FotoMBoé: Módulo I PENSAMENTO. Vivaldo Armelin Júnior. Próximo Número. O Site! São Paulo, SP - Brasil

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "FotoMBoé: Módulo I PENSAMENTO. Vivaldo Armelin Júnior. Próximo Número. O Site! www.fotomboe.com. São Paulo, SP - Brasil"

Transcrição

1 PENSAMENTO A edição de fotografia é uma atividade prazeirosa e por essa razão não poderá ser feita por obrigação, com certeza o resultado não será o melhor caso o faça sem a devida vontade. Pense nele antes de iniciar o trabalho! Módulo I 2010 Próximo Número O Software - descrição do software e suas possibilidades, a Barra de Menu, Ferramenta o uso da cor etc. Edição na Prática - Apresentamos a primeira edição de imagem, será uma bem simples ou você esperava uma muito complexa? Calma! Resolução - Tabela contendo as resoluções. O Site! O Site FotoMBoé.com não dá suporte aos cursos grátis, mas poderemos disponibilizar algumas dicas, nessa publicação, de acordo com indagações enviadas por nossos visitantes. No momento não disponibilizamos cursos pagos. Outubro de 2010 São Paulo, SP - Brasil. Vivaldo Armelin Júnior FotoMBoé: São Paulo, SP - Brasil

2 Índice O Software - Apresentação 1 Efeitos 2 Edição na Prática 3 A Imagem 4 Indicação Bibliográfica 5 Menus e Ferramentas I 6 Resolução 7 Dicas 7 Teoria da Cor 8 O Paint.Net - Imagem 9 Apresentação Este é o primeiro módulo deste curso de edição e tratamento de imagens abordando o Paint.Net, um soft grátis, com solicitação não obrigatória de doação, com uma grande quantidade de ferramentas, recursos e plug-ins. Mais tarde lançaremos o curso do Gimp, um programa livre e grátis do projeto GNU de software livre com capacidade de processamento de imagens bem semelhante ao Photoshop, um programa pago e caro. Direitos Autorais Todos os direitos reservados. É proibido fazer cópia, editar, modificar, distribuir (mesmo a título de gratuidade), comercializar etc., sem a devida autorização por escrito dada pelo responsável do Site FotoMBoé. com. Todos os direitos reservados. São Paulo, SP - Brasil Curso do Paint.Net Este E-livro publicado mensalmente pelo e no Site FotoMBoé. Produção, Direção, Diagramação, Composição, Estudo temático, Edição, Fotografia, Filmagem (Áudio/ Vídeo), Áudio, Texto, Ilustração, Desenho, Pintura: Vivaldo Armelin Júnior Publicação online e não impressa. São Paulo, SP - Brasil. O Paint.Net é um software grátis (free)de propriedade da dotpdn LLC, empresa detentora de todos os direitos autorais e comerciais. Para ajudá-los é possível fazer um donativo, este é voluntário. 1 2 Janela Principal do Paint.Net Essa imagem demonstra bem todas as Barras, como: Barra de Menu (1), Barra de Ferramenta (2) etc. FotoMBoé.com - 9

3 Teoria da Cor Para o desenho, pintura, fotografia, cinema e vídeo a cor e os neutros são fundamentais para a boa qualidade da imagem. Mas o que são cores e neutros? As cores são classificadas em três categorias assim denominadas e essas em primárias, secundárias, terciárias, e assim por diante: A. Cores-Pigmento Opacas - correspondem à classificação das tintas e corantes contendo pigmentos opacos. São três cores as primárias e três as secundárias. As primárias são: Amarelo, Azul e Vermelho (na realidade o vermelho não é uma cor primária, mas por convenção é aceita como primária). As secundárias são: Verde (Amarelo + Azul), Laranja (Vermelho + Amarelo) e Violeta (Azul + Vermelho). Estão presentes nas tintas para pintura de parede, metais e madeira, por exemplo. B. Cores-Pigmento Transparentes - correspondem à classificação das tintas e corantes com pigmentos transparentes. São três cores as primárias e três as secundárias. As primárias são: Magenta, Amarelo e Ciano. As secundárias são: Azul-Violetado (Magenta + Azul), Verde (Azul + Amarelo) e Vermelho (Amarelo + Magenta). Estão presentes nas tintas transparentes para pintura de vitrais, em aquarela, verniz, lentes de óculo, por exemplo. C. Cores-Luz - correspondem à classificação dos espectros luminosos (formado por fótons). São três as cores primárias e três as secundárias. As primárias são: Azul-Violetado, Vermelho e Verde. As secundárias são: Magenta (Vermelho + Azul-Violetado), Ciano (Azul- Violetado + Verde) e Verde (Amarelo + Ciano). Estão presentes no espectro luminoso natural ou artificial. Vivaldo Armelin Júnior - 8 O Software A fotografia é uma paixão desde a sua descoberta no século XIX, no entanto nem todos tinham acesso a ela pelos custos inerentes ao processo, como: aquisição do equipamento, compra do filme, revelação e cópia. O tempo passou e em meados do século XX, houve uma grande popularização com a abertura das grandes redes de laboratórios, os custos foram baixados drasticamente, mas ainda existiam. Outra limitação estava associada à quantidade de imagens, no máximo trinta e seis por filme. Eram disponibilizados filmes com 12, 24 e 36 poses por cartucho. Apenas na década de 1990, com Amanhecer, uma imagem obtida em segundos. o lançamento das câmeras digitais em formato popular, houve uma grande popularização, pois os antigos custos sumiram. A partir daquele momento o tratamento, edição, montagem, correção e a cópia (impressão) passou a ser feita em casa com o uso de softwares. Diversos softwares para esse fim surgiram no mercado, alguns proprietários, pagos ou grátis (free), outros livres e grátis. Dos mais simples aos mais sofisticados. Ganharam destaque programas como o Irfan View (grátis), uma mão na roda para aqueles e aquelas que não tem experiência ou paciência de aprender como usar os programas mais complexos, como Gimp (livre e grátis), PhotoShop ou Corel PaintShop (ambos pagos). Surgiram também os softs intermediários como o Paint.Net (grátis) e o Ashampoo Photo Commander (pago) e entre tantos outros. Nos próximos módulos faremos um comparativos entre eles. A impressão virou uma opção, pois será possível Nota: As marcas de software acima citadas são de propriedade de seus detentores, que ainda detém os direitos autorais. Nós apenas estamos citando e exemplificando para ampliar as possibilidades dos cursandos. FotoMBoé.com - 1

4 armazenar as fotografias nos próprios cartões de memória, em HD externos (sem a necessidade de um computador), no computador, em CD, DVD, Blue Ray, Pen Drive etc. Também é possível criar apresentações, slides show e converter imagens estáticas (as fotografias) em animadas em vídeo. A impressão poderá ser feita em impressoras comuns, fotográficas (a qualidade final será bem melhor), em laboratórios fotográficos ou quiosques (nos dois últimos casos a qualidade será profissional dependendo do seu pedido). O Paint.Net tem recursos e ferramentas profissionais que possibilitam resultados surpreendentes e inovadores. Os trabalhos finais dependendo do tamanho da imagem poderão ser até utilizados em publicações impressas, online, em filmes, vídeos, slides show, apresentações etc. Com ele você poderá corrigir, retirar imperfeições e ruídos, como cabos elétricos ou até pessoas indesejáveis etc. Também é possível criar efeitos especiais, fazer montagens, distorcer, aumentar a luz entre tantas possibilidades. Isso ocorre por ser possível instalar plug-ins. Os plug-ins são software ou scripts que ampliam as possibilidades de um programa de computador, no caso dos editores ou processadores de imagens eles incluem recursos como colocar molduras, sobrepor imagens, criar camadas... No próximo módulo estaremos aprofundando nos estudos de edição da imagem. Efeitos Efeitos ou efeitos especiais são uma tentação para todos que gostam de fotografias, vídeo ou cinema. Trata-se de uma palavra mágica em nossos dias. Com ele é possível realizar uma série de tarefas e modificações nas imagens estáticas (fotografia) ou animadas (cinema ou vídeo). A maioria dos softwares oferecem essas opções, mesmo aqueles destinados à visualização de imagens. É possível criar efeitos produzidos por filtros, promover distorções, ajustes, colorizar (uma imagem em Preto & Branco = P&B) ou transformar em tom sépia, ou ainda, em P&B. Vivaldo Armelin Júnior - 2 Resolução A resolução está associada à qualidade da imagem, no entanto a qualidade está mais relacionada ao tamanho do sensor, na máquina fotográfica, do que a quantidade de Mega Pixel (Mp). Equipamentos amadores, compactos, até geram imagens de 8, 10 ou 12 Mp, mas a compressão é muito alta, fatos que diminui a qualidade da imagem. É um dos fatores a se pensar antes de comprar uma máquina. Algumas imagens chegam a esses valores com a interpolação, ou seja, o equipamento, por meio de software integrados, acrescentam pontos (pixel) à imagem simulando uma resolução maior. Como é uma simulação, na realidade não ocorre um aumento da qualidade. Não caia em fantasia de fabricantes que visam apenas o lucro. A compressão mais profunda de um arquivo Jpeg ou outro formato também levará a diminuição da qualidade e da resolução. Não confunda com os arquivos Zip ou Rar, que são formatos destinados à compactação, para diminuir o tamanho de arquivos, a para melhor transporte, envio por , download etc. Quando uma imagem é descompactada retornará à resolução e o tamanho original do arquivo. Esse tipo de compactação funciona melhor em textos e não em imagens. O zoom digital produzirá imagens de menor qualidade e resolução, pois amplia uma área da imagem. Dica Não seja desonesto usando imagens de terceiros. Essa ação poderá acarretar em processo judicial e acabar em indenização. Fazer uso indevido das imagens é crime! FotoMBoé.com - 7

5 Menus & Ferramentas Vamos começar a conhecer o software objeto deste curso aprendendo como obter e instalá-lo. Alguns sites poderão ajudar nessa busca como o Google, Yahoo, sites de busca ou em sites de downloads como o Baixaki ( e o Superdownloads ( No Superdownloads ou no Baixaki, bem como no Google ou Yahoo, digitar Paint.Net e na janela que se abrir solicitar o download. Escolha a pasta onde será descarregado, para isso sugerimos criar uma pasta com o nome Softwares, Programas, Baixados ou Importados, no local de sua escolha. Salvar e descompactar o arquivo obtido com um programa Zip ou Rar. Baixálos nos dois sites de downloads acima citados. A instalação também é extremamente simples. Com o arquivo descompactado clicar duas vezes no arquivo executável e a partir desse momento seguir as orientações do programa. Durante o processo você poderá optar por não instalar uma barra de ferramentas no seu navegador. Terminada a instalação você estará apto a utilizar o programa que estará em português do Brasil. Este software não tem versão para o Linux. Esta é a janela principal do software Paint.Net. Uma boa parte de suas ferramentas está disponível, mas outras estão nos menus e barras de ferramentas. Tudo pode ser personalizado. Vivaldo Armelin Júnior - 6 Edição na Prática Antes de iniciarmos a nossa primeira edição de uma imagem é preciso conhecer algumas regras de segurança e de sequência de trabalho. Antes de iniciarmos a nossa primeira edição de uma imagem é preciso conhecer algumas regras de segurança e de sequência de trabalho. Sugerimos que faça também um bom curso de fotografia, muitos deles são grátis e estão disponíveis na internet. Nós também oferecemos um curso grátis de fotografia, básico, mas propício para iniciantes e até fotógrafos avançados com dicas e sugestões apropriadas e necessárias para que seja possível melhorar a qualidade das imagens e sair do amadorismo. Quanto a segurança é preciso estar atento para não perder as imagens originais, para que isso não aconteça sugerimos que salve a sua imagem processada, editada ou montada com nome diferente da original. As câmeras fotográficas costumam numerar as fotos, por exemplo: Pic0001; Ph0001 e assim por diante. Esse processo facilita sua duplicação adicionando apenas uma letra ao final do número, por exemplo: Pic0001a. Esse procedimento manterá salvo o seu original, assim será possível mais tarde reeditá-lo de uma outra maneira. Caso tenha optado por renomear sua imagem essa sugestão também é válida, por exemplo: ViagemOut10A001, para salvá-la basta acrescentar uma letra, ViagemOut10A001a. Caso sejam criados efeitos diferenciados basta acrescentar ao final as letras b, c, d... até a última imagem modificada. É importante lembrar que as imagens Jpeg tem um sério problema, é o único formato que perde informações a cada abertura. A solução do problema é salvá-las em um CD ou DVD, e a cada dois anos fazer um backup (cópia de segurança). Caso tenha a intenção de descartar as mídias antigas, quebreas antes. Essa ação impedirá que alguém faça cópia de suas imagens. Também poderá fazer uma cópia de segurança no HD ou no Pen drive, ou ainda, no cartão de memória, mas antes faça a conversão para um outro formato, como: PNG, BMP, Tif etc. O Paint.Net faz isso e muito mais por suas imagens, bem próximo dos programas tidos como profissionais. FotoMBoé.com - 3

6 A Imagem O formato mais popular é o Jpeg ou Jpg, um formato que permite uma boa compressão da imagem sem grandes perdas de qualidade, mas tem o inconveniente de perder informações a cada abertura. Esse formato é o mais usado por fabricantes de equipamentos fotográficos e na internet. Existem outros formatos, como: Jpg2000, PNG, BMP, Tif e o Raw. Quando gravados em CD ou DVD esse inconveniente não aparece, pois os dados estão gravados e não serão modificados ou regravados, mesmo no CD ou DVD Rw (regravável). O Jpg2000 é uma variante do Jpg e tem a vantagem de não perder qualidade, mas tem poucos usuários, mesmo na internet. O PNG tema característica de possibilitar uma ótima compressão e ainda permite áreas de transparência, como as imagens Gif. É um formato que vem se popularizando, principalmente na internet. Muito usado em e- livros (e-book), apresentações e slides show, mas bem atrás do Jpg. O formato gif é utilizado apenas em animações ou imagens com poucas cores e tons, pois seu limite é de 256 cores, o Jpg chega a cores. O formato BMP resulta em um tamanho bem grande de arquivo, pois não há compressão, consequentemente perda de qualidade. É um formato que foi muito utilizado pela indústria gráfica. Já o formato Tif é o melhor de todos anteriores, a qualidade é excepcional, por esse motivo é muito utilizado pela indústria gráfica, cinema e televisões. O problema é o tamanho do arquivo final, excessivamente grande, por exemplo: um arquivo Tif pode facilmente chegar a casa dos 10 ou 10 Mp, comparando a esse arquivo convertido para Jpg é assustador a redução, esse último resultará em 0,800 Mp a 1,5 Mp sem grandes perdas de qualidade ou Vivaldo Armelin Júnior - 4 até menor havendo consequentemente uma maior perda de qualidade. Por fim, a especificação Raw, não é um formato, fez com que os diversos fabricantes de equipamentos fotográficos e softwares adotassem suas próprias especificações, culminado com um formato próprio. É uma desvantagem, pois nem todos os softwares são compatíveis com ele, mas como esse só está presente em equipamentos semiprofissionais ou profissionais, sua interferência quase que não é notada por amadores. Com no avanço da tecnologia logo teremos outros formato! Imagem do Show Aéreo, no Campo de Marte, em São Paulo, SP. Montagem com efeito de luz no fundo. A imagem poderá ser editada de maneira a atender as necessidades do fotógrafo. Indicação Bibliográfica Pedrosa, Israel. Da cor á Cor Inexistente. 10 ed. Rio de Janeiro, RJ. SENAC Nacional Indicado para iniciantes e até profissionais. Revista. fotomania. São apenas três revistas. Editora Provensano. São Paulo - SP. FotoMBoé.com - 5

1ª Edição. Vivaldo Armelin Júnior

1ª Edição. Vivaldo Armelin Júnior 1ª Edição 2014 Comparando Editores de Imagem - FotoMBoé - 2014... 2 Introdução Está saindo do forno mais um e-livro grátis oferecido pelo Site FotoMBoé. Neste serão feitas comparações entre os diversos

Leia mais

Vivaldo Armelin Júnior

Vivaldo Armelin Júnior Vivaldo Armelin Júnior 2015 Neste módulo apresentamos uma solução para quem tem câmera compacta simples, que não permite imagens verdadeiramente macro e não possuem zoom óptico, o recorte. Introdução Não

Leia mais

Vivaldo Armelin Júnior

Vivaldo Armelin Júnior Apresentação 2013 Vivaldo Armelin Júnior Software Livre I ArteEducar 2 Software Livre 01 Apresentação Esse texto comentará sobre o software livre e grátis, mais especificamente o LibreOffice e o Gimp.

Leia mais

Versão 3.2. 1. Apresentação. Parte I. Vivaldo Armelin Júnior

Versão 3.2. 1. Apresentação. Parte I. Vivaldo Armelin Júnior Versão 3.2 2010 1. Apresentação Parte I Vivaldo Armelin Júnior Esta é a janela principal do BrOffice Impress. Um programa para edição de apresentações, que é livre, seu código é aberto e ainda... grátis.

Leia mais

Vivaldo Armelin Júnior

Vivaldo Armelin Júnior Foto & Viagem I FotoMBoé 2014 Vivaldo Armelin Júnior Foto & Viagem I FotoMBoé 3 Em viagens mais longas é recomendado levar um notebook para transferir as fotos armazenadas no cartão de memória. Um bom

Leia mais

FotoMBoé: Módulo VII PENSAMENTO. Vivaldo Armelin Júnior. O Site! Informação. www.fotomboe.com. São Paulo, SP - Brasil

FotoMBoé: Módulo VII PENSAMENTO. Vivaldo Armelin Júnior. O Site! Informação. www.fotomboe.com. São Paulo, SP - Brasil PENSAMENTO O enquadramento é cinquenta por cento do resultado final, mesmo em temas considerados inócuos ou desinteressantes Módulo VII 2012 Informação Durante suas viagens levar baterias ou pilhas extras

Leia mais

FotoMBoé: Módulo IX PENSAMENTO. Vivaldo Armelin Júnior. Informação. O Site! www.fotomboe.com. São Paulo, SP - Brasil

FotoMBoé: Módulo IX PENSAMENTO. Vivaldo Armelin Júnior. Informação. O Site! www.fotomboe.com. São Paulo, SP - Brasil PENSAMENTO Um treinamento ideal para aprender a compor é desenhar apenas os contornos das formas e elementos que compõem o ambiente. Módulo IX 2013 Informação Nas viagens não esqueça de levar, caso tenha,

Leia mais

www.arteeducar.com São Paulo, Brasil No menu: TV ArteEducar Vivaldo Armelin Júnior

www.arteeducar.com São Paulo, Brasil No menu: TV ArteEducar Vivaldo Armelin Júnior 11 www.arteeducar.com São Paulo, Brasil No menu: TV ArteEducar 2012 Vivaldo Armelin Júnior 002 10 Comentário Série Registro Nessa nova edição do e-curso em formato PDF, apresentamos as condições mínimas

Leia mais

Tela Principal. 2) Criação do CD para ser entregue ao cliente.

Tela Principal. 2) Criação do CD para ser entregue ao cliente. Tela Principal 1 1 Tela Principal 1) Coloque o e-mail que deseja receber o pedido enviado pelo cliente. Recomendamos emails da gmail ou hotmail, pois alguns provedores como yahoo ou terra, bloqueiam o

Leia mais

Acima temos a tela inicial do programa. USANDO O PHTOFILTER

Acima temos a tela inicial do programa. USANDO O PHTOFILTER USANDO O PHTOFILTER O PhotoFilter é um programa simples, mas, com grande capacidade de edição. Embora ele não tenha o poder do Photoshop, é possível com um pouco de criatividade conseguir ótimos resultados.

Leia mais

Viajar é bom! Melhor ainda trazendo boas fotos.

Viajar é bom! Melhor ainda trazendo boas fotos. Viajar é bom! Melhor ainda trazendo boas fotos. Iniciamos mais um curso de dez módulos grátis. Nele apresentaremos as possibilidades de captura fotográfica diferenciada e que marcará para sempre sua viagem.

Leia mais

FotoMBoé: Módulo V PENSAMENTO. Vivaldo Armelin Júnior. Informação. O Site! www.fotomboe.com. São Paulo, SP - Brasil

FotoMBoé: Módulo V PENSAMENTO. Vivaldo Armelin Júnior. Informação. O Site! www.fotomboe.com. São Paulo, SP - Brasil PENSAMENTO A edição de fotografia é uma atividade prazeirosa e por essa razão não poderá ser feita por obrigação, com certeza o resultado não será o melhor caso o faça sem a devida vontade. Pense nele

Leia mais

Quais as diferenças entre os formatos de imagem PNG, JPG, GIF, SVG e BMP?

Quais as diferenças entre os formatos de imagem PNG, JPG, GIF, SVG e BMP? Quais as diferenças entre os formatos de imagem PNG, JPG, GIF, SVG e BMP? 66.393 Visualizações Por Daniele Starck Disponível em: www.tecmundo.com.br/imagem/5866 quais as diferencas entre os formatos de

Leia mais

Pág 31. UC Introdução a Informática Docente: André Luiz Silva de Moraes 1º sem Redes de Computadores. 5 Introdução ao uso do BrOffice Impress

Pág 31. UC Introdução a Informática Docente: André Luiz Silva de Moraes 1º sem Redes de Computadores. 5 Introdução ao uso do BrOffice Impress 5 Introdução ao uso do BrOffice Impress O pacote BrOffice é um pacote de escritório muito similar ao já conhecido Microsoft Office e ao longo do tempo vem evoluindo e cada vez mais ampliando as possibilidades

Leia mais

Guia de qualidade de cores

Guia de qualidade de cores Página 1 de 5 Guia de qualidade de cores O Guia de qualidade de cores ajuda você a entender como as operações disponíveis na impressora podem ser usadas para ajustar e personalizar a saída colorida. Menu

Leia mais

Como gerar arquivos.plt

Como gerar arquivos.plt Como gerar arquivos.plt O formato PLT destina se a uso em plotters. É como se você tivesse um plotter conectado diretamente ao seu computador. No momento que manda imprimir, o AutoCAD (ou qualquer outro

Leia mais

O que há de novo no PaperPort 12? O PaperPort 12 possui uma grande variedade de novos e valiosos recursos que ajudam a gerenciar seus documentos.

O que há de novo no PaperPort 12? O PaperPort 12 possui uma grande variedade de novos e valiosos recursos que ajudam a gerenciar seus documentos. Bem-vindo! O Nuance PaperPort é um pacote de aplicativos para gerenciamento de documentos da área de trabalho que ajuda o usuário a digitalizar, organizar, acessar, compartilhar e gerenciar documentos

Leia mais

VISUAL LIGHTBOX FERRAMENTA WEB DESIGN FABIANO KEIJI TAGUCHI

VISUAL LIGHTBOX FERRAMENTA WEB DESIGN FABIANO KEIJI TAGUCHI VISUAL LIGHTBOX FERRAMENTA WEB DESIGN FABIANO KEIJI TAGUCHI ESTE MATERIAL TEM UM OBJETIVO DE COMPLEMENTAR OS ASSUNTOS ABORDADOS DENTRO DE SALA DE AULA, TORNANDO-SE UM GUIA PARA UTILIZAÇÃO DA FERRAMENTA

Leia mais

O PaperPort 12 Special Edition (SE) possui uma grande variedade de novos e valiosos recursos que ajudam a gerenciar seus documentos.

O PaperPort 12 Special Edition (SE) possui uma grande variedade de novos e valiosos recursos que ajudam a gerenciar seus documentos. Bem-vindo! O Nuance PaperPort é um pacote de aplicativos para gerenciamento de documentos da área de trabalho que ajuda o usuário a digitalizar, organizar, acessar, compartilhar e gerenciar documentos

Leia mais

Página 1 MANUAL DE UTILIZAÇÃO DA FERRAMENTA OFFICE ONLINE WORD ONLINE EXCEL ONLINE POWER POINT ONLINE

Página 1 MANUAL DE UTILIZAÇÃO DA FERRAMENTA OFFICE ONLINE WORD ONLINE EXCEL ONLINE POWER POINT ONLINE Página 1 MANUAL DE UTILIZAÇÃO DA FERRAMENTA OFFICE ONLINE WORD ONLINE EXCEL ONLINE POWER POINT ONLINE Página 2 Sumário Como começar usar?... 03 Iniciando o uso do OneDrive.... 04 Carregar ou Enviar os

Leia mais

GerNFe 1.0 Sistema de Gerenciador de Notas Fiscais Eletrônicas

GerNFe 1.0 Sistema de Gerenciador de Notas Fiscais Eletrônicas GerNFe 1.0 Manual do usuário Página 1/13 GerNFe 1.0 Sistema de Gerenciador de Notas Fiscais Eletrônicas O programa GerNFe 1.0 tem como objetivo armazenar em local seguro e de maneira prática para pesquisa,

Leia mais

Photozig Albums Express 1.0.302

Photozig Albums Express 1.0.302 Photozig Albums Express 1.0.302 Comentários Principal Photozig Albums Express Crie álbuns de fotografias facilmente através deste software inteiramente gratuito e surpreendente! Downloads: 128.603 Tamanho:

Leia mais

TUTORIAL AUTODESK 360 COLABORAÇÃO E ARMAZENAMENTO DE ARQUIVOS

TUTORIAL AUTODESK 360 COLABORAÇÃO E ARMAZENAMENTO DE ARQUIVOS TUTORIAL AUTODESK 360 COLABORAÇÃO E ARMAZENAMENTO DE ARQUIVOS Autodesk 360 é a nuvem da Autodesk, podendo ser acessada pela sua conta da Autodesk Education Community (estudantes) ou Autodesk Academic Resource

Leia mais

PHOTOSHOP. Menus. Caixa de Ferramentas:

PHOTOSHOP. Menus. Caixa de Ferramentas: PHOTOSHOP Universidade de Caxias do Sul O Photoshop 5.0 é um programa grande e complexo, é o mais usado e preferido pelos especialistas em editoração e computação gráfica para linha PC. Outros programas

Leia mais

Trabalhando com arquivos de som. Prof. César Bastos Fevereiro 2008

Trabalhando com arquivos de som. Prof. César Bastos Fevereiro 2008 Trabalhando com arquivos de som Prof. César Bastos Fevereiro 2008 Usando a mídia de som Vamos considerar os programas gratuitos como base de nossas ferramentas nesse curso, assim todos poderão usufruir

Leia mais

Manipulação Digital de Imagens Recursos Básicos de Tratamento

Manipulação Digital de Imagens Recursos Básicos de Tratamento Manipulação Digital de Imagens Recursos Básicos de Tratamento 1 Antes de mais nada, é extremamente necessário lembrar que para tratar uma imagem é necessário que o monitor de seu computador esteja calibrado

Leia mais

Bem- Vindo ao manual de instruções do ECO Editor de COnteúdo.

Bem- Vindo ao manual de instruções do ECO Editor de COnteúdo. Manual de Instruções ECO Editor de Conteúdo Bem- Vindo ao manual de instruções do ECO Editor de COnteúdo. O ECO é um sistema amigável e intui?vo, mas abaixo você pode?rar eventuais dúvidas e aproveitar

Leia mais

CorelDRAW 11 1. UM PROGRAMA DE DESIGN

CorelDRAW 11 1. UM PROGRAMA DE DESIGN CorelDRAW 11 1. UM PROGRAMA DE DESIGN Com o Corel você vai trabalhar com um dos aplicativos mais usados no campo do design e da auto-edição, já que permite operar com dois tipos de gráficos (vetoriais

Leia mais

PROCEDIMENTOS PARA CONVERSÃO DE IMAGENS DIGITALIZADAS EM DOCUMENTO PDF ÚNICO UTILIZANDO A IMPRESSORA FREEPDF XP.

PROCEDIMENTOS PARA CONVERSÃO DE IMAGENS DIGITALIZADAS EM DOCUMENTO PDF ÚNICO UTILIZANDO A IMPRESSORA FREEPDF XP. PROCEDIMENTOS PARA CONVERSÃO DE IMAGENS DIGITALIZADAS EM DOCUMENTO PDF ÚNICO UTILIZANDO A IMPRESSORA FREEPDF XP. O objetivo deste manual é orientar os usuários do sistema de Processo Eletrônico a transformar

Leia mais

ETI - Edição e tratamento de imagens digitais

ETI - Edição e tratamento de imagens digitais Curso Técnico em Multimídia ETI - Edição e tratamento de imagens digitais 2 Fundamentos "Conserva o modelo das sãs palavras que de mim tens ouvido, na fé e no amor que há em Cristo Jesus." 2 Timóteo 1:13

Leia mais

Este documento contém esclarecimentos para as dúvidas mais frequentes sobre portal e-saj.

Este documento contém esclarecimentos para as dúvidas mais frequentes sobre portal e-saj. Este documento contém esclarecimentos para as dúvidas mais frequentes sobre portal e-saj. Para melhor navegar no documento, utilize o sumário a seguir ou, se desejar, habilite o sumário do Adobe Reader

Leia mais

SERVIÇOS DE FOTO E IMAGEM

SERVIÇOS DE FOTO E IMAGEM SERVIÇOS DE FOTO E IMAGEM LABORATÓRIO CENTRAL - ATENDIMENTO FONE: 3255 5550 Válida após 15/12/2003 página Serviços convencionais página Imagem Digital Introdução e observações principais 10 Arquivo digital

Leia mais

GNU Image Manipulation Program, mais conhecido pelo acrônimo GIMP.

GNU Image Manipulation Program, mais conhecido pelo acrônimo GIMP. 3 Ferramentas de Autoria em Multimídia Autoria multimídia é a criação de produções multimídia tais como filmes e apresentações. Estas produções buscam interação com o usuário (aplicações interativas).

Leia mais

Clique no número da página escolhida para acessá-la. Como funciona o sistema digital Transmissão de anúncios via internet Troca de material

Clique no número da página escolhida para acessá-la. Como funciona o sistema digital Transmissão de anúncios via internet Troca de material MANUAL DE ENVIO DE MATERIAL 2013 Como funciona o sistema digital Transmissão de anúncios via internet Troca de material Resolução Formatos Conteúdo Prova de cor Layout Marcas de corte Cores Clique no número

Leia mais

12 Razões Para Usar. Lightroom. André Nery

12 Razões Para Usar. Lightroom. André Nery 12 Razões Para Usar Lightroom André Nery André Nery é fotógrafo em Porto Alegre. Arquitetura e fotografia outdoor, como natureza, esportes e viagens, são sua área de atuação. Há dez anos começou a ministrar

Leia mais

UM POUCO DE COMPUTAÇÃO GRÁFICA.

UM POUCO DE COMPUTAÇÃO GRÁFICA. UM POUCO DE COMPUTAÇÃO GRÁFICA. Imagem digital é a representação de uma imagem bidimensional usando números binários codificados de modo a permitir seu armazenamento, transferência, impressão ou reprodução,

Leia mais

MICROSOFT POWER POINT 2003

MICROSOFT POWER POINT 2003 MICROSOFT POWER POINT 2003 APOSTILA PAGINAS.TERRA.COM.BR/EDUCACAO/INFOCAO 1 Sumário Software de Apresentação 03 Exemplos de Software de Apresentação 04 Considerações para uma boa Apresentação 05 Apresentações

Leia mais

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA

FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA FERRAMENTAS DE COLABORAÇÃO CORPORATIVA Criação de Formulários no Google Drive Sumário (Clique sobre a opção desejada para ir direto à página correspondente) Criação de Formulários no Google Drive Introdução...

Leia mais

Curso de Informática Básica

Curso de Informática Básica Curso de Informática Básica A Web Descomplique 1 Curso de Informática Básica Índice Introdução...3 Organizando os favoritos...3 Localizando Informações na página...5 Histórico de Navegação...7 Capturando

Leia mais

Gerenciador de Referências. EndNote. Nonato Ribeiro Biblioteca de Ciências e Tecnologia (UFC)

Gerenciador de Referências. EndNote. Nonato Ribeiro Biblioteca de Ciências e Tecnologia (UFC) Gerenciador de Referências EndNote Nonato Ribeiro Biblioteca de Ciências e Tecnologia (UFC) Pesquisa na Web of Science O que é o EndNote? Funcionalidades da ferramenta Como incluir citações no Word usando

Leia mais

Conceitos do Photoshop. Bitmap image Formatos de arquivos Memória Escalas de cores

Conceitos do Photoshop. Bitmap image Formatos de arquivos Memória Escalas de cores Conceitos do Photoshop Bitmap image Formatos de arquivos Memória Escalas de cores Bitmap Image Conceito de pixel Imagem bitmap x imagem vetorial Pixel x bits Resolução de tela e imagem 72 pixel/inch 300

Leia mais

Introdução à multimídia na Web

Introdução à multimídia na Web Aplicações Multimídia Aplicações Multimídia para Web Introdução à multimídia na Web Co-autoria com Profº. Diogo Duarte Aplicações Multimídia para Web Multimídia Multimídia é tudo que você ouve ou vê. Textos,

Leia mais

FORMATOS DE ARQUIVOS FORMATOS DE ARQUIVOS NATIVOS FORMATOS DE ARQUIVOS GENÉRICOS. Produção Gráfica 2 A R Q U I V O S D I G I T A I S -

FORMATOS DE ARQUIVOS FORMATOS DE ARQUIVOS NATIVOS FORMATOS DE ARQUIVOS GENÉRICOS. Produção Gráfica 2 A R Q U I V O S D I G I T A I S - Produção Gráfica 2 FORMATOS DE ARQUIVOS A R Q U I V O S D I G I T A I S - FORMATOS DE ARQUIVOS PARA IMAGEM BITMAPEADAS Uma imagem bitmapeada, uma ilustração vetorial ou um texto são armazenados no computador

Leia mais

Figura 1: Formato matricial de uma imagem retangular. Figura 2: Ampliação dos pixels de uma imagem

Figura 1: Formato matricial de uma imagem retangular. Figura 2: Ampliação dos pixels de uma imagem Universidade Federal de Santa Maria - UFSM Departamento de Eletrônica e Computação - DELC Introdução à Informática Prof. Cesar Tadeu Pozzer Julho de 2006 Imagens Uma imagem é representada por uma matriz

Leia mais

São Paulo, SP Brasil Todos os direitos reservados!

São Paulo, SP Brasil Todos os direitos reservados! Sua Câmera fotográfica Digital Mód03Bas_Cs00B01 www.fotomboe.com São Paulo, SP Brasil Todos os direitos reservados! 2014 Vivaldo Armelin Júnior www.fotomboe.com Lembretes A Proposta do curso Chegamos ao

Leia mais

Ferramenta de Design Gráfico/ Imagem Digital Adobe Photoshop Fábio Fernandes

Ferramenta de Design Gráfico/ Imagem Digital Adobe Photoshop Fábio Fernandes Ferramenta de Design Gráfico/ Imagem Digital Adobe Photoshop Fábio Fernandes O Adobe Photoshop vem liderando o mercado de imagem digital há anos. Portanto, não podemos deixar de explorar essa ferramenta

Leia mais

Manual Sistema MLBC. Manual do Sistema do Módulo Administrativo

Manual Sistema MLBC. Manual do Sistema do Módulo Administrativo Manual Sistema MLBC Manual do Sistema do Módulo Administrativo Este documento tem por objetivo descrever as principais funcionalidades do sistema administrador desenvolvido pela MLBC Comunicação Digital.

Leia mais

Passo 3: Posicionando a Câmera na Prova Didática Teórica ou na Prova de Defesa da Produção Intelectual

Passo 3: Posicionando a Câmera na Prova Didática Teórica ou na Prova de Defesa da Produção Intelectual Este manual descreve um procedimento para o registro de Concursos Públicos por meio de áudio e vídeo utilizando-se recursos tecnológicos básicos i. A gravação segue o disposto na Resolução 020/09 da UFSM

Leia mais

Tutorial para utilização de imagens. Comissão de Acompanhamento e Validação de Materiais Didáticos CVMD/UFSC. Universidade Federal de Santa Catarina

Tutorial para utilização de imagens. Comissão de Acompanhamento e Validação de Materiais Didáticos CVMD/UFSC. Universidade Federal de Santa Catarina Tutorial para utilização de imagens Comissão de Acompanhamento e Validação de Materiais Didáticos CVMD/UFSC Universidade Federal de Santa Catarina Florianópolis - SC Outubro/2011 Caro Professor-autor!

Leia mais

www.gerenciadoreficaz.com.br

www.gerenciadoreficaz.com.br Fone: (62) 4141-8464 E-mail: regraconsultoria@hotmail.com www.gerenciadoreficaz.com.br Guia Prático do Usuário Manual de Instalação Gerenciador Eficaz 7 2 Manual do Usuário Gerenciador Eficaz 7 Instalando

Leia mais

PASSO A PASSO: APRESENTAÇÕES EM PREZI 1

PASSO A PASSO: APRESENTAÇÕES EM PREZI 1 1 PASSO A PASSO: APRESENTAÇÕES EM PREZI 1 Juliana Gulka Biblioteca Central da UFSC juliana.gulka@ufsc.br PREZI X POWER POINT Quando falamos em slide hoje, lembramos de powerpoint. O prezi não vai matar

Leia mais

Apresentações Eletrônicas (Impress) Aula 01

Apresentações Eletrônicas (Impress) Aula 01 No Caderno Responda as Questões abaixo 1 O que é o OpenOffice Impress? Apresentações Eletrônicas (Impress) Aula 01 2 O OpenOffice Impress é semelhante a qual programa de apresentações eletrônicas utilizado

Leia mais

Informática. Aula 03 Sistema Operacional Linux. Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte Campus Currais Novos

Informática. Aula 03 Sistema Operacional Linux. Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte Campus Currais Novos Prof. Diego Pereira Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte Campus Currais Novos Informática Aula 03 Sistema Operacional Linux Objetivos Entender

Leia mais

Tutorial do módulo Carteira Nacional de Militante

Tutorial do módulo Carteira Nacional de Militante Tutorial do módulo Carteira Nacional de Militante 1. Como iniciar o programa O módulo da Carteira de Militante deve ser acessado através dos seguintes endereços: http://www.pcdob.org.br/redevermelha. É

Leia mais

Índice. Atualizado em: 01/04/2015 Página: 1

Índice. Atualizado em: 01/04/2015 Página: 1 MANUAL DO USUÁRIO Índice 1. Introdução... 3 2. Acesso ao Sistema... 4 2.1. Instalação... 4 2.1.1. Servidor - Computador Principal... 4 2.1.2. Estação - Computador na Rede... 6 2.1.3. Estação - Mapeamento

Leia mais

Informática Básica para o PIBID

Informática Básica para o PIBID Universidade Federal Rural do Semi Árido Programa Institucional de Iniciação à Docência Informática Básica para o PIBID Prof. Dr. Sílvio Fernandes Roteiro O Tamanho e Resolução de imagens O Compactação

Leia mais

Tutorial: Instalando Linux Educacional em uma maquina virtual

Tutorial: Instalando Linux Educacional em uma maquina virtual Maria Augusta Sakis Tutorial: Instalando Linux Educacional em uma Máquina Virtual Máquinas virtuais são muito úteis no dia-a-dia, permitindo ao usuário rodar outros sistemas operacionais dentro de uma

Leia mais

Manual Software Controle de Jukebox. Manual. Software Controle de Jukebox

Manual Software Controle de Jukebox. Manual. Software Controle de Jukebox Manual Software Controle de Jukebox Versão 1.0 2014 Sumário 1. Principais Características... 2 2. Software Controle de Jukebox... 3 I. Tela Principal... 4 1 Data Cobrança... 4 2 Linha... 4 3 Cobrador...

Leia mais

Ambiente Virtual de Aprendizagem C.S.G. M anual do Professor

Ambiente Virtual de Aprendizagem C.S.G. M anual do Professor Ambiente Virtual de Aprendizagem C.S.G. M anual do Professor Sumário Pré-requisitos para o Moodle... Entrar no Ambiente... Usuário ou senha esquecidos?... Meus cursos... Calendário... Atividades recentes...

Leia mais

ÍNDICE... 2 POWER POINT... 4. Abas... 7 Salvando Arquivos... 8 Abrindo um arquivo... 11 LAYOUT E DESIGN... 13

ÍNDICE... 2 POWER POINT... 4. Abas... 7 Salvando Arquivos... 8 Abrindo um arquivo... 11 LAYOUT E DESIGN... 13 Power Point ÍNDICE ÍNDICE... 2 POWER POINT... 4 Abas... 7 Salvando Arquivos... 8 Abrindo um arquivo... 11 LAYOUT E DESIGN... 13 Guia Design... 14 Cores... 15 Fonte... 16 Efeitos... 17 Estilos de Planos

Leia mais

Aula Au 3 la 9 Windows-Internet

Aula Au 3 la 9 Windows-Internet Aula 39 Aula 1 Resolução de Vídeo São as dimensões de uma imagem ou tela na horizontal e vertical, medida em pixels. O termo pixel tem origem do inglês, sendo composto pelas palavras picture (imagem) e

Leia mais

editor Writer, do BrOffice

editor Writer, do BrOffice editor Writer, do BrOffice Utilizar o editor Writer, do BrOffice, para editar textos e inserir tabelas; Conscientizar sobre o cuidado com os direitos autorais, citando sempre as fontes de onde foram retirados

Leia mais

Procedimentos para Reinstalação do Sisloc

Procedimentos para Reinstalação do Sisloc Procedimentos para Reinstalação do Sisloc Sumário: 1. Informações Gerais... 3 2. Criação de backups importantes... 3 3. Reinstalação do Sisloc... 4 Passo a passo... 4 4. Instalação da base de dados Sisloc...

Leia mais

ALBUM DE FOTOGRAFIAS NO POWER POINT

ALBUM DE FOTOGRAFIAS NO POWER POINT ALBUM DE FOTOGRAFIAS NO POWER POINT O PowerPoint é uma poderosa ferramenta que faz parte do pacote Office da Microsoft. O principal uso desse programa é a criação de apresentação de slides, para mostrar

Leia mais

ATENÇÃO: * Arquivos com tamanho superior a 500 KB NÃO SERÃO ACEITOS * SOMENTE serão aceitos documentos do formato: PDF

ATENÇÃO: * Arquivos com tamanho superior a 500 KB NÃO SERÃO ACEITOS * SOMENTE serão aceitos documentos do formato: PDF TUTORIAL DE DIGITALIZAÇÃO DIRIGIDO AO USO DO PROCESSO ELETRÔNICO Adaptado do tutorial elaborado pelo colega MAICON FALCÃO, operador de computador da subseção judiciária de Rio Grande. Introdução Este tutorial

Leia mais

Interface do DT. Figura 1: Interface do DT. DT Help File v1.3

Interface do DT. Figura 1: Interface do DT. DT Help File v1.3 Interface do DT Esta seção permite que você minimize e/ou feche a Interface do DT e oferece um campo de Pesquisa e uma barra de capacidade de espaço disponível/utilizada. Esta seção é usada para selecionar

Leia mais

Como Gerar documento em PDF com várias Imagens

Como Gerar documento em PDF com várias Imagens Como Gerar documento em PDF com várias Imagens Para Gerar documento em PDF com várias Imagens, temos que seguir dois passos: 1. Inserir Imagens no Word 2. Gerar PDF a partir de documento do Word 1- Inserir

Leia mais

Este tutorial está publicado originalmente em http://www.baboo.com.br/absolutenm/anmviewer.asp?a=30405&z=300

Este tutorial está publicado originalmente em http://www.baboo.com.br/absolutenm/anmviewer.asp?a=30405&z=300 WinRAR: Conheça este excelente compactador de arquivos Introdução: É fato que a Internet está mais rápida com a popularização da banda larga, mas os compactadores de arquivos ainda apresentam muita utilidade

Leia mais

O que há de novo no PaperPort 11? O PaperPort 11 possui uma grande variedade de novos e valiosos recursos que ajudam a gerenciar seus documentos.

O que há de novo no PaperPort 11? O PaperPort 11 possui uma grande variedade de novos e valiosos recursos que ajudam a gerenciar seus documentos. Bem-vindo! O ScanSoft PaperPort é um pacote de aplicativos para gerenciamento de documentos que ajuda o usuário a organizar, acessar, compartilhar e gerenciar documentos em papel e digitais no computador

Leia mais

Anote aqui as informações necessárias:

Anote aqui as informações necessárias: banco de mídias Anote aqui as informações necessárias: URL E-mail Senha Sumário Instruções de uso Cadastro Login Página principal Abrir arquivos Área de trabalho Refine sua pesquisa Menu superior Fazer

Leia mais

PROCEDIMENTO DE CONFIGURAÇÃO IMPRESSORA FISCAL PARA SAÍDA DE HORÁRIO DE VERÃO

PROCEDIMENTO DE CONFIGURAÇÃO IMPRESSORA FISCAL PARA SAÍDA DE HORÁRIO DE VERÃO PROCEDIMENTO DE CONFIGURAÇÃO IMPRESSORA FISCAL PARA SAÍDA DE HORÁRIO DE VERÃO As impressoras fiscais Bematech (modelos MP-2100 TH FI e MP-4000 TH FI) requerem a realização de um pequeno ajuste de configuração

Leia mais

Produção de tutoriais. Coordenação de IAESMEVR Usando o Gerador de Vídeo 4.5

Produção de tutoriais. Coordenação de IAESMEVR Usando o Gerador de Vídeo 4.5 Prefeitura de Volta Redonda Secretaria Municipal de Educação Implementação de Informática Aplicada à Educação Produção de tutoriais Coordenação de IAESMEVR Usando o Gerador de Vídeo 4.5 Gerador de Vídeo

Leia mais

APOSTILA BÁSICA COMO UTILIZAR A LOUSA DIGITAL E O SOFTWARE SMART NOTEBOOK

APOSTILA BÁSICA COMO UTILIZAR A LOUSA DIGITAL E O SOFTWARE SMART NOTEBOOK APOSTILA BÁSICA COMO UTILIZAR A LOUSA DIGITAL E O SOFTWARE SMART NOTEBOOK 1 SÚMARIO ASSUNTO PÁGINA Componentes da Lousa... 03 Função Básica... 04 Função Bandeja de Canetas... 05 Calibrando a Lousa... 06

Leia mais

Adapti - Technology Solutions www.adapti.net Leonor cardoso nº 331 Fone : (041) 8844-7805 81240-380 Curitiba - PR MANUAL DO USUÁRIO

Adapti - Technology Solutions www.adapti.net Leonor cardoso nº 331 Fone : (041) 8844-7805 81240-380 Curitiba - PR MANUAL DO USUÁRIO MANUAL DO USUÁRIO 1 Índice Administração de Documentos...2 Lista de documentos criados...3 Criando um novo documento...3 Barra de ferramentas do editor...4 Editando um documento...7 Administrando suas

Leia mais

Power Point. Autor: Paula Pedone

Power Point. Autor: Paula Pedone Power Point Autor: Paula Pedone INTRODUÇÃO O POWER POINT é um editor de apresentações, pertencente ao Pacote Office da Microsoft. Suas principais características são: criação de apresentações através da

Leia mais

Curso Básico de Edição de Vídeo - Windows Movie Maker. Windows Movie Maker

Curso Básico de Edição de Vídeo - Windows Movie Maker. Windows Movie Maker Windows Movie Maker 1.0. Introdução ao Windows Movie Maker O Windows Movie Maker é um programa desenvolvido pela Microsoft para a edição básica de vídeos digitais e está disponível nas versões do Windows

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO 1) ORACLE VIRTUALBOX ; 2) MICROSOFT WINDOWS ; 3) SUMÁRIOS GENEPLUS.

MANUAL DE INSTALAÇÃO 1) ORACLE VIRTUALBOX ; 2) MICROSOFT WINDOWS ; 3) SUMÁRIOS GENEPLUS. PROGRAMA EMBRAPA DE MELHORAMENTO DE GADO DE CORTE MANUAL DE INSTALAÇÃO 1) ORACLE VIRTUALBOX ; 2) MICROSOFT WINDOWS ; 3) SUMÁRIOS GENEPLUS. MANUAL DE INSTALAÇÃO: 1) ORACLE VIRTUALBOX ; 2) MICROSOFT WINDOWS

Leia mais

Ela funciona de um jeito parecido com as mídia de RSS próprio: o sistema acessa o feed do twitter e exibe, na tela, os últimos tweets.

Ela funciona de um jeito parecido com as mídia de RSS próprio: o sistema acessa o feed do twitter e exibe, na tela, os últimos tweets. Mídia do Twitter Esta mídia serve para mostrar os últimos tweets de uma conta específica. É útil para estabelecimentos que usam com frequência o twitter e que desejam que seus clientes acompanhem isso

Leia mais

OI CONTA EMPRESA MANUAL DO USUÁRIO

OI CONTA EMPRESA MANUAL DO USUÁRIO OI CONTA EMPRESA MANUAL DO USUÁRIO 1 Bem-vindo ao Oi Conta Empresa! A Oi tem o orgulho de lançar mais um produto para nossos clientes corporativos, o Oi Conta Empresa. Nele, nossos clientes poderão acessar

Leia mais

MANUAL DE SERVIÇOS GUIA DE RECUPERAÇÃO DO SISTEMA OPERACIONAL LINUX

MANUAL DE SERVIÇOS GUIA DE RECUPERAÇÃO DO SISTEMA OPERACIONAL LINUX MANUAL DE SERVIÇOS GUIA DE RECUPERAÇÃO DO SISTEMA OPERACIONAL LINUX MANUAL DE SERVIÇO NOTEBOOK CONSIDERAÇÕES PRECAUÇÕES DE SERVIÇO E INSPEÇÃO UTILIZE SOMENTE PEÇAS DESIGNADAS O conjunto de componentes

Leia mais

SILVA MATTOS & Cia. Ltda. BANCO DE IMAGENS. Manual de Utilização. Banco de Imagens. 2009 Silva Mattos & Cia. Ltda.

SILVA MATTOS & Cia. Ltda. BANCO DE IMAGENS. Manual de Utilização. Banco de Imagens. 2009 Silva Mattos & Cia. Ltda. Manual de Utilização Banco de Imagens Introdução O que é o Banco de Imagens? Uma biblioteca completa de logotipos, fotos de imagens e produtos em alta resolução - prontas para download instantâneo. Este

Leia mais

Manual. Pedido Eletrônico

Manual. Pedido Eletrônico Manual Pedido Eletrônico ÍNDICE 1. Download... 3 2. Instalação... 4 3. Sistema de Digitação SantaCruz... 8 3.1. Configuração... 8 4. Utilização do Sistema Digitação SantaCruz... 11 4.1. Atualizar cadastros...11

Leia mais

Roxio Creator NXT. Guia de Introdução

Roxio Creator NXT. Guia de Introdução Roxio Creator NXT Guia de Introdução Roxio Creator NXT GUIA DE INTRODUÇÃO Bem-vindo ao Roxio Creator NXT Bem-vindo ao Roxio Creator, a solução completa para mídia digital. O que é novo no Creator NXT Corel

Leia mais

PUBLICIDADE & PROPAGANDA PRODUÇÃO GRÁFICA

PUBLICIDADE & PROPAGANDA PRODUÇÃO GRÁFICA PRODUÇÃO GRÁFICA PUBLICIDADE & PROPAGANDA Prova Semestral --> 50% da nota final. Sistema de avaliação Atividades em laboratório --> 25% da nota final Exercícios de práticos feitos nos Laboratórios de informática.

Leia mais

Thales Trigo. Formatos de arquivos digitais

Thales Trigo. Formatos de arquivos digitais Esse artigo sobre Formatos de Arquivos Digitais é parte da Tese de Doutoramento do autor apresentada para a obtenção do titulo de Doutor em Engenharia Elétrica pela Escola Politécnica da USP. Thales Trigo

Leia mais

Seleção Retangular Esta é uma das ferramentas mais usadas. A seleção será indicada pelas linhas tracejadas que fazem a figura de um retângulo.

Seleção Retangular Esta é uma das ferramentas mais usadas. A seleção será indicada pelas linhas tracejadas que fazem a figura de um retângulo. O que é o Gimp? O GIMP é um editor de imagens e fotografias. Seus usos incluem criar gráficos e logotipos, redimensionar fotos, alterar cores, combinar imagens utilizando o paradigma de camadas, remover

Leia mais

1º. Semestre de 2006 Marcelo Nogueira São José dos Campos - SP

1º. Semestre de 2006 Marcelo Nogueira São José dos Campos - SP 1. Objetivo da ListEx ou Lab: ITA Instituto Tecnológico de Aeronáutica Realizar, de forma apropriada, algumas operações em Bancos de Dados como usuário final de alto nível, utilizando-se de Softwares de

Leia mais

Despachante Express - Software para o despachante documentalista veicular DESPACHANTE EXPRESS MANUAL DO USUÁRIO VERSÃO 1.1

Despachante Express - Software para o despachante documentalista veicular DESPACHANTE EXPRESS MANUAL DO USUÁRIO VERSÃO 1.1 DESPACHANTE EXPRESS MANUAL DO USUÁRIO VERSÃO 1.1 1 Sumário 1 - Instalação Normal do Despachante Express... 3 2 - Instalação do Despachante Express em Rede... 5 3 - Registrando o Despachante Express...

Leia mais

Fluxo de trabalho no Picasa

Fluxo de trabalho no Picasa Fluxo de trabalho no Picasa Neste bloco serão abordados: Download e Instalação Aquisição de imagens Tratamento básico de imagem digital fotográfica Opções de impressão Tratamento para envio para a web

Leia mais

O que é a cor? Como converter as cores para CMYK

O que é a cor? Como converter as cores para CMYK Introdução A Cartilha de Fechamento de Arquivos a seguir foi preparada pela equipe de criação da gráfica Cores, com o intuito de ajudar seus clientes a criarem artes o mais precisa possível, evitando assim

Leia mais

ÍNDICE. www.leitejunior.com.br 16/06/2008 17:43 Leite Júnior

ÍNDICE. www.leitejunior.com.br 16/06/2008 17:43 Leite Júnior ÍNDICE BACKUP E RESTAURAÇÃO(RECOVERY)...2 BACKUP...2 PORQUE FAZER BACKUP?...2 DICAS PARA BACKUP...2 BACKUP NO WINDOWS...2 BACKUP FÍSICO E ON-LINE...3 BACKUP FÍSICO...3 BACKUP ON-LINE(VIRTUAL) OU OFF-SITE...3

Leia mais

Imagem digital - 1. A natureza da imagem fotográfica. A natureza da imagem fotográfica

Imagem digital - 1. A natureza da imagem fotográfica. A natureza da imagem fotográfica A natureza da imagem fotográfica PRODUÇÃO GRÁFICA 2 Imagem digital - 1 Antes do desenvolvimento das câmeras digitais, tínhamos a fotografia convencional, registrada em papel ou filme, através de um processo

Leia mais

Capítulo 2 Introdução à ferramenta Flash

Capítulo 2 Introdução à ferramenta Flash Capítulo 2 Introdução à ferramenta Flash Índice 1. O uso da ferramenta Flash no projeto RIVED.... 1 2. História do Flash... 4 1. O uso da ferramenta Flash no projeto RIVED. É importante, antes de iniciarmos

Leia mais

Como Criar uma Aula? Na página inicial do Portal do Professor, acesse ESPAÇO DA AULA: Ao entrar no ESPAÇO DA AULA, clique no ícone Criar Aula :

Como Criar uma Aula? Na página inicial do Portal do Professor, acesse ESPAÇO DA AULA: Ao entrar no ESPAÇO DA AULA, clique no ícone Criar Aula : Como Criar uma Aula? Para criar uma sugestão de aula é necessário que você já tenha se cadastrado no Portal do Professor. Para se cadastrar clique em Inscreva-se, localizado na primeira página do Portal.

Leia mais

Tutorial USERADM. Inserindo conteúdos no site

Tutorial USERADM. Inserindo conteúdos no site Tutorial USERADM Inserindo conteúdos no site Como acessar o Administrador de Conteúdos do site? 1. Primeiramente acesse o site de sua instituição, como exemplo vamos utilizar o site da Prefeitura de Aliança-TO,

Leia mais

Universidade Estadual de Campinas UNICAMP. Instituto de Física Gleb Wataghin - IFGW RELATÓRIO FINAL

Universidade Estadual de Campinas UNICAMP. Instituto de Física Gleb Wataghin - IFGW RELATÓRIO FINAL Universidade Estadual de Campinas UNICAMP Instituto de Física Gleb Wataghin - IFGW RELATÓRIO FINAL INSERÇÃO DE LEGENDAS EM VÍDEOS DA DISCIPLINA INSTRUMENTAÇÃO PARA O ENSINO Gustavo Benedetti Rossi José

Leia mais

Tutorial Gerar arquivo PDF. Gerando um documento pdf com várias imagens 1- Inserir imagem no Word

Tutorial Gerar arquivo PDF. Gerando um documento pdf com várias imagens 1- Inserir imagem no Word Tutorial Gerar arquivo PDF. Com o objetivo de simplificar e diminuir o tamanho de arquivos anexos nos projetos, elaboramos um pequeno tutorial mostrando como gerar um único arquivo no formato pdf contendo

Leia mais

Voltado para novos usuários, este capítulo fornece uma instrução para edição de Leiaute do SILAS e suas funções.

Voltado para novos usuários, este capítulo fornece uma instrução para edição de Leiaute do SILAS e suas funções. 13. Editor de leiautes Voltado para novos usuários, este capítulo fornece uma instrução para edição de Leiaute do SILAS e suas funções. Neste capítulo uma breve explicação será apresentada sobre a organização

Leia mais

Fotografia Digital Obtenção da Imagem e Impressão

Fotografia Digital Obtenção da Imagem e Impressão Fotografia Digital Obtenção da Imagem e Impressão 1 Diferenças entre o CCD e o Filme: O filme como já vimos, é uma película de poliéster, coberta em um dos lados por uma gelatina de origem animal com partículas

Leia mais

Manual Captura S_Line

Manual Captura S_Line Sumário 1. Introdução... 2 2. Configuração Inicial... 2 2.1. Requisitos... 2 2.2. Downloads... 2 2.3. Instalação/Abrir... 3 3. Sistema... 4 3.1. Abrir Usuário... 4 3.2. Nova Senha... 4 3.3. Propriedades

Leia mais