TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL Rro GRANDE DO SUL ATA DE REGISTRO DE PREÇOS

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL Rro GRANDE DO SUL ATA DE REGISTRO DE PREÇOS"

Transcrição

1 . TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL Rro GRANDE DO SUL PREGÃO N. 51/2011 PROCESSO N. 3107/2011 ATA DE REGISTRO DE PREÇOS TRIBUNAL. REGIONAL. ELEITORAL. SECA0 DE PROTOCOLO / / : I11111I I111 O TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO RIO GRANDE DO SUL. Órgão do Poder Judiciário Federal. sediado em Porto Alegre- RS. na Rua Duque de Caxias, 350, inscrito no CNPJ sob o número / , neste ato representado por seu Diretor-Geral, com fundamento na Lei n /1993 e Decreto n /2001, emite a presente Ata de Registro de Preços com o objetivo de formalizar o Registro de Preços para eventual fornecimento de switch layer 2, switch layer 3 e ferramenta de administração de ativos de rede, em decorrência das propostas apresentadas no Pregão n. 51/2011 e em conformidade com o objeto descrito no item 1 do editallicitatório. RI 1. Os dados relativos ao fornecedor e aos itens registrados estão especificados nos quadros a seguir: 1.1. Dados referentes ao fornecedor: Empresa: Telsinc Prestação de Serviços para Sistemas de Informática e Comunicacão de Dados LIda. CNPJ: / Endereço: Alameda Europa, andar - Blocos B e 1 subsolo - Bloco A, sala 5 - Pólo Emoresarial Tamboré - Santana do Parnaíba - SP E-mai!: FonelFax da empresa: Representantes legais: Francisco Roberto Francoso e Paulo Bonamico 1.2. Dados referentes aos itens registrados, em conformidade com as descrições constantes no Anexo I desta ata de Registro de Preços:, Quantidade Valor Descrição resumida estimada Item Marca/modelo unitário de (em R$) aqulsicão Ferramenta de Cisco 6.911,78 1 administração de ativos Modelo R-LMS de rede 50-K9

2 ., ' ', TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL 2 3 Pacote de licenças para Cisco 6.911, equipamentos Modelo L.LMS ADD Pacote de licenças para Cisco 4.068,69 50 equipamentos Modelo L.LMS ADD 8witch layer 2 Cisco 1.352: 14 4 Modelo WS-C2960-! TC.S Switch layer 3 Cisco ,60 5 Modelo WS.C3750X T.S (um) ano, Oficial. 2, A presente Ata de Registro de Preços terá validade de 01 a contar da publicação dos preços registrados na Imprensa 3. A existência de preços registrados não obriga o TRE/RS a efetuar as aquisições, facultando.se a realização de licitação especifica para as aquisições pretendidas. Nesse caso, o beneficiário do registro de preços terá preferência de fornecimento, em igualdade de condições. 4. As quantidades dos materiais são estimativas para eventual fornecimento, durante o prazo de vigência da Ata de Registro de Preços As aquisições ocorrerão em conformidade com as necessidades e conveniências do TRE/RS, facultada a aquisição parcia'l, total ou mesmo a não aquisição dos materiais licitados O fornecedor deverá atender aos pedidos formalizados durante a vigência da Ata de Registro de Preços, ainda que a entrega seja prevista para data posterior a sua vigência Os materiais descritos no Anexo I do edital deverão ser, obrigatoriamente, novos e de primeiro uso. 5. Os softwares devem possuir suporte por 36 (trinta e seis) meses e os demais produtos devem possuir garantia de 36 (trinta e seis) meses Todos os softwares fornecidos deverão ser licenciados e com suporte para 36 (trinta e seis) meses, com atualizações e correções de segurança sem custo adicional Todos os equipamentos deverão ser fornecidos com garantia do fabricante de 36 (trinta e seis) meses contados a partir do Recebimento Definitivo, sem prejuízo de. qualquer política de gé;lrantia adicional oferecida pelo fabricante. ;' 2 ~Cnml

3 Junto com o documento fiscal, deverá ser entregu~ comprovação da garantia O atendimento deverá ser em horário comercial (8 x 5), de segunda a sexta-feira, on-site, na cidade de Porto Alegre - RS Durante o prazo de garantia, será substituída, sem ônus para o TRE-RS, a parte ou peça defeituosa, salvo quando o defeito for provocado por uso inadequado dos equipamentos O prazo máximo para a solução de um chamado setá até as 19 horas do dia útil subsequente ao da abertura do chamado Deverá ser disponibilizado um canal de comunicação de telefonia, capaz de atender chamados técnicos, e mantidos os registros dos mesmos, constando a descrição do problema. 6. A cópia da nota de empenho será entregue ao fornecedor por ocasião de cada solicitação dos produtos A emissão da nota de empenho em favor do fornecedor somente será efetuada após a consulta ao Cadastro Informativo de créditos não quitados do setor público federal (Cadin), conforme estabelece o inc. 111 do art. 6' da Lei n , de 19 de julho de O fornecedor deverá manifestar o aceite na nota de empenho no prazo de 01 (um) dia útil, contado da comprovação do recebimento do documento Não ocorrendo expressamente o aceite na nota de empenho recebida, no prazo acima determinado, a aceitação será entendida como tácita A recusa na aceitação da nota de empenho deverá ser expressa, escrita e justificada e será submetida à autoridade competentl? que procederá à análise dos motivos acostados pelo fornecedor, decidindo acerca da aceitabilidade ou não da justificativa Caso a justificativa não seja encaminhada na forma descrita ou esta não seja aceita pela autoridade competente, o prazo para a entrega continuará fluindo normalmente e, caso não seja cumprido, sujeitará o fornecedor às penalidades cabiveis. 7. O fornecedor deverá entregar os materiais em perfeitas condições de uso e armazenamento, na Seção de Almoxarifado deste t Tribunal, localizada na Rua Duque de Caxias, andar - Porto Alegre - RS, ou em outro local, nesta Capital, que poderá ser determinado pelo TRE/RS, no prazo máximo de 60 (sessenta) dias, contado a p~rt!r do aceite 3 I I 1_, f;:jc'--. l- V '. n '," _.- ~ -.-. ".' da nota de empenho. f i'i -. L--' Lo

4 li,. TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL 7.1. O fornecedor deverá agendar a entrega dos materiais mediante contato teletônico com a Seção de Almoxarifado peio telefone (51) O fornecedor deverá entregar os materiais devidamente protegidos e embalados, originais e lacrados, a fim de evitar danos de transporte e manuseio Por ocasião da entrega, serão verificadas as características, a qualidade e as condições dos materiais entregues, para fins de recebimento conforme item 8 desta ata. 8. Os materiais licitados serão recebidos: a) provisoriamente - após efetuada cada entrega, para efeito de posterior verificação da conformidade dos mesmos com as especificações; b) definitivamente consequente aceitação. - após a verificação das especificaçõ~s e 8.1. O aceite dos materiais será dado no prazo de 05 (cinco) dias úteis, a contar da entrega, após conferidas todas as características e o perfeito funcionamento O fornecedor, por ocasião da entrega, deverá comprovar a origem de bens importados e a quitação dos tributos de importação a eles referentes, sob pena de rescisão contratual e multa O fornecedor deverá entregar os materiais de acordo com a marca/modelo indicados na proposta Excepcionalmente, será admitida a entrega de materiais de marca/modelo diferente dos cotados por ocasião da licitação, mediante justificativa devidamente acolhida por este TRE., 9. O pagamento será efetuado cot)forme as estipulações constantes no item 14 do edital., 10. O fornecedor obriga-se a manter, durante a vigência desta Ata de Registro de Preços as condições de habilitação exigidas na licitação, sujeitando-se, na inobservância, às penalidades constantes no item 15 do edital 11. As sanções para casos de eventuais inadimplementos estão elencadas no item 15 do edital licitatório. 12. A Ata de Registro de Preços poderá sofrer alterações, e no art. 12 do Decreto n /2001.., 4 obedecidas as disposições contidas no art. 65 da Lei n /1993 r

5 13. O fornecedor terá seu registro cancelado quando: a) descumprir as condições da Ata de Registro de Preços;, " b) não retirar a respectiva nota de empenho ou instrumento equivalente, no prazo estabelecido pela Administração, sem justificativa aceitável; c) não aceitar reduzir o seu preço registrado, na hipótese de este se tornar superior àqueles praticados no mercado; e d) tiver presentes razões de interesse público O cancelamento de registro, nas hipóteses previstas, assegurados o contraditório e a ampla defesa, será formalizado por despacho da autoridade competente deste Tribunal O fornecedor poderá solicitar o cancelamento do seu registro de preço na ocorrência de fato superveniente que venha comprometer a perfeita execução contratual, decorrentes de caso fortl.-!itoou de força maior devidamente comprovados O fornecimento. objeto da presente Ata.de Registro"de Preços, obedecerá ao estipulado neste instrumento, bem como. às:, disposições do edital do Pregão n. 51/2011, além das'disposições constantes da proposta apresentada pelo fornecedor, que independentemente de transcrição, fazem parte integrante e complementar deste documento, no que não o contrarie. 15. Faz parte desta ata o Anexo I - Especificações e características do objeto. E, por estarem justos e contratados, foi lavrado o presente instrumento. em 02 (duas) vias de igual teor e forma, que, após lido e achado conforme vai assinado pelas partes. '. egre,:2.(, de ))a.""",lp,.~. de r. Diretor-Ge ai, PeloTRE,S. Srs. Francisco Ro Pela EMPRESA. Paulo Bonamlco no.isco Roberto Françoso e~~f9l'~ijlb Bona~.t.!.tol.oP'J1"tlfPl_"" 5 ComI. J r. Mm. Dir. Proc.

6 RIO GRANDE 00 SUL ANEXO I DA ATA DE REGISTRO DE PREÇOS ESPECIFICAÇÕES E CARACTERíSTICAS DO OBJETO Item 1 - Ferramenta de Administração de ativos de rede compatível com o core Cisco Calalysl Características básicas Prover interface grafica para administração centralizada; Prover a administração de todas as funcionalidades do Core de rede atual da série Cisco Catalyst 6500, composto pelos módulos descritos a seguir e identificados pelos respectivos pari numbers: WS-X6148A-GE-TX= (Catalyst port 10/100/1000 w/jumbo Frame, RJ-45); WS-SUP32.GE-3B= (Cisco Catalyst 6500 Series Supervisor Engine 32 with 8 ports Gigabít Ethernet, PFC3B, and MSFC2A); WS-X6548-GE-TX= (Cisco Catalyst 6500 Series 48-Port 10/100/1000 RJ-45 Cisco Express Forwarding 256 Interface MOdule); Permitir, no mínimo, 3 acessos remotos simultâneos; Permitir gerenciamento/administração local e remota de, no mínimo, 250 ativos; Permitir a criação de grupos de equipamentos específicos (por localidade); Podera ser composta por módulos integraveis, que permitam uma visualização grafica e configuração remota de todos os equipamentos propostos, coleta de estatísticas SNMP bem como apresentação da topologia da rede através de mapas; Permitir a descoberta de switches a serem gerenciados baseada em range de endereçamento IP ou em endereço de sub-rede; Permitir a classificação dos switches descobertos por família de produtos e sub-rede IP. Entende-se como família de produtos, equipamentos que possuam as mesmas features, utilizem-se do mesmo firmware e versão, variando apenas características físicas como por exemplo densidade de portas; Possuir licenciamento para gerenciamento de, no mínimo, 50(cinquenta) equipamentos Configuração Permitir a atualização de firmware de um ou vários equipamentos simultaneamente; Possibilitar a reinicialização de um ou vários equipamentos simultaneamente; Possibilitar a instalação de arquivos de configuração de um ou vários equipamentos; Permitir a configuração de VLANs em grupos de portas de um equipamento ou em múltiplos equipamentos;, Permitir a configuração remota dos padrões IEEE 802.1w e IEEE 802.1s; '. r 6

7 1.2.6 Possuir capacidade de realizar backup e restore das configurações dos switches; Permitir o agendamento de tarefas que deverão ser executadas Gerenciamento Implementar monitoramento através dos protocolos SNMPv1, SNMPv2c e SNMPv3; Compatibilidade com as MIBs I e 11; Implementar monitoramento de desempenho via RMON ou sflow, com gráficos em tempo real; Prover gerenciamento de dispositivos físicos, sendo capaz de coletar estatísticas e apresentá-ias em forma de gráficos; Permitir que se visualize graficamente os equipamentos de rede gerenciados (inclusive com o recurso de expanded view, ou agrupamento de equipamentos por site) e a topologia da rede; Verificar o estado operacional dos equipamentos ativos de rede. Deverão ser reconhecidos os seguintes estados operacionais: ativo e inativo; Permitir a visualização do status de cada porta bem como habilitá-ia ou desabilitá-la; Permitir a comparação da configuração atual do equipamento com a que está armazenada no software e reportar quaisquer discrepâncias existentes Relatórios Prover um inventário detalhado e organizado por tipo de equipamento, em tela, na forma de relatório ou através de exportação de dados; Catalogar os atributos de cada equipamento; Informar a data e hora que a última configuração foi salva, em tela, na forma de relatório ou através de exportação de dados;, Permitir a impressão, exportação e filtragem de alarmes e eventos; Possuir capacidade de geração de relatórios de inventário de rede e utilização de portas dos switches. Item 2 - Pacote de licenças para a ferramenta de administração do item 1 para 100 equipamentos 2.1 Pacote de licenças para a ferramenta de administração do item 1 para 100 equipamentos. Item 3 Pacote de licenças para a ferramenta de administração do item 1 para 50 equipamentos 3.1 Pacote de licenças para a ferramenta de administração do item 1 para 50 equipamentos. Item 4: 'Switch Layer Características básicas Deve possuir vinte e oito portas divididas em: 7

8 Vinte e quatro interfaces Fast Ethernet 10/100 Base-T ativas simultaneamente; Duas interfaces com dupla personalidade 10/100/1000 Base- T ou 1000Base-X uma ativa por vez; Deve possibilitar suporte a fonte redundante externa; Fonte de alimentação interna de 100/240 V, frequência entre 50 e 60 Hz, com chaveamento automático; O switch layer 2 deverá ser suportado e gerenciado pela ferramenta descrita no item Desempenho Deve suportar capacidade de encaminhamento de 16 Gbps; Deve suportar taxa de transferência de 6,5 Mpps; Deve suportar capacidade para armazenar 8 mil endereços MAC; Deve suportar no minimo 64 VLANS; Deve suportar 32 MB de memória Flash; Deve suportar 64 MB de memória DRAM Conectividade Deve suportar Link Aggregation Control Protocol (LACP) de acordo com a norma IEEE 802.3ad; Deve suportar no minimo 8 interfaces por Agregação de Link; Deve suportar no mínimo 6 grupos de Agregação de Links; Deve suportar Automatic Media Dependent Interface Crossover (MDIX); Deve suportar Auto-negociação em todas as portas; Deve suportar UniDirectional Link Detection (UDLD) ou similar Segurança Implementar autenticação por porta conforme padrão IEEE 802.1X; Suportar múltiplos usuários (suplicantes) por porta quando utilizando o mecanismo de autenticação por porta; Implementar cliente RADIUS; Implementar mecanismo de associação automática de VLANs baseado no protocolo RADIUS (IEEE 802.1X VLAN Assignment); Implementar mecanismo de contabilização através do RADIUS Accounting; Deve ter capacidade de configuração estática de endereço MAC Address; Deve permitir a criação de Access Lists com parâmetros: MAC, endereço IP origem e destino e porta TCPIUDP origem e destino; Deve suportar port security através de MAC Funcionalidades Deve suportar Dynamic Host Configuration Protocol (DHCP); Deve suportar Local Proxy Address Resolution Protocol (ARP); Deve suportar Internet Group Management Protocol (IGMP) v1 e v2; Deve suportar Per-Port Broadcast, Multicast e Unicast Storm Control; Deve suportar Voice VLAN; Deve suportar Trivial File Transfer Protocol (TFTP);.~.,iJ~v ~ _.' c" ( 8 ~

9 4.5.7 Deve suportar l1ming Network Protocol NTP; Deve suportar MAC Auth Bypass (MAB); Deve possuir capacidade para limitar quantidade de MAC Adress; Deve suportar Secure Shell (SSH); Deve suportar 802.1s IEEE / w Rapid Spanning Tree Protocol (RSTP) e Multiple Spanning Tree Protocol (MSTP); Deve suportar Per VLAN Rapid Spanning Tree (PVRST +); Deve implementar 64 instâncias de Spanning Tree; Deve implementar MAC address notification; Deve suportar Class 01 Service (CoS) p; Deve suportar Shaped Round Robin (SRR); Deve implementar Weighted Taii Drop (WTD) como mecanismo de prevenção de congestionamento Gerenciamento Suportar gerenciamento via SNMP v1, v2c e v3; Deve suportar pelo menos 4 grupos de RMON com as seguintes funcionalidades: estatísticas, histórico, alarmes e eventos; Implementar espelhamento de portas (port mirroring) bidirecional com espelhamento simultâneo de TX e RX por porta; Configuração in-band via WEB; Configuração in-band via SNMP (v1, v2c e v3); Configuração in-band via SSHv2; Configuração in.band via Telnet; Configuração in-band através de interface de linha de cemando (CU); Configuração out-of-band por meio de conexão serial direta a uma porta de console específica, RS-232 ou RJ-45 e interface de linha de comando (CU); Permitir o armazenamento de mais de uma configuração do equipamento; Permitir atualização de software via conexão TFTP e via porta de gerência out-of-band; Upload e downioad da configuração através do protocolo TFTP; Implementar cliente NTP (Network Time Protocel). Ilem 5 - Swilch Layer Características básicas Deve possuir vinte e oito interfaces ativas distribuídas: Vinte e quatro interfaces Ethernet 10/100/1000 Base- T; No minimo quatro interfaces 1000Base-X do tipo SFP cem suporte a instaiação de mini-gbics 1000Base-SX ou 1000Base-LX homologados pelo fabricante; Capacidade futura através de inserção ou troca de módulo para 4 interfaces sendo duas interfaces 10 GbE e duas interfaces GbE; Deve suportar fonte redundante de maneira modular, interna e hotswappable; Deve suportar ventiladores (fans) de maneira modular, interna e hotswappable; c 9

10 5.1.5 O switch layer 3 deverá ser suportado e gerenciado pela ferramenta descrita no item Desempenho Deve suportar capacidade de encaminhamento de 160 Gbps; Deve suportar taxa de transferência de 65,5 Mpps; Deve suportar capacidade para armazenar no mínimo 12 mil endereços MAC; Deve suportar no minimo 1000 VLANS ativas; Deve suportar no minimo 4000 VLANS IDs; Deve possuir 64 MS de memória Flash; Deve possuir 256 MB de memória DRAM; Deve suportar Jumbo Frame de até 9216 Bytes Conectividade Suportar empilhamento de no mínimo 9 switches; Throughput do empilhamento de 64 Gbps através de cabo especifico; Deve suportar Link Aggregation Control Protocol (LACP) de acordo com a norma IEEE 802.3ad; Deve suportar no mínimo 8 interfaces por Agregação de Link; Deve suportar no minimo 48 grupos de Agregação de Link por switch ou por empilhamento; Deve suportar Automatic Media Dependent Interface Crossover (MDIX); Deve suportar Auto~negociação em todas as portas; Deve suportar UniDirectional Link Detection (UDLD) ou similar. 5.4.Segurança Implementar autenticação por porta conforme padrão IEEE 802.1X; Suportar múltiplos usuários (suplicantes) por porta quando utilizando o mecanismo de autenticação por porta; Implementar cliente RADIUS; Implementar mecanismo de associação automática de VLANs baseado no protocolo RADIUS (IEEE X VLAN Assignment); Implementar mecanismo de contabilização através do RADIUS Accounting; Deve ter capacidade de configuração estática de endereço MAC Address; Deve permitir a criação de Access Lists com parâmetros: MAC, endereço IP origem e destino e porta TCP/UDP origem e destino; Deve suportar VLANs privadas; Deve suportar BPDU Guard; Deve suportar ao protocolo IEEE 802.1AE (MACsec); Deve suportar configuração de VLAN ACLs; Deve suportar Spanning Tree Root Guard (STRG) Funcionalidades Deve suportar Dynamic Host Configuration Protocol (DHCP); Deve suportar Local Proxy Address Resolution Protocol (ARP); Deve suportar Internet Group Management Protocol (IGMP) v1 e v2; 10

11 5.5.4 Deve suportar Per-Port Broadcast, Multicast e Unicast Storm Control; Deve suportar Voice VLAN; Deve suportar Trivial File Transfer Protocol (TFTP); Deve suportar Timing Network Protocol (NTP) ou SNTP; Deve suportar MAC Auth Bypass (MAB); Deve possuir capacidade para limitar. quantidade de MAC Adress; Deve suportar Secure Shell (SSH); Deve suportar 802.1s IEEE / w Rapid Spanning Tree Protocol (RSTP) e Multiple Spanning Tree Protocol (MSTP); Deve suportar Per VLAN Rapid Spanning Tree (PVRST +); Deve implementar MAC address notification; Deve suportar Class of Service (CoS) 802.1p; Deve suportar Shaped Round Robin (SRR); Deve implementar Weighted Tail Drop (WTD) como mecanismo de prevenção de congestionamento; Deve suportar Rate~Limiting baseado em MAC, endereço IP origem e destino e porta TCP/UDP origem e destino; Deve implementar suporte a configuração automática de aos; Deve suportar Unicast Reverse Path Forwarding; Deve suportar protocolos de roteamento no nivel 3, com suporte a rotas estáticas, suporte ao Protocolo de Roteamento da informação (RIP) v1/v2, suporte ao Open Shortest Path First (OSPF) v1/v2/v3, suporte ao Classless Inter-Domain Routing (CIDR), suporte ao Internet Control Message Protocol (ICMP), suporte ao ICMP Router Discover Protocol (IRDP), suporte ao Virtual Redundant Routing Protocol (VRRP), suporte ao Address Resolution Protocol (ARP), e suporte ao Distance-Vector Multicast Routlng Protocol (DVMRP); deve suportar roteamento estático, RIPv1, RIPv2, RIPng e EIGRP stub; Deve implementar Multicast VLAN Registration (MVR); O empilhamento deve suportar upgrade de software automático através do switch master configurado no stack Gerenciamento Suportar gerenciamento via SNMP v1, v2c e v3; Deve suportar pelo menos 4 grupos de RMON com as seguint~s funcionalidades: estatisticas, histórico, alarmes e eventos; Implementar espelhamento de portas (port mirroring) bidirecional com espelhamento simultâneo de TX e RX por porta; Configuração in-band via WEB; Configuração in-band via SNMP (v1, v2c e v3); Configuração in-band via SSHv2; Configuração in-band via Telnet; Configuração in-band atravás de interface de linha de comando (CLI); Configuração out-of-band por meio de conexão direta a uma porta de console específica, RS-232 ou USB; Permitir o armazenamento de mais de uma configuraçãq do equipamento; (2 n -,.~. ~'.t' - I ' ; 11 c Y).~

12 ,,,, TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL Permitir atualização de software via conexão TFTP e via porta de gerência out-of-band; Upload e download da configuração através do protocolo TFTP; Implementar cliente NTP (Network Time Protocol) ou SNTP (Simple Network nme Protocol) ~-... ~

Switch de Acesso Fast Ethernet Modelo de Referência - Cisco SRW224G4

Switch de Acesso Fast Ethernet Modelo de Referência - Cisco SRW224G4 Switch de Acesso Fast Ethernet Modelo de Referência - Cisco SRW224G4 Switch Fast Ethernet com as seguintes configurações mínimas: capacidade de operação em camada 2 do modelo OSI; 24 (vinte e quatro) portas

Leia mais

Switch de Borda - 48 portas de 1 Gbps

Switch de Borda - 48 portas de 1 Gbps CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA CELSO SUCKOW DA FONSECA Switch de Borda - 48 portas de 1 Gbps Especificações Técnicas Característica/Configurações/Requisitos mínimos: Descrição do Material Switch

Leia mais

SWITCH CORE 1.1. - Chassi/Slots. 1.2. - Controle

SWITCH CORE 1.1. - Chassi/Slots. 1.2. - Controle SWITCH CORE 1.1. - Chassi/Slots 1.1.1. Deve possuir no mínimo 06 slots para inserção de módulos de I/O, ou seja, 06 além dos slots para supervisoras; 1.1.2. Deve vir acompanhado de kit de suporte específico

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA. implantação e conectividade da rede de dados da EBSERH. 3 Módulo e cabo stack para switch de borda 12

TERMO DE REFERÊNCIA. implantação e conectividade da rede de dados da EBSERH. 3 Módulo e cabo stack para switch de borda 12 TERMO DE REFERÊNCIA I DEFINIÇÃO DO OBJETO O presente Projeto Básico tem por objeto a aquisição de equipamentos para implantação e conectividade da rede de dados da EBSERH. ITEM DESCRIÇÃO QUANTIDADE 1 Switch

Leia mais

SWITCH DE BORDA CAMADA 2 24 PORTAS GIGABIT RJ-45 SEM POE E 2 PORTAS 10 GIGABITS PARA FIBRA. Subitem Característica Especificação Exigência

SWITCH DE BORDA CAMADA 2 24 PORTAS GIGABIT RJ-45 SEM POE E 2 PORTAS 10 GIGABITS PARA FIBRA. Subitem Característica Especificação Exigência SWITCH DE BORDA CAMADA 2 24 PORTAS GIGABIT RJ-45 SEM POE E 2 PORTAS 10 GIGABITS PARA FIBRA Subitem Característica Especificação Exigência CONEXÕES DESEMPENHO 1.1 Portas RJ-45 1.2 Portas GBIC 1.3 Autoconfiguraçã

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA. Item I Switch Tipo 1 10/100 Mbps Layer 2 24 Portas

TERMO DE REFERÊNCIA. Item I Switch Tipo 1 10/100 Mbps Layer 2 24 Portas TERMO DE REFERÊNCIA Item I Switch Tipo 1 10/100 Mbps Layer 2 24 Portas Deve ser montável em rack padrão EIA 19 (dezenove polegadas) e possuir kits completos para instalação; Deve possuir, no mínimo, 24

Leia mais

ANEXO I - TERMO DE REFERÊNCIA

ANEXO I - TERMO DE REFERÊNCIA 1.UNIDADE REQUISITANTE: ETICE 2. DO OBJETO: ANEXO I - TERMO DE REFERÊNCIA 2.1. Registro de preços para futuras e eventuais aquisições de EQUIPAMENTOS DE REDE CORPORATIVOS ( SWITCHS e ACESSÓRIOS), todos

Leia mais

1. Os dados relativos ao fornecedor e aos itens registrados estão

1. Os dados relativos ao fornecedor e aos itens registrados estão ! I --,-------------.",.=... -------------, ATA DE REGISTRO DE PREÇOS PREGÃO N. 33/2011 PROCESSO N. 2690/2011 O DO RIO GRANDE DO SUL, Órgão do Poder Judiciário Federal, sediado em Porto Alegre- RS, na

Leia mais

Especificação Técnica

Especificação Técnica Especificação de Referência Switch de Borda Alguns itens apresentam opções de configuração, refletindo nos aspectos originais de preço e características da máquina Código do Material Descrição do Material

Leia mais

PEDIDO DE COTAÇÃO - ANEXO I

PEDIDO DE COTAÇÃO - ANEXO I Folha: 0001 001 111586 Nobreak Senoidal de Dupla Conversão de no mínimo 3.0 KVa 1. Todos os equipamentos deverão ser novos de primeiro uso e estar na linha de produção atual do fabricante; 2. A garantia

Leia mais

Especificaça o Te cnica

Especificaça o Te cnica Especificaça o Te cnica Esta especificação técnica tem como objetivo possibilitar a implantação da infraestrutura de rede lógica (nível de acesso) na nova sede da DME Distribuição. A solução deverá ser

Leia mais

TRIBUJ\'AL REGIOJ\'AL ELEITORAL RIO GRANDE DO SUL

TRIBUJ\'AL REGIOJ\'AL ELEITORAL RIO GRANDE DO SUL TRIBUJ\'AL REGIOJ\'AL ELEITORAL ATA DE REGISTRO DE PREÇOS I PREGÃO N. 33/2011 PROCESSO N. 2690/2011 O TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO RIO GRANDE DO SUL, Órgão do Poder Judiciário Federal, sediado em Porto

Leia mais

Por ser uma funcionalidade comum a diversos switches de mercado, sugerimos adicionar os seguintes requisitos:

Por ser uma funcionalidade comum a diversos switches de mercado, sugerimos adicionar os seguintes requisitos: ((TITULO))ATA DA CONSULTA PÚBLICA N.º 10/2014 (PERGUNTAS E RESPOSTAS) A ATA REGISTRO PREÇOS FUTURA E EVENTUAL AQUISIÇÃO SWITCH ÓPTICA E SWITCH BORDA A ADMINISTRAÇÃO DIRETA E INDIRETA DO MUNICÍPIO SÃO PAULO

Leia mais

Especificação de Referência Switch de Acesso I

Especificação de Referência Switch de Acesso I 1 Especificação de Referência Switch de Acesso I Código do Objeto Descrição do Objeto Aplicação do Objeto Data da Especificação de Referência Validade da Especificação de Referência AC0000045 Switch de

Leia mais

1. LOTE 1 SWITCH REDE OPTICA

1. LOTE 1 SWITCH REDE OPTICA 1. LOTE 1 SWITCH REDE OPTICA Switch de 10 portas, Quantidade unidades. 1.1.1. Deve ser montável em rack padrão EIA 19 (dezenove polegadas) e possuir kits completos para instalação e deve ocupar uma unidade

Leia mais

Switch com mínimo de 24 portas 10/100Mbps (Ethernet/Fast- Ethernet) ou velocidade superior em conectores RJ45 - POE

Switch com mínimo de 24 portas 10/100Mbps (Ethernet/Fast- Ethernet) ou velocidade superior em conectores RJ45 - POE Switch com mínimo de 24 portas 10/100Mbps (Ethernet/Fast- Ethernet) ou velocidade superior em conectores RJ45 - POE Especificações Técnicas Mínimas: 1. O equipamento deve ter gabinete único para montagem

Leia mais

Construção do Fórum Da Comarca de RIO LARGO - AL

Construção do Fórum Da Comarca de RIO LARGO - AL REFERENTE: CONTRUÇÃO DO FÓRUM DE RIO LARGO -AL Construção do Fórum Da Comarca de RIO LARGO - AL ESPECIFICAÇÕES PARA AQUISIÇÃO DOS EQUIPAMENTOS DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO. Especificação SWITCH DE 24 PORTAS

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA AQUISIÇÃO

TERMO DE REFERÊNCIA AQUISIÇÃO TERMO DE REFERÊNCIA AQUISIÇÃO DE SWITCHES NÍVEL 2 MARÇO / 2009 RQ DERE 005/2009 Termo de Referência Aquisição de Switches Nível 2 1 / 22 HISTÓRICO DE REVISÕES DATA VERSÃO DESCRIÇÃO AUTOR 26/01/2009 1 Criação

Leia mais

TERMO DE REFERENCIA 1 - OBJETO

TERMO DE REFERENCIA 1 - OBJETO TERMO DE REFERENCIA 1 - OBJETO Contratação de empresa especializada para fornecimento de equipamentos e instalação de Ativos de Rede, destinados à ampliação da infraestrutura física e lógica da Procuradoria

Leia mais

MARÇO / 2009 AQUISIÇÃO DE SWITCHES NÍVEL 2. Diretoria de Infraestrutura de TIC DIT. Departamento de Redes de Telecomunicações DERE

MARÇO / 2009 AQUISIÇÃO DE SWITCHES NÍVEL 2. Diretoria de Infraestrutura de TIC DIT. Departamento de Redes de Telecomunicações DERE TERMO DE REFERÊNCIA AQUISIÇÃO DE SWITCHES NÍVEL 2 MARÇO / 2009 RQ DERE 005/2009 Termo de Referência Aquisição de Switches Nível 2 1 / 20 HISTÓRICO DE REVISÕES DATA VERSÃO DESCRIÇÃO AUTOR 26/01/2009 1 Criação

Leia mais

ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 067/2013

ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 067/2013 ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 067/2013 No dia 06 (seis) do mês de novembro de 2013 (dois mil e treze), o MUNICÍPIO DE ANGRA DOS REIS, pessoa jurídica de direito público interno, inscrito no CNPJ sob o nº

Leia mais

Aditamento nº 01 Pregão Eletrônico nº 15/01526 Objeto: CELESC DISTRIBUIÇÃO S/A - Aquisição de Ativos de Rede. Data: 04/05/2015

Aditamento nº 01 Pregão Eletrônico nº 15/01526 Objeto: CELESC DISTRIBUIÇÃO S/A - Aquisição de Ativos de Rede. Data: 04/05/2015 Aditamento nº 01 Pregão Eletrônico nº 15/01526 Objeto: CELESC DISTRIBUIÇÃO S/A - Aquisição de Ativos de Rede. Data: 04/05/2015 1. Por meio deste aditamento, inserimos o Anexo I Especificações Técnicas.

Leia mais

Expansão da rede local do CSS Equipamentos para Blocos do Sesc/DN

Expansão da rede local do CSS Equipamentos para Blocos do Sesc/DN Expansão da rede local do CSS Equipamentos para Blocos do Sesc/DN Objeto: Aquisição de infraestrutura de Tecnologia da Informação (TI) para expansão da rede loca do CSS (aumento de pontos de rede) em atendimento

Leia mais

EDITAL DE LICITAÇÃO PREGÃO PRESENCIAL SESC/MS N.º 016/2012 - PG

EDITAL DE LICITAÇÃO PREGÃO PRESENCIAL SESC/MS N.º 016/2012 - PG EDITAL DE LICITAÇÃO PREGÃO PRESENCIAL SESC/MS N.º 016/2012 - PG O SERVIÇO SOCIAL DO COMÉRCIO Administração Regional no Estado do Mato Grosso do Sul, entidade de direito privado, sem fins lucrativos, comunica

Leia mais

ANEXO I ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA 1. HARDWARE DO APPLIANCE

ANEXO I ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA 1. HARDWARE DO APPLIANCE Aquisição de Solução de Criptografia para Backbone da Rede da Dataprev ANEXO I ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA 1. HARDWARE DO APPLIANCE 1.1 Cada appliance deverá ser instalado em rack de 19 (dezenove) polegadas

Leia mais

DmSwitch 3000 Series maio de 2015

DmSwitch 3000 Series maio de 2015 DmSwitch 3000 Series maio de 2015 DmSwitch 3000 Metro Ethernet Series A linha de produtos DmSwitch 3000 oferece soluções confiáveis de alto desempenho para ambientes Metro Ethernet LAN e Redes Corporativas.

Leia mais

ATA DE REGISTRO DE PREÇOS ATA Nº 103/2010

ATA DE REGISTRO DE PREÇOS ATA Nº 103/2010 PROCESSO Nº 000386/2010-61 PREGÃO ELETRÔNICO SRP Nº 060/2010 Fornecedor: Maurício Ruthes - ME C N P J: 09.465.579/0001-32 ATA DE REGISTRO DE PREÇOS ATA Nº 103/2010 Endereço: Av. Senador Salgado Filho,

Leia mais

REGISTRO DE PREÇOS. diovany@worklink.inf.br Diretor Comercial (61) 8538-3245

REGISTRO DE PREÇOS. diovany@worklink.inf.br Diretor Comercial (61) 8538-3245 REGISTRO DE PREÇOS Diovany Moreira Diovany Moreira diovany@worklink.inf.br Diretor Comercial (61) 8538-3245 HISTÓRICO DA EMPRESA Conectividade Armazenamento de dados Segurança Telecomunicações SISTEMA

Leia mais

Switch Central de Grande Porte

Switch Central de Grande Porte Switch Central de Grande Porte GERAL 1. Estrutura de chassi modular, para instalação em gabinete padrão EIA 19, e kit completo de instalação. Os equipamentos ofertados deverão vir acompanhados de kits

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA. Switch Tipo 1: Switch fast-ethernet 24 portas FE 100BASE-TX, 2 portas 1GbE 1000BASE-T, 2 portas 1GbE SFP;

TERMO DE REFERÊNCIA. Switch Tipo 1: Switch fast-ethernet 24 portas FE 100BASE-TX, 2 portas 1GbE 1000BASE-T, 2 portas 1GbE SFP; TERMO DE REFERÊNCIA 1. OBJETO Fornecimento de Switches, Módulos transceiver e Cordões Óticos. LOTE 1 Item Descrição 1.1 Switch Tipo 1: Switch fast-ethernet 24 portas FE 100BASE-TX, 2 portas 1GbE 1000BASE-T,

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO RIO DE JANEIRO

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO RIO DE JANEIRO PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO RIO DE JANEIRO ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 73 REGISTRO DE PREÇOS Nº 88/2009 VINCULADA AO PREGÃO ELETRÔNICO POR Aos do ano de 2009, a União Federal, por

Leia mais

Termo de Referência Tecnologia da Informação

Termo de Referência Tecnologia da Informação Termo de Referência Tecnologia da Informação TERMO DE REFERÊNCIA PARA AQUISIÇÃO DE EQUIPAMENTOS DE TI E LICENÇAS. GERENCIA DE ASSUNTOS ESTRATÉGICOS JULHO/2015 CDG CAE 01/2015 1. DO OBJETO Aquisição de

Leia mais

PREGÃO ELETRÔNICO Nº 13/2012-SALC. Empresa: BERGAMO & CAVALCANTE INFORMATICA LTDA ME. Prezado(a) Sr(a) Giancarlo Bergamo Cecilio,

PREGÃO ELETRÔNICO Nº 13/2012-SALC. Empresa: BERGAMO & CAVALCANTE INFORMATICA LTDA ME. Prezado(a) Sr(a) Giancarlo Bergamo Cecilio, POR FAVOR NÃO IMPRIMA ESTA PÁGINA. GRATO!!!!! PREGÃO ELETRÔNICO Nº 13/2012-SALC Curitiba, PR, 05 de NOVEMBRO de 2012. Empresa: BERGAMO & CAVALCANTE INFORMATICA LTDA ME CNPJ: 11.195.926/0001-04 e-mail:

Leia mais

Switch de borda L3 com 48 portas, sendo 2 portas de 10Gbps

Switch de borda L3 com 48 portas, sendo 2 portas de 10Gbps Switch de borda L3 com 48 portas, sendo 2 portas de 10Gbps ARQUITETURA 1. Permitir instalação em gabinete de 19" (dezenove polegadas). 2. LEDs de identificação de atividades de status do sistema, de cada

Leia mais

Sumário 1 Introdução... 19 2 O Modelo OSI... 33

Sumário 1 Introdução... 19 2 O Modelo OSI... 33 Sumário 1 Introdução... 19 1.1 Um Resumo da História da Cisco Systems... 19 1.2 Sobre a Certificação Cisco Certified Network Associate CCNA Routing and Switching (R&S)... 20 1.2.1 Por que Tornar-se um

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO RIO DE JANEIRO

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO RIO DE JANEIRO PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO RIO DE JANEIRO ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 29 VINCULADA AO PREGÃO ELETRÔNICO POR REGISTRO DE PREÇOS Nº 33/2009 Aos vinte e um dias do mês de setembro do

Leia mais

Modelo de referência OSI. Modelo TCP/IP e Internet de cinco camadas

Modelo de referência OSI. Modelo TCP/IP e Internet de cinco camadas Modelo de referência OSI. Modelo TCP/IP e Internet de cinco camadas Conhecer os modelo OSI, e TCP/IP de cinco camadas. É importante ter um padrão para a interoperabilidade entre os sistemas para não ficarmos

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA SWITCHES

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA SWITCHES ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA SWITCHES 1 SWITCH Todos os switches objeto deste fornecimento deverão ser do mesmo fabricante e serem entregues com todas as licenças de software necessárias à implementação de todos

Leia mais

APRESENTAÇÃO DE SISTEMA DE REGISTRO DE PREÇOS PARA EQUIPAMENTOS DE ACELERADORES WAN

APRESENTAÇÃO DE SISTEMA DE REGISTRO DE PREÇOS PARA EQUIPAMENTOS DE ACELERADORES WAN APRESENTAÇÃO DE SISTEMA DE REGISTRO DE PREÇOS PARA EQUIPAMENTOS DE ACELERADORES WAN Prezados Senhores, A Control Teleinformática Ltda. é uma empresa Grupo Mahvla, nacional, que foi criada para atender

Leia mais

ÓRGÃO: UASG: ENDEREÇO DE ENTREGA: RESPONSÁVEL TÉCNICO:

ÓRGÃO: UASG: ENDEREÇO DE ENTREGA: RESPONSÁVEL TÉCNICO: ÓRGÃO: UASG: ENDEREÇO DE ENTREGA: RESPONSÁVEL TÉCNICO: GRUPO 1 Item Quant. Descrição item R$ unitário R$ total 01 123 SWITCH TIPO 01: Equipamento tipo Switch Gigabit Ethernet com capacidade de operação

Leia mais

HP Router Advanced Implementation

HP Router Advanced Implementation HP Router Advanced Implementation Dados técnicos O HP Router Advanced Implementation tem como objetivo, baseado na entrevista para coleta de informações junto ao Cliente e na análise dos equipamentos existente,

Leia mais

Capítulo I DO OBJETO. LOTE ITEM DESCRIÇÃO UNIDADE QUANT 1 1 Switch 24 portas gerenciável

Capítulo I DO OBJETO. LOTE ITEM DESCRIÇÃO UNIDADE QUANT 1 1 Switch 24 portas gerenciável PODER JUDICIÁRIO FEDERAL TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO CEARÁ COORDENADORIA DE LICITAÇÕES E CONTRATOS PREGÃO ELETRÔNICO N.º 77/2013 Processo TRE/CE n.º 73.243/2013 O Tribunal Regional Eleitoral do Ceará,

Leia mais

158499.142013.61893.4249.2666355912.198

158499.142013.61893.4249.2666355912.198 158499.142013.61893.4249.2666355912.198 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA EXECUTIVA SUBSECRETARIA DE PLANEJAMENTO E ORÇAMENTO Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sertão Pernambucano

Leia mais

((TITULO))ATA DA CONSULTA PÚBLICA N.º 03/2009 (PERGUNTAS) AQUISIÇÃO DE SWITCH DE DISTRIBUIÇÃO DE 192 PORTAS

((TITULO))ATA DA CONSULTA PÚBLICA N.º 03/2009 (PERGUNTAS) AQUISIÇÃO DE SWITCH DE DISTRIBUIÇÃO DE 192 PORTAS ((TITULO))ATA DA CONSULTA PÚBLICA N.º 03/2009 (PERGUNTAS) AQUISIÇÃO DE SWITCH DE DISTRIBUIÇÃO DE 192 PORTAS ((TEXTO)) Aos 15 (quinze) dias do mês de junho de dois mil e nove, às 14:00 hs, na sede da Empresa

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA TR Pregão Eletrônico nº 018/2011. 2.1 - SWITCHES TIPO A - Camada Núcleo da Rede Campus e Data Center

TERMO DE REFERÊNCIA TR Pregão Eletrônico nº 018/2011. 2.1 - SWITCHES TIPO A - Camada Núcleo da Rede Campus e Data Center TERMO DE REFERÊNCIA TR Pregão Eletrônico nº 018/2011 Anexo I 1 DO OBJETO 1.1 - Prestação de serviços de infraestrutura tecnológica de conectividade e de segurança lógica, com fornecimento de equipamentos

Leia mais

2.3. Endereço: Avenida Presidente Vargas, 1012, Rio de Janeiro - RJ. 2.7. Responsáveis: Jorge Luís da Silveira; Maria Teresa Outeiro de Azevedo Lima

2.3. Endereço: Avenida Presidente Vargas, 1012, Rio de Janeiro - RJ. 2.7. Responsáveis: Jorge Luís da Silveira; Maria Teresa Outeiro de Azevedo Lima ATA DE REGISTRO DE PREÇOS nº 10/2013 CGTI/DPF A UNIÃO FEDERAL, através da COORDENAÇÃO GERAL DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DO /MJ, localizada no SPO (Setor Policial), Lote 07, Edifício 23, CEP: 70.610-902,

Leia mais

2.1 Perímetro com a WAN

2.1 Perímetro com a WAN ANEXO I. Projeto Básico 1 ESCOPO O escopo desse projeto é implementar soluções de switch core, switch de borda, sistema de controle de acesso à rede, access points, sistemas de gerenciamento wireless,

Leia mais

APRESENTAÇÃO ATA DE REGISTRO DE PREÇOS DE SWITCHES BRB EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO PARA REGISTRO DE PREÇOS Nº BRB 2013/010

APRESENTAÇÃO ATA DE REGISTRO DE PREÇOS DE SWITCHES BRB EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO PARA REGISTRO DE PREÇOS Nº BRB 2013/010 APRESENTAÇÃO ATA DE REGISTRO DE PREÇOS DE SWITCHES BRB EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO PARA REGISTRO DE PREÇOS Nº BRB 2013/010 Brasília-DF, 21 de fevereiro de 2012 Ref.: Apresentação de Sistema de Registro

Leia mais

TRIBUNAL SUPERIOR ELEITORAL SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO PROJETO BÁSICO

TRIBUNAL SUPERIOR ELEITORAL SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO PROJETO BÁSICO TRIBUNAL SUPERIOR ELEITORAL SECRETARIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO PROJETO BÁSICO 1. OBJETIVO Atender a solicitação de aquisição de equipamentos adicionais necessários para o funcionamento do Kit de Identificação

Leia mais

DESPACHO DE HOMOLOGAÇÃO

DESPACHO DE HOMOLOGAÇÃO DESPACHO DE HOMOLOGAÇÃO PROCESSO LICITATÓRIO Nº: 085/2012 PREGÃO PRESENCIAL Nº: 039/2012 OBJETO: FORNECIMENTO PARCELADO DE ATIVOS DE REDE COMPOSTOS POR SWITCHES, CABOS E INTERFACES PARA MANUTENÇÃO E AMPLIAÇÃO

Leia mais

ATA DE REGISTRO DE PREÇOS PREGÃO PRESENCIAL Nº. 017/2015 - SRP

ATA DE REGISTRO DE PREÇOS PREGÃO PRESENCIAL Nº. 017/2015 - SRP ATA DE REGISTRO DE PREÇOS PREGÃO PRESENCIAL Nº. 017/2015 - SRP Aos 27 (vinte e sete) dias de mês de maio do ano de 2015, o Município de Parazinho/RN, CNPJ nº. 08.113.631/0001-29, com sede na Praça Senador

Leia mais

ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 28/2009

ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 28/2009 ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 28/2009 Processo nº: 8478AD/2008 Pregão Eletrônico nº: 001/2009 Validade: 06 (seis) meses, de 19/05/2009 a 18/12/2009 Empresa: AMAZON INFORMÁTICA LTDA End: Av. Conselheiro

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO DE FITOTECA AUTOMATIZADA Substituição dos Silos Robóticos Storagetek 9310

ESPECIFICAÇÃO DE FITOTECA AUTOMATIZADA Substituição dos Silos Robóticos Storagetek 9310 Especificação Técnica 1. A Solução de Fitoteca ofertada deverá ser composta por produtos de Hardware e Software obrigatoriamente em linha de produção do fabricante, não sendo aceito nenhum item fora de

Leia mais

Web Smart Switch DGS-1210-28. Destaques

Web Smart Switch DGS-1210-28. Destaques Destaques Economize energia, economize dinheiro Seja amigável com o planeta e com o seu orçamento; obtenha economias de energia significativas para manter seus custos baixos Gerenciamento Funções avançadas,

Leia mais

HP Network Core Implementation

HP Network Core Implementation HP Network Core Implementation Dados técnicos O serviço HP Network Core Implementation tem como objetivo, através de uma análise técnica no ambiente de rede local, realizar a implementação de uma proposta

Leia mais

SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL - SENAC ADMINISTRAÇÃO REGIONAL NO DISTRITO FEDERAL

SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL - SENAC ADMINISTRAÇÃO REGIONAL NO DISTRITO FEDERAL SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL - SENAC ADMINISTRAÇÃO REGIONAL NO DISTRITO FEDERAL PREGÃO PRESENCIAL PARA SISTEMA DE REGISTRO DE PREÇOS N.º 15/2015 O do Distrito Federal, Senac-DF, por intermédio

Leia mais

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA LOTE 01. Memória RAM mínimo 1GB. Cabo de alimentação. Servidor de impressão integrado. Porta RJ-45 (10/100/1000Base-TX)

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA LOTE 01. Memória RAM mínimo 1GB. Cabo de alimentação. Servidor de impressão integrado. Porta RJ-45 (10/100/1000Base-TX) ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA LOTE 01 Impressora 1. Especificação Tecnologia de impressão: Laser, em Preto & Branco Velocidade da impressão (ISO/IEC 24734): 50 ppm (papel A4) Primeira página impressa (pronto):

Leia mais

EDITAL DE PREGÃO PRESENCIAL OBJETIVANDO A AQUISIÇAO DE SWITCHES

EDITAL DE PREGÃO PRESENCIAL OBJETIVANDO A AQUISIÇAO DE SWITCHES EDITAL DE PREGÃO PRESENCIAL OBJETIVANDO A AQUISIÇAO DE SWITCHES EDITAL DE PREGÃO PRESENCIAL n 15/2006 PRCI Nº 6876/06 DATA DA REALIZAÇÃO: 1/01/2007 HORÁRIO: a partir das 0:30 horas LOCAL: Rua Dona Veridiana,

Leia mais

Termo de Referência. Aquisição de servidores para camada de banco de dados. Diretoria de Infra-Estrutura de TIC DIT

Termo de Referência. Aquisição de servidores para camada de banco de dados. Diretoria de Infra-Estrutura de TIC DIT Termo de Referência Aquisição de servidores para camada de banco de dados. Termo de Referência Aquisição de Servidores Tipo 1A-1B para camada de Banco de Dados / Alta Disponibilidade RQ DEPI nº 11/2009

Leia mais

PREGÃO (ELETRÔNICO) N. 65/2014

PREGÃO (ELETRÔNICO) N. 65/2014 PREGÃO (ELETRÔNICO) N. 65/2014 REGISTRO DE PREÇOS O TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO RIO GRANDE DO SUL - TRE-RS, por intermédio de sua Seção de Licitações, tendo em vista os atos constantes no processo administrativo

Leia mais

ANEXO DO EDITAL ANEXO VI

ANEXO DO EDITAL ANEXO VI ANEXO DO EDITAL ANEXO VI Caderno Técnico de Tecnologia da Informação 1 ÍNDICE 1. Introdução... 7 2. Disposições Gerais... 8 3. Escopo... 9 4. Normas Técnicas e Segurança... 10 4.1. Normas Técnicas Aplicáveis...

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DO RIO GRANDE GABINETE DE COMPRAS E LICITAÇÕES PÚBLICAS ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DO RIO GRANDE GABINETE DE COMPRAS E LICITAÇÕES PÚBLICAS ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA 1. JUSTIFICATIVA DA NECESSIDADE DA CONTRATAÇÃO Para atender a solicitação expressa ao processo digital 30719/2012, AQUISIÇÃO DE EQUIPAMENTOS DE REDE DE DADOS WIRELESS, COM INSTALAÇÃO,

Leia mais

Ministério da Justiça Coordenação Geral de Logística Coordenação de Contratos, Execução Orçamentária e Financeira ATA REGISTRO DE PREÇOS Nº 02 /2014

Ministério da Justiça Coordenação Geral de Logística Coordenação de Contratos, Execução Orçamentária e Financeira ATA REGISTRO DE PREÇOS Nº 02 /2014 PROCESSO Nº 08008.001589/2012-47 PREGAO ELETRÔNICO PARA REGISTRO DE PREÇOS Nº 02/2014 No dia de de 20, a União, por intermédio do Ministério da Justiça, situado na Esplanada dos Ministérios, Bloco T, Anexo

Leia mais

RELAÇÃO DE ITENS - PREGÃO ELETRÔNICO Nº 00008/2015-001 SRP

RELAÇÃO DE ITENS - PREGÃO ELETRÔNICO Nº 00008/2015-001 SRP 26430 - INST.FED.DE EDUC.,CIENC.E TEC.S.PERNAMBUCANO 158149 - INST.FED.EDUC.CIENC.E TEC.SERTãO PERNAMBUCANO RELAÇÃO DE ITENS - PREGÃO ELETRÔNICO Nº 00008/2015-001 SRP 1 - Itens da Licitação 1 - EQUIPAMENTO

Leia mais

TERMO DE ADJUDICAÇÃO. Item 0001

TERMO DE ADJUDICAÇÃO. Item 0001 TERMO DE ADJUDICAÇÃO Às 15:39 horas do dia 13 de março de 2012, o Pregoeiro Oficial da Prefeitura Municipal de Palmas, designado pela portaria 095/2011-GAB/SEFIN após analise da documentação do Pregão

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA ANEXO I

TERMO DE REFERÊNCIA ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA ANEXO I 1. OBJETO 1.1. Registro de preços para eventual aquisição de produtos de informática para infraestrutura de redes da nova sede da Seção Judiciária do Espírito Santo, lote único,

Leia mais

ATA DE REGISTRO DE PREÇOS ( MINUTA )

ATA DE REGISTRO DE PREÇOS ( MINUTA ) ATA DE REGISTRO DE PREÇOS ( MINUTA ) ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº: - TERRACAP PROCESSO Nº: Pregão Presencial Nº: VALIDADE:, a partir da publicação no DODF. Aos dias do mês de do ano de dois mil e treze,

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA FEDERAL NA PARAÍBA ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 04/2012

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA FEDERAL NA PARAÍBA ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 04/2012 1 ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 04/2012 2012-A - JFPB Aos 04 dias do mês de junho do ano de 2012, a UNIÃO FEDERAL, por intermédio da JUSTIÇA FEDERAL DE PRIMEIRO GRAU SEÇÃO JUDICIÁRIA DA PARAÍBA, com sede

Leia mais

Especificação Técnica

Especificação Técnica Especificação de Referência Switches Wireless LAN (Controlador de Rede sem Fio) Alguns itens apresentam opções de configuração, refletindo nos aspectos originais de preço e características da máquina Código

Leia mais

QUESTIONAMENTOS ACERCA DO EDITAL DE LICITAÇÃO DA MODALIDADE PREGÃO ELETRÔNICO Nº 18/2013 Nº DO PROCESSO DE COMPRA/PLANEJAMENTO: 2071022 000044/2013

QUESTIONAMENTOS ACERCA DO EDITAL DE LICITAÇÃO DA MODALIDADE PREGÃO ELETRÔNICO Nº 18/2013 Nº DO PROCESSO DE COMPRA/PLANEJAMENTO: 2071022 000044/2013 QUESTIONAMENTOS ACERCA DO EDITAL DE LICITAÇÃO DA MODALIDADE PREGÃO ELETRÔNICO Nº 18/2013 Nº DO PROCESSO DE COMPRA/PLANEJAMENTO: 2071022 000044/2013 Encaminhado por: Razão Social : Altas Networks e Telecom

Leia mais

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO ESTADO DO CEARÁ COMISSÃO DE LICITAÇÃO PROCESSO N.º 06645/2014 EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO N.º 11/2014

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO ESTADO DO CEARÁ COMISSÃO DE LICITAÇÃO PROCESSO N.º 06645/2014 EDITAL DE PREGÃO ELETRÔNICO N.º 11/2014 EDITAL DE LICITAÇÃO PREGÃO ELETRÔNICO Nº 11/2014-CP TIPO MENOR PREÇO CONTRATAÇÃO DE EMPRESA ESPECIALIZADA PARA AQUISIÇÃO SWITCH'S PoE (POWER OVER ETHERNET) E ADAPTADORES POE (POWER OVER ETHERNET) PARA

Leia mais

ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 13/2005

ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 13/2005 ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 13/2005 O, com sede na Av. Martin Luther King, s/n.º, Cais do Apolo, Recife, PE, inscrito no CNPJ/MF sob o nº 24.130.072/0001-11, neste ato representado pelo Diretor da Secretaria

Leia mais

Minuta do Termo de Referência

Minuta do Termo de Referência Minuta do Termo de Referência 1. OBJETO Fornecimento de equipamentos com serviço de manutenção e suporte durante o período de 5 anos; LOTE 1 Item Descrição Quantidade 1.1 Switch Tipo 1: Switch fast-ethernet

Leia mais

1 de 6 25/08/2015 10:22

1 de 6 25/08/2015 10:22 1 de 6 25/08/2015 10:22 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Secretaria Executiva Subsecretaria de Planejamento e Orçamento Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sertão Pernambucano Termo de Adjudicação

Leia mais

Sumário 1 Introdução... 1 2 O Modelo OSI... 13 3 Switching e VLANs... 53

Sumário 1 Introdução... 1 2 O Modelo OSI... 13 3 Switching e VLANs... 53 Sumário 1 Introdução... 1 1.1 Um Resumo da História da Cisco Systems... 1 1.2 Sobre a Certificação Cisco Certified Network Associate CCNA... 2 1.2.1 Por que Tornar-se um CCNA?... 3 1.2.2 Perguntas Freqüentes...

Leia mais

Manual do usuário SG 1002 MR

Manual do usuário SG 1002 MR Manual do usuário SG 1002 MR Switch Gerenciável 8 Portas Gigabit Ethernet com 2 Portas Mini-GBIC SG 1002 MR Parabéns, você acaba de adquirir um produto com a qualidade e segurança Intelbras. O switch SG

Leia mais

Sugestão acatada. A redação do item 2.43 será alterada para Implementar

Sugestão acatada. A redação do item 2.43 será alterada para Implementar DEFINIÇÕES E RESPOSTAS AS SUGESTÕES APRESENTADAS PELO REPRESENTANTE GLOBALRED, VIA E-MAIL, DATADO DE 18/03/2011, RELATIVAS À CONSULTA PÚBLICA, REALIZADA NO DIA 16/03/2010, VISANDO DISCUSSÃO DAS ESPECIFICAÇÕES

Leia mais

Switch Smart Plus 24 portas Fast + 2 portas Gigabit Mini-GBIC Modelo SG 2622 PR

Switch Smart Plus 24 portas Fast + 2 portas Gigabit Mini-GBIC Modelo SG 2622 PR MANUAL DO USUÁRIO Switch Smart Plus 24 portas Fast + 2 portas Gigabit Mini-GBIC Modelo SG 2622 PR Parabéns, você acaba de adquirir um produto com a qualidade e segurança Intelbras. O Switch Smart Plus

Leia mais

Administração de Redes e Conectividade ao PoP-BA. III WTR do PoP-BA Luiz Barreto luiz@pop-ba.rnp.br PoP-BA: Ponto de Presença da RNP na Bahia

Administração de Redes e Conectividade ao PoP-BA. III WTR do PoP-BA Luiz Barreto luiz@pop-ba.rnp.br PoP-BA: Ponto de Presença da RNP na Bahia Administração de Redes e Conectividade ao PoP-BA III WTR do PoP-BA Luiz Barreto luiz@pop-ba.rnp.br PoP-BA: Ponto de Presença da RNP na Bahia Sumário Fundamentos Arquitetura OSI e TCP/IP Virtual LAN: Dispositivos

Leia mais

TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 12ª REGIÃO SERVIÇO DE LICITAÇÕES E COMPRAS WWW.TRT12.JUS.BR PREGÃO ELETRÔNICO PARA REGISTRO DE PREÇOS N.

TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 12ª REGIÃO SERVIÇO DE LICITAÇÕES E COMPRAS WWW.TRT12.JUS.BR PREGÃO ELETRÔNICO PARA REGISTRO DE PREÇOS N. TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 12ª REGIÃO SERVIÇO DE LICITAÇÕES E COMPRAS WWW.TRT12.JUS.BR PREGÃO ELETRÔNICO PARA REGISTRO DE PREÇOS N.º 12702/2012 ARILDO DISARO FILHO PAULO CESAR DIAS EDITAL O Tribunal

Leia mais

Enterprise Solution FICHA TÉCNICA. ECS4510 Series L2+ Gigabit Ethernet Stackable Switch

Enterprise Solution FICHA TÉCNICA. ECS4510 Series L2+ Gigabit Ethernet Stackable Switch FICHA TÉCNICA ECS45 Series L+ Gigabit Ethernet Stackable Switch Visão Geral do Produto A série Edge-Core ECS45 inclue switches de alto desempenho Gigabit Ethernet Layer + com opções de 8 ou 5 portas; 4/

Leia mais

ESPECIFICAÇÕES. 2.6. Possibilidade de prover serviço de hospedagem para DNS secundário.

ESPECIFICAÇÕES. 2.6. Possibilidade de prover serviço de hospedagem para DNS secundário. 1 1. OBJETO ESPECIFICAÇÕES Contratação de serviços de telecomunicações para implementação, operação e manutenção de um circuito de acesso, síncrono, dedicado à Internet, na velocidade de 6Mbps, com disponibilidade

Leia mais

Marco Aurélio Filippetti. Cisco CCNA 4.1. (Exame 640-802) Guia de Estudo Completo. Visual. Books

Marco Aurélio Filippetti. Cisco CCNA 4.1. (Exame 640-802) Guia de Estudo Completo. Visual. Books Marco Aurélio Filippetti Cisco CCNA 4.1 (Exame 640-802) Guia de Estudo Completo Visual Books Sumário Apresentação... 9 1 Introdução... 19 1.1 Um Resumo da História da Cisco Systems... 19 1.2 Sobre a Certificação

Leia mais

Redes de Dados e Comunicações. Prof.: Fernando Ascani

Redes de Dados e Comunicações. Prof.: Fernando Ascani Redes de Dados e Comunicações Prof.: Fernando Ascani Camada de Aplicação A camada de Aplicação é a que fornece os serviços Reais para os usuários: E-mail, Acesso a Internet, troca de arquivos, etc. Portas

Leia mais

Módulos de serviços avançados Cisco EtherSwitch para roteador da Cisco séries 2900 e 3900

Módulos de serviços avançados Cisco EtherSwitch para roteador da Cisco séries 2900 e 3900 Módulos de serviços avançados Cisco EtherSwitch para roteador da Cisco séries 2900 e 3900 Os módulos de serviços avançados Cisco EtherSwitch podem reduzir o custo total de propriedade da sua empresa ao

Leia mais

COMPANHIA DE ENGENHARIA DE TRÁFEGO CET. Termo de Referência para Equipamentos de Redes Ópticas Passivas - GPON. Versão 2.

COMPANHIA DE ENGENHARIA DE TRÁFEGO CET. Termo de Referência para Equipamentos de Redes Ópticas Passivas - GPON. Versão 2. COMPANHIA DE ENGENHARIA DE TRÁFEGO CET Termo de Referência para Equipamentos de Redes Ópticas Passivas - GPON Versão 2.0 Revisão STE 26/01/2016 SUMÁRIO 1. OBJETIVO...3 2. INTRODUÇÃO...3 3. DEFINIÇÕES...3

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos DECRETO Nº 3.931, DE 19 DE SETEMBRO DE 2001. Regulamenta o Sistema de Registro de Preços previsto no art. 15 da Lei nº 8.666, de 21

Leia mais

DIÁRIO OFICIAL EDIÇÃO Nº 030224 de 30/06/2004

DIÁRIO OFICIAL EDIÇÃO Nº 030224 de 30/06/2004 DIÁRIO OFICIAL EDIÇÃO Nº 030224 de 30/06/2004 GABINETE DO GOVERNADOR D E C R E T O Nº 1.093, DE 29 DE JUNHO DE 2004 Institui, no âmbito da Administração Pública Estadual, o Sistema de Registro de Preços

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA MÓDULOS SWITCHES CISCO 4510 e 3750

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA MÓDULOS SWITCHES CISCO 4510 e 3750 ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA MÓDULOS SWITCHES CISCO 4510 e 3750 AGOSTO/2013 DIRETORIA DE INFRAESTRUTURA E TECNOLOGIA GERÊNCIA DE TELECOMUNICAÇÕES OBJETO Ata de registro de Preço para aquisição de módulos de conexão

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA SERVIÇOS DE SUPORTE TÉCNICO EM SISTEMA DE COLABORAÇÃO ZIMBRA 1. OBJETO

TERMO DE REFERÊNCIA SERVIÇOS DE SUPORTE TÉCNICO EM SISTEMA DE COLABORAÇÃO ZIMBRA 1. OBJETO TERMO DE REFERÊNCIA SERVIÇOS DE SUPORTE TÉCNICO EM SISTEMA DE COLABORAÇÃO ZIMBRA 1. OBJETO 1.1. Prestação de serviços de suporte técnico em sistema de colaboração ZIMBRA. 2. DESCRIÇÃO GERAL DOS SERVIÇOS

Leia mais

Prof. Samuel Henrique Bucke Brito

Prof. Samuel Henrique Bucke Brito - Switch na Camada 2: Comutação www.labcisco.com.br ::: shbbrito@labcisco.com.br Prof. Samuel Henrique Bucke Brito Introdução A conexão entre duas portas de entrada e saída, bem como a transferência de

Leia mais

Cisco ASA Firewall Guia Prático

Cisco ASA Firewall Guia Prático Cisco ASA Firewall Guia Prático 2014 v1.0 Renato Pesca 1 Sumário 2 Topologia... 3 3 Preparação do Appliance... 3 3.1 Configurações de Rede... 7 3.2 Configurações de Rotas... 8 3.3 Root Básico... 9 3.4

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA. O presente termo de referência, tem por objeto o registro de preços para futuras aquisições dos seguintes itens:

TERMO DE REFERÊNCIA. O presente termo de referência, tem por objeto o registro de preços para futuras aquisições dos seguintes itens: TERMO DE REFERÊNCIA 1. DO OBJETO: O presente termo de referência, tem por objeto o registro de preços para futuras aquisições dos seguintes itens: Módulo de expansão para sistema de armazenamento em disco

Leia mais

Gerenciamento de configuração: White Paper de práticas recomendadas

Gerenciamento de configuração: White Paper de práticas recomendadas Gerenciamento de configuração: White Paper de práticas recomendadas Índice Introdução Fluxo de processo de alto nível para gerenciamento de configuração Criar padrões Controle e gerenciamento de versão

Leia mais

Criptografa todos os pacotes enviados ao servidor de controle de acesso e não só os pacotes referentes à senha;

Criptografa todos os pacotes enviados ao servidor de controle de acesso e não só os pacotes referentes à senha; administrativo ao equipamento 11.5.1. 11.5.2. 11.5.3. 11.5.4. 11.6. Portas confiáveis e não confiáveis Accounting ) com garantia de entrega dos pacotes transferidos entre cliente e servidor AAA; Criptografa

Leia mais

PROAPPS Security Data Sheet Professional Appliance / Apresentação

PROAPPS Security Data Sheet Professional Appliance / Apresentação O ProApps Security O ProApps Security é um componente da suíte de Professional Appliance focada na segurança de sua empresa ou rede. A solução pode atuar como gateway e como solução IDS/IPS no ambiente.

Leia mais

HP Router Basic Implementation

HP Router Basic Implementation HP Router Basic Implementation Dados técnicos O HP Router Basic Implementation tem como objetivo, baseado na entrevista para coleta de informações junto a equipe designada pelo cliente, realizar a instalação

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DA BAHIA SEMA I N S TRUME N TO CONVOC ATÓR IO

GOVERNO DO ESTADO DA BAHIA SEMA I N S TRUME N TO CONVOC ATÓR IO I. Regência legal: GOVERNO DO ESTADO DA BAHIA I N S TRUME N TO CONVOC ATÓR IO S EÇÃO A PREÂMBULO Esta licitação obedecerá, integralmente, as disposições da Lei Estadual nº 9.433/05 (alterada pelas Leis

Leia mais

Roteamento e Comutação

Roteamento e Comutação Roteamento e Comutação Uma estação é considerada parte de uma LAN se pertencer fisicamente a ela. O critério de participação é geográfico. Quando precisamos de uma conexão virtual entre duas estações que

Leia mais

1.1 Motivação e âmbito... 1 1.2 Objetivos e abordagem... 3 1.3 Organização do presente texto... 4

1.1 Motivação e âmbito... 1 1.2 Objetivos e abordagem... 3 1.3 Organização do presente texto... 4 Índice de figuras XVII Índice de tabelas XXII Agradecimentos XXIII Nota prévia XXIV 1- Introdução 1 1.1 Motivação e âmbito... 1 1.2 Objetivos e abordagem... 3 1.3 Organização do presente texto... 4 2 -

Leia mais