LEI N.º Assegura ajuda financeira a estudantes de cursos superiores, à guisa de bolsas de estudo, dando outras providências.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "LEI N.º 3.587. Assegura ajuda financeira a estudantes de cursos superiores, à guisa de bolsas de estudo, dando outras providências."

Transcrição

1 1 LEI N.º Assegura ajuda financeira a estudantes de cursos superiores, à guisa de bolsas de estudo, dando outras providências. A Câmara Municipal de Araguari, Estado de Minas Gerais, aprova e eu, Prefeito, sanciono a seguinte Lei: Art. 1º- Fica o Executivo Municipal autorizado a prestar ajuda financeira, a título de bolsas de estudo, a alunos que residam nesta cidade, matriculados na Sociedade de Ensino do Triângulo S/C Ltda., de Araguari e Uberlândia, na Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Araguari FAFI, (UNIPAC) e no Centro de Estudos Superiores de Catalão CESUC, bem assim firmar convênios com as referidas instituições, conforme modelos anexos a esta Lei. Art. 2º- O dispêndio total por estabelecimento de ensino e respectivo quantitativo de bolsas de estudo serão nos montantes a seguir discriminados: I- caberá à Sociedade de Ensino do Triângulo S/C Ltda., o valor de R$85.912,00 (oitenta e cinco mil, novecentos e doze reais), para conceder, no máximo, 130 (cento e trinta) bolsas de estudo aos seus alunos do campus de Araguari e de Uberlândia, exceto os alunos matriculados nos cursos de Administração e Direito no campus de Uberlândia, e o valor de cada bolsa será correspondente a 20% do valor da mensalidade de cada curso, limitado a um valor máximo de R$100,00 (cem reais); II- caberá à Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Araguari FAFI (UNIPAC), o valor de R$62.208,00 (sessenta e dois mil, duzentos e oito reais), para conceder, no máximo, 180 (cento e oitenta) bolsas de estudo aos seus alunos, cujo valor será correspondente a 20% do valor da mensalidade de cada curso; III- caberá ao Centro de Estudos Superiores de Catalão CESUC, o valor de R$18.000,00 (dezoito mil reais), para conceder, no máximo, 45 bolsas de estudo aos seus alunos, cujo valor será de R$50,00 (cinqüenta reais) cada bolsa. Art. 3º- Farão parte da relação de alunos aptos a pleitearem a bolsa, ainda que inscritos no Programa Financiamento Estudantil - FIES, aqueles que se enquadrarem nos seguintes critérios: I- na Sociedade de Ensino do Triângulo S/C Ltda, todos os alunos com renda familiar igual ou inferior a R$1.400,00 (hum mil e quatrocentos reais) ou renda individual igual ou inferior a R$800,00 (oitocentos reais), exceto os excluídos no artigo anterior, inciso I; II- na Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Araguari FAFI (UNIPAC) e no Centro de Estudos Superiores de Catalão CESUC, todos os alunos com renda familiar igual ou inferior a R$1.200,00 (hum mil e duzentos reais) ou renda individual igual ou inferior a R$640,00 (seiscentos e quarenta reais). 1º - Quando a família do aluno candidato à bolsa, tiver mais de um membro matriculado em curso de nível superior de instituição privada, os limites de renda fixados nos incisos I e II do "caput" deste artigo ficam elevados em: I - 50% (cinqüenta por cento) por mais de um aluno; II - 25% (vinte e cinco por cento) por aluno que exceder ao previsto no inciso anterior. 2º - O conceito de família, para fins do parágrafo anterior, abrange os parentes do aluno, consangüíneos ou afins, de 1º grau na linha reta e de 2º grau na linha colateral, desde que ocupantes de casa residencial única. 3º - As inscrições poderão ser realizadas até quinze dias após a publicação desta

2 2 Lei. Art. 4º- O pagamento dos auxílios será efetuado pela Tesouraria da Prefeitura diretamente aos estabelecimentos de ensino, até o 15º (décimo quinto) dia útil do mês seguinte ao vencido. Art. 5º- A relação de bolsistas será datilografada em ordem alfabética de beneficiários, grupados por estabelecimento em que estiverem matriculados, sendo que a escolha dos estudantes, com a colaboração dos diretórios acadêmicos concernentes, será da responsabilidade: I - 50% (cinqüenta por cento) da Câmara Municipal de Araguari; II - 50% (cinqüenta por cento) da Secretaria Municipal do Trabalho e Ação Social. 1º- A relação de que trata o "caput" será acompanhada das fichas sociais e de identificação relativas a cada bolsista. 2º- Os alunos que não forem excluídos pela seleção proposta farão parte de uma lista de espera ordenada conforme maior nível de carência, de forma que, havendo bolsista desistente do curso ou excluído do benefício, o valor da sua bolsa será destinado ao próximo aluno que estiver nesta lista. Art. 6º- As fichas mencionadas no 1º do art. 5º, serão preenchidas pelos beneficiários em modelo próprio e estarão acompanhadas da prova de matrícula. 1º- As fichas serão preparadas uma só vez e prevalecerão para todo o ano letivo, ficando arquivadas na Secretaria do Trabalho e Ação Social e na Secretaria de Educação. 2º - A relação de alunos beneficiários com a bolsa de estudo, constando inclusive endereços, deverá ser encaminhada à Câmara Art. 7º- O valor mensal de cada auxílio ou bolsa será fixo e permanecerá inalterado até o fim do ano letivo. Art. 8º- Perderá o auxílio o aluno que: I- faltar injustificadamente a 15% (quinze por cento) das aulas no bimestre; II- não obtiver média mínima para aprovação no bimestre, em mais de duas disciplinas; III- sofrer sanção disciplinar reincidente. Art. 9º - Perderá também o direito a auxílio no ano subsequente o aluno que for reprovado ou ficar em dependência em mais de duas disciplinas. Art. 10 A Fazenda Municipal poderá reduzir o valor das bolsas, no caso de mau desempenho da receita ou de agravamento extraordinário da despesa, não constituindo obrigação do Município a perenidade do auxílio. Parágrafo único- Em ocorrendo o fato previsto no "caput" deste artigo, o Executivo Municipal deverá, com antecedência, avisar os bolsistas o período a partir do qual serão reduzidos os repasses. Art Correrão à conta das dotações próprias do orçamento municipal os gastos com a execução desta Lei que, revogadas as disposições em contrário, entra em vigor na data da sua publicação, a ocorrer mediante afixação no quadro de avisos da Prefeitura local. PREFEITURA MUNICIPAL DE ARAGUARI, Estado de Minas Gerais, em 28 de maio de Marcos Antônio Alvim Prefeito Maria Elionora de Oliveira Scalia Secretária de Educação e Interina de Cultura e Esportes

3 3 Anexo à Lei n.º 3.587, de CONVÊNIO QUE ENTRE SI CELEBRAM O MUNICÍPIO DE ARAGUARI E A SOCIEDADE DE ENSINO DO TRIÂNGULO S/C LTDA. DE ARAGUARI E UBERLÂNDIA. O MUNICÍPIO DE ARAGUARI, do Estado de Minas Gerais, Pessoa Jurídica de Direito Público Interno, representado pelo Prefeito Municipal Dr. Marcos Antônio Alvim, e a SOCIEDADE DE ENSINO DO TRIÂNGULO S/C LTDA. DE ARAGUARI E UBERLÂNDIA por seu representante Sr..., in fine assinados, com fulcro na Lei Municipal nº..., de... de , resolvem celebrar o presente CONVÊNIO, mediante as cláusulas e condições seguintes: CLÁUSULA PRIMEIRA - DO OBJETO Por este convênio o Município de Araguari concederá ajuda financeira a SOCIEDADE DE ENSINO DO TRIÂNGULO S/C LTDA. DE ARAGUARI E UBERLÂNDIA, que deverá ser destinada para bolsas de estudo dos alunos desta. CLÁUSULA SEGUNDA - DAS OBRIGAÇÕES 1) Compete ao Município de Araguari: - Cumprir o disposto no Art. 2º, da Lei nº..., de... de... de 2001, ou seja, conceder a ajuda financeira no valor de R$85.912,00 (oitenta e cinco mil, e novecentos e doze reais) 2) Compete à SOCIEDADE DE ENSINO DO TRIÂNGULO S/C LTDA. DE ARAGUARI E UBERLÂNDIA: - Aplicar os recursos recebidos em prol dos seus alunos, no total de 130(cento e trinta) bolsas de estudo; - Apresentar prestação de contas até 31 de dezembro de 2001, relativa à aplicação da ajuda financeira ora recebida. CLÁUSULA TERCEIRA - DA VIGÊNCIA O presente convênio vigorará até o dia 31 de dezembro de CLÁUSULA QUARTA DA DOTAÇÃO ORÇAMENTÁRIA Os gastos com a execução deste Convênio serão suportados pela dotação orçamentária nº (Secretaria Municipal de Educação).

4 4 CLÁUSULA QUINTA - DA RESCISÃO Este convênio somente poderá ser rescindido pela superveniência de motivos alheios aos partícipes, que o tornem material ou formalmente inviável. CLÁUSULA SEXTA - DO FORO Fica eleito o foro desta Comarca de Araguari-MG, para dirimir quaisquer questões oriundas da execução deste convênio ou de sua interpretação, podendo os casos omissos ser resolvidos por comum acordo das partes convenentes. E, por estarem assim acordes, firmam as partes o presente convênio, na presença de testemunhas, dele se extraindo cópias para documento comum. ARAGUARI(MG), de de Marcos Antônio Alvim Prefeito Municipal Representante da Conveniada TESTEMUNHAS: 1) 2)

5 5 Anexo à Lei n.º 3.587, de CONVÊNIO QUE ENTRE SI CELEBRAM O MUNICÍPIO DE ARAGUARI E A FACULDADE DE FILOSOFIA, CIÊNCIAS E LETRAS DE ARAGUARI FAFI (UNIPAC). O MUNICÍPIO DE ARAGUARI, do Estado de Minas Gerais, Pessoa Jurídica de Direito Público Interno, representado pelo Prefeito Municipal Dr. Marcos Antônio Alvim, e a FACULDADE DE FILOSOFIA, CIÊNCIAS E LETRAS DE ARAGUARI FAFI (UNIPAC), por sua representante..., in fine assinados, com fulcro na Lei Municipal nº..., de... de , resolvem celebrar o presente CONVÊNIO, mediante as cláusulas e condições seguintes: CLÁUSULA PRIMEIRA - DO OBJETO Por este convênio o Município de Araguari concederá ajuda financeira à FACULDADE DE FILOSOFIA, CIÊNCIAS E LETRAS DE ARAGUARI FAFI (UNIPAC) que deverá ser destinada para bolsas de estudo dos alunos desta. CLÁUSULA SEGUNDA - DAS OBRIGAÇÕES 1) Compete ao Município de Araguari: - Cumprir o disposto no Art. 2º, da Lei nº..., de... de... de 2001, ou seja, conceder a ajuda financeira no valor de R$62.208,00(Sessenta e dois mil, duzentos e oito reais); 2) Compete à FACULDADE DE FILOSOFIA, CIÊNCIAS E LETRAS DE ARAGUARI FAFI (UNIPAC): - Aplicar os recursos recebidos em prol dos seus alunos, no total de 180(cento e oitenta) bolsas de estudo; - Apresentar prestação de contas até 31 de dezembro de 2001, relativa à aplicação ajuda financeira ora recebida. CLÁUSULA TERCEIRA - DA VIGÊNCIA O presente convênio vigorará até o dia 31 de dezembro de CLÁUSULA QUARTA DA DOTAÇÃO ORÇAMENTÁRIA Os gastos com a execução deste Convênio serão suportados pela dotação orçamentária nº (Secretaria Municipal de Educação).

6 6 CLÁUSULA QUINTA - DA RESCISÃO Este convênio somente poderá ser rescindido pela superveniência de motivos alheios aos partícipes, que o tornem material ou formalmente inviável. CLÁUSULA SEXTA - DO FORO Fica eleito o foro desta Comarca de Araguari-MG, para dirimir quaisquer questões oriundas da execução deste convênio ou de sua interpretação, podendo os casos omissos ser resolvidos por comum acordo das partes convenentes. E, por estarem assim acordes, firmam as partes o presente convênio, na presença de testemunhas, dele se extraindo cópias para documento comum. ARAGUARI(MG), de de Marcos Antônio Alvim Prefeito Municipal Luiza Helena Marangoni Pereira Diretora da FAFI (UNIPAC) TESTEMUNHAS: 1) 2)

7 7 Anexo à Lei n.º 3.587, de CONVÊNIO QUE ENTRE SI CELEBRAM O MUNICÍPIO DE ARAGUARI E O CENTRO DE ESTUDOS SUPERIORES DE CATALÃO - CESUC. O MUNICÍPIO DE ARAGUARI, do Estado de Minas Gerais, Pessoa Jurídica de Direito Público Interno, representado pelo Prefeito Municipal Dr. Marcos Antônio Alvim, e o CENTRO DE ESTUDOS SUPERIORES DE CATALÃO - CESUC, por seu representante... in fine assinado, com fulcro na Lei Municipal nº..., de...de...de 2001, resolvem celebrar o presente CONVÊNIO, mediante as cláusulas e condições seguintes: CLÁUSULA PRIMEIRA - DO OBJETO Por este Convênio o Município de Araguari concederá ajuda financeira ao CENTRO DE ESTUDOS SUPERIORES DE CATALÃO - CESUC, que deverá ser destinada para bolsas de estudo dos alunos deste. CLÁUSULA SEGUNDA - DAS OBRIGAÇÕES 1) Compete ao Município de Araguari: - Cumprir o disposto no Art. 2º, da Lei nº..., de...de...de 2001, ou seja, conceder ao CENTRO DE ESTUDOS SUPERIORES DE CATALÃO CESUC, a ajuda financeira no valor de R$18.000,00 (dezoito mil reais). 2) Compete ao CENTRO DE ESTUDOS SUPERIORES DE CATALÃO - CESUC : - Aplicar os recursos recebidos em prol dos seus alunos, no total de 45 (quarenta e cinco) bolsas de estudo; - Apresentar prestação de contas até 31 de dezembro de 2001, relativa à aplicação da ajuda financeira ora recebida. CLÁUSULA TERCEIRA - DA VIGÊNCIA O presente Convênio vigorará até o dia 31 de dezembro de CLÁUSULA QUARTA - DA DOTAÇÃO ORÇAMENTÁRIA Os gastos com a execução deste Convênio serão suportados pela dotação orçamentária nº (Secretaria Municipal de Educação).

8 8 CLÁUSULA QUINTA - DA RESCISÃO Este Convênio somente poderá ser rescindido pela superveniência de motivos alheios aos partícipes, que o tornem material ou formalmente inviável. CLÁUSULA SEXTA - DO FORO Fica eleito o foro desta Comarca de Araguari-MG, para dirimir quaisquer questões oriundas da execução deste Convênio ou de sua interpretação, podendo os casos omissos ser resolvidos por comum acordo das partes convenentes. E, por estarem assim acordes, firmam as partes o presente Convênio, na presença de testemunhas, dele se extraindo cópias para documento comum. ARAGUARI(MG),...de...de Marcos Antônio Alvim Prefeito Municipal Representante da Conveniada TESTEMUNHAS: 1) 2)

Estado de Mato Grosso Prefeitura Municipal de Itanhangá CNPJ: 07.209.225/0001-00 Gestão 2013/2016

Estado de Mato Grosso Prefeitura Municipal de Itanhangá CNPJ: 07.209.225/0001-00 Gestão 2013/2016 LEI Nº 323/2013 Data: 31 de Outubro de 2013 SÚMULA: Autoriza a Abertura de Crédito Adicional Suplementar por anulação parcial ou total de dotações orçamentárias, e da outras providências. O Senhor João

Leia mais

LEI Nº. 1826 DE 4 DE MAIO DE 2011

LEI Nº. 1826 DE 4 DE MAIO DE 2011 LEI Nº. 1826 DE 4 DE MAIO DE 2011 "AUTORIZA ASSINATURA DE CONVÊNIO E CONCEDE CONTRIBUIÇÃO CORRENTE ESPECIAL À ASSOCIAÇÃO DESENVOLVIMENTO DAS BANDEIRINHAS & DETERMINA OUTRAS PROVIDÊNCIAS" A Câmara Municipal

Leia mais

TERMO DE CONVÊNIO Nº 003/2015

TERMO DE CONVÊNIO Nº 003/2015 TERMO DE CONVÊNIO Nº 003/2015 TERMO DE CONVÊNIO QUE ENTRE SI CELEBRAM O MUNICÍPIO DE ALTO GARÇAS/MT E O CONSÓRCIO REGIONAL DE SAÚDE SUL DE MATO GROSSO - CORESS/MT, PARA OS FINS QUE ESPECIFICAM. O MUNICÍPIO

Leia mais

LEI MUNICIPAL Nº 885/2009, DE 30 DE JANEIRO DE 2009. DIOGO SEGABINAZZI SIQUEIRA, Prefeito Municipal de Santa Tereza, Estado do Rio Grande do Sul,

LEI MUNICIPAL Nº 885/2009, DE 30 DE JANEIRO DE 2009. DIOGO SEGABINAZZI SIQUEIRA, Prefeito Municipal de Santa Tereza, Estado do Rio Grande do Sul, LEI MUNICIPAL Nº 885/2009, DE 30 DE JANEIRO DE 2009. AUTORIZA O EXECUTIVO MUNICIPAL A FIRMAR CONVÊNIO COM A ASSOCIAÇÃO DE PROTEÇÃO AO PATRIMÔNIO HISTÓRICO, ARQUITETÔNICO E TURÍSTICO DE SANTA TEREZA APHAT-ST,

Leia mais

TERMO DE CONVÊNIO. PARÁGRAFO PRIMEIRO: A partir do ano de 2007 permanecerão na Escola apenas crianças até 5 anos e 9 meses.

TERMO DE CONVÊNIO. PARÁGRAFO PRIMEIRO: A partir do ano de 2007 permanecerão na Escola apenas crianças até 5 anos e 9 meses. TERMO DE CONVÊNIO CONVÊNIO para prestação, de mútua colaboração que fazem entre si, de um lado o MUNICÍPIO DE TAQUARI (RS), Pessoa Jurídica de Direito Público, inscrito no CNPJ sob o n 88.067.780/0001-38,

Leia mais

PREFEITURA DO ALEGRETE-RS ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL SECRETARIA DE GOVERNO SEÇÃO DE LEGISLAÇÃO

PREFEITURA DO ALEGRETE-RS ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL SECRETARIA DE GOVERNO SEÇÃO DE LEGISLAÇÃO LEI Nº 5.485, DE 10 DE MARÇO DE 2015. Autoriza o Poder Executivo a firmar convênio com o Lar Santa Terezinha de Alegrete Creche Menino Jesus. O PREFEITO MUNICIPAL Faz saber, em cumprimento ao disposto

Leia mais

Art. 3º Para concretização do disposto nesta Lei fica o Poder Executivo autorizado a suplementar a seguinte dotação orçamentária:

Art. 3º Para concretização do disposto nesta Lei fica o Poder Executivo autorizado a suplementar a seguinte dotação orçamentária: LEI Nº 3570/2014, DE 16 DE DEZEMBRO DE 2014. AUTORIZA O MUNICÍPIO CONCEDER CONTRIBUIÇÃO À ASSOCIAÇÃO DOS MORADORES DO BAIRRO SÃO CRISTÓVÃO, SUPLEMENTAR DOTAÇÃO ORÇAMENTÁRIA, FIRMAR CONVÊNIO E DÁ OUTRAS

Leia mais

CONTRATO ADMINISTRATIVO N 10/2015

CONTRATO ADMINISTRATIVO N 10/2015 CONTRATO ADMINISTRATIVO N 10/2015 CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE HOSPEDAGEM DE PACIENTE PSIQUIÁTRICO, QUE CELEBRAM O MUNICÍPIO DE BOZANO E A EMPRESA LORENA MENDES DOS SANTOS -.-.-.-.-.-.-.-.-..-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.

Leia mais

PORTARIA N.º 91, DE 18 DE JANEIRO DE 2001

PORTARIA N.º 91, DE 18 DE JANEIRO DE 2001 PORTARIA N.º 91, DE 18 DE JANEIRO DE 2001 O MINISTRO DE ESTADO DA EDUCAÇÃO, no uso de suas atribuições e considerando o disposto no 1º do art. 3º da Medida Provisória N.º 2.094-22, de 27 de dezembro de

Leia mais

OBJETO: Contrato de instalação e manutenção sistema de monitoramento de imagens á distância, em prédios do município.

OBJETO: Contrato de instalação e manutenção sistema de monitoramento de imagens á distância, em prédios do município. CONTRATO Nº 117/2013 DATA: 30.09.2013 OBJETO: Contrato de instalação e manutenção sistema de monitoramento de imagens á distância, em prédios do município. Empresa: Elia Streck. CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE JOSÉ BONIFÁCIO

PREFEITURA MUNICIPAL DE JOSÉ BONIFÁCIO PROJETO DE LEI, Nº 012/2013. AUTORIZA O EXECUTIVO MUNICIPAL A CELEBRAR CONVÊNIO COM A COMUNIDADE TERAPEUTICA NOVO SINAI DE VALENTIM GENTIL-SP-, E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS., de José Bonifácio, Estado de São

Leia mais

Estado do Rio Grande do Sul Município de Pareci Novo

Estado do Rio Grande do Sul Município de Pareci Novo LEI Nº 2.147, DE 10 DE FEVEREIRO DE 2014. Autoriza o Executivo Municipal de Pareci Novo a conceder auxílio financeiro ao Grupo da Terceira Idade Bem Viver. O PREFEITO MUNICIPAL DE PARECI NOVO, RS, no uso

Leia mais

Estado do Rio Grande do Sul Municipal de Venâncio Aires

Estado do Rio Grande do Sul Municipal de Venâncio Aires LEI Nº 5.372, DE 12 DE SETEMBRO DE 2013 Autoriza o Poder Executivo a conceder repasse de recursos financeiros, constituído de Contribuição, à Associação Nego Foot Ball Club, e celebrar convênio. AIRTON

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE GUANHÃES

PREFEITURA MUNICIPAL DE GUANHÃES LEI Nº 2.643 DE 03 DE SETEMBRO DE 2014 Autoriza o Município de Guanhães a celebrar convênio com a ASSOCIAÇÃO DOS ESTUDANTES UNIVERSITÁRIOS DE GUANHÃES, para conceder auxílio transporte para universitários

Leia mais

TERMO DE ADESÃO A ANTECIPAÇÃO DE PREMIAÇÃO PARA INVESTIMENTO EM MÍDIA

TERMO DE ADESÃO A ANTECIPAÇÃO DE PREMIAÇÃO PARA INVESTIMENTO EM MÍDIA TERMO DE ADESÃO A ANTECIPAÇÃO DE PREMIAÇÃO PARA INVESTIMENTO EM MÍDIA A FAEL E O POLO (NOME FANTASIA) CELEBRAM O PRESENTE TERMO VISANDO A ANTECIPAÇÃO DE VALORES, PARA UTILIZAÇÃO EXCLUSIVA EM MÍDIA, COMO

Leia mais

PROJETO DE LEI Nº 004/2015, 12 de Janeiro de 2015

PROJETO DE LEI Nº 004/2015, 12 de Janeiro de 2015 PROJETO DE LEI Nº 004/2015, 12 de Janeiro de 2015 Autoriza firmar convênio com a Associação dos Estabelecimentos de Hotéis Restaurantes e Similares. O Prefeito Municipal de Piratuba, Estado de Santa Catarina,

Leia mais

Câmara Municipal de Pinheiral

Câmara Municipal de Pinheiral LEI Nº 282, DE 25 DE MARÇO DE 2004. Dispõe sobre autorização ao Poder Executivo para celebrar convênio com a UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE - UFF. Faço saber que -RJ, aprova e eu sanciono a seguinte Lei:

Leia mais

Prefeitura Municipal de Goiatuba

Prefeitura Municipal de Goiatuba Prefeitura Municipal de Goiatuba CONVÊNIO QUE ENTRE SI CELEBRAM O MUNICÍPIO DE GOIATUBA, ESTADO DE GOIÁS E A FACULDADE DE FILOSOFIA E CIÊNCIAS HUMANAS DE GOIATUBA Aos dois dias de janeiro do ano de dois

Leia mais

Prefeitura Municipal de Campo Limpo Paulista

Prefeitura Municipal de Campo Limpo Paulista 1 LEI n.' 2.153, de 09 de abril de 2012. Autoriza o Poder Executivo a celebrar Convênio, por intermédio da Secretaria Municipal de Saúde,. com a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de Campo Limpo

Leia mais

LEI Nº 3.265, DE 23/12/2009.

LEI Nº 3.265, DE 23/12/2009. LEI Nº 3.265, DE 23/12/2009. DISPÕE E AUTORIZA A CONTRATAÇÃO PELO PODER PÚBLICO MUNICIPAL DE ESTAGIÁRIOS EM PARCERIA COM INSTITUIÇÕES DE ENSINO E AGENTES DE INTEGRAÇÃO, ADEQUANDO-SE AS NORMAS DA LEI FEDERAL

Leia mais

LEI Nº 007/91. A Câmara Municipal de São José dos Pinhais, Estado do Paraná, decretou e eu, Prefeito Municipal sanciono a seguinte Lei:

LEI Nº 007/91. A Câmara Municipal de São José dos Pinhais, Estado do Paraná, decretou e eu, Prefeito Municipal sanciono a seguinte Lei: LEI Nº 007/91. Concede Auxílio Educação para o 3º Grau, a Estudantes de São José dos Pinhais. Publicada na Tribuna de São José Em 03.04.1991 A Câmara Municipal de São José dos Pinhais, Estado do Paraná,

Leia mais

CONTRATO Nº 104/2014

CONTRATO Nº 104/2014 CONTRATO Nº 104/2014 TERMO DE CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS, QUE CELEBRAM O MUNICÍPIO DE SANTANA DA BOA VISTA/RS E A EMPRESA POLYTEK COMERCIO E SERVIÇOS DE INFORMATICA LTDA. O MUNICÍPIO DE SANTANA

Leia mais

PREFEITURA DO MUNICIPIO DE PORTO VELHO PROCURADORIA GERAL CONVÊNIO Nº 018/PGM/2013 - PROCESSO Nº 16.00068-00/2013

PREFEITURA DO MUNICIPIO DE PORTO VELHO PROCURADORIA GERAL CONVÊNIO Nº 018/PGM/2013 - PROCESSO Nº 16.00068-00/2013 CONVÊNIO QUE ENTRE SI CELEBRAM O MUNICÍPIO DE PORTO VELHO, POR INTERMÉDIO SECRETARIA MUNICIPAL DE MEIO AMBIENTE/SEMA, DE UM LADO, E DE OUTRO O CENTRO DE INTEGRAÇÃO EMPRESA ESCOLA CIEE, PARA OS FINS QUE

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE RORAIMA Secretaria de Estado de Gestão Estratégica e Administração Amazônia: Patrimônio dos Brasileiros

GOVERNO DO ESTADO DE RORAIMA Secretaria de Estado de Gestão Estratégica e Administração Amazônia: Patrimônio dos Brasileiros TERMO DE COMPROMISSO Nº 007/2015 que entre si celebram o ESTADO DE RORAIMA, por meio da ESCOLA DE GOVERNO DE RORAIMA, ea FACULDADE RORAIMENSE DE ENSINO SUPERIOR FARES. O ESTADO DE RORAIMA, pessoa jurídica

Leia mais

CONTRATO DE AQUISIÇÃO DE MATERIAL FUNDAÇÃO DE ENSINO SUPERIOR DE GOIATUBA

CONTRATO DE AQUISIÇÃO DE MATERIAL FUNDAÇÃO DE ENSINO SUPERIOR DE GOIATUBA CONTRATO DE AQUISIÇÃO DE MATERIAL FUNDAÇÃO DE ENSINO SUPERIOR DE GOIATUBA Que entre si celebram a FUNDAÇÃO DE ENSINO SUPERIOR DE GOIATUBA e a empresa: BRASILL INFORMÁTICA E PRODUTOS LTDA EPP. CLÁUSULA

Leia mais

LEI MUNICIPAL Nº 4.567, DE 29 DE JULHO DE 2011

LEI MUNICIPAL Nº 4.567, DE 29 DE JULHO DE 2011 - Autoriza o Poder Executivo Municipal, a Câmara Municipal, o TATUIPREV e a Fundação Manoel Guedes a celebrarem convênio com o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Tatuí e Região e dá outras

Leia mais

CONVÊNIO QUE ENTRE SI FIRMAM O CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE DO ESTADO DO CEARÁ-CRCCE E A FACULDADE 7 DE SETEMBRO FA7

CONVÊNIO QUE ENTRE SI FIRMAM O CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE DO ESTADO DO CEARÁ-CRCCE E A FACULDADE 7 DE SETEMBRO FA7 CONVÊNIO QUE ENTRE SI FIRMAM O CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE DO ESTADO DO CEARÁ-CRCCE E A FACULDADE 7 DE SETEMBRO FA7 O CONSELHO REGIONAL DE CONTABILIDADE DO ESTADO DO CEARÁ- CRCCE, inscrito no CNPJ

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 279/2002-CAD/UNICENTRO

RESOLUÇÃO Nº 279/2002-CAD/UNICENTRO RESOLUÇÃO Nº 279/2002-CAD/UNICENTRO Celebra Termo de Convênio firmado entre a UNICENTRO e a Universidade de São Paulo, USP. O REITOR DA UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CENTRO-OESTE, UNICENTRO: Faço saber que

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE BOLSAS INSTITUCIONAIS

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE BOLSAS INSTITUCIONAIS REGULAMENTO DO PROGRAMA DE BOLSAS INSTITUCIONAIS Cria o Programa Institucional de Bolsas de Graduação e Pós Graduação no âmbito da Faculdade de Castanhal, estabelece normas para concessão e dá outras providências.

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA CADASTRAMENTO DE CONVÊNIO

ORIENTAÇÕES PARA CADASTRAMENTO DE CONVÊNIO ORIENTAÇÕES PARA CADASTRAMENTO DE CONVÊNIO Prezado parceiro, Agradecemos o seu interesse em se tornar uma empresa conveniada à Universidade Castelo Branco. Para prosseguirmos com o cadastramento, serão

Leia mais

LEI Nº 3.262/07 DE 13/12/07

LEI Nº 3.262/07 DE 13/12/07 LEI Nº 3.262/07 DE 13/12/07 ESTIMA A RECEITA E FIXA A DESPESA DO MUNICÍPIO DE CAMPOS NOVOS PARA O EXERCÍCIO DE 2008 Cirilo Rupp, Prefeito em exercício do Município de Campos Novos, Estado de Santa Catarina,

Leia mais

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2014

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2014 1 ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2014 SINDICATO DOS SECURITÁRIOS DO ESTADO DE SÃO PAULO CNPJ/MF sob o nº 62.646.625/0001-82, neste ato representado por seu Presidente, Sr. Calisto Cardoso de Brito, CPF nº

Leia mais

PREFEITURA DO MUNICIPIO DE PORTO VELHO PROCURADORIA GERAL CONTRATO Nº. 025/PGM/2015 - PROCESSO Nº. 04.3141-00/2015

PREFEITURA DO MUNICIPIO DE PORTO VELHO PROCURADORIA GERAL CONTRATO Nº. 025/PGM/2015 - PROCESSO Nº. 04.3141-00/2015 CONTRATO Nº. 025/PGM/25 - PROCESSO Nº. 04.3141-00/25 1 CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS QUE ENTRE SÍ CELEBRAM O MUNICÍPIO DE PORTO VELHO, POR INTERMÉDIO DA DO MUNICÍPIO/PGM, DE UM LADO E DO OUTRO, EMPRESA

Leia mais

Estado do Rio Grande do Sul Município de Venâncio Aires

Estado do Rio Grande do Sul Município de Venâncio Aires PROJETO-DE-LEI Nº 006, DE 09 DE JANEIRO DE 2013 Poder Executivo Autoriza o Poder Executivo a conceder repasse de subvenção social à ASBERV ASSOCIAÇÃO BENEFICENTE EVANGÉLICA RESTAURANDO VIDAS. Art. 1º Fica

Leia mais

INSTRUMENTO CONTRATUAL N. 0017/2013.

INSTRUMENTO CONTRATUAL N. 0017/2013. INSTRUMENTO CONTRATUAL N. 0017/2013. CONTRATO DE ADMINISTRATIVO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS N. 0017/2013. O, Estado de Santa Catarina, com sede a Rua Rui Barbosa, 347, inscrito no CNPJ/MF Sob o N. 82.854.670/0001-30,

Leia mais

PORTARIA CNMP-PRESI Nº 78, DE 9 DE JULHO DE 2015.

PORTARIA CNMP-PRESI Nº 78, DE 9 DE JULHO DE 2015. PORTARIA CNMP-PRESI Nº 78, DE 9 DE JULHO DE 2015. Dispõe sobre o Plano de Incentivo ao Estudo de Idioma Estrangeiro - PLI, do Conselho Nacional do Ministério Público. O PRESIDENTE DO CONSELHO NACIONAL

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE JANDAIA DO SUL CNPJ: 75771204/0001-25

PREFEITURA MUNICIPAL DE JANDAIA DO SUL CNPJ: 75771204/0001-25 CONTRATO Nº. 48/2015 CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS, QUE ENTRE SI CELEBRAM O MUNICÍPIO DE JANDAIA DO SUL E A EMPRESA PORTO SEGURO COMPANHIA DE SEGUROS GERAIS O Município de Jandaia do Sul pessoa jurídica

Leia mais

LEI Nº 1693, DE 10 DE ABRIL DE 2006.

LEI Nº 1693, DE 10 DE ABRIL DE 2006. LEI Nº 1693, DE 10 DE ABRIL DE 2006. AUTORIZA ASSINATURA DE CONVÊNIO, COM REPASSE DE SUBVENÇÃO E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. O Povo do Município de São Gotardo, por seus representantes legais aprovou e eu,

Leia mais

EDITAL Nº 001/2015 PROCESSO SELETIVO PARA BOLSA DE MONITORIA - UNIFEMM

EDITAL Nº 001/2015 PROCESSO SELETIVO PARA BOLSA DE MONITORIA - UNIFEMM EDITAL Nº 001/2015 PROCESSO SELETIVO PARA BOLSA DE MONITORIA - UNIFEMM Artigo Primeiro - O Centro Universitário de Sete Lagoas - UNIFEMM, informa que no período de 26 a 29/10/2015, de 09 às 18.00 horas,

Leia mais

CONTRATO Nº 07/2014 - PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS

CONTRATO Nº 07/2014 - PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS CONTRATO Nº 07/2014 - PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS SERVIÇOS DE DEDETIZAÇÃO E LIMPEZA Contrato celebrado entre o Município de São João do Polêsine e a empresa Leandro Gabriel Bandeira MEI, para dedetização e limpeza

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 087/2003-CAD/UNICENTRO

RESOLUÇÃO Nº 087/2003-CAD/UNICENTRO RESOLUÇÃO Nº 087/2003-CAD/UNICENTRO Celebra Termo de Convênio firmado entre a UNICENTRO e a FADEP. O REITOR DA UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CENTRO-OESTE, UNICENTRO: Faço saber que o Conselho de Administração,

Leia mais

TERMO ADITIVO AO CONTRATO Nº. 034/2011 F

TERMO ADITIVO AO CONTRATO Nº. 034/2011 F TERMO ADITIVO AO CONTRATO Nº. 034/2011 F Pelo presente instrumento, de um lado o Município de Alvorada - RS, pessoa jurídica de Direito Público Interno, inscrito no CPNJ sob o nº. 88.000.906/0001-57, com

Leia mais

INSTRUMENTO CONTRATUAL N. 0103/2013.

INSTRUMENTO CONTRATUAL N. 0103/2013. INSTRUMENTO CONTRATUAL N. 0103/2013. CONTRATO DE ADMINISTRATIVO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS N. 0103/2013. O, Estado de Santa Catarina, com sede a Rua Rui Barbosa, 347, inscrito no CNPJ/MF Sob o N. 82.854.670/0001-30,

Leia mais

CONTRATO Nº 027/11 - PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE VARRIÇÃO DAS RUAS, AVENIDAS E CALÇADAS DA CIDADE.

CONTRATO Nº 027/11 - PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE VARRIÇÃO DAS RUAS, AVENIDAS E CALÇADAS DA CIDADE. CONTRATO Nº 027/11 - PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE VARRIÇÃO DAS RUAS, AVENIDAS E CALÇADAS DA CIDADE. Contrato de Prestação de Serviços, que celebram entre si, o MUNICÍPIO DE CANDELÁRIA e a empresa AIDA COIMBRA

Leia mais

FACULDADE PROCESSUS REGULAMENTO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU

FACULDADE PROCESSUS REGULAMENTO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU FACULDADE PROCESSUS REGULAMENTO DOS CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU 0 ÍNDICE NATUREZA E FINALIDADE 2 COORDENAÇÃO DOS CURSOS 2 COORDENAÇÃO DIDÁTICA 2 COORDENADOR DE CURSO 2 ADMISSÃO AOS CURSOS 3 NÚMERO

Leia mais

inscrito no CPF sob o nº, com endereço comercial:,

inscrito no CPF sob o nº, com endereço comercial:, CONVÊNIO QUE ENTRE SI CELEBRAM, O MUNICÍPIO DE CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM - ES E O PROFISSIONAL AUTÔNOMO DE CONTABILIDADE, OBJETIVANDO A REGULAMENTAÇÃO DO 5º DO ART. 86 DO CÓDIGO TRIBUTÁRIO MUNICIPAL - LEI

Leia mais

Candidatos aprovados no Vestibular In Company EAD 2015.2 Provas 17/07/2015 e 18/07/2015 nas seguintes condições:

Candidatos aprovados no Vestibular In Company EAD 2015.2 Provas 17/07/2015 e 18/07/2015 nas seguintes condições: 1. Objetivo Estabelecer diretrizes, critérios e condições para a concessão de bolsa de estudo aos candidatos aprovados com os melhores desempenhos dos cursos de Graduação EAD (exceto cursos Semipresenciais)

Leia mais

RECEITAS DE CAPITAL 88.883.221 OPERAÇÕES DE CRÉDITO 59.214..075 TRANSFERÊNCIAS DE CAPITAL 29.669.146 TOTAL 1.136.493.735

RECEITAS DE CAPITAL 88.883.221 OPERAÇÕES DE CRÉDITO 59.214..075 TRANSFERÊNCIAS DE CAPITAL 29.669.146 TOTAL 1.136.493.735 LEI Nº 16.929 DE 15 DE DEZEMBRO DE 2003 ESTIMA A RECEITA E FIXA A DESPESA DA PREFEITURA DO RECIFE PARA O EXERCÍCIO DE 2004. O POVO DA CIDADE DO RECIFE, POR SEUS REPRESENTANTES, DECRETA E EU, EM SEU NOME,

Leia mais

ESTADO DE GOIÁS PREFEITURA MUNICIPAL DE BRAZABRANTES PODER EXECUTIVO

ESTADO DE GOIÁS PREFEITURA MUNICIPAL DE BRAZABRANTES PODER EXECUTIVO CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS N. / Contrato de Prestação de Serviços que entre si celebram a PREFEITURA MUNCIPAL DE BRAZABRANTES e a empresa DM SOLUÇÕES WEB - MARIA APARECIDA DIAS 64496643120. Contrato

Leia mais

Candidatos aprovados do Vestibular 2015.1.1 (realizado em Dezembro/2014), nas seguintes condições:

Candidatos aprovados do Vestibular 2015.1.1 (realizado em Dezembro/2014), nas seguintes condições: 1. Objetivo Estabelecer diretrizes, critérios e condições para a concessão de bolsa parcial de estudo aos candidatos aprovados dos cursos Graduação (exceto os cursos do Polo de Fortaleza) no Vestibular

Leia mais

SALÁRIOS, REAJUSTES E PAGAMENTO GRATIFICAÇÕES, ADICIONAIS, AUXÍLIOS E OUTROS

SALÁRIOS, REAJUSTES E PAGAMENTO GRATIFICAÇÕES, ADICIONAIS, AUXÍLIOS E OUTROS SINDICATO AUX ADM ESCOLAR DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO, CNPJ n. 31.249.428/0001-04, neste ato representado (a) por seu Presidente, Sr(a). ELLES CARNEIRO PEREIRA; E ASSOCIACAO NOBREGA DE EDUCACAO E ASSISTENCIA

Leia mais

LEI N 7.350, DE 13 DE DEZEMBRO DE 2000 D.O. 13.12.00.

LEI N 7.350, DE 13 DE DEZEMBRO DE 2000 D.O. 13.12.00. LEI N 7.350, DE 13 DE DEZEMBRO DE 2000 D.O. 13.12.00. Autor: Poder Executivo Cria a carreira de Gestor Governamental e os respectivos cargos na Administração Pública Estadual e dá outras providências.

Leia mais

ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE PIRATUBA ESTÂNCIA HIDROMINERAL E CLIMÁTICA

ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE PIRATUBA ESTÂNCIA HIDROMINERAL E CLIMÁTICA PROJETO DE LEI N 055/2014, de 24 de Novembro de 2014 Autoriza firmar convênio com a entidade Associação dos Estabelecimentos de Hotéis Restaurantes e Similares. O Prefeito Municipal de Piratuba, Estado

Leia mais

LEI Nº 13.574, DE 12 DE MAIO DE 2003. (Projeto de Lei nº 611/02, da Vereadora Claudete Alves - PT)

LEI Nº 13.574, DE 12 DE MAIO DE 2003. (Projeto de Lei nº 611/02, da Vereadora Claudete Alves - PT) LEI Nº 13.574, DE 12 DE MAIO DE 2003 (Projeto de Lei nº 611/02, da Vereadora Claudete Alves - PT) Dispõe sobre a transformação e inclusão no Quadro do Magistério Municipal, do Quadro dos Profissionais

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO UNIVERSITÁRIO RESOLUÇÃO N. 674, DE 19 DE MAIO DE 2009

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO UNIVERSITÁRIO RESOLUÇÃO N. 674, DE 19 DE MAIO DE 2009 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO UNIVERSITÁRIO RESOLUÇÃO N. 674, DE 19 DE MAIO DE 2009 REVOGADA pela Resolução n. 679, de 17 de novembro de 2009 Institui o Programa de Prestação

Leia mais

II O contato com culturas distintas constitui-se em um importante instrumento de formação intelectual dos estudantes da IES;

II O contato com culturas distintas constitui-se em um importante instrumento de formação intelectual dos estudantes da IES; CONSIDERANDO QUE: I É de interesse da IES aprimorar o ensino, propiciando aos seus estudantes, estabelecer e desenvolver relações com instituições de ensino localizadas em países distintos através da participação

Leia mais

FACULDADES INTEGRADAS BARROS MELO REGULAMENTO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO - DIREITO

FACULDADES INTEGRADAS BARROS MELO REGULAMENTO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO - DIREITO FACULDADES INTEGRADAS BARROS MELO REGULAMENTO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO - DIREITO DAS DISPOSIÇÕES GERAIS Art. 1º - Este Regulamento disciplina o funcionamento do Núcleo de Prática Jurídica (NPJ) e o Estágio

Leia mais

PROJETO DE LEI N 011/2015, de 10 de abril de 2015

PROJETO DE LEI N 011/2015, de 10 de abril de 2015 PROJETO DE LEI N 011/2015, de 10 de abril de 2015 Autoriza firmar convênio com a entidade Águas do Alto Uruguai Convention & Visitors Bureau. O Prefeito Municipal de Piratuba, Estado de Santa Catarina,

Leia mais

ESTADO DE SANTA CATARINA

ESTADO DE SANTA CATARINA CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS N. 0144/2013; O MUNICÍPIO DE XAXIM, Estado de Santa Catarina, pessoa jurídica de direito público interno, com sede na Rua Rui Barbosa, 347, neste ato representado pelo

Leia mais

LEI MUNICIPAL Nº 2.123, DE 20 DE AGOSTO DE 2.010. Texto Compilado

LEI MUNICIPAL Nº 2.123, DE 20 DE AGOSTO DE 2.010. Texto Compilado LEI MUNICIPAL Nº 2.123, DE 20 DE AGOSTO DE 2.010 Texto Compilado Institui o Programa Rumo ao Ensino Tecnológico PRET no Município de Louveira, de concessão de bolsa de estudos para cursos profissionalizantes,

Leia mais

FACULDADE GUANAMBI RESOLUÇÃO N.º 002/2011 FG

FACULDADE GUANAMBI RESOLUÇÃO N.º 002/2011 FG FACULDADE GUANAMBI RESOLUÇÃO N.º 002/2011 FG RESOLUÇÃO N.º 002/2011 - FG Aprova a Norma Geral do Programa de Concessão de Bolsas-Auxílio para Mestrado e Doutorado. O DIRETOR GERAL DA FACULDADE GUANAMBI,

Leia mais

MUNICÍPIO DE PASSO FUNDO SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO

MUNICÍPIO DE PASSO FUNDO SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO CONVÊNIO DE COLABORAÇÃO QUE ENTRE SI CELEBRAM O MUNICÍPIO DE PASSO FUNDO E O CENTRO DE INTEGRAÇÃO EMPRESA-ESCOLA DO RIO GRANDE DO SUL CIEE/RS 091/2007- SEF O MUNICIPIO DE PASSO FUNDO, pessoa jurídica de

Leia mais

Confira a autenticidade no endereço http://www3.mte.gov.br/sistemas/mediador/.

Confira a autenticidade no endereço http://www3.mte.gov.br/sistemas/mediador/. CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2014/2015 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: RJ001596/2014 DATA DE REGISTRO NO MTE: 11/08/2014 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR044387/2014 NÚMERO DO PROCESSO: 46215.017209/2014-00 DATA

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLEIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLEIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL ASSEMBLEIA LEGISLATIVA Gabinete de Consultoria Legislativa LEI Nº 11.620 DE 14 DE MAIO DE 2001. (publicada no DOE nº 91, de 15 de maio de 2001) Institui o Programa de Garantia

Leia mais

MODELO DE CONTRATO (HPP) CONVÊNIO

MODELO DE CONTRATO (HPP) CONVÊNIO Versão Preliminar Página 1 23/12/2004 MODELO DE CONTRATO (HPP) CONVÊNIO Convénio que entre si celebram, de um lado o Município* de XXXX, através da Secretaria xxxxxxxx de Saúde, gestora do SUS Municipal

Leia mais

Estado do Rio Grande do Sul Município de Venâncio Aires

Estado do Rio Grande do Sul Município de Venâncio Aires LEI Nº 5.431, DE 24 DE DEZEMBRO DE 2013. Autoriza o Poder Executivo a firmar Convênio com a Associação Ecológica de Preservação Ambiental e Desenvolvimento Social e Econômico PLANETA VIVO. AIRTON LUIZ

Leia mais

RESOLUÇÃO nº 07/2014. Regulamenta o Programa Institucional De Descontos Financeiros - PIDF da Faculdade Fucapi (Instituto de Ensino Superior Fucapi)

RESOLUÇÃO nº 07/2014. Regulamenta o Programa Institucional De Descontos Financeiros - PIDF da Faculdade Fucapi (Instituto de Ensino Superior Fucapi) Regulamenta o Programa Institucional De Descontos Financeiros - PIDF da Faculdade Fucapi (Instituto de Ensino Superior Fucapi) O Presidente do CONSUP, no uso de suas atribuições regimentais, artigo 8 inciso

Leia mais

Art. 3 o Na aplicação dos recursos originários desta Lei, será obedecido o que dispõe a Lei Municipal n o 2.946, de 21 de fevereiro de 2002.

Art. 3 o Na aplicação dos recursos originários desta Lei, será obedecido o que dispõe a Lei Municipal n o 2.946, de 21 de fevereiro de 2002. PROJETO DE LEI N o 5, DE 14 DE JANEIRO DE 2014. AUTORIZA O MUNICÍPIO A FIRMAR CONVÊNIO E A REPASSAR CONTRIBUIÇÃO FINANCEIRA AO FRATERNO AUXÍLIO CRISTÃO, PARA EXECUÇÃO DE PROJETOS CONFORME ESPECIFICADO.

Leia mais

CONTRATO 004/2013. CLÁUSULA PRIMEIRA Objeto. O presente Contrato tem por objeto o item a baixo:

CONTRATO 004/2013. CLÁUSULA PRIMEIRA Objeto. O presente Contrato tem por objeto o item a baixo: CONTRATO 004/2013. CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS PROFISSIONAIS DE PERÍCIA CONTÁBIL E REMUNERAÇÃO DE HONORÁRIOS, QUE, ENTRE SI CELEBRAM O CONSELHO REGIONAL DE FARMÁCIA DO ESTADO DE SANTA CATARINA E

Leia mais

CONVÊNIO (PREENCHER NOME FANTASIA OU SIGLA DA EMPRESA CONVENIADA)

CONVÊNIO (PREENCHER NOME FANTASIA OU SIGLA DA EMPRESA CONVENIADA) CONVÊNIO (PREENCHER NOME FANTASIA OU SIGLA DA EMPRESA CONVENIADA) Nº : (Para uso exclusivo do COREN-AM) Instrumento Particular de Parceria e Outras Avenças Por este instrumento e na melhor forma de direito,

Leia mais

INDAIAL SANTA CATARINA CONSELHO MUNICIPAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL RESOLUÇÃO Nº 001/2010

INDAIAL SANTA CATARINA CONSELHO MUNICIPAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL RESOLUÇÃO Nº 001/2010 INDAIAL SANTA CATARINA CONSELHO MUNICIPAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL RESOLUÇÃO Nº 001/2010 DISPÕE SOBRE APROVAÇÃO DO BENEFÍCIO ALIMENTAÇÃO. O Conselho Municipal de Assistência Social de Indaial, no uso de suas

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos LEI Nº 11.438, DE 29 DE DEZEMBRO DE 2006. Dispõe sobre incentivos e benefícios para fomentar as atividades de caráter desportivo e

Leia mais

L E I LEI Nº. 691/2007 DE 27 DE JUNHO DE 2.007

L E I LEI Nº. 691/2007 DE 27 DE JUNHO DE 2.007 LEI Nº. 691/2007 DE 27 DE JUNHO DE 2.007 SUMULA: DISPOE SOBRE PROCESSO SELETIVO PUBLICO E A CRIAÇÃO DE EMPREGO OU CARGO PUBLICO NO ÂMBITO DA ADMINISTRAÇÃO PUBLICA MUNICIPAL O Senhor LUIZ CARLOS ZATTA,

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO AMAZONAS CONSELHO UNIVERSITÁRIO RESOLUÇÃO N. 33/2013-CONSUNIV Altera a Resolução nº. 019/2011, que institui o Sistema de

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO AMAZONAS CONSELHO UNIVERSITÁRIO RESOLUÇÃO N. 33/2013-CONSUNIV Altera a Resolução nº. 019/2011, que institui o Sistema de UNIVERSIDADE DO ESTADO DO AMAZONAS CONSELHO UNIVERSITÁRIO RESOLUÇÃO N. 33/2013-CONSUNIV Altera a Resolução nº. 019/2011, que institui o Sistema de Ingresso Seriado para acesso aos Cursos de Graduação de

Leia mais

LEI Nº 3.849, DE 18 DE DEZEMBRO DE 1960

LEI Nº 3.849, DE 18 DE DEZEMBRO DE 1960 LEI Nº 3.849, DE 18 DE DEZEMBRO DE 1960 Federaliza a Universidade do Rio Grande do Norte, cria a Universidade de Santa Catarina e dá outras providências. O PRESIDENTE DA REPÚBLICA, faço saber que o CONGRESSO

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 006/2002-CAD/UNICENTRO

RESOLUÇÃO Nº 006/2002-CAD/UNICENTRO RESOLUÇÃO Nº 006/2002-CAD/UNICENTRO Celebra Termo Aditivo ao Termo de Convênio de Cooperação Técnica e Científica firmado entre a UNICENTRO e a FAU, e aprova Modelo de Contrato de Gestão Financeira de

Leia mais

EDITAL BOLSA FUNARTE DE INCENTIVO À PESQUISA DA ARTE CIRCENSE

EDITAL BOLSA FUNARTE DE INCENTIVO À PESQUISA DA ARTE CIRCENSE EDITAL BOLSA FUNARTE DE INCENTIVO À PESQUISA DA ARTE CIRCENSE O Presidente da Fundação Nacional de Artes - Funarte, no uso das atribuições que lhe confere o inciso V artigo 14 do Estatuto aprovado pelo

Leia mais

LEI 11.438, DE 29 DE DEZEMBRO DE

LEI 11.438, DE 29 DE DEZEMBRO DE LEI 11.438, DE 29 DE DEZEMBRO DE 2006 Dispõe sobre incentivos e benefícios para fomentar as atividades de caráter desportivo e dá outras providências. * V. Dec. 6.180/2007 (Regulamenta a Lei 11.438/2006).

Leia mais

LEI Nº 2198/2001. A Prefeita Municipal de Ibiraçu, Estado do Espírito Santo, no uso de suas atribuições legais;

LEI Nº 2198/2001. A Prefeita Municipal de Ibiraçu, Estado do Espírito Santo, no uso de suas atribuições legais; LEI Nº 2198/2001 INSTITUI O PROGRAMA DE INCENTIVO AO DESLIGAMENTO VOLUNTÁRIO NA PREFEITURA MUNICIPAL DE IBIRAÇU PDV A Prefeita Municipal de Ibiraçu, Estado do Espírito Santo, no uso de suas atribuições

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº, DE DE DE 2015.

RESOLUÇÃO Nº, DE DE DE 2015. RESOLUÇÃO Nº, DE DE DE 2015. Estabelece as informações contábeis e societárias a serem apresentadas pelas Concessionárias de Serviço Público de Infraestrutura Aeroportuária e pelos administradores dos

Leia mais

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2009/2010

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2009/2010 ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2009/2010 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: RJ001188/2009 DATA DE REGISTRO NO MTE: 25/08/2009 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR038092/2009 NÚMERO DO PROCESSO: 46215.477193/2009-15 DATA DO

Leia mais

1) Sala da Secretária. 1.1) Armário 1.600,00. 1.2) mesa para computador 2.532,00. 1.3) suporte para CPU 200,00. 2) Sala Administrativa

1) Sala da Secretária. 1.1) Armário 1.600,00. 1.2) mesa para computador 2.532,00. 1.3) suporte para CPU 200,00. 2) Sala Administrativa CONTRATO Nº 071/2011 CONTRATO REFERENTE À CARTA CONVITE Nº 030/2011, VISANDO A AQUISIÇÃO DE MÓVEIS PARA A UNIDADE BÁSICA DE SAÚDE DO MUNICÍPIO DE SANTA TEREZA. CONTRATANTE: MUNICÍPIO DE SANTA TEREZA, Pessoa

Leia mais

TERMO DE ADESÃO AO CURSO CPREM A DISTÂNCIA DO OBJETO

TERMO DE ADESÃO AO CURSO CPREM A DISTÂNCIA DO OBJETO TERMO DE ADESÃO AO CURSO CPREM A DISTÂNCIA Por meio do presente Termo de Adesão, de um lado CPREM CURSO PREPARATÓRIO ÀS ESCOLAS MILITARES LTDA, pessoa jurídica de direito privado, inscrita no CNPJ sob

Leia mais

INSTRUMETNO CONTRATUAL N. 0068/2013.

INSTRUMETNO CONTRATUAL N. 0068/2013. INSTRUMETNO CONTRATUAL N. 0068/2013. CONTRATO LOCAÇÃO DE SISTEMAS N.0068/2013: O MUNICÍPIO DE XAXIM, Estado de Santa Catarina, pessoa jurídica de direito público interno, com sede na Rua Rui Barbosa, 347,

Leia mais

PROCESSO SELETIVO DE MONITORES

PROCESSO SELETIVO DE MONITORES PROCESSO SELETIVO DE MONITORES A Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), por meio da Pró-Reitoria de Ensino (PRE), torna pública a abertura das inscrições para seleção de Monitores do Programa Institucional

Leia mais

PROJETO DE LEI N.º 59/2015, DE 20 DE JULHO DE 2015.

PROJETO DE LEI N.º 59/2015, DE 20 DE JULHO DE 2015. PROJETO DE LEI N.º 59/2015, DE 20 DE JULHO DE 2015. AUTORIZA A CONCESSÃO DE INCENTIVOS À EMPRESA METAL MARC INDÚSTRIA METALÚRGICA LTDA E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. O PREFEITO MUNICIPAL DE GUAPORÉ-RS faz saber,

Leia mais

SECRETARIA MUNICIPAL DE SAUDE CONTRATO DE COMPRA E VENDA PROCESSO LICITATÓRIO Nº.: 037/2014 PREGÃO PRESENCIAL Nº.: 025/2014 CONTRATO Nº 067/2014 O FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE DE SANTA CRUZ DO CAPIBARIBE,

Leia mais

Prefeitura Municipal de São José do Sul

Prefeitura Municipal de São José do Sul CONTRATO Nº 014/2013 O MUNICÍPIO DE SÃO JOSE DO SUL/RS, inscrito no CNPJ sob n. 04.208.358/0001-65, pessoa jurídica de direito público interno, denominada de Prefeitura Municipal com Sede Administrativa,

Leia mais

EDITAL Nº 02/2014, PROGEP/CDP/NUGCAP.

EDITAL Nº 02/2014, PROGEP/CDP/NUGCAP. EDITAL Nº 02/2014, PROGEP/CDP/NUGCAP. PROGRAMA DE APOIO FINANCEIRO PARA PARTICIPAÇÃO DOS SERVIDORES TÉCNICOS ADMINISTRATIVOS EM EDUCAÇÃO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO RECÔNCAVO DA BAHIA EM CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO.

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 09/2011 CAD/UENP

RESOLUÇÃO Nº 09/2011 CAD/UENP RESOLUÇÃO Nº 09/2011 CAD/UENP Súmula: Estabelece critérios para a concessão de isenção ou desconto no preço público da inscrição no Processo Seletivo de Inverno. CONSIDERANDO a necessidade de estabelecer

Leia mais

LEI Nº 2.437, DE 11 DE FEVEREIRO DE 2015.

LEI Nº 2.437, DE 11 DE FEVEREIRO DE 2015. LEI Nº 2.437, DE 11 DE FEVEREIRO DE 2015. Autoriza o Executivo Municipal a repassar recursos financeiros mediante convênio às APM'S - Associações de Pais e Mestres das Escolas e CEMEIS da Rede Municipal

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE CANOAS Gabinete do Prefeito

PREFEITURA MUNICIPAL DE CANOAS Gabinete do Prefeito MINUTA DE CONVÊNIO Convênio que celebram entre si o Município de Canoas e o Centro Integração Empresa Escola (CIEE/RS). O MUNICÍPIO DE CANOAS, pessoa jurídica de direito público interno, com sede na Rua

Leia mais

EDITAL Nº 016 / 2015 SELEÇÃO DE BOLSISTAS DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA DO PIBID/UNIFAL-MG

EDITAL Nº 016 / 2015 SELEÇÃO DE BOLSISTAS DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA DO PIBID/UNIFAL-MG MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Universidade Federal de Alfenas - UNIFAL-MG Pró-Reitoria de Graduação Rua Gabriel Monteiro da Silva, 700 - Alfenas/MG - CEP 37130-000 Fone: (35) 3299-1329 Fax: (35) 3299-1078 grad@unifal-mg.edu.br

Leia mais

CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE MINAS GERAIS REGULAMENTO INTERNO DO PROGRAMA DE BOLSA PERMANÊNCIA CAPÍTULO I NATUREZA E FINALIDADE

CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE MINAS GERAIS REGULAMENTO INTERNO DO PROGRAMA DE BOLSA PERMANÊNCIA CAPÍTULO I NATUREZA E FINALIDADE CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE MINAS GERAIS REGULAMENTO INTERNO DO PROGRAMA DE BOLSA PERMANÊNCIA CAPÍTULO I NATUREZA E FINALIDADE Art.1º - O presente Regulamento destina-se a fixar diretrizes

Leia mais

PROGRAMA DE CRÉDITO EDUCATIVO - INVESTCREDE REGULAMENTO

PROGRAMA DE CRÉDITO EDUCATIVO - INVESTCREDE REGULAMENTO PROGRAMA DE CRÉDITO EDUCATIVO - INVESTCREDE 1. DAS INFORMAÇÕES GERAIS REGULAMENTO 1.1 - O presente regulamento objetiva a concessão de Crédito Educativo para estudantes devidamente Matriculados nos cursos

Leia mais

B - Programa de Inclusão, Capacitação para Filhos, Dependentes Legais e Estudantes

B - Programa de Inclusão, Capacitação para Filhos, Dependentes Legais e Estudantes Bolsas de estudo A - Programa de Capacitação do PROFESSOR/AUXILIAR Todo PROFESSOR/AUXILIAR tem direito a bolsa de estudo integral, incluindo matrícula, em cursos de graduação, sequenciais e pós-graduação

Leia mais

MUNICÍPIO DE PASSO FUNDO

MUNICÍPIO DE PASSO FUNDO CONVÊNIO DE COLABORAÇÃO ENTRE O MUNICÍPIO DE PASSO FUNDO E A ESCOLA DE SAMBA BAMBAS DA ORGIA 006/2007-SEPLAN MUNICÍPIO DE PASSO FUNDO, pessoa jurídica de direito público, inscrito no CNPJ/MF sob o n 87.612.537/0001-90

Leia mais

SALÁRIOS, REAJUSTES E PAGAMENTO

SALÁRIOS, REAJUSTES E PAGAMENTO CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2010/2011 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: DF000220/2010 DATA DE REGISTRO NO MTE: 02/06/2010 NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR027997/2010 NÚMERO DO PROCESSO: 46206.006330/2010-83 DATA

Leia mais

CONVÊNIO DE COLABORAÇÃO QUE ENTRE SI CELEBRAM O MUNICÍPIO DE PASSO FUNDO E O INSTITUTO DE DESENVOLVIMENTO DE PASSO FUNDO - SOLIDARIEDADE - IDPF

CONVÊNIO DE COLABORAÇÃO QUE ENTRE SI CELEBRAM O MUNICÍPIO DE PASSO FUNDO E O INSTITUTO DE DESENVOLVIMENTO DE PASSO FUNDO - SOLIDARIEDADE - IDPF CONVÊNIO DE COLABORAÇÃO QUE ENTRE SI CELEBRAM O MUNICÍPIO DE PASSO FUNDO E O INSTITUTO DE DESENVOLVIMENTO DE PASSO FUNDO - SOLIDARIEDADE - IDPF 032/2014 - PGM O MUNICÍPIO DE PASSO FUNDO, pessoa jurídica

Leia mais