P R O C E S S O L I C I T A T Ó R I O N º / MODALIDADE: Consulta de Preço

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "P R O C E S S O L I C I T A T Ó R I O N º 0 0 6 / 2 0 1 0. MODALIDADE: Consulta de Preço"

Transcrição

1 P R O C E S S O L I C I T A T Ó R I O N º / MODALIDADE: Consulta de Preço A, pessoa jurídica de direito privado, sem fins lucrativos, de Fins Filantrópicos, reconhecida com de Utilidade Pública Municipal pela Lei n.º de 04 de dezembro de 1977, e Estadual pela Lei n.º de 07 de maio de 1998, inscrito no CGC/MF sob o n.º / , com sede na Rua Florianópolis n.º 1448 E, bairro Santa Maria, nesta cidade de Chapecó SC, administradora do Hospital Regional Lenoir Vargas Ferreira Hospital Regional do Oeste, através do Convênio com a Secretaria de Estado da Saúde - SES e interveniência da Secretaria de Desenvolvimento Regional - SDR Chapecó, com sede a Rua Nereu Ramos, 31 E Centro, inscrita no CNPJ/MF sob Nº / , Inscrição Estadual isenta, comunica aos interessados que com base na Decisão n.º 2801/2002 do Tribunal de Contas do Estado de Santa Catarina - TCE, e em razão, de ser a Associação Hospitalar, Entidade Civil sem Fins Lucrativos, fará realizar através de processo análogo a Lei 8.666/93, admitindo a participação de empresa brasileira; empresa estrangeira em funcionamento no País; empresa brasileira representante de empresa estrangeira; empresa estrangeira em funcionamento no País representante de empresa estrangeira; e, empresa estrangeira que não funcione no País, na modalidade CONSULTA DE PREÇO, cujo regime de AQUISIÇÃO DE EQUIPAMENTOS HOSPITALAR do tipo MENOR PREÇO POR ITEM para a contratação de Empresa visando à Aquisição Equipamento, descrita no Item 1 DO OBJETO, devendo os envelopes contendo a Documentação e Proposta de Preços serem entregues até as 12 (doze) horas, dos dias 01 de setembro de 2010 e 08 de setembro de 2010, respectivamente, no Setor Administrativo, 2º andar do Hospital Regional do Oeste em Chapecó SC. Com abertura do envelope A, a partir das 14 (quatorze) horas, do mesmo dia e local. 1 DO OBJETO A presente Licitação tem por fim a Aquisição de Equipamentos Hospitalar, de acordo com os quantitativos e especificações constantes no Anexo I (parte integrante do presente edital.) 1.2 Características e especificações técnicas conforme ANEXO I, do presente edital. 1.3 O equipamento deverá ser entregue no Almoxarifado da Associação Hospitalar Lenoir Vargas Ferreira (Rua Florianópolis 1448 E, Bairro Santa Maria, Chapecó SC), no prazo de até 30 (trinta) dias após o recebimento da Autorização de Fornecimento. 2 - DOS RECURSOS 2.1 A despesa decorrente da presente consulta de preço correrão por conta do Convênio celebrado entre a e a Secretaria de Estado da Saúde, com a interveniência da Secretaria de Desenvolvimento Regional de Chapecó. 3 - DO RECEBIMENTO DOS ENVELOPES DA DOCUMENTAÇÃO E DA PROPOSTA DE PREÇOS 3.1 Os envelopes da Documentação deverão ser entregues até as 12 (doze) horas do dia 01 de setembro de 2010 com abertura a partir das 14 (quatorze) horas deste mesmo dia, enquanto, os envelopes das Propostas de Preços serão recebidos até às 12 (doze) horas do dia 08 de setembro de 2.010, com abertura a partir das 14 (quatorze) horas do mesmo dia e local pela Comissão Permanente de Licitação do Hospital Regional do Oeste - HRO constituída por 03 (três) membros e 01(um) membro da SDR. Não serão aceitas nem recebidas, Documentação e Proposta de Preços após a data e hora marcada para esta Consulta de Preço, ainda que tenham sido despachadas, endereçadas e/ou enviadas por qualquer meio anteriormente à data do vencimento desta. 3.3 Os esclarecimentos de dúvidas de caráter técnico ou legal só poderão ser prestados mediante solicitação por escrito até 24 horas antes da data marcada para a entrega dos envelopes A e B.

2 3.4 A Comissão encarregada pela Consulta de Preço, responderá às questões formuladas, através de FAX ou e- mail, dirigido a todos os interessados que tenham retirado o Edital e seus anexos, apresentando a pergunta formulada e sua respectiva resposta, antes da data marcada para a entrega dos envelopes. 4 - DAS CONDIÇÕES GERAIS PARA PARTICIPAR: 4.1 A proponente deverá apresentar os documentos de Habilitação e os documentos da Proposta de Preços em envelopes distintos que se passa a chamar de A - Envelope da Documentação e B - Envelope da Proposta de Preços, contendo na parte externa dos envelopes as seguintes indicações: Envelope A - Documentação de Habilitação Envelope B - Proposta de Preços Edital n 006/2010 Modalidade Consulta de Preço 5 - DA HABILITAÇÃO 5.1 Todos os documentos devem ser datilografados ou impressos em sistema eletrônico de processamento de dados, sem emendas, rasuras ou entrelinhas, com o endereço da proponente, que deverão ser rubricados pela Comissão Permanente de Licitação do HRO. 5.2 Quanto Habilitação Jurídica: Prova de Inscrição no CNPJ do Ministério da Fazenda; Prova de Inscrição no cadastro de contribuintes estadual ou municipal, se houver, relativo ao domicílio ou sede do licitante, pertinente ao seu ramo de atividades e compatível com o objeto do Edital Ato constitutivo, estatuto ou contrato social em vigor, devidamente registrado, em se tratando de sociedades comerciais, e no caso de sociedade por ações, acompanhado de documentação dos seus administradores Decreto de autorização, em se tratando de empresa ou sociedade estrangeira em funcionamento no país, e ato de registro ou autorização para funcionamento expedido pelo órgão competente, quando a atividade assim o exigir Na hipótese do sócio ser também o responsável técnico da empresa, deverá ser comprovado através de Contrato Social ou Alteração Contratual, em que conste cláusula que identifique essa condição Registro comercial, no caso de empresa individual 5.3 Quanto Regularidade Fiscal: Prova de regularidade para com a Fazenda Públicas Federal: I - Certidão Negativa de Tributos e Contribuições Federais; II - Certidão Quanto à Dívida Ativa da União Prova de regularidade para com a Fazenda Estadual; Prova de regularidade com a Fazenda Municipal do domicílio ou sede do licitante; Prova de regularidade relativa a Seguridade Social (INSS); Prova de regularidade junto ao FGTS; Declaração de que a Proponente não emprega menores de dezoito anos em trabalho noturno, perigoso ou insalubre e não emprega menor de dezesseis anos, em cumprimento do disposto no inciso V do art. 27 da Lei n.º 8.666, de 21 de junho de 1993, acrescido pela Lei n.º 9.854, de 27 de outubro de 1999 (modelo anexo II); Certificado do registro dos equipamentos no Ministério da Saúde; Comprovação de certificação dos equipamentos junto ao INMETRO; Certificado de Boas Práticas de Fabricação de Produtos Médicos expedido pela ANVISA para o mercado interno e para o mercado externo documento similar.

3 6 - DA PROPOSTA DE PREÇOS: 6.1 No envelope B, a Proposta de Preços deverá ser apresentada em 01 (uma) via contendo os seguintes documentos abaixo discriminados: Carta de apresentação da proposta, datada, com validade de 30 (trinta) dias corridos a partir da data da abertura, em papel timbrado, devidamente rubricada e assinada pelo seu representante legal, consignando o valor total do equipamento com valores em Moeda Corrente nacional A proposta deverá ser apresentada em moeda nacional ou estrangeira; Declaração expressa de que no preço por ITEM proposto estão incluídas todos os assessórios que integram a proposta, inclusive, assistência técnica e prazo de garantia Orçamento discriminado onde constará quantidades, unidades, preços unitários e totais Proposta deverá obedecer rigorosamente às especificações constantes do Anexo I, parte integrante deste edital, sob pena de desclassificação; A data base dos preços propostos será a data da entrega dos envelopes Também são condições da proposta de preços: 7 - DAS CONDIÇÕES ECONÔMICO-FINANCEIRAS DO PREÇO a) Equipamentos de procedência interna: Conter preço fábrica até o local de entrega nos termos do presente edital e seus anexos. A cotação deverá ser por item, no valor unitário e total, na forma do Anexo I, acrescido ainda, de todas as despesas necessárias à entrega e à instalação dos equipamentos no local indicado, em conformidade com as condições de entrega, na forma deste edital. Deverão ser destacados os tributos que oneram exclusivamente a licitante quanto à operação final de venda, indicando, para tanto, o dispositivo legal que cria a obrigação e ou a isenção, e o respectivo percentual desse encargo, já calculado e embutido no preço de venda dos equipamentos proposta. a.1.) A alíquota do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias) a ser aplicada será aquela fixada para as operações internas de origem, conforme disposto no art. 155, inciso VII, alínea b da Constituição Federal; a.2.) De acordo com o inciso XI, art. 1º, seção I e inciso Vi, art. 5º, seção II, do Anexo 2 (Benefícios Fiscais) do Regulamento do ICMS do Estado de Santa Catarina (aprovado pelo Decreto nº 2.870/01), o objeto desta licitação tem o benefício da isenção do ICMS nas operações internas, condicionado ao desconto nos preços, do valor equivalente ao imposto dispensado e a indicação do valor do desconto no respectivo documento fiscal de venda ou prestação de serviços. a.3.) Os licitantes que se utilizarem da base de cálculo do ICMS reduzida, deverão comprovar por meio de documento, expedido pela Secretaria de Estado da Fazenda nos termo do RICMS/SC, que fruem do Benefício Fiscal. a.4.) A isenção supracitada não se aplica: às aquisições de produtos sujeitos ao regime de substituição tributária, quando efetuadas em estabelecimentos varejistas; às compras de produtos efetuadas em empresas cadastradas no SIMPLES Nacional; às compras de produtos efetuadas em empresas sediadas em outros Estados; Obs.: as licitantes sediadas em outros Estados, se beneficiadas com qualquer tipo de isenção de alcance interestadual, deverão, obrigatoriamente, informar a isenção na Planilha de Preços de sua proposta. Estas isenções serão consideradas para julgamento para fins julgamento como forma de equalização das propostas, conforme estabelecido neste edital. b) Equipamentos de procedência externa: preço nos termos do presente edital e seus anexos. A cotação deverá ser por item, no valor unitário e total por equipamento, na forma do Anexo acrescido ainda, de todas as despesas necessárias à entrega e à instalação dos equipamentos no local indicado, em conformidade com as condições de embarque/entrega, na forma deste edital.

4 c) Prazo de entrega, a contar da assinatura do recebimento da Autorização de Fornecimento ou abertura da Carta de Crédito/da colocação do pedido de embarque em se tratando de Cobrança Documentária a Vista, nos termos deste edital; d) Condições de pagamento, na forma deste edital; e) Declaração de que o preço ofertado corresponde ao da data da apresentação dos envelopes, sem encargo financeiro ou previsão inflacionária, acrescida. Obs.: Para os equipamentos importados de que o preço referido é o mesmo praticado no mercado internacional, independente do País; f) Equipamentos de procedência externa: preço do frete internacional até o Aeroporto Hercílio Luz ou Porto de Itajaí ou Imbituba até a - Hospital Regional do Oeste, conforme item 1.3 do presente edital; g) Especificações, características técnicas, país de origem, marca e modelo; h) Catálogos ou documento equivalente, para cada item cotado, legível, indicando, no catálogo ou documento equivalente: marca; modelo (se houver); fabricante; desenho/foto; características técnicas; de forma a permitir a avaliação das especificações solicitadas no Anexo I; i) Compromisso que manterá assistência técnica sob sua responsabilidade direta ou indireta, para atendimento no local onde estiverem instalados os equipamentos e materiais ofertados; j) Indicação de sistemática de assistência técnica e manutenção; l) Compromisso de garantia não inferior ao estipulado neste edital, com assistência técnica no território brasileiro, contra qualquer tipo de defeito e/ou falha, constatados no recebimento definitivo dos equipamentos; m) Compromisso de garantia da disponibilidade de peças de reposição e/ou material de consumo, este quando necessário ao funcionamento, pelo período mínimo de 5 (cinco) anos, a contar do recebimento definitivo dos equipamentos; n) Indicação de esquema de instalação, sempre que o equipamento o exigir; o) Compromisso de substituir o equipamento entregue fora da especificação proposta, por outro que corresponda à especificação convencionada, sem qualquer alteração e despesa adicional; p) Compromisso de proceder ao embarque e/ou à entrega dos equipamentos, nos termos deste edital; r) Certificado de Registro do Produto junto ao Ministério da Saúde ou sua publicação no Diário Oficial da União; Obs.1: Caso o item cotado seja isento do Certificado de Registro do Produto/MS, a licitante deverá apresentar Certificado de Isenção junto ao Ministério da Saúde ou sua publicação no Diário Oficial da União; Obs. 2: Caso o item cotado não seja classificado pelo Ministério da Saúde, a Licitante deverá apresentar declaração, ficando sujeita as sanções cabíveis, no caso de falsidade de sua declaração; s) Compromisso de que a licitante entregará junto com os equipamentos os manuais de operação e serviço Para as alíneas r e s deste item, quando tratar de produto do mercado externo, será exigida a apresentação, tanto quando possível, de documentos equivalentes, expedidos, conforme o caso, por pessoas jurídicas de Direto Público ou Privado de seu País de origem, autenticados pelo respectivo consulado e traduzidos para língua portuguesa por tradutor público juramentado, que satisfaça as exigências Não serão aceitos equipamentos e materiais com modulações, ou seja, equipamentos que sofreram transformações ou adaptações em suas configurações originais, apenas para atender o Edital; Os documentos relativos à proposta deverão ser apresentados em original ou por qualquer processo de cópia perfeitamente legível, autenticado na forma da lei ou mediante cotejo das cópias com os originais por

5 membro da Comissão Permanente de Licitação da Hospital Regional do Oeste ou membro da Equipe de Apoio, ou publicação em órgão da imprensa oficial que, no caso de cópia, também deverá estar autenticada na forma da lei Os documentos apresentados por licitante brasileira e por licitante estrangeira, se expressos em língua estrangeira, deverão ser traduzidos para a língua portuguesa por tradutor público juramentado e autenticado pelo respectivo consulado, inclusive os catálogos técnicos ilustrativos dos equipamentos ofertados DA FORMA DE PAGAMENTO O pagamento a empresa licitante vencedora do presente processo licitatório será efetuado da seguinte forma: - Pagamento em até 20 (vinte) dias após a entrega dos equipamento DO REAJUSTAMENTO O preço fixado não será reajustado DA ATUALIZAÇÃO A mora ocorrida entre a data fixada para o pagamento (vencimento da obrigação) até o efetivo pagamento, será calculada tomando-se por base a variação do IGP-M ou outro índice que venha a substituí-lo DAS COMPENSAÇÕES FINANCEIRAS Do desconto por antecipação de pagamento: O desconto não poderá ultrapassar o limite da adimplência do objeto contratado, condicionado a comprovação de ganhos financeiros reais para a Associação hospitalar Lenoir Vargas Ferreira. 8. DOS CRITÉRIOS DE JULGAMENTO E ADJUDICAÇÃO: 8.1 No julgamento das propostas será adotado o critério de MENOR PREÇO ITEM, desde que atenda às características contidas nos anexos deste Edital e de acordo com o artigo 1º da Lei Federal nº 8.883, de 08/6/94 e Lei Federal nº 9.648, de 27/5/98, que altera o Art. 48, Inciso II da Lei Federal nº 8.666, de 21/6/ Serão DESCLASSIFICADAS as propostas que não atendam às exigências deste Edital e seus anexos ou com preço manifestamente exorbitante, como também as licitantes consideradas impedidas e /ou inidôneas e que estiverem em regime de falência ou concordata. 8.3 Se todas as propostas forem desclassificadas, a Comissão fixará o prazo de 05 (cinco) dias úteis às licitantes, para apresentação de outras propostas, escoimadas das causas acima referidas. 8.4 Se duas ou mais propostas em absoluta igualdade de condições ficarem empatadas na primeira classificação, a decisão será por sorteio, em ato público, para o qual todos os Participantes serão convocados observados o parágrafo 2º, do artigo 3º e parágrafo 2º do artigo 45, da Lei Federal nº 8.666, de 21/6/93, com as alterações decorrentes das Leis n os 8.883, de 08/6/94, 9.032, de 28/4/95, 9.648, de 27/5/98 e 9.854, de 27/10/ Os Equipamentos pertinentes ao objeto dessa Consulta de Preço serão adjudicados por item à licitante cuja proposta seja considerada vencedora. 9 - DAS PENALIDADES A proponente ou vencedora, conforme o caso, que não cumprir as obrigações assumidas ou os preceitos legais, estará sujeita as seguintes penalidades: Advertência; Multa de 5% sobre o valor da proposta; Suspensão do direito de licitar junto as Prefeituras Municipais; Declaração de Inidoneidade.

6 10. DOS RECURSOS ADMINISTRATIVOS: 10.1 Após cada fase por analogia a Lei das licitações, os autos do processo ficam automaticamente com vistas aos interessados pelo prazo necessário à interposição de recursos É admissível recurso em qualquer fase do processo e das obrigações dela decorrentes, no prazo de 02 (dois) dias úteis, a contar da data da lavratura da ata, de acordo com o que dispõe o artigo 109 da Lei Federal nº 8.666, de 21/6/93, com as alterações decorrentes das Leis Federais n os 8.883, de 08/6/94, 9.032, de 28/4/95, 9.648, de 27/5/98 e 9.854, de 27/10/ Os recursos referentes à habilitação, à inabilitação e ao julgamento das propostas terão efeito suspensivo, não o tendo nos demais casos Os recursos serão dirigidos a, administradora do Hospital Regional do Oeste, por intermédio da Comissão de Licitação, a qual poderá reconsiderar sua decisão no prazo de 02 (dois) dias úteis. 11 DO CONTRATO Como o objeto da presente licitação é de entrega imediata e integral, gerando obrigações futuras para fins de garantia e assistência técnica, para autorizar a entrega dos bens a Associação Hospitalar Lenoir Vargas Ferreira emitirá uma Ordem de Fornecimento (OF); Será firmado com a empresa vencedora da presente licitação um contrato de assistência técnica e garantia, conforme anexo III DAS DISPOSIÇÕES GERAIS E FINAIS Os licitantes poderão obter o presente edital no Departamento de Licitações e Compras, na Associação Hospitalar Lenoir Vargas Ferreira Hospital Regional Chapecó, na Rua Florianópolis 1448 E, Bairro Santa Maria, Chapecó-SC, de segunda a sexta-feira, no horário das 8:00 as 16:45 h e nos sites: As demais informações e esclarecimentos adicionais sobre o presente processo, poderão ser obtidas no endereço fixado no item 12.1., ou através do telefone (49) A empresa licitante adjudicada do objeto do presente edital, comprometer-se-á integralmente pelo equipamento que fornecer, aplicando-se no que couber o Código de Defesa do Consumidor O Hospital reserva-se o direito de anular ou revogar a presente licitação, sem que caiba reclamação ou pedido de indenização pela proponente O prazo de validade da proposta apresentada não poderá ser inferior a 30 (trinta) dias As despesas decorrentes desta licitação correrão por conta do convênio n.º / celebrado com a Secretaria de Estado da Saúde São partes integrantes deste Edital: Anexo I Lista de Itens (especificação dos equipamentos); Anexo II Modelo de Declaração quanto ao cumprimento das Normas relativas ao trabalho de menores; Anexo III Minuta de Contrato de Assistência Técnica e Garantia. Chapecó - SC,16 de agosto de SEVERINO DA SILVA TEIXEIRA FILHO Presidente da Diretoria Executiva

7 ANEXO I DESCRIÇÃO EQUIPAMENTOS Item Descrição Qtde Marca Valor Unit. 01 PAINEL DE CABECEIRA PARA LEITO UTI 06 Valor Total Especificação Técnica: RÉGUAS MEDICINAIS PARA GASES,ELÉTRICA E LÓGICA 1. CARACTERÍSTICAS GERAIS 1.1. Régua medicinal de beira de leito confeccionado em alumínio com pintura automotiva que garanta 5 anos de garantia contra corrosão e demais defeitos físicos do material Deve possuir estanqueidade ou separação de ambientes entre a instalação das saídas de gases medicinais e a parte elétrica da régua medicinal, deve possuir também possibilidade de no momento da manutenção ser removível somente a parte frontal da régua medicinal As válvulas de gases devem ser de dupla retenção e estas com registro da ANVISA definindo a dupla retenção, gases ar comprimido, vácuo, oxigênio e óxido nitroso A régua deve possuir disjuntores para rede 110 V e 220 V, como item de segurança. Desta forma que cada régua pode ser consertada independente da outra e dos circuitos elétricos da instalação total do ambiente(uti, Centro Cirúrgico ou outros) Todos as necessidades da régua sejam gases, elétrica, lógica devem ser identificados com seus respectivos nomes Toda a régua deve ser provida de pré-fiação, entenda-se como fiação elétrica, lógica e possibilidade de chamada de enfermagem de acordo com normas técnicas brasileiras A fiação da régua medicinal vai ser conectada a instalação e da fiação de parede, portanto entenda-se que todo o cabeamento tem que estar pronto na parede para instalação da régua medicinal. 2. CARACTERÍSTICAS ESPECÍFICAS DE CADA RÉGUA 2.1. deve possuir 06 saídas de gases sendo 02 de Oxigênio; 02 de Ar comprimido; 02 Vácuo Deve possuir 10 tomadas elétricas de 220 V e uma tomada elétrica de 110 V Deve possuir um interruptor e iluminação na régua (luz fluorescente) 32 ou 36 W; seja na parte superior ou inferior a ser escolhida no momento da compra Deve possuir mais uma ponto para instalação de chamada de enfermagem e uma saída para lógica e ponto cego 3. EXIGÊNCIAS NORMATIVAS 3.1. É obrigatório que a régua medicinal tenha registro na ANVISA mesmo que seja registro de isento. Apresentar o registro junto da proposta de preços, caso não apresente a empresa estará fora do certame É obrigatório a apresentação das BOAS PRÁTICAS DE FABRICAÇÃO da empresa que produz o equipamento, certificando e assegurando assim segurança e qualidade do equipamento. Apresentar junto a proposta caso isso não ocorra a empresa ficará fora do certame.

8 02 CAMA HOSPITALAR FAWLER COM COLÇÃO 06 Especificação Técnica: 1. Cama padrão para cuidados hospitalares. A cama deve possuir as seguintes características mínimas: 2. Configuração Padrão: 2.1. Plataforma para colchão e ajustes Plataforma para colchão feito em plástico com peças removíveis para fácil limpeza, dividida em 4 seções, montada em 2 colunas telescópicas mecânicas hermeticamente vedadas, permitindo higienização terminal, com acionamento através de motores Extensão do comprimento exterior e da plataforma do colchão de 9 cm e 9 cm de retração ajuste de altura de 43 a 81 cm, Trendelenburg e AntiTrendelenburg de +-16 graus, ajuste do encosto do dorso de 0-70 graus e mais apoio dos membros inferiores de 0 35 graus pelos motores acionados através dos controles auto-indicadores de inclinação Auto retração do encosto dorsal de até 11 cm e de até 7 cm para o apoio pélvico, diminuindo a pressão nas costas e região lombar do paciente durante as movimentações Desbloqueio mecânico para RCP Grades laterais plásticas, divididas em 2 seções e sem controle remoto embutida nas grades da região da cabeça do paciente Encostos da cabeceira dos pés em plásticos removível, com travas de segurança. Encosto da cabeceira com altura constante integrada na estrutura da cama 3. Configurações especiais 3.1. Leito dorsal radiotransparente 3.2. Suporte na parte posterior do encosto dorsal para cassete de Raio X 3.3. Sistema de pesagem com faixa de até 250kg e exatidão de 500g Possibilidade de zeramento (TARA) Possibilidade de congelamento para acrescentar elementos agregados a cama (após a admissão do paciente no leito) que não devem ser contabilizados no balanço do paciente como, por exemplo, acessórios da cama (suporte de soro) ou roupa de cama em geral (cobertor, travesseiros, coxins), de modo a extrair estes valores e dar continuidade a monitoração acurada sem a necessidade de retirada do paciente do leito; 4. Painel de controle com sistema de segurança contra ativação involuntária e tecla de parada 4.1. bloqueio dos comandos 4.2. ajuste de altura da plataforma do colchão 4.3. encosto do dorso e o ajuste de posição e mais apoio dos membros inferiores 4.4. auto-indicadores do estado da bateria 4.5. Posições pré programadas que permitem com o acionamento de apenas uma tecla as posições de cadeira cardíaca, reanimação de RCP, TR, ATR e posição para exame do paciente.opção de controle de mão com ajuste de altura da plataforma do colchão, encosto do dorso e o ajuste de posição dos membros inferiores 5. Rodízios Rodízio metálico com roda de borracha de 150 mm + 5o Rodízio direcional 125 mm

9 6. Adaptadores e suportes dos acessórios suportes para hastes de infusão, hastes de levantando ou sistema de extensões 7. Elementos protetores amortecedores protetores horizontais (125 milímetros), opções de capas plásticas para chassi da cama 8. Equipamentos elétricos 8.1. bateria de back-up com indicador do estado e da durabilidade motores elétricos 8.3. equipamento elétricos de acordo com o EN Outros equipamentos 9.1. Retentores do colchão 10. Parâmetros técnicos básicos carga de funcionamento segura 230 quilogramas peso da cama (de acordo com acessórios) 120 a 145 quilogramas dimensões externas máximas 230 x 99 cm dimensões internas mínimas (plataforma do colchão) 195 x 85 cm 11. Colchão Deve ser confeccionado em espuma de poliuretano perfiladas longitudinal e transversalmente proporcionando um efeito flex e capa em lintex totalmente soldado, o colchão deve ser dividido em três zonas por meio de perfis, cabeça, zona central e pés, o núcleo do colchão deve ser formado por uma espuma de elevada densidade, tanto a região da cabeça quanto a dos pés são áreas mais macias, as bordas devem ser produzidas com uma espuma mais dura, para contribui com a estabilidade e distribuição do peso do paciente e também rigidez quando sentado à beira do leito. Recomendado para pacientes com risco de desenvolvimento de úlceras por pressão, ambos os lado elaborados para prevenção antidecúbito. Densidade do núcleo do colchão entre 41 a 43 Kg/m MONITOR MULTIPARÂMETRO 06 Especificação Técnica: Monitor Multiparametros e Acessórios: 1. Descrição: 1.1. Monitor multiparamétrico modular com alça para utilização em unidade de terapia intensiva, centro cirúrgico e transporte que atenda pacientes adultos. Com capacidade para monitorar ECG de no mínimo 12 derivações reais simultâneas, respiração, oximetria, pressão não invasiva, pressão invasiva, capnografia, temperatura, débito cardíaco, para uso em Unidade de Terapia Intensiva, interligados por Central de Monitorização. 1.2 Deverão ser fornecidos ao todo 06 (SEIS) monitores conforme as características a seguir: 2. Capacidades Futuras: 2.1 Deve permitir futuramente o aumento de sua configuração, monitorando simultaneamente com os parâmetros descritos seguintes parâmentos adicionais: Monitoração de índice bioespectral (utilizando tecnologia desenvolvida pela Aspect/BIS); Os parâmetros adicionais citados bem como as peças e

10 acessórios necessários à sua futura instalação, devem ser comercializados atualmente pelo fabricante do equipamento ofertado; 2.2. Deve permitir conexão com central de monitoração (deve existir atualmente no mercado, central de monitoração do mesmo fabricante com registro válido no Ministério da Saúde, compatível com monitor ofertado); 3. Características gerais mínimas de todos os monitores: 3.1. Monitoração de pacientes adultos; 3.2. Com capacidade de comportar módulos para os parâmetros de ECG e respiração, SpO2, Pressão Não Invasiva, 02 (dois) canais de Temperatura, 04 (quatro) canais de Pressão Invasiva simultâneas, Débito Cardíaco e Capnografia, 3.3. Monitor com tela colorida resistiva de no mínimo 10 á 17 polegadas; 3.4. Resolução mínima de 640 x 480 pixels, no mínimo; 3.5. Recurso de acesso rápido às funções e configurações na tela através de touchscreen (tela sensível ao toque) 3.7. Alarmes audiovisuais, em 03 (três) categorias diferentes de prioridade, no mínimo; 3.8. Ajustes de limites de alarmes para todos os parâmetros; 3.9. Armazenamento de 24 horas de tendências gráficas e numéricas no monitor, no mínimo; Deve permitir a configuração de apresentação de dados na tela, através de tela dividida entre ondas com no mínimo 6 zonas para formas de onda, valores numéricos com no mínimo 18 zonas de exibição numérica; Saída padrão Ethernet, endereçamento TCP/IP e protocolo HL7 bidirecional ou similar; Proteção contra descarga de desfibrilador; Detecção de marca-passo; Peso total deve ser inferior a 7,5 kg; Deve possui indicações visuais e menus em língua portuguesa. 4. Características especiais dos monitores: 4.1. Deve usar o protocolo TCP/IP para comunicação em rede e o endereço IP de cada monitor e da central é determinado pelo administrador da rede. Possibilidade de geração de endereço IP automático. Compatível com CITRIX, HIS, CIS, DICOM e HL7; 4.2. Deve permitir ligação em rede com outros monitores (comunicação leito a leito ) de mesma marca sem a necessidade de uma central de monitorização, essa rede tem que ser compatível com equipamentos de telemetria, deve ter a capacidade interativa de exibição, controle, revisão e registros de parâmetros, tendências e cálculos pertinentes a qualquer paciente monitorado na rede Possibilidade de comunicação com outros equipamentos (Ex. Ventiladores, Equipamentos de Anestesia,...) exibindo as curvas e os parâmetros desses equipamentos na tela do monitor e conseqüentemente em uma eventual Central de Monitorização (se houver); 5. Configuração mínima de parâmetros do dos monitores: s Deve ser fornecido com os seguintes parâmetros habilitados: ECG de 12 (doze) derivações reais e simultâneas através de cabo de 10 vias e ECG de 7 (sete) derivações através de cabo de 5 vias; Oximetria de pulso e curva pletismográfica;

11 (dois) canais de Temperatura; Respiração; Pressão não-invasiva; 5.2. Para 04 (quatro quatro) monitores ) da UTI, além d a dos itens os à , são, necessários os seguintes parâmetros parâmetros: (quatro) canais de Pressão invasiva; Débito Cardíaco 5.3. Para 02 (dois dois) monitores da UTI, além dos itens ) à , é, necessário o seguinte parâmetro parâmetro: Capnografia. 6. Características do ECG: 6.1. Banda mínima para adultos, modo diagnóstico: 0,05 a 100 Hz; 6.2. Freqüência cardíaca de 30 a 300 bpm; 6.3. Possibilidade de monitoração de 03, 07 e 12 derivações, com reconhecimento automático do cabo; 6.4. Derivações selecionáveis: I, II, III, avl, avf, avr, V1, V2, V3, V4, V5 e V6; 6.5. Análise de arritmias no monitor (02 derivações no mínimo), sem a necessidade de estar conectado a uma Central; 6.6. Alarmes audiovisuais de bradicardia, taquicardia, apnéia e eletrodo solto; 6.9. Análise e monitoração de segmento ST em todas as derivações; Alarme do segmento ST para as 12 derivações monitoradas, independente de qual canal esteja selecionado para visualização; Alarmes ajustáveis pelo operador. 7. Características da Oximetria de Pulso: 7.1. Indicação numérica dos valores de saturação e pulso; 7.2. Saturação arterial de O2 e freqüências de pulso vistas no monitor; 7.3. Faixa de medição, mínima, de 70 a 99%; 7.5. Visualização da curva pletismográfica; 7.6. Alarmes de nível máximo e mínimo ajustáveis pelo operador; 7.7. Deve possibilitar o uso de sensores permanentes e descartáveis. 8. Características da Te Temperatura: mperatura: 8.1. Deve apresentar pelo dois canais para temperatura 8.2. Faixa de medição: 0 a 45 C, no mínimo; 9. Características da Pressão Arterial Não Não-Invasiva: 9.1. Método oscilométrico; 9.2. Alarmes com limites de segurança; 9.3. Medição de pressão arterial, média e diastólica; 9.4. Intervalo de medição de 01 a 120 minutos; 9.5. Faixa de medição para pressão: 30 a 250 mmhg; 9.6. Máxima pressão admissível no manguito de, no mínimo, 280 mmhg Alarmes ajustáveis de nível máximo e mínimo para pressão não invasiva. 10. Características da Pressão Arterial Invasiva: (quatro) canais com visualização independente das curvas; Alarmes ajustáveis de nível máximo e mínimo para pressão invasiva; Medição da Pressão Arterial Média (PAM) e Pressão Venosa Central (PVC), Pressão de Artéria Pulmonar (PAP)

12 através de cateter; 11. Características do Capnografia: Modo de medição sidestream; Deve medir concentrações expiradas e inspiradas de CO2; Deve possuir compensação automática para pressão atmosférica; Deve mostrar capnograma em tempo real; Medições de concentração: Faixa de medição: 0 a 99 mmhg, no mínimo; Erro máximo: 5,5 mmhg Bateria Interna Recarregável: 12.1.Todos os equipamentos devem vir acompanhados bateria recarregável com autonomia mínima de 2 horas de autonomia e a(s) respectiva(s) bateria(s); 12. Alimentação: Alimentação Elétrica: 220V monofásico / 60Hz, cabo de alimentação padrão ABNT (2P+T). 13. Exigências normativas Compatibilidade eletromagnética EN : 2001 Emissões (CISPR 11) EM 55011, Classe B EN Harmônicos EN Cintilação Imunidade IEC ESD, 6 kv contato/8 kv ar IEC Campos de RF, 3 volts/metro, 80% 2 Hz AM, 80 MHz a 2,5 GHz IEC Burst, 1 kv dados e portas I/O /2 kv portas de alimentação IEC Surto, 1 kv diferencial/2 kv, no modo comum IEC RF conduzida, 3 Vrms, 80% 2 Hz AM, 150 khz a 80 MHz IEC Campo magnético (50/60 Hz),3 amps/metro IEC Variações de qualidade de energia, tensão e variações de freqüência 14. Ambiente : Faixa de temperatura ambiente: 10 a 40ºC; 14.2 Faixa de umidade relativa: 15 a 90%; 15. Acessórios Os acessórios fornecidos devem ser originais, ou seja, fabricados pelo mesmo fabricante do equipamento ou recomendados por este, conforme indicação do manual de operação. Devem ser fornecidos para o conjunto de seis monitores: 15.1 Um (01) cabos de ECG com 10 vias com padronização de cores segundo IEC; 15.2 Seis (06) cabos de ECG com 5 vias com padronização de cores segundo IEC; 15.3 Seis (06) sensores de oximetria de pulso tipo clipe reutilizáveis, para uso em pacientes adultos Seis (06) cabos de força; 15.5 Seis (06) mangueiras para conexão do manguito ao monitor; 15.6 Seis (06) manguitos para paciente adulto; 15.7 Seis (06) sensores de temperatura; 15.8 Quatro (04) cabos para Débito Cardíaco 15.9 Quatro (04) sensores de tempertura para infundido; Acessórios Pediátricos: 06 und sensor de oximetria pediátrico 02 und Manguito para paciente pediátrico Fornecer capacitação técnica.

13 04 VENTILADOR PULMONAR 06 Especificação Técnica: Respiradores pulmonares de fluxo e pressão microprocessados 1. CARACTERÍSTICAS GERAIS 1.1. para pacientes pediátricos até adultos obesos, de 10 a 200 kg; 1.2. montado sobre pedestal com rodízios giratórios dirigíveis e freio, devendo permitir transporte entre leitos Eletromecânico, com sensibilidade a fluxo e pressão; por pressão positiva Possuir operação com alimentação pneumática de ar e oxigênio com pressão de entrada a partir de 250 a 600 kpa; 1.5. deve ser capaz de operar somente com ar comprimido ou somente com oxigênio; possuir entrada para ar comprimido e o2 diretamente da central de gases do hospital; 1.6. monitor gráfico lcd com tela sensível ao toque; blender eletrônico interno e microprocessado; 1.7. deverá apresentar capacidade para atualização de software que permita a implantação de futuras estratégias ventilatórias, sem necessidade de substituição de hardware; 1.8. dispositivo de medição da concentração da fio2 deverá ser interno. 2. CARACTERÍSTICAS ESPECÍFICAS 2.1. Faixa de funcionamento: volume corrente de 100 ml a no mínimo 2000 ml para pacientes pediátricos e adultos; 2.2. volume minuto de 1 a 45 l/min; 2.3. tempo de apneia de 15 a 45 seg; 2.4. pressão de controlada / suporte na faixa de 5 a 70 cmho acima da peep; 2.5. peep de 0 a no mínimo 50 cmh2o; 2.6. frequência respiratória de 4 a 100 bpm; 2.7. fluxo inspiratório até 180 l/min; 2.8. concentrações de oxigênio de 21 a 100%; 2.9. sensibilidade a fluxo de 0,5 a 2 l/min pelo menos; sensibilidade a pressão de -10 a -0,5 cmh2o; relação i:e na faixa de 3:1 a 1:10; tempo inspiratório: 0,1 a 5 seg; tempo de subida (rise time), ajustável em todas modalidades controladas à pressão; ciclagem expiratória ajustável de no mínimo 5 a 70% do fluxo de pico; Controles: ventilação assistida/controlada a volume e a pressão (a/c); ventilação mandatória intermitente sincronizada a volume e pressão (simv/p e simv/v) com pressão de suporte (psv); pressão positiva contínua nas vias aéreas (cpap); 2 mascara com acessório + Ped ventilação com pressão de suporte (psv); ventilação de backup; Dispositivo para aumento temporizado da concentração de oxigênio (fio2) a 100% para uso durante procedimento de aspiração de secreções, com retorno automático ao valor previamente ajustado; silenciador de alarmes; relação i:e invertida. 3. MONITORAÇÃO

14 3.1. volume corrente; 3.2. freqüência respiratória; 3.3. tempo inspiratório; 3.4. peep-cpap; 3.5. relação i:e; 3.6. concentração da fração inspiratória de o2 (fio2); 3.7. pressão das vias aéreas (pressão de pico ou máxima, pressão média e pressão de plateau); 3.8. volume minuto; 3.9. pelo menos 2 (duas) curvas gráficas e pelo menos 2 (dois) loops Todos os gráficos e loops poderão ser visualizados simultaneamente Pressão e fluxo x tempo, volume x fluxo e pressão x volume; indicação do disparo do ventilador ou paciente, com sinalização do esforço na curva de fluxo e/ou pressão através do display; permitir o registro de tendências, com auxílio de cursor para selecionar o momento de análise ideal e opção de congelamento da curva Entradas e saídas de dados: saída rs 232, mib ou compatível. 4. ALARMES 4.1. alarme de pressão inspiratória; 4.2. alarme de apneia; 4.3. volume minuto; 4.4. falha no suprimento de gases e energia; 4.5. falhas gerais (desconexão, vazamento, ventilador inoperante, falha no compressor e outro). 5. SEGURANÇA 5.1. apneia programável com ventilação de backup; 5.2. possuir sistema de auto-diagnóstico que faça a compensação da complacência; 6. ACESSÓRIOS 6.1. Acessórios mínimos por ventilador conjunto de traquéia para paciente adulto em silicone autoclavável, pulmão teste, braço de suporte para sustentação do circuito respiratório, mangueira de oxigênio (nbr), mangueira de ar comprimido (nbr), carro com rodízios Acessórios e Softwares para o conjunto de 06 ventiladores Pelo menos 03 (três) ventiladores deverão estar habilitados com softwares para Ventilação Não Invasiva (com compensação de vazamentos comprovada em manual registrado na ANVISA de 30 L/min pelo menos e monitoração da taxa de vazamento), Pelo menos 03 (três) ventiladores deverão estar habilitados com softwares para monitorização da mecânica ventilatória, com manobras para cálculo automático da Complacência, Resistência, Elastância, PEEP Estático, P 0,1 e Constante de Tempo. 7. ALIMENTAÇÃO E BATERIA 7.1. Bateria interna recarregável para no mínimo 1 hora de trabalho Tensão de alimentação: v / 60hz (f-n), com seleção automática.

15 8. EXIGÊNCIAS NORMATIVAS 8.1. certificado de conformidade com as normas: 8.2. nbr iec , 8.3. nbr iec e 8.4. nbr iec , ou certificados internacionais equivalentes. 8.5 Fornecer 2 kits trequeias pediátricas. 8.5 Fornecer treinamento técnico.

16 ANEXO II CONSULTA DE PREÇO EDITAL Nº 06/2010 MODELO DE DECLARAÇÃO QUE NÃO EMPREGA MENORES, CNPJ nº, (razão social da Empresa) sediada na, (endereço completo) DECLARA, para fins do disposto no Art.27, V, da Lei nº 8.666/93, acrescido pela Lei nº 9854/97, que não emprega menor de 18 (dezoito) anos, em trabalho noturno, perigoso ou insalubre e não emprega menor de 16 (dezesseis) anos. Ressalva: Emprega menor, a partir de 14 (catorze) anos, na condição de aprendiz.,, de de Nome, nº do RG e assinatura do declarante

17 ANEXO III MINUTA DE CONTRATO DE ASSISTÊNCIA TÉCNICA E GARANTIA Nº Termo de Contrato de Assistência Técnica e Garantia, celebrado entre ASSOCIAÇÃO HOSPITALAR LENOIR VARGAS FERREIRA e a Empresa..., autorizado através do, Licitação nº:... Modalidade de Consulta de Preço. CONTRATANTE: CNPJ: Endereço: Rua Florianópolis 1448 E Bairro Santa Maria Representada por: Dr. Severino da Silva Teixeira Filho CONTRATADA: CNPJ: Endereço: Representada por: CLÁUSULA PRIMEIRA - DO OBJETO 1.1. O presente contrato tem por objeto a Assistência Técnica e Cobertura Assistencial Total Durante o Período de Garantia dos BENS adquiridos através da Licitação supra citada, conforme proposta da CONTRATADA e condições editalícias; 1.2. Os itens cobertos por este contrato são os estabelecidos na Ordem de Fornecimento nº... CLÁUSULA SEGUNDA DA ENTREGA DO OBJETO 2.1. O endereço para entrega dos bens será:, Rua Florianópolis 1448E Bairro Santa Maria Chapecó SC, Fone (49) O prazo para entrega dos bens será: 30 (trinta) dias Os bens a serem entregues: Deverão ser novos, entendido como tal, de PRIMEIRA UTILIZAÇÃO Deverão atender rigorosamente às especificações constantes na Relação de Compras e na proposta da CONTRATADA; Deverão vir acompanhados do manual de operação e serviço em língua portuguesa; Deverão ser entregues devidamente acondicionados, embalados em caixa de madeira, papelão, isopor ou similar, de forma a garantir a integridade destes. CLÁUSULA TERCEIRA DO RECEBIMENTO DO OBJETO 3.1. Os bens serão recebidos no local estipulado na cláusula segunda, pelo setor responsável da unidade receptora; 3.2. Uma Comissão, a ser designada, receberá os bens, emitindo termo de recebimento provisório para efeito de posterior verificação da conformidade com as especificações e teste de aceite; 3.3. O recebimento definitivo dos bens se dará por meio de termo circunstanciado ou documento equivalente, emitido pela Comissão designada para o recebimento, no prazo de até 30 (trinta) dias corridos, contados do recebimento provisório; 3.4. Se detectada qualquer inconformidade com a proposta ou avaria no bem ou na embalagem deste, a CONTRATADA será imediatamente informada, por escrito, devendo se manifestar em até 24 (vinte e quatro) horas do recebimento do comunicado; 3.5. A CONTRATADA deverá sanar as irregularidades mencionadas no item anterior, no prazo estipulado pela CONTRATANTE, que será determinado de acordo com a irregularidade sanada A CONTRATADA fica obrigada a trocar, às suas expensas, o produto que for recusado por apresentar-se danificado, ou que estiver em desacordo com o disposto no Edital e seus anexos e na proposta de preços; 3.7. A troca se dará em prazo estipulado pela CONTRATANTE, de acordo com item danificado ou irregular. CLÁUSULA QUARTA - DA INSTALAÇÃO DOS BENS 4.1. Para os itens que couber, os bens citados na Relação de Compras deverão ser instalados pela CONTRATADA, sem que a CONTRATANTE caiba qualquer ônus;

18 4.2. A instalação será feita pela CONTRATADA, na Unidade Hospitalar a que se destina o bem, conforme Relação de Compra, acompanhada de comissão designada, no prazo estipulado pela CONTRATANTE, que será determinado de acordo com o item adquirido A CONTRATADA deverá fornecer detalhamento técnico da pré instalação do equipamento/aparelho, instruindo à CONTRATANTE quanto a corrente elétrica, blindagens, proteções eletromagnéticas, umidade, poeira, partículas ou poluentes, temperatura, dimensões do local, proteção ambiental, e todas as demais condições físicas pertinentes à instalação e ao funcionamento do bem, assim como os riscos de acidentes aos usuários e ao meio ambiente; O detalhamento técnico solicitado refere-se a parâmetros numéricos, bem como às devidas tolerâncias. O não fornecimento de algum dos parâmetros/tolerâncias solicitados, implica na inexistência deste e na responsabilidade única e exclusiva da CONTRATADA; 4.4. A instalação, a critério da CONTRATANTE, deverá ser feita pela CONTRATADA na presença de técnicos designados ou credenciados pela CONTRATANTE; 4.5. A instalação compreende: a conferência de partes e peças, montagem do equipamento/aparelho, a realização de testes finais, ajustes e calibração que coloquem o equipamento/aparelho em perfeito funcionamento e utilização na finalidade prevista; CLÁUSULA QUINTA - DA VIGÊNCIA DO CONTRATO/ALTERAÇÃO 5.1. Este contrato estará em vigor pelo período de duração da garantia dos bens e suas eventuais restituições; 5.2. A garantia dos bens, conforme proposta da CONTRATADA, será de 12 (doze) meses; 5.3. O prazo de garantia iniciasse após o recebimento definitivo dos bens; 5.4. O prazo de garantia poderá ser prorrogado, conforme negociação entre a CONTRATADA e a CONTRATANTE ou na hipótese de regularização de defeitos, pelo prazo necessário a efetiva devolução. CLÁUSULA SEXTA - DA RESCISÃO CONTRATUAL O Presente Contrato poderá ser rescindido a critério da Contratante, sem que à Contratada caiba qualquer indenização, ou, reclamação, nos seguintes casos: Inobservância das especificações acordadas e/ou rejeição do material na inspeção e no recebimento; Inadimplência de qualquer cláusula contratual e/ou da proposta ofertada; Falência, liquidação judicial ou extrajudicial, concordata preventiva da fornecedora, requeridas, homologadas ou decretadas; A Contratada, reconhece os direitos da Administração, em caso de rescisão administrativa, prevista no art. 77, da Lei 8.666/93, bem como Lei Federal nº , de 17 de julho de 2002, Decreto Estadual nº 4.777, de 11 de outubro de 2006 e Decreto Estadual nº 4.661, de 25 de agosto de CLÁUSULA SETIMA - DAS PENALIDADES E SANÇÕES Decorridos 10 (dez) dias de atraso na entrega do objeto especificado na cláusula primeira deste instrumento, poderá a CONTRATANTE rescindir o contrato, sujeitando-se a CONTRATADA ao pagamento da multa e aplicação das sanções previstas nos itens 7.2 e 7.3 desta clausula, sem ônus da ação cabível para ressarcimento de prejuízo decorrente da INADIMPLÊNCIA DAS PENALIDADES Ressalvados os casos de força maior ou casos fortuitos, devidamente comprovados, serão aplicadas as seguintes penalidades à CONTRATADA, no caso de inadimplência contratual: Multa na ordem de 0,3% (três décimos por cento), por dia de atraso calculado sobre o valor total do material com atraso, devidamente atualizado, até o limite de 6% (seis por cento); Em caso de tolerância, após os primeiros 20 (vinte) dias de atraso, e não rescindindo o Contrato, se este atraso for repetido, a, aplicará multa em dobro, na forma do item 9.1.2; As penalidades que poderão ser aplicadas a licitante/contratada são as previstas na Lei Federal nº , de 17 de julho de 2002, no Decreto Estadual nº 4.777, de 11 de outubro de 2006, Decreto Estadual nº 4.661, de 25 de agosto de 2006 e na Lei Federal nº 8.666, de 21 de junho de 1993 e alterações, nesta Consulta de Preçõ DAS SANÇÕES Pelo não cumprimento total ou parcial do objeto contratado, a Associação Hospitalar Lenoir Vargas Fereira poderá, garantida a prévia defesa do contratado, no prazo de 05 (cinco) dias úteis, aplicar multa prevista neste edital junta-mente com as seguintes sanções: Advertência; Suspensão temporária de participação em Licitações e impedimento de contratar com a Administração Pública, por prazo de até 05 (cinco) anos à licitante e/ou Contratada, sem prejuízo das demais cominações legais

19 e contratuais, ficando impedido de licitar e contratar com a União, Estados, Distrito Federal ou Municípios e suspenso do Cadastro Central de Fornecedores do Estado de Santa Catarina, na hipótese de: a) recusar-se a retirar a Ordem de Fornecimento, quando convocado dentro do prazo de validade da proposta; b) deixar de apresentar os documentos discriminados no Edital, tendo declarado que cumpria os requisitos de habilitação; c) apresentar documentação falsa para participar no certame, conforme registrado em ata, ou demonstrado em procedimento administrativo, mesmo que posterior ao encerramento do certame; d) retardar a execução do certame por conduta reprovável da licitante, registrada em ata; e) não manter a proposta após a adjudicação; f) desistir de lance eletrônico realizado na fase de competição; g) comportar-se de modo inidôneo durante a realização do certame, registrado em ata; h) cometer fraude fiscal demonstrada durante ou após a realização do certame; i) fraudar a execução do contrato ou documento equivalente; j) descumprir as obrigações decorrentes do contrato ou documento equivalente Declaração de inidoneidade para licitar ou contratar com a Administração Pública através de processo administrativo; Na aplicação das sanções e das penalidades previstas neste Edital a Administração considerará, motivadamente, a gravidade da falta, seus efeitos, bem como os antecedentes da licitante ou Contratada, graduando-as e podendo deixar de aplicá-las, se admitidas justificativas da licitante ou Contratada, nos termos do que dispõe o art. 87, caput, da Lei nº 8.666/93; As penalidades aplicadas serão registradas no cadastro da licitante/contratada; Nenhum pagamento será realizado à Contratada enquanto pendente de liquidação qualquer obrigação financeira que lhe for imposta em virtude de penalidade ou inadimplência contratual; As sanções que poderão ser aplicadas a licitante/contratada são as previstas na Lei Federal nº , de 17 de julho de 2002, no Decreto Estadual nº 4.777, de 11 de outubro de 2006, pelo Decreto Estadual nº 4.661, de 25 de agosto de 2006 e na Lei Federal nº 8.666, de 21 de junho de 1993 e alterações, nesta Consulta de Preço no Contrato ou documento equivalente. PARÁGRAFO ÚNICO - As multas pecuniárias aqui estabelecidas serão recolhidas na Tesouraria da ASSOCIAÇÃO HOSPITALAR LENOIR VARGAS FERREIRA, situada no 5º (quinto) andar endereço citado. CLÁUSULA OITAVA - DAS CONDIÇÕES GERAIS Fazem parte deste instrumento os documentos constantes do Processo Licitatório nr..., respeitando o disposto no Edital de Licitação nº e seus anexos e observações, tendo plena validade entre as partes contratantes; A tolerância de qualquer das partes, relativa às infrações cometidas contra disposições deste Contrato, não exime o infrator de ver exigido, a qualquer tempo, seu cumprimento integral; A Contratada se obriga a manter as condições de habilitação e qualificação durante a vigência deste contrato, sob pena da aplicação do disposto na Cláusula sétima; O Presente Contrato é regido pela Lei Federal nº , de 17 de julho de 2002, pelo Decreto Estadual nº 4.777, de 11 de outubro de 2006, pelo Decreto Estadual nº 4.661, de 25 de agosto de 2006 e pela Lei Federal nº 8.666, de 21 de junho de 1993 e alterações; Fica eleito o Foro da Comarca de Chapecó Estado de Santa Catarina, para dirimir eventuais litígios oriundos do presente Contrato. E, por assim acordarem, firmam este instrumento em três vias, de igual teor e forma, perante duas testemunhas abaixo assinadas. Chapecó 16 Agosto de 2010 Ass: CONTRATANTE Ass: CONTRATADA TESTEMUNHAS: Ass: Nome: Cargo: C.P.F: Ass: Nome: Cargo: C.P.F:

P R O C E S S O L I C I T A T Ó R I O N º 0 0 6 / 2 0 1 0. MODALIDADE: Consulta de Preço

P R O C E S S O L I C I T A T Ó R I O N º 0 0 6 / 2 0 1 0. MODALIDADE: Consulta de Preço P R O C E S S O L I C I T A T Ó R I O N º 0 0 6 / 2 0 1 0 MODALIDADE: Consulta de Preço A, pessoa jurídica de direito privado, sem fins lucrativos, de Fins Filantrópicos, reconhecida com de Utilidade Pública

Leia mais

COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇOS Nº. 018 / 772836-2012 / 2014

COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇOS Nº. 018 / 772836-2012 / 2014 COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇOS Nº. 018 / 772836-2012 / 2014 A Associação de Combate ao Câncer do Brasil Central, entidade privada sem fins lucrativos da área da saúde, inscrita no CNPJ/MF sob o nº. 25.438.409/0001-15,

Leia mais

Av: Miguel Castro nº 1355 Dix-sept Rosado CEP: 59075-740 Fone: (084) 4009-7403 - Fax: (084) 4009-7402

Av: Miguel Castro nº 1355 Dix-sept Rosado CEP: 59075-740 Fone: (084) 4009-7403 - Fax: (084) 4009-7402 EDITAL DE TOMADA DE PREÇO Nº 05/2013 TIPO DE LICITAÇÃO: Menor preço PREÂMBULO A LIGA NORTE RIOGRANDENSE CONTRA O CÂNCER torna público que no dia 07 de agosto de 2013, na sala de Reuniões do Centro Administrativo

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTANA DA BOA VISTA TERRA DE LUTA E FÉ - DOE ORGÃOS, DOE SANGUE:SALVE VIDAS

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTANA DA BOA VISTA TERRA DE LUTA E FÉ - DOE ORGÃOS, DOE SANGUE:SALVE VIDAS EDITAL DE CARTA CONVITE 027/2015 A PREFEITA MUNICIPAL DE SANTANA DA BOA VISTA, torna público, para conhecimento dos interessados, que no dia 20 DE NOVEMBRO DE 2015, às 10 horas, reunirse-á a Comissão Permanente

Leia mais

Processo nº 0448.1511/15-9 DEVOLVER ESTE PROTOCOLO ASSINADO PROTOCOLO DE ENTREGA PROCESSO DE LICITAÇÃO CONVITE Nº 066A/2015

Processo nº 0448.1511/15-9 DEVOLVER ESTE PROTOCOLO ASSINADO PROTOCOLO DE ENTREGA PROCESSO DE LICITAÇÃO CONVITE Nº 066A/2015 Processo nº 0448.1511/15-9 DEVOLVER ESTE PROTOCOLO ASSINADO PROTOCOLO DE ENTREGA PROCESSO DE LICITAÇÃO CONVITE Nº 066A/2015 DATA DA ABERTURA: 13/11/2015 HORA DA ABERTURA: 09:00 Horas NOME DA EMPRESA: ORIGINAL

Leia mais

PROCESSO Nº 574/2014 EDITAL DE TOMADA DE PREÇO Nº7/2014. Do Objeto

PROCESSO Nº 574/2014 EDITAL DE TOMADA DE PREÇO Nº7/2014. Do Objeto PROCESSO Nº 574/2014 EDITAL DE TOMADA DE PREÇO Nº7/2014 O Município de Mariano Moro, RS, torna público, em conformidade com a Lei Federal n.º 8.666/93 e suas alterações, que no dia 30 de setembro as 14

Leia mais

Divinolândia 19 de agosto de 2013

Divinolândia 19 de agosto de 2013 Divinolândia 19 de agosto de 2013 Prezados senhores interessados Esta comissão de Julgamento de Licitação do Conderg Hospital Regional de Divinolândia, esclarece através deste, alterações feita no Edital

Leia mais

CONVITE Nº 050A/2015

CONVITE Nº 050A/2015 Processo nº 0308.1511/15-3 DEVOLVER ESTE PROTOCOLO ASSINADO PROTOCOLO DE ENTREGA PROCESSO DE LICITAÇÃO CONVITE Nº 050A/2015 DATA DA ABERTURA: 19/08/2015 HORA DA ABERTURA: 09:00 Horas NOME DA EMPRESA: ORIGINAL

Leia mais

CONVITE Nº 060E/2015

CONVITE Nº 060E/2015 Processo nº 0405.1511/15-3 DEVOLVER ESTE PROTOCOLO ASSINADO PROTOCOLO DE ENTREGA PROCESSO DE LICITAÇÃO CONVITE Nº 060E/2015 DATA DA ABERTURA: 16/10/2015 HORA DA ABERTURA: 10:00 Horas NOME DA EMPRESA: ORIGINAL

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 003/2011

CARTA CONVITE Nº 003/2011 CARTA CONVITE Nº 003/2011 O Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional da 10ª Região CREFITO-10, com jurisdição no Estado de Santa Catarina, através de sua Comissão Permanente de Licitações,

Leia mais

EDITAL DE LICITAÇÃO CONVITE

EDITAL DE LICITAÇÃO CONVITE EDITAL DE LICITAÇÃO CONVITE CONVITE Nº 006 / 2007 - DFEPAF ENCERRAMENTO E ABERTURA DAS PROPOSTAS: Dia 27 de novembro de 2007 às 10:00 horas. TIPO: Menor preço global 1. OBJETO DO CONVITE Constitui objeto

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇO Nº 02/2015

TERMO DE REFERÊNCIA COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇO Nº 02/2015 TERMO DE REFERÊNCIA COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇO Nº 02/2015 TIPO: Menor Preço A Sociedade Divina Providencia Hospital Santa Isabel, entidade privada sem fins lucrativos, inscrita no Cadastro Nacional de Pessoa

Leia mais

MODELO DE PROPOSTA DE PREÇOS. Atender normas vigentes da ABNT Fabricante Garantia Marca Procedência Registro ANVISA/MS

MODELO DE PROPOSTA DE PREÇOS. Atender normas vigentes da ABNT Fabricante Garantia Marca Procedência Registro ANVISA/MS ESTADO DO PARANÁ Secretaria de Estado da Administração e da Previdência - SEAP Departamento de Administração de Material - DEAM Sistema GMS - GESTÃO DE MATERIAIS E SERVIÇOS MODELO DE PROPOSTA DE PREÇOS

Leia mais

Prefeitura Municipal de Ribeirão Preto Estado de São Paulo Secretaria da Administração. Edital de Retificação e Prorrogação

Prefeitura Municipal de Ribeirão Preto Estado de São Paulo Secretaria da Administração. Edital de Retificação e Prorrogação Edital de Retificação e Prorrogação Pregão Eletrônico nº 021/2013 Processo nº 118/2013 Objeto: Registro de preços para aquisição de equipamentos hospitalares conforme descrito no Edital e seus anexos,

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA CONTRATO DE COMPRA E VENDA PREGÃO ELETRÔNICO Nº 77/2013 PROCESSO N 3418-09.00/13-1 AJDG Nº 135/13 O ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL, por intermédio da PROCURADORIA- GERAL DE JUSTIÇA, órgão administrativo do

Leia mais

EDITAL OBJETO: CABO GIGALAN CATEGORIA 6 U/UTP 23AWGX4PARES - VERMELHO EM CAIXA DE 305 METROS, CONFORME ESPECIFICAÇÃO TECNICA Nº 036/2009.

EDITAL OBJETO: CABO GIGALAN CATEGORIA 6 U/UTP 23AWGX4PARES - VERMELHO EM CAIXA DE 305 METROS, CONFORME ESPECIFICAÇÃO TECNICA Nº 036/2009. EDITAL A SÃO PAULO TRANSPORTE S.A. SPTrans, inscrita no CNPJ-MF sob o n.º 60.498.417/0001-58, comunica que se encontra aberta a licitação, EXCLUSIVAMENTE para participação de microempresas e empresas de

Leia mais

I - LOCAL DE ENTREGA DOS ENVELOPES:

I - LOCAL DE ENTREGA DOS ENVELOPES: EDITAL de LICITAÇÃO MODALIDADE: CARTA CONVITE N.º 17/2013 Data da abertura dos envelopes: Dia: 25/10/2013 Horário: 13:00 horas Data limite para entrega dos envelopes: Dia: 25/10/2013 Horário: 13:00 horas

Leia mais

Especificação Técnica

Especificação Técnica Divinolândia, 19 de Fevereiro de 2015 Prezados senhores interessados Esta comissão de Julgamento de Licitação do Conderg Hospital Regional de Divinolândia, esclarece através deste, alterações feita no

Leia mais

CONTRATO DE COMPRA E VENDA PREGÃO ELETRÔNICO Nº 30/2014 PROCESSO N 1341-09.00/14-3

CONTRATO DE COMPRA E VENDA PREGÃO ELETRÔNICO Nº 30/2014 PROCESSO N 1341-09.00/14-3 CONTRATO DE COMPRA E VENDA PREGÃO ELETRÔNICO Nº 30/2014 PROCESSO N 1341-09.00/14-3 Contrato AJDG Nº 74/14 O ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL, por intermédio da, órgão administrativo do MINISTÉRIO PÚBLICO, inscrito

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA CONTRATO DE COMPRA E VENDA PROCESSO N. 2900-09.00/14-0 PREGÃO ELETRÔNICO N. 95/14 CONTRATO AJDG N. 178/14 O ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL, por intermédio da PROCURADORIA- GERAL DE JUSTIÇA, órgão administrativo

Leia mais

FICHA DE CADASTRO DE FORNECEDOR

FICHA DE CADASTRO DE FORNECEDOR FICHA DE CADASTRO DE FORNECEDOR Pelo presente, vimos requerer no registro no Cadastro de Fornecedores e Licitantes da Prefeitura Municipal de Iraí RS, para fins e efeitos dos artigos 34 e seguintes da

Leia mais

RECURSO ADMINISTRATIVO REFERÊNCIA: PREGÃO PRESENCIAL Nº 022/2013 PROCESSO Nº 037/2013 I RELATÓRIO

RECURSO ADMINISTRATIVO REFERÊNCIA: PREGÃO PRESENCIAL Nº 022/2013 PROCESSO Nº 037/2013 I RELATÓRIO JULGAMENTO DE RECURSO ADMINISTRATIVO RECURSO ADMINISTRATIVO REFERÊNCIA: PREGÃO PRESENCIAL Nº 022/2013 PROCESSO Nº 037/2013 RECORRENTE: OMNIMED LTDA. Vistos e etc... I RELATÓRIO A Recorrente ingressou com

Leia mais

L I C I T A Ç Ã O: Convite: Compras e outros serviços, N.º 4/2014 Menor preço POR ITEM

L I C I T A Ç Ã O: Convite: Compras e outros serviços, N.º 4/2014 Menor preço POR ITEM Serviço Autônomo Municipal de Saneamento Básico SAMAE Travessa Theodoro Junctum, 124 - Bairro Centro RIO NEGRINHO - SC - Santa Catarina 85.908.309/0001-37 89.295-000 L I C I T A Ç Ã O: Convite: Compras

Leia mais

Carta Convite Nº 012/2015

Carta Convite Nº 012/2015 Carta Convite Nº 012/2015 A PREFEITURA MUNICIPAL DE AGUA BRANCA - PI torna público que realizará licitação na modalidade de CARTA CONVITE, do tipo MENOR PREÇO GLOBAL, às 08h30min do dia 19/06/2015, na

Leia mais

EDITAL DE CONVITE Nº 004/2012

EDITAL DE CONVITE Nº 004/2012 EDITAL DE CONVITE Nº 004/2012 1. DA LICITAÇÃO O Conselho Regional dos Representantes Comerciais do Estado de Santa Catarina CORE/SC, Órgão Fiscalizador do Exercício Profissional, criado pela Lei nº 4886,

Leia mais

Fundação de Apoio à Tecnologia e Ciência CONVITE N.º 5030005-01/2011

Fundação de Apoio à Tecnologia e Ciência CONVITE N.º 5030005-01/2011 1 CONVITE N.º 5030005-01/2011 A FUNDAÇÃO DE APOIO À TECNOLOGIA E CIÊNCIA -, CNPJ n.º 89.252.431/0001-59, realizará licitação por CONVITE, do tipo menor preço global, para a AQUISIÇÃO DE CERCA/MANGUEIRA

Leia mais

CONVITE Nº 14/2010. DATA E HORÁRIO PARA RECEBIMENTO E ABERTURA DOS ENVELOPES Dia 01 / 06 / 2010 às 15 horas

CONVITE Nº 14/2010. DATA E HORÁRIO PARA RECEBIMENTO E ABERTURA DOS ENVELOPES Dia 01 / 06 / 2010 às 15 horas CONVITE Nº 14/2010 DATA E HORÁRIO PARA RECEBIMENTO E ABERTURA DOS ENVELOPES Dia 01 / 06 / 2010 às 15 horas 01. DISPOSIÇÕES INICIAIS 1.1 O Senac Departamento Nacional torna público que, na Seção de Material,

Leia mais

ATA DE REGISTRO DE PREÇOS PREGÃO PRESENCIAL Nº. 017/2015 - SRP

ATA DE REGISTRO DE PREÇOS PREGÃO PRESENCIAL Nº. 017/2015 - SRP ATA DE REGISTRO DE PREÇOS PREGÃO PRESENCIAL Nº. 017/2015 - SRP Aos 27 (vinte e sete) dias de mês de maio do ano de 2015, o Município de Parazinho/RN, CNPJ nº. 08.113.631/0001-29, com sede na Praça Senador

Leia mais

AV. BRASÍLIA, 1057 FONE: 054-3356 1244. Edital de Licitação

AV. BRASÍLIA, 1057 FONE: 054-3356 1244. Edital de Licitação Edital de Licitação Modalidade.:Tomada de Preço Numero...:0002/15 DATA DA ABERTURA DA LICITAÇÃO: 13/01/2015 DATA ABERTURA DAS PROPOSTAS..: 30/01/2015 HORARIO...: 09:00 Fornecedor.: Endereço...: CGCMF...:

Leia mais

Sistemas de Alimentação de Energia Elétrica de Emergência: Monitoramento dos Hospitais - SP

Sistemas de Alimentação de Energia Elétrica de Emergência: Monitoramento dos Hospitais - SP Sistemas de Alimentação de Energia Elétrica de Emergência: Monitoramento dos Hospitais - SP Experiências do Hospital das Clinicas da FMUSP Equipamentos Médicos Eng. Francisco Benetti 28/04/2010 Hospital

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 017/2014 UnC PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE CONSTRUÇÃO CIVIL E AFINS CAMPUS CONCÓRDIA SC.

CARTA CONVITE Nº 017/2014 UnC PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE CONSTRUÇÃO CIVIL E AFINS CAMPUS CONCÓRDIA SC. 1 CARTA CONVITE Nº 017/2014 UnC PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE CONSTRUÇÃO CIVIL E AFINS CAMPUS CONCÓRDIA SC. 1 - PREÂMBULO 1.1 - A Fundação Universidade do Contestado, através do seu Departamento de Compras,

Leia mais

SECRETARIA MUNICIPAL DA ADMINISTRAÇÃO

SECRETARIA MUNICIPAL DA ADMINISTRAÇÃO CONVITE Nº 05/2015 Objeto: Contratação de Empresa para Serviços de Acesso à internet. O MUNICÍPIO DE SÃO VALENTIM DO SUL, através de seu Prefeito Municipal, torna público e para o conhecimento dos interessados,

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL Prefeitura Municipal de Boa Vista do Buricá SECRETARIA MUNICIPAL DE AGRICULTURA EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2014

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL Prefeitura Municipal de Boa Vista do Buricá SECRETARIA MUNICIPAL DE AGRICULTURA EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2014 ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL Prefeitura Municipal de Boa Vista do Buricá SECRETARIA MUNICIPAL DE AGRICULTURA EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2014 O Município de Boa Vista do Buricá, comunica aos interessados

Leia mais

Fundação de Apoio à Tecnologia e Ciência FUNDAÇÃO DE APOIO À CIÊNCIA E TECNOLOGIA EDITAL DE CONCORRÊNCIA N 5030008-01/2013 (SRP)

Fundação de Apoio à Tecnologia e Ciência FUNDAÇÃO DE APOIO À CIÊNCIA E TECNOLOGIA EDITAL DE CONCORRÊNCIA N 5030008-01/2013 (SRP) 1 FUNDAÇÃO DE APOIO À CIÊNCIA E TECNOLOGIA EDITAL DE CONCORRÊNCIA N 5030008-01/2013 (SRP) A Fundação de Apoio à Ciência e Tecnologia -, por meio de sua Comissão de Licitações, torna público para conhecimento

Leia mais

Fundação de Apoio à Tecnologia e Ciência CONVITE N. º 95933-02/2010

Fundação de Apoio à Tecnologia e Ciência CONVITE N. º 95933-02/2010 CONVITE N. º 95933-02/2010 A FUNDAÇÃO DE APOIO À TECNOLOGIA E CIÊNCIA - FATEC, CNPJ n.º 89.252.431/0001-59, realizará licitação por CONVITE, do tipo menor preço global, para a CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA

Leia mais

Parágrafo Segundo: A proposta poderá ser preenchida nos anexos I e II.

Parágrafo Segundo: A proposta poderá ser preenchida nos anexos I e II. CONVITE Nº 023/2012 LICITAÇÃO, MODALIDADE CONVITE, VISANDO A CONTRATAÇÃO DE PESSOA JURÍDICA PARA EFETUAR SEGURO DOS PRÉDIOS E VEÍCULOS PERTENCENTES AO MUNICÍPIO. DIOGO SEGABINAZZI SIQUEIRA, PREFEITO MUNICIPAL

Leia mais

SANTA CASA DE MISERICORDIA DE PARAGUAÇU PAULISTA C.N.P.J. 53.638.649/0001-07

SANTA CASA DE MISERICORDIA DE PARAGUAÇU PAULISTA C.N.P.J. 53.638.649/0001-07 COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇO TIPO MENOR PREÇO Nº 05/2013 Convênio nº 00140/2010 SICONV nº 744850/2010 Processo nº 25000.097963/2010-29 Nota de Empenho nº 900036/2010 A Santa Casa de Misericórdia de Paraguaçu

Leia mais

Processo nº 0438.1511/15-7 DEVOLVER ESTE PROTOCOLO ASSINADO PROTOCOLO DE ENTREGA PROCESSO DE LICITAÇÃO CONVITE Nº 005A/2016

Processo nº 0438.1511/15-7 DEVOLVER ESTE PROTOCOLO ASSINADO PROTOCOLO DE ENTREGA PROCESSO DE LICITAÇÃO CONVITE Nº 005A/2016 Processo nº 0438.1511/15-7 DEVOLVER ESTE PROTOCOLO ASSINADO PROTOCOLO DE ENTREGA PROCESSO DE LICITAÇÃO CONVITE Nº 005A/2016 DATA DA ABERTURA: 16/02/2016 HORA DA ABERTURA: 09:00 Horas NOME DA EMPRESA: ORIGINAL

Leia mais

CONVITE N.º 003-001/2013-CV

CONVITE N.º 003-001/2013-CV 1 CONVITE N.º 003-001/2013-CV REFERÊNCIA: Contratação de organização, associação ou empresa que preste serviço de fornecimento de alimentação no município de Santarém/Pará. A TERRA DE DIREITOS, entidade

Leia mais

AV. BRASÍLIA, 1057 FONE: 054-3356 1244. Edital de Licitação

AV. BRASÍLIA, 1057 FONE: 054-3356 1244. Edital de Licitação Edital de Licitação Modalidade.:Tomada de Preço Numero...:0006/15 DATA DA ABERTURA DA LICITAÇÃO: 11/02/2015 DATA ABERTURA DAS PROPOSTAS..: 04/03/2015 HORARIO...: 14:00 Fornecedor.: Endereço...: CGCMF...:

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 023/2009

CARTA CONVITE Nº 023/2009 IMPORTANTE: PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO COM ATÉ 24 HORAS DE ANTECEDENCIA DO CERTAME NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JD PAULISTA CEP:

Leia mais

CASA DE CARIDADE DE ALFENAS N S P SOCORRO RUA MARTINS ALFENAS 1616 CENTRO ALFENAS MG CEP 37.130-000 CNPJ: 16.650756/0001-16 COTAÇÃO DE PREÇOS 001/2014

CASA DE CARIDADE DE ALFENAS N S P SOCORRO RUA MARTINS ALFENAS 1616 CENTRO ALFENAS MG CEP 37.130-000 CNPJ: 16.650756/0001-16 COTAÇÃO DE PREÇOS 001/2014 COTAÇÃO DE PREÇOS 001/2014 AQUISIÇÃO DE EQUIPAMENTOS DE USO MÉDICO E HOSPITALAR CASA DE CARIDADE DE ALFENAS N S P SOCORRO - SANTA CASA DE ALFENAS A CASA DE CARIDADE DE ALFENAS N S P SOCORRO, pessoa jurídica

Leia mais

COMPANHIA DE SANEAMENTO DE MINAS GERAIS COPASA MG CNPJ/MF 17.281.106/0001 03 Rua Mar de Espanha, 453 / Sto. Antônio Belo Horizonte (MG)

COMPANHIA DE SANEAMENTO DE MINAS GERAIS COPASA MG CNPJ/MF 17.281.106/0001 03 Rua Mar de Espanha, 453 / Sto. Antônio Belo Horizonte (MG) COMPANHIA DE SANEAMENTO DE MINAS GERAIS COPASA MG CNPJ/MF 17.281.106/0001 03 Rua Mar de Espanha, 453 / Sto. Antônio Belo Horizonte (MG) NORMAS DE CREDENCIAMENTO PARA INSTITUIÇÕES BANCÁRIAS 1. DA FINALIDADE

Leia mais

1.1 O recebimento dos envelopes dar-se-á até às 14:00h do dia 09 de março de 2010, pela Comissão Permanente de Licitação, no endereço acima citado.

1.1 O recebimento dos envelopes dar-se-á até às 14:00h do dia 09 de março de 2010, pela Comissão Permanente de Licitação, no endereço acima citado. EDITAL DE CARTA CONVITE N 02/2010 CRM-PR OBJETIVANDO A CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE ASSESSORIA PARA O DESENVOLVIMENTO E SUPERVISÃO DE PROJETO DE TELEMEDICINA, VIDEOCONFERÊNCIA E EDUCAÇÃO CONTINUADA PARA

Leia mais

EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA Nº 03/2014

EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA Nº 03/2014 EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA Nº 03/2014 O Município de Vale do Sol, RS, através do Prefeito Municipal. Sr. Clécio Halmenschlager, comunica aos interessados que está procedendo ao CREDENCIAMENTO de pessoas

Leia mais

CONVITE N.º 004-001/2013-CV

CONVITE N.º 004-001/2013-CV 1 CONVITE N.º 004-001/2013-CV REFERÊNCIA: Contratação de organização, associação ou empresa que preste serviço de hospedagem com local para realização de evento, destinado aos contratados e convidados

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE FRANCA Secretaria de Planejamento e Gestão Econômica Divisão de Licitações e Compras Convite nº 081/2007 Fls.

PREFEITURA MUNICIPAL DE FRANCA Secretaria de Planejamento e Gestão Econômica Divisão de Licitações e Compras Convite nº 081/2007 Fls. Convite nº 081/2007 Fls. 1 CARTA CONVITE Processo nº 11784/05 Convite nº 081/2007 Entrega Envelopes até o dia: 15 de junho de 2007, às 14h00. Abertura Envelopes dia: 15 de junho de 2007, às 14h30. A COMISSÃO

Leia mais

FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE DE MORRINHOS Estado de Goiás

FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE DE MORRINHOS Estado de Goiás CONTRATO DE LOCAÇÃO Nº 325/2015 Contrato de Locação que, entre si, fazem, de um lado, com contratante, o Fundo Municipal de Saúde de Morrinhos, devidamente representada por seu Gestor, o Sr. André Luiz

Leia mais

Estado do Rio Grande do Sul Prefeitura Municipal de Santa Maria COMISSÃO DE LICITAÇÃO Convite nº 10/05 GERENCIADOR DE USINA DE ASFALTO

Estado do Rio Grande do Sul Prefeitura Municipal de Santa Maria COMISSÃO DE LICITAÇÃO Convite nº 10/05 GERENCIADOR DE USINA DE ASFALTO Estado do Rio Grande do Sul Prefeitura Municipal de Santa Maria COMISSÃO DE LICITAÇÃO Convite nº 10/05 GERENCIADOR DE USINA DE ASFALTO Tipo: Menor Preço Aquisição: GLOBAL Data da abertura: 28/04/2005 Hora:

Leia mais

EDITAL TOMADA DE PREÇOS SETOR DE LICITAÇÕES PROCESSO Nº 45/2013. TOMADA DE PREÇO Nº

EDITAL TOMADA DE PREÇOS SETOR DE LICITAÇÕES PROCESSO Nº 45/2013. TOMADA DE PREÇO Nº EDITAL TOMADA DE PREÇOS SETOR DE LICITAÇÕES PROCESSO Nº 45/2013. TOMADA DE PREÇO Nº 07/2013. A Prefeitura Municipal de General Salgado, sito à Av: Antonino José de Carvalho, 940, centro, fará realizar

Leia mais

RECIBO DE RETIRADA DE EDITAL PEDIDO DE COTAÇÃO Nº 044/2010 PROCESSO Nº 1085/2010. Razão Social: C.N.P.J. Nº: Endereço: E-mail:

RECIBO DE RETIRADA DE EDITAL PEDIDO DE COTAÇÃO Nº 044/2010 PROCESSO Nº 1085/2010. Razão Social: C.N.P.J. Nº: Endereço: E-mail: 1 RECIBO DE RETIRADA DE EDITAL PEDIDO DE COTAÇÃO Nº 044/2010 PROCESSO Nº 1085/2010 Razão Social: C.N.P.J. Nº: Endereço: E-mail: Cidade: Estado: Fone: Fax: Pessoa para contato: RECEBEMOS ATRAVÉS DO: ACESSO

Leia mais

TERMO DE REFERENCIA COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇO Nº01/2014 TIPO: MENOR PREÇO

TERMO DE REFERENCIA COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇO Nº01/2014 TIPO: MENOR PREÇO TERMO DE REFERENCIA COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇO Nº01/2014 TIPO: MENOR PREÇO A Comunidade Evangélica Luterana De Jaraguá Do Sul, CNPJ nº 84.433.945/0002-78, com sede na Rua Dos Motoristas De 1936, 120, torna

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 003/2014 TIPO: MENOR PREÇO

CARTA CONVITE Nº 003/2014 TIPO: MENOR PREÇO CARTA CONVITE Nº 003/2014 TIPO: MENOR PREÇO PROCESSO Nº 003/2014 Tipo de Licitação: MENOR PREÇO DATA: 22/08/2014 HORÁRIO: 10h00min LOCAL: Universidade de Brasília Campus Universitário Darcy Ribeiro Edifício

Leia mais

E D I T A L Nº 2229/2013

E D I T A L Nº 2229/2013 E D I T A L Nº 2229/2013 MODALIDADE: Convite ABERTURA: Dia 12 de Setembro de 2013, às 10:00 horas TIPO: Menor preço por item LOCAL DE ABERTURA: Setor de Licitações, localizado na Rua Benjamin Constant,

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO DO RIO GRANDE DO SUL PROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA

MINISTÉRIO PÚBLICO DO RIO GRANDE DO SUL PROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA CONTRATO DE FORNECIMENTO DE GLP PROCESSO N. 2537-09.00/11-7 PREGÃO ELETRÔNICO N.º 43/11 AJDG Nº 161/11 O ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL, por intermédio da PROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA, órgão administrativo

Leia mais

CONVITE Nº 008/2013 CPL/FMS/SMS/PMVR

CONVITE Nº 008/2013 CPL/FMS/SMS/PMVR CONVITE Nº 008/2013 CPL/FMS/SMS/PMVR O MUNICÍPIO DE VOLTA REDONDA/RJ, por intermédio da COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO do FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE da SECRETARIA MUNCIPAL DE SAÚDE/PMVR, atendendo requisitos

Leia mais

CONVITE Nº 25/2012 PROCESSO ADMINISTRATIVO N.º 552/2012

CONVITE Nº 25/2012 PROCESSO ADMINISTRATIVO N.º 552/2012 CONVITE Nº 25/2012 PROCESSO ADMINISTRATIVO N.º 552/2012 A COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO DO SERVIÇO AUTÔNOMO HOSPITALAR convida V.S.ª para participar da licitação que realizará às 10:00 HORAS DO DIA

Leia mais

EDITAL DE LICITAÇÃO PROCESSO LICITATÓRIO N.º 005/2014 CARTA CONVITE Nº 002/2014

EDITAL DE LICITAÇÃO PROCESSO LICITATÓRIO N.º 005/2014 CARTA CONVITE Nº 002/2014 EDITAL DE LICITAÇÃO PROCESSO LICITATÓRIO N.º 005/2014 CARTA CONVITE Nº 002/2014 O CONSELHO REGIONAL DE EDUCAÇÃO FÍSICA DA 7ª REGIÃO CREF7/DF, Autarquia Federal, criada pela Lei nº 9.696/98, torna público

Leia mais

CONVITE N o 20/2010 DATA E HORÁRIO PARA RECEBIMENTO E ABERTURA DOS ENVELOPES Dia 16/07/2010 às 15 horas

CONVITE N o 20/2010 DATA E HORÁRIO PARA RECEBIMENTO E ABERTURA DOS ENVELOPES Dia 16/07/2010 às 15 horas CONVITE N o 20/2010 DATA E HORÁRIO PARA RECEBIMENTO E ABERTURA DOS ENVELOPES Dia 16/07/2010 às 15 horas 01. DISPOSIÇÕES INICIAIS 1.1 O Senac Departamento Nacional torna público que, na Seção de Material,

Leia mais

CONTRATO 011/2010 DESCRIÇÃO DO MATERIAL/SERVIÇO

CONTRATO 011/2010 DESCRIÇÃO DO MATERIAL/SERVIÇO PROCESSO Nº 129710/2010 PREGÃO Nº 002/2010 UNIOESTE/CAMPUS DE TOLEDO CONTRATO 011/2010 CLÁUSULA PRIMEIRA OBJETO Contrato objetivando a seleção de propostas visando registro de preços de Serviços de Hospedagem

Leia mais

Tribunal de Justiça do Estado de Goiás

Tribunal de Justiça do Estado de Goiás EDITAL DE LICITAÇÃO N º 045/07 O TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE GOIÁS, por intermédio de seu Pregoeiro, designado pelo Decreto Judiciário nº 844/2007, de 01/06/07, torna público para conhecimento dos

Leia mais

COTAÇÃO PREVIA DE PREÇOS Nº 005/2015

COTAÇÃO PREVIA DE PREÇOS Nº 005/2015 Tipo: Menor preço COTAÇÃO PREVIA DE PREÇOS Nº 005/2015 A CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DO DESPORTO UNIVERSITÁRIO - CBDU, entidade privada sem fins lucrativos, inscrita sob o CNPJ nº 42.467.787/0001-46, com sede

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL MUNICIPIO DE ITATIBA DO SUL COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÕES EDITAL DE TOMADA DE PREÇOS N 003/2013

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL MUNICIPIO DE ITATIBA DO SUL COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÕES EDITAL DE TOMADA DE PREÇOS N 003/2013 EDITAL DE TOMADA DE PREÇOS N 003/2013 O Município de Itatiba do Sul, Estado do Rio Grande do Sul, torna público para o conhecimento dos interessados, que em conformidade com a Lei Federal n.º 8.666/93

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE BIOMEDICINA 1ª REGIÃO

CONSELHO REGIONAL DE BIOMEDICINA 1ª REGIÃO 1 CARTA CONVITE n.º 001/2011 São Paulo, 20 de outubro de 2011. O CONSELHO REGIONAL DE BIOMEDICINA - 1ª REGIÃO, nos termos da autorização constante no Processo Administrativo em epígrafe, vem, por intermédio

Leia mais

EEEP FRANCISCA MAURA MARTINS

EEEP FRANCISCA MAURA MARTINS EXECUÇÃO DE SERVIÇO DE FORNECIMENTO DE SINAL DE INTERNET COM VELOCIDADE MÍNIMA DE 05 MB DESTINADO ÀS ATIVIDADES DA EEEP FRANCISCA MAURA MARTINS POR UM PERÍODO DE 12 (DOZE) MESES CONVITE Nº 20150001 OBJETO:

Leia mais

COMISSÃO DE LICITAÇÃO

COMISSÃO DE LICITAÇÃO COMISSÃO DE LICITAÇÃO A Fundação Hospital Maternidade São Camilo Cotação Prévia de Preço N 001/2015. Convênio SICONV Nº 810303-2014 OBJETO: Aquisição de Poltronas Hospitalares IMPORTANTE: RECEBIMENTO DAS

Leia mais

INTENÇÃO DE CONTRATAÇÃO ISGH / 2014 FORNECIMENTO DE LINK DE INTERNET

INTENÇÃO DE CONTRATAÇÃO ISGH / 2014 FORNECIMENTO DE LINK DE INTERNET INTENÇÃO DE CONTRATAÇÃO ISGH / 2014 FORNECIMENTO DE LINK DE INTERNET O INSTITUTO DE SAÚDE E GESTÃO HOSPITALAR - ISGH, pessoa jurídica de direito privado, associação sem fins lucrativos de interesse público,

Leia mais

INTENÇÃO DE CONTRATAÇÃO ISGH / 2014 CONSULTORIA EM SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO EMPRESARIAL

INTENÇÃO DE CONTRATAÇÃO ISGH / 2014 CONSULTORIA EM SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO EMPRESARIAL INTENÇÃO DE CONTRATAÇÃO ISGH / 2014 CONSULTORIA EM SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO EMPRESARIAL O INSTITUTO DE SAÚDE E GESTÃO HOSPITALAR - ISGH, pessoa jurídica de direito privado, associação sem fins lucrativos

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO DO RIO GRANDE DO SUL PROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA

MINISTÉRIO PÚBLICO DO RIO GRANDE DO SUL PROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS PROCESSO N.º 1840-09.00/12-5 COTAÇÃO ELETRÔNICA Nº 86/2012 AJDG N.º 88/2012 O ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL, por intermédio da PROCURADORIA- GERAL DE JUSTIÇA, órgão administrativo

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE IPIRANGA DO SUL Estado do Rio Grande do Sul Rua do Comércio, 124 IPIRANGA DO SUL RS EDITAL DE LICITAÇÃO

PREFEITURA MUNICIPAL DE IPIRANGA DO SUL Estado do Rio Grande do Sul Rua do Comércio, 124 IPIRANGA DO SUL RS EDITAL DE LICITAÇÃO EDITAL DE LICITAÇÃO Modalidade...: Tomada de Preços Número...: 008/2014 Número da Modalidade: 003/2014 Data de Abertura da Licitação...: 20/02/2014 Data de Abertura das Propostas..: 14/03/2014 Horário...:

Leia mais

SOLICITAÇÃO DE COTAÇÃO IICA/NEAD Nº 005/2008 Data: 29/02/2008. EMPRESA CONVIDADA: Telefone: Fax: Endereço: Cidade: Estado:

SOLICITAÇÃO DE COTAÇÃO IICA/NEAD Nº 005/2008 Data: 29/02/2008. EMPRESA CONVIDADA: Telefone: Fax: Endereço: Cidade: Estado: SOLICITAÇÃO DE COTAÇÃO IICA/NEAD Nº 005/2008 Data: 29/02/2008 EMPRESA CONVIDADA: Telefone: Fax: Endereço: Cidade: Estado: Prezado (a) Senhor (a), O Projeto de Cooperação para Apoio às Políticas e à Participação

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE BIOLOGIA 3ª REGIÃO RS/SC

CONSELHO REGIONAL DE BIOLOGIA 3ª REGIÃO RS/SC CONSELHO REGIONAL DE BIOLOGIA 3ª REGIÃO CONVITE Nº 05/2013 SERVIÇOS DE ASSESSORIA CONTÁBIL O Conselho Regional de Biologia 3ª Região, através da Comissão Permanente de Licitações, convida V.S.a. a apresentar

Leia mais

ANEXO 7 CLÁUSULA PRIMEIRA DO OBJETO

ANEXO 7 CLÁUSULA PRIMEIRA DO OBJETO ANEXO 7 MINUTA DE CONTRATO PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE LOCAÇÃO DE AUTOMÓVEL, QUE ENTRE SI CELEBRAM A FUNDAÇÃO UNIVERSITÁRIA DE DESENVOLVIMENTO DE EXTENSÃO E PESQUISA FUNDEPES E A EMPRESA, NA FORMA ABAIXO:

Leia mais

2.01.1 Atenderem as condições e exigências estabelecidas neste CONVITE;

2.01.1 Atenderem as condições e exigências estabelecidas neste CONVITE; CONVITE Nº 009/2007 LICITAÇÃO PARA AQUISIÇÃO DE 63 (SESSENTA E TRÊS) LICENÇAS DO SISTEMA OPERACIONAL WINDOWS XP PROFESSIONAL-FULL VERSÃO EM PORTUGUÊS PARA ESTAÇÕES DE TRABALHO E 01(UMA) LICENÇA DE WINDOWS

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE MORRINHOS Estado de Goiás

PREFEITURA MUNICIPAL DE MORRINHOS Estado de Goiás CONTRATO DE FORNECIMENTO Nº 1.192 /2014 Contrato de Fornecimento que, entre si, fazem, de um lado, com contratante, o Fundo Municipal de Saúde de Morrinhos, devidamente representada por seu Gestor, o Sr.

Leia mais

EDITAL DE LICITAÇÃO CARTA CONVITE Nº 01/2015.

EDITAL DE LICITAÇÃO CARTA CONVITE Nº 01/2015. 1 EDITAL DE LICITAÇÃO CARTA CONVITE Nº 01/2015. TIPO: Menor Preço LEGISLAÇÃO: Lei nº 8.666/93. REFERÊNCIA: contratação de empresa para prestação de serviços de telecomunicações de dados consistentes de

Leia mais

TOMADA DE PREÇOS Nº 001/2010. SESSÃO DE ABERTURA: Local: Rua Pamplona 1200 7º andar Horário: 10:30 horas do dia 08 de março de 2.

TOMADA DE PREÇOS Nº 001/2010. SESSÃO DE ABERTURA: Local: Rua Pamplona 1200 7º andar Horário: 10:30 horas do dia 08 de março de 2. IMPORTANTE: PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO COM 03 (TRÊS) DIAS DE ANTECEDENCIA NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JD PAULISTA CEP: 01405-001

Leia mais

Estado do Amazonas PREFEITURA MUNICIPAL DE TONANTINS CNPJ: 04.628.608/0001-16 Endereço: Rua Leopoldo Peres, s/n Centro, Tonantins AM

Estado do Amazonas PREFEITURA MUNICIPAL DE TONANTINS CNPJ: 04.628.608/0001-16 Endereço: Rua Leopoldo Peres, s/n Centro, Tonantins AM EDITAL CONVITE Nº 002/2015 1 PREÂMBULO 1.1. A, através da COMISSÃO MUNICIPAL DE LICITAÇÃO CML, adiante denominada simplesmente CML, CONVIDA essa firma para participar do certame licitatório, na modalidade

Leia mais

SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM RURAL - ADMINISTRAÇAO REGIONAL DE SANTA CATARINA SENAR-AR/SC

SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM RURAL - ADMINISTRAÇAO REGIONAL DE SANTA CATARINA SENAR-AR/SC CARTA CONVITE N 008/2015 SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM RURAL - ADMINISTRAÇAO REGIONAL DE SANTA CATARINA SENAR-AR/SC 1 - Preâmbulo 1.1 - O Serviço Nacional de Aprendizagem Rural - Administração Regional

Leia mais

EDITAL DE TOMADA DE PREÇO Nº 001/2014 PROCESSO Nº 001/2014

EDITAL DE TOMADA DE PREÇO Nº 001/2014 PROCESSO Nº 001/2014 EDITAL DE TOMADA DE PREÇO Nº 001/2014 PROCESSO Nº 001/2014 Encerramento: às 17:00 horas do dia 30 de setembro de 2014 Abertura dos Envelopes: às 8:00 horas do dia 01 de outubro de 2014 A SANTA CASA DE

Leia mais

CONTRATO Nº 095/2013 CONTRATO QUE ENTRE SI CELEBRAM O MUNICÍPIO DE PIRAJUÍ E A EMPRESA FORTIMIX COMÉRCIO DE CONCRETO LTDA.

CONTRATO Nº 095/2013 CONTRATO QUE ENTRE SI CELEBRAM O MUNICÍPIO DE PIRAJUÍ E A EMPRESA FORTIMIX COMÉRCIO DE CONCRETO LTDA. CONTRATO Nº 095/2013 CONTRATO QUE ENTRE SI CELEBRAM O MUNICÍPIO DE PIRAJUÍ E A EMPRESA FORTIMIX COMÉRCIO DE CONCRETO LTDA. Aos 03 dias do mês de julho de 2013, de um lado, o MUNICÍPIO DE PIRAJUÍ, pessoa

Leia mais

Prefeitura Municipal de Antonina do Norte GOVERNO MUNICIPAL CNPJ n 07.594.500/0001-48 EDITAL CONVOCATÓRIO

Prefeitura Municipal de Antonina do Norte GOVERNO MUNICIPAL CNPJ n 07.594.500/0001-48 EDITAL CONVOCATÓRIO EDITAL CONVOCATÓRIO CONVITE Nº 2013.02.18.2 1.0 EDITAL 1.1 Órgão: SECRETARIA MUNICIPAL DE AÇÃO SOCIAL 1.2 Modalidade: CONVITE 1.3 Tipo de Licitação: Menor preço Global 1.4 Torna público para conhecimento

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 005/2008 M I N U T A

CARTA CONVITE Nº 005/2008 M I N U T A IMPORTANTE : PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO COM ATÉ 24 HORAS DE ANTECEDÊNCIA DO CERTAME NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JD PAULISTA CEP:

Leia mais

Item Quant Unid. Descrição Detalhada e Atualizada do Objeto

Item Quant Unid. Descrição Detalhada e Atualizada do Objeto CONTRATO DE LOCAÇÃO DE EQUIPAMENTOS E OUTSOURCING DE PROCESSAMENTO DE IMAGEM N.º 085/2015, QUE ENTRE SI CELEBRAM O MUNICÍPIO DE RIBEIRÃO DAS NEVES, ATRAVÉS DA SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE E TEM SOLUÇÕES

Leia mais

2 - OBJETO DA LICITAÇÃO:

2 - OBJETO DA LICITAÇÃO: CARTA CONVITE 06/13 1 - PREÂMBULO: 1.1 - A FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE DO CONTESTADO, torna público o processo licitatório para contratação de Serviços de Monitoramento Eletrônico com Unidade Volante de Atendimento

Leia mais

PROCESSO LICITATÓRIO N 010/2013 EDITAL DE CONVITE Nº 006/2013 TIPO: MENOR PREÇO GLOBAL

PROCESSO LICITATÓRIO N 010/2013 EDITAL DE CONVITE Nº 006/2013 TIPO: MENOR PREÇO GLOBAL PROCESSO LICITATÓRIO N 010/2013 EDITAL DE CONVITE Nº 006/2013 TIPO: MENOR PREÇO GLOBAL PREFEITURA MUNICIPAL DE PICADA CAFÉ/RS, pessoa jurídica de direito público, torna público pelo presente CONVITE do

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 002/2010

CARTA CONVITE Nº 002/2010 IMPORTANTE: PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO COM ATÉ 24 HORAS DE ANTECEDENCIA DO CERTAME NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JD PAULISTA CEP:

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO DO RIO GRANDE DO SUL PROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA

MINISTÉRIO PÚBLICO DO RIO GRANDE DO SUL PROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS PREGÃO ELETRÔNICO N 54/2012 PROCESSO Nº 002872-09.00/12-3 AJDG Nº 146/12 O ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL, por intermédio da PROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA, órgão administrativo

Leia mais

CONTRATO DE MANUTENÇÃO, SUPORTE E ATUALIZAÇÃO DE SOFTWARES PROCESSO Nº 1801-09.00/13-9

CONTRATO DE MANUTENÇÃO, SUPORTE E ATUALIZAÇÃO DE SOFTWARES PROCESSO Nº 1801-09.00/13-9 CONTRATO DE MANUTENÇÃO, SUPORTE E ATUALIZAÇÃO DE SOFTWARES PROCESSO Nº 1801-09.00/13-9 Contrato AJDG Nº 048/2013 CONTRATO ORACLE Nº 1816771 & 5515510 ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL, por intermédio da PROCURADORIA-

Leia mais

Processo nº 0046.1511/14-2 DEVOLVER ESTE PROTOCOLO ASSINADO PROTOCOLO DE ENTREGA PROCESSO DE LICITAÇÃO CONVITE Nº 061E/2015

Processo nº 0046.1511/14-2 DEVOLVER ESTE PROTOCOLO ASSINADO PROTOCOLO DE ENTREGA PROCESSO DE LICITAÇÃO CONVITE Nº 061E/2015 Processo nº 0046.1511/14-2 DEVOLVER ESTE PROTOCOLO ASSINADO PROTOCOLO DE ENTREGA PROCESSO DE LICITAÇÃO CONVITE Nº 061E/2015 DATA DA ABERTURA: 19/10/2015 HORA DA ABERTURA: 09:00 Horas NOME DA EMPRESA: ORIGINAL

Leia mais

CARTA CONVITE 12/2015 FUnC REPUBLICAÇÃO

CARTA CONVITE 12/2015 FUnC REPUBLICAÇÃO 1 CARTA CONVITE 12/2015 FUnC REPUBLICAÇÃO 1 - PREÂMBULO 1.1 - A Fundação Universidade do Contestado, através do seu Departamento de Compras, situado à Rua Victor Sopelsa, 3000, Bairro Salete, Concórdia,

Leia mais

EDITAL DE TOMADA DE PREÇO N.º19/2013

EDITAL DE TOMADA DE PREÇO N.º19/2013 EDITAL DE TOMADA DE PREÇO N.º19/2013 O Município de Mariano Moro, RS, torna público, em conformidade com a Lei Federal n.º 8.666/93 e suas alterações, que no dia 16 de outubro de 2013, às 09:00 horas,

Leia mais

TELECOMUNICAÇÕES BRASILEIRAS S/A TELEBRÁS

TELECOMUNICAÇÕES BRASILEIRAS S/A TELEBRÁS TELECOMUNICAÇÕES BRASILEIRAS S/A TELEBRÁS PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 008/2009 EDITAL DE PREGÃO PRESENCIAL Nº 02/2009 1.1 MODALIDADE: PREGÃO PRESENCIAL 1.1.1.1 TIPO DE LICITAÇÃO: MAIOR DESCONTO OFERTADO

Leia mais

TOMADA DE PREÇOS N.º 3020014-05/2012

TOMADA DE PREÇOS N.º 3020014-05/2012 1 FUNDAÇÃO DE APOIO À TECNOLOGIA E CIÊNCIA - FATEC Cep: 97105-900 Avenida Roraima, n 1000 Prédio 66 - Campus/UFSM Santa Maria RS TOMADA DE PREÇOS N.º 3020014-05/2012 A FUNDAÇÃO DE APOIO À TECNOLOGIA E

Leia mais

CONVITE Nº 033/2009. DATA E HORÁRIO PARA RECEBIMENTO E ABERTURA DOS ENVELOPES Dia 09/12/2009 às 14 horas

CONVITE Nº 033/2009. DATA E HORÁRIO PARA RECEBIMENTO E ABERTURA DOS ENVELOPES Dia 09/12/2009 às 14 horas CONVITE Nº 033/2009 DATA E HORÁRIO PARA RECEBIMENTO E ABERTURA DOS ENVELOPES Dia 09/12/2009 às 14 horas 01. DISPOSIÇÕES INICIAIS 1.1 O Senac Departamento Nacional torna público que, na Seção de Material,

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE NOVA ROMA DO SUL DEPARTAMENTO DE COMPRAS E LICITAÇÕES E D I T A L

PREFEITURA MUNICIPAL DE NOVA ROMA DO SUL DEPARTAMENTO DE COMPRAS E LICITAÇÕES E D I T A L CONVITE Nº 06/2013 MANUTENÇÃO DE POÇOS ARTESIANOS E D I T A L O Prefeito Municipal de Nova Roma do Sul, no uso de suas atribuições legais e de conformidade com a Lei Federal n 8.666, de 21 de junho de

Leia mais

CONTRATO DE COMPRA E VENDA PREGÃO ELETRÔNICO Nº 38/11 - REGISTRO DE PREÇOS PROCESSO N 2365-09.00/11-0 AJDG Nº 84/12

CONTRATO DE COMPRA E VENDA PREGÃO ELETRÔNICO Nº 38/11 - REGISTRO DE PREÇOS PROCESSO N 2365-09.00/11-0 AJDG Nº 84/12 CONTRATO DE COMPRA E VENDA PREGÃO ELETRÔNICO Nº 38/11 - REGISTRO DE PREÇOS PROCESSO N 2365-09.00/11-0 AJDG Nº 84/12 O ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL, por intermédio da PROCURADORIA- GERAL DE JUSTIÇA, órgão

Leia mais

I Sala comercial nº 806, do oitavo pavimento do Centro Comercial Fuad Chequer, situado nesta cidade de Viçosa MG à rua Benjamin Araújo, nº 56,

I Sala comercial nº 806, do oitavo pavimento do Centro Comercial Fuad Chequer, situado nesta cidade de Viçosa MG à rua Benjamin Araújo, nº 56, EDITAL DE CONCORRÊNCIA PÚBLICA PROCESSO Nº 65/2015 CONCORRÊNCIA Nº 01/2015 OBJETO: Consiste na Concessão de Uso de Imóveis Públicos, mediante contrato, pelo período de 24 meses, dos espaços físicos localizados

Leia mais

SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM RURAL ADMINISTRAÇÃO REGIONAL DO ESTADO DE SANTA CATARINA

SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM RURAL ADMINISTRAÇÃO REGIONAL DO ESTADO DE SANTA CATARINA CARTA CONVITE N 005/2015 SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM RURAL - ADMINISTRAÇÃO REGIONAL DE SANTA CATARINA - SENAR-AR/SC Edital de Convite nº. 005/2015 1 - Preâmbulo 1.1 - O Serviço Nacional de Aprendizagem

Leia mais