CATÁLOGO 2013 PLACAS DE SINALIZAÇÃO CONSTRUÇÃO CIVIL INDÚSTRIAS

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CATÁLOGO 2013 PLACAS DE SINALIZAÇÃO CONSTRUÇÃO CIVIL INDÚSTRIAS"

Transcrição

1 CATÁLOGO 2013 rev. 01 PLACAS DE SINALIZAÇÃO CONSTRUÇÃO CIVIL INDÚSTRIAS

2 Um dos fatores responsáveis pela causa de grande parte dos acidentes é a falta de sinalização disponível sobre os locais que oferecem perigo. Consciente dos problemas que esses acidentes podem causar aos profissionais e às empresas de, a Vegas Comunicação Visual reuniu neste catálogo a sua ampla linha de produtos com o objetivo de oferecer uma solução eficiente e de baixo custo para a redução efetiva dos riscos de acidentes e organização do canteiro de obras. As placas e adesivos da linha de sinalização de segurança que a Vegas Comunicação Visual oferecem são desenvolvidos conforme a legislação vigente, são de fácil leitura e permite rápida identificação dos locais ou situações inseguras. Tudo isso é resultado de um sistema permanente de pesquisas junto a Engenheiros e Técnicos de Segurança do Trabalho com o propósito de atender cada vez melhor o nosso mercado. Todas as placas podem ser readequadas conforme a sua necessidade, alterando-se tamanho, cores, escritas e pictogramas. Solicite seu orçamento. É proibida a reprodução e/ou confecção dos nossos materiais sem autorização por escrito da Vegas Comunicação Visual.

3 N Ã O E S TA C I O N E N Ã O E S TA C I O N E C U I D A D O O B R A S C U I D A D O O B R A S ÁREA DE CARGA E DESCARGA DE MATERIAIS ÁREA SUJEITA A QUEDA DE OBJETOS PEDESTRE UTILIZE A GALERIA DE ENTRADA E SAÍDA DE VEÍCULOS C U I D A D O O B R A S PEDESTRE EVITE ACIDENTES

4 As Placas Sinalização de Segurança ajudam na prevenção de acidentes e são recomendadas para locais onde sejam necessárias instruções e informações de segurança. Dimensão Padrão: 25 x 33 cm LUVAS ÓCULOS CAPACETE CAPACETE COM VISEIRA BOTA SG01 SG02 SG03 SG03A SG04 SAPATO DE CINTO SG04A SG04B SG05 SG05A SG06 PROTETOR AURICULAR MÁSCARA MÁSCARA COM RESPIRADOR SG06A SG07 SG07A SG08 SG09 RESPIRADOR CALÇADO DE TOUCA INSPECIONE OS EQUIPAMENTOS ANTES DE USÁ-LOS SG10 SG11 SG012 SG13 CONDIÇÕES INSEGURAS INFORME AO ENCARREGADO SG15 TRAVA QUEDAS AVENTAL INFORME AS CONDIÇÕES INSEGURAS IMEDIATAMENTE ABAFADOR VISEIRA CONDIÇÕES INSEGURAS INFORME AO PROFISSIONAL DE DO TRABALHO SG014 pág. 3

5 PROTEJA-SE As Placas Sinalização Proteja-se destinam-se a lembrar o trabalhador para se auto proteger em suas atividades laborais. Dimensão Padrão: 50 x 100 cm Espessura: 2 mm PROTEJA-SE ESTES SÃO OS EQUIPAMENTOS QUE AJUDARÃO A MANTER A SUA E SAÚDE PTJ01 pág. 4

6 PROIBIDO As Proibido devem ser utilizadas em qualquer área onde há fonte ou situação com potencial para provocar danos em termos de lesão, doença, dano à propriedade, meio ambiente, local de trabalho ou a combinação destes. Dimensão`Padrão: 25 x 33 cm P R O I B I D O P R O I B I D O P R O I B I D O P R O I B I D O ENTRADA DE ESTRANHOS IÇAMENTO DE CARGA SEM O SINALEIRO TRANSPORTE SIMULTÂNEO DE PESSOAS E MATERIAIS CONDUZIR PESSOAS NAS MÁQUINAS PB01 PB02 PB03 PB04 P R O I B I D O FILMAR OU FOTOGRAFAR SEM AUTORIZAÇÃO PB05 pág. 5

7 PERIGO As Placas Sinalização de Perigo devem ser utilizadas em qualquer área onde há fonte ou situação com potencial para provocar danos em termos de lesão, doença, dano à propriedade, meio ambiente, local de trabalho ou a combinação destes. Dimensões: 25 x 33 cm POÇO DO ELEVADOR HOMENS TRABALHANDO ACIMA HOMENS TRABALHANDO ABAIXO RISCO DE QUEDA DE OBJETOS RISCO DE DESMORONAMENTO PR01 PR02 PR03 PR04 PR05 NÃO FIQUE EMBAIXO CARGAS SUSPENSAS NÃO PERMANEÇA NA ÁREA DE GIRO DAS MÁQUINAS MÁQUINAS TRABALHANDO ELEVADOR SOMENTE PARA CARGA ELEVADOR PR06 PR07 PR08 PR09 PR10 ELEVADOR MANTENHA A PORTA DA CANCELA SEMPRE FECHADA ALTA TENSÃO QUADRO DE FORÇA FIO ENERGIZADO NÃO TOQUE PR11 PR12 PR13 PR14 PR15 CARGA MÁXIMA 600 Kg ELETRICIDADE NÃO FUME NESTE LOCAL AFASTE-SE DE CARGAS SUSPENSAS AO OUVIR A SIRENE ÁREA INTERDITADA É EXPRESSAMENTE PROIBIDO ABRIR O PAINEL ELÉTRICO EXCETO PESSOAS AUTORIZADAS TETO BAIXO PR16 PR17 PR18 PR19 PR20 25X50CM! (11) AFASTE-SE QUANDO O PORTÃO ESTIVER EM MOVIMENTO PR21 20X20CM PERIGO ALTA TENSÃO pág. 6 PR90 PERIGO QUADRO DE FORÇA PR91

8 AVISO As Placas Sinalização de Aviso destinam-se principalmente para oferecer informações dos procedimentos da empresa aos trabalhadores. Dimensão Padrão: 25 x 33 cm JOGUE O LIXO NA LIXEIRA NÃO JOGUE COMIDA NA PIA MANTENHA O SANITÁRIO SEMPRE LIMPO MANTENHA O VESTIÁRIO SEMPRE LIMPO MANTENHA ESTE LOCAL SEMPRE LIMPO AV02 AV03 AV04 AV05 AV06 EVITE EROSÃO PROTEGENDO OS TALUDES VISITANTES ÁREA PROIBIDA ESTACIONAMENTO E EXCLUSIVO PARA CLIENTES ESTACIONAMENTO EXCLUSIVO PARA FUNCIONÁRIOS AV07 AV08 AV09 AV10 AV11 E AFASTE-SE ÁREA INTERDITADA UTILIZE O CORRIMÃO ÁREA RESERVADA DESCARGA DE MATERIAIS CONTROLE A GERAÇÃO DE POEIRA NÃO DEIXE MADEIRAS COM PREGO PELO CAMINHO AO AVISTAR SITUAÇÃO DE RISCO, AVISE IMEDIATAMENTE O ENCARREGADO AV12 AV13 AV14 AV15 AV16 ANDE NÃO CORRA NÃO FAÇA BARULHO FORA DO HORÁRIO RESPEITE A VIZINHANÇA AO SAIR APAGUE A LUZ NÃO RETIRE A PROTEÇÃO SEM A AUTORIZAÇÃO DO ENCARREGADO REDUZA O BARULHO RESPEITE A VIZINHANÇA AV17 AV18 AV19 AV20 AV21 É A PERMANÊNCIA DO MOTORISTA NO INTERIOR DO VEÍCULO DURANTE O CARREGAMENTO FUMÓDROMO DEPOSITE AQUI PONTAS DE CIGARROS AV22 AV23 pág. 7

9 As Placas Sinalização de Atenção são recomendadas para locais onde se faça necessária advertência e sugestões de segurança ao trabalhador. Dimensão Padrão: 25 x 33 cm LUVAS ÓCULOS CAPACETE AT01 AT02 AT03 AT03A AT04 SAPATO DE CINTO DE TRAVA QUEDAS AT04A AT05 AT05A AT06 AT06A MÁSCARA MÁSCARA COM RESPIRADOR AVENTAL AT07 AT07A AT08 AT09 AT10 TOUCA AT11 AT12 25x50cm AT13 INFORME AS CONDIÇÕES INSEGURAS IMEDIATAMENTE A PARTIR DESTE PONTO DE: CONDIÇÕES INSEGURAS INFORME AO PROFISSIONAL DE DO TRABALHO CAPACETE CALÇADO DE CONDIÇÕES INSEGURAS INFORME AO ENCARREGADO AT15 AT16 AT17 CAPACETE COM VISEIRA ABAFADOR VISEIRA SRS. VISITANTES TODOS DEVEM SER REGISTRADOS pág. 8 AT50 BOTA PROTETOR AURICULAR RESPIRADOR SERRA POLICORTE SÓ PROFISSIONAL QUALIFICADO INSPECIONE OS EQUIPAMENTOS ANTES DE USÁ-LOS AT14

10 SOLDA ESMERIL SERRA CIRCULAR ELEVADOR DE OBRA CENTRAL DE ARMAÇÃO SÓ PROFISSIONAL QUALIFICADO SÓ PROFISSIONAL QUALIFICADO SÓ PROFISSIONAL QUALIFICADO SÓ PROFISSIONAL QUALIFICADO SÓ PROFISSIONAL QUALIFICADO AT51 AT52 AT53 AT54 AT55 PEDESTRE FAVOR UTILIZAR O CORREDOR NÃO ENTRE NESTA ÁREA SEM OS EQUIPAMENTOS DE AT56 AT57 AT58 AT59 AT60 NÃO ENTRE ENTRADA SOMENTE COM AUTORIZAÇÃO PEDESTRE FAVOR UTILIZAR O CORREDOR NÃO ENTRE ENTRADA SOMENTE PARA FUNCIONÁRIO PEDESTRE FAVOR UTILIZAR A OUTRA VIA NÃO ENTRE SOMENTE PESSOAS AUTORIZADAS ÁREA RESERVADA CARGA E DESCARGA DE MATERIAIS NÃO UTILIZE ESTAMOS FAZENDO MANUTENÇÃO AT61 AT62 AT63 AT64 AT65 PEDESTRE FAVOR UTILIZAR A OUTRA VIA ESTAMOS EM OBRAS DESCULPE PELO TRANSTORNO NÃO SE APROXIME MÁQUINAS OPERANDO ÁREA DE TRÂNSITO CAMINHÕES AFASTE-SE CARGAS SUSPENSAS NÃO FIQUE EMBAIXO CARGAS SUSPENSAS AT66 AT67 AT68 AT69 AT70 OLHE ONDE PISA MATERIAL INFLAMÁVEL HOMENS TRABALHANDO ACIMA HOMENS TRABALHANDO ABAIXO RESERVATÓRIO DE ÓLEO AT71 AT72 AT73 AT74 AT75 ÁREA SUJEITA A RADIAÇÃO ACESSO SOMENTE À PESSOAS AUTORIZADAS AT76 CINTO DE ACIMA DE 2 METROS BARREIRA DE PROTEÇÃO US0 PARA SERVIÇO DE SOLDA VISITANTES DO CAPACETE AT77 AT79 AT80 VISITANTES DE CALÇADO DE VISITANTES TODOS DEVEM SER REGISTRADOS VISITANTES! DE E EVITEM ACIDENTES PARA SUA AGUARDE UM MOMENTO ENTRADA E SAÍDA DE VEÍCULOS DIA E NOITE AT81 AT82 AT83 AT84 E TRAVE AS RODAS ANTES DE CARREGAR E DESCARREGAR AT85 pág. 9

11 PARE As Placas Sinalização Pare são utilizadas para chamar a atenção dos funcionários quanto a situações específicas. Dimensão Padrão: 40 x 60 cm Espessura: 2 mm P A R E P A R E LAVE AS RODAS PA01 pág. 10

12 HIGIENE As Placas Sinalização de Higiene são recomendações de limpeza e higiene ao trabalhador. Dimensão Padrão: 25 x 33 cm NÃO BEBA OU COMA NESTE LOCAL NÃO FUME NO REFEITÓRIO MANTENHA O SANITÁRIO SEMPRE LIMPO HG01 HG02 HG03 HG04 ESTE É O SEU BANHEIRO AJUDE A MANTÊ-LO LIMPO JOGUE O LIXO NA LIXEIRA DÊ A DESCARGA APÓS O HG05 HG06 HG07 HG08 MANTENHA O VESTIÁRIO SEMPRE LIMPO NÃO JOGUE PAPEL NO VASO BEBA SEMPRE ÁGUA FILTRADA LAVE AS MÃOS ANTES DAS REFEIÇÕES NÃO COLOQUE A BOCA NA TORNEIRA NÃO LAVE AS MÃOS E OBJETOS NA TORNEIRA CONSERVE SEUS EPI S SEMPRE LIMPOS HG09 HG10 HG11 HG12 FAÇA A HIGIENIZAÇÃO DAS TORNEIRAS DIARIAMENTE HG13 pág. 11

13 As Pense são recomendadas para locais onde sejam necessárias instruções e campanhas de conscientização. Dimensões: 25 x 50 cm PRATIQUE DE UM BOM DIA É UM DIA SEM ACIDENTES DE NÃO CONFIE NA SORTE TRABALHE COM DE PS01 PS02 PS03 UM ACIDENTE PODE TRANSFORMAR A SUA VIDA DE AS FERRAMENTAS SÃO SEGURAS SE VOCÊ SOUBER USÁ-LAS DE INFORME AS CONDIÇÕES INSEGURAS IMEDIATAMENTE DE PS04 PS05 PS06 NÃO SE ARRISQUE VERIFIQUE TUDO AO COMEÇAR O TRABALHO DE EXISTE SEMPRE UMA MANEIRA SEGURA DE REALIZAR UM TRABALHO NA DÚVIDA, PERGUNTE DE NÃO BRINQUE COM SUA VIDA DE PS07 PS08 PS09 pág. 12

14 ORDEM E LIMPEZA DEPENDE DE TODOS NÓS DE FAÇA DE SUA UM HÁBITO DE A ORDEM E A ARRUMAÇÃO EVITAM ACIDENTES DE PS10 PS11 PS12 A BEBIDA AUMENTA OS RISCOS DE ACIDENTES DE PORTARIA FALE EM VOZ BAIXA RESPEITE O SEU VIZINHO EVITE QUEDAS ANDE, NÃO CORRA DE PS13 PS17 PS18 pág. 13

15 As Lembre-se são recomendadas para transmitir instruções e apelos necessários, como: limpeza, ordem e organização. Dimensões: 25 x 50 cm COMUNIQUE TODO EQUIPAMENTO DEFEITUOSO DE LE01 NÃO IMPORTA O FERIMENTO INFORME AO ENCARREGADO DE LE03 NÃO SEJA UM CAUSADOR DE ACIDENTES DE LE05 COMUNIQUE TODO EQUIPAMENTO DEFEITUOSO AO TÉCNICO DE DO TRABALHO DE LE01A NÃO IMPORTA O FERIMENTO INFORME À DO TRABALHO DE LE03A NÃO FUME NESTE LOCAL DE LE06 É O DE CRACHÁ DE LE02 EQUIPAMENTO DE É PARA SER USADO DE LE04 AJUDE A MANTER ESTA OBRA LIMPA DE LE07 TRABALHE COM HOJE, AMANHÃ E SEMPRE DE LE08 VOCÊ TAMBÉM É RESPONSÁVEL PELA DE LE09 pág. 14

16 (11) IDENTIFICAÇÃO DE AMBIENTE As Placas Sinalização de Identificação de Ambientes são adequadas para informar direções ou locais, as placas indicativas formam um conjunto de comunicação visual indispensável em áreas de grande trânsito de pessoas. Podem ser produzidas com setas para direita, esquerda, para cima ou para baixo. Dimensão Padrão: 15 x 25 cm ENGENHARIA ADMINISTRAÇÃO ALMOXARIFADO REFEITÓRIO VESTIÁRIO PORTARIA ID01 ID02 ID03 ID04 ID05 ID06 ENFERMARIA SANITÁRIO SANITÁRIO MASCULINO SANITÁRIO FEMININO SALA DO MESTRE SALA DE REUNIÃO ID07 ID08 ID09 ID10 ID11 ID12 SALA DE ESPERA CHUVEIRO BEBEDOURO CAMPAINHA CORRESPONDÊNCIA LIXO ID13 ID14 ID15 ID16 ID17 ID18 NÃO FUME DO TRABALHO PRIMEIROS SOCORROS MACA ENGENHARIA ENGENHARIA ID19 ID20 ID21 ID22 ID23 ID23A pág. 15

17 (11) (11) IDENTIFICAÇÃO DE AMBIENTE 25X33CM ENGENHARIA ADMINISTRAÇÃO DO TRABALHO ENGENHARIA ENGENHARIA 1º ANDAR SAÍDA DE EMERGÊNCIA ID24 ID25 ID25A ID26 Placa de Identificação do Andar na Escadaria/Corredor 20X20CM 18 PAVIMENTO CASA DE MÁQUINAS ID27 ID27A Placa de Identificação do Andar no Elevador Cremalheira (Ex.: 1º Sub-Solo, Térreo, Barrilete, Ártico, etc) 40X60CM 2 MM TORRE A N.º Pavimentos Tipos: N.º Subsolos: LOGO DA OBRA ID28 PORTÃO 01 LOGO DA OBRA ID29 SEJAM BEM-VINDOS DO TRABALHO ENGENHARIA 60X40CM 2 MM ADMINISTRAÇÃO ALMOXARIFADO ÁREA DE VIVÊNCIA ID30 pág. 16

18 IDENTIFICAÇÃO DE EQUIPAMENTOS As Placas Sinalização de Identificação de Equipamentos são utilizadas para identificar os funcionários aptos para a operação dos equipamentos bem como os EPIs de uso obrigatório necessários. Dimensão Padrão: 60 x 40 cm Espessura: 2 mm FUNCIONÁRIOS QUALIFICADOS GRUA FUNCIONÁRIOS QUALIFICADOS CREMALHEIRA FUNCIONÁRIOS QUALIFICADOS BETONEIRA FUNCIONÁRIOS QUALIFICADOS IDE01 IDE02 IDE03 SERRA POLICORTE FUNCIONÁRIOS QUALIFICADOS SERRA CIRCULAR FUNCIONÁRIOS QUALIFICADOS ELEVADOR DE OBRA FUNCIONÁRIOS QUALIFICADOS IDE04 IDE05 IDE06 pág. 17

19 BOMBEIROS As Placas Sinalização de Bombeiros são utilizadas para sinalizar e orientar os locais que possuem extintores e outros equipamentos de combate a incêndios bem como as saídas e rotas de fuga, seguindo as especificações do Plano de Atendimento a Emergência. Dimensão Padrão: 25 x 33 cm SAÍDA EXTINTOR EXTINTOR EXTINTOR EXTINTOR HIDRANTE EXTINTOR ÁGUA PÓ QUIMICO CO 2 BMB01 BMB02 BMB03 BMB04 BMB05 SAÍDA SAÍDA SAÍDA SAÍDA DE EMERGÊNCIA SAÍDA BMB06 BMB07 BMB08 BMB09 BMB10 ROTA DE FUGA 50x50cm Esp. 2 mm PONTO DE ENCONTRO BMB11 pág. 18

20 CUIDADO As Placas Sinalização de Cuidado são utilizadas para alertar pedestres e colaboradores para situação de riscos. Dimensão Padrão: 25 x 33 cm CUIDADO CUIDADO CÃO BRAVO CUIDADO ENTRADA IMPRÓPRIA PARA MULHERES GRÁVIDAS CD01 CD02 40 x 60 cm Esp. 2 mm frente e verso CUIDADO OBRAS ENTRADA E SAÍDA DE VEÍCULOS CD03 pág. 19

21 ANDAIME As placas ANDAIME são utilizadas para orientar ao funcionário sobre a maneira correta de utilização dos equipamentos do andaime a fim de evitar acidentes. Dimensão Padrão: N/A Espessura: N/A ANDAIME 01 B A L A N C I M CARGA MÁXIMA 300 kgf MÁXIMO 2 PESSOAS 100 x 50 cm Esp. 2 mm ANDAIMES SUSPENSOS RECOMENDAÇÕES: - Amarre o andaime à edificação; - Mantenha o andaime nivelado, inclusive durante seu deslocamento vertical; - Não coloque excesso de carga no estrado, principalmente no meio do vão entre os guinchos; - Não pendure materiais (baldes, galões de tintas, etc...) pelo lado externo de seu guarda-corpo; CARGA MÁXIMA PONTUAL 300 kg/f. MÁXIMO 2 PESSOAS CINTO DE E O TRAVA QUEDAS PRESO NO CABO GUIA AND01 20 x 20 cm Esp. 1 mm ANDAIME 01 AND02 25 x 33 cm Esp. 1 mm CINTO DE E TRAVA QUEDAS PRESO AO CABO GUIA NO BALANCIM B A L A N C I M CARGA MÁXIMA 300 kgf MÁXIMO 2 PESSOAS AND03 AND04 pág. 20

Sinalização. Catálogo de Placas EXTINTOR DE INCÊNDIO 164,2/21,3-2.329-K-W/ 10.513.146/0001-94

Sinalização. Catálogo de Placas EXTINTOR DE INCÊNDIO 164,2/21,3-2.329-K-W/ 10.513.146/0001-94 Sinalização Catálogo de Placas EXTINTOR DE INCÊNDIO 164,2/21,3-2.329-K-W/ 10.513.146/0001-94 Materiais VINIL AUTO-ADESIVO PVC / PS Utilizado em ambientes internos e externos. Pode ser confeccionado com

Leia mais

Bem-vindo à Evonik Degussa Antwerpen

Bem-vindo à Evonik Degussa Antwerpen pagina 1 van 26 Bem-vindo à Evonik Degussa Antwerpen A Evonik Degussa Antwerpen é uma empresa de químicos e parte de um grupo global. A sua segurança, assim como a nossa, é muito importante, pelo que existem

Leia mais

SINALIZAÇÃO DE SEGURANÇA A IMPLEMENTAR NAS PEDREIRAS A CÉU ABERTO

SINALIZAÇÃO DE SEGURANÇA A IMPLEMENTAR NAS PEDREIRAS A CÉU ABERTO SINALIZAÇÃO DE SEGURANÇA A IMPLEMENTAR NAS PEDREIRAS A CÉU ABERTO Humberto Guerreiro Engenheiro de Minas INTRODUÇÃO A crescente preocupação das entidades oficiais sobre a segurança na indústria extractiva,

Leia mais

EQUIPAMENTO DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL - EPI

EQUIPAMENTO DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL - EPI EQUIPAMENTO DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL - EPI Equipamento De Proteção Individual - EPI Definição: EPI é todo dispositivo de uso individual, destinado a proteger a integridade física do trabalhador. EPI (s)

Leia mais

Dicas de Segurança II

Dicas de Segurança II Dicas de Segurança II Ao Viajar Casa ou apartamento Não comente sua viagem com pessoas estranhas por perto. Avise a um vizinho de confiança sobre a sua viagem. Se possível, deixe um número de telefone

Leia mais

DICAS DE SEGURANÇA NA OBRA

DICAS DE SEGURANÇA NA OBRA ASSOCIAÇÃO DOS CONSTRUTORES E INCORPORADORES DA CONSTRUÇÃO CIVIL DE CAPÃO DA CANOA DICAS DE SEGURANÇA NA OBRA Profissional qualificado e registrado operando o Guincho ( com certificado); Profissional qualificado

Leia mais

A Segurança não é obra do acaso Preserve sua vida.

A Segurança não é obra do acaso Preserve sua vida. A Segurança não é obra do acaso Preserve sua vida. Campanha do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção e do Mobiliário de São Bento do Sul e Campo Alegre contra os Acidentes de Trabalho

Leia mais

Manual de Segurança e Saúde do Trabalho

Manual de Segurança e Saúde do Trabalho Manual de Segurança e Saúde do Trabalho 1 INTRODUÇÃO A política de recursos humanos da Toledo do Brasil abrange as áreas de recrutamento, seleção, treinamento e desenvolvimento de pessoal; administração

Leia mais

ENGENHARIA DE SEGURANÇA

ENGENHARIA DE SEGURANÇA ESTADO DE MATO GROSSO UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MATO GROSSO FACULDADE DE CIÊNCIAS EXATAS E TECNOLÓGICAS DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA CIVIL ENGENHARIA DE SEGURANÇA P R O F ª K A R E N W R O B E L S T R A

Leia mais

Associação Brasileira da Indústria de Materiais de Construção

Associação Brasileira da Indústria de Materiais de Construção Associação Brasileira da Indústria de Materiais de Construção Por que eu devo utilizar equipamentos de segurança e onde encontrá-los? Os Equipamentos de Proteção Individual (EPI) foram feitos para evitar

Leia mais

SEGURANÇA na UTILIZAÇÃO de SEGURANÇA NA UTILIZAÇÃO DE PONTES ROLANTES

SEGURANÇA na UTILIZAÇÃO de SEGURANÇA NA UTILIZAÇÃO DE PONTES ROLANTES SEGURANÇA na UTILIZAÇÃO de Objetivos Sensibilizar os operadores de Ponte Rolante quanto à necessidade de neutralizar ao máximo a possibilidade de ocorrência de acidentes. Adotar procedimentos de rotina,

Leia mais

Bem-vindo à Evonik Antwerpen

Bem-vindo à Evonik Antwerpen pagina 1 van 31 1. Bem-vindo Bem-vindo à Evonik Antwerpen Evonik Antwerpen é uma empresa química, que faz parte de uma multinacional. A sua e a nossa segurança é muito importante, por isso, vigoram regulamentações

Leia mais

Gerenciamento de Obras. Coordenação Prof. Dr. João R. L. Simões

Gerenciamento de Obras. Coordenação Prof. Dr. João R. L. Simões Gerenciamento de Obras Prof. Dr. Ivan Xavier Coordenação Prof. Dr. João R. L. Simões Fases do Gerenciamento: 3. Operação e controle da obra. 3. Operação e controle da obra: Reunião de partida da obra;

Leia mais

MANUAL DE OPERAÇÃO E SEGURANÇA. Todos os direitos reservados. Proibida reprodução total ou parcial sem autorização Locatec-2012. GUINCHO VELOX e HUCK

MANUAL DE OPERAÇÃO E SEGURANÇA. Todos os direitos reservados. Proibida reprodução total ou parcial sem autorização Locatec-2012. GUINCHO VELOX e HUCK MANUAL DE OPERAÇÃO E SEGURANÇA GUINCHO VELOX e HUCK ÍNDICE INTRODUÇÃO... 2 1. INFORMAÇÕES TÉCNICAS... 2 2. PROCEDIMENTOS GERAIS DE SEGURANÇA... 2 2.1. USO DOS GUINCHOS... 3 2.2. LUBRIFICAÇÃO... 3 2.3.

Leia mais

Normas de Segurança para o Instituto de Química da UFF

Normas de Segurança para o Instituto de Química da UFF Normas de Segurança para o Instituto de Química da UFF A Comissão de segurança do Instituto de Química da UFF(COSEIQ) ao elaborar essa proposta entende que sua função é vistoriar, fiscalizar as condições

Leia mais

Mãos e dedos. atenção. Risco de: Esmagamentos Escoriações Cortes Amputações Fraturas

Mãos e dedos. atenção. Risco de: Esmagamentos Escoriações Cortes Amputações Fraturas Mãos e dedos Risco de: Esmagamentos Escoriações Cortes Amputações Fraturas Nenhum empregado foi exposto ao perigo para produzir esse material. As fotos simulam possíveis situações de risco no seu dia de

Leia mais

O que fazer em caso de sismo

O que fazer em caso de sismo www.aterratreme.pt O que fazer em caso de sismo Todos os anos se realiza o exercício de prevenção de risco sísmico A Terra Treme, pois é importante relembrar as regras básicas de segurança incluindo alguns

Leia mais

PLANO DE TRABALHOS COM RISCOS ESPECIAIS Execução de pinturas

PLANO DE TRABALHOS COM RISCOS ESPECIAIS Execução de pinturas Página 1 de 7 PLANO DE TRABALHOS COM RISCOS ESPECIAIS Execução de pinturas Página 2 de 7 PROCESSO CONSTRUTIVO 1. EECUÇÃO DE PINTURAS Esta actividade consiste nos trabalhos de pinturas nas paredes simples

Leia mais

Formando: Dário Filipe da Silva Afonso. Formanda: Fernanda Maria Piçarra. Avaliação de riscos. Filme 1 Situação 1 Caso do menino

Formando: Dário Filipe da Silva Afonso. Formanda: Fernanda Maria Piçarra. Avaliação de riscos. Filme 1 Situação 1 Caso do menino Avaliação de riscos Filme 1 Situação 1 Caso do menino Camião a despejar carga em andamento (destravado) Menino a brincar debaixo da obra Técnicos sem EPIs Mau acondicionamento e deficiente arrumação de

Leia mais

Formando: Dário Filipe da Silva Afonso. Formanda: Fernanda Maria Piçarra. Avaliação de riscos. Filme 1 Situação 1 Caso do menino

Formando: Dário Filipe da Silva Afonso. Formanda: Fernanda Maria Piçarra. Avaliação de riscos. Filme 1 Situação 1 Caso do menino Avaliação de riscos Filme 1 Situação 1 Caso do menino Camião a despejar carga em andamento (destravado) Menino a brincar debaixo da obra Técnicos sem EPIs Mau acondicionamento e deficiente arrumação de

Leia mais

DDS DIÁLOGO DIÁRIO DE SEGURANÇA. Parte 5

DDS DIÁLOGO DIÁRIO DE SEGURANÇA. Parte 5 DDS DIÁLOGO DIÁRIO DE SEGURANÇA Parte 5 1 AUTOR HÉLIO MARCOS DA SILVA Iniciou sua carreira em 1987 como auxiliar de escritório em um Tabelionato; 1994 Formou-se em Técnico em Segurança do Trabalho e 1998

Leia mais

SeGURAnÇA do TRABALHO

SeGURAnÇA do TRABALHO SeGURAnÇA do TRABALHO Se durante o trabalho você se deparar com alguma situação que não conste neste manual, não se precipite e nem se arrisque desnecessariamente. Em caso de dúvida procure seu Encarregado

Leia mais

MONTAGEM INDUSTRIAL UNIDADE II O CANTEIRO DE OBRAS

MONTAGEM INDUSTRIAL UNIDADE II O CANTEIRO DE OBRAS MONTAGEM INDUSTRIAL UNIDADE II O CANTEIRO DE OBRAS O canteiro de obras Introdução Sistema de produção Em muitos casos de obras de construção e montagem o canteiro de obras pode ser comparado a uma fábrica

Leia mais

O que é Canteiro de Obras?

O que é Canteiro de Obras? O que é Canteiro de Obras? Sistema complexo, com muitos riscos associados Análise prévia e criteriosa de sua implantação Qualidade Produtividade Segurança Cartão de visita da obra!!! O que é Canteiro

Leia mais

ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCO APR

ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCO APR LOGO DA EMPRESA EMPRESA: DESCRIÇÃO DA ATIVIDADE: LOCAL DA ATIVIDADE: ANÁLISE PRELIMINAR DE RISCO APR FOLHA: 01 DE 10. DATA DE EMISSÃO: DATA DE APROVAÇÂO: REVISÃO: HORÁRIO: ASSINATURA DOS ENVOLVIDOS NA

Leia mais

3/4. APOSTILA Normas de Segurança na Operação de Empilhadeiras

3/4. APOSTILA Normas de Segurança na Operação de Empilhadeiras 3/4 APOSTILA Normas de Segurança na Operação de Empilhadeiras Prezados Colaboradores O tema abordado nesta edição é sobre empilhadeiras. Após analisar os relatórios dos acidentes, as informações dos trabalhadores,

Leia mais

MANUAL DE OPERAÇÃO E SEGURANÇA. Todos os direitos reservados. Proibida reprodução total ou parcial sem autorização Locatec-2012 ANDAIME TUBULAR

MANUAL DE OPERAÇÃO E SEGURANÇA. Todos os direitos reservados. Proibida reprodução total ou parcial sem autorização Locatec-2012 ANDAIME TUBULAR MANUAL DE OPERAÇÃO E SEGURANÇA ANDAIME TUBULAR ÍNDICE INTRODUÇÃO... 2 1. INFORMAÇÃO TÉCNICA... 2 2. PROCEDIMENTOS GERAIS DE SEGURANÇA... 4 2.1. USO DOS ANDAIMES TUBULARES... 5 2.2. MANUTENÇÃO (DIRETRIZES

Leia mais

-Só iniciar a tarefa com PT-Permissão para Trabalho,e cumpra as Recomendações de segurança contidas nela.

-Só iniciar a tarefa com PT-Permissão para Trabalho,e cumpra as Recomendações de segurança contidas nela. PROCEDIMENTO OPERACIONAL PADRÂO POP 005000-OM -06 1/2 PINTURA DE PAREDE COM USO DE ANDAIME REVISÃO: 00 FOLHA 1- OBJETIVO ESTE PROCEDIMENTO ESTABELECE OS REQUISITOA MÍNIMOS DE SEGURANÇA NO TRABALHO DE PINTURA.

Leia mais

BRIGADA DE INCÊNDIO ORGANIZAÇÃO DA BRIGADA DE INCÊNDIO

BRIGADA DE INCÊNDIO ORGANIZAÇÃO DA BRIGADA DE INCÊNDIO BRIGADA DE INCÊNDIO Brigada de Incêndio: É um grupo organizado de pessoas voluntárias ou não, treinadas e capacitadas para atuarem dentro de uma área previamente estabelecida na prevenção, abandono e combate

Leia mais

TREINAMENTO INTEGRAÇÃO MÓDULO 8 2 REGRAS PARA AS EMPRESAS CONTRATADAS

TREINAMENTO INTEGRAÇÃO MÓDULO 8 2 REGRAS PARA AS EMPRESAS CONTRATADAS TREINAMENTO INTEGRAÇÃO MÓDULO 8 1 PROGRAMA OBRAS SEGURAS 2 REGRAS PARA AS EMPRESAS CONTRATADAS 3 VOCÊ PARTICIPA DO PROGRAMA 4 VISITA TÉCNICA 5 PRINCIPAIS DESVIOS 6 SUSPENSÃO Programa Obras Seguras PROGRAMA

Leia mais

PROCEDIMENTO DO SISTEMA DE RESPONSABILIDADE SOCIAL

PROCEDIMENTO DO SISTEMA DE RESPONSABILIDADE SOCIAL RESPONSABILIDADE SOCIAL TÍTULO : SAÚDE E SEGURANÇA 1. OBJETIVO: Informar, conscientizar e instruir os colaboradores, sobre possíveis riscos inerentes as funções desempenhadas em seu dia a dia do trabalho.

Leia mais

01 - DADOS GERAIS DA EMPRESA 02 - NÚMERO DE TRABALHADORES (AS) DA EMPRESA. 03 EPI s EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL

01 - DADOS GERAIS DA EMPRESA 02 - NÚMERO DE TRABALHADORES (AS) DA EMPRESA. 03 EPI s EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL Rua Doutor Faivre, 888 - Fone: (41) 3264-4211 Fax: (41) 3264-4292 01 - DADOS GERAIS DA EMPRESA NOME: CNPJ: ENDEREÇO: MUNICÍPIO: CEP: FONE / FAX: PROPRIETÁRIO: ENCARREGADO: 02 - NÚMERO DE TRABALHADORES

Leia mais

GESMS. Gerência de Engenharia, Saúde, Meio Ambiente e Segurança. Prevencionista da SMS EM OBRAS

GESMS. Gerência de Engenharia, Saúde, Meio Ambiente e Segurança. Prevencionista da SMS EM OBRAS Análise Prevencionista da Tarefa - APT SMS EM OBRAS INTRODUÇÃO Nos slides a seguir, estamos divulgando a APT que é uma ferramenta que complementa a AST, analisando o passo a passo e pontos de atenção das

Leia mais

NORMAS DE SEGURANÇA ÁS PRESTADORAS DE SERVIÇOS

NORMAS DE SEGURANÇA ÁS PRESTADORAS DE SERVIÇOS NORMAS DE SEGURANÇA ÁS PRESTADORAS DE SERVIÇOS 1 O SESMT Serviço Especializado em Segurança e Medicina do Trabalho elaborou esta norma com o objetivo de estabelecer as condições mínimas no cumprimento

Leia mais

ÍNDICE. Linha Alerta. Linha Alumínio. Linha Azul. Linha Madeira. Linha Preta. Linha Combate a Incêndio. Linha Rota de Fuga. Kit Acessível de Portas

ÍNDICE. Linha Alerta. Linha Alumínio. Linha Azul. Linha Madeira. Linha Preta. Linha Combate a Incêndio. Linha Rota de Fuga. Kit Acessível de Portas CATÁLOGO COMPLETO ÍNDICE Linha Alerta 3 Linha Alumínio 7 Linha Azul 11 Linha Madeira Linha Preta 26 19 Linha Combate a Incêndio 33 Linha Rota de Fuga 38 Kit Acessível de Portas 42 Exposit ore s 43 LI N

Leia mais

PLACAS DE SÉRIE ÁREA RESTRITA

PLACAS DE SÉRIE ÁREA RESTRITA ÁREA RESTRITA ÁREA RESTRITA DEPÓSITO DE FERRAMENTAS SOMENTE PESSOAL AUTORIZADO ÁREA RESTRITA ESTAÇÃO TRATAMENTO DE ESGOTO SOMENTE PESSOAL AUTORIZADO ÁREA RESTRITA MÁQUINAS DE AR CONDICIONADO SOMENTE PESSOAL

Leia mais

LEVANTAMENTO DE PERIGOS E DANOS E AVALIAÇÃO DE RISCOS

LEVANTAMENTO DE PERIGOS E DANOS E AVALIAÇÃO DE RISCOS fl. de 7 Endereço Local Aprovado Data Rev. UNIOP-SP Av. Paulista, 06 São Paulo SP 9º, 5º, 7º e 8º andares JMn (SESMS) 0/08/ C Atividade Perigo Dano (Todas) Agressão Física Assédio Discriminação Energizadas

Leia mais

de Prevenção de Acidentes) para melhorar as condições de segurança e trabalho na construção Civil.

de Prevenção de Acidentes) para melhorar as condições de segurança e trabalho na construção Civil. FTST Formação Técnica em Segurança do Trabalho Módulo de Portuária e Construção Civil AULA 4 Prof.ª MarivaldoOliveira COMPETÊNCIAS QUE TRABALHAREMOS NESTE MÓDULO Lançar mão dos recursos e técnicas de prevenção

Leia mais

www.detran.pr.gov.br

www.detran.pr.gov.br www.detran.pr.gov.br INFELIZMENTE, A MAIOR PARTE DOS ACIDENTES COM MORTES NO TRÂNSITO BRASILEIRO ENVOLVEM MOTOCICLISTAS. POR ISSO, O DETRAN PREPAROU ALGUMAS DICAS IMPORTANTES PARA VOCÊ RODAR SEGURO POR

Leia mais

CARTILHA DE ORIENTAÇÕES PARA A INSTALAÇÃO DE MEDIDAS DE SEGURANÇA CONTRA INCÊNDIO EM PEQUENOS ESTABELECIMENTOS

CARTILHA DE ORIENTAÇÕES PARA A INSTALAÇÃO DE MEDIDAS DE SEGURANÇA CONTRA INCÊNDIO EM PEQUENOS ESTABELECIMENTOS CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DO PARÁ CENTRO DE ATIVIDADES TÉCNICAS CARTILHA DE ORIENTAÇÕES PARA A INSTALAÇÃO DE MEDIDAS DE SEGURANÇA CONTRA INCÊNDIO EM PEQUENOS ESTABELECIMENTOS Belém 2014 / Versão 1.0 1

Leia mais

Treinamento Básico de segurança para Operadores de Empilhadeira.

Treinamento Básico de segurança para Operadores de Empilhadeira. Treinamento Básico de segurança para Operadores de Empilhadeira. 1 OBJETIVO: Definir requisitos mínimos para: Operação; Inspeção; Qualificação do operador. 2 INTRODUÇÃO GENERALIDADES Existem basicamente

Leia mais

MANUAL DE PROCEDIMENTOS PROCEDIMENTO DE CONTROLE DE ACESSO

MANUAL DE PROCEDIMENTOS PROCEDIMENTO DE CONTROLE DE ACESSO 25/03/203 PSP-0. INTRODUÇÃO O Procedimento de Controle de Acesso tem como objetivo orientar e padronizar o procedimento de acesso de pessoas as fábricas, garantindo que somente pessoas autorizadas possam

Leia mais

ARMAZENAGEM DE PRODUTOS QUÍMICOS

ARMAZENAGEM DE PRODUTOS QUÍMICOS ARMAZENAGEM DE PRODUTOS QUÍMICOS 2011 Índice 1. Sinalização... 3 2. Organização do Armazém... 3 3. Estabelecer um esquema de armazenamento para:... 4 4. Manter em local visível... 6 5. Deveres do Responsável

Leia mais

NR 23 - PROTEÇÃO CONTRA INCÊNDIOS COMBATE AO FOGO CLASSES DE FOGO. SENAI - Carlos Eduardo do Vale Melo NR-23 PROTEÇÃO CONTRA INCÊNDIO

NR 23 - PROTEÇÃO CONTRA INCÊNDIOS COMBATE AO FOGO CLASSES DE FOGO. SENAI - Carlos Eduardo do Vale Melo NR-23 PROTEÇÃO CONTRA INCÊNDIO NR- PROTEÇÃO CONTRA INCÊNDIO NR - PROTEÇÃO CONTRA INCÊNDIOS A proteção contra incêndios é uma das Normas Regulamentadoras que disciplina sobre as regras complementares de segurança e saúde no trabalho

Leia mais

Relatório de Inspeção

Relatório de Inspeção Relatório de Inspeção Obra: Recuperação do sistema de bondes de Santa Teresa Local: Rua Joaquim Murtinho, Santa Teresa, Rio de Janeiro-RJ Executante: Consórcio Elmo-Azvi Gerente da Obra: Sr. Angel Técnico

Leia mais

Montagem e Desmontagem dos Estandes

Montagem e Desmontagem dos Estandes Montagem e Desmontagem dos Estandes Cronograma para montagem, feira e desmontagem de estandes Motivo Data Horário Observações Data limite para a entrega do projeto do estande Descarregamento de material

Leia mais

MANUAL TÉCNICO. Segurança e Saúde no Trabalho ANDAIME TUBULAR ANDAIME TUBULAR. Andaimes setembro/2012. Andaime Fachadeiro.

MANUAL TÉCNICO. Segurança e Saúde no Trabalho ANDAIME TUBULAR ANDAIME TUBULAR. Andaimes setembro/2012. Andaime Fachadeiro. e MANUAL TÉCNICO ANDAIME TUBULAR ANDAIME TUBULAR e ANDAIME TUBULAR Objetivo Estabelecer os procedimentos que devem ser obedecidos na liberação de montagem / desmontagem de andaimes com a finalidade de

Leia mais

Introdução. Conheça seus direitos e deveres. Leia o manual com atenção. Utilize-o quando precisar. Desejamos-lhe uma vida segura e saudável.

Introdução. Conheça seus direitos e deveres. Leia o manual com atenção. Utilize-o quando precisar. Desejamos-lhe uma vida segura e saudável. 1 Introdução Durante sua integração à empresa, você receberá os seguintes manuais: Código de Conduta Ética, Integração do Colaborador, Qualidade Total e Cultura do Comprometimento, Saúde e Segurança no

Leia mais

MANUAL TÉCNICO TUBO EQUIPADO

MANUAL TÉCNICO TUBO EQUIPADO MANUAL TÉCNICO TUBO EQUIPADO Andaime Tubo Equipado...03 Acessórios...04 Modos e Pontos de Ancoragem...05 Dicas Importantes...07 Acesso dos Andaimes...08 Informações de Segurança...09 Fotos Obras...10 Atualização

Leia mais

Corpo de Bombeiros. São Paulo

Corpo de Bombeiros. São Paulo Corpo de Bombeiros São Paulo ACIDENTES E INCÊNDIOS DOMÉSTICOS ADULTOS Acidentes Os acidentes domésticos são muito comuns. Mesmo com todo o cuidado, há objetos e situações que podem tornar todas as divisões

Leia mais

TREINAMENTO INTEGRAÇÃO MÓDULO 6 1 CONCEITO DE SEGURANÇA PATRIMONIAL 3 CRACHÁS ESQUECIMENTO OU PERDA 6 ENTRADA DE EQUIPAMENTOS, FERRAMENTAS E MAT.

TREINAMENTO INTEGRAÇÃO MÓDULO 6 1 CONCEITO DE SEGURANÇA PATRIMONIAL 3 CRACHÁS ESQUECIMENTO OU PERDA 6 ENTRADA DE EQUIPAMENTOS, FERRAMENTAS E MAT. TREINAMENTO INTEGRAÇÃO MÓDULO 6 1 CONCEITO DE SEGURANÇA PATRIMONIAL 2 ENTRADA E SAÍDA NA PORTARIA 3 CRACHÁS ESQUECIMENTO OU PERDA 4 ACHADOS E PERDIDOS 5 PROIBIÇÕES 6 ENTRADA DE EQUIPAMENTOS, FERRAMENTAS

Leia mais

MANUAL TÉCNICO ANDAIME FACHADEIRO

MANUAL TÉCNICO ANDAIME FACHADEIRO MANUAL TÉCNICO ANDAIME FACHADEIRO 1 SUMÁRIO Acessórios 03 Instruções de montagem 04 Dicas Importantes 10 Acesso dos Andaimes 11 Informações de Segurança 12 2 ACESSÓRIOS 3 ANDAIME FACHADEIRO INSTRUÇÕES

Leia mais

Manual de Sinalização

Manual de Sinalização Manual de Sinalização VERSÃO 2014 COM PORTFÓLIO (31) 3322-4455 tecplacas@tecplacas.com.br Apresentação Este catálogo foi desenvolvido especialmente para você, cliente TECPLACAS, com o objetivo de auxiliá-lo

Leia mais

ANDAIMES SUSPENSOS (Alterado pela Portaria SIT n.º 30, de 20 de dezembro de 2001)

ANDAIMES SUSPENSOS (Alterado pela Portaria SIT n.º 30, de 20 de dezembro de 2001) NR-18 Andaime Suspenso Mecânico ANDAIMES SUSPENSOS (Alterado pela Portaria SIT n.º 30, de 20 de dezembro de 2001) NR-18.15.30 Os sistemas de fixação e sustentação e as estruturas de apoio dos andaimes

Leia mais

MANUAL TÉCNICO JIRAU PASSANTE ELÉTRICO

MANUAL TÉCNICO JIRAU PASSANTE ELÉTRICO MANUAL TÉCNICO SUMÁRIO Introdução 03 Descrição da plataforma 04 Instruções de montagem 08 Informações de segurança 12 INTRODUÇÃO O ANDAIME SUSPENSO ELÉTRICO JIRAU é recomendado para trabalhos em altura

Leia mais

Manual do Locatário ANDAIME TUBULAR Instruções para Instalação e Operação e Manutenção CARIMBO DO ASSOCIADO ANDAIMES Andaimes são estruturas metálicas tubulares para acesso à altura para trabalho aéreo

Leia mais

FACULDADES INTEGRADAS DOM PEDRO II Cursos: Administração Ciências Econômicas Engenharia Civil Arquitetura e Urbanismo São José do Rio Preto SP.

FACULDADES INTEGRADAS DOM PEDRO II Cursos: Administração Ciências Econômicas Engenharia Civil Arquitetura e Urbanismo São José do Rio Preto SP. FACULDADES INTEGRADAS DOM PEDRO II Cursos: Administração Ciências Econômicas Engenharia Civil Arquitetura e Urbanismo São José do Rio Preto SP. CURSO: ENGENHARIA CIVIL Disciplina: HIGIENE E SEGURANÇA DO

Leia mais

GESMS. Gerência de Engenharia, Saúde, Meio Ambiente e Segurança. Prevencionista da SMS EM OBRAS

GESMS. Gerência de Engenharia, Saúde, Meio Ambiente e Segurança. Prevencionista da SMS EM OBRAS Análise Prevencionista da Tarefa - APT SMS EM OBRAS INTRODUÇÃO Nos slides a seguir, estamos divulgando a APT que é uma ferramenta que complementa a AST, analisando o passo a passo e pontos de atenção das

Leia mais

FTST Formação Técnica em Segurança do Trabalho. Módulo de Portuária e Construção Civil AULA 4 Prof.ª Marivaldo Oliveira

FTST Formação Técnica em Segurança do Trabalho. Módulo de Portuária e Construção Civil AULA 4 Prof.ª Marivaldo Oliveira FTST Formação Técnica em Segurança do Trabalho Módulo de Portuária e Construção Civil AULA 4 Prof.ª Marivaldo Oliveira COMPETÊNCIAS QUE TRABALHAREMOS NESTE MÓDULO Lançar mão dos recursos e técnicas de

Leia mais

Regras Básicas de Segurança Em Laboratórios de Química

Regras Básicas de Segurança Em Laboratórios de Química Regras Básicas de Segurança Em Laboratórios de Química O que deve ser sempre lembrado é que: A segurança depende de cada um. É importante que o pessoal se habitue a trabalhar com segurança fazendo com

Leia mais

Engenharia de Segurança e Meio Ambiente

Engenharia de Segurança e Meio Ambiente Engenharia de Segurança e Meio Ambiente Introdução A Engemix possui uma equipe de Engenheiros de Segurança e Meio Ambiente capacitada para dar todo subsídio técnico para implantação, operação e desmobilização

Leia mais

Dicas de segurança www.eletropaulo.com.br Atendimento ao Cliente - 0800 72 72 120 Atendimento de Emergência-0800 72 72 196

Dicas de segurança www.eletropaulo.com.br Atendimento ao Cliente - 0800 72 72 120 Atendimento de Emergência-0800 72 72 196 Dicas de segurança Dicas de segurança Fios e cabos partidos Cuidado: a eletricidade não tem cheiro, nem cor. Não se aproxime dos fios caídos ou pendurados, nem toque em pessoas ou objetos que estejam em

Leia mais

Cozinha Industrial. Juarez Sabino da Silva Junior Técnico de Segurança do Trabalho

Cozinha Industrial. Juarez Sabino da Silva Junior Técnico de Segurança do Trabalho Cozinha Industrial Juarez Sabino da Silva Junior Técnico de Segurança do Trabalho Serviços de alimentação Este tipo de trabalho aparenta não ter riscos, mas não é bem assim, veja alguns exemplos: Cortes

Leia mais

Orientações de manuseio e estocagem de revestimentos cerâmicos

Orientações de manuseio e estocagem de revestimentos cerâmicos Orientações de manuseio e estocagem de revestimentos cerâmicos RECEBIMENTO Quando o produto for recebido na loja ou obra, ou mesmo na entrega ao cliente, é importante que alguns cuidados sejam tomados

Leia mais

Limpando a Caixa D'água

Limpando a Caixa D'água Limpando a Caixa D'água É muito importante que se faça a limpeza no mínimo 2 (duas) vezes ao ano. Caixas mal fechadas/tampadas permitem a entrada de pequenos animais e insetos que propiciam sua contaminação.

Leia mais

SOLUÇÕES DESMONTÁVEIS PARA CANTEIROS DE OBRAS

SOLUÇÕES DESMONTÁVEIS PARA CANTEIROS DE OBRAS SOLUÇÕES DESMONTÁVEIS PARA CANTEIROS DE OBRAS Fundada em 2006, a Tuksen Equipamentos atua na área de fabricação e venda de equipamentos para construção civil e área agrícola. Lançou em 2009 os Containers

Leia mais

Sinalização de Segurança

Sinalização de Segurança de Segurança Placas de Segurança As Placas Brady são feitas com material de alta qualidade e pictogramas intuitivos para garantir que a comunicação seja altamente visível e de fácil compreensão. As placas

Leia mais

QUESTIONÁRIO DE IDENTIFICAÇÃO DAS PRINCIPAIS CONDIÇÕES DAS ÁREAS DE VIVÊNCIA DOS CANTEIROS DE OBRA DA INDÚSTRIA DA CONSTRUÇÃO NO ESTADO DA BAHIA.

QUESTIONÁRIO DE IDENTIFICAÇÃO DAS PRINCIPAIS CONDIÇÕES DAS ÁREAS DE VIVÊNCIA DOS CANTEIROS DE OBRA DA INDÚSTRIA DA CONSTRUÇÃO NO ESTADO DA BAHIA. QUESTIONÁRIO DE IDENTIFICAÇÃO DAS PRINCIPAIS CONDIÇÕES DAS ÁREAS DE VIVÊNCIA DOS CANTEIROS DE OBRA DA INDÚSTRIA DA CONSTRUÇÃO NO ESTADO DA BAHIA. O presente trabalho é resultado de um consenso estabelecido

Leia mais

FICHA DE INFORMAÇÕES DE SEGURANÇA PRODUTO QUIMICO

FICHA DE INFORMAÇÕES DE SEGURANÇA PRODUTO QUIMICO SEÇÃO I Identificação do Produto Químico e da Empresa Nome do Produto: Nome da Empresa: IMPERCOTEPRIMER CITIMAT MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO LTDA. RUA COMENDADOR SOUZA 72/82 AGUA BRANCA SÃO PAULO SP CEP: 05037-090

Leia mais

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS 2 CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS QUESTÃO 01 São considerados equipamentos de elevação de materiais os equipamentos que levantam e movimentam para outros locais, materiais diversos. Assinale a alternativa que

Leia mais

NR 10 - Instalações e Serviços em Eletricidade (110.000-9)

NR 10 - Instalações e Serviços em Eletricidade (110.000-9) NR 10 - Instalações e Serviços em Eletricidade (110.000-9) 10.1. Esta Norma Regulamentadora - NR fixa as condições mínimas exigíveis para garantir a segurança dos empregados que trabalham em instalações

Leia mais

Etapas do Manual de Operações de Segurança

Etapas do Manual de Operações de Segurança OPERAÇÕES www.proteccaocivil.pt DE SEGURANÇA CARACTERIZAÇÃO DO ESPAÇO IDENTIFICAÇÃO DE RISCOS ETAPAS LEVANTAMENTO DE MEIOS E RECURSOS ESTRUTURA INTERNA DE SEGURANÇA PLANO DE EVACUAÇÃO PLANO DE INTERVENÇÃO

Leia mais

Olá, Mamãe! Aproveite a leitura e boa viagem!

Olá, Mamãe! Aproveite a leitura e boa viagem! Olá, Mamãe! Esta cartilha é um presente pra você. Uma forma de ajudá-la a desempenhar uma das funções mais importantes da sua vida: justamente a tarefa de ser mãe. Cada vez mais, além de cuidar da saúde

Leia mais

15APOSTILA PERCEPÇÃO DE RISCOS E DENGUE

15APOSTILA PERCEPÇÃO DE RISCOS E DENGUE 15APOSTILA PERCEPÇÃO DE RISCOS E DENGUE Caros Colegas, Apresentamos a XV apostila das nossas Olimpíadas da Segurança, cujos temas, são a Percepção de Risco e a Dengue. A Percepção de Risco faz parte do

Leia mais

6. O que indica este sinal? a) um perigo possível b) uma via de evacuação c) material de combate ao fogo d) direcção das casas de banho

6. O que indica este sinal? a) um perigo possível b) uma via de evacuação c) material de combate ao fogo d) direcção das casas de banho 1. Uma autorização de trabalho é um documento: a) que tem de promover a concertação entre todos os que tenham a ver com o trabalho. b) em que vêm estipuladas as condições relativas à maneira de trabalhar

Leia mais

Regulamento Interno dos Laboratórios de Madeiras e Metais

Regulamento Interno dos Laboratórios de Madeiras e Metais Regulamento Interno dos Laboratórios de Madeiras e Metais Horário de Funcionamento dos Laboratórios 10H00 às 13h00 e das 14h00 às 19H00 de 2ª a 6ª feira Sensibilidade e consciência do Perigo A utilização

Leia mais

CANTEIRO DE OBRAS CARTÃO DE VISITA DA OBRA!!! 26/02/2015. Sistema complexo, com muitos riscos associados

CANTEIRO DE OBRAS CARTÃO DE VISITA DA OBRA!!! 26/02/2015. Sistema complexo, com muitos riscos associados CANTEIRO DE OBRAS Prof. MSc. Eng. Eduardo Henrique da Cunha Engenharia Civil 7º Período Turma A01 Disc. Construção Civil I Sistema complexo, com muitos riscos associados Análise prévia e criteriosa de

Leia mais

Cores na segurança do trabalho PRODUTOR > CABRAL VERÍSSIMO

Cores na segurança do trabalho PRODUTOR > CABRAL VERÍSSIMO Cores na segurança do trabalho PRODUTOR > CABRAL VERÍSSIMO DESCRIÇÃO: 26.1.5 As cores aqui adotadas serão as seguintes: - vermelho; - amarelo; - branco; - preto; - azul; - verde; - laranja; - púrpura;

Leia mais

PLANO DE EMERGÊNCIA EM CASO DE INCÊNDIO PROFESSORES

PLANO DE EMERGÊNCIA EM CASO DE INCÊNDIO PROFESSORES PROFESSORES Competências dos professores Quando os professores se encontram numa sala de aula com um grupo de alunos, devem: 1. Ao ouvir o sinal de alarme, avisar os alunos para não tocarem nos interruptores

Leia mais

PLANO DE MANUTENÇÃO DE EQUIPAMENTOS DA PRODUÇÃO

PLANO DE MANUTENÇÃO DE EQUIPAMENTOS DA PRODUÇÃO Pág.: 1 de 10 Identificação do equipamento ELEVADOR DE PASSAGEIROS E CARGAS Com Relação às Torres: Prumo; Espessura da parede do tubo; Resistência e nivelamento da base; Estaiamento; Aterramento elétrico

Leia mais

Manual de Instruções e Lista de Peças. Máquina de Corte Circular de Tecido 950C

Manual de Instruções e Lista de Peças. Máquina de Corte Circular de Tecido 950C Manual de Instruções e Lista de Peças Máquina de Corte Circular de Tecido 950C 104A 104B Singer é uma marca registrada da The Singer Company Limited ou suas afiliadas. 2009 Copyright The Singer Company

Leia mais

FISPQ (Ficha de Informações de Segurança de Produtos Químicos) SAPÓLIO RADIUM PÓ (Limão, Pinho, Clássico, Lavanda, Bouquet e Laranja)

FISPQ (Ficha de Informações de Segurança de Produtos Químicos) SAPÓLIO RADIUM PÓ (Limão, Pinho, Clássico, Lavanda, Bouquet e Laranja) Página 1 de 6 1 - IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO E DA EMPRESA Nome: Sapólio Radium Pó Códigos Internos: Limão: 14001 / 14017 Pinho: 14005 / 14018 Clássico: 14033 Lavanda: 14031 Bouquet: 14030 Laranja: 14032

Leia mais

International Paper do Brasil Ltda

International Paper do Brasil Ltda International Paper do Brasil Ltda Autor do Doc.: Editores: Marco Antonio Codo / Wanderley Casarim Marco Antonio Codo / Wanderley Casarim Título: Tipo do Documento: SubTipo: Equipamentos de Transporte

Leia mais

Segurança com serra mármore. Juarez Sabino da Silva Junior Técnico de Segurança do Trabalho

Segurança com serra mármore. Juarez Sabino da Silva Junior Técnico de Segurança do Trabalho Segurança com serra mármore Juarez Sabino da Silva Junior Técnico de Segurança do Trabalho Segurança da área de trabalho Mantenha a área de trabalho sempre limpa e bem iluminada. Áreas de trabalho desorganizadas

Leia mais

ÁREAS DE ATUAÇÃO E NOS PORTOS. João Gama Godoy. Técnico de Segurança do Trabalho. Senac - 2009

ÁREAS DE ATUAÇÃO E NOS PORTOS. João Gama Godoy. Técnico de Segurança do Trabalho. Senac - 2009 ACINTES ÁREAS ATUAÇÃO João Gama Godoy Técnico de Segurança do Trabalho Senac - 2009 É proibida a reprodução do conteúdo desta apresentação em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização

Leia mais

Situação I. Lei. Situação Risco Medidas. preventivas/prevenção. (Tijolos mal

Situação I. Lei. Situação Risco Medidas. preventivas/prevenção. (Tijolos mal Situação I (Tijolos mal posicionados) executa tarefas com uma serra eléctrica; conduz um veículo sem sinalização; (Dum par) Fractura grave a nível da cabeça; Amputação de superiores; Cegueira; Atropelamento;

Leia mais

Manual de Operação e Manutenção ADVERTÊNCIA

Manual de Operação e Manutenção ADVERTÊNCIA Manual de Operação e Manutenção LG958L/LG959 ADVERTÊNCIA Os operadores e o pessoal de manutenção devem ler este manual com cuidado e entender as instruções antes de usar a carregadeira de rodas, para evitar

Leia mais

Anexo 3 - Questionário específico - construção

Anexo 3 - Questionário específico - construção Anexo 3 - Questionário específico - construção 85 Empresa: Morada: Localidade: Cód. Postal: Distrito: Telefone: NIF: Código de CAE-Rev. 2/92: Actividade principal da empresa: Categoria da Actividade: Número

Leia mais

EPI EQUIPAMENTO DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL

EPI EQUIPAMENTO DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL Definição Conforme a NR 06: EPI EQUIPAMENTO DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL Item 6.1 - Para os fins de aplicação desta Norma Regulamentadora NR 6, considera-se Equipamento de Proteção Individual - EPI, todo dispositivo

Leia mais

MANUAL PARA MONTADORAS

MANUAL PARA MONTADORAS 1. PERÍODO DE REALIZAÇÃO DO EVENTO: De 13 a 17 de Abril de 2015, das 08:00 às 18:00h. MANUAL PARA MONTADORAS 2. PERÍODO DE MONTAGENS E DESMONTAGENS DOS STANDS Período de montagem de stands será de 23/03/2015

Leia mais

PLANO DE MANUTENÇÃO DE EQUIPAMENTOS DA PRODUÇÃO

PLANO DE MANUTENÇÃO DE EQUIPAMENTOS DA PRODUÇÃO Pág.: 1 de 9 Identificação do equipamento ELEVADOR DE PASSAGEIROS E CARGAS Com Relação às Torres: Prumo; Espessura da parede do tubo; Resistência e nivelamento da base; Estaiamento; Aterramento elétrico

Leia mais

Sinalização de Segurança. As cores na segurança do trabalho

Sinalização de Segurança. As cores na segurança do trabalho Sinalização de Segurança As cores na segurança do trabalho Funções das cores na segurança Prevenção de Acidentes; Identificar os equipamentos de segurança; Delimitando áreas; Identificação de Tubulações

Leia mais

MANUAL DO TRATADOR EXPOINEL, EXPOBRAHMAN E EXPOSIÇÃO NACIONAL DO GIR LEITEIRO - 2015 COMUNICADO AOS EXPOSITORES

MANUAL DO TRATADOR EXPOINEL, EXPOBRAHMAN E EXPOSIÇÃO NACIONAL DO GIR LEITEIRO - 2015 COMUNICADO AOS EXPOSITORES MANUAL DO TRATADOR EXPOINEL, EXPOBRAHMAN E EXPOSIÇÃO NACIONAL DO GIR LEITEIRO - 2015 COMUNICADO AOS EXPOSITORES Os participantes da EXPOINEL, EXPOBRAHMAN E EXPOSIÇÃO NACIONAL DO GIR LEITEIRO, devem cumprir

Leia mais

Seja bem Vindo! NR 8 Edificações. Carga horária: 30hs

Seja bem Vindo! NR 8 Edificações. Carga horária: 30hs Seja bem Vindo! Curso NR 8 Edificações CursosOnlineSP.com.br Carga horária: 30hs Conteúdo programático: Introdução Circulação Atividades em Edificações com Risco de Queda Cuidados Extras na Circulação

Leia mais

MANUAL DE SEGURANÇA DE TRABALHO RESPONSABILIDADE REV. 00-2010

MANUAL DE SEGURANÇA DE TRABALHO RESPONSABILIDADE REV. 00-2010 * Reconhecer atitudes/comportamentos individuais e/ou grupais que evidenciem a preocupação, o esforço e a busca continua de resultados consistentes em prevenção de acidentes. MANUAL DE SEGURANÇA DE TRABALHO

Leia mais

CONSTRUÇÃO CIVIL E A REDE ELÉTRICA

CONSTRUÇÃO CIVIL E A REDE ELÉTRICA CONSTRUÇÃO CIVIL E A REDE ELÉTRICA O QUE É A COCEL? A COCEL leva energia elétrica a toda Campo Largo. É esta energia que permite que as fábricas, o comércio e todo o setor produtivo funcionem. É graças

Leia mais

TEKNIKAO. Balanceadora NK750. Manual de Instruções. São Paulo

TEKNIKAO. Balanceadora NK750. Manual de Instruções. São Paulo Balanceadora Manual de Instruções São Paulo 2013 ÍNDICE Ao Proprietário... 3 Ao Operador... 3 Trabalho com Segurança... 4 Cuidados Especiais... 4 Especificações Técnicas... 6 Dados Técnicos... 6 Dimensões

Leia mais

SOLUÇÃO FORTLEV PARA ENGENHARIA

SOLUÇÃO FORTLEV PARA ENGENHARIA CATÁLOGO TÉCNICO SOLUÇÃO FORTLEV PARA ENGENHARIA TANQUES ESPECIAIS MUITO MAIS TECNOLOGIA E VERSATILIDADE PARA ARMAZENAR PRODUTOS ESPECIAIS. A FORTLEV é a maior empresa produtora de soluções para armazenamento

Leia mais

Pisos de Madeira. Pisos de Cerâmica. Equipamentos. Equipamentos. Segurança. Vassoura Esfregão (se necessário) Pá de lixo Cesto de lixo

Pisos de Madeira. Pisos de Cerâmica. Equipamentos. Equipamentos. Segurança. Vassoura Esfregão (se necessário) Pá de lixo Cesto de lixo Pisos de Madeira 1. Varra bordas, cantos e atrás das portas. 2. Varra o restante do piso, começando de um lado da sala até o outro. Para pisos amplos, use um esfregão, sacudindo-o quando terminar. 3. Junte

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO DOS PISOS VINÍLICOS EM MANTAS FORTHFLEX, FORTHPISO, FORTHVINYL, CARAVAN E PASTILLE FLOOR

MANUAL DE INSTALAÇÃO DOS PISOS VINÍLICOS EM MANTAS FORTHFLEX, FORTHPISO, FORTHVINYL, CARAVAN E PASTILLE FLOOR MANUAL DE INSTALAÇÃO DOS PISOS VINÍLICOS EM MANTAS FORTHFLEX, FORTHPISO, FORTHVINYL, CARAVAN E PASTILLE FLOOR ANTES DA INSTALAÇÃO: Para podermos ter uma excelente apresentação da instalação não dependemos

Leia mais