial de Operações Básicas do Usuário Cliente Web

Webmail UFMA Tutorial de Operações Básicas do Usuário Cliente Web UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO - UFMA NÚCLEO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO - NTI GERÊNCIA DE REDES - GEREDES Webmail UFMA Tutorial de Operações Básicas do Usuário Cliente Web São Luís 2014 1. INICIANDO...

Leia mais

Como criar pastas personalizadas e novas peças no Toolbox

Como criar pastas personalizadas e novas peças no Toolbox Como criar pastas personalizadas e novas peças no Toolbox Neste tutorial apreenderemos como inserir uma nova pasta no toolbox, inserir novas peças na biblioteca do toolbox e criar propriedades personalizadas

Leia mais

Criar fotos em 3D no Creator

Criar fotos em 3D no Creator Criar fotos em 3D no Creator O aplicativo Criar fotos em 3D da Roxio torna simples produzir fotos em 3D a partir de várias origens, incluindo arquivos 3D MPO de Fujifilm FinePix REAL 3D W1, fotos digitais

Leia mais

INTRODUÇÃO AO WINDOWS

INTRODUÇÃO AO WINDOWS INTRODUÇÃO AO WINDOWS Paulo José De Fazzio Júnior 1 Noções de Windows INICIANDO O WINDOWS...3 ÍCONES...4 BARRA DE TAREFAS...5 BOTÃO...5 ÁREA DE NOTIFICAÇÃO...5 BOTÃO INICIAR...6 INICIANDO PROGRAMAS...7

Leia mais

Informática Básica para o PIBID

Informática Básica para o PIBID Universidade Federal Rural do Semi Árido Programa Institucional de Iniciação à Docência Informática Básica para o PIBID Prof. Dr. Sílvio Fernandes Roteiro O Tamanho e Resolução de imagens O Compactação

Leia mais

Tutorial. Windows Live Mail

Tutorial. Windows Live Mail Tutorial Windows Live Mail Instalação, Configuração e Utilização Windows Live Mail O Windows Live Mail permite que você envie e receba mensagens de várias contas de e-mail em um mesmo local, servindo também

Leia mais

Manual de utilização GDS Touch PAINEL TOUCH-SCREEN CONTROLE RESIDENCIAL INTERATIVO. Versão: 1.0 Direitos reservados.

Manual de utilização GDS Touch PAINEL TOUCH-SCREEN CONTROLE RESIDENCIAL INTERATIVO. Versão: 1.0 Direitos reservados. Bem Vindo GDS TOUCH Manual de utilização GDS Touch PAINEL TOUCH-SCREEN CONTROLE RESIDENCIAL INTERATIVO O GDS Touch é um painel wireless touchscreen de controle residencial, com design totalmente 3D, interativo

Leia mais

Como já foi dito anteriormente o Excel possui recursos que permitem alterar a aparência de nossas planilhas.

Como já foi dito anteriormente o Excel possui recursos que permitem alterar a aparência de nossas planilhas. Formatação de Células Como já foi dito anteriormente o Excel possui recursos que permitem alterar a aparência de nossas planilhas. O recurso de formatação de células é um recurso muito utilizado. Ele permite

Leia mais

Utilizando o correio eletrônico da UFJF com Thunderbird e IMAP

Utilizando o correio eletrônico da UFJF com Thunderbird e IMAP Utilizando o correio eletrônico da UFJF com Thunderbird e IMAP O cliente de e-mail web utilizado pela UFJF é um projeto OpenSource que não é desenvolvido pela universidade. Por isso, pode ocorrer que alguns

Leia mais

Capítulo 7 O Gerenciador de Arquivos

Capítulo 7 O Gerenciador de Arquivos Capítulo 7 O Gerenciador de Arquivos Neste capítulo nós iremos examinar as características da interface do gerenciador de arquivos Konqueror. Através dele realizaremos as principais operações com arquivos

Leia mais

Introdução ao GeoGebra

Introdução ao GeoGebra Universidade Federal de Alfenas UNIFAL-MG Introdução ao GeoGebra Prof. Dr. José Carlos de Souza Junior AGOSTO 2010 Sumário 1 Primeiros Passos com o GeoGebra 4 1.1 Conhecendo o Programa............................

Leia mais

Unidade 19: Macros. 19.0 Introdução. 19.1 Antes de você começar. Adicionando a Guia Desenvolvedor

Unidade 19: Macros. 19.0 Introdução. 19.1 Antes de você começar. Adicionando a Guia Desenvolvedor Unidade 19: Macros 19.0 Introdução Se algum dia você se encontrar repetindo a mesma ação no Excel várias vezes, pode valer a pena utilizar uma Macro (do Grego "μάκρο" para grande, a ideia é a de que uma

Leia mais

Universidade Estadual de Campinas Faculdade de Educação Laboratório de Novas Tecnologias Aplicadas à Educação

Universidade Estadual de Campinas Faculdade de Educação Laboratório de Novas Tecnologias Aplicadas à Educação Universidade Estadual de Campinas Faculdade de Educação Laboratório de Novas Tecnologias Aplicadas à Educação Guia didático para professores sobre o Windows Movie Maker Prof. Dr Sérgio Ferreira Amaral

Leia mais

PASSO A PASSO MOVIE MAKER

PASSO A PASSO MOVIE MAKER PASSO A PASSO MOVIE MAKER Nesta etapa, você deverá apresentar o programa e ajudá-los a montarem o filme. Veja como é fácil. Siga as instruções do passo-a-passo: DICA O que é o Movie Maker? Com o Microsoft

Leia mais

Seu primeiro jogo no Game Maker - tradução livre do tutorial do Game Maker. Traduzido por: Fernanda Monteiro Eliott.

Seu primeiro jogo no Game Maker - tradução livre do tutorial do Game Maker. Traduzido por: Fernanda Monteiro Eliott. Seu primeiro jogo no Game Maker - tradução livre do tutorial do Game Maker. Traduzido por: Fernanda Monteiro Eliott. No jogo, algumas frutas se moverão pelo mundo. O jogador deve clicar sobre elas com

Leia mais

Banco de Dados Microsoft Access: Criar tabelas

Banco de Dados Microsoft Access: Criar tabelas Banco de Dados Microsoft Access: Criar s Vitor Valerio de Souza Campos Objetivos do curso 1. Criar uma no modo de exibição Folha de Dados. 2. Definir tipos de dados para os campos na. 3. Criar uma no modo

Leia mais

Lição 4 - Primeiros passos no Linux Ubuntu 11.04

Lição 4 - Primeiros passos no Linux Ubuntu 11.04 Lição 4 - Primeiros passos no Linux Ubuntu 11.04 Olá Aluno Os objetivos específicos desta lição são: - reconhecer o Ubuntu como mais uma alternativa de sistema operacional; - conhecer os elementos da área

Leia mais

Banco de Dados Microsoft Access: Criar tabelas. Vitor Valerio de Souza Campos

Banco de Dados Microsoft Access: Criar tabelas. Vitor Valerio de Souza Campos Banco de Dados Microsoft Access: Criar tabelas Vitor Valerio de Souza Campos Objetivos do curso 1. Criar uma tabela no modo de exibição Folha de Dados. 2. Definir tipos de dados para os campos na tabela.

Leia mais