MPEP ITA PG/EAM-P. Turma Senai. Plano de Ensino. MB-701 Nivelamento em Matemática Superior

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "MPEP ITA PG/EAM-P. Turma Senai. Plano de Ensino. MB-701 Nivelamento em Matemática Superior"

Transcrição

1 MPEP ITA PG/EAM-P Turma Senai Plano de Ensino MB-701 Nivelamento em Matemática Superior São José dos Campos, SP 29 de julho de 2013

2 OBJETIVOS DA DISCIPLINA Esta dsiciplina tem o objetivo de fornecer uma lingaugem matemática comum a todos os alunos, nivelando seus conhecimentos de Cálculo e Álgebra Linear. HABILIDADES Ao final desta disciplina você deverá ser capaz de: 1. Reconhecer um espaço vetorial, determinar sua base e dimensão. Determinar autovalores e autovetores de Transformações Lineares. 2. Calcular limite, derivada e integral de funções reais de uma variável real. Calcular limite, derivadas parciais e integral de funções reais de duas variáveis reais. METODOLOGIA As aulas serão expositivas, intercaladas com exercícios resolvidos pelos alunos e corrigidos em sala. Serão disponibilizados material para consulta, assim como listas de exercícios. SISTEMA DE AVALIAÇÃO DA DISCIPLINA Será realizada uma prova ao final do curso. SEMANA 1 9 ago 13 CONTEÚDO 1. Sistemas de equações lineares e matrizes. Vetores nos espaços bi e tridimensionais. Espaços vetoriais euclideanos, subespaços, combinações lineares, dependência e independência linear, base e dimensão de um espaço vetorial. 2. Limite, derivada, diferenciabilidade, máximos e mínimos de funções reais de uma variável real ago ago Produto interno e bases ortonormais, processo de ortonormalizaçã Gram-Schmit. Melhor aproximação: mínimos quadrados. 2. Primitiva e integral definida de função real de uma variável real, técn de integração. Integrais impróprias. Função gama e função fatorial. 1. Autovalores e autovetores, diagonalização. 2. Limite e derivadas parciais de funções reais de duas variáveis reais. Máximos e mínimos de um campo escalar, multiplicadores de Lagrange. Aplicações set Transformações lineares e matriz de uma transformação linear. Aplicações. 1/4

3 5 18 out 13 4 aulas 2. Integral dupla. Integral Tripla. Aplicações. Avaliação final 2/4

4 BIBLIOGRAFIA Livros ANTON, H. e RORRES, C. Algebra Linear com Aplicações. ed. Bookman BOLDRINI, José Luiz et al. Álgebra linear. 3. ed. ampl. Rev. ed.: Harbra, STEWART, James. Cálculo. 6. ed. Editora Pioneira, Vol.1. E Vol. 2, ANTON, Howard. Cálculo um novo horizonte. ed. Bookman, Vol.1, Página da internet 3/4

5 EMENTA FORMAL MB-701 Nivelamento em Matemática Superior. Requisitos recomendados: não há. Requisitos exigidos: não há. Carga horária: 40 h-a (obrigatória, mas não conta créditos). Funções reais de uma variável real, seqüências e séries numéricas. Limite e continuidade. Funções contínuas: teoremas do valor intermediário e de Bolzano- Weierstrass. Derivadas: definição e propriedades, funções diferenciáveis, regra da cadeia e derivada da função inversa. Derivadas direcionais e derivadas parciais, gradiente. Funções diferenciáveis; regra da cadeia e derivada da função inversa. Teorema do valor médio. Fórmula de Taylor e pesquisa de máximos e mínimos. Integral de Riemann: teorema fundamental do Cálculo. Métodos de integração. Integrais duplas e triplas. Funções de várias variáveis. Noções da topologia no Rn. Teorema da invariância, dimensão, soma de subespaços, mudança de bases. Espaços com produto interno, norma e distância, ortogonalidade, bases ortonormais, teorema da projeção. Espaço das transformações lineares, espaço dual, base dual, operadores adjuntos e autoadjuntos. Aplicação às equações diferenciais ordinárias: operadores diferenciais, teoria básica das equações diferenciais lineares homogêneas e de sistemas de equações diferenciais lineares. Bibliografia: Apostol, T.M., Calculus, Vol. 1, 2nd ed., Wiley, New York, 1969; Apostol, T.M., Calculus, Vol. 2, 2nd ed., Wiley, New York, 1969; Poole, D. Álgebra Linear. São Paulo, Pioneira Thompson Learning, /4

EMENTÁRIO E BIBLIOGRAFIA BÁSICA

EMENTÁRIO E BIBLIOGRAFIA BÁSICA EMENTÁRIO E BIBLIOGRAFIA BÁSICA 2º ANO Nome da disciplina: Física Geral II Carga horária: 90h Acústica e Ondas. Óptica Física e Geométrica. Lei de Coulomb; Campo Elétrico. Lei de Gauss. Potencial. Capacitância.

Leia mais

1. Coeficiente de Rendimento Escolar mínimo e Formação Acadêmica:

1. Coeficiente de Rendimento Escolar mínimo e Formação Acadêmica: Critérios Norteadores para o Processo Seletivo ao Programa de Pós-Graduação em Matemática da UFCG, no Curso de Mestrado, Modalidade Acadêmico - Área de Matemática - A Seleção para a área de matemática

Leia mais

Universidade Estadual de Londrina (Reconhecida pelo Decreto Federal n. 69.324 de 07/10/71)

Universidade Estadual de Londrina (Reconhecida pelo Decreto Federal n. 69.324 de 07/10/71) DELIBERAÇÃO - Câmara de Pós-Graduação Nº 27/2012 Reestrutura o Programa de Pós-Graduação em Matemática Aplicada e Computacional, Mestrado. CONSIDERANDO a solicitação da Comissão Coordenadora do Programa

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular COMPLEMENTOS DE ANÁLISE MATEMÁTICA Ano Lectivo 2010/2011

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular COMPLEMENTOS DE ANÁLISE MATEMÁTICA Ano Lectivo 2010/2011 Programa da Unidade Curricular COMPLEMENTOS DE ANÁLISE MATEMÁTICA Ano Lectivo 2010/2011 1. Unidade Orgânica Ciências da Economia e da Empresa (1º Ciclo) 2. Curso Engenharia Informática 3. Ciclo de Estudos

Leia mais

INSTITUTO POLITÉCNICO DE TOMAR Escola Superior de Tecnologia de Tomar. Área Interdepartamental de Matemática Curso de Engenharia Informática

INSTITUTO POLITÉCNICO DE TOMAR Escola Superior de Tecnologia de Tomar. Área Interdepartamental de Matemática Curso de Engenharia Informática INSTITUTO POLITÉCNICO DE TOMAR Escola Superior de Tecnologia de Tomar Área Interdepartamental de Matemática Curso de Engenharia Informática! "!# " $!! %!! " # $ " % $ & ' $ " ( "! " $! " " )" ' $ *!!&

Leia mais

PROCESSO SELETIVO DE TRANSFERÊNCIA DE ALUNOS E PORTADOR DE DIPLOMA DE GRADUAÇÃO PRIMEIRO SEMESTRE - 2016 ANEXO IX ENGENHARIAS - 1º ANO CÁLCULO I

PROCESSO SELETIVO DE TRANSFERÊNCIA DE ALUNOS E PORTADOR DE DIPLOMA DE GRADUAÇÃO PRIMEIRO SEMESTRE - 2016 ANEXO IX ENGENHARIAS - 1º ANO CÁLCULO I ANEXO IX ENGENHARIAS - 1º ANO CÁLCULO I 1 Funções de uma variável 2 Funções reais 3 Conceito, cálculo e aplicações de limites, continuidade, derivadas e diferenciais 4 Cálculos de pontos de máximos, mínimos

Leia mais

Análise Complexa e Equações Diferenciais 2 o Semestre 2014/15 Cursos: LEGM, MEC. Michael Paluch

Análise Complexa e Equações Diferenciais 2 o Semestre 2014/15 Cursos: LEGM, MEC. Michael Paluch Análise Complexa e Equações Diferenciais 2 o Semestre 2014/15 Cursos: LEGM, MEC Michael Paluch Avaliação 1. Avaliação Contínua a) 1 Teste dia 11 de abril de 2015 duração 90 minutes (40% de nota final)

Leia mais

Álgebra Linear. Mauri C. Nascimento Departamento de Matemática UNESP/Bauru. 19 de fevereiro de 2013

Álgebra Linear. Mauri C. Nascimento Departamento de Matemática UNESP/Bauru. 19 de fevereiro de 2013 Álgebra Linear Mauri C. Nascimento Departamento de Matemática UNESP/Bauru 19 de fevereiro de 2013 Sumário 1 Matrizes e Determinantes 3 1.1 Matrizes............................................ 3 1.2 Determinante

Leia mais

PLANO. Aulas teóricas Gabinete Extensão Email Página pessoal Carlos Sousa (Eq. Prof. Adjunto) Gabinete Extensão Email Página pessoal 0.

PLANO. Aulas teóricas Gabinete Extensão Email Página pessoal Carlos Sousa (Eq. Prof. Adjunto) Gabinete Extensão Email Página pessoal 0. UNIVERSIDADE DO ALGARVE ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA LICENCIATURA EM ENGENHARIA TOPOGRÁFICA UNIDADE CURRICULAR: ÁLGEBRA LINEAR E GEOMETRIA ANALÍTICA 1º CICLO - 1º SEMESTRE - 1º ANO - 007/008 PLANO 1.

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE MATO GROSSO SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MATO GROSSO

GOVERNO DO ESTADO DE MATO GROSSO SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MATO GROSSO EDITAL COMPLENTAR N 001 AO EDITAL N 003/2012 UNAT A, no uso de suas atribuições legais e em cumprimento das normas previstas no artigo 37, inciso IX, da Constituição Federal, de 5 de outubro de 1988, Decreto

Leia mais

NOÇÕES DE ÁLGEBRA LINEAR

NOÇÕES DE ÁLGEBRA LINEAR ESPAÇO VETORIAL REAL NOÇÕES DE ÁLGEBRA LINEAR ESPAÇOS VETORIAIS Seja um conjunto V φ no qual estão definidas duas operações: adição e multiplicação por escalar, tais que u, v V, u+v V e α R, u V, αu V

Leia mais

Universidade Federal de Goiás. Plano de Ensino

Universidade Federal de Goiás. Plano de Ensino 01: Dados de Identificação da Disciplina: Plano de Ensino Disciplina: Cálculo Diferencial e Integral 3 Cod. da Disciplina: 60P2MB Curso: Engenharia de Computação Cod. do Curso: Turma: Cálculo Diferencial

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular INTRODUÇÃO À ANÁLISE MATEMÁTICA Ano Lectivo 2014/2015

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular INTRODUÇÃO À ANÁLISE MATEMÁTICA Ano Lectivo 2014/2015 Programa da Unidade Curricular INTRODUÇÃO À ANÁLISE MATEMÁTICA Ano Lectivo 2014/2015 1. Unidade Orgânica Ciências da Economia e da Empresa (1º Ciclo) 2. Curso Engenharia Informática 3. Ciclo de Estudos

Leia mais

CAPÍTULO 4. A Produção de Significados para a Noção de Base: Um Estudo de Caso

CAPÍTULO 4. A Produção de Significados para a Noção de Base: Um Estudo de Caso CAPÍTULO 4 A Produção de Significados para a Noção de Base: Um Estudo de Caso 77 4. Um Estudo Preliminar Na primeira fase de elaboração das atividades do estudo de caso, tentamos reunir alguns elementos

Leia mais

PLANO DE ENSINO DO PRIMEIRO SEMESTRE LETIVO DE 2016 DISCIPLINA PRESENCIAL

PLANO DE ENSINO DO PRIMEIRO SEMESTRE LETIVO DE 2016 DISCIPLINA PRESENCIAL PLANO DE ENSINO DO PRIMEIRO SEMESTRE LETIVO DE 2016 DISCIPLINA PRESENCIAL CURSO: GRAU / HABILITAÇÃO: Ciência da Computação Bacharel em Ciência da Computação DISCIPLINA: CARGA HORÁRIA: Álgebra Linear Aplicada

Leia mais

TRANSFORMAÇÕES LINEARES. Álgebra Linear e Geometria Analítica Prof. Aline Paliga

TRANSFORMAÇÕES LINEARES. Álgebra Linear e Geometria Analítica Prof. Aline Paliga TRANSFORMAÇÕES LINEARES Álgebra Linear e Geometria Analítica Prof. Aline Paliga INTRODUÇÃO Estudaremos um tipo especial de função, onde o domínio e o contradomínio são espaços vetoriais reais. Assim, tanto

Leia mais

INSTITUTO SUPERIOR DE ECONOMIA E GESTÃO

INSTITUTO SUPERIOR DE ECONOMIA E GESTÃO INSTITUTO SUPERIOR DE ECONOMIA E GESTÃO CURSO DE MATEMÁTICA APLICADA À ECONOMIA E GESTÃO ANÁLISE MATEMÁTICA I ELEMENTOS DE ANÁLISE REAL Volume 1 Por : Gregório Luís I PREFÁCIO O presente texto destina-se

Leia mais

O USO DO SOFTWARE MATHEMATICA PARA O ENSINO DE CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL

O USO DO SOFTWARE MATHEMATICA PARA O ENSINO DE CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL O USO DO SOFTWARE MATHEMATICA PARA O ENSINO DE CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL Edward Luis de Araújo edward@pontal.ufu.br Evaneide Alves Carneiro eva@pontal.ufu.br Germano Abud de Rezende germano@pontal.ufu.br

Leia mais

EDITAL Nº 015/2014-PROPPG, de 22 de dezembro de 2014.

EDITAL Nº 015/2014-PROPPG, de 22 de dezembro de 2014. Pós-Graduação Lato Sensu em Matemática EDITAL Nº 015/2014-PROPPG, de 22 de dezembro de 2014. A Reitoria do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Goiás, por meio da Pró-Reitoria de Pesquisa

Leia mais

Ementário das Disciplinas Obrigatórias

Ementário das Disciplinas Obrigatórias Ementário das Disciplinas Obrigatórias 61612268 FUNDAMENTOS DE MATEMÁTICA I 6 créditos 90h 1 0 semestre. Conjuntos numéricos. Relações. Funções. Funções do 1 0 grau. Funções do 2 0 grau. Função modular.

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO. Relatório Perfil Curricular

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO. Relatório Perfil Curricular PERÍODO: 1º MA026- CALCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL 1 OBRIG 60 0 60 4.0 LIMITES E CONTINUIDADE DE FUNÇÕES. DERIVADAS. APLICAÇÕES DA DERIVADA. TEOREMA DE ROLLE, TEOREMA DO VALOR MÉDIO E TEOREMA DO VALOR MÉDIO

Leia mais

CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA CELSO SUCKOW DA FONSECA HABILIDADES CONTEÚDO METODOLOGIA/ESTRATÉGIA HORA/ AULA ANÁLISE GRÁFICA DE FUNÇÕES

CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA CELSO SUCKOW DA FONSECA HABILIDADES CONTEÚDO METODOLOGIA/ESTRATÉGIA HORA/ AULA ANÁLISE GRÁFICA DE FUNÇÕES CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA CELSO SUCKOW DA FONSECA ENSINO MÉDIO ÁREA CURRICULAR: CIÊNCIA DA NATUREZA, MATEMÁTICA E SUAS TECNOLOGIAS DISCIPLINA: MATEMÁTICA I SÉRIE 1.ª CH 68 ANO 2012 COMPETÊNCIAS:.

Leia mais

EDITAL SELEÇÃO 2014 MESTRADO 1. DAS INSCRIÇÕES

EDITAL SELEÇÃO 2014 MESTRADO 1. DAS INSCRIÇÕES Universidade Federal do Paraná Centro de Estudos em Engenharia Civil Programa de Pós-Graduação em Métodos Numéricos em Engenharia - PPGMNE EDITAL SELEÇÃO 2014 MESTRADO O Programa de Pós-Graduação em Métodos

Leia mais

PROGRAMA DE DISCIPLINA

PROGRAMA DE DISCIPLINA Faculdade Anísio Teixeira de Feira de Santana Autorizada pela Portaria Ministerial nº 552 de 22 de março de 2001 e publicada no Diário Oficial da União de 26 de março de 2001. Endereço: Rua Juracy Magalhães,

Leia mais

DISCIPLINA: CONSTRUÇÃO DE COMPILADORES

DISCIPLINA: CONSTRUÇÃO DE COMPILADORES Semestre 5 Válido somente com assinatura e carimbo do IFCE Cód. Disciplina Créditos Horas Nat. Prérequisitos Teóricos Práticos TELM.066 Construção de Compiladores 2 2 80 OBR TELM.061 TELM.067 Sistemas

Leia mais

Rediscussão do BC&T. Eixo de Representação e Simulação

Rediscussão do BC&T. Eixo de Representação e Simulação Rediscussão do BC&T Eixo de Representação e Simulação Resumo 1ª Reunião Proposta Ideal Principais Alterações: GA - 4 créditos IPE - 4 créditos FUV - 6 créditos 6-0-6 ou 4-2-6 Plano B - retirada de FVV

Leia mais

PROGRAMA DA DISCIPLINA

PROGRAMA DA DISCIPLINA PROGRAMA DA DISCIPLINA CÓDIGO DISCIPLINA NATUREZA ANO ADM 006 Matemática Ob. 2012.2 CARGA HORÁRIA PRÉ-REQUISITO 72 h ----------------------- PROFESSOR RESPONSÁVEL Msc. Maria de Fatima C. Leal EMENTA Revisão

Leia mais

Universidade Estadual de Londrina (Reconhecida pelo Decreto Federal n. 69.324 de 07/10/71)

Universidade Estadual de Londrina (Reconhecida pelo Decreto Federal n. 69.324 de 07/10/71) DELIBERAÇÃO Câmara de Pós-Graduação Nº 06/2013 Reestrutura o Programa de Mestrado Profissional em Matemática em Rede Nacional (PROFMAT). CONSIDERANDO a solicitação da Comissão Coordenadora do Programa,

Leia mais

Programa da Disciplina

Programa da Disciplina INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E tecnologia PARAÍBA Ministério da Educação Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba - Campus Cajazeiras Diretoria de Ensino / Coord. do Curso

Leia mais

NORMAS COMPLEMENTARES DE TRANSFERÊNCIA EXTERNA FACULTATIVA/2013

NORMAS COMPLEMENTARES DE TRANSFERÊNCIA EXTERNA FACULTATIVA/2013 NORMAS COMPLEMENTARES DE TRANSFERÊNCIA EXTERNA FACULTATIVA/2013 CURSOS SUPERIORES DE - TECNOLOGIA EM ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS - CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO 1. CURSOS E VAGAS OFERECIDAS Cursos de

Leia mais

PLANO ANUAL DE TRABALHO DOCENTE CURSO DISCIPLINA ANO ENSINO MÉDIO MATEMÁTICA 2015 DOCENTE CARGA HORÁRIA AULAS PREVISTAS JULIANA SARTOR ÁVILA 160 80

PLANO ANUAL DE TRABALHO DOCENTE CURSO DISCIPLINA ANO ENSINO MÉDIO MATEMÁTICA 2015 DOCENTE CARGA HORÁRIA AULAS PREVISTAS JULIANA SARTOR ÁVILA 160 80 PLANO ANUAL DE TRABALHO DOCENTE CURSO DISCIPLINA ANO ENSINO MÉDIO MATEMÁTICA 2015 DOCENTE CARGA HORÁRIA AULAS PREVISTAS JULIANA SARTOR ÁVILA 160 80 EMENTA DA DISCIPLINA O Estudo das funções e suas aplicações

Leia mais

Universidade Federal de Viçosa Centro de Ciências Exatas Departamento de Matemática 3 a Lista - MAT 137 - Introdução à Álgebra Linear 2013/I

Universidade Federal de Viçosa Centro de Ciências Exatas Departamento de Matemática 3 a Lista - MAT 137 - Introdução à Álgebra Linear 2013/I 1 Universidade Federal de Viçosa Centro de Ciências Exatas Departamento de Matemática 3 a Lista - MAT 137 - Introdução à Álgebra Linear 013/I 1 Sejam u = ( 4 3) v = ( 5) e w = (a b) Encontre a e b tais

Leia mais

Disciplina: Introdução à Álgebra Linear

Disciplina: Introdução à Álgebra Linear Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte Campus: Mossoró Curso: Licenciatura Plena em Matemática Disciplina: Introdução à Álgebra Linear Prof.: Robson Pereira de Sousa

Leia mais

UNIVERSIDADE DA REGIÃO DE JOINVILLE - UNIVILLE PLANEJAMENTO DE ENSINO E APRENDIZAGEM

UNIVERSIDADE DA REGIÃO DE JOINVILLE - UNIVILLE PLANEJAMENTO DE ENSINO E APRENDIZAGEM UNIVERSIDADE DA REGIÃO DE JOINVILLE - UNIVILLE PLANEJAMENTO DE ENSINO E APRENDIZAGEM ENGENHARIA DE PRODUÇÃO MECÂNICA 1ª SÉRIE - 2010/1 1. Curso: Curso: Missão do curso: Perfil profissiográfico: ENGENHARIA

Leia mais

ESPAÇOS MUNIDOS DE PRODUTO INTERNO

ESPAÇOS MUNIDOS DE PRODUTO INTERNO ESPAÇOS MUNIDOS DE PRODUTO INTERNO Angelo Fernando Fiori 1 Bruna Larissa Cecco 2 Grazielli Vassoler 3 Resumo: O presente trabalho apresenta um estudo sobre os espaços vetoriais munidos de produto interno.

Leia mais

Universidade Federal do Pará Instituto de Ciências Exatas e Naturais Programa da Pós-Graduação em Matemática e Estatística - PPGME.

Universidade Federal do Pará Instituto de Ciências Exatas e Naturais Programa da Pós-Graduação em Matemática e Estatística - PPGME. Universidade Federal do Pará Instituto de Ciências Exatas e Naturais Programa da Pós-Graduação em Matemática e Estatística - PPGME Identificação Nome do Projeto: Projeto de Iniciação Científica no PPGME

Leia mais

CURSO ENGENHARIA DE PRODUÇÃO Autorizado pela Portaria nº 1.150 de 25/08/10 D.O.U de 27/08/10 PLANO DE CURSO

CURSO ENGENHARIA DE PRODUÇÃO Autorizado pela Portaria nº 1.150 de 25/08/10 D.O.U de 27/08/10 PLANO DE CURSO CURSO ENGENHARIA DE PRODUÇÃO Autorizado pela Portaria nº 1.150 de 25/08/10 D.O.U de 27/08/10 Componente Curricular: Geometria Analítica e de Vetores Código: ENGP- 120 Pré-requisito: - Período Letivo: 2013.1

Leia mais

Programa da Disciplina

Programa da Disciplina INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E tecnologia PARAÍBA Ministério da Educação Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba - Campus Cajazeiras Diretoria de Ensino / Coord. do Curso

Leia mais

ESCOLA DE ENGENHARIA MACKENZIE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO

ESCOLA DE ENGENHARIA MACKENZIE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO Unidade Universitária ESCOLA DE ENGENHARIA MACKENZIE Curso ENGENHARIA DE PRODUÇÃO Disciplina CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL PARA ENGENHARIA III Professor(es) AFFONSO SÉRGIO FAMBRINI CARLA SILVA CAMPOS

Leia mais

DISCIPLINAS DE FORMAÇÃO BÁSICA GERAL

DISCIPLINAS DE FORMAÇÃO BÁSICA GERAL CURSO DE LICENCIATURA EM MATEMÁTICA Turno: INTEGRAL/ NOTURNO Integral Currículo nº 2 Noturno Currículo nº 7 Reconhecido pelo Decreto Federal n. 32.242, de 10.02.53, D.O.U nº 42 de 20.02.53. Renovação de

Leia mais

Tecnólogo em Controle de Obras 1º Ano

Tecnólogo em Controle de Obras 1º Ano Tecnólogo em Controle de Obras 1º Ano Introdução à Indústria da Construção Civil Ementa: A história da Indústria da Construção Civil no Brasil e no mundo. Projeto; A Engenharia de Produção Civil e a Inovação

Leia mais

Apresentação da Disciplina

Apresentação da Disciplina Apresentação da Disciplina Edmar José do Nascimento (Análise de Sinais e Sistemas) http://www.univasf.edu.br/ edmar.nascimento Universidade Federal do Vale do São Francisco Colegiado de Engenharia Elétrica

Leia mais

Elementos de Matemática Avançada

Elementos de Matemática Avançada Elementos de Matemática Avançada Prof. Dr. Arturo R. Samana Semestre: 2012.2 Conteúdo - Objetivos da Disciplina - Ementa curricular - Critérios de avaliação - Conteúdo programático - Programação Objetivos

Leia mais

Apresentação do programa e bibliografia. Objectivos da disciplina e sua inserção no curso.

Apresentação do programa e bibliografia. Objectivos da disciplina e sua inserção no curso. Ano Lectivo: Docente: Disciplina: Turma: SIGN2 2003/2004 Semestre: 2 Joaquim Gonçalves Análise e Especificação de Sistemas de Informação Data de Impressão: 09/06/04 Data Inicio Nº Pres. Sumários Observações

Leia mais

Plano de Ensino. Identificação. Código Disciplina Seriação ideal 0004124 Elementos de Topologia 4

Plano de Ensino. Identificação. Código Disciplina Seriação ideal 0004124 Elementos de Topologia 4 Curso 1503 - Licenciatura em Matemática Enfase Identificação Código Disciplina Seriação ideal 0004124 Elementos de Topologia 4 Departamento Departamento de Matemática Unidade Faculdade de Ciências Créditos

Leia mais

NIVELAMENTO MATEMÁTICA 2012

NIVELAMENTO MATEMÁTICA 2012 NIVELAMENTO MATEMÁTICA 202 Monitor: Alexandre Rodrigues Loures Monitor: Alexandre Rodrigues Loures SUMÁRIO. LOGARITMOS... 3.. Mudança de base... 3.2. Propriedades dos logaritmos... 4 2. DERIVADAS... 4

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular ÁLGEBRA LINEAR Ano Lectivo 2010/2011

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular ÁLGEBRA LINEAR Ano Lectivo 2010/2011 Programa da Unidade Curricular ÁLGEBRA LINEAR Ano Lectivo 2010/2011 1. Unidade Orgânica Ciências da Economia e da Empresa (1º Ciclo) 2. Curso Engenharia Electrotécnica e de Computadores 3. Ciclo de Estudos

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO ANEXO 1 - Plano de Ensino MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO PLANO DE ENSINO Ano Semestre letivo 2016 02 1. Identificação Código 1.1 Disciplina: Modelos Matemáticos

Leia mais

ÁLGEBRA LINEAR E GEOMETRIA ANALÍTICA

ÁLGEBRA LINEAR E GEOMETRIA ANALÍTICA ÁLGEBRA LINEAR E GEOMETRIA ANALÍTICA Álgebra Linear e Geometria Analítica Prof. Aline Paliga EMENTA Vetores Dependência Linear Bases Produto Escalar Produto Vetorial Produto Misto Coordenadas Cartesianas

Leia mais

CRIAÇÃO DE UM SOFTWARE DE APOIO AO ENSINO E À APRENDIZAGEM DE ÁLGEBRA LINEAR: BASE E DIMENSÃO DE UM ESPAÇO VETORIAL

CRIAÇÃO DE UM SOFTWARE DE APOIO AO ENSINO E À APRENDIZAGEM DE ÁLGEBRA LINEAR: BASE E DIMENSÃO DE UM ESPAÇO VETORIAL CRIAÇÃO DE UM SOFTWARE DE APOIO AO ENSINO E À APRENDIZAGEM DE ÁLGEBRA LINEAR: BASE E DIMENSÃO DE UM ESPAÇO VETORIAL João Bosco Laudares 1 Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais jblaudares@terra.com.br

Leia mais

6. Geometria, Primitivas e Transformações 3D

6. Geometria, Primitivas e Transformações 3D 6. Geometria, Primitivas e Transformações 3D Até agora estudamos e implementamos um conjunto de ferramentas básicas que nos permitem modelar, ou representar objetos bi-dimensionais em um sistema também

Leia mais

EMENTA: PROGRAMA: MEDIÇÃO DE VETORES

EMENTA: PROGRAMA: MEDIÇÃO DE VETORES DISCIPLINA: FÍSICA I CRÉDITOS: 04 CARGA HORÁRIA: 60 h/a OBJETIVOS: Identificar fenômenos naturais em termos de quantidade e regularidade, bem como interpretar princípios fundamentais que generalizam as

Leia mais

PLANO DE ENSINO. Mestrado em Matemática - Área de Concentração em Estatística

PLANO DE ENSINO. Mestrado em Matemática - Área de Concentração em Estatística 1. IDENTIFICAÇÃO PLANO DE ENSINO Disciplina: Estatística Multivariada Código: PGMAT568 Pré-Requisito: No. de Créditos: 4 Número de Aulas Teóricas: 60 Práticas: Semestre: 1º Ano: 2015 Turma(s): 01 Professor(a):

Leia mais

Aula 16 Mudança de Variável em Integrais Múltiplas

Aula 16 Mudança de Variável em Integrais Múltiplas Aula 16 Mudança de Variável em Integrais Múltiplas MA211 - Cálculo II Marcos Eduardo Valle Departamento de Matemática Aplicada Instituto de Matemática, Estatística e Computação Científica Universidade

Leia mais

ANÁLISE DA GRADE CURRICULAR DOS CURSOS DE LICENCIATURA EM MATEMÁTICA DAS UNIVERSIDADES PÚBLICAS PAULISTAS

ANÁLISE DA GRADE CURRICULAR DOS CURSOS DE LICENCIATURA EM MATEMÁTICA DAS UNIVERSIDADES PÚBLICAS PAULISTAS ANÁLISE DA GRADE CURRICULAR DOS CURSOS DE LICENCIATURA EM MATEMÁTICA DAS UNIVERSIDADES PÚBLICAS PAULISTAS Yuri Graham Vaciloto Ferreira de Lima Orientador: Marcos Benevenuto Jardim Campinas 2012 1 1 INTRODUÇÃO

Leia mais

PLANEJAMENTO ANUAL 2014

PLANEJAMENTO ANUAL 2014 PLANEJAMENTO ANUAL 2014 Disciplina: MATEMÁTICA Período: Anual Professor: AMPARO MAGUILLA RODRIGUEZ Série e segmento: 1º ENSINO MÉDIO 1º TRIMESTRE 2º TRIMESTRE 3º TRIMESTRE Objetivo Geral * Desenvolver

Leia mais

MATEMÁTICA FINANCEIRA. Prof. Mário Leitão

MATEMÁTICA FINANCEIRA. Prof. Mário Leitão MATEMÁTICA FINANCEIRA Prof. Mário Leitão DISCIPLINA Matemática Financeira Carga Horária: 60H Disciplina Eletiva Professor: Mário Leitão Mário Leitão Perfil Profissional Administrador(2009) Especialista

Leia mais

Capítulo 5: Transformações Lineares

Capítulo 5: Transformações Lineares 5 Livro: Introdução à Álgebra Linear Autores: Abramo Hefez Cecília de Souza Fernandez Capítulo 5: Transformações Lineares Sumário 1 O que são as Transformações Lineares?...... 124 2 Núcleo e Imagem....................

Leia mais

EDITAL 07/2011 EDITAL DE ABERTURA DO PROCESSO SELETIVO 2012 DO PROGRAMA DE MESTRADO ACADÊMICO EM CIÊNCIAS CONTÁBEIS

EDITAL 07/2011 EDITAL DE ABERTURA DO PROCESSO SELETIVO 2012 DO PROGRAMA DE MESTRADO ACADÊMICO EM CIÊNCIAS CONTÁBEIS EDITAL 07/2011 EDITAL DE ABERTURA DO PROCESSO SELETIVO 2012 DO PROGRAMA DE MESTRADO ACADÊMICO EM CIÊNCIAS CONTÁBEIS O Coordenador do Programa de Mestrado Acadêmico em Ciências Contábeis, no uso de suas

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO MATEMÁTICA APLICADA

PÓS-GRADUAÇÃO MATEMÁTICA APLICADA PÓS-GRADUAÇÃO MATEMÁTICA APLICADA Instituição Certificadora: FALC Amparo Legal: Resolução CNE CES 1 2001 Resolução CNE CES 1 2007 Carga Horária: 460h Período de Duração: 12 meses (01 ano) Objetivos: Objetivo

Leia mais

GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA

GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA EMENTAS DAS DISCIPLINAS DO CICLO BÁSICO 1º BIMESTRE INTRODUÇÃO À ENGENHARIA 40 horas Fundamentos da Engenharia e Suas Grandes Áreas; Inovação e Desenvolvimento de Produto; O Modo

Leia mais

RETIFICAÇÃO DE 09 DE ABRIL DE 2015 DO EDITAL nº 06/2015 CONCURSO PÚBLICO DE PROVAS E TÍTULOS

RETIFICAÇÃO DE 09 DE ABRIL DE 2015 DO EDITAL nº 06/2015 CONCURSO PÚBLICO DE PROVAS E TÍTULOS Ministério da Educação Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul RETIFICAÇÃO DE 09 DE ABRIL DE 2015 DO EDITAL nº 06/2015

Leia mais

Instituto de Matemática Departamento de Matemática Pura e Aplicada

Instituto de Matemática Departamento de Matemática Pura e Aplicada Instituto de Matemática Departamento de Matemática Pura e Aplicada Dados de identificação Disciplina: MATEMÁTICA APLICADA II Período Letivo: 2015/1 Período de Início de Validade : 2015/1 Professor Responsável

Leia mais

EDITAL Nº 103, de 2016 Processo Seletivo para os cursos de Pós-Graduação em Matemática 2016/2

EDITAL Nº 103, de 2016 Processo Seletivo para os cursos de Pós-Graduação em Matemática 2016/2 Universidade Federal do Rio de Janeiro Centro de Ciências Matemáticas e da Natureza Instituto de Matemática EDITAL Nº 103, de 2016 Processo Seletivo para os cursos de Pós-Graduação em Matemática 2016/2

Leia mais

PLANO DE CURSO. Código: MAR 33 Carga Horária: 40 Créditos: 02 Pré-requisito(s): - Período: IV Ano: 2015.2

PLANO DE CURSO. Código: MAR 33 Carga Horária: 40 Créditos: 02 Pré-requisito(s): - Período: IV Ano: 2015.2 PLANO DE CURSO 1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Curso: Bacharelado em Administração Disciplina: Pesquisa de Marketing Professor: Daiany Macieira Varjão e-mail: daianymv@gmail.com Código: MAR 33 Carga Horária:

Leia mais

ÁLGEBRA LINEAR. Valores Próprios (Autovalores) e Vetores Próprios (Autovetores) Prof. Susie C. Keller

ÁLGEBRA LINEAR. Valores Próprios (Autovalores) e Vetores Próprios (Autovetores) Prof. Susie C. Keller ÁLGEBRA LINEAR Valores Próprios (Autovalores) e Vetores Próprios (Autovetores) Prof. Susie C. Keller Autovalores e Autovetores de um Operador Linear Seja T:V V um operador linear. Um vetor v V, v 0, é

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS UFAL INSTITUTO DE MATEMÁTICA - IM. Projeto Pedagógico BACHARELADO EM MATEMÁTICA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS UFAL INSTITUTO DE MATEMÁTICA - IM. Projeto Pedagógico BACHARELADO EM MATEMÁTICA UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS UFAL INSTITUTO DE MATEMÁTICA - IM Projeto Pedagógico BACHARELADO EM MATEMÁTICA Janeiro de 2006 2 UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS INSTITUTO DE MATEMÁTICA BACHARELADO EM MATEMÁTICA

Leia mais

CURRÍCULO DO CURSO. Mínimo: 7 semestres. Profª Silvia Martini de Holanda Janesch 37219652

CURRÍCULO DO CURSO. Mínimo: 7 semestres. Profª Silvia Martini de Holanda Janesch 37219652 Documentação: Objetivo: Titulação: Diplomado em: Renovação Atual de Reconhecimento - Port. nº286/mec de 21/12/12-DOU 27/12/12.Curso reconhecido pelo Decreto Federal 75590 de 10/04/1975, publicado no Diário

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular MATEMÁTICAS GERAIS Ano Lectivo 2013/2014

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular MATEMÁTICAS GERAIS Ano Lectivo 2013/2014 Programa da Unidade Curricular MATEMÁTICAS GERAIS Ano Lectivo 2013/2014 1. Unidade Orgânica Ciências da Economia e da Empresa (1º Ciclo) 2. Curso Marketing e Publicidade 3. Ciclo de Estudos 1º 4. Unidade

Leia mais

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA ELÉTRICA. Plano de Ensino

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA ELÉTRICA. Plano de Ensino DISCIPLINA: Teoria Eletromagnética. CÓDIGO: MEE007 Validade: Carga Horária: 45 horas-aula Créditos: 03 Área de Concentração / Módulo: Sistemas Elétricos / Formação Básica Ementa: Análise Vetorial. Equações

Leia mais

ESTUDO SOBRE PROGRAMAS COMPUTACIONAIS QUE POSSIBILITAM A CONSTRUÇÃO DE SÓLIDOS GEOMÉTRICOS

ESTUDO SOBRE PROGRAMAS COMPUTACIONAIS QUE POSSIBILITAM A CONSTRUÇÃO DE SÓLIDOS GEOMÉTRICOS 26 a 29 de outubro de 2010 ISBN 978-85-61091-69-9 ESTUDO SOBRE PROGRAMAS COMPUTACIONAIS QUE POSSIBILITAM A CONSTRUÇÃO DE SÓLIDOS GEOMÉTRICOS Uiliam Nelson Lendzion Tomaz Alves 1 ; Nágila Ribeiro de Menezes

Leia mais

Notas de Aula. Álgebra Linear I

Notas de Aula. Álgebra Linear I Notas de Aula Álgebra Linear I Rodney Josué Biezuner 1 Departamento de Matemática Instituto de Ciências Exatas (ICEx) Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) Notas de aula da disciplina Álgebra Linear

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CAMPUS UNIVERSITÁRIO DE ALTAMIRA

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CAMPUS UNIVERSITÁRIO DE ALTAMIRA CAMPUS UNIVERSITÁRIO DE ALTAMIRA Anexo II do Edital nº19, de 17.02.2014- UFPA - Endereço de entrega da documentação (curriculum da Plataforma Lattes): Setor de Recursos Humanos (SRH) do Campus Universitário

Leia mais

GLOSSÁRIO: UM DICIONÁRIO PARA ÁLGEBRA LINEAR

GLOSSÁRIO: UM DICIONÁRIO PARA ÁLGEBRA LINEAR GLOSSÁRIO: UM DICIONÁRIO PARA ÁLGEBRA LINEAR Matriz de adjacência de um grafo. Matriz quadrada com a ij = 1 quando existe uma arestado nodo i para o nodo j; caso contrário a ij = 0. A = A T para um grafo

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO PLANO DE ENSINO Ano Semestre letivo 2015 2º 1. Identificação Código 1.1 Disciplina: Modelos Matemáticos em Economia 0760.003

Leia mais

ÁLGEBRA LINEAR ISBN 978-85-915683-0-7

ÁLGEBRA LINEAR ISBN 978-85-915683-0-7 . ÁLGEBRA LINEAR ISBN 978-85-915683-0-7 ROBERTO DE MARIA NUNES MENDES Professor do Departamento de Matemática e Estatística e do Programa de Pós-graduação em Engenharia Elétrica da PUCMINAS Belo Horizonte

Leia mais

3) IMPORTÂNCIA DESTE PROGRAMA DE APRENDIZAGEM NA FORMAÇÃO PROFISSIONAL, NESTE MOMENTO DO CURSO

3) IMPORTÂNCIA DESTE PROGRAMA DE APRENDIZAGEM NA FORMAÇÃO PROFISSIONAL, NESTE MOMENTO DO CURSO PROGRAMA DE APRENDIZAGEM NOME: SEL0302 Circuitos Elétricos II PROFESSORES: Azauri Albano de Oliveira Junior turma Eletrônica PERÍODO LETIVO: Quarto período NÚMERO DE AULAS: SEMANAIS: 04 aulas TOTAL: 60

Leia mais

Investigação Operacional e Gestão de Projectos

Investigação Operacional e Gestão de Projectos Investigação Operacional e Gestão de Projectos Victor Lobo, Maria do Carmo Lucas, Miguel Loureiro Programa 0 Introdução 1 - Programação Linear. Método Simplex e variantes 2 Problemas de Transportes 3 Problemas

Leia mais

Aula 7 Valores Máximo e Mínimo (e Pontos de Sela)

Aula 7 Valores Máximo e Mínimo (e Pontos de Sela) Aula 7 Valores Máximo e Mínimo (e Pontos de Sela) MA - Cálculo II Marcos Eduardo Valle Departamento de Matemática Aplicada Instituto de Matemática, Estatística e Computação Científica Universidade Estadual

Leia mais

n. 33 Núcleo de uma transformação linear

n. 33 Núcleo de uma transformação linear n. 33 Núcleo de uma transformação linear Chama-se núcleo de uma transformação linear f: V W ao conjunto de todos os vetores v V que são transformados em 0 W. Indica-se esse conjunto \por N(f) ou Ker (f).

Leia mais

5 Transformadas de Laplace

5 Transformadas de Laplace 5 Transformadas de Laplace 5.1 Introdução às Transformadas de Laplace 4 5.2 Transformadas de Laplace definição 5 5.2 Transformadas de Laplace de sinais conhecidos 6 Sinal exponencial 6 Exemplo 5.1 7 Sinal

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE

UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE Escola de Engenharia Industrial Metalúrgica de Volta Redonda PROVAS RESOLVIDAS DE CÁLCULO VETORIAL Professora Salete Souza de Oliveira Aluna Thais Silva de Araujo P1 Turma

Leia mais

PLANO DE ENSINO E APRENDIZAGEM

PLANO DE ENSINO E APRENDIZAGEM SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ INSTITUTO DE CIÊNCIAS EXATAS E NATURAIS CURSO DE LICENCIATURA PLENA EM MATEMÁTICA PARFOR PLANO E APRENDIZAGEM I IDENTIFICAÇÃO: PROFESSOR (A) DA DISCIPLINA:

Leia mais

Resposta Transitória de Circuitos com Elementos Armazenadores de Energia

Resposta Transitória de Circuitos com Elementos Armazenadores de Energia ENG 1403 Circuitos Elétricos e Eletrônicos Resposta Transitória de Circuitos com Elementos Armazenadores de Energia Guilherme P. Temporão 1. Introdução Nas últimas duas aulas, vimos como circuitos com

Leia mais

Espaços vectoriais com produto interno. ALGA 2007/2008 Mest. Int. Eng. Biomédica Espaços vectoriais com produto interno 1 / 15

Espaços vectoriais com produto interno. ALGA 2007/2008 Mest. Int. Eng. Biomédica Espaços vectoriais com produto interno 1 / 15 Capítulo 6 Espaços vectoriais com produto interno ALGA 2007/2008 Mest. Int. Eng. Biomédica Espaços vectoriais com produto interno 1 / 15 Definição e propriedades Seja V um espaço vectorial real. Chama-se

Leia mais

PROGRAMA DA DISCIPLINA

PROGRAMA DA DISCIPLINA Associação de Ensino e Cultura Pio Décimo Faculdade Pio Décimo Engenharia Elétrica PROGRAMA DA DISCIPLINA Identificação Matéria de Ensino Matemática Código EE112 Disciplina Álgebra Linear Código MA100003

Leia mais

PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO DE MATEMÁTICA

PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO DE MATEMÁTICA CENTRO DE ENSINO COORDENADORIA DO CURSO DE MATEMÁTICA PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO DE MATEMÁTICA I - IDENTIFICAÇÃO DO CURSO Nome: Curso de Matemática Modalidade: Licenciatura Habilitação: Matemática - ciclos

Leia mais

MESTRADO EM MACROECONOMIA e FINANÇAS Disciplina de Computação. Aula 04. Prof. Dr. Marco Antonio Leonel Caetano

MESTRADO EM MACROECONOMIA e FINANÇAS Disciplina de Computação. Aula 04. Prof. Dr. Marco Antonio Leonel Caetano MESTRADO EM MACROECONOMIA e FINANÇAS Disciplina de Computação Aula 04 Prof. Dr. Marco Antonio Leonel Caetano Guia de Estudo para Aula 04 Aplicação de Produto Escalar - Interpretação do produto escalar

Leia mais

Prof. MSc. Herivelto Tiago Marcondes dos Santos FACULDADE DE TECNOLOGIA DE GUARATINGUETÁ PROF. JOÃO MOD

Prof. MSc. Herivelto Tiago Marcondes dos Santos FACULDADE DE TECNOLOGIA DE GUARATINGUETÁ PROF. JOÃO MOD Prof. MSc. Herivelto Tiago Marcondes dos Santos FACULDADE DE TECNOLOGIA DE GUARATINGUETÁ PROF. JOÃO MOD OBJETIVO Aplicar as ferramentas da pesquisa operacional para solução de problemas logísticos. Ementa:

Leia mais

EDITAL N.º 12/2015 PPGMNE/UFPR. SELEÇÃO 2016 - MESTRADO

EDITAL N.º 12/2015 PPGMNE/UFPR. SELEÇÃO 2016 - MESTRADO EDITAL N.º 12/2015 PPGMNE/UFPR. SELEÇÃO 2016 - MESTRADO O Programa de Pós- Graduação em Métodos Numéricos em Engenharia da Universidade Federal do Paraná torna pública a abertura das inscrições para as

Leia mais

Curso de especialização em Educação Matemática. Faculdade Campo Limpo Paulista (FACCAMP)

Curso de especialização em Educação Matemática. Faculdade Campo Limpo Paulista (FACCAMP) Curso de especialização em Educação Matemática. Faculdade Campo Limpo Paulista (FACCAMP) 1. Apresentação/Público Alvo Este curso de Pós-Graduação Lato Sensu é destinado especialmente a alunos graduados

Leia mais

LICENCIATURA EM COMPUTAÇÃO

LICENCIATURA EM COMPUTAÇÃO Coordenador: Duração: Carga Horária: LICENCIATURA EM COMPUTAÇÃO Victor Emanuel Corrêa Lima 6 semestres 2800 horas Situação Legal: Reconhecido pela Portaria MEC nº 503 de 15/02/2006 MATRIZ CURRICULAR Primeiro

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE - FURG SECRETARIA EXECUTIVA DOS CONSELHOS

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE - FURG SECRETARIA EXECUTIVA DOS CONSELHOS SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE - FURG SECRETARIA EXECUTIVA DOS CONSELHOS DELIBERAÇÃO Nº 051/2015 CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA, EXTENSÃO E ADMINISTRAÇÃO

Leia mais

UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÀS Pro- Reitoria de Graduação PLANO DE ENSINO

UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÀS Pro- Reitoria de Graduação PLANO DE ENSINO UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÀS Pro- Reitoria de Graduação PLANO DE ENSINO DISCIPLINA Cálculo III CÓDIGO MAF-2003-A01 PROFESSOR CRISTIAN PATRICIO NOVOA BUSTOS CURSO Engenharia PERÍODO CRÉDITO CARGA HORÁRIA

Leia mais

Guia de Estudo de Análise Real

Guia de Estudo de Análise Real Guia de Estudo de Análise Real Marco Cabral Baseado na V2.4 Dezembro de 2011 Introdução O objetivo deste texto é orientar o estudo da aluna(o) em análise real. Ele é baseado no livro Curso de Análise Real

Leia mais

UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÀS Pro- Reitoria de Graduação PLANO DE ENSINO

UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÀS Pro- Reitoria de Graduação PLANO DE ENSINO UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÀS Pro- Reitoria de Graduação PLANO DE ENSINO DISCIPLINA Cálculo II CÓDIGO MAF-1072-A01 PROFESSOR CRISTIAN PATRICIO NOVOA BUSTOS CURSO Engenharia PERÍODO CRÉDITO CARGA HORÁRIA

Leia mais

FÍSICA GERAL III - 90 h

FÍSICA GERAL III - 90 h FÍSICA GERAL III - 90 h Em Física Geral III estudam-se os tópicos de Eletricidade, Magnetismo e Eletromagnetismo. A base tecnológica de nossa sociedade é o eletromagnetismo, por essa razão é de fundamental

Leia mais

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA ELÉTRICA. Plano de Ensino

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA ELÉTRICA. Plano de Ensino DISCIPLINA: Sinais e Sistemas CÓDIGO: MEE003 Validade: A partir do 1º semestre de 2009. Carga Horária: 5 horas-aula Créditos: 03 Área de Concentração / Módulo: Modelagem e Controle de Sistemas / Disciplinas

Leia mais

2FIS023 FÍSICA GERAL III

2FIS023 FÍSICA GERAL III 1ª Série 2MAT032 CÁLCULO E GEOMETRIA ANALÍTICA I A derivada: números reais. Planos cartesianos e gráficos de funções. Limite e continuidade de funções reais. Diferenciação de funções reais e aplicações.

Leia mais

Ementas do Curso de Engenharia Civil ( até o quarto período )

Ementas do Curso de Engenharia Civil ( até o quarto período ) Ementas do Curso de Engenharia Civil ( até o quarto período ) 1 Período GEXT 7301- Cálculo a Uma Variável (5.0.0) Números Reais, Funções Reais, Limites de Funções Reais e Continuidade, Derivação, Taxas

Leia mais